EDITAL DE PROCESSO SELETIVO 01/2014

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "EDITAL DE PROCESSO SELETIVO 01/2014"

Transcrição

1 EDITAL DE PROCESSO SELETIVO 01/2014 O SESCOOP/PR Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo - Paraná, entidade com personalidade jurídica de direito privado, através do seu Presidente, torna pública a abertura de inscrições para o PROCESSO SELETIVO para preenchimento de vagas no seu quadro funcional, providas pelo regime da CLT - Consolidação das Leis do Trabalho, mediante condições estabelecidas neste edital. 1. DOS CARGOS A) Seleção dos cargos para contratação imediata: a) Designer Gráfico b) Analista de Sistemas c) Assessor Administrativo d) Assessor Planejamento e) Analista Desenvolvimento Humano f) Assistente Técnico g) Analista Técnico Especializado - GDA h) Analista Técnico Especializado GDH B) Seleção dos cargos para cadastro de reserva: a) Assessor Financeiro b) Analista de Recursos Humanos c) Assessor de Imprensa d) Assessor Jurídico e) Aux. Serviços Gerais f) Assistente Patrimônio g) Analista de Desenvolvimento Cooperativista h) Analista de Suporte i) Técnico de Suporte j) Auditor Interno 2. DOS REQUISITOS, CARACTERÍSTICAS E PERFIL DOS CARGOS 2.1 Cargos para contratação imediata: a) Designer Gráfico Carga horária Número de vagas Remuneração inicial Requisitos básicos Perfil desejado 220 horas mensais 01 (uma) vaga R$ NS7 Ensino Superior em Designer Gráfico Conhecimento avançado em Illustrator, Photoshop e Corel draw. Conhecimento em InDesign e Microsoft Office Windows b) Analista de Sistemas Carga horária Número de vagas Remuneração inicial Requisitos básicos Perfil desejado 220 horas mensais 02 (duas) vagas R$ 4.500,00 NS14 Formação Superior em Análise de Sistemas ou Ciência da Computação, com diploma do curso de graduação reconhecido junto ao MEC. Conhecimentos em banco de Dados padrão SQL-SERVER Conhecimento em rede e intranet Análise de Sistemas; Modelagem de dados padrão UML; JAVA (JSP/J2EE); Javascript; XML; XSL; Servidores de Internet (Tom 1

2 c) Assessor Administrativo Cat/Apache); HTML; JASPER. Carga horária 220 horas mensais Número de vagas 01 (uma) vaga Remuneração inicial R$ 4.500,00 NS11 Requisitos básicos Formação superior em Administração de Empresas, Ciências Contábeis ou Ciências Econômicas, com diploma do curso de graduação reconhecido junto ao MEC. Perfil desejado Conhecimentos na área de compras e contratos. Conhecimento de Contabilidade Pública. Conhecimento de licitações. Conhecimento do pacote Office (PowerPoint, Word, Excel). Conhecimento em Cooperativismo. Disponibilidade para viagens. d) Assessor de Planejamento Carga horária 220 horas mensais Número de vagas 01 (uma) vaga Remuneração inicial R$ 5.000,00 NS11 Requisitos básicos Formação superior em Administração de Empresas, Ciências Contábeis ou Ciências Econômicas, com diploma do curso de graduação reconhecido junto ao MEC. Perfil desejado Conhecimentos na área de recolhimento previdenciária de cooperativas (outras entidades, GPS, FPAS, GFIP, SEFIP, etc). Conhecimento na elaboração e acompanhamento orçamentário. Conhecimento de planejamento estratégico. Conhecimento na elaboração de Relatório de Gestão Conhecimento do pacote Office (PowerPoint, Word, Excel). Conhecimentos em Cooperativismo. Disponibilidade para viagens. e) Analista em Desenvolvimento Humano Carga horária 220 horas mensais Número de vagas 03 (três) vagas Remuneração inicial R$ 4.000,00 NS 09 Requisitos básicos Formação superior na Área de Humanas, com diploma do curso de graduação reconhecido junto ao MEC. Perfil desejado Conhecimento em organização de projetos de treinamento. Conhecimento sobre cooperativismo. Conhecimento na elaboração de relatórios, análise de treinamentos e prestação de contas de projetos. Conhecimento em informática e de ferramentas em EAD (Educação a Distância). Conhecimento do pacote Office (PowerPoint, Word, Excel). Disponibilidade para viagens. 2

3 f) Assistente Técnico Carga horária 220 horas mensais Número de vagas 01 (uma) vaga Remuneração inicial R$ 1.800,00 NM 6 Requisitos básicos Ensino Médio. Perfil desejado Conhecimento de informática (office), Conhecimento na área de acompanhamento de treinamentos e eventos envolvendo Cooperativismo; Dinâmico e comunicativo. Disponibilidade para viagens. g) Analista Técnico Especializado - GDA Carga Horária 220 horas mensais Número de Vagas 02 (duas) vagas Remuneração inicial R$ 6.600,00 NS 22 Requisitos Básicos Formação superior, com diploma do curso de graduação reconhecido junto ao MEC. Pós-Graduação. Perfil Desejado Experiência em planejamento, cooperativismo, conhecimento nas áreas de controladoria, tributação e gestão empresarial. Dinâmico e comunicativo. Disponibilidade para viagens. h) Analista Técnico Especializado - GDH Carga Horária 220 horas mensais Número de Vagas 02 (duas) vagas Remuneração inicial R$ 6.600,00 NS 22 Requisitos Básicos Formação superior, com diploma do curso de graduação reconhecido junto ao MEC. Pós-Graduação. Perfil Desejado Experiência em planejamento, cooperativismo, conhecimento nas áreas de controladoria, tributação e gestão empresarial. Dinâmico e comunicativo. Disponibilidade para viagens. 2.2 Cargos para cadastro de reserva: a) Assessor Financeiro Carga horária 220 horas mensais Número de vagas 01 (uma) vaga Remuneração inicial R$ 2.800,00 NS8 Requisitos básicos Formação superior em Administração de Empresas, Ciências Contábeis ou Ciências Econômicas, com diploma do curso de graduação reconhecido junto ao MEC. 3

4 Perfil desejado Conhecimentos contas a pagar e receber. Conhecimento retenção de impostos (INSS e IR de PJ e PF; CSLL, COFINS, PIS/PASEP e ISS de PJ). Conhecimento rotinas financeiras. Conhecimento do pacote Office (PowerPoint, Word, Excel). Disponibilidade para viagens. b) Analista de Recursos Humanos Carga Horária 220 horas mensais Número de Vagas 01 (uma) vaga Remuneração inicial R$ 3.000,00 NS 5 Requisitos Básicos Formação superior, com diploma do curso de graduação reconhecido junto ao MEC. Perfil Desejado Experiência em rotina trabalhista. Conhecimentos na área trabalhista e previdenciária. Dinâmico e comunicativo. c) Assessor de Imprensa Carga horária 25 horas semanais Número de vagas 01 (uma) vaga Remuneração inicial R$ 2.500,00 NS1 Requisitos básicos Formação em Jornalismo, com diploma do curso reconhecido junto ao MEC. Registro no DRT (Delegacia Regional do Trabalho) Perfil desejado Conhecimento em assessoria de imprensa corporativa. Experiência na produção e edição de material jornalístico. Conhecimentos em fotojornalismo. Articulação e atendimento ativo e receptivo à Conhecimentos sobre cooperativismo. Conhecimento do pacote Office (PowerPoint, Word, Excel). Disponibilidade para viagens. d) Assessor Jurídico Carga horária 220 horas mensais Número de vagas 01 (uma) vaga Remuneração inicial R$ 6.000,00 NS19 Requisitos básicos Formação Superior em Direito com diploma do curso de graduação reconhecido junto ao MEC. Pós-Graduação em Direito. Registro na OAB. CNH categoria mínima B Perfil desejado Conhecimentos em Direito Administrativo e legislação dos Serviços Sociais Autônomos, Direito do Trabalho, Direito Constitucional e Direito Cooperativo. Disponibilidade para viagens. e) Auxiliar de Serviços Gerais Carga horária Número de vagas 220 horas mensais Cadastro de reserva 4

5 Remuneração inicial R$ 1.200,00 NF4 Requisitos básicos Ensino Médio. Perfil desejado Conhecimento em atendimento e serviços gerais. f) Assistente de Patrimônio Carga horária 220 horas mensais Número de vagas Cadastro de reserva Remuneração inicial R$ 1.800,00 - MN6 Requisitos básicos Ensino Médio. Perfil desejado Conhecimento em controles e acompanhamento dos bens patrimoniais relativos a máquinas, móveis, veículos, equipamentos, etc. Disponibilidade para viagens. g) Analista em Desenvolvimento Cooperativista Carga horária 220 horas mensais Número de vagas Cadastro de reserva Remuneração inicial R$ 4.000,00 NS 10 Requisitos básicos Formação superior com diploma do curso de graduação reconhecido junto ao MEC. Perfil desejado Experiência em sistemas de informática, conhecimento nas áreas de controladoria, análise de balanço e gestão de cooperativa. Dinâmico e comunicativo. Disponibilidade para viagens. h) Analista de Suporte Carga horária 220 horas mensais Número de vagas Cadastro de reserva Remuneração inicial R$ 3.900,00 NS11 Requisitos básicos Ensino Superior na área de Tecnologia da Informação, com diploma do curso de graduação reconhecido junto ao MEC. Perfil desejado Conhecimentos em manutenção em redes de computadores. Conhecimento em segurança dos recursos da rede (dados e serviços). Conhecimento em comunicação digital (correio eletrônico, WEB, FTP, VPN, etc.). Conhecimento em instalação e manutenção de sistemas gestão (ERP). i) Técnico de Suporte Carga horária 220 horas mensais Número de vagas Cadastro de reserva Remuneração inicial R$ 2.200,00 NM9 Requisitos básicos Ensino Superior na área de Tecnologia da Informação, com diploma do curso de graduação reconhecido junto ao MEC. Perfil desejado Conhecimentos em manutenção em redes de computadores. 5

6 Conhecimento de instalação e manutenção de Sistemas Operacionais. Conhecimento em configuração de contas de correio eletrônico ( ). j) Auditor Interno Carga horária 220 horas mensais Número de vagas Cadastro de reserva Remuneração inicial R$ 5.000,00 NS 16 Requisitos básicos Ensino Superior em Ciências Contábeis, com diploma do curso de graduação reconhecido junto ao MEC. Perfil desejado Conhecimentos em controle interno. Conhecimento do pacote Office (PowerPoint, Word, Excel). Conhecimento de orçamento de plano de trabalho. Conhecimento em Sistema S. Dinâmico e comunicativo. Disponibilidade para viagens. 3. DAS ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS 3.1 CARGOS PARA CONTRATAÇÃO IMEDIATA a) Designer Gráfico Responsável pelas atividades de design e desenvolvimento de materiais gráficos. Planejar, elaborar e desenvolver projetos gráficos para materiais impressos e digitais (web) como revistas, jornais, boletins, folders, banners, etc; Editar textos; Editar, criar e tratar imagens digitais; Arte-finalizar arquivos digitais; Criar layouts com texto, gráficos, fotografias e outros elementos gráficos; Criar marcas e logotipos; Aplicação da identidade visual da empresa em projetos voltados para a comunicação interna e para o mercado; Desenvolver a estética visual e funcionalidade de anúncios, programas. b) Analista de Sistemas Planejamento e execução de projetos de sistemas de informação, como tais entendidos os que envolvam o processamento de dados ou utilização de recursos de informática e automação; Elaboração de orçamentos e definições operacionais e funcionais de projetos e sistemas para processamento de dados, informática e automação; Definição, estruturação, teste e simulação de programas e sistemas de informação; Elaboração e codificação de programas; Estudos de viabilidade técnica e financeira para implantação de projetos e sistemas de informação, assim como máquinas e aparelhos de informática e automação; Fiscalização, controle e operação de sistemas de processamento de dados que demandem acompanhamento especializado; Suporte técnico e consultoria especializada em informática e automação; Estudos, análises, avaliações, vistorias, pareceres, perícias e auditorias de projetos e sistemas de informação; 6

7 Treinamento, pesquisa, experimentação e divulgação tecnológica. Ministrar palestras e/ou cursos. Executar outras tarefas correlatas. c) Assessor Administrativo Executar procedimentos concernentes à emissão de passagens aéreas e rodoviárias; Análise das cobranças, considerando os seguintes itens: passageiros, itinerários, datas de viagem, valores das passagens; Vinculação dos centros de custo dos projetos a todas as notas de débito emitidas pela agência de viagens; Solicitações verbais e escritas (ofícios e s) de esclarecimentos acerca de discrepâncias entre cobranças da agência e requisições de passagem emitidas pelo SESCOOP/PR; Solicitação e controle de reembolsos de passagens. Efetuar a descrição do rateio, por centro de custo, das despesas quinzenais de correio. Realizar os procedimentos referentes à renovação de seguros patrimonial e de veículos do SESCOOP/PR; Cadastrar o SESCOOP/PR, de acordo com as solicitações internas, junto a empresas comerciais e hotéis, visando a utilização dos respectivos serviços. Acompanhar e manter atualizado o Cadastro e Regularidade Fiscal dos fornecedores e prestadores de serviços. Verificar a regularidade dos fornecedores e das empresas que prestam serviços ao Sescoop, atualizando e comunicando quanto a validade e irregularidades de certidões vencidas; Orientar as cooperativas e acompanhar a arrecadação da contribuição ao Sescoop/PR. Controlar, Calcular e acompanhar o Orçamento. Cálculo e provisão para as despesas de todas as áreas, com exceção dos cursos de qualificação e promoção social da Área de Desenvolvimento Humano; Elaborar a agenda de licitações. Elaborar e formalizar os processos licitatórios compreendendo: Receber e verificar as requisições emitidas pela unidade requisitante, a fim de adequar aos parâmetros para formalização da licitação; Buscar empresas para confecção de mapa de coleta de preço; Solicitar a autoridade competente a autorização para realização de despesa; Elaboração de edital; Promover a publicidade da licitação, publicar no D.O.U ou em jornal de grande circulação, disponibilizar o edital no site; Abertura de processos para realização de licitações. Formalizar os processos de compras envolvendo: Recebimento da requisição; Verificar dotação orçamentária; Realizar a cotação de preços; Preencher o mapa de coleta de preços; Receber e conferir os produtos; Encaminhar os produtos para o setor solicitante; Encaminhar a NF para programação de pagamento. Participar de comissões e executar outras tarefas correlatas. d) Assessor de Planejamento Elaborar cenários e análises de ambientes voltados à preparação do planejamento estratégico. Assessorar a construção do planejamento estratégico, bem como seu desdobramento em planos, metas e indicadores estratégicos, através da aplicação das metodologias disponíveis. Atuar em todas as etapas do planejamento estratégico, ou seja: elaboração, aprovação, monitoramento, gerenciamento, avaliação, revisão e atualização. Produzir e monitorar indicadores estratégicos, visando acompanhar e avaliar a execução e o resultado do plano estratégico. Assessorar as Gerências e Coordenadorias na estruturação, monitoramento, gerenciamento e avaliação do Plano de Metas de suas áreas; Propor indicadores de desempenho para a avaliação de resultados, relacionando-os à Gratificação Anual por Produtividade. Orientar e acompanhar a arrecadação da contribuição ao Sescoop/PR, através das Cooperativas; Controlar, calcular e acompanhar o orçamento e suas reformulações; Calcular e prover as despesas de todas as áreas, exceto treinamentos de qualificação e promoção social; 7

8 Elaborar o relatório anual de gestão; Elaborar e coordenar o processo de prestação de contas anual para os órgãos reguladores e gestores; Executar outras tarefas correlatas. e) Analista de Desenvolvimento Humano Interagir com profissionais e gestores de cooperativas na operacionalização do programa de Autogestão do cooperativismo. Operacionalizar o monitoramento, a supervisão, a auditoria e o controle das cooperativas através das seguintes ações: - Orientação sobre cooperativismo, para grupos interessados em constituir cooperativas; - Divulgação do cooperativismo (vídeos, publicações, material educativo, palestras, etc.); - Analisar projetos de viabilidade econômico/financeira de cooperativas; - Orientação para obtenção dos registros legais; - Orientar a operacionalização e os controles para início de atividades de novas cooperativas; - Analisar e acompanhar as auditorias das cooperativas; - Propor programa de treinamento sobre auditoria. - Elaborar análise técnica dos processos de registro e do exercício da atividade de auditoria independente no âmbito das cooperativas. - Manter cadastro atualizado dos profissionais, empresas de auditoria independente e responsáveis técnicos autorizados a emitir e assinar parecer, credenciadas junto a OCB/OCEPAR; - Manter processos com análise dos relatórios de Auditoria independente das cooperativas; - Manter controle de qualidade das auditorias, verificando e acompanhando sua atuação no âmbito das cooperativas; - Promover a inserção dos auditores internos das cooperativas, integrado com o trabalho desenvolvido pelo Conselho Fiscal, no conceito de auditoria de gestão; - Manter atualizadas normas, para que o trabalho executado pela auditoria interna da cooperativa esteja perfeitamente integrado com o desenvolvimento das atividades executadas pela auditoria independente; - Acompanhamento das cooperativas de pequeno porte, conforme critérios da OCB/OCEPAR. - Colaborar com as áreas de acompanhamento econômico/financeira, recursos humanos e cooperados, de forma integrada, para melhoria da gestão cooperativa. - Executar o Programa de Apoio Integral às Pequenas Cooperativas; - Acompanhamento das cooperativas através de sistema informatizado; - Elaborar relatórios de acompanhamento e análise de cooperativas; - Elaborar a análise econômica e financeira de cooperativas; - Promover e participar de reuniões e visitas técnicas. - Elaborar diagnósticos preventivos; - Elaborar / implantar plano de saneamento financeiro e acompanhar sua execução; - Elaborar / implantar sistemas de avaliação de PRODUTIVIDADE; - Reestruturar / implantar sistema de custos e acompanhar sua evolução; - Executar outras tarefas correlatas. Organizar, administrar e executar o ensino de formação profissional e a promoção social dos trabalhadores em cooperativas, dos cooperados e de seus familiares através das seguintes ações: - Prestar assistência e assessorar no planejamento, organização e controle dos treinamentos; - Preparar e supervisionar os treinamentos promovidos isoladamente ou em convênios com outras empresas; - Aplicar métodos que contribuam para a criação, adaptação e aperfeiçoamento de instrumentos necessários a realização de treinamentos; 8

9 - Elaborar estatísticas e relatórios das atividades executadas gerando dados e subsídios para a avaliação dos programas de treinamento; - Analisar, eleger e criar métodos de trabalho que facilitem o alcance dos objetivos e proporcionem graus de satisfação aos grupos treinados; - Confeccionar materiais e instrumentos técnicos de acompanhamentos de cursos; - Preparar programas e planos de treinamento; - Divulgar os programas de treinamento junto às empresas, cooperativas e entidades afins, caso julgue necessário, redefinindo, ajustando ou adequando os objetivos propostos ao grupo participante; - Negociar os valores dos cursos com os instrutores, das diárias com os hotéis, das locações de salas e outros correlatos; - Elaborar e analisar relatórios de viagens; - Manter contato com as cooperativas para promoção dos cursos; - Dar suporte técnico e operacional aos instrutores; - Emitir recibos e certificados; - Acompanhar a execução dos treinamentos e eventos. Ministrar palestras e/ou cursos f) Assistente Técnico Contribuir para a criação, adaptação e aperfeiçoamento de instrumentos necessários a realização de treinamentos; Auxiliar na análise de métodos de trabalho que facilitem o alcance dos objetivos e proporcionem graus de satisfação aos grupos treinados; Auxiliar na preparação de programas e planos de treinamento, tanto técnico como administrativamente. Digitação de correspondências internas e externas, operação de correio eletrônico, apoio geral aos demais setores e Diretoria, elaboração de trabalhos em Corel Draw; Auxiliar em outras áreas quando solicitado sem que isso interfira nas atividades diárias; Atender as gerências, colaboradores e clientes prestando informações em casos de rotina ou encaminhando o interessado ao setor competente; Alimentar e controlar o cadastro de recebimentos; Preencher guias, boletos bancários e demais documentos afins; Executar atividade da rotina administrativa; Gerar relatórios de acompanhamento; Dar suporte para áreas afins; Apoiar e executar outras tarefas correlatas; Acompanhar a evolução do orçamento anual. g) Analista Técnico Especializado GDA e GDH Desenvolver atividades programa de autogestão e monitoramento das cooperativas no Paraná; Desenvolver atividades voltadas à orientação e acompanhamento na constituição e registro de novas cooperativas, respeitando-se os princípios que norteiam o cooperativismo, a viabilidade do negócio a ser iniciado e o respeito a Lei, o que é considerado ação preventiva de monitoramento; Desenvolver atividades voltadas ao acompanhamento da gestão das cooperativas, via processo de análise de dados, com formação de cenários comparativos para contribuir na orientação dos rumos de condução dos negócios em cooperação frente ao mercado e a concorrência, sendo dirigido em três frentes de acompanhamento: - Econômico e financeiro - análise da maximização da utilização dos recursos físicos e financeiros da cooperativa, gerando melhores resultados. - Recursos humanos - à análise e maximização da utilização destes e acompanhamento da constante profissionalização. - Viabilidade dos cooperados - voltado a análise de desempenho da atividade dos cooperados, através de indicadores de desempenho comparativo. Desenvolver atividades, através de acompanhamento dos executores do processo de certificação integral da gestão, e do controle de qualidade da atuação do Conselho Fiscal, Auditoria Interna e Auditoria externa, nas cooperativas; 9

10 Desenvolver atividades voltadas ao acompanhamento e orientação na realização de consultorias especializadas requeridas para melhoria da atuação das cooperativas; Elaborar estudos técnicos avançados em gestão de cooperativas, com ênfase na área de desenvolvimento humano como treinamento, recursos humanos e quadro social; Desenvolver o processo de planejamento estratégico de cooperativas na área de desenvolvimento humano; Interagir com profissionais e gestores de cooperativas na operacionalização do programa de Autogestão do cooperativismo. Operacionalizar o PEDC Plano Estratégico de Desenvolvimento Cooperativo por meio das seguintes ações: - Interpretação dos indicadores das cooperativas para utilização nas decisões de investimentos em treinamento - Desenvolver e acompanhar um banco de indicadores de RH e sociais que dará suporte ao PEDC; - Elaborar e analisar projetos de viabilidade técnica de projetos de treinamento das cooperativas; - Orientar a operacionalização e os controles para início de atividades de cooperativas; - Colaborar com as áreas de acompanhamento econômico/financeira, recursos humanos e cooperados, de forma integrada, para melhoria da gestão cooperativa. - Desenvolver cenários nas áreas de gestão de pessoas das cooperativas; - Elaborar em conjunto com a Gerência de Desenvolvimento Cooperativo os planos de desenvolvimento regionais de cooperativas; - Acompanhar as cooperativas na área de desenvolvimento humano, por meio de sistema informatizado; - Elaborar relatórios de acompanhamento e análise de cooperativas que demonstrem evolução proporcionada pelo uso dos recursos de treinamentos; - Produzir cenários e projeções da área de treinamento e recursos humanos das cooperativas; - Promover e participar de reuniões e visitas técnicas para análise e acompanhamento de desempenho das cooperativas; - Elaborar diagnósticos preventivos na área de recursos humanos de cooperativas; - Propor melhorias na gestão de pessoas das cooperativas; - Reestruturar/implantar sistema de avaliação do desempenho de RH e acompanhar sua evolução; Propor, desenvolver e aplicar programas de capacitação de conselheiros de cooperativas; Propor e aplicar programas de capacitação para melhoria da gestão de pessoas nas cooperativas; Diagnósticos nas áreas de recursos humanos em projetos especiais de desenvolvimento e recuperação de cooperativas; Divulgação do cooperativismo (vídeos, publicações, material educativo, palestras, etc.); Ministrar palestras e/ou cursos. Executar outras tarefas correlatas. 3.2 CARGOS PARA CADASTRO DE RESERVA a) Assessor Financeiro Gerenciamento dos recursos financeiros, executando tarefas pertinentes à área financeira e tesouraria compreendendo: Organização e controle de Contas a Pagar; Recepção de Solicitações de Adiantamentos de Viagens; Recepção das Solicitações de passagens aéreas; Emissão de Cheques e pagamentos eletrônicos; Recepção das Prestações de Contas. Efetuar cadastro das Agências dos Bancos para os quais são efetuados os pagamentos Efetuar consulta da empresa para a qual será efetuado o pagamento para controle do desconto: CSLL, COFINS, PIS/PASEP Conferir cálculos dos impostos de acordo com a legislação e efetuar o registro de acordo com o vencimento dos mesmos. (INSS e IR de PJ e PF; CSLL, COFINS, PIS/PASEP e ISS de PJ). 10

11 Confeccionar GPS e encaminhar o arquivo ao Banco do Brasil S/A. Gerar arquivo de folha de salários e encaminhar ao Banco via gerenciador financeiro. Emissão de extratos diários; Conciliação bancária diária; Registro dos Resgates, Aplicações, Despesas Bancárias, Repasse Nacional (efetuando as mesmas ações relacionadas quanto a emissão de ordens de pagamento e recebimento). Acompanhar as Aplicações Financeiras. Manter planilhas de aplicação. Gerar movimento para Contabilidade e emitir relatórios diários para acompanhamento dos documentos para a Contabilidade. Responsável pelo Fundo Fixo o qual é destinado para atendimento às despesas de pequeno vulto, obedecendo a referida Resolução. (Solicitação, Autorização, Prestação de Contas). Participar de comissões e executar outras tarefas correlatas. b) Analista de Recursos Humanos Efetuar o apontamento de horas, através das marcações de ponto eletrônico, registrando atestados e tratando divergências identificadas, para garantir a veracidade dos dados integrantes à folha de pagamento dos colaboradores; Desenvolver atividades inerentes à rotina trabalhista e relações trabalhistas, tais como: folha de pagamento, férias, rescisão contratual, homologações no sindicato, cálculo de encargos trabalhistas e administração de estagiários, visando o pleno atendimento às exigências legais; Efetuar a integração de novos colaboradores, preparando os documentos necessários para admissão e fornecendo orientações inerentes às políticas de RH e procedimentos internos, a fim de garantir a integração dos mesmos no ambiente de trabalho; Administrar benefícios concedidos pela empresa aos empregados; Atendimento e suporte aos empregados e gestores, fornecendo informações e Orientações aos assuntos relacionados à folha de pagamento, procedimentos e normas internas; Participar de treinamentos e seminários que propiciem o aprimoramento e o aperfeiçoamento do conhecimento para assuntos ligados aos negócios da empresa, do próprio setor de atuação ou cargo exercido, objetivando melhoria contínua dos processos, bem como desenvolvimento profissional e pessoal. Conhecimentos na área trabalhista e previdenciária; Prestar atendimento e realizar outras atividades profissionais correlatas e inerentes ao cargo exercido, conforme orientação e/ou solicitação do Superior imediato. c) Assessor de Imprensa Agendamento e acompanhamento de entrevistas coletivas, facilitando o trabalho do entrevistado e do entrevistador; Contato permanente com a mídia, sugerindo pautas e fazendo esclarecimentos necessários para a eficiência da matéria jornalística a ser publicada; Elaborar textos (releases), que são enviados para os veículos de comunicação; Preparação de textos de apoio, sinopses, súmulas e artigos; Divulgar eventos promovidos pelo Sescoop/PR; Organizar entrevistas coletivas; Dar orientações de como lidar com a imprensa; Montar clippings - eles reúnem recortes de jornais e revistas nos quais o seu cliente apareceu ou matérias veiculadas na TV; Sugerir assuntos que podem ser interessantes para a mídia. Desenvolver ações através do uso da comunicação e editoração do Paraná Cooperativo (revista, jornal, boletins, edições especiais, sítio na internet); Realizar cobertura fotográfica de eventos e organização do acervo; Produzir e editar arquivos de áudio/vídeos com interesse das cooperativas e afins; Divulgar programas e ações do sistema; 11

12 Produzir edições especiais sobre grandes temas de interesse do cooperativismo; Apoiar e participar de encontros de comunicadores das cooperativas do Paraná; Assessorar e apoiar as gerências na divulgação de eventos, matérias, produção de textos para banners, folhetos e afins; Participação na definição de estratégias de comunicação; Ministrar palestras e/ou cursos. d) Assessor Jurídico Representar o SESCOOP/PR, em juízo ou fora dele, nas ações em que este for autor, réu ou interessado, acompanhando o andamento do processo, prestando assistência jurídica, apresentando recursos em qualquer instância, comparecendo à audiência, sustentação oral, e outros atos, para defender direitos ou interesses; Prestar assistência jurídica preventiva e corretiva ao SESCOOP/PR; Desenvolver estudos e pesquisas no Campo do Direito, consultando códigos, leis, jurisprudência e outros documentos, para adequar os fatos à legislação aplicável; Elaborar pareceres e outros instrumentos jurídicos, tais como contratos, convênios, termos de referência, cooperação, contestações, declarações, petições, procurações, aditivos, ofícios e outros, para assessorar e viabilizar as atividades internas do SESCOOP/PR; Acompanhar, analisar, orientar juridicamente e emitir pareceres jurídicos dos procedimentos licitatórios realizados pelas áreas do SESCOOP/PR; Redigir ou elaborar contratos, pronunciamentos, minutas e informações sobre questões de Direito Administrativo, Civil, Constitucional, Empresarial, Previdenciário, Processual, Trabalhista, Tributário, Penal, legislação dos Serviços Sociais Autônomos, entre outras, aplicando a legislação, forma e terminologia adequadas ao assunto em questão, para utilizá-las na defesa e orientação do SESCOOP/PR; Manter-se relacionado junto aos Tribunais de Justiça, Tribunais Superiores, Tribunal de Contas, órgãos da Administração Pública Federal e demais Serviços Sociais Autônomos; Prestar assessoramento jurídico e manifestação em demandas consultivas e contenciosas provenientes do SESCOOP/PR; Orientar e emitir pareceres sobre ações solicitadas pela diretoria; Prestar assessoramento jurídico e manifestação em demandas consultivas e contenciosas tanto do público interno, quanto externo. Promover e/ou participar de eventos jurídicos, visando ao alinhamento institucional Prestar atendimento aos clientes internos e externos, disponibilizando informações e/ou orientações quanto a assuntos relacionados à licitações e contratos e Direito Administrativo. Participar das atividades de contratação de bens e serviços, incluindo a elaboração de notas técnicas e participação em eventos de licitações, bem como fazer o acompanhamento da execução dos contratos de prestação de serviços. Organizar eventos de capacitação e de alinhamento técnico e proferir palestras sobre temas relacionados. Prestar suporte técnico em assuntos jurídicos a Comitês internos e Externos, emitindo parecer quando solicitado. Acompanhar as atividades desenvolvidas pelos empregados, prestando a orientação jurídica necessária. Ministrar palestras e/ou cursos. e) Auxiliar de Serviços Gerais Auxiliar nos serviços de cantina, preparar e servir café, água, lanches para os funcionários, reuniões, eventos e cursos; Fazer compras de alimentos e preparar coffee break s em reuniões, cursos e eventos; Efetuar reposição de material de higiene nos sanitários; Limpar as instalações físicas, móveis e utensílios; Efetuar a limpeza do pátio e o recolhimento do lixo. 12

13 f) Assistente de Patrimônio Realizar e manter atualizado Inventário Físico dos bens patrimoniais; Levantamento, controle e acompanhamento dos bens patrimoniais relativos a máquinas, móveis e equipamentos para atender as conveniências da entidade; Controlar móveis, máquinas e equipamentos novos, providenciando o cadastramento ou recadastramento na ocorrência de perda ou extravio da placa de identificação patrimonial, para assegurar seu eficiente controle; Providenciar a legislação e atualização dos documentos referentes a imóveis e móveis nas áreas sob sua responsabilidade nos órgãos públicos federais, estaduais e municipais; Controlar a manutenção de veículos e instalações; Atender as gerências, colaboradores e clientes prestando informações em casos de rotina ou encaminhando do interessado ao setor competente; Manter atualizado e consistente o controle dos termos de responsabilidade. g) Analista de Desenvolvimento Cooperativista Interagir com profissionais e gestores de cooperativas na operacionalização do programa de Autogestão do cooperativismo. Operacionalizar o monitoramento, a supervisão, a auditoria e o controle das cooperativas através das seguintes ações: - Orientação sobre cooperativismo, para grupos interessados em constituir cooperativas; - Divulgação do cooperativismo (vídeos, publicações, material educativo, palestras, etc.); - Analisar projetos de viabilidade econômico/financeira de cooperativas; - Orientação para obtenção dos registros legais; - Operacionalização e os controles para início de atividades de novas cooperativas; - Analisar e acompanhar as auditorias de gestão das cooperativas; - Propor programa de treinamento sobre auditoria. - Elaborar análise técnica dos processos de registro e do exercício da atividade de auditoria independente no âmbito das cooperativas. - Manter cadastro atualizado dos profissionais, empresas de auditoria independente e responsáveis técnicos autorizados a emitir e assinar parecer, credenciadas junto a OCB/OCEPAR; - Manter processos com análise dos relatórios de Auditoria independente das cooperativas; - Manter controle de qualidade das auditorias, verificando e acompanhando sua atuação no âmbito das cooperativas; - Promover a inserção dos auditores internos das cooperativas, integrado com o trabalho desenvolvido pelo Conselho Fiscal, no conceito de auditoria de gestão; - Manter atualizadas normas, para que o trabalho executado pela auditoria interna da cooperativa esteja perfeitamente integrado com o desenvolvimento das atividades executadas pela auditoria independente; - Acompanhamento das cooperativas de pequeno porte, conforme critérios da OCB/OCEPAR. - Colaborar com as áreas de acompanhamento econômico/financeira, recursos humanos e cooperados, de forma integrada, para melhoria da gestão cooperativa. - Executar o Programa de Apoio Integral às Pequenas Cooperativas; - Acompanhamento das cooperativas através de sistema informatizado; - Elaborar relatórios de acompanhamento e análise de cooperativas; - Análise econômica e financeira de cooperativas; - Promover e participar de reuniões e visitas técnicas, visando à análise e acompanhamento da produtividade das cooperativas; - Elaborar diagnósticos preventivos; - Elaborar / implantar plano de saneamento financeiro e acompanhar sua execução; - Elaborar / implantar sistemas de avaliação de desempenho; - Reestruturar / implantar sistema de custos e acompanhar sua evolução; Organizar, administrar e executar o ensino de formação profissional e a promoção social dos trabalhadores em cooperativas, dos cooperados e de seus familiares através das seguintes ações: - Prestar assistência e assessorar no planejamento, organização e controle dos treinamentos; 13

14 - Preparar e supervisionar os treinamentos promovidos isoladamente ou em convênios com outras empresas; - Aplicar métodos que contribuam para a criação, adaptação e aperfeiçoamento de instrumentos necessários a realização de treinamentos; - Elaborar estatísticas e relatórios das atividades executadas gerando dados e subsídios para a avaliação dos programas de treinamento; - Analisar, eleger e criar métodos de trabalho que facilitem o alcance dos objetivos e proporcionem graus de satisfação aos grupos treinados; - Confeccionar materiais e instrumentos técnicos de acompanhamentos de cursos; - Preparar programas e planos de treinamento; - Divulgar os programas de treinamento junto às empresas, cooperativas e entidades afins, caso julgue necessário, redefinindo, ajustando ou adequando os objetivos propostos ao grupo participante; - Negociar os valores dos cursos com os instrutores, das diárias com os hotéis, das locações de salas e outros correlatos; - Elaborar e analisar relatórios de viagens; - Manter contato com as cooperativas para promoção dos cursos; - Dar suporte técnico e operacional aos instrutores; - Emitir recibos e certificados; - Acompanhar a execução dos treinamentos e eventos. Reestruturar sistema financeiro; Participar de reuniões para análise das cooperativas; Acompanhamento das cooperativas através do sistema de acompanhamento de gestão; Análise das cooperativas através do sistema de acompanhamento de gestão; Revisões nos planos de saneamento, adequação estrutural e reestruturação de custos; Elaborar relatórios; Ministrar palestras e/ou cursos. Executar outras tarefas correlatas. h) Analista de Suporte Projetar e prestar manutenção em redes de computadores; Responsável pela segurança dos recursos da rede (dados e serviços): criação de políticas de segurança; prevenção contra invasões físicas e/ou lógicas; definição e manutenção do controle de acesso aos recursos; instalar, configurar e atualizar programas de anti-vírus e anti- SpyWares; criação e manutenção de rotinas de cópias de segurança (Backup); Instalar e manter os diversos Sistemas Operacionais; Instalar e manter a comunicação digital (correio eletrônico, WEB, FTP, VPN, etc.): definir controle de acesso de banda à WEB; definir políticas de controle de conteúdo; configurar as contas de correio eletrônico ( ); interligar as possíveis filias por WAN através de VPN s ou outros recursos; Prover sistemas de mídia digital (VOIP, vídeo-conferência, etc.); Instalar e manter sistemas de gestão (ERP); Instalar e manter sistemas de banco de dados (SGBD); Suporte aos usuários da empresa ou organização. i) Técnico de Suporte Auxiliar na elaboração de estudos técnicos; Orientar usuários sobre utilização de equipamentos e sistemas; Manter contato com empresas para o suporte técnico; Requisitar suprimentos; Efetuar instalações de aplicativos e equipamentos; Criar contas de usuários e definir acessos conforme solicitado; Administrar servidores; Operar sistemas de informação e gestão; Dar suporte na área de sistemas operacionais e equipamentos; Prestar manutenção em redes de computadores; Instalar e manter os diversos sistemas operacionais; Configurar contas de correio eletrônico ( ); 14

15 Prestar suporte aos usuários; Prestar suporte help desk de segundo nível. j) Auditor Interno Análise e acompanhamento do processo interno administrativo; Acompanhar o cumprimento do Plano de Trabalho no âmbito da entidade, visando comprovar a conformidade de sua execução; Assessorar os gestores da entidade no acompanhamento da execução dos Planos de Trabalho, Elaborar análise técnica dos processos centralizados e descentralizados na área de monitoramento e capacitação profissional; Verificar a execução do orçamento da entidade, visando comprovar a conformidade da execução com os limites e destinações estabelecidas no Plano de Trabalho; Verificar a PRODUTIVIDADE da gestão da entidade, visando a comprovar a legalidade e a legitimidade dos atos e examinar os resultados quanto à economicidade, à eficácia, eficiência da gestão orçamentária, financeira, patrimonial, de pessoal e demais sistemas administrativos operacionais; Propor ações corretivas para a administração de acordo com as normas legais e regulamentos que disciplinam a atuação do SESCOOP/PR; Orientar subsidiariamente a Diretoria Executiva do SESCOOP/PR quanto aos princípios e às normas de controle interno, inclusive sobre a forma de prestar contas; Examinar e emitir parecer prévio sobre a prestação de contas e tomadas de contas. Acompanhar a implementação das recomendações dos órgãos/unidades do Sistema de Controle do TRIBUNAL DE CONTAS DA UNIÃO. 4. DAS INSCRIÇÕES a) As inscrições estarão abertas nos dias úteis, segunda à sexta-feira, de 20/10/2014 à 31/10/2014 no horário das 09h às 17h, horário oficial de Brasília DF, na Avenida Cândido de Abreu, Centro Cívico Curitiba/PR. b) As inscrições deverão ser feitas pessoalmente ou por meio de procuração específica com firma reconhecida. c) As informações contidas nas inscrições são de inteira responsabilidade do candidato. d) A comprovação dos requisitos básicos deverá ser cumprida pelos candidatos aprovados na 1ª e 2ª etapas, devendo a documentação ser entregue em data a ser definida pela Comissão de Seleção. e) Será de responsabilidade do candidato buscar as informações referentes a cada etapa do processo seletivo, não tendo o SESCOOP/PR obrigação de realizar a convocação e não cabendo ao candidato alegar desconhecimento das datas, locais e demais informações contidas neste edital. f) No ato da inscrição o candidato receberá o comprovante de sua inscrição com o respectivo código, assim como, cópia deste edital. 5. DAS CONDIÇÕES PARA INSCRIÇÃO a) Ser brasileiro nato ou naturalizado. b) Preencher corretamente o formulário fornecido ao candidato no ato da inscrição. c) Apresentar no ato da inscrição um documento oficial com foto: Carteira de identidade, passaporte, carteira de trabalho, certificado de reservista, carteira de motorista ou carteira funcional (de identificação profissional); no caso de inscrição por procuração deverá ser entregue uma fotocópia autenticada de um documento oficial com foto do candidato. d) Conhecer e estar de acordo com as condições exigidas neste edital. 6. ETAPAS DA SELEÇÃO 6.1 PROCESSO SELETIVO O processo seletivo constará das seguintes fases na ordem apresentada: a) 1ª ETAPA: Prova de conhecimentos de caráter classificatório e eliminatório; 15

16 b) 2ª ETAPA: Avaliação de habilidades prova prática de caráter classificatório e eliminatório; c) 3ª ETAPA: Apresentação da documentação de caráter eliminatório; d) 4ª ETAPA: Exame médico admissional de caráter eliminatório; 7. DA 1ª ETAPA 7.1 DAS PROVAS DA 1ª ETAPA a) A 1ª etapa do processo seletivo contará com 10 (dez) questões discursivas abrangendo os objetos de avaliação dispostos no item 7.3. b) A prova da 1ª etapa terá caráter eliminatório e classificatório, sendo desclassificado o candidato que não atingir a nota mínima: 06 (seis). c) A prova da 1ª etapa abordará questões condizentes aos conhecimentos específicos de cada cargo, observando-se, ainda, na correção, a Compreensão e Interpretação de Texto, Coerência, Ortografia, Concordância, Regência Verbal e Acentuação Gráfica. d) O tempo para realização das provas será de 03 (três) horas. 7.2 DA DATA, HORÁRIO, LOCAL E REALIZAÇÃO DAS PROVAS Quanto à realização das provas: a) A realização das provas da 1ª etapa ocorrerá na sede do ISAE/FGV - Instituto Superior de Administração e Economia, situado na Avenida Visconde de Guarapuava, n 2943, município de Curitiba, Paraná. b) As provas da 1ª etapa serão realizadas no dia 24/11/2014, com início às 09h e término às 12h, devendo o candidato chegar ao local de prova, impreterivelmente até às 08h30. Após este horário os portões serão fechados, não sendo permitida a entrada e o candidato estará automaticamente eliminado. c) O candidato deverá apresentar-se munido do comprovante de inscrição, original de documento oficial com foto, caneta de tinta azul ou preta. Observação: será permitido o uso de calculadora de bolso, excetuando-se aquelas que permitam transmissão de dados. d) Será eliminado do Processo Seletivo, o candidato que, durante a realização da prova, for surpreendido consultando material, comunicando-se com outro candidato ou com terceiros, verbalmente, por escrito ou por qualquer outro meio de comunicação, inclusive telefones celulares. e) Será eliminado do Processo Seletivo o candidato que anotar, além de seu código específico, qualquer outro tipo de informação ou sinalização que permita sua identificação no caderno de provas. f) O candidato não poderá ausentar-se da sala de prova, a não ser acompanhado de um membro da Comissão de Seleção. g) O candidato deverá devolver à Comissão de Seleção todo o material recebido no início da prova. h) Não haverá segunda chamada para a prova, sob qualquer alegação. i) A Comissão de Seleção não fornecerá exemplares do caderno de questões a candidatos, mesmo após o encerramento de todas as etapas do teste seletivo. 7.3 DOS OBJETOS DE AVALIAÇÃO DAS PROVAS Objetos de avaliação das provas para todos os cargos: Prova de conhecimentos de Língua Portuguesa: Compreensão e interpretação de texto. Coerência. Ortografia. Classe, estrutura, formação e significação de vocábulos. Derivação e composição. A oração e seus termos. A estruturação do período. As classes de palavras: aspectos morfológicos, sintáticos e estilísticos. Linguagem figurada. Pontuação. Concordância e regência verbal. Semântica, morfologia, sintaxe. Acentuação gráfica. Flexão nominal e verbal. Pronomes: emprego, forma de tratamento e colocação. Emprego de tempos e modos verbais. 16

17 Emprego da crase. Classes gramaticais variáveis: substantivo, adjetivo, artigo, numeral, pronome, verbo. Formas de tratamento, tipos de discursos, correspondência oficial. Redação com tema a ser definido na prova. Prova de conhecimentos em Cooperativismo: O SESCOOP: fundamentação legal, estrutura, finalidades. Símbolos do Cooperativismo. Princípios do cooperativismo. Ramos do Cooperativismo Brasileiro. História do Cooperativismo Internacional. História do Cooperativismo no Brasil. História do Cooperativismo no Paraná. Órgãos de Representação Paranaense, Nacional e Internacional do Cooperativismo. Legislação Cooperativista. Programa de Autogestão das Cooperativas Brasileiras Objetos de avaliação das provas por cargo (CONTRATAÇÃO IMEDIATA): a) Cargo: Designer Gráfico Desenvolvimento de materiais gráficos. Projetos gráficos para materiais impressos e digitais (web) como revistas, jornais, boletins, folders, banners, etc., Editoração de textos. Criação de layouts com texto, gráficos, fotografias e outros elementos gráficos. Criação de marcas e logotipos. Gerenciamento da aplicação da identidade visual. Desenvolver a estética visual e funcionalidade de anúncios, programas. b) Cargo: Analista de Sistemas RACIOCÍNIO LÓGICO: 1 Estruturas lógicas. 2 Lógica de argumentação: analogias, Inferências, deduções e conclusões. 3 Lógica sentencial (ou proposicional). 3.1 Proposições simples e compostas. 3.2 Tabelas verdade. 3.3 Equivalências. 3.4 Leis de De Morgan. 3.5 Diagramas lógicos. 4 Lógica de primeira ordem. 5 Princípios de contagem e probabilidade. 6 Operações com conjuntos. 7 Raciocínio lógico envolvendo problemas aritméticos, geométricos e matriciais. II ENGENHARIA DE SOFTWARE: 1 Conceitos gerais e disciplinas de engenharia de software. 2 Ciclo de vida de software. 3 Análise e projeto orientado a objetos com UML. 4 Análise de requisitos funcionais e não-funcionais. 5 Modelagem orientada a objetos. 6 Padrões de projeto. 7 Modelagem de dados. 8 Processos de desenvolvimento de software. 8.1 Processo interativo e incremental. 8.2 Processos e práticas ágeis de desenvolvimento de software. 10 Domain-driven Design (DDD). 11 Qualidade de software Norma ISO Métricas de qualidade: coesão e acoplamento. III DESENVOLVIMENTO: 1 Fundamentos: lógica de programação; Operadores e expressões, Estruturas de controle, seleção, repetição e desvio. Estruturas de dados; métodos de ordenação, pesquisa e hashing, estrutura de arquivos; paradigmas de programação; programação orientada a objetos. 2 Linguagem e ambientes de programação: Java. 3 Desenvolvimento de sistemas web: HTML/HTML5, CSS3, Javascript, XML/XSD, JSON. 4 Conceitos de Testes: verificação e validação, tipos de teste (unidade, integração, sistema/funcional, aceitação, carga, desempenho, vulnerabilidade, usabilidade). 5 Sistemas de Gerenciamento de Banco de Dados Relacional. 5.1 Modelo lógico. 5.2 Modelo físico. 5.3 Linguagem SQL. 6 Arquitetura Java. 7 Servidor de aplicação GlassFish. 8 IDE Eclipse Práticas ágeis. 10 Subversion (SVN). 11 Frameworks: JSF e Struts 12 PrimeFaces 13 Arquitetura em três camadas, modelo MVC IV ACESSIBILIDADE E ENGENHARIA DE USABILIDADE: 1 Engenharia de usabilidade. 1.1 Conceitos básicos. 1.2 Critérios, recomendações e guias de estilo, utilização de Folhas de Estilo (CSS). 1.3 Análise de requisitos de usabilidade. 1.4 Concepção, projeto e implementação de interfaces. 2 Acessibilidade: recomendações de acessibilidade para construção e adaptação de conteúdos do governo brasileiro na internet. V BANCO DE DADOS: 1 Sistemas de Gerenciamento de Banco de Dados (SGBD). 2 Consultas Transact SQL SERVER (DML Data Manipulation Language) 3 Cláusulas (SELECT, FROM, WHERE, GROUP BY, HAVING, ORDER BY, DISTINCT e UNION) 4 Operadores Lógicos (AND, OR e NOT) 5 Operadores relacionais (<,>, <=, >=, =, <>, BETWEEN, LIKE e IN) 6 Funções de agregação (AVG, COUNT, SUM, MAX, MIN). c) Cargo: Assessor Administrativo Teoria Geral da Administração: Fundamentos da Administração. Orçamento: elaboração, controle e acompanhamento. Licitações e contratos no Sistema S. Licitações e contratos 17

18 conforme a Lei 8.666/93. Controle e acompanhamento de Contratos. Compras, coletas de preço, estoques. Elaboração e formalização de processos licitatórios. Formalização dos processos de compras envolvendo: Recebimento da requisição; Verificação da dotação orçamentária; Realização da cotação de preços; Preenchimento do mapa de coleta de preços; Recebimento e conferência os produtos; Encaminhamento dos produtos para o setor solicitante; Encaminhamento da NF para programação de pagamento. d) Cargo: Assessor de Planejamento Planejamento estratégico. Planos de metas e indicadores estratégicos. Recolhimento previdenciária de cooperativas (outras entidades, GPS, FPAS, GFIP, SEFIP, etc). Elaboração e acompanhamento orçamentário. Elaboração do Relatório de Gestão. Assessoramento na estruturação, monitoramento, gerenciamento e avaliação do Plano de Metas das áreas. e) Cargo: Analista de Desenvolvimento Humano Controle de projetos de Gestão de Pessoas. Processos da área de Gestão de Pessoas. Planejamento Operacional em Gestão de Pessoas. Teorias administrativas e conceitos de Organização. Treinamentos para o desenvolvimento técnico e intelectual. Responsabilidade Social. Projeto Organizacional e departamentalização. Sistemas de informação. Eficiência, Eficácia e Efetividade. Planejamento de Projetos de Treinamento. Projetos de Treinamento para os níveis: estratégicos, tático e operacional. Projetos de Treinamento para Empregados e Associados de Cooperativas. Educação Cooperativista. f) Cargo: Assistente Técnico Raciocínio lógico: Estrutura lógica de relações entre pessoas, lugares, objetos ou eventos. Dedução de novas informações a partir de outras apresentadas. Análise, interpretação e utilização de dados apresentados em gráficos e tabelas. Estatística básica. Elaboração de relatórios. Correspondência comercial. Logística de eventos. Softwares: Microsoft Office, Corel, Dreamweaver, Photoshop, Flash. Organização de arquivos: Rotinas de Arquivamento Técnicas de arquivamento de documentos em geral e multimídia. Organização e limpeza do arquivo. Conservação do acervo. Noções de técnica de recuperação da informação. g) Cargo: Analista Técnico Especializado - GDH Análise de T&D; Cálculo e interpretação de indicadores de RH; avaliação de treinamento eficiência, eficácia e efetividade; liderança organizacional; ambiente organizacional; mudança organizacional; cultura organizacional; planejamento em treinamento; elaboração e análise de projetos regionais de treinamento; planejamento estratégico de cooperativas; gestão de pessoas; cenários e projeções de treinamentos e RH; administração de conflitos; universidade corporativa; segurança e medicina no trabalho; gerações X e Y nas organizações; Balanced Scorecard (BSC); entre outros. h) Cargo: Analista Técnico Especializado - GDA Analise de Balanço, Interpretação de indicadores de Gestão, analise da situação econômicofinanceira, grau de endividamento, capacidade operacional, ciclo financeiro avaliação de resultados, tesouraria, estrutura de capital, fontes de capital, capital de giro e necessidade de capital de giro, análise da viabilidade, geração de caixa, fluxo de caixa, orçamento, estrutura e etapas do planejamento estratégico, custo fixo, custo variável e ponto de equilíbrio Objetos de avaliação das provas por cargo (CADASTRO DE RESERVA): a) Cargo: Assessor Financeiro Noções de contabilidade geral e custos. Conciliação bancária e contábil. Contas a pagar e receber. Fluxo de caixa e rotinas administrativas. Emissão de nota fiscal, faturamento e arquivo 18

19 de documentos. Noções de matemática financeira. Noções de cálculo de juros simples e composto. Análise de documentos. Relatórios gerenciais. Pesquisas. Faturamento. Retenção e recolhimento de impostos e contribuições. Cálculo de tributos: IRPJ, CSLL, PIS, COFINS, ISS e INSS. Prescrição de dívidas. Negociação com fornecedores. Entrada e saída de notas fiscais. Baixa e liquidação de títulos. Cadastro e análise de crédito. Cálculos de juros de mora, multa, descontos. Prazo de pagamento. Protesto de cheques e duplicatas. Lançamentos em sistema gerencial. Conhecimento de sistemas integrados. b) Cargo: Analista de Recursos Humanos Rotina de RH, sendo: Rotinas de admissão (registro); Rotinas de demissão (RCT); Elaboração e conferência de folha de pagamento; Adiantamento quinzenal; Controle e confecção de guias/darfs para o recolhimento de encargos sociais da Folha de Salários (IRRF, PIS, IRRF Férias, FGTS, etc.); SEFIP/CAGED; Saúde e segurança do trabalho CIPA/PPRA/PCMSO, entre outros. c) Cargo: Assessor de Imprensa Comunicação. Editoração. Produção de textos jornalísticos. Fotojornalismo. Técnicas de entrevista. Elaboração de resumos, resenhas, textos para rádio e televisão. Conhecimentos básicos em edição para televisão e rádio. Organização de eventos e cerimonial. d) Cargo: Assessor Jurídico Direito Administrativo - Atos e Fatos Administrativos. Classificação dos Atos Administrativos. Elementos do Ato Administrativo. Vinculação e Discricionariedade do Ato Administrativo. Perfeição, Validade e eficácia dos Atos Administrativos. Atributos do Ato Administrativo. Teoria dos Motivos Determinantes. Formas de Extinção dos Atos Administrativos. Atos Administrativos Inválidos. Convalidação. Contratos Administrativos. Conceitos e Caracteres Jurídicos. As Diferentes Espécies de Contratos Administrativos. Os Convênios Administrativos. Formação dos Contratos Administrativos. Licitação: Conceito, princípios, fundamentos, modalidades e procedimentos. Lei n 8666/93 e demais alterações. Execução dos Contratos Administrativos. Inexecução sem culpa: Teoria da Imprevisão, caso Fortuito e Força maior, Fato do Príncipe, Fato da Administração, Extinção dos contratos Administrativos. Poderes Administrativos. Poder Hierárquico, Disciplinar e Normativo. Serviços Sociais Autônomos: Conceito, natureza Jurídica, finalidade; Receitas; Controle externo; Regulamento de licitações e contratos. Direito Constitucional - Constituição: conceito, objeto, elementos e classificações; Supremacia da Constituição; Controle de Constitucionalidade. Poder Constituinte: Características, poder constituinte originário, poder constituinte derivado. Eficácia e Aplicabilidade das Normas Constitucionais: Eficácia plena, contida e limitada. Direitos e deveres individuais e coletivos. Direito do Trabalho - Direito do trabalho: definição e fontes. Princípios do direito do trabalho. Contrato individual de trabalho: conceito, requisitos e classificação; Da Remuneração; Da Alteração; Da Suspensão e da Interrupção; Da Rescisão; Do Aviso Prévio. Da Proteção do Trabalho do Menor; Da duração do Trabalho; Da Admissão em Emprego e da Carteira de Trabalho e Previdência Social; Dos Deveres Dos Responsáveis Legais de Menores e dos Empregadores da Aprendizagem. Decreto n de 01 de dezembro de 2005: Regulamenta a contratação de aprendizes e dá outras providências. Direito Cooperativo - O SESCOOP: Medida Provisória n , de 24 de Agosto de 2001, Decreto n 3.017, de 06 de Abril de 1999 e respectivas atualizações. Estrutura, finalidades. Símbolos do Cooperativismo. Princípios do Cooperativismo. Ramos do Cooperativismo Brasileiro. História do Cooperativismo Internacional, no Brasil e no Paraná. Órgãos de Representação Paranaense, Nacional e Internacional do Cooperativismo. Da Sociedade Cooperativa; Lei 5764/1971: Da Política Nacional de Cooperativismo; Das Sociedades Cooperativas; Do Objetivo 19

20 e Classificação das Sociedades Cooperativas; Da Constituição das Sociedades Cooperativas; Da Autorização de Funcionamento; Do Estatuto Social; Dos Livros; Do Capital Social; Dos Fundos; Dos Associados; Dos Órgãos Sociais; Das Assembléias Gerais; Das Assembléias Gerais Ordinárias; Das Assembléias Gerais Extraordinárias; Dos Órgãos de Administração; Do Conselho Fiscal; Fusão, Incorporação e Desmembramento; Da Dissolução e Liquidação; Do Sistema Operacional das Cooperativas; Do Ato Cooperativo; Das Distribuições de Despesas; Das Operações da Cooperativa; Dos Prejuízos; Do Sistema Trabalhista; Da Fiscalização e Controle; Do Conselho Nacional de Cooperativismo; Dos Órgãos Governamentais; Da Representação do Sistema Cooperativista; Dos Estímulos Creditícios; Das Disposições Gerais e Transitórias. Diferença entre sociedades cooperativas e outras sociedades. Programa de Autogestão das Cooperativas Brasileiras. e) Cargo: Auxiliar de Serviços Gerais Procedimentos administrativos, de controle e segurança. Noções de arquivo. Noções de atendimento ao público. Manutenção e conservação predial. Controle e manutenção de veículos. f) Cargo: Assistente de Patrimônio Matemática básica: Números reais, inteiros e racionais. Operações. Regras de três simples e composta. Porcentagem. Compreensão e interpretação de texto. rotinas de controle de bens patrimoniais móveis e imóveis. Administração de patrimônio da empresa. Controle físico de patrimônio imobilizado: adições, baixas, transferências. Emissão de relatórios, inventários, conciliação contábil de bens que fazem parte do patrimônio da empresa. Levantamento, Emplaquetamento dos bens: máquinas, equipamentos, móveis e demais bens do ativo fixo. Lançamento e manutenção do patrimônio no sistema de controle. Rotina da área de patrimônio; inventario patrimonial; acompanhamento; controle de entrada e saída; descritivo técnico de cada bem patrimonial. g) Cargo: Analista de Desenvolvimento Cooperativista Interpretação de indicadores de Gestão, análise da situação econômico-financeira, grau de endividamento, capacidade operacional, ciclo financeiro, avaliação de resultados, tesouraria, análise da viabilidade e ponto de equilíbrio, fluxo de caixa, orçamento e planejamento. h) Cargo: Analista de Suporte RACIOCÍNIO LÓGICO: 1 Estruturas lógicas. 2 Lógica de argumentação: analogias, Inferências, deduções e conclusões. 3 Lógica sentencial (ou proposicional). 3.1 Proposições simples e compostas. 3.2 Tabelas verdade. 3.3 Equivalências. 3.4 Leis de De Morgan. 3.5 Diagramas lógicos. 4 Lógica de primeira ordem. 5 Princípios de contagem e probabilidade. 6 Operações com conjuntos. 7 Raciocínio lógico envolvendo problemas aritméticos, geométricos e matriciais. II GOVERNANÇA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO: 1 Componentes do modelo ITIL v Estratégia de serviços. 1.2 Projeto de serviços. 1.3 Transição. 1.4 Operação. 1.5 Melhoria contínua de serviços. 2 Processos ITIL v Central de serviços. 2.2 Gerência de configuração;. 2.3 Gerência de incidentes. 2.4 Gerência de eventos. 2.5 Gerência de mudanças. 2.6 Gerência de problemas. 3 Continuidade de serviços de TI. 3.1 Análise de impacto. 3.2 Análise de vulnerabilidade. 3.3 Plano de Recuperação de Desastres. 4 Operação de serviços de TI. 4.1 Programação e execução dos Serviços. 4.2 Monitoração dos serviços. II COMPUTADORES PESSOAIS: 1 Sistemas operacionais Windows bits e Windows bits: funções básicas, sistema de arquivos NTFS, gerenciamento de memória, instalação, configuração, manutenção, análise de desempenho, serviços de terminal, contas e grupos de usuários, compartilhamento de pastas e permissões, serviços de impressão, gerenciamento de discos. 2 Microsoft System Center Configuration Manager versão 2012: criação e distribuição de pacotes e aplicações de instalação automática de software, criação e distribuição de imagens, geração de relatórios de inventário de software e hardware, geração de relatórios de uso de software 20

COMUNICADO Nº 01 07/08/2011 Processo Seletivo SEBRAE Nacional nº 02/2011 SÍNTESE DAS VAGAS

COMUNICADO Nº 01 07/08/2011 Processo Seletivo SEBRAE Nacional nº 02/2011 SÍNTESE DAS VAGAS COMUNICADO Nº 01 07/08/2011 Processo Seletivo SEBRAE Nacional nº 02/2011 SÍNTESE DAS VAGAS IMPORTANTE: 1. Este documento não substitui o Comunicado 01 e constitui-se em mera síntese para divulgação das

Leia mais

INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL INSS

INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL INSS INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL INSS ANALISTA DO SEGURO SOCIAL CONHECIMENTOS BÁSICOS VOLUME I ÍNDICE Língua Portuguesa 1 Compreensão e interpretação de textos.... 1 2 Tipologia textual.... 10 3 Ortografia

Leia mais

SEGUE EDITAL VERTICALIZADO PARA O CONCURSO DE AGENTE ADMINISTRATIVO DA POLÍCIA FEDERAL

SEGUE EDITAL VERTICALIZADO PARA O CONCURSO DE AGENTE ADMINISTRATIVO DA POLÍCIA FEDERAL SEGUE EDITAL VERTICALIZADO PARA O CONCURSO DE AGENTE ADMINISTRATIVO DA POLÍCIA FEDERAL 13 DOS OBJETOS DE AVALIAÇÃO (HABILIDADES E CONHECIMENTOS) 13.1 HABILIDADES 13.1.1 Os itens das provas poderão avaliar

Leia mais

CONTADOR (A) (Cód.713)

CONTADOR (A) (Cód.713) CONTADOR (A) (Cód.713) Para trabalhar em empresa de médio porte prestadora de serviços Atividades a serem desenvolvidas: Atuar como responsável na legalização da empresa, elaboração de contrato social,

Leia mais

MD CONSULTORIA EM RECURSOS HUMANOS SITE WWW.MDRH.COM.BR E-MAIL MDRH@MDRH.COM.BR TELEFONE 49 3323 5804 CADASTRO TOTALMENTE GRATUITO

MD CONSULTORIA EM RECURSOS HUMANOS SITE WWW.MDRH.COM.BR E-MAIL MDRH@MDRH.COM.BR TELEFONE 49 3323 5804 CADASTRO TOTALMENTE GRATUITO SELECIONA: Farmacêutico Descrição: Para responder tecnicamente pela distribuição dos medicamentos, auxiliar os representantes nas orientações necessárias, auxiliar os clientes, fornecer treinamentos quanto

Leia mais

INTERESSADOS DEVERÃO CADASTRAR CURRICULO GRATUITAMENTE EM NOSSO SITE WWW.MDRH.COM.BR MAIS INFORMAÇÕES TELEFONE 49-3323 5804

INTERESSADOS DEVERÃO CADASTRAR CURRICULO GRATUITAMENTE EM NOSSO SITE WWW.MDRH.COM.BR MAIS INFORMAÇÕES TELEFONE 49-3323 5804 Gerente Administrativo - Chapecó/SC Tipo de contrato: Indiferente Descrição: Atuará na área administrativa/ financeira na negociação com bancos, controle de contas, liberação de pagamentos,financiamentos.

Leia mais

1. Requisitos para participação no processo seletivo:

1. Requisitos para participação no processo seletivo: O Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Estado de Mato Grosso, CNPJ Nº. 03.534.450/0001-52, situado na Avenida Historiador Rubens de Mendonça, 3999- Bairro: CPA na cidade de Cuiabá-MT, torna

Leia mais

ANEXO III QUADRO DOS REQUISITOS DE PROVIMENTO, REMUNERAÇÃO E ATRIBUIÇÕES DOS EMPREGADOS PÚBLICOS. Requisitos Salário Bruto* Atribuições

ANEXO III QUADRO DOS REQUISITOS DE PROVIMENTO, REMUNERAÇÃO E ATRIBUIÇÕES DOS EMPREGADOS PÚBLICOS. Requisitos Salário Bruto* Atribuições ANEXO III QUADRO DOS REQUISITOS DE PROVIMENTO, REMUNERAÇÃO E ATRIBUIÇÕES DOS EMPREGADOS PÚBLICOS Secretário Executivo Carga horária 40 h/sanais Cargo Provimento cinco R$ 16.000,00 Assessoria ao liberações

Leia mais

UNI-FACEF - CONCURSO PÚBLICO EDITAL UNI-FACEF Nº 01/2005

UNI-FACEF - CONCURSO PÚBLICO EDITAL UNI-FACEF Nº 01/2005 UNI-FACEF - CONCURSO PÚBLICO EDITAL UNI-FACEF Nº 01/2005 A Reitora do Uni-FACEF Centro Universitário de Franca faz saber que fará realizar Concurso Público para formação de cadastro de reserva e preenchimento

Leia mais

PROGRAMA TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL

PROGRAMA TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL LÍNGUA PORTUGUESA Compreensão e interpretação de textos Tipologia textual Ortografia oficial Acentuação gráfica Emprego das classes de palavras Emprego do sinal indicativo de crase Sintaxe da oração e

Leia mais

AGÊNCIA NACIONAL DE SAÚDE SUPLEMENTAR (ANS) EDITAL Nº 1, DE 2 DE OUTUBRO DE 2015 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO

AGÊNCIA NACIONAL DE SAÚDE SUPLEMENTAR (ANS) EDITAL Nº 1, DE 2 DE OUTUBRO DE 2015 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO AGÊNCIA NACIONAL DE SAÚDE SUPLEMENTAR (ANS) EDITAL Nº 1, DE 2 DE OUTUBRO DE 2015 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PROVIMENTO DE VAGAS EM CARGOS TEMPORÁRIOS DE NÍVEL SUPERIOR, COM LOTAÇÃO NA SEDE DA ANS NO

Leia mais

oposição por parte dos novos servidores (art. 40, 4º, 5º e 7º, da Lei Complementar Estadual nº 234/2002, com redação implementada pela Lei

oposição por parte dos novos servidores (art. 40, 4º, 5º e 7º, da Lei Complementar Estadual nº 234/2002, com redação implementada pela Lei TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE VAGAS E FORMAÇÃO DE CADASTRO DE RESERVA EM CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR E DE NÍVEL MÉDIO EDITAL Nº 1 TJ/ES, DE 16 DE DEZEMBRO

Leia mais

CADASTRE SEU CURRICULO GRATUITAMENTE EM NOSSO SITE WWW.MDRH.COM.BR E PARTICIPE DOS PROCESSOS DE SELEÇÃO!! TELEFONE: (49) 3323 5804

CADASTRE SEU CURRICULO GRATUITAMENTE EM NOSSO SITE WWW.MDRH.COM.BR E PARTICIPE DOS PROCESSOS DE SELEÇÃO!! TELEFONE: (49) 3323 5804 Vistoriador - Chapecó/SC Tipo de contrato: Indiferente Remuneração: R$ 1000.00 Benefícios: horas extras/folga, plano de saúde Unimed (após experiência), bonificações conforme produção. Descrição: Realizar

Leia mais

Português - Prof. Alexandre Soares

Português - Prof. Alexandre Soares Olá Concurseiro! Estamos lançando PACOTE COMPLETO de disciplinas voltadas ao Concurso da POLÍCIA FEDERAL 2013/2014. As aulas foram elaboradas com base no EDITAL Nº 28 DGP/DPF, DE 20 DE NOVEMBRO DE 2013.

Leia mais

EDITAL N 01/2014 DE 20 DE MAIO DE 2014 PROCESSO SELETIVO EXTERNO

EDITAL N 01/2014 DE 20 DE MAIO DE 2014 PROCESSO SELETIVO EXTERNO ANEXO I EDITAL N /24 DE 20 DE MAIO DE 24 PROCESSO SELETIVO EXTERNO UNIDADE TERESINA CÓDIGO CARGO (PROFISSIONAL) A- Assessor Técnico III Pedagógico) A-02 Assessor Técnico III Pedagógico Segmento Gastronomia)

Leia mais

PROGRAMA BÁSICO - MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO

PROGRAMA BÁSICO - MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO PROGRAMA BÁSICO - MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO LÍNGUA PORTUGUESA Compreensão e interpretação de textos Tipologia textual Ortografia oficial Acentuação gráfica Emprego das classes de palavras Emprego do

Leia mais

ANEXO IV MANUAL DE PRESTAÇÃO DE CONTAS REFERENTE À CONCESSÃO DE PATROCÍNIO. Lei 12.378 de 31/12/2010 Conselho de Arquitetura e Urbanismo

ANEXO IV MANUAL DE PRESTAÇÃO DE CONTAS REFERENTE À CONCESSÃO DE PATROCÍNIO. Lei 12.378 de 31/12/2010 Conselho de Arquitetura e Urbanismo ANEXO IV MANUAL DE PRESTAÇÃO DE CONTAS REFERENTE À CONCESSÃO DE PATROCÍNIO Lei 12.378 de 31/12/2010 Conselho de Arquitetura e Urbanismo Resolução nº 23 de 04/05/12 CAU/BR Portaria Interministerial Nº 507

Leia mais

UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA UNB CENTRO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA CEAD-UNB PROCESSO SIMPLIFICADO DE SELEÇÃO CHAMADA PÚBLICA Nº 03/2014 CEAD-UNB

UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA UNB CENTRO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA CEAD-UNB PROCESSO SIMPLIFICADO DE SELEÇÃO CHAMADA PÚBLICA Nº 03/2014 CEAD-UNB UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA UNB CENTRO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA CEAD-UNB PROCESSO SIMPLIFICADO DE SELEÇÃO CHAMADA PÚBLICA Nº 03/2014 CEAD-UNB A Diretora do Centro de Educação a Distância da Universidade de

Leia mais

Redação um de texto dissertativo, de ate 30 linhas, a respeito de um tema relacionado aos conhecimentos específicos dos respectivos cargos

Redação um de texto dissertativo, de ate 30 linhas, a respeito de um tema relacionado aos conhecimentos específicos dos respectivos cargos MPOG - Cargo: Analista de Tecnologia da Informação 2015 Inscrições Data: 16/06/2015 a 06/07/2015 Observação:Via GRU Confirmação de Inscrição: Até dia 29/07/2015. Provas Data de aplicação: 30 de agosto

Leia mais

ÁREA: CONTÁBIL / FISCAL / ADM / RH / ECONOMIA / PUBLICIDADE

ÁREA: CONTÁBIL / FISCAL / ADM / RH / ECONOMIA / PUBLICIDADE ÁREA: CONTÁBIL / FISCAL / ADM / RH / ECONOMIA / PUBLICIDADE AUX. ADMINISTRATIVO Escolaridade: Superior em Administração, Ciências Contábeis e/ou áreas afins Experiência: Necessário experiência com lançamentos

Leia mais

NÍVEL ESTRATÉGICO 1. PLENARIA

NÍVEL ESTRATÉGICO 1. PLENARIA NÍVEL ESTRATÉGICO 1. PLENARIA Reunião dos Conselheiros eleitos, com o fim de deliberação.- O Plenário do Conselho Regional reunirse-á ordinariamente, pelo menos, uma vez por ano e, extraordinariamente

Leia mais

Manual do Candidato PROCESSO SELETIVO DE INVERNO 2013 CURSOS:

Manual do Candidato PROCESSO SELETIVO DE INVERNO 2013 CURSOS: Manual do Candidato PROCESSO SELETIVO DE INVERNO 2013 CURSOS: Bacharelado em Sistemas de Informação (Reconhecido pela Portaria MEC nº 315 D.O.U. 31/12/2012) Bacharelado em Administração de Empresas (Reconhecido

Leia mais

ÍNDICE Volume 1 CONHECIMENTOS GERAIS

ÍNDICE Volume 1 CONHECIMENTOS GERAIS Tribunal de Contas dos Municípios do Estado de Goiás TCE/GO Auditor de Controle Externo Área Controle Externo ÍNDICE Volume 1 CONHECIMENTOS GERAIS Língua Portuguesa Ortografia oficial... 01 Acentuação

Leia mais

ANEXO I - EDITAL Nº 9/2013

ANEXO I - EDITAL Nº 9/2013 Página 1 de 5 ANEXO I - EDITAL Nº 9/2013 O SERVIÇO SOCIAL DO COMÉRCIO SESC/RN, representado por sua Administração Regional no Estado do Rio Grande do Norte, torna público, para o conhecimento de quantos

Leia mais

INTHEGRA TALENTOS HUMANOS CONTRATA-SE URGENTE!!!

INTHEGRA TALENTOS HUMANOS CONTRATA-SE URGENTE!!! INTHEGRA TALENTOS HUMANOS CONTRATA-SE URGENTE!!! Acesse e Cadastre-se: www.inthegrath.com.br OPERADORA DE CAIXA (Loja) - ITH 3390: Ensino Médio Completo Informática: Word e Excel Atividades: Operar caixa,

Leia mais

AVISO DE SELEÇÃO Nº 07/2015

AVISO DE SELEÇÃO Nº 07/2015 AVISO DE SELEÇÃO Nº 07/2015 O SENAI Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial do Ceará realiza processo seletivo de profissionais para atuação em Fortaleza/CE e Maracanaú/CE. Os candidatos selecionados

Leia mais

ANEXO I DA CÂMARA MUNICIPAL DE ANDRADINA DOS PROGRAMAS E DAS BIBLIOGRAFIAS REFERENTES ÀS PROVAS A SEREM APLICADAS.

ANEXO I DA CÂMARA MUNICIPAL DE ANDRADINA DOS PROGRAMAS E DAS BIBLIOGRAFIAS REFERENTES ÀS PROVAS A SEREM APLICADAS. ANEXO I DA CÂMARA MUNICIPAL DE ANDRADINA DOS PROGRAMAS E DAS BIBLIOGRAFIAS REFERENTES ÀS PROVAS A SEREM APLICADAS. Os itens das provas objetivas avaliarão habilidades mentais que vão além do mero conhecimento

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 1.032, DE 30 DE MARÇO DE 2011

RESOLUÇÃO Nº 1.032, DE 30 DE MARÇO DE 2011 RESOLUÇÃO Nº 1.032, DE 30 DE MARÇO DE 2011 Dispõe sobre a celebração de convênios entre os Creas e as entidades de classe e as instituições de ensino e dá outras providências. O CONSELHO FEDERAL DE ENGENHARIA,

Leia mais

Operador II Remuneração: Benefícios: Descrição: Requisitos: Ref.: Assistente Administrativo Remuneração: Descrição: Requisitos: Ref.

Operador II Remuneração: Benefícios: Descrição: Requisitos: Ref.: Assistente Administrativo Remuneração: Descrição: Requisitos: Ref. Operador II Remuneração: R$ 1212.00 Ticket alimentação mensal 367,00 (Unimed + saúde Bradesco + Funcional Card) + Convênio com Farmácia, remuneração variável semestral Descrição: Atuar no setor produtivo

Leia mais

TRANSPORTADORA BRASILEIRA GASODUTO BOLÍVIA-BRASIL S.A

TRANSPORTADORA BRASILEIRA GASODUTO BOLÍVIA-BRASIL S.A TRANSPORTADORA BRASILEIRA GASODUTO BOLÍVIABRASIL S.A. TBG PROCESSO SELETIVO PÚBLICO PARA FORMAÇÃO DE CADASTRO DE RESERVA EM CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR E NÍVEL MÉDIO Edital PSPGEPE01/2007 De 16/10/2007 A

Leia mais

Remuneração: R$ 1500,00 até 2000,00

Remuneração: R$ 1500,00 até 2000,00 TÉCNICO EM SEGURANÇA DO TRABALHO (4 HORAS) - CHAPECÓ/SC Benefícios: Refeitório Transporte Plano de Saúde da Unimed Descrição: Treinamentos (de acordo com a necessidade da empresa). 2- Verificação de elaboração

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DE ATUAÇÃO DA DIRETORIA EXECUTIVA DA FUNDAÇÃO UNIPLAC DA NATUREZA, FINALIDADE E COMPOSIÇÃO

REGIMENTO INTERNO DE ATUAÇÃO DA DIRETORIA EXECUTIVA DA FUNDAÇÃO UNIPLAC DA NATUREZA, FINALIDADE E COMPOSIÇÃO REGIMENTO INTERNO DE ATUAÇÃO DA DIRETORIA EXECUTIVA DA FUNDAÇÃO UNIPLAC DA NATUREZA, FINALIDADE E COMPOSIÇÃO Art. 1º A Diretoria Executiva, subordinada ao Presidente da Fundação, é responsável pelas atividades

Leia mais

PLANO DE CURSO PERFIL PROFISSIONAL

PLANO DE CURSO PERFIL PROFISSIONAL NOME DO CURSO 1522 - AUXILIAR ADMINISTRATIVO OCUPAÇÃO ASSISTENTE ADMINISTRATIVO MODALIDADE 21 - QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL BÁSICA - FORM. INICIAL CBO 4110100 CARGA HORÁRIA TOTAL 240 h OBJETIVO GERAL Executar

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA... 2 CONHECIMENTOS GERAIS PARA TODOS OS CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR - ANALISTA... 2 ANALISTA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL...

LÍNGUA PORTUGUESA... 2 CONHECIMENTOS GERAIS PARA TODOS OS CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR - ANALISTA... 2 ANALISTA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL... ANEXO III CONTEÚDO ANEXO III... 1 CONTEÚDO PROGRAMÁTICO... 2 CONTEÚDO COMUM PARA TODOS OS CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR... 2 LÍNGUA PORTUGUESA... 2 CONHECIMENTOS GERAIS PARA TODOS OS CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR

Leia mais

DECRETO Nº 14.407 DE 09 DE ABRIL DE 2013. Aprova o Regulamento do Sistema Financeiro e de Contabilidade do Estado, e dá outras providências.

DECRETO Nº 14.407 DE 09 DE ABRIL DE 2013. Aprova o Regulamento do Sistema Financeiro e de Contabilidade do Estado, e dá outras providências. DECRETO Nº 14.407 DE 09 DE ABRIL DE 2013 Aprova o Regulamento do Sistema Financeiro e de Contabilidade do Estado, e dá outras providências. (Publicado no DOE de 10 de abril de 2013) O GOVERNADOR DO ESTADO

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO. Secretaria dos Transportes Metropolitanos ESTRADA DE FERRO CAMPOS DO JORDÃO

GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO. Secretaria dos Transportes Metropolitanos ESTRADA DE FERRO CAMPOS DO JORDÃO AN EXO II I DE SCRI ÇÃO DOS CARGOS 1. DF - DIRETORIA FERROVIÁRIA 1.1 Analista Ferroviário (Expediente / Assistência Jurídica) Atividades de nível superior relacionadas com a preparação de correspondência

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE ÁGUAS FRIAS CONCURSO PÚBLICO EDITAL Nº 001/2015 ANEXO I ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS

PREFEITURA MUNICIPAL DE ÁGUAS FRIAS CONCURSO PÚBLICO EDITAL Nº 001/2015 ANEXO I ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS ANEXO I ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS ASSITENTE SOCIAL: Planejar, coordenar, controlar e avaliar programas e projetos na área do Serviço Social aplicados a indivíduos, grupos e comunidades. Elaborar e /ou participar

Leia mais

12/2014 792864/2013 SENAES/MTE CAMP

12/2014 792864/2013 SENAES/MTE CAMP Processo Seletivo Nº. 12/2014 Convênio Nº 792864/2013 SENAES/MTE CAMP Projeto: Fortalecimento e expansão das iniciativas de Fundos Solidários na Região Sul do Brasil. Processo Seletivo objetivando a contratação

Leia mais

PLANO DE DESENVOLVIMENTO DE RECURSOS HUMANOS DA FUNDAÇÃO MUNICIPAL DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO DE CANOAS CANOASTEC

PLANO DE DESENVOLVIMENTO DE RECURSOS HUMANOS DA FUNDAÇÃO MUNICIPAL DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO DE CANOAS CANOASTEC PLANO DE DESENVOLVIMENTO DE RECURSOS HUMANOS DA FUNDAÇÃO MUNICIPAL DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO DE CANOAS CANOASTEC Institui o Plano de Desenvolvimento de Recursos Humanos criando o Quadro

Leia mais

Cronograma de Atividades. Processo Seletivo Simplificado Edital 06/2015

Cronograma de Atividades. Processo Seletivo Simplificado Edital 06/2015 Cronograma de Atividades Processo Seletivo Simplificado Edital 06/2015 CRONOGRAMA ATIVIDADE DATAS Publicação de Extrato de Abertura de Inscrições 08 de abril de 2015 Período de Inscrições, Entrega de Títulos

Leia mais

MATRIZ DE COMPETÊNCIAS DO SECRETÁRIO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO

MATRIZ DE COMPETÊNCIAS DO SECRETÁRIO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO MATRIZ DE COMPETÊNCIAS DO SECRETÁRIO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO SECRETÁRIO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO (CJ-3) Área: Administrativa Unidade: Secretaria de Tecnologia da Informação

Leia mais

RESOLUÇÃO CREMERO Nº 02/2012

RESOLUÇÃO CREMERO Nº 02/2012 RESOLUÇÃO CREMERO Nº 02/2012 Alterar o Normativo de Pessoal Cargos de Livre Provimento criado pela Resolução 03/2009 No anexo I e anexo II. O Conselho Regional de Medicina do Estado de Rondônia - CREMERO,

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE ADMINISTRAÇÃO DE MINAS GERAIS RELATÓRIO DE AUDITORIA SOBRE CONTROLES INTERNOS REFERENTES AO EXERCÍCIO FINDO EM 31/DEZ.

CONSELHO REGIONAL DE ADMINISTRAÇÃO DE MINAS GERAIS RELATÓRIO DE AUDITORIA SOBRE CONTROLES INTERNOS REFERENTES AO EXERCÍCIO FINDO EM 31/DEZ. CONSELHO REGIONAL DE ADMINISTRAÇÃO DE MINAS GERAIS Belo Horizonte - MG RELATÓRIO DE AUDITORIA SOBRE CONTROLES INTERNOS REFERENTES AO EXERCÍCIO FINDO EM 31/DEZ./14 (1) INTRODUÇÃO Nossos trabalhos foram

Leia mais

Oportunidades de Trabalho

Oportunidades de Trabalho Oportunidades de Trabalho Não cobramos taxa de inscrição dos candidatos. Analista de Crédito - Xanxerê - Chapecó/SC Benefícios: Plano de saúde após contrato experiência. Descrição: Para atividades administrativas

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL SEÇÃO JUDICIÁRIA DO ESTADO DO AMAPÁ EDITAL PARA SELEÇÃO DE ESTAGIÁRIOS

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL SEÇÃO JUDICIÁRIA DO ESTADO DO AMAPÁ EDITAL PARA SELEÇÃO DE ESTAGIÁRIOS PODER JUDICIÁRIO FEDERAL SEÇÃO JUDICIÁRIA DO ESTADO DO AMAPÁ EDITAL PARA SELEÇÃO DE ESTAGIÁRIOS I. DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Edital nº. 002, de 04 de junho de 2014, que tem por finalidade seleção de estagiários

Leia mais

ANEXO I DETALHAMENTO DOS CARGOS/FUNÇÕES

ANEXO I DETALHAMENTO DOS CARGOS/FUNÇÕES ANEXO I DETALHAMENTO DOS CARGOS/FUNÇÕES CARGO EFETIVO/FUNÇÃO NÍVEL SUPERIOR CARGO: ANALISTA Função: Analista de Comunicação Social 1) Realizar atividades de comunicação interna e externa voltadas para

Leia mais

VAGAS NA AREA ADMINISTRATIVA

VAGAS NA AREA ADMINISTRATIVA VAGAS NA AREA ADMINISTRATIVA Aux. Administrativo (cálculos de seguros) Remuneração: R$ 1072,00 Benefícios: Seguro de vida, refeição, vale transporte. Descrição: Realizar cálculo de apólice de seguro. Segunda

Leia mais

ROTEIRO DE AUDITORIA DE CONTABILIDADE PÚBLICA

ROTEIRO DE AUDITORIA DE CONTABILIDADE PÚBLICA SISTEMA ORÇAMENTÁRIO 1 - RECEITAS 1.1 - Orçamento da Receita 1.2 - Receita Prevista 1.3 - Execução Orçamentária da Receita ROTEIRO DE AUDITORIA DE CONTABILIDADE PÚBLICA I - Verificar se os registros das

Leia mais

PROCESSO SELETIVO N 04-2010 PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOAL

PROCESSO SELETIVO N 04-2010 PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOAL PROCESSO SELETIVO N 04-2010 PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOAL A unidade nacional do Sescoop Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo, personalidade jurídica de direito privado, sem fins lucrativos,

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL CONSELHO DE ARQUITETURA E URBANISMO DO RIO GRANDE DO NORTE

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL CONSELHO DE ARQUITETURA E URBANISMO DO RIO GRANDE DO NORTE ATO NORMATIVO Nº 01, DE 28 DE MARÇO DE 2012. Institui o Normativo de Pessoal EMPREGO DE LIVRE PROVIMENTO E DEMISSÃO DE NÍVEL SUPERIOR, EMPREGOS TEMPORÁRIOS DE NÍVEL SUPERIOR E EMPREGOS TEMPORÁRIOS DE NÍVEL

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO SENAR/Administração Central EDITAL N.º 001/2011

EDITAL DE SELEÇÃO SENAR/Administração Central EDITAL N.º 001/2011 EDITAL DE SELEÇÃO SENAR/Administração Central EDITAL N.º 001/2011 O Serviço Nacional de Aprendizagem Rural SENAR, inscrita no CNPJ: 37.138.245/0001-90, com sede no SGAN 601, Módulo K, Ed. Antonio Ernesto

Leia mais

QUESTIONÁRIO DE PRÉ-SELEÇÃO. Márcio Tibiriçá (Currículo - Profissional) Data da última alteração: 04/12/2012. Pretensão salarial. Resumo do Currículo

QUESTIONÁRIO DE PRÉ-SELEÇÃO. Márcio Tibiriçá (Currículo - Profissional) Data da última alteração: 04/12/2012. Pretensão salarial. Resumo do Currículo QUESTIONÁRIO DE PRÉ-SELEÇÃO 1ª) Tem disponibilidade para trabalhar das 19h às 22h? Resposta: Sim Márcio Tibiriçá (Currículo - Profissional) Data da última alteração: 04/12/2012 Perfil do currículo: Profissional

Leia mais

PROCESSO SELETIVO SENAI 02/2013 INTERNO

PROCESSO SELETIVO SENAI 02/2013 INTERNO PROCESSO SELETIVO 02/2013 INTERNO O Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial, Departamento Regional da Paraíba, torna pública a realização do Processo Seletivo Nº 02/2013 INTERNO destinado a selecionar

Leia mais

A CRESCER RH dispõe de vagas em diversas áreas Interessando enviar currículo para. Endereço: Avenida Getulio Dorneles Vargas; 540 N 2ª andar - Centro.

A CRESCER RH dispõe de vagas em diversas áreas Interessando enviar currículo para. Endereço: Avenida Getulio Dorneles Vargas; 540 N 2ª andar - Centro. A CRESCER RH dispõe de vagas em diversas áreas Interessando enviar currículo para crescerh@crescerh.com.br e/ou realizar cadastro no site Endereço: Avenida Getulio Dorneles Vargas; 540 N 2ª andar - Centro.

Leia mais

Prefeitura Municipal de Farias Brito GOVERNO MUNICIPAL CNPJ n 07.595.572/0001-00

Prefeitura Municipal de Farias Brito GOVERNO MUNICIPAL CNPJ n 07.595.572/0001-00 ANEXO I PREGÃO Nº 2012.12.12.1 TERMO DE REFERÊNCIA Com a especificação dos serviços de assessoria, consultoria, execução contábil, justificativas, defesas e recursos de processos administrativos junto

Leia mais

Fundação Araucária Universidade Estadual do Centro-Oeste Pró-Reitoria de Recursos Humanos PRORH Diretoria de Concursos DIRCOAV

Fundação Araucária Universidade Estadual do Centro-Oeste Pró-Reitoria de Recursos Humanos PRORH Diretoria de Concursos DIRCOAV EDITAL Nº 081/2012-DIRCOAV/UNICENTRO ABERTURA DE TESTE SELETIVO PARA ADMISSÃO DE FUNCIONÁRIOS PARA A FUNDAÇÃO ARAUCÁRIA O Reitor, a Pró-Reitora de Recursos Humanos e a Diretora de Concursos da, UNICENTRO,

Leia mais

Edital de Abertura de Inscrição para o Programa Aprendiz da Prodeb.

Edital de Abertura de Inscrição para o Programa Aprendiz da Prodeb. Edital de Abertura de Inscrição para o Programa Aprendiz da Prodeb. O Presidente da Companhia de Processamento de Dados do Estado da Bahia PRODEB, no uso de suas atribuições, em conformidade com disposto

Leia mais

Nº OE Objetivos Estratégicos (OE) que se relacionam ao plano de capacitação 3

Nº OE Objetivos Estratégicos (OE) que se relacionam ao plano de capacitação 3 Nº OE Objetivos Estratégicos (OE) que se relacionam ao plano de capacitação 3 3 Investir no recrutamento, capacitação e desenvolvimento de seus profissionais. 7 7 Implementar ações de modernização administrativa

Leia mais

ÁREA: CONTÁBIL / FISCAL / ADM / RH / ECONOMIA / PUBLICIDADE

ÁREA: CONTÁBIL / FISCAL / ADM / RH / ECONOMIA / PUBLICIDADE ÁREA: CONTÁBIL / FISCAL / ADM / RH / ECONOMIA / PUBLICIDADE ACESSOR(A) ADMINISTRATIVO COMERCIAL Escolaridade: Ensino Superior completo em Administração e/ou Direito Experiência: Necessário experiência

Leia mais

Ementário e Bibliografia do curso de. Ciências Contábeis. Fase: II Carga Horária: 60h/a Créditos: 04

Ementário e Bibliografia do curso de. Ciências Contábeis. Fase: II Carga Horária: 60h/a Créditos: 04 01 - ADMINISTRAÇÃO Fase: II Carga Horária: 60h/a Créditos: 04 Introdução à Administração. Antecedentes históricos da Administração. Escolas de Administração. Administração e suas perspectivas. Variáveis

Leia mais

PODER EXECUTIVO ANEXO I ATRIBUIÇÕES DO CARGO DE ESPECIALISTA EM POLÍTICAS PÚBLICAS E GESTÃO GOVERNAMENTAL

PODER EXECUTIVO ANEXO I ATRIBUIÇÕES DO CARGO DE ESPECIALISTA EM POLÍTICAS PÚBLICAS E GESTÃO GOVERNAMENTAL ANEXO I ATRIBUIÇÕES DO CARGO DE ESPECIALISTA EM POLÍTICAS PÚBLICAS E GESTÃO GOVERNAMENTAL a) formulação, implantação e avaliação de políticas públicas voltadas para o desenvolvimento sócio-econômico e

Leia mais

TABELA DE CARGOS CARGOS DE NÍVEL MÉDIO VENCIMENTO BASE CARGA HORÁRIA SINTESE DAS ATIVIDADES TOTAL DE VAGAS REQUISITO

TABELA DE CARGOS CARGOS DE NÍVEL MÉDIO VENCIMENTO BASE CARGA HORÁRIA SINTESE DAS ATIVIDADES TOTAL DE VAGAS REQUISITO TABELA DE CARGOS CARGOS DE NÍVEL MÉDIO CARGO Assistente Operacional Assistente Administrativo PRÉ- REQUISITO completo completo TOTAL DE VAGAS VENCIMENTO BASE CARGA HORÁRIA 01 R$ 1.813,45 40 horas 02 R$

Leia mais

SOLUÇÕES IDEAIS PARA A GESTÃO PÚBLICA

SOLUÇÕES IDEAIS PARA A GESTÃO PÚBLICA SOLUÇÕES IDEAIS PARA A GESTÃO PÚBLICA A EMPRESA A Lexsom é uma empresa especializada em soluções de informática com atuação no mercado nacional desde 1989, tem como principal foco o desenvolvimento integrado

Leia mais

1. COMPETÊNCIAS DAS DIRETORIAS

1. COMPETÊNCIAS DAS DIRETORIAS 1. COMPETÊNCIAS DAS DIRETORIAS 1.1. Diretoria Executiva (DEX) À Diretora Executiva, além de planejar, organizar, coordenar, dirigir e controlar as atividades da Fundação, bem como cumprir e fazer cumprir

Leia mais

2. Classificar atos e fatos contábeis.

2. Classificar atos e fatos contábeis. MÓDULO II Qualificação Técnica de Nível Médio de ASSISTENTE FINANCEIRO II.1 PROCESSOS DE OPERAÇÕES CONTÁBEIS Função: Planejamento de Processos Contábeis 1. Interpretar os fundamentos e conceitos da contabilidade.

Leia mais

EDITAL N 01/2014 DE 20 DE MAIO DE 2014 PROCESSO SELETIVO EXTERNO CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

EDITAL N 01/2014 DE 20 DE MAIO DE 2014 PROCESSO SELETIVO EXTERNO CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANEXO II EDITAL N 01/2014 DE 20 DE MAIO DE 2014 PROCESSO SELETIVO EXTERNO CONTEÚDO PROGRAMÁTICO A-01 - ASSESSOR TECNICO III - COORDENADOR/SUPERVISOR PEDAGOGICO; A-02 - ASSESSOR TECNICO III - COORDENADOR/SUPERVISOR

Leia mais

A PREFEITA DO MUNICÍPIO DE CONTAGEM

A PREFEITA DO MUNICÍPIO DE CONTAGEM DECRETO nº 1098, de 12 de fevereiro de 2009 Dispõe sobre alocação, denominação e atribuições dos órgãos que compõem a estrutura organizacional do Gabinete da Prefeita e dá outras providências. A PREFEITA

Leia mais

ANEXO II CONTEÚDO PROGRAMÁTICO CONTEÚDOS GERAIS

ANEXO II CONTEÚDO PROGRAMÁTICO CONTEÚDOS GERAIS SERVIÇO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS DO ESTADO DE RONDÔNIA SEBRAE/RO COMUNICADO Nº 01/2015 ABERTURA DE NOVAS INSCRIÇÕES, MIGRAÇÃO DE INSCRIÇÃO E RESSARCIMENTO. Cargos de Analista Técnico I e II

Leia mais

CONTRATAÇÃO DE SERVIÇO DE CONTABILIDADE = TERMO DE REFERÊNCIA = PROCESSO SELETIVO

CONTRATAÇÃO DE SERVIÇO DE CONTABILIDADE = TERMO DE REFERÊNCIA = PROCESSO SELETIVO CONTRATAÇÃO DE SERVIÇO DE CONTABILIDADE = TERMO DE REFERÊNCIA = PROCESSO SELETIVO IADH JULHO / 2012 1. INTRODUÇÃO 1.1. Este Termo de Referência visa orientar a contratação de empresa especializados de

Leia mais

INTHEGRA TALENTOS HUMANOS

INTHEGRA TALENTOS HUMANOS INTHEGRA TALENTOS HUMANOS OPORTUNIDADES DE TRABALHO Acesse e Cadastre-se: www.inthegrath.com.br RUA GENERAL OSORIO, 97 FUNDINHO 34-3234-6400 Analista Contábil (ITH 3173): Cursando Superior em Ciências

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO E CONTRATAÇÃO UTRAMIG / Nº 01 / 2012. Processo de Seleção e Contratação de Profissionais

EDITAL DE SELEÇÃO E CONTRATAÇÃO UTRAMIG / Nº 01 / 2012. Processo de Seleção e Contratação de Profissionais EDITAL DE SELEÇÃO E CONTRATAÇÃO UTRAMIG / Nº 01 / 2012 1 Processo de Seleção e Contratação de Profissionais A em atendimento ao Plano de Trabalho do Convênio de Cooperação Financeira n 044/2012, comunica

Leia mais

Código: MAP-DIINF-003 Versão: 00 Data de Emissão: 0101/2013 Elaborado por: Gerência de Comunicação

Código: MAP-DIINF-003 Versão: 00 Data de Emissão: 0101/2013 Elaborado por: Gerência de Comunicação Código: MAP-DIINF-003 Versão: 00 Data de Emissão: 0101/2013 Elaborado por: Gerência de Comunicação Aprovado por: Diretoria de Informação Institucional 1 OBJETIVO Definir e padronizar os procedimentos referentes

Leia mais

Rua George Smith, 29 Lapa São Paulo SP CEP 05074-010 Telefone/Fax: 55.11.3837-000 www.qualityassociados.com.br

Rua George Smith, 29 Lapa São Paulo SP CEP 05074-010 Telefone/Fax: 55.11.3837-000 www.qualityassociados.com.br Rua George Smith, 29 Lapa São Paulo SP CEP 05074-010 Telefone/Fax: 55.11.3837-000 A empresa Rua George Smith, 29 Lapa São Paulo SP CEP 05074-010 Telefone/Fax: 55.11.3837-000 A Quality Associados foi criada

Leia mais

COMUNICADO DE ABERTURA DO PROCESSO SELETIVO Nº 001/2015 PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOAL E FORMAÇÃO DE CADASTRO DE RESERVA

COMUNICADO DE ABERTURA DO PROCESSO SELETIVO Nº 001/2015 PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOAL E FORMAÇÃO DE CADASTRO DE RESERVA COMUNICADO DE ABERTURA DO PROCESSO SELETIVO Nº 00/205 PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOAL E FORMAÇÃO DE CADASTRO DE RESERVA O SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM DO COOPERATIVISMO NO ESTADO DE GOIÁS - SESCOOP/GO,

Leia mais

PROCESSO SIMPLIFICADO DE SELEÇÃO CHAMADA PÚBLICA Nº 005/2013 CEAD-UNB

PROCESSO SIMPLIFICADO DE SELEÇÃO CHAMADA PÚBLICA Nº 005/2013 CEAD-UNB UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA - UNB Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira CENTRO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA CEAD-UNB PROCESSO SIMPLIFICADO DE SELEÇÃO CHAMADA PÚBLICA Nº 005/2013

Leia mais

PROCESSO SELETIVO PARA A FUNÇÃO DE ESTAGIÁRIOS DA CÂMARA MUNICIPAL DE ALFENAS EDITAL Nº 01/2015

PROCESSO SELETIVO PARA A FUNÇÃO DE ESTAGIÁRIOS DA CÂMARA MUNICIPAL DE ALFENAS EDITAL Nº 01/2015 PROCESSO SELETIVO PARA A FUNÇÃO DE ESTAGIÁRIOS DA CÂMARA MUNICIPAL DE ALFENAS EDITAL Nº 01/2015 O Presidente da Câmara Municipal de Alfenas, Enéias Ferreira de Rezende, no uso de suas atribuições, torna

Leia mais

AVISO DE RETIFICAÇÃO II CREDENCIAMENTO N.º 502/2009

AVISO DE RETIFICAÇÃO II CREDENCIAMENTO N.º 502/2009 AVISO DE RETIFICAÇÃO II CREDENCIAMENTO N.º 502/2009 O SESI/SENAI - PR, torna pública a RETIFICAÇÃO referente ao Edital de CREDENCIAMENTO N.º 502/2009, conforme segue: Fica Incluído no ANEXO III - ÁREAS

Leia mais

Vendedor Externo - Chapecó/SC Tipo de contrato: Remuneração: Benefícios: Descrição: Turno: Requisitos: Ref.:

Vendedor Externo - Chapecó/SC Tipo de contrato: Remuneração: Benefícios: Descrição: Turno: Requisitos: Ref.: Vendedor Externo - Chapecó/SC Fixo de 900,00, ajuda de custo, comissão de 8% sobre as vendas, diária de 70,00. Descrição: Vendedor externo. Fará viagens para o interior de São Paulo e interior de Minas

Leia mais

Ciências Contábeis. Fase: II Carga Horária: 60h/a Créditos: 04

Ciências Contábeis. Fase: II Carga Horária: 60h/a Créditos: 04 01 - ADMINISTRAÇÃO Fase: II Carga Horária: 60h/a Créditos: 04 Introdução à Administração. Antecedentes históricos da Administração. Escolas de Administração. Administração e suas perspectivas. Variáveis

Leia mais

ÁREA: CONTÁBIL / FISCAL / ADM / RH / ECONOMIA / PUBLICIDADE

ÁREA: CONTÁBIL / FISCAL / ADM / RH / ECONOMIA / PUBLICIDADE Cadastre seu currículo em nosso site Valores de cadastro: R$ 25,00 (nível fundamental /médio /técnico) R$ 30,00 (nível superior (em andamento ou concluído)) Informações: (49) 3329.6218 ÁREA: CONTÁBIL /

Leia mais

DESCRITIVO DE VAGA (S) Local: SESC C. Grande/MS

DESCRITIVO DE VAGA (S) Local: SESC C. Grande/MS DESCRITIVO DE VAGA (S) Local: SESC C. Grande/MS O SESC/MS torna público que, nos termos da Resolução SESC nº 1163/2008, está aberto processo seletivo para contratação de pessoal, nos termos e condições

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE UERN PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E FINANÇAS - PROPLAN

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE UERN PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E FINANÇAS - PROPLAN UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE UERN PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E FINANÇAS - PROPLAN ROTINAS ADMINISTRATIVAS PROPLAN SETOR: Pró-Reitoria CARGO: Docente / TNS FUNÇÃO: Pró-Reitor

Leia mais

RESOLUÇÃO CRP-16 N.º 002 de 18 de Fevereiro de 2006

RESOLUÇÃO CRP-16 N.º 002 de 18 de Fevereiro de 2006 RESOLUÇÃO CRP-16 N.º 002 de 18 de Fevereiro de 2006 Altera o quadro organizacional do CRP-16, acrescentando cargo de livre provimento ao grupo VII. O Conselho Regional de Psicologia da 16.ª Região (ES)

Leia mais

COMUNICADO DE PROCESSO SELETIVO SENAI DR/ES N 004/2015 11/01/2015

COMUNICADO DE PROCESSO SELETIVO SENAI DR/ES N 004/2015 11/01/2015 COMUNICADO DE PROCESSO SELETIVO SENAI DR/ES N 004/2015 11/01/2015 O SENAI Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial torna pública a realização de processo seletivo para provimento de vagas observados

Leia mais

FUNDAÇÃO PARQUE TECNOLÓGICO ITAIPU - BRASIL

FUNDAÇÃO PARQUE TECNOLÓGICO ITAIPU - BRASIL REGULAMENTO DO PROCESSO SELETIVO Nº 10.15 A FUNDAÇÃO PARQUE TECNOLÓGICO ITAIPU BRASIL (FPTI-BR) torna público que serão recebidas as inscrições para o Processo Seletivo nº 10.15 sob contratação em regime

Leia mais

EDITAL PROCESSO SELETIVO PARA TÉCNICO DE INFORMÁTICA SORRI-BAURU Julho de 2012

EDITAL PROCESSO SELETIVO PARA TÉCNICO DE INFORMÁTICA SORRI-BAURU Julho de 2012 EDITAL PROCESSO SELETIVO PARA TÉCNICO DE INFORMÁTICA SORRI-BAURU Julho de 2012 A SORRI BAURU, por meio de sua Diretoria Executiva convoca os interessados a participar do processo seletivo para a contratação

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO MUNICIPAL DE FRANCA - Uni-FACEF CONCURSO PÚBLICO PARA FUNCIONÁRIOS Nº 03/2015

CENTRO UNIVERSITÁRIO MUNICIPAL DE FRANCA - Uni-FACEF CONCURSO PÚBLICO PARA FUNCIONÁRIOS Nº 03/2015 CENTRO UNIVERSITÁRIO MUNICIPAL DE FRANCA - Uni-FACEF CONCURSO PÚBLICO PARA FUNCIONÁRIOS Nº 03/2015 O Reitor do Centro Universitário Municipal de Franca Uni-FACEF - faz saber aos interessados que fará realizar

Leia mais

Condições de Trabalho

Condições de Trabalho COMUNICADO DE PROCESSO SELETIVO Nº 0664-2012-01 INSTRUTOR DE PRÁTICAS PROFISSIONAIS - ATIVIDADES AVANÇADAS TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO / PRODUÇÃO DE SOFTWARE SENAI-SP A Diretoria de Recursos Humanos do SENAI-SP

Leia mais

PRIMEIRO ADENDO AO EDITAL CONCURSO PÚBLICO Nº 002/2015

PRIMEIRO ADENDO AO EDITAL CONCURSO PÚBLICO Nº 002/2015 PRIMEIRO ADENDO AO EDITAL CONCURSO PÚBLICO Nº 002/2015 A Prefeitura Municipal de Angatuba, Estado de São Paulo, por meio de sua Comissão Examinadora, vem tornar publico a Inclusão dos empregos abaixo especificados

Leia mais

Turma TCMRJ Técnico de Controle Externo 123 Módulo 1 4

Turma TCMRJ Técnico de Controle Externo 123 Módulo 1 4 Turma TCMRJ Técnico de Controle Externo 123 Módulo 1 4 Banca: SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO/RJ Edital SMA Nº 84/2010 (data da publicação: 27/09/2010) Carga horária (aulas presenciais): 126 horas

Leia mais

EDITAL DE RECRUTAMENTO E SELEÇÃO DO SESCOOP/MT ANALISTA DE MONITORAMENTO Nº 03/2012

EDITAL DE RECRUTAMENTO E SELEÇÃO DO SESCOOP/MT ANALISTA DE MONITORAMENTO Nº 03/2012 O Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo no Estado de Mato Grosso SESCOOP/MT, personalidade jurídica de direito privado, sem fins lucrativos, situada a Rua 02, Qd 04, Lote 03- Setor A- Centro

Leia mais

PLANILHA DE DIVULGAÇÃO DE CURSOS 2015

PLANILHA DE DIVULGAÇÃO DE CURSOS 2015 Composição de Custos com Excel Básico Tecnologia da Informação Análise de Balanço e Balancete Contabilidade Servidores Áreas Finalísticas TCM GO Servidores Áreas Finalísticas TCM GO 4 15 09/02/ 20 15 23/02/

Leia mais

ANEXO III ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS.

ANEXO III ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS. ANEXO III ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS. 01. ADVOGADO Assessorar os vereadores na elaboração de proposições complexas que exijam conhecimentos especializados de técnica legislativa, nos projetos de lei, decreto

Leia mais

ANEXO II PERFIL DO CARGO FUNÇÃO

ANEXO II PERFIL DO CARGO FUNÇÃO ANEXO II PERFIL DO CARGO FUNÇÃO Página 1 de 165 PERFIL DE COMPETÊNCIAS E DESEMPENHO CARGO ANALISTA / FUNÇÃO ADVOGADO MISSÃO DO CARGO: Contribuir para o desenvolvimento institucional, por meio de ações

Leia mais

TABELA DE CORRELAÇÃO DOS CONHECIMENTOS/HABILIDADES COM OS CURSOS DA ESAJ INFORMÁTICA

TABELA DE CORRELAÇÃO DOS CONHECIMENTOS/HABILIDADES COM OS CURSOS DA ESAJ INFORMÁTICA TABELA DE CORRELAÇÃO DOS CONHECIMENTOS/HABILIDADES COM OS CURSOS DA ESAJ INFORMÁTICA Nº Conhecimento / Habilidade Curso ESAJ 1 2 3 Sistema Operacional (Windows) Processador de Texto (Word, Broffice Writer)

Leia mais

CONSELHO DE ARQUITETURA E URBANISMO DE RONDÔNIA RELATÓRIO DE AUDITORIA SOBRE CONTROLES INTERNOS REFERENTES AO EXERCÍCIO FINDO EM 31/DEZ.

CONSELHO DE ARQUITETURA E URBANISMO DE RONDÔNIA RELATÓRIO DE AUDITORIA SOBRE CONTROLES INTERNOS REFERENTES AO EXERCÍCIO FINDO EM 31/DEZ. CONSELHO DE ARQUITETURA E URBANISMO DE RONDÔNIA Porto Velho - RO RELATÓRIO DE AUDITORIA SOBRE CONTROLES INTERNOS REFERENTES AO EXERCÍCIO FINDO EM 31/DEZ./14 01. INTRODUÇÃO Nossos trabalhos foram realizados,

Leia mais

Gestão e Administração do Programa

Gestão e Administração do Programa Programa 0084 Arrecadação de Receitas Previdenciárias Objetivo Aumentar a arrecadação da Previdência Social, mediante ação eficaz de controle, fiscalização e cobrança de créditos previdenciários Indicador(es)

Leia mais

EDITAL Nº 068/2015. Quadro geral de cargos, carga horária, remuneração e tempo de validade do contrato. CARGOS JORNADA VENCIMENTO BRUTO

EDITAL Nº 068/2015. Quadro geral de cargos, carga horária, remuneração e tempo de validade do contrato. CARGOS JORNADA VENCIMENTO BRUTO Educação a Distância EAD / UESB Fone: (77) 3425-9308 uesbvirtual@uesb.edu.br EDITAL Nº 068/2015 O Reitor da UNIVERSIDADE ESTADUAL DO SUDOESTE DA BAHIA - UESB, no uso de suas atribuições legais, em conformidade

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE SACRAMENTO-MG

PREFEITURA MUNICIPAL DE SACRAMENTO-MG LEI Nº 1.189, DE 26 DE NOVEMBRO DE 2010 CRIA O EMPREGO PÚBLICO DE COORDENADOR DE RECURSOS HUMANOS; O SETOR DE TESOURARIA; ALTERA OS ANEXOS I, III, V, VII E VIII, DA LEI MUNICIPAL Nº. 947, DE 17 DE JUNHO

Leia mais