H Convencionados. Operados e vale cirurgia emitidos por grupo extracção a de Fevereiro de 2011

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "H Convencionados. Operados e vale cirurgia emitidos por grupo extracção a 30-09-2010. 11 de Fevereiro de 2011"

Transcrição

1 H Convencionados Operados e vale cirurgia emitidos por grupo extracção a de Fevereiro de 2011

2 Título Actividade cirúrgica dos Convencionados Versão V1 Autores Unidade Central de Gestão de Inscritos para Cirurgia Miguel Lopes Pedro Gomes Ficheiro UCGIC ML Convencionados Operados vc Emitidos por grupo extracção VE1 2

3 Índice 1. Listagem Operados nos hospitais convencionados por grupo extracção Listagem episódios com vc/nt emitidos por grupo extracção

4 1. Listagem Operados nos hospitais convencionados por grupo extracção Grupo Extracção Norte LVT Centro Algarve Alentejo País Substituição ou reparação de articulações dos membros inferiores Outros procedimentos em ossos e partes moles (excepto cabeça e pescoço, coluna, tórax e abdómen) Procedimentos nas Varizes dos membros inferiores Procedimentos na Pele e tecido celular subcutâneoem lesões não malignas da pele Procedimentos no Nariz e Seios nasais Procedimentos em cataratas Procedimentos na Mama Procedimentos nas Amígdalas e Adenóides Procedimentos em Quisto sinovial, Dupuytran, Sind. do túnel cárpico Outros procedimentos na Coluna vertebral Procedimentos na Vesícula e vias biliares Procedimentos nas Hérnias Inguino-femurais Procedimentos no Ouvido e Mastóide Artroscopias Excisão ou destruição de disco intravertebral Procedimentos em Defromidades do Hálux Procedimentos em Hernias Abdominais Procedimentos na Tiróide Procedimentos em Prolapsos, incontinência, cistocelos e rectocelos Procedimentos na Próstata e Vesícula seminal Outros procedimentos nos Genitais masculinos Procedimentos em Hemorróidas, fistulas e fissuras anais Procedimentos no Olho e anexos (pálpebras, orbita e aparelho lacrimal) Procedimentos no Útero Procedimentos na Fimose Procedimentos no Rim ou ureteres Procedimentos na Próstata por NM

5 Grupo Extracção Norte LVT Centro Algarve Alentejo País Procedimentos no Coração e Pericárdio Procedimentos na Bexiga ou Uretra por NM Procedimentos na Bexiga ou Uretra Procedimentos em Nervos não especificados noutros grupos Intervenções por motivos de planeamento Familiar Procedimentos em Dentes e Gengivas Procedimentos na Pele e Tecido celular subcutâneo da cabeça e pescoço Outros procedimentos em cabeça e pescoço Procedimentos no Ovário e Trompas Outros procedimentos na Região abdominal Procedimentos no Rim ou ureteres por NM Procedimentos no Esófago ou Estômago Outros procedimentos nos Genitais femininos Procedimentos no Cólon Procedimentos em Glandulas salivares Procedimentos no pulmão, bronquio, pleura Procedimentos na Pele e Tecido celular subcutâneo da cabeça e pescoço por NM excepto Melanoma Outros procedimentos em vasos (excepto cabeça e pescoço) Outros procedimentos em Órgãos intracraneanos Outros procedimentos na Região pélvica Procedimentos em Linfáticos não especificados noutros grupos Procedimentos na Tiróide por NM Outros procedimentos na região torácica 7 7 Procedimentos na Pele e tec. Cel. Subcutâneo por NM Outros Procedimentos em cabeça e pescoço por NM Procedimentos no Pulmão, Pleura, Bronquio por NM 5 5 Outros Procedimentos nos Genitais masculinos por NM Procedimentos no Intestino Delgado 2 2 Procedimentos nos Vasos em cabeça e pescoço 2 2 5

6 Grupo Extracção Norte LVT Centro Algarve Alentejo País Histeroscopia 1 1 Outros Procedimentos não enquadráveis em outros agrupamentos por NM 1 1 Outros Procedimentos na região torácica por NM 1 1 Procedimento em Faringe, Laringe e Traqueia por NM 1 1 Procedimento na Mama por NM 1 1 Procedimentos em Cavidade Oral (inclui Lábio e Glandulas Salivares) por NM 1 1 Procedimentos em Ganglios da Região Torácica e Axilar em NM 1 1 Procedimentos em Melanoma 1 1 Procedimentos no Figado ou pâncreas 1 1 Procedimentos no Útero por NM 1 1 Total Dados extraídos de referentes Fonte: SIGLIC Extracção 6

7 2. Listagem episódios com vc/nt emitidos por grupo extracção Grupo Extracção NORTE LVT CENTRO ALGARVE ALENTEJO PAÍS Substituição ou reparação de articulações dos membros inferiores Procedimentos nas Varizes dos membros inferiores Procedimentos em cataratas Outros procedimentos em ossos e partes moles (excepto cabeça e pescoço, coluna, tórax e abdómen) Procedimentos na Pele e tecido celular subcutâneoem lesões não malignas da pele Procedimentos no Nariz e Seios nasais Procedimentos na Vesícula e vias biliares Procedimentos nas Hérnias Inguino-femurais Procedimentos em Quisto sinovial, Dupuytran, Sind. do túnel cárpico Procedimentos nas Amígdalas e Adenóides Procedimentos na Mama Outros procedimentos na Coluna vertebral Artroscopias Procedimentos em Hernias Abdominais Excisão ou destruição de disco intravertebral Procedimentos no Ouvido e Mastóide Procedimentos no Útero Procedimentos em Defromidades do Hálux Procedimentos no Olho e anexos (pálpebras, orbita e aparelho lacrimal) Procedimentos em Hemorróidas, fistulas e fissuras anais Procedimentos na Tiróide Procedimentos em Prolapsos, incontinência, cistocelos e rectocelos Outros procedimentos nos Genitais masculinos Procedimentos na Fimose Procedimentos na Próstata e Vesícula seminal Procedimentos no Rim ou ureteres Procedimento na Mama por NM

8 Grupo Extracção NORTE LVT CENTRO ALGARVE ALENTEJO PAÍS Procedimentos na Bexiga ou Uretra por NM Procedimentos na Bexiga ou Uretra Procedimentos na Próstata por NM Intervenções por motivos de planeamento Familiar Outros procedimentos em cabeça e pescoço Procedimentos em Dentes e Gengivas Procedimentos na Pele e Tecido celular subcutâneo da cabeça e pescoço Outros procedimentos na Região abdominal Procedimentos no Ovário e Trompas Procedimentos no Coração e Pericárdio Procedimentos em Nervos não especificados noutros grupos Procedimentos na Pele e Tecido celular subcutâneo da cabeça e pescoço por NM excepto Melanoma Procedimentos no Rim ou ureteres por NM Procedimentos no Cólon Procedimentos no recto e ânus por NM Procedimento em Faringe, Laringe e Traqueia por NM Outros procedimentos em vasos (excepto cabeça e pescoço) Procedimentos em Glandulas salivares Procedimentos na Pele e tec. Cel. Subcutâneo por NM Procedimentos no cólon por NM Outros procedimentos nos Genitais femininos Outros Procedimentos em cabeça e pescoço por NM Outros procedimentos na Região pélvica Procedimentos em Cavidade Oral (inclui Lábio e Glandulas Salivares) por NM Procedimentos na Tiróide por NM Procedimentos nos Vasos em cabeça e pescoço Procedimentos no Útero por NM Outros procedimentos em Órgãos intracraneanos Procedimentos em Melanoma

9 Grupo Extracção NORTE LVT CENTRO ALGARVE ALENTEJO PAÍS Procedimentos no Esófago ou Estômago Procedimentos em Linfáticos não especificados noutros grupos Procedimentos no Figado ou pâncreas ou vesicula biliar ou vias biliares por NM Procedimentos em Ganglios da Cabeça e Pescoço por NM Outros Procedimentos nos Genitais masculinos por NM Procedimentos no Esófago ou estômago por NM Procedimentos no Intestino Delgado Outros Procedimentos não enquadráveis em outros agrupamentos por NM Procedimentos no pulmão, bronquio, pleura Outros Procedimentos na Região abdominal por NM Procedimentos em Ganglios da Região Torácica e Axilar em NM Procedimentos no Figado ou pâncreas Histeroscopia Outros procedimentos na região torácica Outras referências não enquadráveis em outros agrupamentos Outros Procedimentos na Região pélvica por NM Procedimentos no Pulmão, Pleura, Bronquio por NM Outros Procedimentos nos Órgãos genitais femininos por NM Obesidade - intervenções gastro intestinais Outros Pocedimentos em Órgãos intracraneanos por NM 5 5 Procedimentos no ovário e anexos por NM Outros Procedimentos na região torácica por NM Outros Procedimentos na Coluna vertebral por NM 1 1 Total Dados extraídos de referentes Fonte: SIGLIC Extracção 9

Anexos do Relatório da Actividade Cirúrgica em Neoplasias Malignas em 2007

Anexos do Relatório da Actividade Cirúrgica em Neoplasias Malignas em 2007 Unidade Central de Gestão de Inscritos para Cirurgia Anexos do Relatório da Actividade Cirúrgica em Neoplasias Malignas em 2007 Página 1 de 93 Índice Introdução... 4 Conceitos e Fórmulas utilizadas no

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ CAMPUS DE PALOTINA HOSPITAL VETERINÁRIO RELATÓRIO DE EXAME NECROSCÓPICO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ CAMPUS DE PALOTINA HOSPITAL VETERINÁRIO RELATÓRIO DE EXAME NECROSCÓPICO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ CAMPUS DE PALOTINA HOSPITAL VETERINÁRIO RELATÓRIO DE EXAME NECROSCÓPICO Identificação do animal Nome/número RG do HV Espécie: Raça: Idade: Sexo: Peso: Cor: Data e hora do

Leia mais

1º Semestre 2012. Unidade Central de Gestão. de Inscritos para Cirurgia. Relatório Síntese da Atividade em Cirurgia Programada

1º Semestre 2012. Unidade Central de Gestão. de Inscritos para Cirurgia. Relatório Síntese da Atividade em Cirurgia Programada Relatório da Atividade em Cirurgia Programada Unidade Central de Gestão Ano 2009 de Inscritos para Cirurgia -+ Relatório Síntese da Atividade em Cirurgia Programada 1º Semestre 2012 Unidade Central de

Leia mais

Palato duro. Palato, SOE. Palato, lesão sobreposta do

Palato duro. Palato, SOE. Palato, lesão sobreposta do C00 C000 C001 C002 C003 C004 C005 C006 C008 C009 C01 C019 C02 C020 C021 C022 C023 C024 C028 C029 C03 C030 C031 C039 C04 C040 C041 C048 C049 C05 C050 C051 C052 C058 C059 C06 C060 C061 C062 C068 C069 C07

Leia mais

REGISTO ONCOLÓGICO REGIONAL REGIÃO CENTRO. PORTARIA Nº. 35/88 de 16 de Janeiro.

REGISTO ONCOLÓGICO REGIONAL REGIÃO CENTRO. PORTARIA Nº. 35/88 de 16 de Janeiro. REGISTO ONCOLÓGICO REGIONAL REGIÃO CENTRO PORTARIA Nº. 35/88 de 16 de Janeiro. ANO DE 2009 REGISTO ONCOLÓGICO REGIONAL REGIÃO CENTRO endereço: www.croc.min-saude.pt email: ror@ipocoimbra.min-saude.pt RESPONSÁVEIS

Leia mais

10101004 PROCEDIMENTOS GERAIS - CONSULTAS - CONSULTA 10102000 PROCEDIMENTOS GERAIS - CONSULTAS - VISITAS 10103007 PROCEDIMENTOS GERAIS - CONSULTAS -

10101004 PROCEDIMENTOS GERAIS - CONSULTAS - CONSULTA 10102000 PROCEDIMENTOS GERAIS - CONSULTAS - VISITAS 10103007 PROCEDIMENTOS GERAIS - CONSULTAS - Código SUGRUPO 10101004 PROCEDIMENTOS GERAIS - CONSULTAS - CONSULTA 10102000 PROCEDIMENTOS GERAIS - CONSULTAS - VISITAS 10103007 PROCEDIMENTOS GERAIS - CONSULTAS - RECÉM-NASCIDO 10104003 PROCEDIMENTOS

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALFENAS PROGRAMA DE ENSINO

UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALFENAS PROGRAMA DE ENSINO Curso: Nutrição (04) Ano: 2013 Semestre: 1 Período: 1 Disciplina: Anatomia Humana (Human Anatomy) Carga Horária Total: 90 Teórica: 60 Atividade Prática: 30 Prática Pedagógica: 0 Aulas Compl. Tutorial:

Leia mais

www.saudedireta.com.br

www.saudedireta.com.br C00-D48 CAPÍTULO II : Neoplasmas (Tumores) C00.0 Lábio superior externo C00.1 Lábio inferior externo C00.2 Lábio externo, não especificado C00.3 Lábio superior, face interna C00.4 Lábio inferior, face

Leia mais

REGISTO ONCOLÓGICO REGIONAL REGIÃO CENTRO. PORTARIA Nº. 35/88 de 16 de Janeiro.

REGISTO ONCOLÓGICO REGIONAL REGIÃO CENTRO. PORTARIA Nº. 35/88 de 16 de Janeiro. Edição revista REGISTO ONCOLÓGICO REGIONAL REGIÃO CENTRO PORTARIA Nº. 35/88 de 16 de Janeiro. ANO DE 2008 REGISTO ONCOLÓGICO REGIONAL REGIÃO CENTRO (*) tempo parcial endereço: www.croc.min-saude.pt email:

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALFENAS PROGRAMA DE ENSINO

UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALFENAS PROGRAMA DE ENSINO Curso: Biomedicina (17) Ano: 2013 Semestre: 2 Período: 2 Disciplina: Anatomia Humana (Human Anatomy) Carga Horária Total: 90 Teórica: 60 Atividade Prática: 30 Prática Pedagógica: 0 Aulas Compl. Tutorial:

Leia mais

Título Versão Autores Ficheiro

Título Versão Autores Ficheiro Título Relatório da Actividade em Cirurgia relativa ao Total de Patologias no País Ano 2008 Versão 28 Autores Rita Cristovão Miriam Viegas Miguel Lopes Ana Ferreira Pedro Gomes Ficheiro UCGIC 20090330

Leia mais

Anhanguera - Uniderp

Anhanguera - Uniderp Anhanguera - Uniderp CONTEÚDO PROGRAMÁTICO PARA A SELEÇÃO DO PROGRAMA DE RESIDÊNCIA MÉDICO- VETERINÁRIA - PRMV R1 / TURMA 2012 ÁREA DE CLÍNICA E CIRURGIA DE PEQUENOS ANIMAIS 1. Terapêutica Clínica Geral

Leia mais

Infecções e inflamações do trato urinário, funçao sexual e reprodutiva Urologia Denny

Infecções e inflamações do trato urinário, funçao sexual e reprodutiva Urologia Denny DATA hora AULA PROGRAMADA Módulo PROFESSOR 25/10/2013 14:00-14:55 Abdome Agudo - inflamatório e obstrutivo Clínica Cirúrgica João Marcos 14:55-15:50 Abdome Agudo - perfurativo e vascular/hemorrágico Clínica

Leia mais

SISTEMA EDUCACIONAL INTEGRADO CENTRO DE ESTUDOS UNIVERSITÁRIOS DE COLIDER

SISTEMA EDUCACIONAL INTEGRADO CENTRO DE ESTUDOS UNIVERSITÁRIOS DE COLIDER SISTEMA EDUCACIONAL INTEGRADO CENTRO DE ESTUDOS UNIVERSITÁRIOS DE COLIDER Av. Senador Julio Campos, Lote 13, Loteamento Trevo Colider/MT Site: www.sei-cesucol.edu.br e-mail: sei-cesucol@vsp.com.br FACULDADE

Leia mais

Registo Oncológico Nacional 2008

Registo Oncológico Nacional 2008 Registo Oncológico Nacional 2008 Elaborado pelo Registo Oncológico Regional do Centro Editado pelo Instituto Português de Oncologia de Coimbra Francisco Gentil EPE 2 Registo Oncológico Nacional 2008 Elaborado

Leia mais

Co C mo m o é cons n tituído o aparel e ho di d ge g sti e vo v? Sistema Digestivo - Helena Carreiro 2010 1

Co C mo m o é cons n tituído o aparel e ho di d ge g sti e vo v? Sistema Digestivo - Helena Carreiro 2010 1 Como é constituído o aparelho digestivo? 1 Morfologia do aparelho digestivo Glândulas salivares Boca Faringe Esófago Fígado Vesícula biliar Estômago Intestino delgado pâncreas Apêndice Recto Intestino

Leia mais

Aulas teórica s PROFESSOR DATA HORA AULA PROGRAMADA MÓDULO. Sessão Avaliação ED Supervisão TOTAL

Aulas teórica s PROFESSOR DATA HORA AULA PROGRAMADA MÓDULO. Sessão Avaliação ED Supervisão TOTAL DATA HORA AULA PROGRAMADA MÓDULO PROFESSOR Aulas teórica s Amb. Sessão Avaliação ED Supervisão TOTAL 13:15 Abdome Agudo - inflamatório e obstrutivo Clínica Cirúrgica João Marcos 24/7/2015 Abdome Agudo

Leia mais

ANATOMIA HUMANA. Faculdade Anísio Teixeira Curso de Férias Prof. João Ronaldo Tavares de Vasconcellos Neto

ANATOMIA HUMANA. Faculdade Anísio Teixeira Curso de Férias Prof. João Ronaldo Tavares de Vasconcellos Neto ANATOMIA HUMANA Faculdade Anísio Teixeira Curso de Férias Prof. João Ronaldo Tavares de Vasconcellos Neto Sistema responsável pelo processamento (transformações químicas) de nutrientes, para que possam

Leia mais

UNIÃO DE ENSINO SUPERIOR DE CAMPINA GRANDE FACULDADE DE CAMPINA GRANDE FAC CG CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM EDITAL DE SELEÇÃO DE MONITORES

UNIÃO DE ENSINO SUPERIOR DE CAMPINA GRANDE FACULDADE DE CAMPINA GRANDE FAC CG CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM EDITAL DE SELEÇÃO DE MONITORES 1 UNIÃO DE ENSINO SUPERIOR DE CAMPINA GRANDE FACULDADE DE CAMPINA GRANDE FAC CG CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM EDITAL DE SELEÇÃO DE MONITORES PERÍODO LETIVO 2013.1 A Coordenação do Curso de Graduação

Leia mais

PROGRAMA DE ANATOMIA 10ª Classe. Formação de Professores do 1º Ciclo do Ensino Secundário

PROGRAMA DE ANATOMIA 10ª Classe. Formação de Professores do 1º Ciclo do Ensino Secundário PROGRAMA DE ANATOMIA 10ª Classe Formação de Professores do 1º Ciclo do Ensino Secundário Ficha Técnica Título Programa de Anatomia - 10ª Classe Formação de Professores do 1º Ciclo do Ensino Secundário

Leia mais

AMBULATORIAL - PROCEDIMENTOS REALIZADOS SETEMBRO./2014.02 Proced com finalidade diagnóstica 16.443.02.01 Col de mat por meio de punção/biopsia

AMBULATORIAL - PROCEDIMENTOS REALIZADOS SETEMBRO./2014.02 Proced com finalidade diagnóstica 16.443.02.01 Col de mat por meio de punção/biopsia AMBULATORIAL - PROCEDIMENTOS REALIZADOS SETEMBRO./2014.02 Proced com finalidade diagnóstica 16.443.02.01 Col de mat por meio de punção/biopsia 66.02.01.01 biópsia do colo uterino 4.02.01.01 Biópsia de

Leia mais

Glossário das tabelas de cirurgias

Glossário das tabelas de cirurgias Glossário das tabelas de cirurgias Geral Biópsia excisão realizada com a finalidade de exame histológico, para fins diagnósticos ou terapêuticos. Crioterapia - "Terapia com Frio", isto é, aplicação terapêutica

Leia mais

ESCOLA BÁSICA INTEGRADA FIALHO DE ALMEIDA Disciplina: Ciências Naturais Período Lectivo: 1º Período

ESCOLA BÁSICA INTEGRADA FIALHO DE ALMEIDA Disciplina: Ciências Naturais Período Lectivo: 1º Período ESCOLA BÁSICA INTEGRADA FIALHO DE ALMEIDA Disciplina: Ciências Naturais Período Lectivo: 1º Período CONTEÚDOS COMPETÊNCIAS ACTIVIDADES/ METODOLOGIA CONCEITOS/ TERMOS CALENDÁRIO 4. Viver melhor na Terra

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL-REI CAMPUS CENTRO OESTE Planilha de aulas - Internato em Cirurgia 1º semestre de 2015

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL-REI CAMPUS CENTRO OESTE Planilha de aulas - Internato em Cirurgia 1º semestre de 2015 UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL-REI CAMPUS CENTRO OESTE Planilha de aulas - Internato em Cirurgia 1º semestre de 2015 DATA SALA HORA AULA PROGRAMADA MÓDULO PROFESSOR 6/2/2015 102. D 13:15-14:10 Tratamento

Leia mais

Neoplasia Maligna Dos Dois Tercos Anteriores Da Lingua Parte Nao Especificada

Neoplasia Maligna Dos Dois Tercos Anteriores Da Lingua Parte Nao Especificada SÅo Paulo, 20 de setembro de 2011 Protocolo: 0115/2011 Informo que a partir de 20/09/2011 alguns protocolos de atendimento da especialidade Cirurgia PlÑstica do Hospital das ClÖnicas foram desativados,

Leia mais

UND 1 R$ 8.850,000 R$ 8.850,00 23402.002009/2010-16 MICROLLAGOS MICROSCOPIA CIENTIFICA LTDA 3B 3B

UND 1 R$ 8.850,000 R$ 8.850,00 23402.002009/2010-16 MICROLLAGOS MICROSCOPIA CIENTIFICA LTDA 3B 3B FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO SECRETÁRIA DE GESTÃO E ORÇAMENTO Visando a aquisição de equipamentos para laboratório - Pregão 56/2010 Processo nº 23402.001770/2010-22 Empenho Entrega

Leia mais

Anhanguera - Uniderp

Anhanguera - Uniderp Anhanguera - Uniderp CONTEÚDO PROGRAMÁTICO PARA A SELEÇÃO DO PROGRAMA DE RESIDÊNCIA MÉDICO- VETERINÁRIA - PRMV R1 / TURMA 2012 ÁREA DE CLÍNICA E CIRURGIA DE GRANDES ANIMAIS 1. Distúrbios locomotores de

Leia mais

EXAME PRIVADO Encargo benef. ADSE

EXAME PRIVADO Encargo benef. ADSE EXAME PRIVADO Encargo benef. ADSE RADIOLOGIA Radiologia - CABEÇA E PESCOÇO Crânio, 1 incidência 15,00 1,10 Crânio, 2 incidências 20,00 1,20 Sela turca 10,00 0,60 Mastóides, 1 incidência 30,00 1,00 Mastóides,

Leia mais

O Nosso Corpo Volume XXVI Sistema circulatório Parte 2

O Nosso Corpo Volume XXVI Sistema circulatório Parte 2 O Nosso Corpo Volume XXVI Sistema circulatório Parte 2 um Guia de O Portal Saúde Dezembro 2010 / Janeiro 2011 O Portal Saúde Rua Braancamp, 52-4º 1250-051 Lisboa Tel. 212476500 geral@oportalsaude.com Copyright

Leia mais

TABELA DA ÁREA M - TABELA DE RADIOLOGIA

TABELA DA ÁREA M - TABELA DE RADIOLOGIA TABELA DE RADIOLOGIA RADIOLOGIA CONVENCIONAL CABEÇA E PESCOÇO 10004 700.5 Crânio, uma incidência 5,13 1,80 10005 084.1 Crânio, duas incidências 5,46 1,80 10010 109.0 Sela turca 2,65 1,80 10024 094.9 Mastóides,

Leia mais

Atualizado em Março/2014.

Atualizado em Março/2014. ANEXO I PROCEDIMENTOS QUE DEVEM SER REGISTRADOS EM BPA INDIVIDUALIZADO DE ACORDO COM A PORTARIA Nº 380, DE 12 DE AGOSTO DE 2010 Atualizado em Março/2014. CÓDIGO NOME 0201010062 BIOPSIA DE BEXIGA 0201010216

Leia mais

TABELA PARTICULAR DIMASUL

TABELA PARTICULAR DIMASUL TABELA PARTICULAR DIMASUL DOPPLER V.PART DESC. V. PARCERIA DOPPLER ABDOMINAL 23,170 4,634 18,536 DOPPLER ARTERIAL MEMB.INF. 23,170 4,634 18,536 DOPPLER ARTERIAL MEMB.SUP. 23,170 4,634 18,536 DOPPLER DOS

Leia mais

Programa Analítico de Disciplina CBI118 Anatomia Humana

Programa Analítico de Disciplina CBI118 Anatomia Humana Catálogo de Graduação 016 da UFV 0 Programa Analítico de Disciplina Campus Rio Paranaíba - Campus Rio Paranaíba Número de créditos: Teóricas Práticas Total Duração em semanas: 15 Carga horária semanal

Leia mais

ABAD. Contrato de adesão Contrato de plano de saúde coletivo por adesão. Produto Participativo Nacional. Sestini. Proposta nº º

ABAD. Contrato de adesão Contrato de plano de saúde coletivo por adesão. Produto Participativo Nacional. Sestini. Proposta nº º Administradora de Benefícios ANS - 41.771-8 Contrato de adesão Contrato de plano de saúde coletivo por adesão. Produto Participativo Nacional º Início da vigência do benefício: 20 Entidade Associação Brasileira

Leia mais

Risco de Morrer em 2012

Risco de Morrer em 2012 Risco de morrer 2012 23 de maio de 2014 Risco de Morrer em 2012 As duas principais causas de morte em 2012 foram as doenças do aparelho circulatório, com 30,4% dos óbitos registados no país, e os tumores

Leia mais

Plano de Ensino da Disciplina

Plano de Ensino da Disciplina Plano de Ensino da Disciplina Disciplina: Anatomia Aplicada à Fonoaudiologia I Código da disciplina: MOF019 Classificação: Obrigatória Período do Curso: 1º período N.º de créditos: 03 créditos Carga horária:

Leia mais

AMBULATORIAL - PROCEDIMENTOS REALIZADOS JANEIRO./2015.02 Proced com finalidade diagnóstica 8.946.02.01 Col de mat por meio de punção/biopsia

AMBULATORIAL - PROCEDIMENTOS REALIZADOS JANEIRO./2015.02 Proced com finalidade diagnóstica 8.946.02.01 Col de mat por meio de punção/biopsia AMBULATORIAL - PROCEDIMENTOS REALIZADOS.02 Proced com finalidade diagnóstica 8.946.02.01 Col de mat por meio de punção/biopsia 33.02.01.01 biópsia do colo uterino 0.02.01.01 biópsia de fígado por punção

Leia mais

Roteiro de aulas teórico-práticas

Roteiro de aulas teórico-práticas Roteiro de aulas teórico-práticas Sistema digestório O sistema digestório humano é formado por um longo tubo musculoso, ao qual estão associados órgãos e glândulas que participam da digestão. Apresenta

Leia mais

INTRODUÇÃO Á ANATOMIA HUMANA. Instituto Long Tao

INTRODUÇÃO Á ANATOMIA HUMANA. Instituto Long Tao INTRODUÇÃO Á ANATOMIA HUMANA Instituto Long Tao SISTEMA RESPIRATÓRIO A função do sistema respiratório é facultar ao organismo uma troca de gases com o ar atmosférico, assegurando permanente concentração

Leia mais

ANEXO 1 : PROGRAMAS E BIBLIOGRAFIA SUGERIDA ANATOMIA HUMANA

ANEXO 1 : PROGRAMAS E BIBLIOGRAFIA SUGERIDA ANATOMIA HUMANA ANEXO 1 : PROGRAMAS E BIBLIOGRAFIA SUGERIDA ANATOMIA HUMANA 01. Terminologia Anatomica Médica (Posição Anatômica, Planos anatômicos, Termos de Relação Comparação, Termos de Lateralidade, Termos de movimento).

Leia mais

Departamento de Diagnóstico por Imagem do I.C.A.V.C. TOMOGRAFIA EM ONCOLOGIA

Departamento de Diagnóstico por Imagem do I.C.A.V.C. TOMOGRAFIA EM ONCOLOGIA TOMOGRAFIA EM ONCOLOGIA Tomografia: diagnóstico stico, estadiamento, acompanhamento, prevenção e pesquisa clínica nica; Objetivo da aula; TC Helicoidal X Multi slice Limitações do método. *Ajustes das

Leia mais

A SOMATOPSICODINÂMICA: SISTEMÁTICA REICHIANA DA PATOLOGIA E DA CLÍNICA MÉDICA Roberto Koya Hasegawa Filho

A SOMATOPSICODINÂMICA: SISTEMÁTICA REICHIANA DA PATOLOGIA E DA CLÍNICA MÉDICA Roberto Koya Hasegawa Filho 1 A SOMATOPSICODINÂMICA: SISTEMÁTICA REICHIANA DA PATOLOGIA E DA CLÍNICA MÉDICA Roberto Koya Hasegawa Filho RESUMO A partir dos trabalhos de Reich, Federico Navarro desenvolveu a análise do caráter, que

Leia mais

ANATOMIA GERAL HUMANA

ANATOMIA GERAL HUMANA ANATOMIA GERAL HUMANA Apostila para fins didáticos Valéria Catelli Infantozzi Costa Ribeirão Preto 2008 0 Sumário A. Introdução ao Estudo da Anatomia... 2 1. Definição... 2 2. Divisão... 2 B. Partes constituintes

Leia mais

Para quê precisamos comer?

Para quê precisamos comer? Para quê precisamos comer? Para a reposição de água, substratos energéticos, vitaminas e sais minerais. O TUBO DIGESTIVO E SUAS PRINCIPAIS ESTRUTURAS O Trato Gastrointestinal (TGI) Digestive System (Vander,

Leia mais

Título. Versão. Autores. Ficheiro. Relatório da Actividade em Cirurgia Oncológica. Ano 2008. Miriam Viegas. Rita Cristovão. Miguel Lopes.

Título. Versão. Autores. Ficheiro. Relatório da Actividade em Cirurgia Oncológica. Ano 2008. Miriam Viegas. Rita Cristovão. Miguel Lopes. Título Relatório da Actividade em Cirurgia Oncológica Ano 2008 Versão 28 Autores Miriam Viegas Rita Cristovão Miguel Lopes Ana Ferreira Pedro Gomes Ficheiro UCGIC 20090212 RC_ Relatório 2008_v28 Índice

Leia mais

AMBULATORIAL - PROCEDIMENTOS REALIZADOS JULHO./2014.02 Proced com finalidade diagnóstica 15.985.02.01 Col de mat por meio de punção/biopsia

AMBULATORIAL - PROCEDIMENTOS REALIZADOS JULHO./2014.02 Proced com finalidade diagnóstica 15.985.02.01 Col de mat por meio de punção/biopsia AMBULATORIAL - PROCEDIMENTOS REALIZADOS JULHO./2014.02 Proced com finalidade diagnóstica 15.985.02.01 Col de mat por meio de punção/biopsia 107.02.01.01 biópsia de pele e partes moles 39.02.01.01 Biópsia

Leia mais

DEFESA CIVIL NA ESCOLA SOCORROS DE URGENCIA MANUAL DE PROCEDIMENTOS

DEFESA CIVIL NA ESCOLA SOCORROS DE URGENCIA MANUAL DE PROCEDIMENTOS DEFESA CIVIL NA ESCOLA SOCORROS DE URGENCIA MANUAL DE PROCEDIMENTOS 1 SOCORROS DE URGÊNCIA... 4 1.ANATOMIA E FISIOLOGIA.... 4 1.1DEFINIÇÕES... 4 1.2 POSIÇÕES DE ESTUDO.... 4 1.2.3 CONSTITUIÇÃO GERAL DO

Leia mais

Causas de morte 2013

Causas de morte 2013 Causas de morte 2013 26 de maio de 2015 Causas de morte 2013 Os tumores malignos e as doenças do aparelho circulatório estiveram na origem de mais de metade dos óbitos ocorridos no país em 2013, representando

Leia mais

ANATOMIA DO TÓRAX POR IMAGEM. Prof. Dante L. Escuissato

ANATOMIA DO TÓRAX POR IMAGEM. Prof. Dante L. Escuissato ANATOMIA DO TÓRAX POR IMAGEM Prof. Dante L. Escuissato Figura 1. O tórax é composto por um conjunto de estruturas que pode ser dividido em parede torácica, espaços pleurais, pulmões, hilos pulmonares e

Leia mais

Rua Teixeira Soares, 808 - Centro - PASSO FUNDO / RS Telefone: (54)316.4000 e Fax.: (54) 316.4020 End. Eletrônico: http: //www.hsvp.com.

Rua Teixeira Soares, 808 - Centro - PASSO FUNDO / RS Telefone: (54)316.4000 e Fax.: (54) 316.4020 End. Eletrônico: http: //www.hsvp.com. HOSPITAL SÃO VICENTE DE PAULO DA SOCIEDADE HOSPITALAR BENEFICENTE SÃO VICENTE DE PAULO Rua Teixeira Soares, 808 - Centro - PASSO FUNDO / RS Telefone: (54)316.4000 e Fax.: (54) 316.4020 End. Eletrônico:

Leia mais

A situação do câncer no Brasil. Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva

A situação do câncer no Brasil. Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva A situação do câncer no Brasil Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva O Brasil no Cenário do Câncer no Mundo Principais fatores determinantes Situação do Câncer no Brasil 1 Urbanização

Leia mais

Relatório da Actividade em Cirurgia Programada. Ano 2009 \ -+ Ano 2009. Unidade Central de Gestão de Inscritos para Cirurgia Página 1 de 217

Relatório da Actividade em Cirurgia Programada. Ano 2009 \ -+ Ano 2009. Unidade Central de Gestão de Inscritos para Cirurgia Página 1 de 217 \ -+ Unidade Central de Gestão de Inscritos para Cirurgia Página 1 de 217 Título Relatório da Actividade em Cirurgia Programada Versão VE1 Autores Unidade Central de Gestão de Inscritos para Cirurgia Ficheiro

Leia mais

Procedimentos Novos no Rol em Consulta Pública - termos técnicos e traduções

Procedimentos Novos no Rol em Consulta Pública - termos técnicos e traduções Procedimentos Novos no Rol em Consulta Pública - termos técnicos e traduções 1 CONSULTA COM FISIOTERAPEUTA consulta realizada com fisioterapeuta para diagnosticar as alterações do desempenho funcional,

Leia mais

17/02/2012. Diafragma

17/02/2012. Diafragma Diafragma Topografia Repouso - linha retilínea da 7º costela à 13º costela. Inspiração - linha ligeiramente convexa da 7º costela à 3º vértebra lombar. Expiração - linha convexidade cranial da 7º costela

Leia mais

ANATOMIA E FISIOLOGIA

ANATOMIA E FISIOLOGIA ANATOMIA E FISIOLOGIA SITEMA DIGESTÓRIO Enfª Renata Loretti Ribeiro 2 3 SISTEMA DIGESTÓRIO Introdução O trato digestório e os órgãos anexos constituem o sistema digestório. O trato digestório é um tubo

Leia mais

02- De acordo com seus estudos e com os textos, escreva uma informação significativa para cada item a seguir: a) Fecundação - b) Hormônios -

02- De acordo com seus estudos e com os textos, escreva uma informação significativa para cada item a seguir: a) Fecundação - b) Hormônios - PROFESSOR: EQUIPE DE CIÊNCIAS BANCO DE QUESTÕES - CIÊNCIAS - 5º ANO - ENSINO FUNDAMENTAL ========================================================================== 01- Leia os textos: HEREDITARIEDADE A

Leia mais

Conteúdo programático para Prova de Aprimoramento em Medicina Veterinária da UNIME

Conteúdo programático para Prova de Aprimoramento em Medicina Veterinária da UNIME 1 União Metropolitana de Educação e Cultura Conteúdo programático para Prova de Aprimoramento em Medicina Veterinária da UNIME Subárea: Clínica Médica de Pequenos Animais MANEJO HIGIÊNICO, DIETÉTICO E

Leia mais

Sistema Reprodutor e Hormônios. 01- Existem dois sistemas que estão atuando na coordenação do nosso corpo: o sistema nervoso e o sistema hormonal.

Sistema Reprodutor e Hormônios. 01- Existem dois sistemas que estão atuando na coordenação do nosso corpo: o sistema nervoso e o sistema hormonal. PROFESSOR: EQUIPE DE CIÊNCIAS BANCO DE QUESTÕES - CIÊNCIAS 5º ANO - ENSINO FUNDAMENTAL ========================================================================== Sistema Reprodutor e Hormônios 01- Existem

Leia mais

Presidente do Conselho de Administração do Centro de Oncologia dos Açores Dr. Raul Rego Centro de Oncologia dos Açores

Presidente do Conselho de Administração do Centro de Oncologia dos Açores Dr. Raul Rego Centro de Oncologia dos Açores Presidente do Conselho de Administração do Centro de Oncologia dos Açores Dr. Raul Rego Centro de Oncologia dos Açores Coordenador Científico do RORA Prof. Doutor Vítor Rodrigues Faculdade de Medicina

Leia mais

Sumário. CAPÍTULO 1 Tecido Epitelial 1. CAPÍTULO 2 Tecido Conectivo 11. CAPÍTULO 3 Tecido Adiposo 25. CAPÍTULO 4 Cartilagem 31. CAPÍTULO 5 Osso 41

Sumário. CAPÍTULO 1 Tecido Epitelial 1. CAPÍTULO 2 Tecido Conectivo 11. CAPÍTULO 3 Tecido Adiposo 25. CAPÍTULO 4 Cartilagem 31. CAPÍTULO 5 Osso 41 Sumário CAPÍTULO 1 Tecido Epitelial 1 PRANCHA 1 Epitélios simples pavimentoso e cúbico 2 PRANCHA 2 Epitélios simples cilíndrico e pseudoestratificado 4 PRANCHA 3 Epitélios estratificados 6 PRANCHA 4 Epitélio

Leia mais

CONTEÚDO E HABILIDADES DINÂMICA LOCAL INTERATIVA INTERATIVIDADE FINAL. Aula 1.2 Conteúdo: Sistema Digestório

CONTEÚDO E HABILIDADES DINÂMICA LOCAL INTERATIVA INTERATIVIDADE FINAL. Aula 1.2 Conteúdo: Sistema Digestório Aula 1.2 Conteúdo: Sistema Digestório 2 Habilidades: Conhecer o sistema digestório humano, compreendendo o papel de cada um de seus órgãos e glândulas anexas no processo de digestão. 3 4 Comendo insetos

Leia mais

CIÊNCIAS E PROGRAMA DE SAÚDE

CIÊNCIAS E PROGRAMA DE SAÚDE GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO CIÊNCIAS E PROGRAMA DE SAÚDE 12 CEEJA MAX DADÁ GALLIZZI PRAIA GRANDE - SP Aprender é a única coisa de que a mente nunca se cansa, nunca tem

Leia mais

PROCEIDMENTOS GERAIS - CONSULTAS - REMOÇÃO / ACOMPANHAMENTO DE PACIENTE PROCEDIMENTOS GERAIS - CONSULTAS - OUTROS

PROCEIDMENTOS GERAIS - CONSULTAS - REMOÇÃO / ACOMPANHAMENTO DE PACIENTE PROCEDIMENTOS GERAIS - CONSULTAS - OUTROS Código SUGRUPO 10101004 PROCEDIMENTOS GERAIS - CONSULTAS - CONSULTA 10102000 PROCEDIMENTOS GERAIS - CONSULTAS - VISITAS 10103007 PROCEDIMENTOS GERAIS - CONSULTAS - RECÉM-NASCIDO 10104003 PROCEDIMENTOS

Leia mais

FACULDADE SETE DE SETEMBRO FASETE

FACULDADE SETE DE SETEMBRO FASETE PLANO DE CURSO 1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Curso: Bacharelado e Licenciatura em Educação Física Disciplina: Anatomia Humana Professor: Rafaell Batista Pereira Código: SAU00 Carga Horária: 80 h/aulas Créditos:

Leia mais

Atlas de Mortalidade por Câncer em Alagoas 1996 a 2013

Atlas de Mortalidade por Câncer em Alagoas 1996 a 2013 Governo de Alagoas Secretaria de Estado da Saúde Superintendência de Vigilância em Saúde Diretoria de Análise da Situação de Saúde Atlas de Mortalidade por Câncer em Alagoas 1996 a 2013 Maceió AL 2014

Leia mais

CENTRO DE ESTUDOS FIRVAL CURSO DE ACUPUNTURA CORPO ENERGÉTICO. Elaborado por Profa. Romana de Souza Franco. 1

CENTRO DE ESTUDOS FIRVAL CURSO DE ACUPUNTURA CORPO ENERGÉTICO. Elaborado por Profa. Romana de Souza Franco. 1 CENTRO DE ESTUDOS FIRVAL CORPO ENERGÉTICO 1 CENTRO DE ESTUDOS FIRVAL INTRODUÇÃO: O corpo energético humano, às vezes chamado de corpo etéreo permeia e cerca o corpo físico sólido. É a soma dos campos de

Leia mais

#$%& ' % +,+*- %*1.!%2 )% /), '+2 # $%$&# '#( $)*+ 1/23

#$%& ' % +,+*- %*1.!%2 )% /), '+2 # $%$&# '#( $)*+ 1/23 ! " #$%& ' ()#%%*#% % +,+*- +%.%%. -+/+ 0)/+ &.%% %*1.!%2 )% /), /+ 3 )%3%* % +*)% %'+&* '+2 #%3*% 3%* *%%%!%*&*. '/+%,%/+#. 4 3 # $%$&# '#( $)*+ 1/23 56 7,###' # #-#. / 0,#, #. 1,2# 3,###,, #.0, # # 45.

Leia mais

ALTERAÇÃO. Data EXCLUSÃO. Data CLIENTE / TOMADOR DE SEGURO. Nome: Plano (s): N.º Apólice

ALTERAÇÃO. Data EXCLUSÃO. Data CLIENTE / TOMADOR DE SEGURO. Nome: Plano (s): N.º Apólice DECLARAÇÃO INDIVIDUAL DATA DE ENTRADA SEGURO DE SAÚDE INCLUSÃO da Aprovação Visto ALTERAÇÃO EXCLUSÃO CLIENTE / TOMADOR DE SEGURO : Plano (s): Apólice PARTICIPANTE Pessoa Segura 1 ( PS1 ) Preencher apenas

Leia mais

P R O G R A M A PRIMEIRA FASE

P R O G R A M A PRIMEIRA FASE UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA - UDESC CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE E DO ESPORTE - CEFID DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO FÍSICA - DEF CURSO: LICENCIATURA EM EDUCAÇÃO FÍSICA CURRÍCULO: 2008/2 P R O G

Leia mais

MINISTÉRIO DA SAÚDE. 5076 Diário da República, 1.ª série N.º 171 4 de setembro de 2012

MINISTÉRIO DA SAÚDE. 5076 Diário da República, 1.ª série N.º 171 4 de setembro de 2012 5076 Diário da República, 1.ª série N.º 171 4 de setembro de 2012 constante do anexo à presente Portaria, que dela faz parte integrante. Ministra da gricultura, do Mar, do mbiente e do Ordenamento do Território,

Leia mais

4306 DIÁRIO DA REPÚBLICA I SÉRIE-B N. o de Julho de 2004

4306 DIÁRIO DA REPÚBLICA I SÉRIE-B N. o de Julho de 2004 4306 DIÁRIO DA REPÚBLICA I SÉRIE-B N. o 165 15 de Julho de 2004 Par estabelecimento/curso (grau) Código Vagas Par estabelecimento/curso (grau) Código Vagas Instituto Superior de Matemática e Gestão (Portimão)

Leia mais

Fundação Oswaldo Cruz Escola Nacional de Saúde Pública P e Meio Ambiente Área de concentração: Epidemiologia Ambiental

Fundação Oswaldo Cruz Escola Nacional de Saúde Pública P e Meio Ambiente Área de concentração: Epidemiologia Ambiental Fundação Oswaldo Cruz Escola Nacional de Saúde Pública P Sérgio S Arouca Mestrado em Saúde Pública P e Meio Ambiente Área de concentração: Epidemiologia Ambiental malignas entre beneficiários da Previdência

Leia mais

HOSPITAL DAS CLÍNICAS CID 10 HCFMUSP

HOSPITAL DAS CLÍNICAS CID 10 HCFMUSP HOSPITAL DAS CLÍNICAS CID 10 HCFMUSP Com base no compromisso assumido pelo Governo Brasileiro, quando da realização da 43ª Assembléia Mundial de Saúde, o Ministério da Saúde, por intermédio da portaria

Leia mais

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO III ETAPA LETIVA CIÊNCIAS 4. o ANO/EF - 2015

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO III ETAPA LETIVA CIÊNCIAS 4. o ANO/EF - 2015 SOCIEDADE MINEIRA DE CULTURA MANTENEDORA DA PUC MINAS E DO COLÉGIO SANTA MARIA ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO III ETAPA LETIVA CIÊNCIAS 4. o ANO/EF - 2015 Caro (a) aluno(a), É tempo de conferir os conteúdos estudados

Leia mais

BENTO GONÇALVES RELATÓRIO EPIDEMIOLÓGICO MORTALIDADE POR NEOPLASIAS SISTEMA DE INFORMAÇÕES SOBRE MORTALIDADE - SIM 8ª REVISÃO

BENTO GONÇALVES RELATÓRIO EPIDEMIOLÓGICO MORTALIDADE POR NEOPLASIAS SISTEMA DE INFORMAÇÕES SOBRE MORTALIDADE - SIM 8ª REVISÃO 2 BENTO GONÇALVES RELATÓRIO EPIDEMIOLÓGICO MORTALIDADE POR NEOPLASIAS SISTEMA DE INFORMAÇÕES SOBRE MORTALIDADE - SIM 8ª REVISÃO 1990 a 2012 Rio Grande do Sul Bento Gonçalves Secretaria Municipal da Saúde

Leia mais

Sumário. Estrutura e Desenvolvimento Embrionário dos Sistemas de Órgãos.

Sumário. Estrutura e Desenvolvimento Embrionário dos Sistemas de Órgãos. Sumário Estrutura e Desenvolvimento Embrionário dos Sistemas de Órgãos 1 Sistemas de Órgãos e Desenvolvimento das Cavidades Corporais 1.1 Definições, Visão Geral e Evolução das Cavidades Corporais 2 1.2

Leia mais

4 TERMO ADITIVO AO EDITAL DE CREDENCIAMENTO N 0001/2012 FMS

4 TERMO ADITIVO AO EDITAL DE CREDENCIAMENTO N 0001/2012 FMS ESTADO DE SANTA CATARINA MUNICÍPIO DE FRAIBURGO 4 TERMO ADITIVO AO EDITAL DE CREDENCIAMENTO N 0001/2012 FMS OBJETO: Credenciamento de empresas do ramo interessadas na prestação de serviços de consultas

Leia mais

Rua Teixeira Soares, 808 - Centro - PASSO FUNDO / RS Telefone: (54)316.4000 e Fax.: (54) 316.4020 End. Eletrônico: http: //www.hsvp.com.

Rua Teixeira Soares, 808 - Centro - PASSO FUNDO / RS Telefone: (54)316.4000 e Fax.: (54) 316.4020 End. Eletrônico: http: //www.hsvp.com. HOSPITAL SÃO VICENTE DE PAULO DA SOCIEDADE HOSPITALAR BENEFICENTE SÃO VICENTE DE PAULO Rua Teixeira Soares, 808 - Centro - PASSO FUNDO / RS Telefone: (54)316.4000 e Fax.: (54) 316.4020 End. Eletrônico:

Leia mais

ACES Vale Sousa Sul. Perfil Local de Saúde 2009. Aspectos a destacar

ACES Vale Sousa Sul. Perfil Local de Saúde 2009. Aspectos a destacar Perfil Local de Saúde 2009 Índice Aspectos a destacar Ligações Este Perfil Local de Saúde proporciona-lhe um olhar rápido mas integrador, sobre a saúde da população da área geográfica de influência do

Leia mais

Aula 4: Sistema digestório

Aula 4: Sistema digestório Aula 4: Sistema digestório Sistema digestório As proteínas, lípideos e a maioria dos carboidratos contidos nos alimentos são formados por moléculas grandes demais para passar pela membrana plasmática e

Leia mais

CARDIOLOGIA E ANGIOLOGIA

CARDIOLOGIA E ANGIOLOGIA O Laboratório HERMES PARDINI, através do seu departamento de diagnóstico por imagem, coloca à disposição de seus clientes os mais modernos recursos tecnológicos na área de imagem. IMAGINOLOGIA EQUIPE MÉDICA

Leia mais

COMENTÁRIOS SOBRE A CLASSIFICAÇÃO INTERNACIONAL DE DOENÇAS PARA ONCOLOGIA SEGUNDA EDIÇÃO (CID-O/2)

COMENTÁRIOS SOBRE A CLASSIFICAÇÃO INTERNACIONAL DE DOENÇAS PARA ONCOLOGIA SEGUNDA EDIÇÃO (CID-O/2) Anexo COMENTÁRIOS SOBRE A CLASSIFICAÇÃO INTERNACIONAL DE DOENÇAS PARA ONCOLOGIA SEGUNDA EDIÇÃO (CID-O/2) Os Registros Hospitalares de Câncer utilizam para codificar os tumores (topografia e histologia),

Leia mais

COL 1414 PROCESSO DE DESENVOLVIMENTO DO FETO GRAVIDEZ 10 PARTES

COL 1414 PROCESSO DE DESENVOLVIMENTO DO FETO GRAVIDEZ 10 PARTES COL 1414 PROCESSO DE DESENVOLVIMENTO DO FETO GRAVIDEZ 10 PARTES O desenvolvimento do feto desde o momento da relação sexual e concepção até o nascimento. Uma vez que o espermatozóide é depositado na vagina,

Leia mais

Radiografias: Aplicações

Radiografias: Aplicações Radiografias: Aplicações Prof. Emery Lins Curso de Bioengenharia CECS, Universidade Federal do ABC E como ocorre uma radiografia? Fundamentos físicos para imagens Filtragem dos Raios-X O feixe é atenuado

Leia mais

Declaração de Saúde. Nº de Registro da Operadora na ANS 312851. Nº de Registro do Produto: Nome do Declarante:

Declaração de Saúde. Nº de Registro da Operadora na ANS 312851. Nº de Registro do Produto: Nome do Declarante: Declaração de Saúde Nº de Registro da Operadora na ANS 312851 Nº de Registro do Produto: Nome do Declarante: Contratante: Responsável Legal: Beneficiário: Para cada doença ou lesão listada abaixo, o declarante

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CENTRO UNIVERSITÁRIO NORTE DO ESPÍRITO SANTO Departamento de Ciências Agrárias e Biológicas

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CENTRO UNIVERSITÁRIO NORTE DO ESPÍRITO SANTO Departamento de Ciências Agrárias e Biológicas PROGRAMA DE DISCIPLINA CAMPUS: São Mateus CURSO: Agronomia DEPARTAMENTO RESPONSÁVEL: Ciências Agrárias e Biológicas-DCAB PROFESSOR RESPONSÁVEL: Thasia Martins Macedo CÓDIGO DISCIPLINA OU ESTÁGIO PERIODIZAÇÃO

Leia mais

RADIOGRAFIA ABDOMINAL. Profª Drª Naida Cristina Borges

RADIOGRAFIA ABDOMINAL. Profª Drª Naida Cristina Borges RADIOGRAFIA ABDOMINAL Profª Drª Naida Cristina Borges Produção de Radiografias Diagnósticas Preparo adequado jejum/enema Pausa da inspiração evita o agrupamento das vísceras Indicações para a Radiologia

Leia mais

9/30/2014. Por que engenheiros biomédicos precisam estudar anatomia e fisiologia? Introdução. Fisiologia. Anatomia

9/30/2014. Por que engenheiros biomédicos precisam estudar anatomia e fisiologia? Introdução. Fisiologia. Anatomia Por que engenheiros biomédicos precisam estudar anatomia e fisiologia? Introdução à Anatomia e Fisiologia EN2319-Bases Biológicas para Engenharia I Reginaldo K Fukuchi Universidade Federal do ABC Por que

Leia mais

Programa Analítico de Disciplina VET107 Anatomia e Fisiologia Animal

Programa Analítico de Disciplina VET107 Anatomia e Fisiologia Animal Catálogo de Graduação 016 da UFV 0 Programa Analítico de Disciplina Departamento de Veterinária - Centro de Ciências Biológicas e da Saúde Número de créditos: Teóricas Práticas Total Duração em semanas:

Leia mais

Capítulo 20 (ex-capítulo 2) PROCEDIMENTOS

Capítulo 20 (ex-capítulo 2) PROCEDIMENTOS 2.1. VOLUME 3 da CID-9-MC Capítulo 20 (ex-capítulo 2) PROCEDIMENTOS O Volume 3 da CID-9-MC está dividido em Lista Tabular e Índice Alfabético. Os capítulos da Lista Tabular encontram-se organizados por

Leia mais

Protocolo abdome. Profº Cláudio Souza

Protocolo abdome. Profº Cláudio Souza Protocolo abdome Profº Cláudio Souza Abdome Quando falamos em abdome dentro da tomografia computadorizada por uma questão de radioproteção e também financeira o exame é dividido em, abdome superior e inferior

Leia mais

Canais Distintos Dr. Iriê Tadashi. Prof. Roberto Lalli www.tecnicasjaponesa.blogspot.com rlterapeuta@gmail.com

Canais Distintos Dr. Iriê Tadashi. Prof. Roberto Lalli www.tecnicasjaponesa.blogspot.com rlterapeuta@gmail.com Canais Distintos Dr. Iriê Tadashi Prof. Roberto Lalli www.tecnicasjaponesa.blogspot.com rlterapeuta@gmail.com Canais Distintos Tecnica superficial De 2mm a 5mm de inserção Agulhas mais finas 0,20 X 30mm

Leia mais

ANATÔMIA RADIOLÓGICA DA CAVIDADE ABDOMINAL E PÉLVICA

ANATÔMIA RADIOLÓGICA DA CAVIDADE ABDOMINAL E PÉLVICA Disciplina: Anatomia e Fisiologia ANATÔMIA RADIOLÓGICA DA CAVIDADE ABDOMINAL E PÉLVICA Rafael Carvalho Silva Mestrado Profissional em Física Médica Fígado Lobo direito Veia Cava inferior Veia Hepática

Leia mais

AUTORES: NANCY MARTINS DE SÁ STOIANOV

AUTORES: NANCY MARTINS DE SÁ STOIANOV Ciências AUTORES: NANCY MARTINS DE SÁ STOIANOV Graduada em História e Pedagogia, Doutora em Filosofia e Metodologia de Ensino, Autora da Metodologia ACRESCER. REGINALDO STOIANOV Licenciatura Plena em Biologia,

Leia mais

Com grande satisfação o recebemos na UH SAÚDE

Com grande satisfação o recebemos na UH SAÚDE Prezado (a) Associado (a) Com grande satisfação o recebemos na UH SAÚDE Somos uma Operadora de Planos de Saúde constituída fundamentalmente por hospitais e centros médicos que, preocupados com a qualidade,

Leia mais