UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS. Reitora ANA DAYSE REZENDE DÓREA. Vice-Reitor EURICO DE BARROS LOBO FILHO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS. Reitora ANA DAYSE REZENDE DÓREA. Vice-Reitor EURICO DE BARROS LOBO FILHO"

Transcrição

1

2 UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS Reitora ANA DAYSE REZENDE DÓREA Vice-Reitor EURICO DE BARROS LOBO FILHO Chefia de Gabinete MARIA JOSÉ MENEZES MESSIAS Procuradora-Chefe VALÉRIA CARNEIRO LAGES RESSURREIÇÃO Pró-Reitoria de Planejamento JOÃO CARLOS CORDEIRO BARBIRATO Pró-Reitoria de Graduação PROGRAD MARIA DAS GRAÇAS MEDEIROS TAVARES Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa PROPEP JOSEALDO TONHOLO Pró-Reitoria Estudantil PROEST PEDRO NELSON BONFIM GOMES RIBEIRO Pró-Reitoria de Extensão PROEX EDUARDO SARMENTO DE LYRA Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas e do Trabalho PROGEP SÍLVIA REGINA CARDEAL

3 PROGRAMA DE GESTÃO DO CONHECIMENTO Coordenador do Programa OLIVAL DE GUSMÃO FREITAS JÚNIOR Assessoria de Comunicação ASCOM MÁRCIA REJANE DE ALENCAR GONÇALVES FERREIRA DE CARVALHO Gerente do Programa ANDRÉ LUIZ PEREIRA DOMARQUES DE MENEZES Bolsistas ADOLFO BRUNO MOURA CAVALCANTE GERDSON DE ARAÚJO SILVA JOSÉ DANIEL OLIVEIRA BILIA BARBOSA DE MELO LEVI DA SILVA RAMOS JÚNIOR MARCOS ANTÔNIO PEREIRA DA SILVA JÚNIOR

4 Histórico de Alterações Data Descrição Autoria 25/09/2008 Criação Marcos Pereira André Domarques 02/10/2008 Revisão Marcos Pereira 07/10/2008 Revisão André Domarques Marcos Pereira 15/09/2008 Publicação André Domarques 20/10/2008 Atualização Marcos Pereira André Domarques

5 SUMÁRIO Introdução... 6 Gestão de Conteúdos no ambiente WEB... 7 Gestão de Conteúdo... 7 Sistemas Gerenciadores de Conteúdo... 7 Portais Corporativos... 9 Sobre os Portais Corporativos da UFAL Tecnologias utilizadas Estrutura básica dos Portais Configurações do Plone Adicionar/Remover Produto Registro de Erros Configurações de Configurações do Portal Configurações de Aparência Administração de Usuários Grupos Usuários Cadastro... 21

6 INTRODUÇÃO Este Manual do Gestor do Portal destina-se aos gestores dos Portais Corporativos do Conhecimento da Universidade Federal de Alagoas. Entende-se como gestor do portal, o usuário devidamente cadastrado e autorizado pela instituição para administração de portais em um ambiente eletrônico que ofereça recursos tecnológicos apropriados para a gestão de conteúdos eletrônicos. O papel do gestor do portal compreende em executar operações inerentes a sua função, como gerenciar usuários e grupos, verificar erros, gerenciar produtos, e configurar o portal de modo a manter o pleno funcionamento do portal, objetivando preservar o nível de qualidade das informações e funcionalidades disponibilizadas no Portal. Cabe ao gestor do portal manter um relacionamento constante com o administrador do sistema, com o intuito de mantê-lo informado sobre as atividades relacionadas ao portal. Neste manual serão apresentadas as informações básicas necessárias ao gestor do portal para o completo gerenciamento dos portais da UFAL. A solução aplicada nos Portais Corporativos da UFAL utiliza o Sistema Gerenciador de Conteúdos Plone, utilizando o servidor ZOPE, banco de dados ZODB e linguagem de programação Python. 6

7 GESTÃO DE CONTEÚDOS NO AMBIENTE WEB A internet é incontestavelmente um poderoso meio de comunicação, o que possibilita as organizações ótimas oportunidades de negócios, sejam transações e negócios efetuados inteiramente no ambiente virtual ou como ambiente facilitador. Ao longo do tempo foram sendo desenvolvidas novas tecnologias que maximizam o poder da internet, dentre inúmeras ferramentas disponíveis, temos a gestão de conteúdos com a utilização de sistemas gerenciadores de conteúdo para criação de websites e portais corporativos. Gestão de Conteúdo A gestão de conteúdo é o processo e um fluxo de trabalho envolvido na organização, categorização e estruturação de recursos informacionais para que possam ser armazenados, publicados e reutilizados em diversas maneiras. Ainda podemos dizer que a gestão de conteúdos é um conjunto de técnicas, modelos, definições e procedimentos de ordem estratégica e tecnológica visando integração e automatização de todos os processos relacionados à criação, agregação, personalização, entrega e arquivamento de conteúdos de uma organização. Sistemas Gerenciadores de Conteúdo Um sistema gerenciador de conteúdo - SGC, ou Content Management System - CMS, é uma ferramenta que permite criar, gerenciar e publicar conteúdos no ambiente eletrônico. Um SGC não é um produto ou uma tecnologia, trata-se de um termo amplo que envolve um conjunto amplo de técnicas e procedimentos que dão suporte a nova geração de sites e portais de grande escala. Os sistemas gerenciadores de conteúdo são sistemas que possibilitam gerenciar, de forma simples e prática, conteúdos, tais como páginas, documentos, áudio, vídeo etc. Os SGCs podem ser utilizados em ambiente web, intranet ou extranet. Um sistema gerenciador de conteúdo pode ser usado para coletar, gerenciar e publicar conteúdo, armazenando o conteúdo em forma de componentes ou integralmente como documentos, enquanto mantém os hiperlinks entre componentes. Podendo também dispor de um controle de versão de conteúdo. Esta definição demonstra parte do que pode ser obtido com a utilização de sistemas gerenciadores de conteúdo na atualidade. As aplicações são muitas, face ao constante desenvolvimento de novas tecnologias e a aplicabilidade de soluções a determinados problemas. A seguir, demonstramos alguns dos processos e benefícios da utilização dos SGCs: Possibilita a reutilização de informações, permitindo a pronta integração de dados provenientes de diversas fontes; Permite o eficiente re-propósito de informações, ou seja, conteúdos que pode ser gerado em diferentes formas de apresentação; 7

8 Possibilita que a manutenção das informações seja de modo descentralizado, mas, ao mesmo tempo, preservando a segurança das informações; Possibilita uma apresentação consistente, separando o design de páginas web do conteúdo que é exibido; Facilita a tarefa de colocar informações na web; Facilita a gestão da informação sobre boas práticas adequadas, a fim de que os metadados 1 sejam capturadas no momento da criação ou modificação do conteúdo; Permite que estados passados do site sejam recriados ou restaurados. Dentre as funções básicas de um SGC podemos citar: Autoria: processo pelo qual os utilizadores podem criar conteúdos web em um ambiente regido por controle de usuários e permissões; Fluxo de trabalho: conjunto de regras adotadas na criação de conteúdos entre os processos de autoria e publicação. Armazenamento: é o processo de armazenamento das informações geradas no processo de autoria de conteúdos em um repositório, que podem ser um banco de dados ou em um arquivo XML. Publicação: é o processo pelo qual o conteúdo armazenado é entregue ao usuário. Geralmente são apresentados em forma de HTML, no entanto, podem ser apresentados em diferentes formas. 1 De acordo com a definição do World Wide Web Constortium W3C, metadados são informações localizadas na web, inteligíveis por um computador. Decerto, podemos dizer que um metadado é um dado utilizado para descrever um dado primário. 8

9 Portais Corporativos Os portais corporativos são instrumentos para compartilhamento e disseminação de informações e conhecimentos corporativos. Apresentam-se como uma plataforma única para o e-business (B2C, B2B, B2G etc.), possibilitando também a integração de vários sistemas de informação. Os portais corporativos oferecerem uma solução baseada na web (web-based) para resolver o problema da distribuição de informações corporativas e consolidação de objetos (relatórios, documentos, planilhas, formulários etc.) da inteligência corporativa (business intelligence), tornando estas informações disponíveis em um único ponto de acesso e podendo ser acessadas, através de um browser, em qualquer ponto do planeta com uma rígida política de controle de acesso e segurança. Dentre os componentes-chave de um portal corporativo, apresentamos abaixo uma figura que ilustra os componentes básicos de um portal corporativo: 9

10 SOBRE OS PORTAIS CORPORATIVOS DA UFAL Os portais corporativos do conhecimento da UFAL servirão como um meio de relacionamento efetivo e eficaz com a comunidade acadêmica e a sociedade. Através da disponibilização de informações e serviços, os portais corporativos do conhecimento possibilitarão aos seus usuários obter informações que necessitam e utilizar serviços através da internet, sem a necessidade de efetuar uma ligação ou estar presente na Instituição. Os portais corporativos visam, sobretudo, facilitar a disseminação e o compartilhamento de informações referentes às atividades acadêmicas desenvolvidas na universidade, facilitando e ampliando o relacionamento da instituição com a comunidade (interna e externa). Dentre os benefícios dos portais destacam-se: Aumentar a qualidade e acesso das informações e serviços prestados pela universidade para a sociedade; Integrar os diversos sistemas de informação por meio de único ponto de acesso; Possibilitar o gerenciamento da informação de maneira mais eficaz dentro da universidade e Adequar a universidade à realidade tecnológica. Os projetos de desenvolvimento dos portais corporativos são gerenciados de acordo com as melhores práticas de gerenciamento de projetos, garantindo que o projeto fique dentro do escopo e qualidade desejáveis. Todos os projetos de desenvolvimento utilizam conceitos de engenharia de software e de arquitetura de informação, visando fornecer em seus produtos elementos de navegabilidade, funcionabilidade, usabilidade e clareza. Além disso, existe um grande cuidado para que a taxonomia das informações e serviços sejam adequadas ao contexto do portal e de fácil entendimento pelo público-alvo do mesmo. 10

11 Tecnologias utilizadas O desenvolvimento dos portais é feito utilizando o ambiente Plone (sistema gerenciador de conteúdo), ZOPE (servidor de aplicações web), Python (linguagem de programação) e ZODB (banco de dados orientado a objetos), que permitem grande produtividade, eficiência e otimização dos processos de desenvolvimento e de interação com o usuário. A plataforma Plone reúne um conjunto de características que favorece o seu uso como sistema de gestão de conteúdo, tais como: Filosofia de software livre; Flexibilidade e facilidade de customização e Conformidade com os diversos padrões internacionais. Essa plataforma também fornece um conjunto de componentes funcionais que minimizam o esforço de implementação, além de oferecer diversos recursos de desenvolvimento rápido de aplicações (RAD). Todavia, é necessário enfatizar o esforço adicional de análise e levantamento de requisitos visando à definição da arquitetura de informação. Os portais corporativos do UFAL foram desenvolvidos utilizando as seguintes tecnologias: Tecnologia Sistema Operacional Servidores Linguagem de programação: Bancos de dados: Sistema Gerenciador de Conteúdo Descrição GNU/Linux Debian Zope e Apache Pyhon ZODB e MySQL Plone Estrutura básica dos Portais A estrutura básica dos portais corporativos da UFAL foi criada especialmente focada em seus utilizadores, observadas as boas práticas de diagramação, usabilidade e acessibilidade. O layout foi desenhado de forma a oferecer uma interface atraente, usável, limpa e agradável, livre de excessos e incorreções. Pode-se observar a harmonia entre as cores, utilizadas em consonância com o brasão da UFAL. O portal apresenta três formas de apresentação, a primeira é a capa do site, a segunda é a forma padrão utilizada no portal e a terceira é utilizada em seções especiais do site. A seguir é apresentada a estrutura básica dos portais da UFAL: 11

12 1. Barra Institucional 6. Onde estou? (localização de navegação) 2. Cabeçalho 7. Conteúdo 3. Ferramenta de Busca 8. Calendário de eventos 4. Navegação de destaque 9. Banners 5. Navegação principal 10. Rodapé 12

13 CONFIGURAÇÕES DO PLONE Uma característica que faz do Plone uma ferramenta flexível é que ele permite diversas configurações. Porém, para modificar as configurações necessitamos de uma conta de Administrador ou uma conta com as permissões necessárias. Logado com uma conta de Administrado, clique em preferências. Teremos acesso à tela mostrada abaixo (ou semelhante): Adicionar/Remover Produto Grande parte das novas funcionalidades do Plone, são oferecidas através de Produtos. 13

14 Para instalar um produto, você precisa mover o Produto para dentro da sua instância do Zope, que contém o Plone. Reiniciar o servidor Zope e acessar a opção Adicionar/Remover Produtos do Plone. A seguinte tela deverá ser mostrada: A primeira coluna é para produtos disponíveis para instalação e a segunda é de produtos instalados. Para instalar/remover um produto, basta o selecionar e clicar em instalar/desinstalar. Registro de Erros Em configurações do site, você também tem acesso ao Registro de Erros. Essa opção mostra todos os erros que ocorreram recentemente no Plone. 14

15 Também é possível excluir entradas, aumentar quantidade de exceções a serem mantidas, dentre outras configurações. Configurações de Na opção de Configurações de , podemos configurar um servidor de , para que sejam enviadas as requisições de envio de aos membros e ou visitantes do site. No campo servidor SMTP, podemos alterar o endereço do servidor que iremos enviar as solicitações de envio de . É muito comum rodar na mesma máquina, um servidor de smtp para o envio de mensagem provenientes do Plone. No campo Porta SMTP, podemos especificar uma porta diferente da padrão, caso seja necessário. Configurações do Portal Em Configurações do Portal, podemos alterar as configurações que afetaram todo o portal. 15

16 Veja as principais configurações que podem ser alteradas nessa opção: Título do Site (Obrigatório) - Este é o título do portal Plone. Ele aparece na página do Browser na parte superior esquerda. Descrição do Portal - Essa descrição é disponibilizada via conteúdo de divulgação em qualquer lugar. Ela deve ser um breve resumo. Deve ser utilizada para dar uma descrição do portal, caso seja necessário utilizar. Nome 'De' do Site - O Plone gera mensagens de usando esse nome como o remetente da mensagem. Endereço 'De' do Site (Obrigatório) - O Plone gera mensagens de usando esse endereço como seu endereço de retorno. Idioma Padrão - Especifique o idioma padrão a ser atribuído para os novos itens a serem criados. Esta função permite que quando não se consiga identificar a linguagem do browser, uma linguagem padrão seja visualizada. Dependendo do site é interessante que seja colocado o idioma Português. Política de Senhas - Determina se os usuários podem ou não escolher sua senha inicial. Se a senha for escolhida pelos usuários, eles facilmente poderão criar contas falsas. Se isso for importante selecione 'Gerar'. As opções de senha são as seguintes: Gerar e enviar por a senha inicial dos membros Permitir que membros escolham sua senha inicial A vantagem de seu enviar a senha por , é que sempre você vai ter um válido do usuário na hora de sua criação de conta, não podendo assim o usuário utilizar fake accounts, contas falsas. Muitos usuários/grupos - Determina se o seu Plone está otimizado para pequenos ou grandes sites. Em ambientes com muitos usuários e/ou grupos pode ser muito lento ou impossível para construir uma lista de todos os usuários e grupos. Esta opção ajusta a interface de usuário e o comportamento do Plone para este caso, permitindo que você procure por usuários e grupos ao invés de listar todos eles. Habilitar o Recurso de Editor Externo - Determina se o recurso de editor externo está ativo. Isso requer que uma aplicação especial no lado cliente seja instalada. Para que seja utilizado esse recurso, é necessário que no lado do cliente também seja instalado um programa para visualizar o objeto. E este objeto ficará bloqueado quando ele estiver sendo editado. Exibir "Nomes Curtos" no conteúdo? - Exibe e permite aos usuários editarem o "Nome Curto" do conteúdo, o qual faz parte da URL do endereço do item de conteúdo. Uma vez ativo, os usuários poderão então ativar esta opção nas suas preferências. 16

17 Permitir que usuários anônimos vejam informações sobre o conteúdo - Determina se um usuário anônimo terá permissão para visualizar a informação do autor em objetos e pastas. Papéis com permissão de adicionar categorias - Usuários com um dos papéis selecionados aqui tem permissão para adicionar categorias no site. A tela de Configurações do Portal é mostrada abaixo. 17

18 Configurações de Aparência Nesta opção podemos alterar as configurações que afetam o visual e o sistema de modelos do portal. Esta opção permite selecionar as chamadas skins disponíveis no site. Administração de Usuários No Plone, é possível administrar as contas de usuários e grupos facilmente. Podemos adicionar usuários, alterar a sua senha, excluir o usuário, criar grupos e adicionar/remover pessoas do grupo. Grupos A criação de grupos de usuários facilita o trabalho do administrador do portal, pois é possível atribuir permissões em nível de grupos e não só de usuários. Para criar um novo grupo clique na guia grupos e em Adicionar novo grupo. Logo depois, você terá a opção de atribuir um nome, um título, uma descrição e do responsável pelo grupo. 18

19 Veja que na Visão Geral dos Grupos apareceu o grupo que criamos. Ao clicar no grupo que criamos somos direcionados para a tela abaixo. 19

20 Nessa tela podemos ver os membros do grupo e adicionar/remover usuários ao grupo, de uma forma bem simples. Clicando em Propriedades nos temos acesso novamente a uma tela semelhante à de criação, permitindo que alteremos o título, descrição e do grupo. Usuários Voltando para Administração de Usuários e Grupos, podemos alterar as configurações de usuários clicando na guia usuários. Escolhendo um dos usuários, temos acesso à tela abaixo. 20

21 Nesta tela podemos alterar as configurações do usuário, como nome, , local, idioma, editor de conteúdo e outras informações. Clicando na guia participações nos grupos, podemos adicionar/remover a participação do usuário em grupos disponíveis. Cadastro Para iniciar o uso do Plone, é necessário que se tenha um usuário cadastrado. Esse cadastro permitirá que o usuário tenha acesso a determinados conteúdos e aplicativos do Plone. No nosso caso, para cadastrar um novo usuário no Plone precisamos de um usuário já existente e com as permissões necessárias. Estando logado com esse usuário, clique em preferências na barra pessoal e depois em administração de usuários e grupos. 21

22 Deverá ser exibida a janela abaixo. Clique em adicionar novo usuário. 22

23 No caso acima, o usuário que está realizando cadastro escolhe sua própria senha. Porém, o administrador do sistema pode preferir a opção do próprio Plone escolher uma senha e enviar para o usuário (Veremos isso mais a frente!). Se todos os dados fornecidos no cadastro estiverem corretos, então o novo usuário já poderá acessar o Plone. Um usuário cadastrado pode acessar o Plone clicando no link acessar, na barra pessoal, que o redirecionará para a página de login. 23

UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS. Reitora ANA DAYSE REZENDE DÓREA. Vice-Reitor EURICO DE BARROS LOBO FILHO

UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS. Reitora ANA DAYSE REZENDE DÓREA. Vice-Reitor EURICO DE BARROS LOBO FILHO UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS Reitora ANA DAYSE REZENDE DÓREA Vice-Reitor EURICO DE BARROS LOBO FILHO Chefia de Gabinete MARIA JOSÉ MENEZES MESSIAS Procuradora-Chefe VALÉRIA CARNEIRO LAGES RESSURREIÇÃO

Leia mais

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA Manual de Utilização Google Grupos Sumário (Clique sobre a opção desejada para ir direto à página correspondente) Utilização do Google Grupos Introdução... 3 Página

Leia mais

Conteúdo. Curso de Introdução ao Plone. O que é Plone. Parte I Conceitos básicos

Conteúdo. Curso de Introdução ao Plone. O que é Plone. Parte I Conceitos básicos Curso de Introdução ao Plone Conteúdo Parte I - Conceitos básicos Parte II - Interface do Plone Parte III - Gerenciamento de usuários Modulo A Instrutores Carlos Alberto Alves Meira Laurimar Gonçalves

Leia mais

Produto IV: ATU SAAP. Manual de Referência

Produto IV: ATU SAAP. Manual de Referência Produto IV: ATU SAAP Manual de Referência Pablo Nogueira Oliveira Termo de Referência nº 129275 Contrato Número 2008/000988 Brasília, 30 de outubro de 2008 1 Sistema de Apoio à Ativideade Parlamentar SAAP

Leia mais

Curso de Introdução ao Plone. Instrutores Carlos Alberto Alves Meira Erick Gallani

Curso de Introdução ao Plone. Instrutores Carlos Alberto Alves Meira Erick Gallani Curso de Introdução ao Plone Instrutores Carlos Alberto Alves Meira Erick Gallani Conteúdo Parte I - Conceitos básicos Parte II - Interface do Plone Parte III - Gerenciamento de usuários Parte IV - Criação

Leia mais

Curso de Capacitação em Gerenciador de Conteúdo PLONE

Curso de Capacitação em Gerenciador de Conteúdo PLONE Curso de Capacitação em Gerenciador de Conteúdo PLONE 1 Índice Dicas iniciais O que é o Plone? 3 Formulário de Solicitação 6 Acesso ao Plone 6 Configurações do Site 14 Inserindo Conteúdo Inserir Pastas

Leia mais

SGCD 2.2. Sistema Gerenciador de Conteúdo Dinâmico

SGCD 2.2. Sistema Gerenciador de Conteúdo Dinâmico Atualizado em 13/AGO/2012 Sistema Gerenciador de Conteúdo Dinâmico No final de 2007, o Serviço Técnico de Informática da UNESP Marília, disponibilizou para a comunidade acadêmica e administrativa o Sistema

Leia mais

Ferramenta: Spider-CL. Manual do Usuário. Versão da Ferramenta: 1.1. www.ufpa.br/spider

Ferramenta: Spider-CL. Manual do Usuário. Versão da Ferramenta: 1.1. www.ufpa.br/spider Ferramenta: Spider-CL Manual do Usuário Versão da Ferramenta: 1.1 www.ufpa.br/spider Histórico de Revisões Data Versão Descrição Autor 14/07/2009 1.0 15/07/2009 1.1 16/07/2009 1.2 20/05/2010 1.3 Preenchimento

Leia mais

Portal Institucional do IFPB

Portal Institucional do IFPB Capacitação para utilização do Portal Institucional do IFPB Introdução O objetivo dessa treinamento é apresentar o site do IFPB, e capacitar os novos usuários para utilizar suas principais ferramentas

Leia mais

Servidor IIS. Sorayachristiane.blogspot.com

Servidor IIS. Sorayachristiane.blogspot.com Servidor IIS Servidor IIS IIS Serviço de informação de Internet; É um servidor que permite hospedar um ou vários sites web no mesmo computador e cria uma distribuição de arquivos utilizando o protocolo

Leia mais

SGCD 2.0 Sistema Gerenciador de Conteúdo Dinâmico

SGCD 2.0 Sistema Gerenciador de Conteúdo Dinâmico Sistema Gerenciador de Conteúdo Dinâmico Atualizado em 24/08/2011 No final de 2007, o Serviço Técnico de Informática da UNESP Marília, disponibilizou para a comunidade acadêmica e administrativa o Sistema

Leia mais

Páginas... 31 Pasta / Menu... 33 Coleção... 34 Como tornar uma página o conteúdo principal de um menu ou pasta... 37 IV. Produtos adicionais...

Páginas... 31 Pasta / Menu... 33 Coleção... 34 Como tornar uma página o conteúdo principal de um menu ou pasta... 37 IV. Produtos adicionais... Índice I. Introdução... 4 Puxa que bom, mas o que é um CMS?... 5 O Plone... 6 Usabilidade... 6 Acessibilidade... 6 Padrões... 6 Segurança... 6 Open Source... 6 Sobre este manual... 7 Requisitos... 7 Importante...

Leia mais

1. Introdução pág.3 2. Apresentação do sistema Joomla! pág.4 3. Acessando a administração do site pág.4 4. Artigos 4.1. Criando um Artigo 4.2.

1. Introdução pág.3 2. Apresentação do sistema Joomla! pág.4 3. Acessando a administração do site pág.4 4. Artigos 4.1. Criando um Artigo 4.2. 1. Introdução pág.3 2. Apresentação do sistema Joomla! pág.4 3. Acessando a administração do site pág.4 4. Artigos 4.1. Criando um Artigo 4.2. Editando um Artigo 4.3. Excluindo um Artigo 4.4. Publicar

Leia mais

Manual de Utilização do PLONE (Gerenciador de página pessoal)

Manual de Utilização do PLONE (Gerenciador de página pessoal) Manual de Utilização do PLONE (Gerenciador de página pessoal) Acessando o Sistema Para acessar a interface de colaboração de conteúdo, entre no endereço http://paginapessoal.utfpr.edu.br. No formulário

Leia mais

Ambiente Virtual de Aprendizagem C.S.G. M anual do Professor

Ambiente Virtual de Aprendizagem C.S.G. M anual do Professor Ambiente Virtual de Aprendizagem C.S.G. M anual do Professor Sumário Pré-requisitos para o Moodle... Entrar no Ambiente... Usuário ou senha esquecidos?... Meus cursos... Calendário... Atividades recentes...

Leia mais

Utilizaremos a última versão estável do Joomla (Versão 2.5.4), lançada em

Utilizaremos a última versão estável do Joomla (Versão 2.5.4), lançada em 5 O Joomla: O Joomla (pronuncia-se djumla ) é um Sistema de gestão de conteúdos (Content Management System - CMS) desenvolvido a partir do CMS Mambo. É desenvolvido em PHP e pode ser executado no servidor

Leia mais

Manual de Usuário do UnB Webmail Destinado aos usuários de e-mail da Universidade de Brasília MODO DINÂMICO

Manual de Usuário do UnB Webmail Destinado aos usuários de e-mail da Universidade de Brasília MODO DINÂMICO Destinado aos usuários de e-mail da Universidade de Brasília MODO DINÂMICO Elaboração: Equipe de Suporte Avançado do CPD SA/SRS/CPD/UnB suporte@unb.br Universidade de Brasília Brasília / 2014 Resumo A

Leia mais

INTRODUÇÃO 2 ACESSO AO SIGTECWEB 3 TEMPO DE CONEXÃO 5 NAVEGAÇÃO 7 BARRA DE AÇÕES 7 COMPORTAMENTO DOS BOTÕES 7 FILTROS PARA PESQUISA 8

INTRODUÇÃO 2 ACESSO AO SIGTECWEB 3 TEMPO DE CONEXÃO 5 NAVEGAÇÃO 7 BARRA DE AÇÕES 7 COMPORTAMENTO DOS BOTÕES 7 FILTROS PARA PESQUISA 8 ÍNDICE INTRODUÇÃO 2 ACESSO AO SIGTECWEB 3 TEMPO DE CONEXÃO 5 NAVEGAÇÃO 7 BARRA DE AÇÕES 7 COMPORTAMENTO DOS BOTÕES 7 FILTROS PARA PESQUISA 8 ACESSO ÀS FERRAMENTAS 9 FUNÇÕES 12 MENSAGENS 14 CAMPOS OBRIGATÓRIOS

Leia mais

Introdução ao Plone. terça-feira, 4 de agosto de 15

Introdução ao Plone. terça-feira, 4 de agosto de 15 Introdução ao Plone Sumário O que é Gestão de Conteúdo O que é Conteúdo Principais características de um CMS O que é o Plone Tipos de conteúdo no Plone Metadados Templates Interface do portal Gestão de

Leia mais

MANUAL DO SISTEMA DE CARGA HORÁRIA ESPECIAL Diretor

MANUAL DO SISTEMA DE CARGA HORÁRIA ESPECIAL Diretor MANUAL DO SISTEMA DE CARGA HORÁRIA ESPECIAL Diretor SUMÁRIO Introdução... 2 Como acessar o sistema - DIRETOR... 3 Seleção de CHE Regular - DIRETOR... 4 Seleção de CHE Profissionalizante - DIRETOR... 7

Leia mais

Fase III Iteração IV

Fase III Iteração IV Fase III Iteração IV Sistema de Previsão do Tempo, Integração com os sistemas do Interlegis e Validação 1) Introdução Na penúltima fase de implementação foram desenvolvidos sistemas para Previsão do Tempo,

Leia mais

MANUAL DE ADMINISTRAÇÃO DO SOFTWARE E COMUNIDADES DO PORTAL DO SOFTWARE PÚBLICO BRASILEIRO. Em construção

MANUAL DE ADMINISTRAÇÃO DO SOFTWARE E COMUNIDADES DO PORTAL DO SOFTWARE PÚBLICO BRASILEIRO. Em construção MANUAL DE ADMINISTRAÇÃO DO SOFTWARE E COMUNIDADES DO PORTAL DO SOFTWARE PÚBLICO BRASILEIRO Em construção Índice 1. Introdução 2. Cadastrar e Logar no Portal 3. Plataforma de redes Sociais Noosfero 3.1.

Leia mais

5 O Joomla: Web Apache Banco de Dados MySQL http://www.joomla.org/ - 55 -

5 O Joomla: Web Apache Banco de Dados MySQL http://www.joomla.org/ - 55 - 5 O Joomla: O Joomla (pronuncia-se djumla ) é um Sistema de Gestão de Conteúdos (Content Management System - CMS) desenvolvido a partir do CMS Mambo. É desenvolvido em PHP e pode ser executado no servidor

Leia mais

OFICINA BLOG DAS ESCOLAS

OFICINA BLOG DAS ESCOLAS OFICINA BLOG DAS ESCOLAS Créditos: Márcio Corrente Gonçalves Mônica Norris Ribeiro Março 2010 1 ACESSANDO O BLOG Blog das Escolas MANUAL DO ADMINISTRADOR Para acessar o blog da sua escola, acesse o endereço

Leia mais

O uso do gestor de conteúdos plone no suporte a processos de software

O uso do gestor de conteúdos plone no suporte a processos de software O uso do gestor de conteúdos plone no suporte a processos de software Fernando Silva Parreiras Objetivo Demonstrar a aplicação de ferramentas de gestão de conteúdo, especificamente o plone, no apoio a

Leia mais

Novell Vibe 3.4. Novell. 1º de julho de 2013. Inicialização Rápida. Iniciando o Novell Vibe. Conhecendo a interface do Novell Vibe e seus recursos

Novell Vibe 3.4. Novell. 1º de julho de 2013. Inicialização Rápida. Iniciando o Novell Vibe. Conhecendo a interface do Novell Vibe e seus recursos Novell Vibe 3.4 1º de julho de 2013 Novell Inicialização Rápida Quando você começa a usar o Novell Vibe, a primeira coisa a se fazer é configurar sua área de trabalho pessoal e criar uma área de trabalho

Leia mais

Faculdade de Tecnologia Senac (Pelotas) Análise e desenvolvimento de Sistemas Sistemas de Informação

Faculdade de Tecnologia Senac (Pelotas) Análise e desenvolvimento de Sistemas Sistemas de Informação Faculdade de Tecnologia Senac (Pelotas) Análise e desenvolvimento de Sistemas Sistemas de Informação Investigando Sistemas de Informação PHP-Nuke Maxwell Rodrigues Laner Sumário 1. Introdução...3 2. 1

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS GIZ/PROGRAD. Tutorial UFMG Virtual Os primeiros passos do docente

UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS GIZ/PROGRAD. Tutorial UFMG Virtual Os primeiros passos do docente UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS GIZ/PROGRAD Tutorial UFMG Virtual Os primeiros passos do docente Nereu Agnelo Cavalheiro contato@nereujr.com Tutorial UFMG Virtual Primeiros passos do docente Este

Leia mais

CADASTRO DE USUÁRIO PORTAL WEB

CADASTRO DE USUÁRIO PORTAL WEB CADASTRO DE USUÁRIO PORTAL WEB SUMÁRIO 1. ACESSANDO PELA PÁGINA DEFAULT... 3 2. ACESSANDO PELA PÁGINA DE LOGIN... 3 3. ACESSANDO PELO MENU PRINCIPAL... 4 3.1. EFETUAR CADASTRO... 5 3.2. ALTERAR CADASTRO...

Leia mais

Guia de Utilização do Microsoft Dynamics CRM (Gestão de Relacionamento com Clientes)

Guia de Utilização do Microsoft Dynamics CRM (Gestão de Relacionamento com Clientes) Guia de Utilização do Microsoft Dynamics CRM (Gestão de Relacionamento com Clientes) 1. Sobre o Microsoft Dynamics CRM - O Microsoft Dynamics CRM permite criar e manter facilmente uma visão clara dos clientes,

Leia mais

WampServer. O ícone do mesmo aparecerá no rodapé do monitor, próximo ao. Language => portuguese.

WampServer. O ícone do mesmo aparecerá no rodapé do monitor, próximo ao. Language => portuguese. 5 O Joomla: O Joomla (pronuncia-se djumla ) é um Sistema de Gestão de Conteúdos (Content Management System - CMS) desenvolvido a partir do CMS Mambo. É desenvolvido em PHP e pode ser executado no servidor

Leia mais

COORDENAÇÃO DE ENSINO A DISTÂNCIA - EaD

COORDENAÇÃO DE ENSINO A DISTÂNCIA - EaD COORDENAÇÃO DE ENSINO A DISTÂNCIA - EaD TUTORIAL MOODLE VERSÃO ALUNO Machado/MG 2013 SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO... 4 2. EDITANDO O PERFIL... 5 2.1 Como editar o perfil?... 5 2.2 Como mudar a senha?... 5 2.3

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS CERCOMP (CENTRO DE RECURSOS COMPUTACIONAIS) TUTORIAL DE USO DO WEBMAIL - UFG

UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS CERCOMP (CENTRO DE RECURSOS COMPUTACIONAIS) TUTORIAL DE USO DO WEBMAIL - UFG UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS CERCOMP (CENTRO DE RECURSOS COMPUTACIONAIS) TUTORIAL DE USO DO WEBMAIL - UFG Página 1 de 26 Sumário Introdução...3 Layout do Webmail...4 Zimbra: Nível Intermediário...5 Fazer

Leia mais

Novell Vibe 4.0. Março de 2015. Inicialização Rápida. Iniciando o Novell Vibe. Conhecendo a interface do Novell Vibe e seus recursos

Novell Vibe 4.0. Março de 2015. Inicialização Rápida. Iniciando o Novell Vibe. Conhecendo a interface do Novell Vibe e seus recursos Novell Vibe 4.0 Março de 2015 Inicialização Rápida Quando você começa a usar o Novell Vibe, a primeira coisa a se fazer é configurar sua área de trabalho pessoal e criar uma área de trabalho de equipe.

Leia mais

ALUNES MANUAL DO USUÁRIO. Guia rápido Alunes

ALUNES MANUAL DO USUÁRIO. Guia rápido Alunes ALUNES MANUAL DO USUÁRIO Guia rápido Alunes 1 Manual de Instruções Versão 2.0 Alunes Informática 2 Sumário Introdução... 5 Pré-requisitos... 5 Principal/Home... 6 Como editar texto do home... 7 Desvendando

Leia mais

Presskit Guia Rápido. Release 2.0. Presskit

Presskit Guia Rápido. Release 2.0. Presskit Presskit Guia Rápido Release 2.0 Presskit 06/07/2009 Sumário 1 Login 2 Login e Senha...................................... 2 Esqueci minha senha.................................. 2 Fale Com o Suporte...................................

Leia mais

SENADO FEDERAL Secretaria Especial do Interlegis SINTER Subsecretaria de Tecnologia da Informação SSTIN. Produto I: ATU SAAP

SENADO FEDERAL Secretaria Especial do Interlegis SINTER Subsecretaria de Tecnologia da Informação SSTIN. Produto I: ATU SAAP Produto I: ATU SAAP Documento de projeto do novo sistema. Modelo de Dados, Casos de Usos e Interface Gráfica do Sistema Pablo Nogueira Oliveira Termo de Referência nº 129275 Contrato Número 2008/000988

Leia mais

MANUAL PARA USO DO SISTEMA GCO Gerenciador Clínico Odontológico

MANUAL PARA USO DO SISTEMA GCO Gerenciador Clínico Odontológico MANUAL PARA USO DO SISTEMA GCO Gerenciador Clínico Odontológico O GCO é um sistema de controle de clínicas odontológicas, onde dentistas terão acesso a agendas, fichas de pacientes, controle de estoque,

Leia mais

Introdução a listas - Windows SharePoint Services - Microsoft Office Online

Introdução a listas - Windows SharePoint Services - Microsoft Office Online Page 1 of 5 Windows SharePoint Services Introdução a listas Ocultar tudo Uma lista é um conjunto de informações que você compartilha com membros da equipe. Por exemplo, você pode criar uma folha de inscrição

Leia mais

Manual Ilha Web Imóveis. Sistema para Imobiliárias e Corretores. Ilha Web Internet Ltda.

Manual Ilha Web Imóveis. Sistema para Imobiliárias e Corretores. Ilha Web Internet Ltda. Manual Ilha Web Imóveis Sistema para Imobiliárias e Corretores Ilha Web Internet Ltda. Sumário 1 REQUISITOS DO SERVIDOR...3 2 INSTRUÇÕES DE INSTALAÇÃO...4 2.1 CRIE UMA BASE DE DADOS...4 2.2 MODIFIQUE O

Leia mais

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO AGRÁRIO SUBSECRETARIA DE PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E ADMINISTRAÇÃO COORDENAÇÃO-GERAL DE MODERNIZAÇÃO E INFORMÁTICA

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO AGRÁRIO SUBSECRETARIA DE PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E ADMINISTRAÇÃO COORDENAÇÃO-GERAL DE MODERNIZAÇÃO E INFORMÁTICA MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO AGRÁRIO SUBSECRETARIA DE PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E ADMINISTRAÇÃO COORDENAÇÃO-GERAL DE MODERNIZAÇÃO E INFORMÁTICA SACI LIVRE SISTEMA DE ADMINISTRAÇÃO DE CONTEÚDO INSTITUCIONAL

Leia mais

[SITE FÁCIL CDL MANUAL DO USUÁRIO]

[SITE FÁCIL CDL MANUAL DO USUÁRIO] Câmara de Dirigentes Lojistas [SITE FÁCIL CDL MANUAL DO USUÁRIO] Sumário 1. Controle de versão... 3 2. Objetivo... 4 3. Site fácil... 4 4. Acessando o sistema de gestão de conteúdo (SGC)... 5 5. Páginas

Leia mais

TEXTO 2 INCLUSÃO E EXCLUSÃO DE USUÁRIOS (PARTICIPANTES) NO CURSO E CRIAÇÃO DE GRUPOS MANUAIS E AUTOMATICAMENTE

TEXTO 2 INCLUSÃO E EXCLUSÃO DE USUÁRIOS (PARTICIPANTES) NO CURSO E CRIAÇÃO DE GRUPOS MANUAIS E AUTOMATICAMENTE 1 TEXTO 2 INCLUSÃO E EXCLUSÃO DE USUÁRIOS (PARTICIPANTES) NO CURSO E CRIAÇÃO DE GRUPOS MANUAIS E AUTOMATICAMENTE Acompanhamento de conclusão: aqui você pode ativar o rastreamento de conclusão das atividades.

Leia mais

Guia de Introdução ao Windows SharePoint Services

Guia de Introdução ao Windows SharePoint Services Guia de Introdução ao Windows SharePoint Services - Windows SharePoint Services... Page 1 of 11 Windows SharePoint Services Guia de Introdução ao Windows SharePoint Services Ocultar tudo O Microsoft Windows

Leia mais

Tutorial WEB CONTENT MANAGEMENT [WCM] Obtenha benefícios a partir das aplicações customizadas da ADMT.

Tutorial WEB CONTENT MANAGEMENT [WCM] Obtenha benefícios a partir das aplicações customizadas da ADMT. Tutorial WEB CONTENT MANAGEMENT [WCM] Obtenha benefícios a partir das aplicações customizadas da ADMT. PÁGINA: 2 de 21 Nenhuma parte deste documento pode ser utilizado ou reproduzido, em qualquer meio

Leia mais

INTRANET BUSCA CADASTROS PRODUTOS/SERVIÇOS E FORNECEDORES Manual do Usuário

INTRANET BUSCA CADASTROS PRODUTOS/SERVIÇOS E FORNECEDORES Manual do Usuário INTRANET BUSCA CADASTROS PRODUTOS/SERVIÇOS E FORNECEDORES Manual do Usuário Página 2 de 55 1. OBJETIVO:... 3 2. PRÉ-REQUISITOS:... 3 3. ACESSOS AO AMBIENTE:... 3 3.1. ACESSO A INTRANET... 3 3.2. ESQUECI

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DA FRONTEIRA SUL AMBIENTE VIRTUAL INSTITUCIONAL MOODLE/UFFS

UNIVERSIDADE FEDERAL DA FRONTEIRA SUL AMBIENTE VIRTUAL INSTITUCIONAL MOODLE/UFFS UNIVERSIDADE FEDERAL DA FRONTEIRA SUL AMBIENTE VIRTUAL INSTITUCIONAL MOODLE/UFFS Guia Inicial de Acesso e Utilização Para Docentes Versão 1.0b Outubro/2010 Acesso e utilização do Ambiente Virtual de Ensino

Leia mais

Conheça o Projeto. Apresentação. Finalidade. Objetivo

Conheça o Projeto. Apresentação. Finalidade. Objetivo Manual do Usuário Índice Conheça o Projeto...3 Apresentação...3 Finalidade...3 Objetivo...3 Histórico...4 Usando o Portal...5 Efetuando o cadastro na biblioteca digital...5 Logando na Biblioteca Digital...6

Leia mais

Manual do Usuário. E-DOC Peticionamento Eletrônico TST

Manual do Usuário. E-DOC Peticionamento Eletrônico TST E-DOC Peticionamento APRESENTAÇÃO O sistema E-DOC substituirá o atual sistema existente. Este sistema permitirá o controle de petições que utiliza certificado digital para autenticação de carga de documentos.

Leia mais

Manual de Gerenciamento de Conteúdo

Manual de Gerenciamento de Conteúdo Manual de Gerenciamento de Conteúdo 1 Sumário 1) O que é um Gerenciador de Conteúdo...3 2) Como o Site está Estruturado...3 3) Como Gerenciar o Conteúdo do Site...5 3.1) Adicionar Itens no Menu de Navegação...6

Leia mais

SUMÁRIO. 1. Sobre O SOAC. 2. Histórico. 3. Contato. 4. Página Inicial Sistema Eletrônico de Administração de Conferências

SUMÁRIO. 1. Sobre O SOAC. 2. Histórico. 3. Contato. 4. Página Inicial Sistema Eletrônico de Administração de Conferências SUMÁRIO 1. Sobre O SOAC 2. Histórico 3. Contato 4. Página Inicial Sistema Eletrônico de Administração de Conferências 4.1 Página Capa Localizada no Menu Horizontal Principal 4.2 Página Sobre Localizada

Leia mais

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA Compartilhamento de Arquivos no Google Drive Sumário (Clique sobre a opção desejada para ir direto à página correspondente) Utilização do Google Grupos Introdução...

Leia mais

Introdução ao Sistema Gestor de Conteúdo. Parte VI Entendendo o Workflow. Entendendo o workflow do Plone 3. Estados dos objetos - Privado

Introdução ao Sistema Gestor de Conteúdo. Parte VI Entendendo o Workflow. Entendendo o workflow do Plone 3. Estados dos objetos - Privado Introdução ao Sistema Gestor de Conteúdo Modulo B Instrutores Carlos Alberto Alves Meira Laurimar Gonçalves Vendrusculo Parte VI Entendendo o Workflow Junho de 2009 Entendendo o workflow do Plone 3 Estados

Leia mais

Scientific Electronic Library Online Sistema SciELO de Publicação Guia do usuário

Scientific Electronic Library Online Sistema SciELO de Publicação Guia do usuário Scientific Electronic Library Online Sistema SciELO de Publicação Guia do usuário São Paulo, junho de 2007 1º Versão SUMÁRIO 1 Introdução... 3 2 Autor... 5 2.1 Cadastro no sistema (http://submission.scielo.br),

Leia mais

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA Criação de Formulários no Google Drive Sumário (Clique sobre a opção desejada para ir direto à página correspondente) Criação de Formulários no Google Drive Introdução...

Leia mais

Manual do Usuário Publicador

Manual do Usuário Publicador Manual do Usuário Publicador Portal das Cidades Versão 1.2.1 Abril 2014 SERPRO Superintendência de Desenvolvimento SUPDE Setor de Desenvolvimento de Sítios e Portais DEDS2 Setor de Desenvolvimento Ciclo

Leia mais

Treinamento Plone. Unirio

Treinamento Plone. Unirio Treinamento Plone Unirio Autenticando no Site Ao abrir o site Plone, no canto superior direito você verá a aba acessar. Clique nela. Autenticando no Site Autenticando no Site Ao clicá-la, abrirá uma janela

Leia mais

Guia de Início Rápido da Caixa de Entrada do Cisco Unity Connection (Versão 10.x)

Guia de Início Rápido da Caixa de Entrada do Cisco Unity Connection (Versão 10.x) Guia de início rápido Guia de Início Rápido da Caixa de Entrada do Cisco Unity Connection (Versão 10.x) Caixa de Entrada da Web do Connection do Cisco Unity Connection(Versão 10.x) 2 Sobre a Caixa de Entrada

Leia mais

Manual do Sistema de RMO P á g i n a 2. Manual do Sistema de RMO. Registro Mensal de Ocorrências (GRH) Núcleo de Informática

Manual do Sistema de RMO P á g i n a 2. Manual do Sistema de RMO. Registro Mensal de Ocorrências (GRH) Núcleo de Informática Gerência de Recursos Humanos GRH/PRAD/UFMS Manual do Sistema de RMO Versão On-Line Núcleo de Informática Universidade Federal de Mato Grosso do Sul P á g i n a 2 Manual do Sistema de RMO Registro Mensal

Leia mais

Manual Do Usuário ClinicaBR

Manual Do Usuário ClinicaBR Manual Do Usuário ClinicaBR SUMÁRIO 1 Introdução... 01 2 ClinicaBR... 01 3 Como se cadastrar... 01 4 Versão experimental... 02 5 Requisitos mínimos p/ utilização... 03 6 Perfis de acesso... 03 6.1 Usuário

Leia mais

Sumário. Conteúdo Certificação OFFICE 2010

Sumário. Conteúdo Certificação OFFICE 2010 Conteúdo Certificação OFFICE 2010 Sumário Access 2010... 2 Excel Core 2010... 3 Excel Expert 2010... 4 Outlook 2010... 5 PowerPoint 2010... 8 Word Core 2010... 9 Word Expert 2010... 10 Access 2010 1. Gerenciando

Leia mais

Passo-a-Passo Curso do Sistema Eletrônico de Editoração de Revistas para Editor-Gerente

Passo-a-Passo Curso do Sistema Eletrônico de Editoração de Revistas para Editor-Gerente Passo-a-Passo Curso do Sistema Eletrônico de Editoração de Revistas para Editor-Gerente Versão do OJS/SEER 2.3.4 Universidade Federal de Goiás Sistema de Bibliotecas da UFG (SiBi) Gerência de Informação

Leia mais

KalumaFin. Manual do Usuário

KalumaFin. Manual do Usuário KalumaFin Manual do Usuário Sumário 1. DICIONÁRIO... 4 1.1 ÍCONES... Erro! Indicador não definido. 1.2 DEFINIÇÕES... 5 2. DESCRIÇÃO DO SISTEMA... 7 3. ACESSAR O SISTEMA... 8 4. PRINCIPAL... 9 4.1 MENU

Leia mais

Instalando o IIS 7 no Windows Server 2008

Instalando o IIS 7 no Windows Server 2008 Goiânia, 16/09/2013 Aluno: Rafael Vitor Prof. Kelly Instalando o IIS 7 no Windows Server 2008 Objetivo Esse tutorial tem como objetivo demonstrar como instalar e configurar o IIS 7.0 no Windows Server

Leia mais

Instalando o IIS 7 no Windows Server 2008

Instalando o IIS 7 no Windows Server 2008 Goiânia, 16/09/2013 Aluno: Rafael Vitor Prof. Kelly Instalando o IIS 7 no Windows Server 2008 Objetivo Esse tutorial tem como objetivo demonstrar como instalar e configurar o IIS 7.0 no Windows Server

Leia mais

I. Introdução...13 O que é um CMS?...15 O Plone...17 Usabilidade...17 Acessibilidade...17 Padrões...18 Segurança...18 Open Source...

I. Introdução...13 O que é um CMS?...15 O Plone...17 Usabilidade...17 Acessibilidade...17 Padrões...18 Segurança...18 Open Source... Simples Consultoria I. Introdução...13 O que é um CMS?...15 O Plone...17 Usabilidade...17 Acessibilidade...17 Padrões...18 Segurança...18 Open Source...18 Sobre este livro...19 Requisitos...19 Importante...20

Leia mais

INTRODUÇÃO AO AMBIENTE MOODLE DA UFPA. Guia rápido

INTRODUÇÃO AO AMBIENTE MOODLE DA UFPA. Guia rápido INTRODUÇÃO AO AMBIENTE MOODLE DA UFPA Guia rápido A PLATAFORMA MOODLE Moodle (Modular Object Oriented Distance LEarning) é um Sistema para Gerenciamento de Cursos (SGC). Trata-se de um programa para computador

Leia mais

Guia de administração. BlackBerry Professional Software para Microsoft Exchange. Versão: 4.1 Service pack: 4B

Guia de administração. BlackBerry Professional Software para Microsoft Exchange. Versão: 4.1 Service pack: 4B BlackBerry Professional Software para Microsoft Exchange Versão: 4.1 Service pack: 4B SWD-313211-0911044452-012 Conteúdo 1 Gerenciando contas de usuários... 7 Adicionar uma conta de usuário... 7 Adicionar

Leia mais

Manual de Uso. Intranet

Manual de Uso. Intranet Manual de Uso Intranet última atualização: setembro de 2013 1 2 Sumário 1- Acesso 04 2- Gerenciamento de páginas 04 3- Gerenciamento de layout e aparência das páginas 3.1- Layout 3.3- Aparência 07 07 08

Leia mais

Documentação do Sistema de Reserva de Salas da Intranet do ICMC-USP

Documentação do Sistema de Reserva de Salas da Intranet do ICMC-USP UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação Departamento de Ciências da Computação e Estatística Documentação do Sistema de Reserva de Salas da Intranet do ICMC-USP André

Leia mais

MANUAL DO PVP SUMÁRIO

MANUAL DO PVP SUMÁRIO Manual PVP - Professores SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO... 6 2 ACESSANDO O PVP... 8 3 TELA PRINCIPAL... 10 3.1 USUÁRIO... 10 3.2 INICIAL/PARAR... 10 3.3 RELATÓRIO... 10 3.4 INSTITUIÇÕES... 11 3.5 CONFIGURAR... 11

Leia mais

Manual do Usuário Anônimo

Manual do Usuário Anônimo Manual do Usuário Anônimo esupplierconnect Versão 8.1 10 de Março, 2014 Página 1/34 10 Mar., 2014 v8.1 Sumário: 1 Introdução 3 2 Sobre o esupplierconnect 5 2.1 Acesso ao Portal 6 2.2 Estrutura do Portal

Leia mais

CSF Designer Intuition SOLUÇÕES DE OUTPUT FIS

CSF Designer Intuition SOLUÇÕES DE OUTPUT FIS SOLUÇÕES DE OUTPUT FIS O CSF Designer Intuition TM da FIS ajuda organizações que lidam com o cliente a criar, de forma instantânea e interativa, documentos comerciais respeitando as regulações vigentes,

Leia mais

02 - Usando o SiteMaster - Informações importantes

02 - Usando o SiteMaster - Informações importantes 01 - Apresentação do SiteMaster - News Edition O SiteMaster foi desenvolvido para ser um sistema simples de gerenciamento de notícias, instalado em seu próprio computador e com configuração simplificada,

Leia mais

Manual do Instar Mail Sumário

Manual do Instar Mail Sumário Manual do Instar Mail Sumário 1 - Apresentação do sistema... 2 2 - Menu cliente... 2 3 - Menu Importação... 5 4 - Menu Campanhas... 9 5 - Menu banco de arquivos... 16 6 - Menu agendamento... 16 7 - Menu

Leia mais

Manual do Sistema de Apoio Operadores CDL

Manual do Sistema de Apoio Operadores CDL N / Rev.: Manual 751.1/02 Este documento não deve ser reproduzido sem autorização da FCDL/SC Aprovação: Representante da Direção Ademir Ruschel Elaboração: Supervisor da Qualidade Sílvia Regina Pelicioli

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MOODLE 2.6

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MOODLE 2.6 NÚCLEO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO NTIC MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MOODLE 2.6 PERFIL ALUNO Versão 1.0 2014 NÚCLEO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO NTIC MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MOODLE

Leia mais

Gestores e Provedores

Gestores e Provedores PORTAL 2010 Manual do Portal 15 Gestores e Provedores Publicação descentralizada As informações, produtos e serviços disponibilizados no Portal são publicados e atualizados pelas próprias unidades do

Leia mais

MOODLE é o acrónimo de "Modular Object-Oriented Dynamic Learning Environment. Executado em um AVA - Ambiente Virtual de Apresendizagem;

MOODLE é o acrónimo de Modular Object-Oriented Dynamic Learning Environment. Executado em um AVA - Ambiente Virtual de Apresendizagem; MOODLE é o acrónimo de "Modular Object-Oriented Dynamic Learning Environment Software livre, de apoio à aprendizagem; Executado em um AVA - Ambiente Virtual de Apresendizagem; A expressão designa ainda

Leia mais

CONCEITO: Moodle Moodle Moodle Moodle

CONCEITO: Moodle Moodle Moodle Moodle NE@D - Moodle CONCEITO: O Moodle é uma plataforma de aprendizagem a distância baseada em software livre. É um acrônimo de Modular Object-Oriented Dynamic Learning Environment (ambiente modular de aprendizagem

Leia mais

Site do Advogado Manual

Site do Advogado Manual Site do Advogado Manual Acesso ao site www.seudominio.com.br (em breve) www.siteadv.com.br/seudominio Para acessar a área administrativa, utilize o seguinte endereço: www.seudominio.com.br/restrito (em

Leia mais

Omega Tecnologia Manual Omega Hosting

Omega Tecnologia Manual Omega Hosting Omega Tecnologia Manual Omega Hosting 1 2 Índice Sobre o Omega Hosting... 3 1 Primeiro Acesso... 4 2 Tela Inicial...5 2.1 Área de menu... 5 2.2 Área de navegação... 7 3 Itens do painel de Controle... 8

Leia mais

Novell Teaming 2.0. Novell. 29 de julho de 2009. Início Rápido. Iniciando o Novell Teaming. Conhecendo a interface do Novell Teaming e seus recursos

Novell Teaming 2.0. Novell. 29 de julho de 2009. Início Rápido. Iniciando o Novell Teaming. Conhecendo a interface do Novell Teaming e seus recursos Novell Teaming 2.0 29 de julho de 2009 Novell Início Rápido Quando você começa a usar o Novell Teaming, a primeira coisa a se fazer é configurar sua área de trabalho pessoal e criar uma área de trabalho

Leia mais

ANEXO 11. - Conteúdos em formato de texto puro e listas; - Conteúdos em formato de texto puro e conteúdo categorizado;

ANEXO 11. - Conteúdos em formato de texto puro e listas; - Conteúdos em formato de texto puro e conteúdo categorizado; ANEXO 11 O CMS PROCERGS Para o desenvolvimento de sites, objeto deste edital, a empresa contratada obrigatoriamente utilizará uma ferramenta CMS (Content Management Systems ou Sistema de Gestão de Conteúdo)

Leia mais

Universidade Federal de Uberlândia UFU. Reitor Alfredo Julio Fernandes Neto reitoria@ufu.br. Vice-Reitor Darizon Alves de Andrade reitoria@ufu.

Universidade Federal de Uberlândia UFU. Reitor Alfredo Julio Fernandes Neto reitoria@ufu.br. Vice-Reitor Darizon Alves de Andrade reitoria@ufu. AÇÕES AÇÕES Universidade Federal de Uberlândia UFU Reitor Alfredo Julio Fernandes Neto reitoria@ufu.br Vice-Reitor Darizon Alves de Andrade reitoria@ufu.br Pró-Reitor de Extensão, Cultura e Assuntos Estudantis

Leia mais

XXIV SEMANA MATEMÁTICA

XXIV SEMANA MATEMÁTICA XXIV SEMANA ACADÊMICA DA MATEMÁTICA Minicurso: Produção de Páginas Web para Professores de Matemática Projeto de Extensão: Uma Articulação entre a Matemática e a Informática como Instrumento para a Cidadania

Leia mais

Excel 2010 Modulo II

Excel 2010 Modulo II Excel 2010 Modulo II Sumário Nomeando intervalos de células... 1 Classificação e filtro de dados... 3 Subtotais... 6 Validação e auditoria de dados... 8 Validação e auditoria de dados... 9 Cenários...

Leia mais

Gestão do Conteúdo. 1. Introdução

Gestão do Conteúdo. 1. Introdução Gestão do Conteúdo 1. Introdução Ser capaz de fornecer informações a qualquer momento, lugar ou através de qualquer método e ser capaz de fazê-lo de uma forma econômica e rápida está se tornando uma exigência

Leia mais

Comunidade Virtual de Disseminação e Aprendizagem-(ComViD@)

Comunidade Virtual de Disseminação e Aprendizagem-(ComViD@) PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA FEDERAL NO CEARÁ Núcleo Seccional da ESMAFE - 5ª Região no Ceará Comunidade Virtual de Disseminação e Aprendizagem-(ComViD@) AMBIENTAÇÃO NA PLATAFORMA 1. Cadastro 2. Preenchimento

Leia mais

SISDEX SISTEMA DE CONTROLE DE DOCUMENTOS EXPEDIDOS

SISDEX SISTEMA DE CONTROLE DE DOCUMENTOS EXPEDIDOS - MDA - SPOA - CGMI SISDEX SISTEMA DE CONTROLE DE DOCUMENTOS EXPEDIDOS MANUAL DO USUÁRIO Pesquisa no Sistema BRASÍLIA, AGOSTO DE 2007 Versão 1.0 SISDEX SISTEMA DE CONTROLE DE DOCUMENTOS EXPEDIDOS MANUAL

Leia mais

Portal Contador Parceiro

Portal Contador Parceiro Portal Contador Parceiro Manual do Usuário Produzido por: Informática Educativa 1. Portal Contador Parceiro... 03 2. Acesso ao Portal... 04 3. Profissionais...11 4. Restrito...16 4.1 Perfil... 18 4.2 Artigos...

Leia mais

Sistemas Enturma: Manual de Ferramentas do Usuário

Sistemas Enturma: Manual de Ferramentas do Usuário versão do manual: 1 1 Apresentação A evolução da tecnologia vem provocando uma revolução no ensino. O acesso à Internet e a disseminação do uso do computador vêm mudando a forma de produzir, armazenar

Leia mais

Tema UFPel 2.0 WP Institucional Guia de Opções de Personalização

Tema UFPel 2.0 WP Institucional Guia de Opções de Personalização Tema UFPel 2.0 WP Institucional Guia de Opções de Personalização Sumário 1. Configurações Iniciais...2 1.1. Configurando o Menu Personalizado...2 1.2. Configurando os Widgets...3 2. Localize o nome de

Leia mais

Outlook 2003. Apresentação

Outlook 2003. Apresentação Outlook 2003 Apresentação O Microsoft Office Outlook 2003 é um programa de comunicação e gerenciador de informações pessoais que fornece um local unificado para o gerenciamento de e-mails, calendários,

Leia mais

Copyright 2008-2012 IN9 Mídia Soluções Digitais Inc. Todos os Direitos Reservados.

Copyright 2008-2012 IN9 Mídia Soluções Digitais Inc. Todos os Direitos Reservados. 1 Conteúdo Capítulo 1... 4 Introdução... 4 Capítulo 2... 5 Instalando o Sistema de Gestão do Atendimento... 5 Instalando e configurando a máquina do Totem... 8 Alterando o Arquivo de Configuração... 9

Leia mais

Minicurso Desenvolvimento WEB com alta produtividade com CMS Joomla! Prof. Ms. Paloma Maira de Oliveira

Minicurso Desenvolvimento WEB com alta produtividade com CMS Joomla! Prof. Ms. Paloma Maira de Oliveira Minicurso Desenvolvimento WEB com alta produtividade com CMS Joomla! Prof. Ms. Paloma Maira de Oliveira JOOMLA O que é Joomla CMS? O Joomla é um Sistema de Administração de conteúdos (CMS Content Manager

Leia mais

Administração pela Web Para MDaemon 6.0

Administração pela Web Para MDaemon 6.0 Administração pela Web Para MDaemon 6.0 Alt-N Technologies, Ltd 1179 Corporate Drive West, #103 Arlington, TX 76006 Tel: (817) 652-0204 2002 Alt-N Technologies. Todos os Direitos Reservados. Os nomes de

Leia mais

Manual de Operações Básicas. Thiago Passamani

Manual de Operações Básicas. Thiago Passamani Manual de Operações Básicas Thiago Passamani 1 - Entrando e saindo do sistema O Zimbra Suíte de Colaboração é um software de correio eletrônico open source com suporte para e-mail, contatos, calendário

Leia mais

Copyright 2015 Mandic Cloud Solutions - Somos Especialistas em Cloud. www.mandic.com.br

Copyright 2015 Mandic Cloud Solutions - Somos Especialistas em Cloud. www.mandic.com.br Sumário 1. Boas vindas... 4 2. Dashboard... 4 3. Cloud... 5 3.1 Servidores... 5 o Contratar Novo Servidor... 5 o Detalhes do Servidor... 9 3.2 Cloud Backup... 13 o Alteração de quota... 13 o Senha do agente...

Leia mais