ACONTE. Touros CV. Integração Lavoura/Pecuária Página 7. informativo carlos viacava nº - 8 Junho 2013

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ACONTE. Touros CV. Integração Lavoura/Pecuária Página 7. informativo carlos viacava nº - 8 Junho 2013"

Transcrição

1 ACONTE informativo carlos viacava nº - 8 Junho 2013 Grupo de novilhas super precoces que estarão à venda no Leilão Nelore Mocho CV do dia 28 de julho em Paulínia, SP. Prenhes aos 12 a 14 meses. Leilões Nelore Mocho CV Páginas 2 e 3 Evolução genética do Rebanho CV Touros CV com semen à venda Página 6 Página 7 Integração Lavoura/Pecuária Página 7

2 Dois dias de Leilão Nelore Mocho CV Touros Nelore Mocho CV, animais, rústicos, precoces, criados e recriados a pasto. 50% à venda Tanto de CV Destaque do 47º Leilão Nelore Mocho CV. Filho de Ilópolis de CV em vaca Backup. 2 anos de idade. Contratado e com sêmen à venda 47º Leilão Nelore Mocho CV Dia 28 de julho, Carlos Viacava abre as portas da Fazenda São José, em Paulínia SP, para o tradicional Leilão Nelore Mocho CV. Estarão à venda 150 touros de cabeceira, top em avaliação genética pelo Programa Nelore Brasil da ANCP/USP, com muitos animais indicados para trabalho em rebanhos PO e vários candidatos para coleta de sêmen, além de 20 novilhas super precoces. As fêmeas super precoces, inseminadas aos 14 a 16 meses, terão seu primeiro parto com idade entre 24 e 26 meses, acrescenta Ricardo Viacava. O remate acontece no domingo, organização é da Programa Leilões, com transmissão pelo Canal do Boi, a partir das 13 horas. 48º Leilão Nelore Mocho CV - Virtual No dia 29 de julho, o Leilão Nelore Mocho CV continua, só que dessa vez será virtual pelo Canal do Boi. À venda 200 matrizes, sendo 120 vacas jovens prenhes e 80 novilhas virgens prontas para a próxima estação de monta. Como no Leilão do dia anterior, todos os animais seguem com avaliação do Programa Nelore Brasil. Para mais informações (11) ou acesse o site www. carlosviacava.com.br. Agenda de Eventos 17 a 21 de Junho Estande CV na Feicorte/SP 28 de Julho 47º Leilão Nelore Mocho CV Fazenda São José - Paulínia/SP Ao vivo pelo Canal do Boi Touros e Novilhas 29 de Julho 48º Leilão Nelore Mocho CV - Virtual pelo Canal do Boi Matrizes, Fêmeas e Novilhas 23 de Agosto Dia de Campo - Fazenda Santa Gina - Presidente Epitácio/SP 01 de Setembro 50º Leilão Nelore Mocho CV Presidente Venceslau/SP 29 de Setembro 51º Leilão Nelore Mocho CV Vitrual pelo Terraviva Touros Lote de vacas com prenhez positiva para o Leilão Virtual. Serão 120 vacas jovens com prenhez confirmada da estação de monta encerrada em fevereiro de 2013 e 80 novilhas virgens de 18 a 20 meses de idade.

3 NOTAS CV Dia de Campo na Fazenda Santa Gina No dia 23 de agosto, à partir das 8h30, a marca CV convida para mais um dia de campo na Fazenda Santa Gina, em Presidente Epitácio, SP. Quibelo O Programa inclui os seguintes temas: 1. Apresentação pelo professor Edemar Moro da UNOESTE do projeto CV de Integração Lavoura Floresta Pecuária, orientado pela Embrapa. 2. Os objetivos e orientação do Programa de Melhoramento Touros jovens filhos de Jaguarari Genético da Raça Nelore, da ANCP, pelo Dr. Walter Domingues da Silva Junior, com análise especial das DEP s relacionadas à precocidade. 3. Melhoramento Genético da Teoria para a Prática, apresentação da equipe PAINT da CRV Lagoa. Mais informações Parceria da marca CV com a CRV Lagoa A CRV Lagoa visitou a Fazenda São José, localizada em Paulínia (SP), propriedade de Carlos Viacava, tradicional parceiro da Central, para observar a progênie dos animais de destaque da bateria Nelore Mocho, como Quibelo e Jaguarari. Jaguarari de crescimento, sendo o Jaguarari aquele que transmite maior conformação a sua progênie. Segundo Ricardo Abreu gerente de produto Corte Zebu da CRV Lagoa, o trabalho de seleção da marca CV é alinhada em produtividade, disponibilizando animais de carcaça moderna para a pecuária nacional. E é uma grande parceira nos touros e também nos nossos serviços como o CP CRV Lagoa e PAINT. Testes de avaliacão de touros jovens Na busca de melhor avaliação genética de prováveis touros para Centrais de Inseminação a marca CV tem participado ativamente de duas das mais importantes provas de desempenho que aliam a tradicional prova de ganho de peso com avaliações complementares como escores corporais, precocidade, musculosidade, reprodução e caracterização racial. Tudo na busca de maior funcionalidade e sempre levando em conta as avaliações do Programa Nelore Brasil da ANCP. Em 2012 fomos contemplados com o 1º e 2º lugares na prova de desempenho de touros jovens da CRV Lagoa e 2º e 3º lugares nos testes da Embrapa Cerrados. Filhos de grande raçadores do Nelore da atualidade incluindo-se três animais da Mundo Novo: Jamanta, Hulck B8369 e Bacana C8288. Além desses destacam-se filhos de Backup, Dado, Erug e da marca CV destaque para Jaguarari, Mano, Jubiloso, Oceano e Quibelo, todos com sêmen na CRV Lagoa. Na seleção desses bezerros, com idades de 6 a 8 meses, observou-se especialmente seu desempenho e sua morfologia, voltando-se principalmente para o aspecto de precocidade e farta musculatura. Animais com costelas compridas, bem revestidos e mais perto do chão como se diz no jargão dos selecionadores. Rodrigo Dias, analista do departamento Corte da CRV Lagoa, destaca que os touros Quibelo e Jaguarari são dois animais excepcionais, ambos muito bem caracterizados. Para carcaça e musculosidade eles se destacam, pois transmitem à sua progênie muita costela, arqueamento e excelente musculatura. A diferença está na característica Terrante de CV O Nelore Mocho marca CV tem importante papel no desenvolvimento da pecuária nacional e todos os anos produz animais de destaque, como o caso de Terrante de CV, líder nas 12 características avaliadas no CP CRV Lagoa 2012, o que o tornou o Campeão da prova, com índice CP de 14,83 pontos, a frente de mais de 180 animais participantes. Atualmente com 20 meses de idade, Terrante já produziu sêmen de qualidade e terá suas doses distribuídas nos testes de progênie do PAINT e na reprodução programada da ANCP. Isso comprova o CP CRV Lagoa como uma grande fonte de touros jovem avaliados. A CRV Lagoa agradece a contínua confiança do Carlos Viacava e Ricardo Viacava nessa grande parceria, finaliza Abreu. Destaque máximo para Terrante de CV, único animal da raça Nelore da prova de 2012 contratado para coleta de sêmen na CRV Lagoa. Dentre eles os melhores são escolhidos para testes de progênie nos dois principais programas brasileiros dedicados a essa importante análise quais sejam o PAINT da CRV Lagoa e a Reprodução Programada da ANCP Nelore Brasil. Aqui também se incluem animais analisados e escolhidos a dedo por técnicos da ANCP e da CRV Lagoa, sempre com o olho crítico do criador representado por Ricardo e Carlos Viacava. Em 2013 a marca CV reforça ainda mais seu cuidado com essas avaliações escolhendo 25 bezerros para as provas de avaliação de touros jovens da CRV Lagoa e Embrapa Cerrados. Parceria CV Embrapa Cerrados Em 2012 a Marca CV assinou um acordo de cooperação com a Embrapa Cerrados, unidade que detem um rebanho Nelore de excelência, com a marca BRGN. O objetivo da parceria é a cooperação técnica, a transferência de tecnologia e o cruzamento de informações entre rebanhos. Dentro da agenda desta cooperação, a Marca CV adquiriu o Reprodutor Guardião dos Cerrados (Provador x Napoleão) top 3% na ANCP, que passa a integrar a Bateria de Touros CV e será utilizado em larga escala. Participamos também dos eventos da EMBRAPA, numa oferta conjunta de reprodutores melhoradores, onde os reprodutores CV obtiveram grande valorização.

4 Evolução genética do rebanho CV Os números da ANCP (Associação Nacional de Criadores e Pesquisadores), gestora do Programa Nelore Brasil, confirmam mais uma evolução genética do rebanho CV. O objetivo é a busca de animais férteis e precoces, com bom peso na desmama, decorrente de uma boa habilidade maternal. Nos gráficos, pode-se observar o desempenho da marca CV, relativamente maior ao da média dos rebanhos participantes do programa. 2,50 2,00 1,50 1,00 0,50 0,00 Evolução Habilidade Materna - MP120 MP LEITE A Habilidade Materna vem sendo considerada a bola da vez entre as DEPs, esta característica teve muito pouca evolução na raça nelore nas ultimas decadas, a marca CV percebeu a importância desta característica e vem a tempos perseguindo ganhos genético para ela, o resultado aparece através de mais de 2 kg de dep, uma evolução quase 5 vezes maior que a média do programa, alem de possuir 5 touros com a Marca CV entre os melhores do Brasil para essa característica. 11,0 10,0 9,0 8,0 7,0 6,0 5,0 4,0 3,0 2,0 Evolução MGT MGT - MÉRITO GENÉTICO TOTAL O Mérito Genético Total é o índice utilizado pelo Programa Nelore Brasil, e é composto por Dep s para Crescimento, Habilidade Materna, Fertilidade, Período de Gestação e Idade ao Primeiro Parto. Na última decada a Marca CV teve ganhos genéticos da ordem de 7,7 pontos de índice o que representa hoje uma média 366% maior do que tinhamos a 10 anos atraz. Na última safra a média dos produtos CV é top 6%. Integração lavoura/pecuária Parceria firmada Ao buscar a Embrapa, fomos muito bem recebidos pelo entusiasmado Pesquisador João K, que fez questão de nos orientar e nos engajar como uma referência e um pólo de difusão de tecnologia. Assim teve início projeto de integração lavoura/pecuária, que teve ainda o reforço técnico da UNOSTE, Universidade de nossa Região, que tem em seu corpo docente o Professor Edemar Moro, coordenador do curso de pós-graduação em Integração Lavoura Pecuária e Floresta e atualmente consultor da CV. Estamos convencidos de que este sistema é a chave para a produção pecuária no Brasil poder concorrer em rentabilidade com as outras atividades, por promover uma diminuição significativa do custo de produção, aumentar as taxas de lotação e ainda ocasionar a diversificação das fontes de receita. Plano de Acão ILPF Implantação gradual ha ha; Limpeza, subsolagem e correção do solo; Plantio de soja, milho e capim consorciados com leguminosas. Touros CV com Semen à Venda 4,50 Evolução Produtividade Acumulada- PAC 0,35 Evolução Fertilidade-PE 365 4,00 0,30 3,50 3,00 2,50 0,25 0,20 0,15 0,10 2,00 0,05 1,50 1,00 0,00-0,05 Abel de CV Quadradão de CV DPAC PRODUTIVIDADE ACUMULADA KG DE BEZERRO/ANO Indica a diferença em quilos de bezerro produzidos por vaca por ano. Essa DEP associa a IPP e o intervalo entre partos (fertilidade) com o peso à desmama, que, por sua vez, envolve habilidade maternal e precocidade sexual e de acabamento de carcaça. indica a produtividade da fêmea, em quilos de bezerro desmamados por ano, durante sua permanência no rebanho. Expressa a capacidade da fêmea em parir regularmente, a uma menor idade e desmamar animais com maior peso. É a DEP que mais se aproxima de um índice econômico. Ná ultima decada a Marca CV agregou 2,5 kg de potencial genético para essa característica o que na média esta 70% acima do Programa. Na ultima safra o rebanho CV apresentou média de top 12%, frente a média de top 30 % da safra 2011 do PMGRN. PE FERTILIDADE A medida de Perimetro Escrotal é um importânte indicador de fertilidade, touros de maior a DEP transmitem maior a fertilidade os seus filhos e filhas. A Fertilidade sempre foi o principal objetivo na seleção CV e vem obtendo uma evolução constante, na ultima decada partiu de Zero e chega hoje com 0,32 cm, ganho esse, 50% acima dos ganhos médios do PMGN. Sorriso de CV Sudão de CV

5

ACONTE. Veterano de CV Grande destaque do 53º Leilão Nelore Mocho CV de Paulínia, SP 50% Integração Lavoura/Pecuária Página 4

ACONTE. Veterano de CV Grande destaque do 53º Leilão Nelore Mocho CV de Paulínia, SP 50% Integração Lavoura/Pecuária Página 4 ACONTE informativo carlos viacava nº - 9 Junho 2014 50% à venda Veterano de CV Grande destaque do 53º Leilão Nelore Mocho CV de Paulínia, SP Páginas 2 e 3 Integração Lavoura/Pecuária Página 4 Venda de

Leia mais

ACONTE. Desafio de precocidade sexual Página 2. Pesquisa inédita em. informativo carlos viacava nº - 11 Maio 2015. Página 4.

ACONTE. Desafio de precocidade sexual Página 2. Pesquisa inédita em. informativo carlos viacava nº - 11 Maio 2015. Página 4. ACONTE informativo carlos viacava nº - 11 Maio 2015 Quem usa a genética CV, sente na carne Desafio de precocidade sexual Página 2 Pesquisa inédita em programas de PIVE Página 3 DIA DE CAMPO DO PROJETO

Leia mais

Programa Nelore Brasil e seu Impacto Econômico

Programa Nelore Brasil e seu Impacto Econômico Programa Nelore Brasil e seu Impacto Econômico II Congreso Ganadero Nacional CORFOGA 2008 Prof. Dr. Raysildo B. Lôbo ANCP, USP Crescimento da Pecuária de Corte Brasileira: produção de carne e abate 71,0%

Leia mais

estação de monta Escolha do Leitor

estação de monta Escolha do Leitor estação de monta Realmente existe importância na gestão da fazenda e benefício para o produtor que se utiliza do período reprodutivo? Luís Adriano Teixeira* 32 - ABRIL 2015 A Estação de monta (EM) período

Leia mais

Nova Sistemática de Consultoria. Raysildo B. Lôbo Sabrina M. Trigo

Nova Sistemática de Consultoria. Raysildo B. Lôbo Sabrina M. Trigo Nova Sistemática de Consultoria Raysildo B. Lôbo Sabrina M. Trigo Conceitos Normas para Consultoria Tipos de Consultoria Módulo Consultores Conceitos Consultor Técnico Associado: profissional formado na

Leia mais

MELHORAMENTO GENÉTICO DA PRECOCIDADE SEXUAL NA RAÇA NELORE

MELHORAMENTO GENÉTICO DA PRECOCIDADE SEXUAL NA RAÇA NELORE MELHORAMENTO GENÉTICO DA PRECOCIDADE SEXUAL NA RAÇA NELORE Fábio Dias 1 ; Joanir P. Eler 2 ; José Bento S. Ferraz 2 ; Josineudson A. II de V. Silva 3 1 Zootecnista, MSc. Agro Pecuária CFM Ltda, Av. Feliciano

Leia mais

Pressão de Seleção. Touros Jovens CEIP (20%) Machos avaliados (100%)

Pressão de Seleção. Touros Jovens CEIP (20%) Machos avaliados (100%) O Qualitas Programa de melhoramento genético da raça Nelore Reconhecido, aprovado e auditado pelo Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento (MAPA) Autorizado a emitir o CEIP a partir de 2002 O

Leia mais

Manual. do Produtor. de bezerro de corte

Manual. do Produtor. de bezerro de corte Manual do Produtor de bezerro de corte INTRODUÇÃO 02 A etapa de cria na cadeia produtiva da carne bovina é muito importante, e caracterizase como um período fundamental no processo de produção. As técnicas

Leia mais

Características dos Touros Senepol. Benefício ao Criador Invernista Confinador. Senepol SL

Características dos Touros Senepol. Benefício ao Criador Invernista Confinador. Senepol SL Senepol SL Programa SLde Melhoramento Estância Santa Luzia SENEPOL Benefícios dos Touros Senepol Santa Luzia Venda permanente Reprodutores & Doadoras Qualidade diferenciada a preço justo Na condução, Pedro

Leia mais

84 TOUROS DIFERENCIADOS

84 TOUROS DIFERENCIADOS INDICAÇÃO CERTEIRA PARA A SAÚDE FINANCEIRA DO SEU REBANHO. 3 º L E I L Ã O M A I S C O N F I A N Ç A 84 TOUROS DIFERENCIADOS TURBINADO PELA G E N Ô M IC A REGULAMENTO DO LEILÃO O presente regulamento estabelecerá

Leia mais

http://www.crvlagoa.com.br/news/gerarnewsletterpdf.asp?idnewsletter=684

http://www.crvlagoa.com.br/news/gerarnewsletterpdf.asp?idnewsletter=684 Página 1 de 16 Caso não esteja visualizando este e-mail, clique aqui Ano 3 Número 658 Sexta, 7 de dezembro de 2012 Clique aqui para fazer o download da newsletter em PDF» COMUNICADO SUSPENSÃO VENDAS JAGUAR

Leia mais

primeiro índice de cruzamento industrial projetado para o brasil

primeiro índice de cruzamento industrial projetado para o brasil primeiro índice de cruzamento industrial projetado para o brasil o índice para guiar suas melhores decisões! O QUE É O BCBI? Desenvolvido com o suporte técnico do Geneticista Senior da L`Alliance Boviteq,

Leia mais

PROGRAMAS DE INSEMINAÇÃO ARTIFICIAL EM REBANHOS BOVINOS: ANÁLISE DOS GANHOS PARA OS PEQUENOS PRODUTORES

PROGRAMAS DE INSEMINAÇÃO ARTIFICIAL EM REBANHOS BOVINOS: ANÁLISE DOS GANHOS PARA OS PEQUENOS PRODUTORES PROGRAMAS DE INSEMINAÇÃO ARTIFICIAL EM REBANHOS BOVINOS: ANÁLISE DOS GANHOS PARA OS PEQUENOS PRODUTORES Rafael Herrera Alvarez Médico Veterinário, Doutor, Pesquisador Científico do Pólo Centro Sul/APTA

Leia mais

O impacto do touro no rebanho de cria

O impacto do touro no rebanho de cria Algumas contas simples podem constatar que o touro de cria é um fator de produção de extrema relevância A realidade de mercado atual exige do pecuarista competência para se manter no negócio, e visão estratégica

Leia mais

POR QUE USAR GUZERÁ? ACGB

POR QUE USAR GUZERÁ? ACGB POR QUE USAR GUZERÁ? ACGB PRODUÇÃO DE CARNE E LEITE: SUSTENTÁVEL POR NATUREZA O brasileiro elegeu a carne bovina como um dos seus alimentos preferidos nas refeições diárias. O consumo per capita é um dos

Leia mais

QUALIDADE VERDANA 2014

QUALIDADE VERDANA 2014 ano 2 MAIO 2014 EDIÇão 02 www.verdanaagropecuaria.com.br camapuã/ms INFORMATIVO Mais valor para você Editorial QUALIDADE VERDANA 2014 1 1 A QUALIDADE QUE FEZ A DIFERENÇA em 2013 ENCONTRO 2013 Vinte e seis

Leia mais

PKGA + O Programa de Genética Avançada da Katayama

PKGA + O Programa de Genética Avançada da Katayama impresso revista Ano 2 N o 2 julho 2010 www.katayama.com.br PKGA + O Programa de Genética Avançada da Katayama Agenda Katayama 51ª Expô Araçatuba 2010 08 a 18 de julho Araçatuba (SP) Leilão Virtual Elo

Leia mais

Conheça a primeira central de inseminação do mundo.

Conheça a primeira central de inseminação do mundo. Conheça a primeira central de inseminação do mundo. A primeira central de inseminação do mundo nasceu nos Estados Unidos e veste verde e amarelo há mais de 40 anos. A C.R.I. Genética é uma cooperativa

Leia mais

Canal do Consultor de Campo

Canal do Consultor de Campo Page 1 of 11 Caso não esteja visualizando este e-mail, clique aqui Ano 3 Número 666 Sexta, 21 de dezembro de 2012 Clique aqui para fazer o download da newsletter em PDF» PROMOÇÃO POR QUANTIDADE CORTE -

Leia mais

Programas de Melhoramento Genético da ANCP. Prof. Raysildo B. Lôbo USP, ANCP

Programas de Melhoramento Genético da ANCP. Prof. Raysildo B. Lôbo USP, ANCP Programas de Melhoramento Genético da ANCP Prof. Raysildo B. Lôbo USP, ANCP Política da Qualidade: Atender, com eficiência e eficácia ao cliente. Missão: Aumentar a produtividade da pecuária de corte por

Leia mais

Produção de F1 pelas fazendas Calciolândia e Colonial

Produção de F1 pelas fazendas Calciolândia e Colonial Produção de F1 pelas fazendas Calciolândia e Colonial Ronaldo Lazzarini Santiago 1 INTRODUÇÃO As fazendas Calciolândia e Colonial, de Gabriel Donato de Andrade, sempre foram a referência na seleção do

Leia mais

PROGRAMA DE MELHORAMENTO GENÉTICO DE ZEBUÍNOS - PMGZ

PROGRAMA DE MELHORAMENTO GENÉTICO DE ZEBUÍNOS - PMGZ PROGRAMA DE MELHORAMENTO GENÉTICO DE ZEBUÍNOS - PMGZ Avaliação Genética - Gado de Corte As avaliações genéticas das Raças Zebuínas de Corte são desenvolvidas pela ABCZ em convênio com a Embrapa. Com base

Leia mais

A DEP é expressa na unidade da característica avaliada, sempre com sinal positivo ou negativo:

A DEP é expressa na unidade da característica avaliada, sempre com sinal positivo ou negativo: Melhoramento Genético A contínua evolução da pecuária de corte faz com que a Marca OB, sempre presente na vanguarda da produção pecuária, oferece a seus clientes o que há de mais moderno em melhoramento

Leia mais

O cruzamento do charolês com o zebu (indubrasil, guzerá ou nelore) dá origem ao CANCHIM. Rústico e precoce, produz carne de boa qualidade.

O cruzamento do charolês com o zebu (indubrasil, guzerá ou nelore) dá origem ao CANCHIM. Rústico e precoce, produz carne de boa qualidade. OUTUBRO 2006 Para chegar ao novo animal, os criadores contaram com a ajuda do superintendente do laboratório de inseminação artificial Sersia Brasil, Adriano Rúbio, idealizador da composição genética

Leia mais

ACONTE. Evolução genética. O desempenho. A Experiência com Silagem de grão úmido. informativo carlos viacava nº - 12 Agosto 2015

ACONTE. Evolução genética. O desempenho. A Experiência com Silagem de grão úmido. informativo carlos viacava nº - 12 Agosto 2015 ACONTE informativo carlos viacava nº 12 Agosto Carlos Viacava apresenta o sucesso do projeto ILPF CV Quem usa a genética CV, sente na carne O desempenho das lavouras A Experiência com Silagem de grão úmido

Leia mais

5ª Prova de Desempenho Individual de Touros Nelore Vitrine Tecnológica da UFU

5ª Prova de Desempenho Individual de Touros Nelore Vitrine Tecnológica da UFU 5ª Prova de Desempenho Individual de Touros Nelore Vitrine Tecnológica da UFU 1. Apresentação Este documento tem por finalidade apresentar a 5ª Prova de Desempenho Individual de Touros Nelore a ser realizada

Leia mais

FAZENDA EXEMPLO / PROPRIETÁRIO EXEMPLO Estação: ESTACAO 2014/2015

FAZENDA EXEMPLO / PROPRIETÁRIO EXEMPLO Estação: ESTACAO 2014/2015 Tabela 01 - Taxa de Gestação ao final da estação de monta Lote Qtd. Animais Diag. Prenhas (%) Gestação Sem DG LOTE 01 J MULTIPARAS 09 100 100 89 89.00 0 LOTE 02 J MULTIPARAS 09 132 130 116 89.23 2 LOTE

Leia mais

Manejo reprodutivo. Gustavo M. Chilitti Coordenador Técnico MT Intervet do Brasil Vet. Ltda.

Manejo reprodutivo. Gustavo M. Chilitti Coordenador Técnico MT Intervet do Brasil Vet. Ltda. Manejo reprodutivo Gustavo M. Chilitti Coordenador Técnico MT Intervet do Brasil Vet. Ltda. Para produzir é preciso reproduzir!!! Eficiência Reprodutiva Rebanho Bovino Brasileiro Vacas e novilhas > 24

Leia mais

MELHORAMENTO GENÉTICO

MELHORAMENTO GENÉTICO MELHORAMENTO GENÉTICO Mudança do material hereditário do rebanho de forma a capacitá-lo para produzir leite, mais economicamente em um determinado ambiente. Genética é a ciência que estuda a variação e

Leia mais

INTRODUÇÃO A etapa de cria na cadeia produtiva da carne bovina é muito importante, e caracteriza-se como um período fundamental no processo de

INTRODUÇÃO A etapa de cria na cadeia produtiva da carne bovina é muito importante, e caracteriza-se como um período fundamental no processo de d e b e z e r r o d e c o r t e INTRODUÇÃO A etapa de cria na cadeia produtiva da carne bovina é muito importante, e caracteriza-se como um período fundamental no processo de produção. As técnicas utilizadas

Leia mais

Fazenda São Francisco São Francisco de Paula-RS Proprietário: José Lauri Moreira de Lucena

Fazenda São Francisco São Francisco de Paula-RS Proprietário: José Lauri Moreira de Lucena Fazenda São Francisco São Francisco de Paula-RS Proprietário: José Lauri Moreira de Lucena Área total: 354 ha Área pastoril: 330 ha Sistema de produção: Cria de Bovinos Histórico 1982 Início da propriedade

Leia mais

Sistema Integrado Tropicana. Manual Tropicana de Manejo

Sistema Integrado Tropicana. Manual Tropicana de Manejo Sistema Integrado Tropicana Manual Tropicana de Manejo Manual Tropicana de Manejo INTRODUÇÃO Vantagens proporcionadas pela Estação de Monta No período de acasalamento No parto e nascimento Na desmama Na

Leia mais

SUPLEMENTAÇÃO DE BEZERROS DE CORTE

SUPLEMENTAÇÃO DE BEZERROS DE CORTE SUPLEMENTAÇÃO DE BEZERROS DE CORTE Nos primeiros meses de vida os bezerros obtêm grande parte dos nutrientes de que precisa do leite materno, que é de fácil digestão para o animal que ainda é jovem. Em

Leia mais

IV ENCONTRO ANUAL IN VITRO BRASIL. Ilumine o futuro...

IV ENCONTRO ANUAL IN VITRO BRASIL. Ilumine o futuro... IV ENCONTRO ANUAL IN VITRO BRASIL Ilumine o futuro... Mogi Mirim, 15 de março de 2014 O inicio da marca Tatuapé, se deu com a compra da fazenda em 1983, com a aquisição das primeiras matrizes de planteis

Leia mais

PROGRAMA DE FOMENTO AO CRUZAMENTO ANGUS MANUAL

PROGRAMA DE FOMENTO AO CRUZAMENTO ANGUS MANUAL PROGRAMA DE FOMENTO AO CRUZAMENTO ANGUS MANUAL 1. A RAÇA ABERDEEN ANGUS Originária da Escócia, a raça foi selecionada em função de suas características superiores de precocidade, fertilidade, rusticidade,

Leia mais

INFORMATIVO. Informativo Semestral do NeloreCEN Edição nº08 2015. CEN 8969 Exemplo REM UPONIC x CEN 2214Fajuta

INFORMATIVO. Informativo Semestral do NeloreCEN Edição nº08 2015. CEN 8969 Exemplo REM UPONIC x CEN 2214Fajuta Informativo Semestral do Edição nº08 2015 CEN 8969 Exemplo REM UPONIC x CEN 2214Fajuta Informativo Semestral do Edição nº08 2015 Editorial Esta é uma ocasião muito especial. Estamos completando 50 anos

Leia mais

José Ferreira Pankowski

José Ferreira Pankowski José Ferreira Pankowski O conselheiro técnico da Associação dos Criadores de Nelore de Mato Grosso, José Ferreira Pankowski, é o entrevistado da semana do site da Nelore MT. Ele fala sobre o desenvolvimento

Leia mais

Instruções e planilhas para o controle de produção visando o melhoramento genético na bovinocultura de corte de base familiar

Instruções e planilhas para o controle de produção visando o melhoramento genético na bovinocultura de corte de base familiar ISSN 0103-376X Setembro, 2006 Instruções e planilhas para o controle de produção visando o melhoramento genético na bovinocultura de corte de base familiar 57 Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária

Leia mais

BOVINOS RAÇAS SINTÉTICAS

BOVINOS RAÇAS SINTÉTICAS UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ CENTRO DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS DEPARTAMENTO DE ZOOTECNIA LABORATÓRIO DE FISIOLOGIA DA REPRODUÇÃO BOVINOS RAÇAS SINTÉTICAS Disciplina: Exterior e raças Prof. Mauricio van Tilburg

Leia mais

NEWS BRASIL SEM FRONTEIRAS ABC & ANO IV N o 04 R$ 19,50

NEWS BRASIL SEM FRONTEIRAS ABC & ANO IV N o 04 R$ 19,50 ASSOCIAÇÃO 1 DORPER BRASIL SEM FRONTEIRAS NEWS ANO IV N o 04 R$ 19,50 9 771414 620009 0 2 ORGÃO OFICIAL DA ASSOCIAÇÃO ABC & DORPER B R A S I L BRASILEIRA DOS CRIADORES DE DORPER BIOTECNOLOGIAS REPRODUTIVAS

Leia mais

INFORMATIVO MENSAL LAPBOV

INFORMATIVO MENSAL LAPBOV Com o mercado aquecido, agosto tem pouca variação O custo da produção na pecuária de corte aumentou no primeiro semestre deste ano, mais que em todo o ano de 2012. Com a alta do dólar, o cenário da exportação

Leia mais

Selecionando para Melhorar as Carcaças do Gado de Corte:

Selecionando para Melhorar as Carcaças do Gado de Corte: Selecionando para Melhorar as Carcaças do Gado de Corte: Leonardo Campos 1 e Gabriel Campos 2 O professor e pesquisador norte-americano R.A. Bob Long, colunista da revista Angus Journal e autor do Sistema

Leia mais

Programa Alta Gestação promove democratização da inseminação artificial em ovinos no Brasil

Programa Alta Gestação promove democratização da inseminação artificial em ovinos no Brasil Programa Alta Gestação promove democratização da inseminação artificial em ovinos no Brasil Parceria entre Alta Genetics, Pfizer e Sérgio Nadal promete acelerar os rebanhos comerciais do país. A carne

Leia mais

Especial Senepol. Senepol, feito para o Brasil. Fabio Fatori / Senepol Agua Limpa

Especial Senepol. Senepol, feito para o Brasil. Fabio Fatori / Senepol Agua Limpa Especial Senepol Senepol, feito para o Brasil Fabio Fatori / Senepol Agua Limpa 12 - OUTUBRO 2009 Taurino adaptado encanta pecuaristas de Norte a Sul do Brasil, atrai novos investidores e impressiona pelos

Leia mais

Projeto SIMGIR. 1 Introdução. 2 Escolha das Raças. 3 Parceria. 4 Produção. 5 Anexos: 5-1 Normas de Identificação de Animais. Receptoras.

Projeto SIMGIR. 1 Introdução. 2 Escolha das Raças. 3 Parceria. 4 Produção. 5 Anexos: 5-1 Normas de Identificação de Animais. Receptoras. Projeto SIMGIR 1 1 Introdução 2 Escolha das Raças 3 Parceria 4 Produção 5 Anexos: 5-1 Normas de Identificação de Animais Receptoras Bezerras F1 5-2 Calendário de Manejo 5-3 Projeto de Comercialização dos

Leia mais

Med. Vet. Avelino Murta avelino@biocampomg.com.br

Med. Vet. Avelino Murta avelino@biocampomg.com.br Med. Vet. Avelino Murta avelino@biocampomg.com.br QUEM SOMOS Localizada em Montes Claros, norte de Minas Gerais, a BIOCAMPO Assistência Veterinária foi fundada em 2010 e atua na área de Reprodução Bovina.

Leia mais

INFORMATIVO. CEN 6884 Adonis Rambo x Fajuta. Mais carne em menos tempo. Informativo Semestral do NeloreCEN Primeiro Semestre Edição nº05

INFORMATIVO. CEN 6884 Adonis Rambo x Fajuta. Mais carne em menos tempo. Informativo Semestral do NeloreCEN Primeiro Semestre Edição nº05 Informativo Semestral do Primeiro Semestre Edição nº05 CEN 6884 Adonis Rambo x Fajuta Informativo Semestral do Primeiro Semestre Edição nº05 Editorial Dia 28 de julho, nós, da, promoveremos um leilão inédito

Leia mais

Quanto vale uma prenhez? How much does a pregnancy is worth? Prof. Dr. José Bento Sterman Ferraz

Quanto vale uma prenhez? How much does a pregnancy is worth? Prof. Dr. José Bento Sterman Ferraz Quanto vale uma prenhez? How much does a pregnancy is worth? Prof. Dr. José Bento Sterman Ferraz Faculdade de Zootecnia e Engenharia de Alimentos da USP Núcleo de Apoio à Pesquisa em Melhoramento Animal,

Leia mais

Sistema de Integração Lavoura-Pecuária (ILP) de Corte da Embrapa Milho e Sorgo

Sistema de Integração Lavoura-Pecuária (ILP) de Corte da Embrapa Milho e Sorgo Sistema de Integração Lavoura-Pecuária (ILP) de Corte da Embrapa Milho e Sorgo Ramon C. Alvarenga¹ e Miguel M. Gontijo Neto¹ Pesquisadores da Embrapa Milho e Sorgo (Sete Lagoas-MG) A Embrapa Milho e Sorgo

Leia mais

estratégias para melhorar seu rebanho

estratégias para melhorar seu rebanho Texto adaptado pela CRI Genética Brasil Fonte: Associação Americana de Angus CRI Genética Brasil estratégias para melhorar seu rebanho O que é Relatório de Avaliação de Touro? A Associação Americana de

Leia mais

AVALIAÇÕES DE OBJETIVOS ECONÔMICOS PARA GADO DE LEITE, DE CORTE E DE DUPLA APTIDÃO NO BRASIL. Anibal Eugênio Vercesi Filho, Fernando Enrique Madalena

AVALIAÇÕES DE OBJETIVOS ECONÔMICOS PARA GADO DE LEITE, DE CORTE E DE DUPLA APTIDÃO NO BRASIL. Anibal Eugênio Vercesi Filho, Fernando Enrique Madalena AVALIAÇÕES DE OBJETIVOS ECONÔMICOS PARA GADO DE LEITE, DE CORTE E DE DUPLA APTIDÃO NO BRASIL Anibal Eugênio Vercesi Filho, Fernando Enrique Madalena Departamento de Zootecnia, Escola de Veterinária da

Leia mais

O USO DO CREEP FEEDING NA PRODUÇÃO DE GADO DE CORTE

O USO DO CREEP FEEDING NA PRODUÇÃO DE GADO DE CORTE 1 O USO DO CREEP FEEDING NA PRODUÇÃO DE GADO DE CORTE Prof. Dr. Antonio Ferriani Branco PhD em Nutrição e Produção de Ruminantes afbranco@uem.br O SISTEMA VACA-BEZERRO Os fatores que afetam mais significativamente

Leia mais

ATUAL SITUAÇÃO DA PECUÁRIA DE CORTE NO BRASIL

ATUAL SITUAÇÃO DA PECUÁRIA DE CORTE NO BRASIL ATUAL SITUAÇÃO DA PECUÁRIA DE CORTE NO BRASIL Empresa Júnior de Nutrição de Ruminantes NUTRIR FCA-UNESP-FMVZ INTRODUÇÃO CONCEITOS BÁSICOS CENÁRIO DADOS MERCADO DO BOI CONSIDERAÇÕES FINAIS CONCEITOS BÁSICOS

Leia mais

Associação de Criadores de Bovinos da Raça Preta

Associação de Criadores de Bovinos da Raça Preta Associação de Criadores de Bovinos da Raça Preta Benavente, 18 de Abril de 2013 1 - Resultados produtivos e reprodutivos 1.1 - Indicadores da evolução do efetivo 1.2 - Indicadores de produtividade 2 -

Leia mais

Precocidade Sexual e a Inseminação Artificial em Tempo Fixo

Precocidade Sexual e a Inseminação Artificial em Tempo Fixo 4º Workshop Precocidade Sexual. Precocidade Sexual e a Inseminação Artificial em Tempo Fixo José Luiz Moraes Vasconcelos DPA FMVZ UNESP Botucatu, SP vasconcelos@fca.unesp.br Precocidade em novilhas Nelore

Leia mais

Ano V - Edição 34 Agosto 2014

Ano V - Edição 34 Agosto 2014 da pecuária de leite Ano V - Edição 34 Agosto 2014 PODER DE COMPRA AUMENTA NO PRIMEIRO SEMESTRE DE 2014 Por Pedro de Lima, equipe Gado de Leite Cepea O poder de compra do pecuarista de leite esteve maior,

Leia mais

Manual operacional de uso. Software de coleta de dados. PAINT Fazenda

Manual operacional de uso. Software de coleta de dados. PAINT Fazenda Manual operacional de uso Software de coleta de dados PAINT Fazenda Lagoa da Serra Ltda Rod. Carlos Tonani, Km 88 Sertãozinho/SP (0xx16) 2105-2299 www.crvlagoa.com.br paintcrv@crvlagoa.com.br SOFTWARE

Leia mais

Ciclo pecuário. Comportamento de preços

Ciclo pecuário. Comportamento de preços Comportamento de preços... Continuação da aula anterior 3 fenômenos de preço Sazonalidade: seca e águas / safra entre safra Ciclo da pecuária: Flutuação de preços que ocorre periodicamente na comercialização

Leia mais

Centro de Performance CRV Lagoa

Centro de Performance CRV Lagoa Centro de Performance CRV Lagoa Em 2000 foi implantado o C.A.T. (Centro de Avaliação de Touros), uma parceria entre Lagoa da Serra e Chalet Agropecuária, localizada em Uberlândia-MG, que perdurou até 2004,

Leia mais

REGULAMENTO DO LEILÃO

REGULAMENTO DO LEILÃO REGULAMENTO DO LEILÃO O presente regulamento estabelecerá as normas que serão observadas durante o leilão, sendo que seu cumprimento será obrigatório a todos aqueles que, na condição de convidados, participantes

Leia mais

Pensou Braford Pensou Santa Prenda

Pensou Braford Pensou Santa Prenda Valores médios das Dep s das principais características geradas para a raça Médias DEPs Braford 38 Nº Anim/sexo 18.935 43.410 Característica Machos DP Fêmeas DP PN (kg) 0,03 ±0,47 0,00 ±0,39 PD (kg) -

Leia mais

Evoluir é democratizar o conhecimento. Melhoramento genético: investimento com retorno garantido

Evoluir é democratizar o conhecimento. Melhoramento genético: investimento com retorno garantido Evoluir é democratizar o conhecimento Uma das características mais marcantes do ser humano é a de registrar o conhecimento. Isso nos diferenciou e proporcionou nossa rápida evolução em relação a outras

Leia mais

Curva de Crescimento e Produtividade de Vacas Nelore

Curva de Crescimento e Produtividade de Vacas Nelore Curva de Crescimento e Produtividade de Vacas Nelore THIAGO VINÍCIUS DE SOUZA GRADUANDO EM MEDICINA VETERINÁRIA UFMT/SINOP CONTATO: THIAGOV_SOUZA@HOTMAIL.COM Produtividade Cenário atual Nelore sistema

Leia mais

INFORMATIVO. Cruzamento Industrial e suas vantagens Pág. 5

INFORMATIVO. Cruzamento Industrial e suas vantagens Pág. 5 INFORMATIVO Bauru, 21 de março 2008 nº 012 Saiba como aumentar a fertilidade em seu rebanho Pág. 2 O Informativo NOBRE desse mês, trás uma série de informações para seus leitores,sobretudo para quem deseja

Leia mais

Aprimoramento da Seleção Genética com Uso de CLARIFIDE Nelore 2.0. Michel Caro Proprietário

Aprimoramento da Seleção Genética com Uso de CLARIFIDE Nelore 2.0. Michel Caro Proprietário Aprimoramento da Seleção Genética com Uso de CLARIFIDE Nelore 2.0 Michel Caro Proprietário Agradecimentos Michel Caro e Patricia Zancaner Equipe da fazenda Localização Geográfica Objetivos da Fazenda

Leia mais

Sílvio Renato Oliveira Menegassi Júlio Otávio Jardim Barcellos Leonardo Canali Canellas Tamara Esteves de Oliveira Jean Carlos dos Reis Soares

Sílvio Renato Oliveira Menegassi Júlio Otávio Jardim Barcellos Leonardo Canali Canellas Tamara Esteves de Oliveira Jean Carlos dos Reis Soares Sílvio Renato Oliveira Menegassi Júlio Otávio Jardim Barcellos Leonardo Canali Canellas Tamara Esteves de Oliveira Jean Carlos dos Reis Soares UFRGS FACULDADE DE AGRONOMIA DEPARTAMENTO DE ZOOTECNIA NESPRO

Leia mais

Descrição das siglas utilizadas e unidades das características. Entre parênteses, ao lado da sigla, o valor do alvo utilizado para definir o DEPh.

Descrição das siglas utilizadas e unidades das características. Entre parênteses, ao lado da sigla, o valor do alvo utilizado para definir o DEPh. Descrição das siglas utilizadas e unidades das características. Entre parênteses, ao lado da sigla, o valor do alvo utilizado para definir o DEPh. SIGLA DESCRIÇÃO UNIDADE EP Equivalentes-progênie para

Leia mais

Análise de Decisão considerando potencial de crescimento como critério de seleção em um rebanho da raça Nelore no Cerrado

Análise de Decisão considerando potencial de crescimento como critério de seleção em um rebanho da raça Nelore no Cerrado Análise de Decisão considerando potencial de crescimento como critério de seleção em um rebanho da raça Nelore no Cerrado PAULA, Edson Júnior Heitor de 1 ; MAGNABOSCO, Cláudio de Ulhôa 2 1 Zootecnista,

Leia mais

de inverno que viraram opção para o pecuarista da região para conseguir ter pasto na época da seca.

de inverno que viraram opção para o pecuarista da região para conseguir ter pasto na época da seca. CUSTO DE PRODUÇÃO DE BOVINOCULTURA DE CORTE EM GUARAPUAVA/PR Com a iniciativa da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem (SENAR) e o Centro

Leia mais

Diferenças Esperadas na Progênie

Diferenças Esperadas na Progênie Manual do Criador Diferenças Esperadas na Progênie Definições, Cálculos, Interpretações e Usos DEP do Touro DEP da Vaca Resposta na Progênie James S. Brinks SOBRE O AUTOR 1 Jim Brinks foi criado em uma

Leia mais

Princípios e Resultados de Pesquisas Científicas do Programa Nelore Brasil

Princípios e Resultados de Pesquisas Científicas do Programa Nelore Brasil 1 Princípios e Resultados de Pesquisas Científicas do Programa Nelore Brasil PROGRAMA DE MELHORAMENTO PRINCÍPIOS E RESULTADOS GENÉTICO DA RAÇA NELORE DE PESQUISAS CIENTÍFICAS DO PROGRAMA NELORE BRASIL

Leia mais

http://www.crvlagoa.com.br/news/gerarnewsletterpdf.asp?idnewsletter=644

http://www.crvlagoa.com.br/news/gerarnewsletterpdf.asp?idnewsletter=644 Página 1 de 7 Caso não esteja visualizando este e-mail, clique aqui Ano 3 Número 618 Segunda, 24 de setembro de 2012 Clique aqui para fazer o download da newsletter em PDF» CAMPANHA DE VENDAS - OPUS Confira

Leia mais

ANGUS: Fábio Schuler Medeiros. Médico Veterinário, D. Sc Gerente Nacional do Programa Carne Angus Certificada Associação Brasileira de Angus

ANGUS: Fábio Schuler Medeiros. Médico Veterinário, D. Sc Gerente Nacional do Programa Carne Angus Certificada Associação Brasileira de Angus ANGUS: Rentabilidade e mercado Fábio Schuler Medeiros Médico Veterinário, D. Sc Gerente Nacional do Programa Carne Angus Certificada Associação Brasileira de Angus Nossos Questionamentos... Como está a

Leia mais

Novas e velhas DEPs!

Novas e velhas DEPs! Novas e velhas DEPs! ... e os perigos do conhecimento... Números Dados Informação Conhecimento Inovação Avaliações genéticas não são meios para gerar um produto, mas conhecimento. DEPs = Conhecimento Seleção

Leia mais

da AgroZurita, de Ivan Zurita, que comprou, de "porteira fechada",aestampacedrodenelore.

da AgroZurita, de Ivan Zurita, que comprou, de porteira fechada,aestampacedrodenelore. da AgroZurita, de Ivan Zurita, que comprou, de "porteira fechada",aestampacedrodenelore. Os marcadores moleculares são considerados por unanimidade um marco no desenvolvimento da pecuária nacional. José

Leia mais

Sistemas de produção em bovinos de corte. Zootecnista José Acélio Fontoura Júnior acelio@unipampa.edu.br

Sistemas de produção em bovinos de corte. Zootecnista José Acélio Fontoura Júnior acelio@unipampa.edu.br Sistemas de produção em bovinos de corte. Zootecnista José Acélio Fontoura Júnior acelio@unipampa.edu.br CLASSIFICAÇÃO NÍVEL DE TECNOLOGIA ADOTADO: extensivo, semi-extensivo, semi-intensivo e intensivo

Leia mais

MATÉRIA DE CAPA. Fábrica de BEZERR. Em dez anos, IATF cresce 40 vezes no Paíse a eficiência pode melhorar ainda mais. Luiz H.

MATÉRIA DE CAPA. Fábrica de BEZERR. Em dez anos, IATF cresce 40 vezes no Paíse a eficiência pode melhorar ainda mais. Luiz H. ~. ~ MATÉRIA DE CAPA Fábrica de BEZERR Em dez anos, IATF cresce 40 vezes no Paíse a eficiência pode melhorar ainda mais Luiz H. Pitombo No ano passado, 8 milhões de fêmeas bovinas, 75% delas das raças

Leia mais

ZAP Zambezia Agro Pecuaria Lda - Mozambique DESENVOLVIMENTO DE GADO LEITEIRO GIROLANDA FERTILIZACAO IN VITRO IVF

ZAP Zambezia Agro Pecuaria Lda - Mozambique DESENVOLVIMENTO DE GADO LEITEIRO GIROLANDA FERTILIZACAO IN VITRO IVF 1 ZAP Zambezia Agro Pecuaria Lda - Mozambique DESENVOLVIMENTO DE GADO LEITEIRO GIROLANDA FERTILIZACAO IN VITRO IVF 2 Capitulo 1 - Parceiros e Principal Fornecedor. Parceiros do projeto In Vitro Brasil

Leia mais

http://www.emater.mg.gov.br/site_emater/serv_prod/livraria/pecuaria/inseminacao.ht...

http://www.emater.mg.gov.br/site_emater/serv_prod/livraria/pecuaria/inseminacao.ht... Página 1 de 6 Pecuária Inseminação Artificial em Bovinos Nome Inseminação Artificial em Bovinos Produto Informação Tecnológica Data Agosto - 2000 Preço - Linha Pecuária Informações resumidas sobre Resenha

Leia mais

Projeto NELOGIR. Cruzamento Nelore x Gir como matriz para F1. Resultados parciais. Dr. Ronaldo Lazzarini Santiago

Projeto NELOGIR. Cruzamento Nelore x Gir como matriz para F1. Resultados parciais. Dr. Ronaldo Lazzarini Santiago Projeto NELOGIR. Cruzamento Nelore x Gir como matriz para F1. Resultados parciais Dr. Ronaldo Lazzarini Santiago Colonial Agropecuária e Fazenda Calciolândia F-1, A MATRIZ MAIS ADEQUADA AO SISTEMA DE PRODUÇÃO

Leia mais

integrador de primeira viagem

integrador de primeira viagem A saga de um integrador de primeira viagem O pecuarista Carlos Viacava enfrenta o desafio de fazer ILP em solos arenosos. DBO está acompanhando essa experiência e fará mais duas reportagens sobre o tema

Leia mais

Genética Aditiva melhorando o peso dos bezerros à desmama e ao sobreano - Benefício do Choque sanguíneo em Programas de Cruzamento Industrial

Genética Aditiva melhorando o peso dos bezerros à desmama e ao sobreano - Benefício do Choque sanguíneo em Programas de Cruzamento Industrial Genética Aditiva melhorando o peso dos bezerros à desmama e ao sobreano - Benefício do Choque sanguíneo em Programas de Cruzamento Industrial Agregar valor ao plantel de fêmeas bovinas este é o objetivo

Leia mais

Inseminação Artificial Aplicada ao Melhoramento Genético Animal

Inseminação Artificial Aplicada ao Melhoramento Genético Animal Inseminação Artificial Aplicada ao Melhoramento Genético Animal Equipe de pesquisadores MGA/ CNPGL: Maria Gabriela C.D. Peixoto Rui da Silva Verneque João Cláudio do Carmo Panetto Frank Ângelo Tomita Bruneli

Leia mais

Alta do dólar reforça aumento dos custos de produção

Alta do dólar reforça aumento dos custos de produção Alta do dólar reforça aumento dos custos de produção Por Prof. Dr. Sergio De Zen e Graziela Correr; Equipe Pecuária de Corte Se, de um lado, a forte alta do dólar frente ao Real tem contribuído para elevar

Leia mais

Inseminação Artificial em Tempo Fixo em Vacas Leiteiras

Inseminação Artificial em Tempo Fixo em Vacas Leiteiras Inseminação Artificial em Tempo Fixo em Vacas Leiteiras Serviços em Pecuária de Leite Avaliação Ginecológica e Diagnóstico de Gestação com Aparelho de Ultrassonografia Exames Laboratoriais IATF Inseminação

Leia mais

INTERPRETAÇÃO DAS PROVAS DE REPRODUTORES LEITEIROS

INTERPRETAÇÃO DAS PROVAS DE REPRODUTORES LEITEIROS AZ042 Bovinocultura de Leite Aula 14 INTERPRETAÇÃO DAS PROVAS DE REPRODUTORES LEITEIROS Prof. Rodrigo de Almeida Entendendo as Provas de Touros Canadenses Informações de Produção Provas de produção Baseado

Leia mais

EMATER PARANÁ CONDOMÍNIOS DE INSEMINAÇÃO ARTIFICIAL: UMA PROPOSTA DE MELHORAMENTO GENÉTICO EM BOVINOS DE LEITE NO MUNICÍPIO DE TOLEDO PR.

EMATER PARANÁ CONDOMÍNIOS DE INSEMINAÇÃO ARTIFICIAL: UMA PROPOSTA DE MELHORAMENTO GENÉTICO EM BOVINOS DE LEITE NO MUNICÍPIO DE TOLEDO PR. EMATER PARANÁ CONDOMÍNIOS DE INSEMINAÇÃO ARTIFICIAL: UMA PROPOSTA DE MELHORAMENTO GENÉTICO EM BOVINOS DE LEITE NO MUNICÍPIO DE TOLEDO PR. Gelson Hein Médico Veterinário Unidade Local de Toledo NOVEMBRO

Leia mais

III CURSO DE GESTÃO AGROECONÔMICA. EM PECUÁRIA DE CORTE: confinamento e terceirização

III CURSO DE GESTÃO AGROECONÔMICA. EM PECUÁRIA DE CORTE: confinamento e terceirização III CURSO DE GESTÃO AGROECONÔMICA EM PECUÁRIA DE CORTE: confinamento e terceirização RESULTADOS DO CONFINAMENTO DA COPLACANA EM 2.008 E PERSPECTIVAS PARA O FUTURO Ari José Fernandes Lacôrte Engenheiro

Leia mais

Avaliação de Carcaça por Ultrassom e sua Aplicação Prática.

Avaliação de Carcaça por Ultrassom e sua Aplicação Prática. ISSN 1983-0475 Avaliação de Carcaça por Ultrassom e sua Aplicação Prática. Qual é a Importância desta Tecnologia para o Produtor. 48 O Circular Técnica Bagé, RS Agosto, 015 Autores Marcos Jun-Iti Yokoo

Leia mais