CARTILHA DISTRIBUIÇÃO E ATENDIMENTO GERAL

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CARTILHA DISTRIBUIÇÃO E ATENDIMENTO GERAL"

Transcrição

1 CARTILHA DISTRIBUIÇÃO E ATENDIMENTO GERAL CADASTRO E ALTERAÇÃO DE PROCESSOS - CLASSES E ASSUNTOS DO CNJ Aracaju, agosto de

2 SUMÁRIO 1. Introdução Classes Processuais Assuntos Processuais Distribuição e Atendimento Geral Classes Processuais Expandindo a Árvore de Classes Pesquisa Pelo Nome da Classe Assuntos Expandindo a Árvore de Assuntos Pesquisa Pelo Nome do Assunto

3 1. Introdução O presente trabalho tem o intuito de propiciar melhorias na rotina de trabalho dos advogados públicos e privados, do Ministério Público e da Defensoria Pública durante o peticionamento inicial (cadastramento e alteração de cadastro dos processos). Uma das características deste peticionamento é a escolha da classes e dos assuntos do processo. Como forma de otimizar o procedimento de peticionamento e de cadastro dos processos, a escolha da classe do Tribunal de Justiça foi excluída, sendo necessário cadastrar apenas a classe do CNJ, e houve ainda modificação na visualização das classes e dos assuntos. Para alcançar isto, o TJSE adotou o formato de classificação já existente nas Tabelas Processuais Unificadas do CNJ, que pode ser acessada diretamente no site do CNJ. As TPU S foram criadas pela Resolução nº 46/2007 do CNJ com o objetivo de padronizar e uniformizar as informações processuais essenciais à gestão do Poder Judiciário. Esta tabela foi construída sob uma formatação jurídica que permite aos operadores do direito melhor classificar as petições inicias, assim como os servidores do TJSE também poderão classificar os processos judiciais mais qualificadamente. A TPU usa como critério para as classes processuais o rito processual que ditará o processo. Como exemplo temos a classe processual Procedimento Ordinário. Como assunto, a tabela entende que devem ser cadastrados os pedidos do processo, a exemplo do Dano Material em Acidente de Trânsito Classes Processuais Analisando a tabela de classes do CNJ, percebe-se que as divisões foram construídas com base nos Órgão do Poder Judiciário elencados no art. 92 da CF. 3

4 Mas esta formatação por Órgãos do Poder Judiciário não é exclusiva. A TPU também detalhou os grupos por tema genéricos como Processo Cível e Processo Criminal, e por temas mais específicos como Juizados da Infância e Juventude e Processo Militar. Dentro de cada um destes temas o CNJ relacionou classes referentes ao tema, em um formato de árvore, expansível, que permite ao usuário entender a estrutura jurídica aplicada e qual a classe mais apropriada para o cadastro. 4

5 Assim, percebemos que a árvore é dividida em grupos e em cada grupo existem classes vinculadas. São estas classes que serão cadastradas nos processos judiciais. Obs: apenas uma classe processual pode ser cadastrada por processo Assuntos Processuais Os assuntos processuais foram criados sob as mesma lógica jurídica adotada para as classes. O CNJ construiu a árvore de assuntos agrupando os assuntos de acordo com os ramos do direito (Civil, Penal, Processual Civil, Processual Penal) e com matérias específicas (Direito do Consumidor, Direito da Criança e do Adolescente, Direito Marítimo, Direito Previdenciário, etc...). 5

6 Da mesma forma que as classes, os assuntos processuais estão formatados em árvore expansíveis, onde o assunto a ser cadastrado encontra-se no último nível, conforme tela abaixo. 6

7 Obs: diferentemente das classes que só permitem o cadastro de uma classe por processo, os assuntos não têm esta restrição, permitindo o cadastro de tantos assuntos quanto bastem para melhor identificar os dados do processo. 2. Distribuição e Atendimento Geral A partir de 01/09/2015 os servidores do atendimento geral e dos setores de distribuição terão uma forma mais intuitiva para escolher a classe e os assuntos durante o cadastro de processos. Na nova formatação, os itens estarão disponibilizados em formato idêntico às Tabelas Processuais Unificadas do CNJ Classes Processuais Ao cadastrar um processo os usuários deverão clicar na aba CLASSES, conforme tela abaixo. 7

8 Isto fará com que o sistema abra a tabela das TPU S, já com a classe selecionada no cadastro do advogado/promotor/procurador/defensor realizado no portal do advogado. Caso o usuário entenda ser necessário alterar o cadastro, ele deverá selecionar a categoria (grupo de competência) correta e a classe correspondente. 8

9 Existem duas formas de encontrar a classe desejada: expandindo a árvore ou pesquisando pelo nome da classe Expandindo a Árvore de Classes Escolhendo este método, o usuário deverá clicar no botão + ao lado da pasta correspondente ao gênero da classe desejada, o que fará com que a árvore expanda mais um nível até que encontre o último nível. Este último nível é a classe que será cadastrada no processo. 9

10 Para selecionar a classe processual, basta clicar no botão o sistema passará para o passo seguinte que é a escolha dos assuntos. ao lado da classe. Automaticamente Pesquisa Pelo Nome da Classe A escolha da classe processual também pode ser feita pelo campo de pesquisa, localizado na parte superior conforme demonstra a figura abaixo. 10

11 O usuário deverá digitar o nome da classe no campo de pesquisa que o sistema expandirá a árvore de classes até o resultado encontrado. No exemplo abaixo o usuário digitou a palavra ORDINÁRIO e o sistema informou o resultado diretamente. Em seguida basta selecionar a classe que o sistema passará automaticamente para o cadastro dos assuntos. Caso seja necessário alterar a classe, o usuário deverá selecionar a categoria repetir o procedimento Assuntos Após a escolha da classe processual, o usuário deverá escolher os assuntos vinculados ao processo. A estrutura dos assuntos tem a mesma formatação das classes. Foi construída em árvore, que permite a expansão do nível mais genérico para o mais específico, sendo este último nível o assunto a ser escolhido. 11

12 Expandindo a Árvore de Assuntos Escolhendo este método, o usuário deverá clicar no botão + ao lado da pasta correspondente ao gênero do assunto desejado, o que fará com que a árvore expanda mais um nível até que encontre o último nível. Este último nível é o assunto que será cadastrado no processo. 12

13 Percebe-se da tela acima que mais de um assunto pode ser selecionado no processo. Após escolher o assuntos, os mesmos vão sendo inseridos automaticamente na tabela Assuntos Selecionados. 13

14 Para excluir um assunto, basta desmarcar o assunto. Para finalizar o procedimento, o usuário deverá selecionar qual o assunto principal do processo, conforme tela abaixo Pesquisa Pelo Nome do Assunto A escolha do assunto processual também pode ser feita pelo campo de pesquisa, localizado na parte superior da tela conforme demonstra a figura abaixo. 14

15 O usuário deverá digitar o nome assunto no campo de pesquisa que o sistema expandirá a árvore até o resultado encontrado. No exemplo abaixo o usuário digitou a palavra PULSOS e o sistema informou o resultado diretamente. Em seguida basta selecionar o assunto que o mesmo ficará armazenado temporariamente. Caso deseje cadastrar mais assuntos, basta repetir o procedimento que o sistema guardará os assuntos selecionados até o fim do cadastro da petição. Para finalizar o procedimento, o usuário deverá selecionar qual o assunto principal do processo, conforme tela abaixo. 15

16 Desta forma, estará finalizado o procedimento de cadastro de classes e assuntos. Os demais passos do cadastro não sofreram alteração e devem ser realizados normalmente. 16

MANUAL TEÓRICO DAS TABELAS PROCESSUAIS UNIFICADAS DO CONSELHO NACIONAL DE JUSTIÇA. Diretoria de Modernização Judiciária

MANUAL TEÓRICO DAS TABELAS PROCESSUAIS UNIFICADAS DO CONSELHO NACIONAL DE JUSTIÇA. Diretoria de Modernização Judiciária MANUAL TEÓRICO DAS TABELAS PROCESSUAIS UNIFICADAS DO CONSELHO NACIONAL DE JUSTIÇA Diretoria de Modernização Judiciária Aracaju, 29 de agosto de 2008 1 1 APRESENTAÇÃO Este Manual tem por escopo apresentar

Leia mais

GUIA PARA AJUIZAMENTO DE AÇÕES

GUIA PARA AJUIZAMENTO DE AÇÕES GUIA PARA AJUIZAMENTO DE AÇÕES Natal/RN - Janeiro de 2015 Bem vindo ao PJe O Processo Judicial Eletrônico (PJe) projeto do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) é um sistema de informação que permite a prática

Leia mais

Tribunal de Justiça do Estado do Amapá Secretaria de Gestão Processual Eletrônica. Tucujuris Web Contato: tucujuris@tjap.jus.br

Tribunal de Justiça do Estado do Amapá Secretaria de Gestão Processual Eletrônica. Tucujuris Web Contato: tucujuris@tjap.jus.br A funcionalidade proporciona aos advogados o peticionamento inicial e o peticionamento incidental somente para os juizados virtuais da Justiça do Estado do Amapá. Procedimentos: 1. Acessar o site do Tribunal

Leia mais

Introdução Funcionalidades por perfil Advogado e Jus Postulandi Adicionar defensoria representante de uma parte Adicionar procuradoria representante

Introdução Funcionalidades por perfil Advogado e Jus Postulandi Adicionar defensoria representante de uma parte Adicionar procuradoria representante 1 Introdução Funcionalidades por perfil Advogado e Jus Postulandi Adicionar defensoria representante de uma parte Adicionar procuradoria representante de uma parte Detalhes do processo Representante processual

Leia mais

CARTILHA CONTROLE ELETRÔNICO DA SITUAÇÃO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE

CARTILHA CONTROLE ELETRÔNICO DA SITUAÇÃO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE CARTILHA CONTROLE ELETRÔNICO DA SITUAÇÃO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE Aracaju-SE, junho de 2015 1 SUMÁRIO I - APRESENTAÇÃO... 3 II - PROCEDIMENTO NO SISTEMA INFORMATIZADO... 3 III - DO REGISTRO DA SITUAÇÃO

Leia mais

P r a t i c i d a d e no envio e recebimento das Vistas pelos Promotores;

P r a t i c i d a d e no envio e recebimento das Vistas pelos Promotores; Resumo Este documento contém orientações sobre como utilizar o sistema SAJPG5 para gerar Vistas ao Ministério Público do Estado de São Paulo através do conceito de Intimações Eletrônicas - Portal. Principais

Leia mais

Bem vindo ao PJE ajuizamento de ação.

Bem vindo ao PJE ajuizamento de ação. Bem vindo ao PJE O Processo Judicial Eletrônico (PJe) projeto do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) é um sistema de informação que permite a prática de atos pelos magistrados, servidores, advogados e demais

Leia mais

SIDAP - Sistema Integrado de Distribuição e Acompanhamento Processual

SIDAP - Sistema Integrado de Distribuição e Acompanhamento Processual SUMÁRIO 1. SOBRE A RESOLUÇÃO 46 MOVIMENTO DO CNJ 2. CONSULTA E CADASTRO DE MOVIMENTOS DO PROCESSO 2.1 CONSULTAR MOVIMENTOS CADASTRADOS 2.2 CADASTRAR MOVIMENTOS MANUAIS 3. GERAÇÃO AUTOMÁTICA DE MOVIMENTOS

Leia mais

Receber intimações: poderão receber intimações em processos eletrônicos nos quais estejam vinculados.

Receber intimações: poderão receber intimações em processos eletrônicos nos quais estejam vinculados. INTRODUÇÃO O tribunal de Justiça de Santa Catarina, em um processo de evolução dos serviços disponíveis no portal e-saj, passa a disponibilizar a peritos, leiloeiros, tradutores e administradores de massas

Leia mais

Tribunal de Justiça do Estado do Pará Secretaria de Informática MANUAL CENTRAL DE CERTIDÕES

Tribunal de Justiça do Estado do Pará Secretaria de Informática MANUAL CENTRAL DE CERTIDÕES Tribunal de Justiça do Estado do Pará Secretaria de Informática MANUAL CENTRAL DE CERTIDÕES Sistema desenvolvido pela Secretária de Informática- TJE/PA Belém/PA Agosto de 2012 SUMÁRIO 1 - Apresentação...3

Leia mais

Manual para Envio de Petição Inicial

Manual para Envio de Petição Inicial Manual para Envio de Petição Inicial 1. Após abrir a página do PROJUDI, digite seu usuário e senha 1.1. Para advogados o usuário é o cpf.adv (ex: 12345678900.adv) 1.2. Após digitar os dados (login e senha),

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DGTEC Diretoria Geral de Tecnologia da Informação DEATE Departamento de Suporte e Atendimento DICAD Divisão de Suporte Técnico de Gestão SEPOR Serviço de

Leia mais

MANUAL DE INTERPOSIÇÃO DE AÇÃO NOS JEFs E TURMAS RECURSAIS DA SEÇÃO JUDICIÁRIA DE SÃO PAULO Resoluções nº 486435 e nº 511363

MANUAL DE INTERPOSIÇÃO DE AÇÃO NOS JEFs E TURMAS RECURSAIS DA SEÇÃO JUDICIÁRIA DE SÃO PAULO Resoluções nº 486435 e nº 511363 1 MANUAL DE INTERPOSIÇÃO DE AÇÃO NOS JEFs E TURMAS RECURSAIS DA SEÇÃO JUDICIÁRIA DE SÃO PAULO Resoluções nº 486435 e nº 511363 Srs. Advogados, O sistema de peticionamento online (Res. nº 486435) foi instituído

Leia mais

Novo Guia de uso rápido do PROJUDI

Novo Guia de uso rápido do PROJUDI 1. O que é o PROJUDI? Novo Guia de uso rápido do PROJUDI O Processo Judicial Digital PROJUDI, também chamado de processo virtual ou de processo eletrônico, pode ser definido como um software que reproduz

Leia mais

Portaria nº 126 de 12 de março de 2014 DOU 13.03.14

Portaria nº 126 de 12 de março de 2014 DOU 13.03.14 Portaria nº 126 de 12 de março de 2014 DOU 13.03.14 Sistema Eletrônico de Informações SEI O que é o SEI? SEI Sistema Eletrônico de Informações é a plataforma adotada pelo Ministério das Comunicações para

Leia mais

Texto. Cadastro do Escritório de Advocacia. 1 de 28

Texto. Cadastro do Escritório de Advocacia. 1 de 28 Cadastro do Escritório de Advocacia 1 de 28 Atividades Propostas a) Acessar a funcionalidade para cadastrar o escritório de advocacia através do menu de opções; b) Cadastrar o escritório de advogado ao

Leia mais

2. TABELAS PROCESSUAIS UNIFICADAS DO PODER JUDICIÁRIO

2. TABELAS PROCESSUAIS UNIFICADAS DO PODER JUDICIÁRIO 1. APRESENTAÇÃO O Conselho Nacional de Justiça CNJ, a fim de melhorar os serviços prestados pela Justiça aos cidadãos, visando aprimorar a coleta de informações estatísticas essenciais ao planejamento

Leia mais

Procedimentos para utilização de nova versão do Java e para correção do erro de acesso ao arquivo, em diferentes versões

Procedimentos para utilização de nova versão do Java e para correção do erro de acesso ao arquivo, em diferentes versões Procedimentos para utilização de nova versão do Java e para correção do erro de acesso ao arquivo, em diferentes versões Elaboração: NPROC/ TRF2 Revisão: SEATE/CAIP/SAJ Com a recente atualização da versão

Leia mais

COMUNICADO. Melhorias efetuadas no Sistema de 1ª Instância Cível Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo

COMUNICADO. Melhorias efetuadas no Sistema de 1ª Instância Cível Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo COMUNICADO Melhorias efetuadas no Sistema de 1ª Instância Cível Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo São Paulo, 02 de Maio de 2012. Ao Cartório Cível: Levamos ao conhecimento dessa Diretoria que

Leia mais

Cadastro de Processos

Cadastro de Processos Cadastro de Processos O módulo de Processos atende às necessidades básicas do escritório para o Acompanhamento de Processos dos clientes sob responsabilidade do escritório. Este módulo segue o fluxo normal

Leia mais

ESCRITÓRIO DIGITAL. Guia do Sistema. Conselho Nacional de Justiça - Brasília, maio de 2015 http://wwwh.cnj.jus.br/escritoriodigital

ESCRITÓRIO DIGITAL. Guia do Sistema. Conselho Nacional de Justiça - Brasília, maio de 2015 http://wwwh.cnj.jus.br/escritoriodigital ESCRITÓRIO DIGITAL Guia do Sistema Conselho Nacional de Justiça - Brasília, maio de 2015 http://wwwh.cnj.jus.br/escritoriodigital Introdução sobre a nova ferramenta digital Com as diversas soluções tecnológicas

Leia mais

NAJ Sistemas em Informática LTDA.

NAJ Sistemas em Informática LTDA. CADASTRAR PROCESSOS NO SISTEMA NAJ 1ª PARTE Campo Código: Código gerado automático pelo sistema Botão Binóculo: Utilize para pesquisar o processo pelo código automático gerado pelo sistema Botão Lupa:

Leia mais

4.1 CADASTRAMENTO DE ASSUNTOS PROCESSUAIS NA ÁREA CÍVEL 4.2 CADASTRAMENTO DE ASSUNTOS PROCESSUAIS NA ÁREA CRIMINAL

4.1 CADASTRAMENTO DE ASSUNTOS PROCESSUAIS NA ÁREA CÍVEL 4.2 CADASTRAMENTO DE ASSUNTOS PROCESSUAIS NA ÁREA CRIMINAL 1 SUMÁRIO: 1. APRESENTAÇÃO 2. TABELAS PROCESSUAIS UNIFICADAS DO PODER JUDICIÁRIO 3. TABELA DE CLASSES PROCESSUAIS 4. TABELA DE ASSUNTOS PROCESSUAIS 4.1 CADASTRAMENTO DE ASSUNTOS PROCESSUAIS NA ÁREA CÍVEL

Leia mais

MANUAL DO PETICIONAMENTO ELETRÔNICO

MANUAL DO PETICIONAMENTO ELETRÔNICO 2013 MANUAL DO PETICIONAMENTO ELETRÔNICO Via Sistema de Automação da Justiça (SAJ) DEFENSORIA PÚBLICA DO ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL Homero Lupo Medeiros Defensor Público de Primeira Instância SUMÁRIO

Leia mais

Setor de Administração Federal Sul (SAFS), Quadra 8 - Lote 1, Bloco A, sala 510 Brasília DF 70.070-600 Telefone: (61) 3043.4005

Setor de Administração Federal Sul (SAFS), Quadra 8 - Lote 1, Bloco A, sala 510 Brasília DF 70.070-600 Telefone: (61) 3043.4005 Peticionamento avulso Manual de uso Versão - 1.0 Data - 09/05/2013 70.070-600 Telefone: (61) 3043.4005 Sumário 1. Histórico de Alterações...3 2. Nomenclaturas...4 3. Visão Geral...5 4. Atores envolvidos...5

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DGTEC Diretoria Geral de Tecnologia da Informação DEATE Departamento de Suporte e Atendimento DICAD Divisão de Suporte Técnico de Gestão SEPOR Serviço de

Leia mais

Tribunal de Justiça do Estado do Amapá Secretaria de Gestão Processual Eletrônica. Tucujuris Web Contato: tucujuris@tjap.jus.br

Tribunal de Justiça do Estado do Amapá Secretaria de Gestão Processual Eletrônica. Tucujuris Web Contato: tucujuris@tjap.jus.br 1. Para protocolar recursos ou demais petições nos processos em trâmite, deve-se acessar o menu Peticionamento e depois escolher a opção Peticionamento Incidental. Atenção: o peticionamento eletrônico

Leia mais

PROCESSO JUDICIAL ELETRÔNICO PJe

PROCESSO JUDICIAL ELETRÔNICO PJe PROCESSO JUDICIAL ELETRÔNICO PJe TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 5ª REGIÃO MANUAL DO ADVOGADO E DO PROCURADOR MÓDULO 1 Sumário 1 Acesso ao sistema3 11 Acessando o PJe3 12 Quadro de Aviso5 13 Identificando

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA MILITAR DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL. Guia Rápido do PJe Para Advogados

TRIBUNAL DE JUSTIÇA MILITAR DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL. Guia Rápido do PJe Para Advogados TRIBUNAL DE JUSTIÇA MILITAR DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL Guia Rápido do PJe Para Advogados Porto Alegre 2015 SUMÁRIO Introdução... 3 Requisitos mínimos... 3 Cadastramento no sistema... 3 Visão geral

Leia mais

MANUAL C R M ÍNDICE. Sobre o módulo de CRM... 2. 1 Definindo a Campanha... 3

MANUAL C R M ÍNDICE. Sobre o módulo de CRM... 2. 1 Definindo a Campanha... 3 ÍNDICE Sobre o módulo de CRM... 2 1 Definindo a Campanha... 3 1.1 Incluir uma campanha... 3 1.2 Alterar uma campanha... 4 1.3 Excluir... 4 1.4 Procurar... 4 2 Definindo os clientes para a campanha... 4

Leia mais

Cotação Eletrônica. 1º Passo: Configure o e-mail em que será utilizado para envio das. cotações.

Cotação Eletrônica. 1º Passo: Configure o e-mail em que será utilizado para envio das. cotações. Cotação Eletrônica 1º Passo: Configure o e-mail em que será utilizado para envio das cotações. Na tela Configurações do Sistema do módulo Retaguarda selecione a opção MOURAMAIL na configuração Modo de

Leia mais

SIDAP 1º INSTÂNCIA. Resolução CNJ 65 Padronização do número dos Processos Judiciais

SIDAP 1º INSTÂNCIA. Resolução CNJ 65 Padronização do número dos Processos Judiciais SIDAP 1º INSTÂNCIA Resolução CNJ 65 Padronização do número dos Processos Judiciais ÍNDICE 1. APRESENTAÇÃO... 3 2. RESOLUÇÃO Nº 65/2008 - OBJETIVOS DA NUMERAÇÃO PADRONIZADA... 3 3. NUMERAÇÃO PADRONIZADA

Leia mais

ATOS JUDICIAIS COLEGIADOS Módulo integrante do Sistema RUPE

ATOS JUDICIAIS COLEGIADOS Módulo integrante do Sistema RUPE 1 ATOS JUDICIAIS COLEGIADOS Módulo integrante do Sistema RUPE CARTILHA SOBRE O FUNCIONAMENTO DO SISTEMA Elaborado por: Gerência de Sistemas Judiciais Informatizados (GEJUD). Atualizada em: 23/03/2015.

Leia mais

Manual. E-proc v2. Para Advogados

Manual. E-proc v2. Para Advogados Manual Do E-proc v2 Para Advogados FEVEREIRO/2010 1 S U M Á R I O 1. Acesso ao site 2. Cadastro no sistema 2.1. Validação do Cadastro 3. Acesso ao sistema 4. Painel do Advogado 4.1. Processos pendentes

Leia mais

IMPLANTAÇÃO DO SISTEMA SAJPG5 PROCESSOS EM PAPEL E PROCESSOS DIGITAIS

IMPLANTAÇÃO DO SISTEMA SAJPG5 PROCESSOS EM PAPEL E PROCESSOS DIGITAIS IMPLANTAÇÃO DO SISTEMA SAJPG5 PROCESSOS EM PAPEL E PROCESSOS DIGITAIS ORIENTAÇÕES GERAIS No decorrer do ano de 2012/2013 o Plano PUMA implantou sistema único em todo o Estado. Tal sistema abrange área

Leia mais

Peticionar Inquérito e Outros Documentos

Peticionar Inquérito e Outros Documentos Peticionar Inquérito e Outros Documentos Este manual se destina a orientar a Polícia Civil a realizar o Peticionamento de Inquéritos e Outros Documentos (exceto Auto de Prisão em Flagrante) para o Tribunal

Leia mais

Como funciona? SUMÁRIO

Como funciona? SUMÁRIO SUMÁRIO 1. Introdução... 2 2. Benefícios e Vantagens... 2 3. Como utilizar?... 2 3.1. Criar Chave / Senha de Usuário... 2 3.2. Recursos da Barra Superior... 2 3.2.1. Opções... 3 3.2.1.1. Mover Para...

Leia mais

1. NOVIDADES DO NÚMERO ÚNICO DE PROCESSO. 1.1 Resolução nº 65 do CNJ. 1.2 Conversão do Número do Processo. 1.3 Novos ícones

1. NOVIDADES DO NÚMERO ÚNICO DE PROCESSO. 1.1 Resolução nº 65 do CNJ. 1.2 Conversão do Número do Processo. 1.3 Novos ícones 1. NOVIDADES DO NÚMERO ÚNICO DE PROCESSO 1.1 Resolução nº 65 do CNJ 1.2 Conversão do Número do Processo 1.3 Novos ícones 1 Tela Antiga Tela Nova 2 2. NOVIDADES DA VISUALIZAÇÃO DAS FILAS DE TRABALHO 2.1

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO INFORMANDO PARA MELHOR ATENDER AO ADVOGADO SECRETARIA DA PRIMEIRA INSTÂNCIA

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO INFORMANDO PARA MELHOR ATENDER AO ADVOGADO SECRETARIA DA PRIMEIRA INSTÂNCIA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO INFORMANDO PARA MELHOR ATENDER AO ADVOGADO SECRETARIA DA PRIMEIRA INSTÂNCIA COORDENADORIA DE GESTÃO DO ATENDIMENTO AO PÚBLICO www.tjsp.jus.br

Leia mais

CADASTRO NACIONAL DE CONDENAÇÕES CÍVEIS POR ATO DE IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA E INELEGIBILIDADE MANUAL DO USUÁRIO

CADASTRO NACIONAL DE CONDENAÇÕES CÍVEIS POR ATO DE IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA E INELEGIBILIDADE MANUAL DO USUÁRIO CADASTRO NACIONAL DE CONDENAÇÕES CÍVEIS POR ATO DE IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA E INELEGIBILIDADE MANUAL DO USUÁRIO Sumário 1. Tela de login do Sistema de Controle de Acesso...3 2. Tela de seleção dos sistemas...4

Leia mais

Publicação de Peças Eletrônicas na Consulta Processual Pública

Publicação de Peças Eletrônicas na Consulta Processual Pública 1 Publicação de Peças Eletrônicas na Consulta Processual Pública CARTILHA SOBRE O FUNCIONAMENTO DO SISTEMA Elaborado por: Gerência de Sistemas Judiciais Informatizados (GEJUD) e 34ª Vara Cível de BH. Atualizada

Leia mais

Este Procedimento Operacional Padrão define as etapas necessárias de como fazer o Cadastro de Clientes e Fornecedores no Sistema TOTVS RM.

Este Procedimento Operacional Padrão define as etapas necessárias de como fazer o Cadastro de Clientes e Fornecedores no Sistema TOTVS RM. Este Procedimento Operacional Padrão define as etapas necessárias de como fazer o Cadastro de Clientes e Fornecedores no Sistema TOTVS RM. Índice I. Acesso ao Cadastro... 2 II. Seleção de Filtros... 3

Leia mais

Guia Rápido do PJe Para Advogados

Guia Rápido do PJe Para Advogados TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE MINAS GERAIS CORREGEDORIA-GERAL DE JUSTIÇA Guia Rápido do PJe Para Advogados Belo Horizonte 2014 Sumário 1. Introdução 2. Requisitos mínimos 3. Cadastramento no sistema

Leia mais

PROCESSO JUDICIAL ELETRÔNICO PJe

PROCESSO JUDICIAL ELETRÔNICO PJe PROCESSO JUDICIAL ELETRÔNICO PJe TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 5ª REGIÃO MANUAL DO ADVOGADO E DO PROCURADOR MÓDULO 3 Sumário 1 Painel do Advogado/Procurador3 11 Aba Processos 3 111 Aba Pendentes de Manifestação

Leia mais

Nome do Processo: Entrada de Pedidos com múltiplos endereços de entrega com NF-e Diferente

Nome do Processo: Entrada de Pedidos com múltiplos endereços de entrega com NF-e Diferente Desenvolvimento BM-1208 Versão 5 Release 22 Autor Sirlene Araújo Ajuste realizado através da pendência BMMANU-7289 Foi solicitado que o parâmetro Gera Pedido de Encomenda habilite na tela de pedido de

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE MINAS GERAIS CORREGEDORIA-GERAL DE JUSTIÇA. Guia Rápido do PJe Para Advogados

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE MINAS GERAIS CORREGEDORIA-GERAL DE JUSTIÇA. Guia Rápido do PJe Para Advogados TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE MINAS GERAIS CORREGEDORIA-GERAL DE JUSTIÇA Guia Rápido do PJe Para Advogados Belo Horizonte 2015 Sumário 1. Introdução 2. Requisitos mínimos 3. Cadastramento no sistema

Leia mais

PROCESSO JUDICIAL ELETRÔNICO PJe

PROCESSO JUDICIAL ELETRÔNICO PJe PROCESSO JUDICIAL ELETRÔNICO PJe TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 5ª REGIÃO MANUAL DO SERVIDOR 1ºGRAU MÓDULO 4 Sumário 1 Processo3 11 Consulta3 111 Consulta de Processo3 112 Localização Tarefa21 113 Retificação

Leia mais

Manual do Contribuidor. Portal de Internet. Projeto: Novo Portal de internet

Manual do Contribuidor. Portal de Internet. Projeto: Novo Portal de internet Manual do Contribuidor Portal de Internet Projeto: Novo Portal de internet 1. Propósito Este documento tem o propósito de orientar usuários a utilizar as funcionalidades do portal do Inea no modo de contribuição.

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO. DGTEC Diretoria Geral de Tecnologia da Informação. DERUS Departamento de Relacionamento com o Usuário

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO. DGTEC Diretoria Geral de Tecnologia da Informação. DERUS Departamento de Relacionamento com o Usuário TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DGTEC Diretoria Geral de Tecnologia da Informação DERUS Departamento de Relacionamento com o Usuário MANUAL DO USUÁRIO Manutenção da Caixa de Correio do

Leia mais

Manual de Distribuição Processual Eletrônica

Manual de Distribuição Processual Eletrônica Manual do Usuário Manual de Distribuição Processual Eletrônica Portal de Serviços Template Versão 1.1 SUMÁRIO 1. Distribuição Eletrônica... 3 1.1 1.2 Acesso ao Sistema... 3 Distribuindo Eletronicamente

Leia mais

TUTORIAL COM OS PROCEDIMENTOS DE

TUTORIAL COM OS PROCEDIMENTOS DE TUTORIAL COM OS PROCEDIMENTOS DE GERAÇÃO DE BOLETOS BRADESCO NO FINANCE 2 Índice Como gerar Boleto Bancário pelo Bradesco... 3 Como gerar os arquivos de Remessa para o Banco pelo Finance... 14 Como enviar

Leia mais

CARTILHA. Principais mudanças contidas na versão 1.7.1.0

CARTILHA. Principais mudanças contidas na versão 1.7.1.0 CARTILHA PROCESSO JUDICIAL ELETRÔNICO Principais mudanças contidas na versão 1.7.1.0 Belo Horizonte 2015 Corregedoria-Geral de Justiça SUMÁRIO 1. Introdução 2. Perfil de Advogado 3. Módulo de Procuradoria

Leia mais

Guia Básico de Utilização do Sistema de Peticionamento Eletrônico

Guia Básico de Utilização do Sistema de Peticionamento Eletrônico 2014 Guia Básico de Utilização do Sistema de Peticionamento Eletrônico Vs 01 Núcleo de Práticas Jurídicas 27/02/2014 Conteúdo PÁGINA INICIAL... 3 TELA DE LOGIN... 4 TELA DE CADASTRO... 5 TELA PETIÇÃO INICIAL

Leia mais

PORTAL DE SERVIÇOS Processo Eletrônico

PORTAL DE SERVIÇOS Processo Eletrônico danielvermersch@tjrj.jus.br PORTAL DE SERVIÇOS Processo Eletrônico Ano 2014 Sumário 1. Acesso ao Portal de Serviços 2. Perfis de Usuários 3. Portlets 4. Consultas Processuais 5. Distribuição Eletrônica

Leia mais

Faculdade de Medicina de Marília Manual de acesso ao Demonstrativo de Pagamento de Salário dos Colaboradores

Faculdade de Medicina de Marília Manual de acesso ao Demonstrativo de Pagamento de Salário dos Colaboradores ACESSO AO DEMOSTRATIVO DE PAGAMENTO Para acessar o demonstrativo de pagamento, serão necessários os seguintes passos: 1º) Acesse o site da FAMEMA, vá em Área Funcionário localizado no canto superior direito,

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 8ª REGIÃO INTRODUÇÃO

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 8ª REGIÃO INTRODUÇÃO Assegurar o acesso à justiça, de forma efetiva, na composição dos conflitos decorrentes das relações de trabalho. Missão Institucional do TRT da 8ª Região. INTRODUÇÃO Prática adotada pelo Tribunal Regional

Leia mais

OAB Online... 4. Acesso ao Sistema... 9. Publicações... 9. Marcar Prazo...10. Pesquisa por Publicações...11. Configuração de Preferências...

OAB Online... 4. Acesso ao Sistema... 9. Publicações... 9. Marcar Prazo...10. Pesquisa por Publicações...11. Configuração de Preferências... Índice Introdução OAB Online............................................ 4 Sistema OAB On-line Acesso ao Sistema........................................ 9 Publicações............................................

Leia mais

Manual do Usuário (Perfil TJ) Sistema de Solicitação de Indicação

Manual do Usuário (Perfil TJ) Sistema de Solicitação de Indicação Manual do Usuário (Perfil TJ) Sistema de Solicitação de Indicação A Defensoria Pública do Estado, por meio de sua Assessoria de Convênios, comunica que desenvolveu sistema denominado Sistema de Solicitação

Leia mais

Manual da Petição Eletrônica Intercorrente

Manual da Petição Eletrônica Intercorrente TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DGTEC Diretoria Geral de Tecnologia da Informação DEATE Departamento de Suporte e Atendimento Manual da Petição Eletrônica Intercorrente TRIBUNAL DE JUSTIÇA

Leia mais

Manual Gerencial. Sumário DRE - O QUE É. Customizado. atalho no menu do ERP. Geral de Rotinas Comuns em Cadastros do manual para download

Manual Gerencial. Sumário DRE - O QUE É. Customizado. atalho no menu do ERP. Geral de Rotinas Comuns em Cadastros do manual para download MANUAL GERENCIAL Sumário DRE - O QUE É 3... 4 Abrindo o aplicativo... 6 Menu Customizado... 7 C olocando atalho no menu do ERP... 16 Cadastro de Demonstrativo... 22 Filtros de pesquisa... 25 Menu Geral

Leia mais

4 / Nova tela de Descrição Cirúrgica - Médicos. O que mudou?

4 / Nova tela de Descrição Cirúrgica - Médicos. O que mudou? Nova tela de Descrição Cirúrgica - Médicos. O que mudou? 1 Possibilidade de inserir uma ou varias descrições por cirurgia (uma para cada procedimento) 2 Possibilidade de inserir varias anestesias por cirurgia

Leia mais

Guia de Atualização do Projudi

Guia de Atualização do Projudi 1 TRIBUNAL de JUSTIÇA do ESTADO da BAHIA Corregedoria Geral da Justiça do Estado da Bahia Coordenação dos Juizados Especiais Guia de Atualização do Projudi Sistema de Processo Eletrônico TJ-BA Salvador

Leia mais

CREDENCIAMENTO DO ADVOGADO AO PORTAL DO ADVOGADO - SERVIÇOS DO PROCESSO ELETRÔNICO

CREDENCIAMENTO DO ADVOGADO AO PORTAL DO ADVOGADO - SERVIÇOS DO PROCESSO ELETRÔNICO CREDENCIAMENTO DO ADVOGADO AO PORTAL DO ADVOGADO - SERVIÇOS DO PROCESSO ELETRÔNICO 1 1. Introdução O presente manual tem por objetivo orientar a todos os Técnicos Judiciários/Escrivães/Chefes de Secretaria,

Leia mais

Manual do Usuário Projeto DECOM DIGITAL Versão 1.0

Manual do Usuário Projeto DECOM DIGITAL Versão 1.0 Manual do Usuário Projeto DECOM DIGITAL Versão 1.0 Sumário 1 INTRODUÇÃO... ERRO! INDICADOR NÃO DEFINIDO. 2 ABRANGÊNCIA DO SISTEMA... 3 3 DESCRIÇÃO DO SISTEMA... 3 4 COMO ACESSAR O SISTEMA... 3 5 COMO NAVEGAR

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO DA UNIÃO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 6ª REGIÃO. Manual do Usuário

PODER JUDICIÁRIO DA UNIÃO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 6ª REGIÃO. Manual do Usuário PODER JUDICIÁRIO DA UNIÃO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 6ª REGIÃO Manual do Usuário Push Acompanhamento de Tramitação de Processos Responsável: Renato Ferraz Conteúdo 1. Introdução...

Leia mais

Emissão de Nota Fiscal de Serviço Eletrônica

Emissão de Nota Fiscal de Serviço Eletrônica Emissão de Nota Fiscal de Serviço Eletrônica Introdução A emissão de Nota Fiscal de Serviço Eletrônica traz ao cliente TTransp a possibilidade de documentar eletronicamente as operações de serviço prestadas

Leia mais

Como utilizar o Cross-Docking Logix WMS

Como utilizar o Cross-Docking Logix WMS Como utilizar o Cross-Docking Logix WMS fevereiro/2011 Como utilizar o cross-docking WMS Logix Objetivo: Permitir o recebimento, a armazenagem e a expedição de produtos controlados sob o conceito de cross-docking.

Leia mais

1. O que é a integração de processos

1. O que é a integração de processos 1. O que é a integração de processos É a integração de rotinas do Cordilheira Software Contábil com o Cordilheira Gestão Web. Neste momento, está sendo liberada a digitação do movimento da folha de pagamento

Leia mais

Sistema de Informações ao Cidadão

Sistema de Informações ao Cidadão Sistema de Informações ao Cidadão MANUAL Belém Pará 2012 Sistema de Informações ao Cidadão Sumário 1. Como acessar o SIC?... 3 2. Perfis de acesso ao Sistema... 3 2.1. Gestor... 3 2.2. Membro... 3 2.3.

Leia mais

Conteúdo. Juízes Titulares das Varas Digitais COORDENADORIA DAS VARAS DIGITAIS JUIZ COORDENADOR: RICARDO GOMES FAÇANHA

Conteúdo. Juízes Titulares das Varas Digitais COORDENADORIA DAS VARAS DIGITAIS JUIZ COORDENADOR: RICARDO GOMES FAÇANHA Conteúdo 1. Para distribuir uma ação nova:... 3 2. Como protocolar uma petição nas varas digitais... 4 3. Dicas Úteis... 5 4. Materialização do processo digital... 7 5. Consulta do Processo... 7 6. Responsabilidade...

Leia mais

Portal do Senac: Área Exclusiva para Alunos Manual de Navegação e Operação

Portal do Senac: Área Exclusiva para Alunos Manual de Navegação e Operação Portal do Senac: Área Exclusiva para Alunos Índice 1. Introdução... 4 2. Acessando a área exclusiva... 5 3. Trocando a senha... 6 4. Mensagens... 7 4.1. Conhecendo a tela principal... 7 4.2. Criando uma

Leia mais

E-CNJ PROCESSO ELETRÔNICO

E-CNJ PROCESSO ELETRÔNICO E-CNJ PROCESSO ELETRÔNICO MANUAL DE PETICIONAMENTO DO ADVOGADO Versão 1.0 1 ÍNDICE 1. ACESSO AO SISTEMA... 3 2. CADASTRO DE ADVOGADOS... 4 3. TELA DE LOGIN DO E-CNJ:... 7 4. PETICIONAMENTO NO SISTEMA E-CNJ...

Leia mais

Sistema Projudi - Manual do Projudi Cadastro de Nova Ação

Sistema Projudi - Manual do Projudi Cadastro de Nova Ação Para o cadastro de uma nova ação no PROJUDI, primeiramente acessamos a tela inicial através do endereço, https://portal.tjpr.jus.br/projudi/, onde para entrarmos no sistema utilizamos o usuário e senha

Leia mais

PRACTICO LIVE! - CONSULTAS DINÂMICAS POSIÇÃO DE ESTOQUE

PRACTICO LIVE! - CONSULTAS DINÂMICAS POSIÇÃO DE ESTOQUE PRACTICO LIVE! - CONSULTAS DINÂMICAS POSIÇÃO DE ESTOQUE Através de filtros para pesquisa de informações, a Rotina de Consultas Dinâmicas disponibiliza uma série de relatórios de rápida execução que permitem

Leia mais

PROCESSO ELETRÔNICO NA JUSTIÇA FEDERAL

PROCESSO ELETRÔNICO NA JUSTIÇA FEDERAL PROCESSO ELETRÔNICO NA JUSTIÇA FEDERAL CONFORTO, AGILIDADE, ECONOMIA, SEGURANÇA 1ª Edição dezembro de 2009 Elaboração e Projeto Gráfico Subsecretaria de Informação e Documentação SID Arte Cristina Gerheim

Leia mais

Tutorial Sistema de Avaliação de Desempenho SAD

Tutorial Sistema de Avaliação de Desempenho SAD Tutorial Sistema de Avaliação de Desempenho SAD Diretoria de Planejamento, Administração e Logística - DIPLAN Coordenação Geral de Gestão de Pessoas - CGGP Sumário - Apresentação - Introdução - ACESSO

Leia mais

SIGEM AVALIAÇÃO DE ALUNOS WEB

SIGEM AVALIAÇÃO DE ALUNOS WEB SIGEM AVALIAÇÃO DE ALUNOS WEB Conteúdo 1. ABERTURA DO SISTEMA... 3 1.1. Barra principal de Ferramentas... 4 1.2. Filtro de consultas... 5 2. VISÃO GERAL DO SISTEMA... 6 3. SELECIONAR ESCOLA... 7 4. SISTEMA

Leia mais

Manual Usuário Sistema Audatex

Manual Usuário Sistema Audatex Manual Usuário Sistema Audatex Conhecimento global. Foco local. www.audatex.com.br / www.solerainc.com Versão 1.0 Histórico das versões VER DATA AUTOR DESCRIÇÃO DA MODIFICAÇÃO 2.0 24.08.2010 MT Versão

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA EDITAL N.º 07/2015-CONCILIADOR E JUIZ LEIGO

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA EDITAL N.º 07/2015-CONCILIADOR E JUIZ LEIGO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL EDITAL N.º 07/2015-CONCILIADOR E JUIZ LEIGO PROCESSO SELETIVO UNIFICADO PARA AS FUNÇÕES DE CONCILIADOR E JUIZ LEIGO EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA MANIFESTAÇÃO DE INTERESSE

Leia mais

Cartilha do Gestor de Frota do Órgão / Entidade

Cartilha do Gestor de Frota do Órgão / Entidade Cartilha do Gestor de Frota do Órgão / Entidade SGTA Sistema de Gestão Total de Abastecimento do Governo do Estado de Minas Gerais REV DATA ALTERAÇÃO CRIAÇÃO REVISÃO APROVAÇÃO 01 13/01/14 Versão inicial

Leia mais

MANUAL DO PVP SUMÁRIO

MANUAL DO PVP SUMÁRIO Manual PVP - Professores SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO... 6 2 ACESSANDO O PVP... 8 3 TELA PRINCIPAL... 10 3.1 USUÁRIO... 10 3.2 INICIAL/PARAR... 10 3.3 RELATÓRIO... 10 3.4 INSTITUIÇÕES... 11 3.5 CONFIGURAR... 11

Leia mais

MANUAL DE INTERPOSIÇÃO DE AÇÃO NOS JEFs E TURMAS RECURSAIS DA SEÇÃO JUDICIÁRIA DE SÃO PAULO

MANUAL DE INTERPOSIÇÃO DE AÇÃO NOS JEFs E TURMAS RECURSAIS DA SEÇÃO JUDICIÁRIA DE SÃO PAULO 1 MANUAL DE INTERPOSIÇÃO DE AÇÃO NOS JEFs E TURMAS RECURSAIS DA SEÇÃO JUDICIÁRIA DE SÃO PAULO Srs. Advogados, O sistema de peticionamento online foi instituído com o fito de agilizar a análise das iniciais

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 149/2010. O Tribunal de Justiça do Estado do Acre, no uso das atribuições legais,

RESOLUÇÃO Nº 149/2010. O Tribunal de Justiça do Estado do Acre, no uso das atribuições legais, RESOLUÇÃO Nº 149/2010 Autoriza a implantação do Processo Eletrônico no âmbito do Tribunal de Justiça do Estado do Acre e dá outras providências. O Tribunal de Justiça do Estado do Acre, no uso das atribuições

Leia mais

SISTEMA DE CONTROLE DE DOCUMENTOS AVULSOS - SISDOC. Manual do Sistema v3.1

SISTEMA DE CONTROLE DE DOCUMENTOS AVULSOS - SISDOC. Manual do Sistema v3.1 SISTEMA DE CONTROLE DE DOCUMENTOS AVULSOS - SISDOC Manual do Sistema v3.1 JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 18ª REGIÃO SISTEMA DE CONTROLE DE DOCUMENTOS AVULSOS 1- Introdução O Sistema

Leia mais

Manual Documentação de Arquivos. Tela Classificação de Arquivo

Manual Documentação de Arquivos. Tela Classificação de Arquivo Manual Documentação de Arquivos Tela Classificação de Arquivo Objetivo e orientações iniciais Registro das classificações dos arquivos: título e unidade organizacional responsável. Menu: Documentação Classificação

Leia mais

Justiça Federal Subseção Judiciária de Santa Maria. http://www.jef-rs.gov.br

Justiça Federal Subseção Judiciária de Santa Maria. http://www.jef-rs.gov.br http://www.jef-rs.gov.br VANTAGENS DO SISTEMA ELETRÔNICO: DIRETAS INDIRETAS Diminuição de custos com papel, impressão, fotocópias; deslocamentos ao JEF; comodidade do acesso imediato aos autos no momento

Leia mais

JURÍDICO. Gestão de Escritório de Advocacia Manual do Usuário. versão 1

JURÍDICO. Gestão de Escritório de Advocacia Manual do Usuário. versão 1 JURÍDICO Gestão de Escritório de Advocacia Manual do Usuário versão 1 Sumário Introdução 1 Operação básica do aplicativo 2 Formulários 2 Filtros de busca 2 Telas simples, consultas e relatórios 3 Parametrização

Leia mais

MANUAL COTAÇAO WEB MANUAL MANUAL AVANÇO INFORMÁTICA AVANÇO INFORMÁTICA. [Digite seu endereço] [Digite seu telefone] [Digite seu endereço de email]

MANUAL COTAÇAO WEB MANUAL MANUAL AVANÇO INFORMÁTICA AVANÇO INFORMÁTICA. [Digite seu endereço] [Digite seu telefone] [Digite seu endereço de email] MANUAL COTAÇAO WEB [Digite seu endereço] [Digite seu telefone] [Digite seu endereço de email] MANUAL MANUAL AVANÇO INFORMÁTICA AVANÇO INFORMÁTICA Material Desenvolvido para a Célula Materiais Autor: Equipe

Leia mais

GPA (Gerenciador de Pedidos de Afastamentos)

GPA (Gerenciador de Pedidos de Afastamentos) GPA (Gerenciador de Pedidos de Afastamentos) Manual versão 1.2 Sistema de gerenciamento de pedidos de afastamento de Magistrados do Estado do Tocantins. 27/8/2013 Sumário 1. Introdução... 2 2. Definindo

Leia mais

Manual do Usuário. E-DOC Peticionamento Eletrônico TST

Manual do Usuário. E-DOC Peticionamento Eletrônico TST E-DOC Peticionamento APRESENTAÇÃO O sistema E-DOC substituirá o atual sistema existente. Este sistema permitirá o controle de petições que utiliza certificado digital para autenticação de carga de documentos.

Leia mais

Cadastro de solicitações com anexos

Cadastro de solicitações com anexos Cadastro de solicitações com O prestador poderá cadastrar as solicitações e incluir nas mesmas. Segue demonstrativo de cadastro de solicitações com anexo. Cadastro de solicitações com Acessar o site do

Leia mais

Banco de Projetos. Concedente e Proponente/Convenente

Banco de Projetos. Concedente e Proponente/Convenente MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE GESTÃO ESTRATÉGICA DA INFORMAÇÃO Portal dos Convênios SICONV Banco de Projetos Concedente

Leia mais

Manual do Sistema de Consulta ao Terminal de Autoatendimento

Manual do Sistema de Consulta ao Terminal de Autoatendimento Manual do Usuário Manual do Sistema de Consulta ao Terminal de Autoatendimento CONSPROCTAA Template Versão 1.1 SUMÁRIO 1. Introdução... 3 2. Acesso ao Sistema... 4 Consulta por Numeração Única... 6 Consulta

Leia mais

SCPJ WEB SISTEMA DE CONTROLE DE PROCESSO JURÍCO

SCPJ WEB SISTEMA DE CONTROLE DE PROCESSO JURÍCO 2013 SCPJ WEB SISTEMA DE CONTROLE DE PROCESSO JURÍCO DEFENSORIA PÚBLICA DO ESPIRITO SANTO NÚCLEO DE TECNOLOGIA E INFORMÁTICA. Manual do Usuário Versão 2.0 Índice 1 Acesso ao Sistema 4 2 Login no Sistema

Leia mais

C A R T I L H A. - Recursos Humanos Ocorrências Gerais

C A R T I L H A. - Recursos Humanos Ocorrências Gerais C A R T I L H A - Recursos Humanos Ocorrências Gerais Elaborada por: DIRPD Diretoria de Processamento de Dados Universidade Federal de Uberlândia Maio/2009 Apresentação Esta cartilha foi elaborada para

Leia mais

MEC / BIRD / PROJETO FUNDESCOLA AES - ADMINISTRAÇÃO DE ESTOQUES DADOS INICIAIS

MEC / BIRD / PROJETO FUNDESCOLA AES - ADMINISTRAÇÃO DE ESTOQUES DADOS INICIAIS / PROJETO FUNDESCOLA AES - ADMINISTRAÇÃO DE ESTOQUES DADOS INICIAIS 1. OBJETIVO DO SISTEMA Apoiar as atividades administrativas relacionadas à compra e ao estoque dos Materiais adquiridos pela SEDUC. 2.

Leia mais

SIGECORS. Sistema de Gerenciamento de Resíduos Sólidos Industriais

SIGECORS. Sistema de Gerenciamento de Resíduos Sólidos Industriais SIGECORS Sistema de Gerenciamento de Resíduos Sólidos Industriais Outubro 2008 Índice 1. Registrando Usuários 2. Acesso ao Sistema 3. Logar no Sistema 4. Esquecimento de Senha 5. Alteração de Senha 6.

Leia mais