CIÊNCIAS E PROGRAMA DE SAÚDE

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CIÊNCIAS E PROGRAMA DE SAÚDE"

Transcrição

1 GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO CIÊNCIAS E PROGRAMA DE SAÚDE 08 CEEJA MAX DADÁ GALLIZZI PRAIA GRANDE - SP 0

2 Intenção sem ação é ilusão. Ouse fazer e o poder lhe será dado Henry Ford Esse material foi elaborado com carinho. Pedimos que você o trate da mesma forma. Evite amassá-lo, dobra-lo ou escrever em suas páginas.. BOM ESTUDO!!! ROTEIRO DE ESTUDO FINALIDADE: Nesta unidade estudaremos os três primeiros grandes grupos de animais vertebrados: peixes, anfíbios e répteis. Objetivos Reconhecer as características dos peixes, anfíbios e répteis, sua anatomia e sua classificação. 1

3 1. Os peixes VERTEBRADOS I Os peixes apresentam várias características que favorecem o desempenho de suas atividades no ambiente aquático. Entre elas, destacam-se: Corpo achatado lateralmente e alongado, o que contribui para o deslocamento na água; Presença de nadadeiras, estruturas de locomoção que, quanto à localização, podem ser peitorais, ventrais, dorsais, caudais e anais; Corpo recoberto por escamas lisas, cuja organização diminui o atrito com a água enquanto o animal se desloca; além disso, a pele é dotada de glândulas produtoras de muco, o que também contribui para diminuir o atrito com a água; Musculatura do tronco segmentada, o que permite a realização de movimentos ondulatórios. Os peixes são animais pecilotérmicos. Isso significa que a temperatura do seu corpo varia de acordo com o ambiente. A maioria dos peixes respira por meio de brânquias, também conhecida como guelras. A água entra continuamente pela boca do peixe, banha as brânquias e sai pelas aberturas existentes de cada lado da cabeça. O coração dos peixes tem duas cavidades: um átrio e um ventrículo. O sistema digestório dos peixes é constituído de boca, faringe, esôfago, estômago, intestino, além de glândulas anexas, como o fígado e o pâncreas. 2

4 1.1 Os peixes cartilaginosos Os peixes cartilaginosos. Como o tubarão e a raia, vivem principalmente em água salgada. Mas algumas espécies de raia vivem em água doce. Entre as características dos peixes cartilaginosos, podemos considerar: Esqueleto cartilaginoso e relativamente leve; Presença de cinco pares de fendas branquiais Boca localizada ventralmente e intestino terminado em uma espécie de bolsa chamada cloaca (nela convergem os dutos finais dos sistemas digestório, urinário e genital). 1.2 Os peixes ósseos Tubarão-branco Os peixes ósseos são abundantes tanto em água salgada (tainha, robalo, cavalomarinho, pescada, etc.) como em água doce (lambaris, dourados, pintados, pacus, etc.). 3 Vamos considerar algumas características dos peixes ósseos: Esqueleto predominantemente ósseo; Presença de quatro pares de fendas branquiais, protegidas por uma estrutura denominada opérculo; Boca localizada na região anterior e intestino terminado no ânus. Não há cloaca; Presença em muitas espécies, de uma vesícula armazenadora de gases chamada bexiga natatória, que favorece a flutuação do animal; 3

5 1.3 A reprodução dos peixes A maioria dos peixes ósseos apresenta fecundação externa: a fêmea e o macho liberam seus gametas na água. Após a fecundação do óvulo por um espermatozóide, forma-se o zigoto. Em muitas espécies de peixes ósseos, o desenvolvimento é indireto, com larvas chamadas alevinos. Nos peixes cartilaginosos, a fecundação é geralmente interna: o macho introduz seus espermatozoides no corpo da fêmea, onde os óvulos são fecundados. O desenvolvimento é direto: os ovos dão origem a filhotes que já nascem com o aspecto geral de um adulto, apenas menores. Os peixes, em sua maioria, são ovíparos: o embrião se desenvolve no interior de um ovo, fora do corpo materno. QUESTÕES PARA FIXAÇÃO 1) Dê três características presentes apenas em peixes ósseos. 2) Dê três características presentes em peixes cartilaginosos. 3) Como os peixes ósseos se reproduzem? Qual é o tipo de fecundação? E o tipo de reprodução? 4) Os peixes são pecilotérmicos. O que isso quer dizer? 5) Como é o coração e o sistema digestório dos peixes? 6) Por onde os peixes respiram? 2. OS ANFÍBIOS Os anfíbios têm a pele úmida, geralmente sem escamas e pobre em queratina, uma proteína impermeabilizante. Os anfíbios têm pouca defesa contra a desidratação, por isso vivem em geral restritos a ambiente úmidos e sombreados. Os anfíbios são animais pecilotérmicos (a temperatura do corpo varia de acordo com a temperatura do ambiente). Em seu desenvolvimento, os anfíbios apresentam uma fase de larva que, após sofrer metamorfose, transforma-se na forma adulta. Na fase larval, os anfíbios respiram por brânquias, quando ficam adultos, respiram por meio dos pulmões e da pele. O coração dos anfíbios possui três cavidades: dois átrios e um ventrículo. Os anfíbios são carnívoros, podendo se alimentar de insetos, minhocas e outros invertebrados, ou até mesmo de pequenos vertebrados, como camundongos. Seu sistema digestório se inicia com uma boca geralmente bem larga. Depois da boca, vem a faringe, que se comunica com o esôfago curto e largo. Seguemse o estômago, intestino delgado, e finalmente, o intestino grosso, que termina na cloaca. Os anfíbios podem ser classificados em três grandes ordens. 2.1 Ordem dos Anuros São os sapos, as rãs e as pererecas, animais desprovidos de cauda no estágio adulto. 4

6 Rã Perereca Sapo Ordem dos Urodelos São as salamandras e os tritões, animais que possuem cauda na fase adulta. Os urodelos vivem em terra firme, mas procuram lagos e rios na época da reprodução. Tritão Salamandra 2.3 Ordem dos Ápodes São as cecílias ou cobra-cegas. Não tem patas e seu corpo é comprido e cilíndrico. Algumas espécies têm escamas. 7 Cobra-cega 2.4 A reprodução dos anfíbios Quando a fêmea deposita seus óvulos na água, o macho descarrega espermatozoides sobre eles. A fecundação dos óvulos é, portanto, externa, e os ovos não desenvolvem casca. Na água, os ovos correm o risco de ser devorados por animais diversos, como insetos, vermes e peixes. Os que sobrevivem podem se desenvolver e cerca de uma semana depois, cada um deles origina uma larva denominada girino. Essa larva alimenta-se de alga e microrganismos presentes na água. 5

7 Assim como os ovos, também os girinos correm o risco de ser devorados por animais diversos, como certos peixes. Eles têm cabeça larga, cauda comprida e respiram por meio de brânquias. Inicialmente desenvolvem as patas posteriores e, depois de algum tempo, as patas anteriores. À medida que o girino vai se transformando e alcançando a forma adulta, sua cauda vai desaparecendo. No estágio adulto, o animal procura a terra firme e então passa a respirar por meio dos pulmões e da pele. O tempo total para o desenvolvimento varia de acordo com a espécie de anfíbio, desde alguns dias até dois meses ou mais. Metamorfose dos anfíbios QUESTÕES PARA FIXAÇÃO 1) O que significa anfíbios? 2) Quais as principais características dos anfíbios? 3) Explique o que é metamorfose. 4) Explique como ocorre a reprodução dos anfíbios. 5) Quais os tipos de respiração que os anfíbios podem apresentar durante sua vida? 6) Como é a temperatura do corpo dos anfíbios? 7) Como são classificados? 3.0 OS RÉPTEIS Os répteis têm o corpo recoberto por uma pele seca e praticamente impermeável. A pele pode apresentar escamas (cobras), placas (jacarés, crocodilos) ou carapaças (tartarugas e jabutis). Os répteis, assim como os peixes e os anfíbios, são animais pecilotérmicos. A respiração é pulmonar. 6

8 O coração da maioria dos répteis apresenta dois átrios e dois ventrículos parcialmente divididos. Em sua maioria, os répteis são animais carnívoros; algumas espécies são herbívoras e outras são onívoras. Elas possuem sistema digestório completo. O intestino grosso termina na cloaca. Os répteis apresentam três ordens distintas. São elas: 3.1 Ordem dos Quelônios São as tartarugas que são aquáticas e podem viver em água doce ou salgada, suas pernas tem forma de nadadeiras, o que facilita a locomoção na água. Os jabutis são terrestres e seus dedos são grossos. Os cágados vivem em água doce e seus dedos são ligados por uma membrana que auxilia a natação. Tartaruga filhote de tartaruga 3.2 Ordem dos Crocodilianos São os crocodilos e os jacarés. Grandes répteis aquáticos, os crocodilianos têm corpo alongado e recoberto por placas córneas. Possuem quatro membros, que são usados para a locomoção terrestre e aquática. No Brasil só existem jacarés. Eles são encontrados na Amazônia e no Pantanal Mato- Grossense. 3.3 Ordem dos Escamados São os lagartos e as serpentes (cobras). Esses animais têm a pele recoberta por escamas. 7

9 3.4 A reprodução dos répteis Os répteis têm sexos separados e a fecundação é interna; realiza-se no interior do corpo da fêmea. Isso representa mais uma adaptação à vida em ambientes terrestres: na fecundação interna, não há dependência de água para o encontro dos gametas, e estes não ficam expostos aos rigores do ambiente externo. Depois da fecundação, a fêmea quase sempre deposita os ovos em terra firme, enterrando-os. Os embriões se desenvolvem fora do corpo materno, no interior dos ovos e deles recebem o alimento. Os répteis são ovíparos. Os ovos, com casca grossa, protegem o embrião da desidratação. Algumas espécies de serpentes e de lagartos são ovovivíparas: os embriões se desenvolvem no interior do corpo materno, mas dentro do ovo existem substâncias nutritivas que garantem seu desenvolvimento. Os ovos são protegidos contra a desidratação por uma casca grossa. Do seu interior saem os filhotes, pequeninos, mas já com o aspecto geral do corpo de um indivíduo adulto. O desenvolvimento é, então, direto, sem uma fase larval intermediária. QUESTÕES PARA ESTUDO 1) Quais as principais características dos répteis? 8

10 2) Explique como é a respiração. 3) Como são classificados os répteis? 4) Qual a importância da presença de casca grossa nos ovos dos répteis? 5) Descreva o coração dos répteis. 6) Como pode ser o revestimento da pele dos répteis? 9

Aula 4.4 - Os conquistadores do ambiente terrestre

Aula 4.4 - Os conquistadores do ambiente terrestre Aula 4.4 - Os conquistadores do ambiente terrestre Além do vegetais outros organismos habitavam o ambiente terrestre Organismos de corpo mole como moluscos e anelídeos Organismos com cutícula redução da

Leia mais

Da água para a terra com sucesso Os Anfíbios

Da água para a terra com sucesso Os Anfíbios Disciplina: Ciências Série: 6ª - 3º BIMESTRE Professor: Ivone Azevedo da Fonseca Assunto: Anfíbios e Répteis Da água para a terra com sucesso Os Anfíbios Anfíbio é um termo que significa vida dupla, ou

Leia mais

OS PEIXES. Capítulo 9 Sistema Poliedro de Ensino Professora Giselle Cherutti

OS PEIXES. Capítulo 9 Sistema Poliedro de Ensino Professora Giselle Cherutti OS PEIXES Capítulo 9 Sistema Poliedro de Ensino Professora Giselle Cherutti A EVOLUÇÃO DOS PEIXES Os primeiros peixes surgiram nos oceanos primitivos a cerca de 510 milhões de anos atrás - ''Ostracodermas'

Leia mais

FILO CHORDATA. Anfioxo. Ascídia

FILO CHORDATA. Anfioxo. Ascídia FILOS ANIMAIS FILO CHORDATA O filo apresenta cerca de 50.000 espécies distribuídas entre protocordados e vertebrados. Protocordados cordados mais simples, pequenos e exclusivamente marinhos não são muito

Leia mais

truta - sapos - rãs - tartaruga - serpente - garça - andorinha - morcego - macaco

truta - sapos - rãs - tartaruga - serpente - garça - andorinha - morcego - macaco PROFESSOR: EQUIPE DE CIÊNCIAS BANCO DE QUESTÕES - CIÊNCIAS 3º ANO - ENSINO FUNDAMENTAL ========================================================================== 01- Marque com um (X) a(s) alternativa(s)

Leia mais

Passa_Palavras_Ed.52_Miolo.indd 1 20/01/2015 09:23:31

Passa_Palavras_Ed.52_Miolo.indd 1 20/01/2015 09:23:31 ANFÍBIOS Constituem uma CLASSE de animais VERTEBRADOS, pecilotérmicos que não possuem BOLSA AMNIÓTICA agrupados na classe AMPHIBIA. A característica mais MARCANTE dos seres vivos da classe é o seu ciclo

Leia mais

Sugestões de atividades para avaliação. Ciências 7 o ano Unidade 8

Sugestões de atividades para avaliação. Ciências 7 o ano Unidade 8 Sugestões de atividades para avaliação Ciências 7 o ano Unidade 8 5 Nome: Data: UniDaDE 8 1 Com relação às suas características gerais, podemos dizer que os vertebrados possuem exclusivamente: I. patas.

Leia mais

RÉPTEIS PROF. MARCELO MIRANDA

RÉPTEIS PROF. MARCELO MIRANDA RÉPTEIS Padrões evolutivos Surgimento dos amniotas Âmnio: membrana que envolve completamente o embrião e delimita uma cavidade cheia de líquido que protege contra choques mecânicos e evita o ressecamento

Leia mais

OS ANIMAIS DO CERRADO BRASILEIRO

OS ANIMAIS DO CERRADO BRASILEIRO Caro aluno, sabendo da importância do Cerrado como um bioma de grande extensão no Brasil, iremos estudar quais são os animais que estão nele presentes e como é feita a classificação dos mesmos, para então,

Leia mais

FILO CHORDATA. Cordados

FILO CHORDATA. Cordados FILO CHORDATA Cordados Cordados Notocorda Triblásticos Deuterostômios Simetria Bilateral Epineuro Celomados 2 Características presentes em todos Notocorda; Fendas na faringe; Tubo nervoso dorsal; Cauda

Leia mais

Curso Wellington - Biologia - Reino Animal - Cordados - Anfíbios Prof Hilton Franco

Curso Wellington - Biologia - Reino Animal - Cordados - Anfíbios Prof Hilton Franco 1. Os anfíbios são animais extremamente dependentes do ambiente aquático, em especial, na fase reprodutiva. Sobre a reprodução desses animais, assinale o que for correto. 01) Seus ovos sem casca, apenas

Leia mais

1. (UFMG) Todas as alternativas indicam características que podem aparecer nos. a) coração dorsal com quatro cavidades circulação aberta.

1. (UFMG) Todas as alternativas indicam características que podem aparecer nos. a) coração dorsal com quatro cavidades circulação aberta. 12. Cordados 1. (UFMG) Todas as alternativas indicam características que podem aparecer nos vertebrados, exceto: a) coração dorsal com quatro cavidades circulação aberta. b) sistema excretor com néfrons

Leia mais

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO FINAL 2013 BIOLOGIA

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO FINAL 2013 BIOLOGIA ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO FINAL 2013 BIOLOGIA Série: 2ª EM Disciplina: Biologia Professor (a): Bernardo Grieco Aluno (a): Caro (a) aluno (a), O roteiro de recuperação abrange todo conteúdo trabalhado ao longo

Leia mais

RESUMO Nº 1 3º TRIMESTRE

RESUMO Nº 1 3º TRIMESTRE 7 O ANO EF CIÊNCIAS RESUMO Thiago Judice RESUMO Nº 1 3º TRIMESTRE Leia o resumo com atenção e traga as dúvidas para a sala de aula. Para melhor compreensão da origem dos animais estudados, leia os textos

Leia mais

Os anfíbios. Cobertura e temperatura do corpo

Os anfíbios. Cobertura e temperatura do corpo Os anfíbios Nas proximidades de riachos, lagoas, açudes, banhados e outras áreas alagadas, você pode escutar os sons dos anfíbios - sapos, rãs, pererecas. O que são anfíbios, afinal? A palavra anfíbio,

Leia mais

Por que os peixes não se afogam?

Por que os peixes não se afogam? Por que os peixes não se afogam? A UU L AL A Dia de pescaria! Juntar os amigos para pescar num rio limpinho é bom demais! Você já reparou quanto tempo a gente demora para fisgar um peixe? Como eles conseguem

Leia mais

Revisão de Ciências 3 Trimestre 7 anos

Revisão de Ciências 3 Trimestre 7 anos PARNAMIRIM - RN Revisão de Ciências 3 Trimestre 7 anos Prof. José Roberto E Raphaella Madruga. Nematódeo Vermes de corpo cilíndrico, coberto por cutícula. Apresentam sexos separados (dimorfismo sexual

Leia mais

Revisão de Ciências 3 Trimestre 7 anos. Prof. José Roberto

Revisão de Ciências 3 Trimestre 7 anos. Prof. José Roberto Revisão de Ciências 3 Trimestre 7 anos Prof. José Roberto VERTEBRADOS CARACTERÍSTICAS GERAIS Animais vertebrados são todos aqueles que possuem como caracteristica principal, uma coluna vertebral. Animais

Leia mais

Vivendo na Terra. Como era a Terra e quais os grupos animais viventes no momento evolutivo em que se deu a transição para o ambiente terrestre?

Vivendo na Terra. Como era a Terra e quais os grupos animais viventes no momento evolutivo em que se deu a transição para o ambiente terrestre? Vivendo na Terra Como era a Terra e quais os grupos animais viventes no momento evolutivo em que se deu a transição para o ambiente terrestre? Transição para o ambiente terrestre Peixes com características

Leia mais

P E I X E S. Quanto ao esqueleto:

P E I X E S. Quanto ao esqueleto: P E I X E S Quanto ao esqueleto: OSTEÍCTES Esqueleto ósseo EX.: Sardinha, Dourado, Cioba etc. CONDRÍCTES Esqueleto Cartilaginoso EX.: Tubarão, Raia etc. O Peixe por fora CIÊNCIAS NO DIA-A-DIA SITUAÇÃO

Leia mais

Roteiro de Estudos de Ciências 7 ANO. 3º trimestre

Roteiro de Estudos de Ciências 7 ANO. 3º trimestre Ciências/15 7º ano Turma: 3º trimestre Nome: Data: / / 7ºcie303r Roteiro de Estudos de Ciências 7 ANO 3º trimestre O que estudamos no terceiro trimestre? No terceiro trimestre finalizamos nosso estudo

Leia mais

Ano: 7 Turma: 71 e 72

Ano: 7 Turma: 71 e 72 COLÉGIO NOSSA SENHORA DA PIEDADE Programa de Recuperação Final 2ª Etapa 2013 Disciplina: Ciências Professor (a): Felipe Cesar Ano: 7 Turma: 71 e 72 Caro aluno, você está recebendo o conteúdo de recuperação.

Leia mais

Sugestão de avaliação

Sugestão de avaliação Sugestão de avaliação 7 CIÊNCIAS Professor, esta sugestão de avaliação corresponde ao terceiro bimestre escolar ou às Unidades 3 e 4 do livro do Aluno. Avaliação Ciências NOME: TURMA: escola: PROfessOR:

Leia mais

Estudo Dirigido de Ciências 6 as séries Professores: Andréia e Zago

Estudo Dirigido de Ciências 6 as séries Professores: Andréia e Zago Colégio Salesiano São Gonçalo Escola de Educação Básica Estudo Dirigido de Ciências 6 as séries Professores: Andréia e Zago 1. No aniversário de uma cidade a beira-mar, um restaurante promoveu um Festival

Leia mais

RESUMO Nº 3 3º TRIMESTRE

RESUMO Nº 3 3º TRIMESTRE 7 O ANO EF CIÊNCIAS RESUMO Thiago Judice RESUMO Nº 3 3º TRIMESTRE Leia o resumo com atenção e traga as dúvidas para a sala de aula. Para melhor compreensão da origem dos animais estudados, leia os textos

Leia mais

2012 3ª PROVA PARCIAL (QUESTÕES FECHADAS) DE CIÊNCIAS E GEOGRAFIA

2012 3ª PROVA PARCIAL (QUESTÕES FECHADAS) DE CIÊNCIAS E GEOGRAFIA COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação 2012 3ª PROVA PARCIAL (QUESTÕES FECHADAS) DE CIÊNCIAS E GEOGRAFIA Aluno(a): Nº Ano: 7º Turma: Data: 27/11/2012 Nota: Professoras: Karina e Edvaldo Valor da Prova:

Leia mais

CLASSE CYCLOSTOMATA (AGNATHA)

CLASSE CYCLOSTOMATA (AGNATHA) CLASSE CYCLOSTOMATA (AGNATHA) - VERTEBRADOS MAIS PRIMITIVOS; - NÃO POSSUEM VÉRTEBRAS TÍPICAS, APENAS PEÇAS CARTILAGINOSAS, AOS PARES, DISPOSTAS AO LONGO DA MEDULA (NOTOCORDA); - BOCA CIRCULAR COM FUNIL

Leia mais

4 o ano Ensino Fundamental Data: / / Atividades de Ciências Nome:

4 o ano Ensino Fundamental Data: / / Atividades de Ciências Nome: 4 o ano Ensino Fundamental Data: / / Atividades de Ciências Nome: 1) Observe esta figura e identifique as partes do vegetal representadas nela. Posteriormente, associe as regiões identificadas às funções

Leia mais

A origem do nome réptil (do latim, reptare = rastejar) deve-se ao modo de locomoção desses animais: possuem quatro pernas (exceto as cobras), cinco

A origem do nome réptil (do latim, reptare = rastejar) deve-se ao modo de locomoção desses animais: possuem quatro pernas (exceto as cobras), cinco CLASSE DOS RÉPTEIS A origem do nome réptil (do latim, reptare = rastejar) deve-se ao modo de locomoção desses animais: possuem quatro pernas (exceto as cobras), cinco dedos com unhas e suportam o corpo

Leia mais

COLÉGIO MARQUES RODRIGUES

COLÉGIO MARQUES RODRIGUES PROFESSOR DISCIPLINA TURMA DEISE MENEZES CIÊNCIAS 201 ALUNO SIMULADO COLÉGIO MARQUES RODRIGUES Estrada da Água Branca, 2551 Realengo RJ Tel: (21) 3462-7520 www.colegiomr.com.br Questão 1 Numere: ( 1 )

Leia mais

BIOLOGIA AULA 11: ZOOLOGIA EQUINODERMOS; CORDADOS

BIOLOGIA AULA 11: ZOOLOGIA EQUINODERMOS; CORDADOS BIOLOGIA AULA 11: ZOOLOGIA EQUINODERMOS; CORDADOS FILO DOS EQUINODERMOS Os equinodermos (do grego echinos: espinhos; derma: pele) constituem um grupo de animais exclusivamente marinhos, dotados de um endoesqueleto

Leia mais

- Tem importância nos mecanismos de evolução e Seleção Natural dos seres vivos; - Mantém o equilíbrio ecológico e alimentar de um habitat;

- Tem importância nos mecanismos de evolução e Seleção Natural dos seres vivos; - Mantém o equilíbrio ecológico e alimentar de um habitat; A reprodução: - Tem importância nos mecanismos de evolução e Seleção Natural dos seres vivos; - Mantém o equilíbrio ecológico e alimentar de um habitat; - E, principalmente, ajuda a perpetuar uma espécie

Leia mais

Triblásticos Celomados

Triblásticos Celomados Biologia Móds. 19/20 Setor 1403 Os Cordados Prof. Rafa Características: Triblásticos Celomados ectoderme intestino mesoderme celoma cavidade corporal na mesoderme endoderme Características: Deuterostômios:

Leia mais

ATIVIDADES DE RECUPERAÇÃO PARALELA 2º Trimestre. 3 ano DISCIPLINA: BIOLOGIA B

ATIVIDADES DE RECUPERAÇÃO PARALELA 2º Trimestre. 3 ano DISCIPLINA: BIOLOGIA B ATIVIDADES DE RECUPERAÇÃO PARALELA 2º Trimestre 3 ano DISCIPLINA: BIOLOGIA B Observações: 1- Antes de responder às atividades, releia o material entregue sobre Sugestão de Como Estudar. 2 - Os exercícios

Leia mais

Ciclostomados e peixes

Ciclostomados e peixes Ciclostomados e peixes Agnatos ou ciclostomados Disponível em: . Acesso em: 17 jun. 2012. Agnatos ou ciclostomados

Leia mais

Curso Wellington Biologia Reino Animal Cordados- Aves- Prof Hilton Franco

Curso Wellington Biologia Reino Animal Cordados- Aves- Prof Hilton Franco 1. É engraçado pensar em um tordo empoleirado nas costas de um Velociraptor ou um pato nadando ao lado de um Spinosaurus. (DYKE, 2010, p. 59). A ilustração apresenta duas concepções sobre a origem das

Leia mais

Somente respostas do reino Animal Apostilas 3 e 4

Somente respostas do reino Animal Apostilas 3 e 4 APOSTILA 3 3 CAPITULO 20 _ CORDADOS _ (OS PROTOCORDADOS) 3 ATIVIDADE 1 (PÁGINA 232) 3 ATIVIDADE 2(PÁGINA 234) 3 EM CASA (PÁGINA 235) 3 ATIVIDADE COMPLEMENTAR 5 EM RESUMO III 5 CAPITULO 22 - A OCUPAÇÃO

Leia mais

REVISÃO DO FILO DOS CORDADOS. Biologia Professora: Maria Lucia Fensterseifer

REVISÃO DO FILO DOS CORDADOS. Biologia Professora: Maria Lucia Fensterseifer REVISÃO DO FILO DOS CORDADOS Biologia Professora: Maria Lucia Fensterseifer PROTOCORDADOS NOTOCORDA TUBO NERVOSO DORSAL FENDAS FARÍNGEAS ASCÍDIA = UROCORDADO (NOTOCORDA NA CAUDA DA FASE LARVAL) ANFIOXO

Leia mais

REPRODUÇÃO MECANISMO DE PERPETUAÇÃO DAS ESPÉCIES

REPRODUÇÃO MECANISMO DE PERPETUAÇÃO DAS ESPÉCIES REPRODUÇÃO MECANISMO DE PERPETUAÇÃO DAS ESPÉCIES Reprodução: Mecanismo pelo qual os seres vivos se multiplicam. Duas modalidades de reprodução: SEXUADA ASSEXUADA REPRODUÇÃO SEXUADA Eventos fundamentais:

Leia mais

Animais Parte 2 (9- Cordados)

Animais Parte 2 (9- Cordados) Animais Parte 2 (9- Cordados) Os cordados são animais vertebrados, bilateralmente simétricos e o filo animal mais diverso no mundo. Todos compartilham um grupo de características derivadas, embora muitas

Leia mais

EUCORDADOS (Vertebrados): possuem coluna vertebral e têm crânio com encéfalo.

EUCORDADOS (Vertebrados): possuem coluna vertebral e têm crânio com encéfalo. Cordados compreende animais adaptados para a vida aquática e terrestre. Dividem-se em: PROTOCORDADOS: destituídos de coluna vertebral e de caixa craniana EUCORDADOS (Vertebrados): possuem coluna vertebral

Leia mais

Filo Chordata Classe Reptilia. Prof. André R. Senna

Filo Chordata Classe Reptilia. Prof. André R. Senna Filo Chordata Classe Reptilia Prof. André R. Senna Répteis modernos Compreendem duas da três linhagens de vertebrados amnióticos Linhagens: Anapsida: Tartarugas; Diapsida: Lagartos, cobras e crocodilos.

Leia mais

ESPONJA DO MAR CORAL CÉREBRO. MEDUSA ou ÁGUA-VIVA HIDRA PLANÁRIA TERRESTRE. ESCÓLEX de TÊNIA LOMBRIGA. NEMATÓIDE de VIDA LIVRE

ESPONJA DO MAR CORAL CÉREBRO. MEDUSA ou ÁGUA-VIVA HIDRA PLANÁRIA TERRESTRE. ESCÓLEX de TÊNIA LOMBRIGA. NEMATÓIDE de VIDA LIVRE ESPONJA DO MAR Filo Porifera Os poríferos coloniais, como o da foto, são muito comuns nos mares brasileiros. (cerca de 5 cm de altura) HIDRA Filo Cnidaria Classe Hydrozoa Vive em água doce; em seu ciclo

Leia mais

PROFESSOR: EQUIPE DE CIÊNCIAS

PROFESSOR: EQUIPE DE CIÊNCIAS PROFESSOR: EQUIPE DE CIÊNCIAS BANCO DE QUESTÕES - CIÊNCIAS - 7º ANO - ENSINO FUNDAMENTAL ============================================================================================= ANIMAIS INVERTEBRADOS

Leia mais

Esse raciocínio é correto e não serve apenas para a espécie humana. Todas as espécies de seres vivos realizam a reprodução para a continuação da vida.

Esse raciocínio é correto e não serve apenas para a espécie humana. Todas as espécies de seres vivos realizam a reprodução para a continuação da vida. Você sabe qual é a importância da reprodução humana? Se alguém lhe perguntasse isso você responderia rapidamente: Para a manutenção ou perpetuação da espécie. Esse raciocínio é correto e não serve apenas

Leia mais

ATIVIDADE DO SEMINÁRIO DE BIOLOGIA - RÉPTEIS 3º A - E.M. PROFª CLAUDIA LOBO

ATIVIDADE DO SEMINÁRIO DE BIOLOGIA - RÉPTEIS 3º A - E.M. PROFª CLAUDIA LOBO ATIVIDADE DO SEMINÁRIO DE BIOLOGIA - RÉPTEIS 3º A - E.M. PROFª CLAUDIA LOBO Grupo: Carolina Nunes - Catalina De Vera - Giulliana Marak - Thainá Barbosa - Thais Yang 01. (FUVEST) Os vertebrados conquistaram

Leia mais

Professor: CRISTINO RÊGO Disciplina: CIÊNCIAS Assunto: VERTEBRADOS: RÉPTEIS AVES E MAMÍFEROS BATERIA DE EXERCÍCIOS 7º ANO

Professor: CRISTINO RÊGO Disciplina: CIÊNCIAS Assunto: VERTEBRADOS: RÉPTEIS AVES E MAMÍFEROS BATERIA DE EXERCÍCIOS 7º ANO Professor: CRISTINO RÊGO Disciplina: CIÊNCIAS Assunto: VERTEBRADOS: RÉPTEIS AVES E MAMÍFEROS Belém /PA BATERIA DE EXERCÍCIOS 7º ANO 1 Analise as afirmativas abaixo e assinale a alternativa incorreta: a)

Leia mais

Ciências OS MAMÍFEROS. A principal característica dos mamíferos é a presença de glândulas

Ciências OS MAMÍFEROS. A principal característica dos mamíferos é a presença de glândulas Ciências OS MAMÍFEROS A principal característica dos mamíferos é a presença de glândulas mamárias, endotermia e pêlos. CARACTERÍSTICAS GERAIS DOS MAMÍFEROS São animais endotérmicos. Em condições normais

Leia mais

REPRODUÇÃO COMPARADA. Sérgio Magalhães

REPRODUÇÃO COMPARADA. Sérgio Magalhães REPRODUÇÃO COMPARADA Sérgio Magalhães REPRODUÇÃO É o processo através do qual o ser vivo dá origem a outros indivíduos da mesma espécie que ele. Pode ser: Assexuada: quando não ocorre troca nem recombinação

Leia mais

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO II ETAPA LETIVA CIÊNCIAS 3.º ANO/EF 2015

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO II ETAPA LETIVA CIÊNCIAS 3.º ANO/EF 2015 SOCIEDADE MINEIRA DE CULTURA MANTENEDORA DA PUC Minas E DO COLÉGIO SANTA MARIA ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO II ETAPA LETIVA CIÊNCIAS 3.º ANO/EF 2015 Caro(a) aluno(a), É tempo de conferir os conteúdos estudados

Leia mais

ZOOLOGIA - REINO METAZOA

ZOOLOGIA - REINO METAZOA ZOOLOGIA - REINO METAZOA FILO CORDADO CARACTERÍSTICAS GERAIS O que será que caracteriza um vertebrado? Substituição da Notocorda pela Coluna Vertebral; Presença de uma cabeça definida; Presença de órgãos

Leia mais

Tipos de óvulos: os óvulos possuem uma substancia de reserva nutritiva chamada vitelo, de acordo com a quantidade e a distribuição do vitelo, os

Tipos de óvulos: os óvulos possuem uma substancia de reserva nutritiva chamada vitelo, de acordo com a quantidade e a distribuição do vitelo, os Embriologia Embriologia é a parte da Biologia que estuda as transformações que se processa no embrião, desde a formação da célula-ovo até o nascimento. Tipos de óvulos: os óvulos possuem uma substancia

Leia mais

BIOLOGIA. Prof. Fred CORDADOS. 1) Invertebrados. 1.A) Subfilo Urocordata ou tunicados. Ex: Ascidia. 1.B) Subfilo Cefalocordata. Ex. Anfioxo.

BIOLOGIA. Prof. Fred CORDADOS. 1) Invertebrados. 1.A) Subfilo Urocordata ou tunicados. Ex: Ascidia. 1.B) Subfilo Cefalocordata. Ex. Anfioxo. BIOLOGIA Prof. Fred CORDADOS 1) Invertebrados. 1.A) Subfilo Urocordata ou tunicados. Ex: Ascidia. 1.B) Subfilo Cefalocordata. Ex. Anfioxo. 2) Vertebrados 2) Sibfilo Vertebrata (EUCORDATAS). 2.A) Superclasse

Leia mais

Os animais. Eliseu Tonegawa mora com a família - a. www.interaulaclube.com.br. nova

Os animais. Eliseu Tonegawa mora com a família - a. www.interaulaclube.com.br. nova A U A UL LA Os animais Atenção Eliseu Tonegawa mora com a família - a esposa, Marina, e três filhos - num pequeno sítio no interior de São Paulo. Para sobreviver, ele mantém algumas lavouras, principalmente

Leia mais

Unidade. 6 Coleção IAB de Ciências / 3º ANO

Unidade. 6 Coleção IAB de Ciências / 3º ANO I Unidade 6 Coleção IAB de Ciências / 3º ANO UNIDADE I: A VIDA EM NOSSO PLANETA Introdução A ciência se faz com observação da natureza, perguntas e busca de respostas. Você já observou como o Planeta Terra

Leia mais

- CORDADOS - Vestibulando Web Page www.vestibulandoweb.com.br

- CORDADOS - Vestibulando Web Page www.vestibulandoweb.com.br Vestibulando Web Page 01) (UFJF/2002) Com relação aos animais do grupo Chordata, além da presença da notocorda (ou corda) e da cauda propulsora, quais dos caracteres abaixo os distinguem de outros grupos

Leia mais

FILO CHORDATA CEPHALOCHORDATA VERTEBRATA CYCLOSTOMATA P. CARTILAGINOSOS P. ÓSSEOS AMPHIBIA REPTILIA AVES MAMMALIA

FILO CHORDATA CEPHALOCHORDATA VERTEBRATA CYCLOSTOMATA P. CARTILAGINOSOS P. ÓSSEOS AMPHIBIA REPTILIA AVES MAMMALIA CLASSE REPTILIA FILO CHORDATA SUBFILOS: UROCHORDATA CEPHALOCHORDATA VERTEBRATA CYCLOSTOMATA P. CARTILAGINOSOS P. ÓSSEOS AMPHIBIA REPTILIA AVES MAMMALIA PRIMEIROS RÉPTEIS SURGIRAM HÁ: 300 MILHÕES DE ANOS

Leia mais

CIÊNCIAS E PROGRAMA DE SAÚDE

CIÊNCIAS E PROGRAMA DE SAÚDE GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO CIÊNCIAS E PROGRAMA DE SAÚDE 07 CEEJA MAX DADÁ GALLIZZI PRAIA GRANDE - SP 0 A alma da gente durante a vida, produz uma quantidade imensa

Leia mais

CARACTERÍSTICAS GERAIS

CARACTERÍSTICAS GERAIS RÉPTEIS CARACTERÍSTICAS GERAIS Répteis do latim REPTARE= RASTEJAR. Têm cerca de 7 mil espécies. Surgiram há cerca de 300 milhões de anos. Vivem em ambientes terrestres (secos) ou alguns são aquáticos.

Leia mais

Os itens enumerados a seguir são exemplos de diferentes relações entre os seres vivos:

Os itens enumerados a seguir são exemplos de diferentes relações entre os seres vivos: 01 - (PUC PR) Os itens enumerados a seguir são exemplos de diferentes relações entre os seres vivos: I. A caravela vive flutuando nas águas do mar. É formada por um conjunto de indivíduos da mesma espécie

Leia mais

ZOOLOGIA DE VERTEBRADOS

ZOOLOGIA DE VERTEBRADOS ZOOLOGIA DE VERTEBRADOS CURSO: Ciências Biológicas 3º Ano 2º semestre 9ª Aula Anfíbios: diversidade e características (Ministrante: Profa. Dra. Virginia S. Uieda) Professores Responsáveis: Virgínia Sanches

Leia mais

Número 8 - Anfíbios. ANFíBIOS_ QUE TIPO DE ANIMAL É UM ANFÍBIO? COMO SÃO CLASSIFICADOS? Ordem Anura

Número 8 - Anfíbios. ANFíBIOS_ QUE TIPO DE ANIMAL É UM ANFÍBIO? COMO SÃO CLASSIFICADOS? Ordem Anura ANFíBIOS_ QUE TIPO DE ANIMAL É UM ANFÍBIO? Os anfíbios foram os primeiros vertebrados a conquistar o ambiente terrestre. Do ponto de vista evolutivo constituem um grupo situado entre os peixes e os répteis.

Leia mais

ZOOLOGIA DE VERTEBRADOS

ZOOLOGIA DE VERTEBRADOS ZOOLOGIA DE VERTEBRADOS CURSO: Ciências Biológicas 3º Ano 2º semestre 6ª Aula 1ª Parte Vida no ambiente terrestre (Ministrante: Profa. Dra. Virginia S. Uieda) Professores Responsáveis: Virgínia Sanches

Leia mais

Planejamento de PIE- Guilherme de Almeida. 2º EM Biologia Frente B. Prof. Jairo José Matozinho Cubas

Planejamento de PIE- Guilherme de Almeida. 2º EM Biologia Frente B. Prof. Jairo José Matozinho Cubas Planejamento de PIE- Guilherme de Almeida 2º EM Biologia Frente B Prof. Jairo José Matozinho Cubas Lista de exercícios referentes ao primeiro trimestre: CONTEÚDO: Cordados 1. (Uel 2014) Nos últimos 10.000

Leia mais

Profa. Dra. Maria Luisa da Silva

Profa. Dra. Maria Luisa da Silva Profa. Dra. Maria Luisa da Silva baseado em Kardong, K. Vertebrates: comparative anatomy, function, evolution. McGraw-Hill 2º ed. 1998. Hildebrand, M. Análise da Estrutura dos Vertebrados. Atheneu, 1 SP.

Leia mais

BIOLOGIA Diversidade da Vida Exercícios complementares Répteis, aves e mamíferos

BIOLOGIA Diversidade da Vida Exercícios complementares Répteis, aves e mamíferos 1. (UECE) Analise as afirmações abaixo, classificando-as em verdadeiras (V) ou falsas F. ( ) Nos mamíferos o coração encontra-se dividido em quatro cavidades: dois átrios e dois ventrículos. Desta forma,

Leia mais

Possuem sistema circulatório. O sangue desloca-se por um sistema fechado de vasos e contém pigmentos respiratórios dissolvidos no plasma.

Possuem sistema circulatório. O sangue desloca-se por um sistema fechado de vasos e contém pigmentos respiratórios dissolvidos no plasma. Possuem sistema circulatório. O sangue desloca-se por um sistema fechado de vasos e contém pigmentos respiratórios dissolvidos no plasma. Na minhoca, o pigmento respiratório é a hemoglobina, responsável

Leia mais

Colégio FAAT Ensino Fundamental e Médio

Colégio FAAT Ensino Fundamental e Médio Colégio FAAT Ensino Fundamental e Médio Conteúdo: Conteúdo Recuperação do 3 Bimestre disciplina: Ciências - Peixes, anfíbios, répteis, aves e mamíferos. Diferenças entre esses seres vivos e importâncias

Leia mais

Evolução dos vertebrados

Evolução dos vertebrados PEIXES Evolução dos vertebrados PEIXES PULMONADOS AVES ÓSSEOS ANFÍBIOS RÉPTEIS CICLÓSTOMO PEIXES MAMÍFEROS CARTILAGINOSOS Peixe Primitivo (Lampreias e Feiticeiras) Características gerais Exclusivamente

Leia mais

Peixes e crustaceos Nativos da PVSuL

Peixes e crustaceos Nativos da PVSuL Peixes e crustaceos Nativos da PVSuL Alguns, encobertos pela água. Outros, ativos à noite. A maioria, raramente vista. Os peixes e crustáceos presentes no PV-Sul representam dois grupos de animais presentes

Leia mais

Ciências LIVRO 4 Unidade 1 Capítulo 2 Animais

Ciências LIVRO 4 Unidade 1 Capítulo 2 Animais Ludmila foi ao zoológico numa ecursão da escola. Ela e seus colegas de classe ficaram fascinados com a variedade de animais que viram e com seus modos de vida. Yolanda Alvarez/Archivo SM/ID/ES Na aula

Leia mais

Bimestr e: Data: Nome : Disciplina Ciências Valor da Prova / Atividade: 7 ANO Nº Ângela. Professo r:

Bimestr e: Data: Nome : Disciplina Ciências Valor da Prova / Atividade: 7 ANO Nº Ângela. Professo r: Data: Bimestr e: 4 Nome : Disciplina Ciências : Valor da Prova / Atividade: Professo r: 7 ANO Nº Ângela Nota: Objetivo/ Instruções: Lista de Recuperação 1.Assinale a alternativa CORRETA: É encontrada apenas

Leia mais

FAUNA da Serra da Bodoquena

FAUNA da Serra da Bodoquena FAUNA da Serra da Bodoquena Definição É o conjunto dos animais que vivem em um determinado ambiente, região ou época e a existência e conservação desses animais está vinculada à conservação dos respectivos

Leia mais

7ª série / 8º ano 2º bimestre U. E. 10

7ª série / 8º ano 2º bimestre U. E. 10 7ª série / 8º ano 2º bimestre U. E. 10 Tipos de reprodução Reprodução é a capacidade que os seres vivos têm de gerar descendentes da mesma espécie. A união dos gametas é chamada fecundação, ou fertilização,

Leia mais

Reino Animalia 0 (Metazoa)

Reino Animalia 0 (Metazoa) Reino Animalia 0 (Metazoa) Filo Chordata (Parte II) Natália A. Paludetto nataliaapaludetto@gmail.com http://proenem.sites.ufms.br/ Chordata Triblásticos, celomados, deuterostômios e possuem simetria bilateral;

Leia mais

Curso Wellington Biologia Reino Animal Cordados Répteis- Prof Hilton Franco

Curso Wellington Biologia Reino Animal Cordados Répteis- Prof Hilton Franco 1. No Brasil, há quatro tipos de veneno de serpente: crotálico, botrópico, laquético e elapídico. O veneno crotálico é o das cascavéis. Tem efeito neurotóxico sobre o sistema nervoso e miolítico, ou seja,

Leia mais

REPRODUÇÃO MECANISMO DE PERPETUAÇÃO DAS ESPÉCIES

REPRODUÇÃO MECANISMO DE PERPETUAÇÃO DAS ESPÉCIES REPRODUÇÃO MECANISMO DE PERPETUAÇÃO DAS ESPÉCIES Reprodução: Mecanismo pelo qual os seres vivos se multiplicam. Duas modalidades de reprodução: SEXUADA ASSEXUADA REPRODUÇÃO SEXUADA Eventos fundamentais:

Leia mais

Ciências 2016 Professor: Danilo Lessa Materiais: Livro e PPT

Ciências 2016 Professor: Danilo Lessa Materiais: Livro e PPT Ciências 2016 Professor: Danilo Lessa Materiais: Livro e PPT Sorriso Pensante Autor: Ivan Cabral Distribuição dos Vertebrados vs Invertebrados: 4,0% 96,0% Vertebrados Invertebrados Principais características

Leia mais

3ºano. 4º período 1.3 CIÊNCIAS. 5 de dezembro de 2013. 1. Leia o texto abaixo. Em seguida, faça o que lhe é solicitado. Que bicho é esse?

3ºano. 4º período 1.3 CIÊNCIAS. 5 de dezembro de 2013. 1. Leia o texto abaixo. Em seguida, faça o que lhe é solicitado. Que bicho é esse? 3ºano 1.3 CIÊNCIAS 4º período 5 de dezembro de 2013 Cuide da organização da sua avaliação, escreva de forma legível, fique atento à ortografia e elabore respostas claras. Tudo isso será considerado na

Leia mais

Evolução e diversidade de Amphibia. Prof. André Resende de Senna

Evolução e diversidade de Amphibia. Prof. André Resende de Senna Evolução e diversidade de Amphibia Prof. André Resende de Senna Significado: Do Grego: amphi = ambos, dupla ; bios = vida. Generalidades: Sapos, salamandras e cobras-cegas; Incorretamente tidos como intermediários

Leia mais

espinhas. O que são as espinhas do peixe? 1 Classifique os animais abaixo em vertebrados ou invertebrados.

espinhas. O que são as espinhas do peixe? 1 Classifique os animais abaixo em vertebrados ou invertebrados. 1 Classifique os animais abaixo em vertebrados ou invertebrados. Siede Preis/Photodisc/ID/ES G.K. Hart/Photodisc/ID/ES 2 Quando comemos peixe, temos de tomar cuidado para não engolir as espinhas. O que

Leia mais

Aspectos morfológicos gerais e taxonomia de répteis, aves e mamíferos

Aspectos morfológicos gerais e taxonomia de répteis, aves e mamíferos I CURSO DE MANEJO IMEDIATO DE ANIMAIS SILVESTRES EM ATIVIDADES FISCALIZATÓRIAS Aspectos morfológicos gerais e taxonomia de répteis, aves e mamíferos Msc. Andreza Amaral Bióloga NO BRASIL: 6 PAÍS COM MAIOR

Leia mais

Sistema Reprodutor e Hormônios. 01- Existem dois sistemas que estão atuando na coordenação do nosso corpo: o sistema nervoso e o sistema hormonal.

Sistema Reprodutor e Hormônios. 01- Existem dois sistemas que estão atuando na coordenação do nosso corpo: o sistema nervoso e o sistema hormonal. PROFESSOR: EQUIPE DE CIÊNCIAS BANCO DE QUESTÕES - CIÊNCIAS 5º ANO - ENSINO FUNDAMENTAL ========================================================================== Sistema Reprodutor e Hormônios 01- Existem

Leia mais

Agnatha Prof. Dr. Carlos Eduardo L. Ferreira

Agnatha Prof. Dr. Carlos Eduardo L. Ferreira Agnatha Prof. Dr. Carlos Eduardo L. Ferreira Diversidade dos Vertebrados O nosso atual conhecimento da filogenia dos vertebrados é baseado em evidências anatômicas, moleculares e fósseis. Na base estão

Leia mais

EXERCÍCIOS RESOLVIDOS DA APOSTILA Professora: Giselle Cherutti - Ensino Fundamental II - 7º ano

EXERCÍCIOS RESOLVIDOS DA APOSTILA Professora: Giselle Cherutti - Ensino Fundamental II - 7º ano EXERCÍCIOS RESOLVIDOS DA APOSTILA Professora: Giselle Cherutti - Ensino Fundamental II - 7º ano CAPÍTULO 9. OS PEIXES (págs. 156/157) 1. Os peixes são classificados de acordo com a formação de seu esqueleto.

Leia mais

Nconhecimentos errados sobre o grupo, que apresenta extrema importância para o meio

Nconhecimentos errados sobre o grupo, que apresenta extrema importância para o meio ANFÍBIOS EM AÇÃO APRESENTAÇÃO osso país possui a maior diversidade de anfíbios anuros, aproximadamente 847 espécies e ainda assim a população sabe muito pouco sobre estes animais ou possuem Nconhecimentos

Leia mais

Compreensão das diferenças entre os artrópodes, crustáceos, insetos, aracnídeos, quilópodes e diplópodes, reconhecendo suas características

Compreensão das diferenças entre os artrópodes, crustáceos, insetos, aracnídeos, quilópodes e diplópodes, reconhecendo suas características Compreensão das diferenças entre os artrópodes, crustáceos, insetos, aracnídeos, quilópodes e diplópodes, reconhecendo suas características O que são artrópodes? Para que servem? Onde podem ser encontrados?

Leia mais

Lista de exercícios / 2º ano- Prof. Karina/ Biologia

Lista de exercícios / 2º ano- Prof. Karina/ Biologia 1. (Uel 2015) O aparecimento de ovos com casca foi uma evolução adaptativa dos répteis para a conquista definitiva do ambiente terrestre pelos cordados. Além do ovo com casca, há outras adaptações que

Leia mais

Apostila de Biologia 02 Reprodução Comparada

Apostila de Biologia 02 Reprodução Comparada Apostila de Biologia 02 Reprodução Comparada 1.0 Reprodução É o processo através do qual o ser vivo dá origem a outros indivíduos da mesma espécie que ele. Pode ser: Assexuada: quando não ocorre troca

Leia mais

Aluno(a): 7º Ano Florianópolis: / /2014 Professor(a): Marciel C. Moraes. OS SERES VIVOS OS RÉPTEIS "Vertebrados bem adaptados à terra firme"

Aluno(a): 7º Ano Florianópolis: / /2014 Professor(a): Marciel C. Moraes. OS SERES VIVOS OS RÉPTEIS Vertebrados bem adaptados à terra firme Aluno(a): 7º Ano Florianópolis: / /2014 Professor(a): Marciel C. Moraes 1º Trimestre TEXTO COMPLEMENTAR 03 OS SERES VIVOS OS RÉPTEIS "Vertebrados bem adaptados à terra firme" O nome réptil vem do latim

Leia mais

Répteis. Classe Reptilia

Répteis. Classe Reptilia Répteis Classe Reptilia Posição no Reino Animal Os répteis atuais compreendem duas das três linhagens de vertebrados amníotas, que se originaram de tetrápodes semelhantes a anfibios existentes no final

Leia mais

O manguezal. Se você costuma viajar para o litoral, provavelmente

O manguezal. Se você costuma viajar para o litoral, provavelmente A U A UL LA O manguezal Se você costuma viajar para o litoral, provavelmente já viu pela estrada algumas pessoas vendendo caranguejos. Esses animais tornam-se verdadeiras iguarias nos restaurantes. Muitos

Leia mais

FILO: CORDADOS SUB-FILO: VERTEBRADOS TABELA DE ZOOLOGIA COMPARADA

FILO: CORDADOS SUB-FILO: VERTEBRADOS TABELA DE ZOOLOGIA COMPARADA Classes Peixes Cartilaginosos (Condrictes) Temperatura ectotérmicos do corpo Tegumento pele coberta por escamas placóides, de origem dermoepidérmi ca Sustentação e locomoção Nutrição digestão Circulação

Leia mais

CADERNO DE ATIVIDADES

CADERNO DE ATIVIDADES COLÉGIO ARNALDO 2014 CADERNO DE ATIVIDADES Ciências Aluno (a): 2º ano: Turma: Professora: Valor: 20 pontos Nota: Conteúdo Programático Unidade 1 Ambiente Unidade 2 Animais Unidade 3 Plantas Unidade 4 _Ser

Leia mais

CIÊNCIAS PROVA 3º BIMESTRE 7º ANO

CIÊNCIAS PROVA 3º BIMESTRE 7º ANO PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO SUBSECRETARIA DE ENSINO COORDENADORIA DE EDUCAÇÃO CIÊNCIAS PROVA 3º BIMESTRE 7º ANO 2010 Questão 1 O reino Animalia, ou reino dos

Leia mais

CLASSE REPTILIA Características Gerais crânio com 1 côndilo occipital 12 pares de nervos cranianos Respiratório

CLASSE REPTILIA Características Gerais crânio com 1 côndilo occipital 12 pares de nervos cranianos Respiratório CLASSE REPTILIA Características Gerais: - corpo coberto com pele seca e cornificada; - com escamas e escudos; - 5 dedos terminando em garras córneas; - esqueleto ossificado; - crânio com 1 côndilo occipital;

Leia mais

Cobras, Tartarugas e Lagartos Silvestres da PVSuL. - Os Répteis -

Cobras, Tartarugas e Lagartos Silvestres da PVSuL. - Os Répteis - Cobras, Tartarugas e Lagartos Silvestres da PVSuL - Os Répteis - Cobras, lagartos e tartarugas são animais incríveis!! Apesar de muitos terem medo das cobras, elas nos fascinam por caminharem sem terem

Leia mais

O reino Animalia. Os animais e sua classificação. Invertebrados e vertebrados T E M A 2

O reino Animalia. Os animais e sua classificação. Invertebrados e vertebrados T E M A 2 O reino Animalia T E M A 2 53 54 UNIDADE 2 Os animais e sua classificação Neste tema, você avançará em seus conhecimentos sobre os seres vivos, ao estudar o reino Animalia Vai identificar alguns grupos

Leia mais