Excelente Muito bom Bom Médio Limitado

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "5 4 3 2 1 Excelente Muito bom Bom Médio Limitado"

Transcrição

1 O sistema de Fibra Óptica JetLanOptic é uma solução de cableagem óptica que inclui toda uma gama de cabos de fibra tanto para interior como para exterior, além dos componentes e acessórios necessários para a instalação completa. Este sistema está abrangido pela Garantia de anos oferecida pela General Cable. O sistema JetLanOptic inclui: Cabos para interior com bainha zh Cabos universais Cabos para exterior com armaduras metálicas ou dieléctricas Painéis para bastidores Conectores e adaptadores (ST, SC, SMA, FDI, FC/PC e MT-RJ) Cordões de ligação de Fibra Óptica A General Cable oferece cabos de Fibra Óptica * Multimodo 6,/ µm, 0/ µm e OM * Monomodo 0/ µm Devido à procura existente no mercado de grande largura de banda em relação às redes locais (LAN) desenvolveu-se a Norma IEEE 80.ae (0 Gigabit Ethernet) para poder responder às exigências possíveis. A limitação a 0 Gigabit das fibras standard (0/ µm e 6,/ µm) levou ao desenvolvimento de uma fibra multimodo OM capaz de transmitir 0 Gigabit por segundo a distâncias até 00 m. A General Cable pode oferecer esse tipo de fibra em diversas concepções de cabo mediante pedido especial. Avaliações Excelente Muito bom Bom Médio Limitado Telefonia Flexibilidade Esmagamento Baixa Temperat. Alta Temperat. UV Corrosividade Água Fogo Identificação* As fibras ópticas, os módulos µsheath e os "supermódulos" são identificados individualmente por cores de acordo com o seguinte código: - Vermelho 7 - Laranja - Azul - Verde - Amarelo - Violeta 6 - Branco ou natural 8 - Cinzento 9 - Castanho 0 - Preto - Turquesa - Rosa (*) Outros requisitos podem ser considerados (entre em contacto com a General Cable)

2 NORMAS Atenuação Estanquidade EN IEC 79--FA Controle dimensional de bainhas ITI 0 Resistência à tracção IEC 79--E Resistência ao esmagamento IEC 79--E Resistência ao impacto IEC 79--E Ciclo térmico de funcionamento IEC 79--F Resistência à dobragem IEC 79--E, proc. PMD IEC TS 69 FIBRAS MONOMODO 0- µm As fibras ópticas monomodo utilizadas no fabrico de cabos possuem as características abaixo referidas. Todas estão de acordo com a Recomendação G-6 da UIT e a EN CARACTERÍSTICAS ÓPTICAS E FÍSICAS Atenuação (db/km) normal máxima 0 nm 0, 0,0 0 nm 0, 0, Diâmetro do campo modal (µm) 0 nm 9,±0, 0 nm 0,± Comprimento de onda de corte (fibra cableada) (nm) 70 Raio de curvatura mínimo (mm) 0 Alongamento a 700 gr/fo % PMD em fibra cableada (Ps/ km) 0, Dispersão total máxima (Ps/nm x km) 88-9 nm, 7-60 nm, 0 nm 8 CARACTERÍSTICAS GEOMÉTRICAS E MECÂNICAS Diâmetro sobre revestimento (µm) ± Não circularidade do núcleo ca. mo. (µm) Não circularidade do revestimento % Concentricidade núcleo-revestimento (µm) 0,6% Diâmetro sobre protecção primária (µm) ±0 Não circularidade da protecção primária % Erro de concentricidade da protecção primária (µm) Carga de ruptura (Kpsi) 00 Aderência com solventes adequados Comprimento de onda de dispersão zero (nm) ± Declive de dispersão zero (Ps/nm.km) 0,09 Comprimento de onda de corte (nm) 0-0 FIBRAS MULTIMODO As fibras ópticas multimodo utilizadas no fabrico de cabos possuem as características abaixo referidas. Todas estão de acordo com a EN CARACTERÍSTICAS ÓPTICAS 0- µm Atenuação (db/km) 80 nm (valor máximo), 00 nm (valor máximo) 0,6 Largura de banda mínima (MHz x km) 80 nm nm 600 Abertura numérica 0,00±0,0 6,- µm Atenuação (db/km) 80 nm (valor máximo) 00 nm (valor máximo) 0,7 Largura de banda mínima (MHz x km) 80 nm nm 600 Abertura numérica 0,7±0,0 JETLANOPTIC CARACTERÍSTICAS FISICAS Diâmetro do núcleo (µm) 0± 6,±, Não circularidade do núcleo 6% Diâmetro sobre revestimento (µm) ± Excentricidade do revestimento % Diâmetro sobre protecção primária (µm) ±0 Carga de ruptura (Kpsi) 00 9

3 Código de cores Estrutura monotubo e multitubo (fibras ópticas) fibra cor Vd - Verde Vm - Vermelho Az - Azul Am - Amarelo Cz - Cinzento 6 Vi - Violeta 7 Ct - Castanho 8 Lj - Laranja 9 Nt - Natural 0 Br - Branco Pt - Preto Ac - Azul claro Estrutura multitubo Identificação dos tubos tubo nº fibras ,, Br Pt Pt Pt Pt Pt 8, Br Vm Pt Pt Pt Pt 6,, Br Br Vm Vd Pt Pt 6,8 Br Br Br Br Vm Vd 6 Br Br Vm Vm Az Az Vd Vd 8() Br Vm Pt Az Vd Pt 8 () Br Br Br Vm Vm Vm Az Az Az Vd Vd Vd Estrutura multitubo Nº total de fibras Nº fibras por tubo Nº total de tubos Nº total enchimentos Cabo armado com alta resistência mecânica. Cabo com resistência mecânica e química aumentadas. Protecção anti-roedores. Cabo com boa protecção anti-roedores. Bom comportamento em presença de água. Em caso de ruptura da bainha exterior, a água não progride ao longo do cabo. Protecção anti-roedores. Cabo com reduzida protecção anti-roedores. Cabo NÃO metálico. Cabo não metálico sem blindagem, imune a campos electromagnéticos. Protecção anti-roedores. Cabo com excelente protecção anti-roedores. Alta resistência ao impacto mecânico. Resistência ao impacto até 00 N/cm. A carga não afecta irreversivelmente as características das fibras nem danifica o cabo. Cabo com bainha livre de halogéneos e retardante da chama. A bainha é auto-retardante da chama. Não propagador da chama e livre de halogéneos. 0

4 Cabo de F.O. ajustada para instalação interior, zh Construção de fibra justa, bainha isenta de halogéneos. IEC-79--E, IEC-79--E, IEC-79--E, IEC-79--FA, IEC-79--F, IEC-79--E Fios de fibra de vidro para suporte de tracção Protecção justa isenta de halogéneos, retardante da chama, para cada fibra Bainha isenta de halogéneos. retardante da chama Código Nº Fibras Multimodo 6,/ µm C06TILNGP C066TILNGP 6 C086TILNGP 8 C6TILNGP Multimodo 0/ µm C0TILNGP C06TILNGP 6 C08TILNGP 8 CTILNGP Monomodo 0/ µm C09TILNGP C069TILNGP 6 C089TILNGP 8 C9TILNGP DESCRIÇÃO CONSTRUTIVA Protecção das fibras Camada de Acrilato 900 µm Armadura Fibra de vidro Bainha exterior Termoplástico zh (IEC 60-) CARACTERÍSTICAS FÍSICAS Valor Norma Esforço tracção máximo 700 N IEC-79--E Resistência ao impacto J IEC-79--E Pressão radial máxima 0 bar IEC-79--E Pressão radial estática bar IEC-79--E Penetração da água Bainhas IEC-79--FA Ciclo térmico 0ºC a +70ºC IEC-79--F Raio de curvatura mínimo 0x Ø bainha IEC-79--E Peso (FO) kg/km (6FO) kg/km (8FO) 8 kg/km (FO) kg/km Diâmetro exterior (FO) 6, mm (6FO) 6,6 mm (8FO) 6,9 mm (FO) 7, mm

5 Cabo de F.O, com reforço mecânico (inst. interiores e exteriores) Tubo de PBT com enchimento anti-humidade, aramida e bainha de PE. IEC-79--E, IEC-79--E, IEC-79--E, IEC-79--FA, IEC-79--F, IEC-79--E Fibras soltas de 0 μm Tubo único com enchimento de gel anti-humidade Bainha de Polietileno Aramida Bainha de Polietileno Código Nº Fibras Multimodo 6,/ µm C06PKPNGP C066PKPNGP 6 C086PKPNGP 8 C6PKPNGP C66PKPNGP 6 C6PKPNGP C6PKPNGP C86PKPNGP 8 C66PKPNGP 6 Multimodo 0/ µm C0PKPNGP C06PKPNGP 6 C08PKPNGP 8 CPKPNGP C6PKPNGP 6 CPKPNGP CPKPNGP C8PKPNGP 8 C6PKPNGP 6 Monomodo 0/ µm C09PKPNGP C069PKPNGP 6 C089PKPNGP 8 C9PKPNGP C69PKPNGP 6 C9PKPNGP C9PKPNGP C89PKPNGP 8 C69PKPNGP 6 MONOTUBO (até fibras) DESCRIÇÃO CONSTRUTIVA Protecção secundária Tubo folgado. Enchimento do tubo Gel hidrófugo, não tóxico e não irritante (Water Block). Bainha interior Polietileno (PE) de baixa densidade, cor Preta. Reforço Fibras de Aramida. Bainha exterior Polietileno (PE) de alta densidade, cor Preta. CARACTERÍSTICAS FÍSICAS Valor Norma Esforço de tracção máximo 00 N IEC-79--E Resistência ao impacto J IEC-79--E Pressão radial máxima 0 bar IEC-79--E Pressão radial estática bar IEC-79--E Penetração da água Bainhas IEC-79--FA Ciclo térmico 0 ºC a +70 ºC IEC-79--F Raio de curvatura mínimo 0 cm IEC-79--E Peso do cabo, aprox. 60 kg/km Diâmetro exterior do cabo, aprox. 8, mm MULTITUBO (> fibras) DESCRIÇÃO CONSTRUTIVA Elemento central Protecção secundária Enchimento dos tubos Núcleo do cabo Bainha interior Reforço Bainha exterior Varão de poliéster reforçado. Tubo folgado de PBT, cores segundo tabela. Gel hidrófugo, não tóxico e não irritante (Water Block). Tubos activos e passivos cableados em tomo do elemento central, preenchendo-se os espaços com composto hidrófugo. Polietileno (PE) de baixa densidade, cor Preta. Fibras de Aramida. Polietileno (PE) de alta densidade, cor Preta. CARACTERÍSTICAS FÍSICAS Valor Norma Esforço de tracção máximo 600 N IEC-79--E Resistência ao impacto J IEC-79--E Pressão radial máxima 0 bar IEC-79--E Pressão radial estática bar IEC-79--E Penetração da água Bainhas IEC-79--FA Ciclo térmico 0 ºC a +70 ºC IEC-79--F Raio de curvatura mínimo 0 cm IEC-79--E Peso do cabo, aprox. kg/km Diâmetro exterior do cabo, aprox., mm

6 Cabo de F.O, com reforço mecânico, (interiores e exteriores (bainha zh) Tubo de PBT com enchimento anti-humidade, Aramida e bainha zh retardante da chama. IEC-79--E, IEC-79--E, IEC-79--E, IEC-79--FA, IEC-79--F, IEC-79--E Fibras soltas de 0 μm Tubo único com enchimento de gel anti-humidade Bainha zh Aramida Bainha zh Código Nº Fibras Multimodo 6,/ µm C06TKTNGP C066TKTNGP 6 C086TKTNGP 8 C6TKTNGP C66TKTNGP 6 C6TKTNGP C6TKTNGP C86TKTNGP 8 C66TKTNGP 6 Multimodo 0/ µm C0TKTNGP C06TKTNGP 6 C08TKTNGP 8 CTKTNGP C6TKTNGP 6 CTKTNGP CTKTNGP C8TKTNGP 8 C66TKTNGP 6 Monomodo 0/ µm C09TKTNGP C069TKTNGP 6 C089TKTNGP 8 C9TKTNGP C69TKTNGP 6 C9TKTNGP C9TKTNGP C89TKTNGP 8 C69TKTNGP 6 MONOTUBO (até fibras) DESCRIÇÃO CONSTRUTIVA Protecção secundária Tubo folgado de PBT. Enchimento do tubo Gel hidrófugo, não tóxico e não irritante. Bainha interior Material termoplástico retardante da chama, isento de halogéneos e com baixa emissão de fumos. Reforço Fibras de Aramida longitudinais. Bainha exterior Material termoplástico retardante da chama, isento de halogéneos e com baixa emissão de fumos. CARACTERÍSTICAS FÍSICAS Valor Norma Esforço de tracção máximo 00 N IEC-79--E Resistência ao impacto J IEC-79--E Pressão radial máxima 0 bar IEC-79--E Pressão radial estática bar IEC-79--E Penetração da água Bainhas IEC-79--FA Ciclo térmico 0 ºC a +70 ºC IEC-79--F Raio de curvatura mínimo 0 cm IEC-79--E Peso do cabo, aprox. 0 kg/km Diâmetro exterior do cabo, aprox. 8, mm MULTITUBO (> fibras) DESCRIÇÃO CONSTRUTIVA Elemento central Protecção secundária Enchimento dos tubos Núcleo do cabo Bainha interior Protecção Bainha exterior Varão de poliéster reforçado. Tubo folgado de PBT. Gel hidrófugo, não tóxico e não irritante. Tubos activos e passivos cableados em torno do elemento central, preenchendo-se os espaços com composto hidrófugo. Material termoplástico retardante da chama, isento de halogéneos e com baixa emissão de fumos. Fibras de Aramida longitudinais. Material termoplástico retardante da chama, isento de halogéneos e com baixa emissão de fumos. CARACTERÍSTICAS FÍSICAS Valor Normativa Esforço de tracção máximo 600 N IEC-79--E Resistência ao impacto J IEC-79--E Pressão radial máxima 0 bar IEC-79--E Pressão radial estática bar IEC-79--E Penetração da água Bainhas IEC-79--FA Ciclo térmico 0 ºC a +70 ºC IEC-79--F Raio de curvatura mínimo 0 cm IEC-79--E Peso do cabo, aprox. 8 kg/km Diâmetro exterior do cabo, aprox., mm

7 Cabo de F.O. com armadura dieléctrica para instalações exteriores Bainha de PE, enchimento anti-humidade e armadura dieléctrica. IEC-79--E, IEC-79--E, IEC-79--E, IEC-79--FA, IEC-79--F, IEC-79--E Fibras soltas de 0 μm Tubo único com enchimento de gel anti-humidade Protecção dupla de rovings de fibra de vidro Bainha de polietileno Código Nº Fibras Multimodo 6,/ µm C06UFLNGP C066UFLNGP 6 C086UFLNGP 8 C6UFLNGP C66UFLNGP 6 C6LFLNGP C6LFLNGP C86LFLNGP 8 C66LFLNGP 6 Multimodo 0/ µm C0UFLNGP C06UFLNGP 6 C08UFLNGP 8 CUFLNGP C6UFLNGP 6 CLFLNGP CLFLNGP C8LFLNGP 8 C66LFLNGP 6 Monomodo 0/ µm C09UFLNGP C069UFLNGP 6 C089UFLNGP 8 C9UFLNGP C69UFLNGP 6 C9LFLNGP C9LFLNGP C89LFLNGP 8 C69LFLNGP 6 MONOTUBO (até 6 fibras) DESCRIÇÃO CONSTRUTIVA Protecção secundária Tubo folgado de PBT. Enchimento do tubo Gel hidrófugo, não tóxico e não irritante. Armadura Conjunto de fibras de vidro colocadas longitudinalmente. Bainha exterior Polietileno de alta densidade, preto. CARACTERÍSTICAS FÍSICAS Valor Norma Esforço de tracção máximo 00 N IEC-79--E Resistência ao impacto J IEC-79--E Pressão radial máxima 0 bar IEC-79--E Pressão radial estática bar IEC-79--E Penetração água Bainhas IEC-79--FA Ciclo térmico 0 ºC a +70 ºC IEC-79--F Raio de curvatura mínimo 0 cm IEC-79--E Peso do cabo, aprox. kg/km Diâmetro exterior do cabo, aprox. 6,7 mm MULTITUBO (>6 fibras) DESCRIÇÃO CONSTRUTIVA Elemento central Protecção secundária Enchimento dos tubos Núcleo do cabo Armadura Bainha exterior Varão de poliéster reforçado. Tubo folgado de PBT, cores segundo tabela. Gel hidrófugo, não tóxico e não irritante. Tubos activos e passivos são cableados em torno do elemento central, preenchendo-se os espaços com composto hidrófugo. Conjunto de fibras de vidro colocadas longitudinalmente. Polietileno de alta densidade, preto. CARACTERÍSTICAS FÍSICAS Valor Norma Esforço de tracção máximo 600 N IEC-79--E Resistência ao impacto J IEC-79--E Pressão radial máxima 0 bar IEC-79--E Pressão radial estática bar IEC-79--E Penetração água Bainhas IEC-79--FA Ciclo térmico 0 ºC a +70 ºC IEC-79--F Raio de curvatura mínimo 0 cm IEC-79--E Peso do cabo, aprox. kg/km Diâmetro exterior do cabo, aprox.,8 mm

8 Cabo de F.O. com armadura dieléctrica (inst. exteriores, bainha zh) Tubo de PBT, enchimento anti-humidade, armadura dieléctrica e bainha zh (retardante da chama). IEC-79--E, IEC-79--E, IEC-79--E, IEC-79--FA, IEC-79--F, IEC-79--E Fibras soltas de 0 μm Tubo único com enchimento de gel anti-humidade Protecção dupla de rovings de fibra de vidro Bainha zh Código Nº Fibras Multimodo 6,/ µm C06HFHNGP C066HFHNGP 6 C086HFHNGP 8 C6HFHNGP C66HFHNGP 6 C6HFHNGP C6HFHNGP C86HFHNGP 8 C66HFHNGP 6 Multimodo 0/ µm C0HFHNGP C06HFHNGP 6 C08HFHNGP 8 CHFHNGP C6HFHNGP 6 CHFHNGP CHFHNGP C8HFHNGP 8 C66HFHNGP 6 Monomodo 0/ µm C09HFHNGP C069HFHNGP 6 C089HFHNGP 8 C9HFHNGP C69HFHNGP 6 C9HFHNGP C9HFHNGP C89HFHNGP 8 C69HFHNGP 6 MONOTUBO (até fibras) DESCRIÇÃO CONSTRUTIVA Protecção secundária Tubo folgado de PBT. Enchimento do tubo Gel hidrófugo, não tóxico e não irritante. Armadura Conjunto de fibras de vidro colocadas longitudinalmente. Bainha exterior Material termoplástico retardante da chama, isento de halogéneos e com baixa emissão de fumos. CARACTERÍSTICAS FÍSICAS Valor Normaa Esforço de tracção máximo 00 N IEC-79--E Resistência ao impacto J IEC-79--E Pressão radial máxima 0 bar IEC-79--E Pressão radial estática bar IEC-79--E Penetração água Bainhas IEC-79--FA Ciclo térmico 0 ºC a +70 ºC IEC-79--F Raio de curvatura mínimo 0 cm IEC-79--E Peso do cabo, aprox. 6 kg/km Diâmetro exterior do cabo, aprox. 6,7 mm MULTITUBO (> fibras) DESCRIÇÃO CONSTRUTIVA Elemento central Protecção secundária Enchimento dos tubos Núcleo do cabo Armadura Bainha exterior Varão de poliéster reforçado. Tubo folgado de PBT, cores segundo tabela. Gel hidrófugo, não tóxico e não irritante. Tubos activos e passivos cableados em torno do elemento central, preenchendo-se os espaços com composto hidrófugo. Conjunto de fibras de vidro colocadas longitudinalmente. Material termoplástico retardante da chama, isento de halogéneos e com baixa emissão de fumos. CARACTERÍSTICAS FÍSICAS Valor Normativa Esforço de tracção máximo 600 N IEC-79--E Resistência ao impacto J IEC-79--E Pressão radial máxima 0 bar IEC-79--E Pressão radial estática bar IEC-79--E Penetração água Bainhas IEC-79--FA Ciclo térmico 0 ºC a +70 ºC IEC-79--F Raio de curvatura mínimo 0 cm IEC-79--E Peso do cabo, aprox. 0 kg/km Diâmetro exterior do cabo, aprox. mm

9 Cabo de F.O. com armadura metálica (inst. exteriores, bainha PE) Bainha isenta de halogéneos (PE) para exterior com enchimento anti-humidade e armadura metálica. IEC-79--E, IEC-79--E, IEC-79--E, IEC-79--FA, IEC-79--F, IEC-79--E Fibras soltas de 0 μm Tubo único com enchimento de gel anti-humidade Bainha interior (PE) Fita de Aço corrugada Bainha exterior (PE) Código Nº Fibras Multimodo 6,/ µm C06LCLNGP C066LCLNGP 6 C086LCLNGP 8 C6LCLNGP C66LCLNGP 6 C6LCLNGP C6LCLNGP C86LCLNGP 8 C66LCLNGP 6 Multimodo 0/ µm C0LCLNGP C06LCLNGP 6 C08LCLNGP 8 CLCLNGP C6LCLNGP 6 CLCLNGP CLCLNGP C8LCLNGP 8 C6LCLNGP 6 Monomodo 0/ µm C09LCLNGP C069LCLNGP 6 C089LCLNGP 8 C9LCLNGP C69LCLNGP 6 C9LCLNGP C9LCLNGP C89LCLNGP 8 C69LCLNGP 6 MONOTUBO (até fibras) DESCRIÇÃO CONSTRUTIVA Protecção secundária Tubo folgado de PBT. Enchimento do tubo Gel hidrófugo, não tóxico e não irritante. Bainha interior Polietileno de baixa densidade, preto. Armadura Fita de Aço/copolímero corrugada. Bainha exterior Polietileno de alta densidade, preto. CARACTERÍSTICAS FÍSICAS Valor Norma Esforço de tracção máximo 00 N IEC-79--E Resistência ao impacto J IEC-79--E Pressão radial máxima 0 bar IEC-79--E Pressão radial estática bar IEC-79--E Penetração água Bainhas IEC-79--FA Ciclo térmico 0 ºC a +70 ºC IEC-79--F Raio de curvatura mínimo 0 cm IEC-79--E Peso do cabo, aprox. 8 kg/km Diâmetro exterior do cabo, aprox. 0 mm MULTITUBO (> fibras) DESCRIÇÃO CONSTRUTIVA Elemento central Protecção secundária Enchimento dos tubos Núcleo do cabo Bainha interior Armadura Bainha exterior Varão de poliéster reforçado. Tubo folgado de PBT, cores segundo tabela. Gel hidrófugo, não tóxico e não irritante. Tubos activos e passivos cableados em torno do elemento central, preenchendo-se os espaços com composto hidrófugo. Polietileno de baixa densidade, preto. Fita de Aço/copolímero corrugada. Polietileno de alta densidade, preto. CARACTERÍSTICAS FÍSICAS Valor Norma Esforço de tracção máximo 600 N IEC-79--E Resistência ao impacto J IEC-79--E Pressão radial máxima 0 bar IEC-79--E Pressão radial estática bar IEC-79--E Penetração água Bainhas IEC-79--FA Ciclo térmico 0 ºC a +70 ºC IEC-79--F Raio de curvatura mínimo 0 cm IEC-79--E Peso do cabo, aprox. 90 kg/km Diâmetro exterior do cabo, aprox. mm 6

10 Cabo de F.O. com armadura metálica (inst. exteriores, bainha zh) Tubo de PBT com enchimento anti-humidade, armadura metálica e bainha zh retardante da chama. IEC-79--E, IEC-79--E, IEC-79--E, IEC-79--FA, IEC-79--F, IEC-79--E Fibras soltas de 0 μm Tubo único com enchimento de gel anti-humidade Fita de Aço corrugada Bainha termoplástica zh Bainha termoplástica zh Código Nº Fibras Multimodo 6,/ µm C06HCHNGP C066HCHNGP 6 C086HCHNGP 8 C6HCHNGP C66HCHNGP 6 C6HCHNGP C6HCHNGP C86HCHNGP 8 C66HCHNGP 6 Multimodo 0/ µm C0HCHNGP C06HCHNGP 6 C08HCHNGP 8 CHCHNGP C6HCHNGP 6 CHCHNGP CHCHNGP C8HCHNGP 8 C6HCHNGP 6 Monomodo 0/ µm C09HCHNGP C069HCHNGP 6 C089HCHNGP 8 C9HCHNGP C69HCHNGP 6 C9HCHNGP C9HCHNGP C89HCHNGP 8 C69HCHNGP 6 MONOTUBO (até fibras) DESCRIÇÃO CONSTRUTIVA Protecção secundária Tubo folgado de PBT. Enchimento do tubo Gel hidrófugo, não tóxico e não irritante. Bainha interior Material termoplástico retardante da chama, isento de halogéneos e com baixa emissão de fumos. Armadura Fita de Aço/copolímero corrugada. Bainha exterior Material termoplástico retardante da chama, isento de halogéneos e com baixa emissão de fumos. CARACTERÍSTICAS FÍSICAS Valor Normativa Esforço de tracção máximo 00 N IEC-79--E Resistência ao impacto J IEC-79--E Pressão radial máxima 0 bar IEC-79--E Pressão radial estática bar IEC-79--E Penetração água Bainhas IEC-79--FA Ciclo térmico 0 ºC a +70 ºC IEC-79--F Raio de curvatura mínimo 0 cm IEC-79--E Peso do cabo, aprox. 8 kg/km Diâmetro exterior do cabo, aprox. 0 mm MULTITUBO (> fibras) DESCRIÇÃO CONSTRUTIVA Elemento central Protecção secundária Enchimento dos tubos Núcleo de cabo Bainha interior Armadura Bainha exterior Varão de poliéster reforçado. Tubo folgado de PBT, cores segundo tabela. Gel hidrófugo, não tóxico e não irritante. Tubos activos e passivos cableados em torno do elemento central, preenchendo-se os espaços com composto hidrófugo. Material termoplástico retardante da chama, isento de halogéneos e com baixa emissão de fumos. Fita de Aço/copolímero corrugada. Material termoplástico retardante da chama, isento de halogéneos e com baixa emissão de fumos. CARACTERÍSTICAS FÍSICAS Valor Norma Esforço de tracção máximo 600 N IEC-79--E Resistência ao impacto J IEC-79--E Pressão radial máxima 0 bar IEC-79--E Pressão radial estática bar IEC-79--E Penetração água Bainhas IEC-79--FA Ciclo térmico 0 ºC a +70 ºC IEC-79--F Raio de curvatura mínimo 0 cm IEC-79--E Peso do cabo, aprox. 90 kg/km Diâmetro exterior do cabo, aprox. mm 7

11 Painéis de fibra óptica para bastidores Os painéis repartidores para fibra óptica são fabricados em aço laminado a frio, com revestimento electroestático de cor preta. O tabuleiro removível facilita o acesso e a realização de conexões no seu interior, podem albergar adaptadores de formato ST e SC Duplex e, na sua parte posterior, têm três acessos para os cabos de Fibra Óptica. Montagem em rack ou bastidor de 9 e com uma altura de U. É fornecido com os acessórios necessários para fixação dos cabos de Fibra Óptica (guia fibras, flanges, vedantes, tampas). PAINÉIS para Adaptadores ST Código Descrição Embalagem CFPP0STNGP Painel para fibra óptica 9 U vazio posições ST PAINÉIS para Adaptadores SC Código Descrição Embalagem CFPP0SCNGP Painel para fibra óptica 9 U vazio 6 posições SC duplex 8

12 Caixas Caixas, suportes e protectores para fibra óptica Este produto permite-nos receber e proteger as junções mecânicas ou por fusão dentro dos painéis repartidores e caixas de parede. Podem ser plásticos ou metálicos. CAIXAS, SUPORTES E PROTECTORES DE FIBRA ÓPTICA Código Descrição Embalagem CCFPPSPE99P Suporte de junção unidades plástico CFPPCSE99P Caixa de junção unidades metálico CFPPCS99P Caixa de junção unidades plástico CFPPTB99P Protector de junção 0 mm CFPPTB99P Protector de junção mm CFPPTB699P Protector de junção 60 mm Caixa de parede para fibra óptica A caixa de parede é uma solução eficaz nas instalações de fibra óptica nas quais não seja possível colocar os armários de distribuição. Equipada com um painel vazio e removível para poder alojar doze adaptadores ST ou doze adaptadores SC Duplex. Fabricada em aço com uma espessura de, mm de cor preta, tem as faces laterais cortadas para bucins e guia fibras para uma correcta distribuição interior das fibras ópticas. CAIXAS DE JUNÇÃO Código Descrição Embalagem CFMUOST99P CFMUOCC99P Painel de fibra óptica posições ST vazio com medidas de xx, cm Painel de fibra óptica posições vazias SC Duplex com medidas de xx, cm 9

13 Conectores Conectores de Fibra Óptica ST Os conectores ST são fornecidos em acabamentos de polimento PC, SPC e UPC para multimodo (MM) e monomodo (SM). O material exterior do conector é metálico com sistema de fixação do tipo baioneta. Inclui tampas, base metálica de conectar fibra Zipcord e casquilho de protecção. Admite fibras com bainha de 0 µm/900 µm e Zipcord de, mm e mm, Ø Ferrule 8 µm Zircónio. O sistema de conexão é em epoxi curado anaerobicamente a frio. Cumpre a norma ANSI/TIA/EIA 68-B.. Perdas de inserção MM=0, db e SM=0, db. Temperatura de funcionamento e armazenagem entre -0ºC e +80ºC. CONECTOR ST Código Descrição Embalagem CFCSTMS99P Conector ST multimodo Zircónio CFCSTSS99P Conector ST/PC monomodo Zircónio Conectores de Fibra Óptica SC Os conectores SC são fornecidos em acabamentos de polimento PC, SPC, UPC e APC para multimodo (MM) e monomodo (SM). O material exterior do conector é de plástico com sistema de fixação do tipo PUSH/PULL. Inclui tampas, base metálica de conectar fibra Zipcord e casquilho de protecção. Admite fibras com bainha de 0 µm/900 µm e Zipcord de, mm e mm, Ø Ferrule 8 µm Zircónio. O sistema de conexão é em epoxi curado anaerobicamente a frio. Cumpre a norma ANSI/TIA/EIA 68-B.. Perdas de inserção MM=0, db e SM=0, db. Temperatura de funcionamento e armazenagem entre -0ºC e +80ºC. CONECTOR SC Código Descrição Embalagem CFCSCMS99P Conector SC/PC multimodo CFCSCMD99P Conector SC/PC monomodo Conectores de Fibra Óptica MT-RJ Os conectores MT-RJ são de dimensões reduzidas (SFF) e são compatíveis para fibras multimodo (MM) e monomodo (SM). Incluem uma pequena fibra interna pré-polida de 900 µm. Cumpre a norma ANSI/TIA/EIA 68A e IEC Perdas de inserção típicas em MM = 0,0 db e SM = 0,0 db CONECTOR MT-RJ Código Descrição Embalagem CFCMTMS99P Conector MT-RJ multimodo CFCMTSS99P Conector MT-RJ monomodo Conectores de Fibra Óptica LC Os conectores LC são de alta densidade (SFF) e a sua concepção permite-nos reduzir o espaço das conexões. Cumpre a norma IEC Acabamento de polimento em SPC e UPC. Perdas de inserção típicas = 0,0 db. CONECTOR LC Código Descrição Embalagem CFCMTMS99P Conector LC multimodo CFCMTSS99P Conector LC monomodo 0

14 Adaptadores Adaptadores de Fibra Óptica ST Os adaptadores ST de fibra óptica são a interface entre o cabo e os cordões, para poder ligar os dispositivos tanto na tomada de telecomunicações (TO) como nos painéis repartidores, sendo de fácil instalação. O material exterior do adaptador é Zinc Die-cast com sistema de fixação do tipo baioneta. O corpo interno é de Fósforo/Bronze para fibras multimodo e de Zircónio ou Fósforo/Bronze para fibras monomodo. Cumprem a norma ANSI/TIA/EIA 68-B.. Temperatura de funcionamento e armazenagem entre -0ºC e + 80ºC. ADAPTADOR ST Código Descrição Embalagem CFASTMS99P Adaptador ST multimodo Fósforo/Bronze CFASTSS99P Adaptador ST/PC monomodo Fósforo/Bronze Adaptadores de Fibra Óptica SC Os adaptadores SC de fibra óptica são a interface entre o cabo e os cordões, para poder ligar os dispositivos tanto na tomada de telecomunicações (TO) como nos painéis repartidores, sendo de fácil instalação. O material exterior do adaptador é de plástico e cumpre a norma UL. Codificação por cor do adaptador: para multimodo cor beige, monomodo cor azul e monomodo APC cor verde. O corpo interno é de Fósforo/Bronze para fibras multimodo e de Zircónio ou Fósforo/Bronze para fibras monomodo. Formato Simplex ou Duplex com acoplamento tipo PUSH/PULL. Cumprem as normas ANSI/TIA/EIA 68-B. e JIS C970 F0 SC. Temperatura de funcionamento e armazenagem entre -0ºC e + 80ºC. ADAPTADOR SC Código Descrição Embalagem CFASCMS99P Adaptador SC multimodo Simplex Fósforo/Bronze CFASCMD99P Adaptador SC multimodo Duplex Fósforo/Bronze CFASCSD99P Adaptador SC/PC monomodo Duplex Fósforo/Bronze CFASASD99P Adaptador SC/APC monomodo Duplex Cerâmico Adaptadores de Fibra Óptica MT-RJ Os adaptadores MT-RJ são de dimensões reduzidas (SFF) e são compatíveis para fibras multimodo e monomodo. O corpo exterior é em material polimérico e aloja duas fibras. ADAPTADOR MT-RJ Código Descrição Embalagem CFAMTMS99P Adaptador MT-RJ multimodo CFAMTMS99P Adaptador MT-RJ monomodo Adaptadores de Fibra Óptica LC Os adaptadores LC são Duplex e, no seu interior, incluem casquilhos cerâmicos (Zircónio) para fibras monomodo e de Fósforo/Bronze para fibras multimodo, de forma a poder alinhar os casquilhos do conector e ter poucas perdas. O corpo exterior é em material polimérico. ADAPTADOR LC Código Descrição Embalagem CFALCMD99P Adaptador LC Duplex multimodo CFALCSD99P Adaptador LC Duplex monomodo

15 Cordões ópticos multimodo 6,/ µm Os cordões JetLan são utilizados para ligar o posto de trabalho aos dispositivos periféricos ou os equipamentos activos de rede aos painéis repartidores. Construção com fibras Zipcord multimodo de 6,/ µm em monofibra, bifibra de, mm e mm. Os cordões podem incluir conectores ST, SC, MT-RJ e LC. Perda de inserção em multimodo 0, db. Perda de inserção de par acoplado em multimodo 0,60 db (típico 0, db). Temperatura de funcionamento/armazenagem -0ºC a +80ºC. Código Descrição Embalagem Código Descrição Embalagem Cordões multimodo 6,/ µm Cordões multimodo 6,/ µm Simplex ST / ST Duplex ST / ST CF6TTS99P SIMPLEX ST-ST, m CF6TTD99P DUPLEX ST-ST, m CF6TTS99P SIMPLEX ST-ST, m CF6TTD99P DUPLEX ST-ST, m CF6TTS99P SIMPLEX ST-ST, m CF6TTD99P DUPLEX ST-ST, m Simplex SC / SC Duplex SC / SC CF6CCS99P SIMPLEX SC-SC, m CF6CCD99P DUPLEX SC-SC, m CF6CCS99P SIMPLEX SC-SC, m CF6CCD99P DUPLEX SC-SC, m CF6CCS99P SIMPLEX SC-SC, m CF6CCD99P DUPLEX SC-SC, m Simplex ST / SC Duplex ST / SC CF6CTS99P SIMPLEX ST-SC, m CF6TCD99P DUPLEX ST-SC, m CF6CTS99P SIMPLEX ST-SC, m CF6TCD99P DUPLEX ST-SC, m CF6CTS99P SIMPLEX ST-SC, m CF6TCD99P DUPLEX ST-SC, m Simplex LC / LC Duplex LC / LC CF6LLS99P SIMPLEX LC-LC, m CF6LLD99P DUPLEX LC-LC, m CF6LLS99P SIMPLEX LC-LC, m CF6LLD99P DUPLEX LC-LC, m CF6LLS99P SIMPLEX LC-LC, m CF6LLD99P DUPLEX LC-LC, m Simplex SC / LC Duplex SC / LC CF6CLS99P SIMPLEX SC-LC, m CF6CLD99P DUPLEX SC-LC, m CF6CLS99P SIMPLEX SC-LC, m CF6CLD99P DUPLEX SC-LC, m CF6CLS99P SIMPLEX SC-LC, m CF6CLD99P DUPLEX SC-LC, m Simplex ST / LC Duplex ST / LC CF6LTS99P SIMPLEX LC-ST, m CF6LTD99P DUPLEX LC-ST, m CF6LTS99P SIMPLEX LC-ST, m CF6LTD99P DUPLEX LC-ST, m CF6LTS99P SIMPLEX LC-ST, m CF6LTD99P DUPLEX LC-ST, m Duplex MT-RJ / MT-RJ Duplex MT-RJ / LC CF6MMD99P DUPLEX MTRJ-MTRJ, m CF6LMD99P DUPLEX MTRJ-LC, m CF6MMD99P DUPLEX MTRJ-MTRJ, m CF6LMD99P DUPLEX MTRJ-LC, m CF6MMD99P DUPLEX MTRJ-MTRJ, m CF6LMD99P DUPLEX MTRJ-LC, m Duplex MT-RJ / SC Duplex MT-RJ / ST CF6CMD99P DUPLEX MTRJ-SC, m CF6MD99P DUPLEX MTRJ-ST, m CF6CMD99P DUPLEX MTRJ-SC, m CF6MD99P DUPLEX MTRJ-ST, m CF6CMD99P DUPLEX MTRJ-SC, m CF6MD99P DUPLEX MTRJ-ST, m (Observações: Outros comprimentos de cordão e conectores por consulta)

16 Cordões ópticos multimodo 0/ µm Os cordões JetLan são utilizados para ligar o posto de trabalho aos dispositivos periféricos ou os equipamentos activos de rede aos painéis repartidores. Construção com fibras Zipcord multimodo de 0/ µm em monofibra, bifibra de, mm e mm. Os cordões podem incluir conectores ST, SC, MT-RJ e LC. Perda de inserção em multimodo 0, db. Perda de inserção de par acoplado em multimodo 0,60 db (típico 0, db). Temperatura de funcionamento/armazenagem -0ºC a +80ºC. Código Descrição Embalagem Código Descrição Embalagem Cordões multimodo 0/ µm Cordões multimodo 0/ µm Simplex ST / ST Duplex ST / ST CFTTS99P SIMPLEX ST-ST, m CFTTD99P DUPLEX ST-ST, m CFTTS99P SIMPLEX ST-ST, m CFTTD99P DUPLEX ST-ST, m CFTTS99P SIMPLEX ST-ST, m CFTTD99P DUPLEX ST-ST, m Simplex SC / SC Duplex SC / SC CFCCS99P SIMPLEX SC-SC, m CFCCD99P DUPLEX SC-SC, m CFCCS99P SIMPLEX SC-SC, m CFCCD99P DUPLEX SC-SC, m CFCCS99P SIMPLEX SC-SC, m CFCCD99P DUPLEX SC-SC, m Simplex ST / SC Duplex ST / SC CFCTS99P SIMPLEX ST-SC, m CFTCD99P DUPLEX ST-SC, m CFCTS99P SIMPLEX ST-SC, m CFTCD99P DUPLEX ST-SC, m CFCTS99P SIMPLEX ST-SC, m CFTCD99P DUPLEX ST-SC, m Simplex LC / LC Duplex LC / LC CFLLS99P SIMPLEX LC-LC, m CFLLD99P DUPLEX LC-LC, m CFLLS99P SIMPLEX LC-LC, m CFLLD99P DUPLEX LC-LC, m CFLLS99P SIMPLEX LC-LC, m CFLLD99P DUPLEX LC-LC, m Simplex SC / LC Duplex SC / LC CFCLS99P SIMPLEX SC-LC, m CFCLD99P DUPLEX SC-LC, m CFCLS99P SIMPLEX SC-LC, m CFCLD99P DUPLEX SC-LC, m CFCLS99P SIMPLEX SC-LC, m CFCLD99P DUPLEX SC-LC, m Simplex ST / LC Duplex ST / LC CFLTS99P SIMPLEX LC-ST, m CFLTD99P DUPLEX LC-ST, m CFLTS99P SIMPLEX LC-ST, m CFLTD99P DUPLEX LC-ST, m CFLTS99P SIMPLEX LC-ST, m CFLTD99P DUPLEX LC-ST, m Duplex MT-RJ / MT-RJ Duplex MT-RJ / LC CFMMD99P DUPLEX MTRJ-MTRJ, m CFLMD99P DUPLEX MTRJ-LC, m CFMMD99P DUPLEX MTRJ-MTRJ, m CFLMD99P DUPLEX MTRJ-LC, m CFMMD99P DUPLEX MTRJ-MTRJ, m CFLMD99P DUPLEX MTRJ-LC, m Duplex MT-RJ / SC Duplex MT-RJ / ST CFCMD99P DUPLEX MTRJ-SC, m CFMD99P DUPLEX MTRJ-ST, m CFCMD99P DUPLEX MTRJ-SC, m CFMD99P DUPLEX MTRJ-ST, m CFCMD99P DUPLEX MTRJ-SC, m CFMD99P DUPLEX MTRJ-ST, m (Observações: Outros comprimentos de cordão e conectores por consulta)

17 Cordões ópticos monomodo 9/µm Os cordões JetLan são utilizados para ligar o posto de trabalho aos dispositivos periféricos ou os equipamentos activos de rede aos painéis repartidores. Construção com fibras Zipcord monomodo de 9/ µm em monofibra, bifibra de, mm e mm. Os cordões podem incluir conectores ST/PC e APC, SC/PC 6 APC, MT-RJ e LC/UPC. Perda de retorno de par acoplado em monomodo -0, db. Temperatura de funcionamento/armazenagem -0ºC a +80ºC. Código Descrição Embalagem Código Descrição Embalagem Cordões monomodo 9/ µm Cordões monomodo 9/ µm Simplex ST / ST Duplex ST / ST CF9TTS99P SIMPLEX ST-ST, m CF9TTD99P DUPLEX ST-ST, m CF9TTS99P SIMPLEX ST-ST, m CF9TTD99P DUPLEX ST-ST, m CF9TTS99P SIMPLEX ST-ST, m CF9TTD99P DUPLEX ST-ST, m Simplex SC / SC Duplex SC / SC CF9CCS99P SIMPLEX SC-SC, m CF9CCD99P DUPLEX SC-SC, m CF9CCS99P SIMPLEX SC-SC, m CF9CCD99P DUPLEX SC-SC, m CF9CCS99P SIMPLEX SC-SC, m CF9CCD99P DUPLEX SC-SC, m Simplex ST / SC Duplex ST / SC CF9CTS99P SIMPLEX ST-SC, m CF9TCD99P DUPLEX ST-SC, m CF9CTS99P SIMPLEX ST-SC, m CF9TCD99P DUPLEX ST-SC, m CF9CTS99P SIMPLEX ST-SC, m CF9TCD99P DUPLEX ST-SC, m Simplex LC / LC Duplex LC / LC CF9LLS99P SIMPLEX LC-LC, m CF9LLD99P DUPLEX LC-LC, m CF9LLS99P SIMPLEX LC-LC, m CF9LLD99P DUPLEX LC-LC, m CF9LLS99P SIMPLEX LC-LC, m CF9LLD99P DUPLEX LC-LC, m Simplex SC / LC Duplex SC / LC CF9CLS99P SIMPLEX SC-LC, m CF9CLD99P DUPLEX SC-LC, m CF9CLS99P SIMPLEX SC-LC, m CF9CLD99P DUPLEX SC-LC, m CF9CLS99P SIMPLEX SC-LC, m CF9CLD99P DUPLEX SC-LC, m Simplex ST / LC Duplex ST / LC CF9LTS99P SIMPLEX LC-ST, m CF9LTD99P DUPLEX LC-ST, m CF9LTS99P SIMPLEX LC-ST, m CF9LTD99P DUPLEX LC-ST, m CF9LTS99P SIMPLEX LC-ST, m CF9LTD99P DUPLEX LC-ST, m Duplex MT-RJ / MT-RJ Duplex MT-RJ / LC CF9MMD99P DUPLEX MTRJ-MTRJ, m CF9LMD99P DUPLEX MTRJ-LC, m CF9MMD99P DUPLEX MTRJ-MTRJ, m CF9LMD99P DUPLEX MTRJ-LC, m CF9MMD99P DUPLEX MTRJ-MTRJ, m CF9LMD99P DUPLEX MTRJ-LC, m Duplex MT-RJ / SC Duplex MT-RJ / ST CF9CMD99P DUPLEX MTRJ-SC, m CF9MD99P DUPLEX MTRJ-ST, m CF9CMD99P DUPLEX MTRJ-SC, m CF9MD99P DUPLEX MTRJ-ST, m CF9CMD99P DUPLEX MTRJ-SC, m CF9MD99P DUPLEX MTRJ-ST, m (Observações: Outros comprimentos de cordão e conectores por consulta)

18 Pigtails de fibra óptica multimodo e monomodo Os pigtails JetLan são utilizados para possibilitar a conexão de fibras ópticas através de métodos de junção mecânica ou de fusão. Construção com monofibras de, mm, mm, 0 µm e 900 µm. Os comprimentos standard são de e metros. Os cordões podem incorporar conectores ST, SC e LC. Código Descrição Embalagem Código Descrição Embalagem Pigtails multimodo 6,/ µm Pigtails multimodo 6,/ µm Conectores ST Conectores ST CF6PTS99P ST - m CF6PTS99P ST - m Conectores SC Conectores SC CF6PCS99P SC - m CF6PCS99P SC - m Conectores LC Conectores LC CF6PLS99P LC - m CF6PLS99P LC - m Pigtails multimodo 0/ µm Pigtails multimodo 0/ µm Conectores ST Conectores ST CFPTS99P ST - m CFPTS99P ST - m Conectores SC Conectores SC CFPCS99P SC - m CFPCS99P SC - m Conectores LC Conectores LC CFPLS99P LC - m CFPLS99P LC - m Pigtails monomodo 9/ µm Pigtails monomodo 9/ µm Conectores ST/ PC Conectores ST/ PC CF9PTS99P ST / PC - m CF9PTS99P ST / PC - m Conectores SC/ PC Conectores SC/ PC CF9PCS99P SC / PC - m CF9PCS99P SC / PC - m Conectores LC/ PC Conectores LC/ PC CF9PLS99P LC / PC - m CF9PLS99P LC / PC - m (Observações: Outros comprimentos de cordão e conectores por consulta)

19 Cabo dieléctrico µsheath para instalação em condutas Normas Europeias série EN 6079, Normas Internacionais série IEC Ano - Numero de fibras - Tipo de fibras - General Cable + marcação métrica - Fibras Ópticas de qualquer tipo, monomodo (G6, G6,...) ou multimodo (0/ ou 6,/), identificação por cores. - Módulo µsheath estanque com,, 6, 8 ou fibras, identificação por cores. - Em função do número de fibras e do tamanho dos módulos, o núcleo óptico contém um ou vários conjuntos de módulos µsheath. Estes estão envolvidos por uma fina bainha colorida para formar supermódulos. A estanquidade do cabo é obtida com elementos hidroexpansivos (a concepção seca facilita a manipulação e preparação). - Fita sintética (opcional). - Fios de rasgar opcionais. 6 - Reforços dieléctricos introduzidos na bainha de Polietileno preto. Estes cabos µsheath são adequados para redes de comunicações de qualquer tipo: cabos regionais de longa distância, anéis metropolitanos, distribuição e acesso local. Em comparação com os cabos convencionais, a concepção dos cabos µsheath oferece várias vantagens exclusivas que obtêm uma grande poupança de tempo e dinheiro a todos os níveis (engenharia, obra civil, colocação, ligação, etc.) e ao mesmo tempo permitem uma instalação rápida, flexível e evolutiva da rede. As suas principais vantagens são: - Concepção extremamente compacta e ligeira, que facilita o seu manejo. - Conceito modular e grande facilidade de acesso às fibras (na extremidade do cabo ou a meio da instalação). - Adequados para juntas simples ou múltiplas. Max. Carga Núm. de Modularidade () Peso Diâmetro Raio de de tracção Comprimento fibras () kg/km exterior curvatura instalação/ de fornecimento mm mm permanente km () x <. 70 / 0 < km x 6 < / 0 < km 8 x 8 < / 0 < km 7 6x 67 < / 8 < 8 km 96 8x 90 <. 0 / 0 < 8 km x 9 <. 60 / 0 < 8 km 6 8x < / < 8 km 88 x 7 < / 00 < 6 km xx 7 < / 60 Sob consulta 86 6xx 0 <. 00 / Sob consulta () Sob consulta, podemos fornecer cabos com número de fibras e características de modularidade diferentes. () Pode depender do tipo de fibra utilizado. Sob consulta. Número máximo de fibras em função da modularidade Diâmetro (nominal) mm Modularidade: F.O. / uni (*) (*) (*) (*) Modularidade: F.O. / uni (*) (*) (*) (*) Modularidade: 6 F.O. / uni (*) (*) (*) Modularidade: 8 F.O. / uni (*) (*) (*) Modularidade: F.O. / uni (*) Opções de,, 6 e 8 fibras ópticas: sob consulta. C➀➁ ➂ MP0NGP (➀➁) (➂) Tipo (M) (P) Bainha (0) Armadura (NGP) Cor Nº Fibras (6) 6,/ µsheath Ext. - Polietileno Ø - Sem armadura Preto () 0/ () 0/ (OM) (9) 9/ Os cabos µsheath podem ser adaptados a exigências particulares ou às especificações técnicas da empresa operadora. 6

20 Cabo dieléctrico µsheath para instalação em condutas com enterramento directo Normas Europeias série EN 6079, Normas Internacionais série IEC 6079 Ano - Numero de fibras - Tipo de fibras - General Cable + marcação métrica Fibras ópticas de qualquer tipo, monomodo (G6, G6,...) ou multimodo de 0/ ou 6./. - Módulos µsheath estanques com,, 6, 8 ou fibras, identificados por cores. - Em função do número de fibras e da dimensão dos módulos, o núcleo óptico contém um ou vários grupos de módulos µsheath. Estes grupos estão envolvidos por uma fina bainha colorida para formar super-módulos. A estanquidade do cabo é obtida com elementos hidroexpansivos (a concepção seca facilita a manipulação e preparação). - Fita sintética (opcional). - Fios de rasgar (opcionais). 6 - Reforços dieléctricos inseridos na bainha de Polietileno preto. 7 - Armadura exterior de filamentos de vidro com uma elevada resistência à tracção, ao esmagamento e aos roedores. 8 - Bainha exterior (HDPE) de cor negra. Estes cabos são adequados para redes de comunicações de qualquer tipo: cabos regionais de longa distância, anéis metropolitanos, distribuição e acesso local. Mesumo sendo completamente dieléctricos, podem ser enterrados directamente. Também são adequados para a instalação em caleiras e para a introdução em condutas termoplásticas rígidas. A sua dupla bainha exterior e a sua armadura de filamentos de vidro garantem uma óptima resistência a esforços mecânicos e à acção dos roedores. Pela sua estrutura µsheath, estes cabos são ultra-compactos, muito ligeiros e fáceis de manipular, ao mesmo tempo que oferecem um cómodo acesso às fibras (nas extremidades ou a meio da instalação) e admitem tanto juntas simples como múltiplas. Max. Carga Núm. de Modularidade Peso Diâmetro Raio de de tracção Comprimento fibras kg/km exterior curvatura instalação/ de fornecimento mm mm permanente km () x / 7 < km x / 0 < km 8 x 0. 0 / < km 7 6x. 70 / 80 < 8 km 96 8x / 0 < 8 km x / 0 < 8 km 6 8x / 8 < 6 km 88 x 0. 0 / < km xx Sob consulta 86 6xx Sob consulta () Sob consulta, podemos fornecer cabos com número de fibras e características de modularidade diferentes. () Pode depender do tipo de fibra utilizado. Sob consulta. Número máximo de fibras em função da modularidade Diâmetro (nominal) mm ?? Modularidade: F.O. / uni * * * * Modularidade: F.O. / uni * * * * Modularidade: 6 F.O. / uni * * * Modularidade: 8 F.O. / uni * * * Modularidade: F.O. / uni (*) Opções de,, 6 e 8 fibras ópticas: sob consulta. C➀➁ ➂ MPFNGP (➀➁) (➂) Tipo (M) (P) Bainha (F) Armadura (NGP) Cor Nº Fibras (6) 6,/ µsheath Int. - Polietileno Filamentos Preto () 0/ Ext. - HDPE de Vidro () 0/ (OM) (9) 9/ Os cabos µsheath podem ser adaptados a exigências particulares ou às especificações técnicas da empresa operadora. 7

14 CABOS DE FIBRA ÓTICA

14 CABOS DE FIBRA ÓTICA FIBRA OTICA 4 4 CABOS DE FIBRA ÓTICA Fibra Ótica com diferentes tipos de cabos: Tight Buffer - Estrutura Fechada Fibra ótica com revestimento em PVC. Usado para ligações dentro de edifícios (cabos, cordões

Leia mais

FIBRA ÓTICA CABOS CORDÃO ÓTICO SIMPLEX OU DUPLEX GAVETAS DE DISTRIBUIÇÃO FIBRA ÓTICA TORPEDOS E CAIXAS PARA JUNTAS ADAPTADORES CONVERSORES DE MEIOS

FIBRA ÓTICA CABOS CORDÃO ÓTICO SIMPLEX OU DUPLEX GAVETAS DE DISTRIBUIÇÃO FIBRA ÓTICA TORPEDOS E CAIXAS PARA JUNTAS ADAPTADORES CONVERSORES DE MEIOS FIBRA ÓTICA CABOS CORDÃO ÓTICO SIMPLEX OU DUPLEX GAVETAS DE DISTRIBUIÇÃO FIBRA ÓTICA TORPEDOS E CAIXAS PARA JUNTAS ADAPTADORES CONVERSORES DE MEIOS 04 05 0 07 08 09 02 FIBRA ÓTICA TECNOLOGIA ÓTICA Com

Leia mais

fibra optica:layout 1 27-01-2011 00:23 Page 23

fibra optica:layout 1 27-01-2011 00:23 Page 23 fibra optica:layout 1 27-01-2011 00:23 Page 23 Fibra Óptica fibra optica:layout 1 27-01-2011 00:23 Page 24 FIBRA ÓPTICA Fibra Óptica é um pedaço de vidro com capacidade de transmitir luz. Tal filamento

Leia mais

Cabo Optico Aéreo Dielétrico Tubo unico ASU (NR/RC)

Cabo Optico Aéreo Dielétrico Tubo unico ASU (NR/RC) Cabo Optico Aéreo Dielétrico Tubo unico ASU (NR/RC) Os cabos ópticos TELCON contam com uma excelente proteção e transmissão óptica para conectar longas distancias e outros serviços como Multimedia, Internet

Leia mais

CORDÃO ÓPTICO MONOFIBRA OU DUPLEX

CORDÃO ÓPTICO MONOFIBRA OU DUPLEX CORDÃO ÓPTICO MONOFIBRA OU DUPLEX Tipo do Produto Cordão Óptico Família do Produto TeraLan Descrição Cordão Óptico é o cabo óptico monofibra ou duplex com conector óptico nas duas extremidades Aplicação

Leia mais

>Introdução. 3.1. Construção de cabos para exterior 3.2. Construção de cabos para interior

>Introdução. 3.1. Construção de cabos para exterior 3.2. Construção de cabos para interior 3. Cabos de Fibra Óptica >Objectivo Este módulo tem como objectivo, a introdução às questões relacionadas como desenho de cabos de fibras ópticas, com o sua aplicação em ambientes diversos e com o estudo

Leia mais

Cabo Óptico Pré Conectorizado Fanout

Cabo Óptico Pré Conectorizado Fanout Cabo Óptico Pré Conectorizado Fanout Tipo do Produto Cabo Óptico Pré-Conectorizado Descrição Cabo Óptico de construção tipo " tight buffer" (indoor ou indoor/outdoor) ou cordão multifibra (somente indoor)

Leia mais

CFOT-MF/UB. Interno / Externo

CFOT-MF/UB. Interno / Externo CFOT-MF/UB Tipo do Produto Cabos Ópticos Construção Dielétrico Núcleo Seco Tubo Loose (UB) ou Cordão Monofibra (MF) SM ou MM Descrição Conjunto constituído por cordões ópticos ("tight buffer") ou tubos

Leia mais

Cabo Óptico Pré-Conectorizado LC/SC

Cabo Óptico Pré-Conectorizado LC/SC Cabo Óptico Pré-Conectorizado LC/SC Tipo do Produto Descrição Cabo Óptico Pré-Conectorizado Cabo óptico de construção tipo tight buffer (indoor ou indoor/outdoor) pré-conectorizado em fábrica com conectores

Leia mais

Cabos de Telecomunicações

Cabos de Telecomunicações Cabos de Telecomunicações A General Cable detém uma posição de liderança tecnológica no fabrico de cabos de telecomunicações. A unidade fabril de Morelena, que concentra a produção na Europa desde tipo

Leia mais

Newell TM - Catálogo Cablagem Estruturada Fibra Óptica e Cobre

Newell TM - Catálogo Cablagem Estruturada Fibra Óptica e Cobre Newell TM - Catálogo Cablagem Estruturada Fibra Óptica e Cobre SOLUÇÃO DE CONECTIVIDADE Introdução pag 2 Acessórios de FO pag 3 FIBRA ÓPTICA LC pag 4 SC pag 5 ST pag 6 FC pag 7 DATASHEETS Cat 5E pag 8

Leia mais

CONECTIVIDADE COBRE /FIBRA ÓPTICA

CONECTIVIDADE COBRE /FIBRA ÓPTICA CONECTIVIDADE COBRE /FIBRA ÓPTICA 1 Garantia Vitalícia Os sistemas de conectividade 4Lan compostos por cabos, conectores, patch panels e patchcords cumprem com as normas indicadas e te m uma garantia vitalícia,

Leia mais

FIBER-LAN INDOOR/OUTDOOR

FIBER-LAN INDOOR/OUTDOOR FIBER-LAN INDOOR/OUTDOOR Tipo do Produto Cabos Ópticos Construção Dielétrico Tight Monomodo ou Multimodo Descrição Cabo óptico tipo "tight", constituído por fibras ópticas do tipo multimodo ou monomodo.

Leia mais

FIBER-LAN INDOOR/OUTDOOR

FIBER-LAN INDOOR/OUTDOOR FIBER-LAN INDOOR/OUTDOOR Tipo do Produto Construção Cabos Ópticos Dielétrico Tight Monomodo ou Multimodo Descrição Cabo óptico tipo "tight", constituído por fibras ópticas do tipo multimodo ou monomodo.

Leia mais

CABO ÓPTICO FIBER-LAN INDOOR/OUTDOOR

CABO ÓPTICO FIBER-LAN INDOOR/OUTDOOR CABO ÓPTICO FIBER-LAN INDOOR/OUTDOOR Tipo do Produto Cabos Ópticos Família do Produto Construção TeraLan Dielétrico Tight Monomodo ou Multimodo Descrição Cabo óptico tipo "tight", constituído por fibras

Leia mais

Curso Instalador ITED

Curso Instalador ITED Curso Instalador ITED Formação de Actualização UFCD ITED A + ITED B Abril de 2015 Cablagem Fibra Óptica no ITED Ricardo Oliveira Fibra Óptica ITED 3ª edição - Mantém-se a obrigatoriedade de utilização

Leia mais

KIT DE ADAPTADORES ÓPTICOS

KIT DE ADAPTADORES ÓPTICOS KIT DE ADAPTADORES ÓPTICOS Tipo do Produto Cordão Óptico Família do Produto Padrão TeraLan RoHS Compliant Descrição Os kits de adaptadores ópticos são compostos por adaptadores ópticos, monofibra ou duplex,

Leia mais

ANEXO 5 MATERIAIS E FERRAMENTAS ESPECÍFICAS (PARTE 1 CABOS)

ANEXO 5 MATERIAIS E FERRAMENTAS ESPECÍFICAS (PARTE 1 CABOS) ANEXO 5 MATERIAIS E FERRAMENTAS ESPECÍFICAS (PARTE 1 CABOS) MANUAL ITED 1ª edição ANEXO 6 1 CABOS TVV E TVHV 1 2 3 4 1 5 2 3 1. Revestimento Exterior (camada de PVC) 2. Cintagem 3. Isolamento do condutor

Leia mais

Cabo Óptico Anti-Roedor com Fita de Aço Corrugada

Cabo Óptico Anti-Roedor com Fita de Aço Corrugada Cabo Óptico Anti-Roedor com Fita de Aço Corrugada Os cabos ópticos Telcon proporcionam excelente performance de transmissão e proteção das fibras ópticas contra mudanças ambientais. Estes cabos são formados

Leia mais

EXTENSÃO ÓPTICA CONECTORIZADA

EXTENSÃO ÓPTICA CONECTORIZADA EXTENSÃO ÓPTICA CONECTORIZADA Tipo do Produto Extensão Óptica Família do Produto Descrição TeraLan A Extensão Óptica Conectorizada é composta, (1) normalmente, por dois itens principais : Extensão Óptica:

Leia mais

PLANEAMENTO E PROJECTO DE REDES

PLANEAMENTO E PROJECTO DE REDES PLANEAMENTO E PROJECTO DE REDES Engenharia de Sistemas e Informática Bibliografia: Engenharia de Redes Informáticas; Edmundo Monteiro e Fernando Boavida; FCA 1 Conteúdo programático Equipamento Passivo

Leia mais

Cabo Óptico Tubo Único Dielétrico

Cabo Óptico Tubo Único Dielétrico Os cabos ópticos Telcon proporcionam excelente performance de transmissão. Este cabo tem como diferencial ser constituído por um único tubo loose, protegidos por termoplástico preto retardante a chama

Leia mais

ÍNDICE DE PRODUTOS CABOS FIBRA ÓTICA CORDÕES FIBRA ÓTICA PIGTAILS FIBRA ÓTICA TABULEIROS DE DISTRIBUIÇÃO SOLUÇÃO MPO FIBRA ÓTICA

ÍNDICE DE PRODUTOS CABOS FIBRA ÓTICA CORDÕES FIBRA ÓTICA PIGTAILS FIBRA ÓTICA TABULEIROS DE DISTRIBUIÇÃO SOLUÇÃO MPO FIBRA ÓTICA ÍNDICE DE PRODUTOS 02 08 6 8 26 30 32 34 36 40 4 45 CABOS FIBRA ÓTICA Multímodo, Mono modo, Interior, Exterior 02 Cabo Armado, 03 Cabo Dielétrico, 04 Cabo de Distribuição, 05 Cabo Flat, 06 Cabo Simplex,

Leia mais

Companhia Estadual de Distribuição de Energia Elétrica Divisão de Manutenção / Departamento de Manutenção de Sistemas Digitais

Companhia Estadual de Distribuição de Energia Elétrica Divisão de Manutenção / Departamento de Manutenção de Sistemas Digitais Companhia Estadual de Distribuição de Energia Elétrica Divisão de Manutenção / Departamento de Manutenção de Sistemas Digitais Especificação Técnica ETD -00.063 Materiais de telecomunicação ópticos Versão:

Leia mais

Bastidores para fibra óptica

Bastidores para fibra óptica Apresentação A gama de armários para fibra óptica Olirack foi concebida para a instalação, protecção e isolamento de terminadores e repartidores ópticos. A fibra óptica é um filamento feito de vidro ou

Leia mais

Especificação Técnica Sistema de Cabeamento Estruturado

Especificação Técnica Sistema de Cabeamento Estruturado Especificação Técnica Sistema de Cabeamento Estruturado Patch Cord Tipo RJ-45 - RJ45 - CATEGORIA 5 Modelo: D8AU Patch Cord com comprimento aproximado de xx metros, com conectores modulares de 8 posições

Leia mais

email: cookvendas@cookenergia.com Acesse nosso site: www.cookenergia.com Telefones: (55) 21 2609-4196 - (55) 21 9387-1021

email: cookvendas@cookenergia.com Acesse nosso site: www.cookenergia.com Telefones: (55) 21 2609-4196 - (55) 21 9387-1021 Cordões Ópticos Montados em Conectores, Especificação: SUMÁRIO: 1 Objetivo. 2 Referências Normativas. 3 Definições. 4 Condições Gerais. 5 Condições Específicas. 6 Inspeção. 7 Aceitação e Rejeição. 8 Procedimento

Leia mais

Uma das maiores companhias do sector a nível mundial.

Uma das maiores companhias do sector a nível mundial. Uma das maiores companhias do sector a nível mundial. A General Cable é uma companhia líder no fabrico de cabos a nível mundial. A companhia conta com modernas instalações de produção na América do Norte,

Leia mais

Aumentar Diminuir Procura Tela Cheia Imprimir

Aumentar Diminuir Procura Tela Cheia Imprimir ADAPTER CABLE M8v CATEGORIA 5 ENHANCED Sistemas de Cabeamento Estruturado para tráfego de voz, dados e imagens, segundo requisitos da norma ANSI/TIA/EIA-568A, incluindo o adendo 5 (Categoria 5e), para

Leia mais

CABO MONOTUBO DIELÉTRICO

CABO MONOTUBO DIELÉTRICO CABO MONOTUBO DIELÉTRICO Cabo universal totalmente dielétrico para instalação exterior e interior Para aplicações de CATV e LAN Resistente à tração, ao impacto e à penetração de humidade Revestimento externo

Leia mais

Caixa Dio Completa (carregada com Kit Dio, adaptadores e pigtail )

Caixa Dio Completa (carregada com Kit Dio, adaptadores e pigtail ) Caixa Dio Completa (carregada com Kit Dio, adaptadores e pigtail ) 24 Fibras, 48 Fibras ou 72 Fibras(SM ou MM) Esta caixa DIO completa permite ao usuário configurar o DIO de 1U de acordo com a sua necessidade.

Leia mais

Índice. Nomenclatura... 2. Fibras Ópticas... 3. Rede Externa Aérea - Cabos Ópticos. Rede Interna - Cabos Ópticos

Índice. Nomenclatura... 2. Fibras Ópticas... 3. Rede Externa Aérea - Cabos Ópticos. Rede Interna - Cabos Ópticos Índice Nomenclatura... 2 Fibras Ópticas... 3 Rede Externa Aérea - Cabos Ópticos CFOA-SM-ASY-G / CFOA-NZD-ASY-G CFOA-SM-ASY-RA-G / CFOA-NZD-ASY-RA-G... 4 e 5 CFOA-SM-ASY-S / CFOA-NZD-ASY-S... 6 e 7 CFOA-SM-LV-AS-Y-S

Leia mais

MANGAS DE PROTECÇÃO PARA REDES EM AÇO E POLIETILENO

MANGAS DE PROTECÇÃO PARA REDES EM AÇO E POLIETILENO ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA ET 305 ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA ET 305 29 de Maio de 2007 Página 1 de 8 ÍNDICE Registo das revisões... 2 Preâmbulo... 3 1. Objectivo... 3 2. Âmbito... 3 3. Referências... 3 3.1. Externas...

Leia mais

APRESENTAÇÃO CORPORATIVA 2014

APRESENTAÇÃO CORPORATIVA 2014 APRESENTAÇÃO CORPORATIVA 2014 Política de Qualidade Atender as expectativas dos nossos clientes e requisitos regulamentares com a participação de todos os funcionários, buscando a melhoria contínua em

Leia mais

Meios Físicos de Comunicação

Meios Físicos de Comunicação Meios Físicos de Comunicação Aula 5 Fibra Óptica Meios Físicos de Comunicação - Fibra Óptica 1 Conteúdo Conceitos Iniciais Tipos Fatores de Perdas Medição e Teste Vantagens Conversores e Conectores Meios

Leia mais

Construction. Peças em fibras de carbono para reforço estrutural ao corte. Descrição do produto

Construction. Peças em fibras de carbono para reforço estrutural ao corte. Descrição do produto Ficha de Produto Edição de Maio de 2011 Nº de identificação: 04.002 Versão nº 1 Sika CarboShear L Peças em fibras de carbono para reforço estrutural ao corte Construction Descrição do produto Utilizações

Leia mais

Fio e Cabo Inbranil Antichama - 750V

Fio e Cabo Inbranil Antichama - 750V Fio e Cabo Inbranil Antichama - 750V Características Construtivas 1) Para Fio Inbranil Antichama: condutor sólido de cobre eletrolítico nu, têmpera mole, classe 1. Para Cabo Inbranil Antichama: condutor

Leia mais

Acessorios de Fibra optica:layout 1 27-01-2011 00:32 Page 67

Acessorios de Fibra optica:layout 1 27-01-2011 00:32 Page 67 Acessorios de Fibra optica:layout 1 27-01-2011 00:32 Page 67 Acessórios de Fibra Óptica Acessorios de Fibra optica:layout 1 27-01-2011 00:32 Page 68 Adaptadores de Fibra Óptica Adaptador de Fibra Óptica

Leia mais

Noções de Cabeamento Estruturado Óptico

Noções de Cabeamento Estruturado Óptico Noções de Cabeamento Estruturado Óptico Roteiro Fibras ópticas Cuidados com cabos ópticos Elementos do Cabeamento Estruturado Fibras Ópticas Desde seu desenvolvimento, as fibras ópticas representaram um

Leia mais

REDE DE CABOS DE FIBRA ÓPTICA

REDE DE CABOS DE FIBRA ÓPTICA REDE DE CABOS DE FIBRA ÓPTICA ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS Sumário: 1. Cabos de fibras ópticas... 2 2. Lançamento de Cabo Óptico... 3 3. Emendas ópticas... 3 4. Distribuidor Geral Óptico DGO... 3 5. Medições

Leia mais

ATI Modular: um novo conceito

ATI Modular: um novo conceito ATI Modular: um novo conceito A SOLUÇÃO IDEAL PARA OS SEUS PROJECTOS Todos os produtos estão de acordo com as exigências do novo manual ITED ed.2 O novo conceito de ATI O novo ATI - Armário de Telecomunicações

Leia mais

LINHA ÓPTICA. Distribuidor Interno Óptico Gaveta. Distribuidor Interno Óptico Fit

LINHA ÓPTICA. Distribuidor Interno Óptico Gaveta. Distribuidor Interno Óptico Fit Distribuidor Interno Óptico Gaveta Módulo montado. Estrutura padrão 19 com gaveta metálica deslizante, frente em acrílico. Fornecido com módulos que fazem a reserva técnica de cabos, acomodação das emendas

Leia mais

Cabo Óptico DROP DROP F8 X YF COG. Cabo Óptico Externo UTD CFOA X UTD G YF COG. Cordão Óptico COA COA X MF Y - COG

Cabo Óptico DROP DROP F8 X YF COG. Cabo Óptico Externo UTD CFOA X UTD G YF COG. Cordão Óptico COA COA X MF Y - COG Linha Óptica Linha de produtos que tem como principal função proporcionar o tráfego de dados, voz e imagem através de cordões e cabos de fibra óptica com o auxílio de acessórios para garantir a infraestrutura

Leia mais

Tipos de cabos: 1. Cabos de Distribuição Design compacto economiza espaço. Menor custo de instalação.

Tipos de cabos: 1. Cabos de Distribuição Design compacto economiza espaço. Menor custo de instalação. Universidade Católica do Salvador Disciplina: Teleprocessamento e Redes Professor: Marco Antônio Aluna: Monaliza Ayres Data: 27/09/1999 A Fibra Ótica como Meio de Transmissão de Dados em Ambientes Agressivos

Leia mais

INDICE. Catálogo de cabos industriais e energia CAPÍTULOS

INDICE. Catálogo de cabos industriais e energia CAPÍTULOS INDICE Catálogo de cabos industriais e energia CAPÍTULOS 1 Cabos de Energia Harmonizados 2 Cabos de Energia - Baixa Tensão (0,6/1kV) 3 Cabos de Energia de Média e Alta Tensão 4 Cabos de Segurança 5 Cabos

Leia mais

História da Fibra Óptica

História da Fibra Óptica História da Fibra Óptica Em 1870, o físico inglês Jonh Tyndall, demonstrou o princípio de guiamento da luz através de uma experiência muito simples, utilizando um recipiente furado com água, um balde e

Leia mais

REGRAS de EXECUÇÃO. António M. S. Francisco (revisão 01/06)

REGRAS de EXECUÇÃO. António M. S. Francisco (revisão 01/06) REGRAS de EXECUÇÃO António M. S. Francisco (revisão 01/06) INTERNET Para informação completa e detalhada consultar o manual ITED em: http://www.anacom.pt Para informação sobre material (catálogo) para

Leia mais

Vejamos, então, os vários tipos de cabos utilizados em redes de computadores:

Vejamos, então, os vários tipos de cabos utilizados em redes de computadores: Classificação quanto ao meio de transmissão Os meios físicos de transmissão são os cabos e as ondas (luz, infravermelhos, microondas) que transportam os sinais que, por sua vez, transportam a informação

Leia mais

TEKA ELECTRONICS 81 UTP

TEKA ELECTRONICS 81 UTP 81 UTP CABO U/UTP CAT 5e Cabo com performances até os 100MHz (ANSI/TIA/EIA-568-C2), frequentemente utilizado para redes de voz e dados (100Mbit/s e Gigabit Ethernet). Pares em CCA sólido: 0,51mm (24AWG)

Leia mais

REDE DE CABOS DE FIBRA ÓPTICA

REDE DE CABOS DE FIBRA ÓPTICA REDE DE CABOS DE FIBRA ÓPTICA ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS Sumário 1. Cabos de fibras ópticas... 2 2. Lançamento de Cabo Óptico... 3 3. Emendas ópticas... 3 4. Distribuidor Geral Óptico DGO... 4 5. Medições

Leia mais

Cabeamento Metálico: Tudo o que você precisa saber Parte 3

Cabeamento Metálico: Tudo o que você precisa saber Parte 3 Cabeamento Metálico: Tudo o que você precisa saber Parte 3 Conteúdo Cabos Ópticos Aplicação LAN Cabos Ópticos Aplicação Lan - Linha FCS Acessórios Ópticos - Aplicação Lan - Linha FCS Recomendação De Instalação

Leia mais

PORTÃO SECCIONADO 2P

PORTÃO SECCIONADO 2P PORTÃO SECCIONADO 2P 1: MODELO RESIDENCIAL : 5000 x 3000 mm ( largura x altura ) Altura mínima de padieira calha dupla ( HPcdmin) : 200 mm Altura mínima Padieira calha simples ( HPcsmin): 375 mm Largura

Leia mais

Caixas de junção de poliéster reforçado com fibra de vidro vazias, pré-furadas e não furadas Série NJBEP Segurança Aumentada.

Caixas de junção de poliéster reforçado com fibra de vidro vazias, pré-furadas e não furadas Série NJBEP Segurança Aumentada. não furadas Série NJEP Segurança umentada. Para customização NR IEC: plicações Projetadas para áreas de Zona 1 ou 2, onde gases ou vapores in amáveis estão presentes de forma contínua, frequente ou acidental,

Leia mais

Distribuidor Interno Óptico Gaveta. Distribuidor Interno Óptico Fit

Distribuidor Interno Óptico Gaveta. Distribuidor Interno Óptico Fit Linha Óptica Família de produtos que tem como principal função proporcionar o tráfego de dados, voz e imagem através de cordões e cabos de fibra óptica com o auxílio de acessórios para garantir a infraestrutura

Leia mais

INSTITUCIONAL LINHA DE PRODUTOS

INSTITUCIONAL LINHA DE PRODUTOS INSTITUCIONAL A Sollan, fabricante de avançadas soluções em produtos termoplásticos, de metalurgia, ópticos e de telefonia, atua no mercado nacional desde 1999, comercializando produtos para infraestrutura

Leia mais

atron cabos, sa www.atron.pt SEGURANÇA

atron cabos, sa www.atron.pt SEGURANÇA atron cabos, sa www.atron.pt SEGURANÇA Í N D I C E SEGURANÇA Micro Coaxiais para C.C.T.V Cabos de Sistemas C.C.T.V Cabos de Alarme Fogo - Detecção Pág. 07 Pág. 09 Pág. 19 Pág. 22 6 MICRO COAXIAIS PARA

Leia mais

DISTRIBUIDOR INTERNO ÓPTICO DIO HDMOD

DISTRIBUIDOR INTERNO ÓPTICO DIO HDMOD DISTRIBUIDOR INTERNO ÓPTICO DIO HDMOD 2 Manual de Instalação DIO HDMOD Manual de Instalação DISTRIBUIDOR INTERNO ÓPTICO DIO HDMOD APRESENTAÇÃO FURUKAWA INDUSTRIAL S.A. Produtos Elétricos Empresa especializada

Leia mais

Condutores e cabos eléctricos

Condutores e cabos eléctricos Condutores e cabos eléctricos Os condutores utilizados nas instalações eléctricas são geralmente de cobre, ou de alumínio. O condutor eléctrico pode ser divididos em: Condutor nu: é um condutor que não

Leia mais

Construction. SikaFuko Eco-1. Tubo de injecção para selagem de juntas de betonagem em estruturas estanques. Descrição do produto.

Construction. SikaFuko Eco-1. Tubo de injecção para selagem de juntas de betonagem em estruturas estanques. Descrição do produto. Ficha de Produto Edição de Maio de 2011 Nº de identificação: 07.209 Versão nº 1 SikaFuko Eco-1 Tubo de injecção para selagem de juntas de betonagem em estruturas estanques Descrição do produto Tubo de

Leia mais

Treinamento FIBRAS ÓPTICAS. Eng. Marcelo dos Santos. Seicom Florianópolis. Abril de 2008

Treinamento FIBRAS ÓPTICAS. Eng. Marcelo dos Santos. Seicom Florianópolis. Abril de 2008 Treinamento FIBRAS ÓPTICAS Eng. Marcelo dos Santos Seicom Florianópolis Abril de 2008 Programa Tipos de conectores de F.O; Quais conectores os SDH da Vivo FNS usam; Atenuação na fibra; Diferenças entre

Leia mais

Parabond 700 Adesivo estrutural elástico de elevada aderência e resistência inicial

Parabond 700 Adesivo estrutural elástico de elevada aderência e resistência inicial Parabond 700 Adesivo estrutural elástico de elevada aderência e resistência inicial Produto: Parabond 700 é um adesivo de alta qualidade, cura rápida, permanentemente elástico, à base de MS polímero, com

Leia mais

CABOS ISOLADOS / COBERTOS DE BAIXA TENSÃO (até 1kV) Nota: Sob consulta, os cabos Forex, Flexonax, Forenax, Forefix podem ser fornecidos com armadura Fio e Cabo WPP Cordão FOREPLAST (300 V) Os fios WPP

Leia mais

CABLAGEM E ACESSÓRIOS. redes coaxiais redes UTP

CABLAGEM E ACESSÓRIOS. redes coaxiais redes UTP CABLAGEM E ACESSÓRIOS redes coaxiais redes UTP CABO COAXIAL N46 V2 TK (RG6). Em conformidade com ITED 2ª Edição. Classe de ligação TCDCH. Frequência máxima: 3GHz. Condutor central CCS Ø1,02mm. Dieléctrico

Leia mais

Meios de transmissão. Professor Leonardo Larback

Meios de transmissão. Professor Leonardo Larback Meios de transmissão Professor Leonardo Larback Meios de transmissão Na comunicação de dados são usados muitos tipos diferentes de meios de transmissão. A escolha correta dos meios de transmissão no projeto

Leia mais

terra midi maxi roma

terra midi maxi roma midi maxi roma DESCRIÇÃO CARACTERÍSTICAS PROJECTORES Grau de estanquicidade: IP 67 (*) Resistência aos choques: Terra Midi (vidro): IK 10 (**) Maxi (vidro): IK 10 (**) Terra Roma (grelha):ik 10 (**) Resistência

Leia mais

cabo coaxial CABO COAXIAL CERTIFICADO CABO COAXIAL 100% CERTIFICADO Um cabo com a marca Televes é um CABO CERTIFICADO.

cabo coaxial CABO COAXIAL CERTIFICADO CABO COAXIAL 100% CERTIFICADO Um cabo com a marca Televes é um CABO CERTIFICADO. CABO COAXIAL 100% CERTIFICADO cabo coaxial CERTIFICADO O passo dado pela Televes no sentido de melhorar o serviço e a excelência técnica reflecte-se agora neste novo desafio. O novo conceito de instalação

Leia mais

Sistema de tubulação multicamada para instalação de gases combustíveis PExb X AL X PExb.

Sistema de tubulação multicamada para instalação de gases combustíveis PExb X AL X PExb. Sistema de tubulação multicamada para instalação de gases combustíveis PExb AL PExb. MEMBRO Sistema de tubulações multicamadas para instalações de gases combustíveis Conforme com as Normas 1. Após cortar

Leia mais

DTN WEBEX NOVOS PRODUTOS

DTN WEBEX NOVOS PRODUTOS DTN WEBEX NOVOS PRODUTOS Conectividade 6A Linha de Bandejas Ópticas HDX Linha de Racks ITMAX Linha de Racks Fechados Acessórios de Organização Produtos de alta densidade FTP UTP Descarregado Azul/Branco/Bege

Leia mais

Curso Instalador ITED

Curso Instalador ITED Curso Instalador ITED Formação de Actualização UFCD ITED A + ITED B Abril de 2015 Canalizações ITED Ricardo Oliveira Canalizações - Conceitos Classificação de PD Pontos de distribuição Classifica-se como

Leia mais

Roteiro. Roteiro. Fibras Ópticas. Características, Emendas e Testes de Desempenho

Roteiro. Roteiro. Fibras Ópticas. Características, Emendas e Testes de Desempenho s Ópticas (TIA/EIA-) Características, Emendas e Testes de Desempenho Edson dos Santos Moreira Professor do Dep. de Sistemas de Computação Dagoberto Carvalio Junior Seção Técnica de Informática ICMC CCNA-CCAI-CCNP-FCP

Leia mais

atron cabos, sa www.atron.pt DADOS E COMUNICAÇÃO - v01

atron cabos, sa www.atron.pt DADOS E COMUNICAÇÃO - v01 atron cabos, sa www.atron.pt DADOS E COMUNICAÇÃO v01 Í N D I C E DADOS E COMUNICAÇÃO Telefónicos Interiores Transmissão de Dados Pág. 03 Pág. 07 3 CABOS TELEFÓNICOS INTERIORES CABO PLANO TIPO CONSTITUIÇÃO

Leia mais

Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroportuária

Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroportuária TERMO DE REFERÊNCIA Contratação de empresa especializada para realizar a atualização tecnológica do backbone óptico da rede lógica para o padrão 10 Gigabit Ethernet, integrante do SISTEMA ELETRÔNICO/TELEMÁTICA

Leia mais

FAST-LAN ETHERNET INDUSTRIAL CAT.6 F/UTP 23AWGx4P

FAST-LAN ETHERNET INDUSTRIAL CAT.6 F/UTP 23AWGx4P FAST-LAN ETHERNET INDUSTRIAL CAT.6 F/UTP 23AWGx4P Tipo do Produto Cabos LAN Família do Produto FASTLAN Construção Categoria 6 F/UTP (blindado) PVC/TPU - CM/CMX Características Gerais Descritivo Ambiente

Leia mais

CONDUTORES ISOLADOS E SEUS ACESSÓRIOS PARA REDES

CONDUTORES ISOLADOS E SEUS ACESSÓRIOS PARA REDES CONDUTORES ISOLADOS E SEUS ACESSÓRIOS PARA REDES Cabos ignífugos de baixa tensão Características e ensaios Elaboração: DNT Homologação: conforme despacho do CA de 2007-01-11 Edição: 1ª Emissão: EDP Distribuição

Leia mais

Novo MPO Pus: Com mais características se comparado com MPO Convencional

Novo MPO Pus: Com mais características se comparado com MPO Convencional Novo MPO Pus: Com mais características se comparado com MPO Convencional O conector MPO Plus oferece até 24 vezes mais densidade que os conectores padrão proporcionando uma poupança significativa de custo

Leia mais

CABOS ELÉCTRICOS MARÇO / 2005 A FORÇA DE UM FORNECEDOR GLOBAL LISTA DE CABOS EM STOCK

CABOS ELÉCTRICOS MARÇO / 2005 A FORÇA DE UM FORNECEDOR GLOBAL LISTA DE CABOS EM STOCK A FORÇA DE UM FORNECEDOR GLOBAL CABOS ELÉCTRICOS MARÇO / 2005 LISTA DE CABOS EM STOCK CERTIFICADO N. 93/CEP.61 EMITIDO PELO INSTITUTO PORTUGUÊS DA QUALIDADE ISO 9001 CERTIFICADO 00/AMB,019 ISO 14001 ÍNDICE

Leia mais

Produto: Sistema de distribuição. Geberit PushFit. Outubro 2009

Produto: Sistema de distribuição. Geberit PushFit. Outubro 2009 FICHA TÉCNICA Produto: Sistema de distribuição Data: Geberit PushFit Outubro 2009 Identificação do Sistema Descrição O sistema Geberit PushFit é constituído por: - Tubos s, fornecidos em 3 tipos: Com manga

Leia mais

APARELHOS DE ILUMINAÇÃO ELÉCTRICA E ACESSÓRIOS

APARELHOS DE ILUMINAÇÃO ELÉCTRICA E ACESSÓRIOS APARELHOS DE ILUMINAÇÃO ELÉCTRICA E ACESSÓRIOS Reguladores de fluxo luminoso Condições de instalação Elaboração: DTI Homologação: conforme despacho do CA de 2010-01-20 Edição: 1ª Emissão: EDP Distribuição

Leia mais

Curso Técnico Integrado em Manutenção e Suporte em Informática

Curso Técnico Integrado em Manutenção e Suporte em Informática Curso Técnico Integrado em Manutenção e Suporte em Informática Disciplina: Infraestrutura de Redes de Computadores 04. Meios Físicos de Transmissão Prof. Ronaldo Introdução n

Leia mais

REDE DE FIBRA ÓPTICA

REDE DE FIBRA ÓPTICA REDE DE FIBRA ÓPTICA ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS Sumário 1. Cabos de fibras ópticas... 2 2. Emendas ópticas... 3 3. Interfaces ópticas... 4 4. Distribuidor geral óptico... 5 5. Cordões Ópticos... 5 6. Práticas

Leia mais

Datasheet. Solução de DATACENTER Bastidores 19 e Acessórios

Datasheet. Solução de DATACENTER Bastidores 19 e Acessórios Datasheet Solução de DATACENTER Bastidores 19 e Acessórios 2011 Armários 19 de Pavimento Qualidade de construção Desde o conceito até ao mais pequeno pormenor. Os produtos Facemate são cuidadosamente projectados

Leia mais

ANEXO À RESOLUÇÃO N.º 299, DE 20 DE JUNHO DE 2002 NORMA PARA CERTIFICAÇÃO E HOMOLOGAÇÃO DE CABOS DE FIBRAS ÓPTICAS

ANEXO À RESOLUÇÃO N.º 299, DE 20 DE JUNHO DE 2002 NORMA PARA CERTIFICAÇÃO E HOMOLOGAÇÃO DE CABOS DE FIBRAS ÓPTICAS ANEXO À RESOLUÇÃO N.º 299, DE 20 DE JUNHO DE 2002 NORMA PARA CERTIFICAÇÃO E HOMOLOGAÇÃO DE CABOS DE FIBRAS ÓPTICAS 1. OBJETIVO Esta norma estabelece os requisitos mínimos a serem demonstrados na avaliação

Leia mais

MÓDULO 2 2.3 - CONEXÕES

MÓDULO 2 2.3 - CONEXÕES MÓDULO 2 2.3 - CONEXÕES Os fabricantes e as conexões devem ser pré-qualificados através de certificados de qualificação emitidos por organismos/laboratórios reconhecidos, ou pelo próprio sistema de qualificação

Leia mais

focal DESCRIÇÃO CARACTERÍSTICAS PROJECTOR VANTAGENS DIMENSÕES MONTAGENS OPÇÕES

focal DESCRIÇÃO CARACTERÍSTICAS PROJECTOR VANTAGENS DIMENSÕES MONTAGENS OPÇÕES focal 325 Ø230 323 245 focal DESCRIÇÃO CARACTERÍSTICAS PROJECTOR Estanquicidade: IP 66 (*) Resistência aos choques (vidro): IK 08 (**) Classe de isolamento eléctrico: I ou II (*) Peso (vazio): 4 kg (*)

Leia mais

TREINAMENTO de PRODUTOS

TREINAMENTO de PRODUTOS TREINAMENTO de PRODUTOS Tecnologia R&D Sorocaba 11 de Maio de 2010 www.telcon.com.br Produtos Fibras Ópticas Fibras Ópticas VANTAGENS DAS FIBRAS ÓPTICAS» Alta capacidade de transmissão (dados, voz, imágens);»

Leia mais

INSTRUÇÕES GERAIS ARMÁRIO ATI V3.2

INSTRUÇÕES GERAIS ARMÁRIO ATI V3.2 INSTRUÇÕES GERAIS ARMÁRIO ATI V3.2 Para mais informações ou sugestões, contacte o seu distribuidor. Edição 4 Pag 1/8 Mod.100/2 ÍNDICE ÍNDICE...2 1. INTRODUÇÃO...3 2. DOCUMENTOS NORMATIVOS APLICADOS...3

Leia mais

Invólucros Metálicos. Cajas Salientes

Invólucros Metálicos. Cajas Salientes Invólucros Metálicos. Cajas Salientes ÍNDICE Descrição Aplicações Referências Exemplo de configuração Instalação Informação ténica Exemplos de compatibilidade Dimensões Descrição Caixa metálica para instalação

Leia mais

GPON. Rede Óptica Passiva GigabitG. Leonardo F. Oliveira. Especialista Lato Sensu em Rede de Computadores Leonardo@uesb.edu.br

GPON. Rede Óptica Passiva GigabitG. Leonardo F. Oliveira. Especialista Lato Sensu em Rede de Computadores Leonardo@uesb.edu.br GPON Rede Óptica Passiva GigabitG Leonardo F. Oliveira Especialista Lato Sensu em Rede de Computadores Leonardo@uesb.edu.br GPON O que égpon? Utilização da fibra óptica para interligar pontos distantes

Leia mais

Cabeamento Estruturado

Cabeamento Estruturado Cabeamento Estruturado Infra-estrutura de cabeamento metálico ou óptico, capaz de atender a diversas aplicações proporcionando flexibilidade de layout, facilidade de gerenciamento, administração e manutenção

Leia mais

CABOS DE FIBRA ÓTICA soluções para ambientes agressivos

CABOS DE FIBRA ÓTICA soluções para ambientes agressivos Universidade Católica do Salvador Data: 23 de Setembro de 1999 Disciplina Telecomunicações e Redes Aluno: CABOS DE FIBRA ÓTICA soluções para ambientes agressivos Principais Fontes de Consulta: Optical

Leia mais

'111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111.

'111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111. '111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111. Composição: Tubos em Poliamida Flexível (Nylon 6) - Excelente resistência mecânica, resistência química, boa estabilidade

Leia mais

-30.-40-40 -40-50 -40 X -90-190 X -70

-30.-40-40 -40-50 -40 X -90-190 X -70 APRESENTAÇÃO A FNCE, empresa nacional com tradição a mais de 0 anos no mercado de condutores elétricos esta comprometida com a qualidade de seus produtos, treinamentos dos seus colaboradores e preservação

Leia mais

FICHA TÉCNICA PATCH PANEL 24 PORTAS C5e RoHS

FICHA TÉCNICA PATCH PANEL 24 PORTAS C5e RoHS FICHA TÉCNICA PATCH PANEL 24 PORTAS C5e RoHS 1- Aplicação: Este produto aplica-se a sistemas de cabeamento estruturado, para tráfego de voz, dados e imagens, do tipo 10BASE-T, 100BASE-Tx, 155M ATM, 4/16MB

Leia mais

Cabos Ópticos Totalmente Secos Soluções Ópticas para Infraestrutura de Redes Ópticas

Cabos Ópticos Totalmente Secos Soluções Ópticas para Infraestrutura de Redes Ópticas Cabos Ópticos Totalmente Secos Soluções Ópticas para Infraestrutura de Redes Ópticas Christiane Suemy EXCELÊNCIA EM INFRAESTRUTURA DE REDE DE ACESSO PARA PROVEDORES DE INTERNET SPLITTER DE 1 er NÍVEL SPLITTER

Leia mais

Certificação de redes ópticas de 10GbE

Certificação de redes ópticas de 10GbE CABEAMENTO ESTRUTURADO Certificação de redes ópticas de 10GbE 70 RTI DEZ 2008 JDSU (Brasil) As redes ópticas baseadas em 10GbE exigem um bom processo de certificação. O artigo a seguir detalha os principais

Leia mais

Cabos Ópticos. Tecnologia em Redes de Computadores 5º Período Disciplina: Sistemas e Redes Ópticas Prof. Maria de Fátima F.

Cabos Ópticos. Tecnologia em Redes de Computadores 5º Período Disciplina: Sistemas e Redes Ópticas Prof. Maria de Fátima F. Cabos Ópticos Tecnologia em Redes de Computadores 5º Período Disciplina: Sistemas e Redes Ópticas Prof. Maria de Fátima F. Bueno Marcílio 1 Cabos Ópticos Estruturas de encapsulamento e empacotamento de

Leia mais

Soluções Inteligentes para o dia a dia

Soluções Inteligentes para o dia a dia Soluções Inteligentes para o dia a dia TELHAS TRANSLÚCIDAS 70 % transmissão de luz =$ Alta durabilidade; Não solta fibras; Melhor custo/benefício; Leveza e flexibilidade; Proteção contra raios UV (economia

Leia mais

Gestão de Redes e Sistemas Distribuídos

Gestão de Redes e Sistemas Distribuídos Gestão de Redes e Sistemas Distribuídos Setembro 2006 Conceitos fundamentais Evolução das Redes (parte I) Sumário???? Módulo I: Conceitos fundamentais Evolução das redes Tipos de Redes Sistemas de Cablagem

Leia mais

A GAMA COMPLETA DE ISOLAMENTO PARA UMA POUPANÇA EFECTIVA DE ENERGIA

A GAMA COMPLETA DE ISOLAMENTO PARA UMA POUPANÇA EFECTIVA DE ENERGIA A GAMA COMPLETA DE ISOLAMENTO PARA UMA POUPANÇA EFECTIVA DE ENERGIA Tubolit O sistema de isolamento robusto e fiável para reduzir as perdas de calor em tubagens de aquecimento e fornecimento de água. Tubolit

Leia mais

MINICOLUNAS. www.simon.pt. Descrição Aplicações Referências Exemplo de configuração Instalação Informação ténica Exemplos de compatibilidade Dimensões

MINICOLUNAS. www.simon.pt. Descrição Aplicações Referências Exemplo de configuração Instalação Informação ténica Exemplos de compatibilidade Dimensões MINICOLUNAS ÍNDICE Descrição Aplicações Referências Exemplo de configuração Instalação Informação ténica Exemplos de compatibilidade Dimensões Descrição Minicolunas para instalações elétricas de châo para

Leia mais