14 CABOS DE FIBRA ÓTICA

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "14 CABOS DE FIBRA ÓTICA"

Transcrição

1 FIBRA OTICA 4

2 4 CABOS DE FIBRA ÓTICA Fibra Ótica com diferentes tipos de cabos: Tight Buffer - Estrutura Fechada Fibra ótica com revestimento em PVC. Usado para ligações dentro de edifícios (cabos, cordões de ótica). TIGHT BUFFER Fibra Ótica (900µm) Membro de força Bainha Exterior Para diferentes ambientes: Fibra ótica interior; Fibra ótica interior/exterior; Loose Tube Estrutura Livre Fibras estão dispostas livremente nos tubos dentro do cabo, sem restrições. Usado para ligações entre edifícios. LOOSE TUBE Fibra Ótica (250µm) Tubo de PVC preenchido c/ gel Membro de força Bainha Exterior Fibra Ótica Exterior. Com diferentes níveis de proteção: Proteção com de vidro: - É um dissuasor de roedores. Com diferentes categorias: Multimodo: - 50/25 µm; -OM2, OM3, OM4. Adequadas às principais normativas: ITU-TG652D ITU-TG657B Membro de resistência: - É um reforço mecânico de cabos e dissuasor de roedores. Monomodo: - 9/25 µm; - OS /08/EC IEC60793 nº de s tipos de cabo ambiente nível de proteção categoria normas página 2 tight buffer interior Kevlar monomodo G.657B ,8,2 loose tube interior/exterior de vidro monomodo G.652D 290 4,8,2 loose tube interior/exterior de vidro multimodo IEC loose tube interior/exterior de vidro monomodo G.652D loose tube interior/exterior de vidro multimodo IEC loose tube exterior FRP aramida (,5mm) monomodo G.652D loose tube exterior FRP aramida + PE monomodo G.652D

3 CABOS DE FIBRA ÓTICA 4 núcleo ótico revestimento tight-buffer Kevlar bainha exterior Aplicações: ITED; Usado para patch cords; Usado para ligações. Características: Boa resistência à tração e proteção mecânica durante a fase de instalação, o que evita danos ou rutura nas s; Zip Cord. CABO 2 FIBRAS, MONOMODO Código Categoria ISO/IEC 80 Nº de s 2 OS2 Recomendação ITU-T0 Ambiente G657B3 interior Desempenho ótico Comprimento de onda de corte (nm) 30 Diâmetro do campo modal 8,6±0,4 Erro de circularidade da bainha (%) 0,70 Diâmetro da bainha 24,8±0,7 Erro de concentridade do campo modal 0,5 Atenuação para 30nm (db/km) 0,35 Atenuação para 550nm (db/km) 0,2 Atenuação a 550nm por um raio com 5mm (db) 0,0 Atenuação a 625nm por um raio com 5mm (db) 0,25 Parâmetros do cabo Dimensão da Fibra ótica 245±5 Cor da Fibra Ótica Natural Dimensão do Tight-buffer 850±50 Material do Tight-buffer Cor do Tight-buffer PVC Branco e Amarelo Diâmetro da bainha exterior (mm) 2,90±0,0 x 5,90±0,20 Material da bainha exterior Cor da bainha exterior Membro de Resistência PVC Amarelo Kevlar Características Mecanicas e Ambientais Tensão (N) Esmagamento (N/0cm) Raio Minimo de Curvatura Dinâmico (mm) Raio Minimo de Curvatura Estático (mm) 20D 0D Temperatura de Instalação ( C) -0~+50 Temperatura de Armazenamento ( C) -20~+60 Temperatura de Operação ( C) -20~+60 argon.pt 289

4 4 CABOS DE FIBRA ÓTICA membro de força (dissuasor de roedores) revestimento colorido de preenchimento em gel loose tube bainha exterior Aplicações: Usado para ligações. Características: Boa resistência à tração e boa proteção mecânica durante a fase de instalação, o que evita danos ou rutura nas s; LSZH - livre de halógeneos e retardande à chama. CABO 4,8 E 2 FIBRAS, MONOMODO 4, 8 e 2 Código Categoria ISO / IEC 80 OS2 Nº de s Recomendação ITU-T0 G.652D Ambiente interior/exterior Desempenho ótico Diâmetro do campo modal 30nm 9,2±0,40 Diâmetro do campo modal 5500nm 0,4±0,50 Diâmetro da bainha 24,8±0,70 Erro de circularidade da bainha (%) 0,70 Erro de concentridade do campo modal 0,50 Atenuação para 30nm (db/km) 0,36 Atenuação para 550nm (db/km) 0,25 Parâmetros do cabo Dimensão da Fibra ótica 250±5 Cor da Fibra Ótica Azul, Laranja, Verde, Castanho, Cinzento, Natural, Vermelho, Preto, Amarelo, Roxo, Rosa, Água. Dimensão do Loose Tube (mm) 2,0±0, Material do Loose Tube Cor do Loose Tube PBT Natural Diâmetro da bainha exterior (mm) 5,8±0,20 Material da bainha exterior Cor da bainha exterior Membro de resistência LSZH Preto Fibra de vidro Características mecânicas e ambientais Tensão (N) Esmagamento (N/0cm) Raio Minimo de Curvatura Dinâmico (mm) 20D Raio Minimo de Curvatura Estático (mm) 0D Temperatura de Instalação ( C) -20~+60 Temperatura de Operação ( C) -40~+70 Temperatura de Armazenamento ( C) -40~

5 4, 8 e 2 CABOS DE FIBRA ÓTICA membro de força (dissuasor de roedores) Aplicações: revestimento colorido de Usado para ligações. preenchimento em gel Características: Boa resistência à tração e boa proteção loose tube mecânica durante a fase de instalação, o que bainha exterior evita danos ou rutura nas s; LSZH - livre de halógeneos e retardande à chama. CABO 4, 8 E 2 FIBRAS, MULTIMODO Código Nº de s Categoria ISO / IEC OM OM OM Ambiente Interior/Exterior Categoria ISO/IEC 80 OM2 OM3 OM4 Desempenho ótico Diâmetro do núcleo 50,0±2,5 50,0±2,5 50,0±2,5 4 Diâmetro da bainha 24,8±,0 24,8±,0 25,0±,0 Erro de circularidade da bainha (%),0,0,0 Erro de concentridade do campo modal,5,0,5 Atenuação para 850nm (db/km) 3,0 3,0 3,5 Atenuação para 300nm (db/km),0,0,5 Largura de banda 850nm (MHz. Km) Largura de banda 300nm (MHz. Km) Largura de banda modal efetiva 850nm (MHz. Km) Largura de banda modal efetiva 30nm (MHz. Km) Parâmetros do cabo Dimensão da Fibra ótica 250±5 Cor da Fibra Ótica Azul, Laranja, Verde, Castanho, Cinzento, Natural, Vermelho, Preto, Amarelo, Roxo, Rosa, Água. Dimensão do Loose Tube (mm) 2,0±0, Material do Loose Tube PBT Cor do Loose Tube Natural Diâmetro da bainha exterior (mm) 5,8±0,2 Material da bainha exterior LSZH Cor da bainha exterior Preto Membro de resistência Fibra de Vidro Características mecânicas e ambientais Tensão (N) Esmagamento (N/0cm) Raio Minimo de Curvatura Dinâmico (mm) 20D Raio Minimo de Curvatura Estático (mm) Temperatura de Instalação ( C) -20~+60 Temperatura de Operação ( C) -40~+70 Temperatura de Armazenamento ( C) -40~+70 argon.pt 0D 29

6 4 CABOS DE FIBRA ÓTICA revestimento colorido de preenchimento em gel revestimento com anel de cor loose tube de vidro (dissuasor de roedores) bainha exterior Aplicações: Usado para ligações. Características: Boa resistência à tração e boa proteção mecânica durante a fase de instalação, o que evita danos ou rutura nas s; LSZH - livre de halógeneos e retardande à chama. 24 FIBRAS, MONOMODO 24 Código Categoria ISO / IEC 80 OS2 G.652D Nº de s 24 Ambiente interior/exterior Desempenho ótico Diâmetro do campo modal 30nm 9,2±0,40 Diâmetro do campo modal 550nm 0,4±0,50 Diâmetro da bainha 245±5 Erro de circularidade da bainha (%) 6,0 Erro de concentridade do campo modal 2,00 Atenuação para 30nm (db/km) 0,36 Atenuação para 550nm (db/km) 0,25 Parâmetros do cabo Dimensão da Fibra ótica 250±5 Cor da Fibra Ótica Azul, Laranja, Verde, Castanho, Cinzento, Natural, Vermelho, Preto, Amarelo, Roxo, Rosa, Água Dimensão do Loose Tube (mm) 3,0±0, Material do Loose Tube Cor do Loose Tube PBT Natural Diâmetro da bainha exterior (mm) 6,6±0,2 Material da bainha exterior Cor da bainha exterior Membro de Resistência LSZH Preto Fibra de Vidro Características mecânicas e ambientais Tensão (N) Esmagamento (N/0cm) Raio Minimo de Curvatura Dinâmico (mm) 20D Raio Minimo de Curvatura Estático (mm) 0D Temperatura de Instalação ( C) -20~+60 Temperatura de Operação ( C) -40~+70 Temperatura de Armazenamento ( C) -40~

7 CABOS DE FIBRA ÓTICA 4 revestimento colorido de preenchimento em gel revestimento com anel de cor loose tube de vidro bainha exterior Aplicações: Usado para ligações. Características: Boa resistência à tração e boa proteção mecânica durante a fase de instalação, o que evita danos ou rutura nas s; LSZH - livre de halógeneos e retardande à chama. 24 FIBRAS, MULTIMODO 24 Código Categoria ISO / IEC 80 OM2 OM3 OM4 Nº de s Ambiente interior/exterior Desempenho ótico Diâmetro do núcleo 50,0±2,5 50,0±2,5 50,0±2,5 Diâmetro da bainha 24,8±,0 24,8±,0 25,0±,0 Erro de circularidade da bainha (%) 6,0 6,0 6,0 Erro de concentridade do campo modal 2,0 2,0 2,0 Atenuação para 850nm (db/km) 3,0 3,0 3,5 Atenuação para 300nm (db/km),0,0,5 Largura de banda 850nm (MHz. Km) Largura de banda 300nm (MHz. Km) Largura de banda modal efetiva 850nm (MHz. Km) Largura de banda modal efetiva 30nm (MHz. Km) Parâmetros do cabo Dimensão da Fibra ótica 250±5 Cor da Fibra Ótica Azul, Laranja, Verde, Castanho, Cinzento, Natural, Vermelho, Preto, Amarelo, Roxo, Rosa, Água Dimensão do Loose Tube (mm) 3,0±0, Material do Loose Tube PBT Cor do Loose Tube Natural Diâmetro da bainha exterior (mm) 6,6±0,2 Material da bainha exterior LSZH Cor da bainha exterior Preto Membro de Resistência Fibra de Vidro Características mecânicas e ambientais Tensão (N) Esmagamento (N/0cm) Raio Minimo de Curvatura Dinâmico (mm) 20D Raio Minimo de Curvatura Estático (mm) 0D Temperatura de Instalação ( C) -20~+60 Temperatura de Operação ( C) -40~+70 Temperatura de Armazenamento ( C) -40~+70 argon.pt 293

8 4 CABOS DE FIBRA ÓTICA enchimento loose tube revestimento colorido de preenchimento em gel membro de força central fita à prova de água fios de bloqueio de água banda (dissuasor de roedores) bainha exterior Aplicações: Usado para ligações. Características: Excelente resistência à tração e boa proteção mecânica durante a fase de instalação, o que evita danos ou rutura nas s. CABO 48 FIBRAS, MONOMODO 48 Código Categoria ISO / IEC 80 OS2 Nº de s 48 Recomendação ITU-T0 G.652D Ambiente exterior Desempenho ótico Diâmetro do campo modal 30nm 9,2±0,40 Diâmetro do campo modal 5500nm 0,4±0,50 Diâmetro da bainha 24,8±0,70 Erro de circularidade da bainha (%) 0,70 Erro de concentridade do campo modal 0,50 Atenuação para 30nm (db/km) 0,36 Atenuação para 550nm (db/km) 0,22 Parâmetros do cabo Dimensão da Fibra ótica 250±5 Azul, Laranja, Verde, Castanho, Cinzento, Natural, Cor da Fibra Ótica Vermelho, Preto, Amarelo, Roxo, Rosa, Água Dimensão do Loose Tube (mm),95±0,05 Material do Loose Tube PBT Cor do Loose Tube Verde, Natural, Natural, Natural Diâmetro da bainha exterior (mm) 9,3±0,3 Material da bainha exterior PE Cor da bainha exterior Preto Membro de Força FRP aramida (,5mm) Características mecânicas e ambientais Tensão (N) Esmagamento (N/0cm) Raio Minimo de Curvatura Dinâmico (mm) 20D Raio Minimo de Curvatura Estático (mm) 0D Temperatura de Instalação ( C) -20~+60 Temperatura de Operação ( C) -40~+70 Temperatura de Armazenamento ( C) -40~

9 CABOS DE FIBRA ÓTICA 4 bainha exterior revestimento colorido de de vidro membro de força central loose tube gel fita à prova de água Aplicações: Usado para ligações. Características: Excelente resistência à tração e boa proteção mecânica durante a fase de instalação, o que evita danos ou rutura nas s. CABO 96 FIBRAS, MONOMODO 96 Código Categoria ISO / IEC 80 OS2 Nº de s 96 Recomendação ITU-T0 G.652D Ambiente exterior Desempenho ótico Diâmetro do campo modal 30nm 9,2±0,4 Diâmetro do campo modal 5500nm 0,4±0,5 Diâmetro da bainha 24,8±0,7 Erro de circularidade da bainha (%) 0,70 Erro de concentridade do campo modal 0,5 Atenuação para 30nm (db/km) 0,36 Atenuação para 550nm (db/km) 0,25 Parâmetros do cabo Dimensão da Fibra ótica 250±5 Cor da Fibra Ótica Azul, Laranja, Verde, Castanho, Cinzento, Natural, Vermelho, Preto, Amarelo, Roxo, Rosa, Água Dimensão do Loose Tube (mm),95±0,05 Material do Loose Tube PBT Cor do Loose Tube Vermelho, verde, natural, natural, natural, natural, natural, natural Diâmetro da bainha exterior (mm),6±0,5 Material da bainha exterior PE Cor da bainha exterior Preto Características mecânicas e ambientais Tensão (N) Esmagamento (N/0cm) Raio Minimo de Curvatura Dinâmico (mm) 20D Raio Minimo de Curvatura Estático (mm) 0D Temperatura de Instalação ( C) -20~+60 Temperatura de Operação ( C) -40~+70 Temperatura de Armazenamento ( C) -40~+70 argon.pt 295

10 4 PATCH CORDS DE FIBRA ÓTICA Recomendado para uso interno na função de interligação de distribuidores óticos com equipamentos de rede, em sistemas óticos de baixas perdas e altas frequências; Excede os requisitos de performance previstos na Norma EIA/TIA-568-B.3; Suporta as principais aplicações segundo as Normas IEEE (Gigabit e 0 Gigabit Ethernet) e ANSI T.2 (Fiber Channel); Montado e testado 00% em fábrica; Alta performance em perda de inserção e perda de retorno; Classe de inflamabilidade: LSZH Low Smoke and Zero Halogen. PATCH CORD ST-ST ST-ST Duplex OM 62, PATCH CORD SC-ST SC-ST Duplex OM 62, PATCH CORD SC-SC SC-SC Duplex Duplex OM 62, Duplex 3 PATCH CORD LC-LC LC-LC Duplex Duplex OM 62, Duplex 3 296

11 PATCH CORDS DE FIBRA ÓTICA 4 PATCH CORD LC-SC LC-SC Duplex Duplex OM 62, Duplex 3 PATCH CORD LC-ST LC-ST Duplex Duplex OM 62, Duplex 3 PATCH CORD ST-ST ST-ST Duplex Duplex OM Duplex 3 PATCH CORD SC-ST SC-ST Duplex Duplex OM Duplex 3 PATCH CORD SC-SC SC-SC Duplex Duplex OM Duplex 3 argon.pt 297

12 4 PATCH CORDS DE FIBRA ÓTICA PATCH CORD LC-LC LC-LC Duplex Duplex OM Duplex 3 PATCH CORD LC-SC LC-SC Duplex Duplex OM Duplex 3 PATCH CORD LC-ST LC-ST Duplex Duplex OM Duplex 3 PATCH CORD ST-ST ST-ST Duplex Duplex OM Duplex 3 PATCH CORD SC-ST SC-ST Duplex Duplex OM Duplex 3 298

13 PATCH CORDS DE FIBRA ÓTICA 4 PATCH CORD SC-SC SC-SC Duplex Duplex OM Duplex 3 PATCH CORD LC-LC LC-LC Duplex Duplex OM Duplex 3 PATCH CORD LC-SC LC-SC Duplex Duplex OM Duplex 3 PATCH CORD LC-ST LC-ST Duplex Duplex OM Duplex 3 PATCH CORD SC-SC SC-SC Duplex Duplex OM Duplex 3 argon.pt 299

14 4 PATCH CORDS DE FIBRA ÓTICA PATCH CORD LC-LC LC-LC Duplex Duplex OM Duplex 3 PATCH CORD LC-SC LC-SC Duplex Duplex OM Duplex 3 PATCH CORD ST-ST ST-ST Duplex Duplex OS Duplex 3 PATCH CORD SC-ST SC-ST Duplex Duplex OS Duplex 3 PATCH CORD SC-SC SC-SC Duplex Duplex OS Duplex 3 300

15 PATCH CORDS DE FIBRA ÓTICA 4 PATCH CORD LC-LC LC-LC Duplex Duplex OS Duplex 3 PATCH CORD LC-SC LC-SC Duplex Duplex OS Duplex 3 PATCH CORD LC-ST LC-ST Duplex Duplex OS Duplex 3 PATCH CORD SC/PC-SC/APC SC/PC SC/APC Duplex Duplex OS Duplex 3 PATCH CORD LC/PC-SC/APC LC/PC SC/APC Duplex Duplex OS Duplex 3 argon.pt 30

16 4 PATCH CORDS DE FIBRA ÓTICA PATCH CORD SC/APC-SC/APC ITED G.657 SC/APC SC/APC Duplex OS PIGTAILS FIBRA ÓTICA OM ST PIGTAIL OM SC OM 62,5, LC OM ST PIGTAIL OM SC OM2 50, LC 302

17 PIGTAILS FIBRA ÓTICA 4 OM ST PIGTAIL OM SC OM3 50, LC OM4 PIGTAIL OM SC OM4 50, LC OS ST PIGTAIL OS SC SC/APC OS2 9, LC FC *Outros pigtails sobre consulta. PAINEL FIBRA ÓTICA 303D 303C 303A 7000 painel FO PAINEL FIBRA ÓTICA 9'' TELESCÓPICA portas altura (U) D SC, Duplex, Vazia C SC Simplex/LC, Duplex, Vazia A ST, Vazia Tampa cega SC Duplex - - argon.pt 303

18 4 REPARTIDORES A REPARTIDORES FIBRA ÓTICA dimensões (mm) repartidor A tomada FTTH para SC duplex - com suporte de fusões repartidor ITED RG-FO para 4 SC simplex ou 4 LC duplex - com suporte de fusões repartidor para 4 SC dimplex ou 4 LC duplex, IP54 - com suporte de fusões repartidor para 2 SC simplex ou 2 LC duplex, IP65 - com suporte de fusões repartidor para 24 SC simplex/ 24 LC duplex, PVC, IP65 24x80x25 50x0x30 85x5x40 235x200x60 420x260x repartidor de junta 2 FO em PVC 85x0x45 TORPEDOS TORPEDO PARA JUNTAS DE FIBRA ÓTICA torpedo A 24 núcleos com 2PCS 2C com cassete de fusão - IP B 48 núcleos com 4PCS 2C com cassete de fusão - IP C 96 núcleos com 4PCS 24C com cassete de fusão - IP68 304

19 TORPEDOS 4 CAIXA DE POSTE PARA JUNTAS DE FIBRA ÓTICA entrada de cabos e tamanho torpedo VM3-24C VM3-48C caixa de poste p/ juntas de ótica 24 fusões 4 portas redondas.(parafuso de caixa de poste p/ juntas de ótica vedação tipo.) 48 fusões ADAPTADORES PARA FIBRA ÓTICA 3004C 3004D 3005E 300B OM C SC, Simplex ADAPTADOR OM D SC, Duplex OM E LC, Duplex B ST 300C 300D 30D ADAPTADOR OM3/OM4 OM3 OM C SC, Simplex D SC, Duplex OM D LC, Duplex SC, Duplex OM LC, Duplex argon.pt 305

20 4 ADAPTADORES PARA FIBRA ÓTICA ADAPTADOR OS2 3004A 300A OS A SC, Simplex A SC/APC, Simplex 3004B 300B B SC, Duplex B SC/APC, Duplex OS B LC, Duplex 3005B 300A A ST C FC 3002C ACESSÓRIOS E FERRAMENTAS PARA FIBRA ÓTICA CASSETE DE FUSÃO dimensão (mm) cassete A cassete de suporte e organização para 2 fusões FO com tampa 40x90 PROTETOR DE FUSÃO dimensão (mm) protetor fusão B A protetor de fusão 2,4/4mm. espessura,5mm. protetor de fusão 2,4/6mm. espessura,5mm. 45 /2 60 /2 APARELHO DE TESTE aparelho de teste B caneta laser 0mw para distância de teste de 8 a 2km. 306

fibra optica:layout 1 27-01-2011 00:23 Page 23

fibra optica:layout 1 27-01-2011 00:23 Page 23 fibra optica:layout 1 27-01-2011 00:23 Page 23 Fibra Óptica fibra optica:layout 1 27-01-2011 00:23 Page 24 FIBRA ÓPTICA Fibra Óptica é um pedaço de vidro com capacidade de transmitir luz. Tal filamento

Leia mais

Cabo Óptico Pré-Conectorizado LC/SC

Cabo Óptico Pré-Conectorizado LC/SC Cabo Óptico Pré-Conectorizado LC/SC Tipo do Produto Descrição Cabo Óptico Pré-Conectorizado Cabo óptico de construção tipo tight buffer (indoor ou indoor/outdoor) pré-conectorizado em fábrica com conectores

Leia mais

Cabo Óptico Pré Conectorizado Fanout

Cabo Óptico Pré Conectorizado Fanout Cabo Óptico Pré Conectorizado Fanout Tipo do Produto Cabo Óptico Pré-Conectorizado Descrição Cabo Óptico de construção tipo " tight buffer" (indoor ou indoor/outdoor) ou cordão multifibra (somente indoor)

Leia mais

CORDÃO ÓPTICO MONOFIBRA OU DUPLEX

CORDÃO ÓPTICO MONOFIBRA OU DUPLEX CORDÃO ÓPTICO MONOFIBRA OU DUPLEX Tipo do Produto Cordão Óptico Família do Produto TeraLan Descrição Cordão Óptico é o cabo óptico monofibra ou duplex com conector óptico nas duas extremidades Aplicação

Leia mais

FIBRA ÓTICA CABOS CORDÃO ÓTICO SIMPLEX OU DUPLEX GAVETAS DE DISTRIBUIÇÃO FIBRA ÓTICA TORPEDOS E CAIXAS PARA JUNTAS ADAPTADORES CONVERSORES DE MEIOS

FIBRA ÓTICA CABOS CORDÃO ÓTICO SIMPLEX OU DUPLEX GAVETAS DE DISTRIBUIÇÃO FIBRA ÓTICA TORPEDOS E CAIXAS PARA JUNTAS ADAPTADORES CONVERSORES DE MEIOS FIBRA ÓTICA CABOS CORDÃO ÓTICO SIMPLEX OU DUPLEX GAVETAS DE DISTRIBUIÇÃO FIBRA ÓTICA TORPEDOS E CAIXAS PARA JUNTAS ADAPTADORES CONVERSORES DE MEIOS 04 05 0 07 08 09 02 FIBRA ÓTICA TECNOLOGIA ÓTICA Com

Leia mais

Cabo Óptico Tubo Único Dielétrico

Cabo Óptico Tubo Único Dielétrico Os cabos ópticos Telcon proporcionam excelente performance de transmissão. Este cabo tem como diferencial ser constituído por um único tubo loose, protegidos por termoplástico preto retardante a chama

Leia mais

Newell TM - Catálogo Cablagem Estruturada Fibra Óptica e Cobre

Newell TM - Catálogo Cablagem Estruturada Fibra Óptica e Cobre Newell TM - Catálogo Cablagem Estruturada Fibra Óptica e Cobre SOLUÇÃO DE CONECTIVIDADE Introdução pag 2 Acessórios de FO pag 3 FIBRA ÓPTICA LC pag 4 SC pag 5 ST pag 6 FC pag 7 DATASHEETS Cat 5E pag 8

Leia mais

CFOT-MF/UB. Interno / Externo

CFOT-MF/UB. Interno / Externo CFOT-MF/UB Tipo do Produto Cabos Ópticos Construção Dielétrico Núcleo Seco Tubo Loose (UB) ou Cordão Monofibra (MF) SM ou MM Descrição Conjunto constituído por cordões ópticos ("tight buffer") ou tubos

Leia mais

FIBER-LAN INDOOR/OUTDOOR

FIBER-LAN INDOOR/OUTDOOR FIBER-LAN INDOOR/OUTDOOR Tipo do Produto Construção Cabos Ópticos Dielétrico Tight Monomodo ou Multimodo Descrição Cabo óptico tipo "tight", constituído por fibras ópticas do tipo multimodo ou monomodo.

Leia mais

Cabo Optico Aéreo Dielétrico Tubo unico ASU (NR/RC)

Cabo Optico Aéreo Dielétrico Tubo unico ASU (NR/RC) Cabo Optico Aéreo Dielétrico Tubo unico ASU (NR/RC) Os cabos ópticos TELCON contam com uma excelente proteção e transmissão óptica para conectar longas distancias e outros serviços como Multimedia, Internet

Leia mais

FIBER-LAN INDOOR/OUTDOOR

FIBER-LAN INDOOR/OUTDOOR FIBER-LAN INDOOR/OUTDOOR Tipo do Produto Cabos Ópticos Construção Dielétrico Tight Monomodo ou Multimodo Descrição Cabo óptico tipo "tight", constituído por fibras ópticas do tipo multimodo ou monomodo.

Leia mais

CONECTIVIDADE COBRE /FIBRA ÓPTICA

CONECTIVIDADE COBRE /FIBRA ÓPTICA CONECTIVIDADE COBRE /FIBRA ÓPTICA 1 Garantia Vitalícia Os sistemas de conectividade 4Lan compostos por cabos, conectores, patch panels e patchcords cumprem com as normas indicadas e te m uma garantia vitalícia,

Leia mais

CABO ÓPTICO FIBER-LAN INDOOR/OUTDOOR

CABO ÓPTICO FIBER-LAN INDOOR/OUTDOOR CABO ÓPTICO FIBER-LAN INDOOR/OUTDOOR Tipo do Produto Cabos Ópticos Família do Produto Construção TeraLan Dielétrico Tight Monomodo ou Multimodo Descrição Cabo óptico tipo "tight", constituído por fibras

Leia mais

Caixa Dio Completa (carregada com Kit Dio, adaptadores e pigtail )

Caixa Dio Completa (carregada com Kit Dio, adaptadores e pigtail ) Caixa Dio Completa (carregada com Kit Dio, adaptadores e pigtail ) 24 Fibras, 48 Fibras ou 72 Fibras(SM ou MM) Esta caixa DIO completa permite ao usuário configurar o DIO de 1U de acordo com a sua necessidade.

Leia mais

Curso Instalador ITED

Curso Instalador ITED Curso Instalador ITED Formação de Actualização UFCD ITED A + ITED B Abril de 2015 Cablagem Fibra Óptica no ITED Ricardo Oliveira Fibra Óptica ITED 3ª edição - Mantém-se a obrigatoriedade de utilização

Leia mais

EXTENSÃO ÓPTICA CONECTORIZADA

EXTENSÃO ÓPTICA CONECTORIZADA EXTENSÃO ÓPTICA CONECTORIZADA Tipo do Produto Extensão Óptica Família do Produto Descrição TeraLan A Extensão Óptica Conectorizada é composta, (1) normalmente, por dois itens principais : Extensão Óptica:

Leia mais

ÍNDICE DE PRODUTOS CABOS FIBRA ÓTICA CORDÕES FIBRA ÓTICA PIGTAILS FIBRA ÓTICA TABULEIROS DE DISTRIBUIÇÃO SOLUÇÃO MPO FIBRA ÓTICA

ÍNDICE DE PRODUTOS CABOS FIBRA ÓTICA CORDÕES FIBRA ÓTICA PIGTAILS FIBRA ÓTICA TABULEIROS DE DISTRIBUIÇÃO SOLUÇÃO MPO FIBRA ÓTICA ÍNDICE DE PRODUTOS 02 08 6 8 26 30 32 34 36 40 4 45 CABOS FIBRA ÓTICA Multímodo, Mono modo, Interior, Exterior 02 Cabo Armado, 03 Cabo Dielétrico, 04 Cabo de Distribuição, 05 Cabo Flat, 06 Cabo Simplex,

Leia mais

5 4 3 2 1 Excelente Muito bom Bom Médio Limitado

5 4 3 2 1 Excelente Muito bom Bom Médio Limitado O sistema de Fibra Óptica JetLanOptic é uma solução de cableagem óptica que inclui toda uma gama de cabos de fibra tanto para interior como para exterior, além dos componentes e acessórios necessários

Leia mais

Distribuidor Interno Óptico Gaveta. Distribuidor Interno Óptico Fit

Distribuidor Interno Óptico Gaveta. Distribuidor Interno Óptico Fit Linha Óptica Família de produtos que tem como principal função proporcionar o tráfego de dados, voz e imagem através de cordões e cabos de fibra óptica com o auxílio de acessórios para garantir a infraestrutura

Leia mais

CABO MONOTUBO DIELÉTRICO

CABO MONOTUBO DIELÉTRICO CABO MONOTUBO DIELÉTRICO Cabo universal totalmente dielétrico para instalação exterior e interior Para aplicações de CATV e LAN Resistente à tração, ao impacto e à penetração de humidade Revestimento externo

Leia mais

Especificação Técnica Sistema de Cabeamento Estruturado

Especificação Técnica Sistema de Cabeamento Estruturado Especificação Técnica Sistema de Cabeamento Estruturado Patch Cord Tipo RJ-45 - RJ45 - CATEGORIA 5 Modelo: D8AU Patch Cord com comprimento aproximado de xx metros, com conectores modulares de 8 posições

Leia mais

REDE DE CABOS DE FIBRA ÓPTICA

REDE DE CABOS DE FIBRA ÓPTICA REDE DE CABOS DE FIBRA ÓPTICA ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS Sumário: 1. Cabos de fibras ópticas... 2 2. Lançamento de Cabo Óptico... 3 3. Emendas ópticas... 3 4. Distribuidor Geral Óptico DGO... 3 5. Medições

Leia mais

LINHA ÓPTICA. Distribuidor Interno Óptico Gaveta. Distribuidor Interno Óptico Fit

LINHA ÓPTICA. Distribuidor Interno Óptico Gaveta. Distribuidor Interno Óptico Fit Distribuidor Interno Óptico Gaveta Módulo montado. Estrutura padrão 19 com gaveta metálica deslizante, frente em acrílico. Fornecido com módulos que fazem a reserva técnica de cabos, acomodação das emendas

Leia mais

Cabo Óptico Anti-Roedor com Fita de Aço Corrugada

Cabo Óptico Anti-Roedor com Fita de Aço Corrugada Cabo Óptico Anti-Roedor com Fita de Aço Corrugada Os cabos ópticos Telcon proporcionam excelente performance de transmissão e proteção das fibras ópticas contra mudanças ambientais. Estes cabos são formados

Leia mais

Companhia Estadual de Distribuição de Energia Elétrica Divisão de Manutenção / Departamento de Manutenção de Sistemas Digitais

Companhia Estadual de Distribuição de Energia Elétrica Divisão de Manutenção / Departamento de Manutenção de Sistemas Digitais Companhia Estadual de Distribuição de Energia Elétrica Divisão de Manutenção / Departamento de Manutenção de Sistemas Digitais Especificação Técnica ETD -00.063 Materiais de telecomunicação ópticos Versão:

Leia mais

Noções de Cabeamento Estruturado Óptico

Noções de Cabeamento Estruturado Óptico Noções de Cabeamento Estruturado Óptico Roteiro Fibras ópticas Cuidados com cabos ópticos Elementos do Cabeamento Estruturado Fibras Ópticas Desde seu desenvolvimento, as fibras ópticas representaram um

Leia mais

REDE DE CABOS DE FIBRA ÓPTICA

REDE DE CABOS DE FIBRA ÓPTICA REDE DE CABOS DE FIBRA ÓPTICA ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS Sumário 1. Cabos de fibras ópticas... 2 2. Lançamento de Cabo Óptico... 3 3. Emendas ópticas... 3 4. Distribuidor Geral Óptico DGO... 4 5. Medições

Leia mais

email: cookvendas@cookenergia.com Acesse nosso site: www.cookenergia.com Telefones: (55) 21 2609-4196 - (55) 21 9387-1021

email: cookvendas@cookenergia.com Acesse nosso site: www.cookenergia.com Telefones: (55) 21 2609-4196 - (55) 21 9387-1021 Cordões Ópticos Montados em Conectores, Especificação: SUMÁRIO: 1 Objetivo. 2 Referências Normativas. 3 Definições. 4 Condições Gerais. 5 Condições Específicas. 6 Inspeção. 7 Aceitação e Rejeição. 8 Procedimento

Leia mais

Sistema de Cablagem Fibra Óptica

Sistema de Cablagem Fibra Óptica Sistema de Cablagem Fibra Óptica Distribuição vertical (bypass) Repartidor secundário Repartidor geral Ligação inter-edifícios (bypass) 61 SISTEMA DE CABLAGEM FIBRA ÓPTICA OS COMPONENTES DA FIBRA ÓPTICA

Leia mais

Meios Físicos de Comunicação

Meios Físicos de Comunicação Meios Físicos de Comunicação Aula 5 Fibra Óptica Meios Físicos de Comunicação - Fibra Óptica 1 Conteúdo Conceitos Iniciais Tipos Fatores de Perdas Medição e Teste Vantagens Conversores e Conectores Meios

Leia mais

KIT DE ADAPTADORES ÓPTICOS

KIT DE ADAPTADORES ÓPTICOS KIT DE ADAPTADORES ÓPTICOS Tipo do Produto Cordão Óptico Família do Produto Padrão TeraLan RoHS Compliant Descrição Os kits de adaptadores ópticos são compostos por adaptadores ópticos, monofibra ou duplex,

Leia mais

Telecomunicacoes ç ~ Marca exclusiva

Telecomunicacoes ç ~ Marca exclusiva Telecomunicacoes ç ~ 4 Marca exclusiva 4 CAT 6A BLINDADO Condutor Cruzeta Separação Pares Par trançado Fio Dreno de Terra Folha Alumínio Fio para abertura de cabo Cobertura Exterior 0 G CONSTRUÇÃO Isolamento

Leia mais

Cabo Óptico DROP DROP F8 X YF COG. Cabo Óptico Externo UTD CFOA X UTD G YF COG. Cordão Óptico COA COA X MF Y - COG

Cabo Óptico DROP DROP F8 X YF COG. Cabo Óptico Externo UTD CFOA X UTD G YF COG. Cordão Óptico COA COA X MF Y - COG Linha Óptica Linha de produtos que tem como principal função proporcionar o tráfego de dados, voz e imagem através de cordões e cabos de fibra óptica com o auxílio de acessórios para garantir a infraestrutura

Leia mais

Índice. Nomenclatura... 2. Fibras Ópticas... 3. Rede Externa Aérea - Cabos Ópticos. Rede Interna - Cabos Ópticos

Índice. Nomenclatura... 2. Fibras Ópticas... 3. Rede Externa Aérea - Cabos Ópticos. Rede Interna - Cabos Ópticos Índice Nomenclatura... 2 Fibras Ópticas... 3 Rede Externa Aérea - Cabos Ópticos CFOA-SM-ASY-G / CFOA-NZD-ASY-G CFOA-SM-ASY-RA-G / CFOA-NZD-ASY-RA-G... 4 e 5 CFOA-SM-ASY-S / CFOA-NZD-ASY-S... 6 e 7 CFOA-SM-LV-AS-Y-S

Leia mais

APRESENTAÇÃO CORPORATIVA 2014

APRESENTAÇÃO CORPORATIVA 2014 APRESENTAÇÃO CORPORATIVA 2014 Política de Qualidade Atender as expectativas dos nossos clientes e requisitos regulamentares com a participação de todos os funcionários, buscando a melhoria contínua em

Leia mais

Tipos de cabos: 1. Cabos de Distribuição Design compacto economiza espaço. Menor custo de instalação.

Tipos de cabos: 1. Cabos de Distribuição Design compacto economiza espaço. Menor custo de instalação. Universidade Católica do Salvador Disciplina: Teleprocessamento e Redes Professor: Marco Antônio Aluna: Monaliza Ayres Data: 27/09/1999 A Fibra Ótica como Meio de Transmissão de Dados em Ambientes Agressivos

Leia mais

ANEXO 5 MATERIAIS E FERRAMENTAS ESPECÍFICAS (PARTE 1 CABOS)

ANEXO 5 MATERIAIS E FERRAMENTAS ESPECÍFICAS (PARTE 1 CABOS) ANEXO 5 MATERIAIS E FERRAMENTAS ESPECÍFICAS (PARTE 1 CABOS) MANUAL ITED 1ª edição ANEXO 6 1 CABOS TVV E TVHV 1 2 3 4 1 5 2 3 1. Revestimento Exterior (camada de PVC) 2. Cintagem 3. Isolamento do condutor

Leia mais

DISTRIBUIDOR INTERNO ÓPTICO DIO HDMOD

DISTRIBUIDOR INTERNO ÓPTICO DIO HDMOD DISTRIBUIDOR INTERNO ÓPTICO DIO HDMOD 2 Manual de Instalação DIO HDMOD Manual de Instalação DISTRIBUIDOR INTERNO ÓPTICO DIO HDMOD APRESENTAÇÃO FURUKAWA INDUSTRIAL S.A. Produtos Elétricos Empresa especializada

Leia mais

REDE DE FIBRA ÓPTICA

REDE DE FIBRA ÓPTICA REDE DE FIBRA ÓPTICA ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS Sumário 1. Cabos de fibras ópticas... 2 2. Emendas ópticas... 3 3. Interfaces ópticas... 4 4. Distribuidor geral óptico... 5 5. Cordões Ópticos... 5 6. Práticas

Leia mais

Redes estruturadas. Cabos de Fibra. Inovação Tecnologia Entretenimento Design Viver. www.duoventila.pt

Redes estruturadas. Cabos de Fibra. Inovação Tecnologia Entretenimento Design Viver. www.duoventila.pt Redes estruturadas Inovação Tecnologia Entretenimento Design Viver www.duoventila.pt Redes estruturadas Cabos para Instalação Interior / Exterior Multimodo e Monomodo Cabos não metálicos para utilização

Leia mais

Novo Regime ITED. Decreto Lei nº 123/2009. Manual ITED, 2ª edição ( obrigatório a partir de 1 de Abril 2010) Aplicação : - Edifícios já construídos

Novo Regime ITED. Decreto Lei nº 123/2009. Manual ITED, 2ª edição ( obrigatório a partir de 1 de Abril 2010) Aplicação : - Edifícios já construídos Assemá Salim Novo Regime ITED Decreto Lei nº 123/2009 Manual ITED, 2ª edição ( obrigatório a partir de 1 de Abril 2010) Aplicação : - Edifícios a construir - Edifícios já construídos Principais alterações

Leia mais

Splitter Óptico 1xN Balanceado

Splitter Óptico 1xN Balanceado Splitter Óptico 1xN Balanceado Tipo do Produto Família do Produto Descrição Splitter óptico FBS - Furukawa Broadband System Splitters Ópticos são componentes passivos que realizam a divisão do sinal óptico

Leia mais

Painel Guia Cabo Painel Cego 19 Gaveta de Sobra - Cordões Gaveta de Sobra - Tubo Loose

Painel Guia Cabo Painel Cego 19 Gaveta de Sobra - Cordões Gaveta de Sobra - Tubo Loose s Painel slim Mini TOA 12 TOA 48 Compact P12 P24 Fix Flex Vision Protect Intercon 1 Intercon 2 Intercon Ultra Office Double Atlas Pentamax Fit Painel Guia Cabo Painel Cego 19 Gaveta de Sobra - dões Gaveta

Leia mais

Certificação de redes ópticas de 10GbE

Certificação de redes ópticas de 10GbE CABEAMENTO ESTRUTURADO Certificação de redes ópticas de 10GbE 70 RTI DEZ 2008 JDSU (Brasil) As redes ópticas baseadas em 10GbE exigem um bom processo de certificação. O artigo a seguir detalha os principais

Leia mais

Acessorios de Fibra optica:layout 1 27-01-2011 00:32 Page 67

Acessorios de Fibra optica:layout 1 27-01-2011 00:32 Page 67 Acessorios de Fibra optica:layout 1 27-01-2011 00:32 Page 67 Acessórios de Fibra Óptica Acessorios de Fibra optica:layout 1 27-01-2011 00:32 Page 68 Adaptadores de Fibra Óptica Adaptador de Fibra Óptica

Leia mais

ATI Modular: um novo conceito

ATI Modular: um novo conceito ATI Modular: um novo conceito A SOLUÇÃO IDEAL PARA OS SEUS PROJECTOS Todos os produtos estão de acordo com as exigências do novo manual ITED ed.2 O novo conceito de ATI O novo ATI - Armário de Telecomunicações

Leia mais

REDE ESTRUTURADA DE TELECOMUNICAÇÕES - TEL

REDE ESTRUTURADA DE TELECOMUNICAÇÕES - TEL REDE ESTRUTURADA DE TELECOMUNICAÇÕES - TEL SISTEMA DE RACK FECHADO 44U E ACESSÓRIOS Rack Fechado 44 U Padrão 19 Rack modelo gabinete com altura máxima de 44U; Estrutura básica em perfis de alumínio estrudado;

Leia mais

PLANEAMENTO E PROJECTO DE REDES

PLANEAMENTO E PROJECTO DE REDES PLANEAMENTO E PROJECTO DE REDES Engenharia de Sistemas e Informática Bibliografia: Engenharia de Redes Informáticas; Edmundo Monteiro e Fernando Boavida; FCA 1 Conteúdo programático Equipamento Passivo

Leia mais

EXTENSÃO ÓPTICA CONECTORIZADA

EXTENSÃO ÓPTICA CONECTORIZADA EXTENSÃO ÓPTICA CONECTORIZADA Tipo do Produto Extensão Óptica Família do Produto Descrição TeraLan A Extensão Óptica Conectorizada é composta por dois itens principais: Extensão Óptica: cabo óptico monofibra

Leia mais

TREINAMENTO de PRODUTOS

TREINAMENTO de PRODUTOS TREINAMENTO de PRODUTOS Tecnologia R&D Sorocaba 11 de Maio de 2010 www.telcon.com.br Produtos Fibras Ópticas Fibras Ópticas VANTAGENS DAS FIBRAS ÓPTICAS» Alta capacidade de transmissão (dados, voz, imágens);»

Leia mais

>Introdução. 3.1. Construção de cabos para exterior 3.2. Construção de cabos para interior

>Introdução. 3.1. Construção de cabos para exterior 3.2. Construção de cabos para interior 3. Cabos de Fibra Óptica >Objectivo Este módulo tem como objectivo, a introdução às questões relacionadas como desenho de cabos de fibras ópticas, com o sua aplicação em ambientes diversos e com o estudo

Leia mais

TEKA ELECTRONICS 81 UTP

TEKA ELECTRONICS 81 UTP 81 UTP CABO U/UTP CAT 5e Cabo com performances até os 100MHz (ANSI/TIA/EIA-568-C2), frequentemente utilizado para redes de voz e dados (100Mbit/s e Gigabit Ethernet). Pares em CCA sólido: 0,51mm (24AWG)

Leia mais

www.commscope.com CommScope Soluções de fibra

www.commscope.com CommScope Soluções de fibra CommScope Soluções de fibra A confiabilidade da rede: fundamental para o sucesso do negócio O Gigabit Ethernet já encontrou o seu lugar nos desktops dos funcionários. Os departamentos de TI inteligentes

Leia mais

153163.662014.62818.4544.171470247.993

153163.662014.62818.4544.171470247.993 153163.662014.62818.4544.171470247.993 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Universidade Federal de Santa C atarina Pró-Reitoria de Administração Ata de Realização do Pregão Eletrônico Nº 00066/2014 (SRP) Às 08:30 horas

Leia mais

Roteiro. Roteiro. Fibras Ópticas. Características, Emendas e Testes de Desempenho

Roteiro. Roteiro. Fibras Ópticas. Características, Emendas e Testes de Desempenho s Ópticas (TIA/EIA-) Características, Emendas e Testes de Desempenho Edson dos Santos Moreira Professor do Dep. de Sistemas de Computação Dagoberto Carvalio Junior Seção Técnica de Informática ICMC CCNA-CCAI-CCNP-FCP

Leia mais

Boletim de Novo Produto

Boletim de Novo Produto Boletim de Novo Produto NP 308P Conectores FiberExpress Brilliance Instaláveis em Campo Brilhantes na concepção e instalação, os conectores FiberExpress Brilliance transformam a terminação de fibras ópticas

Leia mais

Quando vamos precisar mais que 10 Gbps? Como será solução de cabling para 40/100 Gbps?

Quando vamos precisar mais que 10 Gbps? Como será solução de cabling para 40/100 Gbps? Organização em Datacenters Quando vamos precisar mais que 10 Gbps? O que diz a norma IEEE 802.3ba? Como será solução de cabling para 40/100 Gbps? Principais problemas em DATA CENTERS GRUPO SERVERS 1 GRUPO

Leia mais

ANEXO À RESOLUÇÃO N.º 348, DE 2 DE SETEMBRO DE 2003

ANEXO À RESOLUÇÃO N.º 348, DE 2 DE SETEMBRO DE 2003 ANEXO À RESOLUÇÃO N.º 348, DE 2 DE SETEMBRO DE 2003 NORMA PARA CERTIFICAÇÃO E HOMOLOGAÇÃO DE CABOS PÁRA-RAIOS COM FIBRAS ÓPTICAS PARA LINHAS AÉREAS DE TRANSMISSÃO (OPGW) 1. Objetivo Esta norma estabelece

Leia mais

Cabeamento Metálico: Tudo o que você precisa saber Parte 3

Cabeamento Metálico: Tudo o que você precisa saber Parte 3 Cabeamento Metálico: Tudo o que você precisa saber Parte 3 Conteúdo Cabos Ópticos Aplicação LAN Cabos Ópticos Aplicação Lan - Linha FCS Acessórios Ópticos - Aplicação Lan - Linha FCS Recomendação De Instalação

Leia mais

CABLAGEM E ACESSÓRIOS. redes coaxiais redes UTP

CABLAGEM E ACESSÓRIOS. redes coaxiais redes UTP CABLAGEM E ACESSÓRIOS redes coaxiais redes UTP CABO COAXIAL N46 V2 TK (RG6). Em conformidade com ITED 2ª Edição. Classe de ligação TCDCH. Frequência máxima: 3GHz. Condutor central CCS Ø1,02mm. Dieléctrico

Leia mais

Uma das maiores companhias do sector a nível mundial.

Uma das maiores companhias do sector a nível mundial. Uma das maiores companhias do sector a nível mundial. A General Cable é uma companhia líder no fabrico de cabos a nível mundial. A companhia conta com modernas instalações de produção na América do Norte,

Leia mais

Tabela de Preços Telecomunicações 2015

Tabela de Preços Telecomunicações 2015 Tabela de Preços Telecomunicações 2015 ANTENAS E ACESSÓRIOS Antenas Terrestres Antenas Parabólicas DST (Descarregador de sobretensão coaxial) LNB s RF Comutadores DiSEqC e misturadores/ separadores TV/SAT

Leia mais

Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroportuária

Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroportuária TERMO DE REFERÊNCIA Contratação de empresa especializada para realizar a atualização tecnológica do backbone óptico da rede lógica para o padrão 10 Gigabit Ethernet, integrante do SISTEMA ELETRÔNICO/TELEMÁTICA

Leia mais

Fibra Óptica. Por que escolher a 3M? O futuro é FTTB / FTTA FTTP. Soluções inovadoras, a 3M é um fornecedor completo para

Fibra Óptica. Por que escolher a 3M? O futuro é FTTB / FTTA FTTP. Soluções inovadoras, a 3M é um fornecedor completo para Celular Fiber-tothe-Antenna FTTH FTTB / FTTA Planta Externa subterrânea FTTP Por que escolher a 3M? Soluções inovadoras, a 3M é um fornecedor completo para implementações de projetos FTTH em MDUs. A 3M

Leia mais

CABLING CABOS CONECTORES PATCH PANEL 19 ACESSÓRIOS

CABLING CABOS CONECTORES PATCH PANEL 19 ACESSÓRIOS CABLING CABOS 04 CONECTORES 05 PATCH PANEL 19 06 ACESSÓRIOS 07 02 CABLING CABLAGENS DE COBRE O EIA/TIA 568, de 1991, foi o primeiro padrão americano para os sistemas de cableamento estruturado. Em 1995,

Leia mais

História da Fibra Óptica

História da Fibra Óptica História da Fibra Óptica Em 1870, o físico inglês Jonh Tyndall, demonstrou o princípio de guiamento da luz através de uma experiência muito simples, utilizando um recipiente furado com água, um balde e

Leia mais

SOBRE A FIBRACEM TREINAMENTOS E SERVIÇOS

SOBRE A FIBRACEM TREINAMENTOS E SERVIÇOS fibracem.com SOBRE A FIBRACEM A Fibracem é uma empresa de capital 100% nacional, com sede em Pinhais PR. Atua no segmento de telecomunicações há 20 anos e possui certificações IS0 9001:2008 e Anatel. Dentre

Leia mais

Aumentar Diminuir Procura Tela Cheia Imprimir

Aumentar Diminuir Procura Tela Cheia Imprimir ADAPTER CABLE M8v CATEGORIA 5 ENHANCED Sistemas de Cabeamento Estruturado para tráfego de voz, dados e imagens, segundo requisitos da norma ANSI/TIA/EIA-568A, incluindo o adendo 5 (Categoria 5e), para

Leia mais

APRENDIZAGEM INDUSTRIAL. UNIDADE 3 Técnicas de cabeamento

APRENDIZAGEM INDUSTRIAL. UNIDADE 3 Técnicas de cabeamento APRENDIZAGEM INDUSTRIAL UNIDADE 3 Técnicas de cabeamento O cabeamento horizontal Compreende os segmentos de cabos que são lançados horizontalmente entre as áreas de trabalho e as salas de telecomunicações

Leia mais

CATÁLOGO - Linha Óptica

CATÁLOGO - Linha Óptica CATÁLOGO Linha Óptica ÍNDICE FIBRA ÓPTICA AMP NetConnect... 2 Nexans... 5 CONVERSORES DE MÍDIA Planet... 6 Glossário... 7 CONECTIVIDADE IX / XIV COMPONENTES ÓPTICOS CABOS ÓPTICOS C abo Ó ptico Tight Interno

Leia mais

NOTA DE ESCLARECIMENTO Nº 8

NOTA DE ESCLARECIMENTO Nº 8 Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão Assessoria Especial para Modernização da Gestão Central de Compras e Contratações NOTA DE ESCLARECIMENTO Nº 8 PREGÃO ELETRÔNICO Nº 4/2015 PROCESSO Nº 04300.003546/2014-01

Leia mais

1. Descrição do Produto

1. Descrição do Produto 1. Descrição do Produto Os repetidores óticos FOCOS/PROFIBUS AL-2431 e AL-2432 destinam-se a interligação de quaisquer dispositivos PROFIBUS, assegurando altíssima imunidade a ruídos através do uso de

Leia mais

EXTENSÃO ÓPTICA MONOFIBRA OU DUPLEX

EXTENSÃO ÓPTICA MONOFIBRA OU DUPLEX EXTENSÃO ÓPTICA MONOFIBRA OU DUPLEX Tipo do Produto Cordão Óptico Família do Produto Padrão TeraLan RoHS Compliant Descrição Extensão Óptica é o elemento óptico ou cabo óptico monofibra ou duplex com conector

Leia mais

LEGRAND CABLING SYSTEM 2 PERFORMANCE DO LOCAL TÉCNICO AO POSTO DE TRABALHO

LEGRAND CABLING SYSTEM 2 PERFORMANCE DO LOCAL TÉCNICO AO POSTO DE TRABALHO LEGRAND CABLING SYSTEM 2 PERFORMANCE DO LOCAL TÉCNICO AO POSTO DE TRABALHO LEGRAND CABLING SYSTEM 2 LCS 2 Soluções do Local técnico ao Posto de Trabalho Ver páginas 03 à 13 LCS 2 Cobre Ver páginas 15

Leia mais

Suportes e acessórios da Série AutoDome

Suportes e acessórios da Série AutoDome Vídeo Suportes e acessórios da Série Suportes e acessórios da Série www.boschsecurity.com/pt u u u u u Caixas de fonte de alimentação de 24 Vac, 120 Vac e 230 Vac Montagem pendente em parede, em esquina,

Leia mais

RapidNet. Categoria 6 CM/UTP RapidNet 6 Vias 46

RapidNet. Categoria 6 CM/UTP RapidNet 6 Vias 46 RapidNet Página Soluções de Cabos de Cobre e Fibra RapidNet a melhor solução para Data Centers 44 Aplicação 44 Benefícios 44 Disponibilidade do Produto em Cobre 45 Disponibilidade do Produto em FO 45 Categoria

Leia mais

Cabling. Cabling. Cabling. Cabos HDCS 54 Keystone 62 Patch Cord 66 Patch Panel 72 Faceplate HDCS 80 Ferramentas e acessórios 84

Cabling. Cabling. Cabling. Cabos HDCS 54 Keystone 62 Patch Cord 66 Patch Panel 72 Faceplate HDCS 80 Ferramentas e acessórios 84 Cabos HDCS 54 Keystone 62 Patch Cord 66 Patch Panel 72 Faceplate HDCS 80 Ferramentas e acessórios 84 Cabeamento Estruturado Cabos Montados Conectores DIO Racks FTTx Acessórios Conteúdo Geral A família

Leia mais

índice CENTRAL DE EQUIPAMENTOS REDE DE DISTRIBUIÇÃO REDE DE ACESSO REDE DE TERMINAÇÃO PARA RESIDÊNCIAS REDE DE TERMINAÇÃO PARA PRÉDIOS VANTAGENS

índice CENTRAL DE EQUIPAMENTOS REDE DE DISTRIBUIÇÃO REDE DE ACESSO REDE DE TERMINAÇÃO PARA RESIDÊNCIAS REDE DE TERMINAÇÃO PARA PRÉDIOS VANTAGENS índice 5 12 18 22 26 33 CENTRAL DE EQUIPAMENTOS REDE DE DISTRIBUIÇÃO REDE DE ACESSO REDE DE TERMINAÇÃO PARA RESIDÊNCIAS REDE DE TERMINAÇÃO PARA PRÉDIOS VANTAGENS 34 FACILIDADE DE COMPRA VIA CANAL DIRETO

Leia mais

INSTITUCIONAL LINHA DE PRODUTOS

INSTITUCIONAL LINHA DE PRODUTOS INSTITUCIONAL A Sollan, fabricante de avançadas soluções em produtos termoplásticos, de metalurgia, ópticos e de telefonia, atua no mercado nacional desde 1999, comercializando produtos para infraestrutura

Leia mais

Cabeamento Estruturado

Cabeamento Estruturado Cabeamento Estruturado Infra-estrutura de cabeamento metálico ou óptico, capaz de atender a diversas aplicações proporcionando flexibilidade de layout, facilidade de gerenciamento, administração e manutenção

Leia mais

Planejamento de Redes e Cabeamento Estruturado

Planejamento de Redes e Cabeamento Estruturado Planejamento de Redes e Cabeamento Estruturado Projeto e Instalação Prof. Deivson de Freitas Introdução Nenhuma área de tecnologia cresceu tanto como a de redes locais (LANs) A velocidade passou de alguns

Leia mais

CERTIFICAÇÃO DE ENTIDADE FORMADORA ITED-ITUR

CERTIFICAÇÃO DE ENTIDADE FORMADORA ITED-ITUR CERTIFICAÇÃO DE ENTIDADE FORMADORA ITED-ITUR Atenção: Este formulário está sujeito ao pagamento de uma taxa. TIPO DE CANDIDATURA (Selecionar, pelo menos, uma opção) Certificação de Entidade Formadora ITED

Leia mais

LEGRAND CABLING SYSTEM 2. 2ª Edição PERFORMANCE DA SALA DE TELECOMUNICAÇÕES À ÁREA DE TRABALHO

LEGRAND CABLING SYSTEM 2. 2ª Edição PERFORMANCE DA SALA DE TELECOMUNICAÇÕES À ÁREA DE TRABALHO 2ª Edição LEGRAND CABLING SYSTEM 2 PERFORMANCE DA SALA DE TELECOMUNICAÇÕES À ÁREA DE TRABALHO LEGRAND CABLING SYSTEM 2 LCS 2 Soluções da sala técnica à estação de trabalho Veja pág. 02 a 15 LCS 2 cobre

Leia mais

Graduação Tecnológica em Redes de Computadores. Infraestrutura de Redes de Computadores

Graduação Tecnológica em Redes de Computadores. Infraestrutura de Redes de Computadores Graduação Tecnológica em Redes de Computadores Infraestrutura de Redes de Computadores Euber Chaia Cotta e Silva euberchaia@yahoo.com.br Graduação Tecnológica em Redes de Computadores Introdução ao cabeamento

Leia mais

TIPOS DE FIBRA FIBRA MULTIMODO ÍNDICE DEGRAU. d 1. diâmetro do núcleo de 50 µm a 200 µm. (tipicamente 50 µm e 62,5 µm) d 2

TIPOS DE FIBRA FIBRA MULTIMODO ÍNDICE DEGRAU. d 1. diâmetro do núcleo de 50 µm a 200 µm. (tipicamente 50 µm e 62,5 µm) d 2 TIPOS DE FIBRA FIBRA MULTIMODO ÍNDICE DEGRAU d 1 diâmetro do núcleo de 50 µm a 200 µm (tipicamente 50 µm e 62,5 µm) d 2 diâmetro da fibra óptica (núcleo + casca) de 125 µm a 280 µm (tipicamente 125 µm)

Leia mais

2 Conceitos de transmissão de dados

2 Conceitos de transmissão de dados 2 Conceitos de transmissão de dados 2 Conceitos de transmissão de dados 1/26 2.2 Meios físicos de transmissão de dados 2/26 Tipos de meios de transmissão Pares de fios Pares entrançados Cabo coaxial Fibras

Leia mais

Marca. Transcend, mais do que inovação e qualidade, um parceiro engajado em transpor desafios em realizações de redes ópticas.

Marca. Transcend, mais do que inovação e qualidade, um parceiro engajado em transpor desafios em realizações de redes ópticas. 1 Marca Em uma constante evolução, com um time formado por equipe interna, consultores, engenheiros dentro e fora do país e fornecedores de matéria prima globais, com uma moderna e completa planta fabril

Leia mais

PRODUTOS E SISTEMAS PARA INSTALAÇÕES ELÉTRICAS E DE COMUNICAÇÃO

PRODUTOS E SISTEMAS PARA INSTALAÇÕES ELÉTRICAS E DE COMUNICAÇÃO PRODUTOS E SISTEMAS PARA INSTALAÇÕES ELÉTRICAS E DE COMUNICAÇÃO pág. 398 Conectores Racks, Gabinetes e Acessórios para VDI pág. 410 Mini gabinetes LCS 2 pág. 424 Gabinete Rack 19 Caixas de distribuição

Leia mais

Roberto Wendhausem Magalhães descreve os passos corretos para o sucesso na realização de vendas técnicas (pág.41)

Roberto Wendhausem Magalhães descreve os passos corretos para o sucesso na realização de vendas técnicas (pág.41) Ano 1 Número 11 2013 FIBRAS E CABOS ÓPTICOS PARA REDES INDUSTRIAIS Requisitos e parâmetros para aplicação industrial, petrolífera e sensoriamento FIRE Estruturas de aço de edifícios industriais em situação

Leia mais

CABOS DE FIBRA ÓTICA soluções para ambientes agressivos

CABOS DE FIBRA ÓTICA soluções para ambientes agressivos Universidade Católica do Salvador Data: 23 de Setembro de 1999 Disciplina Telecomunicações e Redes Aluno: CABOS DE FIBRA ÓTICA soluções para ambientes agressivos Principais Fontes de Consulta: Optical

Leia mais

Anexo 3 - MEMORIAL DESCRITIVO DA AMPLIAÇÃO DO ALMOXARIFADO - TI ET 07-02-203

Anexo 3 - MEMORIAL DESCRITIVO DA AMPLIAÇÃO DO ALMOXARIFADO - TI ET 07-02-203 Anexo 3 - MEMORIAL DESCRITIVO DA AMPLIAÇÃO DO ALMOXARIFADO - TI ET 07-02-203 1 REDE ESTRUTURADA DE TELECOMUNICAÇÕES Introdução O sistema de Telecomunicações constará alimentação dos pontos de comunicação

Leia mais

Catálogo Geral. Soluções em Fibra Óptica ACESSÓRIOS DE LIMPEZA FERRAMENTAS. www.fiberfos.pt - +351 212 593 983 - tfo.portugal@tfosolutions.

Catálogo Geral. Soluções em Fibra Óptica ACESSÓRIOS DE LIMPEZA FERRAMENTAS. www.fiberfos.pt - +351 212 593 983 - tfo.portugal@tfosolutions. ACESSÓRIOS DE LIMPEZA FERRAMENTAS Soluções em Fibra Óptica Catálogo Geral 1 Quem Somos? Criada em Novembro de 2005 a FIBERFOS - Tecnologia em Fibra Óptica, Lda, inicialmente conhecida como FIBEROPT Portugal

Leia mais

FICHA TÉCNICA PATCH PANEL 24 PORTAS C5e RoHS

FICHA TÉCNICA PATCH PANEL 24 PORTAS C5e RoHS FICHA TÉCNICA PATCH PANEL 24 PORTAS C5e RoHS 1- Aplicação: Este produto aplica-se a sistemas de cabeamento estruturado, para tráfego de voz, dados e imagens, do tipo 10BASE-T, 100BASE-Tx, 155M ATM, 4/16MB

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO REFERÊNCIA: DADOS DO PROFISSIONAL RESPONSÁVEL: DESCRIÇÃO SUMÁRIA DA OBRA:

MEMORIAL DESCRITIVO REFERÊNCIA: DADOS DO PROFISSIONAL RESPONSÁVEL: DESCRIÇÃO SUMÁRIA DA OBRA: MEMORIAL DESCRITIVO REFERÊNCIA: Projeto de três trechos de Rede Aérea de Fibra Óptica para a Prefeitura Municipal de São Lourenço do Oeste. DADOS DO PROFISSIONAL RESPONSÁVEL: Nome do Responsável Técnico:

Leia mais

Cabeamento Óptico 14/03/2014. Vantagens de utilização. Noções Ópticas. Vantagens de utilização. Sistema de comunicação Fibra. Funcionamento da Fibra

Cabeamento Óptico 14/03/2014. Vantagens de utilização. Noções Ópticas. Vantagens de utilização. Sistema de comunicação Fibra. Funcionamento da Fibra Cabeamento Óptico Fundamentos de Redes de Computadores Prof. Marcel Santos Silva Vantagens de utilização Total imunidade às interferências eletromagnéticas; Dimensões reduzidas; Maior segurança no tráfego

Leia mais

OptiFiber Pro OTDR Construído para a empresa

OptiFiber Pro OTDR Construído para a empresa OptiFiber Pro OTDR Construído para a empresa Como as redes corporativas e arquiteturas de datacenters evoluem, os administradores de infraestrutura de TI exigem uma melhor tecnologia de OTDR para manter

Leia mais

SignalTEK II. idealnwd.com

SignalTEK II. idealnwd.com Economize dinheiro usando apenas um equipamento multifuncional ao invés de testadores de fibra e Power over Ethernet (PoE) separados Aumente a eficiência simplificando e acelerando a instalação de cabos,

Leia mais

Meios físicos Os meios físicos

Meios físicos Os meios físicos Meios físicos Os meios físicos são considerados componentes da camada 1. Se encarregam daquilo que diz respeito à representação física são bits (por exemplo, voltagem ou pulsos de luz). 1 Representação

Leia mais

REDES DE ESTRUTURADAS

REDES DE ESTRUTURADAS REDES DE ESTRUTURADAS EDIÇÃO: MAIO 2015 CONDIÇÕES GERAIS DE VENDA 1) Abertura de crédito A concessão de crédito a qualquer cliente implica que o mesmo seja solicitado através do preenchimento de impresso

Leia mais

CEIP 120F CAIXA DE EMENDA INTERNA DE PAREDE 120

CEIP 120F CAIXA DE EMENDA INTERNA DE PAREDE 120 CEIP 120F CAIXA DE EMENDA INTERNA DE PAREDE 120 Manual de Instalação CEIP 120F CAIXA DE EMENDA INTERNA DE PAREDE 120 APRESENTAÇÃO FURUKAWA INDUSTRIAL S.A. Produtos Elétricos Empresa especializada em soluções

Leia mais