Manual Técnico Boleto Eletrônico Online

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Manual Técnico Boleto Eletrônico Online"

Transcrição

1 Manual Técnico Boleto Eletrônico Online Gateway de Pagamentos HSBC Cobrança Não Registrada Versão: 2.2 Maio/2013 PUBLIC

2 SUMÁRIO APRESENTAÇÃO NOTAS PRELIMINARES LEGISLAÇÃO PROCESSOS DE CONTRTAÇÃO DO SERVIÇO INTERFACE DO COMÉRCIO ELETRÔNICO DO CLIENTE DATE DE VENCIMENTO INSTRUCÕES DADOS DO SACADO RE-EMISSÃO LOGO DO HSBC TESTES ANEXO I Check List de Integração ANEXO Il Exemplo de desenvolvimento em ASP ANEXO lll Exemplo de desenvolvimento em PHP ANEXO IV Exemplo de desenvolvimento em JSP ANEXO IV Exemplo de desenvolvimento em ASP.NET/C# 17 PUBLIC - 2

3 EMISSÃO ONLINE PELO LINK DO HSBC - COBRANÇA NÃO REGISTRADA NOTAS PRELIMINARES PREENCHIMENTO DO BLOQUETO APRESENTAÇÃO Prezado Cliente. Nós do HSBC Bank Brasil S.A. Banco Múltiplo estamos lhe entregando o Manual Técnico Módulo da Cobrança Não Registrada - Emissão On-line pelo Link do HSBC, pois através dele, aqueles que lhe prestam suporte em Informática terão as orientações necessárias para manter a integração com a qualidade e agilidade de nossos serviços. O Manual Técnico da Cobrança Não Registrada - Emissão On-line pelo Link do HSBC fornece todas as informações para que a emissão dos bloquetos de cobrança possa ser realizada em nosso ambiente de processamento, o que lhe proporcionará agilidade e eficiência no momento de cobrar suas vendas on-line. No caso de dúvidas, contate seu gerente. PUBLIC - 3

4 1. NOTAS PRELIMINARES O QUE É A COBRANÇA NÃO REGISTRADA? A Cobrança Não Registrada Emissão On-line pelo link do HSBC é uma modalidade da Cobrança do HSBC, e objetiva atender aos clientes que efetuam vendas on-line e querem oferecer essa forma de pagamento a seus clientes. Assim, a emissão do boleto on-line é realizada nos sistemas do HSBC, com dados fornecidos pelo Cliente, disponibilizando uma imagem de boleto na Internet, para ser impressa por seus clientes sem que o Cliente tenha que desenvolver em seus sistemas a inteligência de formatação do boleto e do código de barras. Para operacionalizar o intercâmbio de informações pelas quais o Cliente saberá quais boletos emitidos pelo Link do HSBC foram pagos, este manual é complementado pelo Manual Técnico Padrão CNAB 400 ou CNAB 240. PUBLIC - 4

5 2. LEGISLAÇÃO A padronização do boleto de Cobrança, especificamente da Ficha de Compensação, obedece ao modelo CADOC , instituído pelo Banco Central do Brasil, através da Carta Circular nº 2.414, de e alterado pela Carta-Circular nº 2790 de A alteração nas especificações do Código de Barras, com a introdução do Dígito de Autoconferência (DAC), ocorreu pela Carta Circular nº do Bacen, de A alteração nas especificações do Código de Barras, com a introdução do Fator de vencimento nos boletos de cobrança, ocorreu pela Carta Circular nº 125/2000 do Bacen, de PROCESSO DE CONTRATAÇÃO DO SERVIÇO O Cliente deve contratar a Cobrança Não Registrada ofertada pelo HSBC. Esse módulo da cobrança é o mais recomendado porque em vendas pela Internet a mercadoria só é entregue ou o serviço só é realizado após a confirmação do pagamento realizado. O não pagamento do boleto emitido na internet não caracteriza dívida, portanto não pode haver processo de protesto do comprador. O Cliente assina também o Contrato de Prestação de Serviços para Disponibilização de Boletos de Cobrança por Meio Eletrônico. Após a contratação da Cobrança Não Registrada o HSBC definirá o CÓDIGO DE CEDENTE (BENEFICIÁRIO) e o informará ao Cliente. O Cliente deverá informar o(s) número(s) de IP de seu(s) servidor(es) para o banco, que o(s) utiliza como parâmetro(s) de segurança. Não há limitação de quantidade de IPs que podem ser cadastrados. O motivo é que a solução exige que o servidor Web do Cedente (Beneficiário) abra uma conexão direta (Server-to-Server) com o servidor do HSBC. Esta conexão só é aceita se o IP de origem estiver cadastrado. (Ver item INTERFACE DO COMÉRCIO ELETRÔNICO DO CLIENTE COM O HSBC). PUBLIC - 5

6 4. INTERFACE DO COMÉRCIO ELETRÔNICO DO CLIENTE COM O HSBC O processo de Emissão On-line funciona da seguinte maneira (ver figura): 1. SACADO (PAGADOR) acessa o site da empresa e realiza sua compra, 2. SACADO (PAGADOR), após cadastrar-se no site do cedente, seleciona forma de pagamento "Boleto de compensação". 3. SACADO (PAGADOR) efetua um submit para um link hospedado no servidor do CEDENTE 4. O Servidor do CEDENTE efetua uma conexão direta (Server-to-Server) via post (ver item observações abaixo do item 9) para o endereço: https://wwws5.hsbc.com.br/ofb-bol-cnr/servlets/geraboleto?servletstate=10 5. O POST enviado pelo Servidor do Cliente para o link do HSBC deve conter os seguintes dados para que a geração do boleto ocorra com sucesso: Nome do Campo Tipo de Dado Tamanho Formato Preenchimento Obrigatório? codigocedente NUMÉRICO S datavencimento DATA 10 DD/MM/AAAA S valordocumento ALFANUMÉRICO S numeroparcela NUMERICO N totalparcelas NUMERICO N numerodocumento NUMERICO S L1 ALFANUMÉRICO 66 N L2 ALFANUMÉRICO 66 N L3 ALFANUMÉRICO 66 N L4 ALFANUMÉRICO 66 N L5 ALFANUMÉRICO 66 N unidadecedente ALFANUMÉRICO 54 N nomesacado ALFANUMÉRICO 30 S cpfcnpjsacado NUMERICO S enderecosacado ALFANUMÉRICO 40 N numerosacado NUMERICO 05 N complementosacado ALFANUMÉRICO 10 N cepsacado ALFANUMÉRICO N bairrosacado ALFANUMÉRICO 15 N cidadesacado ALFANUMÉRICO 15 N estadosacado ALFANUMÉRICO 02 N Obs. Mensagens que serão mostradas no boleto Atenção: os caracteres maiúsculos e minúsculos têm de ser respeitados, tanto os da URL quanto os do nome dos parâmetros do post. Os campos indicados na tabela acima com Preenchimento obrigatório n devem ser gerados com conteúdo branco. 6. HSBC valida se o cedente (Beneficiário) está cadastrado e se a requisição tem como origem os servidores do cedente. PUBLIC - 6

7 7. HSBC obtém informações do cedente (Beneficiário), linha digitável e código de barras e monta o boleto. 8. HSBC devolve conteúdo HTML com o boleto gerado para o Servidor do Cliente. 9. O Servidor do Cedente (Beneficiário) captura o HTML gerado e apresenta o mesmo em uma página própria (hospedada no seu servidor). Observações - Os dados informados pelo CEDENTE (BENEFICIÁRIO) não são validados pelo HSBC (sacado, valor, data de vencimento, etc.). Portanto é responsabilidade do Cliente enviálos com correção - IMPORTANTE: A chamada para a URL do HSBC, deve ser efetuada internamente através de conexão Server-to-Server do servidor do CEDENTE (BENEFICIÁRIO) para o Servidor do HSBC. Caso o cedente (Beneficiário) disponibilize o link do HSBC em sua própria página (ex: se colocar a URL do HSBC como Action de um Form HTML), o boleto não será gerado, pois neste caso a requisição / conexão estará partindo do IP do sacado e não do IP do Servidor do CEDENTE (BENEFICIÁRIO). Vide figura abaixo: 5. Data de Vencimento Recomendamos que a data de vencimento definida pelo Cliente seja sempre a do dia posterior à compra ou maior, para possibilitar a seu cliente o pagamento, caso ele realize a compra após o horário do expediente bancário. PUBLIC - 7

8 Número do Documento - campo numerodocumento Este número é único para o título, deve ser controlado pelo Cliente e será utilizado na conciliação dos pagamentos liquidados, pois será enviado ao Cliente no arquivo retorno de liquidação. 6. Instruções O campo instruções tem por finalidade orientar o Caixa quanto ao recebimento do BOLETO. Para compor o conjunto de mensagens, o Cliente poderá utilizar como modelo as instruções padrões listadas na seção Tabela de Notas Explicativas - nota 9, do Manual Técnico - Módulo I, Padrão CNAB 400. As instruções serão enviadas nos campos textogenerico da mensagem. 7. Dados do sacado Como o boleto será emitido pelo site, dados do sacado (pagador) além de nome e CPF/CNPJ não são obrigatórios. 8. RE-EMISSÃO Sugerimos ao Cliente que coloque em seu site, de forma acessível ao consumidor, a possibilidade de emitir novamente o boleto bancário referente à sua compra, evitando assim que perdas de boleto transformem-se em perdas de vendas para o Cliente. O link de re-emissão deve repetir o processo de chamada do site do HSBC, com nova data de vencimento, se necessário, de forma a possibilitar o pagamento em qualquer agência de qualquer banco. 9. LOGO DO HSBC Eventualmente é possível utilizar o logo do HSBC para indicar a opção de forma de pagamento com boleto. Caso o Cliente deseje utilizá-lo, deve entrar em contato com o gerente para que esse o oriente. 10. TESTES Antes de colocar a opção de pagamento por boleto bancário em seu site, o Cliente deverá aguardar a sinalização de seu gerente para iniciar os testes de conexão, para que haja a devida homologação técnica. Este procedimento é indispensável para se garantir a qualidade da conexão e da geração do boleto. Recomendamos ao cliente que se certifique de que o Check list de integração (Anexo I) foi verificado. PUBLIC - 8

9 11. ANEXO I - Check List de Integração 1 A conexão deve obrigatoriamente ser SSL (Porta 443) Os nomes de parâmetros, principalmente o ServletState e o código do cedente (beneficiário), devem respeitar a nomenclatura definida no documento de 2 integração, inclusive maiúsculas e minúsculas. O ServletState deve ser passado juntamente do endereço (URL), e os demais na linha do POST. Quando o HSBC recebe a solicitação HTTP Post, valida se o IP de origem da conexão é o IP que está cadastrado no sistema, ou seja, o IP do servidor Web do cliente. Não funciona se for feito um redirect ou qualquer outro tipo de chamada que parta 3 diretamente do browser do cliente para o nosso sistema. (Referrer, JavaScript, etc.). (Vide as figuras ao final deste documento) Valores de parâmetro na querystring do POST devem estar URLEncoded conforme formato MIME application/x-www-form-urlencoded. Ex: Espaços são convertidos 4 para +, Caracteres especiais são convertidos para %xy, onde xy é o código hexadecimal do caractere, etc. Detalhamento/Exemplo de solução O programa da loja, que roda no servidor (JSP, ASP, CGI) terá que ter lógica semelhante à seguinte: String resultadohsbc = executapostparaurldohsbc(parâmetros,...); printoutputparacliente(resultadohsbc); Exemplo em JSP (Java Server Pages): <% String resultadohsbc = executapostparaurldohsbc(parâmetros,...); %> <%=resultadohsbc%> Neste exemplo, a variável resultadohsbc, após executado o trecho em questão, estaria carregada com a resposta da URL do HSBC, algo como "<HTML><BODY><TABLE..." Desta forma, quem faz o POST para o HSBC é o servidor de hospedagem da loja, e não o browser do cliente. O resultado do POST é incluído dinamicamente, pelo sistema da loja, no conteúdo da página para o cliente. Vide figuras abaixo: PUBLIC - 9

10 PUBLIC - 10

11 PUBLIC - 11

12 12. ANEXO II - Exemplo de desenvolvimento ASP <html> <head> <title>gera_boleto</title> <style> body { margin: 20px; font: 11px sans-serif; color: #000; th { font: bold 11px sans-serif; color: #000; padding: 4px 10px; border-bottom: 1px solid #9E9E9E; td { font: 11px sans-serif; color: #000; text-align: right; padding: 4px 10px; border-bottom: 1px solid #9E9E9E; hr { border: 10px 0 20px 0; color: #9E9E9E; background-color: #9E9E9E; height: 1px; width: 100%; #erro { font: bold 16px sans-serif; color: #F00.tit { font: bold 16px sans-serif; color: #000; </style> </head> <body> <% Server.ScriptTimeout = 300 '####################################################### '### CONEXÃO MSXML2 PARA BUSCAR DADOS '####################################################### set xmlhttp = CreateObject("MSXML2.ServerXMLHTTP") on error resume next '####################################################### '### CONEXÃO PARA PASSAR PARAMETROS E RECEBER O HTML '####################################################### codigocedente = " " datavencimento = "10/02/2008" valordocumento = " " numeroparcela = "01" totalparcelas = "02" numerodocumento = " " L1 = "Senhor(a) Caixa, favor seguir as instruções abaixo:" L2 = "1. Não receber este documento após a data de seu vencimento" L3 = "2. Valores expressos em Reais" L4 = "3. Não receber por depósito bancário" L5 = "Reader's Digest Brasil" unidadecedente = "NOME FAKE DO BRASIL" nomesacado = "NOME FAKE DA SILVA" cpfcnpjsacado = " " enderecosacado = "RUA DO CARMO" numerosacado = "43" complementosacado = "10 ANDAR" cepsacado = " " bairrosacado = "CENTRO" cidadesacado = "RIO DE JANEIRO" estadosacado = "RJ" url = "https://wwws5.hsbc.com.br/ofb-bol-cnr/servlets/geraboleto?servletstate=10" xmlhttp.open "POST", url, false xmlhttp.setrequestheader "Content-Type", "application/x-www-form-urlencoded" xmlhttp.send "codigocedente=" & codigocedente& "&datavencimento=" & datavencimento & "&valordocumento=" & valordocumento & "&numeroparcela=" & numeroparcela& "&totalparcelas=" & totalparcelas & "&numerodocumento=" & numerodocumento & "&L1=" & L1 & "&L2=" & L2 & "&L3=" & L3 & "&L4=" & L4 & "&L5=" & L5 & "&unidadecedente=" & unidadecedente & "&nomesacado=" & nomesacado & "&cpfcnpjsacado=" & cpfcnpjsacado & "&enderecosacado=" & enderecosacado & "&numerosacado=" & numerosacado PUBLIC - 12

13 & "&complementosacado=" & complementosacado & "&cepsacado=" & cepsacado & "&bairrosacado=" & bairrosacado & "&cidadesacado=" & cidadesacado & "&estadosacado=" & estadosacado boleto = xmlhttp.responsetext Response.Write "retorno: " & boleto set xmlhttp = nothing %> </body> </html> Observação: O exemplo acima se destina ao entendimento da solução a ser desenvolvida, e não à utilização exatamente como está. PUBLIC - 13

14 13. ANEXO III - Exemplo de desenvolvimento PHP <?php $sock = fsockopen("ssl://wwws5.hsbc.com.br", 443, $errno, $errstr, 30); if(!$sock) die ("$errstr ($errno)\n"); $data = "ServletState=10&codigoCedente= &datavencimento=30/08/2007&valordocumento=1.00&numeroparcela=1&totalparcelas=1&numerodocumento= &l1=inst rução1&l2=instrução 2&L3=Instrução 3&L4=Instrução 4&L5=Instrução5&unidadeCedente=01&nomeSacado=Alexandre&cpfCnpjSacado= &enderecoSacado=Rua Cel. de tal, Apto.2&numeroSacado=&complementoSacado=&cepSacado= &bairroSacado=Belenzinho&cidadeSacado=São Paulo&estadoSacado=SP"; $d1 = explode('&', $data); $data = ""; for($i=0;$i<sizeof($d1);$i++) { list($field, $value) = explode('=', $d1[$i]); $data.= $field. "=". urlencode($value). "&"; fputs($sock, "POST /OFB-BOL-CNR/servlets/GeraBoleto HTTPS/1.0\r\n"); fputs($sock, "Host: wwws5.hsbc.com.br\r\n"); fputs($sock, "Content-type: application/x-www-form-urlencoded\r\n"); fputs($sock, "Content-length: ". strlen($data). "\r\n"); fputs($sock, "Accept: */*\r\n"); fputs($sock, "\r\n"); fputs($sock, "$data\r\n"); fputs($sock, "\r\n"); $headers = ""; while ($str = trim(fgets($sock, 4096))) { $headers.= "$str\n"; $body = ""; while (!feof($sock)) { $body.= fgets($sock, 4096); fclose($sock); /** * Cabeçalho de resposta * */ //print "<!--\n". $headers. "\n-->\n\n"; /** * Corpo do documento retornado * */ print $body;?> Observação: O exemplo acima se destina ao entendimento da solução a ser desenvolvida, e não à utilização exatamente como está. PUBLIC - 14

15 14. ANEXO IV - Exemplo de desenvolvimento JSP page language="java" contenttype="text/html; charset=iso " pageencoding="iso "%> import="java.net.url" %> import="java.net.urlencoder" %> import="java.net.urlconnection" %> import="java.io.outputstreamwriter" %> <!DOCTYPE html PUBLIC "-//W3C//DTD HTML 4.01 Transitional//EN" "http://www.w3.org/tr/html4/loose.dtd"> import="java.io.datainputstream"%> <html> <head> <title>jsp Form Demo</title> <style type="text/css"> label{ margin-right:20px; input{ margin-top:5px; </style> </head> <body> <b>página Encontrada!</b> <% System.out.println("Preparando chamada..."); String val = request.getparameter("issubmitted"); int issubmitted = 0; if (val!= null) { System.out.println("Preparando dados..."); issubmitted = Integer.parseInt(val); if (issubmitted == 1) { String codigocedente = " "; String datavencimento = "10/02/2008"; String valordocumento = " "; String numeroparcela = "01"; String totalparcelas = "02"; String numerodocumento = " "; String L1 = "Senhor(a) Caixa, favor seguir as instruções abaixo:"; String L2 = "1. Não receber este documento após a data de seu vencimento"; String L3 = "2. Valores expressos em Reais"; String L4 = "3. Não receber por depósito bancário"; String L5 = "Reader's Digest Brasil"; String unidadecedente = "NOME FAKE DO BRASIL"; String nomesacado = "NOME FAKE DA SILVA"; String cpfcnpjsacado = " "; String enderecosacado = "RUA DO CARMO"; String numerosacado = "43"; String complementosacado = "10 ANDAR"; String cepsacado = " "; String bairrosacado = "CENTRO"; String cidadesacado = "RIO DE JANEIRO"; String estadosacado = "RJ"; 8"); 8"); String data = URLEncoder.encode("codigoCedente", "UTF-8") + "=" + URLEncoder.encode(codigoCedente, "UTF-8"); data += "&" + URLEncoder.encode("dataVencimento", "UTF-8") + "=" + URLEncoder.encode(dataVencimento, "UTF-8"); data += "&" + URLEncoder.encode("valorDocumento", "UTF-8") + "=" + URLEncoder.encode(valorDocumento, "UTF-8"); data += "&" + URLEncoder.encode("numeroParcela", "UTF-8") + "=" + URLEncoder.encode(numeroParcela, "UTF-8"); data += "&" + URLEncoder.encode("totalParcelas", "UTF-8") + "=" + URLEncoder.encode(totalParcelas, "UTF-8"); data += "&" + URLEncoder.encode("numeroDocumento", "UTF-8") + "=" + URLEncoder.encode(numeroDocumento, "UTF- data += "&" + URLEncoder.encode("L1", "UTF-8") + "=" + URLEncoder.encode(L1, "UTF-8"); data += "&" + URLEncoder.encode("L2", "UTF-8") + "=" + URLEncoder.encode(L2, "UTF-8"); data += "&" + URLEncoder.encode("L3", "UTF-8") + "=" + URLEncoder.encode(L3, "UTF-8"); data += "&" + URLEncoder.encode("L4", "UTF-8") + "=" + URLEncoder.encode(L4, "UTF-8"); data += "&" + URLEncoder.encode("L5", "UTF-8") + "=" + URLEncoder.encode(L5, "UTF-8"); data += "&" + URLEncoder.encode("unidadeCedente", "UTF-8") + "=" + URLEncoder.encode(unidadeCedente, "UTF-8"); data += "&" + URLEncoder.encode("numeroDocumento", "UTF-8") + "=" + URLEncoder.encode(numeroDocumento, "UTF- data += "&" + URLEncoder.encode("nomeSacado", "UTF-8") + "=" + URLEncoder.encode(nomeSacado, "UTF-8"); data += "&" + URLEncoder.encode("cpfCnpjSacado", "UTF-8") + "=" + URLEncoder.encode(cpfCnpjSacado, "UTF-8"); data += "&" + URLEncoder.encode("enderecoSacado", "UTF-8") + "=" + URLEncoder.encode(enderecoSacado, "UTF-8"); PUBLIC - 15

16 data += "&" + URLEncoder.encode("numeroSacado", "UTF-8") + "=" + URLEncoder.encode(numeroSacado, "UTF-8"); "UTF-8"); data += "&" + URLEncoder.encode("complementoSacado", "UTF-8") + "=" + URLEncoder.encode(complementoSacado, data += "&" + URLEncoder.encode("cepSacado", "UTF-8") + "=" + URLEncoder.encode(cepSacado, "UTF-8"); data += "&" + URLEncoder.encode("bairroSacado", "UTF-8") + "=" + URLEncoder.encode(bairroSacado, "UTF-8"); data += "&" + URLEncoder.encode("cidadeSacado", "UTF-8") + "=" + URLEncoder.encode(cidadeSacado, "UTF-8"); data += "&" + URLEncoder.encode("estadoSacado", "UTF-8") + "=" + URLEncoder.encode(estadoSacado, "UTF-8"); %> </body> </html> // Enviado Dados para a emissão do boleto System.out.println("Montando URL de conexão..."); URL url = new URL("https://wwws5.hsbc.com.br/OFB-BOL-CNR/servlets/GeraBoleto?ServletState=10"); // Montando a conexão com o Servidor URLConnection conn = url.openconnection(); conn.setdoinput(true); conn.setdooutput(true); conn.setrequestproperty("content-type", "application/x-www-form-urlencoded"); OutputStreamWriter wr = new OutputStreamWriter(conn.getOutputStream()); DataInputStream input; System.out.println("Enviando dados..."); wr.write(data); wr.flush(); // Get response data. System.out.println("Retorno da chamada..."); input = new DataInputStream (conn.getinputstream ()); String str; StringBuffer textarea; while (null!= ((str = input.readline()))) { System.out.println (str); // textarea.appendtext (str + "\n"); input.close (); Observação: O exemplo acima se destina ao entendimento da solução a ser desenvolvida, e não à utilização exatamente como está. PUBLIC - 16

17 15. ANEXO V - Exemplo de desenvolvimento ASP.NET/C# O exemplo abaixo se destina ao entendimento da solução, e não à utilização exatamente como está. using System; using System.Collections.Generic; using System.Linq; using System.Web; using System.Web.UI; using System.Web.UI.WebControls; namespace TesteWeb { public partial class _Default : System.Web.UI.Page { protected void Page_Load(object sender, EventArgs e) { protected void Button1_Click(object sender, EventArgs e) { if (txtteste.text!= "") { string url = "https://wwws5.hsbc.com.br/ofb-bol-cnr/servlets/geraboleto?servletstate=10"; chamaurl(url); private void chamaurl(string url) { String codigocedente = " "; String datavencimento = "10/02/2008"; String valordocumento = " "; String numeroparcela = "01"; String totalparcelas = "02"; String numerodocumento = " "; String L1 = "Senhor(a) Caixa, favor seguir as instruções abaixo:"; String L2 = "1. Não receber este documento após a data de seu vencimento"; String L3 = "2. Valores expressos em Reais"; String L4 = "3. Não receber por depósito bancário"; String L5 = "Reader's Digest Brasil"; String unidadecedente = "NOME FAKE DO BRASIL"; String nomesacado = "NOME FAKE DA SILVA"; String cpfcnpjsacado = " "; String enderecosacado = "RUA DO CARMO"; String numerosacado = "43"; String complementosacado = "10 ANDAR"; String cepsacado = " "; String bairrosacado = "CENTRO"; String cidadesacado = "RIO DE JANEIRO"; String estadosacado = "RJ"; //(""); Response.AddHeader("Content-Type", "application/x-www-form-urlencoded"); String data = "codigocedente" + "=" + codigocedente ; data += "&" + "datavencimento" + "=" + datavencimento; data += "&" + "valordocumento" + "=" + valordocumento; data += "&" + "numeroparcela" + "=" + numeroparcela; data += "&" + "totalparcelas" + "=" + totalparcelas; data += "&" + "numerodocumento" + "=" + numerodocumento; data += "&" + "L1" + "=" + L1; data += "&" + "L2" + "=" + L2; data += "&" + "L3" + "=" + L3; PUBLIC - 17

18 data += "&" + "L4" + "=" + L4; data += "&" + "L5" + "=" + L5; data += "&" + "unidadecedente" + "=" + unidadecedente; data += "&" + "numerodocumento" + "=" + numerodocumento; data += "&" + "nomesacado" + "=" + nomesacado; data += "&" + "cpfcnpjsacado" + "=" + cpfcnpjsacado; data += "&" + "enderecosacado" + "=" + enderecosacado; data += "&" + "numerosacado" + "=" + numerosacado; data += "&" + "complementosacado" + "=" + complementosacado; data += "&" + "cepsacado" + "=" + cepsacado; data += "&" + "bairrosacado" + "=" + bairrosacado; data += "&" + "cidadesacado" + "=" + cidadesacado; data += "&" + "estadosacado" + "=" + estadosacado; Response.Redirect(url + "&" + data); data = ""; Observação: O exemplo acima se destina ao entendimento da solução a ser desenvolvida, e não à utilização exatamente como está. PUBLIC - 18

Manual Técnico Boleto Eletrônico Online

Manual Técnico Boleto Eletrônico Online Manual Técnico Boleto Eletrônico Online Gateway de Pagamentos HSBC Cobrança Não Registrada Versão: 2.5 Julho/2014 PUBLIC SUMÁRIO APRESENTAÇÃO 03 1. NOTAS PRELIMINARES 04 2. LEGISLAÇÃO 05 3. PROCESSOS DE

Leia mais

Manual Técnico. Gateway de Pagamentos HSBC Débito Online PUBLIC. Versão 2.3 Maio/2013

Manual Técnico. Gateway de Pagamentos HSBC Débito Online PUBLIC. Versão 2.3 Maio/2013 Manual Técnico Gateway de Pagamentos HSBC Débito Online Versão 2.3 Maio/2013 PUBLIC Sumário INTRODUÇÃO... 4 1. INICIANDO A INTEGRAÇÃO... 5 2. PROCESSO OPERACIONAL... 5 2.1. Pré Requisitos... 5 2.2. Glossário...

Leia mais

Terceiro Milênio Informática

Terceiro Milênio Informática MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO BOLETO Visão Geral Use este manual para criar boletos de cobrança sem registro, veja como preencher os campos e onde preenchê-los. Se tiver intenção de usar cobranças com boleto,

Leia mais

MANUAL TÉCNICO PARA UTILIZAÇÃO DO BOLETO SERVICE

MANUAL TÉCNICO PARA UTILIZAÇÃO DO BOLETO SERVICE MANUAL TÉCNICO PARA UTILIZAÇÃO DO BOLETO SERVICE Versão do Manual: 1.6 2 1- O QUE É? O Boleto Service é um aplicativo para geração de boletos na Internet. A chamada a ele pode ser feita a partir de qualquer

Leia mais

Desenvolvimento de Aplicações Web. Prof. José Eduardo A. de O. Teixeira www.vqv.com.br / j.edu@vqv.com.br

Desenvolvimento de Aplicações Web. Prof. José Eduardo A. de O. Teixeira www.vqv.com.br / j.edu@vqv.com.br Desenvolvimento de Aplicações Web Programação Contextualização de aplicações Web: navegadores e servidores como interpretadores, tecnologias do lado do cliente (XHTML, CSS, Javascript) e do lado do servidor

Leia mais

Soluções em Recebimentos. Manual Técnico

Soluções em Recebimentos. Manual Técnico Soluções em Recebimentos CNAB400/CBR641 Manual Técnico Layout de Arquivo Remessa para convênios na faixa numérica entre 000.001 a 999.999 (Convênios de até 6 posições) Orientações Técnicas Versão Set/09

Leia mais

Construindo um sistema simples de cadastro de fornecedores em PHP e MySQL.

Construindo um sistema simples de cadastro de fornecedores em PHP e MySQL. Construindo um sistema simples de cadastro de fornecedores em PHP e MySQL. Procuraremos mostrar os principais procedimentos para fazer um cadastro de registros numa base de dados MySQL utilizando a linguagem

Leia mais

SEMINÁRIO SOBRE BOLETO DE COBRANÇA

SEMINÁRIO SOBRE BOLETO DE COBRANÇA SEMINÁRIO SOBRE BOLETO DE COBRANÇA 3 Boletos Liquidados pelo Sistema de Compensação 4 Objetivo Apresentar e debater as mudanças nos produtos cobrança e pagamento, decorrentes da Circular Bacen 3.598/2012

Leia mais

COBRANÇA SITE. Instruções de Instalação e Utilização. Manual Técnico do Desenvolvedor. Segunda via do Bloqueto Digital

COBRANÇA SITE. Instruções de Instalação e Utilização. Manual Técnico do Desenvolvedor. Segunda via do Bloqueto Digital COBRANÇA SITE Instruções de Instalação e Utilização Manual Técnico do Desenvolvedor Segunda via do Bloqueto Digital Índice 1. INFORMAÇÕES TÉCNICAS - Windows... 3 1.1 URL DA 2A VIA DO BLOQUETO DIGITAL...

Leia mais

Soluções em Recebimentos. Cobrança BB. Manual Técnico

Soluções em Recebimentos. Cobrança BB. Manual Técnico Soluções em Recebimentos Cobrança BB Layout de Arquivo Remessa CNAB400 Manual Técnico Orientações Técnicas CONVÊNIOS COM NÚMERAÇÃO ACIMA DE 1.000.000 Versão Abril 2012 1. Apresentação CONCEITO: Arquivo

Leia mais

MANUAL TÉCNICO MÓDULO I I EMISSÃO DO CLIENTE

MANUAL TÉCNICO MÓDULO I I EMISSÃO DO CLIENTE COBRANÇA REGISTRADA MANUAL TÉCNICO MÓDULO I I EMISSÃO DO CLIENTE COBRANÇA DIRETIVA Versão: Abril/2012 HSBC Bank Brasil S.A. Banco Múltiplo. APRESENTAÇÃO APRESENTAÇÃO Pág. 4 NOTAS PRELIMINARES O que é a

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO SISTEMA SERVELOJA

MANUAL DO USUÁRIO SISTEMA SERVELOJA MANUAL DO USUÁRIO SISTEMA SERVELOJA A Serveloja soluções empresariais é uma empresa de tecnologia, especialista em consultoria, serviços financeiros e softwares. Disponibilizamos diversas soluções de cobranças

Leia mais

Manual. http://www.cobrebem.com Manual Técnico Solução CobreBemX Versão 1.0.13.10.18 1

Manual. http://www.cobrebem.com Manual Técnico Solução CobreBemX Versão 1.0.13.10.18 1 Manual http://www.cobrebem.com Manual Técnico Solução CobreBemX Versão 1.0.13.10.18 1 Prezado Cliente, O CobreBemX é um componente COM ''não visual'' distribuído sob a forma de DLL, possuindo as seguintes

Leia mais

Soluções em. Comércio Eletrônico

Soluções em. Comércio Eletrônico Soluções em Comércio Eletrônico Orientações Técnicas para Empresa Convenente Versão 014 21/07/2006 Índice I. Apresentação Vantagens oferecidas... 3 Requisitos necessários... 3 II. Modalidades de Pagamento

Leia mais

Guia de Integração para Transferência

Guia de Integração para Transferência Guia de Integração para Transferência Índice Capítulo 1... 3 Introdução... 3 Capítulo 2... 4 Links de Pagamento... 4 Capítulo 3... 5 Configurando o Gerenciador de Compras... 5 Capítulo 4... 7 Fluxo de

Leia mais

Consulta de endereço através do Cep

Consulta de endereço através do Cep --------------------------------------------------------------------------------------------- Por: Giancarlo Fim giancarlo.fim@gmail.com Acesse: http://giancarlofim.wordpress.com/ ---------------------------------------------------------------------------------------------

Leia mais

Cobrança Itaú. Conheça como funciona o serviço de protesto de títulos.

Cobrança Itaú. Conheça como funciona o serviço de protesto de títulos. Cobrança Itaú Conheça como funciona o serviço de protesto de títulos. Para garantir uma gestão de Cobrança ainda mais eficiente, é preciso que você saiba como funciona o serviço de protesto de títulos

Leia mais

Cobrança e Módulo Cedente

Cobrança e Módulo Cedente Processo n.5 Processos de Produtos e Serviços Procedimento n. 5.7 Cobrança e Módulo Cedente 2 Sumário SEÇÃO 1 -COBRANÇA E MÓDULO CEDENTE... 4 CAPÍTULO 1 - DIRETRIZES... 4 1. Referência Normativa... 5 2.

Leia mais

AJAX no GASweb. Mas e afinal, para que usamos o AJAX?

AJAX no GASweb. Mas e afinal, para que usamos o AJAX? Nível - Avançado AJAX no GASweb Por: Pablo Hadler AJAX (Asynchronous Javascript and XML) foi criado com o princípio de ser uma maneira rápida e otimizada de podermos fazer requisições Web, sendo esta totalmente

Leia mais

Meio de pagamento do Itaú na Internet Itaú Shopline, o jeito seguro de pagar pela internet!

Meio de pagamento do Itaú na Internet Itaú Shopline, o jeito seguro de pagar pela internet! Meio de pagamento do Itaú na Internet Pagamento à vista por transferência, Crediário Automático Itaú, Bloqueto Bancário. Itaú Shopline O Itaú está disponibilizando para o site de sua empresa, que vende

Leia mais

Conteúdo Dinâmico. Introdução. Interação Browser x Servidor Web. Interação Browser x Servidor Web

Conteúdo Dinâmico. Introdução. Interação Browser x Servidor Web. Interação Browser x Servidor Web Introdução Formulários rios & Conteúdo Dinâmico Mário Antonio Meireles Teixeira Dept o. de Informática - UFMA A Web surgiu inicialmente como uma nova forma de comunicação de informações, fazendo uso de

Leia mais

Particularidades BB. Leiaute CNAB 240. julho / 2011

Particularidades BB. Leiaute CNAB 240. julho / 2011 Particularidades BB Leiaute CNAB 240 julho / 2011 Sumário Assunto página Últimas Alterações 3 Header de Arquivo 5 Header de Lote 6 Segmento P 8 Segmento Q 11 Segmento R 13 Segmento S 15 Segmento Y-01 16

Leia mais

GUIA RECIBO BANCÁRIO COBRANÇA NÃO REGISTRADA - SLIM

GUIA RECIBO BANCÁRIO COBRANÇA NÃO REGISTRADA - SLIM GUIA RECIBO BANCÁRIO COBRANÇA NÃO REGISTRADA - SLIM ÍNDICE ITEM Página 1. Objetivo... 3 2. Configuração do Local de Pagamento... 3 3. Teste de Pagamento do Boleto... 10 4. Configurações do Banco... 17

Leia mais

Conteúdo. Especificação HTTP v1.1

Conteúdo. Especificação HTTP v1.1 Conteúdo Introdução... 2 Início e comandos básicos... 2 Exemplo método GET... 3 Exemplo método POST... 3 Códigos de retorno... 4 Exemplo para envio em Cold Fusion... 4 Exemplo para envio em PHP... 5 Exemplo

Leia mais

Itaú Shopline. Guia de Identidade Visual Manual Técnico do Desenvolvedor

Itaú Shopline. Guia de Identidade Visual Manual Técnico do Desenvolvedor Itaú Shopline Guia de Identidade Visual Manual Técnico do Desenvolvedor Introdução Você contratou o Itaú Shopline e agora sua loja virtual conta com uma plataforma completa de meio de recebimento on-line

Leia mais

Soluções em. Comércio Eletrônico

Soluções em. Comércio Eletrônico Soluções em Comércio Eletrônico Orientações Técnicas para Empresa Convenente Versão 014.3 09.04.2008 Índice I. Apresentação Vantagens oferecidas... 3 Requisitos necessários... 3 II. Modalidades de Pagamento

Leia mais

Programação para Internet I

Programação para Internet I Programação para Internet I Aula 6 PHP: Include, Require, Variáveis de ambiente Prof. Teresinha Letícia da Silva leticiasfw@yahoo.com.br Inclusão de arquivos com Include e Require no PHP Uma técnica muito

Leia mais

COBRANÇA NÃO REGISTRADA

COBRANÇA NÃO REGISTRADA LAYOUT TÉCNICO - VOLUME I MANUAL DE EMISSÃO DO CLIENTE Versão: Abril/2012 HSBC BANK BRASIL S.A. Banco Múltiplo. PUBLIC ÍNDICE 1 INTRODUÇÃO Pág. 02 2 CAMPOS DO BLOQUETO A SEREM PREENCHIDOS Pág. 03 3 DADOS

Leia mais

Sumário INTRODUÇÃO... 3 O QUE É CNAB?... 3 QUAL O OBJETIVO DO CNAB?... 3 QUAIS BANCOS E CARTEIRAS O EMPRESÁRIO ERP NOS FORNECE?...

Sumário INTRODUÇÃO... 3 O QUE É CNAB?... 3 QUAL O OBJETIVO DO CNAB?... 3 QUAIS BANCOS E CARTEIRAS O EMPRESÁRIO ERP NOS FORNECE?... Sumário INTRODUÇÃO... 3 O QUE É CNAB?... 3 QUAL O OBJETIVO DO CNAB?... 3 QUAIS BANCOS E CARTEIRAS O EMPRESÁRIO ERP NOS FORNECE?... 4 COMO CONFIGURAR O CNAB... 5 CADASTRO DE BANCOS... 5 PARAMETROS DO CNAB...

Leia mais

CARTÃO DE CRÉDITO BANRISUL

CARTÃO DE CRÉDITO BANRISUL 1 CARTÃO DE CRÉDITO BANRISUL Layout Para Arquivo de Cobrança de Parcelas de Cartão de Crédito Sistema BDL Carteira de Letras Troca de Informações Via Arquivo Magnético Unidade Atendimento e Serviços Unidade

Leia mais

Ajax Asynchronous JavaScript and Xml

Ajax Asynchronous JavaScript and Xml Ajax Asynchronous JavaScript and Xml Ajax permite construir aplicações Web mais interativas, responsivas, e fáceis de usar que aplicações Web tradicionais. Numa aplicação Web tradicional quando se prime

Leia mais

PROCEDIMENTOS PARA AFILIÇÃO DOS MEIOS DE PAGAMENTO PAGADOR

PROCEDIMENTOS PARA AFILIÇÃO DOS MEIOS DE PAGAMENTO PAGADOR PROCEDIMENTOS PARA AFILIÇÃO DOS MEIOS DE PAGAMENTO PAGADOR Versão 1.3 12/07/2011 SUMÁRIO TABELA 1 Histórico de mudanças...4 1. CARTÕES DE CRÉDITO......5 1.1 CIELO...5 1.2 REDECARD...7 1.3 AMERICAN EXPRESS...9

Leia mais

MANUAL CERTIDÃO ELETRÔNICA: REGISTROCIVIL.ORG / INTRANET

MANUAL CERTIDÃO ELETRÔNICA: REGISTROCIVIL.ORG / INTRANET MANUAL CERTIDÃO ELETRÔNICA: REGISTROCIVIL.ORG / INTRANET Informações Usuário O que é uma Certidão Eletrônica? A Certidão Eletrônica é uma certidão gravada em um meio eletrônico (Pen Drive, Disco Rígido,

Leia mais

GUIA EMISSÃO E ENVIO DE BOLETO BANCÁRIO POR E-MAIL

GUIA EMISSÃO E ENVIO DE BOLETO BANCÁRIO POR E-MAIL GUIA EMISSÃO E ENVIO DE BOLETO BANCÁRIO POR E-MAIL ÍNDICE ITEM Página 1. Objetivo...3 2. Requisitos...3 3. Configuração do Local de Pagamento...3 4. Atribuir Ficha de Compensação... 11 5. Envio de Recibo

Leia mais

Módulo de Acesso Remoto

Módulo de Acesso Remoto Módulo de Acesso Remoto Manual do Usuário Página 1 de 30 Índice 1. Introdução 3 1.1. Objetivos deste documento 3 2. Requisitos do Sistema 4 2.1. Acrobat Reader 4 2.2. Pop Up Liberados 4 3. Acesso ao Sistema

Leia mais

Material de apoio a aulas de Desenvolvimento Web. Tutorial Java WEB JSP & HTML & CSS & CLASSE & OBJETOS. AAS - www.aas.pro.

Material de apoio a aulas de Desenvolvimento Web. Tutorial Java WEB JSP & HTML & CSS & CLASSE & OBJETOS. AAS - www.aas.pro. Material de apoio a aulas de Desenvolvimento Web Tutorial Java WEB JSP & HTML & CSS & CLASSE & OBJETOS AAS - www.aas.pro.net Março-2012 Este pequeno tutorial tem como objetivo conduzir o programador passo-a-passo

Leia mais

Cálculo Remoto de Preços e Prazos de Encomendas

Cálculo Remoto de Preços e Prazos de Encomendas Cálculo Remoto de Preços e Prazos de Encomendas O cálculo remoto de preços e prazos de encomendas dos Correios é destinado aos clientes que possuem contrato de SEDEX, e-sedex e PAC, que necessitam calcular,

Leia mais

ITAÚ SHOPLINE. Instruções de Instalação e Utilização. Manual Técnico do Desenvolvedor

ITAÚ SHOPLINE. Instruções de Instalação e Utilização. Manual Técnico do Desenvolvedor ITAÚ SHOPLINE Instruções de Instalação e Utilização Manual Técnico do Desenvolvedor Índice 1. Informações Gerais... 3 1.1 Utilização do Itaú Shopline...3 1.2 Configuração do Itaú Shopline...4 1.3 Instalação

Leia mais

GUIA PARA AFILIAÇÕES

GUIA PARA AFILIAÇÕES GUIA PARA AFILIAÇÕES ÍNDICE INTRODUÇÃO... 3 REDE... 4 Gerando usuário e senha (tecnologia Komerci)... 5 Liberação dos IP s maxipago!... 6 Matriz de Responsabilidades e Prazos... 7 CIELO... 8 Pedindo o

Leia mais

Cobre Bem Tecnologia

Cobre Bem Tecnologia Cobre Bem Tecnologia A Empresa Fundada em 1995, a Cobre Bem Tecnologia, sempre visou produzir softwares que automatizassem cada vez mais as cobranças utilizando para isso uma tecnologia de ponta. Com a

Leia mais

Dicas para envio de e-mail marketing que garantem eficácia em suas campanhas

Dicas para envio de e-mail marketing que garantem eficácia em suas campanhas SAIBA MAIS Dicas para envio de e-mail marketing que garantem eficácia em suas campanhas Equipe Elancers - Maio/2013 A Elancers VagasOnline é um site de empregos e tem mais de 5 milhões de CPF s em formato

Leia mais

Parte I CADASTRO DE SACADO

Parte I CADASTRO DE SACADO Sicoob Coopercred Módulo Cedente Manual do Usuário (versão 2) ÍNDICE Parte I Cadastro de Sacado... 1 Parte II Emissão de Títulos... 1 Emitindo título com registro... 2 Emitindo título sem registro... 3

Leia mais

1.1. Utilização do Itaú Shopline... 3 1.2. Configuração do Itaú Shopline... 4 1.3. Instalação do Itaú Shopline... 4

1.1. Utilização do Itaú Shopline... 3 1.2. Configuração do Itaú Shopline... 4 1.3. Instalação do Itaú Shopline... 4 Instruções de Instalação e Utilização Manual Técnico do Desenvolvedor do Site Versão para Windows NT 4.0 ou Superior, Unix ou Linux Versão Itaucripto 04 SP. 04/03/2004 ÍNDICE 1. INFORMAÇÕES GERAIS...3

Leia mais

Sistema de Pagamento Seguro

Sistema de Pagamento Seguro INTEGRAÇÃO COM PAGAMENTO FÁCIL BRADESCO Sistema de Pagamento Seguro Guia para integração de lojas com o Pagamento Fácil Bradesco INDICE Cap. 1 - Introdução...02 Cap. 2 - Links de pagamento...03 Cap. 3

Leia mais

SIM Sistema de Informação Monitorada Ltda. Vise Boletos

SIM Sistema de Informação Monitorada Ltda. Vise Boletos Vise Boletos O Vise Boletos é um aplicativo que gera o arquivo de remessa e lê o arquivo de retorno de títulos que foram enviados e retornados pelo Banco. Esses processos são todos vinculados ao sistema

Leia mais

Certidão Online Manual do Usuário

Certidão Online Manual do Usuário JUNTA COMERCIAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO Certidão Online Manual do Usuário Versão 3.1 Lista de Tópicos - Navegação Rápida CADASTRANDO O USUÁRIO... 3 ACESSANDO O SISTEMA... 5 CERTIDAO SIMPLIFICADA NADA

Leia mais

Formulário de Contato

Formulário de Contato Formulário de Contato Exemplos de formulários em ASP, PHP e C# Bloqueio Porta 25 Evitar envio de emails não autorizados (SPAM s); Fóruns mundiais; Órgãos internacionais; Acordo de Cooperação (CGI.br);

Leia mais

A Documentação contém a lista dos Objetos suportados e suas propriedades e métodos.

A Documentação contém a lista dos Objetos suportados e suas propriedades e métodos. A Documentação contém a lista dos Objetos suportados e suas propriedades e métodos. ÍNDICE: 1. Objeto IcontaCorrente...02 2. Objeto IacoesCobrancaRemessa...06 3. Objeto IacaoCobrancaRemessa...06 4. Objeto

Leia mais

Módulo e-rede Prestashop v1.0. Manual de. Instalação do Módulo. estamos todos ligados

Módulo e-rede Prestashop v1.0. Manual de. Instalação do Módulo. estamos todos ligados Módulo e-rede Prestashop v1.0 Manual de Instalação do Módulo estamos todos ligados ÍNDICE 01 02 03 04 Introdução 3 Versão 3 Requerimentos 3 Manual de instalação 4 05 06 4.1 Instruções iniciais 4 4.2 Instalação

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES DE PAGAMENTOS CNAB 240 FEBRABAN

MANUAL DE INSTRUÇÕES DE PAGAMENTOS CNAB 240 FEBRABAN MANUAL DE INSTRUÇÕES DE PAGAMENTOS CNAB 240 FEBRABAN Versão 01 Agosto/2014 SUMÁRIO 1 Objetivo... 3 2 Público-Alvo/Aplicabilidade... 3 3 Glossário/Definições... 3 4 PAGAMENTOS... 3 4.1 Introdução... 3 4.2

Leia mais

Passos para teste de boletos pré-produção

Passos para teste de boletos pré-produção Passos para teste de boletos pré-produção Os passos citados abaixo apenas poderão ser efetuados após a homologação dos boletos junto ao banco. Este processo é realizado pela MTI e liberado à empresa que

Leia mais

Módulo e-rede Magento v1.0. Manual de. Instalação do Módulo. estamos todos ligados

Módulo e-rede Magento v1.0. Manual de. Instalação do Módulo. estamos todos ligados Módulo e-rede Magento v1.0 Manual de Instalação do Módulo estamos todos ligados ÍNDICE 01 02 03 04 Introdução 3 Versão 3 Requerimentos 3 Manual de instalação 4 05 06 4.1 Instruções iniciais 4 4.2 Instalação

Leia mais

Índice. http://www.gosoft.com.br/atualiza/gosoftsigadmservico.pdf Versão 4.0

Índice. http://www.gosoft.com.br/atualiza/gosoftsigadmservico.pdf Versão 4.0 Índice I ENVIO DE BOLETOS POR E-MAIL... 2 APRESENTAÇÃO... 2 ALTERAÇÕES NO SIGADM CONDOMÍNIO... 4 ALTERAÇÕES NO SIGADM IMÓVEIS... 6 ALTERAÇÕES NO SIGADM CONCILIAÇÃO BANCÁRIA... 8 ALTERAÇÕES NO SIGADM CONDOMÍNIO

Leia mais

CARTILHA DO PRODUTO. Débito Direto Autorizado. www.unicredcentralsc.com.br. Versão. 01-07/2012

CARTILHA DO PRODUTO. Débito Direto Autorizado. www.unicredcentralsc.com.br. Versão. 01-07/2012 CARTILHA DO PRODUTO Débito Direto Autorizado Versão. 01-07/2012 www.unicredcentralsc.com.br ÍNDICE APRESENTAÇÃO Apresentação...02 Como funciona o DDA...03 DDA Unicred...04 DDA Módulos Internet Banking...06

Leia mais

PROGRAMAÇÃO MANUAL DE INSTRUÇÕES SEJA BEM VINDO VERSÃO 1.4 10/01/2013 UDS SOLUÇÕES DIGITAIS

PROGRAMAÇÃO MANUAL DE INSTRUÇÕES SEJA BEM VINDO VERSÃO 1.4 10/01/2013 UDS SOLUÇÕES DIGITAIS VERSÃO 1.4 10/01/2013 UDS SOLUÇÕES DIGITAIS PROGRAMAÇÃO MANUAL DE INSTRUÇÕES Instruções, métodos e recomendações para desenvolvimento de sistemas na UDS. 1 Sumário Apresentação... 3 Estrutura de pastas:...

Leia mais

MANUAL MAPX-OP016-2009

MANUAL MAPX-OP016-2009 MANUAL MANUAL DE Público CIP - 2010 OBJETIVO: Este documento tem como objetivo descrever os leiautes dos arquivos utilizados no DDA e as validações realizadas nos campos. A estrutura dos arquivos e o padrão

Leia mais

CÉDULA DE CRÉDITO BANCÁRIO

CÉDULA DE CRÉDITO BANCÁRIO CÉDULA DE CRÉDITO BANCÁRIO O Sistema Cédula de Crédito é um aplicativo desenvolvido pelo Banco Intermedium, com o objetivo de consolidar os dados cadastrais da empresa e movimentação de títulos em cobrança.

Leia mais

1 Instalação. 2 Exemplos para Utilização do Componente

1 Instalação. 2 Exemplos para Utilização do Componente O CobreBemX é um componente COM ''não visual'' distribuído sob a forma de DLL, possuindo as seguintes funcionalidades: Impressão de Boletos Bancários em impressoras Laser ou Jato de Tinta para diverso

Leia mais

Procedimento Quanto a Solicitação e Emissão de Cheque Avulso

Procedimento Quanto a Solicitação e Emissão de Cheque Avulso I - FINALIDADE: Informatizar o processo de solicitação e emissão de cheques avulsos, além de proporcionar maior segurança e sigilo das informações. II - ÂMBITO DE APLICAÇÃO: Este procedimento se aplica

Leia mais

Renovação Online de Certificados Digitais A1

Renovação Online de Certificados Digitais A1 Renovação Online de Certificados Digitais A1 Guia de Orientação Todos os direitos reservados. Imprensa Oficial do Estado S.A. 2014 Página 1 de 33 Índice PRÉ-REQUISITOS PARA INSTALAÇÃO... 3 INICIANDO A

Leia mais

Soluções em Comércio Eletrônico. Manual da Empresa Convenente

Soluções em Comércio Eletrônico. Manual da Empresa Convenente Soluções em Comércio Eletrônico Meios de Pagamento na Internet Manual da Empresa Convenente Orientações Técnicas Versão 011 22/03/2006 Índice I. Apresentação Vantagens oferecidas... 3 Requisitos necessários...

Leia mais

www.f2b.com.br 18/04/2006 Micropagamento F2b Web Services Web rev 00

www.f2b.com.br 18/04/2006 Micropagamento F2b Web Services Web rev 00 www.f2b.com.br 18/04/2006 Micropagamento F2b Web Services Web rev 00 Controle de Revisões Micropagamento F2b Web Services/Web 18/04/2006 Revisão Data Descrição 00 17/04/2006 Emissão inicial. www.f2b.com.br

Leia mais

Sr. Advogado, leia com atenção antes de adquirir seu certificado digital:

Sr. Advogado, leia com atenção antes de adquirir seu certificado digital: Sr. Advogado, leia com atenção antes de adquirir seu certificado digital: Para adquirir o Certificado Digital OAB, o solicitante deverá seguir os seguintes passos: Realizar a compra através da página da

Leia mais

SUA SENHA É SIGILOSA, PESSOAL E INTRANSFERÍVEL.

SUA SENHA É SIGILOSA, PESSOAL E INTRANSFERÍVEL. DÚVIDAS MAIS FREQUENTES - DO CLIENTE 1. Qual o procedimento para se cadastrar na Guia Eletrônica? - Rolar a página e procure pelo item Novo Cliente? - Escolher o perfil: Próprio Interessado: Pessoa Física

Leia mais

MANUAL DO SISTEMA. Versão 6.12

MANUAL DO SISTEMA. Versão 6.12 MANUAL DO SISTEMA Versão 6.12 Pagueban...2 Bancos...2 Configurando Contas...5 Aba Conta Banco...5 Fornecedores Referências Bancárias...7 Duplicatas a Pagar...9 Aba Geral...10 Aba PagueBan...11 Rastreamento

Leia mais

Mostrar área de trabalho.scf. Manual do Produto EDI.

Mostrar área de trabalho.scf. Manual do Produto EDI. Mostrar área de trabalho.scf Manual do Produto EDI. ÍNDICE MANUAL DO PRODUTO EDI....3 1. O QUE É O EDI?...3 1.1. VANTAGENS... 3 1.2. FUNCIONAMENTO... 3 1.3. CONFIGURAÇÃO NECESSÁRIA... 3 2. UTILIZANDO O

Leia mais

MANUAL DE BOAS PRÁTICAS

MANUAL DE BOAS PRÁTICAS MANUAL DE BOAS PRÁTICAS Este manual é de uso exclusivo de clientes, parceiros, fornecedores e colaboradores da Dinamize. No caso de dúvidas, entre em contato através do e-mail suporte@dinamize.com. HTML

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DO NATAL

PREFEITURA MUNICIPAL DO NATAL PREFEITURA MUNICIPAL DO NATAL SECRETARIA MUNICIPAL DE TRIBUTAÇÃO M A N U A L D A NOTA FISCAL AVULSA ÍNDICE 1. Acesso ao Portal do Sistema...6 2. Requerimento de Acesso para os novos usuários...6 2.1 Tipo

Leia mais

NOTA FISCAL ELETRÔNICA

NOTA FISCAL ELETRÔNICA NOTA FISCAL ELETRÔNICA Í n d i c e Julho, 2010 Introdução... 2 1. Acerto dos cadastros de Clientes e de Produtos... 4 1.1. Cadastros Básicos - Cadastro de Clientes... 4 1.2. Cadastros Básicos Cadastro

Leia mais

Sistema de Devolução Web

Sistema de Devolução Web Manual Sistema de Devolução Web Usuário Cliente ÍNDICE Sumário 1. Prazos...3 2. Solicitação de Devolução... 4 3. Autorização de Devolução... 4 4. Coleta de Mercadoria... 4 5. Acompanhamento da Devolução...

Leia mais

Tutorial. Começando a Criar Aplicativos SMS

Tutorial. Começando a Criar Aplicativos SMS Tutorial Começando a Criar Aplicativos SMS Para começar Neste tutorial você vai entender como criar e integrar um aplicativo SMS usando a Brazapp. Para uma melhor compreensão, passaremos por todos os passos:

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO COBRANÇA CAIXA

MANUAL DE INSTALAÇÃO COBRANÇA CAIXA MANUAL DE INSTALAÇÃO COBRANÇA CAIXA VERSÃO 2.3.2 MAR/2015 ATENÇÃO É importante que todas as bases de dados, arquivos remessa e retorno, base de pagadores/sacados e base de títulos sejam arquivados em cópia

Leia mais

NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA

NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA 1 NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA TUTORIAL DE USO DA FERRAMENTA ANO 2012 2 Sumário 1 Nota Fiscal de Serviços eletrônica - NFS-e... 3 1.1 Considerações Iniciais... 3 1.2 Legislação... 3 1.3 Definição...

Leia mais

Módulo e-rede VirtueMart v1.0. Manual de. Instalação do Módulo. estamos todos ligados

Módulo e-rede VirtueMart v1.0. Manual de. Instalação do Módulo. estamos todos ligados Módulo e-rede VirtueMart v1.0 Manual de Instalação do Módulo estamos todos ligados ÍNDICE 01 02 03 04 Introdução 3 Versão 3 Requerimentos 3 Manual de instalação 4 05 06 4.1 Permissões 4 4.2 Instalação

Leia mais

Comércio Eletrônico Manual de Orientações Técnicas

Comércio Eletrônico  Manual de Orientações Técnicas Comércio Eletrônico Manual de Orientações Técnicas dezembro/2009 Índice I. Apresentação Vantagens oferecidas... 3 Requisitos necessários... 3 II. Modalidades de Pagamento Débito em Conta via Internet...

Leia mais

SOLICITAÇÃO DE CERTIFICADO SERVIDOR WEB MICROSOFT IIS 5.x

SOLICITAÇÃO DE CERTIFICADO SERVIDOR WEB MICROSOFT IIS 5.x SOLICITAÇÃO DE CERTIFICADO SERVIDOR WEB MICROSOFT IIS 5.x Para confecção desse manual, foi usado o Sistema Operacional Windows XP Professional com SP2 e Servidor Web Microsoft IIS 5.1. Algumas divergências

Leia mais

Histórico de Revisões

Histórico de Revisões 1 Histórico de Revisões Data Versão Responsável Histórico 16/03/2012 1.0 Robson M. Matos Elaboração da documentação técnica 24/10/2014 2.0 Robson M. Matos Atualização da documentação técnica 2 Histórico

Leia mais

Intercâmbio de Informações entre Bancos e Empresas

Intercâmbio de Informações entre Bancos e Empresas Intercâmbio de Informações entre Bancos e Empresas Padrão FEBRABAN 240 Posições Versão 08.4 01/09/2009 1 Índice 1.0 Introdução...05 1.1 Apresentação do Documento...06 1.2 Fluxo Geral de Informações...10

Leia mais

Sua empresa adquiriu a Solução Nucleu Excence, e isto nos deixa orgulhosos.

Sua empresa adquiriu a Solução Nucleu Excence, e isto nos deixa orgulhosos. 2 3 Parabéns, Sua empresa adquiriu a Solução Nucleu Excence, e isto nos deixa orgulhosos. A Nucleu Tecnologia está empenhada em comprovar que você fez um bom investimento, aumentando cada vez mais a sua

Leia mais

Desenvolvimento Web XHTML Formulários. Prof. Bruno E. G. Gomes

Desenvolvimento Web XHTML Formulários. Prof. Bruno E. G. Gomes Desenvolvimento Web XHTML Formulários Prof. Bruno E. G. Gomes 2014 Introdução Um recurso bastante utilizado no desenvolvimento Web é o envio de dados de uma página para o servidor quando fornecemos informações,

Leia mais

Módulo e-rede OpenCart v1.0. Manual de. Instalação do Módulo. estamos todos ligados

Módulo e-rede OpenCart v1.0. Manual de. Instalação do Módulo. estamos todos ligados Módulo e-rede OpenCart v1.0 Manual de Instalação do Módulo estamos todos ligados ÍNDICE 01 02 03 04 Introdução 3 Versão 3 Requerimentos 3 Manual de instalação 4 05 06 4.1 vqmod 4 4.2 Instalação e ativação

Leia mais

Módulo e-rede OSCommerce v1.0. Manual de. Instalação do Módulo. estamos todos ligados

Módulo e-rede OSCommerce v1.0. Manual de. Instalação do Módulo. estamos todos ligados Módulo e-rede OSCommerce v1.0 Manual de Instalação do Módulo estamos todos ligados ÍNDICE 01 02 03 04 Introdução 3 Versão 3 Requerimentos 3 Manual de instalação 4 05 06 4.1 Instruções iniciais 4 4.2 Instalação

Leia mais

Manual de Integração Web Service

Manual de Integração Web Service Manual de Integração Web Service Prefeitura de São Simão/MG 1. INTRODUÇÃO Este manual tem como objetivo apresentar as especificações e critérios técnicos necessários para utilização do Web Service disponibilizado

Leia mais

14 - Como para gerar o boleto para pagamento do período das notas lançadas? 16 - Se no mês, o meu cliente não tiver movimento, o que devo fazer?

14 - Como para gerar o boleto para pagamento do período das notas lançadas? 16 - Se no mês, o meu cliente não tiver movimento, o que devo fazer? Manual do Sistema SUMÁRIO 1 O que é o sistema GEFISCO? 2 - Como acessar o sistema GEFISCO? 3 - Como criar um login e uma senha? 4 - Esqueci minha senha, e agora? 5 - Como acessar o Livro Fiscal? 6 - Como

Leia mais

TUTORIAL COM OS PROCEDIMENTOS DE

TUTORIAL COM OS PROCEDIMENTOS DE TUTORIAL COM OS PROCEDIMENTOS DE GERAÇÃO DE BOLETOS CAIXA ECONÔMICA FEDERAL NO FINANCE Finance V10 New 2 Índice Como gerar Boleto Bancário pela Caixa Econômica... 3 Como efetuar a Conciliação por Extrato

Leia mais

Objetivos. Página - 2

Objetivos. Página - 2 Índice Índice... 1 Objetivos... 2 Configurações... 3 Cadastro de Bancos... 3 Plano de Contas... 3 Conta Corrente... 4 Instruções Bancárias... 6 Portadores Bancários... 7 Cadastro de Clientes... 8 Boletos...

Leia mais

Procedimentos Operacionais do Módulo Cedente

Procedimentos Operacionais do Módulo Cedente Procedimentos Operacionais do Módulo Cedente Índice 1 - Operações iniciais 2 - Cadastrando Instruções 3 - Cadastro do Sacado 4 - Cadastro de Titulo 5 - Envio do Movimento 6 - Envio de Arquivo de Remessa

Leia mais

Manual de Integração WebCheckout

Manual de Integração WebCheckout Manual de Integração WebCheckout Conteúdo 1. Introdução... 3 2. Integração WebCheckout... 3 2.1. Campos Obrigatórios... 3 2.2. Integração Ideal... 4 2.2.1. Código exemplo com os campos necessários para

Leia mais

Está apto a utilizar o sistema, o usuário que tenha conhecimentos básicos de informática e navegação na internet.

Está apto a utilizar o sistema, o usuário que tenha conhecimentos básicos de informática e navegação na internet. 1. Descrição Geral Este manual descreve as operações disponíveis no módulo VTWEB Client, cuja finalidade é gerenciar cadastros de funcionários, realização de pedidos e controle financeiro dos pedidos.

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO COBCAIXA

MANUAL DE INSTALAÇÃO COBCAIXA MANUAL DE INSTALAÇÃO COBCAIXA VERSÃO 3.2.1 NOV/2013 ATENÇÃO É importante que todas as bases de dados, arquivos remessa e retorno, base de pagadores/sacados e base de títulos sejam arquivados em cópia de

Leia mais

3.2.1 - Descrição do Processo

3.2.1 - Descrição do Processo 3.2 - Cobrança 3.2.1 - Descrição do Processo Objetivo O produto Cobrança Bancária tem por objetivo fornecer aos clientes dos bancos, os meios para racionalizar o processo de contas a receber. O banco atua

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE ALAGOAS CSGII - COORDENADORIA SETORIAL DE GESTÃO DA INFORMÁTICA E INFORMAÇÃO. Nota Fiscal Alagoana Manual do Consumidor

GOVERNO DO ESTADO DE ALAGOAS CSGII - COORDENADORIA SETORIAL DE GESTÃO DA INFORMÁTICA E INFORMAÇÃO. Nota Fiscal Alagoana Manual do Consumidor GOVERNO DO ESTADO DE ALAGOAS CSGII - COORDENADORIA SETORIAL DE GESTÃO DA INFORMÁTICA E INFORMAÇÃO Nota Fiscal Alagoana Manual do Consumidor Versão 1.0 07/11/2008 Índice Analítico 1. Considerações Gerais...

Leia mais

MANUAL DE ANOTAÇÃO DE RESPONSABILIDADE TÉCNICA - ART (SP/MT/MS)

MANUAL DE ANOTAÇÃO DE RESPONSABILIDADE TÉCNICA - ART (SP/MT/MS) MANUAL DE ANOTAÇÃO DE RESPONSABILIDADE TÉCNICA - ART (SP/MT/MS) Sumário 1 - Procedimentos para obter 1ª ART Eletrônica... 2 2 Como obter o Termo de Responsabilidade Técnica... 3 3 - Encaminhar documentos

Leia mais

Manual de Integração. Tecnologia: WebServices SOAP XML. Área: SERASA Experian. Produto: Pefin Pendências Financeiras. Versão: 1.0

Manual de Integração. Tecnologia: WebServices SOAP XML. Área: SERASA Experian. Produto: Pefin Pendências Financeiras. Versão: 1.0 Manual de Integração Tecnologia: WebServices SOAP XML Área: SERASA Experian Produto: Pefin Pendências Financeiras Versão: 1.0 Autor: Angelo Bestetti Junior Conteúdo Introdução... 3 Considerações Iniciais...

Leia mais

Desenvolvimento de Sites com PHP e Mysql Docente André Luiz Silva de Moraes

Desenvolvimento de Sites com PHP e Mysql Docente André Luiz Silva de Moraes Roteiro 2: Introdução a Linguagem HTML Desenvolvimento de Sites com PHP e Mysql Neste roteiro é explorada a linguagem HTML. A linguagem HTML (Hypertext Markup Language) é amplamente utilizada na construção

Leia mais

Manual de Operações. Versão 1.0. Janeiro/2009. Autor : Carlos Valotto

Manual de Operações. Versão 1.0. Janeiro/2009. Autor : Carlos Valotto Manual de Operações Versão 1.0 Janeiro/2009 Autor : Carlos Valotto 1 Informações dos Processos da Internet O DD WebTrack tem como sua principal finalidade manter Importadores e Exportadores sempre atualizados

Leia mais

MANUAL PARA CADASTRO E ACESSO

MANUAL PARA CADASTRO E ACESSO MANUAL PARA CADASTRO E ACESSO AO SISTEMA BOLETO - PESSOA FÍSICA - DEZEMBRO 2009 SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO 3 2. CADASTRO 3 3. ACESSO ÀS FUNCIONALIDADES DO SISTEMA 6 3.1. NADA CONSTA 8 3.2. BOLETO BANCÁRIO 8

Leia mais

RMS Software S.A. - Uma empresa TOTVS. 11 2699-0008 www.rms.com.br

RMS Software S.A. - Uma empresa TOTVS. 11 2699-0008 www.rms.com.br BOLETO BANCÁRIO RMS Software S.A. - Uma Empresa TOTVS Todos os direitos reservados. A RMS Software é a maior fornecedora nacional de software de gestão corporativa para o mercado de comércio e varejo.

Leia mais

Indice. O que é NFSe?... 5

Indice. O que é NFSe?... 5 DSF - Desenvolvimento de Sistemas Fiscais Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução total ou parcial deste documento sem o pagamento de direitos autorais, contanto que as cópias sejam feitas

Leia mais

DDA Safra Débito Direto Autorizado. Mais segurança, agilidade e comodidade para seu dia a dia.

DDA Safra Débito Direto Autorizado. Mais segurança, agilidade e comodidade para seu dia a dia. Débito Direto Autorizado Mais segurança, agilidade e comodidade para seu dia a dia. Informações Gerais Fluxos Cadastramento do Eletrônico Processo de Apresentação Eletrônica DDA Modelo de Autorização Vantagens

Leia mais