As muitas facetas da alfabetização

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "As muitas facetas da alfabetização"

Transcrição

1 As muitas facetas da alfabetização Baseado no livro Alfabetização e Letramento, de Magda Becker Soares Professora: Síntia Ebert 2015/1

2 Analfabetismo 0 Questões antigas parecem continuar atuais. 0 Década de 40: - Não mais de 50% das crianças brasileiras conseguem romper a barreira da 1ª série, ou seja, conseguem aprender a ler e a escrever. - Segundo Ministério da Educação, em 1963, de cada mil crianças que ingressavam na 1ª série, apenas 449 passaram à 2ª série.

3 0 Dez anos depois, em 1974 de cada mil crianças que ingressavam na 1ª série, apenas 438 chegaram à 2ª série no ano seguinte. 0 Na década de 80 a situação era semelhante. 0 No início do século XXI, o problema permanece, a diferença é que os alunos passam para a próxima série ou ciclo ainda não alfabetizados.

4 QUESTIONAMENTOS

5 0 Somos um país que vem fracassando quanto ao processo de alfabetização? 0 Quais são as causas desse fracasso?

6 0 Muito se tem escrito e pesquisado a respeito desse problema. 0 Resultando em dados não integrados e não inclusos, resultantes de diferentes áreas de conhecimento (psicologia, linguística, pedagogia), cada um tratando a questão independente e ignorando as demais.

7 0 São dados que buscam a explicação do problema apontando possíveis causas: - Ora no aluno (questões de saúde, ou psicológicas, ou de linguagem); - Ora no contexto cultural do aluno (ambiente familiar e vivências socioculturais), ora no professor (formação inadequada, incompetência profissional);

8 - Ora no método (eficiência/ineficiência deste ou daquele método); - Ora no material didático (inadequação às experiências e interesses das crianças; - Ora no código escrito (as questões de relação entre o sistema fonológico e o sistema ortográfico da língua portuguesa.

9 0 Não há como fugir, em se tratando de um processo complexo como a alfabetização, de uma multiplicidade de perspectivas, resultante da colaboração de diferentes áreas de conhecimento.

10 0 De certa forma, a aprendizagem da língua materna, quer escrita, quer oral, é um processo permanente, nunca interrompido.

11 Referência 0 Soares, Magda. Alfabetização e Letramento. 5. ed. São Paulo: Contexto, 2008.

SOARES, Magda. Letramento: um tema em três gêneros. 3. ed. Belo Horizonte, Autêntica, 2009.

SOARES, Magda. Letramento: um tema em três gêneros. 3. ed. Belo Horizonte, Autêntica, 2009. SOARES, Magda. Letramento: um tema em três gêneros. 3. ed. Belo Horizonte, Autêntica, 2009. 1º TEXTO: PRODUZIDO PARA LEITOR- PROFESSOR COM O OBJETIVO DE ESCLARECER O SIGNIFICADO DE LETRAMENTO. Letramento

Leia mais

VMSIMULADOS. ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO 1

VMSIMULADOS. ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO    1 ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO 01. Segundo Magda Soares, o processo de alfabetização exige do profissional grande especificidade e também uma preparação que o leve a compreender várias facetas como as áreas:

Leia mais

SOARES, Magda. Letramento: um tema em três gêneros. 3. ed. Belo Horizonte, Autêntica, 2009.

SOARES, Magda. Letramento: um tema em três gêneros. 3. ed. Belo Horizonte, Autêntica, 2009. SOARES, Magda. Letramento: um tema em três gêneros. 3. ed. Belo Horizonte, Autêntica, 2009. 1º texto: produzido para leitorprofessor com o objetivo de esclarecer o significado de letramento. Letramento

Leia mais

LETRAMENTO E RESGATE CULTURAL: RELATÓRIO DE APLICAÇÃO DE UM PROJETO DE LETRAMENTO

LETRAMENTO E RESGATE CULTURAL: RELATÓRIO DE APLICAÇÃO DE UM PROJETO DE LETRAMENTO LETRAMENTO E RESGATE CULTURAL: RELATÓRIO DE APLICAÇÃO DE UM PROJETO DE LETRAMENTO Laurita Rodrigues de Amorim 1 Nei de Lima Rocha O presente relatório de aplicação de um projeto de letramento foi realizado

Leia mais

ALUNOS ANALFABETOS NOS ANOS FINAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL: O QUE PENSAM DIRETORES E PROFESSORES

ALUNOS ANALFABETOS NOS ANOS FINAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL: O QUE PENSAM DIRETORES E PROFESSORES ALUNOS ANALFABETOS NOS ANOS FINAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL: O QUE PENSAM DIRETORES E PROFESSORES Gilvan Elias Pereira Doutor em Língua Portuguesa pela PUC SP Professor da FAAT Faculdades Resumo: A proposta

Leia mais

PROGRAMA DE DISCIPLINA

PROGRAMA DE DISCIPLINA PROGRAMA DE DISCIPLINA Disciplina: Alfabetização e Letramento Código da Disciplina: EDU328 Curso: Pedagogia Semestre de oferta da disciplina: 5º Faculdade responsável: Pedagogia Programa em vigência a

Leia mais

Alfabetização e Letramento

Alfabetização e Letramento Alfabetização e Letramento Heloise Martins Essa imagem ilustra bem o conceito de letramento. É abrir as portas e janelas do mundo por meio da leitura, da oralidade e ser capaz de se relacionar bem nas

Leia mais

PALAVRAS-CHAVE Alfabetização. Letramento. Estudo de Caso. Introdução

PALAVRAS-CHAVE Alfabetização. Letramento. Estudo de Caso. Introdução 12. CONEX Apresentação Oral Resumo Expandido 1 ÁREA TEMÁTICA: (marque uma das opções) ( ) COMUNICAÇÃO ( ) CULTURA ( ) DIREITOS HUMANOS E JUSTIÇA (X ) EDUCAÇÃO ( ) MEIO AMBIENTE ( ) SAÚDE ( ) TRABALHO (

Leia mais

Câmara de Lobos, 15 de setembro de 2015

Câmara de Lobos, 15 de setembro de 2015 GRUPO 300 Português 7.º / 8.º e 9.º anos Critérios de avaliação Perce ntage m Total TESTES DE AVALIAÇÃO LEITURA / EDUCAÇÃO LITERÁRIA / - ler e interpretar textos diversos - escrever para expressar conhecimentos.

Leia mais

Gilmara Teixeira Costa Professora da Educação Básica- Barra de São Miguel/PB )

Gilmara Teixeira Costa Professora da Educação Básica- Barra de São Miguel/PB ) GT 4 LINGUAGENS, LETRAMENTO E ALFABETIZAÇÃO. Gilmara Teixeira Costa (gilmara-teixeira-01@hotmail.com/ Professora da Educação Básica- Barra de São Miguel/PB ) Juliana Maria Soares dos Santos (PPGFP UEPB)¹

Leia mais

O ACESSO À CULTURA LETRADA NA EDUCAÇÃO INFANTIL

O ACESSO À CULTURA LETRADA NA EDUCAÇÃO INFANTIL O ACESSO À CULTURA LETRADA NA EDUCAÇÃO INFANTIL ALINE RAQUEL CREPALDI FUZETO 1 AMANDA ZAMORA GIMENEZ PARPINELI 2 RENATA BIEM HENRIQUE 3 ROSSANA CRISTINA DA COSTA 4 RESUMO: O presente artigo conceitua alfabetização,

Leia mais

22/01/2016 Sexta-feira. 2º ano do Ensino Fundamental I

22/01/2016 Sexta-feira. 2º ano do Ensino Fundamental I 2º Ano - C 2º Ano - B 2º Ano - A 1ª, 2ª e 3ª e 22/01/2016 Sexta-feira 2º ano do Ensino Fundamental I 2º ano A - Antes de executar suas tarefas, revise a parte teórica Números naturais do 6 ao 9; Págs.22

Leia mais

LINGUAGEM Estudos e Pesquisas, Catalão, vol

LINGUAGEM Estudos e Pesquisas, Catalão, vol AS IMPLICAÇÕES DAS PESQUISAS COM A ORALIDADE PARA O ENSINO DE LINGUA MATERNA E O RECONHECIMENTO DA LEITURA, DO LETRAMENTO, DA ORALIDADE E DA ESCRITA COM PRÁTICAS SOCIAIS Aline do Nascimento DUARTE * Marcuschi

Leia mais

PLANO DE ENSINO DO LABORATÓRIO DE AVALIAÇÃO PSICOLÓGICA Disciplina ou Módulo: Habilidades Específicas IX - Laboratório de Avaliação Psicológica.

PLANO DE ENSINO DO LABORATÓRIO DE AVALIAÇÃO PSICOLÓGICA Disciplina ou Módulo: Habilidades Específicas IX - Laboratório de Avaliação Psicológica. Universidade Anhanguera-Uniderp Pró-Reitoria de Graduação Curso: PSICOLOGIA PLANO DE ENSINO DO LABORATÓRIO DE AVALIAÇÃO PSICOLÓGICA Disciplina ou Módulo: Habilidades Específicas IX - Laboratório de Avaliação

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO Faculdade de Educação. Mayara Freitas Tricárico. Plano de aula

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO Faculdade de Educação. Mayara Freitas Tricárico. Plano de aula UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO Faculdade de Educação Mayara Freitas Tricárico Plano de aula São Paulo 2012 Mayara Freitas Tricárico Plano de aula apresentado para a Disciplina Metodologia do ensino de português:

Leia mais

DIVISÃO DE ASSUNTOS ACADÊMICOS Secretaria Geral de Cursos PROGRAMA DE DISCIPLINA

DIVISÃO DE ASSUNTOS ACADÊMICOS Secretaria Geral de Cursos PROGRAMA DE DISCIPLINA DIVISÃO DE ASSUNTOS ACADÊMICOS Secretaria Geral de Cursos PROGRAMA DE DISCIPLINA DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO CÓDIGO: EDU316 DISCIPLINA: ALFABETIZAÇÃO CARGA HORÁRIA: 75h EMENTA: O processo de alfabetização

Leia mais

UMA EXPERIÊNCIA DE REGRESSO AO PROGRAMA DE ALFABETIZAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS. ANDRÉA SANTA CRUZ ARAÚJO/ UEPB- PB -

UMA EXPERIÊNCIA DE REGRESSO AO PROGRAMA DE ALFABETIZAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS. ANDRÉA SANTA CRUZ ARAÚJO/ UEPB- PB - 1 UMA EXPERIÊNCIA DE REGRESSO AO PROGRAMA DE ALFABETIZAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS MAIARA DE SOUZA/UEPB- PB maiara.m.souza@gmail.com ANDRÉA SANTA CRUZ ARAÚJO/ UEPB- PB - andreaasantacruz@hotmail.com MARIA

Leia mais

ROUSSEAU E O PROCESSO DA ALFABETIZAÇÃO INFANTIL

ROUSSEAU E O PROCESSO DA ALFABETIZAÇÃO INFANTIL ROUSSEAU E O PROCESSO DA ALFABETIZAÇÃO INFANTIL SILVA, Vanessa Ferreira UNIUBE vanessafarantes@yahoo.com.br FREITAS, Mônica C. Medeiros - UNIUBE monicacalfreitas@yahoo.com.br BATISTA, Gustavo Araújo -

Leia mais

ALFABETIZAÇÃO E SUA COMPLEXIDADE

ALFABETIZAÇÃO E SUA COMPLEXIDADE ALFABETIZAÇÃO E SUA COMPLEXIDADE Erivana Rodrigues MARTINS 1 [e-mail: erivanamartins@gmail.com] Ângela Maria Rodrigues de FIGUEIREDO 2 [e-mail: angelaf.uea@gmail.com] Universidade do Estado do Amazonas

Leia mais

LER E ESCREVER SÃO COISAS DE CRIANÇAS?

LER E ESCREVER SÃO COISAS DE CRIANÇAS? LER E ESCREVER SÃO COISAS DE CRIANÇAS? II Encontro Orientadores de Estudo PNAIC A criança no ciclo de alfabetização Mônica Correia Baptista monicacb.ufmg@gmail.com Professora Departamento de Administração

Leia mais

Grelha de Avaliação Oral (a preencher pelo professor)

Grelha de Avaliação Oral (a preencher pelo professor) 1 Grelha de Avaliação Oral (a preencher pelo professor) Compreende as instruções do professor Compreende enunciados orais simples Compreende enunciados orais complexos Escuta atentamente COMPREENSÃO O

Leia mais

O TEXTO JORNALÍSTICO NA SALA DE AULA TEMA: MUNDO DO TRABALHO

O TEXTO JORNALÍSTICO NA SALA DE AULA TEMA: MUNDO DO TRABALHO CAMPUS BAGÉ CURSO DE LICENCIATURA EM LETRAS PIBID LETRAS 2014 O TEXTO JORNALÍSTICO NA SALA DE AULA TEMA: MUNDO DO TRABALHO Bolsista: Pâmela Oliveira de Castro. Coordenadora: Fabiana Giovani Supervisora:

Leia mais

SALAS DE APOIO À APRENDIZAGEM DE LÍNGUA PORTUGUESA DE 6º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL: CONTRIBUIÇÕES PARA O PROCESSO DE ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO

SALAS DE APOIO À APRENDIZAGEM DE LÍNGUA PORTUGUESA DE 6º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL: CONTRIBUIÇÕES PARA O PROCESSO DE ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO ÁREA TEMÁTICA: (marque uma das opções) ( ) COMUNICAÇÃO ( ) CULTURA ( ) DIREITOS HUMANOS E JUSTIÇA (X) EDUCAÇÃO ( ) MEIO AMBIENTE ( ) SAÚDE ( ) TRABALHO ( ) TECNOLOGIA SALAS DE APOIO À APRENDIZAGEM DE LÍNGUA

Leia mais

ALFABETIZAR PARA E PELA EDUCAÇÃO DO CAMPO: UM DESAFIO NA FORMAÇÃO DE PROFESSORES

ALFABETIZAR PARA E PELA EDUCAÇÃO DO CAMPO: UM DESAFIO NA FORMAÇÃO DE PROFESSORES ALFABETIZAR PARA E PELA EDUCAÇÃO DO CAMPO: UM DESAFIO NA FORMAÇÃO DE PROFESSORES Ana Raquel de Sousa Poubaix Diniz Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro - UENF / arpourbaix@gmail.com

Leia mais

Base Nacional Comum Base Nacional Comum:

Base Nacional Comum Base Nacional Comum: Base Nacional Comum Base Nacional Comum: conjunto de conhecimentos, saberes e valores produzidos culturalmente, expressos nas políticas públicas e que são gerados nas instituições produtoras do conhecimento

Leia mais

7 Referências bibliográficas

7 Referências bibliográficas 7 Referências bibliográficas ALVES, R. (1984) Conversas com quem gosta de ensinar. Cortez Editora, Autores Associados, São Paulo. e DIMENSTEIN, G. (2003) Fomos maus alunos. São Paulo, Papirus. ASSIS, M.

Leia mais

APRENDIZAGEM CONHECENDO SEU PROCESSO PARA COMPREENDER O SEU DESENVOLVIMENTO

APRENDIZAGEM CONHECENDO SEU PROCESSO PARA COMPREENDER O SEU DESENVOLVIMENTO UNIVERSIDADE DO ESTADO DO AMAZONAS MESTRADO ACADEMICO EM EDUCACAO E CIENCIAS NA AMAZONIA APRENDIZAGEM CONHECENDO SEU PROCESSO PARA COMPREENDER O SEU DESENVOLVIMENTO MESTRANDA LIDIANE MEDEIROS APRENDIZAGEM

Leia mais

UNIDADE DE ESTUDO - 3ª ETAPA

UNIDADE DE ESTUDO - 3ª ETAPA OBJETIVOS GERAIS: UNIDADE DE ESTUDO - 3ª ETAPA - 2016 Disciplina: Linguagem Oral e Escrita Professoras: Anália, Carla, Fabiana e Roberta Período: 2º Segmento: Educação Infantil Mostrar autonomia na utilização

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO PROVA OBJETIVA - GABARITO PRELIMINAR

CONCURSO PÚBLICO PROVA OBJETIVA - GABARITO PRELIMINAR 01. CARGO - ASSISTENTE SOCIAL B C C D B A A D A B B C B B A C C D B A 02. CARGO - ENFERMEIRO PLANTONISTA D NULA D A NULA B D D C A A B B D C A C A C A 03. CARGO - ENFERMEIRO - PSF B A B A D B D B D C B

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DO LÚDICO NA PERSPECTIVA HISTÓRICO CULTURAL AOS PROCESSOS DE ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO

A IMPORTÂNCIA DO LÚDICO NA PERSPECTIVA HISTÓRICO CULTURAL AOS PROCESSOS DE ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO A IMPORTÂNCIA DO LÚDICO NA PERSPECTIVA HISTÓRICO CULTURAL AOS PROCESSOS DE ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO WATANABE, Yukie Ely yukie_ely@hotmail.com BERTO, Fabiane Gisele giselefberto@hotmail.com CHICARELLE,

Leia mais

A Leitura Literária no Ensino Fundamental:

A Leitura Literária no Ensino Fundamental: A Leitura Literária no Ensino Fundamental: Possibilidades de trabalhos em sala de aula de Língua Portuguesa a partir de uma perspectiva de formação continuada do professor Profª Ms. Joyce Rodrigues Silva

Leia mais

ateriais: elaboração e testagem

ateriais: elaboração e testagem M Formador: ateriais: elaboração e testagem Luís Fernando Pinto Salema Guião para elaboração de atividade (s) 1. Competência dominante a desenvolver: CEL (Conhecimento Explícito da Língua) 2. Destinatários

Leia mais

Análise e Práticas do Livro Didático, com ênfase no ensino e aprendizagem da leitura e escrita nos Anos Iniciais

Análise e Práticas do Livro Didático, com ênfase no ensino e aprendizagem da leitura e escrita nos Anos Iniciais Análise e Práticas do Livro Didático, com ênfase no ensino e aprendizagem da leitura e escrita nos Anos Iniciais Autora: Vanessa Mendes Souza. Coautoras: Deyse Cardoso, Jadila Fonseca, Manuela Aragão.

Leia mais

LINGUAGEM E ALFABETIZAÇÃO: IMPLICAÇÕES QUE ENVOLVEM A ESCOLARIZAÇÃO DA CRIANÇA.

LINGUAGEM E ALFABETIZAÇÃO: IMPLICAÇÕES QUE ENVOLVEM A ESCOLARIZAÇÃO DA CRIANÇA. LINGUAGEM E ALFABETIZAÇÃO: IMPLICAÇÕES QUE ENVOLVEM A ESCOLARIZAÇÃO DA CRIANÇA. SILVA, Nayla Marçon da DISCUSSÃO Na formação da identidade do aluno, a escola tem grande importância. É ela a responsável

Leia mais

1 - Introdução. Orientadora: Profª. Vera Lucia Lins Sant Anna ** PALAVRAS-CHAVE: Dificuldades de aprendizagem. Educação. Processo de alfabetização.

1 - Introdução. Orientadora: Profª. Vera Lucia Lins Sant Anna ** PALAVRAS-CHAVE: Dificuldades de aprendizagem. Educação. Processo de alfabetização. As dificuldades de aprendizagem no processo de alfabetização de crianças que não obtiveram êxito na apropriação da leitura e da escrita: um estudo de caso. Elizete Ferreira de Souza * Layla Karoline Maximiano

Leia mais

LETRAMENTO E DESENVOLVIMENTO: A IMPORTÂNCIA DA ALFABETIZAÇÃO PARA A FORMAÇÃO DO SUJEITO

LETRAMENTO E DESENVOLVIMENTO: A IMPORTÂNCIA DA ALFABETIZAÇÃO PARA A FORMAÇÃO DO SUJEITO LETRAMENTO E DESENVOLVIMENTO: A IMPORTÂNCIA DA ALFABETIZAÇÃO PARA A FORMAÇÃO DO SUJEITO Rafaela Dayne Ribeiro Lucena (UEPB/PPGLI/CAPES) Rafela-dayne-bb@hotmail.com RESUMO Na contemporaneidade, o letramento

Leia mais

Desafiar a turma com jogos de alfabetização

Desafiar a turma com jogos de alfabetização Desafiar a turma com jogos de alfabetização O jogo é uma atividade que desafia e mobiliza diferente saberes, pensamentos e emoções. O objetivo primeiro do jogador é acertar para ganhar o jogo e, além disso,

Leia mais

Programa de Português 2º Ano

Programa de Português 2º Ano Programa de Português 2º Ano Introdução Reconhece-se a Língua Materna como o elemento mediador que permite a nossa identificação, a comunicação com os outros e a descoberta e compreensão do mundo que nos

Leia mais

LETRAMENTO E GÊNEROS TEXTUAIS NO ENSINO DE LÍNGUA MATERNA: RELATÓRIO DE PROJETO DE LETRAMENTO

LETRAMENTO E GÊNEROS TEXTUAIS NO ENSINO DE LÍNGUA MATERNA: RELATÓRIO DE PROJETO DE LETRAMENTO LETRAMENTO E GÊNEROS TEXTUAIS NO ENSINO DE LÍNGUA MATERNA: RELATÓRIO DE PROJETO DE LETRAMENTO Charleni Araújo de Lima 1 Ilma Dias dos Santos Roseli Pereira de Almeida Neste projeto proposto sobre o letramento,

Leia mais

A FORMAÇÃO DE PROFESSORES: O LETRAMENTO CRÍTICO NA SALA DE AULA E AS PRÁTICAS SOCIAIS

A FORMAÇÃO DE PROFESSORES: O LETRAMENTO CRÍTICO NA SALA DE AULA E AS PRÁTICAS SOCIAIS Doi: 10.5212/Uniletras.v.36i2.0007 A FORMAÇÃO DE PROFESSORES: O LETRAMENTO CRÍTICO NA SALA DE AULA E AS PRÁTICAS SOCIAIS A TEACHER EDUCATION: CRITIC LITERACY IN CLASSROOM THE PRACTICES AND SOCIAL Marcia

Leia mais

VARIAÇÃO LINGUÍSTICA, ORALIDADE E LETRAMENTO: NA INVESTIGAÇÃO DO PROCESSO DE AQUISIÇÃO DA ESCRITA EM TURMA DE PRÉ-ESCOLAR, EM TERESINA.

VARIAÇÃO LINGUÍSTICA, ORALIDADE E LETRAMENTO: NA INVESTIGAÇÃO DO PROCESSO DE AQUISIÇÃO DA ESCRITA EM TURMA DE PRÉ-ESCOLAR, EM TERESINA. VARIAÇÃO LINGUÍSTICA, ORALIDADE E LETRAMENTO: NA INVESTIGAÇÃO DO PROCESSO DE AQUISIÇÃO DA ESCRITA EM TURMA DE PRÉ-ESCOLAR, EM TERESINA. MARIA DE FÁTIMA SILVA ARAÚJO (bolsista do PIBIC/CNPq), CATARINA DE

Leia mais

SÉRIES INICIAIS. Desequilíbrio A água doce não está distribuída igualmente sobre a Terra. Na região Amazônica,

SÉRIES INICIAIS. Desequilíbrio A água doce não está distribuída igualmente sobre a Terra. Na região Amazônica, SÉRIES INICIAIS 01) Observe atentamente os textos: Fonte: SOARES, Magda. Português Uma Proposta para o Letramento. Moderna, v. 4, 2003. (adaptação) Desequilíbrio A água doce não está distribuída igualmente

Leia mais

PRÁTICA DE ESCRITA NO ENSINO FUNDAMENTAL I E FORMAÇÃO DO PROFESSOR: DA TEORIA À PRÁTICA PEDAGÓGICA

PRÁTICA DE ESCRITA NO ENSINO FUNDAMENTAL I E FORMAÇÃO DO PROFESSOR: DA TEORIA À PRÁTICA PEDAGÓGICA PRÁTICA DE ESCRITA NO ENSINO FUNDAMENTAL I E FORMAÇÃO DO PROFESSOR: DA TEORIA À PRÁTICA PEDAGÓGICA Resumo Tatiana Dias Ferreira (PPGFP/ UEPB) thatdf@hotmail.com Nos dias atuais, no meio educacional, muito

Leia mais

PLANO DE ENSINO DIA DA SEMANA HORÁRIO CRÉDITOS 2as feiras 18h10-21h40 04

PLANO DE ENSINO DIA DA SEMANA HORÁRIO CRÉDITOS 2as feiras 18h10-21h40 04 PLANO DE ENSINO DEPARTAMENTO: Departamento de Ciências Humanas ANO/SEMESTRE: 2013/01 CURSO: Pedagogia séries iniciais FASE: 7ª fase DISCIPLINA: Conteúdos e Metodologias do Ensino TURNO: noturno de Linguagem

Leia mais

UMA LEITURA REBELDE DE POLÍTICAS MUNDIAIS E MOVIMENTOS NACIONAIS DE ALFABETIZAÇÃO

UMA LEITURA REBELDE DE POLÍTICAS MUNDIAIS E MOVIMENTOS NACIONAIS DE ALFABETIZAÇÃO UMA LEITURA REBELDE DE POLÍTICAS MUNDIAIS E MOVIMENTOS NACIONAIS DE ALFABETIZAÇÃO Maria Amélia Dalvi é proibido pisar na grama. o jeito é deitar e rolar. (Chacal) Ao finalizar a leitura do livro Alfabetização:

Leia mais

APROPRIAÇÃO DE CONCEITOS CIENTÍFICOS EM JOVENS E ADULTOS COM DEFICIÊNCIA INTELECTUAL A PARTIR DE INTERVENÇÕES SISTEMATIZADAS DO GÊNERO TEXTUAL ANEDOTA

APROPRIAÇÃO DE CONCEITOS CIENTÍFICOS EM JOVENS E ADULTOS COM DEFICIÊNCIA INTELECTUAL A PARTIR DE INTERVENÇÕES SISTEMATIZADAS DO GÊNERO TEXTUAL ANEDOTA APROPRIAÇÃO DE CONCEITOS CIENTÍFICOS EM JOVENS E ADULTOS COM DEFICIÊNCIA INTELECTUAL A PARTIR DE INTERVENÇÕES SISTEMATIZADAS DO GÊNERO TEXTUAL ANEDOTA Viviane Gislaine Caetano Auada Elsa Midori Shimazaki

Leia mais

Novas velhas histórias: releitura e recriação de contos na escola

Novas velhas histórias: releitura e recriação de contos na escola Novas velhas histórias: releitura e recriação de contos na escola TEIXEIRA, Juçara Moreira Centro Pedagógico EBAP/UFMG Resumo: Este trabalho consiste na apresentação de livros de contos produzidos por

Leia mais

A LEITURA E SUA IMPORTÂNCIA NO PROCESSO ENSINO APRENDIZAGEM

A LEITURA E SUA IMPORTÂNCIA NO PROCESSO ENSINO APRENDIZAGEM 243 A LEITURA E SUA IMPORTÂNCIA NO PROCESSO ENSINO APRENDIZAGEM RESUMO Vanuza Paixão da SILVA (UFPA) Elson de Menezes PEREIRA (UFPA) O objetivo deste artigo é apresentar os resultados de observação em

Leia mais

O PAPEL DO PROFESSOR DE ESCOLA PUBLICA NO ENSINO DA LÍNGUA ESPANHOLA

O PAPEL DO PROFESSOR DE ESCOLA PUBLICA NO ENSINO DA LÍNGUA ESPANHOLA O PAPEL DO PROFESSOR DE ESCOLA PUBLICA NO ENSINO DA LÍNGUA ESPANHOLA Magda Cristina COSTA magdacosta18@hotmail.com Andreza Araújo LIMA andreza.cfd@hotmail.com.br Susy Darley Gomes SILVA suzy_darleygomes@hotmail.com

Leia mais

O que nós gestores temos com isto?

O que nós gestores temos com isto? O que nós gestores temos com isto? PRESSUPOSTO DE GARANTIA DE DIREITOS HUMANOS Art. 1º Fica instituído o Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa, pelo qual o Ministério da Educação (MEC) e as

Leia mais

REINAÇÕES DE NARIZINHO E OS GÊNEROS TEXTUAIS

REINAÇÕES DE NARIZINHO E OS GÊNEROS TEXTUAIS REINAÇÕES DE NARIZINHO E OS GÊNEROS TEXTUAIS Bibiana Febrônia Mesquita FERREIRA, Bruna Fleuri Castro ARAÚJO, Dulcéria TARTUCI, Maria Marta Lopes FLORES, Reila Terezinha Silva LUZ. Departamento de Educação

Leia mais

ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO: DOIS CONCEITOS, UM PROCESSO

ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO: DOIS CONCEITOS, UM PROCESSO ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO: DOIS CONCEITOS, UM PROCESSO Ana Claudia Siqueira dos Santos Élida Pessoa Maria José Garangau Pereira Rozilene Nascimento Lima Silva RESUMO Este artigo tem como principal objetivo

Leia mais

Produção de texto Ensino Fundamental - anos iniciais

Produção de texto Ensino Fundamental - anos iniciais Produção de texto Ensino Fundamental - anos iniciais Você ensina Língua Portuguesa ou Práticas de Linguagem? Túnel do tempo Anos 1950 Nessa época, as escolas costumavam pedir composições livres ou com

Leia mais

PROVAS DE AVALIAÇÃO DA CAPACIDADE PARA A FREQUÊNCIA DO ENSINO SUPERIOR DOS MAIORES DE 23 ANOS Ano Letivo 2016/2017

PROVAS DE AVALIAÇÃO DA CAPACIDADE PARA A FREQUÊNCIA DO ENSINO SUPERIOR DOS MAIORES DE 23 ANOS Ano Letivo 2016/2017 Departamento de Ciências Empresariais, Sociais e Humanas Áreas de conhecimento: Ciências Empresariais e Humanas PROVAS DE AVALIAÇÃO DA CAPACIDADE PARA A FREQUÊNCIA DO ENSINO SUPERIOR DOS MAIORES DE 23

Leia mais

E xpe ri me nt ar organizar dados

E xpe ri me nt ar organizar dados 1 План урока Introdução a Pictogramas Возрастная группа: 1º ano, E duc aç ão i nf ant i l Онлайн ресурсы: Co l o q ue no gráf i c o e so l t e Abert ura Professor apresent a Alunos prat icam At ividade

Leia mais

Horário dos Jogos e Avaliação do Brasileirão

Horário dos Jogos e Avaliação do Brasileirão Horário dos Jogos e Avaliação do Brasileirão Especificações Técnicas - Pesquisa Quantitativa - Datas de campo De 17 a 22 de junho de 2015 Seleção da amostra Aleatória Margem de erro 3 pontos percentuais

Leia mais

LITERATURA INFANTIL: FERRAMENTA DE ARTICULAÇÃO ENTRE A LINGUAGEM E A FORMAÇÃO

LITERATURA INFANTIL: FERRAMENTA DE ARTICULAÇÃO ENTRE A LINGUAGEM E A FORMAÇÃO LITERATURA INFANTIL: FERRAMENTA DE ARTICULAÇÃO ENTRE A LINGUAGEM E A FORMAÇÃO Jade Juliane Dias Mota Universidade do Estado do Rio de Janeiro. jade.juliane@yahoo.com.br Layane Bento Felismino Universidade

Leia mais

ALFABETIZAÇÃO CIENTÍFICA E LETRAMENTO CIENTÍFICO NO LIVRO DIDÁTICO DE BIOLOGIA. Antônio Alves de Oliveira Neto 1 Wesley Fernandes Vaz 2

ALFABETIZAÇÃO CIENTÍFICA E LETRAMENTO CIENTÍFICO NO LIVRO DIDÁTICO DE BIOLOGIA. Antônio Alves de Oliveira Neto 1 Wesley Fernandes Vaz 2 IV Seminário da Pós-Graduação em Educação para Ciências e Matemática Práticas Pedagógicas para Inclusão e Diversidade Jataí - GO - 03 a 08 de outubro de 2016 ALFABETIZAÇÃO CIENTÍFICA E LETRAMENTO CIENTÍFICO

Leia mais

Programa de Português 3º Ano

Programa de Português 3º Ano Programa de Português 3º Ano Introdução Reconhece-se a Língua Materna como o elemento mediador que permite a nossa identificação, a comunicação com os outros e a descoberta e compreensão do mundo que nos

Leia mais

OS CINCO GRANDES DESAFIOS DA FORMAÇÃO. Joaquim Dolz

OS CINCO GRANDES DESAFIOS DA FORMAÇÃO. Joaquim Dolz OS CINCO GRANDES DESAFIOS DA FORMAÇÃO DOCENTE DE LÍNGUAS Joaquim Dolz Contexto atual Exigências do mundo econômico em educação e formação (economias emergentes, crise) A atividade docente é um pilar fundamental

Leia mais

LISTAGEM DOS COMPONENTES CURRICULARES COMPLEMENTARES (ELETIVOS)

LISTAGEM DOS COMPONENTES CURRICULARES COMPLEMENTARES (ELETIVOS) LISTAGEM DOS COMPONENTES CURRICULARES COMPLEMENTARES (ELETIVOS) Componente Curricular Complementar Total Teórica Prática EAD 1 Pré-requisitos 1. Alfabetização e Letramento BA000492 2. Análise de Livros

Leia mais

Programa de Português 4º Ano

Programa de Português 4º Ano Programa de Português 4º Ano Introdução Reconhece-se a Língua Materna como o elemento mediador que permite a nossa identificação, a comunicação com os outros e a descoberta e compreensão do mundo que nos

Leia mais

III SEMINÁRIO EM PROL DA EDUCAÇÃO INCLUSIVA Desafios Educacionais

III SEMINÁRIO EM PROL DA EDUCAÇÃO INCLUSIVA Desafios Educacionais III SEMINÁRIO EM PROL DA EDUCAÇÃO INCLUSIVA Desafios Educacionais RECURSOS E MATERIAIS PEDAGÓGICOS ADAPTADOS PARA LETRAMENTO DE EDUCANDOS SURDOS SANTOS, Gisele Minozzo dos 1 MAZZAROLLO, Thiago Rafael 2

Leia mais

Analfabeto funcional é o sujeito incapaz de interpretar o que lê e de usar a leitura e escrita em atividades cotidianas (UNESCO).

Analfabeto funcional é o sujeito incapaz de interpretar o que lê e de usar a leitura e escrita em atividades cotidianas (UNESCO). Segundo o Instituto Brasileiro de Opinião Pública e Estatística (IBOPE) Somente 26% dos brasileiros acima de 15 anos apresentam plenas habilidades de leitura e escrita; 74% dos brasileiros entre 15 e 64

Leia mais

CONHECIMENTOS PEDAGÓGICOS

CONHECIMENTOS PEDAGÓGICOS Meu objetivo: Aulas CONHECIMENTOS PEDAGÓGICOS Aula/Data Ficha-Resumo % Questões Revisão Concurso São José dos Campos - Professor I Prova 01/10/2017 (tarde) Legislação Educação na CF Constituição da República

Leia mais

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO - 2.º ano DOMÍNIOS CRITÉRIOS INDICADORES/PERFIL DE APRENDIZAGENS

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO - 2.º ano DOMÍNIOS CRITÉRIOS INDICADORES/PERFIL DE APRENDIZAGENS AGRUPAMENTO DE ESCOLAS ANDRÉ SOARES (150952) Português CRITÉRIOS - 2.º ano 6 AL / ATITUDINAL língua portuguesa Respeita regras da interação discursiva. Escuta discursos breves para aprender e construir

Leia mais

A EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS - FATOR DE INCLUSÃO E CIDADANIA

A EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS - FATOR DE INCLUSÃO E CIDADANIA A EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS - FATOR DE INCLUSÃO E CIDADANIA * Christiane Accioly Lins Brito * Divaneide Matos de Andrade * Maria Ilma Costa Campos RESUMO: Educação de jovens e adultos é um processo

Leia mais

CONTORNOS DOS LETRAMENTOS *

CONTORNOS DOS LETRAMENTOS * CONTORNOS DOS LETRAMENTOS * Simone Bueno Borges da Silva ** L etramentos, organizado por Cláudia Vóvio, Luanda Sito e Paula De Grande, motivou-nos a pensar sobre a complexidade do conceito que nomeia o

Leia mais

EXPERIÊNCIA COMO ORIENTADORA DO PACTO NACIONAL PELA IDADE CERTA EM CATALÃO-GO.

EXPERIÊNCIA COMO ORIENTADORA DO PACTO NACIONAL PELA IDADE CERTA EM CATALÃO-GO. EXPERIÊNCIA COMO ORIENTADORA DO PACTO NACIONAL PELA IDADE CERTA EM CATALÃO-GO. SILVA, Gislene de Sousa Oliveira 1 Universidade Federal de Goiás Regional Catalão-GO. FIRMINO, Janaina Karla Pereira da S.

Leia mais

ALFABETIZAÇÃO: CONCEPÇÕES E MÉTODOS

ALFABETIZAÇÃO: CONCEPÇÕES E MÉTODOS 1 ALFABETIZAÇÃO: CONCEPÇÕES E MÉTODOS Pollyanna Cristina Costa Nascimento 1 Eixo Temático 02: Educação, Sociedade e Práticas Educativas Resumo Este artigo busca refletir acerca do desenvolvimento lógico

Leia mais

MOVIMENTO DA ESCOLA MODERNA

MOVIMENTO DA ESCOLA MODERNA e-mail: mem@mail.telepac.pt Índice ordinal (2005-2011) (2005) Niza, S. (2005). Editorial. Escola Moderna, 23 (5), 3-4. Mata Pereira, M. (2005). O Currículo por Competências: A construção de um instrumento

Leia mais

Atividades sobre O Principezinho

Atividades sobre O Principezinho A propósito do lançamento de uma nova edição de O Principezinho, de Antoine de Saint- -Exupéry, propomos duas atividades para realizar com o seu educando: exercício de compreensão oral, a partir da visualização

Leia mais

RELATO DE EXPERIÊNCIA: O PIBID E SUA CONTRIBUIÇÃO PARA A ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO

RELATO DE EXPERIÊNCIA: O PIBID E SUA CONTRIBUIÇÃO PARA A ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO RELATO DE EXPERIÊNCIA: O PIBID E SUA CONTRIBUIÇÃO PARA A ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO Ana Caroline de Oliveira Campos Bolsista do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência PIBID/CAPES. anecarolinne16@hotmail.com

Leia mais

META Discutir as formas com que a escola tem se apropriado do estudo dos gêneros, especialmente, na educação básica em aulas de Língua Portuguesa.

META Discutir as formas com que a escola tem se apropriado do estudo dos gêneros, especialmente, na educação básica em aulas de Língua Portuguesa. OS GÊNEROS CHEGAM À ESCOLA META Discutir as formas com que a escola tem se apropriado do estudo dos gêneros, especialmente, na educação básica em aulas de Língua Portuguesa. OBJETIVOS Ao fi nal desta aula,

Leia mais

A Dicotomia da Alfabetização:

A Dicotomia da Alfabetização: A Dicotomia da Alfabetização: Paulo Henrique Lohn Endereço Eletrônico: pauloh_lohn@hotmailcom 1 INTRODUÇÃO se, tor maravilhoso Todavia o desafio de ensinar a ler e escrever, pois são as teorias relacionadas

Leia mais

PROVA ORAL DE PORTUGUÊS LÍNGUA NÃO MATERNA (NÍVEL B1) (Despacho Normativo n.º 6-A/2015, de 5 de março)

PROVA ORAL DE PORTUGUÊS LÍNGUA NÃO MATERNA (NÍVEL B1) (Despacho Normativo n.º 6-A/2015, de 5 de março) INFORMAÇÃO-PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA PROVA ORAL DE PORTUGUÊS LÍNGUA NÃO MATERNA (NÍVEL B1) (Despacho Normativo n.º 6-A/2015, de 5 de março) 2015 1.º Ciclo do Ensino Básico março de 2015 1. Introdução

Leia mais

PERFIL DE QUEM ATUA NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS NAS FASES INICIAIS DA EJA NO MUNICÍPIO DE DOURADOS MS

PERFIL DE QUEM ATUA NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS NAS FASES INICIAIS DA EJA NO MUNICÍPIO DE DOURADOS MS PERFIL DE QUEM ATUA NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS NAS FASES INICIAIS DA EJA NO MUNICÍPIO DE DOURADOS MS MONTANDON, Taíssa Martins 1 SANTOS, Maria de Lourdes dos 2 1 Discente de Pedagogia da FAED/UFGD

Leia mais

Eros: mistério revelado. Uma viagem! Na bagagem a psicologia de Jung * Marisa Santana Penna **

Eros: mistério revelado. Uma viagem! Na bagagem a psicologia de Jung * Marisa Santana Penna ** resenhas Eros: mistério revelado. Uma viagem! Na bagagem a psicologia de Jung * Marisa Santana Penna ** Um livro que vale pela atualidade e leveza, pela relevância e simplicidade, escrito por duas autoras

Leia mais

PORQUE E COMO O PROFESSOR (NÃO) CONSEGUE ALFABETIZAR LETRANDO SEU ALUNO?

PORQUE E COMO O PROFESSOR (NÃO) CONSEGUE ALFABETIZAR LETRANDO SEU ALUNO? PORQUE E COMO O PROFESSOR (NÃO) CONSEGUE ALFABETIZAR LETRANDO SEU ALUNO? MATA, Luana Graduada em Pedagogia/UEPB. luanadesenhodedeus@hotmail.com SILVA, Teresa Cristina. Graduada em Pedagogia/UEPB cristinasilvacg@hotmail.com

Leia mais

Atividades de ortografia para imprimir

Atividades de ortografia para imprimir Atividades de ortografia para imprimir Atividades de português com ortografia para imprimir, com as seguintes letras do alfabeto: G e J, P e B, Ch e X, Lh, SS e Sc, entre outros exercícios do tipo: Vamos

Leia mais

Palavras-chave: Práticas de leitura; papel do professor; alfabetizar letrando.

Palavras-chave: Práticas de leitura; papel do professor; alfabetizar letrando. PRÁTICAS DE LEITURA E A SUA IMPORTÂNCIA PARA OS ANOS INICIAIS Luana Camargo Florentin Anhanguera I (lfc.camargo@hotmail.com) Maria Aparecida da Silva Anhanguera I (mariaaparecidalegal1@gmail.com) Mônica

Leia mais

ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO PEDAGOGIA ALFABETIZAÇÃO E CIDADANIA

ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO PEDAGOGIA ALFABETIZAÇÃO E CIDADANIA ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO PEDAGOGIA ALFABETIZAÇÃO E CIDADANIA Este texto foi produzido para apresentação em seminário promovido pela Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões - URI,

Leia mais

Programa de Pós-Graduação em Ensino da Educação Básica (PPGEEB) Curso de Mestrado NOTA DE RETIFICAÇÃO

Programa de Pós-Graduação em Ensino da Educação Básica (PPGEEB) Curso de Mestrado NOTA DE RETIFICAÇÃO Programa de Pós-Graduação em Ensino da Educação Básica (PPGEEB) Curso de Mestrado Aprovado pelas Resoluções 1000/2013 e 1152/2014 CONSEPE NOTA DE RETIFICAÇÃO A PRÓ-REITORIA DE PESQUISA, PÓS-GRADUAÇÃO E

Leia mais

CAMPANHA DROGASMIL JORNAL EXTRA REGULAMENTO

CAMPANHA DROGASMIL JORNAL EXTRA REGULAMENTO CAMPANHA DROGASMIL JORNAL EXTRA REGULAMENTO 1. Esta campanha é uma promoção realizada em parceria pela INFOGLOBO COMUNICAÇÃO E PARTICIPAÇÕES S.A. (Infoglobo), empresa sediada na capital do estado do Rio

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE TEFÉ EDITAL DE RETIFICAÇÃO Nº 001/2014

PREFEITURA MUNICIPAL DE TEFÉ EDITAL DE RETIFICAÇÃO Nº 001/2014 (*) Total de Vagas (**) Vagas PcD (*) Total de Vagas (**) Vagas PcD PREFEITURA MUNICIPAL DE TEFÉ EDITAL DE RETIFICAÇÃO Nº 001/2014 O Prefeito Municipal de Tefé - AM no uso de suas atribuições legais e

Leia mais

LETRAMENTO E GRAMÁTICA: CONVIVÊNCIA POSSÍVEL?

LETRAMENTO E GRAMÁTICA: CONVIVÊNCIA POSSÍVEL? LETRAMENTO E GRAMÁTICA: CONVIVÊNCIA POSSÍVEL? Robson Barbosa Cavalcanti - UERJ robsonbcavalcanti@hotmail.com Resumo Nosso trabalho é um dos resultados das discussões realizadas no Grupo de Pesquisa (GP)

Leia mais

EJA 3ª FASE PROF.ª GABRIELA ROCHA PROF.ª QUEILA POLTRONIERI

EJA 3ª FASE PROF.ª GABRIELA ROCHA PROF.ª QUEILA POLTRONIERI EJA 3ª FASE PROF.ª GABRIELA ROCHA PROF.ª QUEILA POLTRONIERI ÁREA DO CONHECIMENTO Linguagens Matemática Ciências Humanas 2 TEMA 1º Bimestre Conhecendo a nossa história. 3 CONTEÚDOS E HABILIDADES Aula 7

Leia mais

PLANO DE ESTUDOS DE INGLÊS - 7.º ANO

PLANO DE ESTUDOS DE INGLÊS - 7.º ANO DE INGLÊS - 7.º ANO Ano Letivo 2014 2015 PERFIL DO ALUNO No final do 7.º ano, o aluno deve ser capaz de: compreender frases isoladas e expressões frequentes relacionadas com áreas de prioridade imediata;

Leia mais

LETRAMENTO: A IMPORTÂNCIA DESTE SUBSÍDIO ENQUANTO PROPOSTA CURRICULAR PARA OS ANOS INICIAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL

LETRAMENTO: A IMPORTÂNCIA DESTE SUBSÍDIO ENQUANTO PROPOSTA CURRICULAR PARA OS ANOS INICIAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 LETRAMENTO: A IMPORTÂNCIA DESTE SUBSÍDIO ENQUANTO PROPOSTA CURRICULAR PARA OS ANOS INICIAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL Janielly Pereira de Moura Graduanda de Pedagogia - UERN/CAP e Bolsista do PIM/UERN Hudson

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGO EFETIVO PROFESSOR DE ENSINO BÁSICO, TÉCNICO E TECNOLÓGICO Edital 15/2015 Campus São João del-rei

CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGO EFETIVO PROFESSOR DE ENSINO BÁSICO, TÉCNICO E TECNOLÓGICO Edital 15/2015 Campus São João del-rei Tema 01: CONCEPÇÕES DE LÍNGUA E LINGUAGEM Leia os trechos a seguir: [...] a política curricular deve ser entendida como expressão de uma política cultural, na medida em que seleciona conteúdos e práticas

Leia mais

Roteiro para análise do filme Escritores da. Liberdade

Roteiro para análise do filme Escritores da. Liberdade Roteiro para análise do filme Escritores da Liberdade É importante reforçar que toda a comunidade escolar é responsável e participante no processo educativo e que a ação dos funcionários na escola é, sobretudo,

Leia mais

PRÉ-REQUISITOS Haver concluído a disciplina Introdução aos Estudos Linguísticos ou disciplina equivalente..

PRÉ-REQUISITOS Haver concluído a disciplina Introdução aos Estudos Linguísticos ou disciplina equivalente.. GÊNEROS TEXTUAIS PROJETO DIDÁTICO Aula 10 META Apresentar a criação de um produto fi nal, a partir de atividades de leitura e escrita, como possibilidade de ressignifi cação da aprendizagem dos gêneros

Leia mais

PRODUÇÃO TEXTUAL UMA ATIVIDADE SOCIOINTERATIVA Foco no escritor, na língua ou na interação?

PRODUÇÃO TEXTUAL UMA ATIVIDADE SOCIOINTERATIVA Foco no escritor, na língua ou na interação? ISSN: 1981-3031 PRODUÇÃO TEXTUAL UMA ATIVIDADE SOCIOINTERATIVA Foco no escritor, na língua ou na interação? 1 José Adailton Cortez Freire (IFAL-UAB) Resumo: Este trabalho aborda a escrita do ponto de vista

Leia mais

Palavras chave: Política Pública. Formação de Professor. Alfabetização.

Palavras chave: Política Pública. Formação de Professor. Alfabetização. POLÍTICAS PÚBLICAS DE FORMAÇÃO DOS ALFABETIZADORES Meire Cristina Costa Ruggeri 52 Universidade Federal de Goiás - Regional Catalão (Grupo de pesquisa: EDULE Leitura, História, Políticas e Práticas) Apoio

Leia mais

Disciplinas regulares de Português Língua Adicional (PLA) 2º semestre de 2017

Disciplinas regulares de Português Língua Adicional (PLA) 2º semestre de 2017 Disciplinas regulares de Português Língua Adicional (PLA) 2º semestre de 2017 O Setor de Proficiência Linguística da Diretoria de Relações Internacionais (DRI) e a Faculdade de Letras (FALE) da Universidade

Leia mais

A Páginas Tantas: Partilhando Leituras. Flávia Graciela de Alcântara, UFMG. Leituras literárias e letramento

A Páginas Tantas: Partilhando Leituras. Flávia Graciela de Alcântara, UFMG. Leituras literárias e letramento A Páginas Tantas: Partilhando Leituras Flávia Graciela de Alcântara, UFMG. Leituras literárias e letramento Este trabalho trata de questões referentes às leituras literárias, ao letramento e à formação

Leia mais

Introdução à Computação (IC) Algoritmos: Comandos de entrada e saída

Introdução à Computação (IC) Algoritmos: Comandos de entrada e saída Introdução à Computação (IC) Algoritmos: Comandos de entrada e saída Prof.ª Dr.ª Symone Gomes Soares Alcalá Universidade Federal de Goiás (UFG) Regional Goiânia (RG) Campus Aparecida de Goiânia (CAP) Faculdade

Leia mais

Plano de ensino: CONTEÚDO, METODOLOGIA E PRÁTICA DE ENSINO DE LÍNGUA PORTUGUESA CONTEÚDO, METODOLOGIA E PRÁTICA DE ENSINO DE LÍNGUA PORTUGUESA

Plano de ensino: CONTEÚDO, METODOLOGIA E PRÁTICA DE ENSINO DE LÍNGUA PORTUGUESA CONTEÚDO, METODOLOGIA E PRÁTICA DE ENSINO DE LÍNGUA PORTUGUESA Plano de ensino: CONTEÚDO, METODOLOGIA E PRÁTICA DE ENSINO DE LÍNGUA PORTUGUESA Título Contextualização Ementa Objetivos gerais CONTEÚDO, METODOLOGIA E PRÁTICA DE ENSINO DE LÍNGUA PORTUGUESA A língua portuguesa,

Leia mais

Alfabetização e letramento: pensando a questão da leitura em sala de aula

Alfabetização e letramento: pensando a questão da leitura em sala de aula Alfabetização e letramento: pensando a questão da leitura em sala de aula Luciana Velloso Silva Seixas (UERJ/ProPEd) Thais Vianna Maia (UERJ/ProPEd) Eixo temático 1: Leitura é problema de quem? Resumo

Leia mais

PRUEBA COMÚN PRUEBA 201

PRUEBA COMÚN PRUEBA 201 PRUEBA DE ACCESO A LA UNIVERSIDAD MAYORES DE 25 Y 45 AÑOS PRUEBA COMÚN PRUEBA 201 PRUEBA SOLUCIONARIO Doentes depressivos "aviam" receitas na biblioteca Há uma nova terapia para depressão no Reino Unido

Leia mais