AEROPORTO INTERNACIONAL SALGADO FILHO Jorge Herdina Superintendente. INFRAESTRUTURA E OPERAÇÕES PROJETOS ESTRATÉGICOS e PLANEJAMENTO DE INVESTIMENTO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "AEROPORTO INTERNACIONAL SALGADO FILHO Jorge Herdina Superintendente. INFRAESTRUTURA E OPERAÇÕES PROJETOS ESTRATÉGICOS e PLANEJAMENTO DE INVESTIMENTO"

Transcrição

1 AEROPORTO INTERNACIONAL SALGADO FILHO Jorge Herdina Superintendente INFRAESTRUTURA E OPERAÇÕES PROJETOS ESTRATÉGICOS e PLANEJAMENTO DE INVESTIMENTO

2

3 OBJETIVO Divulgar os Projetos Estratégicos do Aeroporto Internacional salgado Filho e seu Planejamento de Investimentos para atendimento as demandas, atuais e futuras, bem como à Copa do Mundo de Futebol de 2014.

4 ROTEIRO 1. Contextualização 2. A Rede INFRAERO 3. Evolução do Movimento de Passageiros 4. Operações Infraestrutura, capacidades e projeções de demanda 6. Plano Diretor Aeroportuário - PDir 7. Projetos estratégicos: Planejamento de Investimentos 8. Conclusão.

5 1 - Contextualização INFRAERO é parte integrante do Sistema de Aviação Civil. Copa da Mundo de 2014 impactará entre 2 a 4% demanda do transporte aéreo (no período). América do Sul e Caribe representam cerca de 4% da aviação mundial (ICAO).

6 2 - A Rede INFRAERO Empresa Pública vinculada a SAC Secretaria de Aviação Civil Sede em Brasília DF; Formada por 9 (nove) Superintendências Regionais: SRSU Superintendência Regional do SUL (PR; SC e RS) Administra: 67 Aeroportos, 25 GNA s, 52 UTA s e 04 EPTA s. (148) 80 Unidades de apoio à Navegação Aérea 33 Terminais de Logística de Carga

7 2 - A Rede INFRAERO Aproximadamente 97% do movimento do transporte aéreo regular do Brasil 2,6 milhões de pousos e decolagens de aeronaves nacionais e estrangeiras cerca de 155 milhões de passageiros

8 2 - A Rede INFRAERO

9 Movimento de Passageiros Aeroporto Intenacional Salgado Filho Evolução 1980 à

10 3. Movimento de Passageiros 3,02% 1,75% 4,25% -8,17% -3,68% 0,08% 27,61% -2,44% -2,65% 8,76% 4,84% 9,76% -10,90% -1,71% -0,66% 18,70% 10,73% 0,73% 31,99% -6,38% 2,47% 13,79% -0,20% 0,26% 11,62% 9,51% 9,24% 15,55% 10,95% 13,71% 19,05% -15,00% -10,00% -5,00% 0,00% 5,00% 10,00% 15,00% 20,00% 25,00% 30,00% 35,00% Crescimento (%) Anual 1980 à 2010

11 3. Movimento de Carga Aérea Último 5 anos Em Toneladas

12 4. Salgado Filho: Operações Movimento de Passageiros 2011/ ,42 % JAN FEV MAR ABR MAI

13 4. Salgado Filho: Operações Movimento de Aeronaves 2011/ JAN FEV MAR ABR MAI ,08 %

14 5. Infraestrutura Aeroportuária: Principais componentes, Capacidades e Projeções de demanda SISTEMA DE PISTAS SISTEMA DE PÁTIOS DE AERONAVES SISTEMA DE TERMINAL DE PASSAGEIROS SISTEMA DE TERMINAL DE LOGISTICA DE CARGA

15 5. Infraestrutura Aeroportuária: Principais componentes, capacidades e projeções 5.1 SISTEMA DE PISTAS Plano Diretor - Pdir 1ª Fase 2ª Fase 3ª Fase Ano Movimentos/ano Realizado/ano Projeções de demanda ,00% Movimentos/ano % de Utilização do Sistema 43,15% 47,47% 51,69% 40,30% 61,78%

16 5. Infraestrutura Aeroportuária: Principais componentes, capacidades e projeções 5.2 SISTEMA DE PÁTIOS DE AERONAVES Plano Diretor - Pdir 1ª Fase 2ª Fase 3ª Fase Aviação Regular Aviação Geral Área (m²) Posições Área (m²) Posições Projeções de demanda Milhões de Pax /ano 7,5 8,8 12,0 20,8 % de Utilização do Sistema 71,43% 70,40% 82,76% 86,67%

17 5. Infraestrutura Aeroportuária: Principais componentes, capacidades e projeções 5.3 SISTEMA DE TERMINAL DE PASSAGEIROS Àrea (m²) Capacidade (passageiros/ano) TPS 1 TPS 2 TPS 1 AMPLIAÇÃO TPS 1 1ª Fase 2ª Fase MO 1ª Fase 2ª Fase ,5 milhões Acréscimo 1,5 milhões 1,0 milhão 1,5 milhões 2,0 milhões 2,0 milhões TOTAL 6,5 milhões 8,0 milhões 9,0 milhões 10,5 milhões 12,5 milhões 14,5 milhões

18 5. Infraestrutura Aeroportuária: Principais componentes, capacidades e projeções 5.3 SISTEMA DE TERMINAL DE PASSAGEIROS Plano Diretor - Pdir 1ª Fase 2ª Fase 3ª Fase Área (m²) Milhões de Pax /ano 10,5 12,5 14,5 24,0 1,92 1,42 1,20 1,20 Projeções de demanda Milhões de Pax /ano 7,5 8,8 12,0 20,8 % de Utilização do Sistema 71,43% 70,40% 82,76% 86,67%

19 5. Infraestrutura Aeroportuária: Principais componentes, capacidades e projeções 5.4 SISTEMA DE TERMINAL DE LOGISTICA DE CARGA Plano Diretor - Pdir 1ª Fase 2ª Fase 3ª Fase Área (m²) Capacidade (ton) Projeções de demanda Capacidade (ton) 7,5 milhões % de Utilização do Sistema 71,43% 55,32% - -

20 6. Plano Diretor Aeroportuário Aeroporto Internacional Salgado Filho Porto Alegre/RS

21 7. PROJETOS ESTRATÉGICOS: PLANEJAMENTO DE INVESTIMENTOS 1. AMPLIAÇÃO DA PISTA DE POUSO E DECOLAGEM 2. INSTALAÇÕES DO ILS CAT II 3. AMPLIAÇÃO DO TERMINAL DE PASSAGEIROS 4. NOVOS PÁTIO DE MANOBRAS E PERMANÊNCIA DE AERONAVES 5. NOVA ÁREA DE EQUIPAMENTOS DE RAMPA 6. NOVO PAA PARQUE DE ABASTECIMENTO DE AERONAVES 7. INFRA-ESTRUTURA DE ÁREA DE HANGARES NORTE E SUL

22 7. PROJETOS ESTRATÉGICOS: PLANEJAMENTO DE INVESTIMENTOS (continuação) 8. NOVO COMPLEXO DE LOGÍSTICA DE CARGAS 9. EDIFICIO GARAGEM II 10. INTERLIGAÇÃO ENTRE OS TERMINAIS: VLT/AEROMÓVEL 11. ÔNIBUS DE TURISMO: NOVA ÁREA DE EMBARQUE E DESEMBARQUE 12. NOVA TORRE DE CONTROLE 13. ÁREA DE APOIO ÀS CIAS. AÉREAS

23 7. Projetos Estratégicos: Planejamento de Investimentos 1. AMPLIAÇÃO DA PISTA DE POUSO E DECOLAGEM Ampliação da Pista de 2.280m para 3.200m (920 m) Prazo de execução: 2 anos Investimento: R$ 215 milhões

24 PROJETO 1 (cont): SBPA/PORTO ALEGRE Sub-Sede da COPA DO MUNDO 2014 Carga 100% Legenda Alcance Atual m Alcance Pista Ampliada m AMPLIAÇÃO DA PISTA DE POUSO E DECOLAGEM EM 920 m

25 7. Projetos Estratégicos: Planejamento de Investimentos 2. INSTALAÇÕES DO ILS CAT II Etapa do ALS II Estimativa de Investimento: R$ 9,8 milhões

26 O AEROPORTO INTERNACIONAL SALGADO FILHO OPERA ATUALMENTE COM O ILS CAT I, COM A INSTALAÇÃO DO ILS CAT II, HAVERÁ REDUÇÃO DOS MÍNIMOS OPERACIONAIS EM 50%.

27 INSTALAÇÕES DO ILS CAT II

28 7. Projetos Estratégicos: Planejamento de Investimentos 3. AMPLIAÇÃO DO TERMINAL DE PASSAGEIROS 3.1 Ampliação TPS-1-1ª etapa até ª etapa até m² Processamento atual: 6,5 milhões pax/ano Até 2014: 10 milhões pax/ano Em 2016: 12 milhões pax/ano Investimento: R$ 345 milhões

29 7. Projetos Estratégicos: Planejamento de Investimentos 3.1 AMPLIAÇÃO DA CAPACIDADE DO SISTEMA TERMINAL DE PASSAGEIROS 3.2 Reativação TPS-2 FASE 1 - Dezembro m² Capacidade 1,5 milhões de pax/ano Investimento: 3 milhões

30 7. Projetos Estratégicos: Planejamento de Investimentos 3.1 AMPLIAÇÃO DA CAPACIDADE DO SISTEMA TERMINAL DE PASSAGEIROS 3.2 Reativação TPS-2 FASE 2 - Dezembro 2011 Capacidade 2,5 milhões de pax/ano Investimento: 1 milhão (aumento ambientes embarque/desembarque)

31 7. Projetos Estratégicos: Planejamento de Investimentos 3.1 AMPLIAÇÃO DA CAPACIDADE DO SISTEMA TERMINAL DE PASSAGEIROS 3.3 Implantação do Módulo Operacional m² - Novembro 2011 Capacidade 1,5 milhões pax/ano Investimento: 6,0 milhões

32 7. Projetos Estratégicos: Planejamento de Investimentos 3.1 AMPLIAÇÃO DA CAPACIDADE DO SISTEMA TERMINAL DE PASSAGEIROS MÓDULOS OPERACIONAIS PELO MUNDO Bruxelas, Bélgica

33 7. Projetos Estratégicos: Planejamento de Investimentos 3.1 AMPLIAÇÃO DA CAPACIDADE DO SISTEMA TERMINAL DE PASSAGEIROS MÓDULOS OPERACIONAIS PELO MUNDO Munique, Alemanha

34 7. Projetos Estratégicos: Planejamento de Investimentos 3.1 AMPLIAÇÃO DA CAPACIDADE DO SISTEMA TERMINAL DE PASSAGEIROS MÓDULOS OPERACIONAIS PELO MUNDO Seattle, Estados Unidos

35 7. Projetos Estratégicos: Planejamento de Investimentos 3.1 AMPLIAÇÃO DA CAPACIDADE DO SISTEMA TERMINAL DE PASSAGEIROS MÓDULOS OPERACIONAIS PELO MUNDO Miami, ESTADOS UNIDOS

36 7. Projetos Estratégicos: Planejamento de Investimentos 3.1 AMPLIAÇÃO DA CAPACIDADE DO SISTEMA TERMINAL DE PASSAGEIROS MÓDULOS OPERACIONAIS PELO MUNDO Aeroporto de Lisboa, PORTUGAL

37 7. Projetos Estratégicos: Planejamento de Investimentos 4. NOVOS PÁTIO DE MANOBRAS E PERMANÊNCIA DE AERONAVES Estimativa de Investimento: R$ 50 milhões

38

39

40 7. Projetos Estratégicos: Planejamento de Investimentos 5. NOVA ÁREA DE EQUIPAMENTOS DE RAMPA Estimativa de Investimento: R$ 10 milhões

41 7. Projetos Estratégicos: Planejamento de Investimentos 6. NOVO PAA Parque de Abastecimento de Aeronaves Operação em POOL (Shell e Petrobrás) em novo local Estimativa de Investimento: R$ 5 milhões

42 7. Projetos Estratégicos: Planejamento de Investimentos 7. INFRA-ESTRUTURA DE ÁREA DE HANGARES NORTE E SUL Ampliação da Área de Hangaragem Estimativa de Investimento: R$ 12 milhões

43 7. Projetos Estratégicos: Planejamento de Investimentos 8. NOVO COMPLEXO DE LOGÍSTICA DE CARGAS Novo Terminal de Cargas: m 2 Investimento: R$ 104,1 milhões ( novas posições de estacionamento de aeronaves)

44 NOVO COMPLEXO DE LOGISTICA DE CARGA

45 7. Projetos Estratégicos: Planejamento de Investimentos 9. EDIFICIO GARAGEM II Construção novo Edifício-garagem: vagas Estimativa de Investimento: R$ 80 milhões

46 7. Projetos Estratégicos: Planejamento de Investimentos 10. INTERLIGAÇÃO ENTRE TERMINAIS ETAPA 1 Interligação Estação Aeroporto/TRENSURB e o TPS 1 Sistema tipo AEROMÓVEL (VLT - Veículo Leve de Transporte) Estimativa de Investimento: R$ 30 milhões Termo de Cooperação com a TRENSURB (Trem Metropolitano) e Ministério das Cidades.

47 VEICULO IMPLANTAÇÃO

48 ESTAÇÃO AEROPORTO VISTA 1 VISTA 2

49 7. Projetos Estratégicos: Planejamento de Investimentos 10. INTERLIGAÇÃO ENTRE TERMINAIS ETAPA 2 Interligação TPS 1/TPS 2 e NOVO COMPLEXO DE LOGÍSTICA Sistema tipo AEROMÓVEL (VLT - Veículo Leve de Transporte)

50 7. Projetos Estratégicos: Planejamento de Investimentos 10. INTERLIGAÇÃO ENTRE TERMINAIS VLT: AEROMÓVEL Traçado

51 7. Projetos Estratégicos: Planejamento de Investimentos 11. NOVA TORRE DE CONTROLE Estimativa de Investimento: 14 milhões Tipos:

52 7. Projetos Estratégicos: Planejamento de Investimentos 12. ÁREA DE APOIO ÀS CIAS. AÉREAS Estimativa de Investimento: 4 milhões A ser desenvolvida paralelamente à execução da infra-estrutura da área de hangares

53 PRINCIPAIS INVESTIMENTOS 7. Projetos Estratégicos: Planejamento de Investimentos

54 INVESTIMENTOS TERMINAL DE PASSAGEIROS 1 MOP MODULO OPERACIONAL

55 1 ª FASE OBRAS DE PREPARAÇÃO PARA INSTALAÇÃO DO MOP EMPRESA: IDEA ENGENHARIA E CONSTRUÇÃO LTDA. PRAZO DE EXECUÇÃO: 11/05/2011 A 24/07/2011 VALOR CONTRATADO: R$ ,59 SITUAÇÃO: EM FASE DE REMOÇÃO DO TELHADO, DEMOLIÇÕES, IMPERMEABILIZAÇÃO E REGULARIZAÇÃO DA LAJE.

56 2 ª FASE FORNECIMENTO, IMPLANTAÇÃO, MONTAGEM E INSTALAÇÃO DO MÓDULO OPERACIONAL MOP EMPRESA: EUROBRAVIN COMÉRCIO E SERVIÇOS LTDA. PRAZO DE EXECUÇÃO: 26/05/2011 A 21/10/2011 VALOR CONTRATADO: R$ ,90 SITUAÇÃO: EM FASE DE DETALHAMENTO DO ESTUDO CONCEITUAL (PROJETO)

57 VISTA 1 VISTA 2

58 CORTE 1

59 PLANTA 1

60 PLANTA 2

61 INVESTIMENTOS TERMINAL DE PASSAGEIROS 2 AMPLIAÇÃO DA SALA DE DESEMBARQUE

62 O PROCESSO LICITATÓRIO PARA EXECUÇÃO DOS SERVIÇOS SERÁ ABERTO EM 30/06/2011. INVESTIMENTO PREVISTO NA OBRA É DE R$ ,00 (OBRA + EQUIPAMENTOS).

63 SITUAÇÃO ATUAL: 503 M² PLANTA 1

64 SITUAÇÃO APÓS A REFORMA: 703 M² GANHO DE 200 M² (40%). PLANTA 2

65 CONCLUSÃO A INFRAERO, EMPRESA DE INFRAESTRUTURA AEROPORTUÁRIA, EM ATENDIMENTO AS DEMANDAS DO SETOR, ESTÁ PREPARADA E COMPROMETIDA NO TRABALHO DE REALIZAÇÃO DOS INVESTIMENTOS PROGRAMADOS E NO ATENDIMENTO DAS NECESSIDADE DA SOCIEDADE. Muito Obrigado! Jorge Herdina

66 JORGE HERDINA SUPERINTENDENTE DO AEROPORTO INTERNACIONAL SALGADO FILHO TELEFONE:

67 Carga 100% Legenda Alcance Atual m Alcance Pista Ampliada m

AEROPORTO INTERNACIONAL DE SÃO PAULO/GUARULHOS

AEROPORTO INTERNACIONAL DE SÃO PAULO/GUARULHOS AEROPORTO INTERNACIONAL DE SÃO PAULO/GUARULHOS SITUAÇÃO ATUAL AMPLIAÇÃO março/2009 A Empresa 67 aeroportos (32 internacionais) 80 estações de apoio à navegação aéreaa s s 32 terminais de logística de carga

Leia mais

AEROPORTO DE SALVADOR. Caracterização do Empreendimento da 2ª 2 Pista de Pouso e Decolagem

AEROPORTO DE SALVADOR. Caracterização do Empreendimento da 2ª 2 Pista de Pouso e Decolagem Caracterização do Empreendimento da 2ª 2 Pista de Pouso e Decolagem Gerência de Planos Diretores - Sede Abril/2010 Documento de Planejamento Plano Diretor Aeroportuário rio Objetivo Definição Objetivos

Leia mais

Code-P0 AEROPORTOS SÃO PAULO. Jaime Parreira e-mail: jparreira@infraero.gov.br

Code-P0 AEROPORTOS SÃO PAULO. Jaime Parreira e-mail: jparreira@infraero.gov.br Code-P0 AEROPORTOS SÃO PAULO Jaime Parreira e-mail: jparreira@infraero.gov.br 0 Code-P1 AEROPORTOS DA REGIONAL DE SÃO PAULO Movimento Operacional Infraero Regional de São Paulo 2010 Passageiros 48.224.873

Leia mais

VISÃO ESTRATÉGICA DA INFRAESTRUTURA AEROPORTUÁRIA NACIONAL

VISÃO ESTRATÉGICA DA INFRAESTRUTURA AEROPORTUÁRIA NACIONAL CodeP0 VISÃO ESTRATÉGICA DA INFRAESTRUTURA AEROPORTUÁRIA NACIONAL Outubro/2013 0 AEROPORTOS Macapá Novo TPS 1ªfase Macapá Ampliação Pátio Fortaleza Ampliação TPS São Luís Ampliação do TPS São Luís Reforma

Leia mais

COPA 2014 AEROPORTOS Atualização: 14/06/2011

COPA 2014 AEROPORTOS Atualização: 14/06/2011 COPA 2014 AEROPORTOS Atualização: 14/06/2011 AEROPORTOS DA COPA 13 Aeroportos 31 Intervenções R$ 5,79 bilhões Manaus TPS Fortaleza TPS São Gonçalo do Amarante Pista Recife Torre Cuiabá TPS Brasília TPS

Leia mais

Audiência Pública CREA/SP - 21/06/2011. InfraestruturaAeroportuária em SÃO PAULO para a COPA 2014

Audiência Pública CREA/SP - 21/06/2011. InfraestruturaAeroportuária em SÃO PAULO para a COPA 2014 INFRAERO Audiência Pública CREA/SP - 21/06/2011 InfraestruturaAeroportuária em SÃO PAULO para a COPA 2014 Arq. Jonas Lopes Superintendente de Estudos e Projetos de Engenharia jonas_lopes@infraero.gov.br

Leia mais

Infraestrutura Aeroportuária Copa do Mundo 2014

Infraestrutura Aeroportuária Copa do Mundo 2014 VI Seminário ALACPA de Pavimentos Aeroportuários e IV FAA Workshop Infraestrutura Aeroportuária Copa do Mundo 2014 28 Outubro 2009 Arq. Jonas M. Lopes INFRAERO Aeroportos - Copa do Mundo 2014 Belo Horizonte

Leia mais

Aeroportos Copa do Mundo 2014. 14 Dezembro 2009

Aeroportos Copa do Mundo 2014. 14 Dezembro 2009 Aeroportos Copa do Mundo 2014 14 Dezembro 2009 Belo Horizonte e Confins - MG 1. Aeroporto Internacional Tancredo Neves Confins 2. Aeroporto de Belo Horizonte/ Pampulha Carlos Drummond de Andrade Brasília

Leia mais

AEROPORTOS RESULTADOS DO 10º BALANÇO

AEROPORTOS RESULTADOS DO 10º BALANÇO AEROPORTOS RESULTADOS DO 10º BALANÇO AEROPORTOS Manaus Ampliação TPS Rio Branco Reforma e Ampliação TPS e Recuperação de Pista e Pátio Macapá Novo TPS 1ª fase Macapá Ampliação Pátio São Luís Reforma e

Leia mais

SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL DO RIO DE JANEIRO SRRJ AÇÕES RELACIONADAS AOS 07 JUNHO 2011

SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL DO RIO DE JANEIRO SRRJ AÇÕES RELACIONADAS AOS 07 JUNHO 2011 AÇÕES RELACIONADAS AOS AEROPORTOS DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL DO RIO DE JANEIRO SRRJ 07 JUNHO 2011 AEROPORTOS SBGL AEROPORTO INTERNACIONAL DO RIO DE JANEIRO/GALEÃO ANTONIO CARLOS

Leia mais

Code-P0 AEROPORTOS PAC 2

Code-P0 AEROPORTOS PAC 2 Code-P0 AEROPORTOS PAC Atualizado em 05/03/0 0 Code-P ÍNDICE MAPA AEROPORTOS PAC 3 GUARULHOS 4 Projeto Básico do TPS 3 Terraplenagem para construção do TPS 3 Ampliação e Revitalização do Sistema de Pistas

Leia mais

Belo Horizonte, 6 de junho, 2011. Prefeitura de Belo Horizonte Secretaria Municipal Adjunta de Relações Internacionais

Belo Horizonte, 6 de junho, 2011. Prefeitura de Belo Horizonte Secretaria Municipal Adjunta de Relações Internacionais Belo Horizonte, 6 de junho, 2011 Infraestrutura Aeroportuária de Belo Horizonte Região metropolitana: Aeroporto Carlos Prates Aeroporto da Pampulha Aeroporto Internacional Tancredo Neves Movimento operacional

Leia mais

Code-P0 COPA 2014. Atualizado em 27/09/2011

Code-P0 COPA 2014. Atualizado em 27/09/2011 CodeP0 AEROPORTOS COPA 2014 Atualizado em 27/09/2011 0 CodeP1 ÍNDICE 2 GUARULHOS 4 Construção do TPS 3 (1ª Fase) Desapropriação, Ampliação e Revitalização do Sistema de Pista e Pátio Ampliação e Revitalização

Leia mais

INFRAERO Diretoria de Engenharia e Meio Ambiente Jaime Parreira E-mail: jparreira@infraero.gov.br

INFRAERO Diretoria de Engenharia e Meio Ambiente Jaime Parreira E-mail: jparreira@infraero.gov.br 1 INFRAERO Diretoria de Engenharia e Meio Ambiente Jaime Parreira E-mail: jparreira@infraero.gov.br 2 Organização 9 Superintendências Regionais Superintendência Regional do Noroeste; Superintendência Regional

Leia mais

INFRAERO. Planejamento dos Investimentos 2010 a 2016 Aeroportos Cidades Sede da Copa 2014. Audiência Pública Câmara dos Deputados 14 de julho de 2010

INFRAERO. Planejamento dos Investimentos 2010 a 2016 Aeroportos Cidades Sede da Copa 2014. Audiência Pública Câmara dos Deputados 14 de julho de 2010 1 INFRAERO Planejamento dos Investimentos 2010 a 2016 Aeroportos Cidades Sede da Copa 2014 Audiência Pública Câmara dos Deputados 14 de julho de 2010 Demanda Histórica 1997 : 0,3 pax/habitantes (163,8

Leia mais

Code-P1. 5º Balanço de Ações para a Copa (1º Ciclo) Cidade-sede: Porto Alegre. Setembro/2013

Code-P1. 5º Balanço de Ações para a Copa (1º Ciclo) Cidade-sede: Porto Alegre. Setembro/2013 CodeP1 5º Balanço de Ações para a Copa (1º Ciclo) Cidadesede: Porto Alegre Setembro/2013 Porto Alegrel: Distribuição dos Investimentos por Tema e Fonte de Recursos CodeP2 Referência Set/13, Distribuição

Leia mais

CLASSIFICAÇÃO PAESP 2007-2027

CLASSIFICAÇÃO PAESP 2007-2027 1 AEROPORTO REGIONAL CLASSIFICAÇÃO PAESP 27-227 São os aeroportos destinados a atender as áreas de interesse regional e/ou estadual que apresentam demanda por transporte aéreo regular, em ligações com

Leia mais

SENADO FEDERAL Comissão de Serviços de Infra-Estrutura. Brasília, 09 de Julho de 2009

SENADO FEDERAL Comissão de Serviços de Infra-Estrutura. Brasília, 09 de Julho de 2009 SENADO FEDERAL Comissão de Serviços de Infra-Estrutura MODERNIZAÇÃO E EXPANSÃO DA INFRA-ESTRUTURA AEROPORTUÁRIA RIA Brasília, 09 de Julho de 2009 MODERNIZAÇÃO E EXPANSÃO DA INFRA-ESTRUTURA AEROPORTUÁRIA

Leia mais

Aeroporto Internacional Pinto Martins Fortaleza - CE

Aeroporto Internacional Pinto Martins Fortaleza - CE Execução das Obras e Serviços de Engenharia para Reforma, Ampliação e Modernização do Terminal de Passageiros - TPS, Adequação do Sistema Viário de Acesso e Ampliação do Pátio de Estacionamento de Aeronaves

Leia mais

5º Painel: Marcos regulatórios e Infra-Estrutura Aeroviária

5º Painel: Marcos regulatórios e Infra-Estrutura Aeroviária I Simpósio Infra-Estrutura e Logística no Brasil: DESAFIOS PARA UM PAÍS EMERGENTE 5º Painel: Marcos regulatórios e Infra-Estrutura Aeroviária Novembro 2008 Constituição Federal Aeródromos Públicos - Responsabilidades

Leia mais

Aeroporto Internacional Tancredo Neves/Confins - SBCF

Aeroporto Internacional Tancredo Neves/Confins - SBCF Aeroporto Internacional Tancredo Neves/Confins - SBCF Breve Histórico Na década de 70 o então Ministério da Aeronáutica, em parceria com o Governo de Minas Gerais, iniciou estudos para viabilizar a construção

Leia mais

Plano de Investimentos para os Eventos Internacionais Esportivos no Brasil

Plano de Investimentos para os Eventos Internacionais Esportivos no Brasil 40ª RAPv Reunião Anual de Pavimentação Plano de Investimentos para os Eventos Internacionais Esportivos no Brasil INFRAERO Superintendência de Obras Ricardo Ferreira ricardof@infraero.gov.br 26 Outubro

Leia mais

Um estudo para o Aeroporto USIMINAS, em Ipatinga

Um estudo para o Aeroporto USIMINAS, em Ipatinga Contribuição técnica nº 17 Um estudo para o Aeroporto USIMINAS, em Ipatinga Luiza Oliveira Arquiteta e Urbanista Mestranda em Engenharia Civil Universidade Federal de Viçosa - MG Orientadores Gustavo de

Leia mais

SP-C.01 ANEXO C INFRAESTRUTURA AEROPORTUÁRIA. Matriz de Responsabilidades São Paulo São Paulo SÃO PAULO SÃO PAULO. Governo Federal (Infraero)

SP-C.01 ANEXO C INFRAESTRUTURA AEROPORTUÁRIA. Matriz de Responsabilidades São Paulo São Paulo SÃO PAULO SÃO PAULO. Governo Federal (Infraero) Matriz de s SÃO PAULO SÃO PAULO ANEXO C INFRAESTRUTURA AEROPORTUÁRIA Aeroporto Internacional de São Paulo/Guarulhos Governador André Franco Montoro Total dos Projetos: R$ 1.219,4 milhões Construção do

Leia mais

3º Balanço das ações do Governo Brasileiro para a Copa- Abril 2012

3º Balanço das ações do Governo Brasileiro para a Copa- Abril 2012 Code-P0 3º Balanço das ações do Governo Brasileiro para a Copa- Abril 2012 Brasília, Maio de 2012 Code-P1 Conteúdo do documento Visão geral das ações Visão por tema 1 Code-P2 Ciclos dos preparativos do

Leia mais

INVESTIMENTOS PRIVADOS EM AEROPORTOS 1 / 53

INVESTIMENTOS PRIVADOS EM AEROPORTOS 1 / 53 INVESTIMENTOS PRIVADOS EM AEROPORTOS 1 / 53 INVESTIMENTOS PRIVADOS EM AEROPORTOS Sumário 1 - Panorama Mundial da Aviação Civil 2- Situação Atual dos Aeroportos Brasileiros 3 - O Futuros dos Aeroportos

Leia mais

AUDIÊNCIA PÚBLICAP COMISSÃO DE DESENVOLVIMENTO REGIONAL E TURISMO

AUDIÊNCIA PÚBLICAP COMISSÃO DE DESENVOLVIMENTO REGIONAL E TURISMO AUDIÊNCIA PÚBLICAP COMISSÃO DE DESENVOLVIMENTO REGIONAL E TURISMO Brasília, 19 de maio de 2010 1 3 SEGURANÇA OPERACIONAL SAFETY Continua sendo a prioridade na aviação comercial Brasil 0.00 0.00 Hull losses

Leia mais

Sistema Aeroportoviário no Brasil

Sistema Aeroportoviário no Brasil Sistema Aeroportoviário no Brasil FERNANDA MINUZZI LUCIANO DOMINGUES RÉGIS GOMES FLORES VINÍCIOS Transportes Introdução O transporte aéreo no Brasil vem acompanhando o desenvolvimento do País.Hoje, o transporte

Leia mais

RELATÓRIO DE GESTÃO 2OO6

RELATÓRIO DE GESTÃO 2OO6 AEROPORTO INTERNACIONAL DE SÃO PAULO/GUARULHOS /GOV. ANDRÉ FRANCO MONTORO - SBGR Objeto: Implantação, adequação, ampliação e revitalização do sistema de pátios e pistas; recuperação e revitalização do

Leia mais

Code-P1. 5º Balanço de Ações para a Copa (1º Ciclo) Cidade-sede: Salvador. Setembro/2013

Code-P1. 5º Balanço de Ações para a Copa (1º Ciclo) Cidade-sede: Salvador. Setembro/2013 CodeP1 5º Balanço de Ações para a Copa (1º Ciclo) Cidadesede: Salvador Setembro/2013 Salvador: Distribuição dos Investimentos por Tema e Fonte de Recursos CodeP2 Referência Set/13, Distribuição dos investimentos

Leia mais

RELATÓRIO DE FISCALIZAÇÃO - SINTÉTICO

RELATÓRIO DE FISCALIZAÇÃO - SINTÉTICO 1 RELATÓRIO DE FISCALIZAÇÃO - SINTÉTICO TC 003.757/2014-5 Fiscalização 88/2014 DA FISCALIZAÇÃO Modalidade: conformidade Ato originário: Despacho de 27/1/2014 do Min. Valmir Campelo (TC 001.081/2014-4)

Leia mais

INVESTIMENTOS EM AEROPORTOS

INVESTIMENTOS EM AEROPORTOS AEROPORTOS INVESTIMENTOS EM AEROPORTOS 6 concessões de aeroportos Investimentos de R$ 26 Bilhões São Gonçalo do Amarante RN Brasília DF Guarulhos SP Confins MG Viracopos SP Galeão RJ 5 operadores aeroportuários

Leia mais

COPA 2014. 28º Reunião do Conselho Nacional de Turismo

COPA 2014. 28º Reunião do Conselho Nacional de Turismo COPA 2014 28º Reunião do Conselho Nacional de Turismo COPA 2014 CIDADES-SEDE Fortaleza Manaus Natal Recife Cuiabá Salvador Brasília Belo Horizonte Curitiba São Paulo Rio de Janeiro Porto Alegre PLANEJAMENTO

Leia mais

AEROPORTO INTERNACIONAL DA DA GRANDE NATAL SÃO SÃO GONÇALO DO DO AMARANTE - RN - RN

AEROPORTO INTERNACIONAL DA DA GRANDE NATAL SÃO SÃO GONÇALO DO DO AMARANTE - RN - RN AEROPORTO INTERNACIONAL DA DA GRANDE NATAL SÃO SÃO GONÇALO DO DO AMARANTE - RN - RN PROJETOS Instalações que compõem o escopo do empreendimento: Via de acesso principal à área terminal; Estacionamento

Leia mais

Secretaria de Aviação Civil da Presidência da República. 10 de novembro de 2011

Secretaria de Aviação Civil da Presidência da República. 10 de novembro de 2011 Secretaria de Aviação Civil da Presidência da República 10 de novembro de 2011 Secretaria de Aviação Civil INFRAERO ANAC Ministério da Defesa DECEA PANORAMA Passageiros- quilômetros transportados no Brasil,

Leia mais

Code-P1. 5º Balanço de Ações para a Copa (1º Ciclo) Cidade-sede: Belo Horizonte. Setembro/2013

Code-P1. 5º Balanço de Ações para a Copa (1º Ciclo) Cidade-sede: Belo Horizonte. Setembro/2013 CodeP1 5º Balanço de Ações para a Copa (1º Ciclo) Cidadesede: Belo Horizonte Setembro/2013 Belo Horizonte: Distribuição dos Investimentos por Tema e Fonte de s CodeP2 Referência Set/13, Distribuição dos

Leia mais

AEROPORTO DE VITÓRIA Terminal de Logística de Carga. Março de 2012

AEROPORTO DE VITÓRIA Terminal de Logística de Carga. Março de 2012 AEROPORTO DE VITÓRIA Terminal de Logística de Carga Março de 2012 AEROPORTO DE VITÓRIA Eurico de Aguiar Salles TERMINAL DE CARGA Dados Gerais PISTA: 05/23 TERMINAL DE CARGAS Asfalto - 1.750 m x 45 m

Leia mais

MOBILIDADE URBANA E AEROPORTO: TRANSPORTE COMO CHAVE PARA O SUCESSO DA COPA DE 2014

MOBILIDADE URBANA E AEROPORTO: TRANSPORTE COMO CHAVE PARA O SUCESSO DA COPA DE 2014 MOBILIDADE URBANA E AEROPORTO: TRANSPORTE COMO CHAVE PARA O SUCESSO DA COPA DE 2014 TPS pav. térreo TPS Vista do saguão TPS pav. superior PERSPECTIVA Lado TERRA PERSPECTIVA Lado AR Item 2011 2012 Revisão

Leia mais

MANUAL DA AVIAÇÃO Jogos Olímpicos e Paralímpicos 2016

MANUAL DA AVIAÇÃO Jogos Olímpicos e Paralímpicos 2016 MANUAL DA AVIAÇÃO Jogos Olímpicos e Paralímpicos 2016 Pela primeira vez, o setor de aviação está lançando todas as diretrizes operacionais com mais de 300 dias de antecedência, o que contribui decisivamente

Leia mais

Balanço 2012 - Copa do Mundo Cidade-sede Curitiba Brasília, Abril de 2012

Balanço 2012 - Copa do Mundo Cidade-sede Curitiba Brasília, Abril de 2012 CodeP0 Balanço 2012 Copa do Mundo Cidadesede Curitiba Brasília, CodeP1 Valores Consolidados R$ mi, abr/12 Total Empreendimentos Investimento Total Financiamento Federal Local Federal Privado Estádio 1

Leia mais

OBRAS VÃO TRANSFORMAR VIRACOPOS NO MAIOR AEROPORTO DA AMÉRICA LATINA

OBRAS VÃO TRANSFORMAR VIRACOPOS NO MAIOR AEROPORTO DA AMÉRICA LATINA OBRAS VÃO TRANSFORMAR VIRACOPOS NO MAIOR AEROPORTO DA AMÉRICA LATINA Aeroportos Brasil Viracopos investirá R$ 9,5 bilhões na ampliação e modernização do complexo aeroportuário nos 30 anos da concessão

Leia mais

Odebrecht TransPort assume operação do Galeão

Odebrecht TransPort assume operação do Galeão nº 338 agosto 2014 Odebrecht TransPort assume operação do Galeão Odebrecht 70 anos: trajetória em aeroportos Novos serviços para usuários-clientes de água e esgoto Rota do Oeste deve investir R$5,5 bilhões

Leia mais

Code-P1. 5º Balanço de Ações para a Copa (1º Ciclo) Cidade-sede: Curitiba. Setembro/2013

Code-P1. 5º Balanço de Ações para a Copa (1º Ciclo) Cidade-sede: Curitiba. Setembro/2013 CodeP1 5º Balanço de Ações para a Copa (1º Ciclo) Cidadesede: Curitiba Setembro/2013 Curitiba: Distribuição dos Investimentos por Tema e Fonte de s CodeP2 Referência Set/13, Distribuição dos investimentos

Leia mais

Concessões. Galeão e Confins

Concessões. Galeão e Confins Concessões Galeão e Confins Galeão: 17,5 milhões de passageiros 13,7 milhões m² 958 empregados Confins: 10,4 milhões de passageiros 15,1 milhões m² 344 empregados Objetivos das Concessões EXPANDIR A INFRAESTRUTURA

Leia mais

Secretaria de Aviação Civil da Presidência da República. 23 de novembro de 2011

Secretaria de Aviação Civil da Presidência da República. 23 de novembro de 2011 Secretaria de Aviação Civil da Presidência da República 23 de novembro de 2011 Secretaria de Aviação Civil INFRAERO ANAC Ministério da Defesa DECEA 1960 1962 1964 1966 1968 1970 1972 1974 1976 1978 1980

Leia mais

Formação e Capacitação de Pessoas na Infraero

Formação e Capacitação de Pessoas na Infraero Formação e Capacitação de Pessoas na Infraero Desafios, Necessidades e Perspectivas da Formação e Capacitação de Recursos Humanos na Área Aeronáutica (Senado Federal Comissão de Serviços de Infraestrutura)

Leia mais

Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária. Coordenação de Meio Ambiente MERJ TERMO DE REFERÊNCIA

Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária. Coordenação de Meio Ambiente MERJ TERMO DE REFERÊNCIA Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária Superintendência Regional do Rio de Janeiro - SRRJ Coordenação de Meio Ambiente MERJ TERMO DE REFERÊNCIA CONTRATAÇÃO DE EMPRESA ESPECIALIZADA PARA REALIZAÇÃO

Leia mais

COPA DO MUNDO FIFA 2014 Belo Horizonte Brasil. Ações do Governo de Minas Gerais

COPA DO MUNDO FIFA 2014 Belo Horizonte Brasil. Ações do Governo de Minas Gerais COPA DO MUNDO FIFA 2014 Belo Horizonte Brasil Ações do Governo de Minas Gerais 27 de Outubro de 2009 Roteiro Estratégia de Execução Modernização do Mineirão Reforma dos Estádios Alternativos Mobilidade

Leia mais

Infraestrutura Aeroportuária: Desafios e Perspectivas

Infraestrutura Aeroportuária: Desafios e Perspectivas Infraestrutura Aeroportuária: Desafios e Perspectivas 8 de dezembro de 2011 SECRETARIA DE AVIAÇÃO CIVIL INFRAERO ANAC Ministério da Defesa DECEA AVIAÇÃO CIVIL PANORAMA INVESTIMENTOS CONCESSÕES INFRAERO

Leia mais

PLANO DIRETOR DO AEROPORTO INTERNACIONAL DE SALVADOR BA PDIR - SBSV

PLANO DIRETOR DO AEROPORTO INTERNACIONAL DE SALVADOR BA PDIR - SBSV , DIRETORIA DE GESTÃO - DG SUPERINTENDÊNCIA DE DESENVOLVIMENTO AEROPORTUÁRIO DGDR GERÊNCIA DE PLANOS DIRETORES - DRPD PLANO DIRETOR DO AEROPORTO INTERNACIONAL DE SALVADOR BA PDIR - SBSV RELATÓRIO SÍNTESE

Leia mais

CRESCE BRASIL COPA 2014 Aeroportos: Desafios, preparativos, legados DARIO RAIS LOPES

CRESCE BRASIL COPA 2014 Aeroportos: Desafios, preparativos, legados DARIO RAIS LOPES CRESCE BRASIL COPA 2014 Aeroportos: Desafios, preparativos, legados DARIO RAIS LOPES Roteiro Visão oficial Preparativos e pontos de atenção Impacto do tráfego nos aeroportos Gerenciamento da demanda Antes

Leia mais

CONSELHO DE DESENVOLVIMENTO DAS CIDADES. João Alberto Manaus Correa

CONSELHO DE DESENVOLVIMENTO DAS CIDADES. João Alberto Manaus Correa CONSELHO DE DESENVOLVIMENTO DAS CIDADES João Alberto Manaus Correa SUMARIO 1. TROCANDO EM MIUDOS OS EVENTOS COPA 2. MOBILIDADE URBANA RMSP 3 MOBILIDADE AEREA 4. MOBILIDADE TERRESTRE - PLANOS E AÇÕES 5.

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DA LOGÍSTICA PARA O DESENVOLVIMENTO REGIONAL

A IMPORTÂNCIA DA LOGÍSTICA PARA O DESENVOLVIMENTO REGIONAL A IMPORTÂNCIA DA LOGÍSTICA PARA O DESENVOLVIMENTO REGIONAL 04/05/2011 Senado Federal - Comissão de Desenvolvimento Regional e Turismo O BRASIL EM NÚMEROS BASE PARA O CRESCIMENTO Os investimentos nas áreas

Leia mais

Medida Provisória 652: Novo cenário para a Aviação Regional. Ana Cândida de Mello Carvalho amcarvalho@tozzinifreire.com.br

Medida Provisória 652: Novo cenário para a Aviação Regional. Ana Cândida de Mello Carvalho amcarvalho@tozzinifreire.com.br Medida Provisória 652: Novo cenário para a Aviação Regional Ana Cândida de Mello Carvalho amcarvalho@tozzinifreire.com.br Sumário 1. Dados da SAC sobre o Setor Aeroportuário 2. Plano Geral de Outorgas

Leia mais

PROGRAMA: 2017 - Aviação Civil

PROGRAMA: 2017 - Aviação Civil Filtro selecionado Período: Monitoramento Temático Ano 2014-1º Semestre Listagem por: Programa - Aviação Civil Órgão: 62000 - Secretaria de Aviação Civil Elementos a serem exibidos: Objetivos; Metas; Regionalização

Leia mais

Concessionária BH Airport assina contrato de concessão do Aeroporto Internacional de Belo Horizonte, em Minas Gerais

Concessionária BH Airport assina contrato de concessão do Aeroporto Internacional de Belo Horizonte, em Minas Gerais Press Release Concessionária BH Airport assina contrato de concessão do Aeroporto Internacional de Belo Horizonte, em Minas Gerais São Paulo, 7 de abril 2014 A concessionária BH Airport assinou, nesta

Leia mais

João Alberto Manaus Correa CONSELHO DE DESENVOLVIMENTO DAS CIDADES

João Alberto Manaus Correa CONSELHO DE DESENVOLVIMENTO DAS CIDADES João Alberto Manaus Correa CONSELHO DE DESENVOLVIMENTO DAS CIDADES SUMARIO 1. TROCANDO EM MIUDOS OS EVENTOS COPA 2. MOBILIDADE URBANA RMSP 3 MOBILIDADE AEREA 4. MOBILIDADE TERRESTRE - PLANOS E AÇÕES 5.

Leia mais

Cidades e Aeroportos no Século XXI 11

Cidades e Aeroportos no Século XXI 11 Introdução Nos trabalhos sobre aeroportos e transporte aéreo predominam análises específicas que tratam, por exemplo, do interior do sítio aeroportuário, da arquitetura de aeroportos, da segurança aeroportuária,

Leia mais

Code-P1. 5º Balanço de Ações para a Copa (1º Ciclo) Cidade-sede: São Paulo. Setembro/2013

Code-P1. 5º Balanço de Ações para a Copa (1º Ciclo) Cidade-sede: São Paulo. Setembro/2013 CodeP1 5º Balanço de Ações para a Copa (1º Ciclo) Cidadesede: São Paulo Setembro/2013 São Paulo: Distribuição dos Investimentos por Tema e Fonte de Recursos CodeP2 Referência Set/13, Distribuição dos investimentos

Leia mais

Modernização Aeroportuária sob a Gestão de Concessionário. Comissão de Serviços de Infraestrutura do Senado Federal 11/09/2013

Modernização Aeroportuária sob a Gestão de Concessionário. Comissão de Serviços de Infraestrutura do Senado Federal 11/09/2013 Modernização Aeroportuária sob a Gestão de Concessionário Comissão de Serviços de Infraestrutura do Senado Federal 11/09/2013 LINHA DO TEMPO GRU Airport assume definitivamente a administração do aeroporto

Leia mais

Fórum de Logística Perspectivas para 2014 25/02/2014

Fórum de Logística Perspectivas para 2014 25/02/2014 Fórum de Logística Perspectivas para 2014 25/02/2014 David Barioni Neto Mar/10 a Jun/11: Presidente Executivo (CEO) da Facility Group S.A. Nov/07 a Out/09: Presidente Executivo (CEO) da TAM Linhas Aéreas

Leia mais

Estrutura de serviços em aeroportos

Estrutura de serviços em aeroportos Atualmente procuramos encontrar facilidades e conveniências em qualquer lugar freqüentado, Devido a exigência do mercado os Aeroportos têm investido em sua infra-estrutura para atender melhor seus usuários.

Leia mais

CATEGORIA A2 MEIOS DE ACESSO AO MUNICÍPIO IDENTIFICAÇÃO. Subtipos: ( 1 ) A.2.3.1. Aeroporto ( 2 ) A.2.3.2. Campo de pouso

CATEGORIA A2 MEIOS DE ACESSO AO MUNICÍPIO IDENTIFICAÇÃO. Subtipos: ( 1 ) A.2.3.1. Aeroporto ( 2 ) A.2.3.2. Campo de pouso Ministério do Turismo Secretaria Nacional de Políticas de Turismo Departamento de Estruturação, Articulação e Ordenamento Turístico Coordenação Geral de Regionalização Inventário da Oferta Turística uf:

Leia mais

ANA AEROPORTOS DE PORTUGAL, SA

ANA AEROPORTOS DE PORTUGAL, SA ANA AEROPORTOS DE PORTUGAL, SA 8º CICLO DE SEMINÁRIOS TRANSPORTES & NEGÓCIOS O PAPEL DO SISTEMA AEROPORTUÁRIO NAS SOLUÇÕES LOGÍSTICAS Outubro 2006 Preâmbulo Atendendo ao modelo económico de desenvolvimento

Leia mais

Concessão Aeroportos Guarulhos, Viracopos e Brasília

Concessão Aeroportos Guarulhos, Viracopos e Brasília Concessão Aeroportos Guarulhos, Viracopos e Brasília Brasília, 13 de Outubro de 2011 Imagem meramente ilustrativa extraída do site www.infraero.gov.br Todos os direitos reservados. Agenda P R E M I S S

Leia mais

TREM DE ALTA VELOCIDADE - TAV

TREM DE ALTA VELOCIDADE - TAV Encontro Econômico Brasil - Alemanha 2009 Cooperação para o Crescimento e Emprego Idéias e Resultados TREM DE ALTA VELOCIDADE - TAV Secretaria de Política Nacional de Transportes / MT - Engº Marcelo Perrupato

Leia mais

I 4 - INV 4 90 0 495 110.099.314

I 4 - INV 4 90 0 495 110.099.314 PROGRAMA DE TRABALHO (SUPLEMENTACAO) RECURSOS DE TODAS AS FONTES R$ 1,00 23 COMÉRCIO E SERVIÇOS 256.092.869 26 TRANSPORTE 468.989.333 TOTAL - GERAL 725.082.202 122 ADMINISTRAÇÃO GERAL 21.077.996 126 TECNOLOGIA

Leia mais

Code-P1. 5º Balanço de Ações para a Copa (1º Ciclo) Cidade-sede: Manaus. Setembro/2013

Code-P1. 5º Balanço de Ações para a Copa (1º Ciclo) Cidade-sede: Manaus. Setembro/2013 CodeP1 5º Balanço de Ações para a Copa (1º Ciclo) Cidadesede: Manaus Setembro/2013 Manaus: Distribuição dos Investimentos por Tema e Fonte de Recursos CodeP2 Referência Set/13, Distribuição dos investimentos

Leia mais

Investimento Global (R$ mi) 1 Belo Horizonte BRT: Antônio Carlos / Pedro I 726,4 382,3-344,2 -

Investimento Global (R$ mi) 1 Belo Horizonte BRT: Antônio Carlos / Pedro I 726,4 382,3-344,2 - Anexo A - Mobilidade Urbana Empreendimento (obra, projeto e desapropriação) 1 Belo Horizonte BRT: Antônio Carlos / Pedro I 726,4 382,3-344,2-2 Belo Horizonte Corredor Pedro II e Obras Complementares nos

Leia mais

Aeroportos no Brasil: investimentos recentes, perspectivas e preocupações

Aeroportos no Brasil: investimentos recentes, perspectivas e preocupações Aeroportos no Brasil: investimentos recentes, perspectivas e preocupações Carlos Campos Neto carlos.campos@ipea.gov.br Frederico Hartmann de Souza frederico.souza@ipea.com.br Abril de 2011 Objetivos Avaliar

Leia mais

Anderson Ribeiro Correia. Superintendente de Infraestrutura Aeroportuária

Anderson Ribeiro Correia. Superintendente de Infraestrutura Aeroportuária Superintendência de Infraestrutura Aeroportuária Helipontos em São Paulo: Segurança, Irregularidades e Caminhos para Regularização Anderson Ribeiro Correia Superintendente de Infraestrutura Aeroportuária

Leia mais

MOBILIDADE E LOGÍSTICA NO RJ SECRETARIA DE ESTADO DE TRANSPORTES 2015-2018

MOBILIDADE E LOGÍSTICA NO RJ SECRETARIA DE ESTADO DE TRANSPORTES 2015-2018 MOBILIDADE E LOGÍSTICA NO RJ SECRETARIA DE ESTADO DE TRANSPORTES 2015-2018 Plano Diretor de Mobilidade para Região Metropolitana do Rio de Janeiro Plano Estratégico de Logística e Cargas do Estado do Rio

Leia mais

COMANDO DA AERONÁUTICA DEPARTAMENTO DE AVIAÇÃO CIVIL

COMANDO DA AERONÁUTICA DEPARTAMENTO DE AVIAÇÃO CIVIL COMANDO DA AERONÁUTICA DEPARTAMENTO DE AVIAÇÃO CIVIL PORTARIA Nº 1592/GM5, DE 07 DE NOVEMBRO DE 1984. Alterada pela Portaria n.º 484/GM5, de 20 JUL 88 (*). Alterada pela Portaria n.º 677 /GM2, de 10 SET

Leia mais

Concessão. Aeroporto do Galeão PRESS KIT

Concessão. Aeroporto do Galeão PRESS KIT PRESS KIT Assinatura do contrato do (RJ) Abril/2014 SUMÁRIO Governo assina contrato de concessão (RJ) 3 Obras e melhorias em andamento no (RJ) - INFRAERO 5 Resultado do Leilão de Galeão e Confins: ágio

Leia mais

AEROPORTOS DE MOÇAMBIQUE, E.P

AEROPORTOS DE MOÇAMBIQUE, E.P AEROPORTOS DE MOÇAMBIQUE, E.P 1. PROGRAMA DE INVESTIMENTOS 2. AEROPORTO INTERNACIONAL DE MAPUTO Maputo, 30 Nov 2010 INTRODUÇÃO Devido a dinâmica de desenvolvimento dos últimos tempos, algumas unidades

Leia mais

Code-P0. 4º Balanço de Ações para a Copa (1º Ciclo) Cidade-sede de Recife. Dezembro de 2012

Code-P0. 4º Balanço de Ações para a Copa (1º Ciclo) Cidade-sede de Recife. Dezembro de 2012 CodeP0 4º Balanço de Ações para a Copa (1º Ciclo) Cidadesede de Recife Dezembro de 2012 Recife: Distribuição dos Investimentos por Tema e Fonte de s Referência Nov/12, Distribuição dos investimentos por

Leia mais

Extensão Norte Linha 1 - TRENSURB São Leopoldo - Novo Hamburgo

Extensão Norte Linha 1 - TRENSURB São Leopoldo - Novo Hamburgo Extensão Norte Linha 1 - TRENSURB São Leopoldo - Novo Hamburgo Metrô em elevado com extensão de 9,3 Km com rede elétrica aérea, sinalização, bilhetagem eletrônica, escadas rolantes Quatro Estações de Passageiros

Leia mais

AEROPORTO INTERNACIONAL DE CABO FRIO UMA NOVA OPÇÃO LOGÍSTICA

AEROPORTO INTERNACIONAL DE CABO FRIO UMA NOVA OPÇÃO LOGÍSTICA AEROPORTO INTERNACIONAL DE CABO FRIO UMA NOVA OPÇÃO LOGÍSTICA Conferência Internacional sobre Capital Privado em Aeroportos FIESP / CIESP 23/Abril/2009 A Costa da Sol Operadora Aeroportuária S.A. é uma

Leia mais

APRESENTAÇÃO. 1 Sobre a INFRAMERICA 2 Aeroporto de Brasília 3 Obras emergenciais 4 Obras de ampliação

APRESENTAÇÃO. 1 Sobre a INFRAMERICA 2 Aeroporto de Brasília 3 Obras emergenciais 4 Obras de ampliação APRESENTAÇÃO 1 Sobre a INFRAMERICA 2 Aeroporto de Brasília 3 Obras emergenciais 4 Obras de ampliação Sobre a INFRAMERICA Quem somos Engevix Infravix (50%) Corporácion América (50%) Inframérica (51%) Infraero

Leia mais

Code-P1. 5º Balanço de Ações para a Copa (1º Ciclo) Cidade-sede: Cuiabá. Setembro/2013

Code-P1. 5º Balanço de Ações para a Copa (1º Ciclo) Cidade-sede: Cuiabá. Setembro/2013 CodeP1 5º Balanço de Ações para a Copa (1º Ciclo) Cidadesede: Cuiabá Setembro/2013 Cuiabá: Distribuição dos Investimentos por Tema e Fonte de Recursos CodeP2 Referência Set/13, Distribuição dos investimentos

Leia mais

Code-P0. 4º Balanço de Ações para a Copa (1º Ciclo) Cidade-sede de Manaus. Dezembro de 2012

Code-P0. 4º Balanço de Ações para a Copa (1º Ciclo) Cidade-sede de Manaus. Dezembro de 2012 Code-P0 4º Balanço de Ações para a Copa (1º Ciclo) Cidade-sede de Manaus Dezembro de 2012 Manaus: Distribuição dos Investimentos por Tema e Fonte de Recursos Referência Nov/12, Distribuição dos investimentos

Leia mais

Concessão. Aeroporto de Confins PRESS KIT

Concessão. Aeroporto de Confins PRESS KIT PRESS KIT Assinatura do contrato do (MG) Abril/2014 SUMÁRIO Governo assina contrato de concessão (MG) 3 Fases da Concessão 5 Obras e melhorias em andamento no (MG) - INFRAERO 6 Resultado do Leilão de Galeão

Leia mais

Regulação da Infraestrutura Aeroportuária

Regulação da Infraestrutura Aeroportuária Regulação da Infraestrutura Aeroportuária Walter Américo da Costa Souza Superintendente de Desenvolvimento Aeroportuário INFRAERO Sistema de Aviação Civil Indústria Aeronáutica Transporte Aéreo Aeroportos

Leia mais

@aviacaocivil

@aviacaocivil www.aviacaocivil.gov.br faleconosco@aviacaocivil.gov.br /AviacaoGovBr @aviacaogovbr @AviacaoGovBr @aviacaocivil Arranjo Institucional Março PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA Formular, coordenar e supervisionar

Leia mais

DADOS ATUAIS MOVIMENTO DE PASSAGEIROS ESTIMADO CAPACIDADE ATUAL: ÁREA DO PÁTIO DE AERONAVES: 45.000,00 m² ÁREA DO TPS:

DADOS ATUAIS MOVIMENTO DE PASSAGEIROS ESTIMADO CAPACIDADE ATUAL: ÁREA DO PÁTIO DE AERONAVES: 45.000,00 m² ÁREA DO TPS: ROTEIRO DADOS ATUAIS MOVIMENTO DE PASSAGEIROS ESTIMADO HISTÓRICO DO AEROPORTO JUSTIFICATIVA DO EMPREENDIMENTO AÇÕES PREVISTAS O PROJETO INVESTIMENTO PREVISTO PREVISÃO DE DESEMBOLSO PRAZOS ESTIMADOS DADOS

Leia mais

TREM DE GUARULHOS EXPRESSO AEROPORTO

TREM DE GUARULHOS EXPRESSO AEROPORTO TREM DE GUARULHOS EXPRESSO AEROPORTO REGIÃO METROPOLITANA DE SÃO PAULO 2 Municípios Habitantes PIB (Regional) Comércio e Serviços 39 18,6 milhões 10,5% população Brasileira R$ 244 Bilhões 15,7% PIB Brasileiro

Leia mais

GE.01/202.75/00889/01 GERAL GERAL ARQUITETURA / URBANISMO INFRAERO GE.01/202.75/00889/01 1 / 6 REVISÃO GERAL 07.07.05 ARQ. CLAUDIA

GE.01/202.75/00889/01 GERAL GERAL ARQUITETURA / URBANISMO INFRAERO GE.01/202.75/00889/01 1 / 6 REVISÃO GERAL 07.07.05 ARQ. CLAUDIA INFRAERO GE.01/202.75/00889/01 1 / 6 01 REVISÃO GERAL 07.07.05 ARQ. CLAUDIA REV. M O D I F I C A Ç Ã O DATA PROJETISTA DESENHISTA APROVO Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroportuária ESCALA DATA

Leia mais

O TCU E A COPA 2014 Ministro-Relator: Valmir Campelo

O TCU E A COPA 2014 Ministro-Relator: Valmir Campelo O TCU E A COPA 2014 Ministro-Relator: Valmir Campelo Adalberto Santos de Vasconcelos Coordenador-Geral da Área de Infraestrutura e da Região Sudeste Rafael Jardim Assessor do Ministro Valmir Campelo Brasília

Leia mais

Foto: Samsung Divulgação

Foto: Samsung Divulgação ESPAÇOS EDIFÍCIOS EMPRESAS 42 DIGITAL SIGNAGE Seguindo as mudanças no consumo Brasil alcança o segundo maior crescimento mundial em número de passageiros em aeroportos nos primeiros meses deste ano. O

Leia mais

Fiscalização e Controle Social Resultados da FPI

Fiscalização e Controle Social Resultados da FPI - Crea-BA Fiscalização e Controle Social Resultados da FPI Arqt.º e Eng.º Civil Giesi Nascimento Filho Chefe de Gabinete do Crea-BA - Crea-BA Conclusões A dificuldade de acesso a determinados cronogramas

Leia mais

As condições de acessibilidade e mobilidade nas cidades receptoras. Diretoria de Engenharia - DE

As condições de acessibilidade e mobilidade nas cidades receptoras. Diretoria de Engenharia - DE As condições de acessibilidade e mobilidade nas cidades receptoras Diretoria de Engenharia - DE Cidades candidatas e seus aeroportos Aeroportos da INFRAERO primeira e última imagem que o turista estrangeiro

Leia mais

Superintendência Regional do Centro-Leste SRCE

Superintendência Regional do Centro-Leste SRCE Superintendência Regional do Centro-Leste SRCE Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária 39 anos de tradição. Reúne uma força de trabalho de aproximadamente 36.744 profissionais, entre empregados

Leia mais

Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroportuária AEROPORTO INTERNACIONAL DE FOZ DO IGUAÇU/CATARATAS

Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroportuária AEROPORTO INTERNACIONAL DE FOZ DO IGUAÇU/CATARATAS OBJETIVO Demonstrar a importância do Plano de Obras e Serviços para execução da obra de fechamento das valas de drenagem do Aeroporto de Foz do Iguaçu/Cataratas ROTEIRO PLANEJAMENTO: - Descrição da obra;

Leia mais

2007-2010. localização Bengo - Angola. Casa Militar do Presidente da República / GRN. 3 mil milhões de EUR. Projeto de Execução. 1.

2007-2010. localização Bengo - Angola. Casa Militar do Presidente da República / GRN. 3 mil milhões de EUR. Projeto de Execução. 1. localização Bengo - Angola Dono da Obra Casa Militar do Presidente da República / GRN Custo Estimado 3 mil milhões de EUR Perspetiva geral do NAIA Fase Projeto de Execução Área 1.980 ha O Novo Aeroporto

Leia mais

DIRETORIA DE PLANEJAMENTO - DP

DIRETORIA DE PLANEJAMENTO - DP DIRETORIA DE PLANEJAMENTO - DP SUPERINTENDÊNCIA DE DESENVOLVIMENTO AEROPORTUÁRIO DPDR GERÊNCIA DE PLANOS DIRETORES - DRPD PLANO DIRETOR AEROPORTO INTERNACIONAL DE FLORIANÓPOLIS - SC MINUTA RELATÓRIO SÍNTESE

Leia mais

BRASIL 2015: O VERDADEIRO RESULTADO DA COPA

BRASIL 2015: O VERDADEIRO RESULTADO DA COPA BRASIL 2015: O VERDADEIRO RESULTADO DA COPA Brasil, 2007 PIB R$ 1,8 trilhão Alfabetização 88,6% Expec. de Vida 71,7 anos PIB per capita US$ 8.402 Fonte: ONU e IBGE Brasil, 2015 PIB R$ 2,1 trilhões Alfabetização

Leia mais

Code-P0. 4º Balanço de Ações para a Copa (1º Ciclo) Cidade-sede do Rio de Janeiro. Dezembro de 2012

Code-P0. 4º Balanço de Ações para a Copa (1º Ciclo) Cidade-sede do Rio de Janeiro. Dezembro de 2012 CodeP0 4º Balanço de Ações para a Copa (1º Ciclo) Cidadesede do Rio de Janeiro Dezembro de 2012 CodeP1 CODE1 Rio de Janeiro: Distribuição dos Investimentos por Tema e Fonte de s Referência Nov/12, Distribuição

Leia mais

Relatório 4 - Estudos Preliminares de Engenharia

Relatório 4 - Estudos Preliminares de Engenharia Relatório 4 - Estudos Preliminares de Engenharia Rio de Janeiro, 06 de Agosto de 2010 ÍNDICE GERAL 1. Limitação na Distribuição...7 2. Introdução...9 3. Caracterização do ASGA... 11 4. Resultados da Demanda...

Leia mais

APLICAÇÃO DE GEOWEB EM REVESTIMENTO DE CANAL AEROPORTO INTERNACIONAL GUARULHOS SP

APLICAÇÃO DE GEOWEB EM REVESTIMENTO DE CANAL AEROPORTO INTERNACIONAL GUARULHOS SP APLICAÇÃO DE GEOWEB EM REVESTIMENTO DE CANAL AEROPORTO INTERNACIONAL GUARULHOS SP Autor: Departamento Técnico - Atividade Bidim Distribuidor: Ramalho Comercial Ltda. PERÍODO 2006/2007 Revisado ABRIL 2011

Leia mais

Administra 67 Aeroportos

Administra 67 Aeroportos Institucional A Infraero Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária - INFRAERO 37 anos de tradição e credibilidade no mercado Sediada em Brasília, Capital Federal, e presente em todos os Estados

Leia mais