NOVA IMAGEM. NOVA TECNOLOGIA. NOVOS OBJECTIVOS

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "NOVA IMAGEM. NOVA TECNOLOGIA. NOVOS OBJECTIVOS"

Transcrição

1 NOVA IMAGEM. NOVA TECNOLOGIA. NOVOS OBJECTIVOS

2 O PROJECTO COMO NASCEU O CARTÃO SOLIDÁRIO O projecto Cartão Solidário nasceu da vontade de responder de forma contínua e sustentável às necessidades das Instituições de Solidariedade Social, que têm um papel determinante para a sociedade, mas que passam por inúmeras dificuldades para manterem a sua actividade. Consideramos uma necessidade urgente responder às dificuldades das pessoas mais carenciadas e de atribuir apoio àqueles que se dedicam diariamente a estas causas. A Associação Sorriso Solidário chegou assim a um conceito inovador que permite apoiar várias Associações em simultâneo, de forma contínua e sustentável, através da união de pessoas e empresas num só projecto, que ainda apresenta vantagens para todos os envolvidos.

3 FÓRMULA INOVADORA COMO FUNCIONA? É SIMPLES. O titular do Cartão Solidário beneficia de descontos de 5% a 50% nas lojas das marcas aderentes à iniciativa. O titular usufrui de um desconto imediato no momento da sua compra, geralmente metade, e a outra parte é encaminhada pelas empresas para as Instituições beneficiárias. Com o Cartão Solidário já é possível praticar um gesto solidário num acto comum do dia a dia: a compra de bens e/ou serviços. Ao ser utilizado, gera donativos para as Associações e ainda oferece vantagens a todos os que nele participam.

4 SISTEMA WIN WIN WIN VANTAGENS PARA TODOS OS ENVOLVIDOS Associações Obtém um apoio consolidado para as suas obras sociais e serviços gratuitos à sociedade. Pessoas Poupam nas suas compras numa época de dificuldades, ao mesmo tempo que ajudam uma causa maior sem um esforço financeiro associado. Empresas Fidelizam clientes, criam uma maior ligação emocional com eles ao participarem juntos numa missão social e obtém uma forte visibilidade na comunicação do projecto a nível nacional.

5 INSTITUIÇÕES BENEFICIÁRIAS Nesta Edição, o Cartão Solidário foca se na ajuda às crianças mais desprotegidas e/ou carenciadas, com o objectivo de lhes proporcionar um maior acesso à saúde, alimentação, habitação, educação e cultura. Fundação de Apoio a Crianças e Jovens Internados Associação de Lares Familiares para Crianças e Jovens Associação Nacional de Doenças Mentais e Raras Associação de Apoio a Crianças Infectadas pelo VIH/SIDA

6 VANTAGENS EM PARTICIPAR PERSPECTIVA DOS TITULARES 1. Com o Cartão Solidário as pessoas podem poupar nas suas compras ao mesmo tempo que ajudam quem mais precisa. Para além de beneficiarem de vários descontos, sabem que em cada compra que fazem, estão a gerar um donativo para as Instituições de igual valor ao desconto obtido. 2. Podem utilizar um único cartão durante as suas compras, pois é transversal a várias áreas de actividade e ainda estão a contribuir para várias causas. 3. Praticam a sua responsabilidade social, sem um esforço financeiro associado, bastando apenas manterem se fieis às marcas aderentes e realizarem as suas compras nas lojas associadas.

7 VANTAGENS EM PARTICIPAR PERSPECTIVA DAS EMPRESAS 1. O Cartão Solidário funciona como um cartão de fidelização eficaz, devido à sua forte componente emocional. Os clientes solidários sabem que para além de terem um benefício monetário, estão a ajudar as Instituições. Cria se assim uma forte ligação entre as pessoas e as marcas, pois estão juntos a participar e a contribuir para uma causa maior. 2. As empresas oferecem vários descontos noutros contextos e neste projecto faz ainda mais sentido, pois visa uma causa maior e uma maior ligação ao cliente. Apesar destes donativos serem pequenos, entre todas as empresas representa um enorme apoio. 3. Obtêm presença em várias peças de comunicação e podem comunicar com a comunidade solidária que conta já com mais de aderentes.

8 REDE ACTUAL DE EMPRESAS SOLIDÁRIAS

9 ENTIDADE RESPONSÁVEL ASSOCIAÇÃO SORRISO SOLIDÁRIO A Sorriso Solidário Associação de Apoio a Causas Sociais, Culturais e Ambientais é a entidade impulsionadora e gestora do Cartão Solidário. Funciona como o elo de ligação entre as Instituições, as empresas e os titulares do Cartão Solidário, ficando também encarregue da emissão dos recibos dos valores doados no âmbito da iniciativa. A Associação Sorriso Solidário pretende reunir centenas de empresas solidárias, que oferecem descontos aos titulares do Cartão Solidário, bem como um conjunto de associados que funcionam como agentes impulsionadores do projecto através de diferentes contributos e/ou participações na área de comunicação, distribuição, tecnologia e mecenato.

10 REDE ACTUAL DE ASSOCIADOS

11 OBJECTIVOS SOLIDÁRIOS E MAIS DE EM DONATIVOS Acreditamos que o Cartão Solidário se irá tornar numa referência nacional e internacional na área da responsabilidade social e que irá permitir criar uma corrente solidária entre pessoas e empresas, com uma forte ligação entre elas, pois partilham de um objectivo comum: fazer sorrir quem mais precisa. Já contamos com mais de aderentes particulares e mais de 50 empresas associadas. Queremos atingir uma comunidade de solidários e gerar mais de em donativos para as Instituições beneficiárias.

12 APELO PARTICIPE NESTA MISSÃO A Associação Sorriso Solidário vem pedir o seu apoio para este projecto e convidá lo para se tornar num Associado da Associação Sorriso Solidário, pelo seu espírito de responsabilidade social e pelo enorme contributo que podem dar a esta iniciativa. Precisamos do vosso apoio para este projecto para que possamos desenvolver algumas das acções delineadas para o ano 2010, de forma a impulsionarmos esta iniciativa e a tornarmos ainda mais sustentável. Ao serem Associados da Associação Sorriso Solidário, estarão a apoiar várias Instituições de Solidariedade Social em simultâneo e a ajudar a consolidar um projecto que permitirá uma ajuda constante a várias Associações no nosso país.

13 DÁ IMAGEM DESCONTOS E EVENTO AJUDA QUEM DE LANÇAMENTO MAIS PRECISA COMUNICAÇÃO E DISTRIBUIÇÃO

14 EMBALAGEM KIT SOLIDÁRIO Cartão Provisório, 500 em Vouchers e Guia de Bolso Foi criada uma embalagem para o Cartão Solidário que contém um Cartão Provisório, um conjunto de vouchers no valor de mais de 500 e um Guia Informativo com as marcas, descontos e contribuições. Após adquirir o Kit Solidário, o titular recebe o Cartão Definitivo na sua morada no prazo de 3 semanas, até lá pode utilizar o Cartão Provisório.

15 VALOR DE ADESÃO QUOTA SOLIDÁRIA = 10 A adesão ao Cartão Solidário tem o valor simbólico de 10, que corresponde a uma quota anual da Associação Sorriso Solidário. O Cartão Solidário tem a validade de 1 ano. Após este período, o titular deverá renovar a sua quota, caso pretenda continuar a poupar e a ajudar quem mais precisa.

16 Kit Solidário

17 Cartão Provisório Conjunto de Vouchers Guia desdobrável Interior

18 SITE SOLIDÁRIO ADESÕES ONLINE, CONSULTA DE DESCONTOS E DONATIVOS O site do Cartão Solidário pretende ser o principal elo de ligação entre a Associação Sorriso Solidário e os titulares do Cartão Solidário. Oferece informação detalhada sobre o projecto e as empresas solidárias, permitindo uma pesquisa das lojas aderentes por área geográfica e a consulta dos descontos, condições e lojas associadas. Permite a adesão online ao projecto e a consulta das poupanças e contribuições por parte dos Titulares na Área Reservada. Neste momento, estamos a iniciar um processo de reformulação, com mais funcionalidades.

19 EVENTO DE LANÇAMENTO 03. MARÇO PADRÃO DOS DESCOBRIMENTOS O Cartão Solidário foi apresentado no dia 03 de Março de 2009, no Padrão dos Descobrimentos, escolhido pelo seu forte simbolismo histórico. O evento contou com a presença dos presidentes das Instituições beneficiárias, dos representantes das empresas solidárias, bem como de vários convidados que vieram dar o seu contributo e força à iniciativa, como os novos embaixadores do projecto Os Anjos, Nelson e Sérgio Rosado, Sílvia Rizzo e Luís Represas.

20

21

22 COMUNICAÇÃO CAMPANHA PUBLICITÁRIA Desenvolvida pela Agência de Publicidade Partners e pela Agência de Meios Media:EdgeCia Com o apoio da Agência de Publicidade Partners, da Agência de Meios Media:EdgeCia e de vários meios de comunicação foi possível realizar a nova campanha de publicidade. A campanha iniciou em Março e prolongou se até ao final do mês de Agosto em vários meios e suportes de comunicação de forma gradual, primeiro na TV, passando depois para a Rádio, Imprensa e Cinema: RTP, RTP 2, RTP N, TV Metro, SIC Mulher, SIC Notícias entre outros canais TV Cabo; Rádio Comercial, M80, Rádio Cidade, Rádio Clube, TSF, entre outras; Diário de Notícias, Diário Económico, Semanário Económico, OJE, Jornal de Notícias, Revista Visão, MaxMen, Guia para a Semana, Única (Expresso), TV Mais, entre outras; ZON Lusomundo.

23 Imprensa Pág. Inteira e ½ Página

24 Imprensa Pág. Inteira e ½ Página

25 Imprensa Pág. Inteira e ½ Página

26 COMUNICAÇÃO DISTRIBUIÇÃO DE FOLHETOS NAS ENTIDADES ADERENTES Nas empresas solidárias são entregues folhetos aos clientes, para que conheçam este esta iniciativa. Algumas entidades prestam ainda o serviço de adesão ao Cartão Solidário nos seus balcões. Frente e Verso Interior

27 COMUNICAÇÃO REDES SOCIAIS MySpace, Twitter, FaceBook e Blog O Cartão Solidário conta com presença em MySpace, Facebook e Twitter, as primeiras páginas a serem criadas e que já se encontram online. Temos também um blog que permite uma maior comunicação entre a comunidade solidária: titulares e empresas aderentes. MySpace Facebook Twitter

28 COMUNICAÇÃO NEWSLETTER DIGITAL A partir do mês de Dezembro, os titulares do Cartão Solidário começaram a receber mensalmente uma Newsletter com todas as novidades, com novas empresas solidárias aderentes, novos associados que apoiam a iniciativa e novos canais de distribuição que vão sendo criados para a adesão ao Cartão Solidário por parte do público. Newsletter Digital

29 DISTRIBUIÇÃO KITS SOLIDÁRIOS NAS ENTIDADES ADERENTES AUTORIZADAS People s Phone, MegaRede, Repsol e Liberty Seguros Os Kits Solidários estão actualmente disponíveis nas lojas People s Phone e MegaRede, nas estações de serviço Repsol e nas agências Liberty Seguros. O Cartão Solidário procura neste momento outros canais de distribuição a nível nacional

30 PARTICIPE NESTA MISSÃO O Cartão Solidário apresenta se como uma ferramenta inovadora de ajuda diária a projectos sociais de reconhecido valor. Com o Cartão Solidário já é possível ajudar através de um gesto comum do dia a dia: a compra de bens e serviços. Queremos criar uma corrente solidária forte e permanente entre pessoas e empresas que seja capaz de minimizar os desequilíbrios sociais que se vão sentindo no nosso país. Através da união de todos, é possível. Participe nesta missão e faça parte desta corrente solidária. MUITO OBRIGADO.

31 CONTACTOS ASSOCIAÇÃO SORRISO SOLIDÁRIO Associação de Apoio a Causas Sociais, Culturais e Ambientais R. General Firmino Miguel, 12 B, Lisboa T F Miguel Mendes Direcção T T E.

Estratégia de Marketing na Comunicação Interna. O caso épt! Miguel Horta e Costa Presidente Executivo

Estratégia de Marketing na Comunicação Interna. O caso épt! Miguel Horta e Costa Presidente Executivo Estratégia de Marketing na Comunicação Interna O caso épt! Miguel Horta e Costa Presidente Executivo Conferência Mercator XXI Lisboa, 7 de Outubro 2004 O papel da comunicação no desenvolvimento dos negócios

Leia mais

BANCO ALIMENTAR CONTRA A FOME DE VISEU

BANCO ALIMENTAR CONTRA A FOME DE VISEU BANCO ALIMENTAR CONTRA A FOME DE VISEU A NOSSA MISSÃO Lutar contra o desperdício, recuperando excedentes alimentares, para os levar a quem tem carências alimentares, mobilizando pessoas e empresas que

Leia mais

relatório trabalhar com arquitectos campanha out 13

relatório trabalhar com arquitectos campanha out 13 relatório trabalhar arquitectos campanha out 13 / 2 índice introdução a campanha unicação análise anexos 4 5 7 8 9 14 15 16 18 22 28 33 34 36 37 3 introdução 4 a campanha Mass Media performance de unicação

Leia mais

ARAGÃOPINTO FUNDAÇÃO DE SOLIDARIEDADE SOCIAL VAMOS AJUDAR QUEM PRECISA!

ARAGÃOPINTO FUNDAÇÃO DE SOLIDARIEDADE SOCIAL VAMOS AJUDAR QUEM PRECISA! A ESSENCIALIDADE DE CUIDAR DAS NOSSAS CRIANÇAS INVESTIR A TEMPO PARA EVITAR... E PERSISTIRMOS NA BUSCA DE FAZER SEMPRE MELHOR PARA NÓS A PREVENÇÃO NÃO É UMA OPÇÃO... É UMA OBRIGATORIEDADE MISSÃO A Fundação

Leia mais

PHC Mensagens SMS. Desenvolva o potencial das comunicações imediatas com mensagens SMS PHC

PHC Mensagens SMS. Desenvolva o potencial das comunicações imediatas com mensagens SMS PHC PHCMensagens SMS DESCRITIVO O módulo PHC Mensagens SMS permite o envio de mensagens a múltiplos destinatários em simultâneo, sem ser necessário criar e enviar uma a uma. Comunique com mais sucesso: ganhe

Leia mais

PHC Mensagens SMS CS. Desenvolva o potencial das comunicações imediatas com mensagens SMS PHC

PHC Mensagens SMS CS. Desenvolva o potencial das comunicações imediatas com mensagens SMS PHC PHCMensagens SMS CS DESCRITIVO O módulo PHC Mensagens SMS permite o envio de mensagens a múltiplos destinatários em simultâneo, sem ser necessário criar e enviar uma a uma. Comunique com mais sucesso:

Leia mais

O QUE É O PROJETO? Ponto de encontro entre quem tem alguma coisa para DAR... ... e quem precisa de RECEBER. 20-06-2014

O QUE É O PROJETO? Ponto de encontro entre quem tem alguma coisa para DAR... ... e quem precisa de RECEBER. 20-06-2014 0-06-04 O QUE É O PROJETO? Ponto de encontro entre quem tem alguma coisa para DAR...... e quem precisa de RECEBER. Plataforma online - www.darereceber.pt - para encaminhar situações de necessidade. 0-06-04

Leia mais

Projecto Igreja Solidária Proposta de Comunicação. Lisboa, 8 de Julho de 2009

Projecto Igreja Solidária Proposta de Comunicação. Lisboa, 8 de Julho de 2009 Projecto Igreja Solidária Proposta de Comunicação Lisboa, 8 de Julho de 2009 Índice 1. Enquadramento 2. Proposta O Projecto Missão e Princípios Fases do Projecto O Nosso Desafio A Nossa Resposta O Conceito

Leia mais

REGULAMENTO ABRIL/2011

REGULAMENTO ABRIL/2011 REGULAMENTO ABRIL/2011 Regulamento dos Voluntários com Asas Í NDICE Pág. 1. Constituição 2 2. Grupo Dinamizador GD 2.1. Missão.. 2 2.2. Obrigações e Atribuições.. 2 2.3. Funcionamento. 3 3. Membros dos

Leia mais

PROJECTO DE REGULAMENTO DE ATRIBUIÇÃO DO CARTÃO MUNICIPAL DO DEFICIENTE

PROJECTO DE REGULAMENTO DE ATRIBUIÇÃO DO CARTÃO MUNICIPAL DO DEFICIENTE PROJECTO DE REGULAMENTO DE ATRIBUIÇÃO DO CARTÃO MUNICIPAL DO DEFICIENTE NOTA JUSTIFICATIVA Art.º 1.º DEFINIÇÃO No âmbito das actividades de interesse municipal, compete às câmaras municipais prestar apoio

Leia mais

CARTÕES UNIBANCO APRESENTAÇÃO

CARTÕES UNIBANCO APRESENTAÇÃO CARTÕES UNIBANCO APRESENTAÇÃO A UNICRE UNICRE Instituição Financeira de Crédito, S.A Especialista em cartões de pagamento desde 1974 Sede: Av. António Augusto de Aguiar, 122 Lisboa www.unicre.pt Emissora

Leia mais

APADRINHAMENTO. Normas do Programa de Apadrinhamento

APADRINHAMENTO. Normas do Programa de Apadrinhamento APADRINHAMENTO O programa de apadrinhamento da Fundação Salesianos, através do seu Programa Dom Bosco Projeto Vida, é uma iniciativa de angariação de padrinhos/madrinhas que, individualmente ou em grupo,

Leia mais

Caritas Diocesana de Portalegre Castelo Branco

Caritas Diocesana de Portalegre Castelo Branco géneros alimentares recebidos do Banco Alimentar Contra a Fome - Delegação de Portalegre, com o qual existe protocolo. Artigo 12º (Afixação de documentos) É da responsabilidade d@ Coordenador/a da Loja:

Leia mais

Campanha de Verão Cartão Ofereça Açores

Campanha de Verão Cartão Ofereça Açores Campanha de Verão Cartão Ofereça Açores Esta é uma campanha Única! Uma campanha estrutural para as Nossas empresas! Que vai Revolucionar a comunicação da Sua Empresa com os seus clientes! Esta Campanha

Leia mais

Estimado(a) O MEU MONTEPIO. set 13

Estimado(a) O MEU MONTEPIO. set 13 edição 36 set 13 O MEU MONTEPIO e-newsletter Estimado(a) Associado(a) e Cliente, Em vésperas de celebrarmos o 173.º aniversário do Montepio Associação Mutualista, a maior organização portuguesa nascida

Leia mais

UniverCidade. A Rede. ao alcance da sua marca

UniverCidade. A Rede. ao alcance da sua marca UniverCidade A Rede ao alcance da sua marca UniverCidade Uma rede de Vantagens para Estudantes O que é? A UniverCidade é uma rede de vantagens para do ensino superior, lançada em Outubro de 2008. Esta

Leia mais

Dar tempo por causas: alimentar ideias Construir alternativas para a inclusão social

Dar tempo por causas: alimentar ideias Construir alternativas para a inclusão social Dar tempo por causas: alimentar ideias Construir alternativas para a inclusão social Escola Superior Gallaecia 7 de Dezembro de 2011 Maria de Fátima Cortez Ferreira O direito à alimentação é um dos mais

Leia mais

*Todos os direitos reservados.

*Todos os direitos reservados. *Todos os direitos reservados. A cada ano, as grandes empresas de tecnologia criam novas ferramentas Para o novo mundo digital. Sempre temos que nos renovar para novas tecnologias, a Karmake está preparada.

Leia mais

Departamento Comercial e Marketing. Escola Secundaria de Paços de Ferreira 2009/2010. Técnicas de Secretariado

Departamento Comercial e Marketing. Escola Secundaria de Paços de Ferreira 2009/2010. Técnicas de Secretariado Escola Secundaria de Paços de Ferreira 2009/2010 Técnicas de Secretariado Departamento Comercial e Marketing Módulo 23- Departamento Comercial e Marketing Trabalho realizado por: Tânia Leão Departamento

Leia mais

COMERCIAL/ MARKETING

COMERCIAL/ MARKETING COMERCIAL/ MARKETING Os investimentos específicos na sua área em 2012 vs? (%) - RU Vão crescer 42 54 Média: + 4,06% Permanecer estáveis 45 5 Terão redução 1 5 2010 (%) - RU A principal estratégia comercial/

Leia mais

Teambuilding (Habitat for Humanity Portugal)

Teambuilding (Habitat for Humanity Portugal) Teambuilding (Habitat for Humanity Portugal) A Habitat for Humanity Portugal é uma organização não governamental sem fins lucrativos de base cristã e ecuménica e procura lutar contra o problema da pobreza

Leia mais

Desde 2008. Mídia Kit 2015. encontrasãopaulo. www.encontrasaopaulo.com.br

Desde 2008. Mídia Kit 2015. encontrasãopaulo. www.encontrasaopaulo.com.br Desde 2008 Mídia Kit 2015 encontrasãopaulo www.encontrasaopaulo.com.br Introdução O Mídia Kit 2015 do guia online Encontra São Paulo tem o objetivo de contextualizar a atuação do site no segmento de buscas

Leia mais

NOTÍCIAS E REFERÊNCIAS NA IMPRENSA

NOTÍCIAS E REFERÊNCIAS NA IMPRENSA COMUNICAÇÃO NATALIS NOTÍCIAS E REFERÊNCIAS NA IMPRENSA...2 ANÚNCIOS IMPRENSA...11 ENTREVISTAS PARA A TELEVISÃO E RÁDIO...13 INTERNET...14 SPOT RÁDIO...19 POSTER NATALIS...20 FLYERS NATALIS...21 E-MAILING...22

Leia mais

PLANO DE MARKETING. Trabalho realizado por: Vera Valadeiro, nº20. TAG 4/2010 17 Valores

PLANO DE MARKETING. Trabalho realizado por: Vera Valadeiro, nº20. TAG 4/2010 17 Valores 0366 PLANO DE MARKETING Trabalho realizado por: Vera Valadeiro, nº20 TAG 4/2010 17 Valores Índice Introdução Diagnóstico Análise do Mercado Análise da Concorrência Análise da Empresa Análise SWOT Objectivos

Leia mais

Em defesa do Sector da Hotelaria, Restauração e Bebidas. desde 1896

Em defesa do Sector da Hotelaria, Restauração e Bebidas. desde 1896 Em defesa do Sector da Hotelaria, Restauração e Bebidas desde 1896 Quem Somos? Instituição de Utilidade Pública Restauração Pastelarias e Cafés Mais de um século de existência Empreendimentos Turísticos

Leia mais

Fundação São João de Deus

Fundação São João de Deus Delegação da Guarda Clipping Fundação São João de Deus 16-01-2013 O presente relatório tem por objectivo apresentar o clipping da campanha. Delegação da Guarda Clipping Flyer A5 Cartaz A3 Clipping Meios

Leia mais

Marketing directo Março de 2015

Marketing directo Março de 2015 Marketing directo Março de 2015 INSTITUTIONAL STRAPLINE! Para quem O que comunicar Porquê comunicar Quando comunicar Estratégia Mensuração Direccionado Quantificação Meios diversos Marketing directo Interactividade

Leia mais

Mais e Melhor no Desenvolvimento Comunitário

Mais e Melhor no Desenvolvimento Comunitário Mais e Melhor no Desenvolvimento Comunitário Responsabilidade Social Como estratégia de Sustentabilidade a Responsabilidade Social das Organizações, tornou-se de vital importância para o Terceiro Sector,

Leia mais

O que é o POS Objetivos Metodologia Estrutura Organizativa Potencialidades Balanço Tipologia de Apoios concedidos

O que é o POS Objetivos Metodologia Estrutura Organizativa Potencialidades Balanço Tipologia de Apoios concedidos AGENDA 1/2 OEIRAS SOLIDÁRIA O que é o POS Objetivos Metodologia Estrutura Organizativa Potencialidades Balanço Tipologia de Apoios concedidos AGENDA 2/2 OEIRAS SOLIDÁRIA Entidades Beneficiárias Outras

Leia mais

PLANO DE ACTIVIDADES 2011

PLANO DE ACTIVIDADES 2011 PLANO DE 2011 ACTIVIDADES Federação Portuguesa das Associações, Centros e Clubes UNESCO Julho de 2011 FICHA TÉCNICA TÍTULO: PLANO DE ACTIVIDADES 2011 AUTOR: Federação Portuguesa das Associações, Centros

Leia mais

Dos documentos que se seguem quais os necessários para abrir uma conta num banco?

Dos documentos que se seguem quais os necessários para abrir uma conta num banco? Quais as principais funções de um banco? A Captar depósitos e gerir a poupança dos seus clientes. B Conceder empréstimos a empresas, particulares e ao Estado. C Disponibilizar meios e formas de pagamento

Leia mais

O e-gov em Portugal. Fórum Vale do Minho Digital Melgaço 30 de Setembro de 2008

O e-gov em Portugal. Fórum Vale do Minho Digital Melgaço 30 de Setembro de 2008 O e-gov em Portugal Fórum Vale do Minho Digital Melgaço 30 de Setembro de 2008 O Plano Tecnológico é uma estratégia de mudança da base competitiva através do conhecimento, tecnologia e inovação 2 Conhecimento

Leia mais

História Diferenciações Assessoria o que é? Estrutura Comunicação x Imprensa Papéis e funções Planejamento Conteúdo Processamento interno x externo

História Diferenciações Assessoria o que é? Estrutura Comunicação x Imprensa Papéis e funções Planejamento Conteúdo Processamento interno x externo Morgana Hamester História Diferenciações Assessoria o que é? Estrutura Comunicação x Imprensa Papéis e funções Planejamento Conteúdo Processamento interno x externo Contexto atual Modelização digital contemporaneidade;

Leia mais

NOTÍCIAS À SEXTA 02.10.2015 INFORMAÇÕES DA CNIS

NOTÍCIAS À SEXTA 02.10.2015 INFORMAÇÕES DA CNIS INFORMAÇÕES DA CNIS Fonte: Estudo sobre o Acesso e a qualidade nos cuidados de saúde mental, Entidade Reguladora da Saúde, set.2015 REPRESENTAÇÃO ------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Leia mais

Guião de apoio para divulgação junto da Comunicação Social

Guião de apoio para divulgação junto da Comunicação Social Semana da Liberdade de Escolha da Escola / School Choice Week & I Conferência da Liberdade de Escolha da Escola / 1st School Choice Conference Guião de apoio para divulgação junto da Comunicação Social

Leia mais

GUIA TDT PREPARE-SE PARA A televisão digital terrestre SAibA o que fazer!

GUIA TDT PREPARE-SE PARA A televisão digital terrestre SAibA o que fazer! GUIA TDT PREPARE-SE para a televisão digital terrestre saiba o que fazer! MENSAGEM DO PRESIDENTE Num momento crucial para a modernização tecnológica de Portugal, é com grande empenho que o(a) alerto para

Leia mais

Plano de Comunicação para o QCA III. Relatório de Execução de 2002

Plano de Comunicação para o QCA III. Relatório de Execução de 2002 Plano de Comunicação para o QCA III Relatório de Execução de 2002 Após o período de lançamento do QCA III o ano de 2002 foi de consolidação dos projectos iniciados e de apresentação dos primeiros resultados.

Leia mais

Uma aplicação que reúne Facturação, Clientes e Fornecedores com Stocks e Serviços, permitindo controlar toda a área comercial.

Uma aplicação que reúne Facturação, Clientes e Fornecedores com Stocks e Serviços, permitindo controlar toda a área comercial. PHC Software na Hora PHC Software na Hora Descritivo completo Benefícios 9 Muito fácil de utilizar; 9 Gestão de tempo e Informação Informação; 9 Maior facilidade de controlo e gestão; 9 Totalmente integrado;

Leia mais

Apesar de se tratar de uma modalidade amadora, entendemos que a gestão federativa deve pautar-se por elevados padrões de rigor e profissionalismo.

Apesar de se tratar de uma modalidade amadora, entendemos que a gestão federativa deve pautar-se por elevados padrões de rigor e profissionalismo. ! A candidatura dos signatários apresenta-se com um espírito renovador e inovador das políticas e dos processos da gestão federativa do Bridge Português. Apesar de se tratar de uma modalidade amadora,

Leia mais

Principais Vantagens para membros Associados

Principais Vantagens para membros Associados Principais Vantagens para membros Associados ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DAS AGÊNCIAS DE VIAGENS E TURISMO Fundada a 30 de Maio de 1950 Única Associação das Agências de Viagens em Portugal COMPOSIÇÃO DOS ASSOCIADOS

Leia mais

UNIÃO AFRICANA Addis Ababa, Ethiopia P.O. Box 3243 Téléphone: 251115511092 Fax: 251115510154 Site Internet: www.africa-union.org

UNIÃO AFRICANA Addis Ababa, Ethiopia P.O. Box 3243 Téléphone: 251115511092 Fax: 251115510154 Site Internet: www.africa-union.org WG11036 AFRICAN UNION UNION AFRICAINE UNIÃO AFRICANA Addis Ababa, Ethiopia P.O. Box 3243 Téléphone: 251115511092 Fax: 251115510154 Site Internet: www.africa-union.org ANÚNCIO E CONVITE PARA APRESENTAÇÃO

Leia mais

Cartão Galp Frota Business. Apresentação e condições comerciais

Cartão Galp Frota Business. Apresentação e condições comerciais Cartão Galp Frota Business Apresentação e condições comerciais A Galp Energia acaba de lançar o mais recente elemento da família de cartões de combustível Galp Frota, o Galp Frota Business Cartão Galp

Leia mais

Estimado(a) O MEU MONTEPIO. 31 abr 13

Estimado(a) O MEU MONTEPIO. 31 abr 13 31 abr 13 O MEU MONTEPIO e-newsletter Estimado(a) Associado(a) e Cliente, É com satisfação que partilhamos, nesta edição, os resultados apurados pelo Estudo ECSI Portugal, reveladores de que os associados

Leia mais

WEBSITE SOLUÇÕES DE ÁGUA QUENTE

WEBSITE SOLUÇÕES DE ÁGUA QUENTE WEBSITE SOLUÇÕES DE ÁGUA QUENTE Índice Novo Website Vulcano 03 Descubra toda a informação do website Vulcano 04 Área de acesso profissional 06 E-Newsletter Vulcano também com nova imagem 07 02 SOLUÇÕES

Leia mais

Fundamentação. Artigo 1º Âmbito

Fundamentação. Artigo 1º Âmbito Regulamento Interno Fundamentação As preocupações sociais da Associação Vidas Cruzadas estão bem patentes nos objectivos de intervenção desta Instituição. Face ao actual contexto sócio económico cujas

Leia mais

MECENATO DESPORTIVO FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE NATAÇÃO

MECENATO DESPORTIVO FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE NATAÇÃO FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE NATAÇÃO O QUE É? Mecenas são as pessoas singulares ou colectivas que apoiam, através da concessão de donativos, entidades públicas ou privadas que exerçam acções relevantes para

Leia mais

Com a domiciliação de um ordenado superior a 350 /mês passa a ter a possibilidade de aceder a:

Com a domiciliação de um ordenado superior a 350 /mês passa a ter a possibilidade de aceder a: O seu contacto no Millennium bcp: Sucursal: EVORA MURALHA Nome: Luís Rosado Telefone: 266009530 Para si que tem o seu Ordenado no Millennium bcp! S.Ser.Trab.Camara Municipal Evora e o Millennium bcp prepararam

Leia mais

NEWSLETTER Nº 9/11. Semana de 18 de Abril a 25 de Abril de 2011

NEWSLETTER Nº 9/11. Semana de 18 de Abril a 25 de Abril de 2011 NEWSLETTER Nº 9/11 PRODUTOS DA QUINTA Apresentamos os "Produtos da Quinta" à venda esta semana. Relembramos que os nossos produtos têm certificação biológica. As encomendas poderão ser feitas na Sede da

Leia mais

1.1 - Como funciona a campanha? 1.2 - Nesta campanha queremos...

1.1 - Como funciona a campanha? 1.2 - Nesta campanha queremos... Guia de Campanha ÍNDICE 1 - INTRODUÇÃO À CAMPANHA 1.1 - Como funciona a campanha? 1.2 - Nesta campanha queremos... 2 - APENAS QUATRO PASSOS PARA REALIZAR UM TESTE 3 - A CAMPANHA 3.1 - Fase 1 - Oferta e

Leia mais

Redução de Custos Terá uma equipa completa a pensar na sua marca por um valor verdadeiramente competitivo.

Redução de Custos Terá uma equipa completa a pensar na sua marca por um valor verdadeiramente competitivo. SOBRE A CREATIVE MINDS Quem Somos A Creative Minds é uma empresa global de comunicação, com escritórios em Lisboa e no Porto. Temos todos os serviços de que uma empresa necessita nas áreas da comunicação

Leia mais

Seminário de apresentação da Rede Gestus

Seminário de apresentação da Rede Gestus Seminário de apresentação da Rede Gestus Rede Gestus O LOGOTIPO Rede Gestus Internacionalização Zona 4 Gestus Compras Cartão ECOTUR Portal Gestus Cartão Gestus Contact Center CRM Zona 4 O LOGOTIPO Características:

Leia mais

BoiDesign Criatividade...Irreverência...Humor

BoiDesign Criatividade...Irreverência...Humor BoiDesign Criatividade...Irreverência...Humor Conceito Fundada em Abril de 2007 a BoiDesign Bulding Objects and Ideas, SA (BOI) nasce da ideia de criar objectos com ideias. Objectos que pela sua natureza

Leia mais

Eleições Autárquicas - Soure 2009

Eleições Autárquicas - Soure 2009 Licenciatura: Comunicação Empresarial Cadeira: Assessoria de Imprensa Eleições Autárquicas - Soure 2009 Docente: Dr.ª Carla Sofia de Carvalho Figueiredo Discentes: Jorge Maia Teixeira 7463 Maria Maló de

Leia mais

Internet de Banda Larga pré-paga da Netcabo. Clipping de Media (10 e 11 de Maio de 2004) Direcção de Comunicação Corporativa

Internet de Banda Larga pré-paga da Netcabo. Clipping de Media (10 e 11 de Maio de 2004) Direcção de Comunicação Corporativa Internet de Banda Larga pré-paga da Netcabo Clipping de Media (10 e 11 de Maio de 2004) Meio: Jornal de Notícias Data: 11 de Maio de 2004 Pág.: 27 Meio: Diário Económico Data: 11 de Maio de 2004 Pág.:

Leia mais

Đ ŕňĉòă. g esſ tã o d e r e d esſ sſo ciaisſ

Đ ŕňĉòă. g esſ tã o d e r e d esſ sſo ciaisſ Đ ŕňĉòă g esſ tã o d e r e d esſ sſo ciaisſ Em todas as empresas há um segredo Na nossa o segredo passa a ser você quem somos? Quando acabarem a licenciatura, o desemprego espera-vos. Enganaram se! Se

Leia mais

A LB Comunica desenvolve estratégias e ações de marketing e comunicação, feitas sob medida para a realidade e as necessidades de cada cliente.

A LB Comunica desenvolve estratégias e ações de marketing e comunicação, feitas sob medida para a realidade e as necessidades de cada cliente. .a agência A LB Comunica desenvolve estratégias e ações de marketing e comunicação, feitas sob medida para a realidade e as necessidades de cada cliente. Nosso compromisso é auxiliar empresas e organizações

Leia mais

ambithus Informação Prática COMO PROCEDER À INSCRIÇÃO? ORGANIZAÇÃO DA FORMAÇÃO INSCRIÇÕES EM GRUPO GARANTIA DE QUALIDADE CONTACTOS DA AMBITHUS

ambithus Informação Prática COMO PROCEDER À INSCRIÇÃO? ORGANIZAÇÃO DA FORMAÇÃO INSCRIÇÕES EM GRUPO GARANTIA DE QUALIDADE CONTACTOS DA AMBITHUS ambithus Informação Prática COMO PROCEDER À INSCRIÇÃO? ORGANIZAÇÃO DA FORMAÇÃO INSCRIÇÕES EM GRUPO GARANTIA DE QUALIDADE CONTACTOS DA AMBITHUS COMO CHEGAR À AMBITHUS? FICHA DE CANDIDATURA PARA A FORMAÇÃO

Leia mais

Regulamento do Green Project Awards

Regulamento do Green Project Awards Regulamento do Green Project Awards A GCI em parceria com a Agência Portuguesa do Ambiente e a Quercus Associação Nacional de Conservação da Natureza, institui um Prémio de reconhecimento de boas práticas

Leia mais

o SEU clube de aluguer de DVD s na internet. BluePlanetDVD.com Study Case 2003 - IDEF/ISEG www.blueplanetdvd.com 1

o SEU clube de aluguer de DVD s na internet. BluePlanetDVD.com Study Case 2003 - IDEF/ISEG www.blueplanetdvd.com 1 BluePlanetDVD.com Study Case www.blueplanetdvd.com 1 A Ideia Necessidades não satisfeitas para o cliente; Uma IDEIA; Dois anos a amadurecer a ideia, de forma a ser inovadora, tecnologicamente avançada,

Leia mais

NORMAS DE ADMISSÃO DE SÓCIOS À AGENCIA REGIONAL DE PROMOÇÃO TURÍSTICA DO ALENTEJO TURISMO DO ALENTEJO

NORMAS DE ADMISSÃO DE SÓCIOS À AGENCIA REGIONAL DE PROMOÇÃO TURÍSTICA DO ALENTEJO TURISMO DO ALENTEJO NORMAS DE ADMISSÃO DE SÓCIOS À AGENCIA REGIONAL DE PROMOÇÃO TURÍSTICA DO ALENTEJO TURISMO DO ALENTEJO CAPITULO I Disposições Gerais 1. Âmbito As presentes normas têm como finalidade estabelecer as regras

Leia mais

Apoio à Preparação de Voluntários de Leitura Um projeto de cidadania Missão Potenciar o desenvolvimento de uma rede nacional de volutariado na área da promoção da leitura. Objectivos centrais Apoiar iniciativas;

Leia mais

newsletter cctv- SISTEMAS DE VIGILÂNCIA IP Nº58 FEVEREIRO 2015 Bem vindos à newsletter mensal da Gateway Portugal!

newsletter cctv- SISTEMAS DE VIGILÂNCIA IP Nº58 FEVEREIRO 2015 Bem vindos à newsletter mensal da Gateway Portugal! newsletter Nº58 FEVEREIRO 2015 cctv- SISTEMAS DE VIGILÂNCIA IP Bem vindos à newsletter mensal da Gateway Portugal! Feita a pensar em si, quisemos reunir notícias do Mundo do retalho, dos nossos clientes

Leia mais

UM ELEMENTO PARA A VIDA

UM ELEMENTO PARA A VIDA 1 Nasceu o novo MEO. A única marca em Portugal com uma oferta verdadeiramente integrada de telecomunicações e entretenimento: Televisão, Internet, Telefone e Telemóvel 2 UM ELEMENTO PARA A VIDA TELEVISÃO

Leia mais

Regulamento. Loja Social de Ourique

Regulamento. Loja Social de Ourique Regulamento Loja Social de Ourique Regulamento Loja Social de Ourique Nota Justificativa O presente Regulamento define as normas de funcionamento da Loja Social e faz parte integrante do projecto Espaço

Leia mais

Pacotes de soluções Para websites

Pacotes de soluções Para websites Guia de ajuda Neste exemplo a empresa pretende endereço, email, alojamento e registo nos motores de busca: Anuidade: 57,95 + IVA Criação do site: 200,00 + IVA Pacotes de soluções Para websites 1º Encargo

Leia mais

Praça José Fontana, 4-5º 1050-129 Lisboa T 213 156 200 808 202 922 microcredito@microcredito.com.pt

Praça José Fontana, 4-5º 1050-129 Lisboa T 213 156 200 808 202 922 microcredito@microcredito.com.pt Praça José Fontana, 4-5º 1050-129 Lisboa T 213 156 200 808 202 922 microcredito@microcredito.com.pt Com o Apoio : 2014 RELATÓRIO Notas introdutórias O ano de 2014 foi um ano marcado por uma recuperação

Leia mais

PHC Mensagens SMS CS

PHC Mensagens SMS CS PHC Mensagens SMS CS O potencial das comunicações imediatas com mensagens SMS PHC O envio de mensagens a múltiplos destinatários em simultâneo. Uma comunicação com sucesso: ganhos de tempo e de dinheiro

Leia mais

PlusPixel Marketing Digital SOMOS MAIS SOCIAIS DO QUE NUNCA

PlusPixel Marketing Digital SOMOS MAIS SOCIAIS DO QUE NUNCA PlusPixel Marketing Digital SOMOS MAIS SOCIAIS DO QUE NUNCA Proposta de Marketing Digital Design inox Marketing de Resultados A PlusPixel vem oferecendo seus serviços desde o início da internet, isso nos

Leia mais

Automóvel Club de Portugal Uma grande causa, muitos benefícios.

Automóvel Club de Portugal Uma grande causa, muitos benefícios. Automóvel Club de Portugal Uma grande causa, muitos benefícios. Bem vindo ao maior clube de Portugal Existimos para melhorar a sua experiência de mobilidade e de vida. Juntos, podemos fazer de Portugal

Leia mais

Responsabilidade Social Empresarial

Responsabilidade Social Empresarial Responsabilidade Social Empresarial Agenda Quem Somos? O que produzimos Informações Úteis Ideias - chave sobre Responsabilidade Social Empresarial (RSE) Nosso Conceito de RSE, baseado na Missão e Valores

Leia mais

elemento digital Dossier de Serviços para Empresas www.e-noivos.com

elemento digital Dossier de Serviços para Empresas www.e-noivos.com elemento digital Dossier de Serviços para Empresas www.e-noivos.com Julho 2003 1. A quem se dirige este documento? Este documento dirige-se a responsáveis pelo Marketing e/ou pela promoção e dinamização

Leia mais

Family Days PORTO. Informação aos Media

Family Days PORTO. Informação aos Media 3 e 4 de Outubro O maior salão de miúdos e graúdos Informação aos Media A 000 Eventos - Organização de Eventos Temáticos, irá realizar, nos próximos dias 3 e 4 de Outubro, de, entre as 0h e as 23h, no

Leia mais

Responsabilidade Social Literacia Financeira 11 Maio 2012

Responsabilidade Social Literacia Financeira 11 Maio 2012 Responsabilidade Social Literacia Financeira 11 Maio 2012 Projeto Crédito Responsável Projeto criado em 2009, conta já com 2 edições e visa O reforço da política de responsabilidade social e A promoção

Leia mais

1 DONATIVO = 1 POSTAL ELECTRÓNICO

1 DONATIVO = 1 POSTAL ELECTRÓNICO A campanha Prenda AMIga tem como objectivo angariar fundos para os projectos nacionais, internacionais e ambientais da AMI. Pretende-se sensibilizar e incentivar o espírito solidário das empresas e da

Leia mais

GESTÃO DA INFORMAÇÃO. 29.05.2008 Teresinha Fernandes 10º CICLO DE SEMINÁRIOS TRANSPORTE RODOVIÁRIO ALARGAR OS HORIZONTES

GESTÃO DA INFORMAÇÃO. 29.05.2008 Teresinha Fernandes 10º CICLO DE SEMINÁRIOS TRANSPORTE RODOVIÁRIO ALARGAR OS HORIZONTES DOMÍNIOS CRÍTICOS DA ACTIVIDADE ASSOCIATIVA: - Intervenção Política e Institucional / Produção Normativa; - Formação; - Assistência Técnica; - Assistência Documental; - Tratamento e Fornecimento de Informação:

Leia mais

As pessoas são a base de tudo.

As pessoas são a base de tudo. As pessoas são a base de tudo. Em tempos difíceis como os que estamos a viver, é o momento ideal para que a sua empresa obtenha dos seus colaboradores o máximo do seu desempenho, e logo, de sua motivação.

Leia mais

RELATÓRIO DE ACTIVIDADES SOCIEDADE PORTUGUESA DE ONCOLOGIA 2010

RELATÓRIO DE ACTIVIDADES SOCIEDADE PORTUGUESA DE ONCOLOGIA 2010 RELATÓRIO DE ACTIVIDADES SOCIEDADE PORTUGUESA DE ONCOLOGIA 2010 2010 RESUMO: este documento apresenta o relatório de actividades da Sociedade Portuguesa de Oncologia no ano de 2010 Índice 1. INTRODUÇÃO...

Leia mais

Plano de Actividades. Orçamento ASSOCIAÇÃO DO COMÉRCIO, INDÚSTRIA E SERVIÇOS DOS CONCELHOS DE VILA FRANCA DE XIRA E ARRUDA DOS VINHOS

Plano de Actividades. Orçamento ASSOCIAÇÃO DO COMÉRCIO, INDÚSTRIA E SERVIÇOS DOS CONCELHOS DE VILA FRANCA DE XIRA E ARRUDA DOS VINHOS Plano de Actividades e Orçamento Exercício de 2012 Plano de Actividades e Orçamento para o exercício de 2012 Preâmbulo: O Plano de Actividades do ano de 2012 foi concebido com a prudência que resulta da

Leia mais

GUIA TDT PREPARE-SE PARA A televisão digital terrestre SAibA o que fazer!

GUIA TDT PREPARE-SE PARA A televisão digital terrestre SAibA o que fazer! GUIA TDT PREPARE-SE para a televisão digital terrestre saiba o que fazer! MENSAGEM DO PRESIDENTE Num momento crucial para a modernização tecnológica de Portugal, é com grande empenho que o(a) alerto para

Leia mais

PROPOSTA DE VEICULAÇÃO ONLINE NOVO PORTAL DO TRÂNSITO www.portaldotransito.com.br

PROPOSTA DE VEICULAÇÃO ONLINE NOVO PORTAL DO TRÂNSITO www.portaldotransito.com.br PROPOSTA DE VEICULAÇÃO ONLINE NOVO PORTAL DO TRÂNSITO www.portaldotransito.com.br CENÁRIO DE TRÂNSITO NO BRASIL E O PORTAL DO TRÂNSITO O cenário do trânsito atual não é nada animador. Segundo especialistas

Leia mais

1. Programa de Fidelização Altis Blue&Green através do qual são concedidos benefícios aos clientes das suas unidades hoteleiras.

1. Programa de Fidelização Altis Blue&Green através do qual são concedidos benefícios aos clientes das suas unidades hoteleiras. REGULAMENTO T E R M O S E C O N D I Ç Õ E S 1. Programa de Fidelização Altis Blue&Green através do qual são concedidos benefícios aos clientes das suas unidades hoteleiras. 2. Podem ingressar no clube

Leia mais

Documentação, Divulgação e Vídeo. > Relatório <

Documentação, Divulgação e Vídeo. > Relatório < Projecto Aldeia das Amoreiras Sustentável Documentação, Divulgação e Vídeo > Relatório < - 1 - RELATÓRIO DA DOCUMENTAÇÃO, DIVULGAÇÃO E VÍDEO Organização: Centro de Convergência/ GAIA Alentejo Data e local:

Leia mais

MUDE PARA A TELEVISÃO DIGITAL

MUDE PARA A TELEVISÃO DIGITAL MUDE PARA A TELEVISÃO DIGITAL O SEU TELEVISOR ESTÁ PREPARADO? NÃO FIQUE SEM VER TELEVISÃO O QUE É A TELEVISÃO DIGITAL? A televisão digital é uma evolução natural da televisão que temos hoje, com melhor

Leia mais

VOLTE À CAÇA AO TESOURO COM AS BARRINHAS PESCANOVA

VOLTE À CAÇA AO TESOURO COM AS BARRINHAS PESCANOVA REGULAMENTO DO PASSATEMPO VOLTE À CAÇA AO TESOURO COM AS BARRINHAS PESCANOVA 1. DESCRIÇÃO 1.1 - O Passatempo Volte à Caça ao Tesouro com as Barrinhas Pescanova, adiante designado por "Passatempo", é promovido

Leia mais

REGULAMENTO DAS BOLSAS CENTRO CIENTÍFICO E CULTURAL DE MACAU. CAPITULO I Disposições Gerais. Artigo 1º Âmbito

REGULAMENTO DAS BOLSAS CENTRO CIENTÍFICO E CULTURAL DE MACAU. CAPITULO I Disposições Gerais. Artigo 1º Âmbito REGULAMENTO DAS BOLSAS CENTRO CIENTÍFICO E CULTURAL DE MACAU CAPITULO I Disposições Gerais Artigo 1º Âmbito O presente Regulamento, aprovado pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia ao abrigo da Lei

Leia mais

a)conteúdos do site e redes sociais Do Something (notícias, artigos, dicas de acção, etc.)

a)conteúdos do site e redes sociais Do Something (notícias, artigos, dicas de acção, etc.) GESTOR (A) DE COMUNICAÇÃO E IT DO PROJECTO DO SOMETHING Responsabilidades do Gestor(a) de comunicação e IT do Do Something: -Produzir, supervisionar e gerir diariamente todos os conteúdos do Do Something,

Leia mais

Prólogo REGULAMENTO INTERNO LOJA SOCIAL

Prólogo REGULAMENTO INTERNO LOJA SOCIAL REGULAMENTO INTERNO LOJA SOCIAL Prólogo O CLDS SERPE EnReDe, consiste numa estratégia de desenvolvimento social integrado visando a criação de respostas sociais inovadoras e sustentáveis que atendem às

Leia mais

Software de gestão em tecnologia Web

Software de gestão em tecnologia Web Software de gestão em tecnologia Web As Aplicações de Gestão desenvolvidas em Tecnologia Web pela Mr.Net garantem elevados níveis de desempenho, disponibilidade, segurança e redução de custos. A Mr.Net

Leia mais

Protocolo entre a A.P.F.N. - Associação Portuguesa de Famílias Numerosas e a DentalClinic no âmbito da saúde oral

Protocolo entre a A.P.F.N. - Associação Portuguesa de Famílias Numerosas e a DentalClinic no âmbito da saúde oral Protocolo entre a A.P.F.N. - Associação Portuguesa de Famílias Numerosas e a DentalClinic no âmbito da saúde oral Para ter acesso aos benefícios inerentes ao Plano terá de apresentar nas clínicas do nosso

Leia mais

GUIA PRÁTICO CARTÃO EUROPEU DE SEGURO DE DOENÇA INSTITUTO DA SEGURANÇA SOCIAL, I.P

GUIA PRÁTICO CARTÃO EUROPEU DE SEGURO DE DOENÇA INSTITUTO DA SEGURANÇA SOCIAL, I.P GUIA PRÁTICO CARTÃO EUROPEU DE SEGURO DE DOENÇA INSTITUTO DA SEGURANÇA SOCIAL, I.P FICHA TÉCNICA TÍTULO Guia Prático Cartão Europeu de Seguro de Doença (N39 - v4.07) PROPRIEDADE Instituto da Segurança

Leia mais

Aumente o potencial da força de vendas da empresa ao fornecer-lhe o acesso em local remoto à informação comercial necessária á à sua actividade.

Aumente o potencial da força de vendas da empresa ao fornecer-lhe o acesso em local remoto à informação comercial necessária á à sua actividade. Descritivo completo PHC dcrm Aumente o potencial da força de vendas da empresa ao fornecer-lhe o acesso em local remoto à informação comercial necessária á à sua actividade. Benefícios Acesso aos contactos

Leia mais

Guia do VOLUNTÁRIO COM ASAS

Guia do VOLUNTÁRIO COM ASAS Guia do VOLUNTÁRIO COM ASAS O Guia do VoluntárioscomAsas tem como objectivo facilitar a sua integração nas Instituições promotoras alertando o para alguns deveres de cidadania, solidariedade, responsabilidade,

Leia mais

Carta de Condução On-Line

Carta de Condução On-Line Carta de Condução On-Line Objectivos dos Serviços On-line do IMTT Inovar e diversificar os canais de atendimento; Facilitar o acesso à Administração Pública a um número cada vez maior de Cidadãos; Agilizar

Leia mais

Desenvolvimento do Conceito

Desenvolvimento do Conceito #eusou Desenvolvimento do Conceito Desafio: Reforçar a eficácia das plataformas online da Marketeer Estratégia: Definição do tema #eusoumarketeer; Foco da estratégia não só na activação do tema como na

Leia mais

Escolas de Pentatlo Moderno

Escolas de Pentatlo Moderno Escolas de Pentatlo Moderno ÍNDICE O que é o franchising PENTAKID? 3 Serviços PENTAKID 5 Marketing 6 Recursos Humanos 7 Financiamento 8 Processo de aquisição 9 Ficha técnica 10 Carta de resposta 11 2 O

Leia mais

PAO 2015 Nº DE CONCELHOS ABRANGIDOS Nº TOTAL DE PESSOAS APOIADAS Nº CRIANÇAS/JOVENS APOIADOS 155 080,00 158 873,00 75 321,00 71 950,00

PAO 2015 Nº DE CONCELHOS ABRANGIDOS Nº TOTAL DE PESSOAS APOIADAS Nº CRIANÇAS/JOVENS APOIADOS 155 080,00 158 873,00 75 321,00 71 950,00 Nº DE CONCELHOS ABRANGIDOS Nº CRIANÇAS/JOVENS APOIADOS Nº TOTAL DE PESSOAS APOIADAS 4 4 33 44 127 167 2 2 20 71 10 36 EVOLUÇÃO RH EVOLUÇÃO ORÇAMENTO 4 5 5 75 321,00 155 080,00 158 873,00 2 2 71 950,00

Leia mais

Rodolfo Oliveira Director, Responsabilidade Empresarial Microsoft Portugal

Rodolfo Oliveira Director, Responsabilidade Empresarial Microsoft Portugal Rodolfo Oliveira Director, Responsabilidade Empresarial Microsoft Portugal Subsidiária aberta em 1990, com 380 colaboradores actualmente Líder no mercado de software Modelo de crescimento centrado em parcerias

Leia mais

Campanha Nacional 2013

Campanha Nacional 2013 Campanha Nacional 2013 Consumidor Positivo A Boa Vista tem compromisso com o desenvolvimento sustentável do mercado de crédito: consumidores e empresas do mesmo lado. Serviços disponíveis no Portal do

Leia mais

Albufeira, 18 de abril de 2012 Formalidades para a Constituição de Empresas

Albufeira, 18 de abril de 2012 Formalidades para a Constituição de Empresas Albufeira, 18 de abril de 2012 Formalidades para a Constituição de Empresas Quem Somos O Balcão do Empreendedor, presencial e eletrónico oferece às empresas um ponto único de contacto com a Administração

Leia mais

CAMPANHA BOSQUES DOS SONHOS O QUE VAMOS FAZER

CAMPANHA BOSQUES DOS SONHOS O QUE VAMOS FAZER CAMPANHA BOSQUES DOS SONHOS O QUE VAMOS FAZER IDEIA E CONCEITO A Associação Plantar Uma Árvore lançou o desafio à Associação Terra dos Sonhos, de realizarem um evento que juntasse os domínios ambientais

Leia mais