IMPLANTAÇÃO DO SISTEMA SAJPG5 PROCESSOS EM PAPEL E PROCESSOS DIGITAIS

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "IMPLANTAÇÃO DO SISTEMA SAJPG5 PROCESSOS EM PAPEL E PROCESSOS DIGITAIS"

Transcrição

1 IMPLANTAÇÃO DO SISTEMA SAJPG5 PROCESSOS EM PAPEL E PROCESSOS DIGITAIS

2 ORIENTAÇÕES GERAIS No decorrer do ano de 2012/2013 o Plano PUMA implantou sistema único em todo o Estado. Tal sistema abrange área cível e criminal. Controla processos em papel do acervo e processos Digitais, a partir da implantação. Os processos em papel que já compõem o acervo não serão digitalizados e tramitarão nesse meio até a sua extinção. Os novos processos, por outro lado, tramitarão desde logo em meio exclusivamente digital.

3 ORIENTAÇÕES GERAIS A adoção do processo digital ocorreu nas varas especializadas cíveis, de família e sucessões, de acidentes do trabalho e juizados especiais cíveis. Tais Unidades tornaram-se híbridas do aspecto do formato de tramitação dos processos (em papel e digital). O Peticionamento Eletrônico é o recurso tecnológico para protocolização de petições iniciais e intermediárias, obrigatório nos termos da Resolução TJ/SP nº 551/2011.

4 PROCESSOS EM PAPEL X DIGITAIS Nos processos em papel, as atividades de tramitação dos processos/documentos no sistema ocorre através dos menus. Nos processos digitais, as atividades de tramitação dos processos/documentos no sistema ocorre através dos fluxos, filas e pasta digital. Para consultar um processo físico ou digital acionar o Menu Consulta/Processos Avançada.

5 PROCESSOS EM PAPEL X DIGITAIS Se o processo tramitar eletronicamente será exibido em vermelho a seguinte observação ao lado no nº Processo Virtual. Acionar a tecla F12 para acessar a pasta digital do processo. Para consultar um processo digital também é possível acionar o Fluxo de Trabalho aba Pesquisar e informar o número do Processo. Da mesma forma acionar o F12 para acessar a pasta digital do processo.

6 PROCESSOS EM PAPEL X DIGITAIS A pasta digital contém todos os atos e documentos do processo digital, numerados sequencialmente e com as respectivas denominações: conclusão, despacho, certidão de publicação, petição etc...

7 ACESSANDO O SAJ Para acessar o sistema, entrar com o login do usuário e a senha no SAJ

8 PROCESSO EM PAPEL Carga A remessa, recebimento e devolução dos processos (em papel) deverá ser efetuada por meio da funcionalidade de carga, acionada pelos Cartórios/Contadores. O sistema atualizará automaticamente a movimentação/local físico.

9 PROCESSO EM PAPEL Carga Cartórios Remessa (Cartório Contadores): Menu Carga<Remessa>: Tipo de Local de Destino: 33 Contadoria/1-Contadoria Movimentação: Na saída da Unidade Cartorária: 36 Partidor/1- Partidor Remetidos os Autos para a Contadoria; Remetidos os Autos para o Partidor; Local Físico: 22 Contador/23 Partidor

10 PROCESSO EM PAPEL Carga Para exercer as atividades de contador deverá logar-se ou alternar a lotação para Contadoria. Contadores Recebimento (Contadores/Partidores Cartórios): Menu Carga<Recebimento> Movimentação: 979 Recebimento

11 PROCESSO EM PAPEL Carga Recebimento (Contadores Cartórios):

12 PROCESSO EM PAPEL Carga Contadores Devolução (Contadores Cartório): Menu Carga<Remessa> Tipo de Local de Destino: 12 Cartórios Cartório Cível, Família etc... Movimentação: Na saída da Contadoria/Partidoria: 980- Remessa Na entrada na Unidade Cartorária: Recebidos os Autos da Contadoria Recebidos os Autos do Partidor Local Físico: Cartório

13 PROCESSO EM PAPEL Carga Devolução (Contadores Cartório):

14 PROCESSO EM PAPEL Cálculo Após o recebimento, elaborar o cálculo utilizando ferramenta de cálculos/planilha. Proceder normalmente à inclusão de tal documento fisicamente no processo. Efetuar a devolução ao Cartório mediante carga no sistema.

15 Contadores Menu Fluxo de trabalho representado pelo ícone

16 Contadores Os Cartórios encaminharão os processos à Contadoria/Partidoria, por meio dos botões atividade na fila Ag. Análise do Cartório : Enviar à Contadoria; Enviar à Partidoria. Os Contadores executarão as atividades no Fluxo do Distribuidor, denominado: Cadastro, Distribuição e Fluxo de Documento. A remessa, recebimento e devolução dos processos deverá ser efetuada por meio das filas dos fluxos de processos (Cartório / Distribuidor).

17 Fluxos e Filas (Carga) Contadores Recebimento (Contadores Cartório): Fluxo: Cadastro, Distribuição e Fluxo de Documentos. No processo digital o recebimento se dará automaticamente. Os processos constarão na fila Recebidos do Cartório Contadoria.

18 Fluxos e Filas

19 Visualização do processo

20 Visualização do processo

21 Alocar processo ao usuário Para alocar o processo ao usuário: Clicar com o botão direito do mouse na coluna Alocado para. Em seguida, selecionar Alocar. Este procedimento pode ser realizado antes ou depois da visualização dos autos. No momento em que o usuário selecionar a opção Digitalizar peças, o processo será automaticamente alocado a ele pelo sistema.

22 Alocar processo ao usuário

23 Fluxos e Filas (Carga) Contadores Devolução (Contadores Cartório): Fluxo: Cadastro, Distribuição e Fluxo de Documentos. Fila: Recebidos do Cartório Contadoria. Acionar o botão: Devolver ao Cartório. O sistema moverá o processo para o Fluxo do Cartório (Cível- Atos, Família-Atos... - fila: Retorno da Contadoria.

24 Cálculo 1. Elaborar o cálculo utilizando ferramenta de cálculos/planilha. No caso dos processos digitais o documento do cálculo deverá receber formatação pdf, para inserção na pasta digital do processo, pela Contadoria. Finalizado o cálculo: Utilizar a opção Salvar Como, tipo de arquivo: pdf, ou Na opção Imprimir, utilizar a impressora PDF Creator 24. A inclusão na pasta digital se dará pela atividade de liberação nos autos digitais, que deverá ser realizada pelo dirigente, ou por funcionário autorizado do Setor de Contadoria/Partidoria. Notas: A impressora Pdf-Creator24 poderá ser instalada pelo Setor técnico de informática local.

25 Inclusão do Cálculo na Pasta Digital 2. No Fluxo Cadastro, Distribuição, na fila Recebidos do Cartório - Contadoria. Acionar o botão Digitalizar Peças ;

26 Ou acesse o mesmo botão pela pasta digital.

27 Inclusão do Cálculo na Pasta Digital O Sistema exibirá a pasta digital do processo; No campo origem selecionar o item Arquivo, pois vamos importar arquivo(s) já salvo(s). Acionar o botão Nova peça.

28 Inclusão do Cálculo na Pasta Digital

29 Inclusão do Cálculo na Pasta Digital O sistema exibirá a tela Escolha o tipo de Documento a ser Digitalizado. Para informar a classificação do documento, filtrar por palavras, por exemplo: Cálculo, Informação e selecionar o item desejado. Acionar o botão Digitalizar.

30 Inclusão do Cálculo na Pasta Digital Novos DOCUMENTOS incluídos no SAJ: CÓD DOCUMENTO CÓD MOVIMENTAÇÃO Cálculo de Atualização Monetária 16 Realizado Cálculo Cálculo de Avaliação de Bens 16 Realizado Cálculo Cálculo de Conta Judicial 16 Realizado Cálculo Cálculo de Custas 479 Realizado Cálculo de Custas 370 Cálculo de Liquidação 478 Realizado Cálculo de Liquidação 371 Cálculo de Tributos 481 Realizado Cálculo de Tributos 119 Cálculo do Imposto ITCMD Cálculo do Imposto ITCMD Juntado

31 Inclusão do Cálculo na Pasta Digital Novos DOCUMENTOS incluídos no SAJ: CÓD DOCUMENTO CÓD MOVIMENTAÇÃO Cálculo Processual 16 Realizado Cálculo Cálculo Reexame Valor Alçada Inferior Reexame Necessário Valor da Alçada Inferior Cálculo Reexame Valor Alçada Superior Reexame Necessário-Valor de Alçada Superior 366 Informação da Contadoria Realizada Informação da Contadoria 367 Informação da Partidoria Realizada Informação da Partidoria 363 Parecer da Contadoria Judicial Manifestação da Contadoria Judicial Juntada 368 Partilha Judicial Realizada a Partilha Judicial

32 Inclusão do Cálculo na Pasta Digital

33 Inclusão do Cálculo na Pasta Digital O sistema exibirá a pasta de arquivos do usuário tela Importar arquivo. Selecionar a pasta onde estão os arquivos do e- mail recebido e do cálculo/informação correspondente ao processo. Acionar o botão Abrir.

34 Assinatura No canto inferior esquerdo, será exibida a tela Peças aguardando liberação. Selecionar a caixa com o número do processo, apertar com o botão direito do mouse na opção Assinar documento (será necessário inserir a senha de certificação digital). Após esse procedimento, selecionar opção Liberar nos autos digitais.

35 Assinar documentos: PROCESSO DIGITAL Assinatura

36 Assinar: PROCESSO DIGITAL Assinatura

37 Introduzir PIN: PROCESSO DIGITAL Assinatura

38 Liberação na Pasta Digital Liberar nos autos digitais:

39 Liberação na Pasta Digital Liberar os documentos nos autos digitais:

40 Liberação na Pasta Digital Caso o sistema não apresente a movimentação automaticamente, poderá selecionar um das movimentações abaixo: CÓD 16 Realizado Cálculo 479 Realizado Cálculo de Custas 478 Realizado Cálculo de Liquidação 481 Realizado Cálculo de Tributos Cálculo do Imposto ITCMD Juntado MOVIMENTAÇÃO Reexame Necessário Valor da Alçada Inferior Reexame Necessário - Valor de Alçada Superior Realizada Informação da Contadoria Realizada Informação da Partidoria Manifestação da Contadoria Judicial Juntada Realizada a Partilha Judicial

41 Consulta/Devolução do Cartório O documento liberado e a respectiva movimentação constarão na tela de consulta do processo e na pasta digital. Constarão ainda, disponíveis na Internet (Consulta do Processo e Pasta Digital), com a possibilidade de visualização pelos advogados habilitados no e-saj e partes do processo, mediante senha.

42 Devolução do Cartório Após, devolver ao Cartório, acionando o botão de atividade: Devolver ao Cartório. O sistema lançará automaticamente a movimentação: Recebidos os Autos da Contadoria, Recebidos os Autos do Partidor.

43 Devolução ao Cartório

44 ESTATÍSTICAS Para fazer as estatísticas de processos recebidos dos Cartórios e de processos devolvidos aos Cartórios, Acionar o menu Consulta Processos Avançada Na aba Movimentações, preencher o período e a movimentação desejada.

45 ESTATÍSTICAS Processos Recebidos na Contadoria: Utilizar a movimentação de código

46 ESTATÍSTICAS

47 ESTATÍSTICAS No resultado, na barra de títulos, clicar com o botão direito do mouse em cima da barra e selecionar Configurar Colunas. A mesma lógica se aplica para o meio de tramitação físico ou digital. No canto direito inferior será exibida uma caixa com diversas opções para escolha. Clicar em Competência e arrastar até a barra. Fazer o mesmo com a opção Meio. Isso permitirá agrupar os processos por competência, e por meio de tramitação (físico ou digital), facilitando a contagem dos autos para as estatísticas

48 ESTATÍSTICAS Após, é possível arrastar as colunas Competência e Meio para a barra acima, onde se lê Arraste um cabeçalho de coluna aqui para se agrupar pela coluna.

49 ESTATÍSTICAS Nesta figura, a coluna Competência foi arrastada para a barra superior. O sistema automaticamente indica a quantidade de processos por competência. Os botões indicados à direita configuram a visualização da pesquisa, e permitem expandir ou encolher a lista de processos, mostrar somatórios, mostrar faixas e ajustar a largura das colunas

50 ESTATÍSTICAS Processos Devolvidos ao Cartório: Utilizar a movimentação de código

51 Requisitos Acesso à lotação/fluxo do Distribuidor; Acesso à fila Recebidos do Cartório Contadoria ; Certificado Digital. Caso seja necessário solicitar o acesso ao fluxo/fila, deverá ser aberto chamado no Portal do Cliente, opção Senha. Para Certificado Digital deverá encaminhar para

P r a t i c i d a d e no envio e recebimento das Vistas pelos Promotores;

P r a t i c i d a d e no envio e recebimento das Vistas pelos Promotores; Resumo Este documento contém orientações sobre como utilizar o sistema SAJPG5 para gerar Vistas ao Ministério Público do Estado de São Paulo através do conceito de Intimações Eletrônicas - Portal. Principais

Leia mais

1. NOVIDADES DO NÚMERO ÚNICO DE PROCESSO. 1.1 Resolução nº 65 do CNJ. 1.2 Conversão do Número do Processo. 1.3 Novos ícones

1. NOVIDADES DO NÚMERO ÚNICO DE PROCESSO. 1.1 Resolução nº 65 do CNJ. 1.2 Conversão do Número do Processo. 1.3 Novos ícones 1. NOVIDADES DO NÚMERO ÚNICO DE PROCESSO 1.1 Resolução nº 65 do CNJ 1.2 Conversão do Número do Processo 1.3 Novos ícones 1 Tela Antiga Tela Nova 2 2. NOVIDADES DA VISUALIZAÇÃO DAS FILAS DE TRABALHO 2.1

Leia mais

ESTADO DE SANTA CATARINA PODER JUDICIÁRIO MANUAL DO USUÁRIO SISTEMA DE AUTOMAÇÃO DA JUSTIÇA FLUXO DO PROCEDIMENTO CÍVEL

ESTADO DE SANTA CATARINA PODER JUDICIÁRIO MANUAL DO USUÁRIO SISTEMA DE AUTOMAÇÃO DA JUSTIÇA FLUXO DO PROCEDIMENTO CÍVEL ESTADO DE SANTA CATARINA PODER JUDICIÁRIO MANUAL DO USUÁRIO SISTEMA DE AUTOMAÇÃO DA JUSTIÇA FLUXO DO PROCEDIMENTO CÍVEL FLORIANÓPOLIS 2011 SUMÁRIO SUMÁRIO... 2 Visão Geral do Sistema... 3 1.1. Acesso ao

Leia mais

Manual Projudi Perfil Promotor Juizados Especiais

Manual Projudi Perfil Promotor Juizados Especiais Acesso: Manual Projudi Perfil Promotor PERFIL PROMOTOR Informar nome do Usuário e Senha de acesso ao sistema. 1 O promotor deve clicar na promotoria em que estiver habilitado 2 Área do Promotor: Nesta

Leia mais

Receber intimações: poderão receber intimações em processos eletrônicos nos quais estejam vinculados.

Receber intimações: poderão receber intimações em processos eletrônicos nos quais estejam vinculados. INTRODUÇÃO O tribunal de Justiça de Santa Catarina, em um processo de evolução dos serviços disponíveis no portal e-saj, passa a disponibilizar a peritos, leiloeiros, tradutores e administradores de massas

Leia mais

Tribunal de Justiça do Estado do Amapá Secretaria de Gestão Processual Eletrônica. Tucujuris Web Contato: tucujuris@tjap.jus.br

Tribunal de Justiça do Estado do Amapá Secretaria de Gestão Processual Eletrônica. Tucujuris Web Contato: tucujuris@tjap.jus.br 1. Para protocolar recursos ou demais petições nos processos em trâmite, deve-se acessar o menu Peticionamento e depois escolher a opção Peticionamento Incidental. Atenção: o peticionamento eletrônico

Leia mais

SAJ. Cadastro Excepcional para Processos Digitais

SAJ. Cadastro Excepcional para Processos Digitais SAJ Cadastro Excepcional para Processos Digitais Objetivo: Este documento tem por objetivo descrever passo a passo do procedimento de Cadastro Excepcional para transpor os Processos Físicos, oriundos de

Leia mais

Procedimento de anexação de peças e envio

Procedimento de anexação de peças e envio 2014 Manual prático de Ajuizamento de Petições Intercorrentes Portal Processual Eletrônico Procedimento de anexação de peças e envio Orientações gerais para anexar arquivos e enviar petições intercorrentes

Leia mais

PROCESSO JUDICIAL ELETRÔNICO PJe

PROCESSO JUDICIAL ELETRÔNICO PJe PROCESSO JUDICIAL ELETRÔNICO PJe TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 5ª REGIÃO MANUAL DO ADVOGADO E DO PROCURADOR MÓDULO 3 Sumário 1 Painel do Advogado/Procurador3 11 Aba Processos 3 111 Aba Pendentes de Manifestação

Leia mais

Importação de Arquivos Multimídia e Gravação de Audiência no SAJ/PG5

Importação de Arquivos Multimídia e Gravação de Audiência no SAJ/PG5 Importação de Arquivos Multimídia e Gravação de Audiência no SAJ/PG5 1. IMPORTAÇÃO DE ARQUIVOS MULTIMÍDIA / UPLOAD DE GRAVAÇÕES 1 1.1. Importação pela Pasta Digital 2 1.2. Importação pelo Menu do Sistema

Leia mais

Bem vindo ao PJE ajuizamento de ação.

Bem vindo ao PJE ajuizamento de ação. Bem vindo ao PJE O Processo Judicial Eletrônico (PJe) projeto do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) é um sistema de informação que permite a prática de atos pelos magistrados, servidores, advogados e demais

Leia mais

MANUAL DO PETICIONAMENTO ELETRÔNICO

MANUAL DO PETICIONAMENTO ELETRÔNICO 2013 MANUAL DO PETICIONAMENTO ELETRÔNICO Via Sistema de Automação da Justiça (SAJ) DEFENSORIA PÚBLICA DO ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL Homero Lupo Medeiros Defensor Público de Primeira Instância SUMÁRIO

Leia mais

Manual da Petição Eletrônica Intercorrente

Manual da Petição Eletrônica Intercorrente TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DGTEC Diretoria Geral de Tecnologia da Informação DEATE Departamento de Suporte e Atendimento Manual da Petição Eletrônica Intercorrente TRIBUNAL DE JUSTIÇA

Leia mais

Procedimento Operacional Padrão nº 23 PERFIL PESSOA FÍSICA NO PORTAL E-SAJ

Procedimento Operacional Padrão nº 23 PERFIL PESSOA FÍSICA NO PORTAL E-SAJ Procedimento Operacional Padrão nº 23 PERFIL PESSOA FÍSICA NO PORTAL E-SAJ O Tribunal de Justiça de Santa Catarina, em um processo de evolução dos serviços disponíveis no para os processos de Primeiro

Leia mais

FAQ Sistema Eletrônico de Informações SEI-MP

FAQ Sistema Eletrônico de Informações SEI-MP FAQ Sistema Eletrônico de Informações SEI-MP 1. Quem pode obter o acesso ao SEI-MP? O SEI-MP está disponível apenas para usuários e colaboradores internos do MP. Usuários externos não estão autorizados

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA DIRETORIA DE INFORMÁTICA. e-pcp. e-pcp

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA DIRETORIA DE INFORMÁTICA. e-pcp. e-pcp TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA DIRETORIA DE INFORMÁTICA Florianópolis maio de 2013 TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA DIRETORIA DE INFORMÁTICA Objetivo das mudanças Geração

Leia mais

MATERIAL DE APOIO PARA UTILIZAÇÃO DO SISTEMA SAJ DIGITAL

MATERIAL DE APOIO PARA UTILIZAÇÃO DO SISTEMA SAJ DIGITAL TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO NÚCLEO PERMANENTE DE MÉTODOS CONSENSUAIS DE SOLUÇÃO DE CONFLITOS MATERIAL DE APOIO PARA UTILIZAÇÃO DO SISTEMA SAJ DIGITAL 1 Versão agosto/2012 Sumário 1. Introdução...

Leia mais

SISTEMA DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS

SISTEMA DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS SISTEMA DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS MANUAL DE PROCEDIMENTOS V PORTAL WEB Revisão: 07 Versão: 7.9.109 JM Soft Informática Março, 2015 SUMÁRIO 1 AVALIAÇÕES... 9 2 PLANO DE DESENVOLVIMENTO INDIVIDUAL...

Leia mais

Manual para Envio de Petição Inicial

Manual para Envio de Petição Inicial Manual para Envio de Petição Inicial 1. Após abrir a página do PROJUDI, digite seu usuário e senha 1.1. Para advogados o usuário é o cpf.adv (ex: 12345678900.adv) 1.2. Após digitar os dados (login e senha),

Leia mais

ESTADO DE SANTA CATARINA PODER JUDICIÁRIO MANUAL DO USUÁRIO SISTEMA DE AUTOMAÇÃO DA JUSTIÇA PROCESSO FÍSICO

ESTADO DE SANTA CATARINA PODER JUDICIÁRIO MANUAL DO USUÁRIO SISTEMA DE AUTOMAÇÃO DA JUSTIÇA PROCESSO FÍSICO ESTADO DE SANTA CATARINA PODER JUDICIÁRIO MANUAL DO USUÁRIO SISTEMA DE AUTOMAÇÃO DA JUSTIÇA PROCESSO FÍSICO FLORIANÓPOLIS 2013 CONTEÚDO MENU CADASTRO... 4 Processos Excepcionais... 4 Partes e Representantes...

Leia mais

MENUS TELA INICIAL. Movimento de Ferramentaria. Alternar entre casas do grupo. Cadastro de Ferramentas. Não Implementado. Cadastro de Funcionários

MENUS TELA INICIAL. Movimento de Ferramentaria. Alternar entre casas do grupo. Cadastro de Ferramentas. Não Implementado. Cadastro de Funcionários FERRAMENTARIA TELA INICIAL Ao autenticar no sistema com usuário e senha cadastrados é apresentada a seguinte tela ao lado esquerdo, sendo essa tela a página inicial do sistema de Ferramentaria. MENUS TELA

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DGTEC Diretoria Geral de Tecnologia da Informação DEATE Departamento de Suporte e Atendimento DICAD Divisão de Suporte Técnico de Gestão SEPOR Serviço de

Leia mais

DIRETORIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

DIRETORIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DA PARAÍBA DIRETORIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO PJe Manual do Advogado/Procurador/Defensor Versão 1.2 Diretoria da Tecnologia da Informação DIRETORIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO PJe

Leia mais

ejud Sistema de Acompanhamento Processual Eletrônico de 2ª Instância

ejud Sistema de Acompanhamento Processual Eletrônico de 2ª Instância TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DGTEC Diretoria Geral de Tecnologia da Informação DERUS Departamento de Relacionamento com o Usuário MANUAL DO USUÁRIO ejud Sistema de Acompanhamento Processual

Leia mais

Sistema de Protocolo. Manual do Usuário

Sistema de Protocolo. Manual do Usuário Sistema de Protocolo Manual do Usuário Atualizado em 05/06/2010 2 Apresentação Módulo Protocolo Está disponível de forma integrada com todos os órgãos para registrar e acompanhar, de modo atualizado e

Leia mais

GUIA PARA AJUIZAMENTO DE AÇÕES

GUIA PARA AJUIZAMENTO DE AÇÕES GUIA PARA AJUIZAMENTO DE AÇÕES Natal/RN - Janeiro de 2015 Bem vindo ao PJe O Processo Judicial Eletrônico (PJe) projeto do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) é um sistema de informação que permite a prática

Leia mais

Texto. Cadastro do Escritório de Advocacia. 1 de 28

Texto. Cadastro do Escritório de Advocacia. 1 de 28 Cadastro do Escritório de Advocacia 1 de 28 Atividades Propostas a) Acessar a funcionalidade para cadastrar o escritório de advocacia através do menu de opções; b) Cadastrar o escritório de advogado ao

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE MINAS GERAIS CORREGEDORIA-GERAL DE JUSTIÇA. Guia Rápido do PJe Para Advogados

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE MINAS GERAIS CORREGEDORIA-GERAL DE JUSTIÇA. Guia Rápido do PJe Para Advogados TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE MINAS GERAIS CORREGEDORIA-GERAL DE JUSTIÇA Guia Rápido do PJe Para Advogados Belo Horizonte 2015 Sumário 1. Introdução 2. Requisitos mínimos 3. Cadastramento no sistema

Leia mais

PASSO A PASSO. Distribuição Automática. Distribuidor

PASSO A PASSO. Distribuição Automática. Distribuidor PASSO A PASSO Distribuição Automática Distribuidor 1 SUMÁRIO DISTRIBUIÇÃO AUTOMÁTICA CÓPIA DE ARQUIVO DE ENTRADA...ERRO! INDICADOR NÃO DEFINIDO. DISTRIBUIÇÃO AUTOMÁTICA CÓPIA DE ARQUIVO DE SAÍDA... 6 DISTRIBUIÇÃO

Leia mais

ROTEIRO PARA CONTAGEM E CONFIRMAÇÃO DE PROCESSOS NO SAIPRO

ROTEIRO PARA CONTAGEM E CONFIRMAÇÃO DE PROCESSOS NO SAIPRO ROTEIRO PARA CONTAGEM E CONFIRMAÇÃO DE PROCESSOS NO SAIPRO Esclarecimentos Gerais Todos os usuários cadastrados no SAIPRO associados à serventia têm acesso ao menu de Contagem e Confirmação de Processos.

Leia mais

SUAP MÓDULO PROTOCOLO SUAP MÓDULO PROTOCOLO MANUAL DO USUÁRIO

SUAP MÓDULO PROTOCOLO SUAP MÓDULO PROTOCOLO MANUAL DO USUÁRIO MANUAL DO USUÁRIO Versão 1.0 2010 1 1. INTRODUÇÃO Administradores públicos defrontam-se diariamente com grandes dificuldades para fazer com que processos administrativos, documentos, pareceres e informações

Leia mais

MANUAL DE GABINETES SAJ/SG5

MANUAL DE GABINETES SAJ/SG5 MANUAL DE GABINETES SAJ/SG5 Seção de Implantação de Sistemas Divisão de Sistemas Judiciais de Segundo Grau Diretoria de Tecnologia da Informação DTI/TJSC suporte: saj2grau@tjsc.jus.br Índice: Página 1.

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA MILITAR DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL. Guia Rápido do PJe Para Advogados

TRIBUNAL DE JUSTIÇA MILITAR DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL. Guia Rápido do PJe Para Advogados TRIBUNAL DE JUSTIÇA MILITAR DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL Guia Rápido do PJe Para Advogados Porto Alegre 2015 SUMÁRIO Introdução... 3 Requisitos mínimos... 3 Cadastramento no sistema... 3 Visão geral

Leia mais

Guia Rápido do PJe Para Advogados

Guia Rápido do PJe Para Advogados TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE MINAS GERAIS CORREGEDORIA-GERAL DE JUSTIÇA Guia Rápido do PJe Para Advogados Belo Horizonte 2014 Sumário 1. Introdução 2. Requisitos mínimos 3. Cadastramento no sistema

Leia mais

Passo a Passo na Ferramenta Inventários no SIGLA Digital

Passo a Passo na Ferramenta Inventários no SIGLA Digital Passo a Passo na Ferramenta Inventários no SIGLA Digital Inventários Página 1 de 6 Utilizado para fazer o inventário de todos os produtos cadastrados no sistema SIGLA Digital 1 Começando o Cadastro 11

Leia mais

CADASTROS DE VENDAS, PEDIDOS, ORÇAMENTOS OU DEVOLUÇÕES

CADASTROS DE VENDAS, PEDIDOS, ORÇAMENTOS OU DEVOLUÇÕES Vamos detalhar neste tutorial o processamento de lançamento das vendas, pedidos de representantes, orçamentos para clientes e devoluções de mercadorias. No sistema TOPONe todas estas operações podem ser

Leia mais

Caso já seja usuário do SCAW siga as instruções a partir da página X.

Caso já seja usuário do SCAW siga as instruções a partir da página X. Caso já seja usuário do SCAW siga as instruções a partir da página X. Para iniciar o sistema dê um duplo clique no ícone, que se encontra na área de trabalho. 1 Login do sistema. Esta é a tela de login

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO PARANÁ PROJUDI REFORMULAÇÃO DE CUMPRIMENTOS - MANDADOS

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO PARANÁ PROJUDI REFORMULAÇÃO DE CUMPRIMENTOS - MANDADOS TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO PARANÁ PROJUDI REFORMULAÇÃO DE CUMPRIMENTOS - MANDADOS 2 SUMÁRIO SEÇÃO 1 - FLUXO DAS VARAS QUE NÃO POSSUEM CENTRAL DE MANDADOS... 03 1. CUMPRIMENTOS (PERFIS DE ANALISTA E TÉCNICO

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO UNIVASF SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO STI DEPARTAMENTO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÕES

UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO UNIVASF SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO STI DEPARTAMENTO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÕES UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO UNIVASF SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO STI DEPARTAMENTO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÕES MANUAL DO USUÁRIO SISTEMA DE SUPORTE DA PREFEITURA UNIVERSITÁRIA

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SERGIPE Coordenadoria de Modernização, Suporte, Infraestrutura e Sistema

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SERGIPE Coordenadoria de Modernização, Suporte, Infraestrutura e Sistema TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SERGIPE Coordenadoria de Modernização, Suporte, Infraestrutura e Sistema MANUAL DO PROCESSO ELETRÔNICO Processos de Concessão de Benefícios Histórico da Revisão Data Versão

Leia mais

Sistema Projudi - Manual do Projudi Manifestação em Processo

Sistema Projudi - Manual do Projudi Manifestação em Processo Para manifestação em ações em trâmite ou para que a parte anexe outros documentos, primeiramente acessamos a tela inicial através do endereço, https://portal.tjpr.jus.br/projudi/, onde para entrarmos no

Leia mais

Passo a Passo do Checkout no SIGLA Digital

Passo a Passo do Checkout no SIGLA Digital Página 1 de 7 Passo a Passo do Checkout no SIGLA Digital Este é um dos principais módulos do Sigla Digital. Utilizado para vendas no balcão por ser uma venda rápida, mais simples, onde não é necessário

Leia mais

Introdução Funcionalidades por perfil Advogado e Jus Postulandi Adicionar defensoria representante de uma parte Adicionar procuradoria representante

Introdução Funcionalidades por perfil Advogado e Jus Postulandi Adicionar defensoria representante de uma parte Adicionar procuradoria representante 1 Introdução Funcionalidades por perfil Advogado e Jus Postulandi Adicionar defensoria representante de uma parte Adicionar procuradoria representante de uma parte Detalhes do processo Representante processual

Leia mais

ATOS JUDICIAIS COLEGIADOS Módulo integrante do Sistema RUPE

ATOS JUDICIAIS COLEGIADOS Módulo integrante do Sistema RUPE 1 ATOS JUDICIAIS COLEGIADOS Módulo integrante do Sistema RUPE CARTILHA SOBRE O FUNCIONAMENTO DO SISTEMA Elaborado por: Gerência de Sistemas Judiciais Informatizados (GEJUD). Atualizada em: 23/03/2015.

Leia mais

PROCESSO JUDICIAL ELETRÔNICO PJe

PROCESSO JUDICIAL ELETRÔNICO PJe PROCESSO JUDICIAL ELETRÔNICO PJe TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 5ª REGIÃO MANUAL DO SERVIDOR 1ºGRAU MÓDULO 4 Sumário 1 Processo3 11 Consulta3 111 Consulta de Processo3 112 Localização Tarefa21 113 Retificação

Leia mais

- Acessar o sistema. Para acessar o sistema digite o endereço eletronico www.simpo.com.br/protocolo e clique em login na barra de menus.

- Acessar o sistema. Para acessar o sistema digite o endereço eletronico www.simpo.com.br/protocolo e clique em login na barra de menus. - Acessar o sistema. Para acessar o sistema digite o endereço eletronico www.simpo.com.br/protocolo e clique em login na barra de menus. Ou digite www.simpo.com.br/protocolo/login.php, para ir diretamente

Leia mais

PEDIDO Manual OPERACIONAL

PEDIDO Manual OPERACIONAL SISTEMA DE GESTÃO HDIAS HAMILTON DIAS (31) 8829.9195 8540.8872 www.hdias.com.br hamilton-dias@ig.com.br PEDIDO Manual OPERACIONAL Pagina 2 de 34 ÍNDICE Pedido... 4 Como Acessar... 4 Como Localizar Pedido...

Leia mais

PROCESSO JUDICIAL ELETRÔNICO PJe

PROCESSO JUDICIAL ELETRÔNICO PJe PROCESSO JUDICIAL ELETRÔNICO PJe TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 5ª REGIÃO MANUAL DO SERVIDOR 1ºGRAU MÓDULO 1 Sumário 1 Acesso ao Sistema...3 2 Quadro de Aviso...4 3 Menu...8 3.1 Audiência...8 3.1.1 Tempo

Leia mais

Para iniciar um Inventário, clique no botão Inserir ( primeiramente os campos solicitados na aba Identificação.

Para iniciar um Inventário, clique no botão Inserir ( primeiramente os campos solicitados na aba Identificação. Incluir um Inventário Para iniciar um Inventário, clique no botão Inserir ( primeiramente os campos solicitados na aba Identificação. ) e preencha Clique na aba Itens e depois no botão Carregar Produtos

Leia mais

Passo a Passo do Orçamentos de Entrada no SIGLA Digital

Passo a Passo do Orçamentos de Entrada no SIGLA Digital Passo a Passo do Orçamentos de Entrada no SIGLA Digital Página 1 de 9 Este é um dos principais módulos do SIGLA Digital. Utilizado para dar entrada de produtos no estoque, essa ferramenta segue a seguinte

Leia mais

CADASTRO NACIONAL DE ADOLESCENTES EM CONFLITO COM A LEI

CADASTRO NACIONAL DE ADOLESCENTES EM CONFLITO COM A LEI CADASTRO NACIONAL DE ADOLESCENTES EM CONFLITO COM A LEI MANUAL DE JUIZ E AUXILIAR DE JUIZ Versão 1.1 1 ÍNDICE APRESENTAÇÃO...3 OBJETIVOS...4 OBSERVAÇÕES...5 USUÁRIOS...5 1. ACESSO AO SISTEMA...6 2. SISTEMA

Leia mais

CERTIDÕES UNIFICADAS

CERTIDÕES UNIFICADAS CERTIDÕES UNIFICADAS Manual de operação Perfil Cartório CERTUNI Versão 1.0.0 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA Departamento de Inovação Tecnológica Divisão de Tecnologia da Informação Sumário LISTA DE FIGURAS... 2

Leia mais

PORTAL PROCESSUAL E AJUIZAMENTO ELETRÔNICO

PORTAL PROCESSUAL E AJUIZAMENTO ELETRÔNICO PORTAL PROCESSUAL E AJUIZAMENTO ELETRÔNICO A partir do dia 17/09/2012 foi disponibilizado, no site da SJES, o acesso ao Portal Processual, que consolida as principais funcionalidades do sistema de acompanhamento

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DGTEC Diretoria Geral de Tecnologia da Informação DEATE Departamento de Suporte e Atendimento DICAD Divisão de Suporte Técnico de Gestão SEPOR Serviço de

Leia mais

DIRETORIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

DIRETORIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DA PARAÍBA DIRETORIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO PJe Manual do Servidor Versão 1.3 Diretoria da Tecnologia da Informação DIRETORIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO PJe Manual do Servidor

Leia mais

SAJPG5. Primeiro Grau. Novidades das Versões 1.3.0-0 a 1.4.1-1

SAJPG5. Primeiro Grau. Novidades das Versões 1.3.0-0 a 1.4.1-1 SAJPG5 Primeiro Grau Novidades das Versões 1.3.0-0 a 1.4.1-1 Novidades da versão 1.3.0-0 a 1.4.1-1 Este documento contém um resumo das alterações e novidades liberadas nas versões 1.3.0-0 a 1.4.1-1 do

Leia mais

Manual do Usuário Cidadão SIC Serviço de informação ao cidadão

Manual do Usuário Cidadão SIC Serviço de informação ao cidadão Manual do Usuário Cidadão SIC Serviço de informação ao cidadão NOVOSIS 3ª Versão Conteúdo Introdução... 3 Principais recursos:... 4 Para o cidadão:... 4 Para os órgãos públicos:... 4 Como Utilizar o SIC...

Leia mais

Texto. Anexar petições/documentos. 1 de 20

Texto. Anexar petições/documentos. 1 de 20 Anexar petições/documentos 1 de 20 Acervo Geral: Uma vez que um processo é protocolizado pelo advogado ou este é habilitado a atuar no processo (como advogado de uma das partes), este processo é inserido

Leia mais

CARTILHA. Principais mudanças contidas na versão 1.7.1.0

CARTILHA. Principais mudanças contidas na versão 1.7.1.0 CARTILHA PROCESSO JUDICIAL ELETRÔNICO Principais mudanças contidas na versão 1.7.1.0 Belo Horizonte 2015 Corregedoria-Geral de Justiça SUMÁRIO 1. Introdução 2. Perfil de Advogado 3. Módulo de Procuradoria

Leia mais

MANUAL DO ADVOGADO. Elaborado por: Roberta Rodrigues Seneda. Corrigido por: Wanderley Andrade

MANUAL DO ADVOGADO. Elaborado por: Roberta Rodrigues Seneda. Corrigido por: Wanderley Andrade MANUAL DO ADVOGADO Elaborado por: Roberta Rodrigues Seneda Corrigido por: Wanderley Andrade DAPI Departamento de Aprimoramento da Primeira Instância. Março/2010 Atualizado pelo Tribunal de Justiça do Estado

Leia mais

Manual NOV - PDV. Versão 1.0

Manual NOV - PDV. Versão 1.0 Manual NOV - PDV Versão 1.0 Sumário 01 Captura de Nota Fiscal...3 02 Remessa de Entrada...6 03 Remessa de Saída......9 04 Pedido Normal...12 05 Pedido Especial...16 06 Nota Fiscal Avulsa...18 07 Controle

Leia mais

Setor de Administração Federal Sul (SAFS), Quadra 8 - Lote 1, Bloco A, sala 510 Brasília DF 70.070-600 Telefone: (61) 3043.4005

Setor de Administração Federal Sul (SAFS), Quadra 8 - Lote 1, Bloco A, sala 510 Brasília DF 70.070-600 Telefone: (61) 3043.4005 Peticionamento avulso Manual de uso Versão - 1.0 Data - 09/05/2013 70.070-600 Telefone: (61) 3043.4005 Sumário 1. Histórico de Alterações...3 2. Nomenclaturas...4 3. Visão Geral...5 4. Atores envolvidos...5

Leia mais

❶ No Sistema Gênesis, na Aba ESTOQUE

❶ No Sistema Gênesis, na Aba ESTOQUE ❶ No Sistema Gênesis, na Aba ESTOQUE a) Checagem de Estoque - Verifique o estoque dos produtos desejados. b) Listar produtos com a quantia de estoque mínimo atingido: ESTOQUE / RELATÓRIO / ALERTA DE COMPRA

Leia mais

Portal Contador Parceiro

Portal Contador Parceiro Portal Contador Parceiro Manual do Usuário Produzido por: Informática Educativa 1. Portal Contador Parceiro... 03 2. Acesso ao Portal... 04 3. Profissionais...11 4. Restrito...16 4.1 Perfil... 18 4.2 Artigos...

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO UNIVASF SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO STI COORDENAÇÃO DE DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS

UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO UNIVASF SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO STI COORDENAÇÃO DE DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO UNIVASF SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO STI COORDENAÇÃO DE DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS MANUAL DO USUÁRIO SISTEMA DE SUPORTE Versão 1.0 24/01/2012 1

Leia mais

cartórios as funcionalidades disponíveis em todas as três Centrais de Informação (RCTO, CEP e CESDI) e servir como apoio nas ações diárias.

cartórios as funcionalidades disponíveis em todas as três Centrais de Informação (RCTO, CEP e CESDI) e servir como apoio nas ações diárias. MANUAL DO USUÁRIO - CARTÓRIOS VERSÃO 1.0 Objetivo: Este documento tem como objetivo apresentar aos usuários dos cartórios as funcionalidades disponíveis em todas as três Centrais de Informação (RCTO, CEP

Leia mais

SAJPG5. Novidades das Versões 1.3.0-0 a 1.3.1-11. Expedientes. Primeiro Grau

SAJPG5. Novidades das Versões 1.3.0-0 a 1.3.1-11. Expedientes. Primeiro Grau SAJPG5 Primeiro Grau Novidades das Versões 1.3.0-0 a 1.3.1-11 Expedientes Novidades da versão 1.3.0-0 a 1.4.1-1 Este documento contém um resumo das alterações e novidades liberadas nas versões 1.3.0-0

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE MATO GROSSO

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE MATO GROSSO MANUAL DO SERVIDOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE MATO GROSSO Janeiro 2012 Sumário Bem vindo ao PJE... 6 Elaboração do projeto... 6 Acesso ao Sistema... 7 Tipo de Certificado... 7 Navegador padrão para acessar

Leia mais

PASSO A PASSO PARA PETICIONAMENTO ELETRÔNICO INICIAL DE 1º GRAU

PASSO A PASSO PARA PETICIONAMENTO ELETRÔNICO INICIAL DE 1º GRAU PASSO A PASSO PARA PETICIONAMENTO ELETRÔNICO INICIAL DE 1º GRAU Este tutorial mostra todos os passos necessários para que um advogado protocole uma petição inicial no Tribunal de Justiça do Amazonas. Apesar

Leia mais

Manual do Usuário. E-DOC Peticionamento Eletrônico TST

Manual do Usuário. E-DOC Peticionamento Eletrônico TST E-DOC Peticionamento APRESENTAÇÃO O sistema E-DOC substituirá o atual sistema existente. Este sistema permitirá o controle de petições que utiliza certificado digital para autenticação de carga de documentos.

Leia mais

Tribunal de Justiça do Estado do Amapá Secretaria de Gestão Processual Eletrônica. Tucujuris Web Contato: tucujuris@tjap.jus.br

Tribunal de Justiça do Estado do Amapá Secretaria de Gestão Processual Eletrônica. Tucujuris Web Contato: tucujuris@tjap.jus.br A funcionalidade proporciona aos advogados o peticionamento inicial e o peticionamento incidental somente para os juizados virtuais da Justiça do Estado do Amapá. Procedimentos: 1. Acessar o site do Tribunal

Leia mais

Apresentando o novo modelo de atendimento Centro Marista de Serviços - CMS. Curitiba, Julho de 2014

Apresentando o novo modelo de atendimento Centro Marista de Serviços - CMS. Curitiba, Julho de 2014 Apresentando o novo modelo de atendimento Centro Marista de Serviços - CMS Curitiba, Julho de 2014 Vamos à prática: Como abrir um chamado? Entre na ferramenta com seu login e senha de rede (a mesma que

Leia mais

CPS FINANÇAS PESSOAIS MANUAL DO USUÁRIO

CPS FINANÇAS PESSOAIS MANUAL DO USUÁRIO APRESENTAÇÃO O CPS FINANÇAS PESSOAIS é um software desenvolvido para gerenciar a movimentação financeira de forma pessoal, rápida e simplificada fornecendo relatórios e demonstrativos. Este manual é parte

Leia mais

PORTAL DE SERVIÇOS Processo Eletrônico

PORTAL DE SERVIÇOS Processo Eletrônico danielvermersch@tjrj.jus.br PORTAL DE SERVIÇOS Processo Eletrônico Ano 2014 Sumário 1. Acesso ao Portal de Serviços 2. Perfis de Usuários 3. Portlets 4. Consultas Processuais 5. Distribuição Eletrônica

Leia mais

Acesso ao sistema. Os cartórios judiciais e seus respectivos diretores serão previamente cadastrados no sistema.

Acesso ao sistema. Os cartórios judiciais e seus respectivos diretores serão previamente cadastrados no sistema. PENHORA ONLINE Acesso ao sistema Diretores de Cartórios Os cartórios judiciais e seus respectivos diretores serão previamente cadastrados no sistema. Os diretores serão os administradores do sistema e

Leia mais

Este documento contém esclarecimentos para as dúvidas mais frequentes sobre portal e-saj.

Este documento contém esclarecimentos para as dúvidas mais frequentes sobre portal e-saj. Este documento contém esclarecimentos para as dúvidas mais frequentes sobre portal e-saj. Para melhor navegar no documento, utilize o sumário a seguir ou, se desejar, habilite o sumário do Adobe Reader

Leia mais

Manual de Utilização

Manual de Utilização Manual de Utilização Índice 1 Introdução...2 2 Acesso ao Sistema...3 3 Funcionamento Básico do Sistema...3 4 Tela Principal...4 4.1 Menu Atendimento...4 4.2 Menu Cadastros...5 4.2.1 Cadastro de Médicos...5

Leia mais

Manual do Advogado Passo a passo

Manual do Advogado Passo a passo PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA FEDERAL NO CEARÁ PROCESSO JUDICIAL ELETRÔNICO PJe Manual do Advogado Passo a passo Conteúdo: PARTE 01 - Respostas às principais dúvidas PARTE 02 - Como cadastrar um processo PARTE

Leia mais

Guia de geração de arquivos PDF

Guia de geração de arquivos PDF Guia de geração de arquivos PDF Elaboração: SAJ/CAIP/SEATE Projeto gráfico: SID/CIPE/SEPED 1 CRIAÇÃO DE ARQUIVO PDF A PARTIR DO EDITOR DE TEXTOS 1) Se o editor de textos utilizado for o Writer, do LibreOffice,

Leia mais

Tribunal Regional Federal da 1 a Região

Tribunal Regional Federal da 1 a Região Tribunal Regional Federal da 1 a Região Sistema de Transmissão Eletrônica de Atos Processuais e-proc Manual do Usuário 1 1. Disposições Provisórias O Sistema de Transmissão Eletrônica de Atos Processuais

Leia mais

E&L Protocolo, Documentos Eletrônicos e Processos Perguntas Frequentes

E&L Protocolo, Documentos Eletrônicos e Processos Perguntas Frequentes E&L Protocolo, Documentos Eletrônicos e Processos Perguntas Frequentes 1. É possível excluir um processo que já foi enviado? Só será possível excluir o processo se o mesmo ainda não tiver sido recebido.

Leia mais

1.4.6 PROCESSO JUDICIAL ELETRÔNICO JUSTIÇA DO TRABALHO. Assistente de Advogado Primeiro Grau ANÁLISE DE REQUISITOS. Versão. 10-dez-12.

1.4.6 PROCESSO JUDICIAL ELETRÔNICO JUSTIÇA DO TRABALHO. Assistente de Advogado Primeiro Grau ANÁLISE DE REQUISITOS. Versão. 10-dez-12. PROCESSO JUDICIAL ELETRÔNICO JUSTIÇA DO TRABALHO Assistente de Advogado Primeiro Grau ANÁLISE DE REQUISITOS Versão 1.4.6 10-dez-12 1 - Objetivo: Este documento tem como objetivo demonstrar: a) o cadastro

Leia mais

Sistema Projudi - Manual do Projudi Cadastro de Nova Ação

Sistema Projudi - Manual do Projudi Cadastro de Nova Ação Para o cadastro de uma nova ação no PROJUDI, primeiramente acessamos a tela inicial através do endereço, https://portal.tjpr.jus.br/projudi/, onde para entrarmos no sistema utilizamos o usuário e senha

Leia mais

SAJ SISTEMA DE AUTOMAÇÃO DO JUDICIÁRIO

SAJ SISTEMA DE AUTOMAÇÃO DO JUDICIÁRIO SAJ SISTEMA DE AUTOMAÇÃO DO JUDICIÁRIO PORTAL DE SERVIÇOS DO PODER JUDICIÁRIO DE SANTA CATARINA MANUAL PETICIONAMENTO ELETRÔNICO Versão 2.6.0 Conteúdo Portal e-saj... 3 Serviços integrantes do Portal e-saj...

Leia mais

INSTALAÇÃO E USO DO ASSINADOR LIVRE. Índice:

INSTALAÇÃO E USO DO ASSINADOR LIVRE. Índice: Proposto por: Marcos Stallone Santos / Karla Ferreira Moreira Analisado por: Aprovado por: Índice: 1 - O Assinador Livre:...2 2 - Pré-requisitos para instalação:...2 3 - Download e Instalação do Assinador

Leia mais

Manual do Usuário Projeto DECOM DIGITAL Versão 1.0

Manual do Usuário Projeto DECOM DIGITAL Versão 1.0 Manual do Usuário Projeto DECOM DIGITAL Versão 1.0 Sumário 1 INTRODUÇÃO... ERRO! INDICADOR NÃO DEFINIDO. 2 ABRANGÊNCIA DO SISTEMA... 3 3 DESCRIÇÃO DO SISTEMA... 3 4 COMO ACESSAR O SISTEMA... 3 5 COMO NAVEGAR

Leia mais

Manual. E-proc v2. Para Advogados

Manual. E-proc v2. Para Advogados Manual Do E-proc v2 Para Advogados FEVEREIRO/2010 1 S U M Á R I O 1. Acesso ao site 2. Cadastro no sistema 2.1. Validação do Cadastro 3. Acesso ao sistema 4. Painel do Advogado 4.1. Processos pendentes

Leia mais

e-nota C Consulta de Nota Fiscal eletrônica

e-nota C Consulta de Nota Fiscal eletrônica Página1 e-nota C Consulta de Nota Fiscal eletrônica Manual do Usuário Produzido por Informática Educativa Página2 Índice Nota Fiscal eletrônica... 03 Safeweb e-nota C... 04 Documentos eletrônicos... 08

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO VERSÃO 2.0

MANUAL DO USUÁRIO VERSÃO 2.0 SCM Sistema de Controle de Manutenção MANUAL DO USUÁRIO VERSÃO 2.0 Sumário 1 INTRODUÇÃO...1 2 USUÁRIOS E PERFIS...1 3 UTILIZAÇÃO DO SISTEMA...1 4 VISÃO GERAL DO SISTEMA...2 4.1 Fluxo normal...2 4.2 Fluxo

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO ACESSO REMOTO NET FACTOR

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO ACESSO REMOTO NET FACTOR MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO ACESSO REMOTO NET FACTOR Ao acessar o link de Acesso Remoto disponibilizado pela Factoring aparecerá a tela de login do Sistema (Figura 1) onde deverão ser informados os códigos

Leia mais

Curso de Inclusão Digital e Peticionamento Eletrônico para Multiplicadores

Curso de Inclusão Digital e Peticionamento Eletrônico para Multiplicadores Curso de Inclusão Digital e Peticionamento Eletrônico para Multiplicadores Índice Páginas Certificado Digital... 3 Adquirindo o Token e o Certificado Digital... 4 Configure seu computador para utilização

Leia mais

Tutorial Folha Express. Como otimizar a confecção da folha de pagamento.

Tutorial Folha Express. Como otimizar a confecção da folha de pagamento. Tutorial Folha Express Como otimizar a confecção da folha de pagamento. Índice Apresentação Pág. 2 Passo 1 Pág. 3 Disponibilização da Folha de Pagamento Passo 2 Pág. 5 Exportação de clientes e Folha de

Leia mais

Poder Judiciário Tribunal de Justiça do Estado de Roraima. AGIS Gerenciamento Eletrônico de Documentos

Poder Judiciário Tribunal de Justiça do Estado de Roraima. AGIS Gerenciamento Eletrônico de Documentos AGIS Gerenciamento Eletrônico de Documentos 1 SUMÁRIO 1. Definições 3 1.1 Apresentação 3 1.2 Disposição do Sistema 3 2. Acessando o Sistema 4 2.1 Procedimento para regularizar o primeiro acesso 4 2.2 Procedimento

Leia mais

BH PARK Software de Estacionamento

BH PARK Software de Estacionamento BH PARK Software de Estacionamento WWW.ASASSOFTWARES.COM.BR Índice 1 Informações Básicas... 1 1.1 Sair da aplicação... 1 1.2 Travar aplicação... 1 1.3 Licenciando a aplicação... 1 1.4 Contrato de Manutenção...

Leia mais

SuperStore. Sistema para Automação de Óticas. MANUAL DO USUÁRIO (Módulo Vendas e Caixa)

SuperStore. Sistema para Automação de Óticas. MANUAL DO USUÁRIO (Módulo Vendas e Caixa) SuperStore Sistema para Automação de Óticas MANUAL DO USUÁRIO (Módulo Vendas e Caixa) Contato: (34) 9974-7848 http://www.superstoreudi.com.br superstoreudi@superstoreudi.com.br SUMÁRIO 1 Vendas... 3 1.1

Leia mais

MANUAL SOBRE O SISTEMA DE INVENTÁRIO PATRIMONIAL

MANUAL SOBRE O SISTEMA DE INVENTÁRIO PATRIMONIAL MANUAL SOBRE O SISTEMA DE INVENTÁRIO PATRIMONIAL O acesso ao Sistema de Inventário Patrimonial será feito pelo Portal minha UFOP, Inventário Patrimonial, com acesso para computadores operando apenas dentro

Leia mais

Clique aqui para começar. Cartilha do Empregador Doméstico para emissão da GRF Guia de Recolhimento do FGTS

Clique aqui para começar. Cartilha do Empregador Doméstico para emissão da GRF Guia de Recolhimento do FGTS Clique aqui para começar Cartilha do Empregador Doméstico para emissão da GRF Guia de Recolhimento do FGTS Informações adicionais Você poderá navegar livremente na cartilha utilizando os botões localizados

Leia mais

ÍNDICE. ISS Online. Guia do Usuário ÍNDICE

ÍNDICE. ISS Online. Guia do Usuário ÍNDICE Guia do Usuário ÍNDICE ÍNDICE Setembro /2009 www.4rsistemas.com.br 15 3262 8444 IDENTIFICAÇÃO E SENHA... 3 Sou localizado no município... 4 Não sou localizado no município... 4 ACESSO AO SISTEMA... 5 Tela

Leia mais

Manual de Procedimentos de Multas TOTVS

Manual de Procedimentos de Multas TOTVS Novas rotinas para pagamentos de multa. Manual de Procedimentos de Multas TOTVS No verso da boleta Cielo anotar o Registro Acadêmico (RA), data e nome do curso. Para os casos onde o usuário não estiver

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DO TRABALHO COMISSÃO DE GESTÃO DO MPT DIGITAL PERGUNTAS E RESPOSTAS SISTEMA DE PETICIONAMENTO ELETRÔNICO DO MPT

MINISTÉRIO PÚBLICO DO TRABALHO COMISSÃO DE GESTÃO DO MPT DIGITAL PERGUNTAS E RESPOSTAS SISTEMA DE PETICIONAMENTO ELETRÔNICO DO MPT MINISTÉRIO PÚBLICO DO TRABALHO COMISSÃO DE GESTÃO DO MPT DIGITAL PERGUNTAS E RESPOSTAS SISTEMA DE PETICIONAMENTO ELETRÔNICO DO MPT Última atualização: 05/09/2014 Conteúdo 1. O QUE É O SISTEMA DE PETICIONAMENTO

Leia mais