TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO"

Transcrição

1 TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO MODULO I - INTRODUÇÃO TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Este material destina-se a entender as diversas teorias e conceitos que compõem TI Tecnologia da Informação, que nada mais é que uma metodologia aplicada a diversos recursos computacionais, unindo, através de redes, hardware (computadores, impressoras etc), softwares, recursos tecnológicos, informações em tempo real a pessoas realizando negócios, processos e afins através de sistemas integrados, robótica e telecomunicações. Este material está dividido em duas partes: na primeira, a conceituação do mundo da informática com a conceituação das mais diversas áreas do conhecimento em tecnologia; na segunda, a aplicação prática em computador com a utilização de planilhas eletrônicas. 1 O SISTEMA EMPRESARIAL E SEUS SUBSISTEMAS Toda organização é composta por unidades, representadas por diretorias, departamentos, setores, enfim, outras partes que a integram, bem como a integração da empresa na sociedade, por meio de seus fornecedores, clientes, concorrentes e governo, assim como os demais agentes reguladores, sindicatos e associações, todos relacionados e interligados pelas transações comerciais. Este conjunto complexo forma o sistema empresarial, e cada componente participante compõe cada subsistema. Este conceito é muito amplo e genérico, mas forma uma cadeia de transações comerciais baseadas em compras, vendas, transferências eletrônicas de valores e entidades controladoras que certificam a validação das transações, formando assim a cadeia de suprimentos, do fornecedor de matérias-primas até o consumidor final. A visão e o conhecimento dessa cadeia é um requisito dos mais atuais na formação de profissionais que dominam e entendem as transações que ocorrem, pois são estas a serem informatizadas através dos sistemas integrados. 1.1 A organização como um sistema Como o princípio de sistemas estabelece a entrada, o processamento, a saída e a retroalimentação, uma organização participando da cadeia de suprimentos, inserida no mercado nacional ou internacional, atendendo seus clientes com produtos ou prestando serviços, ela se configura como um sistema participante da atividade econômica e social, assim sendo, também, um subsistema da economia nacional. Todos os departamentos interagem entre si e a informação segue seu caminho, levando à conclusão dos produtos ou serviços de maneira organizada, através de processos definidos, com métricas de desempenho estabelecidas e aferidas, fazendo que a organização trabalhe como um sistema. Ressalto aqui que este conceito não necessariamente requer um computador e um software, mas que

2 atualmente seria impossível pensar em uma organização não informatizada, interligada a outras sem uma rede de comunicação. 1.2 Estruturação sistêmica da organização O fluxo da informação, independente da entrada na organização, deve seguir os parâmetros estabelecidos para atender aos processos produtivos e à organização estruturada a fim de atender à produção, controle e despacho do produto ou serviço. Esta organização das unidades produtivas relaciona-se de forma a atender à execução das atividades de uma maneira sistêmica onde cada etapa concluída é a entrada de uma etapa seguinte, cujo controle é a retroalimentação e, assim, a empresa é organizada, pensando-se em atender tanto ao fluxo como ao layout de produção em uma seqüência lógica, estruturada e consistente para a produção ou prestação do serviço. MÓDULO II - Dados, informações e banco de dados Dado é a unidade bruta, sem complemento ou descrição, mas de sentido único de uma informação, por exemplo: 42, o que podemos afirmar, sem medo de errar sobre este dado, é que ele é um número, somente isso. Isto é um DADO. Informação, é o complemento de um dado, de maneira que dê sentido, orientação, unidade ou descrição sobre o dado, como exemplo: 42 anos, 42 número do endereço, ou número de um calçado, 42 unidades de parafusos, 42 pessoas, 42 dias. Banco de Dados é o conjunto de informações inerentes e correlatas a um mesmo indivíduo ou entidade, de uma mesma categoria ou classe. Por exemplo, seu RG, registro geral, é uma informação que advém de um banco de dados de pessoas cadastradas, onde consta seu nome, data de nascimento, número de registro geral, data do registro, órgão expedidor, cidade natal, filiação e dados do estado em que você nasceu. Outro exemplo é uma lista telefônica, onde constam dados do assinante do serviço, como nome, endereço completo e organizado por ordem alfabética. Em banco de dados informatizados, podemos pesquisar os registros e relacioná-los a informações, montando relatórios e analisando dados de maneira linear, indexada ou cruzada. Os cadastros de clientes, fornecedores, compradores, listas de preços e produtos, relações de CEP e cidades são banco de dados encontrados nas empresas, e utilizados para preenchimento de documentos como contratos, notas fiscais, pedidos. 2.1 Classificação de sistemas Os sistemas classificam-se primeiramente em relação a sua origem como: naturais e cibernéticos. Naturais, de origem biológica ou de natureza humana, como por exemplo, o corpo humano (formado por outros subsistemas), o sistema viário de uma cidade, uma rede de supermercados, entre outros.

3 Cibernéticos, formados por componentes eletromecânicos, eletrônicos, como um aparelho de tv, um automóvel com injeção eletrônica, um robot, um computador, um software etc. E estes, dependendo de sua capacidade e/ou possibilidade de atualização ou adaptação, classificam-se em: abertos e fechados: Abertos, os que podem ser alterados por intermédio de uma ocorrência de variável externa ao ambiente e que podem ser modificados para atualização ou modificação, como exemplo: um sistema operacional de código livre chamado Linux, onde se pode, através de programação, realizar modificações e implementações diversas no código principal do sistema, desde que se domine a linguagem de programação. Fechados, os que não se podem ser alterados na forma, ou base, a não ser pelo fabricante do sistema; por exemplo, no sistema operacional Windows, somente o fabricante pode executar alteração ou implementação. MÓDULO III - FUNDAMENTOS DO USO DE TI TI TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO é uma metodologia onde se aplicam os recursos de informática, redes, telecomunicações, automação (industrial, comercial, bancária e pessoal), sistemas integrados aos recursos produtivos empresariais. Neste item vamos conceituar esses componentes para melhor entendimento dos recursos tecnológicos e dos recursos produtivos que encontramos nas organizações, utilizando-se de TI para a integração através dos Sistemas de Gestão Integrados e a Internet, visando ao aumento da produtividade, redução de custos, segurança e disponibilização da informação em qualquer local e momento, através de computador (fixo ou móvel), pdas ou celular. 3.1 Conceitos e componentes de Hardware HW HARDWARE HW é toda parte tangível do computador, formado pela CPU, placas, dispositivos eletrônicos e também seus periféricos. A CPU ou UCP (Unidade Central de Processamento) é a parte principal do computador, o processador onde ocorre o processamento eletrônico dos dados e sua transformação em informação, componente que está afixado à placa mãe do computador e determina a capacidade e volume de processamento. Para seu funcionamento, depende dos periféricos que são classificados como: Entrada: utilizados somente para a entrada das informações, como: teclado, mouse, scanner. Saída: utilizados somente para a saída das informações, como: monitor, impressora, plotter, caixas de som, etc. Entrada e Saída: utilizados tanto para a entrada e saída das informações, como: monitor toque de tela, multifuncionais, unidades de disco,gravadores de CDs e DVDs, placas de rede, placas de modem fax etc.

4 HARDWARE DE REDE: equipamentos utilizados para a conexão de redes a cabo (par trançado e fibra óptica) ou rede sem fio (wireless), como exemplo, Hub, Switch, Roteadores, Cabos, Terminais, Conectores RJ45, terminações, caixas, canaletas, antenas, ponto de acesso e protocolos. Parte integrante do sistema computacional, com classificação à parte devido a sua importância e utilização, as unidades e dispositivos de MEMÓRIA determinam a capacidade de armazenamento e uso dos dados. São elas: MEMÓRIA ROM, MEMÓRIA RAM, MEMÓRIA AUXILIAR OU MASSA e MEMÓRIA CACHE. Memória ROM (Read Only Memory) Pré-gravada com instruções de pré-ignição do computador (BOOT). É um chip de BIOS com programa escrito pelo fabricante do micro. Memória RAM (Random Access Memory) Formada por buzilhões de bytes, delimita o tamanho da máquina. Determina quantos programas você pode executar ao mesmo tempo; devido ao seu espaço, quanto maior, mais rápido e mais programas abertos simultaneamente. Memória MASSA ou AUXILIAR (HD) Grande capacidade de armazenamento. Determina quantos programas, arquivos e dados podem ser armazenados. Memória CACHE ou SOMBREAMENTO Múltiplos de 256 k aceleram comandos. Utilizada para guardar os endereços e comandos de memória para execução imediata, evitando segunda ou outras leituras para endereçamento de dados (sombreamento), tornando mais rápido o acesso a disco e troca de informações. MÓDULO IV - SOFTWARE SW são os programas de computador, é a parte intangível do computador, representada pelos programas, linguagens, dados e informações, atualmente também músicas e imagens. Classificam-se em: SISTEMAS OPERACIONAIS: conjunto de programas que gerenciam e controlam o computador, através do controle ou gerenciamento das áreas de Memória, Processamento, Informação e Periféricos. É a alma do computador, o programa que dá um sopro de vida ao hardware, e através deste se trocam dados com o processamento, armazenam-se dados, com acesso via eletrônica ou papel. Quanto ao seu funcionamento são divididos em MONOTAREFAS, os monousuários (para um só usuário) e MULTITAREFAS, os multiusuários (diversos usuários). Ex: Windows98, Windows XP, 2003, Vista; Linux, Debian, Red Hat, Unix; PcDos, IBMdos, Mac OS, OS X, OS/2Warp etc.

5 LINGUAGENS: são utilizadas para escrever os programas de computador em nível de máquina ou de alto nível linguagem humana. Ex: SQL, HTML, XML, Delphi, Cobol, Basic, Fortran, etc. COMPILADORES: utilizados para depurar e achar erros de programação nas linguagens que necessitam destes, compactando e criando o executável da linguagem. Ex: Debug. APLICATIVOS: encontrados em pacotes ou individualmente, são utilizados para as aplicações comerciais Ex: MS-Office, OpenOffice, StarOffice; Seus componentes são: Editores de Texto para produção de documentos, contratos, cartas, memorandos, enfim, textos diversos. Ex: Winword, Wordpad, Starword. Planilhas Eletrônicas para a execução de cálculos, manipulação de série de dados, simuladores, gráficos e pequenas macros programáveis. Ex: Excel, Lótus 123, Starcalc etc Apresentação Comercial para a elaboração de slides para as mais diversas apresentações em tela ou projeção. Ex: Power-Point. Banco de Dados para manipulação, armazenamento, seleção e uso dos dados. Ex: Oracle, SQL, Mysql, Paradox etc. NAVEGADORES: São os programas para navegação na Internet, conhecidos como Browser, onde se seleciona o endereço eletrônico e se visualiza a imagem e o código HTML da página no site. Ex: IE Internet Explorer (55%), Firefox (35,1%), Safári (4%), Mozilla (3%), Netscape (1,26%), outros (2,43%). Fonte: Gartner Group, FERRAMENTAS DE COMUNICAÇÃO: São ferramentas que proporcionam interação entre usuários de forma síncrona e online como os bate-papo, Messenger (MSN), Skype (voip voz sobre ip internet protocolo) chats e outros; e de forma assíncrona como os fóruns, Orkut (comunicadores) e . MÓDULO V - FERRAMENTAS: são os programas para administração do computador e dos sistemas, manutenção dos discos, calculadoras, bloco de notas etc. Ex: Pctools, Defrag, Scandoctor, Scandisk etc. ANTIVÍRUS E VACINAS: são programas para imunização, limpeza ou prevenção contra vírus de computador; seu uso é de suma e necessária importância para prevenção de informações dados. Ex: AVG, Norton AntiVirus, Avast, McAfee etc. FIREWALL: é um programa (parede ou barreira de fogo) que fica entre o computador e a Internet, barrando e ou controlando o acesso às páginas e impedindo que programas suspeitos ou maliciosos bem como os vírus ataquem o computador; pode ser equipamento (HW) ou software. Ex: MS-Firewall.

6 Editoração Eletrônica: são programas utilizados para editoração de jornais, revistas e peças impressas, como anúncios. Ex: Page Maker. Softwares de autoria: são as ferramentas case onde se constroem sistemas através de metodologias de desenvolvimento. Ex: Rational. Sistemas Integrados: são os softwares que integram as operações das empresas com os bancos de dados e geram relatórios para controle da unidade de negócio. Ex: Softwares contábeis, folha de pagamento, contas a pagar e receber, fichas de estoque, Sistemas de Informações Gerenciais etc. Sistemas Especialistas: são os desenvolvidos somente para determinada especialidade. Ex: Software para eletroencefalografia, eletrocardiograma, mapeamento bucal, aferir pressão, injeção eletrônica, controle numérico CNC etc. Gráficos: Programas para desenho em computação gráfica com ou sem animação. Ex: 3Dstudio, Wave Front, Final Cut, CAD CAE CAM etc. Protocolos: são padrões de comunicação aplicados às redes e sistemas, como ex: IP internet protocol (protocolo de internet), rede g etc. Arquivos: são os dados armazenados em computador, ou em uma unidade de memória portátil, incluindo aqui também as músicas e imagens, representados pelas diversas extensões de cada tipo de dados, como: DOC, TXT, XLS, JPEG, MPEG, MP3, GIF, PPT, IMP, EXE, BAK, IMP, SYS, BAT, ZIP, ZAR ETC. MÓDULO VI - Conceitos de telecomunicações Com a necessidade crescente de interligação de unidades, empresas com filiais, lojas com escritórios, pessoas com seus computadores a distância e a própria comunicação pessoal, e de ter à disposição dados e informações, em qualquer local e momento, as telecomunicações fazem-se presentes e importantes na vida profissional e pessoal dos profissionais atuais. Utilizando o conceito de emissor, meio e receptor, e adequando-o à informática, temos, através dos satélites, redes tradicionais de cabos e redes sem fios, a união dos dispositivos eletrônicos, fixos ou móveis, remotos ou locais aos servidores e à própria internet. Este conceito é formador da metodologia de TI Tecnologia da Informação, que reúne o hardware, software, redes, dados e informações disponíveis a qualquer momento e em qualquer local, onde você pode acessar suas informações, transacionar com o banco, o governo, fornecedores e clientes, para trabalho, diversão e entretenimento. 6.1 Conceitos de Redes LAN e WAN

7 LAN: Local Area Network, rede local, interliga os microcomputadores, impressoras, hub e switch, dados em discos e servidores em um espaço físico local, como por exemplo dentro de um mesmo prédio. Pode ser com ou sem fio, em diversas estruturas e arquiteturas. WAN: World Area Network, rede mundial, interliga diversos servidores, microcomputadores e diversas estruturas de redes mundialmente, intercontinentes, estabelecendo assim a Internet. 6.2 Internet X Intranet X Extranet INTERNET: rede mundial de computadores, criada ao final da segunda grande Guerra pelos militares americanos para prover as comunicações com os batalhões, aproveitando a infra-estrutura pública de comunicação (telefônica) disponível no caso de uma guerra e de destruição gigantesca. Nos anos 70, vai para as empresas através dos Main-Frames e nos anos 80, para as universidades se interligarem. No início havia os Main-Frames e somente nos anos 90 utilizaram-se microcomputadores e linhas telefônicas discadas. Chega ao Brasil em 1992, no formato textual, pelas BBS (Bouletin Board System sistema de quadro de recados), onde era um provedor remoto para acesso, que conectava a Internet, pegava a informação e a disponibilizava em quadros. Em 1995, pela interface gráfica (mais conhecida) e também por acesso via banda larga, com provedores de acesso e provedores de conteúdo, o governo brasileiro libera o acesso direto aos conteúdos da rede. INTRANET: Uma rede interna (local), com as características da Internet, mas utilizada dentro de uma empresa (domínio), onde os departamentos se comunicam através de home-pages e s, utilizando infra-estrutura própria de rede e HW rede. EXTRANET: Uma rede interligando as unidades de uma empresa (matriz e filiais) que estão em locais diferentes, utilizando os conceitos e infra-estrutura pública de comunicações. MÓDULO VII - Qualidade e segurança da informação Qualidade é um conceito que se constrói, que se faz com qualidade; daí colhemos confiabilidade e integridade da informação, que conjuntamente com a segurança da informação representam hoje um dos maiores investimentos e maior preocupação das organizações em relação a infra-estrutura de TI. Uma vez que se utilizam conexões com o mundo e não se deve perder o controle e disseminar o acesso às informações, deve-se adotar políticas definidas de segurança e privacidade, bem como métodos de backup e níveis de acesso seguros, com biometria e encriptação de dados, buscando o sigilo das informações corporativas da organização. Existem diversos métodos e políticas para serem implantados nas empresas e também salientamos que o treinamento e a consciência dos profissionais envolvidos

8 devem ser continuamente estimulados para se alcançar níveis seguros e satisfatórios na organização. MÓDULO VIII - NOVOS USOS DE TI NAS ORGANIZAÇÕES Com as implementações tecnológicas, softwares e facilidades de comunicação com os hot-spots, redes sem fio, e com o desenvolvimento da computação pessoal móvel, criptografia e certificações digitais, cada vez mais executivos e profissionais de nível intermediário utilizam os recursos de TI para desempenhar sua atividade profissional, que, aliada à Internet, proporciona o trabalho a distância, conhecido como Home Office. Esta implementação chega a reduzir custos proprietários e também é utilizada na interligação de clientes e fornecedores da cadeia de suprimentos. Os sistemas especialistas e sistemas integrados cada vez mais conseguem conversar com os HW e periféricos ampliando o uso de celulares e smart-fones, proporcionando a conexão sem fio, segura e rápida, e a custos cada vez menores. É a integração de plataformas diferentes convergindo para a computação pessoal, digital, integrada e rápida. 8.1 PDI Plano Diretor de Informática Plano Diretor de Informática é um documento onde, a partir da análise do parque instalado e da situação atual de informatização de uma empresa, se estabelece uma análise quantitativa e qualitativa da infra-estrutura e projeta-se um plano com regras, políticas e etapas a serem cumpridas para atualização, manutenção, reformulação de HW e SW, computadores e softwares. 8.2 SI na Internet: B2B e B2C Com o avanço e as facilidades proporcionadas pela Internet e a disponibilidade 24h no ar, os Sistemas Integrados também entendem os formatos HTML da Internet e conversam com os sites para realizar transações e comércio eletrônico. A modalidade inicial foi o B2C, as transações comerciais Business to Consumer (comercio eletrônico entre a empresa e o consumidor), as compras através de sites e lojas virtuais. Inicialmente, por problemas de logística e segurança não decolaram, mas impulsionaram os negócios empresariais, conhecidos como B2B. A modalidade B2B, transações comerciais entre empresas (Business to Business), pela impessoalidade e velocidade, aliadas à segurança, tomam impulso e sucesso rapidamente, tornando-se uma modalidade confiável e inspirada principalmente em B2G. A modalidade B2G, transações comerciais entre empresas e o governo (Business to Governement), que foram os maiores investidores nesta modalidade de comércio eletrônico, através de sites da Receita Federal, Secretaria da Fazenda e Prefeituras, permite ao cidadão e às empresas retirar certidões, realizar pagamentos de impostos e demais obrigações com o governo com facilidade, sem filas e sem burocracia, e rapidamente tornou-se sucesso e em muitos casos único meio de comunicação eficiente com os representantes.

9 Todas estas modalidades são baseadas em comércio eletrônico onde a infraestrutura é de Internet. MÓDULO IX - ERP Enterprise Resource Planning ERP Enterprise Resorce Planning, Plano de Recursos Empresariais, é um sistema de gestão corporativa integrado, normalmente baseado em produção, mas atende a todos os departamentos e unidades de uma empresa de grande porte, ou uma multinacional. Atualmente existem sistemas de ERP para grandes e médias empresas, normalmente são projetos de médio a longo período de implantação e exigem recursos financeiros respeitáveis. Como exemplos: R/3 da empresa SAP, GLOVIA da Fujitsu, BRINFO da Brasil Informática etc. 9.1 CRM Customer Relationship Management CRM Customer Relationship Management, Administração do Relacionamento com o Consumidor, são sistemas derivados dos sistemas de Marketing, que rastreiam os gostos e preferências de consumo, procurando maximizar o atendimento ao cliente; fornecendo aquilo que ele procura ou de que mais gosta baseado em experiências de compras passadas e outras variáveis de mercado. 9.2 EIS Executive Information System EIS Executive Information System, Sistema de Informação ao Executivo, são as informações sobre a empresa ou organização, disponíveis em formato gráfico; proporcionam análises e projeções para a tomada de decisão. Conhecido como painel de controle, por se assemelhar ao painel de um avião de grande porte, extrai dados por perfil, diversos filtros e análises baseadas nos bancos de dados corporativos, com extrema agilidade e precisão. Ex: análise de investimentos, redução de custos e disponibilidade de caixa para uma decisão sobre investir ou produzir ou comprar matéria-prima. Outra aplicação é a impressão de boletos bancários baseados em banco de dados para cobrança eletrônica ou manual, como a Sabesp, na emissão da conta de água. Nesta etapa utilizaremos a Planilha Eletrônica MS-EXCEL para demonstrar os conceitos e fórmulas. Requisitos básicos: Familiarização com ambiente Windows. Conhecimentos de manipulação de arquivos. MÓDULO X - PLANILHA ELETRÔNICA 10.1 Conceituação, premissas e método para planilhas

10 Conceito: planilha eletrônica é um software aplicativo destinado a cálculos matemáticos, estatísticos, financeiros, lógicos, data e referência,gráficos e banco de dados, em ambiente gráfico Windows, com todas as facilidades ao usuário. Premissas: desenvolveremos planilhas com o máximo de automatização utilizando, para isso, fórmulas e endereçamento eletrônico, buscando a menor utilização de memória possível. Este material considera uma instalação típica por completo, padrão para microcomputadores. Algumas opções podem não funcionar devido a restrições de rede, instalações customizadas (notebook) e handheld (micros de mão tipo Palm). Os comandos aqui destacados funcionam em todas as versões do Excel, e, adequando-se ao botão e guias da versão 2007, você também conseguirá elaborar planilhas. Método: para a digitação de dados e elaboração de fórmulas, sempre que possível, trabalhe por colunas utilizando fórmulas predefinidas ou digitadas e o procedimento de arrastar a alça da célula para copiar as fórmulas, autopreenchimento e formatos já predefinidos, pois essas dicas proporcionam produtividade e maior velocidade na confecção da planilha Iniciando sua planilha Vamos partir de um exemplo com um arquivo novo e digitar dados, elaborar fórmulas e a partir desta demonstração você poderá elaborar suas planilhas agregando estes conhecimentos a sua necessidade Carregando o Excel Você pode carregar o Excel a partir do desktop de seu computador ou a partir de: Botão INICIAR, PROGRAMAS, MS-OFFICE ou MS-EXCEL (depende da instalação no Windows). MÓDULO XI - Abrindo arquivo Ao carregar o Excel, você encontra uma planilha aberta pronta para uso (nosso caso), mas você pode abrir um arquivo já existente (já salvo em qualquer unidade, selecionando-o e escolhendo o arquivo da lista na caixa Abrir Tela, menu e botões A tela do Excel é padronizada em ambiente Windows; na primeira linha encontramos, à esquerda, o nome do aplicativo e nome do arquivo que estamos manipulando; à direita os botões para minimizar, maximizar e fechar o aplicativo.

11 Na segunda linha, encontramos os comandos à esquerda, iniciando com o Arquivo, Editar, Exibir, Inserir, Formatar, Ferramentas, Dados, Janela e Ajuda. Reparem que existe uma letra sublinhada para acesso, via teclado, digitando a tecla Alt à esquerda da barra de espaço mais a letra sublinhada. Alt + A é o comando arquivo; pode-se selecionar com o mouse e também através de atalhos representados por Ctrl + A, mas, observe, atalhos podem mudar dependendo da instalação do Windows. Para os demais atalhos observe na Cortina do menu à esquerda de cada comando, somente para os que os possuam Na terceira linha, encontramos os botões que representam os comandos mais utilizados, como Novo, Salvar, Imprimir, Visualizar Impressão, Recortar, Colar, AutoSoma, Assistente de função, Gráficos, Ordenação e Visualização da área de trabalho (planilha). Eles estão dispostos por uso, os mais utilizados à esquerda; os menos, à direita, assim como os Comandos Na quarta linha, as caixas de diálogo das que são mais utilizadas nas opções de formatação de células, negrito, itálico, alinhamento, botão de moeda e formatação de conteúdo, bordas e cores de fundo da célula e da fonte Na quinta linha, temos a barra de fórmulas onde visualizamos o conteúdo de uma célula, sua fórmula e podemos editar o conteúdo, clicando com o mouse e editando. Abaixo, temos a área de trabalho da planilha composto pelas colunas e linhas formando as células e endereçadas como uma batalha naval. São IV colunas pelo alfabeto, 1024 colunas por linhas, muito espaço para trabalho. A navegação pode ser com o mouse e também pelas teclas direcionadoras: direita, esquerda, acima e abaixo, conjugadas com a tecla End. Posicione na célula A1, digite a tecla End e seta para baixo, endereço A

12 Agora tecla End e seta à direita; endereço IV Tecle End e seta para cima; endereço IV 1. Tecle End e seta para à esquerda. Endereço A1. Você observou que navegou pelos extremos da planilha. MÓDULO XII - Nomeando planilhas (guias) e arquivos Coloque o cursor do mouse sobre a aba no canto inferior esquerdo de sua tela onde está escrito Plan1; dê dois cliques rápidos e digite o nome desejado. Como exemplo: Ex.1 enter (nomeando a planilha como exercício 1). Para reposicionar, escolha a planilha, dê 1 clique e segure o botão esquerdo do mouse sobre a guia e arraste para outra posição. Para inserir outra guia, dê o comando Inserir Planilha ou posicione o ponteiro do mouse sobre uma guia, clique 1 vez com o botão direito e escolha a opção inserir, planilha (na caixa aberta). Nomeando arquivo: dê o comando arquivo salvar como, altere o nome do arquivo e depois salve, ou pelo Windows Explorer, utilize a opção Renomear. Autopreenchimento (alfabético e numérico). Autopreenchimento alfabético: Posicione o cursor em B1 e digite JAN enter. Posicione o cursor em B1 e na alça à direita inferior da célula arraste para C1 e D1. Observe que o Excel preencheu com a seqüência de meses; se colocar ano, ele também altera a cada passagem de dez a jan. Auto preenchimento numérico: Posicione o cursor em A2 e digite 1 enter, Posicione o cursor em A3 e digite 2 enter. Com o mouse, selecione as duas células, arraste pela alça até o endereço A6 e observe o preenchimento numérico estabelecido pelas duas células iniciais. Inserindo dados qualitativos e quantitativos Como você já utilizou, o preenchimento de dados é feito diretamente nas células (Intersecção entre linhas e colunas), posicionando o endereço com o mouse ou utilizando as setas direcionais do teclado para movimentação e também com o enter, fazendo a entrada do dado e posicionando na próxima célula que desejar. Posicione o cursor em A1 e digite FILIAIS.

13 Posicione o cursor em A7 e digite TOTAL MÊS. Insira os dados de Janeiro. Posicione o cursor em B2 e digite 100 enter. Posicione o cursor em B3 e digite 230 enter. Posicione o cursor em B4 e digite 250 enter. Posicione o cursor em B5 e digite 360 enter. Posicione o cursor em B6 e digite 270 enter. Insira os dados de Fevereiro. Posicione o cursor em C2 e digite 250 enter. Posicione o cursor em C3 e digite 330 enter. Posicione o cursor em C4 e digite 280 enter. Posicione o cursor em C5 e digite 320 enter. Posicione o cursor em C6 e digite 300 enter. Insira os dados de Março. Posicione o cursor em D2 e digite 390 enter. Posicione o cursor em D3 e digite 300 enter. Posicione o cursor em D4 e digite 450 enter. Posicione o cursor em D5 e digite 150 enter. Posicione o cursor em D6 e digite 230 enter. Posicione o cursor em E2 e digite TOTAL TRIM. Respeite as colunas e linhas. Sua planilha deve estar assim: MÓDULO XIII - Inserção de fórmulas (autosoma, subtração, multiplicação e divisão). Pode-se digitar uma fórmula pelo teclado ou utilizar o assistente de função F(x), caso tenha a fórmula ou, no caso de autosoma, utilizar o botão de Somatória para que automaticamente o Excel reconheça o intervalo de dados e calcule o resultado.

14 Posicione o cursor em B7 e dê um clique no botão AutoSoma, observe o intervalo selecionado automaticamente e dê o enter; a fórmula foi calculada e o resultado totalizado. Posicione o cursor em B7 e na alça da célula arraste até o endereço E7, a fórmula estará copiada para todos os meses. Se quiser, pode fazer uma a uma ou ainda fazer em B7 e depois colar e copiar para os demais. Posicione o cursor em E2 e digite: =B2 + C2 + D2 enter A fórmula foi construída pelo teclado, que também pode ser utilizado via setas do teclado para escolher cada parcela participante da soma. (também para subtração, multiplicação e divisão) Posicione o cursor em E2 e na alça da célula arraste até E7; como é uma fórmula, pode arrastar, que é copiada e adequada aos novos endereços das outras colunas. Sua planilha deve estar assim: Arquivo, Salvar como... Abre-se uma caixa de diálogo onde se pode escolher a unidade a salvar, pasta e o nome do arquivo, padronizado, pois é uma interface gráfica do Windows. Nas demais vezes, pode utilizar o comando ou o Botão disquete, que salva, mas sem a chance de alteração do nome ou local. MÓDULO XIV - Aprimorando sua planilha Assistente de funções, estatísticas, financeiras, data Para a construção de outras fórmulas, pode-se utilizar o assistente de funções, o botão F(x), na quarta linha do Excel, onde uma caixa de diálogo Colar função se abre com as opções de fórmulas à esquerda com as mais recentemente usadas, todas e por categoria da função. Observe que à direita aparecem as funções e na parte de baixo da caixa aparece a sintaxe e uma breve explicação sobre a função. Após escolher uma opção, abre-se caixas onde se selecionam as células

15 participantes até se concluir, ou podem-se demarcar intervalos de endereços para os cálculos. Ajuste de largura de colunas Coloque o cursor na fronteira das Colunas que fica entre a barra de fórmulas e a área de trabalho, dê dois cliques rápidos e automaticamente a coluna é ajustada. Se quiser, pode segurar o botão esquerdo do mouse e ajustar manualmente ou ainda utilizar o comando Formatar, Coluna, Largura, abertos no menu de cortina. Endereços relativos, mistos e absolutos O Excel possui três endereçamentos, que podem ser construídos digitando-se ou utilizando a tecla especial [F4] na parte superior dos teclados: Endereço ABSOLUTO $C $L fixa Coluna e Linha Endereço MISTO C $L fixa somente Linha Endereço MISTO $C L fixa somente Coluna Endereço RELATIVO C L Coluna e Linha estão livres Obs: utilize a tecla especial [F4] para mudar os endereços na confecção da fórmula ou após, editando-a na barra de fórmulas. Quando arrastar ou copiar uma fórmula, o Excel leva o endereçamento junto atualizando, mas em alguns casos uma parte da fórmula não pode variar (Coluna ou Linha ou ambos); daí, a necessidade de alterar o endereço para se conseguir calcular com a lógica da fórmula correta e gastando-se menor quantidade de memória, o que deixa a planilha mais rápida. Dica: quando for arrastar ou copiar no sentido horizontal, fixam-se as colunas e quando for arrastar ou copiar no sentido vertical, fixam-se as linhas. Como exemplo, vamos calcular a distribuição percentual de cada mês em relação ao trimestre de nossas filiais. Posicione o cursor em A8 e digite DISTRIB % enter. Posicione o cursor em B8 e digite =B7/E7 enter. O cálculo é feito. Se for arrastar para os demais ocorrerá erro, pois o endereço E8 desloca-se também à direita, daí a necessidade de fixar a coluna $E7; você pode clicar na célula B8 e na barra de fórmulas com o mouse posicionar na parte = E7, digite a tecla especial [F4] até aparecer um cifrão somente antes da coluna E, ficando = b7/$e7. Dê o enter e está pronto, pode arrastar que calculará para todos. Sua planilha deve ficar assim:

16 E com as fórmulas: MÓDULO XV - Formatação de células Formatação de células para determinar a unidade dos valores e aprimorar o entendimento. Podem-se utilizar os botões para formato de moeda e percentual, bem como ajustes de casas decimais, ou pelo comando: Formatar, Células: abre-se uma caixa de diálogo onde se podem escolher diversos formatos com modelos e ajustes decimais, como por exemplo: Posicione o cursor em B7 e, com o botão esquerdo do mouse pressionado, marque até a célula E7, solte o botão do mouse e escolha na quarta linha do Excel o botão Estilo Moeda: os valores serão apresentados já com duas casas decimais. Sua planilha ficará assim:

17 Posicione o cursor em B8 e selecione até E8, escolha o botão Estilo Porcentagem e sua planilha ficará assim: Pode-se também alinhar, centralizar e reposicionar o conteúdo das células através dos botões na quarta linha da tela do Excel. Experimente e salve seu trabalho como EX1. Exercícios para fixação: 1 Calcule em B9 a média mensal para todos os meses. 2 Calcule em B10 o maior valor para todos os meses. 3 Calcule em B11 o menor valor para todos os meses. 4 Calcule em F2 a média do trimestre para todas as filiais. 5 Calcule em G2 o Maximo valor do trimestre para todas as filiais. 6 Calcule em H2 o mínimo valor do trimestre para todas as filiais. Cuidado com os intervalos e não inclua os totais, porcentuais e outros indevidamente. Utilize o assistente de função F(x) para os cálculos com funções. Para as funções maior e menor é necessário determinar a partir de qual parcela deve-se considerar; portanto, é preciso montar a fórmula/função, determinando com ;n a parcela. Ex: =maior(b2:b6;1)

18 7 Formate os valores e ajuste a largura das colunas. 8 Salve seu arquivo. Sua planilha deve ter ficado com estas fórmulas: Respostas, em formato de fórmulas, estão para os endereços iniciais. 1 B9: =MÉDIA(B2:B6) arraste para os demais. 2 B10: =MAIOR(B2:B6;1) arraste para os demais. 3 B11: =MENOR(B2:B6;1) arraste para os demais. 4 F2: =MÉDIA(B2:D2) arraste para os demais. 5 G2: =MÁXIMO(B2:D2) arraste para os demais. 6 H2: =MÍNIMO(B2:D2) arraste para os demais. MÓDULO XVI - Aprimore seus conhecimentos com o exemplo seguinte: Clique na guia Plan2 e renomeie para Ex2. Digite a seguinte planilha:

19 Para realizar os cálculos utilize sempre fórmulas e os dados abaixo, elaborando para cada item a respectiva fórmula a partir do endereço B9: Os demais valores são digitados (B4 até B6). Execute os cálculos com fórmulas e procure usar índices para os percentuais. Ex: 30% é 0,3 (vírgulas nas fórmulas). Em B7 e B15 utilize a função AutoSoma para cálculo dos totais (Receita e Despesa). Para calcular o saldo anterior, primeiro calcule o saldo atual em janeiro (total receitas total despesas). Posicione o cursor em C4 e digite = B16 enter. Sua planilha deve ter ficado assim: Caso não tenha ficado, acompanhe estas dicas: Endereçamento automático, vinculando dados e planilhas O endereçamento automático, vinculando dados e planilhas, é utilizado para interligar células, levar valores para outras células evitando assim uma nova digitação; pode ser utilizado, também, para transferir um valor para outra guia. Posicione o cursor com o mouse no endereço C4 e digite = B16 Repare que o saldo anterior vem do cálculo do saldo atual em janeiro, é transferido e automatiza a planilha.

20 Pode ser usado também para trazer um texto, números, enfim, qualquer conteúdo. Utilize para trazer os valores fixos de salário, outros e internet, ficando a coluna de fevereiro totalmente com fórmulas; daí, é só arrastar fevereiro para todos os outros meses, e no Total finalizar conta a conta, considerando os saldos obviamente. Sua planilha deve ter ficado assim: E com as fórmulas: Obs.: repare que aqui estão as colunas de janeiro (B), fevereiro (C) e Total (H). Utilize seus conhecimentos e formate as células com valores de moeda.

TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO MÓDULO 18 PLANILHA ELETRÔNICA [MICROSOFT OFFICE EXCEL] - CONTINUAÇÃO

TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO MÓDULO 18 PLANILHA ELETRÔNICA [MICROSOFT OFFICE EXCEL] - CONTINUAÇÃO TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO MÓDULO 18 PLANILHA ELETRÔNICA [MICROSOFT OFFICE EXCEL] - CONTINUAÇÃO Índice 1....3 1.1. Planilhas Profissionais... 3 1.1.1. Configuração de Páginas... 3 1.1.2. Área de Impressão...

Leia mais

Prof. Me. Elvis Pontes. Unidade II TÉCNICAS DE INFORMÁTICA

Prof. Me. Elvis Pontes. Unidade II TÉCNICAS DE INFORMÁTICA Prof. Me. Elvis Pontes Unidade II TÉCNICAS DE INFORMÁTICA Microsoft word Criação/editoração de textos, cartas, memorandos, de mala-direta e tabelas; Barra de ferramentas de acesso rápido Faixa de opções

Leia mais

Prof. Msc Elvis Pontes. Unidade IV TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

Prof. Msc Elvis Pontes. Unidade IV TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Prof. Msc Elvis Pontes Unidade IV TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Formatação de planilhas Configuração de páginas; Layout da página; Margens Formatação de planilhas Definir todas as margens, com medidas personalizadas;

Leia mais

Microsoft Excel 2010

Microsoft Excel 2010 Microsoft Excel 2010 Feito por Gustavo Stor com base na apostila desenvolvida por Marcos Paulo Furlan para o capacitação promovido pelo PET. 1 2 O Excel é uma das melhores planilhas existentes no mercado.

Leia mais

Centro Federal de Educação Tecnológica da Bahia Curso Excel Avançado Índice

Centro Federal de Educação Tecnológica da Bahia Curso Excel Avançado Índice Índice Apresentação...2 Barra de Título...2 Barra de Menus...2 Barra de Ferramentas Padrão...2 Barra de Ferramentas de Formatação...3 Barra de Fórmulas e Caixa de Nomes...3 Criando um atalho de teclado

Leia mais

Material desenvolvido por Melissa Lima da Fonseca. melissa.mlf@gmail.com.br - (031) 9401-4041. www.melissalima.com.br Página 1

Material desenvolvido por Melissa Lima da Fonseca. melissa.mlf@gmail.com.br - (031) 9401-4041. www.melissalima.com.br Página 1 EXCEL BÁSICO Material desenvolvido por Melissa Lima da Fonseca melissa.mlf@gmail.com.br - (031) 9401-4041 www.melissalima.com.br Página 1 Índice Introdução ao Excel... 3 Conceitos Básicos do Excel... 6

Leia mais

Manual do Usuário Características e recursos básicos Enterprise Resource Planning

Manual do Usuário Características e recursos básicos Enterprise Resource Planning Manual do Usuário Características e recursos básicos Enterprise Resource Planning www.pwi.com.br 1 Volpe Enterprise Resource Planning Este manual não pode, em parte ou no seu todo, ser copiado, fotocopiado,

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO EM MATEMÁTICA COMPUTACIONAL INFORMÁTICA INSTRUMENTAL

PÓS-GRADUAÇÃO EM MATEMÁTICA COMPUTACIONAL INFORMÁTICA INSTRUMENTAL PÓS-GRADUAÇÃO EM MATEMÁTICA COMPUTACIONAL INFORMÁTICA INSTRUMENTAL Introdução Aula 03: Pacote Microsoft Office 2007 O Pacote Microsoft Office é um conjunto de aplicativos composto, principalmente, pelos

Leia mais

Unidade II TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO. Prof. Me. Elvis Pontes

Unidade II TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO. Prof. Me. Elvis Pontes Unidade II TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Prof. Me. Elvis Pontes Conceitos e Componentes de Software Software (SW) são: os programas de computador; é a parte intangível do computador, representada pelos programas,

Leia mais

Noções de Informática

Noções de Informática Noções de Informática 2º Caderno Conteúdo Microsoft Excel 2010 - estrutura básica das planilhas; manipulação de células, linhas e colunas; elaboração de tabelas e gráficos; inserção de objetos; campos

Leia mais

Informática Aplicada Revisão para a Avaliação

Informática Aplicada Revisão para a Avaliação Informática Aplicada Revisão para a Avaliação 1) Sobre o sistema operacional Windows 7, marque verdadeira ou falsa para cada afirmação: a) Por meio do recurso Windows Update é possível manter o sistema

Leia mais

Microsoft Excel 2003

Microsoft Excel 2003 Associação Educacional Dom Bosco Faculdades de Engenharia de Resende Microsoft Excel 2003 Professores: Eduardo Arbex Mônica Mara Tathiana da Silva Resende 2010 INICIANDO O EXCEL Para abrir o programa Excel,

Leia mais

Microsoft Excel 2000. Alan Cleber Borim - alan.borim@poli.usp.br. http://www.pcs.usp.br/~alan

Microsoft Excel 2000. Alan Cleber Borim - alan.borim@poli.usp.br. http://www.pcs.usp.br/~alan Microsoft Excel 2000 Alan Cleber Borim - alan.borim@poli.usp.br http://www.pcs.usp.br/~alan Microsoft Índice 1.0 Microsoft Excel 2000 3 1.1 Acessando o Excel 3 1.2 Como sair do Excel 3 1.3 Elementos da

Leia mais

Treinamento para o acesso a Informação Científica e Tecnológica em Saúde Excel

Treinamento para o acesso a Informação Científica e Tecnológica em Saúde Excel Treinamento para o acesso a Informação Científica e Tecnológica em Saúde Excel O Excel é um software de planilha eletrônica que integra o pacote dos produtos Microsoft Office, que pode ser utilizado para

Leia mais

A Estação da Evolução

A Estação da Evolução Microsoft Excel 2010, o que é isto? Micorsoft Excel é um programa do tipo planilha eletrônica. As planilhas eletrônicas são utilizadas pelas empresas pra a construção e controle onde a função principal

Leia mais

Microsoft Office Excel

Microsoft Office Excel 1 Microsoft Office Excel Introdução ao Excel Um dos programas mais úteis em um escritório é, sem dúvida, o Microsoft Excel. Ele é uma planilha eletrônica que permite tabelar dados, organizar formulários,

Leia mais

Gerente de Tecnologia: Ricardo Alexandre F. de Oliveira Marta Cristiane Pires M. Medeiros Mônica Bossa dos Santos Schmid WORD 2007

Gerente de Tecnologia: Ricardo Alexandre F. de Oliveira Marta Cristiane Pires M. Medeiros Mônica Bossa dos Santos Schmid WORD 2007 WORD 2007 PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE LONDRINA SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO GERÊNCIA DE TECNOLOGIA Gerente de Tecnologia: Ricardo Alexandre F. de Oliveira Marta Cristiane Pires M. Medeiros Mônica Bossa

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA - SC. MICROSOFT OFFICE - EXCEL 2007 Pág.: 1

TRIBUNAL DE JUSTIÇA - SC. MICROSOFT OFFICE - EXCEL 2007 Pág.: 1 EXCEL 2007 O Excel 2007 faz parte do pacote de produtividade Microsoft Office System de 2007, que sucede ao Office 2003. Relativamente à versão anterior (Excel 2003), o novo programa introduz inúmeras

Leia mais

Professor: Eduardo Mureb Santos. Excel. Básico

Professor: Eduardo Mureb Santos. Excel. Básico Professor: Eduardo Mureb Santos Excel Básico Sumário 1 Introdução... 3 2 Apresentando o Excel... 3 2.1 Menus... 3 2.2 Conceitos Básicos... 6 3 Fórmulas... 8 3.1 Conceitos básicos... 8 3.2 Operadores de

Leia mais

Microsoft Word 97 Básico

Microsoft Word 97 Básico Poder Judiciário Tribunal Regional Federal da Terceira Região Microsoft Word 97 Básico DIMI - Divisão de Microinformática e Redes Índice: I. Executando o Word... 4 II. A tela do Word 97... 6 III. Digitando

Leia mais

APOSTILA INFORMÁTICA EMPRESARIAL

APOSTILA INFORMÁTICA EMPRESARIAL APOSTILA INFORMÁTICA EMPRESARIAL Apostila Active Brasil de Informática Empresarial Daniel de Menezes Gularte Omar Queiroz A livre distribuição dessa cópia está proibida, sendo de material exclusivo do

Leia mais

EXCEL: VISÃO GERAL 4

EXCEL: VISÃO GERAL 4 EXCEL: VISÃO GERAL 4 Conhecendo o Excel 4 Conhecendo a área de trabalho 5 Entrada na barra de Fórmulas 6 Iniciando o programa 6 Abrindo uma pasta de planilhas 6 Inserindo dados 6 Apagando o conteúdo de

Leia mais

Unidade III 1. APRESENTANDO PLANILHAS ELETRÔNICAS. 1.1) Conceito de Planilha Eletrônica. 1.2) Inicializando o Excel e o Calc

Unidade III 1. APRESENTANDO PLANILHAS ELETRÔNICAS. 1.1) Conceito de Planilha Eletrônica. 1.2) Inicializando o Excel e o Calc Unidade III 1. APRESENTANDO PLANILHAS ELETRÔNICAS 1.1) Conceito de Planilha Eletrônica Em certa época, a planilha era um pedaço de papel que os contadores e planejadores de empresas utilizavam para colocar

Leia mais

QUESTÕES COMENTADAS PROVAS DE INFORMÁTICA BANCO DO BRASIL

QUESTÕES COMENTADAS PROVAS DE INFORMÁTICA BANCO DO BRASIL QUESTÕES COMENTADAS PROVAS DE INFORMÁTICA BANCO DO BRASIL BANCO DO BRASIL (Aplicação: 07/10/2001) CARGO: ESCRITURÁRIO 1 C 2 C ::::... QUESTÃO 33...:::: Outro modo de realizar a mesma operação com sucesso

Leia mais

PLANO DE AULA. IPD introdução a processamento de dados Componentes do computador, gabinete, memórias RAM e ROM, periféricos de entrada e saída.

PLANO DE AULA. IPD introdução a processamento de dados Componentes do computador, gabinete, memórias RAM e ROM, periféricos de entrada e saída. 1 AULA 01. CURSO: INFORMÁTICA BÁSICA - MATUTINO Sensibilização e contextualização do programa IPD introdução a processamento de dados Componentes do computador, gabinete, memórias RAM e ROM, periféricos

Leia mais

SENAI São Lourenço do Oeste. Introdução à Informática. Adinan Southier Soares

SENAI São Lourenço do Oeste. Introdução à Informática. Adinan Southier Soares SENAI São Lourenço do Oeste Introdução à Informática Adinan Southier Soares Informações Gerais Objetivos: Introduzir os conceitos básicos da Informática e instruir os alunos com ferramentas computacionais

Leia mais

1. EXCEL 7 1.1. PLANILHAS ELETRÔNICAS 1.2. CARREGAMENTO DO EXCEL 7

1. EXCEL 7 1.1. PLANILHAS ELETRÔNICAS 1.2. CARREGAMENTO DO EXCEL 7 1. EXCEL 1.1. PLANILHAS ELETRÔNICAS As planilhas eletrônicas ficarão na história da computação como um dos maiores propulsores da microinformática. Elas são, por si sós, praticamente a causa da explosão

Leia mais

ÍNDICE. Sobre o SabeTelemarketing 03. Contato. Ícones comuns à várias telas de gerenciamento. Verificar registros 09. Tela de relatórios 09

ÍNDICE. Sobre o SabeTelemarketing 03. Contato. Ícones comuns à várias telas de gerenciamento. Verificar registros 09. Tela de relatórios 09 ÍNDICE Sobre o SabeTelemarketing 03 Ícones comuns à várias telas de gerenciamento Contato Verificar registros 09 Telas de cadastro e consultas 03 Menu Atalho Nova pessoa Incluir um novo cliente 06 Novo

Leia mais

1. NOÇÕES BÁSICAS... 1.1. Iniciando o Excel... 1.1.1. Abrindo o Excel... 1.1.2. Encerrando o Excel... 1.2. A tela do Excel 7.0... 1.2.1.

1. NOÇÕES BÁSICAS... 1.1. Iniciando o Excel... 1.1.1. Abrindo o Excel... 1.1.2. Encerrando o Excel... 1.2. A tela do Excel 7.0... 1.2.1. 1. NOÇÕES BÁSICAS... 1.1. Iniciando o Excel... 1.1.1. Abrindo o Excel... 1.1.2. Encerrando o Excel... 1.2. A tela do Excel 7.0... 1.2.1. Partes da tela do Excel... Barra de fórmulas... Barra de status...

Leia mais

Tutorial do Iniciante. Excel Básico 2010

Tutorial do Iniciante. Excel Básico 2010 Tutorial do Iniciante Excel Básico 2010 O QUE HÁ DE NOVO O Microsoft Excel 2010 é um programa de edição de planilhas eletrônicas muito usado no mercado de trabalho para realizar diversas funções como;

Leia mais

Informática :: Presencial

Informática :: Presencial MAPA DO PORTAL (HT T P: //WWW. PORT AL DAINDUST RIA. COM. B R/CNI/MAPADOSIT E /) SITES DO SISTEMA INDÚSTRIA (HT T P: //WWW. PORT AL DAINDUST RIA. COM. B R/CANAIS/) CONT AT O (HT T P: //WWW. PORT AL DAINDUST

Leia mais

Excel 2010 Modulo II

Excel 2010 Modulo II Excel 2010 Modulo II Sumário Nomeando intervalos de células... 1 Classificação e filtro de dados... 3 Subtotais... 6 Validação e auditoria de dados... 8 Validação e auditoria de dados... 9 Cenários...

Leia mais

EXCEL 2003. Excel 2003 SUMÁRIO

EXCEL 2003. Excel 2003 SUMÁRIO EXCEL 2003 SUMÁRIO INICIANDO O EXCEL... 2 CONHECENDO AS BARRAS DO EXCEL... 4 OS COMPONETES DO EXCEL 2003... 7 ENTENDENDO FUNÇÕES... 8 BOLETIM ESCOLAR... 16 QUADRO DE RENDIMENTO DO ALUNO... 17 CHAMADA ESCOLAR...

Leia mais

Conceitos Fundamentais de Microsoft Word. Professor Rafael rafampsilva@yahoo.com.br www.facebook.com/rafampsilva

Conceitos Fundamentais de Microsoft Word. Professor Rafael rafampsilva@yahoo.com.br www.facebook.com/rafampsilva Conceitos Fundamentais de Microsoft Word Professor Rafael www.facebook.com/rafampsilva Introdução É um editor de texto ou processador de texto? editores de texto: editam texto (assim como uma máquina de

Leia mais

Treinamento em BrOffice.org Calc

Treinamento em BrOffice.org Calc Treinamento em BrOffice.org Calc 1 Índice I. INTRODUÇÃO...3 II. NÚMEROS, TEXTOS, FÓRMULAS E DATAS...4 III. MENUS BÁSICOS...5 1. Arquivo...5 2. Editar...5 3. Formatar...5 IV. FÓRMULAS...8 V. REFERÊNCIAS

Leia mais

Informática básica: Sistema operacional Microsoft Windows XP

Informática básica: Sistema operacional Microsoft Windows XP Informática básica: Sistema operacional Microsoft Windows XP...1 Informática básica: Sistema operacional Microsoft Windows XP...1 Iniciando o Windows XP...2 Desligar o computador...3 Área de trabalho...3

Leia mais

Montar planilhas de uma forma organizada e clara.

Montar planilhas de uma forma organizada e clara. 1 Treinamento do Office 2007 EXCEL Objetivos Após concluir este curso você poderá: Montar planilhas de uma forma organizada e clara. Layout da planilha Inserir gráficos Realizar operações matemáticas 2

Leia mais

Planilhas Eletrônicas

Planilhas Eletrônicas Planilhas Eletrônicas APOSTILA DE EXEMPLO (Esta é só uma reprodução parcial do conteúdo) 1 Índice AULA 1... 3 Apresentação do BrOffice Calc... 3 Tela Inicial... 4 Teclas e Atalhos de movimentação... 6

Leia mais

Microsoft Office Excel 2007

Microsoft Office Excel 2007 1 Microsoft Office Excel 2007 O Excel é um programa dedicado a criação de planilhas de cálculos, além de fornecer gráficos, função de banco de dados e outros. 1. Layout do Excel 2007 O Microsoft Excel

Leia mais

Word 1 - Introdução 1.1 - Principais recursos do word 1.2 - A janela de documento 1.3 - Tela principal

Word 1 - Introdução 1.1 - Principais recursos do word 1.2 - A janela de documento 1.3 - Tela principal Word 1 - Introdução O Word para Windows ou NT, é um processador de textos cuja finalidade é a de nos ajudar a trabalhar de maneira mais eficiente tanto na elaboração de documentos simples, quanto naqueles

Leia mais

Licenciamento de Uso

Licenciamento de Uso Licenciamento de Uso Este documento é propriedade intelectual 2002 do Centro de Computação da Unicamp e distribuído sob os seguintes termos: 1. As apostilas publicadas pelo Centro de Computação da Unicamp

Leia mais

CICLO DE APERFEIÇOAMENTO PROFISSIONAL DOS SERVIDORES MUNICIPAIS DE MARICÁ- RJ EDITOR DE TEXTO - WORD

CICLO DE APERFEIÇOAMENTO PROFISSIONAL DOS SERVIDORES MUNICIPAIS DE MARICÁ- RJ EDITOR DE TEXTO - WORD Faculdade de Administração, Ciências Contábeis e Turismo Pós-Graduação em Gestão de Negócios CICLO DE APERFEIÇOAMENTO PROFISSIONAL DOS SERVIDORES MUNICIPAIS DE MARICÁ- RJ EDITOR DE TEXTO - WORD EMENTA

Leia mais

6.10 Exercício...38 7 ORDENAÇÃO OU CLASSIFICAÇÃO DE DADOS...39 7.1 Autofiltro...39 7.2 Filtro padrão...39 7.3 Exercício...39 8 GRÁFICO...40 8.

6.10 Exercício...38 7 ORDENAÇÃO OU CLASSIFICAÇÃO DE DADOS...39 7.1 Autofiltro...39 7.2 Filtro padrão...39 7.3 Exercício...39 8 GRÁFICO...40 8. Sumário 1 INTRODUÇÃO...5 1.1 O que é uma planilha...5 1.2 Importância do uso de planilhas eletrônica...5 1.3 Quais os Software disponíveis...5 1.4 O que é BrOffice.org Calc?...5 1.5 Exercício...5 2 APRESENTANDO

Leia mais

MICROSOFT WORD 2007. George Gomes Cabral

MICROSOFT WORD 2007. George Gomes Cabral MICROSOFT WORD 2007 George Gomes Cabral AMBIENTE DE TRABALHO 1. Barra de título 2. Aba (agrupa as antigas barras de menus e barra de ferramentas) 3. Botão do Office 4. Botão salvar 5. Botão de acesso à

Leia mais

3) Na terminologia de domínios de um endereço para internet, COM significa: ( ) Comércio Eletrônico ( ) Arquivo executável ( ) Organização comercial

3) Na terminologia de domínios de um endereço para internet, COM significa: ( ) Comércio Eletrônico ( ) Arquivo executável ( ) Organização comercial Exercícios de Avaliação Internet Assinale a alternativa correta para as questões abaixo. 1) O serviço de procura ajuda-nos a encontrar documentos na World Wide Web. Dizemos ao serviço de pesquisa o que

Leia mais

Mozart de Melo Alves Júnior

Mozart de Melo Alves Júnior 2000 Mozart de Melo Alves Júnior INTRODUÇÃO O Excel 7.0 é um aplicativo de planilha desenvolvido para ser usado dentro do ambiente Windows. As planilhas criadas a partir desta ferramenta poderão ser impressas,

Leia mais

ÍNDICE... 2 INTRODUÇÃO... 4

ÍNDICE... 2 INTRODUÇÃO... 4 Mic crosoft Excel 201 0 ÍNDICE ÍNDICE... 2 INTRODUÇÃO... 4 Interface... 4 Guias de Planilha... 5 Movimentação na planilha... 6 Entrada de textos e números... 7 Congelando painéis... 8 Comentários nas Células...

Leia mais

1. Introdução a Microsoft Excel

1. Introdução a Microsoft Excel Introdução a Microsoft Excel 1. Introdução a Microsoft Excel 1.1. O que é Microsoft Excel Microsoft Excel é um software de planilha eletrônica produzido pela Microsoft Corporation, para o sistema operacional

Leia mais

EXERCÍCIOS SIMULADO ELABORADO PELO PROFESSOR ANDRÉ ALENCAR

EXERCÍCIOS SIMULADO ELABORADO PELO PROFESSOR ANDRÉ ALENCAR EXERCÍCIOS SIMULADO ELABORADO PELO PROFESSOR ANDRÉ ALENCAR Com base no Windows XP, na figura ao lado, julgue os itens que se seguem: 01- É possível afirmar que ao se clicar em O que mais devo saber sobre

Leia mais

Sistema operacional Windows 7, Windows Live Mail e Adobe Reader. Sistemas operacionais em concursos públicos

Sistema operacional Windows 7, Windows Live Mail e Adobe Reader. Sistemas operacionais em concursos públicos Sistema operacional Windows 7, Windows Live Mail e Adobe Reader Sistemas operacionais em concursos públicos Antes de tudo é importante relembrarmos que o sistema operacional é um tipo de software com a

Leia mais

Interface. Guias de Planilha

Interface. Guias de Planilha MS EXCEL 2010 O Excel é uma das melhores planilhas existentes no mercado. As planilhas eletrônicas são programas que se assemelham a uma folha de trabalho, na qual podemos colocar dados ou valores em forma

Leia mais

&XUVRGH,QWURGXomRDR (GLWRUGH3ODQLOKDV([FHO

&XUVRGH,QWURGXomRDR (GLWRUGH3ODQLOKDV([FHO Universidade Federal de Viçosa Departamento de Informática &XUVRGH,QWURGXomRDR (GLWRUGH3ODQLOKDV([FHO Flaviano Aguiar Liziane Santos Soares Jugurta Lisboa Filho (Orientador) PROJETO UNESC@LA Setembro de

Leia mais

Aula 02 Software e Operações Básicas. Prof. Bruno Gomes bruno.gomes@ifrn.edu.br http://www.profbrunogomes.com.br/

Aula 02 Software e Operações Básicas. Prof. Bruno Gomes bruno.gomes@ifrn.edu.br http://www.profbrunogomes.com.br/ Aula 02 Software e Operações Básicas Prof. Bruno Gomes bruno.gomes@ifrn.edu.br http://www.profbrunogomes.com.br/ Revisando Como um computador funciona: Entrada (Dados) Processamento (Análise dos Dados)

Leia mais

EXCEL. Treinamento Básico

EXCEL. Treinamento Básico UNIVERSIDADE REGIONAL DO NOROESTE DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL DECon Departamento de Economia e Contabilidade Laboratório Contábil EXCEL Treinamento Básico JUL/2002 1 SUMARIO Introdução 05 Conhecendo

Leia mais

Universidade Federal de Pelotas Conjunto Agrotécnico Visconde da Graça CAVG Disciplina: Informática Apresentação Gráfica

Universidade Federal de Pelotas Conjunto Agrotécnico Visconde da Graça CAVG Disciplina: Informática Apresentação Gráfica Apresentação Gráfica Microsoft Office Power Point 1 Sumário 1. MICROSOFT POWER POINT... 4 1.1. INICIANDO O MICROSOFT POWER POINT... 4 2. CONHECENDO A INTERFACE DO POWER POINT... 5 2.1. O DOCUMENTO DO POWER

Leia mais

MS-Excel 2010 Essencial (I)

MS-Excel 2010 Essencial (I) MS-Excel 2010 Essencial (I) Carga Horária: 20 horas Objetivos: Este curso destina-se a todos os profissionais que atuam nas áreas financeiras e administrativas, e que necessitem agilizar os seus cálculos,

Leia mais

Windows. Introdução. Introdução Sistema Operacional. Introdução Sistema Operacional. Introdução Sistema Operacional. Introdução Sistema Operacional

Windows. Introdução. Introdução Sistema Operacional. Introdução Sistema Operacional. Introdução Sistema Operacional. Introdução Sistema Operacional Windows Prof. Leandro Tonietto Cursos de Informática Unisinos Março-2008 O que é Sistema operacional? O que é Windows? Interface gráfica: Comunicação entre usuário e computador de forma mais eficiente

Leia mais

Licenciamento de Uso

Licenciamento de Uso Licenciamento de Uso Este documento é propriedade intelectual 2002 do Centro de Computação da Unicamp e distribuído sob os seguintes termos: 1. As apostilas publicadas pelo Centro de Computação da Unicamp

Leia mais

Conteúdos dos Cursos de Excel

Conteúdos dos Cursos de Excel Conteúdos dos Cursos de Excel Excel 2007 - Nível 1 (Essencial) Carga Horária: 20 horas Objetivos: Este curso destina-se a todos os profissionais que atuam nas áreas financeiras e administrativas, e que

Leia mais

PROVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS PROFESSOR II INFORMÁTICA

PROVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS PROFESSOR II INFORMÁTICA 17 PROVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS PROFESSOR II INFORMÁTICA QUESTÃO 21 Analise as seguintes afirmativas sobre as ferramentas disponíveis no Painel de Controle do Microsoft Windows XP Professional, versão

Leia mais

Sumário. Capítulo I Introdução à Informática... 13. Capítulo II Hardware... 23. INFORMATICA 29jun.indd 7 22/07/2014 15:18:01

Sumário. Capítulo I Introdução à Informática... 13. Capítulo II Hardware... 23. INFORMATICA 29jun.indd 7 22/07/2014 15:18:01 Sumário Capítulo I Introdução à Informática... 13 1. Conceitos Básicos... 13 2. Hardware... 15 3. Software... 15 4. Peopleware... 16 5. Os Profissionais de Informática:... 16 6. Linguagem de Computador

Leia mais

Volpe Enterprise Resource Planning

Volpe Enterprise Resource Planning Volpe Enterprise Resource Planning Este manual não pode, em parte ou no seu todo, ser copiado, fotocopiado, reproduzido, traduzido ou reduzido a qualquer mídia eletrônica ou máquina de leitura, sem a expressa

Leia mais

Resumão Writer ( Broffice.org)

Resumão Writer ( Broffice.org) Resumão Writer ( Broffice.org) Resumo BrOffice.org Cespe O Broffice.org é um pacote de programas para escritório, do mesmo nível do pacote Microsoft Office. Os dois pacotes trazem programas parecidos e

Leia mais

Noções de Informática

Noções de Informática Noções de Informática Caderno 2 CONTEÚDO MS-Excel 2010: estrutura básica das planilhas, conceitos de células, linhas, colunas, pastas e gráficos, elaboração de tabelas e gráficos, uso de fórmulas, funções

Leia mais

Softwares de Sistemas e de Aplicação

Softwares de Sistemas e de Aplicação Fundamentos dos Sistemas de Informação Softwares de Sistemas e de Aplicação Profª. Esp. Milena Resende - milenaresende@fimes.edu.br Visão Geral de Software O que é um software? Qual a função do software?

Leia mais

Apostilas OBJETIVA - Técnico Judiciário Área Administrativa TRE Tribunal Regional Eleitoral Estado do Maranhão - Concurso Público 2015.

Apostilas OBJETIVA - Técnico Judiciário Área Administrativa TRE Tribunal Regional Eleitoral Estado do Maranhão - Concurso Público 2015. 2º Caderno Índice Planilha eletrônica MS- Excel + exercícios... 02 Computação na Nuvem (cloud computing)... 102 Conceitos de Internet e Intranet + exercícios... 105 Internet Explorer, Firefox e Google

Leia mais

BrOffice.org - Impress

BrOffice.org - Impress BrOffice.org Impress 1 BrOffice.org - Impress Programa de apresentação, utilizado para criação e manipulação de slides. Os slides criados para uma eletrônica podem conter texto, gráficos, objetos, formas,

Leia mais

Apostila Microsoft Word 2000

Apostila Microsoft Word 2000 Apostila Microsoft Word 2000 SUMÁRIO I. INTRODUÇÃO II. INSERIR TEXTO III. SALVAR UM DOCUMENTO IV. FECHAR UM DOCUMENTO V. INICIAR UM NOVO DOCUMENTO VI. ABRIR UM DOCUMENTO VII. SELECIONAR TEXTO VIII. RECORTAR,

Leia mais

CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS E CARGA HORÁRIA DE CADA MÓDULO

CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS E CARGA HORÁRIA DE CADA MÓDULO Ministério da Educação SETEC Instituto Federal do Rio de Janeiro Campus Rio de Janeiro CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS E CARGA HORÁRIA DE CADA MÓDULO 1. MÓDULO DE INICIAÇÃO 20 HORAS/AULA: através do qual o servidor

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA Faculdade de Computação Curso de Introdução à Informática Prof: Anilton Joaquim da Silva / Ezequiel Roberto Zorzal

UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA Faculdade de Computação Curso de Introdução à Informática Prof: Anilton Joaquim da Silva / Ezequiel Roberto Zorzal UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA Faculdade de Computação Curso de Introdução à Informática Prof: Anilton Joaquim da Silva / Ezequiel Roberto Zorzal AULA Informática: Aplicações e Benefícios Advocacia

Leia mais

EXCEL 2010 Desenvolvida exclusivamente para o Apostilando.com por Marcos Paulo Furlan

EXCEL 2010 Desenvolvida exclusivamente para o Apostilando.com por Marcos Paulo Furlan EXCEL 2010 Desenvolvida exclusivamente para o Apostilando.com por Marcos Paulo Furlan ÍNDICE ÍNDICE... 2 MS EXCEL 2010... 2 Interface... 3 Guias de Planilha... 3 Movimentação na planilha... 4 Entrada de

Leia mais

Iniciando o Word 2010. Criar um novo documento. Salvando um Documento. Microsoft Office Word

Iniciando o Word 2010. Criar um novo documento. Salvando um Documento. Microsoft Office Word 1 Iniciando o Word 2010 O Word é um editor de texto que utilizado para criar, formatar e imprimir texto utilizado para criar, formatar e imprimir textos. Devido a grande quantidade de recursos disponíveis

Leia mais

CICLO DE APERFEIÇOAMENTO PROFISSIONAL DOS SERVIDORES MUNICIPAIS DE MARICÁ- RJ EDITOR DE TEXTO - WORD

CICLO DE APERFEIÇOAMENTO PROFISSIONAL DOS SERVIDORES MUNICIPAIS DE MARICÁ- RJ EDITOR DE TEXTO - WORD Faculdade de Administração, Ciências Contábeis e Turismo Pós-Graduação em Gestão de Negócios CICLO DE APERFEIÇOAMENTO PROFISSIONAL DOS SERVIDORES MUNICIPAIS DE MARICÁ- RJ EDITOR DE TEXTO - WORD EMENTA

Leia mais

Apostilas OBJETIVA Escrevente Técnico Judiciário TJ Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo - Concurso Público 2015. Índice

Apostilas OBJETIVA Escrevente Técnico Judiciário TJ Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo - Concurso Público 2015. Índice Índice Caderno 2 PG. MS-Excel 2010: estrutura básica das planilhas, conceitos de células, linhas, colunas, pastas e gráficos, elaboração de tabelas e gráficos, uso de fórmulas, funções e macros, impressão,

Leia mais

PROVA DE NOÇÕES DE INFORMÁTICA Cargo 15. Uma pessoa, utilizando o sistema operacional Microsoft Windows, executou a seguinte seqüência de comandos:

PROVA DE NOÇÕES DE INFORMÁTICA Cargo 15. Uma pessoa, utilizando o sistema operacional Microsoft Windows, executou a seguinte seqüência de comandos: 8 PROVA DE NOÇÕES DE INFORMÁTICA Cargo 15 QUESTÃO 16 Uma pessoa, utilizando o sistema operacional Microsoft Windows, executou a seguinte seqüência de comandos: I. acessou a pasta Relatorios, selecionou

Leia mais

Descomplicando_Informatica_cad_00.indd 14 07/08/2015 14:34:44

Descomplicando_Informatica_cad_00.indd 14 07/08/2015 14:34:44 Descomplicando_Informatica_cad_00.indd 14 07/08/2015 14:34:44 Sumário Capítulo 1 Como usar este Livro?... 1 O que este livro não é?...1 O que este livro é?...1 Como estudar os assuntos...2 Acredite, você

Leia mais

GerNFe 1.0 Sistema de Gerenciador de Notas Fiscais Eletrônicas

GerNFe 1.0 Sistema de Gerenciador de Notas Fiscais Eletrônicas GerNFe 1.0 Manual do usuário Página 1/13 GerNFe 1.0 Sistema de Gerenciador de Notas Fiscais Eletrônicas O programa GerNFe 1.0 tem como objetivo armazenar em local seguro e de maneira prática para pesquisa,

Leia mais

INTRODUÇÃO. Não é exagero afirmar que é o sistema operacional o programa mais importante do computador, sem ele seu equipamento não funciona.

INTRODUÇÃO. Não é exagero afirmar que é o sistema operacional o programa mais importante do computador, sem ele seu equipamento não funciona. INTRODUÇÃO O Microsoft Windows XP é um sistema operacional de interface gráfica multifunções, isso significa que podemos trabalhar com vários programas de forma simultânea. Por ex: poderíamos escutar um

Leia mais

Prática 3 Microsoft Word

Prática 3 Microsoft Word Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Estado da Paraíba, Campus Sousa Disciplina: Informática Básica Prática 3 Microsoft Word Assunto: Tópicos abordados: Prática Utilização dos recursos

Leia mais

MÓDULO - I Manual Prático Microsoft Excel 2007

MÓDULO - I Manual Prático Microsoft Excel 2007 MÓDULO - I Manual Prático Microsoft Excel 2007 MÓDULO - I APRESENTAÇÃO... 1 AMBIENTE DE TRABALHO... 2 A folha de cálculo... 2 O ambiente de trabalho do Excel... 3 Faixas de Opções do Excel... 4 - Guia

Leia mais

INFORMÁTICA 01. 02. 03. 04. 05.

INFORMÁTICA 01. 02. 03. 04. 05. INFORMÁTICA 01. Na Internet, os dois protocolos envolvidos no envio e recebimento de e-mail são: a) SMTP e POP b) WWW e HTTP c) SMTP e WWW d) FTP e WWW e) POP e FTP 02. O componente do Windows que é necessário

Leia mais

Mozart de Melo Alves Júnior

Mozart de Melo Alves Júnior Mozart de Melo Alves Júnior WORD 2000 INTRODUÇÃO: O Word é um processador de texto com recursos de acentuação, formatação de parágrafo, estilo de letras diferentes, criação de tabelas, corretor ortográfico,

Leia mais

Probabilidade e Estatística I Antonio Roque Aula 8. Introdução ao Excel

Probabilidade e Estatística I Antonio Roque Aula 8. Introdução ao Excel Introdução ao Excel Esta introdução visa apresentar apenas os elementos básicos do Microsoft Excel para que você possa refazer os exemplos dados em aula e fazer os projetos computacionais solicitados ao

Leia mais

PRONATEC IFPA. Cursos Mulheres Mil: Operador de Computador. Disciplina: Informática Avançada Parte III. Professore: Adil Daou

PRONATEC IFPA. Cursos Mulheres Mil: Operador de Computador. Disciplina: Informática Avançada Parte III. Professore: Adil Daou PRONATEC IFPA Cursos Mulheres Mil: Operador de Computador Disciplina: Informática Avançada Parte III Professore: Adil Daou Belém 2014 01 Algumas outras funções Vamos inicialmente montar a seguinte planilha

Leia mais

Informática Aplicada. Aula 2 Windows Vista. Professora: Cintia Caetano

Informática Aplicada. Aula 2 Windows Vista. Professora: Cintia Caetano Informática Aplicada Aula 2 Windows Vista Professora: Cintia Caetano AMBIENTE WINDOWS O Microsoft Windows é um sistema operacional que possui aparência e apresentação aperfeiçoadas para que o trabalho

Leia mais

Prova dos Correios - Comentada

Prova dos Correios - Comentada Unidade Zona Sul - (84) 3234-9923 Unidade Zona Norte (84) 3214-4595 www.premiumconcursos.com 1 Texto para as questões de 1 a 3 A figura abaixo ilustra uma janela do Microsoft Office Excel 2007 com uma

Leia mais

INFORMÁTICA PROF. RENATO DA COSTA

INFORMÁTICA PROF. RENATO DA COSTA CONTEÚDO PROGRAMÁTICO FCC 2012 NOÇÕES DE : 1 Conceitos de Internet e intranet. 2 Conceitos básicos e modos de utilização de tecnologias, ferramentas, aplicativos e procedimentos associados à Internet e

Leia mais

Impressão e Fotolito Oficina Gráfica da EDITORA VIENA. Todos os direitos reservados pela EDITORA VIENA LTDA

Impressão e Fotolito Oficina Gráfica da EDITORA VIENA. Todos os direitos reservados pela EDITORA VIENA LTDA Autores Karina de Oliveira Wellington da Silva Rehder Consultores em Informática Editora Viena Rua Regente Feijó, 621 - Centro - Santa Cruz do Rio Pardo - SP CEP 18.900-000 Central de Atendimento (0XX14)

Leia mais

EMENTA DO CURSO INFORMÁTICA BÁSICA

EMENTA DO CURSO INFORMÁTICA BÁSICA EMENTA DO CURSO INFORMÁTICA BÁSICA OBJETIVO A informática está presente em praticamente todos os setores da vida moderna. Atualmente ter o conhecimento básico de como utilizar um computador é fundamental.

Leia mais

ANÁLISE: Material extraído do site APOSTILANDO.com, sendo que as telas foram atualizadas.

ANÁLISE: Material extraído do site APOSTILANDO.com, sendo que as telas foram atualizadas. CURSO: EXCEL BÁSICO PRÉ REQUISITO: Conhecer o ambiente Windows e suas aplicações. ANÁLISE: Material extraído do site APOSTILANDO.com, sendo que as telas foram atualizadas. (Copyright 2000/2004 Apostilando.com

Leia mais

ACADEMIA DO CONCURSO PÚBLICO

ACADEMIA DO CONCURSO PÚBLICO ACADEMIA DO CONCURSO PÚBLICO INFORMÁTICA PARA CONCURSOS (jabruas@uol.com.br) 1 CONTEÚDO PROGRAMÁTICO 1. Edição de textos, planilhas e apresentações (ambiente Office, OpenOffice, BrOffice e LibreOffice).

Leia mais

ÍNDICE GERAL ÍCONES COMUNS A VÁRIAS TELAS. 03 ATALHO ORDEM DE SERVIÇO 16 GARANTIA 16 PESQUISA PRODUTO. 05 NOVO CLIENTE 05 ESTOQUE 17

ÍNDICE GERAL ÍCONES COMUNS A VÁRIAS TELAS. 03 ATALHO ORDEM DE SERVIÇO 16 GARANTIA 16 PESQUISA PRODUTO. 05 NOVO CLIENTE 05 ESTOQUE 17 1 ÍNDICE GERAL ÍCONES COMUNS A VÁRIAS TELAS. 03 ATALHO PESQUISA PRODUTO. 05 NOVO CLIENTE 05 NOVO PRODUTO 07 NOVA VENDA VENDA IDENTIFICADA 07 NOVA ORDEM DE SERVIÇO 08 NOVO ORÇAMENTO 09 BALANÇO DIÁRIO DE

Leia mais

Questões Microsoft PowerPoint 2003

Questões Microsoft PowerPoint 2003 1. 2009.Cespe.MMA.MOF.Por meio de editores de texto e planilhas eletrônicas, é possível criar links para arquivos disponíveis na Internet, a partir da digitação do endereço de destino do arquivo no documento

Leia mais

Informática Básica. Microsoft Word XP, 2003 e 2007

Informática Básica. Microsoft Word XP, 2003 e 2007 Informática Básica Microsoft Word XP, 2003 e 2007 Introdução O editor de textos Microsoft Word oferece um conjunto de recursos bastante completo, cobrindo todas as etapas de preparação, formatação e impressão

Leia mais

O que é a planilha eletrônica Excel?

O que é a planilha eletrônica Excel? O que é a planilha eletrônica Excel? É um software que manipula uma tabela, composta de linhas (identificadas por números) e colunas (identificadas por letras) e executa uma interseção entre elas (linhas

Leia mais

ANÁLISE: Material extraído do site APOSTILANDO.com, sendo que as telas foram atualizadas.

ANÁLISE: Material extraído do site APOSTILANDO.com, sendo que as telas foram atualizadas. CURSO: EXCEL BÁSICO PRÉ REQUISITO: Conhecer o ambiente Windows e suas aplicações. ANÁLISE: Material extraído do site APOSTILANDO.com, sendo que as telas foram atualizadas. (Copyright 2000/2004 Apostilando.com

Leia mais

INTRODUÇÃO INICIANDO O WORD INSERIR TEXTO

INTRODUÇÃO INICIANDO O WORD INSERIR TEXTO SUMÁRIO 01 - INTRODUÇÃO 02 - INICIANDO O WORD 03 - INSERIR TEXTO 04 - SALVAR UM DOCUMENTO 05 - FECHAR UM DOCUMENTO 06 - INICIAR UM NOVO DOCUMENTO 07 - ABRIR UM DOCUMENTO 08 - SELECIONAR TEXTO 09 - RECORTAR,

Leia mais

Escola Info Jardins. Microsoft Excel Aula 1

Escola Info Jardins. Microsoft Excel Aula 1 Microsoft Excel Aula 1 O que é o Microsoft Excel? Excel é um programa de planilhas do sistema Microsoft Office. Você pode usar o Excel para criar e formatar pastas de trabalho (um conjunto de planilhas).

Leia mais

Ficha Técnica. Pré-requisitos: não há pré-requisitos. O aluno inicia o curso de Windows 8 com uma introdução à informática.

Ficha Técnica. Pré-requisitos: não há pré-requisitos. O aluno inicia o curso de Windows 8 com uma introdução à informática. Windows 8 O Windows está presente na maior parte dos computadores, seja para uso pessoal ou profissional. Quem vai começar a usar um computador precisa saber trabalhar bem com ele. O Windows 8 é o Sistema

Leia mais

Neste capítulo veremos como se trabalha com fórmulas e funções que são as ferramentas que mais nos ajudam nos cálculos repetitivos.

Neste capítulo veremos como se trabalha com fórmulas e funções que são as ferramentas que mais nos ajudam nos cálculos repetitivos. Fórmulas e Funções Neste capítulo veremos como se trabalha com fórmulas e funções que são as ferramentas que mais nos ajudam nos cálculos repetitivos. Operadores matemáticos O Excel usa algumas convenções

Leia mais