MARRAZES. Este suplemento faz parte integrante da edição 1338 do JORNAL DE LEIRIA, de 4 de Março de 2010 e não pode ser vendido separadamente

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "MARRAZES. Este suplemento faz parte integrante da edição 1338 do JORNAL DE LEIRIA, de 4 de Março de 2010 e não pode ser vendido separadamente"

Transcrição

1 MARRAZES Marrazes é a maior freguesia de Leiria em termos de densidade populacional, contando com cerca de 25 mil habitantes. Integrando zonas de características muito díspares, tem apresentado, ao longo dos anos, dificuldades em conseguir um rumo de coesão. A presidente da Junta quer, por isso, promover medidas no sentido de criar alguma identidade a uma das freguesias também mais desenvolvidas da região. RICARDO GRAÇA Este suplemento faz parte integrante da edição 1338 do JORNAL DE LEIRIA, de 4 de Março de 2010 e não pode ser vendido separadamente

2 MARRAZES 4 de Março de Isabel Afonso, presidente da Junta QUEREMOS UMA FREGUESIA COESA Foi recentemente eleita para o seu primeiro mandato à frente da Junta. Como encontrou a freguesia? Estamos ainda numa fase em que procuramos inteirar-nos dos problemas de fundo da freguesia, um passo que definimos como prioridade neste momento inicial. Qual serão as prioridades do seu executivo? Uma das primeiras é levar a cabo um conjunto de acções que façam desta uma freguesia coesa. Percebe-se - e eu percebo bem, porque vivo nesta freguesia desde os 16 anos - que falta uma estratégia para aglutinar as forças vivas, que são muitas, em projectos comuns. A nossa chegada à Junta dividiu-se, por isso, em dois vectores: um, o conhecimento daquilo que é a necessidade da freguesia, em função também das dificuldades causadas por compromissos assumidos pelo anterior executivo e que não haviam sido cumpridos; e o outro foi contactar as forças vivas, individualmente, de maneira a poder fazer pontos de situação, estabelecer protocolos de colaboração, de maneira a que a freguesia passasse a desenvolver actividades em conjunto. CENTRO CULTURAL - DO SONHO À REALIDADE Um dos projectos que a actual presidente de Junta se propõe realizar é a construção de um Centro Cultural. Trata-se da recuperação de uma ambição antiga da freguesia, mas que nunca avançou. A intenção tem mais de 12 anos e o projecto deu entrada na Câmara em "Queremos que aconteça e se concretize no nosso mandato", considera Isabel Afonso, defendendo que se trata de uma obra de "grande importância". A autarca manifesta-se esperançada de que o projecto, que ronda os quatro milhões de euros, seja colocado a concurso ainda este ano. "Temos a vaidade de ter, entre todas as outras associações, uma filarmónica centenária e o Museu Escolar. O Centro Cultural poderá acolher estes dois projectos que não têm um espaço condigno, reservando ainda espaço para outras valências, como um auditório", explica. O novo espaço vai possibilitar, ainda, a criação de salas de música para a escola que a filarmónica tem em funcionamento. Os jovens alunos estão, actualmente, espalhados pela freguesia. "Será um espaço de cultura para todo o concelho", sublinha. Já há iniciativas programadas? Sim. Temos duas grandes iniciativas que, acreditamos, vão contribuir para criar essa coesão tão necessária. Vamos avançar, por exemplo, com a criação do Dia da Freguesia. Uma iniciativa que, possivelmente, ainda não conseguiremos realizar em Mas contamos conseguir levar a efeito, já este ano, a recriação da antiga Feira dos 18. Um certame que não terminou há muitos anos e que marcou gerações. Era um dia de encontro das pessoas da freguesia, de mercado tradicional mas também de festa que pretendemos recriar e assim recordar a ruralidade que esta freguesia já teve. O anterior executivo iniciou alguns projectos que considerava estruturantes para a freguesia. Um deles é o lar de idosos. Vai manter esse projecto? O lar e centro de dia é da responsabilidade da AMITEI - Associação dos Amigos da Mata de Marrazes -, que é uma IPSS e que, por isso, concorreu, no anterior executivo, às verbas do programa Pares para este efeito. Foi uma obra que encontrámos numa fase difícil porque estavam por cumprir, em termos financeiros, quantias muito avultadas. E havia problemas com o licenciamento. O que existia era apenas para as fundações e a estrutura de betão. E o não cumprimento de pagamentos referia-se a quê? Encontrámos uma dívida à entidade 'Encosta', responsável pela execução da obra. Essa entidade, mesmo com pagamentos em atraso, ainda conseguiu terminar a fase de betão, cuja licença era a única que existia, cumprindo com a sua parte. Mas a Junta não conseguiu cumprir, até à data, com a sua parte. Mas a Junta de Freguesia é a dona da obra? Não é. O dono da obra é a AMITEI, mas há um acordo de colaboração entre as duas entidades que define que a Junta se substitua à associação no caso desta não conseguir cumprir os seus compromissos financeiros. Ou seja, a AMITEI é a dona da obra, mas a responsabilidade é da Junta de Freguesia. Entretanto, os órgãos dirigentes da AMITEI demitiram-se em bloco - à excepção de duas pessoas -, o que agravou ainda mais a situação. Constatámos que a associação tinha uma dívida considerável à Segurança Social e, sem esse pagamento, não seria possível receber o dinheiro daquela entidade para a construção do lar. O nosso objectivo é continuar a honrar os compromissos assumidos e, por isso, apoiámos a associação para que pagasse à Segurança Social. A dívida, correspondente a seis meses, está paga, os juros não. Mas vamos ter que os assumir. E está a decorrer, então, o processo de licenciamento da parte restante da obra. E a empresa construtora...? Continua a ser prejudicada, com mais de 500 mil euros de dívida. A obra encontra-se parada, neste momento. E temos que agradecer muito a compreensão da empresa em todo este processo. RICARDO GRAÇA E acredita que a obra reunirá condições para voltar a arrancar? Há três factores que esbarram na situação económica em que a Junta se encontra. Não temos forma, neste momento, de ultrapassar todas estas dificuldades e tivemos que nos unir à Câmara Municipal, que está a ajudar-nos no sentido de licenciar a obra. E estamos a tentar, junto da Segurança Social, reunir condições para receber a verba destinada à construção do lar. A situação está controlada. E temos interesse em levar a obra por diante e no menor espaço de tempo. E o projecto da Aldeia do Desporto, que também vem do anterior executivo, será para manter? Sim. Foi uma obra que chegou a ter uma inauguração, à medida do tempo em que foi feita, mas que não tem, por exemplo, um projecto de electricidade e está a ser alimentada por um gerador - uma situação que lembra outra história de um passado recente da empresa Leirisport. Mas a Câmara está já, com a EDP, a desenvolver diligências para que a situação se ultrapasse. Quando foi inaugurado este projecto estava longe de reunir condições para funcionar. Não satisfazia necessidades primárias, como por exemplo, a segurança dos utentes. Uma situação que está já, também, a ser tratada em conjunto com a Câmara. Estamos a tentar optimizar aquele espaço mas estamos longe de iniciar a segunda fase das obras porque ainda estamos a concluir a primeira onde não foi, sequer, construído um WC público. Que projectos tem para aproximar os habitantes da Junta de Freguesia? Este mês de Março, a Junta vai contar com um novo site. E queremos cumprir com uma política social alargada. Esta freguesia carece de apoio social e a Junta está a estabelecer acordos de colaboração. Queremos abrir o gabinete 'O Sorriso', composto por uma assistente social e uma psicóloga, a tempo parcial. Estabelecemos acordo com a Escola Profissional de Leiria e o Instituto Politécnico para conseguir sensibilizar as pessoas e vamos usar todos os meios para que consigamos criar grupos-turma, do quarto ao 12º ano, cujo processo de inscrição poderá passar pela Junta, de forma a criar aulas em período pós-laboral. FICHA TÉCNICA EDIÇÃO: JORLIS - EDIÇÕES E PUBLICAÇÕES, LDA. / Director Interino: João Nazário / Coordenação: Lurdes Trindade / Redacção: Helena Silva / Serviços Comerciais: Luís Clemente / Paginação: Isilda Trindade e Rita Carlos / Impressão: Grafedisport / Tiragem: exemplares / Nº de registo: / Depósito legal nº: 5628/84 / JORNAL DE LEIRIA, Edição n.º 1338, 4 de Março de 2010

3 Travessa da Baquelite. Apartado Leiria, Portugal Telefone: FAX: PUBLIREPORTAGEM

4 LOJA ONLINE para o mercado nacional Sonigate, A nível nacional, a estratégia da Sonigate vai passar por uma forte aposta no online, com a criação de uma a nova Leiritrónica nesse mesmo dia, um site totalmente renovado, diferente de todos os que tivemos, preparado para o futu- loja virtual, revela Paulo Marques. Essa estratégia foi notória logo no dia em que a empresa alterou a sua designação. "Na internet, abriu ro", explicou o responsável da empresa, contando que se trata de um espaço online que pretende ser "uma ferramenta muito forte para o cliente". O novo site é uma loja virtual, que vem substituir a que a empresa já tinha em funcionamento na internet, e que tem, actualmente, 24 mil produtos, com fotos, stocks e preços. A entrega, em casa dos clientes, Empresa foi criada em Leiria, há 25 anos, com uma estratégia inovadora de comercialização de componentes electrónicos. Hoje quer expandir o negócio para o mercado ibérico, apostando no nome que, há três anos, lançou em Espanha: Sonigate. é feita na manhã seguinte se a compra acontecer até às 17 horas. Foi em 1984 que José Marques, hoje com 53 anos, mercado necessitava de uma loja especializada na área Principais produtos dos componentes electrónicos. A resposta satisfató- A empresa disponibiliza uma vasta gama de materiais, sobretudo acessórios a preços competitivos, de seis ria do mercado provou-lhe que estava correcto e, des- áreas principais. Assegura um sistema de distribuição, mas não dispõe de serviço de instalação. "Não de então, a empresa nunca mais deixou de crescer. somos uma empresa prestadora de serviços, focamo-nos muito no produto", salienta Paulo Marques. criou a Leiritrónica, depois de se dar conta de que o A loja está aberta ao público em geral e também a clientes profissionais. Desde que foi reformulado, o espaço online tem tido uma média de duas mil visitas diárias. Paulo Marques revela que o objectivo é que, até ao próximo Verão, o número de vendas online atinja o dobro do que faz actualmente. "A nossa meta é, neste arranque de site, duplicar o que fazemos e depois ir caminhando e criando metas mais ambiciosas", explica ainda. A longo prazo, sublinha, a expectativa é que "o site venha a vender tanto como a loja física". De tal forma que, aos componentes electrónicos, foram sendo anexados outros produtos, procurando sempre dar resposta às necessidades do mercado, e hoje a ÁUDIO: da de outros consumíveis, como comandos para por- empresa comercializa uma vasta gama de componen- A oferta da empresa vai desde os instrumentos musi- tões, kits didácticos, energias ou baterias. Ferra- tes. cais, car-audio, acessórios para instaladores ao áudio mentas e equipamentos profissionais de medida, como Mesmo a nível de funcionamento directo, a loja, locali- profissional para bandas ou discotecas, como colu- multímetros e outros. Tem as melhores marcas do zada em Leiria, aposta num conceito diferente. A for- nas, amplificadores ou mesas de mistura. Dispõe ain- mercado. ma de atender o cliente é gerida A forma de atender o da de sistemas de sonorização para hotéis e habita- cliente é gerida por um sistema de senhas e atendi- ções. São representantes de várias marcas, entre as INFORMÁTICA: mento personalizado por funcionários especializados quais, as dez principais marcas do mercado, como A loja disponibiliza uma variedade enorme de compo- nas várias áreas, o que possibilita encurtar os tempos Yamaha, Fender, JBL; e distribuidores na Península nentes, dispondo de todas as marcas e produtos. de espera. Ibérica das marcas Behringer ou Gator. A grande dife- Também tem computadores e portáteis. Há três anos, a estratégia de alargamento para o mer- rença em relação a outras lojas de áudio é que aqui cado espanhol passou pela criação da Sonigate, uma é possível encontrar, para além do produto acabado, COMUNICAÇÕES: empresa de distribuição que tem conseguido afirmar- a generalidade dos acessórios e a preços competiti- Destacam-se ainda as redes de informática, os con- -se. vos. sumíveis de informática, periféricos e uma nova área, o 'gaming', disponibilizando vários componentes das Com o novo nome, Sonigate, a empresa procura agora fazer vingar a nível nacional, procurando deixar o CABOS: cariz regional que o nome Leiritronica lhe confere. Inclui cabos e todo o tipo de fichas, para as áreas A Sonigate tem 38 colaboradores. O objectivo para mais diversas, desde o áudio à electrónica e infor- TDT E SATÉLITE 2010 é, a nível de volume de negócios, atingir os oito mática. Representa os maiores fabricantes interna- Inclui equipamentos e acessórios para recepção de milhões de euros. cionais pelo que consegue dar resposta ao cliente. TV e Satélite desde os receptores e parabólicas para satélite a todos os produtos e soluções para Televi- O objectivo para 2010 é, a nível de volume de negócios, atingir os oito milhões de euros. consolas de jogos. ELECTRÓNICA: são Digital Terrestre. Foi a área na qual a empresa se especializou, desde o seu início. Tem desde os componentes, com uma VIGILÂNCIA: vasta gama para profissionais da área, a sistemas Área relativamente recente em franca expansão. Dis- de comunicação, como rádio-cb até acessórios para ponibiliza equipamentos relacionados com a área de telemóveis e telefones, como auriculares, baterias ou segurança, como alarmes contra incêndio e intrusão, carregadores para as principais marcas. Dispõe ain- vídeo porteiros e sistemas de vigilância.

5 Paulo Marques, sócio, responsável pela informática e logística "Queremos estender o conceito Sonigate às principais cidades da Europa" Uma vez que a empresa é agora uma só, o conceito de negócio para a Península Ibérica passa a ser o que foi criado pela Leiritrónica? Exactamente. O que vai entrar em Espanha, que já conhece a marca 'Sonigate', e também noutros mercados é o conceito 'Leiritrónica', aquele com que começámos e é com ele que queremos avançar: ser muito forte nas seis áreas que representamos. Qual o plano de expansão da empresa? Passa pela cópia integral do que temos em Leiria noutras cidades grandes. Acreditamos que Portugal possa ter mercado para, no máximo, três lojas. Acreditamos que possa ser replicado este modelo de negócio, que é único, nas principais cidades europeias. Como um franchising? Não. A nossa ideia não é essa. Achamos que seria interessante criar lojas próprias nas grandes cidades da Europa. Mas essa é uma estratégia a médio e longo prazo. Ainda temos muito para aprender. E estamos convencidos de que a loja online que criámos poderá ser um primeiro passo para conhecer melhor o mercado ibérico e, a partir daí, crescer. Porquê a mudança de nome para Sonigate? A necessidade de mudança surgiu porque o nome 'Leiritrónica' tinha uma forte componente regional, o que, na nossa óptica, começava a limitar o nosso crescimento. O nome tinha também uma forte ligação à electrónica que já não é a nossa única área. Por isso, adoptámos o nome da empresa de distribuição de produtos de áudio, que lançámos há três anos, na Península Ibérica. Nós ganhámos a distribuição de algumas marcas na Península Ibérica e no Norte de África e criámos um nome internacional, Sonigate, com o qual já conseguimos entrar no mercado espanhol. Juntaram, então, as duas empresas? Sim, juntámos as duas empresas para unir esforços porque, a determinado momento, as duas empresas já estavam muito ligadas. Queremos mostrar ao mercado que somos as mesmas pessoas, estamos aqui para o futuro. Por isso fizémos a fusão das duas empresas, já este ano, no início de Fevereiro. E estender a loja online à Europa...? Sim. Temos planos para entrar, a curto prazo, no mercado espanhol. É um mercado que conhecemos relativamente bem porque temos fortes relações com Espanha. Temos já pensadas algumas datas interessantes para começar. Já estão implantados no mercado espanhol? Vendemos para a grande distribuição. Mas a nossa ambição é chegar ao público em geral, sem elevar muito os custos da distribuição ao público em geral. Numa altura de crise, em que a generalidade das empresas pouco arrisca, decidiram avançar com esta mudança? A crise não vos assusta? Nós sentimos a crise e é por isso também que estamos a fazer esta alteração. Nunca deixámos de mudar e arriscar, no passado, até porque estamos sempre a olhar para o futuro. Acreditamos que os bons vão ficar mas, para isso, é imprescindível andar para a frente, com muito cuidado. Talvez por termos esta postura não temos sentido muito a crise nos números para a frente, com muito cuidado.

6 PUB

7 MARRAZES 4 de Março de A MAIOR FREGUESIA DE LEIRIA Marrazes é a maior freguesia de Leiria, em termos de densidade populacional, contando actualmente com cerca de 25 mil habitantes. Foi, segundo os últimos Censos, a localidade do concelho que mais cresceu: cerca de 57%. Integrando zonas de características muito díspares como a Nova Leiria e o bairro Sá Carneiro, a freguesia tem apresentado, ao longo dos anos, muitas dificuldades em conseguir criar um rumo de coesão. Só na restauração, parece haver algumas conformidade. Os muitos restaurantes daquela zona são classificados pelos milhares de clientes como projectos de grande qualidade gastronómica, quer se situem na zona mais nobre ou na parte mais antiga. Outra das actividades nobres da localidade é o desporto. Foi em 1923 que nasceu aquele que é actualmente, o grande clube da freguesia, o Sport Clube Leiria e Marrazes. O chinquilho é também uma das modalidades mais antigas. O grupo 'A Mata', o mais emblemático, foi criado nas primeiras décadas do século XX. A agro-pecuária, indústria e comércio são as principais actividades económicas. A freguesia tem um grande número de empresas, a maior parte localizadas nas zonas industriais da Cova das Faias (Zicofa) e Casal Cego. É também nesta freguesia que se localiza o quartel-sede de uma das maiores corporações de Bombeiros do distrito: os Voluntários de Leiria. OFERTA ESCOLAR DIVERSIFICADA A freguesia dispõe de uma oferta escolar diversificada, dividida pelos vários graus de ensino. Conta com dez escolas de Educação Pré-escolar, sete das quais públicas, todas equipadas com refeitório. Tem ainda onze escolas públicas de Ensino Básico do 1.º Ciclo, uma escola de Ensino Básico dos 2ª e 3ª Ciclos (EB de Marrazes), uma de Ensino Secundário (Afonso Lopes Vieira), uma Escola Profissional, duas de Informática, duas de Arte e ainda escolas de Ensino RICARDO GRAÇA Especial - a Cercilei e APPC, e uma para ensino de linguagem gestual. Logo depois de Leiria, esta freguesia foi a que mais cresceu, no que diz respeito ao número de alunos, nos últimos cinco anos lectivos. A taxa de crescimento ascendeu a 12,2%. De acordo com a Carta Educativa de Leiria, o total de alunos neste território escolar, nos vários graus de ensino, ascendeu, no ano lectivo de a mais de quatro mil. DR A ESCOLA ATRAVÉS DOS TEMPOS O Museu-escolar teve origem no ano lectivo de Um conjunto de professores do primeiro ciclo criou, então, um projecto pedagógico - 'A escola através dos tempos '- que veio a ser, mais tarde, transformado num espaço museológico. O museu abriu ao público em Maio de 1997 e passou a integrar a Rede Portuguesa de Museus, em De caraterísticas únicas no país, é, actualmente, um dos pontos de interesse da freguesia, recebendo milhares de visitantes todos os anos, de várias camadas etárias e de diversos pontos do país. Ao longo dos tempos, conseguiu reunir um imenso espólio, parte do qual não está patente ao público devido aos limites do espaço onde se localiza. Por isso, a actual presidente da Junta defende a sua integração no futuro Centro Cultural, que se propõe criar até final do mandato. O PULMÃO DE LEIRIA A Mata dos Marrazes foi criada, por decreto, em 1903, estendendo-se por uma área de cerca de 90 hectares. A extensão desta imensa mancha verde tornou-a conhecida como 'o pulmão de Leiria'. A zona é apreciada por grande número de habitantes e até visitantes de fora do concelho que a procuram, sobretudo nos meses mais quentes, para usufruir dos espaços verdes, parque de merendas ou um circuito de manutenção, ali criado, e aberto a toda a população. No âmbito do projecto 'Aldeia do Desporto', pensado para a freguesia, a mata poderá vir a receber várias estruturas de apoio, entre as quais, um parque aventura, uma pista de ciclismo ou circuitos pedestres. PUB LEITÃO ASSADO EM FORNOS A LENHA TRADIÇÃO DE GERAÇÕES 50 ANOS VITÓRIOS LEITÕES Lj. 1: R. Álvaro Pires de Miranda, Lt. 48 Qta. de Sto. António LEIRIA Tel / Fax: Lj. 2: R. Sá de Miranda, Lt. 3, Lj LEIRIA. Tel (junto ao tribunal) FRANGO ENTRECOSTO PATO COELHO ESPETADAS BACALHAU CODORNIZES BATATAS FRITAS BATATA MURRO ARROZ MIGAS SALSICHAS CRIOULAS Rua Álvaro P. de Miranda. Lote 48. Loja 25 B Quinta de Santo António LEIRIA. Fax: Encomendas Tels / ENCERRA À SEGUNDA-FEIRA

8 PUB BATALHA MARRAZES RÊGO DE ÁGUA PRAIA DA VIEIRA MARINHA GRANDE PRAIA DO PEDRÓGÃO doces sabores T: F: Rua Joaquina Vitória, 342. Barreiros AMOR - LEIRIA PLA PEÇAS IMPORTAÇÃO DE PEÇAS. CAMIÕES E SEMI-REBOQUES Especialistas de todas e quaisquer peças auto e material de chaparia DAF. MAN. MERCEDES BENZ. IVECO. RENAULT. SCANIA. VOLVO B.P.W.. FRUEHUF. FRENELSA. ILASA. LECINEMA. SMB MONTENEGRO. R.O.R.. SAF. S.A.E.. TRAILOR. TMM. YORK SEDE (LEIRIA): Est. das Moitas Altas, n.º 300. Pinheiros LEIRIA. PORTUGAL Tel Fax FILIAL (ABRIGADA): Alto da Borralha, lote 3 (Marés) ABRIGADA. PORTUGAL. Tel Fax Venda, Montagem e Reparação de Vidros em Ligeiros, Camiões e Autocarros Serviço Móvel Acordo com Companhias Seguradoras LEIRIA: Est. das Moitas Altas, n.º 300. Pinheiros LEIRIA. PORTUGAL Tel Fax POMBAL: R. Dr. José F. Portela Fernandes Arm. 4 Fr. D. Z. Ind. Formiga Pombal Tel Fax

EDP. PREPARAR A ECONOMIA DO CARBONO Eficiência energética em alerta vermelho EMPRESA

EDP. PREPARAR A ECONOMIA DO CARBONO Eficiência energética em alerta vermelho EMPRESA EDP PREPARAR A ECONOMIA DO CARBONO Eficiência energética em alerta vermelho EMPRESA O Grupo EDP Energias de Portugal centra as suas actividades na produção, distribuição e comercialização de energia eléctrica,

Leia mais

Entrevista com Omnitrade, Revestimentos Metálicos, SA. Diogo Osório Administrador Patrícia Carvalho Administradora. www.omnitrade.

Entrevista com Omnitrade, Revestimentos Metálicos, SA. Diogo Osório Administrador Patrícia Carvalho Administradora. www.omnitrade. Entrevista com Omnitrade, Revestimentos Metálicos, SA Diogo Osório Administrador Patrícia Carvalho Administradora www.omnitrade.pt Quality Media Press O que representa a empresa o mercado português? R.

Leia mais

19 / 20 MARÇO/ 2011 DE ALMODÔVAR

19 / 20 MARÇO/ 2011 DE ALMODÔVAR 4 VOLTA ª 19 / 20 MARÇO/ 2011 AO CONCELHO DE ALMODÔVAR Henrique Revés Empresário - 41 anos Neste período que atravessamos, só com muito trabalho, dedicação e empenho é que conseguimos manter a dinâmica

Leia mais

RECEPÇÃO AO EMBAIXADOR DE ANGOLA

RECEPÇÃO AO EMBAIXADOR DE ANGOLA INTERVENÇÃO DO SENHOR PRESIDENTE DA CÂMARA MUNICIPAL DE OEIRAS Dr. Isaltino Afonso Morais RECEPÇÃO AO EMBAIXADOR DE ANGOLA LOCAL: Tagus Parque REALIZADO A: 12 de Fevereiro de 2010 Pelas: 12,00 Horas Senhor

Leia mais

Consultadoria e Serviços Energéticos, lda ENERGIA PARA A VIDA. Energy for life

Consultadoria e Serviços Energéticos, lda ENERGIA PARA A VIDA. Energy for life ENERGIA PARA A VIDA Energy for life A GREEN SOLUTIONS A ambição de uma empresa não se reflecte nos seus feitos individuais, mas antes na realização de projectos marcantes para sua indústria. O reconhecimento

Leia mais

DOSSIER FRANCHISING 3iNFOR

DOSSIER FRANCHISING 3iNFOR DOSSIER FRANCHISING 3iNFOR Rua Henrique Bravo, 6929 e 6967 4465-167 S. Mamede de Infesta Portugal 1 Filosofia/Historial A 3infor é uma empresa especializada em software profissional, com um produto inovador

Leia mais

Grupo Portucel Soporcel apoia a criação de um novo núcleo da exposição permanente do Museu do Papel

Grupo Portucel Soporcel apoia a criação de um novo núcleo da exposição permanente do Museu do Papel Informação à imprensa 18 de Setembro 2013 Com abertura prevista para 2014 Grupo Portucel Soporcel apoia a criação de um novo núcleo da exposição permanente do Museu do Papel O novo grande núcleo Da Floresta

Leia mais

KidZania Lisboa Portugal

KidZania Lisboa Portugal KidZania Lisboa Portugal Acrescentando valor à indústria de entretenimento com soluções de Self-Service Este projecto representava um desafio real para nós, por isso, era necessário encontrar não só uma

Leia mais

Concurso Rock in Rio Escola Solar

Concurso Rock in Rio Escola Solar Concurso Rock in Rio Escola Solar Projecto: "Defender o Ambiente, Ser Solidário" Coordenado por Maria Florinda Ribeiro Baptista Carrega Castelo Branco 1 Índice ÍNDICE...2 INTRODUÇÃO...3 OBJECTIVOS QUE

Leia mais

GESTÃO MUSEOLÓGICA E SISTEMAS DE QUALIDADE Ana Mercedes Stoffel Fernandes Outubro 2007 QUALIDADE E MUSEUS UMA PARCERIA ESSENCIAL

GESTÃO MUSEOLÓGICA E SISTEMAS DE QUALIDADE Ana Mercedes Stoffel Fernandes Outubro 2007 QUALIDADE E MUSEUS UMA PARCERIA ESSENCIAL CADERNOS DE MUSEOLOGIA Nº 28 2007 135 GESTÃO MUSEOLÓGICA E SISTEMAS DE QUALIDADE Ana Mercedes Stoffel Fernandes Outubro 2007 QUALIDADE E MUSEUS UMA PARCERIA ESSENCIAL INTRODUÇÃO Os Sistemas da Qualidade

Leia mais

Entrevista com i2s. Luís Paupério. Presidente. www.i2s.pt. (Basada en oporto) Com quality media press para LA VANGUARDIA

Entrevista com i2s. Luís Paupério. Presidente. www.i2s.pt. (Basada en oporto) Com quality media press para LA VANGUARDIA Entrevista com i2s Luís Paupério Presidente www.i2s.pt (Basada en oporto) Com quality media press para LA VANGUARDIA Esta transcrição reproduz fiel e integralmente a entrevista. As respostas que aqui figuram

Leia mais

As A p s e p c e t c os o s Só S c ó i c o o P r P of o iss s i s on o a n i a s s d a d a I nf n or o mát á ica c 2º Trabalho Prático Abril de 2007

As A p s e p c e t c os o s Só S c ó i c o o P r P of o iss s i s on o a n i a s s d a d a I nf n or o mát á ica c 2º Trabalho Prático Abril de 2007 Aspectos Sócio Profissionais da Informática 2º Trabalho Prático Abril de 2007 Sumário Estratégia de Lisboa Plano Tecnológico Visão Geral Prioridades Alguns Resultados Ideias de Negócio Referências Bibliográficas

Leia mais

REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE SESIMBRA REALIZADA NO DIA 17 AGOSTO DE 2011

REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE SESIMBRA REALIZADA NO DIA 17 AGOSTO DE 2011 REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE SESIMBRA REALIZADA NO DIA 17 AGOSTO DE 2011 A Câmara deliberou, por unanimidade, justificar a falta do Senhor Presidente e do Vereador Senhor Eng.º Sérgio Manuel

Leia mais

RESULTADOS DO CONCURSO NACIONAL DE BOAS PRÁTICAS NA ADMINISTRAÇÃO LOCAL 2007/2008 CATEGORIA A ADMINISTRAÇÃO AUTÁRQUICA E MODERNIZAÇÃO

RESULTADOS DO CONCURSO NACIONAL DE BOAS PRÁTICAS NA ADMINISTRAÇÃO LOCAL 2007/2008 CATEGORIA A ADMINISTRAÇÃO AUTÁRQUICA E MODERNIZAÇÃO RESULTADOS DO CONCURSO NACIONAL DE BOAS PRÁTICAS NA ADMINISTRAÇÃO LOCAL 2007/2008 CATEGORIA A ADMINISTRAÇÃO AUTÁRQUICA E MODERNIZAÇÃO Nota de Abertura Em 2007/2008 teve lugar a 2.ª edição do Concurso Nacional

Leia mais

Presidente da Câmara Municipal de Oeiras Teresa Pais Zambujo Vereador da Cultura e Juventude Jorge Barreto Xavier

Presidente da Câmara Municipal de Oeiras Teresa Pais Zambujo Vereador da Cultura e Juventude Jorge Barreto Xavier Presidente da Câmara Municipal de Oeiras Teresa Pais Zambujo Vereador da Cultura e Juventude Jorge Barreto Xavier Oeiras é um Concelho apontado, diria que justamente, como um exemplo de desenvolvimento

Leia mais

CICLO DE CONFERÊNCIAS "25 ANOS DE PORTUGAL NA UE"

CICLO DE CONFERÊNCIAS 25 ANOS DE PORTUGAL NA UE Boletim Informativo n.º 19 Abril 2011 CICLO DE CONFERÊNCIAS "25 ANOS DE PORTUGAL NA UE" A Câmara Municipal de Lamego no âmbito de atuação do Centro de Informação Europe Direct de Lamego está a promover

Leia mais

PLANO DE MARKETING. Trabalho realizado por: Vera Valadeiro, nº20. TAG 4/2010 17 Valores

PLANO DE MARKETING. Trabalho realizado por: Vera Valadeiro, nº20. TAG 4/2010 17 Valores 0366 PLANO DE MARKETING Trabalho realizado por: Vera Valadeiro, nº20 TAG 4/2010 17 Valores Índice Introdução Diagnóstico Análise do Mercado Análise da Concorrência Análise da Empresa Análise SWOT Objectivos

Leia mais

Apresentação Requisitos O Processo Localização Recursos Humanos Legislação Investimento Inicial Prestações mensais

Apresentação Requisitos O Processo Localização Recursos Humanos Legislação Investimento Inicial Prestações mensais Apresentação Requisitos O Processo Localização Recursos Humanos Legislação Investimento Inicial Prestações mensais Para criar este negócio vai precisar de em primeiro lugar criar a sua própria empresa

Leia mais

Câmara Municipal da Amadora

Câmara Municipal da Amadora REUNIÃO DE CÂMARA DE 2 DE JUNHO DE 2010 RESUMO DE DELIBERAÇÕES A Câmara Municipal da Amadora aprovou proceder à aquisição de um fogo, sito no Casal da Boba, no âmbito do Direito de Preferência. Aquisição

Leia mais

"Relação Umbilical entre o Turismo e a Cultura: Oportunidades e Desafios"

Relação Umbilical entre o Turismo e a Cultura: Oportunidades e Desafios "Relação Umbilical entre o Turismo e a Cultura: Oportunidades e Desafios" Oferecer o que temos, somos e fazemos como produto turístico Vasco Estrela Presidente da Câmara Municipal de Mação Cultura e Turismo

Leia mais

PORTUGAL 2020: EMPREENDEDORISMO E CAPITAL DE RISCO

PORTUGAL 2020: EMPREENDEDORISMO E CAPITAL DE RISCO PORTUGAL 2020: EMPREENDEDORISMO E CAPITAL DE RISCO A noção de Empreendedorismo, como uma competência transversal fundamental para o desenvolvimento humano, social e económico, tem vindo a ser reconhecida

Leia mais

JUNTA DE FREGUESIA DE Nª. SRª GUADALUPE. Concelho de Évora OPÇÕES DO PLANO PARA 2006. Largo Abel Augusto nº 4 7000-222 Nª. Sr.

JUNTA DE FREGUESIA DE Nª. SRª GUADALUPE. Concelho de Évora OPÇÕES DO PLANO PARA 2006. Largo Abel Augusto nº 4 7000-222 Nª. Sr. JUNTA DE FREGUESIA DE Nª. SRª GUADALUPE Concelho de Évora OPÇÕES DO PLANO PARA 2006 Largo Abel Augusto nº 4 7000-222 Nª. Sr.ª Guadalupe Tel. e Fax: 266 781 165 Tel.: 266 747 916 email: jfguadalupe@mail.evora.net

Leia mais

CRECHE/JARDIM DE INFÂNCIA A QUINTA DOS SONHOS PROJECTO EDUCATIVO

CRECHE/JARDIM DE INFÂNCIA A QUINTA DOS SONHOS PROJECTO EDUCATIVO CRECHE/JARDIM DE INFÂNCIA A QUINTA DOS SONHOS PROJECTO EDUCATIVO Ano lectivo 2009/2010 Índice 1. Projecto Educativo o que é? 2. Caracterização da Instituição 2.1 Sala de creche 2.2 Salas de Jardim de Infância

Leia mais

Localizado junto à estrada de Eiras, na zona natural de expansão da cidade, o Coimbra Retail Park começou a

Localizado junto à estrada de Eiras, na zona natural de expansão da cidade, o Coimbra Retail Park começou a Informação à Imprensa - 10 de Novembro de 2003 Parceria entre a Sonae Imobiliária e a Miller Developments Coimbra Retail Park abre ao público com oferta de 15 novas lojas - Investimento de 13 milhões -

Leia mais

Plano de Pormenor da Frente Ribeirinha de Alhandra

Plano de Pormenor da Frente Ribeirinha de Alhandra Plano de Pormenor da Frente Ribeirinha de Alhandra O Plano de Pormenor da Frente Ribeirinha de Alhandra estabelece a concepção do espaço urbano, para a área de intervenção do Plano, dispondo, designadamente,

Leia mais

Entrevista Álvaro Barbosa, Director da Faculdade. das Indústrias Criativas. da Universidade de São José

Entrevista Álvaro Barbosa, Director da Faculdade. das Indústrias Criativas. da Universidade de São José Correspondente especial Vanessa Amaro www.usj.edu.mo Formar talentos para contribuir para o sucesso das indústrias criativas em Macau Entrevista Álvaro Barbosa, Director da Faculdade das Indústrias Criativas

Leia mais

Sumário. 1. Introdução... 2. 2. Caracterização da Situação no Distrito de Setúbal... 4. 3. Planeamento das acções... 7

Sumário. 1. Introdução... 2. 2. Caracterização da Situação no Distrito de Setúbal... 4. 3. Planeamento das acções... 7 A Internet no 1º Ciclo do Ensino Básico 1 Sumário 1. Introdução... 2 2. Caracterização da Situação no Distrito de Setúbal... 4 3. Planeamento das acções... 7 4. O Site de apoio ao projecto... 9 5. O contacto

Leia mais

Caderno Sistemas Totobola II

Caderno Sistemas Totobola II J rnal 1X2 1X2 INTERNET - http://www.jornal1x2.com SEMANÁRIO DO APOSTADOR Director: Joaquim Rosa da Silva Director-adjunto: Rui Santos ANO XXXIV - EDIÇÃO ESPECIAL Caderno Sistemas Totobola II Condicionados

Leia mais

Externato Flor do Campo

Externato Flor do Campo QUADRO NORMATIVO - 2010/2011 Externato Flor do Campo O MELHOR AMBIENTE PARA O SEU FILHO É pena perder-se em adulto o contacto com a criança que existe dentro de nós, com a criança que sonha, que fantasia,

Leia mais

Caso Armazéns Global

Caso Armazéns Global Fonte: Google imagens Caso Armazéns Global Docente: Professor Doutor Fernando Gaspar Disciplina: Distribuição Discentes: Ivo Vieira nº 080127020 Nuno Carreira nº 080127009 João Franco nº 080127034 Edgar

Leia mais

01 ERP - GERAÇÃO DEPOSITRÃO

01 ERP - GERAÇÃO DEPOSITRÃO 01 Entidade Promotora: Parceiro: Apoios: ÍNDICE A ERP PORTUGAL Página 03 OS RESÍDUOS DE EQUIPAMENTOS ELÉCTRICOS E ELECTRÓNICOS (REEE) Página 04 OS RESÍDUOS DE PILHAS E ACUMULADORES (RP&A) Página 08 COMUNICAÇÃO

Leia mais

ARTIGO: SOLUÇÕES PARA O SECTOR AUTARQUIAS in IGOV Maio 2010

ARTIGO: SOLUÇÕES PARA O SECTOR AUTARQUIAS in IGOV Maio 2010 CÂMARA MUNICIPAL DE SANTARÉM - R EVOLUÇÃO ADMINISTRATIVA A Autarquia de Santarém, em parceria com a PT Prime, desenvolveu um sistema de soluções integradas e inter-operantes que lhe possibilitaram operacionalizar

Leia mais

Licenciamento comercial online chega a todo país Jornal Negócios 09-03-15 Filomena Lança filomenalanca@negocios.pt MODERNIZAÇÃO ADMINISTRATIVA

Licenciamento comercial online chega a todo país Jornal Negócios 09-03-15 Filomena Lança filomenalanca@negocios.pt MODERNIZAÇÃO ADMINISTRATIVA Licenciamento comercial online chega a todo país Jornal Negócios 09-03-15 Filomena Lança filomenalanca@negocios.pt MODERNIZAÇÃO ADMINISTRATIVA Contribuintes podem ir ao site do Fisco nos Espaços do Cidadão

Leia mais

INTRODUÇÃO O QUE É O PLANO «SALATIA»?

INTRODUÇÃO O QUE É O PLANO «SALATIA»? INTRODUÇÃO O QUE É O PLANO «SALATIA»? No actual cenário económico-financeiro do Mundo e do País, é obrigação de todas as entidades públicas, à sua escala, promoverem medidas de apoio às empresas e às famílias

Leia mais

plano anual de educação ambiental

plano anual de educação ambiental plano anual de educação ambiental 2009/2010 complexo de educação ambiental da quinta da gruta PROGRAMA FAMÍLIAS Grelha Resumo por Sector Sector Rios/Espaços Verdes Animais Dias comemorativos Férias Datas

Leia mais

PROCEDIMENTOS DE MUDANÇA DE COMERCIALIZADOR - CONSULTA PÚBLICA -

PROCEDIMENTOS DE MUDANÇA DE COMERCIALIZADOR - CONSULTA PÚBLICA - PROCEDIMENTOS DE MUDANÇA DE COMERCIALIZADOR - CONSULTA PÚBLICA - 1. ENQUADRAMENTO Na sequência da consulta pública acima mencionada, promovida conjuntamente pelos reguladores português e espanhol, vem

Leia mais

O nosso desafio é o seu sucesso!

O nosso desafio é o seu sucesso! O nosso desafio é o seu sucesso! Clien tes de Refe rên cia Distribuição Construção Civil Industria Tecnologias Potenciamos o seu negócio A Empre sa. Somos uma empresa especializada na prestação de serviços

Leia mais

São mais de 80 os serviços que garantem o correcto acondicionamento e encaminhamento do papel/cartão para os respectivos pontos de recolha.

São mais de 80 os serviços que garantem o correcto acondicionamento e encaminhamento do papel/cartão para os respectivos pontos de recolha. A Câmara Municipal procura ser um exemplo de bom desempenho ambiental. A gestão ambiental da autarquia promove, através de um conjunto de projectos, a reciclagem junto dos munícipes e dos seus trabalhadores.

Leia mais

SOJORMEDIA, SGPS, SA

SOJORMEDIA, SGPS, SA SOJORMEDIA, SGPS, SA SOJORMEDIA, SGPS, SA A Sojormedia SGPS, SA é um grupo de empresas que opera na zona centro do país. Entre elas estão as empresas responsáveis pela edição de semanários regionais nos

Leia mais

Reunião de Câmara de 12.06 08 1 6

Reunião de Câmara de 12.06 08 1 6 PONTO 3 OFÍCIO DA ASSOCIAÇÃO DA LAVOURA DO DISTRITO DE AVEIRO - RECEPÇÃO DE COMITIVA DE AGRICULTORES - APRESENTAÇÃO DE ABAIXO-ASSINADO.... DELIBERAÇÃO: A Câmara Municipal tomou conhecimento do abaixo-assinado....

Leia mais

Apresentação Institucional. FERMAT Materiais de Construção, S.A. Luanda, Janeiro de 2010 - Republica de Angola

Apresentação Institucional. FERMAT Materiais de Construção, S.A. Luanda, Janeiro de 2010 - Republica de Angola Apresentação Institucional FERMAT Materiais de Construção, S.A. Luanda, Janeiro de 2010 - Republica de Angola 1 Índice 1. Grupo Importrading 2. Fermat Company Profile 3. Produtos comercializados 4. Nova

Leia mais

É criada a Alubox XXI, Lda com a seguinte estrutura de capital:

É criada a Alubox XXI, Lda com a seguinte estrutura de capital: Com a notícia de que António Moura e a sua equipa iam voltar a Vilamoura por 15 anos, muitos dos credores da Alubox Portugal terão pensado É desta que vamos receber o que nos é devido!. Mas desenganem-se.

Leia mais

Competitividade e Inovação

Competitividade e Inovação Competitividade e Inovação Evento SIAP 8 de Outubro de 2010 Um mundo em profunda mudança Vivemos um momento de transformação global que não podemos ignorar. Nos últimos anos crise nos mercados financeiros,

Leia mais

PT Wi-Fi: Internet em Movimento

PT Wi-Fi: Internet em Movimento PT Wi-Fi: Internet em Movimento Clipping de Media (05 a 09 de Dezembro de 2003) Meio: Diário Económico Data: 09 de Dezembro de 2003 Pág.: 6 Meio: Jornal de Negócios Data: 09 de Dezembro de 2003 Pág.: 8

Leia mais

VISITA GUIADA ESPACE PRO PORTUGAL

VISITA GUIADA ESPACE PRO PORTUGAL A France Air Portugal on-line A qualidade de sempre O mesmo profissionalismo Mais serviços criação de orçamentos on-line consulta dos orçamentos guardados validação dos orçamentos para encomenda via web

Leia mais

Empreendimentos Turísticos Como Instalar ou Reconverter Novo Regime Jurídico

Empreendimentos Turísticos Como Instalar ou Reconverter Novo Regime Jurídico Empreendimentos Turísticos Como Instalar ou Reconverter Novo Regime Jurídico, Turismo de Portugal, I.P. Rua Ivone Silva, Lote 6, 1050-124 Lisboa Tel. 211 140 200 Fax. 211 140 830 apoioaoempresario@turismodeportugal.pt

Leia mais

A Garrafeira de Campo de Ourique está de portas bertas há 20 anos FOTO: MJA Conteúdos

A Garrafeira de Campo de Ourique está de portas bertas há 20 anos FOTO: MJA Conteúdos A arte de vender vinhos 13 de Outubro de 2011, por Ana Filipa Luzia Numa altura em que a aquisição de vinho nas grandes superfícies sobe, as garrafeiras tradicionais marcam a diferença pela personalização

Leia mais

CARTA DO ASSOCIATIVISMO DA ACÇÃO SOCIAL DO CONCELHO DE ESTREMOZ ANEXOS

CARTA DO ASSOCIATIVISMO DA ACÇÃO SOCIAL DO CONCELHO DE ESTREMOZ ANEXOS Carta do Associativismo da Acção Social 2007 - Anexos CARTA DO ASSOCIATIVISMO DA ACÇÃO SOCIAL DO CONCELHO DE ESTREMOZ ANEXOS 2007 Carta do Associativismo da Acção Social 2007 - Anexos CARTA DO ASSOCIATIVISMO

Leia mais

Cerimónia Oficial da XIII - Edição do Festival Músicas do Mundo 22 de Julho 2011. Caros Sineenses Visitantes e participantes do F.M.

Cerimónia Oficial da XIII - Edição do Festival Músicas do Mundo 22 de Julho 2011. Caros Sineenses Visitantes e participantes do F.M. Câmara Municipal Presidência Cerimónia Oficial da XIII - Edição do Festival Músicas do Mundo 22 de Julho 2011. Caros Sineenses Visitantes e participantes do F.M.M de Sines Bem vindos à nossa grande festa

Leia mais

12CNG CONGREssO NaCiONal de GEOtECNia GUIMArães 2010

12CNG CONGREssO NaCiONal de GEOtECNia GUIMArães 2010 26 A 29 de abril. GUIMARãES 2010 geotecnia e desenvolvimento sustentável Convite A Sociedade Portuguesa de Geotecnia (SPG) e o Departamento de Engenharia Civil da Universidade do Minho (DEC-UM) têm a honra

Leia mais

Município de Freixo de Espada à Cinta PLANO DE ACÇÃO (2009-2010) Conselho Local de Acção Social de Freixo de Espada à Cinta

Município de Freixo de Espada à Cinta PLANO DE ACÇÃO (2009-2010) Conselho Local de Acção Social de Freixo de Espada à Cinta Município de Freixo de Espada à Cinta PLANO DE ACÇÃO (2009-2010) Conselho Local de Acção Social de Freixo de Espada à Cinta FICHA TÉCNICA Relatório do Plano de Acção de Freixo de Espada à Cinta Conselho

Leia mais

28-06-2011. Onde? Como? O quê? Fórum Exportações AÇORES. - Caracterização e Potencial das Exportações Regionais - 1. Internacionalização

28-06-2011. Onde? Como? O quê? Fórum Exportações AÇORES. - Caracterização e Potencial das Exportações Regionais - 1. Internacionalização Fórum Exportações AÇORES Caracterização e Potencial das Exportações Regionais Gualter Couto, PhD Ponta Delgada, 27 de Junho de 2011 1. Internacionalização Internacionalização: Processo Estrutura Organizacional

Leia mais

Eng.º Mário Lino. por ocasião da Apresentação das Iniciativas. e.escola e.professor e.oportunidades

Eng.º Mário Lino. por ocasião da Apresentação das Iniciativas. e.escola e.professor e.oportunidades INTERVENÇÃO DO MINISTRO DAS OBRAS PÚBLICAS, TRANSPORTES E COMUNICAÇÕES Eng.º Mário Lino por ocasião da Apresentação das Iniciativas e.escola e.professor e.oportunidades Escola Secundária Eça de Queiroz,

Leia mais

ACTIVIDADES CENTRO DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL Pré-Escolar & 1º Ciclo

ACTIVIDADES CENTRO DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL Pré-Escolar & 1º Ciclo ACTIVIDADES CENTRO DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL Pré-Escolar & 1º Ciclo CENTRO DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL DE ALBUFEIRA Localização: Quinta da Palmeira - R. dos Bombeiros Voluntários - 8200 ALBUFEIRA TEL.: 289 51 32

Leia mais

PROPOSTA DE PLANO DE ACTIVIDADES PARA A VILA DE ARCOZELO

PROPOSTA DE PLANO DE ACTIVIDADES PARA A VILA DE ARCOZELO PROPOSTA DE PLANO DE ACTIVIDADES PARA A VILA DE ARCOZELO ANO ECONÓMICO DE 2010 GRANDES OPÇÕES DO PLANO PARA O QUADRIÉNIO 2009 2013 É tempo de um novo mandato autárquico, resultante das eleições do passado

Leia mais

Eólicas aceitam mudanças, solares na expecativa

Eólicas aceitam mudanças, solares na expecativa Eólicas aceitam mudanças, solares na expecativa Tiragem: 14985 Pág: 4 Área: 27,11 x 32,99 cm² Corte: 1 de 5 São conhecidas algumas medidas, mas não todas. O sector sente-se parado, mas tem esperança que

Leia mais

3. Caracterização e cadastro do Movimento Associativo do concelho

3. Caracterização e cadastro do Movimento Associativo do concelho De : DCED/DICUL Carlos Anjos Proc. Nº Para : ANA JOSÉ CARVALHO, CHEFE DA DICUL Assunto : PROPOSTA DE PLANO DE ACTIVIDADES DO GRUPO DE TRABALHO PARA O MOVIMENTO ASSOCIATIVO - 2011 Para os efeitos tidos

Leia mais

A COLOCAÇÃO DE ESCRITÓRIOS PODE VOLTAR AOS 150 MIL/170 MIL M2 EM 2009

A COLOCAÇÃO DE ESCRITÓRIOS PODE VOLTAR AOS 150 MIL/170 MIL M2 EM 2009 OJE 3 de Dezembro 2008 (1/5) A COLOCAÇÃO DE ESCRITÓRIOS PODE VOLTAR AOS 150 MIL/170 MIL M2 EM 2009 O take-up de ESCRITÓRIOS vai regredir em 2009 para o nível dos anos de 2004 e 2005, embora o preço das

Leia mais

Existe um catálogo físico ou virtual para ver os produtos?

Existe um catálogo físico ou virtual para ver os produtos? O que é HIPERCASHonline? HIPERCASHonline é uma nova oportunidade de ganhar rendimentos extra, manipulando somente produtos de primeira necessidade, onde podemos obter os mesmos artigos que já estamos habituados

Leia mais

Como Vender em Alemanha Uma acção à medida dos seus interesses

Como Vender em Alemanha Uma acção à medida dos seus interesses Como Vender em Alemanha Uma acção à medida dos seus interesses Ficha de Inscrição Encontre a resposta às suas dúvidas! Identifique a sessão pretendida: Porto AICEP (Rua António Bessa Leite, 1430-2.º andar)

Leia mais

Maratona BTT 5 Cumes realiza-se a 23 de Setembro em Barcelos

Maratona BTT 5 Cumes realiza-se a 23 de Setembro em Barcelos Em 2011 foi a Maratona com maior participação das provas da FPC Maratona BTT 5 Cumes realiza-se a 23 de Setembro em Barcelos A oitava edição da Maratona BTT 5 Cumes foi apresentada na última quinta-feira

Leia mais

O Novo Renascimento Relatório do «Comité de Sábios» Grupo de reflexão sobre a digitalização do património cultural europeu

O Novo Renascimento Relatório do «Comité de Sábios» Grupo de reflexão sobre a digitalização do património cultural europeu O Novo Renascimento Relatório do «Comité de Sábios» Grupo de reflexão sobre a digitalização do património cultural europeu RESUMO Ao longo dos séculos, as bibliotecas, os arquivos e os museus em toda a

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE PAMPILHOSA DA SERRA ACTA Nº 23

CÂMARA MUNICIPAL DE PAMPILHOSA DA SERRA ACTA Nº 23 DE PAMPILHOSA DA SERRA ACTA Nº 23 DA REUNIÃO ORDINÁRIA REALIZADA NO DIA 30/10/2007 (Contém folhas) Estiveram presentes os seguintes membros: Presidente: José Alberto Pacheco Brito Dias (PSD) Vice-Presidente:

Leia mais

TROÇO IC2 BATALHA SUL / PORTO (IC1) PLANO DE ACÇÃO RESUMO NÃO TÉCNICO

TROÇO IC2 BATALHA SUL / PORTO (IC1) PLANO DE ACÇÃO RESUMO NÃO TÉCNICO ESTRADAS DE PORTUGAL, S.A. TROÇO IC2 BATALHA SUL / PORTO (IC1) PLANO DE ACÇÃO RESUMO NÃO TÉCNICO Lisboa, Abril de 2015 Esta página foi deixada propositadamente em branco 2 ESTRADAS DE PORTUGAL, S.A. TROÇO

Leia mais

Promatrix 8000. A solução integrada para ProAudio, Instalação fixa. Deutsch

Promatrix 8000. A solução integrada para ProAudio, Instalação fixa. Deutsch Promatrix 8000 A solução integrada para ProAudio, Sistema de chamada e Evacuação por voz Instalação fixa Deutsch Pr o m a t r i x 8000 O Promatrix 8000 proporciona a melhor qualidade áudio, graças aos

Leia mais

As três marcas do grupo procedem à venda dos produtos, assim como à respectiva pré-instalação, instalação, e assistência técnica exclusiva.

As três marcas do grupo procedem à venda dos produtos, assim como à respectiva pré-instalação, instalação, e assistência técnica exclusiva. O grupojota é o denominador comum das três marcas: jotalarmes, jtheatre e jcofres, pertencentes à empresa Jorge Teixeira & Faria, Lda. Criado em 2003, este grupo, teve como vocação inicial, integrar no

Leia mais

Comunicação: Turismo de Natureza e o Município de Aljezur

Comunicação: Turismo de Natureza e o Município de Aljezur Comunicação: Turismo de Natureza e o Município de Aljezur Exmos. Membros da mesa, Exmo. Sr. Professor Adão Flores, Exmo. Sr. Eng. João Ministro, Srenhores empresários, Minhas senhoras, Meus Senhores, Se

Leia mais

Projecto de Apoio ao

Projecto de Apoio ao Projecto de Apoio ao O Centro Social Paroquial Padre Ricardo Gameiro presta serviços dedicados a crianças e idosos, promovendo igualmente o apoio ao emprego e o auxílio a famílias carenciadas. O Centro

Leia mais

Revista de Imprensa LISBOA À PROVA - JUNHO 2009

Revista de Imprensa LISBOA À PROVA - JUNHO 2009 Revista de Imprensa LISBOA À PROVA - JUNHO 2009 Segunda-feira, 21 de Dezembro de 2009 ÍNDICE Título Fonte Data Pág/Hora Lisboa â Prova Correio Manhã 25-06-2009 18 Lisboa (e Marvila) â Prova Time Out 17-06-2009

Leia mais

Welcome. Bienvenue. Willkommen. Witamy. Bem-Vindo. Benvenuto. Velkommen. Bienvenidos. Tervetuloa

Welcome. Bienvenue. Willkommen. Witamy. Bem-Vindo. Benvenuto. Velkommen. Bienvenidos. Tervetuloa Welcome Willkommen Bienvenue Bem-Vindo Witamy Velkommen Bienvenidos Benvenuto Tervetuloa A E R P Plataforma Pan-Europeia de Gestão de Resíduos Ordem dos Engenheiros Lisboa 2ª Jornada de Reciclagem e Valorização

Leia mais

CANDIDATURA AO 10º ANO PROFISSIONALIZANTE (NÍVEL II)

CANDIDATURA AO 10º ANO PROFISSIONALIZANTE (NÍVEL II) CANDIDATURA AO 10º ANO PROFISSIONALIZANTE (NÍVEL II) Designação: I IDENTIFICAÇÃO DO CURSO Curso de Electricista de Instalações 1.1 Direcção Regional de Educação de Lisboa 1.2 Centro de Área Educativa de

Leia mais

EBS ETAP Central Battery Systems

EBS ETAP Central Battery Systems EBS ETAP Central Battery Systems A gama de EBS da ETAP faculta sistemas de bateria centrais para instalações de iluminação de emergência e os seus diversos produtos podem ser utilizados em grandes e pequenos

Leia mais

www. ba ttery-doctors.com portugal@battery-doctors.com espana@battery-doctors.com

www. ba ttery-doctors.com portugal@battery-doctors.com espana@battery-doctors.com B attery Doc tors Ibér ia www ba ttery-doctorscom portugal@battery-doctorscom espana@battery-doctorscom Índice: Apresentação - 3 Como surge o sistema Battery Doctors? - 4 Possiveis Aplicações - 5 Impacto

Leia mais

Entrevista com FTM Holding. Com quality media press para LA VANGUARDIA & Expresso. Francisco Tavares Machado. Presidente

Entrevista com FTM Holding. Com quality media press para LA VANGUARDIA & Expresso. Francisco Tavares Machado. Presidente Entrevista com FTM Holding Com quality media press para LA VANGUARDIA & Expresso Francisco Tavares Machado Presidente Quality Media Press quais os principais sectores de actividade do Grupo FTM? R. O Grupo

Leia mais

Relatório sobre a. Escola EB 23 da. Trafaria

Relatório sobre a. Escola EB 23 da. Trafaria Relatório sobre a Escola EB 23 da Trafaria Trabalho Realizado por: Andreia Fonseca Gonçalo Heleno Joana Costa LEFQ Objectivos Este trabalho tem como principais objectivos Conhecer a organização da escola

Leia mais

A Internet nas nossas vidas

A Internet nas nossas vidas Economia Digital A Internet nas nossas vidas Nos últimos anos a internet revolucionou a forma como trabalhamos, comunicamos e até escolhemos produtos e serviços Economia Digital Consumidores e a Internet

Leia mais

turismo industrial AGENDAMarinhaGrande GUIA CULTURAL APRESENTAÇÃO OFICIAL Circuitos Industriais Marinha Grande

turismo industrial AGENDAMarinhaGrande GUIA CULTURAL APRESENTAÇÃO OFICIAL Circuitos Industriais Marinha Grande 11.MARÇO.2013 25 anos da elevação a cidade APRESENTAÇÃO OFICIAL Circuitos Industriais Marinha Grande turismo industrial Marinha Grande www.cm-mgrande.pt MARÇO 2013 AGENDAMarinhaGrande GUIA CULTURAL DESTAQUE

Leia mais

GRANDES OPÇÕES DO PLANO 2011

GRANDES OPÇÕES DO PLANO 2011 GRANDES OPÇÕES DO PLANO 2011 1. Análise do Plano Plurianual de Investimentos (PPI) Neste orçamento, o Município ajustou, as dotações para despesas de investimento, ao momento de austeridade que o país

Leia mais

SONAE REFORÇA VENDAS E INTERNACIONALIZAÇÃO

SONAE REFORÇA VENDAS E INTERNACIONALIZAÇÃO Maia, 11 de março de 2015 Reforço de posições de liderança em Portugal, internacionalização e compromisso com famílias em 2014 SONAE REFORÇA VENDAS E INTERNACIONALIZAÇÃO 1. PRINCIPAIS DESTAQUES DE 2014:

Leia mais

PROJECTO DE LEI Nº 361/XI

PROJECTO DE LEI Nº 361/XI PROJECTO DE LEI Nº 361/XI ALTERA O REGIME JURÍDICO DA AVALIAÇÃO DE IMPACTE AMBIENTAL ESTABELECIDO PELO DECRETO-LEI Nº 69/2000, DE 3 DE MAIO, COM AS ALTERAÇÕES INTRODUZIDAS PELO DECRETO-LEI Nº 74/2001,

Leia mais

ACTA Nº 13/ 05. Da reunião pública ordinária da Câmara Municipal de Lagos. Realizada em 25 de Maio de 2005

ACTA Nº 13/ 05. Da reunião pública ordinária da Câmara Municipal de Lagos. Realizada em 25 de Maio de 2005 Fl. 1 ACTA Nº 13/ 05 Da reunião pública ordinária da Câmara Municipal de Lagos Realizada em 25 de Maio de 2005 --------No dia 25 de Maio de 2005, nesta cidade de Lagos, na povoação Sede da freguesia de

Leia mais

Negócios. sem. idade

Negócios. sem. idade Negócios sem idade Esperança média de vida, longevidade, índice de envelhecimento são três indicadores que provam que cada vez se vive durante mais anos e que há cada vez mais idosos em Portugal. Prestar

Leia mais

visão global do mundo dos negócios

visão global do mundo dos negócios Senhor Primeiro Ministro Senhor Ministro da Saúde Senhor Presidente da AM Senhor Presidente do CA da Lenitudes Senhores Deputados Srs. Embaixadores Srs. Cônsules Senhores Vereadores e Deputados Municipais

Leia mais

para um novo ano lectivo

para um novo ano lectivo Ano Lectivo 2008/09 20 medidas de política para um novo ano lectivo Este documento apresenta algumas medidas para 2008/09: Apoios para as famílias e para os alunos Modernização das escolas Plano Tecnológico

Leia mais

Equipamentos de Escritório, Lda. 1991-2011. Consulte os nossos comerciais para obter uma solução à medida do seu projecto.

Equipamentos de Escritório, Lda. 1991-2011. Consulte os nossos comerciais para obter uma solução à medida do seu projecto. Equipamentos de Escritório, Lda. 1991-211 Consulte os nossos comerciais para obter uma solução à medida do seu projecto. A Autómata, Equipamentos de Escritório Lda. é uma empresa que nasceu em 1991 na

Leia mais

Gabinete do Governador e dos Conselhos

Gabinete do Governador e dos Conselhos Discurso do Governador do Banco de Cabo Verde, Carlos Burgo, no acto de inauguração da nova agência do Banco Africano de Investimento no Plateau, Cidade da Praia, 5 de Fevereiro de 2010. 1 Exmo. Sr. Presidente

Leia mais

O Mobiliário em Portugal e o Elo de Ligação à Europa. 01 Julho 2010, Brasília. Jorge da Silva Brito Consultor Especialista da UE.

O Mobiliário em Portugal e o Elo de Ligação à Europa. 01 Julho 2010, Brasília. Jorge da Silva Brito Consultor Especialista da UE. O Mobiliário em Portugal e o Elo de Ligação à Europa 01 Julho 2010, Brasília Jorge da Silva Brito Consultor Especialista da UE Sumário 1.INDÚSTRIA DE MOBILIÁRIO NA PENÍNSULA IBÉRICA 2.EXEMPLO DE 3 EMPRESAS

Leia mais

GUIA PARA COMPRA ONLINE

GUIA PARA COMPRA ONLINE GUIA PARA COMPRA ONLINE www.tipsal.pt QUEM SOMOS A TIPSAL - Técnicas Industriais de Protecção e Segurança, Lda foi fundada em 1980. Somos uma empresa de capitais exclusivamente nacionais com sede social

Leia mais

Plano Municipal de Promoção das Acessibilidades (PMPA)

Plano Municipal de Promoção das Acessibilidades (PMPA) Plano Municipal de Promoção das Acessibilidades (PMPA) Definições O Plano Municipal de Promoção das Acessibilidades irá conter um programa das intenções necessárias para assegurar a acessibilidade física

Leia mais

RESUMO DE IMPRENSA. Quinta-feira, 31 de Julho de 2008

RESUMO DE IMPRENSA. Quinta-feira, 31 de Julho de 2008 RESUMO DE IMPRENSA Quinta-feira, 31 de Julho de 2008 JORNAL DE NEGÓCIOS 1. Queda nos lucros da banca retira 80 milhões ao Fisco. Resultados dos quatro maiores bancos privados caíram mais de 40% no primeiro

Leia mais

ASSISTÊNCIA EMPRESARIAL DO IAPMEI NA ÁREA DA INTERNACIONALIZAÇÃO E DA EXPORTAÇÃO

ASSISTÊNCIA EMPRESARIAL DO IAPMEI NA ÁREA DA INTERNACIONALIZAÇÃO E DA EXPORTAÇÃO ASSISTÊNCIA EMPRESARIAL DO IAPMEI NA ÁREA DA INTERNACIONALIZAÇÃO E DA EXPORTAÇÃO Como fazemos 1. Através do Serviço de Assistência Empresarial (SAE), constituído por visitas técnicas personalizadas às

Leia mais

Projectar o Algarve no Futuro

Projectar o Algarve no Futuro Projectar o Algarve no Futuro Os Novos Desafios do Algarve Região Digital paulo.bernardo@globalgarve.pt 25 Maio 2007 Auditório Portimão Arena Um mundo em profunda mudança O Mundo enfrenta hoje um processo

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE ALCOCHETE REGULAMENTO INTERNO DO CONSELHO LOCAL DE ACÇÃO SOCIAL

CÂMARA MUNICIPAL DE ALCOCHETE REGULAMENTO INTERNO DO CONSELHO LOCAL DE ACÇÃO SOCIAL CÂMARA MUNICIPAL DE ALCOCHETE REGULAMENTO INTERNO DO CONSELHO LOCAL DE ACÇÃO SOCIAL CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS Artigo 1.º Denominação, Sede e Âmbito 1. O Conselho Local de Acção Social do Concelho de

Leia mais

01 - Apresentação QUEM SOMOS

01 - Apresentação QUEM SOMOS 2 01 - Apresentação QUEM SOMOS A Star Extras Line é uma empresa que fabrica e comercializa acessórios para o mercado automóvel after-market nas vertentes de 4X4, BODY PARTS e ACESSÓRIOS TUNING e OPCIONAIS.

Leia mais

SOLUÇÕES PROSONIC NO SERVIÇO DE SAÚDE DA MADEIRA

SOLUÇÕES PROSONIC NO SERVIÇO DE SAÚDE DA MADEIRA news n32 EDITORIAL DIVERSIFICAR PELA INOVAÇÃO Mais do que no passado, o contexto económico e empresarial que enfrentamos actualmente exige que as organizações tenham prestações de excelência e assim se

Leia mais

Relatório de Gestão e Sustentabilidade. Relatório de Gestão e Sustentabilidade 2011 1

Relatório de Gestão e Sustentabilidade. Relatório de Gestão e Sustentabilidade 2011 1 Relatório de Gestão e Sustentabilidade Relatório de Gestão e Sustentabilidade 2011 1 As melhores vistas da cidade Relatório de Gestão e Sustentabilidade Índice 1 MENSAGEM DA PRESIDENTE 7 2 O ANO DE 2011

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA DO MONTE DA CAPARICA Curso de Educação e Formação de Adultos NS

ESCOLA SECUNDÁRIA DO MONTE DA CAPARICA Curso de Educação e Formação de Adultos NS 1 de 6 - mobilidade humana e OBJECTIVO: Identifica sistemas de administração territorial e respectivos funcionamentos integrados. O Turismo Guião de Exploração Indicadores sobre o turismo em Portugal 27

Leia mais

ANEXO I (À Tabela de Preços e Outras Receitas Municipais 2012) DESCONTOS A APLICAR AOS VALORES DA TABELA DE PREÇOS E OUTRAS RECEITAS MUNICIPAIS

ANEXO I (À Tabela de Preços e Outras Receitas Municipais 2012) DESCONTOS A APLICAR AOS VALORES DA TABELA DE PREÇOS E OUTRAS RECEITAS MUNICIPAIS ANEXO I (À Tabela de Preços e Outras Receitas Municipais 2012) DESCONTOS A APLICAR AOS VALORES DA TABELA DE PREÇOS E OUTRAS RECEITAS MUNICIPAIS Aos preços da Tabela de Preços e Outras Receitas Municipais

Leia mais

Docente: Discente: Disciplina: Data: Ano Lectivo. Fernando Gaspar. Andreia Oliveira nº 7016. Marketing II. 20 de Maio de 2008

Docente: Discente: Disciplina: Data: Ano Lectivo. Fernando Gaspar. Andreia Oliveira nº 7016. Marketing II. 20 de Maio de 2008 Docente: Fernando Gaspar Discente: Andreia Oliveira nº 7016 Disciplina: Marketing II Data: 20 de Maio de 2008 Ano Lectivo 2007/2008 Índice 1. Diagnóstico... 3 1.1. Caracterização do Mercado / Análise da

Leia mais

Dois jovens que transitaram de ano e que faziam parte do grupo anterior, mantêm-se no projeto.

Dois jovens que transitaram de ano e que faziam parte do grupo anterior, mantêm-se no projeto. O COLINAS Dezembro 2015 Depois de umas merecidas férias, regressámos em setembro para receber os novos voluntários que se inscreveram para dar apoio aos nossos meninos. Com o apoio da Sr.ª Vereadora da

Leia mais