NABARRETE, Tatiane Souza 1 BARELLA, Lauriano Antonio² 1 INTRODUÇÃO

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "NABARRETE, Tatiane Souza 1 <fabrimana@gmail.com> BARELLA, Lauriano Antonio² <barella28@hotmail.com> 1 INTRODUÇÃO"

Transcrição

1 125 UTILIZAÇÃO DA CONTABILIDADE GERENCIAL PARA A TOMADA DE DECISÃO NAS EMPRESAS DO RAMO DE MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS AGRÍCOLAS NO MUNICÍPIO DE ALTA FLORESTA - MT 1 INTRODUÇÃO NABARRETE, Tatiane Souza 1 BARELLA, Lauriano Antonio² O tema Contabilidade Gerencial foi escolhido para a pesquisa sendo delimitada a pesquisar cinco (05) empresas revendedoras e prestadores de serviços no ramo de máquinas e equipamentos agrícolas, no município de Alta Floresta MT, no ano de A contabilidade gerencial é um processo que produz informações financeiras e operacionais aos funcionários e gerentes, que são utilizadas para se tomar decisões pertinentes à empresa conforme a necessidade de cada situação. A contabilidade gerencial é uma ferramenta que deve ser utilizada por todo administrador que está em busca da otimização dos resultados, pois, com ela, os administradores têm maior controle das operações executadas pela empresa. Para se aplicar a contabilidade gerencial nas empresas nem sempre se fazem necessários sistemas tão avançados quanto se imagina. Uma simples planilha de controle sobre um determinado serviço, por exemplo, já serve como auxílio quando for necessária certa decisão que envolva a atividade. A informação contábil gerencial são os dados, gerados a partir de processos da contabilidade gerencial sobre atividades, produtos, serviços e clientes, estas informações servem para acrescentar valor ao produto e ou serviço da empresa. Para esta boa e correta utilização, os empresários devem contar com o auxílio de um contador, o qual lhes dará informações precisas para a tomada de decisões que são imprescindíveis ao futuro da empresa. Com estas informações em mãos, os administradores das empresas têm mais uma ferramenta que lhes possibilite tomar a decisão mais acertada para a prosperidade da ¹Discente do Curso de Ciências Contábeis da Faculdade de Alta Floresta (FAF), Alta Floresta MT. ²Docente do Curso de Ciências Contábeis da Faculdade de Alta Floresta (FAF), Alta Floresta MT.

2 126 empresa, calculando os custos de cada operação que se pretende realizar dentro da organização. Conforme Atkinson (2008, p. 36): Informação contábil gerencial são as despesas relacionas a um departamento operacional. A informação operacional gerada de um relatório oriundo da prestação de um serviço de conserto de uma máquina agrícola constando tempo de mão de obra e peças consertadas na própria empresa ou em uma terceirizada pode ajudar o gerente administrativo a decidir entre repassar um serviço completamente e deixar de manter um funcionário para esse setor, ou ampliar o quadro de funcionários, caso perceba que, para este serviço, tem um demanda satisfatório à empresa, exigindo a ampliação do quadro. Quanto às operações que envolvam o financeiro da empresa, explícita ou implicitamente, mais uma vez, simples relatórios, que forneçam informações verídicas e confiáveis, podem ser utilizados na tomada de decisão da empresa. Dessa vez, pode ser citado o grande período de permanência de determinado produto no estoque. Nesta situação que decisão tomar? Permanecer com o produto no estoque, esperando a venda num preço que não gere prejuízo entre compra e venda? Vender a um preço mais acessível para livrar o espaço físico e oportunizar novos produtos? Enfim, entre tantas outras dúvidas, estas seriam as primeiras, e, com os relatórios que foram gerados, estas dúvidas podem ser sanadas, ou, ao menos, auxiliar a tomar a decisão mais correta para o momento, e, o mais importante, com respaldo em dados registrados pelos relatórios. A presente pesquisa foi elaborada com os seguintes objetivos: verificar se os administradores fazem uso da contabilidade gerencial para auxiliá-los a tomar as decisões necessárias e avaliar sua utilização e saber se os resultados obtidos com o uso da contabilidade gerencial superam as expectativas do administrador. O objetivo foi atingido através da entrega de cinco (05) questionários, dos quais quatro (04) foram recebidos com respostas. 2 MATERIAIS E MÉTODOS Para a realização da presente pesquisa, optou-se pelo método de abordagem indutivo em que, a partir dos dados particulares coletados através de questionários aos pesquisados e contendo perguntas abertas e fechadas, para identificar o conhecimento

3 127 que os responsáveis de cada empresa têm sobre contabilidade gerencial e se eles fazem uso dessa ferramenta para auxiliá-los na tomada de decisões, suficientemente constatados, proporcionará uma verdade geral sobre o uso da contabilidade gerencial dentro das empresas para a tomada de decisões. Nesta pesquisa, foram utilizados os métodos de procedimento monográfico, que consiste em pesquisar empresas do ramo de vendas e prestação de serviços máquinas e equipamentos agrícolas e o método estatístico, que permite obter representações simples de conjuntos complexos e se têm relação entre si. As técnicas utilizadas na pesquisa para a obtenção dos dados são documentação indireta com pesquisa nos livros Contabilidade Gerencial; Curso de Contabilidade Para Não Contadores e Contabilidade Introdutória. E documentação direta extensiva com a entrega de questionários aos pesquisados. 3 RESULTADOS E DISCUSSÕES Alta Floresta é um município em desenvolvimento satisfatório, no ramo administrativo tornou-se um amplo mercado com várias opções, possuindo um território rico, atrai muitos investidores que buscam realização profissional e pessoal fazendo assim com que o município seja cada vez mais populoso e abrindo um leque de oportunidades, seja para investir, seja para desempenhar um bom trabalho dentro de uma organização capaz de oferecer chances de crescimento. Atualmente em Alta Floresta, estão instaladas empresas de todo porte, desde o pequeno (empreendedor individual) ao grande (empresas exportadoras). Por toda essa diversidade, os gestores das empresas já usam e buscam maiores conhecimentos sobre a contabilidade gerencial como artifício indispensável para tomarem as decisões que podem levar suas empresas ao sucesso. Conclui-se, então, com a pesquisa, que 75% possuem ensino superior completo e 75% administram a empresa entre 0 a 05 anos. Quanto às empresas pesquisadas, 10% são de médio porte, 75% atuam com compra e venda,75% trabalham com contadores do município. Os pesquisados avaliaram as informações contábeis oferecidas por seu contador como sendo 50% excelente e 50% bom, demonstrando, então, sintonia entre contabilidade e administração, ponto importante e favorável ao bom funcionamento e

4 128 crescimento da empresa. 75% afirmaram que as informações obtidas através do contador são capazes de auxiliá-los na tomada de decisão; ao serem questionados sobre a importância da contabilidade para gerenciar, obteve-se o seguinte: 20% responderam manter contabilidade fiscal e financeira em dia; 20% obtenção de informação e dados; 20% fundamental para controlar; 20% auxiliar na gestão dos custos e 20% controlar impostos. Nota-se, a partir dessa fragmentação, que os administradores contam com o seu contador, de diversas maneiras e cada uma com sua importância, pois 100% afirmaram que melhores decisões são tomadas com o uso da contabilidade gerencial, 40% justificando que sua utilização auxilia na gestão dos custos. 43% dos pesquisados utilizam as informações operacionais e financeiras oriundas da contabilidade gerencial para compra de novos equipamentos, 43%, para formulação de preços. A contabilidade gerencial está sendo aplicada pelas empresas pesquisadas e os resultados proporcionados estão superando suas expectativas. Porém, nota-se, ainda, a insatisfação da maioria dos administradores por não contarem com o suporte apropriado do contador da empresa. Este suporte está deixando de ser oferecido devido ao fato de o profissional contador não estar junto com a empresa, internamente. Na maioria das empresas pesquisadas, o contador é do próprio município, porém, não tem este contado de auxílio na leitura contábil dos relatórios, o que dificulta a administração tomar decisões 4 CONSIDERAÇÕES FINAIS A partir das informações coletadas com os questionários respondidos, percebe-se que os administradores das empresas revendedores e prestadores de serviço no ramo de máquinas e equipamentos agrícolas estão usando a contabilidade gerencial para auxiliálos a tomar as decisões, pois 75% afirmaram que as informações obtidas através do contador são capazes de auxiliá-los na tomada de decisão, dentre elas estão compra de novos equipamentos, formulação de preços e expansão da capacidade. REFERÊNCIAS ATKINSON, Anthony A.et al. Contabilidade gerencial.2 ed. São Paulo: Atlas, IUDÍCIBUS, Sérgio de; MARION, José Carlos. Curso de contabilidade para não contadores.3 ed. São Paulo: Atlas, 2000.

5 129 IUDÍCIBUS, Sérgio deet al.contabilidade introdutória.11 ed. São Paulo: Atlas, IUDÍCIBUS, Sérgio de.contabilidade gerencial.6 ed. São Paulo: Atlas, AGRADECIMENTOS À Deus por ter me oferecido uma vida cheia de aprendizados, oportunidades e saúde para conquistar o que Ele Se propôs a me oferecer. Aos gestores das empresas pesquisadas que receberam o questionário e se prontificaram em responder o mais rápido que puderam unicamente a fim de contribuir com a minha pesquisa. Ao Professor Lauriano AntonioBarella que transmitiu seu conhecimento auxiliando para a realização da pesquisa.

A IMPORTÂNCIA DA CONTABILIDADE GERENCIAL PARA AS EMPRESAS DE ALTA FLORESTA RESUMO

A IMPORTÂNCIA DA CONTABILIDADE GERENCIAL PARA AS EMPRESAS DE ALTA FLORESTA RESUMO 102 A IMPORTÂNCIA DA CONTABILIDADE GERENCIAL PARA AS EMPRESAS DE ALTA FLORESTA RESUMO SHEEL, Patrick Gomes 1 BARELLA, Lauriano Antonio 2 O presente

Leia mais

Título do Case: Categoria: Temática: Resumo: Introdução:

Título do Case: Categoria: Temática: Resumo: Introdução: Título do Case: Diagnóstico Empresarial - Vendendo e Satisfazendo Mais Categoria: Prática Interna. Temática: Mercado Resumo: Na busca por uma ferramenta capaz de auxiliar na venda de mais consultorias

Leia mais

AULA 2 CONTABILIDADE GERENCIAL PROF. PROCÓPIO ETEC HORÁCIO AUGUSTO Não fique sem o conteúdo, acesse:

AULA 2 CONTABILIDADE GERENCIAL PROF. PROCÓPIO ETEC HORÁCIO AUGUSTO Não fique sem o conteúdo, acesse: INTRODUÇÃO AULA 2 CONTABILIDADE GERENCIAL PROF. PROCÓPIO A contabilidade gerencial utilizar-se de temas de outras disciplinas, ela se caracteriza pôr ser uma área contábil autônoma, pelo tratamento dado

Leia mais

Nesse artigo falaremos sobre:

Nesse artigo falaremos sobre: Este conteúdo faz parte da série: Estudo de Viabilidade Econômica Ver 8 posts dessa série Nesse artigo falaremos sobre: O que é custo de oportunidade Exemplo de custo de oportunidade em uma planilha de

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA. Gestão Financeira 1 Prof.ª Thays Silva Diniz 1º Semestre 2010

ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA. Gestão Financeira 1 Prof.ª Thays Silva Diniz 1º Semestre 2010 ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA Gestão Financeira 1 Prof.ª Thays Silva Diniz 1º Semestre 2010 INTRODUÇÃO À ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA Cap.1 A decisão financeira e a empresa 1. Introdução 2. Objetivo e Funções da

Leia mais

Critérios utilizados pelas empresas para fazer o provisionamento (RM) por porte Processos e ações trabalhistas em curso

Critérios utilizados pelas empresas para fazer o provisionamento (RM) por porte Processos e ações trabalhistas em curso PROJETO RUMOS DA INDÚSTRIA PAULISTA PASSIVO TRABALHISTA, CONDIÇÕES DE TRABALHO E TRABALHADORES TERCEIRIZADOS Setembro/2010 OBJETIVO: Esta pesquisa tem como objetivo avaliar o controle de geração de passivo

Leia mais

Tema Custo Fixo, Lucro e Margem de Contribuição

Tema Custo Fixo, Lucro e Margem de Contribuição Tema Custo Fixo, Lucro e Margem de Contribuição Projeto Curso Disciplina Tema Professor(a) Pós-Graduação Engenharia da Produção Custos Industriais Custo Fixo, Lucro e Margem de Contribuição Luizete Fabris

Leia mais

O FLUXO DE CAIXA COMO FERRAMENTA GERENCIAL NA TOMADA DE DECISÃO

O FLUXO DE CAIXA COMO FERRAMENTA GERENCIAL NA TOMADA DE DECISÃO O FLUXO DE CAIXA COMO FERRAMENTA GERENCIAL NA TOMADA DE DECISÃO Fernanda Zorzi 1 Catherine Chiappin Dutra Odir Berlatto 2 INTRODUÇÃO Esta pesquisa apresenta como tema principal a gestão financeira através

Leia mais

GESTÃO ESTRATEGICA DE CUSTOS: UM ESTUDO EM UMA EMPRESA DE FRETAMENTO DE ÔNIBUS PARA TURISMO

GESTÃO ESTRATEGICA DE CUSTOS: UM ESTUDO EM UMA EMPRESA DE FRETAMENTO DE ÔNIBUS PARA TURISMO XXX ENCONTRO NACIONAL DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO Maturidade e desafios da Engenharia de Produção: competitividade das empresas, condições de trabalho, meio ambiente. São Carlos, SP, Brasil, 12 a15 de outubro

Leia mais

Palavras-chave: Organização sem fins lucrativos. Administrador de organização sem fins lucrativos. Terceiro setor.

Palavras-chave: Organização sem fins lucrativos. Administrador de organização sem fins lucrativos. Terceiro setor. O ADMINISTRADOR DE ORGANIZAÇÕES SEM FINS LUCRATIVOS Marcileia Costa dos Santos* RESUMO O Terceiro Setor compreende Organizações Sem Fins Lucrativos que buscam promover o bem estar social e mudanças na

Leia mais

Em atendimento à Audiência Pública supra citada, vimos pela presente apresentar nossas considerações sobre a minuta disponibilizada.

Em atendimento à Audiência Pública supra citada, vimos pela presente apresentar nossas considerações sobre a minuta disponibilizada. Curitiba, 15 de janeiro de 2008 Sr. José Augusto da Silva Superintendente de Mediação Administrativa Setorial Agência Nacional de Energia Elétrica - ANEEL SGAN - Quadra 603 - Módulo I 70830-030 Brasília

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA

ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA Gestão Financeira I Prof.ª Thays Silva Diniz 1º Semestre 2012 INTRODUÇÃO À ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA Cap.1 A decisão financeira e a empresa 1. Introdução 2. Objetivo e Funções da

Leia mais

O SEBRAE E O QUE ELE PODE FAZER PELO SEU NEGÓCIO

O SEBRAE E O QUE ELE PODE FAZER PELO SEU NEGÓCIO O SEBRAE E O QUE ELE PODE FAZER PELO SEU NEGÓCIO Competitividade Perenidade Sobrevivência Evolução Orienta na implantação e no desenvolvimento de seu negócio de forma estratégica e inovadora. O que são

Leia mais

Uma síntese de gestão de custos para o segmento de serviços

Uma síntese de gestão de custos para o segmento de serviços Uma síntese de gestão de custos para o segmento de serviços Rosaly Machado (UTFPR) rosalymachado@uol.com.br Prof. Dr. Kazuo Hatakeyama (UTFPR) hatekeyama@pg.cefetpr.br Resumo: Em qualquer atividade empresarial,

Leia mais

3 MÉTODO. 3.1 Introdução

3 MÉTODO. 3.1 Introdução 53 3 MÉTODO 3.1 Introdução Neste capítulo será apresentado o método de pesquisa utilizado, esclarecendo o tipo de pesquisa realizado, método de coleta de dados, universo e amostra, tratamento dos dados

Leia mais

ANÁLISE DE RECURSOS NA PRODUÇÃO EM MICRO E PEQUENAS EMPRESAS Como analisar recursos na produção para auxiliar na busca de novos mercados RESUMO

ANÁLISE DE RECURSOS NA PRODUÇÃO EM MICRO E PEQUENAS EMPRESAS Como analisar recursos na produção para auxiliar na busca de novos mercados RESUMO ANÁLISE DE RECURSOS NA PRODUÇÃO EM MICRO E PEQUENAS EMPRESAS Como analisar recursos na produção para auxiliar na busca de novos mercados RESUMO Carlos Eduardo Macieski dos Santos * Isaque dos Santos Amorim

Leia mais

Guia Rápido para Diagnóstico Empresarial. Compreenda melhor a sua empresa. Acerte na decisão.

Guia Rápido para Diagnóstico Empresarial. Compreenda melhor a sua empresa. Acerte na decisão. Guia Rápido para Diagnóstico Empresarial Compreenda melhor a sua empresa. Acerte na decisão. Índice Introdução Diagnóstico Empresarial Departamento Financeiro e Fiscal Departamento de Recursos Humanos

Leia mais

Tomada de Decisões Relacionadas ao Balanço Patrimonial

Tomada de Decisões Relacionadas ao Balanço Patrimonial Tomada de Decisões Relacionadas ao Balanço Patrimonial Unidade 4 Hebert Sá 63 Sumário Introdução... 65 Objetivos... 66 Estrutura da Unidade... 66 Unidade 4: Tópico 1: Informações que Compõem o Passivo

Leia mais

PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO

PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO Mintzberg Define planejamento estratégico como sendo processo gerencial que possibilita ao executivo estabelecer o rumo a ser seguido pela empresa, com vistas a obter um nível

Leia mais

SONDAGEM ESPECIAL. Exportações ganham importância para indústria brasileira. Comércio Exterior. Opinião CNI

SONDAGEM ESPECIAL. Exportações ganham importância para indústria brasileira. Comércio Exterior. Opinião CNI Indicadores CNI SONDAGEM ESPECIAL 64 Comércio Exterior Exportações ganham importância para indústria brasileira A queda na demanda doméstica e a desvalorização da moeda estão estimulando o aumento das

Leia mais

O Índice Ebtida nas Empresas de Construção Civil

O Índice Ebtida nas Empresas de Construção Civil Autoria: Louremir Reinaldo Jeronimo RESUMO: O Índice Ebtida nas Empresas de Construção Civil O objetivo deste trabalho é discutir a eficácia do índice EBTIDA, na avaliação financeira de empresas atuantes

Leia mais

O que é Fluxo de Caixa Projetado. O que é o Fluxo de Caixa Projetado

O que é Fluxo de Caixa Projetado. O que é o Fluxo de Caixa Projetado Toda empresa possui o seu fluxo de caixa. Pode ser feito à moda antiga, no papel, em uma simples planilha do Excel, com entradas e saídas, ou então com planilhas mais elaboradoras. A verdade é que o gestor

Leia mais

O reconhecimento do custo de estoque de bezerros nascidos no setor agropecuário

O reconhecimento do custo de estoque de bezerros nascidos no setor agropecuário O reconhecimento do custo de estoque de bezerros nascidos no setor agropecuário Camila de Souza Muniz Dias¹ Cleiton Napoletano Dias¹ Resumo: Este artigo se propõe a estudar as peculiaridades da contabilidade

Leia mais

Satisfação dos Colaboradores 2015

Satisfação dos Colaboradores 2015 Divulgação dos resultados Satisfação dos Colaboradores 2015 Centro Social Nossa Senhora do Amparo I Enquadramento Geral Este relatório vem apresentar os resultados obtidos dos questionários de satisfação

Leia mais

PROCEDIMENTO GERENCIAL PARA PG 012/04 GESTÃO DE MATERIAIS E EQUIPAMENTOS Página 2 de 7

PROCEDIMENTO GERENCIAL PARA PG 012/04 GESTÃO DE MATERIAIS E EQUIPAMENTOS Página 2 de 7 EQUIPAMENTOS Página 2 de 7 1 OBJETIVO Este procedimento estabelece os critérios básicos de suprimento e logística de materiais assim como as diretrizes para a armazenagem, preservação e manuseio de materiais

Leia mais

GESTÃO DA QUALIDADE: UM ESTUDO DE CASO EM UMA EMPRESA DE APOIO PORTUÁRIO

GESTÃO DA QUALIDADE: UM ESTUDO DE CASO EM UMA EMPRESA DE APOIO PORTUÁRIO ISSN 1984-9354 GESTÃO DA QUALIDADE: UM ESTUDO DE CASO EM UMA EMPRESA DE APOIO PORTUÁRIO Luciana Costa da Silva Alves (LATEC/UFF) Resumo As organizações modernas precisam estar preparadas para lidar com

Leia mais

Como fazer? O que é CHA? Mapeamento de Competências: O que é e como fazer

Como fazer? O que é CHA? Mapeamento de Competências: O que é e como fazer O que é: Parte essencial de uma boa gestão de Recursos Humanos é definir as competências necessárias para cada cargo dentro da empresa. O Mapeamento de Competências serve para definir essas competências

Leia mais

Pós-Graduação Lato Sensu a Distância. 1º semestre 2012

Pós-Graduação Lato Sensu a Distância. 1º semestre 2012 Pós-Graduação Lato Sensu a Distância 1º semestre 2012 FEVEREIRO/2012 Índice dos Cursos de Pós-Graduação a distância Oferta: primeiro semestre 2012 Curso Mensalidade Total Pagina ÁREA: ADMINISTRAÇÃO MBA

Leia mais

Pessoa Jurídica - Tamanho

Pessoa Jurídica - Tamanho Pessoa Jurídica - Tamanho 0MEI Microempreendedor individual; 0Microempresa; 0Empresa de Pequeno Porte; MEI Microempreendedor individual 0Foi criado visando a legalização de atividades informais por partes

Leia mais

CUSTOS: ANÁLISE EM UMA EMPRESA METAL-MECÂNICA DE CAXIAS DO SUL

CUSTOS: ANÁLISE EM UMA EMPRESA METAL-MECÂNICA DE CAXIAS DO SUL CUSTOS: ANÁLISE EM UMA EMPRESA METAL-MECÂNICA DE CAXIAS DO SUL Marina Cappelletti Périco 1 Catherine Chiappin Dutra 2 Odir Berlatto 3 INTRODUÇÃO Esta pesquisa apresenta como tema central a Contabilidade

Leia mais

CONTRATE MELHOR: UTILIZE ANALISE COMPORTAMENTAL EM SEUS PROCESSOS DE RECRUTAMENTO E SELEÇÃO

CONTRATE MELHOR: UTILIZE ANALISE COMPORTAMENTAL EM SEUS PROCESSOS DE RECRUTAMENTO E SELEÇÃO CONTRATE MELHOR: UTILIZE ANALISE COMPORTAMENTAL EM SEUS PROCESSOS DE RECRUTAMENTO E SELEÇÃO . SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 3 ESTRATÉGIA DE RECRUTAMENTO E SELEÇÃO... 5 OTIMIZANDO O RECRUTAMENTO E SELEÇÃO... 9

Leia mais

Os índices de Liquidez como orientadores na tomada de decisões.

Os índices de Liquidez como orientadores na tomada de decisões. 1. Resumo Os demonstrativos financeiros elaborados pelas empresas, representam as movimentações financeiras de cada uma em determinado período e fornecem informações de grande utilidade para a administração,

Leia mais

PROAD. Pró-Reitoria de Administração

PROAD. Pró-Reitoria de Administração PROAD Pró-Reitoria de Administração QUEM SOMOS E O FAZEMOS A Pró-Reitoria de Administração (PROAD) é o setor da Reitoria que avalia, propõe e controla as políticas de administração orçamentária, financeira

Leia mais

TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO NO AGRONEGÓCIO. Maio de 2017

TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO NO AGRONEGÓCIO. Maio de 2017 TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO NO AGRONEGÓCIO Maio de 2017 O OBJETIVO DA PESQUISA FOI IDENTIFICAR O GRAU DE ACESSO À TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO (TIC) POR PARTE DOS AGRONEGÓCIOS. 4.467 produtores

Leia mais

MBA em Gerenciamento de Projetos. Teoria Geral do Planejamento. Professora: Maria Erileuza do Nascimento de Paula

MBA em Gerenciamento de Projetos. Teoria Geral do Planejamento. Professora: Maria Erileuza do Nascimento de Paula MBA em Gerenciamento de Projetos Teoria Geral do Planejamento Professora: Maria Erileuza do Nascimento de Paula SOBRAL - CE 2014 O que é Planejamento É um processo contínuo e dinâmico que consiste em um

Leia mais

I I Simpósio de Iniciação Científica - SICFIC' 2015

I I Simpósio de Iniciação Científica - SICFIC' 2015 A Importância do Plano de Negócios para a Abertura de uma Loja de Roupas Femininas GOMES DE OLIVEIRA, ROSIANE S. (IC) 1 ; PONCHIO, JOÃO ADOLFO de R. (O) 2 1. Acadêmica de Administração de Empresas Faculdade

Leia mais

Etapas do Plano de Negócios

Etapas do Plano de Negócios Etapas do Plano de Negócios Etapa 7. Plano financeiro Detalhes Investimentos Projeção de resultados Ponto de equilíbrio Projeção fluxo de caixa Vendas Despesas Mão de obra Etapa 7 Plano Financeiro Investimento

Leia mais

Etapa 7 Plano Financeiro

Etapa 7 Plano Financeiro 17/10/12 Etapas do Plano de Negócios Etapa Detalhes 7. Plano financeiro Investimentos Projeção de resultados Ponto de equilíbrio Projeção fluxo de caixa Vendas Despesas Mão de obra Investimento é tudo

Leia mais

ANÁLISE DA SITUAÇÃO FINANCEIRA DO ENTE PÚBLICO MEDIANTE O USO DE QUOCIENTES

ANÁLISE DA SITUAÇÃO FINANCEIRA DO ENTE PÚBLICO MEDIANTE O USO DE QUOCIENTES IX CONVENÇÃO DE CONTABILIDADE DO RIO GRANDE DO SUL 3 a 5 de agosto de 2003 Gramado RS ANÁLISE DA SITUAÇÃO FINANCEIRA DO ENTE PÚBLICO MEDIANTE O USO DE QUOCIENTES JOSÉ SÍLVIO BORN Contador CRCRS 322 Rua

Leia mais

Apuração de Custos do Serviço Público Estadual (SC) Michele Patricia Roncalio GENOC/DCOG/SEF-SC. Slide-mestre-Qualidade do gasto e Custos.

Apuração de Custos do Serviço Público Estadual (SC) Michele Patricia Roncalio GENOC/DCOG/SEF-SC. Slide-mestre-Qualidade do gasto e Custos. Apuração de Custos do Serviço Público Estadual (SC) Michele Patricia Roncalio GENOC/DCOG/SEF-SC Slide-mestre-Qualidade do gasto e Custos.ppt 1 2 Projetos Experimentais de Apuração de Custos OBJETIVOS Conhecer

Leia mais

Edital de Projetos de Extensão FORMULÁRIO PADRÃO DE INSCRIÇÃO DE PROJETO

Edital de Projetos de Extensão FORMULÁRIO PADRÃO DE INSCRIÇÃO DE PROJETO Edital de Projetos de Extensão FORMULÁRIO PADRÃO DE INSCRIÇÃO DE PROJETO 1. Título do Projeto: Instrumentos gerenciais para a consolidação da estratégia competitiva nas micro e pequenas empresas associadas

Leia mais

A importância dos Indicadores de Atividade dentro da Empresa

A importância dos Indicadores de Atividade dentro da Empresa A importância dos Indicadores de Atividade dentro da Empresa Vanessa da Silva Sidônio vanessa_sidonio@hotmail.com Heber Lavor Moreira Professor Trabalho da Disciplina Análise dos Demonstrativos Contábeis

Leia mais

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - Cetec. Ensino Técnico

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - Cetec. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2013 Ensino Técnico Etec Prof. Massuyuki Kawano Código: 136 Município: Tupã Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios Habilitação Profissional: Técnica de Nível Médio de Técnico em

Leia mais

Perfil Caliper de Vendas. The Inner Seller Report

Perfil Caliper de Vendas. The Inner Seller Report Perfil Caliper de Vendas The Inner Seller Report Avaliação de: Sr. João Vendedor Preparada por: Consultor Caliper exemplo@caliper.com.br Data: Perfil Caliper de Vendas The Inner Seller Report Página 1

Leia mais

A informação contábil como ferramenta de apoio a tomada de decisão gerencial na visão dos contadores de escritório em Feira de Santana (BA).

A informação contábil como ferramenta de apoio a tomada de decisão gerencial na visão dos contadores de escritório em Feira de Santana (BA). A informação contábil como ferramenta de apoio a tomada de decisão gerencial na visão dos contadores de escritório em Feira de Santana (BA). Caroline do Carmo Adorno René Becker Almeida Carmo Carlos Alberto

Leia mais

A avaliação da magnitude, da distribuição no tempo e do risco dos fluxos de caixa futuros é a essência do orçamento de capital.

A avaliação da magnitude, da distribuição no tempo e do risco dos fluxos de caixa futuros é a essência do orçamento de capital. Fluxo de Caixa o administrador financeiro precisa preocupar-se com o montante de fluxo de caixa que espera receber, quando irá recebê-lo e qual a probabilidade de recebê-lo. A avaliação da magnitude, da

Leia mais

Joice Wociechoski Cavalheiro 2, Milena Okaszeski Schein 3, Cassiano Vinício Guiotto 4, Vinícios Ribas De Almeida 5, Yasmin Pereira De Jesus 6.

Joice Wociechoski Cavalheiro 2, Milena Okaszeski Schein 3, Cassiano Vinício Guiotto 4, Vinícios Ribas De Almeida 5, Yasmin Pereira De Jesus 6. A RELEVÂNCIA DOS CUSTOS NA FORMAÇÃO DO PREÇO DE VENDA: A PERCEPÇÃO DOS GESTORES DAS INDÚSTRIAS DE MÓVEIS PLANEJADOS DA REGIÃO NOROESTE DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL 1 Joice Wociechoski Cavalheiro 2, Milena

Leia mais

PLANO DE TRABALHO DOCENTE 1º Semestre/2015. Ensino Técnico

PLANO DE TRABALHO DOCENTE 1º Semestre/2015. Ensino Técnico PLANO DE TRABALHO DOCENTE 1º Semestre/2015 Ensino Técnico Código: 0262 ETEC ANHANGUERA Município: Santana de Parnaíba Componente Curricular: CONTABILIDADE DE CUSTOS Eixo tecnológico: GESTÃO E NEGOCIOS

Leia mais

COBRANÇA INCONSTITUCIONAL SOBRE PAPEIS PARA IMPRESSÃO DE JORNAL NO ESTADO DE MATO GROSSO UM ESTUDO DE CASO

COBRANÇA INCONSTITUCIONAL SOBRE PAPEIS PARA IMPRESSÃO DE JORNAL NO ESTADO DE MATO GROSSO UM ESTUDO DE CASO 97 COBRANÇA INCONSTITUCIONAL SOBRE PAPEIS PARA IMPRESSÃO DE JORNAL NO ESTADO DE MATO GROSSO UM ESTUDO DE CASO 1. INTRODUÇÃO WEBER, Diego Felipe 1 SOBRAL, Elvio²

Leia mais

INDICADORES ECONÔMICO-FINANCEIROS DA COMPANHIA AZUL S.A. Nícolas Rérison Bibiano Margarida Peres 1 Márcia Bandeira Landerdahl Maggioni 2

INDICADORES ECONÔMICO-FINANCEIROS DA COMPANHIA AZUL S.A. Nícolas Rérison Bibiano Margarida Peres 1 Márcia Bandeira Landerdahl Maggioni 2 INDICADORES ECONÔMICO-FINANCEIROS DA COMPANHIA AZUL S.A. Nícolas Rérison Bibiano Margarida Peres 1 Márcia Bandeira Landerdahl Maggioni 2 1 INTRODUÇÃO Os indicadores econômico-financeiros são instrumentos

Leia mais

Comparação dos Métodos de Custeamento por Absorção e Variável/Direto

Comparação dos Métodos de Custeamento por Absorção e Variável/Direto Comparação dos Métodos de Custeamento por Absorção e Variável/Direto Resumo Fernando Henrique Lermen fernando-lermen@hotmail.com Dieter Randolf Ludewig dludewig@fecilcam.br Sabrina Chavarem Cardoso sabrina_chavarem@hotmail.com

Leia mais

ANÁLISE DE VIABILIDADE EM TERCEIRIZAR SERVIÇOS SECUNDÁRIOS DE UMA CONCESSIONÁRIA DE VEÍCULOS

ANÁLISE DE VIABILIDADE EM TERCEIRIZAR SERVIÇOS SECUNDÁRIOS DE UMA CONCESSIONÁRIA DE VEÍCULOS 1 ANÁLISE DE VIABILIDADE EM TERCEIRIZAR SERVIÇOS SECUNDÁRIOS DE UMA CONCESSIONÁRIA DE VEÍCULOS Célia Rita Bernardi; Roberta Lucion 1 Oldair Roberto Giasson 2 RESUMO Os produtos oferecidos no mercado, fazem

Leia mais

Contador Público: O Guardião da Transparência e da Responsabilidade Fiscal

Contador Público: O Guardião da Transparência e da Responsabilidade Fiscal Conselho Regional de Contabilidade de Santa Catarina Contador Público: O Guardião da Transparência e da Responsabilidade Fiscal Prof. Arlindo Carvalho Rocha e2acr@udesc.br Normas Brasileiras de Contabilidade

Leia mais

Custos no Setor Público: Ferramenta da Melhoria da Qualidade do Gasto Público. Florianópolis 17 de Abril 2015

Custos no Setor Público: Ferramenta da Melhoria da Qualidade do Gasto Público. Florianópolis 17 de Abril 2015 Custos no Setor Público: Ferramenta da Melhoria da Qualidade do Gasto Público Florianópolis 17 de Abril 2015 1 Qualidade do Gasto Público Conceito visualiza duas Dimensões : (em construção *) Macro (Estratégico)

Leia mais

Gestão Financeira sem complicações

Gestão Financeira sem complicações Gestão Financeira sem complicações Guia prático com os passos necessários para gerenciar da forma mais eficaz o setor financeiro de sua empresa. Introdução...3...3 Dica 01: Definir um sistema de gestão

Leia mais

e-book 6 PASSOS PARA IMPLANTAR GESTÃO POR RESULTADOS E COMPROMETER SUA EQUIPE www.smartleader.com.br

e-book 6 PASSOS PARA IMPLANTAR GESTÃO POR RESULTADOS E COMPROMETER SUA EQUIPE www.smartleader.com.br e-book ÍNDICE SEU CONTEÚDO PRIMEIRO PASSO SENSIBILIZAR As principais técnicas para sensibilizar sua equipe 03 SEGUNDO PASSO CRIAR OBJETIVOS A importância de definir objetivos para a empresa 06 TERCEIRO

Leia mais

GESTÃO NO CONTRATO DO SERVIÇO DE CORTE DO FORNECIMENTO DE ÁGUA: MELHORAR A PRESTAÇÃO DOS SERVIÇOS (INTERNOS E TERCEIRIZADOS)

GESTÃO NO CONTRATO DO SERVIÇO DE CORTE DO FORNECIMENTO DE ÁGUA: MELHORAR A PRESTAÇÃO DOS SERVIÇOS (INTERNOS E TERCEIRIZADOS) PRÊMIO NACIONAL DE QUALIDADE EM SANEAMENTO - PNQS 2013 INOVAÇÃO DA GESTÃO EM SANEAMENTO - IGS GESTÃO NO CONTRATO DO SERVIÇO DE CORTE DO FORNECIMENTO DE ÁGUA: MELHORAR A PRESTAÇÃO DOS SERVIÇOS (INTERNOS

Leia mais

ANÁLISE DO PERFIL DO INGRESSO 2015 FACULDADES INTEGRADAS DO VALE DO RIBEIRA FVR

ANÁLISE DO PERFIL DO INGRESSO 2015 FACULDADES INTEGRADAS DO VALE DO RIBEIRA FVR ANÁLISE DO PERFIL DO INGRESSO 2015 FACULDADES INTEGRADAS DO VALE DO RIBEIRA FVR Comissão Própria de Avaliação CPA Instituto superior de Educação - ISE 01 Apresentação Ao ingressar na Universidade o aluno

Leia mais

Processo de Gerenciamento do Catálogo de Serviços de TIC

Processo de Gerenciamento do Catálogo de Serviços de TIC de TIC Escritório de Gerenciamento de Processos de Tecnologia da Informação e Comunicação EGPr-TIC João Pessoa 2016 Versão 1.0 Tribunal Regional do Trabalho da 13ª Região Desembargador Presidente Ubiratan

Leia mais

A Implantação do Sistema do Sistema da Qualidade e os requisitos da Norma ISO NBR 9001:2000

A Implantação do Sistema do Sistema da Qualidade e os requisitos da Norma ISO NBR 9001:2000 1. A Norma NBR ISO 9001:2000 A Implantação do Sistema do Sistema da Qualidade e os requisitos da Norma ISO NBR 9001:2000 A ISO International Organization for Standardization, entidade internacional responsável

Leia mais

mercado de cartões de crédito, envolvendo um histórico desde o surgimento do produto, os agentes envolvidos e a forma de operação do produto, a

mercado de cartões de crédito, envolvendo um histórico desde o surgimento do produto, os agentes envolvidos e a forma de operação do produto, a 16 1 Introdução Este trabalho visa apresentar o serviço oferecido pelas administradoras de cartões de crédito relacionado ao produto; propor um produto cartão de crédito calcado na definição, classificação

Leia mais

SISTEMA DE CUSTOS: IMPORTÂNCIA PARA TOMADA DE DECISÕES

SISTEMA DE CUSTOS: IMPORTÂNCIA PARA TOMADA DE DECISÕES SISTEMA DE CUSTOS: IMPORTÂNCIA PARA TOMADA DE DECISÕES Márcia Cristina de Mello Kaspczak (UTFPR) mcmjk@ig.com.br Luciano Scandelari (UTFPR) luciano@cefetpr.br Antonio Carlos de Francisco (UTFPR) acfrancisco@pg.cefetpr.br

Leia mais

SISTEMA ISS - CURITIBA LIVRO ELETRÔNICO

SISTEMA ISS - CURITIBA LIVRO ELETRÔNICO PREFEITURA MUNICIPAL DE CURITIBA SECRETARIA MUNICIPAL DE FINANÇAS DEPARTAMENTO DE RENDAS MOBILIÁRIAS SISTEMA ISS - CURITIBA LIVRO ELETRÔNICO EMPRESAS Curitiba 2008 2 1 - CONCEITO O Sistema ISS Curitiba

Leia mais

ÁREA: Ciências Contábeis FORMAÇÃO DO PREÇO DO SERVIÇO DE RETÍFICA DE VIRABREQUIM EM UMA EMPRESA DE PEQUENO PORTE

ÁREA: Ciências Contábeis FORMAÇÃO DO PREÇO DO SERVIÇO DE RETÍFICA DE VIRABREQUIM EM UMA EMPRESA DE PEQUENO PORTE ÁREA: Ciências Contábeis FORMAÇÃO DO PREÇO DO SERVIÇO DE RETÍFICA DE VIRABREQUIM EM UMA EMPRESA DE PEQUENO PORTE BARBOSA, Marcos Vinicius Oliveira 1 LEMES, Maísa Gabriela Portilio 2 HILLEN, Cristina 3

Leia mais

Implementação da Política de Responsabilidade Socioambiental (PRSA)

Implementação da Política de Responsabilidade Socioambiental (PRSA) Implementação da Política de Responsabilidade Socioambiental (PRSA) 20 de julho de 2015 Ref: Resolução BC nº 4327/14 1. ABRANGÊNCIA Esta política orienta o comportamento da Tática S/A D.T.V.M., que pautado

Leia mais

1) O que é Gestão de Estoques?

1) O que é Gestão de Estoques? 1 1) O que é Gestão de Estoques? A Gestão de Estoques refere-se ao gerenciamento de recursos de materiais que podem auxiliar a organização na produção de receita no futuro. Shirley A Gestão de Estoques

Leia mais

Análise do questionário de avaliação. Portal do Software Público Brasileiro

Análise do questionário de avaliação. Portal do Software Público Brasileiro Análise do questionário de avaliação Portal do Software Público Brasileiro Sumário Introdução 3 1 O questionário buscou saber mais sobre o usuário para planejar melhor o portal 3 2 Sobre o ambiente e tempo

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE ALEGRETE CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE ALEGRETE

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE ALEGRETE CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE ALEGRETE ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE ALEGRETE CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE ALEGRETE Comissão de Legislação e Normas Parecer N. 05/2006/CMEA Fixa normas para definição de conteúdos e

Leia mais

PROCEDIMENTO DE AVALIAÇÃO DA SATISFAÇÃO DO CLIENTE

PROCEDIMENTO DE AVALIAÇÃO DA SATISFAÇÃO DO CLIENTE PROCEDIMENTO DE AVALIAÇÃO DA SATISFAÇÃO DO CLIENTE Código: PRO.QUALI 006/05 Folhas: 30 Revisão: 16 Data: 14.01.2016 Elaborado por: Mariana Ferraz Fernandes Verificado por: Berilo Gonçalves de Oliveira

Leia mais

GUIA. Como maximizar a aprovação dos novos projetos de TI para a diretoria

GUIA. Como maximizar a aprovação dos novos projetos de TI para a diretoria GUIA Como maximizar a aprovação dos novos projetos de TI para a diretoria INTRODUÇÃO A área de tecnologia das organizações vem tendo um aumento de visibilidade significativa nos últimos anos. A TI tem

Leia mais

O Papel do Gerente/Administrador Financeiro das Empresas

O Papel do Gerente/Administrador Financeiro das Empresas O Papel do Gerente/Administrador Financeiro das Empresas Autora: Begail da Silva Casagrande (UNIC) * Co-autor: Juliano Ciebre dos Santos (FSA) * Resumo: Administrar uma empresa não é uma tarefa fácil.

Leia mais

DIRECTRIZ CONTABILÍSTICA Nº 24 EMPREENDIMENTOS CONJUNTOS 1. OBJECTIVO 1 2. DEFINIÇÕES 2 3. TIPOS DE EMPREENDIMENTOS CONJUNTOS 2

DIRECTRIZ CONTABILÍSTICA Nº 24 EMPREENDIMENTOS CONJUNTOS 1. OBJECTIVO 1 2. DEFINIÇÕES 2 3. TIPOS DE EMPREENDIMENTOS CONJUNTOS 2 DIRECTRIZ CONTABILÍSTICA Nº 24 EMPREENDIMENTOS CONJUNTOS INDICE 1. OBJECTIVO 1 2. DEFINIÇÕES 2 3. TIPOS DE EMPREENDIMENTOS CONJUNTOS 2 3.1. Operações conjuntamente controladas 3 3.2. Activos conjuntamente

Leia mais

QUADRO III ATRIBUIÇÕES DAS FUNÇÕES

QUADRO III ATRIBUIÇÕES DAS FUNÇÕES QUADRO III ATRIBUIÇÕES DAS FUNÇÕES ESTAGIÁRIO - ANALISTA DE RECURSOS HUMANOS Executar tarefas ligadas à área de Recursos Humanos de empresa. Participar do levantamento e análise de necessidade, executar

Leia mais

7 Conselho Regional de Economia da 9 a Região (Pará) Cidade de lotação: Belém/PA QUADRO DE VAGAS, SALÁRIOS, BENEFÍCIOS E JORNADA DE TRABALHO

7 Conselho Regional de Economia da 9 a Região (Pará) Cidade de lotação: Belém/PA QUADRO DE VAGAS, SALÁRIOS, BENEFÍCIOS E JORNADA DE TRABALHO 7 Conselho Regional de Economia da 9 a Região (Pará) Cidade de lotação: Belém/PA 103 Profissional Técnico Especializado PTE - Contador(a) (NS) R$ 1.550,71 1 20 106 Fiscal da Profissão do Economista FPE

Leia mais

TÍTULO: ESTUDO DO USO DA SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA NAS EMPRESAS DE PEQUENO PORTE NO RAMO DE DISTRIBUIÇÃO EM FERNANDÓPOLIS (SP)

TÍTULO: ESTUDO DO USO DA SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA NAS EMPRESAS DE PEQUENO PORTE NO RAMO DE DISTRIBUIÇÃO EM FERNANDÓPOLIS (SP) 16 TÍTULO: ESTUDO DO USO DA SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA NAS EMPRESAS DE PEQUENO PORTE NO RAMO DE DISTRIBUIÇÃO EM FERNANDÓPOLIS (SP) CATEGORIA: EM ANDAMENTO ÁREA: CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS SUBÁREA: CIÊNCIAS

Leia mais

CONCEITO DE CONTABILIDADE. Para isso contamos com a contabilidade essa que vamos conhecer agora:

CONCEITO DE CONTABILIDADE. Para isso contamos com a contabilidade essa que vamos conhecer agora: CONCEITO DE CONTABILIDADE O que vamos ver a seguir nos mostra que com o conhecimento do ciclo de vida da empresa, conseguimos tomar decisões que consistem em conduzi-la ao sucesso. Portanto, há duas preocupações

Leia mais

ANÁLISE DAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS

ANÁLISE DAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS ANÁLISE DAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS PROFESSOR BERNARDO BOTH Conteúdo Programático OBJETIVOS: Analisar as Demonstrações Contábeis para fins de interpretação e avaliação das situações financeiras e econômicas.

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE SANT ANA DO LIVRAMENTO Palácio Moisés Viana Unidade Central de Controle Interno

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE SANT ANA DO LIVRAMENTO Palácio Moisés Viana Unidade Central de Controle Interno ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE SANT ANA DO LIVRAMENTO Palácio Moisés Viana Unidade Central de Controle Interno NOTIFICAÇÃO UCCI N 002/06 ÓRGÃO: GABINETE DO PREFEITO ASSUNTO: PRESTAÇÃO

Leia mais

REGULAMENTO DO NÚCLEO DE PRÁTICAS GERÊNCIAS.

REGULAMENTO DO NÚCLEO DE PRÁTICAS GERÊNCIAS. REGULAMENTO DO NÚCLEO DE PRÁTICAS GERÊNCIAS. IFNMG - Câmpus Pirapora 1 1- O QUE É O NPG O Núcleo de Práticas Gerenciais - NPG é um laboratório de práticas administrativas, com layout devidamente planejado

Leia mais

TABELA DE CARGOS CARGOS DE NÍVEL MÉDIO VENCIMENTO BASE CARGA HORÁRIA SINTESE DAS ATIVIDADES TOTAL DE VAGAS REQUISITO

TABELA DE CARGOS CARGOS DE NÍVEL MÉDIO VENCIMENTO BASE CARGA HORÁRIA SINTESE DAS ATIVIDADES TOTAL DE VAGAS REQUISITO TABELA DE CARGOS CARGOS DE NÍVEL MÉDIO CARGO Assistente Operacional Assistente Administrativo PRÉ- REQUISITO completo completo TOTAL DE VAGAS VENCIMENTO BASE CARGA HORÁRIA 01 R$ 1.813,45 40 horas 02 R$

Leia mais

CONTABILIDADE EM TEMPO REAL

CONTABILIDADE EM TEMPO REAL CONTABILIDADE EM TEMPO REAL A EMPRESA A SINC CONTABILIDADE é uma organização especialista em assessoria nas áreas: CONTÁBIL, FISCAL, SOCIETÁRIA e TRABALHISTA. Contamos com uma equipe de profissionais qualificados

Leia mais

PMO VALUE RING. Americo Pinto. Diretor de Pesquisa PMO TOOLS Technologies

PMO VALUE RING. Americo Pinto. Diretor de Pesquisa PMO TOOLS Technologies PMO VALUE RING Americo Pinto Diretor de Pesquisa PMO TOOLS Technologies O QUE É O PMO VALUE RING? O PMO VALUE RING é uma metodologia para criar ou reestruturar PMOs. Ela foi criada em conjunto com profissionais

Leia mais

V FÓRUM REGIONAL DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO EM ADMINISTRAÇÃO

V FÓRUM REGIONAL DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO EM ADMINISTRAÇÃO V FÓRUM REGIONAL DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO EM ADMINISTRAÇÃO OS BENEFÍCIOS DO PROGRAMA DA QUALIDADE, PARA O PROCESSO PRODUTIVO DE CAIXAS DE PAPELÃO NA EMPRESA NOVA EMBALAGEM. RESUMO: Natanael Garcia

Leia mais

MEMÓRIA DA REUNIÃO DO GRUPO DE RESÍDUOS URBANO DO PLANO DE GERENCIAMENTO INTEGRADO DE RESÍDUOS SÓLIDOS DE CHAPECÓ

MEMÓRIA DA REUNIÃO DO GRUPO DE RESÍDUOS URBANO DO PLANO DE GERENCIAMENTO INTEGRADO DE RESÍDUOS SÓLIDOS DE CHAPECÓ MEMÓRIA DA REUNIÃO DO GRUPO DE RESÍDUOS URBANO DO PLANO DE GERENCIAMENTO INTEGRADO DE RESÍDUOS SÓLIDOS DE CHAPECÓ Data: 16-05-2014 Local: Sindicato de hotéis, restaurantes, bares e similares de Chapecó

Leia mais

S T E M A I N T E G R A D O A SOLUÇÃO COMPLETA PARA ADMINISTRAÇÃO DE SUA EMPRESA Indústria Comércio Serviço

S T E M A I N T E G R A D O A SOLUÇÃO COMPLETA PARA ADMINISTRAÇÃO DE SUA EMPRESA Indústria Comércio Serviço S A SOLUÇÃO COMPLETA PARA ADMNSTRAÇÃO DE SUA EMPRESA ndústria Comércio Serviço S O GestãoPro foi desenvolvido para atender as empresas que atuam nos setores da indústria, comércio e serviço. O grande diferencial

Leia mais

Os centros de custo classificam-se em produtivos e administrativos e, eventualmente, em auxiliares.

Os centros de custo classificam-se em produtivos e administrativos e, eventualmente, em auxiliares. Setor de Custo / Centro de Custo Objetivo : Demonstrar o uso da nova rotina "Centro de Custo" Data : 01/07/2012 De acordo com as novas modificações que estamos implantando no SIF, modificamos a alguns

Leia mais

ATUAÇÃO DO GERENTE DE PROJETOS EM EMPRESAS DE PORTES VARIADOS NO BRASIL - VISÃO DE STAKEHOLDERS INTERNOS

ATUAÇÃO DO GERENTE DE PROJETOS EM EMPRESAS DE PORTES VARIADOS NO BRASIL - VISÃO DE STAKEHOLDERS INTERNOS 1 ATUAÇÃO DO GERENTE DE PROJETOS EM EMPRESAS DE PORTES VARIADOS NO BRASIL - VISÃO DE STAKEHOLDERS INTERNOS Clever da Conceição Junior E-mail: cleverjunior10@gmail.com Resumo O objetivo do artigo é pesquisar

Leia mais

PROCESSO DE CANCELAMENTO

PROCESSO DE CANCELAMENTO PROCESSO DE CANCELAMENTO 1. Processo de Cancelamento do Pedido 1 1.1 Conferindo o Cancelamento da Nota Fiscal do Pedido 4 1.2 Ativação de Conta Corrente Residual 5 1.3 Como consultar um Pedido Cancelado?

Leia mais

Planejamento Estratégico de Uma Pequena Empresa do Ramo de Panificação

Planejamento Estratégico de Uma Pequena Empresa do Ramo de Panificação Planejamento Estratégico de Uma Pequena Empresa do Ramo de Panificação Bruno da Costa Feitosa bcfeitosa@gmail.com Resumo Este documento apresenta o planejamento estratégico de uma pequena empresa do ramo

Leia mais

FLUXOGRAMA DE EXPORTAÇÃO

FLUXOGRAMA DE EXPORTAÇÃO FLUXOGRAMA DE EXPORTAÇÃO 1. PLANEJAMENTO Novos mercados; Mais lucros; Mais empregos Separar uma parte da produção para o mercado interno e outra para o mercado externo, pois a exportação é um processo

Leia mais

SISTEMA CAÇA-TALENTOS MANUAL DE OPERAÇÃO PERFIL SECRETARIA

SISTEMA CAÇA-TALENTOS MANUAL DE OPERAÇÃO PERFIL SECRETARIA SISTEMA CAÇA-TALENTOS MANUAL DE OPERAÇÃO PERFIL SECRETARIA O Sistema Caça-Talentos tem o objetivo de aprimorar o negócio e fornecer um controle informatizado dos processos de captação dos alunos. Ele possui

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA n.º 01/1997, de 22 de maio de 1997 D.O.E. de 09 de fevereiro de 1999

INSTRUÇÃO NORMATIVA n.º 01/1997, de 22 de maio de 1997 D.O.E. de 09 de fevereiro de 1999 181 INSTRUÇÃO NORMATIVA n.º 01/1997, de 22 de maio de 1997 D.O.E. de 09 de fevereiro de 1999 O, no uso das atribuições que lhe confere o inciso XII do Art. 78 da Constituição Estadual, bem como o inciso

Leia mais

ADMINISTRADORA ADMINISTRAÇÃO QUE VALORIZA O SEU BEM

ADMINISTRADORA ADMINISTRAÇÃO QUE VALORIZA O SEU BEM ADMINISTRAÇÃO QUE VALORIZA O SEU BEM Histórico A M.N Dígitos Administradora de Condomínios é uma empresa voltada ao setor Administrativo que se preocupa com a vida de seus clientes. Uma empresa atuante

Leia mais

Inteligência de negócios do laboratório DESCUBRA INFORMAÇÕES ÚTEIS DE DADOS OPERACIONAIS DO LABORATÓRIO

Inteligência de negócios do laboratório DESCUBRA INFORMAÇÕES ÚTEIS DE DADOS OPERACIONAIS DO LABORATÓRIO Inteligência de negócios do laboratório DESCUBRA INFORMAÇÕES ÚTEIS DE DADOS OPERACIONAIS DO LABORATÓRIO INTELIGÊNCIA DE NEGÓCIOS DO LABORATÓRIO AS DECISÕES SOBRE O LABORATÓRIO COMEÇAM COM A INTELIGÊNCIA

Leia mais

Custos Industriais. Introdução à Contabilidade de Custos. Prof. M.Sc. Gustavo Meireles/ Juliana Schmidt Galera

Custos Industriais. Introdução à Contabilidade de Custos. Prof. M.Sc. Gustavo Meireles/ Juliana Schmidt Galera Custos Industriais Introdução à Contabilidade de Custos Prof. M.Sc. Gustavo Meireles/ Juliana Schmidt Galera 1 Introdução Ø A apuração adequada, a análise, o controle e o gerenciamento dos custos de produção

Leia mais

Prof Flávio S. Ferreira

Prof Flávio S. Ferreira Prof Flávio S. Ferreira flavioferreira@live.estacio.br http://flaviosferreira.wordpress.com 1 Conceitos Introdutórios Receita produto da venda Gasto sacrifício financeiro Investimento gasto ativado em

Leia mais

Custos Industriais. Introdução. Introdução. Introdução à Contabilidade de Custos

Custos Industriais. Introdução. Introdução. Introdução à Contabilidade de Custos Custos Industriais Introdução à Contabilidade de Custos Prof. M.Sc. Gustavo Meireles 1 Introdução A apuração adequada, a análise, o controle e o gerenciamento dos custos de produção dos bens e serviços

Leia mais

ESTUDO DE CASO: ACEITAÇÃO DA IMPLANTAÇÃO DA AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO NA EMPRESA W

ESTUDO DE CASO: ACEITAÇÃO DA IMPLANTAÇÃO DA AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO NA EMPRESA W João Pessoa/PB, Brasil, de 03 a 06 de outubro de 2016 ESTUDO DE CASO: ACEITAÇÃO DA IMPLANTAÇÃO DA AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO NA EMPRESA W TAINMY SANTANA SOUZA MACIEL (UNIPAM ) tainmesouza@gmailcom Em uma

Leia mais

Curso de Engenharia Industrial Madeireira UFPR Prof. Umberto Klock

Curso de Engenharia Industrial Madeireira UFPR Prof. Umberto Klock Curso de Engenharia Industrial Madeireira UFPR Prof. Umberto Klock Introdução à Gestão de Projetos; Gestão de Escopo; Gestão de Prazos; Gestão de Custos; Gestão de Pessoas; Gestão de Comunicação; Gestão

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DA INFORMAÇÃO CONTÁBIL PARA OS GESTORES DE MICRO E PEQUENAS EMPRESAS DE PORTO VELHO - RO E SUA APLICABILIDADE NA TOMADA DE DECISÃO

A IMPORTÂNCIA DA INFORMAÇÃO CONTÁBIL PARA OS GESTORES DE MICRO E PEQUENAS EMPRESAS DE PORTO VELHO - RO E SUA APLICABILIDADE NA TOMADA DE DECISÃO 39 A IMPORTÂNCIA DA INFORMAÇÃO CONTÁBIL PARA OS GESTORES DE MICRO E PEQUENAS EMPRESAS DE PORTO VELHO - RO E SUA APLICABILIDADE NA TOMADA DE DECISÃO Rodrigo César Silva MOREIRA 1* ; Alvorino Solarin da

Leia mais