Sistema Simulador de Negócios Unicred Central SC

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Sistema Simulador de Negócios Unicred Central SC"

Transcrição

1 Sistema Simulador de Negócios Unicred Central SC Obtenha mais resultado de sua carteira!

2 1. Introdução Caros gerentes de agência, consultores e assistentes de negócios do Sistema Unicred de SC, vocês estão recebendo nesse momento um guia prático de utilização do Sistema Simulador de Negócios, com o objetivo de ajudá-los a OBTER MAIS RESULTADO DE SUA CARTEIRA, de seu grupo de cooperados. O enfoque dado é puramente negocial, onde apresentaremos o simulador na ótica da utilização diária que entendemos crucial em dois momentos: a) Análise dos cooperados b) Atendimento ao cooperado Esse projeto já esta em vigor a mais de seis meses e já podemos observar que as agências que utilizam a ferramenta conseguem realizar um melhor atendimento ao cooperado, potencializando os negócios e trazendo um maior resultado. Leia esse material com atenção num momento tranqüilo de seu dia, e nesse momento especial efetue seu login no Simulador e navegue juntamente com a leitura procurando sempre o foco negocial. Para finalizar, lembramos que consta em nosso Planejamento Estratégico de SC uma meta que busca a fidelização do cooperado. Para 2012 as agências precisam ter 50% de seu quadro social com no mínimo 5 produtos para cumprimento do objetivo. Essa questão também será abordada a frente. Boa leitura todos. 2. Sistema Simulador de Negócios O sistema Simulador de Negócios permite que a cooperativa avalie a reciprocidade dos cooperados e simule negócios de captação e empréstimos de recursos, possibilitando a comparação com outras instituições financeiras. Esta ferramenta é capaz de demonstrar aos cooperados, benefícios obtidos com a distribuição de sobras, resultando em vantagens relativas às taxas sobre as operações financeiras realizadas na UNICRED. Dentre as principais funcionalidades do Simulador de Negócios destacam-se: - Analise da margem de contribuição do cooperado; - Analise sobre a adesão dos cooperados aos produtos oferecidos pelas cooperativas; - Analise gerencial sobre o desempenho da carteira de cooperados; - Simulações Operações de Crédito, Aplicação e Depósito à Vista. A habilidade de executar este tipo de análise de forma ágil e confiável contribui para a melhoria em estratégias de captação de novos cooperados, captação de recursos de cooperados existentes e fidelização dos mesmos.

3 2.1 Acessando o Sistema Simulador de Negócios O Sistema é totalmente web. Após acessar a internet, digite: Acessar a URL: https://portal.e-unicred.com.br Será exibida a tela de acesso ao Sistema; Selecione a cooperativa à qual o usuário está associado; Informe o usuário e senha utilizados para acesso; Clique no botão ACESSAR O sistema apresentará a tela do Portal Corporativo Unicred, com acesso ao Sistema de Controle de Acesso; Clique no link Simulador de Negócios. 2.2 Tela Principal do Sistema do sistema: Ao clicar no ícone do Sistema Simulador de Negócios, serão disponibilizadas as opções Margem de Contribuição Este sistema demonstra a Margem de Contribuição do cooperado referente aos módulos de Empréstimo, Aplicação, Capital e Depósito a Vista. O sistema também oferece uma forma de simular a Margem de Contribuição para os módulos citados acima. O usuário pode calcular em tempo real quanto o cooperado precisaria operar em cada modulo para melhorar sua margem de contribuição com a cooperativa. Todas as informações são obtidas diretamente do Sistema SAU/SACC. Margem de Contribuição significa quanto, em valor, um determinado produto contribui para o resultado operacional da agência e subseqüente da singular. Vamos dar um exemplo prático: - Um cooperado que possui a seguinte movimentação: MC Margem de Contribuição - Quer dizer que, da receita total da singular, R$ ,81 é produzido pelos valores que o cooperado movimenta. Já o R$ 6.608,90, como podemos observar é metade do valor apresentado acima, ou seja, estamos atribuindo que 50% é despesa administrativa/financeira da cooperativa,

4 onde chegamos a conclusão que esse cooperado produz de sobra mensal R$ 6.608,90 o qual chamamos de MARGEM DE CONTRIBUIÇÃO. Nessa tela também serão exibidos os dados do associado como nome, renda, profissão, posto, tipo de pessoa, situação e nome do gerente da conta. São exibidos também dados sobre Cheques Devolvidos (alíneas 11, 12 e 13), Limite Cartão de Crédito, Med. Ult. Trim. (Média das Faturas do Cartão), Limite Cheque Especial e Utilização do Cheque Especial. E por fim na última parte da janela, o sistema permite que seja analisada a adesão do cooperado aos produtos da cooperativa. Estes produtos devem ser parametrizados para que o sistema possa analisar o quanto de cada produto o cooperado está utilizando. Abaixo das listas de produtos tanto de receita como de despesa são exibidos os totais de pontos de cada categoria para a verificação de fidelização do cooperado. Produtos Pessoa Física: 1. Aplicação 2. Capitalização 3. Cartão BB 4. Cartão Bradesco 5. Cobrança BB 6. Cobrança Bradesco 7. Custódia 8. Débito Automático 9. Empréstimo 10. Internet Banking 11. Poupe Mais 12. Precaver 13. Recebíveis 14. Saque Cartão BB 15. Saque Cartão Bradesco 16. Utilização Cheque Especial Produtos Pessoa Jurídica: 1. Aplicação 2. Capitalização 3. Cartão Bradesco 4. Cobrança BB 5. Cobrança Bradesco 6. Custódia 7. Débito Automático 8. Empréstimo 9. Internet Banking 10. Poupe Mais 11. Recebíveis 12. Saque Cartão Bradesco 13. Utilização Cheque Especial

5 Simuladores Empréstimos. Esta opção é utilizada para simular operações de Aplicação, Depósito a Vista e *Aplicação Esta opção é utilizada para efetuar simulações de aplicação. Com base em um valor informado e as taxas de CDI, o sistema calcula a rentabilidade oferecida pela Unicred com a de outros bancos assim como as sobras. *Depósito à Vista Esta opção é utilizada para efetuar a simulação de Depósito à Vista de um determinado valor comparando a rentabilidade ao dia oferecida pela Unicred contra a rentabilidade ao dia oferecida por outros bancos. Calcula ainda as sobras projetadas. *Empréstimo Esta opção é utilizada para efetuar uma simulação de empréstimo e compara as taxas e IOF entre o sistema Unicred e outros bancos informando ainda a sobras projetadas. 3. No Dia-a-Dia Agora que a ferramenta já esta apresentada vamos falar um pouco do dia a dia. Sabemos o quanto é nobre as atividades realizadas pelos profissionais que atendem nossos cooperados. A conquista diária da confiança, da credibilidade necessita muito mais que um bom atendimento, necessita de um envolvimento. A partir do laço de relação desenvolvido é que os resultados aparecem. Pense que agora você possui uma ferramenta que a partir de um digitar de conta a vida, as operações, dos cooperados poderão ser analisadas em minutos guiando sua estratégia para o fomento de novas operações. 4. Obter mais resultado Os cooperados da Unicred tem um perfil de aquisição de produtos financeiros, pelo poder aquisitivo, para proteção da família e patrimônio, pelo status, entre outros. Hoje ainda não conseguimos nos tornar a principal instituição financeira do cooperado, pois sabemos que ele ainda opera com diversas Instituições Financeiras, mas porque não conseguimos se hoje somos tão competitivos quanto os bancos? O grande entrave para essa resposta é que não conseguíamos ter a informação atualizada de suas operações com a cooperativa. Em muitos momentos repetimos o produto oferecido e não conseguimos detectar qual é seu anseio/necessidade. oferecê-los. Muitos negócios podem ser trazidos de outros bancos, cabe a nós identificá-los e Essa é a oportunidade, onde antigamente novos negócios eram conquistados pela abertura de novas contas, conquistas de novos cooperados, hoje se abre uma nova:

6 A possibilidade de fazer um novo negócio com quem já é cooperado. 5. Enfoque Negocial O Sistema de Simulador de Negócios foi desenvolvido para ser uma ferramenta atuante na linha de frente de nossas agências. Trabalhado diariamente pode fornecer análises e instrumentos de venda para todos que buscam o cumprimento das metas. Cabe a você Gerente de Agência, Consultor e Assistente de Negócios em conjunto com o SAU estabelecer uma linha de trabalho simultânea entre os dois sistemas diariamente, que entendemos possa ser utilizado para: 5.1 Análise Cooperado Em diversos momentos do mês, geralmente posterior ao dia 10, conseguimos ter um maior tempo para gerir os negócios e não podemos desperdiçá-lo. Uma análise de sua carteira de cooperados pode ser planejada ao longo do semestre de um método muito simples: * Possuo 400 cooperados e 126 dias úteis: 3 ligações diárias no semestre terei rodado a carteira. * Antes de realizar a ligação utilize o simulador para analisar seu cooperado: veja quais produtos utiliza, é aplicador, tomador, que idade, possui seguro, previdência, como esta sua cota capital, e sua renda esta atualizada, será que não esta com um ganho maior, menor, porque parou de utilizar o cartão, seu limite esta baixo, a quanto tempo não revejo os limites do meu cooperado, lembre-se o banco faz isso mensalmente. Após as análises, novamente num momento tranqüilo e preparado realize a ligação. Pontos importantes: ❶ Seja cortez, claro, pergunte da disponibilidade de tempo, quebre o gelo; ❷ Fale sobre a Unicred, o momento muito bom que SC ultrapassa, os grandes números; ❸ Pergunte ao cooperado sobre seus projetos futuros, se coloque a disposição para ajuda/cálculos; ➍ Aborde no máximo 3 produtos de sua análise; ❺ Convide-o para vir até a agência; ➏ Anote tudo e se despeça; Você verá que essa proatividade dará resultado em curto prazo, se não no momento faz com que o cooperado fique pensando e lisonjeado pela atenção, claro, na maioria dos casos e retornos acontecerão.

7 5.2 Atendimento Cooperado Possuímos uma rotina muito parecida no atendimento aos nosso cooperados. Quando já não conhecemos a conta décor, a primeira pergunta é: QUAL A SUA CONTA POR FAVOR, e esse é o intervalo de tempo que conseguimos olhar o SAU e o SIMULADOR. Observada sua margem de contribuição é fácil termos idéia do cooperado que sentou em nossa frente: Pouca Movimentação / Margem de Contribuição Baixa COOPERADO INATIVO - há necessidade de resgate do mesmo Pouca Movimentação / Margem de Contribuição Alta EXCELENTE COOPERADO - nos abre possibilidade de novas operações em outros produtos Muita Movimentação / Margem de Contribuição Baixa USADOR DA COOPERATIVA - para continuar nesse modelo, precisamos exigir reciprocidade; Muita Movimentação / Margem de Contribuição Alta FIDELIZADO - Cooperativista, entende o modelo, são nosso melhores cooperados, não podemos perdê-lo; Identificado o cooperado no decorrer da conversa vá agregando as possibilidades de novos negócios: Aplicação = PoupeMais Empréstimo = Seguro Empréstimo = Capitalização Espontânea Nascimento de um novo Filho = Precaver + Seguro Viagem Exterior = Seguro de Vida Previdência privada = Aplicações em outros bancos Cartão de Crédito = Limite Cheque Especial E assim por diante. Lembre-se o maior aprendizado é o treinamento a experiência. Não perca a oportunidade. 6. Meta Fidelização Planejamento Estratégico Quase finalizando, lembramos a todos que dentro de nosso Planejamento Estratégico Unicred SC, possuímos uma meta que objetiva a fidelização dos cooperados. Para cumprimento dessa meta, as singulares devem ter em dez % dos cooperados com cinco ou mais produtos. Esse percentual hoje estadual encontra-se na faixa de 35%. O que ocorre é que muitos já possuem 4 produtos, ou seja, com a adesão de mais um produto já passa a ajudar o cumprimento da meta. Contamos hoje com 16 produtos de Pessoa Física e 13 de Pessoa Jurídica para ajudá-lo no cumprimento dos objetivos e evolução de porte de sua agência.

8 O relatório pode ser emitido pela cooperativa tanto para checagem do percentual, quanto para apresentação dos produtos que cada cooperado possui no inicio de cada mês, após o dia 10. Peça a seu gerente de negócios. 7. Conclusão A Unicred Central SC preparou esse material para um melhor entendimento da ferramenta. Familiarizada, sua utilização ficará muito mais fácil e interativa. O negócio é construído através de informações e um bom atendimento, onde daqui pra frente conseguimos ter as duas. Lembre-se o trabalho pró-ativo é muito mais importante que o reativo, e dará resultado para aqueles que iniciarem. Bom negócios a todos, Unicred Central SC

Sistema Simulador de Negócios

Sistema Simulador de Negócios Sistema Simulador de Negócios Manual do Usuário Versão 1.4.1 INFORMAÇÕES Setor: Tipo de Documento: CTT Centro de Treinamento Tecnocred Manual de Sistema Última Revisão: 21/09/2012 Versão do Template: 1.0

Leia mais

Guia do uso consciente do crédito. O crédito está aí para melhorar sua vida, é só se planejar que ele não vai faltar.

Guia do uso consciente do crédito. O crédito está aí para melhorar sua vida, é só se planejar que ele não vai faltar. Guia do uso consciente do crédito O crédito está aí para melhorar sua vida, é só se planejar que ele não vai faltar. Afinal, o que é crédito? O crédito é o meio que permite a compra de mercadorias, serviços

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DA ADMINISTRAÇÃO E DA PREVIDÊNCIA DEPARTAMENTO DE RECURSOS HUMANOS DIVISÃO DE CADASTRO DE RECURSOS HUMANOS

SECRETARIA DE ESTADO DA ADMINISTRAÇÃO E DA PREVIDÊNCIA DEPARTAMENTO DE RECURSOS HUMANOS DIVISÃO DE CADASTRO DE RECURSOS HUMANOS SECRETARIA DE ESTADO DA ADMINISTRAÇÃO E DA PREVIDÊNCIA DEPARTAMENTO DE RECURSOS HUMANOS DIVISÃO DE CADASTRO DE RECURSOS HUMANOS Março/2008 Sumário Sistema Automatizado de Consignação...3 PRconsig...3 Orientações

Leia mais

SISTEMA DE CONTROLE FINANCEIRO. Curitiba PR www.softwar.com.br suporte@softwar.com.br

SISTEMA DE CONTROLE FINANCEIRO. Curitiba PR www.softwar.com.br suporte@softwar.com.br SISTEMA DE CONTROLE FINANCEIRO Curitiba PR www.softwar.com.br suporte@softwar.com.br Esta é a primeira tela, aonde o usuário irá colocar o código de acesso para utilizar o software. Se for a primeira vez

Leia mais

Fique tranqüilo e. pague menos. Dicas para você saber como usar sua conta corrente e economizar no dia-a-dia.

Fique tranqüilo e. pague menos. Dicas para você saber como usar sua conta corrente e economizar no dia-a-dia. Fique tranqüilo e pague menos Dicas para você saber como usar sua conta corrente e economizar no dia-a-dia. Controle seu orçamento Evite gastar mais do que você possui na conta corrente, incluindo seu

Leia mais

Guia do uso consciente do crédito. Dicas e informações para você usar o crédito sem perder o sono.

Guia do uso consciente do crédito. Dicas e informações para você usar o crédito sem perder o sono. Guia do uso consciente do crédito Dicas e informações para você usar o crédito sem perder o sono. Afinal, o que é crédito? O crédito é o meio que permite a compra de mercadorias, serviços ou obtenção e

Leia mais

Como funciona o site treinamento técnico ON-LINE?

Como funciona o site treinamento técnico ON-LINE? Manual do Usuário INSTRUÇÕES PARA UTILIZAÇÃO DO TREINAMENTO ON LINE A ATIC Tecnologia do Brasil Ltda. com o objetivo de atender aos seus diversos clientes, oferece treinamentos EAD - Educação a Distância

Leia mais

Está apto a utilizar o sistema, o usuário que tenha conhecimentos básicos de informática e navegação na internet.

Está apto a utilizar o sistema, o usuário que tenha conhecimentos básicos de informática e navegação na internet. 1. Descrição Geral Este manual descreve as operações disponíveis no módulo VTWEB Client, cuja finalidade é gerenciar cadastros de funcionários, realização de pedidos e controle financeiro dos pedidos.

Leia mais

MANUAL VTWEB CLIENT URBANO

MANUAL VTWEB CLIENT URBANO MANUAL VTWEB CLIENT URBANO A marca do melhor atendimento. Conteúdo... 2 1. Descrição... 3 2. Cadastro no sistema... 3 2.1. Pessoa Jurídica... 3 2.2. Pessoa Física... 5 2.3. Concluir o cadastro... 6 3.

Leia mais

Conhecendo os Processos de Cobrança

Conhecendo os Processos de Cobrança Conhecendo os Processos de Cobrança 03 Processos de Cobrança Entenda a Fatura Ferramentas de Suporte Consulta de Extratos 05 09 11 16 Consumo Consciente 02 Processos de Cobrança conheça os processos de

Leia mais

Perguntas e Respostas NOVO SITE PEDIDOSONLINE HERBALIFE NO MYHERBALIFE.COM.BR BRASIL, 2013.

Perguntas e Respostas NOVO SITE PEDIDOSONLINE HERBALIFE NO MYHERBALIFE.COM.BR BRASIL, 2013. Geral Como posso pedir produtos em outros países? Como eu coloco Pedidos através do myherbalife.com.br? Como eu pago a Taxa de Processamento Anual? Esse mês tem fechamento duplo. Eu terei a possibilidade

Leia mais

MANUAL DO PRESTADOR FATURAMENTO WEB

MANUAL DO PRESTADOR FATURAMENTO WEB MANUAL DO PRESTADOR FATURAMENTO WEB 0 Sumário Introdução... 2 Funcionalidades... 2 Requisitos Necessários... 2 Faturamento Web... 3 Faturamento Simplificado... 4 Faturamento Detalhado... 9 Faturamento

Leia mais

MANUAL DO GERENCIADOR ESCOLAR WEB

MANUAL DO GERENCIADOR ESCOLAR WEB CNS LEARNING MANUAL DO GERENCIADOR ESCOLAR WEB Versão Online 13 Índice ÍNDICE... 1 VISÃO GERAL... 2 CONCEITO E APRESENTAÇÃO VISUAL... 2 PRINCIPAIS MÓDULOS... 3 ESTRUTURAÇÃO... 3 CURSOS... 4 TURMAS... 4

Leia mais

Manual de Navegação Básica. Siga Relacionamento Sou Abrasel - Site

Manual de Navegação Básica. Siga Relacionamento Sou Abrasel - Site Manual de Navegação Básica Siga Relacionamento Sou Abrasel - Site 1 Conteúdo Iniciando a implantação:... 3 para o treinamento no encontro de executivos... 3 Siga Relacionamento... 4 O que é Unidade de

Leia mais

Apresentação... 11. Cadastro... 11.1 Dados cadastrais... 11.2 Notificações... 11.3 Logotipo... 11.4 Venda por estado...

Apresentação... 11. Cadastro... 11.1 Dados cadastrais... 11.2 Notificações... 11.3 Logotipo... 11.4 Venda por estado... Apresentação... 1. Painel de Controle... 2 1.1 Pedidos Pendentes... 3 1.2 Últimos 10 pedidos fechados... 3 1.3 Situação dos pedidos por status... 4 1.4 Total de vendas... 4 2. Financeiro... 2.1 Valores

Leia mais

Dell Premier. Guia de Compras e Pedidos. Fazendo Login na sua Página Premier. Três formas de comprar

Dell Premier. Guia de Compras e Pedidos. Fazendo Login na sua Página Premier. Três formas de comprar Dell Premier Guia de Compras e Pedidos A Dell Premier é o seu próprio site de suporte e compras seguro e personalizado, que permite um processo de compra fácil, eficiente e econômico. Examine este Guia

Leia mais

Está apto a utilizar o sistema, o usuário que tenha conhecimentos básicos de informática e navegação na internet.

Está apto a utilizar o sistema, o usuário que tenha conhecimentos básicos de informática e navegação na internet. Conteúdo 1. Descrição geral 2 2. Resumo das funcionalidades 3 3. Efetuar cadastro no sistema 4 4. Acessar o sistema 6 5. Funcionalidades do menu 7 5.1 Dados cadastrais 7 5.2 Grupos de usuários 7 5.3 Funcionários

Leia mais

CARTILHA DO PRODUTO. Débito Direto Autorizado. www.unicredcentralsc.com.br. Versão. 01-07/2012

CARTILHA DO PRODUTO. Débito Direto Autorizado. www.unicredcentralsc.com.br. Versão. 01-07/2012 CARTILHA DO PRODUTO Débito Direto Autorizado Versão. 01-07/2012 www.unicredcentralsc.com.br ÍNDICE APRESENTAÇÃO Apresentação...02 Como funciona o DDA...03 DDA Unicred...04 DDA Módulos Internet Banking...06

Leia mais

Cartilha de Poupança

Cartilha de Poupança Cartilha depoupança Poupança O que é?... 2 Segurança... 2 Modalidades de poupança do BB... 3 Reajuste Monetário... 4 Juros... 4 Imposto de renda... 4 Valor mínimo... 5 Abertura... 5 Aniversário da poupança...

Leia mais

OPERADORA ON-LINE Manual de funcionamento do sistema para agente de viagens

OPERADORA ON-LINE Manual de funcionamento do sistema para agente de viagens OPERADORA ON-LINE Manual de funcionamento do sistema para agente de viagens v.1.0 RUA DR. LIRÁUCIO GOMES, 55 CAMBUÍ CAMPINAS SP Índice Como entrar no sistema...3 Tela inicial do sistema...3 Iniciando um

Leia mais

E&L Controle de Frotas. Perguntas Frequentes

E&L Controle de Frotas. Perguntas Frequentes E&L Controle de Frotas Perguntas Frequentes 1. Quando ocorre a integração com o patrimônio e no cadastro de veículos na aba patrimônio o veículo não aparece, qual o procedimento a ser feito para que o

Leia mais

Frontur Consolidação Portal / Manual versão 2.0

Frontur Consolidação Portal / Manual versão 2.0 Frontur Consolidação Portal / Manual versão 2.0 Manual Avançado Portal Agências Sumário 1 Portal Frontur Consolidação... 3 2 Reconhecendo o Portal... 03/04/2014 3 3 Navegando e utilizando o Portal... 5

Leia mais

ANOREG/BR ASSOCIAÇÃO DOS NOTÁRIOS E REGISTRADORES DO BRASIL

ANOREG/BR ASSOCIAÇÃO DOS NOTÁRIOS E REGISTRADORES DO BRASIL ANOREG/BR ASSOCIAÇÃO DOS NOTÁRIOS E REGISTRADORES DO BRASIL São Paulo, 16 de dezembro de 2010. A Associação dos Notários e Registradores do Brasil ANOREG BR At.: Sr. Rogério Portugal Bacellar Prezado Senhor,

Leia mais

O cooperativismo de crédito e você

O cooperativismo de crédito e você O cooperativismo de crédito e você A Cooperativa de Crédito é uma instituição financeira sem fins lucrativos de propriedade dos associados, controlada de forma democrática por seus membros, e tem o propósito

Leia mais

MANUAL TISS Versão 3.02.00

MANUAL TISS Versão 3.02.00 MANUAL TISS Versão 3.02.00 1 INTRODUÇÃO Esse manual tem como objetivo oferecer todas as informações na nova ferramenta SAP que será utilizada pelo prestador Mediplan, a mesma será responsável para atender

Leia mais

I.H.C. Inventário de Habilidades e Competências Manual de Utilização do Contratante

I.H.C. Inventário de Habilidades e Competências Manual de Utilização do Contratante I.H.C. Inventário de Habilidades e Competências Manual de Utilização do Contratante Olá, Seja bem-vindo ao Instituto Lexec. Este manual foi criado por nossa equipe para orientar nossos clientes no acesso

Leia mais

Cooperativismo - Forma ideal de organização

Cooperativismo - Forma ideal de organização Cooperativismo - Forma ideal de organização Cooperativismo é modelo socioeconômico capaz de unir desenvolvimento econômico e bem-estar social. Seus referenciais fundamentais são: participação democrática,

Leia mais

Elaborar Plano de Aplicação de Recursos Detalhado - PARD

Elaborar Plano de Aplicação de Recursos Detalhado - PARD Elaborar Plano de Aplicação de Recursos Detalhado - PARD Este manual explica como elaborar o PARD das unidades orçamentárias. Público Alvo Responsáveis pela elaboração do Plano de Aplicação de Recursos

Leia mais

http://www.portalinovacao.mct.gov.br/sapi/

http://www.portalinovacao.mct.gov.br/sapi/ http://www.portalinovacao.mct.gov.br/sapi/ 1. Para registrar-se, na página principal do Portal SAPI clique no banner Registre-se, posicionado logo abaixo dos dados de login. O Sistema pergunta se a instituição

Leia mais

Guia Prático para você. O Besc é Banco do Brasil. Veja a diferença que isso faz no seu dia-a-dia.

Guia Prático para você. O Besc é Banco do Brasil. Veja a diferença que isso faz no seu dia-a-dia. Guia Prático para você. O Besc é Banco do Brasil. Veja a diferença que isso faz no seu dia-a-dia. guia_pf.indd 1 3/24/09 10:53:08 AM Índice Introdução...02 Relacionamento com o Banco do Brasil...03 Conta

Leia mais

Proposta de Franquia SMS Marketing. A Empresa

Proposta de Franquia SMS Marketing. A Empresa Proposta de Franquia SMS Marketing A Empresa A DeOlhoNaWeb Soluções Digitais é uma empresa de internet em forte crescimento, que foi fundada em 2012 com objetivo de oferecer soluções inovadoras por um

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO

MANUAL DE UTILIZAÇÃO MANUAL DE UTILIZAÇÃO Módulo de operação Ativo Bem vindo à Vorage CRM! Nas próximas paginas apresentaremos o funcionamento da plataforma e ensinaremos como iniciar uma operação básica através do nosso sistema,

Leia mais

Resumo das funcionalidades

Resumo das funcionalidades Resumo das funcionalidades Menu MENU Dados Cadastrais Atualizar Cadastro Troca Senha Grupo Usuários Incluir Atualizar Funcionários Incluir Atualizar Atualizar Uso Diário Importar Instruções Processar Status

Leia mais

O Tesouro Direto é um programa de venda de títulos públicos a pessoas físicas desenvolvido pelo Tesouro Nacional, em parceria com a BM&FBOVESPA.

O Tesouro Direto é um programa de venda de títulos públicos a pessoas físicas desenvolvido pelo Tesouro Nacional, em parceria com a BM&FBOVESPA. 1 Índice 1. Introdução... 3 2. Acesso ao Tesouro Direto... 4 3. Compra de títulos... 5 4. Venda de títulos... 12 5. Consultas... 19 5.1 Extrato... 19 5.2 Cestas de compra... 20 5.3 Cestas de venda... 21

Leia mais

FINANCEIRO Manual OPERACIONAL

FINANCEIRO Manual OPERACIONAL SISTEMA DE GESTÃO HDIAS HAMILTON DIAS (31) 8829.9195 8540.8872 www.hdias.com.br hamilton-dias@ig.com.br FINANCEIRO Manual OPERACIONAL Pagina 2 de 14 ÍNDICE Receitas e Despesas... 3 Como Acessar... 3 Como

Leia mais

Banco do Brasil - Cartilha de CDB CDB

Banco do Brasil - Cartilha de CDB CDB CDB O que é?... 2 Pré ou pós-fixado... 2 CDI... 3 Indicação... 3 Taxa de administração... 3 Segurança... 3 Modalidades de CDB... 4 Valor mínimo... 5 Rentabilidade... 4 Prazos... 5 Vencimento... 6 Final

Leia mais

Sistema de Controle de Cheques GOLD

Sistema de Controle de Cheques GOLD Sistema de Controle de Cheques GOLD Cheques GOLD é um sistema para controlar cheques de clientes, terceiros ou emitidos. Não há limitações quanto as funcionalidades do programa, porém pode ser testado

Leia mais

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA Compartilhamento de Arquivos no Google Drive Sumário (Clique sobre a opção desejada para ir direto à página correspondente) Utilização do Google Grupos Introdução...

Leia mais

PREFEITURA MUNCIPAL DE CONTAGEM MANUAL DO USUÁRIO. versão 1.0 SISTEMA IPTU ONLINE

PREFEITURA MUNCIPAL DE CONTAGEM MANUAL DO USUÁRIO. versão 1.0 SISTEMA IPTU ONLINE MANUAL DO USUÁRIO versão 1.0 SISTEMA IPTU ONLINE Caro contribuinte, você acaba de acessar a página na internet da Prefeitura Municipal de Contagem que disponibiliza a prestação de serviços eletrônicos.

Leia mais

ACESSAR: www.bmgconsig.com.br. Digite seu Usuário e Senha Digite os algarismos Clique em OK

ACESSAR: www.bmgconsig.com.br. Digite seu Usuário e Senha Digite os algarismos Clique em OK ROTEIRO OPERACIONAL ACESSAR: www.bmgconsig.com.br Digite seu Usuário e Senha Digite os algarismos Clique em OK ACESSO A DIGITAÇAO Clique em Proposta no Menu Selecione Nova IDENTIFICAR A OPERAÇÃO Entidade:

Leia mais

Guia Site Empresarial

Guia Site Empresarial Guia Site Empresarial Índice 1 - Fazer Fatura... 2 1.1 - Fazer uma nova fatura por valores de crédito... 2 1.2 - Fazer fatura alterando limites dos cartões... 6 1.3 - Fazer fatura repetindo última solicitação

Leia mais

BANRIDICAS FINANCEIRAS. A sua cartilha sobre Educação Financeira

BANRIDICAS FINANCEIRAS. A sua cartilha sobre Educação Financeira BANRIDICAS FINANCEIRAS A sua cartilha sobre Educação Financeira Planejando seu orçamento Traçar planos e colocar tudo na ponta do lápis - não é tarefa fácil, mas também não é impossível. O planejamento

Leia mais

www. inf.br Outubro/2008 5www.habisp.inf.br TREINAMENTO HABISP VERBA DE ATENDIMENTO

www. inf.br Outubro/2008 5www.habisp.inf.br TREINAMENTO HABISP VERBA DE ATENDIMENTO 5 www. HABISP. inf.br Outubro/2008 TREINAMENTO HABISP MÓDULO VERBA DE ATENDIMENTO 1 INTRODUÇÃO Este documento, tem por finalidade, permitir aos usuários a utilização das ferramentas do HABISP que possibilitam

Leia mais

Tutorial Simplificado E-contábil Módulo Escritório: Após logon com dados do escritório é apresentada a seguinte tela, referindo-se às boas vindas:

Tutorial Simplificado E-contábil Módulo Escritório: Após logon com dados do escritório é apresentada a seguinte tela, referindo-se às boas vindas: Tutorial Simplificado E-contábil Módulo Escritório: Após logon com dados do escritório é apresentada a seguinte tela, referindo-se às boas vindas: Note nesta tela o menu acima, os itens de comunicação

Leia mais

CONFIGURAÇÃO DE WORKFLOW

CONFIGURAÇÃO DE WORKFLOW Manual de Procedimentos - SISPREV WEB CONFIGURAÇÃO DE WORKFLOW Revisado em: 25/05/2010 1/15 O treinamento com o Manual de Procedimentos É com muita satisfação que a Agenda Assessoria prepara este manual

Leia mais

Prestação de contas de viagem

Prestação de contas de viagem - Digitar TRIP no campo Campo de comandos e pressionar a tecla Enter, será exibida a tela principal do gerenciador de viagens. 2 2 - Para iniciar a prestação de contas referente à viagem em aberto, clicar

Leia mais

Como comprar na Barrocarte. www.barrocarte.com

Como comprar na Barrocarte. www.barrocarte.com Como comprar na Barrocarte www.barrocarte.com Ultima atualização em 9 de Janeiro de 2011 1 Comprando Navegue pela loja e escolha os produtos que você deseja comprar. Selecione o acabamento desejado e clique

Leia mais

INVESTIMENTOS CONSERVADORES

INVESTIMENTOS CONSERVADORES OS 4 INVESTIMENTOS CONSERVADORES QUE RENDEM MAIS QUE A POUPANÇA 2 Edição Olá, Investidor. Esse projeto foi criado por Bruno Lacerda e Rafael Cabral para te ajudar a alcançar mais rapidamente seus objetivos

Leia mais

Configurando um Grupo Doméstico e Compartilhando arquivos no Windows 7

Configurando um Grupo Doméstico e Compartilhando arquivos no Windows 7 Configurando um Grupo Doméstico e Compartilhando arquivos no Windows 7 Para criar um grupo doméstico e compartilhar arquivos é necessário que tenhamos pelo menos dois computadores ligados entre si (em

Leia mais

1. O que é a integração de processos

1. O que é a integração de processos 1. O que é a integração de processos É a integração de rotinas do Cordilheira Software Contábil com o Cordilheira Gestão Web. Neste momento, está sendo liberada a digitação do movimento da folha de pagamento

Leia mais

PORTAL DO ALUNO MANUAL PARA ESCOLAS CNA

PORTAL DO ALUNO MANUAL PARA ESCOLAS CNA SUMÁRIO 1. Sobre o Portal do Aluno... 3 2. Acessar o Portal do Aluno... 3 2.1. Acessar o Portal... 3 2.2. Esqueceu a senha... 5 3. Módulo do Coordenador/Professor... 5 3.1. Acessar o Módulo do Coordenador/Professor...

Leia mais

Di gitação de Eventos Versão 2.0 - Fevereiro/2015

Di gitação de Eventos Versão 2.0 - Fevereiro/2015 Digitação de Eventos Versão 2.0 - Fevereiro/2015 Índice 1 PLATAFORMA SAGE... 3 1.1 Primeiro Acesso... 4 1.2 Conhecendo a Plataforma... 5 1.3 Seleção da Empresa de Trabalho... 5 1.4 Sair do Sistema... 6

Leia mais

Cliente Nossa Caixa, o Banco do Brasil tem orgulho de receber você.

Cliente Nossa Caixa, o Banco do Brasil tem orgulho de receber você. Cliente Nossa Caixa, o Banco do Brasil tem orgulho de receber você. Conheça os benefícios e novidades do seu novo banco. Banco do Brasil. É de São Paulo. É do Brasil. É Todo Seu. Índice Introdução...3

Leia mais

Seja sócio dessa ideia. Filiada a

Seja sócio dessa ideia. Filiada a Seja sócio dessa ideia. Filiada a COMPARE... E VEJA A DIFERENÇA BANCO Você é um Cliente Precisa de resultado Os lucros vão para o banqueiro ou acionistas Antes do ajudar, vem a questão do retorno Taxas

Leia mais

Mais segurança e tranquilidade para suas vendas.

Mais segurança e tranquilidade para suas vendas. Mais segurança e tranquilidade para suas vendas. A PagOK - Sistemas para Meios de Pagamentos, é uma empresa parceira da Golfran que foi criada para auxiliar você, consultora. Agora, basta ter acesso à

Leia mais

CARTILHA EDUCAÇÃO FINANCEIRA

CARTILHA EDUCAÇÃO FINANCEIRA CARTILHA EDUCAÇÃO FINANCEIRA ÍNDICE PLANEJANDO SEU ORÇAMENTO Página 2 CRÉDITO Página 12 CRÉDITO RESPONSÁVEL Página 16 A EDUCAÇÃO FINANCEIRA E SEUS FILHOS Página 18 PLANEJANDO SEU ORÇAMENTO O planejamento

Leia mais

Aprenda a fazer uma pequena quantia de sua renda crescer

Aprenda a fazer uma pequena quantia de sua renda crescer Veículo: Diário do Comércio Data: 24/10/15 Aprenda a fazer uma pequena quantia de sua renda crescer Para obter um retorno próximo (ou superior) aos 14,25% da Selic, o investidor deve descobrir o prazo

Leia mais

Sicoobnet Empresarial. Manual do Usuário. Versão 1.3

Sicoobnet Empresarial. Manual do Usuário. Versão 1.3 Sicoobnet Empresarial Manual do Versão. Manual do Data: /07/00 Histórico Data Versão Descrição Autor 04/0/008.0 Criação do Manual Ileana Karla 0//008. Revisão Luiz Filipe Barbosa /07/00. Atualização Márcia

Leia mais

Cadastro na Intranet UNIFESP

Cadastro na Intranet UNIFESP Cadastro na Intranet UNIFESP O que é a Intranet? Intranet é uma forma de disponibilizar informações dentro de uma rede institucional utilizando as tecnologias da Internet. Qual a diferença entre a página

Leia mais

Manual Prático do Usuário

Manual Prático do Usuário Página 12 Saiba mais Em quanto tempo seu cliente recebe o produto Como é emitida a Nota fiscal e recolhido os impostos Pergunte ao Suporte Todos os pedidos serão enviados em até 24 horas úteis, após a

Leia mais

Como Fazer o seu Pedido

Como Fazer o seu Pedido 1 Como Fazer o seu Pedido Agora que você já está cadastrado e sabe como acessar o seu escritório virtual, é muito importante que saiba como enviar seus pedidos. No tutorial Como Fazer o seu Cadastro você

Leia mais

Manual ControlWeb 3 Guia do Usuário. Control Loc

Manual ControlWeb 3 Guia do Usuário. Control Loc Manual ControlWeb 3 Guia do Usuário http://controlweb.controlloc.com.br Control Loc 2007 Data: 19/06/2007 O QUE É O ControlWeb é uma aplicação de rastreamento e comunicação veicular que utiliza os mais

Leia mais

Mais segurança e tranquilidade para suas vendas.

Mais segurança e tranquilidade para suas vendas. Mais segurança e tranquilidade para suas vendas. A PagOK - Sistemas para Meios de Pagamentos, é uma empresa parceira da Golfran que foi criada para auxiliar você, consultora. Agora, basta ter acesso à

Leia mais

1 Sumário... 2. 2 O Easy Chat... 3. 3 Conceitos... 3. 3.1 Perfil... 3. 3.2 Categoria... 3. 4 Instalação... 5. 5 O Aplicativo... 7 5.1 HTML...

1 Sumário... 2. 2 O Easy Chat... 3. 3 Conceitos... 3. 3.1 Perfil... 3. 3.2 Categoria... 3. 4 Instalação... 5. 5 O Aplicativo... 7 5.1 HTML... 1 Sumário 1 Sumário... 2 2 O Easy Chat... 3 3 Conceitos... 3 3.1 Perfil... 3 3.2 Categoria... 3 3.3 Ícone Específico... 4 3.4 Janela Específica... 4 3.5 Ícone Geral... 4 3.6 Janela Geral... 4 4 Instalação...

Leia mais

MÓDULO 5 Movimentações

MÓDULO 5 Movimentações MÓDULO 5 Movimentações Bem-vindo(a) ao quinto módulo do curso. Agora que você já conhece as entradas no HÓRUS, aprenderá como são feitas as movimentações. As movimentações do HÓRUS são: Requisição ao Almoxarifado:

Leia mais

Manual de Utilização das Funções Básicas do Sistema ClinicWeb

Manual de Utilização das Funções Básicas do Sistema ClinicWeb Manual de Utilização das Funções Básicas do Sistema ClinicWeb Dezembro/2012 2 Manual de Utilização das Funções Básicas do Sistema ClinicWeb Sumário de Informações do Documento Título do Documento: Resumo:

Leia mais

Manual do Anunciante

Manual do Anunciante Manual do Anunciante 1 - Compra de Pacotes Bit Turs Abaixo será listado passo a passo o processo de como será executada a compra de moedas Bit Turs para que você possa anunciar seus produtos em nosso portal.

Leia mais

Manual do sistema SMARsa Web

Manual do sistema SMARsa Web Manual do sistema SMARsa Web Módulo Gestão de atividades RS/OS Requisição de serviço/ordem de serviço 1 Sumário INTRODUÇÃO...3 OBJETIVO...3 Bem-vindo ao sistema SMARsa WEB: Módulo gestão de atividades...4

Leia mais

Núcleo de Empregabilidade e Empreendedorismo MANUAL DA EMPRESA UNIVERSIDADE SÃO FRANCISCO

Núcleo de Empregabilidade e Empreendedorismo MANUAL DA EMPRESA UNIVERSIDADE SÃO FRANCISCO Núcleo de Empregabilidade e Empreendedorismo MANUAL DA EMPRESA UNIVERSIDADE SÃO FRANCISCO SUMÁRIO Apresentação...... Considerações Iniciais.... Portal de Empregabilidade.... Requisitos Mínimos... Acesso...

Leia mais

Tutorial Folha Express. Como otimizar a confecção da folha de pagamento.

Tutorial Folha Express. Como otimizar a confecção da folha de pagamento. Tutorial Folha Express Como otimizar a confecção da folha de pagamento. Índice Apresentação Pág. 2 Passo 1 Pág. 3 Disponibilização da Folha de Pagamento Passo 2 Pág. 5 Exportação de clientes e Folha de

Leia mais

Manual do Usuário WEB Versão 1.0

Manual do Usuário WEB Versão 1.0 Manual do Usuário WEB Versão 1.0 GSI / SRA Novembro de 2007 Sistema de Rede de Apoio Manual do Usuário Web 1. OBJETIVOS... 3 2. ACESSANDO O SISTEMA... 3 3. OPÇÕES DISPONÍVEIS PARA CATEGORIA PESSOA FÍSICA...

Leia mais

Educação Financeira. Crédito Consignado. Módulo 5: Serviços Bancários

Educação Financeira. Crédito Consignado. Módulo 5: Serviços Bancários Educação Financeira Crédito Consignado Módulo 5: Serviços Bancários Objetivo Conscientizar nossos clientes sobre os serviços bancários e as funções de cada funcionário O conteúdo deste material é baseado

Leia mais

TUTORIAL COM OS PROCEDIMENTOS DE

TUTORIAL COM OS PROCEDIMENTOS DE TUTORIAL COM OS PROCEDIMENTOS DE GERAÇÃO DE BOLETOS CAIXA ECONÔMICA FEDERAL NO FINANCE Finance V10 New 2 Índice Como gerar Boleto Bancário pela Caixa Econômica... 3 Como efetuar a Conciliação por Extrato

Leia mais

Manual Easy Chat Data de atualização: 20/12/2010 16:09 Versão atualizada do manual disponível na área de download do software.

Manual Easy Chat Data de atualização: 20/12/2010 16:09 Versão atualizada do manual disponível na área de download do software. 1 - Sumário 1 - Sumário... 2 2 O Easy Chat... 3 3 Conceitos... 3 3.1 Perfil... 3 3.2 Categoria... 4 3.3 Ícone Específico... 4 3.4 Janela Específica... 4 3.5 Ícone Geral... 4 3.6 Janela Geral... 4 4 Instalação...

Leia mais

MANUAL FATURAMENTO SERVIÇOS MÉDICOS/CONTAS MÉDICAS

MANUAL FATURAMENTO SERVIÇOS MÉDICOS/CONTAS MÉDICAS MANUAL FATURAMENTO SERVIÇOS MÉDICOS/CONTAS MÉDICAS ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO...3 2. INFORMAÇÕES REGULAMENTARES:...3 3. ACESSO AO SISTEMA...3 4. INCLUSÃO DE USUÁRIOS...4 5. FATURAMENTO ELETRÔNICO...5 6. GUIA

Leia mais

Manual do Google agenda. criação e compartilhamento de agendas

Manual do Google agenda. criação e compartilhamento de agendas Manual do Google agenda criação e compartilhamento de agendas 1 O que é o Google Agenda? Google Agenda é um serviço de agenda on line gratuito do Google, onde você pode anotar compromissos e tarefas, organizando

Leia mais

Tutorial do administrador do HelpCenterLive (Sistema de Ajuda)

Tutorial do administrador do HelpCenterLive (Sistema de Ajuda) Tutorial do administrador do HelpCenterLive (Sistema de Ajuda) Sumário Introdução...3 Entrar (Login)...3 Página Inicial (Home Page)...4 Ajuda...5 Conversação (Chat)...6 Mensagens Registradas...7 Registros...8

Leia mais

Passos para teste de boletos pré-produção

Passos para teste de boletos pré-produção Passos para teste de boletos pré-produção Os passos citados abaixo apenas poderão ser efetuados após a homologação dos boletos junto ao banco. Este processo é realizado pela MTI e liberado à empresa que

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO SISTEMA SERVELOJA

MANUAL DO USUÁRIO SISTEMA SERVELOJA MANUAL DO USUÁRIO SISTEMA SERVELOJA A Serveloja soluções empresariais é uma empresa de tecnologia, especialista em consultoria, serviços financeiros e softwares. Disponibilizamos diversas soluções de cobranças

Leia mais

Meio de pagamento do Itaú na Internet Itaú Shopline, o jeito seguro de pagar pela internet!

Meio de pagamento do Itaú na Internet Itaú Shopline, o jeito seguro de pagar pela internet! Meio de pagamento do Itaú na Internet Pagamento à vista por transferência, Crediário Automático Itaú, Bloqueto Bancário. Itaú Shopline O Itaú está disponibilizando para o site de sua empresa, que vende

Leia mais

MANUAL DO SISTEMA. Versão 6.12

MANUAL DO SISTEMA. Versão 6.12 MANUAL DO SISTEMA Versão 6.12 Pagueban...2 Bancos...2 Configurando Contas...5 Aba Conta Banco...5 Fornecedores Referências Bancárias...7 Duplicatas a Pagar...9 Aba Geral...10 Aba PagueBan...11 Rastreamento

Leia mais

BB Crediário Internet. Cartilha para sua Loja Virtual

BB Crediário Internet. Cartilha para sua Loja Virtual BB Crediário Internet Cartilha para sua Loja Virtual Junho 2007 Índice 1. Para sua Loja Virtual 1.1 O que é o BB Crediário Internet na Loja Virtual?...01 1.2 O que se pode comprar com o BB Crediário Internet?...01

Leia mais

Sistema Integrado de Planejamento Orçamento e Finanças

Sistema Integrado de Planejamento Orçamento e Finanças Sistema Integrado de Planejamento Orçamento e Índice SIMEC Página 02 de10 Guia Rápido Solicitando Cadastro...4 Alterando a Chave de Acesso...6 Navegação...7 Índice de Figuras Fig. 1 Tela Inicial...4 Fig.

Leia mais

SIGA Sistema de Gestão de Almoxarifado

SIGA Sistema de Gestão de Almoxarifado SIGA Sistema de Gestão de Almoxarifado Como acessar O acesso ao Sistema se faz através da página da SEPLAG Clicando no Link destacado Clicar no Link destacado e será exibida a tela de login do Guardião.

Leia mais

O GEM é um software 100% Web, ou seja, você poderá acessar de qualquer local através da Internet.

O GEM é um software 100% Web, ou seja, você poderá acessar de qualquer local através da Internet. Olá! Você está recebendo as informações iniciais para utilizar o GEM (Software para Gestão Educacional) para gerenciar suas unidades escolares. O GEM é um software 100% Web, ou seja, você poderá acessar

Leia mais

Sistel. É bom para você, é bom para a Sistel! Novas regras para a concessão do seu empréstimo. Novo. Novo. Sistel

Sistel. É bom para você, é bom para a Sistel! Novas regras para a concessão do seu empréstimo. Novo. Novo. Sistel Novo Novo SETEMBRO 2009 Novas regras para a concessão do seu empréstimo É bom para você, é bom para a! A lança em 1 o /10/2009 novas regras para concessão do seu empréstimo. O empréstimo é uma modalidade

Leia mais

SIGA. MANUAL DO SIGA 2013 versão 01/13. Sistema de Gerenciamento do Programa Integração AABB Comunidade

SIGA. MANUAL DO SIGA 2013 versão 01/13. Sistema de Gerenciamento do Programa Integração AABB Comunidade SIGA MANUAL DO SIGA 2013 versão 01/13 Sistema de Gerenciamento do Programa Integração AABB Comunidade Esse manual traz orientações sobre a operacionalização do SIGA por todos os intervenientes. SUMÁRIO

Leia mais

MANUAL COL MÓDULO DE CADASTRO DE CLIENTES

MANUAL COL MÓDULO DE CADASTRO DE CLIENTES MANUAL COL MÓDULO DE CADASTRO DE CLIENTES Clientes No cadastro de clientes, insira as informações obtidas sobre todas as pessoas físicas ou jurídicas que compraram seguro através da corretora ou ainda

Leia mais

TUTORIAL COM OS PROCEDIMENTOS DE

TUTORIAL COM OS PROCEDIMENTOS DE TUTORIAL COM OS PROCEDIMENTOS DE GERAÇÃO DE BOLETOS BRADESCO NO FINANCE 2 Índice Como gerar Boleto Bancário pelo Bradesco... 3 Como gerar os arquivos de Remessa para o Banco pelo Finance... 14 Como enviar

Leia mais

Treinamento Módulo Contas a Pagar

Treinamento Módulo Contas a Pagar Contas a Pagar Todas as telas de cadastro também são telas de consultas futuras, portanto sempre que alterar alguma informação clique em Gravar ou pressione F2. Teclas de atalho: Tecla F2 Gravar Tecla

Leia mais

Manual Do Usuário ClinicaBR

Manual Do Usuário ClinicaBR Manual Do Usuário ClinicaBR SUMÁRIO 1 Introdução... 01 2 ClinicaBR... 01 3 Como se cadastrar... 01 4 Versão experimental... 02 5 Requisitos mínimos p/ utilização... 03 6 Perfis de acesso... 03 6.1 Usuário

Leia mais

Sicoobnet Empresarial. Manual do Usuário. Versão 1.5

Sicoobnet Empresarial. Manual do Usuário. Versão 1.5 Sicoobnet Empresarial Manual do Versão.5 Manual do Data: 04/0/0 Histórico Data Versão Descrição Autor 04/0/008.0 Criação do Manual Ileana Karla 0//008. Revisão Luiz Filipe Barbosa /07/00. Atualização Márcia

Leia mais

Em 2012, a Prosoft planejou o lançamento da Versão 5 dos seus produtos.

Em 2012, a Prosoft planejou o lançamento da Versão 5 dos seus produtos. VERSÃO 5 Outubro/2012 Release Notes Não deixe de atualizar o seu sistema Planejamos a entrega ao longo do exercício de 2012 com mais de 140 melhorias. Mais segurança, agilidade e facilidade de uso, atendendo

Leia mais

SISTEMA DE GERENCIAMENTO DE PROJETOS - REDMINE MANUAL DE USO

SISTEMA DE GERENCIAMENTO DE PROJETOS - REDMINE MANUAL DE USO SISTEMA DE GERENCIAMENTO DE PROJETOS - REDMINE MANUAL DE USO AGOSTO DE 2013 SUMÁRIO STI/UFF - Sistema de Gerenciamento de Projetos do PDI SUMÁRIO... 2 1 Introdução... 3 1.1 O que é e qual a finalidade

Leia mais

MANUAL DO SISTEMA. Versão 6.07

MANUAL DO SISTEMA. Versão 6.07 MANUAL DO SISTEMA Versão 6.07 Movimentações... 4 Movimentações de Caixa... 4 Entradas... 6 Recebimento em Dinheiro... 8 Recebimento em Cheque... 8 Troco... 15 Saídas... 17 Movimentações de Banco... 22

Leia mais

Objetivos. Página - 2

Objetivos. Página - 2 Índice Índice... 1 Objetivos... 2 Configurações... 3 Cadastro de Bancos... 3 Plano de Contas... 3 Conta Corrente... 4 Instruções Bancárias... 6 Portadores Bancários... 7 Cadastro de Clientes... 8 Boletos...

Leia mais

ÍNDICE 1 Introdução 3 2 Principais Recursos 4 3 Segurança 4 4 Roubo/Estravio do cartão MerchCard 4 5 Noções Gerais para o Uso do Sistema 5

ÍNDICE 1 Introdução 3 2 Principais Recursos 4 3 Segurança 4 4 Roubo/Estravio do cartão MerchCard 4 5 Noções Gerais para o Uso do Sistema 5 BENTO GONÇALVES Julho de 2005 ÍNDICE 1 Introdução 3 2 Principais Recursos 4 3 Segurança 4 4 Roubo/Estravio do cartão MerchCard 4 5 Noções Gerais para o Uso do Sistema 5 5.1 Para acessar o sistema 5 5.2

Leia mais

Cadastros. Versão 2.0. Manual destinado à implantadores, técnicos do suporte e usuários finais

Cadastros. Versão 2.0. Manual destinado à implantadores, técnicos do suporte e usuários finais Cadastros Versão 2.0 Manual destinado à implantadores, técnicos do suporte e usuários finais Sumário Cadastro de Grupos de Usuário... 3 Cadastro de Usuários... 4 Cadastro de Clientes... 7 Cadastro de Empresas...

Leia mais