SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL DO RIO DE JANEIRO SRRJ AÇÕES RELACIONADAS AOS 07 JUNHO 2011

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL DO RIO DE JANEIRO SRRJ AÇÕES RELACIONADAS AOS 07 JUNHO 2011"

Transcrição

1 AÇÕES RELACIONADAS AOS AEROPORTOS DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL DO RIO DE JANEIRO SRRJ 07 JUNHO 2011

2 AEROPORTOS

3 SBGL AEROPORTO INTERNACIONAL DO RIO DE JANEIRO/GALEÃO ANTONIO CARLOS JOBIM

4 DADOS OPERACIONAIS Distância do centro: 20km; Empresas instaladas: 68 empresas de serviços e facilidades; O Aeroporto liga o Rio de Janeiro a 24 países e 26 cidades em vôos diretos; Horário de Funcionamento: 24 horas; Extensão do sítio aeroportuário: ,63 m²; Média diária de passageiros: 32 mil passageiros; Balcões de check-in: 149; TPS-I 03 de captação de bagagem 06 de restituição de bagagem Esteiras de bagagem: 30; TPS-II 03 de captação de bagagem 06 de restituição de bagagem

5 DADOS OPERACIONAIS Duas Pistas: 4.000x45m e 3.180x47m; Área do pátio de aeronaves: m²; Área do terminal de passageiros: m² (TPS-I) e m² (TPS-II); Área do terminal de cargas: Exportação m², Importação ,98 m², Pátio 5 (TECA): m²; Salas de embarque: 3 salas; Pontes de embarque: 38 pontes; Empresas aéreas: 19 empresas;

6

7 Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro/Galeão Antonio Carlos Jobim O Aeroporto do Galeão possui experiência em trabalhar com grandes eventos relacionados com o esporte internacional. Exemplos: XV Jogos Pan Americanos Julho atletas 42 delegações nacionais árbitros Os Jogos Pan Americanos de 2007 foram realizados com sucesso no Rio de Janeiro o que possibilitou a cidade a sediar outros eventos, tais como a Copa de Mundo e os Jogos Olímpicos e Para-Olímpicos. 5º Jogos Mundiais Militares Julho atletas 110 delegações nacionais árbitros Os 5º Jogos Mundiais Militares é será o maior evento esportivo militar realizado no Brasil com aproximadamente atletas, de mais de 100 países, competindo em 24 modalidades esportivas.

8 Sistema de Pistas e Pátios Sistema de Pistas 10/28 Sistema de Pistas Sistema de Pátios 10/28 Sistema de Pistas 15/33

9 TERMINAIS DE PASSAGEIROS 12 TERMINAL 2 EXPANSÃO PÁTIOS 1 TERMINAL 1 REFORMA

10 INVESTIMENTOS EM PLANEJAMENTO NO GALEÃO EDIFÍCIO GARAGEM E ESTACIONAMENTO DE VEÍCULOS NO TPS-I Termo de referência elaborado para contratação de empresa especializada na elaboração de Estudos Preliminares de Empreendimento e de Viabilidade Econômico-Financeira

11 INVESTIMENTOS COPA 2014 SBGL

12 Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro/Galeão Antonio Carlos Jobim Passageiros/ano ano - milhões SBGL Eventos: 1 : Terminal 1 Reforma- Dez/ : Terminal 2 Expansão-Dez/ & 2 Demanda Capacidade ----

13 ORÇADO SISTEMAS

14 REVITALIZAÇÃO DO SISTEMAS DE PISTAS E PÁTIOS DESCRIÇÃO: Recuperação e revitalização dos sistemas de pistas e pátios. DATA DE INÍCIO: 08/09/2008 DATA DE CONCLUSÃO : OUT/2013 VALOR TOTAL DO EMPREENDIMENTO ( ): R$ 161,57 milhões VALOR DO INVESTIMENTO PAC 2 ( ): R$ 103,43 milhões Obra dividida em três fases: 1ª fase -reforma da pista 10/28 2ª fase -reforma das pistas de taxiamento e pátio a) obras civis b) sistema elétrico; 3ª fase - alargamento das interseções (Fillets) Meta Física: 4.000m²

15 REVITALIZAÇÃO DO SISTEMAS DE PISTAS E PÁTIOS OBJETOS CONCLUÍDOS ( ): REFORMA DA PISTA DE POUSO E DECOLAGENS Valor: R$ 10,93 milhões REFORMA DAS PISTAS DE TÁXI E PÁTIO ETAPA 1 Valor : R$ 21,41 milhões REVIT. DO SIST. ELÉTRICO QUE ATENDE AOS SIST. DE PISTAS E PÁTIOS Valor: R$ 10,00 milhões Pista de pouso Antes Pista de pouso Depois

16 REVITALIZAÇÃO DO SISTEMAS DE PISTAS E PÁTIOS ALS -Antes ALS -Depois

17 TERMINAL DE PASSAGEIROS N.º 1 Descrição: Revitalização do Terminal de Passageiros nº1 Data de início: 26/09/2008 Data de Conclusão: 30/12/2012 Proposta Novo Valor Copa: R$ 301,01 milhões Dados Operacionais Terminal de Passageiros (m²): Capacidade do Terminal (pax/ano) TPS 1 e 2 Demanda Passageiros/Ano do Aeroporto: ,4 milhões 44,03 milhões 12,3 milhões 18,7 milhões

18 OBJETOS CONCLUÍDOS OBRAS PRIORITÁRIAS 1º Lote Modernização dos Acabamentos (paredes, pilares e pisos) - R$ 4,67 milhões; 2º Lote Reforma completa dos Sanitários -R$ 3,91 milhões; 3º Lote Reforma e Modernização do Sistema Informativo de Voo -R$ 1,48 milhões 4º Lote Projeto de Substituição das Testeiras -R$ 29 mil; 5º Lote Substituição do Forro Mineral e Luminárias -R$ 2,14 milhões 6º Lote Recuperação das Fachadas do TPS 1 -R$ 4,46 milhões; 7º Lote Polimento do Piso em Granito -R$ 1,67 milhões; 9º Lote Projeto de Sinalização Comercial e Operacional do TPS-1 -R$ 29,60 mil; 12º Lote Substituição do Forro Metálico e Luminárias TPS 1 -R$ 12,23 milhões; 13º Lote Substituição das Esteiras de Bagagem TPS 1 -R$ 3,85 milhões; 14º Lote Substituição das Testeiras do TPS 1 -R$ 2,65 milhões; 15º Lote Execução de Acabamentos nos níveis de Emb. Desemb e Fachada do TPS 1 - R$ 1,18 milhões; Valor Total Pago: R$ 38 milhões

19 OBJETOS EM EXECUÇÃO OBRAS PRIORITÁRIAS 8º Lote Substituição dos Elevadores (TPS1, TPS2, UAC, TWR e ECM) R$ 14,78 milhões TÉRMINO EM AGO/2011 Total Pago: R$ 7,62 milhões 51 % Observações: Celebrado contrato para a execução de obras civis para a instalação dos elevadores do TPS1 R$ 470 mil Total Pago: R$ 315 mil -66% OBJETOS A SEREM CONTRATADOS º Lote Execução da Sinalização Comercial e Operacional R$ 600 mil; 11º Lote Substituição das Escadas Rolantes R$ 24, 25 milhões;

20 OBRAS PRIORITÁRIAS Sistema Informativo de Voo - Antes Sistema Informativo de Voo - Depois

21 OBRAS PRIORITÁRIAS Substituição dos elevadores

22 OBRAS PRIORITÁRIAS Reforma Sanitários -Antes Reforma Sanitários -Depois

23 OBRAS PRIORITÁRIAS Fachadas -Antes Fachadas - Depois

24 OBRAS PRIORITÁRIAS Esteiras de Bagagens -Antes Esteiras de Bagagens - Depois Lado AR Lado Interno

25 COMPLEMENTAÇÃO E REFORMA DO TERMINAL 2 Descrição: Conclusão da Reforma do Terminal de Passageiros 2 Data de início: 03/11/2008 Data de Conclusão: 10/12/2012 Proposta Novo Valor Copa: R$ 356,46 milhões Dados Operacionais Terminal de Passageiros (m²): Capacidade do Terminal (pax/ano) TPS 1 e 2 Demanda de Passageiro/Ano do Aeroporto 21,4 milhões 44,03 milhões 12,2 milhões 18,7 milhões

26 Complementação e Reforma do Terminal 2 Obras civis, Instalações Hidrossanitárias e Sistema de Combate a Incêndio Início das obras 2008 Embarque Colocação de granito Colocação de piso- desembarque Retirada de piso antigo pátio triagem de bagagem COMPLEMENTAÇÃO DE m 2 (Áreas de Expansão)

27 Complementação e Reforma do Terminal 2 Obras civis, Instalações Hidrossanitárias e Sistema de Combate a Incêndio Colocação de guarda corpos Passarela para Deficiente Físico Tratamento de concreto aparente Recuperação do telhado COMPLEMENTAÇÃO DE m 2 (Áreas de Expansão)

28 SBRJ AEROPORTO SANTOS-DUMONT

29 DADOS OPERACIONAIS Início das operações: 1936 Distância do centro: 1km Empresas instaladas: 32 empresas de serviços e facilidades O Aeroporto liga o Rio de Janeiro a 23 cidades em vôos diretos. Horário de Funcionamento: 06h às 22h Esteiras de bagagem Terminal de desembarque 06 de restituição de bagagem Terminal de embarque 51 de captação de bagagem Carrocéis de captação de bagagem: 04

30

31 Aeroporto Santos Dumont Projeção de demanda x capacidade Milhões de passageiros/ano Capacidade Demanda Capacidade 1,8 8, Demanda 3,5 3,2 3,6 5,1 7,8 11,78

32 INVESTIMENTOS SBRJ

33 Torre de Controle Projeto da nova Torre de Controle Valor orçado: R$ ,14 Início da licitação: Mai/2011 Fim da licitação: JUL/2011 Assinatura do contrato: JUL/2011 Execução do Projeto:FEV/2012 Recebimento MAR/2012 Obra Valor estimado: R$ 15 milhões (a ser confirmado quando do término do projeto) Área total da cabine de operações : 109 m² Área Operacional de cabine: 62 m² Execução da obra: Início da licitação: ABR/2012 Fim da licitação: OUT/2012 Assinatura do contrato: OUT/2012 Execução do projeto: JAN/2014 Recebimento: FEV/ 2014

34 Pátio de Aeronaves Obra de recuperação do Pátio de Estacionamento de Aeronaves: Valor orçado: R$ ,00 Obs: Documentação Técnica concluída para procedimento de abertura de processo licitatório

35 SBJR AEROPORTO DE JACARAEPAGUÁ/RJ ROBERTO MARINHO

36

37 SBJR - capacidade X demanda de passageiros Mil passageiros/ano Capacidade Demanda Capacidade Demanda

38 INVESTIMENTOS SBJR

39 Nova Torre de Controle Valor orçado do Projeto Executivo: R$ 598 mil Contratação de empresa especializada para elaboração do Projeto Executivo para a Torre de Controle/GNA Início: 25/04/2011 Término: 21/10/2011 Pátio de aeronaves Projeto Executivo para ampliação do pátio de aeronaves Valor orçado do Projeto Executivo: R$ ,18 Edital em avaliação Prazo previsto: 120 dias

40 MOVIMENTO OPERACIONAL SBGL, SBRJ e SBJR

41 PASSAGEIROS DEP ATÉ ABRIL 2011 EMBARC DESEMBARC TOTAL EMBARC DESEMBARC TOTAL EMBARC DESEMBARC TOTAL SBGL SBRJ SBJR Total

42 AERONAVES DEP ATÉ ABRIL 2011 POUSOS DECOLAG TOTAL POUSOS DECOLAG TOTAL POUSOS DECOLAG TOTAL SBGL SBRJ SBJR Total

43 CARGAS (Kg) DEP ATÉ ABRIL 2011 EMBARC DESEMBARC TOTAL EMBARC DESEMBARC TOTAL EMBARC DESEMBARC TOTAL SGBL

44 LUCÍNIO BAPTISTA DA SILVA Superintendente Regional do Rio de Janeiro SRRJ Telefone: (21)

SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL DO RIO DE JANEIRO SRRJ AÇÕES RELACIONADAS AOS 07 JUNHO 2011

SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL DO RIO DE JANEIRO SRRJ AÇÕES RELACIONADAS AOS 07 JUNHO 2011 AÇÕES RELACIONADAS AOS AEROPORTOS DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL DO RIO DE JANEIRO SRRJ 07 JUNHO 2011 AEROPORTOS SBGL AEROPORTO INTERNACIONAL DO RIO DE JANEIRO/GALEÃO ANTONIO CARLOS

Leia mais

Aeroporto Internacional Pinto Martins Fortaleza - CE

Aeroporto Internacional Pinto Martins Fortaleza - CE Execução das Obras e Serviços de Engenharia para Reforma, Ampliação e Modernização do Terminal de Passageiros - TPS, Adequação do Sistema Viário de Acesso e Ampliação do Pátio de Estacionamento de Aeronaves

Leia mais

O crescimento do setor de transporte aéreo e da infra-estrutura aeroportuária. Mario Jorge Moreira Diretor de Engenharia

O crescimento do setor de transporte aéreo e da infra-estrutura aeroportuária. Mario Jorge Moreira Diretor de Engenharia O crescimento do setor de transporte aéreo e da infra-estrutura aeroportuária Mario Jorge Moreira Diretor de Engenharia Um pouco de história A INFRAERO, constituída em dezembro de 1972 para implantar,

Leia mais

Code-P0 COPA 2014. Atualizado em 27/09/2011

Code-P0 COPA 2014. Atualizado em 27/09/2011 CodeP0 AEROPORTOS COPA 2014 Atualizado em 27/09/2011 0 CodeP1 ÍNDICE 2 GUARULHOS 4 Construção do TPS 3 (1ª Fase) Desapropriação, Ampliação e Revitalização do Sistema de Pista e Pátio Ampliação e Revitalização

Leia mais

COPA 2014 AEROPORTOS Atualização: 14/06/2011

COPA 2014 AEROPORTOS Atualização: 14/06/2011 COPA 2014 AEROPORTOS Atualização: 14/06/2011 AEROPORTOS DA COPA 13 Aeroportos 31 Intervenções R$ 5,79 bilhões Manaus TPS Fortaleza TPS São Gonçalo do Amarante Pista Recife Torre Cuiabá TPS Brasília TPS

Leia mais

COPA 2014. 28º Reunião do Conselho Nacional de Turismo

COPA 2014. 28º Reunião do Conselho Nacional de Turismo COPA 2014 28º Reunião do Conselho Nacional de Turismo COPA 2014 CIDADES-SEDE Fortaleza Manaus Natal Recife Cuiabá Salvador Brasília Belo Horizonte Curitiba São Paulo Rio de Janeiro Porto Alegre PLANEJAMENTO

Leia mais

VISÃO ESTRATÉGICA DA INFRAESTRUTURA AEROPORTUÁRIA NACIONAL

VISÃO ESTRATÉGICA DA INFRAESTRUTURA AEROPORTUÁRIA NACIONAL CodeP0 VISÃO ESTRATÉGICA DA INFRAESTRUTURA AEROPORTUÁRIA NACIONAL Outubro/2013 0 AEROPORTOS Macapá Novo TPS 1ªfase Macapá Ampliação Pátio Fortaleza Ampliação TPS São Luís Ampliação do TPS São Luís Reforma

Leia mais

Code-P0 AEROPORTOS SÃO PAULO. Jaime Parreira e-mail: jparreira@infraero.gov.br

Code-P0 AEROPORTOS SÃO PAULO. Jaime Parreira e-mail: jparreira@infraero.gov.br Code-P0 AEROPORTOS SÃO PAULO Jaime Parreira e-mail: jparreira@infraero.gov.br 0 Code-P1 AEROPORTOS DA REGIONAL DE SÃO PAULO Movimento Operacional Infraero Regional de São Paulo 2010 Passageiros 48.224.873

Leia mais

AEROPORTO INTERNACIONAL SALGADO FILHO Jorge Herdina Superintendente. INFRAESTRUTURA E OPERAÇÕES PROJETOS ESTRATÉGICOS e PLANEJAMENTO DE INVESTIMENTO

AEROPORTO INTERNACIONAL SALGADO FILHO Jorge Herdina Superintendente. INFRAESTRUTURA E OPERAÇÕES PROJETOS ESTRATÉGICOS e PLANEJAMENTO DE INVESTIMENTO AEROPORTO INTERNACIONAL SALGADO FILHO Jorge Herdina Superintendente INFRAESTRUTURA E OPERAÇÕES PROJETOS ESTRATÉGICOS e PLANEJAMENTO DE INVESTIMENTO OBJETIVO Divulgar os Projetos Estratégicos do Aeroporto

Leia mais

Audiência Pública CREA/SP - 21/06/2011. InfraestruturaAeroportuária em SÃO PAULO para a COPA 2014

Audiência Pública CREA/SP - 21/06/2011. InfraestruturaAeroportuária em SÃO PAULO para a COPA 2014 INFRAERO Audiência Pública CREA/SP - 21/06/2011 InfraestruturaAeroportuária em SÃO PAULO para a COPA 2014 Arq. Jonas Lopes Superintendente de Estudos e Projetos de Engenharia jonas_lopes@infraero.gov.br

Leia mais

AEROPORTOS RESULTADOS DO 10º BALANÇO

AEROPORTOS RESULTADOS DO 10º BALANÇO AEROPORTOS RESULTADOS DO 10º BALANÇO AEROPORTOS Manaus Ampliação TPS Rio Branco Reforma e Ampliação TPS e Recuperação de Pista e Pátio Macapá Novo TPS 1ª fase Macapá Ampliação Pátio São Luís Reforma e

Leia mais

REGULAMENTO BRASILEIRO DA AVIAÇÃO CIVIL

REGULAMENTO BRASILEIRO DA AVIAÇÃO CIVIL REGULAMENTO BRASILEIRO DA AVIAÇÃO CIVIL RBAC nº 159 EMENDA nº 00 Título: QUALIDADE DE SERVIÇO AEROPORTUÁRIO INDICADORES DE NÍVEL DE SERVIÇO Aprovação: SUMÁRIO SUBPARTE A GENERALIDADES 159.1 Aplicabilidade

Leia mais

RELATÓRIO DE GESTÃO 2OO6

RELATÓRIO DE GESTÃO 2OO6 AEROPORTO INTERNACIONAL DE SÃO PAULO/GUARULHOS /GOV. ANDRÉ FRANCO MONTORO - SBGR Objeto: Implantação, adequação, ampliação e revitalização do sistema de pátios e pistas; recuperação e revitalização do

Leia mais

Plano de Investimentos para os Eventos Internacionais Esportivos no Brasil

Plano de Investimentos para os Eventos Internacionais Esportivos no Brasil 40ª RAPv Reunião Anual de Pavimentação Plano de Investimentos para os Eventos Internacionais Esportivos no Brasil INFRAERO Superintendência de Obras Ricardo Ferreira ricardof@infraero.gov.br 26 Outubro

Leia mais

02/08 - Resposta à matéria "Um aeroporto à espera de comando", do jornal O Globo Seg, 02 de Agosto de 2010 00:00

02/08 - Resposta à matéria Um aeroporto à espera de comando, do jornal O Globo Seg, 02 de Agosto de 2010 00:00 RESPOSTA AO JORNAL O GLOBO 02.08.10 Em relação à matéria Um Aeroporto à espera de um Comando, de Paulo Marqueiro, publicada na edição do dia 1/08/2010, a Infraero considera lamentável a divulgação de tantas

Leia mais

Secretaria de Aviação Civil da Presidência da República. 23 de novembro de 2011

Secretaria de Aviação Civil da Presidência da República. 23 de novembro de 2011 Secretaria de Aviação Civil da Presidência da República 23 de novembro de 2011 Secretaria de Aviação Civil INFRAERO ANAC Ministério da Defesa DECEA 1960 1962 1964 1966 1968 1970 1972 1974 1976 1978 1980

Leia mais

Balanço 2012 - Copa do Mundo Cidade-sede Belo Horizonte Brasília, Abril de 2012

Balanço 2012 - Copa do Mundo Cidade-sede Belo Horizonte Brasília, Abril de 2012 CodeP0 Balanço 2012 Copa do Mundo Cidadesede Belo Horizonte Brasília, CodeP1 Valores Consolidados R$ mi, abr/12 Total Empreendimentos Investimento Total Federal Local Federal Estádio 1 695,0 400,0 295,0

Leia mais

Modernização Aeroportuária sob a Gestão de Concessionário. Comissão de Serviços de Infraestrutura do Senado Federal 11/09/2013

Modernização Aeroportuária sob a Gestão de Concessionário. Comissão de Serviços de Infraestrutura do Senado Federal 11/09/2013 Modernização Aeroportuária sob a Gestão de Concessionário Comissão de Serviços de Infraestrutura do Senado Federal 11/09/2013 LINHA DO TEMPO GRU Airport assume definitivamente a administração do aeroporto

Leia mais

Aeroportos Copa do Mundo 2014. 14 Dezembro 2009

Aeroportos Copa do Mundo 2014. 14 Dezembro 2009 Aeroportos Copa do Mundo 2014 14 Dezembro 2009 Belo Horizonte e Confins - MG 1. Aeroporto Internacional Tancredo Neves Confins 2. Aeroporto de Belo Horizonte/ Pampulha Carlos Drummond de Andrade Brasília

Leia mais

COMANDO DA AERONÁUTICA DEPARTAMENTO DE AVIAÇÃO CIVIL

COMANDO DA AERONÁUTICA DEPARTAMENTO DE AVIAÇÃO CIVIL COMANDO DA AERONÁUTICA DEPARTAMENTO DE AVIAÇÃO CIVIL PORTARIA Nº 1592/GM5, DE 07 DE NOVEMBRO DE 1984. Alterada pela Portaria n.º 484/GM5, de 20 JUL 88 (*). Alterada pela Portaria n.º 677 /GM2, de 10 SET

Leia mais

Aeroporto Internacional Tancredo Neves/Confins - SBCF

Aeroporto Internacional Tancredo Neves/Confins - SBCF Aeroporto Internacional Tancredo Neves/Confins - SBCF Breve Histórico Na década de 70 o então Ministério da Aeronáutica, em parceria com o Governo de Minas Gerais, iniciou estudos para viabilizar a construção

Leia mais

AEROPORTO INTERNACIONAL DE SÃO PAULO/GUARULHOS

AEROPORTO INTERNACIONAL DE SÃO PAULO/GUARULHOS AEROPORTO INTERNACIONAL DE SÃO PAULO/GUARULHOS SITUAÇÃO ATUAL AMPLIAÇÃO março/2009 A Empresa 67 aeroportos (32 internacionais) 80 estações de apoio à navegação aéreaa s s 32 terminais de logística de carga

Leia mais

AEROPORTO INTERNACIONAL DA DA GRANDE NATAL SÃO SÃO GONÇALO DO DO AMARANTE - RN - RN

AEROPORTO INTERNACIONAL DA DA GRANDE NATAL SÃO SÃO GONÇALO DO DO AMARANTE - RN - RN AEROPORTO INTERNACIONAL DA DA GRANDE NATAL SÃO SÃO GONÇALO DO DO AMARANTE - RN - RN PROJETOS Instalações que compõem o escopo do empreendimento: Via de acesso principal à área terminal; Estacionamento

Leia mais

Infraestrutura Aeroportuária: Desafios e Perspectivas

Infraestrutura Aeroportuária: Desafios e Perspectivas Infraestrutura Aeroportuária: Desafios e Perspectivas 8 de dezembro de 2011 SECRETARIA DE AVIAÇÃO CIVIL INFRAERO ANAC Ministério da Defesa DECEA AVIAÇÃO CIVIL PANORAMA INVESTIMENTOS CONCESSÕES INFRAERO

Leia mais

Code-P0. 4º Balanço de Ações para a Copa (1º Ciclo) Cidade-sede de Porto Alegre. Dezembro de 2012

Code-P0. 4º Balanço de Ações para a Copa (1º Ciclo) Cidade-sede de Porto Alegre. Dezembro de 2012 CodeP0 4º Balanço de Ações para a Copa (1º Ciclo) Cidadesede de Porto Alegre Dezembro de 2012 CodeP1 CODE1 Porto Alegre: Distribuição dos Investimentos por Tema e Fonte de s Referência Nov/12, Distribuição

Leia mais

ITEM DESCRIÇÃO UNID. QUANT.

ITEM DESCRIÇÃO UNID. QUANT. I - SERVIÇOS PRELIMINARES SP (LOTES 1 A 9) ETE 1 (CY. 06 / 000.92 / 2369 / 00) PLANO DE DOCUMENTAÇÃO GERAL NAS ETAPAS DE ESTUDO 1 PRELIMINAR EP, PROJETO BÁSICO PB E PROJETO EXECUTIVO PE 1.1 Plano de Documentação

Leia mais

39 aeroportos envolvidos, localizados nas cidades-sede ou a até 200 km delas

39 aeroportos envolvidos, localizados nas cidades-sede ou a até 200 km delas GRANDES NÚMEROS 39 aeroportos envolvidos, localizados nas cidades-sede ou a até 200 km delas mais de 1 milhão de atletas, delegações e turistas circulando pelos principais aeroportos do evento. 4 mil são

Leia mais

Code-P1. 5º Balanço de Ações para a Copa (1º Ciclo) Cidade-sede: Curitiba. Setembro/2013

Code-P1. 5º Balanço de Ações para a Copa (1º Ciclo) Cidade-sede: Curitiba. Setembro/2013 CodeP1 5º Balanço de Ações para a Copa (1º Ciclo) Cidadesede: Curitiba Setembro/2013 Curitiba: Distribuição dos Investimentos por Tema e Fonte de s CodeP2 Referência Set/13, Distribuição dos investimentos

Leia mais

Infraestrutura Aeroportuária Copa do Mundo 2014

Infraestrutura Aeroportuária Copa do Mundo 2014 VI Seminário ALACPA de Pavimentos Aeroportuários e IV FAA Workshop Infraestrutura Aeroportuária Copa do Mundo 2014 28 Outubro 2009 Arq. Jonas M. Lopes INFRAERO Aeroportos - Copa do Mundo 2014 Belo Horizonte

Leia mais

Code-P0. 4º Balanço de Ações para a Copa (1º Ciclo) Cidade-sede do Rio de Janeiro. Dezembro de 2012

Code-P0. 4º Balanço de Ações para a Copa (1º Ciclo) Cidade-sede do Rio de Janeiro. Dezembro de 2012 CodeP0 4º Balanço de Ações para a Copa (1º Ciclo) Cidadesede do Rio de Janeiro Dezembro de 2012 CodeP1 CODE1 Rio de Janeiro: Distribuição dos Investimentos por Tema e Fonte de s Referência Nov/12, Distribuição

Leia mais

INFRAERO. Planejamento dos Investimentos 2010 a 2016 Aeroportos Cidades Sede da Copa 2014. Audiência Pública Câmara dos Deputados 14 de julho de 2010

INFRAERO. Planejamento dos Investimentos 2010 a 2016 Aeroportos Cidades Sede da Copa 2014. Audiência Pública Câmara dos Deputados 14 de julho de 2010 1 INFRAERO Planejamento dos Investimentos 2010 a 2016 Aeroportos Cidades Sede da Copa 2014 Audiência Pública Câmara dos Deputados 14 de julho de 2010 Demanda Histórica 1997 : 0,3 pax/habitantes (163,8

Leia mais

Balanço 2012 - Copa do Mundo Cidade-sede Curitiba Brasília, Abril de 2012

Balanço 2012 - Copa do Mundo Cidade-sede Curitiba Brasília, Abril de 2012 CodeP0 Balanço 2012 Copa do Mundo Cidadesede Curitiba Brasília, CodeP1 Valores Consolidados R$ mi, abr/12 Total Empreendimentos Investimento Total Financiamento Federal Local Federal Privado Estádio 1

Leia mais

INFRAERO Diretoria de Engenharia e Meio Ambiente Jaime Parreira E-mail: jparreira@infraero.gov.br

INFRAERO Diretoria de Engenharia e Meio Ambiente Jaime Parreira E-mail: jparreira@infraero.gov.br 1 INFRAERO Diretoria de Engenharia e Meio Ambiente Jaime Parreira E-mail: jparreira@infraero.gov.br 2 Organização 9 Superintendências Regionais Superintendência Regional do Noroeste; Superintendência Regional

Leia mais

DECLARAÇÃO DE CAPACIDADE OPERACIONAL RIOGALEÃO

DECLARAÇÃO DE CAPACIDADE OPERACIONAL RIOGALEÃO DECLARAÇÃO DE CAPACIDADE OPERACIONAL RIOGALEÃO Temporada S15 29/03/15 a 24/10/15 27 de março de 2015 RIOgaleão - Aeroporto Internacional Tom Jobim Sigla ICAO: SBGL Horário de Funcionamento: H24 Responsável

Leia mais

Concessão Aeroportos Guarulhos, Viracopos e Brasília

Concessão Aeroportos Guarulhos, Viracopos e Brasília Concessão Aeroportos Guarulhos, Viracopos e Brasília Brasília, 13 de Outubro de 2011 Imagem meramente ilustrativa extraída do site www.infraero.gov.br Todos os direitos reservados. Agenda P R E M I S S

Leia mais

RELATÓRIO DE FISCALIZAÇÃO - SINTÉTICO

RELATÓRIO DE FISCALIZAÇÃO - SINTÉTICO 1 RELATÓRIO DE FISCALIZAÇÃO - SINTÉTICO TC 003.762/2014-9 Fiscalização 90/2014 DA FISCALIZAÇÃO Modalidade: conformidade Ato originário: Despacho de 27/1/2014 do Min. Valmir Campelo (TC 001.081/2014-4)

Leia mais

Code-P1. 5º Balanço de Ações para a Copa (1º Ciclo) Cidade-sede: Porto Alegre. Setembro/2013

Code-P1. 5º Balanço de Ações para a Copa (1º Ciclo) Cidade-sede: Porto Alegre. Setembro/2013 CodeP1 5º Balanço de Ações para a Copa (1º Ciclo) Cidadesede: Porto Alegre Setembro/2013 Porto Alegrel: Distribuição dos Investimentos por Tema e Fonte de Recursos CodeP2 Referência Set/13, Distribuição

Leia mais

RELATÓRIO GERENCIAL TRIMESTRAL 004 JUNHO/15

RELATÓRIO GERENCIAL TRIMESTRAL 004 JUNHO/15 RELATÓRIO GERENCIAL TRIMESTRAL 004 JUNHO/15 Relatório Gerencial Trimestral elaborado por: Leandro Toré de Castro Diretor de Contrato 61 3878 4718 ltcastro@odebrecht.com Thiago Galvão Diretor de Contrato

Leia mais

Code-P0 AEROPORTOS PAC 2

Code-P0 AEROPORTOS PAC 2 Code-P0 AEROPORTOS PAC Atualizado em 05/03/0 0 Code-P ÍNDICE MAPA AEROPORTOS PAC 3 GUARULHOS 4 Projeto Básico do TPS 3 Terraplenagem para construção do TPS 3 Ampliação e Revitalização do Sistema de Pistas

Leia mais

Code-P1. 5º Balanço de Ações para a Copa (1º Ciclo) Cidade-sede: Fortaleza. Setembro/2013

Code-P1. 5º Balanço de Ações para a Copa (1º Ciclo) Cidade-sede: Fortaleza. Setembro/2013 CodeP1 5º Balanço de Ações para a Copa (1º Ciclo) Cidadesede: Fortaleza Setembro/2013 Fortaleza: Distribuição dos Investimentos por Tema e Fonte de s CodeP2 Referência Set/13, Distribuição dos investimentos

Leia mais

DADOS ATUAIS MOVIMENTO DE PASSAGEIROS ESTIMADO CAPACIDADE ATUAL: ÁREA DO PÁTIO DE AERONAVES: 45.000,00 m² ÁREA DO TPS:

DADOS ATUAIS MOVIMENTO DE PASSAGEIROS ESTIMADO CAPACIDADE ATUAL: ÁREA DO PÁTIO DE AERONAVES: 45.000,00 m² ÁREA DO TPS: ROTEIRO DADOS ATUAIS MOVIMENTO DE PASSAGEIROS ESTIMADO HISTÓRICO DO AEROPORTO JUSTIFICATIVA DO EMPREENDIMENTO AÇÕES PREVISTAS O PROJETO INVESTIMENTO PREVISTO PREVISÃO DE DESEMBOLSO PRAZOS ESTIMADOS DADOS

Leia mais

EDITAL DO LEILÃO Nº 2/2011 ANEXO 4 DO CONTRATO TARIFAS

EDITAL DO LEILÃO Nº 2/2011 ANEXO 4 DO CONTRATO TARIFAS EDITAL DO LEILÃO Nº 2/2011 ANEXO 4 DO CONTRATO TARIFAS 1 Sumário 1. Informações iniciais... 3 1.1. Introdução... 3 1.2. Definições... 3 2. Tarifas... 6 2.1. Considerações... 6 2.2. Tarifas Aeroportuárias...

Leia mais

Concessão. Aeroporto do Galeão PRESS KIT

Concessão. Aeroporto do Galeão PRESS KIT PRESS KIT Assinatura do contrato do (RJ) Abril/2014 SUMÁRIO Governo assina contrato de concessão (RJ) 3 Obras e melhorias em andamento no (RJ) - INFRAERO 5 Resultado do Leilão de Galeão e Confins: ágio

Leia mais

OBRAS VÃO TRANSFORMAR VIRACOPOS NO MAIOR AEROPORTO DA AMÉRICA LATINA

OBRAS VÃO TRANSFORMAR VIRACOPOS NO MAIOR AEROPORTO DA AMÉRICA LATINA OBRAS VÃO TRANSFORMAR VIRACOPOS NO MAIOR AEROPORTO DA AMÉRICA LATINA Aeroportos Brasil Viracopos investirá R$ 9,5 bilhões na ampliação e modernização do complexo aeroportuário nos 30 anos da concessão

Leia mais

MINISTÉRIO DA DEFESA GABINETE DO COMANDANTE DA AERONÁUTICA COMANDO DA AERONÁUTICA

MINISTÉRIO DA DEFESA GABINETE DO COMANDANTE DA AERONÁUTICA COMANDO DA AERONÁUTICA MINISTÉRIO DA DEFESA GABINETE DO COMANDANTE DA AERONÁUTICA COMANDO DA AERONÁUTICA PORTARIA N o 306/GC5, DE 25 DE MARÇO DE 2003. Aprova a Instrução sobre a cobrança das Tarifas Aeroportuárias de Embarque,

Leia mais

2 ATENDENDO RAT 427FA1-GTFZ-2012 25/7/12 MGB LSR WV 1 ATENDENDO A CF Nº 8872/GTFZ/11 29/07/11 MGB LSR WV 0 EMISSÃO INICIAL 04/03/11 MGB PK WV

2 ATENDENDO RAT 427FA1-GTFZ-2012 25/7/12 MGB LSR WV 1 ATENDENDO A CF Nº 8872/GTFZ/11 29/07/11 MGB LSR WV 0 EMISSÃO INICIAL 04/03/11 MGB PK WV 2 ATENDENDO RAT 427FA1-GTFZ-2012 25/7/12 MGB LSR WV 1 ATENDENDO A CF Nº 8872/GTFZ/11 29/07/11 MGB LSR WV 0 EMISSÃO INICIAL 04/03/11 MGB PK WV Rev. Modificação Data Projetista Desenhista Aprovo Coordenador

Leia mais

Um estudo para o Aeroporto USIMINAS, em Ipatinga

Um estudo para o Aeroporto USIMINAS, em Ipatinga Contribuição técnica nº 17 Um estudo para o Aeroporto USIMINAS, em Ipatinga Luiza Oliveira Arquiteta e Urbanista Mestranda em Engenharia Civil Universidade Federal de Viçosa - MG Orientadores Gustavo de

Leia mais

MANUAL DE PLANEJAMENTO DO SETOR DE AVIAÇÃO CIVIL COPA DO MUNDO 2014. Comitê Técnico de Operações Especiais CONAERO

MANUAL DE PLANEJAMENTO DO SETOR DE AVIAÇÃO CIVIL COPA DO MUNDO 2014. Comitê Técnico de Operações Especiais CONAERO MANUAL DE PLANEJAMENTO DO SETOR DE AVIAÇÃO CIVIL COPA DO MUNDO 2014 Comitê Técnico de Operações Especiais CONAERO ORGANIZAÇÃO DO SETOR CONAERO Comissão Nacional de Autoridades Aeroportuárias -Decisões

Leia mais

JUSTIFICATIVA DE AUDIÊNCIA PÚBLICA

JUSTIFICATIVA DE AUDIÊNCIA PÚBLICA JUSTIFICATIVA DE AUDIÊNCIA PÚBLICA Ementa: Proposta de ato normativo para regulamentar a apresentação de informações relativas à movimentação aeroportuária. 1. Do Objetivo Com o recebimento das informações

Leia mais

INVEPAR INVESTIMENTOS E PARTICIPAÇÕES EM INFRAESTRUTURA S.A. FIESP - Painel sobre Investimento Privado e Concessões Aeroportuárias 07/05/2013

INVEPAR INVESTIMENTOS E PARTICIPAÇÕES EM INFRAESTRUTURA S.A. FIESP - Painel sobre Investimento Privado e Concessões Aeroportuárias 07/05/2013 FIESP - Painel sobre Investimento Privado e Concessões Aeroportuárias 07/05/2013 A concessão de aeroportos tem um papel crucial na elevação de qualidade e eficiência operacional... Perspectiva Cenário

Leia mais

CREA-PR FIEP IEP SICEPOT INSTITUIÇÕES PROPONENTES PELT 2020 CONSELHO REGIONAL DE ENGENHARIA, ARQUITETURA E AGRONOMIA DO PARANÁ

CREA-PR FIEP IEP SICEPOT INSTITUIÇÕES PROPONENTES PELT 2020 CONSELHO REGIONAL DE ENGENHARIA, ARQUITETURA E AGRONOMIA DO PARANÁ CREA-PR INSTITUIÇÕES PROPONENTES PELT 2020 CONSELHO REGIONAL DE ENGENHARIA, ARQUITETURA E AGRONOMIA DO PARANÁ FIEP IEP FEDERAÇÃO DAS INDÚSTRIAS DO ESTADO DO PARANÁ INSTITUTO DE ENGENHARIA DO PARANÁ SICEPOT

Leia mais

Code-P1. 5º Balanço de Ações para a Copa (1º Ciclo) Cidade-sede: Belo Horizonte. Setembro/2013

Code-P1. 5º Balanço de Ações para a Copa (1º Ciclo) Cidade-sede: Belo Horizonte. Setembro/2013 CodeP1 5º Balanço de Ações para a Copa (1º Ciclo) Cidadesede: Belo Horizonte Setembro/2013 Belo Horizonte: Distribuição dos Investimentos por Tema e Fonte de s CodeP2 Referência Set/13, Distribuição dos

Leia mais

ANAC divulga minuta de edital de concessão de Galeão e Confins

ANAC divulga minuta de edital de concessão de Galeão e Confins ANAC divulga minuta de edital de concessão de Galeão e Confins A Diretoria Colegiada da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) aprovou, nesta quarta-feira (29/05), a minuta do Edital de Leilão e do Contrato

Leia mais

DEMONSTRATIVO DE CÁLCULO DE APOSENTADORIA - FORMAÇÃO DE CAPITAL E ESGOTAMENTO DAS CONTRIBUIÇÕES

DEMONSTRATIVO DE CÁLCULO DE APOSENTADORIA - FORMAÇÃO DE CAPITAL E ESGOTAMENTO DAS CONTRIBUIÇÕES Página 1 de 28 Atualização: da poupança jun/81 1 133.540,00 15,78 10,00% 13.354,00 10,00% 13.354,00 26.708,00-0,000% - 26.708,00 26.708,00 26.708,00 jul/81 2 133.540,00 15,78 10,00% 13.354,00 10,00% 13.354,00

Leia mais

Concessão. Aeroporto de Confins PRESS KIT

Concessão. Aeroporto de Confins PRESS KIT PRESS KIT Assinatura do contrato do (MG) Abril/2014 SUMÁRIO Governo assina contrato de concessão (MG) 3 Fases da Concessão 5 Obras e melhorias em andamento no (MG) - INFRAERO 6 Resultado do Leilão de Galeão

Leia mais

AEROPORTO DE SALVADOR. Caracterização do Empreendimento da 2ª 2 Pista de Pouso e Decolagem

AEROPORTO DE SALVADOR. Caracterização do Empreendimento da 2ª 2 Pista de Pouso e Decolagem Caracterização do Empreendimento da 2ª 2 Pista de Pouso e Decolagem Gerência de Planos Diretores - Sede Abril/2010 Documento de Planejamento Plano Diretor Aeroportuário rio Objetivo Definição Objetivos

Leia mais

SP-C.01 ANEXO C INFRAESTRUTURA AEROPORTUÁRIA. Matriz de Responsabilidades São Paulo São Paulo SÃO PAULO SÃO PAULO. Governo Federal (Infraero)

SP-C.01 ANEXO C INFRAESTRUTURA AEROPORTUÁRIA. Matriz de Responsabilidades São Paulo São Paulo SÃO PAULO SÃO PAULO. Governo Federal (Infraero) Matriz de s SÃO PAULO SÃO PAULO ANEXO C INFRAESTRUTURA AEROPORTUÁRIA Aeroporto Internacional de São Paulo/Guarulhos Governador André Franco Montoro Total dos Projetos: R$ 1.219,4 milhões Construção do

Leia mais

FEDERAÇÃO DAS INDÚSTRIAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA

FEDERAÇÃO DAS INDÚSTRIAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA FEDERAÇÃO DAS INDÚSTRIAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA OBRAS DE INFRAESTRUTURA DE TRANSPORTES ESTRATÉGICAS PARA INDÚSTRIA CATARINENSE Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina FIESC Glauco José

Leia mais

Code-P0. 4º Balanço de Ações para a Copa (1º Ciclo) Cidade-sede de São Paulo. Dezembro de 2012

Code-P0. 4º Balanço de Ações para a Copa (1º Ciclo) Cidade-sede de São Paulo. Dezembro de 2012 CodeP0 4º Balanço de Ações para a Copa (1º Ciclo) Cidadesede de São Paulo Dezembro de 2012 São Paulo: Distribuição dos Investimentos por Tema e Fonte de Recursos Referência Nov/12, Distribuição dos investimentos

Leia mais

PRÓ-TRANSPORTE - MOBILIDADE URBANA - PAC COPA 2014 - CT 318.931-88/10

PRÓ-TRANSPORTE - MOBILIDADE URBANA - PAC COPA 2014 - CT 318.931-88/10 AMPLIAÇÃO DA CENTRAL DE Simpl Acum Simpl Acum jul/10 a jun/11 jul/11 12 13 (%) (%) (%) (%) 1.72.380,00 0,00 0,00 0,00 361.00,00 22,96 22,96 1/11 AMPLIAÇÃO DA CENTRAL DE ago/11 Simpl Acum Simpl Acum Simpl

Leia mais

Eficiência Funcionários Check-In

Eficiência Funcionários Check-In Eficiência Funcionários Check-In Sinalização dos fluxos, através de divisores, displays e sinalização horizontal; Alteração de layout áreas de formação de fila; Triagem dos passageiros na entrada da área

Leia mais

Safra 2016/2017. Safra 2015/2016

Safra 2016/2017. Safra 2015/2016 Valores de ATR e Preço da Tonelada de Cana-de-açúcar - Consecana do Estado do Paraná Safra 2016/2017 Mar/16 0,6048 0,6048 0,6048 66,04 73,77 Abr 0,6232 0,6232 0,5927 64,72 72,29 Mai 0,5585 0,5878 0,5868

Leia mais

PRÓ-TRANSPORTE - MOBILIDADE URBANA - PAC COPA 2014 - CT 318.931-88/10

PRÓ-TRANSPORTE - MOBILIDADE URBANA - PAC COPA 2014 - CT 318.931-88/10 AMPLIAÇÃO DA CENTRAL DE Simpl Acum Simpl Acum jul/10 a jun/11 jul/11 12 13 (%) (%) (%) (%) 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 1/11 AMPLIAÇÃO DA CENTRAL DE ago/11 Simpl Acum Simpl Acum Simpl Acum 14 set/11 15

Leia mais

GUIA DE TAXAS REGULADAS 2016 GRUPO ANA

GUIA DE TAXAS REGULADAS 2016 GRUPO ANA GUIA DE TAXAS REGULADAS 2016 GRUPO ANA 1 INDICE AEROPORTOS DA REDE ANA... 3 PROCEDIMENTOS PARA OPERAÇÃO NOS AEROPORTOS DA REDE ANA... 3 FATURAÇÃO E PAGAMENTO DE TAXAS... 4 DEFINIÇÕES... 5 TAXAS DE TRÁFEGO...

Leia mais

Programa de Investimentos em Logística

Programa de Investimentos em Logística Programa de Investimentos em Logística Um Projeto Estratégico do Estado Brasileiro Bernardo Figueiredo Presidente da Empresa de Planejamento e Logística Logística e Desenvolvimento Econômico Imperativos

Leia mais

CRESCE BRASIL COPA 2014 Aeroportos: Desafios, preparativos, legados DARIO RAIS LOPES

CRESCE BRASIL COPA 2014 Aeroportos: Desafios, preparativos, legados DARIO RAIS LOPES CRESCE BRASIL COPA 2014 Aeroportos: Desafios, preparativos, legados DARIO RAIS LOPES Roteiro Visão oficial Preparativos e pontos de atenção Impacto do tráfego nos aeroportos Gerenciamento da demanda Antes

Leia mais

INFRAERO. Estudo de Viabilidade Ambiental EVA

INFRAERO. Estudo de Viabilidade Ambiental EVA Concepção Artística do futuro Terminal de Passageiros Fortaleza CE Documento Elaborado visando o Licenciamento ambiental, em atendimento ao Termo de Referência nº 528/2010 COPAM/NUCAM, emitido pela Superintendência

Leia mais

Code-P13 CODE-13. Obras Copa 2014. Julho de 2014

Code-P13 CODE-13. Obras Copa 2014. Julho de 2014 Code-P13 CODE-13 Obras Copa 2014 Julho de 2014 CODE-14 Manaus (1/2) Escopo: Reconstrução do Estádio Capacidade: 44.480 lugares Valor: R$ 669,50 milhões Arena da Amazônia Fonte: ME e Secopa/AM Jul/14 Eduardo

Leia mais

DECISÃO Nº 41, DE 6 DE MAIO DE 2014.

DECISÃO Nº 41, DE 6 DE MAIO DE 2014. DECISÃO Nº 41, DE 6 DE MAIO DE 2014. Reajusta as tarifas aeroportuárias aplicáveis ao contrato de concessão do Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro/Galeão - Antônio Carlos Jobim, localizado no município

Leia mais

Code-P1. 5º Balanço de Ações para a Copa (1º Ciclo) Cidade-sede: Cuiabá. Setembro/2013

Code-P1. 5º Balanço de Ações para a Copa (1º Ciclo) Cidade-sede: Cuiabá. Setembro/2013 CodeP1 5º Balanço de Ações para a Copa (1º Ciclo) Cidadesede: Cuiabá Setembro/2013 Cuiabá: Distribuição dos Investimentos por Tema e Fonte de Recursos CodeP2 Referência Set/13, Distribuição dos investimentos

Leia mais

CENTRO DE ENSINO SUPERIOR

CENTRO DE ENSINO SUPERIOR SP CEP: 12236-660 www.unianhanguera.edu.br ADMINISTRAÇÃO Colaborativa Disciplina: DPP Prof º. Tutor Presencial Trabalho, emprego e empregabilidade Área de atuação pesquisada 1. Engenheiro Petroquímico

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº, DE DE DE 2012.

RESOLUÇÃO Nº, DE DE DE 2012. RESOLUÇÃO Nº, DE DE DE 2012. Dispõe sobre a obrigação dos operadores de aeródromo de informar à ANAC a capacidade operacional. A DIRETORIA DA AGÊNCIA NACIONAL DE AVIAÇÃO CIVIL - ANAC, no exercício das

Leia mais

PORTARIA N 3401/SIA/SRE, DE 26 DE DEZEMBRO DE 2013.

PORTARIA N 3401/SIA/SRE, DE 26 DE DEZEMBRO DE 2013. PORTARIA N 3401/SIA/SRE, DE 26 DE DEZEMBRO DE 2013. Dispõe sobre regras e diretrizes metodológicas para a obtenção dos indicadores de Serviços Diretos e Disponibilidade de Equipamentos e Instalações que

Leia mais

AUDIÊNCIA PÚBLICAP COMISSÃO DE DESENVOLVIMENTO REGIONAL E TURISMO

AUDIÊNCIA PÚBLICAP COMISSÃO DE DESENVOLVIMENTO REGIONAL E TURISMO AUDIÊNCIA PÚBLICAP COMISSÃO DE DESENVOLVIMENTO REGIONAL E TURISMO Brasília, 19 de maio de 2010 1 3 SEGURANÇA OPERACIONAL SAFETY Continua sendo a prioridade na aviação comercial Brasil 0.00 0.00 Hull losses

Leia mais

CARTEIRA DE PROJETOS OLÍMPICOS

CARTEIRA DE PROJETOS OLÍMPICOS BR.01 Projetos básicos e executivos das instalações esportivas do Parque Olímpico da Elaboração dos projetos básicos e executivos dos equipamentos esportivos do Parque Olímpico da. 5 mar/13 jun/14 Concluído

Leia mais

Seja qual for a configuração do terminal passageiros percorrem uma sequência de atividades quando no aeroporto:

Seja qual for a configuração do terminal passageiros percorrem uma sequência de atividades quando no aeroporto: TRA 57_Operações em Aeroportos Fluxos, Processos e Atividades Operacionais: TPS Giovanna Miceli Ronzani Borille (ronzani@ita.br) processo Seja qual for a configuração do terminal passageiros percorrem

Leia mais

* Subcomissão Permanente CMACOPOLIM. Carlos Eduardo M.S. Pellegrino Brasília, 07 de junho de 2011

* Subcomissão Permanente CMACOPOLIM. Carlos Eduardo M.S. Pellegrino Brasília, 07 de junho de 2011 Apresentação ao Senado Federal Audiência Pública Conjunta das Comissões de * Serviços de Infraestrutura * Desenvolvimento Regional e Turismo * Assuntos Econômicos * Meio Mi Ambiente, Df Defesa do Consumidor

Leia mais

Code-P1. 5º Balanço de Ações para a Copa (1º Ciclo) Cidade-sede: Salvador. Setembro/2013

Code-P1. 5º Balanço de Ações para a Copa (1º Ciclo) Cidade-sede: Salvador. Setembro/2013 CodeP1 5º Balanço de Ações para a Copa (1º Ciclo) Cidadesede: Salvador Setembro/2013 Salvador: Distribuição dos Investimentos por Tema e Fonte de Recursos CodeP2 Referência Set/13, Distribuição dos investimentos

Leia mais

3º Balanço das ações do Governo Brasileiro para a Copa- Abril 2012

3º Balanço das ações do Governo Brasileiro para a Copa- Abril 2012 Code-P0 3º Balanço das ações do Governo Brasileiro para a Copa- Abril 2012 Brasília, Maio de 2012 Code-P1 Conteúdo do documento Visão geral das ações Visão por tema 1 Code-P2 Ciclos dos preparativos do

Leia mais

ANEXO I REGRAS E DIRETRIZES METODOLÓGICAS PARA OBTENÇÃO DOS INDICADORES DE SERVIÇOS DIRETOS E DE DISPONIBILIDADE DE EQUIPAMENTOS E INSTALAÇÕES

ANEXO I REGRAS E DIRETRIZES METODOLÓGICAS PARA OBTENÇÃO DOS INDICADORES DE SERVIÇOS DIRETOS E DE DISPONIBILIDADE DE EQUIPAMENTOS E INSTALAÇÕES ANEXO I REGRAS E DIRETRIZES METODOLÓGICAS PARA OBTENÇÃO DOS INDICADORES DE SERVIÇOS DIRETOS E DE DISPONIBILIDADE DE EQUIPAMENTOS E INSTALAÇÕES 1. Indicadores de Serviços Diretos 1.1 Tempo na fila de inspeção

Leia mais

Copa do Mundo FIFA 2014

Copa do Mundo FIFA 2014 1. Belo Horizonte Copa do Mundo FIFA 2014 CODE-2 Belo Horizonte Belo Horizonte Quantitativo de Empreendimentos e Investimentos por Tema Nº de Empreendimentos Investimento Total (R$ mi) Estádio Mobilidade

Leia mais

PEDRANÓPOLIS. OBRAS E AÇÕES - Gestão 2007-2010 R$ 9.186.200,00

PEDRANÓPOLIS. OBRAS E AÇÕES - Gestão 2007-2010 R$ 9.186.200,00 PEDRANÓPOLIS OBRAS E AÇÕES - Gestão 2007-2010 R$ 9.186.200,00 AGRICULTURA: Distribuição de leite: distribuídos 81.267 litros de leite, no período de Jan/2007 a Dez/2008 Custo: R$ 100 mil, beneficiando

Leia mais

Fluxo de caixa desde Dom 10/10/10 GP5 - Cronograma 201010010

Fluxo de caixa desde Dom 10/10/10 GP5 - Cronograma 201010010 Jun/10 Jul/10 Ago/10 Set/10 Out/10 Nov/ Projeto GP5: Casa Popular Gerenciamento de Projetos 1ª Entrega Project Charter do Projeto Pesquisar sobre o Projeto R$ 5.754,38 R$ 1.912,50 Descrever o Project Charter

Leia mais

INFRAESTRUTURA TURÍSTICA, MEGAEVENTOS ESPORTIVOS E PROMOÇÃO DE IMAGEM DO BRASIL NO EXTERIOR. Ralph Lima Terra Vice Presidente Executivo

INFRAESTRUTURA TURÍSTICA, MEGAEVENTOS ESPORTIVOS E PROMOÇÃO DE IMAGEM DO BRASIL NO EXTERIOR. Ralph Lima Terra Vice Presidente Executivo INFRAESTRUTURA TURÍSTICA, MEGAEVENTOS ESPORTIVOS E PROMOÇÃO DE IMAGEM DO BRASIL NO EXTERIOR Ralph Lima Terra Vice Presidente Executivo Brasília / DF 16-17 de Agosto de 2011 ÁREAS ATENDIDAS SETORES DA INFRAESTRUTURA

Leia mais

Sua estrutura envolve matriz no Rio de Janeiro (RJ) e filiais em São Paulo (SP), Belo Horizonte (MG) e Miami (EUA).

Sua estrutura envolve matriz no Rio de Janeiro (RJ) e filiais em São Paulo (SP), Belo Horizonte (MG) e Miami (EUA). A EMPRESA 100% nacional, a Skymidia opera há 16 anos com tecnologia associada à publicidade. Além dos inovadores carregadores de celulares, a empresa atua no segmento de mídia aeroportuária. Sua estrutura

Leia mais

COPA DO MUNDO FIFA 2014 Belo Horizonte Brasil. Ações do Governo de Minas Gerais

COPA DO MUNDO FIFA 2014 Belo Horizonte Brasil. Ações do Governo de Minas Gerais COPA DO MUNDO FIFA 2014 Belo Horizonte Brasil Ações do Governo de Minas Gerais 27 de Outubro de 2009 Roteiro Estratégia de Execução Modernização do Mineirão Reforma dos Estádios Alternativos Mobilidade

Leia mais

CARTEIRA DE PROJETOS OLÍMPICOS

CARTEIRA DE PROJETOS OLÍMPICOS A P O Autoridade Pública Olímpica CARTEIRA DE PROJETOS OLÍMPICOS Versão 4.0 18/08/2015 ZONA REFERÊNCIA MATRIZ PROJETO / AÇÃO REFERÊNCIA SUBPROJETO DESCRIÇÃO DO PROJETO/AÇÃO RESPONSABILIDADES PRAZO MATURIDADE

Leia mais

simplificando a sua obra

simplificando a sua obra simplificando a sua obra PERFIL A Rodoserv Engenharia originou-se em 1997, com um escritório de projetos de engenharia civil, transformando-se com o passar dos anos numa empresa de negócios diversificados

Leia mais

Code-P0. 4º Balanço de Ações para a Copa (1º Ciclo) Cidade-sede de Recife. Dezembro de 2012

Code-P0. 4º Balanço de Ações para a Copa (1º Ciclo) Cidade-sede de Recife. Dezembro de 2012 CodeP0 4º Balanço de Ações para a Copa (1º Ciclo) Cidadesede de Recife Dezembro de 2012 Recife: Distribuição dos Investimentos por Tema e Fonte de s Referência Nov/12, Distribuição dos investimentos por

Leia mais

Secretaria de Aviação Civil da Presidência da República. 10 de novembro de 2011

Secretaria de Aviação Civil da Presidência da República. 10 de novembro de 2011 Secretaria de Aviação Civil da Presidência da República 10 de novembro de 2011 Secretaria de Aviação Civil INFRAERO ANAC Ministério da Defesa DECEA PANORAMA Passageiros- quilômetros transportados no Brasil,

Leia mais

Airbus A380 da Emirates chega ao GRU Airport

Airbus A380 da Emirates chega ao GRU Airport Airbus A380 da Emirates chega ao GRU Airport A380 EMIRATES - GRU - FOTO: Luiz Fernando M Graça Por Rubens Barbosa Aeronave que encanta passageiros e entusiastas por aviação, o Airbus A380 da Emirates,

Leia mais

Estudo do setor de transporte aéreo do Brasil

Estudo do setor de transporte aéreo do Brasil Estudo do setor de transporte aéreo do Brasil Propostas de melhoria de layout nos aeroportos São Paulo, 26 de fevereiro de 2010 Este documento é parte integrante do CD anexo ao Estudo do Setor de Transporte

Leia mais

APRESENTAÇÃO. 1 Sobre a INFRAMERICA 2 Aeroporto de Brasília 3 Obras emergenciais 4 Obras de ampliação

APRESENTAÇÃO. 1 Sobre a INFRAMERICA 2 Aeroporto de Brasília 3 Obras emergenciais 4 Obras de ampliação APRESENTAÇÃO 1 Sobre a INFRAMERICA 2 Aeroporto de Brasília 3 Obras emergenciais 4 Obras de ampliação Sobre a INFRAMERICA Quem somos Engevix Infravix (50%) Corporácion América (50%) Inframérica (51%) Infraero

Leia mais

DATA DIA DIAS DO FRAÇÃO DATA DATA HORA DA INÍCIO DO ANO JULIANA SIDERAL T.U. SEMANA DO ANO TRÓPICO 2450000+ 2460000+

DATA DIA DIAS DO FRAÇÃO DATA DATA HORA DA INÍCIO DO ANO JULIANA SIDERAL T.U. SEMANA DO ANO TRÓPICO 2450000+ 2460000+ CALENDÁRIO, 2015 7 A JAN. 0 QUARTA -1-0.0018 7022.5 3750.3 1 QUINTA 0 +0.0009 7023.5 3751.3 2 SEXTA 1 +0.0037 7024.5 3752.3 3 SÁBADO 2 +0.0064 7025.5 3753.3 4 DOMINGO 3 +0.0091 7026.5 3754.3 5 SEGUNDA

Leia mais

ESPELHO DE EMENDAS DE INCLUSÃO DE META

ESPELHO DE EMENDAS DE INCLUSÃO DE META S AO PLN 0002 / 2007 - LDO Página: 2133 de 2393 ESPELHO DE S DE INCLUSÃO DE META AUTOR DA 34560001 1216 Atenção Especializada em Saúde 8535 Estruturação de Unidades de Atenção Especializada em Saúde Unidade

Leia mais

SÃO FRANCISCO 2010 R$ 3.800.000,00. OBRAS E AÇÕES - Gestão 2007-2010

SÃO FRANCISCO 2010 R$ 3.800.000,00. OBRAS E AÇÕES - Gestão 2007-2010 SÃO FRANCISCO OBRAS E AÇÕES - Gestão 2007-2010 2010 R$ 3.800.000,00 AGRICULTURA: Distribuição de Leite: distribuídos 86.830 litros de leite, no período de Jan/2007 a Jul/2009 Custo: R$ 108 mil, beneficiando

Leia mais

Preparação do país para a Copa do Mundo 2014 e a herança para

Preparação do país para a Copa do Mundo 2014 e a herança para Code-P0 Preparação do país para a Copa do Mundo 2014 e a herança para a engenharia brasileira O Mundial e o Desenvolvimento Federação Nacional dos Engenheiros (FNE) Manaus, 30 de março de 2012 Code-P1

Leia mais

Sistema Aeroportoviário no Brasil

Sistema Aeroportoviário no Brasil Sistema Aeroportoviário no Brasil FERNANDA MINUZZI LUCIANO DOMINGUES RÉGIS GOMES FLORES VINÍCIOS Transportes Introdução O transporte aéreo no Brasil vem acompanhando o desenvolvimento do País.Hoje, o transporte

Leia mais

Valores de ATR e Preço da Tonelada de Cana-de-açúcar - Consecana do Estado de São Paulo

Valores de ATR e Preço da Tonelada de Cana-de-açúcar - Consecana do Estado de São Paulo Valores de ATR e Preço da Tonelada de Cana-de-açúcar - Consecana do Estado de São Paulo Safra 2015/2016 Mensal Acumulado Cana Campo (1) Cana Esteira (2) R$/Kg ATR R$/Kg ATR R$/Ton. R$/Ton. Abr/15 0,4909

Leia mais

MOBILIDADE URBANA E AEROPORTO: TRANSPORTE COMO CHAVE PARA O SUCESSO DA COPA DE 2014

MOBILIDADE URBANA E AEROPORTO: TRANSPORTE COMO CHAVE PARA O SUCESSO DA COPA DE 2014 MOBILIDADE URBANA E AEROPORTO: TRANSPORTE COMO CHAVE PARA O SUCESSO DA COPA DE 2014 TPS pav. térreo TPS Vista do saguão TPS pav. superior PERSPECTIVA Lado TERRA PERSPECTIVA Lado AR Item 2011 2012 Revisão

Leia mais