Pós-Produção. Prof. Adriano Portela

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Pós-Produção. Prof. Adriano Portela"

Transcrição

1 Pós-Produção Prof. Adriano Portela

2 Pós-Produção A pós-produção pode ser o aspecto menos compreendido pelo produtor. É nessa fase que as cenas e o áudio são editados e mixados para criar uma obra coerente e com fluidez.

3 E o que faz o produtor?

4 O trabalho do produtor é... Saber o máximo possível sobre o trabalho de todos, o que fazem, seu estilo, as ferramentas que dominam, seus salários e as nuanças de sua arte. Você deve encontrar os profissionais mais talentosos e altamente qualificados e que caibam em seu orçamento.

5 Preparado Nos comerciais de TV, na maioria das vezes, é o produtor que supervisionará o projeto do início ao fim, incluindo todo processo de pós-produção. Mas, se o projeto for mais complexo necessitará de um supervisor de pósprodução.

6 O que faz um supervisor de pós?

7 O mesmo que o produtor Nada mais é do que o produtor de pósprodução. Ele deve conhecer todas as cenas gravadas, registros, locações, dublagens, planilhas, arquivo, animação, trilha, diálogos... Entrega máster final para usuário final, cliente ou emissora de TV.

8 Existem normas?

9 Claro! 1. Verifique várias vezes o contrato 2. Gaste grana para economizar grana 3. Organize as partes para edição 4. Passagem de filme para cartão 5. Banco de imagens 6. Cenas de arquivo 7. Cenas de domínio público

10 Claro! 8. Decupagem de registro de cena. 9. Faça um roteiro para edição. A medida que desenvolver suas habilidades como produtor, você passará a usar um vocabulário para questões visuais e auditivas usando as terminologias próprias.

11 Terminologia (roteiro) Básicas: Tomada ou take Cena Sequência

12 Cena Tom pega uma xícara de café, vê o bilhete, lê o bilhete e joga a xícara na parede.

13 A cena vai aparecer no roteiro de edição desta forma: Primeira tomada no Cartão 1 é um plano médio (PM) da cena, mas você cortará antes que Tom jogue a xícara na parede. Cortar para um close do bilhete Cortar para o close da reação de Tom. Cortar para o PM original quando ele jogar a xícara.

14 Roteiro de edição Embora as cenas tenham sido gravadas em momentos diferente, em cartões diferentes, ou mesmo em locações diferentes, todas elas são cortadas para formar uma sequência linear. O roteiro de edição final ficaria assim:

15 Cartão TC em Descrição da cena Cartão PM Tom pega a xícara, lê o bilhete Cartão Close bilhete Cartão Close Reação de Tom ao ler o bilhete Cartão PM Tom joga a xícara de café na parede Transição Fim do TC

16 Editor de imagem Qual o seu papel?

17 Edição Primeira edição Pré-mixagem Edição final

18 Modelo A O2 criou o Departamento de Arte reunindo os profissionais do motion e os diretores de arte sob a coordenação de Christiano Parentoni. Este grupo de profissionais é responsável na pós-produção pelos trabalhos da publicidade, da área de cinema e entretenimento e dos novos projetos.

19 Redação da O2

20 Aprimoramento Precisamos estar sempre nos atualizando e estudando. Profissional e patrão na mesma sintonia. Ex. O grupo de profissionais da pós-produção da O2 passou a utilizar o novo corretor de cor Da Vinci. Eles estão participando de um curso de aprimoramento e capacitação dentro da própria produtora.

21

22 Palavra do profissional Carlo Vecchi, coordenador de efeitos da O2: Com a chegada do cinema digital veio uma série de novas câmeras e novos formatos de arquivos. Apesar de mais barata, a captação digital ocasionou novos problemas. Uma série de novas dúvidas foram surgindo, lacunas de workflow apareceram e o controle da imagem que se tinha durante uma filmagem em película se perdeu.

23 O SnowFlake é um serviço criado para devolver esse controle para o set, projetado para simplificar o processamento de imagens digitais durante a filmagem. Na prática, o sistema cobre as diversas lacunas de workflow e passa a funcionar como um laboratório digital móvel, onde acontece a "revelação" dos arquivos digitais. O SnowFlake passa a ser o gerenciador de arquivos, cuidando não apenas da imagem mas também da logística de entrega, backup, geração de dailies e correção de cor offline.

24 Carlo Vecchi

25 Efeitos no cinema O mundo dos efeitos visuais no cinema está em polvorosa. Dispensas, protestos, discussões entre os artistas da área de visual effects, produtores, custos altos, especializações são tópicos da discussão.

26 Na próxima aula vamos ver: Estilos de edição Técnicas de edição Ritmo e cadência da edição Edição para manipular o tempo Transições Elementos gráficos, animações e plug-ins O designer de áudio Mixagem do áudio Efeitos sonoros, ruído, música, narração Edição final Entrega do produto final

A essa altura, você deve estar se perguntando qual é a diferença entre cinema e vídeo, audiovisual e multimídia, não é mesmo?

A essa altura, você deve estar se perguntando qual é a diferença entre cinema e vídeo, audiovisual e multimídia, não é mesmo? Pré-Vestibular Social Grupo SOA Suporte à Orientação Acadêmica Ela faz cinema Ela faz cinema Ela é demais (Chico Buarque) CINEMA Chegou o momento de escolher um curso. Diante de tantas carreiras e faculdades

Leia mais

As diversas fases da produção publicitária e institucional

As diversas fases da produção publicitária e institucional As diversas fases da produção publicitária e institucional Roteiro Projeto Preparação Pré-produção Filmagem Desprodução Finalização Projeto Uma vez finalizado o roteiro pela agência, o produtor (da produtora)

Leia mais

TECNOLOGIAS DA COMUNICAÇÃO 9º ANO

TECNOLOGIAS DA COMUNICAÇÃO 9º ANO TECNOLOGIAS DA COMUNICAÇÃO 9º ANO Ano Lectivo 2008/2009 TECNOLOGIAS DA COMUNICAÇÃO Em nenhuma época histórica o homem teve tantas possibilidades de transportar e comunicar ideias. Francisco Gutierrez Na

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico Etec Etec: Paulino Botelho Código: 091 Município: São Carlos Eixo Tecnológico: Informação e Comunicação Habilitação Profissional: Habilitação Profissional

Leia mais

UM CAMINHO DE UMA PRODUÇÃO AUDIOVISUAL

UM CAMINHO DE UMA PRODUÇÃO AUDIOVISUAL UM CAMINHO DE UMA PRODUÇÃO AUDIOVISUAL Existem infinitas maneiras de organizar, produzir e finalizar uma obra audiovisual. Cada pessoa ou produtora trabalha da sua maneira a partir de diversos fatores:

Leia mais

DESENVOVIMENTO DE GAMES APRESENTAÇÃO. MARCELO HENRIQUE DOS SANTOS http://www.marcelohsantos.com marcelosantos@outlook.com

DESENVOVIMENTO DE GAMES APRESENTAÇÃO. MARCELO HENRIQUE DOS SANTOS http://www.marcelohsantos.com marcelosantos@outlook.com JOGOS DIGITAIS DESENVOVIMENTO DE GAMES APRESENTAÇÃO MARCELO HENRIQUE DOS SANTOS http://www.marcelohsantos.com marcelosantos@outlook.com Bacharel em Sistema de Informação Pós Graduado em Games : Produção

Leia mais

Como produzir um. Vídeo. .com. propaganda>marketing>web

Como produzir um. Vídeo. .com. propaganda>marketing>web 1 - ROTEIRO O que é? Como fazer - exemplo. 2 - STORYBOARD O que é? Como fazer - exemplo 3 - CAPTAÇÃO DE IMAGENS Cenas, planos, modos, etc. 4 - LOCUÇÃO Abordagem dramática. 5 - EDIÇÃO DE AUDIO E VÍDEO O

Leia mais

Radionovela para e com deficientes visuais 1

Radionovela para e com deficientes visuais 1 Radionovela para e com deficientes visuais 1 Gabriela Rodrigues Pereira CAPPELLINI 2 Raquel PELLEGRINI 3 Christian GODOI 4 Centro Universitário do Monte Serrat, Santos, SP RESUMO Narrar histórias a deficientes

Leia mais

AULA I: O processo de produção audiovisual. Visão geral

AULA I: O processo de produção audiovisual. Visão geral AULA I: O processo de produção audiovisual Visão geral Etapas da criação audiovisual IDEIA Roteiro Projeto Captação Preparação Pré-Produção Filmagem Desprodução Finalização A PRODUÇÃO Fases: PRÉ-PRODUÇÃO

Leia mais

Vinheta Sala de Cinema 1. Felipe Bruno 2 Graciene Silva de SIQUEIRA 3 Universidade Federal do Amazonas, Parintins, AM

Vinheta Sala de Cinema 1. Felipe Bruno 2 Graciene Silva de SIQUEIRA 3 Universidade Federal do Amazonas, Parintins, AM Vinheta Sala de Cinema 1 Felipe Bruno 2 Graciene Silva de SIQUEIRA 3 Universidade Federal do Amazonas, Parintins, AM RESUMO Esse trabalho surgiu a partir das atividades de um projeto de extensão (Pibex)

Leia mais

Apostila Artes Audiovisuais

Apostila Artes Audiovisuais INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO CAMPUS SERTÃOZINHO Apostila Artes Audiovisuais ROTEIRO Cinema,Televisão e Vídeo 3a. Revisão 2010 Prof. MS. Ricardo Stefanelli 1 Projeto para Roteiro Audiovisual Vídeo Artes

Leia mais

FACULDADE DE ARTES DO PARANÁ CURSO DE BACHARELADO EM CINEMA E VÍDEO Ano Acadêmico de 2008 MATRIZ CURRICULAR

FACULDADE DE ARTES DO PARANÁ CURSO DE BACHARELADO EM CINEMA E VÍDEO Ano Acadêmico de 2008 MATRIZ CURRICULAR MATRIZ CURRICULAR Carga Horária Semestral por Disciplina Disciplinas 1º semestre 2º semestre 3º semestre 4º semestre 5º semestre 6º semestre 7º semestre 8º semestre Total Obrigatórias Optativas Fundamentos

Leia mais

Pós-produção Audiovisual: módulo básico MANUAL DO CANDIDATO. Ingresso Maio 2013. ESPM Unidade Sul

Pós-produção Audiovisual: módulo básico MANUAL DO CANDIDATO. Ingresso Maio 2013. ESPM Unidade Sul ESCOLA DE CRIAÇÃO Pós-produção Audiovisual: módulo básico MANUAL DO CANDIDATO Ingresso Maio 2013 ESPM Unidade Sul Rua Guilherme Schell, 350 Santo Antônio Porto Alegre/RS. Informações: Central de Candidatos:

Leia mais

Roteiro. Coordenador do curso Prof. Dr. Francisco Isidro Massetto. Autor Professor Conteudista Rafael Moralez

Roteiro. Coordenador do curso Prof. Dr. Francisco Isidro Massetto. Autor Professor Conteudista Rafael Moralez Roteiro 1 Coordenador do curso Prof. Dr. Francisco Isidro Massetto Autor Professor Conteudista Rafael Moralez PACC Programa Anual de Capacitação Continuada Curso: Produção de Vídeo. de Massetto, F. I.,

Leia mais

Todos os direitos reservados a Fluxo - Escola de Fotografia Expandida. por Caio Amon. Imagens Sonoras. A Expansão da Imagem pelo Som

Todos os direitos reservados a Fluxo - Escola de Fotografia Expandida. por Caio Amon. Imagens Sonoras. A Expansão da Imagem pelo Som Imagens Sonoras por Caio Amon A Expansão da Imagem pelo Som Todos os direitos reservados a Fluxo - Escola de Fotografia Expandida Aprenda a produzir som e trilha para seus projetos. Imagens Sonoras A Expansão

Leia mais

Aula 05. CINEMA: profissões

Aula 05. CINEMA: profissões Aula 05 CINEMA: profissões Profissões do Cinema O cinema pode ser dividido em diversos processos, onde se envolvem diferentes tipos de profissionais: Roteiro Produção Realização Decupagem Decupagem de

Leia mais

Regulamento das oficinas

Regulamento das oficinas Regulamento das oficinas As oficinas oferecidas pelo Cine Festival Inconfidentes Festival Nacional de Cinema e Vídeo de Mariana são gratuitas e abertas à participação da comunidade; Cada pessoa poderá

Leia mais

17:47:08. Introdução à Informática com Software Livre

17:47:08. Introdução à Informática com Software Livre 17:47:08 Introdução à Informática com Software Livre 1 17:47:09 Audacity 2 Audacity 17:47:09 Audacity é um Software Livre de edição digital de áudio, disponível principalmente nas plataformas: Windows,

Leia mais

CINEMA E AUDIOVISUAL

CINEMA E AUDIOVISUAL CINEMA E AUDIOVISUAL O curso apresenta aos alunos um panorama das principais técnicas, conceitos e habilidades necessárias para o desenvolvimento de atividades relacionadas à finalização de PÓS-PRODUÇÃO

Leia mais

Mercados potenciais para workstations

Mercados potenciais para workstations Mercados potenciais para workstations Onde vender workstations e workstations móveis HP Desenvolvimento de produtos Mídia e entretenimento Serviços financeiros Educação Ciências biológicas Petróleo e gás

Leia mais

APRESENTAÇÃO O CURSO

APRESENTAÇÃO O CURSO APRESENTAÇÃO A Especialização em Áudio para Rádio, TV e Cinema destina-se para quem quer trabalhar com broadcast e/ou radiodifusão, mercado em franca ascensão no Brasil. Além da microfonação, fundamental

Leia mais

3 DICAS QUE VÃO AJUDAR A POUPAR DINHEIRO EM SEU PRÓXIMO PROJETO DE VÍDEO

3 DICAS QUE VÃO AJUDAR A POUPAR DINHEIRO EM SEU PRÓXIMO PROJETO DE VÍDEO 3 DICAS QUE VÃO AJUDAR A POUPAR DINHEIRO EM SEU PRÓXIMO PROJETO DE VÍDEO Fazer vídeos hoje em dia já não é o bicho de 7 cabeças que realmente foi a pouco tempo atrás. Nesse e-book você vai começar a aprender

Leia mais

Windowns Live Movie Maker

Windowns Live Movie Maker Windowns Live Movie Maker PROGRAMA CONECTIVIDADE AMBIENTE VIRTUAL PARA APRENDIZAGEM COLABORATIVA CURSO DE TECNOLOGIAS EM EDUCAÇÃO Diretoria de Educação Assessoria de Tecnologias Educacionais Gerência de

Leia mais

PROGRAMA TRILHA SETRE NA TRILHA DAS ARTES CURSOS DE 400 HORAS. 1. Qualificação Social 100 horas

PROGRAMA TRILHA SETRE NA TRILHA DAS ARTES CURSOS DE 400 HORAS. 1. Qualificação Social 100 horas PROGRAMA TRILHA SETRE NA TRILHA DAS ARTES CURSOS DE 400 HORAS 1. Qualificação Social 100 horas INCLUSÃO DIGITAL - 30 horas (15 h de prática) Ementa: Introdução à informática, hardware e software. Descrição

Leia mais

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE Centro de Comunicação e Letras Curso de Propaganda, Publicidade e Criação PLANO DE ENSINO

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE Centro de Comunicação e Letras Curso de Propaganda, Publicidade e Criação PLANO DE ENSINO PLANO DE ENSINO CÓDIGO 042 CÓD. CURSO CÓD. DISC. 12035351 CRÉDITOS UNIDADE CENTRO DE COMUNICAÇÃO E LETRAS CURSO PROPAGANDA, PUBLICIDADE E CRIAÇÃO DISCIPLINA LINGUAGEM DO SOM E DA IMAGEM II (Áudio/Vídeo)

Leia mais

ROTEIRO DE USO DO PROGRAMA MOVIE MAKER. Etapa 2 Orientações sobre pesquisa e armazenamento de dados

ROTEIRO DE USO DO PROGRAMA MOVIE MAKER. Etapa 2 Orientações sobre pesquisa e armazenamento de dados Etapa 1 Introdução Colégio Pedro II Campus Tijuca II Informática Educativa 2015 Professora: Simone Lima ROTEIRO DE USO DO PROGRAMA MOVIE MAKER Este roteiro tem por objetivo orientar vocês no uso do programa

Leia mais

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu Mídias Digitais

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu Mídias Digitais Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu Mídias Digitais Apresentação A emergência de novas tecnologias de informação e comunicação e sua convergência exigem uma atuação de profissionais com visão

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico ETEC Paulino Botelho Código: 91 Município: São Carlos Eixo Tecnológico: Informação e Comunicação Habilitação Profissional: Técnico em Informática para Internet

Leia mais

Oficina de Edição Atividade Extensiva

Oficina de Edição Atividade Extensiva Oficina de Edição Atividade Extensiva 1. Introdução A oficina de edição é uma atividade extensiva, pois dá continuidade ao trabalho realizado nas oficinas básicas, onde aprendemos a fazer um vídeo passo

Leia mais

Contrata Consultor na modalidade Produto

Contrata Consultor na modalidade Produto Contrata Consultor na modalidade Produto PROJETO 914BRZ1134 EDITAL Nº 001/2014 1. Perfil: I - Consultoria para monitoramento e avaliação acerca de como se dá a apropriação de conteúdos, conceitos e novas

Leia mais

Critérios para obtenção do Registro Profissional

Critérios para obtenção do Registro Profissional Critérios para obtenção do Registro Profissional Os critérios para obtenção do registro profissional na categoria de radialista, é fruto de uma intensa discussão entre o sindicato e os trabalhadores da

Leia mais

O Melhor da aproximação para ambos os mundos Entrega à plataforma padrão aberta e desempenho de um hardware dedicado

O Melhor da aproximação para ambos os mundos Entrega à plataforma padrão aberta e desempenho de um hardware dedicado Edição e Efeitos O nome Quantel é sinônimo de alta qualidade em edição não linear e efeitos digitais superiores. Quantel tem produzido continuamente equipamentos cada vez mais velozes, poderosos e ergonômicos.

Leia mais

Eletiva VOCÊ EM VÍDEO

Eletiva VOCÊ EM VÍDEO Eletiva VOCÊ EM VÍDEO E.E. Princesa Isabel Número da sala e sessão Professor(es) Apresentador(es): Adriana Prado Aparecida Pereira da Silva Realização: Foco A Escola Estadual Princesa Isabel, por meio

Leia mais

Apostila de Windows Movie Maker

Apostila de Windows Movie Maker Apostila de Windows Movie Maker Autor: João Paulo da Silva Apostila de Windows Movie Maker Autor: João Paulo da Silva 2 Índice Introdução ao Windows Movie Maker...03 O que é o Windows Movie Maker?...03

Leia mais

C D. C) Coleções: é usada para organizar o conteúdo de áudio, vídeo e imagens em pastas, buscando facilitar a montagem do storyboard.

C D. C) Coleções: é usada para organizar o conteúdo de áudio, vídeo e imagens em pastas, buscando facilitar a montagem do storyboard. 1 Windows Movie Maker XP O Windows Movie Maker é um software de edição de vídeos que permite criar e editar filmes caseiros, inserindo efeitos, músicas, legendas e transições. O vídeo pode ser criado a

Leia mais

COMO PARTICIPAR? GRAVE O VÍDEO EDITE O VÍDEO

COMO PARTICIPAR? GRAVE O VÍDEO EDITE O VÍDEO Tutorial Inscreva sua história COMO PARTICIPAR? VEJA O TEMA TENHA UMA IDEIA GRAVE O VÍDEO EDITE O VÍDEO COLOQUE UMA TRILHA SONORA INSCREVA-SE! Tema: Inspirando histórias Premissa conceitual: Em comemoração

Leia mais

EDIÇÃO Marilia Mello Pisani

EDIÇÃO Marilia Mello Pisani O presente texto faz parte do curso de Produção de Vídeo e é licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição Não Comercial 3.0. Não Adaptada. Permissões além do escopo dessa licença podem estar

Leia mais

web2way Comunicações e Vídeos LTDA

web2way Comunicações e Vídeos LTDA web2way Comunicações e Vídeos LTDA Soluções em Comunicação da web2way que podem ser úteis para sua empresa Preparada por: Adriana Grasso sócia/administradora Data: 21/05/2012 Sobre a web2way A web2way

Leia mais

PROGRAMA DE DISCIPLINA. Produção de Áudio. 72 5º semestre

PROGRAMA DE DISCIPLINA. Produção de Áudio. 72 5º semestre Faculdade Anísio Teixeira de Feira de Santana Autorizada pela Portaria Ministerial nº 552 de 22 de março de 2001 e publicada no Diário Oficial da União de 26 de março de 2001. Endereço: Rua Juracy Magalhães,

Leia mais

VÍDEO DA CAMPANHA DE DIVULGAÇÃO E CONSCIENTIZAÇÃO DO PROJETO DE INCLUSÃO SOCIAL DOS CATADORES 1

VÍDEO DA CAMPANHA DE DIVULGAÇÃO E CONSCIENTIZAÇÃO DO PROJETO DE INCLUSÃO SOCIAL DOS CATADORES 1 VÍDEO DA CAMPANHA DE DIVULGAÇÃO E CONSCIENTIZAÇÃO DO PROJETO DE INCLUSÃO SOCIAL DOS CATADORES 1 Gabriela Viero GARCIA 2 Jana GONÇALVES 3 Samira Tumelero VALDUGA 4 Luciano MATTANA 5 Universidade Federal

Leia mais

QUEM SOU EU? Apresentação autobibliográfica multimídia

QUEM SOU EU? Apresentação autobibliográfica multimídia Projetos para a Sala de Aula QUEM SOU EU? Apresentação autobibliográfica multimídia Guia do Professor 5 a a 8 a SÉRIES Softwares necessários: Microsoft PowerPoint 97 Microsoft Word 97 Software opcional:

Leia mais

Rafael Jose BONA 2 Guilherme Ledra CASTELLAIN 3

Rafael Jose BONA 2 Guilherme Ledra CASTELLAIN 3 O Mercado Audiovisual Publicitário Regional da Costa Verde & Mar: avaliação dos profissionais da área sobre os programas de edição de vídeo nas cidades de Balneário Camboriú e Itajaí/SC 1 Rafael Jose BONA

Leia mais

FACULDADES INTEGRADAS BARROS MELO PROCESSO SELETIVO PARA ALUNOS/ESTÁGIARIOS EDITAL

FACULDADES INTEGRADAS BARROS MELO PROCESSO SELETIVO PARA ALUNOS/ESTÁGIARIOS EDITAL FACULDADES INTEGRADAS BARROS MELO PROCESSO SELETIVO PARA ALUNOS/ESTÁGIARIOS EDITAL A Profª. Ivânia Maria de Barros Melo dos Anjos Dias, Diretora Geral das Faculdades Integradas Barros Melo, no uso de suas

Leia mais

FACULDADES INTEGRADAS BARROS MELO PROCESSO SELETIVO PARA ALUNOS/ESTÁGIARIOS EDITAL

FACULDADES INTEGRADAS BARROS MELO PROCESSO SELETIVO PARA ALUNOS/ESTÁGIARIOS EDITAL FACULDADES INTEGRADAS BARROS MELO PROCESSO SELETIVO PARA ALUNOS/ESTÁGIARIOS EDITAL A Profª. Ivânia Maria de Barros Melo dos Anjos Dias, Diretora Geral das Faculdades Integradas Barros Melo, no uso de suas

Leia mais

II Simpósio Bienal de Educação Musical PUC-PR nov/2012. 1 Miguel Ratton

II Simpósio Bienal de Educação Musical PUC-PR nov/2012. 1 Miguel Ratton 1 Miguel Ratton O vínculo da música com a tecnologia Desde que surgiram os primeiros instrumentos, a execução musical sempre esteve associada a alguma tecnologia Nos instrumentos acústicos, o resultado

Leia mais

CRÍTICA GENÉTICA E ROTEIROS DE CINEMA

CRÍTICA GENÉTICA E ROTEIROS DE CINEMA CRÍTICA GENÉTICA E ROTEIROS DE CINEMA Carlos Gerbase 1 Resumo Este ensaio mostra as diversas fontes que podem ser utilizadas na crítica genética de roteiros de cinema (incluindo não só textos, mas também

Leia mais

Área de Comunicação. Tecnologia em. Produção Publicitária

Área de Comunicação. Tecnologia em. Produção Publicitária Área de Comunicação Tecnologia em Produção Publicitária Curta Duração Tecnologia em Produção Publicitária CARREIRA EM PRODUÇÃO PUBLICITÁRIA Nos últimos anos, a globalização da economia e a estabilização

Leia mais

Passo a passo para fazer um bom vídeo. 1. Escolher a história

Passo a passo para fazer um bom vídeo. 1. Escolher a história Passo a passo para fazer um bom vídeo 1. Escolher a história Os vídeos devem relatar histórias verídicas de cidadania vivida em função da correta aplicação das normas previstas no Estatuto da Criança e

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA DR. GINESTAL MACHADO Ano lec.2013-2014. Curso Profissional de Técnico de Multimédia. Planificação

ESCOLA SECUNDÁRIA DR. GINESTAL MACHADO Ano lec.2013-2014. Curso Profissional de Técnico de Multimédia. Planificação ESCOLA SECUNDÁRIA DR. GINESTAL MACHADO Ano lec.2013-2014 Curso Profissional Técnico Multimédia Planificação Disciplina: Design, Comunicação e Audiovisuais Ano: 11º Conteúdos Objetivos Estratégias/Atividas

Leia mais

CANAL SAÚDE REDE DE PARCEIROS OFICINAS DE MULTIPLICAÇÃO

CANAL SAÚDE REDE DE PARCEIROS OFICINAS DE MULTIPLICAÇÃO 1. Oficina de Produção CANAL SAÚDE REDE DE PARCEIROS OFICINAS DE MULTIPLICAÇÃO Duração: 03 dias Público ideal: grupos de até 15 pessoas Objetivo: Capacitar indivíduos ou grupos a produzirem pequenas peças

Leia mais

CURSO DE ÁUDIO E TÉCNICAS DE GRAVAÇÃO EM ESTÚDIO

CURSO DE ÁUDIO E TÉCNICAS DE GRAVAÇÃO EM ESTÚDIO CURSO DE ÁUDIO E TÉCNICAS DE GRAVAÇÃO EM ESTÚDIO Nos encontramos na música O AfroReggae e a Natura acreditam na cultura. Por isso, estamos juntos mais uma vez para revelar talentos e dar voz aos jovens

Leia mais

ATIVIDADES COMPLEMENTARES

ATIVIDADES COMPLEMENTARES EMENTÁRIO 1 ANO ATIVIDADES COMPLEMENTARES DESIGN GRÁFICO E EDITORAÇÃO Ementa: A história do design gráfico e sua relação com as várias formas de linguagens (gravura, desenho, pintura, fotografia e vídeo).

Leia mais

Missão. Objetivo Geral

Missão. Objetivo Geral SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO Curso: CINEMA E AUDIOVISUAL Missão O Curso de Cinema e Audiovisual da Universidade Estácio de Sá tem como missão formar um profissional humanista, com perfil técnico e artístico

Leia mais

CURSOS DE DESIGN DE APRESENTAÇÃO. Revolucione seu jeito de comunicar ideias

CURSOS DE DESIGN DE APRESENTAÇÃO. Revolucione seu jeito de comunicar ideias CURSOS DE DESIGN DE APRESENTAÇÃO Revolucione seu jeito de comunicar ideias QUEREMOS AJUDAR A REVOLUCIONAR O JEITO DE COMUNICAR IDEIAS Especialistas em comunicar ideias usando apresentações, nossa experiência

Leia mais

Módulo 6 Parte 4.2 A aula que queremos dar Redação

Módulo 6 Parte 4.2 A aula que queremos dar Redação Módulo 6 Parte 4.2 A aula que queremos dar Redação Redação 1 o ou 2 o ano médio Tema: Corrigir uma redação Aula:! Olá, seja bem-vindo a Educare, meu nome é Professor Roberto e estou aqui para ajudá-lo.

Leia mais

PROJETOS DE DEMOCRATIZAÇÃO CULTURAL

PROJETOS DE DEMOCRATIZAÇÃO CULTURAL PROJETOS DE DEMOCRATIZAÇÃO CULTURAL Semana Cidades Catraca Livre: Cultura e Educação São Paulo, junho de 2010 AGENDA A B C PRODUÇÃO X ACESSO À CULTURA PROJETOS CULTURAIS ELABORAÇÃO DE PROJETOS CULTURAIS

Leia mais

Relatório Final Disciplina F 809 1º Sem / 2004

Relatório Final Disciplina F 809 1º Sem / 2004 Relatório Final Disciplina F 809 1º Sem / 2004 Aluno: Rafael Lima Brandão Orientador : Prof. Jose Joaquim Lunazzi Resumo Os experimentos apresentados todo o semestre na disciplina F809 são filmados e gravados

Leia mais

PROJETO BÁSICO GRAMADOTUR

PROJETO BÁSICO GRAMADOTUR PROJETO BÁSICO GRAMADOTUR 1 Projeto Básico da Contratação de Serviços: 1.1 O presente Projeto Básico consiste na contratação de empresa para realizar serviços de filmagem, edição e produção de vídeos para

Leia mais

Multimídia. Hardware/Software para Multimídia (Parte I) Sistemas Multimídia. Tópico. Hardware e Software para Multimídia

Multimídia. Hardware/Software para Multimídia (Parte I) Sistemas Multimídia. Tópico. Hardware e Software para Multimídia Multimídia Hardware/Software para Multimídia (Parte I) Sistemas Multimídia Tópico Hardware e Hardware para Multimídia Com a popularização dos sistemas multimídia foi criado o padrão MPC (PC Multimídia)

Leia mais

Fig. 247 Storyboard 2

Fig. 247 Storyboard 2 173 Fig. 247 Storyboard 2 174 Fig. 248 Storyboard 2 Fig. 249 Storyboard 2 175 176 3.2.5 Edição visual e sonora Foram realizadas algumas etapas: análise, seleção e edição da imagem (correção de cor, luz,

Leia mais

Treinamento do Sistema RH1000 = Banco de Talentos =

Treinamento do Sistema RH1000 = Banco de Talentos = Treinamento do Sistema RH1000 = Banco de Talentos = Ohl Braga Desenvolvimento Empresarial 1 Tópicos abordados Acesso ao sistema 4 Workflow do sistema 6 Qualificações 7 Áreas de Atuação 11 Cargos 13 Qualificações

Leia mais

MICROSOFT POWER POINT

MICROSOFT POWER POINT MICROSOFT POWER POINT Programa destinado a criação e exibição de apresentações em seu computador. Através de ferramentas poderosas, você poderá preparar apresentações profissionais de forma simples e rápida.

Leia mais

Exercícios orientadores da aprendizagem e sua solução; Indicação das referências complementares para cada

Exercícios orientadores da aprendizagem e sua solução; Indicação das referências complementares para cada 9 MATERIAIS DIDÁTICOS - Com base no conhecimento adquirido nas reuniões anteriores, o professor deve preparar uma proposta dos materiais que pretende produzir para o seu curso/disciplina. - É importante

Leia mais

Como encontrar maneiras de associar um importante conteúdo didático a um software que ensine e divirta ao mesmo tempo? Estão os professores

Como encontrar maneiras de associar um importante conteúdo didático a um software que ensine e divirta ao mesmo tempo? Estão os professores Profª Levany Rogge Os softwares são considerados programas educacionais a partir do momento em que são projetados através de uma metodologia que os contextualizem no processo ensino-aprendizagem; Tajra

Leia mais

Produção Eletrônica em Rádio e TV

Produção Eletrônica em Rádio e TV Produção Eletrônica em Rádio e TV Conceitos de Produção Audiovisual Etapas de Produção Sinopse, Roteiro, Análise Técnica Equipe Técnica / Produção Planos e Movimentos de Câmera Prof. Dirceu Lemos dirceulemos@yahoo.com.br

Leia mais

GUIA BÁSICO PARA PRODUÇÃO DE UM FILME DIGITAL

GUIA BÁSICO PARA PRODUÇÃO DE UM FILME DIGITAL A Filmagem O roteiro foi preparado, a câmera está pronta e então chegou o grande dia de se começar a filmar. Ótimo, mas antes de ligar a câmera, temos que atentar para alguns detalhes básicos. Mas espere

Leia mais

Graphics & Visual Effects

Graphics & Visual Effects 1 Formação em Motion Graphics & Visual Effects O Formação de Motion Graphics e Vfx da Data 3D tem a duração de 1 ano. Durante o treinamento, o aluno terá contato com ferramentas e técnicas básicas e avançadas

Leia mais

ENCUENTRO LATINOAMERICANO DE DISEÑO. Universidad de Palermo. Para ser publicado en Actas de Diseño.

ENCUENTRO LATINOAMERICANO DE DISEÑO. Universidad de Palermo. Para ser publicado en Actas de Diseño. ENCUENTRO LATINOAMERICANO DE DISEÑO. Universidad de Palermo. Para ser publicado en Actas de Diseño. Autores: HOMMERDING, Tales. ; BERARD, Rafael de Moura. ; MERINO, Eugênio. Título: A contribuição do design

Leia mais

SESC Petrolina 09, 10 e 11 de agosto de 2010. Marcus Ramos UNIVASF

SESC Petrolina 09, 10 e 11 de agosto de 2010. Marcus Ramos UNIVASF SESC Petrolina 09, 10 e 11 de agosto de 2010 Marcus Ramos UNIVASF Engenheiro elétrico (USP/82); Mestre em Sistemas Digitais (USP/91); Professor do curso de Engenharia de Computação da UNIVASF em Juazeiro-BA

Leia mais

Área de Comunicação. Tecnologia em. Produção Multimídia

Área de Comunicação. Tecnologia em. Produção Multimídia Área de Comunicação Produção Multimídia Curta Duração Produção Multimídia Carreira em Produção Multimídia O curso superior de Produção Multimídia da FIAM FAAM forma profissionais preparados para o mercado

Leia mais

Aula 06. Vídeo de bolso: edição

Aula 06. Vídeo de bolso: edição Aula 06 Vídeo de bolso: edição EDITAR Existem vários tipos de programas de edição de vídeo, alguns no próprio celular ou tableta, ou em computadores, em todos os sistemas operacionais. Dependendo da proposta,

Leia mais

Como adquirir os materiais didáticos do Moderna.Compartilha

Como adquirir os materiais didáticos do Moderna.Compartilha Como adquirir os materiais didáticos do Moderna.Compartilha MODERNA.COMPARTILHA: INTEGRAR TECNOLOGIA E CONTEÚDOS A FAVOR DO APRENDIZADO. Os alunos deste século estão conectados com novas ideias, novas

Leia mais

PASSO A PASSO MOVIE MAKER

PASSO A PASSO MOVIE MAKER PASSO A PASSO MOVIE MAKER Nesta etapa, você deverá apresentar o programa e ajudá-los a montarem o filme. Veja como é fácil. Siga as instruções do passo-a-passo: DICA O que é o Movie Maker? Com o Microsoft

Leia mais

Guia Curta Fácil 1 Festival Nacional Curta no Celular de Taubaté

Guia Curta Fácil 1 Festival Nacional Curta no Celular de Taubaté 1 Conteúdo TIPOS DE PLANOS... 3 PLANO GERAL... 3 PLANO MÉDIO... 3 PLANO AMERICANO... 4 PRIMEIRO PLANO OU CLOSE-UP... 4 PRIMEIRÍSSIMO PLANO... 4 MOVIMENTOS DE CÂMERA... 5 PANORÂMICAS - PANS... 5 PANORÂMICA

Leia mais

Marcos de Aprendizagem de Língua Inglesa

Marcos de Aprendizagem de Língua Inglesa PREFEITURA MUNICIPAL DE SALVADOR Secretaria Municipal da Educação e Cultura SMEC Coordenação de Ensino e Apoio Pedagógico CENAP Marcos de Aprendizagem de Língua Inglesa Ciclo de Aprendizagem I e II MARCOS

Leia mais

PIXEL - DO DESENHO À PINTURA DIGITAL

PIXEL - DO DESENHO À PINTURA DIGITAL F PIXEL - DO DESENHO À PINTURA DIGITAL Carga Horária: 96 horas/aulas Módulo 01: Desenho de observação DESCRIÇÃO: Neste módulo o você irá praticar sua percepção de linhas e formas, bem como a relação entre

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE GRADUAÇÃO PUBLICIDADE E PROPAGANDA GRADE DETALHADA DO CURSO COM AS EMENTAS DAS DISCIPLINAS

CURSO SUPERIOR DE GRADUAÇÃO PUBLICIDADE E PROPAGANDA GRADE DETALHADA DO CURSO COM AS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO SUPERIOR DE GRADUAÇÃO PUBLICIDADE E PROPAGANDA GRADE DETALHADA DO CURSO COM AS EMENTAS DAS DISCIPLINAS Cultura Brasileira 1º PERÍODO O fenômeno cultural. Cultura(s) no Brasil. Cultura regional e

Leia mais

Universidade Estadual de Campinas Faculdade de Educação Laboratório de Novas Tecnologias Aplicadas à Educação

Universidade Estadual de Campinas Faculdade de Educação Laboratório de Novas Tecnologias Aplicadas à Educação Universidade Estadual de Campinas Faculdade de Educação Laboratório de Novas Tecnologias Aplicadas à Educação Guia didático para professores sobre o Windows Movie Maker Prof. Dr Sérgio Ferreira Amaral

Leia mais

Guia de Criação de Infoprodutos

Guia de Criação de Infoprodutos Guia de Criação de Infoprodutos Métodos, técnicas e dicas para a criação de infoprodutos! Da pesquisa, criação, até a venda! www.comocriarinfoprodutos.com 2 Aviso Legal Todos os direitos reservados. Nenhuma

Leia mais

Tutorial de animação quadro a quadro

Tutorial de animação quadro a quadro Tutorial de animação quadro a quadro quadro a quadro é uma técnica que consiste em utilizar imagens ou fotografias diferentes de um mesmo objeto para simular o seu movimento. Nesse caso, trata-se de relatar

Leia mais

II FESTIVAL NACIONAL CURTA NO CELULAR GUIA CURTA FÁCIL

II FESTIVAL NACIONAL CURTA NO CELULAR GUIA CURTA FÁCIL II FESTIVAL NACIONAL CURTA NO CELULAR GUIA CURTA FÁCIL O FEST CURT CELU Guia Curta Fácil 2 A câmera de cinema funciona como se fosse uma máquina fotográfica que dispara milhares de foto em um espaço muito

Leia mais

TREINAMENTOS DE ÁUDIO CUSTOMIZADOS PARA

TREINAMENTOS DE ÁUDIO CUSTOMIZADOS PARA TREINAMENTOS DE ÁUDIO CUSTOMIZADOS PARA TV Técnicas de captação VIDEO Desenho de som CINEMA Pós-produção DESTINADOS A A evolução da resolução dos arquivos nas mídias digitais (TV digital, cinema DIRETORES

Leia mais

Manual de apoio à elaboração de projetos culturais

Manual de apoio à elaboração de projetos culturais Manual de apoio à elaboração de projetos culturais Um projeto tem como objetivo transformar idéias e aspirações em ações concretas que possam aproveitar oportunidades, solucionar problemas, atender a necessidades

Leia mais

SOLICITAÇÃO DE SERVIÇO Divulgação: 108-16

SOLICITAÇÃO DE SERVIÇO Divulgação: 108-16 SOLICITAÇÃO DE SERVIÇO Divulgação: 108-16 Em conformidade com o Regulamento de Compras e Contratações de Obras e Serviços da Organização Social de Cultura Associação Amigos do Projeto Guri, decreto nº.

Leia mais

Prof. Marcelo Henrique dos Santos

Prof. Marcelo Henrique dos Santos POR QUE ESTUDAR COMPUTAÇÃO GRÁFICA? Quem quiser trabalhar em áreas afins: Entretenimento Jogos e filmes Visualização Simulação de fenômenos físicos Arte computadorizada Educação e treinamento Processamento

Leia mais

INCLUSÃO DIGITAL. 1º Semestre

INCLUSÃO DIGITAL. 1º Semestre INCLUSÃO DIGITAL 1º Semestre Sumário 1. Objetivos...4 2. Cursos oferecidos...4 2.1 Informática Básica...4 2.1.1. Windows...4 2.1.2. Word...4 2.1.3. Excel...4 2.1.4. PowerPoint...4 2.1.5. Internet...4 2.2

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular PÓS-PRODUÇÃO E EFEITOS ESPECIAIS Ano Lectivo 2010/2011

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular PÓS-PRODUÇÃO E EFEITOS ESPECIAIS Ano Lectivo 2010/2011 Programa da Unidade Curricular PÓS-PRODUÇÃO E EFEITOS ESPECIAIS Ano Lectivo 2010/2011 1. Unidade Orgânica Ciências Humanas e Sociais (1º Ciclo) 2. Curso Comunicação e Multimédia 3. Ciclo de Estudos 1º

Leia mais

NÚCLEO DE TECNOLOGIA E EDUCAÇÃO CURSO: WINDOWS MOVIE MAKER TUTORIAL

NÚCLEO DE TECNOLOGIA E EDUCAÇÃO CURSO: WINDOWS MOVIE MAKER TUTORIAL NÚCLEO DE TECNOLOGIA E EDUCAÇÃO CURSO: WINDOWS MOVIE MAKER TUTORIAL O que é o Windows Movie Maker? É um programa que permite criar nossos próprios filmes com som, músicas, transição e efeito de vídeo.

Leia mais

Sistema de Gestão do Atendimento Fila Digital. Documentação para Usuário Final

Sistema de Gestão do Atendimento Fila Digital. Documentação para Usuário Final Sistema de Gestão do Atendimento Fila Digital Documentação para Usuário Final Conteúdo Conteúdo...2 Instalando o Sistema de Gestão do Atendimento (Fila Digital)...4...5 Instalando e configurando a máquina

Leia mais

Curta-metragem Se Houver Quórum 1

Curta-metragem Se Houver Quórum 1 Curta-metragem Se Houver Quórum 1 Marcelo GERNHARDT 2 Giancarlo Backes COUTO 3 Luan Menezes KONRATH 4 Lucas de Quadros POOCH 5 Leonardo COUTO 6 Fábio SCHMITZ 7 Donesca CALLIGARO 8 José Francisco Mendonça

Leia mais

Coordenação de (CAC) SUPERINTENDÊNCIA DE FOMENTO SFO

Coordenação de (CAC) SUPERINTENDÊNCIA DE FOMENTO SFO Coordenação de Acompanhamento de Projetos (CAC) SUPERINTENDÊNCIA DE FOMENTO SFO Coordenação de Acompanhamento de Projetos - CAC Prorrogação do Prazo de Captação Controle do Prazo de conclusão/execução

Leia mais

Sumário. O Programa. Módulos. Básico Intermediário Avançado. Níveis de Desenvolvimento

Sumário. O Programa. Módulos. Básico Intermediário Avançado. Níveis de Desenvolvimento Sumário O Programa Módulos Básico Intermediário Avançado Níveis de Desenvolvimento Básico (Conceitos e exemplos isolados) Intermediário (Produção completa de um techo musical) Avançado (Projeto de conclusão

Leia mais

CURSO DE PRODUÇÃO MUSICAL

CURSO DE PRODUÇÃO MUSICAL CURSO DE PRODUÇÃO MUSICAL I. NÚMERO DE CURSO E TÍTULO MPP101: Curso de Produção Musical II. DESCRIÇÃO DO CURSO O Curso de Produção Musical mostra todos os processos de Produção Musical, de Pré-Produção,

Leia mais

Produzindo e divulgando fotos e vídeos. Aula 1 Criando um vídeo

Produzindo e divulgando fotos e vídeos. Aula 1 Criando um vídeo Produzindo e divulgando fotos e vídeos Aula 1 Criando um vídeo Objetivos 1 Conhecer um pouco da história dos filmes. 2 Identificar a importância de um planejamento. 3 Entender como criar um roteiro. 4

Leia mais

Guia Básico para Produção Audiovisual

Guia Básico para Produção Audiovisual Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/storage/b/98/ca/mnemocine/public_html/libraries/gantry/core/gantrytemplate.class.php on line 645 Warning: array_key_exists() [function.array-key-exists]:

Leia mais

Mestres 1 RESUMO. 4. Palavras-chave: Comunicação; audiovisual; documentário. 1 INTRODUÇÃO

Mestres 1 RESUMO. 4. Palavras-chave: Comunicação; audiovisual; documentário. 1 INTRODUÇÃO Mestres 1 Tiago Fernandes 2 Marcelo de Miranda Noms 3 Mariane Freitas 4 Tatiane Moura 5 Felipe Valli 6 Bruno Moura 7 Roberto Salatino 8 Conrado Langer 9 Prof. Msc. Luciana Kraemer 10 Centro Universitário

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA PRÓ REITORIA DE EXTENSÃO E ASSUNTOS COMUNITÁRIOS

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA PRÓ REITORIA DE EXTENSÃO E ASSUNTOS COMUNITÁRIOS UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA PRÓ REITORIA DE EXTENSÃO E ASSUNTOS COMUNITÁRIOS INCUBADORA DE EMPREENDIMENTOS SOLIDÁRIOS PROJETO TELECENTROS COMUNITÁRIOS SOFTWARE DE APRESENTAÇÃO POWER POINT IMPRESS PREZI

Leia mais

CONCURSO CULTURAL DE CINEMA E TV CRIADORES - EDIÇÃO 2015/2016

CONCURSO CULTURAL DE CINEMA E TV CRIADORES - EDIÇÃO 2015/2016 CONCURSO CULTURAL DE CINEMA E TV CRIADORES - EDIÇÃO 2015/2016 O Concurso Criadores, desenvolvido pelo Clube de Criadores - é produto da Academia Online de Cinema e TV tem como objetivo fomentar a produção

Leia mais