APRESENTAÇÃO O CURSO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "APRESENTAÇÃO O CURSO"

Transcrição

1

2 APRESENTAÇÃO A Especialização em Áudio para Rádio, TV e Cinema destina-se para quem quer trabalhar com broadcast e/ou radiodifusão, mercado em franca ascensão no Brasil. Além da microfonação, fundamental em uma produção radiofônica ou audiovisual, o aluno estuda as técnicas de trilha sonora, de sonorização na pós-produção e sonoplastia. O CURSO A Especialização ensina ao aluno as técnicas de captação de áudio para transmissões no rádio e na TV, além de captação para produções cinematográficas. O aluno vai aprender a utilizar os microfones e gravadores corretos, conforme a necessidade da captação, além de técnicas de mixagem e sincronismo, os formatos de áudios mais utilizados, softwares e a interação entre áudio e vídeo. A microfonação é algo fundamental em uma produção radiofônica ou audiovisual. Quanto melhor a microfonação, com a utilização dos microfones corretos conforme a necessidade da captação, menos trabalho será feito nas etapas seguintes, no estúdio. Outro aspecto abordado é sobre a importância da trilha sonora e seu aspecto artístico, que pode transmitir sensações diferentes e faz toda a diferença, dependendo do formato, da finalidade e do gênero da produção. Também são abordados as técnicas de sonorização na pós-produção e sonoplastia.

3 DISCIPLINAS QUE COMPÕEM O SISTEMA Áudio Fundamentos A natureza do som Características da nossa audição O decibel e suas aplicações Propagação do som ao ar livre 09/11/2015 a 13/11/2015 Intensivo Segunda a Sexta, 11h às 18h 18/01/2016 a 22/01/2016 Intensivo Segunda a Sexta, 09h às 16h 07/03/2016 a 04/04/2016 Extensivo Segundas, Quartas e Sextas, 18h45 às 21h45 07/05/2016 a 04/06/2016 Extensivo Sábados, 09h às 16h 27/06/2016 a 01/07/2016 Intensivo Segunda a Sexta, 11h às 18h 09/08/2016 a 08/09/2016 Extensivo Terças e Quintas, 18h45 às 21h45 12/09/2016 a 03/10/2016 Extensivo Segundas, Quartas e Sextas, 11h às 14h 05/12/2016 a 09/12/2016 Intensivo Segunda a Sexta, 11h às 18h Áudio Equipamentos e Aplicações Microfones e DI s Consoles Equalizadores Divisores de frequências Amplificadores Falantes e caixas Compressores e Noise Gates Multiefeitos 16/11/2015 a 20/11/2015 Intensivo Segunda a Sexta, 11h às 18h 25/01/2016 a 29/01/2016 Intensivo Segunda a Sexta, 8h às 15h 07/03/2016 a 04/04/2016 Extensivo Segundas, Quartas e Sextas, 15h às 18h 06/05/2016 a 03/06/2016 Extensivo Sextas, 11h às 18h 04/07/2016 a 08/07/2016 Intensivo Segunda a Sexta, 11h às 18h 09/08/2016 a 08/09/2016 Extensivo Terças e Quintas, 15h às 18h 12/12/2016 a 16/12/2016 Segunda a Sexta, 11h às 18h Técnica de Captação de Áudio para Televisão e Cinema A evolução do som no cinema e TV Captação de som direto (diálogo) Sincronismo (áudio x vídeo) Dificuldades impostas pela acústica (interior x exterior) Organização e cuidados com equipamentos Captação de sons especiais (efeitos sonoros) Etapas da sonorização (edição de som, FX, Foley, Mixagem)

4 19/10/2015 a 23/10/2015 Intensivo Segunda a Sexta, 11h às 18h 25/01/2016 a 29/01/2016 Intensivo Segunda a Sexta, 16h às 22h 11/07/2016 a 15/07/2016 Intensivo Segunda a Sexta, 15h às 21h 12/09/2016 a 03/10/2016 Extensivo Segundas, Quartas e Sextas, 18h45 às 21h45 24/10/2016 a 28/10/2016 Intensivo Segunda a Sexta, 11h às 18h 08/11/2016 a 13/12/2016 Extensivo Terças e Quintas, 18h45 às 21h45 Áudio para TV e Cinema Som e princípios de acústica Microfones Acessórios Mixers de externa Monitoração Gravadores, digitais e câmeras Procedimentos e técnicas de microfonação Sincronismo de áudio e vídeo Padrões e procedimentos de gravação 09/11/2015 a 13/11/2015 Intensivo Segunda a Sexta, 9h às 16h 15/02/2016 a 19/02/2016 Intensivo Segunda a Sexta, 15h às 21h 25/07/2016 a 29/07/2016 Intensivo Segunda a Sexta, 10h às 17h 07/11/2016 a 11/11/2016 Intensivo Segunda a Sexta, 10h às 17h Pós-produção de áudio para TV e Cinema 20 horas Som e princípios de acústica Microfones Acessórios Mixers de externa Monitoração Gravadores, digitais e câmeras Procedimentos e técnicas de microfonação Sincronismo de áudio e vídeo Padrões e procedimentos de gravação 09/11/2015 a 13/11/2015 Intensivo Segunda a Sexta, 9h às 17h 01/02/2016 a 04/02/2016 Intensivo Segunda a Quinta, 16h às 21h Trilha Sonora para TV e Cinema

5 Especificidade da linguagem musical e sonoplástica aplicada ao audiovisual (ponto, linha e plano) Técnicas de composição aplicadas ao tempo visual do cinema e televisão Análise das trilhas sonoras clássicas e mais expressivas no mercado Criação e sincronização de trilhas sonoras e utilização de softwares (de áudio, video e sincronismo) O Catálogo de sequências e a possibilidade de padronização técnica-expressiva. 22/02/2016 a 26/02/2016 Intensivo Segunda a Sexta, 11h às 18h 26/09/2016 a 30/09/2016 Intensivo Segunda a Sexta, 9h às 16h CARGA HORÁRIA 170h VALOR DO INVESTIMENTO Valor promocional do pacote de treinamento: À vista (35% - Débito, depósito e dinheiro): De R$ 6.065,00 por R$ 3.942,25 Cartão (25%): Até 12x R$ 379,06 (R$ 4.548,75) Cheque (10%): Até 16x R$ 341,15 (R$ 5.458,50) * Encaminhamento ao DRT atualmente válido para os PET s de Sonorização, Produção Musical, Iluminação Cênica e Produção Executiva de Eventos. Essa concessão pode mudar conforme normas dos Sindicatos concedentes.

APRESENTAÇÃO O CURSO

APRESENTAÇÃO O CURSO APRESENTAÇÃO Para competir no mercado de produção musical é fundamental uma formação que forneça o conhecimento necessário para o trabalho e técnicas de gravação, edição, mixagem e masterização, além do

Leia mais

APRESENTAÇÃO O CURSO

APRESENTAÇÃO O CURSO APRESENTAÇÃO Um dos preceitos básicos para quem quer se dedicar à sonorização é acreditar no que ouve e nos seus padrões, e essa máxima é confirmada por muitos dos mais renomados profissionais da área.

Leia mais

APRESENTAÇÃO O CURSO

APRESENTAÇÃO O CURSO APRESENTAÇÃO A cena de música eletrônica tem crescido muito. Se apresentar como DJ já era considerada uma forma de expressão artística, ainda que desvalorizada, com o passar do tempo isto está mudando.

Leia mais

APRESENTAÇÃO O CURSO

APRESENTAÇÃO O CURSO APRESENTAÇÃO A realização de shows e festivais tem crescido consideravelmente nos últimos anos, aproveitando este bom momento da economia e do real valorizado. Mesmo em crescimento, este mercado está cada

Leia mais

APRESENTAÇÃO O CURSO

APRESENTAÇÃO O CURSO APRESENTAÇÃO Para competir no mercado de produção musical é fundamental uma formação que forneça o conhecimento necessário para o trabalho e técnicas de gravação, edição, mixagem e masterização, além do

Leia mais

Todos os direitos reservados a Fluxo - Escola de Fotografia Expandida. por Caio Amon. Imagens Sonoras. A Expansão da Imagem pelo Som

Todos os direitos reservados a Fluxo - Escola de Fotografia Expandida. por Caio Amon. Imagens Sonoras. A Expansão da Imagem pelo Som Imagens Sonoras por Caio Amon A Expansão da Imagem pelo Som Todos os direitos reservados a Fluxo - Escola de Fotografia Expandida Aprenda a produzir som e trilha para seus projetos. Imagens Sonoras A Expansão

Leia mais

competente e registro no Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura (CREA).

competente e registro no Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura (CREA). EMPRESA BRASIL DE COMUNICAÇÃO (EBC) CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE VAGAS E FORMAÇÃO DE CADASTRO DE RESERVA EM CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR E DE NÍVEL MÉDIO EDITAL Nº 5 EBC, 26 DE JULHO DE 2011 A DIRETORA-PRESIDENTA

Leia mais

CURSO DE ÁUDIO E TÉCNICAS DE GRAVAÇÃO EM ESTÚDIO

CURSO DE ÁUDIO E TÉCNICAS DE GRAVAÇÃO EM ESTÚDIO CURSO DE ÁUDIO E TÉCNICAS DE GRAVAÇÃO EM ESTÚDIO Nos encontramos na música O AfroReggae e a Natura acreditam na cultura. Por isso, estamos juntos mais uma vez para revelar talentos e dar voz aos jovens

Leia mais

TREINAMENTOS DE ÁUDIO CUSTOMIZADOS PARA

TREINAMENTOS DE ÁUDIO CUSTOMIZADOS PARA TREINAMENTOS DE ÁUDIO CUSTOMIZADOS PARA TV Técnicas de captação VIDEO Desenho de som CINEMA Pós-produção DESTINADOS A A evolução da resolução dos arquivos nas mídias digitais (TV digital, cinema DIRETORES

Leia mais

WORKSHOP DE EXPRESSÃO AUDIOVISUAL

WORKSHOP DE EXPRESSÃO AUDIOVISUAL WORKSHOP DE EXPRESSÃO AUDIOVISUAL PROGRAMA Tronco Comum SESSÃO 1 Apresentação do Workshop e Introdução à Linguagem Audiovisual 3 horas Apresentação dos intervenientes (formador e formandos). Apresentação

Leia mais

APRESENTAÇÃO O CURSO

APRESENTAÇÃO O CURSO APRESENTAÇÃO A cena de música eletrônica tem crescido muito. Se apresentar-se como DJ já era considerada uma forma de expressão artística, ainda que desvalorizada, com o passar do tempo isto está mudando.

Leia mais

Regulamento das oficinas

Regulamento das oficinas Regulamento das oficinas As oficinas oferecidas pelo Cine Festival Inconfidentes Festival Nacional de Cinema e Vídeo de Mariana são gratuitas e abertas à participação da comunidade; Cada pessoa poderá

Leia mais

Projeto Rádio D Alkimin PORTARIA Nº 2750/11 SME PROGRAMA NAS ONDAS DO RÁDIO INÍCIO: 26/03/2012 TÉRMINO 30 /11/2012 PROFESSORES RESPONSÁVEIS

Projeto Rádio D Alkimin PORTARIA Nº 2750/11 SME PROGRAMA NAS ONDAS DO RÁDIO INÍCIO: 26/03/2012 TÉRMINO 30 /11/2012 PROFESSORES RESPONSÁVEIS PREFEITURA DA CIDADE DE SÃO PAULO SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DIRETORIA REGIONAL DE EDUCAÇÃO BUTANTÃ EMEF- PROFESSORA MARIA ANTONIETA D ALKMIN BASTO Projeto Rádio D Alkimin PORTARIA Nº 2750/11 SME

Leia mais

Radionovela para e com deficientes visuais 1

Radionovela para e com deficientes visuais 1 Radionovela para e com deficientes visuais 1 Gabriela Rodrigues Pereira CAPPELLINI 2 Raquel PELLEGRINI 3 Christian GODOI 4 Centro Universitário do Monte Serrat, Santos, SP RESUMO Narrar histórias a deficientes

Leia mais

APRESENTAÇÃO DA CERTIFICAÇÃO OCUPACIONAL

APRESENTAÇÃO DA CERTIFICAÇÃO OCUPACIONAL APRESENTAÇÃO DA CERTIFICAÇÃO OCUPACIONAL A Agência de Certificação Ocupacional (ACERT) é parte integrante da Fundação Luís Eduardo Magalhães (FLEM) Centro de Modernização e Desenvolvimento da Administração

Leia mais

PRODUÇÃO INTELECTUAL, DIFUSÃO DA EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA E AUDIOVISUAL

PRODUÇÃO INTELECTUAL, DIFUSÃO DA EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA E AUDIOVISUAL PRODUÇÃO INTELECTUAL, DIFUSÃO DA EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA E AUDIOVISUAL PROMOVER A PRODUÇÃO INTELECTUAL E A DIFUSÃO DAS AÇÕES DE EXTENSÃO POR MEIO DO AUDIOVISUAL REGISTRAR DIFUNDIR DIVULGAR PRODUZIR CONHECIMENTO

Leia mais

WORKSHOP SONORIZAÇÃO

WORKSHOP SONORIZAÇÃO WORKSHOP SONORIZAÇÃO 1. Introdução - O propósito da sonorização A sonorização é necessária sempre que for preciso fazer com que um determinado programa, voz ou música, seja ouvido por um número maior de

Leia mais

A Universidade Aberta do Brasil na UFABC contrata profissionais para atuação na Equipe Multidisciplinar e Equipe de Apoio Acadêmico:

A Universidade Aberta do Brasil na UFABC contrata profissionais para atuação na Equipe Multidisciplinar e Equipe de Apoio Acadêmico: A Universidade Aberta do Brasil na UFABC contrata profissionais para atuação na Equipe Multidisciplinar e Equipe de Apoio Acadêmico: Roteirista Período: 4 meses* Carga horária: 20 horas semanais Qtd. Vagas

Leia mais

PROGRAMA DE DISCIPLINA. Produção de Áudio. 72 5º semestre

PROGRAMA DE DISCIPLINA. Produção de Áudio. 72 5º semestre Faculdade Anísio Teixeira de Feira de Santana Autorizada pela Portaria Ministerial nº 552 de 22 de março de 2001 e publicada no Diário Oficial da União de 26 de março de 2001. Endereço: Rua Juracy Magalhães,

Leia mais

TÉCNICAS DE GRAVAÇÃO. por William Paiva

TÉCNICAS DE GRAVAÇÃO. por William Paiva TÉCNICAS DE GRAVAÇÃO por William Paiva CRIAR / PRODUZIR CRIAR / PRODUZIR ÁUDIO CRIAR / PRODUZIR ÁUDIO SPOT / JINGLE / VINHETA / TRILHA / ESPERA DE CHAMADA / ETC... CRIAR / PRODUZIR ÁUDIO SPOT / JINGLE

Leia mais

Critérios para obtenção do Registro Profissional

Critérios para obtenção do Registro Profissional Critérios para obtenção do Registro Profissional Os critérios para obtenção do registro profissional na categoria de radialista, é fruto de uma intensa discussão entre o sindicato e os trabalhadores da

Leia mais

Escola Superior de Tecnologia de Abrantes

Escola Superior de Tecnologia de Abrantes Instituto Politécnico de Tomar Escola Superior de Tecnologia de Abrantes Curso Curso de Comunicação Social Ano Lectivo 2008/2009 Ficha da Unidade Curricular Unidade Curricular Área Científica TECNOLOGIAS

Leia mais

I - ADMINISTRAÇÃO II - PRODUÇÃO

I - ADMINISTRAÇÃO II - PRODUÇÃO ANEXO AO DECRETO Nº 84.134 DE 30 DE OUTUBRO DE 1979 TÍTULOS E DESCRIÇÕES DAS FUNÇÕES EM QUE SE DESDOBRAM AS ATIVIDADES DOS RADIALISTAS. 1) RÁDIO - TV FISCAL I - ADMINISTRAÇÃO Fiscaliza as transmissões

Leia mais

ALGUNS DIFERENCIAIS E MOTIVOS PARA ESCOLHER A DJLAND SCHOOL

ALGUNS DIFERENCIAIS E MOTIVOS PARA ESCOLHER A DJLAND SCHOOL DJLAND SCHOOL Escola para Djs e Produção Musical Desde 2006 a escola Djland se dedica à formação e ao aperfeiçoamento de DJs e Produtores Musicais. Nós proporcionamos ao aluno um aprendizado diferenciado

Leia mais

Ficha de Unidade Curricular

Ficha de Unidade Curricular Ficha de Unidade Curricular Unidade Curricular Designação Práticas de Gravação I Área Científica Som Som e Imagem Ciclo de Estudos 1º Ciclo - Licenciatura Carácter: Semestre 3º ECTS 6 Tempo de Trabalho:

Leia mais

CURSO DE PRODUÇÃO MUSICAL

CURSO DE PRODUÇÃO MUSICAL CURSO DE PRODUÇÃO MUSICAL I. NÚMERO DE CURSO E TÍTULO MPP101: Curso de Produção Musical II. DESCRIÇÃO DO CURSO O Curso de Produção Musical mostra todos os processos de Produção Musical, de Pré-Produção,

Leia mais

Palavras-chave: 1. Artes; 2. Audiovisual 3. Educação; 4. Rádio; 5. Vídeo

Palavras-chave: 1. Artes; 2. Audiovisual 3. Educação; 4. Rádio; 5. Vídeo Artes Audiovisuais: Estratégia cooperativa na modalidade Educação Jovem e Adulta - EJA STEFANELLI, Ricardo 1 Instituto Federal de Educação Tecnológica de São Paulo RESUMO O presente trabalho na disciplina

Leia mais

Sumário. O Programa. Módulos. Básico Intermediário Avançado. Níveis de Desenvolvimento

Sumário. O Programa. Módulos. Básico Intermediário Avançado. Níveis de Desenvolvimento Sumário O Programa Módulos Básico Intermediário Avançado Níveis de Desenvolvimento Básico (Conceitos e exemplos isolados) Intermediário (Produção completa de um techo musical) Avançado (Projeto de conclusão

Leia mais

DIVISÃO DE REGISTROS ACADÊMICOS Registros Acadêmicos da Graduação. Ementas por Curso 09/05/2011 14:54

DIVISÃO DE REGISTROS ACADÊMICOS Registros Acadêmicos da Graduação. Ementas por Curso 09/05/2011 14:54 Curso: DIVISÃO DE REGISTROS ACADÊMICOS Centro de Ciências Humanas e da Comunicação Comunicação Social (Noturno) Ano/Semestre: 011/1 09/05/011 1:5 COM.0000.0.000- COM.0001.0.001-0 COM.0019.01.001-7 FIL.0051.00.00-3

Leia mais

PADRONIZAÇÃO EDITORIAL DA AGÊNCIA DE JORNALISMO NA PRODUÇÃO DE VINHETAS AUDIOVISUAIS

PADRONIZAÇÃO EDITORIAL DA AGÊNCIA DE JORNALISMO NA PRODUÇÃO DE VINHETAS AUDIOVISUAIS 11. CONEX Apresentação Oral Resumo Expandido 1 ÁREA TEMÁTICA: ( X ) COMUNICAÇÃO ( ) CULTURA ( ) DIREITOS HUMANOS E JUSTIÇA ( ) EDUCAÇÃO ( ) MEIO AMBIENTE ( ) SAÚDE ( ) TRABALHO ( ) TECNOLOGIA PADRONIZAÇÃO

Leia mais

Conselho Nacional do Ministério Público. Ata de Realização do Pregão Eletrônico Nº 00059/2011

Conselho Nacional do Ministério Público. Ata de Realização do Pregão Eletrônico Nº 00059/2011 1 de 7 15:08 Pregão Eletrônico 590001.592011.2886.4552.2744559738.477 Conselho Nacional do Ministério Público Ata de Realização do Pregão Eletrônico Nº 00059/2011 Às 11:06 horas do dia 29 de dezembro de

Leia mais

Apostila Artes Audiovisuais

Apostila Artes Audiovisuais INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO CAMPUS SERTÃOZINHO Apostila Artes Audiovisuais ROTEIRO Cinema,Televisão e Vídeo 3a. Revisão 2010 Prof. MS. Ricardo Stefanelli 1 Projeto para Roteiro Audiovisual Vídeo Artes

Leia mais

FACULDADE DE ARTES DO PARANÁ CURSO DE BACHARELADO EM CINEMA E VÍDEO Ano Acadêmico de 2008 MATRIZ CURRICULAR

FACULDADE DE ARTES DO PARANÁ CURSO DE BACHARELADO EM CINEMA E VÍDEO Ano Acadêmico de 2008 MATRIZ CURRICULAR MATRIZ CURRICULAR Carga Horária Semestral por Disciplina Disciplinas 1º semestre 2º semestre 3º semestre 4º semestre 5º semestre 6º semestre 7º semestre 8º semestre Total Obrigatórias Optativas Fundamentos

Leia mais

Pós-Produção. Prof. Adriano Portela

Pós-Produção. Prof. Adriano Portela Pós-Produção Prof. Adriano Portela Pós-Produção A pós-produção pode ser o aspecto menos compreendido pelo produtor. É nessa fase que as cenas e o áudio são editados e mixados para criar uma obra coerente

Leia mais

DESENVOVIMENTO DE GAMES APRESENTAÇÃO. MARCELO HENRIQUE DOS SANTOS http://www.marcelohsantos.com marcelosantos@outlook.com

DESENVOVIMENTO DE GAMES APRESENTAÇÃO. MARCELO HENRIQUE DOS SANTOS http://www.marcelohsantos.com marcelosantos@outlook.com JOGOS DIGITAIS DESENVOVIMENTO DE GAMES APRESENTAÇÃO MARCELO HENRIQUE DOS SANTOS http://www.marcelohsantos.com marcelosantos@outlook.com Bacharel em Sistema de Informação Pós Graduado em Games : Produção

Leia mais

A transmissão multimídia (áudio e vídeo) através da Internet ou rede de computadores não é novidade. Na CELEPAR este processo foi iniciado no final

A transmissão multimídia (áudio e vídeo) através da Internet ou rede de computadores não é novidade. Na CELEPAR este processo foi iniciado no final A transmissão multimídia (áudio e vídeo) através da Internet ou rede de computadores não é novidade. Na CELEPAR este processo foi iniciado no final de 1997 com vídeo-conferência e a primeira implantação

Leia mais

Prof. Daniel Hasse. Multimídia e Hipermídia

Prof. Daniel Hasse. Multimídia e Hipermídia Prof. Daniel Hasse Multimídia e Hipermídia AULA 02 Agenda: Algoritmos de Codificação/Decodificação; Codec de Áudio. Atividade complementar. Algoritmos de Codificação/Decodificação - Comunicação tempo real,

Leia mais

CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL (Publicidade e Propaganda)

CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL (Publicidade e Propaganda) CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL (Publicidade e Propaganda) NÚCLEO DE TECNOLOGIA E COMUNICAÇÃO FACULDADE DA CIDADE DE MACEIÓ Regulamento de Funcionamento do Laboratório de Comunicação I INTRODUÇÃO: O Núcleo

Leia mais

CINEMA E AUDIOVISUAL

CINEMA E AUDIOVISUAL CINEMA E AUDIOVISUAL O curso apresenta aos alunos um panorama das principais técnicas, conceitos e habilidades necessárias para o desenvolvimento de atividades relacionadas à finalização de PÓS-PRODUÇÃO

Leia mais

FACULDADES INTEGRADAS BARROS MELO PROCESSO SELETIVO PARA ALUNOS/ESTÁGIARIOS EDITAL

FACULDADES INTEGRADAS BARROS MELO PROCESSO SELETIVO PARA ALUNOS/ESTÁGIARIOS EDITAL FACULDADES INTEGRADAS BARROS MELO PROCESSO SELETIVO PARA ALUNOS/ESTÁGIARIOS EDITAL A Profª. Ivânia Maria de Barros Melo dos Anjos Dias, Diretora Geral das Faculdades Integradas Barros Melo, no uso de suas

Leia mais

INFORMAÇÕES CADASTRAIS. Empresa: Representante Legal: Tel.: ( ) Cel.:( ) Email:

INFORMAÇÕES CADASTRAIS. Empresa: Representante Legal: Tel.: ( ) Cel.:( ) Email: Empresa: Representante Legal: INFORMAÇÕES CADASTRAIS Tel.: ( ) Cel.:( ) Email: Cidade: UF: Classe do Serviço: Frequência Utilizada: Há quanto tempo a rádio está em operação? Estimativa do número de ouvintes

Leia mais

A essa altura, você deve estar se perguntando qual é a diferença entre cinema e vídeo, audiovisual e multimídia, não é mesmo?

A essa altura, você deve estar se perguntando qual é a diferença entre cinema e vídeo, audiovisual e multimídia, não é mesmo? Pré-Vestibular Social Grupo SOA Suporte à Orientação Acadêmica Ela faz cinema Ela faz cinema Ela é demais (Chico Buarque) CINEMA Chegou o momento de escolher um curso. Diante de tantas carreiras e faculdades

Leia mais

APRESENTAÇÃO O CURSO

APRESENTAÇÃO O CURSO APRESENTAÇÃO A iluminação é uma das grandes responsáveis pela valorização de um espetáculo, cria o clima e em alguns momentos atua até como cenário. A partir dos anos 1990, as técnicas de desenho de luz

Leia mais

PLANO DE CURSO. Instituição: SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL - SENAC SÃO PAULO

PLANO DE CURSO. Instituição: SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL - SENAC SÃO PAULO PLANO DE CURSO Instituição: SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL - SENAC SÃO PAULO CNPJ: 03.709.814/0001-98 Data: 01 de fevereiro de 2012 Número do Plano: 165 Eixo Tecnológico: PRODUÇÃO CULTURAL

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA PROGRAMAS DOS CONCURSOS PARA PROFESSOR DE 3º GRAU DO CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS, LETRAS E ARTES CCHLA CAMPUS I JOÃO PESSOA CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS,

Leia mais

FACULDADES INTEGRADAS BARROS MELO PROCESSO SELETIVO PARA ALUNOS/ESTÁGIARIOS EDITAL

FACULDADES INTEGRADAS BARROS MELO PROCESSO SELETIVO PARA ALUNOS/ESTÁGIARIOS EDITAL FACULDADES INTEGRADAS BARROS MELO PROCESSO SELETIVO PARA ALUNOS/ESTÁGIARIOS EDITAL A Profª. Ivânia Maria de Barros Melo dos Anjos Dias, Diretora Geral das Faculdades Integradas Barros Melo, no uso de suas

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO SECRETARIA DOS ÓRGÃOS COLEGIADOS

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO SECRETARIA DOS ÓRGÃOS COLEGIADOS DELIBERAÇÃO Nº 65, DE 11 DE MAIO DE 2012 O DA UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO, tendo em vista a decisão tomada em sua 257ª Reunião Extraordinária, realizada em 11 de maio de 2012, e considerando

Leia mais

FACULDADES INTEGRADAS BARROS MELO PROCESSO SELETIVO PARA ALUNOS/ESTÁGIARIOS EDITAL

FACULDADES INTEGRADAS BARROS MELO PROCESSO SELETIVO PARA ALUNOS/ESTÁGIARIOS EDITAL FACULDADES INTEGRADAS BARROS MELO PROCESSO SELETIVO PARA ALUNOS/ESTÁGIARIOS EDITAL A Profª. Ivânia Maria de Barros Melo dos Anjos Dias, Diretora Geral das Faculdades Integradas Barros Melo, no uso de suas

Leia mais

CURSO DE ÁUDIO E ACÚSTICA

CURSO DE ÁUDIO E ACÚSTICA CURSO DE ÁUDIO E ACÚSTICA I. NÚMERO DE CURSO E TÍTULO AEP101: Curso de Áudio e Acústica II. DESCRIÇÃO DO CURSO O Curso de Áudio & Acústica ensina a entender e gerenciar sistemas sonoros complexos, incluindo

Leia mais

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE Centro de Comunicação e Letras Curso de Propaganda, Publicidade e Criação PLANO DE ENSINO

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE Centro de Comunicação e Letras Curso de Propaganda, Publicidade e Criação PLANO DE ENSINO PLANO DE ENSINO CÓDIGO 042 CÓD. CURSO CÓD. DISC. 12035351 CRÉDITOS UNIDADE CENTRO DE COMUNICAÇÃO E LETRAS CURSO PROPAGANDA, PUBLICIDADE E CRIAÇÃO DISCIPLINA LINGUAGEM DO SOM E DA IMAGEM II (Áudio/Vídeo)

Leia mais

Missão. Objetivo Geral

Missão. Objetivo Geral SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO Curso: CINEMA E AUDIOVISUAL Missão O Curso de Cinema e Audiovisual da Universidade Estácio de Sá tem como missão formar um profissional humanista, com perfil técnico e artístico

Leia mais

NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL - SENAC SÃO PAULO CNPJ:

NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL - SENAC SÃO PAULO CNPJ: PLANO DE CURSO Instituição: SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL - SENAC SÃO PAULO CNPJ: 03.709.814/0001-98 Data: 01 de fevereiro de 2012 Número do Plano: 165 Eixo Tecnológico: PRODUÇÃO CULTURAL

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO UERJ Superintendência de Recursos Humanos

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO UERJ Superintendência de Recursos Humanos Edital Padrão com Regulamento Único EDITAL DE CONCURSO PÚBLICO N.º 31A/SRH/2014 A UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO - UERJ, através da Superintendência de Recursos Humanos - SRH, torna público o

Leia mais

Encontro 02. Encontro 03. Encontro 04

Encontro 02. Encontro 03. Encontro 04 2015 Quem nunca saiu do cinema e ficou com certa música repetindo na sua cabeça por alguns dias? Ou ao pensar em determinado filme, inevitavelmente a trilha original foi lembrada automaticamente? Tubarão,

Leia mais

Ementa das disciplinas optativas 2011.1 (em ordem alfabética independente do curso e do turno)

Ementa das disciplinas optativas 2011.1 (em ordem alfabética independente do curso e do turno) Ementa das disciplinas optativas 2011.1 (em ordem alfabética independente do curso e do turno) Disciplina Ementa Pré- requisito C.H. Curso Assessoria de Comunicação Conhecimento geral, reflexão e prática

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO. Relatório Perfil Curricular

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO. Relatório Perfil Curricular PERÍODO: 1º MU096- CANTO 1A OBRIG 0 60 60 2.0 Fórmula: MU055 MU055- PERCEPCAO RITMICA MU271- CANTO CORAL 1 OBRIG 0 30 30 1.0 Fórmula: MU096 MU096- CANTO 1A PRÁTICA DA POLIFONIA VOCAL A DUAS E TRÊS VOZES.

Leia mais

FESTIVAL DE BRASÍLIA DO CINEMA BRASILEIRO

FESTIVAL DE BRASÍLIA DO CINEMA BRASILEIRO FESTIVAL DE BRASÍLIA DO CINEMA BRASILEIRO SOBRE A EBC Criada em 2007 para instituir o Sistema Público de Comunicação, a Empresa Brasil de Comunicação é formada pela TV Brasil, TV Brasil Internacional,

Leia mais

Universidade. Estácio de Sá. Comunicação

Universidade. Estácio de Sá. Comunicação Universidade Estácio de Sá Comunicação A Estácio Hoje reconhecida como a maior instituição particular de ensino superior do país, a Universidade Estácio de Sá iniciou suas atividades em 1970, como Faculdades

Leia mais

Oficina de Radialismo

Oficina de Radialismo Oficina de Radialismo Projeto de Rádio Escolar Rádio Escolar: Exercícios práticos Vinhetas de Rádio Exemplos: O que são vinhetas? São pequenas gravações que usamos, geralmente, para reforçar uma informação.

Leia mais

LINGUÍSTICA, LETRAS E ARTES

LINGUÍSTICA, LETRAS E ARTES Trabalho em Evento Trabalho em evento completo de natureza internacional 3.00 Trabalho em Evento Trabalho em evento completo de natureza local 1.00 Trabalho em Evento Trabalho em evento completo de natureza

Leia mais

Pós-produção Audiovisual: módulo básico MANUAL DO CANDIDATO. Ingresso Maio 2013. ESPM Unidade Sul

Pós-produção Audiovisual: módulo básico MANUAL DO CANDIDATO. Ingresso Maio 2013. ESPM Unidade Sul ESCOLA DE CRIAÇÃO Pós-produção Audiovisual: módulo básico MANUAL DO CANDIDATO Ingresso Maio 2013 ESPM Unidade Sul Rua Guilherme Schell, 350 Santo Antônio Porto Alegre/RS. Informações: Central de Candidatos:

Leia mais

PROGRAMA TRILHA SETRE NA TRILHA DAS ARTES CURSOS DE 400 HORAS. 1. Qualificação Social 100 horas

PROGRAMA TRILHA SETRE NA TRILHA DAS ARTES CURSOS DE 400 HORAS. 1. Qualificação Social 100 horas PROGRAMA TRILHA SETRE NA TRILHA DAS ARTES CURSOS DE 400 HORAS 1. Qualificação Social 100 horas INCLUSÃO DIGITAL - 30 horas (15 h de prática) Ementa: Introdução à informática, hardware e software. Descrição

Leia mais

web2way Comunicações e Vídeos LTDA

web2way Comunicações e Vídeos LTDA web2way Comunicações e Vídeos LTDA Soluções em Comunicação da web2way que podem ser úteis para sua empresa Preparada por: Adriana Grasso sócia/administradora Data: 21/05/2012 Sobre a web2way A web2way

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico Etec Etec: Paulino Botelho Código: 091 Município: São Carlos Eixo Tecnológico: Informação e Comunicação Habilitação Profissional: Habilitação Profissional

Leia mais

PROGRAMA GERAL DO COMPONENTE CURRICULAR- PGCC 1

PROGRAMA GERAL DO COMPONENTE CURRICULAR- PGCC 1 Governo do Estado do Rio Grande do Norte Secretaria de Estado da Educação e da Cultura - SEEC UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE - UERN Pró-Reitoria de Ensino de Graduação PROEG Home Page: http://www.uern.br

Leia mais

NAVEGANDO NAS ONDAS DO RÁDIO

NAVEGANDO NAS ONDAS DO RÁDIO OFICINA Nº: 01 ANEXO 1A NAVEGANDO NAS ONDAS DO RÁDIO ÁREA: Educomunicação FAIXA ETÁRIA: 13 a 16 anos. ROTEIRO DE PAUTA A pauta de rádio tem por objetivo oferecer o maior número de informações para o repórter

Leia mais

ELETROELETRÔNICO, TIC E AUDIOVISUAL

ELETROELETRÔNICO, TIC E AUDIOVISUAL ELETROELETRÔNICO, TIC E AUDIOVISUAL Introdução A Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC), eletroeletrônico e audiovisual é um dos complexos mais importantes da economia, uma vez que pode proporcionar

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE GRADUAÇÃO PUBLICIDADE E PROPAGANDA GRADE DETALHADA DO CURSO COM AS EMENTAS DAS DISCIPLINAS

CURSO SUPERIOR DE GRADUAÇÃO PUBLICIDADE E PROPAGANDA GRADE DETALHADA DO CURSO COM AS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO SUPERIOR DE GRADUAÇÃO PUBLICIDADE E PROPAGANDA GRADE DETALHADA DO CURSO COM AS EMENTAS DAS DISCIPLINAS Cultura Brasileira 1º PERÍODO O fenômeno cultural. Cultura(s) no Brasil. Cultura regional e

Leia mais

II Simpósio Bienal de Educação Musical PUC-PR nov/2012. 1 Miguel Ratton

II Simpósio Bienal de Educação Musical PUC-PR nov/2012. 1 Miguel Ratton 1 Miguel Ratton O vínculo da música com a tecnologia Desde que surgiram os primeiros instrumentos, a execução musical sempre esteve associada a alguma tecnologia Nos instrumentos acústicos, o resultado

Leia mais

CURSOS ESPECIALIZAÇÃO EM ÁUDIO. Especialização em Áudio e Acústica. AEP101: Curso de Áudio e Acústica

CURSOS ESPECIALIZAÇÃO EM ÁUDIO. Especialização em Áudio e Acústica. AEP101: Curso de Áudio e Acústica CURSOS ESPECIALIZAÇÃO EM ÁUDIO AEP101: Curso de Áudio e Acústica Especialização em Áudio e Acústica 1. Registro Profissional-212: Técnico de Áudio 2. Registro Profissional-216: Sonoplasta 1 I. NÚMEROS

Leia mais

CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU 1. ARQUITETURA DE INTERIORES 2. ARQUITETURA E CENOGRAFIA ARQUITETURA DE INTERIORES

CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU 1. ARQUITETURA DE INTERIORES 2. ARQUITETURA E CENOGRAFIA ARQUITETURA DE INTERIORES CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU 1. ARQUITETURA DE INTERIORES 2. ARQUITETURA E CENOGRAFIA ARQUITETURA DE INTERIORES APRESENTAÇÃO O curso oferece, a arquitetos e a profissionais de áreas afins, um perfil

Leia mais

GUIA BÁSICO PARA PRODUÇÃO DE UM FILME DIGITAL

GUIA BÁSICO PARA PRODUÇÃO DE UM FILME DIGITAL A Filmagem O roteiro foi preparado, a câmera está pronta e então chegou o grande dia de se começar a filmar. Ótimo, mas antes de ligar a câmera, temos que atentar para alguns detalhes básicos. Mas espere

Leia mais

AULA I: O processo de produção audiovisual. Visão geral

AULA I: O processo de produção audiovisual. Visão geral AULA I: O processo de produção audiovisual Visão geral Etapas da criação audiovisual IDEIA Roteiro Projeto Captação Preparação Pré-Produção Filmagem Desprodução Finalização A PRODUÇÃO Fases: PRÉ-PRODUÇÃO

Leia mais

Multimídia. Hardware/Software para Multimídia (Parte I) Sistemas Multimídia. Tópico. Hardware e Software para Multimídia

Multimídia. Hardware/Software para Multimídia (Parte I) Sistemas Multimídia. Tópico. Hardware e Software para Multimídia Multimídia Hardware/Software para Multimídia (Parte I) Sistemas Multimídia Tópico Hardware e Hardware para Multimídia Com a popularização dos sistemas multimídia foi criado o padrão MPC (PC Multimídia)

Leia mais

08 a 11 de outubro de 2014

08 a 11 de outubro de 2014 EMPREENDER NA MÚSICA COMO TRANSFORMAR UMA BANDA NUMA MICRO EMPRESA 08 a 11 de outubro de 2014 08 a 11 de outubro de 2014 Sumário Ecossistema da música A música no Brasil Gestão da carreira musical O ecossistema

Leia mais

08 a 11 de outubro de 2014

08 a 11 de outubro de 2014 Uma ideia na cabeça e um CNPJ nas mãos: noções básicas sobre a atividade empresarial para empreendedores culturais 08 a 11 de outubro de 2014 08 a 11 de outubro de 2014 Conteúdo da palestra 1 Empreendedor

Leia mais

Regimento do Estúdio de Cinema Almeida Fleming e do Laboratório de Edição do Curso de Bacharelado em Cinema e Audiovisual

Regimento do Estúdio de Cinema Almeida Fleming e do Laboratório de Edição do Curso de Bacharelado em Cinema e Audiovisual Regimento do Estúdio de Cinema Almeida Fleming e do Laboratório de Edição do Curso de Bacharelado em Cinema e Audiovisual 1. Das Disposições Preliminares 1.1 Esta resolução tem como objetivo normatizar

Leia mais

catálogo de produtos

catálogo de produtos catálogo de produtos Caixas Acústicas PS2TWA Caixa bi-amplificada com 150 watts (EIAJ), 2 altofalantes de 8, resposta 65Hz-20KHz, 118dB SPL máximo. PS2TW Caixa acústica passiva 150W 2 vias, 2 alto-falantes

Leia mais

TECNOLOGIAS DA COMUNICAÇÃO 9º ANO

TECNOLOGIAS DA COMUNICAÇÃO 9º ANO TECNOLOGIAS DA COMUNICAÇÃO 9º ANO Ano Lectivo 2008/2009 TECNOLOGIAS DA COMUNICAÇÃO Em nenhuma época histórica o homem teve tantas possibilidades de transportar e comunicar ideias. Francisco Gutierrez Na

Leia mais

Oficina de Radialismo

Oficina de Radialismo Oficina de Radialismo Projeto de Rádio Escolar - Implementação Equipe de Comunicação Instituto Brasil Solidário - IBS A radiofusão O aproveitamento das ondas eletromagnéticas para a propagação de informação

Leia mais

ANEXO I RELAÇÃO DOS ITENS DA LICITAÇÃO

ANEXO I RELAÇÃO DOS ITENS DA LICITAÇÃO Nr.: - PR Folha: 1/7 1 1,000 UN LOCAÇÃO, MONTAGEM E DESMONTAGEM DE PALCO 12.000,0000 12.000,0000 16MX14M, PISO COM CHAPAS DE COMPENSADO NAVAL 25,00MM, ALTURA MÍNIMA DE 1,60M, COM ESCADA DE ACESSO, HOUSE

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO Resolução n 92/ 2011 Aprova o Projeto Pedagógico do Curso de Graduação em Radialismo, Bacharelado,

Leia mais

LINHAS DE EXPLORAÇÃO DO QUADRO DE COMPETÊNCIAS EXPRESSÃO MUSICAL

LINHAS DE EXPLORAÇÃO DO QUADRO DE COMPETÊNCIAS EXPRESSÃO MUSICAL ESCOLA BÁSICA E SECUNDÁRIA DAS VELAS LINHAS DE EXPLORAÇÃO DO QUADRO DE COMPETÊNCIAS EXPRESSÃO MUSICAL 1º CICLO DO ENSINO BÁSICO 1 DO ENSINO BÁSICO CE 1 CE 5 CE 8 CE 12 CE 14 Interpretação e comunicação

Leia mais

Regulamento do Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) Comunicação Social Rádio e TV, Bacharelado

Regulamento do Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) Comunicação Social Rádio e TV, Bacharelado Credenciada pela Portaria nº 590 de 18/05/2011 Regulamento do Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) Comunicação Social Rádio e TV, Bacharelado DOS FUNDAMENTOS, OBJETIVOS E CONTEÚDOS Art. 1º. Os Trabalhos

Leia mais

Media Analysis. 2014 Vidierre

Media Analysis. 2014 Vidierre Media Analysis 2014 Vidierre 1. The world is our media source Desenvolvemos tecnologias holísticas de monitoramento da mídia capazes de examinar o mais amplo espectro das fontes abertas, internet, tv,

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIVATES

CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIVATES CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIVATES REGULAMENTO DE ESTÁGIO CURRICULAR NÃO OBRIGATÓRIO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM FOTOGRAFIA REGULAMENTO DE ESTÁGIO CURRICULAR NÃO OBRIGATÓRIO Das Disposições Gerais O presente

Leia mais

CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL PUBLICIDADE E PROPAGANDA

CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL PUBLICIDADE E PROPAGANDA 1 CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL PUBLICIDADE E PROPAGANDA EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS BRUSQUE (SC) 2012 2 SUMÁRIO 1ª FASE... 4 01 INTRODUÇÃO A PUBLICIDADE E PROPAGANDA... 4 02 HISTÓRIA DA ARTE... 4 03 COMUNICAÇÃO

Leia mais

Montando seu Estúdio Digital

Montando seu Estúdio Digital Montando seu Estúdio Digital 1. Definição da configuração ideal Antes de tudo, é preciso saber o que você pretende fazer em seu estúdio, para podermos definir os componentes necessários para a realização

Leia mais

UM CAMINHO DE UMA PRODUÇÃO AUDIOVISUAL

UM CAMINHO DE UMA PRODUÇÃO AUDIOVISUAL UM CAMINHO DE UMA PRODUÇÃO AUDIOVISUAL Existem infinitas maneiras de organizar, produzir e finalizar uma obra audiovisual. Cada pessoa ou produtora trabalha da sua maneira a partir de diversos fatores:

Leia mais

A WEB-RÁDIO UNESP VIRTUAL 1

A WEB-RÁDIO UNESP VIRTUAL 1 A WEB-RÁDIO UNESP VIRTUAL 1 Ana Carolina Almeida Ferreira 2 Antônio Francisco Magnoni 3 César Fernandes Casella RESUMO A WEB-RÁDIO UNESP-VIRTUAL (www.radiovirtual.unesp.br) é um projeto de extensão e ensino

Leia mais

Ementas das disciplinas do Curso de Comunicação Social Resolução 58/04, de 15/06/2004

Ementas das disciplinas do Curso de Comunicação Social Resolução 58/04, de 15/06/2004 Ementas das disciplinas do Curso de Comunicação Social Resolução 58/04, de 15/06/2004 HT011 Teoria da Comunicação I 2 02 Não tem Introdução á teoria da Comunicação. O surgimento da sociedade de massa e

Leia mais

SISTEMA FREQUENCIA MODULADA (FM)

SISTEMA FREQUENCIA MODULADA (FM) SISTEMA FREQUENCIA MODULADA (FM) CONCEITO: O Sistema de Frequência Modulada (Sistema FM) consiste de um transmissor com uma frequência de rádio específica, com uma antena e um receptor compatível, sendo

Leia mais

Identidades Sonoras das Marcas: conecte seus clientes pela música

Identidades Sonoras das Marcas: conecte seus clientes pela música Identidades Sonoras das Marcas: conecte seus clientes pela música Objetivos Apresentar os elementos que constituem os diferentes tipos de marcas sonoras e situá-las em um cenário midiático de intensas

Leia mais

Técnicas de Gravação e Mixagem de Audio. Apostila 3. Psico-Acústica. 1. O Ouvido Humano

Técnicas de Gravação e Mixagem de Audio. Apostila 3. Psico-Acústica. 1. O Ouvido Humano Técnicas de Gravação e Mixagem de Audio Apostila 3 AC Psico-Acústica 1. O Ouvido Humano! O nosso processo auditivo está intimamente ligado as nossas funções de sobrevivência e tem padrões diferentes de

Leia mais

NORMA DE FORMATO PADRÃO DE ENTREGA DE CONTEÚDO AUDIOVISUAL EM ALTA DEFINIÇÃO - NOR 704

NORMA DE FORMATO PADRÃO DE ENTREGA DE CONTEÚDO AUDIOVISUAL EM ALTA DEFINIÇÃO - NOR 704 MANUAL DE TECNOLOGIA COD. 700 ASSUNTO: FORMATO PADRÃO DE ENTREGA DE CONTEÚDO AUDIOVISUAL EM ALTA DEFINIÇÃO APROVAÇÃO: Resolução DIREX nº 079/2014, de 19/05/2014 VIGÊNCIA: 05/06/2014 NORMA DE FORMATO PADRÃO

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular PÓS-PRODUÇÃO E EFEITOS ESPECIAIS Ano Lectivo 2010/2011

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular PÓS-PRODUÇÃO E EFEITOS ESPECIAIS Ano Lectivo 2010/2011 Programa da Unidade Curricular PÓS-PRODUÇÃO E EFEITOS ESPECIAIS Ano Lectivo 2010/2011 1. Unidade Orgânica Ciências Humanas e Sociais (1º Ciclo) 2. Curso Comunicação e Multimédia 3. Ciclo de Estudos 1º

Leia mais

CURSO PROFISSIONAL TÉCNICO DE COMUNICAÇÃO MARKETING,RELAÇÕES PÚBLICAS E PUBLICIDADE. Planificação anual

CURSO PROFISSIONAL TÉCNICO DE COMUNICAÇÃO MARKETING,RELAÇÕES PÚBLICAS E PUBLICIDADE. Planificação anual CURSO PROFISSIONAL TÉCNICO DE COMUNICAÇÃO MARKETING,RELAÇÕES PÚBLICAS E PUBLICIDADE Planificação anual Disciplina: Comunicação Gráfica Audiovisual - 2ºL Professor: Rui Calmeiro - Estrutura da disciplina

Leia mais

Disciplinas Optativas Jornalismo

Disciplinas Optativas Jornalismo Universidade Federal Fluminense IACS - Instituto de Arte e Comunicação Social Departamento de Comunicação Social Curso de Jornalismo Disciplinas Optativas Jornalismo Carga horária total de optativas: 930

Leia mais

EMENTÁRIO DO CURO DE JORNALISMO

EMENTÁRIO DO CURO DE JORNALISMO EMENTÁRIO DO CURO DE JORNALISMO LET 02630 LÍNGUA PORTUGUESA Noções gerais da língua portuguesa. Leitura e produção de diferentes tipos de textos, em especial os relativos à comunicação de massa. Os tipos

Leia mais