24 de fevereiro de 2013

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "24 de fevereiro de 2013"

Transcrição

1 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CENTRO DE PROCESSOS SELETIVOS PROCESSO SELETIVO ESPECIAL CIÊNCIAS CONTÁBEIS PARAUAPEBAS (Edital N.º 01/2013, de 08/01/2013) 24 de fevereiro de 2013 Nome: N.º de Inscrição: BOLETIM DE QUESTÕES LEIA COM MUITA ATENÇÃO AS INSTRUÇÕES SEGUINTES. 1 Este BOLETIM DE QUESTÕES contém a proposta de redação e 55 questões objetivas (5 de Língua Portuguesa, 5 de Matemática, 5 de História, 5 de Geografia, 5 de Física, 5 de Química, 5 de Biologia, 5 de Literatura, 5 de Filosofia, 5 de Sociologia e 5 de Língua Estrangeira Espanhol ou Inglês). Cada questão apresenta cinco alternativas, identificadas com as letras (A), (B), (C), (D) e (E), das quais apenas uma é correta. 2 Confira se, além deste BOLETIM DE QUESTÕES, você recebeu o CARTÃO-RESPOSTA destinado à marcação das respostas das questões objetivas e o FORMULÁRIO DE REDAÇÃO para elaboração do texto definitivo da redação proposta. 3 É necessário conferir se a prova está completa e sem falhas, bem como se o seu nome e seu número de inscrição conferem com os dados contidos no CARTÃO-RESPOSTA e no FORMULÁRIO DE REDAÇÃO. Caso exista algum problema, comunique-o imediatamente ao fiscal de sala. 4 A marcação do CARTÃO-RESPOSTA e a transcrição do texto definitivo da redação no FORMULÁRIO DE REDAÇÃO devem ser feitas com caneta esferográfica de tinta preta (preferencialmente) ou azul. 5 O CARTÃO-RESPOSTA e o FORMULÁRIO DE REDAÇÃO não podem ser dobrados, amassados, rasurados, manchados ou conter qualquer registro fora dos locais destinados às respostas e ao texto definitivo da redação. Não é permitida a utilização de qualquer espécie de corretivo. O cartão e o formulário só serão substituídos se contiverem falha de impressão. 6 O CARTÃO-RESPOSTA e o FORMULÁRIO DE REDAÇÃO são os únicos documentos considerados na avaliação. O BOLETIM DE QUESTÕES deve ser usado apenas como rascunho e não valerá, sob hipótese alguma, para efeito da correção. 7 A redação consiste na elaboração de texto com, no mínimo, 20 linhas e, no máximo, 30 linhas, com letra legível. 8 O FORMULÁRIO DE REDAÇÃO não deve ser assinado, rubricado, nem conter, em outro local que não o apropriado, qualquer palavra ou marca que o identifique, sob pena de anulação da redação. 9 Ao término da prova, devolva ao fiscal de sala todo o material relacionado no item 3 acima e assine a LISTA DE PRESENÇA. A assinatura do seu nome deve corresponder àquela que consta no seu documento de identificação. 10 O tempo disponível para a prova, incluído o de elaboração da redação, é de quatro horas, com início às 8 horas e término às 12 horas, observado o horário de Belém-PA. O candidato na condição de PcD tem direito a 1 (uma) hora além do tempo determinado para a prova, desde que tenha, previamente, solicitado esse tempo adicional ao CEPS. 11 Reserve os 20 minutos finais destinados à prova para a marcação do CARTÃO-RESPOSTA. PSE Edital N.º 01/2013, de 08/01/2013 1

2 LÍNGUA PORTUGUESA Isadora Faber O Diário de classe de Isadora Faber é feito para toda a sociedade, não só para quem frequenta a mesma escola que ela. Mais do que relatar problemas estruturais e cotidianos, Isadora, de 13 anos, usa a rede para denunciar a dificuldade das instituições em se adequar aos novos tempos. Antes, a escola era o único produtor de informação. O professor descarregava o conteúdo no quadro, e a gente copiava. Hoje, há milhares de outras fontes de informação e todas as grandes organizações sofrem de um mal comum: elas não entendem seu próprio papel diante da revolução digital. A escola também se tornou uma mídia, que promove discussões, esclarecimentos e insights, além de conhecimento. Ela também tem de ouvir os alunos. O que Isadora fez foi oferecer a oportunidade para a escola ouvi-la e estabelecer um novo paradigma no uso da educação: processamento da informação e debate. Não julgo a qualidade do que ela publica nem a defendo diante da escola. Afirmo apenas que a atualidade é assim, livre, rápida e transparente. A Isadora é um sintoma. O barulho que essa garotinha corajosa faz estimula a produção de conhecimento e a formação de professores bons e alunos dedicados. Marcelo Tas. ÉPOCA, 17 de dez de A atitude de Isadora Faber, relativa ao atual contexto educacional, permite a interpretação de que (A) as crianças usam a rede para reivindicar seus direitos de provocar reflexão e debate em torno, principalmente, das perseguições de alguns professores. (B) o professor deixa de ter um papel tão importante na construção do conhecimento. (C) a escola promove discussões, esclarecimentos e insights, além de conhecimento. (D) a sociedade vive uma verdadeira revolução digital que não atinge ou envolve a escola. (E) os alunos desenvolvem atividades escolares nas redes sociais sob a orientação dos pais. 2 Com a afirmação A escola também se tornou uma mídia (linha 6) subentende-se que a escola, de acordo com as características da sociedade atual, deve (A) considerar informações e estratégias provenientes tanto do meio presencial, quanto do virtual, desde que estejam de acordo com os valores das instituições educacionais. (B) provocar grandes discussões, conhecimento e posicionamento por meio dos gêneros mais diversificados, incluindo os da internet. (C) valorizar não só a palavra no universo digital, mas a imagem no mundo televisivo. (D) trabalhar no sentido de formar cidadãos virtuais, essencialmente, preparados para interagir em redes sociais da internet. (E) realizar todas as suas atividades diretamente por meio de computadores, excluindo as produções manuscritas e o conhecimento produzido no cotidiano da sociedade. 3 No trecho A escola também se tornou uma mídia, que promove discussões, esclarecimentos e insights, além de conhecimento. (linhas 6 e 7), o vocábulo conhecimento é inserido por último, em um rol de palavras que inicia com discussões, esclarecimentos e insights. Isso se deve, provavelmente, ao fato de o autor considerar que a escola, na atualidade, deve (A) incentivar o conhecimento pautado em reflexão e discussão por meio da internet, já que é o meio mais adequado de ensino-aprendizagem. (B) deixar o conhecimento teórico um pouco de lado, já que não leva a um aprendizado eficaz. (C) promover uma verdadeira revolução digital, na qual os livros passem a ser substituídos por blogs e sites. (D) ouvir o que o mundo diz, observar os eventos reais, o que acontece de novidade na sociedade, deixando a ficção de lado. (E) ultrapassar seus muros, incluir outros ambientes, valer-se de diversos suportes, como o ciberespaço, que propicia inter-relação social, discussões, informação. 2

3 4 Isadora é um sintoma. (linhas 10 e 11). Com essa afirmação, Marcelo Tas sugere que Isadora Faber (A) é um prodígio, porque criou, do nada, uma comunidade em uma rede social. (B) é fruto de uma sociedade doente, com muitos problemas de indisciplina e falta de valores. (C) não fez mais do que o próprio contexto sócio-histórico já propicia e espera dos cidadãos. (D) age na contramão da sociedade, que se apresenta como livre, rápida e transparente. (E) age como uma doença, que precisa ser curada antes que contamine a sociedade como um todo, o que pode resultar em muitos prejuízos para o sistema educacional. 5 A alternativa que apresenta estruturação sintática semelhante a do enunciado A Isadora é um sintoma. (linhas 10 e 11) é (A) Antes, a escola era o único produtor de informação (linha 3 e 4) (B) O professor descarregava o conteúdo no quadro. (linha 4) (C)... há milhares de outras fontes de informação. (linhas 4 e 5) (D) Ela também tem de ouvir os alunos. (linha 7) (E) O barulho que essa garotinha corajosa faz estimula a produção de conhecimento e a formação de professores bons e alunos dedicados. (linhas 11 e 12) MATEMÁTICA 6 Considere o seguinte subconjunto de números inteiros: Sobre o conjunto A, é correto afirmar:. (A) é finito. (B). (C) Se, então. (D) Se, então. (E) Se e é um número inteiro qualquer, então. 7 O atual recorde mundial da prova dos 100 metros rasos é de 9,58 segundos. Esta marca foi obtida pelo atleta jamaicano Usain Bolt durante o campeonato mundial de atletismo em Berlin no ano de O gráfico (curva) abaixo mostra a velocidade do atleta em função do tempo durante a prova. (disponível em Em relação à velocidade atingida pelo atleta, é correto afirmar: (A) O atleta atinge a velocidade de 35 km/h em menos de um segundo. (B) A velocidade máxima foi obtida entre quatro e sete segundos. (C) Na chegada da prova, a velocidade do atleta aumenta. (D) A velocidade média foi de aproximadamente 35 km/h. (E) Entre o início e o fim da prova, a velocidade é crescente. 3

4 8 O artista gráfico holandês Maurits Cornelis Escher tinha um grande fascínio pela arte da gravura. Sua obra era inspirada pela divisão regular do plano em figuras geométricas que pavimentam o plano como um todo. Na figura (digitalizada), temos um quadro que foi desenhado por Escher em 1942: No quadro, percebemos que os peixes podem ser as pétalas de uma margarida, cujo centro é constituído pelas seis caudas. Observamos também que existe um padrão geométrico repetido. Este padrão é um (A) pentágono regular. (B) quadrado. (C) triângulo equilátero. (D) heptágono regular. (E) retângulo. 9 Provavelmente a Teoria das probabilidades surgiu em função dos jogos de azar por volta do século XVII. Além de jogos de azar, como loterias, bingos e outros, organizações públicas e privadas aplicam probabilidade em seus processos deliberativos. A probabilidade extrai a chance de ocorrência de um determinado evento. Por exemplo, considere que em uma caixa há 10 bolas de mesmas dimensões, sendo quatro azuis, três vermelhas e três amarelas. A probabilidade de retirarmos, ao acaso, duas bolas, sem reposição, sendo a primeira azul e a segunda vermelha, é: (A). (B). (C). (D). (E). 4

5 10 O piso de uma pirâmide tem a forma de um triângulo equilátero com trinta metros de lado, e vai ser recoberto de ladrilhos também no formato de triângulos equiláteros, cada um deles com lado de quarenta centímetros. Se cada ladrilho custar R$10,00, o custo total dos ladrilhos necessários, em reais, será de (A) (B) (C) (D) (E) HISTÓRIA 11 O conselho de anciãos, o chefe da aldeia ou o rei distribuíam os terrenos entre os pais de família, para que cada um cultivasse um ou mais lotes. A pluralidade de lotes, separados uns dos outros, decorria da necessidade de serem os solos bons e maus repartidos equitativamente. SILVA. Alberto da Costa e. A enxada e a lança: a África antes dos portugueses. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2006, p.42. O texto acima trata da importância da sabedoria dos mais velhos nas sociedades africanas, atribuída antes mesmo da chegada dos portugueses, o que significa que esses povos africanos (A) haviam sido influenciados pelo modelo político da Grécia antiga, especialmente pelo conselho dos anciãos de Esparta. (B) valorizavam a ancestralidade como elemento cultural e político na organização da sociedade. (C) restringiam o papel dos velhos na distribuição de terras como forma de garantir a herança e a permanência dos bens na mesma família. (D) valorizavam os velhos como chefes de aldeia e como reis, mas o poder destes permanecia simbólico. (E) aplicavam o direito consuetudinário, ou seja, baseado na tradição religiosa dos anciãos. 12 Em 19 de abril de 1810, iniciava-se o processo que libertaria a Venezuela do domínio espanhol. Duzentos anos depois, uma marcha na Avenida Los Próceres, em Caracas, trazia a imagem de Simon Bolívar, reproduzida abaixo. Marcha do Bicentenário da Independência da Venezuela, fotografia de Rafael Pieroni, (Coleção Íma Foto Galeria). Este personagem, cuja imagem foi utilizada na referida marcha, foi fundamental na (A) invasão da Venezuela, tendo sido proclamado El Libertador ao entrar em Mérida, em (B) criação do Conselho de Estado de Caracas, responsável pela revolução bolivariana de (C) fundação de um modelo administrativo da Venezuela que é seguido até os dias de hoje por Hugo Chavez. (D) declaração de independência da Venezuela pela Junta de Caracas, em 1810, sendo enviado em missão diplomática à Inglaterra. (E) revolução popular que, em 1810, libertou a Venezuela do domínio espanhol, instaurando o regime republicano na nova nação. 5

6 13 O retrato de Mao Tsé-Tung, pintado por Andy Wharol, artista da Pop Art, foi inspirado na histórica visita do presidente americano Richard Nixon à China em Mao Tse-Tung, serigrafia de 1972, de Andy Wharol, Coleção da Galeria Nacional da Austrália. O encontro do presidente americano com o líder da revolução comunista chinesa, aqui retratado como super star, aconteceu no contexto da (A) abdicação do último imperador Puyi e a proclamação da República da China sob o comando de Mao Tsé-Tung. (B) criação do Partido Comunista Chinês, cujos principais fundadores foram o intelectual Chen Duxiu, o educador Peng-Pai e o ativista político Mao Tsé-Tung. (C) proclamação da República Popular da China, com a Conferência Consultiva do Povo, que elaborou o programa do novo governo, presidido por Mao Tsé-Tung. (D) Revolução Cultural Chinesa, uma tentativa de controlar a população e de livrar a sociedade chinesa da influência ocidental, considerada nociva. (E) abertura econômica do país ao capitalismo, com a implantação do socialismo de mercado, momento em que a China passa a receber investimentos privados estrangeiros. 14 Café da manhã onde as notícias são lidas / Televisão alimenta crianças / Não-nascidos vivendo, mortos-vivos / Bala atinge a cabeça sob o capacete. Este é um trecho da canção The Unknown Soldier, lançada pela banda The Doors, em A canção foi o repúdio do líder da banda, Jim Morrison, à Guerra do Vietnã e à forma como este conflito era abordado pela mídia norte-americana, no contexto (A) da luta contra os "piolhos humanos" asiáticos, em defesa da liberdade e da democracia ocidental. (B) do conflito armado entre os Estados Unidos, a China e a União Soviética, tendo como cenário o Vietnã do Norte. (C) do movimento hippie e dos Panteras Negras, que sofreram com as inúmeras mortes de jovens da classe média yankee durante a Guerra do Vietnã. (D) da política de Estado norte-americana do presidente Lyndon Jonhson, que pretendia criar o sonho americano como modelo social durante a Guerra. (E) dos movimentos de contracultura que rejeitaram não somente a Guerra do Vietnã, mas também outros conflitos da chamada Guerra Fria. 6

7 15 As mesmas tecnologias que transformaram as gravações comerciais de música popular em produto global também criaram uma das mercadorias mais frágeis do mundo. SHUKER, Roy. Vocabulário de música pop. São Paulo: Hedra, 1999, p.211. O texto transcrito trata de um dos fenômenos comerciais e culturais do mundo contemporâneo, que pode ser definido como: (A) a mudança das gravações musicais em vinil para o CD ou compact disc, o que transformou a indústria fonográfica em mercado cultural global. (B) a possibilidade de copiar e vender produtos culturais de autoria reservada por meio de gravações piratas, associada à chamada economia informal. (C) a violação aos direitos autorais na fabricação de CDs e DVDs pela própria indústria fonográfica, em desobediência à legislação internacional de patentes. (D) a transformação dos usos da produção musical por meio da divulgação das canções exclusivamente na rede mundial de computadores. (E) a falta de legislação internacional de proteção aos direitos autorais no que se refere à produção, circulação e recepção musical, especialmente no Brasil. GEOGRAFIA 16 Para que possamos compreender melhor os significados geográficos das relações de poder entre as diferentes nações espalhadas pelo espaço mundial, é muito importante que identifiquemos corretamente as características geográficas que definem a existência de um Estado-nação, tais como: (A) A existência bem clara de suas fronteiras territoriais naturais como rios ou cordilheiras, definidas politicamente pelos líderes por meio de mapas que servem para delimitar fisicamente a localização de uma referida nação. (B) A existência de um Estado que cria suas instituições nacionais definidas pelos três poderes (Executivo, Legislativo e Judiciário), e das forças armadas e policiais, que apropriam, administram e controlam uma determinada área física delimitada por fronteiras, destinada a abrigar territorialmente uma população que compartilha a mesma origem, língua, cultura e leis. (C) A existência de cidades-estado, que surgiram inicialmente na Grécia antiga, como Atenas e Esparta, e que se constituíram também na atualidade, como Berlim e Hamburgo na Alemanha, nas quais o poder local define suas próprias fronteiras naturais e artificiais para demarcar o território da nação com seus recursos naturais nos espaços apropriados e controlados por essas cidades. (D) A existência de um Estado que cria suas instituições nacionais definidas pelos três poderes (Executivo, Legislativo e Judiciário), e das forças armadas e policiais, mesmo que estas ainda não se apropriem, administrem e controlem uma determinada área física destinada a abrigar territorialmente uma população que compartilha a mesma origem, língua, cultura e leis. (E) A existência de uma Nação que, compartilhando a mesma origem, língua, cultura e leis, viva em áreas onde a administração e o controle da área física destinada a abrigar territorialmente sua população ainda esteja sob a responsabilidade policial ou militar de outro Estado, como os bascos e palestinos. 17 O reconhecimento da dinâmica da organização dos movimentos sociais e a importância da participação da coletividade na transformação da realidade histórico-geográfica no espaço mundial podem ser bem representados pelos recentes acontecimentos relatados pela imprensa mundial, tais como: (A) O movimento conhecido como Primavera Árabe, ocorrido recentemente na região da península Arábica, onde os movimentos sociais excluídos economicamente e politicamente se rebelaram contra os governos monárquicos e conservadores, para reivindicarem mais liberdade religiosa e mais democracia. (B) O movimento conhecido como Conflito de Darfur, ocorrido recentemente na região do Chifre da África, onde os movimentos sociais excluídos economicamente e politicamente se rebelaram contra os governos ditatoriais e conservadores, para reivindicarem mais liberdade religiosa e mais democracia. (C) O movimento conhecido como Primavera Árabe, ocorrido recentemente na região do Saara na África, onde os movimentos sociais excluídos economicamente e politicamente se rebelaram contra os governos militares e autoritários, para reivindicarem mais liberdade política e mais democracia. (D) O movimento conhecido como Bascos, ocorrido recentemente na região de Algarve na Espanha, onde os movimentos sociais excluídos economicamente e politicamente se rebelaram contra os governos monárquicos e autoritários, para reivindicarem mais liberdade política, territorial e mais democracia. (E) O movimento conhecido como Intifada, ocorrido recentemente na região Cisjordânia, onde os movimentos sociais palestinos excluídos economicamente, territorialmente e politicamente se rebelaram contra os governos monárquicos e autoritários de Israel, para reivindicarem mais liberdade política, territorial e mais democracia. 7

8 18 Observe a tabela referente às taxas de urbanização em alguns países: Países Industrializados Taxas de Urbanização (%) Países recentemente industrializados País País Bélgica 94,9 97,4 98,0 Cingapura 100,0 100,0 100,0 Austrália 85,9 91,1 94,8 Argentina 80,7 88,3 90,2 Reino Unido 88,7 89,5 90,8 Coreia do Sul 48,0 82,4 88,2 Alemanha 81,2 87,7 89,9 Brasil 61,8 81,7 87,7 Japão 75,7 78,9 81,5 México 62,8 74,6 77,9 Estados 73,7 77,4 81,0 África do Sul 48,0 57,6 67,2 Unidos Itália 65,6 67,1 70,6 China 17,4 36,7 49,5 Portugal 27,7 65,6 77,5 Índia 21,3 27,9 32,2 HUMAN development report Nova York: PNUD/Oxford University Press, Tabela adaptada. Com base na análise dos dados da tabela sobre as taxas de urbanização existente em alguns países industrializados e recentemente industrializados, é correto afirmar: (A) Tanto os países desenvolvidos como os emergentes apresentam altas taxas de urbanização decorrentes também do elevado crescimento industrial ocorrido nas ultimas décadas. (B) Ainda que os países desenvolvidos apresentem altas taxas de urbanização decorrentes também do elevado crescimento industrial, o mesmo ainda não ocorreu em todos os países emergentes industrializados. (C) Tanto os países desenvolvidos como os emergentes ainda apresentam medianas taxas de urbanização decorrentes do razoável crescimento industrial, nas últimas décadas, em virtude das crises econômicas. (D) Ainda que os países desenvolvidos apresentem medianas taxas de urbanização decorrentes do razoável crescimento industrial, o mesmo não ocorre nos países emergentes que apresentam altas taxas de urbanização em virtude da industrialização. (E) Ainda que os países desenvolvidos apresentem altas taxas de urbanização decorrentes somente do elevado crescimento industrial, o mesmo só ocorrerá em todos os países emergentes por volta do ano de Com intuito de discutir temas como preservação e degradação da vida e da natureza no planeta, a Organização das Nações Unidas (ONU) tem promovido, desde a década de 1970, uma série de conferências mundiais com a participação de muitas autoridades governamentais. Dentre esses eventos, é correto destacar a (A) Conferência sobre Meio Ambiente Humano, realizada em 1978, na cidade de Estocolmo na Noruega, considerada a primeira em relação à temática ambiental. (B) Conferência para Proteção do Clima, realizada em 1985, na cidade de Montreal no Canadá, destinada a discutir os efeitos da emissão de CO². (C) Conferência das Nações Unidas sobre as Mudanças Climáticas, realizada em 1997, em Viena na Austria, onde foi definido o fim da emissão dos gases à base de Clorofluorcarbono (CFC), que destruíam a camada de ozônio na atmosfera. (D) Conferência das Nações Unidas para o Meio Ambiente e o Desenvolvimento, realizada em 1992, na cidade do Rio de janeiro, onde foram tratados temas como mudanças climáticas e biodiversidade, com um grande número de autoridades presentes. (E) Cúpula Mundial sobre Desenvolvimento e Meio Ambiente, realizada em 2000, em Johanesburgo na África do Sul, considerada a grande e última do século XX, cuja finalidade foi debater o desenvolvimento econômico, social e ambiental. 8

9 20 Sobre recursos hídricos no mundo de hoje, observe o quadro a seguir: PAÍSES COM ESTRESSE DE ÁGUA OU ESCASSEZ DE ÁGUA (1990 e 2025) País Per capita m 3 /ano 1990 Per capita m 3 /ano 2025 País Per capita m 3 /ano 1990 Per capita m 3 /ano 2025 África América do Norte e Central Argélia Barbados Burundi Haiti Cabo Verde América do Sul Camarões Peru Dijibuti Ásia/Oriente Médio Egito Chipre Etiópia Irã Quênia Israel Lesoto Jordânia Líbia Kuwait < 10 < 10 Marrocos Líbano Nigéria Oman Ruanda Qatar Somália Arábia Saudita África do Sul Cingapura Tanzânia Emirados Árabes Tunísia Iêmen Europa Malta Gleick, 1993 (tabela adaptada) Nessas regiões onde já existe estresse e escassez dos recursos hídricos têm ocorrido conflitos geopolíticos pelas águas. Assim, diferentes países estão disputando o acesso às águas superficiais, como é o caso das bacias hidrográficas transfronteiriças do(s) (A) Rio Nilo, na região do Saara ocidental, disputa que envolve países como Argélia, Egito, Sudão e Etiópia. (B) Rios Tigre e Eufrates, na península Arábica, disputa que envolve países como Turquia, Síria, Iraque, Kuwait e Arábia Saudita. (C) Rio Congo, na região do Saara oriental, disputa que envolve países como Sudão, Etiópia, Tanzânia e Congo. (D) Rio Ganges, no Sudeste Asiático, disputa que envolve países como Paquistão, Índia, Bangladesh, Nepal e China. (E) Rio Jordão, no Oriente Médio, disputa que envolve países como Síria, Israel, Jordânia e territórios ocupados da Palestina. FÍSICA 21 Uma balsa com forma de paralelepípedo retângulo é usada para transportar automóveis de uma margem a outra de um rio. A superfície superior da balsa tem uma área de e está sempre paralela à superfície da água. Se após um carro subir na balsa, esta afunda, é correto afirmar que o peso do carro é de (A) 950 Kg (B) 1350 Kg (C) 1666 Kg (D) 2400 Kg (E) 2950 Kg Assuma que a densidade da água é de 1000 Kg/m 3. 9

10 22 Uma lente plano-convexa é mergulhada em três líquidos diferentes com índices de refração n 1, n 2, e n 3 respectivamente. A figura mostra, em cada caso, as trajetórias de raios de luz que incidem perpendicularmente à face plana da dita lente. Sobre os índices de refração n 1, n 2 e n 3, é correto afirmar que (A) n 1 > n 2 > n 3 (B) n 3 > n 1 > n 2 (C) n 3 < n 1 < n 2 (D) n 1 > n 3 > n 2 (E) n 1 < n 2 < n 3 23 As figuras mostram as trajetórias de uma partícula interagindo com o campo elétrico (figuras I e II) e com o campo magnético (figuras III e IV). Se a carga elétrica da partícula é positiva, as figuras corretas são (A) I e II. (B) II e III. (C) I e III. (D) I e IV. (E) II e IV. 24 Ao longo do dia, enquanto a temperatura de uma habitação aumenta 12 C, esta absorve 8000 Kcal do ambiente. Após esta habitação passar a estocar garrafas de água de dois litros cada uma, a mesma quantidade de calor é absorvida, mas a temperatura interna só aumenta 3 C. Assumindo que o interior da habitação está sempre em equilíbrio termodinâmico e que a capacidade térmica das embalagens é desprezível, é correto afirmar que o número aproximado de garrafas estocadas, no interior da habitação, é (A) 250. (B) 500. (C) (D) (E) Assuma que a densidade da água é 1 kg/l e que o calor específico da água é 1 cal/g C. 10

11 25 Um homem, deitado em uma rede, balança-se levemente com uma frequência de 0,5 Hz. Neste caso, seu centro de massa se move ao longo de um arco de circunferência, cujo raio é de, aproximadamente, (A) 0,4 m (B) 0,7 m (C) 1,0 m (D) 1,3 m (E) 1,6 m Assuma que a aceleração da gravidade é g=9,8 m/s 2 QUÍMICA 26 Fibras óticas são uma das tecnologias responsáveis pela revolução nas comunicações, pois permitem a transmissão simultânea de uma grande quantidade de dados, mesmo a longas distâncias. Dentre as fibras produzidas, as de germanosilicatos, aquelas em que ao óxido de silício é adicionada uma pequena quantidade de óxido de germânio, são muito comuns. As equações químicas representativas para a produção de uma fibra desse tipo estão dadas a seguir: SiCl 4 (g) + O 2 (g) SiO 2 (g) + 2Cl 2 (g) GeCl 4 (g) + O 2 (g) GeO 2 (g) + 2Cl 2 (g) Para uma fibra óptica, em que para cada mol de SiO 2 se adiciona 0,01 mol de GeO 2, a massa (em gramas) do GeO 2 será de (A) 104,50 (B) 60,00 (C) 32,00 (D) 1,045 (E) 0,0100 Dados: massas atômicas (g/mol) O = 16; Cl = 35,5; Si = 28; Ge = 72,5 27 O açaí é um produto altamente perecível. Uma das reações de degradação que ocorre é a oxidação das antocianinas presentes, catalisadas por enzimas como a peroxidase. Essas enzimas aceleram a decomposição das antocianinas porque (A) diminuem a velocidade das reações. (B) tornam as reações menos exotérmicas. (C) baixam a energia de ativação das reações. (D) alteram o valor da energia livre de Gibbs. (E) permitem uma maior entropia do meio reacional. 28 Várias antocianinas estão presentes no açaí e são as responsáveis pela sua coloração intensa. Uma delas tem sua estrutura química representada a seguir. Nessa estrutura estão presentes as seguintes funções orgânicas: (A) álcool e ácido carboxílico. (B) anidrido ácido e aldeído. (C) aldeído e cetona. (D) éter e fenol. (E) éster e éter. 11

12 29 O ph de várias amostras de açaí foi determinado e mostrou valores que variaram de 4,8 a 5,8. Esses valores indicam que o açaí apresenta característica (A) ácida. (B) básica. (C) neutra. (D) oxidante. (E) redutora. 30 Em média são necessárias cinco toneladas de bauxita para se produzir duas toneladas de alumina, Al 2 O 3, e a partir destas, uma tonelada de alumínio metálico, Al 0. Considerando um processo de eletrólise ígnea 100% eficiente, no qual todo Al 3+ da alumina é reduzido a Al 0, a carga necessária (em coulombs) para a produção de uma tonelada de alumínio é de aproximadamente (A) 2, (B) 1, (C) 3, (D) 1, (E) 2, Dados: Constante de Faraday = C Massa molar Al 0 = 27 g/mol BIOLOGIA 31 O Pará não conseguirá cumprir a Lei de Erradicação dos Lixões até agosto de 2014, prazo fixado pela Política Nacional de Resíduos Sólidos. Seria preciso ter aberto 36 aterros sanitários e investido R$ 95,463 milhões ao longo de cinco anos. O não cumprimento da legislação agrava os problemas ambientais causados pela deposição final de resíduos sólidos sobre o solo e sem medidas de proteção ao ambiente. Fim de Lixões requer R $ 19 mi ao ano. Jornal O Liberal. Caderno Cidades, p. 7, O principal impacto ambiental causado por essa forma inadequada de deposição dos resíduos é a (A) contaminação dos lençóis freáticos pelo chorume. (B) disseminação de doenças pelo chorume entre os animais silvestres. (C) aumento de doenças causadas pelo chorume no ar atmosférico. (D) poluição do chorume nos centros urbanos onde circulam muitas pessoas. (E) dispersão do chorume sobre o solo que pode transmitir doenças aos coletores. 32 A doença de Chagas fez mais uma vítima no Pará. A paciente morreu na manhã de ontem na Santa Casa de Misericórdia em função da doença. A Secretaria Municipal de Saúde de Belém confirmou a morte e ratificou o alerta para o surto da doença. A coordenadora estadual do programa de doença de Chagas informou que uma família que esteve em Belém para o Círio de Nazaré contraiu a doença e que um dos integrantes, também idoso, morreu no Hospital de Araguaína, no Estado do Tocantins. Mais duas pessoas morrem com doença de Chagas. Reportagem publicada em: 20 dez Reportagem disponível em: Acesso em: 22 dez Importante medida que deveria ser adotada para evitar novos casos da doença seria a (A) adaptação de telas nas portas e janelas das casas para evitar a entrada do inseto Anopheles nas residências. (B) substituição das casas de pau-a-pique, onde o inseto Triatoma se esconde, por casas de alvenaria. (C) filtração e fervura da água antes de beber, para eliminar ovos do inseto Culex, que provocam a doença. (D) colocação de mosquiteiros para evitar o contato do inseto Aedes com as pessoas. (E) aplicação de inseticida para eliminar a mosca tsé-tsé transmissora da doença. 12

13 33 A Imagem a seguir apresenta parte do Sistema Genital Masculino antes e depois do procedimento cirúrgico da vasectomia, que objetiva o controle da natalidade. Imagem disponível em: Acesso em: 17 abr A técnica cirúrgica em destaque implica o médico realizar um pequeno corte ao nível do(a) (A) ureter, impedindo que os espermatozoides saiam do epidídimo e se misturem no esperma, o que evita a gravidez. (B) epidídimo, impedindo que os espermatozoides saiam do testículo e sejam eliminados no esperma, o que evita a gravidez. (C) canal deferente, impedindo que os espermatozoides saiam do epidídimo e se misturem no esperma, o que evita a gravidez. (D) testículo, impedindo que os espermatozoides saiam do epidídimo e se misturem no esperma, o que evita a gravidez. (E) vesícula seminal impedindo que os espermatozoides saiam do testículo e se misturem no esperma, o que evita a gravidez. 34 Nos campos do Marajó observam-se aves do campo (por exemplo, o pássaro anu) que comumente pousam sobre os búfalos para se alimentar de carrapatos e, paralelamente, ajuda os búfalos a se livrarem do hospedeiro indesejado. Mas, por outro lado, o alimento destes pássaros consiste num cardápio variado de insetos, como gafanhotos, por exemplo. Na região em que vive, este pássaro pode ser considerado um consumidor (A) somente de segunda ordem. (B) somente de primeira ordem. (C) de primeira e segunda ordem. (D) de segunda e terceira ordem. (E) de primeira e terceira ordem. 13

14 35 Um consumidor que apresenta mau funcionamento do intestino está em dúvida, em um supermercado, sobre qual produto escolher entre dois cereais matinais (A e B) que consome no café da manhã. Os rótulos dos alimentos estão descritos nas tabelas a seguir: Cereal A Cereal B INFORMAÇÃO NUTRICIONAL Porção 30g (3/4 de xícara de chá) INFORMAÇÃO NUTRICIONAL Porção 30g (3/4 de xícara de chá) Quantidade por porção % VD (*) Quantidade por porção % VD (*) Valor Energético 110kcal 4 Valor Energético 110kcal 4 Carboidratos 27g 7 Carboidratos 18g 5 Proteínas 1g 2 Proteínas 5g 10 Gorduras totais 0g 0 Gorduras totais 1g 1 Gorduras saturadas 0g 0 Gorduras saturadas 0g 0 Gorduras trans 0g - Gorduras trans 0g - Fibra alimentar 1g 3 Fibra alimentar 12g 40 Sódio 200mg 8 Sódio 120mg 5 (*) % Valores Diários com base em uma dieta de kcal ou 8400k.J. Seus valores diários podem ser maiores ou menores dependendo de suas necessidades energéticas. (*) % Valor Diários com base em uma dieta de kcal ou 8400k.J. Seus valores diários podem ser maiores ou menores dependendo de suas necessidades energéticas. Rotulagem nutricional obrigatória: manual de orientação aos consumidores. Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Universidade de Brasília. Brasília: Ministério da Saúde, Agência Nacional de Vigilância Sanitária/Universidade de Brasília, p.(Tabela adaptada) Levando em conta o problema de saúde e o tipo de alimento mais indicado para amenizar o sintoma manifestado, o consumidor deveria optar pelo cereal (A) A, pois este tem um maior valor energético por porção, quando comparado com o cereal B. (B) B, pois este tem um maior valor diário de proteínas, quando comparado com o cereal A. (C) B, pois este tem um maior valor diário de fibra alimentar, quando comparado com o cereal A. (D) A, pois este tem um maior valor diário de sódio, quando comparado com o cereal B. (E) B, pois este tem um maior valor diário de gorduras totais, quando comparado com o cereal A. 36 SONETO A cada canto um grande conselheiro, Que nos quer governar cabana, e vinha, Não sabem governar sua cozinha, E podem governar o mundo inteiro. Em cada porta um frequentado olheiro, Que a vida do vizinho, e da vizinha Pesquisa, escuta, espreita, e esquadrinha, Para a levar à Praça, e ao Terreiro. LITERATURA Muitos Mulatos desavergonhados, Trazidos pelos pés os homens nobres, Posta nas palmas toda a picardia [maldade, desfeita]. Estupendas usuras nos mercados, Todos, os que não furtam, muito pobres, E eis aqui a cidade da Bahia [Salvador]. (MATOS, Gregório de. Crônica do viver baiano seiscentista. Salvador: Janaína, v. 1, p. 3) Considerando os aspectos satíricos do soneto transcrito, de Gregório de Matos Guerra (c ), é correto afirmar: (A) Há uma crítica social sem relação com a realidade descrita pelo poema, motivada somente por ressentimentos pessoais do autor. (B) Os tipos mencionados no poema, como o conselheiro, o olheiro, os mulatos, os pobres, indicam a atuação de portugueses no comércio local. (C) Os governantes mencionados na primeira estrofe tentam resistir ao estado geral de corrupção e incompetência em que mergulhou a cidade de Salvador. (D) A sequência de formais verbais Pesquisa, escuta, espreita, e esquadrinha diz respeito a ações corretas praticadas pelos vizinhos. (E) O eu poético condena a prática da usura pelos comerciantes de Salvador e a pobreza a que é condenada a maioria da população. 14

15 37 Raimundo Correia ( ) notabilizou-se como poeta parnasiano, contudo, em alguns textos, procurou exprimir estados de alma provocados pela natureza, como se exemplifica em: (A) Quando do Olimpo nos festins surgia / Hebe risonha, os deuses majestosos / Os copos estendiam-lhe, ruidosos, / E ela, passando, os copos lhes enchia.... ( O vinho de Hebe ) (B) Delineiam-se, além, da serrania / Os vértices de chama aureolados, / E em tudo, em torno, esbatem derramados / Uns tons suaves de melancolia.... ( Anoitecer ) (C) Com duplo e largo esforço arredondou-te o flanco, / Dos sólidos quadris torneou-te a opulência, / E inclinou dessa espádua o longo sulco branco / Ao jugo da carícia e ao jugo da insolência. ( A Vênus de Viena ) (D) Nele a imagem talhou, imortal e profunda, / Onde descobre o olhar, em lúbrica vertigem, / A amante despiedada e a mulher-mãe fecunda, / Fonte de todo o bem, de todo o mal origem.. ( A Vênus de Viena ) (E) Cerra-se a noite em toda a curva infinda / Dos céus... E eles não voltam da caçada! / E ela tão só!... Já pende fatigada, / Cheia de sono, a sua fronte linda.. ( Sozinha ) 38 Cesário Verde ( ), poeta realista português, é considerado pela crítica um precursor da literatura moderna, entre outras razões, pela associação entre sensorialidade e paisagem urbana, que se constata em: (A) Se a Laura dos meus loucos desvarios / Fosse menos soberba e menos fria, / Eu pararia o curso aos grandes rios / E a terra sob os pés abalaria.. ( Arrojos ) (B) Eu hoje estou cruel, frenético, exigente; / Nem posso tolerar os livros mais bizarros. / Incrível! Já fumei três maços de cigarros / Consecutivamente. ( Contrariedades ) (C) É loura como as doces escocesas, / Duma beleza ideal, quase indecisa; / Circunda-se de luto e de tristezas / E excede a melancólica Artemisa.. ( Responso ) (D) Boiam aromas, fumos de cozinha; / Com o cabaz às costas, e vergando, / Sobem padeiros, claros de farinha; / E às portas, uma ou outra campainha / Toca, frenética, de vez em quando.. ( Num bairro moderno ) (E) Eu temo muito o mar, o mar enorme, / Solene, enraivecido, turbulento, / Erguido em vagalhões, rugindo ao vento; / O mar sublime, o mar que nunca dorme.. ( Heroísmos ) 39 A MOÇA EM MARAJÓ O Marajó é uma coisa fantástica, só você vendo... E depois de ver, é capaz de não acreditar. Você vê, sente, vive o Marajó, contar é difícil. Adianta? Então você vai comigo a Salvaterra, coisinha de nada, mas tão verde que é um anúncio de primavera. [...] Ah, essa minha erudição. Desculpe. Você está no Marajó, não viaja de carro, carece viajar de avião para curtir essa renda colossal de rios separando as terras. Eta arquipélago danado, deslumbrando, perturbando a vista miudinha da gente! Mas de barco é que você deslumbra mesmo, não tem conversa. Apeando do navio no lusco-fusco, foi o que me aconteceu uma vez conheci na travessia um senhor fazendeiro, ele me convidou para conhecer a fazenda, fui. É bom viajar meio sem programa, topando o que vale ser topado, entende? Na luz fraca do amanhecer, a casa-grande, de madeira, sobre estacas, parecia suspensa no ar, o terraço voltado para as terras. / Fazenda marajoara, nem-te-conto... O infinito. O verde. Os bichos selvagens. Lá você encontra restos de ferramentas, restos de cerâmica, a vida antiga do índio que fala à alma da gente e atiça curiosidade de saber mais, mais. Garças e guarás vermelhos pousando nas lagoas. Jacaré de montão. Tudo. O mundo tá acabando de nascer, numa inocência de gênesis. Ó vida colorida arco-irisada! Reunião tão grande e variada de cores e tons que você fica bobo, sem saber se olha ou bebe a paisagem. Passeie de canoa, você tem de passear adoidado de canoa pelos igarapés que não acabam nunca. [...] O corpo reage por si, independente de você. A visão dilata-se, as cores avivam-se, os sentidos apuram-se, e você, libertado de você, sente-se aware [atento, ciente], penetrando as coisas e penetrado por elas... Difícil explicar isso. Por mais coisas desimportantes que você fale, mais verdades essenciais dirá. Por mais silêncio que haja, mais será compreendido. (ANDRADE, Carlos Drummond de. Boca de luar. 5. ed. Rio de Janeiro: Record, p ). O texto transcrito é uma crônica e faz parte do livro Boca de luar, publicado por Drummond em Levando em conta as características desse gênero e a relação texto vs. contexto, é correto afirmar: (A) Ainda que ligada à necessidade comunicativa do jornal, a crônica drummondiana faz uso da linguagem literária, como se comprova em renda colossal de rios separando as terras e bebe a paisagem. (B) As ocorrências de linguagem informal no texto ( curtir, coisinha de nada, tá acabando, você fica bobo, etc.) indicam o nível de escolaridade do leitor a que se destina a crônica. (C) A referência a bichos selvagens, no trecho Garças e guarás vermelhos pousando nas lagoas., caracteriza uma imagem convencional de uma Amazônia ameaçadora e inexplorada. (D) Em função da necessária objetividade da crônica, o autor minimiza as marcas subjetivas e mesmo pessoais do texto, como se atesta em Reunião tão grande e variada de cores e tons que você fica bobo, sem saber se olha ou bebe a paisagem.. (E) O trecho O corpo reage por si, independente de você. A visão dilata-se, as cores avivam-se, os sentidos apuram-se... caracteriza a reação negativa que a paisagem amazônica desperta no leitor. 15

16 40 Gonçalves Dias ( ) representa uma das facetas mais importantes do Romantismo brasileiro: o Indianismo. O poeta maranhense soube fazer do mito do bom selvagem matéria de poesia, como se vê em: (A) O céu era azul, e na cor semelhava / Vestido sem nódoa de pura donzela; / E a terra era a noiva que bem se arreava / De flores, matizes; mas vária, mas bela.. (B) Silêncio grato da noite / Quebram sons duma canção, / Que vai dos lábios de um anjo / Do que escuta ao coração.. (C) Careço de ti, meu anjo, / Careço do teu amor, / Como da gota d orvalho / Carece no prado a flor.. (D) Seus olhos tão negros, tão belos, tão puros, / De vivo luzir, / Estrelas incertas, que as águas dormentes / Do mar vão ferir;. (E) Meu canto de morte, / Guerreiros, ouvi: / Sou filho das selvas, / Nas selvas cresci; / Guerreiros, descendo / Da tribo tupi.. FILOSOFIA 41 Como colaborador da Gazeta Renana, o jovem Marx escreveu vários artigos na luta pela liberdade de imprensa, a respeito do Novo Código de Censura, publicado pelo jornal oficial do Estado Prussiano. Em um deles, diz Marx: A lei de censura [ tem por] objetivo... o de punir, não ofensas, mas opiniões... porque nenhum Estado tem coragem de formular através (sic) de princípios legais e universais aquilo que pode ser feito na prática através (sic) de seus órgãos. De acordo com o texto acima, é correto afirmar que administração da censura é confiada ao(s)/à (A) tribunais de justiça. (B) aparato policial. (C) sociedade civil. (D) chefe de Estado. (E) próprios meios de comunicação. 42 Para a Grécia Antiga, a ética não se encontrava desassociada da política. Na abertura da Idade Moderna,no entanto, ambas se divorciaram, tal como atesta a obra de Maquiavel, O Príncipe, o que levou o maquiavelismo a se tornar um adjetivo pejorativo. A razão disso decorre do fato de os (a) (A) fins justificarem os meios. (B) meios justificarem os fins. (C) meios justificarem os próprios meios. (D) fins justificarem os próprios fins. (E) política se basear na moral alheia. 43 De acordo com a República de Platão, a investigação acerca do conceito de justiça inicia-se no âmbito individual, abre-se para o âmbito da polis e finalmente volta-se para o individual. Assim, para o referido filósofo, a justiça diz respeito (A) ao poder estatal constituído. (B) à legislatura da cidade-estado (polis). (C) a um valor concernente à subjetividade do cidadão. (D) à sociedade civil como forma plasmadora da eticidade. (E) à inseparabilidade entre a conduta individual e a constituição da sociedade. 44 Nas pinturas rupestres, as figuras representadas sugerem a ideia de movimento, e nas pinturas egípcias, constata-se a ideia de imobilidade. Com base nessa comparação entre as pinturas e as sociedades, considere as afirmativas: I Existia estratificação social nas sociedades primitivas. II A sociedade do Egito antigo era altamente estratificada. III Não existia estratificação social nas sociedades primitivas. IV A possibilidade de uma ascensão social está refletida na pintura do Egito antigo. Estão corretas as seguintes afirmativas: (A) I e II. (B) I e III. (C) I e IV. (D) II e III. (E) II e IV. 16

17 45 Na sua obra Ensaios sobre fotografia, Susan Sontag afirma que a fotografia é uma interpretação do mundo, como a pintura e os desenhos, numa visão histórica do processo fotográfico, desde o seu surgimento até os tempos atuais. Para a autora, as fotos, na pós-modernidade, têm o poder de transformar os acontecimentos, ignorando, ao mesmo tempo, o acontecido. Sobre essa concepção de arte fotográfica, considere as afirmativas: I II III IV Há confusão entre as noções de fato e de representação da realidade. As fotografias são cópias reproduzidas dos fatos constitutivos da realidade. O olhar fotográfico possibilita a transfiguração da realidade retratada. A fotografia é um processo de estetização da realidade, sem descaracterizá-la como reprodução da realidade. Estão corretas as seguintes afirmativas: (A) I e II. (B) I e III. (C) I e IV. (D) II e III. (E) III e IV. SOCIOLOGIA 46 As Novas Tecnologias de Informação e Comunicação surgiram com o advento do computador comercial em meados da década de 1950 e ampliaram as possibilidades de avanços tecnológicos que continuamente se apropriam de diferentes ferramentas e constroem uma diversidade de saberes peculiares a uma cultura virtual, cibernética. Sobre as Novas Tecnologias de Informação e Comunicação, é correto afirmar: (A) Essas novas tecnologias determinam a formação de grupos sociais quando há interesses comuns nos novos movimentos sociais e dificultam a participação política tradicional. (B) A educação escolar impede o uso de computadores e acesso à internet de modo pleno devido às ameaças às identidades culturais nas redes sociais. (C) As mudanças no mundo do trabalho tiveram origem no contexto das atividades virtuais e com o conhecimento global das redes sociais. (D) O uso de computadores é restrito ao processo de aprendizagem formal, às instituições governamentais e não governamentais, ao sistema financeiro e produtivo. (E) As informações passaram a circular e se renovar com maior velocidade, o que produziu mudanças de costumes em um tempo menor. 47 Os novos movimentos sociais relacionados às questões socioambientais contemporâneas caracterizam-se por (A) surgirem no início do século XX com o advento do capitalismo comercial e se consolidarem com as questões de cunho religioso. (B) colocarem-se em oposição ao consumismo e valorizarem o materialismo do atual modelo econômico. (C) promoverem eventos internacionais voltados para possibilidades de crescimento econômico predatório e permitirem o avanço do capital. (D) defenderem o crescimento econômico sustentável e justiça na distribuição da riqueza produzida. (E) terem origem na Europa, com posterior propagação para os povos tradicionais nas zonas de conflitos étnicos raciais do Oriente Médio. 48 Sobre as ações humanas e seus dilemas socioespaciais e identitários do início do século XXI, é correto afirmar que (A) os aspectos simbólicos se fazem presentes quando o espaço com seus recursos é reivindicado por uma dada sociedade que deseja e se sente capaz de explorá-lo. (B) a ação humana no espaço se restringe apenas às atividades produtivas e comerciais. (C) a importância da tradição na pós-modernidade está expressa na consciência cívica de classe social, na noção de um pertencimento amplo e de um destino particularizado. (D) o animador das lutas democráticas e do protagonismo organizativo no século XXI tem sido o sentimento de pertencimento globalizado. (E) os territórios nacionais refletem o processo de construção identitária cuja base está marcada pelo espaço desenvolvimentista. 17

18 49 As tecnologias das populações tradicionais, quando agem no ambiente, revelam os modos de adaptação dessas populações aos seus respectivos ambientes e implicam padrões culturais que lhes asseguram características próprias. Sobre essas características das populações tradicionais, é correto afirmar: (A) Por meio da literatura erudita, como é o caso da literatura de cordel, a poesia é utilizada como possibilidade de divulgação das histórias e tecnologias locais. (B) Por meio da oralidade, se destacada na cultura local, os mitos e lendas indicam a ligação intensa das práticas cotidianas dessas pessoas com seu meio ambiente. (C) Os relógios e calendários determinam o ritmo da vida das populações tradicionais, marcando a coerção e autodisciplina sobre as pessoas a partir destes marcadores de tempo. (D) A tradição e modernidade coexistem de maneira harmônica, sem a necessidade de ordenações particulares do tempo nas atividades de produção. (E) As atividades de caça, pesca, coleta de produtos animais e vegetais, cultivos agrícolas, bem como a transformação de matérias primas, ocorrem por via industrializada. 50 O debate sobre democracia e participação política ganhou destaque no cenário político mundial a partir da formação do Estado Moderno. Sobre a participação política na democracia no século XXI, é correto afirmar: (A) Mesmo em governos monárquicos, há democracia, pois as leis fixas e estabelecidas garantem que o poder político esteja concentrado nas mãos de um único indivíduo. (B) Na versão atual da democracia, o soberano nos Estados modernos é sempre o rei. E o cidadão foi elevado à condição de partícipe do processo governamental direto. (C) A partir dos Estados territoriais modernos, tornou-se viável a reunião de todos os cidadãos em uma mesma assembleia. Assim, o poder dos representantes passou a ser exercido diretamente pelo demos. (D) A democracia representativa do século XXI possibilita a participação da população nas decisões e regulações por meio de pessoas escolhidas em processos eleitorais. (E) A democracia implica a existência de um sistema político no qual há oportunidade de participação de decisões por todos os cidadãos, sem restrições aos não adultos. 18

19 ESPANHOL Leia com atenção o seguinte texto e responda às questões de 51 a 55. El pescadero que hace temblar a Psy Muhammad Shahid Nazir, conocido como One Pound Fish Man, amenaza con superar el fenómeno de Gangnam Style Por Brenda Otero Hace apenas un año que Muhammad Shahid Nazir aterrizó en el aeropuerto de Heathrow con un portátil y una pequeña bolsa con ropa como único equipaje. Había dejado su familia en un pueblo de Pakistán con la intención de buscarse la vida en la capital británica. Estaba a punto de tirar la toalla cuando encontró trabajo en un puesto de pescado del mercado de Queen s en Upton Park, este de Londres. Otra de tantas historias de inmigrantes en una gran ciudad si no fuera por la particular manera en la que Nazir empezó a captar la atención de la clientela. Mi jefe me dijo que tenía que dar voces, declaró a la prensa británica. Él ignoró las habituales apelaciones del gremio y se lanzó a cantar. Sin darle vueltas, se le ocurrieron unos cuantos versos animando a comprar pescado a una libra la pieza. El jingle comenzaba con las frases: Vengan, señoras, vengan señoras, un pescado a una libra. Echen un vistazo. Muy bueno, muy barato. Gracias a la pegadiza canción y a los gestos con los que la acompañaba este padre de cuatro hijos pronto se hizo popular en el barrio. Alguien le grabó mientras trabajaba y lo colgó en Youtube, ese cazatalentos de improbables estrellas mediáticas. De un día para otro, Nazir empezó a recibir visitas de turistas pidiéndole autógrafos y fotos. El vídeo fue arañando en popularidad en las redes sociales hasta que ha consiguido unos cinco millones de visitas. Sin previa experiencia musical y un inglés limitado que mejora leyendo la prensa este pescadero de 31 años se vio partícipe de los hábitos de la industria. El rapero Timbaland, de quien Nazir nunca había oído hablar hasta hace poco, remezcló su cantinela, recibió propuestas de matrimonio vía Twitter y Warner Music le ofreció un contrato. Como una versión del cuento de la Cenicienta en clave 2.0. de repente se posicionó como la respuesta británico-paquistaní al fenómeno Gangnam Style del coreano Psy. Ahora es más conocido como el tipo del One pound fish y ha lanzado un single oficial con la versión pulida de su canción inicial y el vídeo, en el que cambia la cazadora de cuero por un traje de chaqueta, va por los 7 millones de visionados. Esperaba alcanzar los primeros puestos de éxitos navideños pero se quedó en el puesto 29 de la lista de sencillos en el Reino Unido. Un indicio de que lo que triunfa online, no tiene por qué traducirse de la misma manera en canales tradicionales. El expescadero también ha encontrado el reconocimiento en su tierra natal, a pesar de que el gobierno paquistaní bloquease el acceso a Youtube tras la película que insultaba al profeta Mahoma. Sus compatriotas viajan a su localidad natal para descargarse la canción o adquirir una copia en CD y su padre, que se oponía a su traslado a Londres hoy se muestra muy feliz. Nazir nunca hubiera imaginado una audiencia global de tal envergadura: Me siento especial. Como si estuviese en un sueño sabiendo que en algún momento alguien me tocará y despertaré, ha declarado al diario londinense Evening Standard. El jarro de agua fría ha venido del departamento británico de inmigración, que ha decretado que el visado de Nazir no le permite quedarse en el Reino Unido. El cantante dejó Londres el día de Navidad con rumbo Lahore y no se ha confirmado si hay fecha de retorno. La deseada reunión con su familia tuvo lugar lejos del país que a la vez le dio una oportunidad y se la obstaculizó. Disponível em: Acesso em: 05/01/2013. (Adaptado). 51 A expressão darle vueltas, que aparece no primeiro parágrafo do texto, significa, nesse contexto, (A) andar de um lugar a outro. (B) pensar ou refletir constantemente sobre algo. (C) insistir bastante em alguma ideia. (D) obter vantagens de um fato. (E) buscar outro caminho. 52 Com base na leitura do texto, infere-se que Muhammad Shahid Nazir (A) encontrou, tão logo chegou à capital britânica, trabalho numa peixaria. (B) ignorou o pedido de alguns colegas de trabalho para parar de cantar. (C) se tornou mundialmente popular por conta dos gestos que fazia ao cantar. (D) conseguiu superar o fenômeno Gangnam Style do coreano Psy. (E) gravou uma versão mais aperfeiçoada de sua canção. 19

20 53 No que se refere ao sucesso de Muhammad Shahid Nazir, de acordo com o texto, (A) o video, no qual ele aparece em Youtube, pouco a pouco, obteve cinco milhões de visualizações. (B) o rapper Timbaland regravou a canção e o video do paquistanês, o que contribuiu ainda mais para o sucesso de Nazir. (C) o disco do paquistanês conseguiu ficar entre os mais vendidos na lista de sucessos natalinos em Londres. (D) os conterrâneos de Nazir viajam até Londres para conseguir baixar sua canção da Internet ou adquirir uma cópia de seu CD. (E) a assinatura de um contrato com uma importante gravadora, a Warner Music, e a proposta de um casamento que Nazir recebeu por Twitter deram-lhe mais popularidade. 54 Ao utilizar o fragmento una versión del cuento de la Cenicienta en clave 2.0 (segundo parágrafo), o autor refere-se a uma versão (A) virtual de Branca de Neve e os Sete Anões. (B) de Chapeuzinho Vermelho em rede social. (C) moderna de Rapunzel. (D) online de A Gata Borralheira. (E) fictícia de A Bela Adormecida. 55 Conforme consta no texto, Muhammad Shahid Nazir retornou para Lahore, porque (A) precisava encontrar-se com seus familiares longe de Londres. (B) decidiu passar o Natal com sua família em seu país de origem. (C) seu visto não o permitia permanecer legalmente no Reino Unido. (D) o Departamento de Imigração do Reino Unido o expulsou do país e o proibiu de retornar. (E) já havia conseguido sucesso e dinheiro suficiente para ajudar sua família. 20

24 de fevereiro de 2013

24 de fevereiro de 2013 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CENTRO DE PROCESSOS SELETIVOS PROCESSO SELETIVO ESPECIAL 2013 07 EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA (Edital N.º 03/2013, de 08/01/2013) 24 de fevereiro de 2013 Nome:

Leia mais

Espaço Geográfico (Tempo e Lugar)

Espaço Geográfico (Tempo e Lugar) Espaço Geográfico (Tempo e Lugar) Somos parte de uma sociedade, que (re)produz, consome e vive em uma determinada porção do planeta, que já passou por muitas transformações, trata-se de seu lugar, relacionando-se

Leia mais

PUC - Rio - 2012 Rio VESTIBULAR 2012 PROVAS DISCURSIVAS DE HISTÓRIA LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES ABAIXO.

PUC - Rio - 2012 Rio VESTIBULAR 2012 PROVAS DISCURSIVAS DE HISTÓRIA LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES ABAIXO. PUC - Rio - 2012 Rio VESTIBULAR 2012 PROVAS DISCURSIVAS DE HISTÓRIA 2 o DIA MANHÃ GRUPO 2 Novembro / 2011 LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES ABAIXO. 01 - Você recebeu do fiscal o seguinte material: a) este

Leia mais

NÍVEL FUNDAMENTAL INCOMPLETO

NÍVEL FUNDAMENTAL INCOMPLETO PREFEITURA MUNICIPAL DE CANAÃ DOS CARAJÁS CONCURSO PÚBLICO PROVA OBJETIVA: 13 de abril de 2014 NÍVEL FUNDAMENTAL INCOMPLETO AGENTE DE SERVIÇOS DE ARTÍFICE DE MANUTENÇÃO, AGENTE DE SERVIÇOS DE SEGURANÇA

Leia mais

Unidade III. Aula 16.1 Conteúdo Aspectos políticos. A criação dos Estados nas regiões; os conflitos árabe-israelenses. Cidadania e Movimento

Unidade III. Aula 16.1 Conteúdo Aspectos políticos. A criação dos Estados nas regiões; os conflitos árabe-israelenses. Cidadania e Movimento CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA Unidade III Cidadania e Movimento Aula 16.1 Conteúdo Aspectos políticos. A criação dos Estados nas regiões; os conflitos árabe-israelenses. 2

Leia mais

A intensificação da degradação se deu a partir da Revolução Industrial;

A intensificação da degradação se deu a partir da Revolução Industrial; AMBIENTALISMO NO MUNDO GLOBALIZADO 1 O Ano Passado 2 Degradação do meio ambiente A intensificação da degradação se deu a partir da Revolução Industrial; A mobilização da sociedade com objetivo de conter

Leia mais

Ensino Fundamental II

Ensino Fundamental II Ensino Fundamental II Valor do trabalho: 2.0 Nota: Data: /dezembro/2014 Professora: Angela Disciplina: Geografia Nome: n o : Ano: 8º Trabalho de Recuperação Final de Geografia ORIENTAÇÕES: Leia atentamente

Leia mais

PAÍSES AIEA AGÊNCIA INTERNACIONAL DE ENERGIA ATÔMICA

PAÍSES AIEA AGÊNCIA INTERNACIONAL DE ENERGIA ATÔMICA PAÍSES AIEA AGÊNCIA INTERNACIONAL DE ENERGIA ATÔMICA 1. Canadá 2. Comunidade da Austrália 3. Estado da Líbia 4. Estados Unidos da América 5. Federação Russa 6. Japão 7. Reino da Arábia Saudita 8. Reino

Leia mais

ATUDALIDADES - Conflitos na Atualidade

ATUDALIDADES - Conflitos na Atualidade ATUDALIDADES - Conflitos na Atualidade Origem dos povos ORIENTE MÉDIO: Conflitos árabes-israelenses: 1948 Independência de Israel 1949 Guerras da Independência 1956 Crise de Suez 1964 Criação da OLP` 1967

Leia mais

LISTA DE REPRESENTAÇÕES SOI 2012 AGÊNCIA INTERNACIONAL DE ENERGIA ATÔMICA AIEA PAÍSES MEMBROS

LISTA DE REPRESENTAÇÕES SOI 2012 AGÊNCIA INTERNACIONAL DE ENERGIA ATÔMICA AIEA PAÍSES MEMBROS 1 LISTA DE REPRESENTAÇÕES SOI 2012 AGÊNCIA INTERNACIONAL DE ENERGIA ATÔMICA AIEA ÁFRICA DO SUL ARÁBIA SAUDITA BRASIL CANADÁ COREIA DO SUL EGITO EQUADOR HOLANDA ITÁLIA JORDÂNIA NÍGER SUÉCIA ALEMANHA ARGENTINA

Leia mais

INSTRUÇÕES NÃO AMASSE, NÃO DOBRE, NÃO SUJE, NÃO RASURE ESTE MATERIAL.

INSTRUÇÕES NÃO AMASSE, NÃO DOBRE, NÃO SUJE, NÃO RASURE ESTE MATERIAL. INSTRUÇÕES Para a realização destas provas, você recebeu este Caderno de Questões e duas Folhas de Respostas. NÃO AMASSE, NÃO DOBRE, NÃO SUJE, NÃO RASURE ESTE MATERIAL. 1. Caderno de Questões Verifique

Leia mais

Es t i m a t i v a s

Es t i m a t i v a s Brasileiros no Mundo Es t i m a t i v a s Ministério das Relações Exteriores - MRE Subsecretaria Geral das Comunidades Brasileiras no Exterior - SGEB Departamento Consular e de Brasileiros no Exterior

Leia mais

Olá Professor, seja bem vindo!

Olá Professor, seja bem vindo! Olá Professor, seja bem vindo! O trabalho Aula Zuggi de Zuggi foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição- CompartilhaIgual 3.0 Não Adaptada. Atribuição: Zuggi www.zuggi.com.br http://bit.ly/16si4pb

Leia mais

Auxiliar de Serviços Gerais Nível Fundamental Incompleto

Auxiliar de Serviços Gerais Nível Fundamental Incompleto Auxiliar de Serviços Gerais Nível Fundamental Incompleto 15.01.2012 - TARDE LÍNGUA PORTUGUESA TEXTO FALTA PEDREIRO Superinteressante São Paulo, Abril, n. 280 Falta pedreiro, estão reclamando os mestres

Leia mais

Guerra fria (o espaço mundial)

Guerra fria (o espaço mundial) Guerra fria (o espaço mundial) Com a queda dos impérios coloniais, duas grandes potências se originavam deixando o mundo com uma nova ordem tanto na parte política quanto na econômica, era os Estados Unidos

Leia mais

NÍVEL FUNDAMENTAL Cargo: AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE

NÍVEL FUNDAMENTAL Cargo: AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE ESTADO DO PARÁ MUNICÍPIO DE CURUÁ PREFEITURA MUNICIPAL DE CURUÁ - CONCURSO PÚBLICO - Edital N.º 001/2009 REALIZAÇÃO DA PROVA OBJETIVA: 23 de Agosto de 2009 NÍVEL FUNDAMENTAL Cargo: AGENTE COMUNITÁRIO DE

Leia mais

Apontamentos das obras LeYa em relação ao Currículo em Movimento do DISTRITO FEDERAL. Geografia Leituras e Interação

Apontamentos das obras LeYa em relação ao Currículo em Movimento do DISTRITO FEDERAL. Geografia Leituras e Interação Apontamentos das obras LeYa em relação ao Currículo em Movimento do DISTRITO FEDERAL Geografia Leituras e Interação 2 Caro professor, Este guia foi desenvolvido para ser uma ferramenta útil à análise e

Leia mais

(Agroconsult, Ministério da Agricultura e Conab, 2004.)

(Agroconsult, Ministério da Agricultura e Conab, 2004.) 25 c No Brasil, no período 1990-91 a 2003-04, a produção de grãos apresentou crescimento de 125%, enquanto a área plantada aumentou apenas 24%, conforme mostra o gráfico. (Agroconsult, Ministério da Agricultura

Leia mais

CAPÍTULO 11 CAMINHOS ABERTOS PELA SOCIOLOGIA. Em cena: A realidade do sonho

CAPÍTULO 11 CAMINHOS ABERTOS PELA SOCIOLOGIA. Em cena: A realidade do sonho CAPÍTULO 11 CAMINHOS ABERTOS PELA SOCIOLOGIA Em cena: A realidade do sonho Uma mapa imaginário ( página 123) A sociologia foi uma criação da sociedade urbana. Com a advento da industrialização as grandes

Leia mais

Diferenças entre o mundo rural e o urbano.

Diferenças entre o mundo rural e o urbano. Oficina Urbanização Esta oficina tem como objetivo analisar uma das principais características do mundo atual; a vida em cidades. Pretendemos compreender a evolução das cidades na história e como se configuram

Leia mais

CORREÇÃO TAREFAS. Aulas 1 4 Pág. 24-31

CORREÇÃO TAREFAS. Aulas 1 4 Pág. 24-31 CORREÇÃO TAREFAS Aulas 1 4 Pág. 24-31 Paginas 24 e 25 1. a) População absoluta é a população total de um determinado local. b) População relativa é a densidade demográfica, ou seja, média de habitantes

Leia mais

É verdade que só começo um livro quando descubro uma pluma branca. Isso é um ritual que me impus apesar se só escrever uma vez cada dois anos.

É verdade que só começo um livro quando descubro uma pluma branca. Isso é um ritual que me impus apesar se só escrever uma vez cada dois anos. 1) Como está sendo a expectativa do escritor no lançamento do livro Ser como um rio que flui? Ele foi lançado em 2006 mas ainda não tinha sido publicado na língua portuguesa, a espera do livro pelos fãs

Leia mais

Web Revista Diálogos & Confrontos Revista em Humanidades 42 ISSN - 2317-1871 VOL 02 2º Edição Especial JUL DEZ 2013 PAULO HENRIQUE PRESSOTTO

Web Revista Diálogos & Confrontos Revista em Humanidades 42 ISSN - 2317-1871 VOL 02 2º Edição Especial JUL DEZ 2013 PAULO HENRIQUE PRESSOTTO Web Revista Diálogos & Confrontos Revista em Humanidades 42 PAULO HENRIQUE PRESSOTTO Labirinto de vidro 2013 Web Revista Diálogos & Confrontos Revista em Humanidades 43 Início e fim? Um silêncio denso

Leia mais

Geografia. Professor: Jonas Rocha

Geografia. Professor: Jonas Rocha Geografia Professor: Jonas Rocha Questões Ambientais Consciência Ambiental Conferências Internacionais Problemas Ambientais Consciência Ambiental Até a década de 1970 o homem acreditava que os recursos

Leia mais

As regiões com maior e menor crescimento previsto para 2050

As regiões com maior e menor crescimento previsto para 2050 Introdução: O aumento da população ficará na história da Humanidade como o facto mais extraordinário do século XX. Há quarenta anos estimava-se a população em cerca de 3000 milhões de pessoas. Daí em diante

Leia mais

Mobilidade Urbana COMO SE FORMAM AS CIDADES? 06/10/2014

Mobilidade Urbana COMO SE FORMAM AS CIDADES? 06/10/2014 Mobilidade Urbana VASCONCELOS, Eduardo Alcântara de. Mobilidade urbana e cidadania. Rio de Janeiro: SENAC NACIONAL, 2012. PLANEJAMENTO URBANO E REGIONAL LUCIANE TASCA COMO SE FORMAM AS CIDADES? Como um

Leia mais

PROCESSO SELETIVO VESTIBULAR 2011 DIREITO PROVA DISCURSIVA

PROCESSO SELETIVO VESTIBULAR 2011 DIREITO PROVA DISCURSIVA ESCREVA AQUI SEU NÚMERO DE INSCRIÇÃO: PROVA DISCURSIVA - O presente caderno contém 0 (três) questões de História e 0 (três) questões de Geografia, dentre as quais você deverá escolher DUAS de cada disciplina

Leia mais

Guerras tribais ou conflitos étnicos?

Guerras tribais ou conflitos étnicos? Guerras tribais ou conflitos étnicos? O continente africano padece das conseqüências de um longo e interminável processo de exploração que espoliou a maior parte de suas nações, determinando, na maioria

Leia mais

2011/2012 Geografia 8º Ano de escolaridade

2011/2012 Geografia 8º Ano de escolaridade 2011/2012 Geografia 8º Ano de escolaridade O aumento da população ficará na história da Humanidade como o facto mais extraordinário do século XX. Há cerca de cinquenta anos estimava-se a população em cerca

Leia mais

NÍVEL FUNDAMENTAL (COMPLETO)

NÍVEL FUNDAMENTAL (COMPLETO) EDITAL N.º 001/2010 PREFEITURA MUNICIPAL DE JURUTI PROVA OBJETIVA: 29 de agosto de 2010 NÍVEL FUNDAMENTAL (COMPLETO) Nome do Candidato: Nº de Inscrição: Assinatura INSTRUÇÕES AO CANDIDATO 1. Confira se

Leia mais

AULA 9. Ação pelo Ambiente

AULA 9. Ação pelo Ambiente AULA 9 Ação pelo Ambiente Roberto e o seu grupo do meio ambiente estão se preparando para a Grande Reunião que irá tratar dos problemas ambientais do planeta. Ele pede ajuda à Sofia para bolar um plano

Leia mais

Imagem 1 Imagem 2. Fontes: Imagem 1 ROBIN, M. - 100 fotos do século, Evergreen, 1999./ Imagem 2 Le Monde Diplomatique ano 2, nº16 novembro de 2008

Imagem 1 Imagem 2. Fontes: Imagem 1 ROBIN, M. - 100 fotos do século, Evergreen, 1999./ Imagem 2 Le Monde Diplomatique ano 2, nº16 novembro de 2008 Nome: Nº: Turma: Geografia 3º ano Gabarito - Prova Augusto Mar/10 1. Observe as imagens abaixo e faça o que se pede: Imagem 1 Imagem 2 Fontes: Imagem 1 ROBIN, M. - 100 fotos do século, Evergreen, 1999./

Leia mais

NÍVEL FUNDAMENTAL INCOMPLETO Cargos: Auxiliar de Serviços Gerais, Coveiro, Vigia, Merendeira, Servente, Jardineiro, Gari e Piloto de Lancha

NÍVEL FUNDAMENTAL INCOMPLETO Cargos: Auxiliar de Serviços Gerais, Coveiro, Vigia, Merendeira, Servente, Jardineiro, Gari e Piloto de Lancha CONCURSO PÚBLICO - PREFEITURA MUNICIPAL DE JACAREACANGA PROVA OBJETIVA: 13 de maio de 2012 NÍVEL FUNDAMENTAL INCOMPLETO Cargos: Auxiliar de Serviços Gerais, Coveiro, Vigia, Merendeira, Servente, Jardineiro,

Leia mais

O Complexo Jogo dos Espaços Mundiais

O Complexo Jogo dos Espaços Mundiais O Complexo Jogo dos Espaços Mundiais O Mundo está fragmentado em centenas de países, mas ao mesmo tempo, os países se agrupam a partir de interesses em comum. Esses agrupamentos, embora não deixem de refletir

Leia mais

1º ano. I. O Surgimento do Estado e a Organização de uma Sociedade de Classes

1º ano. I. O Surgimento do Estado e a Organização de uma Sociedade de Classes Africana: África como berço da humanidade Capítulo 1: Item 1 Européia Capítulo 1: Item 2 Asiática Capítulo 1: Item 2 Americana Capítulo 1: Item 3 Arqueologia Brasileira Capítulo 1: Item 4 A paisagem e

Leia mais

Enem, fantasias e verdades. Rommel Fernandes

Enem, fantasias e verdades. Rommel Fernandes 2014 Enem, fantasias e verdades. Rommel Fernandes Enem, fantasias e verdades. 3 Eu sou Rommel Fernandes, Diretor de Ensino do Bernoulli, e vou expor um tema interessantíssimo, que envolve o Enem. O exame

Leia mais

GABARITO PRÉ-VESTIBULAR

GABARITO PRÉ-VESTIBULAR LINGUAGENS 01. C 02. D 03. C 04. B 05. C 06. C 07. * 08. B 09. A 10. D 11. B 12. A 13. D 14. B 15. D LÍNGUA ESTRANGEIRA 16. D 17. A 18. D 19. B 20. B 21. D MATEMÁTICA 22. D 23. C De acordo com as informações,

Leia mais

A tendência do homem à mecanização, transformando as matérias-primas em bens úteis, gerando resíduos inúteis para o meio;

A tendência do homem à mecanização, transformando as matérias-primas em bens úteis, gerando resíduos inúteis para o meio; OS IMPACTOS AMBIENTAIS E A BIODIVERSIDADE 1 A poluição A introdução no meio ambiente de qualquer matéria ou energia que venha alterar as propriedades físicas, químicas ou biológica que afete a saúde das

Leia mais

ARTES PLÁSTICAS - LICENCIATURA (NOTURNO)

ARTES PLÁSTICAS - LICENCIATURA (NOTURNO) assinatura do(a) candidato(a) ADMISSÃO PARA PORTADOR DE DIPLOMA DE CURSO SUPERIOR 2.ª DCS/2011 ARTES PLÁSTICAS - LICENCIATURA (NOTURNO) LEIA COM ATENÇÃO AS INSTRUÇÕES ABAIXO. Prova Dissertativa 1 Ao receber

Leia mais

INFORMATIVO DO CANDIDATO 2009

INFORMATIVO DO CANDIDATO 2009 INFORMATIVO DO CANDIDATO 2009 Seleção Pré Vestibular Gratuito da ONG Oficina de Cidadania 2009 A Origem A ONG Oficina de Cidadania funciona desde 1998 e agrega outros projetos, todos com ações visando

Leia mais

A dinâmica econômica e demográfica dos BRICs

A dinâmica econômica e demográfica dos BRICs A dinâmica econômica e demográfica dos BRICs José Eustáquio Diniz Alves 1 O acrônimo BRIC (tijolo em inglês), formado pelas letras iniciais dos nomes de quatro países de dimensões continentais Brasil,

Leia mais

Prefeitura Municipal de Florianópolis Secretaria de Educação Escola Básica Municipal Osmar Cunha

Prefeitura Municipal de Florianópolis Secretaria de Educação Escola Básica Municipal Osmar Cunha Prefeitura Municipal de Florianópolis Secretaria de Educação Escola Básica Municipal Osmar Cunha Disciplina: Geografia Professora: Bianca de Souza PLANEJAMENTO ANUAL 2012 8ª SÉRIE - TURMAS 83 e 84 Primeiro

Leia mais

Resolução de Questões- Tropa de Elite ATUALIDADES Questões- AULA 1-4 NILTON MATOS

Resolução de Questões- Tropa de Elite ATUALIDADES Questões- AULA 1-4 NILTON MATOS Resolução de Questões- Tropa de Elite ATUALIDADES Questões- AULA 1-4 NILTON MATOS 2012 Copyright. Curso Agora eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. OBS: EM NEGRITO OS ENUNCIADOS, EM AZUL AS

Leia mais

07. Alternativa c. Seja PABC a pirâmide regular, com as medidas indicadas. Tem-se:

07. Alternativa c. Seja PABC a pirâmide regular, com as medidas indicadas. Tem-se: + + = = = + = = = = = = 07. Alternativa c. Seja PABC a pirâmide regular, com as medidas indicadas. Tem-se: (1) PP'A: 4 = cos60º = 1 = () PABC é regular P' é baricentro y = y = () ABC é equilátero + y =

Leia mais

Para saber mais! Nações sem Território IDH. 8ºANO Expedição 1 Professora Bruna Andrade

Para saber mais! Nações sem Território IDH. 8ºANO Expedição 1 Professora Bruna Andrade Para saber mais! Nações sem Território IDH 8ºANO Expedição 1 Professora Bruna Andrade 1. Nações sem Território ma NAÇÃO é formada por um grupo de indivíduos que apresenta características históricas, culturais,

Leia mais

África. Palavras amáveis não custam nada e conseguem muito. Blaise Pascal 30. www1.folha.uol.com.br

África. Palavras amáveis não custam nada e conseguem muito. Blaise Pascal 30. www1.folha.uol.com.br África Acredita-se que a situação atual da África seja resultado da maneira em que foi colonizado pelos Europeus. Por meio de colônia de exploração de recursos mineiras, separação dos territórios tribais

Leia mais

Como está a situação da população mundial e que expectativa razoável podemos ter para o futuro?

Como está a situação da população mundial e que expectativa razoável podemos ter para o futuro? População mundial Leia as manchetes abaixo: População mundial superará 9,2 bilhões em 2050, estima ONU BBC Brasil Casais ricos burlam lei do filho único na China BBC Brasil A população mundial atingiu

Leia mais

A LEI SOLAR DE SÃO PAULO CAMINHANDO DOS MITOS PARA A REALIDADE, A CIDADE MOSTRA UMA POLÍTICA MODERNA E REVOLUCIONARIA PARA O BRASIL

A LEI SOLAR DE SÃO PAULO CAMINHANDO DOS MITOS PARA A REALIDADE, A CIDADE MOSTRA UMA POLÍTICA MODERNA E REVOLUCIONARIA PARA O BRASIL A LEI SOLAR DE SÃO PAULO CAMINHANDO DOS MITOS PARA A REALIDADE, A CIDADE MOSTRA UMA POLÍTICA MODERNA E REVOLUCIONARIA PARA O BRASIL O processo de elaboração, tramitação, aprovação e regulamentação da lei

Leia mais

01. Com freqüência os meios de comunicação noticiam conflitos na região do Oriente Médio.

01. Com freqüência os meios de comunicação noticiam conflitos na região do Oriente Médio. 01. Com freqüência os meios de comunicação noticiam conflitos na região do Oriente Médio. Sobre essa questão, leia atentamente as afirmativas abaixo: I. Em 11 de setembro de 2001, os EUA sofreram um violento

Leia mais

Tipos de Energia. Gravitacional; Elétrica; Magnética; Nuclear.

Tipos de Energia. Gravitacional; Elétrica; Magnética; Nuclear. Fontes de Energia Tipos de Energia Gravitacional; Elétrica; Magnética; Nuclear. Fontes de Energia Primaria fontes que quando empregadas diretamente num trabalho ou geração de calor. Lenha, para produzir

Leia mais

Examen Libre. Asignatura: 78.05 - Portugués. Texto. Vai valer mais que petróleo

Examen Libre. Asignatura: 78.05 - Portugués. Texto. Vai valer mais que petróleo Examen Libre Asignatura: 78.05 - Portugués Texto Vai valer mais que petróleo 5 10 15 No século XX forjou-se a idéia de que um dos indicadores mais seguros de riqueza de uma nação era o tamanho das reservas

Leia mais

Panorama Atual e Plano de Desenvolvimento para a Caprinovinocultura

Panorama Atual e Plano de Desenvolvimento para a Caprinovinocultura Panorama Atual e Plano de Desenvolvimento para a Caprinovinocultura Francisco Edilson Maia Presidente da Comissão Nacional de Caprinos e Ovinos CNA Presidente da Câmara Setorial e Temática de Ovinos e

Leia mais

GEOGRAFIA - 3 o ANO MÓDULO 13 GEOGRAFIA URBANA: CONCEITOS E PROCESSOS

GEOGRAFIA - 3 o ANO MÓDULO 13 GEOGRAFIA URBANA: CONCEITOS E PROCESSOS GEOGRAFIA - 3 o ANO MÓDULO 13 GEOGRAFIA URBANA: CONCEITOS E PROCESSOS Como pode cair no enem Os 10 maiores aglomerados urbanos Leia o texto e observe o quadro abaixo: O terceiro milênio se inicia com

Leia mais

ASSEMBLÉIA DE DEUS MADUREIRA

ASSEMBLÉIA DE DEUS MADUREIRA ASSEMBLÉIA DE DEUS MADUREIRA GEOGRAFIA Aula 1 Pr. Erivelton Rodrigues Nunes Através da Geografia Bíblica... Podemos localizar os relatos no espaço e no tempo Compreender as regiões nas quais ocorreram

Leia mais

PROGRAMA DO 7ª SÉRIE / 8º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL II - 2014 I UNIDADE

PROGRAMA DO 7ª SÉRIE / 8º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL II - 2014 I UNIDADE COORDENAÇÃO COLÉGIO OFICINA 1 PROGRAMA DO 7ª SÉRIE / 8º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL II - 2014 I UNIDADE DISCIPLINA CONTEÚDO COMPETÊNCIAS E HABILIDADES LÍNGUA PORTUGUESA REDAÇÃO OFICINA DE LEITURA ARTES EDUCAÇÃO

Leia mais

Brasil como maior exportador mundial de carne bovina: conquistas e desafios

Brasil como maior exportador mundial de carne bovina: conquistas e desafios Brasil como maior exportador mundial de carne bovina: conquistas e desafios João Ricardo Albanez Superintendente de Política e Economia Agrícola, Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento de

Leia mais

of 5 28/10/2015 01:38

of 5 28/10/2015 01:38 O Brasil não terá índios no século XXI. A ideia de congelar o homem no estado primitivo de sua evolução é, na verdade, cruel e hipócrita, afirmou o ex-ministro brasileiro de Ciência e Tecnologia Hélio

Leia mais

Admissão por Transferência Facultativa 2. a Transferência Facultativa/2010 PEDAGOGIA

Admissão por Transferência Facultativa 2. a Transferência Facultativa/2010 PEDAGOGIA assinatura do(a) candidato(a) Admissão por Transferência Facultativa. a Transferência Facultativa/00 Segunda Etapa Prova Dissertativa LEIA COM ATENÇÃO AS INSTRUÇÕES ABAIXO. Confira atentamente se os dados

Leia mais

Capítulo 12 Oriente Médio: zona de tensões

Capítulo 12 Oriente Médio: zona de tensões Capítulo 12 Oriente Médio: zona de tensões Aspectos Físicos Área: 6,8 milhões de km² porção continental e peninsular. Relevo: - Domínio de terras altas: planaltos. - Planície da Mesopotâmia Predomínio

Leia mais

Rios que voam. Yana Marull

Rios que voam. Yana Marull Rios que voam Yana Marull Yana Marull Drews Yana é jornalista, vive com a família em Brasília e já morou em outros países que também fazem parte da Bacia Amazônica. Ela adora escrever matérias sobre o

Leia mais

NÍVEL FUNDAMENTAL COMPLETO

NÍVEL FUNDAMENTAL COMPLETO CONCURSO PÚBLICO - Edital N.º 001/2009 - PREFEITURA MUNICIPAL DE CONCEIÇÃO DO ARAGUAIA REALIZAÇÃO DA PROVA OBJETIVA: 27 de Setembro de 2009 NÍVEL FUNDAMENTAL COMPLETO Cargos: (AUXILIAR DE CONSULTÓRIO DENTÁRIO,

Leia mais

ÁGUA. USOS, DISTRIBUIÇÃO e PRESERVAÇÃO

ÁGUA. USOS, DISTRIBUIÇÃO e PRESERVAÇÃO ÁGUA USOS, DISTRIBUIÇÃO e PRESERVAÇÃO Embora a água seja a substância mais abundante do nosso planeta, especialistas e autoridades internacionais alertam para um possível colapso das reservas de água doce,

Leia mais

Construção do Espaço Africano

Construção do Espaço Africano Construção do Espaço Africano Aula 2 Colonização Para melhor entender o espaço africano hoje, é necessário olhar para o passado afim de saber de que forma aconteceu a ocupação africana. E responder: O

Leia mais

A primeira nação da América espanhola, incluindo a Espanha e Portugal, que utilizou máquinas e barcos a vapor foi Cuba foi em 1829.

A primeira nação da América espanhola, incluindo a Espanha e Portugal, que utilizou máquinas e barcos a vapor foi Cuba foi em 1829. A primeira nação da América espanhola, incluindo a Espanha e Portugal, que utilizou máquinas e barcos a vapor foi Cuba foi em 1829. A primeira nação da América Latina e a terceira no mundo (atrás da Inglaterra

Leia mais

Diversidade Cultural

Diversidade Cultural Diversidade Cultural As grandes Civilizações: - Da África Negra; - Ocidental; - Chinesa; - Japonesa; - Hindu; - Eslava; - Ibero-Americana; - Islâmica. As Civilizações apresentam: - Factores de identidade

Leia mais

VALOR E PARTICIPAÇÃO DAS EXPORTAÇÕES, POR FATOR AGREGADO E PAÍS DE DESTINO

VALOR E PARTICIPAÇÃO DAS EXPORTAÇÕES, POR FATOR AGREGADO E PAÍS DE DESTINO VALOR E PARTICIPAÇÃO DAS EXPORTAÇÕES, POR FATOR AGREGADO E PAÍS DE DESTINO 1 - CHINA 2 - ESTADOS UNIDOS 2014 34.292 84,4 4.668 11,5 1.625 4,0 6.370 23,6 5.361 19,8 13.667 50,6 2013 38.973 84,7 5.458 11,9

Leia mais

LEI DA MÍDIA DEMOCRÁTICA

LEI DA MÍDIA DEMOCRÁTICA LEI DA MÍDIA DEMOCRÁTICA (versão simples da Lei da Comunicação Social Eletrônica) CAPÍTULO 1 PARA QUE SERVE A LEI Artigo 1 - Esta lei serve para falar como vai acontecer de fato o que está escrito em alguns

Leia mais

O continente africano

O continente africano O continente africano ATIVIDADES Questão 04 Observe o mapa 2 MAPA 2 Continente Africano Fonte: . A região do Sahel, representada

Leia mais

ATIVIDADES EXTRAS. Data: Entrega:

ATIVIDADES EXTRAS. Data: Entrega: Geografia ATIVIDADES EXTRAS Tema: Data: Entrega: Valor: Nota: AVALIAÇÕES Conteúdo: Data: Valor: Nota: A Geopolítica no Oriente Médio Atlas National Geographic Visitante contempla a vista de um restaurante

Leia mais

DATA: VALOR: 20 PONTOS NOME COMPLETO:

DATA: VALOR: 20 PONTOS NOME COMPLETO: DISCIPLINA: Geografia PROFESSOR(A): Rodrigo/Saulo DATA: VALOR: 20 PONTOS NOTA: NOME COMPLETO: ASSUNTO: TRABALHO DE RECUPERAÇÃO FINAL SÉRIE: 2ªEM TURMA: Nº: 01. RELAÇÃO DO CONTEÚDO Demografia (Transição

Leia mais

SITUAÇÃO MUNDIAL DA INFÂNCIA 2003

SITUAÇÃO MUNDIAL DA INFÂNCIA 2003 SITUAÇÃO MUNDIAL DA INFÂNCIA 2003 PARTICIPAÇÃO INFANTIL SITUAÇÃO MUNDIAL DA INFÂNCIA 2003 Para todas as crianças Saúde, Educação, Igualdade, Proteção AVANÇAR HUMANIDADE UNICEF/02-0075/Susan Markisz SITUAÇÃO

Leia mais

Marie Curie Vestibulares Lista 4 Geografia Matheus Ronconi AGROPECUÁRIA, INDÚSTRIA E DISTRIBUIÇÃO TECNOLÓGICA MUNDIAL

Marie Curie Vestibulares Lista 4 Geografia Matheus Ronconi AGROPECUÁRIA, INDÚSTRIA E DISTRIBUIÇÃO TECNOLÓGICA MUNDIAL AGROPECUÁRIA, INDÚSTRIA E DISTRIBUIÇÃO TECNOLÓGICA MUNDIAL 1) (UDESC - 2012) São exemplos da indústria de bens de consumo (ou leve): a) Indústria de autopeças e de alumínio. b) Indústria de automóveis

Leia mais

CLUBE EDUCACIONAL GESTAR NA ESCOLA TRAJETÓRIA II Atividades da III Unidade 7º ano / 6ª série ATIVIDADE 2 - LÍNGUA PORTUGUESA

CLUBE EDUCACIONAL GESTAR NA ESCOLA TRAJETÓRIA II Atividades da III Unidade 7º ano / 6ª série ATIVIDADE 2 - LÍNGUA PORTUGUESA CLUBE EDUCACIONAL GESTAR NA ESCOLA TRAJETÓRIA II Atividades da III Unidade 7º ano / 6ª série ATIVIDADE 2 - LÍNGUA PORTUGUESA IMPRIMA ANTES O FORMULÁRIO DE RESPOSTAS! Ao concluir as atividades e tendo certeza

Leia mais

Informações e instruções para os candidatos

Informações e instruções para os candidatos A preencher pelo candidato: Nome: N.º de inscrição: Documento de identificação: N.º: Local de realização da prova: A preencher pelo avaliador: Classificação final: Ass: Informações e instruções para os

Leia mais

Identificando os tipos de fontes energéticas

Identificando os tipos de fontes energéticas Identificando os tipos de fontes energéticas Observe a figura abaixo. Nela estão contidos vários tipos de fontes de energia. Você conhece alguma delas? As fontes de energia podem ser renováveis ou não-renováveis,

Leia mais

Casa Publicadora Brasileira Editora dos Adventistas do Sétimo Dia

Casa Publicadora Brasileira Editora dos Adventistas do Sétimo Dia TE QUERO VERDE Autoria: Ieda Martins de Oliveira Editora: Casa Publicadora Brasileira Turmas: 3º ao 7º ano Temas: Arte, Geografia, História, Ciências, Língua Portuguesa, Meio Ambiente, Pluralidade Cultural,

Leia mais

2) Leia atentamente a manchete da revista abaixo e escolha a alternativa correta:

2) Leia atentamente a manchete da revista abaixo e escolha a alternativa correta: ESCOLA ESTADUAL DR JOSÉ MARQUES DE OLIVEIRA TRABALHO DOS ESTUDOS INDEPENDENTES DO ANO 2013 Aluno: Nº: 9º ano: Matéria: Geografia Valor: 30,00 pontos Nota: Professora: Claudia Vicentino Supervisora: Daniella

Leia mais

PROFESSOR: EQUIPE DE GEOGRAFIA

PROFESSOR: EQUIPE DE GEOGRAFIA PROFESSOR: EQUIPE DE GEOGRAFIA BANCO DE QUESTÕES - GEOGRAFIA - 9º ANO - ENSINO FUNDAMENTAL ============================================================================================== 01- A imagem a

Leia mais

Fabrício Aparecido Breve INTERNET E MUNDIALIZAÇÃO

Fabrício Aparecido Breve INTERNET E MUNDIALIZAÇÃO Fabrício Aparecido Breve INTERNET E MUNDIALIZAÇÃO Piracicaba, 2000 Fabrício Aparecido Breve INTERNET E MUNDIALIZAÇÃO Este trabalho se destina a avaliação da disciplina de Teoria da Comunicação Piracicaba,

Leia mais

Página 1 de 8-01/04/2014-5:59

Página 1 de 8-01/04/2014-5:59 PROFESSOR: EQUIPE DE PORTUGUÊS BANCO DE QUESTÕES - LÍNGUA PORTUGUESA - 4 ANO - ENSINO FUNDAMENTAL ========================================================================== Texto 1 LIXO NO LIXO Dá para

Leia mais

VESTIBULAR UFSC/2010/LIBRAS PROVA DE LIBRAS E DE LÍNGUA PORTUGUESA (LICENCIATURA E BACHARELADO)

VESTIBULAR UFSC/2010/LIBRAS PROVA DE LIBRAS E DE LÍNGUA PORTUGUESA (LICENCIATURA E BACHARELADO) VESTIBULAR UFSC/2010/LIBRAS PROVA DE LIBRAS E DE LÍNGUA PORTUGUESA (LICENCIATURA E BACHARELADO) O tempo total concedido para a resolução das provas (LIBRAS e Língua Portuguesa) é de 4 (quatro) horas, incluindo

Leia mais

Av. Moaci, 965 Moema São Paulo SP CEP: 04083-002 Tel. +55 (11) 2532-4813 www.geekie.com.br. Prezados colégios,

Av. Moaci, 965 Moema São Paulo SP CEP: 04083-002 Tel. +55 (11) 2532-4813 www.geekie.com.br. Prezados colégios, Prezados colégios, Buscando atender a demanda por GeekieTestes para o 1º e 2º anos do Ensino Médio, elaboramos nossa Matriz Geekie de Avaliação para 2014. Nela, buscamos contemplar os principais conteúdos

Leia mais

ATIVIDADES ONLINE 9º 3. Cidade chinesa que estreou economia de mercado completa 30 anos

ATIVIDADES ONLINE 9º 3. Cidade chinesa que estreou economia de mercado completa 30 anos ATIVIDADES ONLINE 9º 3 1) Leia atentamente. Cidade chinesa que estreou economia de mercado completa 30 anos Deng Xiaoping, pai da reforma econômica da China, decidiu no começo dos anos 80 testar as regras

Leia mais

Caderno de Prova INSTRUÇÕES

Caderno de Prova INSTRUÇÕES Categoria A Caderno de Prova 4ª Série ou 5º ano INSTRUÇÕES Caro aluno, Quando receber a prova, preste bastante atenção para ter certeza de que ela tem 30 questões que devem aparecer na seguinte ordem:

Leia mais

MANUAL SERVIÇOS AMBIENTAIS NO CORREDOR ETNOAMBIENTAL TUPI MONDÉ CADERNO DE ATIVIDADES

MANUAL SERVIÇOS AMBIENTAIS NO CORREDOR ETNOAMBIENTAL TUPI MONDÉ CADERNO DE ATIVIDADES MANUAL SERVIÇOS AMBIENTAIS NO CORREDOR ETNOAMBIENTAL TUPI MONDÉ CADERNO DE ATIVIDADES MÓDULO I Corredor Etnoambiental Tupi Mondé Atividade 1 Conhecendo mais sobre nosso passado, presente e futuro 1. No

Leia mais

2a. prova Simulado 5 Dissertativo 27.09.06 QUÍMICA INSTRUÇÕES PARA REALIZAÇÃO DO SIMULADO

2a. prova Simulado 5 Dissertativo 27.09.06 QUÍMICA INSTRUÇÕES PARA REALIZAÇÃO DO SIMULADO Simulado 5 Padrão FUVEST Aluno: N o do Cursinho: Sala: QUÍMICA INSTRUÇÕES PARA REALIZAÇÃO DO SIMULADO 1. Aguarde a autorização do fiscal para abrir o caderno de questões e iniciar a prova. 2. Duração da

Leia mais

SEQUÊNCIA DIDÁTICA PODCAST CIÊNCIAS HUMANAS

SEQUÊNCIA DIDÁTICA PODCAST CIÊNCIAS HUMANAS SEQUÊNCIA DIDÁTICA PODCAST CIÊNCIAS HUMANAS Título do Podcast Área Segmento Duração Consumo, consumismo e impacto humano no meio ambiente Ciências Humanas Ensino Fundamental; Ensino Médio 6min29seg Habilidades:

Leia mais

RESOLUÇÃO: O QUE É GEOGRAFIA

RESOLUÇÃO: O QUE É GEOGRAFIA O QUE É GEOGRAFIA 01. (Ufpe) Vamos supor que um determinado pesquisador escreveu o seguinte texto sobre a Amazônia brasileira. "A Amazônia brasileira, uma das principais regiões do País, está fadada ao

Leia mais

MANUAL PROGRAMA DE ESTÁGIO IAESTE 2009/2010

MANUAL PROGRAMA DE ESTÁGIO IAESTE 2009/2010 MANUAL PROGRAMA DE ESTÁGIO IAESTE 2009/2010 Caro Participante, Seja bem-vindo ao Programa de intercâmbio de estágio oferecido mundialmente pela IAESTE! Leia atentamente este manual. Ele contém todas as

Leia mais

Agente de Vigilância Previdenciária Auxiliar de Serviços Gerais Motorista ITAPREVI. Nível Fundamental Completo 22.01.2012 - MANHÃ

Agente de Vigilância Previdenciária Auxiliar de Serviços Gerais Motorista ITAPREVI. Nível Fundamental Completo 22.01.2012 - MANHÃ Agente de Vigilância Previdenciária Auxiliar de Serviços Gerais Motorista ITAPREVI Nível Fundamental Completo 22.01.2012 - MANHÃ AG. DE VIGILÂNCIA PREVIDENCIÁRIA / AUX. DE SERVIÇOS GERAIS / MOTORISTA

Leia mais

GEOGRAFIA. Prova de 2 a Etapa SÓ ABRA QUANDO AUTORIZADO. FAÇA LETRA LEGÍVEL. Duração desta prova: TRÊS HORAS. UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS

GEOGRAFIA. Prova de 2 a Etapa SÓ ABRA QUANDO AUTORIZADO. FAÇA LETRA LEGÍVEL. Duração desta prova: TRÊS HORAS. UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS GEOGRAFIA Prova de 2 a Etapa SÓ ABRA QUANDO AUTORIZADO. Leia atentamente as instruções que se seguem. 1 - Este caderno contém oito questões, constituídas de itens e subitens, abrangendo um total de doze

Leia mais

*A professora que ensina o caminho ecológico da paz Roberto Villar Belmonte 1

*A professora que ensina o caminho ecológico da paz Roberto Villar Belmonte 1 *A professora que ensina o caminho ecológico da paz Roberto Villar Belmonte 1 *Texto escrito para a edição de novembro de 2005 do Jornal Extra Classe do Sindicato dos Professores do Rio Grande do Sul:

Leia mais

Dupla Ação: ConscientizAção e EducAção Ambiental para a Sustentabilidade

Dupla Ação: ConscientizAção e EducAção Ambiental para a Sustentabilidade Dupla Ação: ConscientizAção e EducAção Ambiental para a Sustentabilidade A Agenda 21 vai à Escola Autora: Zióle Zanotto Malhadas Nucleo Interdisciplinar de Meio Ambiente e Desenvolvimento/UFPR/Curitiba/2001

Leia mais

Telecurso 2000 Junho 2012. Instrução: Todas as trinta questões desta prova devem ser respondidas assinalando a alternativa adequada ao enunciado.

Telecurso 2000 Junho 2012. Instrução: Todas as trinta questões desta prova devem ser respondidas assinalando a alternativa adequada ao enunciado. Instrução: Todas as trinta questões desta prova devem ser respondidas assinalando a alternativa adequada ao enunciado. QUESTÃO 1 Leia o texto a seguir. A companhia aérea canadense Discovery Air comprometeu-se

Leia mais

Sugestão de avaliação

Sugestão de avaliação Sugestão de avaliação 6 PORTUGUÊS Professor, esta sugestão de avaliação corresponde ao quarto bimestre escolar ou às Unidades 7 e 8 do livro do Aluno. Avaliação - Língua Portuguesa NOME: TURMA: escola:

Leia mais

PROVA UNIJUÍ. Locais de Realização da Prova Câmpus/Polo Ijuí, Câmpus Santa Rosa, Câmpus Panambi e Câmpus Três Passos.

PROVA UNIJUÍ. Locais de Realização da Prova Câmpus/Polo Ijuí, Câmpus Santa Rosa, Câmpus Panambi e Câmpus Três Passos. PROVA UNIJUÍ Data 08 de fevereiro de 2015 (domingo) Modalidades e Horários Cursos EaD Prova da Unijuí (Redação) Início às 8h30min e término às 11h30min. Cursos Presenciais Prova da Unijuí (Redação e 40

Leia mais

Unidade I: Fundamentos

Unidade I: Fundamentos Curso: Ciências do Ambiente Unidade I: Fundamentos Profª Manuella Villar Amado A crise ambiental Miller (1985) A Terra pode ser comparada a uma astronave deslocando-se a 100.000 km/h pelo espaço sideral

Leia mais

CRISE DO ESCRAVISMO. O Brasil foi o último país da América Latina a abolir a escravidão.

CRISE DO ESCRAVISMO. O Brasil foi o último país da América Latina a abolir a escravidão. CRISE DO ESCRAVISMO A Dinamarca foi o primeiro país Europeu a abolir o tráfico de escravos em 1792. A Grã-Bretanha veio a seguir, abolindo em 1807 e os Estados Unidos em 1808. O Brasil foi o último país

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MEC - SETEC INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA BAIANO PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MEC - SETEC INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA BAIANO PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MEC - SETEC INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA BAIANO PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN EDITAL DE RETIFICAÇÃO N 049, DE 05 DE NOVEMBRO DE 2014 O Reitor do Instituto

Leia mais