Ajuda On-line - Sistema de Portaria. Versão 4.8.J

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Ajuda On-line - Sistema de Portaria. Versão 4.8.J"

Transcrição

1 Versão 4.8.J

2 Sumário PORT - Módulo de Apoio Portaria 3 1 Manual... de Processos - Portaria 4 Fluxo - Portaria Configurações... 6 Unidades... de Internação 6 Setores Administrativos... 9 Configuração... Geral 11 3 Tabelas Ramais por... Setor 13 Ramais por... Unidade de Internação 15 Documento... de Identificação 17 Tipo de... Imagem 20 Pessoas Empresa Crachá Portarias Movimentações Entrada... de Visitantes ou Acompanhantes 35 Entrada... de Colaboradores ou Fornecedores 38 Entrada... de Pacientes não Agendados 40 Entrada... de Prestadores 42 Entrada... de Pacientes Agendados 44 Saída de... Visitantes, Colaboradores ou Pacientes 46 5 Consultas Movimento... de Acompanhantes e Visitantes 49 Movimento... de Colaboradores e Prestadores 50 Movimento... de Pacientes 51 Consulta... de Pacientes 52 Consulta... de Prestador 53 Consulta... Agenda do Prestador Todos os direitos reservados à MV.

3 1 PORT - Módulo de Apoio Portaria O Sistema de Apoio a Portaria tem por finalidade auxiliar o controle das entradas e saídas realizadas no Hospital. Para tanto, considera os seguintes requisitos: O conceito de Pessoas abrange os pacientes, seus visitantes e acompanhantes, bem como os fornecedores e colaboradores do Hospital; Cada entrada realizada será registrada através de uma identificação única crachá ou etiqueta que deverá ser informada ao sistema no momento da saída do Hospital Todos os direitos reservados à MV. 3

4 1.1 Manual de Processos - Portaria Objetivo: Possibilitar o controle efetivo dos registros de entrada e saída de pessoas às dependências do Hospital. Módulos Relacionados: Os módulos com os quais o processo de Portaria possui relacionamento são: AMDC Sistema de Diretoria Clínica GLOBAL Sistema de Gerenciamento de Tabelas PARA Sistema de Gerenciamento Ambulatorial PARI Sistema de Gerenciamento de Internação SGU Sistema de Gerenciamento de Usuários Todos os direitos reservados à MV.

5 1.1.1 Fluxo - Portaria Todos os direitos reservados à MV. 5

6 1.2 Configurações Unidades de Internação ACESSO RÁPIDO Configuração Geral das Unidades 6 Configuração para cada Unidade de Internação 6 1. OBJETIVO DA TELA Possibilitar ao usuário configurar as unidades de internação do Hospital, no que se refere aos horários de entrada, forma de identificação para acesso, quantidade permitida de acompanhantes e visitantes por paciente. E ainda indicar se, para determinada unidade de internação, é utilizada a restrição de acesso por gênero (Feminino, Masculino ou Unisex) e se será necessária a confirmação de saída. 2. LOCALIZAÇÃO PORT / Configurações / Unidades de Internação 3. PRÉ-REQUISITO Tabelas PARI / Tabelas / Leitos 4. PROCEDIMENTOS Configuração Geral das Unidades Indicar o tipo de identificação a ser utilizada pelas pessoas dentro do Hospital, podendo ser: Etiqueta ou Crachá. Caso a opção etiqueta seja informada, deve-se selecionar o tipo de foto a ser tirada, pois essa será impressa na etiqueta; Determinar se as unidades de internação irão restringir a entrada de visitantes/ acompanhantes por gênero do paciente, ou não. Por exemplo: Nas quartas-feiras, no horário de 14:00h às 16:00h, na unidade de internação Enfermaria, somente pacientes do sexo feminino receberão visitas. Esta restrição poderá facilitar o controle da quantidade de pessoas circulando pelo Hospital; Informar se o sistema solicitará ou não a confirmação de saída. Selecionada essa opção, ao efetuar a movimentação de saída, o sistema apresentará uma janela de detalhamento contendo os dados cadastrais da pessoa que saíra do hospital; Configuração para cada Unidade de Internação Caso deseje configurar a quantidade máxima de acompanhantes e visitantes, igualmente, para todas as unidades, deve-se selecionar o campo. Vale ressaltar que as quantidades informadas serão adotadas como máximas para todas as unidade de internação do hospital; Caso deseje configurar a quantidade máxima de acompanhantes e visitantes individualmente, ou seja, para cada unidade de internação, deve-se selecionar a unidade e informar as quantidades; Para registrar os horários permitidos para movimentação de pessoas, é necessário selecionar a unidade de internação e informar os horários desejados; Todos os direitos reservados à MV.

7 Caso a restrição de entrada pelo gênero (sexo) do paciente esteja marcada, deve-se informar o sexo que está autorizado para o horário indicado; Acionar o botão 5. SAÍDAS Integração e Impactos, para salvar as configurações realizadas. Esta tela, tem como um de seus pré-requisitos o relacionamento do número do ramal à unidade de internação correspondente. PORT / Tabelas / Ramais por Unidade de Internação 15 Esta tela, tem como um de seus pré-requisitos a seleção da unidade de internação, bem como a verificação dos horários de acesso. Caso esteja configurado o controle de entrada por sexo 6 na unidade, o sistema verificará os horários cadastrados e o sexo correspondente. Se o sexo informado não for o autorizado para o horário de entrada, o sistema apresentará mensagem alertando a diferença e impossibilitará o registro da entrada do visitante/ acompanhante. Outra configuração que tem impacto relevante nesta tela, é a utilização de uma identificação padrão para os visitantes/acompanhantes (etiqueta ou crachá). Caso a identificação selecionada como padrão seja crachá, ao efetuar um registro de entrada, o sistema apresentará essa identificação permitindo sua alteração por parte do usuário, quando do registro da entrada. PORT / Movimentações / Entrada de Visitantes ou Acompanhantes Todos os direitos reservados à MV. 7

8 Estas telas, têm como pré-requisitos a seleção da unidade de internação previamente configurada, bem como a definição default do tipo de identificação do visitante/acompanhante, qual seja crachá ou etiqueta, que poderá ser posteriormente modificada. PORT / Movimentações / Entrada de Pacientes Agendados PORT / Movimentações / Entrada de Pacientes Não Agendados Ao efetuar a saída, o sistema verificará se a tela de "Unidade de Internação" está configurada para controlar essa movimentação. Caso essa opção esteja selecionada, ao confirmar a saída, o sistema apresentará a tela contendo os dados registrados na entrada da pessoa para fins de confirmação e, por conseguinte, da saída. PORT / Movimentações / Saídas de Visitantes, Colaboradores ou Pacientes Consultas 46 PORT / Consultas / Consulta de Pacientes 52 VEJA TAMBÉM Entrada de Prestadores Crachá Todos os direitos reservados à MV.

9 1.2.2 Setores Administrativos ACESSO RÁPIDO Cadastrando os Horários 9 1. OBJETIVO DA TELA Possibilitar ao usuário configurar os horários e os dias da semana, autorizados para o acesso dos colaboradores e fornecedores aos setores administrativos do Hospital. 2. LOCALIZAÇÃO PORT / Configurações / Setores Administrativos 3. PRÉ-REQUISITO Tabelas GLOBAL / Globais / Centro de Custo (Setor) 4. PROCEDIMENTOS Cadastrando os Horários Selecionar o setor administrativo, para o qual será realizada a configuração dos horários permitidos para o processo; Indicar se o sistema solicitará o nome do colaborador que autorizou a entrada fora do horário permitido, ou não. Caso o campo seja marcado, o sistema realizará esse controle; Caso o campo seja marcado, ao registrar uma movimentação fora do horário 38 permitido, o sistema apresentará uma mensagem, solicitando o nome e o ramal do colaborador responsável pela autorização, e somente permitirá que a entrada seja confirmada se esses campos forem preenchidos. Determinar os horários permitidos para a entrada de pessoas no setor administrativo em referência, nos períodos da manhã, tarde e noite; Pressionar o botão acesso. 5. SAÍDAS Integração e Impactos para salvar o registro dos horários permitidos para Esta tela, tem como um de seus parâmetros de pesquisa o setor de destino (administrativo) com os horários de acesso configurados. PORT / Tabelas / Ramais por Setor 13 Esta tela, tem como um de seus pré-requisitos, a seleção do setor de destino, bem como a verificação dos horários de acesso a ele. Caso esteja configurado, na tela de Setores Administrativos, o controle de entrada no setor, o sistema Todos os direitos reservados à MV. 9

10 verificará os horários cadastrados para o setor em referência e, se o horário de entrada não estiver entre os cadastrados, será solicitado o nome do colaborador que liberou a entrada. PORT / Movimentações / Entrada de Colaboradores ou Fornecedores 38 Estas telas, têm como um de seus pré-requisitos, a seleção do setor de destino previamente configurado. PORT / Movimentações / Entrada de Pacientes não Agendados PORT / Movimentações / Entrada de Pacientes Agendados Consultas PORT / Consultas / Movimento de Colaboradores e Prestadores PORT / Consultas / Movimento de Acompanhantes e Visitantes VEJA TAMBÉM Entrada de Prestadores 42 Saída de Visitantes, Colaboradores ou Pacientes Todos os direitos reservados à MV.

11 1.2.3 Configuração Geral ACESSO RÁPIDO Efetuando as Configurações OBJETIVO DA TELA Possibilitar ao usuário realizar o cadastro do diretório de gravação da foto a ser tirada na portaria, bem como informar se o leitor de código de barras será utilizado nos registros de entrada no Hospital. 2. LOCALIZAÇÃO PORT / Configurações / Configuração Geral 3. PRÉ-REQUISITO Não existem pré-requisitos. 4. PROCEDIMENTOS Efetuando as Configurações Informar se será utilizada a Webcam, ou não. Caso selecionada a opção "Sim", no momento de registrar uma entrada a portaria, contará com o serviço de imagem para fotografar o paciente, visitante, colaborador e/ou prestador que está acessando o Hospital; Determinar se será utilizado o leitor de código de barras, quando o tipo de identificação for "Etiqueta". Se a opção estiver marcada, no momento da entrada e saída das pessoas do Hospital, a portaria utilizará o leitor para registrar essa movimentação. Do contrário, com a opção "Não" informada, para registrar movimentações de entrada e saída, o usuário da portaria terá que informar manualmente o código da etiqueta; Acionar o botão 5. SAÍDAS Integração e Impactos, para salvar a operação. Estas telas, utilizaram as informações referentes à leitura do código de barras das etiquetas usadas pelas pessoas que se movimentam nas dependências do Hospital. Bem como, o recurso de Webcam, que é utilizado para registrar as fotografias dessas pessoas. PORT / Movimentações / Entrada de Visitantes ou Acompanhantes PORT / Movimentações / Entrada de Colaboradores ou Fornecedores PORT / Movimentações / Entrada de Pacientes não Agendados PORT / Movimentações / Entrada de Pacientes Agendados PORT / movimentações / Entrada de Prestadores Todos os direitos reservados à MV. 11

12 VEJA TAMBÉM Unidades de Internação Todos os direitos reservados à MV.

13 1.3 Tabelas Ramais por Setor 1. OBJETIVO DA TELA ACESSO RÁPIDO Consultando os Ramais 13 Para Incluir um Novo Ramal 13 Para Alterar Informações do Ramal Para Excluir um Ramal 14 Permitir ao usuário cadastrar os números dos ramais telefônicos existentes no hospital, relacionando-os aos setores em que estão alocados, bem como aos seus colaboradores. 2. LOCALIZAÇÃO PORT / Tabelas / Ramais por Setor 3. PRÉ-REQUISITO Tabelas GLOBAL / Tabelas / Centro de Custo (Setor) Configurações 14 PORT / Configurações / Setores Administrativos 9 4. PROCEDIMENTOS Consultando os Ramais Selecionar um ou mais parâmetros de pesquisa, podendo ser: o número do ramal, nome do contato, setor alocado ou apenas os responsáveis pelo ramal; Pressionar o botão para confirmar a operação. Assim, o sistema apresentará os registros que satisfaçam os parâmetros informados; Para Incluir um Novo Ramal Acionar o botão para efetuar o novo cadastro; Desta forma, o sistema apresentará a tela para o cadastro dos ramais por setor; Informar o número do ramal a ser cadastrado; Selecionar o setor em que o ramal será localizado; Determinar o nome contato ao qual o ramal pertencerá; Marcar o campo, caso o contato seja responsável pelo ramal; Para inserir um novo contato para o ramal em referência, deve-se acionar o botão ; Pressionar o botão, para salvar a operação; Para excluir um contato cadastrado no ramal em referência, basta acionar o botão ; Todos os direitos reservados à MV. 13

14 Para cadastrar um outro ramal, basta acionar o botão ; Para Alterar Informações do Ramal Selecionar o ramal que será alterado; Acionar o botão para efetuar a alteração; Realizar as alterações necessárias; Pressionar o botão para salvar a operação; Na tela de Alteração somente serão permitidas alterações no que se refere ao contato, não sendo possível efetuar alterações de ramal. Esse para ser modificado deve ser excluído. Para Excluir um Ramal Determinar o ramal a ser excluído; Acionar o botão para efetuar a exclusão; Após a confirmação da exclusão, deve-se pressionar o botão salvar a operação. para 5. SAÍDAS Não existem saídas. VEJA TAMBÉM Ramais por Unidade de Internação Todos os direitos reservados à MV.

15 1.3.2 Ramais por Unidade de Internação 1. OBJETIVO DA TELA ACESSO RÁPIDO Consultando os Ramais 15 Para Incluir um Novo Ramal 15 Para Alterar Informações do Ramal Para Excluir um Ramal 16 Possibilitar ao usuário cadastrar os números dos ramais telefônicos existentes no hospital, relacionando-os às unidades de internação em que estão alocados e com possíveis nomes de contatos. 2. LOCALIZAÇÃO PORT / Tabelas / Ramais por Unidade de Internação 3. PRÉ-REQUISITO Tabelas PARI / Tabelas / Leitos Configurações 16 PORT / Configurações / Unidades de Internação 6 4. PROCEDIMENTOS Consultando os Ramais Selecionar um ou mais parâmetros para pesquisa, podendo ser: número do ramal, nome do contato, unidade de internação, bloco ou andar em que está alocado; Pressionar o botão para confirmar a operação. Assim, o sistema apresentará os registros que satisfaçam os parâmetros informados; Para Incluir um Novo Ramal Acionar o botão para efetuar o novo cadastro; Desta forma, o sistema apresentará a tela para o cadastro dos ramais por setor; Informar o número do ramal a ser cadastrado; Selecionar a unidade de internação em que o ramal será localizado; Indicar o bloco e o andar em que o ramal será alocado; Determinar o nome contato ao qual o ramal pertencerá; Marcar o campo, caso o contato seja responsável pelo ramal; Para inserir um novo contato para o ramal em referência, deve-se acionar o botão ; Pressionar o botão, para salvar a operação; Para excluir um contato cadastrado no ramal em referência, basta acionar o botão ; Para cadastrar um outro ramal, basta acionar o botão ; Todos os direitos reservados à MV. 15

16 Para Alterar Informações do Ramal Selecionar o ramal que será alterado; Acionar o botão para efetuar a alteração; Realizar as alterações necessárias; Pressionar o botão para salvar a operação; Na tela de Alteração somente serão permitidas alterações no que se refere ao contato, não sendo possível efetuar alterações de ramal. Esse para ser modificado deve ser excluído. Para Excluir um Ramal Determinar o ramal a ser excluído; Acionar o botão para efetuar a exclusão; Após a confirmação da exclusão, deve-se pressionar o botão salvar a operação. para 5. SAÍDAS Não existem saídas. VEJA TAMBÉM Ramais por Setor Todos os direitos reservados à MV.

17 1.3.3 Documento de Identificação 1. OBJETIVO DA TELA ACESSO RÁPIDO Consultando os Documentos de Identificação Para Incluir um Novo Documento 20 Para Alterar Informações do Tipo de Documento Para Excluir um Tipo de Documento 18 Permitir ao usuário cadastrar os tipos de documentos que poderão ser utilizados para o cadastro das pessoas 22 que solicitam o acesso as dependências do Hospital. Ex.: CPF, RG, CTPS, Matrícula do Hospital, entre outros. 2. LOCALIZAÇÃO PORT / Tabelas / Documento de Identificação 3. PRÉ-REQUISITO Não existem pré-requisitos. 4. PROCEDIMENTOS Consultando os Documentos de Identificação Informar um ou mais parâmetros de pesquisa, quais sejam, código do tipo de documento, a descrição deste documento e/ou selecionar o campo ; Acionar o botão ; Assim, o sistema apresentará os registros que satisfaçam aos parâmetros informados; Para Incluir um Novo Documento Pressionar o botão para efetuar o novo cadastro; Descrever o nome do documento a ser cadastrado; Indicar se o documento em referência estará ativo, ou seja, se esse poderá ser selecionado no momento do cadastro de pessoas; Acionar o botão ; Salvar a operação, pressionando o botão ; Todos os direitos reservados à MV. 17

18 Para Alterar Informações do Tipo de Documento Selecionar o tipo de documento que será alterado; Pressionar o botão para iniciar a alteração no documento; Realizar as alterações necessárias; Para confirmar a alteração basta acionar o botão ; Pressionar o botão para confirmar a operação; Na tela de Alteração somente serão permitidas modificações no que se refere à descrição do tipo e o status (ativo ou inativo) do documento. Logo, o código desse documento não pode ser alterado. Para Excluir um Tipo de Documento Selecionar o tipo de documento que será excluído; Pressionar o botão Após a exclusão, acionar o botão 5. SAÍDAS Integração e Impactos para efetuar a exclusão; para salvar a operação; Esta tela, tem como um dos pré-requisitos o relacionamento da pessoa que está sendo cadastrada com o documento de identificação apresentado por ela. PORT / Tabelas / Pessoas Todos os direitos reservados à MV.

19 VEJA TAMBÉM Crachá 28 Portarias Todos os direitos reservados à MV. 19

20 1.3.4 Tipo de Imagem 1. OBJETIVO DA TELA ACESSO RÁPIDO Pesquisando os Tipos de Imagens 20 Incluindo um Novo Tipo de Imagem 20 Alterando Informações do Tipo de Imagem Excluir um Tipo de Documento 21 Possibilitar ao usuário cadastrar os tipos de imagens, foto ou documentos identificadores, que poderão ser utilizadas para o registro das pessoas que solicitam acesso as dependências do Hospital. 2. LOCALIZAÇÃO PORT / Tabelas / Tipo de Imagem 3. PRÉ-REQUISITO Não existem pré-requisitos. 4. PROCEDIMENTOS Pesquisando os Tipos de Imagens Selecionar um ou mais parâmetros para efetuar a pesquisa, podendo ser: código do tipo ou a descrição da imagem; Pressionar o botão. Assim, o sistema apresentará os registros que correspondem aos parâmetros informados; Incluindo um Novo Tipo de Imagem Acionar o botão para inserir o novo cadastro. Desta forma, o sistema apresentará a tela de Cadastro do Tipo de Imagem; Descrever o nome do tipo de imagem a ser cadastrada; Selecionar o botão ; Para salvar a operação, basta acionar o botão ; Todos os direitos reservados à MV.

21 Alterando Informações do Tipo de Imagem Selecionar o tipo de imagem que sofrerá a alteração; Acionar o botão ; Realizar a modificação necessária. Vale salientar que essa alteração apenas poderá ser realizada na descrição do tipo de imagem e não em seu código; Pressionar o botão para confirmar a modificação e gravar os dados da operação através do botão ; Excluir um Tipo de Documento Selecionar o tipo de imagem a ser excluída; Pressionar o botão ; Após confirmar a exclusão, deve-se acionar o botão operação. para salvar a 5. SAÍDAS Integração e Impactos Ao efetuar o cadastro da pessoa, o sistema disponibiliza a opção de inserir uma imagem da pessoa cadastrada. PORT / Tabelas / Pessoas 22 VEJA TAMBÉM Portarias Todos os direitos reservados à MV. 21

22 1.3.5 Pessoas 1. OBJETIVO DA TELA ACESSO RÁPIDO Configurações de Funcionamento Pesquisando as Pessoas 22 Incluindo uma Nova Pessoa 22 Alterando Informações da Pessoa Excluindo uma Pessoa 23 Possibilitar ao usuário cadastrar os acompanhantes, visitantes, colaboradores e fornecedores que serão autorizados a acessar às dependências do Hospital. 2. LOCALIZAÇÃO PORT / Tabelas / Pessoas 3. PRÉ-REQUISITO Tabelas PORT / Tabelas / Documento de Identificação PORT / Tabelas / Tipo de Imagem Configurações PORT / Configurações / Unidade de Internação PORT / Configurações / Configuração Geral PROCEDIMENTOS Configurações de Funcionamento Na tela de Unidade de Internação 6, é possível definir o tipo de identificação (Crachá ou Etiqueta) a ser utilizado como padrão. Contudo, esse tipo poderá ser alterado, no momento de entrada da pessoa, bem como os horários autorizados 6 para acesso dos acompanhantes/visitantes às unidades de internação e determinar o número máximo de autorizações de acesso. Pesquisando as Pessoas Informar um ou mais parâmetros para realizar a pesquisa, podendo ser: código do registro da pessoa, o nome e/ou número do documento de identificação; Pressionar o botão. Assim, o sistema apresentará a lista de pessoas que satisfaçam aos parâmetros informados; Incluindo uma Nova Pessoa Para efetuar o novo cadastro, deve-se acionar o botão ; Informar o nome completo da pessoa; Selecionar o tipo de documento que será utilizado para identificação; Inserir o número do documento de identificação selecionado; Informar um telefone para contato da pessoa cadastrada; Selecionar o tipo de imagem, se necessário; Todos os direitos reservados à MV.

23 Caso o usuário possua uma webcam instalada no computador, será possível tira uma foto da pessoa que está sendo cadastrada; Acionar o botão para vincular a imagem selecionada à pessoa cadastrada. Para que a imagem seja selecionada, essa deverá existir no diretório: C:\mvsistemas\portaria\captura, e estar no formato BPM; Após a inserção da imagem, é necessário acionar o botão a operação; para salvar Alterando Informações da Pessoa Determinar qual das pessoas cadastradas terá o registro modificado; Acionar o botão ; Realizar as alterações necessárias; Salvar a operação pressionando o botão ; Excluindo uma Pessoa Selecionar o registro da pessoa que será excluída; Pressionar o botão ; Após a exclusão do registro, deve-se acionar o botão operação. para salvar a 5. SAÍDAS Integração e Impactos Estas telas, têm como pré-requisito, a seleção do nome do acompanhante/ Todos os direitos reservados à MV. 23

24 visitante, do colaborador/fornecedor, do paciente não agendado, respectivamente, bem como a definição do tipo de identificação padrão, qual seja crachá ou etiqueta, que poderá ser, posteriormente, modificada. PORT / Movimentações / Entrada de Visitantes ou Acompanhantes PORT / Movimentações / Entrada de Colaboradores ou Fornecedores PORT / Movimentações / Entrada de Pacientes Não Agendados Consultas PORT / Consultas / Movimento de Acompanhantes e Visitantes PORT / Consultas / Movimento de Colaboradores e Prestadores PORT / Consultas / Movimento de Pacientes VEJA TAMBÉM Entrada de Prestadores Todos os direitos reservados à MV.

25 1.3.6 Empresa ACESSO RÁPIDO Consultando as Empresas Incluindo uma Nova Empresa Alterar Dados da Empresa Para Excluir uma Empresa OBJETIVO DA TELA Permitir ao usuário cadastrar as empresas fornecedoras de serviços e/ou produtos, cujos funcionários estarão autorizados a ter acesso às dependências do Hospital. 2. LOCALIZAÇÃO PORT / Tabelas / Empresa 3. PRÉ-REQUISITO Não existem pré-requisitos. 4. PROCEDIMENTOS Consultando as Empresas Selecionar parâmetros para efetuar a pesquisa, podendo ser: código da empresa e/ou razão social, ou ainda que sejam apresentadas somente as empresas que possuem acesso livre ao Hospital, marcado o campo ; Acionar o botão. Assim, o sistema apresentará a relação das empresas que atendam aos parâmetros informados; Incluindo uma Nova Empresa Pressionar o botão para efetuar o novo cadastro; Informar o nome da empresa a ser cadastrada; Indicar se a empresa possuirá ou não acesso livre as dependências do Hospital. Caso esse seja liberado, a empresa em referência poderá transitar sem restrições de horário pelo Hospital; Todos os direitos reservados à MV. 25

26 Alterar Dados da Empresa Determinar a empresa que terá o registro modificado; Acionar o botão ; Realizar as alterações necessárias; Pressionar o botão para salvar a operação; Somente serão permitidas alterações nas informações referentes a descrição da empresa, não possibilitando modificações no código da empresa. Para Excluir uma Empresa Indicar a empresa que será excluída; Acionar o botão ; Após a confirmação de exclusão, deverá ser pressionado o botão salvar a operação. para 5. SAÍDAS Integração e Impactos Para efetuar o registro de entrada nesta tela, faz-se necessário vincular o colaborador/fornecedor com a empresa que esse representa. PORT / Movimentações / Entrada de Colaboradores ou Fornecedores 38 VEJA TAMBÉM Todos os direitos reservados à MV.

27 Entrada de Prestadores Todos os direitos reservados à MV. 27

28 1.3.7 Crachá 1. OBJETIVO DA TELA ACESSO RÁPIDO Pesquisando um Crachá 28 Incluindo um Crachá 28 Incluindo um Conjunto de Crachá Alterando Informações do Crachá Excluindo um Crachá 30 Permitir ao usuário cadastrar os crachás de identificação para acesso das pessoas às dependências do Hospital, bem como habilitar o uso destes crachás no sistema. 2. LOCALIZAÇÃO PORT / Tabelas / Crachá 3. PRÉ-REQUISITO Não existem pré-requisitos. 4. PROCEDIMENTOS Pesquisando um Crachá Informar os parâmetros desejados para que o sistema efetue a pesquisa, podendo ser: código de identificação do crachá, crachás ativos e/ou crachás disponíveis. Crachás? Saiba mais; Acionar o botão ; Assim, o sistema apresentará a lista de crachás correspondente aos parâmetros informados; Incluindo um Crachá Pressionar o botão Informar o código de identificação do crachá; para efetuar o cadastro de um novo crachá; Indicar se o crachá estará ou não liberado para uso, através da marcação do campo ; Todos os direitos reservados à MV.

29 Caso o crachá esteja marcado como ativo, ao registrar entrada de uma pessoa 35 no Hospital, o sistema marcará automaticamente o campo "Crachá em uso", indicando,assim, que o crachá não estará disponível. Acionar o botão para salvar a operação; Incluindo um Conjunto de Crachá Pressionar o botão ; O sistema apresentará uma tela para que o usuário possa informar o intervalo de crachás a serem cadastrados; Todos os direitos reservados à MV. 29

30 Informar o código inicial e final do conjunto de crachás a ser gerado; Indicar se o conjunto a ser cadastro estará ou não ativo; Pressionar o botão de crachás; Acionar o botão Alterando Informações do Crachá para confirmar a inclusão automática do conjunto para gravar a operação; Selecionar o crachá cujas informações deverão ser alteradas, e acionar o botão ; Efetuar a alteração do status do crachá, indicado se está ativo ou não. Apenas será permitida modificação no status do crachá, visto que o seu código não poderá ser alterado; Pressionar o botão Excluindo um Crachá Determinar o crachá que será excluído; Pressionar o botão ; Acionar o botão 5. SAÍDAS Integração e Impactos para finalizar e salvar o processo; para salvar a operação; Estas telas, têm como um de seus pré-requisitos, para efetuar o registro de entrada, o relacionamento do acompanhante/visitante, do colaborador/ fornecedor, do paciente agendado ou não agendado, com o respectivo crachá ou etiqueta. PORT / Movimentações / Entrada de Visitantes ou Acompanhantes Todos os direitos reservados à MV.

31 PORT / Movimentações / Entradas de Colaboradores ou Fornecedores PORT / movimentações / Entrada de Pacientes não Agendados PORT / Movimentações / Entrada de Pacientes Agendados Para efetuar o registro de saída do visitante/colaborador/paciente, faz-se necessário confirmar a devolução do crachá ou da etiqueta no sistema. Ao efetivar a devolução do crachá, o sistema atualizará o status do crachá para Em Uso = Não, possibilitando assim que seja utilizado por outra pessoa. PORT / Movimentações / Saída de Visitantes, Colaboradores ou Pacientes 46 Consultas PORT / Consultas / Movimento de Acompanhantes e Visitantes 49 VEJA TAMBÉM Portarias Pessoas Todos os direitos reservados à MV. 31

32 1.3.8 Portarias 1. OBJETIVO DA TELA ACESSO RÁPIDO Consultando as Portarias 32 Incluindo uma Nova Portaria Para Incluir Máquinas na Portaria Alterando Dados da Portaria Excluindo uma Portaria 33 Possibilitar o usuário efetuar o cadastro das portarias responsáveis pela autorização de entrada e saída de pessoas no Hospital, bem como cadastrar as máquinas autorizadas por portaria para acessar o sistema. 2. LOCALIZAÇÃO PORT / Tabelas / Portarias 3. PRÉ-REQUISITO Não existem pré-requisitos. 4. PROCEDIMENTOS Consultando as Portarias Para pesquisar uma portaria, basta informar o nome dessa e acionar o botão ; Assim, o sistema apresentará os registros correspondentes ao parâmetro informado; Incluindo uma Nova Portaria Acionar o botão ; Indicar o nome da portaria a ser cadastrada; Salvar a operação através do botão ; Para Incluir Máquinas na Portaria Selecionar a portaria, na qual a máquina será inserida; Desta forma, o sistema apresentará a tela de Cadastro da Portaria; Para visualizar se a portaria selecionada possui máquina cadastrada, deve-se acionar o botão ; Se o usuário desejar incluir uma nova máquina na portaria, basta acionar o botão ; Inserir o nome da nova máquina (identificação da máquina na rede) a ser cadastrada; Confirmar o cadastro, acionando o botão ; O botão permite a exclusão de uma máquina já cadastrada; Todos os direitos reservados à MV.

33 Ao acessar o Módulo de Portaria, numa máquina que não esteja relacionada a uma portaria cadastrada, o sistema não permitirá o acesso e exibirá uma mensagem impedindo o prosseguimento da operação. Alterando Dados da Portaria Selecionar a portaria, na qual será efetuada a alteração; Acionar o botão ; Realizar a modificação necessária. Vale salientar que, apenas a descrição da portaria poderá sofrer alteração, o código ficar idêntico; Salvar a operação através do botão ; Excluindo uma Portaria Selecionar a portaria que será excluída; Acionar o botão ; Após a confirmação de exclusão, deve-se acionar o botão o processo. para salvar Todos os direitos reservados à MV. 33

34 Ao realizar a exclusão de uma portaria, o sistema excluirá automaticamente as máquinas relacionadas à portaria em referência. 5. SAÍDAS Somente possuirão acesso ao Módulo Portaria, as máquinas que estejam relacionadas a uma portaria cadastrada. VEJA TAMBÉM Crachá 28 Pessoas Todos os direitos reservados à MV.

35 1.4 Movimentações Entrada de Visitantes ou Acompanhantes ACESSO RÁPIDO Configurações de Funcionamento Cadastrando a Entrada 35 Informações do Paciente 36 Dados da Entrada OBJETIVO DA TELA Permitir ao usuário registrar as autorizações de acesso às dependências do Hospital (Unidades de Internação), fornecidas aos visitantes ou acompanhantes dos pacientes. 2. LOCALIZAÇÃO PORT / Movimentações / Entrada de Visitantes ou Acompanhantes 3. PRÉ-REQUISITO Tabelas PORT / Tabelas / Crachá PORT / Tabelas / Pessoas PARI / Tabelas / Leitos Configurações PORT / Configurações / Unidade de Internação Movimentações 6 PARI / Atendimento / Internação PARA / Atendimentos / Não Agendados 4. PROCEDIMENTOS Configurações de Funcionamento Na tela de Unidade de Internação 6, é possível definir o tipo de identificação (Crachá ou Etiqueta 6 ) a ser utilizado como padrão, o qual poderá ser alterado no momento da entrada, bem como os horários autorizados 6 para acesso dos acompanhantes ou visitantes às unidades de internação e ainda determinar o número máximo de autorizações 6 de acesso. Sendo assim, ao confirmar a entrada do visitante/acompanhante, o sistema verificará a quantidade. Caso essa chegue ao seu valor máximo, será exibida uma mensagem informando do estouro da quantidade de pessoas autorizadas e não permitirá um novo acesso; Cadastrando a Entrada Ao acessar a tela de "Entrada de Visitantes ou Acompanhantes", o sistema apresentará a tela de Pesquisa de Paciente, onde deverá ser selecionado o paciente para o qual será vinculada a entrada do acompanhante ou visitante; Informar os parâmetros para pesquisa, podendo ser: leito, nome do paciente e/ou unidade de internação; Todos os direitos reservados à MV. 35

36 Acionar o botão ; O sistema exibirá a lista de pacientes que atendem aos parâmetros informados; Selecionar o atendimento correspondente ao visitante/acompanhante; Confirmar a operação, acionando o botão ; Informações do Paciente O sistema apresentará as informações referentes ao atendimento selecionado, bem como a quantidade de visitantes e acompanhantes já registrados para o atendimento; Dados da Entrada Selecionar o tipo de permanência, qual seja, visitante ou acompanhante; Informar o tipo de identificação utilizado pelo visitante/acompanhante, podendo ser: etiqueta ou crachá. Caso seja selecionada a opção "Etiqueta", será gerado um código automaticamente, no momento da confirmação da entrada. Se a opção informada seja "Crachá", o sistema solicitará a informação do número de identificação do crachá 28 ; Selecionar o nome do visitante ou acompanhante. Para tal, basta acionar o botão e efetuar a consulta ao visitante/acompanhante, informando os parâmetros de busca desejados. E em seguida determinar a pessoa, para qual será registrado o movimento de entrada. Caso este visitante/acompanhante não esteja cadastrado no sistema, é necessário acionar o botão, para cadastrá-lo 22 ; Indicar o grau de parentesco do visitante/acompanhante com o paciente; Informar, se necessário, o nome do autorizador da entrada e seus ramal para contato; Confirmar a operação, acionando o botão ; Emitir a etiqueta, caso essa tenha sido a forma de identificação selecionada; O botão permite cadastrada a entrada de um novo visitante para o paciente em referência; Ao acionar o botão para o paciente selecionado;, é possível cadastrar um novo acompanhante Caso ocorra algum problema na impressão da etiqueta de identificação do acompanhante/visitante, o usuário poderá reimprimí-la, através do botão 5. SAÍDAS Integração e Impactos. Esta tela, tem como pré-requisito o registro de entrada de acompanhantes / visitantes. PORT / Movimentações / Saída de Visitantes, Colaboradores ou Pacientes Consultas 46 PORT / Consultas / Movimento de Acompanhantes e Visitantes Todos os direitos reservados à MV.

37 VEJA TAMBÉM Entrada de Colaboradores ou Fornecedores Entrada de Prestadores Todos os direitos reservados à MV. 37

38 1.4.2 Entrada de Colaboradores ou Fornecedores 1. OBJETIVO DA TELA ACESSO RÁPIDO Configurações de Funcionamento Cadastrando a Entrada 38 Dados do Colaborador 39 Cadastrando um Novo Colaborador Permitir ao usuário registrar a entrada dos colaboradores e fornecedores as dependências do Hospital (Setores Administrativos). 2. LOCALIZAÇÃO PORT / Movimentações / Entrada de Colaboradores ou Fornecedores PORT / Movimentações / Entrada de Prestadores 3. PRÉ-REQUISITO Tabelas PORT / Tabelas / Crachá PORT / Tabelas / Pessoas PORT / Tabelas / Empresa GLOBAL / Globais / Centro de Custo Configurações PORT / Configurações / Unidades de Internação PORT / Configurações / Setores Administrativos PROCEDIMENTOS Algumas Configurações A tela de "Unidade de Internação 6 ", permite ao usuário definir o tipo de identificação (Crachá ou Etiqueta) a ser utilizado como padrão, a qual poderá ser alterada no momento da entrada, bem como os horários autorizados para acesso dos acompanhantes ou visitantes às unidades de internação e determinar o número máximo de autorizações de acesso; A tela de "Setores Administrativos 9 ", permite ao usuário definir os horários autorizados 9 para o acesso de pessoas aos setores do hospital. Sendo assim, ao confirmar a movimentação de entrada para o colaborador ou fornecedor, o sistema verificará a configuração do setor administrativo em referência. Caso esteja marcado o campo Controla Autorização de Entrada no Setor 9, o sistema solicitará o preenchimento do nome do autorizador, quando o horário da solicitação de entrada não estiver entre os horários definidos como autorizados na configuração do setor; Cadastrando a Entrada Ao acessar a tela de Entrada de Colaboradores, o sistema apresentará uma janela de parâmetros para pesquisa, na qual deverá ser selecionado o colaborador ou fornecedor, para o qual está sendo realizada a movimentação de entrada; Todos os direitos reservados à MV.

39 Acionar o botão, para selecionar um colaborador/fornecedor que já esteja cadastrado. Caso esse fornecedor ainda não possua cadastro, deve-se pressionar o botão, para cadastrá-lo 22 ; Informados os parâmetros de pesquisa, o sistema apresentará a relação dos colaboradores/fornecedores correspondentes aos parâmetros informados; Selecionar o colaborador/fornecedor, cuja movimentação será registrada; Pressionar o botão ; Assim, o sistema retornará a tela de "Entrada de Colaboradores". Nessa tela, será exibido o tipo de identificação 6 cadastrado com padrão, o qual poderá ser modificado pelo usuário, caso necessário. Vale salientar que, se a opção "Etiqueta" for a selecionada, o sistema irá gerar o código dela automaticamente, no momento da confirmação da entrada; Caso a opção de identificação selecionada seja "Crachá 28 ", é necessário inserir o número do crachá ou selecioná-lo através do botão. Nessa opção, o usuário poderá pesquisar um crachá já existente ou cadastrá-lo no botão ; Selecionar o nome do colaborador que terá a entrada cadastrada. Assim, os campos relacionados a ele, como tipo e número do documento, nome e telefone da empresa; Determinar o setor de destino do colaborador/fornecedor; Informar o nome do responsável pela autorização de entrada e seu ramal, se necessário; Descrever, se necessário, observações referentes ao colaborador/fornecedor; Acionar o botão para salvar a operação. Nesse momento, caso o tipo de identificação do colaborador/fornecedor seja etiqueta, o sistema efetuará sua impressão; Ao confirmar a entrada do colaborador, o sistema registrará o usuário logado, responsável pelo registro da operação, bem como data e hora da confirmação; O botão, permite o cadastro de um novo colaborador; Caso ocorra algum problema na emissão da etiqueta de identificação, o usuário poderá reimprimi-la através do botão. 5. SAÍDAS Integração e Impactos Esta tela, tem como pré-requisito o registro de entrada de colaboradores e fornecedores. PORT / Movimentações / Saída de Visitantes, Colaboradores ou Pacientes Consultas 46 PORT / Consultas / Movimento de Colaboradores e Prestadores 50 VEJA TAMBÉM Entrada de Pacientes Agendados Todos os direitos reservados à MV. 39

40 1.4.3 Entrada de Pacientes não Agendados ACESSO RÁPIDO Configurações Realizadas 40 Cadastrando a Entrada do Paciente OBJETIVO DA TELA Possibilitar ao usuário registrar as autorizações de acesso às dependências do Hospital, fornecidas aos pacientes que não possuem agendamento. 2. LOCALIZAÇÃO PORT / Movimentações / Entrada de Pacientes não Agendados 3. PRÉ-REQUISITO Tabelas PORT / Tabelas / Crachá PORT / Tabelas / Pessoas GLOBAL / Globais / Centro de Custo Configurações PORT / Configurações / Unidades de Internação PORT / Configurações / Setores Administrativos PROCEDIMENTOS Configurações Realizadas Na tela de "Unidade de Internação 6 ", é permitido ao usuário definir o tipo de identificação (Crachá ou Etiqueta) a ser utilizado como padrão, o qual poderá ser alterado no momento da entrada pelo usuário, bem como os horários autorizados 6 para acesso dos acompanhantes/visitantes às unidades de internação e determinar o número máximo de autorizações de acesso; Na tela de "Setores Administrativos 9 ", é possível ao usuário definir os horários autorizados para o acesso de pessoas aos setores de destino (administrativos) do hospital; Cadastrando a Entrada do Paciente Ao acessar a tela, o sistema apresentará a tela de "Consulta de Pessoas", na qual deverá ser selecionado o paciente para o qual será realizada a movimentação de entrada. Nessa tela, deverão ser informados parâmetros para que o sistema realize a pesquisa; Caso o paciente não esteja cadastrado, o usuário deverá acionar o botão, para efetuar o cadastramento na tela de Cadastro de Pessoas 22. Selecionar o nome do paciente, para o qual será registrada a entrada no Hospital; Pressionar o botão para retornar a tela de entrada; Todos os direitos reservados à MV.

41 Após a seleção do paciente, o sistema apresentará preenchidos os campos tipos de documento de identificação, número de documento, telefone e fotografia, registrados na tela de Cadastro de Pessoas 22 ; Caso a opção de identificação informada tenha sido "Crachá seu número; ", deve-se informar Se selecionada a opção "Etiqueta", será gerado automaticamente o código, no momento da confirmação da entrada; Determinar o setor administrativo de destino do paciente; Salvar a operação, acionando o botão ; Ao confirmar a entrada do paciente, o sistema registrará o usuário logado, responsável pelo registro da operação, bem como a data e hora em que foi efetuada. Para cadastrar uma nova entrada de paciente não agendado, o usuário deverá pressionar o botão, que limpará a tela, possibilitando um novo registro; Caso ocorra algum problema na impressão da etiqueta de identificação do paciente, o usuário poderá reimprimi-la através do botão. 5. SAÍDAS Integração e Impactos Esta tela, tem como pré-requisito o registro de entrada de pacientes não agendados. 28 PORT / Movimentações / Saída de Visitantes, Colaboradores ou Pacientes Consultas 46 PORT / Consultas / Movimento de Pacientes 51 VEJA TAMBÉM Entrada de Pacientes Agendados Todos os direitos reservados à MV. 41

42 1.4.4 Entrada de Prestadores ACESSO RÁPIDO Cadastrando a Entrada OBJETIVO DA TELA Permitir ao usuário registrar a entrada dos prestadores, fornecedores e colaboradores nas dependências do Hospital (Setores Administrativos). 2. LOCALIZAÇÃO PORT / Movimentações / Entrada de Prestadores PORT / Movimentações / Entrada de Colaboradores ou Fornecedores 3. PRÉ-REQUISITO Tabelas PORT / Tabelas / Crachá PORT / Tabelas / Pessoas PORT / Tabelas / Empresa GLOBAL / Globais / Centro de Custo AMDC / Tabelas / Prestadores Configurações PORT / Configurações / Unidades de Internação PORT / Configurações / Setores Administrativos PROCEDIMENTOS Cadastrando a Entrada Ao acessar a tela, o sistema apresentará a janela de parâmetro de pesquisa, onde deverá ser selecionado o colaborador, fornecedor ou prestador, para o qual a movimentação de entrada está sendo realizada; Após a seleção do colaborador, fornecedor ou prestador, deve-se confirmar a operação. Caso o colaborador, fornecedor ou prestador selecionados não estejam cadastrados, basta acionar o botão para efetuar o cadastro; O sistema apresentará o tipo de permanência "Colaborador", quando o acesso a tela de Entrada de Prestadores for realizado através da tela Entrada de Colaboradores 38. Contudo, quando acessada através da opção de menu Entrada de Prestadores 42, o tipo de permanência será apresentado como "Prestadores"; Informar o número do crachá 28 ; Se a configuração da tela de Configuração da Unidades de Internação 6, estiver com o campo "Crachá 6 " marcado, o preenchimento do campo será obrigatório. Selecionar o setor cujo prestador irá se dirigir; Informar a qual empresa a pessoa pertence; Todos os direitos reservados à MV.

43 Caso a entrada do prestador, fornecedor ou colaborador, esteja fora do horário definido como autorizado, o sistema exibirá uma mensagem informando o preenchimento obrigatório do nome da pessoa que autorizou a entrada do mesmo fora do horário configurado na tela de Configurações dos Setores Administrativos 9 ; Inserir observações, se necessário; Acionar o botão ; Assim, o sistema gerará automaticamente a data e o horário que o prestador, fornecedor ou colaborador entrou no Hospital. 5. SAÍDAS Consultas PORT / Consultas / Movimento de Colaboradores e Prestadores 50 VEJA TAMBÉM Entrada de Pacientes Agendados 44 Saída de Visitantes, Colaboradores ou Pacientes Todos os direitos reservados à MV. 43

44 1.4.5 Entrada de Pacientes Agendados ACESSO RÁPIDO Cadastrando a Entrada de Pacientes Formas de Identificação OBJETIVO DA TELA Permitir ao usuário registrar as autorizações de acesso às dependências do Hospital, fornecidas aos pacientes que possuem agendamento de consultas no sistema. 2. LOCALIZAÇÃO PORT / Movimentações / Entrada de Pacientes Agendados 3. PRÉ-REQUISITO Tabelas PORT / Tabelas / Crachá PORT / Tabelas / Pessoas GLOBAL / Globais / Centro de Custo AMDC / Tabelas / Prestadores Configurações PORT / Configurações / Unidades de Internação PORT / Configurações / Setores Administrativos Movimentações 6 9 PARI / Atendimento / Internação PARA / Atendimentos / Não Agendados PARA / Agendamentos / Agendamento 4. PROCEDIMENTOS Cadastrando a Entrada de Pacientes Ao acessar a tela, o sistema apresentará a tela para pesquisa da agenda do prestador, na qual deverá ser selecionado o paciente com atendimento marcado, motivo pelo qual será realizada a movimentação de entrada; Informar os parâmetros de pesquisa e pressionar o botão ; Selecionar o atendimento para o qual será registrada a entrada do paciente agendado; Confirmar a operação através do botão ; Após confirmação, o sistema trará os campos tipo de documento de identificação, número do documento, telefone e fotografia, preenchido de acordo com o registro realizado na tela de Cadastro de Pessoas 22 ; Caso a opção de identificação informada tenha sido "Crachá seu número; ", deve-se informar Se selecionada a opção "Etiqueta", será gerado automaticamente o código, no momento da confirmação da entrada; Todos os direitos reservados à MV.

45 Determinar o setor administrativo de destino do paciente; Salvar a operação, acionando o botão ; Ao confirmar a entrada do paciente, o sistema registrará o usuário logado, responsável pelo registro da operação, bem como a data e hora em que foi efetuada. Para cadastrar uma nova entrada de paciente não agendado, o usuário deverá pressionar o botão, que limpará a tela, possibilitando um novo registro; Caso ocorra algum problema na impressão da etiqueta de identificação do paciente, o usuário poderá reimprimi-la através do botão. 5. SAÍDAS Integração e Impactos Esta tela, tem como pré-requisito o registro de entrada de pacientes não agendados. PORT / Movimentações / Saída de Visitantes, Colaboradores ou Pacientes Consultas 46 PORT / Consultas / Movimento de Pacientes 51 VEJA TAMBÉM Saída de Visitantes, Colaboradores ou Pacientes Todos os direitos reservados à MV. 45

46 1.4.6 Saída de Visitantes, Colaboradores ou Pacientes ACESSO RÁPIDO Registrando as Saídas OBJETIVO DA TELA Possibilitar ao usuário registrar, no sistema, as movimentações de saída realizadas pelos visitantes, colaboradores ou pacientes no Hospital. 2. LOCALIZAÇÃO PORT / Movimentações / Saída de Visitantes, Colaboradores ou Pacientes 3. PRÉ-REQUISITO Tabelas PORT / Tabelas / Crachá PORT / Tabelas / Pessoas PARI / Tabelas / Leitos Configurações PORT / Configurações / Unidades de Internação Movimentações 6 PORT / Movimentações / Entrada de Visitantes ou Acompanhantes 4. PROCEDIMENTOS Registrando as Saídas Informar o número de identificação do Crachá ou da Etiqueta. Em caso de extravio (perda, roubo, entre outros) de crachá ou etiqueta, é possível verificar o número de identificação, na tela de consulta relacionada ao visitante, colaborador ou paciente, acessada através dos botões, ou respectivamente; Todos os direitos reservados à MV.

47 Caso o parâmetro de Confirmação de Saída 6 esteja marcado, o sistema apresentará a tela de Entrada que originou o registro, para que sejam verificados os dados apresentados à portaria e compará-los aos dados lançados no sistema; Pressionar o botão ; Caso o parâmetro de Confirmação de Saída 6 não esteja marcado, o sistema apresentará a tela de saída; Acionar o botão para salvar a operação Todos os direitos reservados à MV. 47

48 5. SAÍDAS Integração e Impactos Ao registrar a saída, o sistema efetuará a liberação do crachá, permitindo a utilização dele para outra pessoa. PORT / Tabelas / Crachá Consultas 28 PORT / Consultas / Movimento de Acompanhantes e Visitantes 49 VEJA TAMBÉM Entrada de Colaboradores ou Fornecedor Todos os direitos reservados à MV.

49 1.5 Consultas Movimento de Acompanhantes e Visitantes ACESSO RÁPIDO Consultando a Movimentação dos Acompanhantes OBJETIVO DA TELA Permitir ao usuário consultar os registros das movimentações de entrada ou saída às dependências do Hospital (Unidades de Internação), realizadas pelos visitantes ou acompanhantes do paciente. 2. LOCALIZAÇÃO PORT / Consultas / Movimento de Acompanhantes e Visitantes 3. PRÉ-REQUISITO Tabelas PORT / Tabelas / Crachá PORT / Tabelas / Pessoas PARI / Tabelas / Leitos Configurações PORT / Configurações / Unidades de Internação Movimentações 6 PORT / Movimentações / Entrada de Visitantes ou Acompanhantes PORT / Movimentações / Saída de Visitantes, Colaboradores ou Pacientes PARI / Atendimento / Internação PARA / Atendimentos / Não Agendados PROCEDIMENTOS Consultando a Movimentação dos Acompanhantes Informar parâmetros para pesquisa, podendo ser: código do atendimento, número da etiqueta ou do crachá, nome do visitante/acompanhante, apresentar apenas as movimentações de entrada e/ou apenas as movimentações de saída; Acionar o botão ; Para verificar detalhes relacionados a entrada do visitante/acompanhante selecionado, basta pressionar duas vezes o nome correspondente; 5. SAÍDAS Não existem saídas. VEJA TAMBÉM Movimento de Pacientes Todos os direitos reservados à MV. 49

50 1.5.2 Movimento de Colaboradores e Prestadores ACESSO RÁPIDO Consultando os Colaboradores OBJETIVO DA TELA Permitir ao usuário consultar os registros das movimentações de entrada ou saída às dependências do Hospital (Setores Administrativos), realizadas pelos colaboradores e prestadores (fornecedores). 2. LOCALIZAÇÃO PORT / Consultas / Movimento de Colaboradores e Prestadores 3. PRÉ-REQUISITO Tabelas PORT / Tabelas / Crachá PORT / Tabelas / Pessoas PORT / Tabelas / Empresa GLOBAL / Globais / Centro de Custo Configurações PORT / Configurações / Setores Administrativos Movimentações 9 PORT / Movimentações / Entrada de Colaboradores ou Fornecedores PORT / Movimentações / Saída de Visitantes, Colaboradores ou Pacientes PROCEDIMENTOS Consultando os Colaboradores Informar um ou mais parâmetros para consulta, quais sejam, número da etiqueta ou número do crachá de identificação, nome do colaborador ou fornecedor, setor administrativo de destino, apresentar apenas as movimentações de entrada ou apenas as movimentações de saída; Pressionar o botão ; Para verificar detalhes da entrada do colaborador ou fornecedor, basta pressionar o botão do mouse duas vezes sobre o nome do correspondente. 5. SAÍDAS Não existem saídas. VEJA TAMBÉM Movimento de Pacientes Todos os direitos reservados à MV.

Escritório Virtual Administrativo

Escritório Virtual Administrativo 1 Treinamento Módulos Escritório Virtual Administrativo Sistema Office Instruções para configuração e utilização do módulo Escritório Virtual e módulo Administrativo do sistema Office 2 3 1. Escritório

Leia mais

Manual de Utilização

Manual de Utilização Manual de Utilização Índice 1 Introdução...2 2 Acesso ao Sistema...3 3 Funcionamento Básico do Sistema...3 4 Tela Principal...4 4.1 Menu Atendimento...4 4.2 Menu Cadastros...5 4.2.1 Cadastro de Médicos...5

Leia mais

SISTEMA COOL 2.0V. (Certificado de Origen On Line) MANUAL DO USUÁRIO

SISTEMA COOL 2.0V. (Certificado de Origen On Line) MANUAL DO USUÁRIO SISTEMA COOL 2.0V (Certificado de Origen On Line) MANUAL DO USUÁRIO ÍNDICE Pré-requisitos para utilização do sistema....2 Parte I Navegador...2 Parte II Instalação do Interpretador de PDF...2 Parte III

Leia mais

MANUAL DO SISTEMA. Versão 6.12

MANUAL DO SISTEMA. Versão 6.12 MANUAL DO SISTEMA Versão 6.12 Pagueban...2 Bancos...2 Configurando Contas...5 Aba Conta Banco...5 Fornecedores Referências Bancárias...7 Duplicatas a Pagar...9 Aba Geral...10 Aba PagueBan...11 Rastreamento

Leia mais

CONTRA CONTROLE DE ACESSOS E MODULARIZADOR DE SISTEMAS

CONTRA CONTROLE DE ACESSOS E MODULARIZADOR DE SISTEMAS MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO AGRÁRIO SUBSECRETARIA DE PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E ADMINISTRAÇÃO COORDENAÇÃO-GERAL DE MODERNIZAÇÃO E INFORMÁTICA CONTRA CONTROLE DE ACESSOS E MODULARIZADOR DE SISTEMAS MANUAL

Leia mais

Manual do Usuário Central de Agendamento. Versão 1.1

Manual do Usuário Central de Agendamento. Versão 1.1 Manual do Usuário Central de Agendamento Versão 1.1 Maio, 2014 Central de Agendamento Manual de utilização Tribunal de Justiça do Estado da Bahia Setor: Coordenação de Sistemas - COSIS Histórico de Revisões

Leia mais

GERENCIADOR DE CONTEÚDO

GERENCIADOR DE CONTEÚDO 1/1313 MANUAL DO USUÁRIO GERENCIADOR DE CONTEÚDO CRISTAL 2/13 ÍNDICE 1. OBJETIVO......3 2. OPERAÇÃO DOS MÓDULOS......3 2.1 GERENCIADOR DE CONTEÚDO......3 2.2 ADMINISTRAÇÃO......4 Perfil de Acesso:... 4

Leia mais

Manual de utilização do. sistema integrado de controle médico WWW.ISA.NET.BR

Manual de utilização do. sistema integrado de controle médico WWW.ISA.NET.BR Manual de utilização do sistema integrado de controle médico WWW.ISA.NET.BR Sistema integrado de controle médico Acesso... 3 Menu principal... 4 Cadastrar... 6 Cadastro de pacientes... 6 Convênios... 10

Leia mais

Ajuda On-line - Sistema de Central de Materiais Esterilizados. Versão 1.0

Ajuda On-line - Sistema de Central de Materiais Esterilizados. Versão 1.0 Ajuda On-line - Sistema de Central de Materiais Esterilizados Versão 1.0 Sumário Central de Materiais Esterilizados 3 1 Manual... de Processos - Central de Materiais Esterilizados 4 Fluxos do... Processo

Leia mais

SophiA Biblioteca - Treinamento Cadastro de Usuários

SophiA Biblioteca - Treinamento Cadastro de Usuários SophiA Biblioteca - Treinamento Cadastro de Usuários Para realizar um cadastro de usuário, clique na aba USUÁRIOS e em seguida no botão. Aba Dados Nome: cadastro do nome do novo usuário. Código: É possível

Leia mais

V.1.0 SIAPAS. Sistema Integrado de Administração ao Plano de Assistência à Saúde. Contas Médicas

V.1.0 SIAPAS. Sistema Integrado de Administração ao Plano de Assistência à Saúde. Contas Médicas 2014 V.1.0 SIAPAS Sistema Integrado de Administração ao Plano de Assistência à Saúde Contas Médicas SIAPAS Sistema Integrado de Administração ao Plano de Assistência à Saúde Módulos CONTAS MÉDICAS Capa

Leia mais

MANUAL VERSÃO 2.13 1

MANUAL VERSÃO 2.13 1 1 SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 3 1. O QUE É O EOL?... 3 2. ACESSANDO O EOL... 3 3. TELA INICIAL... 4 4. EXAMES ADMISSIONAIS... 4 5. MUDANÇA DE FUNÇÃO... 6 6. EXAMES DEMISSIONAL E RETORNO AO TRABALHO... 7 7. EXAMES

Leia mais

Manual de Utilização Autorizador

Manual de Utilização Autorizador 1) Acessando: 1-1) Antes de iniciar a Implantação do GSS, lembre-se de verificar os componentes de software instalados no computador do prestador de serviço: a) Sistema Operacional: nosso treinamento está

Leia mais

Usuários. Manual. Pergamum

Usuários. Manual. Pergamum Usuários Manual Pergamum Sumário 1 APRESENTAÇÃO... 1-2 2 CADASTRANDO UM NOVO USUÁRIO/OPERADOR... 2-1 3 UTILIZANDO O MÓDULO DE USUÁRIOS... 3-2 3.1 CONFIGURAÇÃO DE GUIAS NO EXPLORER... 3-3 4 CADASTRO...

Leia mais

Índice. Atualizado em: 01/04/2015 Página: 1

Índice. Atualizado em: 01/04/2015 Página: 1 MANUAL DO USUÁRIO Índice 1. Introdução... 3 2. Acesso ao Sistema... 4 2.1. Instalação... 4 2.1.1. Servidor - Computador Principal... 4 2.1.2. Estação - Computador na Rede... 6 2.1.3. Estação - Mapeamento

Leia mais

Manual do Usuário CFCWeb BA

Manual do Usuário CFCWeb BA ÍNDICE Acesso ao sistema... 2 Tela Principal... 3 Cadastro de Candidatos... 5 Agenda Teórico... 6 Agenda Prático... 7 Consulta Agendamentos do Candidato por Serviço... 9 Cadastro de Grade Horária... 10

Leia mais

HELP DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ONLINE DOCTOR/SBOT PARA SECRETÁRIAS

HELP DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ONLINE DOCTOR/SBOT PARA SECRETÁRIAS HELP DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ONLINE DOCTOR/SBOT PARA SECRETÁRIAS 1 - A TELA AGENDA 1.1 - TIPOS DE AGENDA 1.1.1 AGENDA NORMAL 1.1.2 AGENDA ENCAIXE 2 - AGENDANDO CONSULTAS 2.1 - AGENDANDO UMA CONSULTA NA

Leia mais

Serviço Público Federal Universidade Federal do Pará - UFPA Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação - CTIC S I E

Serviço Público Federal Universidade Federal do Pará - UFPA Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação - CTIC S I E Serviço Público Federal Universidade Federal do Pará - UFPA Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação - CTIC S I E SISTEMA DE INFORMAÇÕES PARA O ENSINO (*) Módulo: Produção Institucional Guia de

Leia mais

O programa Mysql acompanha o pacote de instalação padrão e será instalado juntamente com a execução do instalador.

O programa Mysql acompanha o pacote de instalação padrão e será instalado juntamente com a execução do instalador. INTRODUÇÃO O Programa pode ser instalado em qualquer equipamento que utilize o sistema operacional Windows 95 ou superior, e seu banco de dados foi desenvolvido em MySQL, sendo necessário sua pré-instalação

Leia mais

HELP DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ONLINE DOCTOR PARA SECRETÁRIAS

HELP DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ONLINE DOCTOR PARA SECRETÁRIAS HELP DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ONLINE DOCTOR PARA SECRETÁRIAS 1 - A TELA AGENDA 1.1 - TIPOS DE AGENDA 1.1.1 AGENDA NORMAL 1.1.2 AGENDA ENCAIXE 2 - AGENDANDO CONSULTAS 2.1 - AGENDANDO UMA CONSULTA NA AGENDA

Leia mais

- Acessar o sistema. Para acessar o sistema digite o endereço eletronico www.simpo.com.br/protocolo e clique em login na barra de menus.

- Acessar o sistema. Para acessar o sistema digite o endereço eletronico www.simpo.com.br/protocolo e clique em login na barra de menus. - Acessar o sistema. Para acessar o sistema digite o endereço eletronico www.simpo.com.br/protocolo e clique em login na barra de menus. Ou digite www.simpo.com.br/protocolo/login.php, para ir diretamente

Leia mais

Flex Acesso. Manual do Usuário. MHF SISTEMAS LTDA www.mhfsistemas.com.br mhfsistemas@mhfsistemas.com.br (11) 6091-9353

Flex Acesso. Manual do Usuário. MHF SISTEMAS LTDA www.mhfsistemas.com.br mhfsistemas@mhfsistemas.com.br (11) 6091-9353 Flex Acesso Manual do Usuário MHF SISTEMAS LTDA mhfsistemas@mhfsistemas.com.br (11) 6091-9353 Índice INTRODUÇÃO... 3 Solicitação de Identificação e Senha para Acesso ao Sistema... 3 ARQUIVOS... 4 PROCEDIMENTOS

Leia mais

Manual Do Usuário ClinicaBR

Manual Do Usuário ClinicaBR Manual Do Usuário ClinicaBR SUMÁRIO 1 Introdução... 01 2 ClinicaBR... 01 3 Como se cadastrar... 01 4 Versão experimental... 02 5 Requisitos mínimos p/ utilização... 03 6 Perfis de acesso... 03 6.1 Usuário

Leia mais

Manual Laboratório. ICS Sistemas de Gestão em Saúde ICS 01/01/2014

Manual Laboratório. ICS Sistemas de Gestão em Saúde ICS 01/01/2014 2014 Manual Laboratório ICS Sistemas de Gestão em Saúde ICS 01/01/2014 Sumário Acesso ao Sistema... 2 Menu Cadastros... 4 Cadastro de usuários... 4 Inclusão de Novo Usuário... 5 Alteração de usuários...

Leia mais

Está apto a utilizar o sistema, o usuário que tenha conhecimentos básicos de informática e navegação na internet.

Está apto a utilizar o sistema, o usuário que tenha conhecimentos básicos de informática e navegação na internet. Conteúdo 1. Descrição geral 2 2. Resumo das funcionalidades 3 3. Efetuar cadastro no sistema 4 4. Acessar o sistema 6 5. Funcionalidades do menu 7 5.1 Dados cadastrais 7 5.2 Grupos de usuários 7 5.3 Funcionários

Leia mais

1.INDÍCE... ERROR! BOOKMARK NOT DEFINED. 3.CONSULTA CIRCULARES... 6 5.PROMOÇÕES E EVENTOS... 8. Consultando Promoções e Eventos 8.

1.INDÍCE... ERROR! BOOKMARK NOT DEFINED. 3.CONSULTA CIRCULARES... 6 5.PROMOÇÕES E EVENTOS... 8. Consultando Promoções e Eventos 8. Indíce 1.INDÍCE... ERROR! BOOKMARK NOT DEFINED. 2.QUADRO DE AVISOS... 4 3.CONSULTA CIRCULARES... 6 4.CONSULTA NOTÍCIAS... 7 5.PROMOÇÕES E EVENTOS... 8 Consultando Promoções e Eventos 8 6.CONSULTAS GERAIS...

Leia mais

Manual Documentação de Arquivos. Tela Classificação de Arquivo

Manual Documentação de Arquivos. Tela Classificação de Arquivo Manual Documentação de Arquivos Tela Classificação de Arquivo Objetivo e orientações iniciais Registro das classificações dos arquivos: título e unidade organizacional responsável. Menu: Documentação Classificação

Leia mais

BH PARK Software de Estacionamento

BH PARK Software de Estacionamento BH PARK Software de Estacionamento WWW.ASASSOFTWARES.COM.BR Índice 1 Informações Básicas... 1 1.1 Sair da aplicação... 1 1.2 Travar aplicação... 1 1.3 Licenciando a aplicação... 1 1.4 Contrato de Manutenção...

Leia mais

Manual de uso PSIM Client 2010

Manual de uso PSIM Client 2010 MANUAL DE USO PSIM MESSENGER VERSÃO 2010 ÍNDICE Manual de uso PSIM Client 2010 INSTALAÇÃO...2 INSTALAÇÃO LOCAL...2 CONFIGURAÇÃO DE USUÁRIO NO PSIM CLIENT 2010...12 QUANDO O FUNCIONÁRIO JÁ ESTÁ CADASTRADO

Leia mais

Manual do Sistema de Almoxarifado P á g i n a 2. Manual do Sistema de Almoxarifado Módulo Requisição. Núcleo de Tecnologia da Informação

Manual do Sistema de Almoxarifado P á g i n a 2. Manual do Sistema de Almoxarifado Módulo Requisição. Núcleo de Tecnologia da Informação Divisão de Almoxarifado DIAX/CGM/PRAD Manual do Sistema de Almoxarifado Módulo Requisição Versão On-Line Núcleo de Tecnologia da Informação Universidade Federal de Mato Grosso do Sul Manual do Sistema

Leia mais

URL para teste http://laudos.diagnosticosdobrasil.com.br:2020/arws_facil/service.asmx

URL para teste http://laudos.diagnosticosdobrasil.com.br:2020/arws_facil/service.asmx Requisitos básicos para instalação. Atenção! Antes de instalar o sistema DB Fácil consulte a TI do local (Cliente), para verificar as condições, e se o computador esta atende aos requisitos para receber

Leia mais

Versão 3.0 CARBON SYSTEM. Manual do Software Controla Tudo. Manual do Controla Tudo

Versão 3.0 CARBON SYSTEM. Manual do Software Controla Tudo. Manual do Controla Tudo Versão 3.0 CARBON SYSTEM Manual do Software Controla Tudo Manual do Controla Tudo SOFTWARE PARA CONTROLE DE PONTO VIA IMPRESSÃO DIGITAL OU DÍGITOS Manual do Controla Tudo Versão 3.0 Carbon System Rua Coronel

Leia mais

SAJPG5. Novidades das Versões 1.3.0-0 a 1.3.1-11. Expedientes. Primeiro Grau

SAJPG5. Novidades das Versões 1.3.0-0 a 1.3.1-11. Expedientes. Primeiro Grau SAJPG5 Primeiro Grau Novidades das Versões 1.3.0-0 a 1.3.1-11 Expedientes Novidades da versão 1.3.0-0 a 1.4.1-1 Este documento contém um resumo das alterações e novidades liberadas nas versões 1.3.0-0

Leia mais

Processos de Compras. Tecinco Informática Ltda. Av. Brasil, 5256 3º Andar

Processos de Compras. Tecinco Informática Ltda. Av. Brasil, 5256 3º Andar Processos de Compras Tecinco Informática Ltda. Av. Brasil, 5256 3º Andar 1 Centro Cascavel PR www.tecinco.com.br Sumário Controle de Compras... 4 Parametrização... 4 Funcionamento... 4 Processo de Controle...

Leia mais

CPS FINANÇAS PESSOAIS MANUAL DO USUÁRIO

CPS FINANÇAS PESSOAIS MANUAL DO USUÁRIO APRESENTAÇÃO O CPS FINANÇAS PESSOAIS é um software desenvolvido para gerenciar a movimentação financeira de forma pessoal, rápida e simplificada fornecendo relatórios e demonstrativos. Este manual é parte

Leia mais

Manual de Utilização das Funções Básicas do Sistema ClinicWeb

Manual de Utilização das Funções Básicas do Sistema ClinicWeb Manual de Utilização das Funções Básicas do Sistema ClinicWeb Dezembro/2012 2 Manual de Utilização das Funções Básicas do Sistema ClinicWeb Sumário de Informações do Documento Título do Documento: Resumo:

Leia mais

Consultório On-line. Tudo o que você precisa em um só lugar.

Consultório On-line. Tudo o que você precisa em um só lugar. Índice 1) Acesso ao sistema 2) Recepção do paciente 3) Envio do atendimento para faturamento: consulta médica ou procedimentos simples 4) Envio do atendimento para faturamento: procedimentos previamente

Leia mais

Portal do Magistrado Guia Rápido Atualização Cadastral e Inclusão de IRPF

Portal do Magistrado Guia Rápido Atualização Cadastral e Inclusão de IRPF Acesso ao Portal do Magistrado Como entrar no Portal do Magistrado: ENDEREÇO ELETRÔNICO: www.portaldomagistrado.tjsp.jus.br/ptlpdb/ Conecte seu Certificado Digital ao computador e informe sua Senha de

Leia mais

Aplicativo da Manifestação do Destinatário. Manual

Aplicativo da Manifestação do Destinatário. Manual Aplicativo da Manifestação do Destinatário Manual Novembro de 2012 1 Sumário 1 Aplicativo de Manifestação do Destinatário...4 2 Iniciando o aplicativo...4 3 Menus...5 3.1 Manifestação Destinatário...5

Leia mais

Curso de Capacitação ao Sistema CDV. - GID Desmanches -

Curso de Capacitação ao Sistema CDV. - GID Desmanches - Curso de Capacitação ao Sistema CDV - GID Desmanches - Coordenadoria de Gestão de Desmanches Divisão de Desmanches Conteúdo Módulo 1 Como utilizar o Moodle... 4 Módulo 2 - Acessando o GID CDV... 4 Aula

Leia mais

Principais Novidades Abril/2013 a Junho/2013

Principais Novidades Abril/2013 a Junho/2013 Principais Novidades Abril/2013 a Junho/2013 Sumário 1. Ambiente Group Shopping... 3 2. Alteração na Tela de Contratos e Controle de Edições... 7 3. Propagação de Contratos... 10 4. Configuração de Impressora

Leia mais

MANUAL - BIKESYS. Versão 1.0 Beta. Março 2013

MANUAL - BIKESYS. Versão 1.0 Beta. Março 2013 MANUAL - BIKESYS Versão 1.0 Beta Março 2013 Acesso ao sistema O acesso ao sistema é bem simples, basta inserir o seu usuário e senha, previamente cadastrados na aplicação para ter acesso as funcionalidades

Leia mais

SISCOF - Manual do Usuário

SISCOF - Manual do Usuário SISCOF - Manual do Usuário SERPRO / SUPDE / DECTA / DE901 SISTEMA DE CONTROLE DE FREQUÊNCIA Versão 1.2 Sumário SISCOF Sistema de Controle de Frequência 1. Login e Senha... 2 1.1 Como Efetuar Login No Sistema...

Leia mais

CERTIDÕES UNIFICADAS

CERTIDÕES UNIFICADAS CERTIDÕES UNIFICADAS Manual de operação Perfil Cartório CERTUNI Versão 1.0.0 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA Departamento de Inovação Tecnológica Divisão de Tecnologia da Informação Sumário LISTA DE FIGURAS... 2

Leia mais

Coordenação Geral de Tecnologia da Informação - CGTI. SIGED - Sistema de Gestão Eletrônica de Documentos MANUAL DO USUÁRIO Módulo de Arquivos

Coordenação Geral de Tecnologia da Informação - CGTI. SIGED - Sistema de Gestão Eletrônica de Documentos MANUAL DO USUÁRIO Módulo de Arquivos SIGED - Sistema de Gestão Eletrônica de Documentos MANUAL DO USUÁRIO Módulo de Arquivos O objetivo deste Manual é permitir a reunião de informações dispostas de forma sistematizada, criteriosa e segmentada

Leia mais

HELP DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ONLINE DOCTOR PARA MÉDICOS

HELP DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ONLINE DOCTOR PARA MÉDICOS HELP DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ONLINE DOCTOR PARA MÉDICOS 1 CADASTRANDO CLIENTES 1.1 BUSCANDO CLIENTES 1.1.1 BUSCANDO CLIENTES PELO NOME 1.1.2 BUSCANDO CLIENTES POR OUTRAS BUSCAS 1.2 CAMPO OBSERVAÇÕES 1.3

Leia mais

❶ No Sistema Gênesis, na Aba ESTOQUE

❶ No Sistema Gênesis, na Aba ESTOQUE ❶ No Sistema Gênesis, na Aba ESTOQUE a) Checagem de Estoque - Verifique o estoque dos produtos desejados. b) Listar produtos com a quantia de estoque mínimo atingido: ESTOQUE / RELATÓRIO / ALERTA DE COMPRA

Leia mais

1998-2015 Domínio Sistemas Ltda. Todos os direitos reservados.

1998-2015 Domínio Sistemas Ltda. Todos os direitos reservados. Versão 8.1A-13 Saiba que este documento não poderá ser reproduzido, seja por meio eletrônico ou mecânico, sem a permissão expressa por escrito da Domínio Sistemas Ltda. Nesse caso, somente a Domínio Sistemas

Leia mais

ecare diagnosis MANUAL DO PRESTADOR

ecare diagnosis MANUAL DO PRESTADOR ecare diagnosis MANUAL DO PRESTADOR ATUALIZADO EM 10/06/2006 MANUAL DO PRESTADOR ÍNDICE 1 INTRODUÇÃO 5 2 ENTRANDO NO SISTEMA 6 3 AGENDAMENTO DE CONSULTA 6 4 CONFIRMAÇÃO DE CONSULTA 7 5 MARCAÇÃO DE EXAME

Leia mais

GUIA INTEGRA SERVICES E STATUS MONITOR

GUIA INTEGRA SERVICES E STATUS MONITOR GUIA INTEGRA SERVICES E STATUS MONITOR 1 - Integra Services Atenção: o Integra Services está disponível a partir da versão 2.0 do software Urano Integra. O Integra Services é um aplicativo que faz parte

Leia mais

Manual de operação. BS Ponto Versão 5.1

Manual de operação. BS Ponto Versão 5.1 Manual de operação BS Ponto Versão 5.1 conteúdo 1. Instalação do sistema Instalando o BS Ponto Configurando o BS Ponto 2. Cadastrando usuários Cadastro do usuário Master Alterando a senha Master Cadastro

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA DIRETORIA DE FISCALIZAÇÃO PEDIDO DE USO DE ECF MANUAL DO USUÁRIO VERSÃO 1.0

SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA DIRETORIA DE FISCALIZAÇÃO PEDIDO DE USO DE ECF MANUAL DO USUÁRIO VERSÃO 1.0 SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA DIRETORIA DE FISCALIZAÇÃO PEDIDO DE USO DE ECF MANUAL DO USUÁRIO VERSÃO 1.0 Belém Agosto - 2013 1 SUMÁRIO 1. Introdução... 3 2. Identificação Acesso ao Sistema... 4 3. Painel

Leia mais

Sistema de Bilhetagem Eletrônica

Sistema de Bilhetagem Eletrônica GUIA DE REFERÊNCIA SIB Sistema de Bilhetagem Eletrônica Projeto Sistema de Bilhetagem Eletrônica Documento MR (17/Maio/2011) Tabela 1 Histórico das alterações no documento Data Versão Autor Descrição 09/11/2010

Leia mais

MÓDULO DE VISITANTES SISTEMA SES-CLIENT DA SUALTECH

MÓDULO DE VISITANTES SISTEMA SES-CLIENT DA SUALTECH UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS Campinas 2010 MÓDULO DE VISITANTES SISTEMA SES-CLIENT DA SUALTECH Elaboração/Revisão do Manual Edmilson Bellini Chiavegatto (Centro de Computação) José Augusto Ruzene

Leia mais

Versão 1.0 CARBON SYSTEM. Manual do Software Ponto Legal. Manual do PONTO LEGAL

Versão 1.0 CARBON SYSTEM. Manual do Software Ponto Legal. Manual do PONTO LEGAL Versão 1.0 CARBON SYSTEM Manual do Software Ponto Legal Manual do PONTO LEGAL S O F T W A R E P A R A E M I S S Ã O D O R E L A T Ó R I O E S P E L H O D E P O N T O Manual do Ponto Legal Versão 1.0 Carbon

Leia mais

Versão Liberada. www.gerpos.com.br. Gerpos Sistemas Ltda. info@gerpos.com.br. Av. Jones dos Santos Neves, nº 160/174

Versão Liberada. www.gerpos.com.br. Gerpos Sistemas Ltda. info@gerpos.com.br. Av. Jones dos Santos Neves, nº 160/174 Versão Liberada A Gerpos comunica a seus clientes que nova versão do aplicativo Gerpos Retaguarda, contendo as rotinas para emissão da Nota Fiscal Eletrônica, já está disponível. A atualização da versão

Leia mais

MANUAL EXPORTAÇÃO IMPORTAÇÃO

MANUAL EXPORTAÇÃO IMPORTAÇÃO MANUAL EXPORTAÇÃO IMPORTAÇÃO Diretoria de Vigilância Epidemiológica/SES/SC 2006 1 Módulo 04 - Exportação e Importação de Dados Manual do SINASC Módulo Exportador Importador Introdução O Sistema SINASC

Leia mais

Manual Xerox capture EMBRATEL

Manual Xerox capture EMBRATEL Manual Xerox capture EMBRATEL Versão 2 Junho/2011 Tópicos 1) Instalação do Xerox Capture 2) Utilização do Xerox Capture 2.1) Capturar pacotes de imagens pelo scanner 2.2) Importar pacote de imagens a partir

Leia mais

ROTEIRO PARA TREINAMENTO DO SAGRES DIÁRIO Guia do Docente

ROTEIRO PARA TREINAMENTO DO SAGRES DIÁRIO Guia do Docente Conceito ROTEIRO PARA TREINAMENTO DO SAGRES DIÁRIO Guia do Docente O Sagres Diário é uma ferramenta que disponibiliza rotinas que facilitam a comunicação entre a comunidade Docente e Discente de uma instituição,

Leia mais

Manual Sistema Curumim. Índice

Manual Sistema Curumim. Índice Versão 1.0 Índice 1. Instalação do Sistema... 3 2. Botões e Legenda... 4 3. Login do Sistema... 5 4. Tela Principal... 6 5. Dados Cadastrais da Empresa... 7 6. Aluno Cadastro... 8 7. Aluno - Cadastro de

Leia mais

Ajuda do Sistema Aquarius.

Ajuda do Sistema Aquarius. Ajuda do Sistema Aquarius. Esta ajuda é diferenciada da maioria encontrada nos sistemas de computador do mercado. O objetivo desta ajuda é literalmente ajudar o usuário a entender e conduzir de forma clara

Leia mais

MANUAL VERSÃO 2.11 1

MANUAL VERSÃO 2.11 1 1 SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO... 3 2 O QUE É O EOL?... 3 3 ACESSO AO CLIENTE... 3 4 ACESSANDO O EOL... 3 5 TELA INICIAL... 4 6 EXAMES ADMISSIONAIS... 5 7 MUDANÇA DE FUNÇÃO... 7 8 EXAMES DEMISSIONAL E RETORNO

Leia mais

Assessoria Técnica de Tecnologia da Informação - ATTI. Projeto de Informatização da. Secretaria Municipal de Saúde do. Município de São Paulo

Assessoria Técnica de Tecnologia da Informação - ATTI. Projeto de Informatização da. Secretaria Municipal de Saúde do. Município de São Paulo Assessoria Técnica de Tecnologia da Informação - ATTI Projeto de Informatização da Secretaria Municipal de Saúde do Município de São Paulo Manual Cartão SUS Manual de Operação Julho/2011 Conteúdo Sumário...

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA. Documento de Arrecadação Estadual DAE. Manual do Usuário. Versão 1.0.0 SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA

SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA. Documento de Arrecadação Estadual DAE. Manual do Usuário. Versão 1.0.0 SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA 1 SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA Documento de Arrecadação Estadual DAE Manual do Usuário Versão 1.0.0 SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA 66.053-000 Av. Visconde de Souza Franco, 110 Reduto Belém PA Tel.:(091)

Leia mais

Sistema de Autorização Unimed

Sistema de Autorização Unimed Diretoria de Gestão Estratégica Departamento de Tecnologia da Informação Divisão de Serviços em TI Sistema de Autorização Unimed MANUAL DO USUÁRIO DIVISÃO DE SERVIÇOS EM TI A Divisão de Serviços em TI

Leia mais

MANUAL DO SISTEMA. Versão 6.08

MANUAL DO SISTEMA. Versão 6.08 MANUAL DO SISTEMA Versão 6.08 Tipos de Ferramentas...2 Localização...3 Responsável...4 Cadastro de Ferramentas...5 Estoque de Ferramentas...7 Distribuição...9 Termos...12 Distribuição...12 Devolução...13

Leia mais

Agendamento de Importação Vazio Importador

Agendamento de Importação Vazio Importador Agendamento de Importação Vazio Importador Sumário Sumário... 2 1. Objetivo... 3 2. Introdução... 3 3. Habilitação de Transportadora... 4 3.1 Atualizar Modelo de Disribuição... 4 3.2 Habilitar transportadora...

Leia mais

Como funciona? SUMÁRIO

Como funciona? SUMÁRIO SUMÁRIO 1. Introdução... 2 2. Benefícios e Vantagens... 2 3. Como utilizar?... 2 3.1. Criar Chave / Senha de Usuário... 2 3.2. Recursos da Barra Superior... 2 3.2.1. Opções... 3 3.2.1.1. Mover Para...

Leia mais

Documentação do site de imóveis e parcerias RIO ONLINE

Documentação do site de imóveis e parcerias RIO ONLINE Documentação do site de imóveis e parcerias RIO ONLINE Índice 1) Painel de Imóveis...3 1.1) Filtrar...3 1.2) Incluir Imóvel...3 1.3) Alterar Imóvel...4 1.3.1) Não publicar imóvel no site...4 1.4) Fotos

Leia mais

NVSABRE - SISTEMA DE INFORMÁTICA LTDA

NVSABRE - SISTEMA DE INFORMÁTICA LTDA Goiânia, 23 de Dezembro de 2011 Bom dia! Aos clientes Sabre, Novos procedimentos após atualização do sistema para versão 2.1.289.12 Será disponibilizada versão 2.1.289.12, nossos colaboradores devem seguir

Leia mais

CADASTRO DE CLIENTES

CADASTRO DE CLIENTES CADASTRO DE CLIENTES 1. INTRODUÇÃO No Softpharma há o Cadastro de Convênio, nele estão vinculados os clientes que fazem parte do convênio e podem usufruir dos descontos e demais benefícios negociados entre

Leia mais

Ajuda On-line - Sistema de Relacionamento com o Cliente. Versão 1.1

Ajuda On-line - Sistema de Relacionamento com o Cliente. Versão 1.1 Ajuda On-line - Sistema de Relacionamento com o Cliente Versão 1.1 Sumário Sistema de Relacionamento com Cliente 3 1 Introdução... ao Ambiente do Sistema 4 Acessando... o Sistema 4 Sobre a Tela... do Sistema

Leia mais

1. Escritório Virtual... 5. 1.1. Atualização do sistema...5. 1.2. Instalação e ativação do sistema de Conexão...5

1. Escritório Virtual... 5. 1.1. Atualização do sistema...5. 1.2. Instalação e ativação do sistema de Conexão...5 1 2 Índice 1. Escritório Virtual... 5 1.1. Atualização do sistema...5 1.2. Instalação e ativação do sistema de Conexão...5 1.3. Cadastro do Escritório...5 1.4. Logo Marca do Escritório...6...6 1.5. Cadastro

Leia mais

MANUAL Credenciados SGMC Sistema de Gestão de Modalidades de Credenciamento

MANUAL Credenciados SGMC Sistema de Gestão de Modalidades de Credenciamento MANUAL Credenciados SGMC Sistema de Gestão de Modalidades de Credenciamento SEBRAE-GO 1 Sumário Introdução... 3 1) Acesso ao Sistema... 4 1.1. LOGIN... 4 1.2. ALTERAR SENHA... 7 1.3. RECUPERAR SENHA...

Leia mais

Sistema de Protocolo. Manual do Usuário

Sistema de Protocolo. Manual do Usuário Sistema de Protocolo Manual do Usuário Atualizado em 05/06/2010 2 Apresentação Módulo Protocolo Está disponível de forma integrada com todos os órgãos para registrar e acompanhar, de modo atualizado e

Leia mais

Manual de Utilização SCI-Ponto

Manual de Utilização SCI-Ponto Manual de Utilização SCI-Ponto Sumário 1. Cadastro de Empregador... 2 2. Cadastro de Locais... 3 3. Cadastro de REPs... 3 4. Cadastro de Horário de Verão... 5 5. Cadastro de Funcionários... 6 6. Exportação

Leia mais

MANUAL DO PRESTADOR DO WEDE ODONTOGROUP - 2010

MANUAL DO PRESTADOR DO WEDE ODONTOGROUP - 2010 Prezado (a) Prestador (a), Com o objetivo de melhorar os nossos serviços junto à rede credenciada e aos nossos beneficiários, estamos disponibilizando no portal www.odontogroup.com.br alguns serviços como:

Leia mais

HELP DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ONLINE DOCTOR/SBOT PARA MÉDICOS

HELP DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ONLINE DOCTOR/SBOT PARA MÉDICOS HELP DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ONLINE DOCTOR/SBOT PARA MÉDICOS 1 CADASTRANDO CLIENTES 1.1 BUSCANDO CLIENTES 1.1.1 BUSCANDO CLIENTES PELO NOME 1.1.2 BUSCANDO CLIENTES POR OUTRAS BUSCAS 1.2 CAMPO OBSERVAÇÕES

Leia mais

MANUAL DO GERENCIADOR ESCOLAR WEB

MANUAL DO GERENCIADOR ESCOLAR WEB CNS LEARNING MANUAL DO GERENCIADOR ESCOLAR WEB Versão Online 13 Índice ÍNDICE... 1 VISÃO GERAL... 2 CONCEITO E APRESENTAÇÃO VISUAL... 2 PRINCIPAIS MÓDULOS... 3 ESTRUTURAÇÃO... 3 CURSOS... 4 TURMAS... 4

Leia mais

SISTEMA INFORMATIZADO DE REGULAÇÃO E CONTROLE DO ICS

SISTEMA INFORMATIZADO DE REGULAÇÃO E CONTROLE DO ICS SISTEMA INFORMATIZADO DE REGULAÇÃO E CONTROLE DO ICS MANUAL DO PRESTADOR DE SERVIÇOS CONSULTÓRIOS/CLÍNICAS CREDENCIADAS PARA ATENDIMENTO ELETIVO (FASCÍCULO DO ATENDIMENTO ELETIVO) VERSÃO I - 2013 Instituto

Leia mais

SIGA Saúde. Sistema Integrado de Gestão da Assistência à Saúde. Manual operacional. Módulo Agenda Agendamento Local

SIGA Saúde. Sistema Integrado de Gestão da Assistência à Saúde. Manual operacional. Módulo Agenda Agendamento Local SIGA Saúde Sistema Integrado de Gestão da Assistência à Saúde Manual operacional Módulo Agenda Agendamento Local Sumário Introdução... 3 Agendamento... 4 Pesquisa de vagas... 5 Perfil de Agenda... 6 Dados

Leia mais

BOLETIM INFORMATIVO TÉCNICO Cordilheira Recursos Humanos Versão 2 PLANO DE ASSISTÊNCIA A SAÚDE

BOLETIM INFORMATIVO TÉCNICO Cordilheira Recursos Humanos Versão 2 PLANO DE ASSISTÊNCIA A SAÚDE BOLETIM INFORMATIVO TÉCNICO Cordilheira Recursos Humanos Versão 2 PLANO DE ASSISTÊNCIA A SAÚDE Criada a rotina de Plano de Assistência a Saúde. Esta rotina irá possibilitar gerar a DIRF com valores descontados

Leia mais

TOTVS Gestão Hospitalar Manual Ilustrado - Unidades de Diagnóstico 11.8. março de 2015. Versão: 2.0

TOTVS Gestão Hospitalar Manual Ilustrado - Unidades de Diagnóstico 11.8. março de 2015. Versão: 2.0 TOTVS Gestão Hospitalar Manual Ilustrado - Unidades de Diagnóstico 11.8 março de 2015 Versão: 2.0 1 Sumário 1 Objetivos... 4 2 Introdução... 4 3 Cadastros... 5 3.1 Cadastro de Departamentos do Laboratório...

Leia mais

Gestão Financeira do Plano de Saúde v1.0

Gestão Financeira do Plano de Saúde v1.0 Gestão Financeira do Plano de Saúde v1.0 Manual do Usuário Versão 01.01 [Este template faz parte integrante do Processo de Desenvolvimento de Sistemas da DTI (PDS-DTI) e deve ser usado em conjunto com

Leia mais

MÓDULO 1.0 Tela inicial do sistema, onde é identificado o usuário pelo próprio CRO sendo coerente com a senha, lhe é permitido o acesso via WEB ao sistema DENTAL GROUP. Quando carrego a tela de menu já

Leia mais

Índice 3. Funcionalidades do Perfil 3.1 3.2 1. Login Menu 3.3 2. Funcionalidades da Conta (Empresa 3.4 2.1 3.5 2.2 3.6 2.3 3.7 2.4 3.7.1 2.5 3.7.

Índice 3. Funcionalidades do Perfil 3.1 3.2 1. Login Menu 3.3 2. Funcionalidades da Conta (Empresa 3.4 2.1 3.5 2.2 3.6 2.3 3.7 2.4 3.7.1 2.5 3.7. Índice 2 1. Login Menu...03 a 06 2. Funcionalidades da Conta (Empresa)...07 2.1 presentar Dados da Conta (empresa)...08 2.2 lterar (Dados da Conta)...09 2.3 Gestores da Conta...10 a 11 2.4 Gestores do

Leia mais

SISTEMA INFORMATIZADO DE REGULAÇÃO E CONTROLE DO ICS

SISTEMA INFORMATIZADO DE REGULAÇÃO E CONTROLE DO ICS SISTEMA INFORMATIZADO DE REGULAÇÃO E CONTROLE DO ICS MANUAL DO PRESTADOR DE SERVIÇOS DE SADT ELETIVO (FASCÍCULO DO SADT ELETIVO) VERSÃO I - 2013 Instituto Curitiba de Saúde ICS - Plano Padrão ÍNDICE APRESENTAÇÃO

Leia mais

Utilizando o SISPC para efetuar Registros

Utilizando o SISPC para efetuar Registros Utilizando o SISPC para efetuar Registros 1. Registros O b j e t i v o Através do módulo de registros do sistema serão executadas as operações de inclusão de pessoas inadimplentes na base de dados do SPC.

Leia mais

O GEM é um software 100% Web, ou seja, você poderá acessar de qualquer local através da Internet.

O GEM é um software 100% Web, ou seja, você poderá acessar de qualquer local através da Internet. Olá! Você está recebendo as informações iniciais para utilizar o GEM (Software para Gestão Educacional) para gerenciar suas unidades escolares. O GEM é um software 100% Web, ou seja, você poderá acessar

Leia mais

SSE 3.0 Guia Rápido Parametrizando o SISTEMA DE SECRETARIA Nesta Edição Configurando a Conexão com o Banco de Dados

SSE 3.0 Guia Rápido Parametrizando o SISTEMA DE SECRETARIA Nesta Edição Configurando a Conexão com o Banco de Dados SSE 3.0 Guia Rápido Parametrizando o SISTEMA DE SECRETARIA Nesta Edição 1 Configurando a Conexão com o Banco de Dados 2 Primeiro Acesso ao Sistema Manutenção de Usuários 3 Parametrizando o Sistema Configura

Leia mais

MVREP- Manual do Gerador de Relatórios. ÍNDICE

MVREP- Manual do Gerador de Relatórios. ÍNDICE ÍNDICE ÍNDICE... 1 CAPÍTULO 01 PREPARAÇÃO DO AMBIENTE... 2 1.1 IMPORTAÇÃO DO DICIONÁRIO DE DADOS... 2 CAPÍTULO 02 CADASTRO E CONFIGURAÇÃO DE RELATÓRIOS... 4 2.1 CADASTRO DE RELATÓRIOS... 4 2.2 SELEÇÃO

Leia mais

Manual Captura S_Line

Manual Captura S_Line Sumário 1. Introdução... 2 2. Configuração Inicial... 2 2.1. Requisitos... 2 2.2. Downloads... 2 2.3. Instalação/Abrir... 3 3. Sistema... 4 3.1. Abrir Usuário... 4 3.2. Nova Senha... 4 3.3. Propriedades

Leia mais

Cartilha do Gestor de Frota do Órgão / Entidade

Cartilha do Gestor de Frota do Órgão / Entidade Cartilha do Gestor de Frota do Órgão / Entidade SGTA Sistema de Gestão Total de Abastecimento do Governo do Estado de Minas Gerais REV DATA ALTERAÇÃO CRIAÇÃO REVISÃO APROVAÇÃO 01 13/01/14 Versão inicial

Leia mais

SISADI MÓDULO GERAL Via Inquilino Manual versão 2.0.0

SISADI MÓDULO GERAL Via Inquilino Manual versão 2.0.0 SISADI MÓDULO GERAL Via Inquilino Manual versão 2.0.0 Autoria Cristiane Caldeira Mendes Belo Horizonte 2013 Índice Introdução... 3 Objetivo... 3 Considerações Gerais... 3 Glossário de Ícones, Botões e

Leia mais

Pedido de Bar Sistema para controle de pedido de bar

Pedido de Bar Sistema para controle de pedido de bar Pedido de Bar Sistema para controle de pedido de bar Desenvolvido por Hamilton Dias (31) 8829.9195 Belo Horizonte hamilton-dias@ig.com.br www.h-dias.cjb.net ÍNDICE Introdução...3 Implantação...3 Instalação...3

Leia mais

Controle de Almoxarifado

Controle de Almoxarifado Controle de Almoxarifado Introdução O módulo de Controle de Almoxarifado traz as opções para que a empresa efetue os cadastros necessários referentes a ferramentas de almoxarifado, além do controle de

Leia mais

Introdução. Servidor de Tempo (SNTP) com opção de horário de verão automático; 1 Cadastro do novo modelo de equipamento Urano Topmax SS

Introdução. Servidor de Tempo (SNTP) com opção de horário de verão automático; 1 Cadastro do novo modelo de equipamento Urano Topmax SS Urano Indústria de Balanças e Equipamentos Eletrônicos Ltda. Rua Irmão Pedro 709 Vila Rosa Canoas RS Fone: (51) 3462.8700 Fax: (51) 3477.4441 Guia de Novas Funcionalidades Urano Integra 2.3 Data: 15/04/2015

Leia mais

VESOFTWARE - DESENVOLIMENTO DE SISTEMAS E WEBSITES Fone: (11) 4036-6980 VIVO(11)9607-5649 TIM(11)7013-8480 1-13

VESOFTWARE - DESENVOLIMENTO DE SISTEMAS E WEBSITES Fone: (11) 4036-6980 VIVO(11)9607-5649 TIM(11)7013-8480 1-13 1-13 INTRODUÇÃO O Programa pode ser instalado em qualquer equipamento que utilize o sistema operacional Windows 95 ou superior, e seu banco de dados foi desenvolvido em MySQL, sendo necessário sua pré-instalação

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DOS SERVIÇOS DO TOTEM

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DOS SERVIÇOS DO TOTEM MANUAL DE UTILIZAÇÃO DOS SERVIÇOS DO TOTEM 1 Sumário 1. TOTEM DE AUTOATENDIMENTO - DETRAN... 3 2. ÁREA DE MOTORISTA... 5 2.1. Consultar Envio CNH... 5 2.2. Curso de Reciclagem... 6 2.2.1. Agendamento do

Leia mais

Treinamento. Módulo. Escritório Virtual. Sistema Office. Instruções para configuração e utilização do módulo Escritório Virtual do sistema Office

Treinamento. Módulo. Escritório Virtual. Sistema Office. Instruções para configuração e utilização do módulo Escritório Virtual do sistema Office Treinamento Módulo Escritório Virtual Sistema Office Instruções para configuração e utilização do módulo Escritório Virtual do sistema Office 1. Atualização do sistema Para que este novo módulo seja ativado,

Leia mais