PROJETO DE ORGANISMO INTERNACIONAL EDITAL Nº 1/2008 (BRA/03/032)

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PROJETO DE ORGANISMO INTERNACIONAL EDITAL Nº 1/2008 (BRA/03/032)"

Transcrição

1 PROJETO DE ORGANISMO INTERNACIONAL EDITAL Nº 1/2008 (BRA/03/032) SELECIONA PROFISSIONAL, COM O SEGUINTE PERFIL: CONSULTOR (Consultor por Produto - Serviços Não Continuados) Consultor Especialista em Projetos (AFINNET) Código 01/2008 Qualificação Formação em nível superior completo. Experiência profissional em órgãos públicos no exercício de atividades que exigem conhecimentos em procedimentos de execução e aquisição no âmbito de Órgãos Públicos ou Projetos de Cooperação Técnica Internacional. Domínio acerca da legislação aplicada a celebração de convênios de natureza financeira firmados com a Administração Pública Federal e legislação complementar. Sólidos conhecimentos de informática em Sistemas Operacionais, Instalação de software, Pacote Office, Internet e Sistema Monitoramento e Controle de programas sociais. técnicos especializados relativos à avaliação da execução dos projetos, estudos técnicos, planejamentos de atividades, acerto das bases de dados dos convênios do PROEP, elaboração de documentos, relatórios, pareceres, notas técnicas, monitoramento das ações, treinamento das entidades executoras dos convênios, visitas e inspeções in loco, para os resultados específicos: Etapa 1 analisar e corrigir a base de dados dos convênios com vigências expiradas, compatibilizando os seus anexos de acordo com o plano de trabalho; Etapa 2 analisar e corrigir a base de dados dos convênios com vigência expirada em março, bem como a alimentação dos dados dos convênios vigentes até o mês de março; Etapa 3 analisar e corrigir a base de dados dos convênios com vigência expirada em junho, bem como a alimentação dos dados dos convênios vigentes até o mês de junho; Etapa 4 - analisar e corrigir a base de dados dos convênios com a vigência expirada até setembro, bem como a alimentação dos dados dos convênios vigentes até o mês de setembro; Etapa 5 apresentar a análise e correção de toda a base de dados dos convênios do PROEP. Consultor Especialista em Projetos DEMANDA BID Código 02/2008 envolvendo Órgãos Públicos ou Projetos de Cooperação Técnica Internacional. Ter boa técnicos especializados relativos à análise e avaliação da execução dos projetos, estudos técnicos, elaboração de documentos, relatórios, pareceres, notas técnicas, para os resultados específicos: Etapa 1 - Relatório Semestral de Progresso referente ao 2 o semestre de 2007; Relatório Anual de Progresso referente a 2007; Relatório de Manutenção de Obras e Equipamentos do ano de 2007; Relatório de convênios finalizados; Apresentação das Demonstrações Financeiras Auditadas; Consolidação das informações do PROEP no Sistema Integrado de Monitoramento do Ministério da Educação SIMEC. Etapa 2 Relatório Mensal da Execução dos Convênios do PROEP, relativos aos meses de janeiro a março de 2008, Projetos em execução, finalizados e paralisados, Parte 1 e Parte 2, tendo como fonte de informação os sistemas SAFI e SIG; Relatório do Sistema Integrado de Monitoramento do Ministério da Educação SIMEC; Manutenção das informações disponibilizadas na Internet pelo FNDE e demais Relatórios produzidos. Etapa 3 Relatório Mensal da Execução dos Convênios do PROEP, relativos aos meses de abril a junho de 2008, Projetos em execução, finalizados e paralisados, Parte 1 e Parte 2, tendo como fonte de informação os sistemas SAFI e SIG; Informe de Seguimento de Desempenho de Projeto ISDP (referente à execução física e financeira do PROEP no 1 o semestre de 2008); Relatório do Sistema Integrado de Monitoramento do Ministério da Educação SIMEC; Manutenção das informações disponibilizadas na Internet pelo FNDE e demais Relatórios produzidos. Etapa 4 Relatório Mensal da Execução dos Convênios do PROEP, relativos aos meses de julho a setembro de 2008, Projetos em execução, finalizados e paralisados, Parte 1 e Parte 2, tendo como fonte de informação os sistemas SAFI e SIG; Relatório do Sistema Integrado de Monitoramento do Ministério da Educação SIMEC; Manutenção das informações disponibilizadas na Internet pelo FNDE e demais Relatórios produzidos. Etapa 5 - Relatório Mensal da Execução dos Convênios do PROEP, relativos aos meses de outubro a novembro, Projetos em execução, finalizados e paralisados, Parte 1 e Parte 2, tendo como fonte de informação os sistemas SAFI e SIG; Relatório de convênios finalizados; Relatório do Sistema Integrado de Monitoramento do Ministério da Educação SIMEC; Relatório de Progresso Anual referente a 2008; Relatório de Manutenção de Obras e Equipamentos do ano de 2008; Informe de Seguimento de Desempenho de Projeto ISDP (referente à execução física e financeira do PROEP no 2 o semestre de 2007); Manutenção das informações disponibilizadas na Internet pelo FNDE e demais Relatórios produzidos. Consultor Especialista em Engenharia e Arquitetura (Equipamento) Código 03/2008 Qualificação Formação em nível superior completo em Engenharia Elétrica ou Eletrônica ou Industrial ou Mecânica. Experiência profissional de no mínimo 05 anos em atuação junto a

2 projetos de engenharia da sua respectiva área de formação e/ou dentro das demais especializações da engenharia supracitada. Experiência em análise e avaliação de convênios, processos de licitações públicas, orçamento e legislação educacional vigente, em atividades de consultoria e assessoramento envolvendo Órgãos Públicos e Projetos de Cooperação Técnica Internacional. Ter boa comunicação oral e escrita e sólida formação tecnológica e conhecimento de informática (MS Atividades - Avaliar a situação de execução dos Projetos no tocante ao que foi previsto e ao que foi executado e ao que falta a ser executado para conclusão física do objeto conveniado; Recomendar a elaboração e o encaminhamento de correspondências diversas, relatórios, pareceres e notas técnicas para a devida regularização e instrução de processos de convênios; Propor, no que couber, o planejamento de ações e/ou recomendações de providências necessários à finalização da execução dos Projetos; Monitorar, orientar e emitir pareceres técnicos sobre especificações de bens e serviços para a instrução de processos de licitação nas entidades convenentes, bem como no acompanhamento da execução do objeto de convênios, no tocante à área de especialização da consultoria; Realizar análise técnica e emitir pareceres no tocante aos processos de prestação de contas parcial e final dos convênios, bem como realizar a inserção de dados e alimentação de informações da área de especialização da consultoria nos sistemas exigidos pelo Programa; Visitas aos locais/cidades onde os projetos estão sendo executadas, para assessoria técnica e avaliação das condições de finalização e encerramento dos Projetos; Consultor Especialista em Engenharia e Arquitetura (INFRA) Código 04/2008 Qualificação Formação em nível superior completo em Engenharia Elétrica ou Eletrônica ou Industrial ou Mecânica. Experiência profissional de no mínimo 05 anos em atuação junto a projetos de engenharia da sua respectiva área de formação e/ou dentro das demais especializações da engenharia supracitada. Experiência em análise e avaliação de convênios, processos de licitações públicas, orçamento e legislação educacional vigente, em atividades de consultoria e assessoramento envolvendo Órgãos Públicos e Projetos de Cooperação Técnica Internacional. Ter boa comunicação oral e escrita e sólida formação tecnológica e conhecimento de informática (MS Atividades - Avaliar a situação de execução dos Projetos no tocante ao que foi previsto e ao que foi executado e ao que falta a ser executado para conclusão física do objeto conveniado; Recomendar a elaboração e o encaminhamento de correspondências diversas, relatórios, pareceres e notas técnicas para a devida regularização e instrução de processos de convênios; Propor, no que couber, o planejamento de ações e/ou recomendações de providências necessários à finalização da execução dos Projetos; Monitorar, orientar e emitir pareceres técnicos sobre especificações de bens e serviços para a instrução de processos de licitação nas entidades convenentes, bem como no acompanhamento da execução do objeto de convênios, no tocante à área de especialização da consultoria; Realizar análise técnica e emitir pareceres no tocante aos processos de prestação de contas parcial e final dos convênios, bem como realizar a inserção de dados e alimentação de informações da área de especialização da consultoria nos sistemas exigidos pelo Programa; Visitas aos locais/cidades onde os projetos estão sendo executadas, para assessoria técnica e avaliação das condições de finalização e encerramento dos Projetos; Consultor Especialista em Projetos (Assistente) Código 05/2008 Qualificação - Formação em nível superior completo. Experiência profissional de no mínimo técnicos especializados relativos à análise dos instrumentos processuais e dos sistemas de suporte às ações do PROEP, dentre outros o AFINNET, SAFI, SAPE, e SIAFI, para inserção de dados novos e correção de dados existentes, estudos técnicos, planejamentos de atividades, elaboração de documentos, relatórios, pareceres, notas técnicas, treinamento das entidades executoras dos convênios, visitas e inspeções in loco, para os resultados específicos da: Etapa 1 Avaliação dos resultados do atendimento das ações implementadas na execução dos convênios do PROEP, relativo ao período de janeiro a Março de 2008, no que se refere ao acompanhamento do cumprimento dos planos de ação apresentados pelos oficiais de execução, indicando, preventivamente, o atingimento das ações e/ou apontando os atrasos e as medidas a serem adotadas com vistas à finalização das ações conveniadas. Etapa 2 - Avaliação dos resultados do atendimento das ações implementadas na execução dos convênios do PROEP, relativo ao período de abril a maio de 2008, no que se refere ao acompanhamento do cumprimento dos planos de ação apresentados pelos oficiais de execução, indicando, preventivamente, o atingimento das ações e/ou apontando os atrasos e as medidas a serem adotadas com vistas as finalizações das ações conveniadas. Etapa 3 - Avaliação dos resultados do atendimento das ações implementadas na execução dos

3 convênios do PROEP, relativo ao período de junho a julho de 2008, no que se refere ao acompanhamento do cumprimento dos planos de ação apresentados pelos oficiais de execução, indicando, preventivamente, o atingimento das ações e/ou apontando os atrasos e as medidas a serem adotadas com vistas as finalizações das ações conveniadas. Etapa 4 - Avaliação dos resultados do atendimento das ações implementadas na execução dos convênios do PROEP, relativo ao período de agosto a setembro de 2008, no que se refere ao acompanhamento do cumprimento dos planos de ação apresentados pelos oficiais de execução, indicando, preventivamente, o atingimento das ações e/ou apontando os atrasos e as medidas a serem adotadas com vistas as finalizações das ações conveniadas. Etapa 5 Apresentação do relatório final, até novembro de Consultor Especialista em Projetos (Financeiro e comprovação) Código 06/2008. técnicos especializados relativos à avaliação da execução dos projetos no tocante ao que foi previsto, ao que foi executado e ao que falta a ser executado em seus aspectos orçamentário e financeiro; Análise dos sistemas de suporte às ações do PROEP, dentre outros o AFIN, SAFI, SAPE, SIGEF e SIAFI, para inserção de dados novos e correção de dados existentes, estudos técnicos, planejamentos de atividades, elaboração de documentos, relatórios, pareceres, notas técnicas, a fim de implementar ações de aperfeiçoamento destes sistemas considerando os aspectos orçamentário, financeiro e de comprovação de gastos; Estudos técnicos e planejamentos de atividades, elaboração de documentos, relatórios, pareceres e notas técnicas, recomendando ações junto as entidades convenentes para finalizar a execução orçamentária, financeira e comprovação de gastos junto ao BID; O planejamento orçamentário e financeiro necessários à finalização da execução dos Projetos; Orientações para efetivação dos empenhos e pagamentos, lançamentos de notas fiscais e validação no sistema AFINET, e posterior fechamento das comprovações de gastos a serem enviadas ao BID; Visitas aos locais/cidades onde os projetos estão sendo executados, para assessoria técnico e avaliação das condições de finalização e encerramento dos Projetos conveniados. Consultor Especialista em Projetos - (pedagógico) Código 07/2008 Qualificação Formação em nível superior em Pedagogia. Experiência mínima de 02 anos de atuação na área pedagógica. Experiência em atividades de consultoria e assessoramento envolvendo Projetos de Cooperação Técnica Internacional voltados para a Educação Profissional ou Ensino Médio e em legislação sobre licitações públicas. Ter boa comunicação oral e escrita e sólida formação tecnológica e conhecimento de informática (MS Excel, MS Word e MS Project). técnicos especializados relativos à avaliação da execução dos projetos, estudos técnicos, planejamentos de atividades, elaboração de documentos, relatórios, pareceres, notas técnicas, monitoramento das ações, treinamento das entidades executoras dos convênios, visitas e inspeções in loco, para os resultados específicos: Analisar e aprovar os processos licitatórios para utilização dos recursos da categoria econômica correntes, garantindo a execução das ações necessárias ao cumprimento do objeto pactuado no convênio. Assessorar os convenentes na elaboração e contratação das ações previstas na categoria econômica de recursos correntes. Analisar e emitir pareceres técnicos das parcelas de prestações de contas dos recursos da categoria econômica correntes, bem como da aplicação em material ensino aprendizagem, relativas a execução. Consultor Especialista em Projetos - (prestação de contas) Código 08/ anos em acompanhamento de convênios, licitações, contratos, prestação de contas, orçamento e legislação educacional vigente. Experiência em atividades de consultoria e assessoramento envolvendo Projetos de Cooperação Técnica Internacional voltados para a Educação Profissional ou Ensino Médio. Ter boa comunicação oral e escrita e sólida formação tecnológica e conhecimento de informática (MS Atividades As atividades da presente consultoria constituem-se em resultados de serviços técnicos especializados relativos à avaliação da execução dos projetos, estudos técnicos, planejamentos de atividades, elaboração de documentos, relatórios, pareceres, notas técnicas, monitoramento das ações, treinamento das entidades executoras dos convênios, visitas e inspeções in loco, para os resultados específicos: Etapa 1 - Elevar o percentual(%) dos convênios classificados no diagnóstico como PC PARCIAL, para a situação de PC REGULAR; elevar percentual(%) dos convênios classificados em PC REGULAR, para a situação de PC CONCLUÍDA e elevar o percentual(%) os convênios de PC CONCLUÍDA, para a situação de

4 FINALIZAÇÃO DA EXECUÇÃO E COM PRESTAÇÃO DE CONTAS JUNTO AO BID E FNDE. Etapa 2 - Elevar o percentual(%) dos convênios classificados no diagnóstico como PC PARCIAL, para a situação de PC REGULAR; elevar percentual(%) dos convênios classificados em PC REGULAR, para a situação de PC CONCLUÍDA e elevar o percentual(%) os convênios de PC CONCLUÍDA, para a situação de FINALIZAÇÃO DA EXECUÇÃO E COM PRESTAÇÃO DE CONTAS JUNTO AO BID E FNDE. Etapa 3 Elevar 100% dos convênios classificados em PC PARCIAL, para a situação de PC REGULAR; elevar 100% dos convênios classificados em PC REGULAR, para a situação de PC CONCLUÍDA e elevar em 70% os convênios de PC CONCLUÍDA, para a situação de FINALIZAÇÃO DA EXECUÇÃO E COM PRESTAÇÃO DE CONTAS JUNTO AO BID E FNDE. Etapa 4 - Não ocorrência de convênios com ações no status de PC PARCIAL ou PC REGULAR e elevar 100% dos convênios para a situação de PC CONCLUÍDA, com a FINALIZAÇÃO DA EXECUÇÃO E COM PRESTAÇÃO DE CONTAS JUNTO AO BID E FNDE. Consultor Especialista em Projetos - atendimento CGU Código 09/2008 Atividades Realizar serviços técnicos especializados relativos à análise das orientações, recomendações e determinações dos órgãos de controle interno e externo do FNDE; Analisar os relatórios de auditoria apresentados e avaliar os encaminhamentos e as providências adotadas no âmbito do Programa; Recomendar a elaboração e o encaminhamento de correspondências diversas, relatórios, pareceres e notas técnicas para a devida regularização e encaminhamento das providências de auditoria; Monitorar a implementação das ações recomendadas nos relatórios de dos órgãos de controle; Orientar os executores e os especialistas da Coordenação quanto à solução de providências emanadas dos órgãos de controle; Visitas aos locais/cidades onde os projetos estão sendo executadas, para assessoria técnica e avaliação das condições de finalização e encerramento dos Projetos conveniados; Consultor Especialista em Projetos - oficial de execução Código 10/2008 Atividades Monitoramento e acompanhamento das ações previstas nos convênios, de natureza cooperativa, firmados com Instituições elegíveis de financiamento com objetivo de apoiar as Instituições beneficiárias no cumprimento das metas estabelecidas no projeto conveniado; Assessoria aos convenentes na elaboração dos Termos de Referência dos processos licitatórios das ações conveniadas; Assessoria aos convenentes na realização dos certames licitatórios; Visitas técnicas aos locais/cidades onde os projetos estão sendo executados, para dar suporte técnico na elaboração dos processos de aquisição e averiguar a execução das ações previstas nos projetos como um todo; Elaboração de relatórios com pareceres técnicos conclusivos tendo como referência os projetos conveniados; Apoio técnico aos profissionais já existentes no programa, responsáveis pela execução, junto às instituições beneficiárias do programa. Consultor Especialista em Projetos Finalização na SETEC Código 11/2008 Atividades Realizar serviços técnicos especializados relativos à análise das orientações, recomendações e determinações dos órgãos de controle interno e externo do FNDE; Analisar os relatórios de auditoria apresentados e avaliar os encaminhamentos e as providências adotadas no âmbito do Programa; Recomendar a elaboração e o encaminhamento de correspondências diversas, relatórios, pareceres e notas técnicas para a devida regularização e encaminhamento das providências de auditoria; Monitorar a implementação das ações recomendadas nos relatórios de dos órgãos de controle; Orientar os executores e os especialistas da Coordenação quanto à solução de providências emanadas dos órgãos de controle; Visitas aos locais/cidades onde os projetos estão sendo executadas, para assessoria técnica e avaliação das condições de finalização e encerramento dos Projetos conveniados;

5 Consultor Especialista em Projetos - acompanhamento sistemas Código 12/2008 Atividades As atividades da presente consultoria constituem-se em resultados de serviços técnicos especializados relativos a organização das informações e elaboração de relatórios, apresentações para suprir a execução do PROEP, desde o seu início até a sua finalização de seus convênios: Recuperação, organização e validação das informações dos convênios do PROEP, desde a sua concepção até a sua finalização. Relatório demonstrativo da execução dos convênios do PROEP, demonstrando a sua evolução ano a ano. Atualização dos dados gerais do Programa nos sítios do Ministério da Educação. Relatório contendo o relato e demonstração da finalização da execução dos convênios do PROEP. Mapa final demonstrando a localização das escolas financiadas pelo Programa. Consultor Especialista em Projetos - oficial interno Código 13/2008 Atividades As atividades da presente consultoria constituem-se em resultados de serviços técnicos especializados relativos à análise dos instrumentos processuais e dos sistemas de suporte às ações do PROEP, dentre outros o AFIN, SAFI, SAPE, SIGEF e SIAFI, para inserção de dados novos e correção de dados existentes, estudos técnicos, planejamentos de atividades, elaboração de documentos, relatórios, pareceres, notas técnicas, treinamento das entidades executoras dos convênios, visitas e inspeções in loco, para os resultados específicos da: Etapa 1 - análise e providências dos processos de convênios do PROEP, necessárias nos meses de janeiro a março de 2008 compatibilizando os dados dos sistemas com os documentos nos convênios, parcelas de aditivos e respectivos planos de trabalhos; regularização de demandas pendentes de assinaturas, correção dos registros e numerações; inserção de informações, notas técnicas, ofícios e outros documentos correlacionados; análise e atendimento das recomendações de pareceres Procuradoria Federal do FNDE, de outras unidades da Autarquia ou de órgão do controle, regularidade da situação de habilitação da entidade e da vigência dos instrumentos em execução; Etapa 2 - análise e providências de convênios do PROEP, nos meses de abril a maio de 2008 compatibilizando os dados dos sistemas com os convênios, parcelas de aditivos e respectivos planos de trabalhos; regularização de demandas pendentes de assinaturas, registros e numerações; inserção de informações, notas técnicas, ofícios e outros documentos correlacionados; análise e atendimento das recomendações de pareceres Procuradoria Federal do FNDE, de outras unidades da Autarquia ou de órgão do controle, regularidade da situação de habilitação da entidade e da vigência dos instrumentos em execução; Etapa 3 - análise e providências nos demais processos que totalizam os convênios do PROEP, nos meses de junho e Julho de 2008, compatibilizando os dados dos sistemas com os convênios, parcelas de aditivos e respectivos planos de trabalhos; regularização de demandas pendentes de assinaturas, registros e numerações; inserção de informações, notas técnicas, ofícios e outros documentos correlacionados; análise e atendimento das recomendações de pareceres Procuradoria Federal do FNDE, de outras unidades da Autarquia ou de órgão do controle, regularidade da situação de habilitação da entidade e da vigência dos instrumentos em execução; Etapa 4 - análise e providências nos demais processos que totalizam os convênios do PROEP, nos meses de agosto e setembro de 2008, compatibilizando os dados dos sistemas com os convênios, parcelas de aditivos e respectivos planos de trabalhos; regularização de demandas pendentes de assinaturas, registros e numerações; inserção de informações, notas técnicas, ofícios e outros documentos correlacionados; análise e atendimento das recomendações de pareceres Procuradoria Federal do FNDE, de outras unidades da Autarquia ou de órgão do controle, regularidade da situação de habilitação da entidade e da vigência dos instrumentos em execução; Etapa 5 Relatório contendo o resultado das ações implementadas, indicando as providências adotadas na instrução processual e a finalização do convênio, bem como o indicativo do encaminhamento final do processo. Interessados deverão enviar currículo para o seguinte endereço eletrônico indicando NECESSARIAMENTE O NUMERO DO EDITAL E O CÓDIGO DO CARGO PRETENDIDO, do Período de 17/01/2008 a 21/01/2008 até às 14:00. O processo de seleção terá validade de 1 (um) ano a partir da data de publicação deste anúncio.

6 Em atenção às disposições do Decreto n 5151, de 22 de julho de 2004, informamos que estas contratações serão efetuadas mediante processo seletivo simplificado (análise curricular e entrevista), sendo exigido dos profissionais a comprovação da habilitação profissional e da capacidade técnica compatível com os trabalhos a serem executados. É vedada a contratação, a qualquer titulo, de servidores ativos da Administração Publica federal, estadual, do Distrito Federal ou municipal, direta ou indireta, bem como de empregados de suas subsidiárias e controladas, no âmbito dos projetos de cooperação técnica internacional.

PROJETO DE ORGANISMO INTERNACIONAL EDITAL Nº 3/2008 (BRA/03/032)

PROJETO DE ORGANISMO INTERNACIONAL EDITAL Nº 3/2008 (BRA/03/032) PROJETO DE ORGANISMO INTERNACIONAL EDITAL Nº 3/2008 (BRA/03/032) SELECIONA PROFISSIONAL, COM O SEGUINTE PERFIL: CONSULTOR (Consultor por Produto - Serviços Não Continuados) Consultor Especialista em Projetos

Leia mais

Contrata Consultor na modalidade Produto

Contrata Consultor na modalidade Produto Contrata Consultor na modalidade Produto PROJETO 914BRZ4011 EDITAL Nº 01/2012 1. Perfil: A 3. Qualificação educacional: Profissional com nível superior em Administração, Ciências Contábeis e/ou Relações

Leia mais

Contrata Consultor na modalidade Produto

Contrata Consultor na modalidade Produto Contrata Consultor na modalidade Produto PROJETO 914BRZ4011 EDITAL Nº 005/2010 1. Perfil: Iphan Central 28 - Republicação 3. Qualificação educacional: Profissional com nível superior em Direito preferencialmente

Leia mais

RELATÓRIO DE ACOMPANHAMENTO DA EXECUÇÃO DE CONVÊNIOS

RELATÓRIO DE ACOMPANHAMENTO DA EXECUÇÃO DE CONVÊNIOS MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO MEC FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO - FNDE DIRETORIA DE PROGRAMAS ESPECIAIS DIPRO COORDENAÇÃO GERAL DO PROEP COOEP PROGRAMA DE EXPANSÃO DA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL - PROEP

Leia mais

Contrata Consultor na modalidade Produto

Contrata Consultor na modalidade Produto Contrata Consultor na modalidade Produto PROJETO 914BRZ4011 EDITAL Nº 003/2010 1. Perfil: Iphan Central 23 3. Qualificação educacional: Graduação em Administração, Economia, Ciências Contábeis, Ciências

Leia mais

Contrata Consultor na modalidade Produto

Contrata Consultor na modalidade Produto Contrata Consultor na modalidade Produto PROJETO 914BRZ1127/SETEC EDITAL Nº 03/2009 1. Perfil: ACOMPANHAMENTO DA GESTÃO EM PROJETOS - PERFIL I Ministério da Educação. Especialização na área de educação,

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE CONSULTORIA ESPECIALIZADA (PESSOA FÍSICA)

TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE CONSULTORIA ESPECIALIZADA (PESSOA FÍSICA) TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE CONSULTORIA ESPECIALIZADA (PESSOA FÍSICA) Contrato por Produto Nacional CONSULTOR SÊNIOR Número e Título do Projeto: BRA/09/004 Fortalecimento da CAIXA no seu processo

Leia mais

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME Secretaria Executiva Diretoria de Projetos Internacionais

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME Secretaria Executiva Diretoria de Projetos Internacionais MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME Secretaria Executiva Diretoria de Projetos Internacionais CONTRATAÇÃO DE CONSULTOR MODALIDADE: Produto TERMO DE REFERÊNCIA Nº. /2011 CAPA Projeto Agência:

Leia mais

Edital para publicação no site período de 23 a 30 de junho de 2013. PROJETO BRA/04/029 Seleciona CONSULTOR na modalidade PRODUTO* CÓD.

Edital para publicação no site período de 23 a 30 de junho de 2013. PROJETO BRA/04/029 Seleciona CONSULTOR na modalidade PRODUTO* CÓD. Edital para publicação no site período de 23 a 30 de junho de 203. PROJETO BRA/04/029 Seleciona CONSULTOR na modalidade PRODUTO* CÓD. GESTÃO EAD Os currículos deverão ser encaminhados para o endereço eletrônico

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA MILITAR DO ESTADO

TRIBUNAL DE JUSTIÇA MILITAR DO ESTADO PLANO DE AUDITORIA DE LONGO PRAZO (PALP) 2015-2018 Sumário: 1 INTRODUÇÃO... 4 2 AUDITORIAS DE CONFORMIDADE (OU DE REGULARIDADE)... 5 2.1 Atos de nomeação e admissão, respectivamente, para cargos efetivos

Leia mais

Brasileira (UNILAB).

Brasileira (UNILAB). RESOLUÇÃO N 029/2013, DE 25 DE NOVEMBRO DE 2013. Aprova o Regimento da Unidade de Auditoria Interna da Brasileira (UNILAB). Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro- O VICE-REITOR, PRO

Leia mais

Procedimentos para Seleção de Consultores

Procedimentos para Seleção de Consultores Organização dos Estados Ibero-americanos Para a Educação, a Ciência e a Cultura Procedimentos para Seleção de Consultores As contratações de consultores poderão ocorrer no âmbito dos Acordos, Documentos

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA SIMPLIFICADA nº 050/2015. Convênio PMSP/TERMO DE CONVÊNIO nº 025/2014/SDTE

CHAMADA PÚBLICA SIMPLIFICADA nº 050/2015. Convênio PMSP/TERMO DE CONVÊNIO nº 025/2014/SDTE CHAMADA PÚBLICA SIMPLIFICADA nº 050/2015 Convênio PMSP/TERMO DE CONVÊNIO nº 025/2014/SDTE A Central de Cooperativas e Empreendimentos Solidários do Brasil UNISOL, entidade sem fins econômicos, com sede

Leia mais

Governo do Estado do Ceará Secretaria do Planejamento e Gestão SEPLAG Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará - IPECE

Governo do Estado do Ceará Secretaria do Planejamento e Gestão SEPLAG Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará - IPECE Governo do Estado do Ceará Secretaria do Planejamento e Gestão SEPLAG Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará - IPECE TERMO DE REFERÊNCIA CONTRATAÇÃO DE ESPECIALISTA EM LICITAÇÕES PARA O

Leia mais

PROCESSO SELETIVO PARA CONTRATAÇÃO DE CONSULTORES

PROCESSO SELETIVO PARA CONTRATAÇÃO DE CONSULTORES PROCESSO SELETIVO PARA CONTRATAÇÃO DE CONSULTORES O Projeto de Cooperação Internacional do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), BRA/07/002 Modernização Institucional para Fortalecimento

Leia mais

Questão de auditoria Informações Requeridas Fontes de Informação Procedimentos Possíveis Achados

Questão de auditoria Informações Requeridas Fontes de Informação Procedimentos Possíveis Achados Questão de auditoria Informações Requeridas Fontes de Informação s Possíveis Achados 1 As características da unidade de controle interno atendem aos preceitos normativos e jurisprudenciais? Ato que criou

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA Nº 2724 PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA PROCESSO DE SELEÇÃO - EDITAL Nº

TERMO DE REFERÊNCIA Nº 2724 PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA PROCESSO DE SELEÇÃO - EDITAL Nº Impresso por: ANGELO LUIS MEDEIROS MORAIS Data da impressão: 11/10/2013-15:26:51 SIGOEI - Sistema de Informações Gerenciais da OEI TERMO DE REFERÊNCIA Nº 2724 PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA PROCESSO

Leia mais

EDITAL Nº 02/2012 TERMO DE REFERÊNCIA N 013 PROJETO PNUD BRA/05/021

EDITAL Nº 02/2012 TERMO DE REFERÊNCIA N 013 PROJETO PNUD BRA/05/021 EDITAL Nº 02/2012 TERMO DE REFERÊNCIA N 013 PROJETO PNUD BRA/05/021 1. Função no Projeto Consultoria especializada para propor e subsidiar junto ao GT Temático - Juventude e Meio Ambiente, - Grupo de Trabalho

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA SIMPLIFICADA nº 088/2015. Convênio PMSP/TERMO DE CONVÊNIO nº 025/2014/SDTE

CHAMADA PÚBLICA SIMPLIFICADA nº 088/2015. Convênio PMSP/TERMO DE CONVÊNIO nº 025/2014/SDTE CHAMADA PÚBLICA SIMPLIFICADA nº 088/2015 Convênio PMSP/TERMO DE CONVÊNIO nº 025/2014/SDTE A Central de Cooperativas e Empreendimentos Solidários do Brasil UNISOL, entidade sem fins econômicos, com sede

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO CONSELHO DELIBERATIVO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO CONSELHO DELIBERATIVO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO CONSELHO DELIBERATIVO RESOLUÇÃO/FNDE/CD/Nº 19 DE 24 DE ABRIL DE 2009 FUNDAMENTAÇÃO LEGAL: Constituição Federal Artigos 205, 206, 208

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE CONSULTORIA ESPECIALIZADA (PESSOA FÍSICA) Contrato por Produto Nacional

TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE CONSULTORIA ESPECIALIZADA (PESSOA FÍSICA) Contrato por Produto Nacional TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE CONSULTORIA ESPECIALIZADA (PESSOA FÍSICA) Contrato por Produto Nacional Número e Título do Projeto: BRA/09/004 Fortalecimento da CAIXA no seu processo de internacionalização

Leia mais

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE ASSUNTOS ESTRATÉGICOS PROGRAMA DAS NAÇÕES UNIDAS PARA O DESENVOLVIMENTO

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE ASSUNTOS ESTRATÉGICOS PROGRAMA DAS NAÇÕES UNIDAS PARA O DESENVOLVIMENTO PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE ASSUNTOS ESTRATÉGICOS PROGRAMA DAS NAÇÕES UNIDAS PARA O DESENVOLVIMENTO EDITAL 040/2010 - PROJETO BRA/06/032 CÓDIGO: ARRANJO INSTITUCIONAL O Projeto BRA/06/032 comunica

Leia mais

Contrata Consultor na modalidade Produto

Contrata Consultor na modalidade Produto Contrata Consultor na modalidade Produto PROJETO 914BRZ4011 EDITAL Nº 01/2010 1. Perfil: Iphan Central 15 3. Qualificação educacional: - Graduação concluída em Arquitetura e Urbanismo, desejável Pósgraduação

Leia mais

Orientações para o. Alexandre Lages Cavalcante Controlador Geral do Estado. Juliana Barros da Cruz Oliveira Superintendente de Controle Financeiro

Orientações para o. Alexandre Lages Cavalcante Controlador Geral do Estado. Juliana Barros da Cruz Oliveira Superintendente de Controle Financeiro Orientações para o Controle de Convênios Alexandre Lages Cavalcante Controlador Geral do Estado Juliana Barros da Cruz Oliveira Superintendente de Controle Financeiro Maio/2010 Devolução de recursos de

Leia mais

COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇOS Nº 10/2014 EDITAL PARA CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE ASSESSORIA TÉCNICA (APOIO TÉCNICO)

COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇOS Nº 10/2014 EDITAL PARA CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE ASSESSORIA TÉCNICA (APOIO TÉCNICO) COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇOS Nº 10/2014 EDITAL PARA CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE ASSESSORIA TÉCNICA (APOIO TÉCNICO) Tipo: Melhor Técnica O Instituto Brasileiro de Administração Municipal - IBAM, associação civil

Leia mais

3.1 Experiência em trabalhos com comunidades de agricultores familiares;

3.1 Experiência em trabalhos com comunidades de agricultores familiares; EDITAL PARA SELEÇÃO DE CONSULTOR INDIVIDUAL PROJETO DE REDUÇÃO DO DESMATAMENTO E DAS QUEIMADAS NO CERRADO DO PIAUÍ PROCERPI ACORDO DE DOAÇÃO Nº TF016192 A Fundação Agente para o Desenvolvimento do Agronegócio,

Leia mais

COORDENADOR SÊNIOR (CONSULTORIAS) (Candidaturas serão aceitas até o dia 22/2/2013 envie seu CV para asantos@uniethos.org.br)

COORDENADOR SÊNIOR (CONSULTORIAS) (Candidaturas serão aceitas até o dia 22/2/2013 envie seu CV para asantos@uniethos.org.br) COORDENADOR SÊNIOR (CONSULTORIAS) DESCRIÇÃO GERAL: O Coordenador Sênior do Uniethos é responsável pelo desenvolvimento de novos projetos, análise de empresas, elaboração, coordenação, gestão e execução

Leia mais

Termos de Referência para Serviços especializados de consultoria Individual na área de Especialista em Fiscalização

Termos de Referência para Serviços especializados de consultoria Individual na área de Especialista em Fiscalização Termos de Referência para Serviços especializados de consultoria Individual na área de Especialista em Fiscalização Projeto de Modernização Fiscal do Tocantins (PMF/TO) Banco Interamericano de Desenvolvimento

Leia mais

MINISTÉRIO DA JUSTIÇA SECRETARIA DE ASSUNTOS LEGISLATIVOS EDITAL SAL/MJ Nº 03, DE 14 DE JANEIRO DE 2015 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO

MINISTÉRIO DA JUSTIÇA SECRETARIA DE ASSUNTOS LEGISLATIVOS EDITAL SAL/MJ Nº 03, DE 14 DE JANEIRO DE 2015 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO MINISTÉRIO DA JUSTIÇA SECRETARIA DE ASSUNTOS LEGISLATIVOS EDITAL SAL/MJ Nº 03, DE 4 DE JANEIRO DE 205 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Projeto BRA/07/004 Seleciona: Consultor para identificação das melhores

Leia mais

RELATÓRIO ANUAL DE ATIVIDADES DE AUDITORIA INTERNA RAAAI 2004 I - INTRODUÇÃO

RELATÓRIO ANUAL DE ATIVIDADES DE AUDITORIA INTERNA RAAAI 2004 I - INTRODUÇÃO RELATÓRIO ANUAL DE ATIVIDADES DE AUDITORIA INTERNA RAAAI 2004 I - INTRODUÇÃO A da Universidade Federal do Amazonas apresenta o seu Relatório Anual de Atividades de, com base no Decreto nº. 3.591/2000,

Leia mais

Faculdade de Tecnologia SENAI Roberto Simonsen

Faculdade de Tecnologia SENAI Roberto Simonsen 1 SUMÁRIO Conteúdo 1. APRESENTAÇÃO... 3 2. O CURSO... 3 3. PERFIL DO TECNÓLOGO EM MANUTENÇÃO INDUSTRIAL... 3 4. ATRIBUIÇÕES E RESPONSABILIDADES... 3 5. CONDIÇÕES GERAIS DO ESTÁGIO... 5 6. MATRÍCULA...

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA AGE N.º 10, DE 20 DE MAIO DE 2010.

INSTRUÇÃO NORMATIVA AGE N.º 10, DE 20 DE MAIO DE 2010. AUDITORIA GERAL DO ESTADO ATOS DO AUDITOR-GERAL INSTRUÇÃO NORMATIVA AGE N.º 10, DE 20 DE MAIO DE 2010. Estabelece normas de organização e apresentação das prestações de contas de convênios que impliquem

Leia mais

DECRETO Nº 14.407 DE 09 DE ABRIL DE 2013. Aprova o Regulamento do Sistema Financeiro e de Contabilidade do Estado, e dá outras providências.

DECRETO Nº 14.407 DE 09 DE ABRIL DE 2013. Aprova o Regulamento do Sistema Financeiro e de Contabilidade do Estado, e dá outras providências. DECRETO Nº 14.407 DE 09 DE ABRIL DE 2013 Aprova o Regulamento do Sistema Financeiro e de Contabilidade do Estado, e dá outras providências. (Publicado no DOE de 10 de abril de 2013) O GOVERNADOR DO ESTADO

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO SIMPLIFICADO MODALIDADE SELEÇÃO DE CURRÍCULO E ENTREVISTA EDITAL N 014/2012

EDITAL DE SELEÇÃO SIMPLIFICADO MODALIDADE SELEÇÃO DE CURRÍCULO E ENTREVISTA EDITAL N 014/2012 EDITAL DE SELEÇÃO SIMPLIFICADO MODALIDADE SELEÇÃO DE CURRÍCULO E ENTREVISTA EDITAL N 014/2012 O Centro de Agricultura Alternativa do Norte de Minas CAA/NM torna público que estão abertas inscrições para

Leia mais

EDITAL SAL/MJ Nº 9, DE 03 DE JULHO DE 2015. PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Contrato de Pessoa Física Modalidade Produto Nacional

EDITAL SAL/MJ Nº 9, DE 03 DE JULHO DE 2015. PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Contrato de Pessoa Física Modalidade Produto Nacional MINISTÉRIO DA JUSTIÇA Secretaria de Assuntos Legislativos Esplanada dos Ministérios, Ed. Sede, bloco T, 4º andar, sala 44 (61) 2025 76 / 114 E-mail: sal@mj.gov.br EDITAL SAL/MJ Nº 9, DE 0 DE JULHO DE 2015

Leia mais

Governo do Estado do Ceará Secretaria do Planejamento e Gestão SEPLAG Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará - IPECE

Governo do Estado do Ceará Secretaria do Planejamento e Gestão SEPLAG Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará - IPECE Governo do Estado do Ceará Secretaria do Planejamento e Gestão SEPLAG Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará - IPECE TERMO DE REFERÊNCIA CONTRATAÇÃO DE ESPECIALISTA EM GESTÃO FINANCEIRA

Leia mais

SELEÇÃO PROGRAMA PROCOMPI SEBRAE/CNI/FIEAC PROGRAMA DE APOIO À COMPETITIVIDADE DAS MICRO E PEQUENAS INDÚSTRIAS - PROCOMPI

SELEÇÃO PROGRAMA PROCOMPI SEBRAE/CNI/FIEAC PROGRAMA DE APOIO À COMPETITIVIDADE DAS MICRO E PEQUENAS INDÚSTRIAS - PROCOMPI SELEÇÃO PROGRAMA PROCOMPI SEBRAE/CNI/FIEAC PROGRAMA DE APOIO À COMPETITIVIDADE DAS MICRO E PEQUENAS INDÚSTRIAS - PROCOMPI EDITAL DE SELEÇÃO Nº 001/2011 PERFIL: Consultoria Técnica para o Programa de Apoio

Leia mais

Contrata Consultor na modalidade Produto

Contrata Consultor na modalidade Produto Contrata Consultor na modalidade Produto PROJETO 914BRZ5009 EDITAL Nº 03/2010 1. Perfil: Consultor 1 - Área social; pessoa física, modalidade produto - para realização de entrevistas semi-estruturadas

Leia mais

EDITAL Nº 05/2007 PRODOCÊNCIA

EDITAL Nº 05/2007 PRODOCÊNCIA EDITAL Nº 05/2007 PRODOCÊNCIA PROGRAMA DE CONSOLIDAÇÃO DAS LICENCIATURAS MEC/SESu/DEPEM 1 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO MEC SECRETARIA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR - SESu EDITAL Nº 05/2007 Brasília, 20 junho de 2007

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO DIRETORIA DE GESTÃO, ARTICULAÇAO E PROJETOS EDUCACIONAIS

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO DIRETORIA DE GESTÃO, ARTICULAÇAO E PROJETOS EDUCACIONAIS MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO DIRETORIA DE GESTÃO, ARTICULAÇAO E PROJETOS EDUCACIONAIS TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA - CONSULTOR POR PRODUTO

Leia mais

Resumo de Auditoria. 1- Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro. - Auditoria realizada em Fevereiro e entrega do Relatório em Maio.

Resumo de Auditoria. 1- Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro. - Auditoria realizada em Fevereiro e entrega do Relatório em Maio. Resumo de Auditoria 1- Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro Inspeção Ordinária nº 565/2014 Objetivo: Avaliação da adequação da contratação de serviços de saúde pela municipalidade ao modelo proposto

Leia mais

MINISTÉRIO DA JUSTIÇA SECRETARIA DE ASSUNTOS LEGISLATIVOS EDITAL SAL/MJ Nº 04, DE 14 DE JANEIRO DE 2015 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO

MINISTÉRIO DA JUSTIÇA SECRETARIA DE ASSUNTOS LEGISLATIVOS EDITAL SAL/MJ Nº 04, DE 14 DE JANEIRO DE 2015 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO MINISTÉRIO DA JUSTIÇA SECRETARIA DE ASSUNTOS LEGISLATIVOS EDITAL SAL/MJ Nº 04, DE 4 DE JANEIRO DE 205 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Projeto BRA/07/004 Seleciona: Consultor para identificação das melhores

Leia mais

Plano de Ações Articuladas PAR. Um breve Histórico

Plano de Ações Articuladas PAR. Um breve Histórico Plano de Ações Articuladas PAR Um breve Histórico Plano de Ações Articuladas PAR - PAR 2007-2010 DECRETO Nº 6.094, DE 24 DE ABRIL DE 2007 - Dispõe sobre a implementação do Plano de Metas Compromisso Todos

Leia mais

EDITAL DE COTAÇÃO PRÉVIA Nº 02/2012 Contratação de Consultor

EDITAL DE COTAÇÃO PRÉVIA Nº 02/2012 Contratação de Consultor EDITAL DE COTAÇÃO PRÉVIA Nº 0/01 Contratação de Consultor A FA - Fundação Araripe, em atendimento ao disposto no Acordo de Cooperação Técnica: firmado entre ao Fundo Socioambiental Caixa e Fundação para

Leia mais

AVISO DE CHAMADA PÚBLICA DE APOIO INSTITUCIONAL Nº 01/2015 DO OBJETO

AVISO DE CHAMADA PÚBLICA DE APOIO INSTITUCIONAL Nº 01/2015 DO OBJETO AVISO DE CHAMADA PÚBLICA DE APOIO INSTITUCIONAL Nº 01/2015 DO OBJETO Esta Chamada Pública de Apoio Institucional visa à seleção de projetos a serem apoiados pelo CAU/BR na modalidade de Apoio à Assistência

Leia mais

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO RELATÓRIO DE AUDITORIA ANUAL DE CONTAS TIPO DE AUDITORIA : AUDITORIA DE GESTÃO EXERCÍCIO : 2009 PROCESSO Nº

Leia mais

Apresentação. Módulos integrantes

Apresentação. Módulos integrantes Apresentação O Sistema de Informações Gerenciais de Acompanhamento de Projetos (SIGAP) tem por objetivo organizar informações referentes ao acompanhamento da execução de projetos de cooperação técnica

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ SECRETARIA ESTADUAL DE MEIO AMBIENTE CONSELHO ESTADUAL DE MEIO AMBIENTE - COEMA

GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ SECRETARIA ESTADUAL DE MEIO AMBIENTE CONSELHO ESTADUAL DE MEIO AMBIENTE - COEMA GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ SECRETARIA ESTADUAL DE MEIO AMBIENTE CONSELHO ESTADUAL DE MEIO AMBIENTE - COEMA RESOLUÇÃO COEMA N 116, DE 03 DE JULHO DE 2014. Dispõe sobre as atividades de impacto ambiental

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO CONSELHO DELIBERATIVO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO CONSELHO DELIBERATIVO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO CONSELHO DELIBERATIVO Resolução/CD/FNDE nº 19, de 21 de maio de 2013. Dispõe sobre a destinação de recursos financeiros, nos moldes

Leia mais

Programa de Desenvolvimento Sustentável de Cadeias Produtivas TERMO DE REFERÊNCIA Nº 003/2015

Programa de Desenvolvimento Sustentável de Cadeias Produtivas TERMO DE REFERÊNCIA Nº 003/2015 Programa de Desenvolvimento Sustentável de Cadeias Produtivas i) Função no Projeto: Projeto ATN/ME-10104 BR TERMO DE REFERÊNCIA Nº 003/2015 Contratação de 01 (um) consultor na modalidade produto ii) Antecedentes

Leia mais

ACOMPANHAMENTO FÍSICO E FINANCEIRO CONVÊNIOS E CONTRATOS DE REPASSE FEDERAIS (SICONV)

ACOMPANHAMENTO FÍSICO E FINANCEIRO CONVÊNIOS E CONTRATOS DE REPASSE FEDERAIS (SICONV) 4/11/2013 SEF/SC ACOMPANHAMENTO FÍSICO E FINANCEIRO CONVÊNIOS E CONTRATOS DE REPASSE FEDERAIS (SICONV) Orientações Diretoria de Planejamento Orçamentário DIOR Diretoria de Captação de Recursos e da Dívida

Leia mais

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE ASSUNTOS ESTRATÉGICOS PROGRAMA DAS NAÇÕES UNIDAS PARA O DESENVOLVIMENTO

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE ASSUNTOS ESTRATÉGICOS PROGRAMA DAS NAÇÕES UNIDAS PARA O DESENVOLVIMENTO PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE ASSUNTOS ESTRATÉGICOS PROGRAMA DAS NAÇÕES UNIDAS PARA O DESENVOLVIMENTO EDITAL 004/2011 - PROJETO BRA/06/032 CÓDIGO: CLASSE MÉDIA O Projeto BRA/06/032 comunica que

Leia mais

PORTARIA Nº 3.870 DE 15 DE JULHO DE 2014. A PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 4ª REGIÃO, no uso de suas atribuições legais e regimentais,

PORTARIA Nº 3.870 DE 15 DE JULHO DE 2014. A PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 4ª REGIÃO, no uso de suas atribuições legais e regimentais, PORTARIA Nº 3.870 DE 15 DE JULHO DE 2014. Regulamenta as atribuições da Secretaria de Controle Interno do Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região e dá outras providências. A PRESIDENTE DO, no uso de

Leia mais

POA 2007 - TCE/MA De 01/01/2007 a 31/12/2007

POA 2007 - TCE/MA De 01/01/2007 a 31/12/2007 Extrato de Programação de POA Emitido Em 19/12/2007 13:15:45 POA 2007 - TCE/MA De 01/01/2007 a 31/12/2007 Identificação Tipo: Projeto Nº de revisão: 1 Última modificação em: 06/03/2007 Setor Responsável:

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº. 199 DE 27 DE DEZEMBRO DE 2013

RESOLUÇÃO Nº. 199 DE 27 DE DEZEMBRO DE 2013 RESOLUÇÃO Nº. 199 DE 27 DE DEZEMBRO DE 2013 A PRESIDENTE EM EXERCÍCIO DO CONSELHO UNIVERSITÁRIO DA, no uso de suas atribuições legais e CONSIDERANDO que as entidades da Administração Pública Federal indireta

Leia mais

Sistema Fies Oferta de Vagas Processo seletivo 2º/2015

Sistema Fies Oferta de Vagas Processo seletivo 2º/2015 Secretaria de Superior Diretoria de Políticas e Programas de Graduação - Fies Sistema Fies Oferta de Vagas Processo seletivo 2º/2015 Julho/2015 PROCESSO SELETIVO 2º/2015 Publicação da Portaria Normativa

Leia mais

Contrata Consultor na modalidade Produto

Contrata Consultor na modalidade Produto Contrata Consultor na modalidade Produto PROJETO 914BRA/1123 FNDE -EDITAL Nº 01/2009 1. Perfil: Consultor ESPECIALISTA EM PLANO DE METAS ANALISTA PROGRAMADOR DELPHI - Código 1 - CGETI. 2. Nº de vagas:

Leia mais

ORGANISMO INTERNACIONAL PROJETO BRA 97/024 SELECIONA PROFISSIONAL: Edital nº 18/2006-024

ORGANISMO INTERNACIONAL PROJETO BRA 97/024 SELECIONA PROFISSIONAL: Edital nº 18/2006-024 ORGANISMO INTERNACIONAL PROJETO BRA 97/024 SELECIONA PROFISSIONAL: Edital nº 18/2006-024 O Diretor de Programa/DIPE/SE/MS, torna pública a abertura do Edital nº 18/2006, do Projeto do Projeto BRA/97/024

Leia mais

MINISTÉRIO DA INTEGRAÇÃO NACIONAL TERMO DE REFERÊNCIA CAPACITAÇÃO INTERNA FACILITADOR PEDAGÓGICO

MINISTÉRIO DA INTEGRAÇÃO NACIONAL TERMO DE REFERÊNCIA CAPACITAÇÃO INTERNA FACILITADOR PEDAGÓGICO MINISTÉRIO DA INTEGRAÇÃO NACIONAL SECRETARIA NACIONAL DE DEFESA CIVIL TERMO DE REFERÊNCIA CAPACITAÇÃO INTERNA FACILITADOR PEDAGÓGICO 1 Função no Projeto Facilitação especializada em metodologias pedagógicas

Leia mais

PROCESSO SELETIVO PARA CONTRATAÇÃO DE CONSULTORES

PROCESSO SELETIVO PARA CONTRATAÇÃO DE CONSULTORES PROCESSO SELETIVO PARA CONTRATAÇÃO DE CONSULTORES O Projeto de Cooperação Internacional do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), BRA/10/G32 Terceira Comunicação Nacional do Brasil à

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO CONSELHO DELIBERATIVO RESOLUÇÃO/FNDE/CD/Nº 35 DE 22 DE JULHO DE 2008

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO CONSELHO DELIBERATIVO RESOLUÇÃO/FNDE/CD/Nº 35 DE 22 DE JULHO DE 2008 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO CONSELHO DELIBERATIVO RESOLUÇÃO/FNDE/CD/Nº 35 DE 22 DE JULHO DE 2008 Estabelece orientações e diretrizes para apoio financeiro para

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA Consultor por Produto

TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA Consultor por Produto MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO DIRETORIA DE GESTÃO, ARTICULAÇÃO E PROJETOS EDUCACIONAIS TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA Consultor por Produto

Leia mais

EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO PARA APRESENTAÇÃO DE CURRÍCULOS

EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO PARA APRESENTAÇÃO DE CURRÍCULOS EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO PARA APRESENTAÇÃO DE CURRÍCULOS 1 DO OBJETO 1.1. Este Edital tem como objeto a seleção pública de Pessoa Física autônoma, especialista, para exercer a função de Consultor Técnico

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PÚBLICA DE FORNECEDORES 007/2015 - ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA

EDITAL DE SELEÇÃO PÚBLICA DE FORNECEDORES 007/2015 - ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA EDITAL DE SELEÇÃO PÚBLICA DE FORNECEDORES 007/2015 - ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA 1. IDENTIFICAÇÃO Coordenação: Profª. Ingrid Eleonora Schreiber Jansch Pôrto Centro de Empreendimentos em Informática da

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA UTILIZAÇÃO DO SICONV SISTEMA DE GESTÃO DE CONVÊNIO PORTAL DOS CONVÊNIOS PROPONENTE - CONVENENTE

ORIENTAÇÕES PARA UTILIZAÇÃO DO SICONV SISTEMA DE GESTÃO DE CONVÊNIO PORTAL DOS CONVÊNIOS PROPONENTE - CONVENENTE ORIENTAÇÕES PARA UTILIZAÇÃO DO SICONV SISTEMA DE GESTÃO DE CONVÊNIO PORTAL DOS CONVÊNIOS PROPONENTE - CONVENENTE 1 APRESENTAÇÃO Convênios são acordos firmados por entidades públicas de qualquer espécie,

Leia mais

12/2014 792864/2013 SENAES/MTE CAMP

12/2014 792864/2013 SENAES/MTE CAMP Processo Seletivo Nº. 12/2014 Convênio Nº 792864/2013 SENAES/MTE CAMP Projeto: Fortalecimento e expansão das iniciativas de Fundos Solidários na Região Sul do Brasil. Processo Seletivo objetivando a contratação

Leia mais

Número: 00190.012047/2013-59 Unidade Examinada: Instituto Benjamin Constant - RJ

Número: 00190.012047/2013-59 Unidade Examinada: Instituto Benjamin Constant - RJ Número: 00190.012047/2013-59 Unidade Examinada: Instituto Benjamin Constant - RJ Relatório de Demandas Externas n 00190.012047/2013-59 Sumário Executivo Este Relatório apresenta os resultados das ações

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA (TR) GAUD 4.6.8 01 VAGA

TERMO DE REFERÊNCIA (TR) GAUD 4.6.8 01 VAGA INSTITUTO INTERAMERICANO DE COOPERAÇÃO PARA A AGRICULTURA TERMO DE REFERÊNCIA (TR) GAUD 4.6.8 01 VAGA 1 IDENTIFICAÇÃO DA CONSULTORIA Contratação de consultoria pessoa física para serviços de preparação

Leia mais

MERENDA ESCOLAR Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE)

MERENDA ESCOLAR Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) Presidência da República Controladoria-Geral da União MERENDA ESCOLAR Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) MERENDA ESCOLAR O Programa Nacional de Alimentação Escolar PNAE, conhecido como Merenda

Leia mais

COM A SECRETARIA DE DIREITOS HUMANOS DA PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA, torna

COM A SECRETARIA DE DIREITOS HUMANOS DA PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA, torna EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA Nº 001/2015 PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOAL POR PRAZO DETERMINADO PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS NO NÚCLEO DE ENFRENTAMENTO A VIOLÊNCIA CONTRA A PESSOA IDOSA (CONVÊNIO Nº 812777/2015)

Leia mais

SÓLAZER CLUBE DOS EXECEPCIONAIS - ORGANIZAÇÃO SOCIAL DE ESPORTE CNPJ 28.008.530/0001-03

SÓLAZER CLUBE DOS EXECEPCIONAIS - ORGANIZAÇÃO SOCIAL DE ESPORTE CNPJ 28.008.530/0001-03 SÓLAZER CLUBE DOS EXECEPCIONAIS - ORGANIZAÇÃO SOCIAL DE ESPORTE CNPJ 28.008.530/0001-03 Capítulo I INTRODUÇÃO REGULAMENTO DE COMPRAS E CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS Art. 1º - O presente regulamento tem por finalidade

Leia mais

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME Secretaria-Executiva Diretoria de Projetos Internacionais - DPI

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME Secretaria-Executiva Diretoria de Projetos Internacionais - DPI MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME Secretaria-Executiva Diretoria de Projetos Internacionais - DPI CONTRATAÇÃO DE CONSULTOR MODALIDADE: Produto Nº do Termo de Referência 24 Projeto Organismo:

Leia mais

Instituto de Assessoria para o Desenvolvimento Humano - IADH TERMO DE REFERÊNCIA. Processo Seletivo Simplificado

Instituto de Assessoria para o Desenvolvimento Humano - IADH TERMO DE REFERÊNCIA. Processo Seletivo Simplificado Instituto de Assessoria para o Desenvolvimento Humano - IADH TERMO DE REFERÊNCIA Processo Seletivo Simplificado Processo Administrativo nº: 00/05, de 5/0/05 Processo Seletivo Simplificado nº: 00/05, de

Leia mais

SELEÇÃO PÚBLICA SIMPLIFICADA PARA CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS TÉCNICOS ESPECIALIZADOS. Termo de Referência RAIS/OPSAN nº 16 /2015, de 11 de maio de 2015.

SELEÇÃO PÚBLICA SIMPLIFICADA PARA CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS TÉCNICOS ESPECIALIZADOS. Termo de Referência RAIS/OPSAN nº 16 /2015, de 11 de maio de 2015. SELEÇÃO PÚBLICA SIMPLIFICADA PARA CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS TÉCNICOS ESPECIALIZADOS Termo de Referência RAIS/OPSAN nº 16 /2015, de 11 de maio de 2015. O Observatório de Políticas de Segurança Alimentar e

Leia mais

3.1 Planejar, organizar e realizar oficinas de mapeamento participativo utilizando técnicas de educação popular e promoção da saúde;

3.1 Planejar, organizar e realizar oficinas de mapeamento participativo utilizando técnicas de educação popular e promoção da saúde; EDITAL DO CENTRO DE PROMOÇÃO DA SAÚDE TERMO DE REFERÊNCIA Nº 05/2012 COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇO Nº 05/2012 TIPO: MELHOR TÉCNICA O Centro de Promoção da Saúde, entidade privada sem fins lucrativos, inscrita

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento - Coordenação de Agroecologia / PROBIO II.

TERMO DE REFERÊNCIA. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento - Coordenação de Agroecologia / PROBIO II. MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO PROJETO NACIONAL DE AÇÕES INTEGRADAS PUBLICO-PRIVADAS PARA BIODIVERSIDADE PROBIO II FUNDO NACIONAL PARA O MEIO AMBIENTE (Global Environmental Facility

Leia mais

PORTARIA Nº 572, DE 22 DE MARÇO DE 2010

PORTARIA Nº 572, DE 22 DE MARÇO DE 2010 PORTARIA Nº 572, DE 22 DE MARÇO DE 2010 O MINISTRO DE ESTADO DO CONTROLE E DA TRANSPARÊNCIA, no uso das atribuições que lhe confere o inciso II do parágrafo único do art. 87 da Constituição, nos termos

Leia mais

Processo Seletivo: Cirurgião Dentista. Para atuar no PSF Para Vagas em Aberto e Formação de Cadastro Reserva

Processo Seletivo: Cirurgião Dentista. Para atuar no PSF Para Vagas em Aberto e Formação de Cadastro Reserva Processo Seletivo: Cirurgião Dentista Para atuar no PSF Para Vagas em Aberto e Formação de Cadastro Reserva Pré-requisitos: 1. Ter Superior Completo; 3. Registro Profissional no Conselho Regional de Odontologia;

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA No XXX Contrato por Produto - Nacional. Elaboração de Plano de Diretor de Tecnologia da Informação e Comunicação.

TERMO DE REFERÊNCIA No XXX Contrato por Produto - Nacional. Elaboração de Plano de Diretor de Tecnologia da Informação e Comunicação. TERMO DE REFERÊNCIA No XXX Contrato por Produto - Nacional 1. Função no Projeto: Elaboração de Plano de Diretor de Tecnologia da Informação e Comunicação. 2. Nosso Número BRA/12/010 3. Antecedentes A missão

Leia mais

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO RELATÓRIO DE AUDITORIA ANUAL DE CONTAS

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO RELATÓRIO DE AUDITORIA ANUAL DE CONTAS PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO RELATÓRIO DE AUDITORIA ANUAL DE CONTAS TIPO DE AUDITORIA : AUDITORIA DE GESTÃO EXERCÍCIO : 2007 PROCESSO Nº

Leia mais

REGIMENTO INTERNO AUDITORIA INTERNA DA UNIFEI. CAPÍTULO I Disposições Preliminares

REGIMENTO INTERNO AUDITORIA INTERNA DA UNIFEI. CAPÍTULO I Disposições Preliminares REGIMENTO INTERNO DA UNIFEI CAPÍTULO I Disposições Preliminares Art. 1º. A Auditoria Interna da Universidade Federal de Itajubá é um órgão técnico de assessoramento da gestão, vinculada ao Conselho de

Leia mais

EDITAL DO CENTRO DE PROMOÇÃO DA SAÚDE TERMO DE REFERÊNCIA Nº 03/2012 COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇO Nº 03/2012 TIPO: QUALIFICAÇÃO TÉCNICA

EDITAL DO CENTRO DE PROMOÇÃO DA SAÚDE TERMO DE REFERÊNCIA Nº 03/2012 COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇO Nº 03/2012 TIPO: QUALIFICAÇÃO TÉCNICA EDITAL DO CENTRO DE PROMOÇÃO DA SAÚDE TERMO DE REFERÊNCIA Nº 03/2012 COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇO Nº 03/2012 TIPO: QUALIFICAÇÃO TÉCNICA O Centro de Promoção da Saúde, entidade privada sem fins lucrativos, inscrita

Leia mais

Portal dos Convênios

Portal dos Convênios Portal dos Convênios Um novo paradigma nas tranferências voluntárias da União Rogério Santanna dos Santos São Paulo, 10 de novembro de 2008 Roteiro Apresentação Metas do Portal dos Convênios Contexto Transferências

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO GABINETE DO MINISTRO PORTARIA INTERMINISTERIAL Nº 883, DE 5 DE JULHO DE 2010

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO GABINETE DO MINISTRO PORTARIA INTERMINISTERIAL Nº 883, DE 5 DE JULHO DE 2010 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO GABINETE DO MINISTRO PORTARIA INTERMINISTERIAL Nº 883, DE 5 DE JULHO DE 2010 Regulamenta o Decreto nº 7.082, de 27 de janeiro de 2010, que institui o Programa Nacional de Reestruturação

Leia mais

Sistema Integrado de Planejamento e Gestão Fiscal SIGEF. MÓDULO TRANSFERÊNCIAS (Convênio e Contrato de Apoio Financeiro)

Sistema Integrado de Planejamento e Gestão Fiscal SIGEF. MÓDULO TRANSFERÊNCIAS (Convênio e Contrato de Apoio Financeiro) Sistema Integrado de Planejamento e Gestão Fiscal SIGEF MÓDULO TRANSFERÊNCIAS (Convênio e Contrato de Apoio Financeiro) Diretoria de Auditoria Geral DIAG Gerência de Auditoria de Recursos Antecipados -

Leia mais

Ministério da Educação UNIVERSIDADE FEDERAL DE ITAJUBÁ Criada pela Lei nº. 10.435, de 24 de abril de 2002. AUDITORIA INTERNA

Ministério da Educação UNIVERSIDADE FEDERAL DE ITAJUBÁ Criada pela Lei nº. 10.435, de 24 de abril de 2002. AUDITORIA INTERNA RELATÓRIO DE AUDITORIA Nº. 03/2008 Setor: Licitações, Contratos e Convênios (CCC e DCF) Período: 09/06/2008 a 30/06/2008 Legislação Aplicada: - Lei nº. 8.666/93 - Lei nº. 11.170/2005 - Decreto nº. 3.931/01

Leia mais

PORTARIA Nº 375, DE 10 DE MARÇO DE 2014

PORTARIA Nº 375, DE 10 DE MARÇO DE 2014 PORTARIA Nº 375, DE 10 DE MARÇO DE 2014 Regulamenta a aplicação das emendas parlamentares que adicionarem recursos à Rede SUS no exercício de 2014 para aplicação em obras de ampliação e construção de entidades

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ FUNDAÇÃO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE COORDENADORIA DE POLÍTICAS ESTRATÉGICAS DE DESENVOLVIMENTO DO ATENDIMENTO

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ FUNDAÇÃO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE COORDENADORIA DE POLÍTICAS ESTRATÉGICAS DE DESENVOLVIMENTO DO ATENDIMENTO EDITAL Nº 001/2012/FCRIA PROJETO ADOLESCENTE DE BRAÇOS DADOS COM A CIDADANIA SOCIAL CONTRATO 6000.0065086.11.2/PETROBRAS/GEA/FCRIA A DO ESTADO DO AMAPÁ FCRIA executa o Projeto ADOLESCENTE DE BRAÇOS DADOS

Leia mais

MINISTÉRIO DA INTEGRAÇÃO NACIONAL TERMO DE REFERÊNCIA CAPACITAÇÃO INTERNA DIAGNÓSTICO E MATRIZ CURRICULAR

MINISTÉRIO DA INTEGRAÇÃO NACIONAL TERMO DE REFERÊNCIA CAPACITAÇÃO INTERNA DIAGNÓSTICO E MATRIZ CURRICULAR MINISTÉRIO DA INTEGRAÇÃO NACIONAL SECRETARIA NACIONAL DE DEFESA CIVIL TERMO DE REFERÊNCIA CAPACITAÇÃO INTERNA DIAGNÓSTICO E MATRIZ CURRICULAR 1 Função no Projeto Realização de diagnóstico de necessidades

Leia mais

EDITAL 02/2008 - PROJETO 914BRA1109 SELECIONA

EDITAL 02/2008 - PROJETO 914BRA1109 SELECIONA Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura EDITAL 02/2008 - PROJETO 914BRA1109 SELECIONA Consultor por Produto para Projeto da Organização das Nações Unidas para a Educação, a

Leia mais

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO TIPO DE AUDITORIA : ACOMPANHAMENTO DA GESTÃO UNIDADE AUDITADA : FUB CÓDIGO : 154040 CIDADE : BRASILIA RELATÓRIO

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA (TOR)

TERMO DE REFERÊNCIA (TOR) MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO CONTINUADA, ALFABETIZAÇÃO, DIVERSIDADE E INCLUSÃO DIRETORIA DE POLÍTICAS PARA EDUCAÇÃO DO CAMPO E DIVERSIDADE COORDENAÇÃO GERAL DE EDUCAÇÃO ESCOLAR INDÍGENA

Leia mais

INCUBADORAS DE EMPRESAS. EDITAL SEBRAE/ANPROTEC 01/2015 Implantação e Certificação do CERNE

INCUBADORAS DE EMPRESAS. EDITAL SEBRAE/ANPROTEC 01/2015 Implantação e Certificação do CERNE INCUBADORAS DE EMPRESAS EDITAL SEBRAE/ANPROTEC 01/2015 Implantação e Certificação do CERNE Brasília, 2015 O Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas SEBRAE, entidade associativa de Direito

Leia mais

3. 1 Executar e monitorar as metas e etapas previstas no Plano de Trabalho assim com sua execução operacional, administrativa e financeira.

3. 1 Executar e monitorar as metas e etapas previstas no Plano de Trabalho assim com sua execução operacional, administrativa e financeira. EDITAL DO CENTRO DE PROMOÇÃO DA SAÚDE TERMO DE REFERÊNCIA Nº 02/2012 COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇO Nº 02/2012 TIPO: MELHOR QUALIFICAÇÃO TÉCNICA O Centro de Promoção da Saúde, entidade privada sem fins lucrativos,

Leia mais

CNPJ: 25.466.087/0001-18

CNPJ: 25.466.087/0001-18 PROCESSO SELETIVO DE CONTRATAÇÃO COORDENADOR DE INGLÊS PCGV59201105059 1 PREÂMBULO O INSTITUTO DE COOPERAÇÃO E EDUCAÇÃO AO DESENVOLVIMENTO (INCED) é uma instituição qualificada como Organização da Sociedade

Leia mais

Secretaria do Planejamento

Secretaria do Planejamento Salvador, Bahia Sexta-Feira 10 de outubro de 2014 Ano XCIX N o 21.543 Secretaria do Planejamento INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 02 DE 08 DE OUTUBRO DE 2014 Orienta os órgãos e entidades da Administração Pública

Leia mais

Programa de Treinamento em Epidemiologia Aplicada aos Serviços do Sistema Único de Saúde - EPISUS

Programa de Treinamento em Epidemiologia Aplicada aos Serviços do Sistema Único de Saúde - EPISUS Programa de Treinamento em Epidemiologia Aplicada aos Serviços do Sistema Único de Saúde - EPISUS RN-005/2009 A Vice-Presidente do CONSELHO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO CIENTÍFICO E TECNOLÓGICO - CNPq,

Leia mais

MANUAL FISCAL CONTROLE INTERNO DE CONVÊNIOS 2014

MANUAL FISCAL CONTROLE INTERNO DE CONVÊNIOS 2014 2 MANUAL DO FISCAL CONTROLE INTERNO DE CONVÊNIOS 2014 2 GOVERNADOR DO ESTADO DO PARANÁ Beto Richa SECRETÁRIO DE ESTADO DA EDUCAÇÃO Paulo Afonso Schmidt DIRETOR GERAL Edmundo Rodrigues da Veiga Neto SUPERINTENDE

Leia mais

PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº 29 PROJETO DE ORGANISMO INTERNACIONAL CONTRATA:

PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº 29 PROJETO DE ORGANISMO INTERNACIONAL CONTRATA: PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº 29 PROJETO DE ORGANISMO INTERNACIONAL CONTRATA: Em conformidade como o disposto no Decreto n.º 5151, de 22/07/2004 a Agência Nacional de Energia Elétrica - ANEEL, torna

Leia mais

Portal dos Convênios SICONV. Ajuste do Plano de Trabalho, Termo Aditivo e Prorroga de Ofício Perfis de Convenente e Concedente.

Portal dos Convênios SICONV. Ajuste do Plano de Trabalho, Termo Aditivo e Prorroga de Ofício Perfis de Convenente e Concedente. MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE LOGÍSTICA E SERVIÇOS GERAIS Portal dos Convênios SICONV Ajuste do Plano de Trabalho, Termo

Leia mais