programa sebrae 2014:

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "programa sebrae 2014:"

Transcrição

1 programa sebrae 2014: Mapa de Oportunidades para as Micro e pequenas empresas nas cidades-sede caderno de conhecimento: tecnologia da informação

2 FICHA TÉCNICA SEBRAE SERVIÇO BRASILEIRO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS Presidente do Conselho Deliberativo Nacional Roberto Simões Diretor-Presidente Luiz Barretto Diretor Técnico Carlos Alberto dos Santos Diretor de Administração e Finanças José Claudio dos Santos Gerente da Unidade de Atendimento Coletivo Serviços Vinicius Lages Coordenação Nacional do Programa Sebrae 2014 Dival Schmidt Filho Larissa Xavier Natário Teixeira Unidades Estaduais do Sebrae Dirigentes Amazonas: Maurício Seffair Bahia: Lauro Ramos Ceará: Alci Gurgel Distrito Federal: Rodrigo Sá Mato Grosso: José Guilherme Ribeiro Minas Gerais: Afonso Rocha Paraná: Allan Costa Pernambuco: Roberto Castelo Branco Rio de Janeiro: Cezar Vasquez Rio Grande do Norte: José Ferreira de Melo Rio Grande do Sul: Marco Antônio Ribeiro São Paulo: Ricardo Tortorella Coordenadores Estaduais Amazonas: José Araújo Gomes Bahia: Richard Alves Ceará: Antônio Luiz do Nascimento Neto Distrito Federal: Roberto Faria Santos Filho Mato Grosso: Marisbeth Maria Gonçalves Minas Gerais: Mônica Stela de Alencar Castro Paraná: Aldo Cesar Carvalho Pernambuco: Jose Oswaldo Ramos Rio de Janeiro: Danuza Costa Magalhães de Almeida Rio Grande do Norte: Célio José Vieira de Moura Rio Grande do Sul: Amanda B. H. Paim São Paulo: José Bento Desie FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS Presidente Carlos Ivan Simonsen Leal Diretor Executivo da FGV Projetos Cesar Cunha Campos Coordenação do Núcleo de Turismo Luiz Gustavo M. Barbosa EQUIPE DA FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS Coordenação Geral do Estudo Airton Pereira Luiz Gustavo M. Barbosa Coordenação Executiva Roberto Pascarella Justa Equipe Técnica Agnes Dantas André Meyer Coelho Gabriela Serpa Isabel Farias Roberto Pascarella Justa Thais Padinha DIAGRAMAÇÃO Quattri Design

3 Índice 5 INTRODUÇÃO 6 Notação Metodológica do Mapeamento de Oportunidades 9 RESULTADOS CONSOLIDADOS 11 Função: Radiodifusão 12 Função: Televisão 13 Função: Telefonia fixa 14 Função: Telefonia móvel celular 15 Função Telefonia troncalizada 16 Função: Comunicação de dados 17 Função: Serviços especiais 18 Função: Software 20 Função: Hadware 21 Função: Serviços de TI 22 anexos 23 Anexo 1 - Estrutura Analítica e Principais s do Setor 29 Anexo II - Requisitos de Contratação

4 4 PROGRAMA SEBRAE 2014: Mapa de Oportunidades para as Micro e Pequenas Empresas nas Cidades-Sede Abreviaturas e Siglas ANATEL ASO BI B2B B2C CADIN CCNA CCNE CCNP CIPA CMMI CNAE CNPJ COBIT CONTRAN CPF CREA CRM CTPS DENATRAN EPI ERP FGTS FGV FIFA GPS INMETRO IRPJ ISO Agência Nacional de Telecomunicações Atestado de Saúde Ocupacional Business Intelligence Business to Business Business to Consumer Cadastro Informativo de créditos não quitados do setor público federal Cisco Certified Network Associate Cisco Certified Network Engineer Cisco Certified Network Professional Comissão Interna de Prevenção de Acidentes Capability Maturity Model Integration Classificação Nacional das s Econômicas Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica Control Objectives for Information and related Technologies Conselho Nacional de Trânsito Cadastro de Pessoas Físicas Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia Customer Relationship Management Carteira de Trabalho e Previdência Social Departamento Nacional de Trânsito Equipamentos de Proteção Individual Enterprise Resource Planning Fundo de Garantia do Tempo de Serviço Fundação Getulio Vargas Fédération Internationale de Football Association Guia da Previdência Social Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia Imposto de Renda Pessoa Jurídica International Organization for Standardization ITIL Information Technology Infrastructure Library ITU-T International Telecommunications Union Telecomunication Standardization Sector LTCAT Laudo Técnico de Condições Ambientais do Trabalho MPS-BR Melhoria de Processos do Software Brasileiro NGN Next Generation Networking OHSAS Occupational Health and Safety Assessment Services PCA Programa de Conservação Auditiva PCMSO Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional PDRE Plano Diretor de Resíduos e Efluentes PGA Plano de Gestão Ambiental PMO Project Management Office PMP Project Management Professional PPP Perfil Profissiográfico Previdenciário PPRA Programa de Prevenção de Riscos Ambientais Proergo Programa de Gerenciamento Ergonômico RAIS Relação Anual de Informações Sociais RG Registro Geral SA8000 Social Accountability 8000 SEBRAE Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas SEMA Serviço Especializado de Meio Ambiente SESMT Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e Medicina do Trabalho SIMRAV Sistema Integrado de Monitoramento e Registro Automático de Veículos SMP Serviço Móvel Pessoal TI Tecnologia da Informação TISPAN Telecommunications and Internet converged Services and Protocols for Advanced Networking VOIP Voice Over Internet Protocol

5 Caderno de Conhecimento: TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO 5 Introdução Este documento, realizado em conjunto pela Fundação Getulio Vargas (FGV), SEBRAE Nacional e unidades estaduais no âmbito do PROGRAMA SEBRAE 2014, apresenta o mapeamento de oportunidades, decorrentes do evento mobilizador Copa do Mundo FIFA 2014, para micro e pequenas empresas (MPEs) do setor de TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO. Além dos resultados encontrados em termos de oportunidades de negócios para as MPEs no setor em estudo e de seus requisitos de mercado, são descritos, de forma sucinta, os aspectos metodológicos específicos no processo de mapeamento das oportunidades do setor de TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO. Os detalhes sobre a construção da metodologia do mapeamento de oportunidades em e as implicações para o PROGRAMA SEBRAE 2014 estão acessíveis em seus respectivos cadernos de conhecimento. É importante salientar que os resultados contidos neste estudo não se esgotam em si mesmos. As conclusões do trabalho devem ser vistas como insumo inicial de dados e informações do Programa SEBRAE Nesse sentido, é fundamental o aprimoramento e o detalhamento dessas conclusões para que o SEBRAE Nacional e suas unidades estaduais possam auxiliar, de maneira mais efetiva possível, as MPEs brasileiras no contexto da Copa do Mundo FIFA 2014.

6 6 PROGRAMA SEBRAE 2014: Mapa de Oportunidades para as Micro e Pequenas Empresas nas Cidades-Sede Notação Metodoló- gica do Mapeamento de Oportunidades A identificação das oportunidades para as MPEs do setor de TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO, decorrentes do evento mobilizador Copa do Mundo FIFA 2014, foi realizada com base em uma metodologia desenvolvida especificamente para essa finalidade. A Figura 1, a seguir, apresenta esquematicamente as etapas percorridas para o desenvolvimento metodológico do estudo. Mais detalhes sobre cada uma das etapas podem ser encontrados no Caderno de Conhecimento Metodologia. Figura 1 - Metodologia de Estudo do Mapeamento de Oportunidades Nacional Como mostra a Figura 1, inicialmente foi elaborado, por um painel de especialistas, o instrumento de coleta de dados do setor de TECNOLOGIA DA IN- FORMAÇÃO. Nesse instrumento é listado o conjunto de atividades do setor, totalizando 162 diferentes tipos de atividades (Anexo 1), distribuídas em 10 funções e 11 áreas. Esse conjunto de atividades originou a estrutura analítica do estudo no setor, mostrada na Figura 2.

7 Caderno de Conhecimento: TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO 7 Figura 2 - Estrutura analítica das atividades do setor de TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Após a elaboração do instrumento de coleta de dados, o levantamento de oportunidades, no âmbito nacional, foi realizado junto aos especialistas consultados pela FGV. Assim, o objetivo era identificar a chance de atuação de uma MPE em cada uma das atividades do setor. Dessa forma, os especialistas classificaram cada atividade de acordo com a possibilidade de contratação/atuação de uma MPE, considerando determinados parâmetros, listados a seguir: a) Existência de grandes parceiros nacionais: significa a parceria firmada, em determinadas atividades, entre grandes empresas de TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO e alguns de seus fornecedores de insumos e produtos ou prestadores de serviços. Essa parceria, em âmbito nacional, reduz o espaço de atuação de micro e pequenos estabelecimentos locais em algumas áreas; b) Exclusividade de fornecedores: quando uma empresa é detentora de tecnologia ou serviço exclusivos, reduz-se a possibilidade de concorrência ou participação de outras empresas, sendo MPEs ou não; c) Grau de complexidade de recursos técnicos envolvidos: quando as atividades a serem executadas são muito complexas, do ponto de vista técnico, a participação de MPEs pode ser dificultada; d) Histórico do setor: trata-se da memória institucional do setor de TI, seu histórico de contratação e relacionamento com parceiros, podendo existir ou não evidências de contratação de MPEs para a atividade; e) Necessidade de investimentos: dependendo da oportunidade, eventuais investimentos necessários para sua concretização podem impactar, positiva ou negativamente, a chance de atuação das MPEs. Para que as oportunidades identificadas possam ser aproveitadas pelas empresas é necessário que as mesmas estejam adequadas às exigências de seus contratantes. Dessa maneira, como parte da metodologia, o painel de especialistas e a pesquisa de campo levantaram o conjunto de requisitos de contratação a serem cumpridos pelas empresas fornecedoras. Os requisitos, esquematicamente exemplificados na Figura 3, foram organizados em quatro diferentes tipos: > > documentos exigidos pela legislação brasileira para formalização e funcionamento de empresas em qualquer área de atuação, como por exemplo, CNPJ, alvará de funcionamento e nota fiscal;

8 8 PROGRAMA SEBRAE 2014: Mapa de Oportunidades para as Micro e Pequenas Empresas nas Cidades-Sede > > documentação exclusiva do setor de TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO, considerada, muitas das vezes, obrigatória para a atuação de empresas em determinadas atividades do setor; > > Gestão requisitos gerais de gestão de negócios, comuns a qualquer empresa. Contudo, podem conter especificidades para o setor, como por exemplo, avaliação de controle de risco e planejamento para identificação de perigos; > > Sustentabilidade programas e certificações voltados à sustentabilidade e à responsabilidade social e ambiental. Refere-se à preocupação dos empreendimentos em minimizar os impactos ocasionados por suas atividades. Figura 3 - Estrutura analítica e exemplificação dos requisitos de contratação A natureza dos diferentes tipos de requisitos estão explicadas no Caderno de Conhecimento Metodologia deste estudo. Finalmente, a última etapa da metodologia no nível nacional, após a identificação das oportunidades e definição dos requisitos de contratação, refere-se ao levantamento da densidade de micro e pequenas empresas nas atividades consideradas como oportunidades. Mais detalhes sobre o cálculo de densidade podem ser encontrados no Caderno de Conhecimento Metodologia.

9 Caderno de Conhecimento: TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO 9 Resultados consolidados Além dos parâmetros considerados para avaliação das oportunidades (mencionados anteriormente) é relevante destacar alguns aspectos gerais que permeiam as oportunidades de negócios para as MPEs do setor de TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO. Nesse sentido, de forma, as empresas do setor podem se beneficiar das oportunidades de duas maneiras: em primeiro lugar, sendo contratadas por outras empresas (hotéis, restaurantes e outros estabelecimentos comerciais, por exemplo) para desenvolvimento de softwares, assistência técnica, etc. Em segundo lugar, por meio das chamadas subcontratações em licitações de preparação das cidades-sede. Nesses casos, mente os grandes contratos de licitação de preparação do País para sediar a Copa do Mundo FIFA 2014 (construção de estádios, obras de infraestrurura etc.) são vencidos pelas empresas de maior porte do setor de TECNOLOGIA DA IN- FORMAÇÃO. Logo, as oportunidades para as MPEs nesse contexto estarão disponíveis na condição de fornecedoras ou prestadoras de serviço para empresas de maior porte. Assim, das 162 atividades levantadas inicialmente (Anexo 1), 105 foram apontadas como potencial oportunidade de atuação de MPEs, de acordo com a coleta de dados primários. A possibilidade de participação de MPEs foi identificada em áreas como assistência técnica, suporte tecnológico, consultoria, prestação de serviços e fornecimento de equipamentos. No caso específico do setor de TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO, cabe ressaltar que, em função das disposições legais previstas no Estatuto Nacional da Microempresa e da Empresa de Pequeno Porte (Lei Complementar 123, de 14 de dezembro de 2006), em todas as funções e áreas estudadas nesta pesquisa, sempre poderá existir a chance de participação das MPEs. Nesse sentido, as MPEs podem se beneficiar do tratamento diferenciado de acesso ao mercado previsto por esse diploma legal em seus artigos 47 a 49. Três situações são destacadas no caso dos processos licitatórios: I eventuais licitações destinadas exclusivamente à participação de MPEs nas contratações cujo valor seja de até R$ ,00 (oitenta mil reais); II licitações em que seja exigida dos licitantes a subcontratação de MPEs, desde que o percentual máximo do objeto a ser subcontratado não exceda a 30% (trinta por cento) do total licitado; III em que se estabeleça cota de até 25% (vinte e cinco por cento) do objeto para a contratação de MPEs, em certames para a aquisição de bens e serviços de natureza divisível. Contudo, como tais disposições não são mandatórias do ponto de vista legal, a articulação dos atores interessados na implementação de tais medidas (SEBRAE Nacional, unidades estaduais do SEBRAE, associações de classe e pequenos empresários) reveste-se de caráter estratégico para a apropriação das oportunidades geradas pela Copa do Mundo FIFA 2014 em favor das MPEs nacionais.

10 10 PROGRAMA SEBRAE 2014: Mapa de Oportunidades para as Micro e Pequenas Empresas nas Cidades-Sede Funções Nas próximas seções é apresentado o mapeamento de oportunidades para o setor de TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO, no contexto da Copa do Mundo FIFA Os resultados serão mostrados por função da estrutura analítica do estudo, em quadros individualizados. Cada quadro apresenta cinco colunas: 1) Área: significa em qual área da estrutura analítica do setor de TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO a atividade mapeada se encontra; 2) : é o micro dado do estudo e sua parte mais importante. É a efetiva atividade identificada com chance alta de atuação de uma MPE; 3) Código CNAE 2.0: a estrutura analítica do estudo foi elaborada com base na experiência de profissionais da área e da realidade diária e prática do setor. Assim, as atividades descritas não necessariamente se enquadram na classificação de atividades econômicas do Brasil. Além disso, as empresas brasileiras podem realizar mais de um tipo de atividade econômica, mas elas se registram de acordo com a principal atividade. Assim, para cada atividade, foi elaborada uma lista de possíveis códigos CNAE oficiais sob os quais estas atividades podem se encaixar; 4) Descrição CNAE 2.0: é a descrição dos códigos CNAE selecionados para as atividades; 5) Densidade de MPEs: o cálculo explicado na metodologia deste estudo leva em consideração o universo de empresas classificadas sob o código CNAE em análise e a respectiva parcela de MPEs nesse mesmo universo. Quanto mais próximo de 1, mais MPEs existem na atividade econômica.

11 Caderno de Conhecimento: TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO 11 Função: Radiodifusão As oportunidades na função Projetos, em decorrência da Copa do Mundo FIFA 2014, do setor de TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO, são relativas a serviços especializados descritos no quadro a seguir. Tais oportunidades podem ser aproveitadas por empresas prestadoras de serviços de assistência técnica, operação e aluguel de equipamentos. Durante a Copa do Mundo FIFA 2014, os serviços de radiodifusão serão um importante meio de divulgação e acompanhamento dos acontecimentos do evento. Uma ampla cobertura será dada por todo o território nacional, com transmissões em territórios nacional e internacional, incluindo programações coordenadas com as transmissões de TV. Quadro 1 - Oportunidades na função Radiodifusão Área Aluguel de equipamentos e sistemas Aluguel de equipamentos e sistemas de estações de radiotransmissão. de torres e postes para antenas de radiotransmissão. de antenas para radiotransmissão. de estações de rádio sobre IP. Assistência técnica, manutenção e suporte a equipamentos de radiotransmissão. Assistência técnica, manutenção e suporte a antenas e componentes correlatos. Assistência técnica, manutenção e suporte a equipamentos de rádio sobre IP. Assistência técnica, manutenção e suporte a transceptores fixos ou móveis. Classe CNAE 2.0 Descrição CNAE 2.0 Densidade Obras para geração e distribuição de energia elétrica e para telecomunicações 0, Obras para geração e distribuição de energia elétrica e para telecomunicações 0, Consultoria em tecnologia da informação 0, Instalações elétricas 0, Instalação de máquinas e equipamentos industriais Reparação e manutenção de equipamentos de comunicação 0,43 0, Instalações elétricas 0, Aluguel de terminais de radiotransmissão Aluguel de equipamentos e acessórios para rádio em IP. de equipamentos de radiotransmissão móvel (externa) Reparação e manutenção de equipamentos de comunicação Reparação e manutenção de equipamentos de comunicação Aluguel de máquinas e equipamentos não especificados anteriormente Aluguel de máquinas e equipamentos não especificados anteriormente 0,75 0,75 0,71 0, s de rádio 0,82 As emissoras de rádio, para realização de suas operações, necessitam de projetos, implantação e operação de sistemas externos, fixos e móveis, de transmissão de sinal, além de suporte e manutenção para permitir uma total disponibilidade dos serviços ao longo do evento.

12 12 PROGRAMA SEBRAE 2014: Mapa de Oportunidades para as Micro e Pequenas Empresas nas Cidades-Sede Função: Televisão A Copa do Mundo FIFA 2014 mobilizará as emissoras de TV nacionais e internacionais para ampla cobertura de todos os acontecimentos. As atividades de transmissão de TV, por seu papel fundamental na cobertura do evento, são fonte de oportunidades de negócios para MPEs em todo o território nacional. Para que as estações de TV possam operacionalizar essa cobertura, diversas atividades técnico-operacionais serão realizadas, com o objetivo de estabelecer os recursos de captação dos acontecimentos e ampliar a capacidade de transmissão de sinais locais e de longa distância. Embora os recursos e processos de captação e transmissão sejam realizados pelas emissoras de TV e operadoras de comunicação de sinais de TV incumbentes, para que a capilaridade de operações de captação e transmissão se realize na época do evento, deve-se investir nas áreas de projetos e de atividades operacionais. Isso proporcionará oportunidades de negócio para MPEs, principalmente nas cidades-sede da Copa Área Quadro 2 - Oportunidades na função Televisão de estações produtoras de TV. Classe CNAE de torres para antenas de antenas para transmissão de sinais de TV (UHF, microondas, etc.). Cálculo, avaliação de impacto e predição de sinais de transmissão de TV. de rede de cabeamento externa. de rede de cabeamento interna. de antenas para recepção de sinais por satélite de TV por assinatura. Assistência técnica, manutenção e suporte a equipamentos móveis de transmissão de sinais de TV. Assistência técnica, manutenção e suporte de antenas para transmissão de sinais de TV (analógico ou digital). Instalação, assistência técnica e manutenção de cabeamento e receptores de sinais de TV por assinatura para clientes finais. Assistência técnica, manutenção e suporte de antenas para transmissão de sinais de TV Manutenção de redes de cabeamento externos para sinais de TV. Difusão de conteúdo específico de TV por assinatura (TV corporativa, educação à distância, mídia indoor, etc.) Descrição CNAE 2.0 Instalação de máquinas e equipamentos industriais Obras para geração e distribuição de energia elétrica e para telecomunicações Obras para geração e distribuição de energia elétrica e para telecomunicações Densidade 0,43 0,12 0, Testes e análises técnicas 0, Instalações elétricas 0, Instalações elétricas 0, Instalações elétricas 0, Operadoras de televisão por assinatura por satélite 0, Reparação e manutenção de equipamentos de comunicação 0, Instalações elétricas 0, Instalações elétricas 0, Instalações elétricas 0, Instalações elétricas 0, Programadoras e atividades relacionadas à televisão por assinatura 0,33 Nos locais onde acontecerão atividades relacionadas ao evento (estádios, alojamentos, centros de imprensa, etc.), a necessidade de estruturação de estúdios de gravação e unidades de transmissão propiciará oportunidades para as micro e pequenas empresas. Adicionalmente, o evento exigirá um alto grau de disponibilidade dos sistemas de captação e transmissão, demandando também a contratação de serviços de suporte e manutenção.

13 Caderno de Conhecimento: TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO 13 Função: Telefonia fixa A comunicação telefônica será um dos principais recursos demandados durante o megaevento Copa do Mundo FIFA Considerando-se as particularidades da função Telefonia fixa, as atividades listadas no quadro a seguir, foram classificadas como potenciais chances de contratação para as MPEs. A função te- Quadro 3 - Oportunidades na função Telefonia fixa Área de infraestrutura para sistemas telefônicos públicos. de sistemas telefônicos públicos (p. ex rede comutada, rede inteligente, NGN). de conexões de terminais telefônicos às redes de telecomunicações públicas em prédios residenciais, comerciais e industriais. de infraestrutura para centrais telefônicas de comutação privada em ambientes residenciais, comerciais e industriais. de infraestrutura de telefonia para Call Centers. de equipamentos e acessórios de telefonia para Call Centers. de rede externa de cabeamento para sistema de telefonia pública. de infraestrutura e telefones públicos. Modificações, suporte e manutenção de conexões telefônicas em rede privada. Suporte e manutenção de centrais telefônicas e terminais privados. Suporte e manutenção de equipamentos e acessórios de sistema telefônicos de Call Center. Serviço de gerência de rede de telefonia privada. Classe CNAE Descrição CNAE 2.0 Obras para geração e distribuição de energia elétrica e para telecomunicações Obras para geração e distribuição de energia elétrica e para telecomunicações Densidade 0,12 0, Outras atividades de telecomunicações 0, Outras atividades de telecomunicações 0, Outras atividades de telecomunicações 0, Outras atividades de telecomunicações 0, Serviços de engenharia 0, Serviços de engenharia 0, Outras atividades de telecomunicações Reparação e manutenção de equipamentos de comunicação Reparação e manutenção de computadores e de equipamentos periféricos 0,24 0,75 0, Telecomunicações por fio 0,13 lefonia fixa demandará os serviços de implantação, ampliação e modificação de infraestrutura telefônica. Tais serviços são fundamentais nas estações telefônicas, nas redes externas do local de cada competição; nas redes internas privadas e nos equipamentos, principalmente, das bases das empresas envolvidas diretamente com o evento. O aumento de tráfego telefônico se dará também no setor comercial, com destaque para o setor de comércio varejista, impactado diretamente pelo aumento do fluxo de visitantes e turistas nas cidades. Compreende-se que a função telefonia fixa terá seu mercado aquecido em contratações e em geração de oportunidades para as MPEs, exigindo uma consolidada capacidade de gerenciamento e atendimento às várias frentes de serviço que serão demandadas.

14 14 PROGRAMA SEBRAE 2014: Mapa de Oportunidades para as Micro e Pequenas Empresas nas Cidades-Sede Função: Telefonia móvel celular A telefonia móvel disponibilizada (voz, internet, GPS, etc.) necessitará ampliar sua estrutura de terminais e serviços, mesmo em caráter temporário, para atender o público que estará presente nos locais dos eventos. O quadro a seguir resume as atividades identificadas como oportunidades para as MPE nessa função. Quadro 4 - Oportunidades na função Telefonia móvel celular Área Classe CNAE 2.0 Descrição CNAE 2.0 Densidade de estações rádio base para telefonia móvel celular Obras para geração e distribuição de energia elétrica e para telecomunicações 0,12 Projeto e instalação de torres ou postes para antenas de telefonia móvel celular Obras para geração e distribuição de energia elétrica e para telecomunicações 0,12 Projeto e instalação de antenas para telefonia móvel celular Obras para geração e distribuição de energia elétrica e para telecomunicações 0,12 As operadoras de telefonia móvel deverão ampliar suas capacidades de atendimento investindo em infraestrutura técnico-operacional para atendimento aos usuários regulares e aos novos usuários que estarão presentes ou em trânsito motivados pelos jogos da Copa do Mundo FIFA de unidades de transmissão adicionais serão atividades demandadas das operadoras, criando assim um nicho de oportunidade de negócio para as MPEs que tenham a capacidade técnica e organizacional para prestar esses serviços.

15 Caderno de Conhecimento: TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO 15 Função: Telefonia troncalizada A execução das grandes atividades desta função, normalmente, fica sob a responsabilidade de grandes empresas. Isso porque, de forma, atividades de fornecimento de produtos de alto valor agregado (ou que exigem um alto grau de investimento inicial) estão restritas a médias e grandes empresas. O cenário de oportunidades de negócio para MPEs no segmento de telefonia trocalizada é similar ao que se observa para a telefonia móvel celular, conforme é demonstrado no quadro a seguir. Quadro 5 - Oportunidades na função Telefonia troncalizada Área Classe CNAE 2.0 Descrição CNAE 2.0 Densidade de estações rádio base para radiotelefonia troncalizada Obras para geração e distribuição de energia elétrica e para telecomunicações 0,12 Projeto e instalação de torres ou postes para antenas de radiotelefonia troncalizada Obras para geração e distribuição de energia elétrica e para telecomunicações 0,12 Projeto e instalação de antenas para radiotelefonia celular Obras para geração e distribuição de energia elétrica e para telecomunicações 0,12 A função telefonia troncalizada será impactada pelo aumento de empresas, de diversas naturezas, como da atividade comercial. O potencial de negócios desta função está concentrado nas atividades de implantação, ampliação e modificação de infraestrutura de transmissão de sinais.

16 16 PROGRAMA SEBRAE 2014: Mapa de Oportunidades para as Micro e Pequenas Empresas nas Cidades-Sede Função: Comunicação de dados Espera-se que haja uma significativa demanda de serviços de infraestrutura, principalmente no projeto e implantação de cabeamento, em âmbito residencial para acesso à Internet e televisão a cabo; comercial, para dar suporte a transações de venda e atendimen- to ao cliente; industrial, no que tange às empresas que terão seus níveis de produção afetados pela Copa do Mundo FIFA 2014; e naturalmente nos locais onde os jogos serão realizados e nas bases onde os profissionais e empresas ligados ao evento atuarão. Quadro 6 - Oportunidades na função Comunicação de dados Área de conexões e cabeamento para as redes de telecomunicações públicas em prédios residenciais, comerciais e industriais. de conexões e cabeamento para redes internas de comunicação de dados em prédios e ambientes residenciais, comerciais e industriais (cabeamento estruturado, etc.). de infraestrutura para equipamentos de comunicação de dados em ambientes residenciais, comerciais e industriais. de redes de comunicação de dados em prédios ou ambientes residenciais, comerciais e industriais (roteadores, switches, etc.). de sistemas de proteção de redes (firewalls, contingências, etc.). de sistemas de gerenciamento de redes. de sistemas de aplicação sobre rede de comunicação de dados (segurança patrimonial, áudio, vídeo, automação, etc.). Serviço de assistência técnica e suporte local a equipamentos e sistemas de comunicação de dados no nível residencial, comercial ou industrial. Serviço de suporte à distância (on-line) a equipamentos e sistemas de comunicação de dados. Serviço de suporte à distância (on-line) a serviços de comunicação de dados (acesso à Internet, correio eletrônico, etc.). Serviço de instalação de recursos para acesso à Internet a nível residencial, comercial e industrial (modems, roteadores, etc.). Serviço de rede de comunicação de dados (p. ex. ligações ponto-a-ponto, acesso à Internet, etc.). Classe CNAE 2.0 Descrição CNAE Instalações elétricas 0, Instalações elétricas 0, Obras para geração e distribuição de energia elétrica e para telecomunicações Densidade 0, Obras para geração e distribuição de energia elétrica e para telecomunicações 0, Instalações elétricas 0, Consultoria em tecnologia da informação 0, Consultoria em tecnologia da informação 0, Consultoria em tecnologia da informação 0, Suporte técnico, manutenção e outros serviços em tecnologia da informação Suporte técnico, manutenção e outros serviços em tecnologia da informação Suporte técnico, manutenção e outros serviços em tecnologia da informação 0,38 0,38 0, Outras atividades de telecomunicações 0, Outras atividades de telecomunicações 0,24 O volume de recursos e tráfego de dados envolvidos será intenso e, para garantir a qualidade e disponibilidade dos serviços, terá que haver um esforço significativo por parte das operadoras de comunicação no suporte aos seus usuários. O cenário aponta que os serviços em infraestrutura, assistência técnica, suporte e operação de redes serão os demandados e poderão ser atendidos por MPEs. Aquelas que estiverem capacitadas a dar atendimento a essa enorme demanda, certamente terão oportunidades de aumento de faturamento e evolução de sua capacidade técnica e organizacional.

17 Caderno de Conhecimento: TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO 17 Função: Serviços especiais O evento Copa do Mundo FIFA 2014, demandará da função Serviços Especiais principalmente as atividades de segurança e transporte de passageiros. Destacam-se como oportunidades efetivas para MPEs a prestação de serviços de monitoramento ou rastreamento de bens e pessoas, além do serviço de rádio-taxi. Área Quadro 7 - Oportunidades na função Serviços especiais Serviços de comunicação para monitoramento e segurança de pessoas ou bens privados ou públicos (via rádio, satélite, etc.). Serviço de comunicação para rastreamento de veículos e embarcações (via rádio, satélite, etc.). Classe CNAE Serviço de comunicação de rádio para táxi Descrição CNAE 2.0 s de monitoramento de sistemas de segurança Densidade 0, s de monitoramento de sistemas de segurança 0, Outras atividades de telecomunicações 0,24 s auxiliares dos transportes terrestres não especificados anteriormente 0,52

18 18 PROGRAMA SEBRAE 2014: Mapa de Oportunidades para as Micro e Pequenas Empresas nas Cidades-Sede Função: Software As oportunidades na função Software são decorrentes dos investimentos em modernização e adequação ao evento, fluxo gerado de pessoas e efetivação de negócios; por exemplo, hotéis, bares, restaurantes, agências de viagens, serviços de saúde, equipamentos de segurança, etc. O quadro a seguir apresenta o cenário de oportunidades da função Software. Quadro 8 - Oportunidades na função Software Área Classe CNAE 2.0 Descrição CNAE 2.0 Densidade Desenvolvimento de Software Sob encomenda / Customizáveis / Pacote Soluções de Logística e Storage Desenvolvimento e licenciamento de programas de computador customizáveis Desenvolvimento de programas de computador sob encomenda 0,41 0,31 Desenvolvimento de Software Sob encomenda / Customizáveis / Pacote Soluções ERP Desenvolvimento e licenciamento de programas de computador customizáveis Desenvolvimento de programas de computador sob encomenda 0,41 0,31 Desenvolvimento de Software Sob encomenda / Customizáveis / Pacote Soluções para Gerenciamento Integrado de Aplicações Desenvolvimento e licenciamento de programas de computador customizáveis Desenvolvimento de programas de computador sob encomenda 0,41 0,31 Desenvolvimento de Software Sob encomenda / Customizáveis / Pacote Soluções Gerenciamento de Banco de Dados Desenvolvimento e licenciamento de programas de computador customizáveis Desenvolvimento de programas de computador sob encomenda 0,41 0,31 Desenvolvimento de Software Sob encomenda / Customizáveis / Pacote Soluções CRM Desenvolvimento e licenciamento de programas de computador customizáveis Desenvolvimento de programas de computador sob encomenda 0,41 0,31 Desenvolvimento de Software Sob encomenda / Customizáveis / Pacote Soluções BI Desenvolvimento e licenciamento de programas de computador customizáveis Desenvolvimento de programas de computador sob encomenda 0,41 0,31 Desenvolvimento de Software Sob encomenda / Customizáveis / Pacote Soluções B2B Desenvolvimento e licenciamento de programas de computador customizáveis Desenvolvimento de programas de computador sob encomenda 0,41 0,31 Desenvolvimento de Software Sob encomenda / Customizáveis / Pacote Soluções B2C Desenvolvimento e licenciamento de programas de computador customizáveis Desenvolvimento de programas de computador sob encomenda 0,41 0,31 Desenvolvimento de Software Sob encomenda / Customizáveis / Pacote Soluções de Gestão de Saúde Desenvolvimento e licenciamento de programas de computador customizáveis Desenvolvimento de programas de computador sob encomenda 0,41 0,31 Desenvolvimento de Software Sob encomenda / Customizáveis / Pacote Soluções de Gestão de Transporte Desenvolvimento e licenciamento de programas de computador customizáveis Desenvolvimento de programas de computador sob encomenda 0,41 0,31 Desenvolvimento de Software Sob encomenda / Customizáveis / Pacote Soluções de Comércio Eletrônico Desenvolvimento e licenciamento de programas de computador customizáveis Desenvolvimento de programas de computador sob encomenda 0,41 0,31 Desenvolvimento de Software Sob encomenda / Customizáveis / Pacote Soluções de Pagamento Eletrônico Desenvolvimento e licenciamento de programas de computador customizáveis Desenvolvimento de programas de computador sob encomenda 0,41 0,31

19 Caderno de Conhecimento: TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO 19 Área Desenvolvimento de Software Sob encomenda / Customizáveis / Pacote Desenvolvimento de Software Sob encomenda / Customizáveis / Pacote Desenvolvimento de Software Sob encomenda / Customizáveis / Pacote Classe CNAE 2.0 Descrição CNAE 2.0 Densidade Soluções de Gestão Hoteleira Desenvolvimento e licenciamento de programas de computador customizáveis 0, Desenvolvimento de programas de computador sob encomenda 0,31 Soluções para Gerenciamento de Conteúdo Desenvolvimento e licenciamento de programas de computador customizáveis 0, Desenvolvimento de programas de computador sob encomenda 0,31 Soluções para Sistemas Móveis Desenvolvimento e licenciamento de programas de computador customizáveis 0, Desenvolvimento de programas de computador sob encomenda 0,31 Manutenção de Software Suporte técnico, manutenção e outros serviços em tecnologia da informação 0,38 Instalação e Configuração de Software Suporte técnico, manutenção e outros serviços em tecnologia da informação 0,38 Tratamento de dados, provedores de serviços de aplicação e serviços de hospedagem na 0,48 internet Locação de mão de obra temporária 0,09 Terceirização Recursos Humanos Especialistas Fornecimento e gestão de recursos humanos para terceiros 0,06 Serviços Gerais Uso compartilhado Outsourcing Serviços Gerais Pesquisa e desenvolvimento na área de Software Pesquisa e desenvolvimento experimental em ciências físicas e naturais 0,12 A atividade de desenvolvimento de softwares sob encomenda será fortemente demandada para modernização de serviços privados e públicos, bem como as que ofertam pacotes prontos / customizáveis (ex. Soluções de Gestão Hoteleira, Soluções de Gestão de Saúde, Soluções ERP). Para potencializar as oportunidades de negócios, cabe às MPEs investirem na aquisição do conhecimento específico dos requisitos necessários para atender às diversas atividades relacionadas anteriormente, a fim de atender às demandas de forma mais personalizada e voltada para o evento. A área de Outsourcing, em sua maioria, é atendida por grandes empresas de consultoria existentes hoje no Brasil. No entanto, para tornar a atividade de terceirização uma oportunidade para as MPEs, cabe a elas atuarem fortemente na especialização de seus recursos técnicos, ofertando diferencial na contração do serviço.

20 20 PROGRAMA SEBRAE 2014: Mapa de Oportunidades para as Micro e Pequenas Empresas nas Cidades-Sede Função: HARDWARE O fornecimento de hardware para a Copa do Mundo 2014 provavelmente não ocorrerá por meio de uma MPE, visto que as grandes aquisições de equipamentos serão negociadas pelos demandantes diretamente com grandes corporações da área. Contudo, os micro e pequenos estabelecimentos poderão se beneficiar nas atividades relacionadas com aluguel de equipamentos, conforme demonstrado no quadro a seguir. Quadro 9 - Oportunidades na função Hardware Área Infraestrutura de TI (Aluguel) Infraestrutura de TI (Aluguel) Computadores (desktop, servidores, notebooks, tablets, etc.) Periféricos (leitoras óticas, impressoras, scanners, etc.) Classe CNAE Infraestrutura de TI (Aluguel) Dispositivos elétricos (no breaks) Infraestrutura de TI (Aluguel) Sistemas de Áudio Infraestrutura de TI (Aluguel) Sistemas de Segurança / Vigilância Instalação e Configuração de Hardware Computadores (desktop, servidores, notebooks, tablets, etc.) Periféricos (leitoras óticas, impressoras, scanners, etc.) Dispositivos elétricos (no breaks) Dispositivos para apresentação (Projetos, LED, TV, DVD, etc.) Sistemas de Áudio Sistemas de Segurança / Vigilância Descrição CNAE 2.0 Aluguel de máquinas e equipamentos para escritório Aluguel de máquinas e equipamentos para escritório Aluguel de máquinas e equipamentos não especificados anteriormente Aluguel de máquinas e equipamentos não especificados anteriormente Aluguel de máquinas e equipamentos não especificados anteriormente Suporte técnico, manutenção e outros serviços em tecnologia da informação Suporte técnico, manutenção e outros serviços em tecnologia da informação Reparação e manutenção de computadores e de equipamentos periféricos Suporte técnico, manutenção e outros serviços em tecnologia da informação Reparação e manutenção de computadores e de equipamentos periféricos Suporte técnico, manutenção e outros serviços em tecnologia da informação Reparação e manutenção de computadores e de equipamentos periféricos Reparação e manutenção de computadores e de equipamentos periféricos Suporte técnico, manutenção e outros serviços em tecnologia da informação Reparação e manutenção de computadores e de equipamentos periféricos Reparação e manutenção de computadores e de equipamentos periféricos Densidade 0,60 0,60 0,71 0,71 0,71 0,38 0,38 0,58 0,38 0,58 0,38 0,58 0,58 0,38 0,58 0,58 Percebe-se que as oportunidades para as MPEs associadas à infraestrutura de TI estão relacionadas a equipamentos que poderão ser oferecidos em regime de aluguel. Um bom exemplo de demandante desse tipo de serviço são as cidades localizadas no interior do país, um universo importante a ser considerado pelas MPEs. A área, significativamente realizada por MPEs, exigirá aperfeiçoamento técnico de profissionais, objetivando potencializar sua atuação nessas atividades.

Soluções em Tecnologia da Informação

Soluções em Tecnologia da Informação Soluções em Tecnologia da Informação Curitiba Paraná Salvador Bahia A DTS Sistemas é uma empresa familiar de Tecnologia da Informação, fundada em 1995, especializada no desenvolvimento de soluções empresariais.

Leia mais

Oportunidades de Negócios e tendências para. (Tecnologia da Informação e Comunicação)

Oportunidades de Negócios e tendências para. (Tecnologia da Informação e Comunicação) Oportunidades de Negócios e tendências para para o Segmento TICs (Tecnologia da Informação e Comunicação) SEBRAE 2014 OUTUBRO 2012 ElderciGarcia eldercimg@sebraespcombr (11) 3177 4961 EMPREENDEDORISMO

Leia mais

Universidade. Estácio de Sá. Informática e Telecomunicações

Universidade. Estácio de Sá. Informática e Telecomunicações Universidade Estácio de Sá Informática e Telecomunicações A Estácio Hoje reconhecida como a maior instituição particular de ensino superior do país, a Universidade Estácio de Sá iniciou suas atividades

Leia mais

EZO Soluções Interativas

EZO Soluções Interativas EZO Soluções Interativas 01. Conceito sobre a EZO A EZO Soluções Interativas surgiu no ano de 2006 com o foco no desenvolvimento de soluções e tecnologias que aproximassem as pessoas. Em 08 anos conseguimos

Leia mais

PROGRAMA SEBRAE COPA:

PROGRAMA SEBRAE COPA: PROGRAMA SEBRAE COPA: Mapa de oportunidades para as micro e pequenas empresas nas cidades-sede CONSTRUÇÃO CIVIL Relatório Nacional PROGRAMA SEBRAE COPA: Mapa de oportunidades para as micro e pequenas empresas

Leia mais

Gestão da Tecnologia da Informação

Gestão da Tecnologia da Informação Gestão da Tecnologia da Informação A TCI BPO Com atuação em todo o Brasil, a TCI oferece excelência na prestação dos serviços em BPO - Business Process Outsourcing, levando aos seus clientes as melhores

Leia mais

Elaboração dos documentos

Elaboração dos documentos Estudo de Caso Área de conhecimento Gerência de Escopo Projeto Correspondência Eletrônica nos Correios S.A. A Presidência dos Correios vislumbrou a possibilidade da Empresa apresentar aos seus clientes

Leia mais

Pode Judiciário Justiça do Trabalho Tribunal Regional do Trabalho da 11ª Região ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS DE DIREÇÃO E CHEFIAS DA SETIC

Pode Judiciário Justiça do Trabalho Tribunal Regional do Trabalho da 11ª Região ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS DE DIREÇÃO E CHEFIAS DA SETIC Pode Judiciário Justiça do Trabalho Tribunal Regional do Trabalho da 11ª Região ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS DE DIREÇÃO E CHEFIAS DA SETIC 1. Diretor da Secretaria de Tecnologia da Informação e Comunicação Coordenar

Leia mais

Soluções de Tecnologia da Informação

Soluções de Tecnologia da Informação Soluções de Tecnologia da Informação Software Corporativo ERP ProdelExpress Diante da nossa ampla experiência como fornecedor de tecnologia, a PRODEL TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO oferece aos seus clientes

Leia mais

TRIBUNAL SUPERIOR DO TRABALHO PRESIDÊNCIA ATO Nº 345/SETIN.SEGP.GP, DE 16 DE JUNHO DE 2015

TRIBUNAL SUPERIOR DO TRABALHO PRESIDÊNCIA ATO Nº 345/SETIN.SEGP.GP, DE 16 DE JUNHO DE 2015 TRIBUNAL SUPERIOR DO TRABALHO PRESIDÊNCIA ATO Nº 345/SETIN.SEGP.GP, DE 16 DE JUNHO DE 2015 Reestrutura as unidades vinculadas à Secretaria de Tecnologia da Informação SETIN do Tribunal Superior do Trabalho.

Leia mais

Estudo de Caso. Projeto Correspondência Eletrônica nos Correios S.A.

Estudo de Caso. Projeto Correspondência Eletrônica nos Correios S.A. Estudo de Caso Projeto Correspondência Eletrônica nos Correios S.A. A Presidência dos Correios vislumbrou a possibilidade da Empresa apresentar aos seus clientes um novo serviço, que foi denominado de

Leia mais

Cada vitória é importante pois são de vitórias que se constroem conquistas. São de conquistas que se constrói o sucesso.

Cada vitória é importante pois são de vitórias que se constroem conquistas. São de conquistas que se constrói o sucesso. Cada vitória é importante pois são de vitórias que se constroem conquistas. São de conquistas que se constrói o sucesso. Somos a FIDELITY IT, seu novo parceiro nas próximas vitórias e conquistas. Mais

Leia mais

Lei de Informática - Incentivos Fiscais para Investimentos em Tecnologia e Inovação

Lei de Informática - Incentivos Fiscais para Investimentos em Tecnologia e Inovação Lei de Informática - Incentivos Fiscais para Investimentos em Tecnologia e Inovação Prof. Dr. Elvis Fusco 2014 Prefeitura Municipal de Garça Apresentação Prof. Dr. Elvis Fusco Centro Universitário Eurípides

Leia mais

ELETROELETRÔNICO, TIC E AUDIOVISUAL

ELETROELETRÔNICO, TIC E AUDIOVISUAL ELETROELETRÔNICO, TIC E AUDIOVISUAL Introdução A Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC), eletroeletrônico e audiovisual é um dos complexos mais importantes da economia, uma vez que pode proporcionar

Leia mais

Guia Canais de Distribuição PLANETFONE 2016

Guia Canais de Distribuição PLANETFONE 2016 Guia Canais de Distribuição PLANETFONE 2016 Av. Nossa Senhora do Carmo, 1.191, 3º andar, Sion, Belo Horizonte/MG - www.planetfone.com.br 1 SUMÁRIO 1. A PLANETFONE... 03 2. OBJETIVOS ESTRATÉGICOS... 04

Leia mais

TRIBUTAÇÃO NA NUVEM. Tax Friday 21 de outubro de 2011 AMCHAM - RJ

TRIBUTAÇÃO NA NUVEM. Tax Friday 21 de outubro de 2011 AMCHAM - RJ TRIBUTAÇÃO NA NUVEM Tax Friday 21 de outubro de 2011 AMCHAM - RJ PROGRAMA 1. INTRODUÇÃO À COMPUTAÇÃO EM NUVEM CONCEITOS APLICÁVEIS 2. PRINCIPAIS OPERAÇÕES E ASPECTOS TRIBUTÁRIOS POLÊMICOS INTRODUÇÃO À

Leia mais

SISTEMA DE GESTÃO DE PESSOAS SEBRAE/TO UNIDADE: GESTÃO ESTRATÉGICA PROCESSO: TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

SISTEMA DE GESTÃO DE PESSOAS SEBRAE/TO UNIDADE: GESTÃO ESTRATÉGICA PROCESSO: TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO SISTEMA DE GESTÃO DE PESSOAS SEBRAE/TO UNIDADE: GESTÃO ESTRATÉGICA PROCESSO: TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Competências Analista 1. Administração de recursos de infra-estrutura de tecnologia da informação 2.

Leia mais

MERCADO BRASILEIRO DE SOFTWARE PANORAMA E TENDÊNCIAS

MERCADO BRASILEIRO DE SOFTWARE PANORAMA E TENDÊNCIAS MERCADO BRASILEIRO DE SOFTWARE PANORAMA E TENDÊNCIAS 2009 Introdução Resumo Executivo Apesar das turbulências que marcaram o ano de 2008, com grandes variações nos indicadores econômicos internacionais,

Leia mais

Bancos Corretoras Seguradoras

Bancos Corretoras Seguradoras Bancos Corretoras Seguradoras A TCI BPO Com atuação em todo o Brasil, a TCI oferece excelência na prestação dos serviços em BPO - Business Process Outsourcing, levando aos seus clientes as melhores competências

Leia mais

Fone: 55 11 2384-7736 - www.wissenconsulting.com.br - atendimento@wissenconsulting.com.br

Fone: 55 11 2384-7736 - www.wissenconsulting.com.br - atendimento@wissenconsulting.com.br Nosso método de trabalho foi criado para atender VOCÊ A WISSEN CONSULTING têm como compromisso ajudá-lo a alcançar o sucesso na implementação de ferramentas de gestão e colaboração para que você possa

Leia mais

ANEXO I A Estratégia de TIC do Poder Judiciário

ANEXO I A Estratégia de TIC do Poder Judiciário RESOLUÇÃO Nº 99, DE 24 DE NOVEMBRO DE 2009 Dispõe sobre o Planejamento Estratégico de TIC no âmbito do Poder Judiciário e dá outras providências. ANEXO I A Estratégia de TIC do Poder Judiciário Planejamento

Leia mais

Eficiência operacional no setor público. Dez recomendações para cortar custos

Eficiência operacional no setor público. Dez recomendações para cortar custos Eficiência operacional no setor público Dez recomendações para cortar custos 2 de 8 Introdução Com grandes cortes no orçamento e uma pressão reguladora cada vez maior, o setor público agora precisa aumentar

Leia mais

40% dos consumidores da Copa das Confederações da FIFA 2013 consideraram a agilidade no atendimento como fator mais importante no comércio

40% dos consumidores da Copa das Confederações da FIFA 2013 consideraram a agilidade no atendimento como fator mais importante no comércio 440mil pequenos negócios no Brasil, atualmente, não utilizam nenhuma ferramenta de gestão, segundo o Sebrae Varejo 2012 27% 67% de comerciantes que não possuíam computadores dos que possuíam utilizavam

Leia mais

Sheet1. Criação de uma rede formada por tvs e rádios comunitárias, para acesso aos conteúdos

Sheet1. Criação de uma rede formada por tvs e rádios comunitárias, para acesso aos conteúdos Criação de um canal de atendimento específico ao público dedicado ao suporte de tecnologias livres. Formação de comitês indicados por representantes da sociedade civil para fomentar para a ocupação dos

Leia mais

Convergência TIC e Projetos TIC

Convergência TIC e Projetos TIC TLCne-051027-P1 Convergência TIC e Projetos TIC 1 Introdução Você responde essas perguntas com facilidade? Quais os Projetos TIC mais frequentes? Qual a importância de BI para a venda de soluções TIC (TI

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA. 1. Objeto. 2. Antecedentes. 3. Objeto da Licitação

TERMO DE REFERÊNCIA. 1. Objeto. 2. Antecedentes. 3. Objeto da Licitação TERMO DE REFERÊNCIA 1. Objeto 1.1. Contratação de empresa especializada em auditoria de tecnologia da informação e comunicações, com foco em segurança da informação na análise de quatro domínios: Processos

Leia mais

Unidade II GERENCIAMENTO DE SISTEMAS. Prof. Roberto Marcello

Unidade II GERENCIAMENTO DE SISTEMAS. Prof. Roberto Marcello Unidade II GERENCIAMENTO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Prof. Roberto Marcello SI Sistemas de gestão A Gestão dos Sistemas Integrados é uma forma organizada e sistemática de buscar a melhoria de resultados.

Leia mais

Estratégias para avaliação da segurança da computação em nuvens

Estratégias para avaliação da segurança da computação em nuvens Academia de Tecnologia da IBM White paper de liderança de pensamento Novembro de 2010 Estratégias para avaliação da segurança da computação em nuvens 2 Proteção da nuvem: do desenvolvimento da estratégia

Leia mais

Contrato de Suporte End.: Telefones:

Contrato de Suporte End.: Telefones: Contrato de Suporte Contrato de Suporte Desafios das empresas no que se refere à infraestrutura de TI Possuir uma infraestrutura de TI que atenda as necessidades da empresa Obter disponibilidade dos recursos

Leia mais

Norma de Referência Selo de Conformidade ANFIR

Norma de Referência Selo de Conformidade ANFIR Histórico das alterações: Nº Revisão Data de alteração 00 20.01.204 Emissão inicial do documento. Sumário das Alterações Pág. 1 1. Resumo Esta norma estabelece requisitos técnicos para a concessão do Selo

Leia mais

Hospedagem Virtualizada

Hospedagem Virtualizada Conheça também Desenvolvimento de sistemas Soluções de Segurança Soluções com o DNA da Administração Pública Há 43 anos no mercado, a Prodesp tem um profundo conhecimento da administração pública e também

Leia mais

Inventário de Necessidades de TI - PDTI 2016 2017

Inventário de Necessidades de TI - PDTI 2016 2017 Inventário de Necessidades de TI - PDTI 2016 2017 1. Comunicação Institucional a. Portal UFABC b. Aplicativos para Smartfone c. Eventos d. WEB TV e. Portal do Aluno f. Portal do Professor g. Páginas de

Leia mais

Planejamento Estratégico de TIC. da Justiça Militar do Estado. do Rio Grande do Sul

Planejamento Estratégico de TIC. da Justiça Militar do Estado. do Rio Grande do Sul Planejamento Estratégico de TIC da Justiça Militar do Estado do Rio Grande do Sul MAPA ESTRATÉGICO DE TIC DA JUSTIÇA MILITAR DO ESTADO (RS) MISSÃO: Gerar, manter e atualizar soluções tecnológicas eficazes,

Leia mais

Soluções. para o seu cliente mais importante. Governo

Soluções. para o seu cliente mais importante. Governo Soluções para o seu cliente mais importante. Governo A TCI BPO Com atuação em todo o Brasil, a TCI oferece excelência na prestação dos serviços em BPO - Business Process Outsourcing, levando aos seus clientes

Leia mais

Material de Apoio. Sistema de Informação Gerencial (SIG)

Material de Apoio. Sistema de Informação Gerencial (SIG) Sistema de Informação Gerencial (SIG) Material de Apoio Os Sistemas de Informação Gerencial (SIG) são sistemas ou processos que fornecem as informações necessárias para gerenciar com eficácia as organizações.

Leia mais

TOTVS Manutenção de Ativos powered by NG

TOTVS Manutenção de Ativos powered by NG TOTVS Manutenção de Ativos powered by NG Gestão da engenharia de manutenção Otimização no uso de equipamentos Gestão de custos e mão de obra Aumente a confiabilidade e disponibilidade dos equipamentos

Leia mais

Apresentação Institucional. Ignacio Daniel Arias, Maio 2013

Apresentação Institucional. Ignacio Daniel Arias, Maio 2013 Apresentação Institucional Ignacio Daniel Arias, Maio 2013 Agenda - A Empresa - Infraestrutura - Equipe - Produtos e Serviços - Tecnologias - Clientes - Serviços e o MPS.BR A Empresa Historico A EliteSoft

Leia mais

VESTIBULAR 2015/1 INFORMAÇÕES SOBRE OS CURSOS

VESTIBULAR 2015/1 INFORMAÇÕES SOBRE OS CURSOS VESTIBULAR 2015/1 SELEÇÃO PARA CURSOS TECNICOS SUBSEQUENTES DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO TOCANTINS 2015/1 INFORMAÇÕES SOBRE OS CURSOS CURSO TÉCNICO EM AGRIMENSURA Aprovado

Leia mais

GRUPO STARSEG GRUPO STARSEG. Assessoria e Consultoria em Segurança, Saúde e Meio Ambiente

GRUPO STARSEG GRUPO STARSEG. Assessoria e Consultoria em Segurança, Saúde e Meio Ambiente GRUPO STARSEG GRUPO STARSEG Assessoria e Consultoria em Segurança, Saúde e Meio Ambiente Rua Reverendo Martin Luther King, 161 Santo André - SP C.N.P.J: 05.667.311/0001-22 Tel: (011) 3461-8013 WWW.GRUPOSTARSEG.COM.BR

Leia mais

Rede Corporativa. Tutorial 10 mar 2009 Fabio Montoro. Introdução

Rede Corporativa. Tutorial 10 mar 2009 Fabio Montoro. Introdução Tutorial 10 mar 2009 Fabio Montoro Rede Corporativa Introdução Rede corporativa é um sistema de transmissão de dados que transfere informações entre diversos equipamentos de uma mesma corporação, tais

Leia mais

BNDES Prosoft. Programa BNDES para o Desenvolvimento da Indústria Nacional de Software e Serviços de Tecnologia da Informação

BNDES Prosoft. Programa BNDES para o Desenvolvimento da Indústria Nacional de Software e Serviços de Tecnologia da Informação BNDES Prosoft Programa BNDES para o Desenvolvimento da Indústria Nacional de Software e Serviços de Tecnologia da Informação Objetivo - Contribuir para o desenvolvimento da indústria nacional de software

Leia mais

CONTRATO DE CONCESSÃO [ ]/2013 EDITAL DE CONCORRÊNCIA INTERNACIONAL [ ]/2013

CONTRATO DE CONCESSÃO [ ]/2013 EDITAL DE CONCORRÊNCIA INTERNACIONAL [ ]/2013 CONTRATO DE CONCESSÃO [ ]/2013 EDITAL DE CONCORRÊNCIA INTERNACIONAL [ ]/2013 CONCESSÃO ADMINISTRATIVA PARA DESENVOLVIMENTO, IMPLANTAÇÃO, OPERAÇÃO, MANUTENÇÃO E GERENCIAMENTO DA SOLUÇÃO GRP DO MUNICÍPIO

Leia mais

Unidade I GOVERNANÇA DE TI. Profa. Gislaine Stachissini

Unidade I GOVERNANÇA DE TI. Profa. Gislaine Stachissini Unidade I GOVERNANÇA DE TI Profa. Gislaine Stachissini Objetivo Sistemas para redução de custos e aprimoramento de produção. Diferenciais de processos em seus negócios. Melhores práticas de gestão de tecnologia

Leia mais

A TCI BPO. Nossos diferenciais competitivos:

A TCI BPO. Nossos diferenciais competitivos: Varejo e-commerce A TCI BPO Com atuação em todo o Brasil, a TCI oferece excelência na prestação dos serviços em BPO - Business Process Outsourcing, levando aos seus clientes as melhores competências e

Leia mais

APLICATIVOS CORPORATIVOS

APLICATIVOS CORPORATIVOS Sistema de Informação e Tecnologia FEQ 0411 Prof Luciel Henrique de Oliveira luciel@uol.com.br Capítulo 3 APLICATIVOS CORPORATIVOS PRADO, Edmir P.V.; SOUZA, Cesar A. de. (org). Fundamentos de Sistemas

Leia mais

APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL

APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL Você conectado ao mundo com liberdade APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL > ÍNDICE Sobre a TESA 3 Telefonia IP com a TESA 5 Portfólio de produtos/serviços 6 Outsourcing 6 Telefonia 7 Web

Leia mais

Soluções inteligentes para quem exige qualidade máxima.

Soluções inteligentes para quem exige qualidade máxima. Soluções inteligentes para quem exige qualidade máxima. QualityMax Serviços e Tecnologia Com a QualityMax Serviços e Tecnologia, o cliente deixa de ter problemas graças às soluções modernas e aderentes

Leia mais

Buscamos sempre a solução mais eficaz, de acordo com o avanço tecnológico dos sistemas de Telecomunicações e Tecnologia da Informação.

Buscamos sempre a solução mais eficaz, de acordo com o avanço tecnológico dos sistemas de Telecomunicações e Tecnologia da Informação. A T7 Solutions Informática e Telecomunicações atua como prestadora de serviços de Infraestrutura de TI e Telecom, com foco no desenvolvimento e implementação de soluções de Infraestrutura, Dados e Voz.

Leia mais

Como obter resultados em TI com gestão e governança efetivas direcionadas a estratégia do negócio?

Como obter resultados em TI com gestão e governança efetivas direcionadas a estratégia do negócio? Como obter resultados em TI com gestão e governança efetivas direcionadas a estratégia do negócio? A Tecnologia da Informação vem evoluindo constantemente, e as empresas seja qual for seu porte estão cada

Leia mais

Proposta Comercial. Empresa «Nome_da_empresa» Solução BPO Business Process Outsourcing. Número Proposta «Numero_Proposta» - «Versao»

Proposta Comercial. Empresa «Nome_da_empresa» Solução BPO Business Process Outsourcing. Número Proposta «Numero_Proposta» - «Versao» Proposta Comercial Empresa «Nome_da_empresa» Solução BPO Business Process Outsourcing Número Proposta «Numero_Proposta» - «Versao» Data 14 de setembro de 2012 Preparado para: «Nome» «Sobrenome» 1. Objetivo

Leia mais

Comunicação Sem Fio (Somente em Determinados Modelos)

Comunicação Sem Fio (Somente em Determinados Modelos) Comunicação Sem Fio (Somente em Determinados Modelos) Guia do Usuário Copyright 2007 Hewlett-Packard Development Company, L.P. Microsoft é uma marca registrada da Microsoft Corporation nos Estados Unidos.

Leia mais

DEMONSTRATIVO FÍSICO FINANCEIRO

DEMONSTRATIVO FÍSICO FINANCEIRO SECRETARIA DO PLANEJAMENTO E COORDEN - SEPLAN DEMONSTRATIVO FÍSICO FINANCEIRO PROGRAMA : 008 - POLÍTICAS DE ADMINISTR E REFORMA DO ESTADO Objetivo : Dinamizar a gestão pública, aprimorando a máquina administrativa,

Leia mais

Código de prática para a gestão da segurança da informação

Código de prática para a gestão da segurança da informação Código de prática para a gestão da segurança da informação Edição e Produção: Fabiano Rabaneda Advogado, professor da Universidade Federal do Mato Grosso. Especializando em Direito Eletrônico e Tecnologia

Leia mais

TIC Microempresas 2007

TIC Microempresas 2007 TIC Microempresas 2007 Em 2007, o Centro de Estudos sobre as Tecnologias da Informação e da Comunicação do NIC.br, no contexto da TIC Empresas 2007 1, realizou pela primeira vez um estudo sobre o uso das

Leia mais

BPO para Empresas de Energia e Concessionárias de Serviços Públicos

BPO para Empresas de Energia e Concessionárias de Serviços Públicos BPO para Empresas de Energia e Concessionárias de Serviços Públicos Terceirização de Processos Empresariais da Capgemini Um componente da área de Serviços Públicos da Capgemini As concessionárias de serviços

Leia mais

O que o Brasil já ganhou com a Copa. Secretaria-Geral da Presidência da República

O que o Brasil já ganhou com a Copa. Secretaria-Geral da Presidência da República O que o Brasil já ganhou com a Copa COPA DO MUNDO NO BRASIL um momento histórico e de oportunidades A Copa do Mundo é um momento histórico para o Brasil, que vai sediar, em conjunto com as Olimpíadas em

Leia mais

Tributação do Cloud Computing É Uma Incógnita

Tributação do Cloud Computing É Uma Incógnita Tributação do Cloud Computing É Uma Incógnita Por André Iizuka 1 A convergência da Tecnologia da Informação e das Telecomunicações tem gerado uma fantástica explosão de soluções virtuais à disposição do

Leia mais

Sistemas Integrados de Gestão Empresarial

Sistemas Integrados de Gestão Empresarial Universidade Federal do Vale do São Francisco Curso de Administração Tecnologia e Sistemas de Informação - 05 Prof. Jorge Cavalcanti jorge.cavalcanti@univasf.edu.br www.univasf.edu.br/~jorge.cavalcanti

Leia mais

REDES CORPORATIVAS. Soluções Avançadas para Comunicação Empresarial

REDES CORPORATIVAS. Soluções Avançadas para Comunicação Empresarial REDES CORPORATIVAS Presente no mercado há 31 anos, a Compugraf atua em vários segmentos da comunicação corporativa, oferecendo serviços e soluções de alta tecnologia, com reconhecida competência em diversos

Leia mais

DIRETRIZES PARA AQUISIÇÃO DE EQUIPAMENTOS E SERVIÇOS DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DA AUTORIDADE PÚBLICA OLÍMPICA

DIRETRIZES PARA AQUISIÇÃO DE EQUIPAMENTOS E SERVIÇOS DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DA AUTORIDADE PÚBLICA OLÍMPICA DIRETRIZES PARA AQUISIÇÃO DE EQUIPAMENTOS E SERVIÇOS DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DA AUTORIDADE PÚBLICA OLÍMPICA 1 APRESENTAÇÃO Este conjunto de diretrizes foi elaborado para orientar a aquisição de equipamentos

Leia mais

LEI MUNICIPAL Nº 5306, DE 04 DE MAIO DE 2010. CEZAR AUGUSTO SCHIRMER, Prefeito Municipal do Município de Santa Maria, Estado do Rio Grande do Sul.

LEI MUNICIPAL Nº 5306, DE 04 DE MAIO DE 2010. CEZAR AUGUSTO SCHIRMER, Prefeito Municipal do Município de Santa Maria, Estado do Rio Grande do Sul. LEI MUNICIPAL Nº 5306, DE 04 DE MAIO DE 2010 Estabelece medidas de incentivo à inovação e à pesquisa científica e tecnológica no Município de Santa Maria e dá outras providências. CEZAR AUGUSTO SCHIRMER,

Leia mais

Tecnologia e Sistemas de Informações ERP e CRM

Tecnologia e Sistemas de Informações ERP e CRM Universidade Federal do Vale do São Francisco Tecnologia e Sistemas de Informações ERP e CRM Prof. Ricardo Argenton Ramos Aula 6 ERP Enterprise Resource Planning Sistemas Integrados de Gestão Empresarial

Leia mais

Conexão Sem Fio Guia do Usuário

Conexão Sem Fio Guia do Usuário Conexão Sem Fio Guia do Usuário Copyright 2007 Hewlett-Packard Development Company, L.P. Windows é uma marca registrada da Microsoft Corporation nos Estados Unidos. Bluetooth é marca comercial dos respectivos

Leia mais

:: Telefonia pela Internet

:: Telefonia pela Internet :: Telefonia pela Internet http://www.projetoderedes.com.br/artigos/artigo_telefonia_pela_internet.php José Mauricio Santos Pinheiro em 13/03/2005 O uso da internet para comunicações de voz vem crescendo

Leia mais

Módulo 4. Visão geral dos controles do COBIT aplicáveis para implantação da Sarbanes, o papel de TI, a importância dos softwares e exercícios

Módulo 4. Visão geral dos controles do COBIT aplicáveis para implantação da Sarbanes, o papel de TI, a importância dos softwares e exercícios Módulo 4 Visão geral dos controles do COBIT aplicáveis para implantação da Sarbanes, o papel de TI, a importância dos softwares e exercícios Estruturas e Metodologias de controle adotadas na Sarbanes COBIT

Leia mais

ipbras MUNDIAL VOIP DESENVOLVIMENTO PROJETO / ORÇAMENTO Orçamento para desenvolvimento de sistema web based Página w w w. i p b r a s.

ipbras MUNDIAL VOIP DESENVOLVIMENTO PROJETO / ORÇAMENTO Orçamento para desenvolvimento de sistema web based Página w w w. i p b r a s. 1 Orçamento para desenvolvimento de sistema web based MUNDIAL VOIP Quem é a IPBRAS.COM 2 Desde sua criação, no início de 2003 a IPBRAS, uma empresa 100%.COM, localizada em Penápolis-SP, Brasil, tem uma

Leia mais

SOLUÇÃO COMPLETA EM SOFTWARE, TECNOLOGIA, CONSULTORIA E SERVIÇOS DE TELECOM E INFO

SOLUÇÃO COMPLETA EM SOFTWARE, TECNOLOGIA, CONSULTORIA E SERVIÇOS DE TELECOM E INFO 1 SOLUÇÃO COMPLETA EM SOFTWARE, TECNOLOGIA, CONSULTORIA E SERVIÇOS DE TELECOM E INFO CONHEÇA NOSSAS SOLUÇÕES SOB MEDIDA PARA AVALANCAR A GESTÃO DE SUA EMPRESA SEJA QUAL FOR SEU NEGÓCIO, O NOSSO É FAZER

Leia mais

Roteamento e Comutação

Roteamento e Comutação Roteamento e Comutação Design de Rede Local Design Hierárquico Este design envolve a divisão da rede em camadas discretas. Cada camada fornece funções específicas que definem sua função dentro da rede

Leia mais

Soluções Completas. Fundada em 1991, a.compos é pioneira na área de soluções em tecnologia, atuando nas áreas de:

Soluções Completas. Fundada em 1991, a.compos é pioneira na área de soluções em tecnologia, atuando nas áreas de: Soluções Completas Fundada em 1991, a.compos é pioneira na área de soluções em tecnologia, atuando nas áreas de: - Conexões compartilhada (.IP) e dedicada (.LINK); - Data Center com servidores virtuais

Leia mais

COMPROMISSO CONTÍNUO. Uma Divisão do Grupo MVP

COMPROMISSO CONTÍNUO. Uma Divisão do Grupo MVP / A MVP Tech, fundada em 2003, é uma integradora especializada em sistemas de segurança e tecnologia que representa importantes produtos de empresas dos Estados Unidos, Europa, e Austrália. Esses produtos

Leia mais

ERP Enterprise Resourse Planning Sistemas de Gestão Empresarial

ERP Enterprise Resourse Planning Sistemas de Gestão Empresarial ERP Enterprise Resourse Planning Sistemas de Gestão Empresarial Prof. Pedro Luiz de O. Costa Bisneto 14/09/2003 Sumário Introdução... 2 Enterprise Resourse Planning... 2 Business Inteligence... 3 Vantagens

Leia mais

TÉCNICAS DE INFORMÁTICA WILLIAN FERREIRA DOS SANTOS

TÉCNICAS DE INFORMÁTICA WILLIAN FERREIRA DOS SANTOS TÉCNICAS DE INFORMÁTICA WILLIAN FERREIRA DOS SANTOS Vimos em nossas aulas anteriores: COMPUTADOR Tipos de computadores Hardware Hardware Processadores (CPU) Memória e armazenamento Dispositivos de E/S

Leia mais

LSoft SGC Gestão Empresarial

LSoft SGC Gestão Empresarial LSoft SGC Gestão Empresarial O LSoft SGC é um sistema de gestão dinâmico, eficiente e flexível idealizado para atender diversos segmentos de indústrias, comércios e serviços. O objetivo principal é tornar

Leia mais

TRIBUTAÇÃO NAS NUVENS Uma Regulação em Debate

TRIBUTAÇÃO NAS NUVENS Uma Regulação em Debate TRIBUTAÇÃO NAS NUVENS Uma Regulação em Debate Workshop Divisão Tributária 18.04.2013 CIESP - CAMPINAS PROGRAMA 1. BREVE INTRODUÇÃO À COMPUTAÇÃO EM NUVEM 2. PRINCIPAIS OPERAÇÕES E ASPECTOS TRIBUTÁRIOS POLÊMICOS

Leia mais

REGIMENTO INTERNO COORDENAÇÃO DE TECNOLOGIA E INFORMÁTICA EM SAÚDE (CTIS)

REGIMENTO INTERNO COORDENAÇÃO DE TECNOLOGIA E INFORMÁTICA EM SAÚDE (CTIS) Página 1 de 12 GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE SECRETARIA DE ESTADO DE SAÚDE PÚBLICA COORDENAÇÃO DE TECNOLOGIA E INFORMÁTICA EM SAÚDE REGIMENTO INTERNO COORDENAÇÃO DE TECNOLOGIA E INFORMÁTICA

Leia mais

MBA Gestão da Tecnologia de Informação

MBA Gestão da Tecnologia de Informação MBA Gestão da Tecnologia de Informação Informações: Dias e horários das aulas: Segundas e Terças-feiras das 18h00 às 22h00 aulas semanais; Sábados das 08h00 às 12h00 aulas quinzenais. Carga horária: 600

Leia mais

COMENTÁRIO DO DESEMPENHO CONSOLIDADO

COMENTÁRIO DO DESEMPENHO CONSOLIDADO COMENTÁRIO DO DESEMPENHO CONSOLIDADO Uberlândia MG, Maio de 2013 A Algar Telecom, Companhia completa e integrada de telecomunicações e TI, detentora da marca CTBC, divulga seus resultados do 1º Trimestre

Leia mais

REGULAMENTO. As empresas podem inscrever um ou mais Cases, nas seguintes categorias:

REGULAMENTO. As empresas podem inscrever um ou mais Cases, nas seguintes categorias: REGULAMENTO 1. O PRÊMIO O PRÊMIO SMART, regido por este regulamento, tem como objetivo distinguir e reconhecer as melhores práticas de relacionamento com o cliente em Utilities e Telecom: Energia Elétrica,

Leia mais

A EMPRESA. A Future Technology é uma divisão da Do Carmo voltada para o mercado de soluções em tecnologia.

A EMPRESA. A Future Technology é uma divisão da Do Carmo voltada para o mercado de soluções em tecnologia. A EMPRESA A Future Technology é uma divisão da Do Carmo voltada para o mercado de soluções em tecnologia. A experiência da Future Technology nas diversas áreas de TI disponibiliza aos mercados público

Leia mais

CRITÉRIOS DE CREDENCIAMENTO DA SOLUÇÃO TECNOLÓGICA. Área de Operações Indiretas - AOI

CRITÉRIOS DE CREDENCIAMENTO DA SOLUÇÃO TECNOLÓGICA. Área de Operações Indiretas - AOI CRITÉRIOS DE CREDENCIAMENTO DA SOLUÇÃO TECNOLÓGICA Área de Operações Indiretas - AOI CARTA AO FORNECEDOR Classificação: Documento público Caro fornecedor, Este documento elenca os CRITÉRIOS exigidos para

Leia mais

PROJETO DE REDES www.projetoderedes.com.br

PROJETO DE REDES www.projetoderedes.com.br PROJETO DE REDES www.projetoderedes.com.br Curso Tecnológico de Redes de Computadores Disciplina: Infraestrutura de Redes de Computadores - 1º período Professor: José Maurício S. Pinheiro AULA 01 Conceitos

Leia mais

Soluções inteligentes para quem exige qualidade máxima.

Soluções inteligentes para quem exige qualidade máxima. Soluções inteligentes para quem exige qualidade máxima. QualityMax Serviços e Tecnologia Com a QualityMax Serviços e Tecnologia, o cliente deixa de ter problemas graças as soluções modernas e aderentes

Leia mais

Consultoria Auditoria Gestão Suporte Redução de Custos www.alditel.com.br

Consultoria Auditoria Gestão Suporte Redução de Custos www.alditel.com.br Consultoria Auditoria Gestão Suporte Redução de Custos www.alditel.com.br Índice A Empresa...03 Serviços Prestados......04 1 Auditoria de faturas...04 2 Elaboração de relatórios gerenciais para gestão

Leia mais

Outsourcing de TI Field Service

Outsourcing de TI Field Service Outsourcing de TI Field Service Metodologia de Solução As soluções ofertadas pela IT2B são desenvolvidas em compliance com as melhores práticas e metodologias de mercado, visando sempre o sucesso da operação

Leia mais

de ligação telefônica ou SMS, ligado,

de ligação telefônica ou SMS, ligado, O mercado de rastreamento de veículos tem tido nos últimos anos um crescimento constante e essa demanda vem aumentando a cada dia. Porém para poder explorar este mercado fantástico ainda é necessário alto

Leia mais

ITIL. Fundamentos do Gerenciamento de Serviços de TI. Juvenal Santana, PMP tecproit.com.br

ITIL. Fundamentos do Gerenciamento de Serviços de TI. Juvenal Santana, PMP tecproit.com.br ITIL Fundamentos do Gerenciamento de Serviços de TI Juvenal Santana, PMP tecproit.com.br Objetivo Prover uma visão geral sobre Gerenciamento de Serviços de TI: Conceito; Desafios; Estrutura; Benefícios;

Leia mais

REDES DE COMPUTADORES

REDES DE COMPUTADORES REDES DE COMPUTADORES MEMÓRIAS DE AULA AULA 1 APRESENTAÇÃO DO CURSO, HISTÓRIA, EQUIPAMENTOS E TIPOS DE REDES Prof. José Wagner Bungart CONTEÚDO PROGRAMÁTICO Definição de Redes de Computadores e Conceitos

Leia mais

FÁBRICA DE SOFTWARE FÁBRICA DE PROJETOS DE SOFTWARE FÁBRICA DE PROJETOS FÍSICOS

FÁBRICA DE SOFTWARE FÁBRICA DE PROJETOS DE SOFTWARE FÁBRICA DE PROJETOS FÍSICOS FÁBRICA DE SOFTWARE Quem somos A Fábrica de Software da Compugraf existe desde 1993 e atua em todas as etapas de um projeto: especificação, construção, testes, migração de dados, treinamento e implantação.

Leia mais

SERVIÇOS SIMPLIFICADO

SERVIÇOS SIMPLIFICADO SERVIÇOS SIMPLIFICADO ENCARTE Serviços de Informática ANO-BASE 2001 CÓDIGO PAEP DA EMPRESA - GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO Secretaria de Economia e Planejamento SEADE Fundação Sistema Estadual de Análise

Leia mais

INSTRUMENTOS DE DESENVOLVIMENTO DAS MPEs OFERTADOS PELO SEBRAE. Palestra para o Conselho Regional de Administração

INSTRUMENTOS DE DESENVOLVIMENTO DAS MPEs OFERTADOS PELO SEBRAE. Palestra para o Conselho Regional de Administração INSTRUMENTOS DE DESENVOLVIMENTO DAS MPEs OFERTADOS PELO SEBRAE Palestra para o Conselho Regional de Administração 1 O QUE É O SEBRAE? 2 O Sebrae O Serviço de Apoio às Micros e Pequenas Empresas da Bahia

Leia mais

Sistemas de Apoio à Decisão. Ciências Contábeis Informática Aplicada

Sistemas de Apoio à Decisão. Ciências Contábeis Informática Aplicada Sistemas de Apoio à Decisão Ciências Contábeis Informática Aplicada Sistemas de Apoio à Decisão Segundo LAUDON (2004) apud SANTOS () afirma que um SAD tem por objetivo auxiliar o processo de decisão gerencial,

Leia mais

Quem somos. Não somos o esperado, VAMOS MAIS ADIANTE!

Quem somos. Não somos o esperado, VAMOS MAIS ADIANTE! Bem Vindos Não importa sua necessidade, a MindFi tem soluções completas e especializadas para seu negócio. Prestamos serviços tecnológicos com excelência em atendimento e monitoramento para que seu estabelecimento

Leia mais

Guia de Mobilização - Vale

Guia de Mobilização - Vale Guia de Mobilização - Vale 2ª Edição Nov/2015 Sumário 1. INTRODUÇÃO... 3 2. APLICAÇÃO... 3 3. MACRO FLUXO DO PROCESSO DE MOBILIZAÇÃO... 3 3.1. CERTIFICAÇÃO... 3 3.2. CONTRATAÇÃO... 4 3.3. MOBILIZAÇÃO...

Leia mais

Paulo Daher Filho, LIG-MÓBILE Estudo de Caso de Operadora: Migrando de um Sistema Analógico para o TETRA

Paulo Daher Filho, LIG-MÓBILE Estudo de Caso de Operadora: Migrando de um Sistema Analógico para o TETRA TETRA ASSOCIATION Paulo Daher Filho, LIG-MÓBILE Estudo de Caso de Operadora: Migrando de um Sistema Analógico para o TETRA Objetivo Compartilhar a experiência da LIG-MÓBILE, operadora brasileira de serviços

Leia mais

Prof. Marcelo Machado Cunha Parte 1 www.marcelomachado.com

Prof. Marcelo Machado Cunha Parte 1 www.marcelomachado.com Prof. Marcelo Machado Cunha Parte 1 www.marcelomachado.com Conceito, características e classificação das Redes de Computadores; Topologias; Meios físicos de transmissão; Equipamentos de Rede; Segurança;

Leia mais

A Inovação. como Fator de Desenvolvimento das MPEs. Luiz Carlos Barboza. Diretor-Técnico del SEBRAE Nacional. 27 de outubro 2009

A Inovação. como Fator de Desenvolvimento das MPEs. Luiz Carlos Barboza. Diretor-Técnico del SEBRAE Nacional. 27 de outubro 2009 A Inovação como Fator de Desenvolvimento das MPEs Luiz Carlos Barboza Diretor-Técnico del SEBRAE Nacional 27 de outubro 2009 Ambiente Institucional Pro-inovaç inovação Fundos setoriais (16) estabilidade

Leia mais

Diretoria de Informática

Diretoria de Informática Diretoria de Informática Estratégia Geral de Tecnologias de Informação para 2013-2015 EGTI 2013-2015 Introdução: Este documento indica quais são os objetivos estratégicos da área de TI do IBGE que subsidiam

Leia mais

MAIS AGILIDADE, CONTROLE E RENTABILIDADE NA SUA CONSTRUTORA E INCORPORADORA.

MAIS AGILIDADE, CONTROLE E RENTABILIDADE NA SUA CONSTRUTORA E INCORPORADORA. MAIS AGILIDADE, CONTROLE E RENTABILIDADE NA SUA CONSTRUTORA E INCORPORADORA. SANKHYA. A nova geração de ERP Inteligente. Atuando no mercado brasileiro desde 1989 e alicerçada pelos seus valores e princípios,

Leia mais

REQUISIÇÃO DE PROPOSTA. 1.1 Desenvolver o Plano de Continuidade de Negócios - PCN com base na ISO 22301.

REQUISIÇÃO DE PROPOSTA. 1.1 Desenvolver o Plano de Continuidade de Negócios - PCN com base na ISO 22301. REQUISIÇÃO DE PROPOSTA Esta Requisição de Proposta foi elaborada pela Gerência de Segurança Empresarial - GESEM da Cartão BRB e tem como objetivo fornecer aos interessados as especificações do objeto abaixo,

Leia mais

A TCI BPO. Nossos diferenciais competitivos:

A TCI BPO. Nossos diferenciais competitivos: Recursos Naturais A TCI BPO Com atuação em todo o Brasil, a TCI oferece excelência na prestação dos serviços em BPO - Business Process Outsourcing, levando aos seus clientes as melhores competências e

Leia mais