PLANO DE MARKETING: UMA PROPOSTA PARA A AGÊNCIA DE VIAGENS COM FOCO NO PÚBLICO SÊNIOR DE SANTA VITÓRIA DO PALMAR (RS)

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PLANO DE MARKETING: UMA PROPOSTA PARA A AGÊNCIA DE VIAGENS COM FOCO NO PÚBLICO SÊNIOR DE SANTA VITÓRIA DO PALMAR (RS)"

Transcrição

1 PLANO DE MARKETING: UMA PROPOSTA PARA A AGÊNCIA DE VIAGENS COM FOCO NO PÚBLICO SÊNIOR DE SANTA VITÓRIA DO PALMAR (RS) RESUMO: O objetivo deste trabalho é apresentar um Plano de Marketing para uma agência de viagens a ser implantada no município de Santa Vitória do Palmar (RS). Para elaboração deste Plano, foram utilizadas as orientações do Manual de Elaboração de um Plano de Negócios do SEBRAE e a realização de uma Análise de Mercado com o público alvo. Este trabalho apresenta aspectos do estudo dos clientes, análise da concorrência, dos fornecedores e as estratégias de marketing do futuro empreendimento. Podese concluir que há uma lacuna na prestação de serviços de agenciamento turístico no município e que há uma demanda interessada pelos serviços oferecidos por este tipo de empreendimento. Palavras-chave: Marketing; Turismo; Público Sênior; Agência de Viagens. RESUMEN: El objetivo de este estudio es presentar un plan de marketing para una agencia de viajes que se encuentra en el municipio de Santa Vitória do Palmar (RS). Para preparar este plan, se utilizaron las directrices de planificación Manual del Plan de Negocios SEBRAE y la realización de un estudio de mercado con el grupo objetivo. Este artículo presenta los aspectos de estudio de clientes, análisis de la competencia, los proveedores y las estrategias de marketing de desarrollo futuro Se puede concluir que existe un vacío en la provisión de servicios de agencia de turismo en la ciudad y hay un gran demanda de los servicios que ofrece este tipo de empresa Palavras clave: Comercialización; Turismo; Público Sénior; Agencia de Viajes. 1. INTRODUÇÃO Para que o segmento turístico se desenvolva é fundamental a presença de empresas que atendam de forma satisfatória as necessidades dos clientes. Entretanto, para o sucesso de qualquer empreendimento é fundamental um adequado planejamento, e a elaboração de um Plano de Negócio. Para o Serviço Brasileiro de Apoio Empresa (SEBRAE), o Plano de Negócio é um documento que descreve os objetivos do empreendimento e quais os passos um empreendedor deve planejar, diminuindo os riscos e as incertezas que são pertinentes a todas futuras empresas (ROSA, 2010). O objetivo desta pesquisa é apresentar um Plano de Marketing de uma Agência de Turismo especializada no público sênior. Estes dados são os resultados parciais do desenvolvimento de um Plano de Negócios de uma disciplina da graduação de Turismo. A elaboração utilizou como base o Manual de Elaboração de Plano de Negócios do SEBRAE (ROSA, 2004). Desta forma torna-se relevante apresentar um Plano de Marketing que almeja consolidar a implantação do empreendimento Rota dos Ventos Agência de Viagens, com foco no público sênior, no Município de Santa Vitória do Palmar/RS e assim contribuir com o desenvolvimento turístico da região sul do Rio

2 Grande do Sul. Além disso, acreditamos este é um segmento diferenciado e com demanda crescente que possui necessidades específicas. Sendo assim, a exploração de um Plano de Marketing contribui para a consolidação de uma agência de turismo voltada ao público sênior. De acordo com Brasil (2015), 56,9 % das pessoas com mais de 60 anos apresentam intenções positivas de viagens a serem realizadas nos próximos seis meses. Isto proporciona diversos benefícios para o destino turístico, como ocupação dos equipamentos turísticos na baixa temporada, além de qualificação e melhoria das instalações ligadas ao setor turístico (JÚNIOR, 2004). 2. PRESSUPOSTOS TEÓRICOS SOBRE PLANO DE MARKETING Um Plano de Marketing é uma das seções que compõem um Plano de Negócios, que, por sua vez, é um documento escrito pelos empreendedores que descreve os objetivos do futuro empreendimento e os passos e ações que devem ser tomados para a concretização do empreendimento. Estes esforços são necessários para reduzir os riscos e as incertezas pertinentes aos novos negócios. Neste sentido, como instrumento de apoio teórico, foi consultado o Manual do SEBRAE, o qual contempla, dentre outras seções do Plano de Negócios, as diretrizes para a elaboração de um Plano de Marketing. Este manual indica o desenvolvimento de seis etapas. A primeira etapa é a descrição dos principais serviços que serão ofertados pelo empreendimento. A segunda consiste no estudo dos clientes para que se possam identificar suas principais características (gênero, idade, escolaridade, renda, etc.). A terceira etapa é o estudo dos concorrentes tem como objetivo identificar e analisar os competidores de mercado. A quarta etapa apresenta o estudo dos fornecedores, nesta sessão são apresentadas as empresas que irão fornecer os principais insumos e matériasprimas para o novo empreendimento. A quinta seção do Plano de Marketing consiste na descrição das estratégias promocionais que são as estratégias de divulgação e propagandas utilizadas para atingir o consumidor para adquirir os serviços da empresa. A sexta etapa descreve a estrutura comercial, que neste caso refere-se aos canais de distribuição e venda do futuro empreendimento.

3 3. METODOLOGIA A presente pesquisa pode ser caracterizada quanto aos objetivos como exploratória. Quanto aos procedimentos técnicos é entendida como estudo de caso e quanto à abordagem, caracteriza-se como qualitativa. Para elaboração desta pesquisa foi utilizada a metodologia proposta pelo manual Como Elaborar um Plano de Negócios, do SEBRAE. Para coleta de dados foi realizada uma Pesquisa de Marketing e aplicado um questionário, composto de dez questões, direcionado ao público sênior (55 a 64 anos) e seniores (65 anos em diante), com o objetivo de conhecer o perfil e as motivações deste público. Além disso, realizouse uma análise da concorrência e de fornecedores no mercado alvo, ambas pautadas nas variáveis propostas pelo Manual do SEBRAE. 4. ANÁLISE DE RESULTADOS Com o princípio de oferecer serviços especializados ao público sênior, a Rota dos Ventos Agência de Viagens terá o diferencial de proporcionar viagens agenciadas com profissionais habilitados na área e capacitados para o relacionamento interpessoal. Buscará proporcionar opções para destinos seguros, cuja infraestrutura seja a mais adequada, visando facilitar a mobilidade e oferecer conforto à sua clientela. Partindo do slogan sonhos não envelhecem, a missão da Rota dos Ventos é ser muito mais do que uma simples agência de viagens, mas ser a extensão da família do cliente, para que este se sinta em casa e ainda concretize o sonho de realizar uma viagem. O objetivo da empresa será dispor de serviços diferenciados como: venda comissionada ou intermediação de turista ou viajante, obtenção e legalização de documentos, transporte turístico de superfície, aéreo e marítimo, operações de câmbio, roteiros e pacotes planejados por turismólogos, entre outros serviços. No que se refere ao estudo dos clientes, pretende-se trabalhar com público maior de 18 anos, mas com foco no segmento sênior. Conforme pesquisa realizada para este público alvo, a sua maioria são mulheres que procuram pacotes turísticos e com famílias pequenas e aposentadas, com renda média de dois salários mínimos, bom nível de instrução e residentes em Santa Vitória do Palmar (RS). Costumam viajar em média

4 de 3 a 4 vezes ao ano e organizam suas próprias viagens, através de excursões com os grupos da melhor idade. Foi consenso na pesquisa, que o preço do pacote turístico não é a maior preocupação deste público e sim o bom atendimento no serviço prestado. A média de gastos individuais por ano em viagens é de aproximadamente R$ 3.000,00. No estudo dos concorrentes, foi realizada uma comparação com os serviços ofertados pela única concorrente legalizada no município de Santa Vitória do Palmar/RS, a Turismo Taim (nome fictício). Foi verificado que a mesma realiza pacotes voltados a eventos, não utiliza tabela de mercado e sua localização é em um ambiente residencial, não está localizada na região central do município e é de difícil acesso. O diferencial da oferta de serviços da Rota dos Ventos será o atendimento com agentes de viagens com formação na área do turismo e da hospitalidade, com excelência no atendimento, uma diversa gama na prestação de serviços que não são oferecidos no mercado local, com localização em ponto central e instalações especialmente adequadas para o atendimento ao público sênior. No que tange à análise dos fornecedores, os serviços de operadoras de turismo, instituições financeiras, companhias aéreas, seguradora, locadora e empresa de eventos, será terceirizada pela Redetur Integração de Agências de Viagens Independentes, localizada na cidade de Porto Alegre. As empresas de transporte fornecedoras de veículos para as viagens terrestre pertencem à Santa Vitória do Palmar. Desta forma será possível reduzir os custos e diminuir os riscos de imprevistos, em virtude da localização fronteiriça do município, em caso de contratempos, a substituição do veículo será mais rápida e os custos serão reduzidos. Quanto às estratégias promocionais, serão utilizados meios de comunicação como propaganda em rádio (horário destinado a programas pertinentes ao público sênior), jornais e revistas que contemplem também esta faixa etária, folders/folhetos e cartões de visitas que serão distribuídos em feiras e eventos da região, como os bailes da terceira idade, bailes da saudade, dos seresteiros e encontros promovidos pelos grupos da melhor idade. Além disso, serão utilizados catálogos expositivos com os destinos e pacotes trabalhados pela agência, cartão fidelidade, stands em feiras e eventos a fim de consolidar a propaganda institucional, cadastro no Google Places, criação de uma fanpage no Facebook, para atingir as páginas de integração dos grupos de convivência sêniores do município. Além disso, um blog, uniformes padronizados e ainda confecção de camisetas, canetas, chaveiros e bonés com o logotipo da empresa.

5 Na estrutura de comercialização dos serviços será utilizada equipe interna e externa treinada pela agência com formação em turismo e hospitalidade, vendas por telefone conjugadas com a divulgação dos serviços da empresa, internet, feiras e eventos no município e região. 5. CONSIDERAÇÕES FINAIS Pode-se concluir que há um forte potencial de desenvolvimento de uma agência de turismo especializada no público sênior em Santa Vitória do Palmar/RS. Além disso, verificou-se, principalmente, que há demanda interessada nos serviços; que existe espaço para estabelecer um posicionamento competitivo no mercado, que os fornecedores são experientes no setor, e que é viável estabelecer estratégias promocionais eficientes com foco no público alvo. A proposta inicial era a elaboração de um trabalho acadêmico, contemplando um plano de negócios, articulou-se a ideia da criação de uma agência de viagens especializada no público sênior a fim de preencher uma lacuna. Uma das limitações do trabalho foi a abordagem de um número reduzido de participantes na pesquisa de mercado, por este motivo, sugere-se a ampliação da amostra para futuros estudos. A pretensão não era esgotar as possibilidades de pesquisa. Dessa forma, sugerimos a publicação de novos estudos de Plano de Marketing de outros empreendimentos turísticos, ou de outras seções do Plano de Negócio. REFERÊNCIAS BRASIL. Sondagem do Consumidor: Intenção de Viagem. Rio de Janeiro: Fundação Getúlio Vargas, Disponível em <www.dadosefatos.turismo.gov.br > Acesso em: 06 de maio de (http://www.dadosefatos.turismo.gov.br/dadosefatos/conjuntura_economica/sondagem_consumidor_viag em/) JUNIOR, Darci Waechter. Perfil preferências e motivações da terceira idade em relação a viagens de lazer. Revista Turismo, v. 24, n.3, ROSA, Cláudio Afrânio. Como Elaborar um Plano de Negócios. SEBRAE: Belo Horizonte, 2004.

PESQUISA DE MERCADO. Prof. Líslei Rosa de Freitas

PESQUISA DE MERCADO. Prof. Líslei Rosa de Freitas PESQUISA DE MERCADO Prof. Líslei Rosa de Freitas Pontos importantes Todas as decisões sobre novos empreendimentos contêm um certo grau de incerteza, tanto em relação à informação nas quais estão baseadas,

Leia mais

FORFAIT: UM PACOTE DIFERENCIADO

FORFAIT: UM PACOTE DIFERENCIADO FORFAIT: UM PACOTE DIFERENCIADO Luiz Paulo Pereira Corrêa Luiz Rodrigues Mendes Pâmela Souza Soares Vanessa Saraiva Sena RESUMO: O trabalho analisa as agências de viagens para apresentar como elas dispõem

Leia mais

Orientações para elaborar um. Plano de Negócios

Orientações para elaborar um. Plano de Negócios Orientações para elaborar um Plano de Negócios Maio de 2010 www.nascente.cefetmg.br Página 1 Apresentação Este documento contém um roteiro básico de Plano de Negócios. O objetivo é permitir que o futuro

Leia mais

PROAGÊNCIA II. CURSOS EaD EDUCAÇÃO À DISTÂNCIA

PROAGÊNCIA II. CURSOS EaD EDUCAÇÃO À DISTÂNCIA PROAGÊNCIA II CURSOS EaD EDUCAÇÃO À DISTÂNCIA 1. NOME DO CURSO: GESTÃO DE EMPRESAS DE AGENCIAMENTO E OPERAÇÕES TURÍSTICAS 2. OBJETIVO: o curso visa envolver os profissionais nos seguintes assuntos: - as

Leia mais

ACESSIBILIDADE VIRTUAL: ANÁLISE DO BLOG DESTINO TAIM

ACESSIBILIDADE VIRTUAL: ANÁLISE DO BLOG DESTINO TAIM ACESSIBILIDADE VIRTUAL: ANÁLISE DO BLOG DESTINO TAIM Giane Nunes Teles Jaciel Gustavo Kunz Maria Vitória Cabral RESUMO: Esta pesquisa trata de uma análise sobre a acessibilidade virtual da Estação Ecológica

Leia mais

RELATÓRIO DA PESQUISA PARA O EMBARQUE NA VIAGEM

RELATÓRIO DA PESQUISA PARA O EMBARQUE NA VIAGEM RELATÓRIO DA PESQUISA PARA O EMBARQUE NA VIAGEM RELATÓRIO EMBARQUE NA VIAGEM O estudo Brasil, um mundo em um país é resultado de uma parceria entre a ecglobal Solutions, líder no segmento de pesquisas

Leia mais

HOTELARIA ADAPTADA PARA ANIMAIS: UMA NOVA TENDÊNCIA NO MERCADO TURÍSTICO HOTELEIRO

HOTELARIA ADAPTADA PARA ANIMAIS: UMA NOVA TENDÊNCIA NO MERCADO TURÍSTICO HOTELEIRO HOTELARIA ADAPTADA PARA ANIMAIS: UMA NOVA TENDÊNCIA NO MERCADO TURÍSTICO HOTELEIRO Karla Cristinni Canteri 1 Larissa Mongruel Martins De Lara 2 RESUMO O presente resumo visa apresentar as novas tendências

Leia mais

O que é comunicação visual?

O que é comunicação visual? artesanato Boletim comunicação visual para o artesanato O que é comunicação visual? Esse meio de comunicação, muitas vezes, é melhor do que o escrito, principalmente quando se deseja utilizar a mensagem

Leia mais

Gestão Estratégica de Negócios

Gestão Estratégica de Negócios INSTITUTO NACIONAL DE TELECOMUNICAÇÕES Inatel Competence Center Business School Gestão Estratégica de Negócios Projeto Pedagógico de Curso de Extensão Curricular Santa Rita do Sapucaí MG Setembro de 2013

Leia mais

[Ano] TERMO DE REFERÊNCIA DO SEBRAE-SP DE ACESSO A MERCADOS PARA CIRCUITOS TURÍSTICOS

[Ano] TERMO DE REFERÊNCIA DO SEBRAE-SP DE ACESSO A MERCADOS PARA CIRCUITOS TURÍSTICOS TERMO DE REFERÊNCIA DO SEBRAE-SP DE ACESSO A MERCADOS PARA CIRCUITOS TURÍSTICOS Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas Unidade Organizacional de Acesso a Mercados Unidade Organizacional

Leia mais

II Jornadas Internacionales Sociedades Contemporáneas, Subjetividad y Educación. 9, 10 y 11 de abril de 2014 ISBN 978-987-3617-11-9

II Jornadas Internacionales Sociedades Contemporáneas, Subjetividad y Educación. 9, 10 y 11 de abril de 2014 ISBN 978-987-3617-11-9 A PERCEPÇÃO DO GESTOR SOBRE OS PROFISSIONAIS DAS SALAS DE RECURSOS MULTIFUNCIONAIS DOURADOS/MS. PERCEPCIÓN DEL GESTOR DE LOS PROFESIONALES DE LAS CLASES RECURSOS MULTIFUNCIONALES EN DOURADOS/MS. Autores:

Leia mais

AUTARQUIA DE ENSINO SUPERIOR DE GARANHUNS - AESGA FACULDADE DE CIENCIAS DA ADMINISTRAÇÃO DE GARANHUNS - FAGA CURSO DE ADMINISTRAÇÃO

AUTARQUIA DE ENSINO SUPERIOR DE GARANHUNS - AESGA FACULDADE DE CIENCIAS DA ADMINISTRAÇÃO DE GARANHUNS - FAGA CURSO DE ADMINISTRAÇÃO AUTARQUIA DE ENSINO SUPERIOR DE GARANHUNS - AESGA FACULDADE DE CIENCIAS DA ADMINISTRAÇÃO DE GARANHUNS - FAGA CURSO DE ADMINISTRAÇÃO MARKETING II EMPRESA DE CONSULTORIA E TREINAMENTO DE PESSOAL HEIDY VANESSA

Leia mais

19/03/2013 1995: OMT. Elementos comuns a diferentes definições de turismo. Conceitos-chave:

19/03/2013 1995: OMT. Elementos comuns a diferentes definições de turismo. Conceitos-chave: 1995: OMT IFSP Profa. Rafaela Malerba O turismo compreende as atividades que realizam as pessoas durante suas viagens e estadas em lugares diferentes ao seu entorno habitual, por um período consecutivo

Leia mais

ELABORAÇÃO DE UM PLANO DE NEGÓCIOS PARA UMA EMPRESA DE TRANSPORTE COLETIVO DE PASSAGEIROS 1

ELABORAÇÃO DE UM PLANO DE NEGÓCIOS PARA UMA EMPRESA DE TRANSPORTE COLETIVO DE PASSAGEIROS 1 ELABORAÇÃO DE UM PLANO DE NEGÓCIOS PARA UMA EMPRESA DE TRANSPORTE COLETIVO DE PASSAGEIROS 1 Jéssica Schreiber Boniati 2, Eusélia Pavéglio Vieira 3. 1 Trabalho de conclusão de curso apresentado ao curso

Leia mais

TURISMO LGBT, UM NOVO NICHO DE MERCADO: O CASO DE UMA AGÊNCIA DE VIAGENS DO RIO GRANDE DO SUL

TURISMO LGBT, UM NOVO NICHO DE MERCADO: O CASO DE UMA AGÊNCIA DE VIAGENS DO RIO GRANDE DO SUL TURISMO LGBT, UM NOVO NICHO DE MERCADO: O CASO DE UMA AGÊNCIA DE VIAGENS DO RIO GRANDE DO SUL Giane Nunes Teles Lucimari Acosta Pereira Melise de Lima Pereira RESUMO: Esta pesquisa trata de uma análise

Leia mais

Objetivos do Projeto. Geral

Objetivos do Projeto. Geral Objetivos do Projeto Geral Promover a inclusão social dos idosos, aposentados e pensionistas, proporcionando-lhes oportunidades de viajar e de usufruir os benefícios da atividade turística, como forma

Leia mais

PlusPixel Marketing Digital SOMOS MAIS SOCIAIS DO QUE NUNCA

PlusPixel Marketing Digital SOMOS MAIS SOCIAIS DO QUE NUNCA PlusPixel Marketing Digital SOMOS MAIS SOCIAIS DO QUE NUNCA Proposta de Marketing Digital Design inox Marketing de Resultados A PlusPixel vem oferecendo seus serviços desde o início da internet, isso nos

Leia mais

PLANO DE MARKETING PARA A MICRO E PEQUENA EMPRESA DURALFLEX COMÉRCIO E REPRESENTAÇÕES LTDA

PLANO DE MARKETING PARA A MICRO E PEQUENA EMPRESA DURALFLEX COMÉRCIO E REPRESENTAÇÕES LTDA PLANO DE MARKETING PARA A MICRO E PEQUENA EMPRESA DURALFLEX COMÉRCIO E REPRESENTAÇÕES LTDA Gisele Michele Panini 1 Michael Samir Dalfovo 2 RESUMO Nos dias atuais, para sobreviver no mercado torna-se essencial

Leia mais

QUESTIONÁRIO PARA PARTICIPAÇÃO NO TOP DE MARKETING ADVB/RS CATEGORIA TOP SUSTENTABILIDADE

QUESTIONÁRIO PARA PARTICIPAÇÃO NO TOP DE MARKETING ADVB/RS CATEGORIA TOP SUSTENTABILIDADE QUESTIONÁRIO PARA PARTICIPAÇÃO NO TOP DE MARKETING ADVB/RS CATEGORIA TOP SUSTENTABILIDADE ÍNDICE INTRODUÇÃO 03 PARA PREENCHIMENTO DO QUESTIONÁRIO 04 QUESTIONÁRIO 05 CAPÍTULO P PERFIL DA EMPRESA 05 CAPÍTULO

Leia mais

GERAÇÃO DE EMPREGO E RENDA NA ECONOMIA NACIONAL. Mapa de oportunidades para Agências de Viagens

GERAÇÃO DE EMPREGO E RENDA NA ECONOMIA NACIONAL. Mapa de oportunidades para Agências de Viagens GERAÇÃO DE EMPREGO E RENDA NA ECONOMIA NACIONAL Mapa de oportunidades para Agências de Viagens O que é ABAV? Entidade empresarial, sem fins lucrativos, que representa as Agências de Viagens espalhadas

Leia mais

Sárgom Ceranto Marketing e Soluções Corporativas comercial@trecsson.com.br

Sárgom Ceranto Marketing e Soluções Corporativas comercial@trecsson.com.br PREZADO (A) SENHOR (A) Agradecemos seu interesse em nossos programas de ensino e lhe cumprimentamos pela iniciativa de buscar o seu aperfeiçoamento profissional. Você está recebendo o programa do curso

Leia mais

PACOTES CRUZEIROS. e Turismo www.faypassagens.com.br A SUA VIAGEM COMEÇA AQUI!

PACOTES CRUZEIROS. e Turismo www.faypassagens.com.br A SUA VIAGEM COMEÇA AQUI! CORPORATE FRETAMENTOS CRUZEIROS PACOTES A SUA VIAGEM COMEÇA AQUI! QUEM SOMOS QUEM SOMOS A Fay Passagens é uma agência que atua há mais de 10 anos, o nosso principal objetivo é prestar atendimento personalizado

Leia mais

Empreendedorismo de Negócios com Informática

Empreendedorismo de Negócios com Informática Empreendedorismo de Negócios com Informática Aula 6 Plano de Negócios Empreendedorismo de Negócios com Informática - Plano de Negócios 1 Conteúdo Sumário Executivo Apresentação da Empresa Plano de Marketing

Leia mais

Aplicativo Everycare

Aplicativo Everycare Aplicativo Everycare Conectamos profissionais de Saúde a Melhor Idade - Everycare é a primeira solução do Brasil a oferecer serviço móvel de procura e contratação de diversos serviços de profisisonais

Leia mais

PLANO DE NEGÓCIOS NA EMPRESA RIBEIRO LIMPEZA

PLANO DE NEGÓCIOS NA EMPRESA RIBEIRO LIMPEZA 1 PLANO DE NEGÓCIOS NA EMPRESA RIBEIRO LIMPEZA Gustavo dos Santos Ribeiro 1 Gustavo Vinicius Geremias 2 Rodrigo Rocha Monteiro 3 José Antonio Bueno 4 RESUMO Nos dias atuais, não basta saber empreender

Leia mais

MEETINGS reuniões. INCENTIVE incentivo. CONFERENCES conferências. EXHBITIONS exposições

MEETINGS reuniões. INCENTIVE incentivo. CONFERENCES conferências. EXHBITIONS exposições Vaniza Schuler M MEETINGS reuniões I INCENTIVE incentivo C CONFERENCES conferências E EXHBITIONS exposições esportivo REUNIÕES INCENTIVO CONFERÊNCIAS EXPOSIÇÕES ESPORTIVOS privadas viagens corporativas

Leia mais

CONEXAO.COM/FGV. Analista de MARKETING FGV

CONEXAO.COM/FGV. Analista de MARKETING FGV Analista de MARKETING FGV Apresentação do curso O curso Analista capacita o profissional de maneira prática, para imediata atuação na respectiva área de interesse. O profissional torna-se habilitado por

Leia mais

projetos para empresas dos mais diversos segmentos, diferentes portes e necessidades.

projetos para empresas dos mais diversos segmentos, diferentes portes e necessidades. Kriato.com.br Ao longo de 8 anos de mercado desenvolvemos projetos para empresas dos mais diversos segmentos, diferentes portes e necessidades. Hoje, nossa experiência nos mostra que os resultados reais

Leia mais

PROCESSO DE SELEÇÃO DE EMPRESAS PARA INCUBAÇÃO

PROCESSO DE SELEÇÃO DE EMPRESAS PARA INCUBAÇÃO PROCESSO DE SELEÇÃO DE EMPRESAS PARA INCUBAÇÃO RAIAR Incubadora Multissetorial de Empresas de Base Tecnológica e Inovação da PUCRS TECNOPUC Parque Científico e Tecnológico da PUCRS Porto Alegre, dezembro

Leia mais

TÉCNICA DE VENDAS: UMA ABORDAGEM DIRETA

TÉCNICA DE VENDAS: UMA ABORDAGEM DIRETA 1 TÉCNICA DE VENDAS: UMA ABORDAGEM DIRETA Alan Nogueira de Carvalho 1 Sônia Sousa Almeida Rodrigues 2 Resumo Diversas entidades possuem necessidades e interesses de negociações em vendas, e através desses

Leia mais

Incubadora de Empresas de Base Tecnológica de Itajubá - INCIT PLANO ANUAL DE TREINAMENTO

Incubadora de Empresas de Base Tecnológica de Itajubá - INCIT PLANO ANUAL DE TREINAMENTO Incubadora de Empresas de Base Tecnológica de Itajubá - INCIT PLANO ANUAL DE TREINAMENTO Itajubá/MG Fevereiro de 2012 Plano Anual de 2 de 11 Revisão 01 SUMÁRIO APRESENTAÇÃO... 3 1 OBJETIVO GERAL... 4 2

Leia mais

MEDIADORES TECNOLÓGICOS E FORMAÇÃO DE PROFESSORES. CARTOGRAFIA DE UM CASO FRENTE AOS DESAFIOS NO CONTEXTO AMAZÔNICO

MEDIADORES TECNOLÓGICOS E FORMAÇÃO DE PROFESSORES. CARTOGRAFIA DE UM CASO FRENTE AOS DESAFIOS NO CONTEXTO AMAZÔNICO MEDIADORES TECNOLÓGICOS E FORMAÇÃO DE PROFESSORES. CARTOGRAFIA DE UM CASO FRENTE AOS DESAFIOS NO CONTEXTO AMAZÔNICO Jucimara Canto Gomes, Zeina Rebouças Corrêa Thomé Universidade Federal do Amazonas jucimaracanto@hotmail.com

Leia mais

Roteiro do Plano de Negócio

Roteiro do Plano de Negócio Roteiro do Plano de Negócio 1. Componentes do Plano de Negócios a) Resumo Executivo b) A organização Visão estratégica/modelo de negócio c) Análise de mercado d) Planejamento de marketing - produto ou

Leia mais

PLANO DE TRABALHO Qualificação de Recursos Humanos para o Turismo da Região do Vale do Taquari. Cargo Presidente

PLANO DE TRABALHO Qualificação de Recursos Humanos para o Turismo da Região do Vale do Taquari. Cargo Presidente PLANO DE TRABALHO Qualificação de Recursos Humanos para o Turismo da Região do Vale do Taquari 1 DADOS CADASTRAIS Órgão/Entidade Proponente Associação dos Municípios de Turismo da Região dos Vales - AMTURVALES

Leia mais

2ª Convenção de Planejamento Estratégico 26/05/15

2ª Convenção de Planejamento Estratégico 26/05/15 2ª Convenção de Planejamento Estratégico 26/05/15 Participantes MISSÃO E VISÃO CIEAM MISSÃO E VISÃO MISSÃO: Fortalecer, integrar e promover o desenvolvimento da Indústria do Estado do Amazonas, contribuindo

Leia mais

PROJETO TENDÊNCIAS. Relatório Parcial Pesquisa de Mercado Etapa Quantitativa

PROJETO TENDÊNCIAS. Relatório Parcial Pesquisa de Mercado Etapa Quantitativa PROJETO TENDÊNCIAS Relatório Parcial Pesquisa de Mercado Etapa Quantitativa Preparado por Ibope Inteligência Para Associação de Marketing Promocional Maio/2009 Introdução Objetivos: Investigar o mercado

Leia mais

COMPORTAMENTO DO TURISMO NA REGIÃO METROPOLITANA DE MANAUS

COMPORTAMENTO DO TURISMO NA REGIÃO METROPOLITANA DE MANAUS FEVEREIRO / 2009 COMPORTAMENTO DO TURISMO NA REGIÃO METROPOLITANA DE MANAUS MANAUS AM RELATÓRIO MENSAL DA PESQUISA DO COMPORTAMENTO DO TURISMO NA REGIÃO METROPOLITANTA DE MANAUS, ANO 2009 - N 02 Para 55,6%

Leia mais

ASSOCIAÇÃO CULTURAL E EDUCACIONAL DE GARÇA FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS CURSO DE BACHARELADO EM TURISMO RA: 31.939

ASSOCIAÇÃO CULTURAL E EDUCACIONAL DE GARÇA FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS CURSO DE BACHARELADO EM TURISMO RA: 31.939 ASSOCIAÇÃO CULTURAL E EDUCACIONAL DE GARÇA FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS CURSO DE BACHARELADO EM TURISMO RA: 31.939 TURISMO DE AVENTURA: ANÁLISES E QUESTIONAMENTOS SOBRE O PROCESSO DE CRIAÇÃO DA EXPERIÊNCIA

Leia mais

Mídia Kit - Agosto/2015

Mídia Kit - Agosto/2015 Mídia Kit - Agosto/2015 O Projeto Quero Viajar Mais Surgiu em 2011, para documentar uma viagem de volta ao mundo que durou 12 meses, percorreu 18 países e resultou numa série de 365 aregos sobre os desenos

Leia mais

Estudar no Exterior Intercambio Seja nosso parceiro!

Estudar no Exterior Intercambio Seja nosso parceiro! Estudar no Exterior Intercambio Seja nosso parceiro! Quem Somos? A Estudar no Exterior Intercambio nasceu em 2003 com o propósito de oferecer uma alternativa de programas de intercambio com melhor custo

Leia mais

7.1 Turismo Rural: Estratégias e comercialização de um mercado consolidado

7.1 Turismo Rural: Estratégias e comercialização de um mercado consolidado 7. Fundamentos do agenciamento e produtos turísticos 7.1 Turismo Rural: Estratégias e comercialização de um mercado consolidado INSTRUTOR(A): Andreia Roque Representantes de agências de viagens, técnicos

Leia mais

PROJETO INTERDISCIPLINAR DO MÓDULO DE AGÊNCIAS DE VIAGENS E TRANSPORTES ( PIMAT ): ESTUDO DE CASO TURISMO E HOTELARIA / SÃO JOSÉ

PROJETO INTERDISCIPLINAR DO MÓDULO DE AGÊNCIAS DE VIAGENS E TRANSPORTES ( PIMAT ): ESTUDO DE CASO TURISMO E HOTELARIA / SÃO JOSÉ PROJETO INTERDISCIPLINAR DO MÓDULO DE AGÊNCIAS DE VIAGENS E TRANSPORTES ( PIMAT ): ESTUDO DE CASO TURISMO E HOTELARIA / SÃO JOSÉ Fabiano Ceretta 1 Resumo: O projeto interdisciplinar do módulo de Agências

Leia mais

INSTITUTO NACIONAL DE TELECOMUNICAÇÕES. Inatel Competence Center. Business School. Gestão de Projetos

INSTITUTO NACIONAL DE TELECOMUNICAÇÕES. Inatel Competence Center. Business School. Gestão de Projetos INSTITUTO NACIONAL DE TELECOMUNICAÇÕES Inatel Competence Center Business School Gestão de Projetos Projeto Pedagógico de Curso de Extensão Curricular Aprovado no dia 15/05/2013 Pró diretoria de Desenvolvimento

Leia mais

Palavras-chaves: Empresa Júnior da Fadergs, Critérios PGPK, site, divulgação.

Palavras-chaves: Empresa Júnior da Fadergs, Critérios PGPK, site, divulgação. 1 Estudo de caso: aplicação dos critérios do PGPK com a implantação do site da Empresa Júnior da Fadergs Melissa Schiavon Lima RESUMO Este estudo em andamento apresenta um estudo de caso relacionando os

Leia mais

- Análise de consistência. Agosto Tabulação das adesões, proponente

- Análise de consistência. Agosto Tabulação das adesões, proponente Histórico de ações Dezembro 2008- Fortalecimento de Parceiros e Resgate de atores e mapeamento de novos atores Janeiro e Fevereiro 2009 - dimensionamento para detectar o potencial turístico e levantar

Leia mais

APRENDIZAGEM ORGANIZACIONAL NA INDÚSTRIA MOVELEIRA NAS REGIÕES FRONTEIRA NOROESTE E CELEIRO RS, NO ÂMBITO DO PROJETO EXTENSÃO PRODUTIVA E INOVAÇÃO.

APRENDIZAGEM ORGANIZACIONAL NA INDÚSTRIA MOVELEIRA NAS REGIÕES FRONTEIRA NOROESTE E CELEIRO RS, NO ÂMBITO DO PROJETO EXTENSÃO PRODUTIVA E INOVAÇÃO. APRENDIZAGEM ORGANIZACIONAL NA INDÚSTRIA MOVELEIRA NAS REGIÕES FRONTEIRA NOROESTE E CELEIRO RS, NO ÂMBITO DO PROJETO EXTENSÃO PRODUTIVA E INOVAÇÃO. 1 Maria Aparecida Da Silva Buss 2, Pedro Luís Büttenbender

Leia mais

TREINAMENTO SOBRE PRODUTOS PARA VENDEDORES DO VAREJO COMO ESTRATÉGIA PARA MAXIMIZAR AS VENDAS 1. Liane Beatriz Rotili 2, Adriane Fabrício 3.

TREINAMENTO SOBRE PRODUTOS PARA VENDEDORES DO VAREJO COMO ESTRATÉGIA PARA MAXIMIZAR AS VENDAS 1. Liane Beatriz Rotili 2, Adriane Fabrício 3. TREINAMENTO SOBRE PRODUTOS PARA VENDEDORES DO VAREJO COMO ESTRATÉGIA PARA MAXIMIZAR AS VENDAS 1 Liane Beatriz Rotili 2, Adriane Fabrício 3. 1 Pesquisa realizada no curso de Administração da Unijuí 2 Aluna

Leia mais

Edital de seleção de Projetos Sociais de Impacto (PSI)

Edital de seleção de Projetos Sociais de Impacto (PSI) Edital de seleção de Projetos Sociais de Impacto (PSI) Belo Horizonte / 2016 2 #SocialehLegal 1. Introdução O Baanko Challenge tem por objetivo fomentar o Empreendedorismo Social de Negócios de Impacto.

Leia mais

PLANEJAMENTO COMO PROCESSO ADMINISTRATIVO

PLANEJAMENTO COMO PROCESSO ADMINISTRATIVO 1 PLANEJAMENTO COMO PROCESSO ADMINISTRATIVO Aline Silva SANTOS 1 RGM 088607 Andressa Faustino da SILVA¹ RGM 089712 Diego Dias dos SANTOS¹ RGM 087266 Tatiane Gomes dos SANTOS¹ RGM 089204 Viviane Regina

Leia mais

INSTITUTO MARCA BRASIL. www.marcabrasil.org.br

INSTITUTO MARCA BRASIL. www.marcabrasil.org.br INSTITUTO MARCA BRASIL www.marcabrasil.org.br PROJETO INVESTIMENTOS EM HOSPITALIDADE MERCADO IMOBILIÁRIO TURÍSTICO DESCRITIVO Apoio aos empreendedores nacionais na apresentação de projetos para investidores

Leia mais

ANÁLISE ORGANIZACIONAL DE UMA EMPRESA DO SETOR DE MÓVEIS PLANEJADOS EM SANTA MARIA (RS) Lúcia dos Santos Albanio 1 Ezequiel Redin 2

ANÁLISE ORGANIZACIONAL DE UMA EMPRESA DO SETOR DE MÓVEIS PLANEJADOS EM SANTA MARIA (RS) Lúcia dos Santos Albanio 1 Ezequiel Redin 2 ANÁLISE ORGANIZACIONAL DE UMA EMPRESA DO SETOR DE MÓVEIS PLANEJADOS EM SANTA MARIA (RS) Lúcia dos Santos Albanio 1 Ezequiel Redin 2 1 INTRODUÇÃO As empresas do setor moveleiro foram impulsionadas, nos

Leia mais

Etapas para a preparação de um plano de negócios

Etapas para a preparação de um plano de negócios 1 Centro Ensino Superior do Amapá Curso de Administração Disciplina: EMPREENDEDORISMO Turma: 5 ADN Professor: NAZARÉ DA SILVA DIAS FERRÃO Aluno: O PLANO DE NEGÓCIO A necessidade de um plano de negócio

Leia mais

QUER TER SUCESSO NOS NEGÓCIOS? CONFIRA NOSSAS DICAS!

QUER TER SUCESSO NOS NEGÓCIOS? CONFIRA NOSSAS DICAS! QUER TER SUCESSO NOS NEGÓCIOS? CONFIRA NOSSAS DICAS! 4 Introdução 5 Conheça seu público 5 Crie uma identidade para sua empresa 6 Construa um site responsivo 6 Seja direto, mas personalize o máximo possível

Leia mais

O século XIX ficou conhecido como o século europeu; o XX, como o americano. O século XXI será lembrado como o Século das Mulheres.

O século XIX ficou conhecido como o século europeu; o XX, como o americano. O século XXI será lembrado como o Século das Mulheres. Assunto Turismo SOPHIA MIND A Sophia Mind Pesquisa e Inteligência de Mercado é a empresa do grupo de comunicação feminina Bolsa de Mulher voltada para pesquisa e inteligência de mercado. Cem por cento

Leia mais

A escolha é sempre sua. O conhecimento é a nossa contribuição.

A escolha é sempre sua. O conhecimento é a nossa contribuição. A escolha é sempre sua. O conhecimento é a nossa contribuição. TURMA 3 Master in Business Administration Especialização Lato-Sensu GESTÃO ESTRATÉGICA DA PRODUÇÃO E QUALIDADE GESTÃO FARMACEUTICA EMPRESARIAL

Leia mais

APL DE TURISMO NO LITORAL DO PIAUÍ

APL DE TURISMO NO LITORAL DO PIAUÍ APL DE TURISMO NO LITORAL DO PIAUÍ (A) Teresina; (B) Cajueiro da Praia; (C) Luis Correia; (D) Parnaíba; (E) Ilha Grande Rota das Emoções: Jericoacoara (CE) - Delta (PI) - Lençóis Maranhenses (MA) Figura

Leia mais

Como o TMC agrega valor ao Cliente Corporativo?

Como o TMC agrega valor ao Cliente Corporativo? Como o TMC agrega valor ao Cliente Corporativo? Palestrante Lúcio Oliveira Consultor de Gestão Estratégica, Vendas e Planejamento Estratégico, Instrutor, Palestrante e Advisor de Empresas do Turismo, é

Leia mais

UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO PLANO DO PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO DA Flash Lan House: FOCO NO ALINHAMENTO ENTRE CAPITAL HUMANO E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

Leia mais

Administração e Finanças

Administração e Finanças Estrutura do Plano de Negócio Profa. Fernanda Pereira Caetano Trabalho pesado é geralmente a acumulação de tarefas pequenas que não foram feitas a tempo. (Henry Cooke) Não existe uma estrutura rígida e

Leia mais

Atendimento Virtual Ampla

Atendimento Virtual Ampla 21 a 25 de Agosto de 2006 Belo Horizonte - MG Atendimento Virtual Ampla Carlos Felipe de Moura Moysés Ampla Energia e Serviços S.A cmoyses@ampla.com André Theobald Ampla Energia e Serviços S.A theobald@ampla.com

Leia mais

PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO 2013-2017 COOPERATIVISMO: QUEM MOVIMENTA SÃO AS PESSOAS

PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO 2013-2017 COOPERATIVISMO: QUEM MOVIMENTA SÃO AS PESSOAS PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO 2013-2017 COOPERATIVISMO: QUEM MOVIMENTA SÃO AS PESSOAS MENSAGEM DO PRESIDENTE O cooperativismo vive seu momento de maior evidência. O Ano Internacional das Cooperativas, instituído

Leia mais

Grupo Gestor Mar de Cultura XXV Breve Informativo 18 de março de 2010

Grupo Gestor Mar de Cultura XXV Breve Informativo 18 de março de 2010 Grupo Gestor Mar de Cultura XXV Breve Informativo 18 de março de 2010 Missão: Atuar para o desenvolvimento solidário e participativo de Paraty articulando a sociedade civil organizada e poder público para

Leia mais

PESQUISA EXPECTATIVA DE CONSUMO PÁSCOA 2014. Palmas-TO, 20 de março de 2014.

PESQUISA EXPECTATIVA DE CONSUMO PÁSCOA 2014. Palmas-TO, 20 de março de 2014. PESQUISA EXPECTATIVA DE CONSUMO PÁSCOA 2014 Palmas-TO, 20 de março de 2014. 2 EXPEDIENTE DE PESQUISA Corpo Docente UFT Colegiado do Curso de Graduação em Tecnologia Logística Câmpus de Araguaína Delson

Leia mais

UNIVERSIDADE SANTA CECÍLIA - UNISANTA RELATÓRIO DA COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO - CPA

UNIVERSIDADE SANTA CECÍLIA - UNISANTA RELATÓRIO DA COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO - CPA UNIVERSIDADE SANTA CECÍLIA - UNISANTA RELATÓRIO DA COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO - CPA NÚCLEO DE AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL NAI É preciso avaliar para aprimorar CONSIDERAÇÕES INICIAIS A UNISANTA desenvolveu,

Leia mais

ANÁLISE DA EXISTÊNCIA DE ESTRATÉGIAS DE MARKETING APLICADAS NOS MATERIAIS DE DIVULGAÇÃO TURÍSTICA DE PONTA GROSSA-PARANÁ

ANÁLISE DA EXISTÊNCIA DE ESTRATÉGIAS DE MARKETING APLICADAS NOS MATERIAIS DE DIVULGAÇÃO TURÍSTICA DE PONTA GROSSA-PARANÁ ANÁLISE DA EXISTÊNCIA DE ESTRATÉGIAS DE MARKETING APLICADAS NOS MATERIAIS DE DIVULGAÇÃO TURÍSTICA DE PONTA GROSSA-PARANÁ Camilla Moro Piekarski 1 RESUMO Dentro de uma nova ordem mundial, com meios cada

Leia mais

A escolha é sempre sua. O conhecimento é a nossa contribuição.

A escolha é sempre sua. O conhecimento é a nossa contribuição. A escolha é sempre sua. O conhecimento é a nossa contribuição. TURMA 3 Master in Business Administration Especialização Lato-Sensu GESTÃO ESTRATÉGICA DA PRODUÇÃO E QUALIDADE GESTÃO FARMACEUTICA EMPRESARIAL

Leia mais

ELABORAÇÃO, IMPLEMENTAÇÃO E AVALIAÇÃO DE PROJETOS SOCIAIS

ELABORAÇÃO, IMPLEMENTAÇÃO E AVALIAÇÃO DE PROJETOS SOCIAIS ELABORAÇÃO, IMPLEMENTAÇÃO E AVALIAÇÃO DE PROJETOS SOCIAIS PROJETO Um projeto é um empreendimento planejado que consiste num conjunto de atividades inter-relacionadas e coordenadas para alcançar objetivos

Leia mais

Autores: ANNARA MARIANE PERBOIRE DA SILVA, MARIA HELENA CAVALCANTI DA SILVA

Autores: ANNARA MARIANE PERBOIRE DA SILVA, MARIA HELENA CAVALCANTI DA SILVA RELAÇÕES ENTRE A EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA E O SETOR DE HOSPITALIDADE: um estudo de caso aplicável ao curso Técnico de Hospedagem Secretaria de Ciência, Tecnologia e Meio Ambiente de Pernambuco Autores: ANNARA

Leia mais

PERFIL EMPREENDEDOR DOS APICULTORES DO MUNICIPIO DE PRUDENTÓPOLIS

PERFIL EMPREENDEDOR DOS APICULTORES DO MUNICIPIO DE PRUDENTÓPOLIS PERFIL EMPREENDEDOR DOS APICULTORES DO MUNICIPIO DE PRUDENTÓPOLIS Elvis Fabio Roman (Bolsista programa universidade sem fronteiras/projeto associativismo apícola no município de Prudentópolis), e-mail:

Leia mais

Curso Superior de Tecnologia em Gestão de Turismo. Conteúdo Programático. Administração Geral / 100h

Curso Superior de Tecnologia em Gestão de Turismo. Conteúdo Programático. Administração Geral / 100h Administração Geral / 100h O CONTEÚDO PROGRAMÁTICO BÁSICO DESTA DISCIPLINA CONTEMPLA... Administração, conceitos e aplicações organizações níveis organizacionais responsabilidades Escola Clássica história

Leia mais

Prof. João Peres joao.peres@fgv.br 55 11 99744-6880

Prof. João Peres joao.peres@fgv.br 55 11 99744-6880 Prof. João Peres joao.peres@fgv.br 55 11 99744-6880 SUMÁRIO Abertura Planejamento Estratégico Inteligência Estratégica Preditiva Plano de Desenvolvimento Institucional - PDI Gestão e Governança As imagens

Leia mais

SAMARCO MINERAÇÃO S.A.

SAMARCO MINERAÇÃO S.A. SAMARCO MINERAÇÃO S.A. MINAS GERAIS E ESPÍRITO SANTO INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO DA LINHA 03 DE MINERODUTO PLANO BÁSICO AMBIENTAL PROGRAMA DE DESENVOLVIMENTO PROFISSIONAL OS Tramitação Via Data 1SAMA013-OS-00011

Leia mais

P R O D E T U R C O N S U L T O R I A D E P R O J E T O S

P R O D E T U R C O N S U L T O R I A D E P R O J E T O S P R O D E T U R Agenda Apresentação Programas do BID PRODETUR Financiamento Projetos Casos de Sucesso Encerramento A P R E S E N T A Ç Ã O Consultoria de Projetos nasceu com o objetivo de ajudar as Prefeituras

Leia mais

ESTUDO DE PRÁTICAS DE GOVERNANÇA CORPORATIVA DA EMPRESA PETROLEO BRASILEIRO S.A. COM ÊNFASE EM RELAÇÕES COM INVESTIDORES

ESTUDO DE PRÁTICAS DE GOVERNANÇA CORPORATIVA DA EMPRESA PETROLEO BRASILEIRO S.A. COM ÊNFASE EM RELAÇÕES COM INVESTIDORES CAMPANHA NACIONAL DE ESCOLAS DA COMUNIDADE FACULDADE CENECISTA DE OSÓRIO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO ESTUDO DE PRÁTICAS DE GOVERNANÇA CORPORATIVA DA EMPRESA PETROLEO BRASILEIRO S.A. COM ÊNFASE EM RELAÇÕES COM

Leia mais

10 Minutos. sobre práticas de gestão de projetos. Capacidade de executar projetos é essencial para a sobrevivência das empresas

10 Minutos. sobre práticas de gestão de projetos. Capacidade de executar projetos é essencial para a sobrevivência das empresas 10 Minutos sobre práticas de gestão de projetos Capacidade de executar projetos é essencial para a sobrevivência das empresas Destaques Os CEOs de setores que enfrentam mudanças bruscas exigem inovação

Leia mais

Estudar no Exterior Intercambio Seja nosso parceiro!

Estudar no Exterior Intercambio Seja nosso parceiro! Estudar no Exterior Intercambio Seja nosso parceiro! Quem Somos? A Estudar no Exterior Intercambio nasceu em 2003 com o propósito de oferecer uma alternativa de programas de intercambio com melhor custo

Leia mais

Especificações Técnicas

Especificações Técnicas Especificações Técnicas Metodologia Técnicaeformadecoleta: Quantitativa: survey telefônico, com amostra 2.322 entrevistas, realizadas entre os dias 17 de junho e 07 de julho de 2009, pelo Instituto Vox

Leia mais

PORTARIA Nº 185, DE 12 DE JULHO DE 2012

PORTARIA Nº 185, DE 12 DE JULHO DE 2012 PORTARIA Nº 185, DE 12 DE JULHO DE 2012 Torna públicas as teses e diretrizes para a elaboração de uma Política Nacional de Empreendedorismo e Negócios PNEN, e dá outras providências. O MINISTRO DO DESENVOLVIMENTO,

Leia mais

Unidade de Projetos. Grupo Temático de Comunicação e Imagem. Termo de Referência para desenvolvimento da gestão de Marcas Setoriais.

Unidade de Projetos. Grupo Temático de Comunicação e Imagem. Termo de Referência para desenvolvimento da gestão de Marcas Setoriais. Unidade de Projetos de Termo de Referência para desenvolvimento da gestão de Marcas Setoriais Branding Agosto de 2009 Elaborado em: 3/8/2009 Elaborado por: Apex-Brasil Versão: 09 Pág: 1 / 8 LÍDER DO GRUPO

Leia mais

Respostas Dinâmica CRI Minas 10/05/12. Monitoramento de concorrentes/ fornecedor/ cliente/ internizar tecnologia de outros setores;

Respostas Dinâmica CRI Minas 10/05/12. Monitoramento de concorrentes/ fornecedor/ cliente/ internizar tecnologia de outros setores; Respostas Dinâmica CRI Minas 10/05/12 Abaixo estão as respostas das perguntas postas aos participantes do CRI Minas no dia 10 de maio que tratou do tema Inteligência Tecnológica. Cada mesa possuía uma

Leia mais

Plano Aquarela 2020. Promoção Internacional do Turismo do Brasil Estratégia e Plano de Ação 2012. Porto Alegre, 28 de maio de 2012

Plano Aquarela 2020. Promoção Internacional do Turismo do Brasil Estratégia e Plano de Ação 2012. Porto Alegre, 28 de maio de 2012 Plano Aquarela 2020 Promoção Internacional do Turismo do Brasil Estratégia e Plano de Ação 2012 Porto Alegre, 28 de maio de 2012 EMBRATUR - Estrutura Organizacional Presidência Diretoria de Mercados Internacionais

Leia mais

A Tecnologia da Informação aplicada no Desenvolvimento do Turismo na região Centro Oeste: Contextualização.

A Tecnologia da Informação aplicada no Desenvolvimento do Turismo na região Centro Oeste: Contextualização. Apresentação Condomínio de TI é a entidade de empresas ligadas a Tecnologia da Informação (TI) provendo um conjunto de todas as atividades e soluções providas por recursos de computação que visam permitir

Leia mais

Oportunidades para o Jovem Administrador em Novos Negócios

Oportunidades para o Jovem Administrador em Novos Negócios Oportunidades para o Jovem Administrador em Novos Negócios As MPEs As micro e pequenas empresas contribuem de forma significativa para o desenvolvimento econômico de um País. No Brasil, elas representam

Leia mais

PLANEJAMENTO DE MARKETING ELETRÔNICO CVC FAMÍLIA DEFINIÇÃO DA AUDIÊNCIA (PRINTSCREENS DOS PRINCIPAIS ATORES/INFLUENCIADORES)

PLANEJAMENTO DE MARKETING ELETRÔNICO CVC FAMÍLIA DEFINIÇÃO DA AUDIÊNCIA (PRINTSCREENS DOS PRINCIPAIS ATORES/INFLUENCIADORES) IBMEC FORTALEZA - TRABALHO FINAL PLANEJAMENTO DE MARKETING ELETRÕNICO CURSO: MBA EM MARKETING TURMA II DISCIPLINA: MARKETING ELETRÕNICO PROFESSOR: RENAN BARROSO ALUNOS: LANA OLIVEIRA - LUCIANA JUNQUEIRA

Leia mais

Proyecto de Ciclovía Recreativa de Belo Horizonte Minas Gerais - Brasil

Proyecto de Ciclovía Recreativa de Belo Horizonte Minas Gerais - Brasil Proyecto de Ciclovía Recreativa de Belo Horizonte Minas Gerais - Brasil Autor: Ricardo Lott e Isabel Cristina Cardoso BHTRANS - Belo Horizonte/MG Brasil dezembro/2009 Características de la CIUDAD Población:

Leia mais

FACULDADE ANHANGUERA DE ITAPECERICA DA SERRA REUNIÃO PEDAGÓGICA 2º

FACULDADE ANHANGUERA DE ITAPECERICA DA SERRA REUNIÃO PEDAGÓGICA 2º FACULDADE ANHANGUERA DE ITAPECERICA DA SERRA REUNIÃO PEDAGÓGICA 2º Bimestre Profº Paulo Barreto 1 3. Identificando Oportunidades Parte 1 Há uma grande diferença entre idéia e oportunidade A confusão entre

Leia mais

3 - O ambiente das organizações

3 - O ambiente das organizações Objetivos de aprendizagem 3 - O ambiente das organizações Após estudar este capítulo, você deverá estar capacitado para: Definir o ambiente das empresas e suas características principais. Descrever o ambiente

Leia mais

FORMULE 1: O CONCEITO QUE DEMOCRATIZOU OS HOTÉIS

FORMULE 1: O CONCEITO QUE DEMOCRATIZOU OS HOTÉIS Kit de Imprensa 1 FORMULE 1: O CONCEITO QUE DEMOCRATIZOU OS HOTÉIS Criada em 1984, a rede de hotéis supereconômicos soma mais de 383 unidades em 14 países No início dos anos 70, a oferta de hotéis nas

Leia mais

ÍNDICE DE COMPETITIVIDADE DO TURISMO NACIONAL PORTO SEGURO 2015

ÍNDICE DE COMPETITIVIDADE DO TURISMO NACIONAL PORTO SEGURO 2015 ÍNDICE DE COMPETITIVIDADE DO TURISMO NACIONAL PORTO SEGURO 2015 2 APRESENTAÇÃO A fim de dar continuidade ao trabalho iniciado em 2008, o Ministério do Turismo (MTur), o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro

Leia mais

dialeto design de estratégia

dialeto design de estratégia FORMAÇÃO Wanessa Dose Bittar Especializada em Engenharia de Produção pela Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF); Graduada em Educação Artística pela Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) e

Leia mais

Relato de Grupo de Pesquisa: Pesquisa, Educação e Atuação Profissional em Turismo e Hospitalidade.

Relato de Grupo de Pesquisa: Pesquisa, Educação e Atuação Profissional em Turismo e Hospitalidade. Turismo em Análise, v.20, n.3, dezembro 2009 578 Relato de Grupo de Pesquisa: Pesquisa, Educação e Atuação Profissional em Turismo e Hospitalidade. Alexandre Panosso Netto 1 Karina Toledo Solha 2 Marcelo

Leia mais

PRÊMIO. Identificação da Experiência: Qualidade com segurança e Satisfação do cliente.

PRÊMIO. Identificação da Experiência: Qualidade com segurança e Satisfação do cliente. PRÊMIO 2012 Empresa: Pluma Conforto e Turismo S/A Categoria da Experiência: Atendimento ao Cliente Identificação da Experiência: Qualidade com segurança e Satisfação do cliente. Período da Experiência:

Leia mais

Projeto de Cooperação Técnica Internacional para o Desenvolvimento do Turismo da Região Centro-Oeste Brasil - Barcelona

Projeto de Cooperação Técnica Internacional para o Desenvolvimento do Turismo da Região Centro-Oeste Brasil - Barcelona Projeto de Cooperação Técnica Internacional para o Desenvolvimento do Turismo da Região Centro-Oeste Brasil - Barcelona Objetivo Geral O presente Projeto visa proporcionar ao Setor de Turismo da Região

Leia mais

Marketing Digital com Martha Gabriel Estratégias aplicadas para resultados em mídias sociais

Marketing Digital com Martha Gabriel Estratégias aplicadas para resultados em mídias sociais Programa de Extensão Marketing Digital com Martha Gabriel Estratégias aplicadas para resultados em mídias sociais Apresentação Atenta aos movimentos do mercado e ao cenário competitivo vivenciado pelas

Leia mais

Habilitação Profissional do Tecnólogo em Gestão do Turismo

Habilitação Profissional do Tecnólogo em Gestão do Turismo PERFIL PROFISSIONAL Habilitação Profissional do Tecnólogo em Gestão do Turismo É o profissional que atua em agências de viagens, em meios de hospedagem, em empresas de transportes e de eventos; promove

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO UNA MBA EM GESTÃO ESTRATÉGICA DE PROJETOS

CENTRO UNIVERSITÁRIO UNA MBA EM GESTÃO ESTRATÉGICA DE PROJETOS 1 CENTRO UNIVERSITÁRIO UNA MBA EM GESTÃO ESTRATÉGICA DE PROJETOS OS BENEFÍCIOS DA APLICAÇÃO DAS DIRETRIZES DA GESTÃO DE PROJETOS REUNIDAS NO PMBOK NO PLANEJAMENTO TURÍSTICO DE DESTINOS ALUNA: HELENA PERES

Leia mais

Pesquisa de Avaliação da Feira do Empreendedor 2010. Visitantes e Expositores SEBRAE/SE SETEMBRO/2010

Pesquisa de Avaliação da Feira do Empreendedor 2010. Visitantes e Expositores SEBRAE/SE SETEMBRO/2010 Pesquisa de Avaliação da Feira do Empreendedor 2010 Visitantes e Expositores SEBRAE/SE SETEMBRO/2010 Sumário Introdução 3 Objetivos Estratégicos 4 Metodologia 5 Resultados Estratégicos 9 Resultados Reação

Leia mais

Aderson Maia. Especialista em Marketing, Comunicação Integrada e Gestão de Marcas. Portfólio

Aderson Maia. Especialista em Marketing, Comunicação Integrada e Gestão de Marcas. Portfólio Aderson Maia Especialista em Marketing, Comunicação Integrada e Gestão de Marcas. Portfólio Apresentação Aderson Maia Publicitário com MBA em Marketing pela FGV, Fundação Getulio Vargas. Atualmente, atua

Leia mais

Meto t d o o d l o og o i g a II. Segm g e m nt n a t ção o do d o me m rcado III. C racte t rização o do d s o ent n r t evi v sta t do d s

Meto t d o o d l o og o i g a II. Segm g e m nt n a t ção o do d o me m rcado III. C racte t rização o do d s o ent n r t evi v sta t do d s Roteiro I. Metodologia II. III. IV. Segmentação do mercado Caracterização dos entrevistados Percepções sobre o turismo no Brasil V. Hábitos e comportamentos sobre turismo VI. VII. VIII. Prioridade de investimento

Leia mais

GESTÃO DEMOCRÁTICA E AS PARCERIAS PÚBLICO- PRIVADAS FIRMADAS ENTRE AS PREFEITURAS MUNICIPAIS DE SANTARÉM E BENEVIDES - PA E O INSTITUTO AYRTON SENNA

GESTÃO DEMOCRÁTICA E AS PARCERIAS PÚBLICO- PRIVADAS FIRMADAS ENTRE AS PREFEITURAS MUNICIPAIS DE SANTARÉM E BENEVIDES - PA E O INSTITUTO AYRTON SENNA GESTÃO DEMOCRÁTICA E AS PARCERIAS PÚBLICO- PRIVADAS FIRMADAS ENTRE AS PREFEITURAS MUNICIPAIS DE SANTARÉM E BENEVIDES - PA E O INSTITUTO AYRTON SENNA Leiliany Ribeiro da Costa Universidade Federal do Pará

Leia mais