SEGUNDA SELEÇÃO DE PROFISSIONAIS PARA ATUAR NA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA PROFESSORES CONTEUDISTAS

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "SEGUNDA SELEÇÃO DE PROFISSIONAIS PARA ATUAR NA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA PROFESSORES CONTEUDISTAS"

Transcrição

1 SEGUNDA SELEÇÃO DE PROFISSIONAIS PARA ATUAR NA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA PROFESSORES CONTEUDISTAS O Diretor Acadêmico da Faculdade ATENEU, a seguir denominada FATE, no uso de suas atribuições regimentais, torna pública a realização do Processo de Seleção dos professores conteudistas para elaboração de conteúdos e atividades de aprendizagem para disciplina(s) a distância, nos termos que seguem. 1. DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES 1.1. A participação do candidato implica ciência dos requisitos exigidos para a vaga e tácita aceitação das normas e das condições estabelecidas neste Edital, em relação às quais não poderá alegar desconhecimento O acompanhamento de editais e comunicados referentes a este processo seletivo é de responsabilidade exclusiva do candidato O candidato selecionado, antes do início das atividades, assinará os seguintes documentos: a) Termo de compromisso em que declarará ter ciência dos direitos e das obrigações, prazos inerentes à qualidade de contrato temporário na função de Professor Conteudista da FATE b) Termo de cessão de direitos autorais em que transfere à FATE todos os direitos de autoria/propriedade do conteúdo produzido, necessários para seu uso e comercialização Esta seleção será planejada, executada e coordenada por comissão instituída pelo Núcleo de Educação a distância Dúvidas e informações sobre a seleção deverão ser obtidas somente com membros da equipe do Núcleo de Educação a Distância (NEAD), pelo telefone (85) /Ramal 5207 ou pelo 2. DO OBJETO 2.1.Esta chamada tem como objeto a seleção de Professores Conteudistas para atuar nos cursos de Ciências contábeis, Pedagogia e Serviço Social desenvolvidos na modalidade a distância para: a) elaborar conteúdos didáticos digitais para Educação a Distância de autoria própria com, no mínimo, 140 e, no máximo, 160 páginas, podendo ultrapassar esse limite caso seja utilizada grande quantidade de figuras, gráficos etc. b) Elaborar os conteúdos avaliativos ( fóruns, questionários, atividade avaliativa e provas com gabarito). 3. DO INÍCIO E DA DURAÇÃO DAS ATIVIDADES 3.1.As atividades serão iniciadas em setembro no qual será marcada uma capacitação para os conteudista.

2 2 4. DAS ATRIBUIÇÕES DO PROFESSOR CONTEUDISTA 4.1. Ao Professor Conteudista compete: a) Apresentar os conteúdos da disciplina a que foi selecionado, atendendo à ementa e à carga horária descritas no Anexo 1 deste edital; b) Elaborar as unidades da disciplina à qual foi selecionado conforme as orientações da equipe de design instrucional da instituição; c) Apresentar os conteúdos de acordo com calendário de produção a ser especificado pela equipe de design instrucional, que abrigará as seguintes etapas: 1ª versão do texto escrito: análise do designer instrucional; 2ª versão do texto escrito: análise do designer instrucional e do coordenador do curso ou projeto quando necessário; 3ª versão: configura-se como a última versão e deverá incorporar as especificações de produtos complementares em áudio e vídeo; Gravar uma video-aula de até 15 minutos de duração para cada capítulo ou unidade do material didático escrito. (será uma função extra remunerada posteriormente); d) Adequar conteúdos, materiais didáticos, mídias e bibliografias utilizados para o desenvolvimento do curso à linguagem da modalidade a distância; e) Atentar para à linguagem do material didático desenvolvido para a modalidade a distância; f) Participar e/ou atuar nas atividades de capacitação desenvolvidas na Instituição de Ensino; g) Participar de grupo de trabalho para focar a produção de materiais didáticos para a modalidade a distância; h) Participar de oficina de capacitação para conhecimento da metodologia de elaboração de material didático impresso, on-line, em áudio e vídeo para educação a distância. i) Proceder às adequações indicadas pela equipe de design instrucional visando adaptações metodológicas para a modalidade da educação a distância. j) Fazer a revisão final dos conteúdos após a adaptação metodológica realizada pela equipe de designer instrucional. k) Revisar os conteúdos e as atividades produzidos após a primeira utilização dos mesmos quando da oferta da(s) disciplina(s), considerando para tanto as dúvidas apresentadas pelos alunos e os resultados dos exames realizados. l) Alterar e adaptar os textos em um período de até 12 meses após a primeira oferta do curso, com o valor já considerado nesta proposta. m) Elaborar conteúdos avaliativos. 5. DO PÚBLICO-ALVO E DOS REQUISITOS PARA A INSCRIÇÃO 5.1. O candidato deverá apresentar curriculum vitae e os requisitos obrigatórios listados a seguir: b) Nó mínimo, Graduação ou especialização na área da disciplina/vaga; c) Preferível que tenha experiência na elaboração de material didático.

3 3 d) Atuar ou ter atuado como docente em Instituição de Ensino Superior na área da disciplina a que estiver se candidatando. e)podem participar desta seleção professores da Faculdade Ateneu e público externo. 5.2 Requisitos relativos à produção do material Os candidatos que se inscreverem têm por declarada a capacidade e a disponibilidade para os seguintes requisitos relativos à produção do material: a) Disponibilidade para participar de reuniões presenciais ou por conexão síncrona com a equipe de design instrucional uma vez a cada 15 dias, durante a fase de produção de conteúdo, por um período estimado em 3 meses, com uma hora dedicada a cada encontro presencial ou virtual; b) Disponibilidade de tempo para o cumprimento das atividades. c) Capacidade de produzir em grupo, atendendo normas e orientações da Instituição; d) Capacidade de aceitar e incorporar as sugestões da equipe de design instrucional e da coordenação de curso (quando for o caso). 5.3 Da documentação O candidato deverá apresentar a seguinte documentação no ato da inscrição: a) Curriculum Vitae; b) Proposta de sumário para a disciplina do curso escolhido conforme exemplo (Anexo 2); c) Apresentação da disciplina do curso escolhido conforme exemplo (Anexo 3); d) Ficha de inscrição devidamente preenchida (Anexo 4). e) Enviar até o dia 30 de agosto para o 6. DO VALOR DO PAGAMENTO PELO PRODUTO 6.1. O Professor Conteudista receberá: a) R$2.000,00 (dois mil reais) bruto, por produto ( livro + conteúdo avaliativo) elaborado com 60 a 80 horas, entregue e com pendências resolvidas, caso tenham sido constatadas durante o período de revisão; b) R$500,00 (quinhentos reais) pela gravação dos vídeos que integram o material didático que serão produzidos posteriormente. 7. DAS VAGAS 7.1. São disponibilizadas 01 vaga, para cada disciplina que conta na ementa no Anexo 01. Os candidatos podem concorrer até para duas disciplinas diferentes, na seleção é que indicaremos aos selecionados uma ou duas disciplinas se for o caso. 8. DO PERÍODO E DOS PROCEDIMENTOS PARA AS INSCRIÇÕES 8.1. A inscrição deverá ser feita até dia 30 de agosto, por meio do e envio da documentação descrita neste edital.

4 O candidato poderá se candidatar a mais de uma disciplina desde que haja compatibilidade entre a sua formação e as áreas estabelecidas. 9. PERÍODOS ESTABELECIDOS PARA A REALIZAÇÃO DAS ATIVIDADES a) O cronograma da entrega do produto será definido pela coordenação do NEAD. b) O desenvolvimento das propostas selecionadas será remunerado na forma de contrato específico de Cessão de Direitos Autorais Patrimoniais em favor da Instituição, para a produção de material didático-científico, nos termos da Lei 9.610/98, sendo transferidos para a instituição os direitos de uso, versão, fracionamento e de atualização do conteúdo, preservados os direitos morais de autoria dos conteudistas e dos revisores de atualização, quando for o caso. c) O atraso na entrega ou a não aprovação dos produtos implicará a imediata rescisão do contrato. d) O período para a elaboração dos conteúdos e atividades será de até 3 meses. 10. DA SELEÇÃO, DOS RESULTADOS, E DA DOCUMENTAÇÃO PARA CONTRATAÇÃO 10.1.Seleção A seleção será realizada por especialistas em EaD e na área da disciplina, indicados pelas coordenações de EaD. Análise de currículo; Análise do sumário e da apresentação da disciplina; Entrevista, quando necessário Resultados Estarão disponíveis a partir de 01/09/2014, a partir das 17 horas, no site da FATE Documentação necessária para a entrega após a seleção, pagamento será feito aos selecionados externos à FATE através de RPA. Xerox do RG e do CPF; Conta bancária; PIS. Fortaleza, 17de julho de Valdir Godoy Diretor Acadêmico da Faculdade Ateneu

5 5 ANEXO 01 EMENTA E CARGA HORÁRIA DAS DISCIPLINAS Ementas do Curso de Licenciatura em Pedagogia HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO Carga Horária Teórica: 60h Estudo das concepções e práticas educativas ocorridas no Brasil em diferentes contextos; articulado processo educativo com a economia, a política, a cultura e a sociedade como um todo; concepções e práticas estabelecidas historicamente no processo de formação da educação brasileira. Considerações sobre a historiografia da educação, fontes de pesquisa, modernidade educacional e memória. Bibliografia básica: ARANHA, Maria Lúcia de Arruda. História da educação. São Paulo: Moderna, MANACORDA, Mário Alighiero. História da Educação: da antiguidade aos nossos dias. 12 ed. São Paulo: Cortez, SAVIANI, Dermeval. História das ideias pedagógicas no Brasil. Campinas: Autores Associados p. Bibliografia complementar: MANIFESTO dos Educadores Mais Uma Vez Convocados. In: GHIRALDELLI Jr., Paulo. História PILLETTI, Nelson. História da educação no Brasil. 6. ed. São Paulo: Ática, 1996 PONCE, Anibal. Educação e Luta de classes. 22ª Ed. São Paulo:Cortez, ROMANELLI, Otaiza de Oliveira. História da Educação no Brasil. 14 ed. Rio de Janeiro: Vozes. GHIRALDELLI Jr., Paulo História da educação. 2 ed. São Paulo: Cortez, DISCIPLINA: PSICOLOGIA DA EDUCAÇÃO Carga Horária Teórica: 60h Ementa Conceitos e origens da psicologia. A importância da Psicologia e suas correntes. O desenvolvimento humano nas fases iniciais do ciclo vital. Fatores influenciadores (hereditariedade, maturação, ambiente). Desenvolvimento físico, cognitivo, afetivo, social e lingüístico. Desenvolvimento humano e aprendizagem. Teorias da aprendizagem. Comportamentalismo, aprendizagem significativa, inteligências múltiplas, teoria de ensino de Jerome Brunner, epistemologia genética de Jean Piaget; teoria sócio-histórica de Vygotsky e afetividade em Wallon. Bibliografia básica: BOCK, Ana M. Bahia et al. Psicologias: uma introdução ao estudo de Psicologia. São Paulo: Saraiva ed ª ed. NUNES, Ana Ignez Belém Lima e SILVEIRA, Rosemary do Nascimento. Psicologia da aprendizagem: processos, teorias e contextos. Brasília: Liber Livros, CAMPOS, Dinah Martins de Souza. Psicologia da Aprendizagem 30 a Ed. Petrópolis: Vozes, Bibliografia complementar: COLL, Cesar et.al. Desenvolvimento Psicológico e Educação. 2ª ed. Porto Alegre: Artes Médicas, FLAVELL, J. - A Psicologia do Desenvolvimento de Jean Piaget. Pioneira, S.Paulo, GOULART, Iris Barbosa. Psicologia da Educação: Fundamentos Teóricos Aplicações à Prática Pedagógica. 16 ed. Petrópolis: Vozes, VIGOTSKII, L.S; LURIA.A.R, LEONTIEV, A.N. Linguagem, desenvolvimento e aprendizagem. 10ª Ed.- São Paulo: Ícone, PFROMM NETTO, S. - Psicologia da Aprendizagem e do Ensino. Papelivros, S.Paulo, FUNDAMENTOS DAS SERIES INICIAIS Carga Horária Teórica: 60h Teorias e concepções metodológicas da educação fundamental. O papel do ensino fundamental dos anos iniciais no processo de escolarização nos aspectos: sócio-culturais, psicopedagógicos, lingüísticos, cognitivos e legais. Bibliografia básica: PIAGET J. Psicologia e epistemologia: por uma teoria do conhecimento, 2. ed. Rio de Janeiro: Forense Universitária, RIZZI, Leonor; HAYDT, Regina Célia. Atividades lúdicas na educação da criança: Subsídios práticos para o trabalho na pré-

6 6 escola e nas séries iniciais do 1 grau. 7. ed. São Paulo: Ática, SOARES, J. F. O efeito da escola no desempenho cognitivo de seus alunos. In: Bibliografia Complementar: PENIN, Sonia T. de Sousa. A aula: espaço de conhecimento, lugar de cultura. 4. ed. Campinas, SP: Papirus, PINHO, Sheila Zambello de (Org.). O papel do educador e sua formação. São Paulo: Unesp, SCHÖN, D. Educando o profissional reflexivo: um novo design para o ensino e a aprendizagem. Porto Alegre: Artes Médicas, SMOLKA, A. L. B. A criança na fase inicial da escrita: a alfabetização como processo discursivo. 7. ed. São Paulo: Cortez, TARDIF, Maurice. Saberes docentes e formação profissional. Petropolis: Vozes, BAGNO, Marcos. Preconceito lingüístico: o que é, como se faz. 10a edição. São Paulo: Edições Loyola, BECHARA, Evanildo. Moderna Gramática da Língua Portuguesa. Rio de Janeiro: Lucena, GONZAGA, Redação Científica Como entender e escrever com facilidade. São Paulo: Atlas. PLATÃO & FIORIN. Lições de texto: leitura e redação. 4a edição. São Paulo: Editora Ática, SILVA, Maurício. O Novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa. São Paulo, Contexto, PESQUISA E PRÁTICA PEDAGOGIA I Carga Horária Teórica: 60h Carga Horária Prática: 60h Carga Horária Total: 120h Ementa Elaboração do memorial. Normas da ABNT. Exploração do site Capes, CNPQ e Funcap e elaboração do currículo Lattes. Participação em eventos científicos como forma de relacionar a prática com a teoria. PERRENOUD, P. Novas competências para ensinar. Porto Alegre: Artes Médicas, ANTUNES, C. As inteligências múltiplas e seus estímulos. SP: Papirus, SANTOS, G.C. Roteiro para elaboração de memorial. Campinas, SP: Graf. FE, Bibliografia Complementar: ANDRÉ, M.A.E.D.A. Pesquisa em educação: questões de teoria e de método. Educação e Tecnologia. Belo Horizonte, GIL, Antonio Carlos. Métodos e Técnicas de Pesquisa Social 5. ed. São Paulo:Atlas, LAKATOS, Eva M.; MARCONI, Marina A. Fundamentos de Metodologia Científica. 6. ed. 4. reimpr. São Paulo:Atlas, DISCIPLINA: ENSINO DA ARTE NA EDUCAÇÃO A arte na educação escolar. Fundamentos estéticos da educação em arte. A importância de ver e observar. A imaginação criadora e a arte como jogo. A interação com materiais, instrumentos e procedimentos variados em artes (Artes Visuais, Dança, Música, Teatro). Desenvolvimento da criatividade. Exploração do meio ambiente e desenvolvimento de atividades lúdicas para crianças. Conhecimento de técnicas, procedimentos e recursos ligados à recreação, a arte e aos jogos: teoria e prática. Ênfase na experiência. Arte educação informal (a prática dos museus). Atividades integradas, culturais e artísticas junto à prática de ensino, transdisciplinaridade. Planejamento e execução de atividades culturais e artísticas brasileiras e regionais no espaço escolar e não-escolar. BARBOSA, Ana Mãe. Arte Educação no Brasil: Das Origens ao Modernismo. 5. ed. São Paulo: Perspectiva, BRASIL, PCNs. Artes. Brasília: MEC/SEF, FERRAZ, Maria Heloísa Corrêa de Toledo et al. Arte na Educação Escolar. 4. ed. São Paulo-SP: Cortez, Bibliografia Complementar BRASIL, PCNs. Artes. Brasília: MEC/SEF, FUSARI, M.F. R; FUSARI, M.H.C.T. Arte na educação escolar. São Paulo: Cortez, PILLAR, Analice Dutra (org.) Educação do olhar no ensino das artes. Porto Alegre: Mediação, REVERBEL, Olga. Teatro na Escola. São Paulo: Ed. Scipione, 2002 MARTINS, Mirian Celeste Ferreira Dias; PICOSQUE, Gisa e GUERRA, Maria Terezinha Telles. Didática do Ensino de Arte: A Língua do mundo: Poetizar, Fruir e Conhecer Arte. São Paulo: FTD.1998.

7 7 DISCIPLINA: ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO: MÉTODOS E PERSPECTIVAS Abordagem de temas ligados à alfabetização numa perspectiva crítica e atual. Discussão de textos voltados para aspectos atuais da alfabetização escolar: a importância da leitura e da escrita, o pseudo dilema alfabetização versus construtivismo - interacionista. Questionamento acerca das possibilidades e limites do processo de leitura e da escrita no cotidiano de nosso sistema educacional. SOARES, Magda Letramento: um tema em três gêneros. Belo Horizonte: Autêntica, ANDALÓ, Adriane. Didática da Língua Portuguesa Para O Ensino Fundamental: alfabetização, letramento, produção de texto em busca da palavra mundo. São Paulo; FTD, FERREIRO, E. E TEBEROSKY, A. A Psicogênese da Língua Escrita. Porto Alegre: Artes Médicas, Bibliografia Complementar: CARVALHO, Marlene. Alfabetizar e letrar: um diálogo entre a teoria e a prática. 10 ed. Petrópolis-RJ: Vozes, CAGLIARI, Luiz Carlos, Alfabetização e Lingüística. 10 ed. São Paulo: Scipione, CÓCCO, M. F. e HAILER, M. A. Didática de Alfabetização - decifrar o mundo alfabetização e sociocontrutivismo. São Paulo: FTD, l996. FEEREIRO, E. Cultura escrita e educação. Porto Alegre, Artes Médicas, TEBEROSKY A. Aprendendo a escrever: perspectivas psicológicas e implicações educacionais. São Paulo: Ática, DISCIPLINA: AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM Perspectiva histórica das concepções de avaliação e seus modelos teórico-práticos. Implicações das concepções de educação e aprendizagem no processo avaliativo escolar. Relação entre o projeto pedagógico e o sistema de avaliação. Referencias Básica: HOFFMANN, Jussara. Avaliação e educação infantil: um olhar sensível e reflexivo sobre a criança. Porto Alegre: Mediação, Avaliação Medidora: Uma Prática em Construção da Pré-Escola à Universidade. Porto Alegre: Educação e Realidade, LUCKESI, Cipriano Carlos. Avaliação da aprendizagem escolar: estudos e proposições. São Paulo: Cortez, PERRENOUD, Philippe. Avaliação: da excelência à regulação das aprendizagens: entre duas lógicas. Porto Alegre: Artes Médicas, Bibliografia Complementar: DISCIPLINA: PESQUISA E PRÁTICA PEDAGÓGICA IV Carga Horária Teórica: 60h Carga Horária Prática: 60h Carga Horária Total: 120h Elaboração da introdução, justificativa, objetivos, problemática e metodologia. Participação em eventos científicos. Estabelecendo um plano de ação: preparando a visita à escola. O cenário da pesquisa - a escolha do local e dos sujeitos. GIL, Antônio Carlos. Como Elaborar Projetos de Pesquisa. 4. ed. reimpr. São Paulo: Atlas, MEDEIROS, João Bosco. Redação Científica. São Paulo: Ed. Atlas, Metodologia científica: o que é fichamento, resenha, resumo, sinopse, resenha crítica, esquemas. Disponível em<http://www.pedagogiaaopedaletra.com.br/posts/metodologia-cientifica-que-fichamento-resenha-resumo-sinopseresenha-critica/> acesso em: 11/12/2013. Bibliografia Complementar: ANDRÉ, M.A.E.D.A. Pesquisa em educação: questões de teoria e de método. Educação e Tecnologia. Belo Horizonte, ANTUNES, C. As inteligências múltiplas e seus estímulos. SP: Papirus, CHASSOT, Attico Inacio Ciência através dos tempos, disponível em ASTOLFI, Jean-Pierre; DEVELAY, Michel Didática das ciências. Campinas: Papirus, 2006.

8 8 PAVÃO, Antonio Carlos; FREITAS, Denise Quanta ciência há no ensino de ciências. São Carlos: Edufscar, Ementas do Curso de Graduação em Serviço Social DISCIPLINA: FUNDAMENTOS HISTÓRICOS E TEÓRICO-METODOLÓGICOS DO SERVIÇO SOCIAL I O que é o Serviço Social. O que faz o assistente social. Breve contextualização do surgimento da profissão. Gênese e síntese histórica do Serviço Social na Europa, nos Estados Unidos, na América Latina e particularmente, no Brasil. Relações entre Igreja e Estado e a formação das primeiras escolas de serviço social. As formas de expressão e enfrentamento da questão social e o Serviço Social neste período histórico. História e constituição da categoria profissional: dimensões políticas, culturais e organizacionais. A compreensão do significado social da profissão até os dias atuais. A lei que regulamenta a profissão e os campos de intervenção. O Assistente Social e o mercado de trabalho na atualidade. ESTEVÃO, Ana Maria Ramos. O que é serviço social. São Paulo: Brasiliense, IAMAMOTO, Marilda V. e CARVALHO, Raul de. Relações Sociais e Serviço Social no Brasil Esboço de uma interpretação histórico-metodológica. São Paulo: Cortez, MONTAÑO, Carlos. A natureza do Serviço Social. São Paulo: Cortez, Bibliografia Complementar CASTRO, Manuel M. História do Serviço Social na América Latina. São Paulo: Cortez, BRASIL. Lei º 8.662, de 07 de Junho de 1993, Dispõe sobre a profissão de Assistente Social e dá outras providências. In: CONSELHO REGIONAL DE SERVIÇO SOCIAL 11ª REGIAO. Coletânea de Legislações: direitos de cidadania. Curitiba: CRESS, GENTILLI, Raquel de Matos Lopes. Representações e práticas: identidade e processo de trabalho no serviço social. São Paulo:Veras, IAMAMOTO, Marilda Vilella. Projeto profissional, espaços ocupacionais e trabalho do assistente social na atualidade. in: CONSELHO FEDERAL DE SERVIÇO SOCIAL. Atribuições privativas do (a) assistente social em questão. Brasília: CFESS, RICHELIS, Raquel, História do Serviço Social no Brasil, in Agenda 2006, Brasília/CFESS-2006 DISCIPLINA: ECONOMIA E TEORIA POLITICA BRASILEIRA Caráter do desenvolvimento capitalista nacional: o processo de industrialização brasileira no contexto da trajetória cíclica da economia. O pensamento econômico clássico. Economia política na visão dos principais teóricos. As transformações contemporâneas no padrão de acumulação. Análise do estado moderno e sua relação com a sociedade civil. As perspectivas atuais da política econômica nacional. Bibliografia Básica REGO, José Márcio (org.) et al. Economia Brasileira. 3.Ed. São Paulo: Saraiva, NETTO, José. Paulo. Economia Política: uma introdução crítica. São Paulo: Cortez, TROSTER, Roberto Luis; MOCHÓN, Francisco. Introdução à Economia. São Paulo: Makron Books, Bibliografia Complementar MÉSZÁROS, István. Para além do Capital. São Paulo: Boitém, FEIJÓ, Ricardo. Desenvolvimento Econômico: modelos, evidências, opções políticas e o caso brasileiro. São Paulo: Atlas, LANZANA, Antônio Evaristo Teixeira; LOPES, Luiz Martins. Economia Brasileira: da estabilização ao crescimento. São Paulo: Atlas, FURTADO, Celso. Formação Econômica do Brasil. 34.Ed. São Paulo: Companhia das Letras, WEFFORT. Francisco Correia (Org). Os Clássicos da Política. v. I. São Paulo: Ática, DISCIPLINA: FUNDAMENTOS HISTÓRICOS E TEÓRICO-METODOLÓGICOS DO SERVIÇO SOCIAL II

9 9 Constituição e desenvolvimento da profissão nos quadros da expansão do capitalismo no cenário mundial e brasileiro. A dinâmica sóciopolítica e econômica da realidade brasileira nas décadas de 1930 e As tendências de análise e as interpretações do serviço social sobre sua intervenção e sobre a realidade social nesse período. Referenciais orientadores do pensamento (aspectos teórico-metodológicos) e da ação (aspectos interventivos) do Serviço Social brasileiro: Doutrina Social da Igreja; Ideário franco-belga de ação social; Pensamento de São Tomás de Aquino (tomismo e neotomismo). Teoria Social Positivista (funcionalismo, estruturalismo; sistemismo). O processo de institucionalização do Serviço Social e a constituição do mercado profissional a partir do final do século XIX e início do século XX. O trabalho profissional no processo de produção e reprodução social em relação às manifestações da questão social no contexto do Estado Novo e no processo de industrialização. IAMAMOTO, Marilda V. e CARVALHO, Raul de. Relações Sociais e Serviço Social no Brasil Esboço de uma interpretação histórico-metodológica. São Paulo: Cortez, MARTINELLI, Maria Lúcia. Serviço social: identidade e alienação. 9. ed. São Paulo: Cortez, NETTO, J.P. Capitalismo Monopolista e Serviço Social. São Paulo: Cortez, Bibliografia Complementar ALVES, Arlete. Serviço social no Brasil: a ideologia de uma década. São Paulo: Cortez, CASTELL, Robert. As transformações da questão social: uma crônica ao salário. Trad.D Poleti. Petrópolis: Vozes, A Metamorfose da Questão Social. DANTAS, José Lucena. Perspectivas do funcionalismo e seus desdobramentos no serviço social. Cadernos ABESS, São Paulo, n. 4, p , jul FREIRE, Lúcia M. B. O Serviço Social na Reestruturação Produtiva. São Paulo: Cortez. DISCIPLINA: FUNDAMENTOS HISTÓRICOS E TEÓRICO-METODOLÓGICOS DO SERVIÇO SOCIAL III O Serviço Social frente ao Brasil pós 64. Movimento de Reconceituação do Serviço Social na América Latina e no Brasil. As construções teórico-metodológicas frente às vertentes que emergiram do Movimento de Reconceituação do Serviço Social na bamérica Latina e no Brasil. (modernizadora; reatualização do conservadorismo e de ruptura). Reflexões sobre os Seminários de Araxá, Teresópolis, Sumaré e Alto da Boa Vista. O método BH. Influências das matrizes do pensamento social na construção histórica da profissão. Interfaces com o Serviço Social Contemporâneo. A construção de um novo projeto éticopolítico profissional. IAMAMOTO, M. V. Renovação e Conservadorismo no Serviço Social: ensaios críticos. 4ed. São Paulo: Cortez, NETTO, J.P. Ditadura e Serviço Social: uma análise do Serviço Social no Brasil pós 64. São Paulo: Cortez,2009. SILVA, Maria Ozanir da; SILVA (coord). Serviço Social e o popular (o): resgate teórico metodológico do projeto profissional de ruptura. 3. ed. São Paulo: Cortez, Bibliografia Complementar CARVALHO, Maria do Carmo (org.). Teorias da Ação em Debate. São Paulo: Cortez, 1993 FALEIROS, Vicente de Paula. Reconceituação do Serviço Social no Brasil: uma questão em movimento? Revista Serviço Social & Sociedade n. 84. São Paulo: Cortez, PONTES, Reinaldo Nobre. Mediação e Serviço Social. São Paulo: Cortez, NETTO, Jose Paulo. Reconceituação do Serviço Social: 40 anos depois. Revista Serviço Social & Sociedade n. 84. São Paulo: Cortez, TEIXEIRA, Franciso J. S. e OLIVEIRA, Amanfredo Araújo de. Neoliberalismo e Reestruturação produtiva; as novas determinações do mundo do trabalho. São Paulo: Cortez

10 10 DISCIPLINA: SERVIÇO SOCIAL E POLÍTICA SOCIAL I Política Social: conceito e função e esfera pública. Concepções teóricas sobre o desenvolvimento das políticas sociais no Brasil. Relação Estado e sociedade civil.perspectivas atuais sobre a formulação, gestão e controle das políticas sociais.as teorias explicativas da constituição e desenvolvimento das políticas sociais. As interpretações sobre concepção, natureza e desenvolvimento das políticas sociais nos seguintes paradigmas: marxismo, liberalismo clássico, neoliberalismo e socialdemocracia. O capitalismo monopolista e a emergência e desenvolvimento do "welfare state" europeu e das políticas sociais brasileiras. COUTO, B. R. O Direito social e a assistência social na sociedade brasileira: uma equação possível? São Paulo: Cortez, OLIVEIRA, Heloísa Maria José de. Cultura política e assistência social: Uma análise das orientações de gestores estaduais. SÃO PAULO: CORTEZ, WEFFORT, Francisco correia. Os Clássicos da política II. 11. ed. SÃO PAULO: ÁTICA, Bibliografia Complementar POTYARA, A. P. Pereira. Política social e democracia..são Paulo: Cortez, COHEN, Ernesto (AUT.). AVALIAÇÃO DE PROJETOS SOCIAIS. 6 ED. RIO DE JANEIRO, SANTOS, Josiane Soares. Neoconservadorismo pós-moderno e serviço social brasileiro. São Paulo: Cortez, MADEIRA, M. Z. A. A Assistência Social como política pública diálogos sobre o comando único em Fortaleza. Fortaleza: MD, SPOSATI, A. O. et al. Assistência na trajetória das políticas sociais brasileiras: um questão em análise. SP: Cortez, DISCIPLINA: POLÍTICA BRASILEIRA Discutir os princípios da organização política Brasileira, a partir da análise crítica dos eventos e instituições que se desenvolveram desde os primórdios da organização política e social no Brasil até o período do Estado Novo. Realizar a leitura e estimular a discussão sobre a visão de intérpretes da organização sócio-política do período Colonial, Imperial, da República Velha e da Era Vargas, com ênfase nos temas que possuem relação com a construção da ordem tradicional dentro do cenário político brasileiro nos períodos citados. Promover a reflexão sobre a articulação entre a formação da sociedade e a organização da política, no que se refere à construção do Estado (em particular as nuances que distinguem a Primeira República), da formação do sistema partidário e do domínio oligárquico e sobre os fatores que levaram à ruptura desse cenário. DISCIPLINA: INSTITUIÇÃO E PRÁTICAS SOCIAS DISCIPLINA: SEGURIDADE SOCIAL: ASSISTÊNCIA SOCIAL/SAÚDE/PREVIDÊNCIA Contextualização da política de Seguridade Social no Brasil. Evolução histórica das políticas de Previdência, Assistência Social e Saúde. Análise do sistema de seguridade social brasileiro: Saúde, Assistência Social e Previdência. Execução, financiamento e avaliação da política. Atuação profissional nas três esferas. MOTA, A. E. Cultura da crise e seguridade social: um estudo sobre as tendências da previdência e da assistência social brasileira nos anos 80 e 90. São Paulo: Cortez, SILVA, Ademir Alves da. A gestão da seguridade social brasileira: entre a política e o mercado. 2. ed. São Paulo: Cortez, BOSCHETTI, Ivanete. Assistência social no Brasil: um direito entre originalidade e conservadorismo. Brasília: UnB, Bibliografia Complementar COUTO, Berenice Rojas. Direito Social e Assistência Social na Sociedade Brasileira. Uma equação possível? São Paulo: Cortez, FALEIROS, Vicente de Paula. Política social do estado capitalista: as questões da previdência e da assistência social. 8. ed. São Paulo: Cortez, PEREIRA, Potyara A. Necessidades humanas: Subsídios a critica dos mínimos sociais. São Paulo: Cortez, 2007.

11 11 Ementas do Curso de Graduação em Ciências Contábeis DISCIPLINA: CONTABILIDADE AVANÇADA EMENTA: Grupos de sociedades. Coligadas e controladas. Subsidiária integral. Avaliação de Investimentos: tipos de investimentos, método de avaliação de investimentos: método de custo, método de equivalência patrimonial. Correção integral: significado real da sistemática legal; correção das contas de resultados; ganhos e perdas nos itens monetários. Conversão de demonstrações financeiras para moeda estrangeira: pronunciamento do FASB; conversão versus correção integral. Consolidação das demonstrações financeiras: consolidação e equivalência patrimonial; eliminações na consolidação; lucros não realizados intercompanhias. Sociedades controladas em conjunto: Jointe Ventures. Demonstração do valor adicionado. Goodwill. BIBLIOGRAFIA BÁSICA: ALMEIDA, Marcelo Cavalcanti. Contabilidade avançada. 3.ed. São Paulo: Atlas, MARTINS, Eliseu; IUDÍCIBUS, Sérgio de; GELBCKE, Ernesto Rubens. Manual de contabilidade societária - aplicável a todas as sociedades fipecafi. de acordo com as normas internacionais e do CPC. São Paulo: Atlas, 2010 NEVES, Silvério das; VICECONTI, Paulo Eduardo Vilchez. Contabilidade avançada e análise das demonstrações financeiras, São Paulo: Frase, PEREZ JUNIOR José Hernandez e OLIVEIRA, Luís Martins. Contabilidade avançada. atual. pelas Lei nºs /07 e nº /09 e pronunciamentos do CPC. 7.ed. São Paulo: Atlas, SANTOS, José Luiz dos; FERNANDES, Luciane Alves e Schmidt. Contabilidade avançada: aspectos societários e tributários. São Paulo: Atlas, Fundamentos de teoria avançada de contabilidade. São Paulo: Atlas, BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR: NUNES, Antônio Carlos. Contabilidade avançada para a indústria da construção civil e empresas imobiliárias. São Paulo: Ciência Moderna, RIBEIRO, Osni Moura,Contabilidade avançada. atual. conf. Lei nº /07 e Medida Provisória nº 449/2008 convertida na Lei nº / ed. São Paulo: Saraiva, VELTER, Francisco e MISSAGIA, Luiz. Contabilidade avançada. 4.ed. Rio de Janeiro: Campus, DISCIPLINA: EMPREENDEDORISMO EMENTA: Processo empreendedor. Ambiente e características de negócios. Formação e desenvolvimento de empreendedores. Criatividade e visão empreendedora. Gestão do empreendimento. Planejamento estratégico. Avaliação do empreendimento. Elaboração do plano de negócios. BIBLIOGRAFIA BÁSICA: CHIAVENATO, Idalberto. Empreendedorismo: dando asas ao espírito empreendedor. Rio de Janeiro: Saraiva CHIAVENATO, Idalberto. Escolha seu futuro: como definir e construir. São Paulo: Saraiva, DOLABELA, Fernando. Oficina do Empreendedor: a metodologia de ensino. São Paulo: Sextante, BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR: Businessweek. Empreendedorismo: as regras do jogo. Nobel, Businessweek. Empreendedorismo e estratégia. Campus, DORNELAS, Jose Carlos Assis. Empreendedorismo corporativo. Campus, HISRICH, Robert D. Empreendedorismo. 5. ed. Porto Alegre: Bookmam, LAS CASAS, Alexandre Luzzi. Plano de marketing para micro e pequena empresa. São Paulo: Atlas, DISCIPLINA: ANÁLISE DE CUSTOS EMENTA: Critério do custeio ABC - Custeio baseado em Atividades. o que é o critério ABC? Materiais diretos. Mão-de-obra direta O que integra o custo da mão-de-obra direta. Sistemas de custeamento: por ordens/encomendas, por processo contínuo, produção conjunta. Custos para tomada de decisão: margem de contribuição, custos fixos identificados e retorno sobre o

12 investimento, fixação do preço de venda e decisão sobre compra ou produção (uso dos conceitos do custeio variável na fixação do preço de venda). Target Cost (custo meta). Custos para controle. Relação custo/volume/lucro. Custo Padrão. Custo nas empresas prestadoras de serviços. Implantação de sistemas de custos. BIBLIOGRAFIA BÁSICA: MARTINS, E.Contabilidade de custos. Livro texto 10.ed.São Paulo:Atlas,2010. HORNGREN, C.T. et al.contabilidade de custos. 11.ed. São Paulo: Pearson,2004 BORNIA, Antonio Cezar. Análise gerencial de custos. Porto Alegre: Bookmam, 2009 IUDICIBUS, S. Avaliações sobre análise de custos. 2 ed. São Paulo:Atlas,1993. CATELLI, A. (coord.) Controladoria: uma abordagemda gestão econômica GECON. São Paulo: Atlas, SANTOS, E. S., PONTE, V.Modelo de decisão em gestão econômica. Caderno deestudos, Fipecafi. São Paulo: nº.19,1998 BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR: CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE DE SÃO PAULO. Custos: ferramentas de gestão. São Paulo: Atlas, 2000 LEONE, George S. Custos: um enfoque administrativo. São Paulo: Atlas,

13 13 ANEXO 02 MODELO DE SUMÁRIO (DISCIPLINA LEGISLAÇÃO TRIBUTÁRIA E ADUANEIRA) Sumário UNIDADE NOÇÕES INTRODUTÓRIAS DE DIREITO TRIBUTÁRIO Atividade Financeira do Estado Definição de Tributo Espécies de Tributos Impostos Taxas Contribuições de Melhoria Empréstimos Compulsórios Contribuições Especiais LIMITAÇÕES AO PODER DE TRIBUTAR Princípios Tributários Princípio da Legalidade Princípio da Isonomia Principio da Não Surpresa Princípio do Não Confisco Princípio da Liberdade de Tráfego Princípio da Uniformidade Geográfica da Tributação Princípio da Vedação às Isenções Heterônomas Princípio da Não Discriminação Baseado na Precedência ou Destino Imunidades e Isenções Tributárias UNIDADE COMPETÊNCIA TRIBUTÁRIA Competência Tributária Privativa Competência Tributária Comum Competência Tributária Cumulativa Bitributação e Bis in idem... 37

14 14 2. OBRIGAÇÃO TRIBUTÁRIA Obrigação Principal Obrigação Acessória Fato Gerador Evasão, elisão e elusão fiscal Sujeitos da Obrigação Tributária Sujeito Ativo da Obrigação Tributária Sujeito Passivo da Obrigação Tributária CRÉDITO TRIBUTÁRIO LANÇAMENTO TRIBUTÁRIO Lançamento de Ofício ou Direto Lançamento por Declaração ou Misto Lançamento por Homologação SUSPENSÃO DA EXIGIBILIDADE DO CRÉDITO TRIBUTÁRIO Depósito do Montante Integral Reclamações e Recursos no processo administrativo fiscal Liminar em Mandado de Segurança Liminar ou Tutela Antecipada em outras espécies de ação judicial Moratória Parcelamento EXTINÇÃO DO CRÉDITO TRIBUTÁRIO Pagamento Compensação Transação Remissão Decadência Prescrição Conversão do depósito em renda Pagamento antecipado e a homologação do lançamento Consignação em pagamento julgada pela procedência Decisão administrativa irreformável Decisão judicial transitada em julgado Dação em bens imóveis EXCLUSÃO DO CRÉDITO TRIBUTÁRIO Isenção Anistia UNIDADE 03

15 15 1. FUNCIONAMENTO, ORGANIZAÇÃO E OBJETIVOS DA ADMINISTRAÇÃO ADUANEIRA DO BRASIL 1.1. Natureza do controle aduaneiro Importância do controle aduaneiro Estrutura administrativa da Aduana Organização da administração na Aduana Jurisdição Aduaneira Órgãos Públicos Intervenientes SISCOMEX SERPRO Sistema Integrado de Gerência do Manifesto, do Trânsito e do Armazenamento Mantra UNIDADE CONTROLE ADMINISTRATIVO DO COMÉRCIO EXTERIOR Tratamento Administrativo para a Importação Tratamento administrativo das exportações NOÇÕES GERAIS SOBRE A TRIBUTAÇÃO INCIDENTE NAS OPERAÇÕES DE COMÉRCIO EXTERIOR Imposto de Importação Imposto de Exportação Demais tributos incidentes sobre as operações de Comércio Exterior IPI Importação PIS/PASEP Importação e COFINS Importação CIDE Combustíveis Taxa de utilização do Siscomex Adicional de Frete para Renovação à Marinha Mercante (AFRMM) ICMS sobre transporte interestadual, intermunicipal e de comunicações REGIMES ADUANEIROS ESPECIAIS Zonas de Processamento de Exportação (ZPE) Drawback Áreas de Livre Comércio Entreposto Aduaneiro Exportação Temporária Recinto Especial para Despacho Aduaneiro de Exportação (REDEX) Exportação Temporária para aperfeiçoamento passivo ACORDOS, TRATADOS E CONTRATOS INTERNACIONAIS ADUANEIROS. 110

16 16 ANEXO 03 MODELO DE APRESENTAÇÃO (DISCIPLINA DE METODOLOGIA) Seja bem-vindo! Caro estudante, é com grande satisfação que apresento o material didático da nossa disciplina Metodologia da Pesquisa Científica. Ao ler e estudar por este material, você terá condições de responder as atividades no Ambiente Virtual de Aprendizagem. Este livro está dividido em quatro unidades de acordo com a ementa da disciplina. Iniciaremos com os primeiros passos que tratam sobre o que é conhecimento e ciência, posteriormente, trabalharemos os tipos de métodos, as técnicas de leituras, a estrutura e as regras de formatação de diferentes trabalhos acadêmicos. Não é nosso objetivo esgotar todo o assunto, ao contrário, você deverá procurar outras fontes além deste livro para aprofundar seu conhecimento e estar sempre atualizado sobre os temas estudados aqui. A partir da leitura você estará apto a corresponder às exigências solicit adas nos trabalhos acadêmicos e poderá ensaiar o seu projeto de pesquisa e monografia. Bons estudos!

17 17 ANEXO 04 FICHA DE INSCRIÇÃO NOME COMPLETO: ENDEREÇO: CONTATOS: TELEFONE: CELULAR: DISCIPLINAS ESCOLHIDAS EXPERIÊNCIAS COM PRODUÇÃO ACADÊMICA EXPERIÊNCIAS EM DOCÊNCIA OBS: ANEXAR O CURRÍCULO VITAE, SUMÁRIO E APRESENTAÇÃO DA DISCIPLINA.

SELEÇÃO DE PROFESSORES CONTEUDISTAS PARA ATUAREM NA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA EAD

SELEÇÃO DE PROFESSORES CONTEUDISTAS PARA ATUAREM NA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA EAD SELEÇÃO DE PROFESSORES CONTEUDISTAS PARA ATUAREM NA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA EAD O Diretor Acadêmico da Faculdade Ateneu, a seguir denominada FATE, no uso de suas atribuições regimentais, torna pública a realização

Leia mais

SELEÇÃO DE PROFESSORES CONTEUDISTAS PARA ELABORAÇÃO DE CURSOS DE EXTENSÃO EDITAL IV

SELEÇÃO DE PROFESSORES CONTEUDISTAS PARA ELABORAÇÃO DE CURSOS DE EXTENSÃO EDITAL IV SELEÇÃO DE PROFESSORES CONTEUDISTAS PARA ELABORAÇÃO DE CURSOS DE EXTENSÃO EDITAL IV O Diretor Acadêmico da Faculdade Ateneu, a seguir denominada FATE, no uso de suas atribuições regimentais, torna pública

Leia mais

SELEÇÃO DE PROFESSORES CONTEUDISTAS PARA ELABORAÇÃO DE MATERIAL DIDÁTICO PARA CURSOS DE EXTENSÃO EDITAL VII

SELEÇÃO DE PROFESSORES CONTEUDISTAS PARA ELABORAÇÃO DE MATERIAL DIDÁTICO PARA CURSOS DE EXTENSÃO EDITAL VII SELEÇÃO DE PROFESSORES CONTEUDISTAS PARA ELABORAÇÃO DE MATERIAL DIDÁTICO PARA CURSOS DE EXTENSÃO EDITAL VII O Diretor Acadêmico da Faculdade Ateneu, a seguir denominada FATE, no uso de suas atribuições

Leia mais

SELEÇÃO DE PROFESSORES CONTEUDISTAS PARA ELABORAÇÃO DE CURSOS DE EXTENSÃO EDITAL V.1

SELEÇÃO DE PROFESSORES CONTEUDISTAS PARA ELABORAÇÃO DE CURSOS DE EXTENSÃO EDITAL V.1 SELEÇÃO DE PROFESSORES CONTEUDISTAS PARA ELABORAÇÃO DE DE EXTENSÃO EDITAL V.1 O Diretor Acadêmico da Faculdade Ateneu, a seguir denominada FATE, no uso de suas atribuições regimentais, torna pública a

Leia mais

DINÂMICA CURRICULAR DO CURSO DE PEDAGOGIA - 2008. Disciplinas Teórica Prática Estágio Total. 1º Período

DINÂMICA CURRICULAR DO CURSO DE PEDAGOGIA - 2008. Disciplinas Teórica Prática Estágio Total. 1º Período MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Universidade Federal de Alfenas. UNIFAL-MG Rua Gabriel Monteiro da Silva, 700. Alfenas/MG. CEP 37130-000 Fone: (35) 3299-1000. Fax: (35) 3299-1063 DINÂMICA CURRICULAR DO CURSO DE

Leia mais

Curso de Especialização Arte na Educação: Teoria e Prática. Realização: Departamento de Música Escola de Comunicações e Artes da USP

Curso de Especialização Arte na Educação: Teoria e Prática. Realização: Departamento de Música Escola de Comunicações e Artes da USP Curso de Especialização Arte na Educação: Teoria e Prática Realização: Departamento de Música Escola de Comunicações e Artes da USP Coordenação: Prof. Dr. Pedro Paulo Salles (ECA-USP) Vice-coordenação:

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR CURRÍCULO PLENO

MATRIZ CURRICULAR CURRÍCULO PLENO MATRIZ CURRICULAR Curso: Graduação: Habilitação: Regime: Duração: PEDAGOGIA LICENCIATURA FORMAÇÃO PARA O MAGISTÉRIO EM EDUCAÇÃO INFANTIL SERIADO ANUAL - NOTURNO 4 (QUATRO) ANOS LETIVOS Integralização:

Leia mais

PPC. Aprovação do curso e Autorização da oferta PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO FIC - PRÁTICAS PEDAGÓGICAS

PPC. Aprovação do curso e Autorização da oferta PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO FIC - PRÁTICAS PEDAGÓGICAS MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SANTA CATARINA PRÓ-REITORIA DE ENSINO CENTRO DE REFERÊNCIA EM FORMAÇÃO E

Leia mais

CARGA HORÁRIA SEMANAL: 04 CRÉDITO: 04

CARGA HORÁRIA SEMANAL: 04 CRÉDITO: 04 1. IDENTIFICAÇÃO PERÍODO: CARGA HORÁRIA SEMANAL: 04 CRÉDITO: 04 CARGA HORÁRIA SEMESTRAL: 60 NOME DA DISCIPLINA: FUND. TEÓRICOS METODOLÓGICOS DA EDUCAÇÃO INFANTIL NOME DO CURSO: PEDAGOGIA 2. EMENTA Educação

Leia mais

Ministério da Educação Universidade Federal do Recôncavo da Bahia Superintendência de Educação Aberta e à Distância

Ministério da Educação Universidade Federal do Recôncavo da Bahia Superintendência de Educação Aberta e à Distância EDITAL SEAD Nº 01 DE 10 DE MARÇO DE 2015 SELEÇÃO DE PROFISSIONAIS PARA ATUAR NO CURSO DE LICENCIATURA EM MATEMÁTICA MODALIDADE A DISTÂNCIA PROFESSORES PESQUISADORES E CONTEUDISTAS A SUPERINTENDÊNCIA DE

Leia mais

CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Autorizado pela Portaria no 1.393 de 04/07/01 DOU de 09/07/01 PLANO DE CURSO

CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Autorizado pela Portaria no 1.393 de 04/07/01 DOU de 09/07/01 PLANO DE CURSO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Autorizado pela Portaria no 1.393 de 04/07/01 DOU de 09/07/01 Componente Curricular: DIREITO TRIBUTÁRIO Código: CTB-262 Pré-requisito: ---------- Período Letivo: 2015.2 Professor:

Leia mais

Súmario APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO SINOPSES PARA CARREIRAS FISCAIS... 11

Súmario APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO SINOPSES PARA CARREIRAS FISCAIS... 11 Súmario APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO SINOPSES PARA CARREIRAS FISCAIS... 11 CAPÍTULO I DIREITO TRIBUTÁRIO, TRIBUTO E SUAS ESPÉCIES... 13 1. Breve introdução ao Direito Tributário...13 2. Tributo...14 3. Espécies

Leia mais

Primeiras Linhas de Direito Tributário

Primeiras Linhas de Direito Tributário Aldemario Araujo Castro Mestre em Direito Professor da Universidade Católica de Brasília (UCB) Coordenador da Especialização a distância em Direito do Estado da UCB Membro do Conselho Consultivo da Associação

Leia mais

EDITAL PARA CONTEUDISTA FEAD

EDITAL PARA CONTEUDISTA FEAD EDITAL PARA CONTEUDISTA FEAD 1. CONCEPÇÃO Esta nova concepção de educação e aprendizagem tem seu eixo centrado no aluno, no professor e na gestão escolar (Paulo Sérgio). Diante disso, torna-se relevante

Leia mais

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO EDITAL Nº 02/2009 PARTE I - LÍNGUA PORTUGUESA: COMUM A TODOS OS CARGOS

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO EDITAL Nº 02/2009 PARTE I - LÍNGUA PORTUGUESA: COMUM A TODOS OS CARGOS CONTEÚDO PROGRAMÁTICO EDITAL Nº 02/2009 PARTE I - LÍNGUA PORTUGUESA: COMUM A TODOS OS CARGOS Leitura de textos diversos, envolvendo as variedades lingüísticas, interpretação de diferentes gêneros de texto:

Leia mais

PLANO DE ENSINO. Mês/ Unidade s. Conteúdos T/P 1 08

PLANO DE ENSINO. Mês/ Unidade s. Conteúdos T/P 1 08 PLANO DE ENSINO CURSO: Licenciatura em Matemática MODALIDADE: Presencial DISCIPLINA: Teorias Educacionais e Curriculares CÓDIGO: NPED 03 FASE DO CURSO: 2ª SEMESTRE LETIVO: 2º 2013 CARGA HORARIA SEMESTRAL/

Leia mais

Ementário do Curso de Pedagogia, habilitações: Educação Infantil e Séries Iniciais 2010.2

Ementário do Curso de Pedagogia, habilitações: Educação Infantil e Séries Iniciais 2010.2 01 BIOLOGIA EDUCACIONAL Fase: 1ª Carga Horária: 30 h/a Prática: 30 h/a Créditos: 4 A biologia educacional e os fundamentos da educação. As bases biológicas do crescimento e desenvolvimento humano. A dimensão

Leia mais

CAPÍTULO 1 - TRIBUTOS 1.1 CONCEITO DE TRIBUTO...16 1.2 ESPÉCIES DE TRIBUTOS...20 1.3 COMPETÊNCIA TRIBUTÁRIA...22

CAPÍTULO 1 - TRIBUTOS 1.1 CONCEITO DE TRIBUTO...16 1.2 ESPÉCIES DE TRIBUTOS...20 1.3 COMPETÊNCIA TRIBUTÁRIA...22 CAPÍTULO 1 - TRIBUTOS 1.1 CONCEITO DE TRIBUTO...16 1.2 ESPÉCIES DE TRIBUTOS...20 1.3 COMPETÊNCIA TRIBUTÁRIA...22 1.3.1 CARACTERÍSTICAS DA COMPETÊNCIA TRIBUTÁRIA...25 1.3.1.1 INDELEGABILIDADE...25 1.3.1.2

Leia mais

Edital NEaD/UNIFEI/01/2012 25/04/2012

Edital NEaD/UNIFEI/01/2012 25/04/2012 Edital NEaD/UNIFEI/01/2012 25/04/2012 O Diretor do da Universidade Federal de Itajubá, no uso da competência que lhe foi delegada pelo Magnífico Reitor da UNIFEI, conforme Portaria nº 1.160, de 04 de dezembro

Leia mais

SERVIÇO SOCIAL. Disciplina: Metodologia Científica. Número de créditos: 04. Carga horária: 80

SERVIÇO SOCIAL. Disciplina: Metodologia Científica. Número de créditos: 04. Carga horária: 80 Disciplina: Metodologia Científica SERVIÇO SOCIAL Ementa: Finalidade da metodologia científica. Importância da metodologia Número âmbito das ciências. Metodologia de estudos. O conhecimento e suas formas.

Leia mais

Ementário do Curso de Pedagogia, habilitações: Educação Infantil e Séries Iniciais 2008.1A

Ementário do Curso de Pedagogia, habilitações: Educação Infantil e Séries Iniciais 2008.1A 01 BIOLOGIA EDUCACIONAL Fase: 1ª Prática: 15 h/a Carga Horária: 60 h/a Créditos: 4 A biologia educacional e os fundamentos da educação. As bases biológicas do crescimento e desenvolvimento humano. A dimensão

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº. 93 DE JUNHO DE 2014

RESOLUÇÃO Nº. 93 DE JUNHO DE 2014 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA GRANDE DOURADOS RESOLUÇÃO Nº. 93 DE JUNHO DE 2014 O CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA, EXTENSÃO E CULTURA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DA GRANDE DOURADOS,

Leia mais

CURSO DE PEDAGOGIA EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE PEDAGOGIA

CURSO DE PEDAGOGIA EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE PEDAGOGIA 1 CURSO DE EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS BRUSQUE (SC) 2012 2 SUMÁRIO 1ª FASE... 4 01 BIOLOGIA EDUCACIONAL... 4 02 INVESTIGAÇÃO PEDAGÓGICA: DIVERSIDADE CULTURAL NA APRENDIZAGEM... 4 03 METODOLOGIA CIENTÍFICA...

Leia mais

CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS

CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS 1 CURSO DE EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS 2009.1A BRUSQUE (SC) 2014 2 SUMÁRIO 1ª FASE... 4 01 ADMINISTRAÇÃO... 4 02 CONTABILIDADE INTRODUTÓRIA I... 4 03 MATEMÁTICA... 4 04 METODOLOGIA CIENTÍFICA... 4 05 NOÇÕES

Leia mais

DIVISÃO DE ASSUNTOS ACADÊMICOS Secretaria Geral de Cursos PROGRAMA DE DISCIPLINA

DIVISÃO DE ASSUNTOS ACADÊMICOS Secretaria Geral de Cursos PROGRAMA DE DISCIPLINA DIVISÃO DE ASSUNTOS ACADÊMICOS Secretaria Geral de Cursos PROGRAMA DE DISCIPLINA DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO CÓDIGO: EDU512 DISCIPLINA: ESTÁGIO SUPERVISIONADO EM EDUCAÇÃO INFANTIL CARGA HORÁRIA: 105h EMENTA:

Leia mais

/ 2012 7 ( ) ADM ( ) ADM COMEX ( ) ADM MKT

/ 2012 7 ( ) ADM ( ) ADM COMEX ( ) ADM MKT Disciplina: Planejamento Tributário Empresarial / 2012 Carga horária: 68h Curso/Semestre: 7 ( x ) ADM ( x ) ADM COMEX ( x ) ADM MKT Data de atualização: janeiro 2012 Núcleo: Finanças Nucleador: Prof. Francisco

Leia mais

Curso de Especialização Arte na Educação: Teoria e Prática. Realização: Departamento de Música Escola de Comunicações e Artes da USP

Curso de Especialização Arte na Educação: Teoria e Prática. Realização: Departamento de Música Escola de Comunicações e Artes da USP Curso de Especialização Arte na Educação: Teoria e Prática Realização: Departamento de Música Escola de Comunicações e Artes da USP Coordenação: Prof. Dr. Pedro Paulo Salles (ECA USP) Vice coordenação:

Leia mais

Ciências Contábeis. Fase: II Carga Horária: 60h/a Créditos: 04

Ciências Contábeis. Fase: II Carga Horária: 60h/a Créditos: 04 01 - ADMINISTRAÇÃO Fase: II Carga Horária: 60h/a Créditos: 04 Introdução à Administração. Antecedentes históricos da Administração. Escolas de Administração. Administração e suas perspectivas. Variáveis

Leia mais

PLANO DE ENSINO PROJETO PEDAGÓCIO: 2010. Carga Horária Semestral: 40 Semestre do Curso: 1º

PLANO DE ENSINO PROJETO PEDAGÓCIO: 2010. Carga Horária Semestral: 40 Semestre do Curso: 1º PLANO DE ENSINO PROJETO PEDAGÓCIO: 2010 Curso: Pedagogia Disciplina: Metodologia Científica Carga Horária Semestral: 40 Semestre do Curso: 1º 1 - Ementa (sumário, resumo) Conceito e concepção de ciência

Leia mais

Ementário e Bibliografia do curso de. Ciências Contábeis. Fase: II Carga Horária: 60h/a Créditos: 04

Ementário e Bibliografia do curso de. Ciências Contábeis. Fase: II Carga Horária: 60h/a Créditos: 04 01 - ADMINISTRAÇÃO Fase: II Carga Horária: 60h/a Créditos: 04 Introdução à Administração. Antecedentes históricos da Administração. Escolas de Administração. Administração e suas perspectivas. Variáveis

Leia mais

PROJETO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO EM EDUCAÇÃO INFANTIL 2014.2

PROJETO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO EM EDUCAÇÃO INFANTIL 2014.2 PROJETO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO EM EDUCAÇÃO INFANTIL 2014.2 APRESENTAÇÃO A Educação Infantil é a primeira etapa da Educação Básica e tem como finalidade o desenvolvimento integral

Leia mais

CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Autorizado pela Portaria nº 1.393 de 04/07/01 DOU de 09/07/01

CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Autorizado pela Portaria nº 1.393 de 04/07/01 DOU de 09/07/01 CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Autorizado pela Portaria nº 1.393 de 04/07/01 DOU de 09/07/01 Componente Curricular: DIREITO TRIBUTÁRIO Código: CTB-262 Pré-requisito: ---------- Período Letivo: 2013.1 Professor:

Leia mais

UNIVERSIDADE CASTELO BRANCO VICE-REITORIA DE GRADUAÇÃO CENTRO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA - CEAD

UNIVERSIDADE CASTELO BRANCO VICE-REITORIA DE GRADUAÇÃO CENTRO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA - CEAD VICE-REITORIA DE GRADUAÇÃO CENTRO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA - CEAD EDITAL 02/2015 - PROCESSO DE SELEÇÃO DE PROFESSORES TUTORES A Vice-Reitoria de Graduação e o Centro de Educação a Distância (CEAD/UCB),

Leia mais

Programa da Disciplina

Programa da Disciplina INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E tecnologia PARAÍBA Ministério da Educação Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba - Campus Cajazeiras Diretoria de Ensino / Coord. do Curso

Leia mais

PEDAGOGIA. TIPO DE CURSO: 1ª Licenciatura BLOCO: V DISCIPLINA: SEMINÁRIO IV ATIVIDADE COMPLEMENTAR CARGA HORÁRIA: 15h CRÉDITOS: 1.0.

PEDAGOGIA. TIPO DE CURSO: 1ª Licenciatura BLOCO: V DISCIPLINA: SEMINÁRIO IV ATIVIDADE COMPLEMENTAR CARGA HORÁRIA: 15h CRÉDITOS: 1.0. PEDAGOGIA DISCIPLINA: SEMINÁRIO IV ATIVIDADE COMPLEMENTAR CARGA HORÁRIA: 15h CRÉDITOS: 1.0.0 Aspectos da Motricidade e Escola. MEINEL, Kurt. Motricidade I: teoria da motricidade esportiva sob o aspecto

Leia mais

FACULDADE SETE DE SETEMBRO FASETE

FACULDADE SETE DE SETEMBRO FASETE PLANO DE CURSO FACULDADE SETE DE SETEMBRO FASETE 1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Curso: Licenciatura em Letras com Habilitação em Português e Inglês Disciplina: Estágio Supervisionado I Professor: Joranaide

Leia mais

Plano Educação. www.planoeducacao.com.br LISTA COMPLETA DE CURSOS DO PLANO EDUCAÇÃO. Área Assunto Titulo

Plano Educação. www.planoeducacao.com.br LISTA COMPLETA DE CURSOS DO PLANO EDUCAÇÃO. Área Assunto Titulo Plano Educação LISTA COMPLETA DE CURSOS DO PLANO EDUCAÇÃO 1 Administração Comércio, Vendas e Negociações Administração de Mercado Exterior Administração Comércio, Vendas e Negociações Atendimento ao cliente

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA CAMPUS JAGUARÃO CURSO DE PEDAGOGIA

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA CAMPUS JAGUARÃO CURSO DE PEDAGOGIA PLANO DE ENSINO 2011-1 DISCIPLINA: Teorias e Práticas Alfabetizadoras II - JP0027 PROFESSORA: Ms. Patrícia Moura Pinho I DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Carga Horária Teórica: 60h Carga Horária Prática: 15h II

Leia mais

CURSO DE PEDAGOGIA EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS 2015.1 BRUSQUE (SC) 2015 1 EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE PEDAGOGIA

CURSO DE PEDAGOGIA EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS 2015.1 BRUSQUE (SC) 2015 1 EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE PEDAGOGIA 1 CURSO EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS 2015.1 BRUSQUE (SC) 2015 2 SUMÁRIO 1ª FASE... 4 01 INVESTIGAÇÃO DA PRÁTICA DOCENTE I... 4 02 LEITURA E PRODUÇÃO DE TEXTO... 4 03 PROFISSIONALIDADE DOCENTE... 4 04 RESPONSABILIDADE

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS

EMENTAS DAS DISCIPLINAS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO DE GRADUAÇÃO DE SERVIÇO SOCIAL INTRODUÇÃO AO SERVIÇO SOCIAL EMENTA: A ação profissional do Serviço Social na atualidade, o espaço sócioocupacional e o reconhecimento dos elementos

Leia mais

PLANO DE ENSINO PROJETO PEDAGÓCIO: 2010. Carga Horária Semestral: 80 Semestre do Curso: 6º

PLANO DE ENSINO PROJETO PEDAGÓCIO: 2010. Carga Horária Semestral: 80 Semestre do Curso: 6º PLANO DE ENSINO PROJETO PEDAGÓCIO: 2010 Curso: Pedagogia Disciplina: Conteúdos e Metodologia de Ciências Carga Horária Semestral: 80 Semestre do Curso: 6º 1 - Ementa (sumário, resumo) Conteúdos e fundamentos

Leia mais

PLANO DE CURSO 2014/02 TOTAL DE AULAS/ OU CARGA HORÁRIA

PLANO DE CURSO 2014/02 TOTAL DE AULAS/ OU CARGA HORÁRIA Este Plano de Curso poderá sofrer alterações a critério do professor e/ou da Coordenação. PLANO DE CURSO 2014/ DISCIPLINA: DIREITO TRIBUTÁRIO II PROFESSOR: MARCELO MARTINS ALTOÉ TURMA: 9º DM / EN UNIDADE

Leia mais

PLANO DE ENSINO PROJETO PEDAGÓCIO: 2010. Carga Horária Semestral: 40 Semestre do Curso: 8º

PLANO DE ENSINO PROJETO PEDAGÓCIO: 2010. Carga Horária Semestral: 40 Semestre do Curso: 8º PLANO DE ENSINO PROJETO PEDAGÓCIO: 2010 Curso: Pedagogia Disciplina: Acompanhamento aos Projetos de Pesquisa II Carga Horária Semestral: 40 Semestre do Curso: 8º 1 - Ementa (sumário, resumo) Espaço destinado

Leia mais

ANEXO II FACULDADE DE SERVIÇO SOCIAL DEPARTAMENTO DE POLÍTICA SOCIAL

ANEXO II FACULDADE DE SERVIÇO SOCIAL DEPARTAMENTO DE POLÍTICA SOCIAL ANEXO II FACULDADE DE SERVIÇO SOCIAL DEPARTAMENTO DE POLÍTICA SOCIAL DA INSCRIÇÃO A inscrição será realizada no período de 17/12/2012 até 31/01/2013, excetuando-se o período de 22/12/2012 até 01/01/2013

Leia mais

Governo Municipal do Limoeiro Autarquia de Ensino Superior de Limoeiro Faculdade de Ciências Aplicadas de Limoeiro

Governo Municipal do Limoeiro Autarquia de Ensino Superior de Limoeiro Faculdade de Ciências Aplicadas de Limoeiro Governo Municipal do Limoeiro Autarquia de Ensino Superior de Limoeiro Faculdade de Ciências Aplicadas de Limoeiro Processo Seletivo Simplificado para Contratação Temporária de Professor de Educação Superior

Leia mais

SEGUNDA CHAMADA PARA INSCRIÇÕES NO CONCURSO PÚBLICO PARA DOCENTES DE 3º GRAU ABERTO PELO EDITAL Nº 92 DE 05 DE NOVEMBRO DE 2012 (Campus Arapiraca)

SEGUNDA CHAMADA PARA INSCRIÇÕES NO CONCURSO PÚBLICO PARA DOCENTES DE 3º GRAU ABERTO PELO EDITAL Nº 92 DE 05 DE NOVEMBRO DE 2012 (Campus Arapiraca) UNIVERSIDA FERAL ALAGOAS PRÓ-REITORIA GESTÃO PESSOAS E DO TRABALHO EDITAL Nº 105 23 NOVEMBRO 2012. Publicado no Diário Oficial da União de 27/11/2012, Seção 03, p. 83-85 SEGUNDA CHAMADA PARA INSCRIÇÕES

Leia mais

PLANO DE ENSINO PROJETO PEDAGÓGICO: 2010

PLANO DE ENSINO PROJETO PEDAGÓGICO: 2010 PLANO DE ENSINO PROJETO PEDAGÓGICO: 2010 Curso: Pedagogia Disciplina: Conteúdos e Metodologia de Alfabetização Carga Horária Semestral: 80 horas Semestre do Curso: 5º 1 - Ementa (sumário, resumo) História

Leia mais

Ministério da Educação Universidade Federal do Recôncavo da Bahia Superintendência de Educação Aberta e à Distância

Ministério da Educação Universidade Federal do Recôncavo da Bahia Superintendência de Educação Aberta e à Distância EDITAL INTERNO SEAD Nº 02/2015 SELEÇÃO DE PROFISSIONAIS PARA ATUAR NO CURSO DE LICENCIATURA EM MATEMÁTICA MODALIDADE A DISTÂNCIA PROFESSORES PESQUISADORES E CONTEUDISTAS A SUPERINTENDÊNCIA DE EDUCAÇÃO

Leia mais

Ementas aprovadas nos Departamentos (as disciplinas obrigatórias semestrais estão indicadas; as demais são anuais)

Ementas aprovadas nos Departamentos (as disciplinas obrigatórias semestrais estão indicadas; as demais são anuais) UFPR SETOR DE EDUCAÇÃO CURSO DE PEDAGOGIA EMENTAS DAS DISCIPLINAS OBRIGATÓRIAS Ementas aprovadas nos Departamentos (as disciplinas obrigatórias semestrais estão indicadas; as demais são anuais) 1º ANO

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR CURRÍCULO PLENO 1.ª SÉRIE

MATRIZ CURRICULAR CURRÍCULO PLENO 1.ª SÉRIE MATRIZ CURRICULAR Curso: Graduação: Regime: Duração: BACHARELADO SERIADO ANUAL - NOTURNO 4 (QUATRO) ANOS LETIVOS Integralização: A) TEMPO TOTAL - MÍNIMO = 04 (QUATRO) ANOS LETIVOS - MÁXIMO = 07 (SETE)

Leia mais

Sumário. Parte I - CAP 01 - Tributo Conceitos e Espécies Parte I - CAP 02 - Competência Tributária 2.1 Repartição das receitas tributárias 18

Sumário. Parte I - CAP 01 - Tributo Conceitos e Espécies Parte I - CAP 02 - Competência Tributária 2.1 Repartição das receitas tributárias 18 Parte I - CAP 01 - Tributo Conceitos e Espécies Parte I - CAP 02 - Competência Tributária 2.1 Repartição das receitas tributárias 18 2.2 Exercício da competência tributária 20 Parte I - CAP 03 - Princípios

Leia mais

PLANO DE ENSINO. CURSO: Licenciatura em Pedagogia ANO/TRIMESTRE: 2014/1 DISCIPLINA: Alfabetização e Letramento: métodos de alfabetização

PLANO DE ENSINO. CURSO: Licenciatura em Pedagogia ANO/TRIMESTRE: 2014/1 DISCIPLINA: Alfabetização e Letramento: métodos de alfabetização PLANO DE ENSINO CURSO: Licenciatura em Pedagogia ANO/TRIMESTRE: 2014/1 DISCIPLINA: Alfabetização e Letramento: métodos de alfabetização CARGA HORÁRIA: 90h PROFESSOR: Lourival José Martins Filho 1 EMENTA

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE LONDRINA - UEL UNIVERSIDADE ABERTA DO BRASIL - UAB EDITAL Nº 19/2014-UAB-UEL

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE LONDRINA - UEL UNIVERSIDADE ABERTA DO BRASIL - UAB EDITAL Nº 19/2014-UAB-UEL UNIVERSIDADE ESTADUAL DE LONDRINA - UEL UNIVERSIDADE ABERTA DO BRASIL - UAB Página 1 de 10 do EDITAL Nº 19/2014-UAB-UEL O Coordenador da UAB da Universidade Estadual de Londrina, no uso das atribuições,

Leia mais

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO UNIDADE ACADÊMICO-ADMINISTRATIVA DE EDUCAÇÃO CURSO DE PEDAGOGIA

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO UNIDADE ACADÊMICO-ADMINISTRATIVA DE EDUCAÇÃO CURSO DE PEDAGOGIA PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO UNIDADE ACADÊMICO-ADMINISTRATIVA DE EDUCAÇÃO CURSO DE PEDAGOGIA PROCESSO DE SELEÇÃO DOCENTE PARA 2010/1 ÁREA DE CONCENTRAÇÃO: FUNDAMENTOS

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 4.638, DE 25 DE FEVEREIRO DE 2015

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 4.638, DE 25 DE FEVEREIRO DE 2015 1 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 4.638, DE 25 DE FEVEREIRO DE 2015 Aprova o Projeto Pedagógico do Curso de Licenciatura

Leia mais

Ementário do Curso de Pedagogia, habilitações: Educação Infantil e Séries Iniciais 2004.1. Disciplinas do Núcleo Comum 01 ANTROPOLOGIA CULTURAL

Ementário do Curso de Pedagogia, habilitações: Educação Infantil e Séries Iniciais 2004.1. Disciplinas do Núcleo Comum 01 ANTROPOLOGIA CULTURAL Disciplinas do Núcleo Comum 01 ANTROPOLOGIA CULTURAL Fase: 1ª Carga Horária: 30 h/a Prática: 10 h/a Créditos: 2 : A Antropologia enquanto ciência e seus principais ramos. Metodologia da pesquisa em Antropologia

Leia mais

FACULDADE VALE DO SALGADO

FACULDADE VALE DO SALGADO EDITAL Nº 8, 14 DE FEVEREIRO DE 2014 - EDITAL PARA SELEÇÃO DE MONITORES QUE INTEGRARÃO O PROGRAMA DE MONITORIA DA FACULDADE VALE DO SALGADO PARA O PERÍODO LETIVO DE 2014.1 e 2014.2. A Coordenação de Pesquisa

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DE PROJETO DE ABERTURA DE TURMA PROGRAMA ESPECIAL DE FORMAÇÃO PEDAGÓGICA PROFOP DA UTFPR

ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DE PROJETO DE ABERTURA DE TURMA PROGRAMA ESPECIAL DE FORMAÇÃO PEDAGÓGICA PROFOP DA UTFPR Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Diretoria de Graduação e Educação Profissional - DIRGRAD Departamento de Educação Campus XXXXXXX ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DE PROJETO

Leia mais

Curso: Alfabetização e Letramento na Ed. Infantil e nas séries iniciais

Curso: Alfabetização e Letramento na Ed. Infantil e nas séries iniciais Curso: Alfabetização e Letramento na Ed. Infantil e nas séries iniciais Datas: 11 e 18 de Setembro Horário: 14:00h às 17:40h Carga Horária: 8 horas Vagas: O número mínimo de inscritos será: 20 pessoas

Leia mais

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO INTERNO E EXTERNO PARA PEDAGOGIA. N 2015/05 18 de NOVEMBRO A 10 DE DEZEMBRO

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO INTERNO E EXTERNO PARA PEDAGOGIA. N 2015/05 18 de NOVEMBRO A 10 DE DEZEMBRO EDITAL DE PROCESSO SELETIVO INTERNO E EXTERNO PARA PEDAGOGIA N 2015/05 18 de NOVEMBRO A 10 DE DEZEMBRO Dispõe sobre o TESTE SELETIVO INTERNO E EXTERNO para PROFESSOR integrante da carreira docente das

Leia mais

UNIVERSIDADE DO OESTE DE SANTA CATARINA UNOESC AVISO PÚBLICO Nº10 UNOESC-R/2010

UNIVERSIDADE DO OESTE DE SANTA CATARINA UNOESC AVISO PÚBLICO Nº10 UNOESC-R/2010 UNIVERSIDADE DO OESTE DE SANTA CATARINA UNOESC AVISO PÚBLICO Nº10 UNOESC-R/2010 O Reitor da Universidade do Oeste de Santa Catarina, Instituição Educacional, com sede na Rua Getúlio Vargas, 2125, na cidade

Leia mais

PLANO DE ENSINO 1- IDENTIFICAÇÃO

PLANO DE ENSINO 1- IDENTIFICAÇÃO PLANO DE ENSINO 1- IDENTIFICAÇÃO 1.1 Curso: Curso Superior de Tecnologia em Gestão Comercial 1.2 Disciplina: Legislação e Tributação Comercial 1.3 Carga Horária: 36 1.3.1 Encontros: 1.4 Período: 3º 1.5

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR 1.ª SÉRIE DE OFERTA 99-8791-04 DIDÁTICA 160 0 160 99-8792-04

MATRIZ CURRICULAR 1.ª SÉRIE DE OFERTA 99-8791-04 DIDÁTICA 160 0 160 99-8792-04 Curso: Graduação: Regime: Duração: PEDAGOGIA LICENCIATURA PLENA MATRIZ CURRICULAR SERIADO ANUAL - NOTURNO 4 (QUATRO) ANOS LETIVOS Integralização: A) TEMPO TOTAL - MÍNIMO = 04 (QUATRO) ANOS LETIVOS - MÁXIMO

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL DO PARANÁ DIRETORIA DE EDUCAÇÃO A DISTANCIA

INSTITUTO FEDERAL DO PARANÁ DIRETORIA DE EDUCAÇÃO A DISTANCIA INSTITUTO FEDERAL DO PARANÁ DIRETORIA DE EDUCAÇÃO A DISTANCIA EDITAL Nº 075/2014 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA TUTORES A DISTÂNCIA DO CURSO TÉCNICO EM TRANSAÇÕES IMOBILIÁRIAS - CAMPUS PINHAIS Dispõe

Leia mais

Capacitação Livre em Direito Tributário

Capacitação Livre em Direito Tributário Capacitação Livre em Direito Tributário Rede LFG - Comércio S.E SERVICOS EDUCACIONAIS LTDA - ME CNPJ: 10.220.574/0001-29 Rua dos Algibebes, 26 COMÉRCIO, CEP: 40015-060/SALVADOR - BA Contato: Lauana Fontenele

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS

EMENTAS DAS DISCIPLINAS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO DE GRADUAÇÃO DE PEDAGOGIA Disciplina: Comunicação e Expressão Ementa: A leitura como vínculo leitor/texto através do conhecimento veiculado pelo texto escrito. Interpretação:

Leia mais

UNIVERSIDADE CASTELO BRANCO VICE-REITORIA DE ENSINO ACADÊMICA PRÓ-REITORIA DE ENSINO CENTRO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA

UNIVERSIDADE CASTELO BRANCO VICE-REITORIA DE ENSINO ACADÊMICA PRÓ-REITORIA DE ENSINO CENTRO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA UNIVERSIDADE CASTELO BRANCO VICE-REITORIA DE ENSINO ACADÊMICA PRÓ-REITORIA DE ENSINO CENTRO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA EDITAL 01/2015 PROCESSO SELETIVO PARA PROFESSOR TUTOR A DISTÂNCIA A Reitoria da Universidade

Leia mais

DOCÊNCIA NO ENSINO SUPERIOR: DILEMAS E PERSPECTIVAS NA FORMAÇÃO DE PROFESSORES DE MÚSICA

DOCÊNCIA NO ENSINO SUPERIOR: DILEMAS E PERSPECTIVAS NA FORMAÇÃO DE PROFESSORES DE MÚSICA DOCÊNCIA NO ENSINO SUPERIOR: DILEMAS E PERSPECTIVAS NA FORMAÇÃO DE PROFESSORES DE MÚSICA Everson Ferreira Fernandes Universidade Federal do Rio Grande do Norte eversonff@gmail.com Gislene de Araújo Alves

Leia mais

Ementário do Curso de Pedagogia, habilitações: Educação Infantil e Séries Iniciais 2008.1

Ementário do Curso de Pedagogia, habilitações: Educação Infantil e Séries Iniciais 2008.1 01 BIOLOGIA EDUCACIONAL Fase: 1ª Carga Horária: 60 h Prática: 15 h Créditos: 4 A Biologia e o educador. Herança e meio, a hereditariedade. Reprodução humana. As funções vegetativas (digestão e alimentos,

Leia mais

Direito Tributário Revisão Final

Direito Tributário Revisão Final Direito Tributário Revisão Final Sergio Karkache http://sergiokarkache.blogspot.com Tributo (Conceito): Tributo é toda prestação pecuniária compulsória, em moeda ou cujo valor nela se possa exprimir, que

Leia mais

Salvador, Bahia Quarta-feira 16 de Abril de 2014 Ano XCVIII N o 21.405 EDITAL Nº 034/2014

Salvador, Bahia Quarta-feira 16 de Abril de 2014 Ano XCVIII N o 21.405 EDITAL Nº 034/2014 Salvador, Bahia Quarta-feira 16 de Abril de 2014 Ano XCVIII N o 21.405 EDITAL Nº 034/2014 O REITOR DA UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA (UNEB), no uso de suas atribuições legais e regimentais, RESOLVE tornar

Leia mais

Faculdade Católica Nossa Senhora das Neves Autorizada pela Portaria nº 3.895-MEC DOU 26.11.2004 PLANO DE DISCIPLINA

Faculdade Católica Nossa Senhora das Neves Autorizada pela Portaria nº 3.895-MEC DOU 26.11.2004 PLANO DE DISCIPLINA Faculdade Católica Nossa Senhora das Neves Autorizada pela Portaria nº 3.895-MEC DOU 26.11.2004 PLANO DE DISCIPLINA 1. Dados do curso/disciplina Curso: Ciências Contábeis Semestre: 2010.2 Disciplina: Legislação

Leia mais

PROCESSO SELETIVO DE PROFESSORES PARA ATUAR NA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA NOS CURSOS TÉCNICOS DE NÍVEL MÉDIO SUBSEQUENTES DA REDE e-tec BRASIL

PROCESSO SELETIVO DE PROFESSORES PARA ATUAR NA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA NOS CURSOS TÉCNICOS DE NÍVEL MÉDIO SUBSEQUENTES DA REDE e-tec BRASIL Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul Câmpus Osório E JAN EDITAL Nº 06, DE 25 DE FEVEREIRO DE

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO Ministério da Educação UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO Sistema Universidade Aberta do Brasil UAB Núcleo de Educação Aberta e a Distância Ne@ad Edital nº SELEÇÃO DE TUTORES PRESENCIAIS Ciências Contábeis

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS UNIDADE UNIVERSITÁRIA DE CIÊNCIAS SÓCIO-ECONÔMICAS E HUMANAS DE ANÁPOLIS

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS UNIDADE UNIVERSITÁRIA DE CIÊNCIAS SÓCIO-ECONÔMICAS E HUMANAS DE ANÁPOLIS 1. EMENTA Orientação para a observação e a coleta de dados das instituições de educação infantil e da sala de aula. Orientações para o planejamento, desenvolvimento e avaliação do trabalho de campo. Reflexão

Leia mais

SELEÇÃO DE PROFISSIONAIS PARA ATUAR NA EDUCAÇÃO ADISTÂNCIA PROFESSORES CONTEUDISTAS

SELEÇÃO DE PROFISSIONAIS PARA ATUAR NA EDUCAÇÃO ADISTÂNCIA PROFESSORES CONTEUDISTAS SELEÇÃO DE PROFISSIONAIS PARA ATUAR NA EDUCAÇÃO ADISTÂNCIA PROFESSORES CONTEUDISTAS O Diretor Acadêmico da Faculdade ATENEU, a seguir denominada FATE, no uso de suas atribuições regimentais, torna pública

Leia mais

EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA. Educação que valoriza o seu tempo: presente e futuro

EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA. Educação que valoriza o seu tempo: presente e futuro EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA Educação que valoriza o seu tempo: presente e futuro Educação a Distância Os mesmos professores. A mesma aula. O mesmo diploma. A única diferença é a sala de aula que fica em suas

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO EM DOCÊNCIA DO ENSINO SUPERIOR

PÓS-GRADUAÇÃO EM DOCÊNCIA DO ENSINO SUPERIOR PÓS-GRADUAÇÃO EM DOCÊNCIA DO ENSINO SUPERIOR Instituição Certificadora: FALC Amparo Legal: Resolução CNE CES 1 2001 Resolução CNE CES 1 2007 Carga Horária: 460h Período de Duração: 12 meses (01 ano) Objetivos:

Leia mais

SUMÁRIO. I. Sistema tributário nacional. 1. Introdução ao estudo do direito tributário atual - p. 12

SUMÁRIO. I. Sistema tributário nacional. 1. Introdução ao estudo do direito tributário atual - p. 12 SUMÁRIO I. Sistema tributário nacional 1. Introdução ao estudo do direito tributário atual - p. 12 2. Linguagem, direito tributário e ciência do direito tributário - p. 17 3. Noções acerca do sistema tributário

Leia mais

3.360 H/AULA (*) CURRÍCULO PLENO/

3.360 H/AULA (*) CURRÍCULO PLENO/ MATRIZ CURRICULAR Curso: Graduação: Regime: Duração: HISTÓRIA LICENCIATURA PLENA SERIADO ANUAL 3 (TRÊS) ANOS LETIVOS Integralização: A) TEMPO TOTAL - MÍNIMO = 03 (TRÊS) ANOS LETIVOS - MÁXIMO = 05 (CINCO)

Leia mais

PROCESSO DE SELEÇÃO DE DOCENTES - EDITAL

PROCESSO DE SELEÇÃO DE DOCENTES - EDITAL De ordem do Magnífico Reitor, faço saber aos interessados que, nos termos do Título VI, Capítulo I, Art. 56 do Regimento Geral do Centro Universitário Newton Paiva, acham-se abertas as inscrições do Processo

Leia mais

LLE9400 - Introdução à Educação a Distância 05 LLE9401 - Leitura e Produção Textual Acadêmica 05 LLE9411 - Língua Espanhola I 05 TOTAL 15

LLE9400 - Introdução à Educação a Distância 05 LLE9401 - Leitura e Produção Textual Acadêmica 05 LLE9411 - Língua Espanhola I 05 TOTAL 15 UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA Pró-Reitoria de Ensino de Graduação Coordenadoria de Educação a Distância Campus Prof. João David Ferreira Lima CEP 88040-900 Trindade - Florianópolis - Santa Catarina

Leia mais

PED PSICOPEDAGOGIA INSTITUCIONAL ORIENTAÇÕES ACADÊMICAS

PED PSICOPEDAGOGIA INSTITUCIONAL ORIENTAÇÕES ACADÊMICAS PED PSICOPEDAGOGIA INSTITUCIONAL ORIENTAÇÕES ACADÊMICAS Prezado aluno, O maior diferencial deste projeto pedagógico é o desenvolvimento da autonomia do estudante durante sua formação. O currículo acadêmico

Leia mais

Programa 1: O Processo Educacional: Saúde ou Alienação

Programa 1: O Processo Educacional: Saúde ou Alienação Programa 1: O Processo Educacional: Saúde ou Alienação DEPARTAMENTO : Psicologia Social PERÍODO/ANO : 7º/2016 CARGA HORÁRIA : 34 PROFESSORAS : Ana Mercês Bahia Bock OBJETIVOS Produzir visibilidade para

Leia mais

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO EMENTA

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO EMENTA Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO EIXO TECNOLÓGICO: Informação e Comunicação CURSO: Tecnologia em Sistemas para Internet FORMA/GRAU:( )integrado ( )subsequente ( ) concomitante ( ) bacharelado ( ) licenciatura

Leia mais

Componente Curricular: Metodologia da Pesquisa Científica PLANO DE CURSO

Componente Curricular: Metodologia da Pesquisa Científica PLANO DE CURSO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Reconhecimento Renovado pela Portaria MEC nº 264 de 14.07.11, DOU de 19.07.11. Componente Curricular: Metodologia da Pesquisa Científica Código: CTB-190 Pré-requisito: ----------

Leia mais

Edital MBA nº 001/2012

Edital MBA nº 001/2012 Edital MBA nº 001/2012 Edital de oferta de curso de pós-graduação latu sensu (MBA em gestão de Cooperativas) a ser realizada através de convênio entre SESCOOP/PA Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo

Leia mais

Como fazer o seu primeiro MBA?

Como fazer o seu primeiro MBA? GRADE CURRICULAR Como fazer o seu primeiro MBA? Escolha o MBA desejado no seu escritório virtual e confira a Grade Curricular do curso. Faça um a um, todos os módulos referentes ao MBA escolhido baseando-se

Leia mais

P L A N O D E E N S I N O. DISCIPLINA: Psicologia da Educação II. CARGA HORÁRIA TOTAL : 72h TEORIA: 72 PRÁTICA:

P L A N O D E E N S I N O. DISCIPLINA: Psicologia da Educação II. CARGA HORÁRIA TOTAL : 72h TEORIA: 72 PRÁTICA: P L A N O D E E N S I N O DEPARTAMENTO: Departamento de Matemática DISCIPLINA: Psicologia da Educação II SIGLA: PSE II CARGA HORÁRIA TOTAL : 72h TEORIA: 72 PRÁTICA: CURSO(S): Licenciatura em Matemática

Leia mais

NORMAS COMPLEMENTARES - EDITAL Nº 015/2014

NORMAS COMPLEMENTARES - EDITAL Nº 015/2014 NORMAS COMPLEMENTARES - EDITAL Nº 015/2014 NORMAS ESPECÍFICAS PARA O CONCURSO PÚBLICO DE PROVAS E TÍTULOS PARA PREENCHIMENTO DE VAGA(S) DE PROFESSORE DA CARREIRA DE MAGISTÉRIO SUPERIOR DA UNIVERSIDADE

Leia mais

ESTÁGIO SUPERVISIONADO: UMA ANÁLISE DE SUA CONTRIBUIÇÃO PARA A FORMAÇÃO EM SERVIÇO SOCIAL

ESTÁGIO SUPERVISIONADO: UMA ANÁLISE DE SUA CONTRIBUIÇÃO PARA A FORMAÇÃO EM SERVIÇO SOCIAL ESTÁGIO SUPERVISIONADO: UMA ANÁLISE DE SUA CONTRIBUIÇÃO PARA A FORMAÇÃO EM SERVIÇO SOCIAL Jocelma Tossin Martins (UNICENTRO), Rosângela Bujokas de Siqueira (Orientadora), e-mail: janja.bujokas@uol.com.br

Leia mais

DISCIPLINAS DE FORMAÇÃO BÁSICA GERAL

DISCIPLINAS DE FORMAÇÃO BÁSICA GERAL CURSO DE SERVIÇO SOCIAL Turno: INTEGRAL Currículo nº Reconhecido pelo Decreto Federal n 8.1, de 16.10.78, D.O.U. nº198 de 17.10.78. Renovação de Reconhecimento Decreto Est. nº. 106, de 1.0.11 DOE nº 85

Leia mais

ANEXO I - EDITAL Nº 3/2014

ANEXO I - EDITAL Nº 3/2014 Página 1 de 6 ANEXO I - EDITAL Nº 3/2014 O SERVIÇO SOCIAL DO COMÉRCIO SESC/RN, representado por sua Administração Regional no Estado do Rio Grande do Norte, torna público, para o conhecimento de quantos

Leia mais

Currículo nº2 DISCIPLINAS DE FORMAÇÃO BÁSICA GERAL

Currículo nº2 DISCIPLINAS DE FORMAÇÃO BÁSICA GERAL CURSO DE SERVIÇO SOCIAL Turno: INTEGRAL Currículo nº2 Reconhecido pelo Decreto Federal n 82.413, de 16.10.78, D.O.U. nº198 de 17.10.78. Renovação de Reconhecimento Decreto Est. nº. 1064, de 13.04.11 DOE

Leia mais

PLANO DE DISCIPLINA. Faculdade Internacional do Delta Curso: Serviço Social. Período: 1º/2014 1. UNIDADE TEMÁTICA:

PLANO DE DISCIPLINA. Faculdade Internacional do Delta Curso: Serviço Social. Período: 1º/2014 1. UNIDADE TEMÁTICA: PLANO DE DISCIPLINA Faculdade Internacional do Delta Curso: Serviço Social Coordenação: Naiara Magalhães Professor (a): Adriana Barros Disciplina: Pesquisa Social I Carga horária: 60h Período: 1º/2014

Leia mais

EDITAL Nº 094/2015. 1.2. Os tutores serão selecionados com base nos critérios estabelecidos no presente Edital.

EDITAL Nº 094/2015. 1.2. Os tutores serão selecionados com base nos critérios estabelecidos no presente Edital. UNIVERSIDADE ESTADUAL DO SUDOESTE DA BAHIA UESB Recredenciada pelo Decreto Estadual N 9.996, de 02.05.2006 Educação a Distância EAD / UESB Fone: (77) 3425-9308 uesbvirtual@uesb.edu EDITAL Nº 094/2015 SELEÇÃO

Leia mais

PROGRAMA DA DISCIPLINA

PROGRAMA DA DISCIPLINA UPE Campus Petrolina PROGRAMA DA DISCIPLINA Curso: Geografia Disciplina: Psicologia da Aprendizagem Carga Horária: 75h Teórica: 60 Prática: 00 Semestre: 2013.2 Professora: Rosilande Ribeiro Nunes Bandeira

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA CAMPUS JAGUARÃO CURSO DE PEDAGOGIA

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA CAMPUS JAGUARÃO CURSO DE PEDAGOGIA PLANO DE ENSINO 2011-1 DISCIPLINA: Ensinar e aprender História - JP0038 PROFESSORA: Dra. Hilda Jaqueline de Fraga I DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Carga Horária 75h II EMENTA Concepções e temas recorrentes no

Leia mais