Relatório e Contas Annual Report

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Relatório e Contas Annual Report"

Transcrição

1 2011 Relatório e Contas Annual Report 1

2

3 2011 Relatório e Contas Annual Report

4 Na natureza nada e por acaso. In nature nothing is by accident.

5 Índice Index Principais Indicadores 5 A. Síntese dos Indicadores Financeiros 7 B. Análise Gráfica dos Principais Indicadores 8 Mensagem Conjunta do Presidente do Conselho de Administração e do Presidente da Comissão Executiva 9 Principais Referências 13 A. Orgãos Sociais 15 B. Marcos de actividade 17 Estratégia e Modelo de Negócio 19 Enquadramento Macroeconómico e Financeiro 23 A. Contexto Internacional 25 B. Contexto Angolano 38 Principais Áreas de Negócio 57 A. Banca Corporativa e PMEs 59 B. Banca de Retalho: Particulares 62 C. Banca Privada 66 D. Banca de Investimentos 67 Banca Electrónica 69 Participações Financeiras Bancárias 75 Gestão de Risco 83 A. Risco de Crédito 85 B. Risco Operacional 88 C. Risco de Insolvência 89 D. Riscos de Mercado e de Liquidez 90 Recursos Humanos 93 Análise Financeira 99 A. Análise dos Elementos do Balanço 101 B. Elementos da Demonstração de Resultados 106 C. Rendibilidade 111 Proposta de Aplicação de Resultados 113 Aprovação do Conselho de Administração 117 Demonstrações Financeiras 121 A. Balanços 123 B. Demonstrações dos Resultados 124 C. Demonstrações de Mutações nos Fundos Próprios 125 D. Demonstrações dos Fluxos de Caixa 127 E. Anexo às Demonstrações Financeiras 128 Parecer do Auditor Externo 189 Relatório e Parecer do Conselho Fiscal 193 Relatório e Parecer do Conselho Fiscal 195 Presença Geográfica e Canais de Distribuição 197 Main Indicators 5 A. Summary of the Main Indicators 7 B. Graphical Analysis of Main Indicators 8 Joint Message from the Chairman of the Board of Directors and Chairman of the Executive 9 Highlights Governing Bodies 15 Milestones 13 Strategy and Business Model 19 Macroeconomic and Financial Background 23 A. The International Situation 25 B. The Angolan Situation 38 Main Business Areas 57 A. Corporate Banking and SMEs 59 B. Retail Banking: Personal Banking Customers 62 C. Private Banking 66 D. Investment Banking 67 E-Banking 69 Equity Holdings in the Banking Sector 75 Risk Management 83 A. Credit Risk 85 B. Operational Risk 88 C. Insolvency Risk 89 D. Market and Liquidity Risk 90 Human Resources 93 Financial Analysis 99 A. Analysis of Elements on the Balance Sheet 101 B. Items of the Income Statement 106 C. Profitability 111 Proposal for the Appropriation of Profits 113 Board of Directors Approval 117 Financial Statements 121 A. Balance Sheets 123 B. Income Statement 124 C. Statements of Core Equity Mutations 125 D. Cash Flow Statement 127 E. Notes to the Financial Statements 128 External Auditor s Report 189 Report and Opinion of the Audit Committee 193 Report and opinion of the Audit Committee 195 Geographical Presence and Distribution Channels 197

6 Este e o seu maior poder. 4 This is the greatest power.

7 01 Principais Indicadores Main Indicators 5

8 Café O cafeeiro é um arbusto da família rubiaceae, da qual se conhecem mais de 100 espécies. Do cafeeiro colhem-se os grãos para uma das bebidas mais apreciadas, difundidas e comercializadas em todo o mundo: o café. Uma das espécies de cultivo mais generalizado em Angola é a coffea canephora, mais conhecida como café robusta. A planta tem um sistema de raízes pouco profundo e cresce como uma árvore ou um arbusto que pode atingir cerca de 10 metros. Os seus bagos demoram 10 a 11 meses a amadurecer, transformando-se em grãos ovais, que depois são utilizados na produção de café. Coffee Coffea is a shrub from the rubiaceae family, of which more than 100 species are known. Coffea is the source of seeds used in preparing one of the most popular, widespread and commercialised drinks in the world: coffee. One of the most widely cultivated species in Angola is coffea canephora, better known as robusta coffee. The plant has a shallow root system, and grows as a tree or bush that can grow up to 10 metres in height. Its berries take 10 to 11 months to mature, changing into oval beans, which can then be used in coffee production.

9 Principais Indicadores Main Indicators 01 A. Síntese dos Indicadores Financeiros A. Summary of the Main Indicators Expresso em Milhões de USD l Amount in Million USD Dez. 09 Dec. 09 Dez. Dez Dec. Dec Dez. 11 Dec. 11 Variação Anual Annual Variation % Balanço Patrimonial Balance Sheet Activo Líquido Net Assets Créditos s/clientes (Líquidos) Loans and Advances to Customers (Net) Garantias e Avales Prestados Guarantees and Sureties Provided Créditos Documentários Abertos Open Documentary Credits Créditos Total Total Credit Recursos dos Clientes Customer Deposits Capitais Próprios Equity Actividade Activity Margem Financeira (MF) Net Interest Income (NII) Margem Complementar (MC) Non-interest Income Produto Bancário (MF + MC) Banking Revenue (NII + AM) Resultado de Intermediação Financeira Results from Financial Intermediation Custos de Estrutura Overheads Turnover Turnover Resultado Antes de Impostos (RAI) Pre-Tax Profits (PTP) Resultados Líquidos do Exercício Net Profits for the Period Acções Shares Nº de Acções No. of Shares Funcionamento Operational Número de Empregados Number of Employees Canais de Distribuição Distribution Channels Número de Clientes Number of Customers Cost to Income Ratio Cost to Income Ratio Produtividade Productivity Número de Clientes por Empregado Number of Customers per Employees Activo Líquido / Número de Empregados Net Assets / Number of Employees Custos de Estrutura / Activo Líquido Overheads / Net Assets Rentabilidade Profitability Lucro Líquido por Acção (EPS) em USD Earnings per Share (EPS) in USD Rácio de Transformação (Crédito sobre Clientes / Recursos de Clientes) Loan-to-Deposit Ratio (Loans and Advances to Customers / Customer Deposits) Rendibilidade dos Capitais Próprios Médios (ROAE) Return on Average Equity (ROAE) Rendibilidade do Activo Médio (ROAA) Return on Average Assets (ROAA) Qualidade dos Activos Asset Quality Rácio de Incumprimento (Crédito Vencido / Crédito Total) Default Ratio (Overdue Credit / Total Credit) Rácio de Cobertura (Provisões / Crédito) Coverage Ratio (Provisions / Loans) Adequação do Capital Capital Adequacy Imobilizações / Fundos Próprios Regulamentares Fixed Assets / Regulatory Equity* Rácio de Solvabilidade Regulamentar l Regulatory Solvency Ratio* Fundos Próprios Regulamentares Regulatory Equity* ,1% ,46% 11,88 46,22% 39,63% 2,29% 3,54% 3,87% 33,64% 12,86% ,8% ,08% 11,72 34,00% 31,69% 2,74% 10,75% 7,86% 33,18% 13,67% ,6% ,61% 10,90 28,72% 24,52% 1,97% 4,93% 7,20% 33,92% 13,09% (56) (75) 64 (12) (1) (30) (16) ,9% 47 1,9-0,5% -0,82-5,29% -7,17% -0,77% -5,82% -0,67% 0,75% -0,58% % 21% -26% 114% 21% 44% 17% -20% 38% -2% 0% 10% 2% -13% -7% 0 7% 25% 29% 12% 20,67% 32,60% -22,58% -7,0% -15,5% -22,6% -28,1% -54,1% -8,5% 2,2% -4,3% 16,3% 7

10 B. Análise Gráfica dos Principais Indicadores B. Graphical Analysis of Main Indicators 8 MILHÕES DE USD MILLION USD Dez. 09 Dec. 09 1% Activo Líquido Net Assets Dez. 10 Dec % Dez. 11 Dec. 11 MILHÕES DE USD MILLION USD Dez. 09 Dec. 09 Resultado Líquido Net Income -1% 228 Dez. 10 Dec. 10-7% 212 Dez. 11 Dec. 11 Recursos de Clientes Customers Deposits Carteira de Crédito Credit Portfolio MILHÕES DE USD MILLION USD Dez. 09 Dec. 09-0,4% Dez. 10 Dec % Dez. 11 Dec. 11 MILHÕES DE USD MILLION USD Dez. 09 Dec % 21% Dez. 10 Dec Dez. 11 Dec. 11

11 02 Mensagem Conjunta do Presidente do Conselho de Administração e do Presidente da Comissão Executiva Joint Message from the Chairman of the Board of Directors and Chairman of the Executive 9

12 Rosa de Porcelana A rosa de porcelana (etlingera elatior) é originária do Sudeste Asiático mas também se encontra no Continente Africano, nomeadamente em Angola. É uma flor muito vistosa e espectacular que floresce na planta no meio de nós parecidos com pinhas. As folhas crescem em filas de talos separados ao longo do rizoma. Os talos frondosos crescem entre 4,5 metros a 6 metros. Normalmente, quando as flores se começam a expandir, as folhas vão secando devido ao vento e às mudanças de temperatura. Torch Ginger Torch ginger (etlingera elatior) is originally from South-East Asia, but is also found in the African continent, specifically in Angola. It is an eye-catching and spectacular flower that blooms on the plant in the midst of clumps that look like cones. Its leaves grow in rows of individual stalks along the rhizome. The thick stalks grow up to between 4.5 metres and 6 metres. Normally, when the flowers are about to bloom, the leaves start to dry up due to wind and changes in temperature.

13 Mensagem Conjunta do Presidente do Conselho de Administração e do Presidente da Comissão Executiva Joint Message from the Chairman of the Board of Directors and Chairman of the Executive 02 Em 2011 o BAI manteve a posição de destaque no mercado Angolano, a tendência de crescimento sustentado, a expansão realista da sua rede de atendimento e melhorou a sua posição nos rankings internacionais. Pela primeira vez na história da banca comercial Angolana, foi alcançado o marco de USD 10 mil milhões em termos de activo líquido total, com o registo pelo BAI de activos líquidos superiores aos 11 mil milhões a 31 de Dezembro de O BAI também alterou a sua designação para Banco Angolano de Investimentos, SA, e efectuou a recepção provisória do edifício da Academia BAI no ano de Prosseguimos nesse período o forte compromisso com os nossos colaboradores e com a sociedade em geral, assegurando uma política de compensação equilibrada e atractiva e apoiando diversas actividades de responsabilidade social. In 2011, BAI maintained its leading position in the Angolan market, the trend of sustained growth and the realistic expansion of its service network and improved its position in international rankings. For the first time in the history of Angolan commercial banking, the milestone of USD 10 billion was reached in terms of total net assets, with registration by the BAI of net assets greater than USD 11 billion at 31 December The BAI also changed its name to Banco Angolano de Investimentos, SA, and provisionally accepted the Academia BAI building in During this period, BAI showed a strong commitment to our employees and society in general, ensuring a policy of balanced and attractive compensation and supporting various social responsibility initiatives. Num ano em que se assistiu à desaceleração da economia mundial, a demonstrar em toda a sua extensão a profundidade da crise iniciada em 2008, e em que se registou uma significativa redução das taxas de juros no mercado interno, o BAI manteve uma posição relevante no mercado Angolano, através do lançamento de produtos inovadores e do esforço de extensão da sua rede comercial a todo território nacional, que permitiram ao BAI a obtenção de uma quota de mercado, em termos de volume de negócios (Depósitos e Créditos), de 20% em Dezembro de 2011, mais 1 ponto percentual que em Na verdade, o activo líquido do Banco situou-se nos USD milhões em 2011, mais 42% que em 2010, enquanto os volumes de depósitos e créditos em 2011 se situaram nos milhões e USD milhões, respectivamente. Ainda em 2011, o número de clientes, o número de colaboradores e o número de pontos de atendimento, situaram-se nos , e 106 respectivamente, contra , e 85 no ano anterior. A revista The Banker classificou o BAI na 22ª posição (24ª posição em 2009) no ranking dos 25 maiores Bancos de África e na 686ª posição (711ª posição em 2009) no ranking dos maiores Bancos do mundo. Para que fosse possível alcançar tais resultados, foi necessário aprofundar e desenvolver os esforços conducentes à melhoria da qualidade dos serviços e do atendimento, aumentando o conhecimento da actividade e das necessidades dos nossos clientes. O BAI continuou atento às necessidades sociais e profissionais dos seus colaboradores que são a força motriz da instituição. Neste sentido, como resultado dos esforços de melhoria da qualidade de vida dos colaboradores, os custos com o pessoal cresceram 8% em relação ao ano de Por outro lado, e com o intuito de compreender e melhorar o grau de satisfação dos nossos colaboradores, foi realizado uma análise do clima organizacional, cujos resultados permitirão certamente abordar de forma mais consistente a implementação das políticas de recursos humanos. O BAI continua a garantir o acesso dos seus quadros a cuidados de saúde e está a desenvolver formas mais criativas de acesso dos mesmos à habitação própria. O BAI é e continua a ser uma instituição socialmente responsável, tendo dirigido em 2011 a sua atenção para os grupos mais desfavorecidos da sociedade Angolana e efectuado diversas doações e patrocinado várias actividades. Destacamos o financiamento do projecto TISA, que visou equipar com computadores salas de aulas da escola n.º 60 na cidade do Lubango e o financiamento do equipamento da sala pediátrica do Hospital Américo Boavida. O BAI Night, o BAI Arte, o BAI Basket e o BAI Solidariedade são já importantes marcas e marcos da actividade de ligação à comunidade e de responsabilidade social que caracteriza a Família BAI. In a year that saw the global economic slowdown, demonstrating the full depth of the crisis that began in 2008, and in which there was a significant reduction in interest rates in the domestic market, BAI maintained a prominent position in the Angolan market, launching innovative products and making efforts of extend its sales network throughout the country, which allowed BAI to obtain a market share in terms of turnover (Deposits and Loans to customers), of 20% in December 2011, 1 percentage point higher than in In fact, the Bank s net assets stood at USD 11,887 million in 2011, 42% more than in 2010, while volumes of deposits and loans to customers in 2011 stood at USD 10,455 million and USD 3,235 million, respectively. Also in 2011, the number of customers, the number of employees and the number of branch stood at 414,481, 1,524 and 106 respectively, against 321,211, 1,427 and 85 during the previous year. The Banker magazine ranked BAI in 22nd position (24th in 2009) in the ranking of the 25 largest banks in Africa, and in 686th position (711th position in 2009) in the ranking of the 1,000 largest banks in the world. In order to achieve such results, it was necessary to deepen and develop efforts leading to improving the quality of services and care, increasing knowledge of the business and the needs of our customers. BAI remained attentive to the social and professional needs of its employees, who are the driving force of the institution. In this sense, as a result of efforts to improve the quality of life of employees, personnel costs increased 8% in relation to Moreover, and in order to understand and improve the level of satisfaction of our employees, a survey of organisational climate was conducted, the results of which will certainly allow more consistent implementation of human resources policies. BAI continues to ensure staff access to health care and is developing more creative ways to afford similar access to housing. BAI is and continues to be a socially responsible institution, and in 2011 directed its attention to the most disadvantaged groups in Angolan society, making many donations and sponsoring various activities. The funding of the TISA project, which aimed to equip classrooms with computers in school no. 60 in the city of Lubango, and the financing of the equipping of the paediatric room of the Américo Boavida Hospital are of particular importance. BAI Night, BAI Arte, BAI Basket and BAI Solidariedade are already major brands and marks of the community-linked and social responsibility activities that characterise the BAI Family. 11

14 12 Para 2012 continuaremos os investimentos no novo edifício sede, com o objectivo de congregar as diversas unidades de estrutura num único espaço. O BAI pretende ainda dar continuidade à actividade de alargamento da sua rede de balcões de modo a estar cada vez mais próximo dos seus clientes. O BAI dará seguimento em 2012 aos esforços de inovação e reestruturação tecnológica, de modo a alargar a oferta de produtos aos seus clientes e a oferecer um serviço de melhor qualidade aos mesmos. Pretendemos ainda continuar a apoiar os programas e iniciativas económicas que promovam o progresso da economia e do empresariado nacional, bem como a sua diversificação. Ainda em 2012, pretendemos progredir um pouco mais no domínio da articulação entre o BAI e as entidades participadas, tais como o BAI Europa, BAI Cabo Verde, o BMF, a Nossa Seguros, a Griner, a Imogestin e a Novinvest, através da criação do grupo financeiro BAI. A expansão internacional deverá continuar de forma prudente, com base nos estudos que estamos a realizar. Aos nossos colaboradores, pelo empenho, dedicação e zelo, aos nossos clientes, pela preferência e confiança em nós depositada e aos nossos accionistas pela orientação que nos fornecem, expressamos em nome do Conselho de Administração e da Comissão Executiva, o nosso reconhecido agradecimento, reiterando que o vosso contributo tem sido fundamental para a obtenção dos resultados alcançados. For 2012, we shall continue our investment in the new headquarters building with the aim of bringing the various units of structure together within a single space. BAI also intends to continue operations to extend its branch network in order to get increasingly close to customers. In 2012, BAI will follow up efforts relating to technological innovation and restructuring in order to expand the range of products it offers to its customers and offer them a better service. We also intend to continue to support programmes and initiatives that promote economic progress in the economy and domestic businesses, as well as their diversification. Also in 2012, we intend to move forward a little more in the area of articulation between BAI and affiliated entities, such as BAI Europa, BAI Cabo Verde, BMF, Nossa Seguros, Griner, Imogestin and Novinvest, through the creation of the BAI financial group. International expansion will continue prudently, based on the studies we are carrying out. On behalf of the Board and Executive Committee, we express our sincere thanks to our employees, for their efforts, dedication and diligence, to our customers, for choosing us and placing their trust in us, and to our shareholders, for the guidance they provide, reiterating that your contribution has been fundamental to the results achieved. José Carlos de Castro Paiva Presidente do Conselho de Administração Chairman of the Board of Directors Mário Alberto Barber Presidente da Comissão Executiva Chairman of the Executive Board

15 03 Principais Referências Highlights 13

16 Mandioca A mandioca (espécie manihot esculenta) é uma raiz comestível, muito difundida um pouco por todo o mundo. Foi inicialmente cultivada e consumida por vários povos da América Latina, tendo sido disseminada para outros pontos do planeta, principalmente para África, onde constitui, em muitos casos, uma importante base da dieta alimentar das populações. Em alguns países de África, as folhas da mandioca são piladas juntamente com alho e a própria farinha seca da raiz, que depois é cozinhada. Este preparado é conhecido como kissaca. Cassava Cassava (the species manihot esculenta) is an edible root, very wide spread throughout the world. It was initially cultivated and consumed by several tribes in Latin America, and has spread to other parts of the world, mainly Africa, where in many cases it forms an important staple in the people s diet. In some countries of Africa, the leaves of the cassava are crushed together with garlic and dry rice flour, which is later cooked. This preparation is known as kissaca.

17 Principais Referências Highlights 03 A. Orgãos Sociais A. Governing Bodies Mesa de Assembleia Geral Annual General Meeting Pedro António Filipe Presidente Chairman Manuel Gonçalves Vice-Presidente Deputy Chairman Alice Trindade Escórcio Secretária Secretary Conselho de Administração Board of Directors José Carlos de Castro Paiva Presidente Chairman 15 Ana Paula Gray Vice-Presidente Deputy Chairman Manuel Domingos Vicente Vice-Presidente Deputy Chairman Mário Alberto Barber Administrador Executivo Executive Director

18 Comissão Executiva Executive Board Luís Filipe R. Lélis Administrador Executivo Executive Director Mário Alberto Barber Presidente Chairman Luís Filipe R. Lélis Administrador Executivo Executive Director Inokcelina B. C. Correia dos Santos Administrador Executivo Executive Director Inokcelina B. C. dos Santos Administrador Executivo Executive Director Ana Paula Gray Administrador Executivo Executive Director Helder Miguel P.J. de Aguiar Administrador Executivo Executive Director Helder Miguel P. J. de Aguiar Administrador Executivo Executive Director 16 Conselho Fiscal Audit Board Theodore Jameson Giletti Administrador Director Jaime de Carvalho Bastos Presidente Chairman Domingos Lima Viegas Vogal 1st Member Carlos Duarte Administrador Director Júlio Sampaio 2º Vogal 2nd Member Moises António Joaquim Vogal Suplente Alternate Member

19 Principais Referências Highlights 03 B. Marcos de Actividade B. Milestones Inauguração do BAI a 14 de Novembro Inauguration of BAI on 14 November Abertura da 1ª agência em Luanda - Agência Sede Opening of the 1st branch in Luanda - Head Office Branch Abertura do BAI Europa a 02 de Fevereiro Opening of BAI Europa on 02 February - Abertura da 1ª agência nas Províncias (Cabinda) a 16 de Junho Opening of 1st branch in the Provinces (Cabinda) on 16 June Sucursal BAI Europa altera o estatuto jurídico para filial BAI Europa legal status changed from branch to subsidiary Expande-se para o Brasil com entrada no capital do BPN Participações Brasil Expansion into Brazil with the acquisition of a stake in BPN Participações Brasil - Entrada no Capital Social do BISTP em São Tomé e Príncipe Acquisition of a stake in BISTP in São Tomé and Príncipe Criação do balcão virtual - BAI Directo - a 01 de Setembro Creation of the virtual branch - BAI Directo - on 01 September Activo Líquido ultrapassa o nível de USD 2 mil milhões Net Assets pass the USD 2 billion mark - Mudança de Conselho de Administração Change of Board of Directors - BAI faz a 1ª emissão de obrigação de caixa em Angola (USD 50 milhões) BAI issues the 1st cash bonds in Angola (USD 50 million) - Lançamento dos cartões VISA emitido pelo BAI Launch of VISA cards issued by BAI Inauguração do BAI Cabo Verde na Ilha da Praia Inauguration of BAI Cabo Verde in Ilha da Praia - Lançamento da nova imagem BAI Launch of BAI s new image - BAI Europa abre um escritório no Porto BAI Europa opens an office in Porto - Cobertura Nacional de Balcões a 20 de Novembro Nationwide branch coverage on 20 November - Abertura do escritório de representação na África do Sul Opening of a representative office in South Africa - O BAI foi nomeado como o melhor Banco Comercial e de Investimentos pela revista World Finance BAI named the best Commercial and Investment Bank by World Finance magazine - Criação da Direcção de Recuperação de Crédito Creation of the Credit Recovery Division - Criação do Comité de Activos e Passivos (ALCO) Creation of the Assets and Liabilities Committee (ALCO) - Lançamento do Produto Rendimento Crescente Launch of the Growing Income Product - Lançamento do serviço de transferências Western Union Launch of the Western Union transfer service - Alteração da denominação social para Banco Angolano de Investimentos, S.A. Corporate name changed to Banco Angolano de Investimentos, S.A. - Comemoração do 15º aniversário da instituição Commemoration of the institution s 15th anniversary - Recepção provisória do edifício da Academia BAI Provisional acceptance of the BAI Academy building - Lançamento do serviço Mobile Banking Launch of the Mobile Banking service - Lançamento do Cartão VISA BAI - KAMBA Launch of the VISA BAI - KAMBA card - Abertura do centésimo balcão de atendimento Opening of the one hundredth branch - O BAI ultrapassa os USD 10 mil milhões de Activos Líquidos BAI exceeds the USD 10 billion mark in Net Assets

20 18

21 04 Estratégia e Modelo de Negócio Strategy and Business Model 19

22 Milho O milho (zea mays) é um cereal cultivado em inúmeras regiões do mundo. Devido às suas qualidades nutricionais, é amplamente utilizado como um alimento essencial para muitas populações, sendo também usado em rações animais. Todas as evidências científicas levam a crer que o milho é uma planta de origem sul-americana, já que era cultivada desde as civilizações pré-colombianas. É um dos alimentos mais nutritivos que existem, contendo quase todos os aminoácidos conhecidos. Maize Maize (zea mays) is a cereal cultivated in many parts of the world. Due to its nutritional qualities, it is widely used as an essential food for many populations, and is also used as animal feed. All the scientific evidence leads us to believe that maize is South American in origin, as it was cultivated by pre-colombian civilisations. It is one of the most nutritious foods that exist, containing almost all the known amino acids.

23 Estratégia e Modelo de Negócio Strategy and Business Model 04 O BAI detém a visão de ser um grupo financeiro Angolano de referência, afirmando-se como um dos pilares do desenvolvimento da economia nacional, capaz de atrair, desenvolver e reter os melhores profissionais e proporcionar um retorno atractivo aos seus accionistas. O modelo de negócio do BAI assenta nos Clientes, Produtos, Canais e Plataformas. Com o foco de servir cada vez melhor os seus clientes, o BAI adoptou um modelo de atenção e distribuição que tem em conta as necessidades de grupos homogéneos, com canais específicos para a Banca de Retalho, Banca Privada, Banca Corporativa e Banca de Investimentos. O Banco trabalha para defender e melhorar a sua posição nos segmentos chave, aumentando o envolvimento com as empresas e com as famílias em Angola. O BAI tem liderado o mercado no lançamento de produtos inovadores, tendo sido pioneiro na entrada no mercado de diversos produtos. O desenvolvimento de produtos e serviços especializados por grupos homogéneos de clientes permite ao Banco partilhar soluções e criar sinergias no apoio à realização dos objectivos de negócios da base de clientes do Banco. O Banco tem ainda como prioridade a constante melhoria dos serviços e produtos já existentes, tendo em conta as necessidades dos nossos clientes e o desenvolvimento do mercado nacional, visando a fidelização dos clientes e o aumento da rentabilidade. O BAI segue uma política de crescimento orgânico sustentada, tendo como foco a disponibilização dos serviços aos segmentos alvo. O Banco faz-se presente nos segmentos em que actua através de Agências Universais, Centros de Atendimentos às Empresas, Agências de Private Banking e Postos de Atendimento. Através da sua filial BAI Micro Finanças, o Banco continua a apoiar as camadas da população de rendimentos mais baixos e o desenvolvimento de micro e pequenas empresas. BAI s vision is to be a point of reference as an Angolan financial group, asserting itself as one of the pillars of development of the domestic economy, able to attract, develop and retain the best people and provide an attractive return to shareholders. BAI s business model is based on Customers, Products, Channels and Platforms. Focusing on constantly serving customers better, BAI has adopted a care and distribution model that takes into account the needs of homogeneous groups, with specific channels for Retail Banking, Private Banking, Corporate Banking and Investment Banking. The Bank works to defend and improve its position in key segments, increasing engagement with businesses and families in Angola. BAI has led the market in launching innovative products, and has been the first bank to introduce some of this products in the market. The development of specialised products and services for homogeneous groups of customers enables the Bank to share solutions and create synergies to support the achievement of the business objectives of the Bank s customer base. The Bank has also set as a priority the constant improvement of existing products and services, taking into account the needs of our customers and the development of the domestic market, aiming at securing customer loyalty and increasing profitability. BAI pursues a policy of sustained organic growth, focusing on the provision of services to target segments. The Bank is present in the segments it serves through Universal Agencies, Business Service Centres, Private Banking Branches and Service Points. Through its subsidiary, BAI Micro Finanças, the Bank continues to support sections of the population on lower incomes and the development of micro and small enterprises. 21 A expansão internacional do BAI teve início em 1998 com a abertura do BAI Europa e tem sido um suporte à capacidade e esforço do BAI em ser cada vez mais um canal privilegiado para o comércio internacional e de investimentos de e para Angola. O BAI evolui para um grupo financeiro focalizado na actividade bancária, mas com presença em sectores financeiros criadores de sinergias, potenciando a oferta de serviços financeiros globais em que se inclui o aconselhamento e procura de soluções alternativas de investimento e protecção contra riscos. Para o efeito, o Banco aposta na sofisticação da sua plataforma tecnológica, no melhoramento dos processos de serviço, na gestão de riscos de crédito, de balanço e operacionais de forma cada vez mais eficaz e integrada, e na captação e desenvolvimento dos recursos humanos. A criação de uma equipa de profissionais competentes e dinâmicos, que seja possuidora de uma cultura de desempenho superior, que valorize a aprendizagem contínua e seja orientada para a satisfação das necessidades dos clientes é de elevada importância para o Banco, pelo que o BAI oferece uma gama de incentivos e subsídios, e no âmbito da formação profissional criou a Academia BAI. BAI s international expansion began in 1998 with the opening of BAI Europa, and has been a support for BAI s capacity and effort to increasingly be a channel for international trade and investment to and from Angola. BAI has evolved into a financial group focused on banking, but with a presence in synergy-creating financial sectors, enhancing the provision of global financial services, including offering advice and seeking alternative investment and risk protection solutions. To this end, the Bank is investing in the sophistication of its technology platform, improving service processes, implementing ever more effective and integrated credit, balance sheet and operating risk management and attracting and developing the best human resources. The creation of a team of competent and dynamic professionals possessed of a superior performance culture that values continuous learning and is geared to meeting the needs of customers is very important for the Bank, which is why BAI offers a range of incentives and subsidies, and created the Academia BAI for vocational training.

1. THE ANGOLAN ECONOMY

1. THE ANGOLAN ECONOMY BPC IN BRIEF ÍNDICE 1. THE ANGOLAN ECONOMY 2. EVOLUTION OF THE BANK SECTOR 3. SHAREHOLDERS 4. BPC MARKET RANKING 5. FINANCIAL INDICATORES 6. PROJECTS FINANCE 7. GERMAN CORRESPONDENTS 1. THE ANGOLAN ECONOMY

Leia mais

Fundo de Pensões BESA OPÇÕES REFORMA

Fundo de Pensões BESA OPÇÕES REFORMA Dezembro de 2013 Fundo de Pensões BESA OPÇÕES REFORMA Relatório Gestão Sumário Executivo 2 Síntese Financeira O Fundo de Pensões BESA OPÇÕES REFORMA apresenta em 31 de Dezembro de 2013, o valor de 402

Leia mais

WWW.ADINOEL.COM Adinoél Sebastião /// Inglês Tradução Livre 14/2014

WWW.ADINOEL.COM Adinoél Sebastião /// Inglês Tradução Livre 14/2014 TEXTO Brazil Leads Decline Among World's Biggest Companies THE losses OF São Paulo's stock market AND THE decline OF Brazil's real made Brazilian companies THE biggest losers among THE world's major companies,

Leia mais

COSEC. Valorização do Real e Mercado Futuro de Câmbio

COSEC. Valorização do Real e Mercado Futuro de Câmbio COSEC 8 de Agosto de 2011 Valorização do Real e Mercado Futuro de Câmbio Roberto Giannetti da Fonseca Diretor Titular Departamento de Relações Internacionais e Comércio Exterior Mitos e Mistérios do Mercado

Leia mais

Brazil and Latin America Economic Outlook

Brazil and Latin America Economic Outlook Brazil and Latin America Economic Outlook Minister Paulo Bernardo Washington, 13 de maio de 2009 Apresentação Impactos da Crise Econômica Situação Econômica Brasileira Ações Contra-Cíclicas Previsões para

Leia mais

PORTUGAL Economic Outlook. Carlos Almeida Andrade Chief Economist Julho 2008

PORTUGAL Economic Outlook. Carlos Almeida Andrade Chief Economist Julho 2008 PORTUGAL Economic Outlook Carlos Almeida Andrade Chief Economist Julho 2008 Portugal: Adaptação a um novo ambiente económico global A economia portuguesa enfrenta o impacto de um ambiente externo difícil,

Leia mais

01 _ Enquadramento macroeconómico

01 _ Enquadramento macroeconómico 01 _ Enquadramento macroeconómico 01 _ Enquadramento macroeconómico O agravamento da crise do crédito hipotecário subprime transformou-se numa crise generalizada de confiança com repercursões nos mercados

Leia mais

Choques Desequilibram a Economia Global

Choques Desequilibram a Economia Global Choques Desequilibram a Economia Global Uma série de choques reduziu o ritmo da recuperação econômica global em 2011. As economias emergentes como um todo se saíram bem melhor do que as economias avançadas,

Leia mais

International Trade and FDI between Portugal-China Comércio Internacional e IDE entre Portugal-China. dossiers. Economic Outlook Conjuntura Económica

International Trade and FDI between Portugal-China Comércio Internacional e IDE entre Portugal-China. dossiers. Economic Outlook Conjuntura Económica dossiers Economic Outlook Conjuntura Económica International Trade and FDI between Portugal-China Comércio Internacional e IDE entre Portugal-China Last Update Última Actualização: 10-02-2015 Prepared

Leia mais

Boletim Mensal de Economia Portuguesa. N.º 11 Novembro 2014. Gabinete de Estratégia e Estudos Ministério da Economia

Boletim Mensal de Economia Portuguesa. N.º 11 Novembro 2014. Gabinete de Estratégia e Estudos Ministério da Economia Boletim Mensal de Economia Portuguesa N.º 11 Novembro Gabinete de Estratégia e Estudos Ministério da Economia GPEARI Gabinete de Planeamento, Estratégia, Avaliação e Relações Internacionais Ministério

Leia mais

A AUSTERIDADE CURA? A AUSTERIDADE MATA?

A AUSTERIDADE CURA? A AUSTERIDADE MATA? A AUSTERIDADE CURA? A AUSTERIDADE MATA? 29.Nov.2013 Financiamento Sector público é a principal fonte de financiamento de cuidados de saúde. Apenas EUA e México apresentam menos de 50% de financiamento

Leia mais

Qualquer similaridade é mera coincidência? a. Venda doméstica de automóveis na Coréia (y-o-y, %)

Qualquer similaridade é mera coincidência? a. Venda doméstica de automóveis na Coréia (y-o-y, %) Brasil e Coréia: Qualquer similaridade é mera coincidência? a Faz algum tempo que argumentamos sobre as lições importantes que a Coréia oferece ao Brasil. O país possui grau de investimento há muitos anos,

Leia mais

Parte 1 Part 1. Mercado das Comunicações. na Economia Nacional (2006-2010)

Parte 1 Part 1. Mercado das Comunicações. na Economia Nacional (2006-2010) Parte 1 Part 1 Mercado das Comunicações na Economia Nacional (2006-2010) Communications Market in National Economy (2006/2010) Parte 1 Mercado das Comunicações na Economia Nacional (2006-2010) / Part 1

Leia mais

Um conceito exclusivo de Decoração de Interiores An exclusive concept of Interior Design

Um conceito exclusivo de Decoração de Interiores An exclusive concept of Interior Design Um conceito exclusivo de Decoração de Interiores An exclusive concept of Interior Design 01 - Lista de Casamentos - Desenhos: Concepts, boarders e 3D 02 Ideais Casa&Cpa TheVintageHouseCompany Enquadramento

Leia mais

Dignos Presidentes dos Conselhos de Administração e das Comissões Executivas dos bancos comerciais

Dignos Presidentes dos Conselhos de Administração e das Comissões Executivas dos bancos comerciais Exmo Senhor Presidente da Associação Angolana de Bancos Sr. Amílcar Silva Dignos Presidentes dos Conselhos de Administração e das Comissões Executivas dos bancos comerciais Estimados Bancários Minhas Senhoras

Leia mais

Fórum Permanente de Micro e Pequenas Empresas. Comitê de Comércio Exterior. Brasília Julho de 2011

Fórum Permanente de Micro e Pequenas Empresas. Comitê de Comércio Exterior. Brasília Julho de 2011 Fórum Permanente de Micro e Pequenas Empresas Comitê de Comércio Exterior Brasília Julho de 2011 BALANÇA BRASILEIRA DE COMÉRCIO EXTERIOR DE BENS E SERVIÇOS* US$ Bilhões BRAZILIAN FOREIGN TRADE IN GOODS

Leia mais

OFFICE. Office Background

OFFICE. Office Background OFFICE Office Background Since it was founded in 2001, steady growth has been registered by the office in the Brazilian market of corporate law, a field in which our services are exemplary. The consolidation

Leia mais

Relatório de Gestão & Contas - Ano 2012 RELATÓRIO DE GESTÃO. Resende e Fernandes, Construção Civil, Lda.

Relatório de Gestão & Contas - Ano 2012 RELATÓRIO DE GESTÃO. Resende e Fernandes, Construção Civil, Lda. RELATÓRIO DE GESTÃO Resende e Fernandes, Construção Civil, Lda. 2012 ÍNDICE DESTAQUES... 3 MENSAGEM DO GERENTE... 4 ENQUADRAMENTO MACROECONÓMICO... 5 Economia internacional... 5 Economia Nacional... 5

Leia mais

REAL ESTATE MARKET IN BRAZIL

REAL ESTATE MARKET IN BRAZIL REAL ESTATE MARKET IN BRAZIL JOÃO CRESTANA President of Secovi SP and CBIC National Commission of Construction Industry SIZE OF BRAZIL Population distribution by gender, according to age group BRAZIL 2010

Leia mais

A importância da IAA para o crescimento da economia Ambição 2020 na rota do crescimento

A importância da IAA para o crescimento da economia Ambição 2020 na rota do crescimento A importância da IAA para o crescimento da economia Ambição 2020 na rota do crescimento Nuno Netto nnetto@deloitte.pt 28 de Outubro 2014 Agenda 2014. Para informações, contacte Deloitte Consultores, S.A.

Leia mais

Tecnologia e inovação na UE Estrategias de internacionalização

Tecnologia e inovação na UE Estrategias de internacionalização Tecnologia e inovação na UE Estrategias de internacionalização Belém, 25 de Setembro 2014 Estrutura da apresentação 1. Porque a cooperação com a União Europeia em inovação é importante para o Brasil? 2.

Leia mais

106 BANCO DE PORTUGAL Boletim Estatístico

106 BANCO DE PORTUGAL Boletim Estatístico 106 BANCO DE PORTUGAL Boletim Estatístico B.7.1.1 Taxas de juro sobre novas operações de empréstimos (1) concedidos por instituições financeiras monetárias a residentes na área do euro (a) Interest rates

Leia mais

Xai-Xai, 28 de Agosto de 2009 Rogério P. Ossemane (IESE)

Xai-Xai, 28 de Agosto de 2009 Rogério P. Ossemane (IESE) Xai-Xai, 28 de Agosto de 2009 Rogério P. Ossemane (IESE) Países em recessão oficial (dois trimestres consecutivos) Países em recessão não-oficial (um trimestre) Países com desaceleração econômica de mais

Leia mais

O Futuro da Gestão no Brasil e no Exterior

O Futuro da Gestão no Brasil e no Exterior O Futuro da Gestão no Brasil e no Exterior 7º Congresso ANBIMA de Fundos de Investimento São Paulo, 14 de maio 2013 Daniel Celeghin, Sócio Resumo 1. Quem somos 2. Perspectiva ex-brasil : cinco fatores

Leia mais

October, 2013. Um Olhar Estratégico para o Setor de Seguros de Automóvel no Brasil

October, 2013. Um Olhar Estratégico para o Setor de Seguros de Automóvel no Brasil October, 2013 Um Olhar Estratégico para o Setor de Seguros de Automóvel no Brasil AGENDA Visão da Industria de Seguros (Brasil x Mundo) Drivers que movem a Indústria Análise da Penetração da Indústria

Leia mais

Apresentação da nova Equipa de Gestão. Lisboa, 4 Dezembro 2007

Apresentação da nova Equipa de Gestão. Lisboa, 4 Dezembro 2007 Apresentação da nova Equipa de Gestão Lisboa, 4 Dezembro 2007 Agenda 1. Enquadramento 2. Proposta de nova Equipa de Gestão 3. Outra informação relevante 4. Conclusão 2 Millennium bcp: 1985 2007 Da criação

Leia mais

Multicriteria Impact Assessment of the certified reference material for ethanol in water

Multicriteria Impact Assessment of the certified reference material for ethanol in water Multicriteria Impact Assessment of the certified reference material for ethanol in water André Rauen Leonardo Ribeiro Rodnei Fagundes Dias Taiana Fortunato Araujo Taynah Lopes de Souza Inmetro / Brasil

Leia mais

AS RELAÇÕES ECONÓMICAS PORTUGAL ANGOLA E A ESTRATÉGIA DO BANCO BIC PORTUGUÊS*

AS RELAÇÕES ECONÓMICAS PORTUGAL ANGOLA E A ESTRATÉGIA DO BANCO BIC PORTUGUÊS* ASRELAÇÕESECONÓMICASPORTUGAL ANGOLA I. ACRISEFINANCEIRAEAECONOMIAMUNDIAL EAESTRATÉGIADOBANCOBICPORTUGUÊS* Acrisecomeçounosistemafinanceiroejáatingiuaeconomiareal.O Creditcrunch estáaprovocara contracçãodoprodutonaseconomiasocidentais,reduzindoaprocuranosmercadoseaumentandoo

Leia mais

Active Ageing: Problems and Policies in Portugal. Francisco Madelino Berlin, 17 October 2006

Active Ageing: Problems and Policies in Portugal. Francisco Madelino Berlin, 17 October 2006 Active Ageing: Problems and Policies in Portugal Francisco Madelino Berlin, 17 October 2006 ACTIVE AGEING 1. Demographic Trends in Portugal 2. Financial Implications of the Active Ageing on Social Security

Leia mais

Teixeira Duarte Distribuição Teixeira Duarte Distribution. Marcas representadas Represented brands. Aposta na competência Focus on competence

Teixeira Duarte Distribuição Teixeira Duarte Distribution. Marcas representadas Represented brands. Aposta na competência Focus on competence Teixeira Duarte Distribuição Teixeira Duarte Distribution Marcas representadas Represented brands Aposta na competência Focus on competence Mercados de atuação Marketplaces Angola Angola Brasil Brazil

Leia mais

BANCO ESPIRITO SANTO RESULTADOS DO PRIMEIRO TRIMESTRE DE 2001

BANCO ESPIRITO SANTO RESULTADOS DO PRIMEIRO TRIMESTRE DE 2001 BANCO ESPIRITO SANTO RESULTADOS DO PRIMEIRO TRIMESTRE DE 2001 2 RESULTADOS DO PRIMEIRO TRIMESTRE DE 2001 ASPECTOS MAIS RELEVANTES: SIGNIFICATIVO CRESCIMENTO DA ACTIVIDADE DESIGNADAMENTE A CAPTAÇÃO DE RECURSOS

Leia mais

no Sistema Financeiro Carlos David Duarte de Almeida Vice-Presidente do Conselho de Administração

no Sistema Financeiro Carlos David Duarte de Almeida Vice-Presidente do Conselho de Administração As consequências do Orçamento Estado 2010 no Sistema Financeiro Carlos David Duarte de Almeida Vice-Presidente do Conselho de Administração As consequências do OE 2010 no Sistema Financeiro Indice 1. O

Leia mais

ENQUADRAMENTO MACROECONÓMICO

ENQUADRAMENTO MACROECONÓMICO 1 ENQUADRAMENTO MACROECONÓMICO 1 Abrandamento da atividade económica mundial ENQUADRAMENTO MACROECONÓMICO 1.1. Evolução da conjuntura internacional A atividade económica mundial manteve o abrandamento

Leia mais

ADJUSTMENTS IN BRAZIL S ECONOMIC POLICY IN 2015 WILL LIKELY PRODUCE MORE SUSTAINABLE GDP GROWTH RATES GOING FORWARD

ADJUSTMENTS IN BRAZIL S ECONOMIC POLICY IN 2015 WILL LIKELY PRODUCE MORE SUSTAINABLE GDP GROWTH RATES GOING FORWARD PRESENTATION APIMEC BRASÍLIA ADJUSTMENTS IN BRAZIL S ECONOMIC POLICY IN 2015 WILL LIKELY PRODUCE MORE SUSTAINABLE GDP GROWTH RATES GOING FORWARD 1 1 Brasília, February, 5th 2015 Ellen Regina Steter WORLD

Leia mais

PRESS RELEASE. Mecanismos fiscais aos Business Angels sucedem-se um pouco por todo o mundo

PRESS RELEASE. Mecanismos fiscais aos Business Angels sucedem-se um pouco por todo o mundo PRESS RELEASE 8 de Dezembro de 2009 Mecanismos fiscais aos Business Angels sucedem-se um pouco por todo o mundo FNABA representou Portugal, em Pequim (China), na First Global Conference da World Business

Leia mais

Cenário Econômico para 2014

Cenário Econômico para 2014 Cenário Econômico para 2014 Silvia Matos 18 de Novembro de 2013 Novembro de 2013 Cenário Externo As incertezas com relação ao cenário externo em 2014 são muito elevadas Do ponto de vista de crescimento,

Leia mais

SAP anuncia resultados do Segundo Trimestre de 2009

SAP anuncia resultados do Segundo Trimestre de 2009 SAP anuncia resultados do Segundo Trimestre de 2009 A SAP continua a demonstrar um forte crescimento das suas margens, aumentando a previsão, para o ano de 2009, referente à sua margem operacional Non-GAAP

Leia mais

Espírito Santo Investment Bank Overview FIT FOR A NEW ERA

Espírito Santo Investment Bank Overview FIT FOR A NEW ERA Espírito Santo Investment Bank Overview FIT FOR A NEW ERA December 2011 Espírito Santo Investment Bank Somos: A unidade de Banca de Investimento do Grupo Banco Espírito Santo O Banco de Investimento de

Leia mais

ELEnA European Local ENergy Assistance

ELEnA European Local ENergy Assistance ECO.AP Programa de Eficiência Energética na Administração Pública ELEnA European Local ENergy Assistance Lisboa, 6/03/2015 Desafios 1 Conhecimento: a) Edifícios/equipamentos; b) Capacidade técnica; c)

Leia mais

SINAIS POSITIVOS TOP 20 (atualizado a 10JUL2014)

SINAIS POSITIVOS TOP 20 (atualizado a 10JUL2014) SINAIS POSITIVOS TOP 20 (atualizado a 10JUL2014) 1. Taxa de Desemprego O desemprego desceu para 14,3% em maio, o que representa um recuo de 2,6% em relação a maio de 2013. Esta é a segunda maior variação

Leia mais

UBIQUITOUS COLLABORATION. http://www.trprocess.com

UBIQUITOUS COLLABORATION. http://www.trprocess.com UBIQUITOUS COLLABORATION http://www.trprocess.com Our Company TR PROCESS SMART PROCESS EXPERTS A expressão Smart Process Application, como utilizamos hoje, foi definida e utilizada em seus relatórios pelos

Leia mais

O SEU NEGÓCIO ESTÁ NA MODA Your Business is in fashion

O SEU NEGÓCIO ESTÁ NA MODA Your Business is in fashion O SEU NEGÓCIO ESTÁ NA MODA Your Business is in fashion Fazemos parte do processo de retalho de moda com o objetivo de aumentar as suas vendas Desde a fundação em 1980 que somos um operador ativo e inovador,

Leia mais

Perspectivas da Economia Brasileira

Perspectivas da Economia Brasileira Perspectivas da Economia Brasileira Márcio Holland Secretário de Política Econômica Ministério da Fazenda Caxias do Sul, RG 03 de dezembro de 2012 1 O Cenário Internacional Economias avançadas: baixo crescimento

Leia mais

Capital Humano e Capital Social: Construir Capacidades para o Desenvolvimento dos Territórios

Capital Humano e Capital Social: Construir Capacidades para o Desenvolvimento dos Territórios UNIVERSIDADE DE LISBOA FACULDADE DE LETRAS DEPARTAMENTO DE GEOGRAFIA Capital Humano e Capital Social: Construir Capacidades para o Desenvolvimento dos Territórios Sandra Sofia Brito da Silva Dissertação

Leia mais

Contexto económico internacional

Contexto económico internacional 1 ENQUADRAMento MACroeConóMICO 1 ENQUADRAMento MACroeConóMICO Contexto económico internacional O ano de 21 ficou marcado pela crise do risco soberano na Zona Euro e pela necessidade de ajuda externa à

Leia mais

ICC 111 8. 15 agosto 2013 Original: francês. Conselho Internacional do Café 111. a sessão 9 12 setembro 2013 Belo Horizonte, Brasil.

ICC 111 8. 15 agosto 2013 Original: francês. Conselho Internacional do Café 111. a sessão 9 12 setembro 2013 Belo Horizonte, Brasil. ICC 111 8 15 agosto 2013 Original: francês P Conselho Internacional do Café 111. a sessão 9 12 setembro 2013 Belo Horizonte, Brasil O café na China Antecedentes Consoante os objetivos do Acordo Internacional

Leia mais

UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA. A Reputação e a Responsabilidade Social na BP Portugal: A importância da Comunicação. Por. Ana Margarida Nisa Vintém

UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA. A Reputação e a Responsabilidade Social na BP Portugal: A importância da Comunicação. Por. Ana Margarida Nisa Vintém UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA A Reputação e a Responsabilidade Social na BP Portugal: A importância da Comunicação Relatório de estágio apresentado à Universidade Católica Portuguesa para obtenção do

Leia mais

VII Encontro Empresarial Ibero-Americano

VII Encontro Empresarial Ibero-Americano VII Encontro Empresarial Ibero-Americano A gestão dos riscos: Os preços das matérias primas, a inflação e os movimentos de capital FIT FOR A NEW ERA 27 de Outubro de 2011 Estrutura da apresentação 1 Uma

Leia mais

27 maio 2016. Informação financeira não auditada

27 maio 2016. Informação financeira não auditada Apresentação de Resultados 1T2016 27 maio 2016 Informação financeira não auditada Agenda 1. Destaques 2. Funding e Liquidez 3. Qualidade dos Ativos 4. Capital 5. Resultados 6. Side Bank 7. Sumário Apêndice:

Leia mais

ESTRUTURA DE CAPITAL: UMA ANÁLISE EM EMPRESAS SEGURADORAS

ESTRUTURA DE CAPITAL: UMA ANÁLISE EM EMPRESAS SEGURADORAS ESTRUTURA DE CAPITAL: UMA ANÁLISE EM EMPRESAS SEGURADORAS THE CAPITAL STRUCTURE: AN ANALYSE ON INSURANCE COMPANIES FREDERIKE MONIKA BUDINER METTE MARCO ANTÔNIO DOS SANTOS MARTINS PAULA FERNANDA BUTZEN

Leia mais

Raul Marques. Poupança: Onde colocar o meu dinheiro

Raul Marques. Poupança: Onde colocar o meu dinheiro Raul Marques 27 de Novembro de 2010 Sociedade de consumo Evolução do consumo privado (%PIB) Portugal vs Alemanha Fonte: Banco de Portugal, Eurostat 27 de Novembro de 2010 2. Aumento do endividamento das

Leia mais

Distintos Membros dos Órgãos Sociais da Banca Comercial; Chegamos ao final de mais um ano e, por isso, é oportuno, fazer-se um

Distintos Membros dos Órgãos Sociais da Banca Comercial; Chegamos ao final de mais um ano e, por isso, é oportuno, fazer-se um Sr. Vice-Governador do BNA; Srs. Membros do Conselho de Administração do BNA; Distintos Membros dos Órgãos Sociais da Banca Comercial; Sr Representante das Casas de Câmbios Srs. Directores e responsáveis

Leia mais

FUNCIONAMENTO DA GESTÃO DA RESERVA FINANCEIRA DA REGIÃO ADMINISTRATIVA ESPECIAL DE MACAU E RESPECTIVOS DADOS

FUNCIONAMENTO DA GESTÃO DA RESERVA FINANCEIRA DA REGIÃO ADMINISTRATIVA ESPECIAL DE MACAU E RESPECTIVOS DADOS FUNCIONAMENTO DA GESTÃO DA RESERVA FINANCEIRA DA REGIÃO ADMINISTRATIVA ESPECIAL DE MACAU E RESPECTIVOS DADOS 1. REGIME DA RESERVA FINANCEIRA A Lei n. o 8/2011 estabelece o regime jurídico da reserva financeira

Leia mais

Comunicado à imprensa. Os investimentos e a gestão da Reserva Financeira em 2014

Comunicado à imprensa. Os investimentos e a gestão da Reserva Financeira em 2014 Comunicado à imprensa Os investimentos e a gestão da Reserva Financeira em A Autoridade Monetária de Macau (AMCM) torna público os valores totais dos activos da Reserva Financeira da Região Administrativa

Leia mais

BUSINESS TO WORLD COMPANHIA GLOBAL DO VAREJO

BUSINESS TO WORLD COMPANHIA GLOBAL DO VAREJO BUSINESS TO WORLD COMPANHIA GLOBAL DO VAREJO 4Q08 Results Conference Call Friday: March 13, 2008 Time: 12:00 p.m (Brazil) 11:00 a.m (US EDT) Phone: +1 (888) 700.0802 (USA) +1 (786) 924.6977 (other countries)

Leia mais

GERDAU. 1 o Trim. 2001

GERDAU. 1 o Trim. 2001 GERDAU Informações Relevantes 2 o Trimestre de Senhores Acionistas: O ano de iniciou-se movido pelo bom desempenho econômico brasileiro do ano anterior: forte crescimento industrial, inflação sob controle,

Leia mais

Comportamento do Shopper no Varejo

Comportamento do Shopper no Varejo Seminário GVcev Comportamento do Shopper no Varejo Case Dafiti Malte Huffmann A Dafiti traz alegria na hora de comprar We deliver fashion & lifestyle products conveniently and accessibly at one click This

Leia mais

CARLA ALEXANDRA SEVES DE ANDRADE CANOTILHO

CARLA ALEXANDRA SEVES DE ANDRADE CANOTILHO Escola Superior de Tecnologia e Gestão Instituto Politécnico da Guarda R E L AT Ó R I O D E AT I V I D A D E P R O F I S S I O N A L N A J. V A R G A S - G A B I N E T E T É C N I C O D E G E S T Ã O E

Leia mais

Types of Investments: Equity (9 companies) Convertible Notes (10 companies)

Types of Investments: Equity (9 companies) Convertible Notes (10 companies) IMPACT INVESTING WE STARTED... A Venture Capital Fund Focused on Impact Investing Suport: Financial TA Criterias to select a company: Social Impact Profitabilty Scalability Investment Thesis (Ed, HC,

Leia mais

Cenários da Macroeconomia e o Agronegócio

Cenários da Macroeconomia e o Agronegócio MB ASSOCIADOS Perspectivas para o Agribusiness em 2011 e 2012 Cenários da Macroeconomia e o Agronegócio 26 de Maio de 2011 1 1. Cenário Internacional 2. Cenário Doméstico 3. Impactos no Agronegócio 2 Crescimento

Leia mais

MINISTÉRIO DAS FINANÇAS

MINISTÉRIO DAS FINANÇAS XXI Encontro de Lisboa entre as Delegações dos Bancos Centrais dos Países de Língua Oficial Portuguesa à Assembleia Anual do FMI/BM Banco de Portugal 19 de Setembro de 2011 Intervenção do Ministro de Estado

Leia mais

Processo de exportação de perecíveis aos EUA. (Frederico Tavares - Gerente de Comércio Internacional, UGBP: Union of Growers of Brazilian Papaya)

Processo de exportação de perecíveis aos EUA. (Frederico Tavares - Gerente de Comércio Internacional, UGBP: Union of Growers of Brazilian Papaya) Processo de exportação de perecíveis aos EUA (Frederico Tavares - Gerente de Comércio Internacional, UGBP: Union of Growers of Brazilian Papaya) World Production of Tropical Fruit World production of tropical

Leia mais

O RISCO SEMPRE EXISTIU E ESTAMOS TODOS SUJEITOS A ELE

O RISCO SEMPRE EXISTIU E ESTAMOS TODOS SUJEITOS A ELE 64 CAPA ENTREVISTA AMÍLCAR SILVA, PRESIDENTE, E NÍRIA ORAMALU, COORDENADORA DO NÚCLEO DE ESTUDOS E ESTATÍSTICAS DA ABANC O RISCO SEMPRE EXISTIU E ESTAMOS TODOS SUJEITOS A ELE Na sede da Associação Angolana

Leia mais

FIT FOR A NEW ERA ECONOMIA DAS LÍNGUAS PORTUGUESA E ESPANHOLA LÍNGUA, COMÉRCIO EXTERNO E INVESTIMENTO ESTRANGEIRO PERSPECTIVAS EMPRESARIAIS

FIT FOR A NEW ERA ECONOMIA DAS LÍNGUAS PORTUGUESA E ESPANHOLA LÍNGUA, COMÉRCIO EXTERNO E INVESTIMENTO ESTRANGEIRO PERSPECTIVAS EMPRESARIAIS LÍNGUA, COMÉRCIO EXTERNO E Paternoster Square Londres ECONOMIA DAS LÍNGUAS PORTUGUESA E ESPANHOLA INVESTIMENTO ESTRANGEIRO PERSPECTIVAS EMPRESARIAIS Francisco Cary 19 de Maio de 2011 O Mercado dos Países

Leia mais

As Novas Formas de Financiamento da Economia

As Novas Formas de Financiamento da Economia As Novas Formas de Financiamento da Economia Francisco Fonseca Vice-Presidente ANJE 2º CONGRESSO DAS EMPRESAS E DAS ACTIVIDADES ECONÓMICAS - LISBOA O que são? Formas alternativas de financiamento incluem

Leia mais

Developing customer relationship through marketing campaigns Desenvolvendo o relacionamento com o cliente através de campanhas de marketing Marco

Developing customer relationship through marketing campaigns Desenvolvendo o relacionamento com o cliente através de campanhas de marketing Marco Developing customer relationship through marketing campaigns Desenvolvendo o relacionamento com o cliente através de campanhas de marketing Marco Antonio Donatelli Desenvolvendo relacionamento com clientes

Leia mais

Pelouro de Supervisão Bancária e de Seguros. Lara Simone Beirão

Pelouro de Supervisão Bancária e de Seguros. Lara Simone Beirão Pelouro de Supervisão Bancária e de Seguros Lara Simone Beirão Dezembro de 2014 1 Introdução Outline 2 Carteira de Activos 3 4 Evolução do Passivo Alguns Indicadores 5 Síntese 6 Desafios do Sistema Financeiro

Leia mais

Workshop 2 Changes in Automotive Industry: New Markets Different Technologies?

Workshop 2 Changes in Automotive Industry: New Markets Different Technologies? Organization: Cooperation: Workshop 2 Changes in Automotive Industry: New Markets Different Technologies? Volkswagen do Brasil Cologne, August 25 th, 2008 Volkswagen do Brasil Present in Brazil since 1953

Leia mais

A Importância da Informação Contabilística e do Relato Financeiro

A Importância da Informação Contabilística e do Relato Financeiro A Importância da Informação Contabilística e do Relato Financeiro Pedro Silva Ferreira Diretor do Departamento de Contabilidade e Controlo do Banco de Portugal 7 outubro 0 Lisboa XIII Conferência sobre

Leia mais

EMPREENDEDORISMO JOVEM EM CABO VERDE: necessidades e oportunidades

EMPREENDEDORISMO JOVEM EM CABO VERDE: necessidades e oportunidades Ana Teresa Dias Valente Marline Morais Conceição Vieira de Carvalho Ana Teresa Dias Valente Morais EMPREENDEDORISMO JOVEM EM CABO VERDE: necessidades e oportunidades Dissertação de Mestrado em Intervenção

Leia mais

A tangibilidade de um serviço de manutenção de elevadores

A tangibilidade de um serviço de manutenção de elevadores A tangibilidade de um serviço de manutenção de elevadores Tese de Mestrado em Gestão Integrada de Qualidade, Ambiente e Segurança Carlos Fernando Lopes Gomes INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO E CIÊNCIAS Fevereiro

Leia mais

Sonae Sierra regista um Resultado Líquido de 96,3 milhões em 2014

Sonae Sierra regista um Resultado Líquido de 96,3 milhões em 2014 Maia - Portugal, 5 de Março de 2015 Sonae Sierra regista um Resultado Líquido de 96,3 milhões em 2014 Resultado Direto atinge 52,7 milhões EBIT de 106,1 milhões Resultado Indireto atinge 43,6 milhões Dois

Leia mais

1. OEstudo 2. Portugal como destino de NearshoreOutsourcing (Edição 2012) 3. Conclusões

1. OEstudo 2. Portugal como destino de NearshoreOutsourcing (Edição 2012) 3. Conclusões PORTUGAL COMO DTINO DE NEARSHORE OUTSOURCING EDIÇÃO 2012 Sumário Executivo Índice 1. OEstudo 2. Portugal como destino de NearshoreOutsourcing (Edição 2012) 3. Conclusões Este estudo baseou-se em informação

Leia mais

O papel do MBA na carreira do executivo

O papel do MBA na carreira do executivo O papel do MBA na carreira do executivo Renata Fabrini 09.03.2010 CONFERÊNCIA ANAMBA E ENCONTRO REGIONAL LATINO AMERICANO DO EMBA COUNCIL 2010 sobre a Fesa maior empresa consultoria especializada com atuação

Leia mais

GRANDES OPÇÕES DO PLANO 2008 PRINCIPAIS ASPECTOS

GRANDES OPÇÕES DO PLANO 2008 PRINCIPAIS ASPECTOS GRANDES OPÇÕES DO PLANO 2008 PRINCIPAIS ASPECTOS I. INTRODUÇÃO O Governo apresentou ao Conselho Económico e Social o Projecto de Grandes Opções do Plano 2008 (GOP 2008) para que este Órgão, de acordo com

Leia mais

Agência de Vigilância Sanitária - ANVISA ITEM 8

Agência de Vigilância Sanitária - ANVISA ITEM 8 2ª Reunião Extraordinária da Câmara Setorial de Alimentos Agência de Vigilância Sanitária - ANVISA ITEM 8 INOVAÇÕES TECNOLÓGICAS PARA O MONITORAMENTE E GERENCIAMENTO DA CADEIA DE FRIO Luis Madi / Eloísa

Leia mais

Conference Call 2Q13 and 1H13 Results

Conference Call 2Q13 and 1H13 Results Conference Call 2Q13 and 1H13 Results 2 Performance in the Negócios Internacionais Negócios domestic Nacionais and USA,Europa e international markets Exportações Márcio Utsch Net Revenue 3 Net revenue

Leia mais

Tabela 1 Evolução da taxa real de crescimento anual do PIB em países selecionados: 1991-2014

Tabela 1 Evolução da taxa real de crescimento anual do PIB em países selecionados: 1991-2014 Ano III /2015 Uma das grandes questões no debate econômico atual está relacionada ao fraco desempenho da economia brasileira desde 2012. De fato, ocorreu uma desaceleração econômica em vários países a

Leia mais

Moçambique Seminário PSI. Inclusão Financeira

Moçambique Seminário PSI. Inclusão Financeira Moçambique Seminário PSI Inclusão Financeira 1 Resumo 1. Definição da inclusão financeira 2. Factos estilizados 3. Experiência internacional 4. Implicações para as políticas 2 Inclusão financeira O problema:

Leia mais

Rating soberano do Brasil

Rating soberano do Brasil Rating soberano do Brasil Regina Nunes Presidente Standard & Poor s no Brasil Outubro 2014 Permission to reprint or distribute any content from this presentation requires the prior written approval of

Leia mais

Caixa Capital FCR Caixa Empreender+ e os Business Angels

Caixa Capital FCR Caixa Empreender+ e os Business Angels Caixa Capital FCR Caixa Empreender+ e os Business Angels José Pedro Alenquer 18 Fevereiro 2014 0 Caixa Geral de Depósitos Benchmark Operator in the Portuguese Financial System PE & V C Investment Banking

Leia mais

MASTER S DEGREE IN INTELLECTUAL PROPERTY ADMISSION EXAM

MASTER S DEGREE IN INTELLECTUAL PROPERTY ADMISSION EXAM CADERNO DE QUESTÕES NOTA FINAL MASTER S DEGREE IN INTELLECTUAL PROPERTY ADMISSION EXAM Before reading the text, pay attention to these important and essential remarks. All the answers must be written in

Leia mais

IMF Survey. África deve crescer mais em meio a mudanças nas tendências mundiais

IMF Survey. África deve crescer mais em meio a mudanças nas tendências mundiais IMF Survey PERSPECTIVAS ECONÓMICAS REGIONAIS África deve crescer mais em meio a mudanças nas tendências mundiais Por Jesus Gonzalez-Garcia e Juan Treviño Departamento da África, FMI 24 de Abril de 2014

Leia mais

Banco Popular, Espanha

Banco Popular, Espanha Banco Popular, Espanha Tecnologia avançada de automação do posto de caixa para melhorar a eficiência e beneficiar a saúde e segurança dos funcionários O recirculador de notas Vertera contribuiu para impulsionar

Leia mais

Síntese da Conjuntura do Sector Elétrico e Eletrónico

Síntese da Conjuntura do Sector Elétrico e Eletrónico Síntese da Conjuntura do Sector Elétrico e Eletrónico 2º Trimestre de 2015 Recuperação sustentada do crescimento 1. Conjuntura Sectorial Nota: Os índices que se seguem resultam da média aritmética das

Leia mais

RELATÓRIO E CONTAS BBVA MULTIFUNDO ALTERNATIVO

RELATÓRIO E CONTAS BBVA MULTIFUNDO ALTERNATIVO RELATÓRIO E CONTAS BBVA MULTIFUNDO ALTERNATIVO FUNDO ESPECIAL DE INVESTIMENTO 30 JUNHO 20 1 BREVE ENQUADRAMENTO MACROECONÓMICO 1º semestre de 20 No contexto macroeconómico, o mais relevante no primeiro

Leia mais

O Desenvolvimento do Corporate Governance em Portugal

O Desenvolvimento do Corporate Governance em Portugal 10 ANOS DO IPCG O GOVERNO SOCIETÁRIO EM PORTUGAL O Desenvolvimento do Corporate Governance em Portugal Lisboa, 09 de Julho de 2013 SUMÁRIO 1. Acontecimentos empresariais e governance 2. Fatores normativos

Leia mais

TUTORIA INTERCULTURAL NUM CLUBE DE PORTUGUÊS

TUTORIA INTERCULTURAL NUM CLUBE DE PORTUGUÊS UNIVERSIDADE DE LISBOA FACULDADE DE PSICOLOGIA E DE CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO TUTORIA INTERCULTURAL NUM CLUBE DE PORTUGUÊS SANDRA MARIA MORAIS VALENTE DISSERTAÇÃO DE MESTRADO EM CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO Área de

Leia mais

Trabalho de pesquisa: Afectação do Crédito para Investimento, Estabilidade e Crescimento: Lições do Banco de Desenvolvimento Brasileiro

Trabalho de pesquisa: Afectação do Crédito para Investimento, Estabilidade e Crescimento: Lições do Banco de Desenvolvimento Brasileiro O que podem os países africanos aprender com o desenvolvimento e crescimento inclusivo no Brasil? Trabalho de pesquisa: Afectação do Crédito para Investimento, Estabilidade e Crescimento: Lições do Banco

Leia mais

Palestra: Macroeconomia e Cenários. Prof. Antônio Lanzana 2012

Palestra: Macroeconomia e Cenários. Prof. Antônio Lanzana 2012 Palestra: Macroeconomia e Cenários Prof. Antônio Lanzana 2012 ECONOMIA MUNDIAL E BRASILEIRA SITUAÇÃO ATUAL E CENÁRIOS SUMÁRIO I. Cenário Econômico Mundial II. Cenário Econômico Brasileiro III. Potencial

Leia mais

Linhas Gerais de Orientação Estratégica 2016-2018 Programa de Ação e Orçamento para 2016

Linhas Gerais de Orientação Estratégica 2016-2018 Programa de Ação e Orçamento para 2016 Linhas Gerais de Orientação Estratégica 2016-2018 Programa de Ação e Orçamento para 2016 dezembro de 2015 2015-11-25 Pág. 1 I. Introdução II. Plano Estratégico - Linhas Gerais de Orientação Estratégica

Leia mais

DECLARAÇÃO INICIAL DO GOVERNADOR DO BANCO DE PORTUGAL NA APRESENTAÇÃO DO BOLETIM ECONÓMICO DA PRIMAVERA (2009)

DECLARAÇÃO INICIAL DO GOVERNADOR DO BANCO DE PORTUGAL NA APRESENTAÇÃO DO BOLETIM ECONÓMICO DA PRIMAVERA (2009) Conferência de Imprensa em 14 de Abril de 2009 DECLARAÇÃO INICIAL DO GOVERNADOR DO BANCO DE PORTUGAL NA APRESENTAÇÃO DO BOLETIM ECONÓMICO DA PRIMAVERA (2009) No contexto da maior crise económica mundial

Leia mais

RESULTADOS DO PRIMEIRO SEMESTRE DE 2015: A COFACE APRESENTA LUCRO DE 66 MILHÕES DE EUROS, APESAR DE UM AUMENTO DE SINISTROS EM PAÍSES EMERGENTES

RESULTADOS DO PRIMEIRO SEMESTRE DE 2015: A COFACE APRESENTA LUCRO DE 66 MILHÕES DE EUROS, APESAR DE UM AUMENTO DE SINISTROS EM PAÍSES EMERGENTES RESULTADOS DO PRIMEIRO SEMESTRE DE 2015: A COFACE APRESENTA LUCRO DE 66 MILHÕES DE EUROS, APESAR DE UM AUMENTO DE SINISTROS EM PAÍSES EMERGENTES Crescimento de volume de negócios: + 5.1% a valores e taxas

Leia mais

SUMÁRIO. 3º Trimestre 2009 RELATÓRIO DE EVOLUÇÃO DA ACTIVIDADE SEGURADORA. Produção de seguro directo. Custos com sinistros

SUMÁRIO. 3º Trimestre 2009 RELATÓRIO DE EVOLUÇÃO DA ACTIVIDADE SEGURADORA. Produção de seguro directo. Custos com sinistros SUMÁRIO Produção de seguro directo No terceiro trimestre de, seguindo a tendência evidenciada ao longo do ano, assistiu-se a uma contracção na produção de seguro directo das empresas de seguros sob a supervisão

Leia mais

Definição de competitividade

Definição de competitividade TRIBUTAÇÃO E COMPETITIVIDADE VII Jornadas do IPCA 25.11.2006 Claudia Dias Soares Universidade Católica Portuguesa Definição de competitividade EC 2004: a sustained rise in the standards of living of a

Leia mais

Inteligência Competitiva Uma Solução Estratégica. Jaime Quesado

Inteligência Competitiva Uma Solução Estratégica. Jaime Quesado VII Encontro da PASC Plataforma Activa da Sociedade Civil 2 de Março de 2011 Sala do Senado da Reitoria da UNL Inteligência Competitiva Uma Solução Estratégica Jaime Quesado Patrocinadores Globais Inteligência

Leia mais

O novo ciclo 2014-2020 Inovação e fundos estruturais no sector da água

O novo ciclo 2014-2020 Inovação e fundos estruturais no sector da água O novo ciclo 2014-2020 Inovação e fundos estruturais no sector da água Porto, 9 de Fevereiro 2012 Paulo Areosa Feio Coordenador Calendário 5 th Report on Economic, Social and Territorial Cohesion & public

Leia mais

UNIVERSIDADE DE ÉVORA

UNIVERSIDADE DE ÉVORA UNIVERSIDADE DE ÉVORA MESTRADO EM INTERVENÇÃO SÓCIO-ORGANIZACIONÀL NA SAÚDE Curso ministrado em parceria com a Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa (DR Série, n.. 250 de 29 de Outubro de 2002)

Leia mais

Competitividade e Inovação

Competitividade e Inovação Competitividade e Inovação Evento SIAP 8 de Outubro de 2010 Um mundo em profunda mudança Vivemos um momento de transformação global que não podemos ignorar. Nos últimos anos crise nos mercados financeiros,

Leia mais

Índice de Risco de 2011 PORTUGAL

Índice de Risco de 2011 PORTUGAL Índice de Risco de PORTUGAL Índice de Pagamentos Índice de Risco Explicação dos valores do Índice de Risco 190 180 170 160 150 140 130 120 110 100 2004 2005 2006 2007 2008 100 Nenhuns riscos de pagamento,

Leia mais