Área Cultura, Língua e Comunicação; UFCD CLC_5 - Cultura, Comunicação e Média. Reflexão

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Área Cultura, Língua e Comunicação; UFCD CLC_5 - Cultura, Comunicação e Média. Reflexão"

Transcrição

1

2 Área Cultura, Língua e Comunicação; UFCD CLC_5 - Cultura, Comunicação e Média Reflexão As Tecnologias de Informação e Comunicação na minha Vida Pessoal e Profissional A quando do meu nascimento, no dia 29 de Junho do ano de 1980, a tecnologia existente, em comparação aos dias de hoje, era ainda incipiente, embora não recorde muito essa época. Por volta dos quatro, cinco anos vivia eu com os meus avós maternos, tínhamos uma televisão a preto e branco, apenas possuíamos alguns electrodomésticos, mas por exemplo em casa da minha avó paterna ainda nem luz eléctrica havia, usavam-se os tradicionais candeeiros a petróleo, veja-se bem o que progredimos a nível tecnológico em 25 anos. Candeeiro a petróleo TV preto e branco 2

3 Com os meus sete, oito anos, os meus avós maternos compraram a nossa primeira televisão a cores, recordo-me da euforia que senti ao chegar a casa e poder ver os desenhos animados a cores, pois já existiam vários colegas que as possuíam. Na escola primária onde andei até ao quarto ano ou seja até aos meus nove, dez anos não possuíam televisão, lembro-me da festa que eu e os meus colegas fizemos quando foram entregar a televisão, então quando reparámos que os senhores das entregas traziam também um vídeo, por essa altura deu-se o delírio, pois muito poucas pessoas tinham vídeo em casa, naquela altura, eu próprio só vim a adquirir um já tinha uns doze anos, o que não deixou de ser a loucura pois já podia ir ao clube de vídeo alugar filmes, gravar filmes que davam num horário inacessível para a idade que eu tinha. (Leitor de cassetes de vídeo) 3

4 Em relação aos computadores lembro-me do Spectrum 128K, o primeiro computador que eu utilizei, o seu funcionamento era com cassetes, nós inseríamos uma cassete no leitor e ficávamos cerca de 5 minutos à espera que o jogo entrasse, veja-se a diferença em relação a hoje em dia, quando as pessoas estão à espera dois ou três segundos e já estão a desesperar. (Spectrum 128K Ano de lançamento 1983) (Portátil actual) 4

5 No aniversário dos meus 13 anos comprei a minha primeira consola de jogos (Mega drive), embora aquela tecnologia já fosse bastante avançada para a altura, pois já era uma consola a 32 bits, as primeiras que apareceram, que eu me lembro, tinham apenas 8 bits, depois surgiram as de 16 bits (Master Sistem), só depois fabricaram a consola que eu comprei. (Mega drive) A evolução nesta área foi fantástica, repare-se que as consolas actuais são praticamente um computador, trazem Disco Rígido, entradas USB, Placas Gráficas, Ligação à Internet, entre outras coisas. (playstation3) 5

6 A quando da minha saída da escola, tinha eu 15 anos, os computadores ainda só existiam na sala dos professores e no conselho directivo. Aos 15 anos começo também a trabalhar na bomba de gasolina (Móbil) na parte da lavagem automática de automóveis e revisão automóvel, aí tive o primeiro contacto com a tecnologia no trabalho, a lavagem automática iniciava a sua marcha apenas com o empurrão de uma vareta. Na parte da oficina onde se fazia a revisão dos carros, o elevador onde se levantava os carros, para trocar rodas ou mudanças de óleo, era uma tecnologia muito boa, porque antes de terem implementado este sistema levantantavan-se os carros com um macaco, que apenas permitia levantar o carro a cerca de meio metro de altura e quando se precisava que o carro estivesse mais alto, existia uma fossa (um buraco no chão), onde o mecânico ficava sem grande higiene. 6

7 Aos 16 anos fui trabalhar para as obras onde tive o primeiro contacto com ferramentas eléctricas, Serras Circulares, Tic Tic, entre outras. Depois de 2 anos de trabalhado, faço uma primeira tentativa de voltar a estudar, tendo ido tirar um curso de mecânico, nesta altura começou a surgir cada vez mais, os carros com sistemas eléctricos, tive então a oportunidade de trabalhar com uma máquina, que hoje é bastante utilizada nas oficinas, uma máquina parecida a um computador, mas maior, que se liga ao motor do carro o que nos dá um diagnóstico do mesmo. Infelizmente não conclui o curso, desisti, porque recebia apenas 12 contos por mês, bastante pouco, principalmente depois de ter trabalhado há volta de 2 anos. 7

8 O tempo foi passando, até se ter feito tempo de ir à tropa, ao incorporar, tive contacto com uma tecnologia já ultrapassada o Código Morse, que é bastante parecido ao sistema Binário (linguagem base de um computador), enquanto no Código Morse a comunicação é feita de espaços e batimentos, no sistema Binário a comunicação é feita de 0 e 1. 8

9 Por esta altura comecei a utilizar o telemóvel para comunicar de uma forma mais rápida tanto a nível profissional como pessoal. Uma tecnologia bastante útil pois podemos comunicar por escrito, nas famosas mensagens de texto, como verbal. Sai da tropa em Janeiro de 2000 e fui trabalhar para um hipermercado, onde fui trabalhar com caixas registadoras já bastante desenvolvidas que já continham código e uma memória razoável, nesta altura compro o meu primeiro computador mas, usava-o apenas para jogar games, nos meus tempos livres. Mantive-me a trabalhar ao longo de vários anos mas sem utilizar grandes tecnologias. Até que no ano de 2008 tinha eu 28 anos, senti falta de adquirir mais conhecimento na área de informática, como até me encontrava desempregado e já se falava da crise, sendo já bastante difícil encontrar trabalho, decidi, inscrever-me num curso EFA. Para meu agrado fui seleccionado para entrar num curso de equivalência ao 9º ano e dentro da área profissional de informática, onde vim a aprender muitas coisas úteis tanto para a minha vida profissional como pessoal, repare-se no Office um programa onde posso escrever texto na parte do Word, construir tabelas e gráficos no Excel este utilizado em muitas empresas, o PowerPoint utilizado para apresentações, Base de Dados onde posso realizar, organizar os dados de uma empresa construir uma factura, entre outros. Terminei o curso no inicio do mês de Fevereiro de 2010, validando este tanto na área de formação base, como profissional. 9

Área: Cultura, Língua e Comunicação UFCD CLC5 Cultura, Comunicação e Média Formadora: Carla Carreto

Área: Cultura, Língua e Comunicação UFCD CLC5 Cultura, Comunicação e Média Formadora: Carla Carreto 1 No final do verão de 1978, mais precisamente no dia 07 de Setembro, nasceu uma menina no Hospital de Faro, que deram o nome de Eliana viveu nesta cidade até um ano de idade, com um ano mudou-se para

Leia mais

As Tecnologias de Informação na minha Vida Pessoal e Profissional

As Tecnologias de Informação na minha Vida Pessoal e Profissional As Tecnologias de Informação na minha Vida Pessoal e Profissional Foi na madrugada de 03 de Agosto de 1972, que nasceu uma linda menina, no Hospital de Faro, e deram-lhe o nome de Fernanda Maria. Essa

Leia mais

Inovação TECNOLÓGICA DAS MOTORIZAÇÕES

Inovação TECNOLÓGICA DAS MOTORIZAÇÕES Inovação EVOLUÇÃO TECNOLÓGICA DAS MOTORIZAÇÕES DOSSIER 13 JORGE LIZARDO NEVES O futuro é sem dúvida eléctrico Vem aí a Era de motores menos poluentes e mais eficientes. Quem o diz é o Jorge Lizardo Neves,

Leia mais

Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa

Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa A Universidade de Lisboa está a fazer um estudo que procura saber como é que as crianças e os jovens portugueses utilizam a internet e o que pensam

Leia mais

Mestrado em Ciências da Educação

Mestrado em Ciências da Educação Mestrado em Ciências da Educação Tema : Educação e formação de jovens e adultos pouco escolarizados O Processo de Reconhecimento, Validação e Certificação de Competências na (re) definição de trajectórias

Leia mais

Genialidade, Fernando Pessoa

Genialidade, Fernando Pessoa Um homem de génio é produzido por um conjunto complexo de circunstâncias, começando pelas hereditárias, passando pelas do ambiente e acabando em episódios mínimos de sorte. Genialidade, Fernando Pessoa

Leia mais

Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra

Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra Departamento de Engenharia Informática Arquitectura de Computadores 2 João Eurico Rosa Pinto jepinto@student.dei.uc.pt Filipe Duarte da Silva

Leia mais

Europass-Curriculum Vitae

Europass-Curriculum Vitae Europass-Curriculum Vitae Informação pessoal Apelido(s) / Nome(s) próprio(s) Morada Ribeiro Alves, Victor Renato Rua Professor José Teixeira Maria, Bloco 8-2º Esq. 4805-035 Brito Guimarães - Portugal Telemóvel

Leia mais

As Tic- Tecnologias de Informação e Comunicação nos meus Percursos de Vida Pessoal e Profissional

As Tic- Tecnologias de Informação e Comunicação nos meus Percursos de Vida Pessoal e Profissional As Tic- Tecnologias de Informação e Comunicação nos meus Percursos de Vida Pessoal e Profissional 1 Nasci no dia 4 de Novembro de 1967, na freguesia de Vila Boa do Bispo, Concelho de Marco de Canaveses,

Leia mais

Áreas de aplicação das TIC

Áreas de aplicação das TIC O que é a Informática? Ficha Informativa Nº 5 Tratamento ou processamento da informação de forma automática. Dados - São designações de entidades que constituem a informação. Exemplo: Objetos, símbolos,

Leia mais

Estrutura e funcionamento de um sistema informático

Estrutura e funcionamento de um sistema informático Estrutura e funcionamento de um sistema informático 2006/2007 Sumário A constituição de um sistema informático: hardware e software. A placa principal. O processador, o barramento e a base digital. Ficha

Leia mais

Curso EFA Técnico/a de Informática - Sistemas. Óbidos

Curso EFA Técnico/a de Informática - Sistemas. Óbidos Curso EFA Técnico/a de Informática - Sistemas Óbidos MÓDULO 769 Arquitectura interna do computador Carga horária 25 Objectivos No final do módulo, os formandos deverão: i. Identificar os elementos base

Leia mais

SISTEMAS INFORMÁTICOS

SISTEMAS INFORMÁTICOS SISTEMAS INFORMÁTICOS Nesta apresentação, aprenderá a distinguir Hardware de software, identificar os principais componentes físicos de um computador e as suas funções. Hardware e Software Estrutura de

Leia mais

No VirtualBox, carregar no Botão Novo (New), que irá abrir o Assistente de Criação de Máquina Virtual para criar uma nova VM.

No VirtualBox, carregar no Botão Novo (New), que irá abrir o Assistente de Criação de Máquina Virtual para criar uma nova VM. INSTALAÇÃO E GESTÃO DE REDES INFORMÁTICAS EFA NS/NÍVEL III UFCD 5 FORMADOR: PAULO RELVAS Fontes: http://www.formatds.org/instalar-ubuntu-no-virtualbox/ MANUAL DE INSTALAÇÃO UBUNTU 8.10 SOBRE VBOX DA SUN

Leia mais

CURSO EFA NS CULTURA, LÍNGUA E COMUNICAÇÃO. CLC 5 Cultura, comunicação e média

CURSO EFA NS CULTURA, LÍNGUA E COMUNICAÇÃO. CLC 5 Cultura, comunicação e média CURSO EFA NS CULTURA, LÍNGUA E COMUNICAÇÃO CLC 5 Cultura, comunicação e média Formadora Sandra Santos O ser humano, sempre insatisfeito, sentiu sempre a necessidade de comunicar mais rápido, mais longe,

Leia mais

Curso Técnico de Informática de Sistemas

Curso Técnico de Informática de Sistemas Curso Técnico de Informática de Sistemas Módulo: 772 Sistemas Operativos Formador: Henrique Fidalgo Objectivos da UFCD: Instalar e configurar sistemas operativos. Instalar e configurar utilitários sobre

Leia mais

Anexo A - A UTILIZAÇÃO DAS TIC PELOS ALUNOS (Questionário)

Anexo A - A UTILIZAÇÃO DAS TIC PELOS ALUNOS (Questionário) ANEXOS Anexo A - A UTILIZAÇÃO DAS TIC PELOS ALUNOS (Questionário) 153 A UTILIZAÇÃO DAS TIC PELOS ALUNOS (ESCOLA E.B. 2,3 DE SOURE 7.º Ano de Escolaridade) QUESTIONÁRIO A tua colaboração no preenchimento

Leia mais

Escola Secundária de Emídio Navarro

Escola Secundária de Emídio Navarro Escola Secundária de Emídio Navarro Curso Secundário de Carácter Geral (Agrupamento 4) Introdução às Tecnologias de Informação Ficha de trabalho N.º 1 1. Refere algumas das principais áreas das Tecnologias

Leia mais

PHC Mensagens SMS CS. Desenvolva o potencial das comunicações imediatas com mensagens SMS PHC

PHC Mensagens SMS CS. Desenvolva o potencial das comunicações imediatas com mensagens SMS PHC PHCMensagens SMS CS DESCRITIVO O módulo PHC Mensagens SMS permite o envio de mensagens a múltiplos destinatários em simultâneo, sem ser necessário criar e enviar uma a uma. Comunique com mais sucesso:

Leia mais

28 DOSSIER MODELO DE NEGÓCIO PERSPECTIVAS DE GESTÃO NO

28 DOSSIER MODELO DE NEGÓCIO PERSPECTIVAS DE GESTÃO NO 28 DOSSIER MODELO DE NEGÓCIO PERSPECTIVAS DE GESTÃO NO APÓS-VENDA DOSSIER 29 JORGE ZÓZIMO DA FONSECA Se fosse um concessionário, o meu negócio era o após-venda Ao longo das duas últimas décadas o mercado

Leia mais

Prof. Sandrina Correia

Prof. Sandrina Correia Tecnologias de I informação de C omunicação 9º ANO Prof. Sandrina Correia TIC Prof. Sandrina Correia 1 Objectivos Definir os conceitos de Hardware e Software Identificar os elementos que compõem um computador

Leia mais

Gestão de Armazéns Gestão de Fabrico Gestão de Bobines Registo de Chegadas Sistema para Agentes

Gestão de Armazéns Gestão de Fabrico Gestão de Bobines Registo de Chegadas Sistema para Agentes Laserdata, Lda. Especificidades Para além dos módulos tradicionais num sistema de gestão (Facturação, Stocks, Contas a Receber e Contas a Pagar, Gestão de Encomendas, Orçamentos, etc.), o Lasernet 2000

Leia mais

Ficha de Fornecedor. Conta Corrente lançada manualmente no qual é calculado um saldo em dívida

Ficha de Fornecedor. Conta Corrente lançada manualmente no qual é calculado um saldo em dívida Ficha de Fornecedor Conta Corrente lançada manualmente no qual é calculado um saldo em dívida Consulta de todas as entradas de material deste Fornecedor Poderá realizar Notas de Encomenda, Devoluções,

Leia mais

MUSEU DO CARAMULO lipág.so

MUSEU DO CARAMULO lipág.so MUSEU DO CARAMULO lipág.so Fundado em 1970, este é o museu de automóveis antigos mais importante do país, com 70 automóveis de 36 marcas, que necessitam de manutenção regular e muito especializada MUDANÇA

Leia mais

Ficha de Trabalho: Tema 2

Ficha de Trabalho: Tema 2 Área / UFCD Competência atingir (RA) a CLC5 - Identifica as mais valias da sistematização da informação disponibilizada por via electrónica em contextos socioprofissionais. Nome: Marlene Lourenço Ficha

Leia mais

Computadores e Informática Guia de introdução às Tecnologias da Informação e Comunicação

Computadores e Informática Guia de introdução às Tecnologias da Informação e Comunicação Computadores e Informática Guia de introdução às Tecnologias da Informação e Comunicação Autor: António Eduardo Marques Colecção: Soluções Revisão: Centro Atlântico Capa e paginação: António J. Pedro Centro

Leia mais

14-5-2010 MARIA JOÃO BASTOS AUTOBIOGRAFIA. [Escrever o subtítulo do documento] Bruna

14-5-2010 MARIA JOÃO BASTOS AUTOBIOGRAFIA. [Escrever o subtítulo do documento] Bruna 14-5-2010 MARIA JOÃO BASTOS AUTOBIOGRAFIA [Escrever o subtítulo do documento] Bruna Autobiografia O meu nome é Maria João, tenho 38 anos e sou natural da Nazaré, onde vivi até há sete anos atrás, sensivelmente.

Leia mais

Figura 1 - O computador

Figura 1 - O computador Organização e arquitectura dum computador Índice Índice... 2 1. Introdução... 3 2. Representação da informação no computador... 4 3. Funcionamento básico dum computador... 5 4. Estrutura do processador...

Leia mais

O Easy Recovery Professional é um programa que nos permite recuperar ficheiros de

O Easy Recovery Professional é um programa que nos permite recuperar ficheiros de O Easy Recovery Professional é um programa que nos permite recuperar ficheiros de um disco rígido danificado, recuperar ficheiros de um disco rígido acidentalmente formatado, permite reparar ficheiros

Leia mais

Escola Secundária de Emídio Navarro

Escola Secundária de Emídio Navarro Escola Secundária de Emídio Navarro Curso Secundário de Carácter Geral (Agrupamento 4) Introdução às Tecnologias de Informação Correcção da ficha de trabalho N.º 1 1. Refere algumas das principais áreas

Leia mais

MINI DICIONÁRIO TÉCNICO DE INFORMÁTICA. São apresentados aqui alguns conceitos básicos relativos à Informática.

MINI DICIONÁRIO TÉCNICO DE INFORMÁTICA. São apresentados aqui alguns conceitos básicos relativos à Informática. Tecnologias da Informação e Comunicação MINI DICIONÁRIO TÉCNICO DE INFORMÁTICA São apresentados aqui alguns conceitos básicos relativos à Informática. Informática: Tratamento da informação por meios automáticos.

Leia mais

Desenvolva o potencial das comunicações imediatas com mensagens SMS PHC

Desenvolva o potencial das comunicações imediatas com mensagens SMS PHC PHC Mensagens SMS CS DESCRITIVO O módulo PHC Mensagens SMS CS permite o envio de mensagens a múltiplos destinatários em simultâneo, sem ser necessário criar e enviar uma a uma. Comunique com mais sucesso:

Leia mais

1 Função e criação do Programa. Relatório de desenvolvimento do projecto Programador/designer : Tiago MC Simões

1 Função e criação do Programa. Relatório de desenvolvimento do projecto Programador/designer : Tiago MC Simões Relatório de desenvolvimento do projecto Programador/designer : Tiago MC Simões 1) Função e criação do Programa 2) Lista de transacções/funções 3) Interface Gráfico do programa 4) A base de dados 4.1)

Leia mais

BR_EU_PORT_11:Layout 1 04/04/2011 10:46 Page 1 PRODUTOS 2011

BR_EU_PORT_11:Layout 1 04/04/2011 10:46 Page 1 PRODUTOS 2011 PRODUTOS 2011 Porquê Online? Autodata Online é o produto mais avançado disponível para oficinas. A versão Online garante aos técnicos o acesso a informação sempre actualizada e precisa, através do sistema

Leia mais

Apresentação PowerPoint. Optimização e Integração de métodos de produção. Bruno Lameiro 2005/2006

Apresentação PowerPoint. Optimização e Integração de métodos de produção. Bruno Lameiro 2005/2006 Apresentação PowerPoint Optimização e Integração de métodos de produção Bruno Lameiro 2005/2006 NOTA: Imprimir a cores 1 Texto a preto Títulos informativos do conteúdo no slide Texto a azul Texto para

Leia mais

Centro de Emprego e Formação Profissional de Faro Curso Profissional de Técnico/a de Multimédia (EFA - NS)

Centro de Emprego e Formação Profissional de Faro Curso Profissional de Técnico/a de Multimédia (EFA - NS) Nome do projecto Autobiografia A estrada da Vida Objectivos do projecto Os principais objectivos do projecto são a apresentação da autobiografia obrigatória no final do curso EFA NA de Técnico de Multimédia

Leia mais

CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE MINAS GERAIS CONCURSO PÚBLICO EBTT 2013

CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE MINAS GERAIS CONCURSO PÚBLICO EBTT 2013 CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE MINAS GERAIS CONCURSO PÚBLICO EBTT 2013 C R O N O G R A M A E DOS TEMAS DA ETAPA DA PROVA DIDÁTICA Elementos de Máquina, Processos de Fabricação, Projetos de Máquina,

Leia mais

PHC Mensagens SMS CS

PHC Mensagens SMS CS PHC Mensagens SMS CS O potencial das comunicações imediatas com mensagens SMS PHC O envio de mensagens a múltiplos destinatários em simultâneo. Uma comunicação com sucesso: ganhos de tempo e de dinheiro

Leia mais

Ficha de Compra do veículo

Ficha de Compra do veículo Ficha de Compra do veículo O estado poderá ser Usado, Usado com Iva ou NOVO, para controle de apuramentos de IVA de bens em 2ª mão Poderá enviar o veículo/fotos/extras/ características para a Internet

Leia mais

Formação Modular Certificada. Arquitetura interna do computador. Hardware e Software UFCD - 0769. Joaquim Frias

Formação Modular Certificada. Arquitetura interna do computador. Hardware e Software UFCD - 0769. Joaquim Frias Formação Modular Certificada Arquitetura interna do computador Hardware e Software UFCD - 0769 Joaquim Frias Computador É um conjunto de dispositivos eletrónicos capaz de aceitar dados e instruções, executa

Leia mais

INQUÉRITO - PROJECTO DE TUTORIA A ESTUDANTES ERAMUS OUT

INQUÉRITO - PROJECTO DE TUTORIA A ESTUDANTES ERAMUS OUT INQUÉRITO - PROJECTO DE TUTORIA A ESTUDANTES ERAMUS OUT Desde já, agradecemos a sua participação nesta nova etapa do Projecto de Tutoria a Estudantes ERASMUS versão OUT. Com este inquérito, pretendemos

Leia mais

PROGRAMA. Unidade Curricular: Informática Docente: Mestre José Avelino Moreira Victor

PROGRAMA. Unidade Curricular: Informática Docente: Mestre José Avelino Moreira Victor Unidade Curricular: Informática Docente: Mestre José Avelino Moreira Victor PROGRAMA Objetivos: Avaliar a consciencialização dos alunos das capacidades e limitações das tecnologias de informação, perspectivando

Leia mais

Akropole Catequista. Todos os Ficheiros no Akropole Catequista trabalham com uma simples barra de edição, com 4 botões:

Akropole Catequista. Todos os Ficheiros no Akropole Catequista trabalham com uma simples barra de edição, com 4 botões: Akropole Catequista O Akropole Catequista em três tempos... Este texto é um pequeno manual de introdução ao Akropole Catequista. Umas das características deste programa é o facto deste não necessitar de

Leia mais

Manual de Colaboração

Manual de Colaboração Manual de Colaboração 2 Introdução O zerozero.pt permite aos seus colaboradores a introdução de resultados e datas de jogos de diversas competições. Depois da óptima experiência desenvolvida com a nossa

Leia mais

PHC Mensagens SMS. Desenvolva o potencial das comunicações imediatas com mensagens SMS PHC

PHC Mensagens SMS. Desenvolva o potencial das comunicações imediatas com mensagens SMS PHC PHCMensagens SMS DESCRITIVO O módulo PHC Mensagens SMS permite o envio de mensagens a múltiplos destinatários em simultâneo, sem ser necessário criar e enviar uma a uma. Comunique com mais sucesso: ganhe

Leia mais

Introdução aos computadores

Introdução aos computadores Introdução aos computadores Arquitetura de Computadores Introdução aos computadores 1 Primeiro computador eletromecânico 1944 Harvard Mark I Usado no cálculo de tabelas matemáticas e navegação 3 segundos

Leia mais

Retalho. Simplificamos o seu negócio.

Retalho. Simplificamos o seu negócio. Retalho Soluções especializadas para boutiques, sapatarias, perfumariam, hipermercados, supermercados, lojas de electrodomésticos, hardware, jardins. etc. Também tem software especializado em ponto de

Leia mais

1. CAPÍTULO COMPUTADORES

1. CAPÍTULO COMPUTADORES 1. CAPÍTULO COMPUTADORES 1.1. Computadores Denomina-se computador uma máquina capaz de executar variados tipos de tratamento automático de informações ou processamento de dados. Os primeiros eram capazes

Leia mais

Planificação Anual. Planificação de Médio Prazo (1.º Período) Tecnologias da Informação e Comunicação. 9º Ano

Planificação Anual. Planificação de Médio Prazo (1.º Período) Tecnologias da Informação e Comunicação. 9º Ano Escola Básica do 2º e 3º Ciclos João Afonso de Aveiro Departamento de Matemática e Ciências Experimentais Secção de Informática Planificação Anual (1.º Período) Ano lectivo 2010/2011 Tecnologias da Informação

Leia mais

Informática e informação 2

Informática e informação 2 Introdução à Informática Informática e informação Escola Superior de Tecnologia e Gestão Instituto Politécnico de Bragança Outubro de 2006 Conceito de Informática Informação + Automática Informática Tratamento

Leia mais

Planificação Anual da disciplina de TIC 9ºANO

Planificação Anual da disciplina de TIC 9ºANO Planificação Anual da disciplina de TIC 9ºANO Conteúdos/Temas Competências Avaliação 1.1. Conceitos Introdutórios - Conhecer os conceitos básicos: Informação Informática Tecnologias da Informação e - Conhecer

Leia mais

Colóquio "Desigualdades e Desemprego"

Colóquio Desigualdades e Desemprego Observatório das Desigualdades Colóquio "Desigualdades e Desemprego" Rosário Mauritti (rosario.mautitti@iscte.pt) ISCTE, 11 de Novembro de 2009 A precariedade laboral: uma definição um fenómeno complexo

Leia mais

Manual do Utilizador para DS150E. Dangerfield June. 2009 V3.0 Delphi PSS

Manual do Utilizador para DS150E. Dangerfield June. 2009 V3.0 Delphi PSS Manual do Utilizador para DS150E 1 ÍNDICE Componente principal.....3 Instruções de instalação.... 5 Configurar o Bluetooth...26 Programa de diagnóstico....39 Escrever no ECU (OBD)...86 Digitalizar.89 Histórico......94

Leia mais

CURSO DE INTEGRAÇÃO EMPRESARIAL DE QUADROS (CIEQ)

CURSO DE INTEGRAÇÃO EMPRESARIAL DE QUADROS (CIEQ) INTEGRAÇÃO PROFISSIONAL DE TÉCNICOS SUPERIORES BACHARÉIS, LICENCIADOS E MESTRES CURSO DE INTEGRAÇÃO EMPRESARIAL DE QUADROS (CIEQ) GUIA DE CURSO ÍNDICE 1 - Objectivo do curso 2 - Destinatários 3 - Pré-requisitos

Leia mais

15/08/2013 DIREITO DA. Professor: Luis Guilherme Magalhães (62) 9607-2031 INTRODUÇÃO À INFORMÁTICA

15/08/2013 DIREITO DA. Professor: Luis Guilherme Magalhães (62) 9607-2031 INTRODUÇÃO À INFORMÁTICA DIREITO DA INFORMÁTICA Professor: Luis Guilherme Magalhães (62) 9607-2031 INTRODUÇÃO À INFORMÁTICA 1 CONCEITOS BÁSICOS Informática infor + mática. É o tratamento da informação de forma automática Dado

Leia mais

Conceitos básicos sobre TIC

Conceitos básicos sobre TIC Conceitos básicos sobre TIC Origem da palavra Informática Informação + Automática Informática Significado: Tratamento ou processamento da informação utilizando meios automáticos, nomeadamente o computador.

Leia mais

Introdução aos Sistemas de Computação (ISC) Curso de Administração de Negócios Eletrônicos Professor :

Introdução aos Sistemas de Computação (ISC) Curso de Administração de Negócios Eletrônicos Professor : Introdução aos Sistemas de Computação (ISC) Curso de Administração de Negócios Eletrônicos Professor : Marco Antônio Chaves Câmara Lista de Exercícios 3 Nome do Aluno : 1. Sobre as unidades de disco rígido

Leia mais

Introdução. I. Nova Mensagem

Introdução. I. Nova Mensagem Introdução A partir da plataforma do Geonaut é possível enviar mensagens aos recursos, este módulo é muito importante porque permite informar ou pedir informação a um recurso pretendido. Além de se poder

Leia mais

Sistema inteligente de gestão de chaves e objectos de valor

Sistema inteligente de gestão de chaves e objectos de valor Sistema inteligente de gestão de chaves e objectos Onde estão as cópias de segurança das chaves? Quem foi a última pessoa a utilizar o carro? Quando foi a última vez que o técnico esteve na cave? RFid

Leia mais

GUIÃO COMO FAZER UM TRABALHO

GUIÃO COMO FAZER UM TRABALHO GUIÃO COMO FAZER UM TRABALHO BE-CRE 2012/2013 1ª Etapa Penso sobre o tema 2ª Etapa Onde vou encontrar a informação? 3ª Etapa Seleciono os documentos 4ª Etapa Recolho a informação 5ª Etapa Trato a informação

Leia mais

CPU - Significado CPU. Central Processing Unit. Unidade Central de Processamento

CPU - Significado CPU. Central Processing Unit. Unidade Central de Processamento CPU - Significado CPU Central Processing Unit Unidade Central de Processamento CPU - Função Na CPU são executadas as instruções Instrução: comando que define integralmente uma operação a ser executada

Leia mais

Escola Secundária/3 da Maia Cursos em funcionamento 2009-2010. Técnico de Electrónica, Automação e Comando

Escola Secundária/3 da Maia Cursos em funcionamento 2009-2010. Técnico de Electrónica, Automação e Comando Ensino Secundário Diurno Cursos Profissionais Técnico de Electrónica, Automação e Comando PERFIL DE DESEMPENHO À SAÍDA DO CURSO O Técnico de Electrónica, Automação e Comando é o profissional qualificado

Leia mais

Inquérito à Utilização de Tecnologias da Informação e da Comunicação pelas Famílias BANDA LARGA

Inquérito à Utilização de Tecnologias da Informação e da Comunicação pelas Famílias BANDA LARGA 03 DE DEZZEMBRO 2007 Sociedade da Informação e do Conhecimento Inquérito à Utilização de Tecnologias da Informação e da Comunicação pelas Famílias 2007 77% DOS AGREGADOS DOMÉSTICOS COM LIGAÇÃO À INTERNET

Leia mais

- relaciona informação de diferentes classes da CDU no tratamento de um tema -utiliza as funcionalidades de pesquisa avançada no catálogo.

- relaciona informação de diferentes classes da CDU no tratamento de um tema -utiliza as funcionalidades de pesquisa avançada no catálogo. ÁREA: Conhecimento e utilização da Biblioteca Cumprir as regras de funcionamento da biblioteca - cumpre as regras de comportamento na BE - cumpre as regras de acesso, manipulação, preservação e arrumação

Leia mais

Unidade 1 - Objectivos das Tecnologias Informáticas

Unidade 1 - Objectivos das Tecnologias Informáticas Unidade 1 - Objectivos das Tecnologias Informáticas Reconhecer conceitos básicosb Utilizar os conceitos básicos, b aplicando-os os a problemas concretos Compreender a evolução desses conceitos Conhecer

Leia mais

Ano de Escolaridade: 3º Ano Turma: Ano Lectivo: 2011/2012

Ano de Escolaridade: 3º Ano Turma: Ano Lectivo: 2011/2012 L a n g u a g e SSeerrvvi icceess & SSool luut tioonnss Arte das Palavras, Ens. e Trad.,Unip., Lda. PLANIFICAÇÃO ANUAL TIC (TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO) Agrupamento de Escolas de Condeixa-a-Nova

Leia mais

Manual de Utilização Rápida Vodafone Connect Pen K3571. Concebido para a Vodafone

Manual de Utilização Rápida Vodafone Connect Pen K3571. Concebido para a Vodafone Manual de Utilização Rápida Vodafone Connect Pen K3571 Concebido para a Vodafone Bem-vindo ao mundo das comunicações móveis 1 Bem-vindo 2 Configuração da Connect Pen 3 Iniciar a aplicação 4 Ligar - Modo

Leia mais

GUÍA PARA UTILIZAR A WEBNODE EDU

GUÍA PARA UTILIZAR A WEBNODE EDU GUÍA PARA UTILIZAR A WEBNODE EDU Imagina que queres criar o teu próprio site. Normalmente, terías que descarregar e instalar software para começar a programar. Com a Webnode não é preciso instalar nada.

Leia mais

Suporte Informática com 1 visita 12 meses

Suporte Informática com 1 visita 12 meses Suporte Informática com 1 visita 12 meses Suporte informática para configuração inicial, tirar dúvidas ou problemas de informática por telefone, acesso remoto e tirar máximo proveito do computador. Quando

Leia mais

Google Apps para o Office 365 para empresas

Google Apps para o Office 365 para empresas Google Apps para o Office 365 para empresas Mude O Office 365 para empresas tem um aspeto diferente do Google Apps, por isso, ao iniciar sessão, obterá esta vista para começar. Após as primeiras semanas,

Leia mais

Tecnologias da Informação e Comunicação: Sistema Operativo em Ambiente Gráfico

Tecnologias da Informação e Comunicação: Sistema Operativo em Ambiente Gráfico Tecnologias da Informação e Comunicação UNIDADE 1 Tecnologias da Informação e Comunicação: Sistema Operativo em Ambiente Gráfico 1º Período Elementos básicos da interface gráfica do Windows (continuação).

Leia mais

EMENTA DA DISCIPLINA Hardware e dispositivos de E/S Sistema Operacional Editor de Texto

EMENTA DA DISCIPLINA Hardware e dispositivos de E/S Sistema Operacional Editor de Texto www.francosampaio.com Informática Curso de Administração de Empresas Prof. Franco Sampaio URCAMP Universidade da Região da Campanha EMENTA DA DISCIPLINA Hardware e dispositivos de E/S Sistema Operacional

Leia mais

OFERTA DOCUMENTAÇÃO TÉCNICA PEUGEOT PARA OS REPARADORES INDEPENDENTES

OFERTA DOCUMENTAÇÃO TÉCNICA PEUGEOT PARA OS REPARADORES INDEPENDENTES OFERTA DOCUMENTAÇÃO TÉCNICA PEUGEOT PARA OS REPARADORES INDEPENDENTES PEUGEOT coloca à disposição dos Profissionais do automóvel*, dos Editores de documentação técnica e dos Fabricantes de equipamentos

Leia mais

Manual de Utilização Rápida Vodafone Connect Pen K3772-Z

Manual de Utilização Rápida Vodafone Connect Pen K3772-Z Manual de Utilização Rápida Vodafone Connect Pen K3772-Z Bem-vindo ao mundo da Banda Larga Móvel 1 2 3 4 5 6 8 9 9 10 12 Bem-vindo Configuração da Connect Pen Iniciar a aplicação Ligar Janela Normal Definições

Leia mais

Referencial do Módulo B

Referencial do Módulo B 1 Referencial do Módulo B Liga, desliga e reinicia correctamente o computador e periféricos, designadamente um scanner; Usa o rato: aponta, clica, duplo-clique, selecciona e arrasta; Reconhece os ícones

Leia mais

OBJECTIVO Construção de uma árvore genealógica

OBJECTIVO Construção de uma árvore genealógica FICHA DE EVISÃO OBJECTIVO Construção de uma árvore genealógica A maior parte das pessoas cria conteúdo que contém apenas texto, apesar de as ilustrações e gráficos ajudarem as audiências a compreender

Leia mais

DEPARTAMENTO DE MTEMÁTICA E CIÊNCIAS EXPERIMENTAIS

DEPARTAMENTO DE MTEMÁTICA E CIÊNCIAS EXPERIMENTAIS DEPARTAMENTO DE MTEMÁTICA E CIÊNCIAS EXPERIMENTAIS Planificação da Disciplina de Informática Vocacional 3º ciclo Componente de Formação Vocacional Anos Letivos de 2014/2015 e 2015/2016 Manual adotado:

Leia mais

Como instalar e usar o SSS\Progman com cabo de Carsoft ou INPA. Como instalar o SSS Progman v.28, v.30 ou v.32

Como instalar e usar o SSS\Progman com cabo de Carsoft ou INPA. Como instalar o SSS Progman v.28, v.30 ou v.32 Como instalar e usar o SSS\Progman com cabo de Carsoft ou INPA Antes de mais nada tem de já conseguir usar o software INPA. Se ainda não o conseguiu pôr a funcionar: Volte a tentar por primeiro esse a

Leia mais

LOCALIZAÇÃO DE viaturas. ampligest

LOCALIZAÇÃO DE viaturas. ampligest LOCALIZAÇÃO DE viaturas ampligest ampligest Índice A solução mais completa Vantagens Destinatários / utilizadores Apresentação Gestão de frota Outras opções de controlo www.ampliretorno.com Tecnologia

Leia mais

Europass-Curriculum Vitae

Europass-Curriculum Vitae Europass-Curriculum Vitae Informação pessoal Apelido(s) / Nome(s) próprio(s) Morada(s) Correio(s) electrónico(s) Rua de Santiago, 1949 3º Esq. 4835 247 Guimarães Telemóvel: +351 927 352 310 vapsilva@iol.pt

Leia mais

Agrupamento Vertical de Escolas de Salir Biblioteca Escolar 2008/2009. Como fazer um trabalho

Agrupamento Vertical de Escolas de Salir Biblioteca Escolar 2008/2009. Como fazer um trabalho Agrupamento Vertical de Escolas de Salir Biblioteca Escolar 2008/2009 Como fazer um trabalho Etapas na elaboração de um trabalho 1ª Etapa Penso sobre o tema 2ª Etapa Onde vou encontrar a informação? 3ª

Leia mais

Estrutura geral de um computador

Estrutura geral de um computador Estrutura geral de um computador Prof. Helio H. L. C. Monte-Alto Cristo padeceu uma vez pelos pecados, o justo pelos injustos, para levar-nos a Deus Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu

Leia mais

Na época dos nossos bisavós os computadores já existiam, apesar de extremamente rudimentares. Eram os computadores mecânicos, que realizavam cálculos

Na época dos nossos bisavós os computadores já existiam, apesar de extremamente rudimentares. Eram os computadores mecânicos, que realizavam cálculos Na época dos nossos bisavós os computadores já existiam, apesar de extremamente rudimentares. Eram os computadores mecânicos, que realizavam cálculos através de um sistema de engrenagens, accionado por

Leia mais

Sociedade da Informação e do Conhecimento Inquérito à Utilização de Tecnologias da Informação e da Comunicação pelas Famílias 2007

Sociedade da Informação e do Conhecimento Inquérito à Utilização de Tecnologias da Informação e da Comunicação pelas Famílias 2007 03 de Dezembro de 2007 Sociedade da Informação e do Conhecimento Inquérito à Utilização de Tecnologias da Informação e da Comunicação pelas Famílias 2007 77% DOS AGREGADOS DOMÉSTICOS COM LIGAÇÃO À INTERNET

Leia mais

FUNDAMENTOS DE HARDWARE COMO FUNCIONA UM PC? Professor Carlos Muniz

FUNDAMENTOS DE HARDWARE COMO FUNCIONA UM PC? Professor Carlos Muniz FUNDAMENTOS DE HARDWARE COMO FUNCIONA UM PC? A arquitetura básica de qualquer computador completo, seja um PC, um Machintosh ou um computador de grande porte, é formada por apenas 5 componentes básicos:

Leia mais

Sistemas de Informação e o Computador

Sistemas de Informação e o Computador Índice Noção de Sistema de Informação O Sistema de Informação no Escritório A palavra Informática é derivada de duas outras palavras associadas de escritório a ela, a primeira é informação e a segunda

Leia mais

Computador. Algumas definições

Computador. Algumas definições Algumas definições Os computadores são ferramentas que nos permitem fazer cálculos rápida e comodamente (1982). Calculador electrónico usado na investigação espacial e actualmente já noutros campos da

Leia mais

[MANUAL DO NOVO PROGRAMA DE GESTÃO DE UNIVERSIDADES SENIORES]

[MANUAL DO NOVO PROGRAMA DE GESTÃO DE UNIVERSIDADES SENIORES] Dez 2014, v1 RUTIS Associação Rede de Universidades da Terceira idade [MANUAL DO NOVO PROGRAMA DE GESTÃO DE UNIVERSIDADES SENIORES] Desenvolvido por RUTIS Manual do Novo programa de Gestão de Universidades

Leia mais

CHAVE DO FUTURO. está nas tuas. mãos. Oferta. Oferta. Centro Novas Oportunidades. Ensino Nocturno. Cursos Profissionais. Cursos

CHAVE DO FUTURO. está nas tuas. mãos. Oferta. Oferta. Centro Novas Oportunidades. Ensino Nocturno. Cursos Profissionais. Cursos A CHAVE DO FUTURO está nas tuas mãos Centro Novas Oportunidades Ensino Nocturno Cursos Profissionais Cursos Científico-Humanísticos Oferta Oferta Cursos Educação e Formação ÍNDICE Cursos Científico-Humanísticos

Leia mais

PHC Mensagens SMS CS

PHC Mensagens SMS CS PHC Mensagens SMS CS O potencial das comunicações imediatas com mensagens SMS PHC O envio de mensagens a múltiplos destinatários em simultâneo. Uma comunicação com sucesso: ganhos de tempo e de dinheiro

Leia mais

Informações e instruções para os candidatos

Informações e instruções para os candidatos A preencher pelo candidato: Nome: N.º de inscrição: Documento de identificação: N.º : Local de realização da prova: A preencher pelo avaliador: Classificação final: Ass: Informações e instruções para os

Leia mais

Trabalho realizado por: Rui Rosa, N.º11

Trabalho realizado por: Rui Rosa, N.º11 Trabalho realizado por: Rui Rosa, N.º11 São Roque do Pico, 28 de março de 2014 Índice Introdução 3 Avarias em computadores 4 Problema- O computador não liga 5 Problema O computador liga mas não dá imagem

Leia mais

Manual de Actualização de Firmware para câmaras fotográficas digitais Cyber-shot da Sony - DSC-F828

Manual de Actualização de Firmware para câmaras fotográficas digitais Cyber-shot da Sony - DSC-F828 Manual de Actualização de Firmware para câmaras fotográficas digitais Cyber-shot da Sony - DSC-F828 O termo "Firmware" refere-se ao software da sua câmara Cyber-shot. Pode actualizar este software para

Leia mais

Introdução às Tecnologias de Informação e Comunicação. Conceitos Introdutórios

Introdução às Tecnologias de Informação e Comunicação. Conceitos Introdutórios Introdução às Tecnologias de Informação e Comunicação Conceitos Introdutórios Informática Informática - Tratamento ou processamento da informação utilizando meios automáticos, nomeadamente o computador.

Leia mais

1 - Imprimir documentos na rede da escola.

1 - Imprimir documentos na rede da escola. 1 - Imprimir documentos na rede da escola. 1.1 - Entrar no sistema interno da escola (escopal.edu) Inserir o seu Nome de Utilizador Inserir a sua Palavra - passe Seleccionar ESCOPAL 1.2 Instalar a impressora

Leia mais

Introdução à Informática

Introdução à Informática Introdução à Informática Aula 1 http://www.ic.uff.br/~bianca/introinfo/ Aula 1-31/08/2007 1 Objetivo da disciplina O objetivo dessa disciplina é dar ao aluno noções básicas de computação. Serão apresentados

Leia mais

Tecnologia - Conjunto de instrumentos, métodos e processos específicos de qualquer arte, ofício ou técnica.

Tecnologia - Conjunto de instrumentos, métodos e processos específicos de qualquer arte, ofício ou técnica. Técnica - Conjunto de processos que constituem uma arte ou um ofício. Aplicação prática do conhecimento científico. Tecnologia - Conjunto de instrumentos, métodos e processos específicos de qualquer arte,

Leia mais

Introdução à redes de computadores

Introdução à redes de computadores 1/8 Introdução à redes de computadores Faz todo o sentido ligar os computadores em rede. Você não precisa ter uma impressora, um HD de grande capacidade, um gravador de DVDs e conexão via ADSL para cada

Leia mais

Unidade de Controlo. Unidade Aritmética e Lógica

Unidade de Controlo. Unidade Aritmética e Lógica Métodos de Programação I Departamento de Matemática, FCTUC 8 Modelo de Organização de um Computador Digital - Modelo de Von Neumann Neste modelo esquemático de organização de um computador digital tradicional

Leia mais

Introdução a Informática

Introdução a Informática Inclusão Projeto Digital do Jovem Agricultor Introdução a Informática Projeto 1/18 Inclusão Projeto Digital do Jovem Agricultor Conteúdo Programático Introdução; História do computador; Hardware, Software

Leia mais