FADERGS Faculdade de Desenvolvimento do Rio Grande do Sul Vestibular INSTRUÇÕES PARA A PROVA

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "FADERGS Faculdade de Desenvolvimento do Rio Grande do Sul Vestibular 2014-1 INSTRUÇÕES PARA A PROVA"

Transcrição

1

2 INSTRUÇÕES PARA A PROVA Não é permitido o uso de calculadora ou outro equipamento eletrônico ou mecânico de auxílio aos cálculos, bem como não é permitido o uso de rádio, toca-fitas, toca-cd ou similares. Os aparelhos celulares deverão permanecer desligados durante a realização da prova. Se você tiver alguma dúvida, por favor, levante o braço para que o fiscal de sala possa atendê-lo. Jamais se levante da sua classe antes de concluir sua prova. Tenha o mesmo procedimento caso necessite ir ao banheiro. Deixe a carteira de identidade em cima da classe. Confira seus dados no cartão de respostas. Verifique se este caderno contém 60 questões, sendo uma de Redação e 59 objetivas. Utilize caneta esferográfica azul ou preta. Assine o cartão de respostas. Leia atentamente cada questão, escolha uma única resposta e preencha o espaço do cartão de respostas. Responda as questões referentes à Língua Estrangeira de acordo com a opção feita no ato da inscrição. A duração da prova é de 3 horas, incluindo a questão de redação. Ao final, entregue ao fiscal da sala o cartão de respostas, a redação e assine a ata de presença do Processo Seletivo. Preencha corretamente o cartão de respostas. Em caso de substituição, entregue ao fiscal o cartão de respostas inutilizado e copie todos os dados do cartão original. 2/16

3 REDAÇÃO INSTRUÇÕES: 1. Realize o rascunho na folha seguinte e, após, passe-o a limpo na folha em anexo, com letra legível e sem rasuras, utilizando caneta azul ou preta. 2. Seu texto deverá ser escrito na modalidade dissertativa e possuir entre 25 e 30 linhas. 3. Empregue argumentos consistentes para fundamentar suas opiniões. 4. Dê um título adequado ao texto. 5. Coloque o nome e o número de inscrição na folha do texto definitivo da redação. Elabore uma redação dissertativa conforme as orientações apresentadas nos textos e tema a seguir. A prefeitura do Rio de Janeiro começou a multar pessoas que jogam lixo na rua. As multas variam entre R$ 157, para quem descarta resíduos pequenos como bagana de cigarro ou palito de fósforo, até R$ 3 mil para objetos maiores. O cidadão flagrado em delito pelos fiscais é intimado a apresentar carteira de identidade e a informar o número do seu CPF, para confirmação imediata pelo computador portátil do guarda municipal. Se o infrator se negar a apresentar qualquer documento, poderá ser levado a uma delegacia para o devido registro da ocorrência. [...]. A Operação Lixo Zero, deflagrada pela prefeitura carioca depois de uma extrema campanha educativa, autuou mais de cem pessoas apenas no primeiro dia, a maioria pelo lançamento de pontas de cigarros no chão. Mas também estão na mira dos fiscais inúmeros outros atos de relaxamento que são perpetrados diariamente em todas as grandes metrópoles brasileiras, tais como o lançamento de papéis e embalagens da janela dos veículos, o depósito de lixo doméstico na calçada, o abandono de fezes de animais de estimação em local público e até mesmo o hábito de cuspir resto de chiclete no chão. Ainda que pareçam pouco significativas para algumas pessoas, essas demonstrações de falta de urbanidade compõem o retrato coletivo de uma população. [...]. O LIXO e as leis. Jornal Zero Hora. Porto Alegre, 25 agosto p. 10. Depois do Rio de Janeiro, que já está multando quem joga lixo nas ruas, Porto Alegre tenta fechar o cerco aos sujismundos. Nesta terça-feira, a prefeitura protocola na Câmara o projeto de lei complementar que institui o novo Código Municipal de Limpeza Urbana. Entre os destaques da proposta, que deve se transformar na polêmica da primavera, está o endurecimento da punição para o descarte irregular de lixo, seja uma ponta de cigarro, uma garrafa pet, um sofá ou caçamba de caliça. O diretor-geral do DMLU, André Carús, adianta que as multas serão pesadas. O projeto divide as infrações em quatro categorias: leve, média, grave e gravíssima. Para a infração leve, como jogar uma embalagem pela janela do carro ou atirar um toco de cigarro na calçada, a multa será de 90 UFMs (unidade fiscal municipal, reajustada anualmente), o que equivale hoje a R$ 263,82. Na segunda categoria, a infração média, a multa sobe para R$ 527,65. Quem cometer uma infração grave pagará R$ 2.110,60. Por fim, a infração gravíssima sujeitará o infrator ao pagamento de R$ 4.221,21. Hoje, segundo Carús, a prefeitura gasta cerca de R$ 1,2 milhão por mês para limpar mais de 450 focos de lixo, produto do descarte irregular. Em duas ações de limpeza do Arroio Dilúvio, foram removidas 251 toneladas de resíduos. Disponível em: Acesso em: 20 set TEMA Cidade limpa: uma questão de educação ou de punição? 3/16

4 RASCUNHO DA REDAÇÃO /16

5 PROVA DE LÍNGUA PORTUGUESA Instrução: Para resolver as questões 1 e 2, leia atentamente o texto abaixo O ser humano é o único animal que ri. Ele começa logo cedo, quando o bebê tem seus 2 ou 3 meses de vida. O sorriso é a primeira manifestação emocional da criança, que se alegra ao reconhecer o rosto da mãe, do pai e de todos que a rodeiam. Os cientistas acreditam que as estruturas frontais do cérebro, mais sofisticadas, estejam associadas ao riso. Durante a risada, ocorre a liberação da serotonina, um dos neurotransmissores responsáveis pela sensação de bem-estar. Por isso, só os movimentos musculares do sorriso já são capazes de melhorar um pouco o humor, ativando os centros cerebrais que vão liberar a serotonina. Vale a pena, até, olhar para si mesmo no espelho e esboçar um sorriso. A propósito, quando foi a última vez que você deu uma boa risada, hein? Revista Superinteressante. 3) Quanto ao emprego da vírgula, assinale a alternativa correta. (A) A língua portuguesa, última flor do Lácio espalhouse por todos os continentes. (B) Os homens os animais as plantas, estão sendo prejudicados pela poluição ambiental. (C) Chefe, posso dar uma sugestão? (D) Beto, o goleiro do nosso time machucou a mão. (E) O vento estava forte; o mar muito agitado. 4) Marque a alternativa que contém o significado correto do prefixo em destaque. (A) intramuscular (posição exterior) (B) antibiótico (posição anterior) (C) antebraço (ação contrária) (D) vice-rei (posição superior) (E) anfíbio (duplicidade) 1) Considere as afirmações sobre o texto. I - A palavra que (linha 1) é um pronome relativo e pode ser substituída pelo pronome o qual, sem prejuízo do sentido do texto. II - O humor de uma pessoa pode melhorar por causa dos movimentos musculares provocados pelo sorriso. III - O sorriso é a primeira manifestação racional da criança. Está(ão) correta(s): (A) a alternativa I (B) a alternativa II (C) a alternativa III (D) as alternativas I e II (E) as alternativas I, II e III 5) Marque V para as afirmativas verdadeiras e F para as falsas. ( ) Cal é substantivo feminino: a cal ( ) Guaraná é substantivo feminino: a guaraná ( ) Champanha é substantivo masculino: o champanha ( ) Eclipse é substantivo masculino: o eclipse A sequência correta de cima para baixo é: (A) V- F - V - F (B) V - F - V - V (C) V - F - F - F (D) F - V - V - F (E) V - V - V - F 2) A palavra quando (linha 2) pode ser substituída, sem prejuízo do sentido do texto, por: (A) assim que (B) se (C) caso (D) ainda que (E) visto que 5/16

6 PROVA DE LITERATURA Instrução: Para resolver a questão 6, leia atentamente o texto abaixo [Os índios visitam Cabral] Quando eles vieram a bordo, o Capitão estava sentado em uma cadeira, bem vestido, com um colar muito grande no pescoço, e tendo aos pés, por estrado, um tapete. Sancho de Tovar, Simão Miranda, Nicolau Coelho, Aires Correa e todos nós outros que nesta mesma nau vamos com ele, ficamos sentados no chão pelo grande tapete. Acenderam-se tochas. E eles entraram sem qualquer sinal de cortesia ou de desejo de dirigir-se ao Capitão ou a qualquer pessoa presente, em especial. Todavia, um deles fixou o olhar no colar do Capitão e começou a acenar para a terra e logo em seguida para o colar, como querendo dizer que ali havia ouro. [...]. A carta de Pero Vaz de Caminha. Texto atualizado por Sílvio Castro. Porto Alegre, L & PM. 6) Considere as seguintes afirmações sobre o trecho. I - II - III - A passagem revela que Cabral tinha a intenção de impressionar os índios que foram até o navio. O trecho mostra duas culturas diferentes. O trecho é um exemplo da literatura informativa do século XVI. Está(ão) correta(s): (A) a afirmativa I (B) a afirmativa II (C) a afirmativa III (D) as afirmativas I e II (E) as afirmativas I, II e III 7) Assinale a alternativa correta a respeito dos estilos literários brasileiros. (A) O Romantismo foi um estilo caracterizado apenas por textos poéticos. (B) O Realismo caracteriza-se por ser uma reação aos ideais do Romantismo. (C) O materialismo e o cientificismo são características do Simbolismo. (D) O 2º Momento do Modernismo ( ) teve início com a Semana de Arte Moderna. (E) Durante o 1º Momento do Modernismo ( ), os autores não se preocuparam em valorizar literariamente a língua falada pelo povo. 8) Marque a alternativa que preenche corretamente as lacunas da frase. "A habilidade de em criar um clima de incerteza e ambiguidade atinge o seu ponto alto em, um de seus romances mais famosos. Para isso, valeu-se o autor do foco narrativo em 1ª pessoa, com o narrador-personagem Bentinho tentando reviver as emoções afetivas através da reconstituição do seu passado com a personagem Capitu. (A) Machado de Assis / Dom Casmurro (B) Machado de Assis / Memórias póstumas de Brás Cubas (C) Érico Veríssimo / O tempo e o vento (D) Jorge Amado / Gabriela, cravo e canela (E) Clarice Lispector / A hora da estrela 9) João Simões Lopes Neto: pré-modernista, gaúcho de Pelotas, autor de vários contos, alguns deles recentemente adaptados para a televisão. Assinale a alternativa que contém o nome de um dos contos do escritor acima. (A) A cartomante (B) O alienista (C) No manantial (D) Missa do galo (E) O espelho 10) A respeito do romance regionalista do 2º Momento do Modernismo brasileiro ( ), assinale a afirmativa errada. (A) Vidas secas, de Graciliano Ramos, representa a seca do Nordeste. (B) O conjunto da obra de José Lins do Rego mapeia o ciclo da cana-de-açúcar no Brasil. (C) Os romances do Sul tem em Érico Veríssimo o seu representante. (D) Jorge Amado traçou em suas obras um verdadeiro itinerário das regiões baianas, com destaque para Salvador e Ilhéus. (E) Rachel de Queiroz escreveu romances em torno da mística Bahia. 11) O patrono da 59ª Feira do Livro de Porto Alegre (1º a ) é escritor e professor universitário. Tem contos, crônicas e ensaios publicados. Seus maiores sucessos de vendas são o Dicionário de Porto-Alegrês e Dicionário de palavras e expressões estrangeiras. Tal citação faz referência a: (A) Luiz Coronel (B) Carlos Urbim (C) Charles Kiefer (D) Luís Augusto Fischer (E) Walter Galvani l 6/16

7 PROVA DE LÍNGUA ESTRANGEIRA - INGLÊS BODY LANGUAGE More than half of what we communicate is communicated not through words but through body language. This includes our posture, facial expressions, and gestures. Because body language is so important, you ll want to know what yours is saying and how to interpret other people s, too. Here are some examples of body language and its meaning. (Note: These meanings are for North America. Interpretations may differ a bit in other cultures.) If your posture is slumped and your head is down, this could mean that you are sad or lack confidence. If your posture is straight, but relaxed, you are expressing confidence and friendliness. A smile is a sign of friendliness and interest. But people sometimes smile just to be polite. To get another clue from people s faces, notice their eyes. Friendliness and interest are expressed when a person s eyes meet yours (especially when you re the one who s talking) and then look away and meet yours again. A person who doesn t look away is expressing challenge. A person who doesn t look at you is expressing lack of interest or is shy. Hand gestures can mean a person is interested in the conversation. But repeated movements like a pencil or tapping a foot often mean the person is either impatient or nervous. Stay away from someone who points at you while talking with you: that person might be angry at you or feel surprised to you. (RICHARDS, Jack. New Interchange English for International Communication -2 B. Cambridge: Cambridge University Press, 2007). 12) Conforme o texto: (A) Mais da metade do que é comunicado é realizada por meio da linguagem corporal. (B) A linguagem corporal não é tão importante quanto a que ocorre por meio de palavras. (C) Menos da metade da comunicação é realizada através da linguagem corporal. (D) As interpretações dos sinais do corpo podem variar, de acordo com o tipo de pessoa que está comunicando algo. (E) Os significados, apresentados no texto acerca da linguagem corporal, servem para qualquer nacionalidade. 13) A resposta que NÃO está correta é a: (A) Se sua cabeça estiver baixa, isto pode significar que você está triste ou não é uma pessoa que tem confiança em si mesma. (B) Se uma pessoa se mantém ereta em uma conversa, isto significa que ela é inflexível. (C) Um sorriso pode significar simpatia e interesse. (D) As pessoas, às vezes, sorriem apenas para serem educadas. (E) Uma pessoa que não olha para você está mostrando falta de interesse ou que ela é tímida. 14) A palavra but na linha 7 pode ser substituída por: 15) A expressão sublinhada na frase, Stay away from someone who points at you while talking with you, na linha 12, significa: (A) aproxime-se de (B) faça amizade com (C) seja amável com (D) sente-se perto de (E) fique longe de 16) Assinale a alternativa em que as palavras apresentam a mesma classe gramatical: (A) communicate posture but (B) words posture head (C) if you interpret (D) nervous impatient who (E) polite smile sometimes 17) A colocação do adjetivo está correta em todas as alternativas, menos na letra: (A) angry person (B) impatient people (C) positive responses (D) people shy (E) difficult language (A) thus (B) and (C) if (D) however (E) besides 7/16

8 PROVA DE LÍNGUA ESTRANGEIRA - ESPANHOL El Grupo Socialista en el (1)Ayuntamiento de Torrelavega ha reclamado al equipo de gobierno del PP que incluya en el (2) presupuesto de 2013 una partida económica para la urbanización integral de la calle El Cid, que se encuentra «abandonada y muy deteriorada». El (3) concejal socialista José Manuel Cruz Viadero ha justificado la petición de su grupo en que esta calle tiene «una importante actividad comercial», y con la urbanización integral se conseguirá dinamizar el sector y mejorar la calidad de vida de sus (4) vecinos. 18) En el texto el significado de las las palabras subrayadas ayuntamiento(1) y presupuesto(2) y vecinos(4) está correctamente traducido en la opción: (A) cidade - orçamento - vizinhos (B) município - planejamento - moradores (C) prefeitura - planejamento estratégico - contribuintes (D) prefeitura - orçamento - vizinhos (E) assembleia - planejamento - moradores 22) En la frase: Cuando llegamos las habitaciones de la posada no estaban listas y nos las entregaron dos horas más tarde(...) los pronombres que están subrayados se refieren a: (A) Ustedes - horas (B) Nosotros horas (C) Ellos habitaciones (D) Ellos - horas (E) Nosotros - habitaciones 19) En el texto, la palabra concejal(3) puede ser sustituída por otra equivalente que aparece en la opción: (A) vereador (B) edil (C) alcalde (D) consejero (E) corregidor 23) En la frase: El viajero tiene muchos derechos, si le colocase el marcador temporal AYER, el verbo subrayado cambiaria para el que aparece en la alternativa: (A) Ha tenido (B) Tenía (C) Tuvo (D) Tuve (E) He tenido 20) El año 2013 que aparece en el texto está escrito correctamente en la opción: (A) Dos mil trece (B) Dos mil e trece (C) Dos mil treze (D) Dois mil trece (E) Dois mil e treze 21) En el texto aparecen dos verbos marcados en negrito, ellos indican: (A) Que se relatan hechos pasados hace mucho tiempo atrás (B) Que se relatan hechos pasados habituales (C) Que se relatan hecho pasados recientes (D) Que se relatan hechos pasados continuados (E) Que se relatan hechos presentes 8/16

9 PROVA DE MATEMÁTICA 24) Os dados gráficos a seguir foram gerados a partir de dados colhidos no conjunto de seis regiões metropolitanas pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese) 26) O gráfico abaixo mostra o valor acumulado numa aplicação realizada na cidade de Goiana no início do mês de fevereiro. Sabe-se que o valor acumulado cresce de modo exponencial a uma taxa de 10%a.m. Pode afirmar que: Taxas de desemprego nas regiões metropolitanas Março/2011 Série1; ; 0 Disponível em: Acesso em 30/04/2012 (adaptado) Suponha que pessoas foram pesquisadas na região de Porto Alegre. O número de desempregados em março de 2011, nessa região foi de: (A) 1,52 (B) 152 (C) 1520 (D) (E) Série1; ; 0 Série1; ; 0 Série1; ; 0 Série1; ; 0 Série1; ; 0 (A) Que no quinto mês da aplicação a rentabilidade é superior a 600,00 comparada ao início da aplicação. (B) Que o valor acumulado até fevereiro é de1 210,00 (C) Que a rentabilidade nos dois primeiros meses é de 2 100,00 (D) Que a rentabilidade entre os meses de fevereiro e março é de 210,00 (E) Que no mês de junho a rentabilidade supera a quantia de 1600,00 27) Considere uma matriz A de ordem dois onde seus elementos são dados por: A ij = 0, se i j e A ij = i² j, se i = j 25) O preço a ser pago por uma corrida de táxi inclui uma parcela fixa, que é denominada bandeirada, e uma parcela variável, que é dada em função da distância percorrida. Sabe-se que Fernando gastou 19,80 reais de táxi para percorrer uma distância de metros. Se o preço da bandeirada é 4,60, pode-se afirmar que o preço cobrado por quilometro rodado é: (A) (D) 2 0 (B) (E) (C) (A) 1,00 (B) 0,95 (C) 0,90 (D) 0,85 (E) 0,70 9/16

10 PROVA DE MATEMÁTICA 28) Um comerciante paga por um determinado produto dois reais por quilograma mais mil reais de transporte até sua revenda. Sabe-se ainda que este mesmo produto é revendido para os consumidores conforme mostra tabela abaixo. Um de seus clientes gastou 12 mil reais na compra do produto em questão, pois iria abastecer dez de suas lojas localizada na grande Porto Alegre. Quanto foi o lucro da revenda? 29) Em uma escola foi realizada uma pesquisa sobre preferências de time de futebol. Os dados obtidos foram: 49% dos alunos entrevistados simpatizam com o Grêmio 22% com o Juventude e 50% com o Internacional. Observou-se ainda, que 13% simpatizam com o grêmio e com o Internacional, 6% simpatizam com o Internacional e com o Juventude, 14% simpatizam com o Grêmio e com o Juventude. Assim qual a percentual de pessoas que não simpatizam para nenhum dos times citados. (A) 8% (B) 9% (C) 10% (D) 11% (E) 12% Dados hipotéticos (A) 2000 (B) 3000 (C) 4000 (D) 5000 (E) /16

11 PROVA DE FÍSICA 30) Uma partícula descreve uma circunferência com movimento uniforme. Pode-se concluir que: (A) Sua velocidade vetorial é constante. (B) Sua aceleração tangencial é não nula. (C) Sua aceleração centrípeta tem módulo constante. (D) Sua aceleração vetorial resultante é nula. (E) Suas acelerações tangencial e resultante são iguais em módulo. 31) A figura representa um sólido S imerso em água e pendurado em um dinamômetro D. Se o peso do sólido no ar é Par, a leitura PD fornecida pelo dinamômetro será tal que: 33) Quando um feixe luminoso incide sobre a superfície lisa que separa dois meios transparentes, uma parte da luz incidente volta ao meio de origem da luz e outra parte penetra no meio. Os fenômenos básicos envolvidos nesse comportamento da luz são conhecidos como: (A) Interferência e polarização. (B) Dispersão e interferência. (C) Refração e difração. (D) Reflexão e refração. (E) Reflexão e difração. 34) Tem-se duas lâmpadas incandescentes com as seguintes características: Lâmpada A: 220 V e 100 W Lâmpada B: 220 V e 200 W Associando-se as duas lâmpadas em paralelo e ligando-as a uma tomada de 220 V, podemos afirmar que: (A) Par igual a PD (B) PD igual a Par menos o peso da água deslocada pelo sólido. (C) PD igual a Par mais o peso da água deslocada pelo sólido. (D) PD igual a Par menos o peso da água contida no recipiente. (E) PD igual a Par mais o peso da água situada acima do sólido. (A) Ambas queimam imediatamente. (B) Ambas queimam após um certo tempo. (C) A lâmpada B brilha mais que a lâmpada A. (D) A lâmpada A brilha mais que a lâmpada B. (E) Elas brilham igualmente. 35) A figura representa uma espira circular percorrida por uma corrente elétrica i. O campo magnético gerado por esta espira no seu centro O é orientado: 32) Todas as afirmações sobre comportamento térmico de uma substância estão corretas, exceto: (A) A pressão que um gás ideal exerce sobre as paredes do recipiente que o contém se origina nas colisões das moléculas desse gás contra as paredes do recipiente. (B) Se a temperatura de um gás ideal diminuir, a energia cinética média de suas moléculas também diminuirá. (C) Quando a quantidade de calor que se fornece a um sistema é maior do que o trabalho que ele realiza, sua energia interna aumenta. (D) Quanto maior é a altitude de um lugar, menor será a temperatura em que a água ferve em uma vasilha aberta. (E) Quando se fornece calor a um corpo, sua temperatura sempre aumenta. (A) Horizontalmente para a direita. (B) Horizontalmente para a esquerda. (C) Perpendicularmente ao plano da espira para dentro. (D) Perpendicularmente ao plano da espira para fora. (E) Verticalmente para baixo. 11/16

12 PROVA DE QUÍMICA Instrução: As questões 1, 2 e 3 referem-se a combustíveis e às reações de combustão. 36) Algumas substâncias químicas têm a propriedade de liberarem grandes quantidades de energia ao sofrerem reações de combustão. Assinale, dentre as moléculas abaixo, aquela que NÃO tem comportamento como combustível. (A) C 4H 10 (B) H 2 (C) C 2H 5OH (D) NaCl (E) C 6H 12O 6 39) Um estudante derruba uma solução diluída de hidróxido de sódio, NaOH, em sua bancada durante um experimento de Química em sua escola. Para neutralizar essa sustância e eliminar os riscos de uma eventual queimadura, o estudante deve derramar sobre a solução de hidróxido de sódio uma solução de: (A) Água (B) Leite de magnésia (C) Vinagre (D) Salmoura (E) Bicarbonato de sódio 37) Uma das consequências do uso de determinados combustíveis é a emissão de consideráveis quantidades de gás carbônico CO 2 para a atmosfera, o que contribui para aumentar o aquecimento global, o que é chamado de efeito estufa. Aponte, entre as substâncias abaixo, aquela que, em um processo de combustão, produz a menor quantidade de gás carbônico para cada mol de combustível usado. (A) CH 4 (B) C 2H 5OH (C) C 4H 10 (D) C 8H 18 (E) C 3H 8 40) Tem-se três amostras de diferentes metais: sódio, ferro e cobre. Cada um, separadamente, é mergulhado em tubos onde há solução de ácido clorídrico, HCl. Considere as afirmações abaixo e assinale a que estiver ERRADA. (A) Não há reação no tubo onde é colocado cobre. (B) Não há reação no tubo onde é colocado ferro. (C) Há reação no tubo onde é colocado sódio. (D) No tubo onde é colocado ferro há liberação de gás. (E) No tubo onde é colocado sódio há a formação de um sal. 38) Observe a tabela que apresenta alguns combustíveis e suas respectivas entalpias de combustão. Entalpia de Combustível combustão (kcal/mol) Gás natural, CH GLP, C 4H Gasolina, C 8H Álcool etílico, C 2H 5OH Hidrogênio, H 2-68 Qual dos combustíveis apresenta uma maior quantidade de energia liberada por grama consumido? 41) Considere a tabela abaixo e assinale a opção que apresenta a relação CORRETA entre substância, tipo de ligação e estado físico da substância em condições ambientes. Substância Tipo de ligação Estado físico (A) NaCl Covalente Sólido (B) O 2 Iônico Gasoso (C) Br 2 Covalente Gasoso (D) C 12H 22O 11 Covalente Líquido (E) NaCl iônica Sólido (A) Gás natural (B) GLP (C) Álcool etílico (D) Hidrogênio (E) Gasolina 12/16

13 PROVA DE BIOLOGIA 42) Analisa o cladograma abaixo e marca a alternativa INCORRETA. 45) Os vírus não são considerados seres vivos por muitos motivos, entre eles está a incapacidade de reprodução. Analise as afirmativas abaixo e marque a que for correta sobre a produção viral. (A) Os vírus apresentam um mecanismo único de produção viral onde eles utilizam as mitocôndrias celulares na produção de ácido nucleico e proteína para o capsídeo. (B) A infecção viral é uma característica dos vírus que se reproduzem pelo ciclo lisogênico. (C) No ciclo lítico, o ácido nucleico viral é incorporado a maquinaria genética da célula hospedeira e quando esta se duplica transfere o ácido nucleico viral para as células filhas. (D) No ciclo lisogênico vai haver lise da célula, ou seja, destruição da mesma. (E) No ciclo lítico, muitos vírus "optam" em não destruir (lisar) a célula hospedeira. Ao sair para o meio extracelular os novos vírus incorporam a membrana plasmática da célula externamente ao seu capsídeo, sendo denominados vírus de envelope. (A) Se as aves fossem retiradas do agrupamento denominado Archosauria, este se tornaria monofilético, pois apenas os répteis formariam o grupo. Assim como está é um grupo parafilético. (B) Archosauria é um agrupamento monofilético interno dentro de um grupo maior denominado Reptilia. (C) Suponha que as aves tivessem surgido no mesmo ramo que os mamíferos (Mammalia), Reptilia seria considerado um grupo parafilético por não incluir as aves, segundo o cladograma. (D) Mammalia ou mamíferos, segundo o cladograma, é a linhagem mais antiga, pois descende da linhagem ancestral mais antiga e que dá origem a todos os grupos acima deste. (E) Os organismos que compõe o grupo denominado Reptilia formam um grupo monofilético, pois descendem do mesmo ancestral comum. 43) Desenvolvimento sustentável é aquele que atende às necessidades do presente sem comprometer a possibilidade de as gerações futuras atenderem às suas próprias necessidades. Do dia 13 a 22 de junho de 2012 ocorreu a Rio+20, no Brasil, discutindo a economia verde no contexto do desenvolvimento sustentável e da erradicação da pobreza. Nesta discussão, um tema de relevância é o uso da energia. A energia ARMAZENADA no petróleo, do gás natural, do carvão e da lenha, que são utilizados como combustíveis, provém da: (A) Decomposição (B) Respiração (C) Fermentação (D) Fotossíntese (E) Excreção 44) A genética mendeliana foi fundamental para a compreensão da evolução, principalmente no que tange um fato que Darwin não soube responder à época: como as informações eram transmitidas aos descendentes, caindo no mesmo erro de Lamarck. Considerando essa informação, responda: Que tipos de gametas podem ser formados por um indivíduo de genótipo Aa? 46) Sobre a evolução dos vírus é correto afirmar que: (A) O material genético dos vírus é extremamente complexo o que impede uma análise cladística em um cladograma. (B) São seres vivos que sofrem mutações lentas e graduais, adaptando-se a qualquer tipo de ambiente. (C) Atualmente são organismos em simpatria, ou seja, estão pleno processo de isolamento geográfico e reprodutivo. (D) Por não terem nenhum parentesco evolutivo, nunca poderão ser incluídos em nenhum dos reinos conhecidos ou poderão fazer parte de uma análise de parentesco com outros seres vivos. (E) É o grupo que mais sofreu cladogêneses e anagêneses ao longo dos tempos. 47) As bactérias que realizam fotossíntese, utilizam substância simples do meio. De maneira geral não ocorre liberação de oxigênio e podemos citar as bactérias sulfurosas. Baseado nestes aspectos as equação química que representa a fotossíntese bacteriana é: (A) 2H 2Fe + CO > bacterioclorofila ----> (CH 2O)+ 2Fe + H 2O (B) 2H 2S + CO > bacterioclorofila ----> (CH 2O)+ 2S + H 2O (C) 2H 2S + CO > clorofila ----> (CH 2O)+ 2S + H 2O (D) H 2O + CO 2 + Sais minerais ----> clorofila ----> C 6H 12O 6+ 2O 2 + H 2O (E) 2H 2Fe + CO 2 + Sais minerais ----> bacterioclorofila ----> C 6H 12O 6+ 2Fe + H 2O (A) Aa e AA (B) AA, Aa e aa (C) A e a (D) AA e A (E) Aa e aa 13/16

14 PROVA DE GEOGRAFIA 48) Atualmente um país do Oriente Médio está vivendo uma guerra civil que, segundo estimativas, já causou mais de 100 mil mortes. O presidente atual do país, Bashar al- Assad, está no poder desde 2000 e, recentemente, vem sendo fortemente contestado por forças de oposição. O país referido é: (A) O Egito (B) A Tunísia (C) O Iraque (D) O Irã (E) A Síria 49) A região intertropical é considerada a região mais quente do planeta. Contudo, existe um fator que possibilita a ocorrência de precipitação na forma de neve nesta região. Observando o mapa abaixo e conhecendo as características da região em questão, podemos afirmar que o fator climático responsável pela neve é: 51) Analise as seguintes afirmações sobre os tipos de indústrias existentes: I - Indústrias de base são aquelas voltadas para a transformação de matérias-primas brutas em matérias-primas processadas, sendo a base para outros ramos industriais. II - Indústrias de bens intermediários são aquelas que produzem máquinas e equipamentos que serão utilizados nos diversos segmentos das indústrias de bens de consumo. III - Indústrias de bens de consumo são aquelas que produzem os produtos que serão vendidos para os consumidores finais. Qual a alternativa abaixo está correta? (A) Apenas I; (B) Apenas I e II; (C) Apenas II e III; (D) Apenas I e III. (E) Todas estão corretas. 52) Qual o nome que usamos para designar um fenômeno urbano que acontece a partir da união de duas ou mais cidades, constituindo uma única malha urbana, como se fosse somente uma única cidade? (A) Megalópole (B) Conurbação (C) Metrópole (D) Favelização (E) Êxodo Rural 53) Milhares de pessoas migram atualmente pelo mundo. Contribuem para esse fenômeno os seguintes aspectos: (A) latitude (B) correntes marítimas (C) massas de ar (D) altitude (E) longitude 50) Em 1912, o alemão Alfred Wegener publicou sua teoria sobre a Deriva Continental. Segundo essa teoria, a disposição do mundo era bastante diferente das disposições atuais. Há milhões de anos atrás, havia uma enorme massa continental que, ao se fragmentar, originou os continentes atuais. Esse supercontinete que deu origem aos continentes que hoje conhecemos é: 1) Os conflitos bélicos; 2) As crises econômicas em alguns países; 3) Catástrofes Naturais; 4) A abertura total das fronteiras dos países ricos para os imigrantes pobres; 5) As divergências étnicas. Estão corretas apenas: (A) 1, 2, 3 e 4 (B) 1, 2, 4 e 5 (C) 1, 2, 3 e 5 (D) 1, 3, 4 e 5 (E) 2, 3, 4 e 5 (A) Pangéia (B) Placas Tectônicas (C) Falha de San Andres (D) Pantalassa (E) Geologia 14/16

15 PROVA DE HISTÓRIA 54) A coluna da esquerda, abaixo, nomeia três períodos da Pré-História; a da direita apresenta, em outra ordem, comentários referentes a esses períodos. Associe adequadamente a coluna da direita à da esquerda. 1-Paleolítico 2-Mesolítico 3-Neolítico ( ) Divisão sexual do trabalho. ( ) Controle do fogo. ( ) Utilização de instrumentos de pedra polida. ( ) Expansão do homem para a América. ( ) Cerimônias de enterramentos. A sequência correta do preenchimento dos parênteses, de cima para baixo, é: (A) (B) (C) (D) (E) ) Tanto o liberalismo quanto a revolução social, tanto a burguesia quanto, potencialmente, o proletariado, tanto a democracia (em qualquer de suas versões) quanto a ditadura encontram seus ancestrais na extraordinária década que começou com a convocação dos Estados-Gerais, a Tomada da Bastilha e a Declaração dos Direitos do Homem e do Cidadão. HOBSBAWM, Eric. Ecos da Marselhesa. Dois séculos reveem a Revolução Francesa. SP: Companhia das Letras, O trecho acima foi escrito pelo historiador Hobsbawn, referindo-se a Revolução Francesa, que representou: (A) a vitória definitiva da República sobre a Monarquia, seja absolutista ou constitucional, não havendo o retorno deste último modelo na história francesa. (B) a ascensão do socialismo sobre o capitalismo, em decorrência da preocupação em ampliar os direitos e as liberdades para todas as camadas da população. (C) a direta instauração da República e a participação de todos os cidadãos franceses nas eleições para presidentes e deputados. (D) o exemplo do que Karl Marx determinou como Ditadura do proletariado, um governo forte, mas com constituição, sem a exploração e sem a habitual diferenciação do Estado Absolutista. (E) a chegada definitiva da burguesia ao poder, dividindo o governo com o monarca, no primeiro momento, mas participando sistematicamente do legislativo. 56) O ouro e as especiarias tornaram-se os bens mais buscados a partir de meados da Baixa Idade Média e se estenderam pela Idade Moderna. O ouro, devido ao seu valor monetário, foi utilizado na decoração de construções e nas confecções de roupas; as especiarias, pelo seu papel de condimento, para conservar e dar gosto à comida. Com base no processo das Grandes Navegações do século XV é correto afirmar que: (A) As conquistas de rotas para a Índia e de áreas fora da Europa, a partir dos reinos de Navarra, Leão, Castela e Aragão, são contemporâneas à expansão portuguesa e anterior à própria unificação espanhola. (B) Portugal contava com um Estado absolutista responsável em coordenar os interesses dos segmentos sociais que possibilitaram os investimentos náuticos. (C) Os conhecimentos navais, obtidos dos mouros, o desenvolvimento tecnológico com cartas náuticas e o uso de equipamentos como o astrolábio e a bússola, permitem a navegação pelo Mediterrâneo e o encurtamento da distância para a Índia. (D) O projeto espanhol, vinculado a Cristóvão Colombo, visava a navegação para a direção Leste, determinando a certeza na esfericidade da terra, teoria compartilhada por poucos de seus contemporâneos. (E) A ideia portuguesa de contornar o continente africano se mostrou objetiva, rápida, sem grandes dificuldades de navegação, além de poucas perdas materiais e humanas. 57) Recentemente foi lançado nos principais cinemas do Brasil o filme O Tempo e o Vento, baseado na obra do escritor Érico Veríssimo. A história retrata 150 anos de trajetória das famílias Terra Cambará e Amaral, começando nas Missões Jesuíticas até o final do século XIX. Como pano de fundo das disputas entre essas famílias são retratados diferentes momentos da história do Rio Grande do Sul: tanto o momento de sua formação, como da povoação do território brasileiro e a demarcação de suas fronteiras (atraves das lutas entre as coroas portuguesas e espanhola). Considerando o contexto gaúcho citado acima, marque a alternativa correta que apresenta os acontecimentos em ordem cronológica: (A) Guerras guaraníticas - Guerra da Cisplatina Revolução Farroupilha Revolução Federalista. (B) Guerra da Cisplatina - Guerras guaraníticas - Revolução Federalista - Revolução Farroupilha. (C) Revolução Farroupilha - Revolta do Contestado Balaiada Cabanagem. (D) Guerra Cisplatina Guerra do Paraguai Revolução Federalista Sabinada. (E) Revolução Federalista Revolta do Contestado Revolta dos Malês Revolução de /16

16 PROVA DE HISTÓRIA 58) A coluna da esquerda, abaixo, nomeia três períodos da Pré-História; a da direita apresenta, em outra ordem, comentários referentes a esses períodos. Ao longo da história existiram diversos modos de produção. Estes, por sua vez, referem-se a maneira pela qual a sociedade produz seus bens e serviços, e como os utiliza e distribui. Abaixo, na coluna da esquerda, estão os modos de produção, enquanto que a coluna da direita apresenta, em outra ordem, as suas definições. Associe adequadamente a coluna da direita à da esquerda. (1) Comunismo Primitivo (2) Modo de Produção Escravista (3) Modo de Produção Asiático (4) Modo de Produção Feudal (5) Modo de Produção Capitalista ( ) Sociedade onde as relações de produção eram de domínio e de sujeição: senhores x escravos. Os senhores eram proprietários da força de trabalho (os escravos), dos meios de produção (terras, gado, minas, instrumentos de produção) e do produto de trabalho. ( ) Caracterizado pelas relações de trabalho assalariadas. Baseia-se na propriedade privada dos meios de produção. Possui uma sociedade que visa o lucro. ( ) Abrangeu um período muito longo da sociedade humana. As relações de produção eram baseadas na propriedade coletiva dos meios de produção, tendo a terra como prioridade. ( ) Predominou durante a Antiguidade Oriental, principalmente no Egito e nos povos mesopotâmicos. ( ) Modo de produção existente na Idade Média, sociedade constituída por senhores e servos. Com uma economia agrária, a mão de obra existente era a servil. 59) Na Coluna 1, abaixo, estão listados os nomes de cinco presidentes; na Coluna 2, acontecimentos ocorridos em quatro destas gestões, os quais descrevem o processo de redemocratização brasileira. Coluna José Sarney 2 - Fernando Collor 3 - Itamar Franco 4 - Fernando Henrique Cardoso 5 - Luis Inácio Lula da Silva Coluna 2 ( ) Governo marcado pelo plano econômico que bloqueava os valores acima de 50 mil cruzados novos das contas bancárias, proibindo sua movimentação durante 18 meses. ( ) O Brasil, com este presidente, obteve uma nova projeção internacional devido à estabilidade política e aos índices econômicos que se mantiveram aquecidos graças à redução de impostos de bens de consumo e à ampliação de crédito para a população. ( ) Governo que adotou o Real como nova moeda para conter a inflação sem congelamentos e sem confiscos. ( ) Organizou a última Constituição, consolidando o processo de abertura política iniciada no final do período militar. A sequência correta de preenchimento dos parênteses, de cima para baixo, é (A) (B) (C) (D) (E) A sequência correta do preenchimento dos parênteses, de cima para baixo, é: (A) (B) (C) (D) (E) /16

PROCESSO SELETIVO 2006 QUESTÕES OBJETIVAS

PROCESSO SELETIVO 2006 QUESTÕES OBJETIVAS 3 PROCESSO SELETIVO 2006 QUESTÕES OBJETIVAS QUÍMICA 01 - O dispositivo de segurança que conhecemos como air-bag utiliza como principal reagente para fornecer o gás N 2 (massa molar igual a 28 g mol -1

Leia mais

EXAME DE SELEÇÃO PROCESSO COMPLEMENTAR 2012/1 TÉCNICO DE NÍVEL MÉDIO INTEGRADO

EXAME DE SELEÇÃO PROCESSO COMPLEMENTAR 2012/1 TÉCNICO DE NÍVEL MÉDIO INTEGRADO Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul Campus Restinga EXAME DE SELEÇÃO PROCESSO COMPLEMENTAR

Leia mais

ORBITAIS DE ELÉTRONS, FLUORESCÊNCIA E FOTOSSÍNTESE.

ORBITAIS DE ELÉTRONS, FLUORESCÊNCIA E FOTOSSÍNTESE. Atividade didático-experimental ORBITAIS DE ELÉTRONS, FLUORESCÊNCIA E FOTOSSÍNTESE. O objetivo desta atividade é proporcionar contato com alguns fenômenos e conceitos físicos e químicos que permitem avançar

Leia mais

Cadeia alimentar 3º ano

Cadeia alimentar 3º ano Cadeia alimentar 3º ano O equilíbrio ecológico depende diretamente da interação, das trocas e das relações que os seres vivos estabelecem entre si e com o ambiente. Os seres respiram, vivem sobre o solo

Leia mais

CICLOS BIOGEOQUÍMICOS

CICLOS BIOGEOQUÍMICOS CICLOS BIOGEOQUÍMICOS O fluxo de energia em um ecossistema é unidirecional e necessita de uma constante renovação de energia, que é garantida pelo Sol. Com a matéria inorgânica que participa dos ecossistemas

Leia mais

Ciências Humanas. baseado nos Padrões Curriculares do Estado de São Paulo

Ciências Humanas. baseado nos Padrões Curriculares do Estado de São Paulo Ciências Humanas baseado nos Padrões Curriculares do Estado de São Paulo 1 PROPOSTA CURRICULAR DA DISCIPLINA DE CIÊNCIAS HUMANAS Elementary School 2 K5 Conteúdos Gerais Conteúdos Específicos Habilidades

Leia mais

Lançamento oblíquo Leis de Newton ÓPTICA

Lançamento oblíquo Leis de Newton ÓPTICA 2015 Ensino Médio ------Conteúdo e Datas 2ª PARCIAL /3ª Etapa Disciplina Data Série Conteúdo 25/09 1º A Lançamento horizontal 29/09 1 B Lançamento oblíquo Leis de Newton ÓPTICA Física 29/09 2º ano Fundamentos

Leia mais

Av. Moaci, 965 Moema São Paulo SP CEP: 04083-002 Tel. +55 (11) 2532-4813 www.geekie.com.br. Prezados colégios,

Av. Moaci, 965 Moema São Paulo SP CEP: 04083-002 Tel. +55 (11) 2532-4813 www.geekie.com.br. Prezados colégios, Prezados colégios, Buscando atender a demanda por GeekieTestes para o 1º e 2º anos do Ensino Médio, elaboramos nossa Matriz Geekie de Avaliação para 2014. Nela, buscamos contemplar os principais conteúdos

Leia mais

Leis Ponderais e Cálculo Estequiométrico

Leis Ponderais e Cálculo Estequiométrico Leis Ponderais e Cálculo Estequiométrico 1. (UFF 2009) Desde a Antiguidade, diversos povos obtiveram metais, vidro, tecidos, bebidas alcoólicas, sabões, perfumes, ligas metálicas, descobriram elementos

Leia mais

GABARITO PRÉ-VESTIBULAR

GABARITO PRÉ-VESTIBULAR LINGUAGENS 01. C 02. D 03. C 04. B 05. C 06. C 07. * 08. B 09. A 10. D 11. B 12. A 13. D 14. B 15. D LÍNGUA ESTRANGEIRA 16. D 17. A 18. D 19. B 20. B 21. D MATEMÁTICA 22. D 23. C De acordo com as informações,

Leia mais

UNIOESTE -Universidade Estadual do Oeste do Paraná 1º PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO AGENTE UNIVERSITÁRIO - 2013

UNIOESTE -Universidade Estadual do Oeste do Paraná 1º PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO AGENTE UNIVERSITÁRIO - 2013 UNIOESTE -Universidade Estadual do Oeste do Paraná 1º PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO AGENTE UNIVERSITÁRIO - 2013 Candidato: inscrição - nome do candidato Opção: código - nome / turno - cidade Local de

Leia mais

Realização: Aquecimento Global. Parceiros: Apoiadores:

Realização: Aquecimento Global. Parceiros: Apoiadores: Realização: Parceiros: Aquecimento Global Apoiadores: O que é o efeito estufa? É um fenômeno natural, provocado por alguns gases da atmosfera, que mantêm o nosso planeta aquecido. Esse processo acontece

Leia mais

ATIVIDADE EXTRA 6º ANO

ATIVIDADE EXTRA 6º ANO ATIVIDADE EXTRA 6º ANO DISCIPLINA CIÊNCIAS 1) Na natureza, a água passa constantemente de um estado físico para outro, sendo que a energia solar é a principal responsável por essa mudanças.baseando-se

Leia mais

A) Ação global. B) Ação Antrópica. C) Ação ambiental. D) Ação tectônic

A) Ação global. B) Ação Antrópica. C) Ação ambiental. D) Ação tectônic Disciplina: Geografia Roteiro de Recuperação Ano / Série: 6º Professor (a): Gabriel Data: / / 2013 Matéria da recuperação. Superficie da Terra. Litosfera, solo e relevo 1- Analise a imagem. www.trabanca.com-acesso:

Leia mais

2a. prova Simulado 5 Dissertativo 27.09.06 QUÍMICA INSTRUÇÕES PARA REALIZAÇÃO DO SIMULADO

2a. prova Simulado 5 Dissertativo 27.09.06 QUÍMICA INSTRUÇÕES PARA REALIZAÇÃO DO SIMULADO Simulado 5 Padrão FUVEST Aluno: N o do Cursinho: Sala: QUÍMICA INSTRUÇÕES PARA REALIZAÇÃO DO SIMULADO 1. Aguarde a autorização do fiscal para abrir o caderno de questões e iniciar a prova. 2. Duração da

Leia mais

(A) (B) (C) (D) (E) Resposta: A

(A) (B) (C) (D) (E) Resposta: A 1. (UFRGS-2) Ao resolver um problema de Física, um estudante encontra sua resposta expressa nas seguintes unidades: kg.m 2 /s 3. Estas unidades representam (A) força. (B) energia. (C) potência. (D) pressão.

Leia mais

QUÍMICA Prova de 2 a Etapa

QUÍMICA Prova de 2 a Etapa QUÍMICA Prova de 2 a Etapa SÓ ABRA QUANDO AUTORIZADO. Leia atentamente as instruções que se seguem. 1 - Este Caderno de Prova contém sete questões, constituídas de itens e subitens, e é composto de dezesseis

Leia mais

U N I V E R S I D A D E F E D E R A L D E M I N A S G E R A I S SÓ ABRA QUANDO AUTORIZADO.

U N I V E R S I D A D E F E D E R A L D E M I N A S G E R A I S SÓ ABRA QUANDO AUTORIZADO. U N I V E R S I D A D E F E D E R A L D E M I N A S G E R A I S QUÍMICA Prova de 2 a Etapa SÓ ABRA QUANDO AUTORIZADO. Leia atentamente as instruções que se seguem. 1 - Este Caderno de Prova contém cinco

Leia mais

Governo do Estado do Amapá Universidade do Estado do Amapá. Vestibular 2010

Governo do Estado do Amapá Universidade do Estado do Amapá. Vestibular 2010 Governo do Estado do Amapá Universidade do Estado do Amapá Vestibular 2010 PROVA ANALÍÍTIICO--DIISCURSIIVA 2ªª Fase 17//01//2010 Tiipo de Prrova B17 Biiollogiia e Quíímiica Nome do Candidato: Nº de Inscrição

Leia mais

ATENÇÃO ESTE CADERNO CONTÉM 10 (DEZ) QUESTÕES E RESPECTIVOS ESPAÇOS PARA RESPOSTAS. DURAÇÃO DA PROVA: 3 (TRÊS) HORAS

ATENÇÃO ESTE CADERNO CONTÉM 10 (DEZ) QUESTÕES E RESPECTIVOS ESPAÇOS PARA RESPOSTAS. DURAÇÃO DA PROVA: 3 (TRÊS) HORAS ATENÇÃO ESTE CADERNO CONTÉM 10 (DEZ) QUESTÕES E RESPECTIVOS ESPAÇOS PARA RESPOSTAS. DURAÇÃO DA PROVA: 3 (TRÊS) HORAS A correção de cada questão será restrita somente ao que estiver registrado no espaço

Leia mais

Página 1 de 8-01/04/2014-5:59

Página 1 de 8-01/04/2014-5:59 PROFESSOR: EQUIPE DE PORTUGUÊS BANCO DE QUESTÕES - LÍNGUA PORTUGUESA - 4 ANO - ENSINO FUNDAMENTAL ========================================================================== Texto 1 LIXO NO LIXO Dá para

Leia mais

Polaridade de moléculas

Polaridade de moléculas Polaridade de moléculas 01. (Ufscar) É molécula polar: a) C 2 H 6. b) 1,2-dicloroetano. c) CH 3 Cl. d) p-diclorobenzeno. e) ciclopropano. 02. (Mackenzie) As fórmulas eletrônicas 1, 2 e 3 a seguir, representam,

Leia mais

ENSINO MÉDIO - 2015 MATÉRIAS DE RECUPERAÇÃO FINAL 1ª série Língua Portuguesa Profa. Rosana. Pronomes e Verbo (tudo sobre).

ENSINO MÉDIO - 2015 MATÉRIAS DE RECUPERAÇÃO FINAL 1ª série Língua Portuguesa Profa. Rosana. Pronomes e Verbo (tudo sobre). REDE SAGRADO - COLÉGIO SAGRADO CORAÇÃO DE MARIA UBÁ - ANO 2015 Educação Infantil, Ensino Fundamental, Ensino Médio, Pré-Vestibular, Curso Técnico em Meio Ambiente Praça São Januário, 276 CEP:36500-000

Leia mais

O clima está diferente. O que muda na nossa vida?

O clima está diferente. O que muda na nossa vida? O clima está diferente. O que muda na nossa vida? 06/2011 Esta obra foi licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição - Uso Não-Comercial - Obras Derivadas Proibidas 3.0 Não Adaptada. 2 SUMÁRIO

Leia mais

ENGENHARIA MECATRÔNICA

ENGENHARIA MECATRÔNICA assinatura do(a) candidato(a) Admissão por Transferência Facultativa. a Transferência Facultativa/0 Prova Dissertativa LEIA COM ATENÇÃO AS INSTRUÇÕES ABAIXO. Confira atentamente se os dados pessoais transcritos

Leia mais

ESTRATÉGIA DE SAÚDE DA FAMÍLIA

ESTRATÉGIA DE SAÚDE DA FAMÍLIA ESTRATÉGIA DE SAÚDE DA FAMÍLIA PROVA OBJETIVA PROCESSO SELETIVO DE AGENTES COMUNITÁRIOS DE SAÚDE Prezado candidato(a), você recebeu o seguinte material: - um caderno de questões contendo 30 (trinta) questões

Leia mais

Agente de Vigilância Previdenciária Auxiliar de Serviços Gerais Motorista ITAPREVI. Nível Fundamental Completo 22.01.2012 - MANHÃ

Agente de Vigilância Previdenciária Auxiliar de Serviços Gerais Motorista ITAPREVI. Nível Fundamental Completo 22.01.2012 - MANHÃ Agente de Vigilância Previdenciária Auxiliar de Serviços Gerais Motorista ITAPREVI Nível Fundamental Completo 22.01.2012 - MANHÃ AG. DE VIGILÂNCIA PREVIDENCIÁRIA / AUX. DE SERVIÇOS GERAIS / MOTORISTA

Leia mais

Processo Seletivo 2015-1 RV Vestibular de Acesso aos Cursos ENGENHARIA

Processo Seletivo 2015-1 RV Vestibular de Acesso aos Cursos ENGENHARIA Processo Seletivo 2015-1 RV Vestibular de Acesso aos Cursos ENGENHARIA LEIA COM ATENÇÃO AS INSTRUÇÕES 1 - A duração da prova é de 3 horas, já incluído o tempo de preenchimento do cartão de respostas e

Leia mais

Divirta-se com o Clube da Química

Divirta-se com o Clube da Química Divirta-se com o Clube da Química Produzido por Genilson Pereira Santana www.clubedaquimica.com A idéia é associar a Química ao cotidiano do aluno usando as palavras cruzadas, o jogo do erro, o domino,

Leia mais

CADERNO DE EXERCÍCIOS 1D

CADERNO DE EXERCÍCIOS 1D CADERNO DE EXERCÍCIOS 1D Ensino Fundamental Ciências da Natureza II Questão Conteúdo Habilidade da Matriz da EJA/FB 01 Propriedades e aplicação dos materiais H55/H56 02 Propriedades específicas, físicas

Leia mais

BIOLOGIA RASCUNHO. (a) Qual o grupo taxonômico de tal família botânica? (b) Quais as modificações que ocorreram no caule e nas folhas das cactáceas?

BIOLOGIA RASCUNHO. (a) Qual o grupo taxonômico de tal família botânica? (b) Quais as modificações que ocorreram no caule e nas folhas das cactáceas? Universidade do Estado do Amapá VESTIBULAR 2008 2ª FASE Dia 11 de fevereiro de 2008 BIOLOGIA HISTÓRIA MATEMÁTICA - QUÍMICA Nome do candidato: Nº de inscrição Curso: 1. Confira se este caderno contém 03

Leia mais

Nesse sistema de aquecimento,

Nesse sistema de aquecimento, Enem 2007 1- Ao beber uma solução de glicose (C 6 H 12 O 6 ), um corta-cana ingere uma substância: (A) que, ao ser degradada pelo organismo, produz energia que pode ser usada para movimentar o corpo. (B)

Leia mais

COMUNICADO Nº 32/2014 SÉRIE: 1º ano / Ensino Médio ASSUNTO: Conteúdo das Avaliações Bimestrais. 1º ano D. Arte

COMUNICADO Nº 32/2014 SÉRIE: 1º ano / Ensino Médio ASSUNTO: Conteúdo das Avaliações Bimestrais. 1º ano D. Arte COMUNICADO Nº 32/2014 SÉRIE: 1º ano / Ensino Médio ASSUNTO: Conteúdo das Avaliações Bimestrais Arte -Resumo Arte feminino plural Função pragmática ou utilitária Função naturalista As linguagens artísticas

Leia mais

Versão 2. Utiliza apenas caneta ou esferográfica de tinta indelével, azul ou preta.

Versão 2. Utiliza apenas caneta ou esferográfica de tinta indelével, azul ou preta. Teste Intermédio de Físico-Química Versão 2 Teste Intermédio Físico-Química Versão 2 Duração do Teste: 90 minutos 18.04.2013 9.º Ano de Escolaridade Decreto-Lei n.º 6/2001, de 18 de janeiro????????????

Leia mais

QUÍMICA PRIMEIRA ETAPA - 1997 - TARDE

QUÍMICA PRIMEIRA ETAPA - 1997 - TARDE QUÍMICA PRIMEIRA ETAPA - 1997 - TARDE QUESTÃO 01 Um estudante listou os seguintes processos como exemplos de fenômenos que envolvem reações químicas: I adição de álcool à gasolina. II fermentação da massa

Leia mais

Lista de Exercícios Professor Mário http://www.professormario.com.br mario@meson.pro.br

Lista de Exercícios Professor Mário http://www.professormario.com.br mario@meson.pro.br 1. (Unicamp 93) Um aluno simplesmente sentado numa sala de aula dissipa uma quantidade de energia equivalente à de uma lâmpada de 100W. O valor energético da gordura é de 9,0kcal/g. Para simplificar, adote

Leia mais

Atira mais em cima! O pessoal está reunido na casa de Gaspar e

Atira mais em cima! O pessoal está reunido na casa de Gaspar e A U A UL LA Atira mais em cima! O pessoal está reunido na casa de Gaspar e Alberta. O almoço acabou e todos conversam em torno da mesa. - Eu soube que você está interessado em ótica - diz Gaspar a Ernesto.

Leia mais

PROF: KELTON WADSON OLIMPIADA / 8º SÉRIE ASSUNTO: PROCESSOS DE TRANSFORMAÇÃO DA MATÉRIA

PROF: KELTON WADSON OLIMPIADA / 8º SÉRIE ASSUNTO: PROCESSOS DE TRANSFORMAÇÃO DA MATÉRIA PROF: KELTON WADSON OLIMPIADA / 8º SÉRIE ASSUNTO: PROCESSOS DE TRANSFORMAÇÃO DA MATÉRIA FENÔMENOS FÍSICOS E QUÍMICOS Um fenômeno físico ocorre sem que a substância transforme-se em outra substância, ou

Leia mais

CONTEÚDO DE PROVA DO 1º BIMESTRE 1º ANO ENSINO MÉDIO

CONTEÚDO DE PROVA DO 1º BIMESTRE 1º ANO ENSINO MÉDIO CONTEÚDO DE PROVA DO 1º BIMESTRE 1º ANO ENSINO MÉDIO IMPORTANTE!!! O ALUNO DEVE ESTUDAR ALÉM DOS CONTEÚDOS ABAIXO, O DO CADERNO, LIVRO E CADERNO DE ATIVIDADES. Disciplina Data da prova Conteúdo Apresentação

Leia mais

SÓ ABRA QUANDO AUTORIZADO.

SÓ ABRA QUANDO AUTORIZADO. UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS FÍSICA 2 a Etapa SÓ ABRA QUANDO AUTORIZADO. Leia atentamente as instruções que se seguem. 1 - Este Caderno de Provas contém seis questões, constituídas de itens e subitens,

Leia mais

O interesse da Química é analisar as...

O interesse da Química é analisar as... O interesse da Química é analisar as... PROPRIEDADES CONSTITUINTES SUBSTÂNCIAS E MATERIAIS TRANSFORMAÇÕES ESTADOS FÍSICOS DOS MATERIAIS Os materiais podem se apresentar na natureza em 3 estados físicos

Leia mais

Município de Ascurra (Processo Seletivo 03/2013) Data: 19/01/2014 GABARITO OFICIAL

Município de Ascurra (Processo Seletivo 03/2013) Data: 19/01/2014 GABARITO OFICIAL Município de Ascurra (Processo Seletivo 03/2013) Data: 19/01/2014 CARGO Crecheiras (71) GABARITO OFICIAL QUESTÃO ALTERNATIVA CORRETA 01 B 02 C 03 B 04 A 05 C 06 B 07 C 08 C 09 B 10 D 11 B 12 D 13 A 14

Leia mais

Conteúdos Avaliação Parcial III Trimestre Ensino Médio

Conteúdos Avaliação Parcial III Trimestre Ensino Médio Conteúdos Avaliação Parcial III Trimestre Ensino Médio Sociologia: 1º ano Estrutura social; Comunidades e Sistema Social. 2º ano Escola de Frankfurt; Indústria capitalista. 3º ano Mercado Globalizado;

Leia mais

Processo Seletivo 2016-1 Vestibular de Acesso aos Cursos ENGENHARIA CADERNO: 1 LEIA COM ATENÇÃO AS INSTRUÇÕES AGENDA

Processo Seletivo 2016-1 Vestibular de Acesso aos Cursos ENGENHARIA CADERNO: 1 LEIA COM ATENÇÃO AS INSTRUÇÕES AGENDA ENGENHARIA Processo Seletivo 2016-1 Vestibular de Acesso aos Cursos LEIA COM ATENÇÃO AS INSTRUÇÕES CADERNO: 1 AGENDA 1 - A duração da prova é de 3 (três) horas, já incluído o tempo de preenchimento do

Leia mais

Processo Seletivo 2016-1 Vestibular de Acesso aos Cursos ENGEMHARIA CADERNO: 2 LEIA COM ATENÇÃO AS INSTRUÇÕES AGENDA

Processo Seletivo 2016-1 Vestibular de Acesso aos Cursos ENGEMHARIA CADERNO: 2 LEIA COM ATENÇÃO AS INSTRUÇÕES AGENDA ENGEMHARIA Processo Seletivo 2016-1 Vestibular de Acesso aos Cursos LEIA COM ATENÇÃO AS INSTRUÇÕES CADERNO: 2 AGENDA 1 - A duração da prova é de 3 (três) horas, já incluído o tempo de preenchimento do

Leia mais

Matéria da Recuperação. Industrialização Urbanização População

Matéria da Recuperação. Industrialização Urbanização População Disciplina: Geografia Roteiro de Recuperação Ano / Série: 7º Professor (a): Gabriel Data: / / 2013 Matéria da Recuperação Industrialização Urbanização População 1- A função urbana de uma cidade diz respeito

Leia mais

FUNDAMENTAL COMPLETO

FUNDAMENTAL COMPLETO PREFEITURA MUNICIPAL DE MOJU CONCURSO PÚBLICO EDITAL 01/2008 BOLETIM DE QUESTÕES FUNDAMENTAL COMPLETO NOME COMPLETO INSTRUÇÕES INSTRUÇÕES INSCRIÇÃO 1. Este BOLETIM contém 30 (trinta) questões. Cada questão

Leia mais

AVALIAÇÃO 03 CIÊNCIAS II UNIDADE VALOR = 10,0 (DEZ)

AVALIAÇÃO 03 CIÊNCIAS II UNIDADE VALOR = 10,0 (DEZ) Aluno(a) Turma N o 6 o ano - Ensino Fundamental II Data 16 / 05 / 12 AVALIAÇÃO 03 CIÊNCIAS II UNIDADE VALOR = 10,0 (DEZ) INSTRUÇÕES: PROFESSORES: HELEN, GORRETTI, MAGNO E ROSE I. sua avaliação possui 05

Leia mais

Pág. 1. COMISSÃO PERMANENTE DE SELEÇÃO - COPESE PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO - PROGRAD CONCURSO VESTIBULAR 2009 2ª Fase PROVA DE QUÍMICA

Pág. 1. COMISSÃO PERMANENTE DE SELEÇÃO - COPESE PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO - PROGRAD CONCURSO VESTIBULAR 2009 2ª Fase PROVA DE QUÍMICA Questão 1: As bebidas alcoólicas contêm etanol e podem ser obtidas pela destilação do álcool (ex. whiskey e vodka) ou pela fermentação de uma variedade de produtos como frutas e outros vegetais (ex. vinho

Leia mais

FADERGS Faculdade de Desenvolvimento do Rio Grande do Sul Vestibular 2014 INSTRUÇÕES PARA A PROVA

FADERGS Faculdade de Desenvolvimento do Rio Grande do Sul Vestibular 2014 INSTRUÇÕES PARA A PROVA INSTRUÇÕES PARA A PROVA Não é permitido o uso de calculadora ou outro equipamento eletrônico ou mecânico de auxílio aos cálculos. Os aparelhos celulares deverão permanecer desligados durante a realização

Leia mais

1º Ano A e B do Ensino Médio

1º Ano A e B do Ensino Médio 1º Ano A e B do Ensino Médio Recife, 12 de junho de 2015. A avaliação deve ser encarada como reorientação para uma aprendizagem melhor e para a melhoria do sistema de ensino ( Mere Abramowicz). Prezados

Leia mais

A Termoquímica tem como objetivo o estudo das variações de energia que acompanham as reações químicas.

A Termoquímica tem como objetivo o estudo das variações de energia que acompanham as reações químicas. A Termoquímica tem como objetivo o estudo das variações de energia que acompanham as reações químicas. Não há reação química que ocorra sem variação de energia! A energia é conservativa. Não pode ser criada

Leia mais

TERMOQUÍMICA. O que é o CALOR? Energia térmica em transito

TERMOQUÍMICA. O que é o CALOR? Energia térmica em transito TERMOQUÍMICA Termoquímica PROF. Prof. DAVID David TERMOQUÍMICA O que é o CALOR? Energia térmica em transito TERMOQUÍMICA Estuda as quantidades de calor liberadas ou absorvidas durante as reações químicas

Leia mais

URBANIZAÇÃO LUGAR É A BASE

URBANIZAÇÃO LUGAR É A BASE URBANIZAÇÃO LUGAR É A BASE. DA REPRODUÇÃO DA VIDA E PODE SER ANALISADO PELA TRÍADE HABITANTE- IDENTIDADE-LUGAR. OBJETIVOS ESPECÍFICOS A. Caracterizar o fenômeno da urbanização como maior intervenção humana

Leia mais

A Questão da Energia no Mundo Atual

A Questão da Energia no Mundo Atual A Questão da Energia no Mundo Atual A ampliação do consumo energético Energia é a capacidade que algo tem de realizar ou produzir trabalho. O aumento do consumo e a diversificação das fontes responderam

Leia mais

Fique ligado na energia!

Fique ligado na energia! A U A UL LA 3 Fique ligado na energia! Todos os processos vitais do planeta - circulação das águas e dos ventos, a fotossíntese, entre outros - dependem de energia. A principal fonte de energia na Terra

Leia mais

Modulo I Mudanças Climáticas

Modulo I Mudanças Climáticas Nome: Nº: Turma: Geografia 1º ano Exercícios Extras Silvia Set/09 Modulo I Mudanças Climáticas 1. (UFRJ) A maior parte do aquecimento da atmosfera é proveniente da radiação terrestre: a atmosfera deixa

Leia mais

6ª Série/Ensino Fundamental

6ª Série/Ensino Fundamental 6ª Série/Ensino Fundamental ROTEIRO DE ESTUDO PARA AS PROVAS DE RECUPERAÇÃO /DEZEMBRO 2013 CIÊNCIAS NATURAIS: 16/12/13 SEGUNDA FEIRA répteis; mamíferos. REDAÇÃO: 16/12/13 SEGUNDA FEIRA Leitura e interpretação

Leia mais

Confederação Nacional do Transporte - CNT Diretoria Executiva da CNT. DESPOLUIR Programa Ambiental do Transporte

Confederação Nacional do Transporte - CNT Diretoria Executiva da CNT. DESPOLUIR Programa Ambiental do Transporte Confederação Nacional do Transporte - CNT Diretoria Executiva da CNT DESPOLUIR Programa Ambiental do Transporte Promoção SEST / SENAT Conteúdo Técnico ESCOLA DO TRANSPORTE JULHO/2007 Queimadas: o que

Leia mais

c = c = c =4,20 kj kg 1 o C 1

c = c = c =4,20 kj kg 1 o C 1 PROPOSTA DE RESOLUÇÃO DO TESTE INTERMÉDIO - 2014 (VERSÃO 1) GRUPO I 1. H vap (H 2O) = 420 4 H vap (H 2O) = 1,69 10 3 H vap (H 2O) = 1,7 10 3 kj kg 1 Tendo em consideração a informação dada no texto o calor

Leia mais

Conteúdos de Recuperação. 6º ano

Conteúdos de Recuperação. 6º ano Conteúdos de Recuperação 6º ano Português Prof. Ubirajara Análise do texto; Sílabas tônicas; Substantivos; Adjetivos; Verbos; Advérbios. Matemática Profª Rafaella Números racionais na forma de fração Simplificação

Leia mais

CARGO: AGENTE OPERACIONAL INSTRUÇÕES AO CANDIDATO

CARGO: AGENTE OPERACIONAL INSTRUÇÕES AO CANDIDATO CARGO: AGENTE OPERACIONAL NOME: NÚMERO DA CARTEIRA DE IDENTIDADE: ENDEREÇO: CARGO: NÚMERO DA INSCRIÇÃO: ASSINATURA: INSTRUÇÕES AO CANDIDATO Durante a realização da prova não será permitido ao candidato,

Leia mais

SIMULAÇÃO E AVALIAÇÃO DO EFEITO ESTUFA A PARTIR DA ADIÇÃO DA CO 2 EM UM SISTEMA FECHADO

SIMULAÇÃO E AVALIAÇÃO DO EFEITO ESTUFA A PARTIR DA ADIÇÃO DA CO 2 EM UM SISTEMA FECHADO 1 SIMULAÇÃO E AVALIAÇÃO DO EFEITO ESTUFA A PARTIR DA ADIÇÃO DA CO 2 EM UM SISTEMA FECHADO Diego Oliveira Cordeiro 1 diegoocordeiro@gmail.com Janduir Egito da Silva 1 jaduires@yahoo.com Cláudia Laís Araújo

Leia mais

CADERNO DE EXERCÍCIOS 2D

CADERNO DE EXERCÍCIOS 2D CADERNO DE EXERCÍCIOS 2D Ensino Fundamental Ciências da Natureza II Habilidade da Questão Conteúdo Matriz da EJA/FB 01 Fisiologia Vegetal (Transporte e absorção de H34, H40, H41, H63 substâncias); Fotossíntese

Leia mais

SEQUÊNCIA DIDÁTICA PODCAST CIÊNCIAS HUMANAS

SEQUÊNCIA DIDÁTICA PODCAST CIÊNCIAS HUMANAS SEQUÊNCIA DIDÁTICA PODCAST CIÊNCIAS HUMANAS Título do Podcast Área Segmento Duração Consumo, consumismo e impacto humano no meio ambiente Ciências Humanas Ensino Fundamental; Ensino Médio 6min29seg Habilidades:

Leia mais

REDE DE ENSINO FARIA BRITO COORDENAÇÃO DE ENSINO MÉDIO. 1º Ano

REDE DE ENSINO FARIA BRITO COORDENAÇÃO DE ENSINO MÉDIO. 1º Ano Língua Portuguesa - Perceber as modificações realizadas nas antigas regras de acentuação, fixando as que permanecem inalteradas pelo novo acordo ortográfico; - Conhecer as classes gramaticais; - Apresentar

Leia mais

UNIGRANRIO www.exerciciosdevestibulares.com.br. 2) (UNIGRANRIO) O sistema abaixo encontra-se em equilíbrio sobre ação de três forças

UNIGRANRIO www.exerciciosdevestibulares.com.br. 2) (UNIGRANRIO) O sistema abaixo encontra-se em equilíbrio sobre ação de três forças 1) (UNIGRANRIO) Um veículo de massa 1200kg se desloca sobre uma superfície plana e horizontal. Em um determinado instante passa a ser acelerado uniformemente, sofrendo uma variação de velocidade representada

Leia mais

PROCESSO SELETIVO VESTIBULAR 2015/2 DIREITO HISTÓRIA

PROCESSO SELETIVO VESTIBULAR 2015/2 DIREITO HISTÓRIA HISTÓRIA Questão 01 (Imagem disponível em: . Acesso em: 02 maio 2015) Leia atentamente o fragmento de texto a seguir:

Leia mais

QUÍMICA QUESTÃO 41 QUESTÃO 42

QUÍMICA QUESTÃO 41 QUESTÃO 42 Processo Seletivo/UNIFAL- janeiro 2008-1ª Prova Comum TIPO 1 QUÍMICA QUESTÃO 41 Diferentes modelos foram propostos ao longo da história para explicar o mundo invisível da matéria. A respeito desses modelos

Leia mais

Neste ano estudaremos a Mecânica, que divide-se em dois tópicos:

Neste ano estudaremos a Mecânica, que divide-se em dois tópicos: CINEMÁTICA ESCALAR A Física objetiva o estudo dos fenômenos físicos por meio de observação, medição e experimentação, permite aos cientistas identificar os princípios e leis que regem estes fenômenos e

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE RIO DO OESTE

PREFEITURA MUNICIPAL DE RIO DO OESTE PREFEITURA MUNICIPAL DE RIO DO OESTE PROCESSO SELETIVO Nº001/2010 AUXILIARES DE SERVIÇOS GERAIS NOME DO CANDIDAT0: ASSINATURA: RIO DO OESTE 27 DE JANEIRO DE 2010 Instruções: Antes de começar a realizar

Leia mais

As Principais Fontes De Energia Presentes No Mundo

As Principais Fontes De Energia Presentes No Mundo As Principais Fontes De Energia Presentes No Mundo INTRODUÇÃO: Desde a pré-história o homem vem se utilizando de diversas fortes e formas de energia, para suprir suas necessidades energéticas, por isso,

Leia mais

SÉRIE: 2º ano EM Exercícios de recuperação final DATA / / DISCIPLINA: QUÍMICA PROFESSOR: FLÁVIO QUESTÕES DE MÚLTIPLA ESCOLHA

SÉRIE: 2º ano EM Exercícios de recuperação final DATA / / DISCIPLINA: QUÍMICA PROFESSOR: FLÁVIO QUESTÕES DE MÚLTIPLA ESCOLHA SÉRIE: 2º ano EM Exercícios de recuperação final DATA / / DISCIPLINA: QUÍMICA PROFESSOR: FLÁVIO QUESTÕES DE MÚLTIPLA ESCOLHA QUESTÃO 01 Em uma determinada transformação foi constatado que poderia ser representada

Leia mais

63 Química na cozinha: observando a chama

63 Química na cozinha: observando a chama A U A UL LA Atenção Mãos à obra Química na cozinha: observando a chama Vamos dar continuidade ao estudo que iniciamos na Aula 62, sobre reações químicas, aprofundando nossa compreensão sobre a reação de

Leia mais

REVISÃO 2º BIMESTRE LIXO E SEU DESTINO

REVISÃO 2º BIMESTRE LIXO E SEU DESTINO REVISÃO 2º BIMESTRE LIXO E SEU DESTINO 1) Analise as alternativas sobre aspectos relacionados ao lixo e marque (V) para as verdadeiras e (F) para as falsas. ( ) O lixo é caracterizado como tudo aquilo

Leia mais

~ 1 ~ PARTE 1 TESTES DE ESCOLHA SIMPLES. Olimpíada de Química do Rio Grande do Sul 2011

~ 1 ~ PARTE 1 TESTES DE ESCOLHA SIMPLES. Olimpíada de Química do Rio Grande do Sul 2011 CATEGORIA EM-2 Nº INSCRIÇÃO: Olimpíada de Química do Rio Grande do Sul 2011 Questão 3: O chamado soro caseiro é uma tecnologia social que consiste na preparação e administração de uma mistura de água,

Leia mais

5 a Série (6 o Ano) Avaliação Diagnóstica Matemática (Entrada) Ensino Fundamental. Gestão da Aprendizagem Escolar. Nome da Escola.

5 a Série (6 o Ano) Avaliação Diagnóstica Matemática (Entrada) Ensino Fundamental. Gestão da Aprendizagem Escolar. Nome da Escola. Gestão da Aprendizagem Escolar Avaliação Diagnóstica Matemática (Entrada) 5 a Série (6 o Ano) Ensino Fundamental Nome da Escola Cidade Estado Nome do Aluno Idade Sexo feminino masculino Classe Nº 1. Durante

Leia mais

QUESTÕES DE CARACTERIZAÇÃO E ANÁLISE AMBIENTAL. O 2(g) O 2(aq)

QUESTÕES DE CARACTERIZAÇÃO E ANÁLISE AMBIENTAL. O 2(g) O 2(aq) QUESTÕES DE CARACTERIZAÇÃO E ANÁLISE AMBIENTAL Questão 01 O agente oxidante mais importante em águas naturais é, sem a menor dúvida, o oxigênio molecular dissolvido, O 2. O equilíbrio entre o oxigênio

Leia mais

OPERÁRIO BRAÇAL. 05 Matemática. 05 Conhecimentos Específicos. 30 Total de questões 40

OPERÁRIO BRAÇAL. 05 Matemática. 05 Conhecimentos Específicos. 30 Total de questões 40 CONCURSO PÚBLICO Nº 002/2015 PREFEITURA MUNICIPAL DE PINHEIRO PRETO - SC OPERÁRIO BRAÇAL Nome do (a) Candidato (a) Número de Inscrição Este caderno de questões está assim constituído: DISCIPLINAS Nº QUESTOES

Leia mais

Atividade de Reforço2

Atividade de Reforço2 Professor(a): Eliane Korn Disciplina: Física Aluno(a): Ano: 1º Nº: Bimestre: 2º Atividade de Reforço2 INSTRUÇÕES GERAIS PARA A ATIVIDADE I. Leia atentamente o resumo da teoria. II. Imprima a folha com

Leia mais

O candidato deverá demonstrar uma visão globalizante do processo transformacional

O candidato deverá demonstrar uma visão globalizante do processo transformacional CIÊNCIAS HUMANAS (HISTÓRIA/ATUALIDADES/GEOGRAFIA) O candidato deverá demonstrar uma visão globalizante do processo transformacional das sociedades através dos tempos, observando os fatores econômico, histórico,

Leia mais

Cartão do Cidadão: ajudar sem humilhar

Cartão do Cidadão: ajudar sem humilhar Cartão do Cidadão: ajudar sem humilhar Todos os benefícios sociais numa só conta OGoverno Federal lançou o Cartão do Cidadão, em junho de 2002, um cartão amarelo, de plástico e magnético, como os usados

Leia mais

PROVA DE GEOGRAFIA 3 o TRIMESTRE DE 2012

PROVA DE GEOGRAFIA 3 o TRIMESTRE DE 2012 PROVA DE GEOGRAFIA 3 o TRIMESTRE DE 2012 PROFa. JULIANA NOME N o 8 o ANO A compreensão do enunciado faz parte da questão. Não faça perguntas ao examinador. A prova deve ser feita com caneta azul ou preta.

Leia mais

1. A água. 1.1. A água e as atividades humanas

1. A água. 1.1. A água e as atividades humanas 1. A água 1.1. A água e as atividades humanas O homem utiliza a água para os mais determinados fins (Figura 1): consumo doméstico higiene pessoal e da casa, preparar os alimentos; agricultura; indústria;

Leia mais

A Terra em Realidade Aumentada

A Terra em Realidade Aumentada A Terra em Realidade Aumentada www.constellatius.com Edmilson Souza Barreto Simone de Oliveira Tenório A Terra em Realidade Aumentada Edmilson Souza Barreto Simone de Oliveira Tenório Livro com aplicação

Leia mais

CURSO PREPARATÓRIO - INTENSIVO 2º SIMULADO/2014 LÍNGUA PORTUGUESA E MATEMÁTICA

CURSO PREPARATÓRIO - INTENSIVO 2º SIMULADO/2014 LÍNGUA PORTUGUESA E MATEMÁTICA CURSO PREPARATÓRIO - INTENSIVO 2º SIMULADO/2014 LÍNGUA PORTUGUESA E MATEMÁTICA.1. Nome do(a) Aluno(a): Turma: RECOMENDAÇÕES IMPORTANTES 01) Verifique o total de folhas (13) deste Simulado. Ele contém 08

Leia mais

De onde veio e para onde vai o carbono que faz parte do nosso corpo?

De onde veio e para onde vai o carbono que faz parte do nosso corpo? De onde veio e para onde vai o carbono que faz parte do nosso corpo? 07/2011 Esta obra foi licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição - Uso Não-Comercial - Obras Derivadas Proibidas 3.0 Não

Leia mais

Fig.: Esquema de montagem do experimento.

Fig.: Esquema de montagem do experimento. Título do Experimento: Tratamento de água por Evaporação 5 Conceitos: Mudanças de fases Materiais: Pote de plástico de 500 ml ou 1L; Filme PVC; Pote pequeno de vidro; Atilho (Borracha de dinheiro); Água

Leia mais

PROVA DE QUÍMICA - 1998 Segunda Etapa

PROVA DE QUÍMICA - 1998 Segunda Etapa PROVA DE QUÍMICA - 1998 Segunda Etapa QUESTÃO 01 Num laboratório químico, havia três frascos que continham, respectivamente, um alcano, um álcool e um alqueno. Foram realizados experimentos que envolviam

Leia mais

Poluição do ar. Segundo o pesquisador Paulo Saldiva, coordenador. Deu no jornal. Nossa aula

Poluição do ar. Segundo o pesquisador Paulo Saldiva, coordenador. Deu no jornal. Nossa aula A UU L AL A Poluição do ar Segundo o pesquisador Paulo Saldiva, coordenador do laboratório de poluição atmosférica experimental da Faculdade de Medicina da USP, a relação entre o nível de poluição e a

Leia mais

Questão 57. Questão 58. alternativa D. alternativa C. seu mostrador deverá indicar, para esse mesmo objeto, o valor de

Questão 57. Questão 58. alternativa D. alternativa C. seu mostrador deverá indicar, para esse mesmo objeto, o valor de OBSERVAÇÃO (para todas as questões de Física): o valor da aceleração da gravidade na superfície da Terra é representado por g. Quando necessário, adote: para g, o valor 10 m/s ; para a massa específica

Leia mais

*MAT MATEMÁTICA E SUAS TECNOLOGIAS (questões de 13

*MAT MATEMÁTICA E SUAS TECNOLOGIAS (questões de 13 HABILIDADE 01 ERRATA 1 (CADERNO DE ITENS POR HABILIDADE) Questão 01360 Simulado 1 e *MAT MATEMÁTICA E SUAS TECNOLOGIAS (questões de 13 Questão 01390 A figura representa um tipo de medidor de energia Um

Leia mais

BIOLOGIA. Prova de 2 a Etapa SÓ ABRA QUANDO AUTORIZADO. FAÇA LETRA LEGÍVEL. Duração desta prova: TRÊS HORAS. UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS

BIOLOGIA. Prova de 2 a Etapa SÓ ABRA QUANDO AUTORIZADO. FAÇA LETRA LEGÍVEL. Duração desta prova: TRÊS HORAS. UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS BIOLOGIA Prova de 2 a Etapa SÓ ABRA QUANDO AUTORIZADO. Leia atentamente as instruções que se seguem. 1 - Este caderno contém sete questões, constituídas de itens e subitens, abrangendo um total de quinze

Leia mais

Efeitos da Corrente Elétrica. Prof. Luciano Mentz

Efeitos da Corrente Elétrica. Prof. Luciano Mentz Efeitos da Corrente Elétrica Prof. Luciano Mentz 1. Efeito Magnético Corrente elétrica produz campo magnético. Esse efeito é facilmente verificado com uma bússola e será estudado no eletromagnetismo. 2.

Leia mais

ARTES PLÁSTICAS - LICENCIATURA (NOTURNO)

ARTES PLÁSTICAS - LICENCIATURA (NOTURNO) assinatura do(a) candidato(a) ADMISSÃO PARA PORTADOR DE DIPLOMA DE CURSO SUPERIOR 2.ª DCS/2011 ARTES PLÁSTICAS - LICENCIATURA (NOTURNO) LEIA COM ATENÇÃO AS INSTRUÇÕES ABAIXO. Prova Dissertativa 1 Ao receber

Leia mais

01- O que é tempo atmosférico? R.: 02- O que é clima? R.:

01- O que é tempo atmosférico? R.: 02- O que é clima? R.: PROFESSOR: EQUIPE DE GEOGRAFIA BANCO DE QUESTÕES - GEOGRAFIA - 6º ANO - ENSINO FUNDAMENTAL ============================================================================================= TEMPO ATMOSFÉRICO

Leia mais

Leitura e interpretação de gráficos: Cada vez mais os vestibulares exigem essa competência

Leitura e interpretação de gráficos: Cada vez mais os vestibulares exigem essa competência Leitura e interpretação de gráficos: Cada vez mais os vestibulares exigem essa competência Por: George Schlesinger Existem diversos tipos de gráficos: linhas, barras, pizzas etc. Estudaremos aqui os gráficos

Leia mais

Só abra este caderno quando o fiscal autorizar. Leia atentamente as instruções abaixo.

Só abra este caderno quando o fiscal autorizar. Leia atentamente as instruções abaixo. PROCESSO SELETIVO 2003/1 REDAÇÃO Só abra este caderno quando o fiscal autorizar. Leia atentamente as instruções abaixo. 1. 2. 3. 4. 5. 6. Este caderno de prova contém três temas para redação, uma folha

Leia mais

Aula 5 A energia não é o começo de tudo, mas já é um início

Aula 5 A energia não é o começo de tudo, mas já é um início Aula 5 A energia não é o começo de tudo, mas já é um início Itens do capítulo 5 A energia não é o começo de tudo, mas já é o início 5. A energia não é o começo de tudo, mas já é o início 5.1 O consumo

Leia mais

Prova de Matemática Financeira 01 a 20

Prova de Matemática Financeira 01 a 20 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 Identifique-se na parte inferior desta capa. Caso se identifique em qualquer outro local deste caderno, você será eliminado da Seleção. Este Caderno contém, respectivamente, a Prova

Leia mais