Roteiro para autores

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Roteiro para autores"

Transcrição

1 Roteiro para autores 1. Apresentação A Editora da Universidade do Estado de Minas Gerais, EdUEMG, foi criada para fomentar a produção científica nas áreas mais estratégicas e relevantes para a instituição. Visando a qualidade técnica, científica e cultural de suas publicações, a EdUEMG normalizou o processo de adequação e tramite para a publicação de livros e coloca a disposição dos autores uma compilação de todas as normas e procedimentos da editora. O Roteiro para Autores, com a especificação de normas para o conteúdo de livros e todos os tramites para publicação, pretende oferecer um pequeno compêndio de orientações e regras para a construção do material e guiar o autor para os tramites que precedem a publicação. As normas e cuidados a serem observados pelos autores na preparação de originais seguem critérios adequados de textos científicos e escolhas da própria EdUEMG. Elas pretendem facilitar o trabalho do autor, assim como a avaliação de mérito por parte do conselho editorial e a leitura da obra. Este compêndio pretende ainda otimizar o trabalho dos revisores, proporcionando uma unidade formal e técnica, de qualidade científica, aos trabalhos publicados pela EdUEMG. A delimitação das normas através deste roteiro torna-se material de referência também à equipe de revisão e editoração. Quanto ao conteúdo, a editora publica trabalhos originais, que expressem avanços no conhecimento científico, notadamente aqueles que revelam a busca pela convergência entre o conhecimento teórico e a prática. 2. Processos de tramitação para publicação O material submetido à EdUEMG passará por três etapas até chegar à publicação: conferência preliminar do trabalho, verificando a adequação das normas da editora; julgamento do mérito, avaliando a significância do conteúdo, sua qualidade técnica, científica e cultural, além da viabilidade comercial. E se aprovado, o material é encaminhado para a última etapa, o processo de editoração. 2.1.Conferência preliminar (equipe de revisão da editora) Objetivando otimizar o processo de editoração e garantir o padrão do material publicado, a primeira etapa consiste em uma conferência preliminar. Nesta fase, a equipe de revisão da EdUEMG observa se os trabalhos recebidos seguem as exigências previstas pelas normas de publicação. Além disso, os originas devem estar devidamente formalizados com base nas orientações estabelecidas pela norma NBR-6023 da ABNT (Associação Brasileira de 1

2 Normas Técnicas). Para isto, o autor poderá tomar como referência o Manual para Normalização de Publicação Técnico-Científicas da UFMG 8ª edição/ 2007, utilizado como referência pela EdUEMG. Após a primeira revisão, se pertinente, o material será enviado para o julgamento do mérito, feito pelo conselho editorial. O não cumprimento das orientações implicará a interrupção desse processo. Os textos assinados contidos nos livros e publicados pela EdUEMG são de inteira responsabilidade dos autores e em nenhuma das fases, haverá alteração de seu conteúdo sem prévia autorização Avaliação do mérito (conselho editorial) A segunda etapa é a avaliação do mérito, feita por um conselho editorial. O conselho da EdUEMG, formado por doutores das áreas afins, julgará a relevância do material a ser publicado. Para avaliação, o material será observado tendo em vista sua qualidade científica e cultural e sua viabilidade técnica, garantindo a originalidade, o avanço no conhecimento científico e a convergência entre o conhecimento teórico e a prática. Para a avaliação do conteúdo, o material é remetido aos conselheiros que emitem parecer, com a identidade do autor preservada, garantido a imparcialidade da decisão. Após o julgamento, a EdUEMG notifica os autores sobre a aprovação, a reprovação ou a necessidade de reformular seu trabalho. Finalizado o julgamento do mérito e com o parecer favorável à publicação, autor e editora acertam o contrato de edição, onde serão determinados os direitos e obrigações de cada parte. Para a próxima etapa, editoração, o autor entrega novamente os dois originais do trabalho, caso haja alguma mudança. A versão eletrônica em mídia e a impressa devem ser idênticas quanto ao conteúdo e formatação. 2.2.Editoração (equipe editorial) Após o julgamento do mérito, o trabalho entra na fase de editoração, que segue o cronograma de produção da editora. Nesta fase, os originais serão totalmente revisados pela equipe da editora, cabendo ao autor o esclarecimento de dúvidas. Logo após ser revisado, o texto é reenviado ao autor para uma última conferência, antes de ser enviado à gráfica. A atenção e precisão do autor quanto à solicitação de esclarecimentos por parte da editora terá influência direta no prazo determinado para o final da editoração e publicação do livro. Antes do início da editoração, o autor deve combinar com a editora a necessidade da entrega do material de ilustração original (fotografias ou figuras) para garantir a qualidade do material publicado. 2

3 3. Normas para apresentação dos trabalhos Para garantir a qualidade formal e técnica, dinamizar e aperfeiçoar o trabalho de revisão, julgamento e editoração, os trabalhos devem ser enviados para análise com todos os elementos obrigatórios exigidos pela EdUEMG, bem como os opcionais escolhidos. Estes elementos formam a estrutura do livro: elementos materiais, elementos pré-textuais, elementos pós-textuais e elementos textuais. (Detalhe sobre os elementos obrigatórios no item 3.3) 3.1. Apresentação formal e entrega do original Ao enviar a proposta de publicação de livros, o autor deverá postar o trabalho original em duas vias: uma impressa, devidamente encadernada e paginada e outra em mídia digital (CD ou DVD). O texto deve ser formatado com espaço 2 e letra Times New Roman, corpo 12. O arquivo deverá ter extensão.doc ou.txt As figuras devem ser escaneadas ao longo do texto, nos locais apropriados e devidamente identificadas, numeradas e legendadas. Os originais, caso haja necessidade, serão exigidas no momento da editoração em alta resolução para garantir a qualidade do trabalho impresso em gráfica. Essa necessidade é discutida com a divisão editorial, no momento da editoração. As tabelas e gráficos também devem estar devidamente inseridos no texto, com os títulos e legendas. Tabelas com título a cima e gráficos com títulos em baixo Documentos necessários Anexada ao trabalho, a EdUEMG solicita uma carta ou pedido de publicação, na qual o autor deve declarar que possui direitos autorais da obra, bem como informar se a enviou para outras editoras. Junto a isto, uma cópia do currículo do autor/organizador. A responsabilidade para a obtenção de Cessão de Direitos sobre ilustrações e fotos (imagem/fotógrafo) é de responsabilidade do autor. O documento de cessão deve ser encaminhado junto com o material a ser analisado, por escrito, com assinatura, comprovando que fazem parte da obra e que são pelo autor fornecidas como parte dos originais entregues à EdUEMG. Em caso de livros com organizadores, estes serão responsáveis por enviar à Editora as referências de todos os autores. As negociações serão realizadas com o organizador, doravante denominado responsável pela obra perante a Editora. O organizador será responsável por enviar à editora os dados dos autores: nome, endereço, telefone, , RG, CPF e autorizações para uso de textos e imagens. A coletânea de artigos deve seguir a padronização formal, como capítulos de uma mesma obra. 3

4 Registro de ISBN Para a solicitação e obtenção de registro do ISBN, o autor deverá mandar em folha anexa à obra, algumas informações que serão enviadas, pela editora, à Câmara Brasileira do Livro e à Biblioteca Nacional. As informações técnicas são: Público a que se destina: geral, universitários, psicólogos, psicanalistas, etc. Característica essencial da obra (gênero): biografia, crítica e interpretação, técnico/científico, etc. De três a cinco palavraschave que definam os assuntos principais da obra Envio de originais O material deve ser encaminhado à EdUEMG Editora da Universidade do Estado de Minas Gerais. Avenida Coronel José Máximo, 200. Bairro São Sebastião. Cep: Adaptação de dissertações e teses A EdUEMG recebe também dissertações e teses, desde que devidamente adaptadas ao modelo de livro. Para a adaptação, o autor deve observar as mudanças quanto à abordagem, linguagem e organização. As mudanças devem tirar do texto as características de uma produção voltada para análise de especialistas e dar ao conteúdo a forma de livro, que se dirige ao público em geral. As adaptações devem deixar o texto fluido, mais enxuto no que tange às referências bibliográficas e notas de rodapé. Citações, referências e/ou digressões, típicas de teses universitárias, deverão ser editadas, assim como as notas explicativas e bibliográficas. Os excessos de negritos e sublinhados devem ser retirados. As páginas iniciais também devem sofrer alterações. A página referente à aprovação da dissertação ou tese deve ser retirada e as referentes à apresentação e introdução, enxutas. Notas de rodapé que contenham referências devem ser substituídas pelo sistema (autor, data, p.) ao final de cada citação, remetendo às referências que se encontram no final do livro ou artigo. As referências devem seguir as normas NBR-6023 da ABNT. Como referência, o autor poderá utilizar o Manual para Normalização de Publicação Técnico-Científicas da UFMG 8ª edição/ 2007, base para a revisão da EdUEMG. Todas as fontes de pesquisa utilizadas no texto devem ser referenciadas e constar no final do texto. As informações da citação devem coincidir com os citados na referência bibliográfica. Dados errados ou incompletos nas referências são de inteira responsabilidade do autor. 4

5 3.3. Elementos obrigatórios e opcionais Alguns elementos pré-textuais e pós-textuais são essenciais ao conteúdo de um livro. Portanto, para editoração feita pela EdUEMG alguns deles são obrigatórios e outros opcionais para o autor. Esses itens complementares, alguns de responsabilidade do autor, devem ser enviados junto com o material para análise, sempre respeitando as regras da ABNT. A Capa é um elemento material do livro e de responsabilidade da editora, porém, o autor tem a opção de mandar sugestões. Porém, as sugestões podem ou não ser aceitas pela divisão editorial, que toma a decisão final. Outro elemento material é a orelha, extremidades excedentes da capa, que se dobraram para dentro. A orelha contém informações sobre o livro e sobre o autor. O texto, com uma média de 500 a 600 toques, pode ser escrito por algum especialista da área ou pelo próprio autor. No momento da editoração, este texto também está sujeito à revisão e edição. A Apresentação e/ou Prefácio são elementos pré-textuais, localizados em página ímpar e isolada. O texto, contendo em média 20 linhas, expõe o conteúdo da obra e pode ser escrito pelo próprio autor ou por outra pessoa, a critério deste. Quando é escrito um novo prefácio, para nova edição, ele precede o original, que é reintitulado. As Listas são também elementos pré-textuais, porém obrigatórias somente quando o livro apresenta grande número de elementos ilustrativos ou explicativos. As Listas podem ser de ilustrações, tabelas, abreviaturas ou siglas e notações ou símbolos. Nelas constam um número específico da figura ou tabela, seu título e a página em que se encontra. Outro elemento pré-textual obrigatório a todas as obras é o Sumário. Este item indica o conteúdo do documento, suas divisões e seções, na mesma ordem em que se apresentam ao longo do livro. Entre os vários elementos pós-textuais que podem compor um livro, a Referência é o único obrigatório. Localizada entre as últimas páginas do livro, a Referência é a relação das fontes utilizadas pelo autor. Elas são normalizadas segundo NBR 6023 da ABNT. Outros elementos como Agradecimento, Dedicatória, Epígrafe, Glossário, Índice, Apêndices e Anexos são elementos opcionais, ficando a critério do autor sua inclusão. Caso ocorram, o autor deve construí-los seguindo sempre as normas da ABNT, NBR

EDITAL N.º 105 /2010 PUBLICAÇÃO DE LIVROS TÉCNICO-CIENTÍFICOS DA UESB

EDITAL N.º 105 /2010 PUBLICAÇÃO DE LIVROS TÉCNICO-CIENTÍFICOS DA UESB UNIVERSIDADE ESTADUAL DO SUDOESTE DA BAHIA UESB Recredenciada pelo Decreto Estadual N 9.996, de 02.05.2006 EDITAL N.º 105 /2010 PUBLICAÇÃO DE LIVROS TÉCNICO-CIENTÍFICOS DA UESB O Reitor da Universidade

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO SUDOESTE DA BAHIA UESB Recredenciada pelo Decreto Estadual N 9.996, de 02.05.2006 EDITAL Nº 179/2013

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO SUDOESTE DA BAHIA UESB Recredenciada pelo Decreto Estadual N 9.996, de 02.05.2006 EDITAL Nº 179/2013 UNIVERSIDADE ESTADUAL DO SUDOESTE DA BAHIA UESB Recredenciada pelo Decreto Estadual N 9.996, de 02.05.2006 EDITAL Nº 179/2013 PUBLICAÇÃO DE LIVROS TÉCNICO-CIENTÍFICOS DA UESB O Reitor da Universidade Estadual

Leia mais

APOIO À PUBLICAÇÃO DE LIVROS IMPRESSOS - EDIÇÃO 2014

APOIO À PUBLICAÇÃO DE LIVROS IMPRESSOS - EDIÇÃO 2014 EDITAL INTERNO Nº 126 DE 10 DE SETEMBRO DE 2014 APOIO À PUBLICAÇÃO DE LIVROS IMPRESSOS - EDIÇÃO 2014 O REITOR DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA FLUMINENSE, no uso das atribuições legais

Leia mais

EDITORA UNICENTRO REGULAMENTO DE PUBLICAÇÃO

EDITORA UNICENTRO REGULAMENTO DE PUBLICAÇÃO EDITORA UNICENTRO REGULAMENTO DE PUBLICAÇÃO O Conselho Editorial da UNICENTRO, no uso de suas atribuições regulamenta a submissão e o trâmite de propostas de livros a serem publicados pela Editora UNICENTRO,

Leia mais

EDITAL DE APOIO À PUBLICAÇÃO DE LIVROS IMPRESSOS E ELETRÔNICOS

EDITAL DE APOIO À PUBLICAÇÃO DE LIVROS IMPRESSOS E ELETRÔNICOS EDITAL Nº. 001/2013. EDITAL DE APOIO À PUBLICAÇÃO DE LIVROS IMPRESSOS E ELETRÔNICOS A Reitoria da Universidade Potiguar, por meio deste edital, leva a público, a abertura das inscrições para a publicação

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA GRANDE DOURADOS Editora da UFGD

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA GRANDE DOURADOS Editora da UFGD MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA GRANDE DOURADOS Editora da UFGD Chamada 01/2015/EDUFGD para publicação de livros EDITAL DE EDITORAÇÃO DA UFGD. PROGRAMA DE EDIÇÃO DE LIVROS DA UFGD Período

Leia mais

RECOMENDAÇÕES PARA ELABORAÇÃO

RECOMENDAÇÕES PARA ELABORAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS FARMACÊUTICAS RECOMENDAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DE TESES E DISSERTAÇÕES REVISADO EM SETEMBRO DE 2011 DE ACORDO COM RESOLUÇÃO

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA PARAÍBA PRÓ-REITORIA DE PESQUISA, INOVAÇÃO E PÓS-GRADUAÇÃO CONSELHO EDITORIAL

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA PARAÍBA PRÓ-REITORIA DE PESQUISA, INOVAÇÃO E PÓS-GRADUAÇÃO CONSELHO EDITORIAL INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA PARAÍBA PRÓ-REITORIA DE PESQUISA, INOVAÇÃO E PÓS-GRADUAÇÃO CONSELHO EDITORIAL EDITAL N.º 22/2015 PROGRAMA INSTITUCIONAL DE APOIO À PUBLICAÇÃO DE LIVROS

Leia mais

NORMAS PARA A APRESENTAÇÃO DA VERSÃO DEFINITIVA DA DISSERTAÇÃO NO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ZOOTECNIA

NORMAS PARA A APRESENTAÇÃO DA VERSÃO DEFINITIVA DA DISSERTAÇÃO NO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ZOOTECNIA NORMAS PARA A APRESENTAÇÃO DA VERSÃO DEFINITIVA DA DISSERTAÇÃO NO 1. VERSÃO FINAL O original da versão final da Dissertação deverá ser entregue pelo aluno a Coordenação do Programa de Pós-Graduação em

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DO PAPER NO ACOMPANHAMENTO ESPECIAL DE TODAS AS DISCIPLINAS

ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DO PAPER NO ACOMPANHAMENTO ESPECIAL DE TODAS AS DISCIPLINAS 1 ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DO PAPER NO ACOMPANHAMENTO ESPECIAL DE TODAS AS DISCIPLINAS APRESENTAÇÃO Esse documento é dirigido aos docentes e discentes da Fesp Faculdades com a finalidade de adotar normas

Leia mais

MANUAL DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO CENTRO DE AGRÁRIAS

MANUAL DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO CENTRO DE AGRÁRIAS MANUAL DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO CENTRO DE AGRÁRIAS PALMAS TO, 2015 1. Informações Gerais O presente Manual da Católica do Tocantins, mantida pela União Brasiliense de Educação e Cultura (UBEC)

Leia mais

EDITAL 03/2015 REVISTA PESQUISA & EXTENSÃO FACIT

EDITAL 03/2015 REVISTA PESQUISA & EXTENSÃO FACIT EDITAL 03/2015 REVISTA PESQUISA & EXTENSÃO FACIT A Faculdade de Ciência e Tecnologia de Montes Claros (FACIT), por intermédio da Coordenação de Pesquisa, TORNA PÚBLICO a todos os interessados que está

Leia mais

Roteiro para elaboração do Projeto de Monografia do Curso de Graduação em Ciências Econômicas Rio de Janeiro

Roteiro para elaboração do Projeto de Monografia do Curso de Graduação em Ciências Econômicas Rio de Janeiro FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS ESCOLA BRASILEIRA DE ECONOMIA E FINANÇAS GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS ECONÔMICAS Roteiro para elaboração do Projeto de Monografia do Curso de Graduação em Ciências Econômicas Rio de Janeiro

Leia mais

PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHO CIENTÍFICO DE CONCLUSÃO DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PROCESSO

PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHO CIENTÍFICO DE CONCLUSÃO DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PROCESSO MANUAL DE NORMAS TÉCNICAS 1 PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHO CIENTÍFICO DE CONCLUSÃO DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PROCESSO PENAL IBCCRIM-COIMBRA, REALIZADO PELO INSTITUTO BRASILEIRO DE CIÊNCIAS CRIMINAIS (IBCCRIM)

Leia mais

II Fórum de acessibilidade e II Seminário de ações afirmativas, diversidade e inclusão. OS TRABALHOS DEVERÃO SEGUIR A SEGUINTE FORMATAÇÃO:

II Fórum de acessibilidade e II Seminário de ações afirmativas, diversidade e inclusão. OS TRABALHOS DEVERÃO SEGUIR A SEGUINTE FORMATAÇÃO: II Fórum de acessibilidade e II Seminário de ações afirmativas, diversidade e inclusão. OS TRABALHOS DEVERÃO SEGUIR A SEGUINTE FORMATAÇÃO: I - RESUMO EXPANDIDO: Modalidade: Destinada a alunos de graduação,

Leia mais

NORMAS DE APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS 2013 DISSERTAÇÃO E TESE

NORMAS DE APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS 2013 DISSERTAÇÃO E TESE UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA ESCOLA DE ENFERMAGEM PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM NORMAS DE APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS 2013 DISSERTAÇÃO E TESE Este documento refere-se às Normas de Apresentação

Leia mais

PROCEDIMENTOS APÓS A DEFESA ( Alunos) O aluno deverá acessar o link da Biblioteca http://www2.unifesp.br/home_diadema/biblio_prod_servicos.

PROCEDIMENTOS APÓS A DEFESA ( Alunos) O aluno deverá acessar o link da Biblioteca http://www2.unifesp.br/home_diadema/biblio_prod_servicos. PROCEDIMENTOS APÓS A DEFESA ( Alunos) O aluno deverá acessar o link da Biblioteca http://www2.unifesp.br/home_diadema/biblio_prod_servicos.html ( Orientação e normalização de trabalhos acadêmicos segundo

Leia mais

MANUAL PARA ELABORAÇÃO E NORMATIZAÇÃO DE ARTIGOS CIENTÍFICOS

MANUAL PARA ELABORAÇÃO E NORMATIZAÇÃO DE ARTIGOS CIENTÍFICOS ISSN online: 2318-4299 MANUAL PARA ELABORAÇÃO E NORMATIZAÇÃO DE ARTIGOS CIENTÍFICOS 2ª Edição revisada e ampliada www.incentivoaciencia.com.br Brasil 2015 APRESENTAÇÃO A Associação Brasileira de Incentivo

Leia mais

NORMAS E PROCEDIMENTOS PARA A REALIZAÇÃO DA ATIVIDADE COMPLEMENTAR DE TRABALHO DE GRADUAÇÃO

NORMAS E PROCEDIMENTOS PARA A REALIZAÇÃO DA ATIVIDADE COMPLEMENTAR DE TRABALHO DE GRADUAÇÃO NORMAS E PROCEDIMENTOS PARA A REALIZAÇÃO DA ATIVIDADE COMPLEMENTAR DE TRABALHO DE GRADUAÇÃO 1. DA DEFINIÇÃO a) O Trabalho de Graduação (TG) compreende o estudo de um problema em profundidade, requerendo

Leia mais

NORMAS E PROCEDIMENTOS PARA A REALIZAÇÃO DA ATIVIDADE COMPLEMENTAR DE TRABALHO DE GRADUAÇÃO

NORMAS E PROCEDIMENTOS PARA A REALIZAÇÃO DA ATIVIDADE COMPLEMENTAR DE TRABALHO DE GRADUAÇÃO NORMAS E PROCEDIMENTOS PARA A REALIZAÇÃO DA ATIVIDADE COMPLEMENTAR DE TRABALHO DE GRADUAÇÃO 1. DA DEFINIÇÃO a) O Trabalho de Graduação (TG) compreende o estudo de um problema em profundidade, requerendo

Leia mais

NORMAS PARA ELABORAÇÃO DE RELATÓRIOS DE ESTÁGIO

NORMAS PARA ELABORAÇÃO DE RELATÓRIOS DE ESTÁGIO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO TRIÂNGULO MINEIRO CAMPUS UBERABA - MG NORMAS PARA ELABORAÇÃO DE RELATÓRIOS DE ESTÁGIO UBERABA-MG 2010 SUMÁRIO

Leia mais

Guia para apresentação do trabalho acadêmico:

Guia para apresentação do trabalho acadêmico: BIBLIOTECA COMUNITÁRIA Guia para apresentação do trabalho acadêmico: de acordo com NBR 14724/2005 São Carlos 2010 Guia para apresentação do trabalho acadêmico As orientações abaixo são de acordo com a

Leia mais

Guia para apresentação do trabalho acadêmico:

Guia para apresentação do trabalho acadêmico: BIBLIOTECA COMUNITÁRIA Guia para apresentação do trabalho acadêmico: de acordo com NBR 14724/2011 São Carlos 2011 Guia para apresentação do trabalho acadêmico As orientações abaixo são de acordo com NBR

Leia mais

Roteiro de Normas Técnicas para apresentação de trabalhos acadêmicos, dissertações, teses e monografias Rede Gonzaga de Ensino Superior

Roteiro de Normas Técnicas para apresentação de trabalhos acadêmicos, dissertações, teses e monografias Rede Gonzaga de Ensino Superior Objetivo: As normas da ABNT tem o objetivo de facilitar e determinar um padrão nos trabalhos, facilitando assim a avaliação das escolas e universidades, dentro de um mesmo parâmetro de apresentação. Elas

Leia mais

MANUAL DE PRODUÇÃO DO RELATÓRIO FINAL DE ESTÁGIO. 1. INTRODUÇÃO Deve ser breve, contendo descrições da empresa (o que é, qual a área de atuação, etc).

MANUAL DE PRODUÇÃO DO RELATÓRIO FINAL DE ESTÁGIO. 1. INTRODUÇÃO Deve ser breve, contendo descrições da empresa (o que é, qual a área de atuação, etc). MANUAL DE PRODUÇÃO DO RELATÓRIO FINAL DE ESTÁGIO CAPA Na capa devem conter as seguintes informações: - UNIVAP Universidade do Vale do Paraíba - Relatório de Atividade de Estágio - Nome da Empresa: - FCA

Leia mais

EDITAL Nº 008 SELEÇÃO PÚBLICA CURSO DE MESTRADO PROFISSIONAL EM METROLOGIA E QUALIDADE Inmetro - 2016

EDITAL Nº 008 SELEÇÃO PÚBLICA CURSO DE MESTRADO PROFISSIONAL EM METROLOGIA E QUALIDADE Inmetro - 2016 Serviço Público Federal MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR INSTITUTO NACIONAL DE METROLOGIA, QUALIDADE E TECNOLOGIA - INMETRO EDITAL Nº 008 SELEÇÃO PÚBLICA CURSO DE MESTRADO PROFISSIONAL

Leia mais

EDITAL Nº 026/2016 Referente ao Aviso Nº 082/2016, publicado no D.O.E. de 28/06/2016.

EDITAL Nº 026/2016 Referente ao Aviso Nº 082/2016, publicado no D.O.E. de 28/06/2016. EDITAL Nº 026/2016 Referente ao Aviso Nº 082/2016, publicado no D.O.E. de 28/06/2016. O REITOR DA UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA (UNEB), no uso de suas atribuições legais e regimentais, torna público,

Leia mais

Programa de Pós-graduação em Biofotônica Aplicada às Ciências da Saúde Universidade Nove de Julho - UNINOVE

Programa de Pós-graduação em Biofotônica Aplicada às Ciências da Saúde Universidade Nove de Julho - UNINOVE Programa de Pós-graduação em Biofotônica Aplicada às Ciências da Saúde Universidade Nove de Julho - UNINOVE Normas para Redação de Dissertações/Teses 1. Estrutura A estrutura de uma dissertação, tese ou

Leia mais

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO TCC CURSO DE DIREITO DA FACULDADE DOM BOSCO DE PORTO ALEGRE I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO TCC CURSO DE DIREITO DA FACULDADE DOM BOSCO DE PORTO ALEGRE I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO TCC CURSO DE DIREITO DA FACULDADE DOM BOSCO DE PORTO ALEGRE I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º. Este regulamento tem por finalidade normatizar as atividades do

Leia mais

PIM V. Projeto Integrado Multidisciplinar

PIM V. Projeto Integrado Multidisciplinar PIM V Projeto Integrado Multidisciplinar PIM V - PROJETO INTEGRADO MULTIDISCIPLINAR TEMA: Propor a aplicação dos conhecimentos adquiridos nas disciplinas do semestre no funcionamento dos sistemas de Saúde

Leia mais

COMPLEMENTAÇÃO ÀS NORMAS TÉCNICAS PARA A DISSERTAÇÃO

COMPLEMENTAÇÃO ÀS NORMAS TÉCNICAS PARA A DISSERTAÇÃO COMPLEMENTAÇÃO ÀS NORMAS TÉCNICAS PARA A DISSERTAÇÃO RESUMOS Os resumos em língua portuguesa e em língua estrangeira devem conter no mínimo 200 e no máximo 500 palavras. PALAVRAS-CHAVE Devem ser usadas

Leia mais

Regulamento Específico para os Estágios Supervisionados do Curso de Licenciatura em Geografia a Distância

Regulamento Específico para os Estágios Supervisionados do Curso de Licenciatura em Geografia a Distância Regulamento Específico para os Estágios Supervisionados do Curso de Licenciatura em Geografia a Distância As disciplinas Estágio Supervisionado I e II, devendo perfazer o total de 200 (duzentas) horas

Leia mais

MANUAL DO AUTOR. Submissão de originais para publicação

MANUAL DO AUTOR. Submissão de originais para publicação MANUAL DO AUTOR Submissão de originais para publicação A Editora Universitária Champagnat, no selo PUCPRess, tem como premissa a relevância científica e didática, e visa, com suas obras, atender aos interesses

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO DE PROPOSTAS DE ARTES VISUAIS PARA REALIZAÇÃO DE EXPOSIÇÕES NO CENTRO CULTURAL BOULEVARD LONDRINA SHOPPING

EDITAL DE SELEÇÃO DE PROPOSTAS DE ARTES VISUAIS PARA REALIZAÇÃO DE EXPOSIÇÕES NO CENTRO CULTURAL BOULEVARD LONDRINA SHOPPING 1 EDITAL DE SELEÇÃO DE PROPOSTAS DE ARTES VISUAIS PARA REALIZAÇÃO DE EXPOSIÇÕES NO CENTRO CULTURAL BOULEVARD LONDRINA SHOPPING Regulamento editado pelo Boulevard Londrina Shopping, inscrito sob CNPJ 09.191.802/0002-81,

Leia mais

CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO MANUAL DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC)

CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO MANUAL DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC) CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO MANUAL DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC) PALMAS TO, NOVEMBRO 2015 A disciplina Trabalho de Conclusão de Curso, na Faculdade Católica do Tocantins, está organizada

Leia mais

DIRETRIZES PARA APRESENTAÇÃO DOS TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO (TCC)

DIRETRIZES PARA APRESENTAÇÃO DOS TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO (TCC) DIRETRIZES PARA APRESENTAÇÃO DOS TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO (TCC) RIO DE JANEIRO 2009 2 APRESENTAÇÃO Estas diretrizes têm por objetivo padronizar a apresentação dos Trabalhos

Leia mais

FILME EM MINAS - PROGRAMA DE ESTÍMULO AO AUDIOVISUAL BIÊNIO 2011/2012

FILME EM MINAS - PROGRAMA DE ESTÍMULO AO AUDIOVISUAL BIÊNIO 2011/2012 FILME EM MINAS - PROGRAMA DE ESTÍMULO AO AUDIOVISUAL BIÊNIO 2011/2012 ANEXO VI: REGULAMENTO: PUBLICAÇÕES, PRESERVAÇÃO E MEMÓRIA 1. DO OBJETO DO PATROCÍNIO 1.1 Serão aceitos projetos de publicações acerca

Leia mais

DESENVOLVIMENTO E ORGANIZA- ÇÃO DO TRABALHO CIENTÍFICO. META Descrever como proceder para melhor elaborar e organizar um trabalho científico.

DESENVOLVIMENTO E ORGANIZA- ÇÃO DO TRABALHO CIENTÍFICO. META Descrever como proceder para melhor elaborar e organizar um trabalho científico. DESENVOLVIMENTO E ORGANIZA- ÇÃO DO TRABALHO CIENTÍFICO Aula 3 META Descrever como proceder para melhor elaborar e organizar um trabalho científico. OBJETIVOS Ao final desta aula, o aluno(a) deverá: ler

Leia mais

ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas)

ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas) ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas) Um resumo das normas Este resumo é indicado, principalmente, para quem for escrever um trabalho científico. Como a própria ABNT diz, ao introduzir o texto

Leia mais

EDITAL N. 002/2015 CONCURSO INTERNO DE ARTIGOS CEULM/ULBRA/ULBRATECH

EDITAL N. 002/2015 CONCURSO INTERNO DE ARTIGOS CEULM/ULBRA/ULBRATECH EDITAL N. 002/2015 CONCURSO INTERNO DE ARTIGOS CEULM/ULBRA/ULBRATECH O Centro Universitário Luterano de Manaus (CEULM/ULBRA) convida os interessados a submeterem artigos ao concurso interno CEULM/ULBRA/ULBRATECH

Leia mais

FACULDADE PRUDENTE DE MORAES BACHARELADO EM JORNALISMO MANUAL DE ORIENTAÇÃO DE TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO/PROJETO EXPERIMENTAL

FACULDADE PRUDENTE DE MORAES BACHARELADO EM JORNALISMO MANUAL DE ORIENTAÇÃO DE TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO/PROJETO EXPERIMENTAL MANUAL DE ORIENTAÇÃO DE TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO/PROJETO EXPERIMENTAL 1 MANUAL DE ORIENTAÇÃO DE TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO/PROJETO EXPERIMENTAL ITU/SP 2013 2 CAPÍTULO I Do Conceito Artito 1

Leia mais

TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC) - EDUCAÇÃO FÍSICA BACHARELADO

TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC) - EDUCAÇÃO FÍSICA BACHARELADO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC) - EDUCAÇÃO FÍSICA BACHARELADO O Trabalho de Conclusão de Curso é componente curricular obrigatório, enriquecedor e implementador do perfil do formando. É concebido

Leia mais

EDITAL nº 084/2013 IFMG PUBLICAÇÃO DE ARTIGOS E RELATOS DE PRÁTICAS PEDAGÓGICAS SOBRE O PROEJA E PROEJA FIC NO ÂMBITO DO IFMG

EDITAL nº 084/2013 IFMG PUBLICAÇÃO DE ARTIGOS E RELATOS DE PRÁTICAS PEDAGÓGICAS SOBRE O PROEJA E PROEJA FIC NO ÂMBITO DO IFMG MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE MINAS GERAIS REITORIA PRÓ-REITORIA DE ENSINO Av. Professor Mario Werneck,

Leia mais

BANCO DO NORDESTE DO BRASIL S.A. BNB ESCRITÓRIO TÉCNICO DE ESTUDOS ECONÔMICOS DO NORDESTE ETENE

BANCO DO NORDESTE DO BRASIL S.A. BNB ESCRITÓRIO TÉCNICO DE ESTUDOS ECONÔMICOS DO NORDESTE ETENE BANCO DO NORDESTE DO BRASIL S.A. BNB ESCRITÓRIO TÉCNICO DE ESTUDOS ECONÔMICOS DO NORDESTE ETENE AVISO ETENE/FUNDECI - 07/2007 APOIO A ELABORAÇÃO DE TESES E DISSERTAÇÕES SOBRE DESENVOLVIMENTO DO NORDESTE

Leia mais

MANUAL DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO EDUCAÇÃO FÍSICA

MANUAL DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO EDUCAÇÃO FÍSICA MANUAL DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO EDUCAÇÃO FÍSICA 1 OBJETIVO Padronização e estruturação das normas técnicas, deveres e direitos das partes envolvidas e diretrizes do Trabalho de Conclusão de Curso

Leia mais

Escola SENAI Jose Polizotto. Biblioteca - Escola SENAI Jose Polizotto. Manual para elaboração de trabalhos. acadêmicos

Escola SENAI Jose Polizotto. Biblioteca - Escola SENAI Jose Polizotto. Manual para elaboração de trabalhos. acadêmicos Escola SENAI Jose Polizotto Biblioteca - Escola SENAI Jose Polizotto Manual para elaboração de trabalhos acadêmicos Marília 2008 Biblioteca - Escola SENAI José Polizotto Manual para elaboração de trabalhos

Leia mais

AÇÕES PARA ORGANIZAÇÃO DE ARTIGO TEXTO RETIRADO E ADAPTADO DO MANUAL PARA APRESENTAÇÃO DE ARTIGOS CIENTÍFICOS DO CENTRO UNIVERSITÁRIO LA SALLE.

AÇÕES PARA ORGANIZAÇÃO DE ARTIGO TEXTO RETIRADO E ADAPTADO DO MANUAL PARA APRESENTAÇÃO DE ARTIGOS CIENTÍFICOS DO CENTRO UNIVERSITÁRIO LA SALLE. AÇÕES PARA ORGANIZAÇÃO DE ARTIGO TEXTO RETIRADO E ADAPTADO DO MANUAL PARA APRESENTAÇÃO DE ARTIGOS CIENTÍFICOS DO CENTRO UNIVERSITÁRIO LA SALLE. CANOAS/2014 A estrutura deste manual foi elaborada com base

Leia mais

FILME EM MINAS - PROGRAMA DE ESTÍMULO AO AUDIOVISUAL BIÊNIO 2013/2014

FILME EM MINAS - PROGRAMA DE ESTÍMULO AO AUDIOVISUAL BIÊNIO 2013/2014 FILME EM MINAS - PROGRAMA DE ESTÍMULO AO AUDIOVISUAL BIÊNIO 2013/2014 ANEXO VI: REGULAMENTO: PUBLICAÇÕES, PRESERVAÇÃO E MEMÓRIA 1. DO OBJETO DO PATROCÍNIO 1.1 Serão aceitos projetos de publicações acerca

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 013, DE 13 DE NOVEMBRO DE 2012.

RESOLUÇÃO Nº 013, DE 13 DE NOVEMBRO DE 2012. Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul Câmpus Porto Alegre RESOLUÇÃO Nº 013, DE 13 DE NOVEMBRO

Leia mais

GUIA DO ESTAGIÁRIO CURSO SUPERIOR

GUIA DO ESTAGIÁRIO CURSO SUPERIOR GUIA DO ESTAGIÁRIO CURSO SUPERIOR FACULDADE DE TECNOLOGIA DE SÃO VICENTE CURSO SUPERIOR EM BACHAREL EM SITEMAS DE INFORMAÇÃO 1 Faculdade de Tecnologia de São Vicente Av. Presidente Wilson, 1013 Centro

Leia mais

I SIMPÓSIO MULTIPROFISSIONAL DE SAÚDE COLETIVA DO CENTRO SUL Atuação Multiprofissional na Integralidade a Assistência à Saúde EDITAL 01/2015

I SIMPÓSIO MULTIPROFISSIONAL DE SAÚDE COLETIVA DO CENTRO SUL Atuação Multiprofissional na Integralidade a Assistência à Saúde EDITAL 01/2015 UNIVERSIDADE REGIONAL DO CARIRI - URCA CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE CCBS UNIDADE DESCENTRALIZADA DE IGUATU - UDI CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM I SIMPÓSIO MULTIPROFISSIONAL DE SAÚDE COLETIVA

Leia mais

A redação deve primar por clareza, brevidade e concisão.

A redação deve primar por clareza, brevidade e concisão. Normas Revista Unicerp - Saúde e Meio Ambiente Introdução A Revista Revista Unicerp - Saúde e Meio Ambiente é uma publicaçãol do Centro Universitário do Cerrado Patrocínio Unicerp e publica artigos científicos

Leia mais

Faculdade de Alta Floresta (FAF) Programa de Iniciação Científica MANUAL DE NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE ARTIGOS CIENTÍFICOS

Faculdade de Alta Floresta (FAF) Programa de Iniciação Científica MANUAL DE NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE ARTIGOS CIENTÍFICOS Faculdade de Alta Floresta (FAF) Programa de Iniciação Científica MANUAL DE NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE ARTIGOS CIENTÍFICOS Alta Floresta-MT 2015 Programa de Iniciação Científica MANUAL DE NORMAS PARA

Leia mais

EDITAL 97 - CONCURSO DE SELEÇÃO 2013.2 DOUTORADO ACADÊMICO

EDITAL 97 - CONCURSO DE SELEÇÃO 2013.2 DOUTORADO ACADÊMICO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS (BOTÂNICA) UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO QUINTA DA BOA VISTA S/N. SÃO CRISTÓVÃO CEP 20940-040 RIO DE JANEIRO, RJ BRASIL pgbotufrj@gmail.com EDITAL

Leia mais

n. 1, v. 1, maio de 2010 ISSN:

n. 1, v. 1, maio de 2010 ISSN: n. 1, v. 1, maio de 2010 ISSN: REVISTA PONTO DE ENCONTRO o Conselho Editorial o Comissões Científicas o Fale Conosco o Endereço de Contato o Normas o Links para Pesquisa o Sumário Caros leitores, A Revista

Leia mais

GUIA DE ESTÁGIO CURSOS TECNOLÓGICOS

GUIA DE ESTÁGIO CURSOS TECNOLÓGICOS GUIA DE ESTÁGIO CURSOS TECNOLÓGICOS 1 SUMÁRIO 3 INTRODUÇÃO 4 DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA PARA REALIZAÇÃO DO ESTÁGIO 6 RESCISÃO DO CONTRATO DE ESTÁGIO 7 CONCLUSÃO DE CURSO 7 RELATÓRIO TÉCNICO 8 AVALIAÇÃO DE

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM REDES DE COMPUTADORES

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM REDES DE COMPUTADORES CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM REDES DE COMPUTADORES REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DO CURSO 2 Sumário 1 CARACTERÍSTICAS GERAIS... 3 1.1 Atividade acadêmica... 3 1.2 Estruturação... 3 1.3 Localização

Leia mais

Serviço Público Federal Universidade Federal de Goiás Regional Catalão Departamento Editorial EDITAL Nº 001/2014

Serviço Público Federal Universidade Federal de Goiás Regional Catalão Departamento Editorial EDITAL Nº 001/2014 EDITAL Nº 001/2014 CHAMADA PARA APRESENTAÇÃO DE CONTOS E POEMAS 1º CONCURSO NACIONAL DE CONTOS & POEMAS - ANTOLOGIA 2015 Prêmio FLOR DO IPÊ O DEPECAC d o C a m p u s Catalão da e o Departamento de Letras

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE MINAS GERAIS CAMPUS

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE MINAS GERAIS CAMPUS MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE MINAS GERAIS CAMPUS GOVERNADOR VALADARES COORDENAÇÃO DO ENSINO MÉDIO - CEM

Leia mais

EDITAL DE APOIO À EDITORAÇÃO E PUBLICAÇÃO DE PERIÓDICOS CIENTÍFICOS - 2016

EDITAL DE APOIO À EDITORAÇÃO E PUBLICAÇÃO DE PERIÓDICOS CIENTÍFICOS - 2016 EDITAL DE APOIO À EDITORAÇÃO E PUBLICAÇÃO DE PERIÓDICOS CIENTÍFICOS - 2016 A Universidade Federal do Paraná (UFPR), por intermédio da Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação (PRPPG), torna público o presente

Leia mais

Orientações Gerais para Elaboração de Projeto 4º Prêmio CISER de Inovação Tecnológica

Orientações Gerais para Elaboração de Projeto 4º Prêmio CISER de Inovação Tecnológica Orientações Gerais para Elaboração de Projeto 4º Prêmio CISER de Inovação Tecnológica O projeto deverá ser encaminhado contendo todas as informações solicitadas no roteiro a seguir, inclusive seguindo

Leia mais

Resumos estendidos de trabalhos apresentados em eventos científicos ou de teses e dissertações; mínimo de 5 e máximo de 8 páginas.

Resumos estendidos de trabalhos apresentados em eventos científicos ou de teses e dissertações; mínimo de 5 e máximo de 8 páginas. maticamente, na seção dos direitos autorais a ele referentes, devendo a revista ser consultada em caso de republicação. A Revista não se responsabilizará pelo conteúdo dos textos, sendo eles de responsabilidade

Leia mais

Profª PEDRA SANTANA ALVES Reitora

Profª PEDRA SANTANA ALVES Reitora 0 PORTARIA Nº 11/11 APROVA AD REFERENDUM O REGULAMENTO PARA PROJETO FINAL DOS CURSOS DE ENGENHARIA DA UNERJ. A Reitora do Centro Universitário de Jaraguá do Sul UNERJ, e Presidente do Conselho Universitário

Leia mais

RESOLUÇÃO N 019/2015 - CONSELHO SUPERIOR

RESOLUÇÃO N 019/2015 - CONSELHO SUPERIOR RESOLUÇÃO N 019/2015 - CONSELHO SUPERIOR Aprova o Regulamento dos Trabalhos de Conclusão dos Cursos de Licenciatura do IFPI. O Presidente do Conselho Superior do Instituto Federal de Educação, Ciência

Leia mais

Política Editorial / Editorial Policy

Política Editorial / Editorial Policy 127 Política Editorial / Editorial Policy A Revista Saúde é uma publicação impressa anual, veiculada pelo Claretiano Centro Universitário, destinada à divulgação científica de pesquisas e projetos nas

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MINAS GERAIS FUNDAÇÃO EDUCACIONAL DE DIVINÓPOLIS INSTITUTO DE ENSINO SUPERIOR E PESQUISA CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MINAS GERAIS FUNDAÇÃO EDUCACIONAL DE DIVINÓPOLIS INSTITUTO DE ENSINO SUPERIOR E PESQUISA CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MINAS GERAIS FUNDAÇÃO EDUCACIONAL DE DIVINÓPOLIS INSTITUTO DE ENSINO SUPERIOR E PESQUISA CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL NORMA DE REGULAMENTAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DO CURSO

Leia mais

MANUAL DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO PROJETOS EXPERIMENTAIS DO CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL JORNALISMO CAPÍTULO I MODALIDADE DE TRABALHO

MANUAL DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO PROJETOS EXPERIMENTAIS DO CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL JORNALISMO CAPÍTULO I MODALIDADE DE TRABALHO MANUAL DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO PROJETOS EXPERIMENTAIS DO CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL JORNALISMO CAPÍTULO I MODALIDADE DE TRABALHO Art. 1º O presente Manual estabelece os princípios teórico-metodológicos

Leia mais

Leia estas instruções:

Leia estas instruções: Leia estas instruções: 1 2 3 4 5 6 Confira se os dados contidos na parte inferior desta capa estão corretos e, em seguida, assine no espaço reservado para isso. Caso se identifique em qualquer outro local

Leia mais

REGULAMENTO DA DEFESA DE DISSERTAÇÃO DO PROGRAMA DE PÓS- GRADUAÇÃO STRICTO SENSU EM AUTOMAÇÃO E CONTROLE DE PROCESSOS - IFSP DO OBJETIVO

REGULAMENTO DA DEFESA DE DISSERTAÇÃO DO PROGRAMA DE PÓS- GRADUAÇÃO STRICTO SENSU EM AUTOMAÇÃO E CONTROLE DE PROCESSOS - IFSP DO OBJETIVO REGULAMENTO DA DEFESA DE DISSERTAÇÃO DO PROGRAMA DE PÓS- GRADUAÇÃO STRICTO SENSU EM AUTOMAÇÃO E CONTROLE DE PROCESSOS - IFSP DO OBJETIVO Normatiza as atividades relacionadas à defesa de dissertação e estabelece

Leia mais

1 Apresentação 2 Formatação do texto Papel: Margens: Tipo de Letra: Tamanho da fonte: Espaço entre as linhas:

1 Apresentação 2 Formatação do texto Papel: Margens: Tipo de Letra: Tamanho da fonte: Espaço entre as linhas: 1 2 1 Apresentação Este documento tem por objetivo apresentar orientações para a redação e formatação do Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) na modalidade de Artigo Científico. Para a elaboração do artigo

Leia mais

TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO TCC

TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO TCC TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO TCC O Trabalho de Conclusão de Curso está estruturado sob a forma de elaboração de artigo científico, sendo este resultado de um trabalho integrado entre as disciplinas de

Leia mais

Cronograma -------------------------------------------------------------------------------------------- 2

Cronograma -------------------------------------------------------------------------------------------- 2 Índice Cronograma -------------------------------------------------------------------------------------------- 2 Prefácio --------------------------------------------------------------------------------------------------

Leia mais

Revista Fundamentos. Revista do Departamento de Fundamentos da Educação, do Centro de Ciências da Educação da UFPI - ISSN 2317-2754

Revista Fundamentos. Revista do Departamento de Fundamentos da Educação, do Centro de Ciências da Educação da UFPI - ISSN 2317-2754 Revista Fundamentos Revista do Departamento de Fundamentos da Educação, do Centro de Ciências da Educação da UFPI - ISSN 2317-2754 A Revista Fundamentos Revista do Departamento de Fundamentos da Educação

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERS IDADE FEDERAL DA INTEGRAÇÃO LATINO-AMERICANA EDITORA UNIVERSITÁRIA (EDUNILA)

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERS IDADE FEDERAL DA INTEGRAÇÃO LATINO-AMERICANA EDITORA UNIVERSITÁRIA (EDUNILA) 1 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERS IDADE FEDERAL DA INTEGRAÇÃO LATINO-AMERICANA EDITORA UNIVERSITÁRIA (EDUNILA) EDITAL 005/2015 Editora Universitária (EDUNILA) DE 7 DE AGOSTO DE 2015 NORMAS PARA A PUBLICAÇÃO

Leia mais

NORMAS DE PUBLICAÇÃO DA REVISTA ELETRÔNICA SALA DE AULA EM FOCO

NORMAS DE PUBLICAÇÃO DA REVISTA ELETRÔNICA SALA DE AULA EM FOCO 1 NORMAS DE PUBLICAÇÃO DA REVISTA ELETRÔNICA SALA DE AULA EM FOCO Sumário 1. POLÍTICA EDITORIAL... 1 1.1. FOCO E ESCOPO... 1 1.2. PÚBLICO ALVO... 2 1.3. SUBMISSÃO DOS ARTIGOS... 2 1.4. AVALIAÇÃO POR PARES...

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 01/2012-PPGMAPSI/UNIR DE 01 DE OUTUBRO DE 2012.

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 01/2012-PPGMAPSI/UNIR DE 01 DE OUTUBRO DE 2012. INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 01/2012-PPGMAPSI/UNIR DE 01 DE OUTUBRO DE 2012. DISPÕE SOBRE OS PROCEDIMENTOS PARA REALIZAÇÃO DO EXAME DE QUALIFICAÇÃO, DEFESA E ENTREGA DA VERSÃO FINAL DA DISSERTAÇÃO DE MESTRADO.

Leia mais

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC)

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC) REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC) GARÇA 2011 INTRODUÇÃO O Trabalho de Conclusão de Curso é um componente curricular obrigatório para os cursos de Graduação, assim sendo a Direção da Faculdade

Leia mais

IERGS PÓS-GRADUAÇÃO MANUAL DE ESTÁGIO PSICOPEDAGOGIA CLÍNICA E INSTITUCIONAL 2010

IERGS PÓS-GRADUAÇÃO MANUAL DE ESTÁGIO PSICOPEDAGOGIA CLÍNICA E INSTITUCIONAL 2010 IERGS PÓS-GRADUAÇÃO MANUAL DE ESTÁGIO PSICOPEDAGOGIA CLÍNICA E INSTITUCIONAL 2010 APRESENTAÇÃO APRESENTAÇÃO O presente Manual de Estágio apresenta as orientações básicas para o desenvolvimento das atividades

Leia mais

ATO NORMATIVO N 001 NDE ENGENHARIA DE ALIMENTOS/2013

ATO NORMATIVO N 001 NDE ENGENHARIA DE ALIMENTOS/2013 1 Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Catarinense Câmpus Concórdia Curso de Bacharelado em Engenharia de Alimentos

Leia mais

UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ARTE EDITAL No. 01/2014

UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ARTE EDITAL No. 01/2014 UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ARTE EDITAL No. 01/2014 SELEÇÃO DE CANDIDATOS ÀS VAGAS DO PROGRAMA DE PÓS- GRADUAÇÃO EM ARTE PARA OS CURSOS DE MESTRADO ACADÊMICO E DOUTORADO PARA

Leia mais

Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - CAPES Diretoria de Programas e Bolsas no País - DPB

Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - CAPES Diretoria de Programas e Bolsas no País - DPB Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - CAPES Diretoria de Programas e Bolsas no País - DPB EDITAL Nº 019/2010/CAPES Chamada para Publicação Revista Brasileira de Pós-Graduação RBPG

Leia mais

EDITAL 05/2016-PRPI/UFCA

EDITAL 05/2016-PRPI/UFCA EDITAL 05/2016-PRPI/UFCA A Pró-Reitoria de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação da Universidade Federal do Cariri (PRPI UFCA), por meio da Coordenação Científica, torna público o presente edital e convida

Leia mais

LISTA DE CHECAGEM DO PROTOCOLO DE PESQUISA

LISTA DE CHECAGEM DO PROTOCOLO DE PESQUISA LISTA DE CHECAGEM DO PROTOCOLO DE PESQUISA Roteiro de procedimentos para submissão ao CEP 1. Deve haver adequação do enquadramento na área temática e o número de sujeitos indicado na folha de rosto deve

Leia mais

UNIVERSIDADE PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS UNIPAC REDE DE BIBLIOTECAS ROSY MARA OLIVEIRA (ORG.)

UNIVERSIDADE PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS UNIPAC REDE DE BIBLIOTECAS ROSY MARA OLIVEIRA (ORG.) ROSY MARA OLIVEIRA (ORG.) Colaboração: Dirlhê Maria Lima Pereira Bibliotecária FUPAC Itabirito ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO DE PROJETO DE SERVIÇO BARBACENA 2013 Sumário 1 Estrutura dos projetos de serviço...

Leia mais

PROPAGARE REVISTA CIENTÍFICA DA FACULDADE CAMPO REAL REVISTA PROPAGARE

PROPAGARE REVISTA CIENTÍFICA DA FACULDADE CAMPO REAL REVISTA PROPAGARE REVISTA PROPAGARE A Revista PROPAGARE, publicação da Faculdade Campo Real, criada em 2010, é dirigida à comunidade científica. A PROPAGARE reúne, debate coopera e propaga conhecimento para o progresso

Leia mais

Faculdade Marista Regulamento do Estágio TCE Recursos Humanos. Regulamento Estágio Supervisionado Recursos Humanos

Faculdade Marista Regulamento do Estágio TCE Recursos Humanos. Regulamento Estágio Supervisionado Recursos Humanos Regulamento Estágio Supervisionado Recursos Humanos 2012 Faculdade Marista Diretor Geral Ir. Ailton dos Santos Arruda Diretora Administrativo-Financeiro Sra. Rafaella Nóbrega Coordenadora do Curso de Administração

Leia mais

Modelo de Relatório para Estágio Supervisionado

Modelo de Relatório para Estágio Supervisionado Modelo de Relatório para Estágio Supervisionado Este documento visa estabelecer o padrão para elaboração do relatório de estágio supervisionado dos alunos de Engenharia Civil da Faculdade Politécnica de

Leia mais

FESTIVAL UNIVERSITÁRIO DE CRIAÇÃO AUDIOVISUAL

FESTIVAL UNIVERSITÁRIO DE CRIAÇÃO AUDIOVISUAL FESTIVAL UNIVERSITÁRIO DE CRIAÇÃO AUDIOVISUAL I DO FESTIVAL: EDITAL 2014 1.1. O FUSCA (FESTIVAL UNIVERSITÁRIO DE CRIAÇÃO AUDIOVISUAL) é uma atividade de promoção acadêmica e cultural realizada pela Faculdade

Leia mais

Educação Superior para Carreiras Públicas PROJETO INTEGRADOR

Educação Superior para Carreiras Públicas PROJETO INTEGRADOR Educação Superior para Carreiras Públicas PROJETO INTEGRADOR Brasília DF Julho de 2012 Gustavo Javier Castro Diretor Acadêmico da Faculdade Processus Maria Aparecida de Assunção Coordenadora do curso de

Leia mais

Manual do Trabalho de Conclusão de Curso

Manual do Trabalho de Conclusão de Curso UNIVERSIDADE ESTADUAL DE PONTA GROSSA SETOR DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS E DE TECNOLOGIA Departamento de Informática Curso de Engenharia de Computação/Bacharelado em Informática Coordenadoria do Trabalho de Conclusão

Leia mais

Modelo de artigo para Revista Técnico Científica do IFSC

Modelo de artigo para Revista Técnico Científica do IFSC Modelo de artigo para Revista Técnico Científica do IFSC 5 Autor1 1, Autor2 2 1 Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC), Professor de xxxxx, Campus xxxxxxxx, autor1@ifsc.edu.br 2 Instituto Federal de

Leia mais

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO TCC NO CURSO DE SERVIÇO SOCIAL

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO TCC NO CURSO DE SERVIÇO SOCIAL FACULDADE FRUTAL Rua Nova Ponte, 439 Jardim Laranjeiras Frutal MG CEP 38.200-000. CURSO DE SERVIÇO SOCIAL Autorizado pela Portaria MEC 4583/2005 REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO TCC NO CURSO

Leia mais

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO TCC CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO TCC CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO TCC CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º O presente Regulamento tem por finalidade estabelecer as normas relativas à elaboração, acompanhamento,

Leia mais

LICENCIAMENTO AMBIENTAL

LICENCIAMENTO AMBIENTAL LICENCIAMENTO AMBIENTAL PLANO OU PROJETO BÁSICO AMBIENTAL PBA I. CONCEITUAÇÃO GERAL TERMO DE REFERÊNCIA PADRÃO O Plano ou Projeto Básico Ambiental - PBA é o detalhamento de todas as medidas mitigadoras

Leia mais

Edital N o. 11/2014 Seleção de Bolsista para o Programa Nacional de Pós-Doutorado / CAPES PNPD/CAPES

Edital N o. 11/2014 Seleção de Bolsista para o Programa Nacional de Pós-Doutorado / CAPES PNPD/CAPES MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE DA INTEGRAÇÃO INTERNACIONAL DA LUSOFONIA AFRO- BRASILEIRA PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO COORDENAÇÃO DO MESTRADO ACADÊMICO EM SOCIOBIODIVERSIDADE E TECNOLOGIAS

Leia mais

REGULAMENTO VIVO ARTE.MOV 2010 CA no. 0971/001/2009. Mídias Locativas

REGULAMENTO VIVO ARTE.MOV 2010 CA no. 0971/001/2009. Mídias Locativas REGULAMENTO VIVO ARTE.MOV 2010 CA no. 0971/001/2009 Mídias Locativas O Edital Mídias Locativas Vivo arte.mov 2010 é uma iniciativa do arte.mov Festival Internacional de Arte em Mídias Móveis Projeto aprovado

Leia mais

UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ARTES CÊNICAS EDITAL No. 01/2014

UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ARTES CÊNICAS EDITAL No. 01/2014 UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ARTES CÊNICAS EDITAL No. 01/2014 SELEÇÃO DE CANDIDATOS ÀS VAGAS DO PROGRAMA DE PÓS- GRADUAÇÃO EM ARTES CÊNICAS PARA O CURSO DE MESTRADO ACADÊMICO PARA

Leia mais

GUIA RÁPIDO DE UTILIZAÇÃO DO SIGPROJ VERSÃO USUÁRIO

GUIA RÁPIDO DE UTILIZAÇÃO DO SIGPROJ VERSÃO USUÁRIO GUIA RÁPIDO DE UTILIZAÇÃO DO SIGPROJ VERSÃO USUÁRIO INTRODUÇÃO O SIGProj é um sistema para elaboração, acompanhamento e gestão de projetos. Ele foi criado e é mantido pela Universidade Federal do Mato

Leia mais

PROCESSO SELETIVO DE DOUTORADO PPGAO 2016 EDITAL FEA-RP PPGAO 02/2015

PROCESSO SELETIVO DE DOUTORADO PPGAO 2016 EDITAL FEA-RP PPGAO 02/2015 PROCESSO SELETIVO DE DOUTORADO PPGAO 2016 EDITAL FEA-RP PPGAO 02/2015 A Comissão Coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Administração de Organizações (CCP-PPGAO) e a Comissão de Pós-Graduação (CPG),

Leia mais

BRASILEIRA DE FARMÁCIA HOSPITALAR E SERVIÇOS DE SAÚDE

BRASILEIRA DE FARMÁCIA HOSPITALAR E SERVIÇOS DE SAÚDE 1 REVISTA BRASILEIRA DE FARMÁCIA HOSPITALAR E SERVIÇOS DE SAÚDE Uma publicação da (SBRAFH) A () publica artigos nos idiomas Inglês, Espanhol, Português; e a partir de 2010 substituirá a Revista SBRAFH

Leia mais