Objetivo desta Aula. Um tópico a cada vez. Roteiro apresentar tópicos gerais

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Objetivo desta Aula. Um tópico a cada vez. Roteiro apresentar tópicos gerais"

Transcrição

1 Objetivo desta Aula Apresentar dicas de como preparar apresentações Ronaldo Lopes Oliveira Especialização em Produção de Bovinos DPA/MEV/UFBA 2007 Apresentar dicas de como fazer a apresentação Apresentar dicas de como se comportar durante a apresentação Discutir técnicas de apresentação oral Roteiro apresentar tópicos gerais é uma lista pequena (pois é um sumário) não gastar muito tempo, principalmente se o tempo total é curto permite ao espectador ter uma idéia do que será apresentado e em que ordem Um tópico a cada vez Nos slides anteriores, cada tópico é apresentado um por vez Isto evita que o espectador se antecipe e tente ler o próximo E faz com que o espectador se concentre na apresentação oral Neste slide, note que os tópicos estão apresentados como itens Não fazer Se houver muitos itens Não se deve apresentá los todos no mesmo slide Procure dividir em mais slides É preferível passar mais rápido os slides Do que ficar muito tempo no mesmo slide Isto torna a apresentação mais ágil Faça mais slides E fique menos tempo em cada um Divida o conteúdo em vários slides Isto também permite mostrar mais conteúdo (mais detalhes) Erro comum Tópico 1 Tópico 2 Tópico 3 Obs: só apresentar os títulos 1

2 Solução Procure colocar palavras chave associadas a cada tópico Tópico 1 lembrete 1 lembrete 2 Explicação do Slide Anterior Isto ajuda o apresentador a lembrar o que falar Na verdade, a apresentação deve guiar o apresentador Este só deve falar do que está nos slides (nada mais, nada menos) Tópico 2 lembrete 1 lembrete 2 A vantagem é poder planejar a apresentação Além de evitar esquecer algo ou falar de algo que não foi preparado Falar demais Quando há poucas guias nos slides, a tendência é falar mais tempo que o necessário Pois o apresentador terá que lembrar o que falar Falar de algo que não foi planejado é perigoso pois se pode falar bobagens Planeje os slides para guiá lo durante a apresentação (o que falar e em que ordem) Não use frases longas Um dos erros mais comuns nas apresentações é copiar parágrafos inteiros do texto escrito, por exemplo a monografia, e usá los nos slides. Com isto, o apresentador ganha tempo na preparação dos slides mas certamente vai tornar a apresentação muito chata Melhor assim Melhor assim Divida o que se quer transmitir em tópicos Apresente as idéias em frases curtas Uma boa dica é não usar mais que 2 ou 3 linhas Além disto, ler slides é algo muito chato para os espectadores E dá a entender que o apresentador não conhece bem o assunto Ou que a platéia não sabe ler 2

3 Figuras Figuras ajudam a entender a idéia Ou a memorizá la E podem dar um tom de humor à apresentação (quando isto for apropriado) Mas usar uma figura desconexa com o tema atrapalha Figuras ainda Figuras demais desviam o foco Gifs animados podem fazer o espectador focar mais na figura que no texto ou idéia Efeitos Somente use efeitos com algum objetivo Não os use para mostrar que você conhece bem o software Antes da Apresentação Prepare os slides Repense os slides (conteúdos e ordem) Alguns efeitos atrapalham a apresentação Antes da Apresentação Antes da Apresentação Treine a apresentação Prepare o ambiente luzes ajuda a lembrar o que falar em cada tópico cadeiras di ajuda a associar cada palavra chave ao que se deve falar permite saber o tempo total da apresentação permite entender o tempo necessário para cada slide tela ou pano de fundo compatibilidade entre computador e projetor reveja as cores usadas 3

4 Use um apontador laser (cuidado com efeito boate) é chato ficar apontando com o dedo usar uma caneta pode dificultar apontar o lugar correto você não precisa se aproximar da tela ou parede Olhe as pessoas nos olhos, mas rapidamente Não fixe o olhar por muito tempo Não olhe para somente uma pessoa Se ficar nervoso, Ñ olhe para os olhos das pessoas Respire fundo antes de começar Não pense em quem está na platéia evita ficar nervoso ao saber que há um figurão observando E vá devagar durante toda a apresentação Cuidado: em geral, as pessoas gastam mais tempo no início e depois precisam correr nos últimos slides Tenha atitude Tenha atitude fique de pé, de frente para a platéia seja dinâmico mexa se (ande de um lado para outro) use tons de voz diferentes (ore fale baixo, ora fale alto para enfatizar) não passe na frente do projetor nem pise nos fios faça perguntas, mesmo que não seja para a platéia responder 4

5 Não use expressões como: eu acho parece desculpa não lembro E o apresentador E pode incluir contatos (e mail e site) Um último slide ajuda o apresentador a saber quando terminou não sei Slides Extras Você pode preparar slides extras e colocá los ao final, depois do último slide Podem ajudar no caso de haver perguntas, mas não devem incluir conteúdos essenciais Servem para incluir detalhes, que podem ser necessários para responder alguma pergunta COMO SURGE O MEDO DE FALAR EM PÚBLICO Nasce com o homem,, em maior ou menor grau, e abraça o por toda vida. O medo escraviza a vontade, limita a criatividade, interrompe o desenvolvimento e o despertar da potencialidade. COMO SURGE O MEDO DE FALAR EM PÚBLICO O ser Humano se vê como dois oradores: Orador real: é a verdadeira imagem do comunicador Orador imaginado: é o imagem que o comunicador pensa que transmite aos ouvintes RECOMENDAÇÕES PARA CONTROLAR O MEDO DE FALAR EM PÚBLICO Quando o medo aparecer encare o normalmente. Ele é normal e com o tempo perderá a batalha para a sua experiência e tranqüilidade. 5

6 RECOMENDAÇÕES PARA CONTROLAR O MEDO DE FALAR EM PÚBLICO RECOMENDAÇÕES PARA CONTROLAR O MEDO DE FALAR EM PÚBLICO Controle seu nervosismo. Deixe seu corpo em posição descontraída, solte os braços e pernas, não fume e respire profundamente. Tenha uma atitude correta. O auditório ficará interessado em ouvir um orador que demonstre a atitude de alguém equilibrado. RECOMENDAÇÕES PARA CONTROLAR O MEDO DE FALAR EM PÚBLICO RECOMENDAÇÕES PARA CONTROLAR O MEDO DE FALAR EM PÚBLICO Antes de pensar como, saiba o que falar. Você controlará o medo de falar na frente das pessoas, se souber exatamente o que vai dizer. Não pinte o diabo mais feio do que é: Não tire conclusões precipitadas. Não Adquira vícios: Botões do paletó, bolsos, lápis, folha de papel, fio de microfone, não poderão oferecelhe segurança. RECOMENDAÇÕES PARA CONTROLAR O MEDO DE FALAR EM PÚBLICO Chame sua voz com a respiração: Tossir, pigarrear, além de ser desagradável aos ouvidos da platéia, não resolve o problema, ao contrário, poderá agravá lo. RECOMENDAÇÕES PARA CONTROLAR O MEDO DE FALAR EM PÚBLICO A prática irá proporcionar lhe o reflexo. Com prática, você se sentirá despreocupado, natural, confiante. 6

7 QUE TIPO DE ORADOR VOCÊ DESEJA SER? Você poderá tornar se o orador que desejar ser. O ORADOR (NÃO) NASCE FEITO A vida é como uma pedra de amolar, tanto pode desgastar nos como pode afiar nos, tudo depende do metal que somos constituídos. COMO PREPARAR SE PARA ENFRENTAR A TRIBUNA Antes de falar, fique observando detalhadamente tudo que ocorrer no ambiente, mas demonstre nas suas reações o ar de alguém verdadeiramente interessado. PÚBLICO INFANTIL Capacidade/entendimento não está suficientemente estruturada. PÚBLICO JOVEM Entendimento e assimilação de informações com mais facilidade. PÚBLICO ADULTO Teoricamente mais bem preparado para ouvir e entender. Comportamento diversificado. Idosos: Faixa etária distinta dos ouvintes, público crítico. PÚBLICO FEMININO Sensível/Pudico PÚBLICO MASCULINO Não há motivo de preocupação para o orador em suas palavras???? 7

8 O NÍVEL SOCIOCULTURAL O CONHECIMENTO DO ASSUNTO Temos que perceber geralmente pela aparência do auditório qual o nível das pessoas que o constituem. Quem não souber falar para pessoas incultas não poderá considerar se orador. Quando o público conhece o assunto a ser tratado, torna se mais críticos e exigentes com relação ao conteúdo da fala. COMO USAR O MICROFONE MICROFONE DE LAPELA Procure deixá lo na altura da parte superior do peito. Enquanto estiver falando, não mexa no fio. Não bater as mãos ou tocar no peito com força. Não faça comentários alheios as assunto tratado perto do microfone. Não esqueça de retirar o microfone quando terminar de falar. COMO USAR O MICROFONE MICROFONE DE PEDESTAL Inicialmente verifique como funciona o mecanismo da haste. Teste a sensibilidade do microfone para saber a que distância deverá falar. Ao falar, não segure na haste e fale sempre olhando sobre o microfone. QUANDO UM OUVINTE FORMULAR UMA PERGUNTA, QUAL DEVERÁ SER A ATITUDE DO ORADOR SE NÃO SOUBER A RESPOSTA? COMO PROCEDER QUANDO ALGUÉM CONVERSA NA SALA, ATRAPALHANDO A APRESENTAÇÃO? Cada circunstância poderá ser contornada de forma diferente, desde que seja possível manter a tranqüilidade e identificar o objetivo da indagação. FALE UM POUCO MAIS BAIXO. PASSE A FALAR OLHANDO NA DIREÇÃO DE QUEM CONVERSA. PARE DE FALAR. PEÇA QUE SE CALE. RETIRE O DA SALA. FAÇA UM PERGUNTA SIMPLES. 8

9 RECOMENDAÇÕES PARA UTILIZAR O QUADRO DE GIZ OU QUADRO MAGNÉTICO SE FOR CONVIDADO PARA FALAR SOBRE UM ASSUNTO DESCONHECIDO E SEM TEMPO DE PREPARAR SE, O QUE DEVERÁ SER FEITO? COMO ESCREVER. COMO USAR AS INFORMAÇÕES DO QUADRO. RECUSE O CONVITE. QUANDO UM ORADOR COMETE UM ENGANO, DEVE CORRIGIR O ERRO OU CONTINUAR FALANDO? COMO O ORADOR DEVERÁ PREPARAR A MATÉRIA DA SUA PALESTRA? COMO MANTER O INTERESSE DO AUDITÓRIO POR TEMPO PROLONGADO? DEIXAR O AUDITÓRIO FAZER PERGUNTAS NO FINAL DA APRESENTAÇÃO, NÃO PODERIA QUEBRAR A FORÇA EMOCIONAL DA CONCLUSÃO? UM FILME, SOBRE O ASSUNTO QUE IREMOS ABORDAR, DEVERÁ SER PROJETADO ANTES OU DEPOIS DA EXPOSIÇÃO? SE PUDER ESCOLHER O HORÁRIO, O ORADOR DEVERÁ FALAR DE MANHÃ OU DE TARDE? QUANDO OCORRER O BRANCO E NÃO ENCONTRAR AS PALAVRAS PARA CONTINUAR, O QUE DEVERÁ SER FEITO? COMO REAGIR AO RISO DO AUDITÓRIO? COMO UM ORADOR PODERÁ DEMONSTRAR MAIOR NATURALIDADE DURANTE A SUA APRESENTAÇÃO? 9

COMO FAZER UMA APRESENTAÇÃO. Curso: Segurança da Informação Disciplina:TEORIA E PRÁTICA EM PESQUISA Profa. : Kátia Lopes Silva

COMO FAZER UMA APRESENTAÇÃO. Curso: Segurança da Informação Disciplina:TEORIA E PRÁTICA EM PESQUISA Profa. : Kátia Lopes Silva COMO FAZER UMA APRESENTAÇÃO Curso: Segurança da Informação Disciplina:TEORIA E PRÁTICA EM PESQUISA Profa. : Kátia Lopes Silva Tipos de Apresentação Tipos de apresentação de trabalho acadêmico/técnico/científico:

Leia mais

Como Preparar Apresentações. Tipos de apresentação Cuidados com o apresentador Cuidados com o conteúdo

Como Preparar Apresentações. Tipos de apresentação Cuidados com o apresentador Cuidados com o conteúdo Como Preparar Apresentações Tipos de apresentação Cuidados com o apresentador Cuidados com o conteúdo Tipos de Apresentação Tipos de apresentação de trabalho acadêmico/técnico/científico: Aula Palestra

Leia mais

RECOMENDAÇÕES PARA PALESTRANTE E COORDENADOR DE WEBCAST

RECOMENDAÇÕES PARA PALESTRANTE E COORDENADOR DE WEBCAST RECOMENDAÇÕES PARA PALESTRANTE E COORDENADOR DE WEBCAST ORIENTAÇÕES PARA COORDENADORES DO WEBCAST WEBCAST SEM PLATÉIA: O papel do coordenador de mesa é o de conduzir e orientar o andamento da WEBCast.

Leia mais

7 7 E8BOOK7CURSO7DE7 ORATÓRIA7

7 7 E8BOOK7CURSO7DE7 ORATÓRIA7 HTTP://WWW.SUPEREDESAFIOS.COM.BR/SEGREDO/FORMULANEGOCIOONLINE E8BOOKCURSODE ORATÓRIA Prof.DaniloMota Prof.&Danilo&Mota& &Blog&Supere&Desafios& 1 Introdução:Tempodeouvir,tempodefalar. Não saber ouvir bem,

Leia mais

Dicas para melhorar sua apresentação de slides

Dicas para melhorar sua apresentação de slides 1 Dicas para melhorar sua apresentação de slides Prof. Giseli Trento Andrade e Silva 1. Regra de 3 Normalmente as pessoas tem facilidade de assimilar até três itens de uma lista. Quer ver? Pai, Filho e

Leia mais

LED. Laboratório de Educação a Distância ORIENTAÇÕES PARA VIDEOAULA

LED. Laboratório de Educação a Distância ORIENTAÇÕES PARA VIDEOAULA LED Laboratório de Educação a Distância ORIENTAÇÕES PARA VIDEOAULA Videoaula Visite o Portfólio do LED Professor A aula inicial é o primeiro contato do aluno com você e sua disciplina. Por isso, é importante

Leia mais

Como Passar em Química Geral*

Como Passar em Química Geral* 1 Como Passar em Química Geral* por Dra. Brenna E. Lorenz Division of Natural Sciences University of Guam * traduzido livremente por: Eder João Lenardão; acesse o original em : http://www.heptune.com/passchem.html

Leia mais

Profa. Yanna C. F. Teles. União de Ensino Superior de Campina Grande Curso Bacharelado em Enfermagem Disciplina: Metodologia da pesquisa

Profa. Yanna C. F. Teles. União de Ensino Superior de Campina Grande Curso Bacharelado em Enfermagem Disciplina: Metodologia da pesquisa Profa. Yanna C. F. Teles União de Ensino Superior de Campina Grande Curso Bacharelado em Enfermagem Disciplina: Metodologia da pesquisa Trabalhos na graduação (seminários, tcc...) Apresentações em congressos

Leia mais

O professor Reinaldo Polito fala sobre a importância da comunicação no dia-a-dia do trabalho.

O professor Reinaldo Polito fala sobre a importância da comunicação no dia-a-dia do trabalho. O professor Reinaldo Polito fala sobre a importância da comunicação no dia-a-dia do trabalho. - Por que uma boa comunicação é importante para os profissionais? Quanto mais o profissional sobe na hierarquia

Leia mais

COMO FAZER UMA BOA APRESENTAÇÃO ORAL. Disciplina: TC0600 - Projeto de Graduação I Turma C Profa. Denyse de Araújo

COMO FAZER UMA BOA APRESENTAÇÃO ORAL. Disciplina: TC0600 - Projeto de Graduação I Turma C Profa. Denyse de Araújo COMO FAZER UMA BOA APRESENTAÇÃO ORAL Disciplina: TC0600 - Projeto de Graduação I Turma C Profa. Denyse de Araújo 2 Passos a seguir: 3 Elaborar um bom resumo Criar os slides Desenvolver a apresentação Treinar

Leia mais

Pesquisas e seminários Como fazer?

Pesquisas e seminários Como fazer? +++ + COLÉGIO DOS SANTOS ANJOS Avenida Iraí, 1330 - Planalto Paulista - Telefax: 5055.0744 04082-003 - São Paulo - e-mail: colsantosanjos@colegiosantosanjos.g12.br Site: www.colegiosantosanjos.g12.br Q

Leia mais

Como Falar bem em Público

Como Falar bem em Público Como Falar bem em Público Com Rosélia Andrade - Especialista em Direito Público Oratória É o termo que designa a arte de falar em público. É um conjunto de técnicas que auxiliam na habilidade de quem fala

Leia mais

TÉCNICAS DE APRESENTAÇÃO

TÉCNICAS DE APRESENTAÇÃO TÉCNICAS DE APRESENTAÇÃO Objectivos Enfatizar a utilidade das Técnicas de Apresentação Identificar os principais erros e técnicas para os corrigir Reforçar a importância da preparação Apresentações Os

Leia mais

PRINCÍPIOS DE APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS COM AUXÍLIO DO POWERPOINT

PRINCÍPIOS DE APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS COM AUXÍLIO DO POWERPOINT Universidade do Estado da Bahia Monitoria de Física Geral e Experimental I PRINCÍPIOS DE APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS COM AUXÍLIO DO POWERPOINT Victor Mendes Lopes 1.0 Design Simples, moderno ou

Leia mais

Projeto de Trabalho de Graduação 2

Projeto de Trabalho de Graduação 2 Projeto de Trabalho de Graduação 2 Prof. Marcos Francisco Pereira da Silva 1 Agenda Apresentação de TCC Organização Arquitetura de Conteúdo A regra do 2 Praticar 2 Apresentação de TCC O monstro já foi

Leia mais

Como se preparar para a semana de provas

Como se preparar para a semana de provas Como se preparar para a semana de provas REGRAS DE ESTUDO (APLICAR DIARIAMENTE) ANTES DO INÍCIO DE CADA ATIVIDADE 1º CONCENTRAÇÃO (1 A 2 MINUTOS) PROCURE A SEQUÊNCIA: * FIQUE EM POSIÇÃO CONFORTÁVEL; *

Leia mais

10 dicas para você negociar melhor

10 dicas para você negociar melhor 10 dicas para você negociar melhor Diretor Workshop Seminários Práticos www.workshop.com.br São Paulo SP marcio@workshop.com.br Brasil RESUMO Todo empreendedor precisa de regras práticas para poder negociar

Leia mais

Tentarei falar o mais próximo possível de uma conversa com um estudante do começo da Graduação em Matemática.

Tentarei falar o mais próximo possível de uma conversa com um estudante do começo da Graduação em Matemática. Não há regras rígidas para um estudo com sucesso. Cada um tem o seu modo de estudar; sozinho ou acompanhado, em casa ou na rua, com ou sem música, são algumas variáveis que podemos experimentar e avaliar

Leia mais

20 perguntas para descobrir como APRENDER MELHOR

20 perguntas para descobrir como APRENDER MELHOR 20 perguntas para descobrir como APRENDER MELHOR Resultados Processo de aprendizagem EXPLORAÇÃO Busco entender como as coisas funcionam e descobrir as relações entre as mesmas. Essa busca por conexões

Leia mais

Subsídios para O CULTO COM CRIANÇAS

Subsídios para O CULTO COM CRIANÇAS Subsídios para O CULTO COM CRIANÇAS O que é um culto infantil? O culto para crianças não tem o objetivo de tirar a criança de dentro do templo para evitar que essa atrapalhe o culto ou atrapalhe a atenção

Leia mais

Linguagem de Programação

Linguagem de Programação Linguagem de Programação Aula 1 Motivação e Revisão Universidade Federal de Santa Maria Colégio Agrícola de Frederico Westphalen Curso Técnico em Informática Prof. Bruno B. Boniati www.cafw.ufsm.br/~bruno

Leia mais

5- Cite, em ordem de preferência, três profissões que você mais gostaria de exercer: 1º 2º 3º

5- Cite, em ordem de preferência, três profissões que você mais gostaria de exercer: 1º 2º 3º 18. DICAS PARA A PRÁTICA Orientação para o trabalho A- Conhecimento de si mesmo Sugestão: Informativo de Orientação Vocacional Aluno Prezado Aluno O objetivo deste questionário é levantar informações para

Leia mais

SEU GUIA DEFINITIVO PARA PLANEJAR E EXECUTAR DE UMA VEZ POR TODAS SEU SONHO ENGAVETADO

SEU GUIA DEFINITIVO PARA PLANEJAR E EXECUTAR DE UMA VEZ POR TODAS SEU SONHO ENGAVETADO FAÇA ACONTECER AGORA MISSÃO ESPECIAL SEU GUIA DEFINITIVO PARA PLANEJAR E EXECUTAR DE UMA VEZ POR TODAS SEU SONHO ENGAVETADO RENATA WERNER COACHING PARA MULHERES Página 1 Q ue Maravilha Começar algo novo

Leia mais

Fundamentos da Pesquisa III IBB212

Fundamentos da Pesquisa III IBB212 Fundamentos da Pesquisa III IBB212 Aula 4 Lógica do Texto Científico (cont.) Por que são importantes as apresentações orais Para que apresentar oralmente nosso trabalho Como fazer uma boa apresentação

Leia mais

DETALHES IMPORTANTES PARA ATINGIR A BOA COMUNICAÇÃO

DETALHES IMPORTANTES PARA ATINGIR A BOA COMUNICAÇÃO Página 1 de 7 INDICE Nenhuma entrada de sumário foi encontrada. Página 2 de 7 Autor: Alkíndar de Oliveira (alkindar@terra.com.br) Dentre outros atributos, o exercício da oratória exige o conhecimento e

Leia mais

ELABORAÇÃO DE SEMINÁRIO

ELABORAÇÃO DE SEMINÁRIO ELABORAÇÃO DE SEMINÁRIO Metodologia Científica Seminário: Definição?... Seminarium = sementeira, dá idéia de disseminar (semear idéias, podem germinar e gerar novos conhecimentos); LAKATOS (1996): seminário

Leia mais

CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DO AMAPÁ CURSO DE ADMINISTRAÇÃO CURSO: COMO FALAR CORRETAMENTE E SEM INIBIÇÕES

CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DO AMAPÁ CURSO DE ADMINISTRAÇÃO CURSO: COMO FALAR CORRETAMENTE E SEM INIBIÇÕES CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DO AMAPÁ CURSO DE ADMINISTRAÇÃO ATIVIDADES COMPLEMENTARES PROFESSORA: Neuma Maria Simões Alves CURSO: COMO FALAR CORRETAMENTE E SEM INIBIÇÕES Um conceito de oratória A oratória

Leia mais

Como fazer uma apresentação

Como fazer uma apresentação Como fazer uma apresentação Etapas para fazer uma apresentação Definição dos 1 objectivos da apresentação de acordo com as necessidades e o perfil da audiência Preparação de uma linha de trabalho de um

Leia mais

Porque evitar o "NÃO" e a linguagem negativa. M. H. Lorentz

Porque evitar o NÃO e a linguagem negativa. M. H. Lorentz Porque evitar o "NÃO" e a linguagem negativa. M. H. Lorentz A linguagem tem por objetivo a comunicação entre os seres humanos, portanto quanto mais precisa for a linguagem, melhor será o resultado de nossa

Leia mais

Regulamento do TCC APRESENTAÇÃO ORAL DE TRABALHOS CIENTÍFICOS. Resolução TCC. Apresentação oral de trabalhos 03/11/2011 FALAR EM PUBLICO É UM DESAFIO?

Regulamento do TCC APRESENTAÇÃO ORAL DE TRABALHOS CIENTÍFICOS. Resolução TCC. Apresentação oral de trabalhos 03/11/2011 FALAR EM PUBLICO É UM DESAFIO? Regulamento do TCC Para a defesa do TCC, o trabalho deverá ser apresentado oralmente perante comissão julgadora em sessão pública. Para a apresentação, o aluno terá mínimo de 15 e APRESENTAÇÃO ORAL DE

Leia mais

08/11/2012. Palestrante: Jéssica Pereira Costa Mais frequente na população universitária

08/11/2012. Palestrante: Jéssica Pereira Costa Mais frequente na população universitária A arte da apresentação oral de trabalhos científicos Como se comportar durante a apresentação de um pôster em um evento científico? Fobia Social ou Timidez??? (Medo excessivo contato ou exposição social)

Leia mais

Insígnia Mundial do Meio Ambiente IMMA

Insígnia Mundial do Meio Ambiente IMMA Ficha técnica no. 2.1 Atividade Principal 2.1 SENTINDO A NATUREZA Objetivo da 2 Os escoteiros estão trabalhando por um mundo onde o habitat natural seja suficiente para suportar as espécies nativas. Objetivos

Leia mais

RECUPERAÇÃO DE IMAGEM

RECUPERAÇÃO DE IMAGEM RECUPERAÇÃO DE IMAGEM Quero que saibam que os dias que se seguiram não foram fáceis para mim. Porém, quando tornei a sair consciente, expus ao professor tudo o que estava acontecendo comigo, e como eu

Leia mais

Exercícios para estabelecer o contato com a nossa criança interior

Exercícios para estabelecer o contato com a nossa criança interior Exercícios para estabelecer o contato com a nossa criança interior C omo este é o mês das crianças, decidi propor para aqueles que estão em busca de autoconhecimento, alguns exercícios que ajudam a entrar

Leia mais

OBJEÇÕES INSTRUMENTO DE SUCESSO O LADO POSITIVIO DAS OBJEÇÕES PARA APRIMORAR O PROFISSIONAL DE VENDAS. Vista a camisa do 0800 E SEJA UM VENCEDOR!!!

OBJEÇÕES INSTRUMENTO DE SUCESSO O LADO POSITIVIO DAS OBJEÇÕES PARA APRIMORAR O PROFISSIONAL DE VENDAS. Vista a camisa do 0800 E SEJA UM VENCEDOR!!! OBJEÇÕES INSTRUMENTO DE SUCESSO O LADO POSITIVIO DAS OBJEÇÕES PARA APRIMORAR O PROFISSIONAL DE VENDAS. OBJEÇÕES VILÃS OU OPORTUNIDADES? A VISÃO ORIENTAL SOBRE Um para CRISE PERIGO (JI) A VISÃO ORIENTAL

Leia mais

Como montar uma boa apresentação de slides?

Como montar uma boa apresentação de slides? Na hora de elaborar seus slides para a apresentação de TCC (Trabalho de Conclusão de Curso), a coisa mais importante que você deve considerar é "de que forma os meus slides podem auxiliar o entendimento

Leia mais

Produzindo e divulgando fotos e vídeos. Aula 1 Criando um vídeo

Produzindo e divulgando fotos e vídeos. Aula 1 Criando um vídeo Produzindo e divulgando fotos e vídeos Aula 1 Criando um vídeo Objetivos 1 Conhecer um pouco da história dos filmes. 2 Identificar a importância de um planejamento. 3 Entender como criar um roteiro. 4

Leia mais

Dicas de Como Gravar sua Apresentação

Dicas de Como Gravar sua Apresentação Dicas de Como Gravar sua Apresentação 1. Selecione o Local da Gravação Você pode gravar em um ambiente interno (dentro de sua casa ou seu escritório, por exemplo) ou em um ambiente externo (em um parque,

Leia mais

Aprendendo a ESTUDAR. Ensino Fundamental II

Aprendendo a ESTUDAR. Ensino Fundamental II Aprendendo a ESTUDAR Ensino Fundamental II INTRODUÇÃO Onde quer que haja mulheres e homens, há sempre o que fazer, há sempre o que ensinar, há sempre o que aprender. Paulo Freire DICAS EM AULA Cuide da

Leia mais

Como fazer. networking. Um guia prático e fácil para um networking efetivo.

Como fazer. networking. Um guia prático e fácil para um networking efetivo. Como fazer networking Um guia prático e fácil para um networking efetivo. Este whitepaper é para... Em um evento de determinado setor (e aqui estamos falando do nosso, a rede de moda!), todos os participantes

Leia mais

9 DICAS INFÁLIVEIS E 4 LEMBRETES PARA COMEÇAR SEU BLOG

9 DICAS INFÁLIVEIS E 4 LEMBRETES PARA COMEÇAR SEU BLOG WWW.CRIARBLOGSDELITE.COM 9 DICAS INFÁLIVEIS E 4 LEMBRETES PARA COMEÇAR SEU BLOG Conteúdo 9 DICAS INFÁLIVEIS E 4 LEMBRETES PARA COMEÇAR SEU BLOG... 3 # 1 Planejamento... 4 # 2 Faça uma Pesquisa Criteriosa...

Leia mais

Copiright de todos artigos, textos, desenhos e lições. A reprodução parcial ou total desta aula só é permitida através de autorização por escrito de

Copiright de todos artigos, textos, desenhos e lições. A reprodução parcial ou total desta aula só é permitida através de autorização por escrito de 1 Nesta aula você aprenderá a diferenciar um desenhista de um ilustrador e ainda iniciará com os primeiros exercícios de desenho. (Mateus Machado) O DESENHISTA E O ILUSTRADOR Ainda que não sejam profissionais

Leia mais

COMO CRIAR SUA APRESENTAÇÃO TCC OU TGI

COMO CRIAR SUA APRESENTAÇÃO TCC OU TGI COMO CRIAR SUA APRESENTAÇÃO TCC OU TGI O ACADÊMICO/EQUIPE AO CONSTRUIR SEU SLIDE PARA UMA APRESENTAÇÃO DEVE TOMAR OS SEGUINTES CUIDADOS: 1. ELABORAR UM RESUMO 2. CRIAR OS SLIDES 3. ORIENTAÇÃO PARA O DESENVOLVIMENTO

Leia mais

Dicas de entrevista de seleção. Professora Sônia Regina Nozabielli Março/2005

Dicas de entrevista de seleção. Professora Sônia Regina Nozabielli Março/2005 Dicas de entrevista de seleção Professora Sônia Regina Nozabielli Março/2005 O que é a entrevista de seleção? É uma etapa do processo seletivo que tem como objetivo levantar maiores informações a respeito

Leia mais

NO ABRIR DA MINHA BOCA (EFÉSIOS 6:19) USO DO POWERPOINT

NO ABRIR DA MINHA BOCA (EFÉSIOS 6:19) USO DO POWERPOINT NO ABRIR DA MINHA BOCA (EFÉSIOS 6:19) USO DO POWERPOINT ACRESCENTANDO IMAGENS A APRESENTAÇÃO Algumas igrejas preferem o uso do multimídia para suas apresentações. Oferecendo a esses pastores uma apresentação

Leia mais

INCENTIVE A SUA CRIATIVIDADE E EVITE ADIAMENTOS. Baseado em texto de Shelly Dorsey

INCENTIVE A SUA CRIATIVIDADE E EVITE ADIAMENTOS. Baseado em texto de Shelly Dorsey INCENTIVE A SUA CRIATIVIDADE E EVITE ADIAMENTOS Baseado em texto de Shelly Dorsey INCENTIVE A SUA CRIATIVIDADE E EVITE ADIAMENTOS Você batalhou muito para chegar à pósgraduação e agora que você está aqui,

Leia mais

Região. Mais um exemplo de determinação

Região. Mais um exemplo de determinação O site Psicologia Nova publica a entrevista com Úrsula Gomes, aprovada em primeiro lugar no concurso do TRT 8 0 Região. Mais um exemplo de determinação nos estudos e muita disciplina. Esse é apenas o começo

Leia mais

Comunicação Integrada em Vendas

Comunicação Integrada em Vendas Comunicação Integrada em Vendas Hélio Azevedo helio.azevedo@salestalent.com.br Agenda Percepção Objetivos de uma apresentação O orador Os tipos de público Os tipos de discurso O medo de falar Preparando

Leia mais

Introdução à Arte da Ciência da Computação

Introdução à Arte da Ciência da Computação 1 NOME DA AULA Introdução à Arte da Ciência da Computação Tempo de aula: 45 60 minutos Tempo de preparação: 15 minutos Principal objetivo: deixar claro para os alunos o que é a ciência da computação e

Leia mais

Benefícios da leitura em voz alta

Benefícios da leitura em voz alta Ler em voz alta Ler em voz alta Benefícios da leitura em voz alta Ajuda a criança a adquirir informação e a desenvolver vários tipos de competências: Memorizar relações entre som e grafia, nas palavras

Leia mais

PREPARANDO O DISCURSO. Na fase de preparação de um discurso tente responder, para si mesmo, a estas perguntas:

PREPARANDO O DISCURSO. Na fase de preparação de um discurso tente responder, para si mesmo, a estas perguntas: PREPARANDO O DISCURSO Fonte: : http://www.clubedafala.com.br Na fase de preparação de um discurso tente responder, para si mesmo, a estas perguntas: 1. Qual é o tema? 2. Qual é a finalidade desta apresentação?

Leia mais

Aula 1 Introdução a Trabalho de Conclusão de Curso

Aula 1 Introdução a Trabalho de Conclusão de Curso Aula 1 Introdução a Trabalho de Conclusão de Curso Anderson L. S. Moreira anderson.moreira@recife.ifpe.edu.br http://dase.ifpe.edu.br/~alsm Anderson Moreira Trabalho de Conclusão de Curso 1 O que fazer

Leia mais

10 DICAS PARA USAR AS REDES SOCIAIS SEM PREJUDICAR O SEU NEGÓCIO

10 DICAS PARA USAR AS REDES SOCIAIS SEM PREJUDICAR O SEU NEGÓCIO 10 DICAS PARA USAR AS REDES SOCIAIS SEM PREJUDICAR O SEU NEGÓCIO 10 DICAS PARA USAR AS REDES SOCIAIS SEM PREJUDICAR O SEU NEGÓCIO Todo cuidado é pouco quando se esta nas redes sociais. A sensação que a

Leia mais

Como fazer e dar apresentações cien3ficas. Antonio Roque Maio 2012

Como fazer e dar apresentações cien3ficas. Antonio Roque Maio 2012 Como fazer e dar apresentações cien3ficas Antonio Roque Maio 2012 Antes de começar: Esta não é uma apresentação cien3fica As aulas deste curso não foram apresentações cien3ficas Tipos de apresentações

Leia mais

Realização e Organização. www.vamaislonge.com.br

Realização e Organização. www.vamaislonge.com.br Realização e Organização www.vamaislonge.com.br Quem somos... Leonardo Alvarenga, tenho 23 anos, sou criador do Não Tenho Ideia e do #VáMaisLonge. Sou formado em Educação Física mas larguei tudo logo após

Leia mais

DICAS PARA UM ESTUDO EFICAZ

DICAS PARA UM ESTUDO EFICAZ 1 DICAS PARA UM ESTUDO EFICAZ PRESSUPOSTOS DA TÉCNICA Muitos problemas de insucesso escolar devem-se ao facto de os alunos não saberem estudar de modo eficiente. Existem alguns aspetos que devem ser levados

Leia mais

10 simples passos que irão mudar a forma como você tira fotos

10 simples passos que irão mudar a forma como você tira fotos VERSÃO FOTOGRAFIA 10 simples passos que irão mudar a forma como você tira fotos Existem várias formas de alterar o resultado final de uma foto, seja através do ISO, da velocidade do obturador, da abertura

Leia mais

2.2.2 Workshops de requisitos

2.2.2 Workshops de requisitos Unidade 2: Elicitação de Requisitos (Parte c) 1 2.2.2 Workshops de requisitos Os workshops ou oficinas de requisitos constituem uma das técnicas mais poderosas para a extração de requisitos. Eles reúnem

Leia mais

A primeira impressão é a que fica

A primeira impressão é a que fica A primeira impressão é a que fica Cartão de Visita Prof. Maikon Malaquias Cartão de Visitas Imprima na gráfica. Ninguém com mais de 13 anos deve usar cartões impressos em casa, a não ser que seja um profissional

Leia mais

tem como objetivo informar os destinatários sobre determinado tema, para que fiquem com conhecimento global sobre o que é exposto

tem como objetivo informar os destinatários sobre determinado tema, para que fiquem com conhecimento global sobre o que é exposto Exposições Orais Todos os anos, todos os cursos tem como objetivo informar os destinatários sobre determinado tema, para que fiquem com conhecimento global sobre o que é exposto Numa exposição oral existem

Leia mais

20 perguntas para descobrir como APRENDER MELHOR

20 perguntas para descobrir como APRENDER MELHOR 20 perguntas para descobrir como APRENDER MELHOR Resultados Processo de aprendizagem SENTIDOS (principal) Gosto de informações que eu posso verificar. Não há nada melhor para mim do que aprender junto

Leia mais

Guia Prático para Encontrar o Seu. www.vidadvisor.com.br

Guia Prático para Encontrar o Seu. www.vidadvisor.com.br Guia Prático para Encontrar o Seu Propósito de Vida www.vidadvisor.com.br "Onde os seus talentos e as necessidades do mundo se cruzam: aí está a sua vocação". Aristóteles Orientações Este é um documento

Leia mais

Como escrever para o seu. Site. e usar seu conhecimento como forma de conquistar e reter clientes. Blog do Advogado Moderno - PROMAD

Como escrever para o seu. Site. e usar seu conhecimento como forma de conquistar e reter clientes. Blog do Advogado Moderno - PROMAD o seu Site e usar seu conhecimento como forma de conquistar e reter clientes. Conteúdo Introdução Escrever bem é um misto entre arte e ciência Seus conhecimentos geram mais clientes Dicas práticas Faça

Leia mais

MEDIA TRANNING. Giovana Cunha. Coordenadora de Rádio e TV - TST giovana.cunha@tst.jus.br

MEDIA TRANNING. Giovana Cunha. Coordenadora de Rádio e TV - TST giovana.cunha@tst.jus.br MEDIA TRANNING Giovana Cunha COMO AGIR DIANTE DA IMPRENSA É muito comum o entrevistado se queixar que o jornalista não reproduziu corretamente as informações fornecidas na entrevista. O jornalista normalmente

Leia mais

Orientações de Como Estudar Segmento II

Orientações de Como Estudar Segmento II Orientações de Como Estudar Segmento II Aprender é uma tarefa árdua que exige esforço e método e por isso organizamos algumas dicas para ajudá-lo(la) a aprender Como Estudar! Você verá que as orientações

Leia mais

JANELA DE JOHARI (RELACIONAMENTO INTERPESSOAL)

JANELA DE JOHARI (RELACIONAMENTO INTERPESSOAL) % ABERTURA JANELA DE JOHARI (RELACIONAMENTO INTERPESSOAL) Esta avaliação é constituída de 20 questões possíveis de ocorrer em uma empresa. Cada questão é composta por duas afirmativas. Você deve analisar

Leia mais

Caderno de Postura. Prof. Luiz Mello

Caderno de Postura. Prof. Luiz Mello Caderno de Postura Prof. Luiz Mello CADERNO DE POSTURA Este caderno de postura tem como objetivo demonstrar os principais pontos relacionados a maneira de como tocar violão e guitarra de uma maneira saudável,

Leia mais

Para gostar de pensar

Para gostar de pensar Rosângela Trajano Para gostar de pensar Volume III - 3º ano Para gostar de pensar (Filosofia para crianças) Volume III 3º ano Para gostar de pensar Filosofia para crianças Volume III 3º ano Projeto editorial

Leia mais

Comunicação em Público. Rubens Queiroz de Almeida queiroz@unicamp.br

Comunicação em Público. Rubens Queiroz de Almeida queiroz@unicamp.br Comunicação em Público Rubens Queiroz de Almeida queiroz@unicamp.br 20020828 Falar em Público Um dos maiores medos do ser humano Medo de errar, do ridículo Para evitar o medo, conheça bem o assunto e pratique,

Leia mais

GuitarraGospel.com.br

GuitarraGospel.com.br GuitarraGospel.com.br #10 FORME UMA BANDA Você precisa EXPERIMENTAR isso! Só assim você vai poder INTERAGIR com outros músicos e instrumentos! Ah, mas eu não conheço ninguém!. Uma pessoa só já é SUFICIENTE

Leia mais

O que fazer em meio às turbulências

O que fazer em meio às turbulências O que fazer em meio às turbulências VERSÍCULO BÍBLICO Façam todo o possível para viver em paz com todos. Romanos 12:18 OBJETIVOS O QUÊ? (GG): As crianças assistirão a um programa de auditório chamado Geração

Leia mais

InfoProduto Já. Qual Sua Marca? Você Sabe Vender Sua Imagem? *Sheila Souto

InfoProduto Já. Qual Sua Marca? Você Sabe Vender Sua Imagem? *Sheila Souto Qual Sua Marca? Você Sabe Vender Sua Imagem? *Sheila Souto Um Marketing Pessoal bem arquitetado pode alavancar de maneira decisiva seus negócios ou carreira, pois como dizem por aí: A primeira impressão

Leia mais

CONVERSA DE PSICÓLOGO CONVERSA DE PSICÓLOGO

CONVERSA DE PSICÓLOGO CONVERSA DE PSICÓLOGO Página 1 CONVERSA DE PSICÓLOGO Volume 04 - Edição 01 Agosto - 2013 Entrevistada: Rafaela Conde de Souza Entrevistadora: Luciana Zanella Gusmão TEMA: A IMPORTÂNCIA DA DINÂMICA DE GRUPO PARA O DESENVOLVIMENTO

Leia mais

GUIA DO ALUNO. Bom trabalho e conte conosco para trilhar este caminho com sucesso!

GUIA DO ALUNO. Bom trabalho e conte conosco para trilhar este caminho com sucesso! GUIA DO ALUNO Olá! Seja bem-vindo novamente! Este guia apresenta algumas informações e orientações para auxiliá-lo na sua participação e aprendizagem. Também lhe ajudará a organizar seu estudo no decorrer

Leia mais

O feedback é uma chance de sabermos se estamos ou não indo bem nas atividades que executamos.

O feedback é uma chance de sabermos se estamos ou não indo bem nas atividades que executamos. Afinal, o que é feedback? Feedback é um termo inglês, introduzido nas relações vivenciais para definir um processo muito importante na vida do grupo. Traduz-se por realimentação ou mecanismo de revisão,

Leia mais

A jornada do herói. A Jornada do Herói

A jornada do herói. A Jornada do Herói A Jornada do Herói Artigo de Albert Paul Dahoui Joseph Campbell lançou um livro chamado O herói de mil faces. A primeira publicação foi em 1949, sendo o resultado de um longo e minucioso trabalho que Campbell

Leia mais

22 DICAS para REDUZIR O TMA DO CALL CENTER. em Clínicas de Imagem

22 DICAS para REDUZIR O TMA DO CALL CENTER. em Clínicas de Imagem para REDUZIR O TMA DO CALL CENTER em Clínicas de Imagem Objetivo Um atendimento eficiente e personalizado é um dos principais fatores que o cliente leva em consideração ao iniciar um processo de fidelização

Leia mais

13 Como estudar Teclado - Conteúdo

13 Como estudar Teclado - Conteúdo Introdução Tempo dedicado ao estudo Alongamento e aquecimento Fatores para tornar a leitura mais ágil Fatores para tornar o estudo mais produtivo Preparação para apresentar a peça em público Prazer de

Leia mais

Indicar fontes de imagens. Aumentar muito o texto copiado leva a "sujeira" na imagem... Guilherme Gomes Rolim

Indicar fontes de imagens. Aumentar muito o texto copiado leva a sujeira na imagem... Guilherme Gomes Rolim Indicar fontes de imagens. Aumentar muito o texto copiado leva a "sujeira" na imagem... Postura muito didática, lembrando em vários pontos a discussão da aula anterior. Olhou mais para o professor do que

Leia mais

DICA 1. VENDA MAIS ACESSÓRIOS

DICA 1. VENDA MAIS ACESSÓRIOS DICA 1. VENDA MAIS ACESSÓRIOS Uma empresa sem vendas simplesmente não existe, e se você quer ter sucesso com uma loja você deve obrigatoriamente focar nas vendas. Pensando nisso começo este material com

Leia mais

Como é que esta tecnologia me pode beneficiar?... 3. Etapas do Planeamento de uma Conferência Online... 4

Como é que esta tecnologia me pode beneficiar?... 3. Etapas do Planeamento de uma Conferência Online... 4 APRENDA A SER INOVADOR PARA FICAR À FRENTE DA CONCORRÊNCIA QUAIS OS PASSOS NECESSÁRIOS PARA PLANEAR E REALIZAR UMA CONFERÊNCIA ONLINE DE SUCESSO! COMO DAR AULAS NUMA SALA DE AULA VIRTUAL! CONTEÚDOS Como

Leia mais

Orientações para Palestras

Orientações para Palestras Orientações para Palestras Caro Palestrante, confeccionamos este documento para ajudá-lo a fazer uma apresentação memorável. Sinta-se à vontade para enviar contribuições de modo que possamos aperfeiçoá-lo.

Leia mais

COLETA DE DADOS PROFA. ENIMAR JERÔNIMO WENDHAUSEN

COLETA DE DADOS PROFA. ENIMAR JERÔNIMO WENDHAUSEN COLETA DE DADOS PROFA. ENIMAR JERÔNIMO WENDHAUSEN Objetivo da aula Conhecer os instrumentos de coleta de dados, suas vantagens e limitações. Caminhos Para a Obtenção de Dados Pesquisa em ciências sociais

Leia mais

Bate-papo: Uso do Scratch, uma nova linguagem de programação, no ensino fundamental - Web Currículo (25/05/2010)

Bate-papo: Uso do Scratch, uma nova linguagem de programação, no ensino fundamental - Web Currículo (25/05/2010) 1 of 6 02/12/2011 16:14 Bate-papo: Uso do Scratch, uma nova linguagem de programação, no ensino fundamental - Web Currículo (25/05/2010) 13:58:20 Bem-vindos ao Bate-papo Educarede! 14:00:54 II Seminário

Leia mais

Áudio GUIA DO PROFESSOR. Idéias evolucionistas e evolução biológica

Áudio GUIA DO PROFESSOR. Idéias evolucionistas e evolução biológica Teoria sintética da evolução Parte II Conteúdos: Tempo: Objetivos: Idéias evolucionistas e evolução biológica Duração do áudio 5 minutos O objetivo deste programa é tratar das idéias neodarwinistas e mostrar

Leia mais

Passo 3 Como se cadastrar no Elancers. Dicas valiosas para preencher um currículo via site

Passo 3 Como se cadastrar no Elancers. Dicas valiosas para preencher um currículo via site Passo 3 Como se cadastrar no Elancers Este Passo é fundamental para que você seja encontrado dentre tantos outros curriculuns, e existem detalhes simples que podem fazer a diferença. Espero poder contribuir

Leia mais

Rubricas e guias de pontuação

Rubricas e guias de pontuação Avaliação de Projetos O ensino a partir de projetos exibe meios mais avançados de avaliação, nos quais os alunos podem ver a aprendizagem como um processo e usam estratégias de resolução de problemas para

Leia mais

O Livro de informática do Menino Maluquinho

O Livro de informática do Menino Maluquinho Coleção ABCD - Lição 1 Lição 1 O Livro de informática do Menino Maluquinho 1 2 3 4 5 6 7 8 Algumas dicas para escrever e-mails: 1. Aprender português. Não adianta fi car orgulhoso por mandar um e-mail

Leia mais

Como ganhar dinheiro online no Youtube: Um guia sem frescuras. Duas formas básicas de ganhar dinheiro com Youtube

Como ganhar dinheiro online no Youtube: Um guia sem frescuras. Duas formas básicas de ganhar dinheiro com Youtube Como ganhar dinheiro online no Youtube: Um guia sem frescuras Se você está procurando por maneiras de ganhar dinheiro online, o Youtube por ser uma verdadeira mina de ouro. Apesar de muitos acharem que

Leia mais

Buscamos compreender como ocorrem os processos de desenvolvimento humano, organizacional e social

Buscamos compreender como ocorrem os processos de desenvolvimento humano, organizacional e social instituto fonte... Buscamos compreender como ocorrem os processos de desenvolvimento humano, organizacional e social e a arte de neles intervir. Buscamos potencializar a atuação de iniciativas sociais,

Leia mais

Dicas para você trabalhar o livro Mamãe, como eu nasci? com seus alunos.

Dicas para você trabalhar o livro Mamãe, como eu nasci? com seus alunos. Dicas para você trabalhar o livro Mamãe, como eu nasci? com seus alunos. Caro professor, Este link do site foi elaborado especialmente para você, com o objetivo de lhe dar dicas importantes para o seu

Leia mais

SENTIR 3. TEMPO 15-20 minutos TIPO DE TEMPO contínuo

SENTIR 3. TEMPO 15-20 minutos TIPO DE TEMPO contínuo COMO USAR O MATERIAL NAS PÁGINAS A SEGUIR, VOCÊ ENCONTRA UM PASSO A PASSO DE CADA ETAPA DO DESIGN FOR CHANGE, PARA FACILITAR SEU TRABALHO COM AS CRIANÇAS. VOCÊ VERÁ QUE OS 4 VERBOS (SENTIR, IMAGINAR, FAZER

Leia mais

Leitura dinâmica no SilentIdea 4.0 Apresentação

Leitura dinâmica no SilentIdea 4.0 Apresentação Leitura dinâmica no SilentIdea 4.0 Apresentação Leitura dinâmica Como ler mais rapidamente Usando o leitor do SilentIdea 4.0 Apresentação Leitura dinâmica Enquanto lê, você muitas vezes: "Ouve" cada palavra

Leia mais

Desvios de redações efetuadas por alunos do Ensino Médio

Desvios de redações efetuadas por alunos do Ensino Médio Desvios de redações efetuadas por alunos do Ensino Médio 1. Substitua as palavras destacadas e copie as frases, tornando os fragmentos abaixo mais elegantes, além de mais próximos à língua padrão e à proposta

Leia mais

Olá, que bom que você está aqui no Relaxamento Presente.

Olá, que bom que você está aqui no Relaxamento Presente. Olá, que bom que você está aqui no Relaxamento Presente. Um dos grandes dilemas que os pais enfrentam atualmente é em relação à educação dos filhos, e se perguntam constantemente: "Como fazer meu filho

Leia mais

COMO INVESTIR PARA GANHAR DINHEIRO

COMO INVESTIR PARA GANHAR DINHEIRO COMO INVESTIR PARA GANHAR DINHEIRO Por que ler este livro? Você já escutou histórias de pessoas que ganharam muito dinheiro investindo, seja em imóveis ou na Bolsa de Valores? Após ter escutado todas essas

Leia mais

PRINCÍPIOS DA INSTRUÇÃO PROGRAMADA 1. Se você ler cada um dos quadros cuidadosamente, provavelmente cometerá muito poucos erros.

PRINCÍPIOS DA INSTRUÇÃO PROGRAMADA 1. Se você ler cada um dos quadros cuidadosamente, provavelmente cometerá muito poucos erros. PRINCÍPIOS DA INSTRUÇÃO PROGRAMADA 1 INSTRUÇÕES Existem diferenças entre um Curso Programado ou Programa em Instrução Programada e um livro - texto comum. A primeira diferença é que o material se apresenta

Leia mais

! Tipos de Entrevistas e Tipos de Questões. ! Técnicas de Entrevista! Aspectos Práticos! Avaliações. ! Primeiro Trabalho!

! Tipos de Entrevistas e Tipos de Questões. ! Técnicas de Entrevista! Aspectos Práticos! Avaliações. ! Primeiro Trabalho! Agenda! Tipos de Entrevistas e Tipos de Questões Entrevistas Cleidson de Souza Departamento de Informática Universidade Federal do Pará! Técnicas de Entrevista! Aspectos Práticos! Avaliações! Primeiro

Leia mais

Como fazer uma boa apresentação em slides

Como fazer uma boa apresentação em slides Como fazer uma boa apresentação em slides Sobre o conteúdo Faça um planejamento antecipado de sua apresentação. Faça o texto que vai ser colocado em slides no word antes e avalie. Primeiro decida quais

Leia mais

ROTEIRO PARA OFICINA DE DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS

ROTEIRO PARA OFICINA DE DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 2011 ROTEIRO PARA OFICINA DE DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS sadeam2011 Oficina de Apropriação dos Resultados 4 ROTEIRO DE OFICINA Multiplicador Este roteiro deverá ser utilizado por você como subsídio para

Leia mais