Anexos do Relatório da Actividade Cirúrgica em Neoplasias Malignas em 2007

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Anexos do Relatório da Actividade Cirúrgica em Neoplasias Malignas em 2007"

Transcrição

1 Unidade Central de Gestão de Inscritos para Cirurgia Anexos do Relatório da Actividade Cirúrgica em Neoplasias Malignas em 2007 Página 1 de 93

2 Índice Introdução... 4 Conceitos e Fórmulas utilizadas no cálculo dos indicadores... 4 Parte I Distribuição da LIC e produção cirúrgica em NM por hospital e grupo de serviço Parte II - Distribuição da produção cirúrgica por grupo de extracção Distribuição da produção cirúrgica em NM por grupo de extracção Distribuição da produção cirúrgica, a patologias não oncológicas, por grupo de extracção Parte III Distribuição da produção cirúrgica em NM por grupo de extracção e hospital GRUPO NOSOLÓGICO - Procedimentos em Cancro da cabeça e pescoço Outros Procedimentos em cabeça e pescoço por NM Procedimento em Faringe, Laringe e Traqueia por NM Procedimentos em Cavidade Oral (inclui Lábio e Glândulas Salivares) por NM Procedimentos em Gânglios da Cabeça e Pescoço por NM Procedimentos na Tiróide por NM Grupo nosológico - Procedimentos em Cancro da mama Procedimento na Mama por NM Grupo nosológico - Procedimentos em Outros cancros da região torácica Outros Procedimentos na região torácica por NM Procedimentos em Gânglios da Torácica e Axilar em NM Procedimentos no Pulmão, Pleura, Brônquio por NM Grupo nosológico - Procedimentos em Cancro do Cólon e recto Procedimentos no cólon por NM Procedimentos no recto e ânus por NM Grupo nosológico - Procedimentos em Cancro da próstata Procedimentos na próstata por NM Grupo nosológico - Procedimentos em Outros cancros da região abdominopélvica Outros Procedimentos na abdominal por NM Outros Procedimentos na pélvica por NM Outros Procedimentos nos Genitais masculinos por NM Outros Procedimentos nos Órgãos genitais femininos por NM Procedimentos no Fígado ou pâncreas ou vesícula biliar ou vias biliares por NM Procedimentos no Rim ou ureteres por NM Procedimentos na Bexiga ou Uretra por NM Procedimentos no Esófago ou estômago por NM Página 2 de 93

3 9. Grupo nosológico - Procedimentos em Carcinoma do útero (corpo e cervix) Procedimentos no ovário e anexos por NM Procedimentos no Útero por NM Grupo nosológico - Procedimentos em Neoplasias malignas da pele Procedimentos em Melanoma Procedimentos na Pele e tecido Celular Subcutâneo por NM Procedimentos na Pele e Tecido celular subcutâneo da cabeça e pescoço por NM excepto Melanoma Grupo nosológico - Procedimentos em NM não enquadráveis em outros agrupamentos Outros Procedimentos em Órgãos intracraneanos por NM Outros Procedimentos na Coluna vertebral por NM Outros Procedimentos não enquadráveis em outros agrupamentos por NM Parte IV Distribuição da produção cirúrgica em NM por grupo nosológico e código ICD9 do procedimento principal (agrupado em 3 caracteres) Página 3 de 93

4 Introdução Conceitos e Fórmulas utilizadas no cálculo dos indicadores Os dados são extraídos a uma data superior em pelo menos 10 dias, à data ou ao período a que se referem, respeitando a tolerância concedida para os registos serem efectuados. Os conceitos sobre os indicadores utilizados no relatório são os seguintes: Tipo de agrupamentos de indicadores: País Grupo de Serviço (especialidade) Grupo Nosológico Tipo de indicadores LIC A LIC refere-se à observação, a uma determinada data, de todos os episódios inscritos com proposta cirúrgica e que aguardam pela cirurgia, independentemente do seu estado, ou seja, incluindo os transferidos, agendados, pendentes ou suspensos. Na LIC referida aos hospitais os episódios transferidos são imputados nos hospitais de origem. Página 4 de 93

5 Entradas Os indicadores sobre as entradas correspondem à observação dos episódios que entraram na LIC do hospital, num determinado período de tempo, independentemente do seu estado actual, ou seja, de continuarem ou não a aguardar pela cirurgia. Os episódios cativados pelos hospitais públicos, enquanto hospitais de destino, não são contabilizados nas entradas desses hospitais já que foram contabilizadas nos respectivos hospitais de origem. Às entradas quando contabilizadas no agrupamento acresce os utentes, transferidos no âmbito do SIGIC e, provenientes de outra região. Na região de proveniência estes episódios serão cancelados. No agrupamento país as entradas correspondem a todas as inscrições na LIC dos HO Movimentos na LIC Os movimentos na LIC correspondem a alterações de estado que ocorrem nos episódios, num determinado período de tempo. Por exemplo, a emissão de vales cirurgia implica uma mudança de estado no episódio, assim como o pedido de devolução de um episódio pelo hospital de destino. Os indicadores sobre os movimentos da LIC estão assim associados à observação de episódios que num determinado período de tempo sofreram uma alteração de estado. Saídas Os indicadores sobre as saídas correspondem à observação dos episódios que foram e cancelados da LIC, num determinado período de tempo, de acordo com o agrupamento. No Corresponde aos HO + cancelados Na e País Corresponde a + cancelados do respectivo agrupamento Cancelados Os cancelados tem significado distinto consoante o agrupamento: No País - correspondem a todos os episódios inscritos na LIC e cuja saída se deveu a razões distintas da realização de cirurgia programada no âmbito do SIGIC; Na - correspondem a todos os episódios inscritos na LIC dos HO da região e cuja saída se deveu a razões distintas de: 1 - realização de cirurgia programada em H. públicos, no âmbito do SIGIC, na região; Página 5 de 93

6 2 realização de cirurgia ao abrigo das convenções realizadas com a ARS da respectiva região. Neste âmbito os episódios que vêm a ser em Hospitais públicos de regiões distintas da de origem são cancelados na região de origem e contabilizados na região destino; No - correspondem a todos os episódios inscritos na LIC enquanto HO e cuja saída se deveu a razões distintas da realização de cirurgia programada, no âmbito do SIGIC, no respectivo Expurgo O expurgo corresponde à observação de todos os episódios que saíram da LIC por razões distintas da realização de cirurgia programada no hospital, incluindo os fora das modalidades de cirurgia programada MRA e MRC. No País o expurgo corresponde aos cancelamentos. Na os episódios cujas cirurgias venham a ocorrer fora da região, mas no âmbito das transferências SIGIC não são contabilizados como expurgo, pelo que o expurgo neste caso corresponde a cancelados na região menos os em hospitais públicos de outras regiões. No os episódios cujas cirurgias venham a ocorrer em HD, no âmbito das transferências SIGIC não são contabilizados como expurgo, pelo que o expurgo neste caso corresponde a cancelados do hospital em HD. Operados Os indicadores dos referem-se a episódios com cirurgia programada registada no sistema de informação do hospital, realizadas durante um determinado período de tempo, incluindo os episódios cativados e pelo hospital enquanto hospital de destino. Na são contabilizados todos os, no âmbito do SIGIC, nos hospitais públicos da região e ainda os em hospitais destino convencionados, no âmbito do SIGIC, com a região. No País são contabilizados todos os no âmbito do SIGIC. Operados HO Os indicadores dos HO (hospital de origem) referem-se a episódios com cirurgia programada registada no sistema de informação do hospital, realizadas durante um determinado Página 6 de 93

7 período de tempo, excluindo os episódios cativados e pelo hospital enquanto hospital de destino. Operados no âmbito do SIGIC Cirurgias registadas no sistema de informação do hospital referentes a procedimentos cirúrgicos programados (incluindo urgências diferidas e excluindo pequenas cirurgias e outros procedimentos não cirúrgicos), pressupondo a existência de uma proposta cirúrgica. São excluídas procedimentos efectuados no âmbito dos serviços de urgência com os recursos a estes afectos. Indicadores compostos: Os indicadores compostos relacionam conceitos base entre si, como por exemplo a taxa de crescimento é calculada através das entradas e das saídas da LIC. Os quadros seguintes apresentam os indicadores e respectivas fórmulas por conceito base, referido anteriormente: Fórmulas gerais Indicador Conceito/Fórmula TE Tempo de espera dos episódios em análise, no caso do TE da LIC refere-se ao tempo de espera actual dos episódios a aguardar por cirurgia, no caso do TE das Saídas refere-se ao tempo de espera total dos episódios que foram ou cancelados da LIC Mediana TE A mediana do tempo de espera é uma medida de tendência central, um número que caracteriza as observações do tempo de espera dos episódios ordenados por tempo de espera, sendo que esse número (a mediana) separa a metade inferior da amostra, população ou probabilidade de distribuição, da metade superior. Mais concretamente, ordenados os elementos da amostra, a mediana é o valor (pertencente ou não à amostra) que a divide ao meio, isto é, 50% dos elementos da amostra são menores ou iguais à mediana e os Página 7 de 93

8 Indicador Conceito/Fórmula outros 50% são maiores ou iguais à mediana. Estando os tempos de espera dos episódios ordenados, se o número de casos é par, a Mediana será a média dos 2 valores do meio. Se o número de casos for ímpar, a Mediana será o valor do meio. Média TE A média do tempo de espera é o valor médio do tempo de espera dos episódios. Desvio Padrão TE O desvio padrão do tempo de espera é a raiz quadrada da variância, sendo que a variância indica quão longe em geral os valores do tempo de espera dos episódios se encontram do valor esperado. Variação dos indicadores entre as datas 31/12/2006 e 31/12/2007 Variação dos indicadores entre os anos 2006 e 2007 Página 8 de 93

9 Indicadores da LIC Indicador Fórmula LIC Número de episódios inscritos pelo hospital de origem (exclui utentes transferidos de outras instituições), referentes a uma determinada data. A LIC refere-se sempre a um agrupamento (País,, grupo de serviço, grupo nosológico,, Serviço). LIC no destino Número de episódios em LIC cativados pelo hospital destino (HD) LIC transferida Número de episódios em LIC que se encontram transferidos do hospital, incluindo os que estão em transito (com vale cirurgia, nota de transferência ou devolvidos para a UCGIC) e os cativados Mediana do TE da LIC Ordenados os episódios em LIC por tempo de espera, a mediana do TE da LIC é o valor (pertencente ou não à amostra) que a divide ao meio a amostra, isto é, 50% dos episódios em LIC têm tempo de espera menor ou igual à mediana e os restantes 50% têm tempo de espera maior ou igual à mediana. A mediana da LIC é expressa em meses Mediana TE da LIC nos hospitais de destino (convencionados ou públicos) Ordenados os episódios em LIC nos hospitais de destino por tempo de espera, a mediana do TE da LIC é o valor (pertencente ou não à amostra) que a divide ao meio a amostra, isto é, 50% dos episódios em LIC têm tempo de espera menor ou igual à mediana e os restantes 50% têm tempo de espera maior ou igual à mediana. A mediana da LIC dos hospitais convencionados é expressa em dias Mediana do TE da LIC prioritária Ordenados os episódios em LIC classificados como prioritários (prioridades 2, 3 e 4) por tempo de espera, a mediana do TE da LIC é o valor (pertencente ou não à amostra) que a divide ao meio a amostra, isto é, 50% dos episódios em LIC têm tempo de espera menor ou igual à mediana e os restantes 50% têm tempo de espera maior ou igual à mediana. A mediana da LIC dos hospitais convencionados é expressa em dias LIC<2M Número de episódios em LIC com tempo de espera inferior a 2 meses LIC 2M-4M Número de episódios em LIC com tempo de espera entre 2 e 4 meses Página 9 de 93

10 Indicador Fórmula LIC >4M Número de episódios em LIC com tempo de espera superior a 4 meses % LIC em relação ao total do País % Sexo masculino (ou Sexo feminino) %SNS (ou NSNS) %LIC <2M %LIC 2M-4M %LIC >4M Indicadores das Entradas Indicador Fórmula Entradas % SNS (ou NSNS) Página 10 de 93

11 Indicador Fórmula % Entradas HO em relação ao total do País Indicadores das Saídas Indicador Fórmula Saídas Mediana TE das Saídas Ordenados os episódios saídos da LIC por tempo de espera, a mediana do TE das Saídas é o valor (pertencente ou não à amostra) que a divide ao meio a amostra, isto é, 50% dos episódios saídos têm tempo de espera menor ou igual à mediana e os restantes 50% têm tempo de espera maior ou igual à mediana. A mediana das Saídas é expressa em meses % Homens( ou Mulheres) %SNS (ou NSNS) % Saídas em relação ao total do País Página 11 de 93

12 Indicadores dos Cancelados/Expurgo Indicador Fórmula Expurgo Cancelados Taxa de Expurgo % Desistência % Erros administrativos % Operado no HO/urgências/noutra instituição/fora do SIGIC % Perda de indicação cirúrgica Página 12 de 93

13 Indicadores dos Operados Indicador Fórmula Operados ou Produção cirúrgica Operados HD Número de episódios em hospitais de destino no âmbito do SIGIC Operados nos hospitais SNS/Públicos Número de episódios de forma programada pelos hospitais públicos, incluindo os episódios cativados e pelos próprios enquanto hospitais de destino. Operados nos hosp. convencionados ou Operados HC Número de episódios pelos hospitais convencionados no âmbito do SIGIC Mediana TE dos Operados Ordenados os episódios por tempo de espera, a mediana do TE dos Operados é o valor (pertencente ou não à amostra) que a divide ao meio a amostra, isto é, 50% dos episódios têm tempo de espera menor ou igual à mediana e os restantes 50% têm tempo de espera maior ou igual à mediana. A mediana dos Operados é expressa em meses, salvo nos hospitais de destino que é em dias. % de através de técnicas especiais Página 13 de 93

14 Indicadores Compostos Indicador Fórmula Taxa crescimento da LIC (%) Quociente entre o desvio padrão e a média do tempo de espera das Saídas Rácio LIC/(Operados por mês) Página 14 de 93

15 Parte I Distribuição da LIC e produção cirúrgica em NM por hospital e grupo de serviço Nesta secção serão apresentados os dados relativos à LIC NM, a , e produção cirúrgica em NM, realizada em 2007, por hospital e grupo de serviço. Grupo de serviço utentes em LIC a em 2007 Norte C.H. Alto Ave - Guimarães Cirurgia Cabeça e pescoço (inclui ORL, estomatologia) 0 2 Norte C.H. Alto Ave - Guimarães Cirurgia Geral Norte C.H. Alto Ave - Guimarães Cirurgia Plástica / Dermatologia 2 60 Norte C.H. Alto Ave - Guimarães Ginecologia/ Obstetrícia 7 53 Norte C.H. Alto Ave - Guimarães Urologia 4 69 Norte C.H. Alto Minho - V. Castelo Cirurgia Cabeça e pescoço (inclui ORL, estomatologia) 0 10 Norte C.H. Alto Minho - V. Castelo Cirurgia Geral Norte C.H. Alto Minho - V. Castelo Cirurgia Plástica / Dermatologia 2 24 Norte C.H. Alto Minho - V. Castelo Ginecologia/ Obstetrícia 1 30 Norte C.H. Alto Minho - V. Castelo Ortopedia 2 10 Norte C.H. Alto Minho - V. Castelo Urologia Norte C.H. Médio Ave - Famalicão Cirurgia Cabeça e pescoço (inclui ORL, estomatologia) 1 10 Norte C.H. Médio Ave - Famalicão Cirurgia Geral Norte C.H. Médio Ave - Famalicão Ginecologia/ Obstetrícia Norte C.H. Nordeste - Bragança Cirurgia Cabeça e pescoço (inclui ORL, estomatologia) 2 7 Norte C.H. Nordeste - Bragança Cirurgia Geral Norte C.H. Nordeste - Bragança Ginecologia/ Obstetrícia 1 8 Norte C.H. Nordeste - Bragança Urologia 6 50 Norte C.H. Póvoa do Varzim/VC Cirurgia Geral Norte C.H. Póvoa do Varzim/VC Ginecologia/ Obstetrícia 1 8 Norte C.H. Trás-os-Montes e Alt. Douro Cirurgia Cabeça e pescoço (inclui ORL, estomatologia) 2 14 Norte C.H. Trás-os-Montes e Alt. Douro Cirurgia Geral Norte C.H. Trás-os-Montes e Alt. Douro Cirurgia Plástica / Dermatologia Norte C.H. Trás-os-Montes e Alt. Douro Ginecologia/ Obstetrícia 0 8 Norte C.H. Trás-os-Montes e Alt. Douro Urologia Norte C.H. V. Nova de Gaia/Espinho Cirurgia Cabeça e pescoço (inclui ORL, estomatologia) 5 34 Norte C.H. V. Nova de Gaia/Espinho Cirurgia Cardiotóracica 9 45 Norte C.H. V. Nova de Gaia/Espinho Cirurgia Geral Norte C.H. V. Nova de Gaia/Espinho Cirurgia Pediátrica 0 3 Norte C.H. V. Nova de Gaia/Espinho Cirurgia Plástica / Dermatologia 9 46 Norte C.H. V. Nova de Gaia/Espinho Ginecologia/ Obstetrícia 2 34 Norte C.H. V. Nova de Gaia/Espinho Neurocirurgia 4 21 Norte C.H. V. Nova de Gaia/Espinho Ortopedia 0 1 Norte C.H. V. Nova de Gaia/Espinho Urologia Norte H. G. St. António - Porto Cirurgia Cabeça e pescoço (inclui ORL, estomatologia) 2 33 Norte H. G. St. António - Porto Cirurgia Geral Norte H. G. St. António - Porto Cirurgia Plástica / Dermatologia Norte H. G. St. António - Porto Cirurgia Vascular 0 2 Norte H. G. St. António - Porto Ginecologia/ Obstetrícia Página 15 de 93

16 Grupo de serviço utentes em LIC a em 2007 Norte H. G. St. António - Porto Neurocirurgia Norte H. G. St. António - Porto Oftalmologia 3 13 Norte H. G. St. António - Porto Ortopedia 2 14 Norte H. G. St. António - Porto Urologia Norte H. Nª Sª da Conceição - Valongo Cirurgia Geral 4 22 Norte H. Padre Américo - Vale Sousa Cirurgia Geral Norte H. Padre Américo - Vale Sousa Cirurgia Plástica / Dermatologia 1 16 Norte H. Padre Américo - Vale Sousa Ginecologia/ Obstetrícia 4 37 Norte H. Padre Américo - Vale Sousa Oftalmologia 8 16 Norte H. Padre Américo - Vale Sousa Ortopedia 2 12 Norte H. Padre Américo - Vale Sousa Urologia Norte H. S. Gonçalo - Amarante Cirurgia Geral 0 49 Norte H. S. Gonçalo - Amarante Ginecologia/ Obstetrícia 0 15 Norte H. S. João - Porto Cirurgia Cabeça e pescoço (inclui ORL, estomatologia) 1 30 Norte H. S. João - Porto Cirurgia Cardiotóracica 1 57 Norte H. S. João - Porto Cirurgia Geral Norte H. S. João - Porto Cirurgia Pediátrica 2 25 Norte H. S. João - Porto Cirurgia Plástica / Dermatologia 7 92 Norte H. S. João - Porto Cirurgia Vascular 0 1 Norte H. S. João - Porto Ginecologia/ Obstetrícia 9 81 Norte H. S. João - Porto Neurocirurgia 2 91 Norte H. S. João - Porto Oftalmologia 0 4 Norte H. S. João - Porto Ortopedia 2 12 Norte H. S. João - Porto Urologia Norte H. S. Marcos - Braga Cirurgia Cabeça e pescoço (inclui ORL, estomatologia) 6 23 Norte H. S. Marcos - Braga Cirurgia Geral Norte H. S. Marcos - Braga Cirurgia Plástica / Dermatologia 4 34 Norte H. S. Marcos - Braga Ginecologia/ Obstetrícia 0 4 Norte H. S. Marcos - Braga Neurocirurgia 1 62 Norte H. S. Marcos - Braga Ortopedia 2 4 Norte H. S. Marcos - Braga Urologia Norte H. Stª Maria Maior - Barcelos Cirurgia Cabeça e pescoço (inclui ORL, estomatologia) 1 4 Norte H. Stª Maria Maior - Barcelos Cirurgia Geral Norte H. Stª Maria Maior - Barcelos Ginecologia/ Obstetrícia 8 39 Norte H. Stª Maria Maior - Barcelos Oftalmologia 1 6 Norte H. Stª Maria Maior - Barcelos Ortopedia 6 14 Norte IPO Porto Cirurgia Cabeça e pescoço (inclui ORL, estomatologia) Norte IPO Porto Cirurgia Cardiotóracica Norte IPO Porto Cirurgia Geral Norte IPO Porto Cirurgia Pediátrica 0 30 Norte IPO Porto Cirurgia Plástica / Dermatologia Norte IPO Porto Ginecologia/ Obstetrícia Norte IPO Porto Neurocirurgia 2 43 Norte IPO Porto Oftalmologia 1 11 Norte IPO Porto Ortopedia 0 7 Norte IPO Porto Urologia Norte Mat. Júlio Dinis - Porto Ginecologia/ Obstetrícia 8 62 Norte ULS Matosinhos Cirurgia Cabeça e pescoço (inclui ORL, estomatologia) 4 29 Norte ULS Matosinhos Cirurgia Geral Norte ULS Matosinhos Cirurgia Plástica / Dermatologia 0 38 Norte ULS Matosinhos Ginecologia/ Obstetrícia Norte ULS Matosinhos Neurocirurgia 3 44 Norte ULS Matosinhos Oftalmologia 0 3 Norte ULS Matosinhos Urologia Centro C.H. Caldas da Rainha Cirurgia Cabeça e pescoço (inclui ORL, estomatologia) 0 2 Página 16 de 93

17 Grupo de serviço utentes em LIC a em 2007 Centro C.H. Caldas da Rainha Cirurgia Geral 8 94 Centro C.H. Caldas da Rainha Cirurgia Plástica / Dermatologia Centro C.H. Caldas da Rainha Ginecologia/ Obstetrícia 6 33 Centro C.H. Caldas da Rainha Ortopedia 1 1 Centro C.H. Coimbra Cirurgia Cabeça e pescoço (inclui ORL, estomatologia) 2 9 Centro C.H. Coimbra Cirurgia Cardiotóracica 0 65 Centro C.H. Coimbra Cirurgia Geral Centro C.H. Coimbra Cirurgia Pediátrica 1 5 Centro C.H. Coimbra Ginecologia/ Obstetrícia Centro C.H. Coimbra Neurocirurgia 9 87 Centro C.H. Coimbra Oftalmologia 5 3 Centro C.H. Coimbra Ortopedia 0 11 Centro C.H. Coimbra Outros 0 1 Centro C.H. Coimbra Urologia Centro C.H. Cova da Beira - Covilhã Cirurgia Cabeça e pescoço (inclui ORL, estomatologia) 0 3 Centro C.H. Cova da Beira - Covilhã Cirurgia Geral 1 87 Centro C.H. Cova da Beira - Covilhã Cirurgia Plástica / Dermatologia Centro C.H. Cova da Beira - Covilhã Ginecologia/ Obstetrícia 2 27 Centro C.H. Cova da Beira - Covilhã Urologia Centro C.H. V. Nova de Gaia/Espinho Cirurgia Geral 0 5 Centro H. Amato Lusitano - C. Branco Cirurgia Cabeça e pescoço (inclui ORL, estomatologia) 0 1 Centro H. Amato Lusitano - C. Branco Cirurgia Geral 4 87 Centro H. Amato Lusitano - C. Branco Cirurgia Plástica / Dermatologia 1 53 Centro H. Amato Lusitano - C. Branco Ginecologia/ Obstetrícia 1 6 Centro H. Amato Lusitano - C. Branco Oftalmologia 0 6 Centro H. Amato Lusitano - C. Branco Ortopedia 1 0 Centro H. Amato Lusitano - C. Branco Urologia 3 61 Centro H. Arc. J. Crisóst. - Cantanhede Cirurgia Geral 4 6 Centro H. Bern. Lopes Oliv. - Alcobaça Cirurgia Geral 3 5 Centro H. Bern. Lopes Oliv. - Alcobaça Cirurgia Pediátrica 1 0 Centro H. Dr. Franc. Zagalo - Ovar Cirurgia Geral 1 19 Centro H. Dr. Franc. Zagalo - Ovar Urologia 0 5 Centro H. Infante D. Pedro - Aveiro Cirurgia Cabeça e pescoço (inclui ORL, estomatologia) 1 1 Centro H. Infante D. Pedro - Aveiro Cirurgia Geral 6 98 Centro H. Infante D. Pedro - Aveiro Cirurgia Plástica / Dermatologia 0 7 Centro H. Infante D. Pedro - Aveiro Ginecologia/ Obstetrícia 4 18 Centro H. Infante D. Pedro - Aveiro Ortopedia 1 1 Centro H. Infante D. Pedro - Aveiro Urologia 6 51 Centro H. José Luc. de Castro - Anadia Cirurgia Geral 0 1 Centro H. José Luc. de Castro - Anadia Urologia 1 23 Centro H. Nª Sª da Assunção - Seia Cirurgia Geral 2 29 Centro H. S. P. Gonç. Telmo - Peniche Cirurgia Geral 0 6 Centro H. S. Sebastião - Stª Mª Feira Cirurgia Cabeça e pescoço (inclui ORL, estomatologia) 1 36 Centro H. S. Sebastião - Stª Mª Feira Cirurgia Geral Centro H. S. Sebastião - Stª Mª Feira Cirurgia Plástica / Dermatologia 0 9 Centro H. S. Sebastião - Stª Mª Feira Ginecologia/ Obstetrícia Centro H. S. Sebastião - Stª Mª Feira Urologia 3 46 Centro H. S. Teotónio - Viseu Cirurgia Cabeça e pescoço (inclui ORL, estomatologia) 1 1 Centro H. S. Teotónio - Viseu Cirurgia Geral Centro H. S. Teotónio - Viseu Cirurgia Plástica / Dermatologia Centro H. S. Teotónio - Viseu Ginecologia/ Obstetrícia Centro H. S. Teotónio - Viseu Neurocirurgia 0 17 Centro H. S. Teotónio - Viseu Ortopedia 4 0 Centro H. S. Teotónio - Viseu Urologia Centro H. Sousa Martins - Guarda Cirurgia Cabeça e pescoço (inclui ORL, estomatologia) 0 1 Página 17 de 93

18 Grupo de serviço utentes em LIC a em 2007 Centro H. Sousa Martins - Guarda Cirurgia Geral 3 70 Centro H. Sousa Martins - Guarda Ginecologia/ Obstetrícia 0 11 Centro H. Sousa Martins - Guarda Oftalmologia 0 1 Centro H. Sousa Martins - Guarda Ortopedia 1 0 Centro H. St. André - Leiria Cirurgia Cabeça e pescoço (inclui ORL, estomatologia) 2 0 Centro H. St. André - Leiria Cirurgia Geral Centro H. St. André - Leiria Cirurgia Plástica / Dermatologia 0 55 Centro H. St. André - Leiria Ginecologia/ Obstetrícia 0 5 Centro H. St. André - Leiria Oftalmologia 0 1 Centro H. St. André - Leiria Ortopedia 1 0 Centro H. St. André - Leiria Urologia Centro H. Univer. de Coimbra Cirurgia Cabeça e pescoço (inclui ORL, estomatologia) Centro H. Univer. de Coimbra Cirurgia Cardiotóracica Centro H. Univer. de Coimbra Cirurgia Geral Centro H. Univer. de Coimbra Cirurgia Plástica / Dermatologia Centro H. Univer. de Coimbra Cirurgia Vascular 0 3 Centro H. Univer. de Coimbra Ginecologia/ Obstetrícia Centro H. Univer. de Coimbra Neurocirurgia Centro H. Univer. de Coimbra Oftalmologia 2 57 Centro H. Univer. de Coimbra Ortopedia 2 49 Centro H. Univer. de Coimbra Urologia Centro H. Visc. Salreu - Estarreja Cirurgia Geral 0 4 Centro H.D. Águeda Cirurgia Geral 0 20 Centro H.D. Figueira da Foz Cirurgia Geral Centro H.D. Figueira da Foz Ginecologia/ Obstetrícia 4 35 Centro H.D. Figueira da Foz Oftalmologia 0 1 Centro H.D. Figueira da Foz Urologia 1 16 Centro H.D. Oliveira de Azeméis Ginecologia/ Obstetrícia 0 15 Centro H.D. Pombal Outros 2 8 Centro H.D. S. João da Madeira Cirurgia Geral 5 58 Centro H.D. S. João da Madeira Ginecologia/ Obstetrícia 0 2 Centro H.D. S. João da Madeira Oftalmologia 2 2 Centro H.D. S. João da Madeira Urologia 3 23 Centro IPO Coimbra Cirurgia Cabeça e pescoço (inclui ORL, estomatologia) Centro IPO Coimbra Cirurgia Geral Centro IPO Coimbra Cirurgia Plástica / Dermatologia Centro IPO Coimbra Ginecologia/ Obstetrícia Centro IPO Coimbra Urologia LVT C.H. Cascais Cirurgia Geral LVT C.H. Cascais Cirurgia Plástica / Dermatologia 0 1 LVT C.H. Cascais Ginecologia/ Obstetrícia 7 28 LVT C.H. Cascais Oftalmologia 0 1 LVT C.H. Lisboa Z. Central Cirurgia Cabeça e pescoço (inclui ORL, estomatologia) 5 47 LVT C.H. Lisboa Z. Central Cirurgia Cardiotóracica 1 45 LVT C.H. Lisboa Z. Central Cirurgia Geral LVT C.H. Lisboa Z. Central Cirurgia Pediátrica 2 15 LVT C.H. Lisboa Z. Central Cirurgia Plástica / Dermatologia 7 50 LVT C.H. Lisboa Z. Central Cirurgia Vascular 0 1 LVT C.H. Lisboa Z. Central Ginecologia/ Obstetrícia 8 55 LVT C.H. Lisboa Z. Central Neurocirurgia 5 57 LVT C.H. Lisboa Z. Central Oftalmologia 0 3 LVT C.H. Lisboa Z. Central Ortopedia 0 4 LVT C.H. Lisboa Z. Central Urologia LVT C.H. Lisboa Z. Ocidental Cirurgia Cabeça e pescoço (inclui ORL, estomatologia) 2 9 LVT C.H. Lisboa Z. Ocidental Cirurgia Cardiotóracica 2 27 Página 18 de 93

19 Grupo de serviço utentes em LIC a em 2007 LVT C.H. Lisboa Z. Ocidental Cirurgia Geral LVT C.H. Lisboa Z. Ocidental Cirurgia Plástica / Dermatologia LVT C.H. Lisboa Z. Ocidental Ginecologia/ Obstetrícia LVT C.H. Lisboa Z. Ocidental Neurocirurgia LVT C.H. Lisboa Z. Ocidental Ortopedia 10 5 LVT C.H. Lisboa Z. Ocidental Outros 2 2 LVT C.H. Lisboa Z. Ocidental Urologia LVT C.H. Médio Tejo -T. Novas Cirurgia Cabeça e pescoço (inclui ORL, estomatologia) 1 2 LVT C.H. Médio Tejo -T. Novas Cirurgia Geral LVT C.H. Médio Tejo -T. Novas Cirurgia Plástica / Dermatologia 4 29 LVT C.H. Médio Tejo -T. Novas Ginecologia/ Obstetrícia LVT C.H. Médio Tejo -T. Novas Oftalmologia 0 1 LVT C.H. Médio Tejo -T. Novas Urologia LVT C.H. Setúbal Cirurgia Cabeça e pescoço (inclui ORL, estomatologia) LVT C.H. Setúbal Cirurgia Geral LVT C.H. Setúbal Cirurgia Plástica / Dermatologia LVT C.H. Setúbal Ginecologia/ Obstetrícia 8 58 LVT C.H. Setúbal Oftalmologia 0 1 LVT C.H. Setúbal Ortopedia 2 6 LVT C.H. Setúbal Urologia LVT C.H. Torres Vedras Cirurgia Cabeça e pescoço (inclui ORL, estomatologia) 0 6 LVT C.H. Torres Vedras Cirurgia Geral 1 76 LVT C.H. Torres Vedras Ginecologia/ Obstetrícia 2 47 LVT H. Curry Cabral Cirurgia Geral LVT H. Curry Cabral Cirurgia Plástica / Dermatologia LVT H. Curry Cabral Ortopedia 0 3 LVT H. Curry Cabral Outros 0 2 LVT H. Curry Cabral Urologia LVT H. Fern. da Fonseca - Lx Cirurgia Cabeça e pescoço (inclui ORL, estomatologia) 4 38 LVT H. Fern. da Fonseca - Lx Cirurgia Geral LVT H. Fern. da Fonseca - Lx Cirurgia Plástica / Dermatologia 2 5 LVT H. Fern. da Fonseca - Lx Ginecologia/ Obstetrícia LVT H. Fern. da Fonseca - Lx Oftalmologia 1 4 LVT H. Fern. da Fonseca - Lx Ortopedia 0 2 LVT H. Fern. da Fonseca - Lx Urologia LVT H. Garcia de Orta - Almada Cirurgia Cabeça e pescoço (inclui ORL, estomatologia) LVT H. Garcia de Orta - Almada Cirurgia Cardiotóracica 0 4 LVT H. Garcia de Orta - Almada Cirurgia Geral LVT H. Garcia de Orta - Almada Cirurgia Plástica / Dermatologia LVT H. Garcia de Orta - Almada Ginecologia/ Obstetrícia LVT H. Garcia de Orta - Almada Ortopedia 5 15 LVT H. Garcia de Orta - Almada Urologia LVT H. Litoral Alent. - Sant. Cacém Cirurgia Cabeça e pescoço (inclui ORL, estomatologia) 0 3 LVT H. Litoral Alent. - Sant. Cacém Cirurgia Geral 7 64 LVT H. Litoral Alent. - Sant. Cacém Ginecologia/ Obstetrícia 2 4 LVT H. Litoral Alent. - Sant. Cacém Urologia LVT H. Nª Sª do Rosário - Barreiro Cirurgia Cabeça e pescoço (inclui ORL, estomatologia) 0 4 LVT H. Nª Sª do Rosário - Barreiro Cirurgia Geral LVT H. Nª Sª do Rosário - Barreiro Cirurgia Pediátrica 0 2 LVT H. Nª Sª do Rosário - Barreiro Cirurgia Plástica / Dermatologia LVT H. Nª Sª do Rosário - Barreiro Ginecologia/ Obstetrícia 3 70 LVT H. Nª Sª do Rosário - Barreiro Urologia 8 80 LVT H. Pulido Valente - Lx Cirurgia Cabeça e pescoço (inclui ORL, estomatologia) 0 15 LVT H. Pulido Valente - Lx Cirurgia Cardiotóracica LVT H. Pulido Valente - Lx Cirurgia Geral Página 19 de 93

20 Grupo de serviço utentes em LIC a em 2007 LVT H. Pulido Valente - Lx Cirurgia Vascular 0 3 LVT H. Pulido Valente - Lx Urologia LVT H. Reyn. dos Santos - V. F. Xira Cirurgia Geral LVT H. Reyn. dos Santos - V. F. Xira Ginecologia/ Obstetrícia 3 14 LVT H. Reyn. dos Santos - V. F. Xira Ortopedia 2 3 LVT H. Reyn. dos Santos - V. F. Xira Urologia 7 36 LVT H. Santa Maria - Lx Cirurgia Cabeça e pescoço (inclui ORL, estomatologia) 4 40 LVT H. Santa Maria - Lx Cirurgia Cardiotóracica 3 51 LVT H. Santa Maria - Lx Cirurgia Geral LVT H. Santa Maria - Lx Cirurgia Pediátrica 0 3 LVT H. Santa Maria - Lx Cirurgia Plástica / Dermatologia LVT H. Santa Maria - Lx Cirurgia Vascular 1 0 LVT H. Santa Maria - Lx Ginecologia/ Obstetrícia 5 61 LVT H. Santa Maria - Lx Neurocirurgia 4 79 LVT H. Santa Maria - Lx Ortopedia 3 15 LVT H. Santa Maria - Lx Urologia LVT H.D. Montijo Cirurgia Geral 7 39 LVT H.D. Montijo Urologia 0 5 LVT H.D. Santarém Cirurgia Cabeça e pescoço (inclui ORL, estomatologia) 0 5 LVT H.D. Santarém Cirurgia Geral LVT H.D. Santarém Cirurgia Plástica / Dermatologia LVT H.D. Santarém Ginecologia/ Obstetrícia LVT H.D. Santarém Ortopedia 0 1 LVT H.D. Santarém Urologia LVT IPO Lisboa Cirurgia Cabeça e pescoço (inclui ORL, estomatologia) LVT IPO Lisboa Cirurgia Geral LVT IPO Lisboa Cirurgia Pediátrica 1 14 LVT IPO Lisboa Cirurgia Plástica / Dermatologia LVT IPO Lisboa Ginecologia/ Obstetrícia LVT IPO Lisboa Oftalmologia 7 31 LVT IPO Lisboa Urologia LVT Mat. Dr. Alfr. Costa - Lx Ginecologia/ Obstetrícia Alentejo C.H. Baixo Alentejo - Beja Cirurgia Cabeça e pescoço (inclui ORL, estomatologia) 0 1 Alentejo C.H. Baixo Alentejo - Beja Cirurgia Geral Alentejo C.H. Baixo Alentejo - Beja Ginecologia/ Obstetrícia 2 22 Alentejo C.H. Baixo Alentejo - Beja Oftalmologia 1 2 Alentejo C.H. Baixo Alentejo - Beja Ortopedia 0 4 Alentejo C.H. Baixo Alentejo - Beja Urologia 7 28 Alentejo H. Espírito Santo - Évora Cirurgia Geral Alentejo H. Espírito Santo - Évora Cirurgia Plástica / Dermatologia 8 52 Alentejo H. Espírito Santo - Évora Ginecologia/ Obstetrícia 0 3 Alentejo H. Espírito Santo - Évora Oftalmologia 0 4 Alentejo H. Espírito Santo - Évora Urologia Alentejo ULS Norte Alentejano - Portalegre Cirurgia Geral Alentejo ULS Norte Alentejano - Portalegre Ginecologia/ Obstetrícia 1 8 Alentejo ULS Norte Alentejano - Portalegre Oftalmologia 1 2 Alentejo ULS Norte Alentejano - Portalegre Ortopedia 1 0 Alentejo ULS Norte Alentejano - Portalegre Urologia 1 12 Algarve C.H. Barlav. Algarvio - Portimão Cirurgia Cabeça e pescoço (inclui ORL, estomatologia) 2 7 Algarve C.H. Barlav. Algarvio - Portimão Cirurgia Geral Algarve C.H. Barlav. Algarvio - Portimão Cirurgia Plástica / Dermatologia Algarve C.H. Barlav. Algarvio - Portimão Ginecologia/ Obstetrícia 4 18 Algarve C.H. Barlav. Algarvio - Portimão Oftalmologia 2 2 Algarve C.H. Barlav. Algarvio - Portimão Ortopedia 2 0 Algarve C.H. Barlav. Algarvio - Portimão Urologia Página 20 de 93

21 Grupo de serviço utentes em LIC a em 2007 Algarve H.D. Faro Cirurgia Cabeça e pescoço (inclui ORL, estomatologia) 2 2 Algarve H.D. Faro Cirurgia Geral Algarve H.D. Faro Cirurgia Plástica / Dermatologia 4 10 Algarve H.D. Faro Ginecologia/ Obstetrícia Algarve H.D. Faro Neurocirurgia 2 4 Algarve H.D. Faro Urologia Tabela 1 Distribuição da LIC e produção cirúrgica em NM por hospital e grupo de serviço Parte II - Distribuição da produção cirúrgica por grupo de extracção 1. Distribuição da produção cirúrgica em NM por grupo de extracção Operados NM em 2007 Grupos de extracção Número de Mediana do TE (em meses) Média do TE (em meses) Desvio padrão Procedimento na Mama por NM ,73 1,06 1,32 Procedimentos na Bexiga ou Uretra por NM ,9 1,34 1,45 Procedimentos na Pele e Tecido celular subcutâneo da cabeça e pescoço por NM excepto Melanoma ,57 1,12 1,71 Procedimentos no cólon por NM ,27 0,47 0,77 Procedimentos na Pele e tec. Cel. Subcutâneo por NM ,77 1,65 2,19 Procedimentos no Útero por NM ,77 1,14 1,74 Procedimentos no recto e ânus por NM ,37 0,73 1,04 Procedimentos no Esófago ou estômago por NM ,23 0,49 0,71 Procedimentos na Próstata por NM ,8 2,17 2,02 Procedimentos na Tiróide por NM ,2 1,57 1,63 Procedimentos no Rim ou ureteres por NM 838 0,87 1,36 1,9 Procedimentos em Cavidade Oral (inclui Lábio e Glândulas Salivares) por NM Procedimentos no Fígado ou pâncreas ou vesícula biliar ou vias biliares por NM 798 0,8 1,13 1, ,23 0,52 0,83 Outros Procedimentos em cabeça e pescoço por NM 763 0,67 1,34 2,13 Outros Procedimentos em Órgãos intracraneanos por NM 751 0,1 0,54 1,74 Procedimentos em Melanoma 737 0,47 0,81 1,08 Procedimentos em Gânglios da Torácica e Axilar em NM 730 0,47 0,63 0,6 Procedimentos no Pulmão, Pleura, Brônquio por NM 678 0,2 0,58 0,93 Procedimento em Faringe, Laringe e Traqueia por NM 614 0,8 1,15 1,89 Procedimentos em Gânglios da Cabeça e Pescoço por NM 564 0,57 0,91 1,05 Outros Procedimentos não enquadráveis em outros agrupamentos por NM 505 0,47 1 1,44 Página 21 de 93

22 Outros Procedimentos nos Genitais masculinos por NM 489 0,77 1,54 2,37 Outros Procedimentos na abdominal por NM 361 0,33 0,84 1,36 Procedimentos no ovário e anexos por NM ,62 1,87 Outros Procedimentos nos Órgãos genitais femininos por NM 187 0,9 1,08 1,03 Outros Procedimentos na pélvica por NM 180 0,43 0,82 1,16 Outros Procedimentos na região torácica por NM 132 0,15 0,46 0,74 Outros Procedimentos na Coluna vertebral por NM 44 0,1 0,42 0,76 Tabela 2 Distribuição da produção cirúrgica em NM por grupo de extracção Página 22 de 93

23 2. Distribuição da produção cirúrgica, a patologias não oncológicas, por grupo de extracção Grupos de extracção Número de Operados, em 2007, a patologias não oncológicas Mediana do TE (em meses) Média do TE (em meses) Desvio padrão Procedimentos em cataratas ,59 Outros procedimentos em ossos e partes moles (excepto cabeça e pescoço, coluna, tórax e abdómen) Procedimentos na Pele e tecido celular subcutâneo em lesões não malignas da pele Procedimentos no Olho e anexos (pálpebras, orbita e aparelho lacrimal) ,3 1,97 3, ,7 2,19 3, ,77 2,39 3,95 Procedimentos nas Hérnias Inguino-femurais ,47 3,81 4,2 Procedimentos no Útero ,6 2,46 3,02 Procedimentos em Quisto sinovial, Dupuytran, Sind. do túnel cárpico ,27 3,51 4,08 Procedimentos na Vesícula e vias biliares ,27 3,54 4,18 Substituição ou reparação de articulações dos membros inferiores ,73 4,95 5,51 Procedimentos nas Varizes dos membros inferiores ,87 5,83 6,24 Procedimentos nas Amígdalas e Adenóides ,83 5,92 6,07 Procedimentos no Nariz e Seios nasais ,73 6,82 7,68 Procedimentos em Hérnias Abdominais ,83 4,17 4,49 Procedimentos no Coração e Pericárdio ,03 0,68 2,11 Procedimentos no Ouvido e Mastóide ,53 5,85 6,41 Procedimentos na Mama ,2 3,26 5,63 Outros procedimentos em vasos (excepto cabeça e pescoço) ,1 0,88 2,46 Procedimentos em Hemorróidas, fistulas e fissuras anais ,77 2,97 3,91 Procedimentos em Prolapsos, incontinência, cistocelos e rectocelos ,83 4,88 4,58 Procedimentos na Fimose ,53 3,81 4,23 Procedimentos em Dentes e Gengivas ,37 2,42 3,93 Histeroscopia ,17 1,89 2,55 Procedimentos na Bexiga ou Uretra ,07 2,35 3,54 Outros procedimentos nos Genitais masculinos ,57 3,79 4,04 Intervenções por motivos de planeamento Familiar ,53 3,45 3,06 Outros procedimentos em cabeça e pescoço ,53 2,03 4,05 Procedimentos na Tiróide ,58 3,71 3,89 Artroscopias ,03 4,3 4,56 Outros procedimentos na abdominal ,5 1,55 3,03 Procedimentos no Ovário e Trompas ,47 2,28 2,71 Procedimentos no Rim ou ureteres ,67 1,92 3,02 Procedimentos na Próstata e Vesícula seminal ,8 4,24 4,78 Outros procedimentos na Coluna vertebral ,2 3,15 4,81 Página 23 de 93

24 Grupos de extracção Número de Operados, em 2007, a patologias não oncológicas Mediana do TE (em meses) Média do TE (em meses) Desvio padrão Procedimentos na Pele e Tecido celular subcutâneo da cabeça e pescoço ,67 1,69 3 Outros procedimentos em Órgãos intracraneanos ,07 0,83 2,5 Procedimentos em Deformidades do Hálux ,77 5,12 5,12 Procedimentos no parto ,1 0,22 0,91 Excisão ou destruição de disco intervertebral ,3 2,68 3,7 Procedimentos no Cólon ,23 1,29 2,49 Outros procedimentos nos Genitais femininos ,4 2,37 3,07 Obesidade - intervenções gastro intestinais ,23 8,19 10,68 Procedimentos no Esófago ou Estômago ,23 1,64 3,86 Procedimentos em Nervos não especificados noutros grupos 929 1,27 2,58 3,68 Procedimentos no pulmão, brônquio, pleura 904 0,1 0,76 2,05 Outros procedimentos na região torácica 805 0,07 0,87 2,34 Outros procedimentos na pélvica 728 0,63 1,73 3,08 Procedimentos em Linfáticos não especificados noutros grupos 723 0,13 0,65 1,76 Procedimentos em Glândulas salivares 665 1,5 2,6 3,59 Procedimentos nos Vasos em cabeça e pescoço 501 0,23 1,18 2,17 Procedimentos no Intestino Delgado 497 0,23 1,14 2,32 Outras referências não enquadráveis em outros agrupamentos 468 0,33 1,3 2,56 Procedimentos no Fígado ou pâncreas 275 0,27 1,22 2,32 Tabela 3 Distribuição da produção cirurgia, em patologias não oncológicas Página 24 de 93

25 Parte III Distribuição da produção cirúrgica em NM por grupo de extracção e hospital A parte III dos anexos diz respeito distribuição da produção cirúrgica em NM realizada em 2007 por grupo nosológico, grupo de extracção, por região e de origem. Os dados de cada região do País encontram-se diferenciados por cores, de acordo com a Norte Centro LVT Alentejo Algarve 3. GRUPO NOSOLÓGICO - Procedimentos em Cancro da cabeça e pescoço 3.1. Outros Procedimentos em cabeça e pescoço por NM Norte IPO Porto 59 32% Norte H. G. St. António - Porto 21 12% Norte C.H. Alto Ave - Guimarães 18 10% Norte C.H. Trás-os-Montes e Alt. Douro 18 10% Norte H. Padre Américo - Vale Sousa 16 9% Norte H. S. João - Porto 15 8% Norte ULS Matosinhos 11 6% Norte H. S. Marcos - Braga 9 5% Norte C.H. V. Nova de Gaia/Espinho 5 3% Norte H. Stª Maria Maior - Barcelos 4 2% Norte C.H. Médio Ave - Famalicão 3 2% Norte H. Nª Sª da Conceição - Valongo 3 2% Total 182 Tabela 4 - Grupo de extracção - Outros Procedimentos em cabeça e pescoço por NM - Norte Página 25 de 93

26 Centro H. Univer. de Coimbra % Centro IPO Coimbra 56 27% Centro H. S. Teotónio - Viseu 14 7% Centro C.H. Coimbra 12 6% Centro H. Amato Lusitano - C. Branco 7 3% Centro C.H. Cova da Beira - Covilhã 4 2% Centro H.D. S. João da Madeira 2 1% Centro H. Nª Sª da Assunção - Seia 2 1% Centro H. S. Sebastião - Stª Mª Feira 2 1% Centro H.D. Figueira da Foz 1 0,49% Centro C.H. Caldas da Rainha 1 0,49% Centro H. St. André - Leiria 1 0,49% Centro H. Sousa Martins - Guarda 1 0,49% Centro H. Infante D. Pedro - Aveiro 1 0,49% Total 204 Tabela 5 - Grupo de extracção - Outros Procedimentos em cabeça e pescoço por NM - Centro LVT IPO Lisboa % LVT H. Curry Cabral 27 8% LVT C.H. Lisboa Z. Central 26 7% LVT C.H. Lisboa Z. Ocidental 23 7% LVT H.D. Santarém 16 5% LVT H. Garcia de Orta - Almada 11 3% LVT H. Santa Maria - Lx 9 3% LVT H. Fern. da Fonseca - Lx 7 2% LVT C.H. Setúbal 3 1% LVT H. Nª Sª do Rosário - Barreiro 2 1% LVT C.H. Cascais 1 0,29% LVT H. Pulido Valente - Lx 1 0,29% LVT C.H. Médio Tejo -T. Novas 1 0,29% LVT H. Reyn. dos Santos - V. F. Xira 1 0,29% Total 350 Tabela 6 - Grupo de extracção - Outros Procedimentos em cabeça e pescoço por NM - LVT Página 26 de 93

27 Algarve C.H. Barlav. Algarvio - Portimão 3 60% Algarve H.D. Faro 2 40% Total 5 Tabela 7 Grupo de extracção - Outros Procedimentos em cabeça e pescoço por NM - Algarve Alentejo H. Espírito Santo - Évora 16 73% Alentejo C.H. Baixo Alentejo - Beja 3 14% Alentejo ULS Norte Alentejano - Portalegre 3 14% Total 22 Tabela 8 Grupo de extracção - Outros Procedimentos em cabeça e pescoço por NM - Alentejo Página 27 de 93

28 3.2. Procedimento em Faringe, Laringe e Traqueia por NM Norte H. S. João - Porto % Norte IPO Porto % Norte H. G. St. António - Porto 86 12% Norte C.H. Póvoa do Varzim/VC 58 8% Norte C.H. V. Nova de Gaia/Espinho 50 7% Norte ULS Matosinhos 39 6% Norte C.H. Alto Ave - Guimarães 39 6% Norte H. Stª Maria Maior - Barcelos 34 5% Norte H. S. Marcos - Braga 22 3% Norte C.H. Médio Ave - Famalicão 18 3% Norte C.H. Alto Minho - V. Castelo 17 2% Norte C.H. Nordeste - Bragança 11 2% Norte C.H. Trás-os-Montes e Alt. Douro 9 1% Norte H. S. Gonçalo - Amarante 5 1% Norte H. Nª Sª da Conceição - Valongo 5 1% Norte H. Padre Américo - Vale Sousa 3 0,43% Total 699 Tabela 9 Grupo de extracção - Procedimento em Faringe, Laringe e Traqueia por NM - Norte Centro IPO Coimbra 38 40% Centro H. Univer. de Coimbra 30 32% Centro H. S. Sebastião - Stª Mª Feira 26 27% Centro C.H. Cova da Beira - Covilhã 1 1% Total 95 Tabela 10 Grupo de extracção - Procedimento em Faringe, Laringe e Traqueia por NM - Centro Página 28 de 93

29 Frequênci a LVT IPO Lisboa % LVT H. Santa Maria - Lx 18 7% LVT H. Pulido Valente - Lx 13 5% LVT H. Garcia de Orta - Almada 11 4% LVT C.H. Lisboa Z. Central 10 4% LVT C.H. Lisboa Z. Ocidental 9 3% LVT C.H. Torres Vedras 4 1% LVT H. Fern. da Fonseca - Lx 3 1% LVT H. Litoral Alent. - Sant. Cacém 3 1% LVT H.D. Santarém 2 1% LVT C.H. Médio Tejo -T. Novas 2 1% LVT H. Nª Sª do Rosário - Barreiro 2 1% Total 268 Tabela 11 Grupo de extracção - Procedimento em Faringe, Laringe e Traqueia por NM - LVT Algarve C.H. Barlav. Algarvio - Portimão 6 100% Total 6 Tabela 12 Grupo de extracção - Procedimento em Faringe, Laringe e Traqueia por NM - Algarve Página 29 de 93

30 3.3. Procedimentos em Cavidade Oral (inclui Lábio e Glândulas Salivares) por NM Norte IPO Porto % Norte H. S. João - Porto 32 11% Norte H. G. St. António - Porto 26 9% Norte H. S. Marcos - Braga 19 7% Norte C.H. V. Nova de Gaia/Espinho 13 4% Norte C.H. Trás-os-Montes e Alt. Douro 12 4% Norte ULS Matosinhos 11 4% Norte C.H. Alto Ave - Guimarães 6 2% Norte C.H. Médio Ave - Famalicão 6 2% Norte C.H. Nordeste - Bragança 5 2% Norte H. Stª Maria Maior - Barcelos 4 1% Norte C.H. Póvoa do Varzim/VC 3 1% Norte H. S. Gonçalo - Amarante 3 1% Norte C.H. Alto Minho - V. Castelo 3 1% Norte H. Nª Sª da Conceição - Valongo 3 1% Norte H. Padre Américo - Vale Sousa 2 1% Total 292 Tabela 13 Grupo de extracção - Procedimentos em Cavidade Oral (inclui Lábio e Glândulas Salivares) por NM - Norte Centro IPO Coimbra 65 41% Centro H. Univer. de Coimbra 63 40% Centro H. S. Sebastião - Stª Mª Feira 11 7% Centro H. S. Teotónio - Viseu 10 6% Centro C.H. Coimbra 2 1% Centro C.H. Caldas da Rainha 2 1% Centro H.D. S. João da Madeira 2 1% Centro H. St. André - Leiria 1 1% Centro H. Sousa Martins - Guarda 1 1% Total 157 Página 30 de 93

31 Tabela 14 - Grupo de extracção - Procedimentos em Cavidade Oral (inclui Lábio e Glândulas Salivares) por NM - Centro LVT IPO Lisboa % LVT H. Garcia de Orta - Almada 30 9% LVT H.D. Santarém 22 7% LVT C.H. Lisboa Z. Central 22 7% LVT H. Curry Cabral 17 5% LVT H. Santa Maria - Lx 15 5% LVT H. Fern. da Fonseca - Lx 15 5% LVT C.H. Lisboa Z. Ocidental 11 3% LVT C.H. Setúbal 9 3% LVT C.H. Médio Tejo -T. Novas 3 1% LVT H.D. Montijo 2 1% LVT H. Nª Sª do Rosário - Barreiro 2 1% LVT C.H. Cascais 1 0,30% LVT H. Pulido Valente - Lx 1 0,30% Total 333 Tabela 15 - Grupo de extracção - Procedimentos em Cavidade Oral (inclui Lábio e Glândulas Salivares) por NM - LVT Algarve C.H. Barlav. Algarvio - Portimão 3 75% Algarve H.D. Faro 1 25% Total 4 Tabela 16 - Grupo de extracção - Procedimentos em Cavidade Oral (inclui Lábio e Glândulas Salivares) por NM - Algarve Alentejo H. Espírito Santo - Évora 8 67% Alentejo ULS Norte Alentejano - Portalegre 4 33% Total 12 Página 31 de 93

32 Tabela 17 - Grupo de extracção - Procedimentos em Cavidade Oral (inclui Lábio e Glândulas Salivares) por NM - Alentejo Página 32 de 93

33 3.4. Procedimentos em Gânglios da Cabeça e Pescoço por NM Norte IPO Porto % Norte H. S. João - Porto 22 12% Norte H. G. St. António - Porto 18 10% Norte C.H. V. Nova de Gaia/Espinho 9 5% Norte C.H. Alto Ave - Guimarães 5 3% Norte C.H. Trás-os-Montes e Alt. Douro 5 3% Norte H. S. Marcos - Braga 3 2% Norte ULS Matosinhos 2 1% Norte H. Padre Américo - Vale Sousa 2 1% Norte H. Stª Maria Maior - Barcelos 1 1% Total 186 Tabela 18 - Grupo de extracção - Procedimentos em Gânglios da Cabeça e Pescoço por NM - Norte Centro IPO Coimbra 80 60% Centro H. Univer. de Coimbra 45 34% Centro H.D. Figueira da Foz 3 2% Centro H.D. S. João da Madeira 1 1% Centro H. Nª Sª da Assunção - Seia 1 1% Centro C.H. Cova da Beira - Covilhã 1 1% Centro H. Amato Lusitano - C. Branco 1 1% Centro H. S. Sebastião - Stª Mª Feira 1 1% Centro H. José Luc. de Castro - Anadia 1 1% Total 134 Tabela 19 - Grupo de extracção - Procedimentos em Gânglios da Cabeça e Pescoço por NM - Centro Página 33 de 93

34 LVT IPO Lisboa % LVT C.H. Lisboa Z. Central 32 13% LVT H. Santa Maria - Lx 11 5% LVT H. Fern. da Fonseca - Lx 10 4% LVT H. Garcia de Orta - Almada 8 3% LVT H. Pulido Valente - Lx 4 2% LVT C.H. Lisboa Z. Ocidental 3 1% LVT H. Nª Sª do Rosário - Barreiro 3 1% LVT C.H. Setúbal 2 1% LVT C.H. Cascais 1 0,42% LVT H.D. Santarém 1 0,42% Total 240 Tabela 20 - Grupo de extracção - Procedimentos em Gânglios da Cabeça e Pescoço por NM - LVT Algarve C.H. Barlav. Algarvio - Portimão 2 67% Algarve H.D. Faro 1 33% Total 3 Tabela 21 - Grupo de extracção - Procedimentos em Gânglios da Cabeça e Pescoço por NM Algarve Alentejo H. Espírito Santo - Évora 1 100% Total 1 Tabela 22 - Grupo de extracção - Procedimentos em Gânglios da Cabeça e Pescoço por NM - Alentejo Página 34 de 93

35 3.5. Procedimentos na Tiróide por NM Norte H. S. João - Porto % Norte IPO Porto % Norte H. G. St. António - Porto 86 12% Norte C.H. Póvoa do Varzim/VC 58 8% Norte C.H. V. Nova de Gaia/Espinho 50 7% Norte ULS Matosinhos 39 6% Norte C.H. Alto Ave - Guimarães 39 6% Norte H. Stª Maria Maior - Barcelos 34 5% Norte H. S. Marcos - Braga 22 3% Norte C.H. Médio Ave - Famalicão 18 3% Norte C.H. Alto Minho - V. Castelo 17 2% Norte C.H. Nordeste - Bragança 11 2% Norte C.H. Trás-os-Montes e Alt. Douro 9 1% Norte H. S. Gonçalo - Amarante 5 1% Norte H. Nª Sª da Conceição - Valongo 5 1% Norte H. Padre Américo - Vale Sousa 3 0,43% Total 699 Tabela 23 - Grupo de extracção - Procedimentos na Tiróide por NM - Norte Página 35 de 93

36 Centro IPO Coimbra 79 39% Centro H. Univer. de Coimbra 39 19% Centro H. S. Teotónio - Viseu 23 11% Centro H.D. Figueira da Foz 21 10% Centro H.D. S. João da Madeira 16 8% Centro H. St. André - Leiria 6 3% Centro H. S. Sebastião - Stª Mª Feira 6 3% Centro C.H. Coimbra 5 2% Centro H. Infante D. Pedro - Aveiro 3 1% Centro H. Dr. Franc. Zagalo - Ovar 2 1% Centro C.H. Cova da Beira - Covilhã 2 1% Centro H.D. Águeda 1 0,49% Centro C.H. Caldas da Rainha 1 0,49% Centro H. Sousa Martins - Guarda 1 0,49% Total 205 Tabela 24 - Grupo de extracção - Procedimentos na Tiróide por NM - Centro LVT IPO Lisboa 82 27% LVT H. Garcia de Orta - Almada 55 18% LVT C.H. Lisboa Z. Ocidental 39 13% LVT H. Curry Cabral 38 12% LVT H. Santa Maria - Lx 28 9% LVT C.H. Lisboa Z. Central 19 6% LVT H. Nª Sª do Rosário - Barreiro 15 5% LVT C.H. Setúbal 11 4% LVT H.D. Santarém 8 3% LVT C.H. Torres Vedras 4 1% LVT H. Pulido Valente - Lx 4 1% LVT C.H. Médio Tejo -T. Novas 4 1% LVT H. Fern. da Fonseca - Lx 2 1% Total 309 Tabela 25 - Grupo de extracção - Procedimentos na Tiróide por NM - LVT Página 36 de 93

37 Algarve H.D. Faro 2 100% Total 2 Tabela 26 - Grupo de extracção - Procedimentos na Tiróide por NM - Algarve Alentejo C.H. Baixo Alentejo - Beja 6 75% Alentejo ULS Norte Alentejano - Portalegre 2 25% Total 8 Tabela 27 - Grupo de extracção - Procedimentos na Tiróide por NM - Alentejo 4. Grupo nosológico - Procedimentos em Cancro da mama 4.1. Procedimento na Mama por NM Norte IPO Porto % Norte H. S. João - Porto 132 8% Norte C.H. Alto Ave - Guimarães 126 7% Norte ULS Matosinhos 103 6% Norte H. G. St. António - Porto 95 6% Norte C.H. V. Nova de Gaia/Espinho 91 5% Norte C.H. Alto Minho - V. Castelo 87 5% Norte C.H. Médio Ave - Famalicão 67 4% Norte C.H. Trás-os-Montes e Alt. Douro 49 3% Norte H. Stª Maria Maior - Barcelos 48 3% Norte H. S. Marcos - Braga 45 3% Norte C.H. Póvoa do Varzim/VC 29 2% Norte H. Padre Américo - Vale Sousa 22 1% Norte H. S. Gonçalo - Amarante 20 1% Norte C.H. Nordeste - Bragança 10 1% Total 1688 Página 37 de 93

H Convencionados. Operados e vale cirurgia emitidos por grupo extracção a 30-09-2010. 11 de Fevereiro de 2011

H Convencionados. Operados e vale cirurgia emitidos por grupo extracção a 30-09-2010. 11 de Fevereiro de 2011 H Convencionados Operados e vale cirurgia emitidos por grupo extracção a 30-09-2010 7 11 de Fevereiro de 2011 Título Actividade cirúrgica dos Convencionados Versão V1 Autores Unidade Central de Gestão

Leia mais

1º Semestre 2012. Unidade Central de Gestão. de Inscritos para Cirurgia. Relatório Síntese da Atividade em Cirurgia Programada

1º Semestre 2012. Unidade Central de Gestão. de Inscritos para Cirurgia. Relatório Síntese da Atividade em Cirurgia Programada Relatório da Atividade em Cirurgia Programada Unidade Central de Gestão Ano 2009 de Inscritos para Cirurgia -+ Relatório Síntese da Atividade em Cirurgia Programada 1º Semestre 2012 Unidade Central de

Leia mais

Programa Nacional de Erradicação da Poliomielite - Plano de Ação Pós-Eliminação

Programa Nacional de Erradicação da Poliomielite - Plano de Ação Pós-Eliminação MODELO 4 - Norte : Região Unidades Hospitalares (15) MÊS NORTE J F M A M J J A S O N D CH Nordeste, EPE CH Trás-os-Montes e Alto Douro, EPE CH Alto Ave, EPE CH Médio Ave, EPE CH Tâmega e Sousa, EPE CH

Leia mais

Título Versão Autores Ficheiro

Título Versão Autores Ficheiro Título Relatório da Actividade em Cirurgia relativa ao Total de Patologias no País Ano 2008 Versão 28 Autores Rita Cristovão Miriam Viegas Miguel Lopes Ana Ferreira Pedro Gomes Ficheiro UCGIC 20090330

Leia mais

Lista de Associados. > Hospital do Montijo + Hospital Nossa Senhora do Rosário, EPE CENTRO HOSPITALAR DE ENTRE O DOURO E VOUGA, EPE

Lista de Associados. > Hospital do Montijo + Hospital Nossa Senhora do Rosário, EPE CENTRO HOSPITALAR DE ENTRE O DOURO E VOUGA, EPE ADMINISTRAÇÃO CENTRAL DO SISTEMA DE SAÚDE (ACSS) ARS DE LISBOA E VALE DO TEJO, IP ARS DO ALENTEJO, IP ARS DO ALGARVE, IP ARS DO CENTRO, IP ARS DO NORTE, IP CENTRO DE MEDICINA E REABILITAÇÃO DA REGIÃO CENTRO

Leia mais

Título. Versão. Autores. Ficheiro. Relatório da Actividade em Cirurgia Oncológica. Ano 2008. Miriam Viegas. Rita Cristovão. Miguel Lopes.

Título. Versão. Autores. Ficheiro. Relatório da Actividade em Cirurgia Oncológica. Ano 2008. Miriam Viegas. Rita Cristovão. Miguel Lopes. Título Relatório da Actividade em Cirurgia Oncológica Ano 2008 Versão 28 Autores Miriam Viegas Rita Cristovão Miguel Lopes Ana Ferreira Pedro Gomes Ficheiro UCGIC 20090212 RC_ Relatório 2008_v28 Índice

Leia mais

Relatório da Actividade em Cirurgia Programada. Ano 2009 \ -+ Ano 2009. Unidade Central de Gestão de Inscritos para Cirurgia Página 1 de 217

Relatório da Actividade em Cirurgia Programada. Ano 2009 \ -+ Ano 2009. Unidade Central de Gestão de Inscritos para Cirurgia Página 1 de 217 \ -+ Unidade Central de Gestão de Inscritos para Cirurgia Página 1 de 217 Título Relatório da Actividade em Cirurgia Programada Versão VE1 Autores Unidade Central de Gestão de Inscritos para Cirurgia Ficheiro

Leia mais

Mapa de Vagas IM - 2011 A - FE

Mapa de Vagas IM - 2011 A - FE Mapa de IM - 2011 A - FE Anatomia Patológica Centro Hospitalar de São João, EPE 2 Centro Hospitalar de Trás os Montes e Alto Douro, EPE Centro Hospitalar de Vila Nova de Gaia/Espinho, EPE 1 1 Centro Hospitalar

Leia mais

Pediatria Médica. Junho de 2005 Colégio de Pediatria pg 1 de 10

Pediatria Médica. Junho de 2005 Colégio de Pediatria pg 1 de 10 Pediatria Médica Idoneidade e de Serviços, para os s do Internato Complementar de Pediatria no ano 2006, atribuídas pela Direcção do Colégio de Especialidade de Pediatria Junho de 2005 Colégio de Pediatria

Leia mais

DESPACHO N.º 187 / 2007

DESPACHO N.º 187 / 2007 DESPACHO N.º 187 / 2007 Os deveres de assiduidade e de pontualidade são basilares em qualquer relação de trabalho, pelo que a verificação do seu cumprimento tem de ser sempre encarada como uma medida imprescindível

Leia mais

REGISTO ONCOLÓGICO REGIONAL REGIÃO CENTRO. PORTARIA Nº. 35/88 de 16 de Janeiro.

REGISTO ONCOLÓGICO REGIONAL REGIÃO CENTRO. PORTARIA Nº. 35/88 de 16 de Janeiro. REGISTO ONCOLÓGICO REGIONAL REGIÃO CENTRO PORTARIA Nº. 35/88 de 16 de Janeiro. ANO DE 2009 REGISTO ONCOLÓGICO REGIONAL REGIÃO CENTRO endereço: www.croc.min-saude.pt email: ror@ipocoimbra.min-saude.pt RESPONSÁVEIS

Leia mais

REGISTO ONCOLÓGICO REGIONAL REGIÃO CENTRO. PORTARIA Nº. 35/88 de 16 de Janeiro.

REGISTO ONCOLÓGICO REGIONAL REGIÃO CENTRO. PORTARIA Nº. 35/88 de 16 de Janeiro. Edição revista REGISTO ONCOLÓGICO REGIONAL REGIÃO CENTRO PORTARIA Nº. 35/88 de 16 de Janeiro. ANO DE 2008 REGISTO ONCOLÓGICO REGIONAL REGIÃO CENTRO (*) tempo parcial endereço: www.croc.min-saude.pt email:

Leia mais

Ranking de eficiência energética e hídrica Hospitais do SNS

Ranking de eficiência energética e hídrica Hospitais do SNS Ranking de eficiência energética e hídrica Hospitais do SNS 2012 PEBC Plano Estratégico do Baixo Carbono ECO.AP Programa de Eficiência Energética na Administração Pública 28 de agosto de 2013 www.acss.min-saude.pt

Leia mais

CAPELANIAS HOSPITALARES estimativa de despesas (mensais e anuais) do Estado com vencimentos dos capelães

CAPELANIAS HOSPITALARES estimativa de despesas (mensais e anuais) do Estado com vencimentos dos capelães Estimativa (por aproximação grosseira e por defeito) do custo mensal para o Estado de cada capelão em funções nos estabelecimentos de saúde civis (nota: capelães coordenadores auferem vencimentos mais

Leia mais

Cardiologia Cardiologia Pediátrica Cirurgia Cardíaca Cirurgia Geral 1 Cirurgia Maxilofacial Cirurgia Pediátrica

Cardiologia Cardiologia Pediátrica Cirurgia Cardíaca Cirurgia Geral 1 Cirurgia Maxilofacial Cirurgia Pediátrica Anatomia Patológica Anestesiologia Angiologia e Cirurgia Cardiologia Cardiologia Pediátrica Cirurgia Cardíaca Cirurgia Geral Cirurgia Maxilofacial Cirurgia Pediátrica Cir. Plástica Cirurgia Torácica Dermatovenereologia

Leia mais

Data da greve: Trabalhadores Serviços desconcentrados ou periféricos. Total - Adesão à Greve

Data da greve: Trabalhadores Serviços desconcentrados ou periféricos. Total - Adesão à Greve Data da greve: 18-10-2007 Trabalhadores Serviços desconcentrados ou periféricos Serviços Total Total - Adesão à Greve Total Encerrados devido à Greve Administração Central do Sistema de Saúde, IP 24 Administração

Leia mais

Mapa de Adesão à Greve - Ministério da Saude. Trabalhadores

Mapa de Adesão à Greve - Ministério da Saude. Trabalhadores Data da greve: 30-11-2007 Mapa de Adesão à Greve - Ministério da Saude Trabalhadores Serviços desconcentrados ou periféricos Serviços Total Total - Adesão à Greve Total Encerrados devido à Greve Administração

Leia mais

- Avaliação da Cultura de Segurança do Doente em Hospitais -

- Avaliação da Cultura de Segurança do Doente em Hospitais - - Avaliação da Cultura de Segurança do Doente em Hospitais - A segurança do doente é uma preocupação crescente nos Hospitais Portugueses, tal como acontece noutros países da Europa e do resto do mundo.

Leia mais

Consulta de Vagas disponíveis para o concurso IM 2009 - A Formação Específica. ANATOMIA PATOLÓGICA Hospitais Universidade de Coimbra - E.P.E.

Consulta de Vagas disponíveis para o concurso IM 2009 - A Formação Específica. ANATOMIA PATOLÓGICA Hospitais Universidade de Coimbra - E.P.E. Hospitais Universidade de Coimbra - E.P.E. Hospital Central de Faro - E.P.E. Instituto Português Oncologia de Lisboa Hospital Central do Funchal Hospital Central do Funchal Preferencial Hospital Curry

Leia mais

27 de Janeiro de 2006. - A Secretária de Estado Adjunta e da Saúde, Carmen Madalena da Costa Gomes e Cunha Pignatelli.

27 de Janeiro de 2006. - A Secretária de Estado Adjunta e da Saúde, Carmen Madalena da Costa Gomes e Cunha Pignatelli. Despacho n.º 3845/2006 (2.ª série). - O Decreto-Lei n.º 112/98, de 24 de Abril, na alínea b) do n.º 1 do artigo 9.º, prevê a prorrogação do contrato administrativo de provimento dos internos que à data

Leia mais

Nacional. Percentagem de 1ª Consulta Hospitalar e de Cirurgia Programada realizadas dentro do Tempo Máximo de Resposta Garantido (TMRG)

Nacional. Percentagem de 1ª Consulta Hospitalar e de Cirurgia Programada realizadas dentro do Tempo Máximo de Resposta Garantido (TMRG) Nacional Percentagem de e de realizadas dentro do Tempo Máximo de Resposta Garantido (TMRG) ARS Norte 70% 93% ARS Centro 76% 90% ARS Lisboa e Vale do Tejo 75% 86% ARS Alentejo 72% 89% ARS Algarve 67% 65%

Leia mais

Hospitais Públicos. Região Norte

Hospitais Públicos. Região Norte Hospitais Públicos Região Norte Centro Hospitalar de Vila Nova de Gaia Rua Conceição Fernandes 4430-502 VILA NOVA DE GAIA Director: Dr. Vasco Gama Ribeiro Centro Hospitalar de Vila Nova de Gaia Rua Conceição

Leia mais

Nacional. Percentagem de 1ª Consulta Hospitalar e de Cirurgia Programada realizadas dentro do Tempo Máximo de Resposta Garantido (TMRG)

Nacional. Percentagem de 1ª Consulta Hospitalar e de Cirurgia Programada realizadas dentro do Tempo Máximo de Resposta Garantido (TMRG) Nacional Percentagem de e de realizadas dentro do Tempo Máximo de Resposta Garantido (TMRG) ARS Norte 70% % ARS Centro 76% 89% ARS Lisboa e Vale do Tejo 74% 86% ARS Alentejo 72% 88% ARS Algarve 66% 67%

Leia mais

Maria Júlia Ladeira 26 de Maio 2007

Maria Júlia Ladeira 26 de Maio 2007 Jornadas dos Administrativos da Saúde A estratégia té do IGIF para as TI na Saúde Maria Júlia Ladeira 26 de Maio 2007 A estratégia do IGIF para as TI na Saúde Programa de Transformação dos SI da Saúde

Leia mais

RELATÓRIO DOS REGISTOS DAS INTERRUPÇÕES DA GRAVIDEZ AO ABRIGO DA LEI 16/2007 DE 17 DE ABRIL

RELATÓRIO DOS REGISTOS DAS INTERRUPÇÕES DA GRAVIDEZ AO ABRIGO DA LEI 16/2007 DE 17 DE ABRIL RELATÓRIO DOS REGISTOS DAS INTERRUPÇÕES DA GRAVIDEZ AO ABRIGO DA LEI 16/2007 DE 17 DE ABRIL Dados referentes ao período de Janeiro a Dezembro de 2008 Edição revista DIRECÇÃO-GERAL DA SAÚDE DIVISÃO DE SAÚDE

Leia mais

Relatório da Atividade em Cirurgia Programada Ano 2012. Unidade Central de Gestão de Inscritos para Cirurgia

Relatório da Atividade em Cirurgia Programada Ano 2012. Unidade Central de Gestão de Inscritos para Cirurgia Unidade Central de Gestão de Inscritos para Cirurgia Relatório da Atividade em Cirurgia Programada Ano 2012 Folha de controlo do documento -+ Relatório da Atividade em Cirurgia Programada Ano 2012 25 de

Leia mais

Centro Nacional de Observação em Dor

Centro Nacional de Observação em Dor INQUÉRITO SOBRE AS CONDIÇÕES HOSPITALARES EXISTENTES PARA O TRATAMENTO DA: DOR CRÓNICA DOR AGUDA PÓS-OPERATÓRIA DOR DO PARTO Relatório Final Novembro de 2010 Índice Objectivos 2 Métodos e Participantes

Leia mais

Centros de Recursos. Profissional de Vila Real TORRE DE MONCORVO. Centro de Emprego de Barcelos BARCELOS APACI

Centros de Recursos. Profissional de Vila Real TORRE DE MONCORVO. Centro de Emprego de Barcelos BARCELOS APACI DELEGAÇÃO REGIONAL DO NORTE Profissional de Vila Real VILA REAL TORRE DE MONCORVO A2000 ARDAD Centro de Emprego do Baixo Ave VILA NOVA DE FAMALICÃO ACIP SANTO TIRSO Centro de Emprego de Barcelos BARCELOS

Leia mais

Portugal Mapas e Números

Portugal Mapas e Números Plano Anual de Atividades 2011-12 Portugal Mapas e Números Código da atividade ogf3 Destinatários Toda a comunidade educativa da ESSM Intervenientes Responsáveis Prof. Augusto Cebola e Prof. Jorge Damásio

Leia mais

Relatório síntese da atividade cirúrgica programada

Relatório síntese da atividade cirúrgica programada Relatório síntese da atividade cirúrgica programada Ano 2015 Fonte: SIG Indicadores do ano de 2006 extraídos a 27.03.2007; Indicadores do ano de 2007 extraídos a 23.01.2008; Indicadores do ano de 2008

Leia mais

IMPLEMENTAMOS PROJECTOS QUE ACRESCENTAM VALOR

IMPLEMENTAMOS PROJECTOS QUE ACRESCENTAM VALOR IMPLEMENTAMOS PROJECTOS QUE ACRESCENTAM VALOR Saúde do Produto para a Solução BIQ Consultores QUEM SOMOS E O QUE FAZEMOS 2011 Internacionalização 1998 Sistemas de Gestão e Organização 2010 Segurança dos

Leia mais

Anexo C. Estabelecimentos de Ensino Superior. Índice

Anexo C. Estabelecimentos de Ensino Superior. Índice Anexo C Estabelecimentos de Ensino Superior Índice Anexo C1 - Estabelecimentos de Ensino Superior: Situação em 1980...c.2 Anexo C2 - Estabelecimentos de Ensino Superior: Situação em 1990...c.4 Anexo C3

Leia mais

Mapa de Vagas IM-2009 B

Mapa de Vagas IM-2009 B Mapa de IM-2009 B colocação Centro Hospitalar do Porto, EPE colocação Hospital de São João, EPE - Porto colocação Anatomia Patológica Anestesiologia Cardiologia Hospitais da Universidade de Coimbra, EPE

Leia mais

Resumo da Atividade dos Serviços Nacionais de Sangue e de Medicina Transfusional em 2011

Resumo da Atividade dos Serviços Nacionais de Sangue e de Medicina Transfusional em 2011 Resumo da Atividade dos Serviços Nacionais de Sangue e de Medicina Transfusional em 2011 Serviços de Sangue - Os Serviços de sangue são as estruturas ou organismos responsáveis pela colheita e análise

Leia mais

Vigilância da paralisia flácida aguda (PFA) Programa Nacional de Erradicação da Poliomielite - Plano de Ação Pós-Eliminação

Vigilância da paralisia flácida aguda (PFA) Programa Nacional de Erradicação da Poliomielite - Plano de Ação Pós-Eliminação ADMINISTRAÇÃO REGIONAL DE SAÚDE DO NORTE Unidades Hospitalares (15) Nome do Coordenador Especialidade Serviço CH Nordeste, EPE Dr. António Óscar Vaz Pediatria Pediatria CH Trás-os-Montes e Alto Douro,

Leia mais

Registo Oncológico Nacional 2008

Registo Oncológico Nacional 2008 Registo Oncológico Nacional 2008 Elaborado pelo Registo Oncológico Regional do Centro Editado pelo Instituto Português de Oncologia de Coimbra Francisco Gentil EPE 2 Registo Oncológico Nacional 2008 Elaborado

Leia mais

SISTEMA DE INTEGRADO DE GESTÃO DE INSCRITOS EM CIRURGIA - SIGIC - INDICADORES

SISTEMA DE INTEGRADO DE GESTÃO DE INSCRITOS EM CIRURGIA - SIGIC - INDICADORES SISTEMA DE INTEGRADO DE GESTÃO DE INSCRITOS EM CIRURGIA - SIGIC - I Introdução INDICADORES O SIGIC é um sistema regulador da actividade cirúrgica programada que visa melhorar o acesso à prestação de cuidados

Leia mais

MINISTÉRIO DA SAÚDE. Gabinete do Secretário de Estado da Saúde

MINISTÉRIO DA SAÚDE. Gabinete do Secretário de Estado da Saúde 21816-(2) Diário da República, 2.ª série N.º 118 20 de junho de 2012 PARTE C MINISTÉRIO DA SAÚDE Gabinete do Secretário de Estado da Saúde Despacho n.º 8317-A/2012 Pelo despacho n.º 7702 -B/2012, publicado

Leia mais

Circular Informativa

Circular Informativa MINISTÉRIO DA SAÚDE SECRETARIA-GERAL Circular Informativa 13 Data 25/08/2005 Para conhecimento de todos os serviços e estabelecimentos dependentes do Ministério da Saúde ASSUNTO: Base de Dados de Recursos

Leia mais

SNS Consultas Externas Hospitalares

SNS Consultas Externas Hospitalares 1. Total de Consultas Externas* 2.437.439 2.482.865 2.184.029 2.228.715 junho 2015 junho 2016 1.161.393 1.175.765 229.644 235.197 150.681 149.952 ARS Norte ARS Centro ARS Lisboa e Vale do Tejo ARS Alentejo

Leia mais

Consulta de Vagas disponíveis para o concurso IM 2014 - A Formação Específica

Consulta de Vagas disponíveis para o concurso IM 2014 - A Formação Específica ANATOMIA PATOLOGICA Centro Hospitalar Barreiro Montijo, ANATOMIA PATOLOGICA Centro Hospitalar de Lisboa Norte, ANATOMIA PATOLOGICA ANATOMIA PATOLOGICA Centro Hospitalar Lisboa Central, ANATOMIA PATOLOGICA

Leia mais

Grupo préprograma. Grupo pósprograma. Grupo de rastreio

Grupo préprograma. Grupo pósprograma. Grupo de rastreio Tratamento para o Cancro da Mama A gestão do tratamento do cancro da mama mudou rapidamentemente nos últimos 20 anos, recorrendo-se agora a operações menos radicais e a terapias adjuvantes que, geralmente,

Leia mais

DISTRITO DE AVEIRO. Início de Tipologia de Recurso atividade Unidade de Cuidados Paliativos (internamento) CH Baixo Vouga Estarreja (a criar) 2015

DISTRITO DE AVEIRO. Início de Tipologia de Recurso atividade Unidade de Cuidados Paliativos (internamento) CH Baixo Vouga Estarreja (a criar) 2015 DISTRITO DE AVEIRO CH Baixo Vouga Estarreja (a criar) 2015 EISHCP do Hospital Dr. Francisco Zagalo - Ovar 2014 EIHSCP do Centro Hospitalar Entre Douro e Vouga 2014 ECSCP do Hospital Dr. Francisco Zagalo

Leia mais

A Rede de Ensino Superior em Portugal e a sua cobertura geográfica com critérios de distância e temporais

A Rede de Ensino Superior em Portugal e a sua cobertura geográfica com critérios de distância e temporais A Rede de Ensino Superior em Portugal e a sua cobertura geográfica com critérios de distância e temporais Maria Cristina Canavarro Teixeira Instituto Politécnico de Castelo Branco Escola Superior Agrária,

Leia mais

INATEL TURISMO PARA TODOS 267 A PREÇOS ECONÓMICOS

INATEL TURISMO PARA TODOS 267 A PREÇOS ECONÓMICOS www.inatel.pt FUNDAÇÃO INATEL TURISMO PARA TODOS PORTUGAL 2013 Desde 267 INCLUI: TRANSPORTE TERRESTRE + 5 NOITES ALOJAMENTO, REFEIÇÕES, PASSEIOS, ANIMAÇÃO E SEGURO. Descubra o que Portugal tem de melhor

Leia mais

DIRIGENTES NACIONAIS NOME PROFISSÃO LOCAL TRABALHO

DIRIGENTES NACIONAIS NOME PROFISSÃO LOCAL TRABALHO DIRIGENTES NACIONAIS NOME PROFISSÃO LOCAL TRABALHO ALMERINDO FERNANDES PIRES REGO Técnico Análises Clinicas H.G.S.António, EPE. - Porto LUIS ALBERTO PINHO DUPONT Técnico de Farmácia H.G.S.António, EPE.

Leia mais

Pediatria Médica ORDEM DOS MÉDICOS SECÇÃO REGIONAL DO NORTE

Pediatria Médica ORDEM DOS MÉDICOS SECÇÃO REGIONAL DO NORTE Pediatria Médica ORDEM DOS MÉDICOS SECÇÃO REGIONAL DO NORTE Idoneidade e de Serviços, para os Estágios do Internato Complementar de Pediatria no ano 2017, atribuídas pela Direcção do Colégio de Especialidade

Leia mais

Relatório de resultados

Relatório de resultados Relatório de resultados Questionário sobre Consentimento Informado, Acompanhamento de crianças até aos 18 anos de idade e Visitas a doentes no internamento hospitalar Entre Novembro de 2010 e Janeiro de

Leia mais

Região Centro. Instituição Instituição local Contexto de Prática Clínica. Cuidados de Saúde Primários. Unidade de Saúde Familiar Lusitana

Região Centro. Instituição Instituição local Contexto de Prática Clínica. Cuidados de Saúde Primários. Unidade de Saúde Familiar Lusitana Região Centro Instituição Instituição local Contexto de Prática Clínica Cuidados de Saúde Primários ACeS Dão Lafões Unidade de Saúde Familiar Lusitana Unidade de Saúde Familiar Viseu Cidade Unidade de

Leia mais

Região Norte. Instituição Instituição local Contexto de Prática Clínica. Cuidados de Saúde Primários. ACeS Douro I - Marão e Douro Norte

Região Norte. Instituição Instituição local Contexto de Prática Clínica. Cuidados de Saúde Primários. ACeS Douro I - Marão e Douro Norte Região Norte Instituição Instituição local Contexto de Prática Clínica Cuidados de Saúde Primários ACeS Douro I - Marão e Douro Norte Unidade de Cuidados na Comunidade de Mateus Unidade de Cuidados de

Leia mais

Consulta de Vagas disponíveis para o concurso IM A Formação Específica

Consulta de Vagas disponíveis para o concurso IM A Formação Específica ANATOMIA PATOLÓGICA Centro Hospitalar Coimbra, E.P.E. Normal 1 ANATOMIA PATOLÓGICA Centro Hospitalar do Porto, E.P.E. Normal 1 ANATOMIA PATOLÓGICA Hospitais Universidade de Coimbra - E.P.E. Normal 1 ANATOMIA

Leia mais

AUDITORIA EXTERNA Onde estamos e para onde vamos. Amélia Gracias

AUDITORIA EXTERNA Onde estamos e para onde vamos. Amélia Gracias AUDITORIA EXTERNA Onde estamos e para onde vamos Amélia Gracias CICLO Formação Auditoria Externa Adesão Protocolo Triagem Auditoria Interna Onde estamos e para onde vamos 2005 2 Auditorias 2015 16 Auditorias

Leia mais

Região Norte. Instituição Instituição local Contexto de Prática Clínica. Cuidados de Saúde Primários. ACeS Douro I - Marão e Douro Norte

Região Norte. Instituição Instituição local Contexto de Prática Clínica. Cuidados de Saúde Primários. ACeS Douro I - Marão e Douro Norte Região Norte Instituição Instituição local Contexto de Prática Clínica Cuidados de Saúde Primários ACeS Douro I - Marão e Douro Norte Unidade de Cuidados na Comunidade de Mateus Unidade de Cuidados de

Leia mais

Norte. Aveiro. Braga. Porto. Viana do Castelo

Norte. Aveiro. Braga. Porto. Viana do Castelo Norte Santa Maria da Feira Escola Secundária de Santa Maria da Feira Agrupamento de Escolas Doutor Ferreira de Almeida, Santa Maria da Feira Vale de Cambra Agrupamento de Escolas das Dairas, Vale de Cambra

Leia mais

Radioncologia em Portugal

Radioncologia em Portugal Radioncologia em Portugal 2013 Recursos humanos e técnicos Doentes tratados em 2012 Ângelo Oliveira - Colégio de Especialidade de Radioncologia da Ordem dos Médicos Lurdes Trigo Sociedade Portuguesa de

Leia mais

ENTIDADE REGULADORA DA SAÚDE

ENTIDADE REGULADORA DA SAÚDE ENTIDADE REGULADORA DA SAÚDE RELATÓRIO DOS PROCESSOS DE MONITORIZAÇÃO E ATUAÇÃO REGULATÓRIA FUTURA PARA A GARANTIA DO CUMPRIMENTO DOS TEMPOS MÁXIMOS DE RESPOSTA GARANTIDOS PMT/021/12 E PMT/022/12 AGOSTO

Leia mais

Nova Rede de Urgências

Nova Rede de Urgências Nova Rede de Urgências Objectivos Reunião da Comissão Técnica com a Comunicação Social O processo de definição da Rede de Urgências A Comissão Técnica de Apoio ao Processo de Requalificação das Urgências

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ CAMPUS DE PALOTINA HOSPITAL VETERINÁRIO RELATÓRIO DE EXAME NECROSCÓPICO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ CAMPUS DE PALOTINA HOSPITAL VETERINÁRIO RELATÓRIO DE EXAME NECROSCÓPICO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ CAMPUS DE PALOTINA HOSPITAL VETERINÁRIO RELATÓRIO DE EXAME NECROSCÓPICO Identificação do animal Nome/número RG do HV Espécie: Raça: Idade: Sexo: Peso: Cor: Data e hora do

Leia mais

MAPA VII DESPESAS DOS SERVIÇOS E FUNDOS AUTÓNOMOS, POR CLASSIFICAÇÃO ORGANICA, COM ESPECIFICAÇÃO DAS DESPESAS GLOBAIS DE CADA SERVIÇO E FUNDO

MAPA VII DESPESAS DOS SERVIÇOS E FUNDOS AUTÓNOMOS, POR CLASSIFICAÇÃO ORGANICA, COM ESPECIFICAÇÃO DAS DESPESAS GLOBAIS DE CADA SERVIÇO E FUNDO ANO ECONÓMICO DE 2010 Página 1 01 - ENCARGOS GERAIS DO ESTADO ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA COFRE PRIVATIVO DO TRIBUNAL DE CONTAS - SECÇÃO REGIONAL DA MADEIRA COFRE PRIVATIVO DO TRIBUNAL DE CONTAS - SECÇÃO REGIONAL

Leia mais

ENTIDADE REGULADORA DA SAÚDE

ENTIDADE REGULADORA DA SAÚDE ENTIDADE REGULADORA DA SAÚDE ESTUDO SOBRE QUALIDADE DA CIRURGIA DE AMBULATÓRIO DEZEMBRO DE 2008 R u a S. J o ã o d e B r i t o, 6 2 1 L 3 2, 4 1 0 0 4 5 5 P O R T O e-mail: g e r a l @ e r s. p t telef.:

Leia mais

27 Junho 2013. A titulo de exemplo referimos alguns dados da adesão à greve verificados até ás 16h, na região centro:

27 Junho 2013. A titulo de exemplo referimos alguns dados da adesão à greve verificados até ás 16h, na região centro: GREVE GERAL Trabalhadores em Funções Públicas e Sociais Dizem Basta à Política de Exploração e Empobrecimento do actual governo 27 Junho 2013 Com base nos dados obtidos até às 16h é inequívoca a adesão

Leia mais

A Requisitos das Unidades Hemodinâmicas (Recomendações Internacionais).46. B Pessoal Médico... 47. C Pessoal do Laboratório... 47

A Requisitos das Unidades Hemodinâmicas (Recomendações Internacionais).46. B Pessoal Médico... 47. C Pessoal do Laboratório... 47 Contents I - Enquadramento Legislativo e Histórico... 4 II Conceito de Rede de Referenciação... 9 III A Especialidade de Cardiologia... 0 IV Impacto Epidemiológico das Doenças Cardiológicas em Portugal...

Leia mais

Projectos candidatos ao Prémio de Boas Práticas sobre Eficiência (por ordem alfabética) Designação do Projecto Região Instituição Executora

Projectos candidatos ao Prémio de Boas Práticas sobre Eficiência (por ordem alfabética) Designação do Projecto Região Instituição Executora Projectos candidatos ao Prémio de Boas Práticas sobre Eficiência 1. Apoio Domiciliário e Voluntariado a Idosos e Centro de Saúde Soares dos Reis (V. N. Gaia) 2. Combate à Obesidade Infantil Pública da

Leia mais

HOSPITAL CONVENCIONADO

HOSPITAL CONVENCIONADO Cirurgia Cardio-toracica SANFIL 10-07-2006 CIRURGIA GERAL ASMECL 26-09-2005 86 47,8 42 25,9 CIRURGIA GERAL British Hospital 29-09-2005 40 48,8 28 34,0 CIRURGIA GERAL Capio Sanidad 30-03-2007 CIRURGIA GERAL

Leia mais

9718 Comunicação Social e Cultura 9720 Comunicação, Cultura e Organizações

9718 Comunicação Social e Cultura 9720 Comunicação, Cultura e Organizações Congénere 0130 Universidade dos Açores - Ponta Delgada 8083 Ciclo Básico de Medicina 8083 Ciclo Básico de Medicina 0130 Universidade dos Açores - Ponta Delgada 0130 Universidade dos Açores - Ponta Delgada

Leia mais

9718 Comunicação Social e Cultura 9720 Comunicação, Cultura e Organizações

9718 Comunicação Social e Cultura 9720 Comunicação, Cultura e Organizações 0130 0130 0130 0130 0130 0130 0130 Universidade dos Açores - Ponta Delgada 8083 Ciclo Básico de Medicina 8083 Ciclo Básico de Medicina Universidade dos Açores - Ponta Delgada Universidade dos Açores -

Leia mais

Information on the videoconferencing equipment in the courts of Portugal

Information on the videoconferencing equipment in the courts of Portugal Information on the videoconferencing equipment in the courts Portugal No Court name & city Equipment type and make 1 Abrantes Tribunal Judicial 3 2 Abrantes Tribunal do Trabalho 1 3 Águeda Juízo de Instrução

Leia mais

DIAGNÓSTICO PRÉ NATAL

DIAGNÓSTICO PRÉ NATAL DIAGNÓSTICO PRÉ NATAL RELATÓRIO Atividades de Diagnóstico Pré Natal realizadas nos serviços de saúde em 2011 DIREÇÃO GERAL DA SAÚDE DIVISÃO DE SAÚDE SEXUAL, REPRODUTIVA, INFANTIL E JUVENIL 2013 Ficha técnica

Leia mais

PROGRAMA ESPECÍFICO PARA MELHORIA DO ACESSO AO DIAGNÓSTICO E TRATAMENTO DA INFERTILIDADE Documento de Suporte à Contratualização

PROGRAMA ESPECÍFICO PARA MELHORIA DO ACESSO AO DIAGNÓSTICO E TRATAMENTO DA INFERTILIDADE Documento de Suporte à Contratualização 2009 Documento de Suporte à Contratualização do Programa Específico para melhoria do ACSS DGS PROGRAMA ESPECÍFICO PARA MELHORIA DO ACESSO AO DIAGNÓSTICO E TRATAMENTO DA INFERTILIDADE Documento de Suporte

Leia mais

Urbanização da Bela Vista, nº 12 A, Cód. Postal: Av. Joaquim Vieira Natividade, nº 13 A, Cód. Postal:

Urbanização da Bela Vista, nº 12 A, Cód. Postal: Av. Joaquim Vieira Natividade, nº 13 A, Cód. Postal: Albufeira Loja de Albufeira Urbanização da Bela Vista, nº 12 A, Cód. Postal: 8200-127 Alcobaça Alcobaça Av. Joaquim Vieira Natividade, nº 13 A, Cód. Postal: 2460-071 Algés Algés Av. Bombeiros Voluntários

Leia mais

Direcção Regional do Norte

Direcção Regional do Norte BRAGANÇA Direcção Regional do Norte BRAGA Lojas Institucionais IPJ Lojas Parceiras Direcção Regional do Norte BRAGA GUIMARÃES Rua de Santa Margarida, n.º 6 4710-306 Braga Tel: 253 204 250 Fx: 253 204 259

Leia mais

HOSPITAIS DO LITORAL E HOSPITAIS DO INTERIOR: ANÁLISE DO RISCO DE MORTE INTRA-HOSPITALAR NOS ENFARTES COM SUPRADESNIVELAMENTO DE ST

HOSPITAIS DO LITORAL E HOSPITAIS DO INTERIOR: ANÁLISE DO RISCO DE MORTE INTRA-HOSPITALAR NOS ENFARTES COM SUPRADESNIVELAMENTO DE ST HOSPITAIS DO LITORAL E HOSPITAIS DO INTERIOR: ANÁLISE DO RISCO DE MORTE INTRA-HOSPITALAR NOS ENFARTES COM SUPRADESNIVELAMENTO DE ST José Aguiar, Juan Urbano, Demétrio Civantos,, Armindo Mesquita em nome

Leia mais

Esta opção irá voltar ao original a home e restaurar todos os widgets e categorias fechados.

Esta opção irá voltar ao original a home e restaurar todos os widgets e categorias fechados. Esta opção irá voltar ao original a home e restaurar todos os widgets e categorias fechados. Reiniciar 13 de Janeiro de 2011 Ficha técnica Política de Privacidade RSS feed Home Temas Aveiro Arouca Espinho

Leia mais

Direcção Regional do Norte

Direcção Regional do Norte BRAGANÇA Direcção Regional do Norte BRAGA Lojas Institucionais IPDJ Lojas Parceiras Direcção Regional do Norte BRAGA GUIMARÃES Antiga Estação de Comboios Av. D. João IV Urgeses 4810-534 Guimarães Tel.

Leia mais

" O Tratado de Lisboa" Sessões de Informação e Debate

 O Tratado de Lisboa Sessões de Informação e Debate ABRIL 2008 3ª 1 18h30 LVT Lisboa Lisboa Centro Jean Monnet Dr. Carlos Medeiros 4ª 2 5ª 3 18h30 LVT Lisboa Lisboa Centro Jean Monnet Dr. Carlos Medeiros 6ª 4 S 5 D 6 2ª 7 14h00 LVT Lisboa Lisboa Escola

Leia mais

IDENTIFICAÇÃO DOS 774 POSTOS DE TRABALHO POR ARS/ ACES/ CONCELHO,

IDENTIFICAÇÃO DOS 774 POSTOS DE TRABALHO POR ARS/ ACES/ CONCELHO, IDENTIFICAÇÃO DOS 774 POSTOS DE TRABALHO POR ARS/ / CONCELHO, para efeitos de ordenação, por ordem, decrescente das preferências dos candidatos abrangidos pelo Decreto-Lei n.º 29/2001, ou seja, com incapacidade

Leia mais

Consulta de Vagas disponíveis para o concurso IM B. CIRURGIA CARDIO-TORACICA Centro Hospitalar de Lisboa Ocidental, E.P.E.

Consulta de Vagas disponíveis para o concurso IM B. CIRURGIA CARDIO-TORACICA Centro Hospitalar de Lisboa Ocidental, E.P.E. ANATOMIA PATOLÓGICA ANESTESIOLOGIA ANESTESIOLOGIA Instituto Português Oncologia do Porto Gaia/Espinho, E.P.E. Normal 1 Unidade Local de Saúde de Matosinhos, E.P.E. Normal 1 CIRURGIA CARDIO-TORACICA Centro

Leia mais

RANKING 2009 Secundário - Disciplinas

RANKING 2009 Secundário - Disciplinas RANKING 2009 Secundário - Disciplinas 992_2009_Média_Portugues_A_em_c RANKING DAS ESCOLAS NO EXAME NACIONAL DE PORTUGUÊS A DO ENSINO SECUNDÁRIO 1 Conservatório de Música de Calouste Gulbenkian - Braga

Leia mais

Acompanhamento. Lisboa Agosto de. da Execução

Acompanhamento. Lisboa Agosto de. da Execução Relatório de Acompanhamento Execução dos Contratos-Programa 2010 Instituições Hospitalares e Unidades Locais de Saúde do SNS Lisboa Agosto de 2011 Relatório de Acompanhamento da Execução dos Contratos-Programa

Leia mais

Grupo Parlamentar PROJECTO DE RESOLUÇÃO Nº 28/XI/1ª. Exposição de Motivos

Grupo Parlamentar PROJECTO DE RESOLUÇÃO Nº 28/XI/1ª. Exposição de Motivos Grupo Parlamentar PROJECTO DE RESOLUÇÃO Nº 28/XI/1ª Recomenda ao Governo que adopte medidas urgentes que diminuam os tempos de espera para consulta e cirurgia oncológica e que melhorem a qualidade e o

Leia mais

Relatório de Integração 11/2013 VMER & SIV. Despacho n.º 14898/2011, de 3 de novembro

Relatório de Integração 11/2013 VMER & SIV. Despacho n.º 14898/2011, de 3 de novembro 11/2013 Despacho n.º 14898/2011, de 3 de novembro Ponto 7: O INEM, I. P., apresentar um relatório anual ao membro do Governo responsável pela área da saúde que permita a análise interna e a melhoria contínua

Leia mais

VARICELA OU HERPES ZOSTER EM CRIANÇAS INTERNADAS

VARICELA OU HERPES ZOSTER EM CRIANÇAS INTERNADAS VARICELA OU HERPES ZOSTER EM CRIANÇAS INTERNADAS Ana Leça - HDE Maria João Branco - ONSA / INSA Maria João Brito - HFF / HDE Catarina Gouveia HDE João Farela Neves - HDE Baltazar Nunes - ONSA / INSA Introdução

Leia mais

9196 Línguas e Relações Empresariais 9196 Línguas e Relações Empresariais

9196 Línguas e Relações Empresariais 9196 Línguas e Relações Empresariais 0130 Universidade dos Açores - Ponta Delgada 8083 Ciclo Básico de Medicina 8083 Ciclo Básico de Medicina 0130 Universidade dos Açores - Ponta Delgada 0130 Universidade dos Açores - Ponta Delgada 0130 Universidade

Leia mais

Protocolos firmados no âmbito das Autarquias: Igualdade de Oportunidades entre Mulheres e Homens

Protocolos firmados no âmbito das Autarquias: Igualdade de Oportunidades entre Mulheres e Homens 1 Abrantes Santarém 2 Águeda Aveiro 3 Albufeira Faro 4 Alcanena Santarém 5 Alcobaça Leiria 6 Alcoutim Faro 7 Alenquer Lisboa 8 Alfândega da Fé Bragança 9 Aljustrel Beja 10 Almada Setúbal 11 Almodôvar Beja

Leia mais

Boletim de Vigilância Epidemiológica da Gripe. Época 2014/2015 Semana 02 - de 05/01/2015 a 11/01/2015

Boletim de Vigilância Epidemiológica da Gripe. Época 2014/2015 Semana 02 - de 05/01/2015 a 11/01/2015 Resumo Parceiros Rede de hospitais para a vigilância clínica e laboratorial em Unidades de Cuidados Intensivos Contatos: Departamento de Epidemiologia do INSA, tel 217526488 Laboratório Nacional de Referência

Leia mais

Documentos indexados no ISI Web of Knowledge, 2000-2007

Documentos indexados no ISI Web of Knowledge, 2000-2007 Documentos indexados no ISI Web of Knowledge, 2000-2007 - Universidades do CRUP - Institutos Politécnicos públicos - Hospitais H. Nouws, J.T. Albergaria, E.S. Vieira, C. Delerue-Matos, J.A.N.F. Gomes Relatório

Leia mais

Rede Oferta de Adultos NUT III

Rede Oferta de Adultos NUT III Rede Oferta de Adultos 2016-2017 - NUT III Ações de Formação de Português para Falantes de Outras Línguas - Atualizada 2016.08.26 PFOL Alentejo Évora Évora Agrupamento de Escolas n.º 2 de Évora 2 2 Alentejo

Leia mais

Mapa de Vagas para ingresso em área de especialização - Concurso IM 2015

Mapa de Vagas para ingresso em área de especialização - Concurso IM 2015 23.11.2015 Mapa de Vagas para ingresso em área de especialização - Concurso IM 2015 Anatomia Patológica Centro Hospitalar de São João, EPE 2 Instituto Português de Oncologia do Porto Francisco Gentil,

Leia mais

Anexo I EDITAL FINANCIAMENTO DOS ESTABELECIMENTOS DO ENSINO PARTICULAR E COOPERATIVO QUE MINISTRAM CURSOS DO ENSINO ARTÍSTICO ESPECIALIZADO DA MÚSICA

Anexo I EDITAL FINANCIAMENTO DOS ESTABELECIMENTOS DO ENSINO PARTICULAR E COOPERATIVO QUE MINISTRAM CURSOS DO ENSINO ARTÍSTICO ESPECIALIZADO DA MÚSICA Anexo I EDITAL FINANCIAMENTO DOS ESTABELECIMENTOS DO ENSINO PARTICULAR E COOPERATIVO QUE MINISTRAM CURSOS DO ENSINO ARTÍSTICO ESPECIALIZADO DA MÚSICA Abertura ao regime de acesso ao apoio financeiro a

Leia mais

Palato duro. Palato, SOE. Palato, lesão sobreposta do

Palato duro. Palato, SOE. Palato, lesão sobreposta do C00 C000 C001 C002 C003 C004 C005 C006 C008 C009 C01 C019 C02 C020 C021 C022 C023 C024 C028 C029 C03 C030 C031 C039 C04 C040 C041 C048 C049 C05 C050 C051 C052 C058 C059 C06 C060 C061 C062 C068 C069 C07

Leia mais

1. INTRODUÇÃO... 3. Comparação do Número de Dadores na Europa, 2002... 4 2. SEGURANÇA E QUALIDADE EM TRANSPLANTAÇÃO... 4

1. INTRODUÇÃO... 3. Comparação do Número de Dadores na Europa, 2002... 4 2. SEGURANÇA E QUALIDADE EM TRANSPLANTAÇÃO... 4 Índice 1. INTRODUÇÃO... 3 Comparação do Número de Dadores na Europa, 2002... 4 2. SEGURANÇA E QUALIDADE EM TRANSPLANTAÇÃO... 4 3. CARTA NACIONAL DE COLHEITA DE ÓRGÃOS... 6 4. GESTÃO ESTRATÉGICA... 6 5.

Leia mais

Portuguese Higher Education Institutions Source: http://www.dges.mctes.pt

Portuguese Higher Education Institutions Source: http://www.dges.mctes.pt Portuguese Higher Education Institutions Source: http://www.dges.mctes.pt October 2011 PUBLIC UNIVERSITIES REGION OF THE NORTH Porto University - Universidade do Porto URL: www.up.pt Trás-os-Montes and

Leia mais

Consulta de Vagas disponíveis para o concurso IM B

Consulta de Vagas disponíveis para o concurso IM B ANATOMIA PATOLÓGICA Centro Hospitalar do Porto, E.P.E. CARDIOLOGIA PEDIATRICA Hospitais Universidade de Coimbra - E.P.E. CIRURGIA CARDIO-TORACICA Hospitais Universidade de Coimbra - E.P.E. CIRURGIA CARDIO-TORACICA

Leia mais

sobre o Número de Utentes Inscritos nos de Saúde Primários

sobre o Número de Utentes Inscritos nos de Saúde Primários Título da Apresentação Publicação Periódica Dados Editoriais sobre o Número de Utentes Inscritos nos Dados Editoriais Dados Cuidados Editoriais de Saúde Primários 16 de fevereiro de 2015 Nota introdutória

Leia mais

Orçamento da saúde 2012 para onde vai o seu dinheiro?

Orçamento da saúde 2012 para onde vai o seu dinheiro? Orçamento da saúde 2012 para onde vai o seu dinheiro? José Carlos Caiado 26 de Outubro de 2011 Introdução Elaboração do orçamento da saúde Monitorização e divulgação de informação Melhoria do desempenho

Leia mais

A Intervenção das Farmácias no Tratamento das Toxicodependências

A Intervenção das Farmácias no Tratamento das Toxicodependências Programas Terapêuticos de Administração de Metadona, Buprenorfina e Naltrexona A Intervenção das Farmácias no Tratamento das Toxicodependências Relatório de 2008 Uma contribuição vital A intervenção das

Leia mais

Região : Centro OPERADOS NO 1º SEMESTRE DE 2009 OPERADOS EM 2008 DT INICIO CONVENÇÃO HOSPITAL CONVENCIONADO MÉDIA TEMPO ESPERA MÉDIA TEMPO ESPERA

Região : Centro OPERADOS NO 1º SEMESTRE DE 2009 OPERADOS EM 2008 DT INICIO CONVENÇÃO HOSPITAL CONVENCIONADO MÉDIA TEMPO ESPERA MÉDIA TEMPO ESPERA CARDIOLOGIA Fund. Aurélio Amaro Diniz 03-12-2007 CIRURGIA CARDIACA H. Miser. de Vila do Conde 01-05-2007 CIRURGIA CARDIOTORACICA H. Miser. de Vila do Conde 01-05-2007 CIRURGIA CARDIOTORÁCICA British Hospital

Leia mais

Serviço de Estrangeiros e Fronteiras

Serviço de Estrangeiros e Fronteiras SEDE Serviço de Estrangeiros e Fronteiras Rua Conselheiro José Silvestre Ribeiro, 4 1649-007 LISBOA Telefone: 21 7115000 Fax: 21 7161595 Direcções e Delegações Regionais DIRECÇÃO REGIONAL DO CENTRO Director

Leia mais