pág. 10 Leia também: O que te faz ser feliz pág. 6

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "pág. 10 Leia também: O que te faz ser feliz pág. 6"

Transcrição

1 o n 23 - novembro/dezembro de 2O14 - TRT-MG pág. 10 Leia também: O que te faz ser feliz pág. 6

2 o n 23 - novembro/dezembro de 2O14 - TRT-MG Arte é comunicação e entretenimento. Arte é aprendizado. A forma final que o artista dá a sua obra pode ser resultado de várias decisões, de várias opções conscientes, mas também da sua vivência e do traço que ele não planejou, do gesto espontâneo, da nota ou da pausa que seu ouvido, não se sabe porque, àquela melodia adicionou. Uma produção coletiva, como um filme, é obra de diversos profissionais que ali colocam sua técnica e sua sensibilidade. Numa obra com único autor, como a pintura, o que vemos também não é apenas o mero fruto do indivíduo, mas sim o refle-xo de uma subjetividade coletiva, de um entorno, de um tempo, de uma classe social, de um lugar, de uma vivência específica. Apreciar uma obra é observar uma faceta da realidade. Arte é reflexão, que pode ser entretenimento e, muitas vezes, prazer. A interativa também é um espaço para a arte e a cultura. Se edições anteriores se referiram a "mestres imortais" da literatura, nosso coral Acordes e Acordes, Inhotim, festas populares do interior de Minas Gerais e futebol (que, arte ou não, é parte essencial de nossa cultura); este número traz um comentário sobre a Orquestra Filarmônica de Minas Gerais, apresenta fotos premiadas de servidores e se inicia na entrevista com a curadora da Mostra de Cinema de Tiradentes, Raquel Hallak. A produtora cultural nos convida a conhecer e apreciar a 7ª arte produzida no Brasil, em franco crescimento e com qualidade cada vez melhor, no festival que organiza, de 23 a 31 de janeiro próximos. As páginas centrais nos mostram atitudes que revelam a cultura da solidariedade presente entre os servidores e magistrados do TRT. Talvez nos incentivem a ter iniciativas e mostrem que ser feliz também é saber como dar vazão, na prática, a sentimentos e reflexões que temos dentro de nós. Esta é a última revista de 2014, um ano que começou com muitas incertezas. É o momento para desejar felizes festas. Feliz natal! Feliz confraternização pela passagem de ano! E, já que nosso trabalho diário está vinculado à busca da justiça, desejemos um 2015 que seja melhor. Um ano que garanta conquistas e mais justiça, igualmente, para nós - servidores e magistrados - e para a sociedade. Um ano em que o servidor público, seja oficial de justiça ou fiscal de trânsito, não seja vítima do cumprimento do seu ofício. Um ano que ajude a derrotar a discriminação: por gênero, etnia, opção sexual ou status. Um ano em que aquelas palavras ditas há mais de dois séculos - liberdade, igualdade e fraternidade - sirvam para ir aprimorando a cultura da humanidade. David Landau - Editor EXPEDIENTE Administração TRT-MG Desembargadora Maria Laura Franco Lima de Faria Presidente Desembargador José Murilo de Morais Primeiro Vice-Presidente Desembargadora Emília Facchini Segunda Vice-Presidente Desembargadora Denise Alves Horta Corregedora Desembargador Luiz Ronan Neves Koury Vice-Corregedor Assessor de Comunicação Social Jornalista Francisco Brant Edição David Landau Redação David Landau, Ruth Vasseur, Divina Dias Revisão Eder Lúcio de Almeida Projeto Gráfico Imaculada Lima Diagramação Imaculada Lima Fotografia Leonardo Andrade, David Landau, Madson Morais, Margarida Lages Impressão Gráfica Usina do Livro Periodicidade Bimestral Tiragem exemplares Foto da capa David Landau Tribunal Regional do Trabalho da 3ª Região Assessoria de Comunicação Social Av. Getúlio Vargas, 265-1º andar - BH-MG Entrevista com Raquel Hallak.. Opinião: Acesso à Justiça... O que te faz feliz? Servidor em Pauta Servidor indica: Minas Gerais com música erudita de qualidade... Fotógrafos do TRT Equoterapia: onde a relação com o cavalo é o remédio Em 2015, eu quero novembro/dezembro de revista interativa

3 ENTREVISTA Curadora Raquel Hallak MOSTRA DE CINEMA DE TIRADENTES Leo Lara A entrevista desta edição é com a curadora da Mostra de Cinema de Tiradentes, que em janeiro próximo estará na sua 18ª edição. A produtora cultural Raquel Hallak, sócia diretora da Universo Produções desde a sua criação em 1994, deu início ao programa internacional Cinema sem Fronteiras, que, além de coordenar o evento de Tiradentes, também é responsável pelas mostras de cinema de Ouro Preto e de Belo Horizonte. Graduada em Comunicação Social pela PUC Minas e com especialização em Gestão de Planejamento, concluída na Fundação Dom Cabral, a produtora também coordena o Brasil CineMundi - um encontro internacional que reúne a produção independente e o mercado audiovisual mundial durante a Mostra de Belo Horizonte - assessora segmentos de cultura, comunicação e marketing e auxilia na implementação de políticas públicas e de negócios direcionados aos segmentos de cultura e audiovisual. Mineira de São João del Rei, Raquel Hallak fala aqui sobre o evento que criou há 17 anos e convida todos os leitores da revista a conhecer, ano que vem, a Mostra de Cinema de Tiradentes, que ocorrerá entre os dias 23 e 31 de janeiro. Como surgiu a Mostra? A primeira edição surgiu em 1998 com o objetivo de ser uma grande aliada do cinema brasileiro que, na época, tinha acabado de lançar o filme "Carlota Joaquina", e estava voltando a produzir. Depois de anos sem política pública para a produção cinematográfica - desde a extinção, pelo governo Collor, da antiga Empresa Brasileira de Filmes (Embrafilme) - naquele período estavam surgindo as leis de incentivo ao audiovisual. De lá pra cá, a Mostra vem acompanhando as mudanças permanentes na produção audiovisual em termos de técnica, conteúdos e formatos, com todo o seu protagonismo. Tiradentes era uma cidade de 5 mil habitantes sem sala de cinema, mas já tinha abrigado várias produções. A ideia era, já no início, gerar um empreendimento que, numa cidade cinematográfica, associasse o potencial turístico ao cultural. A primeira edição teve um número pequeno de obras, para os padrões atuais. Foram exibidos 17 longas, 6 curtas e 64 vídeos, estes últimos somente de Belo Horizonte. Atualmente, a Mostra conta com 800 a mil filmes inscritos por ano. É o maior evento de difusão e reflexão do cinema brasileiro contemporâneo em formação. Entre os longas, mais de 100 filmes são selecionados por uma comissão de curadores. Além das exibições, a programação conta com doze oficinas para adultos, jovens e crianças, e com mais de vinte debates. Tudo é gratuito. O evento também integra outras manifestações artísticas, como o lançamento de livros, exposição de fotografias, realização de cortejos, apresentações de teatro de rua e shows. Há um seminário com a participação de mais de 50 profissionais consagrados, que discutem tendências e perspectivas. A atmosfera desse encontro acaba provocando situações promissoras para público e realizadores. Durante os nove dias, Tiradentes recebe curadores do mundo todo, que vêm para conhecer o cinema brasileiro. Mas tudo não se encerra no fim desse período, esses dias apenas lançam um diálogo interativo que se propaga influenciando a produção futura.

4 As exibições acontecem em três lugares: - Cine Praça - com capacidade para mil pessoas. - Complexo Companhia Tenda Bar, no Largo da Rodoviária - com sala climatizada para 700 pessoas, num local que também conta com café, área de convivência, bar e apresentação de shows. - Centro Cultural, com espaço para 150 pessoas. Nas últimas edições, a Mostra teve a participação de mais de 35 mil pessoas. Além disso, são convidadas mais de 500 personalidades do cinema, provenientes do Brasil inteiro. Em que consistem os debates da Mostra? São momentos em que diretores e produtores debatem com o público e com a crítica. Esse diálogo cria a oportunidade ideal para que cada segmento possa escutar, entender as motivações e os argumentos do outro, e trocar ideias. É importante ter um festival com conceito e características próprias, em que cada filme pode mostrar a que veio, com uma curadoria rigorosa. Esses debates também respondem a um anseio do público, pois ninguém que vai ao cinema sai de lá sem o desejo de falar sobre o filme visto. Filmes contam histórias e histórias mexem com a gente. Por isso, é importante o debate. Como você avalia a atual realidade do cinema brasileiro? As novas técnicas estão propiciando um barateamento da produção. Antes, a realização com 35 mm era cara, levava mais tempo, tinha que ter orçamento para revelar. A produção digital está possibilitando que mais gente faça cinema de forma mais barata. Hoje, a realização por parte de jovens ganhou fôlego. Têm sido formados núcleos criativos, que conquistaram presença por meio de editais públicos. Eugênio Sávio Este ano foi criada a SPCine, empresa pública para produção cinematográfica em São Paulo, e o desafio é criar uma agência de cinema também em Minas Gerais. A Ancine irá investir, em 2015, 1 bilhão e 200 milhões de reais em produção audiovisual, e há uma indústria no Brasil que cresce 9% ao ano, índice maior que o de crescimento da indústria farmacêutica e que o do resto da economia do país. Hoje há uma produção cinematográfica que é mais livre, mais autoral, mais independente, com maior diversidade. Novos profissionais vêm se reunindo para viabilizar uma produção coletiva independente. O cinema brasileiro vive um momento de inovação em aspectos linguísticos e de produção. Os agentes da mudança, com grande perfil realizador, são jovens que produzem hoje numa escala mais acelerada, que não ficam longos períodos de tempo sem uma obra. A mostra é uma plataforma para lançamento de cinema independente que incentiva novas pessoas a se prepararem para realizar. Há uma preocupação na formação de novos profissionais que são fundamentais para a indústria cinematográfica em crescimento. A partir das obras inscritas, devem ser reveladas as novas tendências e conceitos do cinema nacional. Como está a receptividade do público para o cinema nacional? Apesar da efervescência na produção, o espaço para exibição é cada vez menor. As salas de cinema vêm se restringindo aos shopping centers. Em MG, apenas 60 municípios têm hoje salas de cinema. Essas salas são ocupadas, na maioria das vezes, pelo monopólio da produção proveniente dos EUA, e o cinema brasileiro que as ocupa geralmente é aquele que tem a chancela da Globo Filmes, com atores globais. Nos festivais, os filmes exibidos são os que têm um valor estético, fazem pensar e refletir, levam a uma viagem mais ampla, diferente do óbvio. O que mais você diria para o servidor da Justiça do Trabalho de MG sobre a Mostra? É uma ótima opção de férias, um programa para a família, a 180 km de Belo Horizonte. Além do mais, Tiradentes tem outras atrações, como cachoeira, passeio de Maria Fumaça, passeio de charrete, e o Festival tem programa para todas as faixas etárias, como a Mostrinha. A cidade tem uma ótima estrutura para receber o turista, com opções de estadia para todos os gostos, que disponibilizam um número maior de leitos do que em Ouro Preto. novembro/dezembro de revista interativa

5 OPINIÃO Rubens Goyatá Campante* ACESSO À JUSTIÇA: CARÊNCIAS, PROBLEMAS, EXCESSOS E SOLUÇÕES NA DISPONIBILIZAÇÃO DE JUSTIÇA TRABALHISTA EM MINAS Acesso à justiça é, como afirma Mauro Cappelletti, autor de obra clássica sobre o tema, um direito humano básico; pois, sem ele, os outros direitos têm a efetividade ameaçada. Segundo o Conselho Nacional de Justiça, acesso à justiça é "acesso a uma ordem jurídica justa" o que torna extremamente complexo, dependente de variáveis jurídicas, políticas, administrativas, econômicas, socioculturais, esse direito humano básico. O livro Acesso à Justiça: mapeamento físico, institucional e socioeconômico das varas e litígios trabalhistas em Minas Gerais, lançado recentemente pelo Núcleo de Pesquisas da Escola Judicial do TRT 3ª Região, aborda um dos múltiplos aspectos dessa crucial e ampla temática: aquele ligado à disponibilização de justiça trabalhista em Minas Gerais, apontando suas carências, problemas e excessos. As carências ligam-se ao fato de que a implantação original do Direito do Trabalho no Brasil teve limites: os trabalhadores rurais e domésticos fora da proteção justrabalhista e a estrutura da Justiça do Trabalho restrita, durante décadas, a grandes centros urbanos, por exemplo. Situações, hoje, já revertidas. Mas o mapeamento de dados socioeconômicos dos municípios mineiros, em cotejo com dados sobre o acesso de suas populações às varas trabalhistas, indica que, mesmo atenuados, alguns limites permanecem. Isso é um fator da chamada modernização conservadora, que se dá apenas no centro da sociedade, ficando a periferia relegada. Aumentar a capilarização do Judiciário Trabalhista, seja por criação de novas varas, seja por mecanismos como o da justiça itinerante, é importante para combater tal distorção. Em relação aos problemas na disponibilização de justiça, analisou-se a situação dos cidadãos que acessam a Justiça do Trabalho por meio do chamado jus postulandi, assim como a dos trabalhadores que entram com reclamações judiciais durante a vigência do contrato de trabalho. A principal conclusão sobre o jus postulandi é que a pior opção seria sua pura e simples extinção, sem o cuidado concomitante de se procurar novas formas de aprimorar e expandir as oportunidades dos trabalhadores carentes para resolverem suas demandas laborais. Já, quanto a reclamações durante a vigência do contrato de trabalho, verificou-se que a quantidade aumentou em comparação a dados de dez anos atrás, e que isso se deve à redução do desemprego no país o que atesta a importância de fatores político-econômicos na complexa questão do acesso à justiça. Os excessos na disponibilização de justiça remetem às dificuldades causadas pela litigância recorrente de certos setores e atores sociais e econômicos. A pesquisa identificou os maiores litigantes do TRT mineiro, detectando-se a presença sistêmica de setores ligados à terceirização do trabalho, a qual, segundo estudiosos, teria como causa estrutural fundamental a hegemonia do setor financeiro sobre o setor produtivocomercial na economia nacional e internacional. A forma mais eficiente para se contrapor a esta e outras tendências de precarização do trabalho seria o aperfeiçoamento da defesa coletiva de direitos trabalhistas. A pauta da disponibilização de justiça trabalhista requer, assim, uma abordagem complexa e sistêmica que desautoriza soluções simplistas. Se é fundamental combater a litigância excessiva, não se deve, por isso, desprezar a necessidade de capilarização da estrutura do judiciário trabalhista. Só assim para se combater o desequilíbrio em que uns usam muito e outros usam pouco a Justiça do Trabalho. *Doutor em Sociologia Política e servidor do Núcleo de Pesquisas da Escola Judicial do TRT-3ª Região

6 Crianças que integram projeto social do Colégio Santa Doroteia em apresentação no TRT-MG O que te faz feliz? Se cada um de nós gastasse nem que fosse uma migalha de tempo todos os dias a praticar e a cultivar a felicidade e outras tantas virtudes como a 1 compaixão e o altruísmo, o mundo seria realmente um lugar melhor O que te faz feliz? Estabilidade financeira? Realização Profissional? Família? Amigos? Amor correspondido? Ajudar alguém? Recentemente a ciência moderna começou a estudar como funciona essa tal de felicidade e o que leva a atingi-la profunda e verdadeiramente. No documentário Happy, o tema é abordado sob o ponto de vista desses estudos realizados em universidades norte-americanas, e as histórias que ilustram o tema 2 são inspiradoras. Do carregador de rickshaw Manej Singh, indiano que mora num bairro pobre de Calcutá e que se sente feliz como se fosse a pessoa mais rica do mundo, ao surfista brasileiro Ronaldo Fadul, que experimenta a felicidade no cotidiano simples e despojado da vida que leva, todos os exemplos fazem Foto gentilmente cedida pelo Instituto Inhotim pensar. Os estudiosos constataram, por exemplo, que se nos últimos 50 anos o crescimento econômico aumentou muito nos países desenvolvidos, os níveis de felicidade das populações não acompanharam esse crescimento. Ou seja, as pessoas não são mais felizes do que eram há 50 anos atrás, embora desfrutem de mais conforto material. Mas onde está a verdadeira fonte da felicidade? Aquela que nos completa e nos faz ter a certeza de que a vida vale a pena ser vivida? Ainda, de acordo com os estudos mostrados no documentário, dinheiro, sucesso financeiro, status social, popularidade agregam, sim, satisfação e prazer; mas a felicidade que advém disso é momentânea, passageira. Já, o ato de experimentar compaixão e ajudar os outros leva, de verdade, a um enorme bemestar físico e mental. É a nossa capacidade de ficarmos juntos como um grupo, para apoiar e ajudar uns aos outros, assim como de estar ligados aos amigos e às pessoas de quem gostamos, que proporciona a felicidade genuína e duradoura. Ou seja, temos muito a dar a alguém que talvez não tenha algo que temos. Ao invés de nos concentrarmos naquilo que nos falta, nos concentrar naquilo que temos para partilhar pode ser extremamente gratificante. Compaixão, preocupação com os outros, gratidão, é isso que nos liga ao universo e aos nossos semelhantes e o que nos leva à felicidade. E é sabido: pessoas felizes funcionam melhor, são mais produtivas, mais saudáveis e vivem mais. 1- Trecho extraído do documentário Happy. 2- espécie de carrinho de duas rodas puxado por uma pessoa, muito comum na India 6 novembro/dezembro de revista interativa

7 Jaqueline Pereira ACS Juíza Ana Espi Cavalcanti Março de Vivi estava entre a vida e a morte no hospital. Causa da doença: abandono (a mãe é dependente química), desnutrição em grau profundo. A menina tinha três anos e pesava 5,8 quilos. O peso de um bebê. Tinha pneumonia aspirativa. Fui a acompanhante de UTI por um mês inteiro e, por mais 15 dias, da enfermaria. Noite e dia, sentada sem dormir, com ela no colo, chorando sem parar. Minha pequena Maria Victória sairia do Hospital Odilon Behrens e já tinha vaga garantida no Núcleo Assistencial Caminhos para Jesus. Algo dentro de mim, entretanto, gritava contra isso. Eu percebi que estava me tornando sua mãe. Sentia falta dela quando estava longe. Fui para casa e arrumei o seu cantinho, com papel de parede de princesa. Comprei tudo o que uma menina da idade dela gostaria de ter, pouco me importando se ela ia falar, cantar ou andar. Ela era a minha menina. A médica só liberaria a Victória para ir comigo se eu provasse que tinha condições de cuidar dela. Provei e levei-a para casa. Um ano depois, cá estou. Consegui a guarda definitiva. Sou sua mãe e ela, minha filha. Esta história prossegue, pois aprendo com ela todos os dias... a lição da comunicação no silêncio, do sorriso espontâneo, da alegria de viver. Ah... Vivi hoje pesa 14 quilos. Quase triplicou o peso e, se Deus quiser, vai andar e falar. Vivi me faz muito feliz! Desde muito nova, sempre estive envolvida em algum projeto social. Meus parentes e amigos já sabem: entra ano, sai ano, eles são sempre convocados a me ajudar de alguma forma. Atualmente, estou participando de um projeto que presta assistência a trabalhadores de rua. Trata-se do Projeto Vida, da Irmã Maria do Carmo, uma grande amiga que conheci quando trabalhei em Passos e que hoje mora em BH. No ano passado, fiz um show na escola de música onde estudo canto. A renda foi toda revertida em benefício do projeto que, graças ao dinheiro arrecadado, hoje tem nome e sobrenome: "Associação Projeto Vida Vida Projeto". Tornou-se uma associação, com mais força para atuar na sociedade, na busca por amenizar as agruras diárias daqueles que estão na rua em busca do pão de cada dia. A experiência foi muito gratificante porque pude constatar como há um efeito multiplicador a partir de um gesto de doação. Desde aquele que compra o ingresso para ir ao show, até os músicos que não cobraram cachê, o fotógrafo profissional que nada quis receber, e a amiga que não cobrou pela arte do material de divulgação, tudo em prol de um projeto beneficente... A felicidade é uma consequência natural... Lisiane Aguiar Henrique 2ª VT Alfenas Flávia Figueiredo Maia Comunian 1ª VT de Alfenas Sou mãe de três meninos (Bruno, Felipe e Giovani) e estou grávida de uma menina (Bianca). Faço parte de um grupo em Varginha que se chama Doutores Anjos da Alegria. Nos vestimos de palhaços e fazemos visitas em hospitais e asilos para levar carinho, atenção, objetos de higiene pessoal, brinquedos, mas principalmente AMOR e SORRISO a pessoas que estão passando por momentos difíceis na vida. O trabalho é tão maravilhoso e gratificante! E muitas das vezes somos surpreendidos por essas pessoas sofridas que nos tratam com gratidão e carinho, fazendo com que nossa vida valha realmente a pena! Em algumas visitas, costumo levar meus filhos para ensiná-los a praticar atos de compaixão e solidariedade, entendendo assim o verdadeiro sentido da vida! Concebido e dirigido por Roko Belic, o documentário Happy, sobre a genuína felicidade, pode ser visto acessando Não deixe de assistir. Vale a pena! Transmitirei experiências que as palavras jamais poderão traduzir plenamente. Dentro de mim havia inquietação e uma sede que não poderia ser saciada facilmente. Acredito que todos sentem, porém nem todos compreendem de onde vem. É preciso entendê-la e canalizá-la, pois pode ser um potencial de vida! Sabe quando não nos vemos como meros espectadores dos problemas humanos? Respondendo aos anseios interiores, associei-me a uma obra social, Associação Verbo Eterno, da qual faço parte como voluntária há 13 anos. Podemos ajudar as pessoas a se libertarem da tristeza utilizando-nos de coisas simples, nem sempre vinculadas ao financeiro, como música, poesia, partilha... tudo serve para tal fim. O somatório das inspirações pessoais leva à transformação das estruturas sociais. O instrumento que eu mais gosto de usar é a 'contação de história', seja em abrigos, casas de idosos ou com a população de rua. Ah, o que mais gosto mesmo é de sentar com os moradores de rua para poucas palavras e longas escutas. Entendi que somente interagindo com o outro é que descubro minha capacidade de amar. Com essa aspiração, a prática do bem acontece não na esperança do prêmio, como numa mentalidade comercial. A expectativa de recompensa passa para o segundo plano, pois a atração maior é ver a alegria do próximo. Assessoria de Comunicação Social - TRT-MG7

8 SIMPÓSIO SUBSIDIA IMPLANTAÇÃO DE GESTÃO COLABORATIVA Lucineide Pimentel - Analista Judiciário/jornalista - ACS O II Simpósio Qualidade de Vida no Trabalho, parceria interna dos programas Servidor em Pauta e Agente de Saúde, realizado em outubro, foi marcado pelo alto índice de participação de servidores e pela ótima qualidade das palestras sobre os temas Organização do Trabalho e Reconhecimento e Crescimento Profissional. O II Simpósio serviu também para demonstrar a opção do TRT-MG em se adequar ao contexto da contemporaneidade e se abrir para a adoção de um modelo de gestão colaborativa e de uma estratégia que priorizará o planejamento, a formação profissional, as gestões de processos e de pessoas. Com a opção por esse modelo, uma instituição que nasceu na década de 40 e que ainda sofria com alguns traços de rígidas hierarquia e burocracia, corporativismo e baixo nível de inovação como a esmagadora maioria das instituições públicas brasileiras qualifica-se para dar um salto no caminho da modernização do serviço público, em prol da melhoria da prestação de serviços aos jurisdicionados, anseio atual da sociedade. O TRT de Minas, antes mesmo da formalização da governança colaborativa pelo CNJ, tornava-se, mais uma vez, pioneiro na Justiça do Trabalho brasileira ao idealizar e adotar o inovador modelo de gestão participativa. Aliás, o Singespa, criado pela instituição por iniciativa dos magistrados do 1º Grau em 2009, já era uma prática na Casa e constituiu o primeiro passo. A gestão participativa, agora, ganha novo impulso com o Servidor em Pauta. Como afirmou o servidor Ronaldo da Silva, gerente do programa, na abertura do II Simpósio, o Servidor em Pauta só foi possível graças a três imprescindíveis fatores: 1) o empenho de servidores idealistas, que desejavam construir um espaço de discussão na instituição; 2) o apoio das administrações anterior e atual do TRT; 3) a percepção dos servidores que passaram a acreditar na possibilidade de participação nos rumos da administração do Tribunal. Iniciamos a construção de um futuro de governança colaborativa, usando palavras da presidente do TRT, desembargadora Maria Laura Franco Lima de Faria, durante a abertura do evento. O II Simpósio, que contou com a presença de mais de 200 servidores das diversas unidades do TRT, trouxe em suas conclusões os principais anseios dos servidores das áreas administrativa e judiciária. Será um material que, aliado aos resultados das reuniões descentralizadas ocorridas em 204 unidades da JT-MG, chegará às mãos da Administração da Casa para subsidiar a gestão, constituindo um diagnóstico da percepção dos servidores acerca da realidade vivida no trabalho e gerando a espectativa no início de um ciclo positivo de contribuições, negociações e transformações impulsionadas pela participação de todas as áreas representadas no programa Servidor em Pauta. Os resultados do II Simpósio trarão sugestões à Administração em relação aos seguintes assuntos: critérios de distribuição de funções comissionadas; critérios de escolha e avaliação de gestores e colaboradores; acesso à justiça e prevenção de conflitos; jornada de trabalho e atendimento ao público externo; redimensionamento da força de trabalho nas unidades; formação profissional e desenvolvimento gerencial; regulamentação das atividades do oficial de justiça; desempenho das atividades do assistente de magistrado; carreira judiciária; estrutura imóvel e fornecimento de material para o trabalho. Quem se envolveu no programa, no Simpósio e nas discussões do Fórum do Servidor em Pauta já percebe que a participação requer disposição para lidar com muito trabalho, discussões, negociação, renúncias, frustrações, mas também com mudanças e avanços, citando palavras de Ronaldo Silva. Também requer responsabilidade, compromisso com a instituição e com o que estamos ajudando a mudar e aprimorar. E esse é o nobre sentido da gestão participativa: trazer as pessoas da instituição para, juntas, otimizar procedimentos, desenvolver novas e boas práticas, idealizar e adotar melhores formas de gerir pessoas e processos. novembro/dezembro de revista interativa

9 SERVIDO R indica Minas Gerais com música erudita de qualidade A Orquestra Filarmônica de Minas Gerais apresenta grandes novidades em A primeira delas é a inauguração da Sala Minas Gerais no início da temporada, que oferecerá conforto e acústica privilegiada, minuciosamente preparada de acordo com a arquitetura da sala. A segunda é a introdução de uma nova série Fora de Série, que terá início em 21 de março e se estenderá até dezembro, com apresentações um sábado por mês, exceto em julho, sempre às 18 horas, tendo foco na obra de Beethoven. Músico alemão do período de transição entre o Classicismo e o Romantismo, Beethoven foi considerado o último dos compositores clássicos e, ao mesmo tempo, o primeiro dos românticos. Partiu das formas clássicas, evoluindo em suas composições para um estilo mais individual que manifesta dramas e conflitos humanos por meio de ritmo e de som. Assistir a um concerto da Filarmônica com mestres imortais como Beethoven significa uma experiência de transcendência das coisas materiais e de iluminação da alma. Recomendo Fora de Série aos magistrados e servidores do TRT, para que possam apreciar a obra deste genial compositor e mestre imortal. Esta série trará o ciclo completo das sinfonias e concertos para piano, além de inúmeras aberturas e outras peças com grandes solistas, pianistas e cantores consagrados. E a orquestra, por essa imersão no repertório do grande compositor de Bonn, buscará maior interação com sua sala e seu público, conquistando, a cada concerto, maior identificação com a nova acústica. Acesse o site: Desembargadora Cleube de Freitas Pereira Fotógrafos do TRT-MG Três servidores da Justiça do Trabalho de Minas Gerais estiveram entre os mais bem votados em concurso promovido, via Internet, pela Associação Nacional dos Servidores da Justiça do Trabalho (Anajustra) para a escolha das fotos que comporão o calendário 2015 da entidade. Vamos conferir as imagens e as frases elaboradas pelos fotógrafos para ilustrá-las: 3º lugar - Sérgio Murilo Carvalho Foro de Divinópolis - com votos Pôr de sol na represa de Carmo do Cajuru O fim de tarde se revela em tons mágicos de cores que se refletem na superfície tranquila das águas da represa de Carmo do Cajuru. Nas palavras de Eça de Queiroz: A arte é um resumo da natureza feito pela imaginação". 8º lugar - Myriam Vieira Vilas Boas Gabinete desembargador Luiz Otávio Linhares Renault - com votos Festa do Reinado de Nossa Senhora do Rosário O registro fotográfico representa o Congado, uma das mais belas manifestações da cultura afro-brasileira, de caráter religioso. É uma celebração em honra à Virgem Maria e aos santos pretos. O ritual, que passeia pela África e por Portugal, encontrou sua identidade no Brasil, tendo em Minas uma força marcante. Foto realizada em Oliveira-MG, guarda Nossa Senhora do Rosário. 9º lugar Claudio Fabiano Kloss D.S. de Sistemas Jurídicos - com votos Artesanato de capim dourado no Quilombo Mumbuca A foto foi tirada em agosto de 2014 na comunidade quilombola Mumbuca, dentro da área do Parque Estadual do Jalapão, no estado do Tocantins. A comunidade é formada, em sua maioria, por descendentes de escravos que saíram da Bahia em 1909 e hoje constituem uma grande família nascida da miscigenação de índios e negros. A principal fonte de renda da comunidade vem da produção e comercialização de artesanatos de capim dourado, uma tradição passada de geração para geração.

10 ONDE A RELAÇÃO COM O CAVALO É O REMÉDIO Embora a indústria farmacêutica lance continuamente novos remédios, o número de pessoas que busca tratamentos naturais para problemas de saúde é cada vez maior. Exemplo disso é a equoterapia, um método em que a interação entre o ser humano e o cavalo ajuda a enfrentar síndromes e patologias, como paralisia cerebral, autismo, down, west, astrogripose, asperger, sequelas de acidente vascular cerebral (AVC), traumas raquimedulares e cranioencefálicos, mas também transtornos de hiperatividade, déficit de atenção e baixa autoestima, por exemplo. No Brasil, o tratamento é reconhecido pelo Conselho Federal de Medicina desde Com 12 anos de idade, Rafael, filho da servidora Margarida Lages, editora de Notícias Jurídicas do TRT, fez equoterapia durante nove meses. Até encarar o tratamento, a mãe identificava que ele tinha problemas de atenção e estava muito insatisfeita com a sua caligrafia. Além disso, Rafael, que hoje tem 13 anos, não se animava a ficar sozinho em casa ou na garagem, e também tinha medo de pegar elevador sem companhia. Ao voltar para casa, ficava esperando a chegada da mãe na portaria, relata ela. O primeiro dia de equoterapia não foi fácil, o menino resistia a subir no cavalo. Durante duas sessões, Rafael precisou andar acompanhado do instrutor. Mas a evolução foi rápida e, em pouco tempo, ele foi aprendendo a controlar o animal. "Às vezes tinha que puxar um pouco o cavalo para ele obedecer, no início não sabia controlá-lo direito, tinha medo de que ele fosse me derrubar", diz Rafael. Um mês depois do princípio do tratamento, os resultados já eram visíveis. "Impressionante a mudança que houve na organização do caderno", diz Margarida. Além disso, segundo a mãe, o rapaz adquiriu mais musculatura. Mas o vínculo com o animal não se desenvolvia apenas ao cavalgar. Rafael também se encarregava de alisar a crina e de levar o cavalo, para tomar água. Com dois meses de prática, Rafael dominava o cavalo e já estava se animando a saltar. Meio ano depois de ter estabelecido o primeiro contato com o animal, o menino tinha esquecido os antigos medos. novembro/dezembro de revista interativa

11 Interação homem-cavalo O cavalo desenvolve um movimento em três dimensões para frente e para trás, para os lados e na direção vertical muito semelhante ao que é realizado pelo ser humano ao caminhar, segundo a fisioterapeuta Mônica Klein, que trabalha no Centro de Equitação e Equoterapia Gileade (Ceeg), no município de Sete Lagoas. Cavalgar é uma atividade em que são transmitidos, do animal para o cavaleiro, aproximadamente estímulos no período de meia hora, explica a profissional. Essa interação influencia positivamente no desenvolvimento da coordenação, do equilíbrio e de músculos, como os do tronco e da cabeça. Além de lidar com problemas de fraqueza muscular, a equoterapia também atua em situações de baixa autoestima, trazendo ganhos sociais. Para fazer, não é necessário que haja alguma deficiência aparente, diz a especialista. O tratamento permite que usuários de cadeiras de rodas possam ver o mundo de cima para baixo, faz com que os praticantes aprendam a vencer o medo, ensina noção de limite às crianças e desenvolve a capacidade de interação, a partir da relação com o cavalo, de acordo com a fisioterapeuta. A Equoterapia não consiste apenas em cavalgar ou em montar no cavalo, é importante, também, rasquear (pentear), dar banho e alimentar o animal. Mônica Klein cita o caso de uma criança com autismo que, quando chegou ao Centro, não tinha nenhum tipo de interação, sequer visual, com outras pessoas. "Hoje ela já fala, olha, abraça", diz ela, explicando que o desenvolvimento se deu a partir da relação com o cavalo. "A primeira palavra que ela aprendeu a dizer foi cavalo", lembra. Outro praticante, com 100% de deficiência visual e um certo nível de autismo, no início gritava se alguém colocasse a mão nele. Hoje cumprimenta e reconhece as pessoas pela voz. Em alguns casos, porém, o tratamento não é indicado. A pessoa que tem certos tipos de escoliose, frouxidão ligamentar entre vértebras C1 e C2, predisposição a luxação de quadril e alguns transtornos psicológicos, por exemplo, não deve fazer a equoterapia. Para admitir um novo praticante, o Centro de Sete Lagoas pede indicação médica, aval de fisioterapeuta e, em alguns casos, também avaliação com psicólogo. A Associação Nacional de Equoterapia (Ande- Brasil) exige que os centros associados contem com, no mínimo, um psicólogo, um fisioterapeuta, um instrutor de equitação e um médico responsável pela avaliação inicial dos praticantes, além de recomendar uma equipe o mais diversificada possível de profissionais da saúde, educação e equitação. O Centro de Equitação e Equoterapia Gileade (Ceeg), de Sete Lagoas, foi fundado em maio de 2009 pelo policial militar Carlos Gonzales (conhecido como Teo). Carlos estava desistindo de uma criação de vacas, decidido a vender seu terreno, quando acabou conhecendo a equoterapia por meio de um colega. Resolveu fazer o curso da Ande-Brasil e começou a investir no Centro. O local, que utiliza 10 cavalos para a equoterapia, conta hoje com 40 praticantes e tem, em fila de espera, mais 80 interessados. O Ceeg trabalha com um veterinário, duas psicólogas, um fisioterapeuta, dois equitadores, dois educadores, quatro guias e oito voluntários. Carlos, que é instrutor de equitação, explica que os custos são altos e que o Centro atende a praticantes sem condições econômicas de arcar com os valores graças ao chamado "apadrinhamento", em que pessoas físicas e jurídicas financiam um ou mais tratamentos e obtêm desconto do montante dessa ajuda no imposto de renda. O Centro está à espera de mais pessoas dispostas a apadrinhar praticantes.

12 Alguns acham o Natal nostálgico. Outros ficam eufóricos com a virada do ano, embora aleguem que nem sempre se cumprem as promessas de fim de ano. Mas esta não parece ser a intenção dos servidores da Justiça do Trabalho. Saiba o que eles esperam de José Francisco Nunes Apoio Administrativo Patrícia do Amaral Silva Veloso Diretoria de Pessoal Em 2015, eu quero tudo o que eu tenho e mais um pouquinho... Quero manter meus amores, meus amigos e principalmente meu peso. Mudei de vida e emagreci 22 quilos. O segredo? - Reeducação alimentar e exercício físico cinco vezes por semana. Estou na portaria do prédio da Goitacases há 22 anos. Quero me aposentar em 2015 para que, com um pouquinho mais de tempo, eu possa cuidar da minha chácara. Gláucia Zoia de Castro Álvares 47ª VT/BH Quero fazer vestibular para ingressar no curso de direito. Já sou formada em letras, mas acho que, com este novo curso, terei melhores oportunidades no tribunal onde estou há um ano. Fui aprovada no último concurso como técnica. Quem sabe se, já formada, faço outro concurso, desta vez para analista? Luzimar Goes Telles Filho VT/Cataguases Muita saúde, um pouco menos de trabalho e o recebimento da diferença de 13,23%, que diz respeito ao pagamento de um passivo acumulado desde 2003.

No ritmo da criação OPORTUNIDADE

No ritmo da criação OPORTUNIDADE Shutterstock POR BRUNO MORESCHI No ritmo da criação Nosso país ainda caminha a passos lentos quando o assunto é economia criativa. Mas as incubadoras podem ajudar a recuperar o tempo perdido Da música

Leia mais

O futuro do YouTube - VEJA.com

O futuro do YouTube - VEJA.com Entrevista O futuro do YouTube 29/08/2009 10:49 Por Leo Branco Nesta semana, Chad Hurley, de 32 anos, um dos criadores do YouTube, esteve no Brasil e falou a VEJA sobre o futuro do maior site de vídeos

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE RIO DOCE CNPJ: 18.316.265/0001-69 CEP: 35442-000 ESTADO DE MINAS GERAIS

PREFEITURA MUNICIPAL DE RIO DOCE CNPJ: 18.316.265/0001-69 CEP: 35442-000 ESTADO DE MINAS GERAIS I FEIRA GASTRO-CULTURAL DE RIO DOCE MG De 24/09 à 01/10/2011, o município de Rio Doce abrigará a I Feira Gastro-Cultural que movimentará a cultura, a arte e a culinária no interior na zona da mata mineira.

Leia mais

FINANÇAS E COOPERATIVISMO

FINANÇAS E COOPERATIVISMO O CARREGA NA ESSÊNCIA OS VALORES DA HUMANIDADE Cooperativismo é a união voluntária de pessoas com o objetivo de atender necessidades e aspirações comuns, de natureza econômica, social, cultural ou outras.

Leia mais

Como é ser aprovado no vestibular de uma Universidade Pública, em que sabemos da alta concorrência entre os candidatos que disputam uma vaga?

Como é ser aprovado no vestibular de uma Universidade Pública, em que sabemos da alta concorrência entre os candidatos que disputam uma vaga? Abdias Aires 2º Ano EM Arthur Marques 2º Ano EM Luiz Gabriel 3º Ano EM Como é ser aprovado no vestibular de uma Universidade Pública, em que sabemos da alta concorrência entre os candidatos que disputam

Leia mais

Lúmini Art Centro de Pesquisa, Cultura e Ação Social. O Projeto Social Luminando

Lúmini Art Centro de Pesquisa, Cultura e Ação Social. O Projeto Social Luminando Lúmini Art Centro de Pesquisa, Cultura e Ação Social O Projeto Social Luminando O LUMINANDO O Luminando surgiu como uma ferramenta de combate à exclusão social de crianças e adolescentes de comunidades

Leia mais

PESQUISA DIAGNÓSTICA - SISTEMATIZAÇÃO. - Sim, estou gostando dessa organização sim, porque a gente aprende mais com organização das aulas.

PESQUISA DIAGNÓSTICA - SISTEMATIZAÇÃO. - Sim, estou gostando dessa organização sim, porque a gente aprende mais com organização das aulas. ESCOLA MUNICIPAL BUENA VISTA Goiânia, 19 de junho de 2013. - Turma: Mestre de Obras e Operador de computador - 62 alunos 33 responderam ao questionário Orientador-formador: Marilurdes Santos de Oliveira

Leia mais

Shopping Eldorado. Finalista na Categoria Shopping Center

Shopping Eldorado. Finalista na Categoria Shopping Center Shopping Eldorado 1 Iniciativas de responsabilidade social da empresa: O Shopping Eldorado tem como filosofia participar ativamente da vida e do cotidiano da cidade, principalmente por reconhecer a grande

Leia mais

Associação Lar do Neném

Associação Lar do Neném Criança Esperança 80 Associação Lar do Neném Recife-PE Marília Lordsleem de Mendonça Abraço solidário Todas as crianças são de todos : esse é o lema do Lar do Neném, uma instituição criada há 26 anos em

Leia mais

FUNDAÇÃO SOLIDARIEDADE Desde 1989 promovendo oportunidades para a vida

FUNDAÇÃO SOLIDARIEDADE Desde 1989 promovendo oportunidades para a vida FUNDAÇÃO SOLIDARIEDADE Desde 1989 promovendo oportunidades para a vida No início: um sonho Logo que a Volvo se instalou no país, no final dos anos 70, saltava aos olhos o elevado número de menores abandonados:

Leia mais

coleção Conversas #20 - MARÇO 2015 - t t o y ç r n s s Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça.

coleção Conversas #20 - MARÇO 2015 - t t o y ç r n s s Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça. Vocês acham possam a coleção Conversas #20 - MARÇO 2015 - cer d o t t o a r que ga cr ia n y ç a s s? Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça. A Coleção CONVERSAS da Editora

Leia mais

O EVENTO QUE VAI MEXER AINDA MAIS COM A SAÚDE DA CIDADE DE SÃO PAULO! Cultura na. virada da. Saúde

O EVENTO QUE VAI MEXER AINDA MAIS COM A SAÚDE DA CIDADE DE SÃO PAULO! Cultura na. virada da. Saúde O EVENTO QUE VAI MEXER AINDA MAIS COM A SAÚDE DA CIDADE DE SÃO PAULO! O projeto Virada da realizará ações culturais relacionadas com o tema saúde durante a semana da Virada da na cidade de São Paulo (semana

Leia mais

Danilo Nascimento Fundador do Segredos de Concurso www.segredosdeconcurso.com.br

Danilo Nascimento Fundador do Segredos de Concurso www.segredosdeconcurso.com.br Olá, concurseiro! É um grande prazer poder lhe dar algumas dicas básicas a respeito da sua preparação para um Concurso Público. Sei que esse é um grande sonho, e ter a oportunidade de colaborar com a construção

Leia mais

MOSTRA LIVRE DE CINEMA

MOSTRA LIVRE DE CINEMA MOSTRA LIVRE DE CINEMA 2014 BREVE DESCRIÇÃO A MOSTRA LIVRE DE CINEMA é um festival audiovisual que desde 2011 vem privilegiando a exibição de filmes independentes na cidade de Piracicaba e em cidades circunvizinhas

Leia mais

BLACK MÚSICA ANIMADA. FADE IN: Close de imagens variadas dos produtos da Drama Queen Make Up, mostrando suas diferentes cores, formas e texturas.

BLACK MÚSICA ANIMADA. FADE IN: Close de imagens variadas dos produtos da Drama Queen Make Up, mostrando suas diferentes cores, formas e texturas. 1 Roteiro para Institucional CLIENTE: Drama Queen Make Up PEÇA: Introdução ao treinamento/5 TÍTULO: Você faz parte desse time! ROTEIRISTA: Simone Teider VIDEO BLACK FADE IN: Close de imagens variadas dos

Leia mais

A essa altura, você deve estar se perguntando qual é a diferença entre cinema e vídeo, audiovisual e multimídia, não é mesmo?

A essa altura, você deve estar se perguntando qual é a diferença entre cinema e vídeo, audiovisual e multimídia, não é mesmo? Pré-Vestibular Social Grupo SOA Suporte à Orientação Acadêmica Ela faz cinema Ela faz cinema Ela é demais (Chico Buarque) CINEMA Chegou o momento de escolher um curso. Diante de tantas carreiras e faculdades

Leia mais

Transcriça o da Entrevista

Transcriça o da Entrevista Transcriça o da Entrevista Entrevistadora: Valéria de Assumpção Silva Entrevistada: Ex praticante Clarice Local: Núcleo de Arte Grécia Data: 08.10.2013 Horário: 14h Duração da entrevista: 1h COR PRETA

Leia mais

Uma vida dedicada. do ensino médico?

Uma vida dedicada. do ensino médico? E ntrevista Gilson Soares Feitosa O entrevistado desta edição é o cardiologista e professr Gilson Feitosa, que é coordenador da Residência em Cardiologia e diretor de Ensino e Pesquisa do Hospital do Hospital

Leia mais

Apoio. Patrocínio Institucional

Apoio. Patrocínio Institucional Patrocínio Institucional Parceria Apoio InfoReggae - Edição 83 Papo Reto com José Junior 12 de junho de 2015 O Grupo AfroReggae é uma organização que luta pela transformação social e, através da cultura

Leia mais

InfoReggae - Edição 32 Inclusão Digital 11 de abril de 2014. Coordenador Executivo José Júnior

InfoReggae - Edição 32 Inclusão Digital 11 de abril de 2014. Coordenador Executivo José Júnior O Grupo Cultural AfroReggae é uma organização que luta pela transformação social e, através da cultura e da arte, desperta potencialidades artísticas que elevam a autoestima de jovens das camadas populares.

Leia mais

MENOS ASSISTENCIALISMO, MAIS PEDAGOGIA. Moysés Kuhlmann: carências da educação infantil vão desde instalações à formação dos professores.

MENOS ASSISTENCIALISMO, MAIS PEDAGOGIA. Moysés Kuhlmann: carências da educação infantil vão desde instalações à formação dos professores. MENOS ASSISTENCIALISMO, MAIS PEDAGOGIA Moysés Kuhlmann: carências da educação infantil vão desde instalações à formação dos professores. 2 Ao lado das concepções do trabalho pedagógico para a infância,

Leia mais

Associação Beneficente de Amparo á Família

Associação Beneficente de Amparo á Família Associação Beneficente de Amparo á Família Perfil A Associação Beneficente de Amparo à Família (ABENAF) é uma Organização Não Governamental (ONG), sem fins lucrativos, que tem como objetivo oferecer cultura,

Leia mais

Como é a criança de 4 a 6 anos

Como é a criança de 4 a 6 anos de 4 a 6 anos Como é a criança Brinque: lendo histórias, cantando e desenhando. A criança se comunica usando frases completas para dizer o que deseja e sente, dar opiniões, escolher o que quer. A criança

Leia mais

http://crayonstock.com/19707 Zoonar 12 SEGREDOS PARA CONQUISTAR CLIENTES COM IMAGENS

http://crayonstock.com/19707 Zoonar 12 SEGREDOS PARA CONQUISTAR CLIENTES COM IMAGENS http://crayonstock.com/19707 Zoonar 12 SEGREDOS PARA CONQUISTAR CLIENTES COM IMAGENS Constantemente, somos bombardeados por incontáveis conteúdos visuais. Imagens ilustram websites, redes sociais, folders,

Leia mais

Proposta de programação cultural nos Centros Unificados de Educação

Proposta de programação cultural nos Centros Unificados de Educação CULTURA NOS CEUs Proposta de programação cultural nos Centros Unificados de Educação Resumo São Paulo, março de 2013. Por Ney Piacentini O projeto CULTURA NOS CEUs pretende levar às instalações culturais

Leia mais

Boletim Eletrônico Casa Abrigo Betel

Boletim Eletrônico Casa Abrigo Betel Boletim Eletrônico Casa Abrigo Betel 1ª edição Abril de 2011 Nesta edição: Palavra da Presidente Casa Abrigo Betel uma historia de lutas e vitorias. O Serviço Social e a Educação 1 2 3 Palavra da Presidente

Leia mais

Ser voluntário #issomudaomundo. Voluntariado. Cabe na sua vida. NOTÍCIAS. Ciclos fortalecidos em 2014 e novos ciclos que virão

Ser voluntário #issomudaomundo. Voluntariado. Cabe na sua vida. NOTÍCIAS. Ciclos fortalecidos em 2014 e novos ciclos que virão NOTÍCIAS Ciclos fortalecidos em 2014 e novos ciclos que virão Mobilizar e ampliar de forma estruturada. Esse foi o propósito da ação voluntária Estudar Vale a Pena, que em cinco anos de atuação impactou

Leia mais

ORQUESTRA INFANTOJUVENIL DA COORDENADORIA DA INFÂNCIA E DA JUVENTUDE DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE MINAS GERAIS

ORQUESTRA INFANTOJUVENIL DA COORDENADORIA DA INFÂNCIA E DA JUVENTUDE DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE MINAS GERAIS ORQUESTRA INFANTOJUVENIL DA COORDENADORIA DA INFÂNCIA E DA JUVENTUDE DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE MINAS GERAIS Projeto enviado por Wagner Wilson Ferreira - Desembargador Superintendente da Coordenadoria

Leia mais

1. O LOCAL, O DISPONÍVEL E O REAL

1. O LOCAL, O DISPONÍVEL E O REAL 1. O LOCAL, O DISPONÍVEL E O REAL O Serta chegou a esta proposta depois de 6 anos de tentativa de capacitar agricultores para a compreensão e prática de uma agricultura mais natural e orgânica. Isso sem

Leia mais

Região. Mais um exemplo de determinação

Região. Mais um exemplo de determinação O site Psicologia Nova publica a entrevista com Úrsula Gomes, aprovada em primeiro lugar no concurso do TRT 8 0 Região. Mais um exemplo de determinação nos estudos e muita disciplina. Esse é apenas o começo

Leia mais

Era uma vez um menino muito pobre chamado João, que vivia com o papai e a

Era uma vez um menino muito pobre chamado João, que vivia com o papai e a João do Medo Era uma vez um menino muito pobre chamado João, que vivia com o papai e a mamãe dele. Um dia, esse menino teve um sonho ruim com um monstro bem feio e, quando ele acordou, não encontrou mais

Leia mais

CMCJ/DF e Circuito da Criança curtem o Cirque du Soleil

CMCJ/DF e Circuito da Criança curtem o Cirque du Soleil Brasília, 22 de agosto de 2013 CMCJ/DF e Circuito da Criança curtem o Cirque du Soleil No dia 9 de agosto, as crianças e adolescentes do Centro Marista Circuito Jovem e Centro Marista Circuito da Criança

Leia mais

Dicas. do professor. Eliseu Gabriel. Como estudar? Incentivar a leitura e o estudo é um ato de amor e respeito ao ser humano

Dicas. do professor. Eliseu Gabriel. Como estudar? Incentivar a leitura e o estudo é um ato de amor e respeito ao ser humano Incentivar a leitura e o estudo é um ato de amor e respeito ao ser humano Eliseu Gabriel O vereador e professor Eliseu Gabriel conseguiu aprovar uma Lei para ajudar a despertar o gosto pelo estudo e a

Leia mais

BOAS PRÁTICAS. para humanizar o atendimento e gerar fidelização em Clínicas e Hospitais. Boas práticas para humanizar o atendimento

BOAS PRÁTICAS. para humanizar o atendimento e gerar fidelização em Clínicas e Hospitais. Boas práticas para humanizar o atendimento BOAS PRÁTICAS para humanizar o atendimento e gerar fidelização em Clínicas e Hospitais ÍNDICE Introdução 3 Explique e difunda a importância do termo 4 A humanização e o ambiente físico 6 Aperfeiçoamento

Leia mais

Organizando Voluntariado na Escola. Aula 3 Planejando a Ação Voluntária

Organizando Voluntariado na Escola. Aula 3 Planejando a Ação Voluntária Organizando Voluntariado na Escola Aula 3 Planejando a Ação Voluntária Objetivos 1 Entender a importância de fazer um planejamento. 2 Aprender como planejar o projeto de voluntariado. 3 Conhecer ferramentas

Leia mais

PROJETO solidário nacional em costa canal

PROJETO solidário nacional em costa canal PROJETO solidário nacional em costa canal Nelda Venturín, odn Rede de Coordenação Pastoral Colégios Companhia de Maria Argentina A experiência se desenvolve nos seis Colégios da Companhia de María na Argentina

Leia mais

PROJETO: REPENSANDO A (IN)DISCIPLINA

PROJETO: REPENSANDO A (IN)DISCIPLINA COLÉGIO TIRADENTES DA PMMG- BARBACENA PROJETO: REPENSANDO A (IN)DISCIPLINA JUSTIFICATIVA Percebendo que a indisciplina escolar é o problema que mais afeta o bom andamento dos alunos iremos trabalhar com

Leia mais

NURAP 2 NURAP 3. Colaboração: Aprendizes Raquel André Silva

NURAP 2 NURAP 3. Colaboração: Aprendizes Raquel André Silva EXPEDIENTE Ano 3 - Dezembro - Edição 29 NURAP em revista é uma publicação do NURAP ( Núcleo de Aprendizagem Profissional) Destinada aos seus parceiros e aprendizes. Colaboração: Aprendizes Raquel André

Leia mais

Guia para Boas Práticas

Guia para Boas Práticas Guia para 1 Definir o destino de parte do imposto que você vai, obrigatoriamente, pagar é uma possibilidade legítima e acessível. Basta escolher qual projeto, seja ele cultural, esportivo ou social, você

Leia mais

O Ponto entrevista Letícia Odorizi, aprovada em 1º lugar para ATRFB!

O Ponto entrevista Letícia Odorizi, aprovada em 1º lugar para ATRFB! O Ponto entrevista Letícia Odorizi, aprovada em 1º lugar para ATRFB! A história da Letícia Odorizi, aprovada em 1º lugar para Analista Tributário da Receita Federal do Brasil, é mais uma das histórias

Leia mais

Escrita Eficiente sem Plágio

Escrita Eficiente sem Plágio Escrita Eficiente sem Plágio Produza textos originais com qualidade e em tempo recorde Ana Lopes Revisão Rosana Rogeri Segunda Edição 2013 Direitos de cópia O conteúdo deste livro eletrônico tem direitos

Leia mais

Eu, Você, Todos Pela Educação

Eu, Você, Todos Pela Educação Eu, Você, Todos Pela Educação Um domingo de outono típico em casa: eu, meu marido, nosso filho e meus pais nos visitando para almoçar. Já no final da manhã estava na sala lendo um livro para tentar relaxar

Leia mais

Realização e Organização. www.vamaislonge.com.br

Realização e Organização. www.vamaislonge.com.br Realização e Organização www.vamaislonge.com.br Quem somos... Leonardo Alvarenga, tenho 23 anos, sou criador do Não Tenho Ideia e do #VáMaisLonge. Sou formado em Educação Física mas larguei tudo logo após

Leia mais

Assessoria de Comunicação & Marketing Assessoria de Imprensa e Divulgação Científica

Assessoria de Comunicação & Marketing Assessoria de Imprensa e Divulgação Científica Assessoria de Comunicação & Marketing Assessoria de Imprensa e Divulgação Científica Monitoramento das Notícias da UNISUL Dia 18 de abril de 2012 JORNAIS UDESC e ACAFE aquecem os vestibulandos Diário Catarinense

Leia mais

Projeto. Cidadania e Solidariedade. Giovanni Salera Júnior E-mail: salerajunior@yahoo.com.br

Projeto. Cidadania e Solidariedade. Giovanni Salera Júnior E-mail: salerajunior@yahoo.com.br Projeto Cidadania e Solidariedade Giovanni Salera Júnior E-mail: salerajunior@yahoo.com.br Gurupi Tocantins Agosto de 2008 Salera Júnior, Giovanni. Catalogação Projeto Cidadania e Solidariedade. Giovanni

Leia mais

ATENDIMENTO A CLIENTES

ATENDIMENTO A CLIENTES Introdução ATENDIMENTO A CLIENTES Nos dias de hoje o mercado é bastante competitivo, e as empresas precisam ser muito criativas para ter a preferência dos clientes. Um dos aspectos mais importantes, principalmente

Leia mais

Projeto CIRCO-ESCOLA NA BAHIA

Projeto CIRCO-ESCOLA NA BAHIA Projeto CIRCO-ESCOLA NA BAHIA Objetivo geral do projeto O objetivo do projeto Circo-Escola na Bahia é oferecer às crianças e jovens de Serra Grande um espaço privilegiado para que possam desenvolver atividades

Leia mais

BIOGRAFIA HUMANA. Terceiro espelho: A Infância e fase da Autoconsciência. Alma da Consciência: 0-7 Infância / 35-42 Maturidade.

BIOGRAFIA HUMANA. Terceiro espelho: A Infância e fase da Autoconsciência. Alma da Consciência: 0-7 Infância / 35-42 Maturidade. BIOGRAFIA HUMANA Terceiro espelho: A Infância e fase da Autoconsciência Alma da Consciência: 0-7 Infância / 35-42 Maturidade Edna Andrade Nascemos totalmente desamparados, totalmente dependentes e indefesos.

Leia mais

claro que o emprego existe enquanto houver trabalho para cada empregado.

claro que o emprego existe enquanto houver trabalho para cada empregado. Automotivação Antes de abordarmos a importância da motivação dentro do universo corporativo, vale a pena iniciarmos esta série de artigos com uma definição sobre esta palavra tão em voga nos dias atuais.

Leia mais

(ANEXO 2) FICHA DOS PROJETOS

(ANEXO 2) FICHA DOS PROJETOS (ANEXO 2) FICHA DOS PROJETOS 1 - SUAP - Sistema Unificado de Acompanhamento Processual Implantar, a partir de diretrizes do CSJT, sistema único de acompanhamento processual, em substituição aos diversos

Leia mais

Vamos explorar temas como:

Vamos explorar temas como: Esse curso tem o objetivo de aprofundar a prática e o estudo de desenho no formato cartoon para utilização em registros visuais, facilitação gráfica, ilustração e outras aplicações. Ao longo desses 2 meses

Leia mais

UM RETRATO DAS CIDADES DE MENOS DE 100 MIL HABITANTES DO BRASIL

UM RETRATO DAS CIDADES DE MENOS DE 100 MIL HABITANTES DO BRASIL A P R E S E N T A M UM RETRATO DAS CIDADES DE MENOS DE 100 MIL HABITANTES DO BRASIL POR QUE FAZER ESSA PESQUISA? PELA RELEVÂNCIA QUE ESSES PEQUENOS MUNICÍPIOS TÊM. 95% Dos municípios brasileiros têm menos

Leia mais

Tribunal Regional do Trabalho da 13ª Região Submissão de Trabalho para o II Encontro TRT's Norte/Nordeste

Tribunal Regional do Trabalho da 13ª Região Submissão de Trabalho para o II Encontro TRT's Norte/Nordeste Tribunal Regional do Trabalho da 13ª Região Submissão de Trabalho para o II Encontro TRT's Norte/Nordeste 1. Estrutura: a) Identificação do Órgão/Unidade: Tribunal Regional do Trabalho da 13ª Região /

Leia mais

O que é o Projeto Cine Gira Brasil

O que é o Projeto Cine Gira Brasil O que é o Projeto Cine Gira Brasil O Cine Gira Brasil é um projeto de cinema itinerante aprovado pelo Ministério da Cultura via artigo n o 18 da Lei Rouanet, que permite que empresas deduzam o valor investido

Leia mais

Plano de Ação - GASA- 2012

Plano de Ação - GASA- 2012 Plano de Ação - GASA- 2012 O GASA vem atuando durante 7 anos no Colégio Impacto, com os alunos voluntários, como um grupo de ação sócio ambiental. Na área social, o GASA, sempre contribuiu com campanhas

Leia mais

Gratuidade com os outros

Gratuidade com os outros 2ª feira, dia 21 de setembro de 2015 Gratuidade com os outros Bom dia! Com certeza, todos nós já experimentamos como é bom brincar com amigos, como nos faz felizes trocar jogos e brinquedos, como sabe

Leia mais

GENTE EDUCADA, CIDADE BONITA. Modelo de Projeto para Leopoldina Minas Gerais. Projeto de Atividades. 1º Edição

GENTE EDUCADA, CIDADE BONITA. Modelo de Projeto para Leopoldina Minas Gerais. Projeto de Atividades. 1º Edição GENTE EDUCADA, CIDADE BONITA Projeto de Atividades 1º Edição Modelo de Projeto para Leopoldina Minas Gerais 1. INTRODUÇÃO A educação atualmente não pode se restringir apenas ao ambiente escolar, o estudante

Leia mais

Você já teve a experiência de enviar um email e, em pouco tempo, ver pedidos de orçamento e vendas sendo concretizadas?

Você já teve a experiência de enviar um email e, em pouco tempo, ver pedidos de orçamento e vendas sendo concretizadas? 2 Você já teve a experiência de enviar um email e, em pouco tempo, ver pedidos de orçamento e vendas sendo concretizadas? É SOBRE ISSO QUE VOU FALAR NESTE TEXTO. A maioria das empresas e profissionais

Leia mais

1. Porque eu te amo nunca será suficiente 2. Porque a cada dia você me conquista mais e de um jeito novo 3. Porque a ciência não tem como explicar

1. Porque eu te amo nunca será suficiente 2. Porque a cada dia você me conquista mais e de um jeito novo 3. Porque a ciência não tem como explicar 1. Porque eu te amo nunca será suficiente 2. Porque a cada dia você me conquista mais e de um jeito novo 3. Porque a ciência não tem como explicar nosso amor 4. Porque a gente discute nossos problemas

Leia mais

P/1 Então por favor, começa com o seu nome completo, local e a data de nascimento.

P/1 Então por favor, começa com o seu nome completo, local e a data de nascimento. museudapessoa.net P/1 Então por favor, começa com o seu nome completo, local e a data de nascimento. R Meu nome é Kizzes Daiane de Jesus Santos, 21 de julho de 1988, eu nasci em Aracaju, no estado do Sergipe.

Leia mais

Belo Horizonte 2013 EXPOSIÇÃO. Divulgação

Belo Horizonte 2013 EXPOSIÇÃO. Divulgação NOV Belo Horizonte 2013 Divulgação Amilcar de Castro 13 de novembro a 27 de janeiro de 2014 Divulgação Foto: Anna FERNANDO SABINO 90 ANOS 25 de setembro a 04 de novembro Mostra multimídia em homenagem

Leia mais

PONTO DE APOIO SEREM DESENVOLVIDAS NAEDUCAÇÃOINFANTIL EENSINO FUNDAMENTAL, CONSIDERANDO AS HISTÓRIAS PUBLICADAS NA REVISTA PLANETA AZUL EDIÇÃO 142

PONTO DE APOIO SEREM DESENVOLVIDAS NAEDUCAÇÃOINFANTIL EENSINO FUNDAMENTAL, CONSIDERANDO AS HISTÓRIAS PUBLICADAS NA REVISTA PLANETA AZUL EDIÇÃO 142 CAPA PONTO DE APOIO CUIDAR RECONHECER QUE A HORTA ENVOLVE CUIDADOS, COMO IRRIGAÇÃO, DESBASTAÇÃO, ESPAÇAMENTO ENTRE AS MUDAS, COMPOSTAGEM, PODA, ENTRE OUTROS, ALÉM DO MONITORAMENTO DAS FASES DE CRESCIMENTO,

Leia mais

PASSADO, PRESENTE E FUTURO DAS DIVISÕES DE BASE NO FUTEBOL DO BRASIL

PASSADO, PRESENTE E FUTURO DAS DIVISÕES DE BASE NO FUTEBOL DO BRASIL PASSADO, PRESENTE E FUTURO DAS DIVISÕES DE BASE NO FUTEBOL DO BRASIL Tenho lido e ouvido muitos comentários nos últimos dias sobre o trabalho de formação no Brasil. Algumas pessoas, alguns profissionais

Leia mais

Faça amizades no trabalho

Faça amizades no trabalho 1 Faça amizades no trabalho Amigos verdadeiros ajudam a melhorar a saúde, tornam a vida melhor e aumentam a satisfação profissional. Você tem um grande amigo no local em que trabalha? A resposta para essa

Leia mais

h p://www.confabulefilmes.com.br/fes vais inscrições até junho/11

h p://www.confabulefilmes.com.br/fes vais inscrições até junho/11 1 de 5 21/06/2011 17:55 FESTIVAIS inscrições até junho/11 1ª MOSTRA DE VÍDEO UNIVERSITÁRIO DA UNICAP A 1ª Mostra de Vídeo Universitário da Unicap é uma atividade integrada à programação de comemoração

Leia mais

CURSO A DISTÂNCIA DISSEMINADORES DE EDUCAÇÃO FISCAL

CURSO A DISTÂNCIA DISSEMINADORES DE EDUCAÇÃO FISCAL CURSO A DISTÂNCIA DISSEMINADORES DE EDUCAÇÃO FISCAL 2013 1. IDENTIFICAÇÃO GRUPO DE EDUCAÇÃO FISCAL ESTADUAL DE GOIÁS GEFE/GO 2. APRESENTAÇÃO O curso a distância de Disseminadores de Educação Fiscal constitui

Leia mais

Regina Barbosa. Escritora e fundadora da ONG Ideário

Regina Barbosa. Escritora e fundadora da ONG Ideário Escritora e fundadora da ONG Ideário Levamos cinema para quem nunca foi até um. O piso é a areia branca, o teto é o céu estrelado e a tela é a vela da jangada. Na vela parada, as imagens em movimento.

Leia mais

Terça-feira, 07.12.10

Terça-feira, 07.12.10 Terça-feira, 07.12.10 Pensamento do dia Não basta conquistar a sabedoria: é preciso saber usá-la. Cícero EM BENEFÍCIO DE ou CONTRA? A frase é: A campanha é em benefício da criminalidade infantil. O adequado

Leia mais

Transformando o presente, construindo o amanhã.

Transformando o presente, construindo o amanhã. Transformando o presente, construindo o amanhã. Primeira sede em 1988 História No dia 23 de novembro de 1988, a Fundação Belgo-Mineira foi oficialmente constituída, a fim de promover ações de marketing

Leia mais

Palestra Virtual. Promovida pelo IRC-Espiritismo http://www.irc-espiritismo.org.br

Palestra Virtual. Promovida pelo IRC-Espiritismo http://www.irc-espiritismo.org.br Palestra Virtual Promovida pelo http://www.irc-espiritismo.org.br Tema: A Vontade Palestrante: Dulce Alcione Rio de Janeiro 29/09/2000 Organizadores da palestra: Moderador: "Luno" (nick: [Moderador]) "Médium

Leia mais

Empreendedorismo na Escola de Música da UFMG 1. Introdução

Empreendedorismo na Escola de Música da UFMG 1. Introdução Empreendedorismo na Escola de Música da UFMG 1 Introdução A Música e as artes quando praticada como atividade profissional, não é diferente de qualquer outra área de conhecimento. A formação de um músico

Leia mais

Departamento de Políticas de Comunicação. Gerência de Patrocínio

Departamento de Políticas de Comunicação. Gerência de Patrocínio Departamento de Políticas de Comunicação Gerência de Patrocínio PRINCIPAIS ATRIBUIÇÕES DO DEPARTAMENTO Implementar as estratégias de comunicação para o Sistema BNDES, divulgando sua atuação e programas;

Leia mais

Mauricio, eles dizem que querem continuar a fazer outros Módulos e o proximo será fruticultura

Mauricio, eles dizem que querem continuar a fazer outros Módulos e o proximo será fruticultura ELES QUEREM MAIS... Sarandi é uma cidade situada no Norte do Paraná e petence a Região metropolitana de Maringá. È uma cidade que cresceu rápido e apresenta uma vunerabilidade social muito grande! É comum

Leia mais

Estrada Real é Nossa vai dar descontos em restaurantes. Passaporte ER chega ao Caminho do Sabarabuçu. Programa do IER treina condutores dos parques

Estrada Real é Nossa vai dar descontos em restaurantes. Passaporte ER chega ao Caminho do Sabarabuçu. Programa do IER treina condutores dos parques Ano 1 Nº 3 Informativo Estrada Real é Nossa vai dar descontos em restaurantes Pág. 02 Novo portal do Instituto Estrada Real é lançado Pág. 03 Passaporte ER chega ao Caminho do Sabarabuçu Pág. 05 Programa

Leia mais

Lanches ser hoje uma referência gastronômica em Londrina.

Lanches ser hoje uma referência gastronômica em Londrina. EntreVISTA Fotos: Divulgação/Shutterstock O grande empreendedor encara os desafios Entre esperar o livro pronto e escrevê-lo, o comerciante Arnaldo Tsuruda preferiu seguir pela segunda opção. A história

Leia mais

A Ética e o Idoso: Comemorando o Dia Internacional da Terceira Idade.

A Ética e o Idoso: Comemorando o Dia Internacional da Terceira Idade. Ministério da Educação Início do Conteúdo A Ética e o Idoso: Comemorando o Dia Internacional da Terceira Idade. Autor e Co-autor(es) Autor Fátima Rezende Naves Dias UBERLANDIA - MG ESC DE EDUCACAO BASICA

Leia mais

A ESCOLA CATÓLICA, UMA INSTITUIÇAO DE ENSINO COM MÍSTICA EVANGELIZADORA

A ESCOLA CATÓLICA, UMA INSTITUIÇAO DE ENSINO COM MÍSTICA EVANGELIZADORA A ESCOLA CATÓLICA, UMA INSTITUIÇAO DE ENSINO COM MÍSTICA EVANGELIZADORA A escola católica será uma instituiçao com mística evangelizadora UMA ESCOLA A SERVIÇO DA PESSOA E ABERTA A TODOS UMA ESCOLA COM

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE VOLTA REDONDA SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO DEPARTAMENTO DE ORÇAMENTO E CONTROLE SECRETARIA MUNICIPAL DE CULTURA

PREFEITURA MUNICIPAL DE VOLTA REDONDA SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO DEPARTAMENTO DE ORÇAMENTO E CONTROLE SECRETARIA MUNICIPAL DE CULTURA PROGRAMA Nº- 042 PALCO SOBRE RODAS Projeto inspirado no clássico modelo de teatro itinerante, através da montagem de um palco móvel que percorre os bairros da cidade, levando cultura. Levar o Palco sobre

Leia mais

Os brasileiros precisam conhecer a história dos negros. (textos e fotos Maurício Pestana)

Os brasileiros precisam conhecer a história dos negros. (textos e fotos Maurício Pestana) Os brasileiros precisam conhecer a história dos negros (textos e fotos Maurício Pestana) Responsável pelo parecer do Conselho Nacional de Educação que instituiu, há alguns anos, a obrigatoridade do ensino

Leia mais

Ong contribui para qualificação de jovens

Ong contribui para qualificação de jovens Ong contribui para qualificação de jovens O Instituto de Pesquisa e Tecnologia Gerencial Aplicada IPGA tem proporcionado para jovens, desde 2005, oportunidades de qualificação profissional e, consequentemente,

Leia mais

Em algum lugar de mim

Em algum lugar de mim Em algum lugar de mim (Drama em ato único) Autor: Mailson Soares A - Eu vi um homem... C - Homem? Que homem? A - Um viajante... C - Ele te viu? A - Não, ia muito longe! B - Do que vocês estão falando?

Leia mais

Você sabia que... Alguns fatos sobre o meu país

Você sabia que... Alguns fatos sobre o meu país Brasil Você sabia que... A pobreza e a desigualdade causam a fome e a malnutrição. Os alimentos e outros bens e serviços básicos que afetam a segurança dos alimentos, a saúde e a nutrição água potável,

Leia mais

PROJETO LEITURA INTERATIVA

PROJETO LEITURA INTERATIVA PROJETOS COMPLEMENTARES PROJETO LEITURA INTERATIVA Atividade planejada e permanente com os usuários, em grupos, que visa introduzir em sua vida a leitura diária de jornais, livros e revistas e atualização

Leia mais

ulher não fala muito Mulher pensa alto

ulher não fala muito Mulher pensa alto ulher não fala muito Mulher pensa alto bla bla PROF. GRETZ Mulher não fala muito. Mulher pensa alto. Reflexões bem humoradas para uma ótima vida a dois Florianópolis 2014 1. Silêncio 7 2. Percepção 13

Leia mais

PARÓQUIA NOSSA SENHORA DE FÁTIMA

PARÓQUIA NOSSA SENHORA DE FÁTIMA PARÓQUIA NOSSA SENHORA DE FÁTIMA PESQUISA DIRIGIDA AOS JOVENS COM IDADE ENTRE 15 E 35 ANOS RELATÓRIO : 1º PESQUISA MISSA : 08:30 DATA : 09/04/2011 - Nº de Entrevistados : 16 1º QUESTÃO - IDADE Foi perguntado

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca Pronunciamento na primeira reunião

Leia mais

Produzindo e divulgando fotos e vídeos. Aula 1 Criando um vídeo

Produzindo e divulgando fotos e vídeos. Aula 1 Criando um vídeo Produzindo e divulgando fotos e vídeos Aula 1 Criando um vídeo Objetivos 1 Conhecer um pouco da história dos filmes. 2 Identificar a importância de um planejamento. 3 Entender como criar um roteiro. 4

Leia mais

017. Segunda-Feira, 05 de Julho de 1997.

017. Segunda-Feira, 05 de Julho de 1997. 017. Segunda-Feira, 05 de Julho de 1997. Acordei hoje como sempre, antes do despertador tocar, já era rotina. Ao levantar pude sentir o peso de meu corpo, parecia uma pedra. Fui andando devagar até o banheiro.

Leia mais

Fórum Social Mundial Memória FSM memoriafsm.org

Fórum Social Mundial Memória FSM memoriafsm.org Este documento faz parte do Repositório Institucional do Fórum Social Mundial Memória FSM memoriafsm.org CLIPPING FSM 2009 AMAZÔNIA Jornal: CARTA MAIOR Data: 29/01/09 http://www.cartamaior.com.br/templates/materiamostrar.cfm?materia_id=15538

Leia mais

A Bíblia seja colocada em lugar de destaque, ao lado de uma vela acesa.

A Bíblia seja colocada em lugar de destaque, ao lado de uma vela acesa. Encontro com a Palavra Agosto/2011 Mês de setembro, mês da Bíblia 1 encontro Nosso Deus se revela Leitura Bíblica: Gn. 12, 1-4 A Bíblia seja colocada em lugar de destaque, ao lado de uma vela acesa. Boas

Leia mais

All You Zombies. Baseado no conto original de Robert A. Heinlein, All You Zombies, 1959. Versão Portuguesa, Brasil. Wendel Coelho Mendes

All You Zombies. Baseado no conto original de Robert A. Heinlein, All You Zombies, 1959. Versão Portuguesa, Brasil. Wendel Coelho Mendes All You Zombies Wendel Coelho Mendes Versão Portuguesa, Brasil Baseado no conto original de Robert A. Heinlein, All You Zombies, 1959 Esse conto é minha versão sobre a verdadeira história de All You Zombies,

Leia mais

Discurso proferido na solenidade de posse dos Juízes aprovados no XLV Concurso de Ingresso na Magistratura de Carreira do Estado do Rio de Janeiro

Discurso proferido na solenidade de posse dos Juízes aprovados no XLV Concurso de Ingresso na Magistratura de Carreira do Estado do Rio de Janeiro SOBRE SONHOS E HERÓIS Bruno Vinícius Da Rós Bodart Discurso proferido na solenidade de posse dos Juízes aprovados no XLV Concurso de Ingresso na Magistratura de Carreira do Estado do Rio de Janeiro Excelentíssima

Leia mais

VOCÊ DÁ O SEU MELHOR TODOS OS DIAS. CONTINUE FAZENDO ISSO.

VOCÊ DÁ O SEU MELHOR TODOS OS DIAS. CONTINUE FAZENDO ISSO. VOCÊ DÁ O SEU MELHOR TODOS OS DIAS. CONTINUE FAZENDO ISSO. Qualquer hora é hora de falar sobre doação de órgãos. Pode ser à mesa do jantar, no caminho para o trabalho ou até mesmo ao receber este folheto.

Leia mais

TÉCNICO EM HOSPEDAGEM

TÉCNICO EM HOSPEDAGEM Imagens para explicar que às vezes o turista quer um lugar simples, no meio da natureza para descansar, basta estar limpo, asseado e arejado, nem todos querem luxo, existe vários perfis de clientes.(grifo

Leia mais

PACTO PELA VIDA ANIMAL REDE DE DEFESA ANIMAL

PACTO PELA VIDA ANIMAL REDE DE DEFESA ANIMAL Pernambuco, 2012 PACTO PELA VIDA ANIMAL REDE DE DEFESA ANIMAL DOCUMENTO DE TRABALHO Sobre um Plano de Ação relativo à Proteção e ao Bem-Estar dos Animais 2012-2015 Base estratégica das ações propostas

Leia mais

CONCURSO SEMANA DESIGN RIO EDITAL

CONCURSO SEMANA DESIGN RIO EDITAL CONCURSO SEMANA DESIGN RIO EDITAL Vivemos numa cidade privilegiada, cercada por belezas naturais e maravilhas desenvolvidas pelo homem. Pelo Brasil afora é difícil encontrar quem não seja apaixonado pelo

Leia mais

O valor do silêncio na vida do cristão

O valor do silêncio na vida do cristão O valor do silêncio na vida do cristão Salve Maria! Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo! Em nosso blog, temos muitas palavras de profecia sobre o silêncio. E, por Providência Divina, encontramos um

Leia mais

MANUAL DO VOLUNTÁRIO. Ajudar uma criança é tornar o mundo melhor.

MANUAL DO VOLUNTÁRIO. Ajudar uma criança é tornar o mundo melhor. MANUAL DO VOLUNTÁRIO Ajudar uma criança é tornar o mundo melhor. Apresentação No decorrer do ano de 2010, muitas mudanças estruturais ocorreram na Casa do Bom Menino. Podemos colher alguns frutos positivos

Leia mais

ONG Projetos sociais meu sonho não tem fim Pesquisa - Sonhos, desejos e virtudes

ONG Projetos sociais meu sonho não tem fim Pesquisa - Sonhos, desejos e virtudes ONG Projetos sociais meu sonho não tem fim Pesquisa - Sumário Dedicatória Página 3 Introdução Página 4 Perfil do público pesquisado Página 5 Sonhos e desejos Página 8 Virtudes e pecados Página 10 Conclusões

Leia mais