NAVARRA SETÚBAL PENÍNSULA BASILICATA. Inteligencia em inovação, Centro de Inovação. Fórum da Indústria Automóv el de Palmela

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "NAVARRA SETÚBAL PENÍNSULA BASILICATA. Inteligencia em inovação, Centro de Inovação. Fórum da Indústria Automóv el de Palmela"

Transcrição

1 BASILICATA NAVARRA SETÚBAL PENÍNSULA Fórum da Indústria Automóv el de Palmela Inteligencia em inovação, Centro de Inovação

2 2007 A INDÚSTRIA AUTOMÓVEL DE PALMELA NO CONTEXTO INTERNACIONAL Caracterização Directório

3 INTRODUÇÃO AO DIRECTÓRIO O Cluster Automóvel de Palmela tem-se afirmado como um dos mais importantes pólos de desenvolvimento regional, contribuindo para o crescente posicionamento de Palmela como uma das regiões mais competitivas da Europa. Mais de uma centena de empresas de produtos e serviços para a Indústria automóvel estão aqui situadas. Desde fornecedores de componentes, módulos e sistemas a um construtor (a VW Autoeuropa), passando por um Centro de Engenharia (o CEIIA) e uma Academia de Formação (ATEC) e terminando numa Associação de desenvolvimento sectorial (o FIAPAL), o Cluster Automóvel de Palmela representa 0,7% do PIB nacional e contribui com 12,6% da riqueza gerada na região. Esta dimensão de impacto económico abre oportunidades e lança desafios de desenvolvimento assentes em estratégias de consolidação e expansão para gerações de produtos e serviços. Assim se pretende responder aos desafios de mercados mais sofisticados e aos novos conceitos de mobilidade, antecipando o posicionamento da região nesta vertente mais generalista. Caberá ao FIAPAL liderar a dinamização e o desenvolvimento de iniciativas, acções e projectos estratégicos que contribuam para o reforço da sua competitividade a nível internacional. O presente Directório é fruto de um trabalho de colaboração entre vários actores empenhados no desenvolvimento e afirmação do sector. Destacamos as empresas, na sua maioria associadas do FIAPAL e cuja informação detalhada se anexa, a Associação Empresarial AERSET, a Câmara Municipal de Palmela e o Centro de Inteligência INTELI todos eles envolvidos no projecto europeu ICARO Innovation Car Opportunity, uma iniciativa de parceira transnacional, que conclui agora os seus dois anos de trabalhos. O Presidente do FIAPAL Octávio Carmo Costa

4

5 ÍNDICE PARTE I I. A INDÚSTRIA AUTOMÓVEL DE PALMELA Expressão Económica Breve Caracterização Montagem Componentes Análise Crítica: Capacidades UMA ESTRATÉGIA NO HORIZONTE DE Quadro de Oportunidades Visão Estratégia Linhas de Acção PARTE II 1. DIRECTÓRIO... 15

6

7 PARTE I A INDÚSTRIA AUTOMÓVEL EM PALMELA

8

9 I. A INDÚSTRIA AUTOMÓVEL EM PALMELA 1.1. Expressão Económica A indústria automóvel tem um peso significativo na estrutura económica da região de Palmela e nacional. Com um peso de cerca de 0.7% no PIB nacional, contribui com 12.6% da riqueza gerada na região. Quadro 1: Peso no PIB Regional e Nacional Regional Nacional Peso no PIB (VAB) A indústria automóvel tem sido um forte indutor de investimento na economia local, seja com origem em empresas estrangeiras, seja motivado pelo crescimento das empresas de base nacional. A presença de grandes empresas estrangeiras, nomeadamente de construtores e de um conjunto de fornecedores de grande dimensão, têm permitido o crescimento e projecção da indústria, alicerçados numa extensa base de fornecedores nacionais. Quadro 3: Principais Investimentos Recentes na Indústria Automóvel em Palmela Montagem 6.3% 0.4% Empresa Nacionalidade Data Inv. Total (Mf) Componentes 6.3% 0.3% Autoeuropa EUA/AL Total 12.6% 0.7% Sommer Allibert (hoje Faurecia) FR Fonte: Projecto I-CAR-O Visteon EUA A nível de emprego, a indústria automóvel de Palmela representa cerca de 15.7% do emprego na indústria na região e 4.6% do emprego total, contribuindo com cerca de 5% para as exportações da região. Faurecia Webasto VW Autoeuropa Inapal Plásticos FR ALE ALE PT Quadro 2: Contribuição para Emprego e Exportações Locais SPPM PT/ES Indústria Total Matrisa PT Emprego Inapal Metal PT Montagem 4.3% 1.2% Fonte: Diversas fontes Componentes 11.4% 3.3% 1.2. Breve Caracterização Total Peso nas exportações Montagem 15.7% 4.4% 4.5% 3.9% Componentes 0.7% 0.6% Total 5.1% 4.5% Fonte: Projecto I-CAR-O Montagem Com um volume de produção que representou, desde o início da actividade, entre metade e três quartos do total de veículos produzidos em Portugal, a VW Autoeuropa, localizada em Palmela, é a maior unidade de montagem em Portugal. Com uma capacidade instalada de cerca de veículos por ano, manteve um volume de produção

10 entre os e as unidades entre 1996 e É o maior gerador de emprego na montagem, contabilizando cerca de 3000 empregos directos, com um impacto total em termos de emprego de aproximadamente 8000 pessoas, uma vez contabilizados os postos de trabalho no parque industrial e os serviços subcontratados. O empreendimento é resultado do maior volume de investimento directo estrangeiro alguma vez registado em Portugal e, na região, num volume hoje da ordem dos 2.5 mil milhões de euros. Actualmente, a VW Autoeuropa encontra-se no início de um novo ciclo que poderá, segundo as perspectivas mais positivas, resultantes do recente anúncio deste construtor, de investimentos no valor de 541 milhões de euros, até 2010, os quais poderão significar a produção de mais um modelo da VW, nomeadamente o VW Pólo, para além dos já em fabrico, Eos e Scirocco, e do ainda não confirmado VW Sharan II/SEAT Alambra. Quadro 4: Principais Indicadores da Autoeuropa Indicador Nº Veículos Produzidos Capacidade Instalada % Capacidade Utilizada 23% 66% 73% 77% 76% 70% 76% 75% 61% 53% 44% 45% Emprego Volume de Vendas (Milhões ) Fonte: Diversas Fontes Componentes Em Palmela, a indústria de componentes tem um volume significativo face ao total nacional, representando 1.2 mil milhões de euros em 2005, e uma massa laboral de cerca de 7900 pessoas. Estes são valores sujeitos a oscilações, face ao peso da VW Autoeuropa enquanto principal cliente que, se encontra no início de um novo ciclo, tendo reduzido significativamente o volume de produção e, consequentemente, de compras a fornecedores. Quadro 5: Dimensão da Indústria de Componentes em Palmela Módulos e Sistemas Comp. Eléctricos e Electrónicos Plásticos e Borracha Processamento de Metal Negócios (M ) % % 112 9% 24 2% Trabalhadores % % 621 8% 159 2% Outros 4 0% 42 1% Total Fonte: Análise INTELI

11 Misto 10% Portuguesa 20% 50 a 125 M 25 a 50 M 10 a 25 M 5 a 10 M 2.5 a 5 M Misto 10% Estrangeira 70% Portuguesa 20% 50 a 125 M Até 2.5 M 0% 20 % 40 % 60 % 80 % Maioritariamente Estrangeiro Maioritariamente Português 25 a 50 M Com base na amostra em estudo, é evidente o peso das empresas de capital estrangeiro, 70% do total, em oposição à situação encontrada para o país, com um maior equilíbrio entre as empresas nacionais e estrangeiras. A presença de multinacionais na região Estrangeira está relacionada com o fornecimento directo à VW Autoeuropa 70% sobretudo de módulos e sistemas de elevada complexidade em regime de proximidade (incluindo fornecimentos em just-in-time e just-in-sequence). 50 a 125M 30% 25 a 50M 20% Até 2.5M 10% 10 a 25 5 a 10 5 a 10M 2.5 a 5 M 20% Até a 25M 20% M M M 250 a 499 Figura 3: Dimensão 20% das Empresas em Palmela (v. negócios em 2005) 0% 20 % 40 % 60 % 80 % 100 % 100 a % Até 49 10% 50 a 99 40% Misto 10% Estrangeira 70% Portuguesa 20% 50 a 125M 30% 50 a 125 M 25 a 50 M Figura 1: Nacionalidade (Palmela) 10 a 25 M 5 a 10 M 2.5 a 5 M 25 a 50M 20% Até 2.5 M Até 2.5M 10% Maioritariamente Estrangeiro Maioritariamente Português Figura 4: Dimensão das Empresas em Palmela (n. trabalhadores em 2005) 10 a 25M 20% 5 a 10M 20% 100 a % 250 a % Até 49 10% 50 a 99 40% ortuguesa 20% M 5 a 10M 20% 50 a 125M 30% 50 a 125 M 25 a a a 5 Até a 50M 5 a 10 M M M M M Até 2.5M 10% 10 a 25M 5 a 10M 20% 0% 20 % 40 % 60 % 80 % 100 % Maioritariamente Estrangeiro Maioritariamente Português 100 a % 20% 20% Figura 2: Dimensão das Empresas vs. Nacionalidade (Palmela) 250 a % Até 49 10% Há uma distribuição equilibrada entre empresas de escalões de dimensão diversos, enquanto a nível nacional se evidencia uma maior importância de empresas de pequena e média dimensão. 0% 20 % 40 % 60 % 80 % 100 % 250 a % 1.3. Análise Crítica: Capacidades A reflexão crítica com os actores locais, desenvolvida no âmbito Até 49 10% do projecto transnacional I-CAR-O Innovation Car Opportunity, resultou num conjunto de questões que importa reter: - As empresas apresentam diferentes estratégias: fornecimento dos mercados mundiais a partir da região ou fornecimento exclusivo 50 a 99 40% à VW Autoeuropa; em qualquer dos casos, a dependência da VW Autoeuropa é muito forte; - O crescimento tem sido sustentado tanto no mercado local quanto nas exportações; - Períodos de baixa de actividade da VW Autoeuropa tem levado a fortes reduções na capacidade instalada, no emprego e no 50 a 99 40% 10 a 25M 20% 100 a %

12 volume de negócios e, inclusive, a encerramentos de fornecedores; no entanto, o novo ciclo da Autoeuropa abre perspectivas de crescimento e de atracção de novos investimentos; - De acordo com as empresas, as condições locais são competitivas, à excepção da flexibilidade laboral; - A melhoria das condições em que se realiza a logística de abastecimento é vista pela generalidade de fornecedores e pela Autoeuropa como fundamental. Com cerca de 85% dos fornecedores directos da VW Autoeuropa fora de território nacional, a posição periférica do país relativamente aos grandes países produtores de componentes europeus, designadamente Alemanha e França, é bastante penalizadora. A adopção de plataformas globais (Passat e Golf) nos novos modelos da VW Autoeuropa, e a consequente partilha entre modelos de componentes, sistemas e módulos, poderá contribuir para a centralização da produção e a redução da incorporação local/ nacional. Algumas questões foram consideradas como críticas: 10 - Estratégias de operações e logística, trabalhando a eficiência da cadeia de valor local e desenvolvendo condições de acesso aos mercados globais; - A dimensão e capacidade de investimento das PMEs de origem portuguesa; - A capacidade de engenharia e desenvolvimento de produtos e processos e a I&D como fonte de crescimento; - Capital Humano, nomeadamente a qualificação das pessoas, de base e específica, aos mais diversos níveis de actividade e responsabilidade nas empresas; - A coordenação de actores, traduzida no reforço do papel do FIAPal Fórum Indústria Automóvel, Associação que representa o sector automóvel em Palmela/Península de Setúbal.

13 2. UMA ESTRATÉGIA NO HORIZONTE DE Quadro de Oportunidades globais da mobilidade, de acordo com as seguintes linhas: A forma como tem evoluído o contexto internacional lança desafios e abre um conjunto de oportunidades que permite perspectivar uma estratégia de desenvolvimento segundo as seguintes linhas: 1. Explorar o desenvolvimento da indústria local segundo uma estratégia de especialização, nomeadamente face a regiões emergentes; 2. Expandir a actividade da indústria de componentes, reforçando a sua presença nos mercados consolidados e explorando as regiões emergentes como plataformas de crescimento, tirando partido de todas as vantagens competitivas oferecidas; 3. Antecipar o posicionamento da região como um Cluster das Indústrias da Mobilidade Visão Palmela como uma das regiões mais competitivas da Europa, com base na capacidade da indústria de conceber, desenvolver novas gerações de conceitos e produtos de mobilidade, respondendo aos desafios dos mercados mais sofisticados e aos novos paradigmas de mobilidade, através de: - Consolidação de Palmela Cluster da mobilidade, integrador de tecnologias e sub-sectores; - Liderança tecnológica; - Abrangência global das cadeias de fornecimentos; - Estratégias de logística que garantem acesso aos mercados globais Estratégia Da análise e do trabalho com os diferentes actores, resultou a reafirmação e validação de uma estratégia para o posicionamento futuro da indústria automóvel de Palmela no quadro das indústrias 1. Crescimento interno baseado numa estratégia de especialização: - Explorar uma especialização da indústria automóvel local em veículos de nicho, ancorada na VW Autoeuropa (e mesmo a PSA Vigo), explorando a posição geográfica como porta de saída para os mercados mundiais, uma diferenciação face ao Leste, essencialmente focado em veículos de menor valor e produções em grande volume; - Nesta especialização, as empresas de componentes têm um papel determinante: o futuro da Autoeuropa no seio do grupo VW depende da sua ligação a uma indústria de componentes competitiva, e é uma fonte de crescimento e desenvolvimento das empresas através de actividades e produtos de grande valor acrescentado, que depois replicam na sua projecção para o exterior. 2. Expansão para novos mercados: - Aproveitar o Leste Europeu como um espaço de expansão para as empresas de componentes nacionais, como forma de ganhar dimensão, crescendo e arrastando outras empresas. Na região, as debilidades aos níveis das 2ª e 3ª linhas são muito evidentes, levantando problemas às unidades de montagem e aos fornecedores de 1ª linha; esta lacuna é (por enquanto) uma importante oportunidade para as empresas de base portuguesa de pequena e média dimensão. 3. Crescimento nos mercados consolidados: 1. Reforçar e consolidar posições em mercados estratégicos para a indústria de componentes, como a Alemanha e a França. Uma nova abordagem a estes mercados passa por estratégias de operações reforçando as exportações a partir de Portugal e explorando a localização na região. A presença no Leste, com excelentes condições para o fornecimento a unidades em países limítrofes, poderá ser determinante; 2. Reforçando a presença nas cadeia de fornecimentos da PSA 11

14 em Vigo e da Renault em Valladolid, que representam um mercado de proximidade com um volume de produção anual da ordem do milhão de unidades. 4. Posicionar a região como um Cluster das Indústrias da Mobilidade, a partir do sector automóvel Linhas de Acção O processo de trabalho encetado, envolvendo os actores da região, incidiu sobre o conjunto de áreas identificadas como críticas: desenvolvimento das cadeias de valor, engenharia e desenvolvimento de produto e processo, capital humano e governance e estratégia, de acordo com a visão apresentada. Tirando partido deste trabalho, e perspectivando-se levar estas competências mais além, abrindo a lógica de construção da competitividade da indústria automóvel às indústrias da mobilidade, três iniciativas são centrais a esta estratégia: VISÃO 2015 desenvolvimento de sinergias entre cidades pólos industriais das indústrias da mobilidade. Palmela como uma das regiões mais competitivas da Europa, com base na capacidade da indústria de conceber, desenvolver novas gerações de conceitos e produtos de mobilidade, respondendo aos desafios dos mercados mais sofisticados e aos novos paradigmas de mobilidade: Consolidação de Palmela Cluster da mobilidade, integrador de tecnologias e sub-sectores; Liderança tecnológica; Abrangência global das cadeias de fornecimentos; Estratégias de logística garantem acesso aos mercados globais. Excelência no Desempenho Duplicação investimento em I+D+I Crescimento nos mercados internacionais A região como test bed INICIATIVAS ÂNCO RA Programa Internacional de Desenvolvimento de Fornecedores Desempenho, operações, logística Engenharia e I+D+I Qualificação Centro internacional de desenvolvimento para as Indústrias da Mobilidade Automóvel>Aeronáutico>Ferroviário ITS Rede de C idades das Indústrias da Mobilidade Sinergia entre cidades pólos industriais automóvel aeronáutico ferrovia. Figura 5: Da Visão a Iniciativas Âncora para o Futuro Produtos VW AE Perspectiva Ibérica Novos Conceitos Novos Investimentos Dinâmica Interregional MIT + Fraunhofer 1. Programa Internacional de Desenvolvimento de Fornecedores, focado na excelência do desempenho das empresas a nível produtivo, desenvolvendo cadeias de valor ágeis e produtivas, capazes de competir nos mercados internacionais. 2. Centro Internacional das Indústrias da Mobilidade, constituído como um pólo de excelência para o desenvolvimento e, fundamentalmente, industrialização de novos conceitos e soluções de mobilidade: foco no desenvolvimento de novos conceitos e abordagens produto processo, criando competências na indústria para a concepção, desenvolvimento e fabrico, incluindo estratégias de operações e logística Rede Cidades das Indústrias da Mobilidade, numa lógica de

15 PARTE II DIRECTÓRIO 13

16

17 AC CONSULTING, LDA Contacto: Rua Vieira da Silva, Lt 1054 Quinta do Conde QUINTA DO CONDE Ana Oliveira Tel.: Fax: Função: Directora-Geral Website: Descrição da Empresa A AC Consulting é uma empresa de consultadoria na área de soluções em Recursos Humanos. Área de Actuação Recrutamento & Selecção Formação Trabalho Temporário Outsourcing Emprego Volume de Vendas % Capital Estrangeiro % Exportações % 5% Tecnologias Mercados Produtos / Serviços Start-Ups; Selecção e Recrutamento de Pessoal; Pesquisa Directa; Centros de Assessments; Simulações & Exercícios; Gestão de Carreiras; Planos de Desenvolvimento Pessoal; Formação e Desenvolvimento de Competências; Formação de Entrevistadores; Formação para Equipas e Lideres; Trabalho Temporário; Gestão de Contratos; Administração de RH. Clientes Inapal Metal - Reckitt Benckiser - Manuel da Conceição Graça - Inapal Plásticos - Schnellecke - Dan Cake Países Portugal - Espanha - Estados Unidos Certificações e Qualidade 15

18 APSS, ADMINISTRAÇÃO DOS PORTOS DE SETÚBAL E SESIMBRA Contacto: Praça da República SETÚBAL Vitor Caldeirinha Tel.: Fax: Função: Director de Desenvolvimento Estratégico e Logístico Website: Descrição da Empresa Administração Portuária Área de Actuação Gestão de Portos Emprego Volume de Vendas % Capital Estrangeiro % Exportações - Tecnologias Produtos / Serviços Terminais Portuários para Granéis Líquidos, Sólidos, Carga Geral, Ro-ro e Contentores Mercados Clientes Países Certificações e Qualidade 16

19 ATEC - ASSOCIAÇÃO DE FORMAÇÃO PARA A INDÚSTRIA Pq. Industrial da Autoeuropa Quinta da Marqueza Quinta do Anjo Contacto: Cátia Rocha Tel.: Fax: Função: Assistente de Administração Website: Descrição da Empresa A ATEC Academia de Formação visa essencialmente conferir e desenvolver conhecimentos e competências profissionais para a melhoria da performance quer dos indivíduos quer das organizações. A ATEC disponibiliza, ainda, a todas as empresas e instituições soluções de consultoria abrangentes e inovadoras nas áreas de Sist. Informáticos, Qualidade e Métodos, Formação Técnica, Formação Profissional e Desenvolvimento Pessoal e Organizacional. Área de Actuação Formação profissional de jovens, formação contínua, desenvolvimento de competências tecnológicas e sociais, formação de formadores, programas para executivos, desenvolvimento organizacional, serviços de consultoria, optimização de processos de produção, implementação do trabalho em equipa, TPM (Manutenção Produtiva Total), MTM(Methods Time Measurement), KVP2 (Processo de Melhoria Contínua), transferência estruturada de conhecimento, línguas, ferramentas de gestão de recursos humanos, especialização em programas à medida, conferências e workshops temáticos. Emprego Volume de Vendas % Capital Estrangeiro % Exportações Tecnologias EPLAN, CISCO Systems, Microsoft IT Academy, KONNEX Produtos / Serviços Formação e Consultoria Mercados Mercado Nacional Clientes SEAT Portugal, Unicer, Triunfo Internacional, BBT Termotecnologia Portugal, Portucel, Reckitt Beckinser Portugal, Renova, Groz-Beckert Portuguesa, Cosec, Equipar, Siemens, VW Autoeuropa entre outros Países Portugal - Espanha - Estados Unidos Certificações e Qualidade IQF APCER ISO 9001 IQNET 17

20 AUTOEUROPA Contacto: Quinta da Marqueza QUINTA DO ANJO Carmo Jardim Tel.: Fax: Função: Directora de Relações Públicas e Assuntos Governamentais Website: Descrição da Empresa A fábrica da VW Autoeuropa em Palmela representa o maior investimento estrangeiro até hoje feito em Portugal, e teve como objectivo a produção de três automóveis MPV (veículo multi-funcional) de três marcas diferentes: o VW Sharan, o SEAT Alhambra e o FORD Galaxy. A VW Autoeuropa tem um impacto fortemente positivo na economia portuguesa, sobretudo a nível das exportações. Área de Actuação Fabricante de veículos Emprego Volume de Vendas % Capital Estrangeiro % Exportações M 100% 98% Tecnologias Produtos / Serviços VW Sharan VW Eos Mercados Clientes Países Certificações e Qualidade ISO

21 AUTOVISION Contacto: Quinta da Marqueza QUINTA DO ANJO João Costa Tel.: Fax: Função: Director Website: Descrição da Empresa Empresa do Grupo Volkswagen dedicada à prestação de serviços à indústria Área de Actuação Logística Consultoria de Engenharia Qualidade Preparação de veículos especiais Serviços administrativos Emprego Volume de Vendas % Capital Estrangeiro % Exportações % 2% Tecnologias Produtos / Serviços Logística Consultoria de Engenharia Qualidade Preparação de veículos especiais Serviços administrativos Mercados Clientes Países Certificações e Qualidade NP EN ISO 9001:

22 BENTELER INDÚSTRIA DE COMPONENTES PARA AUTOMÓVEIS, LDA. Contacto: Pq. Industrial da Autoeuropa Lt PALMELA Vanda Ramos Tel.: Fax: Função: Assistente Direcção Website: Descrição da Empresa Empresa familiar alemã, de terceira geração e desde 1994 em Portugal. A metalomecânica foi a área de constituição da Benteler. Hoje é uma empresa de montagem de componentes, módulos de chassis, elementos de suspensão e soldadura de peças metálicas para a indústria automóvel. Área de Actuação Componentes eléctricos e electrónicos Emprego Volume de Vendas % Capital Estrangeiro % Exportações Tecnologias Ensaios: Dureza e tracção; medição 3D, calibração Montagem: automática, soldadura por pontos e MIG/MAG ERP: SAP Produtos / Serviços Eixo traseiro/dianteiro Suspensão Dianteira/traseira Mercados Clientes Volkswagen Autoeuropa Países 20 Certificações e Qualidade ISO OHSAS 18001

23 BILTES EQUIPAMENTOS INDÚSTRIAS E SERVIÇOS, LDA Contacto: Rua Anta de Agualva, 12-A Apartado AGUALVA-CACÉM Nuno Biltes Tel.: Fax: Função: General Manager Website: Descrição da Empresa A Biltes é um fornecedor global de serviços em tecnologias de equipamentos. Leque exclusivo de soluções abrangentes Consultoria e procurement Área de Actuação Indústria Automóvel Indústria Alimentar Indústria Hospitalar Indústria Moldes / Metalomecânica Serviços administrativos Emprego Volume de Vendas % Capital Estrangeiro % Exportações 7 Tecnologias Prestação de serviços na area de Prototipagem Rápida, Digitalização e Controlo Tridimensional, Engenharia Inversa, Biomodelação Produtos / Serviços Máquinas de Medição Tridimensional Ferramenta manual (EPS) Armários e bancadas de trabalho X-actos segurança Cilindros Nitrogénio Fresas para PCB Faro Wiha Lista Martor Dadco MPK Kemmer Mercados Clientes Indústria Automóvel Indústria Moldes Países Espanha, Alemanha, Brasil, China Certificações e Qualidade Em processo de certificação 21

24 CONTINENTAL TEVES SISTEMAS DE TRAVAGEM, LDA Contacto: Parque Industrial das Carrascas EN 252, Km PALMELA João Lopes Tel.: Fax: Função: Director-Geral Website: Descrição da Empresa Empresa 100% capital alemão, com 5 unidades em Portugal, produtora de maxilas de travão de disco para a indústria automóvel. A Continental Teves é uma unidade produtiva pertencente à divisão de sistemas para automóvel da Continental AG. Área de Actuação Metalurgia Emprego Volume de Vendas % Capital Estrangeiro % Exportações % 96% 22 Tecnologias CAD/CAM: AlphaCam;, Autodesk Inventor, medusa, minicad ERP: Mapix, Oracle Fabrico: grenalhagem Fundição: centrifugação, forjamento a frio Maquinagem: furação Metrologia: medição 3D Produtos / Serviços Maxilas de travão de disco Mercados Clientes General Motors, Daimler Chrysler, Volkswagen, Fiat Países Alemanha, Espanha, Suécia, Eslováquia, Itália Certificações e Qualidade ISO 9000/9002 ISO 9001 VDA 6.1 ISO ISO/TS 16949

25 DURA AUTOMOTIVE PORTUGUESA - INDÚSTRIA DE COMPONENTES PARA AUTOMÓVEIS, LDA Contacto: Estrada Nacional nº3, Km CARREGADO Júlio Almeida Tel.: Fax: Função: Director-Geral Website: Descrição da Empresa A Dura é líder no fornecimento de door modules, glass systems, seat mechanisms and structures e engineered assemblies. Área de Actuação Body and Glass Systems Emprego Volume de Vendas % Capital Estrangeiro % Exportações % Tecnologias MiniCAD, Visual CADD, ORACLE, SAP, Cableamento, Dobragem, Embalagem Estampagem (aço), Grenalhagem, Polimento, Quinagem, Fresagem, Furacão, Puncionamento, Ensaio de tracção, Montagem automática, Montagem Manual, Montagem semi-automática, Soldadura, Soldadura CO2, Soldadura de Resistência por pontos, Injecção Plástico, Moldação por Compressão Mercados Clientes GM, BMW, DC, Renault, Outros Países Alemanha, Espanha, França, Inglaterra, EUA Produtos / Serviços Body Components, Encapsulamento de vidros, Solda, Fresagem, Cablagem Certificações e Qualidade ISO TS ISO

26 ELECTROFER 4 - TRATAMENTOS DE SUPERFÍCIE, LDA Parque Industrial das Carrascas EN 252 Km 11, PALMELA Contacto: Artur Sousa Tel.: Fax: Função: Dir. Técnica/Comercial Website: Descrição da Empresa O grupo ETS é composto por um conjunto de empresas que se dedica, desde há 18 anos, a actividades de tratamento de superficie e protecção anticorrosiva. Área de Actuação A Electrofer 4 dedica-se ao tratamento de superfícies e protecção anticorrosiva em peças destinadas à indústria automóvel. Emprego Volume de Vendas % Capital Estrangeiro % Exportações Tecnologias Processo de Zinco/Níquel Deposição dupla capa Zn-Zn/Ni sobre ferro fundido Electrocoagulação (tecnologia de depuração de águas residuais) Pintura autoforética Produtos/Serviços Processos de tratamento: Zinco/Niquel alcalino 12-15% Ni (directo e duplex) Zinco/Niquel ácido 12-15% Ni Zinco/Ferro; Zinco/Cobalto; Zinco ácido; Zinco alcalino Passivações amarela, Negra e Verde Passivações transparente, amarela e negra sem crómio hexavalente Conversores minerais e organo-minerais Top-coats de recubrimento; Fosfatação; Oleagem Níquel químico (electroless) até 600 HV Niquelagem brilhante ou semibrilhante Estanhagem; Prateagem; Anodização Dura Disponibilizamos tratamentos com capacidades de resistência ao ensaio de nevoeiro salino (DIN SS) até 480 horas à corrosão branca e até 1500 horas à corrosão vermelha. Mercados Indústria de componentes para automóveis Clientes Países Certificações e Qualidade ISO TS ISO ISO 9001:

27 INAPAL PLÁSTICOS, SA Contacto: Rua Estação do Araújo LEÇA DO BALIO João Saldanha Tel.: Fax: Função: Website: Descrição da Empresa Empresa estabelecida no mercado de transformação de materiais compósitos como o SMCC, GMT e LFT-D/G pela compressão a quente para obtenção de peças para a Ind.Automóvel e outras. É detentora de 2 unidades produtivas, uma em Leça do Balio (Porto) e outra em Palmela, no Parque Ind. da Autoeuropa e é caracterizada pelo seu Know-how e altos padrões de qualidade comprovados pelos melhores clientes (referidos abaixo). Área de Actuação Componentes automóveis Emprego Volume de Vendas % Capital Estrangeiro % Exportações M 30 % 52 % Tecnologias Tecnologias de Moldação por Compressão (SMC e GMT) e Extrusão/ compressão (LFT-D/G) Produtos / Serviços Componentes e módulos para a indústria automóvel Mercados Clientes VW/Autoeuropa, Carrier, Nissan, RVI, Webasto, Faurecia Países Portugal, França, Espanha, Itália, Alemanha, Reino Unido Certificações e Qualidade ISO TS16949 : 2002 ISO : 2004 OHSAS :

28 MAQUIJIG, LDA Contacto: Parque Industrial das Carrascas EN 252 Km 11, PALMELA Mário Jorge Sampaio Tel.: Fax: Função: Sócio-Gerente Website: Descrição da Empresa A Maquijig é uma sociedade limitada que detem e gere dois tipos de activos: imobiliário e financeiro.o imobiliário é constituído essencialmente por armazéns e fábricas; um Centro de Empresas organizado em condomínio fechado, para arrendamento; escritórios; lojas e outros espaços auditório, salas de reunião etc, também para aluguer. Com uma excelente localização, o CEM distingue-se pela sua arquitectura, qualidade de construção e multiplicidade de serviços que disponibiliza. Os activos financeiros são participações em empresas cotadas e não cotadas e em veículos específicos de investimento. Emprego Volume de Vendas % Capital Estrangeiro % Exportações 4 0 % 0 % Área de Actuação Gestão de activos imobiliários e financeiros Tecnologias Internet de banda larga Wireless TV satélite Rede estruturada de dados e voz de alto débito. AVAV Controle de acessos/detecção de incêndios Alarme CCTV Rede de Incêndio Produtos / Serviços Aluguer de espaços industriais e serviços: Armazéns; escritórios; lojas; show rooms Domiciliação de empresas em sede social Escritórios virtuais Mercados Clientes Multinacionais; empresas industriais e de serviços; microempresas; empresários liberais. Países Portugal Certificações e Qualidade 26

29 OPCO OPERATIONAL CONSULTING UNIPESSOAL LDA Rua António José Batista, 86 CACE Módulo SETÚBAL Contacto: António Feio Tel.: Fax: Função: Director Website: Descrição da Empresa A Operational Consulting torna operacionais, soluções indústrias de excelência, disponibilizando ferramentas ágeis e meios adequados à gestão industrial, em áreas como a Qualidade, Produtividade e Logística. Complementada pela OPCO Academia, que se dedica ao Desenvolvimento Operacional de Competências, perspectivando o desenvolvimento do potencial humano, com soluções integrais e à medida, promovendo a integração profissional de profissionais qualificados. Área de Actuação Soluções Industriais e Desenvolvimento Operacional de Competências. Operacionalização de soluções nas áreas da Qualidade, Produtividade e Logística. Emprego Volume de Vendas % Capital Estrangeiro % Exportações % 85% Tecnologias N/A Produtos / Serviços Engenharia Operacional Apoio especializado em actividades internas das empresas, no âmbito da vida industrial da empresa Operacionalização Projectos estruturados que tenham objectivos claramente definidos Potencial Humano Desenvolvimento de formação adequada ás necessidades, acções de formação com métodos e ferramentas mais actuais disponíveis no mercado Gestão Interina Gestão e implementação de projectos para abranger cargos provisórios ou preencher insuficiências críticas de pessoal Mercados Indústria Automóvel, Desenvolvimento de Pessoas Clientes Efapel, Faurecia, Faurecia Tecnoplas Automotive, Merh Cam Pars, Profitability Engineers, Sony Europe, Taiyo, TÜV, Schenellecke Logística, Gonvarri, KWL, IFDEP, ATEC/Autoeuropa, Matrisa, Riamolde, Schenellecke Indústria, Oke Perfis, Veolia Países Portugal, Espanha, França, Alemanha, Rússia, Irão Certificações e Qualidade Em processo de Certificação pela ISO 9000, Auditoria a efectuar em 2008 Em processo de Acreditação pelo IQF para a OPCO Academia 27

30 PPG REVESTIMENTOS PARA AUTOMÓVEIS A.E.I.E Contacto: Parque de Fornecedores da Autoeuropa, Lt 11 Quinta da Marquesa PALMELA João Rosa Tel.: /07 Fax: Função: Director-Geral Website: Descrição da Empresa Empresa de capital 100% espanhol, PPG Ibérica, do ramo dos revestimentos automóveis que fornece materiais aplicados na área da pintura. Área de Actuação Tintas e revestimentos Emprego Volume de Vendas % Capital Estrangeiro % Exportações Tecnologias Tratamento de superfícies: Fosfatação; pintura cataforese e electroforese. Produtos / Serviços Tintas, vernizes, primários, sealer/vedantes, electrocoat, ceras, floculação, solventes, fosfatação, serviços técnicos pintura. Mercados Clientes VW Autoeuropa Países 28 Certificações e Qualidade ISO/TS ISO 14001

31 PRENSO METAL, LDA Contacto: Loteamento Industrial do Batel, Lote 4 Alcochete ALCOCHETE Alice Oliveira Tel.: Fax: Função: Directora-Geral Website: Descrição da Empresa Empresa de capital português, criada em 1992, de fabricação de componentes metálicos para todas as áreas do ramo industrial. Área de Actuação Metalurgia; componentes metálicos Emprego Volume de Vendas % Capital Estrangeiro % Exportações % 52 % Tecnologias Estampagem Progressiva Corte Fino Soldadura MIG/MAG Robotizada Prensoforming AUTOCAD CATIA V5 Produtos / Serviços Prensagem de produtos metálicos, montagem e soldadura de componentes e estruturas metálicas, engenharia de produto, peças de corte fino e estampagem Mercados Clientes Brose, Faurecia, Delphi, TWB, VW Autoeuropa Países Portugal, Alemanha, República Checa, Reino Unido Certificações e Qualidade ISO/TS

32 SCHNELLECKE LOGÍSTICA E TRANSPORTE, LDA Contacto: Edificio Schnellecke Quinta da Marqueza QUINTA DO ANJO Humberto Dores Tel.: /63 Fax: Função: Managing Director Website: wwwv.schnellecke.com Descrição da Empresa Empresa fornecedora de serviços de transporte; logística criadora de valor. Localizada na área envolvente ao Parque da Autoeuropa. Área de Actuação Fornecedor de serviços logísticos (descarga, armazenagem, transporte para a Autoeuropa e fornecimento à linha). Faz também sub-montagens. Emprego Volume de Vendas % Capital Estrangeiro % Exportações Tecnologias Produtos / Serviços Logística avançada, transportes, produção (estampagem, soldadura, montagem de peças metálicas) Mercados Clientes Autoeuropa Países Certificações e Qualidade 30

33 SÍNTAX LOGÍSTICA TRANSPORTES, S.A. Contacto: Vale Ana Gomes Estrada de Algeruz, Apt SETÚBAL Fernando Velasco Tel.: Fax: Função: Director Website: Descrição da Empresa Área de Actuação. Transporte terrestre de veiculos (Nacional/Internacional). Sub-contratação de transportes a terceiros. Gestão de Parques Automóveis, incluindo assistência técnica, preparação e personalização de veículos. Peritagem e avaliação de danos Emprego Volume de Vendas % Capital Estrangeiro % Exportações 65 Tecnologias Produtos / Serviços Mercados Clientes Países Certificações e Qualidade ISO 9001:2000 GA ISO/TS

34 TENNECO AUTOMOTIVE PORTUGAL Contacto: Parque Industrial Autoeuropa Quinta da Marqueza PALMELA Victor de Sousa Tel.: Fax: Função: Director-Geral Website: Descrição da Empresa Empresa americana líder no mercado de produção de sistemas de escape e catalizadores. Área de Actuação Metalomecânica Emprego Volume de Vendas % Capital Estrangeiro % Exportações Tecnologias CAD/CAM: CATIA Fabrico: Curvar de tubo; Dobragem Metrologia: Calibração; Ensaio dureza; Medição 3D Montagem: Montagem Manual; Montagem Semiautomática; Soldadura; Soldadura de resistência por pontos; Soldadura MIG/MAG Produtos / Serviços Sistemas de escape Mercados Clientes GM, Ford Motor CP, VW Autoeuropa, Daimler Chrysler Países Alemanha, França, Espanha, México, Portugal 32 Certificações e Qualidade ISO/TS 16949:2002 ISO 14001:2004 ISO 9001:2000

35 VANPRO ASSENTOS, LDA Contacto: Parque Industrial Autoeuropa Quinta do Anjo PALMELA Luis Dantas Tel.: Fax: Função: Director-Geral Website: Descrição da Empresa Joint venture entre duas multinacionais, Johnsons Controls e Faurecia, para produção de módulos de assentos para a indústria automóvel. Área de Actuação Componentes Emprego Volume de Vendas % Capital Estrangeiro % Exportações Tecnologias CAD/CAM: Autodesk Autocad ERP: Oracle, Brain Metrologia: Calibração; calibração dimensional; medição 3D Montagem: Montagem Manual; Montagem semi-automática Produtos / Serviços Assentos completos Mercados Clientes VW Autoeuropa, VW AG, Ford, SEAT Países Certificações e Qualidade ISO/TS ISO OSHAS

36 VISTEON PORTUGUESA Contacto: EN 252, Km 12 Parque Industrial das Carrascas PALMELA Pedro Sousa Tel.: Fax: Função: Director de Qualidade Website: Descrição da Empresa Empresa de capital americano, que iniciou a sua actividade em Portugal, em 1990, com a produção de componentes electrónicos para a indústria automóvel. Área de Actuação Componentes eléctricos e electrónicos Emprego Volume de Vendas % Capital Estrangeiro % Exportações % Tecnologias Produtos / Serviços Áudio, Compressores e Unidades de Ar Condicionado, Climate, Clusters Mercados Clientes Ford, VW, BMW, Nissan Países 34 Certificações e Qualidade ISO/TS ISO/TS

37 ADECCO AUTOMOTIVE AR WATT - AR CONDICIONADO E VENTILAÇÃO, LDA Parque Industrial Autoeuropa Quinta da Marqueza I, CCI PALMELA Tel.: / Fax: Website: Contacto: Susana Gomes Área de Actuação: Recrutamento Av. Jaime Cortesão, 79C SETÚBAL Tel.: / Fax: Website: Contacto: Florival Lucas Área de Actuação: Ar condicionado e ventilação CARLOS MONTEIRO & FILHOS, LDA CLAUDIOCAR - FABRICO E COMERCIALIZAÇÃO DE COMPONENTES AUTO, UNIPESSOAL LDA Quinta dos Batudes Estrada Humberto Delgado PALMELA Tel.: Fax: Website: Contacto: Carlos Monteiro Área de Actuação: Comercialização de produtos siderúrgicos e de alumínio Rua José Groot Pombo, nº4-3º Esq SETÚBAL Tel.: Fax: Website: Contacto: Fernando Claudio Área de Actuação: Fabrico e comercialização de componentes auto 35

38 CONTINENTAL LEMMERZ (PORTUGAL) COMPONENTES PARA AUTOMÓVEIS, LDA DADOSET - REPARAÇÃO DE MÁQUINAS, LDA Parque Industrial Autoeuropa, Lote 12 Quinta da Marqueza PAMELA Tel.: / Fax: Website: Contacto: Jorge Pinto Pereira Área de Actuação: Pneus e acessórios Av. Padre Nabeto Portal Branco, Aires PALMELA Tel.: Fax: Website: Contacto: João Farinha Fernandes Área de Actuação: Reparação de máquinas, siderurgia e fundição, e máquinas e instalações DSV SOLUTIONS, LDA EDAG PORTUGUESA ENGENHARIA DE PROJECTOS, LDA 36 Estrada Nacional 10 Km 127 Blocos 11 e ALVERCA Tel.: Fax: Website: Contacto: Área de Actuação: Logística Quinta da Torre - Vila Amélia Pavilhão A - Quinta do Anjo PALMELA Tel.: Fax: Website: Contacto: Reinhard Resel Área de Actuação: Desenvolvimento de veículos completos, linhas de produção e ferramentas, desde o conceito até à produção em série.

39 EDSCHA ARJAL - SISTEMAS TÉCNICOS PARA AUTOMÓVEIS, LDA ERGONÓMICA SOLUÇÕES DE ERGONOMIA, LDA Estrada Nacional Nº4 Apartado VENDAS NOVAS Tel.: / Fax: Website: Contacto: José Pinto Área de Actuação: Sistemas técnicos para automóveis. Produção de peças para a indústria automóvel: pedaleiras, travões de mão, dobradiças, sistemas de elevação. Rua Adriano Canas, nº 25 A PORTO SALVO Tel.: Fax: Website: Contacto: Carlos Fujão Área de Actuação: Desenvolvimento de soluções na área da higiene e segurança no trabalho ETS - EQUIPAMENTOS PARA TRATAMENTO DE SUPERFÍCIES, LDA EUROJIG - INDÚSTRIA METALOMECÂNICA, LDA Parque Industrial das Carrascas, EN 252 Km 11, PALMELA Tel.: Fax: Website: Contacto: Artur Sousa Área de Actuação: Equipamento para tratamento de superfícies. Constrói e monta linhas de tratamento completas, sistemas de despoluição e componentes individuais para a mesma actividade Zona Industrial Quinta da Varzinha SETÚBAL Tel.: Fax: Website: Contacto: Francisco Palmeiro Área de Actuação: Jigs, fixters, moldes e ferramentas 37

40 F.B.C. - EMPRESA DE TRABALHO TEMPORÁRIO, LDA FAURECIA SISTEMAS DE INTERIOR DE PORTUGAL, COMPONENTES PARA AUTOMÓVEIS, LDA Rua General Gomes Freire, nº 81B SETÚBAL Tel.: Fax: Website: Contacto: Francisco Batista Cordeiro Área de Actuação: Trabalho temporário Parque Industrial Autoeuropa Quinta da Marqueza I, CCI QUINTA DO ANJO Tel.: / Fax: Website: Contacto: Nuno Almeida Área de Actuação: Sistemas integrados HST - HIGIENE E SEGURANÇA NO TRABALHO, LDA IMEGUISA (PORTUGAL) - INDÚSTRIAS METÁLICAS REUNIDAS, LDA Rua Eng. Frederico Ulrich, 3210 C.E.M. - A48 Nº 70 Apartado MAIA Tel.: Fax: Website: Contacto: Mário Dias Área de Actuação: Higiene e segurança no trabalho Rua 5 de Outubro S/N Apartado PALMELA Tel.: Fax: Website: Contacto: Orlando Brito Área de Actuação: Contentores/racks, mobiliário industrial, estantes 38

41 INAPAL METAL, SA IPODEC PORTUGAL - GESTÃO DE RESÍDUOS, LDA Rua Gomes Teixeira, Nº 153 Apartado TROFA Tel.: Fax: Website: Contacto: Aloísio Leão Área de Actuação: Estampagem R. Miguel Bombarda, Nº 71 Quinta dos Almostéis SACAVÉM Tel.: Fax: Website: Contacto: Carlos Castelo Branco Área de Actuação: Gestão global de resíduos. ISPT - INJECÇÃO E SERIGRAFIA DE PLÁSTICOS TÉCNICOS, LDA MANUEL DA CONCEIÇÃO GRAÇA, LDA EN 252 Km 4,2 - CCI PINHAL NOVO Tel.: Fax: Website: Contacto: Afonso Ajú Soares Área de Actuação: Componentes plásticos Apartado CARREGADO Tel.: Fax: Website: Contacto: Pedro Sousa Área de Actuação: Estampagem, soldadura, pintura e divisão de ferramentas 39

42 MATRISA - SOCIEDADE CONSTRUTORA DE MATRIZES, LDA MELCYLIX - ENGENHARIA E PROJECTOS DE METAIS, LDA Rua das Fontainhas, Casal da Lebre MARINHA GRANDE Tel.: Fax: Website: Contacto: Alberto Oliveira Área de Actuação: Fabricação de moldes. Fabrica matrizes de estampagem de média/grande dimensão para a indústria automóvel. Loteamento Industrial Batel, Lote 1 Fracção B ALCOCHETE Tel.: Fax: Website: Contacto: Jaime Alves Área de Actuação: Engenharia e projectos MONTITEC - MONTAGENS ELÉCTRICAS E ELECTRÓNICAS, LDA NAVIGOMES - NAVEGAÇÃO E COMÉRCIO, LDA Estrada Nacional 4 - Km MONTIJO Tel.: Fax: Website: Contacto: José Santos Área de Actuação: Montagens eléctricas e electrónicas Av. Luisa Todi, SETÚBAL Tel.: Fax: Website: Contacto: Vitor Rosa Pereira Área de Actuação: Navegação e comércio 40

43 NEFAB RA PRODUTOS DE EMBALAGEM, SA NESSIE - SOLUÇÕES EM AUTOMAÇÃO, LDA Rua do Pinhal, 301 Lugar da Minhoteira MOREIRA DA MAIA Tel.: Fax: Website: Contacto: Margarida Pereira Área de Actuação: Embalagem Condominio Empresarial da Moita Fracção E - Carvalhinho MOITA Tel.: Fax: Website: Contacto: Nuno Sorribas Área de Actuação: Empresa com referências em instalações eléctricas especiais e automação. PALEXPO - TECNOLOGIAS LASER, SA PARABÓLICA - CONSTRUÇÃO E REPARAÇÃO DE MOLAS E CARROÇARIAS, LDA Estrada das Vindimas, Quinta das Águias Venda do Alcaide PALMELA Tel.: Fax: Website: Contacto: Constantino Modesto Área de Actuação: Expositores Vila Amélia, Lote 107, Cabanas QUINTA DO ANJO Tel.: / Fax: / Website: Contacto: Manuel Ramos Área de Actuação: A Parabólica dedica-se à reparação e manutenção de equipamentos de transportes rodoviários (camiões, reboques, cisternas), incidindo a sua área de actuação nos sistemas de suspensão, travagem e engate. 41

44 PARFEL - SOCIEDADE DE EQUIPAMENTOS E ACESSÓRIOS INDUSTRIAIS, LDA QLS AUTOMOTIVE Cabeço Velhinho Volta da Pedra PALMELA Tel.: Fax: Website: Contacto: António Remédios Área de Actuação: Equipamentos e acessórios industriais Parque Industrial da Autoeuropa Lt 10, CCI QUINTA DO ANJO Tel.: Fax: Website: Contacto: Luís Fernandes Área de Actuação: Serviços de qualidade e logística RESIBRAS - COMPANHIA PORTUGUESA DE RESINAS PARA ABRASIVOS, SA SADIAUTO - COMÉRCIO DE AUTOMÓVEIS, SA E.N. 252, Km 11,5 Apartado 148 Parque Industrial das Carrascas PALMELA Tel.: Fax: Website: Contacto: Rui Pinto Área de Actuação: Resinas Estrada da Algazarra, A Quinta do Gato Bravo FEIJÓ Tel.: Fax: Website: Contacto: Américo Sousa Pereira Área de Actuação: Comércio de automóveis 42

45 SAS AUTOSYSTEMTECNICK DE PORTUGAL UNIPESSOAL, LDA SETMÁQUINAS - EQUIPAMENTOS INDUSTRIAIS, LDA Armazém Fracção A, Herdade Quinta da Torre Quinta do Anjo PALMELA Tel.: / Fax: Website: Contacto: Joana Costa Área de Actuação: Módulos integrados para a indústria automóvel Rua Guilherme Gomes Fernandes, nº 32 A SETÚBAL Tel.: Fax: Website: Contacto: Mário Jorge Correia Área de Actuação: Equipamentos industriais SGG - SERVIÇOS GERAIS DE GESTÃO, SA SPPM - SOC. PORTUGUESA DE PINTURA E MÓDULOS PARA A INDÚSTRIA AUTOMÓVEL, SA Edificio Atrium Saldanha Praça Duque de Saldanha, 1-7º LISBOA Tel.: / Fax: Website: Contacto: Nuno Costa Área de Actuação: Serviços gerais de gestão Parque Industrial Autoeuropa Quinta da Marqueza CCI QUINTA DO ANJO Tel.: Fax: Website: Contacto: António Roquette Área de Actuação: Pintura e módulos para a indústria automóvel 43

46 T-SYSTEMS ITC IBÉRIA, SA (SOCIEDAD UNIPERSONAL) - SUCURSAL EM PORTUGAL (T-SYSTEMS) URVINAPOR Edificio Infante Av. D. João II, Nº L 10º Piso Letra CD LISBOA Tel.: / Fax: Website: Contacto: Luís Rita Área de Actuação: Informática Estrada da Sesmaria Limpa SAMORA CORREIA Tel.: / Fax: Website: Contacto: Janine Rijo Área de Actuação: Serviços e representações WEBASTO PORTUGAL SISTEMAS PARA AUTOMÓVEIS, LDA WELPRODUR, LDA Parque Industrial Autoeuropa, Lote A Quinta da Marqueza PALMELA Tel.: Fax: Website: Contacto: Markus Woerrle Área de Actuação: Componentes para automóveis. Tecto retráctil. EN 252, Km 11,5 Parque Industrial das Carrascas PALMELA Tel.: Fax: Website: Contacto: Gonçalo Oliveira Área de Actuação: Equipamento/Sistemas de soldadura 44

47 WHEELS LOGÍSTICA E TRANSPORTES, SA Parque Industrial Autoeuropa, Lote 4 Quinta da Marqueza - CCI PALMELA Tel.: Fax: Website: Contacto: Manuel Dordio Área de Actuação: Logística e transportes 45

48 BANCO ESPÍRITO SANTO CÂMARA MUNICIPAL DE PALMELA Rua Alexandre Herculano, nº 38 (Edificio Quartzo) LISBOA Tel.: Fax: Website: Contacto: Nazaré Vilar Área de Actuação: Instituição financeira Largo do Municipio PALMELA Tel.: / Fax: Website: Contacto: António Pombinho Área de Actuação: Poder local EDP COMERCIAL COMERCIALIZAÇÃO DE ENERGIA, SA ESCOLA SUPERIOR DE CIÊNCIAS EMPRESARIAIS Rua Camilo Castelo Branco, 46-4º Piso LISBOA Tel.: Fax: Website: Contacto: Luís Relvas Área de Actuação: Comercialização de energia Campus do IPS Estefanilha SETÚBAL Tel.: Fax: Website: Contacto: João Pina da Silva Área de Actuação: Ensino politécnico 46

O SIG na cooperação institucional

O SIG na cooperação institucional O SIG na cooperação institucional Câmara Municipal de Palmela e FIAPAL (Fórum da Indústria Automóvel de Palmela) Ana Paula Ruas Fernando Ferreira Ana Sarmento 3 de Março de 2011 Sumário Premissas de onde

Leia mais

////////////// CLUSTER DA MOBILIDADE OBJECTIVOS EIXOS PROJECTOS PARCEIROS CLUSTER DA MOBILIDADE

////////////// CLUSTER DA MOBILIDADE OBJECTIVOS EIXOS PROJECTOS PARCEIROS CLUSTER DA MOBILIDADE Plano de Acção ////////////// O FUTURO DA. UM FUTURO SUSTENTÁVEL A mobilidade sustentável é um dos principais desafios da Europa. Empresas construtoras de meios de transporte, fornecedores e vários outros

Leia mais

VW Autoeuropa Case Study. IV Seminário Plataformas Logísticas Ibéricas

VW Autoeuropa Case Study. IV Seminário Plataformas Logísticas Ibéricas VW Autoeuropa Case Study IV Seminário Plataformas Logísticas Ibéricas Indicadores Sociais: Número de Colaboradores Colaboradores: VW Autoeuropa 3 028 Fornecedores Parque Industrial 2 400 Fornecedores na

Leia mais

Setúbal, 15 de Março de 2015

Setúbal, 15 de Março de 2015 Setúbal, 15 de Março de 2015 Península de Setúbal 1 421 Km2 9 concelhos 782 044 pessoas Peso na população nacional População ativa (igual à média nacional) 7% 49% Alcochete Almada Barreiro Moita Montijo

Leia mais

Apresentação da empresa Setembro de 2013

Apresentação da empresa Setembro de 2013 Apresentação da empresa Setembro de 2013 1 ORGANIZAÇÃO DA R&C SGPS R&C, SGPS 80% RARI 80% CEDI 78% OVO Solutions 80% VSD 100% RARI GmbH 100% OVO Solutions S.L 100% OVO Service 2 HISTÓRIA DA R&C SGPS A

Leia mais

AUDITORIAS TECNOLÓGICAS

AUDITORIAS TECNOLÓGICAS AUDITORIAS TECNOLÓGICAS ÀS EMPRESAS ETF PROCESSO MUITO DISCUTIDO E MUITO ALTERADO EPERIÊNCIAS DE REALIZAÇÃO DE AUDITORIAS TECNOLÓGICAS NO PASSADO SOB O TEMA DA TECNOLOGIA ERA SOLICITADA E TRATADA MUITA

Leia mais

Indicadores Ambientais

Indicadores Ambientais Indicadores Ambientais / Desempenho Em, publicámos o nosso primeiro Relatório Ambiental, como forma de divulgar os nossos esforços e resultados na área da protecção ambiental. A presente publicação deve

Leia mais

INSTITUTO POLITÉCNICO DE SETÚBAL

INSTITUTO POLITÉCNICO DE SETÚBAL INSTITUTO POLITÉCNICO DE SETÚBAL ESCOLA SUPERIOR DE CIÊNCIAS EMPRESARIAIS Departamento de Economia e Gestão Gestão da Distribuição e da Logística Gestão de Recursos Humanos Gestão de Sistemas de Informação

Leia mais

Apresentação. Entidade A/C. Câmara do Comércio de Angra do Heroísmo. Sr. Presidente

Apresentação. Entidade A/C. Câmara do Comércio de Angra do Heroísmo. Sr. Presidente Apresentação Entidade A/C Câmara do Comércio de Angra do Heroísmo Sr. Presidente Data 8 de Outubro de 2009 Índice 1. A EQUIWASH 2 I.1. HISTORIAL 2 I.2. CONTACTOS 3 2. EQUIPAMENTOS E PODUTOS 3 II.1. SISTEMAS

Leia mais

Sistema de Incentivos à Inovação e I&DT (Sector Automóvel) Quadro de Referência Estratégico Nacional [QREN]

Sistema de Incentivos à Inovação e I&DT (Sector Automóvel) Quadro de Referência Estratégico Nacional [QREN] Sistema de Incentivos à Inovação e I&DT (Sector Automóvel) Quadro de Referência Estratégico Nacional [QREN] Frederico Mendes & Associados Sociedade de Consultores Lda. Frederico Mendes & Associados é uma

Leia mais

1 Apresentação da Empresa

1 Apresentação da Empresa 1 Apresentação da Empresa 1.1 Identificação da Empresa - Denominação Social: Famikron Fábrica de Cortantes, Moldes e Peças de precisão, Lda., - Endereço: Rua Santo António, 285 4760 485 Fradelos Vila Nova

Leia mais

intra Perfil do Gestor

intra Perfil do Gestor Perfil do Gestor 35 Entrevista Dinah J. Kamiske, Autoeuropa A internacionalização economia obriga as empresas a tornarem-se mais competitivas. Entrevista de José Branco Dados publicados recentemente prevêem

Leia mais

Sistema de Gestão IDI

Sistema de Gestão IDI Sistema de Gestão IDI Baptista Pires Daniel Figueiredo Workshop de Sensibilização para a Certificação IDI IDI & DNP 4-11-2014 Apresentação da Empresa Palbit SA Fundada em 1916, na actividade de exploração

Leia mais

Implementação e Certificação de um Sistema I+D+I. Fev. 2008

Implementação e Certificação de um Sistema I+D+I. Fev. 2008 Implementação e Certificação de um Sistema I+D+I Fev. 2008 Medeiros genda 1. Áreas de negócio Martifer; 2. Martifer Energia Equipamentos para energia S.A.; 3. Certificações Obtidas 4. Porquê IDI? 5. Objectivo

Leia mais

O reconhecimento como uma referência na área de consultadoria em engenharia em Portugal.

O reconhecimento como uma referência na área de consultadoria em engenharia em Portugal. VISÃO & MISSÃO VISÃO O reconhecimento como uma referência na área de consultadoria em engenharia em Portugal. MISSÃO Actuar junto de empresas industriais, de serviços, estabelecimentos de ensino, empresas

Leia mais

M ODELO EUROPEU DE CURRICULUM VITAE

M ODELO EUROPEU DE CURRICULUM VITAE M ODELO EUROPEU DE CURRICULUM VITAE INFORMAÇÃO PESSOAL Nome Morada PEREIRA, Carmen Maria Tavares Mendes Rua Ponte de Anta, Nº 154, R/Chão Esquerdo, 4500-088 Espinho, Portugal Telemóvel 934 443 077 Correio

Leia mais

A Indústria Portuguesa de Moldes

A Indústria Portuguesa de Moldes A Indústria Portuguesa de Moldes A Indústria Portuguesa de Moldes tem vindo a crescer e a consolidar a sua notoriedade no mercado internacional, impulsionada, quer pela procura externa, quer por uma competitiva

Leia mais

CRIAMOS SOLUÇÕES E MATERIALIZAMOS IDEIAS. www.edimetal.pt 1

CRIAMOS SOLUÇÕES E MATERIALIZAMOS IDEIAS. www.edimetal.pt 1 CRIAMOS SOLUÇÕES E MATERIALIZAMOS IDEIAS. www.edimetal.pt 1 CRIAMOS SOLUÇÕES E MATERIALIZAMOS IDEIAS A Edimetal é uma unidade empresarial especializada na concepção, engenharia, produção, instalação e

Leia mais

Formação: Distribuição & Logística Melhoria e aperfeiçoamento do sistema de distribuição da empresa.

Formação: Distribuição & Logística Melhoria e aperfeiçoamento do sistema de distribuição da empresa. Formação: Distribuição & Logística Melhoria e aperfeiçoamento do sistema de distribuição da empresa. A Distribuição e a Gestão Logística é uma actividade que emprega um elevado e intenso volume de recursos

Leia mais

Planeamento Estratégico. Estratégia, as Pessoas e a Melhoria Contínua

Planeamento Estratégico. Estratégia, as Pessoas e a Melhoria Contínua Planeamento Estratégico Estratégia, as Pessoas e a Melhoria Contínua AGENDA 1. O Grupo Martifer 2. As Pessoas 4. A Estratégia 5. Monitorização Ferramenta Balance Scord Card 2 GRUPO MARTIFER Dimensão: Mais

Leia mais

SISTEMAS DE INCENTIVOS ÀS EMPRESAS

SISTEMAS DE INCENTIVOS ÀS EMPRESAS SISTEMAS DE INCENTIVOS ÀS EMPRESAS Sistema de Incentivos às Empresas O que é? é um dos instrumentos fundamentais das políticas públicas de dinamização económica, designadamente em matéria da promoção da

Leia mais

O cluster automóvel em Portugal perspetivas e parcerias

O cluster automóvel em Portugal perspetivas e parcerias A Câmara de Comércio e Indústria organiza Seminário, Almoço e Mesas Redondas O cluster automóvel em Portugal perspetivas e parcerias Panorama do setor O investimento francês em Portugal Parceria entre

Leia mais

O GRUPO AITEC. Breve Apresentação

O GRUPO AITEC. Breve Apresentação O GRUPO AITEC Breve Apresentação Missão Antecipar tendências, identificando, criando e desenvolvendo empresas e ofertas criadoras de valor no mercado mundial das Tecnologias de Informação e Comunicação

Leia mais

Os nossos indicadores de crescimento actuais continuam a ser positivos.

Os nossos indicadores de crescimento actuais continuam a ser positivos. EMPRESA Conheça a 3 Somos uma empresa que opera no sector do transporte urgente especializado em e-commerce, logística e distribuição. Desde o nosso início tivemos uma expansão imparável, com um crescimento

Leia mais

Inovação e Inteligência Competitiva: Desafios para as Empresas e para a Economia Portuguesa

Inovação e Inteligência Competitiva: Desafios para as Empresas e para a Economia Portuguesa QUIDGEST Q-DAY: INOVAÇÃO CONTRA A CRISE Inovação e Inteligência Competitiva: Desafios para as Empresas e para a Economia Portuguesa André Magrinho TAGUSPARK: 09 de Setembro 2009 SUMÁRIO 1. Globalização

Leia mais

O caso Volkswagen Autoeuropa

O caso Volkswagen Autoeuropa Ciclo de Conferências Factores de competitividade na Economia Portuguesa: «Ferrovia, Logística e competitividade na Economia Portuguesa» O caso Sandra Augusto 15 de Maio de 2012 Agenda 1 Breve apresentação

Leia mais

EMPRESAS PARTICIPANTES

EMPRESAS PARTICIPANTES EMPRESAS PARTICIPANTES Empresas Participantes Actividade: Queijaria Artesanal Nº de Trabalhadores: 3 Localização da Empresa: Alcains Actividade: Estética Natural Nº de Trabalhadores: 3 Localização da Empresa:

Leia mais

INTERNACIONAL OIL. Carlos Bayan Ferreira

INTERNACIONAL OIL. Carlos Bayan Ferreira INTERNACIONAL OIL Carlos Bayan Ferreira Agenda 1 A UNIDADE DE NEGÓCIO 2 CATEGORIAS DE FORNECIMENTO (ACTUAIS E FUTURAS) 3 COMPETÊNCIAS QUE VALORIZAMOS 4 MELHORES PRÁTICAS 5 QUALIFICAÇÃO DE FORNECEDORES

Leia mais

Open Innovation: Caso Brisa

Open Innovation: Caso Brisa 2013 Brisa Inovação e Tecnologia SA Open Innovation: Caso Brisa Lisboa, 9/10/2013 Tomé Pereira Canas Brisa Inovação e Tecnologia Inovar está na ordem do dia Inovação fechada 2 Mas muitas vezes está fechada

Leia mais

Conferência SIMA Lisboa Março 2007 José Couto Director Recursos Humanos Delphi Confidencial

Conferência SIMA Lisboa Março 2007 José Couto Director Recursos Humanos Delphi Confidencial Moldando a Tecnologia do Futuro Conferência SIMA Lisboa Março 2007 José Couto Director Recursos Humanos Delphi Confidencial Introdução e Visão Líder Mundial em electrónica automóvel, subsistemas integrados,

Leia mais

PORTUGALPLUS - Investimento e Exportação

PORTUGALPLUS - Investimento e Exportação 1 PORTUGALPLUS - Investimento e Exportação Excelência na execução como alavanca de crescimento no mercado Alemão Apresentação das primeiras conclusões do estudo Maio, 2013 FÓRUM PARA A COMPETITIVIDADE

Leia mais

7 e 8 de Abril de 2010

7 e 8 de Abril de 2010 Edição 2010 O Ponto de Encontro Anual dos Profissionais do Sector 7 e 8 de Abril de 2010 Centro de Congressos do Estoril www.ife.pt Os resultados falam por si, o seu cliente visita o logitrans! OS DECISORES

Leia mais

Portugal Investimento

Portugal Investimento Portugal Investimento O Investimento Bruto atingiu os 32 mil milhões de euros e o acumulado 71,7 mil milhões de euros o que significa um crescimento de quase 50% nos últimos 5 anos. Cerca de 32% do IDE

Leia mais

Projeto de Resolução N.º 204/XII/1.ª. Recomenda ao Governo a manutenção da autonomia de gestão dos portos comerciais nacionais. Exposição de motivos

Projeto de Resolução N.º 204/XII/1.ª. Recomenda ao Governo a manutenção da autonomia de gestão dos portos comerciais nacionais. Exposição de motivos Projeto de Resolução N.º 204/XII/1.ª Recomenda ao Governo a manutenção da autonomia de gestão dos portos comerciais nacionais Exposição de motivos Os portos comerciais do sistema portuário nacional têm

Leia mais

Apresentação da Empresa

Apresentação da Empresa O2a Apresentação da Empresa Objectivo Ser uma empresa de referencia do sector a nível europeu em 2012 Missão Expandir o uso dos nossos produtos oferecendo sempre as melhores e mais apropriadas soluções

Leia mais

POLÓNIA Relações bilaterais Polónia - Portugal

POLÓNIA Relações bilaterais Polónia - Portugal POLÓNIA Relações bilaterais Polónia - Portugal Visita da missão de PPP do Ministério da Economia da Polónia a Portugal Bogdan Zagrobelny Primeiro Conselheiro EMBAIXADA DA POLÓNIA DEPARTAMENTO DE PROMOÇÃO

Leia mais

O Contributo do Cluster da Electrónica e Telecomunicações para o Desenvolvimento Económico Espanhol

O Contributo do Cluster da Electrónica e Telecomunicações para o Desenvolvimento Económico Espanhol O Contributo do Cluster da Electrónica e Telecomunicações para o Desenvolvimento Económico Espanhol O presente estudo visa caracterizar o cluster da electrónica, informática e telecomunicações (ICT), emergente

Leia mais

Bem-vindos à Volkswagen Autoeuropa Encontro com a Imprensa 20 de março de 2013. Volkswagen Autoeuropa

Bem-vindos à Volkswagen Autoeuropa Encontro com a Imprensa 20 de março de 2013. Volkswagen Autoeuropa Bem-vindos à Encontro com a Imprensa 20 de março de 2013 Intervenção do eng.º António de Melo Pires Diretor-Geral Agenda Resultados do Grupo Volkswagen Resultados da Recursos Humanos A estratégia do Grupo

Leia mais

INTERNACIONALIZAR EM PARCERIA

INTERNACIONALIZAR EM PARCERIA INTERNACIONALIZAR EM PARCERIA 2 PROGRAMA INTERNACIONALIZAR EM PARCERIA A Mota-Engil Indústria e Inovação e a Caixa Capital celebraram um acordo para a concretização de um Programa, designado Internacionalizar

Leia mais

Sistema de Incentivos à Qualificação e Internacionalização de PME CONDIÇÕES DE ENQUADRAMENTO

Sistema de Incentivos à Qualificação e Internacionalização de PME CONDIÇÕES DE ENQUADRAMENTO Sistema de Incentivos à Qualificação e Internacionalização de PME CONDIÇÕES DE ENQUADRAMENTO Aviso para apresentação de candidaturas Nº 07/SI/2010 1 Índice Condições de Elegibilidade do Promotor... 3 Condições

Leia mais

Soluções de armazenagem

Soluções de armazenagem Soluções de armazenagem Seja qual for o seu produto, temos a solução ideal para o armazenar 50 anos a oferecer soluções de armazenagem 3 Presença em mais de 70 países 3 11 centros de produção 3 4 centros

Leia mais

SISTEMAS INOVADORES, SOLUÇÕES INTEGRADAS

SISTEMAS INOVADORES, SOLUÇÕES INTEGRADAS SISTEMAS INOVADORES, SOLUÇÕES INTEGRADAS GLOBALLY INNOVATIVE SOLUTIONS PROJETOS IMPOSSÍVEIS SÃO O NOSSO DIA A DIA O nosso percurso de 30 anos posiciona-nos na liderança do mercado na área da automação

Leia mais

A ALD Automotive no mundo

A ALD Automotive no mundo DOSSIER DE IMPRENSA A ALD Automotive no mundo A ALD Automotive é uma empresa de Aluguer Operacional e Gestão de Frotas que integra o Grupo Société Générale, um dos grupos líderes em serviços financeiros

Leia mais

ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DAS EMPRESAS DE BETÃO PRONTO

ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DAS EMPRESAS DE BETÃO PRONTO ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DAS EMPRESAS DE BETÃO PRONTO CATÁLOGO DE SERVIÇOS... um parceiro fiável. INTRODUÇÃO 2 A APEB Associação Portuguesa das Empresas de Betão Pronto, é uma associação empresarial sem fins

Leia mais

O Setor da metalomecânica em Portugal. 26 de fevereiro

O Setor da metalomecânica em Portugal. 26 de fevereiro A Câmara de Comércio e Indústria Luso-Francesa organiza Seminário, Almoço et Mesas Redondas O Setor da metalomecânica em Portugal As implantações francesas, atuais e futuras Parcerias sourcing França-Portugal

Leia mais

MANUAL DO SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE

MANUAL DO SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE DO SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE DO SISTEMA DE GESTÃO Pág. 2 de 16 Se está a receber este documento, isto já significa que é alguém especial para a UEM Unidade de Estruturas Metálicas SA. Convidamo-lo

Leia mais

CURSO GESTÃO DA MOBILIDADE E DESLOCAÇÕES

CURSO GESTÃO DA MOBILIDADE E DESLOCAÇÕES CURSO GESTÃO DA MOBILIDADE E DESLOCAÇÕES NAS EMPRESAS PLANEAR PARA A REDUÇÃO DE CUSTOS E OPTIMIZAÇÃO DE SOLUÇÕES 19 e 20 Fevereiro 2013 Auditório dos CTT- Correios de Portugal Lisboa Horário Laboral: 09h30

Leia mais

GRUPO. Consultoria. Serviços. Manutenção & Serralharia. Construção

GRUPO. Consultoria. Serviços. Manutenção & Serralharia. Construção GRUPO Construção Manutenção & Serralharia Consultoria Serviços SOLUÇÕES PARA SI! Com uma larga experiência nas áreas da Construção, Manutenção, Serralharia, Consultoria e Serviços, a RIMSM destaca-se pela

Leia mais

Mais de 30 anos ao serviço das PME s

Mais de 30 anos ao serviço das PME s Mais de 30 anos ao serviço das PME s Historial 1977 Fundação da RISA pelo seu actual Chairman João Artur Rosa 1977 Área de negócio inicial: consultoria em contabilidade e fiscalidade 1984 Criação de um

Leia mais

+Inovação +Indústria. AIMMAP Horizonte 2020 - Oportunidades para a Indústria Porto, 14 outubro 2014

+Inovação +Indústria. AIMMAP Horizonte 2020 - Oportunidades para a Indústria Porto, 14 outubro 2014 +Inovação +Indústria AIMMAP Horizonte 2020 - Oportunidades para a Indústria Porto, 14 outubro 2014 Fatores que limitam maior capacidade competitiva e maior criação de valor numa economia global Menor capacidade

Leia mais

O PAPEL DE PORTUGAL NO MUNDO É MAIS IMPORTANTE DO QUE IMAGINA.

O PAPEL DE PORTUGAL NO MUNDO É MAIS IMPORTANTE DO QUE IMAGINA. O PAPEL DE PORTUGAL NO MUNDO É MAIS IMPORTANTE DO QUE IMAGINA. Mensagem da Administração Bem-vindos ao Complexo Industrial da Figueira da Foz do grupo Portucel Soporcel. É com muita satisfação que Vos

Leia mais

Mecanismos e modelos de apoio à Comunidade Associativa e Empresarial da Indústria Extractiva

Mecanismos e modelos de apoio à Comunidade Associativa e Empresarial da Indústria Extractiva centro tecnológico da cerâmica e do vidro coimbra portugal Mecanismos e modelos de apoio à Comunidade Associativa e Empresarial da Indústria Extractiva Victor Francisco CTCV Responsável Unidade Gestão

Leia mais

ANA AEROPORTOS DE PORTUGAL, SA

ANA AEROPORTOS DE PORTUGAL, SA ANA AEROPORTOS DE PORTUGAL, SA 8º CICLO DE SEMINÁRIOS TRANSPORTES & NEGÓCIOS O PAPEL DO SISTEMA AEROPORTUÁRIO NAS SOLUÇÕES LOGÍSTICAS Outubro 2006 Preâmbulo Atendendo ao modelo económico de desenvolvimento

Leia mais

Divisão da Operational Consulting dedicada ao Desenvolvimento do Potencial Humano.

Divisão da Operational Consulting dedicada ao Desenvolvimento do Potencial Humano. Divisão da Operational Consulting dedicada ao Desenvolvimento do Potencial Humano. Especialização e Acreditação como Entidade Formativa nas áreas da Qualidade, Produtividade, Logística e Comportamental.

Leia mais

Sistema de Incentivos à Qualificação e Internacionalização de PME CONDIÇÕES DE ENQUADRAMENTO

Sistema de Incentivos à Qualificação e Internacionalização de PME CONDIÇÕES DE ENQUADRAMENTO Sistema de Incentivos à Qualificação e Internacionalização de PME CONDIÇÕES DE ENQUADRAMENTO Aviso para apresentação de candidaturas Nº 04/SI/2012 Índice Condições de Elegibilidade do Promotor... 3 Condições

Leia mais

EDIÇÃO 2011/2012. Introdução:

EDIÇÃO 2011/2012. Introdução: EDIÇÃO 2011/2012 Introdução: O Programa Formação PME é um programa financiado pelo POPH (Programa Operacional Potencial Humano) tendo a AEP - Associação Empresarial de Portugal, como Organismo Intermédio,

Leia mais

Powered by. Desenvolvimento

Powered by. Desenvolvimento Desenvolvimento de Sistemas Sustentáveis 1 Urbancraft Energia, S.A. FDO INVESTIMENTOS E PARTICIPAÇÕES, SGPS, S.A. ALEXANDRE BARBOSA BORGES, SGPS, S.A. 50% 50% A URBANCRAFT ENERGIA, S.A é uma sociedade

Leia mais

Competitividade e Inovação

Competitividade e Inovação Competitividade e Inovação Evento SIAP 8 de Outubro de 2010 Um mundo em profunda mudança Vivemos um momento de transformação global que não podemos ignorar. Nos últimos anos crise nos mercados financeiros,

Leia mais

A Construção Sustentável e o Futuro

A Construção Sustentável e o Futuro A Construção Sustentável e o Futuro Victor Ferreira ENERGIA 2020, Lisboa 08/02/2010 Visão e Missão O Cluster Habitat? Matérias primas Transformação Materiais e produtos Construção Equipamentos Outros fornecedores

Leia mais

A Indústria Portuguesa de Moldes

A Indústria Portuguesa de Moldes A Indústria Portuguesa de Moldes A Indústria Portuguesa de Moldes tem vindo a crescer e a consolidar a sua notoriedade no mercado internacional, impulsionada, quer pela procura externa, quer por uma competitiva

Leia mais

APEX- APOIO À PROMOÇÃO DA EXPORTAÇÃO DAS PME 2012

APEX- APOIO À PROMOÇÃO DA EXPORTAÇÃO DAS PME 2012 APEX- APOIO À PROMOÇÃO DA EXPORTAÇÃO DAS PME 2012 A aposta no apoio à internacionalização tem sido um dos propósitos da AIDA que, ao longo dos anos, tem vindo a realizar diversas acções direccionadas para

Leia mais

COZINHAS CASAS DE BANHO ROUPEIR OS APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL

COZINHAS CASAS DE BANHO ROUPEIR OS APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL COZINHAS APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL COZINHAS APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL : A EMPRESA Fundada há 40 anos, a TERRAR Indústria de Mobiliário, S.A. desenvolve a sua actividade no sector da indústria de mobiliário,

Leia mais

Modernização dos Sistemas de Informação do Grupo Prosegur

Modernização dos Sistemas de Informação do Grupo Prosegur Modernização dos Sistemas de Informação do Grupo Prosegur Rogério Machado Director Técnico José Monteiro Ferreira Director Informática e Telecomunicações AGENDA 1. A APR 2. APRESENTAÇÃO DO PROJECTO 3.

Leia mais

APCER. Associação Portuguesa de Certificação. www.apcer.pt

APCER. Associação Portuguesa de Certificação. www.apcer.pt APCER Associação Portuguesa de Certificação www.apcer.pt CERTIFICAÇÃO UM PASSO PARA A EXCELÊNCIA VANTAGENS: Cultura Organizacional; Confiança; Reconhecimento; Valor Acrescentado. QUEM SOMOS Constituída

Leia mais

O SECTOR A SOLUÇÃO Y.make Num mundo cada vez mais exigente, cada vez mais rápido e cada vez mais competitivo, o papel dos sistemas de informação deixa de ser de obrigação para passar a ser de prioridade.

Leia mais

COMPETIR CATÁLOGO DE FORMAÇÃO 2010 - PLANO FORMATIVO. www.competiracores.com. Formação e Serviços, S.A. Design www.craveirodesign.

COMPETIR CATÁLOGO DE FORMAÇÃO 2010 - PLANO FORMATIVO. www.competiracores.com. Formação e Serviços, S.A. Design www.craveirodesign. Design www.craveirodesign.com COMPETIR Formação e Serviços, S.A. www.competiracores.com CATÁLOGO DE FORMAÇÃO 2010 - PLANO FORMATIVO Quem Somos A Competir-Açores está integrada no Grupo COMPETIR e estamos

Leia mais

Certificação de Sistemas de Gestão da Qualidade na Administração Pública. www.apcer.pt

Certificação de Sistemas de Gestão da Qualidade na Administração Pública. www.apcer.pt Certificação de Sistemas de Gestão da Qualidade na Administração Pública www.apcer.pt Hélder Estradas 4 de Novembro de 2005 QUEM SOMOS Constituída em Abril de 1996 (IPQ, AIPortuguesa AIPortuense, actual

Leia mais

ANA obtém certificação em quatro áreas críticas com apoio da VP Consulting

ANA obtém certificação em quatro áreas críticas com apoio da VP Consulting ANA obtém certificação em quatro áreas críticas com apoio da VP Consulting Contactos: Isabel Fonseca Marketing VP Consulting Telefone: +351 22 605 37 10 Fax: +351 22 600 07 13 Email: info@vpconsulting.pt

Leia mais

Portugal 2020. Pedro Gomes Nunes. Director Executivo. Lisboa, Fevereiro 2014. www.risa.pt

Portugal 2020. Pedro Gomes Nunes. Director Executivo. Lisboa, Fevereiro 2014. www.risa.pt Pedro Gomes Nunes Director Executivo Lisboa, Fevereiro 2014 RISA - Apresentação ÁREAS DE NEGÓCIO Estudos e Projectos + 20 anos de experiência + 1.500 candidaturas a Fundos Comunitários aprovadas. + 1,6

Leia mais

METALOMECÂNICA RELATÓRIO DE CONJUNTURA

METALOMECÂNICA RELATÓRIO DE CONJUNTURA METALOMECÂNICA RELATÓRIO DE CONJUNTURA 1. Indicadores e Variáveis das Empresas A indústria metalomecânica engloba os sectores de fabricação de produtos metálicos, excepto máquinas e equipamento (CAE )

Leia mais

GESTÃO E ESTRATÉGIA PORTUÁRIA 5 MÓDULOS 2 SEMINÁRIOS VISITAS TÉCNICAS

GESTÃO E ESTRATÉGIA PORTUÁRIA 5 MÓDULOS 2 SEMINÁRIOS VISITAS TÉCNICAS P Ó S - G R A D U A Ç Ã O GESTÃO E ESTRATÉGIA PORTUÁRIA 5 MÓDULOS 2 SEMINÁRIOS VISITAS TÉCNICAS 2ª EDIÇÃO DATA 22 DE MAIO A 29 DE JUNHO E DE 17 A 27 DE SETEMBRO CARGA HORÁRIA 191 HORAS LOCAL CENTRO DE

Leia mais

Normas Europeias para Projecto de Estruturas Metálicas

Normas Europeias para Projecto de Estruturas Metálicas CENFIM, Trofa 6 de Maio de 2014 Normas Europeias para Projecto de Estruturas Metálicas Rui Ferreira Alves O Sector da Construção no contexto da União Europeia Sector estratégico: relevante para promover

Leia mais

Soluções de Interconexão. HARTING Iberia S.A. Apresentação geral. Apresentação. Pág. 1

Soluções de Interconexão. HARTING Iberia S.A. Apresentação geral. Apresentação. Pág. 1 HARTING Iberia S.A. Pág. 1 HARTING Iberia. Conexão Eléctrica e Electrónica. Serviços de Tecnologia Corporativa (CTS) Design, montagem e teste de Backpanels Conectores Eléctricos e Electrónicos CLIENTES

Leia mais

Sistema de Incentivos à Inovação. Inovação Produtiva CONDIÇÕES DE ENQUADRAMENTO

Sistema de Incentivos à Inovação. Inovação Produtiva CONDIÇÕES DE ENQUADRAMENTO Sistema de Incentivos à Inovação Inovação Produtiva CONDIÇÕES DE ENQUADRAMENTO Aviso para apresentação de candidaturas Nº 04/SI/2010 1 Índice Tipologias de Investimento... 3 Condições de Elegibilidade

Leia mais

2.4. Subsector TRABALHO DA PEDRA (CAE 267)

2.4. Subsector TRABALHO DA PEDRA (CAE 267) 2.4. Subsector TRABALHO DA PEDRA (CAE 267) 2.4. Subsector TRABALHO DA PEDRA (CAE 267) a) Universo, Dimensão e Emprego Empresarial do Trabalho da Pedra O trabalho da pedra tinha 2.001 empresas em 2004,

Leia mais

ENSAIOS E MEDIÇÕES UMA CONTRIBUIÇÃO PARA A SUSTENTABILIDADE DAS EXPORTAÇÕES DO SECTOR METALOMECÂNICO

ENSAIOS E MEDIÇÕES UMA CONTRIBUIÇÃO PARA A SUSTENTABILIDADE DAS EXPORTAÇÕES DO SECTOR METALOMECÂNICO ENSAIOS E MEDIÇÕES UMA CONTRIBUIÇÃO PARA A SUSTENTABILIDADE DAS EXPORTAÇÕES DO SECTOR METALOMECÂNICO Ordem dos Engenheiros Junho de 2015 Pedro Castro 1 Índice 1. Apresentação 2. A nossa missão 3. Dados

Leia mais

Economia. Jornal Negócios. Classe: Economia/Negócios. Dimensão: n+ 19 11 2012. Imagem: Página (s): S/Cor 1/6 a 9

Economia. Jornal Negócios. Classe: Economia/Negócios. Dimensão: n+ 19 11 2012. Imagem: Página (s): S/Cor 1/6 a 9 Jornal Negócios /Negócios Dimensão: Página (s): 3306 1/6 a 9 /Negócios Câmara do Comércio Luso Alemã tem Chama Amarela traz indústria Autoeuropa mil sócios e na Alemanha de volta às exportações de 3 600

Leia mais

M ODELO EUROPEU DE CURRICULUM VITAE. INFORMAÇÃO PESSOAL RITA MESQUITA Nome Nacionalidade Portuguesa Data de nascimento 3 de Janeiro de 1980

M ODELO EUROPEU DE CURRICULUM VITAE. INFORMAÇÃO PESSOAL RITA MESQUITA Nome Nacionalidade Portuguesa Data de nascimento 3 de Janeiro de 1980 M ODELO EUROPEU DE CURRICULUM VITAE INFORMAÇÃO PESSOAL RITA MESQUITA Nome Nacionalidade Portuguesa Data de nascimento 3 de Janeiro de 1980 FORMAÇÃO ACADÉMICA Outubro 2006 Junho 2007 Nome da organização

Leia mais

SESSÃO DE ENCERRAMENTO DO VENTURE CAPITAL IT 2006

SESSÃO DE ENCERRAMENTO DO VENTURE CAPITAL IT 2006 SESSÃO DE ENCERRAMENTO DO VENTURE CAPITAL IT 2006 Jaime Andrez Presidente do CD do IAPMEI 10 de Maio de 2006 Minhas Senhoras e meus Senhores, 1. Em nome do Senhor Secretário de Estado Adjunto, da Indústria

Leia mais

Apresentação da Empresa

Apresentação da Empresa Apresentação da Empresa Dekra SE Uma empresa com tradição Fundada em Berlim como Associação Registada Presente no sector das oficinas automóveis desde o final dos anos 70 Reestruturação e reorganização

Leia mais

APRESENTAÇÃO DO GRUPO INCENTEA

APRESENTAÇÃO DO GRUPO INCENTEA APRESENTAÇÃO DO GRUPO INCENTEA Quem Somos Somos um grupo de empresas de prestação de serviços profissionais nas áreas das Tecnologias de Informação, Comunicação e Gestão. Estamos presente em Portugal,

Leia mais

VINTE E OITO ANOS DE HISTÓRIA

VINTE E OITO ANOS DE HISTÓRIA CAPA VINTE E OITO ANOS DE HISTÓRIA Uma região Uma cidade Muitas vontades Alfredo da Silva 1987-1990 Luis Filipe 1991-1996 Luis Veiga 1997-2002 João Fernandes Antunes 2003-2008 Jorge Martins 2009-2011 Vitor

Leia mais

Síntese do estudo sobre A ADESÃO DAS PME NACIONAIS À PRÁTICA DO COMÉRCIO ELECTRÓNICO

Síntese do estudo sobre A ADESÃO DAS PME NACIONAIS À PRÁTICA DO COMÉRCIO ELECTRÓNICO Síntese do estudo sobre A ADESÃO DAS PME NACIONAIS À PRÁTICA DO COMÉRCIO ELECTRÓNICO 1. PRINCIPAIS CONCLUSÕES Há um entendimento razoável das vantagens da prática do comércio electrónico no seio das PME

Leia mais

UMA ASSOCIAÇÃO GLOBAL PARA ALIANÇAS ESTRATÉGICAS

UMA ASSOCIAÇÃO GLOBAL PARA ALIANÇAS ESTRATÉGICAS UMA ASSOCIAÇÃO GLOBAL PARA ALIANÇAS ESTRATÉGICAS UMA ASSOCIAÇÃO GLOBAL PARA ALIANÇAS ESTRATÉGICAS Presente em mais de 80 países e com mais de 280 escritórios em todos os Continentes, a MGI é uma das maiores

Leia mais

REDES DE DISTRIBUIÇÃO

REDES DE DISTRIBUIÇÃO REDES DE DISTRIBUIÇÃO De uma maneira geral, as redes de distribuição são constituídas por: 1. Um conjunto de instalações que fazem a recepção, armazenagem e expedição de materiais; 2. Um conjunto de rotas

Leia mais

Liderança Empresarial A crise como alavanca de oportunidades. AEP Março.2012

Liderança Empresarial A crise como alavanca de oportunidades. AEP Março.2012 Liderança Empresarial A crise como alavanca de oportunidades AEP Março.2012 1/ Perfil Em busca da Excelência Missão Inovar com qualidade 1/ Perfil Trabalhamos diariamente no desenvolvimento de soluções

Leia mais

Os acordos laborais da Autoeuropa no enquadramento competitivo do grupo Volkswagen

Os acordos laborais da Autoeuropa no enquadramento competitivo do grupo Volkswagen Os acordos laborais da no enquadramento competitivo do grupo Volkswagen Conferência NEXT 20 Março 2009 Julius von Ingelheim Director de Recursos Humanos O grupo Volkswagen Exemplo de competitividade global

Leia mais

METAL DURO POR ESPECIALISTAS

METAL DURO POR ESPECIALISTAS METAL DURO POR ESPECIALISTAS A Durit emprega mais de 350 pessoas em todo o mundo. Os seus principais mercados são a Europa e a América do Sul Metal Duro sinterizado - caracterizado pela sua resistência.

Leia mais

Rigor, rapidez e qualidade de execução.

Rigor, rapidez e qualidade de execução. Rigor, rapidez e qualidade de execução. FAUSTINO E FERREIRA CONSTRUÇÕES METÁLICAS, SA 04 COMPONENTES E CONSTRUÇÕES METÁLICAS Somos uma empresa da indústria metalomecânica, especializada na concepção e

Leia mais

O reforço da gestão da inovação nas empresas portuguesas CCDR Algarve 6 de Maio de 2009 Isabel Caetano COTEC Portugal

O reforço da gestão da inovação nas empresas portuguesas CCDR Algarve 6 de Maio de 2009 Isabel Caetano COTEC Portugal O reforço da gestão da inovação nas empresas portuguesas CCDR Algarve 6 de Maio de 2009 Isabel Caetano COTEC Portugal COTEC PORTUGAL - ASSOCIAÇÃO EMPRESARIAL PARA A INOVAÇÃO A COTEC Portugal - Associação

Leia mais

CICLO DE FORMAÇÕES CENTRO DE INVESTIGAÇÃO E PROJECTO EM CONTROLO E APLICAÇÃO DE MÁQUINAS ELÉCTRICAS. Em parceria com as empresas/entidades:

CICLO DE FORMAÇÕES CENTRO DE INVESTIGAÇÃO E PROJECTO EM CONTROLO E APLICAÇÃO DE MÁQUINAS ELÉCTRICAS. Em parceria com as empresas/entidades: CENTRO DE INVESTIGAÇÃO E PROJECTO EM CONTROLO E APLICAÇÃO DE MÁQUINAS ELÉCTRICAS CICLO DE FORMAÇÕES 2012 Em parceria com as empresas/entidades: c/a participação de formadores da EDP 1 Conteúdo Ciclo de

Leia mais

CENOR CONSULTORES, S.A. - Grupo Cenor MOVAÇO - Movimentação Industrial, Lda NASACAR - Sociedade de Importação e Comércio de Peças Auto, Lda.

CENOR CONSULTORES, S.A. - Grupo Cenor MOVAÇO - Movimentação Industrial, Lda NASACAR - Sociedade de Importação e Comércio de Peças Auto, Lda. EN 15838:2009 BANCO PORTUGUÊS DE NEGÓCIOS, S.A. ISO 22000:2005 ISO 22000:2005 ISO 27001:2005 WIT-Software-Consultoria e Software para a Internet Móvel, SA EPEDAL - INDÚSTRIA DE COMPONENTES METÁLICOS, S.A.

Leia mais

Caderno de Apresentação

Caderno de Apresentação 20 Anos Ligações com futuro! Caderno de Apresentação 1 - ELEMENTOS IDENTIFICATIVOS Denominação Social RibeiroMtec, Unipessoal Limitada Sede / Armazém Rua Cónego Luciano Afonso Santos, 29 4700-371 Braga

Leia mais

Sistema de Incentivos à Inovação. Inovação Produtiva CONDIÇÕES DE ENQUADRAMENTO

Sistema de Incentivos à Inovação. Inovação Produtiva CONDIÇÕES DE ENQUADRAMENTO Sistema de Incentivos à Inovação Inovação Produtiva CONDIÇÕES DE ENQUADRAMENTO Aviso para apresentação de candidaturas Nº 02/SI/2012 1 Índice Tipologias de Investimento... 3 Condições de Elegibilidade

Leia mais

CHINA Apresentação de Casos de Sucesso

CHINA Apresentação de Casos de Sucesso CHINA Apresentação de Casos de Sucesso Parceiro e membro da IMCN: KK Yeung Management MERCAL CONSULTING GROUP A Member of IMCN- International Management Consultancies Network ÍNDICE DA APRESENTAÇÃO 1.

Leia mais

Logística e Gestão da Distribuição

Logística e Gestão da Distribuição Logística e Gestão da Distribuição Depositos e política de localização (Porto, 1995) Luís Manuel Borges Gouveia 1 1 Depositos e politica de localização necessidade de considerar qual o papel dos depositos

Leia mais

A ISO 26000 e a sua relação com os referenciais certificáveis. Os 7 temas fundamentais da ISO 26000 vertente Ambiente - A experiência da EGEO

A ISO 26000 e a sua relação com os referenciais certificáveis. Os 7 temas fundamentais da ISO 26000 vertente Ambiente - A experiência da EGEO A ISO 26000 e a sua relação com os referenciais certificáveis Os 7 temas fundamentais da ISO 26000 vertente Ambiente - A experiência da EGEO Ana Maria Lopes CONTEÚDO EGEO SIG- nas empresas da EGEO social

Leia mais

2011/07/07 MQ-01/02 01/02-2011/07/07

2011/07/07 MQ-01/02 01/02-2011/07/07 MQ-01/02 01/02-2011/07/07 2011/07/07 NOTA: No caso de imprimir este documento, o mesmo passa automaticamente a Cópia Não Controlada ; a sua utilização implica a confirmação prévia de que corresponde à

Leia mais

Case study. II Encontro de Parceiros Sociais Microsoft CAMINHOS PARA A SUSTENTABILIDADE EMPRESA

Case study. II Encontro de Parceiros Sociais Microsoft CAMINHOS PARA A SUSTENTABILIDADE EMPRESA Case study 2009 II Encontro de Parceiros Sociais Microsoft CAMINHOS PARA A SUSTENTABILIDADE EMPRESA Microsoft Corporation fundada em 1975, líder mundial em software, serviços e soluções, que apoiam as

Leia mais

Banco Popular, Espanha

Banco Popular, Espanha Banco Popular, Espanha Tecnologia avançada de automação do posto de caixa para melhorar a eficiência e beneficiar a saúde e segurança dos funcionários O recirculador de notas Vertera contribuiu para impulsionar

Leia mais