Tatcher, pode entrar que a Casa do Nelore Provado é sua.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Tatcher, pode entrar que a Casa do Nelore Provado é sua."

Transcrição

1 Tatcher, pode entrar que a Casa do Nelore Provado é sua. Graças a forte parceria entre a Lagoa da Serra e a Fazenda Sabiá, agora, o Tatcher já está na Central. Reprodutor exemplar em pista e prova, é indicado para acasalamento direto com linhagens 1646 da MN, Fajardo e Gim. Provado positivo, Tatcher MJ do Sabiá é grande destaque nos Sumários: PMGRN USP/2001: com MGT de 1,77 é Nº 1 e Top 1% para crescimento pré-desmama P120d; Top 2% para P365 e P450d; Top 5% para PE365 e Top 10% para PE450. EMBRAPA/2001: sendo Classe 1 para total maternal, desmama, sobreano e ganho pré-desmama. Prêmios: Campeão Touro Jovem - Ribeirão Preto, Uberlândia, Presidente Prudente, Bauru e São Paulo, em 94 Grande Campeão - Belo Horizonte e Montes Claros, em 96 Reservado Grande Campeão Nacional - Uberaba, em 96 Agora, o Tatcher vai se sentir em casa. Tel. (16) Lagoa 30 Anos Leilão CAT 2001 espetacular 1º Brazilian Holland Dairy Show Lagoa é a primeira a conquistar o Selo de Qualidade de Fertilização de Sêmen

2 Anúncio Gerdau

3 alianças mercadológicas O objetivo da Lagoa da Serra sempre foi o mesmo há 30 anos: disponibilizar a melhor genética bovina para agregar qualidade superior ao empreendimento de seus clientes. Convênios com universidades e alianças com as mais expressivas empresas do setor pecuário permitem à Lagoa realizar grandes programas, colocando à disposição dos produtores o P.A.I.N.T., o Red Beef Connection e o C.A.T. Aprovado pelo Ministério da Agricultura, o Programa de Avaliação e Identificação de Novos Touros, P.A.I.N.T., é um programa de melhoramento genético idealizado para maximizar o processo de seleção de touros da raça nelore dentro das reais condições brasileiras. Hoje, a Lagoa já está disponibilizando o P.A.I.N.T. Total. Um programa que visa identificar os melhores animais e é estendido a todas as raças européias e outras zebuínas. ORed Beef Connection é o programa que atende todos os níveis da cadeia produtiva da carne da genética de ponta ao bife na mesa do consumidor. O objetivo do Red Beef Connection é produzir carne de alta qualidade, no menor espaço de tempo possível, com regularidade e rastreabilidade. PERFIL 30 ANOS Com o objetivo de difundir o melhoramento genético entre os criadores, a Lagoa da Serra criou o P.E.I.A. Com este Programa Especial de Inseminação Artificial, a Central oferece mão-de-obra terceirizada altamente qualificada a baixos custos. O C.A.T. - Centro de Avaliação e Comercialização de Touros é o mais completo centro de avaliação e comercialização de reprodutores do país. Os animais passam por um detalhado e exclusivo teste de performance para avaliar e aprovar os melhores touros. Os destaques desta seleção serão submetidos a testes de progênie e, quando aprovados, serão os futuros doadores de sêmen da Lagoa. Tecnologia, inovações e ideais não faltaram na história da Lagoa e continuarão fazendo parte de seu cotidiano. Com 30 anos, a Central atingiu sua maioridade tecnologica e está preparada para enfrentar os desafios futuros. Tudo para fazer valer sua grande missão: utilizar melhoramento genético bovino com o objetivo de produzir alimentos nobres para o mundo. Diretor Presidente Guus Laeven Gerente de Marketing Maurício José de Lima Gerente de Produção Lúcia Helena Rodrigues Gerente Administrativo e Financeiro Carlos A. Costa Gerente Comercial Ademir Lúcio Cornachini Gerente de Área XI (SP e leste MS) Antônio Esteves Azedo Gerente de Área XII (RJ, ES, MG e BA) José Henrique Brinckmann Gerente da Área XIII (GO, DF, TO e PA) Paulo Garcia Gerente de Área XIV (MS, MT, SE, AL, PE, CE, MA, AC e demais estados) Antônio Esteves Azedo Gerente de Área XV (SC e PR) João Gusman Gerente de Área XVIII (RS) Luciano B. Kessler Canal Lagoa Coordenação Departamento de Marketing da Lagoa da Serra Edição Texto Assessoria de Comunicações Jornalista Responsável Altair Albuquerque (MTb ) Projeto Gráfico, Editoração e Fotolitos Duprat Propaganda e Comunicação Ltda. Impressão São Francisco Gráfica e Editora Ltda. Lagoa da Serra Ltda. Rodovia Carlos Tonanni, km 335 C. Postal 60 CEP Sertãozinho SP Tel. (16) Fax (16) Canal Lagoa é uma publicação produzida pelo Departamento de Marketing da Lagoa da Serra Ltda - uma empresa do Grupo Holland Genetics. Permitida a utilização do material, desde que citada a fonte. Mais um ano de conquistas A Lagoa da Serra encerrou com chave de ouro o ano de 2001, marcado por grandes conquistas. A Central atingiu vendas de 1,45 milhão de doses de sêmen, volume recorde, que supera em 16% o resultado do ano anterior. Esse espetacular crescimento deverá elevar para 25% sua participação no mercado brasileiro de inseminação artificial. Esse consistente aumento de vendas é resultado de alianças e parcerias com universidades, empresas e produtores de carne e leite. Ações como essas têm contribuído para o desenvolvimento de programas de melhoramento genético, tais como Red Beef Connection, Programa de Avaliação e Identificação de Novos Touros (PAINT) e Centro de Avaliação e Comercialização de Touros (CAT), permitindo a melhoria constante de sua bateria de reprodutores. Outro dado fantástico que temos de comemorar é quanto à produção recorde de sêmen em Foram mais de 1 milhão de doses de sêmen produzidas na central, em Sertãozinho (SP). Além disso, a Lagoa é a única empresa de inseminação da América Latina a ostentar a certificação de qualidade ISO E, mais: Editorial 1º Brazilian Holland Dairy Show Liberada importação de sêmen da Holanda Novos touros, novos catálogos Carne Leilão CAT 2001 espetacular Lagoa contrata 17 touros jovens do CAT ÍNDICE acaba de receber o Selo de Qualidade de Fertilidade de Sêmen, após auditoria técnica, realizada por especialistas do Colégio Brasileiro de Reprodução Animal (CBRA). O ano marcou, ainda, a criação do Conselho Consultivo da Lagoa da Serra. A partir de agora todas as decisões estratégicas da Lagoa, sejam em serviços, investimentos ou projetos, serão avaliadas por um colegiado formado pela direção da empresa e seus conselheiros uma equipe formada por produtores de leite e carne do primeiro time da pecuária nacional. Em vista de tantas conquistas, temos certeza absoluta que o ano de 2002 será marcado por grandes realizações. Desejamos aos nossos amigos e clientes um ótimo ano novo! Guus Laeven Diretor-Presidente da Lagoa da Serra Redes agroalimentares e marketing da carne bovina - 2ª parte Desfile de Touros e Lelão Lagoa 30 Anos Leilão da Lagoa vendeu mais de meio milhão Lagoa é a primeira a conquistar o Selo de Qualidade de Fertilização de Sêmen Perfil Lagoa 30 anos 18 3

4 NOTÍCIAS LEITE PERFIL 30 ANOS 1º Brazilian Holland Dairy Show Nos dias 22 e 23 de setembro, a Lagoa da Serra promoveu em Arapoti (PR) o 1º Brazilian Holland Dairy Show, evento que reuniu 250 criadores de Minas Gerais, Paraná e São Paulo. A iniciativa objetivou mostrar a esses pecuaristas os resultados de produtividade das fazendas que utilizam genética Holland Genetics a mais tempo. Foram visitadas as Chácaras Frizo e Simão em Carambeí; Tina e Bonanza em Castro; Boa Esperança, Nova Esperan- Criadores em visita a fazenda Arie Hamoen mostrando características da vaca. ça, Beatrix e Água Verde em Arapoti. O evento contou com a presença do Sr Arie Hamoen, chefe dos classificadores da Holanda que em cada propriedade, classificava uma vaca e explicava aos visitantes quais as características fenotípicas são importantes, especialmente as relacionadas com a longevidade produtiva. Correlacionando a prova linear de um touro e as características fenotípicas apresentadas pelas vacas, Hamoen, que possui mais de 25 anos de experiência na classificação de rebanhos leiteiros, demonstrava o que seria a vaca do futuro. O evento foi um sucesso pois os criadores tiveram a oportunidade de fazer uma correlação do que eles vêem no catálogo com o que se vê no campo, ressalta Luiz Fernando Sampaio, supervisor de leite da Lagoa da Serra. Além disso, o 1 o Brazilian Holland Dairy Show envolveu discussões sobre, custos de produção, alimentação, manejo de bezerros, e teve o apoio e colaboração da SLOTEN. Outro ponto alto do evento foi a palestra de Arie Hamoen, explicando sobre a nova fórmula de cálculo da DPS, que é o índice de rankeamento de touros na Holanda. Hamoen também ministrou o curso de reciclagem de acasalamento para os técnicos do PAT (Programa de Assistência Técnica criado pela Lagoa da Serra). Este curso reuniu os técnicos que atendem a região sudeste e sul, além de gerentes regionais da central, técnicos de cooperativas e representantes do setor de leite. O intuito da Lagoa da Serra é padronizar os conceitos e a forma como os técnicos avaliam e classificam os rebanhos leiteiros, informa Luiz Fernando. Nobel e Astro reforços Gir Leiteiro Nobel da Calciolândia, está chegando para reforçar a bateria de touros Gir Leiteiro na Lagoa da Serra esbanjando qualidades. É de propriedade de Gabriel Donato de Andrade (Arcos, MG), da Fazenda Calciolândia, um dos melhores e mais tradicionais rebanhos de Gir Leiteiro. Foi campeão na sua categoria na Exposição Estadual de Minas Gerais. É filho de Pati, com pedigree forte em leite e em tipo, além de ser extremamente bem caracterizado. A mãe de Nobel tem lactação de mais de kg de leite e foi Reservada Grande Campeã do Concurso Leiteiro da Expomilk 95. Nobel Astro de Kuberas é outra excelente novidade. Filho do grande Everest em vaca Dalton Pati da Cal, com mais de kg de leite. Astro foi o Grande Campeão da Exposição Estadual de Minas Gerais, tem excepcional carcaça, ótima caracterização racial e entrará em teste de progênie em Astro Criadores observando vaca Holland Dairy-Show - NRM 2000 sem fronteiras Centrais da Holland Genetics na Holanda No início de 1998, a Lagoa da Serra passou pela mais recente etapa de seu processo de fortalecimento, sendo adquirida pela Holland Genetics, do Grupo C R Delta, empresa holandesa líder do mercado mundial de genética bovina. Em todo o mundo, a Holland Genetics comercializa mais de 5,5 milhões de doses de sêmen por ano. A empresa exporta para Lexmond Veldhoven Celsius Giekerk Beilen Laren Harfsen Ambt Delden Heuthuysen mais de 50 países da América Latina, América do Norte, Oceania, Ásia e Europa. Esta cooperativa, que pertence a 33 mil criadores holandeses, procura pelo mundo a melhor genética bovina holandesa disponível. Para tanto, mantém o Programa Etazon na América do Norte e o Programa Holland Donor na Holanda e restante da Europa. Proprietária de 2700 touros e de 2000 vacas, a Holland Genetics testa 500 animais por ano, sendo a maior empresa do mundo em teste de progênie da raça holandesa. E é justamente esta busca constante, pela melhor genética bovina, que permite à Lagoa da Serra oferecer aos produtores brasileiros touros com performances confiáveis. Um trabalho de criador para criador. 4 17

5 pioneirismo e inovação Em 1978, a Lagoa da Serra em parceria com a Unesp de Jaboticabal/ SP e a Universidade de Hannover, na Alemanha - mostra todo o seu pioneirismo ao desenvolver, pela primeira vez no Brasil, a transferência de embriões. Assim, em março de 1979, nasceram os primeiros bezerros por esta técnica. Sempre se antecipando para modernizar a pecuária nacional, na década de 80, a Walter Becker - o pai da TE no Brasil Odisséia e Ariano - os 2 primeiros produtos de TE nascidos no Brasil Logomarca utilizada nos anos 80 treinamento e qualidade Em 1992, a Lagoa da Serra foi incorporada pelo Grupo Bamerindus. Já consagrada no país, a Central de Inseminação Artificial investiu maciçamente na formação de mão-de-obra especializada para a aplicação da técnica, tendo formado até hoje mais de 50 mil inseminadores. Para tanto, vários convênios foram firmados com universidades e entidades representativas da classe. O aprimoramento pessoal também faz parte do dia-a-dia da Lagoa. Os colaboradores e representantes da Central recebem treinamentos constantes, primeiro porque é preciso valorizar os profissionais que aqui trabalham e desenvolver o potencial de cada pessoa para que assim eles possam prestar um excelente atendimento aos nossos clientes. Logomarca utilizada a partir de 90 PERFIL 30 ANOS Lagoa, junto com o Ministério da Agricultura, associações de produtores e universidades, desenvolveu o primeiro programa de teste de progênie em touros das raças holandesa e nelore. Desde então, a empresa já deixava claro o seu compromisso em disponibilizar ao mercado material de animais geneticamente provados. Sempre se antecipando às inovações tecnológicas, a Lagoa da Serra, em 2001, passou a acondicionar o sêmen de seus touros em palheta fina, a embalagem mais moderna que existe. A palheta fina traz uma série de vantagens para os produtores, conferindo maior qualidade ao sêmen, menores gastos com nitrogênio e maior capacidade de armazenamento. A Lagoa também investe no desenvolvimento profissional de seu pessoal porque acredita que só assim é possível oferecer as melhores tecnologias e os melhores produtos e serviços à pecuária nacional. Buscando a excelência de seu produto, a Lagoa conquistou, em 1997, o certificado de qualidade ISO É a primeira e única Central de Inseminação do país a receber a certificação em razão do seu criterioso controle de qualidade. José Eduardo de Andrade Vieira ao lado do nelore Gim de Garça Treinamento de representantes Recebimento do certificado ISO novos touros holandeses Iniciando com força total as importações da Holanda, a Lagoa da Serra estará trazendo 4 novos reprodutores para reforçar NOTÍCIAS LEITE sua bateria de Holandês. São eles OSMOND e CROSBY,( preto e branco) e STALLONE e JEROM,( vermelho e branco) Osmond é filho de Lava - líder em úbere da bateria Holland Genetics- com kg de leite e109 para tipo. É indicado para novilhas, possui linear totalmente equilibrado e é combinação perfeita para filhas de Celsius. Crosby é filho do consagradíssimo Marconi em vaca Sunny Boy. É indicado para novilhas, possui 110 para força leiteira, 109 úbere, 111 pernas e patas, 113 tipo. Com mais de 900 kg de leite e 108 de durabilidade, CROSBY faz parte da bateria de touros elite da Lagoa. Jerom possui mais de 1680 kg de leite, 112 força leiteira, 109 para pernas e úbere e 113 para tipo. Além de um extraordinário perfil linear. Stallone possui mais de 1200 Kg de leite, 105 para durabilidade. Indicado para novilhas é especialista na correção de pernas. Liberada importação de sêmen da Holanda Por meio da resolução normativa nº 15, o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) liberou a importação de sêmen de países europeus, inclusive da Holanda, redefinindo as medidas de proteção do rebanho nacional contra a BSE (doença da vaca louca). O supervisor de leite da Lagoa da Serra, Luiz Fernando Sampaio, afirma que a proibição na importação de sêmen da Holanda não trouxe prejuízos comerciais à central, pois o estoque de segurança atendeu perfeitamente as necessidades dos clientes. Com a reabertura da importação, até o final do ano a Lagoa da Serra deverá importar mais de 150 mil doses de sêmen de touros consagrados e novos touros recentemente provados na Holanda. JERSEY da Dinamarca e Nova Zelândia A Lagoa da Serra fechou contrato com mais duas empresas a Dansire, da Dinamarca, e a New Zeland Genetics, da Nova Zelândia para o fornecimento de sêmen de touros jersey. Com o fornecimento de sêmen de mais esses dois países, o supervisor de leite da Lagoa, Luiz Fernando, confia no incremento da bateria de leite: Ganharemos com a diversidade da linhagem dos animais dinamarqueses e com a adaptabilidade ao sistema a pasto dos animais da Nova Zelândia, que atende às mesmas condições brasileiras. Já em dezembro chegaram da Dinamarca 3 mil doses de sêmen do touro Helium. Dos touros da Nova Zelândia, Rivers Imperial e Crescent Schindler, a Lagoa terá 4 mil doses de cada até janeiro de

6 Sumário PAINT disponível. A Lagoa da Serra publicou o Sumário PAINT 2001 Programa de Avaliação e Identificação de Novos Touros, com os reprodutores Nelore de destaque em Peso à Desmama, Ganho de Peso 205/450 Dias, Peso aos 450 Dias e Perímetro Escrotal aos 450 Dias. Iniciado em 1994, o PAINT conta com 32 fazendas participantes e já avaliou mais de 50 mil animais à desmama. Para a elaboração do Sumário 2001, o programa testou mais de 9 mil machos nascidos em 1999/ 2000, dos quais receberam o CEIP (Certificado Especial de Identificação de Produção), emitido pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Desde sua primeira safra, o PAINT identifica Os dois novos catálogos de reprodutores Zebu e Europeu Carne da Lagoa da Serra, versão 2002, foram elaborados com a finalidade de serem práticos, informativos e didáticos, trazendo fotos e indicando características importantes de cada reprodutor. Estão relacionados no catálogo de raças zebuínas de carne 50 touros da bateria da Lagoa, entre Nelore Padrão, Nelore Mocho, Guzerá, Tabapuã e Brahman. São animais provados nos Sumários Aliança, CFM, Embrapa, PAINT e USP. Considerada a Casa do Nelore Provado, a Lagoa conta com estrelas como Fajardo, Enlevo, Legat, Kulal, Tietê e Pradesh que encabeçam a lista dos melhores reprodutores com sêmen disponível na central. Conseguimos disponibilizar informações técnicas aos criadores com destaque ao perfil linear dos touros, suas medidas e indicações de acasalamentos, o que facilita a escolha do animal a campo, afirma Ricardo Abreu, supervisor de corte Zebu da Lagoa da Serra. Do catálogo de raças de Carne Britânicas, Continentais e Sintéticas estão relacionados 88 reprodutores de mais de 20 raças diferentes. Sem dúvida, eles representam o que há de melhor em touros melhoradores à disposição da pecuária de corte brasilei- NOTÍCIAS CORTE progresso genético de 1 quilo por ano para cada característica avaliada relacionada a peso e, a expressiva variabilidade genética dos touros jovens é um diferencial importante do programa. Todos os anos são distribuídos para teste 25 promissores touros do próprio PAINT, Agropecuária CFM, Agropecuária Jacarezinho, Centro de Avaliação e Comercialização de Touros (CAT), Programa de Melhoramento Genético da Raça Nelore / USP-Ribeirão Preto, Instituto de Zootecnia de Sertãozinho e ATJ. São os seguintes os reprodutores de destaque do Sumário PAINT 2001, com sêmen disponível na Lagoa da Serra: Peso à Desmama: PAINT 131 (filho de Genético e oriundo do próprio programa), Novos touros, novos catálogos de Carne ra. Entre os destaques, estão Shiny Hood e End Cut (Red Angus), Turim da Agro (Simental) e Grand Slam (Braford). Uma das maiores inovações deste ano no catálogo de reprodutores Europeus é a incorporação dos animais destinados ao programa Red Beef Connection, identificados pelo selo RBC, que se localiza ao lado da foto de cada reprodutor. Segundo Marcelo Almeida, supervisor de corte Europeu da Lagoa da Serra, ao traçar o perfil de um reprodutor, buscou-se evidenciar as características marcantes PAINT Acompanhado (filho de Kulal), Gabinete, Marisco, Precoce, Bolchevique e Diago; Ganho de Peso 205/450 Dias: Kulal, Century, Diago, Marisco, Marel e Bolchevique; Peso aos 450 Dias: PAINT 131, PAINT Acompanhado, Kulal, Marisco, Diago, Gabinete e Bolchevique; Perímetro Escrotal 450 Dias: Kulal, PAINT Acompanhado, Bolchevique, Century, PAINT 131, Tietê e Precoce. produtividade, precocidade sexual, acabamento de carcaça e produção de carne. Os touros são como ferramentas que possuem usos específicos. Assim, procuramos direcionar a utilização correta de acordo com as habilidades apresentadas. O sucesso da inseminação artificial depende fundamentalmente da escolha correta dos reprodutores, afirma Marcelo. Solicite os catálogos junto ao representante da Lagoa da Serra que atende você ou diretamente na Central: fone(16) PERFIL 30 ANOS A marca da melhor genética bovina do Brasil o começo Primeira fachada da Lagoa da Serra Em outubro de 1971 nascia em Sertãozinho, interior do estado de São Paulo, uma empresa destinada a revolucionar a pecuária bovina brasileira. Nascia a Lagoa da Serra, fundada por Luiz Vicente Lunardi e Maurílio Biagi. Vista aérea da Lagoa A moderna Central está instalada em 40 hectares e é toda cercada por extensos canaviais, o que confere proteção sanitária natural a seus reprodutores. O conjunto do Centro de Inseminação Artificial está totalmente vedado por altas cercas teladas, que evita a entrada de animais. O ingresso de pessoas também é submetido a um rigoroso controle, com a utilização de roupas especiais e desinfecção prévia. Primeira logomarca da empresa Área de Quarentena A proposta da Central, desde aquela época, sempre foi promover o melhoramento do rebanho bovino por meio da inseminação artificial. A Lagoa da Serra já nasceu moderna. O arrojado projeto arquitetônico de suas instalações mantém-se inalterado até hoje. Em seu banco de sêmen, pronto para ser comercializado, a Lagoa dispõe de material genético de mais de 400 reprodutores, oriundos de cerca de 40 raças e suas variedades. Desde sua fundação a empresa já comercializou mais de 20 milhões de doses de sêmen. Luiz Lunardi a central A Lagoa da Serra mantém cerca de 130 reprodutores em regime permanente de coleta de sêmen. São animais de diversas raças de corte, leite e dupla aptidão, representando o que de melhor existe no mundo em valor zoogenético. Além disso, a empresa coloca à disposição do criador sêmen importado da Holanda e de outros países europeus. Área de coleta de sêmen Maurílio Biagi Eu acredito muito na capacidade dos homens. A tarefa mais importante de uma empresa é formar pessoas. O administrador que espera encontrar homens feitos, fracassará. Eles não existem. Laboratório de tecnologia de sêmen Maurílio Biagi Visualização de espermatozóides no microscópio 6 15

7 PERFIL 30 ANOS NOTÍCIAS CORTE Lagoa da Serra, uma história marcada pelo pioneirismo A Lagoa da Serra é marcada pelo pioneirismo, adiantando-se às exigências do mercado, criando produtos e serviços que atendam a todas as necessidades dos pecuaristas de corte e leite. Em sua história, a central contabiliza uma série de iniciativas inéditas tais como: 1979 Foi a primeira empresa brasileira de genética bovina a produzir bezerros por transferência de embriões. Dez anos depois, também foi pioneira no desenvolvimento do programa de teste de progênie de touros de raças leiteiras. É a primeira e única central de inseminação do país a obter o certificado especial de qualidade ISO 9002 para seu sistema de produção coleta, industrialização, armazenamento e comercialização de sêmen. Garantia na qualidade genética dos reprodutores da raça Holandesa da Holland Genetics comercializados no mercado brasileiro. É a empresa de inseminação artificial líder em touros Nelore provados. Tornou-se pioneira na garantia de partidas de sêmen comercializadas isentas das doenças reprodutivas, como IBR/IPV e BVD. A partir de 2000 passou a colocar em sua rotina de trabalho o controle sanitário de novas enfermidades, como leucose, língua azul, estomatite vesicular e febre aftosa. Criou o PEIA Programa Especial de Inseminação Artificial, terceirização com técnicos especializados que atendem a todas as necessidades das propriedades (incluindo assistência técnica) que desejam implantar a inseminação artificial. Em 1994, tornou-se a única empresa de inseminação artificial que realiza seu próprio programa de melhoramento genético, o PAINT - Programa de Avaliação e Identificação de Novos Touros, aprovado pelo Ministério da Agricultura. Os animais do PAINT estão credenciados ao CEIP (Certificado Especial de Identificação e Produção). Em parceria com a Chalet Agropecuária, a Tortuga e a Allflex, a Lagoa viabilizou o Programa Red Beef Connection, que objetiva a produção de carne bovina de alta qualidade atendendo todos os elos da cadeia produtiva da carne - da genética de ponta ao bife na mesa do consumidor. Também com Chalet, Tortuga e Allflex, colocou em prática o CAT (Centro de Avaliação e Comercialização de Touros), um teste de performance e seleção de reprodutores de corte. Em 2001, a Lagoa da Serra volta a inovar, com a introdução da palheta fina, um invólucro mais moderno e eficiente para o acondicionamento de sêmen. Em mais uma ação inédita, a Lagoa cria o seu Conselho Consultivo em novembro de Formado por produtores expoentes da pecuária de corte e de leite nacional, o objetivo do Conselho é avaliar as iniciativas da Central e orientá-la para que seus clientes consigam sempre os melhores resultados. O CBRA certificou a Lagoa da Serra com o Selo de Qualidade de Fertilização de Sêmen em dezembro de Primeira Central de Inseminação a obter o selo, a Lagoa agora tem mais uma garantia de que o sêmen de seus reprodutores são 100% seguros e confiáveis. Leilão CAT 2001 espetacular O Leilão CAT 2001 marcou o fim da segunda edição da prova de performance do Centro de Avaliação e Comercialização de Touros com um resultado fantástico. O faturamento atingiu R$ 1,021 milhão, com aumento de 86,8% sobre as médias de preços do ano passado. Os preços médios dos touros jovens Nelore cresceram expressivos 142,5% sobre os valores obtidos em 2000 e a média dos animais das raças européias subiu 41%. Destaque ainda à participação da Lagoa da Serra, parceira do projeto, que contratou 18 touros jovens para seus programas de melhoramento genético PAINT (raça Nelore) e PAINT TOTAL (raças européias). No total, o Leilão CAT 2001 vendeu 268 touros jovens das raças Nelore (Padrão e Mocho), Angus, Brangus, Blonde D Aquitaine, Simental, Reprodutores Pardo-suiço sendo vistoriados pelos técnincos da raça para o leilão. Animais de destaque no CAT Na raça Nelore, vários animais foram extremamente valorizados. Orlando Tiveron vendeu 50% de seu touro jovem mocho por R$ ,00 para Kazumi Setoguchi (GO); a CFM vendeu na totalidade o terceiro melhor animal Nelore do CAT 2001 por R$ ,00 para um consórcio formado pela Lagoa da Serra, Pedro Novis, Iporanga Agropecuária, Ricardo Merolla e Antonio Carlos Fransolin; e o melhor animal do CAT 2001, também da CFM, foi arrematado por R$ ,00 pela Chalet Agropecuária e Agropecuária 9 de Ouro. Estes três animais foram contratados para coleta na Lagoa da Serra. Entre os touros jovens europeus, destaque ao animal da raça Angus que obteve o maior Índice CAT (14,43 pontos). Propriedade de Washington Cinel, esse espetacular touro foi adquirido pela Lagoa da Serra. Ainda na raça Angus, o criador paulista Mario Sérgio Duarte Garcia vendeu 50% do seu animal (o melhor Santa Gertrudis, Pardo Suíço Corte, Devon, Charolês e Simental. Só participaram do remate os animais de melhores índices do teste de performance, realizado entre maio e outubro. Com isso, a oferta foi 28% menor em relação ao ano passado, mas o faturamento subiu consistentemente. O Leilão CAT 2001 foi dividido em duas fases. Na sexta-feira, dia 09 de novembro, foram ofertados 160 touros jovens (12 a 14 meses de idades) das raças européias. O faturamento alcançou R$ ,00 com aumento de 50,8% sobre o resultado de 2000, quando foram vendidos 163 animais. A média geral dos tourinhos europeus este ano foi de R$ 3.171,87, ou 41% maior do que a de 2000, que foi de R$ 2.248,59. No sábado, dia 10 de novembro, foi a vez do Criadores no leilão entre os PO) por R$ ,00 adquirido pela ABS Pecplan e Agropecuária 9 de Ouro e, José Fernandez Neto colocou à venda 50% do melhor touro Pardo-Suíço Corte da prova, arrematado por R$ ,00 pela Central Yakult. leilão dos touros jovens da raça Nelore (Padrão e Mocho). Mais um resultado excelente: foram vendidos todos os 108 animais apresentados com faturamento total de R$ ,00. A média geral dos touros jovens Nelore em 2001 foi espetacular, chegando a R$ 4.753,52. Esse valor é 142,54% maior do que os R$ 1.959,90 obtidos no ano passado. Em 2001, o CAT avaliou 752 animais de 11 raças de corte diferentes, levados por 119 criadores. Os benefícios para as fazendas foram vários: além de participarem do maior programa de seleção de touros do Brasil, venderam seus animais por valores muito superiores aos oferecidos para produtos sem avaliação e adiantaram em mais de um ano a venda, aumentando assim a sua receita. Sr. Orlando Tiveron recebendo a homenagem do diretor da Lagoa da Serra, Sr. Guus. Estas aquisições pela ABS e Yakult consolidam o fortalecimento do CAT como a maior e melhor prova de avaliação genética do Brasil. No geral, todas as raças de corte participantes obtiveram resultados excepcionais no Leilão CAT Acompanhem as médias por raças: Raça Animais Faturamento Média vendidos total de preços Nelore , ,52 Angus PC , ,92 Angus PO , ,00 Brangus , ,00 Blonde D Aquitaine , ,77 Caracu , ,55 Charolês , ,00 Devon , ,50 Pardo-Suíço Corte , ,00 Santa Gertrudis , ,00 Simental , ,

8 NOTÍCIAS CORTE Lagoa contrata 17 touros jovens do CAT NOTÍCIAS GERAIS Lagoa cria Conselho Consultivo A Lagoa da Serra é parceira do Centro de Avaliação e Comercialização de Touros (CAT) ao lado da Chalet Agropecuária, Tortuga e Allflex. Como tal, tem o comprometimento de contratar os melhores animais da prova de performance e utilizá-los em seus programas de melhoramento genético, como o PAINT (raça Nelore) e o PAINT TOTAL (raças européias). E a Lagoa leva muito a sério esse compro- misso, tanto que contratou 17 animais do CAT 2001, sendo 6 da raça Nelore (para o PAINT) e 11 europeus das raças Blonde D Aquitaine (1), Pardo-Suíço Corte (2), Angus (1), Simental (1), Devon (1), Charolês (1), Brangus (2), Caracu (1) e Santa Gertrudis (1). Ou seja, a Lagoa da Serra está levando para seu programa PAINT TOTAL animais de todas as raças européias participantes do CAT. Consideramos o CAT uma das maiores fontes de recursos genéticos para os nossos testes de progênie PAINT e PAINT TOTAL. Pelo menos um touro jovem de cada raça foi contratado para a Lagoa realizar a sua avaliação genética, ressalta Ricardo Abreu, Supervisor de Corte Zebu e responsável pelo CAT. Abaixo, seguem as DEP s dos animais contratados pela Lagoa: Nome Raça Criador DEP DEP DEP DEP DEP DEP DEP DEP DEP DEP DEP DEP Índice Peso GMD PE INCR PE AOL EG Marm Conf Prec Musc Tipo CAT PE GMD WCS Salso s 0075 Angus Washington U. Cinel 1,11 1,82 0,75-0,02-0,69 0,81 1,65 2,64 1,14 0,96 0,71 1,72 14,43 Maqui RB da Bethânia B.D Aquitaine Rubens de Assumpção 1,39 1,12 0,06-0,14-0,85 1,27-0,13-0,91 1,57 1,66 1,46 0,68 10,32 Bom Retiro IL 321 Brangus Black Fermino F. Lima Jr 1,51 3,51 1,17 0,41-0,91-0,04 0,56 1,76 1,85 1,57 1,60 18,05 Agrochapada 684 Brangus Red Brangus Agrochapada 1,70 2,17 1,30 0,78-0,34 0,41-1,35 0,65 0,73 1,01 0,77 10,69 Festin da Mariópolis Caracu Maria Lúcia P. A. Pereira 1,31 2,57 0,47 0,17-0,38 0,31 1,98 1,34 1,44 0,95-0,19 15,46 Orneiro H.244 R. Fundo Charolês Alberto Claudemir Reis 2,49-0,07 1,14-0,42-0,41 1,19 0,06-1,37 2,28 0,92 2,16 1,12 9,65 Palmeira U305 Devon Claúdio P. Silva Ribeiro 1,34 0,83 2,22 1,14 0,72 0,91 0,28-0,04 0,67 1,27 1,42-0,79 9, P. Suiço Corte Marcos Szerman 1,27 0,98-0,44-0,88-1,00 0,25 0,39 0,47 2,17 0,72 1,09 2,22 8,38 São Lourenço F01 P. Suiço Corte José Lopez F. Netto 1,52-0,05 0,32-0,88-0,76 2,07-0,86-1,31 1,76 2,03 1,98 2,22 5,89 Jaú SL Sta. Gertrudis Adrianus A M. Sleutjes 1,85 0,03 1,35-0,36-0,35 1,98-1,12 2,18 1,36 1,87 0,76 8,60 Arandu da Agro Simental Agropastoril Ricci 2,17 1,55 2,09 0,21-0,53 0,23 2,40 1,76 1,49 1,68 0,67 14,46 David da Safron Nelore Safron Agropec. Ltda. 1,78 0,58 3,11 2,03 1,55-0,31 1,39 1,76 1,69 1,92 1,98 14,85 CFM CH 1484 Nelore Agro-Pec.CFM Ltda. 2,12 2,04 2,15 0,08-0,48 0,92 3,45 1,78 1,55 1,71 2,16 18,55 Valor do B. Rico Nelore Cia Barreiro Rico 1,56 1,69 0,40 0,54-0,10 1,07 0,54 1,67 1,79 2,03 2,12 15,17 CFM CH 1653 Nelore Agro-Pec. CFM Ltda. 2,35 1,84 1,32-0,62-0,92 0,69 0,61 1,67 1,46 1,55 2,21 14,72 Cobiçado Nelore Mocho Orlando Tiveron 2,72 1,49 2,31 1,14 0,43 1,55-1,44 1,70 0,50 1,65 1,51 14,31 Dassuen Nelore Waldomiro Correa 1,62 0,59 0,80 0,20-0,07 1,39-0,46 1,62 1,76 2,04 2,61 12,34 Tourinhos Blonde D Aquitaine Lote de tourinhos Simental Reprodutores Nelore A Lagoa da Serra tomou uma decisão inédita na pecuária brasileira. Desde novembro de 2001, todas as decisões estratégicas da Central, sejam em serviços, investimentos ou projetos, serão discutidas por um colegiado formado pela direção da empresa e o recém-criado Conselho Consultivo, formado por produtores do primeiro time da pecuária de leite e corte nacional. As empresas de insumos, como a Lagoa da Serra, trabalham para oferecer os melhores produtos e serviços à pecuária. Mas não podemos ter a pretensão de sermos infalíveis e tomar, sozinhos, decisões que terão reflexos diretos nos resultados dos projetos pecuários dos nossos clientes, ressalta Guus Laeven, diretor-presidente da Lagoa. Nosso Conselho Consultivo foi concebido exatamente para avaliar todas as grandes iniciativas da Central e analisá-las segundo a ótica de quem efetivamente é o alvo dos nossos investimentos. Em outras palavras, são os representantes do mercado que orientarão os caminhos da empresa, complementa Guus. O Conselho Consultivo da Lagoa da Serra está dividido em dois grupos: pecuária de corte e pecuária de leite. Todas as decisões estratégicas da Central ligadas a carne bovina serão levadas aos pecuaristas e profissionais deste segmento. O mesmo vale em relação ao leite, cujas discussões envolverão os especialistas desse setor. Fazem parte do Conselho Consultivo da Lagoa da Serra os seguintes membros efetivos: Pecuária de Corte: Armando Leal do Norte, Beatriz Biagi Becker, Carlos Viacava, Eduardo Biagi, Ian David Hill, José Antonio Fernandes Júnior, Laucídio Coelho Neto, Nelson Rafael Pineda, Roque Quagliato Pecuária de Leite: Albertus Frederik Wolters, Arthur Junqueira Ferreira Penteado, Gerrit Verburg, Maurício Silveira Coelho,Olavo Barbosa, Roberto Hugo Jank, William Tabchoury A criação do Conselho Consultivo é um importante passo dentro da ampla reordenação administrativa por que passa a Lagoa da Serra. Nesse trabalho, a empresa conta com a supervisão do PENSA (Programa de Estudos dos Negócios do Sistema Agroindustrial), da FEA USP/ Ribeirão Preto, coordenado pelo Prof. Dr. Marcos Fava Neves. A empresa moderna tem de estar voltada à satisfação das exigências do mercado. O Conselho Consultivo da Lagoa terá papel fundamental Lagoa é a primeira a conquistar o Selo de Qualidade de Fertilização de Sêmen Para a pecuária brasileira continuar crescendo e gerando receita para o nosso país, é preciso utilizar material genético de qualidade que resulte em carne e leite superiores. Para tanto, a Lagoa da Serra e o CBRA (Colégio Brasileiro de Reprodução Animal) deram um grande passo para garantir a qualidade do sêmen utilizado em acasalamentos. Por iniciativa do CBRA foi criado o Selo de Qualidade de Fertilização de Sêmen e a Lagoa, saindo mais uma vez na frente, foi a primeira central de inseminação artificial do Brasil a receber a certificação em dezembro de A certificação, feita pelo CBRA, atenta para que o material genético utilizado em inseminação artificial siga os mais rigorosos parâmetros de qualidade. Em outras palavras, o sêmen certificado com o selo tem a chancela do CBRA, comprovando sua fertilidade, e o pecuarista pode utilizá-lo com total segurança e garantia. nesse processo porque é composto por notáveis representantes do mercado-alvo da Central, portanto seus clientes diretos. Ou seja, abre-se a possibilidade real de os próprios pecuaristas estarem envolvidos nas grandes decisões da Lagoa, colaborando decisivamente para que a empresa caminhe na direção desejada pelo mercado, explica Fava Neves. Integrantes do Conselho Consultivo Corte Integrantes do Conselho Consultivo Leite Reprodução da carta do Presidente do CBRA enviada ao Diretor-Presidente da Lagoa da Serra, Guus Laeven: Belo Horizonte, 26 de dezembro de Prezado Senhor, Tenho a imensa satisfação de comunicar a V. Sª. que, de acordo com os laudos expedidos pelos auditores do CBRA, esta Empresa conquistou o Selo de Qualidade para Sêmen Congelado, incluindo as três estrelas que destacam, além da qualidade, os demais atributos (alto nível tecnológico, boas práticas ambientais e alta consciência social). Atenciosamente, Luiz E.L. Pinheiro 8 13

9 Lagoa 30 Anos Foi uma extraordinária oportunidade de homenagear nossos fundadores e colaboradores ao longo dos 30 anos, desde sua fundação e constatação do reconhecimento que os amigos e clientes tem pela Lagoa da Serra, segundo Maurício José de Lima, gerente de Marketing Que sensação agradável essa de comprovar que a Lagoa da Serra tem o respeito da pecuária nacional, essa atividade fantástica que tão importante função tem na economia brasileira, festejava Guus Laeven, diretor-presidente da Lagoa. Outro personagem impressionado com o tamanho da festa e a intensa participação era Jan Jansen, nada menos do que o presidente da CR Delta, da Holanda, a empresa da qual a Lagoa da Serra é subsidiária desde Realmente não tinha a idéia da força que a Lagoa tem junto aos pecuaristas brasileiros. Estou positivamente surpreso, disse Jansen na ocasião. A Lagoa fez todos os preparativos para que tudo fosse perfeito. Tudo mesmo, começando na reserva de hotéis até o transporte de Ribeirão Preto a Sertãozinho, passando por homenagens a seus fundadores e dirigentes nos 30 anos de histórias, apresentação de quase três dezenas de reprodutores de várias raças de corte e leite, jantar e leilão de prenhezes absolutamente especiais (veja matéria específica). Em seu discurso de abertura, Guus Laeven lembrou o papel de Luiz Vicente Lunardi e Maurílio Biagi, fundadores da Lagoa da Serra: Olhando para trás, concluímos que eles já sabiam, lá atrás, que o Brasil teria um papel importantíssimo no mercado pecuário. Estavam certos, sem dúvida. Luiz Vicente Lunardi e Edilah Biagi, esposa de Maurílio (já falecido), foram os primeiros laureados da festa dos 30 anos da Lagoa da Serra, que prosseguiu com as homenagens a José Eduardo Vieira, controlador da Lagoa da Serra de 1992 a 1998, e Jan Jansen, diretor-presidente da CR Delta. Luiz Lunardi, fez questão de ir à festa receber a homenagem, da mesma forma que Edilah Biagi, que chegou acompanhada de filhos, netos e sobrinhos que perpetuam o investimento da família na pecuária profissional. Após a merecida homenagem a personagens ilustres da história da Lagoa da Serra, touros de diversas raças de corte e leite, que estão em coleta na Lagoa da Serra, foram apresentados aos pecuaristas presentes. Desfilaram os campeões de pistas e produção como Enlevo, Fajardo, Fiel, Shinny Hood, Kulal e Diago, entre tantos outros. Na seqüência, foi realizado o leilão de prenhezes e oferecido jantar aos amigos da Lagoa da Serra que foram pessoalmente cumprimentar a central pelos seus 30 anos. Leilão da Lagoa vendeu mais de meio milhão A festa dos 30 anos da Lagoa da Serra foi completa.a central promoveu um leilão especial de prenhezes - resultado do acasalamento de alguns dos seus mais importantes reprodutores Nelore com vacas de altíssima qualidade - para mostrar aos pecuaristas de todo o país exemplares que expressam a qualidade da genética Nelore disponível, confirmando que a Lagoa é a casa do Nelore Provado. A proposta do leilão foi exatamente reunir criadores de todas as regiões que investem no Nelore e ofertar material genético (prenhezes) de alguns dos melhores reprodutores da raça, como 1646 da MN, Legat, Fajardo e Enlevo entre outros. Os pecuaristas entenderam o objetivo e fizeram do Leilão 30 anos da Lagoa um marco na comercialização da raça Nelore em No total, foram vendidas 44 prenhezes, com faturamento total de R$ 545,3 mil (média de R$ ,18). Duas prenhezes foram vendidas por R$ 25,2 mil cada, atingindo o maior valor do leilão. São elas o acasalamento da vaca Macuna TE da Jatobá com o touro 1646 da MN, ofertado por Cláudia Junqueira e adquirido pela Carpa Serrana; e o acasalamento da vaca Babucha da Terra Boa também com o touro 1646 da MN, ofertado por José Luiz Niemeyer do Daniel B. Costa, leiloeiro e mestre de cerimônia Santos e arrematado pela Sudamata Agropecuária. Solicitamos aos amigos criadores que utilizam genética dos raçadores da Lagoa que trouxessem ao remate prenhezes especialíssimas, dignas do mais alto padrão de qualidade da pecuária nacional. Isso porque se tratava de um leilão único e queríamos oferecer aos pecuaristas de todo país a oportunidade de adquirirem ventres de pais campeões nas pistas e em produtividade, ressalta Maurício José de Lima, gerente de Marketing da central. Os criadores compraram a idéia e colaboraram para a Lagoa fazer um leilão muito especial. Na última edição falamos sobre o setor pecuário brasileiro, alguns conceitos de Marketing e algumas ferramentas para agir nesse mercado conhecido. Falta ver o aspecto mais importante: o que o consumidor de carnes quer! Neste artigo comentaremos alguns estudos de autores que indicam os sinais dos consumidores mundiais, seus aspectos e modificações ao longo do tempo e ainda como as empresas deverão lidar com estes sinais em termos futuros. Chegaremos às características do setor em Nos EUA os consumidores percebem diferenças em sabor e marmorização nas carnes e estão dispostos a pagar um preço premium por esta diferença. Esses resultados são interessantes para empresas do agribusiness dispostas a criar marca, e que existem segmentos de consumidores dispostos a pagar por esta diferença. Além disso, os segmentos de maior educação são os que mais substituem a carne bovina, sugerindo que as empresas desenvolvam trabalhos específicos com este segmento de mercado. Na Europa, os seguintes aspectos apareceram em ordem de preferência, quando os consumidores foram perguntados a respeito da compra de carne: satisfação, nutrição/saúde, preço, conveniência/ tecnologia. Quanto à qualidade da carne, o aspecto origem da carne foi um dos destaques na pesquisa, seguido por condições de armazenagem, bem estar e nutrição dos animais. Finalmente, quanto à importância das informações transmitidas pela embalagem para indicar a qualidade, novamente origem aparece como fator de maior importância, seguido por nome do corte, informações nutricionais, rastreabilidade( identificação da origem do produto e seu caminho até à mesa do consumidor), instruções para o preparo da carne, entre outros. Ressaltam também a confiança em varejistas e em suas marcas. Os fatores que aumentam a necessidade de informações por parte dos consumidores europeus de carne são o uso crescente de hormônios, de antibióticos preventivos e as crises da vaca louca na Inglaterra e dioxina na Bélgica. No Canadá, o consumo per capita de carne bovina caiu de 41 para 31 kg por habitante/ano pelos seguintes fatores em ordem de importância: conscientização da saúde, maiores preços da carne bovina, não entregar a qualidade desejada pelos consumidores, ausência de produtos prontos para consumo, ausência de propaganda e promoções. Pesquisa realizada no Brasil, trouxe o fator preço como o preponderante na hora da escolha pelo consumidor. Destaca-se ainda a baixa exigência NEGÓCIOS E ECONOMIA Redes agroalimentares e marketing da carne bovina 2ª parte do consumidor nacional em relação à qualidade da carne. A maioria dos consumidores ainda tratam a carne como um produto commodity, não estando dispostos a premiar produtos com maior grau de diferenciação. Entretanto, esta postura já está mudando, surgindo alguns segmentos de consumidores mais exigentes tanto no que se refere a aspectos de qualidade/sanidade do produto quanto em relação aos seus atributos intrínsecos(maciez, conformação, sabor). Alguns pesquisadores apontam para as alianças como importantes alternativas de coordenação na produção de carnes, com necessidade de incentivos equilibrados entre os participantes, entre diversas outras ações para implementação Discutiremos as principais mudanças esperadas nesse mercado e os impactos para a pecuária brasileira. Afinal, o que esperamos para o futuro? No Ambiente Econômico Natural: Crescimento geral na renda e como conseqüência grande crescimento no consumo de carnes e aumento dos segmentos de mais alta renda. Variáveis macroeconômicas favoráveis ocasionando a presença maciça de novos investimentos no Brasil. O setor de frigoríficos deve se concentrar, inclusive com participação internacional. Estas serão líderes das redes globais de carnes. Crescimento no nível de educação e formação profissional, trazendo maior competitividade na mão de obra. Integração econômica maior entre as nações, possibilitando aos países mais competitivos atingirem mercados internacionais, beneficiando a pecuária brasileira. Apresenta atrativo ainda maior para que as redes mundiais tenham forte presença aqui. Brasil terá as poucas áreas no mundo para criação extensiva, com criação de diversas raças, atuando em diversos segmentos de consumo. No Ambiente Político-Legal: Política antitruste mais rigorosas, evitarão concentração em alguns mercados, podendo afetar as estratégias das redes globais. Leis ambientais mais rigorosas ainda, trazendo restrições a diversas práticas agrícolas que trarão custos. Maiores exigências de rotulagem aumentando custos, mas trazendo a informação desejada pelos consumidores. Será cada vez maior a exigência de normas de certificação de produtos e/ou processos. Oportunidade para selos e marcas. Atenção, para que estes certificados não se tornem barreiras não tarifárias. Leis trabalhistas mais rigorosas tentando equalizar condições de trabalho/ salariais no mundo trarão aumento de custos. Governos mais estáveis no mundo e a consolidação do processo democrático, trazendo maior previsibilidade. No Ambiente Tecnológico: Vendas pela Internet ao consumidor final e páginas eletrônicas de comercialização. Redução dos custos de transação, possibilitando encontrar insumos, animais, frigoríficos e distribuidores nacionais e internacionais de maneira simples e eficiente. Estoque computadorizado, uma vez que redes produtivas aplicarão os conceitos de just in time. Uso também de EDI troca eletrônica de dados desde supridores de insumos a pecuaristas até o distribuidor final (supermercado). Produtos geneticamente modificados estarão em uso pelas redes, sendo fator diferencial o uso ou não uso. Maior desenvolvimento de raças adaptadas e com maiores especificidades. Tecnologia da nutrição animal contribuirá fortemente para a especificidade dos animais, influindo nos teores desejados de nutrientes nas carnes. Tecnologia de processamento permitirá pratos prontos, com sabor/maciez fortemente baseados em carnes com diversos teores, conveniência e qualidade. Tecnologia de Bolsas e Investimentos aumentará o número de agentes utilizando mecanismos de Bolsa. Finalmente, as mudanças esperadas no ambiente sócio-cultural são as seguintes: Participação da mulher no mercado de trabalho maior ainda, concentração da população em grandes cidades e escassez de tempo, famílias menores, trazendo crescimento dos serviços de alimentação, necessidades de produtos préprontos e embalagens individualizadas. Envelhecimento da população. Carnes específicas terão que ser desenvolvidas para não existir perda de mercado. Mudanças de estilo de vida e exigência por segurança dos alimentos, fazendo com que as redes de carnes ofereçam produtos específicos, com uso da tecnologia para o segmento saudável. Na próxima edição a estruturação do mercado de carne bovina em 2010 será apresentada e com isto encerramos o assunto marketing e carnes. Marcos Fava Neves, é professor doutor em Marketing no curso de Administração da FEA/USP (Ribeirão Preto), Coordenador do MBA Marketing da Fundace/USP e membro do PENSA Participação de Cláudio Machado Filho, Dirceu T. de Carvalho, Luciano Thomé e Castro e Karla Fazanaro. 12 9

10 melhores momentos Desfile de Touros e Leilão Lagoa 30 Anos A noite foi de gala. A sede da Lagoa da Serra ficou iluminada pelas luzes e a presença de mais de pecuaristas, técnicos, empresários e amigos, presentes à festa de comemoração dos seus 30 anos de existência, em Sertãozinho, no dia 10 de agosto. Feito o balanço destes 30 anos, vejo que atingimos plenamente a maioridade. Não apenas a maioridade comercial, mas também a maioridade tecnológica. Modestamente, não tenho receio de afirmar que estamos em um nível profissional muito elevado e nos tornamos referência em termos de melhoramento genético no País e até para alguns vizinhos da América Latina, que fazem questão de vir aqui em Sertãozinho conhecer um pouco mais do nosso trabalho. (...) Aqui se diz que o Brasil é o país do futuro. Para a Holland Genetics e a Lagoa da Serra, é o país do presente. Porque estamos fazendo a história da pecuária, que é cada vez mais respeitada em todo o mundo.(...) Olhando para a frente, não há dúvidas de que novos e difíceis desafios vão aparecer. Isso é um fato; faz parte da vida de uma empresa e de uma atividade, como a pecuária. Mas não tememos tais obstáculos. Estamos prontos para enfrentá-los e vencê-los. Detalhes do discurso de Guus Laeven, diretor-presidente da Lagoa da Serra, na abertura do Leilão

QUALIDADE VERDANA 2014

QUALIDADE VERDANA 2014 ano 2 MAIO 2014 EDIÇão 02 www.verdanaagropecuaria.com.br camapuã/ms INFORMATIVO Mais valor para você Editorial QUALIDADE VERDANA 2014 1 1 A QUALIDADE QUE FEZ A DIFERENÇA em 2013 ENCONTRO 2013 Vinte e seis

Leia mais

BOVINOS RAÇAS SINTÉTICAS

BOVINOS RAÇAS SINTÉTICAS UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ CENTRO DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS DEPARTAMENTO DE ZOOTECNIA LABORATÓRIO DE FISIOLOGIA DA REPRODUÇÃO BOVINOS RAÇAS SINTÉTICAS Disciplina: Exterior e raças Prof. Mauricio van Tilburg

Leia mais

ACONTE. Touros CV. Integração Lavoura/Pecuária Página 7. informativo carlos viacava nº - 8 Junho 2013

ACONTE. Touros CV. Integração Lavoura/Pecuária Página 7. informativo carlos viacava nº - 8 Junho 2013 ACONTE informativo carlos viacava nº - 8 Junho 2013 Grupo de novilhas super precoces que estarão à venda no Leilão Nelore Mocho CV do dia 28 de julho em Paulínia, SP. Prenhes aos 12 a 14 meses. Leilões

Leia mais

INDEX ASBIA MERCADO 2014

INDEX ASBIA MERCADO 2014 INDEX ASBIA MERCADO 2014 INDEX ASBIA Mercado de sêmen 2014. O relatório do INDEX ASBIA 2014 representa aproximadamente 92% do mercado de sêmen no Brasil, incluindo as raças de corte e leite e é composto

Leia mais

http://www.crvlagoa.com.br/news/gerarnewsletterpdf.asp?idnewsletter=684

http://www.crvlagoa.com.br/news/gerarnewsletterpdf.asp?idnewsletter=684 Página 1 de 16 Caso não esteja visualizando este e-mail, clique aqui Ano 3 Número 658 Sexta, 7 de dezembro de 2012 Clique aqui para fazer o download da newsletter em PDF» COMUNICADO SUSPENSÃO VENDAS JAGUAR

Leia mais

Conheça a primeira central de inseminação do mundo.

Conheça a primeira central de inseminação do mundo. Conheça a primeira central de inseminação do mundo. A primeira central de inseminação do mundo nasceu nos Estados Unidos e veste verde e amarelo há mais de 40 anos. A C.R.I. Genética é uma cooperativa

Leia mais

O cruzamento do charolês com o zebu (indubrasil, guzerá ou nelore) dá origem ao CANCHIM. Rústico e precoce, produz carne de boa qualidade.

O cruzamento do charolês com o zebu (indubrasil, guzerá ou nelore) dá origem ao CANCHIM. Rústico e precoce, produz carne de boa qualidade. OUTUBRO 2006 Para chegar ao novo animal, os criadores contaram com a ajuda do superintendente do laboratório de inseminação artificial Sersia Brasil, Adriano Rúbio, idealizador da composição genética

Leia mais

Consangüinidade: A Lagoa tem a solução. Novidades na raça Holandesa Lagoa é pentacampeã no Top of Mind

Consangüinidade: A Lagoa tem a solução. Novidades na raça Holandesa Lagoa é pentacampeã no Top of Mind Consangüinidade: A Lagoa tem a solução Novidades na raça Holandesa Lagoa é pentacampeã no Top of Mind Diretor-Presidente Guus Laeven Gerente de Marketing Maurício José de Lima (mlima@lagoa.com.br) Gerente

Leia mais

Toda mudança é para melhor

Toda mudança é para melhor Toda mudança é para melhor Mesmo admirando a nova logomarca da Lagoa, lançada em abril, algumas pessoas perguntaram-me o porquê desta mudança. Em primeiro lugar, a mudança da logomarca da Lagoa deu-se

Leia mais

Programa Nelore Brasil e seu Impacto Econômico

Programa Nelore Brasil e seu Impacto Econômico Programa Nelore Brasil e seu Impacto Econômico II Congreso Ganadero Nacional CORFOGA 2008 Prof. Dr. Raysildo B. Lôbo ANCP, USP Crescimento da Pecuária de Corte Brasileira: produção de carne e abate 71,0%

Leia mais

DE CRIADOR PARA CRIADOR

DE CRIADOR PARA CRIADOR DE CRIADOR PARA CRIADOR No clima para a máxima produção com qualidade. Altitude e temperatura perfeitas. O resultado são rebanhos com máxima produção de sêmen com qualidade, para você vender sempre mais.

Leia mais

CONHECENDO UMA CENTRAL DE INSEMINAÇÃO ARTIFICIAL

CONHECENDO UMA CENTRAL DE INSEMINAÇÃO ARTIFICIAL CONHECENDO UMA CENTRAL DE INSEMINAÇÃO ARTIFICIAL Entrevistado: Marcelo Brandi Vieira Mestre em Reprodução Animal Diretor Técnico da Progen Inseminação Artificial BI: Qual a importância da Inseminação Artificial

Leia mais

PRODUÇÃO DE CARNE BOVINA E CONSUMO INTERNO BRASILEIRO

PRODUÇÃO DE CARNE BOVINA E CONSUMO INTERNO BRASILEIRO PRODUÇÃO DE CARNE BOVINA E CONSUMO INTERNO BRASILEIRO WESP-GUTERRES, Caroline 1 ; TEIXEIRA, José Domingos Lemos 1 ; ARALDI,Daniele Furian 2 Palavras-Chave: Brasil. Consumo de carne. Bovinocultura. Introdução

Leia mais

Canal do Consultor de Campo

Canal do Consultor de Campo Page 1 of 11 Caso não esteja visualizando este e-mail, clique aqui Ano 3 Número 666 Sexta, 21 de dezembro de 2012 Clique aqui para fazer o download da newsletter em PDF» PROMOÇÃO POR QUANTIDADE CORTE -

Leia mais

Instruções e planilhas para o controle de produção visando o melhoramento genético na bovinocultura de corte de base familiar

Instruções e planilhas para o controle de produção visando o melhoramento genético na bovinocultura de corte de base familiar ISSN 0103-376X Setembro, 2006 Instruções e planilhas para o controle de produção visando o melhoramento genético na bovinocultura de corte de base familiar 57 Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária

Leia mais

Vindouro. A Lagoa é Top List Rural em inseminação pela 4ª vez consecutiva. Que a paz, luz de nossas vidas, ilumine o mundo no novo ano.

Vindouro. A Lagoa é Top List Rural em inseminação pela 4ª vez consecutiva. Que a paz, luz de nossas vidas, ilumine o mundo no novo ano. Ano VI - Nº 18 DEZEMBRO 2004 Veículo de comunicação da Lagoa da Serra, uma empresa do Grupo Holland Genetics. ÇA N A R B M DE LE Imagem do cartão de Natal beneficente da Casa Abrigo Nosso Lar www.casaabrigonossolar.org.br

Leia mais

News. Desfile de Touros da ABS Pecplan é palco de homenagens e ótimos negócios O. anos. Uberaba, Brasil - Maio 2010

News. Desfile de Touros da ABS Pecplan é palco de homenagens e ótimos negócios O. anos. Uberaba, Brasil - Maio 2010 nº 14 News Uberaba, Brasil - Maio 2010 Caro Leitor Bons ventos sopraram em abril. A demanda de leite aumenta internamente e os preços internacionais do leite em pó retornam a valores próximos do excelente

Leia mais

ALTA GENETICS BATE NOVO RECORDE COM 3 MILHÕES DE SÊMEN BOVINO VENDIDOS EM 2011

ALTA GENETICS BATE NOVO RECORDE COM 3 MILHÕES DE SÊMEN BOVINO VENDIDOS EM 2011 São Paulo, dezembro de 2011 ALTA GENETICS BATE NOVO RECORDE COM 3 MILHÕES DE SÊMEN BOVINO VENDIDOS EM 2011 Faturamento no Brasil deve crescer 20% em 2011, alcançando R$60milhões A Alta Genetics bate novo

Leia mais

FAZENDA CALCIOLÂNDIA Histórico e informações gerais

FAZENDA CALCIOLÂNDIA Histórico e informações gerais FAZENDA CALCIOLÂNDIA Histórico e informações gerais A fazenda Calciolândia, localizada no oeste de Minas Gerais, de propriedade de Gabriel e Vera Andrade, é hoje uma das mais conhecidas fazendas do Brasil,

Leia mais

ZAP Zambezia Agro Pecuaria Lda - Mozambique DESENVOLVIMENTO DE GADO LEITEIRO GIROLANDA FERTILIZACAO IN VITRO IVF

ZAP Zambezia Agro Pecuaria Lda - Mozambique DESENVOLVIMENTO DE GADO LEITEIRO GIROLANDA FERTILIZACAO IN VITRO IVF 1 ZAP Zambezia Agro Pecuaria Lda - Mozambique DESENVOLVIMENTO DE GADO LEITEIRO GIROLANDA FERTILIZACAO IN VITRO IVF 2 Capitulo 1 - Parceiros e Principal Fornecedor. Parceiros do projeto In Vitro Brasil

Leia mais

Projeto SIMGIR. 1 Introdução. 2 Escolha das Raças. 3 Parceria. 4 Produção. 5 Anexos: 5-1 Normas de Identificação de Animais. Receptoras.

Projeto SIMGIR. 1 Introdução. 2 Escolha das Raças. 3 Parceria. 4 Produção. 5 Anexos: 5-1 Normas de Identificação de Animais. Receptoras. Projeto SIMGIR 1 1 Introdução 2 Escolha das Raças 3 Parceria 4 Produção 5 Anexos: 5-1 Normas de Identificação de Animais Receptoras Bezerras F1 5-2 Calendário de Manejo 5-3 Projeto de Comercialização dos

Leia mais

ANGUS: Fábio Schuler Medeiros. Médico Veterinário, D. Sc Gerente Nacional do Programa Carne Angus Certificada Associação Brasileira de Angus

ANGUS: Fábio Schuler Medeiros. Médico Veterinário, D. Sc Gerente Nacional do Programa Carne Angus Certificada Associação Brasileira de Angus ANGUS: Rentabilidade e mercado Fábio Schuler Medeiros Médico Veterinário, D. Sc Gerente Nacional do Programa Carne Angus Certificada Associação Brasileira de Angus Nossos Questionamentos... Como está a

Leia mais

Só vence nos negócios quem se preocupa com as pessoas

Só vence nos negócios quem se preocupa com as pessoas Só vence nos negócios quem se preocupa com as pessoas Dezoito anos à frente da maior empresa de inseminação Artificial Bovina do Brasil, Heverardo Rezende Carvalho conta o que teve que aprender para se

Leia mais

PKGA + O Programa de Genética Avançada da Katayama

PKGA + O Programa de Genética Avançada da Katayama impresso revista Ano 2 N o 2 julho 2010 www.katayama.com.br PKGA + O Programa de Genética Avançada da Katayama Agenda Katayama 51ª Expô Araçatuba 2010 08 a 18 de julho Araçatuba (SP) Leilão Virtual Elo

Leia mais

Produção de F1 pelas fazendas Calciolândia e Colonial

Produção de F1 pelas fazendas Calciolândia e Colonial Produção de F1 pelas fazendas Calciolândia e Colonial Ronaldo Lazzarini Santiago 1 INTRODUÇÃO As fazendas Calciolândia e Colonial, de Gabriel Donato de Andrade, sempre foram a referência na seleção do

Leia mais

ÍNDEX ASBIA IMPORTAÇÃO, EXPORTAÇÃO E COMERCIALIZAÇÃO DE SÊMEN

ÍNDEX ASBIA IMPORTAÇÃO, EXPORTAÇÃO E COMERCIALIZAÇÃO DE SÊMEN ÍNDEX ASBIA IMPORTAÇÃO, EXPORTAÇÃO E COMERCIALIZAÇÃO DE SÊMEN 2012 APRESENTAÇÃO Segundo a lenda, a inseminação artificial (IA) foi utilizada pela primeira vez no ano de 1332, em eqüinos, pelos árabes.

Leia mais

PROGRAMA DE FOMENTO AO CRUZAMENTO ANGUS MANUAL

PROGRAMA DE FOMENTO AO CRUZAMENTO ANGUS MANUAL PROGRAMA DE FOMENTO AO CRUZAMENTO ANGUS MANUAL 1. A RAÇA ABERDEEN ANGUS Originária da Escócia, a raça foi selecionada em função de suas características superiores de precocidade, fertilidade, rusticidade,

Leia mais

http://www.crvlagoa.com.br/news/gerarnewsletterpdf.asp?idnewsletter=633

http://www.crvlagoa.com.br/news/gerarnewsletterpdf.asp?idnewsletter=633 Página 1 de 9 Caso não esteja visualizando este e-mail, clique aqui Ano 3 Número 607 Quarta, 5 de setembro de 2012 Clique aqui para fazer o download da newsletter em PDF» ALTERAÇÃO DE PREÇO CLASSIC» DISPONIBILIDADE

Leia mais

Características dos Touros Senepol. Benefício ao Criador Invernista Confinador. Senepol SL

Características dos Touros Senepol. Benefício ao Criador Invernista Confinador. Senepol SL Senepol SL Programa SLde Melhoramento Estância Santa Luzia SENEPOL Benefícios dos Touros Senepol Santa Luzia Venda permanente Reprodutores & Doadoras Qualidade diferenciada a preço justo Na condução, Pedro

Leia mais

ACONTE. Veterano de CV Grande destaque do 53º Leilão Nelore Mocho CV de Paulínia, SP 50% Integração Lavoura/Pecuária Página 4

ACONTE. Veterano de CV Grande destaque do 53º Leilão Nelore Mocho CV de Paulínia, SP 50% Integração Lavoura/Pecuária Página 4 ACONTE informativo carlos viacava nº - 9 Junho 2014 50% à venda Veterano de CV Grande destaque do 53º Leilão Nelore Mocho CV de Paulínia, SP Páginas 2 e 3 Integração Lavoura/Pecuária Página 4 Venda de

Leia mais

MELHORAMENTO GENÉTICO DA PRECOCIDADE SEXUAL NA RAÇA NELORE

MELHORAMENTO GENÉTICO DA PRECOCIDADE SEXUAL NA RAÇA NELORE MELHORAMENTO GENÉTICO DA PRECOCIDADE SEXUAL NA RAÇA NELORE Fábio Dias 1 ; Joanir P. Eler 2 ; José Bento S. Ferraz 2 ; Josineudson A. II de V. Silva 3 1 Zootecnista, MSc. Agro Pecuária CFM Ltda, Av. Feliciano

Leia mais

Genética Aditiva melhorando o peso dos bezerros à desmama e ao sobreano - Benefício do Choque sanguíneo em Programas de Cruzamento Industrial

Genética Aditiva melhorando o peso dos bezerros à desmama e ao sobreano - Benefício do Choque sanguíneo em Programas de Cruzamento Industrial Genética Aditiva melhorando o peso dos bezerros à desmama e ao sobreano - Benefício do Choque sanguíneo em Programas de Cruzamento Industrial Agregar valor ao plantel de fêmeas bovinas este é o objetivo

Leia mais

Curso de inseminação artificial da Alta dá dicas de como aumentar a rentabilidade em sua fazenda

Curso de inseminação artificial da Alta dá dicas de como aumentar a rentabilidade em sua fazenda São Paulo, 12 março de 2014 Curso de inseminação artificial da Alta dá dicas de como aumentar a rentabilidade em sua fazenda Suprir a demanda de mercado com produtos de qualidade e sustentáveis. Este é

Leia mais

Inseminação Artificial Aplicada ao Melhoramento Genético Animal

Inseminação Artificial Aplicada ao Melhoramento Genético Animal Inseminação Artificial Aplicada ao Melhoramento Genético Animal Equipe de pesquisadores MGA/ CNPGL: Maria Gabriela C.D. Peixoto Rui da Silva Verneque João Cláudio do Carmo Panetto Frank Ângelo Tomita Bruneli

Leia mais

Palestras Scot Consultoria

Palestras Scot Consultoria Palestras Scot Consultoria índice palestras scot consultoria As melhores e mais fiéis informações de mercado vão até você temas 3 pecuária de corte e seus derivados temas 5 pecuária de leite e derivados

Leia mais

José Ferreira Pankowski

José Ferreira Pankowski José Ferreira Pankowski O conselheiro técnico da Associação dos Criadores de Nelore de Mato Grosso, José Ferreira Pankowski, é o entrevistado da semana do site da Nelore MT. Ele fala sobre o desenvolvimento

Leia mais

POR QUE USAR GUZERÁ? ACGB

POR QUE USAR GUZERÁ? ACGB POR QUE USAR GUZERÁ? ACGB PRODUÇÃO DE CARNE E LEITE: SUSTENTÁVEL POR NATUREZA O brasileiro elegeu a carne bovina como um dos seus alimentos preferidos nas refeições diárias. O consumo per capita é um dos

Leia mais

Entrada dos animais procedentes de mais de 700 quilômetros. Recepção, identificação e mensuração dos animais.

Entrada dos animais procedentes de mais de 700 quilômetros. Recepção, identificação e mensuração dos animais. PROGRAMAÇÃO EXPOZEBU SEGUNDA-FEIRA 21/04 Entrada dos animais procedentes de mais de 700 quilômetros SEGUNDA-FEIRA 28/04 Recepção, identificação e mensuração dos animais. 13h30 Grafitagem Tema A evolução

Leia mais

Pressão de Seleção. Touros Jovens CEIP (20%) Machos avaliados (100%)

Pressão de Seleção. Touros Jovens CEIP (20%) Machos avaliados (100%) O Qualitas Programa de melhoramento genético da raça Nelore Reconhecido, aprovado e auditado pelo Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento (MAPA) Autorizado a emitir o CEIP a partir de 2002 O

Leia mais

AVALIAÇÕES DE OBJETIVOS ECONÔMICOS PARA GADO DE LEITE, DE CORTE E DE DUPLA APTIDÃO NO BRASIL. Anibal Eugênio Vercesi Filho, Fernando Enrique Madalena

AVALIAÇÕES DE OBJETIVOS ECONÔMICOS PARA GADO DE LEITE, DE CORTE E DE DUPLA APTIDÃO NO BRASIL. Anibal Eugênio Vercesi Filho, Fernando Enrique Madalena AVALIAÇÕES DE OBJETIVOS ECONÔMICOS PARA GADO DE LEITE, DE CORTE E DE DUPLA APTIDÃO NO BRASIL Anibal Eugênio Vercesi Filho, Fernando Enrique Madalena Departamento de Zootecnia, Escola de Veterinária da

Leia mais

ACONTE. Desafio de precocidade sexual Página 2. Pesquisa inédita em. informativo carlos viacava nº - 11 Maio 2015. Página 4.

ACONTE. Desafio de precocidade sexual Página 2. Pesquisa inédita em. informativo carlos viacava nº - 11 Maio 2015. Página 4. ACONTE informativo carlos viacava nº - 11 Maio 2015 Quem usa a genética CV, sente na carne Desafio de precocidade sexual Página 2 Pesquisa inédita em programas de PIVE Página 3 DIA DE CAMPO DO PROJETO

Leia mais

da AgroZurita, de Ivan Zurita, que comprou, de "porteira fechada",aestampacedrodenelore.

da AgroZurita, de Ivan Zurita, que comprou, de porteira fechada,aestampacedrodenelore. da AgroZurita, de Ivan Zurita, que comprou, de "porteira fechada",aestampacedrodenelore. Os marcadores moleculares são considerados por unanimidade um marco no desenvolvimento da pecuária nacional. José

Leia mais

Nova Sistemática de Consultoria. Raysildo B. Lôbo Sabrina M. Trigo

Nova Sistemática de Consultoria. Raysildo B. Lôbo Sabrina M. Trigo Nova Sistemática de Consultoria Raysildo B. Lôbo Sabrina M. Trigo Conceitos Normas para Consultoria Tipos de Consultoria Módulo Consultores Conceitos Consultor Técnico Associado: profissional formado na

Leia mais

Alta do dólar reforça aumento dos custos de produção

Alta do dólar reforça aumento dos custos de produção Alta do dólar reforça aumento dos custos de produção Por Prof. Dr. Sergio De Zen e Graziela Correr; Equipe Pecuária de Corte Se, de um lado, a forte alta do dólar frente ao Real tem contribuído para elevar

Leia mais

NEWS BRASIL SEM FRONTEIRAS ABC & ANO IV N o 04 R$ 19,50

NEWS BRASIL SEM FRONTEIRAS ABC & ANO IV N o 04 R$ 19,50 ASSOCIAÇÃO 1 DORPER BRASIL SEM FRONTEIRAS NEWS ANO IV N o 04 R$ 19,50 9 771414 620009 0 2 ORGÃO OFICIAL DA ASSOCIAÇÃO ABC & DORPER B R A S I L BRASILEIRA DOS CRIADORES DE DORPER BIOTECNOLOGIAS REPRODUTIVAS

Leia mais

http://www.crvlagoa.com.br/news/gerarnewsletterpdf.asp?idnewsletter=644

http://www.crvlagoa.com.br/news/gerarnewsletterpdf.asp?idnewsletter=644 Página 1 de 7 Caso não esteja visualizando este e-mail, clique aqui Ano 3 Número 618 Segunda, 24 de setembro de 2012 Clique aqui para fazer o download da newsletter em PDF» CAMPANHA DE VENDAS - OPUS Confira

Leia mais

Programas de Melhoramento Genético da ANCP. Prof. Raysildo B. Lôbo USP, ANCP

Programas de Melhoramento Genético da ANCP. Prof. Raysildo B. Lôbo USP, ANCP Programas de Melhoramento Genético da ANCP Prof. Raysildo B. Lôbo USP, ANCP Política da Qualidade: Atender, com eficiência e eficácia ao cliente. Missão: Aumentar a produtividade da pecuária de corte por

Leia mais

Seis meses de inovação e tecnologia

Seis meses de inovação e tecnologia Seis meses de inovação e tecnologia No mês de março, completamos seis meses de lançamento do sêmen sexado. Essa nova tecnologia, lançada pela Lagoa em setembro do ano passado, foi bem aceita pelos pecuaristas

Leia mais

PROGRAMAS DE INSEMINAÇÃO ARTIFICIAL EM REBANHOS BOVINOS: ANÁLISE DOS GANHOS PARA OS PEQUENOS PRODUTORES

PROGRAMAS DE INSEMINAÇÃO ARTIFICIAL EM REBANHOS BOVINOS: ANÁLISE DOS GANHOS PARA OS PEQUENOS PRODUTORES PROGRAMAS DE INSEMINAÇÃO ARTIFICIAL EM REBANHOS BOVINOS: ANÁLISE DOS GANHOS PARA OS PEQUENOS PRODUTORES Rafael Herrera Alvarez Médico Veterinário, Doutor, Pesquisador Científico do Pólo Centro Sul/APTA

Leia mais

estação de monta Escolha do Leitor

estação de monta Escolha do Leitor estação de monta Realmente existe importância na gestão da fazenda e benefício para o produtor que se utiliza do período reprodutivo? Luís Adriano Teixeira* 32 - ABRIL 2015 A Estação de monta (EM) período

Leia mais

O sucesso do Gir Leiteiro

O sucesso do Gir Leiteiro O sucesso do Gir Leiteiro The success of Dairy Gir Por/Text Silvio Pinheiro Queiroz 50_Animal Business-Brasil Sumário Fruto de rigoroso e persistente trabalho de seleção genética, o Gir Leiteiro vem alcançando

Leia mais

A utilização da vaca F1: visão da EMATER-MG INTRODUÇÃO

A utilização da vaca F1: visão da EMATER-MG INTRODUÇÃO A utilização da vaca F1: visão da EMATER-MG 1Elmer Ferreira Luiz de Almeida; 2José Alberto de Àvila Pires 1 Coordenador Técnico Bovinocultura de Leite da EMATER-MG 2Coordenador Técnico Bovinocultura de

Leia mais

O impacto do touro no rebanho de cria

O impacto do touro no rebanho de cria Algumas contas simples podem constatar que o touro de cria é um fator de produção de extrema relevância A realidade de mercado atual exige do pecuarista competência para se manter no negócio, e visão estratégica

Leia mais

C omemorando 35 anos de

C omemorando 35 anos de Diretor-presidente Guus Laeven guus@lagoa.com.br Vice-presidente A. Lucio Cornachini lucio@lagoa.com.br Gerente de Produção Lucia Helena Rodrigues lrodrigues@lagoa.com.br Gerente Administrativo e Financeiro

Leia mais

INFORMATIVO. Informativo Semestral do NeloreCEN Edição nº08 2015. CEN 8969 Exemplo REM UPONIC x CEN 2214Fajuta

INFORMATIVO. Informativo Semestral do NeloreCEN Edição nº08 2015. CEN 8969 Exemplo REM UPONIC x CEN 2214Fajuta Informativo Semestral do Edição nº08 2015 CEN 8969 Exemplo REM UPONIC x CEN 2214Fajuta Informativo Semestral do Edição nº08 2015 Editorial Esta é uma ocasião muito especial. Estamos completando 50 anos

Leia mais

Árvore da informação do agronegócio do leite. identificação animal e rastreamento da produção de bovinos de leite

Árvore da informação do agronegócio do leite. identificação animal e rastreamento da produção de bovinos de leite Árvore da informação do agronegócio do leite identificação animal e rastreamento da produção de bovinos de leite 1. Introdução Claudio Nápolis Costa 1 A exposição dos mercados dos diversos países às pressões

Leia mais

Enipec 2008. Desafios tecnológicos para a produção de carne de peixes nativos. Jorge Antonio Ferreira de Lara Embrapa Pantanal

Enipec 2008. Desafios tecnológicos para a produção de carne de peixes nativos. Jorge Antonio Ferreira de Lara Embrapa Pantanal Enipec 2008 Desafios tecnológicos para a produção de carne de peixes nativos Jorge Antonio Ferreira de Lara Embrapa Pantanal Cuiabá, 29 de maio de 2008 O MUNDO MUDOU... A queda do muro de Berlim, o 11

Leia mais

MANEIRA PRÁTICA DE REALIZAR CONTROLE REPRODUTIVO EM GADO LEITEIRO EM PROPRIEDADES COM ECONOMIA FAMILIAR

MANEIRA PRÁTICA DE REALIZAR CONTROLE REPRODUTIVO EM GADO LEITEIRO EM PROPRIEDADES COM ECONOMIA FAMILIAR 1 BOLETIM TÉCNICO UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS DEPARTAMENTO DE MEDICINA VETERINÁRIA MANEIRA PRÁTICA DE REALIZAR CONTROLE REPRODUTIVO EM GADO LEITEIRO EM PROPRIEDADES COM ECONOMIA FAMILIAR Boletim Técnico

Leia mais

IV ENCONTRO ANUAL IN VITRO BRASIL. Ilumine o futuro...

IV ENCONTRO ANUAL IN VITRO BRASIL. Ilumine o futuro... IV ENCONTRO ANUAL IN VITRO BRASIL Ilumine o futuro... Mogi Mirim, 15 de março de 2014 O inicio da marca Tatuapé, se deu com a compra da fazenda em 1983, com a aquisição das primeiras matrizes de planteis

Leia mais

ATUAL SITUAÇÃO DA PECUÁRIA DE CORTE NO BRASIL

ATUAL SITUAÇÃO DA PECUÁRIA DE CORTE NO BRASIL ATUAL SITUAÇÃO DA PECUÁRIA DE CORTE NO BRASIL Empresa Júnior de Nutrição de Ruminantes NUTRIR FCA-UNESP-FMVZ INTRODUÇÃO CONCEITOS BÁSICOS CENÁRIO DADOS MERCADO DO BOI CONSIDERAÇÕES FINAIS CONCEITOS BÁSICOS

Leia mais

Projeto NELOGIR. Cruzamento Nelore x Gir como matriz para F1. Resultados parciais. Dr. Ronaldo Lazzarini Santiago

Projeto NELOGIR. Cruzamento Nelore x Gir como matriz para F1. Resultados parciais. Dr. Ronaldo Lazzarini Santiago Projeto NELOGIR. Cruzamento Nelore x Gir como matriz para F1. Resultados parciais Dr. Ronaldo Lazzarini Santiago Colonial Agropecuária e Fazenda Calciolândia F-1, A MATRIZ MAIS ADEQUADA AO SISTEMA DE PRODUÇÃO

Leia mais

Programa Alta Gestação promove democratização da inseminação artificial em ovinos no Brasil

Programa Alta Gestação promove democratização da inseminação artificial em ovinos no Brasil Programa Alta Gestação promove democratização da inseminação artificial em ovinos no Brasil Parceria entre Alta Genetics, Pfizer e Sérgio Nadal promete acelerar os rebanhos comerciais do país. A carne

Leia mais

Diretoria Executiva. Gestão 2010/2011

Diretoria Executiva. Gestão 2010/2011 Diretoria Executiva Gestão 2010/2011 Gestão 2010/2011 Diretoria Executiva Presidente Maurício Mendes - CEO da Informa Economics FNP Vice- Presidente Jacques Paciullo Neto Diretor Comercial da Rede Globo

Leia mais

Frutas em Calda, Geléias e Doces

Frutas em Calda, Geléias e Doces Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária Embrapa Agroindústria de Alimentos Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas Iniciando um

Leia mais

Manual de Produção Pecuária

Manual de Produção Pecuária Copyright 2013 Agropecuária Guapiara. Todos os direitos reservados. PERMITIDA A REPRODUÇÃO DESDE QUE COM PRÉVIA AUTORIZAÇÃO DA AGROPECUÁRIA GUAPIARA. Agropecuária Guapiara Rua Heráclio Mendes de Camargo,

Leia mais

Agenda Confira a programação do X Simpósio Brasileiro de Melhoramento Animal.

Agenda Confira a programação do X Simpósio Brasileiro de Melhoramento Animal. X Simpósio Brasileiro de Melhoramento Animal A ExpoGenética sediará este ano a décima edição do Simpósio Brasileiro de Melhoramento Animal. O evento abordará os avanços genéticos em diversas espécies,

Leia mais

Selecionando para Melhorar as Carcaças do Gado de Corte:

Selecionando para Melhorar as Carcaças do Gado de Corte: Selecionando para Melhorar as Carcaças do Gado de Corte: Leonardo Campos 1 e Gabriel Campos 2 O professor e pesquisador norte-americano R.A. Bob Long, colunista da revista Angus Journal e autor do Sistema

Leia mais

estratégias para melhorar seu rebanho

estratégias para melhorar seu rebanho Texto adaptado pela CRI Genética Brasil Fonte: Associação Americana de Angus CRI Genética Brasil estratégias para melhorar seu rebanho O que é Relatório de Avaliação de Touro? A Associação Americana de

Leia mais

PADS 2013 PROVA DE AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO DO SENEPOL 2013

PADS 2013 PROVA DE AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO DO SENEPOL 2013 PADS 2013 PROVA DE AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO DO SENEPOL 2013 1. Introdução A PADS 2013, a ser promovida e organizada pelo Núcleo de Melhoramento da Raça Senepol sob supervisão técnica do GENEPLUS - Programa

Leia mais

MELHORAMENTO GENÉTICO

MELHORAMENTO GENÉTICO MELHORAMENTO GENÉTICO Mudança do material hereditário do rebanho de forma a capacitá-lo para produzir leite, mais economicamente em um determinado ambiente. Genética é a ciência que estuda a variação e

Leia mais

1º Feira de Touros do Pró-Genética em Mato Grosso entra para a história da pecuária brasileira

1º Feira de Touros do Pró-Genética em Mato Grosso entra para a história da pecuária brasileira Edição 22 24 Janeiro/Fevereiro Maio / Junho 2013 1º Feira de Touros do PróGenética em Mato Grosso entra para a história da pecuária brasileira Mais de 250 pessoas compareceram à Feira 100% dos animais

Leia mais

SISTEMA DE PRODUÇÃO DE CARNE ORGÂNICA: A RASTREABILIDADE COMO FERRAMENTA PARA A CERTIFICAÇÃO.

SISTEMA DE PRODUÇÃO DE CARNE ORGÂNICA: A RASTREABILIDADE COMO FERRAMENTA PARA A CERTIFICAÇÃO. SISTEMA DE PRODUÇÃO DE CARNE ORGÂNICA: A RASTREABILIDADE COMO FERRAMENTA PARA A CERTIFICAÇÃO. Valmir L. Rodrigues Médico Veterinário/Biorastro Hoje, mais que antigamente, o consumidor busca serviços de

Leia mais

PROGRAMAS EM RAÇAS SINTÉTICAS. Kepler Euclides Filho

PROGRAMAS EM RAÇAS SINTÉTICAS. Kepler Euclides Filho PROGRAMAS EM RAÇAS SINTÉTICAS Kepler Euclides Filho Embrapa Gado de Corte Caixa Postal 154 79002-970, Campo Grande, MS E-mail: kepler@cnpgc.embrapa.br. INTRODUÇÃO O termo raça sintética, no contexto de

Leia mais

Manejo reprodutivo. Gustavo M. Chilitti Coordenador Técnico MT Intervet do Brasil Vet. Ltda.

Manejo reprodutivo. Gustavo M. Chilitti Coordenador Técnico MT Intervet do Brasil Vet. Ltda. Manejo reprodutivo Gustavo M. Chilitti Coordenador Técnico MT Intervet do Brasil Vet. Ltda. Para produzir é preciso reproduzir!!! Eficiência Reprodutiva Rebanho Bovino Brasileiro Vacas e novilhas > 24

Leia mais

5ª Prova de Desempenho Individual de Touros Nelore Vitrine Tecnológica da UFU

5ª Prova de Desempenho Individual de Touros Nelore Vitrine Tecnológica da UFU 5ª Prova de Desempenho Individual de Touros Nelore Vitrine Tecnológica da UFU 1. Apresentação Este documento tem por finalidade apresentar a 5ª Prova de Desempenho Individual de Touros Nelore a ser realizada

Leia mais

Brasil como maior exportador mundial de carne bovina: conquistas e desafios

Brasil como maior exportador mundial de carne bovina: conquistas e desafios Brasil como maior exportador mundial de carne bovina: conquistas e desafios João Ricardo Albanez Superintendente de Política e Economia Agrícola, Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento de

Leia mais

http://www.emater.mg.gov.br/site_emater/serv_prod/livraria/pecuaria/inseminacao.ht...

http://www.emater.mg.gov.br/site_emater/serv_prod/livraria/pecuaria/inseminacao.ht... Página 1 de 6 Pecuária Inseminação Artificial em Bovinos Nome Inseminação Artificial em Bovinos Produto Informação Tecnológica Data Agosto - 2000 Preço - Linha Pecuária Informações resumidas sobre Resenha

Leia mais

Pecuaristas investem em inseminação artificial para garantir produtividade do gado

Pecuaristas investem em inseminação artificial para garantir produtividade do gado Pecuaristas investem em inseminação artificial para garantir produtividade do gado Alta ministra cursos em vários Estados Brasileiros. São Paulo, 18 de agosto de 2015 De acordo com informações da FAO -

Leia mais

Manual do Credenciado SEGUROS

Manual do Credenciado SEGUROS Manual do Credenciado SEGUROS Cuidado inspirado em você. Prezado Credenciado, Com o objetivo de manter a qualidade do nosso relacionamento, e assim, aprimorar o atendimento aos nossos segurados, apresentamos

Leia mais

Panorama Geral da Ovinocultura no Mundo e no Brasil

Panorama Geral da Ovinocultura no Mundo e no Brasil Revista Ovinos, Ano 4, N 12, Porto Alegre, Março de 2008. Panorama Geral da Ovinocultura no Mundo e no Brasil João Garibaldi Almeida Viana 1 Os ovinos foram uma das primeiras espécies de animais domesticadas

Leia mais

Quanto vale uma prenhez? How much does a pregnancy is worth? Prof. Dr. José Bento Sterman Ferraz

Quanto vale uma prenhez? How much does a pregnancy is worth? Prof. Dr. José Bento Sterman Ferraz Quanto vale uma prenhez? How much does a pregnancy is worth? Prof. Dr. José Bento Sterman Ferraz Faculdade de Zootecnia e Engenharia de Alimentos da USP Núcleo de Apoio à Pesquisa em Melhoramento Animal,

Leia mais

Uma nova marca: o mesmo ideal

Uma nova marca: o mesmo ideal Troca de experiências Durante a Expozebu 2000, 48 funcionários, especialmente do manejo de reprodutores da Lagoa da Serra, tiveram um dia diferente. Eles foram visitar a sede da central Nova Índia, em

Leia mais

Comercialização: a visão dos mercados importadores em relação aos produtos pecuários do Brasil. Jean-Yves Carfantan

Comercialização: a visão dos mercados importadores em relação aos produtos pecuários do Brasil. Jean-Yves Carfantan Comercialização: a visão dos mercados importadores em relação aos produtos pecuários do Brasil. Jean-Yves Carfantan O perigo de uma situação cômoda e transitória. 2000 Exportações em milhares de toneladas.

Leia mais

ANÁLISE MERCADOLÓGICA DE EMBRIÕES ZEBUÍNOS PRODUZIDOS A PARTIR DA TÉCNICA DE FERTILIZAÇÃO IN VITRO - FIV

ANÁLISE MERCADOLÓGICA DE EMBRIÕES ZEBUÍNOS PRODUZIDOS A PARTIR DA TÉCNICA DE FERTILIZAÇÃO IN VITRO - FIV ANÁLISE MERCADOLÓGICA DE EMBRIÕES ZEBUÍNOS PRODUZIDOS A PARTIR DA TÉCNICA DE FERTILIZAÇÃO IN VITRO - FIV Autor: Jorge Dias da Silva (SILVA, J. D.) E-mail: jorge@simaoedias.com Tel: 34 9202 1195 1 - INTRODUÇÃO

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DE UM BOM PROJETO NA PECUÁRIA DE CORTE. A idéia de projeto, em qualquer atividade econômica é bastante elástica. Em geral um projeto é

A IMPORTÂNCIA DE UM BOM PROJETO NA PECUÁRIA DE CORTE. A idéia de projeto, em qualquer atividade econômica é bastante elástica. Em geral um projeto é A IMPORTÂNCIA DE UM BOM PROJETO NA PECUÁRIA DE CORTE. A idéia de projeto, em qualquer atividade econômica é bastante elástica. Em geral um projeto é resultado de um estudo minucioso do ambiente onde se

Leia mais

Pesquisa Top BeefPoint de Confinamentos

Pesquisa Top BeefPoint de Confinamentos Pesquisa Top BeefPoint de Confinamentos Os 50 maiores confinamentos do Brasil em 2006 Patrocínio: Parceria: Introdução A pesquisa Top BeefPoint de Confinamentos é uma iniciativa da AgriPoint Consultoria

Leia mais

EVOLUÇÃO DA INSEMINAÇÃO ARTIFICIAL NO BRASIL Nacional e Importado - Período de 1983-2003

EVOLUÇÃO DA INSEMINAÇÃO ARTIFICIAL NO BRASIL Nacional e Importado - Período de 1983-2003 EVOLUÇÃO DA INSEMINAÇÃO ARTIFICIAL NO BRASIL Nacional e Importado - Período de 1983-23 IMPORTADO Ano VENDAS PART % EVOL % VENDAS PART % EVOL % VENDAS EVOL % 1983 1.24.25 87,16% -9,62% 15.858 12,84% 5,28%

Leia mais

INFORMATIVO MENSAL LAPBOV

INFORMATIVO MENSAL LAPBOV Com o mercado aquecido, agosto tem pouca variação O custo da produção na pecuária de corte aumentou no primeiro semestre deste ano, mais que em todo o ano de 2012. Com a alta do dólar, o cenário da exportação

Leia mais

IDEAGRI NEWS A Fazenda Palmital, da FAEPE - UFLA - MG, adota o sistema de gestão IDEAGRI. CLIQUE e veja os detalhes.

IDEAGRI NEWS A Fazenda Palmital, da FAEPE - UFLA - MG, adota o sistema de gestão IDEAGRI. CLIQUE e veja os detalhes. EDIÇÃO 14 set 2009 Nesta edição - Nova parceria: UFLA / FAEPE Décima quarta edição A décima quarta edição do Boletim IDEAGRI destaca a parceria com a Fazenda Palmital FAEPE / UFLA. Veja também as novidades

Leia mais

Perspectivas da pecuária no cenário mundial. 16o. Seminário Nacional de Criadores e Pesquisadores

Perspectivas da pecuária no cenário mundial. 16o. Seminário Nacional de Criadores e Pesquisadores Perspectivas da pecuária no cenário mundial 16o. Seminário Nacional de Criadores e Pesquisadores O Cenário Atual As mudanças na agricultura e produção animal. A tecnologia e sua influência no aumento da

Leia mais

Análise Técnica e Econômica de Sistemas de Produção de Bezerros

Análise Técnica e Econômica de Sistemas de Produção de Bezerros Análise Técnica e Econômica de Sistemas de Produção de Bezerros Lívio Ribeiro Molina MSc;DSc. Escola de Veterinária - UFMG A fase de Cria Aspectos Econômicos Eficiência econômica encontra-se altamente

Leia mais

Leite. A utilização de softwares no gerenciamento produtivo de pequenas propriedades. relatório de inteligência. Abril 2014

Leite. A utilização de softwares no gerenciamento produtivo de pequenas propriedades. relatório de inteligência. Abril 2014 Leite relatório de inteligência Abril 2014 A utilização de softwares no gerenciamento produtivo de pequenas propriedades A rotina em uma propriedade leiteira exige acompanhamento e atenção em todos os

Leia mais

DPA GUIA TÉCNICO PNCEBT. Programa Nacional de Controle e Erradicação de Brucelose e Tuberculose. Eficiência e qualidade na produção leiteira

DPA GUIA TÉCNICO PNCEBT. Programa Nacional de Controle e Erradicação de Brucelose e Tuberculose. Eficiência e qualidade na produção leiteira DPA PNCEBT Programa Nacional de Controle e Erradicação de Brucelose e Tuberculose Ano 1 Número 1 Janeiro/Fevereiro 2014 GUIA TÉCNICO Eficiência e qualidade na produção leiteira Nesta Edição Importância

Leia mais

Ano V - Edição 34 Agosto 2014

Ano V - Edição 34 Agosto 2014 da pecuária de leite Ano V - Edição 34 Agosto 2014 PODER DE COMPRA AUMENTA NO PRIMEIRO SEMESTRE DE 2014 Por Pedro de Lima, equipe Gado de Leite Cepea O poder de compra do pecuarista de leite esteve maior,

Leia mais

Centro de Performance CRV Lagoa

Centro de Performance CRV Lagoa Centro de Performance CRV Lagoa Em 2000 foi implantado o C.A.T. (Centro de Avaliação de Touros), uma parceria entre Lagoa da Serra e Chalet Agropecuária, localizada em Uberlândia-MG, que perdurou até 2004,

Leia mais

Mercado internacional da carne bovina: a visão da indústria

Mercado internacional da carne bovina: a visão da indústria VII Seminário ABMR&A da Cadeia Produtiva de Carne Bovina Feicorte 2007 Mercado internacional da carne bovina: a visão da indústria Médica Veterinária Andréa Veríssimo M. Appl. Sc. Farm Management Lincoln

Leia mais

CARACTERIZAÇÃO DA FLORICULTURA BRASILEIRA

CARACTERIZAÇÃO DA FLORICULTURA BRASILEIRA Hoje a floricultura é um dos principais segmentos do agronegócio no Brasil. A qualidade das flores, a crescente competitividade e o crescimento do segmento são percebidos quando observa-se que muitos estados

Leia mais

Especial Senepol. Senepol, feito para o Brasil. Fabio Fatori / Senepol Agua Limpa

Especial Senepol. Senepol, feito para o Brasil. Fabio Fatori / Senepol Agua Limpa Especial Senepol Senepol, feito para o Brasil Fabio Fatori / Senepol Agua Limpa 12 - OUTUBRO 2009 Taurino adaptado encanta pecuaristas de Norte a Sul do Brasil, atrai novos investidores e impressiona pelos

Leia mais

INSTITUTO AGRONÔMICO DE PERNAMBUCO ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO CLIPPING ELETRÔNICO

INSTITUTO AGRONÔMICO DE PERNAMBUCO ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO CLIPPING ELETRÔNICO INSTITUTO AGRONÔMICO DE PERNAMBUCO ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO CLIPPING ELETRÔNICO De 06 de outubro de 2014 TECNOLOGIA GENÉTICA ACESSÍVEL PECUÁRIA Laboratório fará transferência de embriões de animais de

Leia mais

A raça Canchim em cruzamentos para a produção de carne bovina

A raça Canchim em cruzamentos para a produção de carne bovina ISSN 1516-4111X A raça Canchim em cruzamentos para a produção de carne bovina 36 São Carlos, SP Dezembro, 2004 Autor Pedro Franklin Barbosa Eng. Agr., Dr., Pesquisador da Embrapa Pecuária Sudeste, Rod.

Leia mais