SEMINÁRIO: ATITUDE 434

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "SEMINÁRIO: ATITUDE 434"

Transcrição

1 SEMINÁRIO: ATITUDE 434 1

2 2

3 DEFINIÇÃO Um movimento de PUREZA SEXUAL conforme a vontade de Deus nas Escrituras. 3

4 Movimento vs Evento 4

5 BASE BÍBLICA A vontade de Deus é que vocês sejam santificados: abstenham-se da imoralidade sexual. Cada um saiba controlar o seu próprio corpo de maneira santa e honrosa, não dominado pela paixão de desejos desenfreados... [1 Tessalonicenses 4.3-4] - NVI Deus quer de mim vida pura: fugindo da imoralidade sexual; aprendendo a dar dignidade ao meu corpo; e não sendo dominado pelo desejo. Deus espera de mim dedicação radical. [1 Tessalonicenses 4.3-4] - tradução livre 5

6 Justificativas e História do movimento Atitude

7 4 PRÁTICAS 1.Abster-se de práticas sexuais ilícitas. 2.Praticar as Disciplinas Espirituais clássicas. 3.Prestar contas a um Mentor Espiritual. 4.Influenciar outros à pureza sexual. 7

8 PÚBLICO ALVO Adolescentes: cada vez mais experimentam mais cedo práticas sexuais e portanto corrompem cedo seus desejos e sua busca por satisfazê-los. O Atitude 434 visa uma ação preventiva junto a essa galera que é alvo fácil da mídia e das pressões da turma. Jovens: ao entrem na fase da independência, o contato com a faculdade, a liberdade (as vezes exagerada) concedida pelos pais, as experiências corrompidas trazidas da adolescência... fazem com que o simples ponderar de uma vida sem sexo pareça estranho e fora de moda. Aqui, a ação do Atitude 434 é resgatar e reapresentar a ideia de Deus. Adultos singulares: pessoas que já foram casadas. Para eles a princípio bíblico é o mesma que para jovens e adolescentes, pois são solteiros. Mas a mente e o corpo são acometidos por lembranças e experiências muito fortes que intensificam a luta pela pureza diante da abstinência. O Atitude 434 apresenta para esse público a esperança de um recomeço e o estabelecimento de uma segunda virgindade (como também para todos que a perderam ilicitamente.). Casados: o casamento não elimina as tentações e não sara as desfunções sexuais, pois estas produzem um legado que podem agredir a relação conjugal. Os desafios para esta fase são de restauração do ideal corrompido para o sexo e estabelecimento de que o foco deve estar no prazer do cônjuge. Para este grupo, o Atitude 434 desafia à total fidelidade, como a única forma de manter pureza sexual. 8

9 IMPLANTAÇÃO >> Apresente o Movimento para a equipe pastoral; >> Identifique e reúna uma equipe com pessoas chaves; >> Apresente o Movimento e suas bases para essas pessoas; >> Escolha quem será o pregador ou pregadores do Seminário; >> Estude o material e outros materiais a respeito de sexualidade; >> Identifique e treine pessoas para serem mentores; >> Estabeleça os critério para ser mentor; >> Planeje o evento de lançamento do Movimento; >> Decida como vai acontecer a rotina de ministrações do Seminário; (Sugestão: maio e novembro) >> Elabore um forma de armazenar o cadastro de todos que fizerem o pacto; >> Faça avaliações constantes; >> Decida a quem ou a que ministério da Igreja o Movimento Atitude 434 estará submetido; >> Elaborem estratégias de manutenção do pacto; >> Criem canais de comunicação permanente com todos que aderiram ao Movimento; >> Realize eventos de reciclagem para mentores; >> Mantenha a porta aberta para recrutar novos mentores; 9

10 AÇÕES ATITUDE Atitude 434 não é um evento. É um movimento que realiza eventos para difundir o valor pureza sexual. >> Série de Pregações (assuntos diversos sobre a sexualidade a luz da Bíblia): - para toda a igreja; - para jovens e adolescentes; - para casais; >> Encontro de mentores: - Treinamento e Reciclagem: ajudando outros a manter a pureza >> Eventos Especiais: - Promovidos aleatoriamente com o objetivo de tratar temáticas específicas com públicos específicos. Exemplos: beleza, sedução e sensualidade - só para moças grana, glória, garotas - só para rapazes Sexo no Casamento - só para casais Encontro de namorados >> Conferência: - Equipar e Treinar: líderes e pastores de outras Igrejas para que implantem e ministrem o Movimento Atitude 434. >> Seminário de Pureza Sexual: - Porta de entrada no movimento; - Ministrações em 5 palestras; - Desafio ao pacto de pureza. 10

11 ESTRUTURA SEMINÁRIO >> Mente Pura Tudo começa na mente. Nossa luta não é contra os genitais, mas contra o que se inicia na mente. >> Desejo Puro Desejar faz parte do plano de Deus, precisamos dar ao desejo seu devido lugar. >> Espírito Puro A questão é mais profunda. A corrupção da mente e a entrega aos desejos macula o espírito. >> Corpo Puro Precisamos deixar de apenas tentar, precisamos treinar o corpo a se comportar e reagir de forma pura. Nessa luta, preciso lembrar que não estou sozinho. >> Aliança Pura (Cerimônia do Pacto) Nenhum pacto com demônio, nenhuma aliança, ou compromisso feito com desejos, luxúria, prostituição ou pornografia pode me escravizar jamais porque Jesus Cristo, através da sua morte, fez uma Aliança superior. 11

12 Treinando mentores para o atitude 434 Cenário:: Sociedade individualista - Conselho? Opinião? E o google? Escassez de referenciais - Não falta só conselho, falta referenciais de amigos que vivem vida pura, falta amigos espirituais que vivem com honestidade. Famílias desconstruídas - Temos na família a principal quebra de referencial. ESPERANÇA A igreja de Jesus é a provisão de Deus para nossa geração. Meu casamento não seria o mesmo se eu não abrisse espaço para a igreja entrar na minha vida. Princípios:: > Adesão ao movimento de pureza sexual Atitude 434 Mentores e Mentoreados > Compartilhar experiências História, vitórias e fracassos, habilidades e defeitos. > Fruto de relacionamento Amizade, abertura, informal, caminhada... > Tratamento do ser integral O assunto da sexualidade é um pretexto pra intervir nos sonhos, identificar as barreiras do passado, rejeição - as raízes não estão só no sexo o sexo é conseqüência. > Vivencia em Pequeno Grupo Pequeno Grupo é o melhor lugar para prestação de contas Quem mentoreia quem? Casais de namorados, noivos ou casados devem ser mentoreados por casais casados Os solteiros (homens) devem ser mentoreados por outro homem As solteiras (mulheres) devem ser mentoreadas por outra mulher Os líderes de PG são mentores em potencial 12

13 Critérios para mentorear:: > Maturidade espiritual O mentor deve estar andando em vitória, limpo da sua compulsão há bastante tempo e, principalmente, a formação do caráter de Cristo deve ser perceptível. Pergunta teste para o candidato a mentor: Sua vida espiritual inspira e desafia sua família? > Autoridade Autoridade é a capacidade espiritual para suprir as necessidades do outro. > Tolerante O mentor deve expressar o desejo de ajudar outros no processo da restauração. Há uma diferença entre ajudar as pessoas e tentar consertá-las. Cuidado para que o relacionamento com o mentoreado não torna-se co-dependente e doentio. > Experiente Uma missão de vida definida conquistas profissionais, materiais, emocionais etc Se casado, um matrimônio equilibrado conquistas matrimoniais, superação de traumas, equilíbrio financeiro, lidar bem com: liderança, submissão, etc > Transparente O mentor deve saber compartilhar suas próprias lutas com outras pessoas. A honestidade, vulnerabilidade e transparência que você vai ministrar, devem fazer parte do seu discurso como mentor. 13

14 > Firme O mentor deve ser firme o suficiente para confrontar falhas de caráter. Deve ser sincero e confrontar aos que se negam a enxergar suas falhas e lhe desafiar a superar suas limitações e atingir padrões de comportamento. > Mostrar graça O mentor deve demonstrar compaixão, cuidado e esperança. Você não precisa ter pena de ninguém, e sim, sensível à dor do outro. Manifeste o amor de forma equilibrada, sendo simultaneamente suave e firme > Disponibilidade Estar disponível em momentos de crise ou possível recaída. Nesta hora, sua atitude de saber ouvir e compreender, sem deixar de lhe confrontar com amor firme traz o conforto e a certeza de que você não se está só. Não esqueça > questionamento - Fazer perguntas e intervenções sábias Encoraja a trabalhar os passos conforme seu ritmo. Monitorará seu progresso, orientando quando estiver indo lento ou rápido demais. > Interesse O mentor deve demonstrar um real interesse com a situação do outro. A pessoa precisa sentir que você realmente se importa com o que ele está dizendo. Ao ouvir o mentor serve para fazer sondagens, oferecendo um ponto de vista mais objetivo. Quando chegar o momento de lidar com questões delicadas como liberar perdão e reparar erros do passado, precisa-se de alguém mais objetivo e imparcial pra ajudar a sondar mais profundamente o coração. de PUREZA SEXUAL conforme a vontade de Deus nas Escrituras, selado publicamente pelo uso da Aliança de Prata. 14

Um movimento de PUREZA SEXUAL conforme a vontade de Deus nas Escrituras, selado publicamente pelo uso da Aliança de Prata.

Um movimento de PUREZA SEXUAL conforme a vontade de Deus nas Escrituras, selado publicamente pelo uso da Aliança de Prata. Um movimento de PUREZA SEXUAL conforme a vontade de Deus nas Escrituras, selado publicamente pelo uso da Aliança de Prata. Um pacto com Deus e com sua Igreja de, diariamente, fugir da imoralidade sexual,

Leia mais

A Prática do Discipulado: Discipulando Grupos específicos

A Prática do Discipulado: Discipulando Grupos específicos A Prática do Discipulado: Discipulando Grupos específicos Como funciona um Grupo de Discipulado? http://translation-blog.multilizer.com/language/pt/user-manual-is-a-challenge-foreign-language-user-manual-is-a-nightmare

Leia mais

CONHECER A DEUS E FAZER SUA VONTADE

CONHECER A DEUS E FAZER SUA VONTADE CONHECER A DEUS E FAZER SUA VONTADE Conhecer as Sagradas Escrituras é conhecer a Vida e dela usufruir enquanto atravessamos por esse planeta caótico. Cada um tem o seu papel no ensino de modo geral, quer

Leia mais

Abrindo o coração para compreender a vontade de Deus

Abrindo o coração para compreender a vontade de Deus Abrindo o coração para compreender a vontade de Deus Não se amoldem ao padrão deste mundo, mas transformem-se pela renovação da sua mente, para que sejam capazes de experimentar e comprovar a boa, agradável

Leia mais

Desafio para a família

Desafio para a família Desafio para a família Família é ideia de Deus, geradora de personalidade, melhor lugar para a formação do caráter, da ética, da moral e da espiritualidade. O sonho de Deus para a família é que seja um

Leia mais

Você foi criado para tornar-se semelhante a Cristo

Você foi criado para tornar-se semelhante a Cristo 4ª Semana Você foi criado para tornar-se semelhante a Cristo I- CONECTAR: Inicie o encontro com dinâmicas que possam ajudar as pessoas a se conhecer e se descontrair para o tempo que terão juntas. Quando

Leia mais

CONHECENDO-SE MELHOR DESCOBRINDO-SE QUEM VOCÊ É? 13 PASSOS QUE VÃO AJUDÁ-LO PARA SE CONHECER MELHOR E DESCOBRIR QUE VOCÊ REALMENTE É

CONHECENDO-SE MELHOR DESCOBRINDO-SE QUEM VOCÊ É? 13 PASSOS QUE VÃO AJUDÁ-LO PARA SE CONHECER MELHOR E DESCOBRIR QUE VOCÊ REALMENTE É CONHECENDO-SE MELHOR DESCOBRINDO-SE QUEM VOCÊ É? 13 PASSOS QUE VÃO AJUDÁ-LO PARA SE CONHECER MELHOR E DESCOBRIR QUE VOCÊ REALMENTE É Descobrindo-se... Fácil é olhar à sua volta e descobrir o que há de

Leia mais

31 dias de oração pelo seu marido por Nancy Leigh DeMoss

31 dias de oração pelo seu marido por Nancy Leigh DeMoss 31 dias de oração pelo seu marido por Nancy Leigh DeMoss A palavra do Senhor nos ensina a orarmos uns pelos outros, e isso inclui a responsabilidade e grande privilégio das esposas em orarem pelos seus

Leia mais

LIDERANÇA E MOTIVAÇÃO

LIDERANÇA E MOTIVAÇÃO LIDERANÇA É INFLUÊNCIA Habilidade de inspirar as pessoas a agir, conquistá-las por inteiro A diferença entre poder e autoridade: Fazer a sua vontade mesmo que não desejem. Fazer a sua vontade, por causa

Leia mais

Edificando o casamento dos sonhos

Edificando o casamento dos sonhos Edificando o casamento dos sonhos Formando a identidade do Casal Módulo 1 - Construção Meditando Genesis - 2.24 Eclesiastes 4.12 Genesis - 2.24 Por isso, deixa o homem pai e mãe e se une à sua mulher,

Leia mais

Sempre Abundantes. IDE Curso E1 - Células. Lição 6 Multiplicando a sua célula

Sempre Abundantes. IDE Curso E1 - Células. Lição 6 Multiplicando a sua célula Sempre Abundantes IDE Curso E1 - Células Multiplicando a sua célula Vídeo: não desista agora! 2 Que lições aprendemos com este vídeo? Grupos de 4 a 6 pessoas Conversem sobre o vídeo e formulem duas lições

Leia mais

Atribuam ao Senhor glória e força (...) A voz do Senhor é poderosa; a voz do Senhor é majestosa. Salmos 29.1 e 4

Atribuam ao Senhor glória e força (...) A voz do Senhor é poderosa; a voz do Senhor é majestosa. Salmos 29.1 e 4 Precisa-se de Pais Espirituais Objetivo do Senhor: - Glorificar o nome de Deus, revelar Seu poder e beleza e atribuir a Ele toda glória. - Provocar o desejo de marcar significativamente a sua descendência/

Leia mais

Como conseguir um Marido Cristão Em doze lições

Como conseguir um Marido Cristão Em doze lições Como conseguir um Marido Cristão Em doze lições O. T. Brito Pág. 2 Dedicado a: Minha filha única Luciana, Meus três filhos Ricardo, Fernando, Gabriel e minha esposa Lúcia. Pág. 3 Índice 1 é o casamento

Leia mais

Leito maculado quando o casamento se torna um empecilho para a Obra de Deus

Leito maculado quando o casamento se torna um empecilho para a Obra de Deus Leito maculado quando o casamento se torna um empecilho para a Obra de Deus Muitos jovens vêm se mostrando arredios aos trabalhos na sua Igreja após contraírem matrimônio. Quem antes era atuante no ministério

Leia mais

JPEG JOVENS EM PEQUENO GRUPO

JPEG JOVENS EM PEQUENO GRUPO ORIENTAÇÕES BÁSICAS JPEG JOVENS EM PEQUENO GRUPO JPEG é Jovens em Pequenos Grupos. A nova identidade dos pequenos grupos para jovens. NECESSIDADE DE ORGANIZAÇÃO DA IGREJA PEQUENOS GRUPOS Pequenos grupos

Leia mais

Fábio e Valéria Stetner. Alcançando Nações através da restauração da família

Fábio e Valéria Stetner. Alcançando Nações através da restauração da família Famílias com Propósito DELAS e DELES Fábio e Valéria Stetner Alcançando Nações através da restauração da família Best seller: HIS NEEDS HER NEEDS Construindo um Casamento à prova de traições (Willard Harley

Leia mais

OS MARAVILHOSOS PRESENTES DA GRAÇA DE DEUS

OS MARAVILHOSOS PRESENTES DA GRAÇA DE DEUS OS MARAVILHOSOS PRESENTES DA GRAÇA DE DEUS II Co 5.17-21 Introdução 1. Creio que uma das coisas gostosas desta vida é a experiência de se ganhar um presente. 07/07/96n a) ainda não encontrei uma pessoa

Leia mais

Comunidade Vida em Família Ministério de Intercessão Curso de Intercessão I.

Comunidade Vida em Família Ministério de Intercessão Curso de Intercessão I. Comunidade Vida em Família Ministério de Intercessão Curso de Intercessão I. Introdução. Na Carta aos Efésios 6.18, podemos perceber que há diversos tipos de oração, instruindo-nos o Espírito Santo que

Leia mais

Pregação proferida pelo pastor João em 03/02/2011. Próxima pregação - Efésios 4:1-16 - A unidade do corpo de Cristo.

Pregação proferida pelo pastor João em 03/02/2011. Próxima pregação - Efésios 4:1-16 - A unidade do corpo de Cristo. 1 Pregação proferida pelo pastor João em 03/02/2011. Próxima pregação - Efésios 4:1-16 - A unidade do corpo de Cristo. Amados Irmãos no nosso Senhor Jesus Cristo: É devido à atuação intima do Espírito

Leia mais

Relacionamento Amoroso

Relacionamento Amoroso CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS DEPARTAMENTO DE PSICOLOGIA GERAL E ANÁLISE DO COMPORTAMENTO PSICOLOGIA CLÍNICA NA ANÁLISE DO COMPORTAMENTO Relacionamento Amoroso Luisa Guedes Di Mauro Natália Gióia Cípola

Leia mais

PREPARANDO-SE PARA O CASAMENTO UMA PALESTRA PARA FILHOS E PAIS

PREPARANDO-SE PARA O CASAMENTO UMA PALESTRA PARA FILHOS E PAIS PREPARANDO-SE PARA O CASAMENTO UMA PALESTRA PARA FILHOS E PAIS Judith Sonja Garbers - Psicóloga Jörg Garbers Ms. de Teologia PERGUNTAS FREQUENTES Quem deve pedir em casamento? Que idade deve ter? Quanto

Leia mais

Setor Pós-matrimonio. Fundamentos, Missão, Prioridades, Prática e Subsídios.

Setor Pós-matrimonio. Fundamentos, Missão, Prioridades, Prática e Subsídios. Setor Pós-matrimonio Fundamentos, Missão, Prioridades, Prática e Subsídios. Fundamentação: Familiaris Consortio Amar a família significa estimar os seus valores e possibilidades, promovendo-os sempre.

Leia mais

Objetivo. Aumentar sua Qualidade de Vida, utilizando a Ansiedade de forma Saudável e Produtiva.

Objetivo. Aumentar sua Qualidade de Vida, utilizando a Ansiedade de forma Saudável e Produtiva. Objetivo Aumentar sua Qualidade de Vida, utilizando a Ansiedade de forma Saudável e Produtiva. Definição da palavra Ansiedade Comoção aflitiva de quem receia que uma coisa suceda ou não. Sofrimento de

Leia mais

DISCIPULADO. Um estilo de vida

DISCIPULADO. Um estilo de vida DISCIPULADO Um estilo de vida TRANSIÇÃO O QUE VOCÊ DESEJA? Uma grande Igreja? Uma Igreja saudável? O QUE UMA TRANSIÇÃO SAUDÁVEL EXIGE? I. COMPROMETIMENTO O Pastor/a é a chave. Só vale a pena mudar quando

Leia mais

Treinamento Formação Empresários Topázio

Treinamento Formação Empresários Topázio Treinamento Formação Empresários Topázio O nosso objetivo com esse treinamento é prepará-lo para: 1 Melhorar sua produtividade 2 Formar novos Empresários produtivos 3 Evoluir no Plano de Negócio 1º Grande

Leia mais

SEXUALIDADE: DESATANDO OS NÓS NA ADOLESCÊNCIA

SEXUALIDADE: DESATANDO OS NÓS NA ADOLESCÊNCIA SEXUALIDADE: DESATANDO OS NÓS NA ADOLESCÊNCIA Por Marcos Ribeiro* Um pouco dessa história começa por volta dos 10/12 anos, quando meninos e meninas começam a sofrer as primeiras transformações físicas,

Leia mais

Tu criaste o íntimo do meu ser e me teceste no ventre de minha mãe. Eu te louvo porque me fizeste de modo especial e admirável.

Tu criaste o íntimo do meu ser e me teceste no ventre de minha mãe. Eu te louvo porque me fizeste de modo especial e admirável. Tu criaste o íntimo do meu ser e me teceste no ventre de minha mãe. Eu te louvo porque me fizeste de modo especial e admirável. Tuas obras são maravilhosas! Disso tenho plena certeza. Meus ossos não estavam

Leia mais

Somos chamados a servir, não a sermos servidos, segundo a disposição do próprio Jesus, que serviu em nosso lugar, de livre e espontanea vontade.

Somos chamados a servir, não a sermos servidos, segundo a disposição do próprio Jesus, que serviu em nosso lugar, de livre e espontanea vontade. Somos chamados a servir, não a sermos servidos, segundo a disposição do próprio Jesus, que serviu em nosso lugar, de livre e espontanea vontade. Evangelho de Mateus, capítulo 20, versículo 28: "Assim como

Leia mais

Manifeste Seus Sonhos

Manifeste Seus Sonhos Manifeste Seus Sonhos Índice Introdução... 2 Isso Funciona?... 3 A Força do Pensamento Positivo... 4 A Lei da Atração... 7 Elimine a Negatividade... 11 Afirmações... 13 Manifeste Seus Sonhos Pág. 1 Introdução

Leia mais

Lição 1 Como Amar os Inimigos

Lição 1 Como Amar os Inimigos Lição 1 Como Amar os Inimigos A. Como seus pais resolviam as brigas entres você e seus irmãos? B. Em sua opinião qual a diferença entre amar o inimigo e ser amigo do inimigo? PROPÓSITO: Aprender como e

Leia mais

Técnicas de sobrevivência em meio à cultura contemporânea

Técnicas de sobrevivência em meio à cultura contemporânea Técnicas de sobrevivência em meio à cultura contemporânea Técnicas de sobrevivência em meio à cultura contemporânea Em meio à cultura da Inversão. Em meio à cultura do sexualismo. Técnicas de sobrevivência

Leia mais

AS RELAÇÕES AMOROSAS E OS TRAÇOS DE CARÁTER

AS RELAÇÕES AMOROSAS E OS TRAÇOS DE CARÁTER 1 AS RELAÇÕES AMOROSAS E OS TRAÇOS DE CARÁTER Eloá Andreassa Resumo: As relações amorosas continuam sendo mais que um objetivo na vida das pessoas, é uma necessidade, um sonho, até uma esperança. Porém,

Leia mais

Meu Caminho para a Autossuficiência

Meu Caminho para a Autossuficiência Meu Caminho para a Autossuficiência Queridos irmãos e irmãs, O Senhor declarou: É meu propósito suprir a meus santos (D&C 104:15). Essa revelação é uma promessa do Senhor de que Ele proverá bênçãos materiais

Leia mais

Encontro de Revitalização da Pastoral Juvenil LUZES DOS DOCUMENTOS

Encontro de Revitalização da Pastoral Juvenil LUZES DOS DOCUMENTOS Encontro de Revitalização da Pastoral Juvenil LUZES DOS DOCUMENTOS Ficha 1 1 Formação Integral (I) A com juventude para todo trabalho de evangelização A, como fundante (falando- se em, com atenção também

Leia mais

Décima Primeira Lição

Décima Primeira Lição 70 Décima Primeira Lição AUTORIDADE NA EDUCAÇÃO DOS FILHOS A EDUCAÇÃO DOS FILHOS NO LAR A) O lar tem suma importância na vida humana, pois é o berço de costumes, hábitos, caráter, crenças e morais de cada

Leia mais

#93r. 11.7 O Apocalipse X Mateus 24

#93r. 11.7 O Apocalipse X Mateus 24 11.7 O Apocalipse X Mateus 24 #93r Há uma grande semelhança entre a sequência dos acontecimentos do período da Tribulação, descritos no livro do Apocalipse, com relação a Mateus 24. Vamos hoje, analisar

Leia mais

1. IDENTIDADE Cristocêntrica Missional Multiplicadora

1. IDENTIDADE Cristocêntrica Missional Multiplicadora FUNDAMENTOS DA IGREJA EM PEQUENOS GRUPOS 1. IDENTIDADE Cristocêntrica Missional Multiplicadora 2. APRENDIZAGEM Responsabilidade Pessoal Aprendizagem Relacional Círculo de Aprendizagem FUNDAMENTOS DA IGREJA

Leia mais

Deus: Origem e Destino Atos 17:19-25

Deus: Origem e Destino Atos 17:19-25 1 Deus: Origem e Destino Atos 17:19-25 Domingo, 7 de setembro de 2014 19 Então o levaram a uma reunião do Areópago, onde lhe perguntaram: "Podemos saber que novo ensino é esse que você está anunciando?

Leia mais

V. Tem que amar... de verdade!

V. Tem que amar... de verdade! CLASSE DE CASAIS CURSO: CONSTRUINDO UM CASAMENTO COM AMOR V. Tem que amar... de verdade! Esta lição tem por objetivo... Nós amamos porque Deus nos amou primeiro (I Jo 4.19) (a) Mostrar a diferença entre

Leia mais

PREGAÇÃO DO DIA 08 DE MARÇO DE 2014 TEMA: JESUS LANÇA SEU OLHAR SOBRE NÓS PASSAGEM BASE: LUCAS 22:61-62

PREGAÇÃO DO DIA 08 DE MARÇO DE 2014 TEMA: JESUS LANÇA SEU OLHAR SOBRE NÓS PASSAGEM BASE: LUCAS 22:61-62 PREGAÇÃO DO DIA 08 DE MARÇO DE 2014 TEMA: JESUS LANÇA SEU OLHAR SOBRE NÓS PASSAGEM BASE: LUCAS 22:61-62 E, virando- se o Senhor, olhou para Pedro, e Pedro lembrou- se da palavra do Senhor, como lhe havia

Leia mais

Uma palavra da velha guarda, com novo significado

Uma palavra da velha guarda, com novo significado Um Espaço Chamado Castidade 1 Uma palavra da velha guarda, com novo significado Se eu pedisse a você uma definição de castidade, posso até apostar que você associaria com esperar até o casamento para fazer

Leia mais

Prefácio CÂNCER DE MAMA 7

Prefácio CÂNCER DE MAMA 7 Prefácio Quantas vezes você já não ouviu alguém contar uma experiência difícil que viveu em seu ministério? Quantos já não passaram por situações em que não souberam o que dizer ou fazer? Pastores, líderes

Leia mais

Curso Realizando Meu Potencial

Curso Realizando Meu Potencial Introdução Ralph Waldo Emerson, pensador americano do Século 19, possivelmente baseado na Parábola dos Talentos, de Mateus 25, afirmou: Aquilo que está para trás de você e aquilo que está à frente de você

Leia mais

Comprar de forma compulsiva (falta de controle sobre si)

Comprar de forma compulsiva (falta de controle sobre si) 20 Meu filho, escute o que lhe digo; preste atenção às minhas palavras. 21 Nunca as perca de vista; guarde- as no fundo do coração, 22 pois são vida para quem as encontra e saúde para todo o seu ser. 23

Leia mais

Estudos bíblicos sobre liderança Tearfund*

Estudos bíblicos sobre liderança Tearfund* 1 Estudos bíblicos sobre liderança Tearfund* 1. Suporte para lideranças Discuta que ajuda os líderes podem necessitar para efetuar o seu papel efetivamente. Os seguintes podem fornecer lhe algumas idéias:

Leia mais

TACA Treinamento para Acampamento de Crianças e Adolescentes FORMULÁRIO DO CANDIDATO (Preencher legivelmente com sua própria letra)

TACA Treinamento para Acampamento de Crianças e Adolescentes FORMULÁRIO DO CANDIDATO (Preencher legivelmente com sua própria letra) TACA Treinamento para Acampamento de Crianças e Adolescentes FORMULÁRIO DO CANDIDATO (Preencher legivelmente com sua própria letra) 1. Nome: _ CPF: RG: Cole aqui uma foto 3x4 Data de Nasc: / / Sexo: Nacionalidade:

Leia mais

Encontro a propósito do inquérito do Sínodo dos Bispos sobre a família

Encontro a propósito do inquérito do Sínodo dos Bispos sobre a família METANOIA em Lisboa Encontro a propósito do inquérito do Sínodo dos Bispos sobre a família Algumas notas a partir da reflexão havida no dia 13 de dezembro de 2013 na qual participaram 43 pessoas Contexto

Leia mais

BEM-VINDA!! WWW.BOLSADEIDEASDENEGOCIO.COM

BEM-VINDA!! WWW.BOLSADEIDEASDENEGOCIO.COM BEM-VINDA!! Meu nome é Ives Lopes e eu sou a autora deste guia 22 ideias de negócios para começar já. Vê essa foto? Sou eu em minha Esmalteria, a Eva Nail Club. Foi um sucesso enquanto durou, mas infelizmente

Leia mais

Lição 9 Desafios de um ministério local Parte 1

Lição 9 Desafios de um ministério local Parte 1 Lição 9 Desafios de um ministério local Parte 1 Texto bíblico: 1Tessalonicenses 3.1-13 Todas as igrejas surgidas da missão apostólica de Paulo no mundo gentílico enfrentaram muitos desafios, por causa

Leia mais

Compartilhando a Sua Fé

Compartilhando a Sua Fé Livrinho 2 Pàgina 4 Lição Um Compartilhando a Sua Fé O Propósito desta Lição Agora que você descobriu a alegria de pecados perdoados e de uma nova vida em Cristo, sem dúvida quer que os seus familiares

Leia mais

Etapas da maturidade de Eliseu

Etapas da maturidade de Eliseu Etapas da maturidade de Eliseu TEXTO BÍBLICO BÁSICO 2 Reis 2.5-11 5 - Então os filhos dos profetas que estavam em Jericó se chegaram a Eliseu, e lhe disseram: Sabes que o SENHOR hoje tomará o teu senhor

Leia mais

VOCÊ É MOTIVO DE LOUVOR? MARCAS DE LOUVOR

VOCÊ É MOTIVO DE LOUVOR? MARCAS DE LOUVOR 1 VOCÊ É MOTIVO DE LOUVOR? MARCAS DE LOUVOR Fp 1 3 Agradeço a meu Deus toda vez que me lembro de vocês. 4 Em todas as minhas orações em favor de vocês, sempre oro com alegria 5 por causa da cooperação

Leia mais

PAPO DE HOMENS 24/08/2013 PALESTRA HOMENS - PORNOGRAFIA

PAPO DE HOMENS 24/08/2013 PALESTRA HOMENS - PORNOGRAFIA Sobre a Pornografia: O que é? De forma geral, podemos dizer que pornografia é a representação da nudez e do comportamento sexual humano com o objetivo de produzir excitamento sexual. Esta representação

Leia mais

13 SE VOCÊ CRÊ. Venho para tentar despertar em você a compreensão de que todos os seus problemas, angústias e limitações já estão dentro de você.

13 SE VOCÊ CRÊ. Venho para tentar despertar em você a compreensão de que todos os seus problemas, angústias e limitações já estão dentro de você. 13 SE VOCÊ CRÊ Venho para tentar despertar em você a compreensão de que todos os seus problemas, angústias e limitações já estão dentro de você. Isto é assim porque os seus pensamentos surgem de suas características

Leia mais

Reflexões sobre a prática docente na Educação Infantil.

Reflexões sobre a prática docente na Educação Infantil. 6. Humanização, diálogo e amorosidade. Reflexões sobre a prática docente na Educação Infantil. Santos, Marisa Alff dos 1 Resumo O presente trabalho tem como objetivo refletir sobre as práticas docentes

Leia mais

HOMILIA: A CARIDADE PASTORAL A SERVIÇO DO POVO DE DEUS (1 Pd 5,1-4; Sl 22; Mc 10, 41-45) Amados irmãos e irmãs na graça do Batismo!

HOMILIA: A CARIDADE PASTORAL A SERVIÇO DO POVO DE DEUS (1 Pd 5,1-4; Sl 22; Mc 10, 41-45) Amados irmãos e irmãs na graça do Batismo! HOMILIA: A CARIDADE PASTORAL A SERVIÇO DO POVO DE DEUS (1 Pd 5,1-4; Sl 22; Mc 10, 41-45) Amados irmãos e irmãs na graça do Batismo! A vida e o ministério do padre é um serviço. Configurado a Jesus, que

Leia mais

Jairo Martins da Silva. FOTOs: divulgação

Jairo Martins da Silva. FOTOs: divulgação Jairo Martins da Silva FOTOs: divulgação E N T R E V I S T A Disseminando qualidade e cultura Superintendente-geral da Fundação Nacional da Qualidade, Jairo Martins da Silva fala sobre o desafio da qualidade

Leia mais

AGUAS PROFUNDAS. Lc 5

AGUAS PROFUNDAS. Lc 5 1 Lc 5 AGUAS PROFUNDAS 1 Certo dia Jesus estava perto do lago de Genesaré, e uma multidão o comprimia de todos os lados para ouvir a palavra de Deus. 2 Viu à beira do lago dois barcos, deixados ali pelos

Leia mais

A Identidade da Igreja do Senhor Jesus

A Identidade da Igreja do Senhor Jesus A Identidade da Igreja do Senhor Jesus Atos 20:19-27 (Ap. Paulo) Fiz o meu trabalho como Servo do Senhor, com toda a humildade e com lágrimas. E isso apesar dos tempos difíceis que tive, por causa dos

Leia mais

Elementos da Vida da Pequena Comunidade

Elementos da Vida da Pequena Comunidade Raquel Oliveira Matos - Brasil A Igreja, em sua natureza mais profunda, é comunhão. Nosso Deus, que é Comunidade de amor, nos pede entrarmos nessa sintonia com Ele e com os irmãos. É essa a identidade

Leia mais

É claro que somos guardiões do nosso irmão, afirma o Dr Zygmunt.

É claro que somos guardiões do nosso irmão, afirma o Dr Zygmunt. Pr. Fernando Fernandes PIB em Penápolis, 15/08/2010 Comunhão: Resultado de experiências radicais com Jesus. (Estudo 3) Mês da Comunhão 2 O Dr. Zygmunt Bauman, no livro A Sociedade Individualizada, abordando

Leia mais

Enfrentando a Tentação

Enfrentando a Tentação Livro 1 página 36 Lição Cinco Enfrentando a Tentação Perguntas Básicas Leia cada pergunta e resposta em baixo, e medite nelas até que as compreenda bem. Examine as referências bíblicas indicadas que apoiam

Leia mais

Vivemos uma época em que os homens estão confusos com relação a seus papéis.

Vivemos uma época em que os homens estão confusos com relação a seus papéis. INTRODUÇÃO Vivemos uma época em que os homens estão confusos com relação a seus papéis. Somos cobrados para ser sensíveis emocionalmente, participantes nas atividades domésticas e esteticamente belos em

Leia mais

Blog http://conquistadores.com.br. + dinheiro + mulheres + sucesso social (mini e-book grátis)

Blog http://conquistadores.com.br. + dinheiro + mulheres + sucesso social (mini e-book grátis) Blog http://conquistadores.com.br CONQUISTADORES + dinheiro + mulheres + sucesso social (mini e-book grátis) Blog http://conquistadores.com.br CONQUISTADORES + dinheiro + mulheres + sucesso social (Este

Leia mais

Mosaicos #7 Escolhendo o caminho a seguir Hb 13:8-9. I A primeira ideia do texto é o apelo à firmeza da fé.

Mosaicos #7 Escolhendo o caminho a seguir Hb 13:8-9. I A primeira ideia do texto é o apelo à firmeza da fé. 1 Mosaicos #7 Escolhendo o caminho a seguir Hb 13:8-9 Introdução: Jesus Cristo é o mesmo, ontem, hoje e para sempre. Não se deixem levar pelos diversos ensinos estranhos. É bom que o nosso coração seja

Leia mais

cartilha direitos humanos layout:layout 1 2008-09-05 13:42 Página 1 CAPA

cartilha direitos humanos layout:layout 1 2008-09-05 13:42 Página 1 CAPA cartilha direitos humanos layout:layout 1 2008-09-05 13:42 Página 1 CAPA cartilha direitos humanos layout:layout 1 2008-09-05 13:42 Página 2 TODOS SÃO IGUAIS PERANTE A LEI* *Artigo 5º da Constituição Brasileira

Leia mais

A OFERTA DE UM REI (I Crônicas 29:1-9). 5 - Quem, pois, está disposto a encher a sua mão, para oferecer hoje voluntariamente ao SENHOR?

A OFERTA DE UM REI (I Crônicas 29:1-9). 5 - Quem, pois, está disposto a encher a sua mão, para oferecer hoje voluntariamente ao SENHOR? A OFERTA DE UM REI (I Crônicas 29:1-9). 5 - Quem, pois, está disposto a encher a sua mão, para oferecer hoje voluntariamente ao SENHOR? Esse texto é um dos mais preciosos sobre Davi. Ao fim de sua vida,

Leia mais

Porque não Seguir o Fluxo da Sociedade Hebert Schiavelli Página 1

Porque não Seguir o Fluxo da Sociedade Hebert Schiavelli Página 1 Porque não Seguir o Fluxo da Sociedade Hebert Schiavelli Página 1 A maior Ambição do Homem é querer Colher aquilo que Não Semeou. Hebert Schiavelli (Empreendedor) Porque não Seguir o Fluxo da Sociedade

Leia mais

A morte nunca foi algo estranho para Deus.

A morte nunca foi algo estranho para Deus. Parece estranho pensar no luto de Deus, mas esta idéia é bem apropriada para falarmos do sentimento do Criador diante da morte de suas criaturas, em especial da morte dos seres humanos. O Luto de Deus

Leia mais

CD UM NOVO DIA. Um Novo Dia Autor: Paulo Cezar

CD UM NOVO DIA. Um Novo Dia Autor: Paulo Cezar CD UM NOVO DIA Um Novo Dia Autor: Paulo Cezar Quantos momentos da vida. Me fazem ver. O que aqui dentro existe. Ouvi dizer. Luto pra conseguir, corro só pra fugir, faço o que posso, mas já não sou vencedor,

Leia mais

Mais do que Vencedores ou Mais do que Vencidos. Missionário Pastor Danny Hawkins

Mais do que Vencedores ou Mais do que Vencidos. Missionário Pastor Danny Hawkins Mais do que Vencedores ou Mais do que Vencidos. Missionário Pastor Danny Hawkins Mas, em todas estas coisas somos mais que vencedores, por meio daquele que nos amou. Romanos 8:37 Todos os dias nós temos

Leia mais

12:00 Palestra: Jesus confia nos Jovens -Por isso entrega sua mãe - Telmo

12:00 Palestra: Jesus confia nos Jovens -Por isso entrega sua mãe - Telmo 2:00 Palestra: Jesus confia nos Jovens -Por isso entrega sua mãe - Telmo Amados de Deus, a paz de Jesus... Orei e pensei muito para que Jesus me usasse para poder neste dia iniciar esta pregação com a

Leia mais

Relação entre as organizações cristãs e as igrejas locais

Relação entre as organizações cristãs e as igrejas locais Seção Relação entre as organizações cristãs e as Conforme discutido na Seção 1, as desempenham um papel na proclamação e na demonstração do evangelho. Entretanto, com muita freqüência, o papel da igreja

Leia mais

Tudo tem um tempo. Uma hora para nascer e uma hora para morrer.

Tudo tem um tempo. Uma hora para nascer e uma hora para morrer. CAPITULO 3 Ele não é o Homem que eu pensei que era. Ele é como é. Não se julga um Homem pela sua aparência.. Tudo tem um tempo. Uma hora para nascer e uma hora para morrer. Eu costumava saber como encontrar

Leia mais

2015 O ANO DE COLHER ABRIL - 1 A RUA E O CAMINHO

2015 O ANO DE COLHER ABRIL - 1 A RUA E O CAMINHO ABRIL - 1 A RUA E O CAMINHO Texto: Apocalipse 22:1-2 Então o anjo me mostrou o rio da água da vida que, claro como cristal, fluía do trono de Deus e do Cordeiro, no meio da RUA principal da cidade. De

Leia mais

Quem Desiste num momento de crise é porque realmente é um fraco!

Quem Desiste num momento de crise é porque realmente é um fraco! Paixão do Povo de Cristo x Paixão de Cristo Texto Base: provérbios 24.10 na Linguagem de Hoje: Quem é fraco numa crise, é realmente fraco. Na Bíblia A Mensagem : Quem Desiste num momento de crise é porque

Leia mais

MELHORES MOMENTOS. Expressão de Louvor Paulo Cezar

MELHORES MOMENTOS. Expressão de Louvor Paulo Cezar MELHORES MOMENTOS Expressão de Louvor Acordar bem cedo e ver o dia a nascer e o mato, molhado, anunciando o cuidado. Sob o brilho intenso como espelho a reluzir. Desvendando o mais profundo abismo, minha

Leia mais

Transcrição de Entrevista n º 24

Transcrição de Entrevista n º 24 Transcrição de Entrevista n º 24 E Entrevistador E24 Entrevistado 24 Sexo Feminino Idade 47 anos Área de Formação Engenharia Sistemas Decisionais E - Acredita que a educação de uma criança é diferente

Leia mais

LIDERANÇA POR MENTOREAMENTO, MENTOR JORNADA O SEGREDO DA MULTIPLICAÇÃO! PRINCÍPIOS DE CRESCIMENTO ORAÇÃO. Everon Donato FOCO NA PESSOA 34 MOTIVAÇÃO

LIDERANÇA POR MENTOREAMENTO, MENTOR JORNADA O SEGREDO DA MULTIPLICAÇÃO! PRINCÍPIOS DE CRESCIMENTO ORAÇÃO. Everon Donato FOCO NA PESSOA 34 MOTIVAÇÃO MENTOREAMENTO, O SEGREDO DA MULTIPLICAÇÃO! Everon Donato FOCO NA PESSOA 34 RELACIONAM APRENDIZADO MENTOR MOTIVAÇÃO INVESTISMENTO ORAÇÃO JORNADA PRINCÍPIOS DE CRESCIMENTO FotolEdhar Fotolia LIDERANÇA POR

Leia mais

Envelhecimento, erotismo e relacionamentos amorosos na velhice

Envelhecimento, erotismo e relacionamentos amorosos na velhice Envelhecimento, erotismo e relacionamentos amorosos na velhice Thiago de Almeida O amor é um conceito que possui uma extensa cadeia de significados e interpretações distintas. Muito longe de ser meramente

Leia mais

Discipulado Parte II Pastor Emanuel Adriano (Mano)

Discipulado Parte II Pastor Emanuel Adriano (Mano) Discipulado Parte II Pastor Emanuel Adriano (Mano) Estruturas Para Formar Discípulos Célula Evangelística: Esta estrutura ajuda nas ações de ganhar e consolidar. Ela tem dois objetivos principais: 1 )Despertar

Leia mais

APÊNDICE. Planejando a mudança. O kit correto

APÊNDICE. Planejando a mudança. O kit correto APÊNDICE Planejando a mudança No capítulo 11, trabalhamos o estabelecimento de um objetivo claro para a mudança. Agora, você está repleto de ideias e intenções, além de uma série de estratégias de mudança

Leia mais

Ferramentas de Coaching Potencializando Equipes

Ferramentas de Coaching Potencializando Equipes Ferramentas de Coaching Potencializando Equipes Caxias do Sul, 04 de junho 2014 Silvia Bernardi Vivemos em uma busca constante e incansável... Do que mesmo? Qual sua direção? 2 O QUE É COACHING? 3 COACHING

Leia mais

E a família... como vai?

E a família... como vai? 1. A crise na família Perigos atuais para família 2. A consciência para família 3. O chamado da família 4. Um caso na família Princípio espiritual para família Prática espiritual da família Papel do batismo

Leia mais

Lição 11. Batismo nas águas. Comuidade Ev. Amanhecer com Jesus QUESTIONAMENTOS: O batismo salva? O batismo como mandamento

Lição 11. Batismo nas águas. Comuidade Ev. Amanhecer com Jesus QUESTIONAMENTOS: O batismo salva? O batismo como mandamento Lição 11 Batismo nas águas Jesus, aproximando-se, falou-lhes, dizendo: Toda a autoridade me foi dada no céu e na terra. Ide, portanto, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai e

Leia mais

Programa de Desenvolvimento (da Formação) Espiritual do Aluno FTSA

Programa de Desenvolvimento (da Formação) Espiritual do Aluno FTSA Programa de Desenvolvimento (da Formação) Espiritual do Aluno FTSA Jorge Henrique Barro 1 Introdução Existe uma percepção, por parte de alguns setores das igrejas evangélicas brasileiras, que os seminários

Leia mais

KJV King James Bible Study Correspondence Course An Outreach of Highway Evangelistic Ministries 5311 Windridge lane ~ Lockhart, Florida 32810 ~ USA

KJV King James Bible Study Correspondence Course An Outreach of Highway Evangelistic Ministries 5311 Windridge lane ~ Lockhart, Florida 32810 ~ USA 1 Dois Pais Espirituais Lição 1 (volte para as páginas 4, 5 e 6) Durante a história, Deus tem dado todo individo uma chance para aceitar o seu eterno plano da salvação. É triste, muitas pessoas tem rejeitado

Leia mais

Leiamos o Texto Sagrado:

Leiamos o Texto Sagrado: Um encontro com Jesus Mateus 14.22-32 Pr. Fernando Fernandes (PIB em Penápolis) Cristo em Casa Glicério, 27/08/2009 Leiamos o Texto Sagrado: Logo em seguida, Jesus insistiu com os discípulos para que entrassem

Leia mais

Perdão Marca de Maturidade

Perdão Marca de Maturidade Perdão Marca de Maturidade TEXTO BÍBLICO BÁSICO Mateus 18.15-22 15 - Ora, se teu irmão pecar contra ti, vai, e repreende-o entre ti e ele só; se te ouvir, ganhaste a teu irmão; 16 - Mas, se não te ouvir,

Leia mais

A importância da família no processo de educar

A importância da família no processo de educar A importância da família no processo de educar A mim me dá pena e preocupação quando convivo com famílias que experimentam a tirania da liberdade em que as crianças podem tudo: gritam, riscam as paredes,

Leia mais

Treinamento Missionário realidade ou ficção? JAMI Consulta Missionária Bruce R. e Ann E. C. Borquist Abril 2007

Treinamento Missionário realidade ou ficção? JAMI Consulta Missionária Bruce R. e Ann E. C. Borquist Abril 2007 Treinamento Missionário realidade ou ficção? JAMI Consulta Missionária Bruce R. e Ann E. C. Borquist Abril 2007 Mito #1 Treinamento é desnecessário. O que é necessário é só o chamado e a capacitação de

Leia mais

DEUS DA FAMÍLIA ISRC BR MKP 1300081 Ivan Barreto (MK Edições)

DEUS DA FAMÍLIA ISRC BR MKP 1300081 Ivan Barreto (MK Edições) DEUS DA FAMÍLIA ISRC BR MKP 1300081 Ivan Barreto (MK Edições) Sei que em minha casa estás Sempre cuida do meu lar O Senhor é o meu pastor e nada vai faltar Pois sei que tu és fiel, tu és fiel a mim Sei

Leia mais

CONSIDERAÇÕES SOBRE A CASTIDADE MASCULINA PARTE 3

CONSIDERAÇÕES SOBRE A CASTIDADE MASCULINA PARTE 3 CONSIDERAÇÕES SOBRE A CASTIDADE MASCULINA PARTE 3 Sofia Z. Na parte anterior vimos algumas das razões do declínio do tesão entre os casais que têm uma relação estável. Nesta parte vamos fazer algumas considerações

Leia mais

Uma conversa franca sobre. sexualidade

Uma conversa franca sobre. sexualidade Uma conversa franca sobre sexualidade Duas narrativas equivocadas Todo desejo sexual é ruim A narrativa da igreja Todo desejo sexual é bom A narrativa secular A narrativa do Reino o sexo ou desejo

Leia mais

Mortificando a carne, Para refletir a gloria de Deus

Mortificando a carne, Para refletir a gloria de Deus Mortificando a carne, Para refletir a gloria de Deus Romanos 8:13 Pois se vocês viverem de acordo com a carne, morrerão; mas, se pelo Espírito fizerem morrer os atos do corpo, viverão, Introdução: Cremos

Leia mais

Para alcançar o Sucesso é preciso que você tenha a plena convicção de que nossos produtos e nossa Oportunidade podem realmente transformar a vida das

Para alcançar o Sucesso é preciso que você tenha a plena convicção de que nossos produtos e nossa Oportunidade podem realmente transformar a vida das Querida Estrela do Bem, Aqui estão alguns Passos para aplicarmos no dia a dia São passos diários para o sucesso do seu negócio MK. Faça o Plano das 100 CARITAS em 4 semanas com todas as Consultoras de

Leia mais

Fim da Sensibilidade na Glande

Fim da Sensibilidade na Glande Autor: Davi Ribeiro Fim da Sensibilidade na Glande Muitos homens alegam sofrer com a forte sensibilidade na glande. E isso, de certa forma, atrapalha muito na hora do sexo, principalmente na hora de ter

Leia mais

Os Quatro Tipos de Solos - Coração

Os Quatro Tipos de Solos - Coração Os Quatro Tipos de Solos - Coração Craig Hill Marcos 4:2-8 Jesus usava parábolas para ensinar muitas coisas. Ele dizia: 3 Escutem! Certo homem saiu para semear. 4 E, quando estava espalhando as sementes,

Leia mais