Cybercafé - Café Para Internautas

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Cybercafé - Café Para Internautas"

Transcrição

1 Página 1 de 14 Cybercafé - Café Para Internautas FICHA TÉCNICA Setor da economia: terciário Ramo de atividade: comércio Tipo de Negócio: comércio de café e serviço de acesso à Internet Produtos Ofertados/Produzidos: alimentos e bebidas, acesso à internet e locação de espaço para eventos Investimento inicial: R$ 75 mil aproximadamente Área: 30m² no mínimo APRESENTAÇÃO Os cafés se tornaram populares no começo do século 20 em Viena, Paris e Berlim. Eles eram (e ainda o são) lugares projetados para as pessoas encontrarem seus amigos, lerem jornais, discutirem os eventos importantes do dia e colocarem sua correspondência em dia. Essa cultura européia de Cafés se difundiu rapidamente para o Reino Unido, Estados Unidos, Canadá e Austrália. Hoje em dia esse tipo de negócio também já se instalou no Brasil, principalmente nas grandes cidades, porém ao mesmo tempo milhões de pessoas se comunicam com amigos e colegas de trabalho usando computadores, de seus escritórios ou de suas próprias casas. Similarmente, artistas, músicos, vídeo makers e jornalistas começaram a perceber o potencial da computação multimídia, e estão procurando partilhar seus trabalhos e exibir suas obras em um lugar mais apropriado que uma galeria tradicional ou teatro. Muitas pessoas tiveram a brilhante idéia de associar a conectividade dos computadores à uma boa xícara de café (ou chá). Numa nova proposta que mescla serviços e entretenimento num ambiente sofisticado, agradável e confortável, equipado com computadores, conexão com a Internet direto ao provedor via rede. É um local onde o internauta em trânsito pode fazer uso dos recursos da Internet, temporariamente se conectando com o resto do mundo, para encaminhar e receber s, navegar na Web, bater um papo nas salas de chat, pesquisar, imprimir seus trabalhos, fazer uso dos computadores com vários softwares instalados, enfim uma gama de possibilidades para facilitar a vida e ao mesmo tempo saborear um delicioso cafezinho. Tudo que o cliente quer concentrado num espaço altamente profissional. MERCADO De acordo com um estudo divulgado recentemente pelo Centro de Estudos sobre as Tecnologias da Informação e da Comunicação (Cetic.br), quase metade (49%) dos internautas brasileiros acessa a rede mundial de computadores por meio de centros públicos pagos (ciber café e lan houses). Somado ao grande índice de exclusão digital no País - de acordo com a pesquisa do Cetic.br, 59% dos brasileiros nunca acessaram a internet e 47% nunca viu um computador -, esse dado mostra o grande potencial de crescimento do mercado de lan houses e ciber cafés, principalmente nas regiões mais pobres, pois a maior fatia do público que freqüenta esses locais (74%) pertence às classes D e E. Atualmente, não existem números oficiais que dêem conta do tamanho desse mercado nem de quantos estabelecimentos desse gênero estão em funcionamento no Brasil. Entretanto, segundo especialistas, esse mercado atravessa um momento de franca expansão.

2 Página 2 de 14 LOCALIZAÇÃO A escolha do local e do espaço físico necessário para instalar um cybercafé é uma decisão muito importante para o sucesso do empreendimento. O local deve oferecer infra-estrutura adequada e condições que propiciem o seu desenvolvimento. É fundamental avaliar a facilidade do acesso a partir do perfil de sua clientela, uma vez que não adianta oferecer amplo estacionamento e estar longe de pontos de ônibus se este é o meio de transporte predominantemente utilizado por eles.as atividades econômicas da maioria das cidades são regulamentadas pelo Plano Diretor Urbano (PDU). É essa Lei que determina o tipo de atividade que pode funcionar em determinado endereço. A consulta de local junto à Prefeitura é o primeiro passo para avaliar a implantação do seu cybercafé. Na Prefeitura de Vitória o PDU é fornecido a partir de consulta no site. ESTRUTURA Cada empresa vai se estruturar de acordo com o investimento inicial e a capacidade de atendimento. A estrutura básica exigida compreende uma área mínima de 30m². Ela deverá proporcionar aos seus funcionários características físicas adequadas ao desempenho de suas atividades, com um ambiente arejado, bem iluminado e dentro das normas de segurança preestabelecida pelo Corpo de Bombeiros. Esse espaço deve ser bem dimensionado na hora do arranjo, distribuindo-o de forma que computadores e mesas para cafés estejam em perfeita harmonia. A loja do cybercafé deve proporcionar um ambiente agradável proporcionando conforto aos clientes e facilidade aos funcionários. EQUIPAMENTOS Para montar um cybercafé é necessário dois tipos de equipamentos distintos, os equipamentos de informática e os equipamentos para a instalação da cafeteria. EQUIPAMENTOS BÁSICOS PARA A CAFETERIA - Moedor de café; - Máquina de café expresso; - Estufa fria e estufa quente; - Balcão refrigerado, freezer e geladeira; - Microondas, forno elétrico e fogão; - Eletrodomésticos (liqüidificador, espremedor de fruta, etc.); - Banquetas, mesas e cadeiras; - Caixa registradora, microcomputador e impressora e calculadora; - Utensílios (talheres, louças, toalhas de mesa etc.); - Outros materiais da dispensa, do atendimento e da cozinha. Obs.: inicialmente a máquina de café expresso pode ser alugada. EQUIPAMENTOS BÁSICOS DE INFORMÁTICA - Basicamente o que se vai precisar é de uma rede de computadores ligados à Internet preferencialmente a Internet via radio, para diminuir custos, sendo que alguns equipamentos são básicos para a criação de um cybercafé, tais como: Computadores, Impressoras Coloridas, Scanners, câmeras digitais, gravadores de CD/DVD, link s direto com a Internet, provedores, servidores, além de um espaço para eventos de empresas (espaço para lançamentos, coletivas, seminários, com infra-estrutura e equipamentos próprios e adequados), como também a utilização de aplicativos, como por exemplo:

3 Página 3 de 14 - Processador de textos e planilhas de cálculos; - Games; - Acesso à Internet; - Aparelho de fax e de telefone com linha; - Mobiliário em geral. INVESTIMENTOS O investimento varia muito de acordo com o porte do empreendimento e do quantitativo de que dispõe o investidor. Considerando um cybercafé de pequeno porte, montada numa área de 30M², será necessário um investimento de R$ 75 mil. Obs.: os valores apresentados são indicativos e servem de base para o empresário decidir se vale ou não a pena aprofundar a análise de investimento. Investindo em AUTOMAÇÃO Uma tendência cada vez mais presente nas empresas que buscam o sucesso é automatizar as diversas atividades desenvolvidas. A automação melhora o dinamismo dos serviços oferecidos, reduzindo filas, tempo de espera, agilizando a emissão de notas fiscais, entre outros. Existem muitas opções que possibilitam essa facilidade: caixas eletrônicas isoladas ou integradas, impressoras para preenchimento automático de cheques, impressoras de notas fiscais nos caixas, código de barras nos produtos, banco de dados sobre cada produto ou serviço e cadastro de clientes. Investigue de que forma a adoção de um equipamento dessa natureza pode ser capaz de incrementar seus lucros. PESSOAL Em média um instrutor para cada 4 computadores instalados é suficiente. O pessoal deve ter especialização e aptidão para auxiliar e orientar os clientes quanto aos procedimentos de uso dos computadores e da Internet. Para isso, um treinamento prévio é fundamental, além de ter também um funcionário especializado em hardware para que problemas com as máquinas sejam solucionados com mais rapidez. No café deve ter no mínimo 4 pessoas: um gerente, um cozinheiro e dois atendentes. PROCESSOS PRODUTIVOS Um cybercafé é o lugar ideal para uma entrevista coletiva, um encontro de negócios ou, simplesmente, pura diversão. Lá o cliente pode fazer sua Homepage e deixá-la no ar, participar de torneios de jogos em rede, pesquisar sobre sua declaração do Imposto de Renda, resultados de concursos, tudo isso enquanto toma um café expresso, um chopp gelado ou se delicia com tortas, saladas, pizzas e sanduíches variados. Além disso, com ambientes projetados para navegação na Internet, mandar e receber s e conversar com pessoas do mundo todo, usando videoconferência, dentre outros serviços. Também é importante dispor de uma boa quantidade de enciclopédias em software, banco de imagens, bancos de sons, programas educacionais (para crianças) e disponibilizar livros para ensinar a navegar na internet e usar os recursos dos computadores. Uma boa máquina de café expresso fará com que o nome do seu estabelecimento seja divulgado rapidamente.

4 Página 4 de 14 PREPARO DO CAFÉ EXPRESSO As etapas de preparo são: - Tirar o porta filtro do grupo (máquina); - Colocar o pó de café até encher o porta filtro (existem 2 tamanhos de porta filtro um onde são colocadas 7 gramas de pó de café, e outro duplo onde são colocados 14 gramas, atualmente algumas máquinas chegam a ter filtro triplo); - Compactar o pó (a compactação ideal deve ser reta, para que o fluxo da água passe por igual pelo pó de café); - Limpar sempre a beirada do porta filtro antes de encaixá-lo para que não caia pó de café na xícara que vai ser servida; - Colocar o porta filtro no grupo e acionar a máquina; - Verificar se o café esta saindo no tempo certo (25 à 30 segundos) e se está cremoso; - Depois de cada preparação deve-se desprezar o café já usado. COMEÇANDO Uma vez colocado em funcionamento o novo negócio, estabelece-se um novo desafio: a sua gestão competitiva, capaz de oferecer ao mercado os melhores produtos e serviços e assegurar o retorno do capital investido. Gerenciar o negócio significa colocar à prova o talento, o conhecimento e a experiência do empreendedor. Administrar é o processo de organizar o que foi planejado, assegurando a liderança e o controle na execução do trabalho de todos que fazem parte direta ou indiretamente da empresa. É usar os recursos administrativos disponíveis com vistas a alcançar os objetivos estabelecidos. E é aqui que entra a importância da busca contínua de informações. Estas podem ser adquiridas através da leitura, vídeos técnicos e administrativos, em feiras, palestras, treinamentos, e outros eventos. O próprio SEBRAE oferece muitos cursos de aperfeiçoamento: Administração Básica para Pequenas Empresas, Técnicas para Negociações, Lucratividade Crescer, Sobreviver ou Morrer, Análise e Planejamento Financeiro, Controles Financeiros, Desenvolvimento das Habilidades Gerenciais, Gestão de Pessoas, entre outros. CLIENTES O internauta brasileiro tem perfil de Primeiro Mundo: mais da metade ganha acima de 20 salários mínimos, é instruído, solteiro, fala inglês, tem computador em casa e disposição para fazer compras na rede. As mulheres representam a minoria nas estatísticas de acesso. Já foi derrubado o mito de que a Internet é passatempo de adolescentes e fixação de acadêmicos. DIVULGAÇÃO O Cybercafé pode começar sua divulgação com as pessoas que circulam por perto, distribuindo panfletos de qualidade, fazendo promoções atrativas em locais sugestivos tais como: escolas, faculdades, cursinhos, escritórios entre outros. Além de investir na qualidade do atendimento. As empresas devem ter consciência de que a qualidade nos serviços prestados é, ainda, a melhor forma de tornar-se conhecida e sólida num mercado competitivo. A propaganda boca a boca é fator de fortalecimento das marcas. O ditado popular diz que a propaganda é a alma do negócio, mas a gente pode continuar dizendo que os "músculos" também são

5 Página 5 de 14 importantes. Assim, entendemos que dotar os clientes internos (funcionários, os "músculos" do negócio) de informações sobre os produtos oferecidos é a chave para vendê-los ao cliente externo. Voltando à "alma do negócio", concluímos que para atingir o consumidor e garantir as vendas, você deve planejar o seu marketing. E como fazer isso? A primeira sugestão é fazer uma análise da sua realidade: identifique quais são os custos de seus serviços, adapte-os e busque a otimização de sua alocação. Mantenha seus consumidores motivados, partindo para uma revisão da sua estrutura de comercialização, avaliando paralelamente, se essa estrutura atinge seu mercadoalvo com sucesso. Lembre-se que o marketing deve ser contínuo e sistêmico. Considere ainda, que num plano de marketing é importante o conhecimento de elementos como preço, produto (serviço), ponto (localização) e promoção. Avaliar as preferências e necessidades de seus clientes em relação às funções, finanças, facilidade, "feeling" (sensibilidade) e futuro. DIVERSIFICAÇÃO Sabendo que equipamentos e serviços opcionais fazem a diferença no mercado, Os empresários do ramo estão sempre procurando novas formas de apresentar os produtos e torná-los mais atrativos que os do concorrente. Como forma de incrementar as vendas o cybercafé poderá disponibilizar aparelhos de televisão para exibição de shows, vídeos, videoconferências, palestras; instalar ar condicionado; reservar um espaço para a leitura; venda de produtos relacionados a informática; separar área para fumantes com sistema de exaustão, entre outros. LEMBRETES - É importante criar um home page do cybercafé, com um domínio próprio. O domínio (endereço do site) deve ser registrado na Fapesp Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo e é cobrada uma anuidade para cada domínio registrado; - Fazer cursos sobre a Internet, linguagens específicas e até mesmo cursos de certificação da Microsoft, o que o tornaria um especialista na área e garantiria o bom desempenho de sua empresa. - Uma dica fundamental nos dias de hoje onde a concorrência é grande: ser igual, mas, fazer diferente, ou seja, igual em relação a tecnologia que está disponível para todos e diferente no serviço que vai oferecer. - O nome de domínio é a sua identidade digital, é como seu negócio vai ser conhecido e mais importante ainda, é como ele vai ser localizado na Internet. No mundo real, negócios são avaliados pela força da sua marca. No mundo virtual negócios são avaliados também pela facilidade de ter endereços facilmente localizados, assim, associá-los à sua atividade ou produtos é o melhor caminho. - Registrar e proteger seus nomes de domínio é tão importante quanto garantir direitos sobre marcas e patentes. Ter uma identidade digital não é um luxo e sim uma necessidade para qualquer empresa ou profissional que pretende atuar na rede. NOTÍCIAS Cyber Café e Lan House podem ter que cadastrar clientes Os Cyber Cafés e Lan Houses poderão ser obrigados a manter cadastro dos usuários que usam seus computadores para se conectar à internet. É o que prevê o Projeto de Lei 296/08, de autoria do senador Gerson Camata (PMDB-ES), que

6 Página 6 de 14 recebeu hoje (15) parecer favorável da Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática (CCT) do Senado. Pela proposta, o cadastro deverá conter o nome completo e o número da carteira de identidade do usuário, além da identificação do terminal por ele utilizado, a data e a hora do início e do término do uso de cada equipamento. O descumprimento dessa obrigatoriedade será punido com multa de R$ 10 mil a R$ 100 mil O relator da matéria, senador Eduardo Azeredo (PSDB-MG), argumenta que a grande maioria dos cyber cafes e lan houses não exige identificação de seus clientes, permitindo que usuários de má-fé utilizem esses estabelecimentos para, a partir do acesso à internet, "praticar os mais variados crimes". Ele ressalta ainda que o projeto preserva a privacidade dos usuários desses estabelecimentos, uma vez que os dados guardados nos cadastros só poderão ser fornecidos às autoridades competentes, mediante decisão judicial, nos casos de investigação criminal ou instrução processual penal. O projeto, que ainda será examinado, em decisão terminativa, pela Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ). Fonte: Telesíntese CURSOS E TREINAMENTOS Os cursos de empreendedorismo dão base para estruturar o seu plano de negócios, planejar a empresa e desenvolver características próprias e indispensáveis a empreendedores. O SEBRAE/ES disponibiliza para o empresário uma carteira com mais de 30 títulos de cursos e palestras abordando os mais variados temas e objetivos. A Educação Empresarial do SEBRAE é um instrumento para que os obstáculos encontrados sejam superados com maior facilidade ampliando, conseqüentemente, o horizonte de conhecimentos necessários nessa função. Cursos: Técnicas de Vendas; Marketing: Uma Estratégia de Vendas; Gerência de Equipes de Vendas; Gerência de Rotinas e Procedimentos em Vendas; Atendimento ao Cliente; Como Vender mais e Melhor; Iniciando um Pequeno Grande Negócio; Empretec; Administração Básica para Pequenas Empresas; entre outros. Palestras Gerenciais : Atendimento a Clientes; Comece Certo Planejamento e Análise; Determinação do Capital de Giro; Gerenciando o Fluxo de Caixa com Eficiência; Promoção de vendas; Entendendo Custos, Despesas e Preço de Venda; A Empresa e os Novos Tempos; Qualidade no relacionamento ao cliente; Como Conquistar e Manter Clientes. A programação anual pode ser consultada no site: no link Cursos. SEBRAE/ES Av. Jerônimo Monteiro, 935, Ed. Sebrae Centro, Vitória/ES CEP: Canal de Relacionamento: EVENTOS FENASOFT Hardware, software, tecnologia, educação e cultura.

7 Página 7 de 14 Tel.: (011) Site: XIII Convenção e Feira Internacional de Informática 2009 Temáticas Principais da Feira Comercial Expositiva: - Software e soluções Informáticas - Telecomunicações - Eletrônica - Equipes médicas - Automática Informações: INFO Brasil TI e Telecom Sebrae Fortaleza/Ce Informações: LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA Cabe sugerir consulta à CARTILHA DO FORNECEDOR CAPIXABA, que se encontra disponível na Biblioteca do SEBRAE/ES ou pelo site: Essa atividade exige o conhecimento de algumas leis: - Lei Municipal nº /2003 Institui o Código de Posturas e de Atividades Urbanas do Município de Vitória. - Lei nº /2003 Código de Posturas e Atividades Urbanas do Município de Vitória - Regulamentada pelo Decreto nº /04. Ref. Proc /03. Lei nº acrescenta inciso IX ao 2º.Alterada pelas Leis nºs 6679/06 e 6680/06. Acrescentado inciso IX ao 2º do Art. 99, pela Lei nº 7.063/07. Regulamentado inciso III do Art. 194, pelo Decreto nº /08. - Lei Federal nº / Código de Defesa do Consumidor - Alterada pela Lei nº 8.656/1993, Lei nº 8.703/1993, Lei nº 8.884/1994, Lei nº 9.008/1995, Lei nº 9.298/1996, Lei nº 9.870/1999 e Medida Provisória nº / Lei nº /77 - Configura infrações à legislação sanitária federal, estabelece as sanções respectivas, e dá outras providências Alterada pela Lei nº 9.005/1995, Lei nº 9.695/1998 e Media Provisória nº / Decreto-Lei nº. 986/69 - Institui Normas Básicas sobre Alimentos Alterada pela Medida Provisória nº / Portaria nº. 326/SUS/MS/97. Aprova o Regulamento Técnico; "Condições Higiênico-sanitárias e de Boas Práticas de Fabricação para Estabelecimentos Produtores / Industrializadores de Alimentos", disponível no site do Ministério da Agricultura. - Lei de Programa de computador nº 9.609/98. Promulgada em 19/02/98, substitui a Lei 7646/87, entrou em vigor na data de sua publicação,dando liberdade de produção e comercialização de softwares de fabricação nacional ou estrangeira. O art. 3º foi regulamentado pelo Decreto nº 2.556/1998.

8 Página 8 de 14 - Lei de direitos autorais nº 9.610/98. Substitui a Lei 5988/73, entra em vigor 120 dias após sua publicação; foi promulgada em 19 de fevereiro de 1998., assegurou a integral proteção dos direitos dos seus autores e estabeleceu penas rigorosas a quem viole esses direitos. Assim, piratear programas de computador se tornou crime, passível de pena de seis meses a dois anos de prisão. O art. 113 foi regulamentado pelo Decreto nº 4.533/ Lei de informática nº /2001. Altera a Lei nº 8.248, de 23 de outubro de 1991, a Lei nº 8.387, de 30 de dezembro de 1991, e o Decreto-Lei nº 288, de 28 de fevereiro de 1967, dispondo sobre a capacitação e competitividade do setor de tecnologia da informação. O art. 8º foi regulamentado pelo Decreto ní 3.800/2001 e Decreto nº 4.401/2002, o art. 11 foi regulamentado pelo Decreto nº 3.800/2001. Alterada pela Lei nº /2003 e /2004. REGISTRO ESPECIAL Para registrar sua empresa você precisa de um contador. Profissional legalmente habilitado para elaborar os atos constitutivos da empresa, auxilia-lo na escolha da forma jurídica mais adequada para o seu projeto e preencher os formulários exigidos pelos órgãos públicos de inscrição de pessoas jurídicas. Além disso, ele é conhecedor da legislação tributária à qual está subordinada a nossa produção e comercialização. Mas, na hora de escolher tal prestador de serviço, deve-se dar preferência a profissionais qualificados, que tenha boa reputação no mercado e melhor que seja indicado por alguém que já tenha estabelecido com ele uma relação de trabalho.para legalizar a empresa é necessário procurar os órgãos responsáveis para as devidas inscrições: - Registro na Junta Comercial; - Registro na Secretaria da Receita Federal; - Registro na Secretaria de Estado da Fazenda; - Registro na Prefeitura do Município; - Registro no INSS; - Registro no Sindicato Patronal (empresa ficará obrigada a recolher por ocasião da constituição e até o dia 31 de janeiro de cada ano, a Contribuição Sindical Patronal); - Registro na Prefeitura para obter o alvará de funcionamento; - Cadastramento junto à Caixa Econômica Federal no sistema Conectividade Social - INSS ; - Você deve procurar a prefeitura da cidade onde pretende montar seu cybercafé para fazer a consulta prévia de local. - Adequar as instalações de acordo com o Código Sanitário (especificações legais sobre a condições físicas). Em âmbito federal a fiscalização cabe a Agência Nacional de Vigilância Sanitária, estadual e municipal fica a cargo das Secretarias Estadual e Municipal de Saúde. LINKS INTERESSANTES ENTIDADES SEBRAE/ES Av. Jerônimo Monteiro, Ed. Sebrae Centro, Vitória

9 Página 9 de 14 Tele atendimento: Site: CENTRAL FÁCIL CENTRAL DE ATENDIMENTO EMPRESARIAL É um sistema de atendimento que prevê a simplificação, racionalização e padronização dos processos de abertura de empresas com redução da burocracia. Avenida Nossa Senhora da Penha, 1433 Santa Luzia Vitória ES CEP Fone: (27) CIC - CENTRO INTEGRADO DE CIDADANIA PROCON (Coordenação de Atendimento) Av. Maruípe, nº Itararé, Vitória/ES - CEP: Tel.: (27) / 5539 / 5536 Site: JUCEES - JUNTA COMERCIAL DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO Av. Nossa Senhora da Penha, 1433, Santa Luíza - Vitória/ES CEP: Tel.: (027) / Site: PREFEITURA MUNICIPAL DE VITÓRIA Av. Marechal Mascarenhas de Moraes, Bento Ferreira, Vitória/ES CEP: Tel.: (27) SECRETARIA DE ESTADO DE DESENVOLVIMENTO Av. Nossa Senhora da Penha - 3º andar - Ed. Trade Tower Praia do Canto - Vitória - ES CEP: Tel.: (27) CENTRAL FÁCIL CENTRAL DE ATENDIMENTO EMPRESARIAL É um sistema de atendimento que prevê a simplificação, racionalização e padronização dos processos de abertura de empresas, através de redução da burocracia. Avenida Nossa Senhora da Penha, 1433 Santa Luzia Vitória ES CEP Fone: Horário de funcionamento: Segunda a sexta: 12 as 17:30 h. ANVISA - AGÊNCIA NACIONAL DE VIGILÂNCIA SANITÁRIA SEPN 515, Bloco B, Edifício Ômega / Brasília (DF)

10 Página 10 de 14 CEP: Tel.: (61) SECRETARIA DA RECEITA FEDERAL Rua Pietrângelo de Biase, n. 56, Centro, salas A/B, Vitória/ES CEP SEFAZ-ES - SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA DO ESPÍRITO SANTO Av. Jerônimo Monteiro, 96 - Ed. Aureliano Hoffman Centro, Vitória/ES. CEP: Tel.: (27) Site: CARTÓRIO DE REGISTRO CIVIL DAS PESSOAS JURÍDICAS CARTÓRIO SARLO Praça Costa Pereira, 30 Centro, Vitória/ES Cep.: Tel.: / AGENCIA NACIONAL DE VIGILÂNCIA SANITÁRIA SEPN 515, Bloco B - Edifício Ômega Brasília/DF CEP: Tel.: (61) ASSOCIAÇÃO BRAISILEIRA DE RESTAURANTES E EMPRESAS DE ENTRETENIMENTO ABRASEL Sites: SINDBARES - Sindicato de Restaurante Bares e Similares do ES. Rua Frederico Lagassa, 30, sl. 201 a 206, Ed. Scheila, Gurigica Vitória/ES CEP Tel.: (0XX27) Sites: MINISTÉRIO DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA Esplanada Dos Ministérios, Bloco "E" CEP: Brasília - DF PABX: (61) SEPIN - Secretaria de Política de Informática e Automação (Mistério da Ciência e Tecnologia) Esplanada dos Ministérios - BL E - sl 278 Brasília - (DF) CEP Tel. (61)

11 Página 11 de 14 ABES Associação Brasileira das Empresas de Software AV. Ibirapuera, º andar CJ 811. Moema CEP SÃO PAULO SP Fone: (0xx11) Fax : (0xx11) Telepirata : FAPESP - Hospedagem de site e registro de domínios em 24hs nos órgãos responsáveis do Brasil e USA. Telefax: (11) (0xx11) Site: Site: ABIC - Associação Brasileira da Indústria de Café Rua Visconde de Inhaúma, 50-8 andar Rio de Janeiro/RJ CEP: Tel.: (021) Fax: (021) FORNECEDORES E FABRICANTES O SEBRAE/ES se isenta de responsabilidades quanto à forma da atuação das empresas no mercado. Uniformes Malharia Cristmara Linhares-ES Cozinha / equipamentos Assistec Refrigeração Vitória/ES. Tel.:(27) Magazine 286 Tel.: (11) Cozinha e Utilidades Av. Mal. Mascarenhas de Moraes, 2741, Bento Ferreira - Vitória/ES. CEP: PABX: (27)

12 Página 12 de 14 Portugal Máquinas e Equipamentos - Instalações Comerciais (Bares, Restaurantes, Lanchonetes, Supermercados, etc) Av. Fernando Ferrari, 3315-Lj. 02 Jabour Vitória -ES CEP: Vitória - ES Telefax.: (27) Site: ACIMAQ Máquinas e Equipamentos Av. Expedito Garcia, 21 Campo Grande. Cariacica/ES CEP: Tel.: (27) Mesas e cadeiras Chair e Table Rua Portugal, 541. São Francisco Curitiba/PR. CEP: Tel.: (41) Remol Inox Av. Alberto Giovannini, 400 Bethânia Ipatinga/MG. Tel.: (31) Rubim Móveis R Paula Souza, 18. Centro. São Paulo/SP. Tel.: (11) Bebidas Modoli com. e Representações Contato: Rubens Bonella Modoli Celular: Fax: Produtos: Vinhos Del Grano Natu-Suco Vitoria Ltda Contato: Thais Soares Telefone: Produtos: Sucos naturais concentrados para alimentação industrial. Refrigerantes Coroa Ltda Tel/Fax: Site:

13 Página 13 de 14 Produtos: Refrigerante e água. Ps.: Através de distribuidores, cada um atende uma região. Para saber qual distribuidora atende sua região é só acessar o site da empresa. Distribuidora De Bebidas Salinas Av. Adalberto S. Nader, 675 Vitória/ES Tel.: (027) / Refrigerantes Coroa Ltda END.: Rua Roberto Carlos Kautsky, N.º 234 Domingos Martins/ES CEP: TEL.: (027) MÁQUINAS DE CAFÉ EXPRESSO Blend Express Machines Rua Drl Sodré, 133 Vila Olímpia - São Paulo/SP CEP: Tel.: (011) Café E Complementos SCLRN 708 BL.E Lj 5, Asa Norte, Distrito Federal - BRASÍLIA CEP: Tel.: (061) BLUKER - Máquinas De Café Expresso Rua das Juntas Provisórias, 1338, Ipiranga São Paulo / SP CEP: Tel.: (011) / DATA POINT Informática e Consultoria Rua Dr. Eurico de Aguiar, 957 Santa Lucia Vitoria/ES Tel (0xx27) Site: HP - Hewlett-Packard - Matriz no Brasil Telefone: São Paulo (0xx11) demais localidades (11) Site:

14 Página 14 de 14 IBM Brasil Compra de produtos IBM Atendimento a parceiros da IBM IBM e Você Site: ITAUTEC Brasil Televendas Itautec: Tele-suporte Itautec: Grande São Paulo (0xx11) e Outras Localidades Fale com a Itautec (SAC): Grande São Paulo (0xx11) BIBLIOGRAFIA INFORMAÇÕES diversas sobre o mercado que explora o nicho virtual. Disponível em:< Acesso em: 19 Junho de 2009 COSTA, Leandro. Lan houses e ciber cafés estão em alta. O Estado de S. Paulo. Disponível em:< Acesso em: 19 de junho CYBER Café e Lan House podem ter que cadastrar clientes. Disponível em:< >. Acesso em: 19 junho de Oportunidades de Negócios é um material meramente informativo acerca dos empreendimentos existentes no segmento correspondente ao seu título. Os dados apresentados são extraídos de publicações técnicas e, em linhas gerais, não têm a pretensão de ser um guia para a implementação dos respectivos negócios. É destinada apenas à apresentação de um panorama da atividade ao futuro empresário, que poderá enriquecer suas idéias com as informações apresentadas, mas carecerá de um estudo mais detalhado e específico para a implementação do seu empreendimento. ÁREA RESPONSÁVEL E DATA DE ATUALIZAÇÃO UAD Unidade de Atendimento e Desenvolvimento - SEBRAE/ES Data última atualização: Junho de 2009

AGÊNCIA VIRTUAL DE EMPREGOS

AGÊNCIA VIRTUAL DE EMPREGOS Página 1 de 10 AGÊNCIA VIRTUAL DE EMPREGOS FICHA TÉCNICA Setor da Economia: terciário Ramo de Atividade: serviços Tipo de Negócio: agência de emprego Produtos Ofertados/Produzidos: serviço de agenciamento

Leia mais

IDÉIAS DE NEGÓCIO ESCRITÓRIO DE CONTABILIDADE

IDÉIAS DE NEGÓCIO ESCRITÓRIO DE CONTABILIDADE (Fonte: SEBRAE/MS SEBRAE/SC) APRESENTAÇÃO DE NEGÓCIOS Contabilidade é um trabalho minucioso que atua nas áreas fiscal, tributária e trabalhista; exigindo muita análise e tempo. Por isso, a maioria das

Leia mais

ESCRITÓRIO DE COBRANÇA

ESCRITÓRIO DE COBRANÇA Página 1 de 8 ESCRITÓRIO DE COBRANÇA FICHA TÉCNICA Setor da Economia : terciário Ramo de Atividade: serviço Tipo de Negócio: cobranças de débitos em aberto Produtos Ofertados/Produzidos : serviço de cobrança

Leia mais

Página 1 de 11 CRECHE

Página 1 de 11 CRECHE Página 1 de 11 CRECHE FICHA TÉCNICA Setor da Economia : terciário Ramo de Atividade : serviço Tipo de Negócio : Educação Infantil Produtos Ofertados/Produzidos : Serviços de Educação Infantil para crianças

Leia mais

ESCRITÓRIO DE CONSULTORIA

ESCRITÓRIO DE CONSULTORIA Página 1 de 11 ESCRITÓRIO DE CONSULTORIA FICHA TÉCNICA Setor da Economia: terciário Ramo de Atividade: serviço Tipo de Negócio: escritórioconsultoria empresarial Produtos Ofertados/Produzidos: consultoria

Leia mais

REPRESENTAÇÃO COMERCIAL

REPRESENTAÇÃO COMERCIAL Página 1 de 10 REPRESENTAÇÃO COMERCIAL FICHA TÉCNICA Setor da Economia: terciário Ramo de Atividade: serviço Tipo de Negócio: representação comercial Produtos Ofertados/Produzidos: intermediação de negócios

Leia mais

Página 1 de 12 PASTELARIA

Página 1 de 12 PASTELARIA Página 1 de 12 PASTELARIA FICHA TÉCNICA Setor da Economia : terciário Ramo de Atividade: comércio Tipo de Negócio : pastelaria Produtos Ofertados/Produzidos : pastel e caldo de cana Investimento inicial:

Leia mais

LOJA DE FRIOS E LATICÍNIOS

LOJA DE FRIOS E LATICÍNIOS LOJA DE FRIOS E LATICÍNIOS FICHA TÉCNICA Setor da Economia: terciário Ramo de Atividade: comércio Tipo de Negócio: loja de frios e laticínios Investimento inicial: 30mil reais Área: 40m² APRESENTAÇÃO A

Leia mais

EMPRESA DE ASSISTÊNCIA TÉCNICA EM INFORMÁTICA

EMPRESA DE ASSISTÊNCIA TÉCNICA EM INFORMÁTICA EMPRESA DE ASSISTÊNCIA TÉCNICA EM INFORMÁTICA FICHA TÉCNICA Setor da Economia: terciário Ramo de Atividade: serviço e comércio Tipo de Negócio: assistência técnica em equipamentos de informática Produtos

Leia mais

CLÍNICA VETERINÁRIA FICHA TÉCNICA

CLÍNICA VETERINÁRIA FICHA TÉCNICA 1 CLÍNICA VETERINÁRIA FICHA TÉCNICA Setor da Economia: terciário Ramo de Atividade: serviço e comércio Tipo de Negócio: clinica veterinária Produtos Ofertados/Produzidos: serviços de saúde de animais Investimento

Leia mais

EMPRESA ADMINISTRADORA DE CONDOMÍNIO

EMPRESA ADMINISTRADORA DE CONDOMÍNIO Página 1 de 9 EMPRESA ADMINISTRADORA DE CONDOMÍNIO FICHA TÉCNICA Setor da Economia: terciário Ramo de Atividade : serviço Tipo de Negócio: administração de condomínio Produtos Ofertados/Produzidos: serviço

Leia mais

FÁBRICA DE VASSOURAS

FÁBRICA DE VASSOURAS FÁBRICA DE VASSOURAS FICHA TÉCNICA Setor da Economia: secundário Ramo de Atividade: indústria Tipo de Negócio: fabricação de vassouras Produtos Ofertados/Produzidos: vassouras e rodos Investimento inicial:

Leia mais

Artigo 16 Como montar uma Cafeteira

Artigo 16 Como montar uma Cafeteira Artigo 16 Como montar uma Cafeteira O consumo de café é um hábito entre os brasileiros, seja em casa, no trabalho ou na rua. Esse hábito vem crescendo e se modificando também. O interesse pelos cafés finos

Leia mais

ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL E MÉDIO

ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL E MÉDIO 1 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL E MÉDIO FICHA TÉCNICA Setor da Economia: terciário Ramo de Atividade: serviço Tipo de Negócio: escola de ensino fundamental e médio Produtos Ofertados/Produzidos: formação

Leia mais

ESCOLA TÉCNICA PROFISSIONALIZANTE

ESCOLA TÉCNICA PROFISSIONALIZANTE Página 1 de 16 ESCOLA TÉCNICA PROFISSIONALIZANTE FICHA TÉCNICA Setor da Economia: terciário Ramo de Atividade: serviço Tipo de Negócio: escola de ensino técnico Produtos Ofertados/Produzidos : formação

Leia mais

CORRETORA DE SEGUROS

CORRETORA DE SEGUROS 1 de 13 CORRETORA DE SEGUROS FICHA TÉCNICA Setor da Economia: terciário Ramo de Atividade: serviço Tipo de Negócio: corretora de seguros Produtos Ofertados/Produzidos: seguros de automóveis, de vida, de

Leia mais

Página 1 de 11 OFICINA MECÂNICA

Página 1 de 11 OFICINA MECÂNICA Página 1 de 11 OFICINA MECÂNICA FICHA TÉCNICA Setor da Economia: terciário Ramo de Atividade: serviço Tipo de Negócio: oficina mecânica Produtos Ofertados/Produzidos: serviços mecânicos automotivos Investimento

Leia mais

CONSULTÓRIO MÉDICO. Diante dessa realidade vê-se a população buscando cada vez mais os serviços privados de assistência à saúde.

CONSULTÓRIO MÉDICO. Diante dessa realidade vê-se a população buscando cada vez mais os serviços privados de assistência à saúde. 1 de 11 CONSULTÓRIO MÉDICO FICHA TÉCNICA Setor da Economia: terciário Ramo de Atividade: serviço Tipo de Negócio: consultório médico Produtos Ofertados/Produzidos: consultas médicas Investimento inicial:

Leia mais

FINANCEIRA FICHA TÉCNICA

FINANCEIRA FICHA TÉCNICA FINANCEIRA FICHA TÉCNICA Setor da Economia: terciário Ramo de Atividade: serviço Tipo de Negócio: agência de financiamentos Produtos Ofertados/Produzidos: operações de câmbio e empréstimos Investimento

Leia mais

Circular de Oferta 5102/ sto Ago

Circular de Oferta 5102/ sto Ago Circular de Oferta Agosto / 2015 Índice Introdução 03 Quem Somos 04 Como funciona o negócio 05 Vantagens de ser constituir uma agência 06 Produtos e serviços 07 Ferramentas de apoio 08 Atividades desempenhadas

Leia mais

www.es.sebrae.com.br

www.es.sebrae.com.br Página 1 de 11 ESCOLA DE INFORMÁTICA FICHA TÉCNICA Setor da Economia: terciário Ramo de Atividade : serviço Tipo de Negócio: ensino e treinamento Produtos Ofertados/Produzidos : cursos de informática Investimento

Leia mais

LAN HOUSE FICHA TÉCNICA

LAN HOUSE FICHA TÉCNICA Página 1 de 13 LAN HOUSE FICHA TÉCNICA Setor da Economia: terciário Ramo de Atividade: serviço Tipo de Negócio: casa especializada em jogos eletrônicos e Internet. Produtos/serviços ofertados: Jogos eletrônicos,

Leia mais

Página 1 de 13 SORVETERIA

Página 1 de 13 SORVETERIA Página 1 de 13 SORVETERIA FICHA TÉCNICA Setor da Economia: Terciário Ramo de Atividade: Comércio Tipo de Negócio: Comércio de Sorvete Produtos Ofertados/produzidos: Sorvete e picolé. Investimento: R$28

Leia mais

DISTRIBUIDORA DE DOCES

DISTRIBUIDORA DE DOCES Página 1 de 9 DISTRIBUIDORA DE DOCES FICHA TÉCNICA Setor da Economia: terciário Ramo de Atividade: comércio Tipo de Negócio: distribuidora de doces Produtos Ofertados/Produzidos: doces I nvestimento inicial:

Leia mais

LOJA DE TINTA FICHA TÉCNICA APRESENTAÇÃO MERCADO

LOJA DE TINTA FICHA TÉCNICA APRESENTAÇÃO MERCADO LOJA DE TINTA FICHA TÉCNICA Setor da Economia: terciário Ramo de Atividade: comércio Tipo de Negócio: loja de tinta Produtos Ofertados/Produzidos: tintas empregadas na construção civil Investimento inicial:

Leia mais

Página 1 de 14 LOJA VIRTUAL

Página 1 de 14 LOJA VIRTUAL Página 1 de 14 LOJA VIRTUAL FICHA TÉCNICA Setor da Economia: terciário Ramo de Atividade: comércio Tipo de Negócio: comércio eletrônico Produtos Ofertados/Produzidos: de acordo com a escolha do empresário

Leia mais

www.es.sebrae.com.br

www.es.sebrae.com.br Página 1 de 8 FÁBRICA DE GELO FICHA TÉCNICA Setor da Economia: secundário Ramo de Atividade : indústria Tipo de Negócio: fábrica de gelo Produtos Ofertados/Produzidos: gelo em cubos, barras e em escamas

Leia mais

SORVETERIA SELF SERVICE

SORVETERIA SELF SERVICE Página 1 de 14 SORVETERIA SELF SERVICE FICHA TÉCNICA Setor da Economia: terciário Ramo de Atividade: comércio Tipo de Negócio: sorveteria self-service Produtos Ofertados/Produzidos: sorvetes Investimento

Leia mais

SERVIÇOS DE INSTALAÇÃO ELÉTRICA

SERVIÇOS DE INSTALAÇÃO ELÉTRICA SERVIÇOS DE INSTALAÇÃO ELÉTRICA FICHA TÉCNICA Setor da Economia: terciário Ramo de Atividade: serviço Tipo de Negócio: prestadora de serviços de instalação elétrica Produtos Ofertados/Produzidos: serviços

Leia mais

DOÇARIA - LOJA DE DOCES

DOÇARIA - LOJA DE DOCES Página 1 de 16 DOÇARIA - LOJA DE DOCES FICHA TÉCNICA Setor da Economia: terciário Ramo de Atividade: comércio Tipo de Negócio: produção e vendas de doces e salgados Produtos ofertados: doces, sorvetes,

Leia mais

www.es.sebrae.com.br

www.es.sebrae.com.br Página 1 de 9 CHAVEIRO FICHA TÉCNICA Setor da Economia: terciário Ramo de Atividade: comércio e serviço Tipo de Negócio: chaveiro Produtos Ofertados/Produzidos: cópias de chaves e reparos em fechaduras

Leia mais

CARTILHA TIRA - DÚVIDAS (Elaborada por Bel Contabilidade Eireli EPP)

CARTILHA TIRA - DÚVIDAS (Elaborada por Bel Contabilidade Eireli EPP) CARTILHA TIRA - DÚVIDAS (Elaborada por Bel Contabilidade Eireli EPP) Edição 2013 01) O que é Microempreendedor Individual - MEI? Considera-se Microempreendedor Individual - MEI o empresário individual

Leia mais

PLANO DE NEGÓCIOS CASTELO BRANCO CONSULTORIA E ASSESSORIA CONTÁBIL LTDA

PLANO DE NEGÓCIOS CASTELO BRANCO CONSULTORIA E ASSESSORIA CONTÁBIL LTDA Felipe Pedroso Castelo Branco Cassemiro Martins PLANO DE NEGÓCIOS CASTELO BRANCO CONSULTORIA E ASSESSORIA CONTÁBIL LTDA Belo Horizonte 2011 Felipe Pedroso Castelo Branco Cassemiro Martins PLANO DE NEGÓCIOS

Leia mais

LOJA DE LIVROS E ARTIGOS RELIGIOSOS

LOJA DE LIVROS E ARTIGOS RELIGIOSOS LOJA DE LIVROS E ARTIGOS RELIGIOSOS FICHA TÉCNICA Setor da Economia: Terciário. Ramo de Atividade: Livros e Artigos Religiosos. Tipo de Negócio: Comércio de Livros e Artigos Religiosos. APRESENTAÇÃO Diante

Leia mais

Dito isso, vamos ao que interessa para se abrir um escritório contábil:

Dito isso, vamos ao que interessa para se abrir um escritório contábil: Introdução Como faço para abrir o meu escritório? Administrativamente falando, um escritório de contabilidade é um negócio como outro qualquer. Logo, abrir um escritório contábil vai requerer de você,

Leia mais

Agência de Propaganda

Agência de Propaganda Agência de Propaganda RIO DE JANEIRO, 2010 APRESENTAÇÃO O SEBRAE/RJ Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas no Estado do Rio de Janeiro apóia o desenvolvimento da atividade empresarial de pequeno

Leia mais

OPORTUNIDADE DE NEGÓCIO E-COMMERCE - FLORICULTURA VIRTUAL

OPORTUNIDADE DE NEGÓCIO E-COMMERCE - FLORICULTURA VIRTUAL OPORTUNIDADE DE NEGÓCIO E-COMMERCE - FLORICULTURA VIRTUAL 2009 SEBRAE-DF Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Distrito Federal. Todos os direitos reservados. Nenhuma parte desta publicação

Leia mais

SISTEMAS DE NEGÓCIOS B) INFORMAÇÃO GERENCIAL

SISTEMAS DE NEGÓCIOS B) INFORMAÇÃO GERENCIAL 1 SISTEMAS DE NEGÓCIOS B) INFORMAÇÃO GERENCIAL 1. SISTEMAS DE INFORMAÇÃO GERENCIAL (SIG) Conjunto integrado de pessoas, procedimentos, banco de dados e dispositivos que suprem os gerentes e os tomadores

Leia mais

2ª Etapa 2009 a 2011. EI - Empreendedor Individual Profissionalizar para prosperar. Aqui, todos ganham!

2ª Etapa 2009 a 2011. EI - Empreendedor Individual Profissionalizar para prosperar. Aqui, todos ganham! 2ª Etapa 2009 a 2011 EI - Empreendedor Individual Profissionalizar para prosperar. Aqui, todos ganham! Benefícios para o Setor de Agenciamento de Viagens Com a Lei Complementar 128/08 - que alterou o Estatuto

Leia mais

www.es.sebrae.com.br

www.es.sebrae.com.br Página 1 de 8 ESCRITÓRIO DE CONTABILIDADE FICHA TÉCNICA Setor da economia : terciário Ramo de atividade : prestação de serviços Tipo de negócio: escritório de contabilidade Produtos ofertados/produzidos

Leia mais

www.es.sebrae.com.br

www.es.sebrae.com.br Página 1 de 11 LANCHONETE FICHA TÉCNICA Setor da Economia : terciário Ramo de Atividade : comércio Tipo de Negócio : lanchonete Produtos Ofertados/Produzidos : alimentos para lanches Investimento inicial

Leia mais

LOJA DE MATERIAL DE CONSTRUÇÃO

LOJA DE MATERIAL DE CONSTRUÇÃO Página 1 de 14 LOJA DE MATERIAL DE CONSTRUÇÃO FICHA TÉCNICA Setor da Economia: terciário Ramo de Atividade: comércio Tipo de Negócio: loja de material de construção Produtos Ofertados/Produzidos: materiais

Leia mais

CURSO DE IDIOMAS FICHA TÉCNICA

CURSO DE IDIOMAS FICHA TÉCNICA CURSO DE IDIOMAS FICHA TÉCNICA Setor da Economia: terciário Ramo de Atividade: prestação de serviços Tipo de Negócio: treinamento e ensino Produtos Ofertados/Produzidos: cursos de cursos de inglês, espanhol,

Leia mais

OPORTUNIDADE DE NEGÓCIO SERVIÇOS DE MÍDIA INDOOR

OPORTUNIDADE DE NEGÓCIO SERVIÇOS DE MÍDIA INDOOR OPORTUNIDADE DE NEGÓCIO SERVIÇOS DE MÍDIA INDOOR 2009 SEBRAE-DF Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Distrito Federal. Todos os direitos reservados. Nenhuma parte desta publicação pode ser

Leia mais

Página 1 de 10 POUSADA

Página 1 de 10 POUSADA Página 1 de 10 POUSADA FICHA TÉCNICA Setor da Economia: Terciário Ramo de Atividade: Prestação de Serviços Tipo de Negócio: Serviços de Hospedagem Produtos Ofertados/Produzidos: Alojamento, Alimentação

Leia mais

Este Plano de Negócios foi elaborado em Junho de 2014

Este Plano de Negócios foi elaborado em Junho de 2014 ESPETO VACA LOUCA Pc TUBAL VILELA Nº 0 CENTRO- UBERLANDIA MG (34) 9876-5432 contato@vacalouca.com Ademir Gonçalves Filho Diretor Administrativo Gustavo Rodovalho Oliveira - Diretor de Marketing Jhonata

Leia mais

GUIA DO EMPRESÁRIO CARTAZES DOCUMENTOS ALVARAS

GUIA DO EMPRESÁRIO CARTAZES DOCUMENTOS ALVARAS GUIA DO EMPRESÁRIO CARTAZES DOCUMENTOS ALVARAS CARTAZES/DOCUMENTOS/ALVARAS Você encontrara neste guia as principais exigências com relação a fixação de cartazes para o seu estabelecimento comercial. Na

Leia mais

SECRETARIA DA JUSTIÇA E DA DEFESA DA CIDADANIA FUNDAÇÃO DE PROTEÇÃO E DEFESA DO CONSUMIDOR

SECRETARIA DA JUSTIÇA E DA DEFESA DA CIDADANIA FUNDAÇÃO DE PROTEÇÃO E DEFESA DO CONSUMIDOR PROGRAMA DE MUNICIPALIZAÇÃO DE PROTEÇÃO E DEFESA DO CONSUMIDOR É com satisfação que a Fundação Procon/SP apresenta o novo Programa de Municipalização que tem como objetivo fortalecer o Sistema Estadual

Leia mais

FUNERÁRIA FICHA TÉCNICA

FUNERÁRIA FICHA TÉCNICA FUNERÁRIA FICHA TÉCNICA Setor da Economia: terciário Ramo de Atividade: comércio Tipo de Negócio: funerária Produtos Ofertados/Produzidos: caixões e acessórios para velório Investimento inicial: 40mil

Leia mais

SERVIÇOS SIMPLIFICADO

SERVIÇOS SIMPLIFICADO SERVIÇOS SIMPLIFICADO ENCARTE Serviços de Informática ANO-BASE 2001 CÓDIGO PAEP DA EMPRESA - GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO Secretaria de Economia e Planejamento SEADE Fundação Sistema Estadual de Análise

Leia mais

Tipos de Empresas, Requisitos e Passos para Abertura, Abertura Empresas Virtuais, Tributação.

Tipos de Empresas, Requisitos e Passos para Abertura, Abertura Empresas Virtuais, Tributação. Tipos de Empresas, Requisitos e Passos para Abertura, Abertura Empresas Virtuais, Tributação. 1) Tipos de Empresas Apresenta-se a seguir, as formas jurídicas mais comuns na constituição de uma Micro ou

Leia mais

ESCOLA DE EDUCAÇÃO INFANTIL

ESCOLA DE EDUCAÇÃO INFANTIL Página 1 de 13 ESCOLA DE EDUCAÇÃO INFANTIL FICHA TÉCNICA Setor da Economia: terciário Ramo de Atividade: serviço Tipo de Negócio: escola de educação infantil Produtos Ofertados/Produzidos: formação escolar

Leia mais

OPORTUNIDADE DE NEGÓCIO FACILIDADES EMPRESARIAIS - ESCRITÓRIO VIRTUAL

OPORTUNIDADE DE NEGÓCIO FACILIDADES EMPRESARIAIS - ESCRITÓRIO VIRTUAL OPORTUNIDADE DE NEGÓCIO FACILIDADES EMPRESARIAIS - ESCRITÓRIO VIRTUAL 2009 SEBRAE-DF Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Distrito Federal. Todos os direitos reservados. Nenhuma parte desta

Leia mais

Página 1 de 8 SERVIÇO DE GUINCHO

Página 1 de 8 SERVIÇO DE GUINCHO SERVIÇO DE GUINCHO Página 1 de 8 FICHA TÉCNICA etor da Economia: Terciário Ramo de Atividade: Auto socorro Tipo de Negócio: Serviço de auto socorro Produtos Ofertados / Produzidos : Guincho Investimento

Leia mais

INFORMAÇÕES ÚTEIS. 1 - Definição

INFORMAÇÕES ÚTEIS. 1 - Definição INFORMAÇÕES ÚTEIS Em pesquisa realizada pelo Banco Mundial o Brasil é um país que pode levar cerca de 5 meses para se legalizar uma empresa, mas o desemprego, a vontade de ter um negócio próprio, está

Leia mais

COMO ABRIR SEU NEGÓCIO

COMO ABRIR SEU NEGÓCIO COMO ABRIR SEU NEGÓCIO 08 a 11 de outubro de 2014 08 a 11 de outubro de 2014 Reflexão Qual o principal motivo para buscar a formalização de seu negócio? É importante lembrarmos que: Para desenvolver suas

Leia mais

LOJA DE MATERIAL ELÉTRICO

LOJA DE MATERIAL ELÉTRICO Página 1 de 11 LOJA DE MATERIAL ELÉTRICO FICHA TÉCNICA Setor da Economia: terciário Ramo de Atividade: comércio e serviço Tipo de Negócio: comércio de material elétrico Produtos Ofertados/Produzidos: materiais

Leia mais

Para aa Fornecedores. Rede de Obras. Serviço de Informações Oportunidades d de obras para comercial, marketing e vendas

Para aa Fornecedores. Rede de Obras. Serviço de Informações Oportunidades d de obras para comercial, marketing e vendas Para aa Fornecedores Rede de Obras Serviço de Informações Oportunidades d de obras para comercial, marketing e vendas Informações de acordo com a sua necessidade Com o objetivo de atender a sua empresa

Leia mais

www.es.sebrae.com.br

www.es.sebrae.com.br Página 1 de 10 BUFÊ - CASA DE EVENTOS FICHA TÉCNICA Setor da Economia: terciário Ramo de Atividade: serviços Tipo de Negócio: casa de festas Produtos Ofertados/Produzidos: bufê e locação de espaço para

Leia mais

OPORTUNIDADE DE NEGÓCIO FOTOGRAFIA E FILMAGEM

OPORTUNIDADE DE NEGÓCIO FOTOGRAFIA E FILMAGEM OPORTUNIDADE DE NEGÓCIO FOTOGRAFIA E FILMAGEM 2009 SEBRAE-DF Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Distrito Federal. Todos os direitos reservados. Nenhuma parte desta publicação pode ser fotocopiada,

Leia mais

SAIBA COMO ADEQUAR SEU VAREJO ÀS NOVAS REGRAS DO FISCO

SAIBA COMO ADEQUAR SEU VAREJO ÀS NOVAS REGRAS DO FISCO SAIBA COMO ADEQUAR SEU VAREJO ÀS NOVAS REGRAS DO FISCO ÍNDICE APRESENTAÇÃO...03 A QUEM SE DESTINA...04 PONTOS IMPORTANTES...05 A LEGISLAÇÃO...10 CONCLUSÃO...12 APRESENTAÇÃO 3 Este guia foi desenvolvido

Leia mais

OPORTUNIDADE DE NEGÓCIO ESTÚDIO PILATES, YOGA E FISIOTERAPIA

OPORTUNIDADE DE NEGÓCIO ESTÚDIO PILATES, YOGA E FISIOTERAPIA OPORTUNIDADE DE NEGÓCIO ESTÚDIO PILATES, YOGA E FISIOTERAPIA 2009 SEBRAE-DF Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Distrito Federal. Todos os direitos reservados. Nenhuma parte desta publicação

Leia mais

SERVIÇO DE TRANSPORTE ESCOLAR

SERVIÇO DE TRANSPORTE ESCOLAR Página 1 de 10 SERVIÇO DE TRANSPORTE ESCOLAR FICHA TÉCNICA Setor da Economia: terciário Ramo de Atividade: serviço Tipo de Negócio: transporte escolar Produtos Ofertados/Produzidos: transporte de estudantes

Leia mais

EMPRESA PROVEDORA DE ACESSO À INTERNET

EMPRESA PROVEDORA DE ACESSO À INTERNET EMPRESA PROVEDORA DE ACESSO À INTERNET FICHA TÉCNICA Setor da Economia: terciário Ramo de Atividade: serviço Tipo de Negócio: provedor de acesso à Internet Produtos Ofertados/Produzidos: serviço de acesso

Leia mais

ÍNDICE APRESENTAÇÃO...3 PREENCHIMENTO DO PEDIDO DE VIABILIDADE E BUSCA PRÉVIA (CONSULTA PRÉVIA)...5 CONSULTA PEDIDO DE VIABILIDADE...13.

ÍNDICE APRESENTAÇÃO...3 PREENCHIMENTO DO PEDIDO DE VIABILIDADE E BUSCA PRÉVIA (CONSULTA PRÉVIA)...5 CONSULTA PEDIDO DE VIABILIDADE...13. Página 1 / 15 ÍNDICE APRESENTAÇÃO...3 PREENCHIMENTO DO PEDIDO DE VIABILIDADE E BUSCA PRÉVIA (CONSULTA PRÉVIA)...5 CONSULTA PEDIDO DE VIABILIDADE...13 Página 2 / 15 APRESENTAÇÃO O que é: O Sistema de Registro

Leia mais

A P R E S E N T A Ç Ã O C O M E R C I A L

A P R E S E N T A Ç Ã O C O M E R C I A L A P R E S E N T A Ç Ã O C O M E R C I A L A EMPRESA Há mais de 30 anos no mercado, a Betha Espaço se consolidou como uma das maiores imobiliárias do Espírito Santo. Líder em Locação no estado, apresenta

Leia mais

o GUIA COMPLETO da Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica

o GUIA COMPLETO da Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica o GUIA COMPLETO da Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica sumário >> Introdução... 3 >> Nota fiscal eletrônica: o começo de tudo... 6 >> Nota fiscal de consumidor eletrônica (NFC-e)... 10 >> Quais as vantagens

Leia mais

GUIA PARA EMITIR A NOTA FISCAL ELETRÔNICA

GUIA PARA EMITIR A NOTA FISCAL ELETRÔNICA GUIA PARA EMITIR A NOTA FISCAL ELETRÔNICA SUMÁRIO >> Introdução... 3 >> O que é a nota fiscal eletrônica?... 6 >> O que muda com esse novo modelo de documento fiscal?... 8 >> O DANFE - Documento Acessório

Leia mais

RELATÓRIO DE VIAGEM INTERNACIONAL

RELATÓRIO DE VIAGEM INTERNACIONAL SERVIÇO DE APOIO AS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS DE MINAS GERAIS RELATÓRIO DE VIAGEM INTERNACIONAL NRF 2013 BIG SHOW NOVA YORK - USA Montes Claros, fevereiro 2013 SERVIÇO DE APOIO AS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS

Leia mais

OPORTUNIDADE DE NEGÓCIO HORTALIÇAS E VEGETAIS PROCESSADOS

OPORTUNIDADE DE NEGÓCIO HORTALIÇAS E VEGETAIS PROCESSADOS OPORTUNIDADE DE NEGÓCIO HORTALIÇAS E VEGETAIS PROCESSADOS 2009 SEBRAE-DF Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Distrito Federal. Todos os direitos reservados. Nenhuma parte desta publicação

Leia mais

FÁBRICA DE FRALDAS DESCARTÁVEIS

FÁBRICA DE FRALDAS DESCARTÁVEIS 1 FÁBRICA DE FRALDAS DESCARTÁVEIS FICHA TÉCNICA Setor da Economia: secundário Ramo de Atividade: indústria Tipo de Negócio: fábrica de fraldas descartáveis Produtos Ofertados/Produzidos: fraldas descartáveis

Leia mais

PESQUISA O USO DO E-MAIL MARKETING NAS CORPORAÇÕES BRASILEIRAS 4ª EDIÇÃO - 2009

PESQUISA O USO DO E-MAIL MARKETING NAS CORPORAÇÕES BRASILEIRAS 4ª EDIÇÃO - 2009 PESQUISA O USO DO E-MAIL MARKETING NAS CORPORAÇÕES BRASILEIRAS 4ª EDIÇÃO - 2009 REALIZAÇÃO TABULAÇÃO Quem Somos A WBI BRASIL é uma empresa especializada em planejamento de marketing digital, que presta

Leia mais

REGULAMENTO. I Prêmio do Empreendedorismo Universitário

REGULAMENTO. I Prêmio do Empreendedorismo Universitário REGULAMENTO I Prêmio do Empreendedorismo Universitário 1. INTRODUÇÃO 1.1. O presente regulamento visa orientar os interessados em participar da 1.ª edição do Prêmio do Empreendedorismo Universitário, iniciativa

Leia mais

Guia Canais de Distribuição PLANETFONE 2016

Guia Canais de Distribuição PLANETFONE 2016 Guia Canais de Distribuição PLANETFONE 2016 Av. Nossa Senhora do Carmo, 1.191, 3º andar, Sion, Belo Horizonte/MG - www.planetfone.com.br 1 SUMÁRIO 1. A PLANETFONE... 03 2. OBJETIVOS ESTRATÉGICOS... 04

Leia mais

Elaboração de currículos

Elaboração de currículos Elaboração de currículos Colombo, 08 de abril de 2009. Instrutora: Amanda G. Gagliastri Motivação "Pare de se queixar do que não tem e comece a criar o que quer." (Dr. Phil McGraw - Psicólogo americano

Leia mais

Seja um parceiro Xact Tecnologia e ofereça ao mercado nossas soluções, voltadas para gerenciamento total dos processos críticos do negócio.

Seja um parceiro Xact Tecnologia e ofereça ao mercado nossas soluções, voltadas para gerenciamento total dos processos críticos do negócio. Seja um parceiro Xact Tecnologia e ofereça ao mercado nossas soluções, voltadas para gerenciamento total dos processos críticos do negócio. Participe da rede de distribuição dos produtos exclusivos da

Leia mais

TI Aplicada. Aula 02 Áreas e Profissionais de TI. Prof. MSc. Edilberto Silva prof.edilberto.silva@gmail.com http://www.edilms.eti.

TI Aplicada. Aula 02 Áreas e Profissionais de TI. Prof. MSc. Edilberto Silva prof.edilberto.silva@gmail.com http://www.edilms.eti. TI Aplicada Aula 02 Áreas e Profissionais de TI Prof. MSc. Edilberto Silva prof.edilberto.silva@gmail.com http:// Papéis... Um papel é uma definição abstrata de um conjunto de atividades executadas e dos

Leia mais

FICHA DE CADASTRO EMPRETEC. Município Data: / /

FICHA DE CADASTRO EMPRETEC. Município Data: / / FICHA DE CADASTRO EMPRETEC Município Data: / / Caro Empreendedor, Obrigado por seu interesse pelo Empretec, um dos principais programas de desenvolvimento de empreendedores no Brasil e no Mundo! As questões

Leia mais

PARECER Nº, DE 2008. RELATOR: Senador EDUARDO AZEREDO

PARECER Nº, DE 2008. RELATOR: Senador EDUARDO AZEREDO PARECER Nº, DE 2008 Da COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO, JUSTIÇA E CIDADANIA, em decisão terminativa, sobre o Projeto de Lei do Senado n 279, de 2003, que dispõe sobre a prestação dos serviços de correio eletrônico,

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DOS REPRESENTANTES COMERCIAIS NO ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL (CORE-MS).

CONSELHO REGIONAL DOS REPRESENTANTES COMERCIAIS NO ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL (CORE-MS). Relação de Documentos Exigidos para Registro de Empresa EIRELI e Registro Físico de Resp. Técnico Documentos da Empresa: a) Cópia autenticada do Ato Constitutivo de Empresa Individual de Resp. Limitada

Leia mais

CASA LOTÉRICA. Como é definido o local para instalação de uma Unidade Lotérica?

CASA LOTÉRICA. Como é definido o local para instalação de uma Unidade Lotérica? Página 1 de 13 CASA LOTÉRICA FICHA TÉCNICA Setor da Economia : terciário Ramo de Atividade: serviços Tipo de Negócio: casa lotérica Produtos Ofertados/Produzidos: apostas de jogos em geral e serviços bancários

Leia mais

PROJETO DE LEI CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

PROJETO DE LEI CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES PROJETO DE LEI Estabelece princípios, garantias, direitos e deveres para o uso da Internet no Brasil. O CONGRESSO NACIONAL decreta: CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1 o Esta Lei estabelece princípios,

Leia mais

1. Objetivo do Projeto

1. Objetivo do Projeto PROPOSTA DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS VISNET - INTERNET E COMUNICAÇÃO Desenvolvimento de Site para CDL 1. Objetivo do Projeto O CDL Online é o mais novo sistema interativo especialmente projetado para criar

Leia mais

O SITE DA MINHA EMPRESA por Ivan F. Cesar

O SITE DA MINHA EMPRESA por Ivan F. Cesar O SITE DA MINHA EMPRESA por Ivan F. Cesar Muitos empresários e profissionais liberais gostariam de estar na Internet, mas, na maioria dos casos, não sabem muito bem por que e nem mesmo sabem a diferença

Leia mais

OPORTUNIDADE DE NEGÓCIO GALERIA E CENTRO DE ARTES

OPORTUNIDADE DE NEGÓCIO GALERIA E CENTRO DE ARTES OPORTUNIDADE DE NEGÓCIO GALERIA E CENTRO DE ARTES 2009 SEBRAE-DF Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Distrito Federal. Todos os direitos reservados. Nenhuma parte desta publicação pode ser

Leia mais

LOJA DE PEÇA PARA MOTOCICLETA

LOJA DE PEÇA PARA MOTOCICLETA Página 1 de 11 LOJA DE PEÇA PARA MOTOCICLETA FICHA TÉCNICA Setor da Economia: Terciário Ramo de Atividade: Comércio Tipo de Negócio: Venda de peças Produtos Ofertados / Produzidos : Peças para motocicletas

Leia mais

Internet Ampliando o contato com a comunidade escolar

Internet Ampliando o contato com a comunidade escolar Internet Ampliando o contato com a comunidade escolar Introdução Silvio Henrique FISCARELLI 1 I Adriana da Silva TURQUETTI 2 Saur (1995), no Primeiro Congresso Nacional de Informática Pública realizado

Leia mais

LINK LOCUS Escritórios Virtuais. OFFICE LOCUS Escritórios Presenciais para uso full time 24h por dia

LINK LOCUS Escritórios Virtuais. OFFICE LOCUS Escritórios Presenciais para uso full time 24h por dia Enquanto você se movimenta, a Locus garante a retaguarda. Há mais de 13 anos, a Locus trabalha com um conceito muito utilizado por profissionais do mundo todo: Business Services. São soluções imediatas

Leia mais

1. Apresentação. 1.1. Conexão Digital para o Desenvolvimento Social. 1.2. Engajamento na Iniciativa

1. Apresentação. 1.1. Conexão Digital para o Desenvolvimento Social. 1.2. Engajamento na Iniciativa 1. Apresentação 1.1. Conexão Digital para o Desenvolvimento Social A conexão Digital para o Desenvolvimento Social é uma iniciativa que abrange uma série de atividades desenvolvidas por ONGs em colaboração

Leia mais

Apresentação. Quem Somos

Apresentação. Quem Somos Apresentação Quem Somos A UAI Tecnologia e Comunicação, nome fantasia da UAI Software LTDA., (que significa "Unidade de Apoio à Informação do Software") foi fundada em 19 de Março de 2004, por Luiz Gustavo

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos LEI Nº 11.598, DE 3 DE DEZEMBRO DE 2007. Estabelece diretrizes e procedimentos para a simplificação e integração do processo de registro

Leia mais

SELO ALIMENTOS DO PARANÁ INFORMAÇÕES GERAIS

SELO ALIMENTOS DO PARANÁ INFORMAÇÕES GERAIS SELO ALIMENTOS DO PARANÁ INFORMAÇÕES GERAIS Curitiba, 18 de março de 2015. 1 SELO ALIMENTOS DO PARANÁ INFORMAÇÕES GERAIS Sumário APRESENTAÇÃO... 3 JUSTIFICATIVAS E BENEFÍCIOS... 3 COMO OBTER O SELO...

Leia mais

PERGUNTAS MAIS FREQÜENTES CREDENCIAMENTO NO SEBRAE-SP:

PERGUNTAS MAIS FREQÜENTES CREDENCIAMENTO NO SEBRAE-SP: PERGUNTAS MAIS FREQÜENTES CREDENCIAMENTO NO SEBRAE-SP: A oportunidade de se tornar um facilitador de aprendizagem e/ou consultor para o sucesso das micro e pequenas empresas APRESENTAÇÃO Esta cartilha

Leia mais

DECRETO Nº 6.555, DE 8 DE SETEMBRO DE 2008.

DECRETO Nº 6.555, DE 8 DE SETEMBRO DE 2008. DECRETO Nº 6.555, DE 8 DE SETEMBRO DE 2008. Dispõe sobre as ações de comunicação do Poder Executivo Federal e dá outras providências. O PRESIDENTE DA REPÚBLICA, no uso das atribuições que lhe confere o

Leia mais

OPORTUNIDADE DE NEGÓCIO CLÍNICA DE ESTÉTICA

OPORTUNIDADE DE NEGÓCIO CLÍNICA DE ESTÉTICA OPORTUNIDADE DE NEGÓCIO CLÍNICA DE ESTÉTICA 2009 SEBRAE-DF Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Distrito Federal. Todos os direitos reservados. Nenhuma parte desta publicação pode ser fotocopiada,

Leia mais

CIRCULAR DE OFERTA DE PARCERIA

CIRCULAR DE OFERTA DE PARCERIA Ipatinga, 26 de Setembro de 2014. CIRCULAR DE OFERTA DE PARCERIA Conheça essa nova ferramenta digital e saiba como uma parceria digital pode ser o melhor investimento e garantir a maior lucratividade no

Leia mais

Manual de Regularização 2013

Manual de Regularização 2013 Manual de Regularização 2013 1. Apresentação Empresas Juniores são organizações sem fins lucrativos, formadas e geridas por alunos de graduação. Desenvolvem estudos e projetos sob a orientação de professores

Leia mais

OPORTUNIDADE DE NEGÓCIO ASSISTÊNCIA TÉCNICA - HARDWARE E SOFTWARE

OPORTUNIDADE DE NEGÓCIO ASSISTÊNCIA TÉCNICA - HARDWARE E SOFTWARE OPORTUNIDADE DE NEGÓCIO ASSISTÊNCIA TÉCNICA - HARDWARE E SOFTWARE 2009 SEBRAE-DF Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Distrito Federal. Todos os direitos reservados. Nenhuma parte desta publicação

Leia mais

Universidade. Estácio de Sá. Informática e Telecomunicações

Universidade. Estácio de Sá. Informática e Telecomunicações Universidade Estácio de Sá Informática e Telecomunicações A Estácio Hoje reconhecida como a maior instituição particular de ensino superior do país, a Universidade Estácio de Sá iniciou suas atividades

Leia mais