SCLS - SISTEMA DE CONTROLE DE LICENÇA DE SOFTWARE

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "SCLS - SISTEMA DE CONTROLE DE LICENÇA DE SOFTWARE"

Transcrição

1 1 Nome do Pesquisador(Aluno): Gilberto Geremias Gonçalves Nome do Orientador: Simone Kawasaki Tanaka Titulação do Orientador: Mestrado Instituição: Centro Universitário Filadélfia - UniFil Curso para apresentação: TECNOLOGIA EM PROCESSAMENTO DE DADOS SCLS - SISTEMA DE CONTROLE DE LICENÇA DE SOFTWARE O sistema SCLS Sistema de Controle de Licença de Software tem a finalidade de facilitar os funcionários do TI a terem o controle dos serais dos softwares instalados nos laboratórios e adquiridos por alunos. O sistema funcionará no ambiente web dentro do site da UniFil (www.unifil.br) e funcionará da seguinte forma: O aluno vai solicitar um software para fins acadêmicos levando um CD ou um DVD, o funcionário do TI fornece o software ao aluno, depois ele registra no sistema a retirada localizando o aluno cadastrado, o software desde que esteja cadastrada a licença acadêmica, caso não tenha o software no sistema, o usuário cadastrará um novo software e uma nova licença acadêmica. Quando o funcionário do TI instalar um software em um dos laboratórios da instituição, no sistema ele selecionará o laboratório cadastrado, caso contrário, ele cadastrará um novo laboratório no sistema e conforme os equipamentos forem cadastrados, aparecerá a quantidade dos equipamentos naquele laboratório. O fusuário cadastrará a licença que foi cadastrada como interna, caso oa licença do software solicitado não esteja cadastrada no sistema, o usuário cadastrará uma nova licença interna. Para utilizar o sistema, o usuário deverá que estar logado no sistema IFL. A linguagem utilizada no desenvolvimento do projeto é o Java na plataforma web e o banco de dados My SQL. A ferramenta utilizada no desenvolvimento é o Eclipse. O processo de engenharia de software utilizado é o RUP Rational Unified Process. O RUP possui quatro fases, sendo elas a Iniciação, a Elaboração, a Contrução e a Transição e possui também 9 disciplinas, sendo elas a Modelagem de Negócios, Requisitos, Análise e Design, Implementação, Teste, Implantação, Gerenciamento de configuração e Mudança, Gerenciamento de Projeto e Ambiente. O processo de modelagem utilizado do projeto é UML(Unified Modeling Language ) que quer dizer Linguagem de Modelagem Unificada. Palavras-chave: Software, Licença, Serial, Laboratório, Aluno.

2 2 Nome do Pesquisador(Aluno): Elaine Cristina da Silva Nome do Orientador: Nelson Henrique Zanete Titulação do Orientador: Especialista Instituição: Faccar Curso para apresentação: TECNOLOGIA EM PROCESSAMENTO DE DADOS BIBLIOTECA JAVA PARA GERAÇÃO DE ARQUIVOS EM PDF O presente trabalho visa adquirir o conhecimento na área de tecnologia de informação através de pesquisas relacionadas ao campo de arquivos de conhecimentos bibliográficos com intuito de atingir uma meta para agilidade na geração destes arquivos.portanto tal importância neste estudo, uma vez que a tecnologia de informação é o foco atualmente em nosso mundo globalizado neste momento, devendo assim todos estar com uma visão ampla para aceitar novas mudanças nesta área ; tomando por base este estudo de uma biblioteca Java para gerar arquivos em formato PDF, tais arquivos contendo textos, imagens, tabelas e outros objetos possíveis para o PDF.Então foi utilizado o itext que é uma biblioteca para Java de código aberto que permite criar e manipular documentos *.pdf, foi desenvolvida por Bruno Lowagie e Paulo Soares. Como código aberto, essa biblioteca tem distribuição sob licenças MPL e LGPL, permitindo assim sua utilização em sistemas comerciais. O itext é formado por uma série de classes tremendamente úteis para quem precisa gerar documentos num formato portável, isto é, totalmente independente da plataforma na qual foram gerados, sejam textos, imagens, listas ou tabelas. Pode ser usado em apliações Java web ou standalone, com suporte a geração de código de barras. Para criação de um arquivo em formato PDF, deve-se primeiro criar um documento, usando a classe Document, que faz parte da API padrão do Java. Este documento então pode ser formatado de acordo com os requisitos e/ou necessidades. Só então utilizaremos a biblioteca do itext, para a geração de um arquivo PDF a partir desse documento criado inicialmente. São utilizados também alguns métodos que permitem uma manipulação maior nos documentos PDF.O tamanho default do pdf gerado pelo itext é o popular A4. Com o método setpagesize podemos alterar esse atributo. Podemos codifica-lo logo após abrirmos esse documento.pode-se também adicionar mais páginas ao arquivo pdf. Isso se faz de maneira simples, adicionando via método newpage no nosso objeto PDF. Palavras-chave: Biblioteca, Java, pdf, arquivos

3 3 Nome do Pesquisador(Aluno): Julio Cesar Soares de Jesus Nome do Orientador: Adail Roberto Nogueira Titulação do Orientador: Mestre Instituição: Centro Universitário Filadélfia ESTUDO PARA A CONSTRUÇÃO DE UM AMBIENTE DE PRODUTIVIDADE BASEADO EM UML3D. A UML, Linguagem Unificada de Modelagem é uma linguagem gráfica para visualização, especificação, construção e documentação de artefatos de sistemas, simples ou complexos. Seu uso é uma das seis melhores práticas da engenharia de software. A metodologia OOSE, de Jacobson, foi incorporada às de Booch e OMT, surgindo a versão 0.9 da UML A Ergonomia é um conjunto de estudos que visa melhorar a organização do trabalho entre o homem e a máquina, além de oferecer maior produtividade, evitar lesões corporais e stress mental. A Ergonomia Cognitiva tem relação direta ao conhecimento do homem, que em conjunto com a Interface Humano Computador (IHC) visa melhorar o aspecto visual entre o software e o seu usuário. Fazendo uso da tecnologia de terceira dimensão, este trabalho trás para o ambiente de produção da Engenharia de software estas características marcantes, gerando um ambiente muito conhecido ao homem, que atende em todos os aspectos em sua relação com o mundo real. A UML3D transporta todas estas características já conhecidas para seu ambiente de produtividade, possibilitando uma maior interatividade com a ferramenta de trabalho. Palavras-chave: UML, 3D, produtividade. Nome do Pesquisador(Aluno): Thales Alberto Cambuí Nome do Orientador: Ruy Tsutomu Nishimura Titulação do Orientador: Mestre Instituição: Unifil SIGECOB - Sistema Gerenciador de Cobrança O objetivo deste trabalho de conclusão de curso é desenvolver e implantar o software SIGECOB - Sistema Gerenciador de Cobrança. Esta aplicação tem como propósito informatizar o setor de cobrança de um restaurante/ lanchonete, pois atualmente, esta atividade é realizada manualmente e documentada em guias de papel. O sistema deverá possuir a funcionalidade de gerenciamento dos usuários da aplicação, armazenar dados dos clientes, a lista completa dos produtos vendidos no restaurante e a funcionalidade de registro cumulativo das compras realizadas pelos clientes. Além disso, o sistema possibilitará a extração de relatórios que auxiliarão na atividade de

4 4 cobrança, como por exemplo, o relatório de despesas por cliente, que deverá mostrar o registro de todas as compras, dias, valores e quantidades efetuadas pelo cliente. A partir da implantação do sistema SIGECOB, pretende-se oferecer aos usuários da aplicação informações íntegras e confiáveis, bem como agilizar o processo de gerenciamento das despesas de cada cliente. Este projeto utilizou o processo de desenvolvimento do software RUP Rational Unified Process. Para a modelagem visual do sistema foi utilizado a UML Unified Modeling Language e para o desenho dos modelos visuais a ferramenta CASE IBM Rational Rose O sistema foi desenvolvido com a linguagem de programação Java, a ferramenta IDE Interface Development Edition utilizada foi o eclipse e o gerenciador de banco de dados utilizado foi o MySQL. O sistema foi desenvolvido utilizando um modelo arquitetural de três camadas, no qual temos: camada visual (desenvolvimento das interfaces gráficas do usuário), classes (regras de negócio do SIGECOB, conforme requisitos do usuário) e banco de dados (armazenamento das informações). Este modelo foi utilizado para obter maior facilidade na manutenção do sistema. Palavras-chave: Cobrança, Sistema, Aplicação, Java, UML, RUP. Nome do Pesquisador(Aluno): Otávio Augusto Patrício Ferreira de Araújo Nome do Orientador: ARCHIBALDO TOMAS CLARK VICENTINI Titulação do Orientador: Especialista Instituição: UNIFIL GOAC - GUIA ONLINE DOS ANUNCIANTES COMERCIANTES Este trabalho apresenta o desenvolvimento do Guia On-line dos Anunciantes Comerciantes, realizando a adaptação da agenda local da Cidade de Bela Vista do Paraíso (Agenda dos Anunciantes Comerciários) para um sistema web, possibilitando maior rapidez e facilidade para os usuários na busca de números de telefones e/ou endereços dos moradores da cidade. O padrão de processo utilizado no desenvolvimento do software foi o RUP Rational Unified Process, para a modelagem do sistema foi utilizada a ferramenta CASE IBM Rational Rose 2003, juntamente com a UML Unified Modeling Language. A linguagem de programação utilizada na implementação dos software foi Java, juntamente com o framework Struts, utilizado para o desenvolvimento web. O sistema foi desenvolvido segundo uma arquitetura MVC Model View Controller, utilizando o banco de dados relacional MySQL. A camada Model, onde é localizado as regras de negócio, foi implementada utilizando os patterns TO Transfer Object e DAO Data Acces Object juntamente com o banco de dados relacional MySQL. A camada View, Renderiza a camada model para realizar a interação geralmente com o usuário e foi desenvolvida utilizando as linguagens de desenvolvimento web JSP Java Server Pages e HTML Hypertext Markup Language. A camada terceira e última camada, Controller, responsável pelo processamento de eventos que geralmente são executados

5 5 pelos usuários, pode ainda invocar alterações na camada Model e foi implementada utilizando a linguagem de programação Java. A IDE utilizada no desenvolvimento foi a plataforma NetBeans 5.5 com os plugins e bibliotecas necessárias para o desenvolvimento do software. O design gráfico e a IHC Interface Homem Computador do sistema foi desenvolvido utilizando as ferramentas Adobe Photoshop e Corel Draw, juntamente com a linguagem de desenvolvimento para web HTML Hypertext Markup Language e CSS Cascading Style Sheets. Palavras-chave: Struts, Java, UML, RUP, MVC Nome do Pesquisador(Aluno): Rafael Ranieri Fassula Nome do Orientador: Simone Sawaki Tanaka Titulação do Orientador: Especialista Instituição: UNIFIL SISTEMA PARA CONTROLE DA PRODUÇÃO AGRÍCOLA - SISCOPA Este trabalho apresenta o desenvolvimento do Sistema para Controle da Produção Agrícola (SISCOPA), que foi desenvolvido devido à necessidade da empresa Irmãos Fassula Ltda ter um sistema para controle das despesas da produção dos diversos cereais cultivados. O objetivo principal deste presente trabalho foi auxiliar o agricultor, controlando as safras e suas respectivas atividades, podendo assim através da mão de obra, produtos gastos e quantidade colhida, calcular o custo de produção das safras, a fim de realizar uma venda sem ter o risco de obter um prejuízo. E também na tomada de decisões no início de uma safra, pois através de relatórios de safras anteriores e uma previsão do mercado, tem-se informações para decidir qual será a cultura que dará mais lucro na próxima safra. Para tanto, o trabalho foi desenvolvido para funcionar em uma aplicação desktop. Foi utilizada a linguagem de programação Java J2SE com auxílio da ferramenta Eclipse 3.2 com os plug-ins necessários para o desenvolvimento, e armazenando as informações no banco de dados MySql, utilizando o SQLYog para a modelagem do banco. A ferramenta para o processo de desenvolvimento do software utilizada foi o RUP Rational Unified Process, para a modelagem do projeto foi utilizado a UML Unified Modeling Language juntamente com a ferramenta CASE IBM Rational Rose As contribuições desse trabalho foram: aperfeiçoar e mapear os processos da empresa, tendo assim um melhor controle e valores exatos de quanto gastou para cultivar determinada safra; o desenvolvimento do projeto em três camadas; as documentações padronizadas utilizando os padrões RUP. Desta maneira, para se ter um melhor resultado, é necessário um trabalho contínuo do agricultor com o Sistema para Controle da Produção Agrícola, registrando quaisquer despesas e receitas geradas pela safra, mantendo assim um valor real do custo de produção. Palavras Chave: SISCOPA (Sistema para Controle da Produção Agrícola), RUP (Rational Unified Process), UML(Unified Modeling Language), Java.

6 6 Nome do Pesquisador(Aluno): Emerson Zanoti Rosa Nome do Orientador: Lucio Kamiji Titulação do Orientador: Especialista Instituição: UNIFIL SISTEMA GERENCIADOR DE CONTEUDO INTRANET A finalidade deste trabalho é apresentar o desenvolvimento de um SGC (Sistema Gerenciador de Conteúdo) codificado juntamente com o desenvolvimento de uma Intranet, essa que tem o foco na melhora da comunicação interna da corporação. Essa melhora da comunicação é convertida em vários aspectos como no processo de desenvolvimento de software da corporação. O SGC é subdividido em vários módulos que possibilitam uma independência entre os mesmos. O SGC proporciona aos colaboradores maior facilidade na troca de informações com os módulos de uploads de documentos e arquivos internos da empresa tais como os estatutos, agendamento de tarefas gerenciada por um calendário, possibilitando a programação das atividades corporativas, publicações de noticias com espaços para imagens e com formatador de textos, postagem de recados, exibição de links para outros sistemas ou sites favoritos, envios de newsletters aos usuários registrados na Intranet e contando com um sistema de controle de usuários com filtros de acesso de segurança. A utilização de um Sistema Gerenciador de Conteúdo os colaboradores da corporação faz com que ganhem mais independência para a publicação, personalização e utilização dos dados, sem necessitar que uma equipe especializada da TI desprenda atenção para efetuar as modificações. Para o processo de desenvolvimento do software foi utilizado o RUP Rational Unified Process, para a modelagem do projeto foi utilizado a UML Unified Modeling Language juntamente com a ferramenta CASE IBM Rational Rose 8.0, para o desenvolvimento do sistema foi utilizado a linguagem de programação Java 5 com o framework JSF Java Server Faces 1.1 para a parte WEB, framework Hibernate 3.2 para a persistência com o banco de dados MySQL 5.20, MySQL Administrator Tools para gerenciamento do banco de dados juntamente ferramenta IDE Eclipse 3.2 e o plugin Exadel Studio 4.5 para codificação do sistema, Macromedia Dreamweaver 8 para edição HTML e CSS, Adobe Photoshop CS2 para edição de Layout e imagens, Adobe indesign CS3 para criação do manual do usuário. As principais contribuições do trabalho são estudo e implementação da linguagem Java 5, frameworks avançados como o JSF e Hibernate, alem da oportunidade de construir um SGC, cuja utilização está em alta e quase indispensável em sites corporativos, como prova do sucesso dos SGC temos a alta dos BLOG e de enciclopédias online como por exemplo a Wikipédia. O fator de proporcionar para o usuário final a autonomia nos lançamentos das informações e segurança de que não haverá dificuldades é a abertura de portas para a independência em sistemas corporativos para a web. Palavras-chave: Chaves: JAVA, JSF, SGC, UML e RUP

7 7 Nome do Pesquisador(Aluno): Weyler Tomaszewski Nome do Orientador: Roberto Nishimura Titulação do Orientador: Professor Instituição: unifil ESTANTE JURÍDICA VIRTUAL O objetivo deste trabalho é apresentar o desenvolvimento do sistema Estante Jurídica Virtual, que é um sistema web para disponibilização de artigos do interesse jurídico por profissionais da área de Direito, para que os mesmos possam publicar os artigos de uma forma rápida e simples sem necessitar de conhecimentos em HTML (HyperText Markup Language), utilizando um método de formatação do artigo semelhante ao de editores de texto conhecidos, o qual os profissionais já estão familiarizados. Após a publicação outros usuários podem expor suas opiniões ou enviar dúvidas por meio de comentários para que haja interação entre outros usuários e também o autor. Para uma facilidade de acesso aos artigos foi construído um sistema de busca com utilização de pesquisas internas com buscas em dicionário que será mantido pelo administrador e busca por fonética, utilizando uma função nativa do SQL Server. O dicionário é alimentado pelo próprio sistema de busca ou pela inserção manual pelo administrador. Após uma busca sem sucesso, é efetuada uma busca por fonética, que se torna menos precisa, caso ainda não encontre nenhum registro, é adicionado um registro ao dicionário para avaliação do administrador que definirá uma palavra correspondente a aquela. O método de busca utilizando o dicionário pode ser utilizado tanto pelo título do artigo quanto pelo nome do autor, para facilitar aos iniciantes e estudantes de direito a encontrar artigos que às vezes podem ter nomes em latim ou com termos difíceis de decorar por novatos na área, assim o administrador pode visualizar os registros com digitação errada e sugerir a correção para cada item. O sistema foi desenvolvido em ASP.NET utilizando a linguagem Visual Basic utilizando a ferramenta Visual Studio 2003 para codificação, Macromedia Dreamweaver 8 para edição HTML, Macromedia Fireworks 8 para edição de layout e imagens, Visual Paradigm para elaboração dos diagramas UML e o banco de dados Microsoft SQL Server O processo de desenvolvimento foi baseado no Rational Unified Process (RUP). Palavras-chave: HTML, UML, RUP.

8 8 Nome do Pesquisador(Aluno): CLÁUDIO CANDIDO BRAGA Nome do Orientador: JOSEVAL LANA BRAGA Titulação do Orientador: PROFESSOR Instituição: UNIFIL SISTEMA GERENCIADOR DE VENDAS DE PLANOS ODONTOLÓGICOS O trabalho ora apresentado refere-se ao gerenciamento do setor da área de vendas da empresa Uniodonto de Londrina. O sistema desenvolvido possibilita o armazenamento das informações relativas à prospecção, venda e controle de comissões pagas e a pagar aos agentes de venda, armazenando essas informações em um banco de dados, de onde poderão ser extraídas através de relatórios as informações de empresas prospectadas, o histórico destas prospecções e informações de valores pagos aos agentes. Para isso o sistema utiliza vários cadastros secundários necessários na sua implantação como: cadastro de atos, cadastro de tabela de atos, cadastro de especialidades, cadastro de produtos, cadastro de agentes, cadastro de tipos de comissão, além dos cadastros de empresas, titulares, ocorrências e prospecções que irão gerar a base de informações necessárias ao gerente/supervisor de vendas auxiliando-o no seu trabalho. Palavras Chaves: Java, UML, RUP, MySQL. Palavras-chave: Palavras Chaves: Java, UML, RUP, MySQL. Nome do Pesquisador(Aluno): CLÁUDIO CANDIDO BRAGA Nome do Orientador: JOSEVAL LANA BRAGA Titulação do Orientador: PROFESSOR Instituição: UNIFIL SISTEMA GERENCIADOR DE VENDAS DE PLANOS ODONTOLÓGICOS O trabalho ora apresentado refere-se ao gerenciamento do setor da área de vendas da empresa Uniodonto de Londrina. O sistema desenvolvido possibilita o armazenamento das informações relativas à prospecção, venda e controle de comissões pagas e a pagar aos agentes de venda, armazenando essas informações em um banco de dados, de onde poderão ser extraídas através de relatórios as informações de empresas prospectadas, o histórico destas prospecções e informações de valores pagos aos agentes. Para isso o sistema utiliza vários cadastros secundários necessários na sua implantação como: cadastro de atos, cadastro de tabela de atos, cadastro de especialidades, cadastro de produtos, cadastro de agentes, cadastro de tipos de comissão, além dos cadastros de empresas, titulares, ocorrências e prospecções que irão gerar a base de informações necessárias ao gerente/supervisor de vendas auxiliando-o no seu trabalho. Palavras Chaves: Java, UML, RUP, MySQL. Palavras-chave: Palavras Chaves: Java, UML, RUP, MySQL.

9 9 Nome do Pesquisador(Aluno): Rossano Augusto Bonato Nome do Orientador: Joseval Lana Braga Titulação do Orientador: Professor Instituição: Unifil SVFC Trabalho apresentado a disciplina de Estagio Supervisionado no Curso de Bacharelado de Sistemas de Informação do Centro Universitário Filadélfia (UNIFIL), tem por principal objetivo o desenvolvimento do Sistema de Vendas da Farmácia Confiança dando ênfase nas melhorias, nas novas funcionalidades e módulos incluídos no mesmo, visando finalizar e implantar o sistema na empresa. Possibilitando os usuários ter funcionalidades adicionais atualmente não vistas, por exemplo, o aviso de vencimento das mercadorias, na qual ajudará a empresa a diminuir o risco de vender mercadorias vencidas, e o controle de avaliação de fornecedores, permitindo avaliar cada fornecedor de acordo com suas posturas de atendimento, possibilitando na hora de uma emergência, ou seja, quando a farmácia precisar de uma mercadoria urgente, solicitar fornecedor com melhor postura de atendimento, para a chegada da mercadoria rápida. Atendendo, alem de cadastros e um controle de pedidos bem elaborados, preservando o bom atendimento, atendendo assim as necessidades atuais da Farmácia. A ferramenta para o processo de desenvolvimento do software utilizada foi o RUP Rational Unified Process, para a modelagem do projeto foi utilizada a UML Unified Modeling Language, contendo os diagramas de caso de uso, classe, modelagem de banco de dados, atividade, seqüência e colaboração, componente, implantação e estado, juntamente com a ferramenta CASE IBM Rational Rose 2003, para o desenvolvimento do sistema foi utilizada a linguagem de programação Java, o framework de templates-engine Velocity pattern TO (Transfer Object) e o pattern DAO (Data Access Object) com o banco de dados MySQL, a IDE usada para o desenvolvimento foi a plataforma Eclipse versão 3.2 com os plugins necessários para o desenvolvimento do sistema. As principais contribuições desse trabalho são: a implementação do projeto na linguagem Java, a documentação do projeto utilizando a UML, os diagramas da ferramenta Rose colaborando na criação do sitema. Palavras Chaves: Java, UML, RUP, MySQL.

10 10 Nome do Pesquisador(Aluno): Ruben Gonzaga de Abreu Araújo Nome do Orientador: Welfrid Stenzel Titulação do Orientador: Especialista Instituição: UniFil - Universidade Filadélfia SCOS - SISTEMA DE CONTROLE DE ORDEM DE SERVIÇO Sistemas produzidos para controle das informações se tornaram essenciais nas empresas que pretendem garantir a confiabilidade de seus dados. Tendo em vista esta vertente, este trabalho apresenta o desenvolvimento do Sistema de Controle de Ordem de Serviço, implantado na empresa Megatech, dando ênfase em modificações e melhorias no antigo sistema da empresa. Este projeto possibilitará uma maior segurança nos dados da empresa, facilitando o gerenciamento das informações da mesma. O sistema é constituído de controles baseados em cadastros onde pode-se citar: de funcionários, peças, equipamentos e também das ordens de serviço. Desta forma pretende-se agilizar e incrementar as atividades da empresa disponibilizando relatórios com o objetivo de obter uma maior gerência das atividades da empresa. A ferramenta para o processo de desenvolvimento do software utilizada foi o RUP Rational Unified Process, para a modelagem do projeto foi utilizado a UML Unified Modeling Language juntamente com a ferramenta CASE IBM Rational Rose 2003, para o desenvolvimento do sistema foi utilizado a linguagem de programação Java com o banco de dados MySQL, a plataforma de desenvolvimento foi o Eclipse versão 3.1 com os plugins necessários para o desenvolvimento do sistema. As principais contribuições deste projeto são: a produção de um sistema baseado em uma linguagem aberta com a utilização de um banco de dados seguro e consistente capaz de gerenciar as informações de uma empresa retornando ao administrador da mesma informações relevantes sobre as atividades desenvolvidas pela mesma. Palavras-chave: Java, UML, RUP

11 11 Nome do Pesquisador(Aluno): Marcelo Ossamu Sumiya Nome do Orientador: Roberto Yukio Nishimura Titulação do Orientador: Especialista Instituição: Unifil CONTROLE DE VENDAS DE PRODUTOS CONTRA PRAGAS Este trabalho apresenta o desenvolvimento do Sistema para Controle de Vendas e Estoque da empresa Elite Controle de Pragas de Londrina que atua na venda de produtos para o controle de pragas e sua linha atual em controle de pragas, visando facilidades no gerenciamento do controle de vendas e estoque da mesma, em forma de consultas e relatórios. O sistema contém vários cadastros, como por exemplo: cadastro de clientes, fornecedores, funcionários. Na parte dos controles, seu foco principal é o pedido do cliente que pode ser estendido até o pedido ao fornecedor e sua respectiva entrega. E tendo no sistema uma pesquisa de vendas e compras efetuadas da empresa de qualquer período desejado e gerando relatórios para um melhor controle da empresa. A metodologia de desenvolvimento de software utilizada foi o RUP Rational Unifield Process e/ para a modelagem do projeto foi utilizada a ferramenta CASE IBM Rational Rose 2003, para o desenvolvimento do sistema foi utilizada a linguagem de programação Java, o framework de templatesengine Velocity pattern TO (Transfer Object) e o pattern DAO (Data Access Object) com o banco de dados MySQL. a IDE usada para o desenvolvimento foi a plataforma Eclipse 3.2 com os plugins necessários para o desenvolvimento do sistema. Palavras Chaves: Java, UML, RUP, MySQL. Palavras-chave: Java, UML, RUP, MySQL

12 12 Nome do Pesquisador(Aluno): Marcelo Ossamu Sumiya Nome do Orientador: Roberto Yukio Nishimura Titulação do Orientador: Especialista Instituição: Unifil CONTROLE DE VENDAS DE PRODUTOS CONTRA PRAGAS Este trabalho apresenta o desenvolvimento do Sistema para Controle de Vendas e Estoque da empresa Elite Controle de Pragas de Londrina que atua na venda de produtos para o controle de pragas e sua linha atual em controle de pragas, visando facilidades no gerenciamento do controle de vendas e estoque da mesma, em forma de consultas e relatórios. O sistema contém vários cadastros, como por exemplo: cadastro de clientes, fornecedores, funcionários. Na parte dos controles, seu foco principal é o pedido do cliente que pode ser estendido até o pedido ao fornecedor e sua respectiva entrega. E tendo no sistema uma pesquisa de vendas e compras efetuadas da empresa de qualquer período desejado e gerando relatórios para um melhor controle da empresa. A metodologia de desenvolvimento de software utilizada foi o RUP Rational Unifield Process e/ para a modelagem do projeto foi utilizada a ferramenta CASE IBM Rational Rose 2003, para o desenvolvimento do sistema foi utilizada a linguagem de programação Java, o framework de templatesengine Velocity pattern TO (Transfer Object) e o pattern DAO (Data Access Object) com o banco de dados MySQL. a IDE usada para o desenvolvimento foi a plataforma Eclipse 3.2 com os plugins necessários para o desenvolvimento do sistema. Palavras Chaves: Java, UML, RUP, MySQL. Palavras-chave: Java, UML, RUP, MySQL Nome do Pesquisador(Aluno): Adilso Gomes Casonato Nome do Orientador: Ademir Morgenstein Padilha Titulação do Orientador: Mestre Instituição: UNIFIL EMPRESA CONTROL Sistemas de gestão administrativos tem se tornado necessários para todos os portes de organizações, sejam pequenos, médios ou grandes empreendimentos. Empresas que não possuem um modelo de gestão eficaz, com apoio de sistemas informatizados, tendem a fracassar no mercado. Para tal, é necessário utilizar sistemas capazes de apoiar os processos da organização, gerenciando os dados, automatizando processos, de modo a oferecer informações mais precisas em tempo hábil. Por este motivo, desenvolveu-se o EmpresaControl, dando ênfase nos principais processos

13 13 funcionais da empresa Volitex Enxovais, visando um controle simples e fácil de cadastros de clientes, produtos, fornecedores, funcionários e rotas de transporte de mercadorias, além da geração tanto de pedidos quanto de promissórias. O modelo de processo de desenvolvimento do software utilizado foi o RUP Rational Unified Process, para a modelagem do projeto foi utilizado a UML Unified Modeling Language juntamente com a ferramenta CASE IBM Rational Rose 2003, para o desenvolvimento foi utilizada a linguagem de programação Java, através da biblioteca Java Swing, implementando o Pattern Mediator, junto com o banco de dados MySQL. A IDE Integrated Development Environment usada para o desenvolvimento foi a plataforma Eclipse versão 3.1 com os plugins necessários para o desenvolvimento do sistema. As principais contribuições deste projeto foram: a implementação do projeto em linguagem Java, a documentação para facilitar a realização do projeto, amplificar o conhecimento referente ao Pattern Mediator, assim como o aumento de conhecimento na biblioteca Java swing e em Java em geral. Palavras-chave: : JAVA, UML, RUP, SWING, MySQL, Gestão de Empresas, Controle de Estoque, Promissórias, Fonrecedores, Clientes. Nome do Pesquisador(Aluno): Leandro Marques Nome do Orientador: Ruy Nishimura Titulação do Orientador: Mestre Instituição: Unifil SISTEMA DE CONTROLE DE ARQUIVO GERAL Este trabalho apresenta o desenvolvimento do Sistema de Controle de Arquivo Geral do Curso Sistemas de Informação da Unifil (Centro Universitário Filadélfia). Nos últimos anos, têm se expandido cada vez mais a tecnologia e as formas de utilizá-la no nosso cotidiano. Desta forma o setor de Arquivo Geral da Companhia Cacique de Café Solúvel solicitou um Sistema de Controle de Arquivo Geral de Documentos (SCAG) que terá como objetivo controlar com eficiência e eficácia o acervo de documentos arquivados. Esses documentos são enviados das diversas áreas da empresa ao SAG, onde são separados e colocados em prateleiras para consultas futuras ou eliminados após o tempo de arquivamento, na qual foi determinado para os documentos. Assim, foi realizado um estudo, utilizando o Rational Unified Process (RUP) como processo de desenvolvimento de software e a linguagem de modelagem unificada (UML), através da ferramenta CASE da IBM Rational Rose O projeto SCAG utilizou o RUP e seus modelos para direcionar o desenvolvimento e documentar o sistema de informação. A linguagem utilizada foi Visual Basic 6.0. O banco de dados foi o ORACLE e a ferramenta CASE para a modelagem foi o IBM Rational Rose. Palavras-chave: Documentos, Arquivamento, Visual Basic, UML, RUP.

14 14 Nome do Pesquisador(Aluno): Leandro Marques Nome do Orientador: Ruy Nishimura Titulação do Orientador: Mestre Instituição: Unifil SISTEMA DE CONTROLE DE ARQUIVO GERAL Este trabalho apresenta o desenvolvimento do Sistema de Controle de Arquivo Geral do Curso Sistemas de Informação da Unifil (Centro Universitário Filadélfia). Nos últimos anos, têm se expandido cada vez mais a tecnologia e as formas de utilizá-la no nosso cotidiano. Desta forma o setor de Arquivo Geral da Companhia Cacique de Café Solúvel solicitou um Sistema de Controle de Arquivo Geral de Documentos (SCAG) que terá como objetivo controlar com eficiência e eficácia o acervo de documentos arquivados. Esses documentos são enviados das diversas áreas da empresa ao SAG, onde são separados e colocados em prateleiras para consultas futuras ou eliminados após o tempo de arquivamento, na qual foi determinado para os documentos. Assim, foi realizado um estudo, utilizando o Rational Unified Process (RUP) como processo de desenvolvimento de software e a linguagem de modelagem unificada (UML), através da ferramenta CASE da IBM Rational Rose O projeto SCAG utilizou o RUP e seus modelos para direcionar o desenvolvimento e documentar o sistema de informação. A linguagem utilizada foi Visual Basic 6.0. O banco de dados foi o ORACLE e a ferramenta CASE para a modelagem foi o IBM Rational Rose. Palavras-chave: Documentos, Arquivamento, Visual Basic, UML, RUP. Nome do Pesquisador(Aluno): Luis Augusto Pardini Nome do Orientador: Sérgio Akio Tanaka Titulação do Orientador: Mestre Instituição: Unifil REPOSITÓRIO DE SOLUÇÕES BASEADOS EM PROJETOS LEGADOS O Repositório de Soluções Baseados em Projetos Legados foi elaborado para informatizar o controle de projetos entregues através do estágio supervisionado, possibilitando uma maior agilidade na pesquisa por componentes, documentação e códigos fonte, fazendo com que seja possível a reutilização dos mesmos pela UniFil. O repositório faz parte da família de softwares da instituição, sendo assim, sua utilização será liberada para usuários devidamente cadastrados no sistema principal (IFL).

15 15 Para elaboração do projeto foi utilizado o RUP Rational Unified Process, como processo de desenvolvimento de software, baseados na UML Unified Modeling Language para modelagem visual do sistema, também foi utilizado à ferramenta CASE IBM Rational Rose Entrando na arquitetura do sistema, foi utilizada a linguagem de programação Java juntamente com os frameworks Webwork e Velocity. As classes Java estão divididas em três camadas, TO (Tranfer Object), DAO (Data Access Object) e a ACTION onde são disparadas as ações do usuário. As informações utilizadas pelo sistema estão gravadas no banco de dados MySQL. A IDE utilizadas para a implementação foi a plataforma Eclipse versão 3.2 com os plugins utilizados pelo NPI. Palavras-chave: Framewok, Velocity, IFL e NPI Nome do Pesquisador(Aluno): Renan Augusto Lizotti Nome do Orientador: Simone Sawasaki Tanaka Titulação do Orientador: Especialista Instituição: UniFil SISTEMA JURIDICO Z3 Este trabalho apresenta o desenvolvimento de um Sistema Jurídico On-line, cujo nome da empresa a utilizá-lo é Fast Gôndolas, o objetivo do sistema é o de fazer o controle dos processos da empresa, controle de documentos, agenda, emissão de relatórios, e controle de pessoas envolvidas nos processos, tudo de forma on-line, o sistema permite acesso de qualquer lugar dependendo apenas de um computador e um ponto de acesso à internet, isso faz que facilite o trabalho dos advogados da Fast Gôndolas, e aumenta a segurança contra perda de dados. O sistema tem uma grande agilidade na busca dos processos que antes era feita através de papéis, melhorando a organização e diminuindo o volume de documentos do departamento jurídico, além de uma estratégia de backup para que não ocorram eventuais problemas com perda de dados. A implantação do sistema na empresa deixou os advogados bastante satisfeitos, de acordo com eles, o artefato de solicitação dos principais envolvidos foi seguido e o sistema solucionou todos os problemas discutidos durante o projeto. Foi dado ao sistema o nome de Sistema Jurídico Z3 (SJZ3), pois futuramente o sistema irá ser comercializado pela empresa Z3 Web Tecnologia. O sistema foi hospedado dentro de um dos servidores da própria empresa Fast Gôndolas, e o backup será feito pelo departamento de TI. A manutenção do sistema poderá ser feita on-line sendo necessário suporte presencial somente em ultimo caso, o suporte aos usuários estará disponível on-line ou por telefone. A ferramenta para o processo de desenvolvimento do sistema utilizada foi o RUP Rational Unified Process, para a modelagem do projeto foi utilizado a UML Unified Modeling Language juntamente com a ferramenta CASE Rational Rose, para o desenvolvimento do sistema foi utilizado a linguagem de programação PHP, HTML, JavaScript, juntamente com o banco de dados MySQL, a ferramenta utilizada no desenvolvimento da programação foi o Macromedia DreamWeaver 8.0. Palavras-chave: RUP, UML, PHP

16 16 Nome do Pesquisador(Aluno): Vagner Bispo Nome do Orientador: Simone Sawasaki Tanaka Titulação do Orientador: Especialista Instituição: UniFil RESUMO - CNH CONTROLE DE NOTIFICAÇÃO HELPDESK Trabalho apresentado à disciplina de Estagio Supervisionado no Curso de Bacharelado de Sistemas de Informação do Centro Universitário Filadélfia (UNIFIL) tem por principal objetivo o desenvolvimento do Sistema de Controle de Notificação Helpdesk da empresa ASK! Cia Nacional de Callcenter da cidade de Londrina, dando ênfase na melhoria de um software existente na empresa com a criação de um novo sistema, em outra linguagem baseado em WEB que proporciona o gerenciamento de informações enviadas ao conhecimento dos supervisores despertando agilidade e garantia dos resultados. Um dos fluxos que são apresentados neste novo sistema é o controle de acessos notificados aos supervisores que antigamente era controlado através de uma única máquina não sendo possível acesso a todos. Outra melhoria e a criação de status aos eventos podendo ele esta ativo, inativo, em andamento, abortado ou concluído, dando ampla condição aos atendentes do helpdesk repassar informações aos clientes. Neste sistema proposto também se inclui o controle de acesso com permissões e restrições aos atendentes. As ferramentas para uso no processo de desenvolvimento do software foi o RUP - Rational Unfied Process, para modelagem UML - Unfied Modeling Language, contendo os diagramas de casos de uso, diagramas de classes, modelagem de banco de dados, diagramas de atividades, seqüências, colaboração, implantação e de estados, juntamente com a ferramenta case da IBM, Rational Rose Para desenvolvimento do sistema, foi utilizado a linguagem de programação PHP que é ideal para criação de aplicações Web dinâmicas e banco de dados MySQL que garante segurança da informação. O software que possibilitou essas criações foram o PHP Editor 2.22 e Dreamweaver 8. As principais contribuições desse trabalho são: a implantação de um sistema em PHP sendo gerenciado na própria empresa com documentação de projeto UML, diagramas com o uso do ROSE na criação do sistema, baseado nos anos dedicados nos estudos na UniFil proporcionou também o crescimento pessoal e profissional. Palavras-chave: PHP, WEB, UML, RUP, MySQL.

17 17 Nome do Pesquisador(Aluno): Rafael Sanches Nome do Orientador: Simone Akio Tanaka Titulação do Orientador: Especialista Instituição: Unifil SISTEMA DE CONTROLE DE ORDEM DE SERVIÇO Este trabalho apresenta o desenvolvimento do Sistema de Controle de Ordem de Serviços que esta sendo desenvolvido para empresa Telesuporte & Cia, dando ênfase nas melhorias do cadastro de ordem de serviços, que hoje é feito na planilha Microsoft Excel, visando finalizar e implantar o Sistema de Controle de Ordem de Serviço na empresa. Possibilitando ao funcionário ou mesmo o gerente da empresa maior facilidade em gerenciar informações referentes ao sistema proposto de ordem de serviços, acelerando a transição de informações e uma maior interação entre os envolvidos. O controle era feito manualmente na empresa, usando a planilha Microsoft Excel para registrar o equipamento, sendo assim controlando a entrada de equipamento. Pelo fato do registro estar armazenado em uma planilha torna-se muito lento a pesquisa informações anteriores. O objetivo principal deste trabalho foi auxiliar o funcionário da empresa a ter um controle maior das ordens de serviços cadastradas, possibilitando uma maior rapidez em consultas de equipamentos que foram cadastrados no sistema, sendo assim o sistema será de muita utilidade para a empresa e para o gerenciamento de informações cadastradas. A ferramenta que será aplicada para o processo de desenvolvimento do software utilizada foi o RUP Racional Unified Process, para modelagem do projeto foi utilizado a UML Unified Modeling Language juntamente com a ferramenta Case IBM Rational Rose 2003, para o desenvolvimento do Sistema de Controle de Ordem de Serviços foi utilizada a linguagem de programação Java.O banco utilizado no sistema foi o banco de dados MySQL, a IDE usada para o desenvolvimento foi a plataforma Eclipse versão 3.1 com plugins necessários para o desenvolvimento do SCOS (Sistema de Controle de Ordem de Serviço). As contribuições desse trabalho são: a implementação do projeto utilizando Java,a documentação padronizada utilizando os padrões RUP. Palavras chaves : Java, UML (Unified Modeling Language,RUP (Rational Unified Process), scos.

18 18 Nome do Pesquisador(Aluno): CLÁUDIO CANDIDO BRAGA Nome do Orientador: JOSEVAL LANA BRAGA Titulação do Orientador: PROFESSOR Instituição: UNIFIL SISTEMA GERENCIADOR DE VENDA DE PLANOS ODONTOLÓGICOS O trabalho ora apresentado refere-se ao gerenciamento do setor da área de vendas da empresa Uniodonto de Londrina. O sistema desenvolvido possibilita o armazenamento das informações relativas à prospecção, venda e controle de comissões pagas e a pagar aos agentes de venda, armazenando essas informações em um banco de dados, de onde poderão ser extraídas através de relatórios as informações de empresas prospectadas, o histórico destas prospecções e informações de valores pagos aos agentes. Para isso o sistema utiliza vários cadastros secundários necessários na sua implantação como: cadastro de atos, cadastro de tabela de atos, cadastro de especialidades, cadastro de produtos, cadastro de agentes, cadastro de tipos de comissão, além dos cadastros de empresas, titulares, ocorrências e prospecções que irão gerar a base de informações necessárias ao gerente/supervisor de vendas auxiliando-o no seu trabalho. Palavras-chave: Palavras Chaves: Java, UML, RUP, MySQL. Nome do Pesquisador(Aluno): Reginaldo Sérgio Moraes Guilherme Nome do Orientador: Ademir Morgenstern Padilha Titulação do Orientador: Professor Instituição: Unifil SISTEMA DE CONTROLE DE EQUIPAMENTOS MILENIA - SCEM Este trabalho apresenta o desenvolvimento do Sistema para Controle de Equipamento Milenia - SCEM que foi desenvolvido para a empresa multinacional Milenia Agrociências S.A. que atua no ramo de defensivos agrícola, dando ênfase no controle do parque tecnológico da empresa, visando administrar e manter as tecnologias utilizadas sempre atualizadas. Possibilitando aos gestores da área, gerente e supervisor, maior facilidade em gerenciar as informações referentes aos computadores e equipamentos de informática da companhia, no que se diz respeito à compra de novos equipamentos, itens enviados para manutenção e para garantia, acelerando assim transição de informações e tomadas de decisões. Todo esse controle era feito através de planilhas eletrônicas, preenchidas regularmente, inviabilizando assim a busca de informações por tornar o processo lento e inseguro, gerando grande inconsistência das informações e incertezas na hora de fechar grandes

19 19 compras de novos equipamentos, o sistema armazenará dados relacionados com os equipamentos de informática e usuários para poder recuperar as informações, como configurações da máquina utilizada pelo usuário, quando um determinado equipamento chegará da assistência técnica, lembrando que este sistema não irá controlar os chamados internos, pelo fato de já existir um sistema dentro da intranet da empresa (SHD Sistema de Help Desk) que realiza essa funcionalidade, facilitando assim as atividades do setor de informática com um maior controle dos mesmos e também facilitando as atividades da contabilidade ao fazer o rateio de depreciação dos equipamentos entre os setores da empresa, proporcionando segurança e confiabilidade dos dados. A ferramenta para o processo de desenvolvimento do software utilizada foi o RUP Rational Unified Process, para a modelagem de projeto foi utilizado o UML Unified Modeling Language juntamente com a ferramenta CASE Rational Rose 7.0 para o desenvolvimento do sistema foi utilizada a linguagem de programação Java, com o banco de dados MySQL, a IDE usada para o desenvolvimento foi à plataforma NetBeans 5.5. As principais contribuições desse trabalho são: implantação em plataforma Java, a documentação padronizada utilizando os padrões RUP. Palavras-chave: SCEM, Java, UML, RUP Nome do Pesquisador(Aluno): Daniel Carvalho de Castro Nome do Orientador: Adail Nogueira Titulação do Orientador: Mestre Instituição: UNIFIL SPCC Este trabalho apresenta o desenvolvimento do Sistema Phone de Controle Comercial (SPCC), o qual foi iniciado no ano de 2007, visando melhorias na gestão de clientes da empresa. O sistema possibilita aos colaboradores da empresa maior agilidade e facilidades em gerenciar as informações dos clientes automatizando a empresa. O sistema foi desenvolvido para Web para que os colaboradores tenham acesso às informações via internet quando não estão na empresa ou a rede local da mesma facilitando as consultorias e atendimento ao cliente final. Ao acessar ao sistema o colaborador tem acesso a dados cadastrais dos clientes, controle de equipamentos aplicados no cliente e os que estão à disposição, para serem usados como por exemplo: Modens, roteadores e etc.., controle de atendimentos para ter um controle da qualidade do serviço e satisfação do cliente e controle de contratos ajudando os mesmos em tomadas de decisões em beneficio da empresa. A ferramenta para o processo de desenvolvimento do software utilizada foi o RUP Rational Unified Process, para a modelagem do projeto foi utilizado a UML Unified Modeling Language juntamente com a ferramenta CASE IBM Rational Rose 2003, para o desenvolvimento do sistema foi utilizada a linguagem de programação Java, o framework Mentawai foi utilizado para o

20 20 desenvolvimento de aplicações WEB, pattern TO (Transfer Object) e o pattern DAO (Data Access Object) com o banco de dados MySQL, a IDE usada para o desenvolvimento foi à plataforma Eclipse versão 3.2 com os plugins necessários para o desenvolvimento do sistema. As principais contribuições desse trabalho foi o aprendizado e a experiência do estagiário para a carreira profissional, e de um imensurável beneficio para empresa que tem um sistema moderno e de baixo custo. Palavras Chaves: Mentawai, Java, UML, RUP. Nome do Pesquisador(Aluno): Felipe Sicorski, Regis Suzano da Costa Nome do Orientador: Simone S. Tanaka Titulação do Orientador: Especialista Instituição: UNIFIL DESIGN PATTERNS Estaremos apresentando utilizando Power Point e aplicações Java demonstrando a utilidade e a funcionalidade dos Design Patterns citados abaixo. O trabalho abordará sobre Os Design Patterns, na qual são soluções propostas para os problemas existentes no desenvolvimento de sistemas orientados a objetos. Os mesmos visam facilitar a reutilização de soluções de problemas encontrados freqüentemente ao se elaborar um software, ou reutilizar um código. Um padrão deve ter algumas características como encapsulamento, generalidade, equilíbrio, abstração, abertura, combinatoriedade. Ele também definiu o formato que a descrição de um padrão deve ter. Foi estabelecido que um padrão deva ser descrito em cinco partes nome, exemplo, contexto, problema e solução. Existem alguns padrões no qual se faz necessário comentar um pouco entre um deles o Padrão GoF no qual esse tipo de padrão é organizado em famílias de padrões de criação, estruturais e comportamentais, a de criação é relacionado à criação de projetos (abstract factory, factory method, prototype, singleton, builder), a estruturais tratam das associações entre classes e objetos (adapter, bridge, composite, decorator, facade, flyweight, Proxy), a comportamentais interações e divisões de responsabilidades entre as classes ou objetos (chain of responsability, command, interpreter, iterator, mediator, memento, observer, state, strategy, template method, visitor), o outro padrão abordado é o Padrão GRASP (General Responsibility Assignment Software Patterns) no qual esse mesmo se dividi em alguns tarefas information expert - atribui a responsabilidade ao especialista (expert), a classe que possui todas as informações necessárias para arcar com a responsabilidade, creator lida com a criação de objetos, controller lida com o tratamento de mensagens ou eventos de sistema, low coupling usado para avaliação, high cohesion usado para atribuir responsabilidades de modo que a coesão seja alta, de modo a manter a complexidade sob controle, polymorphism Lida com alterações de

SISTEMA DE WORKFLOW PARA MODELAGEM E EXECUÇÃO DE PROCESSOS DE SOFTWARE. Aluno: Roberto Reinert Orientador: Everaldo A. Grahl

SISTEMA DE WORKFLOW PARA MODELAGEM E EXECUÇÃO DE PROCESSOS DE SOFTWARE. Aluno: Roberto Reinert Orientador: Everaldo A. Grahl SISTEMA DE WORKFLOW PARA MODELAGEM E EXECUÇÃO DE PROCESSOS DE SOFTWARE Aluno: Roberto Reinert Orientador: Everaldo A. Grahl Roteiro de apresentação Introdução Objetivos Fundamentação Teórica Workflow Processo

Leia mais

Daniel Paulo de Assis

Daniel Paulo de Assis Daniel Paulo de Assis Brasileiro, solteiro, 32 anos Rua Dr. Seng, 100 Bela Vista - São Paulo SP Telefone: (11) 9-4991-5770 / (18) 9-9119-2006 E-mail: daniel@dpassis.com.br WebSite: dpassis.com.br Linkedin:

Leia mais

Curso - Padrões de Projeto Módulo 1: Introdução

Curso - Padrões de Projeto Módulo 1: Introdução Curso - Padrões de Projeto Módulo 1: Introdução Vítor E. Silva Souza vitorsouza@gmail.com http://www.javablogs.com.br/page/engenho http://esjug.dev.java.net Sobre o Instrutor Formação: Java: Graduação

Leia mais

Automação do Processo de Instalação de Softwares

Automação do Processo de Instalação de Softwares Automação do Processo de Instalação de Softwares Aislan Nogueira Diogo Avelino João Rafael Azevedo Milene Moreira Companhia Siderúrgica Nacional - CSN RESUMO Este artigo tem como finalidade apresentar

Leia mais

Aplicativo web para definição do modelo lógico no projeto de banco de dados relacional

Aplicativo web para definição do modelo lógico no projeto de banco de dados relacional Aplicativo web para definição do modelo lógico no projeto de banco de dados relacional Juarez Bachmann Orientador: Alexander Roberto Valdameri Roteiro Introdução Objetivos Fundamentação teórica Desenvolvimento

Leia mais

CURSO DESENVOLVEDOR JAVA WEB E FLEX Setembro de 2010 à Janeiro de 2011

CURSO DESENVOLVEDOR JAVA WEB E FLEX Setembro de 2010 à Janeiro de 2011 CURSO DESENVOLVEDOR JAVA WEB E FLEX Setembro de 2010 à Janeiro de 2011 O curso foi especialmente planejado para os profissionais que desejam trabalhar com desenvolvimento de sistemas seguindo o paradigma

Leia mais

Testes com Design Patterns

Testes com Design Patterns Helder da Rocha (helder.darocha@gmail.com) 31 de março de 2005 71. Que padrão de design pode ser usado para permitir que uma implementação específica e uma hierarquia de abstrações possa variar independentemente?

Leia mais

CURSO DESENVOLVEDOR JAVA Edição Intensiva de Férias

CURSO DESENVOLVEDOR JAVA Edição Intensiva de Férias CURSO DESENVOLVEDOR JAVA Edição Intensiva de Férias O curso foi especialmente planejado para os profissionais que desejam trabalhar com desenvolvimento de sistemas seguindo o paradigma Orientado a Objetos

Leia mais

Analista de Negócio Pleno

Analista de Negócio Pleno Analista de Negócio Pleno Formação: Nível Superior na área de informática ou áreas afins. Desejável Pós Graduação em Gestão de Projetos, Tecnologia de Informação ou Negócios. Atividades: Realizar atividades

Leia mais

CURSO DESENVOLVEDOR JAVA Edição 2009

CURSO DESENVOLVEDOR JAVA Edição 2009 CURSO DESENVOLVEDOR JAVA Edição 2009 O curso foi especialmente planejado para os profissionais que desejam trabalhar com desenvolvimento de sistemas seguindo o paradigma Orientado a Objetos e com o uso

Leia mais

Padrões GoF. Leonardo Gresta Paulino Murta leomurta@ic.uff.br

Padrões GoF. Leonardo Gresta Paulino Murta leomurta@ic.uff.br Padrões GoF Leonardo Gresta Paulino Murta leomurta@ic.uff.br Agenda Introdução Padrões de Criação Padrões de Estrutura Padrões de comportamento Leonardo Murta Padrões GoF 2 Introdução Os padrões GoF (Gamma

Leia mais

Desenvolvimento: Acessibilidade, CSS, HTML, Tableless, Usabilidade, Web Standards e XHTML.

Desenvolvimento: Acessibilidade, CSS, HTML, Tableless, Usabilidade, Web Standards e XHTML. Adriano Lopes Analista de Sistamas na CrediPronto adrianospk@gmail.com Especializações Banco de Dados: Access, MS SQL Server e MySQL. Desenvolvimento: Acessibilidade, CSS, HTML, Tableless, Usabilidade,

Leia mais

Padrões de Projeto. Prof. Jefersson Alex dos Santos (jefersson@dcc.ufmg.br) http://www.dcc.ufmg.br/~jefersson

Padrões de Projeto. Prof. Jefersson Alex dos Santos (jefersson@dcc.ufmg.br) http://www.dcc.ufmg.br/~jefersson Padrões de Projeto Prof. Jefersson Alex dos Santos (jefersson@dcc.ufmg.br) http://www.dcc.ufmg.br/~jefersson Apresentação Conceitos Definição Ponto de vista prático História Padrões de Projeto Conhecidos

Leia mais

ORDEM DE SERVIÇO OS 003/DINFO/2013 16/09/2013

ORDEM DE SERVIÇO OS 003/DINFO/2013 16/09/2013 A DIRETORIA DE INFORMÁTICA DINFO DA UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO -UERJ, no uso de suas atribuições legais, estabelece: Art. 1º: Para fins de normatização do Desenvolvimento Tecnológico na UERJ

Leia mais

SISTEMA DE AGENDAMENTO E GERENCIAMENTO DE CONSULTAS CLÍNICAS

SISTEMA DE AGENDAMENTO E GERENCIAMENTO DE CONSULTAS CLÍNICAS SISTEMA DE AGENDAMENTO E GERENCIAMENTO DE CONSULTAS CLÍNICAS Pablo dos Santos Alves Alexander Roberto Valdameri - Orientador Roteiro da apresentação Introdução Objetivos Motivação Revisão bibliográfica

Leia mais

SISTEMA DE CONTROLE INTERNO DE FLUXO DE CAIXA DO SETOR DE APOIO FINANCEIRO (ULBRA GUAÍBA)

SISTEMA DE CONTROLE INTERNO DE FLUXO DE CAIXA DO SETOR DE APOIO FINANCEIRO (ULBRA GUAÍBA) SISTEMA DE CONTROLE INTERNO DE FLUXO DE CAIXA DO SETOR DE APOIO FINANCEIRO (ULBRA GUAÍBA) Alessandra Lubbe 1 Alexandre Evangelista 2 Jeandro Perceval 3 José Ramiro Pereira 4 Luiz Gustavo Mahlmann 5 RESUMO

Leia mais

SISTEMA GERENCIAL TRATORPLAN

SISTEMA GERENCIAL TRATORPLAN SISTEMA GERENCIAL TRATORPLAN SIGET Fabrício Pereira Santana¹, Jaime William Dias¹, ², Ricardo de Melo Germano¹ ¹Universidade Paranaense (Unipar) Paranavaí PR Brasil fabricioblack@gmail.com germano@unipar.br

Leia mais

Programação Avançada. Padrões de Projeto de Software. Fonte: Oswaldo B. Peres e K19 Treinamentos

Programação Avançada. Padrões de Projeto de Software. Fonte: Oswaldo B. Peres e K19 Treinamentos Programação Avançada Padrões de Projeto de Software 1 Fonte: Oswaldo B. Peres e K19 Treinamentos Introdução Projetar software OO reusável e de boa qualidade é uma tarefa difícil; Para realizar essa tarefa

Leia mais

TECNOLOGIA EM PROCESSAMENTO DE DADOS

TECNOLOGIA EM PROCESSAMENTO DE DADOS Centro Universitário Filadélfia TECNOLOGIA EM PROCESSAMENTO DE DADOS Luciano Barroso Zanluchi ELEIÇÃO ELETRÔNICA LONDRINA 2005 Luciano Barroso Zanluchi ELEIÇÃO ELETRÔNICA Trabalho de Conclusão de Curso

Leia mais

Autores/Grupo: TULIO, LUIS, FRANCISCO e JULIANO. Curso: Gestão da Tecnologia da Informação. Professor: ITAIR PEREIRA DA SILVA GESTÃO DE PESSOAS

Autores/Grupo: TULIO, LUIS, FRANCISCO e JULIANO. Curso: Gestão da Tecnologia da Informação. Professor: ITAIR PEREIRA DA SILVA GESTÃO DE PESSOAS Autores/Grupo: TULIO, LUIS, FRANCISCO e JULIANO Curso: Gestão da Tecnologia da Informação Professor: ITAIR PEREIRA DA SILVA GESTÃO DE PESSOAS ORGANOGRAMA FUNCIANOGRAMA DESENHO DE CARGO E TAREFAS DO DESENVOLVEDOR

Leia mais

SISTEMA GERENCIADOR DE FORMULÁRIOS APLICADO AO SISTEMA NETCIF CENTRO INTEGRADO DE FISIOTERAPIA

SISTEMA GERENCIADOR DE FORMULÁRIOS APLICADO AO SISTEMA NETCIF CENTRO INTEGRADO DE FISIOTERAPIA SISTEMA GERENCIADOR DE FORMULÁRIOS APLICADO AO SISTEMA NETCIF CENTRO INTEGRADO DE FISIOTERAPIA Autores: Francisco de Oliveira Dantas; FILHO, PINTO, Giovanni Ferreira; MARIA, Hevanderson da Silva; Orientador:

Leia mais

DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE DE VOTAÇÃO WEB UTILIZANDO TECNOLOGIA TOUCHSCREEN

DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE DE VOTAÇÃO WEB UTILIZANDO TECNOLOGIA TOUCHSCREEN DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE DE VOTAÇÃO WEB UTILIZANDO TECNOLOGIA TOUCHSCREEN José Agostinho Petry Filho 1 ; Rodrigo de Moraes 2 ; Silvio Regis da Silva Junior 3 ; Yuri Jean Fabris 4 ; Fernando Augusto

Leia mais

MD CONSULTORIA EM RECURSOS HUMANOS SITE WWW.MDRH.COM.BR E-MAIL MDRH@MDRH.COM.BR TELEFONE 49 3323 5804 CADASTRO TOTALMENTE GRATUITO

MD CONSULTORIA EM RECURSOS HUMANOS SITE WWW.MDRH.COM.BR E-MAIL MDRH@MDRH.COM.BR TELEFONE 49 3323 5804 CADASTRO TOTALMENTE GRATUITO SELECIONA: Farmacêutico Descrição: Para responder tecnicamente pela distribuição dos medicamentos, auxiliar os representantes nas orientações necessárias, auxiliar os clientes, fornecer treinamentos quanto

Leia mais

Programação Orientada a Objetos. Padrões de Criação

Programação Orientada a Objetos. Padrões de Criação Programação Orientada a Objetos Padrões de Criação Cristiano Lehrer, M.Sc. Objetivos Apresentar cada um dos 23 padrões clássicos descrevendo: O problema que solucionam. A solução. Diagramas UML (Unified

Leia mais

PRODUTO 1 (CONSTRUÇÃO DE PORTAL WEB)

PRODUTO 1 (CONSTRUÇÃO DE PORTAL WEB) RELATÓRIO DE ENTREGA DO PRODUTO 1 (CONSTRUÇÃO DE PORTAL WEB) PARA A ELABORAÇÃO DOS PLANOS MUNICIPAIS DE GESTÃO INTEGRADA DE RESÍDUOS SÓLIDOS PMGIRS PARA OS MUNICÍPIOS DE NOVO HORIZONTE, JUPIÁ, GALVÃO,

Leia mais

Resumo de TCC Desenvolvimento de um sistema ERP com foco nas tecnologias de software livre / código aberto

Resumo de TCC Desenvolvimento de um sistema ERP com foco nas tecnologias de software livre / código aberto UFSC - Universidade Federal de Santa Catarina CTC Centro Tecnológico INE Departamento de Informática e Estatística INE5631 Projetos I Prof. Renato Cislaghi Resumo de TCC Desenvolvimento de um sistema ERP

Leia mais

Guilherme Augusto de Assis

Guilherme Augusto de Assis Guilherme Augusto de Assis Analista de Sistemas Pleno da empresa CPqD guiassys@gmail.com Resumo Possui graduação em Sistemas de Informação pela Faculdade de Administração e Ciências Contábeis de Hortolândia

Leia mais

SCE-557. Técnicas de Programação para WEB. Rodrigo Fernandes de Mello http://www.icmc.usp.br/~mello mello@icmc.usp.br

SCE-557. Técnicas de Programação para WEB. Rodrigo Fernandes de Mello http://www.icmc.usp.br/~mello mello@icmc.usp.br SCE-557 Técnicas de Programação para WEB Rodrigo Fernandes de Mello http://www.icmc.usp.br/~mello mello@icmc.usp.br 1 Cronograma Fundamentos sobre servidores e clientes Linguagens Server e Client side

Leia mais

ANÁLISE E PROJETO ORIENTADO A OBJETOS. Isac Aguiar isacaguiar.com.br isacaguiar@gmail.com

ANÁLISE E PROJETO ORIENTADO A OBJETOS. Isac Aguiar isacaguiar.com.br isacaguiar@gmail.com ANÁLISE E PROJETO ORIENTADO A OBJETOS Isac Aguiar isacaguiar.com.br isacaguiar@gmail.com Análise Descrição do problema a ser implementado Descrição dos objetos e classes que fazem parte do problema, Descrição

Leia mais

Sistema de Automação Comercial de Pedidos

Sistema de Automação Comercial de Pedidos Termo de Abertura Sistema de Automação Comercial de Pedidos Cabana - Versão 1.0 Iteração 1.0- Release 1.0 Versão do Documento: 1.5 Histórico de Revisão Data Versão do Documento Descrição Autor 18/03/2011

Leia mais

Especial Online RESUMO DOS TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO. Sistemas de Informação 2011-1 ISSN 1982-1816. www.unifoa.edu.br/cadernos/especiais.

Especial Online RESUMO DOS TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO. Sistemas de Informação 2011-1 ISSN 1982-1816. www.unifoa.edu.br/cadernos/especiais. Especial Online ISSN 1982-1816 www.unifoa.edu.br/cadernos/especiais.html DOS TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO Sistemas de Informação 2011-1 SISTEMA DE GERÊNCIA DE ODONTOGRAMA EM 3D Alunos: MAIA, Eric Guttemberg

Leia mais

Guia de Introdução ao Windows SharePoint Services

Guia de Introdução ao Windows SharePoint Services Guia de Introdução ao Windows SharePoint Services - Windows SharePoint Services... Page 1 of 11 Windows SharePoint Services Guia de Introdução ao Windows SharePoint Services Ocultar tudo O Microsoft Windows

Leia mais

UML & Padrões Aula 7. UML & Padrões - Profª Kelly C C Silva

UML & Padrões Aula 7. UML & Padrões - Profª Kelly C C Silva UML & Padrões Aula 7 UML & Padrões - Profª Kelly C C Silva Divisão das classes do Modelo de Análise Jacobson propõe a divisão das classes do Modelo de Análise de acordo com os seguintes estereótipos: entidades

Leia mais

TECNOLOGIAS E FRAMEWORKS UTILIZADAS NO DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS GERENCIAIS

TECNOLOGIAS E FRAMEWORKS UTILIZADAS NO DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS GERENCIAIS TECNOLOGIAS E FRAMEWORKS UTILIZADAS NO DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS GERENCIAIS Janderson Fernandes Barros ¹, Igor dos Passos Granado¹, Jaime William Dias ¹, ² ¹ Universidade Paranaense (UNIPAR) Paranavaí

Leia mais

do grego: arkhé (chefe ou mestre) + tékton (trabalhador ou construtor); tekhne arte ou habilidade;

do grego: arkhé (chefe ou mestre) + tékton (trabalhador ou construtor); tekhne arte ou habilidade; 1 ARQUITETURA E DESIGN DE SOFTWARE O que é Arquitetura? do grego: arkhé (chefe ou mestre) + tékton (trabalhador ou construtor); tekhne arte ou habilidade; do dicionário: Arte de projetar e construir prédios,

Leia mais

Projeto Disciplinar de Infra-Estrutura de Software ECOFROTA TRIBUNAL THEMIS

Projeto Disciplinar de Infra-Estrutura de Software ECOFROTA TRIBUNAL THEMIS 1 Projeto Disciplinar de Infra-Estrutura de Software ECOFROTA TRIBUNAL THEMIS EDILBERTO SILVA 1, AQUILA ISRAEL (1316079) 2, CYNTHIA FERREIRA (1316079) 2, MARKO DE CASTRO (1316119) 2, RAFAELA ALMEIDA (1316189)

Leia mais

Introdução à Padrões de Projeto. Glauber Magalhães Pires

Introdução à Padrões de Projeto. Glauber Magalhães Pires Introdução à Padrões de Projeto Glauber Magalhães Pires Agenda O que são padrões de projeto? Para que servem e por que utilizá-los? Elementos constituintes Como escolher o padrão a ser usado? Como são

Leia mais

**Docentes do Centro Universitário Filadélfia- Unifil. computação@unifil.br

**Docentes do Centro Universitário Filadélfia- Unifil. computação@unifil.br COMPARATIVO DE PRODUTIVIDADE ENTRE UM PROCESSO DE DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE COM A ABORDAGEM DE LINHA DE PRODUTO DE SOFTWARE COM O PROCESSO DE DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE TRADICIONAL.(2011) **Docentes

Leia mais

GERADOR DE CÓDIGO JSP BASEADO EM PROJETO DE SGBD. Acadêmico: Maicon Klug Orientadora: Joyce Martins

GERADOR DE CÓDIGO JSP BASEADO EM PROJETO DE SGBD. Acadêmico: Maicon Klug Orientadora: Joyce Martins GERADOR DE CÓDIGO JSP BASEADO EM PROJETO DE SGBD Acadêmico: Maicon Klug Orientadora: Joyce Martins Roteiro Introdução Objetivos do trabalho Fundamentação teórica Desenvolvimento do trabalho Conclusão Extensões

Leia mais

WebApps em Java com uso de Frameworks

WebApps em Java com uso de Frameworks WebApps em Java com uso de Frameworks Fred Lopes Índice O que são frameworks? Arquitetura em camadas Arquitetura de sistemas WEB (WebApps) Listagem resumida de frameworks Java Hibernate O que são frameworks?

Leia mais

DESENVOLVENDO APLICAÇÕES UTILIZANDO JAVASERVER FACES E MVC

DESENVOLVENDO APLICAÇÕES UTILIZANDO JAVASERVER FACES E MVC DESENVOLVENDO APLICAÇÕES UTILIZANDO JAVASERVER FACES E MVC Felipe Moreira Decol Claro 1, Késsia Rita da Costa Marchi 1 1 Universidade Paranaense (Unipar) Paranavaí PR Brasil felipe4258@hotmail.com, kessia@unipar.br

Leia mais

J930. Padrões. Projeto. Introdução. argonavis.com.br. Helder da Rocha (helder@acm.org)

J930. Padrões. Projeto. Introdução. argonavis.com.br. Helder da Rocha (helder@acm.org) Padrões de J930 Projeto Introdução Helder da Rocha (helder@acm.org) argonavis.com.br O que é um padrão? Maneira testada ou documentada de alcançar um objetivo qualquer Padrões são comuns em várias áreas

Leia mais

1Introdução Helder da Rocha (helder@acm.org)

1Introdução Helder da Rocha (helder@acm.org) J930 Padrões Projeto de 1Introdução Helder da Rocha (helder@acm.org) argonavis.com.br O que é um padrão? Maneira testada ou documentada de alcançar um objetivo qualquer Padrões são comuns em várias áreas

Leia mais

ANEXO III PERFIL DOS PROFISSIONAIS, FORMAÇÃO E ATIVIDADES A DESENVOLVER PARA MANUTENÇÃO E DESENVOLVIMENTO

ANEXO III PERFIL DOS PROFISSIONAIS, FORMAÇÃO E ATIVIDADES A DESENVOLVER PARA MANUTENÇÃO E DESENVOLVIMENTO CONCORRÊNCIA DIRAD/CPLIC-008/2008 1 ANEXO III PERFIL DOS PROFISSIONAIS, FORMAÇÃO E ATIVIDADES A DESENVOLVER PARA MANUTENÇÃO E DESENVOLVIMENTO 1. INFORMAÇÕES GERAIS E CARACTERÍSTICA DO ATUAL AMBIENTE CORPORATIVO

Leia mais

PROJETO DA DISCIPLINA. PES II Processo de Engenharia de Software II

PROJETO DA DISCIPLINA. PES II Processo de Engenharia de Software II UNIOESTE - Universidade Estadual do Oeste do Paraná CCET - Centro de Ciências Exatas e Tecnológicas Colegiado de Informática Curso de Bacharelado em Informática PROJETO DA DISCIPLINA PES II Processo de

Leia mais

SIGECO07 Sistema Integrado de Gestão de Contas Universidade Federal de Lavras PLANO DE PROJETO 23/09/2007 SIGECO07/GERENCIA/PROJETOS/

SIGECO07 Sistema Integrado de Gestão de Contas Universidade Federal de Lavras PLANO DE PROJETO 23/09/2007 SIGECO07/GERENCIA/PROJETOS/ SIGECO07 Sistema Integrado de Gestão de Contas Universidade Federal de Lavras PLANO DE PROJETO 23/09/2007 SIGECO07/GERENCIA/PROJETOS/ ModeloPlanoProjeto_2007_04_24 SIGECO07_PlanoProjeto_2007_09_23 Página

Leia mais

Diretrizes para criação de um padrão de desenvolvimento de sistemas de informação baseados em cots

Diretrizes para criação de um padrão de desenvolvimento de sistemas de informação baseados em cots Diretrizes para criação de um padrão de desenvolvimento de sistemas de informação baseados em cots Roosewelt Sanie Da Silva¹ 1 Ciência da Computação Universidade Presidente Antônio Carlos (UNIPAC) Rodovia

Leia mais

Declaração de Escopo

Declaração de Escopo 1/9 Elaborado por: Adriano Marra, Bruno Mota, Bruno Leite, Janaina Versão: 1.4 Lima, Joao Augusto, Paulo Takagi, Ricardo Reis. Aprovado por: Porfírio Carlos Roberto Junior 24/08/2010 Time da Equipe de

Leia mais

Geração e execução de scripts de teste em aplicações web a partir de casos de uso direcionados por comportamento 64

Geração e execução de scripts de teste em aplicações web a partir de casos de uso direcionados por comportamento 64 direcionados por comportamento 64 5 Estudo de caso Neste capítulo serão apresentadas as aplicações web utilizadas na aplicação da abordagem proposta, bem como a tecnologia em que foram desenvolvidas, o

Leia mais

INTEGRE Diversas fontes de informações em uma interface intuitiva que exibe exatamente o que você precisa

INTEGRE Diversas fontes de informações em uma interface intuitiva que exibe exatamente o que você precisa INTEGRE Diversas fontes de informações em uma interface intuitiva que exibe exatamente o que você precisa ACESSE Informações corporativas a partir de qualquer ponto de Internet baseado na configuração

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CURSO DE GRADUAÇÃO EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO. Contribuições do MDA para o desenvolvimento de software

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CURSO DE GRADUAÇÃO EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO. Contribuições do MDA para o desenvolvimento de software UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CURSO DE GRADUAÇÃO EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Contribuições do MDA para o desenvolvimento de software Anna Carla Mohr Verner Helder Eugenio dos Santos Puia Florianópolis,

Leia mais

PROGRAMAÇÃO MVC E ZEND FRAMEWORK

PROGRAMAÇÃO MVC E ZEND FRAMEWORK PROGRAMAÇÃO MVC E ZEND FRAMEWORK MVC PROGRAMMING AND ZEND FRAMEWORK Rodolfo Vinícius Moimas Dias Centro Universitário Filadélfia de Londrina UniFil Rafael Francovig Cavicchioli Centro Universitário Filadélfia

Leia mais

Prof.ª Esp. Talita Pagani

Prof.ª Esp. Talita Pagani Especialização em Engenharia de Software Prof.ª Esp. Talita Pagani talita.cpb@gmail.com @talitapagani 21/02/2014 Design Patterns Aula 1 Prof.ª Esp. Talita Pagani 1 Informações gerais 1. Definição de Design

Leia mais

Proposta Comercial. ITS Inovação Tecnologia Soluções. Responsável Rafael Fernandes de Aquino. Cliente: Faculdade de Engenharia Civil

Proposta Comercial. ITS Inovação Tecnologia Soluções. Responsável Rafael Fernandes de Aquino. Cliente: Faculdade de Engenharia Civil Proposta Comercial ITS Inovação Tecnologia Soluções Responsável Rafael Fernandes de Aquino Cliente: Faculdade de Engenharia Civil Projeto: WebSite Institucional Contato Comercial: E-mail: rafael@its-servicos.com

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA. Informatização de farmácias publicas utilizando software livre.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA. Informatização de farmácias publicas utilizando software livre. UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA Informatização de farmácias publicas utilizando software livre. MURILO NUNES ELIAS FLORIANÓPOLIS SC 2007/2 UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA DEPARTAMENTO DE

Leia mais

LEI DE ACESSO A INFORMAÇÃO DIREITO DO CIDADÃO

LEI DE ACESSO A INFORMAÇÃO DIREITO DO CIDADÃO DESCRIÇÃO DO SIGAI O SIGAI (Sistema Integrado de Gestão do Acesso à Informação) é uma solução de software que foi desenvolvida para automatizar os processos administrativos e operacionais visando a atender

Leia mais

Plano de Projeto G Stock. G Stock. Plano de Projeto. Versão 1.0

Plano de Projeto G Stock. G Stock. Plano de Projeto. Versão 1.0 Plano de Projeto G Stock Plano de Projeto G Stock Versão 1.0 Histórico das Revisões Data Versão Descrição Autores 10/09/2010 1.0 Descrição inicial do plano de projeto Denyson José Ellís Carvalho Isadora

Leia mais

Figura 1 - Arquitetura multi-camadas do SIE

Figura 1 - Arquitetura multi-camadas do SIE Um estudo sobre os aspectos de desenvolvimento e distribuição do SIE Fernando Pires Barbosa¹, Equipe Técnica do SIE¹ ¹Centro de Processamento de Dados, Universidade Federal de Santa Maria fernando.barbosa@cpd.ufsm.br

Leia mais

Palavras-Chaves: estoque, modelagem, requisitos, UML, vendas.

Palavras-Chaves: estoque, modelagem, requisitos, UML, vendas. UTILIZAÇÃO DA UML NO DESENVOLVIMENTO DE SISTEMA DE CONTROLE DE VENDAS E ESTOQUE GILBERTO FRANCISCO PACHECO DOS SANTOS Discente da AEMS Faculdades Integradas de Três Lagoas JACKSON LUIZ ARROSTI Discente

Leia mais

Partner Network. www.scriptcase.com.br

Partner Network. www.scriptcase.com.br www.scriptcase.com.br A Rede de Parceiros ScriptCase é uma comunidade que fortalece os nossos representantes em âmbito nacional, possibilitando o acesso a recursos e competências necessários à efetivação

Leia mais

Projeto. SysTrack. Grupo 01 - SysTrack. Maio 2011 Página 1

Projeto. SysTrack. Grupo 01 - SysTrack. Maio 2011 Página 1 Projeto SysTrack Grupo 01 - SysTrack Maio 2011 Página 1 Sumário 1. Título do Projeto... 3 2. Apresentação... 3 3. Equipe de Elaboração do Projeto... 3 3.1 Organograma de empresa Tech House... 4 4. Justificativa...

Leia mais

Engenharia de Requisitos Estudo de Caso

Engenharia de Requisitos Estudo de Caso Engenharia de Requisitos Estudo de Caso Auxiliadora Freire Fonte: Engenharia de Software 8º Edição / Ian Sommerville 2007 Slide 1 Engenharia de Requisitos Exemplo 1 Reserva de Hotel 1. INTRODUÇÃO Este

Leia mais

1 UML (UNIFIED MODELING LANGUAGE)

1 UML (UNIFIED MODELING LANGUAGE) 1 UML (UNIFIED MODELING LANGUAGE) Segundo Tonsig (2003), para conseguir desenvolver um software capaz de satisfazer as necessidades de seus usuários, com qualidade, por intermédio de uma arquitetura sólida

Leia mais

Fundação Universidade Estadual de Maringá

Fundação Universidade Estadual de Maringá Fundação Universidade Estadual de Maringá PAD/DIRETORIA DE MATERIAL E PATRIMÔNIO AVISO DE LICITAÇÃO EDITAL 485/2007 CONCORRÊNCIA PÚBLICA - PROC.: N 15344/2007 OBJETO: CONTRATAÇÃO DE UMA EMPRESA ESPECIALIZADA

Leia mais

ANEXO 11. Framework é um conjunto de classes que colaboram para realizar uma responsabilidade para um domínio de um subsistema da aplicação.

ANEXO 11. Framework é um conjunto de classes que colaboram para realizar uma responsabilidade para um domínio de um subsistema da aplicação. ANEXO 11 O MATRIZ Para o desenvolvimento de sites, objeto deste edital, a empresa contratada obrigatoriamente utilizará o framework MATRIZ desenvolvido pela PROCERGS e disponibilizado no início do trabalho.

Leia mais

CURSO DESENVOLVEDOR JAVA Edição 2010

CURSO DESENVOLVEDOR JAVA Edição 2010 CURSO DESENVOLVEDOR JAVA Edição 2010 O curso foi especialmente planejado para os profissionais que desejam trabalhar com desenvolvimento de sistemas seguindo o paradigma Orientado a Objetos e com o uso

Leia mais

UML - Unified Modeling Language

UML - Unified Modeling Language UML - Unified Modeling Language Casos de Uso Marcio E. F. Maia Disciplina: Engenharia de Software Professora: Rossana M. C. Andrade Curso: Ciências da Computação Universidade Federal do Ceará 24 de abril

Leia mais

Projeto Disciplinar de Infra-Estrutura de Software SISPA FACULDADE SENAC

Projeto Disciplinar de Infra-Estrutura de Software SISPA FACULDADE SENAC 1 Projeto Disciplinar de Infra-Estrutura de Software SISPA FACULDADE SENAC Edilberto Silva 1, André Luiz (1012545), Andreia Pereira da Silva (1012547) Carlos Alberto (1012206), Humberto César de Carvalho

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA TÍTULO: Termo de Referência para contratação de ferramenta case de AD. GECOQ Gerência de Controle e Qualidade 1/9

TERMO DE REFERÊNCIA TÍTULO: Termo de Referência para contratação de ferramenta case de AD. GECOQ Gerência de Controle e Qualidade 1/9 TÍTULO: ASSUNTO: GESTOR: TERMO DE REFERÊNCIA Termo de Referência para contratação de ferramenta case de AD DITEC/GECOQ Gerência de Controle e Qualidade ELABORAÇÃO: PERÍODO: GECOQ Gerência de Controle e

Leia mais

Conteúdo. Disciplina: INF 02810 Engenharia de Software. Monalessa Perini Barcellos. Centro Tecnológico. Universidade Federal do Espírito Santo

Conteúdo. Disciplina: INF 02810 Engenharia de Software. Monalessa Perini Barcellos. Centro Tecnológico. Universidade Federal do Espírito Santo Universidade Federal do Espírito Santo Centro Tecnológico Departamento de Informática Disciplina: INF 02810 Prof.: (monalessa@inf.ufes.br) Conteúdo 1. Introdução 2. Processo de Software 3. Gerência de

Leia mais

RESUMO DA SOLUÇÃO CA ERwin Modeling. Como eu posso gerenciar a complexidade dos dados e aumentar a agilidade dos negócios?

RESUMO DA SOLUÇÃO CA ERwin Modeling. Como eu posso gerenciar a complexidade dos dados e aumentar a agilidade dos negócios? RESUMO DA SOLUÇÃO CA ERwin Modeling Como eu posso gerenciar a complexidade dos dados e aumentar a agilidade dos negócios? O CA ERwin Modeling fornece uma visão centralizada das principais definições de

Leia mais

NETBEANS IDE UTILIZAÇAO DE RECURSOS PARA DESENVOLVIMENTO DE PROJETO JAVA WEB

NETBEANS IDE UTILIZAÇAO DE RECURSOS PARA DESENVOLVIMENTO DE PROJETO JAVA WEB NETBEANS IDE UTILIZAÇAO DE RECURSOS PARA DESENVOLVIMENTO DE PROJETO JAVA WEB Rodolfo M. Salomao 1, Willian Magalhães 1 1 Universidade Paranaense (Unipar) Paranavaí PR Brasil rodolfomeneghet@hotmail.com,

Leia mais

Papyrus: Sistema de compras de livros, uma proposta do Instituto Federal do Paraná - Campus Curitiba

Papyrus: Sistema de compras de livros, uma proposta do Instituto Federal do Paraná - Campus Curitiba Powered by TCPDF (www.tcpdf.org) Papyrus: Sistema de compras de livros, uma proposta do Instituto Federal do Paraná - Campus Curitiba Eutália Cristina do Nascimento Moreto (IFPR) - cristina.moreto@ifpr.edu.br

Leia mais

IMPACTA TECNOLOGIA Tabela de Preços

IMPACTA TECNOLOGIA Tabela de Preços IMPACTA TECNOLOGIA Tabela de Preços Tabela à vista 2x 3x Treinamento 3ds Max 2009 - Rigging e Animação de Personagem R$ 955,00 R$ 811,75 R$ 429,75 R$ 286,50 3ds Max 2009 Módulo I - Fundamentos R$ 956,00

Leia mais

Artur Petean Bove Júnior Tecnologia SJC

Artur Petean Bove Júnior Tecnologia SJC Artur Petean Bove Júnior Tecnologia SJC Objetivo O objetivo do projeto é especificar o desenvolvimento de um software livre com a finalidade de automatizar a criação de WEBSITES através do armazenamento

Leia mais

Omar Alejandro Balcon Benvenuto

Omar Alejandro Balcon Benvenuto DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Nome Data de Nascimento 13/04/1971 Naturalidade Estado Civil Residência atual Contato Omar Alejandro Balcon Benvenuto Montevidéu/Uruguai Casado Porto Alegre / RS Última atualização

Leia mais

OPORTUNIDADES CWI: Principais atividades: - Análise e desenvolvimento de sites Cross-plataform (IE/Firefox/Chrome/Safari).

OPORTUNIDADES CWI: Principais atividades: - Análise e desenvolvimento de sites Cross-plataform (IE/Firefox/Chrome/Safari). OPORTUNIDADES CWI: Analista de Testes - 2 anos de experiências em testes. - Experiência com alguma ferramenta de automação de testes. - Conhecimento em especificação de casos de testes. - Formação superior

Leia mais

ABORDAGEM DE FRAMEWORKS PARA JSF QUE AUXILIAM O DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE

ABORDAGEM DE FRAMEWORKS PARA JSF QUE AUXILIAM O DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE ABORDAGEM DE FRAMEWORKS PARA JSF QUE AUXILIAM O DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE Amarildo Aparecido Ferreira Junior 1, Ricardo Ribeiro Rufino 1 ¹Universidade Paranaense (Unipar) Paranavaí PR Brasil aapfjr@gmail.com

Leia mais

Palavras-Chaves: Arquitetura, Modelagem Orientada a Objetos, UML.

Palavras-Chaves: Arquitetura, Modelagem Orientada a Objetos, UML. MODELAGEM ORIENTADA A OBJETOS APLICADA À ANÁLISE E AO PROJETO DE SISTEMA DE VENDAS ALTEMIR FERNANDES DE ARAÚJO Discente da AEMS Faculdades Integradas de Três Lagoas ANDRE LUIZ DA CUNHA DIAS Discente da

Leia mais

ANEXO I - Proposta. 1. Apresentação. 2. Tecnologia. 3. Metodologia

ANEXO I - Proposta. 1. Apresentação. 2. Tecnologia. 3. Metodologia ANEXO I - Proposta 1. Apresentação A empresa Join desenvolve projetos que oferecem soluções através da tecnologia, oferecendo aos clientes e usuários ferramentas para a realização de tarefas, de maneira

Leia mais

ivan bruno portfolio

ivan bruno portfolio ivan bruno portfolio Curriculum Vitae 1. DADOS PESSOAIS Nome: de Morais José Mutacates Nacionalidade: Moçambicana Morada: Rua John Issa 13, 2 andar, flat 6, Bairro Central C, Maputo Data de Nascimento:

Leia mais

Com relação às áreas de conhecimento de projetos conforme o. PMBoK, julgue os itens subseqüentes.

Com relação às áreas de conhecimento de projetos conforme o. PMBoK, julgue os itens subseqüentes. De acordo com o comando a que cada um dos itens de 1 a 70 se refira, marque, na folha de respostas, para cada item: o campo designado com o código C, caso julgue o item CERTO; ou o campo designado com

Leia mais

ESCOLA ESTADUAL DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL ESTRELA TÉCNICO EM INFORMÁTICA SISTEMA DE LOCADORA. Rodrigo Luiz da Rosa

ESCOLA ESTADUAL DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL ESTRELA TÉCNICO EM INFORMÁTICA SISTEMA DE LOCADORA. Rodrigo Luiz da Rosa ESCOLA ESTADUAL DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL ESTRELA TÉCNICO EM INFORMÁTICA SISTEMA DE LOCADORA Rodrigo Luiz da Rosa Estrela 2012 EIXO TECNOLÓGICO: Informação e Comunicação TÍTULO: SISTEMA DE LOCADORA AUTOR:

Leia mais

Documentação de um Produto de Software

Documentação de um Produto de Software Documentação de um Produto de Software Versão 3.0 Autora: Profª Ana Paula Gonçalves Serra Revisor: Prof. Fernando Giorno 2005 ÍNDICE DETALHADO PREFÁCIO... 4 1. INTRODUÇÃO AO DOCUMENTO... 6 1.1. TEMA...

Leia mais

Serviço Público Estadual GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO Secretaria de Estado de Agricultura e Pecuária COMISSÃO DE PREGÃO BANCO MUNDIAL - BIRD

Serviço Público Estadual GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO Secretaria de Estado de Agricultura e Pecuária COMISSÃO DE PREGÃO BANCO MUNDIAL - BIRD BANCO MUNDIAL - BIRD PROJETO DE DESENVOLVIMENTO RURAL SUSTENTÁVEL EM MICROBACIAS HIDROGRÁFICAS RIO RURAL EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO N.º 019/2013 PROCESSO N.º E-02/001/00583/2013 ANEXO I - TERMO DE REFERÊNCIA

Leia mais

OPORTUNIDADES CWI: Principais atividades: - Análise e desenvolvimento de sites Cross-plataform (IE/Firefox/Chrome/Safari).

OPORTUNIDADES CWI: Principais atividades: - Análise e desenvolvimento de sites Cross-plataform (IE/Firefox/Chrome/Safari). OPORTUNIDADES CWI: Analista - Experiência mínima de 2 anos com ASP.NET (C Sharp). - Experiência com atendimento a usuários na resolução de problemas com sistemas já existentes. - Experiência em desenvolvimento

Leia mais

FERRAMENTA WEB PARA MODELAGEM LÓGICA EM PROJETOS DE BANCOS DE DADOS RELACIONAIS

FERRAMENTA WEB PARA MODELAGEM LÓGICA EM PROJETOS DE BANCOS DE DADOS RELACIONAIS FERRAMENTA WEB PARA MODELAGEM LÓGICA EM PROJETOS DE BANCOS DE DADOS RELACIONAIS PAULO ALBERTO BUGMANN ORIENTADOR: ALEXANDER ROBERTO VALDAMERI Roteiro Introdução Objetivos Fundamentação teórica Desenvolvimento

Leia mais

MedEl: Uma solução de E-Learning utilizando tecnologia Microsoft ASP.NET

MedEl: Uma solução de E-Learning utilizando tecnologia Microsoft ASP.NET MedEl: Uma solução de E-Learning utilizando tecnologia Microsoft ASP.NET Átila Correia Cunha 1, 2, Glaucon Henrique Mauricio Maia 1, 2, Waner Ferreira Tavares 1, 2, Jorge Bergson¹, Rui Gomes Patrício 3

Leia mais

DESENVOLVIMENTO WEB UTILIZANDO FRAMEWORK PRIMEFACES E OUTRAS TECNOLOGIAS ATUAIS

DESENVOLVIMENTO WEB UTILIZANDO FRAMEWORK PRIMEFACES E OUTRAS TECNOLOGIAS ATUAIS DESENVOLVIMENTO WEB UTILIZANDO FRAMEWORK PRIMEFACES E OUTRAS TECNOLOGIAS ATUAIS Emanuel M. Godoy 1, Ricardo Ribeiro Rufino 1 1 Universidade Paranaense (Unipar) Paranavaí PR Brasil godoymanel@gmail.com,

Leia mais

UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ. Campus Ponta Grossa ANDRÉ LUIS CORDEIRO DE FARIA RELATÓRIO DE ESTÁGIO

UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ. Campus Ponta Grossa ANDRÉ LUIS CORDEIRO DE FARIA RELATÓRIO DE ESTÁGIO UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ Campus Ponta Grossa ANDRÉ LUIS CORDEIRO DE FARIA RELATÓRIO DE ESTÁGIO Ponta Grossa 2012 ANDRÉ LUIS CORDEIRO DE FARIA RELATÓRIO DE ESTÁGIO Trabalho elaborado pelo

Leia mais

Engenharia de Software na Prática Hélio Engholm Jr.

Engenharia de Software na Prática Hélio Engholm Jr. Engenharia de Software na Prática Hélio Engholm Jr. Novatec Sumário Agradecimentos... 17 Sobre o autor... 18 Prefácio... 19 Capítulo 1 Desenvolvimento de software para o valor de negócios... 20 1.1 Qualidade

Leia mais

Modelagem do Sistema EMD Vanice Pinheiro do Amaral Silva, Alberto da Silva Lobo

Modelagem do Sistema EMD Vanice Pinheiro do Amaral Silva, Alberto da Silva Lobo Modelagem do Sistema EMD Vanice Pinheiro do Amaral Silva, Alberto da Silva Lobo NTI Núcleo de Tecnologia e Informação Fundação Unirg 1. Introdução A utilização da informática surgiu como uma ferramenta

Leia mais

MAGREGISTER 1.0: GERADOR DE INTERFACES DE COLETAS DE DADOS PARA PDA S. Acadêmico: Gilson Chequeto Orientador: Adilson Vahldick

MAGREGISTER 1.0: GERADOR DE INTERFACES DE COLETAS DE DADOS PARA PDA S. Acadêmico: Gilson Chequeto Orientador: Adilson Vahldick MAGREGISTER 1.0: GERADOR DE INTERFACES DE COLETAS DE DADOS PARA PDA S Acadêmico: Gilson Chequeto Orientador: Adilson Vahldick Roteiro Introdução Objetivos do trabalho Fundamentação teórica Desenvolvimento

Leia mais

Um modelo é uma simplificação da realidade. Construímos modelos para compreender melhor o sistema que estamos desenvolvendo.

Um modelo é uma simplificação da realidade. Construímos modelos para compreender melhor o sistema que estamos desenvolvendo. UML - Motivação - O que é um modelo? Um modelo é uma simplificação da realidade. Construímos modelos para compreender melhor o sistema que estamos desenvolvendo. O que é um modelo? O que é um modelo? O

Leia mais

OPORTUNIDADES CWI: Analista de Sistemas Sênior

OPORTUNIDADES CWI: Analista de Sistemas Sênior OPORTUNIDADES CWI: Analista de Sistemas Sênior - Experiência em levantamento de requisitos. - Elaboração de especificação funcional. - Desejável conhecimento em logística e transporte. Analista de Testes

Leia mais

SISTEMA DE GESTÃO DE PESSOAS SEBRAE/TO UNIDADE: GESTÃO ESTRATÉGICA PROCESSO: TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

SISTEMA DE GESTÃO DE PESSOAS SEBRAE/TO UNIDADE: GESTÃO ESTRATÉGICA PROCESSO: TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO SISTEMA DE GESTÃO DE PESSOAS SEBRAE/TO UNIDADE: GESTÃO ESTRATÉGICA PROCESSO: TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Competências Analista 1. Administração de recursos de infra-estrutura de tecnologia da informação 2.

Leia mais

SISTEMA DE GERENCIAMENTO E CONTROLE DE DOCUMENTOS DE TCC E ESTÁGIO

SISTEMA DE GERENCIAMENTO E CONTROLE DE DOCUMENTOS DE TCC E ESTÁGIO SISTEMA DE GERENCIAMENTO E CONTROLE DE DOCUMENTOS DE TCC E ESTÁGIO Marcelo Karpinski Brambila 1, Luiz Gustavo Galves Mahlmann 2 1 Acadêmico do Curso de Sistemas de Informação da ULBRA Guaíba < mkbrambila@terra.com.br

Leia mais

A Linguagem de Modelagem Unificada (UML)

A Linguagem de Modelagem Unificada (UML) Aécio Costa A Linguagem de Modelagem Unificada (UML) Percebeu-se a necessidade de um padrão para a modelagem de sistemas, que fosse aceito e utilizado amplamente. Surge a UML (Unified Modeling Language)

Leia mais

OPORTUNIDADES CWI: Principais atividades: - Análise e desenvolvimento de sites Cross-plataform (IE/Firefox/Chrome/Safari).

OPORTUNIDADES CWI: Principais atividades: - Análise e desenvolvimento de sites Cross-plataform (IE/Firefox/Chrome/Safari). OPORTUNIDADES CWI: Analista Desenvolvedor.Net - Perfil Pleno. - Experiência mínima de 2 anos com ASP.NET (C Sharp). - Experiência com atendimento a usuários na resolução de problemas com sistemas já existentes.

Leia mais