Layout do Arquivo de Emissão de CT-e Versão 2.1.0

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Layout do Arquivo de Emissão de CT-e Versão 2.1.0"

Transcrição

1 1 Informações do CT-e. Obrigatório (1 -- 1). Grupo infcte 1 A versao Versão do leiaute N Obrig Ex: "2.00" 2 A id Identificador da tag a ser assinada C Opcional 47 Informar a chave de acesso do Cte e precedida do literal "CTe" Identificação do CT-e. Obrigatório (1 -- 1) Grupo ide 1 B cuf Código da UF do emitente do CT-e. N Obrig 2 Utilizar a Tabela do IBGE. 2 B cct Código numérico que compõe a Chave de Acesso. N Opcional 8 Número aleatório gerado pelo emitente para cada CT-e, com o objetivo de evitar acessos indevidos ao documento. 3 B CFOP Código Fiscal de Operações e Prestações N Obrig 4 4 B natop Natureza da Operação C Obrig B forpag Forma de pagamento do serviço N Obrig 1 6 B mod Modelo do documento fiscal N Obrig Pago; 1 - A pagar; 2 - Outros Utilizar o código 57 para identificação do CT-e, emitido em substituição aos modelos de conhecimentos em papel. 7 B serie Série do CT-e N Obrig Preencher com "0" no caso de série única 8 B nct Número do CT-e N Obrig B dhemi Data e hora de emissão do CT-e C Obrig 19 Formato AAAA-MM-DDTHH:MM:DD 10 B tpimp Formato de impressão do DACTE N Obrig Retrato; 2 - Paisagem. 11 B tpemis Forma de emissão do CT-e N Obrig 1 12 B cdv Digito Verificador da chave de acesso do CT-e N Opcional Normal; 4 - EPEC pela SVC; 5 - Contingência FSDA; 7 - Autorização pela SVC-RS; 8 - Autorização pela SVC-SP Informar o dígito de controle da chave de acesso do CT-e, que deve ser calculado com a aplicação do algoritmo módulo 11 (base 2,9) da chave de acesso. 13 B tpamb Tipo do Ambiente N Obrig Produção; 2 - Homologação 14 B tpcte Tipo do CT-e N Obrig CT-e Normal; 1 - CT-e de Complemento de Valores; 2 - CT-e de Anulação; 3 - CT-e Substituto

2 2 15 B procemi Identificador do processo de emissão do CT-e N Obrig emissão de CT-e com aplicativo do contribuinte; 1 - emissão de CT-e avulsa pelo Fisco; 2 - emissão de CT-e avulsa, pelo contribuinte com seu certificado digital, através do site do Fisco; 3- emissão CT-e pelo contribuinte com aplicativo fornecido pelo Fisco. 16 B verproc Versão do processo de emissão C Opcional Iinformar a versão do aplicativo emissor de CT-e. 17 B refcte Chave de acesso do CT-e referenciado N Opcional B cmunenv 19 B xmunenv 20 B UFEnv Código do Município de envio do CT-e (de onde o documento foi transmitido) Nome do Município de envio do CT-e (de onde o documento foi transmitido) Sigla da UF de envio do CT-e (de onde o documento foi transmitido) N Obrig 7 21 B modal Modal N Obrig 2 22 B tpserv Tipo do Serviço N Obrig 1 23 B cmunini Código do Município de início da prestação N Obrig 7 Utilizar a tabela do IBGE. Informar para as operações com o exterior. C Obrig Informar PAIS/Municipio para as operações com o exterior. C Obrig 2 Informar 'EX' para operações com o exterior. 01-Rodoviário; 02-Aéreo; 03-Aquaviário; 04-Ferroviário; 05-Dutoviário; 06-Multimodal; 0 - Normal; 1 - Subcontratação; 2 - Redespacho; 3 - Redespacho Intermediário; 4 - Serviço Vinculado a Multimodal Utilizar a tabela do IBGE. Informar para operações com o exterior. 24 B xmunini Nome do Município do início da prestação C Obrig Informar 'EXTERIOR' para operações com o exterior. 25 B UFIni UF do início da prestação C Obrig 2 Informar 'EX' para operações com o exterior. 26 B cmunfim Código do Município de término da prestação N Obrig 7 Utilizar a tabela do IBGE. Informar para operações com o exterior. 27 B xmunfim Nome do Município do término da prestação C Obrig Informar 'EXTERIOR' para operações com o exterior. 28 B UFFim UF do término da prestação C Obrig 2 Informar 'EX' para operações com o exterior. 29 B retira Indicador se o Recebedor retira no Aeroporto, Filial, Porto ou Estação de Destino? N Obrig sim; 1 - não 30 B xdetretira Detalhes do retira C Opcional B dhcont Data e Hora da entrada em contingência C Obrig 19 É obrigatorio quando houver contingência. Informar a data e hora no formato AAAAMM- DDTHH:MM:SS 32 B xjust Justificativa da entrada em contingência C Obrig É obrigatorio quando houver contingência.

3 3 Indicador do "papel" do tomador do serviço no CT-e. Obrigatório (1 -- 1) Grupo toma03 e toma04 1 B02 toma Tomador do Serviço N Obrig 1 0-Remetente; 1-Expedidor; 2-Recebedor; 3-Destinatário; 4 - Outros Obs: Informar os dados cadastrais do tomador do serviço Serão utilizadas as informações contidas no respectivo grupo, conforme indicado pelo conteúdo deste campo 2 B02 CNPJ Número do CNPJ N Obrig 14 Neste campo deve ser passado o CNPJ caso seja pessoa jurídica ou CPF para pessoas física. Em caso de empresa não estabelecida no Brasil, será informado o CNPJ com zeros. Informar os zeros não significativos. CPF Número do CPF N Obrig 11 3 B02 IE Inscrição Estadual C Opcional B02 xnome Razão Social ou Nome C Obrig B02 xfant Nome Fantasia C Opcional B02 fone Telefone N Opcional B02 Endereço de C Opcional Informar a IE do tomador ou ISENTO se tomador é contribuinte do ICMS isento de inscrição no cadastro de contribuintes do ICMS. Caso o tomador não seja contribuinte do ICMS não informar o conteúdo. Dados do endereço do Tomador. Obrigatório (1 -- 1) 1 B03 xlgr Logradouro C Obrig B03 nro Número C Obrig B03 xcpl Complemento C Opcional B03 xbairro Bairro C Obrig Grupo endertoma

4 4 5 B03 cmun Código do município (utilizar a tabela do IBGE) N Obrig 7 Informar para operações com o exterior. 6 B03 xmun Nome do município C Obrig Informar EXTERIOR para operações com o exterior. 7 B03 CEP CEP N Opcional 8 Informar os zeros não significativos 8 B03 UF Sigla da UF C Obrig 2 Informar EX para operações com o exterior. 9 B03 cpais Código do país N Opcional Utilizar a tabela do BACEN 10 B03 xpais Nome do país C Opcional Autorização para download do XML do DF-e. Opcional ( ) Grupo autxml 1 B04 CNPJ Número do CNPJ N Obrig 14 Neste campo deve ser passado o CNPJ caso seja pessoa jurídica ou CPF para pessoas física. Em caso de empresa não estabelecida no Brasil, será informado o CNPJ com zeros. Informar os zeros não significativos. CPF Número do CPF N Obrig 11 Dados complementares do CT-e para fins operacionais ou comerciais. Opcional (0 -- 1) 1 C xcaracad Característica adicional do transporte C Opcional C xcaracser Característica adicional do serviço C Opcional C xemi Funcionário emissor do CTe C Opcional C xorig 5 C xdest Sigla ou código interno da Filial/Porto/Estação/ Aeroporto de Origem Sigla ou código interno da Filial/Porto/Estação/Aeroporto de Destino C Opcional C Opcional C xrota Código da Rota de Entrega C Opcional Texto livre: REENTREGA; DEVOLUÇÃO; REFATURAMENTO; etc Texto livre: ENTREGA EXPRESSA; LOGÍSTICA REVERSA; CONVENCIONAL; EMERGENCIAL; etc Observações para o modal aéreo: - Preenchimento obrigatório para o modal aéreo. - O código de três letras IATA do aeroporto de partida deverá ser incluído como primeira anotação. Quando não for possível, utilizar a sigla OACI. Observações para o modal aéreo: - Preenchimento obrigatório para o modal aéreo. - Deverá ser incluído o código de três letras IATA do aeroporto de destino. Quando não for possível, utilizar a sigla OACI. Grupo compl

5 5 7 C tpper Tipo de data/período programado para entrega N Obrig 1 0- Sem data definida 1-Na data; 2-Até a data; 3-A partir da data; 4-no período 8 C dprog Data programada D Obrig 10 Formato AAAA-MM-DD 9 C dini Data inicial D Obrig 10 Formato AAAA-MM-DD 10 C dfim Data final D Obrig 10 Formato AAAA-MM-DD 11 C tphor Tipo de hora N Obrig 1 1--No horário; 2-Até o horário; 3-A partir do horário; 4 - No intervalo de tempo 12 C hprog Hora programada T Obrig 8 Formato HH:MM:SS 13 C hini Hora inicial T Obrig 8 Formato HH:MM:SS 14 C hfim Hora final T Obrig 8 Formato HH:MM:SS 15 C origcalc 16 C destcalc Município de origem para efeito de cálculo do frete Município de destino para efeito de cálculo do frete C Opcional C Opcional C xobs Observações Gerais C Opcional C01 xpass Sigla ou código interno da Filial/Porto/Estação/Aeroporto de Passagem C Opcional Observação para o modal aéreo: - O código de três letras IATA, referente ao aeroporto de transferência, deverá ser incluído, quando for o caso. Quando não for possível, utilizar a sigla OACI. Qualquer solicitação de itinerário deverá ser incluída. Grupo pass Campo de uso livre do contribuinte. Informar o nome do campo no atributo xcampo e o conteúdo do campo no XTexto. Opcional ( ) 1 C03 xcampo Identificação do campo C Obrig C03 xtexto Conteúdo do campo C Obrig Grupo ObsCont ObsFisco.Opcional ( ) Grupo ObsFisco

6 6 1 C04 xcampo Identificação do campo C Obrig C04 xtexto Conteúdo do campo C Obrig Informar o nome do campo no atributo xcampo e o conteúdo do campo no Xtexto Identificação do Emitente do CT-e. Obrigatória (1 -- 1) Grupo emit 1 D CNPJ Número do CNPJ N Obrig 14 2 D IE Inscrição Estadual C Obrig D xnome Razão social ou nome do remetente C Obrig D xfant Nome fantasia C Opcional D xples Informações de simples nacional C Obrig 1 Informar a IE do remetente ou ISENTO se remetente é contribuinte do ICMS isento de inscrição no cadastro de contribuintes do ICMS. Caso o remetente não seja contribuinte do ICMS não informar o conteúdo. 0 - NÃO; 1 - SIM Endereço do emitente do CT-e. Obrigatória (1 -- 1) 1 D02 xlgr Logradouro C Obrig D02 nro Número C Obrig D02 xcpl Complemento C Opcional D02 xbairro Bairro C Obrig Grupo enderemit 5 D02 cmun Código do município (utilizar a tabela do IBGE) N Obrig 7 6 D02 xmun Nome do município C Obrig D02 CEP CEP N Opcional 8 8 D02 UF Sigla da UF C Obrig 2 9 D02 fone Telefone N Opcional Informações do Remetente das mercadorias transportadas pelo CT-e. Obrigatória (1 -- 1) Grupo rem

7 7 1 E CNPJ Número do CNPJ N Obrig 14 CPF Número do CPF N Obrig 11 2 E IE Inscrição Estadual C Obrig E xnome Razão social ou nome do remetente C Obrig E xfant Nome fantasia C Opcional E fone Telefone N Opcional Neste campo deve ser passado o CNPJ caso seja pessoa jurídica ou CPF para pessoas física. Em caso de empresa não estabelecida no Brasil, será informado o CNPJ com zeros. Informar os zeros não significativos. Informar a IE do remetente ou ISENTO se remetente é contribuinte do ICMS isento de inscrição no cadastro de contribuintes do ICMS. Caso o remetente não seja contribuinte do ICMS não informar o conteúdo. Dados do endereço do Remetente. Obrigatória (1 -- 1) 1 E02 xlgr Logradouro C Obrig E02 nro Número C Obrig E02 xcpl Complemento C Opcional E02 xbairro Bairro C Obrig Grupo enderreme 5 E02 cmun Código do município (utilizar a tabela do IBGE) N Obrig 7 Informar para operações com o exterior. 6 E02 xmun Nome do município C Obrig Informar EXTERIOR para operações com o exterior. 7 E02 CEP CEP N Opcional 8 Informar os zeros não significativos 8 E02 UF Sigla da UF C Obrig 2 Informar EX para operações com o exterior. 9 E02 cpais Código do país N Opcional Utilizar a tabela do BACEN 10 E02 xpais Nome do país C Opcional E02 Endereço de C Opcional Informações dos documentos transportados pelo CT-e. Opcional (0 -- 1) Informações das NF. Obrigatorio (1 -- n) 1 E04 nroma Número do Romaneio da NF C Opcional E04 nped Número do Pedido da NF C Opcional E04 serie Série C Obrig Grupo infnf

8 8 4 E04 ndoc Número C Obrig E04 demi Data de Emissão D Obrig 10 Formato AAAA-MM-DD 6 E04 vbc Valor da Base de Cálculo do ICMS N Obrig posições, sendo 13 inteiras e 2 decimais. 7 E04 vicms Valor Total do ICMS N Obrig posições, sendo 13 inteiras e 2 decimais. 8 E04 vbcst Valor da Base de Cálculo do ICMS ST N Obrig posições, sendo 13 inteiras e 2 decimais. 9 E04 vst Valor Total do ICMS ST N Obrig posições, sendo 13 inteiras e 2 decimais. 10 E04 vprod Valor Total dos Produtos N Obrig posições, sendo 13 inteiras e 2 decimais. 11 E04 vnf Valor Total da NF N Obrig posições, sendo 13 inteiras e 2 decimais. 12 E04 ncfop CFOP Predominante N Obrig 4 CFOP da NF ou, na existência de mais de um, predominância pelo critério de valor econômico. 13 E04 npeso Peso total em Kg N Opcional posições, sendo 12 inteiras e 3 decimais. 14 E04 PIN PIN SUFRAMA N Opcional PIN atribuído pela SUFRAMA para a operação. 15 E04 mod Modelo da Nota Fiscal N Obrig NF Modelo 01/1A e Avulsa; 04 - NF de Produtor 16 E04 dprev Data prevista de entrega D Opcional 10 Formato AAA-MM-DD Informações das NF-e. Obrigatorio (1 -- n) 1 E05 chave Chave de acesso da NF-e N Obrig 44 2 E05 PIN PIN SUFRAMA N Opcional PIN atribuído pela SUFRAMA para a operação. 3 E05 dprev Data prevista de entrega D Opcional 10 Formato AAA-MM-DD Grupo infnfe Informações dos demais documentos. Obrigatorio (1 -- n) 1 E06 tpdoc Tipo de documento originário N Obrig 2 2 E06 descoutros Descrição quando se tratar de 99-Outros C Opcional E06 ndoc Número C Opcional Declaração; 10 - Dutoviário; 99 - Outros 4 E06 demi Data de Emissão D Opcional 10 Formato AAAA-MM-DD 5 E06 vdocfisc Valor do documento N Opcional posições, sendo 13 inteiras e 2 decimais. 6 E06 dprev Data prevista de entrega D Opcional 10 Formato AAA-MM-DD Grupo infoutros Informações das Unidades de transporte. Opcional (0 -- n) Grupo infunidtransp

9 9 1 E07 tpunidtransp Tipo da Unidade de Transporte N Obrig 1 2 E07 idunidtransp Identificação da Unidade de Transporte C Obrig E07 qtdrat Quantidade rateada (Peso,Volume) N Opcional Rodoviário Tração 2 - Rodoviário Reboque 3 - Navio 4 - Balsa 5 - Aeronave 6 - Vagão 7 - Outros Informar a identificação conforme o tipo de unidade de transporte. Por exemplo: para rodoviário tração ou reboque deverá preencher com a placa do veículo. Lacres das Unidades de Transporte. Opcional (0 -- n) 1 E08 nlacre Número do lacre C Obrig Grupo lacunidcarga Informações das Unidades de Carga (Containeres/ULD/Outros). Opcional (0 -- n) 1 E09 tpunidcarga Tipo da Unidade de Carga N Obrig 1 2 E09 idunidcarga Identificação da Unidade de Carga C Obrig E09 qtdrat Quantidade rateada (Peso,Volume) N Opcional Container 2 - ULD 3 - Pallet 4 - Outros Informar a identificação da unidade de carga, por exemplo: número do container. Grupo infunidcarga Lacres das Unidades de Carga. Opcional (0 -- n) 1 E10 nlacre Número do lacre C Obrig Grupo lacunidcarga Informações das Unidades de Carga (Containeres/ULD/Outros. Opcional (0 -- n) Grupo infunidcarga

10 10 1 E11 tpunidcarga Tipo da Unidade de Carga N Obrig 1 2 E11 idunidcarga Identificação da Unidade de Carga C Obrig E11 qtdrat Quantidade rateada (Peso,Volume) N Opcional Container 2 - ULD 3 - Pallet 4 - Outros Informar a identificação da unidade de carga, por exemplo: número do container. Lacres das Unidades de Carga. Opcional (0 -- n) 1 E12 nlacre Número do lacre C Obrig Grupo lacunidcarga Informações do Expedidor da Carga. Opcional (0 -- 1) 1 F CNPJ Número do CNPJ N Obrig 14 CPF Número do CPF N Obrig 11 2 F IE Inscrição Estadual C Obrig F xnome Razão Social ou Nome C Obrig F fone Telefone N Opcional Neste campo deve ser passado o CNPJ caso seja pessoa jurídica ou CPF para pessoas física. Em caso de empresa não estabelecida no Brasil, será informado o CNPJ com zeros. Informar os zeros não significativos. Informar a IE do expedidor ou ISENTO se expedidor é contribuinte do ICMS isento de inscrição no cadastro de contribuintes do ICMS. Caso o expedidor não seja contribuinte do ICMS não informar o conteúdo. Grupo exped Dados do endereço do Expedidor. Caso o Grupo F seja informado o F02 é Obrigatória (1 -- 1) 1 F02 xlgr Logradouro C Obrig F02 nro Número C Obrig F02 xcpl Complemento C Opcional F02 xbairro Bairro C Obrig Grupo enderexped 5 F02 cmun Código do município (utilizar a tabela do IBGE) N Obrig 7 Informar para operações com o exterior.

11 11 6 F02 xmun Nome do município C Obrig Informar EXTERIOR para operações com o exterior. 7 F02 CEP CEP N Opcional 8 Informar os zeros não significativos 8 F02 UF Sigla da UF C Obrig 2 Informar EX para operações com o exterior. 9 F02 cpais Código do país N Opcional Utilizar a tabela do BACEN 10 F02 xpais Nome do país C Opcional F02 Endereço de C Opcional Informações do Recebedor da Carga. Opcional (0 -- 1) Grupo receb 1 G CNPJ Número do CNPJ N Obrig 14 CPF Número do CPF N Obrig 11 2 G IE Inscrição Estadual C Obrig G xnome Razão Social ou Nome C Obrig G fone Telefone N Opcional Neste campo deve ser passado o CNPJ caso seja pessoa jurídica ou CPF para pessoas física. Em caso de empresa não estabelecida no Brasil, será informado o CNPJ com zeros. Informar os zeros não significativos. Informar a IE do recebedor ou ISENTO se recebedor é contribuinte do ICMS isento de inscrição no cadastro de contribuintes do ICMS. Caso o recebedor não seja contribuinte do ICMS não informar o conteúdo. Dados do endereço do Recebedor. Caso o Grupo G seja informado o G02 é Obrigatória (1 -- 1) 1 G02 xlgr Logradouro C Obrig G02 nro Número C Obrig G02 xcpl Complemento C Opcional G02 xbairro Bairro C Obrig Grupo enderreceb 5 G02 cmun Código do município (utilizar a tabela do IBGE) N Obrig 7 Informar para operações com o exterior. 6 G02 xmun Nome do município C Obrig Informar EXTERIOR para operações com o exterior. 7 G02 CEP CEP N Opcional 8 Informar os zeros não significativos 8 G02 UF Sigla da UF C Obrig 2 Informar EX para operações com o exterior. 9 G02 cpais Código do país N Opcional Utilizar a tabela do BACEN 10 G02 xpais Nome do país C Opcional G02 Endereço de C Opcional

12 12 Informações do Destinatário do CT-e. Opcional (0 -- 1) Grupo dest 1 H CNPJ Número do CNPJ N Obrig 14 Neste campo deve ser passado o CNPJ caso seja pessoa jurídica ou CPF para pessoas física. Em caso de empresa não estabelecida no Brasil, será informado o CNPJ com zeros. CPF Número do CPF N Obrig 11 Informar os zeros não significativos. 2 H IE Inscrição Estadual C Opcional H xnome Razão Social ou Nome do destinatário C Obrig H fone Telefone N Opcional H ISUF Inscrição na SUFRAMA N Opcional Informar a IE do destinatário ou ISENTO se destinatário é contribuinte do ICMS isento de inscrição no cadastro de contribuintes do ICMS. Caso o destinatário não seja contribuinte do ICMS não informar o conteúdo. (Obrigatório nas operações com as áreas com benefícios de incentivos fiscais sob controle da SUFRAMA) Dados do endereço do Destinatário. Caso o Grupo H seja informado o H02 é Obrigatória (1 -- 1) 1 H02 xlgr Logradouro C Obrig H02 nro Número C Obrig H02 xcpl Complemento C Opcional H02 xbairro Bairro C Obrig Grupo enderdest 5 H02 cmun Código do município (utilizar a tabela do IBGE) N Obrig 7 Informar para operações com o exterior. 6 H02 xmun Nome do município C Obrig Informar EXTERIOR para operações com o exterior. 7 H02 CEP CEP N Opcional 8 Informar os zeros não significativos 8 H02 UF Sigla da UF C Obrig 2 Informar EX para operações com o exterior. 9 H02 cpais Código do país N Opcional Utilizar a tabela do BACEN 10 H02 xpais Nome do país C Opcional H02 Endereço de C Opcional Valores da Prestação de Serviço. Obrigatória (1 -- 1) Grupo vprest

13 13 1 I vtprest Valor Total da Prestação do Serviço N Obrig posições, sendo 13 inteiras e 2 decimais. Pode conter zeros quando o CT-e for de complemento de ICMS 2 I vrec Valor a Receber N Obrig posições, sendo 13 inteiras e 2 decimais. Componentes do Valor da Prestação. Opcional (0 -- n) 1 I02 xnome Nome do componente C Obrig Exxemplos: FRETE PESO, FRETE VALOR, SEC/CAT, ADEME, AGENDAMENTO, etc Grupo Comp 2 I02 vcomp Valor do componente N Obrig posições, sendo 13 inteiras e 2 decimais. Informações relativas aos Impostos. Um deles é Obrigatória (1 -- 1) ICMS00 Prestação sujeito à tributação normal do ICMS Obrig Grupo imp 1 J CST classificação Tributária do Serviço N Obrig tributação normal ICMS 2 J vbc Valor da BC do ICMS N Obrig posições, sendo 13 inteiras e 2 decimais. 3 J picms Alíquota do ICMS N Obrig posições, sendo 3 inteiras e 2 decimais. 4 J vicms Valor do ICMS N Obrig posições, sendo 13 inteiras e 2 decimais. 5 J infadfisco Informações adicionais de interesse do Fisco C Opcional Norma referenciada, informações complementares, etc ICMS20 Prestação sujeito à tributação com redução de BC do ICMS Obrig 1 J CST Classificação Tributária do serviço N Obrig tributação com BC reduzida do ICMS 2 J predbc Percentual de redução da BC N Obrig posições, sendo 3 inteiras e 2 decimais. 3 J vbc Valor da BC do ICMS N Obrig posições, sendo 13 inteiras e 2 decimais. 4 J picms Alíquota do ICMS N Obrig posições, sendo 3 inteiras e 2 decimais. 5 J vicms Valor do ICMS N Obrig posições, sendo 13 inteiras e 2 decimais. Informações adicionais de interesse do 6 J infadfisco Fisco C Opcional Norma referenciada, informações complementares, etc ICMS40, 41 e 51 ICMS Isento, não Tributado ou diferido Obrig ICMS45 ICMS00 ICMS20

14 14 1 J CST Classificação Tributária do Serviço N Obrig 2 2 J infadfisco Informações adicionais de interesse do Fisco C Opcional ICMS isenção; 41 - ICMS não tributada; 51 - ICMS diferido Norma referenciada, informações complementares, etc ICMS60 Tributação pelo ICMS60 - ICMS cobrado por substituição tributária.responsabilidade do recolhimento do ICMS atribuído ao tomador ou 3º por ST Obrig ICMS60 1 J CST Classificação Tributária do Serviço N Obrig ICMS cobrado anteriormente por substituição tributária 2 J vbcstret Valor da BC do ICMS ST retido N Obrig posições, sendo 13 inteiras e 2 decimais. 3 J vicmsstret Valor do ICMS ST retido N Obrig posições, sendo 13 inteiras e 2 decimais. 4 J picmsstret Alíquota do ICMS N Obrig posições, sendo 3 inteiras e 2 decimais. 5 J vcred Valor do Crédito outorgado/presumido N Opcional posições, sendo 13 inteiras e 2 decimais. Informações adicionais de interesse do 6 J infadfisco Fisco C Opcional Norma referenciada, informações complementares, etc ICMS90 ICMS Outros Obrig ICMS90 1 J CST Classificação Tributária do Serviço N Obrig ICMS outros 2 J predbc Percentual de redução da BC N Opcional posições, sendo 3 inteiras e 2 decimais. 3 J vbc Valor da BC do ICMS N Obrig posições, sendo 13 inteiras e 2 decimais. 4 J picms Alíquota do ICMS N Obrig posições, sendo 3 inteiras e 2 decimais. 5 J vicms Valor do ICMS N Obrig posições, sendo 13 inteiras e 2 decimais. 6 J vcred Valor do Crédito Outorgado/Presumido N Opcional posições, sendo 13 inteiras e 2 decimais. Informações adicionais de interesse do 7 J infadfisco Fisco C Opcional Norma referenciada, informações complementares, etc ICMSOutraUF ICMS devido à UF de origem da prestação, quando diferente da UF do emitente Obrig ICMSOutraUF 1 J01 CST Classificação Tributária do Serviço N Obrig ICMS outros 2 J01 predbcoutrauf Percentual de redução da BC N Opcional posições, sendo 3 inteiras e 2 decimais. 3 J01 vbcoutrauf Valor da BC do ICMS N Obrig posições, sendo 13 inteiras e 2 decimais. 4 J01 picmsoutrauf Alíquota do ICMS N Obrig posições, sendo 3 inteiras e 2 decimais. 5 J01 vicmsoutrauf Valor do ICMS devido outra UF N Obrig posições, sendo 13 inteiras e 2 decimais. Tributos Grupo ICMS

15 15 1 J02 vtottrib Valor Total dos Tributos N Opcional posições, sendo 13 inteiras e 2 decimais Grupo de informações nas prestações de serviço de transporte interestaduais para consumidor final, não contribuinte. Opcional (0 -- 1) Grupo ICMSUFFIM 1 J03 vbcffim 2 J03 pfcpuffim 3 J03 picmsuffim Valor BC do ICMS na UF de término da prestação de serviço de transporte Percentual de ICMS correspondente ao Fundo de Combate à pobreza na UF de término da prestação. Alíquota interna da UF de término da prestação do serviço de transporte N Obrig posições, sendo 13 inteiras e 2 decimais. N Obrig 13 2 Percentual de ICMS correspondente ao Fundo de Combate à pobreza na UF de término da prestação. N Obrig posições, sendo 3 inteiras e 2 decimais 4 J03 picmsinter Alíquota interestadual das UF envolvidas N Obrig posições, sendo 3 inteiras e 2 decimais 5 J03 picmsinterpart 6 J03 vicmsuffim Percentual de partilha para a UF de término da prestação do serviço de transporte Valor do ICMS de partilha para a UF de término da prestação do serviço de transporte N Obrig % em 2016; - 60% em 2017; - 80% em 2018; - 100% a partir de N Obrig posições, sendo 13 inteiras e 2 decimais. 7 J03 vfcpuffim Valor de ICMS correspondente ao Fundo de Combate à pobreza na UF de término da prestação. N Obrig 13 2 Valor de ICMS correspondente ao Fundo de Combate à pobreza na UF de término da prestação. 8 J03 vicmsufini Valor do ICMS de partilha para a UF de início da prestação do serviço de transporte N Obrig posições, sendo 13 inteiras e 2 decimais. Grupo de informações do CT-e Normal e Substituto. Informações da Carga do CT-e. Obrigatória (1 -- 1) 1 L vcarga Valor total da carga N Opcional posições, sendo 13 inteiras e 2 decimais. Dever ser informado para todos os modais, com exceção para o Dutoviário. Grupo infcarga 2 L propred Produto predominante C Obrig Informar a descrição do produto predominante

16 16 3 L xoutcat Outras características da carga C Opcional "FRIA", "GRANEL", "REFRIGERADA", "Medidas: 12X12X12" Informações de quantidades da carga do CT-e. Opcional (0 -- n) 1 L02 cunid Código da Unidade de Medida N Obrig 2 2 L02 tpmed Tipo da Medida C Obrig M3; 01-KG; 02-TON; 03-UNIDADE; 04-LITROS; 05-MMBTU Exemplos: PESO BRUTO, PESO DECLARADO, PESO CUBADO, PESO AFORADO, PESO AFERIDO, PESO BASE DE CÁLCULO, LITRAGEM, CAIXAS e etc 3 L02 qcarga Quantidade N Obrig posições, sendo 11 inteiras e 4 decimais. Grupo infq Documentos de Transporte Anterior. Emissor do documento anterior. Opcional (0 -- n) Grupo docant 1 M02 CNPJ Número do CNPJ N Obrig 14 Em caso de empresa não estabelecida no Brasil, será informado o CNPJ com zeros. Informar os zeros não significativos. CPF Número do CPF N Obrig 11 Informar os zeros não significativos. 2 M02 IE Inscrição Estadual N Obrig M02 UF Sigla da UF C Obrig 2 Informar EX para operações com o exterior. 4 M02 xnome Razão Social ou Nome do expedidor C Obrig Informações de identificação dos documentos de Transporte Anterior. Obrigatorio(1 -- 2) Grupo iddocantpap

17 17 1 M03 tpdoc Tipo do Documento de Transporte Anterior N Obrig 2 2 M03 serie Série do Documento Fiscal C Obrig M03 subser Série do Documento Fiscal C Opcional M03 ndoc Número do Documento Fiscal N Obrig M03 demi Data de emissão (AAAA-MM-DD) D Obrig CTRC; 01-CTAC; 02-ACT; 03-NF Modelo 7; 04-NF Modelo 27; 05-Conhecimento Aéreo Nacional; 06-CTMC; 07-ATRE; 08-DTA (Despacho de Transito Aduaneiro); 09-Conhecimento Aéreo Internacional; 10 Conhecimento - Carta de Porte Internacional; 11 Conhecimento Avulso; 12-TIF (Transporte Internacional Ferroviário); 99-outros Documentos de transporte anterior eletrônicos. Obrigatorio (1 -- n) 1 M04 chave Chave de acesso do CT-e N Obrig 44 Grupo iddocantele Informações de Seguro da Carga. Opcional (0 -- n) Grupo seg 1 N respseg Responsável pelo seguro N Obrig 1 2 N xseg Nome da Seguradora C Opcional Remetente; 1- Expedidor; 2- Recebedor; 3- Destinatário; 4- Emitente do CT-e; 5- Tomador de Serviço. Dados obrigatórios apenas no modal Rodoviário, depois da lei /07. Para os demais modais esta informação é opcional. 3 N napol Número da Apólice C Opcional Obrigatório pela lei /07 (RCTRC)

18 18 4 N naver Número da Averbação C Opcional 20 5 N vcarga Valor da Carga para efeito de averbação N Opcional 15 2 Não é obrigatório, pois muitas averbações ocorrem aapós a emissão do CT, mensalmente, por exemplo. 15 posições, sendo 13 inteiras e 2 decimais. Normalmente igual ao valor declarado da mercadoria, diferente por exemplo, quando a mercadoria transportada é isenta de tributos nacionais para exportação, onde é preciso averbar um valor maior, pois no caso de indenização, o valor a ser pago será maior Informações do modal. (Ocorrência 1-1) Corforme o modal (modalidade de transporte) usada no Grupo B 01-Rodoviário; 02-Aéreo; 03-Aquaviário; 04-Ferroviário; 05-Dutoviário; 06-Multimodal; Nesta possição do Arquivo deve ser usado o Leiaute do modal. Preenchido quando for transporte de produtos classificados pela ONU como perigosos. Opcional (0 -- n) ID Grupo Campo Descrição Tipo Ocorr. Tamanho Observações 1 S nonu Número ONU/UN C Obrig 4 2 S xnomeae Nome apropriado para embarque do produto C Opcional S xclarisco Classe ou subclasse/divisão, e risco subsidiário/risco secundário C Opcional Ver a legislação de transporte de produtos perigosos aplicadas ao modal Ver a legislação de transporte de produtos perigosos aplicada ao modo de transporte Ver a legislação de transporte de produtos perigosos aplicadas ao modal Grupo peri 4 S gremb Grupo de Embalagem C Opcional S qtotprod Quantidade total por produto C Obrig S qvoltipo Quantidade e Tipo de volumes C Opcional S pontofulgor Ponto de Fulgor C Opcional Ver a legislação de transporte de produtos perigosos aplicadas ao modal Preenchimento obrigatório para o modal aéreo. A legislação para o modal rodoviário e ferroviário não atribui grupo de embalagem para todos os produtos, portanto haverá casos de não preenchimento desse campo. Preencher conforme a legislação de transporte de produtos perigosos aplicada ao modal Preencher conforme a legislação de transporte de produtos perigosos aplicada ao modal Preencher conforme a legislação de transporte de produtos perigosos aplicada ao modal. No caso de transporte rodoviário e ferroviário, este campo não é exigido.

19 19 informações dos veículos transportados. Opcional (0 -- n) ID Grupo Campo Descrição Tipo Ocorr. Tamanho Observações 1 T chassi Chassi do veículo C Obrig 17 2 T ccor Cor do veículo C Obrig Código de cada montadora 3 T xcor Descrição da cor C Obrig T cmod Código Marca Modelo C Obrig Utilizar tabela RENAVAM 5 T vunit Valor Unitário do Veículo N Obrig posições, sendo 13 inteiras e 2 decimais. 6 T vfrete Frete Unitário N Obrig posições, sendo 13 inteiras e 2 decimais. Grupo veicnovos Informações do CT-e de substituição. Opcional (0 -- 1) ID Grupo Campo Descrição Tipo Ocorr. Tamanho Observações 1 U chcte Chave de acesso do CT-e a ser substituído (original) N Obrig 44 Grupo infctesub Tomador é contribuinte do ICMS. Obrigatorio (1 -- 1) ID Grupo Campo Descrição Tipo Ocorr. Tamanho Observações 1 U01 refnfe Chave de acesso da NF-e emitida pelo Tomador N Obrig 44 Grupo tomaicms Tomador não é contribuinte do ICMS. Obrigatorio (1 -- 1) ID Grupo Campo Descrição Tipo Ocorr. Tamanho Observações 1 U02 retcteanu Chave de acesso do CT-e de Anulação N Obrig 44 Grupo tomanaoicms Informação da NF ou CT emitido pelo Tomador. Obrigatorio (1 -- 1) ID Grupo Campo Descrição Tipo Ocorr. Tamanho Observações 1 U03 CNPJ CNPJ do Emitente N Obrig 14 Informar o CNPJ do emitente do Documento Fiscal CPF Numero do CPF N Obrig 11 Informar o CPF do emitente do Documento Fiscal 2 U03 mod Modelo do Documento Fiscal C Obrig 2 3 U03 serie Serie do documento fiscal N Obrig U03 subserie Subserie do documento fiscal N Opcional Grupo refnf

20 20 5 U03 nro Número do documento fiscal N Obrig U03 valor Valor do documento fiscal. N Obrig posições, sendo 13 inteiras e 2 decimais. 7 U03 demi Data de emissão do documento fiscal. D Obrig 10 ID Grupo Campo Descrição Tipo Ocorr. Tamanho Observações Grupo recte 1 U04 refcte Chave de acesso do CT-e emitido pelo Tomador N Obrig 44 Detalhamento do CT-e complementado. Chave de acesso do CT-e emitido pelo Tomador. Obrigatorio (1 -- 1) ID Grupo Campo Descrição Tipo Ocorr. Tamanho Observações 1 V chave Chave do CT-e complementado N Obrig 44 Grupo infctecomp Dados da cobrança do CT-e Opcional (0 -- 1) Dados da fatura. Opcional (0 -- 1) ID Grupo Campo Descrição Tipo Ocorr. Tamanho Observações 1 Y02 nfat Número da fatura C Opcional Y02 vorig Valor original da fatura N Opcional posições, sendo 13 inteiras e 2 decimais. 3 Y02 vdesc Valor do desconto da fatura N Opcional posições, sendo 13 inteiras e 2 decimais. 4 Y02 vliq Valor líquido da fatura N Opcional posições, sendo 13 inteiras e 2 decimais. Grupo cobr Dados das duplicatas. Opcional (0 -- n) ID Grupo Campo Descrição Tipo Ocorr. Tamanho Observações 1 Y07 ndup Número da duplicata C Opcional Y07 dvenc Data de vencimento da duplicata (AAAA- MM- DD) D Opcional 10 3 Y07 vdup Valor da duplicata N Opcional posições, sendo 13 inteiras e 2 decimais. Grupo dup Detalhamento do CT-e do tipo Anulação. Opcional (1 -- 1) ID Grupo Campo Descrição Tipo Ocorr. Tamanho Observações 1 W chcte 2 W demi Chave de acesso do CT-e original a ser anulado e substituido Data de emissão da declaração do tomador não contribuinte do ICMS N Obrig 44 D Obrig 10 Grupo infcteanu

21 Informações do modal Rodoviário. Obrigatorio (1 -- 1) 1 O RNTRC 2 O dprev Registro Nacional de Transportadores Rodoviários de Carga Data prevista para entrega da carga no Recebedor C Obrig 8 D Obrig 10 Formato AAAA-MM-DD Registro obrigatório do emitente do CT-e junto à ANTT para exercer a atividade de transportador rodoviário de cargas por conta de terceiros e mediante remuneração. Grupo rodo 3 O lota Indicador de Lotação N Obrig Não; 1 - Será lotação quando houver um único conhecimento de transporte por veículo, ou combinação veicular, e por viagem 4 O CIOT Código Identificador da Operação de Transporte N Opcional 12 Também Conhecido como conta frete Ordens de coleta associados. Opcional ( ) 1 O03 serie Série da OCC C Opcional O03 nocc Número da Ordem de coleta N Obrig O03 demi Data de emissão da ordem de coleta D Obrig 10 Formato AAAA-MM-DD Grupo occ Emissão da Ordem de coleta Obrigatorio (1 -- 1) 1 O04 CNPJ Número do CNPJ N Obrig 14 Informar os zeros não significativos. 2 O04 cint Código interno de uso da transportadora C Opcional Uso intermo das transportadoras. 3 O04 IE Inscrição Estadual N Obrig O04 UF Sigla da UF C Obrig 2 Informar EX para operações com o exterior. 5 O04 fone Telefone N Opcional Grupo emitocc Informações de vale pedágio. Opcional (0 -- n) Grupo valeped

22 22 1 O05 CNPJForn CNPJ da empresa fornecedora do Vale- Pedágio N Obrig 14 CNPJ da Empresa Fornecedora do Vale-Pedágio, ou seja, empresa que fornece ao Responsável pelo Pagamento do Vale- Pedágio os dispositivos do Vale- Pedágio. Informar os zeros não significativos. 2 O05 ncompra Número do comprovante de compra. C Obrig O05 CNPJPg CNPJ do responsável pelo pagamento do Vale- Pedágio N Opcional 14 4 O05 vtvaleped Valor total dos Vales pedágio. N Obrig 15 2 Número de ordem do comprovante de compra do Vale- Pedágio fornecido para cada veículo ou combinação veicular, por viagem. responsável pelo pagamento do Vale Pedágio. Informar somente quando o responsável não for o emitente do CT-e. Informar os zeros não significativos. 15 posições, sendo 13 inteiras e 2 decimais. Número de ordem do comprovante de compra do Vale- Pedágio fornecido para cada veículo ou combinação veicular, por viagem. Dados dos Veículos. Opcional (0 -- 4) 1 O07 cint Código interno do veículo C Opcional O07 RENAVAM RENAVAM do veículo C Obrig O07 placa Placa do veículo C Obrig 7 4 O07 tara Tara em KG N Obrig O07 capkg Capacidade em KG N Obrig O07 capm3 Capacidade em M3 N Obrig Grupo veic 7 O07 tpprop Tipo de Propriedade de veículo C Obrig 1 P- Próprio; T- terceiro. Será próprio quando o proprietário, co- proprietário ou arrendatário do veículo for o Emitente do CT-e, caso contrário será caracterizado como de propriedade de Terceiro 8 O07 tpveic Tipo de veículo N Obrig 1 0-Tração; 1-Reboque 9 O07 tprod Tipo de Rodado N Obrig não aplicável; 01 - Truck; 02 - Toco; 03 - Cavalo Mecânico; 04 - VAN; 05 - Utilitário; 06 - Outros.

23 23 10 O07 tpcar Tipo de Carroceria N Obrig não aplicável; 01 - Aberta; 02 - Fechada/Baú; 03 - Granelera; 04 - Porta Container; 05 - Sider 11 O07 UF UF em que veículo está licenciado C Obrig 2 Sigla da UF de licenciamento do veículo. Proprietários do Veículo. Só preenchido quando o veículo não pertencer à empresa emitente do CT-e. Opcional (0 -- 1) 1 O08 2 O08 RNTRC CPF Número do CPF N Obrig 11 Informar os zeros não significativos. CNPJ Número do CNPJ N Obrig 14 Informar os zeros não significativos. Registro Nacional dos Transportadores Rodoviários de Carga C Obrig 8 3 O08 xnome Razão Social ou Nome do proprietário C Obrig O08 IE Inscrição Estadual C Obrig O08 UF UF C Obrig 2 6 O08 tpprop Tipo Proprietário N Obrig 1 Registro obrigatório do proprietário, co- proprietário ou arrendatário do veículo junto à ANTT para exercer a atividade de transportador rodoviário de cargas por conta de terceiros e mediante remuneração. 0-TAC Agregado; 1-TAC Independente; ou 2 Outros. Grupo prop Lacres. Opcional (0 -- n) 1 O09 Lacre C Obrig Grupo lacrodo Informações do(s) Motorista(s). Opcional (0 -- n) 1 O10 xnome Nome do Motorista C Obrig O10 CPF CPF do Motorista N Obrig 11 Grupo moto 02 - Informações do modal Aéreo. Obrigatorio (1 -- 1) Grupo aereo

24 24 1 P nminu Número da Minuta N Opcional 9 2 P noca Número Operacional do Conhecimento Aéreo N Opcional 11 3 P dprevaereo Data prevista da entrega D Obrig 10 Formato AAAA-MM-DD Documento que precede o CT-e, assinado pelo expedidor, espécie de pedido de serviço Os três primeiros dígitos representam um código que os operadores de transporte aéreo associados à IATA possuem. Em seguida um número de série de sete dígitos determinados pelo operador de tansporte aéreo. Para finalizar, um dígito verificador 4 P xlagemi Identificação do Emissor C Opcional P IdT Identificação Interna do Tomador C Opcional Preencher com o nome da filial, da franquia ou da representante legal emissora do CT-e da empresa de transporte aéreo. Preencher com o codigo identificador entre o cliente tomador e a empresa aérea. Exemplo: CNPJ, conta corrente, etc. Informações de tarifa. Obrigatorio (1 -- 1) 1 P02 CL Classe C Obrig 1 2 P02 ctar Código da Tarifa C Opcional P02 vtar Valor da Tarifa N Obrig 15 2 M - Tarifa Mínima; G - Tarifa Geral; E - Tarifa Específica Deverão ser incluídos os códigos de três dígitos, correspondentes à tarifa. 15 posições, sendo 13 inteiras e 2 decimais. Valor da tarifa por kg quando for o caso. Grupo tarifa Natureza da carga. Obrigatorio (1 -- 1) 1 P03 xdime Dimensão C Opcional Formato:1234X1234X1234 (cm) Esse campo deve sempre que possível ser preenchido. Entretanto, quando for impossível o preenchimento das dimensões, fica obrigatório o preechimento da cubagem em metro cúbico do leiaute do CT-e da estrutura genérica (infq). Grupo natcarga

25 25 2 P03 clnfmanu Informações de manuseio N Opcional certificado do expedidor para embarque de animal vivo; 2 - artigo perigoso conforme Declaração do Expedidor anexa; 3 - somente em aeronave cargueira; 4 - artigo perigoso - declaração do expedidor não requerida; 5 - artigo perigoso em quantidade isenta; 6 - gelo seco para refrigeração (especificar no campo observações a quantidade) 7 - não restrito (especificar a Disposição Especial no campo observações) 8 - artigo perigoso em carga consolidada (especificar a quantidade no campo observações) 9 - autorização da autoridade governamental anexa (especificar no campo observações) 99 - outro (especificar no campo observações) 3 P03 cimp Carga especial C Obrig Informar o código Interline Message Procedure - IMP 03 - Informações do modal Aquaviário. Obrigatorio (1 -- 1) 1 Q vprest 2 Q vafrmm Valor da Prestação Base de Cálculo do AFRMM AFRMM (Adicional de Frete para Renovação da Marinha Mercante) 3 Q nbooking Número do Booking (reserva) C Opcional N Obrig posições, sendo 13 inteiras e 2 decimais. N Obrig posições, sendo 13 inteiras e 2 decimais. 4 Q nctrl Número de Controle C Opcional campo para uso das empresas transportadoras 5 Q xnavio Identificação do Navio C Obrig Q nviag Número da Viagem N Opcional Q direc Direção C Obrig 1 8 Q prtemb Porto de Embarque C Opcional Q prttrans Porto de Transbordo C Opcional Q prtdest Porto de Destino C Opcional Q tpnav Tipo de Navegação N Opcional 1 N-Norte, L-Leste, S-Sul, O-Oeste 0 - Interior; 1 - Cabotagem Grupo aquav

26 26 12 Q irin Irin do navio sempre deverá ser informado C Obrig Grupo de informações das balsas. Opcional (0 -- 3) 1 Q01 xbalsa Identificador da Balsa C Obrig Grupo balsa Informações do modal Ferroviário. Obrigatorio (1 -- 1) 1 R tptraf Tipo de Tráfego N Obrig 1 2 R fluxo Fluxo Ferroviário C Obrig R idtrem Identificação do trem. C Opcional Próprio; 1-Mútuo; 2-Rodoferroviário; 3-Rodoviário. Trata-se de um número identificador do contrato firmado com o cliente 4 R vfrete Valor do Frete N Obrig posições, sendo 13 inteiras e 2 decimais. Grupo ferrov Detalhamento de Informações para o tráfego mútuo. Opcional (0 -- 1) 1 R01 respfat Responsável pelo Faturamento N Obrig 1 2 R01 ferremi Ferrovia Emitente do Cte N Obrig 1 1-Ferrovia de origem; 2-Ferrovia de destino 1-Ferrovia de origem; 2-Ferrovia de destino Grupo trafmut 04 - Informações das Ferrovias Envolvidas. Opcional (0 -- n) 1 R02 CNPJ Número do CNPJ N Obrig 14 2 R02 cint Código interno da Ferrovia envolvida C Opcional Uso da transportadora Informar o CNPJ da Ferrovia Envolvida. Caso a Ferrovia envolvida não seja inscrita no CNPJ o campo deverá preenchido com zeros. Informar os zeros não significativos. Grupo ferroenv

27 27 3 R02 IE Inscrição Estadual N Opcional R02 xnome Razão Social ou Nome C Obrig Dados do endereço da ferrovia envolvida. Obrigatorio (1 -- 1) 1 R03 xlgr Logradouro C Obrig R03 nro Número C Opcional R03 xcpl Complemento C Opcional R03 xbairro Bairro C Opcional R03 cmun Código do município N Obrig 7 Utilizar a tabela do IBGE Informar para operações com o exterior. 6 R03 xmun Nome do município C Obrig Informar EXTERIOR para operações com o exterior. 7 R03 CEP CEP N Obrig 8 8 R03 UF Sigla da UF C Obrig 2 Informar EX para operações com o exterior. Grupo enderferro Informações de detalhes dos Vagões - Opcional 1 R08 nvag Número de Identificação do vagão N Obrig 8 2 R08 cap Capacidade em Toneladas N Opcional posições, sendo 3 inteiras e 2 decimais. 3 R08 tpvag Tipo de Vagão C Opcional 3 4 R08 pesor Peso Real em Toneladas N Obrig posições, sendo 3 inteiras e 2 decimais. Grupo detvag 5 R08 pesobc Peso Base do Cálculo de Frete em Toneladas N Obrig posições, sendo 3 inteiras e 2 decimais Informações do modal Dutoviário. Obrigatorio (1 -- 1) 1 RA vtar Valor da tarifa N Opcional posições, sendo 9 inteiras e 6 decimais. 2 RA dini Data de Início da prestação do serviço D Obrig 10 3 RA dfim Data de Fim da prestação do serviço D Obrig 10 Grupo duto 06 - Informações do Multimodal. Obrigatorio (1 -- 1) Grupo multimodal

28 28 1 RM COTM 2 RM indnegociavel Número do Certificado do Operador de Transporte Multimodal Indicador Negociável N Obrig 20 D Obrig Não Negociável; 1 - Negociável

Manual de Layout. Versão 1.1.0

Manual de Layout. Versão 1.1.0 Manual de Layout Versão 1.1.0 Conteúdo 1 Descrição e Responsabilidades deste Documento... 3 2 Layout... 4 2 1 Descrição e Responsabilidades deste Documento Este documento contém a tabela com a estrutura

Leia mais

Manual de Formação de Arquivos TXT CT-e 2.00

Manual de Formação de Arquivos TXT CT-e 2.00 Importante: Manual de Formação de Arquivos TXT CT-e 2.00 Para a validação dos arquivos TXT, são usadas as regras presentes no Schema XML disponibilizado pela SEFAZ e, por isso, as especificações contidas

Leia mais

Layout de Integração de Conhecimento de Transporte Eletrônico - TXT

Layout de Integração de Conhecimento de Transporte Eletrônico - TXT LTDA Layout de Integração de Conhecimento de Transporte Eletrônico - TXT 1. Informações Técnicas 1.1. Formato do Arquivo O arquivo deverá ter o formato texto (Text Encoding = UTF-8), podendo ser gerado

Leia mais

Anexo I Leiaute do CT-e

Anexo I Leiaute do CT-e Anexo I Leiaute do CT-e Pág. 88 / 133 Schema XML: CTe_v99.99.xsd - CTe TAG raiz do CT-e G - 1-1 A - Dados do Conhecimentos de Transporte Eletrônico 1 A01 infcte TAG de grupo de informações do CT-e G Raiz

Leia mais

Manual de Orientações do Contribuinte DACTE

Manual de Orientações do Contribuinte DACTE Projeto Conhecimento de Transporte Eletrônico de Orientações do Contribuinte DACTE Versão 1.0.0a Dezembro/2011 Pág. 1 / 28 Controle de Versões Versão Data 1.00 02/12/2011 - ENCAT 1.00a 13/12/2011 SP Pág.

Leia mais

Informações do MDF-e. (Ocorrência 1-1) ID Grupo Campo Descrição Tipo Ocorrência Tamanho Dec Observações

Informações do MDF-e. (Ocorrência 1-1) ID Grupo Campo Descrição Tipo Ocorrência Tamanho Dec Observações 1 Informações do MDF-e. (Ocorrência 1-1) 1 A versao Versão do leiaute N Obrigatório Ex: "1.00" 2 A Id Identificador da tag a ser assinada C Obrigatório 48 Identificação do MDF-e. (Ocorrência 1-1) Informar

Leia mais

Dicionário De Dados. Alt.

Dicionário De Dados. Alt. Dicionário De Dados 1.1. Campos dos Datasets Além de saber quais são os blocos possíveis dentro de um arquivo de um bloco Dataset, é importante salientarmos quais campos estão contidos dentro dos mesmos.

Leia mais

Manual de Orientações do Contribuinte

Manual de Orientações do Contribuinte Projeto Conhecimento de Transporte Eletrônico Manual de Orientações do Contribuinte DACTE Versão 1.0.1 Janeiro/2014 Página 1 de 29 Controle de Versões 1.00 02/12/2011 ENCAT 1.00a 13/12/2011 SP 1.00b 28/05/2012

Leia mais

Nota Técnica 2016/002

Nota Técnica 2016/002 Projeto Conhecimento de Transporte Eletrônico Nota Técnica 2016/002 Divulga o MOC DACTE da versão 3.00 Novembro/2016 Página 1 de 35 1. Resumo Esta Nota Técnica divulga o Manual de Orientação do Contribuinte

Leia mais

Layout do Arquivo de Emissão de CT-e Versão 2.00

Layout do Arquivo de Emissão de CT-e Versão 2.00 1 Fazer Alteração onde for Amarelo Incluir novo campo Excluir campo valor para altera valor para incluir Informações do CT-e. Obrigatório (1 -- 1) 1 A versao Versão do leiaute N Obrig Ex: "2.00" 1.04 2

Leia mais

Nota Técnica 2014/003. Divulga alterações no layout do MDFe, regras de validação e Layout do DAMDFe em contingência do modal rodoviário

Nota Técnica 2014/003. Divulga alterações no layout do MDFe, regras de validação e Layout do DAMDFe em contingência do modal rodoviário Projeto Manifesto Eletrônico de Documentos Fiscais Divulga alterações no layout do MDFe, regras de validação e Layout do DAMDFe em contingência do modal rodoviário Junho 2014 Pág. 1 / 11 1. Resumo Esta

Leia mais

Manual para formação de arquivos TXT de CT-e

Manual para formação de arquivos TXT de CT-e Manual para formação de arquivos TXT de CT-e Importante: Para a validação dos arquivos TXT, são usadas as regras presentes no chema XML disponibilizado pela EFAZ e, por isso, as especificações contidas

Leia mais

Nota Técnica 2013/002. Divulga alterações no schema XML e Orientações quanto ao preenchimento do DAMDFE

Nota Técnica 2013/002. Divulga alterações no schema XML e Orientações quanto ao preenchimento do DAMDFE Projeto Manifesto Eletrônico de Documentos Fiscais Divulga alterações no schema XML e Orientações quanto ao preenchimento do DAMDFE Maio 2013 Pág. 1 / 13 1. Resumo Esta Nota Técnica divulga alterações

Leia mais

Dicionário De Dados. Alt.

Dicionário De Dados. Alt. Dicionário De Dados 1.1. Campos dos Datasets Além de saber quais são os blocos possíveis dentro de um arquivo de um bloco Dataset, é importante salientarmos quais campos estão contidos dentro dos mesmos.

Leia mais

Descrição dos registros e campos do sistema SoftNews-CTE

Descrição dos registros e campos do sistema SoftNews-CTE Descrição dos registros e campos do sistema SoftNews-CTE 100 - Registro de consulta cadastro do Contribuinte 02 UF do contribuinte 03 CNPJ ou CPF do contribuinte Se for pessoa física, deverá conter apenas

Leia mais

EMISSÃO E GERENCIAMENTO DE CONHECIMENTO DE TRANSPORTE ELETRÔNICO

EMISSÃO E GERENCIAMENTO DE CONHECIMENTO DE TRANSPORTE ELETRÔNICO EMISSÃO E GERENCIAMENTO DE CONHECIMENTO DE TRANSPORTE ELETRÔNICO Sumario 1- O que é cte? 2- Acesso ao sistema. 3- Cadastros Certificado Pessoa Motorista Proprietario Veículo Tributação 4- Emissão do Cte.

Leia mais

Anexo Único. Leiaute do arquivo digital da Nota Fiscal, modelo 1 ou 1-A (a que se refere o artigo 2º, I, da Portaria CAT 102/2007)

Anexo Único. Leiaute do arquivo digital da Nota Fiscal, modelo 1 ou 1-A (a que se refere o artigo 2º, I, da Portaria CAT 102/2007) Anexo Único Leiaute do digital da Nota Fiscal, modelo 1 ou 1-A (a que se refere o artigo 2º, I, da Portaria CAT 102/2007) 1. Cada digital deverá conter informações relativas às Notas Fiscais, modelo 1

Leia mais

Nota Fiscal de Serviço Eletrônica NFS-e ANEXO I - MANUAL DE FORMATO XML DA NFS-e

Nota Fiscal de Serviço Eletrônica NFS-e ANEXO I - MANUAL DE FORMATO XML DA NFS-e Nota Fiscal de Serviço Eletrônica NFS-e ANEXO I - MANUAL DE FORMATO XML DA NFS-e Este manual destina-se a orientar o Prestador de Serviços na geração e uso dos arquivos XML da Nota Fiscal de Serviços eletrônica

Leia mais

MANUAL DE ADAPTAÇÕES PARA CONHECIMENTO DE TRANSPORTE ELETRÔNICO (CT-e)

MANUAL DE ADAPTAÇÕES PARA CONHECIMENTO DE TRANSPORTE ELETRÔNICO (CT-e) MANUAL DE ADAPTAÇÕES PARA CONHECIMENTO DE TRANSPORTE ELETRÔNICO (CT-e) 1. Configuração do Componente Criar a pasta..\bin\cte\schemas e descompactar o arquivo PL_CTe_103.zip com os schemas do CTe. Colocar

Leia mais

CONFIGURANDO E EMITINDO CT-e OS NO TRA-FRETAMENTO

CONFIGURANDO E EMITINDO CT-e OS NO TRA-FRETAMENTO CONFIGURANDO E EMITINDO CT-e OS NO TRA-FRETAMENTO Este manual possui um passo a passo discriminando os campos e configurações que precisa preencher no sistema para emissão de CT-e OS. Naturalmente, antes

Leia mais

Nota Técnica 2015/001. Divulga alterações nas regras de validação, schemas e DACTE

Nota Técnica 2015/001. Divulga alterações nas regras de validação, schemas e DACTE Projeto Conhecimento de Transporte Eletrônico Nota Técnica 2015/001 Divulga alterações nas regras de validação, schemas e DACTE Abril 2015 Pág. 1 / 6 1. Resumo Esta Nota Técnica divulga alteração nas regras

Leia mais

Subgrupo de Informações do Fisco Emissor

Subgrupo de Informações do Fisco Emissor Leiaute do Protocolo de Transmissão de Carga PTC (Artigo 816-H, 1º - RICMS/RO) Layout do arquivo XML Dados do Protocolo de Transferência de Carga A01 versao PTC Versão do leiaute 3 N S Atributo. Formato

Leia mais

MANUAL DE OPERAÇÃO MDF-e - CT-e /

MANUAL DE OPERAÇÃO MDF-e - CT-e / MANUAL DE OPERAÇÃO MDF-e - CT-e / NF-e 01 01 ABA - EMITENTE: ( * ) campo de preenchimento obrigatório. 02 02 ABA - DADOS: ( * ) campo de preenchimento obrigatório. 02a ABA - DADOS: 02a SUB-ABA / Tipo de

Leia mais

Software Emissor NF-e

Software Emissor NF-e Software Emissor NF-e Manual de Importação/Exportação TXT Notas Fiscais eletrônicas Versão 2.0.1 (15/05/2013) Índice 1. Introdução... 3 2. Informações sobre o arquivo... 3 2.1 Formato do Arquivo... 3 2.2

Leia mais

Descriçao do campo Obr. Tipo Tam Dec Observações

Descriçao do campo Obr. Tipo Tam Dec Observações Descrição dos registros para integração com o sistema SoftNews-MDFE Registros de envio: 000 - Registro HEADER 200 - Cadastro do emitente 300 - Envio de lote de MDF-e 400 - Solicitacao de cancelamento 600

Leia mais

Capa. Versão Fevereiro / Página 1

Capa. Versão Fevereiro / Página 1 Capa Versão 2.10 Fevereiro / 2015 Página 1 Capa Página 2 REGISTRO TIPO 10: Header do Arquivo 01 TIPO Tipo do Registro (10) S 001 A 02 DATA/HORA DE GERAÇÃO Data e Hora em que o arquivo foi gerado S 002

Leia mais

Dados da NF e. Data/Hora de Saída ou da Entrada M.I. REVESTIMENTOS LTDA. Nome / Razão Social ROSMARI APARECIDA FERRAZ. 1 Consumidor final

Dados da NF e. Data/Hora de Saída ou da Entrada M.I. REVESTIMENTOS LTDA. Nome / Razão Social ROSMARI APARECIDA FERRAZ. 1 Consumidor final Chave de Acesso 41 1509 10.490.181/0002 16 55 001 000.123.228 100.229.123 2 Número NF e 123228 Versão 3.10 Dados da NF e Modelo 55 Série 1 Número 123228 Data de Emissão 11/09/2015 13:04:00 02:00 Data/Hora

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária Segmentos IPI Devolução

Parecer Consultoria Tributária Segmentos IPI Devolução IPI Devolução Código Situação Tributária aplicado na NF-e 12/12/2013 Título do documento Sumário 1. Questão... 3 2. Normas apresentadas pelo cliente... 3 3. Análise da Consultoria... 3 3.1. Nota Técnica

Leia mais

Software Emissor NF-e

Software Emissor NF-e Software Emissor NF-e Manual de Importação/Exportação TXT Notas Fiscais eletrônicas Versão 1.1.1 (29/10/2008) Índice 1. Introdução...3 2. Informações sobre o arquivo...3 2.1 Formato do Arquivo...3 2.2

Leia mais

Consulta ao Cadastro de Contribuinte de ICMS

Consulta ao Cadastro de Contribuinte de ICMS DF-e Manager 2.5 Manual de Integração Consulta ao Cadastro de Contribuinte de ICMS Maio de 2015 Confidencial: Documento de uso restrito a clientes e parceiros Synchro Atualização: 29/05/2015 Índice 1.

Leia mais

Nota Técnica 2016/001

Nota Técnica 2016/001 Projeto Conhecimento de Transporte Eletrônico Nota Técnica 2016/001 Divulga alterações em regras de validação da versão 3.00 e aplicação algumas de regras de validação da versão 3.00 na autorização da

Leia mais

Número NF e. Dados da NF e FORD MOTOR COMPANY BRASIL LTDA. Nome / Razão Social MARCOS DA PAZ BRUMMER. 1 Consumidor final. Tipo de Emissão.

Número NF e. Dados da NF e FORD MOTOR COMPANY BRASIL LTDA. Nome / Razão Social MARCOS DA PAZ BRUMMER. 1 Consumidor final. Tipo de Emissão. Chave de Acesso 29 1608 03.470.727/0016 07 55 008 000.502.831 123.535.487 1 Número NF e 502831 Versão 3.10 Dados da NF e Modelo Série Número Data de Emissão Data Saída/Entrada Valor Total da Nota Fiscal

Leia mais

Layout Soma NF-e 2.4.5

Layout Soma NF-e 2.4.5 Layout Soma NF-e 2.4.5 Leiaute para ENTRADAS e SAÍDAS Delimitador ';' Formato Data: dd/mm/yyyy Separador decimal '.' Campos não obrigatórios null e delimitador null; Obrigatoriedade S=Sim N=Não OS= Opicional

Leia mais

Nota Técnica 2015/004. Divulga novas regras de validação e inclusão do fundo de combate à pobreza

Nota Técnica 2015/004. Divulga novas regras de validação e inclusão do fundo de combate à pobreza Projeto Conhecimento de Transporte Eletrônico Nota Técnica 2015/004 Divulga novas regras de validação e inclusão do fundo de combate à pobreza Novembro 2015 Pág. 1 / 6 1. Resumo Esta Nota Técnica divulga

Leia mais

Divulga PL_CTe_103 Pacote de Liberação versão 1.03, com mudanças no manual de integração e schemas

Divulga PL_CTe_103 Pacote de Liberação versão 1.03, com mudanças no manual de integração e schemas Projeto Conhecimento de Transporte Eletrônico Divulga Pacote de Liberação versão 1.03, com mudanças no manual de integração e schemas Julho 2009 Pág. 1 / 8 1. Resumo Divulga o Pacote de Liberação versão

Leia mais

Guia do Usuário PRONAVTECH GUIA DO USUÁRIO. CT-e

Guia do Usuário PRONAVTECH GUIA DO USUÁRIO. CT-e GUIA DO USUÁRIO CT-e 1 Índice Introdução... 3 GERENCIAR CT-e... 4 Incluir... 4 Aba Dados do CT-e... 4 Aba Remetente... 6 Aba Participantes... 7 Sub-aba Destinatário... 7 Sub-aba Tomador... 9 Sub-aba Expedidor...

Leia mais

Portal da Nota Fiscal Eletrônica

Portal da Nota Fiscal Eletrônica Página 1 de 6 Chave de Acesso 29-1609-03.470.727/0016-07-55-008-000.515.092-123.571.888-4 Número NF-e 515092 Versão 3.10 Dados da NF-e Modelo Série Número Data de Emissão Data Saída/Entrada Valor Total

Leia mais

Emissão e Gerenciamento de Conhecimento de Transporte Eletrônico (CT-e)

Emissão e Gerenciamento de Conhecimento de Transporte Eletrônico (CT-e) Emissão e Gerenciamento de Conhecimento de Transporte Eletrônico (CT-e) Sumário 1. O que é Conhecimento de Transporte Eletrônico (CT-e)? 2. Acesso ao sistema 3. Cadastros 3.1. Cadastro de Certificado Digital

Leia mais

5. Web Services Informações Adicionais

5. Web Services Informações Adicionais 5. Web Services Informações Adicionais 5.1 Regras de validação As regras de validação aplicadas nos Web Service estão agrupadas da seguinte forma: Grupo Aplicação A Validação do Certificado Digital utilizada

Leia mais

Informativo Nota Técnica e Sistema PW. NF-e

Informativo Nota Técnica e Sistema PW. NF-e Informativo Nota Técnica 2009.002 e 2009.003 Sistema PW. NF-e Índice Pré-requisitos... 3 2009.002... 4 Novos CFOPs... 4... 4 Atributo Id da tag infnfe... 5... 5 Inscrição SUFRAMA... 5... 5 Nova tabela

Leia mais

Projeto Nota Fiscal Eletrônica

Projeto Nota Fiscal Eletrônica Nota Fiscal Eletrônica Nota Técnica 2011/004 Projeto Nota Fiscal Eletrônica Nota Técnica 2011/004 Divulga atualização de Schema XML da NF-e e novas regras de validação para recepção de NF-e Julho-2011

Leia mais

CONVÊNIO ICMS 142/02

CONVÊNIO ICMS 142/02 CONVÊNIO ICMS 142/02 Altera o Convênio ICMS 57/95, de 28.06.95, que dispõe sobre a emissão de documentos fiscais e a escrituração de livros fiscais por contribuinte usuário de sistema eletrônico de processamento

Leia mais

SGT- Sistema Gerencial de Transporte Apresentação Resumida. Menus do Sistema

SGT- Sistema Gerencial de Transporte Apresentação Resumida. Menus do Sistema SGT- Sistema Gerencial de Transporte Apresentação Resumida. Menus do Sistema - Veículos/Transportador/Motoristas (Com opção de cadastrar Transportadores/Veículos/Motoristas agregados). (Todas as telas

Leia mais

Software Emissor NF-e

Software Emissor NF-e Software Emissor NF-e Manual de informações sobre o layout TXT e XML para as informações de Cadastros (Emitente, Cliente, Produto e Transportadora) Versão 1.0.3 (16/10/2008) Versão 1.0.3 - (16/10/2008)

Leia mais

DF-e Manager 2.6 Manual de integração manifestação do destinatário Fevereiro de 2016

DF-e Manager 2.6 Manual de integração manifestação do destinatário Fevereiro de 2016 DF-e Manager 2.6 Manual de integração manifestação do destinatário Fevereiro de 2016 Copyright 2015 Synchro Solução Fiscal Brasil Conteúdo 1. Introdução... 1 2. Conceitos da manifestação do destinatário...

Leia mais

Manual Emissão CT-e 3.00

Manual Emissão CT-e 3.00 Manual Emissão CT-e 3.00 Histórico de Revisão Data: 08/09/2017 Versão 0.0 Elaboração Bruna Moreno 13/11/2017 Versão 0.1 Alteração de alguns campos na aplicação Aprovado por Gerente de Operações Supervisor

Leia mais

Software Emissor NF-e

Software Emissor NF-e Software Emissor NF-e Manual de Importação/Exportação TXT Notas Fiscais eletrônicas Versão 3.1.0 (29/05/2015) Índice 1. Introdução... 3 2. Informações sobre o arquivo... 3 2.1 Formato do Arquivo... 3 2.2

Leia mais

Layout do Arquivo de Emissão de NF-e Versão 3.10

Layout do Arquivo de Emissão de NF-e Versão 3.10 1 Identificação do Tipo de Comando Tipo Comando Nome do tipo de comando C Obrig Informar constante "NOTAFISCAL" Quantidade de Notas qtd notas fiscais no arquivo N Obrig Grupo A - Dados da Nota Fiscal eletrônica

Leia mais

Nota Técnica 2015/004. Divulga novas regras de validação e inclusão do fundo de combate à pobreza

Nota Técnica 2015/004. Divulga novas regras de validação e inclusão do fundo de combate à pobreza Projeto Conhecimento de Transporte Eletrônico Nota Técnica 2015/004 Divulga novas regras de validação e inclusão do fundo de combate à pobreza Novembro 2015 Pág. 1 / 6 1. Resumo Esta Nota Técnica divulga

Leia mais

Layout Soma NF-e 2.4

Layout Soma NF-e 2.4 Layout Soma NF-e 2.4 Leiaute para ENTRADAS e SAÍDAS Delimitador ';' Formato Data: dd/mm/yyyy Separador decimal '.' Campos não obrigatórios null e delimitador null; Dados da Nota - 1:1 Reg Campo Pos Tipo/Tamanho

Leia mais

Leiaute de autorização de NF-e/NFC-e 3.10

Leiaute de autorização de NF-e/NFC-e 3.10 Anexo II Manual de Integração DFe Manager 2.6 NF-e/NFC-e Leiaute de autorização de NF-e/NFC-e 3.10 Novembro/2015 Índice 1. Nota Fiscal eletrônica (Schema XML: nfe_3.10.xsd)... 5 A. Dados da Nota Fiscal

Leia mais

Cadastro de Transportadora

Cadastro de Transportadora Cadastro de Transportadora Para realizar o cadastro de uma transportadora proceda da seguinte forma: Acesse o módulo Administrativo. Clique no menu Cadastro em seguida clique na opção Transportadora e

Leia mais

Projeto Conhecimento de Transporte Eletrônico

Projeto Conhecimento de Transporte Eletrônico C N Projeto Conhecimento de Transporte Eletrônico Pág. 1 / 6 !"#$%" & '" ()* +,)&" -."&)/ $# 0123 4567863 9:;

Leia mais

Manual CT-e OS. Sumário: Histórico de Revisão. Data: 08/09/2017 Versão xx Elaboração Bruna Moreno

Manual CT-e OS. Sumário: Histórico de Revisão. Data: 08/09/2017 Versão xx Elaboração Bruna Moreno Manual CT-e OS Histórico de Revisão Data: 08/09/2017 Versão xx Elaboração Bruna Moreno Data: 13/11/2017 Versão 01 Atualização de campos Bruna Moreno Sumário: 1. O que é o CT-e OS 2. Acesso ao sistema 3.

Leia mais

Unimake Software Sample Header Here Layouts arquivos texto. Alteração de configuração de empresas

Unimake Software Sample Header Here Layouts arquivos texto. Alteração de configuração de empresas Extensões permitidas Envios Retornos Descrição???-alt-con.xml ou???-altcon.txt???-ret-alt-con.xml ou???- ret-alt-con.txt Alteração de configuração de empresas???-cons-certificado.xml uninfe-ret-conscertificado.xml

Leia mais

DF-e Manager 2.6 Manual de integração CTe Outubro de 2015

DF-e Manager 2.6 Manual de integração CTe Outubro de 2015 DF-e Manager 2.6 Manual de integração CTe Outubro de 2015 Copyright 2015 Synchro Solução Fiscal Brasil Conteúdo 1. Introdução... 1 2. Considerações iniciais... 1 3. Arquitetura de comunicação... 1 4. Web

Leia mais

ISS Eletrônico. Formato de Arquivos para Transmissão de Documentos Declarados através do aplicativo OFFLINE. Extensão do Arquivo JUNHO2006.

ISS Eletrônico. Formato de Arquivos para Transmissão de Documentos Declarados através do aplicativo OFFLINE. Extensão do Arquivo JUNHO2006. ISS Eletrônico Formato de Arquivos para Transmissão de Documentos Declarados através do aplicativo OFFLINE Caro contribuinte. A transmissão de arquivos é uma facilidade fornecida pelo sistema de ISS Eletrônico

Leia mais

DF-e Manager 2.6. NF-e / NFC-e Manual de Integração. Versão 1.1 Dezembro de 2015

DF-e Manager 2.6. NF-e / NFC-e Manual de Integração. Versão 1.1 Dezembro de 2015 DF-e Manager 2.6 NF-e / NFC-e Manual de Integração Versão 1.1 Dezembro de 2015 Confidencial: Documento de uso restrito a clientes e parceiros Synchro Atualização: 17/12//2015 Índice 1. Introdução... 4

Leia mais

Lançamentos de NF e de Compras Caminho: Menu > Cadastros > Compras > NF e > Lançamentos

Lançamentos de NF e de Compras Caminho: Menu > Cadastros > Compras > NF e > Lançamentos 1 Lançamentos de NF e de Compras Caminho: Menu > Cadastros > Compras > NF e > Lançamentos Definição Na rotina Lançamentos de NF e Compras você poderá Lançar NF e de Compras. Nesta Funcionalidade você poderá

Leia mais

Guia do Usuário PRONAVTECH GUIA DO USUÁRIO EMISSOR DE CT-E

Guia do Usuário PRONAVTECH GUIA DO USUÁRIO EMISSOR DE CT-E GUIA DO USUÁRIO EMISSOR DE CT-E 1 Índice INTRODUÇÃO... 4 ACESSANDO O PRONAVTECH... 5 Primeiro Acesso... 6 Demais Acessos... 7 Esqueci Minha Senha... 8 Esqueci o usuário principal... 9 ÁREA DE TRABALHO

Leia mais

PADRÃO DE INTEGRAÇÃO XML - NF-e Versão 3.10

PADRÃO DE INTEGRAÇÃO XML - NF-e Versão 3.10 PADRÃO DE INTEGRAÇÃO XML - NF-e Versão 3.10 Versão 1.1 Dezembro/2015 Oobj Tecnologia da Informação Endereço: Rua 88, 559 Qd F35 Lt 57 Setor Sul, CEP: 74085-115 Fone: (62) 3086-5750 http://www.oobj.com.br

Leia mais

INSTRUÇÕES BÁSICAS PARA PREENCHIMENTO DE NOTAS FISCAIS

INSTRUÇÕES BÁSICAS PARA PREENCHIMENTO DE NOTAS FISCAIS INSTRUÇÕES BÁSICAS PARA PREENCHIMENTO DE NOTAS FISCAIS Versão 2.0 01/2006 ÍNDICE 1 OBJETIVO...3 2 INTRODUÇÃO...3 3 UTILIZAÇÃO DE SÉRIES DISTINTAS...3 4 PREENCHIMENTO DA NOTA FISCAL...3 4.1 Quadro EMITENTE...3

Leia mais

Contudo, o Manual de Integração versão 3.0, que define a versão 1.10 da NF-e, continuará em vigor até 31 de dezembro de 2010.

Contudo, o Manual de Integração versão 3.0, que define a versão 1.10 da NF-e, continuará em vigor até 31 de dezembro de 2010. Principais Mudanças da NF-e XML 2.0 Um dos temas em mais relevantes no cenário empresarial para 2010 é a chamada Segunda Geração da NF-e, cujas especificações técnicas tiveram inicio em 1º de abril, de

Leia mais

SETCERGS PORTO ALEGRE/RS. Daniel Carvalho Coordenador Nacional dos Projetos CT-e/MDF-e

SETCERGS PORTO ALEGRE/RS. Daniel Carvalho Coordenador Nacional dos Projetos CT-e/MDF-e IMPACTOS DA VERSÃO 3.00 DO CT-e E DO MDF-e NO COTIDIANO DAS EMPRESAS DE TRANSPORTE DE CARGAS E LOGÍSTICA. SETCERGS PORTO ALEGRE/RS Outubro/2017 Daniel Carvalho Coordenador Nacional dos Projetos CT-e/MDF-e

Leia mais

TÍTULO 04 NOTA FISCAL ELETRÔNICA PRÓPRIA E NOTA FISCAL DE TERCEIROS

TÍTULO 04 NOTA FISCAL ELETRÔNICA PRÓPRIA E NOTA FISCAL DE TERCEIROS 1) FINALIDADE: orientar os fornecedores de bens e serviços e os produtores rurais que transacionam com a Conab sobre os procedimentos que serão adotados na recepção de notas fiscais de bens e serviços

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DO CABO DE SANTO AGOSTINHO Secretaria Executiva de Finanças e Arrecadação

PREFEITURA MUNICIPAL DO CABO DE SANTO AGOSTINHO Secretaria Executiva de Finanças e Arrecadação PREFEITURA MUNICIPAL DO CABO DE SANTO AGOSTINHO Secretaria Executiva de Finanças e Arrecadação DEMS DECLARAÇÃO ELETRÔNICA MENSAL DE SERVIÇOS LAYOUT DO ARQUIVO DE REMESSA Data da atualização: 15/05/2008

Leia mais

PADRÃO DE INTEGRAÇÃO TXT

PADRÃO DE INTEGRAÇÃO TXT SOLUÇÃO OOBJ-NFE PADRÃO DE INTEGRAÇÃO TXT Versão 3 - Novembro/2009 E-Sales Soluções de integração Avenida França, 1162 Porto Alegre, RS Fone: (51) 3325-8100 (62) 3211-1279 http://www.esales.com.br SUMÁRIO

Leia mais

SPED Fiscal PREENCHIMENTO

SPED Fiscal PREENCHIMENTO SPED Fiscal PREENCHIMENTO Guia de Registros - Tipo 0 Registro 0000: Abertura do arquivo digital e identificação da entidade. Registro obrigatório e corresponde ao primeiro registro do arquivo. Registro

Leia mais

Regras de validação Manual de Integração 4.0.1:

Regras de validação Manual de Integração 4.0.1: Regras de validação Manual de Integração 4.0.1: # Campo Regra de Validação Msg Descrição Erro GA03 A03 Campo Id : Chave de Acesso do campo Id difere da concatenação dos campos correspondentes 502 Rejeição:

Leia mais

Instruções para o cadastramento da Operação de Transporte e geração do Código Identificador da Operação de Transporte CIOT.

Instruções para o cadastramento da Operação de Transporte e geração do Código Identificador da Operação de Transporte CIOT. Instruções para o cadastramento da Operação de Transporte e geração do Código Identificador da Operação de Transporte CIOT. Versão: 16/03/12 As instruções abaixo aplicam-se a todas as Operações de Transportes

Leia mais

Formato da Importação dos Livros Fiscais CVSoft - Versão (03/2016)

Formato da Importação dos Livros Fiscais CVSoft - Versão (03/2016) Formato da Importação dos Livros Fiscais CVSoft - Versão 3.7.4 (03/2016) 1 Cabeçalho do Arquivo 1 1 1 1 A Tipo de registro (deve ser "1") 2 2 7 6 A Constante CVSOFT 3 8 22 15 A Constante LIVROS FISCAIS

Leia mais

Manual de Geração do CT-e. Conhecimento de Transporte Eletrônico

Manual de Geração do CT-e. Conhecimento de Transporte Eletrônico Conhecimento de Transporte Eletrônico Copyright 2013. Todos os direitos reservados. Control Informática.. Índice Introdução.4 Manual de Geração do CT-e Cadastro de Cliente.4 Cadastro de Veículos.6 Cadastro

Leia mais

PORTARIA CAT N 078, DE 30 DE AGOSTO DE (DOE de )

PORTARIA CAT N 078, DE 30 DE AGOSTO DE (DOE de ) PORTARIA CAT N 078, DE 30 DE AGOSTO DE 2017 (DOE de 31.08.2017) Altera a Portaria CAT-55, de 19-03-2009, que dispõe sobre a emissão do Conhecimento de Transporte Eletrônico - CT-e e do Documento Auxiliar

Leia mais

Anexo I - Leiaute da NF-e

Anexo I - Leiaute da NF-e Anexo I - Leiaute da NF-e - NFe TAG raiz da NF-e G - 1-1 TAG raiz da NF-e A. Dados da Nota Fi scal eletrônica 1 A01 infnfe Informações da NF-e G Raiz - 1-1 - Grupo que contém as informações da NF-e 2 A02

Leia mais

Nota Técnica 2013/001. Divulga alterações em regras de validação e schema XML

Nota Técnica 2013/001. Divulga alterações em regras de validação e schema XML Projeto Conhecimento de Transporte Eletrônico Nota Técnica 2013/001 Divulga alterações em regras de validação e schema XML Março 2013 Pág. 1 / 6 1. Resumo Esta Nota Técnica divulga alterações nas regras

Leia mais

CT-e UNE Versão X.X.0.12

CT-e UNE Versão X.X.0.12 CT-e UNE Versão X.X.0.12 Manual de Instalação e Demonstração UNE Tecnologia Add-on responsável pela integração do SAP Business One com o portal nacional do Conhecimento de Transporte Eletrônico. Atenção,

Leia mais

DANFE Documento Auxiliar da Nota Fiscal Eletrônica

DANFE Documento Auxiliar da Nota Fiscal Eletrônica RECEBEMOS DE ABRIL COMUNICACOES SA - Sao Paulo OS PRODUTOS E/OU SERVIÇOS CONSTANTES DA NOTA ELETRÔNICA INDICADA AO LADO NOTA FISCAL IDENTIFICAÇÃO E ASSINATURA DO RECEBEDOR: CNPJ do EMITENTE Nº DATA DE

Leia mais

Layout Soma NF-e - 2.0

Layout Soma NF-e - 2.0 Layout oma F-e - 2.0 Leiaute para ETRADA e AÍDA Delimitador ';' Formato Data: dd/mm/yyyy eparador decimal '.' Campos não obrigatórios null e delimitador null; Reg Dados da ota - 1:1 Campo Pos Tipo/Tamanho

Leia mais

Projeto Nota Fiscal Eletrônica

Projeto Nota Fiscal Eletrônica Nota Fiscal Eletrônica NT 2010/010 Projeto Nota Fiscal Eletrônica Nota Técnica 2010/010 Divulga aperfeiçoamento das regras de validação dos campos da versão 2.00 da NF-e e orientação para informar operação

Leia mais

CONHECIMENTO DE TRANSPORTE ELETRÔNICO CT-e

CONHECIMENTO DE TRANSPORTE ELETRÔNICO CT-e CONHECIMENTO DE TRANSPORTE ELETRÔNICO CT-e CONCEITO Documento emitido e armazenado eletronicamente, com o intuito de documentar, para fins fiscais, uma prestação de serviços de transporte de cargas, ocorrida

Leia mais

CONHECIMENTO DE TRANSPORTE ELETRÔNICO (CTe)

CONHECIMENTO DE TRANSPORTE ELETRÔNICO (CTe) CONHECIMENTO DE TRANSPORTE ELETRÔNICO (CTe) Manual do usuário www.zettabrasil.com.br zetta@zettabrasil.com.br Av. Recife, 1888 B. Santo Antônio CEP 89870-000 Pinhalzinho-SC Fone (49)3366.1011 3366.2010

Leia mais

ERP-12498 Documento de Entrada Falha "Duplicate Key violates unique constraint" emitido pelo sistema na efetivação do Documento de Entrada.

ERP-12498 Documento de Entrada Falha Duplicate Key violates unique constraint emitido pelo sistema na efetivação do Documento de Entrada. Release 3.83.1 Resumo das alterações Gerais Estoque ERP-12498 Falha "Duplicate Key violates unique constraint" emitido pelo sistema na efetivação do Documento de Entrada. Em casos onde um realiza distribuição

Leia mais

Principais Alterações da NF-e na versão 2.00

Principais Alterações da NF-e na versão 2.00 Principais Alterações da NF-e na versão 2.00 A partir de 01/04/2011, a Nota Fiscal Eletrônica modelo 55 deve seguir obrigatoriamente as orientaçõs contidas no Manual de Integração da NF-e 4.01, que define

Leia mais

Marcelo Luiz Alves Fernandez Secretaria da Fazenda de São Paulo

Marcelo Luiz Alves Fernandez Secretaria da Fazenda de São Paulo Controle de fluxo de carga Manifesto de transporte, as perspectivas de implantação em nível nacional e o compartilhamento das informações com os demais sistemas do Governo Federal Marcelo Luiz Alves Fernandez

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária de Segmentos Desoneração ICMS Devolução - SP

Parecer Consultoria Tributária de Segmentos Desoneração ICMS Devolução - SP Desoneração ICMS Devolução - SP 07/05/2014 Sumário Título do documento 1. Questão... 3 2. Normas apresentadas pelo cliente... 3 3. Análise da Consultoria... 4 4. Conclusão... 6 5. Referências... 7 6. Histórico

Leia mais

ANEXO X DADOS A SEREM INFORMADOS NAS DECLARAÇÕES DE TRÂNSITO

ANEXO X DADOS A SEREM INFORMADOS NAS DECLARAÇÕES DE TRÂNSITO ANEXO X DADOS A SEREM INFORMADOS NAS DECLARAÇÕES DE TRÂNSITO A. São dados da DTA: I. Identificação do beneficiário de trânsito: número de inscrição no Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ) ou número

Leia mais

Informativo de Alteração Legal Ajuste SINIEF Ato Cotepe Nota Técnica

Informativo de Alteração Legal Ajuste SINIEF Ato Cotepe Nota Técnica Informativo de Alteração Legal Ajuste SINIEF 2009.12 Ato Cotepe 2009.49 Nota Técnica 2009.005 Índice Objetivo... 3 Ajuste SINIEF 2009.12... 4 01/01/2010... 4 Obrigatoriedade do NCM... 4 Protocolo de Autorização

Leia mais

Nota Técnica 2015/001

Nota Técnica 2015/001 Projeto Manifesto Eletrônico de Documentos Fiscais Divulga alterações no layout do MDFe, regras de validação, alterações nos DAMDFE e novo Web Service Consulta Não Encerrados Outubro 2014 Pág 1 / 16 1

Leia mais

Informativo de Versão 19.07

Informativo de Versão 19.07 Informativo de Versão 19.07 Índice Resulth Start... 2 Movimento PDV (Chamado 28079)... 2 ERP Receber... 3 Consultas de Vencimentos (Chamado 27491)... 3 Resulth Business... 5 Importação de XML de Conhecimento

Leia mais

Manual Integração WebService. versão 3.0.

Manual Integração WebService. versão 3.0. Manual Integração WebService versão 3.0 www.atmtec.com.br índice 1. Introdução 3 2. Apresentação 3 3. Conceituação de processos de negócios 4 4. Objetivo 5 5. Agentes básicos do processo 5 6. Requisitos

Leia mais

Protocolo de Arrecadação da GRU. Regras de Negócios para Preenchimento dos Campos da Mensagem TES0034 (Catálogo de Mensagens versão 3.

Protocolo de Arrecadação da GRU. Regras de Negócios para Preenchimento dos Campos da Mensagem TES0034 (Catálogo de Mensagens versão 3. Regras de Negócios para Preenchimento dos Campos da Mensagem TES0034 (Catálogo de Mensagens versão 3.00) ÍNDICE I) INTRODUÇÃO... PAG. 3 II) REGRAS DE NEGÓCIO PARA PREENCHIMENTO DA MENSAGEM... PAG. 4 III)

Leia mais

PADRÃO DE INTEGRAÇÃO XML

PADRÃO DE INTEGRAÇÃO XML SOLUÇÃO OOBJ-NFE PADRÃO DE INTEGRAÇÃO XML Versão 2 - Novembro/2008 E-Sales Soluções de integração Avenida França, 1162 Porto Alegre, RS Fone: (51) 3325-8100 http://www.esales.com.br SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO...2

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária Segmentos ICMS-SP obrigações acessórias GIA ficha apuração do ICMS- ST11

Parecer Consultoria Tributária Segmentos ICMS-SP obrigações acessórias GIA ficha apuração do ICMS- ST11 ICMS-SP obrigações acessórias GIA ficha apuração do ICMS- ST11 21/10/2013 Sumário Título do documento 1. Questão... 3 2. Análise da Consultoria... 3 2.1. ImpostoRetidoSt... 5 (Imposto Retido por ST)...

Leia mais

Contribuinte emitente de CT e no transporte interestadual de carga fracionada

Contribuinte emitente de CT e no transporte interestadual de carga fracionada MDF e Manifesto Eletrônico de Documentos Fiscais 1 Objetivo 2 Visão Geral 3 Cadastro da Série do MDF e (Pfat005) 4 Cadastro do Veículo (Pcfr001) 5 Emissão do MDF e (Pfat085) 6 Transmissão, Encerramento

Leia mais

Emenda Constitucional 87/2015 e NT LOGIX

Emenda Constitucional 87/2015 e NT LOGIX Emenda Constitucional 87/2015 e NT 2015-003 LOGIX 15/12/2015 Sumário Título do documento 1. Objetivo... 3 2. Pré-requisitos... 3 3. Conversores... 3 4. Atualização fiscal... 3 5. Parametrização e cadastros...

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Informações do ICMS retido de transporte na NF-e

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Informações do ICMS retido de transporte na NF-e Informações do ICMS retido de transporte na NF-e 15/10/2013 Título do documento Sumário Sumário... 2 1. Questão... 3 2. Normas apresentadas pelo cliente... 3 3. Análise da Legislação... 4 3.1 Regulamento

Leia mais

Nota Técnica 2017/002

Nota Técnica 2017/002 Projeto Conhecimento de Transporte Eletrônico Nota Técnica 2017/002 Alterações de Regras de Validação, Alterações de Schema (Aquaviário e CT-e OS) e instruções sobre o protocolo de comunicação TLS Agosto

Leia mais

Como Cadastrar Sys Fundo de Combate à Pobreza? FN13

Como Cadastrar Sys Fundo de Combate à Pobreza? FN13 Como Cadastrar Sys Fundo de Combate à Pobreza? FN13 Sistema: Futura NFE Caminho: Cadastro>Fiscal>Fundo de Combate a Pobreza Referência: FN13 Versão: 2017.01.16 Como funciona: A tela de Sys Fundo de Combate

Leia mais

LAYOUT DE IMPORTAÇÃO DE ARQUIVOS

LAYOUT DE IMPORTAÇÃO DE ARQUIVOS LAYOUT DE IMPORTAÇÃO DE ARQUIVOS O arquivo de importação deve ser feito no formato texto (.txt), com delimitadores de campo. O delimitador utilizado é o # (sustenido). A primeira coluna de cada deve identificar

Leia mais