GOVERNO DO ESTADO DE PERNAMBUCO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO APOLÔNIO SALLES

Save this PDF as:

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "GOVERNO DO ESTADO DE PERNAMBUCO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO APOLÔNIO SALLES"

Transcrição

1 NÍVEL: FUNDAMENTAL TURNO: MANHÃ GOVERNO DO ESTADO DE PERNAMBUCO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO APOLÔNIO SALLES SUPLETIVO 2013 QUADRO DE PROVAS PORTUGUÊS PRÉDIO: SALA: NOME COMPLETO: RG: Nº DE INSCRIÇÃO: Leia todas as instruções antes de iniciar a prova. 1. Confira seus dados pessoais. 2. Marque apenas uma resposta para cada questão, pois só há uma única resposta correta. A questão que for marcada com mais de uma resposta, ou rasurada será anulada. 3. A prova terá início às 08h e deverá ser concluída até às 12h. Por razões de segurança dos exames supletivos, o candidato só poderá deixar o local de realização da aplicação das provas, 1 (uma) hora após o seu início. 4. Ao receber a folha de respostas, confira o quadro de provas, nível de ensino, seu nome e número de inscrição. Qualquer irregularidade observada comunique imediatamente ao fiscal. 5. Assinale a resposta de cada questão no corpo da prova e só depois transfira os resultados para a folha de resposta. 6. Para marcar a folha de respostas, utilize apenas caneta esferográfica preta ou azul e faça as marcas de acordo com o modelo: 7. Não risque, não amasse, não dobre e não suje a folha de respostas, pois isso poderá prejudicá-lo. 8. Os fiscais não estão autorizados a emitir opinião nem prestar esclarecimentos sobre os conteúdos das provas. Cabe única e exclusivamente ao candidato interpretar e decidir. 9. Não será permitido o uso de telefones celulares, bips, pagers, palm tops ou aparelhos semelhantes de comunicação e agendas eletrônicas, pelos candidatos, durante a realização das provas.

2 PORTUGUÊS ENSINO FUNDAMENTAL Leia o texto 1 e responda às questões de 01 a 11. Texto 1 Experiência pode ser de amor ou ódio O computador se tornou um grande companheiro. Ele ajuda a orientar, informar e formar. Assim, a pessoa não fica alheia ao mundo e aos acontecimentos. Com essas palavras, Antonia Cunha, professora aposentada de língua portuguesa e literatura da Universidade de São Paulo (USP) e da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUCSP), resume sua experiência. Aos 74 anos, ela acessa diariamente a internet, lê e responde s, procura sites sobre literatura e artes, conversa com amigos novos e antigos e orienta ex-alunos. Em alguns dias, passa as noites navegando e escrevendo. A possibilidade de manter um contato mais fácil e rápido com familiares e amigos que estão distantes é mágica. Aproxima as pessoas e os companheiros de ideais. Para ela, a inserção no mundo digital apareceu como necessidade de se manter atualizada, de compreender as novas linguagens. Não é uma questão de gostar ou não, mas da tecnologia estar tão inserida e presente no mundo que você precisa aprender a usá-la. É uma necessidade para estar acompanhando o que acontece hoje, diz. Ninguém quer deixar de estar em ação, de acompanhar as coisas. Comigo, o processo foi encantador. Fico horas e horas e não sinto passar o tempo. Depois de comprar o computador, Antonia fez um curso de um ano de informática para a terceira idade. Formada, passou a fazer sozinha suas experiências, mas ainda hoje tem um professor particular que vai até sua casa a cada 15 dias para tirar dúvidas. No começo, dá medo do computador. Mas com o tempo você adquire confiança e tudo fica fácil. No entanto, nem todas as experiências com computador depois da aposentadoria são tão fáceis como a de Antonia. Para a dona de casa Aparecida Nunes Cintra, de 72 anos, computadores são um universo distante e complexo demais. Meus filhos me pressionaram para aprender, mas eu não entendia o porquê. Nunca tive vontade, conta. Mesmo assim, falaram tanto que comecei a aprender e a mexer. Mas foi demais pra mim. Era tudo muito difícil, muito rápido, confuso. Ela conta que terminou o curso, mas nunca mais ligou o computador. Não gostei, prefiro ficar de fora. (AE) Texto disponível em Acesso em 28/04/2013. QUESTÃO 01. O texto mostra a experiência de inserção no mundo digital de duas pessoas da terceira idade. De acordo com o texto, essa inserção foi exitosa a) para as duas senhoras. b) exitosa apenas para a professora aposentada. c) para a dona de casa. d) para nenhuma das duas senhoras. QUESTÃO 02. Que fala da professora aposentada expressa o argumento principal utilizado por ela para se inserir no mundo digital? a) Ninguém quer deixar de estar em ação, de acompanhar as coisas. Comigo, o processo foi encantador. b) Fico horas e horas e não sinto passar o tempo. c) Não é uma questão de gostar ou não, mas da tecnologia estar tão inserida e presente no mundo que você precisa aprender a usá-la. d) No começo, dá medo do computador. Mas com o tempo você adquire confiança e tudo fica fácil. QUESTÃO 03. O quarto parágrafo do texto é introduzido pela expressão No entanto. Essa expressão quer dizer que o que vai ser apresentado a)contradiz o que foi dito anteriormente. b)acrescenta novos elementos ao que foi dito anteriormente. c)explica o que foi dito anteriormente. d)é a causa do que foi dito anteriormente. QUESTÃO 04. Esse texto deixa entrever que ter um computador e fazer um curso de informática não é suficiente para uma experiência exitosa entre a máquina e a pessoa. O êxito depende de ingredientes importantes como a) ter necessidade e desejo de aprender. b) ligar o computador e ter s para responder. c) ter professor particular e dinheiro para pagar. d) sofrer de insônia e ter desejo de companhia virtual. 1 SUPLETIVO

3 QUESTÃO 05. QUESTÃO 10. Você precisa aprender a usá-la. O pronome pessoal a assumiu a forma la para tornar mais agradável sua pronúncia. No texto, esse pronome refere-se à a) internet. b) língua portuguesa. c) literatura. d) tecnologia. QUESTÃO 06. Experiência pode ser de amor ou ódio. O conectivo que aparece entre as palavras amor/ódio estabelece entre elas uma relação de a) adversidade. b) adição. c) alternância. d) reciprocidade. QUESTÃO 07. Assim, a pessoa não fica alheia ao mundo e aos acontecimentos. Considerando o contexto dessa frase, a palavra em destaque indica uma a) opinião. b) conclusão. c) concessão. d) explicação. QUESTÃO 08. Mesmo assim, falaram tanto que comecei a aprender a mexer. Considerando o contexto, a alternativa que melhor substitui a expressão destacada é a) Apesar disso. b) Já que. c) Por isso. d) À medida que. QUESTÃO comecei a aprender e a mexer. As ações começar, aprender e mexer são opostas a ação da afirmativa a) Era tudo muito difícil. b) meus filhos me pressionaram. c) Nunca tive vontade. d) Mas foi demais para mim. O segundo parágrafo do texto inicia com a expressão Para ela. Nesse caso, o pronome ela refere-se à a) dona de casa Aparecida Nunes Cintra. b) Universidade de São Paulo (USP). c) Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC/SP). d) professora Antônia Cunha. QUESTÃO 11. O uso das aspas está presente ao longo do texto. Esse sinal de pontuação foi utilizado de forma recorrente pelo autor para a) destacar a importância de mulheres que utilizam o computador. b) apresentar o contexto social de onde as mulheres entrevistadas falam. c) introduzir a fala de mulheres que iniciaram o uso do computador na terceira idade. d) apresentar dados relativos a mulheres que usam computador em idade avançada. Leia o texto 2 e responda às questões de 12 a 17. Texto 2 Abismo digital: No Brasil, 62% dos lares não têm acesso à Internet O TIC Domicílios 2011, produzido pelo CETIC.br, comprova que a desigualdade digital reina no Brasil. Apesar de a presença de computadores e do próprio acesso à Internet crescer ano a ano, 55% dos domicílios brasileiros não têm computador e 62% não têm acesso à Internet. Na área rural, esse abismo se agrava: chega a 90% os domicílios sem acesso à rede mundial, conforme revela a pesquisa TIC Domicílios 2011, divulgada nesta quinta-feira 31/05. O levantamento constata que a proporção de domicílios com computador passou de 35% para 45%, enquanto a presença da Internet cresceu de 27% para 38%, de 2010 para Mas o estudo mostra que esse impulso acontece nas classes mais favorecidas economicamente. As classes A, B, e agora parte da classe C, seguem como as maiores consumidoras de tecnologia. Mas a inclusão digital ainda não acontece para as classes D e E, que somam cerca de 74 milhões de brasileiros. 2 SUPLETIVO

4 O TIC Domicílios 2011 comprova que se na classe A, o acesso à Internet está em 97% dos lares, nas classes D e E o resultado é desanimador: apenas 5% dos lares dessas classes têm Internet. Isso significa que 95% dos lares das classes D e E não têm uso da Internet doméstica. A desigualdade digital se une à social/econômica. Nas regiões Norte e Nordeste, a Internet ainda é um bem distante da população. De acordo com o TIC Domicílios 2011, dois terços da população dessa região não têm acesso à Internet. O levantamento do CETIC.br mostra ainda que o Plano Nacional de Banda Larga tem muito por fazer. Isso porque 55% da população brasileira não é usuária da Internet ou não utilizaram a Rede Mundial nos últimos três meses. Para realizar o TIC Domicílios 2011, o CETIC.br realizou entrevistas presenciais em 25 mil domicílios no Brasil, incluindo áreas rurais. Texto disponível em Acesso em 20/06/13. QUESTÃO 12. A ideia central do texto é a) o acesso à internet, no Brasil, cresceu de 27% para 38%. b) as regiões Nordeste e o Norte estão em crescente aumento no uso da internet. c) a desigualdade digital entre as classes sociais e regiões do Brasil. d) a classe social C passa a ser consumidora de internet. QUESTÃO 13. No período: Apesar de proporcionalmente crescer o número de computadores, 55% dos domicílios brasileiros não têm computador e 62% não têm acesso à Internet. A expressão destacada estabelece entre as orações a ideia de QUESTÃO 14. O estudo revela que os dados são desanimadores porque a) demonstram que o aumento no acesso à internet concentra-se na classe social A. b) apontam que as pessoas das classes D e E não se interessam pela internet. c) apresentam desigualdades sociais entre os internautas. d) criticam o plano que é responsável pela expansão da internet no Brasil. QUESTÃO 15. A instituição que realizou a pesquisa foi a) Plano Nacional de Banda Larga. b) TIC Domicílios c) Rede Mundial. d) CETIC.br. QUESTÃO 16. O número de pessoas, no Brasil, sem acesso à internet é a) 74 milhões. b) dois terços. c) 62%. d) 25 mil. QUESTÃO 17. Na frase... o CETIC.br realizou entrevistas presenciais em 25 mil domicílios no Brasil incluindo áreas rurais., a função sintática do termo sublinhado é a) adjunto adverbial. b) complemento nominal. c) objeto direto. d) objeto indireto. a) explicação. b) concessão. c) adição. d) condição. 3 SUPLETIVO

5 Leia os textos 3 e 4 e responda às questões de 18 a 20. Texto 3 QUESTÃO 18. A crítica realizada pela personagem feminina no texto 3 é decorrente de a) o rapaz estar presente em muitos lugares diferentes. b) ter que procurar o rapaz em vários lugares para encontrá-lo. c) os lugares em que o rapaz está pertencerem ao mundo virtual. d) o lugar preferido pelo rapaz ser o twitter. QUESTÃO 19. No texto 3, a palavra raramente, destacada no quarto quadrinho, poderia ser substituída, sem prejuízo para o sentido do texto, por a) dificilmente. b) exclusivamente. c) diariamente. d) frequentemente. Disponível em < glaucianunes43.wordpress.com>. Acesso em 20/06/2013. Texto 4 QUESTÃO 20. O uso da linguagem metafórica está presente em que quadro do texto 4? a) No primeiro. b) No segundo. c) No terceiro. d) No quarto. Disponível em < glaucianunes43.wordpress.com>. Acesso em 20/06/ SUPLETIVO

Teste de Habilidade Específica - THE

Teste de Habilidade Específica - THE LEIA COM ATENÇÃO 1. Só abra este caderno após ler todas as instruções e quando for autorizado pelos fiscais da sala. 2. Preencha os dados pessoais. 3. Autorizado o inicio da prova, verifique se este caderno

Leia mais

Conteúdos: Pronomes possessivos e demonstrativos

Conteúdos: Pronomes possessivos e demonstrativos Conteúdos: Pronomes possessivos e demonstrativos Habilidades: Reconhecer os pronomes demonstrativos como marca em relação à posição, ao espaço e ao tempo no texto; Habilidades: Compreender os pronomes

Leia mais

3 Método 3.1. Entrevistas iniciais

3 Método 3.1. Entrevistas iniciais 3 Método 3.1. Entrevistas iniciais Os primeiros passos para elaboração do questionário foram entrevistas semiestruturadas feitas pelo telefone com o objetivo de descobrir o tempo máximo de lembrança das

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE BOM DESPACHO-MG PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO - EDITAL 001/2009 CARGO: COORDENADOR DE INCLUSÃO DIGITAL CADERNO DE PROVAS

PREFEITURA MUNICIPAL DE BOM DESPACHO-MG PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO - EDITAL 001/2009 CARGO: COORDENADOR DE INCLUSÃO DIGITAL CADERNO DE PROVAS CADERNO DE PROVAS 1 A prova terá a duração de duas horas, incluindo o tempo necessário para o preenchimento do gabarito. 2 Marque as respostas no caderno de provas, deixe para preencher o gabarito depois

Leia mais

Aula 05 - Compromissos

Aula 05 - Compromissos Aula 05 - Compromissos Objetivos Agendar compromissos, utilizando verbos no infinitivo ou a estrutura (ir) + ter que + verbos no infinitivo; conversar ao telefone, reconhecendo e empregando expressões

Leia mais

The Change in Style Every Click The immediate consumption of fashion trends.

The Change in Style Every Click The immediate consumption of fashion trends. 11º Colóquio de Moda 8ª Edição Internacional 2015 A MUDANÇA DE ESTILO A CADA CLICK- O CONSUMO IMEDIATO DAS TENDÊNCIAS DE MODA. The Change in Style Every Click The immediate consumption of fashion trends.

Leia mais

COMO USAR AS MÍDIAS SOCIAIS PARA VENDER MAIS NA INTERNET. tyngu.com.br

COMO USAR AS MÍDIAS SOCIAIS PARA VENDER MAIS NA INTERNET. tyngu.com.br COMO USAR AS MÍDIAS SOCIAIS PARA VENDER MAIS NA INTERNET USE O PODER DA INTERNET Usar as mídias sociais como Facebook, Twitter e YouTube para dar mais visibilidade a um produto ou serviço exige aprendizado.

Leia mais

www.marketingparaartesanato.com.br

www.marketingparaartesanato.com.br COMO VENDER MAIS ARTESANATO AS 4 ETAPAS DA VENDA E OS PRINCÍPIOS DA PERSUASÃO Que bom estar aqui com você! Meu nome é André Gibran e o que eu faço é ajudar artesãos e artesãs como você a fazerem vendas

Leia mais

E-COMMERCE COMPORTAMENTO DO CONSUMIDOR FRENTE ÀS TRANSAÇÕES ON-LINE 1. Tahinan Pattat 2, Luciano Zamberlan 3.

E-COMMERCE COMPORTAMENTO DO CONSUMIDOR FRENTE ÀS TRANSAÇÕES ON-LINE 1. Tahinan Pattat 2, Luciano Zamberlan 3. E-COMMERCE COMPORTAMENTO DO CONSUMIDOR FRENTE ÀS TRANSAÇÕES ON-LINE 1 Tahinan Pattat 2, Luciano Zamberlan 3. 1 Trabalho de conclusão de curso de Administração da Unijuí 2 Aluno do Curso de Administração

Leia mais

AS CONTRIBUIÇÕES DAS VÍDEO AULAS NA FORMAÇÃO DO EDUCANDO.

AS CONTRIBUIÇÕES DAS VÍDEO AULAS NA FORMAÇÃO DO EDUCANDO. AS CONTRIBUIÇÕES DAS VÍDEO AULAS NA FORMAÇÃO DO EDUCANDO. Autor: José Marcos da Silva Instituição: UFF/CMIDS E-mail: mzosilva@yahoo.com.br RESUMO A presente pesquisa tem como proposta investigar a visão

Leia mais

NCE UNEMAT 2005 NÍVEL SUPERIOR

NCE UNEMAT 2005 NÍVEL SUPERIOR NCE UNEMAT 2005 NÍVEL SUPERIOR TEXTO URGÊNCIA Ao constatar que, de 40 pessoas que costumam dormir nas praias de Copacabana e Ipanema, 35 vieram de fora da cidade, a Secretaria municipal de Assistência

Leia mais

1) Observe a fala do peru, no último quadrinho. a) Quantos verbos foram empregados nessa fala? Dois. b) Logo, quantas orações há nesse período? Duas.

1) Observe a fala do peru, no último quadrinho. a) Quantos verbos foram empregados nessa fala? Dois. b) Logo, quantas orações há nesse período? Duas. Pág. 41 1 e 2 1) Observe a fala do peru, no último quadrinho. a) Quantos verbos foram empregados nessa fala? Dois. b) Logo, quantas orações há nesse período? Duas. c) Delimite as orações. Foi o presente

Leia mais

CURIOSIDADES GRÁFICAS

CURIOSIDADES GRÁFICAS CURIOSIDADES GRÁFICAS 1. USO DOS PORQUÊS POR QUE: usado em frases interrogativas diretas e indiretas; quando equivale a pelo qual e flexões e quando depois dessa expressão vier escrita ou subentendida

Leia mais

Ao saber destes aumentos por jornais (impressos e TV), estimulamos a pergunta de se isso impacta na forma que ele gasta seu dinheiro:

Ao saber destes aumentos por jornais (impressos e TV), estimulamos a pergunta de se isso impacta na forma que ele gasta seu dinheiro: PESQUISA: 2015 AMOSTRA: 525 pessoas da classe AB 13 de dezembro 5 capitais brasileiros: Curitiba, São Paulo, Belo Horizonte, Salvador e Brasília A ideia da pesquisa foi entender as expectativas do brasileiro

Leia mais

Papo com a Especialista

Papo com a Especialista Papo com a Especialista Silvie Cristina (Facebook) - Que expectativas posso ter com relação à inclusão da minha filha portadora da Síndrome de Down na Educação Infantil em escola pública? Quando colocamos

Leia mais

Área - Relações Interpessoais

Área - Relações Interpessoais Área - Relações Interpessoais Eu e os Outros ACTIVIDADE 1 Dar e Receber um Não. Dar e Receber um Sim. Tempo Previsível 60 a 90 m COMO FAZER? 1. Propor ao grupo a realização de situações de role play, em

Leia mais

Recupere a saúde financeira e garanta um futuro tranquilo. Campus da UNESP de São José do Rio Preto, 30/09/2015

Recupere a saúde financeira e garanta um futuro tranquilo. Campus da UNESP de São José do Rio Preto, 30/09/2015 Recupere a saúde financeira e garanta um futuro tranquilo Campus da UNESP de São José do Rio Preto, 30/09/2015 Objetivo geral Disseminar conhecimento financeiro e previdenciário dentro e fora da SP-PREVCOM

Leia mais

Exclusivo: Secretária de Gestão do MPOG fala sobre expectativas do Governo Dilma

Exclusivo: Secretária de Gestão do MPOG fala sobre expectativas do Governo Dilma Exclusivo: Secretária de Gestão do MPOG fala sobre expectativas do Governo Dilma Entrevista, Ministério do Planejamento domingo, 6 de novembro de 2011 Carlos Bafutto O SOS Concurseiro discutiu, com exclusividade,

Leia mais

Boletim Econômico Edição nº 86 outubro de 2014. Organização: Maurício José Nunes Oliveira Assessor econômico

Boletim Econômico Edição nº 86 outubro de 2014. Organização: Maurício José Nunes Oliveira Assessor econômico Boletim Econômico Edição nº 86 outubro de 2014 Organização: Maurício José Nunes Oliveira Assessor econômico Análise de indicadores bancários e financeiros em 2014 1 A concentração bancária brasileira em

Leia mais

Processo Seletivo Salesiano

Processo Seletivo Salesiano COLÉGIO SALESIANO NOSSA SENHORA AUXILIADORA Processo Seletivo Salesiano Concurso de Bolsas de Estudos Nome do(a) aluno(a): Número de Inscrição: Série: 7º Ano Ensino Fundamental II ORIENTAÇÕES Ao receber

Leia mais

ONG S E ASSOCIAÇÕES. Aproveite bem todas as dicas, fotos e textos deste guia, pois eles são muito importantes.

ONG S E ASSOCIAÇÕES. Aproveite bem todas as dicas, fotos e textos deste guia, pois eles são muito importantes. ONG S E ASSOCIAÇÕES PARA COMEÇAR Você tem vontade de participar mais do que acontece ao seu redor, dar uma força para resolver questões que fazem parte da rotina de certos grupos e comunidades e colocar

Leia mais

Como economizar dinheiro negociando com seu banco. negociecomseubanco.com.br 1

Como economizar dinheiro negociando com seu banco. negociecomseubanco.com.br 1 negociecomseubanco.com.br 1 Sumário Negocie Com Seu Banco... 3 Quem Somos... 3 Nossa Missão... 3 Este Ebook... 3 Introdução... 4 Como negociar... 6 1. Pesquise as taxas de juros na Negocie Com Seu Banco...

Leia mais

Os dois foram entrando e ROSE foi contando mais um pouco da história e EDUARDO anotando tudo no caderno.

Os dois foram entrando e ROSE foi contando mais um pouco da história e EDUARDO anotando tudo no caderno. Meu lugar,minha história. Cena 01- Exterior- Na rua /Dia Eduardo desce do ônibus com sua mala. Vai em direção a Rose que está parada. Olá, meu nome é Rose sou a guia o ajudara no seu projeto de história.

Leia mais

Norma 02/2015 Provas Finais 4º e 6º anos

Norma 02/2015 Provas Finais 4º e 6º anos Norma 02/2015 Provas Finais 4º e 6º anos Todas estas instruções têm de ser lidas e esclarecidas pelo diretor de turma ou professor titular de turma, na sala de aula, antes do final do 3.º período, devendo

Leia mais

Meu nome é José Guilherme Monteiro Paixão. Nasci em Campos dos Goytacazes, Norte Fluminense, Estado do Rio de Janeiro, em 24 de agosto de 1957.

Meu nome é José Guilherme Monteiro Paixão. Nasci em Campos dos Goytacazes, Norte Fluminense, Estado do Rio de Janeiro, em 24 de agosto de 1957. Rio de Janeiro, 5 de junho de 2008 IDENTIFICAÇÃO Meu nome é José Guilherme Monteiro Paixão. Nasci em Campos dos Goytacazes, Norte Fluminense, Estado do Rio de Janeiro, em 24 de agosto de 1957. FORMAÇÃO

Leia mais

Conceitos Básicos de Rede. Um manual para empresas com até 75 computadores

Conceitos Básicos de Rede. Um manual para empresas com até 75 computadores Conceitos Básicos de Rede Um manual para empresas com até 75 computadores 1 Conceitos Básicos de Rede Conceitos Básicos de Rede... 1 A Função de Uma Rede... 1 Introdução às Redes... 2 Mais Conceitos Básicos

Leia mais

Top Guia In.Fra: Perguntas para fazer ao seu fornecedor de CFTV

Top Guia In.Fra: Perguntas para fazer ao seu fornecedor de CFTV Top Guia In.Fra: Perguntas para fazer ao seu fornecedor de CFTV 1ª Edição (v1.4) 1 Um projeto de segurança bem feito Até pouco tempo atrás o mercado de CFTV era dividido entre fabricantes de alto custo

Leia mais

MÓDULO 5 O SENSO COMUM

MÓDULO 5 O SENSO COMUM MÓDULO 5 O SENSO COMUM Uma das principais metas de alguém que quer escrever boas redações é fugir do senso comum. Basicamente, o senso comum é um julgamento feito com base em ideias simples, ingênuas e,

Leia mais

Não. A Sabesprev tem dinheiro em caixa suficiente para garantir o pagamento aos beneficiários pelos próximos anos. O que existe é um déficit atuarial.

Não. A Sabesprev tem dinheiro em caixa suficiente para garantir o pagamento aos beneficiários pelos próximos anos. O que existe é um déficit atuarial. PRINCIPAIS DÚVIDAS SOBRE O SABESPREV MAIS. 1. A Sabesprev está em dificuldades financeiras? Não. A Sabesprev tem dinheiro em caixa suficiente para garantir o pagamento aos beneficiários pelos próximos

Leia mais

COMANDO DA AERONÁUTICA ESCOLA DE ESPECIALISTAS DE AERONÁUTICA SUBDIVISÃO DE ADMISSÃO E DE SELEÇÃO

COMANDO DA AERONÁUTICA ESCOLA DE ESPECIALISTAS DE AERONÁUTICA SUBDIVISÃO DE ADMISSÃO E DE SELEÇÃO Questão : 01 03 03 Questão : 01 03 03 A questão 01 do código 10 (01 do código 20-BCT) que corresponde à questão 03 do código 30 (03 do código 40-BCT) e a questão 03 do código 50 (03 do código 60-BCT) teve

Leia mais

PESQUISA DATAPOPULAR: PERCEPÇÃO SOBRE A QUALIDADE DA EDUCAÇÃO NAS ESCOLAS ESTADUAIS DE SÃO PAULO

PESQUISA DATAPOPULAR: PERCEPÇÃO SOBRE A QUALIDADE DA EDUCAÇÃO NAS ESCOLAS ESTADUAIS DE SÃO PAULO PESQUISA DATAPOPULAR: PERCEPÇÃO SOBRE A QUALIDADE DA EDUCAÇÃO NAS ESCOLAS ESTADUAIS DE SÃO PAULO OBJETIVOS QUALIDADE NAS ESCOLAS Mapear percepções de Professores, Pais e Alunos de São Paulo sobre o que

Leia mais

WWW.MUSICALLEIZER.COM.BR

WWW.MUSICALLEIZER.COM.BR WWW.MUSICALLEIZER.COM.BR Índice Índice Prefácio Sobre o autor Introdução Como ser produtivo estudando corretamente Você já organizou o seu tempo e os seus dias para estudar? Definir o que vai estudar Organizando

Leia mais

Conhecimentos Específicos

Conhecimentos Específicos PROCESSO SELETIVO 2014 02/12/2013 INSTRUÇÕES 1. Confira, abaixo, o seu número de inscrição, turma e nome. Assine no local indicado. 2. Aguarde autorização para abrir o caderno de prova. Antes de iniciar

Leia mais

GUIA DE PRODUTOS E SERVIÇOS NET

GUIA DE PRODUTOS E SERVIÇOS NET GUIA DE PRODUTOS E SERVIÇOS NET 1 SEJA BEM-VINDO à net! Caro cliente, Este guia foi desenvolvido para você conhecer um pouco mais sobre os produtos e serviços NET que estão à sua disposição. Aproveite

Leia mais

INVESTIGANDO O ENSINO MÉDIO E REFLETINDO SOBRE A INCLUSÃO DAS TECNOLOGIAS NA ESCOLA PÚBLICA: AÇÕES DO PROLICEN EM MATEMÁTICA

INVESTIGANDO O ENSINO MÉDIO E REFLETINDO SOBRE A INCLUSÃO DAS TECNOLOGIAS NA ESCOLA PÚBLICA: AÇÕES DO PROLICEN EM MATEMÁTICA INVESTIGANDO O ENSINO MÉDIO E REFLETINDO SOBRE A INCLUSÃO DAS TECNOLOGIAS NA ESCOLA PÚBLICA: AÇÕES DO PROLICEN EM MATEMÁTICA RESUMO Elissandra de Campos Viegas; Cibelle de Fátima Castro de Assis Universidade

Leia mais

Desafio para a família

Desafio para a família Desafio para a família Família é ideia de Deus, geradora de personalidade, melhor lugar para a formação do caráter, da ética, da moral e da espiritualidade. O sonho de Deus para a família é que seja um

Leia mais

é de queda do juro real. Paulatinamente, vamos passar a algo parecido com o que outros países gastam.

é de queda do juro real. Paulatinamente, vamos passar a algo parecido com o que outros países gastam. Conjuntura Econômica Brasileira Palestrante: José Márcio Camargo Professor e Doutor em Economia Presidente de Mesa: José Antonio Teixeira presidente da FENEP Tentarei dividir minha palestra em duas partes:

Leia mais

Você tem um sonho...

Você tem um sonho... Você tem um sonho... Divulgar mais sua empresa. Ter mais clientes? Vender mais? Um site pode ajudar... O QUE EU PRECISO SABER ANTES DE TER UM SITE? 1. É preciso ter a noção exata de qual produto/serviço

Leia mais

ERRADICAR O ANALFABETISMO FUNCIONAL PARA ACABAR COM A EXTREMA POBREZA E A FOME.

ERRADICAR O ANALFABETISMO FUNCIONAL PARA ACABAR COM A EXTREMA POBREZA E A FOME. ERRADICAR O ANALFABETISMO FUNCIONAL PARA ACABAR COM A EXTREMA POBREZA E A FOME. Adriane Abrantes Lazarotti 1 Gisele Rogelin Prass ¹ Pedrinho Roman 2 RESUMO A educação está buscando soluções para problemas

Leia mais

JORNADA DE COMPRA. O que é e sua importância para a estratégia de Marketing Digital VECTOR

JORNADA DE COMPRA. O que é e sua importância para a estratégia de Marketing Digital VECTOR O que é e sua importância para a estratégia de Marketing Digital 1 2 3 4 Já falamos muitas vezes sobre produção de conteúdo ser a base de uma estratégia de marketing digital de resultados para a sua empresa.

Leia mais

Cartilha informativa sobre a IN 1.343. Confira as orientações e o passo a passo para retificar o imposto de renda retido.

Cartilha informativa sobre a IN 1.343. Confira as orientações e o passo a passo para retificar o imposto de renda retido. Cartilha informativa sobre a IN 1.343 Confira as orientações e o passo a passo para retificar o imposto de renda retido. 2013 Você sabe quais são os critérios para a compensação do Imposto de Renda? CONTRIBUIÇÕES

Leia mais

Introdução redes sociais mulheres Digg

Introdução redes sociais mulheres Digg O século XIX ficou conhecido como o século europeu; o XX, como o americano. O século XXI será lembrado como o Século das Mulheres. (Tsvi Bisk, Center for Strategic Futurist Thinking, 2008) A Sophia Mind,

Leia mais

A porta de entrada para você receber os benefícios dos programas sociais do Governo Federal.

A porta de entrada para você receber os benefícios dos programas sociais do Governo Federal. A porta de entrada para você receber os benefícios dos programas sociais do Governo Federal. Para que serve o Cadastro Único? O Cadastro Único serve para que as famílias de baixa renda possam participar

Leia mais

Professora Verônica Ferreira

Professora Verônica Ferreira Professora Verônica Ferreira 1- Prova: ESAF - 2013 - DNIT - Técnico Administrativo (questão nº 1) Disciplina: Português Assuntos: Crase; Assinale a opção que completa corretamente a sequência de lacunas

Leia mais

O guia completo para uma presença. online IMBATÍVEL!

O guia completo para uma presença. online IMBATÍVEL! O guia completo para uma presença online IMBATÍVEL! Sumário Introdução 3 Capítulo 1 - Produção de Conteúdo: Por que e Como produzir 5 Capítulo 2 - Distribuição e Divulgação 8 Capítulo 3 - Monitoramento

Leia mais

Redação do Site Inovação Tecnológica - 28/08/2009. Humanos aprimorados versus humanos comuns

Redação do Site Inovação Tecnológica - 28/08/2009. Humanos aprimorados versus humanos comuns VOCÊ ESTÁ PREPARADO PARA CONVIVER COM OS HUMANOS APRIMORADOS? http://www.inovacaotecnologica.com.br/noticias/noticia.php?artigo=voce-esta-preparado-conviver-humanosaprimorados&id=010850090828 Redação do

Leia mais

Política de Privacidade A Dellínea Preza pela sua segurança

Política de Privacidade A Dellínea Preza pela sua segurança Política de Privacidade A Dellínea Preza pela sua segurança Por favor, leia com atenção a política de privacidade para conhecer os termos e condições em que suas informações pessoais serão armazenadas,

Leia mais

Informações e instruções para os candidatos

Informações e instruções para os candidatos A preencher pelo candidato: Nome: N.º inscrição: Documento de identificação: N.º: Local de realização da prova: A preencher pelo avaliador: Classificação final: Ass: Informações e instruções para os candidatos

Leia mais

SOBRE A AUTORA. Alcançou sua independência financeira através da Internet, conseguindo já no primeiro mês de blog R$ 1.215,67.

SOBRE A AUTORA. Alcançou sua independência financeira através da Internet, conseguindo já no primeiro mês de blog R$ 1.215,67. SOBRE A AUTORA Leticia Pietras tem 17 anos, é Empreendedora digital, fundadora do blog www.empreendedora-digital.com. Alcançou sua independência financeira através da Internet, conseguindo já no primeiro

Leia mais

CONCLUSÃO: Cinco Pontos Sobre Redes Sociais

CONCLUSÃO: Cinco Pontos Sobre Redes Sociais Beatriz (00084120), Felipe (00086989) e Natália (00084035) Publicidade e Propaganda Mídias Sociais August 16, 2015 CONCLUSÃO: Cinco Pontos Sobre Redes Sociais O TEXTO Hoje a internet faz parte do nosso

Leia mais

DataSenado. Secretaria de Transparência DataSenado. Março de 2013

DataSenado. Secretaria de Transparência DataSenado. Março de 2013 Violência Doméstica e Familiar Contra a Mulher DataSenado Março de 2013 Mulheres conhecem a Lei Maria da Penha, mas 700 mil ainda sofrem agressões no Brasil Passados quase 7 desde sua sanção, a Lei 11.340

Leia mais

Edital de Abertura do Concurso Público Prefeitura de Morro Agudo de Goiás - GO n o 01/2014 CARGO

Edital de Abertura do Concurso Público Prefeitura de Morro Agudo de Goiás - GO n o 01/2014 CARGO IBEG Instituto Brasileiro deeducação egestão Edital de Abertura do Concurso Público Prefeitura de Morro Agudo de Goiás - GO n o 01/2014 CARGO Operador de Máquinas Pesadas de Médio Porte, Trator de Pneus

Leia mais

Nome: N.º: endereço: data: telefone: E-mail: PARA QUEM CURSARÁ O 8 Ọ ANO EM 2015. Disciplina: português

Nome: N.º: endereço: data: telefone: E-mail: PARA QUEM CURSARÁ O 8 Ọ ANO EM 2015. Disciplina: português Nome: N.º: endereço: data: telefone: E-mail: Colégio PARA QUEM CURSARÁ O 8 Ọ ANO EM 2015 Disciplina: português Prova: desafio nota: Considere os gráficos abaixo e responda às questões 1 e 2. Porcentagem

Leia mais

Um amigo, chamado computador!

Um amigo, chamado computador! Um amigo, chamado computador! NARRADOR: Era uma vez uma menina chamada Isa, ela era uma menina muito curiosa e com uma imaginação bastante fértil. Na escola, durante uma aula no laboratório de informática,

Leia mais

Introdução Já acessou rede social Acessam semanalmente Acessam diariamente USA Brasil Argentina México

Introdução Já acessou rede social Acessam semanalmente Acessam diariamente USA Brasil Argentina México O século XIX ficou conhecido como o século europeu; o XX, como o americano. O século XXI será lembrado como o Século das Mulheres. (Tsvi Bisk, Center for Strategic Futurist Thinking, 2008) A Sophia Mind,

Leia mais

Belo Horizonte, 08 de abril de 2014. VIII OLIMPÍADA DO CONHECIMENTO DA REDE PITÁGORAS INFORMAÇÕES GERAIS

Belo Horizonte, 08 de abril de 2014. VIII OLIMPÍADA DO CONHECIMENTO DA REDE PITÁGORAS INFORMAÇÕES GERAIS Belo Horizonte, 08 de abril de 2014. VIII OLIMPÍADA DO CONHECIMENTO DA REDE PITÁGORAS INFORMAÇÕES GERAIS Para a Olimpíada do Conhecimento, podem participar todas as escolas parceiras da Rede Pitágoras

Leia mais

Avaliação 2 o Bimestre

Avaliação 2 o Bimestre Avaliação 2 o Bimestre NOME: N º : CLASSE: Na unidade 4, você leu alguns textos que traziam como assunto principal o cachorro, animal de estimação muito apreciado por crianças e adultos. Entre os textos

Leia mais

A INCLUSÃO DIGITAL COMO FATOR SIGNIFICATIVO PARA A INCLUSÃO SOCIAL. Autores: Carlo Schneider, Roberto Sussumu Wataya, Adriano Coelho

A INCLUSÃO DIGITAL COMO FATOR SIGNIFICATIVO PARA A INCLUSÃO SOCIAL. Autores: Carlo Schneider, Roberto Sussumu Wataya, Adriano Coelho A INCLUSÃO DIGITAL COMO FATOR SIGNIFICATIVO PARA A INCLUSÃO SOCIAL Autores: Carlo Schneider, Roberto Sussumu Wataya, Adriano Coelho OBJETIVO Analisar os conceitos de inclusão digital e inclusão social

Leia mais

A formação moral de um povo

A formação moral de um povo É um grande desafio evangelizar crianças nos dias de hoje. Somos a primeira geração que irá dizer aos pais e evangelizadores como evangelizar os pequeninos conectados. Houve um tempo em que nos colocávamos

Leia mais

COMO GERAR LEADS SEM GASTAR NENHUM CENTAVO

COMO GERAR LEADS SEM GASTAR NENHUM CENTAVO COMO GERAR LEADS SEM GASTAR NENHUM CENTAVO NESTE E-BOOK VOCÊ IRA APRENDER. NÃO EXISTE TRÁFEGO GRATUITO. O QUE É UMA OFERTA IMEDIATA. COMO GERAR TRÁFEGO GRATUITO" AUMENTANDO LISTA USANDO OFERTA IMEDIATA

Leia mais

Favor aguardar a autorização do fiscal para abrir o caderno e iniciar a prova. Exame de Seleção Curso de Graduação em Administração

Favor aguardar a autorização do fiscal para abrir o caderno e iniciar a prova. Exame de Seleção Curso de Graduação em Administração 27/05/2007 Ingresso em agosto de 2007 Exame de Seleção Curso de Graduação em Administração Módulo Discursivo Lógica Quantitativa Leia atentamente as seguintes instruções: Confira se o seu nome e RG estão

Leia mais

Vestibular UFRGS 2015. Resolução da Prova de Língua Portuguesa

Vestibular UFRGS 2015. Resolução da Prova de Língua Portuguesa Vestibular UFRGS 2015 Resolução da Prova de Língua Portuguesa COMENTÁRIO GERAL: a prova compôs-se de três textos dois breves ensaios (artigo cuja temática é universal) e uma crônica. O conhecimento solicitado

Leia mais

INSTRUÇÕES AO CANDIDATO

INSTRUÇÕES AO CANDIDATO FUNDAÇÃO SANTA CASA DE MISERICÓRDIA DO PARÁ PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO MESTRADO GESTÃO E SAÚDE NA AMAZÔNIA PROCESSO SELETIVO AO CURSO DE MESTRADO PROFISSIONAL GESTÃO E SERVIÇOS DE SAÚDE NA AMAZÔNIA (MPGSSA)

Leia mais

este ano está igualzinho ao ano passado! viu? eu não falei pra você? o quê? foi você que jogou esta bola de neve em mim?

este ano está igualzinho ao ano passado! viu? eu não falei pra você? o quê? foi você que jogou esta bola de neve em mim? viu? eu não falei pra você? o quê? este ano está igualzinho ao ano passado! foi você que jogou esta bola de neve em mim? puxa, acho que não... essa não está parecendo uma das minhas... eu costumo comprimir

Leia mais

TRANSFERÊNCIA FACULTATIVA, REINGRESSO E MUDANÇA DE CURSO - 2015

TRANSFERÊNCIA FACULTATIVA, REINGRESSO E MUDANÇA DE CURSO - 2015 PROAC / COSEAC UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE TRANSFERÊNCIA FACULTATIVA, REINGRESSO E MUDANÇA DE CURSO - 2015 CADERNO DE LÍNGUA PORTUGUESA INSTRUÇÕES AO CANDIDATO 1. Você deve ter recebido do fiscal,

Leia mais

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO DE ESTAGIÁRIOS N.º 01/2015 (Atualizado com Errata nº 01)

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO DE ESTAGIÁRIOS N.º 01/2015 (Atualizado com Errata nº 01) EDITAL DO PROCESSO SELETIVO DE ESTAGIÁRIOS N.º 01/2015 (Atualizado com Errata nº 01) A Câmara Municipal de Palmital, Estado de São Paulo, nos termos do disposto na Lei Complementar 11.788 de 25 de setembro

Leia mais

De repente sua bateria LiPO fica grávida. O que fazer?

De repente sua bateria LiPO fica grávida. O que fazer? De repente sua bateria LiPO fica grávida. O que fazer? Você sabia que denominamos bateria ao conjunto de pilhas associadas em série ou paralelo? Dessa forma, podemos dizer que bateria é o coletivo de pilhas,

Leia mais

Índice. Introdução 2. Quais funcionalidades uma boa plataforma de EAD deve ter? 4. Quais são as vantagens de ter uma plataforma EAD?

Índice. Introdução 2. Quais funcionalidades uma boa plataforma de EAD deve ter? 4. Quais são as vantagens de ter uma plataforma EAD? Índice SUA EMPRESA DE TREINAMENTOS ESTÁ PARADA NO TEMPO? Introdução 2 Quais funcionalidades uma boa plataforma de EAD deve ter? 4 Quais são as vantagens de ter uma plataforma EAD? 6 A gestão de cursos

Leia mais

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) foi criada em 2000 com a finalidade de regular o setor de planos privados de assistência à saúde.

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) foi criada em 2000 com a finalidade de regular o setor de planos privados de assistência à saúde. A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) foi criada em 2000 com a finalidade de regular o setor de planos privados de assistência à saúde. Essa cartilha tem o objetivo de fornecer informações relevantes

Leia mais

Escalas. Antes de representar objetos, modelos, peças, A U L A. Nossa aula. O que é escala

Escalas. Antes de representar objetos, modelos, peças, A U L A. Nossa aula. O que é escala Escalas Introdução Antes de representar objetos, modelos, peças, etc. deve-se estudar o seu tamanho real. Tamanho real é a grandeza que as coisas têm na realidade. Existem coisas que podem ser representadas

Leia mais

RELATÓRIO DA ENQUETE SOBRE SERVIÇOS DE TELECOMUNICAÇÕES

RELATÓRIO DA ENQUETE SOBRE SERVIÇOS DE TELECOMUNICAÇÕES RELATÓRIO DA ENQUETE SOBRE SERVIÇOS DE TELECOMUNICAÇÕES Você realizou ou tentou realizar algumas das possibilidades abaixo, desde 11 de agosto, no seu serviço de telefonia fixa, móvel, internet ou TV por

Leia mais

Instruções para a Prova de MATEMÁTICA APLICADA:

Instruções para a Prova de MATEMÁTICA APLICADA: Instruções para a Prova de : Confira se seu nome e RG estão corretos. Não se esqueça de assinar a capa deste caderno, no local indicado, com caneta azul ou preta. A duração total do Módulo Discursivo é

Leia mais

COMO ENSINEI MATEMÁTICA

COMO ENSINEI MATEMÁTICA COMO ENSINEI MATEMÁTICA Mário Maturo Coutinho COMO ENSINEI MATEMÁTICA.ª edição 511 9 AGRADECIMENTOS À Deus À minha família Aos mestres da matemática do C.E.Visconde de Cairu APRESENTAÇÃO O objetivo deste

Leia mais

Transcriça o da Entrevista

Transcriça o da Entrevista Transcriça o da Entrevista Entrevistadora: Valéria de Assumpção Silva Entrevistada: Ex praticante Clarice Local: Núcleo de Arte Grécia Data: 08.10.2013 Horário: 14h Duração da entrevista: 1h COR PRETA

Leia mais

- PROVA OBJETIVA - Câmpus Santos Dumont - Edital 005/2014

- PROVA OBJETIVA - Câmpus Santos Dumont - Edital 005/2014 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SUDESTE DE MINAS GERAIS CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGO EFETIVO DE DOCENTES ÁREA: Matemática - PROVA OBJETIVA - Câmpus

Leia mais

Marco Civil da Internet muda o uso da rede, mas ainda é incógnita para muitos

Marco Civil da Internet muda o uso da rede, mas ainda é incógnita para muitos Marco Civil da Internet muda o uso da rede, mas ainda é incógnita para muitos Shirley Pacelli Eu tô te explicando pra te confundir. Eu tô te confundindo pra te esclarecer. Como define o cantor e compositor

Leia mais

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME. Nota MDS Brasília, 02 de maio de 2011.

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME. Nota MDS Brasília, 02 de maio de 2011. Nota MDS Brasília, 02 de maio de 2011. Assunto: O perfil da Extrema Pobreza no Brasil com base nos dados preliminares do universo do Censo 2010. 1. INTRODUÇÃO O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

Leia mais

20 perguntas para descobrir como APRENDER MELHOR

20 perguntas para descobrir como APRENDER MELHOR 20 perguntas para descobrir como APRENDER MELHOR Resultados Processo de aprendizagem SENTIDOS (principal) Gosto de informações que eu posso verificar. Não há nada melhor para mim do que aprender junto

Leia mais

SIGNIFICADOS ATRIBUÍDOS ÀS AÇÕES DE FORMAÇÃO CONTINUADA DA REDE MUNICIPAL DE ENSINO DO RECIFE/PE

SIGNIFICADOS ATRIBUÍDOS ÀS AÇÕES DE FORMAÇÃO CONTINUADA DA REDE MUNICIPAL DE ENSINO DO RECIFE/PE SIGNIFICADOS ATRIBUÍDOS ÀS AÇÕES DE FORMAÇÃO CONTINUADA DA REDE MUNICIPAL DE ENSINO DO RECIFE/PE Adriele Albertina da Silva Universidade Federal de Pernambuco, adrielealbertina18@gmail.com Nathali Gomes

Leia mais

Tema: evasão escolar no ensino superior brasileiro

Tema: evasão escolar no ensino superior brasileiro Entrevista com a professora Maria Beatriz de Carvalho Melo Lobo Vice- presidente do Instituto Lobo para o Desenvolvimento da Educação, Ciência e Tecnologia e Sócia- diretora da Lobo & Associados Consultoria.

Leia mais

FUNÇÃO DE 1º GRAU. = mx + n, sendo m e n números reais. Questão 01 Dadas as funções f de IR em IR, identifique com um X, aquelas que são do 1º grau.

FUNÇÃO DE 1º GRAU. = mx + n, sendo m e n números reais. Questão 01 Dadas as funções f de IR em IR, identifique com um X, aquelas que são do 1º grau. FUNÇÃO DE 1º GRAU Veremos, a partir daqui algumas funções elementares, a primeira delas é a função de 1º grau, que estabelece uma relação de proporcionalidade. Podemos então, definir a função de 1º grau

Leia mais

CURSO MÍDIAS NA EDUCAÇÃO. ALUNA: Rosane Lima Alves Rodrigues. TUTORA: Tânia Vigorito

CURSO MÍDIAS NA EDUCAÇÃO. ALUNA: Rosane Lima Alves Rodrigues. TUTORA: Tânia Vigorito CURSO MÍDIAS NA EDUCAÇÃO ALUNA: Rosane Lima Alves Rodrigues TUTORA: Tânia Vigorito 2007 Objetivos: Debater assuntos do interesse dos alunos. Incentivar a produção textual. Estimular o trabalho em grupo.

Leia mais

E Entrevistador E18 Entrevistado 18 Sexo Masculino Idade 29anos Área de Formação Técnico Superior de Serviço Social

E Entrevistador E18 Entrevistado 18 Sexo Masculino Idade 29anos Área de Formação Técnico Superior de Serviço Social Transcrição de Entrevista nº 18 E Entrevistador E18 Entrevistado 18 Sexo Masculino Idade 29anos Área de Formação Técnico Superior de Serviço Social E - Acredita que a educação de uma criança é diferente

Leia mais

Em FORMATO E-LEARNING PQ 11.04.A Página 1 de 6

Em FORMATO E-LEARNING PQ 11.04.A Página 1 de 6 Página 1 de 6 1. FUNCIONAMENTO Os cursos na modalidade de e-learning do são frequentados totalmente online, à exceção do Curso de Trabalhador Designado para a Segurança e Saúde no Trabalho em que a 1ª

Leia mais

Entrevista exclusiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, ao SBT

Entrevista exclusiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, ao SBT Entrevista exclusiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, ao SBT Brasília-DF, 30 de outubro de 2006 Jornalista Ana Paula Padrão: Então vamos às perguntas, agora ao vivo, com

Leia mais

18/11/2005. Discurso do Presidente da República

18/11/2005. Discurso do Presidente da República Discurso do presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de entrega de certificado para os primeiros participantes do programa Escolas-Irmãs Palácio do Planalto, 18 de novembro de 2005

Leia mais

PROCESSO SELETIVO DE NOVOS ALUNOS EDITAL DO CURSO DE MEDICINA/2010

PROCESSO SELETIVO DE NOVOS ALUNOS EDITAL DO CURSO DE MEDICINA/2010 PROCESSO SELETIVO DE NOVOS ALUNOS EDITAL DO CURSO DE MEDICINA/2010 De conformidade com o disposto no inciso II do Art. nº 44 da Lei n.º 9.394 de 20/12/96, com o Parecer CNE nº 98 de 06/07/99, com a Portaria

Leia mais

A Matemática do ENEM em Bizus

A Matemática do ENEM em Bizus A Matemática do ENEM em Bizus Neste primeiro artigo sobre a Matemática do ENEM, eu quero abordar a estratégia do conteúdo, tendo por base as provas anteriores e as tendências de abordagem. Quando confrontamos

Leia mais

20 perguntas para descobrir como APRENDER MELHOR

20 perguntas para descobrir como APRENDER MELHOR 20 perguntas para descobrir como APRENDER MELHOR Resultados Processo de aprendizagem EXPLORAÇÃO Busco entender como as coisas funcionam e descobrir as relações entre as mesmas. Essa busca por conexões

Leia mais

BOLSA FAMÍLIA Relatório-SÍNTESE. 53

BOLSA FAMÍLIA Relatório-SÍNTESE. 53 CAPÍTULO6 BOLSA FAMÍLIA Relatório-SÍNTESE. 53 Aspectos de gênero O Programa Bolsa Família privilegia como titulares as mulheres-mães (ou provedoras de cuidados), público que aflui às políticas de assistência

Leia mais

7 Negócios Lucrativos

7 Negócios Lucrativos 7 Negócios Lucrativos CAPÍTULO 1 Mentalidade Geralmente empreendedores ficam caçando uma maneira nova de ganhar dinheiro constantemente, e de fato é isso que faz com que uns cheguem ao topo e outros não,

Leia mais

BEM-VINDA!! WWW.BOLSADEIDEASDENEGOCIO.COM

BEM-VINDA!! WWW.BOLSADEIDEASDENEGOCIO.COM BEM-VINDA!! Meu nome é Ives Lopes e eu sou a autora deste guia 22 ideias de negócios para começar já. Vê essa foto? Sou eu em minha Esmalteria, a Eva Nail Club. Foi um sucesso enquanto durou, mas infelizmente

Leia mais

O que determina a Instrução Normativa (IN) nº 1.343?

O que determina a Instrução Normativa (IN) nº 1.343? N 1.343 PERGUNTAS E RESPOSTAS 1 O que determina a Instrução Normativa (IN) nº 1.343? A IN permite aos participantes, que iniciaram o recebimento do benefício de aposentadoria ou resgate no período de 01/01/2008

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE PERNAMBUCO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO APOLÔNIO SALLES

GOVERNO DO ESTADO DE PERNAMBUCO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO APOLÔNIO SALLES NÍVEL: FUNDAMENTAL TURNO: TARDE GOVERNO DO ESTADO DE PERNAMBUCO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO APOLÔNIO SALLES SUPLETIVO 2013 QUADRO DE PROVAS MATEMÁTICA PRÉDIO: SALA: NOME COMPLETO: RG: Nº DE INSCRIÇÃO:

Leia mais

Guia Prático para Encontrar o Seu. www.vidadvisor.com.br

Guia Prático para Encontrar o Seu. www.vidadvisor.com.br Guia Prático para Encontrar o Seu Propósito de Vida www.vidadvisor.com.br "Onde os seus talentos e as necessidades do mundo se cruzam: aí está a sua vocação". Aristóteles Orientações Este é um documento

Leia mais

Tendências no. do consumidor. Macros e micros

Tendências no. do consumidor. Macros e micros Macros e micros Tendências no comportamento do consumidor Em um mundo economicamente instável e altamente conectado, os contrastes entre culturas, nações e classes sociais são refletidos nos hábitos de

Leia mais

COMECE A TRABALHAR COM A INTERNET

COMECE A TRABALHAR COM A INTERNET COMECE A TRABALHAR COM A INTERNET Comece a trabalhar com a internet Trabalhar na internet se tornou um dos principais focos das pessoas nos dias atuais devido a possibilidade de operar em mercados distintos

Leia mais

Exercícios Complementares Língua Portuguesa Profª Ana Paula de Melo. Hora de brincar!

Exercícios Complementares Língua Portuguesa Profª Ana Paula de Melo. Hora de brincar! Exercícios Complementares Língua Portuguesa Profª Ana Paula de Melo Hora de brincar! Que tal dar um giro pela história e saber como eram as brincadeiras de antigamente? Brincar é muito bom. Concorda? Pois

Leia mais