Arquitetura e Urbanismo nas Cidades Brasileiras Contemporâneas. Embu das Artes

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Arquitetura e Urbanismo nas Cidades Brasileiras Contemporâneas. Embu das Artes"

Transcrição

1 Arquitetura e Urbanismo nas Cidades Brasileiras Contemporâneas Embu das Artes

2 A produção literária referente à arquitetura e urbanismo sempre foi caracterizada pela publicação de poucos títulos, baixa diversidade e concentração nos grandes nomes da arquitetura. Grande parte da produção estava concentrada em revistas especializadas, capitaneadas por grandes nomes da arquitetura nacional como Lina Bo Bardi e Oscar Niemayer. Em paralelo às revistas, se importavam os livros com a produção da arquitetura produzida pelos grandes nomes da arquitetura mundial. Eram livros de grande qualidade, e de preços elevados, impressos nos Estados Unidos e Europa. Ainda que existisse um conjunto importante de lançamentos de várias editoras, muitos deles se caracterizavam pela publicação em português de obras clássicas produzidas na Europa e nos Estados Unidos. A partir deste panorama, em que os livros de arquitetura produzidos no Brasil e dirigidos a um público mais amplo são escassos, a Editora Escuta lança a coleção Arquitetura e Urbanismo nas Cidades Contemporâneas Brasileiras. O quarto livro da série tem como intuito apresentar por meio de desenhos, fotos e texto o processo de qualificação, identificação e restauro da Igreja de Nossa Senhora do Rosário e Residência Anexa, na cidade de Embú das Artes. Explicitando a gênese da teoria de restauro no Brasil, apresentando as discussões e debates entre os arquitetos Luis Saia e Lúcio Costa. Este debate já interessantíssimo pelo

3 calibre dos dois arquitetos é supervisionado e dirigido pelo presidente do IPHAN na época, ninguém menos que o Dr. Rodrigo de Mello Franco. O livro mostra como a "descoberta" da igreja de Embu, totalmente descaracterizada por seguidas reformas realizadas sem nenhum cuidado e método, vai sendo entendida pelos arquitetos citados e serve exemplarmente para consolidar um pensamento de restauro de edifícios fundamentais para o patrimônio cultural e artístico do país. Foto de 1908 da fachada da igreja. A igreja antes de reforma que modificou a fachada da igreja cerca de Foto do Arquivo da 9a. SR IPHAN, SP. Foto tirada na década de 20 do século XX. Nota-se a Igreja, já bastante modificada em relação aquela documentada em Foto arquivo da 9ª. SR, IPHAN SP.

4 Trata-se de livro que contém material fundamental para todos aqueles que se interessam pelo patrimônio cultural e artístico do Brasil, pois contém todo o processo de restauro da Igreja do Embú, realizado pelos arquitetos Saia e Costa. Processo riquíssimo, documentado pelas lentes do fotógrafo Germano.

5 Este livro contribuirá de modo inestimável para o atual momento da cidade brasileira, em face de constituir um ensinamento fundamental de como abordar a questão do restauro no plano da cidade e do espaço público em consonância com o restauro do edifício. Neste instante da cidade contemporânea no qual a tese de que "demolir o existente para construir o novo" está em colisão frontal com a necessidade da construção sustentável de nossas cidades, o material reunido, organizado e comentado pela arquiteta Tamara Roman tem valor inestimável. O livro composto em quatro cores, com fotos, desenhos e texto, deverá conter 200 páginas em formato quadrado de 28 x 25 cm. O conteúdo principal do livro está baseado na dissertação de mestrado da arquiteta Tamara Roman, superintendente da Regional São Paulo do IPHAN de Setembro de 2001 a Julho de A arquiteta Tamara teve a oportunidade de organizar este material disperso, e principalmente relacionar as discussões havidas entre os arquitetos Saia e Costa, sob a supervisão do Dr. Rodrigo com a documentação cuidadosa do processo material de restauro que estava se desenvolvendo. O resultado é um material saboroso que mescla uma profunda reflexão teórica de razões e métodos adequados para o restauro de prédio tão importante, com a explicitação das técnicas objetivas de restauro, no plano de sua tectônica e de sua materialidade. Trata-se de livro essencial, que pela primeira vez explicitará material conhecido, mas nunca antes visto de modo organizado criticamente, e arranjado sempre em contraponto com as fotos dos detalhes das técnicas utilizadas.

6 A Igreja N.Sra. Do Rosário e residência anexa em Embú ( final do sec. XVII)... Formam o conjunto mais bem conservado do acervo jesuítico paulista. Restaurado há cerca de cinqüenta anos (de fato 63 anos) pelo IPHAN, sob orientação do arquiteto Luís Saia, a igreja mantém, internamente, elegante e belo conjunto de talhas e pinturas na capela mor e nos altares colaterais, assim como um púlpito de feitura rústica, mas com baixo relevo no parapeito, de extrema perfeição estética, com as insígnias da Companhia de Jesus. A residência se organiza em torno de um pátio muito singelo, mas bem proporcionado. 1 1 Telles, Augusto Carlos da Silva. As aldeias Missionarias Jesuíticas e Igreja de Nossa Sra. Da Assunção de Anchieta. In Anchieta a restauração de um santuário. Org. Carol de Abreu, RJ IPHAN, 1998.

7 Luis Saia Luis Saia nasceu na cidade de São Carlos-SP, em 16 de outubro de Iniciou seus estudos naquela cidade, transferindo-se sucessivamente para Campinas e São Paulo, onde se graduou em engenharia e arquitetura pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo. Em 1936 participou do curso de Etnografia e Folclore do Departamento de Cultura da prefeitura paulistana, ministrado por Dina Dreyfus, quando passou a ser colaborador do Departamento de Cultura e do então Serviço do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, onde substituiu Mario de Andrade na Chefia do 4º Distrito, cargo que exerceu por 40 anos. Em 1938 chefiou a Missão de Pesquisas Folclóricas do Departamento de Cultura, que percorreu os estados do norte e nordeste do Brasil, registrando o folclore musical dessas regiões e recolhendo, através de gravações, fotografias, filmes, desenhos e notações musicais, informações complementares às gravações realizadas. Além deste trabalho, Luis Saia ainda realizou pesquisas e estudos etnográficos, particularmente sobre o samba rural paulista, nas cidades dos arredores de São Paulo.

8 Na Regional do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, foi diretamente responsável pela restauração de mais de 30 edificações, entre as quais as casas do Bandeirante e do Caxingui, e pela proposição de tombamento de diversos monumentos e coleções de obras de arte, distribuídas pelos estados do sul do Brasil. Promoveu ainda duas grandes pesquisas sobre coleções de obras de arte e sobre a arquitetura do café. Foi coordenador de diversos cursos, entre os quais o de Especialização em Restauro de Bens Culturais e Conjuntos Arquitetônicos promovido pelo IPHAN e pela Faculdade de Arquitetura da USP, em Professor Livre Docente da Escola de Arquitetura da Universidade Federal de Minas Gerais foi ainda responsável pelos Planos Diretores das cidades de Anápolis, Goiânia, São José do Rio Preto, Lins e Águas de Lindóia, além de grande número de projetos de residências, hospitais e pavilhões para exposições. Colaborou com Oneyda Alvarenga na edição da série Registros Sonoros do Folclore Brasileiro, produziu um grande número de artigos em revistas e jornais sobre arte e arquitetura brasileiras, além de publicações, entre as quais se destacam Compromisso de Brasilia, IAB-IPHAN, 1970; A morada paulista, Ed. Perspectiva, 1.972; Residências Rurais do Brasil Colônia (mimeo) 1958; Escultura Popular Brasileira, Ed. Gaveta, 1944; Escultura popular de madeira, in 7 brasileiros e seu universo, MEC, Luis Saia faleceu em 15 de maio de 1975.

9 Lucio Costa Filho de brasileiros em serviço no exterior nasceu na França. Devido às atividades do pai (o almirante Joaquim Ribeiro da Costa), estudou em Newcastle (Inglaterra) e Montreux (Suíça). Em 1917, voltou para o Brasil. Estudou pintura e arquitetura na Escola Nacional de Belas-Artes, formando-se em 1924 e sendo nomeado diretor da mesma instituição em Em 1936, Lucio Costa convidou o arquiteto suíço Le Corbusier para vir avaliar o projeto do edifício-sede do Ministério da Educação, no Rio de Janeiro. Em 1938, projetou (ao lado de Oscar Niemeyer) o pavilhão brasileiro da Feira Universal de Nova York. Em 1957, venceu o concurso nacional para a elaboração do Plano-Piloto de Brasília, o que o tornou conhecido no mundo inteiro. Passou então a receber convites para projetar diversos planos urbanísticos. Em 1960, recebeu o título de professor "honoris causa" da Harvard University (EUA). Quatro anos depois, foi convidado a integrar a equipe de reconstrução da cidade de Florença, atingida por uma inundação.

10 Em 1969 inicia a elaboração do Plano Diretor da Barra da Tijuca (Rio). Em 1976 participa a convite dos escritórios Nervi e Lotti de Roma, da concorrência para a construção da nova capital da Nigéria (Abuja). A proposta não é levada adiante. Em 1987 apresenta um trabalho intitulado Brasília Revisitada, no qual pede que se respeitem as quatro escalas que estiveram na concepção da cidade (monumental, residencial, gregária e bucólica). Escreveu os livros "Documentação Necessária", "Notas Sobre a Evolução do Mobiliário Luso-Brasileiro" e "Arquitetura Jesuítica no Brasil". Pela obra de toda uma vida, recebeu diversas honrarias, entre os quais a Legião de Honra (França) e o Prêmio Calouste Gulbenkian (Portugal). Em 13 de junho de 1998, falece em sua residência no Leblon, na cidade do Rio de Janeiro, aos 96 anos.

11 Sobre o Livro EMBÚ DAS ARTES Especificações Técnicas O livro terá as seguintes características gráficas: Formato fechado: 28 X 25 cm. Formato aberto: 58 X 25 cm. Número de páginas: 200. Número de imagens: em torno de 100. Impressão: 4X4 cores em papel couché fosco 150 gramas. Acabamento: capa dura com revestimento em couché brilho 150 gramas. Tiragem: exemplares em português e 500 em inglês

12 Plano de Distribuição A primeira edição do livro será de 3 mil exemplares: 300 exemplares (10% da tiragem) destinados aos patrocinadores para distribuição entre clientes, investidores e amigos; outros 300 livros serão distribuídos pelo Ministério da Cultura para bibliotecas públicas de todo Brasil; 300 serão doados para o Sistema Municipal de Bibliotecas de São Paulo para distribuição institucional; cerca de 300 exemplares serão distribuídos para jornalistas, intelectuais e formadores de opinião para a divulgação da obra; e os demais ficarão com os editores para distribuição e/ou venda nas principais livrarias e feiras do país e no exterior.

13 Custos e Lei de Patrocínio Cultural O livro foi aprovado pela Lei Rouanet por R$ ,00. Caso venha a ser feito, contando com este incentivo fiscal, o patrocinador poderá destinar, para a sua realização, 4% do imposto de renda devido. O incentivo é total e o patrocinador não terá nenhum ônus. O patrocínio pode ser total dividido em cotas de até 20% do valor acima mencionado. Cada patrocinador terá o logo da empresa estampado na contracapa do livro, tendo maior ou menor visibilidade de acordo com o valor aportado ao projeto.

14 Retorno Institucional e Divulgação Além de contar com a impressão de seu logotipo na contracapa e receberá uma parcela da tiragem para distribuir entre clientes, funcionários e amigos. A empresa terá a divulgação da sua marca na mídia e em todos os eventos e materiais de divulgação do livro. Se for um patrocinador único, poderá, ainda, assinar um texto de apresentação, demonstrando seu papel no incentivo à cultura e à arquitetura brasileira. Na divulgação da iniciativa, além do trabalho específico de assessoria de imprensa, terá grande impacto a organização de um coquetel para o lançamento do livro.

ARQUITETURA E URBANISMO NAS CIDADES BRASILEIRAS CONTEMPORÂNEAS

ARQUITETURA E URBANISMO NAS CIDADES BRASILEIRAS CONTEMPORÂNEAS ARQUITETURA E URBANISMO NAS CIDADES BRASILEIRAS CONTEMPORÂNEAS A CIDADE A produção literária referente à arquitetura e urbanismo sempre foi caracterizada pela publicação de poucos títulos, baixa diversidade

Leia mais

Arquitetura e Urbanismo na Cidade Brasileira Contemporânea Jacareí

Arquitetura e Urbanismo na Cidade Brasileira Contemporânea Jacareí Arquitetura e Urbanismo na Cidade Brasileira Contemporânea Jacareí A produção literária referente à arquitetura e urbanismo sempre foi caracterizada pela publicação de poucos títulos, baixa diversidade

Leia mais

PATRIMÔNIO EM PROSA E VERSO: a correspondência de Rodrigo Melo Franco de Andrade para Augusto Meyer. Laura Regina Xavier

PATRIMÔNIO EM PROSA E VERSO: a correspondência de Rodrigo Melo Franco de Andrade para Augusto Meyer. Laura Regina Xavier PATRIMÔNIO EM PROSA E VERSO: a correspondência de Rodrigo Melo Franco de Andrade para Augusto Meyer Laura Regina Xavier Justificativa Escolhemos o tema Patrimônio, tendo em vista a nossa realidade profissional,

Leia mais

Livro explica a obra de Oscar Niemeyer

Livro explica a obra de Oscar Niemeyer LANÇAMENTO Unic Josafá Vilarouca Renata Tomasetti (11) 5051-6639 josafa@unicbuilding.com.br renata@unicbuilding.com.br Livro explica a obra de Oscar Niemeyer Maior gênio da arquitetura brasileira tem sua

Leia mais

DIVERSAMENTE. Projeto de gravação de cd, aprovado pela Lei Federal de Incentivo à Cultura

DIVERSAMENTE. Projeto de gravação de cd, aprovado pela Lei Federal de Incentivo à Cultura DIVERSAMENTE Projeto de gravação de cd, aprovado pela Lei Federal de Incentivo à Cultura SOBRE O AUTOR: Paulo Lobão, cantor e compositor, nasceu na cidade de Belo Horizonte, iniciou os seus estudos musicais

Leia mais

iii encontro nacional

iii encontro nacional educação - leitura - educomunicação - cultura - meio ambiente - saúde APRESENTAÇÃO O Encontro Nacional está em sua 3ª edição e tem como foco a troca de experiências e culturas entre os municípios atendicos

Leia mais

BELO HORIZONTE Uma história contada pelos nomes de seus edifícios e por sua arquitetura

BELO HORIZONTE Uma história contada pelos nomes de seus edifícios e por sua arquitetura BELO HORIZONTE Uma história contada pelos nomes de seus edifícios e por sua arquitetura Realização p r o j e t o s O Projeto O projeto pretende editar um livro e realizar uma exposição multimídia sobre

Leia mais

PARECER Nº 15-A/2011. Manifesta-se sobre a declaração de interesse público e social do acervo de Paulo Freire, sob a guarda do Instituto Paulo Freire

PARECER Nº 15-A/2011. Manifesta-se sobre a declaração de interesse público e social do acervo de Paulo Freire, sob a guarda do Instituto Paulo Freire PARECER Nº 15-A/2011 Manifesta-se sobre a declaração de interesse público e social do acervo de Paulo Freire, sob a guarda do Instituto Paulo Freire 1- APRESENTAÇÃO A Portaria nº. 78, do Conselho Nacional

Leia mais

Locais a serem visitados

Locais a serem visitados Apresentação Este projeto trata da elaboração de um livro, bilíngüe, que utilizará a fotografia como forma de expressão artística e que terá como tema central o Litoral do Ceará. A publicação, composta

Leia mais

Imagens ilustrativas. O registro da história que ficará para a história. Toda a trajetória de Paulínia retratada em três volumes numa edição de luxo.

Imagens ilustrativas. O registro da história que ficará para a história. Toda a trajetória de Paulínia retratada em três volumes numa edição de luxo. Imagens ilustrativas. O registro da história que ficará para a história. Toda a trajetória de Paulínia retratada em três volumes numa edição de luxo. A obra Promover educação, conhecimento e cultura, resgatar

Leia mais

II ORIENTAÇÕES, CRITÉRIOS ESPECÍFICOS E DOCUMENTAÇÃO COMPLEMENTAR

II ORIENTAÇÕES, CRITÉRIOS ESPECÍFICOS E DOCUMENTAÇÃO COMPLEMENTAR Anexo II ORIENTAÇÕES, CRITÉRIOS ESPECÍFICOS E DOCUMENTAÇÃO COMPLEMENTAR I Orientações Gerais (Qualquer área) a) Projeto com duração superior a seis meses deverá apresentar, pelo menos, 25% (vinte e cinco

Leia mais

(Re)visitando a Escola de Belas Artes de Pernambuco *

(Re)visitando a Escola de Belas Artes de Pernambuco * (Re)visitando a Escola de Belas Artes de Pernambuco * Maria Betânia e Silva Mestre em Educação pela UFPE. Doutoranda em Educação pela UFMG e-mail: bet_arte@hotmail.com Resumo O presente texto procura abordar

Leia mais

Piracicaba (SP) - Condephaat aprova estudos para tombamento do Clube 13 de Maio

Piracicaba (SP) - Condephaat aprova estudos para tombamento do Clube 13 de Maio Piracicaba (SP) - Condephaat aprova estudos para tombamento do Clube 13 de Maio Local apresenta elementos importantes para a história paulista, com ênfase para a cultura negra. Isabela Borghese/JP Foto:

Leia mais

5.11. Programa de Registro do Patrimônio Histórico e Edificado. Revisão 00 NOV/2013

5.11. Programa de Registro do Patrimônio Histórico e Edificado. Revisão 00 NOV/2013 PROGRAMAS AMBIENTAIS 5.11 Programa de Registro do Patrimônio Histórico e Edificado NOV/2013 CAPA ÍNDICE GERAL 1. Introdução... 1 1.1. Ações já Realizadas... 2 2. Justificativa... 4 3. Objetivos... 5 4.

Leia mais

EDITAL N 01/2013/SECULT

EDITAL N 01/2013/SECULT EDITAL N 01/2013/SECULT EDITAL DE OCUPAÇÃO DAS SALAS DE EXPOSIÇÕES FREDERICO TREBBI, INAH D AVILA COSTA E ANTÔNIO CARINGI E DO JARDIM DO CENTRO CULTURAL ADAIL BENTO COSTA O Município de Pelotas, através

Leia mais

Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional

Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional CAPITULO I Do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional Art. 1º. Constitui o patrimônio histórico e artístico nacional o conjunto dos bens móveis

Leia mais

FILME EM MINAS - PROGRAMA DE ESTÍMULO AO AUDIOVISUAL BIÊNIO 2011/2012

FILME EM MINAS - PROGRAMA DE ESTÍMULO AO AUDIOVISUAL BIÊNIO 2011/2012 FILME EM MINAS - PROGRAMA DE ESTÍMULO AO AUDIOVISUAL BIÊNIO 2011/2012 ANEXO VI: REGULAMENTO: PUBLICAÇÕES, PRESERVAÇÃO E MEMÓRIA 1. DO OBJETO DO PATROCÍNIO 1.1 Serão aceitos projetos de publicações acerca

Leia mais

FORMULÁRIO PARA RECADASTRAMENTO DAS BIBLIOTECAS PÚBLICAS MUNICIPAIS

FORMULÁRIO PARA RECADASTRAMENTO DAS BIBLIOTECAS PÚBLICAS MUNICIPAIS GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS SECRETARIA DE ESTADO DE CULTURA SUPERINTENDÊNCIA DE BIBLIOTECAS PÚBLICAS E SUPLEMENTO LITERÁRIO FORMULÁRIO PARA RECADASTRAMENTO DAS BIBLIOTECAS PÚBLICAS MUNICIPAIS DO

Leia mais

Excelentíssimo Embaixador Fernando Igreja, Chefe do Cerimonial do Ministério das Relações Exteriores;

Excelentíssimo Embaixador Fernando Igreja, Chefe do Cerimonial do Ministério das Relações Exteriores; Palavras do presidente da Funag, embaixador Sérgio Eduardo Moreira Lima, na ocasião da abertura do Seminário Palácio Itamaraty 50 Anos, realizado na Sala San Tiago Dantas, Palácio Itamaraty, Brasília,

Leia mais

RELATÓRIO DE ATIVIDADES 2013-2014

RELATÓRIO DE ATIVIDADES 2013-2014 RELATÓRIO DE ATIVIDADES 2013-2014 1º ANO DE ATIVIDADES WWW.INSTITUTOJNG.ORG.BR RIO DE JANEIRO RELATÓRIO DE ATIVIDADES 2013-2014 CRIAÇÃO DO INSTITUTO JNG O Instituto JNG é entidade reconhecida como OSCIP

Leia mais

Câmara de Comércio Americana do Rio de Janeiro American Chamber of Commerce of Rio de Janeiro. Apresentam. Projeto Memória

Câmara de Comércio Americana do Rio de Janeiro American Chamber of Commerce of Rio de Janeiro. Apresentam. Projeto Memória Câmara de Comércio Americana do Rio de Janeiro American Chamber of Commerce of Rio de Janeiro Apresentam Projeto Memória PROJETOS 2014 Síntese Desenvolver projeto cultural de resgate e registro da memória

Leia mais

Patrimônio Cultural. Revitalização de estações ferroviárias

Patrimônio Cultural. Revitalização de estações ferroviárias Patrimônio Cultural Revitalização de estações ferroviárias Patrimônio Cultural Conceito abrangente art. 216 da Constituição Federal: Constituem patrimônio cultural brasileiro os bens de natureza imaterial,

Leia mais

Apresentação do Banco de Dados Mundial sobre Fortificações

Apresentação do Banco de Dados Mundial sobre Fortificações Apresentação do Banco de Dados Mundial sobre Fortificações Roberto Tonera Projeto Fortalezas Multimídia - Universidade Federal de Santa Catarina Brasil projeto@fortalezasmultimidia.com.br artonera@hotmail.com

Leia mais

VIAGEM DA DESCOBERTA DO BRASIL: UM PASSEIO PELA CONSTRUÇÃO DO PATRIMÔNIO HISTÓRICO NACIONAL.

VIAGEM DA DESCOBERTA DO BRASIL: UM PASSEIO PELA CONSTRUÇÃO DO PATRIMÔNIO HISTÓRICO NACIONAL. VIAGEM DA DESCOBERTA DO BRASIL: UM PASSEIO PELA CONSTRUÇÃO DO PATRIMÔNIO HISTÓRICO NACIONAL. UILSON NUNES DE OLIVEIRA FIO/FAT O presente trabalho nasceu de minhas inquietações a respeito dos vários problemas

Leia mais

Processamento Técnico - Tel.: 3865-9843 / 9845. Renata renataazeredo@fiocruz.br. Marluce marluce@fiocruz.br. Marco Aurélio maum@fiocruz.

Processamento Técnico - Tel.: 3865-9843 / 9845. Renata renataazeredo@fiocruz.br. Marluce marluce@fiocruz.br. Marco Aurélio maum@fiocruz. MANUAL DO USUÁRIO Biblioteca Emília Bustamante 1 1 Apresentação A Biblioteca Emília Bustamante representa um importante segmento da Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio, que, por sua vez, revela-se

Leia mais

Dirceu Quintanilha (FW)

Dirceu Quintanilha (FW) Coordenação Geral de Processamento e Preservação do Acervo Coordenação de Documentos Audiovisuais e Cartográficos Equipe de Documentos Sonoros Fundo Dirceu Quintanilha (FW) CATÁLOGO DOS DOCUMENTOS SONOROS

Leia mais

Tabela para classificação de ações de extensão

Tabela para classificação de ações de extensão Tabela para classificação de ações de extensão Linha de Extensão 1. Alfabetização, leitura e escrita Formas mais freqüentes de operacionalização Alfabetização e letramento de crianças, jovens e adultos;

Leia mais

EDITAL PROEXT Nº 05, DE 27 DE MAIO DE 2013.

EDITAL PROEXT Nº 05, DE 27 DE MAIO DE 2013. EDITAL PROEXT Nº 05, DE 27 DE MAIO DE 2013. Seleção de Projetos ou Programas para concessão de bolsas do Programa de Bolsa de Extensão da Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre (PROBEXT-UFCSPA)

Leia mais

Orientações Gerais para Elaboração de Projeto 4º Prêmio CISER de Inovação Tecnológica

Orientações Gerais para Elaboração de Projeto 4º Prêmio CISER de Inovação Tecnológica Orientações Gerais para Elaboração de Projeto 4º Prêmio CISER de Inovação Tecnológica O projeto deverá ser encaminhado contendo todas as informações solicitadas no roteiro a seguir, inclusive seguindo

Leia mais

RESOLUÇÃO SEC Nº 201 DE 01 DE DEZEMBRO DE 2008.

RESOLUÇÃO SEC Nº 201 DE 01 DE DEZEMBRO DE 2008. RESOLUÇÃO SEC Nº 201 DE 01 DE DEZEMBRO DE 2008. RESTABELECE O RECEBIMENTO DE PROJETOS CULTURAIS CUJA REALIZAÇÃO ESTEJA PREVISTA PARA O PERIODO COMPREENDIDO ENTRE JANEIRO E ABRIL DE 2009, E DA OUTRAS PROVIDÊNCIAS.

Leia mais

Plano de Patrocínio LEI MUNICIPAL DE INCENTIVO A CULTURA TRANSPARÊNCIA PROCESSO: 125.533/10 C.E: 239/10

Plano de Patrocínio LEI MUNICIPAL DE INCENTIVO A CULTURA TRANSPARÊNCIA PROCESSO: 125.533/10 C.E: 239/10 Plano de Patrocínio LEI MUNICIPAL DE INCENTIVO A CULTURA TRANSPARÊNCIA PROCESSO: 125.533/10 C.E: 239/10 Resumo Executivo TRANSPARÊNCIA A proposta ora apresentada prevê a exposição de pinturas da artista

Leia mais

FAÇA COMO AS INDÚSTRIAS CATARINENSES: AUMENTE SUA COMPETITIVIDADE COM A FIESC.

FAÇA COMO AS INDÚSTRIAS CATARINENSES: AUMENTE SUA COMPETITIVIDADE COM A FIESC. FAÇA COMO AS INDÚSTRIAS CATARINENSES: AUMENTE SUA COMPETITIVIDADE COM A FIESC. QUANTO MAIOR A COMPETITIVIDADE, MAIS NEGÓCIOS SUA EMPRESA FAZ. A FIESC produz uma série de publicações destinadas a empresários,

Leia mais

ARTEBR LIVRO SABORES DO BRASIL

ARTEBR LIVRO SABORES DO BRASIL ARTEBR LIVRO SABORES DO BRASIL A empresa ARTEBR desenvolve projetos em arte, educação e literatura para diversas instituições culturais brasileiras. Atua nas áreas de consultoria e assessoria em arte e

Leia mais

O Barroco no Brasil. Capitulo 11

O Barroco no Brasil. Capitulo 11 O Barroco no Brasil Capitulo 11 O Barroco no Brasil se desenvolveu do século XVIII ao início do século XIX, época em que na Europa esse estilo já havia sido abandonado. Um só Brasil, vários Barrocos O

Leia mais

Universidade de Brasília

Universidade de Brasília Universidade de Brasília Faculdade de Economia, Administração, Contabilidade e Ciência da Informação e Documentação Departamento de Ciência da Informação e Documentação Disciplina: Conservação e Restauração

Leia mais

ANAIS IV FÓRUM DE PESQUISA CIENTÍFICA EM ARTE. O MUSEU CASA LACERDA Rossana Meiko Manaka1 Angela Brandão2 meikomanaka@yahoo.com.br

ANAIS IV FÓRUM DE PESQUISA CIENTÍFICA EM ARTE. O MUSEU CASA LACERDA Rossana Meiko Manaka1 Angela Brandão2 meikomanaka@yahoo.com.br 62 ISSN 1809-2616 ANAIS IV FÓRUM DE PESQUISA CIENTÍFICA EM ARTE Escola de Música e Belas Artes do Paraná. Curitiba, 2006 O MUSEU CASA LACERDA Rossana Meiko Manaka1 Angela Brandão2 meikomanaka@yahoo.com.br

Leia mais

O INVENTÁRIO COMO INSTRUMENTO DE GESTÃO DE QUALIDADE PARA CENTROS URBANOS DE INTERESSE DE PRESERVAÇÃO. Inventário do Sítio Urbano da Praça XV

O INVENTÁRIO COMO INSTRUMENTO DE GESTÃO DE QUALIDADE PARA CENTROS URBANOS DE INTERESSE DE PRESERVAÇÃO. Inventário do Sítio Urbano da Praça XV O INVENTÁRIO COMO INSTRUMENTO DE GESTÃO DE QUALIDADE PARA CENTROS URBANOS DE INTERESSE DE PRESERVAÇÃO. Inventário do Sítio Urbano da Praça XV Rosina Trevisan M. RIBEIRO Arquiteta, D. Sc., Professora do

Leia mais

REGULAMENTO DA MEDIATECA DO BCI FOMENTO

REGULAMENTO DA MEDIATECA DO BCI FOMENTO 1 I Natureza e Funções REGULAMENTO DA MEDIATECA DO BCI FOMENTO A Mediateca do BCI FOMENTO é um centro de documentação integrado do BCI, SARL. A sua sede funciona na cidade do Maputo, dispondo de uma antena

Leia mais

a questão das leis de incentivo à cultura

a questão das leis de incentivo à cultura a questão das leis de incentivo à cultura 25/10/2004 Dia 25/10 - das 8h30 às 11h Tema: A questão das leis de incentivo à cultura Palestrante: Gilberto Gil Ministro da Cultura a questão das leis de incentivo

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO Departamento de Arquitetura e Urbanismo

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO Departamento de Arquitetura e Urbanismo UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO Departamento de Arquitetura e Urbanismo CONCURSO PÚBLICO DE TÍTULOS E PROVAS PARA PROVIMENTO DE UM CARGO DE PROFESSOR ADJUNTO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERENAMBUCO,

Leia mais

Índice. 1. O Natura Musical. 2. Tipos de projetos beneficiados. 3. Como participar dos editais. 4. Qual o caminho até o patrocínio

Índice. 1. O Natura Musical. 2. Tipos de projetos beneficiados. 3. Como participar dos editais. 4. Qual o caminho até o patrocínio 2015 Índice 1. O Natura Musical 2. Tipos de projetos beneficiados 3. Como participar dos editais 4. Qual o caminho até o patrocínio 5. Atendimento aos proponentes Anexos: Contrapartidas e 3 4 6 9 16 17

Leia mais

FILME EM MINAS - PROGRAMA DE ESTÍMULO AO AUDIOVISUAL BIÊNIO 2013/2014

FILME EM MINAS - PROGRAMA DE ESTÍMULO AO AUDIOVISUAL BIÊNIO 2013/2014 FILME EM MINAS - PROGRAMA DE ESTÍMULO AO AUDIOVISUAL BIÊNIO 2013/2014 ANEXO VI: REGULAMENTO: PUBLICAÇÕES, PRESERVAÇÃO E MEMÓRIA 1. DO OBJETO DO PATROCÍNIO 1.1 Serão aceitos projetos de publicações acerca

Leia mais

Planejada em 1953 por uma comissão nomeada pelo então governador do Estado de Minas Gerais, Juscelino Kubitschek, a Biblioteca Pública Estadual Luiz

Planejada em 1953 por uma comissão nomeada pelo então governador do Estado de Minas Gerais, Juscelino Kubitschek, a Biblioteca Pública Estadual Luiz Planejada em 1953 por uma comissão nomeada pelo então governador do Estado de Minas Gerais, Juscelino Kubitschek, a Biblioteca Pública Estadual Luiz de Bessa que nas palavras de Eduardo Frieiro teria sido

Leia mais

A Direção Municipal da Cultura dispõe de um conjunto de exposições e de apresentações multimédia, sobre diversos temas, que poderá disponibilizar

A Direção Municipal da Cultura dispõe de um conjunto de exposições e de apresentações multimédia, sobre diversos temas, que poderá disponibilizar A Direção Municipal da Cultura dispõe de um conjunto de exposições e de apresentações multimédia, sobre diversos temas, que poderá disponibilizar através de empréstimo, a instituições, nomeadamente, de

Leia mais

REGULAMENTO DO 44º SALÃO DE ARTE CONTEMPORÂNEA LUIZ SACILOTTO

REGULAMENTO DO 44º SALÃO DE ARTE CONTEMPORÂNEA LUIZ SACILOTTO REGULAMENTO DO 44º SALÃO DE ARTE CONTEMPORÂNEA LUIZ SACILOTTO O Secretário de Cultura e Turismo no uso de suas atribuições legais e considerando as disposições da Lei Municipal nº 5.901/82 e posteriores

Leia mais

Palácio da Inconfidência: Projeto original perspectiva externa. Palácio da Inconfidência: croqui sistema estrutural Fonte: Revista Acrópole nº 283

Palácio da Inconfidência: Projeto original perspectiva externa. Palácio da Inconfidência: croqui sistema estrutural Fonte: Revista Acrópole nº 283 O grande hall interno pretendia dar continuidade à praça externa para o visitante que seguia para o plenário. No memorial do projeto publicado pela Revista Acrópole nº 283, os arquitetos afirmaram que

Leia mais

REGULAMENTO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DE LICENCIATURA EM FÍSICA

REGULAMENTO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DE LICENCIATURA EM FÍSICA CampusdeIlhaSolteira Licenciatura em Física 1 UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA JÚLIO DE MESQUITA FILHO FACULDADE DE ENGENHARIA DO CAMPUS DE ILHA SOLTEIRA REGULAMENTO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DE

Leia mais

A PRESERVAÇÃO DOS ARQUIVOS NO MUNICÍPIO DE PALMITAL (SP)

A PRESERVAÇÃO DOS ARQUIVOS NO MUNICÍPIO DE PALMITAL (SP) Fontes e Arquivos A PRESERVAÇÃO DOS ARQUIVOS NO MUNICÍPIO DE PALMITAL (SP) Rodrigo Modesto Nascimento * O objetivo do artigo é divulgar os resultados da pesquisa que procurou analisar as formas de relação

Leia mais

Setenta prédios são tombados nos âmbitos municipal, estadual ou federal em Piracicaba (SP)

Setenta prédios são tombados nos âmbitos municipal, estadual ou federal em Piracicaba (SP) Setenta prédios são tombados nos âmbitos municipal, estadual ou federal em Piracicaba (SP) Foto: Isabela Borghese/JP Um prédio pode contar um pouco da história de uma cidade. Considerados patrimônios,

Leia mais

RELATÓRIO DE ATIVIDADES ANO BASE

RELATÓRIO DE ATIVIDADES ANO BASE Ministério da Educação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior Setor Bancário Norte, Quadra 2, Bloco L, Lote 6. CEP: 70.040-020 Brasília/DF Brasil RELATÓRIO DE ATIVIDADES ANO BASE IES

Leia mais

História da Mídia Impressa na Educação

História da Mídia Impressa na Educação História da Mídia Impressa na Educação LUSTOSA, Elem Acadêmica do Curso de Pedagogia Iniciação Científica MACIEL, Margareth de Fátima Doutorado em Educação UNICENTRO - PARANÁ RESUMO Esse texto aborda a

Leia mais

Envie-nos os seus trabalhos jornalísticos sobre o sector rodoviário, publicados em 2011. Participe entre 1 de Novembro de 2011 e 31 de Janeiro de

Envie-nos os seus trabalhos jornalísticos sobre o sector rodoviário, publicados em 2011. Participe entre 1 de Novembro de 2011 e 31 de Janeiro de Envie-nos os seus trabalhos jornalísticos sobre o sector rodoviário, publicados em 2011. Participe entre 1 de Novembro de 2011 e 31 de Janeiro de 2012. ENQUADRAMENTO 2ºs PRÉMIOS DE JORNALISMO CEPSA ESTRADAS

Leia mais

Bens em regime de proteção municipal COMPHAC

Bens em regime de proteção municipal COMPHAC Bens em regime de proteção municipal COMPHAC Casarão Nhonhô dos Santos Resolução de Tombamento: nº 07, de 25/10/1989. Decreto: nº 3.668, de 19/12/1991. Localização: Praça Barão de Araras, 372 - Centro

Leia mais

Universidade Presidente Antônio Carlos UNIPAC Pró-reitoria de Pesquisa, Extensão, Pós-graduação e Cultura Assessoria de Extensão PROGRAMA DE EXTENSÃO

Universidade Presidente Antônio Carlos UNIPAC Pró-reitoria de Pesquisa, Extensão, Pós-graduação e Cultura Assessoria de Extensão PROGRAMA DE EXTENSÃO Universidade Presidente Antônio Carlos UNIPAC Pró-reitoria de Pesquisa, Extensão, Pós-graduação e Cultura Assessoria de Extensão PROGRAMA DE EXTENSÃO EDITAL 01/2010 O Pró-reitor de Pesquisa, Extensão,

Leia mais

Informação para quem vai comprar, construir ou reformar.

Informação para quem vai comprar, construir ou reformar. Informação para quem vai comprar, construir ou reformar. Última Alteração - Dez/2007 Guia SUA CASA Orientação para quem vai comprar ou construir casas, terrenos e apartamentos. Importante: Este guia oferece

Leia mais

DECRETO Nº 11.112/14, DE 29 DE ABRIL DE 2014.

DECRETO Nº 11.112/14, DE 29 DE ABRIL DE 2014. DECRETO Nº 11.112/14, DE 29 DE ABRIL DE 2014. Regulamenta a Lei Municipal nº 3.071/14, que Institui o Programa Videira Cultural, e dá outras providências. O PREFEITO MUNICIPAL DE VIDEIRA, no uso de suas

Leia mais

Eixo Temático 1 Instrução e Cult uras Escola res

Eixo Temático 1 Instrução e Cult uras Escola res 97 A INSTRUÇÃO NOS JORNAIS, RELATÓRIOS E MENSAGENS DOS PRESIDENTES DE PROVÍNCIA E DE ESTADO NA PARAÍBA (1889-1910). Algumas palavras iniciais: Michelle Lima da Silva Bolsista CNPQ/PIBIC/UFPB (graduanda)

Leia mais

Um aparelho de observação de estrelas que lembra. A reconquista dos tesouros científicos. política c&t ACERVOS y

Um aparelho de observação de estrelas que lembra. A reconquista dos tesouros científicos. política c&t ACERVOS y política c&t ACERVOS y A reconquista dos tesouros científicos Equipes pequenas lutam contra o descaso das instituições para proteger objetos científicos antigos 1 Texto Carlos Fioravanti Fotos Eduardo

Leia mais

TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO EM ENGENHARIA AGRONÔMICA (TCC EA)

TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO EM ENGENHARIA AGRONÔMICA (TCC EA) TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO EM ENGENHARIA AGRONÔMICA (TCC EA) I. DEFINIÇÃO Em atendimento às Diretrizes Curriculares do Ministério da Educação, todo aluno do Curso de Engenharia Agronômica deverá, obrigatoriamente,

Leia mais

HISTÓRIA DO PAISAGISMO

HISTÓRIA DO PAISAGISMO 1 EMENTA Introdução. Aspectos relacionados ao mercado de flores no Brasil; métodos de propagação de flores e plantas ornamentais. Cultivo de flores de corte e vaso (gladíolo, crisântemo, violeta, rosa,

Leia mais

Plano de Patrocínio. PROJETO: Celso Coppio 40 Anos. Realização: PRONAC: 09 0722 PATROCINADORES:

Plano de Patrocínio. PROJETO: Celso Coppio 40 Anos. Realização: PRONAC: 09 0722 PATROCINADORES: Plano de Patrocínio PROJETO: Celso Coppio 40 Anos PRONAC: 09 0722 PATROCINADORES: Realização: o projeto Produzir um livro com os 40 anos de Celso Coppio com uma exposição em seu atelier. Celso Coppio,

Leia mais

EDITAL DO PROGRAMA DE APOIO À TRADUÇÃO E PUBLICAÇÃO DE AUTORES BRASILEIROS NO EXTERIOR

EDITAL DO PROGRAMA DE APOIO À TRADUÇÃO E PUBLICAÇÃO DE AUTORES BRASILEIROS NO EXTERIOR EDITAL DO PROGRAMA DE APOIO À TRADUÇÃO E PUBLICAÇÃO DE AUTORES BRASILEIROS NO EXTERIOR A Fundação Biblioteca Nacional torna público que oferecerá bolsas de apoio à tradução e publicação de obras de autoras

Leia mais

Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias, de Lisboa. Complexo de Ensino Superior de Santa Catarina

Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias, de Lisboa. Complexo de Ensino Superior de Santa Catarina Universidade de Humanidades e Tecnologias, de Lisboa. Complexo de Ensino Superior de Santa Catarina CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO PROFISSIONALIZANTE MBA EXECUTIVO INTERNACIONAL EM GESTÃO DE NEGÓCIOS Florianópolis

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO DE PROPOSTAS DE ARTES VISUAIS PARA REALIZAÇÃO DE EXPOSIÇÕES NO CENTRO CULTURAL BOULEVARD LONDRINA SHOPPING

EDITAL DE SELEÇÃO DE PROPOSTAS DE ARTES VISUAIS PARA REALIZAÇÃO DE EXPOSIÇÕES NO CENTRO CULTURAL BOULEVARD LONDRINA SHOPPING 1 EDITAL DE SELEÇÃO DE PROPOSTAS DE ARTES VISUAIS PARA REALIZAÇÃO DE EXPOSIÇÕES NO CENTRO CULTURAL BOULEVARD LONDRINA SHOPPING Regulamento editado pelo Boulevard Londrina Shopping, inscrito sob CNPJ 09.191.802/0002-81,

Leia mais

A acupuntura combate doenças em gado leiteiro e melhora a produção 1

A acupuntura combate doenças em gado leiteiro e melhora a produção 1 A acupuntura combate doenças em gado leiteiro e melhora a produção 1 Raimundo Nonato de Souza 2 Eustáquio Trindade Netto 3 Centro Universitário Newton Paiva, Belo Horizonte, MG RESUMO O tema da reportagem

Leia mais

Fundação Seade Sistema Estadual de Análise de Dados. Dados da organização

Fundação Seade Sistema Estadual de Análise de Dados. Dados da organização Fundação Seade Sistema Estadual de Análise de Dados Data de elaboração da ficha: Abr 2007 Dados da organização Nome: Fundação Seade Endereço: Av. Casper Líbero, 464, São Paulo, SP Site: www.seade.gov.br

Leia mais

EDITAL DE OCUPAÇÃO CRIATIVA Circuito Cultural Ribeira Ciclo 3 Segundo Edital

EDITAL DE OCUPAÇÃO CRIATIVA Circuito Cultural Ribeira Ciclo 3 Segundo Edital EDITAL DE OCUPAÇÃO CRIATIVA Circuito Cultural Ribeira Ciclo 3 Segundo Edital Em 17 edições o Circuito Cultural Ribeira ativou a participação de mais de 500 atrações culturais parceiras e a visita de mais

Leia mais

RELATÓRIO de ATIVIDADES

RELATÓRIO de ATIVIDADES RELATÓRIO de ATIVIDADES 2005 SUMÁRIO Declaração da Equipe Missão Visão 1. Objetivo do relatório 2. Modelo Operacional em 2005 Captação de recursos Atividades Geradoras de Recursos Financeiros (Fund Raising)

Leia mais

Apresentação Meio Ambiente na Escola 2015. Camiseta meio ambiente estampa frente. Fotos:

Apresentação Meio Ambiente na Escola 2015. Camiseta meio ambiente estampa frente. Fotos: Apresentação Meio Ambiente na Escola 2015 23/03/2015 EDIÇÃO 10698-23 de Março de 2015 Camiseta meio ambiente estampa frente EDIÇÃO 10698-23 de Março de 2015 http://vp.virtualpaper.com.br/infovale?e=5282&l=1

Leia mais

Igrejas paulistas: barroco e rococó

Igrejas paulistas: barroco e rococó Igrejas paulistas: barroco e rococó Vanessa Proença Título da obra: Igrejas paulistas: barroco e rococó. Autor: Percival Tirapeli 1 Um grande catálogo: é essa a impressão que o livro nos passa. A proposta

Leia mais

Uberlândia (MG) - Tombada, Estação Sobradinho está caindo ao pedaços

Uberlândia (MG) - Tombada, Estação Sobradinho está caindo ao pedaços Uberlândia (MG) - Tombada, Estação Sobradinho está caindo ao pedaços Apesar da pompa dos dizeres Patrimônio Histórico Cultural, prédio parece, na verdade, um imóvel abandonado ao tempo. (Foto: Celso Ribeiro)

Leia mais

A Coordenação de Pós-graduação do Centro de Letras e Artes da UFRJ encaminha,

A Coordenação de Pós-graduação do Centro de Letras e Artes da UFRJ encaminha, A Coordenação de Pós-graduação do da UFRJ encaminha, em anexo, chamada de trabalhos inéditos para os volumes I e II, ano 2012, da Revista Interfaces, cujos temas são, respectivamente, Paisagens & Jardins

Leia mais

Ministério da Cultura

Ministério da Cultura Ministério da Cultura Decreto lei n.º 7/03 de 6 de Junho Considerando a criação do Ministério da Cultura através do Decreto Lei n.º 16/02, de 9 de Dezembro; Convindo garantir o seu funcionamento de acordo

Leia mais

ANÍSIO TEIXEIRA E AS POLÍTICAS DE EDIFICAÇÕES ESCOLARES NO RIO DE JANEIRO (1931-1935) E NA BAHIA (1947-1951)

ANÍSIO TEIXEIRA E AS POLÍTICAS DE EDIFICAÇÕES ESCOLARES NO RIO DE JANEIRO (1931-1935) E NA BAHIA (1947-1951) ANÍSIO TEIXEIRA E AS POLÍTICAS DE EDIFICAÇÕES ESCOLARES NO RIO DE JANEIRO (1931-1935) E NA BAHIA (1947-1951) DÓREA, Célia Rosângela Dantas Universidade do Estado da Bahia UNEB 1. INTRODUÇÃO O presente

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO Nº 33/2014 Regulamenta o processo de avaliação para fins de promoção à classe E (Professor

Leia mais

Lucio Costa: Grupo de Pesquisa e Dissertação

Lucio Costa: Grupo de Pesquisa e Dissertação Lucio Costa: Grupo de Pesquisa e Dissertação Giulie Anna Baldissera Mestranda no PPAU UniRitter/Mackenzie UniRitter giuliebaldissera@gmail.com Anna Paula Canez (orientação) Doutora UniRitter annapaulacanez@yahoo.com.br

Leia mais

APOIO À PUBLICAÇÃO DE LIVROS IMPRESSOS - EDIÇÃO 2014

APOIO À PUBLICAÇÃO DE LIVROS IMPRESSOS - EDIÇÃO 2014 EDITAL INTERNO Nº 126 DE 10 DE SETEMBRO DE 2014 APOIO À PUBLICAÇÃO DE LIVROS IMPRESSOS - EDIÇÃO 2014 O REITOR DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA FLUMINENSE, no uso das atribuições legais

Leia mais

MÍDIA KIT. Anuário São José dos Campos. Infraestrutura, Economia e Turismo

MÍDIA KIT. Anuário São José dos Campos. Infraestrutura, Economia e Turismo MÍDIA KIT Anuário São José dos Campos Infraestrutura, Economia e Turismo sobre o portal engenharia compartilhada. Conteúdo exclusivo sem similar no mundo O site foi organizado em formato de biblioteca

Leia mais

FOCO NA MINERAÇÃO OPÇÃO ESTRATÉGICA PARA PLANEJAMENTO DE MÍDIA VOLTADO ESPECIALMENTE AO SETOR MINERAL

FOCO NA MINERAÇÃO OPÇÃO ESTRATÉGICA PARA PLANEJAMENTO DE MÍDIA VOLTADO ESPECIALMENTE AO SETOR MINERAL FOCO NA MINERAÇÃO OPÇÃO ESTRATÉGICA PARA PLANEJAMENTO DE MÍDIA VOLTADO ESPECIALMENTE AO SETOR MINERAL M E D I A K I T 2 0 1 6 PERFIL EDITORIAL IN THE MINE é uma publicação dirigida à indústria de mineração

Leia mais

A imprensa de Belo Horizonte sob o olhar de Maria Ceres Pimenta Spínola. SILVA, Sandra Mara. JARDIM, Simonia Dias (UNIPAC MG).

A imprensa de Belo Horizonte sob o olhar de Maria Ceres Pimenta Spínola. SILVA, Sandra Mara. JARDIM, Simonia Dias (UNIPAC MG). A imprensa de Belo Horizonte sob o olhar de Maria Ceres Pimenta Spínola Castro SILVA, Sandra Mara. JARDIM, Simonia Dias (UNIPAC MG). Resumo O Presente artigo trata da autora Maria Ceres Pimenta Spínola

Leia mais

ORGANIZAÇÃO SOCIAL PRO-EDUCA- INSTITUTO SOCIAL PARA O DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO E SUSTENTABILIDADE

ORGANIZAÇÃO SOCIAL PRO-EDUCA- INSTITUTO SOCIAL PARA O DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO E SUSTENTABILIDADE ORGANIZAÇÃO SOCIAL PRO-EDUCA- INSTITUTO SOCIAL PARA O DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO E SUSTENTABILIDADE CNPJ N 05.303.355/0001-73 REGISTRO EM RCPJ- BARUERI/SP 222857 REGULAMENTO DE COMPRAS, CONTRATAÇÕES DE

Leia mais

Ministério da Cultura Estrutura Organizacional e Competências. Professor Francisco Carlos M. da Conceição

Ministério da Cultura Estrutura Organizacional e Competências. Professor Francisco Carlos M. da Conceição Ministério da Cultura Estrutura Organizacional e Competências Professor Francisco Carlos M. da Conceição DECRETO Nº 6.835, DE 30 DE ABRIL DE2009. Aprova a Estrutura Regimental e o Quadro Demonstrativo

Leia mais

Belo Horizonte (MG) - Capela do Colégio Sagrado Coração de Jesus ganha reforma e será reaberta em breve

Belo Horizonte (MG) - Capela do Colégio Sagrado Coração de Jesus ganha reforma e será reaberta em breve Belo Horizonte (MG) - Capela do Colégio Sagrado Coração de Jesus ganha reforma e será reaberta em breve Escola é considerada um marco da história educacional de Belo Horizonte. Adriana Vilaça tinha 11

Leia mais

REGULAMENTO PARA GRUPOS DE PERNAMBUCO

REGULAMENTO PARA GRUPOS DE PERNAMBUCO REGULAMENTO PARA GRUPOS DE PERNAMBUCO Dispõe sobre a regulamentação artística de espetáculos, coreografias de diversos gêneros de dança para crianças e adultos, de acordo com as cláusulas abaixo apresentadas.

Leia mais

REVISTA INOVAÇÃO EM PAUTA

REVISTA INOVAÇÃO EM PAUTA II Simpósio Nacional de Jornalismo Científico Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (UENF) Campos dos Goytacazes RJ 28 e 29/11/2012 REVISTA INOVAÇÃO EM PAUTA Resumo A revista Inovação

Leia mais

Ambientes acessíveis

Ambientes acessíveis Fotos: Sônia Belizário Ambientes acessíveis É FUNDAMENTAL A ATENÇÃO AO DESENHO E A CONCEPÇÃO DOS PROJETOS, PRINCIPALMENTE NOS ESPAÇOS PÚBLICOS,PARA ATENDER ÀS NECESSIDADES E LIMITAÇÕES DO MAIOR NÚMERO

Leia mais

Orientações sobre preenchimento de áreas e linhas de extensão no cadastro de atividades de extensão na UNIFAP

Orientações sobre preenchimento de áreas e linhas de extensão no cadastro de atividades de extensão na UNIFAP UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO E AÇÕES COMUNITÁRIAS DEPARTAMENTO DE EXTENSAO Orientações sobre preenchimento de áreas e linhas de extensão no cadastro de atividades de extensão

Leia mais

Texto de abertura do 6o. ENLIHPE: memória de uma jornada (por Jáder dos Reis Sampaio)

Texto de abertura do 6o. ENLIHPE: memória de uma jornada (por Jáder dos Reis Sampaio) Texto de abertura do 6o. ENLIHPE: memória de uma jornada (por Jáder dos Reis Sampaio) Estamos na 6ª. edição do Encontro Nacional da Liga de Pesquisadores do Espiritismo e ao olhar para trás, vejo uma trajetória

Leia mais

PREFEITURA DE PORTO ALEGRE SECRETARIA MUNICIPAL DA CULTURA. I DEMOCRACINE Festival Internacional de Cinema de Porto Alegre REGULAMENTO GERAL

PREFEITURA DE PORTO ALEGRE SECRETARIA MUNICIPAL DA CULTURA. I DEMOCRACINE Festival Internacional de Cinema de Porto Alegre REGULAMENTO GERAL PREFEITURA DE PORTO ALEGRE SECRETARIA MUNICIPAL DA CULTURA I DEMOCRACINE Festival Internacional de Cinema de Porto Alegre REGULAMENTO GERAL CAPÍTULO I DA ORGANIZAÇÃO Art. 1º: O I Democracine Festival Internacional

Leia mais

UNIÃO DAS INSTITUIÇÕES DE SERVIÇOS, ENSINO E PESQUISA LTDA. PASTA P R O E R S

UNIÃO DAS INSTITUIÇÕES DE SERVIÇOS, ENSINO E PESQUISA LTDA. PASTA P R O E R S UNIÃO DAS INSTITUIÇÕES DE SERVIÇOS, ENSINO E PESQUISA LTDA. PASTA P R O E R S São Paulo ( ) / Minas Gerais ( ) 2011 1 P R O E R S 1. TÍTULO DO PROJETO (de acordo com a Linha de Extensão) : 2. ACADÊMICO:

Leia mais

Regimento da Biblioteca Rev.: 01 Data: 07/07/2008

Regimento da Biblioteca Rev.: 01 Data: 07/07/2008 COMPLEXO DE ENSINO SUPERIOR DE SANTA CATARINA - CESUSC FACULDADE DE CIÊNCIAS SOCIAIS DE FLORIANÓPOLIS - FCSF Credenciada pela Portaria MEC n. 109, de 10 de fevereiro de 2000 (DOU 11.02.2000) BIBLIOTECA

Leia mais

SILVA, Mylton Severiano da. Realidade - História da revista que virou lenda. Florianópolis: Editora Insular, 2013. 320 p.

SILVA, Mylton Severiano da. Realidade - História da revista que virou lenda. Florianópolis: Editora Insular, 2013. 320 p. 219 SILVA, Mylton Severiano da. Realidade - História da revista que virou lenda. Florianópolis: Editora Insular, 2013. 320 p. 220 Não é lenda; é Realidade It's not legend; it's Reality Joaquim Francisco

Leia mais

TOMBAMENTO. Museu de Arte Sacra da Boa Morte Cidade de Goiás

TOMBAMENTO. Museu de Arte Sacra da Boa Morte Cidade de Goiás TOMBAMENTO Museu de Arte Sacra da Boa Morte Cidade de Goiás LEGISLAÇÃO FEDERAL: Decreto-Lei n 25/37 (procedimentos dos estudos de tombamento e seus efeitos). Decreto-Lei n 3.866/41 (cancelamento de bens

Leia mais

MARKETING PROMOCIONAL COMO FERRAMENTA PARA A ELABORAÇÃO DE AÇÕES REALIZADAS NA DIVULGAÇÃO DO 41º FESTIVAL NACIONAL DE TEATRO

MARKETING PROMOCIONAL COMO FERRAMENTA PARA A ELABORAÇÃO DE AÇÕES REALIZADAS NA DIVULGAÇÃO DO 41º FESTIVAL NACIONAL DE TEATRO MARKETING PROMOCIONAL COMO FERRAMENTA PARA A ELABORAÇÃO DE AÇÕES REALIZADAS NA DIVULGAÇÃO DO 41º FESTIVAL NACIONAL DE TEATRO Andressa Stefany Telles Carlos Alberto Maio Márcia Maria Dropa RESUMO: O presente

Leia mais

Disponível em: http://www.portacurtas.com.br/filme.asp?cod=4745

Disponível em: http://www.portacurtas.com.br/filme.asp?cod=4745 Filme: Álbum de Musica Gênero: Documentário Diretor: Sergio Sanz Ano: 1974 Duração: 10 min Cor: P&B Bitola: 16mm País: Brasil Disponível em: http://www.portacurtas.com.br/filme.asp?cod=4745 Aplicabilidades

Leia mais

São Paulo/SP - Dono de prédio rejeita nova proposta e Belas Artes fecha as portas dia 24

São Paulo/SP - Dono de prédio rejeita nova proposta e Belas Artes fecha as portas dia 24 São Paulo/SP - Dono de prédio rejeita nova proposta e Belas Artes fecha as portas dia 24 O proprietário do prédio em que funciona o Cinema Belas Artes, Flávio Maluf, recusou uma nova proposta dos sócios

Leia mais

Jesuítas : Arte e Ciência: o legado da Companhia de Jesus na América Latina

Jesuítas : Arte e Ciência: o legado da Companhia de Jesus na América Latina Jesuítas : Arte e Ciência: o legado da Companhia de Jesus na América Latina Simpósio Nacional : Bicentenário da Restauração da Companhia de Jesus (1814-2014) Parte II Prof. Dr. Percival Tirapeli Instituto

Leia mais

CAPÍTULO I DA CONSTITUIÇÃO E FINALIDADE

CAPÍTULO I DA CONSTITUIÇÃO E FINALIDADE Preâmbulo Os representantes do CONFAUeD, reunidos em assembléia, no dia 30 de junho de 2011, para instituição dos regimentos dos seus laboratórios e núcleos, após deliberação aprovou o REGIMENTO INTERNO

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO ESCOLA DE ENGENHARIA DE SÃO CARLOS CURSO DE ENGENHARIA AMBIENTAL 1800091 - TRABALHO DE GRADUAÇÃO

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO ESCOLA DE ENGENHARIA DE SÃO CARLOS CURSO DE ENGENHARIA AMBIENTAL 1800091 - TRABALHO DE GRADUAÇÃO UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO ESCOLA DE ENGENHARIA DE SÃO CARLOS CURSO DE ENGENHARIA AMBIENTAL 1800091 - TRABALHO DE GRADUAÇÃO NORMAS PARA REALIZAÇÃO, APRESENTAÇÃO E DEFESA DE TRABALHO DE GRADUAÇÃO SÃO CARLOS,

Leia mais

Roteiro para autores

Roteiro para autores Roteiro para autores 1. Apresentação A Editora da Universidade do Estado de Minas Gerais, EdUEMG, foi criada para fomentar a produção científica nas áreas mais estratégicas e relevantes para a instituição.

Leia mais