PROJETO SISTEMA CONTROLE DE ACESSO ORBYTECH

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PROJETO SISTEMA CONTROLE DE ACESSO ORBYTECH"

Transcrição

1 PROJETO SISTEMA CONTROLE DE ACESSO ORBYTECH 2.0 CONTROLE DE ACESSO DESCRIÇÃO DO SISTEMA O objetivo principal do sistema é proporcionar segurança através de monitoração de acesso de pessoas as instalações de um empreendimento conforme as informações contidas no banco de dados do sistema. O sistema se propõe a controlar uma rede on-line de equipamentos de acesso, liberando ou bloqueando uma tentativa de acesso com o uso de cartão transponder, senha, biometria etc. Entende-se por equipamento de acesso um equipamento eletrônico dotado de bloqueio físico (por exemplo: catraca, cancela, torniquete, porta dotada de fechadura eletrônica, etc.) comandados por um ou mais leitores de cartão (código de barras, magnético, proximidade, ou smart card) de teclado ou biometria. O procedimento de controle de acesso se dá mediante apresentação de um identificador (cartão, senha ou biometria) em um leitor para a verificação do limite de acesso pelo sistema e a partir daí liberar ou não a passagem para o portador do cartão Controle de acesso veicular (Condômino com cartão) O usuário que utiliza o cartão transponder de identificação faz uso de baias especiais de acesso rápido que estão localizadas na Portaria, estas baias possuem leitoras de proximidade instaladas que identificam o código individual de cada cartão. O software que gerencia os equipamentos instalados, faz a associação do código do cartão e confere se é um cartão válido no momento da leitura ao aproximar o cartão da leitora, através de informações que estarão arquivadas no sistema servidor central como quadra, lote, foto do detentor do cartão e condição de acesso liberado ou não, e outras informações necessárias ao empreendimento que são totalmente personalizáveis. Após este procedimento a liberação do acesso se faz automaticamente com a liberação da cancela, caso o cartão não tenha restrição, é feito o arquivamento do acesso juntamente com fotos capturadas no momento da leitura do cartão, do rosto do condutor e da placa do veiculo. Durante a liberação da cancela pelo sistema automatizado, o operador da pista confere se a pessoa em questão que está utilizando o cartão é o mesmo da foto cadastrada ou se pelo menos é algum familiar previamente cadastrado e então valida o acesso. Este procedimento de duplo comando tem por finalidade inibir a utilização do cartão de acesso por terceiros, familiares não cadastrados, etc. 2.2 Controle de acesso veicular (Condômino sem cartão I visitantes autorizados) O morador no momento em que for utilizar a cancela para entrar ou sair, e que não estiver portando o cartão transponder, fará uso da cancela destinada a visitantes, devido a pista destinada a condôminos ser uma pista de acesso rápido e para o condômino se abtuar a utilizar o cartão com freqüência, quando isto ocorrer, o operador de pista fará a verificação da foto do morador pelo sistema, mediante informação de quadra e lote, nome ou outra informação qualquer O visitante que ao chegar ao condomínio informará à residência que visitará através de quadra e lote, ou nome da pessoa a ser visitada, se já estiver autorizado facilitará o acesso, caso

2 contrário o funcionário fará contato na residência para obter a liberação, caso isto ocorra, será feito um breve cadastro de visita com os dados do visitante juntamente com as fotos que também serão capturadas do rosto do condutor e placa do veiculo e arquivadas. Os cadastros de visitas, serão feitos através de uma linha telefônica exclusiva para cadastro por meio de um operador ou por sistema de auto atendimento. O condômino possuirá uma senha que será informada ao operador e através da tela de cadastro ele arquivará todas as informações do visitante que é automaticamente lançado no sistema da portaria, no caso do sistema de auto atendimento o condômino fará o mesmo procedimento mas de forma automatizada como nos sistemas bancários e de consulta a lista. O visitante receberá um prisma a ser colocado no retrovisor central do veiculo, no lado voltado ao condutor estará descrito todas as normas de transito e permanecia no interior do empreendimento e do lado de visão externa haverá um numero e o código de barras para consulta sempre que necessário pelos rondantes de segurança, este prisma devera permanecer em local visível durante toda estada do veiculo dentro do empreendimento, e apresentado para o operador de pista de visitantes e serviços todas as vezes que este veiculo sair e entrar do empreendimento para se ter o controle e registro de todos acessos com fotos. Ao termino da visita determinado pelo condômino no momento do cadastro o visitante deverá devolver este prisma na saída, caso não ocorra sua saída será bloqueada e o prisma automaticamente perde sua validade devido a data permissão ter expirado Controle de acesso de prestadores de serviço com veículo O prestador de serviço regular (empregadas domésticas, caseiros, limpadores de piscina, etc.) fará uso de carteirinha ou cartão transponder pessoal, com prazo de validade, expedida mediante solicitação do condômino de no máximo 1 ano, podendo ser renovada após este período. O prestador apresentará a carteirinha para entrar ou sair, e ainda deverá portar a mesma em local visível ao transitar pelo condomínio. O prestador de serviço eventual poderá ter seu acesso previamente autorizado pelo condômino, do mesmo modo da visita, mas com distinção feita automaticamente na hora do cadastro, caso isto não ocorra à confirmação para liberação ocorrerá por liberação ou outro meio eletrônico. Durante a liberação da entrada do prestador o operador do sistema acionará a cancela utilizando um botão na tela do software para liberar manualmente o acesso, já que estes não possuem cartão transponder, do mesmo modo que é feito para os visitantes, e também recebem um prisma de identificação do veiculo. Estes prismas terão algumas cores diferenciadas, para distinguir visualmente visitantes de condôminos, visitantes do empreendimento, prestador de serviços e outros que se fizerem necessários Controle de acesso de prestadores de serviço sem veículo O prestador de serviço com carteirinha valida poderá utilizar as guaritas de acesso informatizadas que houver no empreendimento, os que não possuírem carteirinha ou autorização previa e de visita esporádica, o procedimento será o mesmo utilizado no cadastro para visitantes e prestadores com veiculo, e também receberão um cartão já neste caso cartão transponder para o acesso ao empreendimento que na saída deverá obrigatoriamente depositar em uma urna, para que sua saída seja liberada.

3 3.0 - Estações de trabalho Será montado no empreendimento uma rede de computadores voltados exclusivamente para o sistema de controle de acesso, seja para controlar o fluxo de veículos pelo sistema automatizado ou para controlar os prestadores de serviços,visitantes ou condôminos, trabalhando isoladamente dos demais sistemas que houver no empreendimento. Esta rede será composta por micro computadores na portaria do empreendimento, com um microcomputador em cada baia de acesso denominados TERMINAIS, todos eles interligados por rede padrão via cabo ou sistema wireless a um sistema central denominado SERVIDOR, este instalado em uma central de segurança ou até mesmo na própria portaria, dependendo da disposição física do local. A distribuição dos equipamentos a rede se dá pela seguinte forma : Portaria 07 Micro computadores terminais sendo : 01 Terminal baia entrada condômino 01 Terminal baia saída condômino 01 Terminal baia entrava prestador/visitante 01 - Terminal baia saída prestador/visitante 01 - Terminal baia entrada/saída prestadores e visitantes (pedestres) 01 Terminal de cadastro na ADM 01 Servidor Central 3.2 Estações Terminais Esquema em bloco de estações TERMINAIS com seus respectivos equipamentos. Leitora - Modem Micro Computador terminal Cancela ou Catraca Câmera fotográfica MODEM MICRO TERMINAL LEITORA CÂMERA FOTOGRÁFICA CANCELA

4 Esquema de implantação do Controle de Acesso: SISTEMA SERVIDOR CENTRAL TERMINAL CADASTRO Terminal onde todos os cadastros serão efetuados. Computador, onde todos os acessos e consultas serão armazenados e controle de todos relatórios necessários. BAIA DE PEDESTRES Em cada Portaria também será instalado um terminal aqui descrito como o TERMINAL PEDESTRE, para controle do fluxo de prestadores de serviços, visitantes etc. A única coisa que difere este terminal que ao invés de cancela ele usará uma catraca eletrônica. 01- Catraca 01- Leitor de Cartão Transponder 01- Leitor de Código de barras 01- Câmeras Fotográficas para rosto 01- Computador terminal BAIAS DE ENTRADA/ SAIDA Cada Pista de entrada e saída de veiculo do empreendimento será composta por um sistema independente com : 01- Cancela 01- Leitor de Cartão Transponder 01- Leitor de Código de barras 02- Câmeras Fotográficas sendo: 01- Para rosto de condutores 01- Para o veiculo. 01- Computador terminal Cada pista trabalhará também de forma independente para que no caso de alguma pane o sistema opere normalmente nas demais assim tornando o sistema mais eficiente e seguro.

5 4.0 Software O software foi totalmente desenvolvido para uso industrial e condominial com tecnologia totalmente nacional desenvolvido para trabalhar em plataforma Windows, de fácil operação e que foi especificamente desenvolvido para gerenciamento de todos os terminais de acessos instalados no empreendimento. O desenvolvimento deste software foi baseado no sistema stand alone, onde na queda de qualquer terminal ou mesmo do servidor o sistema continua funcionando de forma individual terminal por terminal, para tornar o sistema confiável e seguro. O software é totalmente flexível, tendo seu desenvolvimento personalizado para a necessidade de cada cliente O software é dividido em três módulos distintos sendo: 1 Software Central Servidor - Onde é efetuado todo gerenciamento do sistema e arquivamento dos acessos, imagens e dados de cada condômino e visita. 2 - Software Terminal - Onde são captadas todas as informações de fotos e consultas pelo operador de pista além da visualização de todo processo em real time. 3 Software de Cadastro Onde é efetuado todo cadastramento de condôminos, dependentes e prestadores de serviços fixo e outros cadastros necessários. 4.1 Telas do software Nas ilustrações abaixo, seguem algumas telas principais do software de Controle de Acesso. 4.2 Sistema Servidor Tela principal do Servidor, solicitação de usuário e senha para acessar o sistema de consulta e configuração. Tela principal do software do sistema Servidor, com todas opções de configuração e consulta do sistema.

6 4.3 Software Baia Veículos. Tela de agendamento de visitantes e consulta de visitas arquivadas. Tela principal terminal baia de veículos 4.4 Software Baia de pedestre Tela de Acesso as Baias de pedestres Tela de cadastro e consulta de Prestadores de Serviços e Empreiteiros

7 4.5 Software cadastro Tela de cadastro de condôminos Tela de Cadastro de Dependentes Tela de cadastro de Empreiteiros Tela de cadastro de funcionários de Empreiteiros Tela de cadastro de Funcionários de condôminos Tela de consulta de acessos com fotos dos veículos e rosto dos condutores

8 5.0 Equipamentos 5.1 Micro Computadores Terminais. Os microcomputadores terminais a serem utilizados nas baias de acesso de veículos e pedestres, são equipamentos convencionais de utilização no mercado, montados em gabinetes padrão 19 industrial, monitores de LCD de 15 com placa de Vídeo Captura, para entrada das câmeras fotográficas. Terminal Baias 5.2 Micro Computadores Servidor. O microcomputador Servidor, tem sua montagem idêntica aos terminais, mas devendo ser uma máquina mais potente, com maior capacidade de memória e com duas HD s internas, sendo uma baixa de 80 Gigabits para instalação dos sistemas operacionais e outra com uma grande capacidade de aproximadamente 500 Giga bits para arquivamento dos acessos e fotos do sistema, esta HD deverá ter durabilidade de aproximadamente 1 mês, dependendo do fluxo ao empreendimento, após este período a mesma terá seus arquivos sobrepostos sobre os mais antigos, assim sempre mantendo um arquivo de acesso de 1 mês. O Sistema Servidor é montado em um armário padrão industrial, devido a estética atendendo as normas de qualidade. RACK SERVIDOR

9 5.3 Cartões Transponders Os Cartões transponders serão confeccionados de acordo com as necessidades do empreendimento, com logotipos e dados impressos necessários, conforme modelos abaixo : Os cartões geralmente são distintos por cores e pelo descritivo do portador, como : Condômino, Visitante, Prestador de Serviço, Funcionário,Empreiteiro etc, com isto o sistema torna-se muito eficiente pois com a distinção das cores os funcionários facilmente identificam o tipo de portador dos cartões pelas cores. Estes cartões possuem garantia vitalícia, dentro das condições de uso especificadas pelo fabricante. Por ser um sistema de leitura sem contato, torna-se um sistema eficiente e sem desgaste físico e inclonável, onde mesmo com desgaste da impressão, não dificulta em nada a leitura, o que já acontece no sistema de código de barras e tarja magnética, onde uma simples xerox clona o sistema. Além de cartões podem ser utilizados chaveiros transponders a serem determinados pelo empreendimento.

10 Abaixo temos uma tabela comparativa entre o novo sistema RFID e o convencional por códigos de barras ou tarja Magnética : Características RFID Código de Barras Tarja Magnética Resistência Mecânica Alta Baixa Formatos Variados Etiquetas Exige Contato Visual Não Sim Vida Útil Alta Baixa Possibilidade de Escrita Sim Não Leitura Simultânea Sim Não Dados Armazenados Alta Baixa Funções Adicionais Sim Não Segurança Alta Baixa Custo Inicial Alto Baixo Custo de Manutenção Baixo Alto Reutilização Sim Não

11 5.4 Leitoras de Cartão RFID. Em cada ponto de acesso haverá uma leitora de cartão transponders (RFID), interligada a um modem com saída analógica para acionamento de cancelas, catracas, portões etc. As leitoras convencionais fazem a leitura dos cartões a cerca de 15 cm de distância, existindo leitoras que possibilitam a leitura a quase 1 metro de distância. As leitoras serão condicionadas dentro de totens e gabinetes desenvolvidos dentro de acordo com o design e condições físicas do empreendimento Modens Como mostra no desenho ilustrativo do item 3.2 dos equipamentos utilizados em cada baia de acesso ou terminal, será utilizado um modem para acionamento de cancelas, catracas, portões e outras opções necessárias. Cada terminal ou baia de acesso utilizará um modem para que possam ter autonomia de funções. 5.6 Totens Leitora Nas pistas de acesso veicular será implantado totens para o alojamento dos leitores de cartões transponders, os totens são desenvolvidos em aço inox com a opção de serem instalados na cor padrão do empreendimento, mas este tipo de equipamento possui o padrão mundial na cor laranja como nas fotos ilustrativas.

12 5.7 Câmeras Fotográficas do C.A Conforme descrito na apresentação do sistema, no momento em que o usuário do sistema faz uso das baias de acesso e passa o cartão sobre a leitora, serão feitos dois registros fotográficos dele, sendo : uma do rosto através de uma micro câmera e outro, da placa traseira do veículo por câmeras convencionais de alta definição, o software de gerenciamento que capta a imagem em forma de frame no momento da leitura dos cartão, conforme mostram as fotos ilustrativas.

13 5.8 Postes e Suportes Todos os postes e suportes são confeccionados em aço inox devido a durabilidade quanto a corrosão e entregues instalados na cor original ou escovado, e com design diferenciado e moderno o que é mais um diferencial dos sistemas convencionais que há no mercado. Os suportes são desenvolvidos de acordo com cada local onde deverão ser fixados e geralmente são pintados com pintura epoxy eletrostática na cor branca conforme fotos ilustrativas de alguns modelos Caixa Alojamento Câmeras As caixas para alojamento das câmeras foram desenvolvidas pela ANTEMOLD, para se tornar mais um diferencial e devido as caixas que são utilizadas no mercado serem de baixa qualidade com acabamento grosseiro e com acessórios frágeis a corrosão,alem da estética, são confeccionadas em alumínio tratado com pintura epoxy também na cor branca em sistema tubular, podendo ser pintada na cor de preferência do empreendimento Cabos e Conectores A ORBYTECH preza muito o serviço de infra-estrutura, por isto trabalhamos com redes estruturadas, e equipamentos de uso industrial profissional, o que encarece um pouco o sistema em seu custo final, mas o custo beneficio é viável devido a qualidade do sistema e facilidade para posterior manutenção e ampliação. O cabeamento para câmeras, no caso de sistema direto (CAMERA /DVR) são utilizados cabos coaxiais flexíveis de múltiplas cores, o que diferencia uma câmera da outra, e facilita na manutenção quando necessário, estes cabos possuem capa de silicone o que evita ressecamento e umidade. Para alimentação das câmeras é utilizado cabos PP de 1,5 mm com capa dupla preta conforme desenho ilustrativo.

14 No caso de transmissão de imagens por par trançado, o cabo utilizado é o mesmo para dados, CAT 5 da marca FURUKAWA, 5.11 Painel de Inspeção e Alimentação Todos os pontos de vídeo e força, são centralizados em um painel de inspeção e proteção, onde é distribuída a alimentação individual para cada câmera e sistema de proteção individual contra surtos e curtos, de fácil identificação no caso de pane através de leds frontais. Com este painel a manutenção fica fácil e segura, pois cada ponto de alimentação esta em conjunto com o ponto de vídeo, ficando extremamente fácil diagnosticar qual câmera apresentou problema e podendo ser solucionado o problema muitas vezes pelo próprio operador do sistema. Vista traseira do painel de inspeção Neste painel são instaladas duas fontes de alimentação chaveadas sendo uma de backup, pois no caso de pane e se tratando de sistema de segurança, evitando as possibilidades de deixar que o sistema se torne inoperante, alem de possuírem entradas para bateria automotiva para que funcionem como sistema No Break, e todo este painel fica alojado na parte inferior do armário central de monitoramento do sistema. Estas fontes possuem entrada em 110/220 volts automático saída de 13,8 volts por 15 ampéres. A centralização dos pontos de alimentação trás inúmeras vantagens e benefícios ao sistema, tornam fácil a manutenção e localização de problemas, trabalha com baixa tensão o que evita interferências na imagens de vídeo (transientes), pontos adicionais para ampliação futura, facilita sistema de backup de energia, não necessita de alterações nas instalações elétricas do local a serem instaladas as câmeras, pois nem sempre o ponto está próximo ao local da instalação, entre outras.

15 5.12 Cancelas e Catracas Nossa empresa é parceira de uma empresa multinacional Alemã (MAGNETIC AUTOCONTROL), esta empresa é líder no mercado mundial no segmento de cancelas, catracas e periféricos para sistemas de controle de acesso. As principais rodovias do país utilizam em seus pedágios as cancelas da Magnetic devido a qualidade e confiabilidade. Em nosso sistema indicamos o uso destas cancelas, pois já tivemos inúmeros problemas com cancelas nacionais, que geralmente são de baixo custo e qualidade, e vendo a situação em um modo grosseiro, todo o sistema é desenvolvido para fazer o controle de trafego e usuários a um empreendimento, mas o que ele vê é apenas o funcionamento da cancela, e se ela falha ou não funciona de cara o usuário condena o sistema inteiro, não vendo os demais itens e infra estrutura, pois aos seus olhos ficam ocultos. As cancelas da Magnetic tem garantia de 5 anos ou de ciclos e tendo um custo de manutenção inexistente neste período e 100% de confiabilidade em seu funcionamento. A cancela mais utilizada em nosso sistema é a MBE-35 conforme características no catalogo em anexo Infra Estrutura Física Para implantação deste sistema, nossa empresa faz uma visita ao local para análise das condições das estruturas para alojar o sistema e desenvolve um projeto técnico entregue ao empreendimento com as alterações a serem feitas na infra estrutura com pontos adicionais de energia, mesas para alojamento dos equipamentos de pistas, adaptações da sala de monitoramento, tubos e dutos necessários, caixas de inspeção entre outras informações necessárias com todas especificações detalhadas. Geralmente nossa empresa disponibiliza um técnico para fazer o acompanhamento destas alterações em seu decorrer para orientar o pessoal caso necessário, ficando por responsabilidade do empreendimento a contratação de pedreiros, marceneiros, serralheiros e de todos materiais necessários. Caso o empreendimento não possua equipe de manutenção, ou não queira efetuar este tipo de trabalho, nossa empresa terceiriza uma equipe para efetuar este tipo de serviço. 7.0 Opcionais O nosso sistema é totalmente flexível, obtendo uma vasta opção de periféricos e opcionais para ampliação do designado sistema, havendo possibilidades de serem elaborados sistemas específicos para cada empreendimento, dentre as nossas opções em linha estão: Leitor de placa O leitor de placas é uma ferramenta de segurança revolucionária para controle de acesso em estacionamentos, pedágios, condomínios e áreas de acesso restrito. Permite ainda o controle de tráfego em rodovias, mesmo com veículos em movimento.

16 Funcionamento O sistema detecta, com o uso de sensores, a presença do veículo no ponto desejado e realiza captura da imagem da placa (frente do veículo), através de uma câmera de vídeo. A imagem adquirida é enviada ao computador, digitalizada e interpretada, transformando a placa do veículo num dado alfanumérico (caracteres). Essa informação poderá ser utilizada para os mais diversos fins, conforme as necessidades dos clientes. Benefícios do Sistema Segurança: Principalmente quando combinado com outra tecnologia (ex: cartão magnético ou leitor de código de barras), pois neste caso evita o portador do ticket ou do cartão sair com um veículo diferente do que entrou. Comodidade: Não necessita interação com o condôminos ou mensalistas. Funciona sem cartão, ticket ou qualquer objeto de identificação. O sistema reconhece a placa, consulta o banco de dados e permite o acesso automaticamente, se assim for definido. Baixo custo: Não tem nenhum custo adicional pelo número de veículos. Vantagem quando comparado aos sistemas de cartão, emissores de tickets e tags. Além disso, reduz o custo fixo e de manutenção significativamente. Auditoria: Em estacionamentos pagos, possibilita ao administrador saber a movimentação exata do período, evitando desvio de recursos. Marketing: Poderosa ferramenta de marketing para estabelecimentos comercias (ex: shopping centers e supermercados) pelo conhecimento exato dos clientes mais freqüentes e do tempo de permanência de cada um deles.

17 Controle: Permite um controle mais efetivo do número de vagas com o número de veículos de cada usuário, evitando a ocupação imprópria de vagas. Permite também o controle da movimentação de veículos de carga em indústrias. Rapidez: Tempo de resposta do sistema (reconhecimento) inferior a 2 segundos. Integração: A Antemold oferece o sistema pronto para ser integrado com outros sistemas de controle de acesso e/ou redes corporativas, sem a necessidade de mudança do sistema de acesso atual. Tecnologia O sistema de reconhecimento de placas foi desenvolvido com técnicas de processamento de imagens e visão computacional para localização da placa e dos caracteres. Para Identificar os números e diferencia-los um do outro utiliza técnica de redes neurais (Inteligência Artificial). O software foi desenvolvido linguagem C++, com tecnologia 100% nacional. Principais Aplicações O sistema de reconhecimento de placas é utilizado principalmente para o Controle de acesso (condomínios comerciais e residenciais, indústrias e universidades), Controle de movimentação (estacionamentos, shopping centers, praças de pedágio, controle de fronteiras) e Controle de tráfego (entradas e saídas de cidades, restrições de veículos em rodovias, controle de velocidade e sinais luminosos). Estacionamento rotativo O sistema faz o controle de acesso de veículos em estacionamentos rotativos, permitindo o registro do tempo durante o qual o veículo permaneceu no estabelecimento e o valor que deve ser pago (horistas). O software evita fraudes, já que emite relatórios com tempos de permanência e movimentação. Além disso, pode fazer o controle de acesso dos veículos mensalistas. Pedágios Com a aquisição da placa do veículo poderá ser calculado o valor devido no pedágio, conforme a classificação do veículo e sinalizado para o operador se o veículo é furtado ou irregular. Além disso, garante a veracidade das informações para efeitos de auditoria.

18 Controle de Tráfego Utilizando este sistema para controle do tráfego, pode-se identificar a velocidade dos veículos, bem como controlar a movimentação de entradas e saídas de cidades, de forma integrada com o banco de dados do órgão governamental responsável pela identificação de veículos roubados ou irregulares. Shoppings Centers Sistema ideal para o controle de movimentação de veículos em Shopping Centers e Hipermercados. Integrando esta tecnologia a um sistema de emissão de tickets, por exemplo, o sistema de segurança torna-se muito mais eficiente, uma vez que o ticket estará vinculado à placa do veículo que entrou no estabelecimento. Caso os dados de entrada não batam com os da saída, um alarme poderá indicar uma tentativa de furto. Além da segurança, o leitor de placas permite a PÇaplicação de um marketing direcionado, gerando relatórios com informações sobre os horários de visitação de cada cliente, facilitando a identificação do perfil do usuário. 7.2 Letreiros Digitais Nosso sistema admite a inclusão de painéis de mensagens, para diversas finalidades. Pode-se inserir uma mensagem geral em um painel principal para visualização de todos, como painéis individuais por baias de acesso, para que no momento do acesso pelo usuário, ele leia uma mensagem direcionada a ele, inserida em sua tela de cadastro no sistema de cadastramento na administração, exemplos : Comunicado para comparecer a ADM para resolver algum problema, Parabenização pelo aniversario. Informativo de festa, eventos ou similar que vá ocorrer no empreendimento. Painel de Mensagens com função de jornal eletrônico programado via sistema, para divulgação de mensagens institucionais, com efeitos visuais diversos. Software de Programação (PROPAN), instalação no PC. Capacidade de memória de caracteres: Comunicação via serial RS 232 ou 485, monocromático; Alcance visual de 35 a 45 metros; Dimensões externas: 90 X 17 X 7 cm Inclui software monitor.

19 8.0 Principais Clientes 8.1 Aplicações INDUSTRIA CONDOMINIO ACADEMIAS ESCOLAS ESTACIONAMENTOS SUPERMERCADOS CONDOMINIO SHOPPING COMERCIAL RESIDENCIAL 9.0 Contatos FONES: (11) (11) (13) (11)

Duas capacidades de armazenamento de digitais: 1.900 digitais (padrão) ou 9.500 digitais (opcional);

Duas capacidades de armazenamento de digitais: 1.900 digitais (padrão) ou 9.500 digitais (opcional); Características Possui estrutura com design moderno e LEDs que indicam a confirmação de registros; Os dados são gravados em um cartucho USB. Este modo de gravação oferece total proteção contra a perda

Leia mais

Duas capacidades de armazenamento de digitais. Opção para 1.900 digitais (padrão) ou 9.500 digitais opcional);

Duas capacidades de armazenamento de digitais. Opção para 1.900 digitais (padrão) ou 9.500 digitais opcional); Características Possui estrutura com design moderno e LEDs que indicam a confirmação de registros; Exclusivo sistema de hibernação quando o equipamento encontra-se sem energia vinda da rede elétrica, o

Leia mais

Características. São Paulo: (11) 4063-5544 Campinas: (19) 4062-9211 Campo Grande: (67) 4062-7122 Cuiabá: (65) 4052-9722. MPEBrasil

Características. São Paulo: (11) 4063-5544 Campinas: (19) 4062-9211 Campo Grande: (67) 4062-7122 Cuiabá: (65) 4052-9722. MPEBrasil Características - Único com este conceito no mercado e com preços atraentes; Iluminação frontal, com chave liga/desliga, em quatro opções de cores (azul, verde, vermelho e amarelo); - Possui sistema de

Leia mais

GEST - SISTEMA DE GESTOR DE ESTACIONAMENTOS

GEST - SISTEMA DE GESTOR DE ESTACIONAMENTOS GEST - SISTEMA DE GESTOR DE ESTACIONAMENTOS VISÃO GERAL 1- INTRODUÇÃO GEST Sistema Gestor de Estacionamentos é o sistema desenvolvido pela INFRAERO para o controle operacional e financeiro do fluxo e permanência

Leia mais

Duas capacidades de armazenamento de digitais. Opção para 1.900 digitais (padrão) ou 9.500 (opcional);

Duas capacidades de armazenamento de digitais. Opção para 1.900 digitais (padrão) ou 9.500 (opcional); Características Fabricada em aço-carbono, com pintura em epóxi preto; Tratamento anticorrosivo; Acabamento em aço inox; Fechadura para acesso aos componentes eletrônicos; Iluminação frontal, com chave

Leia mais

TRUESAFE 2010 SISTEMA INTEGRADO DE CONTROLE DE ACESSO MAXTEL

TRUESAFE 2010 SISTEMA INTEGRADO DE CONTROLE DE ACESSO MAXTEL TRUESAFE 2010 SISTEMA INTEGRADO DE CONTROLE DE ACESSO MAXTEL A Maxtel Tecnologia, traz para você o que há de mais moderno em Sistema de Controle de Acesso para empresas, edifícios, escolas, clubes e condomínios.

Leia mais

Porque usar os produtos da BrasPark

Porque usar os produtos da BrasPark INTRODUÇÃO Nossa empresa iniciou suas atividades em 1993, com objetivo de desenvolver soluções tecnológicas voltadas à automação comercial e industrial. Ao longo destes anos, fabricou-se milhares de equipamentos

Leia mais

Duas capacidades de armazenamento de digitais. Opção para 1.900 digitais (padrão) ou 9.500 digitais (opcional);

Duas capacidades de armazenamento de digitais. Opção para 1.900 digitais (padrão) ou 9.500 digitais (opcional); Características Fabricada em aço-carbono, com pintura em epóxi preto; Tratamento anticorrosivo e acabamento em aço inox; Fechadura para acesso aos componentes eletrônicos; Sistema de amortecimento de giros

Leia mais

Nexcode Systems, todos os direitos reservados. Documento versão 15.1.1 1

Nexcode Systems, todos os direitos reservados. Documento versão 15.1.1 1 Nexcode Systems, todos os direitos reservados. Documento versão 15.1.1 1 1 - INTRODUÇÃO NEXCODE CONTROLS, também conhecido como NEXCON, é um conjunto de soluções de software desenvolvidas pela Nexcode

Leia mais

DIMAS DE MELO PIMENTA EUROPA SISTEMAS DE PONTO E ACESSO S.A.

DIMAS DE MELO PIMENTA EUROPA SISTEMAS DE PONTO E ACESSO S.A. D E S D E 1 9 3 6 DIMAS DE MELO PIMENTA EUROPA SISTEMAS DE PONTO E ACESSO S.A. Torniquetes E BLOQUEIOS A PERFEITA INTEGRAÇÃO SOFTWARE E HARDWARE SOLUÇÃO COMPLETA EM Torniquetes E BLOQUEIOS A DIMEP possui

Leia mais

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS e OPERACIONAIS. BioMatch Server e BioMatch Client

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS e OPERACIONAIS. BioMatch Server e BioMatch Client ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS e OPERACIONAIS BioMatch Server e BioMatch Client ÍNDICE A) Objetivo...3 B) Pré-Requisitos...3 C) Características Operacionais...4 D) Aplicação e Performance...6 E) Descrição dos

Leia mais

Gestão de. na prática. na prática

Gestão de. na prática. na prática Gestão de Controle de acesso na prática na prática Controlar Acesso É a determinação de quem, onde e quando pode entrar ou sair de um determinado local. Também inclui o monitoramento e relatórios de suas

Leia mais

Acabamento em aço inox (Tampa superior embutida, proporcionando um melhor acabamento);

Acabamento em aço inox (Tampa superior embutida, proporcionando um melhor acabamento); Características Fabricada em aço-carbono com pintura em epóxi preto; Tratamento anti-corrosivo; Acabamento em aço inox (Tampa superior embutida, proporcionando um melhor acabamento); Fechadura para acesso

Leia mais

Soluções para automação de estacionamentos

Soluções para automação de estacionamentos Soluções para automação de estacionamentos EXPEDIDOR DE TÍCKETS COM SOFTWARE DE GERENCIAMENTO 1/11 EXPEDIDOR DE TÍCKETS COM SOFTWARE DE GERENCIAMENTO: SISTEMA DE CONTROLE DE ACESSO ON-LINE ATRAVÉS DE ESTAÇÕES

Leia mais

O Sistema foi projetado para ser utilizado por organizações de diversos setores, como:

O Sistema foi projetado para ser utilizado por organizações de diversos setores, como: 1 - APRESENTAÇÃO Este descritivo tem como objetivo, apresentar o Sistema de Controle de Acesso enfocando suas funcionalidades e condições técnicas necessárias de implantação. O Sistema de Controle de Acesso

Leia mais

Baseado na portaria n 373 de 25 de fevereiro de 2011 do Ministério do Trabalho e Emprego;

Baseado na portaria n 373 de 25 de fevereiro de 2011 do Ministério do Trabalho e Emprego; Características Baseado na portaria n 373 de 25 de fevereiro de 2011 do Ministério do Trabalho e Emprego; Poderá ser utilizado por empresas autorizadas por convenção ou acordo coletivo a usar sistemas

Leia mais

Modelo Tecnologia de Identificação Display Impressora. Gráfico; Gráfico; Alfanumérico; Gráfico; Alfanumérico; Alfanumérico; Alfanumérico;

Modelo Tecnologia de Identificação Display Impressora. Gráfico; Gráfico; Alfanumérico; Gráfico; Alfanumérico; Alfanumérico; Alfanumérico; O Velti Ponto está homologado de acordo com a Portaria nº 1.510/2009 do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) em 10 modelos que se diferenciam pela tecnologia de identificação (leitores), tipo de display

Leia mais

MCA - Uma Tecnologia Versátil

MCA - Uma Tecnologia Versátil Soluções MCA A família de soluções MCA reforça a consolidada linha CATRAX de catracas e periféricos para controle de acesso. O coração destas soluções é a tecnologia MCA, que consiste em uma placa de controle

Leia mais

Especificação Técnica

Especificação Técnica Velti Ponto (REP) O Velti Ponto está homologado de acordo com a Portaria nº 1.510/2009 do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) em 10 modelos que se diferenciam pela tecnologia de identificação (leitores),

Leia mais

Gerenciamento Automação de pesagem de veículos Controle de acesso de veículos Integração de dados

Gerenciamento Automação de pesagem de veículos Controle de acesso de veículos Integração de dados PRO TI TAG g EIXO Gerenciamento Automação de pesagem de veículos Controle de acesso de veículos Integração de dados GUARDIAN - INFORMATIVO PARA CLIENTE Rev. 02 1 / 13 1 Objetivo da solução Segurança -

Leia mais

Acionamento através de senha*, cartão de proximidade ou biometria. Compatível com fechaduras magnéticas, eletroímãs e cancelas.

Acionamento através de senha*, cartão de proximidade ou biometria. Compatível com fechaduras magnéticas, eletroímãs e cancelas. 1/8 SISTEMA ZIGLOCK TCP Visão Geral: Instalação e configuração simplificada. Alta capacidade de armazenamento de registros e usuários. Acionamento através de senha*, cartão de proximidade ou biometria.

Leia mais

Sistema de Telemetria para Hidrômetros e Medidores Aquisição de Dados Móvel e Fixa por Radio Freqüência

Sistema de Telemetria para Hidrômetros e Medidores Aquisição de Dados Móvel e Fixa por Radio Freqüência Sistema de Telemetria para Hidrômetros e Medidores Aquisição de Dados Móvel e Fixa por Radio Freqüência O princípio de transmissão de dados de telemetria por rádio freqüência proporciona praticidade, agilidade,

Leia mais

Características. Hexa Controle de ponto

Características. Hexa Controle de ponto Características Os modelos são: o HEXA A - BIOMETRIA/CÓDIGO DE BARRAS/PROXIMIDADE/MIFARE o HEXA B - BIOMETRIA/PROXIMIDADE o HEXA C - BIOMETRIA/CÓDIGO DE BARRAS o HEXA D - BIOMETRIA/MIFARE o HEXA E - CÓDIGO

Leia mais

DataQuest. Soluções para Controle de Acesso. DataMini. Manual Técnico Software Ver. 1.0

DataQuest. Soluções para Controle de Acesso. DataMini. Manual Técnico Software Ver. 1.0 DataQuest Soluções para Controle de Acesso DataMini Manual Técnico Software Ver. 1.0 DataQuest DataQuest Comércio e Consultoria Ltda. Av. Dr. Guilherme Dumont Villares, n 1050 Sala 11 Vila Suzana - São

Leia mais

Baseado na portaria n 373 de 25 de fevereiro de 2011 do Ministério do Trabalho e Emprego;

Baseado na portaria n 373 de 25 de fevereiro de 2011 do Ministério do Trabalho e Emprego; Características Baseado na portaria n 373 de 25 de fevereiro de 2011 do Ministério do Trabalho e Emprego; Poderá ser utilizado por empresas autorizadas por convenção ou acordo coletivo a usar sistemas

Leia mais

Software Solid Config

Software Solid Config Software Solid Config O Software Solid Config é um Software Gerenciador de Controle de Acesso de Pessoas e Veículos que tem como principais características: + Cadastro ilimitado de Pessoas e/ou Veículos

Leia mais

Controle de Acesso GS PROX CT. Cartão de Proximidade. gigasecurity.com.br. Rua José Pinto Vilela, 156 -Centro CEP: 37540-000

Controle de Acesso GS PROX CT. Cartão de Proximidade. gigasecurity.com.br. Rua José Pinto Vilela, 156 -Centro CEP: 37540-000 gigasecurity.com.br Controle de Acesso CT Cartão de Proximidade Ambientes corporativos Condomínios residenciais Áreas restritas GS PROX CT Rua José Pinto Vilela, 156 -Centro CEP: 37540-000 Santa Rita do

Leia mais

Características Técnicas

Características Técnicas Características Técnicas Equipamento homologado de acordo com o Portaria 1510/09 do MTE, com as seguintes características: Possui 2 processadores de 32 Bits, onde um é dedicado para marcações de ponto

Leia mais

ARMÁRIO DIGITAL. Av. Viena, 360 Bairro São Geraldo Porto Alegre RS Fone: xx 51 3325-2728 - www.azanonatec.com.br e-mail: Azanonatec@azanonatec.com.

ARMÁRIO DIGITAL. Av. Viena, 360 Bairro São Geraldo Porto Alegre RS Fone: xx 51 3325-2728 - www.azanonatec.com.br e-mail: Azanonatec@azanonatec.com. ARMÁRIO DIGITAL 1 1. INTRODUÇÃO Este documento apresenta algumas considerações sobre o Sistema de guardavolumes autônomo ARMÁRIO DIGITAL, contemplando a operacionalidade e funcionalidade do sistema, bem

Leia mais

Controle de acesso Portfólio

Controle de acesso Portfólio Controle de acesso Portfólio 1ª edição 2015 Automatiza, uma empresa do Grupo Intelbras Os produtos da Automatiza complementam o portfólio de segurança da Intelbras, oferecendo soluções completas e inovadoras

Leia mais

Controle de Acesso. Erika Araujo Analista de Sistemas

Controle de Acesso. Erika Araujo Analista de Sistemas Controle de Acesso Erika Araujo Analista de Sistemas VIDEO INSTITUCIONAL 9 Lojas em Minas 17 anos Treinamento Controle de Acesso Prédios Treinamento Controle de Acesso 7 Condomínios - Controle fluxo de

Leia mais

Sistema automático de controle de estacionamentos e frota

Sistema automático de controle de estacionamentos e frota Controle inteligente de estacionamentos e frotas GV-LPR - Sistema de Reconhecimentode Placas Sistema automático de controle de estacionamentos e frota O QUE É? É um sistema de controle e reconhecimento

Leia mais

Relógio de Ponto Hexa - HENRY

Relógio de Ponto Hexa - HENRY Relógio de Ponto Hexa - HENRY Visão Geral Equipamento Homologado pelo Ministério do Trabalho e Certificado pelo Inmetro. Trabalha com vários tipos de comunicação, tornando-se um equipamento moldável e

Leia mais

CONTROLE DE ACESSO. Eldorado Business Tower São Paulo

CONTROLE DE ACESSO. Eldorado Business Tower São Paulo CONTROLE DE ACESSO Eldorado Business Tower São Paulo As catracas Digicon foram projetadas para garantir mais segurança e agilidade ao mercado. São diferentes linhas que atendem às mais diversas aplicações,

Leia mais

DIGIREP. Registro Eletrônico de Ponto

DIGIREP. Registro Eletrônico de Ponto DIGIREP Registro Eletrônico de Ponto Versão preferencial com fundo branco: Versão Tons de Cinza com fundo branco: Versão colorida em fundo preto: Versão Tons de Cinza em fundo preto: DigiREP é um equipamento

Leia mais

O equipamento está homologado de acordo com a Portaria nº 1.510/2009 MTE, disponível em 7 modelos:

O equipamento está homologado de acordo com a Portaria nº 1.510/2009 MTE, disponível em 7 modelos: Características O equipamento está homologado de acordo com a Portaria nº 1.510/2009 MTE, disponível em 7 modelos: --Prisma E - Display alfa numérico (biometria + código de barras); --Prisma F - Display

Leia mais

http://www.nibtec.com.br Manual do Usuário NibProx Light

http://www.nibtec.com.br Manual do Usuário NibProx Light http:// Manual do Usuário NibProx Light INTRODUÇÃO Independente do porte de sua empresa, residência ou condomínio, os controladores de acesso NibAccess atendem na medida certa. Compactos e com design arrojado,

Leia mais

DIGIREP. Registro Eletrônico de Ponto

DIGIREP. Registro Eletrônico de Ponto DIGIREP Registro Eletrônico de Ponto DigiREP é um equipamento para Registro Eletrônico de Ponto, com impressão das marcações, atendendo à Portaria 1510 do Ministério do Trabalho e Emprego - MTE. A Digicon

Leia mais

Madis Rodbel Lança equipamento de ponto que atende a portaria 1510 do MTE

Madis Rodbel Lança equipamento de ponto que atende a portaria 1510 do MTE No dia 21 de agosto de 2009, o Ministério do Trabalho e Emprego assinou a Portaria 1510, que regulamenta o Registro Eletrônico de Ponto - REP e a utilização do Sistema de Registro Eletrônico de Ponto -

Leia mais

Entendendo a Tecnologia RFID

Entendendo a Tecnologia RFID Entendendo a Tecnologia RFID Como o próprio nome sugere a identificação por radiofreqüência é uma tecnologia de identificação automática que utiliza ondas eletromagnéticas como meio para capturar as informações

Leia mais

Nexcode Systems, todos os direitos reservados. Documento versão 15.1.1 1

Nexcode Systems, todos os direitos reservados. Documento versão 15.1.1 1 Nexcode Systems, todos os direitos reservados. Documento versão 15.1.1 1 1 - INTRODUÇÃO NEXCODE ACESS, também conhecido como NEXCESS, é um conjunto de soluções de software desenvolvidas sob a plataforma

Leia mais

Sistema de Estacionamento DMP Parking

Sistema de Estacionamento DMP Parking Sistema de Estacionamento DMP Parking Dimensões: Indisponível Características Gerais Sistema de Estacionamento DMP Parking para o controle e gerenciamento de todas as funções automatizadas no estacionamento,

Leia mais

Controle de Acesso GS TOUCH CT. Leitor Biométrico. gigasecurity.com.br. Santa Rita do Sapucaí - MG Tel: 55 35 3473 4300

Controle de Acesso GS TOUCH CT. Leitor Biométrico. gigasecurity.com.br. Santa Rita do Sapucaí - MG Tel: 55 35 3473 4300 gigasecurity.com.br Controle de Acesso Leitor Biométrico Ambientes corporativos Áreas restritas GS TOUCH CT Rua José Pinto Vilela, 156 -Centro CEP: 37540-000 Santa Rita do Sapucaí - MG Tel: 55 35 3473

Leia mais

GAMA TECNOLOGIA EM SEGURANÇA PATRIMONIAL LTDA.

GAMA TECNOLOGIA EM SEGURANÇA PATRIMONIAL LTDA. GAMA TECNOLOGIA EM SEGURANÇA PATRIMONIAL LTDA. GAMA TECNOLOGIA EM SEGURANÇA PATRIMONIAL LTDA. Criada em 2002, a GAMA TECNOLOGIA EM SEGURANÇA foi fundada em João Pessoa PB, para prestar serviços de instalações

Leia mais

Características Técnicas

Características Técnicas Características Técnicas Equipamento homologado de acordo com o Portaria 1510/09 do MTE, com as seguintes características: Possui 2 processadores de 32 Bits, onde um é dedicado para marcações de ponto

Leia mais

CH & TCR. Tecnologias de Identificação

CH & TCR. Tecnologias de Identificação Tecnologias de Identificação Código de barras O sistema de identificação conhecido por código de barras teve origem nos EUA, em 1973, com o código UPC (universal product code) e, em 1977, esse sistema

Leia mais

SOLUÇÕES EM CONTROLE DE ACESSO, AUTOMAÇÃO E SEGURANÇA

SOLUÇÕES EM CONTROLE DE ACESSO, AUTOMAÇÃO E SEGURANÇA SOLUÇÕES EM CONTROLE DE ACESSO, AUTOMAÇÃO E SEGURANÇA APRESENTAÇÃO, DESCRIÇÕES E FOTOS EXPEDIDORES DE COMANDAS E ACESSÓRIOS DESCRIÇÕES DOS EQUIPAMENTOS ENTRADA EXPEDIDORA DE COMANDAS AUMENTE SEU FATURAMENTO:

Leia mais

Controle de Acesso de Pedestres

Controle de Acesso de Pedestres Controle de Acesso de Pedestres Catraca Descrição Geral: Linha de catracas com as mais recentes tendências da tecnologia, associadas aos recursos que o mecanismo destes equipamentos proporcionam. Permite

Leia mais

VESOFTWARE - DESENVOLIMENTO DE SISTEMAS E WEBSITES Fone: (11) 4036-6980 VIVO(11)9607-5649 TIM(11)7013-8480 www.vesoftware.com.

VESOFTWARE - DESENVOLIMENTO DE SISTEMAS E WEBSITES Fone: (11) 4036-6980 VIVO(11)9607-5649 TIM(11)7013-8480 www.vesoftware.com. Fone: (11) 4036-6980 VIVO(11)9607-5649 TIM(11)7013-8480 www.vesoftware.com.br 1-15 INTRODUÇÃO O Programa pode ser instalado em qualquer equipamento que utilize o sistema operacional Windows 95 ou superior,

Leia mais

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS e OPERACIONAIS CONTROL

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS e OPERACIONAIS CONTROL ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS e OPERACIONAIS CONTROL ÍNDICE a) Objetivo 3 b) Hierarquia dos Produtos 3 c) Control c.1) Características Operacionais Genéricas 4 c.2) Características Técnicas Genéricas 4 c.3)

Leia mais

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS Sistema Operacional: Compatível com Windows XP ou superior; Banco de Dados: Padrão do sistema em SQL Server, podendo, no entanto, ser utilizado com a maioria dos bancos de dados

Leia mais

Uma solução para cada necessidade:

Uma solução para cada necessidade: CATALOGO GERAL DE PRODUTOS 2011 MARCA A marca ACESSO oferece ao mercado uma linha completa de soluções para controle de acesso de veículos. São estações de expedição e recolhimento de tickets e cartões

Leia mais

SOLUÇÕES COMPLETAS SOLUÇÕES COMPLETAS. em produtos e serviços de segurança eletrônica e telecomunicações

SOLUÇÕES COMPLETAS SOLUÇÕES COMPLETAS. em produtos e serviços de segurança eletrônica e telecomunicações SOLUÇÕES COMPLETAS em produtos e serviços de segurança eletrônica e telecomunicações SOLUÇÕES COMPLETAS em produtos e serviços de segurança eletrônica e telecomunicações CFTV IP CABEAMENTO ESTRUTURADO

Leia mais

Capacidade de gerenciamento de até 15.000 colaboradores na Memória de Trabalho (MT);

Capacidade de gerenciamento de até 15.000 colaboradores na Memória de Trabalho (MT); Características Registrador eletrônico de ponto que atende a Portaria 1.510/09 do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), e os requisitos da Portaria 595/13 do Inmetro, que determina novos padrões de segurança

Leia mais

Maior Tranqüilidade - Todos esses benefícios, protegendo seus bens materiais e as pessoas que por ali circulam.

Maior Tranqüilidade - Todos esses benefícios, protegendo seus bens materiais e as pessoas que por ali circulam. 1 - APRESENTAÇÃO Este descritivo tem como objetivo, apresentar o Sistema de Identificação de Visitantes enfocando suas funcionalidades e condições técnicas necessárias de implantação. Vantagens do Sistema

Leia mais

Soluções permitem o monitoramento a distância das instalações da casa, visando redução de consumo e alto desempenho

Soluções permitem o monitoramento a distância das instalações da casa, visando redução de consumo e alto desempenho Casa do futuro Soluções permitem o monitoramento a distância das instalações da casa, visando redução de consumo e alto desempenho Por Heloisa Medeiros A rápida evolução de produtos e equipamentos eletrônicos

Leia mais

Modelo R02 - Volume 1 - Conhecendo o Equipamento

Modelo R02 - Volume 1 - Conhecendo o Equipamento Modelo R02 - Volume 1 - Conhecendo o Equipamento INTRODUÇÃO Este manual foi desenvolvido com a finalidade de apresentar os recursos do equipamento, modos de registro de ponto e comunicação. O equipamento

Leia mais

Duas capacidades de armazenamento de digitais. Opção para 1.900 digitais (padrão) ou 9.500 digitais (opcional);

Duas capacidades de armazenamento de digitais. Opção para 1.900 digitais (padrão) ou 9.500 digitais (opcional); Características Os dados são gravados em um cartucho USB. Este modo de gravação oferece total proteção contra a perda dos mesmos, pois o cartucho não é afetado caso o equipamento venha a sofrer alguma

Leia mais

MAC-304 MAC-306. Mac-304 Clip TORNIQUETE TF-03. MAC-304 Balcão

MAC-304 MAC-306. Mac-304 Clip TORNIQUETE TF-03. MAC-304 Balcão PT-100 MAC-304 Balcão MAC-304 Concebida dentro de um novo conceito tecnológico e com elementos inovadores em design, cores e linhas curvas, a linha Catrax é a melhor solução do mercado em controle de acesso.

Leia mais

FECHADURAS INTELIGENTES

FECHADURAS INTELIGENTES FECHADURAS INTELIGENTES Segurança e Elegância Com tecnologia Solução de controle de acesso Folheto explicativo www.inlock.com.br 2013 Uma solução para cada necessidade A primeira impressão é a que fica

Leia mais

SIATRON CONDOMÍNIO. Um Sistema desenvolvido para maior segurança e bem-estar dos condôminos.

SIATRON CONDOMÍNIO. Um Sistema desenvolvido para maior segurança e bem-estar dos condôminos. SIATRON CONDOMÍNIO Um Sistema desenvolvido para maior segurança e bem-estar dos condôminos. O sistema é modular, podendo ser adquirido e instalado na sua totalidade ou personalizado de acordo com as necessidades

Leia mais

Sistema de localização e bloqueio veicular por célula de comunicação Objetivo Principal

Sistema de localização e bloqueio veicular por célula de comunicação Objetivo Principal de comunicação Objetivo Principal Prover uma solução de baixo custo para Identificação, localização, bloqueio e recuperação de veículos roubados ou procurados, através de micro circuitos embarcados de

Leia mais

Manual de Instruções Vídeo Porteiro Prox

Manual de Instruções Vídeo Porteiro Prox Manual de Instruções Vídeo Porteiro Prox Sumário 1. Apresentação... 3 2. Itens que Acompanham... 3 3. Unidade Externa... 4 4. Unidade Interna... 4 5. Especificações Técnicas... 5 5.2. Unidade Externa...

Leia mais

Acionamento através de senha*, cartão de proximidade e biometria. Compatível com fechaduras magnéticas, eletroímãs e cancelas.

Acionamento através de senha*, cartão de proximidade e biometria. Compatível com fechaduras magnéticas, eletroímãs e cancelas. 1/8 Visão Geral: Instalação e configuração simplificada. Alta capacidade de armazenamento de registros e usuários. Acionamento através de senha*, cartão de proximidade e biometria. Compatível com fechaduras

Leia mais

Manual de Instruções Controladora Básica

Manual de Instruções Controladora Básica Manual de Instruções Controladora Básica 2 Sumário 1. Apresentação... 5 2. Recomendações Importantes... 5 3. Especificações Técnicas... 6 4. Configuração do Sistema... 6 5. Esquema de Ligação... 7 5.1.

Leia mais

Anexo IV PLANILHA DESCRITIVA DE ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS

Anexo IV PLANILHA DESCRITIVA DE ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS Anexo IV PLANILHA DESCRITIVA DE ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS Requisito Descrição 6.1 - Produtos de Hardware 6.1.1. GRUPO 1 - IMPRESSORA TIPO I (MONOCROMÁTICA 20PPM - A4) 6.1.1.1. TECNOLOGIA DE IMPRESSÃO 6.1.1.1.1.

Leia mais

Controle de Acesso CA-60. Manual de Referência e Instalação. Introdução. Características

Controle de Acesso CA-60. Manual de Referência e Instalação. Introdução. Características Controle de Acesso CA-60 Manual de Referência e Instalação Introdução O Controle de Acesso CA-60 oferece um sistema fácil de controle e restrição de acesso a salas e outros ambientes controlados. Com um

Leia mais

BR1-SGC Sistema Gerenciador de Condomínios. http://www.br-onesistemas.com.br

BR1-SGC Sistema Gerenciador de Condomínios. http://www.br-onesistemas.com.br 2014 Tela: Login TELA DE ENTRADA DO SISTEMA. CONFIGURAÇÃO DE SENHA NO PRIMEIRO ACESSO. Tela: Principal PAINEL DE MONITORAMENTO (INDICAÇÃO PARA UNIDADES COM VISITANTES / RECADOS-AVISOS (Correspondências)

Leia mais

MINISTÉRIO DO DESENVOVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR - MDIC

MINISTÉRIO DO DESENVOVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR - MDIC MINISTÉRIO DO DESENVOVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR - MDIC INSTITUTO NACIONAL DE METROLOGIA, NORMALIZAÇÃO E QUALIDADE INDUSTRIAL- INMETRO Portaria INMETRO/DIMEL/Nº 037, de 15 de março de 2004.

Leia mais

MANUAL SENHA DIGITAL SUMÁRIO:

MANUAL SENHA DIGITAL SUMÁRIO: SUMÁRIO: APRESENTAÇÃO... 02 1- RECOMENDAÇÕES IMPORTANTES... 02 2- DESEMBALANDO O CONTROLE DE ACESSO... 02 3- ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS... 02 4- COMO INSTALAR... 03 5- EXEMPLO DE POSICIONAMENTO DO CONTROLE

Leia mais

Sumário INSTALAÇÃO DO SIATRON CONDOMÍNIO ATIVAÇÃO DA LICENÇA PRESTADORES DE SERVIÇOS PARÂMETROS DO SISTEMA

Sumário INSTALAÇÃO DO SIATRON CONDOMÍNIO ATIVAÇÃO DA LICENÇA PRESTADORES DE SERVIÇOS PARÂMETROS DO SISTEMA Sumário INSTALAÇÃO DO SIATRON CONDOMÍNIO ATIVAÇÃO DA LICENÇA SIATRON SÍNDICO LOGIN NO SISTEMA FAMÍLIA MORADORES VEÍCULOS FUNÇÃO PÂNICO PRESTADORES DE SERVIÇOS PARÂMETROS DO SISTEMA CONFIGURAÇÕES ACORDA

Leia mais

Vídeo Porteiro, Casa Inteligente Alarme, CFTV, Signage, muita segurança e tranquilidade! INSTALADOR AUTORIZADO

Vídeo Porteiro, Casa Inteligente Alarme, CFTV, Signage, muita segurança e tranquilidade! INSTALADOR AUTORIZADO Vídeo Porteiro,, Casa Inteligente Alarme, CFTV, Signage, muita segurança e tranquilidade! INSTALADOR AUTORIZADO VOXI VOXI X10 Tenha o controle de seu bem estar em suas mãos! Com a vida agitada e estressante

Leia mais

Tecnologia com Máxima Economia. RECURSO EXCLUSIVO INOVANDO SEMPRE. Balança Computadora Urano Maximus II. Automação Comercial e Balanças Eletrônicas

Tecnologia com Máxima Economia. RECURSO EXCLUSIVO INOVANDO SEMPRE. Balança Computadora Urano Maximus II. Automação Comercial e Balanças Eletrônicas Tecnologia com Máxima Economia. RECURSO EXCLUSIVO INOVANDO SEMPRE Comunicação po r Cabo ou Rádio Frequência Etiquetador conjugado Produt o patenteado P I 8502136 Balança Computadora Urano Maximus II Automação

Leia mais

Portaria Catarina Modelos e Procedimentos. Sugestão Comissão de Obras Criação de Sala de Estar/Recepção Modelo

Portaria Catarina Modelos e Procedimentos. Sugestão Comissão de Obras Criação de Sala de Estar/Recepção Modelo Portaria Catarina Modelos e Procedimentos Sugestão Comissão de Obras Criação de Sala de Estar/Recepção Modelo 1 Alterações Físicas Para implementação desta alternativa a quantidade de alterações físicas

Leia mais

tecnologia para prédios inteligentes S

tecnologia para prédios inteligentes S tecnologia para prédios inteligentes S O Sistema: Características O VisAct é um produto da empresa Spherical Networks Ltda., um conjunto de softwares e hardwares integráveis que conforme suas configurações

Leia mais

ESTACIONAMENTO ROTATIVO PÚBLICO

ESTACIONAMENTO ROTATIVO PÚBLICO PROBLEMAS SOLUÇÕES Crescente número de veículos Vagas restritas Cobrança ilegal do estacionamento (Flanelinhas) Falta de controle de gestão (vagas, arrecadação, tempo, infrações, etc...) Sinalização Falta

Leia mais

Sistema Integrado de Automação Módulo TECHMANAGER Versão 1.0.0.77 (serial)

Sistema Integrado de Automação Módulo TECHMANAGER Versão 1.0.0.77 (serial) SOLUÇÕES EM TECNOLOGIA Sistema Integrado de Automação Módulo TECHMANAGER Versão 1.0.0.77 (serial) Manual de Usuário TECHNEXT (2012) 1 de 28 SOLUÇÕES EM TECNOLOGIA Página Sumário 1. Sobre o Techmanager...

Leia mais

CONTROLE DE ACESSO DE PESSOAS E VEÍCULOS

CONTROLE DE ACESSO DE PESSOAS E VEÍCULOS CONTROLE DE ACESSO DE PESSOAS E VEÍCULOS Procedimentos 1. Introdução Este documento visa regulamentar o controle de acesso e permanência de pessoas e veículos nas dependências dos Órgãos da SECRETARIA

Leia mais

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS e OPERACIONAIS. BioGer Server e BioGer Client

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS e OPERACIONAIS. BioGer Server e BioGer Client ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS e OPERACIONAIS BioGer Server e BioGer Client ÍNDICE A) OBJETIVO...3 B) MODELOS...3 C) CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS...5 D) CARACTERÍSTICAS OPERACIONAIS...5 D.1) Características Operacionais

Leia mais

Manual do Administrador BioDIGI. Controle de Acesso Biométrico para Elevadores

Manual do Administrador BioDIGI. Controle de Acesso Biométrico para Elevadores Manual do Administrador BioDIGI Controle de Acesso Biométrico para Elevadores Sumário Lista de Tabelas... 4 Objetivo... 5 Dados Técnicos... 7 Instalação Recomendação de Posicionamento... 8 1 Utilizando

Leia mais

O programa Mysql acompanha o pacote de instalação padrão e será instalado juntamente com a execução do instalador.

O programa Mysql acompanha o pacote de instalação padrão e será instalado juntamente com a execução do instalador. INTRODUÇÃO O Programa pode ser instalado em qualquer equipamento que utilize o sistema operacional Windows 95 ou superior, e seu banco de dados foi desenvolvido em MySQL, sendo necessário sua pré-instalação

Leia mais

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR - MDIC INSTITUTO NACIONAL DE METROLOGIA, NORMALIZAÇÃO E QUALIDADE INDUSTRIAL - INMETRO

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR - MDIC INSTITUTO NACIONAL DE METROLOGIA, NORMALIZAÇÃO E QUALIDADE INDUSTRIAL - INMETRO MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR - MDIC INSTITUTO NACIONAL DE METROLOGIA, NORMALIZAÇÃO E QUALIDADE INDUSTRIAL - INMETRO Portaria INMETRO/DIMEL/Nº 065, de 18 de maio de 2000.

Leia mais

Curso de Sistemas de Informação 8º período Disciplina: Tópicos Especiais Professor: José Maurício S. Pinheiro V. 2009-1

Curso de Sistemas de Informação 8º período Disciplina: Tópicos Especiais Professor: José Maurício S. Pinheiro V. 2009-1 Curso de Sistemas de Informação 8º período Disciplina: Tópicos Especiais Professor: José Maurício S. Pinheiro V. 2009-1 Aula 4 Introdução aos Sistemas Biométricos 1. Identificação, Autenticação e Controle

Leia mais

Sistema irá modular até 32 câmeras: Você pode conectar de 1 até 32 câmeras.

Sistema irá modular até 32 câmeras: Você pode conectar de 1 até 32 câmeras. MANUAL DO SISTEMA Introdução Apresentação Requisitos mínimos Instalação do programa Acessando o Secullum DVR Tela Principal Indicador de espaço em disco Disposição de telas Status de Gravação Usuário atual

Leia mais

AEC Access Easy Controller. Guia de Referência

AEC Access Easy Controller. Guia de Referência AEC Access Easy Controller Guia de Referência Índice 3 1. AEC - Vista Geral do Sistema 4 2. AEC - Componentes Principais 6 3. AEC - Configuração 7 4. AEC - Benefícios 8 5. AEC - Como encomendar? 10 6.

Leia mais

Manual de instrução do Modulo de Configurações. NETCONTROL Pacote 49

Manual de instrução do Modulo de Configurações. NETCONTROL Pacote 49 Manual de instrução do Modulo de Configurações NETCONTROL Pacote 49 1 Sumário 1. Apresentação... 3 1. Configuração do Módulo de Configuração.... 3 1.1 Configuração do Wizard.... 4 2. Voltando dispositivo

Leia mais

Comparativo entre câmeras analógicas e Câmeras IP.

Comparativo entre câmeras analógicas e Câmeras IP. Comparativo entre câmeras analógicas e Câmeras IP. VANTAGENS DAS SOLUÇÕES DE VIGILÂNCIA DIGITAL IP É verdade que o custo de aquisição das câmeras digitais IP, é maior que o custo de aquisição das câmeras

Leia mais

Módulo de Acesso com Teclado 1. Manual do Usuário. Apresentação Instalação Codificação dos Receptores Programações Operações

Módulo de Acesso com Teclado 1. Manual do Usuário. Apresentação Instalação Codificação dos Receptores Programações Operações Módulo de Acesso com Teclado 1 Manual do Usuário Apresentação Instalação Codificação dos Receptores Programações Operações 2 Manual do Usuário Módulo de Acesso com Teclado 3 ÍNDICE CAPÍTULO I - APRESENTAÇÃO...07

Leia mais

Como funciona: Como usar: Nas Praças de Pedágio

Como funciona: Como usar: Nas Praças de Pedágio Como funciona: O ConectCar é um servico de pagamento automático de pedágio, estacionamento e combustível destinado para veículos de passeio. O ConectCar abre automaticamente as cancelas de pedágio e estacionamentos

Leia mais

CONTROLADORA NETCONTROL V3.7

CONTROLADORA NETCONTROL V3.7 CONTROLADORA NETCONTROL V3.7 VERSÃO 1.0 de 25/04/2013 7136 2 Sumário 1. Apresentação... 5 2. Itens que Acompanham... 5 3. Especificações Técnicas... 5 4. Características Gerais... 6 5. Visão Geral do Equipamento...

Leia mais

Flex Acesso. Manual do Usuário. MHF SISTEMAS LTDA www.mhfsistemas.com.br mhfsistemas@mhfsistemas.com.br (11) 6091-9353

Flex Acesso. Manual do Usuário. MHF SISTEMAS LTDA www.mhfsistemas.com.br mhfsistemas@mhfsistemas.com.br (11) 6091-9353 Flex Acesso Manual do Usuário MHF SISTEMAS LTDA mhfsistemas@mhfsistemas.com.br (11) 6091-9353 Índice INTRODUÇÃO... 3 Solicitação de Identificação e Senha para Acesso ao Sistema... 3 ARQUIVOS... 4 PROCEDIMENTOS

Leia mais

Índice. Atualizado em: 01/04/2015 Página: 1

Índice. Atualizado em: 01/04/2015 Página: 1 MANUAL DO USUÁRIO Índice 1. Introdução... 3 2. Acesso ao Sistema... 4 2.1. Instalação... 4 2.1.1. Servidor - Computador Principal... 4 2.1.2. Estação - Computador na Rede... 6 2.1.3. Estação - Mapeamento

Leia mais

DIGIPROX SA202 VERSÃO DO MANUAL

DIGIPROX SA202 VERSÃO DO MANUAL DIGIPROX SA202 VERSÃO DO MANUAL 1.0 de 01/04/02013 8672 2 Sumário 1. Apresentação... 5 2. Itens que Acompanham... 5 3. Especificações Técnicas... 5 4. Características Gerais... 6 5. Visão Geral do Equipamento...

Leia mais

Smart Cards. Uma tecnologia abrindo o seu caminho

Smart Cards. Uma tecnologia abrindo o seu caminho Smart Cards Uma tecnologia abrindo o seu caminho Sumário Visão geral - história Tecnologias Aplicações Digicon 2 Historia dos cartões plásticos Inicialmente utilizados para identificação. Inicio uso para

Leia mais