ARMÁRIO DIGITAL. Av. Viena, 360 Bairro São Geraldo Porto Alegre RS Fone: xx

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ARMÁRIO DIGITAL. Av. Viena, 360 Bairro São Geraldo Porto Alegre RS Fone: xx 51 3325-2728 - www.azanonatec.com.br e-mail: Azanonatec@azanonatec.com."

Transcrição

1 ARMÁRIO DIGITAL 1

2 1. INTRODUÇÃO Este documento apresenta algumas considerações sobre o Sistema de guardavolumes autônomo ARMÁRIO DIGITAL, contemplando a operacionalidade e funcionalidade do sistema, bem como os requisitos técnicos de rede, equipamentos, banco de dados e programas. O sistema ARMÁRIO DIGITAL permite controle total sobre a utilização de suas portas. Sua monitoração contempla os estados das portas, ou seja, fechada, aberta, esquecida aberta, arrombada, erro de abertura, tempo de uso inspirado, ou perda de conexão do serviço de monitoramento com o grupo de portas. O ARMÁRIO DIGITAL também tem controle sobre a utilização das portas onde o usuário é cadastrado e controlado utilizando biometria como identificação, ou por qualquer outro método de identificação pessoal. Outra possibilidade é o controle de objetos depositados em seu interior, que podem ser catalogados, fotografados e pesados antes de serem colocados em uma porta que por sua vez é monitorada e atribuída a um usuário cadastrado. Outra funcionalidade opcional, é sistema de tarifação, que permite a locação e o controle de tempos em função de tarifas de preços, que pode ser configurada conforme a necessidade do cliente. Portanto, o sistema permite um gama de aplicações tanto em segurança patrimonial como individual para seus usuários. 2. CARACTERÍSTICAS DE USO Sistema de guarda-volumes autônomo multiusuários. Permitir a utilização do guarda-volumes por vários usuários ao mesmo tempo; Eliminar a necessidade de utilização de chaves e controle para elas. Controla e monitora o uso do guarda-volumes. Possibilita a locação em função de tabelas de tarifa por tempo de uso. 3. FUNCIONAMENTO 1. As portas encontram-se fechadas para inicio da descrição funcional; 2. O usuário identifica-se em um terminal de acesso, por meio de um cartão magnético/barras ou por identificação biométrica, previamente cadastrados no sistema; 3. O sistema valida os dados do usuário, define o escaninho a ser utilizado, informa o número da porta liberando-a para uso; 4. O usuário dirige-se a porta definida e faz a sua utilização; 5. O usuário interage com o sistema, informando via tela touch-screen, o sistema informa na tela o número da porta e libera a porta; 6. O usuário dirige-se ao escaninho correspondente, faz uso e fecha a porta; 2

3 7. O terminal de acesso também poderá ser utilizado para consultar qual a porta encontrase sob sua utilização. 8. Todas as transações são gravadas em registros de segurança (logs), por exemplo: consulta de localização, abertura de porta, fechamento de porta, locação de porta, devolução de porta, arrombamento, abertura emergencial de porta etc. 4. ARMÁRIOS E ESCANINHOS 4.1 Armários O Modelo padrão se apresenta da seguinte foram, mas pode ser modificado conforme a necessidade do cliente. Metálicos; Modulares, com 5 (cinco) portas na vertical por 2 (duas) na horizontal ; Os armários apresentam sinalização identificando cada porta. 4.2 Escaninhos Identificados fisicamente e no sistema, por numeração sequencial. Medidas aproximadas de cada escaninho: Conforme especificação do desenho técnico Portas com trava automática (eletrônica); 5. REQUISITOS OPERACIONAIS 5.1 Registros de uso dos escaninhos Conter chave única de escaninho e chave única de usuário no banco de dados; Atualiza o banco de dados em tempo real; Registra no banco de dados as informações de uso do escaninho: código do usuário, datas e horários de início e término de uso e todas situações ocorridas. Validação de usuários. 5.2 Utilização Permite que o controlador (funcionário) possa liberar mais de uma porta para o mesmo usuário (parametrização no sistema); Libera as portas de forma distribuída, dentro de cada módulo; 3

4 5.3 Controle Permite a abertura de todas as portas, em horário pré-determinado ou por comando do operador; Permite a abertura das portas, de forma individual ou por módulos, através de usuário master, para uso exclusivo da coordenação; Disponibiliza interface de controle (monitoramento) e gerenciamento, composta de um monitor de vídeo para visualização ampla das ocupações; Indicam na interface de monitoramento as portas: em uso, livre, porta aberta - depois de transcorridos n segundos (valor parametrizável); Disponibiliza interface para o controlador registrar ocorrências (portas abertas, violações, danos, falha no funcionamento etc.); Disponibiliza a opção de desabilitar o uso de uma ou mais portas específicas, em decorrência de qualquer problema operacional ou de sistema; Emite relatórios de utilização e de ocorrências (impressos ou visualizados em monitor), contemplando: horários, dias, usuários, portas. Em caso de queda de energia ou falha no sistema, disponibiliza relatório de todas as portas em uso, plenamente identificados. 6. REQUISITOS TÉCNICOS 6.1 Rede: Rede TCP/IP. 6.2 Armários Estrutura de cabos e conectores protegidos, tanto internos, quanto externos; Sensor que informa quando a(s) porta(s) permanecer(em) aberta(s); Mecanismo que possibilita a liberação da(s) porta(s) em caso de emergência, falha ou falta de alimentação elétrica; O cabeamento fica oculto, sem fios aparentes para o usuário. Estrutura metálica com qualidade Biccateca. 6.3 Postos de cadastramento, controle e monitoramento. Conjunto de equipamentos: o Microcomputador padrão IBM/PC; o Teclado alfanumérico; o Monitor de vídeo; o Obs.: Equipamento fornecido pelo cliente. 4

5 6.4 Pontos de Acesso e Identificação (Terminal de autoatendimento) Equipamento, acoplado ao conjunto de armário, que possibilite ao usuário: o Identificar-se, através da leitura biométrica; o Saber qual porta o mesmo deverá utilizar ou desocupar; Hardware necessário: o Leitor biométrico. o Tela touchscreen 6.5 Fontes de alimentação elétrica: Rede elétrica estabilizada e protegida por No-Break. A ser fornecida pelo cliente. 6.6 Servidor: Servidor central para gerenciamento do sistema deve der disponibilizado pelo cliente, como a administração de alterações em banco de dados. 6.7 Software: Software para cadastramento de usuários Cada usuário com permissão de uso do guarda-volumes será cadastrado no sistema; A responsabilidade pelo cadastramento de usuários será do cliente; Software de controle e monitoramento Software para efetuar o controle do uso dos guarda-volumes, que possibilita: o Consulta ao sistema para verificar se usuário está cadastrado e liberado para usar o escaninho (validação do usuário); o Atribuição de escaninho para usuário; o Comunicação com o usuário, informando o número do escaninho que foi liberado para o mesmo; o Registro em banco de dados de todas transações de uso dos escaninhos, armazenando informações como: nome da transação, usuário, data e hora; o Controle de tentativas de arrombamento. 5

6 Composição do Armário Digital 1. Hardware Item 1: Módulo de armários com 10 portas cada. As dimensões gerais do armário estão nos desenhos técnicos. * Figura ilustrativa 6

7 * Figura ilustrativa 7

8 Especificações técnica métricas do módulo de armário 8

9 Visualização com prateleiras internas opcionais * Figura ilustrativa 9

10 Especificações técnica métricas do terminal de abertura 10

11 Visualização do terminal de abertura 11

12 2. Softwares necessários: Servidor de serviço: Software para controle e centralização dos terminais. Aplicativo de Cadastro: Software para cadastro de usuários para o sistema de armários e módulo de centralização dos terminais. Aplicativo Terminal de Atendimento: Software de interface com o usuário com função de monitorar, verificar, liberar alugar os escaninhos. Aplicativo de Monitoração: Tem como objetivo informar ao setor de segurança toda e qualquer ocorrência anormal ocorrida nos armários, tal como informar arrombamento, esquecimento de portas abertas juntamente com um mapa de ocupação. Obs.: Todos os aplicativos são para plataforma Windows XP ou superior 12

MCA - Uma Tecnologia Versátil

MCA - Uma Tecnologia Versátil Soluções MCA A família de soluções MCA reforça a consolidada linha CATRAX de catracas e periféricos para controle de acesso. O coração destas soluções é a tecnologia MCA, que consiste em uma placa de controle

Leia mais

Acionamento através de senha*, cartão de proximidade ou biometria. Compatível com fechaduras magnéticas, eletroímãs e cancelas.

Acionamento através de senha*, cartão de proximidade ou biometria. Compatível com fechaduras magnéticas, eletroímãs e cancelas. 1/8 SISTEMA ZIGLOCK TCP Visão Geral: Instalação e configuração simplificada. Alta capacidade de armazenamento de registros e usuários. Acionamento através de senha*, cartão de proximidade ou biometria.

Leia mais

Henry Equipamentos Eletrônicos e Sistemas Ltda.

Henry Equipamentos Eletrônicos e Sistemas Ltda. Manual do equipamento Henry Equipamentos Eletrônicos e Sistemas Ltda. +55 41 3661-0100 Rua Rio Piquiri, 400 - Jardim Weissópolis - Pinhais/PR - Brasil CEP: 83322-010 CNPJ: 01.245.055/0001-24 Inscrição

Leia mais

Baseado na portaria n 373 de 25 de fevereiro de 2011 do Ministério do Trabalho e Emprego;

Baseado na portaria n 373 de 25 de fevereiro de 2011 do Ministério do Trabalho e Emprego; Características Baseado na portaria n 373 de 25 de fevereiro de 2011 do Ministério do Trabalho e Emprego; Poderá ser utilizado por empresas autorizadas por convenção ou acordo coletivo a usar sistemas

Leia mais

Controladora Biométrica Bio SA

Controladora Biométrica Bio SA Manual do usuário Controladora Biométrica Bio SA 1 2 Manual do usuário Parabéns, você acaba de adquirir um produto desenvolvido com qualidade e segurança Citrox. Este manual foi desenvolvido para ser uma

Leia mais

Baseado na portaria n 373 de 25 de fevereiro de 2011 do Ministério do Trabalho e Emprego;

Baseado na portaria n 373 de 25 de fevereiro de 2011 do Ministério do Trabalho e Emprego; Características Baseado na portaria n 373 de 25 de fevereiro de 2011 do Ministério do Trabalho e Emprego; Poderá ser utilizado por empresas autorizadas por convenção ou acordo coletivo a usar sistemas

Leia mais

A All Design Ltda., reserva-se o direito de revisar esta publicação e efetuar alterações em seu conteúdo.

A All Design Ltda., reserva-se o direito de revisar esta publicação e efetuar alterações em seu conteúdo. Copyright All Design Ltda. - ME. Todos os direitos reservados MANUAL DE INSTALAÇÃO E UTILIZAÇÃO DO SOFTWARE PDVMIL MARCAS E MODELOS DE EQUIPAMENTOS ECF COMPATÍVEIS COM O SOFTWARE: BEMATECH: MP-2000, MP-2100,

Leia mais

GerSAT Manual de Usuário

GerSAT Manual de Usuário GerSAT Manual de Usuário Manual do Usuário Ver. 1.1 Junho 2015 Informações importantes Antes de utilizar o equipamento, pedimos para que leia e siga todas as instruções descritas neste manual, pois a utilização

Leia mais

Quando se fala em ponto eletrônico, a primeira coisa que vem à sua cabeça ainda é dor?

Quando se fala em ponto eletrônico, a primeira coisa que vem à sua cabeça ainda é dor? Quando se fala em ponto eletrônico, a primeira coisa que vem à sua cabeça ainda é dor? Interagir com sistemas que ainda dependem de agendamentos manuais e de coletas presenciais em vários equipamentos

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE VOLTA REDONDA

PREFEITURA MUNICIPAL DE VOLTA REDONDA Anexo II.6 Especificações do Sistema de Bilhetagem Eletrônica PREFEITURA MUNICIPAL DE VOLTA REDONDA ÍNDICE 1 CONSIDERAÇÕES GERAIS... 2 2 CONCEPÇÃO DO SISTEMA DE BILHETAGEM ELETRÔNICA... 2 2.1 Processos

Leia mais

gladiador INTERNET CONTROLADA

gladiador INTERNET CONTROLADA gladiador INTERNET CONTROLADA funcionalidades do sistema gladiador sistema Gerenciamento de usuários, gerenciamento de discos, data e hora do sistema, backup gladiador. Estações de Trabalho Mapeamento

Leia mais

Guia Técnico da Solução TEF Discado/Dedicado

Guia Técnico da Solução TEF Discado/Dedicado Guia Técnico da Solução TEF Discado/Dedicado INTERFACE E AMBIENTE Versão - 09/2007 OBJETIVO OBJETIVO O Guia Técnico da Solução TEF Discado/Dedicado foi elaborado para apoiar a integração de Aplicativos

Leia mais

www.lojatotalseg.com.br

www.lojatotalseg.com.br Manual do Aplicativo de Configurações J INTRODUÇÃO Este manual visa explicar a utilização do software embarcado do equipamento Prisma. De fácil utilização e com suporte a navegadores de internet de todos

Leia mais

Total Biometric Solution Provider. PRO MIFARE Apresentação em 10 slides

Total Biometric Solution Provider. PRO MIFARE Apresentação em 10 slides Total Biometric Solution Provider PRO MIFARE Apresentação em 0 slides PRO MIFARE : Controlador de Acesso PRO MIFARE é um equipamento para controle de acesso, projetado e desenvolvido com a mais alta tecnologia.

Leia mais

Manual do Aplicativo de Configurações

Manual do Aplicativo de Configurações Registrador Eletrônico de Ponto Manual do Aplicativo de Configurações Henry Equipamentos Eletrônicos e Sistemas Ltda. Rua Rio Piquiri, 400 - Jardim Weissópolis Código Postal 83.322-010 Pinhais - Paraná

Leia mais

Características. São Paulo: (11) 4063-5544 Campinas: (19) 4062-9211 Campo Grande: (67) 4062-7122 Cuiabá: (65) 4052-9722. MPEBrasil

Características. São Paulo: (11) 4063-5544 Campinas: (19) 4062-9211 Campo Grande: (67) 4062-7122 Cuiabá: (65) 4052-9722. MPEBrasil Características - Único com este conceito no mercado e com preços atraentes; Iluminação frontal, com chave liga/desliga, em quatro opções de cores (azul, verde, vermelho e amarelo); - Possui sistema de

Leia mais

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS e OPERACIONAIS CONTROL

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS e OPERACIONAIS CONTROL ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS e OPERACIONAIS CONTROL ÍNDICE a) Objetivo 3 b) Hierarquia dos Produtos 3 c) Control c.1) Características Operacionais Genéricas 4 c.2) Características Técnicas Genéricas 4 c.3)

Leia mais

Controle de Acesso GS TOUCH CT. Leitor Biométrico. gigasecurity.com.br. Santa Rita do Sapucaí - MG Tel: 55 35 3473 4300

Controle de Acesso GS TOUCH CT. Leitor Biométrico. gigasecurity.com.br. Santa Rita do Sapucaí - MG Tel: 55 35 3473 4300 gigasecurity.com.br Controle de Acesso Leitor Biométrico Ambientes corporativos Áreas restritas GS TOUCH CT Rua José Pinto Vilela, 156 -Centro CEP: 37540-000 Santa Rita do Sapucaí - MG Tel: 55 35 3473

Leia mais

Madis Rodbel Lança equipamento de ponto que atende a portaria 1510 do MTE

Madis Rodbel Lança equipamento de ponto que atende a portaria 1510 do MTE No dia 21 de agosto de 2009, o Ministério do Trabalho e Emprego assinou a Portaria 1510, que regulamenta o Registro Eletrônico de Ponto - REP e a utilização do Sistema de Registro Eletrônico de Ponto -

Leia mais

GEST - SISTEMA DE GESTOR DE ESTACIONAMENTOS

GEST - SISTEMA DE GESTOR DE ESTACIONAMENTOS GEST - SISTEMA DE GESTOR DE ESTACIONAMENTOS VISÃO GERAL 1- INTRODUÇÃO GEST Sistema Gestor de Estacionamentos é o sistema desenvolvido pela INFRAERO para o controle operacional e financeiro do fluxo e permanência

Leia mais

Índice. Mamut Gravador Telefônico Digital MGC Manual de Instalação Procedimento de Instalação do Gravador Digital Mamut. V 1.0

Índice. Mamut Gravador Telefônico Digital MGC Manual de Instalação Procedimento de Instalação do Gravador Digital Mamut. V 1.0 Procedimento de Instalação do Gravador Digital Mamut. V 1.0 Índice 1- Preparação da CPU para o funcionamento do Gravador Digital Mamut 1.1 - Preparação da CPU 1.2 - Instalação do Firebird 2 - Instalação

Leia mais

AutoXPert o sistema mais avançado e ágil no mercado para gestão de postos de serviços e lojas de conveniências.

AutoXPert o sistema mais avançado e ágil no mercado para gestão de postos de serviços e lojas de conveniências. AutoXPert o sistema mais avançado e ágil no mercado para gestão de postos de serviços e lojas de conveniências. Principais características do AutoXPert Sistema totalmente desenvolvido para windows Base

Leia mais

Acabamento em aço inox (Tampa superior embutida, proporcionando um melhor acabamento);

Acabamento em aço inox (Tampa superior embutida, proporcionando um melhor acabamento); Características Fabricada em aço-carbono com pintura em epóxi preto; Tratamento anti-corrosivo; Acabamento em aço inox (Tampa superior embutida, proporcionando um melhor acabamento); Fechadura para acesso

Leia mais

O Certificado Digital é um documento eletrônico que permite a identificação segura do autor de uma transação feita na Internet.

O Certificado Digital é um documento eletrônico que permite a identificação segura do autor de uma transação feita na Internet. Prezado(a) cliente, Você acaba de adquirir um Certificado Digital ICP BRASIL. O Certificado Digital é um documento eletrônico que permite a identificação segura do autor de uma transação feita na Internet.

Leia mais

GT COFRE VIA GSM GT COFRE VIA SATÉLITE ABERTURA E TRAVAMENTO DE PORTAS E COFRES

GT COFRE VIA GSM GT COFRE VIA SATÉLITE ABERTURA E TRAVAMENTO DE PORTAS E COFRES GT COFRE VIA GSM GT COFRE VIA SATÉLITE ABERTURA E TRAVAMENTO DE PORTAS E COFRES O GT COFRE é um equipamento wireless com transmissão via satélite e GSM, que executa a função de recepção e transmissão de

Leia mais

Access Professional Edition O sistema de controle de acesso flexível que cresce com o seu negócio

Access Professional Edition O sistema de controle de acesso flexível que cresce com o seu negócio Access Professional Edition O sistema de controle de acesso flexível que cresce com o seu negócio 2 Access Professional Edition: a solução de controle de acesso ideal para empresas de pequeno e médio porte

Leia mais

O Sistema foi projetado para ser utilizado por organizações de diversos setores, como:

O Sistema foi projetado para ser utilizado por organizações de diversos setores, como: 1 - APRESENTAÇÃO Este descritivo tem como objetivo, apresentar o Sistema de Controle de Acesso enfocando suas funcionalidades e condições técnicas necessárias de implantação. O Sistema de Controle de Acesso

Leia mais

Modelo Tecnologia de Identificação Display Impressora. Gráfico; Gráfico; Alfanumérico; Gráfico; Alfanumérico; Alfanumérico; Alfanumérico;

Modelo Tecnologia de Identificação Display Impressora. Gráfico; Gráfico; Alfanumérico; Gráfico; Alfanumérico; Alfanumérico; Alfanumérico; O Velti Ponto está homologado de acordo com a Portaria nº 1.510/2009 do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) em 10 modelos que se diferenciam pela tecnologia de identificação (leitores), tipo de display

Leia mais

Sistema de Estacionamento DMP Parking

Sistema de Estacionamento DMP Parking Sistema de Estacionamento DMP Parking Dimensões: Indisponível Características Gerais Sistema de Estacionamento DMP Parking para o controle e gerenciamento de todas as funções automatizadas no estacionamento,

Leia mais

MINISTÉRIO DO DESENVOVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR - MDIC

MINISTÉRIO DO DESENVOVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR - MDIC MINISTÉRIO DO DESENVOVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR - MDIC INSTITUTO NACIONAL DE METROLOGIA, NORMALIZAÇÃO E QUALIDADE INDUSTRIAL- INMETRO Portaria INMETRO/DIMEL/Nº 037, de 15 de março de 2004.

Leia mais

Manual do Usuário. Vixen PDV

Manual do Usuário. Vixen PDV 1 Manual do Usuário Vixen PDV 2 Índice 1. INTRODUÇÃO 3 2. ENTRANDO NO SISTEMA 4 2.1 TELA LOGIN 4 2.2 CARGA DE TABELAS LOCAIS 4 3. MENU INICIAL 5 4. BARRA DE STATUS 6 5. ABRINDO O CAIXA 6 6. VENDA 7 6.1

Leia mais

Gerenciador SafeSign Guia de Instalação

Gerenciador SafeSign Guia de Instalação Guia de Instalação Certificação Digital Guia CD-06 Público 1. Pré-requisitos para a instalação do dispositivo de certificação digital: Aplicativo SafeSign Para que o processo de instalação tenha sucesso,

Leia mais

Av. Francisco Andrade Ribeiro 543 - Bloco 13 - Centro Santa Rita do Sapucaí- MG CEP: 37.540-000 Tel: (35) 3471-0895

Av. Francisco Andrade Ribeiro 543 - Bloco 13 - Centro Santa Rita do Sapucaí- MG CEP: 37.540-000 Tel: (35) 3471-0895 Grupo Giga Av. Francisco Andrade Ribeiro 543 - Bloco 13 - Centro Santa Rita do Sapucaí- MG CEP: 37.540-000 Tel: (35) 3471-0895 http:// Manual do Usuário NibProx Prime Função Comando 4-2 (Habilitar / desabilitar

Leia mais

Duas capacidades de armazenamento de digitais. Opção para 1.900 digitais (padrão) ou 9.500 (opcional);

Duas capacidades de armazenamento de digitais. Opção para 1.900 digitais (padrão) ou 9.500 (opcional); Características Fabricada em aço-carbono, com pintura em epóxi preto; Tratamento anticorrosivo; Acabamento em aço inox; Fechadura para acesso aos componentes eletrônicos; Iluminação frontal, com chave

Leia mais

Manual de Usuário INDICE

Manual de Usuário INDICE Manual de Usuário INDICE Características do Sistema... 02 Características Operacionais... 03 Realizando o Login... 04 Menu Tarifador... 05 Menu Relatórios... 06 Menu Ferramentas... 27 Menu Monitor... 30

Leia mais

Manual Operacional Verificador de Preço VP240 / VP630 VP240W / VP630W

Manual Operacional Verificador de Preço VP240 / VP630 VP240W / VP630W Manual Operacional Verificador de Preço VP240 / VP630 VP240W / VP630W APRESENTAÇÃO Verificador de Preço da Tanca é o melhor equipamento para consulta do preço de produtos através dos códigos de barras.

Leia mais

Relógio de Ponto Hexa - HENRY

Relógio de Ponto Hexa - HENRY Relógio de Ponto Hexa - HENRY Visão Geral Equipamento Homologado pelo Ministério do Trabalho e Certificado pelo Inmetro. Trabalha com vários tipos de comunicação, tornando-se um equipamento moldável e

Leia mais

ANEXO III ESPECIFICAÇÃO REQUERIDA DO SISTEMA DE BILHETAGEM ELETRÔNICA.

ANEXO III ESPECIFICAÇÃO REQUERIDA DO SISTEMA DE BILHETAGEM ELETRÔNICA. EDITAL CONCORRÊNCIA 01/2015 ANEXO III ESPECIFICAÇÃO REQUERIDA DO SISTEMA DE BILHETAGEM ELETRÔNICA. Este Anexo apresenta as especificações requeridas para o Sistema de Bilhetagem Eletrônica SBE a ser implantado

Leia mais

BH PARK Software de Estacionamento

BH PARK Software de Estacionamento BH PARK Software de Estacionamento WWW.ASASSOFTWARES.COM.BR Índice 1 Informações Básicas... 1 1.1 Sair da aplicação... 1 1.2 Travar aplicação... 1 1.3 Licenciando a aplicação... 1 1.4 Contrato de Manutenção...

Leia mais

Manual Operacional de Adesão ao FIES Técnico Procedimentos da Mantenedora

Manual Operacional de Adesão ao FIES Técnico Procedimentos da Mantenedora Manual Operacional de Adesão ao FIES Técnico Procedimentos da Mantenedora Brasília, março de 2012 Versão 1.0 SUMÁRIO 1. CONFIGURAÇÕES RECOMENDADAS... 3 2. ACESSO AO SISTEMA... 4 3. ADESÃO AO FIES... 5

Leia mais

Duas capacidades de armazenamento de digitais. Opção para 1.900 digitais (padrão) ou 9.500 digitais opcional);

Duas capacidades de armazenamento de digitais. Opção para 1.900 digitais (padrão) ou 9.500 digitais opcional); Características Possui estrutura com design moderno e LEDs que indicam a confirmação de registros; Exclusivo sistema de hibernação quando o equipamento encontra-se sem energia vinda da rede elétrica, o

Leia mais

Pagamento com cartão no Vixen PDV.

Pagamento com cartão no Vixen PDV. Pagamento com cartão no Vixen PDV. O sistema Vixen PDV está preparado para trabalhar em conjunto com a automação TEF da Software Express SiTEF. Porém essa funcionalidade pode ser utilizada se o cliente

Leia mais

Inner Acesso Inner Acesso Inner Acesso Bio Inner Acesso Bio Light

Inner Acesso Inner Acesso Inner Acesso Bio Inner Acesso Bio Light Inner Acesso Inner Acesso Bio Inner Acesso Bio Light Manual de Instruções Linha de Coletores Inner Acesso Rev 1-04/04/2014 PG - 1 - Índice ÍNDICE 1 APRESENTAÇÃO... 5 1.1 MODELOS DE INNER ACESSO... 7 1.2

Leia mais

Duas capacidades de armazenamento de digitais: 1.900 digitais (padrão) ou 9.500 digitais (opcional);

Duas capacidades de armazenamento de digitais: 1.900 digitais (padrão) ou 9.500 digitais (opcional); Características Possui estrutura com design moderno e LEDs que indicam a confirmação de registros; Os dados são gravados em um cartucho USB. Este modo de gravação oferece total proteção contra a perda

Leia mais

AQUISIÇÃO / INVENTÁRIO. Integração dos módulos de aquisição (sugestões/indicações de compra) com o módulo de tratamento da informação

AQUISIÇÃO / INVENTÁRIO. Integração dos módulos de aquisição (sugestões/indicações de compra) com o módulo de tratamento da informação AQUISIÇÃO / INVENTÁRIO / NÃO 1 Integração dos módulos de aquisição (sugestões/indicações de compra) com o módulo de tratamento da informação Registro de sugestões de compra de materiais bibliográficos

Leia mais

Circulação de Materiais

Circulação de Materiais Manual Pergamum Manual PER-MAN-001 Empréstimo Sumário 1 APRESENTAÇÃO...2 2 UTILIZANDO O MÓDULO DE CIRCULAÇÃO DE MATERIAIS...4 1.1 1.2 1.3 CADASTRANDO UM NOVO USUÁRIO/OPERADOR...4 ACESSANDO O SISTEMA...6

Leia mais

TRAMITE Manual do usuário

TRAMITE Manual do usuário TRAMITE Manual do usuário Este documento refere-se à utilização do Sistema Tramitação dos Processos Índice 1) Requisitos mínimos para utilização...4 2) Identificação do Usuário...4 3) Objetivo...5 4) Tabelas

Leia mais

DESCRITIVO SISTEMA MASTER

DESCRITIVO SISTEMA MASTER DESCRITIVO SISTEMA MASTER O Sistema Master foi configurado para possibilitar sinalização e atendimento do paciente no Posto de Enfermagem, de acordo com as Normas Técnicas da ABNT NBR 5410 e da Agência

Leia mais

http://www.nibtec.com.br Manual do Usuário NibProx Light

http://www.nibtec.com.br Manual do Usuário NibProx Light http:// Manual do Usuário NibProx Light INTRODUÇÃO Independente do porte de sua empresa, residência ou condomínio, os controladores de acesso NibAccess atendem na medida certa. Compactos e com design arrojado,

Leia mais

Manual de implantação

Manual de implantação Manual de implantação O BioPass ID é um serviço online baseado em nuvem que fornece uma poderosa tecnologia multibiométrica (reconhecimento de impressões digitais e face) para os desenvolvedores de qualquer

Leia mais

Especificação Técnica

Especificação Técnica Velti Ponto (REP) O Velti Ponto está homologado de acordo com a Portaria nº 1.510/2009 do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) em 10 modelos que se diferenciam pela tecnologia de identificação (leitores),

Leia mais

Histórico de Revisão Data Versão Descrição Autor

Histórico de Revisão Data Versão Descrição Autor H6Projetos Documento de Requisitos Versão 1.3 Histórico de Revisão Data Versão Descrição Autor 05/09/2013 1.0 Preenchimento do Capítulo 2 Requisitos Funcionais Evilson Montenegro 26/09/2013 1.1 Preenchimento

Leia mais

Manual de liberação de Guias on-line para o Prestador Credenciado

Manual de liberação de Guias on-line para o Prestador Credenciado Manual de liberação de Guias on-line para o Prestador Credenciado 1 SUMÁRIO 1. Objetivo... 3 2. Acesso ao Sistema... 3 3. Descrição das Funcionalidades Menu Guias Liberação On-line.... 4 3.1 Liberação

Leia mais

1. Introdução... 5. 2. Instalação do Módulo Gerenciador de Acessos SinaGAS... 6. 3. Tipos de Autenticação... 8. 3.1. Autenticação Sinacor...

1. Introdução... 5. 2. Instalação do Módulo Gerenciador de Acessos SinaGAS... 6. 3. Tipos de Autenticação... 8. 3.1. Autenticação Sinacor... Índice 1. Introdução... 5 2. Instalação do Módulo Gerenciador de Acessos SinaGAS... 6 3. Tipos de Autenticação... 8 3.1. Autenticação Sinacor... 8 3.2. Autenticação AD... 11 4. Fluxo Operacional... 14

Leia mais

SICOOBNET EMPRESARIAL

SICOOBNET EMPRESARIAL SICOOBNET EMPRESARIAL Apresentação do produto Características principais Segurança Procedimentos para utilização Adesão Instalação Cadastro de computador Transações disponíveis AGENDA APRESENTAÇÃO DO PRODUTO

Leia mais

Características. Hexa Controle de ponto

Características. Hexa Controle de ponto Características Os modelos são: o HEXA A - BIOMETRIA/CÓDIGO DE BARRAS/PROXIMIDADE/MIFARE o HEXA B - BIOMETRIA/PROXIMIDADE o HEXA C - BIOMETRIA/CÓDIGO DE BARRAS o HEXA D - BIOMETRIA/MIFARE o HEXA E - CÓDIGO

Leia mais

Circulação de Materiais

Circulação de Materiais Circulação de Materiais Manual APC Manual PER-MAN-001 Circulação de Materiais Sumário 1. EMPRÉSTIMO/DEVOLUÇÃO/DÉBITOS/RENOVAÇÃO... 1-1 1.1 1.2 EMPRÉSTIMO... 1-3 DEVOLUÇÃO... 1-7 1.3 DÉBITOS... 1-10 1.4

Leia mais

Informações Técnicas. Neokoros TI - Biometric Technology

Informações Técnicas. Neokoros TI - Biometric Technology Informações Técnicas Neokoros TI - Biometric Technology IMPORTANTE. POR FAVOR, LEIA COM ATENÇÃO: As informações contidas neste documento referem-se à utilização do sistema Dokeo. As recomendações referentes

Leia mais

DISPOSITIVO PARA RASTREAMENTO DE VEÍCULOS, COLETA, TRANSMISSÃO E DISPONIBILIZAÇÃO DE DADOS EM TEMPO REAL APRESENTAÇÃO

DISPOSITIVO PARA RASTREAMENTO DE VEÍCULOS, COLETA, TRANSMISSÃO E DISPONIBILIZAÇÃO DE DADOS EM TEMPO REAL APRESENTAÇÃO DISPOSITIVO PARA RASTREAMENTO DE VEÍCULOS, COLETA, TRANSMISSÃO E DISPONIBILIZAÇÃO DE DADOS EM TEMPO REAL APRESENTAÇÃO Luiz Carlos Miller Araras, outubro de 2010 DA LOCALIZAÇÃO DO DISPOSITIVO: O GPTD captura

Leia mais

Modelo R02 - Volume 1 - Conhecendo o Equipamento

Modelo R02 - Volume 1 - Conhecendo o Equipamento Modelo R02 - Volume 1 - Conhecendo o Equipamento INTRODUÇÃO Este manual foi desenvolvido com a finalidade de apresentar os recursos do equipamento, modos de registro de ponto e comunicação. O equipamento

Leia mais

Certificado Digital. Manual do Usuário

Certificado Digital. Manual do Usuário Certificado Digital Manual do Usuário Índice Importante... 03 O que é um Certificado Digital?... 04 Instalação do Certificado... 05 Revogação do Certificado... 07 Senhas do Certificado... 08 Renovação

Leia mais

O equipamento está homologado de acordo com a Portaria nº 1.510/2009 MTE, disponível em 7 modelos:

O equipamento está homologado de acordo com a Portaria nº 1.510/2009 MTE, disponível em 7 modelos: Características O equipamento está homologado de acordo com a Portaria nº 1.510/2009 MTE, disponível em 7 modelos: --Prisma E - Display alfa numérico (biometria + código de barras); --Prisma F - Display

Leia mais

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS e OPERACIONAIS. BioMatch Server e BioMatch Client

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS e OPERACIONAIS. BioMatch Server e BioMatch Client ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS e OPERACIONAIS BioMatch Server e BioMatch Client ÍNDICE A) Objetivo...3 B) Pré-Requisitos...3 C) Características Operacionais...4 D) Aplicação e Performance...6 E) Descrição dos

Leia mais

MANUAL DE OPERAÇÃO. CONTROL MIDI Controlador de Acesso Biométrico

MANUAL DE OPERAÇÃO. CONTROL MIDI Controlador de Acesso Biométrico MANUAL DE OPERAÇÃO CONTROL MIDI Controlador de Acesso Biométrico Sumário 1. Operação... 4 1.1. Inicialização do Equipamento... 4 1.2. Utilização... 4 1.3. Cadastro... 6 1.3.1. Cadastro de Biometria...

Leia mais

ANEXO V Concorrência Pública nº 001/05 TABELAS DE HARDWARE E SOFTWARE

ANEXO V Concorrência Pública nº 001/05 TABELAS DE HARDWARE E SOFTWARE ANEXO V Concorrência Pública nº 001/05 TABELAS DE HARDWARE E SOFTWARE CONFIGURAÇÃO MÍNIMA DE HARDWARE PARA MONTAGEM DE POSTOS DE PROVA ELETRÔNICA NAS CIRETRANS TIPO 1 TIPO 2 TIPO 3 TIPO 4 TIPO 5 TIPO 6

Leia mais

Access Professional Edition O sistema de controle de acesso flexível que cresce com o seu negócio

Access Professional Edition O sistema de controle de acesso flexível que cresce com o seu negócio Access Professional Edition O sistema de controle de acesso flexível que cresce com o seu negócio 2 Access Professional Edition: a solução de controle de acesso ideal para empresas de pequeno e médio porte

Leia mais

Circulação de Materiais

Circulação de Materiais Circulação de Materiais Manual Pergamum Sumário 1 APRESENTAÇÃO... 1-3 2 CADASTRANDO UM NOVO USUÁRIO/OPERADOR... 2-0 3 UTILIZANDO O MÓDULO DE CIRCULAÇÃO DE MATERIAIS... 3-1 3.1 CONFIGURAÇÃO DE GUIAS NO

Leia mais

Nome da Empresa Sistema digitalizado no almoxarifado do EMI

Nome da Empresa Sistema digitalizado no almoxarifado do EMI Nome da Empresa Documento Visão Histórico de Revisões Data Versão Descrição Autor 23/02/2015 1.0 Início do projeto Anderson, Eduardo, Jessica, Sabrina, Samuel 25/02/2015 1.1 Correções Anderson e Eduardo

Leia mais

O sistema possui 5 módulos para registros:

O sistema possui 5 módulos para registros: ÍNDICE 1 DESCRIÇÃO...4 2 ACESSO...6 3 DADOS CADASTRAIS...7 3.1 ATUALIZAR CADASTRO...7 3.2 TROCAR SENHA...8 4 GRUPO DE USUÁRIO...9 4.1 INCLUIR...9 4.2 ATUALIZAR...9 5 FUNCIONÁRIOS...10 5.1 INCLUIR...10

Leia mais

Muito mais do que um simples PABX. Uma solução de economia para sua empresa.

Muito mais do que um simples PABX. Uma solução de economia para sua empresa. PABX Digital PABX Muito mais do que um simples PABX. Uma solução de economia para sua empresa. O ACTIVE IP é PABX inovador que possibilita a utilização da telefonia IP e convencional garantindo eficiência

Leia mais

ESTACIONAMENTO ROTATIVO PÚBLICO

ESTACIONAMENTO ROTATIVO PÚBLICO PROBLEMAS SOLUÇÕES Crescente número de veículos Vagas restritas Cobrança ilegal do estacionamento (Flanelinhas) Falta de controle de gestão (vagas, arrecadação, tempo, infrações, etc...) Sinalização Falta

Leia mais

CONFORTO COM SEGURANÇA CONFORTO COM SEGURANÇA. 0 P27070 - Rev

CONFORTO COM SEGURANÇA CONFORTO COM SEGURANÇA. 0 P27070 - Rev P27070 - Rev. 0 1. RESTRIÇÕES DE FUNCIONAMENTO RECEPTOR IP ÍNDICE 1. Restrições de Funcionamento... 03 2. Receptor IP... 03 3. Inicialização do Software... 03 4. Aba Eventos... 04 4.1. Botão Contas...

Leia mais

TRUESAFE 2010 SISTEMA INTEGRADO DE CONTROLE DE ACESSO MAXTEL

TRUESAFE 2010 SISTEMA INTEGRADO DE CONTROLE DE ACESSO MAXTEL TRUESAFE 2010 SISTEMA INTEGRADO DE CONTROLE DE ACESSO MAXTEL A Maxtel Tecnologia, traz para você o que há de mais moderno em Sistema de Controle de Acesso para empresas, edifícios, escolas, clubes e condomínios.

Leia mais

Manual. ID REP Config Versão 1.0

Manual. ID REP Config Versão 1.0 Manual ID REP Config Versão 1.0 Sumário 1. Introdução... 3 2. Pré-Requisitos... 3 2.1. Atualização... 3 3. Instalação do ID REP Config... 4 4. Visão Geral do Programa... 6 4.1. Tela Principal... 6 4.2.

Leia mais

CONTROLE DE ACESSO Modelo PP-360/N

CONTROLE DE ACESSO Modelo PP-360/N CONTROLE DE ACESSO Modelo PP-360/N Imagem Ilustrativa Características: 1. Leitura de 125 khz do cartão de proximidade com o EM chip acoplado internamente para o modelo padrão. 2. Os parâmetros do sistema

Leia mais

Nexcode Systems, todos os direitos reservados. Documento versão 15.1.1 1

Nexcode Systems, todos os direitos reservados. Documento versão 15.1.1 1 Nexcode Systems, todos os direitos reservados. Documento versão 15.1.1 1 1 - INTRODUÇÃO NEXCODE CONTROLS, também conhecido como NEXCON, é um conjunto de soluções de software desenvolvidas pela Nexcode

Leia mais

Manual de Utilização SCI-Ponto

Manual de Utilização SCI-Ponto Manual de Utilização SCI-Ponto Sumário 1. Cadastro de Empregador... 2 2. Cadastro de Locais... 3 3. Cadastro de REPs... 3 4. Cadastro de Horário de Verão... 5 5. Cadastro de Funcionários... 6 6. Exportação

Leia mais

Porque usar os produtos da BrasPark

Porque usar os produtos da BrasPark INTRODUÇÃO Nossa empresa iniciou suas atividades em 1993, com objetivo de desenvolver soluções tecnológicas voltadas à automação comercial e industrial. Ao longo destes anos, fabricou-se milhares de equipamentos

Leia mais

Leitor de código de Barras para pagamento de contas via home/office e Internet Banking Manual do Usuário Versão 1.2

Leitor de código de Barras para pagamento de contas via home/office e Internet Banking Manual do Usuário Versão 1.2 Leitor de código de Barras para pagamento de contas via home/office e Internet Banking Manual do Usuário Versão 1.2 1 Índice 1. INTRODUÇÃO... 3 2. COMPOSIÇÃO BÁSICA DO EQUIPAMENTO... 4 2.1 Conteúdo da

Leia mais

Manual do Administrador BioDIGI. Controle de Acesso Biométrico para Elevadores

Manual do Administrador BioDIGI. Controle de Acesso Biométrico para Elevadores Manual do Administrador BioDIGI Controle de Acesso Biométrico para Elevadores Sumário Lista de Tabelas... 4 Objetivo... 5 Dados Técnicos... 7 Instalação Recomendação de Posicionamento... 8 1 Utilizando

Leia mais

Micro-Point Controle de Ponto e Acesso. Soluções em controle de Ponto e Acesso de Minas.

Micro-Point Controle de Ponto e Acesso. Soluções em controle de Ponto e Acesso de Minas. Proposta Comercial para fornecimento de equipamento. Nossos dados cadastrais Nome fantasia.: Micro-Point Razão social.: C&C CONTROLE DE PONTO E ACESSO LTDA CNPJ.: 08.369.442/0001-11 IE.: 001.029.830-0060

Leia mais

PASSFINGER 1040. Manual de utilização

PASSFINGER 1040. Manual de utilização PASSFINGER 1040 Manual de utilização Sumário 1 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS PASSFINGER 1040...3 2 - APLICAÇÕES...4 2.1 RECOMENDAÇÕES DE INSTALAÇÃO...5 2.1.1 Recomendações de utilização...5 3 BULA DE INSTALAÇÃO...7-4

Leia mais

SED 2.0. Guia Rápido. Instalando e Utilizando o Sistema Eletrônico de Documentos MODO CLÁSSICO. Nesta Edição

SED 2.0. Guia Rápido. Instalando e Utilizando o Sistema Eletrônico de Documentos MODO CLÁSSICO. Nesta Edição SED 2.0 Guia Rápido Instalando e Utilizando o Sistema Eletrônico de Documentos MODO CLÁSSICO Nesta Edição 1 Instalando o SED 2.0 2 Configurando a Conexão com o Banco de Dados 3 Primeiro Acesso ao Sistema

Leia mais

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS e OPERACIONAIS. BioGer Server e BioGer Client

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS e OPERACIONAIS. BioGer Server e BioGer Client ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS e OPERACIONAIS BioGer Server e BioGer Client ÍNDICE A) OBJETIVO...3 B) MODELOS...3 C) CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS...5 D) CARACTERÍSTICAS OPERACIONAIS...5 D.1) Características Operacionais

Leia mais

Inner Bio T24-04-0010 Manual de instruções

Inner Bio T24-04-0010 Manual de instruções T24-04-0010 Manual de instruções 1 NOTAS E CUIDADOS NA INSTALAÇÃO...2 2 INTRODUÇÃO...3 2.1 O QUE É O COLETOR DE DADOS INNER BIO?...3 2.2 QUAIS AS APLICAÇÕES DO INNER BIO?...4 2.3 QUE PROGRAMA UTILIZAR

Leia mais

Documento de Requisitos Projeto SisVendas Sistema de Controle de Vendas para Loja de Informática.

Documento de Requisitos Projeto SisVendas Sistema de Controle de Vendas para Loja de Informática. Documento de Requisitos Projeto SisVendas Sistema de Controle de Vendas para Loja de Informática. 1 Introdução 1.1 Propósito O propósito deste documento de especificação de requisitos é definir os requisitos

Leia mais

Sistema inteligente de gestão de chaves e objectos de valor

Sistema inteligente de gestão de chaves e objectos de valor Sistema inteligente de gestão de chaves e objectos Onde estão as cópias de segurança das chaves? Quem foi a última pessoa a utilizar o carro? Quando foi a última vez que o técnico esteve na cave? RFid

Leia mais

Levando os benefícios do IP aberto ao controle de acesso físico. Controlador de porta em rede AXIS A1001

Levando os benefícios do IP aberto ao controle de acesso físico. Controlador de porta em rede AXIS A1001 Levando os benefícios do IP aberto ao controle de acesso físico. Controlador de porta em rede AXIS A1001 Abra as portas para o futuro. Com o Controlador de porta em rede AXIS A1001, estamos introduzindo

Leia mais

Acionamento através de senha*, cartão de proximidade e biometria. Compatível com fechaduras magnéticas, eletroímãs e cancelas.

Acionamento através de senha*, cartão de proximidade e biometria. Compatível com fechaduras magnéticas, eletroímãs e cancelas. 1/8 Visão Geral: Instalação e configuração simplificada. Alta capacidade de armazenamento de registros e usuários. Acionamento através de senha*, cartão de proximidade e biometria. Compatível com fechaduras

Leia mais

Manual de instalação da TDI 3 PANASONIC TDE/NCP e NS1000

Manual de instalação da TDI 3 PANASONIC TDE/NCP e NS1000 Manual de instalação da TDI 3 PANASONIC TDE/NCP e NS1000 2013 Innova Soluções Tecnológicas Este documento contém 18 páginas. Elaborado por: Innova Tecnologia de Soluções. Liberado em Dezembro de 2013.

Leia mais

Duas capacidades de armazenamento de digitais. Opção para 1.900 digitais (padrão) ou 9.500 digitais (opcional);

Duas capacidades de armazenamento de digitais. Opção para 1.900 digitais (padrão) ou 9.500 digitais (opcional); Características Fabricada em aço-carbono, com pintura em epóxi preto; Tratamento anticorrosivo e acabamento em aço inox; Fechadura para acesso aos componentes eletrônicos; Sistema de amortecimento de giros

Leia mais

Cartilha do Gestor de Frota do Órgão / Entidade

Cartilha do Gestor de Frota do Órgão / Entidade Cartilha do Gestor de Frota do Órgão / Entidade SGTA Sistema de Gestão Total de Abastecimento do Governo do Estado de Minas Gerais REV DATA ALTERAÇÃO CRIAÇÃO REVISÃO APROVAÇÃO 01 13/01/14 Versão inicial

Leia mais

Modelo R02 - Volume 2 - Operacional

Modelo R02 - Volume 2 - Operacional Modelo R02 - Volume 2 - Operacional INTRODUÇÃO Este manual foi elaborado com a finalidade de exemplificar todas as operações possíveis de serem executadas no equipamento. O equipamento Prisma Super Fácil

Leia mais

GESimob GERENCIAMENTO DE IMOBILIÁRIAS

GESimob GERENCIAMENTO DE IMOBILIÁRIAS GESimob GERENCIAMENTO DE IMOBILIÁRIAS Mais de uma década de experiência e evolução é o que dá ao sistema uma vasta gama de funcionalidades. Esse conhecimento que faz total diferença para sua empresa. xp+

Leia mais

AEC Access Easy Controller. Guia de Referência

AEC Access Easy Controller. Guia de Referência AEC Access Easy Controller Guia de Referência Índice 3 1. AEC - Vista Geral do Sistema 4 2. AEC - Componentes Principais 6 3. AEC - Configuração 7 4. AEC - Benefícios 8 5. AEC - Como encomendar? 10 6.

Leia mais

Controle de Acesso GS PROX CT. Cartão de Proximidade. gigasecurity.com.br. Rua José Pinto Vilela, 156 -Centro CEP: 37540-000

Controle de Acesso GS PROX CT. Cartão de Proximidade. gigasecurity.com.br. Rua José Pinto Vilela, 156 -Centro CEP: 37540-000 gigasecurity.com.br Controle de Acesso CT Cartão de Proximidade Ambientes corporativos Condomínios residenciais Áreas restritas GS PROX CT Rua José Pinto Vilela, 156 -Centro CEP: 37540-000 Santa Rita do

Leia mais

SSE 3.0 Guia Rápido Parametrizando o SISTEMA DE SECRETARIA Nesta Edição Configurando a Conexão com o Banco de Dados

SSE 3.0 Guia Rápido Parametrizando o SISTEMA DE SECRETARIA Nesta Edição Configurando a Conexão com o Banco de Dados SSE 3.0 Guia Rápido Parametrizando o SISTEMA DE SECRETARIA Nesta Edição 1 Configurando a Conexão com o Banco de Dados 2 Primeiro Acesso ao Sistema Manutenção de Usuários 3 Parametrizando o Sistema Configura

Leia mais