Familiarizar o aluno com a retórica e o raciocínio jurídico, seus brocardos e expressões latinas;

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Familiarizar o aluno com a retórica e o raciocínio jurídico, seus brocardos e expressões latinas;"

Transcrição

1 PRÁTICA FORENSE E CUSTAS [ ] GERAL Regime: Semestre: OBJETIVOS Familiarizar o aluno com a retórica e o raciocínio jurídico, seus brocardos e expressões latinas; Iniciar o aluno nas técnicas básicas da oratória e treino personalizado das mesmas; Familiarizar o aluno com uma aplicação prática da orgânica dos Tribunais Judiciais; Familiarizar o aluno com a consulta forense; Conhecimento básico do conteúdo do mandato jurídico, seus limites e obrigações - elaboração de procurações; Conhecimento dos conceitos fundamentais e práticos do regime regulamentar das custas processuais, com vista a que os alunos estejam aptos a usar, na prática, os conhecimentos adquiridos; Familiarizar o aluno com a escrita e alegação jurídica, dotando-o do raciocínio e entendimento do que deve ser o conteúdo de um requerimento, de uma exposição, de uma carta formal e de articulados processuais, sempre através de exemplos práticos; Domínio básico da técnica de elaboração de contratos, com incidência nos contratos de mútuo, comodato, arrendamento e a promessa de compra-e-venda; Familiarizar o aluno, através da simulação de um ou mais casos jurídicos complexos, com a realidade das questões que lhe serão colocadas na vida profissional. RESULTADOS DA APRENDIZAGEM capacidade de argumentação, discurso mais cuidado, melhor domínio da argumentação jurídica, maior capacidade de escrita jurídica. Paralelamente a isso, o domínio sumário da organização judiciária, numa perspetiva mais crítica face à Lei 62/2013, das custas processuais, da relação com o cliente, a forma concreta de redação dos articulados processuais e de alguns contratos. A familiarização inicial com questões concretas que serão colocadas ao solicitador na sua vida profissional, obrigando o aluno a aplicar, na prática, os conhecimentos adquiridos ao longo do curso, através da resolução de questões da vida prática. CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS Parte I A Retórica e o Direito Noção de Retórica

2 A definição e seus limites As partes do discurso, suas funções e extensão As virtudes do discurso: a clareza e a vernaculidade A disposição na elocução Do conteúdo à forma A respiração e o ritmo Expressões latinas na linguagem jurídica Parte II Conselhos básicos de oratóriao medo de falar em públicoa linguagem do corpoas mãoso corpoos olhosa voz Parte III Aplicação prática da Orgânica dos Tribunais Judiciais Análise da Lei n.º 62/2013 de 26 de Agosto e suas objectivações: O DL 49/2014 de 49/2014 de 27 de março: aplicações práticas. Parte IV O solicitador e o cliente A consulta forense. Apontamentos úteis O solicitador e o patrocínio judiciário O mandato judicial e a competência do solicitador para o processo civil. Análise sucinta e práticados artigos 40.º e seguintes seguntes do CPCivil A procuração forense e seu conteúdo. A identificação do mandante e do mandatário. Os poderes forenses gerais e especiais: suas aplicações em situações concretas. O substabelecimento com e sem reserva. A vinculação das declarações do mandatário. A revogação da procuração e a renúncia do mandato.

3 A inexistência de mandato e a sua distinção da mera falta de comprovação do mesmo. A sanação do mandato nulo: a ratificação do processado e as formas de a efectuar. A elaboração da procuração Parte V As custas processuais civis e o seu Regulamento Breve referência aos princípios gerais das custas no Código de Processo Civil O conceito de custas na sua tríplice vertente Âmbito de aplicação subjectiva, objectiva e temporal do novoregulamento das Custas Processuais Isenções de pagamento de custas A taxa de justiça A fixação da taxa de justiça e da respectiva base tributária Encargos Tipos de encargos e seu pagamento Custas de parte A nota justificativa Multas Disposições gerais e seu pagamento Da liquidação, pagamento e execução das custas Da conta de custas, sua reforma e reclamação Pagamento voluntário e faseado Direito de retenção Da execução por custas Parte VI

4 A elaboração de peças processuais e outras A forma e o conteúdo. Técnica e análise de articulação e de alegação A redacção de exposições requerimentos articulados processuais Parte VII A elaboração de contratos de direito privado Noções essenciais A forma e a substância A identificação das partes O mútuo O comodato O arrendamento O contrato promessa de compra-e-venda BIBLIOGRAFIA RECOMENDADA Regulamento das Custas Processuais(Decreto-Lei n.º 34/2008, de 26 de Fevereiro, a que acrescerão a Portaria 419-A/2009, de 17 de abril, ambos na sua redação atual); Código de Processo Civil Anotado Código Civil Anotado Elementos fornecidos pelo docente DEMONSTRAÇÃO DA COERÊNCIA DOS CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS COM OS OBJETIVOS DA UC

5 organização judiciária, numa perspetiva mais crítica face à lei 62/2013, das custas processuais, da relação com o cliente, a forma concreta de redação dos articulados processuais e de alguns contratos encontraram todos eco no conteúdo da UC. Finalmente, a familiarização inicial com questões concretas que serão colocadas ao solicitador na sua vida profissional, obrigando o aluno a aplicar, na prática, os conhecimentos adquiridos ao longo do curso, através da resolução de questões da vida estão defendidos no projeto da simulação jurídica. METODOLOGIAS DE APRENDIZAGEM organização judiciária, numa perspetiva mais crítica face à lei 62/2013, das custas processuais, da relação com o cliente, a forma concreta de redação dos articulados processuais e de alguns contratos encontraram todos eco no conteúdo da UC. Finalmente, a familiarização inicial com questões concretas que serão colocadas ao solicitador na sua vida profissional, obrigando o aluno a aplicar, na prática, os conhecimentos adquiridos ao longo do curso, através da resolução de questões da vida estão defendidos no projeto da simulação jurídica. DEMONSTRAÇÃO DA COERÊNCIA DAS METODOLOGIAS DE APRENDIZAGEM COM OS OBJETIVOS DE ENSINO/APRENDIZAGEM DA UC organização judiciária, numa perspetiva mais crítica face à Lei 52/2008 e à Lei 62/2013, das custas processuais, da relação com o cliente, a forma concreta de redação dos articulados processuais e de alguns contratos encontraram todos eco no conteúdo da UC. Finalmente, a familiarização inicial com questões concretas que serão colocadas ao solicitador na sua vida profissional, obrigando o aluno a aplicar, na prática, os conhecimentos adquiridos ao longo do curso, através da resolução de questões da vida estão defendidos no projeto da simulação jurídica.

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular DIREITO CIVIL (AVANÇADO) Ano Lectivo 2015/2016

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular DIREITO CIVIL (AVANÇADO) Ano Lectivo 2015/2016 Programa da Unidade Curricular DIREITO CIVIL (AVANÇADO) Ano Lectivo 2015/2016 1. Unidade Orgânica Direito (2º Ciclo) 2. Curso Mestrado em Direito 3. Ciclo de Estudos 2º 4. Unidade Curricular DIREITO CIVIL

Leia mais

PRÁTICA PROCESSUAL CIVIL

PRÁTICA PROCESSUAL CIVIL PRÁTICA PROCESSUAL CIVIL Programa (60 horas) I CONSULTA JURÍDICA 1.1 Consulta jurídica 1.2 Tentativa de resolução amigável 1.3 Gestão do cliente e seu processo II ACESSO AO DIREITO 2.1 Modalidades de acesso

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular COMPLEMENTOS DE PROJECTO APLICADO Ano Lectivo 2013/2014

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular COMPLEMENTOS DE PROJECTO APLICADO Ano Lectivo 2013/2014 Programa da Unidade Curricular COMPLEMENTOS DE PROJECTO APLICADO Ano Lectivo 2013/2014 1. Unidade Orgânica Ciências da Economia e da Empresa (1º Ciclo) 2. Curso Contabilidade 3. Ciclo de Estudos 1º 4.

Leia mais

Inconstitucionalidade da obrigação de depósito prévio da totalidade das custas de parte

Inconstitucionalidade da obrigação de depósito prévio da totalidade das custas de parte NEWSLETTER Contencioso Inconstitucionalidade da obrigação de depósito prévio da totalidade das custas de parte O acórdão do Tribunal Constitucional n.º 189/2016, de 30 de Março, julgou inconstitucional

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular DIREITO DA UNIÃO EUROPEIA Ano Lectivo 2010/2011

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular DIREITO DA UNIÃO EUROPEIA Ano Lectivo 2010/2011 Programa da Unidade Curricular DIREITO DA UNIÃO EUROPEIA Ano Lectivo 2010/2011 1. Unidade Orgânica Direito (1º Ciclo) 2. Curso Solicitadoria 3. Ciclo de Estudos 1º 4. Unidade Curricular DIREITO DA UNIÃO

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico Etec Etec: PROFESSOR MASSUYUKI KAWANO Código: 136 Município: TUPÃ-SP Eixo Tecnológico: GESTÃO E NEGÓCIOS Habilitação Profissional: Técnica de Nível Médio em

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2013. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2013. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2013 Ensino Técnico ETEC DE NOVA ODESSA Código: 234 Município: Nova Odessa Eixo Tecnológico: Segurança Habilitação Profissional: Técnico em Segurança do Trabalho Qualificação:

Leia mais

Compreender os conceitos fundamentais e a terminologia no âmbito da contabilidade de custos;

Compreender os conceitos fundamentais e a terminologia no âmbito da contabilidade de custos; CONTABILIDADE DE CUSTOS APLICADA [13803] GERAL Regime: Semestre: OBJETIVOS Visa-se preparar o aluno nas técnicas necessárias à organização de contabilidades internas no contexto da indústria do turismo.

Leia mais

CURSO VOCACIONAL DE ARTE E PUBLICIDADE

CURSO VOCACIONAL DE ARTE E PUBLICIDADE CURSO VOCACIONAL DE ARTE E PUBLICIDADE Planificação Anual - 2015-2016 Ensino Básico 9º Ano 2º Ano - Atividade Vocacional FOTOGRAFIA DIGITAL MATRIZ DE CONTEÚDOS E DE PROCEDIMENTOS Conteúdos Procedimentos

Leia mais

FACULDADE DE DIREITO DE FRANCA Plano de Ensino 2014

FACULDADE DE DIREITO DE FRANCA Plano de Ensino 2014 FACULDADE DE DIREITO DE FRANCA Plano de Ensino 2014 Professor: Carlos de Almeida Departamento: Ciências Complementares Disciplina: LINGUAGEM E ARGUMENTAÇÃO JURÍDICA Série: 1. ª Turmas: A e B Turno: [ D

Leia mais

Programa de Aprendizagem de Tradução e Interpretação das Línguas Chinesa e Portuguesa Conteúdos Programáticos II Edição

Programa de Aprendizagem de Tradução e Interpretação das Línguas Chinesa e Portuguesa Conteúdos Programáticos II Edição Programa de Aprendizagem de Tradução e Interpretação das Línguas Chinesa e Portuguesa Programáticos II Edição (Primeira Parte) Aprendizagem teórico-técnica (interpretação) Direcção Geral de Interpretação

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico Etec Etec: Paulino Botelho Extensão Esterina Placco Código: 091.01 Município: São Carlos Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios Habilitação Profissional: Técnica

Leia mais

Escola Básica e Secundária de Velas. Planificação Anual Filosofia 11º Ano de Escolaridade. Ano letivo 2012/2013. Professores João Silva e Mário Lopes

Escola Básica e Secundária de Velas. Planificação Anual Filosofia 11º Ano de Escolaridade. Ano letivo 2012/2013. Professores João Silva e Mário Lopes Escola Básica e Secundária de Velas Planificação Anual Filosofia 11º Ano de Escolaridade Ano letivo 2012/2013 Professores João Silva e Mário Lopes PRIMEIRO PERÍODO Argumentação e lógica formal Distinção

Leia mais

Compreender os conceitos fundamentais e a terminologia no âmbito da contabilidade de custos;

Compreender os conceitos fundamentais e a terminologia no âmbito da contabilidade de custos; CONTABILIDADE ANALÍTICA I [12003] GERAL Regime: Semestre: OBJETIVOS Pretende-se fornecer um enquadramento teórico e prático da Contabilidade de Custos ou Analítica, em particular, dos objetivos prosseguidos

Leia mais

Instituto Superior Politécnico de Viseu - Escola Superior de Tecnologia Ano Lectivo 2000/2001 - Curso de Gestão de Empresas - Matemática Financeira

Instituto Superior Politécnico de Viseu - Escola Superior de Tecnologia Ano Lectivo 2000/2001 - Curso de Gestão de Empresas - Matemática Financeira ISPV - ESTV GESTÃO DE EMPRESAS - MATEMÁTICA FINANCEIRA Instituto Superior Politécnico de Viseu - Escola Superior de Tecnologia 00/01 Ano Lectivo 00/01 - Curso de Gestão de Empresas - Matemática Financeira

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular DIREITO PROCESSUAL PENAL Ano Lectivo 2014/2015

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular DIREITO PROCESSUAL PENAL Ano Lectivo 2014/2015 Programa da Unidade Curricular DIREITO PROCESSUAL PENAL Ano Lectivo 2014/2015 1. Unidade Orgânica Direito (1º Ciclo) 2. Curso Direito 3. Ciclo de Estudos 1º 4. Unidade Curricular DIREITO PROCESSUAL PENAL

Leia mais

PROGRAMA da Certificação Internacional em Integração Sensorial

PROGRAMA da Certificação Internacional em Integração Sensorial PROGRAMA da Certificação Internacional em Integração Sensorial A University of Southern California Divisão de Ciência Ocupacional e Terapia Ocupacional, juntamente com a Western Psychological Services

Leia mais

GUIA DE FUNCIONAMENTO DA UNIDADE CURRICULAR

GUIA DE FUNCIONAMENTO DA UNIDADE CURRICULAR Curso Engenharia Informática Ano letivo 2015-2016 Unidade Curricular Inteligência Artificial ECTS 4 Regime Obrigatório Ano 3.º Semestre 1.º Horas de trabalho globais Docente (s) Celestino Gonçalves Total

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico Etec Etec: Paulino Botelho EE Esterina Placo (Extensão) Código: 091.01 Município: São Carlos Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios Habilitação Profissional:

Leia mais

DEONTOLOGIA PROFISSIONAL. Programa. (40 horas)

DEONTOLOGIA PROFISSIONAL. Programa. (40 horas) DEONTOLOGIA PROFISSIONAL Programa (40 horas) A - INTRODUÇÃO À DEONTOLOGIA 1. A Deontologia Profissional: Noção e análise da Deontologia Profissional como elemento comum a outras profissões 2. A Essencialidade

Leia mais

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico CETEC. Ensino Técnico

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico CETEC. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico Prof. Massuyuki Kawano Código: 136 Município: Tupã Eixo Tecnológico: Informação e Comunicação Habilitação Profissional: Técnica de nível médio de técnico em

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular GESTÃO COMERCIAL E DAS VENDAS Ano Lectivo 2015/2016

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular GESTÃO COMERCIAL E DAS VENDAS Ano Lectivo 2015/2016 Programa da Unidade Curricular GESTÃO COMERCIAL E DAS VENDAS Ano Lectivo 2015/2016 1. Unidade Orgânica Ciências da Economia e da Empresa (1º Ciclo) 2. Curso MARKETING 3. Ciclo de Estudos 1º 4. Unidade

Leia mais

PROVA DE AFERIÇÃO (RNE) Teórica

PROVA DE AFERIÇÃO (RNE) Teórica ORDEM DOS ADVOGADOS CNA Comissão Nacional de Avaliação PROVA DE AFERIÇÃO (RNE) Teórica GRELHA DE CORRECÇÃO Prática Processual Civil e Organização Judiciária (8 Valores) 18 de Julho de 2011 1.Defina e indique

Leia mais

Instituto Superior Politécnico de Viseu - Escola Superior de Tecnologia Ano Lectivo 2003/2004 - Gestão de Empresas - Matemática Financeira

Instituto Superior Politécnico de Viseu - Escola Superior de Tecnologia Ano Lectivo 2003/2004 - Gestão de Empresas - Matemática Financeira Curso de GESTÃO DE EMPRESAS MATEMÁTICA FINANCEIRA ISPV/ESTV - 2/2 Instituto Superior Politécnico de Viseu - Escola Superior de Tecnologia Ano Lectivo 2/2 - Gestão de Empresas - Matemática Financeira Nº

Leia mais

PLANO DE ENSINO. Tal competência será desenvolvida a partir das seguintes habilidades:

PLANO DE ENSINO. Tal competência será desenvolvida a partir das seguintes habilidades: PLANO DE ENSINO CURSO: Psicologia DISCIPLINA: Técnicas de Entrevista e Observação SÉRIE: 3º período TURNO: Diurno e Noturno CARGA HORÁRIA SEMANAL: 2 horas CARGA HORÁRIA SEMESTRAL: 40 horas PROFESSOR.:

Leia mais

Pontifícia Universidade Católica de São Paulo Estágio Profissional Supervisionado Núcleo de Prática Jurídica Faculdade de Direito

Pontifícia Universidade Católica de São Paulo Estágio Profissional Supervisionado Núcleo de Prática Jurídica Faculdade de Direito Núcleo de Prática Jurídica EMENTAS DAS ÁREAS DE NPJ III 2º semestre/2013 Processo Penal EMENTA: O Curso de Direito Penal do Núcleo de Prática Jurídica III, ministrado no 8 Semestre do Curso do Direito,

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2013. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2013. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2013 Ensino Técnico ETEC PROF. MASSUYUKI KAWANO Código: 136 Município: TUPÃ Eixo Tecnológico: AMBIENTE E SAÚDE Habilitação Profissional: Técnico em Farmácia Qualificação: Auxiliar

Leia mais

PRINCÍPIOS DA FISCALIDADE

PRINCÍPIOS DA FISCALIDADE PRINCÍPIOS DA FISCALIDADE 1. Objectivos Gerais O programa da presente disciplina tem por objectivo dar a conhecer aos alunos o conjunto de normas e princípios que regulam o nascimento, desenvolvimento

Leia mais

Nº de respostas 78 A. Auto-avaliação: 1. Mau 2. Razoáve 3. Bom 4. Muito Bom Não respond.

Nº de respostas 78 A. Auto-avaliação: 1. Mau 2. Razoáve 3. Bom 4. Muito Bom Não respond. Curso de GESTÃO DE EMPRESAS MATEMÁTICA FINANCEIRA ISPV/ESTV - / Instituto Superior Politécnico de Viseu - Escola Superior de Tecnologia Ano Lectivo / - Gestão de Empresas - Matemática Financeira Nº de

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular CONTABILIDADE PÚBLICA Ano Lectivo 2013/2014

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular CONTABILIDADE PÚBLICA Ano Lectivo 2013/2014 Programa da Unidade Curricular CONTABILIDADE PÚBLICA Ano Lectivo 2013/2014 1. Unidade Orgânica Ciências da Economia e da Empresa (1º Ciclo) 2. Curso Contabilidade 3. Ciclo de Estudos 1º 4. Unidade Curricular

Leia mais

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS 3ª Série Direito Civil III Direito A atividade prática supervisionada (ATPS) é um método de ensinoaprendizagem desenvolvido por meio de um conjunto de atividades programadas

Leia mais

PRÁTICAS CURRICULARES MATEMÁTICA

PRÁTICAS CURRICULARES MATEMÁTICA MANUAL DO PROJETO PEDAGÓGICO PRÁTICAS CURRICULARES MATEMÁTICA PRÁTICAS CURRICULARES MATEMÁTICA LICENCIATURA Ribeirão Pires Missão da FIRP Alcançar a oferta e a prática de uma educação solidária, possibilitando

Leia mais

Interdisciplinar II Módulo CST: GESCOM

Interdisciplinar II Módulo CST: GESCOM UniãoMetropolitana deeducaçãoecultura Interdisciplinar II Módulo CST: GESCOM Lauro de Freitas - BAHIA 2013 2 JUSTIFICATIVA A principal justificativa para o desenvolvimento e implementação do projeto interdisciplinar

Leia mais

ISPV - ESTV CONTABILIDADE E ADMINISTRAÇÃO - MATEMÁTICA FINANCEIRA 1999/2000

ISPV - ESTV CONTABILIDADE E ADMINISTRAÇÃO - MATEMÁTICA FINANCEIRA 1999/2000 ISPV - ESTV CONTABILIDADE E ADMINISTRAÇÃO - MATEMÁTICA FINANCEIRA 1/2 Instituto Superior Politécnico de Viseu - Escola Superior de Tecnologia Ano Lectivo 1/2 - Curso de Contabilidade e Administração -

Leia mais

Autorizado pela Portaria nº 3.355 de 05/12/02 DOU de 06/12/02 Componente Curricular: DIREITO PROCESSUAL PENAL II PLANO DE CURSO

Autorizado pela Portaria nº 3.355 de 05/12/02 DOU de 06/12/02 Componente Curricular: DIREITO PROCESSUAL PENAL II PLANO DE CURSO C U R S O D E D I R E I T O Autorizado pela Portaria nº 3.355 de 05/12/02 DOU de 06/12/02 Componente Curricular: DIREITO PROCESSUAL PENAL II Código: DIR 463 Pré-requisito: Direito Processual Penal I Período

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular Estágio Ano Lectivo 2010/2011

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular Estágio Ano Lectivo 2010/2011 Programa da Unidade Curricular Estágio Ano Lectivo 2010/2011 1. Unidade Orgânica Serviço Social (1º Ciclo) 2. Curso Serviço Social 3. Ciclo de Estudos 1º 4. Unidade Curricular Estágio (L4325) 5. Área Científica

Leia mais

Instituto Superior Politécnico de Viseu - Escola Superior de Tecnologia Ano Lectivo 2001/2002 - Curso de Gestão de Empresas - Matemática Financeira

Instituto Superior Politécnico de Viseu - Escola Superior de Tecnologia Ano Lectivo 2001/2002 - Curso de Gestão de Empresas - Matemática Financeira ISPV - ESTV GESTÃO DE EMPRESAS - MATEMÁTICA FINANCEIRA / Instituto Superior Politécnico de Viseu - Escola Superior de Tecnologia Ano Lectivo / - Curso de Gestão de Empresas - Matemática Financeira A. Auto-avaliação:.

Leia mais

Plano de formação 2015 2016-2017. Ordem dos Solicitadores e dos Agentes de Execução

Plano de formação 2015 2016-2017. Ordem dos Solicitadores e dos Agentes de Execução Plano de formação 2015 2016-2017 Ordem dos es e dos Agentes de Execução Introdução À semelhança dos últimos anos, a formação profissional continua a ser um dos alicerces em que assenta a estratégia da

Leia mais

MINISTÉRIO DA FAZENDA CONSELHO NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS. RESOLUÇÃO CNSP N o 249, de 2012.

MINISTÉRIO DA FAZENDA CONSELHO NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS. RESOLUÇÃO CNSP N o 249, de 2012. MINISTÉRIO DA FAZENDA CONSELHO NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS RESOLUÇÃO CNSP N o 249, de 2012. Dispõe sobre a atividade dos corretores de seguros de ramos elementares e dos corretores de seguros de vida,

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico Etec Etec: Paulino Botelho Código: 091 Município: São Carlos Eixo Tecnológico: Informação e Comunicação Habilitação Profissional: Técnico em Programação de

Leia mais

PLANO DE ENSINO E APRENDIZAGEM CURSO: Direito

PLANO DE ENSINO E APRENDIZAGEM CURSO: Direito Disciplina: Direito Civil VI C.H. Teórica: 60 PLANO DE ENSINO E APRENDIZAGEM CURSO: Direito Período Letivo: Série: Periodo: 2 sem/2013 6ª Série Não definido C.H. Outras: 20 Semestre de Ingresso: 1º C.H.

Leia mais

Pré-Requisito: IED I. Professor: Kleber Monteiro Braga Titulação: Mestre

Pré-Requisito: IED I. Professor: Kleber Monteiro Braga Titulação: Mestre CURSO DE DIREITO Autorizado pela Portaria no 3.355 de 05/12/02 DOU de 06/12/02 Componente Curricular: Direito Civil I - Parte Geral Código: DIR 165 CH Total: 60 h Pré-Requisito: IED I Período Letivo: 2014.2

Leia mais

PLANO DE ENSINO PROF. CRISTIANO SALMEIRÃO 2014

PLANO DE ENSINO PROF. CRISTIANO SALMEIRÃO 2014 PLANO DE ENSINO PROCESSO PENAL I PROCESSO PENAL I PROF. CRISTIANO SALMEIRÃO 2014 MISSÃO E OBJETIVOS DA INSTITUIÇÃO Promover a formação integral do homem, com valores éticos e cristãos. Preparar profissionais

Leia mais

REGULAMENTO DO NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA Escritório de Assistência Jurídica EAJ CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS

REGULAMENTO DO NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA Escritório de Assistência Jurídica EAJ CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS REGULAMENTO DO NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA Escritório de Assistência Jurídica EAJ Dispõe sobre a estruturação e operacionalização do Núcleo de Prática Jurídica (Escritório de Assistência Jurídica EAJ).

Leia mais

Programação Aula-a-Aula

Programação Aula-a-Aula FACULDADE SUMARÉ PLANO DE ENSINO Curso: (curso/habilitação) Ciências Contábeis Disciplina: Perícia Contábil Carga Horária: (horas/semestre) 50 aulas Semestre Letivo / Turno: 8º. Semestre Professor: Período:

Leia mais

Lei n.º 2/10 de 25 de Março

Lei n.º 2/10 de 25 de Março Sumário Da Publicação e do Formulário dos Diplomas Legais. Revoga a Lei n.º 8/93, de 30 de Julho e demais legislação que contrarie o disposto na presente lei. Índice ARTIGO 1.º (PUBLICAÇÃO)... 1 ARTIGO

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico Etec Etec: PAULINO BOTELHO Código: 091 Município:São Carlos Eixo Tecnológico: Controle e Processos Industriais Habilitação Profissional: Técnico em Mecatrônica

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE DIREITO DEPTO. DE DIREITO DO TRABALHO E DA SEGURIDADE SOCIAL

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE DIREITO DEPTO. DE DIREITO DO TRABALHO E DA SEGURIDADE SOCIAL DISCIPLINA: SEGURIDADE SOCIAL DTB0317 DOCENTE RESPONSÁVEL: PROFESSOR DOUTOR FLÁVIO ROBERTO BATISTA PERÍODO IDEAL: 6º SEMETRE CARGA HORÁRIA: 2 CRÉDITOS PLANO DE CURSO: OBJETIVOS: A disciplina está inserida

Leia mais

Prefeitura Municipal de Castro-PR

Prefeitura Municipal de Castro-PR CONCURSO PÚBLICO N 001/2014 EDITAL N 03 LOCAL DE PROVA O PREFEITO DO MUNICÍPIO DE CASTRO, Estado do Paraná, no uso de suas atribuições, e na forma prevista no artigo 37 da Constituição Federal; na Lei

Leia mais

CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DE JATAÍ - CESUT A s s o c i a ç ã o J a t a i e n s e d e E d u c a ç ã o

CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DE JATAÍ - CESUT A s s o c i a ç ã o J a t a i e n s e d e E d u c a ç ã o EMENTA: Recursos Trabalhistas. Execução Trabalhista. Dissídio Coletivo. Procedimentos Especiais. OBJETIVOS GERAIS Proporcionar ao aluno o conhecimento sobre o processamento dos recursos, execução, dissídio

Leia mais

Curso Tecnológico de Administração/12.º Nº de anos: 1 Duração: 120 minutos Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho

Curso Tecnológico de Administração/12.º Nº de anos: 1 Duração: 120 minutos Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho Curso Tecnológico de Administração/12.º Prova: Prática Nº de anos: 1 Duração: 120 minutos Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho 1. Introdução O presente documento visa divulgar as características da

Leia mais

PROCEDIMENTO PARA A QUALIFICAÇÃO DE VERIFICADOR DE PÓS-AVALIAÇÃO. Versão 1.0 Dezembro 2015

PROCEDIMENTO PARA A QUALIFICAÇÃO DE VERIFICADOR DE PÓS-AVALIAÇÃO. Versão 1.0 Dezembro 2015 PROCEDIMENTO PARA A QUALIFICAÇÃO DE VERIFICADOR DE PÓS-AVALIAÇÃO Versão 1.0 Dezembro 2015 Índice 1. Objetivo... 2 2. Campo de aplicação... 2 3. Documentos de referência... 2 4. Qualificação de verificadores

Leia mais

PROGRAMA DE DISCIPLINA

PROGRAMA DE DISCIPLINA I. Curso: DIREITO / BACHARELADO II. Disciplina: PROGRAMA DE DISCIPLINA DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO (D-50) Área: Ciências Sociais Período: 9º - Nono Turno: Matutino/Noturno Ano: 2010.2 Carga Horária:

Leia mais

PERGUNTAS FREQUENTES CUSTAS JUDICIAIS

PERGUNTAS FREQUENTES CUSTAS JUDICIAIS PERGUNTAS FREQUENTES CUSTAS JUDICIAIS 1- Como proceder com relação aos Mandados de Segurança?... 2 2- É possível distribuir um feito sem recolher custas iniciais?... 2 3- É necessário recolher custas referentes

Leia mais

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - Cetec. Ensino Técnico

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - Cetec. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2013 Ensino Técnico Etec Prof. Massuyuki Kawano Código: 136 Município: Tupã Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios Habilitação Profissional: Técnica de Nível Médio de Técnico em

Leia mais

Versão 1.00. Referenciais de FORMAÇÃO. Padel. Menção de formação. Grau

Versão 1.00. Referenciais de FORMAÇÃO. Padel. Menção de formação. Grau Versão 1.00 Referenciais de FORMAÇÃO Padel Menção de formação Grau I Versão 1.00 Referenciais de FORMAÇÃO Padel Menção de formação Grau I Edição: Conteúdos: Data: Instituto Português do Desporto e Juventude,

Leia mais

CURSO 101 CONTABILIDADE FINANCEIRA PLANO TEMÁTICO

CURSO 101 CONTABILIDADE FINANCEIRA PLANO TEMÁTICO A ponte para o SEU sucesso CURSO 101 CONTABILIDADE FINANCEIRA PLANO TEMÁTICO Este Material foi elaborado pela CAT CONSULTORES. Não deverá ser distribuida nenhuma cópia do mesmo, sem nenhuma permissão expressa.

Leia mais

R E S O L U Ç Ã O. Parágrafo único. O novo currículo é o 0003-LS, cujas ementas e objetivos das disciplinas também constam do anexo.

R E S O L U Ç Ã O. Parágrafo único. O novo currículo é o 0003-LS, cujas ementas e objetivos das disciplinas também constam do anexo. RESOLUÇÃO CONSEPE 12/2015 ALTERA MATRIZ CURRICULAR E APROVA O PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO DE PÓS- GRADUAÇÃO LATO SENSU EM DIREITO PROCESSUAL CIVIL DA UNIVERSIDADE SÃO FRANCISCO USF. O Presidente do Conselho

Leia mais

ACTOS NOTARIAIS ADVOGADOS. Márcia Lemos

ACTOS NOTARIAIS ADVOGADOS. Márcia Lemos ACTOS NOTARIAIS DE ADVOGADOS 2015 Márcia Lemos Os melhores estímulos são os que provocam desejo de aprender. F. Nietzsche Sumário: 1. Apresentação e resenha legislativa 2. Procurações, reconhecimentos

Leia mais

ÍNDICE GERAL. Regime Geral das Contra-Ordenações

ÍNDICE GERAL. Regime Geral das Contra-Ordenações ÍNDICE GERAL DECRETO-LEI N. 232/79, de 24 DE JULHO... 17 Lei n. 24/82, de 23 de Agosto... 22 Decreto-Lei n. 433/82, de 27 de Outubro... 24 Lei n. 4/89, de 3 de Março... 28 Decreto-Lei n. 356/89, de 17

Leia mais

RESOLUÇÃO CADM 05/11, DE 28 DE MARÇO DE 2011

RESOLUÇÃO CADM 05/11, DE 28 DE MARÇO DE 2011 RESOLUÇÃO CADM 05/11, DE 28 DE MARÇO DE 2011 Homologa regulamento para os trabalhos das disciplinas TCC I e TCC II do Curso de Bacharelado em Administração. A PRESIDENTE DO COLEGIADO DO CURSO DE BACHARELADO

Leia mais

Propostas de reforma legislativa da Lei nº 15.424/04. (Lei de Emolumentos Mineira) Telma Lúcia Sarsur

Propostas de reforma legislativa da Lei nº 15.424/04. (Lei de Emolumentos Mineira) Telma Lúcia Sarsur Propostas de reforma legislativa da Lei nº 15.424/04 (Lei de Emolumentos Mineira) Telma Lúcia Sarsur 1 I Propostas relativas à revisão de preceitos legais já incorporados à lei Supressão da parte final

Leia mais

CURSO DE ODONTOLOGIA Autorizado plea Portaria nº 377 de 19/03/09 DOU de 20/03/09 Seção 1. Pág. 09

CURSO DE ODONTOLOGIA Autorizado plea Portaria nº 377 de 19/03/09 DOU de 20/03/09 Seção 1. Pág. 09 CURSO DE ODONTOLOGIA Autorizado plea Portaria nº 377 de 19/03/09 DOU de 20/03/09 Seção 1. Pág. 09 Componente Curricular: ANATOMIA III: DESENHO E ESCULTURA DENTAL Código: ODO-016 Pré-requisito: Anatomia

Leia mais

FACULDADE DE DIREITO DE SOROCABA FADI 2016

FACULDADE DE DIREITO DE SOROCABA FADI 2016 FACULDADE DE DIREITO DE SOROCABA FADI 2016 Disciplina: Direito Penal IV Departamento III Direito Penal e Direito Processo Penal Carga Horária Anual: 100 h/a Tipo: Anual 5º ano Docente Responsável: Gustavo

Leia mais

D e p a r t a m e n t o d e C i ê n c i a s E x p e r i m e n t a i s G r u p o 5 2 0 CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO Ano letivo de 2013/2014

D e p a r t a m e n t o d e C i ê n c i a s E x p e r i m e n t a i s G r u p o 5 2 0 CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO Ano letivo de 2013/2014 D e p a r t a m e n t o d e C i ê n c i a s E x p e r i m e n t a i s G r u p o 5 2 0 CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO Ano letivo de 2013/2014 Os critérios específicos presentes neste documento constituem uma base

Leia mais

Atividades Complementares

Atividades Complementares UNIP Universidade Paulista Engenharia Atividades Complementares O QUE SÃO ATIVIDADES COMPLEMENTARES OBJETIVOS DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES CONTEÚDOS GERAIS PONTUAÇÕES DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES ORIENTAÇÕES

Leia mais

Reforço em Matemática. Professora Daniela Eliza Freitas. Disciplina: Matemática

Reforço em Matemática. Professora Daniela Eliza Freitas. Disciplina: Matemática Reforço em Matemática Professora Daniela Eliza Freitas Disciplina: Matemática PROPOSTA PEDAGÓGICA Justificativa: Existe um grande número de alunos que chegam no ensino médio sem saberem a matemática básica

Leia mais

Mestrado: Forense. Disciplina: Mercado de Capitais. Docente: Fátima Gomes 1. INTRODUÇÃO O MERCADO DE CAPITAIS E O DIREITO DOS

Mestrado: Forense. Disciplina: Mercado de Capitais. Docente: Fátima Gomes 1. INTRODUÇÃO O MERCADO DE CAPITAIS E O DIREITO DOS Mestrado: Forense Disciplina: Mercado de Capitais Docente: Fátima Gomes Ano lectivo: 2010-2011 Semestre: 1º semestre 1. Programa da disciplina: 1. INTRODUÇÃO O MERCADO DE CAPITAIS E O DIREITO DOS VALORES

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Etec Ensino Técnico Etec: São José do Rio Pardo Código: 150 Município: São José do Rio Pardo Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios Habilitação Profissional: Técnica de Nível

Leia mais

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS ESCOLA DE DIREITO E RELAÇÕES INTERNACIONAIS CURSO DE DIREITO PLANO DE ENSINO

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS ESCOLA DE DIREITO E RELAÇÕES INTERNACIONAIS CURSO DE DIREITO PLANO DE ENSINO PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS ESCOLA DE DIREITO E RELAÇÕES INTERNACIONAIS CURSO DE DIREITO PLANO DE ENSINO UNIDADE JUR 3103 DISCIPLINA Direito Civil III TURMA: C02 SALA: PROFESSORA SIRLENE

Leia mais

PROGRAMAÇÃO ORIENTADA A OBJETOS -PLANO DE ENSINO. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc.

PROGRAMAÇÃO ORIENTADA A OBJETOS -PLANO DE ENSINO. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. PROGRAMAÇÃO ORIENTADA A OBJETOS -PLANO DE ENSINO Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. Ementa Proporcionar uma experiência com a programação orientada a objetos através da modelagem conceitual e sua implementação.

Leia mais

Requerimento de Despejo

Requerimento de Despejo Requerimento de Despejo (Deverá entregar este requerimento numa das secretarias judiciais competentes para o efeito. Poderá consultar quais são, juntamente com mais informações sobre o, em https://www.bna.mj.pt)

Leia mais

PLANIFICAÇÃO MODULAR ANO LETIVO 2012 / 2013

PLANIFICAÇÃO MODULAR ANO LETIVO 2012 / 2013 Inserir data e Hora N.º ORDEM 4 N.º DE HORAS 36 Horas 43,2 Aulas PLANIFICAÇÃO MODULAR ANO LETIVO 2012 / 2013 CURSO/CICLO DE FORMAÇÃO: Técnico de Comércio 2011/2014 DISCIPLINA: Comunicar no Ponto de Venda

Leia mais

Sumário. Parte I TEORIA GERAL DOS CONTRATOS

Sumário. Parte I TEORIA GERAL DOS CONTRATOS Sumário Parte I TEORIA GERAL DOS CONTRATOS Capítulo 1 O UNIVERSO DOS CONTRATOS... 19 1. A Importância dos Contratos e a sua Evolução Histórica... 19 2. Conceito e a Natureza Jurídica dos Contratos. O Diálogo

Leia mais

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - Cetec. Ensino Técnico. Componente Curricular: APLICATIVOS INFORMATIZADOS NA ENFERMAGEM

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - Cetec. Ensino Técnico. Componente Curricular: APLICATIVOS INFORMATIZADOS NA ENFERMAGEM Plano de Trabalho Docente 2013 Ensino Técnico ETEC PROFESSOR MASSUYUKI KAWANO Código: 136 Município: Tupã (SP) Eixo Tecnológico: AMBIENTE, SAÚDE E SEGURANÇA Habilitação Profissional: Técnica de Nível Médio

Leia mais

PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA PROFESSOR VOLUNTÁRIO NA ÁREA DE CONHECIMENTO: DIREITO

PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA PROFESSOR VOLUNTÁRIO NA ÁREA DE CONHECIMENTO: DIREITO PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA PROFESSOR VOLUNTÁRIO NA ÁREA DE CONHECIMENTO: DIREITO O Instituto de Ciência e Tecnologia da Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri (UFVJM), nos termos

Leia mais

GARANTIAS DAS OBRIGAÇÕES

GARANTIAS DAS OBRIGAÇÕES GARANTIAS DAS OBRIGAÇÕES ELEMENTOS DA DISCIPLINA DOCÊNCIA: Ana Maria Taveira da Fonseca ANO LECTIVO: 2015/2016 1.º SEMESTRE ENSINO: Aulas teórico-práticas CARGA HORÁRIA: 2h30 por semana 6 ECTS OBJETIVOS

Leia mais

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - CETEC. Ensino Técnico

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - CETEC. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2013 Ensino Técnico ETEC Professor Massuyuki Kawano Código: 136 Município: TUPÃ Eixo Tecnológico: Infraestrutura Habilitação Profissional: Técnico de Nível Médio de Técnico em

Leia mais

CARGA HORÁRIA SEMANAL: 04 CRÉDITO: 04 CARGA HORÁRIA SEMESTRAL: 60 NOME DA DISCIPLINA: DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO NOME DO CURSO: DIREITO

CARGA HORÁRIA SEMANAL: 04 CRÉDITO: 04 CARGA HORÁRIA SEMESTRAL: 60 NOME DA DISCIPLINA: DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO NOME DO CURSO: DIREITO 1. IDENTIFICAÇÃO PERÍODO: 6º CARGA HORÁRIA SEMANAL: 04 CRÉDITO: 04 CARGA HORÁRIA SEMESTRAL: 60 NOME DA DISCIPLINA: DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO NOME DO CURSO: DIREITO 2. EMENTA Evolução Histórica: breves

Leia mais

Universidade Anhanguera-Uniderp Pró-Reitoria de Graduação. Curso: PSICOLOGIA PLANO DE ENSINO E APRENDIZAGEM

Universidade Anhanguera-Uniderp Pró-Reitoria de Graduação. Curso: PSICOLOGIA PLANO DE ENSINO E APRENDIZAGEM Universidade Anhanguera-Uniderp Pró-Reitoria de Graduação Curso: PSICOLOGIA PLANO DE ENSINO E APRENDIZAGEM Disciplina ou Módulo: Estágio em Psicologia Organizacional I Série/Semestre: Período Letivo: 2011.

Leia mais

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - Cetec. Ensino Técnico. Qualificação: Assistente Administrativo

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - Cetec. Ensino Técnico. Qualificação: Assistente Administrativo .. Plano de Trabalho Docente 2013 Ensino Técnico Etec Prof Massuyuki Kawano Código: 136 Município: Tupã Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios Habilitação Profissional: Técnico em Administração Qualificação:

Leia mais

Código: CHCB. PI.JUR.01 Edição: 1 Revisão: 1 Páginas:1 de 5. 1. Objectivo

Código: CHCB. PI.JUR.01 Edição: 1 Revisão: 1 Páginas:1 de 5. 1. Objectivo Código: CHCB. PI.JUR.01 Edição: 1 Revisão: 1 Páginas:1 de 5 1. Objectivo São objectivos predominantes do Gabinete Jurídico, informar e colaborar em termos Jurídico Legais, na tomada de decisão do, contribuindo

Leia mais

Implementação do Processo de Bolonha a nível nacional. Grupos por Área de Conhecimento DIREITO

Implementação do Processo de Bolonha a nível nacional. Grupos por Área de Conhecimento DIREITO Implementação do Processo de Bolonha a nível nacional Grupos por Área de Conhecimento DIREITO Coordenador: Prof. Doutor Jorge Miranda Dezembro de 2004 2 Processo de Bolonha Relatório respeitante a Direito

Leia mais

GESTÃO DE EXCELÊNCIA 2 Gestão: um conjunto de tarefas que procuram garantir a afectação eficaz de todos os recursos disponibilizados pela organização,

GESTÃO DE EXCELÊNCIA 2 Gestão: um conjunto de tarefas que procuram garantir a afectação eficaz de todos os recursos disponibilizados pela organização, LIDERANÇA E PLANEAMENTO ESTRATÉGICO DAS IPSS Cuidamos do Futuro do Envelhecimento em Portugal GESTÃO DE EXCELÊNCIA 2 Gestão: um conjunto de tarefas que procuram garantir a afectação eficaz de todos os

Leia mais

PLANO DE ENSINO E APRENDIZAGEM CURSO: Direito

PLANO DE ENSINO E APRENDIZAGEM CURSO: Direito Disciplina: Direito Civil I C.H. Teórica: 60 PLANO DE ENSINO E APRENDIZAGEM CURSO: Direito Período Letivo: Série: Periodo: 2 sem/2013 1ª Série Não definido C.H. Outras: 20 Semestre de Ingresso: 2º C.H.

Leia mais

Assistência técnica e royalties nos tribunais portugueses. Bruno Santiago

Assistência técnica e royalties nos tribunais portugueses. Bruno Santiago Assistência técnica e royalties nos tribunais portugueses Bruno Santiago Aspectos Gerais As questões relacionadas com a tributações dos royalties assumem uma particular acuidade em situações internacionais.

Leia mais

Regimento de Atividades Complementares do Bacharelado em Artes Cênicas da Universidade Federal de Santa Catarina.

Regimento de Atividades Complementares do Bacharelado em Artes Cênicas da Universidade Federal de Santa Catarina. Regimento de Atividades Complementares do Bacharelado em Artes Cênicas da Universidade Federal de Santa Catarina. CAPÍTULO I Das Disposições Iniciais Art.1º - Observando o disposto no Artigo 08º da Resolução

Leia mais

PEÇA: RT PURA - NOTA: 5.0... 2 PEÇA: CONTESTAÇÃO - NOTA: 1,4... 8 PEÇA: RECLAMAÇÃO TRABALHISTA - NOTA: 3,7... 16

PEÇA: RT PURA - NOTA: 5.0... 2 PEÇA: CONTESTAÇÃO - NOTA: 1,4... 8 PEÇA: RECLAMAÇÃO TRABALHISTA - NOTA: 3,7... 16 ESPELHOS E PROVAS 1 Sumário PEÇA: RT PURA - NOTA: 5.0... 2 PEÇA: CONTESTAÇÃO - NOTA: 1,4... 8 PEÇA: RECLAMAÇÃO TRABALHISTA - NOTA: 3,7... 16 PEÇA: RECLAMAÇÃO TRABALHISTA - NOTA: 2,0... 21 PEÇA: RECLAMAÇÃO

Leia mais

Programa de Unidade Curricular

Programa de Unidade Curricular Programa de Unidade Curricular Faculdade ARQUITECTURA E ARTES Licenciatura ARQUITECTURA Unidade Curricular DIMENSIONAMENTO ESTRUTURAL Semestre: 8 Nº ECTS: 3,5 Regente Professor Doutor Artur Jorge de Oliveira

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2012. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2012. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2012 Ensino Técnico ETEC Monsenhor Antonio Magliano Código: 088 Município: Garça Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios Habilitação Profissional: Técnica de Nível Médio em Marketing

Leia mais

DISPOSIÇÕES GERAIS ARTIGO 1.º

DISPOSIÇÕES GERAIS ARTIGO 1.º REGULAMENTO CIMASA, aprovado pela Assembleia Geral, em reunião de 18 de Dezembro de 2002, nos termos da alínea i), do artigo 14º, dos Estatutos do Cimasa No quadro da Lei nº 31/86 de 29 de Agosto e do

Leia mais

Sumário. Apresentação... IX Introdução... XIX

Sumário. Apresentação... IX Introdução... XIX Sumário Apresentação......................................................................................................... IX Introdução..........................................................................................................

Leia mais

INSTRUÇÃO N.º 27/2012 - (BO N.º 9, 17.09.2012)

INSTRUÇÃO N.º 27/2012 - (BO N.º 9, 17.09.2012) INSTRUÇÃO N.º 27/2012 - (BO N.º 9, 17.09.2012) Temas ESTATÍSTICAS Estatísticas das Operações com o Exterior ASSUNTO: Estatísticas de Operações e Posições com o Exterior No uso das competências atribuídas

Leia mais

REGULAMENTO DE CREDITAÇÃO DO ISEL. Artigo 1.º Objecto. Artigo 2.º Definições

REGULAMENTO DE CREDITAÇÃO DO ISEL. Artigo 1.º Objecto. Artigo 2.º Definições REGULAMENTO DE CREDITAÇÃO DO ISEL O Decreto-Lei nº 74/2006, de 24 de Março (Regime Jurídico dos Graus Académicos e Diplomas do Ensino Superior), estabelece normas relativas à mobilidade dos estudantes

Leia mais

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - Cetec. Ensino Técnico

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - Cetec. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico Etec Prof. Massuyuki Kawano EXT. E. E. PROFESSOR PEDRO SUMMERHAUZER EM QUINTANA Código: Município: Quintana Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios Habilitação

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular TECNOLOGIA E SISTEMAS DE COMPUTAÇÃO Ano Lectivo 2011/2012

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular TECNOLOGIA E SISTEMAS DE COMPUTAÇÃO Ano Lectivo 2011/2012 Programa da Unidade Curricular TECNOLOGIA E SISTEMAS DE COMPUTAÇÃO Ano Lectivo 2011/2012 1. Unidade Orgânica Ciências da Economia e da Empresa (2º Ciclo) 2. Curso MESTRADO EM CIÊNCIAS DA COMPUTAÇÃO 3.

Leia mais

CURSO DE ODONTOLOGIA Autorizado pela Portaria no 131, de 13/01/11, publicada no DOU no 11, de17/01/11, seção 1, pág.

CURSO DE ODONTOLOGIA Autorizado pela Portaria no 131, de 13/01/11, publicada no DOU no 11, de17/01/11, seção 1, pág. CURSO DE ODONTOLOGIA Autorizado pela Portaria no 131, de 13/01/11, publicada no DOU no 11, de17/01/11, seção 1, pág.14 Componente Curricular: ANATOMIA HUMANA I Código: ODO-003 Pré-requisito: - Período

Leia mais

FACULDADE DE DIREITO DE FRANCA PLANO DE ENSINO - 2015

FACULDADE DE DIREITO DE FRANCA PLANO DE ENSINO - 2015 FACULDADE DE DIREITO DE FRANCA PLANO DE ENSINO - 2015 1. INFORMAÇÕES GERAIS 1.1 PROFESSOR: Iara Marthos Águila 1.2 DEPARTAMENTO: Direito Privado 1.3 DISCIPLINA: Direito do Trabalho 1.4 SÉRIE: 5º. Ano TURMAS:

Leia mais

SUMÁRIO APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO...

SUMÁRIO APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO... SUMÁRIO APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO... 11 capítulo I função e carreira do procurador do estado... 15 1. Introdução e breve reconstrução histórica das Procuradorias Estaduais no Brasil...15 2. Fundamento constitucional

Leia mais

Faculdade da Alta Paulista

Faculdade da Alta Paulista Plano de Ensino Disciplina: DIREITO E LEGISLAÇÃO TRIBUTÁRIA Código: Série: 3ª Obrigatória (X ) Optativa ( ) CH Teórica: CH Prática: CH Total: 80h Período Letivo: 2015 Obs: Objetivos Garantir que o aluno

Leia mais