MANUAL DO USUÁRIO. Ferramenta de Fidelização Eletrônica ÁGUA DOCE SABORES DO BRASIL. Interface de OPERAÇÃO (no caixa)

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "MANUAL DO USUÁRIO. Ferramenta de Fidelização Eletrônica ÁGUA DOCE SABORES DO BRASIL. Interface de OPERAÇÃO (no caixa)"

Transcrição

1 MANUAL DO USUÁRIO Ferramenta de Fidelização Eletrônica ÁGUA DOCE SABORES DO BRASIL Interface de OPERAÇÃO (no caixa) Versão 1.0

2 Conteúdo Sobre o programa fidelidade da Agua Doce... 3 Sobre este manual... 4 O Sistema... 5 Requisitos... 5 Efetuando Login... 5 Navegando pelas telas... 6 Saindo do sistema... 7 Consumo ( inclusão de pontos no cartão fidelidade)... 8 Pontuação - CONSULTAR Pontuação UTILIZAR (resgate do prêmio e remoção dos pontos do cartão fidelidade) Relatórios Configurações Manual do Usuário Versão 1.0 2/15

3 Sobre o programa fidelidade da Agua Doce Os aspectos mais importantes do programa fidelidade Agua Doce - definidos pela franquia - e que foram refletidos no aplicativo eletrônico para aparelhos celulares são os seguintes: 1- Cada consumo no valor mínimo de R$ 50,00 dá direito a 1 (um) ponto ao cliente. 2- Desta forma, um consumo de R$ 50,00 dá direito a 1 ponto e um consumo de R$ 99,90 dá direito ao mesmo 1 ponto. 3- Para ganhar 2 pontos o cliente precisa consumir entre R$ 100,00 e 149,99. Para 3 pontos entre R$ 150,00 e 199,99. E assim sucessivamente. 4- Após completar 12 pontos, o cliente tem direito a um prêmio de R$ 40,00 em consumo. 5- O prêmio só é concedido na mesma unidade onde foram feitos os consumos anteriores. Ou seja, um consumo feito na unidade de Tupã só poderá ser resgatado em Tupã (e isto é garantido automaticamente pelo sistema). 6- O cliente, caso seja frequentador de mais de uma unidade da Agua Doce, poderá ter mais de um cartão fidelidade (até 2 para cada unidade que frequentar e receber pontos) 7- Para cada unidade, o cliente poderá ter um máximo de 2 cartões. Desta forma, ao completar 24 pontos o cliente necessariamente precisa receber o prêmio para que possa receber novos pontos. 8- O cartão de pontos tem validade de 90 dias contados a partir da data do primeiro consumo. Após 90 dias o cliente perde seus pontos não resgatados Manual do Usuário Versão 1.0 3/15

4 Sobre este manual Este manual ilustra o funcionamento da Interface de Operação Agua Doce Sabores do Brasil - da Ferramenta de Otimização de Programas de Relacionamento e Cartão de Fidelidade Eletrônico desenvolvido pela e-deploy. Os tópicos estão organizados de forma sequencial para que você siga as telas mais intuitivamente. Ao invés de listar instruções por comando de menu, você encontrará as etapas para cada tarefa, o que torna mais fácil buscar o que você necessita. Este documento não se propõe a ser um manual técnico de referência, mas sim um manual de operação do sistema, escrito numa linguagem mais simples e que permite sua fácil compreensão, mesmo por quem está tomando contato com o sistema pela primeira vez. 4/15 Manual do Usuário Versão 1.0

5 O Sistema A Interface de Operação Água Doce é o canal que permite aos operadores das unidades cadastrarem os consumos de clientes. A partir dos cadastros nesta interface serão contabilizados os pontos relativos ao programa de fidelidade para os clientes. Também, nesta interface são contabilizados e controlados os prêmios em consumo concedidos aos clientes. Requisitos Para operar o sistema você precisará, no mínimo, dos seguintes requisitos de hardware e software (no caixa da unidade): Sistemas operacionais para computadores pessoais: Windows XP, Windows Vista, Windows 7, MacOS X, Linux. Conexão com a Internet Navegadores internet: Internet Explorer, Mozilla Firefox, Opera, Google Chrome. Plug-in para o navegador: Adobe Flash 10. Efetuando Login No seu navegador web, na barra de endereços, digite o seguinte endereço: Por alguns segundos você verá uma mensagem de progresso Loading, indicando o carregamento do código em Flash. A seguir, o Portal de Operação será aberto (figura 1). Figura 1: Informações para efetuar login no sistema Manual do Usuário Versão 1.0 5/15

6 Digite o seu Código (que no caso da AGUA DOCE é o número 2) nome de Usuário e sua Senha (FORNECIDOS PELO FRANQUEADOR). Todos os campos são obrigatórios. Para completar, clique botão Entrar ou pressione Enter para avançar no sistema. Para logar na Interface de Operação o usuário deve ser do tipo Operador e isto deve ser previamente cadastrado no sistema (no interface de Gestão) pelo franqueador. Navegando pelas telas Ao acessar a página principal do sistema você verá na parte superior da página a barra de menu (ou de navegação): Figura 2: Barra de navegação Os comandos mostram as diversas páginas de tarefas que você pode realizar ao acessar o sistema: Consumo Pontuação Relatórios Permite cadastrar o consumo de clientes para que estes recebam os pontos em seu cartão fidelidade eletrônico. Permite verificar a pontuação dos clientes e utilizar os pontos de cartões que recebem os 12 pontos necessários para ganhar o prêmio. Fornecem informações sobre a quantidade de cartões emitidos, datas de vencimento destes cartões e quantidade de cartões resgatados por data (para o fechamento de caixa). Configurações Nesta sessão o usuário logado poderá modificar sua senha e e- mail. Sair Nesta sessão você poderá sair do sistema. 6/15 Manual do Usuário Versão 1.0

7 Saindo do sistema A qualquer momento, se quiser encerrar a sessão de trabalho do sistema, basta clicar no botão Sair à direita da barra de navegação. Você será levado novamente à tela de login do sistema. Manual do Usuário Versão 1.0 7/15

8 Consumo Ao clicar no botão do menu Consumo, a tela abaixo aparece, para efetuar o cadastro de consumo (conceder pontos no cartão fidelidade). Figura 3: Cadastro de Consumo De forma a facilitar a operação nas unidades, existem 3 formas diferentes de identificar um cliente para fazer o registro de pontos no cartão fidelidade: 1) Cliente: neste campo você pode inserir o número do cartão fidelidade do cliente (este número possui 10 dígitos e encontra-se logo abaixo do código de barras no cartão fidelidade do aparelho celular do cliente) 2) CPF: neste campo você pode inserir o CPF do cliente (apenas os 11 dígitos, sem pontos ou traço) 3) Celular: neste campo você pode inserir o número do telefone celular do cliente (com código de área) 4) Após completar qualquer um dos campos acima click em para identificar o cliente. 8/15 Manual do Usuário Versão 1.0

9 Se o cliente for um cliente cadastrado, ele será identificado automaticamente e um complemento da tela será aberto conforme a figura abaixo: Figura 4: Identificação do cliente e cadastro do valor de consumo Uma vez identificado o cliente, no campo Valor (R$);(*) insira o valor em R$ consumidos pelo cliente e click em pontos em seu cartão fidelidade. para que o cliente receba os O campo Pontos não deve ser preenchido, pois o calculo é feito de forma automática, obedecendo ao padrão definido pelo franqueador, que atualmente é o seguinte: Para cada R$ 50,00 em consumo o cliente recebe 1 (um) ponto. Note que, de acordo com o procedimento definido, em um consumo de R$ 50,00 o cliente recebe 1 ponto e em um consumo de R$ 99,00 o cliente recebe, também, 1 ponto. Para que receba 2 pontos precisa consumir entre R$ 100,00 e R$ 149,99. Para 3 pontos entre R$ 150,00 e R$ 199,99 e assim por diante. O que é o Cadastro retroativo? Esta é uma função para ser utilizada apenas quando houver um problema com o computador ou com a conexão de Internet. Caso isto ocorra e você não consiga registrar o consumo no momento do pagamento, você poderá anotar os dados do cliente e adicionar o consumo posteriormente, quando o problema técnico estiver resolvido. Manual do Usuário Versão 1.0 9/15

10 Quando o problema técnico estiver resolvido, volte ao sistema, identifique o cliente e em Cadastro retroativo? Click em abaixo irá abrir. e uma nova tela como a ilustrada na figura Figura 5: Cadastro retroativo Em seguida, coloque o Valor do consumo em Reais, e em Data coloque o dia em que aquele consumo ocorreu, bem como o horário. Click em Adicionar Consumo e pronto, o cliente irá receber os pontos normalmente. OBSERVAÇÕES IMPORTANTES: 1- Se você tiver um leitor de códigos de barra instalado em seu computador no restaurante, outra forma de identificar o cliente é através da leitura do código de barras do cartão fidelidade diretamente no aparelho celular. 2- Clientes que não tenham preenchido o cadastro ao baixar o aplicativo não poderão ser identificados e, desta forma, não poderão ganhar pontos. 3- Clientes que tenham, por engano, preenchidos incorretamente seu CPF ou número de telefone celular no cadastro do aplicativo não serão localizados no sistema quando fornecerem o localizador incorreto. Nestes casos utilize o número do Cliente (localizado abaixo do código de barras do cartão fidelidade no aparelho celular) para identificar o cliente. 4- Em vários modelos de aparelhos celulares, para que o cliente possa visualizar os pontos que recebeu, no mesmo momento em que forem concedidos, ele precisa atualizar o aplicativo ou sair do aplicativo e entrar novamente. 10/15 Manual do Usuário Versão 1.0

11 Pontuação - CONSULTAR Cada cliente que já possui uma pontuação (ou seja que já fez um consumo e recebeu pontos) pode ser consultado nesta tela. Figura 6: Tela de informação de pontuação e validade dos pontos 1) Identifique o cliente que deseja consultar (através de um dos 3 números passíveis de identificação) 2) Click em Consultar para consultar a pontuação daquele cliente. 3) A tela informa ainda: a) A data de criação do cartão do cliente (o cliente pode ter um máximo de 2 cartões por restaurante) b) A data de expiração do cartão c) A data de utilização dos pontos do cartão (data em que ganhou o prêmio de R$ 40,00) d) Os valores consumidos em cada cartão Manual do Usuário Versão /15

12 Pontuação UTILIZAR Para conceder o prêmio de R$ 40,00 ao cliente (e, desta forma, remover os pontos daquele cartão), utilize a tela de Pontuação conforme figura abaixo. Figura 7: Tela para conceder o prêmio e remover os pontos do cartão 1) Identifique o cliente 2) Click no quadrado (primeira coluna da tela) do cartão que será utilizado 3) Click em Utilizar Pronto, os pontos estarão removidos do cartão do cliente e você pode conceder-lhe o prêmio de R$ 40,00 em consumo. Note que se você tentar clicar no quadrado de um cartão que já tenha sido utilizado ou que ainda não tenha os 12 pontos necessários para a concessão do prêmio, o sistema não vai permitir a operação. IMPORTANTE: Se você não executar o procedimento acima descrito, no momento em que conceder o prêmio de R$ 40,00 em consumo, os pontos não serão removidos do cartão fidelidade e o cliente poderá utilizar os seus pontos para receber indevidamente um novo prêmio. 12/15 Manual do Usuário Versão 1.0

13 Relatórios A interface de OPERAÇÃO possui ainda dois outros relatórios para consultas. São eles: I- RELATÓRIO DE PONTOS POR CARTÃO POR DATA DE EXPIRAÇÃO: Ao escolher o item Relatórios > Pontos por Cartão da barra de menus a página Relatório de Pontos por Cartão Por Expiração será acionada, podendo ser observada na figura abaixo: Figura 8: Relatório de Pontos por Cartão Por Expiração Este relatório informa a quantidade de cartões vencendo em um dado período ou dia (lembrando que os cartões vencem 90 dias após a data de sua emissão). O relatório também informa o número de pontos acumulados em cada cartão fidelidade vincendo no período selecionado, permitindo assim o total controle sobre o passivo representado por futuros resgates de pontos. Esta informação permite, também, que ações de marketing específicas sejam criadas para trazer os clientes a novas visitas ao restaurante, antes da expiração dos pontos. 1) Em INÍCIO coloque o dia inicial do período que deseja pesquisar. 2) Em FIM coloque o dia final do período que deseja pesquisar Manual do Usuário Versão /15

14 3) Utilize o filtro Código Postal adicionando um CEP (parcial ou integral) caso deseje pesquisar os cartões fidelidade vincendos de clientes de uma área ou região específica através do(s) CEP(s) desta área ou região. 4) Clique em para obter o relatório II- RELATÓRIO DE PONTOS UTILIZADOS Ao escolher o item Relatórios > Pontos Utilizados da barra de menus a página Relatório de Pontos Utilizados será acionada, podendo ser observada na figura abaixo: Figura 9: Relatório de Pontos Utilizados Este relatório permite a visualização da quantidade de cartões fidelidade resgatados (que acumularam 12 pontos e que deram direito ao premio de R$ 40,00) em um determinado dia ou em um determinado período. Com este relatório é possível conferir seus mapas de caixa e manter-se atualizado sobre a efetividade do programa fidelidade de sua unidade em diferentes momentos do tempo e saber quem são os clientes que mais utilizam o programa fidelidade em sua unidade 1) Em INÍCIO coloque o dia inicial do período que deseja pesquisar. 2) Em FIM coloque o dia final do período que deseja pesquisar 3) Clique em para obter o relatório 14/15 Manual do Usuário Versão 1.0

15 Configurações Esta planilha se destina à troca da senha e/ou e mail do usuário. Figura 10: Configurações O operador receberá uma senha provisória do franqueador para o primeiro acesso ao sistema. Tão logo acesse o sistema, o operador poderá modificar sua senha preenchendo os campos: 1- Usuário: este campo é não editável (pré-definido pelo franqueador) 2- Senha: insira a senha provisória recebida do franqueador 3- Nova senha: insira aqui sua senha definitiva (e não se esqueça de guarda-la em local seguro, pois em caso de perda não poderá ser recuperada, nem pelo franqueador) 4- Confirme a nova senha: digite novamente sua senha definitiva 5- insira seu e mail de contato 6- Click em SALVAR Nota: Por favor, nunca empreste sua senha a terceiros. Todos os acessos ao sistema ficam registrados em nossos servidores por medida de segurança. Agora que você tem valiosas informações sobre seus clientes, você poderá planejar ações ou campanhas para fidelizá-los e trazê-los cada vez mais a seu restaurante. BONS NEGÓCIOS!! Manual do Usuário Versão /15

MANUAL DO USUÁRIO. Ferramenta de Fidelização Eletrônica ÁGUA DOCE - SABORES DO BRASIL

MANUAL DO USUÁRIO. Ferramenta de Fidelização Eletrônica ÁGUA DOCE - SABORES DO BRASIL MANUAL DO USUÁRIO Ferramenta de Fidelização Eletrônica ÁGUA DOCE - SABORES DO BRASIL Interface de Controle Franqueado http://abf.e-deploy.com.br/controle/ Versão 1.0 Conteúdo Sobre a e-deploy... 3 Sobre

Leia mais

Está apto a utilizar o sistema, o usuário que tenha conhecimentos básicos de informática e navegação na internet.

Está apto a utilizar o sistema, o usuário que tenha conhecimentos básicos de informática e navegação na internet. 1. Descrição Geral Este manual descreve as operações disponíveis no módulo VTWEB Client, cuja finalidade é gerenciar cadastros de funcionários, realização de pedidos e controle financeiro dos pedidos.

Leia mais

Manual de Utilização e-rh para Servidor em Geral

Manual de Utilização e-rh para Servidor em Geral UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA UEPB PRÓ-REITORIA DE RECURSOS HUMANOS P.R.R.H Manual de Utilização e-rh para Servidor em Geral (Módulo Recadastramento) 1 SUMÁRIO 1. SEÇÃO - INFORMAÇÕES INICIAIS... 3 1.1.

Leia mais

Está apto a utilizar o sistema, o usuário que tenha conhecimentos básicos de informática e navegação na internet.

Está apto a utilizar o sistema, o usuário que tenha conhecimentos básicos de informática e navegação na internet. Conteúdo 1. Descrição geral 2 2. Resumo das funcionalidades 3 3. Efetuar cadastro no sistema 4 4. Acessar o sistema 6 5. Funcionalidades do menu 7 5.1 Dados cadastrais 7 5.2 Grupos de usuários 7 5.3 Funcionários

Leia mais

Ministério da Cultura

Ministério da Cultura Ministério da Cultura MANUAL DO PROPONENTE: ADMINISTRATIVO VERSÃO 1.0 HISTÓRICO DE REVISÃO Data Versão Descrição Autor 08/01/2013 1.0 Criação do documento. Aline Oliveira - MINC 3 ÍNDICE 1. APRESENTAÇÃO...

Leia mais

CONSULTA DE DADOS FUNCIONAIS ACESSO AO SISTEMA MARTEWEB

CONSULTA DE DADOS FUNCIONAIS ACESSO AO SISTEMA MARTEWEB Sistemas Recursos Humanos da USP na Internet CONSULTA DE DADOS FUNCIONAIS ACESSO AO SISTEMA MARTEWEB 1º Passo Utilizando o Netscape ou o Internet Explorer, abrir a página http://sistemas.usp.br e em seguida

Leia mais

Manual Operacional de Adesão ao FIES Técnico Procedimentos da Mantenedora

Manual Operacional de Adesão ao FIES Técnico Procedimentos da Mantenedora Manual Operacional de Adesão ao FIES Técnico Procedimentos da Mantenedora Brasília, março de 2012 Versão 1.0 SUMÁRIO 1. CONFIGURAÇÕES RECOMENDADAS... 3 2. ACESSO AO SISTEMA... 4 3. ADESÃO AO FIES... 5

Leia mais

Smart Laudos 1.9. A Forma Inteligente de Criar seus Laudos Médicos. Manual do Usuário

Smart Laudos 1.9. A Forma Inteligente de Criar seus Laudos Médicos. Manual do Usuário Smart Laudos 1.9 A Forma Inteligente de Criar seus Laudos Médicos Manual do Usuário Conteúdo 1. O que é o Smart Laudos?... 3 2. Características... 3 3. Instalação... 3 4. Menu do Sistema... 4 5. Configurando

Leia mais

Manual de PRODUÇÃO ONLINE. Autorização e Faturamento

Manual de PRODUÇÃO ONLINE. Autorização e Faturamento Manual de PRODUÇÃO ONLINE 2 APRESENTAÇÃO A Unimed-Rio desenvolveu seu sistema de Produção Online, criado para facilitar a rotina de atendimento de seus médicos cooperados. Este sistema é composto por dois

Leia mais

Esse tutorial visa apresentar as principais funcionalidades do Editor de Roteiro de Aprendizagem do Portal Clickideia.

Esse tutorial visa apresentar as principais funcionalidades do Editor de Roteiro de Aprendizagem do Portal Clickideia. 1 Introdução Esse tutorial mostrará as funções básicas e metodologia do Editor de Roteiro de Aprendizagem do Portal Educacional Clickideia. Ele foi elaborado para auxiliar professores e alunos nas atividades

Leia mais

Guia Rápido de Uso. Aqui seguem os tópicos tratados nesse guia, para que você aprenda a usar o Sistema HOT SMS. SUMÁRIO

Guia Rápido de Uso. Aqui seguem os tópicos tratados nesse guia, para que você aprenda a usar o Sistema HOT SMS. SUMÁRIO 1 Guia Rápido de Uso Aqui seguem os tópicos tratados nesse guia, para que você aprenda a usar o Sistema HOT SMS. SUMÁRIO 1 Acesso ao sistema...3 2 Entenda o Menu...4 3 Como enviar torpedos...6 3.1 Envio

Leia mais

Cadastramento e compra de vale transporte para o Cartão Metrocard Metropolitano Integrado. Em substituição ao Vale Transporte Temporário de Papel

Cadastramento e compra de vale transporte para o Cartão Metrocard Metropolitano Integrado. Em substituição ao Vale Transporte Temporário de Papel Cadastramento e compra de vale transporte para o Cartão Metrocard Metropolitano Integrado Em substituição ao Vale Transporte Temporário de Papel Acesso para cadastramento da empresa 2 Caso já tenha se

Leia mais

Ambiente Virtual de Aprendizagem C.S.G. M anual do Professor

Ambiente Virtual de Aprendizagem C.S.G. M anual do Professor Ambiente Virtual de Aprendizagem C.S.G. M anual do Professor Sumário Pré-requisitos para o Moodle... Entrar no Ambiente... Usuário ou senha esquecidos?... Meus cursos... Calendário... Atividades recentes...

Leia mais

Vigilantos. Manual do Usuário Laboratório

Vigilantos. Manual do Usuário Laboratório Vigilantos. Manual do Usuário Laboratório Copyright 2006 http://vigilantos.dive.sc.gov.br Todos os direitos reservados. Nenhuma parte deste documento pode ser reproduzida, distribuída ou utilizada sem

Leia mais

Ministério da Cultura

Ministério da Cultura Ministério da Cultura MANUAL DO PROPONENTE: PROPOSTAS VERSÃO 1.1 HISTÓRICO DE REVISÃO Data Versão Descrição Autor 10/11/2011 1.0 Criação do documento. Aline Oliveira - MINC 07/01/2013 1.1 Atualização do

Leia mais

Como configurar e-mails nos celulares. Ebook. Como configurar e-mails no seu celular. W3alpha - Desenvolvimento e hospedagem na internet

Como configurar e-mails nos celulares. Ebook. Como configurar e-mails no seu celular. W3alpha - Desenvolvimento e hospedagem na internet Ebook Como configurar e-mails no seu celular Este e-book irá mostrar como configurar e-mails, no seu celular. Sistemas operacionais: Android, Apple, BlackBerry, Nokia e Windows Phone Há muitos modelos

Leia mais

SIG DMS / NFSe. Manual de Conhecimento. Atualizado em 23/05/2013 por Danillo Campelo Amorim

SIG DMS / NFSe. Manual de Conhecimento. Atualizado em 23/05/2013 por Danillo Campelo Amorim SIG DMS / NFSe Manual de Conhecimento Atualizado em 23/05/2013 por Danillo Campelo Amorim 1 Índice Função do modulo...3 Conhecimentos Exigidos & Requisitos Humanos...3 Acessando o Sistema...4 Padrõe de

Leia mais

MANUAL COTAÇAO WEB MANUAL MANUAL AVANÇO INFORMÁTICA AVANÇO INFORMÁTICA. [Digite seu endereço] [Digite seu telefone] [Digite seu endereço de email]

MANUAL COTAÇAO WEB MANUAL MANUAL AVANÇO INFORMÁTICA AVANÇO INFORMÁTICA. [Digite seu endereço] [Digite seu telefone] [Digite seu endereço de email] MANUAL COTAÇAO WEB [Digite seu endereço] [Digite seu telefone] [Digite seu endereço de email] MANUAL MANUAL AVANÇO INFORMÁTICA AVANÇO INFORMÁTICA Material Desenvolvido para a Célula Materiais Autor: Equipe

Leia mais

Guia de Ambientação Março/2011

Guia de Ambientação Março/2011 Guia de Ambientação Março/2011 APRESENTAÇÃO Caro cursista, Bem vindo ao Guia de Ambientação. Este documento é dirigido a você, participante. Com ele, você conhecerá como está estruturada a interface de

Leia mais

MANUAL DO PROGRAMA CSPSNet

MANUAL DO PROGRAMA CSPSNet MANUAL DO PROGRAMA CSPSNet Qualquer dúvida entre em contato: (33)32795093 01 USUÁRIO/CSPSNet O sistema CSPSNet está configurado para funcionar corretamente nos seguintes browsers: Internet Explorer 8.0,

Leia mais

1 Essa é a tela de login do Sistema de Atendimento Online, siga o passo a passo abaixo.

1 Essa é a tela de login do Sistema de Atendimento Online, siga o passo a passo abaixo. 1 Essa é a tela de login do Sistema de Atendimento Online, siga o passo a passo abaixo. 2 - Se esse é o seu primeiro cadastro, clique em Cadastre-se. Em seguida preencha os dados solicitados com Nome,

Leia mais

AQUI SEGUEM OS TÓPICOS TRATADOS NESSE GUIA, PARA QUE VOCÊ APRENDA A USAR O SISTEMA CLUBE TURISMO MOBILE.

AQUI SEGUEM OS TÓPICOS TRATADOS NESSE GUIA, PARA QUE VOCÊ APRENDA A USAR O SISTEMA CLUBE TURISMO MOBILE. GUIA RÁPIDO DE USO AQUI SEGUEM OS TÓPICOS TRATADOS NESSE GUIA, PARA QUE VOCÊ APRENDA A USAR O SISTEMA CLUBE TURISMO MOBILE. 1 Acesso ao sistema...3 2 Entenda o Menu...3 2.1 Contatos...3 2.2 Mensagens...4

Leia mais

MANUAL OPERACIONAL DO SISTEMA ESTADUAL DE CONTROLE DE PESCA

MANUAL OPERACIONAL DO SISTEMA ESTADUAL DE CONTROLE DE PESCA SISTEMA IMASUL DE REGISTROS E INFORMAÇÕES ESTRATÉGICAS DO MEIO AMBIENTE MANUAL OPERACIONAL DO SISTEMA ESTADUAL DE CONTROLE DE PESCA Manual Operacional para uso exclusivo do módulo do Sistema Estadual de

Leia mais

Manual Do Usuário ClinicaBR

Manual Do Usuário ClinicaBR Manual Do Usuário ClinicaBR SUMÁRIO 1 Introdução... 01 2 ClinicaBR... 01 3 Como se cadastrar... 01 4 Versão experimental... 02 5 Requisitos mínimos p/ utilização... 03 6 Perfis de acesso... 03 6.1 Usuário

Leia mais

1 Cadastre-se Mozilla Firefox. AQUI Esqueci a senha Login Senha. Esqueci a senha E-mail Login Enviar Solicitação OBS: Nome: Login: E-mail:

1 Cadastre-se Mozilla Firefox. AQUI Esqueci a senha Login Senha. Esqueci a senha E-mail Login Enviar Solicitação OBS: Nome: Login: E-mail: 1 Essa é a tela de login do Sistema de Atendimento, siga o passo a passo abaixo. Se esse é o seu primeiro cadastro, clique em Cadastre-se. O sistema só irá funcionar perfeitamente se for acessado pelo

Leia mais

Resumo das funcionalidades

Resumo das funcionalidades Resumo das funcionalidades Menu MENU Dados Cadastrais Atualizar Cadastro Troca Senha Grupo Usuários Incluir Atualizar Funcionários Incluir Atualizar Atualizar Uso Diário Importar Instruções Processar Status

Leia mais

1- Requisitos mínimos. 2- Instalando o Acesso Full. 3- Iniciando o Acesso Full pela primeira vez

1- Requisitos mínimos. 2- Instalando o Acesso Full. 3- Iniciando o Acesso Full pela primeira vez Manual Conteúdo 1- Requisitos mínimos... 2 2- Instalando o Acesso Full... 2 3- Iniciando o Acesso Full pela primeira vez... 2 4- Conhecendo a barra de navegação padrão do Acesso Full... 3 5- Cadastrando

Leia mais

Manual SAGe Versão 1.2

Manual SAGe Versão 1.2 Manual SAGe Versão 1.2 Cadastramento de Usuário (a partir da versão 12.08.01 ) Conteúdo Introdução... 2 Cadastramento... 2 Desvendando a tela inicial... 4 Completando seus dados cadastrais... 5 Não lembro

Leia mais

MAIS MÉDICOS TUTORIAL PARA O SUPERVISOR RELATÓRIO DA PRIMEIRA VISITA DE SUPERVISÃO

MAIS MÉDICOS TUTORIAL PARA O SUPERVISOR RELATÓRIO DA PRIMEIRA VISITA DE SUPERVISÃO MAIS MÉDICOS TUTORIAL PARA O SUPERVISOR RELATÓRIO DA PRIMEIRA VISITA DE SUPERVISÃO Brasília/DF, 7 de maio de 2015. 1 APRESENTAÇÃO RELATÓRIO DA PRIMEIRA VISITA DE SUPERVISÃO Prezado (a) Supervisor (a) participante

Leia mais

TUTORIAL PARA O GESTOR MUNICIPAL

TUTORIAL PARA O GESTOR MUNICIPAL PROGRAMA DE VALORIZAÇÃO DO PROFISSIONAL DA ATENÇÃO BÁSICA TUTORIAL PARA O GESTOR MUNICIPAL 2º CICLO DA AVALIAÇÃO PELO GESTOR MUNICIPAL PROVAB 2015 Brasília/DF, 1 de setembro de 2015. 1 APRESENTAÇÃO AVALIAÇÃO

Leia mais

KalumaFin. Manual do Usuário

KalumaFin. Manual do Usuário KalumaFin Manual do Usuário Sumário 1. DICIONÁRIO... 4 1.1 ÍCONES... Erro! Indicador não definido. 1.2 DEFINIÇÕES... 5 2. DESCRIÇÃO DO SISTEMA... 7 3. ACESSAR O SISTEMA... 8 4. PRINCIPAL... 9 4.1 MENU

Leia mais

Manual para cadastro de associado na Central de Atendimento ao Associado

Manual para cadastro de associado na Central de Atendimento ao Associado Manual para cadastro de associado na Central de Atendimento ao Associado Cadastro de associado e emissão de boletos na Central de Atendimento On-line Objetivo Orientar o associado sobre o cadastro inicial

Leia mais

Manual de Utilização Autorizador

Manual de Utilização Autorizador 1) Acessando: 1-1) Antes de iniciar a Implantação do GSS, lembre-se de verificar os componentes de software instalados no computador do prestador de serviço: a) Sistema Operacional: nosso treinamento está

Leia mais

Esse tutorial visa apresentar as principais funcionalidades do Editor de Roteiro de Aprendizagem do Portal Clickideia.

Esse tutorial visa apresentar as principais funcionalidades do Editor de Roteiro de Aprendizagem do Portal Clickideia. Sumário Introdução... 1 Objetivos... 1 Instruções para utilização do Tutorial... 1 Metodologia... 2 Apresentação do Editor de Roteiro de Aprendizagem... 2 Inserir Roteiro de Aprendizagem... 3 Meus Roteiros...

Leia mais

Guia de Consulta Rápida. Portal do Professor

Guia de Consulta Rápida. Portal do Professor Guia de Consulta Rápida Portal do Professor Última atualização: 07/12/2015 ÍNDICE 1. Acessando o Portal... 3 2. Quadro de Horários... 5 3. Alterando a Senha... 6 4. Alterando a Filial... 7 5. Fale Conosco...

Leia mais

[PÚBLICA] Manual Operacional. Sistema GEUI Gestão de Usuários da Internet. Produto: Consignado

[PÚBLICA] Manual Operacional. Sistema GEUI Gestão de Usuários da Internet. Produto: Consignado 1 [PÚBLICA] Manual Operacional Sistema GEUI Gestão de Usuários da Internet Produto: Consignado ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO... 3 1.1. Objetivo do Manual... 3 1.2. Público Alvo... 3 1.3. Conteúdo do Manual... 3

Leia mais

VIAÇÃO SÃO BENTO LTDA.

VIAÇÃO SÃO BENTO LTDA. VIAÇÃO SÃO BENTO LTDA. SISTEMA AUTOMÁTICO DE BILHETAGEM ELETRÔNICA MANUAL DO VTWEB CLIENT CADASTROS /PEDIDOS E PROCEDIMENTOS Resumo Esse manual tem como o seu objetivo principal a orientação de uso do

Leia mais

FAQ Perguntas Frequentes

FAQ Perguntas Frequentes FAQ Perguntas Frequentes 1. COMO ACESSO A PLATAFORMA DE ENSINO?... 2 2. NÃO CONSIGO REALIZAR O MEU CADASTRO NO AMBIENTE VIRTUAL DO MMA.... 4 3. FIZ MEU CADASTRO NO SITE E NÃO RECEBI O E-MAIL DE CONFIRMAÇÃO

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES. Versão 1.0. Visão Transportador

MANUAL DE INSTRUÇÕES. Versão 1.0. Visão Transportador MANUAL DE INSTRUÇÕES Versão 1.0 Visão Transportador 2 Sumário Introdução... 3 Requisitos mínimos... 3 Acesso... 3 Primeiro acesso... 5 Navegando pelo sistema... 6 Menu Perfil... 7 Dados do Fornecedor...

Leia mais

Acesso ao Localidade. LOCALIDADE Sistema de Cadastro Localidade. Acesso ao Sistema de Cadastro Localidade

Acesso ao Localidade. LOCALIDADE Sistema de Cadastro Localidade. Acesso ao Sistema de Cadastro Localidade Acesso ao Localidade Acesso ao O endereço do sistema é: www.saude.gov.br/localidade Quem pode acessar o Sistema de Cadastro de Localidade? Somente profissionais que foram cadastrados no CSPUWEB terão acesso

Leia mais

Manual de Utilização do GLPI

Manual de Utilização do GLPI Manual de Utilização do GLPI Perfil Usuário Versão 1.0 NTI Campus Muzambinho 1 Introdução Prezado servidor, o GLPI é um sistema de Service Desk composto por um conjunto de serviços para a administração

Leia mais

Manual de Utilização do Sistema

Manual de Utilização do Sistema Manual de Utilização do Sistema 2015 Nota Control Nota Premiada Índice Parte I Informações Iniciais 1 Sobre o documento Parte II Apresentação 1 Menu Home 2 Menu Cadastro 3 Menu Entrar 4 Menu Sorteio Realizados

Leia mais

GUIA PASSO A PASSO PARA REALIZAR A VOTAÇÃO VIA INTERNET. [SISTEMA DE VOTAÇÃO ON-LINE CFC/CRCs] Sistema para eleições dos CRCs

GUIA PASSO A PASSO PARA REALIZAR A VOTAÇÃO VIA INTERNET. [SISTEMA DE VOTAÇÃO ON-LINE CFC/CRCs] Sistema para eleições dos CRCs GUIA PASSO A PASSO PARA REALIZAR A VOTAÇÃO VIA INTERNET [SISTEMA DE VOTAÇÃO ON-LINE CFC/CRCs] Sistema para eleições dos CRCs Sumário PROCEDIMENTOS PARA EFETUAR O PROCESSO DE VOTAÇÃO... 3 1. TROCA DE SENHA

Leia mais

Sistema de de Bilhetagem Eletrônica MANUAL MÓDULO PDV

Sistema de de Bilhetagem Eletrônica MANUAL MÓDULO PDV Sistema de de Eletrônica SETRANSP DOTFLEX MANUAL MÓDULO PDV REGIÃO MANUAL METROPOLITANA MÓDULO PESSOA Revisão JURÍDICA 02 / Setembro SBE de 2008 - DOTFLEX Revisão 00 / Março de 2009 MANUAL MÓDULO EMPRESA

Leia mais

Polycom RealPresence Content Sharing Suite Guia rápido do usuário

Polycom RealPresence Content Sharing Suite Guia rápido do usuário Polycom RealPresence Content Sharing Suite Guia rápido do usuário Versão 1.2 3725-69877-001 Rev.A Novembro de 2013 Neste guia, você aprenderá a compartilhar e visualizar conteúdos durante uma conferência

Leia mais

Manual de Utilização do Sistema

Manual de Utilização do Sistema Manual de Utilização do Sistema 2013 Nota Control Nota Cuiabana Índice Parte I Informações Iniciais 1 Sobre o documento Parte II Apresentação 1 Menu Home 2 Menu Cadastro 3 Menu Já sou cadastrado 4 Menu

Leia mais

Guia Rápido para Acesso, Preenchimento e Envio Formulário de Cadastro da Empresa e Formulário de Projeto

Guia Rápido para Acesso, Preenchimento e Envio Formulário de Cadastro da Empresa e Formulário de Projeto EDITAL DE SELEÇÃO PÚBLICA MCTI/AEB/FINEP/FNDCT Subvenção Econômica à Inovação Transferência de Tecnologia do SGDC 01/2015 Transferência de Tecnologia Espacial no Âmbito do Decreto nº 7.769 de 28/06/2012

Leia mais

INSTALAÇÃO DO SISTEMA CONTROLGÁS

INSTALAÇÃO DO SISTEMA CONTROLGÁS INSTALAÇÃO DO SISTEMA CONTROLGÁS 1) Clique duas vezes no arquivo ControlGasSetup.exe. Será exibida a tela de boas vindas do instalador: 2) Clique em avançar e aparecerá a tela a seguir: Manual de Instalação

Leia mais

V.1.0 SIAPAS. Sistema Integrado de Administração ao Plano de Assistência à Saúde. Contas Médicas

V.1.0 SIAPAS. Sistema Integrado de Administração ao Plano de Assistência à Saúde. Contas Médicas 2014 V.1.0 SIAPAS Sistema Integrado de Administração ao Plano de Assistência à Saúde Contas Médicas SIAPAS Sistema Integrado de Administração ao Plano de Assistência à Saúde Módulos CONTAS MÉDICAS Capa

Leia mais

Suporte Técnico. A ZRCR Informática presta suporte técnico, via telefone, e-mail ou Skype diretamente aos usuários do E-GESTAOBELEZA

Suporte Técnico. A ZRCR Informática presta suporte técnico, via telefone, e-mail ou Skype diretamente aos usuários do E-GESTAOBELEZA Suporte Técnico A ZRCR Informática presta suporte técnico, via telefone, e-mail ou Skype diretamente aos usuários do E-GESTAOBELEZA Horário de Atendimento De segunda-feira à sexta-feira das 09:00 ás 19:00

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA DE GESTÃO DE DOCUMENTOS PARA CERTAMES SIGEDCERT - MODO USUÁRIO

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA DE GESTÃO DE DOCUMENTOS PARA CERTAMES SIGEDCERT - MODO USUÁRIO MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA DE GESTÃO DE DOCUMENTOS PARA CERTAMES SIGEDCERT - MODO USUÁRIO 1. Acesse através do navegador (preferencialmente Mozilla Firefox ou Google Chrome) o endereço web do sistema:

Leia mais

ALUNES MANUAL DO USUÁRIO. Guia rápido Alunes

ALUNES MANUAL DO USUÁRIO. Guia rápido Alunes ALUNES MANUAL DO USUÁRIO Guia rápido Alunes 1 Manual de Instruções Versão 2.0 Alunes Informática 2 Sumário Introdução... 5 Pré-requisitos... 5 Principal/Home... 6 Como editar texto do home... 7 Desvendando

Leia mais

Guia Rápido de Uso. Aqui seguem os tópicos tratados nesse guia, para que você aprenda a usar o Sistema TORPEDO MOBILE. 1 Acesso ao sistema...

Guia Rápido de Uso. Aqui seguem os tópicos tratados nesse guia, para que você aprenda a usar o Sistema TORPEDO MOBILE. 1 Acesso ao sistema... Guia Rápido de Uso Aqui seguem os tópicos tratados nesse guia, para que você aprenda a usar o Sistema TORPEDO MOBILE 1 Acesso ao sistema... 2 2 Entenda o Menu...... 3 2.1 Contatos...... 3 2.2 Mensagens......

Leia mais

Guia Rápido de Utilização. Ambiente Virtual de Aprendizagem. Perfil Aluno

Guia Rápido de Utilização. Ambiente Virtual de Aprendizagem. Perfil Aluno Guia Rápido de Utilização Ambiente Virtual de Aprendizagem Perfil Aluno 2015 APRESENTAÇÃO O Moodle é um Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) open source¹. Esta Plataforma tornouse popular e hoje é utilizada

Leia mais

INSTRUÇÕES PARA EMISSÃO DE GUIAS AVULSAS

INSTRUÇÕES PARA EMISSÃO DE GUIAS AVULSAS INSTRUÇÕES PARA EMISSÃO DE GUIAS AVULSAS O sistema de emissão de guias avulsas é destinado aos departamentos de pessoal ou recursos humanos dos empregadores rurais, muitas vezes escritórios de contabilidade.

Leia mais

CAPA Área de utilização para ilustração MANUAL w-vpn

CAPA Área de utilização para ilustração MANUAL w-vpn ...6 CAPA Área de utilização para ilustração MANUAL w-vpn 20/01/2012 Versão 1.4 Sumário 1.0 Pré Requisitos de instalação do w-vpn...2 2.0 Instalação do Serviço...2 3.0 Dicas...8 4.0 Suporte...11 1 1.0

Leia mais

Manual do Usuário CFCWeb BA

Manual do Usuário CFCWeb BA ÍNDICE Acesso ao sistema... 2 Tela Principal... 3 Cadastro de Candidatos... 5 Agenda Teórico... 6 Agenda Prático... 7 Consulta Agendamentos do Candidato por Serviço... 9 Cadastro de Grade Horária... 10

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA GLPI

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA GLPI MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA GLPI Setembro de 2013 Objetivo: Esse manual, baseado no manual GLPI feito pela DTI, tem como objetivo principal instruir os usuários quanto à utilização do GLPI, sistema

Leia mais

Figura 1: tela inicial do BlueControl COMO COLOCAR A SALA DE INFORMÁTICA EM FUNCIONAMENTO?

Figura 1: tela inicial do BlueControl COMO COLOCAR A SALA DE INFORMÁTICA EM FUNCIONAMENTO? Índice BlueControl... 3 1 - Efetuando o logon no Windows... 4 2 - Efetuando o login no BlueControl... 5 3 - A grade de horários... 9 3.1 - Trabalhando com o calendário... 9 3.2 - Cancelando uma atividade

Leia mais

Sistema de Registro das Atividades do RT - Tutorial de utilização

Sistema de Registro das Atividades do RT - Tutorial de utilização Sistema de Registro das Atividades do RT - Tutorial de utilização Acesso WEB 1. Primeiro acesso Para acessar o sistema, abra seu navegador de internet e vá até o site http://sistemart.crmv pr.org.br. Você

Leia mais

INTRODUÇÃO 2 ACESSO AO SIGTECWEB 3 TEMPO DE CONEXÃO 5 NAVEGAÇÃO 7 BARRA DE AÇÕES 7 COMPORTAMENTO DOS BOTÕES 7 FILTROS PARA PESQUISA 8

INTRODUÇÃO 2 ACESSO AO SIGTECWEB 3 TEMPO DE CONEXÃO 5 NAVEGAÇÃO 7 BARRA DE AÇÕES 7 COMPORTAMENTO DOS BOTÕES 7 FILTROS PARA PESQUISA 8 ÍNDICE INTRODUÇÃO 2 ACESSO AO SIGTECWEB 3 TEMPO DE CONEXÃO 5 NAVEGAÇÃO 7 BARRA DE AÇÕES 7 COMPORTAMENTO DOS BOTÕES 7 FILTROS PARA PESQUISA 8 ACESSO ÀS FERRAMENTAS 9 FUNÇÕES 12 MENSAGENS 14 CAMPOS OBRIGATÓRIOS

Leia mais

Índice. Atualizado em: 01/04/2015 Página: 1

Índice. Atualizado em: 01/04/2015 Página: 1 MANUAL DO USUÁRIO Índice 1. Introdução... 3 2. Acesso ao Sistema... 4 2.1. Instalação... 4 2.1.1. Servidor - Computador Principal... 4 2.1.2. Estação - Computador na Rede... 6 2.1.3. Estação - Mapeamento

Leia mais

Sistema de Controle de Cheques GOLD

Sistema de Controle de Cheques GOLD Sistema de Controle de Cheques GOLD Cheques GOLD é um sistema para controlar cheques de clientes, terceiros ou emitidos. Não há limitações quanto as funcionalidades do programa, porém pode ser testado

Leia mais

Operações de Caixa. Versão 2.0. Manual destinado à implantadores, técnicos do suporte e usuários finais

Operações de Caixa. Versão 2.0. Manual destinado à implantadores, técnicos do suporte e usuários finais Operações de Caixa Versão 2.0 Manual destinado à implantadores, técnicos do suporte e usuários finais Sumário Introdução... 3 Suprimento... 3 Sangria... 4 Abertura de Caixa... 6 Fechamento de Caixa...

Leia mais

Manual de migração do e-mail Live@edu. Versão <01.00> Associacao Paranaense de Cultura

Manual de migração do e-mail Live@edu. Versão <01.00> Associacao Paranaense de Cultura Manual de migração do e-mail Live@edu Versão Associacao Paranaense de Cultura Histórico da Revisão 03/09/2010 01.00 Versão piloto Carlos Costa Cedro Confidencial Associacao Paranaense de Cultura,

Leia mais

Comunidade Virtual de Disseminação e Aprendizagem-(ComViD@)

Comunidade Virtual de Disseminação e Aprendizagem-(ComViD@) PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA FEDERAL NO CEARÁ Núcleo Seccional da ESMAFE - 5ª Região no Ceará Comunidade Virtual de Disseminação e Aprendizagem-(ComViD@) AMBIENTAÇÃO NA PLATAFORMA 1. Cadastro 2. Preenchimento

Leia mais

Curso Básico Sistema EMBI

Curso Básico Sistema EMBI Curso Básico Sistema EMBI Módulo Atendentes e Administradores Todos os direitos reservados. Nenhuma parte deste trabalho pode ser reproduzida em qualquer forma por qualquer meio gráfico, eletrônico ou

Leia mais

GUIA RÁPIDO SISTEMA ANTIFURTO THEFT DETERRENT

GUIA RÁPIDO SISTEMA ANTIFURTO THEFT DETERRENT GUIA RÁPIDO SISTEMA ANTIFURTO THEFT DETERRENT SUMÁRIO Prefácio... 1 A quem se destina... 1 Nomenclatura utilizada neste documento... 1 Tela de login... 2 Tela Inicial... 4 Gestão de Dispositivo Acompanhar

Leia mais

Memeo Instant Backup Guia de Referência Rápida

Memeo Instant Backup Guia de Referência Rápida Introdução O Memeo Instant Backup é uma solução de backup simples para um mundo digital complexo. Fazendo backup automático e contínuo de seus valiosos arquivos na sua unidade C, o Memeo Instant Backup

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES. Telefone de Suporte: 3004-0506 (Use seu DDD Local)

MANUAL DE INSTRUÇÕES. Telefone de Suporte: 3004-0506 (Use seu DDD Local) MANUAL DE INSTRUÇÕES DO Telefone de Suporte: 3004-0506 (Use seu DDD Local) MANUAL DE PROCESSOS - PE ÍNDICE 1 INFORMAÇÕES IMPORTANTES 3 1.1 Atualização dos Navegadores: 3 1.2 Configurando o Internet Explorer

Leia mais

MANUAL DE ATUALIZAÇÃO DE VERSÃO DE PAF-ECF

MANUAL DE ATUALIZAÇÃO DE VERSÃO DE PAF-ECF MANUAL DE ATUALIZAÇÃO DE VERSÃO DE PAF-ECF Sobre a Atualização de Versão de PAF-ECF. Para o SAT (Sistema de Administração Tributária), atualizar a versão do PAF-ECF significa incrementar o número da versão,

Leia mais

Manual do Portal do Usuário 4.8

Manual do Portal do Usuário 4.8 Manual do Portal do Usuário 4.8 Este Manual MobiDM descreve as operações básicas do portal ao nível de acesso do usuário Versão: x.x Manual do Usuário MOBIDM Página 1 Índice Introdução 2 Arquivos de ajuda

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO

MANUAL DE UTILIZAÇÃO MANUAL DE UTILIZAÇÃO Módulo de operação Ativo Bem vindo à Vorage CRM! Nas próximas paginas apresentaremos o funcionamento da plataforma e ensinaremos como iniciar uma operação básica através do nosso sistema,

Leia mais

MANUAL DE CADASTRAMENTO DO CORRETOR NO PORTAL DE SERVIÇOS CHUBB

MANUAL DE CADASTRAMENTO DO CORRETOR NO PORTAL DE SERVIÇOS CHUBB MANUAL DE CADASTRAMENTO DO CORRETOR NO PORTAL DE SERVIÇOS CHUBB Versão Junho/2014 Índice 1. Objetivo do Manual... 3 2. Efetuando o Primeiro Acesso... 3 2.1 Passo 1: Entrar site Chubb... 3 2.2 Passo 2:

Leia mais

RECOMENDAR PUBLICAÇÃO DE PROJETO DE INTERVENÇÃO

RECOMENDAR PUBLICAÇÃO DE PROJETO DE INTERVENÇÃO PROGRAMA DE VALORIZAÇÃO DO PROFISSIONAL DA ATENÇÃO BÁSICA TUTORIAL PARA O SUPERVISOR RECOMENDAR PUBLICAÇÃO DE PROJETO DE INTERVENÇÃO PROVAB 2014 Brasília/DF, 12 de novembro de 2014. 1 APRESENTAÇÃO Senhor

Leia mais

epontual Passo a passo

epontual Passo a passo epontual Passo a passo Sumário epontual... 3 Instalação... 5 Registro do aplicativo...13 Novo pedido...15 Pedido não transmitido...19 Pedido transmitido......20 Financeiro...21 NFe Nota fiscal eletrônica...22

Leia mais

NOVO COMPONENTE ASSINADOR ESEC

NOVO COMPONENTE ASSINADOR ESEC NOTAS FISCAIS DE SERVIÇO ELETRÔNICAS PREFEITURA DE JUIZ DE FORA COMPLEMENTO AO SUPORTE A ATENDIMENTO NÍVEL 1 1.0 Autor: Juiz de Fora, Fevereiro 2015. PÁGINA 1 DE 38 SUMÁRIO 1REQUISITOS MÍNIMOS CONFIGURAÇÕES

Leia mais

Versão 1.0 CARBON SYSTEM. Manual do Software Ponto Legal. Manual do PONTO LEGAL

Versão 1.0 CARBON SYSTEM. Manual do Software Ponto Legal. Manual do PONTO LEGAL Versão 1.0 CARBON SYSTEM Manual do Software Ponto Legal Manual do PONTO LEGAL S O F T W A R E P A R A E M I S S Ã O D O R E L A T Ó R I O E S P E L H O D E P O N T O Manual do Ponto Legal Versão 1.0 Carbon

Leia mais

Di gitação de Eventos Versão 2.0 - Fevereiro/2015

Di gitação de Eventos Versão 2.0 - Fevereiro/2015 Digitação de Eventos Versão 2.0 - Fevereiro/2015 Índice 1 PLATAFORMA SAGE... 3 1.1 Primeiro Acesso... 4 1.2 Conhecendo a Plataforma... 5 1.3 Seleção da Empresa de Trabalho... 5 1.4 Sair do Sistema... 6

Leia mais

SUMÁRIO 1. ACESSO À PÁGINA DO AMBIENTE VIRTUAL 2. CONTATANDO O SUPORTE 3. ATUALIZAR PERFIL 4. COMO ACESSAR AS DISCIPLINAS

SUMÁRIO 1. ACESSO À PÁGINA DO AMBIENTE VIRTUAL 2. CONTATANDO O SUPORTE 3. ATUALIZAR PERFIL 4. COMO ACESSAR AS DISCIPLINAS SUMÁRIO 1. ACESSO À PÁGINA DO AMBIENTE VIRTUAL 2. CONTATANDO O SUPORTE 3. ATUALIZAR PERFIL 4. COMO ACESSAR AS DISCIPLINAS 5. PARTICIPANTES DA DISCIPLINA 6. ENVIAR MENSAGENS 7. PARTICIPAÇÃO NO FÓRUM 8.

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA DE AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO FUNCIONAL. Versão 1.3

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA DE AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO FUNCIONAL. Versão 1.3 MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA DE AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO FUNCIONAL Versão 1.3 Sumário 1. ACESSO AO SISTEMA... 3 1.1. Primeiro acesso ao sistema... 3 1.2. Como alterar a senha no primeiro acesso... 4

Leia mais

Manifestação de Documentos com Certificado A3

Manifestação de Documentos com Certificado A3 1 Manifestação de Documentos com Certificado A3 A nova versão TGCBox ganhou nova possibilidade de busca das Notas Fiscais Eletrônicas emitidas para um determinando CNPJ, diretamente no portal da Receita

Leia mais

Sumário. I. Acesso ao sistema CRMTEL... 4 Como Criar Campanhas SMS...5. III. Importando uma Campanha...8. IV. Movimentando o Status da Campanha...

Sumário. I. Acesso ao sistema CRMTEL... 4 Como Criar Campanhas SMS...5. III. Importando uma Campanha...8. IV. Movimentando o Status da Campanha... Send Torpedos 2 Sumário I. Acesso ao sistema CRMTEL... 4 II. Como Criar Campanhas SMS...5 III. Importando uma Campanha...8 IV. Movimentando o Status da Campanha...11 3 I. Acesso ao sistema CRMTEL O acesso

Leia mais

Guia Prático de Acesso

Guia Prático de Acesso Guia Prático de Acesso 1. Como acessar o novo e-volution? O acesso ao novo e-volution é feito através do endereço novo.evolution.com.br. Identifique abaixo as possíveis formas de acesso: 1.1 Se você já

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO DA UNIÃO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 6ª REGIÃO. Manual do Usuário

PODER JUDICIÁRIO DA UNIÃO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 6ª REGIÃO. Manual do Usuário PODER JUDICIÁRIO DA UNIÃO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 6ª REGIÃO Manual do Usuário Push Acompanhamento de Tramitação de Processos Responsável: Renato Ferraz Conteúdo 1. Introdução...

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE MINAS GERAIS. Diretoria de Tecnologia da Informação Central de Relacionamento com o Instituto Rui Barbosa CR-IRB

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE MINAS GERAIS. Diretoria de Tecnologia da Informação Central de Relacionamento com o Instituto Rui Barbosa CR-IRB Manual Central de Relacionamento com o Instituto Rui Barbosa CR- IRB. A Central de Relacionamento com o TCE é um sistema web. Devem ser utilizados os navegadores de Internet Explorer versão mínima 9 Google

Leia mais

1. Instalação do Remessa Q Prof... 3. 2. Trabalhando com o Remessa Q Prof... 8. 3. Botão Opções e suas Funcionalidades... 8. 4. Aba Título...

1. Instalação do Remessa Q Prof... 3. 2. Trabalhando com o Remessa Q Prof... 8. 3. Botão Opções e suas Funcionalidades... 8. 4. Aba Título... SUMÁRIO 1. Instalação do Remessa Q Prof... 3 2. Trabalhando com o Remessa Q Prof... 8 3. Botão Opções e suas Funcionalidades... 8 4. Aba Título... 9 5. Aba Cheque... 21 5.2. Exemplo de CMC7... 24 6. Importação

Leia mais

Sumário. Acesso...3 Acesse...3 Xiii... esqueci a senha!...3 Logue...3

Sumário. Acesso...3 Acesse...3 Xiii... esqueci a senha!...3 Logue...3 Sumário Acesso...3 Acesse...3 Xiii... esqueci a senha!...3 Logue...3 Dashboard...4 Responda seus Chamados... 4 Acesse o conteúdo...4 Convide novos usuários... 4 Visualize todos os chamados rapidamente...4

Leia mais

MWORK MANUAIS EXPORTAÇÃO DE CERTIFICADO DIGITAL

MWORK MANUAIS EXPORTAÇÃO DE CERTIFICADO DIGITAL MWORK MANUAIS EXPORTAÇÃO DE CERTIFICADO DIGITAL PARANAGUÁ 2012 SUMÁRIO 1 MICROSOFT INTERNET EXPLORER...3 1.1 Opções de Internet... 3 1.2 Conteúdos... 4 1.3 Certificados... 5 1.4 Assistente de Exportação...

Leia mais

Manual Instalação Pedido Eletrônico

Manual Instalação Pedido Eletrônico Manual Instalação Pedido Eletrônico 1 Cliente que não utiliza o Boomerang, mas possui um sistema compatível. 1.1 Instalação do Boomerang Inserir o CD no drive do computador, clicar no botão INICIAR e em

Leia mais

HELP DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ONLINE DOCTOR PARA SECRETÁRIAS

HELP DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ONLINE DOCTOR PARA SECRETÁRIAS HELP DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ONLINE DOCTOR PARA SECRETÁRIAS 1 - A TELA AGENDA 1.1 - TIPOS DE AGENDA 1.1.1 AGENDA NORMAL 1.1.2 AGENDA ENCAIXE 2 - AGENDANDO CONSULTAS 2.1 - AGENDANDO UMA CONSULTA NA AGENDA

Leia mais

Cotação Eletrônica. 1º Passo: Configure o e-mail em que será utilizado para envio das. cotações.

Cotação Eletrônica. 1º Passo: Configure o e-mail em que será utilizado para envio das. cotações. Cotação Eletrônica 1º Passo: Configure o e-mail em que será utilizado para envio das cotações. Na tela Configurações do Sistema do módulo Retaguarda selecione a opção MOURAMAIL na configuração Modo de

Leia mais

MANUAL PORTAL CLIENTE AVANÇO

MANUAL PORTAL CLIENTE AVANÇO MANUAL PORTAL CLIENTE AVANÇO [Digite seu endereço] [Digite seu telefone] [Digite seu endereço de email] MANUAL MANUAL AVANÇO INFORMÁTICA AVANÇO INFORMÁTICA Material Desenvolvido para Suporte Avanço Autor:

Leia mais

MAIS MÉDICOS TUTORIAL PARA O SUPERVISOR

MAIS MÉDICOS TUTORIAL PARA O SUPERVISOR MAIS MÉDICOS TUTORIAL PARA O SUPERVISOR Distrito Sanitário Especial Indígena - DSEI RELATÓRIO DA PRIMEIRA VISITA DE SUPERVISÃO IN LOCO - DSEI Brasília/DF, 7 de maio de 2015. 1 APRESENTAÇÃO RELATÓRIO DA

Leia mais

FAQ Sistema Eletrônico de Informações SEI-MP

FAQ Sistema Eletrônico de Informações SEI-MP FAQ Sistema Eletrônico de Informações SEI-MP 1. Quem pode obter o acesso ao SEI-MP? O SEI-MP está disponível apenas para usuários e colaboradores internos do MP. Usuários externos não estão autorizados

Leia mais

MANUAL DO SISTEMA DE CARGA HORÁRIA ESPECIAL Professor

MANUAL DO SISTEMA DE CARGA HORÁRIA ESPECIAL Professor MANUAL DO SISTEMA DE CARGA HORÁRIA ESPECIAL Professor SUMÁRIO Introdução... 2 Como acessar o sistema - PROFESSOR... 3 Primeira visita a página... 4 Atualizando o cadastro... 9 Imprimindo o comprovante...

Leia mais

Manual de Atualização MATERIAL DE APOIO - KB IMÓVEIS

Manual de Atualização MATERIAL DE APOIO - KB IMÓVEIS 1 2 Manual de Atualização MATERIAL DE APOIO - KB IMÓVEIS Login é a área de autenticação do sistema. Por questões de segurança, é necessário que o usuário se identifique, impedindo a entrada de pessoas

Leia mais

Vendas. Manual do Usuário. Copyright 2014 - ControleNaNet

Vendas. Manual do Usuário. Copyright 2014 - ControleNaNet Manual do Usuário Copyright 2014 - ControleNaNet Conteúdo A Ficha de Vendas...3 Os Recibos...6 Como imprimir?...7 As Listagens...9 Clientes... 10 Consulta... 11 Inclusão... 13 Alteração... 14 Exclusão...

Leia mais