modelos sistêmicos de intervenção, mudança e terapia breve para a eficácia e o valor do

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "modelos sistêmicos de intervenção, mudança e terapia breve para a eficácia e o valor do"

Transcrição

1 Osslides slides a seguir foram apresentados no II Congresso de Mudança Sistêmica realizado na cidade de Mendes RJ, nos dias 5 a 7 de fevereiro de O principal objetivo dessa palestra foi sensibilizar o público de leigos e profissionais de ajuda na área de desenvolvimento pessoal, coaching, Programação Neurolinguística e modelos sistêmicos de intervenção, mudança e terapia breve para a eficácia e o valor do trabalho do psicólogo social holandês Lucas Derks, criador do PANORAMA SOCIAL. Para compreender melhor o conteúdo dos slides, sugerimos que você faça o download d gratuito de dois capítulos do livro PANORAMA SOCIAL cuja publicação em língua portuguesa será feita pela editora do Instituto de Desenvolvimento do Potencial Humano, já planejada para o segundo semestre de Nesta ocasião, Lucas Derks estará no Brasil para dar mais um de seus treinamentos internacionais. Para fazer esse download basta você cadastrar se na comunidade do site e o sistema libera uma pasta ZIP com os arquivos PDF já traduzidos (o livro está em fase de revisão):

2

3 de Lucas Derks Palestra de Walther lh Hermann Kerth no II Congresso Internacional de Mudança Sistêmica 5 a 7 de Fevereiro de 2010 Mendes RJ

4 Mapa mental elaborado por Viviani Bovo

5 Um modelo ou ciência da auto consciência; Uma passagem para uma nova compreensão da experiência espiritual; Um dos desdobramentos mais originais da PNL; Ponte entre PNL e Constelações; Método prático para gerenciar relacionamentos; Uma excelente ferramenta de intervenção terapêutica breve; Com sólido embasamento conceitual e científico.

6 Mapa mental elaborado p por Viviani Bovo

7 O modelo do panorama social é uma ferramenta para analisar e resolver problemas da vida social. Lucas Derks

8 Objetivo da publicação do livro: O mundo está repleto de miséria emocional coletiva. A razão principal para escrever um livro como este é que o seu conteúdo pode contribuir para a qualidade da vida humana no sentido mais amplo. Lucas Derks

9

10

11

12 Eu perguntei tia 239 sujeitos jit qual era a posição da representação interior da pessoa amada para eles. De todas estas pessoas, cerca de noventa e quatro por cento (94%) percebia sua pessoa amada dentro da distância de até um braço. Destes, vinte e nove por cento (29%) percebia a pessoa amada à esquerda e trinta e três por cento (33%) à direita. Vinte e oito por cento (28%) percebia a pessoa amada bem à sua frente enquanto meio por cento (0,5%) percebia a pessoa amada dentro dos limites do próprio corpo. Os três e meio (3,5%) restantes percebiam a pessoa em diversas localizações, atrás, por toda a volta, em localizações duplas, múltiplas ou em algum outro lugar. Lucas Derks

13 Exercício de Investigação: a) Pense numa pessoa desprezível e localize a em seu panorama social; b) Imagine que ela é um anjo cujo destino foi ensinar lhe algo de muito importante que você não aprendeu! Volte a considerá la como antes; c) Imagine que ela ficou repentinamente muito rica, graças a uma herança ou loteria; d) Relacione seus piores defeitos numa folha de papel; As nossas representações internas das pessoas são partes de nossa mente! e) Identificar contextos em que você já se comportou da mesma forma! f) Avaliar o que aconteceu com as representações das pessoas ruins.

14 Questões importantes para reflexão: As pessoas que conhecemos não são as pessoas, mas nossas representações delas! Surpresas positivas e decepções com as pessoas são resultados da atualização de nossos arquivos de cada personificação de nosso Panorama Social, resultando alterações espontâneas em suas localizações, alturas, distâncias, etc. Todas essas representações mentais que temos das pessoas Todas essas representações mentais que temos das pessoas são partes de nossa mente!

15

16 Experimentos com o Panorama Social Sente se de maneira relaxada e pense a respeito de toda a humanidade, todas as pessoas do mundo, por alguns momentos. Faça isto da sua própria maneira. Se você estiver observando toda a humanidade a uma distância (dissociação), certifique se de que agora você vai entrar dentro desta imagem. Vivencie a si mesmo como parte da humanidade e sinta se rodeado por todas as outras pessoas. Observe o que você vê e como se sente durante a experiência do próximo conjunto de mudanças, uma por uma. Faça com que todas as pessoas do mundo dêem cinco passos aproximando se de você. Examine o efeito emocional que isto tem sobre você e a seguir coloque a todos de volta no local lde onde vieram. Coloque todas as pessoas do mundo trinta centímetros mentais para cima. Novamente, perceba o efeito. Coloque as de volta na posição original a qual pertencem. Coloque todas as pessoas do mundo dez metros mais longe de você. Perceba qual é a sensação de fazer isso e então desfaça a mudança. Coloque todas as pessoas do mundo cinquenta centímetros abaixo de você. O que isto faz com você? Coloque as de volta onde estavam. Faça com que todas as pessoas do mundo virem se de costas (olhando na outra direção) para você.

17 Aqui a personificação é apresentada como sendo um caso especial de objetificação: pessoas são coisas que pertencem a uma categoria especial. A Objetificação é o nome dado à representação mental de objetos: O tamanho de uma objetificação depende da distância e da altura; As objetificações grandes atraem mais a atenção do que as pequenas; Quanto mais centralizada uma objetificação estiver representada, mais importante ela é; Quanto mais próxima uma objetificação estiver representada, mais impacto ela terá; Uma objetificação em primeiro i plano recebe mais atenção; As objetificações tendem a ser representadas como se estivessem apoiadas no chão; Uma parte do objeto representa a coisa toda.

18 RESPOSTAS MAIS COMUNS PARA A PERGUNTA QUEM É VOCÊ? Eu sou X (X é sinônimo de eu, e.g.: Eu sou eu, Eu sou eu mesmo ); Eu sou Y (Y é um nome, e.g.: Eu sou o Peter ); Eu sou Z (Z é uma metáfora, e.g.: Eu sou um tigre noturno ); Eu sou U (U é uma qualidade, e.g.: Eu sou flexível ); Eu sou E (E é um estado emocional, e.g.: Eu sou feliz ); Eu sou V (V é uma categoria social, e.g.: Eu sou um professor ); Eu sou um n V (n é um valor dentro da categoria social, e.g.: Eu sou um mau professor ); Eu acho que eu sou W (W pode ser qualquer tipo de identificação, eg: Eu e.g.: acho que sou mau, Eu acho que eu sou o deus Ra ) ).

19 Assim como nos deparamos com estas formas de definição de identidade, também encontramos respostas que se referem a experiências sensoriais mais gerais. Em outras palavras, a resposta se refere a um sentimento, imagem, som, cheiro ou gosto. Como em, Eu sou... eh... hum... é um sentimento. Também ouvimos freqüentemente expressões como: é apenas..., é uma idéia, é simplesmente algo que você sabe, surge naturalmente, é óbvio, é uma sensação interior todas elas apontam para a natureza inconsciente da autoconsciência.

20 No trabalho de Bandler e Grinder e de seus colegas (Derks & Hollander, 1996) presta se muita atenção na estrutura da experiência i sensorial. ilcomo Fauconnier (1997) e Grove (1998) eles acreditam que todos os significados adotam a forma deconstruções mentais sensoriais tridimensionais. Eles postulam que, somado às palavras que as pessoas usam para descrever sua autoconsciência, existe uma camada de experiência sensorial projetada no espaço a qual geralmente escapa da apreciação consciente. A autoconsciência é, portanto algo que basicamente é sentido, visto, ouvido, provado e cheirado de forma inconsciente dentro e ao redor de uma pessoa.

21

22 Gershon (1998) Compreensão dos sentimentos viscerais Temos um 2º cérebro no abdómen: uma enorme quantidade de células nervosas que ficam ao redor dos intestinos. O metabolismo é a função mais importante no desenvolvimento desde a fase de embrião até a amamentação. O estômago e os intestinos constituem uma fábrica bioquímica inteligente bem antes de os sentidos começarem a estimular o cérebro. O sentimento de eu provavelmente se origina em algum lugar nos intestinos e é vinculado ao cérebroem em um estágio posterior. consciência de si mesmas auto imagens cérebro intestinal ti l de Gershon mente

23 A instrução sinta o seu eu é suficiente para atrair a atenção para o aspecto cinestésico da autoconsciência (percepção de si mesmo). A experiência geralmente se intensifica quando se faz com que as pessoas mantenham o foco nisto. No decorrer da pesquisa três tipos principais de sentimento de eu emergiram: O eu cinestésico: este determina a localização da autoconsciência é o lugar onde o eu é sentido; Emoções que surgem a partir da auto avaliação: sentimentos positivos, neutros ou negativos que são resultado da auto (imagem) avaliação. A sensação conhecida de si mesmo: isto consiste de um fluxo contínuo de sensações emocionais, viscerais e proprioceptivas subliminares.

24 O EU CINESTÉSICO O eu cinestésico é a morada da nossa existência. Quando as pessoas são questionadas sobre ele, elas geralmente apontam para o próprio estômago ou peito. Entretanto, ele não é mencionado na literatura psicológica padrão, provavelmente devido a uma combinação da grande mobilidade de localização, de seu caráter inconsciente e das dinâmicas de sua intensidade.

25 1. A ausência do eu cinestésico vem acompanhada de uma tendência a se colocar no lugar dos outros: Este é o meu problema, eu não sei qual é o meu próprio lugar..., Eu tenho medo das pessoas em geral, eu não suporto que elas fiquem a uma distância menor do que quatro metros, quando elas se aproximam demais eu já não sei mais o que fazer. Eu acabo sendo absorvido pelos outros!. 2. Uma pessoa que não tenha um eu cinestésico algumas vezes preferirá preencher o seu centro com sentimentos t de identidade d que pertencem a alguma outra pessoa. Ela provavelmente se identificará com uma das personificações fortes do seu círculo íntimo e.g. sua esposa, seu gêmeo ou até mesmo Jesus Cristo. Isto talvez leve à identificação patológica, confusão de papel ou perda de identidade. 3. Também acontece frequentemente que as pessoas não consigam identificar um eu cinestésico porque elas têm uma percepção múltipla do eu. Isto pode acontecer nas personalidades múltiplas descritas por Boon & Draaijer (1995). A chamada bi localização doeu indica conflitos nonível nível daidentidade.

26 4. A ausência a de um sentimento e de eu também pode indicar dca uma aauto imagem muito negativa. O julgamento negativo de si mesmo está tão associado com as emoções disfóricas que uma pessoa sente a necessidade de suprimir o seu eu cinestésico. Eu tive um cliente que se odiava devido a comportamentos homossexuais anteriores. Tal negação de si mesmo é com freqüência acompanhada por não querer estar lá. 5. Eu estou convencido de que todas as experiências fora do corpo, como aquelas que são estudadas pela psiquiatria e pela parapsicologia, indicam atividade insuficiente no eu cinestésico. Muitas pessoas consideram a sugestão, apenas saia do seu corpo fácil de ser seguida. Nós vemos esta capacidade dd de sair do corpo usada terapeuticamente na terapia da linha do tempo de James e Woodsmall (1988), e quando Erickson (1967) fala sobre o cérebro flutuando no meio de lugar nenhum. 6. Sentimentos viscerais de tensão ou dor podem sobrepujar o eu cinestésico. Se estes sentimentos resultam de emoções negativas, nós observaremos que as pessoas se identificam com estas emoções. Elas talvez se tornem seu medo ou sua raiva.

27

28 Distância GENERALIZAÇÕES As pessoas que você ama e com quem você se importa são representadas td próximas ói a você; Você pode sentir a temperatura corporal das pessoas que estão próximas a você. O centro da atenção As pessoas importantes atraem sua atenção e serão posicionadas no centro. Tamanho Pessoas grandes e fortes podem colocar você numa posição de impotência; Pessoas grandes e fortes podem proteger você; Pessoas grandes e fortes podem tomar coisas de você. Direção e orientação do olhar As pessoas que querem algo de você olharão para você; As pessoas que apóiam você freqüentemente ficam de pé atrás de você; As pessoas que têm um objetivo parecido ficam ao seu lado.

29 Mapa mental elaborado p por Viviani Bovo

30 Os lingüistas cognitivos, George Lakoff e Mark Johnson (1999), chegaram a três conclusões que, em minha opinião, também são essenciais para a minha própria pesquisa. Eles sugerem que: A maioria dos nossos pensamentos são inconscientes; que conceitos abstratos são metafóricos; que eos fundamentos do pensamento são desenvolvidos a partir de vivências corporais e físicas. Eles descobriram, por exemplo, que todo o mundo aprende a diferença entre dentro e fora. Uma diferença muito simples que nós aprendemos quando bebês através da nossa vivência do mundo: dentro da boca... fora da boca... dentro do berço... fora do berço... Dentro da banheira... fora da banheira. Tais experiências gerais e universais dão origem a uma estrutura de conceitos básicos.

31 Referindo se a Narayanan (1997) e Bailey 1997), Lakoff e Johnson escreveram: Metáforas primárias são parte do inconsciente cognitivo. Nós as adquirimos automática e inconscientemente através dos processos usuais deaprendizado neuronal e podemos não estar conscientes de que nós as possuímos. Não temos escolha neste processo. Quando as experiências corporificadas no mundo são universais, então as metáforas primárias correspondentes são adquiridas universalmente. Isto explica a ocorrência disseminada por todo o mundo da grande maioria das metáforas primárias.

32 Ötsch (2002) afirma que pensar em uma coisa, só é possível se soubermos como objetificar ou coisificar algo. Para que uma coisa seja um objeto em nossa mente, precisamos atribuir algumas propriedades a ela. Uma coisa precisa estar em algum lugar. Uma coisa precisa ter volume. Pensa se em uma coisa como algo que tem uma superfície. Uma coisa precisa de peso, tamanho e cor. Um bebê só se torna capaz de lidar de maneira efetiva com as coisas após ter aprendido a habilidade de objetificação assumir a presença de todas estas propriedades em qualquer objeto. Por sorte, a maioria das crianças não tem problemas neste nível. As propriedades que devem estar presentes para transformar algo em coisa podem ser chamadas de fatores objetificação. Uma vez que toda a pessoa é uma coisa, mas nem todas as coisas são pessoas, nós podemos concluir que a operação cognitiva de criar uma pessoa demanda mais passos do que a de criar uma coisa. Isto nos trás de volta para o processo de personificação.

33 Auto personificação a representação da própria pessoa; Personificações dos outros as representações de outros indivíduos; Personificações de grupos as representações de grupos e de complexos sociais amplos que são agrupados em unidades cognitivas únicas, tais como partidos, nações, facções, clubes e organizações; Personificações espirituais as representações dos mortos e de entidades sociais não humanas tais como fantasmas, espíritos e deuses; Personificações metafóricas personificações inventadas (como as personagens de um livro) e as representações de objetos físicos, abstrações, animais, plantas, símbolos, processos e entidades não humanas e não espirituais às quais sejam atribuídas qualidades humanas.

34 Fatores de Personificação Localização minha percepção de que eu estou aqui e os outros estão lá; Habilidades minha percepção de que eu possofazer coisas como me mover, falar, pensar; Interesses e motivação minha percepção de que eu quero algo; Sentimentos minha percepção das emoções, sensações físicas e dor; Autoconsciência** meu conhecimento de quem eu sou em meio aos outros; Perspectiva minha percepção de que eu vejo as coisas da minha maneira, minhas crenças; Conexão espiritual minha percepção da minha conexão com o todo; Perceptividade minha percepção de que eu posso ser visto, ouvido e sentido; Nome eu sei como sou chamado.

35 Mapa mental elaborado por Viviani Bovo

36

37 As personificações consistem, por df definição, em atividade dd no tecido nervoso. Elas estão armazenadas na memória de alguém. Elas são propriedade da pessoa em cujo cérebro elas easestão representadas. ese A implicação pcaçãoóg lógica disto dsoé que nossas personificações de outras pessoas (o conhecimento que temos a respeito delas, que está neurologicamente armazenado em nossas mentes) também são partes de nós mesmos. Embora outros seres humanos existam como objetos reais físicos no mundo, nós conhecemos sobre eles apenas aquilo que nossa própria neurologia é capaz de representar. Então, os outros, reais, de carne e osso são de fato apenas estímulos para que nós criemos nossas personificações. Embora nós tenhamos acesso e possamos conhecer apenas as nossas representações autoconstruídas de outras pessoas, nós (equivocadamente) temos a tendência de supor que é a pessoa real que conhecemos ignorando o fato de que a pessoa que enós conhecemos nãoé nadamais que uma atividade idade emnosso cérebro.

38 ESTABILIDADE DAS PERSONIFICAÇÕES 1) As pessoas tomam suas imagens mentais como algo verdadeiro e não conseguem controlá las conscientemente com facilidade, portanto elas com freqüência precisam de uma outra pessoa que sugira as mudanças; 2) A outra razão pela qual as pessoas não conseguem mudar facilmente suas próprias representações mentais tem relação com a coerência interior. Tudo aquilo que uma pessoa acredita, quer, valoriza ou teme desempenha um papel nos formatos que suas imagens mentais adquirem**. O conteúdo cognitivo é interconectado sistemicamente de tal modo que uma mudança em uma parte pode alertar (N.R.: acionar, informar) outras partes que se oponham àquela mudança.

39 Na psicologia prática de Bandler e Grinder, a personalidade humana é tida como uma coleção de unidades que são direcionadas a metas, um conjunto de partes da personalidade. Qualquer unidade de atividade neural relevante pode ser definida como uma destas partes caso ela precise de terapia. O efeito terapêutico desta abordagem se origina grandemente do ato de personificar estas partes. Assim que as abstrações, problemas ou funções mentais são personificados, algo muito importante começa a acontecer uma quantidade enorme de software mental extra é mobilizada para ajudar. Tudo que a pessoa já aprendeu sobre como lidar com pessoas pode agora ser aplicado ao que é, na verdade, um problema não social. O poder do sistema social operante Que funciona inconscientemente contribuirá enormemente para a capacidade de resolver problemas de qualquer tipo.

40

41 Perguntei a todo o mundo à minha volta qual a localização do seu eu, desta pesquisa surgiu a noção do eu cinestésico, que em linguagem comum é chamado de sentimento de eu ou centro do eu. O eu cinestésico é a área no corpo que tem a mais forte associação com a vivência eu e é encontrada com maior freqüência no estômago ou no peito. Este ponto é o lugar de origem. É o núcleo do nosso casulo social ou, em linguagem da astronomia, podemos dizer que é o sol do nosso sistema solar social. Os planetas nesta configuração ficam, entretanto, relativamente estáveis, são imagens sociais generalizadas que, ao contrário dos planetas físicos, permanecem fixas no lugar, elas não giram, rodam ou seguem uma órbita.

42

43 Descobrir a localização l da personificação X a partir da sensação Pense em X e chame a si a sensação correspondente à relação com X. Investigue ONDE o pensamento, a imagem de X, se encontra neste momento: em frente, atrás, à esquerda, à direita, em cima, em baixo... e aponte para esse lugar. Posição Emquedireção exatamente? A que distância se encontra? Que tamanho tem? A que altura estão os olhos? Para onde X olha?

44 Descobrir a localização da personificação Y a partir do pensamento na humanidade toda Pense na humanidade, em como todas as pessoas se encontram à sua volta (associado e no meio delas). Entre toda aquela gente, onde se encontra o pensamento, a imagem de Y? (em frente, atrás, à esquerda, à direita, alto, baixo...) e aponte para esse lugar. Posição Em que direção exatamente? A que distância se encontra? Que tamanho tem? A que altura estão os olhos? Para onde Y olha?

45 Definições O modelo Panorama Social é um instrumento para investigar e influenciar os padrões inconscientes no pensamento social. Pode ser empregado na melhoria de todas as espécies de relações sociais e para tratar de todas as formas de problemas relacionados em que as pessoas estão envolvidas. O Panorama Social é um meio para trabalhar com sistemas sociais, utilizando se as técnicas e os pressupostos p da PNL. É o resultado da modelagem de populações, quer dizer, trata se da investigação gç duma parte determinada de experiência subjetiva (aqui (q referida a experiência social) num grande grupo de indivíduos com o fim de reconhecer padrões gerais de caráter pessoal e cultural.

46 Pressupostos do modelo Relação é localização : isso quer dizer que o lugar no espaço mental em que alguém projetou o outro é determinante para a qualidade emocional da relação. Representações sociais são uma categoria à parte de construções mentais a que chamamos personificações. As Representações determinam a interação : a representação mental que temos de alguém é determinante para a maneira como interagimos com ela. O Panorama Social de alguém é a representação primária das suas relações : uma transformação no Panorama Social determina a transformação das relações.

47 Pi Princípios i do modelo O axioma frívolo: a transformação individual id alnuma relação influenciará também o outro (através de comportamento verbal e não verbal consciente, mas sobretudo através de comportamento inconsciente verbal ble não verbal). bl) A lei da personificação dominante: as pessoas identificamse com a personificação mais proeminente. Se a sua autoimagem é relativamente fraca as pessoas adotam a segunda posição, iã a posição iã da representação dominante do outro.

48 Fatores da Personificação Direção? Distância? i 1. Localização: ONDE? Tamanho? Altura dos olhos? Direção do olhar? 2. Capacidades: Do que é que uma personificação é capaz? 3. Motivos, intenções: O que é que uma personificação quer? 4. Sensações, emoções: O que é que uma personificação sente? a sensação que tenho de mim, a auto imagem e a ligação entre as duas

49 5. Auto consciência: Eu entre os outros 6. Perspectiva, convicções: o modelo da realidade. 7. Ligações espirituais: com a humanidade, o cosmos, Deus, com a natureza. Visão (visual) Audição (auditivo) Tato (Sensação) Olfato (Cinestésico) Paladar 8. Percepção sensorial: VACOG? 9. Nome: como se chama uma personificação? São estes nove fatores que formam juntos um conceito válido do que é uma pessoa

PNL? o que é. Dossie. Veronica Ahrens Diretora de T&D, Trainer e Coach da SBPNL Inspirar pessoas a criarem um mundo melhor. veronica@pnl.com.

PNL? o que é. Dossie. Veronica Ahrens Diretora de T&D, Trainer e Coach da SBPNL Inspirar pessoas a criarem um mundo melhor. veronica@pnl.com. 1 Dossie Veronica Ahrens Diretora de T&D, Trainer e Coach da SBPNL Inspirar pessoas a criarem um mundo melhor. veronica@pnl.com.br o que é PNL? Nos últimos anos, a PNL (Programação Neurolinguística) vem

Leia mais

EQUIPES DE SUCESSO E MOTIVADAS COM PNL (PROGRAMAÇÃO NEURO LINGUISTICA)

EQUIPES DE SUCESSO E MOTIVADAS COM PNL (PROGRAMAÇÃO NEURO LINGUISTICA) EQUIPES DE SUCESSO E MOTIVADAS COM PNL (PROGRAMAÇÃO NEURO LINGUISTICA) Alan Martins REDE DE COLABORAÇÃO VISÃO OPERACIONAL AREA A AGRADAR Proporcionar aos Clientes e parceiros as melhores experiências.

Leia mais

Iniciação à PNL. www.cursosbrasil.com.br. Produção. Parte 1. Jimmy L. Mello. www.brasilpnl.com.br. www.brasilpnl.com.br

Iniciação à PNL. www.cursosbrasil.com.br. Produção. Parte 1. Jimmy L. Mello. www.brasilpnl.com.br. www.brasilpnl.com.br Serie: Cursos Profissionalizantes Brasil PNL Formação em "Programação neurolingüística" (PNL) Curso Gratuito Produção www.cursosbrasil.com.br Iniciação à PNL Parte 1 Jimmy L. Mello Distribuição gratuita

Leia mais

Desenvolvendo Inteligências com MAPAS MENTAIS

Desenvolvendo Inteligências com MAPAS MENTAIS BOAS VINDAS à palestra de Desenvolvendo Inteligências com MAPAS MENTAIS Quem conhece os Mapas Mentais? Quem usa os Mapas Mentais? O QUE SÃO OS MAPAS MENTAIS? Mapa elaborado por Viviani Bovo Histórico

Leia mais

Inteligência emocional: como lidar com emoções difíceis

Inteligência emocional: como lidar com emoções difíceis Inteligência emocional: como lidar com emoções difíceis Inteligência emocional é fundamental para diversos contextos de nossas vidas. Estudos da CareerBuilder líder mundial na área do capital humano mostraram

Leia mais

Daniela Albano 1 ; Larissa Leite 1 ; Antônio José Pereira 2

Daniela Albano 1 ; Larissa Leite 1 ; Antônio José Pereira 2 A CONTRIBUIÇÃO DO USO CONSCIENTE DOS MOVIMENTOS OCULARES LATERAIS PARA A MELHORIA DO RENDIMENTO ESCOLAR DE ALUNOS DO ENSINO MÉDIO INTEGRADO AO ENSINO PROFISSIONALIZANTE Daniela Albano 1 ; Larissa Leite

Leia mais

Todo homem tem poder suficiente para realizar aquilo que está convencido. (Goethe)

Todo homem tem poder suficiente para realizar aquilo que está convencido. (Goethe) PROGRAMAÇÃO NEUROLINGUÍSTICA: FORMULAÇÃO DE OBJETIVOS E ESTRATÉGIAS: (CONDIÇÕES DE BOA FORMULAÇÃO) / / 1-DETERMINAÇAO DO OBJETIVO (RESULTADO DESEJADO): a) O que quero para mim? Colocação positiva (sem

Leia mais

QUALIDADE DE VIDA UMA QUESTÃO DE ESCOLHA

QUALIDADE DE VIDA UMA QUESTÃO DE ESCOLHA www.pnl.med.br QUALIDADE DE VIDA UMA QUESTÃO DE ESCOLHA Jairo Mancilha M.D. Ph.D., Cardiologista, Trainer Internacional em Neurolingüística e Coaching, Diretor do INAp-Instituto de Neurolingüística Aplicada

Leia mais

O Paradigma da nova liderança

O Paradigma da nova liderança O Paradigma da nova liderança Robert B. Dilts Um dos mais importantes conjuntos de habilidades Um dos mais importantes conjuntos de habilidades necessárias num mundo em transformação são as habilidades

Leia mais

Iniciação à PNL. www.cursosbrasil.com.br. Produção. Parte 2. Jimmy L. Mello. www.brasilpnl.com.br. www.brasilpnl.com.br

Iniciação à PNL. www.cursosbrasil.com.br. Produção. Parte 2. Jimmy L. Mello. www.brasilpnl.com.br. www.brasilpnl.com.br Serie: Cursos Profissionalizantes Brasil PNL Formação em "Programação neurolingüística" (PNL) Curso Gratuito Produção www.cursosbrasil.com.br Iniciação à PNL Parte 2 Jimmy L. Mello Distribuição gratuita

Leia mais

PROGRAMAÇÃO NEUROLINGUÍSTICA A VIA RÁPIDA PARA O DESENVOLVIMENTO PESSOAL E PROFISSIONAL DA COMUNICAÇÃO DE EXCELÊNCIA.

PROGRAMAÇÃO NEUROLINGUÍSTICA A VIA RÁPIDA PARA O DESENVOLVIMENTO PESSOAL E PROFISSIONAL DA COMUNICAÇÃO DE EXCELÊNCIA. PROGRAMAÇÃO NEUROLINGUÍSTICA A VIA RÁPIDA PARA O DESENVOLVIMENTO PESSOAL E PROFISSIONAL DA COMUNICAÇÃO DE EXCELÊNCIA. A PNL, é uma área da psicologia que se reveste de um de carácter muito prático e eficaz,

Leia mais

A Psicologia de Vendas: Por Que as Pessoas Compram

A Psicologia de Vendas: Por Que as Pessoas Compram A Psicologia de Vendas: Por Que as Pessoas Compram Esquema de Palestra I. Por Que As Pessoas Compram A Abordagem da Caixa Preta A. Caixa preta os processos mentais internos que atravessamos ao tomar uma

Leia mais

Design Web - Percepção. Elisa Maria Pivetta

Design Web - Percepção. Elisa Maria Pivetta Design Web - Percepção Elisa Maria Pivetta GESTALT Percepção Visual Elisa Maria Pivetta Percepção visual No sentido da psicologia e das ciências cognitivas é uma de várias formas de percepção associadas

Leia mais

http://chunkingup.blogspot.com

http://chunkingup.blogspot.com A P L I C A Ç Ã O / F O R M A Ç Ã O P R O G R A M A Ç Ã O N E U R O L I N G U Í S T I C A CURSO DE I N T R O D U Ç Ã O B Á S I C A ( 12 H O R A S ) C \ M I G U E L F E R R E I R A PROGRAMAÇÃO NEUROLINGUISTICA

Leia mais

PEI aplicado à gestão do conhecimento MAPAS MENTAIS

PEI aplicado à gestão do conhecimento MAPAS MENTAIS BOAS VINDAS à palestra de PEI aplicado à gestão do conhecimento MAPAS MENTAIS Quem conhece os Mapas Mentais? Quem usa os Mapas Mentais? O QUE SÃO OS MAPAS MENTAIS? Mapa elaborado por Viviani Bovo Histórico

Leia mais

Coaching e Constelação Sistêmica A Dança das Ferramentas Colaboração entre estas duas metodologias trazendo resultados mais abrangentes

Coaching e Constelação Sistêmica A Dança das Ferramentas Colaboração entre estas duas metodologias trazendo resultados mais abrangentes Coaching e Constelação Sistêmica A Dança das Ferramentas Colaboração entre estas duas metodologias trazendo resultados mais abrangentes Bert Hellinger soube muito bem como integrar conhecimentos de várias

Leia mais

OS EFEITOS DAS EMOÇÕES NEGATIVAS NA SAÚDE DE NOSSO CORPO

OS EFEITOS DAS EMOÇÕES NEGATIVAS NA SAÚDE DE NOSSO CORPO 1 RESUMO OS EFEITOS DAS EMOÇÕES NEGATIVAS NA SAÚDE DE NOSSO CORPO Glória Maria A. F. Cristofolini Nada se passa na mente que o corpo não manifeste, cita Hermógenes. Quando a medicina ocidental passou a

Leia mais

Modelos do Tempo. O tempo veste um traje diferente para cada papel que desempenha em nosso pensamento. John Wheeler

Modelos do Tempo. O tempo veste um traje diferente para cada papel que desempenha em nosso pensamento. John Wheeler 2 Modelos do Tempo O tempo veste um traje diferente para cada papel que desempenha em nosso pensamento. John Wheeler Você pode olhar agora para a idéia do que sejam modelos. Modelos são descrições ou simulações

Leia mais

Não existem pessoas desmotivadas, existem pessoas sem Objectivos Anthony Robbins

Não existem pessoas desmotivadas, existem pessoas sem Objectivos Anthony Robbins Não existem pessoas desmotivadas, existem pessoas sem Objectivos Anthony Robbins A PROGRAMAÇÃO NEUROLINGUÍSTICA- PNL Programação Neurolingüística O QUE É? Programação A estratégia da mente e do corpo ou

Leia mais

COMO AJUDAR QUEM PERDEU PESSOAS QUERIDAS

COMO AJUDAR QUEM PERDEU PESSOAS QUERIDAS COMO AJUDAR QUEM PERDEU PESSOAS QUERIDAS OPÇÕES DE LOGO 1. Psicotraumatologia Clínica 2. PSICOTRAUMATOLOGIA CLÍNICA psicotraumatologia clínica Todos já perdemos ou perderemos pessoas queridas e, geralmente,

Leia mais

PNL Tecnologia, Metodologia e Atitude

PNL Tecnologia, Metodologia e Atitude 1 Dossiê Gilberto C. Cury Presidente da SBPNL - Sociedade Brasileira de Programação Neurolinguística Responsável por trazer a PNL ao Brasil, em 1981 gilberto@pnl.com.br PNL Tecnologia, Metodologia e Atitude

Leia mais

HUMILDADE- A VERDADEIRA GRANDEZA

HUMILDADE- A VERDADEIRA GRANDEZA HUMILDADE- A VERDADEIRA GRANDEZA Ministério de Mulheres Aulas: 1 - Abertura - Tudo começa na Mente 2- Considerações gerais sobre a humildade 3- Manifestações Orgulho 4- Orgulho - personagens bíblicos 5-

Leia mais

Faça-me sentir importante CARÍCIAS - O verdadeiro reconhecimento Webinar (treinamento online)

Faça-me sentir importante CARÍCIAS - O verdadeiro reconhecimento Webinar (treinamento online) Faça-me sentir importante CARÍCIAS - O verdadeiro reconhecimento Webinar (treinamento online) Tatiane Medeiros Cunha Graduada em Psicologia pela Universidade Federal de Uberlândia 2010; Formação em Hipnose

Leia mais

5Passos fundamentais. Conseguir realizar todos os seus SONHOS. para. Autora: Ana Rosa. www.novavitacoaching.com

5Passos fundamentais. Conseguir realizar todos os seus SONHOS. para. Autora: Ana Rosa. www.novavitacoaching.com 5Passos fundamentais para Conseguir realizar todos os seus SONHOS Autora: Ana Rosa www.novavitacoaching.com O futuro pertence àqueles que acreditam na beleza dos seus sonhos! Eleanor Roosevelt CONSIDERA

Leia mais

Indicação de livros de PNL

Indicação de livros de PNL Indicação de livros de PNL DESPERTE O GIGANTE INTERIOR Autor: Anthony Robbins Editora: Record ISBN: 8501040223 Neste livro o autor explana a teoria da Programação Neuro-Linguistica, através da qual nós

Leia mais

Superando Seus Limites

Superando Seus Limites Superando Seus Limites Como Explorar seu Potencial para ter mais Resultados Minicurso Parte VI A fonte do sucesso ou fracasso: Valores e Crenças (continuação) Página 2 de 16 PARTE 5.2 Crenças e regras!

Leia mais

Practitioner em PNL Sistêmica

Practitioner em PNL Sistêmica Practitioner em PNL Sistêmica Programação Neurolinguística É um conjunto de modelos e técnicas que tem por objetivo compreender a estrutura subjetiva de aprendizado do Ser Humano. Criada na década de 1970

Leia mais

Ser Psicopedagogo é uma atitude. 12 de novembro dia do Psicopedagogo.

Ser Psicopedagogo é uma atitude. 12 de novembro dia do Psicopedagogo. Ser Psicopedagogo é uma atitude. 12 de novembro dia do Psicopedagogo. Galeára XVI ENCONTRO DE PSICOPEDAGOGIA DO CEARÁ FOTO: HAROLDO FIUZA JUNIOR COLEÇÃO PAPEL DE CARTAS - CPC Teste para Avaliação das dificuldades

Leia mais

Como Aplicar Técnicas de Dinâmicas de Grupo para Dependentes Químicos

Como Aplicar Técnicas de Dinâmicas de Grupo para Dependentes Químicos Seja Bem Vindo! Como Aplicar Técnicas de Dinâmicas de Grupo para Dependentes Químicos Ana Carolina S. Oliveira Psicóloga Esp. Dependência Química CRP 06/99198 Hewdy Lobo Ribeiro Psiquiatra Forense Psiquiatra

Leia mais

5Etapas Para Conseguir Clientes de Coaching,

5Etapas Para Conseguir Clientes de Coaching, 5Etapas Para Conseguir Clientes de Coaching, Consultoria, Terapias Holísticas e Para Encher Seus Cursos e Workshops. Parte 01 Como Se Posicionar e Escolher os Clientes dos Seus Sonhos 1 Cinco Etapas Para

Leia mais

Índice. O Que é AUTISMO? Quais São os Sintomas Típicos do AUTISMO? Causas do AUTISMO. Problemas Comportamentais e as Dificuldades dos Pais

Índice. O Que é AUTISMO? Quais São os Sintomas Típicos do AUTISMO? Causas do AUTISMO. Problemas Comportamentais e as Dificuldades dos Pais Índice O Que é AUTISMO? 03 04 Quais São os Sintomas Típicos do AUTISMO? Causas do AUTISMO 06 07 Problemas Comportamentais e as Dificuldades dos Pais Projeto de Integração Pró-Autista (Pipa) e a Terapia

Leia mais

A Dança na Terceira Idade

A Dança na Terceira Idade A Dança na Terceira Idade Bárbara Costa Carolina Miguel Leonardo Delarete Pimenta Na terceira idade, geralmente, o ser humano sofre algumas alterações de um declínio geral no aspecto biopsicossocial. Como

Leia mais

De todas as relações humanas, esta é a principal e mais básica

De todas as relações humanas, esta é a principal e mais básica De todas as relações humanas, esta é a principal e mais básica Para as crianças, a família é a segurança, proteção, apoio, compreensão e a aceitação de que tanto necessitam. Pai e mãe são, com efeito,

Leia mais

Honrar os valores, uma questão de integridade

Honrar os valores, uma questão de integridade Honrar os valores, uma questão de integridade Por: P.A. (Paulo Alvarenga) Nos últimos congressos de desenvolvimento profissional que participei, o que mais tenho escutado é sobre a importância dos valores.

Leia mais

Agrupamento de Escolas da Madalena. Projeto do Clube de Música. Ano Lectivo 2012-2013 1

Agrupamento de Escolas da Madalena. Projeto do Clube de Música. Ano Lectivo 2012-2013 1 Agrupamento de Escolas da Madalena Projeto do Clube de Música Ano Lectivo 2012-2013 1 Projectos a desenvolver/participar: Projetos Dinamizado por: 1º Concurso de Flauta Prof. Teresa Santos - Participação

Leia mais

Um Futuro de Realizações sem Segredos

Um Futuro de Realizações sem Segredos Um Futuro de Realizações sem Segredos George Vittorio Szenészi, MSc. Já há algum tempo as pessoas que se realizam e obtêm sucesso têm despertado sentimentos desconcertantes: admiração, inveja ou raiva

Leia mais

Palestra tudo O QUE VOCE. precisa entender. Abundância & Poder Pessoal. sobre EXERCICIOS: DESCUBRA SEUS BLOQUEIOS

Palestra tudo O QUE VOCE. precisa entender. Abundância & Poder Pessoal. sobre EXERCICIOS: DESCUBRA SEUS BLOQUEIOS Palestra tudo O QUE VOCE sobre precisa entender Abundância & Poder Pessoal EXERCICIOS: DESCUBRA SEUS BLOQUEIOS Como aprendemos hoje na palestra: a Lei da Atração, na verdade é a Lei da Vibracao. A frequência

Leia mais

O AUTISMO- NA CRIANÇA

O AUTISMO- NA CRIANÇA AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE MÉRTOLA Escola E,B 2,3 ES\Escola S. Sebastião de Mértola Curso Profissional de Técnico de Apoio Psicossocial- 3ºano Disciplina de Psicopatologia Geral Ano letivo 2013\14 Docente:

Leia mais

DO PENSAMENTO À SENSAÇÃO, DA SENSAÇÃO AO PENSAMENTO: CONTRIBUIÇÕES DA PROGRAMAÇÃO NEUROLINGUÍSTICA PARA A PSICOLOGIA CORPORAL Anabel de Sales Silva

DO PENSAMENTO À SENSAÇÃO, DA SENSAÇÃO AO PENSAMENTO: CONTRIBUIÇÕES DA PROGRAMAÇÃO NEUROLINGUÍSTICA PARA A PSICOLOGIA CORPORAL Anabel de Sales Silva DO PENSAMENTO À SENSAÇÃO, DA SENSAÇÃO AO PENSAMENTO: CONTRIBUIÇÕES DA PROGRAMAÇÃO NEUROLINGUÍSTICA PARA A PSICOLOGIA CORPORAL Anabel de Sales Silva RESUMO A Programação Neurolinguística (PNL) consiste

Leia mais

Lucas Liberato Coaching Coach de Inteligência Emocional lucasliberato.com.br

Lucas Liberato Coaching Coach de Inteligência Emocional lucasliberato.com.br Script de Terapia de Liberação Emocional (EFT) para desfazer crenças relativas aos clientes que você merece ter. Eu não consigo atrair clientes dispostos a pagar preços altos A Acupuntura Emocional é uma

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SOROCABA PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS PROF. VALTER MARTINS

UNIVERSIDADE DE SOROCABA PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS PROF. VALTER MARTINS UNIVERSIDADE DE SOROCABA PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS PROF. VALTER MARTINS PNL A NOVA TECNOLOGIA DO SUCESSO Daniela Galante Katy Bessa Naíra Melo Sorocaba/SP 2008 SUMÁRIO 1.0 Introdução...

Leia mais

Indice. www.plurivalor.com. Livro LIDERANÇA COM INTELIGÊNCIA EMOCIONAL

Indice. www.plurivalor.com. Livro LIDERANÇA COM INTELIGÊNCIA EMOCIONAL Indice Introdução Um Exemplo Diagnóstico O Método do Líder Sem Inteligência Emocional Um método melhor Inteligência Emocional e E. ciência Administrativa O Valor das Habilidades Emocionais Uma nova teoria

Leia mais

A Arte e as Crianças

A Arte e as Crianças A Arte e as Crianças A criança pequena consegue exteriorizar espontaneamente a sua personalidade e as suas experiências inter-individuais, graças aos diversos meios de expressão que estão à sua disposição.

Leia mais

Vós sois deuses, pois brilhe a vossa a luz! Jesus

Vós sois deuses, pois brilhe a vossa a luz! Jesus CURSO DE DESENVOLVIMENTO HUMANO E ESPIRITUAL DESCUBRA A ASSINATURA DE SUAS FORÇAS ESPIRITUAIS Test Viacharacter AVE CRISTO BIRIGUI-SP Jul 2015 Vós sois deuses, pois brilhe a vossa a luz! Jesus I SABER

Leia mais

GUIÃO DO PROFESSOR. Pinóquio. Exploração de conteúdos Preparação da visita Caderno do professor

GUIÃO DO PROFESSOR. Pinóquio. Exploração de conteúdos Preparação da visita Caderno do professor GUIÃO DO PROFESSOR Pinóquio Exploração de conteúdos Preparação da visita Caderno do professor Era uma vez o boneco de madeira mais conhecido do mundo! Quem tiver olhos para ver e ouvidos atentos pode convencer-se

Leia mais

4. Conceito de Paralisia Cerebral construído pelos Professores

4. Conceito de Paralisia Cerebral construído pelos Professores 4. Conceito de Paralisia Cerebral construído pelos Professores Como descrevemos no capitulo II, a Paralisia Cerebral é uma lesão neurológica que ocorre num período em que o cérebro ainda não completou

Leia mais

NOSSO CORPO E A EDUCAÇÃO FÍSICA

NOSSO CORPO E A EDUCAÇÃO FÍSICA 1 MAP/EF Material de Apoio Didático para a aula de Educação Física Escolar NOSSO CORPO E A EDUCAÇÃO FÍSICA Introdução Olá, meu nome é Elias e estou aqui para aprender com você sobre nosso corpo. Você talvez

Leia mais

Sentimentos e emoções Quem vê cara não vê coração

Sentimentos e emoções Quem vê cara não vê coração Material pelo Ético Sistema de Ensino Elaborado para Educação Infantil Publicado em 2011 Projetos temáticos EDUCAÇÃO INFANTIL Data: / / Nível: Escola: Nome: Sentimentos e emoções Quem vê cara não vê coração

Leia mais

Rafael Siqueira 0 SUCESSO. é apenas seu! 5 passos para conquistar o caminho para o seu Sucesso!

Rafael Siqueira 0 SUCESSO. é apenas seu! 5 passos para conquistar o caminho para o seu Sucesso! 0 SUCESSO é apenas seu! 5 passos para conquistar o caminho para o seu Sucesso! 0 SUCESSO é apenas seu! 5 passos para conquistar o caminho para o seu Sucesso! Versão 1.0 Introdução: Acredito que o processo

Leia mais

uma das nossas atitudes será tido como não atrativo e estimulará emoções como a aversão.

uma das nossas atitudes será tido como não atrativo e estimulará emoções como a aversão. 28 3 Design e emoção Segundo Norman (2004), as emoções são valiosas para a vida cotidiana de todos os seres humanos. A utilidade e a usabilidade também o são, mas sem a diversão, o prazer, o orgulho e

Leia mais

Turma 1222 Unidade Curricular INTERFACE HOMEM-COMPUTADOR Professor CLÁUDIA SANTOS FERNANDES Aula 4 Abordagens Teóricas em IHC

Turma 1222 Unidade Curricular INTERFACE HOMEM-COMPUTADOR Professor CLÁUDIA SANTOS FERNANDES Aula 4 Abordagens Teóricas em IHC Turma 1222 Unidade Curricular INTERFACE HOMEM-COMPUTADOR Professor CLÁUDIA SANTOS FERNANDES Aula 4 Abordagens Teóricas em IHC Introdução -Apesar de IHC ser uma área bastante prática, muitos métodos, modelos

Leia mais

Apêndice 4 Inteligências Múltiplas

Apêndice 4 Inteligências Múltiplas Apêndice 4 Inteligências Múltiplas Por Viviani Bovo O que é ser inteligente para você? Saber fazer contas de cabeça? Lembrar-se de poemas e histórias para poder repeti-las? Passar no vestibular? Ter um

Leia mais

Canais ou Sistemas Representacionais (VAC)

Canais ou Sistemas Representacionais (VAC) Canais ou Sistemas Representacionais (VAC) Exercícios de Aplicação: Exercício 1 Calibração Visual Parte 1 Vá a um local próximo de sua casa ou local de trabalho em que você possa sentar-se e ficar tranqüilo

Leia mais

6 Dinâmicas de Grupo para o Dia das Mães

6 Dinâmicas de Grupo para o Dia das Mães Disponível no site Esoterikha.com: http://bit.ly/dinamicasdiadasmaes 6 Dinâmicas de Grupo para o Dia das Mães Apresentamos uma seleção com 6 dinâmicas de grupo para o Dia das Mães, são atividades que podem

Leia mais

Eu sou o tipo de pessoa a quem as pessoas procuram para conselho e orientação no trabalho ou em minha vizinhança.

Eu sou o tipo de pessoa a quem as pessoas procuram para conselho e orientação no trabalho ou em minha vizinhança. Inventário de Inteligências Múltiplas para Adultos por Thomas Armstrong Escreva 2 no quadro em destaque, se a afirmativa se aplica muito a você; 1, se se aplica mais ou menos a você; e, 0, se de modo nenhum

Leia mais

Exercícios para estabelecer o contato com a nossa criança interior

Exercícios para estabelecer o contato com a nossa criança interior Exercícios para estabelecer o contato com a nossa criança interior C omo este é o mês das crianças, decidi propor para aqueles que estão em busca de autoconhecimento, alguns exercícios que ajudam a entrar

Leia mais

PNL: A Ciência da Excelência...A Arte das Mudanças

PNL: A Ciência da Excelência...A Arte das Mudanças PNL: A Ciência da Excelência...A Arte das Mudanças A PNL tem certas máximas, duas das quais são: James Lawley e Penny Tompkins "Se você sempre faz a mesma coisa, vai obter sempre o mesmo resultado!" "Se

Leia mais

CONTEXTUALIZAÇÃO. Surge na Alemanha por entre 1910-1920 KURT KOFFKA (1886 1941) WOLFGANG KÖHLER (1887 1967) MAX WERTHEIMER (1880 1943)

CONTEXTUALIZAÇÃO. Surge na Alemanha por entre 1910-1920 KURT KOFFKA (1886 1941) WOLFGANG KÖHLER (1887 1967) MAX WERTHEIMER (1880 1943) GESTALT CONTEXTUALIZAÇÃO Surge na Alemanha por entre 1910-1920 MAX WERTHEIMER (1880 1943) KURT KOFFKA (1886 1941) WOLFGANG KÖHLER (1887 1967) Eu faço as minhas coisas Você faz as suas. Não estou neste

Leia mais

A PERCEPÇÃO DAS SENSAÇÕES DO CORPO NA FLEXIBILIDADE DA POSTURA E NO CONTATO COM O AMBIENTE

A PERCEPÇÃO DAS SENSAÇÕES DO CORPO NA FLEXIBILIDADE DA POSTURA E NO CONTATO COM O AMBIENTE 1 A PERCEPÇÃO DAS SENSAÇÕES DO CORPO NA FLEXIBILIDADE DA POSTURA E NO CONTATO COM O AMBIENTE RESUMO Luciana Gandolfo O objetivo da prática da eutonia é orientar a pessoa a focalizar a atenção em um segmento

Leia mais

George Vittorio Szenészi

George Vittorio Szenészi A Semana > Entrevista N Edição: 2173 01.Jul.11-21:00 Atualizado em 07.Jul.11-15:47 George Vittorio Szenészi "Inteligência sem emoção não funciona" O psicoterapeuta diz como a capacidade de lidar bem com

Leia mais

GRUPO FRESTAS: FORMAÇÃO E RESSIGNIFICAÇÃO DO EDUCADOR: SABERES, TROCA, ARTE E SENTIDOS

GRUPO FRESTAS: FORMAÇÃO E RESSIGNIFICAÇÃO DO EDUCADOR: SABERES, TROCA, ARTE E SENTIDOS Eixo: Políticas para a Infância e Formação de Professores Contempla as produções acadêmico-científicas que tratam de ações políticas e legislações referentes à Educação Infantil e a infância. Aborda pesquisas

Leia mais

VISITE O BLOG www.homemalpha.com.br

VISITE O BLOG www.homemalpha.com.br VISITE O BLOG www.homemalpha.com.br APRESENTAÇÃO A timidez é um problema que pode acompanhar um homem a vida inteira, tirando dele o prazer da comunicação e de expressar seus sentimentos, vivendo muitas

Leia mais

EDUCAÇÃO FÍSICA ESCOLAR E A INTERVENÇÃO DA PSICOMOTRICIDADE NO PROCESSO DE APRENDIZAGEM

EDUCAÇÃO FÍSICA ESCOLAR E A INTERVENÇÃO DA PSICOMOTRICIDADE NO PROCESSO DE APRENDIZAGEM EDUCAÇÃO FÍSICA ESCOLAR E A INTERVENÇÃO DA PSICOMOTRICIDADE NO PROCESSO DE APRENDIZAGEM CAROLINE SILVA DE OLIVEIRA Discente do Curso de Licenciatura Plena do Curso de Educação Física das Faculdades Integradas

Leia mais

O que as questões existenciais do nosso tempo tem a ver com o Espirito do tempo

O que as questões existenciais do nosso tempo tem a ver com o Espirito do tempo ESPIRITUALIDADE NAS ORGANIZAÇÕES E O IMPULSO MICAÉLICO JAIR MOGGI SETEMBRO/11 2 Micael como guardião da inteligência cósmica. Micael como o espirito do tempo Os períodos Micaélicos na evolução da humanidade

Leia mais

ATENDIMENTO EDUCACIONAL ESPECIALIZADO AEE E SURDOCEGUEIRA E DEFICIÊNCIA MÚLTIPLA

ATENDIMENTO EDUCACIONAL ESPECIALIZADO AEE E SURDOCEGUEIRA E DEFICIÊNCIA MÚLTIPLA Aspectos Importantes para saber sobre Surdocegueira e DMU Shirley Rodrigues Maia Sobre Conceito, Definição e Terminologia A surdocegueira é uma terminologia adotada mundialmente para se referir a pessoas

Leia mais

Como Eu Começo meu A3?

Como Eu Começo meu A3? Como Eu Começo meu A3? David Verble O pensamento A3 é um pensamento lento. Você está tendo problemas para começar seu A3? Quando ministro treinamentos sobre o pensamento, criação e uso do A3, este assunto

Leia mais

Olá... Por quê, afinal, o nome do curso se chama Empreendedorismo para Psicólogos, e qual a utilidade deste conhecimento para esses profissionais?

Olá... Por quê, afinal, o nome do curso se chama Empreendedorismo para Psicólogos, e qual a utilidade deste conhecimento para esses profissionais? 1 Olá... Tudo bem? Mais uma vez, obrigado pelo interesse no curso Empreendedorismo para Psicólogos e meus cumprimentos por decidir tirar um tempo para refletir sobre sua carreira e talvez investir nela.

Leia mais

PARA CERTIFICAÇÃO INTERNACIONAL

PARA CERTIFICAÇÃO INTERNACIONAL Panorama Social Viviani Bovo - Brasil 1 RELATÓRIO FINAL PARA CERTIFICAÇÃO INTERNACIONAL PANORAMA SOCIAL Viviani Bovo Campinas - Brasil Panorama Social Viviani Bovo - Brasil 2 Relatório para Certificação

Leia mais

KratsPsiquê CONCEITOS BÁSICOS DE DIMENSÃO COGNITIVA, AFETIVA E COMPORTAMENTAL

KratsPsiquê CONCEITOS BÁSICOS DE DIMENSÃO COGNITIVA, AFETIVA E COMPORTAMENTAL CONCEITOS BÁSICOS DE DIMENSÃO COGNITIVA, AFETIVA E COMPORTAMENTAL Processos psíquicos envolvem duas áreas do processo psicológico, uma refere-se à cognição e a outra à dimensão afetivo-emocional. Ambas

Leia mais

As fontes da nossa auto-imagem

As fontes da nossa auto-imagem AUTO IMAGEM O QUE EU ACHO DE MIM MESMO QUEM SOU EU E QUAL E O MEU VALOR? NARCISISMO (deus da mitologia grega que se apaixonou por si mesmo ao ver sua imagem refletida na água) AS FONTES DA NOSSA AUTO -

Leia mais

Projeto de Acessibilidade Virtual RENAPI/NAPNE. Maio de 2010

Projeto de Acessibilidade Virtual RENAPI/NAPNE. Maio de 2010 Projeto de Acessibilidade Virtual RENAPI/NAPNE Maio de 2010 Emoção: a outra inteligência Muitos estudiosos discutem a relação entre pensamento e emoções. Algumas definições segundo o artigo de Grewal e

Leia mais

Objetivos do Curso: Público alvo:

Objetivos do Curso: Público alvo: Formação em Coaching Com Abordagem Neurocientífica, Psicofisiológica, Filosófica e Comportamental. Destinado aos Profissionais das Áreas de Saúde, Educação e Gestão de Pessoas Coaching é a palavra inglesa

Leia mais

De que Inclusão Estamos Falando? A Percepção de Educadores Sobre o Processo de Inclusão Escolar em Seu Local de Trabalho

De que Inclusão Estamos Falando? A Percepção de Educadores Sobre o Processo de Inclusão Escolar em Seu Local de Trabalho 1 de 5 29/6/2010 00:34 www.ibmeconline.com.br De que Inclusão Estamos Falando? A Percepção de Educadores Sobre o Processo de Inclusão Escolar em Seu Local de Trabalho Autora: Patrícia Carla de Souza Della

Leia mais

NEUROSSEMÂNTICA. www.pnl.med.br

NEUROSSEMÂNTICA. www.pnl.med.br NEUROSSEMÂNTICA Jairo Mancilha M.D. Ph.D. Trainer Internacional em Neurolingüística, Coaching e Neurossemântica; Diretor do INAp-Instituto de Neurolingüística Aplicada e do InCoaching-Instituto Internacional

Leia mais

Master. em Neurolinguistica & Coaching. Mudanças consistentes e duradoras acontecem nas raízes do pensamento

Master. em Neurolinguistica & Coaching. Mudanças consistentes e duradoras acontecem nas raízes do pensamento Master em Neurolinguistica & Coaching Mudanças consistentes e duradoras acontecem nas raízes do pensamento Apresentação do Curso de MASTER O curso de Máster é um aprofundamento da Formação em Neurolinguística

Leia mais

Personalidades e Relacionamentos

Personalidades e Relacionamentos 4 Personalidades e Relacionamentos O ser humano nunca tem tempo de ser, ele só tem o tempo de tornar-se. Georges Poulet Há muitos séculos grandes pensadores discutem como as pessoas têm suas experiências

Leia mais

PRIMEIRA LINGUAGEM DE AMOR: PALAVRAS DE ENCORAJAMENTO

PRIMEIRA LINGUAGEM DE AMOR: PALAVRAS DE ENCORAJAMENTO 50 Nona Lição AS CINCO LINGUAGENS DE AMOR Alguma coisa em nossa natureza clama por sermos amados. No âmago da nossa existência há o íntimo desejo se sermos amados. O casamento foi idealizado para suprir

Leia mais

Informativo Bimestral da Siqueira Campos Associados fevereiro de 2011 - ano V - Número 14

Informativo Bimestral da Siqueira Campos Associados fevereiro de 2011 - ano V - Número 14 Informativo Bimestral da Siqueira Campos Associados fevereiro de 2011 - ano V - Número 14 Nesta edição Vídeo: Textron, Seis Sigma uma ponte para o futuro. Lean Office - Layout, orientações práticas. Quatro

Leia mais

Autor: Rabbi Yehuda Ashlag

Autor: Rabbi Yehuda Ashlag Autor: Rabbi Yehuda Ashlag A Kabbalah ensina a correlação entre causa e efeito de nossas fontes espirituais. Estas fontes se interligam de acordo com regras perenes e absolutas objetivando gols maiores

Leia mais

Apropriação da Leitura e da Escrita. Elvira Souza Lima. (transcrição)

Apropriação da Leitura e da Escrita. Elvira Souza Lima. (transcrição) Apropriação da Leitura e da Escrita Elvira Souza Lima (transcrição) Nós estamos num momento de estatísticas não muito boas sobre a alfabetização no Brasil. Mas nós temos que pensar historicamente. Um fato

Leia mais

Estudo de Caso. Cliente: Cristina Soares. Coach: Rodrigo Santiago. Duração do processo: 12 meses

Estudo de Caso. Cliente: Cristina Soares. Coach: Rodrigo Santiago. Duração do processo: 12 meses Estudo de Caso Cliente: Cristina Soares Duração do processo: 12 meses Coach: Rodrigo Santiago Quando decidi realizar meu processo de coaching, eu estava passando por um momento de busca na minha vida.

Leia mais

Work$hop Ciência do $uce$$o E Pro$peridade

Work$hop Ciência do $uce$$o E Pro$peridade PROF. MARCELINO FERNANDE$ Work$hop Ciência do $uce$$o E Pro$peridade professormarcelino@hotmail.com WORK$HOP CIÊNCIA DO $UCE$$O E PRO$PERIDADE Objetivo do workshop Entregar ferramentasda Ciênciado Sucessocom

Leia mais

Terapia Quântica Atlantis. A Arte da Transmutação Mental. Centro de Tecnologia Quântica Marcos Brenelli 2014

Terapia Quântica Atlantis. A Arte da Transmutação Mental. Centro de Tecnologia Quântica Marcos Brenelli 2014 Terapia Quântica Atlantis A Arte da Transmutação Mental Marcos Brenelli 2014 Desde 1996 desenvolvendo Tecnologias de Cura para acelerar a criação de um Novo Mundo para você. Administrado por Marcos Brenelli

Leia mais

OS TRÊS PILARES DO LUCRO EMPRESAS GRANDES

OS TRÊS PILARES DO LUCRO EMPRESAS GRANDES BOLETIM TÉCNICO MAIO/2011 OS TRÊS PILARES DO LUCRO EMPRESAS GRANDES Um empresário da indústria se assustou com os aumentos de custo e de impostos e reajustou proporcionalmente seus preços. No mês seguinte,

Leia mais

Encontro Nacional Jovem de Futuro 2013: conexões e troca de experiências

Encontro Nacional Jovem de Futuro 2013: conexões e troca de experiências boletim Jovem de Futuro ed. 04-13 de dezembro de 2013 Encontro Nacional Jovem de Futuro 2013: conexões e troca de experiências O Encontro Nacional Jovem de Futuro 2013 aconteceu de 26 a 28 de novembro.

Leia mais

30/8/2010 HARRY STACK SULLIVAN ESTRUTURA DA PERSONALIDADE PSIQUIATRIA PROCESSOS CAMPOS INTERATIVOS

30/8/2010 HARRY STACK SULLIVAN ESTRUTURA DA PERSONALIDADE PSIQUIATRIA PROCESSOS CAMPOS INTERATIVOS HARRY STACK SULLIVAN Profa. Marilene Zimmer Psicologia - FURG HARRY STACK SULLIVAN Nova York 21/2/1892 14/01/1949 1917 Diploma de Médico Chicago College of Medicine and Surgery Serviu forças armadas I

Leia mais

A CHILDHOOD AUTISM RATING SCALE (CARS)

A CHILDHOOD AUTISM RATING SCALE (CARS) A CHILDHOOD AUTISM RATING SCALE (CARS) I. Relações pessoais: 1.- Nenhuma evidencia de dificuldade ou anormalidade nas relações pessoais: O comportamento da criança é adequado a sua idade. Alguma timidez,

Leia mais

Usando Comandos Embutidos:

Usando Comandos Embutidos: Usando Comandos Embutidos: 1. Eu não lhe diria, porque De qualquer forma já estou dizendo, porém, minha negativa inicial quebra a resistência, e a palavra mágica porque atribui autoridade ao que digo ao

Leia mais

1. Você escolhe a pessoa errada porque você espera que ela mude após o casamento.

1. Você escolhe a pessoa errada porque você espera que ela mude após o casamento. 10 Maneiras de se Casar com a Pessoa Errada O amor cego não é uma forma de escolher um parceiro. Veja algumas ferramentas práticas para manter os seus olhos bem abertos. por Rabino Dov Heller, Mestre em

Leia mais

Os Sete Termos Sinônimos de Deus Satisfazem a Necessidade que o Mundo Tem de um Novo Sistema de Referência

Os Sete Termos Sinônimos de Deus Satisfazem a Necessidade que o Mundo Tem de um Novo Sistema de Referência Os Sete Termos Sinônimos de Deus Satisfazem a Necessidade que o Mundo Tem de um Novo Sistema de Referência Joel Jessen Traduzido para o Português do Brasil por Guita R. Herman a partir da versão inglesa

Leia mais

Des estresse! 01. Afinal de contas, o que é estresse?

Des estresse! 01. Afinal de contas, o que é estresse? Akira Nakao Des estresse! Você é competitivo, estressado, equilibrado, acomodado, tranquilo ou couraceiro? Lembra do material da nossa primeira semana? 01. Afinal de contas, o que é estresse? É um mecanismo:

Leia mais

Wertheimer pode provar experimentalmente que diferentes formas de organização perceptiva são percebidas de forma organizada e com significado

Wertheimer pode provar experimentalmente que diferentes formas de organização perceptiva são percebidas de forma organizada e com significado Wertheimer pode provar experimentalmente que diferentes formas de organização perceptiva são percebidas de forma organizada e com significado distinto por cada pessoa. o conhecimento do mundo se obtém

Leia mais

VENDA MAIS UTILIZANDO TÉCNICAS DE PNL

VENDA MAIS UTILIZANDO TÉCNICAS DE PNL VENDA MAIS UTILIZANDO TÉCNICAS DE PNL Todos nossos cursos são preparados por profissionais certificados e reconhecidos no mercado. Os cursos são ministrados em português, sendo o material em português.

Leia mais

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA GABINETE DA DEPUTADA LUZIA TOLEDO PROJETO DE LEI Nº 157/2010

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA GABINETE DA DEPUTADA LUZIA TOLEDO PROJETO DE LEI Nº 157/2010 PROJETO DE LEI Nº 157/2010 A semana de conscientização sobre transtornos de aprendizagem, no âmbito do Estado do Espírito Santo. A ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO DECRETA: Art. 1º Fica

Leia mais

Panorama Social. Dinâmica Interior dos Relacionamentos Humanos. Lucas Derks

Panorama Social. Dinâmica Interior dos Relacionamentos Humanos. Lucas Derks Panorama Social Dinâmica Interior dos Relacionamentos Humanos Lucas Derks Lucas Derks Panorama Social dinâmica interior dos relacionamentos humanos Campinas-SP IDPH 2010 Os blocos de construção do mundo

Leia mais

TEORIA ORGANÍSMICA - GOLDSTEIN

TEORIA ORGANÍSMICA - GOLDSTEIN TEORIA ORGANÍSMICA - GOLDSTEIN Precursor SMUTS 1926 EVOLUÇÃO E HOLISMO HOLISMO - GREGO HOLOS TOTAL COMPLETO - UNIFICAÇÃO Descartes séc. XVII Divisão do indivíduo em duas entidades separadas, mas inter-relacionadas:

Leia mais

MEDINDO e EXPLICANDO BEM-ESTAR SUBJETIVO

MEDINDO e EXPLICANDO BEM-ESTAR SUBJETIVO MEDINDO e EXPLICANDO BEM-ESTAR SUBJETIVO DR. JOHN HELLIWELL Professor Emérito de Economia pela Universidade de British Columbia, e Membro do Instituto Canadense para Pesquisas Avançadas; internacionalmente

Leia mais

f r a n c i s c o d e Viver com atenção c a m i n h o Herança espiritual da Congregação das Irmãs Franciscanas de Oirschot

f r a n c i s c o d e Viver com atenção c a m i n h o Herança espiritual da Congregação das Irmãs Franciscanas de Oirschot Viver com atenção O c a m i n h o d e f r a n c i s c o Herança espiritual da Congregação das Irmãs Franciscanas de Oirschot 2 Viver com atenção Conteúdo 1 O caminho de Francisco 9 2 O estabelecimento

Leia mais

CONGRESSO EMPRESARIAL COMO FALAR EM PÚBLICO

CONGRESSO EMPRESARIAL COMO FALAR EM PÚBLICO CONGRESSO EMPRESARIAL COMO FALAR EM PÚBLICO Romulo Gutierrez www.rgtreinamentos.com.br www.romulogutierrez.com.br 1 2 ENTREVISTOU TRÊS MIL PESSOAS EM 2012 3 19% - MEDO DA MORTE 4 32% - MEDO DE ALTURA 5

Leia mais