MAPA ESTATÍSTICO DA CA- FEICULTURA BRASILEIRA

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "MAPA ESTATÍSTICO DA CA- FEICULTURA BRASILEIRA"

Transcrição

1 MAPA ESTATÍSTICO DA CA- FEICULTURA BRASILEIRA POR MESORREGIÃO E MUNICÍPIO Coffee Statistic Map By mesoregion and city

2

3 APRESENTAÇÃO Visando contribuir com o debate sempre candente sobre a questão do volume da safra brasileira, o Conselho dos Exportadores de Café do Brasil traz à luz um conjunto de dados aos quais a comunidade cafeeira não tem prestado a merecida atenção. São números produzidos por empresa pública tradicional, de idoneidade e competência reconhecidas internacionalmente, que recentemente foram ajustados à linguagem do mercado, ou seja, fornecidos em café beneficiado (até 2001 eram em café em coco) e incluídos em banco de dados interativo, permitindo combinações estatísticas. Lembremos que, a partir de 2008, os dados de produção do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (cujos números trazemos aqui em caráter inédito) serão unificados com os da Companhia Nacional de Abastecimento, o que irá conferir ao IBGE uma maior projeção mundial. As estatísticas relativas à produção, ao consumo interno e à exportação de café do Brasil são essenciais para se formar uma idéia geral sobre as perspectivas de um mercado dominado por variáveis tão imprevisíveis, como câmbio, cotação em bolsas e posição de fundos especulativos. Neste ponto, o Brasil é, seguramente, o país produtor que exibe, entre todos, o patrimônio estatístico mais detalhado e dinâmico, injetando confiança e estabilidade num negócio caracterizado pela alta volatilidade. Os números de exportação, por exemplo, são fornecidos men-salmente pelo Cecafé, com o resultado completo do mês sendo divulgado ainda na primeira semana do mês seguinte. Entretanto, nem sempre a riqueza estatística brasileira é conhecida por todos, sendo necessário que o setor privado ajude a divulgar o trabalho feito por milhares de pesquisadores do setor público. Este é o objetivo do Cecafé, ao publicar este Mapa Estatístico da Cafeicultura Brasileira, que traz números de produção, área plantada e produti-vidade em todas as regiões e municípios cafeeiros do país. Este trabalho será uma importante ferramenta para todos que trabalham com o setor cafeeiro e ampliará o grau de conhecimento sobre uma atividade que gera milhões de empregos, provendo renda e dignidade para centenas de regiões geográficas brasileiras.

4 Expediente Esta publicação foi patrocinada e organizada pelo Conselho de Exportadores de Café do Brasil Conselho Deliberativo Presidente: João Antônio Lian Vice-Presidente: Jorge Esteve Jorge Diretoria Diretor Geral: Guilherme Braga Abreu Pires Filho Secretário: João Carlos Hopp Junior Conselho Fiscal Luiz Otávio Araripe Urs Walter Wegman José Carlos da Fonseca Av.Nove de Julho, Torre A -cj.61 - Chác.Itaim - São Paulo - SP CEP: Tel: (11) Fax: (11) Projeto Gráfico e Capa: Oficina de Comunicação e Marketing Ltda Pesquisa e organização: Miguel Barbosa -

5 O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), principal órgão recenseador da realidade econômica e social do país, é responsável pelo levantamento mensal da produção de café e pela estimativa anual da produção de café por município e mesorregião. A mesorregião é uma subdivisão dos estados brasileiros que congrega diversos municípios de uma área geográfica com similaridades econômicas e sociais. Foi criada pelo IBGE para ser utilizada com fins estatísticos e não constitui, portanto, uma entidade política ou administrativa. O IBGE possui uma rede nacional de pesquisa e disseminação, composta por 27 unidades estaduais; 27 setores de documentação e disseminação de informações; 27 supervisões de base territorial; e 533 Agências de Coleta de dados nos principais municípios. O orçamento do IBGE é da ordem de R$ 800 milhões. Possui 7,5 mil técnicos e pesquisadores contratados e, em média, outros 2 mil temporários. Para realizar a pesquisa da produção cafeeira por município, é utilizado um único modelo de questionário. Para cada município, o técnico responsável deve preencher uma descrição de seis blocos, contendo as informações necessárias. De modo geral, as estimativas feitas pelos agentes resultam de contatos que os mesmos mantém com técnicos do setor agrícola, com grandes produtores, e, ainda, do próprio conhecimento que o agente possui sobre as atividades agrícolas dos municípios ou região onde atua. Para os produtos agrícolas comuns à Produção Agrícola Municipal (PAM) e ao Levantamento Sistemático da Produção Agrícola (LSPA), como é o caso do café, o agente responsável pela coleta utiliza as informações levantadas mensalmente durante todo o ciclo da cultura, visando a balizar e a definir os dados a serem registrados no questionário da PAM. A integração das duas pesquisas a partir de 1974 veio melhorar consideravelmente a qualidade dos dados. Todas as pesquisas do IBGE são divulgadas ao público através de seu site. A iniciativa do Conselho dos Exportadores de Café do Brasil, Cecafé, consiste em organizar e ilustrar os dados fornecidos pelo instituto, de maneira a torná-los mais compreensíveis e interessantes. Nota Técnica

6 ÍNDICE MAPA DAS MESORREGIÕES CAFEEIRAS DO BRASIL PÁGINA 7 PRODUÇÃO BRASILEIRA POR ESTADO PÁGINA 8 HISTÓRICO DA ÁREA PLANTADA CAFEEIRA DESDE 1990 A 2006 PÁGINA 9 PRODUÇÃO BRASILEIRA POR MESORREGIÃO PÁGINA 10 A 11 MAPA DAS MESORREGIÕES CAFEEIRAS DE MINAS GERAIS PÁGINA 12 PRODUÇÃO DE MG POR MESORREGIÃO E MUNICÍPIO PÁGINA 13 A 16 MAPA DAS MESORREGIÕES CAFEEIRAS DO ESPÍRITO SANTO PÁGINA 17 PRODUÇÃO DO ES POR MESORREGIÃO E MUNICÍPIO PÁGINA 18 A 19 MAPA DAS MESORREGIÕES CAFEEIRAS DE SÃO PAULO PÁGINA 20 PRODUÇÃO DE SP POR MESORREGIÃO E MUNICÍPIO PÁGINA 21 PRODUÇÃO DA BAHIA POR MESORREGIÃO E MUNICÍPIO PÁGINA 22 PRODUÇÃO DO PARANÁ POR MESORREGIÃO E MUNICÍPIO PÁGINA 23 PRODUÇÃO DE RONDÔNIA POR MESORREGIÃO E MUNICÍPIO PÁGINA 24 PRODUÇÃO DE GOIÁS POR MESORREGIÃO E MUNICÍPIO PÁGINA 25 PRODUÇÃO DO RIO DE JANEIRO POR MESORREGIÃO E MUNICÍPIO PÁGINA 25 PRODUÇÃO DE PARÁ POR MESORREGIÃO E MUNICÍPIO PÁGINA 26 PRODUÇÃO DO MATO GROSSOPOR MESORREGIÃO E MUNICÍPIO PÁGINA 26

7 MESORREGIÕES CAFEEIRAS DO BRASIL Brazilian Coffee Mesoregions Extremo Oeste Baiano Sul Amazonense Sudoeste Paraense Leste Rondoniense Norte Mato grossense Norte de MG Centro Norte Baiano Sul Baiano Centro Sul Baiano Jequitinhonha MG Sul Goiano Litoral Norte ES Norte Central Paranense Norte Pioneiro Paranense Sul/Sudoeste de MG Zona da Mata de MG Triângulo Mineiro / Alto Paranaíba Graduação por sacas de 60 kg de café beneficiado, conforme tabela abaixo / Color Graduation by 60 kg bags

8 Existem 16 estados brasileiros com produção de café, dentre os quais os 6 maiores respondem por 97% do total: Minas Gerais, Espírito Santo, São Paulo, Bahia, Paraná e Rondônia, por ordem de importância. Somente Minas Gerais respondeu, em 2006, por 51% da produção brasileira de café. 8

9 Historic of Planted Coffee Area Since 1990, By State, in Hectares Observem que a área cafeeira caiu nos últimos 17 anos. A área de Minas Gerais caiu expressivamente de 1990 a 1996, mas voltou a crescer nos anos seguintes. Em São Paulo, Paraná e no Centro- Oeste, houve declínio acentuado da área cafeeira. A produção, todavia, cresceu, em função do aumento da densidade das plantações. 9

10 As três principais mesorregiões cafeeiras do país estão no estado de Minas Gerais. Sul/ Sudoeste, Triângulo Mineiro e Zona da Mata produzem apenas arábica, respondendo por metade da produção nacional da variedade. O Sul do Espírito Santo também é importante produtor de arábica. O Robusta brasileiro (conillon) está concentrado nas mesoregiões capixabas Litoral Norte, Noroeste e Central, responsáveis por mais de dois terços da produção nacional de robusta.outra importante mesoregião produtora de conillon é o Leste Rondoniense. 10

11 Outras mesorregiões não registraram produção significativa. 11

12 Mesorregiões Mesoregions Mapa Estatístico da Cafeicultura Brasileira IBGE Norte de MG MINAS GERAIS Jequitinhonha Noroeste de MG Central Mineira Vale do Mucuri Triâgulo Mineiro / Alto Paranaíba Vale do Rio Doce Oeste de MG Sul/Sudoeste de MG Campo das Vertentes Metropolitana de Belo Horizonte Zona da Mata Graduação por sacas de 60 kg de café beneficiado, conforme tabela abaixo / Color Graduation by 60 kg bags 12

13 As três principais mesorregiões cafeeiras do país estão no estado de Minas Gerais. Sul/Sudoeste, Triângulo Mineiro e Zona da Mata produzem apenas arábica, respondendo por metade da produção nacional da variedade. O Sul do Espírito Santo também é importante produtor de arábica. 13

14 A produção de Minas Gerais em 2006, estimada em 22,08 milhões de sacas pelo IBGE, correspondeu a 51,5% da produção brasileira. Se Minas fosse um país seria o primeiro do mundo em produção de café. 14

15 Minas Gerais tem uma extensão territorial de km², equivalente à da França, o segundo mais populoso do Brasil, com pouco mais de 19 milhões de habitantes. A capital, Belo Horizonte, reúne 5 milhões de habitantes em sua região metropolitana. 15

16 Minas Gerais tem 400 cidades com produção acima de sacas. O estado possui um total de 853 municípios e 12 mesorregiões e produz somente café arábica. 16

17 Mesorregiões Mapa Estatístico da Cafeicultura Brasileira IBGE ESPÍRITO SANTO Noroeste Espírito- Santense Sul Espírito-Santense Litoral Norte Espírito-Santense Central Espírito- Santense Graduação por sacas de 60 kg de café beneficiado, conforme tabela abaixo 17

18 18

19 O Espírito Santo produziu 9,19 milhões de sacas em 2006, segundo o IBGE, o que correspondeu a 21,4% da produção brasileira. O estado é o maior produtor nacional de café conillon. Em 2006, o ES produziu cerca de 6,88 milhões de sacas de conillon, 72% do total brasileiro, de 9,49 milhões de sacas. 19

20 São José do Rio Preto Ribeirão Preto SÃO PAULO Araçatuba Araraquara Campinas Macro Metropolitana Paulista Presidente Prudente Assis Mesorregiões Bauru Itapetininga Litoral Sul Paulista Metropolitana São Paulo Vale do Paraíba Paulista Graduação por sacas de 60 kg de café beneficiado, conforme tabela abaixo 20

21 21

22 22

23 23

24 24

25 25

26 26

27

28

ED 2155/13. 16 maio 2013 Original: português/inglês

ED 2155/13. 16 maio 2013 Original: português/inglês ED 2155/13 16 maio 2013 Original: português/inglês P Safra de café do Brasil: Dados finais da produção de 2012/13 e segunda estimativa da safra de 2013/14 Maio de 2013 1. O Diretor-Executivo apresenta

Leia mais

Atividade decorrente da nova Lei de Armazenagem

Atividade decorrente da nova Lei de Armazenagem Atividade decorrente da nova Lei de Armazenagem Levantamento de Estoques Privados de Café Relatório da Primeira Estimativa Mar/2005 MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO MAPA ROBERTO RODRIGUES

Leia mais

ACS Assessoria de Comunicação Social

ACS Assessoria de Comunicação Social Oferta de vagas por instituição UNIVERSIDADES FEDERAIS FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DE PORTO ALEGRE 408 FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA 636 FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO

Leia mais

ED 2165/13. 11 setembro 2013 Original: português/inglês. Safra de café do Brasil: Dados finais da produção de 2012/13 e

ED 2165/13. 11 setembro 2013 Original: português/inglês. Safra de café do Brasil: Dados finais da produção de 2012/13 e ED 2165/13 11 setembro 2013 Original: português/inglês P Safra de café do Brasil: Dados finais da produção de 2012/13 e terceira estimativa da safra de 2013/14 Setembro de 2013 1. O Diretor Executivo apresenta

Leia mais

Desempenho Recente e Perspectivas para a Agricultura

Desempenho Recente e Perspectivas para a Agricultura Desempenho Recente e Perspectivas para a Agricultura A safra de grãos do país totalizou 133,8 milhões de toneladas em 2009, de acordo com o Levantamento Sistemático da Produção Agrícola (LSPA) de dezembro,

Leia mais

Monitoramento da Cultura de Cana-de-Açúcar no Estado de São Paulo

Monitoramento da Cultura de Cana-de-Açúcar no Estado de São Paulo Versão Online Boletim No: 02/2014 Dezembro, 2014 Monitoramento da Cultura de Cana-de-Açúcar no Estado de São Paulo I. PANORAMA DA SAFRA A área destinada à produção de cana-deaçúcar na safra 2014/15 apresentou

Leia mais

Levantamento de Estoques Privados de Café do Brasil

Levantamento de Estoques Privados de Café do Brasil Companhia Nacional de Abastecimento Levantamento de Estoques Privados de Café do Brasil Data de referência: 31/03/2007 Relatório final Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento Ministério da

Leia mais

Atlas Digital de MINAS GERAIS 1 de 5

Atlas Digital de MINAS GERAIS 1 de 5 Atlas Digital de MINAS GERAIS 1 de 5 Bacias Hidrográficas de Minas Gerais O desenvolvimento dos recursos hídricos não pode ser visto dentro de um sistema limitado onde a complexidade dos usos múltiplos

Leia mais

Dados do Censo Agropecuário Confirmam Concentração da Atividade Leiteira no Brasil

Dados do Censo Agropecuário Confirmam Concentração da Atividade Leiteira no Brasil Dados do Censo Agropecuário Confirmam Concentração da Atividade Leiteira no Brasil Ézio José Gomes Os dados do último Censo Agropecuário do IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, de 2006

Leia mais

DEPEC - Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos CAFÉ NOVEMBRO DE 2015

DEPEC - Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos CAFÉ NOVEMBRO DE 2015 DEPEC - Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos CAFÉ NOVEMBRO DE 2015 PRODUTOS SAFRA 2008/2009 67% Exportação 89% Café verde 18% Alemanha 18% EUA 10% Japão 9% Itália CAFÉ 49,2 milhões de sacas de

Leia mais

28% 32% 28% 33% 31% Produção Derivada Mil sacas 60 Kg. Exportações Brasileiras de Café (Ano-Safra Jul/Jun) Mil sacas 60 Kg / US$ FOB mi

28% 32% 28% 33% 31% Produção Derivada Mil sacas 60 Kg. Exportações Brasileiras de Café (Ano-Safra Jul/Jun) Mil sacas 60 Kg / US$ FOB mi Produção Derivada Mil sacas Posição Estoques (1/0/05) (1/0/06) (1/0/07) 1. CONTAGEM ESTOQUES PRIVADOS - CONAB (início da safra) 1.044 9.74 17.584. VENDA DOS GOVERNO (abr/mar) 1.090 1.00 969. DEMANDA 40.647

Leia mais

2.2 - SÃO PAULO, PARANÁ, ESPÍRITO SANTO, BAHIA E RONDÔNIA.

2.2 - SÃO PAULO, PARANÁ, ESPÍRITO SANTO, BAHIA E RONDÔNIA. 1 - INTRODUÇÃO No período de 01 a 14 de abril de 2007, os técnicos da CONAB e das instituições com as quais mantém parceria visitaram municípios produtores de café em Minas Gerais, Espírito Santo, São

Leia mais

Atlas Digital de MINAS GERAIS 1 de 18

Atlas Digital de MINAS GERAIS 1 de 18 Atlas Digital de MINAS GERAIS 1 de 18 Características Agropecuárias A sociedade brasileira viveu no século XX uma transformação socioeconômica e cultural passando de uma sociedade agrária para uma sociedade

Leia mais

Commodities Agrícolas

Commodities Agrícolas Commodities Agrícolas quarta-feira, 18 de setembro de 2013 CAFÉ CAFÉ Bolsas Venc Ajuste Máx BM&F Mín Variação Venc Ajuste ICE FUTURES Máx Mín Variação SET13 133,50 0,00 0,00-4,85 SET13 111,05 114,75 111,10-3,75

Leia mais

AUTORIDADES PARTICIPAM DA ABERTURA DA EXPOCAFÉ EM TRÊS PONTAS

AUTORIDADES PARTICIPAM DA ABERTURA DA EXPOCAFÉ EM TRÊS PONTAS AUTORIDADES PARTICIPAM DA ABERTURA DA EXPOCAFÉ EM TRÊS PONTAS Evento reúne toda a cadeia de produção do café em Três Pontas, no Sul de Minas, até o dia 3 de julho Três Pontas, julho de 2015 Com presenças

Leia mais

MAIOR POPULAÇÃO NEGRA DO PAÍS

MAIOR POPULAÇÃO NEGRA DO PAÍS MAIOR POPULAÇÃO NEGRA DO PAÍS A população brasileira foi estimada em 184,4 milhões de habitantes, em 2005, segundo a PNAD, sendo que 91 milhões de pessoas se declararam de cor/raça parda ou preta, aproximando-se

Leia mais

Commodities Agrícolas

Commodities Agrícolas Commodities Agrícolas quinta-feira, 12 de setembro de 2013 CAFÉ CAFÉ Bolsas Venc Ajuste Máx BM&F Mín Variação Venc Ajuste ICE FUTURES Máx Mín Variação SET13 140,25 0,00 0,00 4,40 SET13 116,45 116,00 114,00

Leia mais

ASPECTOS DA REDE URBANA DO ESTADO DE SÃO PAULO

ASPECTOS DA REDE URBANA DO ESTADO DE SÃO PAULO ASPECTOS DA REDE URBANA DO ESTADO DE SÃO PAULO SIMÃO, Rosycler Cristina Santos Palavras chave: rede urbana; São Paulo; disparidades regionais; Censo Demográfico 2000. Resumo O objetivo do trabalho é mostrar

Leia mais

O IBGE divulgou a pouco o primeiro prognóstico para a safra de 2011: www.ibge.gov.br Em 2011, IBGE prevê safra de grãos 2,8% menor que a de 2010

O IBGE divulgou a pouco o primeiro prognóstico para a safra de 2011: www.ibge.gov.br Em 2011, IBGE prevê safra de grãos 2,8% menor que a de 2010 O IBGE divulgou a pouco o primeiro prognóstico para a safra de 2011: www.ibge.gov.br Em 2011, IBGE prevê safra de grãos 2,8% menor que a de 2010 O IBGE realizou, em outubro, o primeiro prognóstico para

Leia mais

Responsáveis técnicos SÍLVIO ISOPO PORTO AIRTON CAMARGO PACHECO DA SILVA EDNA MATSUNAGA DE MENEZES. Gerência de Informações Técnicas SUINF/GEINT

Responsáveis técnicos SÍLVIO ISOPO PORTO AIRTON CAMARGO PACHECO DA SILVA EDNA MATSUNAGA DE MENEZES. Gerência de Informações Técnicas SUINF/GEINT Posição em 31/MARÇO/2011 Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento Companhia Nacional de Abastecimento CONAB Diretoria de Política Agrícola e Informações - DIPAI Superintendência de Informações

Leia mais

www.seminariocaferj.com ou pelos telefones:

www.seminariocaferj.com ou pelos telefones: Informações pelo site: www.seminariocaferj.com ou pelos telefones: (21) 8111-0726 (21) 9663-2827 (21) 9319-0208 (21) 7733-9728 Inscrições pelo formulário abaixo Não deixe sua decisão para a última hora.

Leia mais

SUMÁRIO. 1 - Lavouras... 5. 1 - Área, produção e rendimento médio - confronto das estimativas mensais março / fevereiro safra 2012 Brasil...

SUMÁRIO. 1 - Lavouras... 5. 1 - Área, produção e rendimento médio - confronto das estimativas mensais março / fevereiro safra 2012 Brasil... ...... PRODUÇÃO DAS LAVOURAS EM MARÇO DE 2012 SUMÁRIO 1 - Lavouras... 5 TABELAS DE RESULTADOS Safra 2012 1 - Área, produção e rendimento médio - confronto das estimativas mensais março / fevereiro safra

Leia mais

lista de preços AfILIAdAs A B R I L / J U N H O d e 2 0 1 4

lista de preços AfILIAdAs A B R I L / J U N H O d e 2 0 1 4 lista de preços afiliadas ABRIL / JUNHO de 2014 02 ABRIL / JUNHO de 2014 afiliadas tv globo cpm 28 Retângulo 1 23 Retângulo 2 19 Floating (DHTML) Internas 32 Overlay 26 Todos CPM Faixa Horária 10% adicional

Leia mais

Volatilidade retorna e preços continuam baixos no mercado de café

Volatilidade retorna e preços continuam baixos no mercado de café Volatilidade retorna e preços continuam baixos no mercado de café Os preços diários do café caíram para seus níveis mais baixos de 19 meses durante agosto, com os mercados de produtos básicos no mundo

Leia mais

Safra 2013. Segunda Estimativa Maio/2013. Safra 2010/2011 Terceiro Levantamento Janeiro/2011

Safra 2013. Segunda Estimativa Maio/2013. Safra 2010/2011 Terceiro Levantamento Janeiro/2011 Safra 2013 Segunda Estimativa Maio/2013 Safra 2010/2011 Terceiro Levantamento Janeiro/2011 Avaliação da Safra Agrícola Cafeeira 2013 Segunda Estimativa Maio/2013 1 Ministério da Agricultura, Pecuária e

Leia mais

O MATOPIBA e o desenvolvimento "destrutivista" do Cerrado

O MATOPIBA e o desenvolvimento destrutivista do Cerrado O MATOPIBA e o desenvolvimento "destrutivista" do Cerrado Paulo Rogerio Gonçalves* No dia seis de maio de 2015 o decreto n. 8447 cria o Plano de Desenvolvimento Agropecuário do Matopiba e seu comitê gestor.

Leia mais

Mapa do Ensino Superior no Brasil

Mapa do Ensino Superior no Brasil Mapa do Ensino Superior no Brasil 2015 Índice Índice Palavra do Presidente...5 Brasil...6 Região Sudeste... 16 Estado de São Paulo...17 Estado de Minas Gerais...24 Estado do Rio de Janeiro...31 Estado

Leia mais

CONGRESSO NACIONAL ORÇAMENTO DA UNIÃO EXERCÍCIO FINANCEIRO DE 2015 ORÇAMENTO FISCAL E DA SEGURIDADE SOCIAL

CONGRESSO NACIONAL ORÇAMENTO DA UNIÃO EXERCÍCIO FINANCEIRO DE 2015 ORÇAMENTO FISCAL E DA SEGURIDADE SOCIAL CONGRESSO NACIONAL ORÇAMENTO DA UNIÃO EXERCÍCIO FINANCEIRO DE 2015 PROJETO DE LEI Nº 13, DE 2014 - CN MENSAGEM Nº 251, DE 2014 ORÇAMENTO FISCAL E DA SEGURIDADE SOCIAL VOLUME V DETALHAMENTO DOS CRÉDITOS

Leia mais

O MERCADO DE CAFÉ 1. INTRODUÇÃO

O MERCADO DE CAFÉ 1. INTRODUÇÃO O MERCADO DE CAFÉ 1. INTRODUÇÃO O presente boletim tem o objetivo de apresentar a situação atual do mercado, por meio dos dados disponibilizados pelo USDA, CONAB e MAPA. Apresenta-se, posteriormente, a

Leia mais

DISTRIBUIÇÃO ESPACIAL DAS ATIVIDADES ECONÔMICAS ENTRE AS MESORREGIÕES DO BRASIL: 1970 E 2000

DISTRIBUIÇÃO ESPACIAL DAS ATIVIDADES ECONÔMICAS ENTRE AS MESORREGIÕES DO BRASIL: 1970 E 2000 1 DISTRIBUIÇÃO ESPACIAL DAS ATIVIDADES ECONÔMICAS ENTRE AS MESORREGIÕES DO BRASIL: 1970 E 2000 Resumo: Este artigo analisa a distribuição espacial das atividades econômicas entre as mesorregiões do Brasil

Leia mais

INFORMAÇÕES SOBRE CAFÉ NO ESPÍRITO SANTO HISTÓRICO:

INFORMAÇÕES SOBRE CAFÉ NO ESPÍRITO SANTO HISTÓRICO: INFORMAÇÕES SOBRE CAFÉ NO ESPÍRITO SANTO HISTÓRICO: O Estado do Espírito Santo encontra-se como o segundo maior produtor nacional de café, destacando-se o plantio das espécies Arábica e Conilon, sendo

Leia mais

Cana de açúcar para indústria: o quanto vai precisar crescer

Cana de açúcar para indústria: o quanto vai precisar crescer Cana de açúcar para indústria: o quanto vai precisar crescer A demanda crescente nos mercados interno e externo por combustíveis renováveis, especialmente o álcool, atrai novos investimentos para a formação

Leia mais

Commodities Agrícolas

Commodities Agrícolas Commodities Agrícolas segunda-feira, 23 de setembro de 2013 CAFÉ CAFÉ Bolsas Venc Ajuste Máx BM&F Mín Variação Venc Ajuste ICE FUTURES Máx Mín Variação SET13 134,55 0,00 0,00 0,00 DEZ13 117,75 121,95 121,50-1,25

Leia mais

setembro de 2014 Fundação Perseu Abramo - Partido dos Trabalhadores MUDANÇA REGIONAL E DESIGUALDADE DE RENDA NO BRASIL

setembro de 2014 Fundação Perseu Abramo - Partido dos Trabalhadores MUDANÇA REGIONAL E DESIGUALDADE DE RENDA NO BRASIL 15 setembro de 2014 Fundação Perseu Abramo - Partido dos Trabalhadores MUDANÇA REGIONAL E DESIGUALDADE DE RENDA NO BRASIL Expediente Esta é uma publicação da Fundação Perseu Abramo. Diretoria Executiva

Leia mais

10º LEVANTAMENTO DE SAFRAS DA CONAB - 2012/2013 Julho/2013

10º LEVANTAMENTO DE SAFRAS DA CONAB - 2012/2013 Julho/2013 10º LEVANTAMENTO DE SAFRAS DA CONAB - 2012/2013 Julho/2013 1. INTRODUÇÃO O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), por meio da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), realiza sistematicamente

Leia mais

Interior de SP. Mailing Jornais

Interior de SP. Mailing Jornais São Paulo AGORA SÃO PAULO BRASIL ECONÔMICO D.C.I. DESTAK (SP) DIÁRIO DO COMMERCIO (SP) DIÁRIO DE SÃO PAULO DIÁRIO DO GRANDE ABC EMPREGO JÁ (SP) EMPREGOS & CONCURSOS (SP) EMPRESAS & NEGÓCIOS (SP) FOLHA

Leia mais

19ª REUNIÃO ORDINÁRIA DO CONSELHO ESTADUAL DE TURISMO. 05 de Dezembro de 2013 BDMG Belo Horizonte

19ª REUNIÃO ORDINÁRIA DO CONSELHO ESTADUAL DE TURISMO. 05 de Dezembro de 2013 BDMG Belo Horizonte 19ª REUNIÃO ORDINÁRIA DO CONSELHO ESTADUAL DE TURISMO 05 de Dezembro de 2013 BDMG Belo Horizonte ESTATÍSTICAS DO TURISMO MINEIRO -Perfil da Demanda -Estudo de Competitividade -Dados Econômicos RAFAEL OLIVEIRA

Leia mais

DISTRIBUIÇÃO DO CAPITAL SOCIAL NO BRASIL: UMA ANÁLISE DOS PADRÕES RECENTES

DISTRIBUIÇÃO DO CAPITAL SOCIAL NO BRASIL: UMA ANÁLISE DOS PADRÕES RECENTES DISTRIBUIÇÃO DO CAPITAL SOCIAL NO BRASIL: UMA ANÁLISE DOS PADRÕES RECENTES Barbara Christine Nentwig Silva Professora do Programa de Pós Graduação em Planejamento Territorial e Desenvolvimento Social /

Leia mais

Economia Mineira: estrutura produtiva e desempenho recente

Economia Mineira: estrutura produtiva e desempenho recente Economia Mineira: estrutura produtiva e desempenho recente O objetivo deste boxe é analisar a evolução da economia mineira no triênio 212-214 e nos primeiros meses de 215, avaliando o impacto de mudanças

Leia mais

ALTA PRODUTIVIDADE EM CAFEEIROS DA CULTIVAR CONILLON, NA REGIÃO DA BACIA DE FURNAS, NO SUL DE MINAS GERAIS. Celio L. Pereira- Eng Agr Consultor em

ALTA PRODUTIVIDADE EM CAFEEIROS DA CULTIVAR CONILLON, NA REGIÃO DA BACIA DE FURNAS, NO SUL DE MINAS GERAIS. Celio L. Pereira- Eng Agr Consultor em ALTA PRODUTIVIDADE EM CAFEEIROS DA CULTIVAR CONILLON, NA REGIÃO DA BACIA DE FURNAS, NO SUL DE MINAS GERAIS. Celio L. Pereira- Eng Agr Consultor em cafeicultura, J.B. Matiello Eng Agr Fundação Procafé e

Leia mais

CAPÍTULO 12 DEMANDAS DO ESTADO DE MINAS GERAIS PLANEJAMENTO DE AÇÕES NECESSIDADES E AÇÕES DO ESTADO DE MINAS GERAIS

CAPÍTULO 12 DEMANDAS DO ESTADO DE MINAS GERAIS PLANEJAMENTO DE AÇÕES NECESSIDADES E AÇÕES DO ESTADO DE MINAS GERAIS CAPÍTULO DEMANDAS DO ESTADO DE MINAS GERAIS PLANEJAMENTO DE AÇÕES NECESSIDADES E AÇÕES DO ESTADO DE MINAS GERAIS 7 RESULTADO GERAL 9 6 4 5 0 5 0 5 0 5 Eleitores que responderam outras respostas: 06 Eleitores

Leia mais

QUANTITATIVO - EMPRESAS ATIVAS MINAS GERAIS 2010. Leonardo Faria Lima

QUANTITATIVO - EMPRESAS ATIVAS MINAS GERAIS 2010. Leonardo Faria Lima QUANTITATIVO - EMPRESAS ATIVAS MINAS GERAIS 2010 Leonardo Faria Lima Belo Horizonte 2010 2 O Estado de Minas Gerais encerrou o ano de 2010 com o total de 756.273 1 empresas ativas segundo os dados estáticos

Leia mais

Ano cafeeiro de 2014/15 fecha com a maior baixa de 20 meses

Ano cafeeiro de 2014/15 fecha com a maior baixa de 20 meses Ano cafeeiro de 2014/15 fecha com a maior baixa de 20 meses Depois de uma pequena recuperação em agosto, os preços do café continuaram em declínio em setembro. Num cenário caracterizado pela tendência

Leia mais

Boletim Informativo* Agosto de 2015

Boletim Informativo* Agosto de 2015 Boletim Informativo* Agosto de 2015 *Documento atualizado em 15/09/2015 (Erratas páginas 2, 3, 4 e 9) EXTRATO GERAL BRASIL 1 EXTRATO BRASIL 396.399.248 ha 233.712.312 ha 58,96% Número de Imóveis Cadastrados²:

Leia mais

Perfil das mulheres empreendedoras

Perfil das mulheres empreendedoras Perfil das mulheres empreendedoras Estado de São Paulo Março/ 2013 Objetivos Conhecer quantas são as mulheres empreendedoras no estado de São Paulo; Conhecer o perfil das mulheres empreendedoras quanto

Leia mais

Emissoras de Rádio AM e FM espalhadas pelo Estado de Minas Gerais.

Emissoras de Rádio AM e FM espalhadas pelo Estado de Minas Gerais. A Rede Gerais, antiga Rede Mineira de Rádio, recém lançada pelo empresário de radiodifusão Geraldo Magno e tem como Diretor Artistico o radialista Luiz Carlos Gomes, surge com um publico ouvinte de mais

Leia mais

Mais de 446 mil estudantes se inscreveram para as vagas do SiSU

Mais de 446 mil estudantes se inscreveram para as vagas do SiSU Mais de 446 mil estudantes se inscreveram para as vagas do SiSU Data: 20/06/2011 Veículo: G1 O Sistema de Seleção Unificada (SiSU) para vagas no ensino superior no meio do ano teve mais de 446.508 inscritos.

Leia mais

Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos

Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos Janeiro de 2013 Mudanças estruturais no mercado de café devem favorecer fluxos mais equilibrados de oferta e de demanda, implicando menores níveis de volatilidade das cotações Regina Helena Couto Silva

Leia mais

Commodities Agrícolas

Commodities Agrícolas Commodities Agrícolas sexta-feira, 13 de setembro de 2013 CAFÉ CAFÉ Bolsas Venc Ajuste Máx BM&F Mín Variação Venc Ajuste ICE FUTURES Máx Mín Variação SET13 139,70 0,00 0,00-0,55 SET13 116,25 116,10 115,75-0,20

Leia mais

Julho/2015 Belo Horizonte - MG

Julho/2015 Belo Horizonte - MG SECRETARIA DE ESTADO DE AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO DE MINAS GERAIS SUBSECRETARIA DO AGRONEGÓCIO Julho/2015 Belo Horizonte - MG 2 03. Apresentação ÍNDICE 04. Dados de Minas Gerais 05. Área, Produção

Leia mais

PARANÁ CONTINUA SENDO O MAIOR PRODUTOR DE GRÃOS

PARANÁ CONTINUA SENDO O MAIOR PRODUTOR DE GRÃOS SECRETARIA DE ESTADO DA AGRICULTURA E DO ABASTECIMENTO DEPARTAMENTO DE ECONOMIA RURAL D E R A L PARANÁ CONTINUA SENDO O MAIOR PRODUTOR DE GRÃOS 20/03/06 O levantamento de campo realizado pelo DERAL, no

Leia mais

OS MUNICÍPIOS BILIONÁRIOS EM 2012

OS MUNICÍPIOS BILIONÁRIOS EM 2012 OS MUNICÍPIOS BILIONÁRIOS EM 2012 (Estudo Técnico nº 175) François E. J. de Bremaeker Salvador, julho de 2012 2 OS MUNICÍPIOS BILIONÁRIOS EM 2012 François E. J. de Bremaeker Economista e Geógrafo Associação

Leia mais

00C5 - Reestruturação de Cargos, Carreiras, Revisão de Remunerações e Provimentos da Educação - Anualizações

00C5 - Reestruturação de Cargos, Carreiras, Revisão de Remunerações e Provimentos da Educação - Anualizações Programa 2109 - Programa de Gestão e Manutenção do Ministério da Educação Número de Ações 1143 Ação Orçamentária Tipo: Operações Especiais 00C5 - Reestruturação de Cargos, Carreiras, Revisão de Remunerações

Leia mais

DERAL - Departamento de Economia Rural. Fruticultura - Análise da Conjuntura Agropecuária

DERAL - Departamento de Economia Rural. Fruticultura - Análise da Conjuntura Agropecuária Fruticultura - Análise da Conjuntura Agropecuária Dezembro de 2012 PANORAMA MUNDIAL A produção mundial de frutas se caracteriza pela grande diversidade de espécies cultivadas, e constituí-se em grande

Leia mais

Exportações recordes do Brasil influenciam o mercado cafeeiro

Exportações recordes do Brasil influenciam o mercado cafeeiro Exportações recordes do Brasil influenciam o mercado cafeeiro As exportações de café do Brasil alcançaram um volume recorde de 36,8 milhões de sacas no ano-safra de 2014/15 (abril a março), alimentado

Leia mais

11.1. INFORMAÇÕES GERAIS

11.1. INFORMAÇÕES GERAIS ASPECTOS 11 SOCIOECONÔMICOS 11.1. INFORMAÇÕES GERAIS O suprimento de energia elétrica tem-se tornado fator indispensável ao bem-estar social e ao crescimento econômico do Brasil. Contudo, é ainda muito

Leia mais

SITUAÇÃO ATUAL DA CADEIA PRODUTIVA LEITEIRA DO BRASIL

SITUAÇÃO ATUAL DA CADEIA PRODUTIVA LEITEIRA DO BRASIL SITUAÇÃO ATUAL DA CADEIA PRODUTIVA LEITEIRA DO BRASIL Luis Fernando Laranja da Fonseca 1, Marcos Veiga dos Santos 2 1 Instituto Ouro Verde - Alta Floresta-MT, 2 Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia,

Leia mais

Projeto Alvorada: ação onde o Brasil é mais pobre

Projeto Alvorada: ação onde o Brasil é mais pobre Projeto Alvorada: ação onde o Brasil é mais pobre N o Brasil há 2.361 municípios, em 23 estados, onde vivem mais de 38,3 milhões de pessoas abaixo da linha de pobreza. Para eles, o Governo Federal criou

Leia mais

Milho - Análise da Conjuntura Agropecuária

Milho - Análise da Conjuntura Agropecuária Milho - Análise da Conjuntura Agropecuária Outubro de 2012. MUNDO O milho é o cereal mais produzido no mundo. De acordo com o Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA), a produção média do

Leia mais

Desafios e oportunidades associadas ao Cadastro Ambiental Rural (CAR) 7ª CONSEGURO setembro 2015

Desafios e oportunidades associadas ao Cadastro Ambiental Rural (CAR) 7ª CONSEGURO setembro 2015 Desafios e oportunidades associadas ao Cadastro Ambiental Rural (CAR) 7ª CONSEGURO setembro 2015 Meta brasileira de redução das emissões até 2020 36,1% a 38,9% das 3.236 MM de tonco2eq de emissões projetadas

Leia mais

CLIPPING 06/02/2014 Acesse: www.cncafe.com.br

CLIPPING 06/02/2014 Acesse: www.cncafe.com.br CLIPPING Acesse: www.cncafe.com.br Após altas, produtor não deve exercer opção de venda de café Valor Econômico Tarso Veloso e Carine Ferreira Após a sequência de altas do café arábica na bolsa de Nova

Leia mais

Commodities Agrícolas

Commodities Agrícolas Commodities Agrícolas CAFÉ CAFÉ Bolsas BM&F ICE FUTURES Contrato Fechamento Máxima Mínimo Variação Contrato Fechamento Máxima Mínimo Variação SET13 136,80 136,50 135,80-1,80 SET 113,50 115,70 113,25-1,45

Leia mais

Data: ABN. Cafés especiais do Brasil consolidam novos mercados

Data: ABN. Cafés especiais do Brasil consolidam novos mercados Veículo: Assunto: Data: ABN 28/09/2012 Cafés especiais do Brasil consolidam novos mercados http://www.abn.com.br/editorias1.php?id=71860 Que o Brasil há muitos anos produz cafés de qualidade excepcional

Leia mais

Agosto/2015 Belo Horizonte - MG

Agosto/2015 Belo Horizonte - MG SECRETARIA DE ESTADO DE AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO DE MINAS GERAIS SUBSECRETARIA DO AGRONEGÓCIO Agosto/2015 Belo Horizonte - MG ÍNDICE 03. Apresentação 04. Dados de Minas Gerais 05. Área, Produção

Leia mais

Tabela 1 - Conta de produção por operações e saldos, segundo as Grandes Regiões e as Unidades da Federação - 2004-2008

Tabela 1 - Conta de produção por operações e saldos, segundo as Grandes Regiões e as Unidades da Federação - 2004-2008 (continua) Produção 5 308 622 4 624 012 4 122 416 3 786 683 3 432 735 1 766 477 1 944 430 2 087 995 2 336 154 2 728 512 Consumo intermediário produtos 451 754 373 487 335 063 304 986 275 240 1 941 498

Leia mais

Atividade de Aprendizagem 1 Aquífero Guarani Eixo(s) temático(s) Tema Conteúdos Usos / objetivos Voltadas para procedimentos e atitudes Competências

Atividade de Aprendizagem 1 Aquífero Guarani Eixo(s) temático(s) Tema Conteúdos Usos / objetivos Voltadas para procedimentos e atitudes Competências Aquífero Guarani Eixo(s) temático(s) Vida e ambiente / Terra e universo Tema Água e vida / ciclo hidrológico do planeta Conteúdos Águas subterrâneas Usos / objetivos Aprofundamento do estudo sobre as águas

Leia mais

1. Avaliação de impacto de programas sociais: por que, para que e quando fazer? (Cap. 1 do livro) 2. Estatística e Planilhas Eletrônicas 3.

1. Avaliação de impacto de programas sociais: por que, para que e quando fazer? (Cap. 1 do livro) 2. Estatística e Planilhas Eletrônicas 3. 1 1. Avaliação de impacto de programas sociais: por que, para que e quando fazer? (Cap. 1 do livro) 2. Estatística e Planilhas Eletrônicas 3. Modelo de Resultados Potenciais e Aleatorização (Cap. 2 e 3

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DE AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO SUBSECRETARIA DO AGRONEGÓCIO SOJA. Setembro 2014 Belo Horizonte MG

SECRETARIA DE ESTADO DE AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO SUBSECRETARIA DO AGRONEGÓCIO SOJA. Setembro 2014 Belo Horizonte MG SECRETARIA DE ESTADO DE AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO SUBSECRETARIA DO AGRONEGÓCIO SOJA Setembro 2014 Belo Horizonte MG ÍNDICE 03. Apresentação 04. Dados de Minas Gerais 05. Área, Produção e Produtividade

Leia mais

DINÂMICA LOCAL INTERATIVA CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES GEOGRAFIA DESAFIO DO DIA. Aula 21.1 Conteúdo. Região Sudeste

DINÂMICA LOCAL INTERATIVA CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES GEOGRAFIA DESAFIO DO DIA. Aula 21.1 Conteúdo. Região Sudeste CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA DINÂMICA LOCAL INTERATIVA Aula 21.1 Conteúdo Região Sudeste 2 CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA DINÂMICA LOCAL INTERATIVA

Leia mais

SISTEMA NACIONAL DE PESQUISA DE CUSTOS E ÍNDICES DA CONSTRUÇÃO CIVIL S I N A P I RESULTADOS DE AGOSTO/2014

SISTEMA NACIONAL DE PESQUISA DE CUSTOS E ÍNDICES DA CONSTRUÇÃO CIVIL S I N A P I RESULTADOS DE AGOSTO/2014 SISTEMA NACIONAL DE PESQUISA DE CUSTOS E ÍNDICES DA CONSTRUÇÃO CIVIL S I N A P I RESULTADOS DE AGOSTO/2014 COMENTÁRIOS Índice Nacional da Construção Civil varia 0,52% em agosto O Índice Nacional da Construção

Leia mais

Informação sob embargo até dia 30/11 às 9hs... Cana-de-açúcar avança em áreas prioritárias. para a conservação e uso sustentável do Cerrado

Informação sob embargo até dia 30/11 às 9hs... Cana-de-açúcar avança em áreas prioritárias. para a conservação e uso sustentável do Cerrado Informação sob embargo até dia 30/11 às 9hs Instituto Sociedade, População e Natureza... Cana-de-açúcar avança em áreas prioritárias para a conservação e uso sustentável do Cerrado (Mapas elaborados pelo

Leia mais

EVOLUÇÃO DA PRODUÇÃO DE FEIJÃO NO BRASIL DE 1976-2009 Paulo Roberto Vieira de ALMEIDA¹; Alcido Elenor WANDER² INTRODUÇÃO

EVOLUÇÃO DA PRODUÇÃO DE FEIJÃO NO BRASIL DE 1976-2009 Paulo Roberto Vieira de ALMEIDA¹; Alcido Elenor WANDER² INTRODUÇÃO EVOLUÇÃO DA PRODUÇÃO DE FEIJÃO NO BRASIL DE 1976-2009 Paulo Roberto Vieira de ALMEIDA¹; Alcido Elenor WANDER² ¹ Mestrando do Programa de Pós Graduação em Agronegócio na Escola de Agronomia e Engenharia

Leia mais

Objetivos. Essa pesquisa buscou identificar o grau de conhecimento dos paulistas a respeito da FAPESP e sobre Ciência e Tecnologia.

Objetivos. Essa pesquisa buscou identificar o grau de conhecimento dos paulistas a respeito da FAPESP e sobre Ciência e Tecnologia. População Objetivos Essa pesquisa buscou identificar o grau de conhecimento dos paulistas a respeito da FAPESP e sobre Ciência e Tecnologia. 3 POPULAÇÃO Principais resultados Principais resultados 4 *

Leia mais

EDITAL CAPES N o 11/2014 - PRÓ-EQUIPAMENTOS INSTITUCIONAL RESULTADO FINAL - PROPOSTAS RECOMENDADAS

EDITAL CAPES N o 11/2014 - PRÓ-EQUIPAMENTOS INSTITUCIONAL RESULTADO FINAL - PROPOSTAS RECOMENDADAS CENTRO BRASILEIRO DE PESQUISAS FÍSICAS R$ 165.000,00 CENTRO DE DESENVOLVIMENTO DA TECNOLOGIA NUCLEAR R$ 165.000,00 CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECN. CELSO SUCKOW DA FONSECA R$ 395.500,00 CENTRO FEDERAL

Leia mais

CAPÍTULO 15 RESULTADO GERAL POR REGIÃO COM SEIS PRÉ-CANDIDATOS A GOVERNADOR PLANEJAMENTO DAS ELEIÇÕES ELEIÇÕES GOVERNADOR POR REGIÃO

CAPÍTULO 15 RESULTADO GERAL POR REGIÃO COM SEIS PRÉ-CANDIDATOS A GOVERNADOR PLANEJAMENTO DAS ELEIÇÕES ELEIÇÕES GOVERNADOR POR REGIÃO CAPÍTULO 15 RESULTADO GERAL POR REGIÃO COM SEIS PRÉ-CANDIDATOS A GOVERNADOR PLANEJAMENTO DAS ELEIÇÕES ELEIÇÕES GOVERNADOR POR REGIÃO 55 Assunto: Eleições 2014 - Resultado por setor ou região Setor 1 Região:

Leia mais

Censo Demográfico 2010 Retratos do Brasil e do Piauí

Censo Demográfico 2010 Retratos do Brasil e do Piauí Censo Demográfico 2010 Retratos do Brasil e do Piauí Eduardo Pereira Nunes Presidente do IBGE Teresina, 12 de Agosto de 2011 Brasil Todos os domicílios residenciais particulares foram recenseados A coleta

Leia mais

Mapa do Ensino Superior no Estado de São Paulo

Mapa do Ensino Superior no Estado de São Paulo Mapa do Ensino Superior no Estado de São Paulo Índice Palavra do Presidente 5 Panorama do Ensino Superior - Brasil 6 / Evolução 7 por Estado / Número de IES 8 Pirâmides Etárias - Presenciais e de EAD

Leia mais

Questão 25. Questão 26 Questão 27. alternativa D. alternativa A

Questão 25. Questão 26 Questão 27. alternativa D. alternativa A Questão 25 De modo geral, os espaços geográficos cujo clima é influenciado pela maritimidade apresentam a) menor amplitude térmica anual. b) chuvas escassas e mal distribuídas durante o ano. c) maior amplitude

Leia mais

Monitoramento da Cultura de Cana-de-Açúcar no Estado de São Paulo

Monitoramento da Cultura de Cana-de-Açúcar no Estado de São Paulo Versão Online Boletim No: 01/2014 Novembro, 2014 Monitoramento da Cultura de Cana-de-Açúcar no Estado de São Paulo I. INTRODUÇÃO Este Boletim apresenta as condições da cultura da cana-de-açúcar em campo

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO DO ESTADO DE MINAS GERAIS

PESQUISA DE OPINIÃO DO ESTADO DE MINAS GERAIS PESQUISA DE OPINIÃO DO ESTADO DE MINAS GERAIS ELEIÇÕES 2014 PARA PRESIDENTE E VICE-PRESIDENTE ELEIÇÕES 2014 PARA GOVERNADOR E VICE-GOVERNADOR ELEIÇÕES 2014 PARA SENADOR ASSUNTO: Eleições 2014 para Presidente,

Leia mais

Mercado cafeeiro prossegue volátil, mas sem direção

Mercado cafeeiro prossegue volátil, mas sem direção Mercado cafeeiro prossegue volátil, mas sem direção Em agosto a flutuação dos preços foi muito grande, e o indicativo composto da OIC caiu 10 centavos, para depois subir 12 centavos antes do fim do mês.

Leia mais

Janeiro de 2013 Volume 01

Janeiro de 2013 Volume 01 Janeiro de 2013 Volume 01 Janeiro de 2013 Volume 01 2 Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento Companhia Nacional de Abastecimento - Conab Dipai - Diretoria de Política Agrícola e Informações

Leia mais

Serviço Nacional de Aprendizagem Rural PROJETO FIP-ABC. Produção sustentável em áreas já convertidas para o uso agropecuário (com base no Plano ABC)

Serviço Nacional de Aprendizagem Rural PROJETO FIP-ABC. Produção sustentável em áreas já convertidas para o uso agropecuário (com base no Plano ABC) Serviço Nacional de Aprendizagem Rural Serviço Nacional de Aprendizagem Rural PROJETO FIP-ABC Produção sustentável em áreas já convertidas para o uso agropecuário (com base no Plano ABC) Descrição do contexto

Leia mais

Laboratório de Análise e Tratamento de Imagens de Satélites LATIS (*)

Laboratório de Análise e Tratamento de Imagens de Satélites LATIS (*) Laboratório de Análise e Tratamento de Imagens de Satélites LATIS (*) RELATÓRIO SOBRE O MAPEAMENTO ADICIONAL DE AGROPECUÁRIA ÁREA COMPREENDIDA POR 18 MUNICÍPIOS DA ÁREA LIVRE DE AFTOSA DO PARÁ REALIZADO

Leia mais

Edição 40 (Março/2014)

Edição 40 (Março/2014) Edição 40 (Março/2014) Cenário Econômico: Prévia da inflação oficial acelera por alimentos e transportes (Fonte: Terra) O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo-15 (IPCA-15) avançou 0,73% em março

Leia mais

Brasil e suas Organizações políticas e administrativas. Brasil Atual 27 unidades político-administrativas 26 estados e distrito federal

Brasil e suas Organizações políticas e administrativas. Brasil Atual 27 unidades político-administrativas 26 estados e distrito federal Brasil e suas Organizações políticas e administrativas GEOGRAFIA Em 1938 Getúlio Vargas almejando conhecer o território brasileiro e dados referentes a população deste país funda o IBGE ( Instituto Brasileiro

Leia mais

Bureau de Inteligência Competitiva do. Café. Série Potenciais Concorrentes do Café Brasileiro Peru Nº. 6 28/10/2013. www.icafebr.

Bureau de Inteligência Competitiva do. Café. Série Potenciais Concorrentes do Café Brasileiro Peru Nº. 6 28/10/2013. www.icafebr. Bureau de Inteligência Competitiva do Café Série Potenciais Concorrentes do Café Brasileiro Peru Nº. 6 28/10/2013 www.icafebr.com PARA TER ACESSO AOS DEMAIS RELATÓRIOS DO BUREAU, NOTÍCIAS E COTAÇÕES, ACESSE:

Leia mais

110,0 105,0 100,0 95,0 90,0 85,0 80,0

110,0 105,0 100,0 95,0 90,0 85,0 80,0 BOI GORDO O ano de 2013 registrou preços elevados para a arroba do boi gordo, em todas as praças pecuárias acompanhadas pelo Sistema FAEB/SENAR. No acumulado do ano, foram verificadas as seguintes valorizações:

Leia mais

Apresentação de Resultados 4T10

Apresentação de Resultados 4T10 Apresentação de Resultados 4T10 Disclaimer Esta apresentação pode incluir declarações que apresentem expectativas da Administração da Companhia sobre eventos ou resultados futuros. Todas as declarações

Leia mais

Biomas Brasileiros. 1. Bioma Floresta Amazônica. 2. Bioma Caatinga. 3. Bioma Cerrado. 4. Bioma Mata Atlântica. 5. Bioma Pantanal Mato- Grossense

Biomas Brasileiros. 1. Bioma Floresta Amazônica. 2. Bioma Caatinga. 3. Bioma Cerrado. 4. Bioma Mata Atlântica. 5. Bioma Pantanal Mato- Grossense Biomas Brasileiros 1. Bioma Floresta Amazônica 2. Bioma Caatinga 3. Bioma Cerrado 4. Bioma Mata Atlântica 5. Bioma Pantanal Mato- Grossense 6. Bioma Pampas BIOMAS BRASILEIROS BIOMA FLORESTA AMAZÔNICA

Leia mais

A DEMANDA POR SAÚDE PÚBLICA EM GOIÁS

A DEMANDA POR SAÚDE PÚBLICA EM GOIÁS Título: A DEMANDA POR SAÚDE PÚBLICA EM GOIÁS Projeto de pesquisa: ANÁLISE REGIONAL DA OFERTA E DA DEMANDA POR SERVIÇOS DE SAÚDE NOS MUNICÍPIOS GOIANOS: GESTÃO E EFICIÊNCIA 35434 Autores: Sandro Eduardo

Leia mais

CAFÉ. Conab Companhia Nacional de Abastecimento SGAS Quadra 901, Bloco 901, Bloco A, Lote 69 70390-010 Brasília-DF Tel 61 3312 6000 www.conab.gov.

CAFÉ. Conab Companhia Nacional de Abastecimento SGAS Quadra 901, Bloco 901, Bloco A, Lote 69 70390-010 Brasília-DF Tel 61 3312 6000 www.conab.gov. CAFÉ Jorge Queiroz 1. MERCADO INTERNACIONAL Segundo o USDA, a produção mundial de café deverá atingir no ano 2009/2010, um total de 127,4 milhões de sacas. Entretanto, a OIC (Organização Internacional

Leia mais

SISTEMA NACIONAL DE PESQUISA DE CUSTOS E ÍNDICES DA CONSTRUÇÃO CIVIL S I N A P I RESULTADOS DE JUNHO/2014

SISTEMA NACIONAL DE PESQUISA DE CUSTOS E ÍNDICES DA CONSTRUÇÃO CIVIL S I N A P I RESULTADOS DE JUNHO/2014 SISTEMA NACIONAL DE PESQUISA DE CUSTOS E ÍNDICES DA CONSTRUÇÃO CIVIL S I N A P I RESULTADOS DE JUNHO/2014 COMENTÁRIOS Índice Nacional da Construção Civil varia 0,59% em Junho O Índice Nacional da Construção

Leia mais

O CENTRO DE REMANUFATURA E REPAROS DA ROCKWELL AUTOMATION MUDOU MUDAR FOI PRECISO PARA

O CENTRO DE REMANUFATURA E REPAROS DA ROCKWELL AUTOMATION MUDOU MUDAR FOI PRECISO PARA MUDAR É PRECISO A ROCKWELL AUTOMATION COMPARTILHA COM O MERCADO UMA QUESTÃO QUE DIZ RESPEITO A TODOS: O MODO COMO AS INDÚSTRIAS LIDAM COM O MEIO AMBIENTE O CENTRO DE REMANUFATURA E REPAROS DA ROCKWELL

Leia mais

Produção de grãos na Bahia cresce 14,64%, apesar dos severos efeitos da seca no Estado

Produção de grãos na Bahia cresce 14,64%, apesar dos severos efeitos da seca no Estado AGROSSÍNTESE Produção de grãos na Bahia cresce 14,64%, apesar dos severos efeitos da seca no Estado Edilson de Oliveira Santos 1 1 Mestre em Economia, Gestor Governamental da SEAGRI; e-mail: edilsonsantos@seagri.ba.gov.br

Leia mais

Chuvas no Brasil esfriam o mercado, enquanto estimativas da produção para 2014/15 são mais baixas

Chuvas no Brasil esfriam o mercado, enquanto estimativas da produção para 2014/15 são mais baixas Chuvas no Brasil esfriam o mercado, enquanto estimativas da produção para 2014/15 são mais baixas Em novembro os preços do café recuaram e as chuvas contínuas no Brasil seguraram novos aumentos de preços.

Leia mais

ESTUDOS SETORIAIS SOBRE BIOCIÊNCIAS

ESTUDOS SETORIAIS SOBRE BIOCIÊNCIAS ESTUDOS SETORIAIS SOBRE BIOCIÊNCIAS Desde 2001, a Biominas Brasil promove estudos setoriais em parceria com outras instituições de maneira a compreender a realidade e as aspirações do setor. 2001 Parque

Leia mais

OS ARRENDAMENTOS DE TERRA PARA A PRODUÇÃO DE CANA- DE- AÇÚCAR

OS ARRENDAMENTOS DE TERRA PARA A PRODUÇÃO DE CANA- DE- AÇÚCAR Tamires Silva Gama Acadêmica do Curso de Geografia da UEM. Bolsista do CNPq Tamires_gama@hotmail.com OS ARRENDAMENTOS DE TERRA PARA A PRODUÇÃO DE CANA- DE- AÇÚCAR INTRODUÇÃO Frente os avanços da modernização

Leia mais

Sazonalidade de preço e quantidade comercializada de batata-doce nos CEASAs da região Sudeste do Brasil

Sazonalidade de preço e quantidade comercializada de batata-doce nos CEASAs da região Sudeste do Brasil Sazonalidade de preço e quantidade comercializada de batata-doce nos CEASAs da região Sudeste do Brasil Karoline Maso dos Reis 1 ; Elimari Bento Salviano 2 ; Fellipe Jaculi Valdisser Faria 3 ; Hamilton

Leia mais