CONCURSO VESTIBULAR DE INVERNO PUC-Rio 2008

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CONCURSO VESTIBULAR DE INVERNO PUC-Rio 2008"

Transcrição

1 CONCURSO VESTIBULAR DE INVERNO PUC-Rio 2008 EXCLUSIVAMENTE PARA O CURSO DE ADMINISTRAÇÃO PROVA OBJETIVA DE CIÊNCIAS NATURAIS (BIOLOGIA, FÍSICA E QUÍMICA). PROVA DISCURSIVA DE GEOGRAFIA E HISTÓRIA. PROVA DISCURSIVA DE MATEMÁTICA. Este caderno contém: uma prova objetiva com dez questões relativas à área de Ciências Naturais (Biologia, Física e Química); uma prova discursiva com cinco questões relativas às áreas de Geografia e de História. uma prova discursiva com cinco questões relativas à área de Matemática. Na prova objetiva, assinale com um X a opção que representa a sua resposta à questão colocada. Na prova discursiva, escreva no espaço reservado para cada resposta. Só será considerado o que for escrito nesse espaço. Será eliminado do Concurso Vestibular o candidato que a) se utilizar, durante a realização da prova, de qualquer tipo de aparelho (celular, bip ou qualquer outro) ou de fontes de consulta de qualquer espécie; b) se ausentar da sala em que se realiza a prova levando consigo o Caderno de Prova. O tempo disponível para esta prova é de 4 (quatro) horas. As provas devem ser feitas a caneta (azul ou preta). Antes de iniciar a prova, escreva seu nome em letra de forma, assine e preencha seu número de inscrição nos locais indicados abaixo. Quando terminar esta prova, entregue o Caderno de Prova ao Fiscal e assine a lista de presença. NOME DO CANDIDATO (EM LETRA DE FORMA):... ASSINATURA DO CANDIDATO:... Nº DE INSCRIÇÃO:

2 BIOLOGIA Questão 1 Hoje em dia encontramos frequentemente hortaliças em supermercados que são cultivadas através da técnica de hidroponia. Esta técnica consiste em cultivar pequenas mudas em apoios especiais aos quais é adicionado líquido com sais nutrientes. O aumento da biomassa (crescimento) destas plantas é devido principalmente à absorção de: a) matéria orgânica; b) gás carbônico; c) enxofre; d) fósforo; e) oxigênio molecular. Questão 2 A diminuição de plaquetas observada em alguns casos de infecção pelo vírus da Dengue tem como conseqüência direta: a) hemorragia; b) dores nas juntas; c) indisposição; d) desidratação; e) febre. FÍSICA Questão 3 Um halterofilista levanta um peso a partir do solo até uma altura H, mantendo a velocidade do peso constante durante todo o movimento. Considerando o sistema peso e Terra, e que a energia potencial pode ser considerada zero na superfície da Terra, podemos afirmar que: a) o halterofilista realizou trabalho, diminuindo a energia cinética do sistema; b) o halterofilista realizou trabalho, aumentando a energia potencial do sistema; c) o halterofilista realizou trabalho, diminuindo a energia potencial do sistema; d) o halterofilista realizou trabalho, mantendo a energia potencial do sistema constante; e) o halterofilista não realizou trabalho. Questão 4 No circuito apresentado na figura abaixo, considerando que a potência dissipada não poderá ser nula, qual das chaves deve ser fechada permitindo a passagem de corrente elétrica pelo circuito, tal que a potência dissipada pelas resistências seja a menor possível? a) chave 2 b) chave 3 c) chaves 1 e 2 d) chaves 1 e 3 e) chaves 1, 2 e 3 Vestibular de Inverno PUC-Rio /12

3 Questão 5 Em um campeonato recente de vôo de precisão, os pilotos de avião deveriam atirar um saco de areia dentro de um alvo localizado no solo. Supondo que o avião voe horizontalmente a 500 m de altitude com uma velocidade de 144 km/h, e que o saco é deixado cair do avião, ou seja, no instante do tiro a componente vertical do vetor velocidade é zero, podemos afirmar que: (Considere a aceleração da gravidade g = 10m/s 2 e despreze a resistência do ar) a) o saco deve ser lançado quando o avião se encontra a 100 m do alvo; b) o saco deve ser lançado quando o avião se encontra a 200 m do alvo; c) o saco deve ser lançado quando o avião se encontra a 300 m do alvo; d) o saco deve ser lançado quando o avião se encontra a 400 m do alvo; e) o saco deve ser lançado quando o avião se encontra a 500 m do alvo. Questão 6 O mecanismo através do qual ocorre a perda de calor de um objeto é dependente do meio no qual o objeto está inserido. No vácuo, podemos dizer que a perda de calor se dá por: a) Condução; b) Convecção; c) Radiação; d) Condução e Convecção; e) Convecção e Radiação. QUÍMICA Questão 7 O elemento césio é da família dos alcalinos. Possui um único isótopo estável ( 133 Cs) e vários radioisótopos. Um deles é o 137 Cs. A esse respeito, assinale a afirmativa correta. a) O 137 Cs possui quatro prótons a mais que o 133 Cs. b) O Cs, sendo um elemento alcalino, reage com a água para formar o hidróxido de fórmula Cs(OH) 2. c) O Cs é um elemento menos eletronegativo que o oxigênio. d) O Cs tem distribuição eletrônica cujo elétron mais externo fica em um orbital d. e) O silicato hidratado de alumínio e césio, (Cs 4 Al 4 Si 9 O 26 ).H 2 O, mais conhecido como polucita, é um óxido anfótero. Questão 8 O silício, presente na areia, pode ser obtido a partir do óxido de silício de alta pureza em fornos de arco elétrico, onde o silício é formado na superfície de eletrodos de carbono aquecidos a 2000 ºC (reação indicada abaixo). SiO 2 (s) + C(s) Si(s) + CO 2 (g) O silício produzido por este processo atinge o chamado grau metalúrgico (grau de pureza em torno de 99% em massa), insuficiente para a construção de semicondutores, onde é preciso silício com pureza denominada de grau eletrônico (impurezas inferiores a 0,2 mg kg -1 ). Com base nessas informações, assinale a alternativa correta. a) Se o rendimento da reação do óxido de silício com carbono for de 75%, se obteriam 210 g de Si por cada 600 g de SiO 2 reagidos. b) O carbono usado na reação com óxido de silício é reduzido. c) Um mol de silício que contém 0,002 mol de Pb como impureza possui grau eletrônico. d) Na reação de produção de Si, o somatório das massas de produtos da reação não é igual ao somatório das massas dos reagentes. e) O Si não é um elemento abundante na natureza. Vestibular de Inverno PUC-Rio /12

4 Questão 9 Considere a reação de decomposição do aldeído acético, CH 3 CHO, indicada a seguir: CH 3 CHO(g) CH 4 (g) + CO(g) A lei de velocidade da reação, a uma temperatura definida, é: v = 0,045 [CH 3 CHO] 2 onde 0,045 é a constante de velocidade. Assinale a alternativa abaixo que indica a razão v 1 /v 2, onde v 1 é a velocidade de reação quando a concentração inicial de CH 3 CHO for 0,050 mo L -1 e v 2 é a velocidade de reação quando a concentração inicial de CH 3 CHO for 0,025 mo L -1. a) 1 b) 2 c) 2,5 d) 4 e) Zero Questão 10 Um grupo de alunos que visitou o Mar Morto fez a seguinte pesquisa sobre as suas águas: O Mar Morto está situado a 412 metros abaixo do nível do mar Mediterrâneo e contém aproximadamente 30 g de vários tipos de sais por 100 ml de água, enquanto a quantidade considerada normal para os oceanos é de 30 g para cada litro de água. Isso torna impossível qualquer forma de vida - flora ou fauna - em suas águas. A composição varia basicamente com a estação, a profundidade e a temperatura, sendo as concentrações das espécies iônicas (em g/kg) da água de superfície a seguinte: Cl (181,4); Br (4,2); SO 4 2 (0,4); HCO 3 (0,2); Ca 2+ (14,1); Na + (32,5), K + (6,2) e Mg 2+ (35,2). Considerando as informações obtidas pelos alunos, está correto afirmar que em 20 kg de água de superfície do mar há: a) 0,5 mol de Cl - b) 141 g de Ca 2+ c) 1,2 mol de Mg 2+ d) 124 g de K + e) 0,8 mol de Na + Vestibular de Inverno PUC-Rio /12

5 GEOGRAFIA Questão 1 (2,0 pontos) Fonte: Paulo Caruso, JBOnline, 31 de maio de A charge acima (o ministro do Meio Ambiente, Carlos Minc, em maio de 2008) simboliza uma situação associada às tensões entre legalidade e ilegalidade presentes quando se trata das questões ambientais no Brasil, notadamente na região Norte do país. a) Explique a charge, relacionando-a à questão ambiental no país. b) Defina a expressão desenvolvimento sustentável, relacionando-a à charge. Vestibular de Inverno PUC-Rio /12

6 Questão 2 (2,0 pontos) "Devo reconhecer que não via no início muito mérito no IDH em si, embora tivesse tido o privilégio de ajudar a idealizá-lo. A princípio, demonstrei bastante ceticismo ao criador do Relatório de Desenvolvimento Humano, Mahbub ul Haq, sobre a tentativa de focalizar, em um índice bruto deste tipo - apenas um número - a realidade complexa do desenvolvimento e da privação humanos. (...) Mas, após a primeira hesitação, Mahbub convenceu-se de que a hegemonia do PIB (índice demasiadamente utilizado e valorizado que ele queria suplantar) não seria quebrada por nenhum conjunto de tabelas. As pessoas olhariam para elas com respeito, disse ele, mas quando chegasse a hora de utilizar uma medida sucinta de desenvolvimento, recorreriam ao pouco atraente PIB, pois apesar de bruto era conveniente. (...) Amartya Sen, Prêmio Nobel da Economia em 1998, no prefácio do RDH de Após dez anos da afirmação acima, ainda há alguma incredibilidade em relação ao uso do IDH como instrumento de políticas públicas, principalmente nos países periféricos. A partir do que foi apresentado, responda a questão a seguir: Por que o economista prêmio Nobel de 1998 considera, em relação aos países ricos e pobres, o uso do PIB como medida sucinta de desenvolvimento? Vestibular de Inverno PUC-Rio /12

7 Questão 3 (2,0 pontos) Fonte: Atlas Racial Brasileiro, Os mapas acima são indicativos de um grave problema presente, ainda nos dias de hoje, na realidade do povo brasileiro: a desigualdade étnico-racial que agrava as desigualdades socioterritoriais. Baseando-se nos indicativos de taxa de mortalidade infantil apresentados nos mapas acima, indique, justificando as suas respostas: a) a região político-administrativa brasileira onde os indicativos de igualdade étnico-raciais devem ser mais equilibrados. b) dois estados da região político-administrativa Nordeste onde as disparidades das taxas de mortalidade entre negros e brancos tendem a ser maiores. Vestibular de Inverno PUC-Rio /12

8 HISTÓRIA Questão 4 (2,0 pontos) A imagem abaixo do pintor Jean Baptiste Debret intitulada Um funcionário do governo sai a passeio com a família constitui um registro do cotidiano daqueles que habitavam o Rio de Janeiro no tempo do governo joanino ( ). A partir da observação da gravura e de seus conhecimentos sobre o período: a) APRESENTE dois elementos que identificam a posição dos diferentes grupos sociais na hierarquia da sociedade da época. JUSTIFIQUE: b) EXPLIQUE por que durante o governo de D. João VI o Rio de Janeiro passou a ser identificado como nova Lisboa : Vestibular de Inverno PUC-Rio /12

9 Questão 5 (2,0 pontos) A catástrofe humana desencadeada pela Segunda Guerra Mundial é quase certamente a maior na história humana. O aspecto não menos importante dessa catástrofe é que a humanidade aprendeu a viver num mundo em que a matança, a tortura e o exílio em massa se tornaram experiências do dia a dia que não mais notamos. (HOBSBAWM, Eric. A Era dos Extremos. São Paulo: Companhia das Letras, 1995) A partir da leitura do trecho acima: a) Identifique duas conseqüências da Segunda Guerra Mundial para a África e Ásia. b) Explique uma característica da Era da Guerra Fria iniciada após a Grande Guerra. Vestibular de Inverno PUC-Rio /12

10 MATEMÁTICA Questão 1 (2,0 pontos) 2 Dadas a parábola y = x + x + 1 e a reta y = 2 x + m : a) Determine os valores de m para os quais a reta intercepta a parábola. b) Determine para qual valor de m a reta tangencia a parábola. Determine também o ponto de tangência. Questão 2 (2,0 pontos) José foi promovido na sua empresa e teve um aumento de 40% no seu salário. Dois meses depois, todos os funcionários da empresa receberam um reajuste de 10%. Qual foi o aumento percentual de José? Vestibular de Inverno PUC-Rio /12

11 Questão 3 (2,0 pontos) Calcule a área da figura abaixo, onde cada um dos seis ângulos internos mede cm 2cm 2cm 1cm 1cm 2cm Questão 4 (2,0 pontos) Num jogo de Pôquer têm-se 32 cartas, 8 de cada um dos naipes. Um jogador pega 5 cartas. Qual a probabilidade de que sejam todas do mesmo naipe? Vestibular de Inverno PUC-Rio /12

12 Questão 5 (2,0 pontos) A figura abaixo representa uma região de ruas de mão única. O número de carros se divide igualmente em cada local onde existam duas opções de direções, conforme a figura: Se 320 carros entram em A, quantos deixam a saída B? Vestibular de Inverno PUC-Rio /12

13 VESTIBULAR DE INVERNO PUC-Rio 2008 GABARITO DA PROVA OBJETIVA DE CIÊNCIAS NATURAIS BIOLOGIA Questão 1 Resposta: (B) gás carbônico; O aumento da biomassa nos vegetais se deve principalmente à incorporação de carbono a partir do gás carbônico, por fotossíntese, para formação do esqueleto das moléculas orgânicas. A matéria orgânica não é incorporada pelos vegetais. O enxofre e fósforo são nutrientes que são constituintes que participam em menor quantidade das moléculas orgânicas, que formam a biomassa. Questão 2 Resposta: (A) hemorragia; Em geral acontece diariamente o rompimento de pequenos vasos sangüíneos, sem maiores conseqüências para o organismo. As plaquetas são elementos diretamente relacionados à coagulação sangüínea. Quando a quantidade destes elementos diminui no sangue, temos como conseqüência direta a diminuição da coagulação sangüínea e, conseqüentemente o aumento de hemorragias. FÍSICA Questão 3 Resposta: (B) o halterofilista realizou trabalho, aumentando a energia potencial do sistema; O trabalho realizado pelo halterofilista é dado por W = F y onde F é a força exercida pelo halterofilista e é igual a F = mg. Então o trabalho realizado pelo halterofilista é positivo dado por W = mgh. Isto corresponde ao aumento da energia potencial gravitacional do peso. Questão 4 Resposta: (D) Chaves 1 e 3 A potência dissipada pelo circuito será mínima quando a corrente que passa por ele é a menor possível. De acordo com a Lei de Ohm, a corrente de um circuito é dada por V = R I, onde R é a resistência do circuito e I a corrente que passa pelo circuito. Neste caso, ao fecharmos as chaves 1 e 3, obtemos a maior resistência, menor corrente e a menor potência possível. Questão 5 Resposta: (D) o saco deve ser lançado quando o avião se encontra a 400 m do alvo. O tempo que o saco de areia leva para atingir o solo é dado por y = h g t 2 /2 => t = (2 h/g) 1/2 = 10s. Logo, para que o saco de areia atinja o alvo, ele deve ser lançado de uma distância de = v t = 400 m. Questão 6 Resposta: (C) Radiação. No vácuo, como não há meio, a única forma que o corpo tem de perda de calor é através da emissão de ondas eletromagnéticas. Logo, o único mecanismo de perda de calor no vácuo é através da radiação. QUÍMICA Questão 7 Resposta: (C) O Cs é um elemento menos eletronegativo que o oxigênio. A alternativa c é correta. A alternativa a é falsa, pois ambos os isótopos de Cs têm, obrigatoriamente, que ter o mesmo número de prótons, no caso, 55. A alternativa b é falsa, pois, sendo um elemento alcalino, o Cs deveria formar hidróxido com estequiometria CsOH. A alternativa d é incorreta, pois, sendo um elemento da coluna IA, a distribuição eletrônica deveria ter como característica o elétron mais externo em um orbital s. A alternativa e é incorreta, pois trata-se de um sal.

14 Questão 8 Resposta: (A) Se o rendimento da reação do óxido de silício com carbono for de 75%, se obteria 210 g de Si por cada 600 g de SiO 2 reagidos. A alternativa a é correta, pois para cada mol de SiO 2 (600 g) deveria-se obter um mol de Si (280 g) se a reação tivesse 100% de rendimento. Logo, 75/100 x 280 = 210 g. A alternativa b é incorreta, pois o C é oxidado na reação. A alternativa c é incorreta, pois 0,002 mol de Pb equivale a aproximadamente 0,414 g por 28 g (1 mol ) de Si. Logo teria-se 0,414 g/28 g = 0,015 g de Pb por cada 1 g de Si, o que equivale a 15 mg g -1 ou 15 g kg -1. A alternativa d é a incorreta, pois, segundo a lei da conservação das massas, dever-se-ia ter massas iguais de reagentes e produtos. A alternativa e é incorreta, pois, Si é um dos elementos mais abundantes da crosta terrestre presente, por exemplo, na areia e nas argilas. Questão 9 Resposta: (D) 4 A alternativa d é a correta, pois ao se fazer a relação entre as leis de velocidade: v 1 /v 2 = 0,045 [CH 3 CHO] 1 2 /0,045 [CH 3 CHO] 2 2 = {[CH 3 CHO] 1 / [CH 3 CHO] 2 } 2 = (0,050/0,025) 2 = 4. Questão 10 Resposta: (D) 124 g de K + A alternativa d é a correta: massa de K + = (6,2 g x 20 kg)/1 kg = 124 g Para 20 kg de água, os valores indicados entre parênteses devem ser multiplicados por 20, o que elimina as respostas em mol ( a, c e e ). A alternativa b é incorreta, pois 14,1 vezes 20 é igual a 282 g.

15 VESTIBULAR DE INVERNO PUC-Rio 2008 GABARITO DA PROVA DISCURSIVA DE GEOGRAFIA E HISTÓRIA GEOGRAFIA Questão 1 a) A charge expressa, através do colete a prova de balas, que o ministro deverá ser cuidadoso para gerir a pasta ministerial do Meio Ambiente, já que a gestão ambiental na sociedade brasileira é uma batalha cotidiana entre agentes de poder diversos. Por serem os recursos ambientais disputados por diferentes agentes econômicos, políticos, ecológicos e sociais, de origens plurais, a batalha da gestão, muitas vezes, ultrapassa a legalidade (com atos criminosos, muitas vezes) pondo em risco a vida de quem atua em prol da conservação ambiental e da preservação da vida. b) A definição mais aceita é a de que para ser sustentável, o desenvolvimento deve ser capaz de suprir as necessidades da geração atual, sem comprometer a capacidade de atender as necessidades das futuras gerações, ou seja, é o desenvolvimento que não esgota os recursos para o futuro. Essa definição surgiu na Comissão Mundial sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento, criada pelas Nações Unidas para discutir e propor meios de harmonizar dois objetivos: o desenvolvimento econômico e a conservação ambiental. (Fonte: Se a condição de insegurança ronda a esfera política brasileira em torno da gestão ambiental, as possibilidades de definição de uma política pública voltada para o desenvolvimento sustentável se tornam mais difíceis. Questão 2 Porque para que os índices de qualidade de vida aplicados na obtenção do IDH possam ser considerados nas políticas de Estado, os gestores públicos, notadamente os dos países periféricos, precisariam reduzir os problemas estruturais básicos como o analfabetismo, a desigual distribuição de renda, os baixos gastos sociais com saúde pública, dentre outros, e que caracterizam as grandes desigualdades socioespaciais nos países. Nesse sentido, a utilização do PIB (produto interno bruto) é mais cômoda pelos gestores, pois, como esse índice considera apenas o crescimento econômico e não a distribuição da riqueza produzida temse a impressão de que as vantagens do crescimento atingiram todas as pessoas, o que é comprovadamente falso. Questão 3 a) A região Sul. Pelos índices mostrados nos cartogramas apresentados, a taxa de mortalidade de crianças negras e brancas é a mesma (entre 16,00 e 27,00 mortes em mil), o que pode indicar uma menor desigualdade entre os dois grupos étnico-raciais nessa região do que em outras. b) Nos estados do Rio Grande do Norte e de Alagoas. Nesses estados, a diferença entre as taxas de mortalidade de crianças brancas e negras é expressiva. Entre as crianças brancas, a taxa atinge a faixa entre 27,01 e 38,01 mortes por mil; já entre as crianças negras, a taxa sobe e atinge, nos dois estados, a faixa que fica entre 49,03 e 60,00 mortes a cada mil crianças, o que pode caracterizar uma desigualdade expressiva entre esses grupos étnico-raciais. HISTÓRIA Questão 4 a) O pai (branco) à frente dos demais membros da família simboliza a autoridade e o poder dos homens sobre as mulheres na sociedade da época. O lugar ocupado pela dona de casa (branca) na fila, atrás dos filhos fossem esses meninos ou meninas e à frente dos escravos, evidencia, respectivamente, seu papel de mãe dos filhos do marido e de administradora de um lar extenso. A mulher branca exercia, portanto, o domínio sobre os escravos e as escravas no espaço da casa. As redes de poder e hierarquia envolvendo a própria comunidade negra também são perceptíveis na imagem: os escravos (as) que aparecem com melhores vestimentas provavelmente desfrutavam uma posição vantajosa em relação aos seus pares na hierarquia social. Os pés descalços marcam a condição de escravo, diferenciando-os dos libertos e dos livres. b) O governo de D.João VI proporcionou uma série de melhorias na cidade do Rio de Janeiro e beneficiou os grandes proprietários e comerciantes das capitanias do Rio de Janeiro, São Paulo e Minas Gerais que, por estarem próximos da Corte, desfrutavam de privilégios, proteção e prestígio social. A política joanina gerou um aumento significativo dos impostos para a manutenção da Corte na cidade do Rio de Janeiro, que passou a ser identificada como nova Lisboa, sobretudo por aqueles que habitavam as demais regiões do Brasil. Comentava-se que o Rio de Janeiro passara a sediar grupos que defendiam os interesses portugueses oprimindo os brasileiros do restante do país. Sendo assim, o domínio político da colônia passara de Lisboa para o Rio de Janeiro. A Revolução Pernambucana de 1817 constitui um exemplo de tal insatisfação.

16 Questão 5 a) O candidato deverá identificar duas entre as seguintes conseqüências: início do processo de descolonização da África e da Ásia; início de movimentos de independência na África e na Ásia seja através de violentas guerras ou de processos de negociação; Conferência de Bandung (1955) que discutiu os problemas do colonialismo, do racismo, dos males resultantes da submissão dos povos ao jugo do estrangeiro e contribuiu para a afirmação da identidade desses novos países que surgiam no cenário mundial naquele momento; afirmação das idéias de Terceiro Mundo, autodeterminação, neutralidade e nãoalinhamento; criação de organismos supranacionais de integração regional, como, por exemplo, a Organização do Tratado da Ásia do Sudeste (Otase), o Pacto de Bagdá e o Congresso Pan-Africano; disputa entre EUA e URSS para o estabelecimento de áreas de influência nestes continentes. b) O candidato deverá explicar uma entre as seguintes características: o reconhecimento a partir do final da Guerra da existência de profundas divergências políticas, econômicas e ideológicas entre a União Soviética e os Estados Unidos; a formação de dois blocos políticos antagônicos: o Bloco Capitalista liderado pelos Estados Unidos e o Bloco Socialista liderado pela URSS; a disputa por áreas de influência em todo o mundo entre a União Soviética e os Estados Unidos; a luta pela manutenção dos acordos firmados nas Conferências de Ialta e Potsdã; a existência de um equilíbrio advindo do grande poderio militar (nuclear) tanto dos Estados Unidos quanto da União Soviética, que evitavam assim se destruir, passando a se chocar diplomaticamente e em locais onde não havia risco de conflito nuclear; a criação de organismos internacionais e a assinatura de tratados que ajudavam a conformar a existência de dois blocos antagônicos (COMECON, Plano Marshall, OTAN, Pacto de Varsóvia, por exemplo); a ocorrência de inúmeros e constantes momentos de tensão e conflito entre a URSS e os EUA (Crise de Berlim (1948/49), Guerra da Coréia, Guerra do Vietnã, construção do Muro de Berlim, etc.).

17 VESTIBULAR DE INVERNO PUC-Rio 2008 GABARITO DA PROVA DISCURSIVA DE MATEMÁTICA Questão 1 a) Substituindo y x + m 2 2 = 2 em y = x + x + 1 temos x x = m = 2 3 x m. Resposta m b) A reta tangencia a parábola para m =. O ponto de tangência é (, 4 2 4, ou seja, ). Questão 2 O salário de José foi multiplicado por Logo o aumento total foi de 54% Questão 3 A área é igual a área de um triângulo eqüilátero de lado 4 menos três triângulos eqüiláteros de lado 1, ou seja, cm =. Questão 4 O número total de mãos de 5 cartas é O número total de mãos de 5 cartas de um dado naipe é Logo a probabilidade é = Questão 5 Na primeira bifurcação, 160 carros viram à direita. Na segunda, 80 viram à direita e passam por B, enquanto, dos outro 80, 40 viram à direita e passam por B. Resposta: 120 carros.

CONCURSO VESTIBULAR DE INVERNO PUC-Rio 2008

CONCURSO VESTIBULAR DE INVERNO PUC-Rio 2008 CONCURSO VESTIBULAR DE INVERNO PUC-Rio 2008 EXCLUSIVAMENTE PARA O CURSO DE ADMINISTRAÇÃO PROVA OBJETIVA DE CIÊNCIAS NATURAIS (BIOLOGIA, FÍSICA E QUÍMICA). PROVA DISCURSIVA DE GEOGRAFIA E HISTÓRIA. PROVA

Leia mais

VESTIBULAR DE INVERNO PUC-Rio 2008 GABARITO DA PROVA OBJETIVA DE CIÊNCIAS NATURAIS BIOLOGIA

VESTIBULAR DE INVERNO PUC-Rio 2008 GABARITO DA PROVA OBJETIVA DE CIÊNCIAS NATURAIS BIOLOGIA VESTIBULAR DE INVERNO PUC-Rio 2008 GABARITO DA PROVA OBJETIVA DE CIÊNCIAS NATURAIS BIOLOGIA Questão 1 Resposta: (B) gás carbônico; O aumento da biomassa nos vegetais se deve principalmente à incorporação

Leia mais

CONCURSO VESTIBULAR DE INVERNO PUC-Rio 2013

CONCURSO VESTIBULAR DE INVERNO PUC-Rio 2013 CONCURSO VESTIBULAR DE INVERNO PUC-Rio 2013 EXCLUSIVAMENTE PARA O CURSO DE ADMINISTRAÇÃO PROVA OBJETIVA DE CIÊNCIAS NATURAIS (BIOLOGIA, FÍSICA E QUÍMICA). PROVA DISCURSIVA DE GEOGRAFIA E HISTÓRIA. PROVA

Leia mais

física EXAME DISCURSIVO 2ª fase 30/11/2014

física EXAME DISCURSIVO 2ª fase 30/11/2014 EXAME DISCURSIVO 2ª fase 30/11/2014 física Caderno de prova Este caderno, com dezesseis páginas numeradas sequencialmente, contém dez questões de Física. Não abra o caderno antes de receber autorização.

Leia mais

grandeza do número de elétrons de condução que atravessam uma seção transversal do fio em segundos na forma, qual o valor de?

grandeza do número de elétrons de condução que atravessam uma seção transversal do fio em segundos na forma, qual o valor de? Física 01. Um fio metálico e cilíndrico é percorrido por uma corrente elétrica constante de. Considere o módulo da carga do elétron igual a. Expressando a ordem de grandeza do número de elétrons de condução

Leia mais

VESTIBULAR DE INVERNO 2011 GABARITOS E COMENTÁRIOS. TARDE - 03/07/2011 Núcleo Básico de Computação

VESTIBULAR DE INVERNO 2011 GABARITOS E COMENTÁRIOS. TARDE - 03/07/2011 Núcleo Básico de Computação VESTIBULAR DE INVERNO 011 GABARITOS E COMENTÁRIOS TARDE - 03/07/011 Núcleo Básico de Computação - Prova objetiva de Conhecimentos Gerais (Biologia, Geografia e Históri - Prova discursiva de Física, Matemática

Leia mais

Capítulo 4 Trabalho e Energia

Capítulo 4 Trabalho e Energia Capítulo 4 Trabalho e Energia Este tema é, sem dúvidas, um dos mais importantes na Física. Na realidade, nos estudos mais avançados da Física, todo ou quase todos os problemas podem ser resolvidos através

Leia mais

horizontal, se choca frontalmente contra a extremidade de uma mola ideal, cuja extremidade oposta está presa a uma parede vertical rígida.

horizontal, se choca frontalmente contra a extremidade de uma mola ideal, cuja extremidade oposta está presa a uma parede vertical rígida. Exercícios: Energia 01. (UEPI) Assinale a alternativa que preenche corretamente as lacunas das frases abaixo. O trabalho realizado por uma força conservativa, ao deslocar um corpo entre dois pontos é da

Leia mais

U N I V E R S I D A D E F E D E R A L D E M I N A S G E R A I S SÓ ABRA QUANDO AUTORIZADO.

U N I V E R S I D A D E F E D E R A L D E M I N A S G E R A I S SÓ ABRA QUANDO AUTORIZADO. U N I V E R S I D A D E F E D E R A L D E M I N A S G E R A I S QUÍMICA Prova de 2 a Etapa SÓ ABRA QUANDO AUTORIZADO. Leia atentamente as instruções que se seguem. 1 - Este Caderno de Prova contém cinco

Leia mais

Questões Exatas 1º ano

Questões Exatas 1º ano Física I Profº Roro 01) (Unitau) Quando um objeto de massa m cai de uma altura h 0 para outra h, sua energia potencial gravitacional diminui de: a) mg (h h 0 ). b) mg (h + h 0 ). c) mg (h 0 - h). d) mg

Leia mais

Este caderno, com dezesseis páginas numeradas sequencialmente, contém dez questões de Física. Não abra o caderno antes de receber autorização.

Este caderno, com dezesseis páginas numeradas sequencialmente, contém dez questões de Física. Não abra o caderno antes de receber autorização. 04/12/2011 Física Caderno de prova Este caderno, com dezesseis páginas numeradas sequencialmente, contém dez questões de Física. Não abra o caderno antes de receber autorização. Instruções 1. Verifique

Leia mais

c = c = c =4,20 kj kg 1 o C 1

c = c = c =4,20 kj kg 1 o C 1 PROPOSTA DE RESOLUÇÃO DO TESTE INTERMÉDIO - 2014 (VERSÃO 1) GRUPO I 1. H vap (H 2O) = 420 4 H vap (H 2O) = 1,69 10 3 H vap (H 2O) = 1,7 10 3 kj kg 1 Tendo em consideração a informação dada no texto o calor

Leia mais

DATA: 17/11/2015. 2. (ENEM) Discutindo sobre a intensificação do efeito estufa, Francisco Mendonça afirmava:

DATA: 17/11/2015. 2. (ENEM) Discutindo sobre a intensificação do efeito estufa, Francisco Mendonça afirmava: EXERCÍCIOS REVISÃO QUÍMICA AMBIENTAL (EFEITO ESTUFA, DESTRUIÇÃO DA CAMADA DE OZÔNIO E CHUVA ÁCIDA) e EQUILÍBRIO QUÍMICO DATA: 17/11/2015 PROF. ANA 1. Na década de 70, alguns cientistas descobriram quais

Leia mais

3) Uma mola de constante elástica k = 400 N/m é comprimida de 5 cm. Determinar a sua energia potencial elástica.

3) Uma mola de constante elástica k = 400 N/m é comprimida de 5 cm. Determinar a sua energia potencial elástica. Lista para a Terceira U.L. Trabalho e Energia 1) Um corpo de massa 4 kg encontra-se a uma altura de 16 m do solo. Admitindo o solo como nível de referência e supondo g = 10 m/s 2, calcular sua energia

Leia mais

Lançamento Horizontal

Lançamento Horizontal Lançamento Horizontal 1. (Ufsm 2013) Um trem de passageiros passa em frente a uma estação, com velocidade constante em relação a um referencial fixo no solo. Nesse instante, um passageiro deixa cair sua

Leia mais

VESTIBULAR DE INVERNO 2013 GABARITOS E COMENTÁRIOS

VESTIBULAR DE INVERNO 2013 GABARITOS E COMENTÁRIOS VESTIBULAR DE INVERNO 013 GABARITOS E COMENTÁRIOS (TARDE 07/07/013) CURSOS DE CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO E DE SISTEMAS E INFORMAÇÃO PROVAS DE: BIOLOGIA, GEOGRAFIA E HISTÓRIA (OBJETIVAS) FÍSICA, MATEMÁTICA E

Leia mais

AVALIAÇÃO DA CAPACIDADE PARA A FREQUÊNCIA DO CURSO DE LICENCIATURA EM ENGENHARIA ELECTROTÉCNICA DO INSTITUTO SUPERIOR DE ENGENHARIA DE LISBOA

AVALIAÇÃO DA CAPACIDADE PARA A FREQUÊNCIA DO CURSO DE LICENCIATURA EM ENGENHARIA ELECTROTÉCNICA DO INSTITUTO SUPERIOR DE ENGENHARIA DE LISBOA Página 1 de 8 Provas especialmente adequadas destinadas a avaliar a capacidade para a frequência do ensino superior dos maiores de 23 anos, Decreto-Lei n.º 64/2006, de 21 de Março AVALIAÇÃO DA CAPACIDADE

Leia mais

As questões de 31 a 34 referem-se ao texto abaixo.

As questões de 31 a 34 referem-se ao texto abaixo. QUÍMICA As questões de 31 a 34 referem-se ao texto abaixo. Em diversos países, o aproveitamento do lixo doméstico é quase 100%. Do lixo levado para as usinas de compostagem, após a reciclagem, obtém-se

Leia mais

1 a QUESTÃO: (2,0 pontos) Avaliador Revisor

1 a QUESTÃO: (2,0 pontos) Avaliador Revisor 1 a QUESTÃO: (,0 pontos) Avaliador evisor Vários fenômenos físicos podem ser explicados pela propagação retilínea da luz em meios homogêneos. Essa hipótese é conhecida como o modelo do raio luminoso da

Leia mais

geografia Boa prova! 05/12/2010

geografia Boa prova! 05/12/2010 05/12/2010 geografia Caderno de prova Este caderno, com dezesseis páginas numeradas sequencialmente, contém dez questões de Geografia. Não abra o caderno antes de receber autorização. Instruções 1. Verifique

Leia mais

Prova de Química Resolvida Segunda Etapa Vestibular UFMG 2011 Professor Rondinelle Gomes Pereira

Prova de Química Resolvida Segunda Etapa Vestibular UFMG 2011 Professor Rondinelle Gomes Pereira QUESTÃO 01 Neste quadro, apresentam-se as concentrações aproximadas dos íons mais abundantes em uma amostra de água típica dos oceanos e em uma amostra de água do Mar Morto: 1. Assinalando com um X a quadrícula

Leia mais

LISTA UERJ 2014 LEIS DE NEWTON

LISTA UERJ 2014 LEIS DE NEWTON 1. (Pucrj 2013) Sobre uma superfície sem atrito, há um bloco de massa m 1 = 4,0 kg sobre o qual está apoiado um bloco menor de massa m 2 = 1,0 kg. Uma corda puxa o bloco menor com uma força horizontal

Leia mais

Física. CURSO Física. Só abra este caderno quando o fiscal autorizar. Leia atentamente as instruções abaixo.

Física. CURSO Física. Só abra este caderno quando o fiscal autorizar. Leia atentamente as instruções abaixo. PROCESSO SELETIVO 2006/1 Física CURSO Física Só abra este caderno quando o fiscal autorizar. Leia atentamente as instruções abaixo. 1. Este caderno de prova contém dez questões, que deverão ser respondidas

Leia mais

Programa de Retomada de Conteúdo - 3º Bimestre

Programa de Retomada de Conteúdo - 3º Bimestre Educação Infantil, Ensino Fundamental e Ensino Médio Regular. Rua Cantagalo 313, 325, 337 e 339 Tatuapé Fones: 2293-9393 e 2293-9166 Diretoria de Ensino Região LESTE 5 Programa de Retomada de Conteúdo

Leia mais

O Aquecimento Global se caracteriza pela modificação, intensificação do efeito estufa.

O Aquecimento Global se caracteriza pela modificação, intensificação do efeito estufa. O que é o Aquecimento Global? O Aquecimento Global se caracteriza pela modificação, intensificação do efeito estufa. O efeito estufa é um fenômeno natural e consiste na retenção de calor irradiado pela

Leia mais

Questão 1. Questão 2. Resposta

Questão 1. Questão 2. Resposta Questão Um forno solar simples foi construído com uma caixa de isopor, forrada internamente com papel alumínio e fechada com uma tampa de vidro de 40 cm 50 cm. Dentro desse forno, foi colocada uma pequena

Leia mais

Soluções das Questões de Física do Processo Seletivo de Admissão à Escola Preparatória de Cadetes do Exército EsPCEx

Soluções das Questões de Física do Processo Seletivo de Admissão à Escola Preparatória de Cadetes do Exército EsPCEx Soluções das Questões de Física do Processo Seletivo de dmissão à Escola Preparatória de Cadetes do Exército EsPCEx Questão Concurso 009 Uma partícula O descreve um movimento retilíneo uniforme e está

Leia mais

CONCURSO VESTIBULAR DE INVERNO PUC-Rio 2009

CONCURSO VESTIBULAR DE INVERNO PUC-Rio 2009 CONCURSO VESTIBULAR DE INVERNO PUC-Rio 2009 PARA TODOS OS CURSOS, EXCETO PARA OS CURSOS DE ADMINISTRAÇÃO, CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO E DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO PROVA OBJETIVA DE CIÊNCIAS NATURAIS (BIOLOGIA,

Leia mais

PROCESSO SELETIVO 2006 QUESTÕES OBJETIVAS

PROCESSO SELETIVO 2006 QUESTÕES OBJETIVAS 3 PROCESSO SELETIVO 2006 QUESTÕES OBJETIVAS QUÍMICA 01 - O dispositivo de segurança que conhecemos como air-bag utiliza como principal reagente para fornecer o gás N 2 (massa molar igual a 28 g mol -1

Leia mais

g= 10 m.s c = 3,0 10 8 m.s -1 h = 6,63 10-34 J.s σ = 5,7 10-8 W.m -2 K -4

g= 10 m.s c = 3,0 10 8 m.s -1 h = 6,63 10-34 J.s σ = 5,7 10-8 W.m -2 K -4 TESTE DE FÍSICO - QUÍMICA 10 º Ano Componente de Física A Duração do Teste: 90 minutos Relações entre unidades de energia W = F r 1 TEP = 4,18 10 10 J Energia P= t 1 kw.h = 3,6 10 6 J Q = mc θ P = U i

Leia mais

Seu pé direito nas melhores faculdades

Seu pé direito nas melhores faculdades Seu pé direito nas melhores faculdades FUVEST 2 a Fase 10/janeiro/2011 conhecimentos gerais 01. a) Quantos são os números inteiros positivos de quatro algarismos, escolhidos sem repetição, entre 1, 3,

Leia mais

COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação

COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação 2ª PROVA PARCIAL DE GEOGRAFIA Aluno(a): Nº Ano: 8º Turma: Data: 04/06/2011 Nota: Professor: Edvaldo Valor da Prova: 40 pontos Assinatura do responsável: Orientações

Leia mais

Para saber mais! Nações sem Território IDH. 8ºANO Expedição 1 Professora Bruna Andrade

Para saber mais! Nações sem Território IDH. 8ºANO Expedição 1 Professora Bruna Andrade Para saber mais! Nações sem Território IDH 8ºANO Expedição 1 Professora Bruna Andrade 1. Nações sem Território ma NAÇÃO é formada por um grupo de indivíduos que apresenta características históricas, culturais,

Leia mais

Aluno(a): Código: 2 Rua T-53 Qd. 92 Lt. 10/11 nº 1356 Setor Bueno 62-3285-7473 www.milleniumclasse.com.br

Aluno(a): Código: 2 Rua T-53 Qd. 92 Lt. 10/11 nº 1356 Setor Bueno 62-3285-7473 www.milleniumclasse.com.br Aluno(a):_ Código: Série: 1ª Turma: Data: / / 01. O casal Fernando e Isabel planeja ter um filho e ambos têm sangue do tipo A. A mãe de Isabel tem sangue do tipo O. O pai e a mãe de Fernando têm sangue

Leia mais

RESPOSTA AO RECURSO. FUNDAMENTAÇÃO: Correção de gabarito para alternativa A. a) Somente II está correta.

RESPOSTA AO RECURSO. FUNDAMENTAÇÃO: Correção de gabarito para alternativa A. a) Somente II está correta. QUESTÃO: 13 MOTIVO ALEGADO PELO CANDIDATO: A questão 13 acredito que deveria ser anulada. A alternativa I está incorreta, pois o fluxo magnético através de uma superfície fechada é zero. O fluxo magnético

Leia mais

PROVA DE FÍSICA 1998 Segunda Etapa

PROVA DE FÍSICA 1998 Segunda Etapa PROVA DE FÍSICA 1998 Segunda Etapa QUESTÃO 01 Um cano de irrigação, enterrado no solo, ejeta água a uma taxa de 15 litros por minuto com uma velocidade de 10 m/s. A saída do cano é apontada para cima fazendo

Leia mais

SOLUÇÃO: RESPOSTA (D) 17.

SOLUÇÃO: RESPOSTA (D) 17. 16. O Ceará é hoje um dos principais destinos turísticos do país e uma das suas atrações é o Beach Park, um parque temático de águas. O toboágua, um dos maiores da América Latina, é uma das atrações preferidas

Leia mais

Universidade Federal do Ceará 2ª ETAPA PROVA ESPECÍFICA DE FÍSICA PROVA ESPECÍFICA DE FÍSICA. Data: 14.12.2009 Duração: 04 horas CORRETOR 1

Universidade Federal do Ceará 2ª ETAPA PROVA ESPECÍFICA DE FÍSICA PROVA ESPECÍFICA DE FÍSICA. Data: 14.12.2009 Duração: 04 horas CORRETOR 1 1ª AVALIAÇÃO AVALIAÇÃO FINAL CORRETOR 1 01 02 03 04 05 06 07 08 Reservado à CCV Universidade Federal do Ceará Coordenadoria de Concursos - CCV Comissão do Vestibular Reservado à CCV 2ª ETAPA PROVA ESPECÍFICA

Leia mais

Bom trabalho! DATA: 17/12/2015 VALOR: 20,0 NOTA: ASSUNTO: TRABALHO DE RECUPERAÇÃO FINAL. SÉRIE: 2 a EM NOME COMPLETO:

Bom trabalho! DATA: 17/12/2015 VALOR: 20,0 NOTA: ASSUNTO: TRABALHO DE RECUPERAÇÃO FINAL. SÉRIE: 2 a EM NOME COMPLETO: DISCIPLINA: FÍSICA PROFESSOR: Erich/ André DATA: 17/12/2015 VALOR: 20,0 NOTA: ASSUNTO: TRABALHO DE RECUPERAÇÃO FINAL SÉRIE: 2 a EM Circule a sua turma: Funcionários: 2 o A 2ºB Anchieta:2 o NOME COMPLETO:

Leia mais

ATIVIDADES DE RECUPERAÇÃO PARALELA 3º TRIMESTRE 8º ANO DISCIPLINA: FÍSICA

ATIVIDADES DE RECUPERAÇÃO PARALELA 3º TRIMESTRE 8º ANO DISCIPLINA: FÍSICA ATIVIDADES DE RECUPERAÇÃO PARALELA 3º TRIMESTRE 8º ANO DISCIPLINA: FÍSICA Observações: 1- Antes de responder às atividades, releia o material entregue sobre Sugestão de Como Estudar. 2 - Os exercícios

Leia mais

1 m 2. Substituindo os valores numéricos dados para a análise do movimento do centro de massa, vem: Resposta: D. V = 2 10 3,2 V = 8 m/s

1 m 2. Substituindo os valores numéricos dados para a análise do movimento do centro de massa, vem: Resposta: D. V = 2 10 3,2 V = 8 m/s 01 De acordo com o enunciado, não há dissipação ou acréscimo de energia. Considerando que a energia citada seja a mecânica e que, no ponto de altura máxima, a velocidade seja nula, tem-se: ε ε = ' + 0

Leia mais

-----> V = 73,3V. Portanto: V2 = 73,3V e V1 = 146,6V, com isso somente L1 brilhará acima do normal e provavelmente queimará.

-----> V = 73,3V. Portanto: V2 = 73,3V e V1 = 146,6V, com isso somente L1 brilhará acima do normal e provavelmente queimará. TC 3 UECE 01 FASE POF.: Célio Normando Conteúdo: Lâmpadas Incandescentes 1. A lâmpada incandescente é um dispositivo elétrico que transforma energia elétrica em energia luminosa e energia térmica. Uma

Leia mais

UFMG - 2003 2º DIA FÍSICA BERNOULLI COLÉGIO E PRÉ-VESTIBULAR

UFMG - 2003 2º DIA FÍSICA BERNOULLI COLÉGIO E PRÉ-VESTIBULAR UFMG - 2003 2º DIA FÍSICA BERNOULLI COLÉGIO E PRÉ-VESTIBULAR Física Questão 01 Durante uma brincadeira, Rafael utiliza o dispositivo mostrado nesta figura para lançar uma bolinha horizontalmente. Nesse

Leia mais

1) Calcular, em m/s, a velocidade de um móvel que percorre 14,4Km em 3min. a) ( ) 70m/s b) ( ) 80 m/s c) ( ) 90m/s d) ( ) 60m/s

1) Calcular, em m/s, a velocidade de um móvel que percorre 14,4Km em 3min. a) ( ) 70m/s b) ( ) 80 m/s c) ( ) 90m/s d) ( ) 60m/s SIMULADO DE FÍSICA ENSINO MÉDIO 1) Calcular, em m/s, a velocidade de um móvel que percorre 14,4Km em 3min. a) ( ) 70m/s b) ( ) 80 m/s c) ( ) 90m/s d) ( ) 60m/s 2) Um avião voa com velocidade constante

Leia mais

EXERCÍCIOS DE RECUPERAÇÃO PARALELA 4º BIMESTRE

EXERCÍCIOS DE RECUPERAÇÃO PARALELA 4º BIMESTRE EXERCÍCIOS DE RECUPERAÇÃO PARALELA 4º BIMESTRE NOME Nº SÉRIE : 1º EM DATA : / / BIMESTRE 3º PROFESSOR: Renato DISCIPLINA: Física 1 VISTO COORDENAÇÃO ORIENTAÇÕES: 1. O trabalho deverá ser feito em papel

Leia mais

UNOCHAPECÓ Lista 03 de exercícios Mecânica (lançamento de projéteis) Prof: Visoli

UNOCHAPECÓ Lista 03 de exercícios Mecânica (lançamento de projéteis) Prof: Visoli UNOCHAPECÓ Lista 03 de exercícios Mecânica (lançamento de projéteis) Prof: Visoli 1. A figura abaixo mostra o mapa de uma cidade em que as ruas retilíneas se cruzam perpendicularmente e cada quarteirão

Leia mais

Física. Resolução. Q uestão 01 - A

Física. Resolução. Q uestão 01 - A Q uestão 01 - A Uma forma de observarmos a velocidade de um móvel em um gráfico d t é analisarmos a inclinação da curva como no exemplo abaixo: A inclinação do gráfico do móvel A é maior do que a inclinação

Leia mais

PROVA DE QUÍMICA - 1998 Segunda Etapa

PROVA DE QUÍMICA - 1998 Segunda Etapa PROVA DE QUÍMICA - 1998 Segunda Etapa QUESTÃO 01 Num laboratório químico, havia três frascos que continham, respectivamente, um alcano, um álcool e um alqueno. Foram realizados experimentos que envolviam

Leia mais

EXAME DISCURSIVO 2ª fase

EXAME DISCURSIVO 2ª fase EXAME DISCURSIVO 2ª fase 30/11/2014 Biologia Caderno de prova Este caderno, com dezesseis páginas numeradas sequencialmente, contém dez questões de Biologia. Não abra o caderno antes de receber autorização.

Leia mais

Professores: Gilberto / Gustavo / Luciano / Maragato CURSO DOMÍNIO. Comentário: Energia de Capacitor. Comentário: Questão sobre atrito

Professores: Gilberto / Gustavo / Luciano / Maragato CURSO DOMÍNIO. Comentário: Energia de Capacitor. Comentário: Questão sobre atrito Professores: Gilberto / Gustavo / Luciano / Maragato CURSO DOMÍNIO A prova de física exigiu um bom conhecimento dos alunos. Há questões relacionadas principalmente com a investigação e compreensão dos

Leia mais

CURSO de ENGENHARIA (CIVIL, ELÉTRICA, MECÂNICA, PETRÓLEO, DE PRODUÇÃO e TELECOMUNICAÇÕES) NITERÓI - Gabarito

CURSO de ENGENHARIA (CIVIL, ELÉTRICA, MECÂNICA, PETRÓLEO, DE PRODUÇÃO e TELECOMUNICAÇÕES) NITERÓI - Gabarito UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE TRANSFERÊNCIA o semestre letivo de 009 e 1 o semestre letivo de 010 CURSO de ENGENHARIA (CIVIL, ELÉTRICA, MECÂNICA, PETRÓLEO, DE PRODUÇÃO e TELECOMUNICAÇÕES) NITERÓI - Gabarito

Leia mais

Resolução O período de oscilação do sistema proposto é dado por: m T = 2π k Sendo m = 250 g = 0,25 kg e k = 100 N/m, vem:

Resolução O período de oscilação do sistema proposto é dado por: m T = 2π k Sendo m = 250 g = 0,25 kg e k = 100 N/m, vem: 46 c FÍSICA Um corpo de 250 g de massa encontra-se em equilíbrio, preso a uma mola helicoidal de massa desprezível e constante elástica k igual a 100 N/m, como mostra a figura abaixo. O atrito entre as

Leia mais

de energia anteriores representa a forma correta de energia.

de energia anteriores representa a forma correta de energia. 1 a fase Nível II Ensino Médio 1ª e 2ª séries LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES ABAIXO: 01) Esta prova dest ina-se exclusivamente a alunos das 1ª e 2ª séries do ensino médio. Ela contém vinte e cinco questões.

Leia mais

GRAVITAÇÃO. 1. (Ufmg 2012) Nesta figura, está representada, de forma esquemática, a órbita de um cometa em torno do Sol:

GRAVITAÇÃO. 1. (Ufmg 2012) Nesta figura, está representada, de forma esquemática, a órbita de um cometa em torno do Sol: GRAVIAÇÃO 1. (Ufmg 01) Nesta figura, está representada, de forma esquemática, a órbita de um cometa em torno do Sol: Nesse esquema, estão assinalados quatro pontos P, Q, R ou S da órbita do cometa. a)

Leia mais

GABARITO PRÉ-VESTIBULAR

GABARITO PRÉ-VESTIBULAR LINGUAGENS 01. C 02. D 03. C 04. B 05. C 06. C 07. * 08. B 09. A 10. D 11. B 12. A 13. D 14. B 15. D LÍNGUA ESTRANGEIRA 16. D 17. A 18. D 19. B 20. B 21. D MATEMÁTICA 22. D 23. C De acordo com as informações,

Leia mais

CLASSIFICAÇÃO PERIÓDICA DOS ELEMENTOS

CLASSIFICAÇÃO PERIÓDICA DOS ELEMENTOS CLASSIFICAÇÃO PERIÓDICA DOS ELEMENTOS EXERCÍCIOS Questão 01) O correto uso da tabela periódica permite determinar os elementos químicos a partir de algumas de suas características. Recorra a tabela periódica

Leia mais

EXERCÍCIOS ON LINE DE GEOGRAFIA 8º 2º TRI. Assinale a única alternativa que não indica uma característica do sistema capitalista.

EXERCÍCIOS ON LINE DE GEOGRAFIA 8º 2º TRI. Assinale a única alternativa que não indica uma característica do sistema capitalista. EXERCÍCIOS ON LINE DE GEOGRAFIA 8º 2º TRI Questão 1 Assinale a única alternativa que não indica uma característica do sistema capitalista. a) Os preços das mercadorias variam de acordo com a procura por

Leia mais

O trabalho realizado por uma força gravitacional constante sobre uma partícula é representado em termos da energia potencial U = m.

O trabalho realizado por uma força gravitacional constante sobre uma partícula é representado em termos da energia potencial U = m. Referência: Sears e Zemansky Física I Mecânica Capítulo 7: Energia Potencial e Conservação da Energia Resumo: Profas. Bárbara Winiarski Diesel Novaes. INTRODUÇÃO Neste capítulo estudaremos o conceito de

Leia mais

Questão 57. Questão 58. alternativa D. alternativa C. seu mostrador deverá indicar, para esse mesmo objeto, o valor de

Questão 57. Questão 58. alternativa D. alternativa C. seu mostrador deverá indicar, para esse mesmo objeto, o valor de OBSERVAÇÃO (para todas as questões de Física): o valor da aceleração da gravidade na superfície da Terra é representado por g. Quando necessário, adote: para g, o valor 10 m/s ; para a massa específica

Leia mais

Aluno(a): Nº. Professor: Fabrízio Gentil Série: 3 o ano Disciplina: Física Eletrostática. Pré Universitário Uni-Anhanguera 01 - (MACK SP)

Aluno(a): Nº. Professor: Fabrízio Gentil Série: 3 o ano Disciplina: Física Eletrostática. Pré Universitário Uni-Anhanguera 01 - (MACK SP) Lista de Exercícios Pré Universitário Uni-Anhanguera Aluno(a): Nº. Professor: Fabrízio Gentil Série: 3 o ano Disciplina: Física Eletrostática 01 - (MACK SP) Fixam-se as cargas puntiformes q 1 e q 2, de

Leia mais

Bloco de Recuperação Paralela DISCIPLINA: Ciências

Bloco de Recuperação Paralela DISCIPLINA: Ciências COLÉGIO NOSSA SENHORA DA PIEDADE Bloco de Recuperação Paralela DISCIPLINA: Ciências Nome: Ano: 5º Ano 1º Etapa 2014 Colégio Nossa Senhora da Piedade Área do Conhecimento: Ciências da Natureza Disciplina:

Leia mais

CURSO de ENGENHARIA (CIVIL, ELÉTRICA, MECÂNICA, DE PRODUÇÃO e TELECOMUNICAÇÕES) NITERÓI e RIO DAS OSTRAS - Gabarito

CURSO de ENGENHARIA (CIVIL, ELÉTRICA, MECÂNICA, DE PRODUÇÃO e TELECOMUNICAÇÕES) NITERÓI e RIO DAS OSTRAS - Gabarito UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE TRANSFERÊNCIA o semestre letivo de 009 e 1 o semestre letivo de 010 CURSO de ENGENHARIA (CIVIL, ELÉTRICA, MECÂNICA, DE PRODUÇÃO e TELECOMUNICAÇÕES) NITERÓI e RIO DAS OSTRAS

Leia mais

Capítulo 16. Gravitação. Página 231

Capítulo 16. Gravitação. Página 231 Capítulo 16 Gravitação Página 231 O peso de um corpo é consequência da força de gravidade com que o corpo é atraído pela Terra ou por outro astro. É medido com dinamômetro. Não levando em conta os efeitos

Leia mais

Prof. Rogério Porto. Assunto: Cinemática em uma Dimensão III

Prof. Rogério Porto. Assunto: Cinemática em uma Dimensão III Questões COVEST Física Mecânica Prof. Rogério Porto Assunto: Cinemática em uma Dimensão III 1. Um atleta salta por cima do obstáculo na figura e seu centro de gravidade atinge a altura de 2,2 m. Atrás

Leia mais

PROVA BIMESTRAL Ciências

PROVA BIMESTRAL Ciências 6 o ano 2 o bimestre PROVA BIMESTRAL Ciências Escola: Nome: Turma: n o : 1. Os animais apresentam diferentes formas de locomoção, alimentação e revestimento do corpo, características estas que os organizam

Leia mais

PROVA MENSAL QUESTÃO 1

PROVA MENSAL QUESTÃO 1 PROVA MENSAL QUESTÃO 1 a) (0,5) O texto acima retrata uma característica urbana que virou uma tendência com o avanço da globalização. Identifique essa característica, utilizando-se de elementos do texto.

Leia mais

18 a QUESTÃO Valor: 0,25

18 a QUESTÃO Valor: 0,25 6 a A 0 a QUESTÃO FÍSICA 8 a QUESTÃO Valor: 0,25 6 a QUESTÃO Valor: 0,25 Entre as grandezas abaixo, a única conservada nas colisões elásticas, mas não nas inelásticas é o(a): 2Ω 2 V 8Ω 8Ω 2 Ω S R 0 V energia

Leia mais

Problemas de eletricidade

Problemas de eletricidade Problemas de eletricidade 1 - Um corpo condutor está eletrizado positivamente. Podemos afirmar que: a) o número de elétrons é igual ao número de prótons. b) o número de elétrons é maior que o número de

Leia mais

Questão 1. Questão 2. Resposta. Resposta

Questão 1. Questão 2. Resposta. Resposta Questão 1 Na natureza, muitos animais conseguem guiar-se e até mesmo caçar com eficiência, devido à grande sensibilidade que apresentam para a detecção de ondas, tanto eletromagnéticas quanto mecânicas.

Leia mais

Biofísica. Patrícia de Lima Martins

Biofísica. Patrícia de Lima Martins Biofísica Patrícia de Lima Martins 1. Conceito É uma ciência interdisciplinar que aplica as teorias, a metodologia, conhecimentos e tecnologias da Matemática, Química e Física para resolver questões da

Leia mais

Processo Seletivo 2015-1 RV Vestibular de Acesso aos Cursos ENGENHARIA

Processo Seletivo 2015-1 RV Vestibular de Acesso aos Cursos ENGENHARIA Processo Seletivo 2015-1 RV Vestibular de Acesso aos Cursos ENGENHARIA LEIA COM ATENÇÃO AS INSTRUÇÕES 1 - A duração da prova é de 3 horas, já incluído o tempo de preenchimento do cartão de respostas e

Leia mais

Final 8 de Maio de 2010

Final 8 de Maio de 2010 Final 8 de Maio de 2010 Prova Teórica Nome:.... Escola:....... Pergunta Total Átomo, elemento e núcleo Contar os átomos Massa, moles e concentrações Equações Químicas Classificação teórica Classificação

Leia mais

PROPOSTA DE RESOLUÇÃO DA PROVA DE 2.ª FASE - 2014 (VERSÃO 1) GRUPO I

PROPOSTA DE RESOLUÇÃO DA PROVA DE 2.ª FASE - 2014 (VERSÃO 1) GRUPO I PROPOSTA DE RESOLUÇÃO DA PROVA DE 2.ª FASE - 2014 (VERSÃO 1) GRUPO I 1. O nome da grandeza a que se refere a expressão em itálico é aceleração. 2. (C) Uma vez que as forças dissipativas foram totalmente

Leia mais

CONCURSO DE ADMISSÃO AO CURSO DE FORMAÇÃO E GRADUAÇÃO FÍSICA CADERNO DE QUESTÕES

CONCURSO DE ADMISSÃO AO CURSO DE FORMAÇÃO E GRADUAÇÃO FÍSICA CADERNO DE QUESTÕES CONCURSO DE ADMISSÃO AO CURSO DE FORMAÇÃO E GRADUAÇÃO FÍSICA CADERNO DE QUESTÕES 1 a QUESTÃO Valor: 1,00 A L 0 H mola apoio sem atrito B A figura acima mostra um sistema composto por uma parede vertical

Leia mais

Lista de Eletrostática da UFPE e UPE

Lista de Eletrostática da UFPE e UPE Lista de Eletrostática da UFPE e UPE 1. (Ufpe 1996) Duas pequenas esferas carregadas repelem-se mutuamente com uma força de 1 N quando separadas por 40 cm. Qual o valor em Newtons da força elétrica repulsiva

Leia mais

Lista de exercícios nº 2

Lista de exercícios nº 2 F107 Física (Biologia) Turma B Prof. Odilon D. D. Couto Jr. Lista de exercícios nº 2 MOVIMENTO EM UMA DIMENSÃO Exercício 1: A velocidade escalar média é definida como a razão entre a distância total percorrida

Leia mais

Valores eternos. MATÉRIA. PROFESSOR(A) Hermann ---- ---- 1. Para a associação da figura, a resistência equivalente entre os terminais A e B é igual a:

Valores eternos. MATÉRIA. PROFESSOR(A) Hermann ---- ---- 1. Para a associação da figura, a resistência equivalente entre os terminais A e B é igual a: Valores eternos. TD Recuperação ALUNO(A) MATÉRIA Física III PROFESSOR(A) Hermann ANO SEMESTRE DATA 3º 1º Julho/2013 TOTAL DE ESCORES ESCORES OBTIDOS ---- ---- 1. Para a associação da figura, a resistência

Leia mais

UFJF CONCURSO VESTIBULAR 2012 GABARITO DA PROVA DE FÍSICA

UFJF CONCURSO VESTIBULAR 2012 GABARITO DA PROVA DE FÍSICA UFJF CONCURSO VESTIBULAR GABARITO DA PROVA DE FÍSICA Na solução da prova, use quando necessário: Aceleração da gravidade g = m / s ; Densidade da água ρ =, g / cm = kg/m 8 Velocidade da luz no vácuo c

Leia mais

5ª SÉRIE/6º ANO - ENSINO FUNDAMENTAL UM MUNDO MELHOR PARA TODOS

5ª SÉRIE/6º ANO - ENSINO FUNDAMENTAL UM MUNDO MELHOR PARA TODOS 5ª SÉRIE/6º ANO - ENSINO FUNDAMENTAL UM MUNDO MELHOR PARA TODOS Auno(a) N 0 6º Ano Turma: Data: / / 2013 Disciplina: Ciências UNIDADE I Professora Martha Pitanga ATIVIDADE 01 CIÊNCIAS REVISÃO GERAL De

Leia mais

Objetivo Conteúdos Habilidades

Objetivo Conteúdos Habilidades Tema 8 Um Lugar Frio e Escuro Objetivo investigar as condições ambientais predominantes nos oceanos, com destaque para os gradientes verticais de temperatura, luz e pressão hidrostática. Conteúdos física,

Leia mais

RESOLUÇÕES DA PROVA DE FÍSICA UFC 2006. PROFESSOR Célio Normando

RESOLUÇÕES DA PROVA DE FÍSICA UFC 2006. PROFESSOR Célio Normando RESOLUÇÕES DA PROVA DE FÍSICA UFC 006 Ari Duque de Caxias Ari Washington Soares Ari Aldeota Da 5ª Série ao Pré-Vestibular Sede Hildete de Sá Cavalcante (da Educação Infantil ao Pré-Vestibular) Rua Monsenhor

Leia mais

Desenvolvimento e Meio Ambiente: As Estratégias de Mudanças da Agenda 21

Desenvolvimento e Meio Ambiente: As Estratégias de Mudanças da Agenda 21 Desenvolvimento e Meio Ambiente: As Estratégias de Mudanças da Agenda 21 Resenha Desenvolvimento Raíssa Daher 02 de Junho de 2010 Desenvolvimento e Meio Ambiente: As Estratégias de Mudanças da Agenda 21

Leia mais

Movimentos da Terra. 4) Número de aulas: São seis etapas que serão divididas em aulas a critério do professor.

Movimentos da Terra. 4) Número de aulas: São seis etapas que serão divididas em aulas a critério do professor. Movimentos da Terra 1) Objetivo Geral Aplicar os conhecimentos sobre os movimentos da Terra e da Lua para o cotidiano, e mais especificamente, para a economia de energia elétrica como o horário de verão

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA DE CASQUILHOS 3.º

ESCOLA SECUNDÁRIA DE CASQUILHOS 3.º ESCOLA SECUNDÁRIA DE CASQUILHOS 3.º teste sumativo de FQA 16.dezembro.01 11.º Ano Turma A Professor: Maria do Anjo Albuquerque Duração da prova: 90 minutos. Este teste é constituído por 8 páginas e termina

Leia mais

UNIDADE 10 ESTUDOS DE MECÂNICA - INÍCIO LISTA DE EXERCÍCIOS

UNIDADE 10 ESTUDOS DE MECÂNICA - INÍCIO LISTA DE EXERCÍCIOS INTRODUÇÃO À FÍSICA turma MAN 26/2 profa. Marta F. Barroso UNIDADE 1 LISTA DE EXERCÍCIOS UNIDADE 1 ESTUDOS DE MECÂNICA - INÍCIO Exercício 1 Movendo-se com velocidade constante de 15 m/s, um trem, cujo

Leia mais

Introdução. Observando o ambiente

Introdução. Observando o ambiente Introdução A curiosidade natural do homem, o leva a explorar o ambiente que o cerca, observando, analisando, realizando experiências, procurando saber o porquê das coisas. Nesta atividade, exploradora

Leia mais

Leitura e interpretação de gráficos: Cada vez mais os vestibulares exigem essa competência

Leitura e interpretação de gráficos: Cada vez mais os vestibulares exigem essa competência Leitura e interpretação de gráficos: Cada vez mais os vestibulares exigem essa competência Por: George Schlesinger Existem diversos tipos de gráficos: linhas, barras, pizzas etc. Estudaremos aqui os gráficos

Leia mais

Resolução Comentada CEFET/MG - 2 semestre 2014

Resolução Comentada CEFET/MG - 2 semestre 2014 Resolução Comentada CEFET/MG - 2 semestre 2014 01 - A figura mostra um sistema massa-mola que pode oscilar livremente, sem atrito, sobre a superfície horizontal e com resistência do ar desprezível. Nesse

Leia mais

Geografia QUESTÕES de 01 a 06 INSTRUÇÕES: Questão 01 (Valor: 15 pontos)

Geografia QUESTÕES de 01 a 06 INSTRUÇÕES: Questão 01 (Valor: 15 pontos) Geografia QUESTÕES de 01 a 06 LEIA CUIDADOSAMENTE O ENUNCIADO DE CADA QUESTÃO, FORMULE SUAS RESPOSTAS COM OBJETIVIDADE E CORREÇÃO DE LINGUAGEM E, EM SEGUIDA, TRANSCREVA COMPLETAMENTE CADA UMA NA FOLHA

Leia mais

CALORIMETRIA, MUDANÇA DE FASE E TROCA DE CALOR Lista de Exercícios com Gabarito e Soluções Comentadas

CALORIMETRIA, MUDANÇA DE FASE E TROCA DE CALOR Lista de Exercícios com Gabarito e Soluções Comentadas COLÉGIO PEDRO II PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO, PESQUISA, EXTENSÃO E CULTURA PROGRAMA DE RESIDÊNCIA DOCENTE RESIDENTE DOCENTE: Marcia Cristina de Souza Meneguite Lopes MATRÍCULA: P4112515 INSCRIÇÃO: PRD.FIS.0006/15

Leia mais

CADERNO DE EXERCÍCIOS 2F

CADERNO DE EXERCÍCIOS 2F CADERNO DE EXERCÍCIOS 2F Ensino Médio Ciências da Natureza Questão 1. 2. Conteúdo Extração do ferro a partir do minério, representações químicas das substâncias e reações químicas Habilidade da Matriz

Leia mais

FÍSICA. Questões de 01 a 04

FÍSICA. Questões de 01 a 04 GRUPO 1 TIPO A FÍS. 1 FÍSICA Questões de 01 a 04 01. Considere uma partícula presa a uma mola ideal de constante elástica k = 420 N / m e mergulhada em um reservatório térmico, isolado termicamente, com

Leia mais

Governo do Estado do Amapá Universidade do Estado do Amapá. Vestibular 2010

Governo do Estado do Amapá Universidade do Estado do Amapá. Vestibular 2010 Governo do Estado do Amapá Universidade do Estado do Amapá Vestibular 2010 PROVA ANALÍÍTIICO--DIISCURSIIVA 2ªª Fase 17//01//2010 Tiipo de Prrova B17 Biiollogiia e Quíímiica Nome do Candidato: Nº de Inscrição

Leia mais

A Terra gira... Nesta aula vamos aprender um pouco mais. sobre o movimento que a Terra realiza em torno do seu eixo: o movimento de

A Terra gira... Nesta aula vamos aprender um pouco mais. sobre o movimento que a Terra realiza em torno do seu eixo: o movimento de A U A U L L A A Terra gira... Nesta aula vamos aprender um pouco mais sobre o movimento que a Terra realiza em torno do seu eixo: o movimento de rotação. É esse movimento que dá origem à sucessão dos dias

Leia mais

Ecologia. 1) Níveis de organização da vida

Ecologia. 1) Níveis de organização da vida Introdução A ciência que estuda como os seres vivos se relacionam entre si e com o ambiente em que vivem e quais as conseqüências dessas relações é a Ecologia (oikos = casa e, por extensão, ambiente; logos

Leia mais

Aula de Véspera - Inv-2008

Aula de Véspera - Inv-2008 01. Um projétil foi lançado no vácuo formando um ângulo θ com a horizontal, conforme figura abaixo. Com base nesta figura, analise as afirmações abaixo: (001) Para ângulos complementares teremos o mesmo

Leia mais

1. Nesta figura, está representada, de forma esquemática, a órbita de um cometa em torno do Sol:

1. Nesta figura, está representada, de forma esquemática, a órbita de um cometa em torno do Sol: 1. Nesta figura, está representada, de forma esquemática, a órbita de um cometa em torno do Sol: Nesse esquema, estão assinalados quatro pontos P, Q, R ou S da órbita do cometa. a) Indique em qual dos

Leia mais

Questão 57. Questão 59. Questão 58. alternativa D. alternativa C

Questão 57. Questão 59. Questão 58. alternativa D. alternativa C OBSERVAÇÃO (para todas as questões de Física): o valor da aceleração da gravidade na superfície da Terra é representada por g. Quando necessário adote: para g, o valor de 10 m/s 2 ; para a massa específica

Leia mais

QUESTÃO 01 Analise este gráfico, em que se mostra o resultado de um experimento de decomposição térmica de uma substância orgânica:

QUESTÃO 01 Analise este gráfico, em que se mostra o resultado de um experimento de decomposição térmica de uma substância orgânica: QUESTÃO 01 Analise este gráfico, em que se mostra o resultado de um experimento de decomposição térmica de uma substância orgânica: 1. Considere que, durante esse experimento, a diminuição de massa se

Leia mais

Exercícios sobre Movimentos Verticais

Exercícios sobre Movimentos Verticais Exercícios sobre Movimentos Verticais 1-Uma pedra, deixada cair do alto de um edifício, leva 4,0 s para atingir o solo. Desprezando a resistência do ar e considerando g = 10 m/s 2, escolha a opção que

Leia mais