COP Comunication on Progress EQÜIDADE DE GÊNERO

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "COP Comunication on Progress EQÜIDADE DE GÊNERO"

Transcrição

1 COP Comunication on Progre São Paulo, 28 de fevereiro de 2011 A Ferol Indútria e Comércio SA declara eu apoio contínuo ao Pacto Global. A Ferol acredita na diveridade e na pluralidade como ferramenta de incluão ocial, e conidera eu dever contruir um futuro melhor para todo, e renova eu compromio em repeitar, atingir e difundir o 10 princípio do Pacto Global. Michael Haradom Diretor-Preidente (licenciado) Ferol Indutria e Comercio SA EQÜIDADE DE GÊNERO AÇÃO AFIRMATIVA A Ferol é uma emprea 100% braileira que atua no etore de agroquímico, veterinário e de aúde pública, com vocação epecial para a fabricação de produto genérico. poui monopólio nem participa de oligopólio. conta com financiamento público. tem conceõe ou incentivo. Todo o programa e projeto dirigido à promoção da diveridade e ampliação do direito na emprea e na ociedade ão financiado com recuro próprio. ua iençõe contemplada por legilação epecífica (ex. Lei Rouanet, etc.) para abater impoto do invetimento ócio-ambientai-culturai, porque acreditamo que ete é um compromio de todo. O compromio com um futuro melhor para todo é um dever coletivo que deve incluir a reditribuição juta e olidária da riqueza. Dede 2004, em compromio público aumido diante do então Minitro do Trabalho e Emprego, Ricardo Berzoini, a Ferol mantém uma política de remuneração com pio equivalente ao DIEESE, que é 4 veze uperior ao alário mínimo vigente no paí, e mai do que 3 veze uperior ao pio da categoria do químico na bae territorial de Oaco e região. A emprea garante a eqüidade de cargo e remuneração com equiparação alarial efetiva entre gênero, etnia e geral. A diferença alarial entre a ponta é inferior a 8 veze. Além do PLR etipulado por lei, o trabalhadore e trabalhadora recebem um adicional de 10% obre o lucro e reultado devidamente auditado. 1

2 A Ferol tem 36 ano de exitência e, dede 1996, egue um plano de ação afirmativa para incluão da mulhere em todo o etore da emprea. Para io a emprea readequou ua linha de produção no etore de rico (Síntee, Produção e Laboratório). AUXÍLIO CRECHE/ INCENTIVO A EDUCAÇÃO INFANTIL O auxílio creche é um benefício etabelecido por Convenção Coletiva, o qual etipula o pagamento à funcionária/mãe de um valor epecificado pela emprea. No cao da Ferol, o valor é R$ 200,00, quando a criança encontra-e no cuidado de uma peoa de confiança da família (babá, vovó, titia, etc.), chegando a até R$ 545,00 quando matriculada em uma intituição de educação infantil, eja pública ou privada. O funcionário também recebe o auxílio-creche quando comprova que ua epoa/companheira não tem aceo a ete direito no eu local de trabalho. O benefício também é etendido a filho adotivo, incluive para caai homo-afetivo. LICENÇA AMAMENTAÇÃO A funcionária da Ferol pode optar por gozar de até 07 mee de licença (04 mee previto em lei, 02 mee concedido pela emprea e 01 mê de féria). A licença à getante acontece, em prejuízo do emprego e alário, com a duração de 06 mee podendo optar por chegar a 07 mee. LICENÇA PATERNIDADE O funcionário da Ferol pode optar por gozar de até 03 mee de licença (05 dia previto em lei, 25 dia + 01 mê concedido pela emprea e 01 mê de féria). Durante o 1º ano de vida do filho o funcionário pode tirar a licença, dede que eteja no conentimento de ua companheira, poi é ela que encaminha uma carta ao RH informando a neceidade e vontade que eu companheiro goze da licença. A licença paternidade acontece, em o prejuízo do emprego e alário, com foco no cuidado, no compartilhamento de afeto e na perpectiva de uma paternidade reponável. A Licença Maternidade e Paternidade ão concedida também para cao de adoção, incluive por caai homo-afetivo. Para ito bata que o caal informe viver em união etável. ESTABILIDADE PARA PAIS GRÁVIDOS A lei trabalhita garante etabilidade de emprego para mulhere grávida (dede o momento da getação até 4 mee apó o nacimento da criança). Em 2011, a Ferol pretende inovar e oferecer o memo benefício a homen grávido. RECRUTAMENTO E SELEÇÃO A Ferol divulga a oferta de vaga exitente atravé de: - Internet (rede do Movimento Negro e de Mulhere) 2

3 - Emprea de Recrutamento epecializada em diveridade e/ou que etejam alinhada à política de ação afirmativa deenvolvida pela Ferol. - Corpo de funcionário já contratado (divulgação interna) A coleta de dado obre raça e etnia do candidato é feita atravé de Auto-Declaração, ou eja, é o próprio candidato que preenche uma Ficha de Solicitação de Emprego, que por ua vez utiliza a claificação do IBGE. Ete proceo eletivo é aplicado a todo o cargo: Diretoria, Gerência, Coordenação, Técnico, Trainee e Etagiário. A emprea etabeleceu uma articulação com a organizaçõe ociai do Movimento Negro e de Mulhere, o que poibilitou uma ampliação do canai de divulgação da ua vaga, indo além da açõe junto à agência de recuro humano. Deta forma, um contingente ignificativo de profiionai, oriundo do egmento hitoricamente excluído, cada vez mai etá preente em noo proceo eletivo garantindo que a emprea tenha, por exemplo, em eu quadro de funcionário, mai de 54% de mulhere. A Ferol dialoga empre com a emprea de recrutamento obre a deigualdade ocial e racial preente no Brail e aponta a importância do direito ao trabalho no proceo de uperação deta realidade, aim como a neceidade de uma releitura da análie de currículo e perfi profiionai. A emprea deixa claro, ainda, que eu foco é em profiionai oriundo do egmento hitoricamente excluído. COMBATE À DISCRIMINAÇÃO O memo olhar dado para o proceo de eleção é etendido e trabalhado com o getore para o recrutamento interno. DIVERSIDADE INDICADOR DE DESEMPENHO A área de Recuro Humano elaborou um Relatório do Getor em que cada área recebe uma planilha com dado referente à equipe com vário indicadore, incluindo o de diveridade. O getor de cada área tem um uma avaliação de deempenho de ua equipe no qual a Diveridade é um queito a er monitorado e acompanhado por todo. A Ferol realizou e realiza campanha de enibilização no ambiente de trabalho obre o tema abaixo litado, atravé da atividade: Deenvolvimento da Sexualidade I Compreendendo a Formação da Noa Sexualidade e da Criança; Deenvolvimento da Sexualidade II Compreendendo a Formação da Noa Sexualidade e do Adolecente; Conhecendo o Corpo Sexual e Reprodutivo da Mulher aúde e exualidade Adulta; Conhecendo o Corpo Sexual e Reprodutivo do Homem aúde e exualidade Adulta; 3

4 Educação e Relacionamento de Mulhere e Homen deigualdade, vício culturai, verdade e mentira; Prevenção de Gravidez e Método Contraceptivo; Saúde Reprodutiva; Prevenção de Doença Sexualmente Tranmiívei (DST) e Aid; Planejamento Familiar / Relacionamento Familiar; Parto Natural; Aleitamento e Amamentação; Violência Domética; Relaçõe Raciai e de Gênero; Anemia Falciforme; Açõe Afirmativa no Mercado de Trabalho; Quem é quem na Negritude Braileira. Para uperar o obtáculo que impedem, na prática, a eqüidade entre homen e mulhere no ambiente de trabalho, a Ferol tem tomado a iniciativa/medida abaixo: Monitorar periodicamente todo o etore da emprea quanto à preença de homen e mulhere; Priorizar a contratação de mulhere; Dialogar cotidianamente com o getore obre eta quetão; Tratar a eqüidade de gênero de forma central na da política de getão de peoa. Patrocínio e Apoio anual ao FEMINA Fetival Internacional de Cinema Feminino. Patrocínio e apoio à criação do Intituto Roe Marie Muraro pela Eqüidade de Gênero. Apear da Ferol advogar pela realização de campanha política com dinheiro público, dede que a realidade ainda é outra, a Ferol apóia, promove e patrocina abertamente a candidatura de mulhere e dede que eta não atuem dentro do município ou no memo egmento de trabalho da Ferol (para evitar fiiologimo, clientelimo, etc). Para uperar o obtáculo que impedem, na prática, a eqüidade entre branco(a) e negro(a) no ambiente de trabalho, a Ferol tem tomado a iniciativa/medida abaixo: Manter anualmente um epaço de etudo e reflexão obre a deigualdade racial do paí para todo o trabalhadore; Monitorar periodicamente a preença do/a trabalhador(a) negro(a) no divero etore da emprea; Priorizar a contratação de afro-braileiro; Dialogar cotidianamente com o getore obre eta quetão; Tratar a equidade racial de forma central na política de getão de peoa. A Ferol integra e participa ativamente do Comitê da Diveridade da Secretaria do Trabalho da Cidade de São Paulo. A Ferol é parceira do Parceria com a CNAB (Congreo Nacional Afro-Braileiro) 4

5 A Ferol é parceria do CONAB (Conelho Nacional Afro-Braileiro) PROCESSOS DE CAPACITAÇÃO E QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL O treinamento e diálogo no etore ocorrem, em geral, toda a emana. Em todo o etore há diálogo abordando a eguinte temática: - aúde do trabalhador(a); - prevenção de acidente; - 5; - Relaçõe de Trabalho; - Novo procedimento no proceo de produção; - Roda de Convera obre o cotidiano de trabalho; - Redução de reíduo, etc. Com o conhecimento adquirido, a emprea influencia todo o eu corpo funcional para que a habilidade e competência e tornem mai aguçada e, aim, atinjam com qualidade o objetivo profiionai imultaneamente ao peoai com mai rapidez. APOIO À CULTURA FEMININA A Ferol, a partir de 2009, paou a apoiar (financiar e participar) projeto ócio-culturai que valorizem a Mulher, endo ele: FEMINA Fetival Internacional de Cinema Feminino (ediçõe de 2008, 2009, 2010 e 2011) COMO ESQUECER Filme longa-metragem obre a cultura feminina homo-afetiva. INSTITUTO CULTURAL ROSE MARIE MURARO A Ferol foi e é a única emprea financiar e participar da criação e manutenção do ICRMM, perpetuando a obra da Patrona Nacional do Feminimo (Decreto Preidencial - Lei /2005), a ecritora Roe Marie Muraro CURSO PROMOTORAS LEGAIS POPULARES PLP - O nome Promotora Legai Populare é uado em diferente paíe e ignifica mulhere que trabalham a favor do egmento populare com legitimidade e jutiça no combate diário à dicriminação. Trata-e de Iniciativa Intituto Braileiro de Advocacia Pública IBAP, União de Mulhere de São Paulo e Movimento do Minitério Público Democrático bucando deenvolver a cidadania e a igualdade de direito. SELO PRÓ-EQUIDADE DE GÊNERO Em 2010, a Ferol foi a única emprea provada a obter o Selo Pró- Eqüidade de Gênero, programa da Preidência da República. 5

6 ELEIÇÕES A Ferol apóia candidata Mulhere e Afro-Braileiro, para levar equilíbrio ao exercício do poder público. PERFIL DO CORPO FUNCIONAL (REFERÊNCIA: Nov/2010) CLT Mulhere Homen Branca Negra Amarela Indígena / Branco Negro Amarelo Indígena outra /outro Etagiária (o): Branca Negra Mulhere Amarela Indígena /outra Branco Negro Homen Amarelo Indígena /outro PJ Mulhere Homen Branca Negra Amarela Indígena Branco Negro Amarelo Indígena /outra /outro Terceirizada (o): Branca Negr a Mulhere Amarela Indíg ena /ou tra Branc o Negr o Homen Amare lo Indíge na /out ro Temporário (a) Branca Negra Mulhere Amarela Indígena /outra Branco Negro Homen Amarelo Indígena /outro Número total de empregada(o), etagiária(o), aprendize, terceirizada(o) por grupo de idade. 6

7 Faixa Etária Mulhere Homen - Empregada Etagiária Joven aprendize Empregado Etagiário 16 a 24 ano a 29 ano a 39 ano a 49 ano a 59 ano 8 60 ano ou mai 2 Joven aprendize Renda do corpo funcional. Renda per capita do corpo funcional, eparado por empregada (o), etagiária (o), joven aprendize e terceirizada (o) e por exo. Categoria * Rendimento médio da Mulhere (R$) Rendimento médio do Homen (R$) Rendimento médio total (R$) Empregada(o) 2.477, , ,08 Servidor(a) Etagiária(o) 5,20 hora 936,45 Joven aprendize Terceirizada(o) 807,00 (verzani + cucinare) 1.567,00 (kart + map) 1.187,00 Dado obre o corpo funcional Total de empregada (o) por tipo de vinculação, por exo. Tipo de vinculação Mulhere Homen Total CLT Etagiário (a) Pretadore de Serviço Temporário (a) Taxa de ecolaridade por exo Nível de ecolaridade Enino fundamental incompleto Enino Fundamental completo Mulhere Homen Branca Negra Amarela Indígena Branco Negro Amarelo Indígena /outra /outro 7

8 Enino fundamental curando Enino médio incompleto Enino médio completo Enino médio curando Enino uperior completo Enino uperior curando Enino Superior Incompleto Enino Técnico Completo Enino Técnico Curando Enino Técnico Incompleto Epecialização Incompleta Epecialização Completa Epecialização Curando Metrado Completo Metrado Curando Doutorado Completo Com quem reide Vive Só 16 1 peoa 39 2 peoa 36 3 peoa 53 4 peoa 42 + de quatro peoa 28 Tipo de Moradia 8

9 Própria 144 Alugada 51 Cedida 14 Outro 4 Tempo médio gato entre moradia e trabalho (ida e volta) Até uma hora 105 De 1 a 2 hora 65 De 2 a 3 hora 28 + de 3 hora 13 9

CRECHE COMUNITARIA PINGO DE GENTE AV.Senador Levindo Coelho 130 Tirol CEP.30662-290 CNPJ: 21508312.0001/80

CRECHE COMUNITARIA PINGO DE GENTE AV.Senador Levindo Coelho 130 Tirol CEP.30662-290 CNPJ: 21508312.0001/80 ORGANIZAÇÃO PROPONENTE: CRECHE COMUNITARIA PINGO DE GENTE PROJETO : CUIDANDO EDUCANDO E CONSTRUINDO CIDADÃOS DO FUTURO. LINHA PROGRAMÁTICA DO PROJETO Creche, Educação Infantil, Socialização,Garantia de

Leia mais

COP Comunication on Progress EQÜIDADE DE GÊNERO

COP Comunication on Progress EQÜIDADE DE GÊNERO COP Comunication on Progress A Fersol Indústria e Comércio SA declara seu apoio contínuo ao Pacto Global. A Fersol acredita na diversidade e na pluralidade como ferramentas de inclusão social, e considera

Leia mais

Inclusão Social dos Jovens nos Assentamentos Rurais de Areia com ênfase no trabalho da Tutoria e recursos das novas TIC s

Inclusão Social dos Jovens nos Assentamentos Rurais de Areia com ênfase no trabalho da Tutoria e recursos das novas TIC s Incluão Social do Joven no Aentamento Rurai de Areia com ênfae no trabalho da Tutoria e recuro da nova TIC MIRANDA 1, Márcia C.V.; SILVA 2, Fátima do S.; FÉLIX 3, Jânio 1 Profeora orientadora e coordenadora

Leia mais

Lider. ança. para criar e gerir conhecimento. }A liderança é um fator essencial para se alcançar o sucesso também na gestão do conhecimento.

Lider. ança. para criar e gerir conhecimento. }A liderança é um fator essencial para se alcançar o sucesso também na gestão do conhecimento. Liderança para criar e gerir conhecimento Lider ança para criar e gerir conhecimento }A liderança é um fator eencial para e alcançar o uceo também na getão do conhecimento.~ 48 R e v i t a d a ES P M janeiro

Leia mais

Programa Pró-Equidade de Gênero e Raça

Programa Pró-Equidade de Gênero e Raça Programa Pró-Equidade de Gênero e Raça O Programa Pró-Equidade de Gênero e Raça Criado em 2005, direcionado para empresas de médio e grande porte, com personalidade jurídica própria e ênfase em três pilares:

Leia mais

A PRODUÇÃO DE SENTIDOS NOS CAMINHOS DO HIPERTEXTO THE PRODUCTION OF SENSE IN THE HYPERTEXT WAY

A PRODUÇÃO DE SENTIDOS NOS CAMINHOS DO HIPERTEXTO THE PRODUCTION OF SENSE IN THE HYPERTEXT WAY 27 A PRODUÇÃO DE SENTIDOS NOS CAMINHOS DO HIPERTEXTO THE PRODUCTION OF SENSE IN THE HYPERTEXT WAY 1 RESUMO: A tecnologia da informação e comunicação - TIC ampliam o epaço para comunicação e interação na

Leia mais

PROCEDIMENTO DE MERCADO AM.04 Cálculo de Votos e Contribuição

PROCEDIMENTO DE MERCADO AM.04 Cálculo de Votos e Contribuição PROCEDIMENTO DE MERCADO AM.04 Cálculo de Voto e Contribuição Reponável pelo PM: Acompanhamento do Mercado CONTROLE DE ALTERAÇÕES Verão Data Decrição da Alteração Elaborada por Aprovada por PM AM.04 - Cálculo

Leia mais

O URBANO E A PRODUÇÃO IMOBILIÁRIA EM CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM - ES

O URBANO E A PRODUÇÃO IMOBILIÁRIA EM CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM - ES P A N Ó P T I C A O URBANO E A PRODUÇÃO IMOBILIÁRIA EM CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM - ES Daniel Pitzer Zippinotti Univeridade Federal do Epírito Santo - UFES 1. INTRODUÇÃO O preente trabalho procura apreentar

Leia mais

Enterprise Quality Management [EQM] Excelência em Gestão da Qualidade

Enterprise Quality Management [EQM] Excelência em Gestão da Qualidade Enterprie Quality Management [EQM] Excelência em Getão da Qualidade A Getão da Qualidade Total, do inglê Total Quality Management - TQM é uma etratégia de adminitração completa que tem como objetivo principal

Leia mais

P R O J E T O. Arte. Pneus

P R O J E T O. Arte. Pneus P R O J E T O Arte em C NSCIÊNCIA Promovendo a concientização ecológica utilizando como ferramenta a arte e o ecodeign, criando produto e artefato a partir de reíduo ólido de póconumo (pneu uado) como

Leia mais

www.inglesdojerry.com.br

www.inglesdojerry.com.br www.ingledojerry.com.br AGRADECIMENTOS Meu mai incero agradecimento, A Deu, que em ua incomenurável e infinita abedoria tem me dado aúde e força para atravé dete trabalho levar o enino do idioma a peoa

Leia mais

Projeto Crescer I e II

Projeto Crescer I e II Projeto Crecer I e II Motra Local de: Araponga Categoria do projeto: I Projeto em Andamento (projeto em execução atualmente) Nome da Intituição/Emprea: Paulo Hermínio Pennacchi, preidente da Caa do Bom

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO Nº. 02/2015 PROCESSO SELETIVO PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOAL

EDITAL DE SELEÇÃO Nº. 02/2015 PROCESSO SELETIVO PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOAL EDITAL DE SELEÇÃO Nº. 02/2015 PROCESSO SELETIVO PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOAL O Instituto Sócio Cultural, Ambiental e Tecnológico Arthur Andrade IAA, organização não governamental, sem fins lucrativos, fundado

Leia mais

Carta de Adesão à Iniciativa Empresarial e aos 10 Compromissos da Empresa com a Promoção da Igualdade Racial - 1

Carta de Adesão à Iniciativa Empresarial e aos 10 Compromissos da Empresa com a Promoção da Igualdade Racial - 1 Carta de Adesão à Iniciativa Empresarial pela Igualdade Racial e à sua agenda de trabalho expressa nos 10 Compromissos da Empresa com a Promoção da Igualdade Racial 1. Considerando que a promoção da igualdade

Leia mais

a importância de formar profissionais para atuar nos campos de trabalho emergentes na área;

a importância de formar profissionais para atuar nos campos de trabalho emergentes na área; SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO Reolução n 12/ 2013 Aprova a reformulação do Projeto Pedagógico do Curo de Graduação em Pedagogia

Leia mais

PROGRAMA PRÓ-EQUIDADE DE GÊNERO E RAÇA GUIA OPERACIONAL. 6ª Edição

PROGRAMA PRÓ-EQUIDADE DE GÊNERO E RAÇA GUIA OPERACIONAL. 6ª Edição PROGRAMA PRÓ-EQUIDADE DE GÊNERO E RAÇA GUIA OPERACIONAL 6ª Edição Dilma Rousseff Presidenta da República Nilma Lino Gomes Ministra das Mulheres, da Igualdade Racial e dos Direitos Humanos Eleonora Menicucci

Leia mais

A EDUCAÇÃO BRASILEIRA NAS ÚLTIMAS DÉCADAS: OBSTÁCULOS E METAS DENTRO E FORA DA ESCOLA

A EDUCAÇÃO BRASILEIRA NAS ÚLTIMAS DÉCADAS: OBSTÁCULOS E METAS DENTRO E FORA DA ESCOLA 329 A EDUCAÇÃO BRASILEIRA NAS ÚLTIMAS DÉCADAS: OBSTÁCULOS E METAS DENTRO E FORA DA ESCOLA BRAZILIAN EDUCATION IN LAST DECADES: BARRIERS AND GOALS INSIDE AND OUTSIDE SCHOOL 1 t r a v e i a e d. 1 0 i n

Leia mais

Avaliação de Ações. Mercado de Capitais. Luiz Brandão. Ações. Mercado de Ações

Avaliação de Ações. Mercado de Capitais. Luiz Brandão. Ações. Mercado de Ações Mercado de Capitai Avaliação de Açõe Luiz Brandão O título negociado no mercado podem de renda fixa ou de renda variável. Título de Renda Fixa: Conhece-e de antemão qual a remuneração a er recebida. odem

Leia mais

Palavras-chave:Algoritmo Genético; Carregamento de Contêiner; Otimização Combinatória.

Palavras-chave:Algoritmo Genético; Carregamento de Contêiner; Otimização Combinatória. Reolução do Problema de Carregamento e Decarregamento 3D de Contêinere em Terminai Portuário para Múltiplo Cenário via Repreentação por Regra e Algoritmo Genético Aníbal Tavare de Azevedo (UNICAMP) anibal.azevedo@fca.unicamp.br

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE NOVA LIMA

PREFEITURA MUNICIPAL DE NOVA LIMA EDITAL DE PREGÃO PRESENCIAL: n 070/204 PROCESSO ADMINISTRATIVO: n 278/204 IMPORTANTE: AO RETIRAR ESTE EDITAL, FAVOR PREENCHER O RECIBO DE RETIRADA DE EDITAL E ENVIÁ-LO PARA O E-MAIL INFORMADO NO PROPRIO

Leia mais

I Desafio Petzl Para Bombeiros Regulamento Campeonato Internacional de Técnicas Verticais e Resgate

I Desafio Petzl Para Bombeiros Regulamento Campeonato Internacional de Técnicas Verticais e Resgate ! I Deafio Petzl Para Bombeiro Regulamento Campeonato Internacional de Técnica Verticai e Regate A Spelaion, ditribuidor excluivo Petzl no Brail e o Corpo de Bombeiro de Goiá, etá organizando o Primeiro

Leia mais

5ª EDIÇÃO DA CERTIFICAÇÃO SELO ODM MOVIMENTO NÓS PODEMOS PARANÁ REGULAMENTO

5ª EDIÇÃO DA CERTIFICAÇÃO SELO ODM MOVIMENTO NÓS PODEMOS PARANÁ REGULAMENTO 5ª EDIÇÃO DA CERTIFICAÇÃO SELO ODM MOVIMENTO NÓS PODEMOS PARANÁ REGULAMENTO O Movimento Nacional pela Cidadania e Solidariedade - Nós Podemos Paraná, articulado pelo Sesi-PR e com o apoio de diversas instituições

Leia mais

Política de cotas para mulheres na política tem 75% de aprovação

Política de cotas para mulheres na política tem 75% de aprovação Política de cotas para mulheres na política tem 75% de aprovação População conhece pouco a atual lei de cotas, mas acha que os partidos que não cumprem a lei deveriam ser punidos A maioria da população

Leia mais

Pescando direitos. Medidas Provisórias nºs 664 e 665 de 30 dezembro de 2014. Sobre as MP's 664 e 665 de 2014:

Pescando direitos. Medidas Provisórias nºs 664 e 665 de 30 dezembro de 2014. Sobre as MP's 664 e 665 de 2014: Pecando direito Boletim Jurídico do CPP/ Abril de 2015. 1ª edição. Medida Proviória nº 664 e 665 de 30 dezembro de 2014. Sobre a MP' 664 e 665 de 2014: Em 30 dezembro de 2014 foram promulgada a Medida

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA DA EMPRESA LUZ E FORÇA SANTA MARIA S/A

CÓDIGO DE ÉTICA DA EMPRESA LUZ E FORÇA SANTA MARIA S/A CÓDIGO DE ÉTICA DA EMPRESA LUZ E FORÇA SANTA MARIA S/A O código de ética da Empresa Luz e Força Santa Maria S/A contempla as seguintes partes interessadas: empregados, fornecedores, meio ambiente, consumidores

Leia mais

Fotografando o Eclipse Total da Lua

Fotografando o Eclipse Total da Lua Fotografando o Eclipe Total da Lua (trabalho apreentado para o Mueu de Atronomia e Ciência Afin) http://atrourf.com/diniz/artigo.html Autor: Joé Carlo Diniz (REA-BRASIL) "Você pode e deve fotografar o

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO PIAUÍ DEFENSORIA PÚBLICA DO ESTADO DO PIAUÍ COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO

GOVERNO DO ESTADO DO PIAUÍ DEFENSORIA PÚBLICA DO ESTADO DO PIAUÍ COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO 1 EDITAL CONVITE Nº 009/2011-CPL/GPDP Proceo Adminitrativo nº 0221/2011 -CPL/GDPG A, atravé da Comião Permanente de Licitação, intituída pela Portaria nº 383/2011-GDPG, datada de 08/07/2011, da Exma. Sra.

Leia mais

III CONFERÊNCIA MUNICIPAL DE PROMOÇÃO DA IGUALDADE RACIAL.

III CONFERÊNCIA MUNICIPAL DE PROMOÇÃO DA IGUALDADE RACIAL. III CONFERÊNCIA MUNICIPAL DE PROMOÇÃO DA IGUALDADE RACIAL. DOCUMENTO BASE: 1 - A comissão organizadora propõe aos delegados das pré conferências a aprovação das seguintes propostas de políticas e ações

Leia mais

Rentabilidade das Instituições Financeiras no Brasil: Mito ou Realidade? Autores JOSÉ ALVES DANTAS Centro Universitário Unieuro

Rentabilidade das Instituições Financeiras no Brasil: Mito ou Realidade? Autores JOSÉ ALVES DANTAS Centro Universitário Unieuro Rentabilidade da Intituiçõe Financeira no Brail: Mito ou Realidade? Autore JOSÉ ALVES DANTAS Centro Univeritário Unieuro PAULO ROBERTO BARBOSA LUSTOSA PMIRPGCC - UNB/UFPB/UFPE/UFRN Reumo A dicuão obre

Leia mais

Relatório de atividades 2011-2012 Núcleo de Gênero Pró-Mulher

Relatório de atividades 2011-2012 Núcleo de Gênero Pró-Mulher MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO Ministério Público do Distrito Federal e Territórios Coordenação dos Núcleos de Direitos Humanos - CNDH Núcleo de Gênero Pró-Mulher Relatório de atividades 2011-2012 Núcleo

Leia mais

Reconhece e aceita a diversidade de situações, gostos e preferências entre os seus colegas.

Reconhece e aceita a diversidade de situações, gostos e preferências entre os seus colegas. Ecola Báic a 2º º e 3º º Ciclo Tema 1 Viver com o outro Tema Conteúdo Competência Actividade Tema 1 Viver com o outro Valore Direito e Devere Noção de valor O valore como referenciai para a acção: - o

Leia mais

GOVERNO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO SUL DA BAHIA PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO E ADMINISTRAÇÃO

GOVERNO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO SUL DA BAHIA PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO E ADMINISTRAÇÃO Edital Nº 14/2015 - PROPA PROGRAMA DE APOIO FINANCEIRO PARA PARTICIPAÇÃO DOS SERVIDORES TÉCNICOS ADMINISTRATIVOS EM EDUCAÇÃO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO SUL DA BAHIA (UFSB) EM CURSOS DE GRADUAÇÃO E PÓS-GRADUAÇÃO

Leia mais

PROGRAMA FEBRABAN DE VALORIZAÇÃO DA DIVERSIDADE

PROGRAMA FEBRABAN DE VALORIZAÇÃO DA DIVERSIDADE PROGRAMA FEBRABAN DE VALORIZAÇÃO DA DIVERSIDADE 2 Programa FEBRABAN de Valorização da Diversidade C M Y CM MY CY CMY K CartazPeq-Amarelo.pdf 18/1/2008 15:55:42 C M Y CM MY CY CMY K CartazPeq-Azul.pdf 18/1/2008

Leia mais

Técnicas Econométricas para Avaliação de Impacto. Problemas de Contaminação na Validação Interna

Técnicas Econométricas para Avaliação de Impacto. Problemas de Contaminação na Validação Interna Técnica Econométrica para Avaliação e Impacto Problema e Contaminação na Valiação Interna Rafael Perez Riba Centro Internacional e Pobreza Braília, 18 e junho e 28 Introução Valiação Interna é quano um

Leia mais

Confrontando Resultados Experimentais e de Simulação

Confrontando Resultados Experimentais e de Simulação Confrontando Reultado Experimentai e de Simulação Jorge A. W. Gut Departamento de Engenharia Química Ecola Politécnica da Univeridade de São Paulo E mail: jorgewgut@up.br Um modelo de imulação é uma repreentação

Leia mais

PROTAGONISMO DOS OPMS NA PROMOÇÃO DA

PROTAGONISMO DOS OPMS NA PROMOÇÃO DA SECRETARIA DE POLÍTICAS PARA AS MULHERES PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SPM/PR PROTAGONISMO DOS OPMS NA PROMOÇÃO DA AUTONOMIA ECONÔMICA DAS MULHERES Tatau Godinho Secretaria de Políticas do Trabalho e Autonomia

Leia mais

1. Garantir a educação de qualidade

1. Garantir a educação de qualidade 1 Histórico O Pacto pela Juventude é uma proposição das organizações da sociedade civil, que compõem o Conselho Nacional de Juventude, para que os governos federal, estaduais e municipais se comprometam

Leia mais

Usos do Orkut O Movimento Heavy Metal e o BuddyPoke Enquanto Expressão de Subjetividade e de Identificação 1

Usos do Orkut O Movimento Heavy Metal e o BuddyPoke Enquanto Expressão de Subjetividade e de Identificação 1 Uo do Orkut O Movimento Heavy Metal e o BuddyPoke Enquanto Expreão de Subjetividade e de Identificação 1 Élida Fabiani Morai de CRISTO; Haroldo França REBOUÇAS Neto; Jacklene de Souza CARRÉRA; Keila Marina

Leia mais

Imposto de Renda Pessoa Física

Imposto de Renda Pessoa Física Impoto de Renda Peoa Fíica 2006 Manual de Preenchimento Declaração de Ajute Anual Modelo Completo - Ano-calendário de 2005 Receita Federal Minitério da Fazenda GOVERNO FEDERAL Índice PÁG. ENTREGA DA DECLARAÇÃO

Leia mais

72,0% DA POPULAÇÃO É NEGRA É DE 75,6% ALAVANCADO PELO GRANDE NÚMERO DE PESSOAS QUE SE AUTODECLARAM PARDAS (68,1%) 40,2 MILHÕES 38,0 MILHÕES

72,0% DA POPULAÇÃO É NEGRA É DE 75,6% ALAVANCADO PELO GRANDE NÚMERO DE PESSOAS QUE SE AUTODECLARAM PARDAS (68,1%) 40,2 MILHÕES 38,0 MILHÕES IGUALDADE RACIAL AGENDA IGUALDADE RACIAL O Governo Federal vem promovendo a incorporação da perspectiva da igualdade racial nas políticas governamentais, articulando ministérios e demais órgãos federais,

Leia mais

Núcleo Regional de Piên

Núcleo Regional de Piên Núcleo Regional de Piên Municípios participantes Lapa Mandirituba Quitandinha Tijucas do Sul Agudos do Sul Campo do Tenente Piên Rio Negro Ações prioritárias para a região Objetivo 1: Erradicar a extrema

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE CONSULTORIA PARA ELABORAÇÃO DE CARTILHA INFORMATIVA ACERCA DOS DIREITOS DAS MULHERES EM SITUAÇÃO DE PRISÃO

TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE CONSULTORIA PARA ELABORAÇÃO DE CARTILHA INFORMATIVA ACERCA DOS DIREITOS DAS MULHERES EM SITUAÇÃO DE PRISÃO TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE CONSULTORIA PARA ELABORAÇÃO DE CARTILHA INFORMATIVA ACERCA DOS DIREITOS DAS MULHERES EM SITUAÇÃO DE PRISÃO Atividade: Sistematizar, publicar e distribuir materiais

Leia mais

Os projetos realizados pelos Núcleos se encaixam em todas as áreas de enfoque do Rotary, sendo

Os projetos realizados pelos Núcleos se encaixam em todas as áreas de enfoque do Rotary, sendo Núcleo Rotary de Deenvolvimento Comunitário (NRDC) Reultado da pequia de 2013 e 2014 I. NRDC e eu projeto: 2014 2013 87% do NRDC e reuniram pelo meno uma vez por mê. 34% do NRDC dieram ter membro na faixa

Leia mais

LEI Nº 8.798 de 22 de fevereiro de 2006.

LEI Nº 8.798 de 22 de fevereiro de 2006. LEI Nº 8.798 de 22 de fevereiro de 2006. Institui a Política Estadual de fomento à Economia Popular Solidária no Estado do Rio Grande do Norte e estabelece outras disposições. O PRESIDENTE DA ASSEMBLÉIA

Leia mais

It Introdução. Isto explica porque a área de pessoal é constituída de técnicas altamente flexíveis e adaptáveis.

It Introdução. Isto explica porque a área de pessoal é constituída de técnicas altamente flexíveis e adaptáveis. Indicadores d e Parâmetros de Gestão de Pessoas Prof. Po.D.Dja Dr. Djair Picchiai Pcc 08/2008 It Introdução Aá área de recursos humanos objetiva conquistar e manter na organização, profissionais trabalhando

Leia mais

AGENDA PROPOSITIVA DO CONSELHO NACIONAL DE SAÚDE

AGENDA PROPOSITIVA DO CONSELHO NACIONAL DE SAÚDE AGENDA PROPOSITIVA DO CONSELHO NACIONAL DE SAÚDE Com o objetivo de estimular o debate democrático, o Conselho Nacional de Saúde (CNS) apresenta à sociedade brasileira sua Agenda Propositiva para a Saúde

Leia mais

Reducao da. Maioridade Penal: o que voce precisa. essa ideia nao e boa. saber para entender que

Reducao da. Maioridade Penal: o que voce precisa. essa ideia nao e boa. saber para entender que Reducao da Maioridade Penal: o que voce precia aber para entender que ea ideia nao e boa. Expediente Eta cartilha foi originalmente produzida e publicada pela equipe do Centro de Defea da Criança e do

Leia mais

PRÓ-REITORIA DE PESQUISA, INOVAÇÃO E PÓS-GRADUAÇÃO EDITORA DO IFPB PROGRAMA DE APOIO A PUBLICAÇÃO DE LIVROS EDITAL Nº 06/2016

PRÓ-REITORIA DE PESQUISA, INOVAÇÃO E PÓS-GRADUAÇÃO EDITORA DO IFPB PROGRAMA DE APOIO A PUBLICAÇÃO DE LIVROS EDITAL Nº 06/2016 PRÓ-REITORIA DE PESQUISA, INOVAÇÃO E PÓS-GRADUAÇÃO EDITORA DO IFPB PROGRAMA DE APOIO A PUBLICAÇÃO DE LIVROS EDITAL Nº 06/2016 O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba - IFPB, através

Leia mais

MANUAL DE INSCRIÇÕES. Ministério da Cultura, Fundação Abrinq, Novelis do Brasil, Reckitt Benckiser e Consigaz apresentam

MANUAL DE INSCRIÇÕES. Ministério da Cultura, Fundação Abrinq, Novelis do Brasil, Reckitt Benckiser e Consigaz apresentam Ministério da Cultura, Fundação Abrinq, Novelis do Brasil, Reckitt Benckiser e Consigaz apresentam Orquestra e Fundação Abrinq III MANUAL DE INSCRIÇÕES Patrocínio Realização A Fundação Abrinq Criada em

Leia mais

CARTA ABERTA DE COMPROMISSO

CARTA ABERTA DE COMPROMISSO CARTA ABERTA DE COMPROMISSO Prezado Sr. Secretário Geral, A Responsabilidade Social Empresarial é prioridade da Unimed Sul Capixaba Cooperativa de Trabalho Médico desde 2003. É intrínseca aos valores da

Leia mais

3 Fuga de cérebros e investimentos em capital humano na economia de origem uma investigação empírica do brain effect 3.1.

3 Fuga de cérebros e investimentos em capital humano na economia de origem uma investigação empírica do brain effect 3.1. 3 Fuga de cérebro e invetimento em capital humano na economia de origem uma invetigação empírica do brain effect 3.1. Introdução Uma da vertente da literatura econômica que etuda imigração eteve empre

Leia mais

EDITAL Nº 65, de 15 de agosto de 2014. Edital de divulgação do Projeto de Ensino de curta duração:

EDITAL Nº 65, de 15 de agosto de 2014. Edital de divulgação do Projeto de Ensino de curta duração: SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA FARROUPILHA Câmpus Santa Rosa EDITAL Nº 65, de 15 de agosto de 2014. Edital de divulgação do Projeto de

Leia mais

XLVI Pesquisa Operacional na Gestão da Segurança Pública

XLVI Pesquisa Operacional na Gestão da Segurança Pública PROBLEMA DE CORTE UNIDIMENSIONAL COM SOBRAS APROVEITÁVEIS: RESOLUÇÃO DE UM MODELO MATEMÁTICO Adriana Cherri Departamento de Matemática, Faculdade de Ciência, UNESP, Bauru adriana@fc.unep.br Karen Rocha

Leia mais

Edital de Seleção. Chamada Pública Nº 025/2011 (Seleção simplificada para contratação por prazo determinado)

Edital de Seleção. Chamada Pública Nº 025/2011 (Seleção simplificada para contratação por prazo determinado) CENTRAL DE COOPERATIVAS E EMPREENDIMENTOS SOLIDÁRIOS UNISOL BRASIL Edital de Seleção Chamada Pública Nº 025/2011 (Seleção simplificada para contratação por prazo determinado) Cargo: AGENTE DE DESENVOLVIMENTO

Leia mais

O CORPO HUMANO E A FÍSICA

O CORPO HUMANO E A FÍSICA 1 a fae Prova para aluno do 9º e 1º ano LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES ABAIXO: 01) Eta prova detina-e excluivamente a aluno do 9 o ano do enino fundamental e 1º ano do enino médio. Ela contém trinta quetõe.

Leia mais

POLÍTICA NACIONAL DE ATENÇÃO INTEGRAL À SAÚDE DO

POLÍTICA NACIONAL DE ATENÇÃO INTEGRAL À SAÚDE DO POLÍTICA NACIONAL DE ATENÇÃO INTEGRAL À SAÚDE DO DAET- Departamento de Atenção Especializada e Temática POLÍTICA NACIONAL DE ATENÇÃO INTEGRAL À SAÚDE DO HOMEM Diretriz Promover ações de saúde que contribuam

Leia mais

XI Congresso Latino-Americano de Desenvolvimento de Recursos Humanos e Responsabilidade Social

XI Congresso Latino-Americano de Desenvolvimento de Recursos Humanos e Responsabilidade Social XI Congresso Latino-Americano de Desenvolvimento de Recursos Humanos e Responsabilidade Social Programa de Valorização da Diversidade no Setor Bancário São Paulo, 29 de abril de 2008 Visão Um sistema financeiro

Leia mais

Política Municipal para o Desenvolvimento Integral da Primeira Infância na Cidade de São Paulo

Política Municipal para o Desenvolvimento Integral da Primeira Infância na Cidade de São Paulo VIVER A CIDADE QUE A GENTE AMA. FAZER A SÃO PAULO QUE A GENTE QUER. Política Municipal para o Desenvolvimento Integral da Primeira Infância na Cidade de São Paulo A importância da primeira infância O desenvolvimento

Leia mais

UNICEF BRASIL Edital de Seleção de Consultor RH/2014/027

UNICEF BRASIL Edital de Seleção de Consultor RH/2014/027 UNICEF BRASIL Edital de Seleção de Consultor RH/2014/027 O UNICEF, Fundo das Nações Unidas para a Infância, a Organização mundial pioneira na defesa dos direitos das crianças e adolescentes, convida profissionais

Leia mais

Mortalidade Infantil. Educação

Mortalidade Infantil. Educação RAÇA E ETNIA I Fórum FEBRABAN de Diversidade 27 de Junho de 2011 São Paulo / SP Contribuições: Eliana Aparecida Francisco Coordenadora Responsabilidade Social e Relações Humanas Afros brasileir@s População

Leia mais

ESTUDO DINÂMICO DA PRESSÃO EM VASOS SEPARADORES VERTICAIS GÁS-LÍQUIDO UTILIZADOS NO PROCESSAMENTO PRIMÁRIO DE PETRÓLEO

ESTUDO DINÂMICO DA PRESSÃO EM VASOS SEPARADORES VERTICAIS GÁS-LÍQUIDO UTILIZADOS NO PROCESSAMENTO PRIMÁRIO DE PETRÓLEO ESTUDO DINÂMICO DA PRESSÃO EM VASOS SEPARADORES VERTICAIS GÁS-LÍQUIDO UTILIZADOS NO PROCESSAMENTO PRIMÁRIO DE PETRÓLEO Thale Cainã do Santo Barbalho 1 ; Álvaro Daniel Tele Pinheiro 2 ; Izabelly Laria Luna

Leia mais

PESQUISA DE REMUNERAÇÃO E PRÁTICAS DE RH

PESQUISA DE REMUNERAÇÃO E PRÁTICAS DE RH PESQUISA DE REMUNERAÇÃO E PRÁTICAS DE RH - Setor de TI MG - 9ª. Edição 2.014 Novembro de 2.014 1 APRESENTAÇÃO Neste ano o SINDINFOR patrocinou a 9ª. edição da Pesquisa de Remuneração, Práticas de RH e

Leia mais

INQUÉRITO - PROJECTO DE TUTORIA A ESTUDANTES ERAMUS OUT

INQUÉRITO - PROJECTO DE TUTORIA A ESTUDANTES ERAMUS OUT INQUÉRITO - PROJECTO DE TUTORIA A ETUDANTE ERAMU OUT Dede já, agradecemo a ua participação neta nova etapa do Projecto de Tutoria a Etudante ERAMU verão OUT. Com ete inquérito, pretendemo dar a conhecer

Leia mais

EDITAL Nº 12, 25 de setembro de 2015.

EDITAL Nº 12, 25 de setembro de 2015. EDITAL Nº 12, 25 de setembro de 2015. PROCESSO DE INSCRIÇÕES PARA INGRESSO DE ALUNOS NOS CURSOS GRATUITOS DE FORMAÇÃO INICIAL E CONTINUADA DO ANO LETIVO DE 2015 NO PROGRAMA SENAC GRATUIDADE PSG O SERVIÇO

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO MUNICIPAL EDITAL N.º 001/2007

CONCURSO PÚBLICO MUNICIPAL EDITAL N.º 001/2007 CONCURSO PÚBLICO MUNICIPAL EDITAL N.º 001/2007 A PREFEITA DO MUNICÍPIO DE INHAMBUPE, Etado da Bahia, no uo de ua atribuiçõe legai, mediante a condiçõe etipulada nete Edital, repaldada no art. 37, II da

Leia mais

CREATING TOMORROW S SOLUTIONS

CREATING TOMORROW S SOLUTIONS CREATING TOMORROW S SOLUTIONS Contrução civil I Ligante Polimérico I América do Sul Vião Geral do Polímero em Pó VINNAPAS Como você quer otimizar ua argamaa? A argamaa percorreram um longo caminho dede

Leia mais

EDITAL N o 01/2014 SELEÇÃO DE CANDIDATOS AO MESTRADO ACADÊMICO EM ENGENHARIA DE PESCA TURMA 2015

EDITAL N o 01/2014 SELEÇÃO DE CANDIDATOS AO MESTRADO ACADÊMICO EM ENGENHARIA DE PESCA TURMA 2015 UNIVERSIDADE FEDERAL DO CERÁ CENTRO DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA DE PESCA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA DE PESCA EDITAL N o 01/2014 SELEÇÃO DE CANDIDATOS AO MESTRADO ACADÊMICO

Leia mais

Artigos. Comunicação organizacional e relações públicas: caminhos que se cruzam, entrecruzam ou sobrepõem?

Artigos. Comunicação organizacional e relações públicas: caminhos que se cruzam, entrecruzam ou sobrepõem? E t u d o17 Artigo Comunicação organizacional e relaçõe pública: caminho que e cruzam, entrecruzam ou obrepõem? IVONE DE LOUDES OLIVEIRA Metre em Ciência da Comunicação pela ECA-USP e doutora em Comunicação

Leia mais

Ministério da Educação

Ministério da Educação Ministério da Educação O projeto Escola de Fábrica é uma iniciativa do Governo Federal através do Ministério da Educação e realização da Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica, que pretende

Leia mais

CAPÍTULO 10 Modelagem e resposta de sistemas discretos

CAPÍTULO 10 Modelagem e resposta de sistemas discretos CAPÍTULO 10 Modelagem e repota de itema dicreto 10.1 Introdução O itema dicreto podem er repreentado, do memo modo que o itema contínuo, no domínio do tempo atravé de uma tranformação, nete cao a tranformada

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos Page 1 of 5 Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos DECRETO Nº 4.886, DE 20 DE NOVEMBRO DE 2003. Institui a Política Nacional de Promoção da Igualdade Racial - PNPIR e dá

Leia mais

1. DOS OBJETIVOS DO PROGRAMA

1. DOS OBJETIVOS DO PROGRAMA PRÓ-REITORIA DE PESQUISA, INOVAÇÃO E PÓS-GRADUAÇÃO IFPB PROGRAMA DE APOIO AO DESENVOLVIMENTO DE SOLUÇÕES TECNOLÓGICAS PARA AS ATIVIDADES DE PESQUISA, INOVAÇÃO E PÓS-GRADUAÇÃO EDITAL Nº 34/2016 O Instituto

Leia mais

LEI Nº 6559 DE 16 DE OUTUBRO DE 2013. INSTITUI A POLÍTICA ESTADUAL DO IDOSO E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS.

LEI Nº 6559 DE 16 DE OUTUBRO DE 2013. INSTITUI A POLÍTICA ESTADUAL DO IDOSO E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. LEI Nº 6559 DE 16 DE OUTUBRO DE 2013. INSTITUI A POLÍTICA ESTADUAL DO IDOSO E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. O GOVERNADOR DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO Faço saber que a Assembléia Legislativa do Estado do Rio de

Leia mais

CATÁLOGO DE CURSOS SELECIONADOS

CATÁLOGO DE CURSOS SELECIONADOS CATÁLOGO DE CURSOS SELECIONADOS Laureate Network Product & Service Copyright 2013 Laureate Education, Inc. ÍNDICE C A T Á L O G O L N P S ÍCONE Nome do Curo Língua Duração Deenvolvimento do Corpo Acadêmico

Leia mais

Lei nº 8.136, de 17 de dezembro de 2009.

Lei nº 8.136, de 17 de dezembro de 2009. Lei nº 8.136, de 17 de dezembro de 2009. Institui o Programa Cheque Construção para atendimento a população de baixa renda do Município de Campos dos Goytacazes. A CÂMARA MUNICIPAL DE CAMPOS DOS GOYTACAZES

Leia mais

Balanço Social das Empresas

Balanço Social das Empresas Balanço Social das Empresas Aqui inicia-se a construção do Balanço Social de sua empresa, no modelo proposto pelo Ibase. Este importante documento deve ser resultado de um amplo processo participativo

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JARAGUÁ DO SUL PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JARAGUÁ DO SUL PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JARAGUÁ DO SUL PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS Matriz Curricular válida para os acadêmicos ingressantes

Leia mais

Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome

Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome O Brasil assume o desafio de acabar com a miséria O Brasil assume o desafio de acabar com a

Leia mais

PLANOS DE AÇÃO. (Desdobramentos) PASG PLANO DE APERFEIÇOAMENTO DO SISTEMA GERENCIAL ABRIL DE 2007.

PLANOS DE AÇÃO. (Desdobramentos) PASG PLANO DE APERFEIÇOAMENTO DO SISTEMA GERENCIAL ABRIL DE 2007. PLANOS DE AÇÃO (Desdobramentos) PASG PLANO DE APERFEIÇOAMENTO DO SISTEMA GERENCIAL ABRIL DE 2007. Critério 1: Liderança Plano de Ação Item 1.1(3) Avaliação de Desempenho da Liderança O QUÊ? Criar Sistema

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PARA MONITORIA 2013.1

EDITAL DE SELEÇÃO PARA MONITORIA 2013.1 A Faculdade Unida da Paraíba, mantida pela Sociedade Paraibana de Educação e Cultura ASPEC com sede em João Pessoa, PB, torna públicas as regras de funcionamento do sistema de Monitoria no Curso de Graduação,

Leia mais

PROGRAMA DE GOVERNO DUQUE BACELAR 2013/2016

PROGRAMA DE GOVERNO DUQUE BACELAR 2013/2016 PROGRAMA DE GOVERNO DUQUE BACELAR 2013/2016 UM DUQUE PARA TODOS SAÚDE Proposta de ação: - Estabelecer parceria com as redes de hospitais do SUS, para melhor atendimento da população Bacelarense. - Ampliar

Leia mais

Construindo Alianças e Parcerias entre Saúde e Educação para Promover o Direito à Saúde Sexual e Reprodutiva de Adolescentes e Jovens

Construindo Alianças e Parcerias entre Saúde e Educação para Promover o Direito à Saúde Sexual e Reprodutiva de Adolescentes e Jovens Construindo Alianças e Parcerias entre Saúde e Educação para Promover o Direito à Saúde Sexual e Reprodutiva de Adolescentes e Jovens Contribuições do Ministério da Educação O Brasil tem 162.576 escolas

Leia mais

MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE MMA

MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE MMA MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE MMA POLÍTICA NACIONAL DE RESÍDUOS SÓLIDOS S PNRS RESÍDUOS SÓLIDOS RESÍDUOS SÓLIDOS: S UM PROBLEMA DE CARÁTER SOCIAL, AMBIENTAL E ECONÔMICO MODELO TECNOLÓGICO COM AÇÕES A PARA

Leia mais

AUXÍLIO TRANSPORTE TUDO QUE VOCÊ PRECISA PARA MOSTRAR O SEU TALENTO.

AUXÍLIO TRANSPORTE TUDO QUE VOCÊ PRECISA PARA MOSTRAR O SEU TALENTO. AUXÍLIO TRANSPORTE TUDO QUE VOCÊ PRECISA PARA MOSTRAR O SEU TALENTO. ÍNDICE APRESENTAÇÃO...04 MISSÃO E VISÃO DO SISTEMA FIEB... 06 VALORES... 08 OBJETIVOS DO PROGRAMA... 12 APROVEITAMENTO INTERNO... 14

Leia mais

Evento de extensão do dia 29/09/2012

Evento de extensão do dia 29/09/2012 PROGRAMA DE ETENSÃO UNIVERSITÁRIA: UNIVERSIDADE A SERVIÇO DA SOCIEDADE Autores: alunos da Especialização em Docência do Ensino Universitário Professora Organizadora: Drª Andréia Cristina Fregate Baraldi

Leia mais

A Inteligência Empresarial

A Inteligência Empresarial A Inteligência Empresarial A produtividade do Conhecimento deve ser, portanto, a preocupação central dos administradores do século XXI. Conhecimento, inovação e empreendedorismo formam, assim, um tripé

Leia mais

TRANSMISSÃO VERTICAL DO HIV E SÍFILIS: ESTRATÉGIAS PARA REDUÇÃO E ELIMINAÇÃO

TRANSMISSÃO VERTICAL DO HIV E SÍFILIS: ESTRATÉGIAS PARA REDUÇÃO E ELIMINAÇÃO Ministério da Saúde TRANSMISSÃO VERTICAL DO HIV E SÍFILIS: ESTRATÉGIAS PARA REDUÇÃO E ELIMINAÇÃO Brasília - DF 2014 Ministério da Saúde TRANSMISSÃO VERTICAL DO HIV E SÍFILIS: ESTRATÉGIAS PARA REDUÇÃO

Leia mais

Manual dos Indicadores de Acompanhamento do Pacto Empresarial Contra Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes nas Rodovias Brasileiras

Manual dos Indicadores de Acompanhamento do Pacto Empresarial Contra Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes nas Rodovias Brasileiras VAMOS ACABAR COM A EXPLORAÇÃO SEXUAL DE CRIANÇAS E ADOLESCENTES NAS RODOVIAS BRASILEIRAS parceria estratégica parceria técnica Manual dos Indicadores de Acompanhamento do Pacto Empresarial Contra Exploração

Leia mais

A gestão da prática do voluntariado como responsabilidade social, no contexto da estratégia organizacional. Fundação ArcelorMittal

A gestão da prática do voluntariado como responsabilidade social, no contexto da estratégia organizacional. Fundação ArcelorMittal A gestão da prática do voluntariado como responsabilidade social, no contexto da estratégia organizacional Fundação ArcelorMittal ArcelorMittal Maior produtora de aço do mundo com mais de 222.000 empregados

Leia mais

Paternidade, práticas de cuidado e direitos reprodutivos

Paternidade, práticas de cuidado e direitos reprodutivos Paternidade, práticas de cuidado e direitos reprodutivos O Instituto PAPAI foi fundado em 1997. É uma organização não-governamental feminista, sediada em Recife, Nordeste do Brasil. Nossa equipe é formada

Leia mais

Balanço Socioambiental

Balanço Socioambiental Balanço Socioambiental Identificação Instituição Associação dos Portadores da Sindrome de Down Natureza Jurídica Associação Registro no CMAS Utilidade Pública Estadual Isenta da cota patronal INSS Não

Leia mais

CENSO ESCOLAR EDUCACENSO O ITEM COR/RAÇA NO CENSO ESCOLAR DA EDUCAÇÃO BÁSICA

CENSO ESCOLAR EDUCACENSO O ITEM COR/RAÇA NO CENSO ESCOLAR DA EDUCAÇÃO BÁSICA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA DIRETORIA DE ESTATÍSTICAS EDUCACIONAIS COORDENAÇÃO GERAL DO CENSO ESCOLAR DA EDUCAÇÃO BÁSICA CENSO ESCOLAR

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ACRE - Ufac PRÓ-REITORIA DE ASSUNTOS ESTUDANTIS - Proaes

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ACRE - Ufac PRÓ-REITORIA DE ASSUNTOS ESTUDANTIS - Proaes UNIVERSIDADE FEDERAL DO ACRE - Ufac PRÓ-REITORIA DE ASSUNTOS ESTUDANTIS - Proaes EDITAL Nº 20/2016 Proaes Seleção de Bolsistas para atuarem nas Ações da Proaes desenvolvidas no Observatório de Discriminação

Leia mais

Educação em Direitos Humanos Extensão

Educação em Direitos Humanos Extensão Código / Área Temática Direitos Humanos Código / Nome do Curso Etapa de ensino a que se destina Educação em Direitos Humanos Extensão QUALQUER ETAPA DE ENSINO Nível do Curso Extensão Objetivo O objetivo

Leia mais

CONSELHO MUNICIPAL DE DIREITOS DA MULHER CONCEIÇÃO DO COITÉ-BA COMISSÃO DE CIDADANIA E DIREITOS HUMANOS DAS LÉSBICAS E MULHERES BISSEXUAIS

CONSELHO MUNICIPAL DE DIREITOS DA MULHER CONCEIÇÃO DO COITÉ-BA COMISSÃO DE CIDADANIA E DIREITOS HUMANOS DAS LÉSBICAS E MULHERES BISSEXUAIS CONSELHO MUNICIPAL DE DIREITOS DA MULHER CONCEIÇÃO DO COITÉ-BA COMISSÃO DE CIDADANIA E DIREITOS HUMANOS DAS LÉSBICAS E MULHERES BISSEXUAIS ARESENTAÇÃO 1. DA INSTITUIÇÃO, FINALIDADES E ATRIBUIÇÕES A proposta

Leia mais