Telefone p/contato:

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Telefone p/contato: 22159822"

Transcrição

1 Telefone p/contato: Apresentação Turma Especial aos Sábados CURSO DE FORMAÇÃO DE PERITO CONTÁBIL COM EXPERTISE FINANCEIRA O CURSO DE FORMAÇÃO DE PERITO CONTÁBIL COM EXPERTISE FINANCEIRA abordará de modo prático, atualizado e objetivo a expertise dos profissionais que atuam ou que desejam atuar como perito contábil junto ao Poder Judiciário e Justiça Federal, trazendo um novo enfoque as questões pertinentes à prova pericial, uma nova visão da perícia contábil. É um curso prático e participativo. Os alunos interagem com o professor, tirando suas dúvidas e formulando questões acerca de uma perícia judicial. O aluno aprenderá a responder quesitos de forma consistente, inteligente, com resposta atualizada, evitando defender teses dos advogados. Aprenderá a manusear os autos processuais em tempo real( processos físicos), saberá preparar petições forenses, laudos periciais, formular quesitos, calcular honorários periciais, lucros cessantes, fundo de comércio, cálculos financeiros, Sistema Financeiro da Habitação, Leasing, cartão de crédito, atualização financeira, apuração de haveres e vários outros temas importantes para quem vai ingressar no mercado da perícia contábil. O curso terá duração de 72horas/aula, sendo nove sábados. Após a conclusão do curso o aluno receberá um certificado de conclusão do curso de perícia contábil. Os alunos aprenderão a manusear os autos processuais em tempo real, inclusive, farão laudo em sala de aula. Serão disponibilizados processos em sala de aula para o ensino de seu manu

2 OBJETIVO PÚBLICO O objetivo do curso visa capacitar profissionais para atuarem como peritos contábeis junto ao Poder Judiciário e na Justiça Federal, e assim, suprir as necessidades do mercado, que requer do expert alto grau de competência e profissionalismo. Contadores, Administradores, Economistas, entre outros profissionais de diversas áreas que desejam agregar novos conhecimentos, ampliando suas oportunidades de trabalho. DURAÇÃO, LOCAL e DATA Total: 72horas/aula, aos sábados no centro do Rio de Janeiro, das 8h30 às 18h30. Dias: de 14 de março a 9 de maio/2015 Investimento INVESTIMENTO - R$ 1.900,00, parcelado em 3 vezes. 1ª parcela depósito bancário: INSTITUTO CAETANO ANDRADE CNPJ / Itaú. Ag Inscrição online: CONTABILISTAS REGISTRADOS E EM DIA COM SUAS OBRIGAÇÕES PERANTE O CRCRJ TERÁ DESCONTO DE 15% EM VIGOR. CONFORME CONVÊNIO Certificado Receberá o Certificado de Conclusão do Curso o aluno que assistir no mínimo 75% das aulas.

3 CONTEÚDO PROGRAMÁTI CO. Perfil Profissional Do Contador; Honorários Periciais; Prova Pericial Civil; Linguagem Técnica Para Quesitos; Responsabilidade Civil e Criminal Dos Peritos; Planejamento da Perícia Contábil; Redação de Petições Forenses; Laudo Pericial Contábil - Requisitos Básicos; Elaboração de Laudo Pericial Contábil; Cálculos De Correção Monetária De Valores; Cálculos Financeiros com HP Juros Capitalizados; Apuração de Lucro Cessante; Fundo De Comércio; Apuração de Haveres; Cálculos Do Sistema Financeiro Da Habitação SFH; Cálculo Aplicando O Método Hamburguês No Cheque Especial; Cálculos Financeiros do Saldo Devedor de Cartões De Crédito; Cálculo de Operações com Leasing, Cálculos de Liquidação de Sentença, Preparação De Parecer Técnico. PLANO DE AULAS 1º DIA - PERFIL PROFISSIONAL DO CONTADOR Impedimento legal do CRC; Ética profissional do Perito, Capacidade e habilitação; Conceito técnico e cientifico HONORÁRIOS PERICIAIS Conceito; Proposta; Métodos de fixação, extensão, complexidade, diligências; Depósito prévio; Honorários do Assistente; Cobrança; Atualização monetária; Gratuidade de justiça; Juro e correção monetária. PROVA PERICIAL CIVIL Conceito; A perícia e suas espécies; Objeto da perícia; Relação com demais provas; Ônus da prova; Requerimento, deferimento, indeferimento da perícia; Realização de nova perícia, segunda perícia; Limites da prova pericial; Hierarquia das provas; Verdade real e verdade formal; Usos e costumes. LINGUAGEM TÉCNICA PARA QUESITOS Prazo para apresentação dos quesitos; principais, suplementares, complementares, elucidativos; Oportunos e Inoportunos; Quesitos do juízo; Indeferimento de Quesitos; Esclarecimentos em audiência; Linguagem técnica. RESPONSABILIDADE CIVIL E CRIMINAL DOS PERITOS Responsabilidade civil subjetiva e objetiva; responsabilidade penal-criminal; O perito; Sigilo profissional; Direitos e deveres do perito; Sanções aplicáveis ao perito; Relação com o assistente técnico; Auxiliares do perito; Alçada do perito, atribuições e

4 limitações; Domínio dos temas da perícia; Crimes contra o perito. PLANO DE AULAS 2º DIA PLANEJAMENTO DA PERÍCIA CONTÁBIL Como dimensionar o trabalho pericial, calcular horas trabalhadas, diligências, serviços de terceiros, livros fiscais, extratos bancários, contratos, envio de correspondência, contato com o Assistente Técnico, elaboração de Laudo Pericial, revisão de Laudo, anexos que compõem o Laudo.Peças E Prazos Judiciais Seqüência da Perícia Perícia Contábil X Auditoria Contábil Terminologia Forense Ações que demandam a Perícia Contábil. REDAÇÃO DE PETIÇÕES FORENSES Honorários, Esclarecimentos, Solicitação de Documentos, Entrega de Laudo Pericial, Solicitação de Quesitos, Escusa de Nomeação, Solicitação de Prazo Suplementar; LAUDO PERICIAL CONTÁBIL - REQUISITOS BÁSICOS Estrutura do Laudo Pericial; Termo de Abertura; Considerações Iniciais; Desenvolvimento do Trabalho; Quesitos e Respostas; Quesitos Suplementares, Complementares e Impertinentes; Conclusão do Laudo, Encerramento, Anexos; Esclarecimentos do Laudo; Laudo Insuficiente e Imprestável. ELABORAÇÃO DE LAUDO PERICIAL CONTÁBIL Trabalhar com processos em tempo real, estudando, inicialmente, o processo e a forma de proceder para redigir o laudo pericial. 3º DIA CÁLCULOS DE CORREÇÃO MONETÁRIA DE VALORES Índices de Correção (INPC, IGPM, IPD-I, INCC, UFIR, Taxa Selic, Salário Mínimo, TR, Tabelada da Corregedoria do TJ Lei nº 6899/81, Tabela de Correção Federal); Pesquisas na Internet, Banco de Dados e Sites de Correção; Confecção de Planilhas. CÁLCULOS FINANCEIROS COM HP JUROS CAPITALIZADOS Cálculos de juros simples, compostos, capitalização anatocismo, Tabela Price, valor presente, valor futuro, amortização, funções ADYS e DATE. 4º DIA APURAÇÃO DE LUCRO CESSANTE Exercícios práticos com situações reais de empresas. FUNDO DE COMÉRCIO Exercícios práticos com situações reais de empresas.

5 5º DIA APURAÇÃO DE HAVERES Exercícios práticos com situações reais de empresas. CÁLCULOS DO SISTEMA FINANCEIRO DA HABITAÇÃO SFH Entendimento da elaboração de cálculos realizados pelas entidades de financiamento de imóveis. Planilha de evolução do financiamento; Aplicação da Tabela Price; Amortização do saldo devedor final; Quitação de Imóveis. 6º DIA CÁLCULO APLICANDO O MÉTODO HAMBURGUÊS NO CHEQUE ESPECIAL Cálculo de juros sobre o saldo devedor de conta corrente; Contagem de dias; Taxa de juros aplicada; Capitalização anual; Descapitalização; Saldo devedor Descapitalização. CÁLCULOS FINANCEIROS DO SALDO DEVEDOR DE CARTÕES DE CRÉDITO Planilha de evolução do saldo devedor de cartão de crédito; encargos financeiros incidentes, Pagamentos; Compras e Serviços; Descapitalização. 7º DIA CÁLCULO FINANCEIRO NAS OPERAÇÕES DE LEASING Valor do financiamento, valor do saldo residual, acessórios cobrados na liberação do financiamento, taxa de juros aplicada, juros simples e compostos, amortização, parcelas em atraso, refinanciamento e outras questões relacionadas as operações de leasing. 8º DIA - CÁLCULOS DE LIQUIDAÇÃO DE SENTENÇA Como preparar o laudo de liquidação de sentença nos termos dos arts. 475 A, 475 B, 475C, 475D e 475E do CPC. 9º DIA PREPARAÇÃO DE PARECER TÉCNICO Estrutura do Parecer Técnico; Formatação e Apresentação; Embasamento Legal; Concordância ou Discordância do Laudo do Perito. O Curso será coordenado e ministrado pelo Prof. CAETANO ANDRADE e sua equipe de professores.

Curso (Prático) de Perícia Financeira

Curso (Prático) de Perícia Financeira Apresentação Objetivos Curso (Prático) de Perícia Financeira Contábil e O Curso de Perícia Contábil aborda as matérias necessárias aos profissionais que atuam como perito, para que interpretem adequadamente

Leia mais

CURSO DE MATEMÁTICA FINANCEIRA APLICADA EM PERÍCIAS JUDICIAIS.

CURSO DE MATEMÁTICA FINANCEIRA APLICADA EM PERÍCIAS JUDICIAIS. CURSO DE MATEMÁTICA FINANCEIRA APLICADA EM PERÍCIAS JUDICIAIS. APRESENTAÇÃO DO CURSO O Curso de Matemática Financeira Aplicada em Perícias Judiciais do Instituto Caetano Andrade foi elaborado com o propósito

Leia mais

MBA em Pericia Contabil e Financeira

MBA em Pericia Contabil e Financeira MBA em Pericia Contabil e Financeira Coordenador Caetano Antonio de Andrade Master Business Administration em Perícia Contábil, Pós-Graduado em Marketing, Professor dos Cursos de Pós-Graduação da Faculdade

Leia mais

Curso de Perícia Ambiental

Curso de Perícia Ambiental Objetivos O Curso de Perícia do Instituto Caetano Andrade foi elaborado em parceria com a Associação Brasileira de Direito e Cidadania com o propósito de formar Peritos Judiciais para atuarem na área junto

Leia mais

Perícia Contábil. Preparatório para o Exame de Suficiência em Contabilidade

Perícia Contábil. Preparatório para o Exame de Suficiência em Contabilidade Preparatório para o Exame de Suficiência em Contabilidade Perícia Contábil Professor Remo Dalla Zanna 1 BLOCO 1 Legislação: NBC TP 01 CPC Código de Processo Civil 2 Instrutor: Remo Dalla Zanna 2 Perícia

Leia mais

"CURSO DE FORMAÇÃO DE PERITOS JUDICIAIS e ASSISTENTES TÉCNICOS"

CURSO DE FORMAÇÃO DE PERITOS JUDICIAIS e ASSISTENTES TÉCNICOS "CURSO DE FORMAÇÃO DE PERITOS JUDICIAIS e ASSISTENTES TÉCNICOS" 1. Objetivo do Curso: Torne-se um perito judicial, profissão com grande flexibilidade de horários, prazos e que figura como uma das atividades

Leia mais

INSTITUTO Caetano Andrade Rio de Janeiro. São Paulo EXMO. SR. DR. JUIZ DE DIREITO DA 2ª VARA CÍVEL DA REGIONAL DE MADUREIRA/RJ

INSTITUTO Caetano Andrade Rio de Janeiro. São Paulo EXMO. SR. DR. JUIZ DE DIREITO DA 2ª VARA CÍVEL DA REGIONAL DE MADUREIRA/RJ 1 EXMO. SR. DR. JUIZ DE DIREITO DA 2ª VARA CÍVEL DA REGIONAL DE MADUREIRA/RJ PROCESSO n : 2006.202.000000-0 AÇÃO AUTORA RÉU : DECLATÓRIA : JOCE DASILVA : BANCO DO POVO CAETANO ANTONIO DE ANDRADE, perito

Leia mais

EXCELENTÍSSIMO SENHOR, DOUTOR JUIZ DE DIREITO DA PRIMEIRA VARA CÍVEL DE COMPETÊNCIA RESIDUAL DA COMARCA DE CAMPO GRANDE (MS) PARECER TÉCNICO JUDICIAL

EXCELENTÍSSIMO SENHOR, DOUTOR JUIZ DE DIREITO DA PRIMEIRA VARA CÍVEL DE COMPETÊNCIA RESIDUAL DA COMARCA DE CAMPO GRANDE (MS) PARECER TÉCNICO JUDICIAL EXCELENTÍSSIMO SENHOR, DOUTOR JUIZ DE DIREITO DA PRIMEIRA VARA CÍVEL DE COMPETÊNCIA RESIDUAL DA COMARCA DE CAMPO GRANDE (MS) PARECER TÉCNICO JUDICIAL Campo Grande/MS, 12 de julho de 2015 Processo: 0016219-61.2012.8.12.0001

Leia mais

FUNDAÇÃO EDUCACIONAL SERRA DOS ÓRGÃOS CENTRO UNIVERSITÁRIO SERRA DOS ÓRGÃOS PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS

FUNDAÇÃO EDUCACIONAL SERRA DOS ÓRGÃOS CENTRO UNIVERSITÁRIO SERRA DOS ÓRGÃOS PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS FUNDAÇÃO EDUCACIONAL SERRA DOS ÓRGÃOS CENTRO UNIVERSITÁRIO SERRA DOS ÓRGÃOS PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS CURSO DE GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS CONTÁBEIS PLANO DE CURSO 1. Identificação

Leia mais

Perícia Contábil. Prof. Guilherme Luiz Bertoni Pontes 17/5/2013. UNISEB Centro Universitário

Perícia Contábil. Prof. Guilherme Luiz Bertoni Pontes 17/5/2013. UNISEB Centro Universitário Perícia Contábil Prof. Guilherme Luiz Bertoni Pontes UNISEB Centro Universitário 17/5/2013 Módulo 6.2 Unidade 5 UNISEB Centro Universitário Perícia Contábil em Processos Bancários 3 A PERÍCIA BANCÁRIA

Leia mais

SISTEMÁTICA DA PERÍCIA NO PROCESSO CIVIL

SISTEMÁTICA DA PERÍCIA NO PROCESSO CIVIL SISTEMÁTICA DA PERÍCIA NO PROCESSO CIVIL SISTEMÁTICA DA PERÍCIA NO PROCESSO CIVIL FASE INICIAL DA PERÍCIA FASE INICIAL DA PERÍCIA DEFERIMENTO DA PROVA PERICIAL N Ã O NOMEAÇÃO DO PERITO SIM A C E I T A

Leia mais

Arbitral Foi regulamentada através da lei 9.307/96 e refere-se a perícia realizada no juízo arbitral- instancia criada pela vontade das partes.

Arbitral Foi regulamentada através da lei 9.307/96 e refere-se a perícia realizada no juízo arbitral- instancia criada pela vontade das partes. 1. O que significa a sigla CPC? Código Processo Civil (determina normas da Perícia) 2. Como definir a perícia? A perícia é a prova pericial que demonstra um conjunto de procedimentos técnicos e científicos

Leia mais

Perícias Judiciais e Seus Cuidados Alessandro Mazaro AMZ EPRESARIAL

Perícias Judiciais e Seus Cuidados Alessandro Mazaro AMZ EPRESARIAL Perícias Judiciais e Seus Cuidados Alessandro Mazaro AMZ EPRESARIAL Apresentação Alessandro Mazaro Formação: Eng. de Produção/ Eng. Mecânica/Eng. de Segurança do Trabalho Atuação: Perito Judicial na justiça

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA UDESC CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DO ALTO VALE DO ITAJAÍ CEAVI DIREÇÃO DE ENSINO DEN PLANO DE ENSINO

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA UDESC CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DO ALTO VALE DO ITAJAÍ CEAVI DIREÇÃO DE ENSINO DEN PLANO DE ENSINO UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA UDESC CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DO ALTO VALE DO ITAJAÍ CEAVI DIREÇÃO DE ENSINO DEN DEPARTAMENTO: CIÊNCIAS CONTÁBEIS PLANO DE ENSINO DISCIPLINA: PERÍCIA CONTÁBIL

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA UDESC CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DO ALTO VALE DO ITAJAÍ CEAVI DIREÇÃO DE ENSINO DEN PLANO DE ENSINO

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA UDESC CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DO ALTO VALE DO ITAJAÍ CEAVI DIREÇÃO DE ENSINO DEN PLANO DE ENSINO UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA UDESC CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DO ALTO VALE DO ITAJAÍ CEAVI DIREÇÃO DE ENSINO DEN DEPARTAMENTO: CIÊNCIAS CONTÁBEIS PLANO DE ENSINO DISCIPLINA: MATEMÁTICA FINANCEIRA

Leia mais

PERÍCIA CONTÁBIL. Paulo Cordeiro de Mello. Economista e Contador Perito Judicial Professor Universitário

PERÍCIA CONTÁBIL. Paulo Cordeiro de Mello. Economista e Contador Perito Judicial Professor Universitário PERÍCIA CONTÁBIL Paulo Cordeiro de Mello Economista e Contador Perito Judicial Professor Universitário O que é Perícia Contábil? É o trabalho técnico, realizado por profissional com formação e conhecimento

Leia mais

CURSO DE PERÍCIA ODONTOLÓGICA

CURSO DE PERÍCIA ODONTOLÓGICA ] CURSO DE PERÍCIA Apresentação O Código de Defesa do Consumidor trouxe maior consciência à população sobre seus direitos. Nota-se que há maior exigência, por parte dos usuários, quanto aos serviços prestados

Leia mais

Fernando Viana de Oliveira Filho Diretor Executivo de Perícias

Fernando Viana de Oliveira Filho Diretor Executivo de Perícias 03/12/2012 Fernando Viana de Oliveira Filho Diretor Executivo de Perícias ASPECTOS INTRODUTÓRIOS E PRÁTICOS DA PERÍCIA As características e caminhos percorridos pelo profissional na condição de perito

Leia mais

O CONSELHO FEDERAL DE CONTABILIDADE, no exercício de suas atribuições legais e regimentais,

O CONSELHO FEDERAL DE CONTABILIDADE, no exercício de suas atribuições legais e regimentais, RESOLUÇÃO CFC N 1.057/05 Aprova a NBC P 2.4 Honorários O CONSELHO FEDERAL DE CONTABILIDADE, no exercício de suas atribuições legais e regimentais, CONSIDERANDO que as Normas Brasileiras de Contabilidade

Leia mais

Ciclano da Silva Advogados Associados

Ciclano da Silva Advogados Associados Ciclano da Silva Advogados Associados EXCELENTÍSSIMO SENHOR JUIZ DE DIREITO DA VARA CÍVEL DO FORO REGIONAL DE ALTA FLORESTA, COMARCA DA REGIÃO METROPOLITANA DE BAIXA FLORESTA/PR. FULANO DE TAL, pessoa

Leia mais

CURSO INTENSIVO DE PERICIA JUDICIAL AMBIENTAL TURMA II SÃO CARLOS (SP)

CURSO INTENSIVO DE PERICIA JUDICIAL AMBIENTAL TURMA II SÃO CARLOS (SP) UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO CARLOS DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS AMBIENTAIS CURSO INTENSIVO DE PERICIA JUDICIAL AMBIENTAL TURMA II SÃO CARLOS (SP) Objetivos: Capacitar profissionais e estudantes para atuarem

Leia mais

Honorários Periciais Judiciais

Honorários Periciais Judiciais Honorários Periciais Judiciais Atualização monetária Juros legais de mora Impugnação aos Cálculos CAROLINE DA CUNHA DINIZ Máster em Medicina Forense pela Universidade de Valência/Espanha Título de especialista

Leia mais

LAUDO PERICIAL REVISIONAL VINCULADO A CONTRATO DE FINANCIAMENTO PARA AQUISIÇÃO DE VEÍCULO SISTEMA RECALCULADO

LAUDO PERICIAL REVISIONAL VINCULADO A CONTRATO DE FINANCIAMENTO PARA AQUISIÇÃO DE VEÍCULO SISTEMA RECALCULADO Tipo de Contrato: Número do Contrato: LAUDO PERICIAL REVISIONAL VINCULADO A CONTRATO DE FINANCIAMENTO PARA AQUISIÇÃO DE VEÍCULO Financiado: Agente Financeiro: Curitiba, 16/10/013 xxxxx xxxxxx Cédula de

Leia mais

GESTÃO TRIBUTÁRIA E PLANEJAMENTO FISCAL MANUAL DO CANDIDATO. Ingresso Julho 2012. ESPM Unidade Porto Alegre

GESTÃO TRIBUTÁRIA E PLANEJAMENTO FISCAL MANUAL DO CANDIDATO. Ingresso Julho 2012. ESPM Unidade Porto Alegre GESTÃO TRIBUTÁRIA E PLANEJAMENTO FISCAL MANUAL DO CANDIDATO Ingresso Julho 2012 ESPM Unidade Porto Alegre Rua Guilherme Schell, 350 Santo Antônio Porto Alegre/RS. Informações: Central de Candidatos: (51)

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA UDESC CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DO ALTO VALE DO ITAJAÍ CEAVI DIREÇÃO DE ENSINO DEN PLANO DE ENSINO

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA UDESC CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DO ALTO VALE DO ITAJAÍ CEAVI DIREÇÃO DE ENSINO DEN PLANO DE ENSINO UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA UDESC CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DO ALTO VALE DO ITAJAÍ CEAVI DIREÇÃO DE ENSINO DEN DEPARTAMENTO: CIÊNCIAS CONTÁBEIS PLANO DE ENSINO DISCIPLINA: PERÍCIA CONTÁBIL

Leia mais

Cartilha de Empréstimo 1

Cartilha de Empréstimo 1 Cartilha de Empréstimo 1 Empréstimo Economus: Como é? Quem tem direito? Que tipo de empréstimos o Economus oferece? O Economus oferece apenas a modalidade de empréstimo pessoal. Quem poderá solicitar empréstimos?

Leia mais

Biólogo Geógrafo Químicos Veterinários Engenheiros: Químicos, Agrônomos,

Biólogo Geógrafo Químicos Veterinários Engenheiros: Químicos, Agrônomos, Público Alvo: Biólogo Geógrafo Químicos Veterinários Engenheiros: Químicos, Agrônomos, Sanitaristas, Ambientais, Florestais, Civis, Cartográficos, Alimentos, Horticultura, de Minas, Petróleo e Gás, Industrial,

Leia mais

REVISÕES JUDICIAIS DE APOSENTADORIA E PENSÃO:

REVISÕES JUDICIAIS DE APOSENTADORIA E PENSÃO: REVISÕES JUDICIAIS DE APOSENTADORIA E PENSÃO: 1) Pedido de concessão de benefício na Justiça: Todo o segurado que tenha um pedido de concessão ou revisão de benefício previdenciário, que foi requerido

Leia mais

Telefone p/contato: 22159822

Telefone p/contato: 22159822 Telefone p/contato: 22159822 Turma Especial aos Sábados CURSO DE EXPERTISE EM PERÍCIA CONTÁBIL E FINANCEIRA - 72horas/aula (FORMAÇÃO DE PERITO CONTADOR COM EXPERTISE) Apresentação O CURSO DE EXPERTISE

Leia mais

AÇÃO DE REVISÃO DO FGTS POR DEFASAGEM EM CORREÇÃO PELA TR

AÇÃO DE REVISÃO DO FGTS POR DEFASAGEM EM CORREÇÃO PELA TR COMUNICADO SINDECTEB 036/2013 AÇÃO DE REVISÃO DO FGTS POR DEFASAGEM EM CORREÇÃO PELA TR SINDECTEB orienta os trabalhadores a recuperarem as perdas do FGTS Ação na Justiça solicitando o recálculo retroativo

Leia mais

Aula 13 Meios de prova no Processo do Trabalho.

Aula 13 Meios de prova no Processo do Trabalho. Aula 13 Meios de prova no Processo do Trabalho. Perícia: na falta do conhecimento especializado ao juiz, este indica um técnico que possa fazer o exame dos fatos objeto da causa, transmitindo esses conhecimentos

Leia mais

PROCEDIMENTOS PARA AJUIZAR AÇÃO DE RECUPERAÇÃO DE PERDAS NO FGTS

PROCEDIMENTOS PARA AJUIZAR AÇÃO DE RECUPERAÇÃO DE PERDAS NO FGTS PROCEDIMENTOS PARA AJUIZAR AÇÃO DE RECUPERAÇÃO DE PERDAS NO FGTS O Sindicato dos Administradores, dando continuidade aos procedimentos para ajuizar ação judicial contra a Caixa Econômica Federal, na Justiça

Leia mais

FEDERAÇÃO NACIONAL DOS ADMINISTRADORES FENAD CNPJ 00.578.591/0001 SINDICATO DOS ADMINISTRADORES DO ESTADO DA BAHIA CNPJ 13.890.

FEDERAÇÃO NACIONAL DOS ADMINISTRADORES FENAD CNPJ 00.578.591/0001 SINDICATO DOS ADMINISTRADORES DO ESTADO DA BAHIA CNPJ 13.890. FEDERAÇÃO NACIONAL DOS ADMINISTRADORES FENAD CNPJ 00.578.591/0001 SINDICATO DOS ADMINISTRADORES DO ESTADO DA BAHIA CNPJ 13.890.652/0001-90 TABELA ORIENTATIVA PARA COBRANÇA DE HONORÁRIOS SOBRE SERVIÇOS

Leia mais

ASPECTOS ÉTICOS E LEGAIS DAS PERÍCAS ODONTOLÓGICAS

ASPECTOS ÉTICOS E LEGAIS DAS PERÍCAS ODONTOLÓGICAS ASPECTOS ÉTICOS E LEGAIS DAS PERÍCAS ODONTOLÓGICAS Prof. Dr. Eduardo Daruge Titular de Odontologia Legal e Deontologia da FOP-UNICAMP Prof. Medicina Legal da Faculdade de Direito da UNIMEP DEFINIÇÃO: PERÍCIAS

Leia mais

EXMO. SR. DR. JUIZ DE DIREITO DA 1ª VARA CÍVEL DA COMARCA DE OURO FINO MINAS GERAIS

EXMO. SR. DR. JUIZ DE DIREITO DA 1ª VARA CÍVEL DA COMARCA DE OURO FINO MINAS GERAIS Ambiental e Advogado, Portador da carteira do Conselho de Biologia nº 13806-4 4ª Região, vem mui respeitosamente à presença de Vossa Excelência, para dizer que aceita o honroso cargo de perito para o qual

Leia mais

JUROS NA INCORPORAÇÃO

JUROS NA INCORPORAÇÃO IMOBILIÁRIA JUROS NA INCORPORAÇÃO Inicialmente, é importante esclarecer de forma bastante sintética, que os juros na incorporação imobiliária, consistem na remuneração do capital que os incorporadores

Leia mais

PROGRAMA PRELIMINAR PROPOSTO METAS GESTÃO FLÁVIA PUJADAS (2014-2015)

PROGRAMA PRELIMINAR PROPOSTO METAS GESTÃO FLÁVIA PUJADAS (2014-2015) Apresentam- se a seguir as metas entendidas como centrais de nossa gestão: VALORIZAÇÃO DO ASSOCIADO VALORIZAÇÃO INSTITUCIONAL DESENVOLVIMENTO ADMINISTRATIVO DO IBAPE/SP A cada uma dessas metas corresponderá

Leia mais

CURSO AVANÇADO DE PERICIA JUDICIAL AMBIENTAL TURMA I SÃO CARLOS (SP)

CURSO AVANÇADO DE PERICIA JUDICIAL AMBIENTAL TURMA I SÃO CARLOS (SP) UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO CARLOS DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS AMBIENTAIS CURSO AVANÇADO DE PERICIA JUDICIAL AMBIENTAL TURMA I SÃO CARLOS (SP) OBJETIVOS: Capacitar profissionais e estudantes para atuarem

Leia mais

O PROCESSO JUDICIAL E A PERÍCIA - CONSIDERAÇÕES INICIAIS

O PROCESSO JUDICIAL E A PERÍCIA - CONSIDERAÇÕES INICIAIS Curso de Avaliações Prof. Carlos Aurélio Nadal cnadal@ufpr.br AULA 01 O PROCESSO JUDICIAL E A PERÍCIA - CONSIDERAÇÕES INICIAIS Conflito de interesses - duas pessoas possuem interesse sobre o mesmo bem

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA UDESC CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DO ALTO VALE DO ITAJAÍ CEAVI DIREÇÃO DE ENSINO DEN PLANO DE ENSINO

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA UDESC CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DO ALTO VALE DO ITAJAÍ CEAVI DIREÇÃO DE ENSINO DEN PLANO DE ENSINO UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA UDESC CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DO ALTO VALE DO ITAJAÍ CEAVI DIREÇÃO DE ENSINO DEN DEPARTAMENTO: CIÊNCIAS CONTÁBEIS PLANO DE ENSINO DISCIPLINA: MATEMÁTICA FINANCEIRA

Leia mais

CURSO 100% ATUALIZADO CONFORME AS RECENTES LEGISLAÇÕES

CURSO 100% ATUALIZADO CONFORME AS RECENTES LEGISLAÇÕES OUTUBRO DE 2015 Curso Completo de Licitações e Contratos para Obras e Serviços de Engenharia Dias 19, 20, 21 e 22 de OUTUBRO de 2015 Carga Horária: 24 horas/aula a maior carga horária do mercado! CURSO

Leia mais

A Perícia contábil e sua importância.

A Perícia contábil e sua importância. A Perícia contábil e sua importância. Prof. MSc. Wilson Alberto Zappa Hoog i Resumo: Apresentamos uma breve análise sobre a importância da perícia contábil, abordando, resumidamente, os aspectos de elaboração

Leia mais

Cartilha de Perícia Contabil CRCBA - 1

Cartilha de Perícia Contabil CRCBA - 1 Cartilha de Perícia Contabil CRCBA - 1 Comissão Técnica de estudos relacionados à Perícia Contábil, Mediação e Arbitragem CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE DO ESTADO DA BAHIA - CRCBA Rua do Salete, nº

Leia mais

Disciplina: PERÍCIA CONTÁBIL

Disciplina: PERÍCIA CONTÁBIL Disciplina: PERÍCIA CONTÁBIL 1 Prof. Fábio Ibanhez Bertuchi PROF. FÁBIO IBANHEZ BERTUCHI E-MAIL: FABIOBERTUCHI@UNITOLEDO.BR FORMAÇÃO ACADÊMICA: - Pós Graduado em Perícia Contábil e Auditoria (UEL-PR) -

Leia mais

ESTADO DO RIO DE JANEIRO PODER JUDICIÁRIO

ESTADO DO RIO DE JANEIRO PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DÉCIMA SEXTA CÂMARA CÍVEL Apelação Cível nº: 0110168-33.2001.8.19.0001 Apelante: Jucimar Alves da Silva Barros Apelado: Banco Itaú Unibanco SA Desembargador

Leia mais

Legalização de Empresa (Plano Platinum) MEI (Micro Empreendedor Individual) Plano Platinum. Contabilidade (Plano Silver) Valor com desconto

Legalização de Empresa (Plano Platinum) MEI (Micro Empreendedor Individual) Plano Platinum. Contabilidade (Plano Silver) Valor com desconto Descrição Prazo Valor Integral Valor com desconto Legalização de Empresa (Plano Platinum) Até 30 dias corridos 1.200 850,00 Abertura Completa de sua empresa: Contrato Social, CNPJ, Alvará, Inscrição Estadual).

Leia mais

Copyright Proibida Reprodução.

Copyright Proibida Reprodução. PROCEDIMENTO PADRÃO PERÍCIA AMBIENTAL Prof. Éder Responsabilidade Clementino dos civil Santos INTRODUÇÃO BRASIL: Perícia Ambiental É um procedimento utilizado como meio de prova; Fornecimento de subsídios

Leia mais

COMISSÃO DE DEFESA DO CONSUMIDOR. PROJETO DE LEI COMPLEMENTAR N o 76, DE 2011. I RELATÓRIO

COMISSÃO DE DEFESA DO CONSUMIDOR. PROJETO DE LEI COMPLEMENTAR N o 76, DE 2011. I RELATÓRIO COMISSÃO DE DEFESA DO CONSUMIDOR PROJETO DE LEI COMPLEMENTAR N o 76, DE 2011. Veda a utilização do sistema francês de amortização, ou tabela Price, nos empréstimos e financiamentos de qualquer natureza.

Leia mais

Universidade Estadual do Centro-Oeste Reconhecida pelo Decreto Estadual nº 3.444, de 8 de agosto de 1997

Universidade Estadual do Centro-Oeste Reconhecida pelo Decreto Estadual nº 3.444, de 8 de agosto de 1997 RESOLUÇÃO Nº 64-CEPE/UNICENTRO, DE 19 DE DEZEMBRO DE 2014. Aprova o Curso de Especialização em Gestão Contábil, Auditoria e Perícia, modalidade regular, da UNICENTRO. O REITOR DA UNIVERSIDADE ESTADUAL

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO AUDITORIA E PERÍCIA

PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO AUDITORIA E PERÍCIA PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO AUDITORIA E PERÍCIA Coordenação: Dilciléria da Rosa de Oliveira 1 - JUSTIFICATIVA O curso de pós-graduação em Auditoria e Pericia, capacitará os profissionais que

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico Etec Etec:EXTENSÃO ARLINDO BITENCOURT Código: 091- Município: SÃO CARLOS Eixo Tecnológico: : GESTÃO E NEGÓCIOS Habilitação Profissional: TÉCNICO EM SERVIÇOS

Leia mais

LAUDO PERICIAL E PARECER PERICIAL CONTÁBIL

LAUDO PERICIAL E PARECER PERICIAL CONTÁBIL LAUDO PERICIAL E PARECER PERICIAL CONTÁBIL LAUDO PERICIAL Laudo é o documento, elaborado por um ou mais peritos, onde se apresentam conclusões do exame pericial. No laudo, responde se aos quesitos (perguntas)

Leia mais

Adir Jacob Contador Perito Judicial. Tel. 223-6488 EXMO SR. DR JUIZ DE DIREITO DA 2ª VC FORUM JOÃO MENDES JR.

Adir Jacob Contador Perito Judicial. Tel. 223-6488 EXMO SR. DR JUIZ DE DIREITO DA 2ª VC FORUM JOÃO MENDES JR. 1 EXMO SR. DR JUIZ DE DIREITO DA 2ª VC FORUM JOÃO MENDES JR. Ação # 000.00.575079-2 MONITÓRIA Banco do Estado de São Paulo S/A CONTRA Agência Center S/C Ltda. controle *001480 Adir Jacob CRC# 105.027 de

Leia mais

PROJETO DE LEI, Nº 2007 (Do Sr. EDUARDO GOMES)

PROJETO DE LEI, Nº 2007 (Do Sr. EDUARDO GOMES) PROJETO DE LEI, Nº 2007 (Do Sr. EDUARDO GOMES) Regulamenta o exercício da atividade, define a atribuições do Perito Judicial e do Assistente Técnico e dá outras providências. O congresso nacional decreta:

Leia mais

PARECER APROVADO PELO PLENO DO CFESS EM 09/09/2010

PARECER APROVADO PELO PLENO DO CFESS EM 09/09/2010 ASSUNTO: Relação do Assistente Social com autoridades do Sistema Judiciário/ Determinações ou exigências emanadas, que não se coadunam com o Código de Ética do Assistente Social e com as normas previstas

Leia mais

REGIUS SOCIEDADE CIVIL DE PREVIDÊNCIA PRIVADA. Regulamento de Empréstimos Plano CV- 03

REGIUS SOCIEDADE CIVIL DE PREVIDÊNCIA PRIVADA. Regulamento de Empréstimos Plano CV- 03 1/6 TÍTULO: CLASSIFICAÇÃO: REFERENCIAL NORMATIVO: ASSUNTO: GESTOR: ELABORADOR: APROVAÇÃO: Documento Executivo Resolução CMN nº 3456/2007 PO-GEREL-002_Solicitação de Empréstimo Estabelece as regras para

Leia mais

REGULAMENTO DE EMPRÉSTIMO A PARTICIPANTE DO PLANO DE BENEFICIO CEBPREV.

REGULAMENTO DE EMPRÉSTIMO A PARTICIPANTE DO PLANO DE BENEFICIO CEBPREV. REGULAMENTO DE EMPRÉSTIMO A PARTICIPANTE DO PLANO DE BENEFICIO CEBPREV. Sumário Capítulo I Da finalidade...1 Capítulo II - Dos contratantes...1 Capítulo III - Dos limites individuais...2 Capítulo IV -

Leia mais

Finanças para Não Financeiros MANUAL DO CURSO ESPM. Rua Joaquim Távora, 1240 Vila Mariana São Paulo - SP. Informações

Finanças para Não Financeiros MANUAL DO CURSO ESPM. Rua Joaquim Távora, 1240 Vila Mariana São Paulo - SP. Informações Finanças para Não Financeiros MANUAL DO CURSO ESPM Rua Joaquim Távora, 1240 Vila Mariana São Paulo - SP Informações Central de Relacionamento: (11) 5081-8200 (opção 1) Segunda a sexta 9h às 20h45 Sábado

Leia mais

O CONSELHO FEDERAL DE CONTABILIDADE, no exercício de suas atribuições legais e regimentais,

O CONSELHO FEDERAL DE CONTABILIDADE, no exercício de suas atribuições legais e regimentais, RESOLUÇÃO CFC N.º 1.406/12 Dispõe sobre o Regime de Parcelamento de Débitos de Anuidades e Multas (Redam III) para o Sistema CFC/CRCs. O CONSELHO FEDERAL DE CONTABILIDADE, no exercício de suas atribuições

Leia mais

CALC PERÍCIA, AUDITORIA E CONSULTORIA

CALC PERÍCIA, AUDITORIA E CONSULTORIA LAUDO DA PERÍCIA JUDICIAL CONTÁBIL VARA CÍVEL DA COMARCA DE MEDIANEIRA PR Autos nº: Autor: Réu: 354/2008 COBRANÇA LUIZ RIBOLDI HSBC BANK BRASIL S/A BANCO MULTIPLO Medianeira (PR), 30 de julho de 2010.

Leia mais

A PERÍCIA CONTÁBIL COMO INSTRUMENTO À PRESTAÇÃO JURISDICIONAL E SUAS ÁREAS DE ATUAÇÃO. Prof(a) Cristina Lisbôa Vaz de Mello

A PERÍCIA CONTÁBIL COMO INSTRUMENTO À PRESTAÇÃO JURISDICIONAL E SUAS ÁREAS DE ATUAÇÃO. Prof(a) Cristina Lisbôa Vaz de Mello A PERÍCIA CONTÁBIL COMO INSTRUMENTO À PRESTAÇÃO JURISDICIONAL E SUAS ÁREAS DE ATUAÇÃO Prof(a) Cristina Lisbôa Vaz de Mello 1 ...o Perito não é apenas os olhos do Juiz, é também os ouvidos, o Perito é o

Leia mais

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - Cetec. Ensino Técnico

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - Cetec. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico Ete c Prof Massuyuki Kawano Código: 136 Município: Tupã Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios Habilitação Profissional: Técnico de Nível Médio de Técnico em

Leia mais

Maria Regina R Avelar Contadora, Auditora, Perita. Tel. 11 3167 5144 R 126

Maria Regina R Avelar Contadora, Auditora, Perita. Tel. 11 3167 5144 R 126 1 DO TRABALHO PERICIAL Tomando por base os dados constantes da planilha apresentada pelo Banco, a perita reconstituiu as condições contratuais, a seguir: Em 22/11/1999 a Sra. WALKYRIA STORER e o HSBC BANK

Leia mais

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - Cetec. Ensino Técnico. Qualificação: Auxiliar Administrativo

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - Cetec. Ensino Técnico. Qualificação: Auxiliar Administrativo Plano de Trabalho Docente 2013 Ensino Técnico Ete c Prof Massuyuki Kawano Código: 136 Município: Tupã Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios Habilitação Profissional: Técnico em Administração Qualificação:

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SANTO AMARO MERCADO DE CAPITAIS PRINCIPAIS PRODUTOS BANCARIOS Prof. Esp. Tomás de Aquino Salomão e-mail tomassalomao@gmail.

UNIVERSIDADE DE SANTO AMARO MERCADO DE CAPITAIS PRINCIPAIS PRODUTOS BANCARIOS Prof. Esp. Tomás de Aquino Salomão e-mail tomassalomao@gmail. UNIVERSIDADE DE SANTO AMARO MERCADO DE CAPITAIS PRINCIPAIS PRODUTOS BANCARIOS Prof. Esp. Tomás de Aquino Salomão e-mail tomassalomao@gmail.com Caderneta de Poupança A caderneta de poupança foi criada em

Leia mais

PARECER TÉCNICO CONTÁBIL

PARECER TÉCNICO CONTÁBIL Processo: Tipo: Autor/Requerente: Réu/Requerido: ESCRITÓRIO DE PERÍCIAS CONTÁBEIS Nº Ordinária Revisão de Contrato Gildeones Bandeira Nunes de Castro Banco do Brasil e Financiamentos S/A PARECER TÉCNICO

Leia mais

XIº FEMESC Fraiburgo JUDICIAL ÉTICOS ASPECTOS. Cons. JOSÉ FRANCISCO BERNARDES. Maio 2008

XIº FEMESC Fraiburgo JUDICIAL ÉTICOS ASPECTOS. Cons. JOSÉ FRANCISCO BERNARDES. Maio 2008 XIº FEMESC Fraiburgo PERÍCIA MÉDICA M ASPECTOS ÉTICOS Cons. JOSÉ FRANCISCO BERNARDES Maio 2008 OU COMO EVITAR PROBLEMAS COM O CRM NA REALIZAÇÃO DE UMA PERICIA MÉDICA PERÍCIA MÉDICAM PERÍCIA MÉDICA M Do

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico Etec Etec: Etec PAULINO BOTELHO Código: 091 Município: São Carlos Eixo Tecnológico: GESTÃO E NEGÓCIOS Habilitação Profissional: TÉCNICO EM ADMINISTRAÇÃO Qualificação:

Leia mais

NORMA DE CONCESSÃO DE EMPRÉSTIMOS AOS PARTICIPANTES

NORMA DE CONCESSÃO DE EMPRÉSTIMOS AOS PARTICIPANTES 1. OBJETIVO Esta norma tem por objetivo estabelecer os critérios e procedimentos a serem adotados para concessão e liberação de empréstimos aos participantes. 2. CAMPO DE APLICAÇÃO As operações de empréstimos

Leia mais

BANCO GENERALIZADO Modelo 01 a quem confere poderes para abrir, movimentar, encerrar conta corrente e poupança, outras aplicações financeiras junto

BANCO GENERALIZADO Modelo 01 a quem confere poderes para abrir, movimentar, encerrar conta corrente e poupança, outras aplicações financeiras junto BANCO GENERALIZADO Modelo 01 a quem confere poderes para abrir, movimentar, encerrar conta corrente e poupança, outras aplicações financeiras junto ao Banco do Brasil S/A, ou quaisquer outros estabelecimentos

Leia mais

STJ00085281 NOTA À 9." EDIÇÃO... OBRAS DO AUTOR... 1.2 Operações bancárias... 18. 1.4 Natureza dos contratos de crédito bancário...

STJ00085281 NOTA À 9. EDIÇÃO... OBRAS DO AUTOR... 1.2 Operações bancárias... 18. 1.4 Natureza dos contratos de crédito bancário... STJ00085281 SUMÁRIO NOTA À 9." EDIÇÃO.................. OBRAS DO AUTOR................... 5 7 1. CRÉDITO BANCÁRIO........ 17 1.1 Atividade creditícia dos bancos.............. 17 1.2 Operações bancárias..........................

Leia mais

OFICIAL DE APOIO - CLASSE D LOTADO EM CONTADORIA. PJ-28 a PJ-50. Provimento: Concurso Público

OFICIAL DE APOIO - CLASSE D LOTADO EM CONTADORIA. PJ-28 a PJ-50. Provimento: Concurso Público OFICIAL DE APOIO - CLASSE D LOTADO EM CONTADORIA PJ-28 a PJ-50 Provimento: Concurso Público ATRIBUIÇÕES ATUAIS PREVISTAS NA RESOLUÇÃO 367/2001 NOVAS ATRIBUIÇÕES PROPOSTAS PLEO TJMG * QUALIFICAÇÃO EXIGIDA

Leia mais

EXERCÍCIOS PROF. SÉRGIO ALTENFELDER

EXERCÍCIOS PROF. SÉRGIO ALTENFELDER 1- Uma dívida no valor de R$ 60.020,54 deve ser paga em sete prestações postecipadas de R$ 10.000,00, a uma determinada taxa de juros. Considerando esta mesma taxa de juros, calcule o saldo devedor imediatamente

Leia mais

Palavras-chave: Pericia Contábil, Perito Contador, Ética Profissional. INTRODUÇÃO

Palavras-chave: Pericia Contábil, Perito Contador, Ética Profissional. INTRODUÇÃO PERÍCIA JUDICIAL CONTÁBIL: Ação em Prestação de Contas Área: CIÊNCIAS CONTÁBEIS Resumo: OLIVEIRA JUNIOR, Ednei de BARBOSA, Claudio Aparecido OSTE, Eber Cunha de O artigo tem como principal objetivo trazer

Leia mais

Teoria da Contabilidade. Prof. Joaquim Mario de Paula Pinto Junior 1

Teoria da Contabilidade. Prof. Joaquim Mario de Paula Pinto Junior 1 Teoria da Contabilidade Prof. Joaquim Mario de Paula Pinto Junior 1 Origem Evolução do sistema capitalista; Necessidade de ampliação das instalações; Investimento tecnológico; Redução de custos; Empréstimos

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS CONTRATO DE EMPRÉSTIMO PESSOAL

CONDIÇÕES GERAIS CONTRATO DE EMPRÉSTIMO PESSOAL 24170-3 (FL. 1/4) SF 06/11 Via única CONDIÇÕES GERAIS CONTRATO DE EMPRÉSTIMO PESSOAL Estas são as condições gerais do Empréstimo Pessoal, solicitado e contratado por você. Leia atentamente estas condições

Leia mais

REGULAMENTO A CONCESSÃO E MANUTENÇÃO DE EMPRÉSTIMO SIMPLES AOS PARTICIPANTES E ASSISTIDOS DO PLANO BENEFÍCIO PREV-RENDA.

REGULAMENTO A CONCESSÃO E MANUTENÇÃO DE EMPRÉSTIMO SIMPLES AOS PARTICIPANTES E ASSISTIDOS DO PLANO BENEFÍCIO PREV-RENDA. REGULAMENTO A CONCESSÃO E MANUTENÇÃO DE EMPRÉSTIMO SIMPLES AOS PARTICIPANTES E ASSISTIDOS DO PLANO BENEFÍCIO PREV-RENDA. Índice Capítulo I Da Carteira de Empréstimo Simples... 3 Capítulo II Dos Recursos

Leia mais

Economista, Perito. Tel 11 223 6488 EXMO. SR. DR. JUIZ DE DIREITO DA 2ª VARA CÍVEL DA CAPITAL FORUM JOÃO MENDES JR.

Economista, Perito. Tel 11 223 6488 EXMO. SR. DR. JUIZ DE DIREITO DA 2ª VARA CÍVEL DA CAPITAL FORUM JOÃO MENDES JR. 1 EXMO. SR. DR. JUIZ DE DIREITO DA 2ª VARA CÍVEL DA CAPITAL FORUM JOÃO MENDES JR. Ação# 01.105922-2 ORDINÁRIA. WMF COMÉRCIO DE ALIMENTOS LTDA. contra BANKBOSTON BANCO MÚLTIPLO S/A. Controle 1958. Joel

Leia mais

Ação # 01.114777-6 ORDINÁRIA. Waldir Rodrigues Bio CONTRA Bradesco Administradora de cartões de Crédito Ltda. controle 2061

Ação # 01.114777-6 ORDINÁRIA. Waldir Rodrigues Bio CONTRA Bradesco Administradora de cartões de Crédito Ltda. controle 2061 Adir Jacob 1 Exmo. Sr. Dr. Juiz de Direito da 2 ª Vara Cível Fórum João Mendes Jr. Ação # 01.114777-6 ORDINÁRIA. Waldir Rodrigues Bio CONTRA Bradesco Administradora de cartões de Crédito Ltda. controle

Leia mais

Workshop de Perícia Econômico-Financeira. Indenização: Uso e Depreciação de Bens Retidos em Contrato de Concessão

Workshop de Perícia Econômico-Financeira. Indenização: Uso e Depreciação de Bens Retidos em Contrato de Concessão Workshop de Perícia Econômico-Financeira Indenização: Uso e Depreciação de Bens Retidos em Contrato de Concessão Economista Maria Paula Merlotti mpm@mpmpericias.com.br 1 Dados do Processo Autora: Empresa

Leia mais

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE MINAS GERAIS Curso de Ciências Contábeis com Ênfase em Controladoria

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE MINAS GERAIS Curso de Ciências Contábeis com Ênfase em Controladoria PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE MINAS GERAIS Curso de Ciências Contábeis com Ênfase em Controladoria PERÍCIA CONTÁBIL NA APURAÇÃO DE HAVERES: ESTUDO DE CASO DE AVALIAÇÃO JUDICIAL DE UMA GRÁFICA Rodrigo

Leia mais

PERÍCIAS JUDICIAIS Legislação

PERÍCIAS JUDICIAIS Legislação PERÍCIAS JUDICIAIS Legislação Eduardo Assis Módulo IV Tema 2 Colaboração: EDUARDA DE MELO ASSIS OAB 127.502 1- Generalidades Quando a prova de determinados fatos alegados pelas partes depender de conhecimentos

Leia mais

RESOLUÇÃO CFC Nº 1.021/05

RESOLUÇÃO CFC Nº 1.021/05 RESOLUÇÃO CFC Nº 1.021/05 Aprova a NBC T 13.2 Planejamento da Perícia. O, no exercício de suas atribuições legais e regimentais, CONSIDERANDO que as Normas Brasileiras de Contabilidade e suas Interpretações

Leia mais

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - Cetec. Ensino Técnico

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - Cetec. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2013 Ensino Técnico Etec PAULINO BOTELHO Código: 091 Município:SÃO CARLOS Eixo Tecnológico: GESTÃO E NEGÓCIOS Habilitação Profissional: TÉCNICO EM ADMINISTRAÇÃO Qualificação:

Leia mais

EDITAL PARA INSCRIÇÃO DE ARQUITETOS E URBANISTAS PARA PRESTAÇÃO DE ASSISTÊNCIA TÉCNICA -CONVÊNIO DEFENSORIA PÚBLICA - CAU/SP

EDITAL PARA INSCRIÇÃO DE ARQUITETOS E URBANISTAS PARA PRESTAÇÃO DE ASSISTÊNCIA TÉCNICA -CONVÊNIO DEFENSORIA PÚBLICA - CAU/SP EDITAL PARA INSCRIÇÃO DE ARQUITETOS E URBANISTAS PARA PRESTAÇÃO DE ASSISTÊNCIA TÉCNICA -CONVÊNIO DEFENSORIA PÚBLICA - CAU/SP O Conselho de Arquitetura e Urbanismo de São Paulo CAU/SP, nos termos do Convênio

Leia mais

Regulamento da MultiConta Prestige

Regulamento da MultiConta Prestige Regulamento da MultiConta Prestige Mais serviços e mais benefícios feitos para quem recebe seu crédito de salário ou aposentadoria no Itaú Personnalité. A MultiConta Prestige oferece um maior número de

Leia mais

A sistemática dos financiamentos sujeitos à TJ-462 será a mesma vigente para a TJLP, inclusive no que se refere à:

A sistemática dos financiamentos sujeitos à TJ-462 será a mesma vigente para a TJLP, inclusive no que se refere à: Capítulo II CONDIÇÕES GERAIS 1. SISTEMÁTICA DE CÁLCULO DOS JUROS. Os juros, aí considerados o Custo Financeiro, a Remuneração do BNDES e a Remuneração do Agente Financeiro, serão calculados sobre o saldo

Leia mais

Procuradoria da Dívida Ativa - PG-05

Procuradoria da Dívida Ativa - PG-05 Procuradoria da Dívida Ativa - PG-05 Neste REFIS, somente débitos inscritos em Dívida Ativa; Débitos não inscritos poderão ser incluídos, se requerida a inscrição até 30/04/2012 diretamente no órgão de

Leia mais

8) Qual o papel da administradora?

8) Qual o papel da administradora? 1) Como funciona o consórcio? R= Consórcio é um sistema que reúne em grupo pessoas físicas e/ou jurídicas com interesse comum para compra de bens ou serviços, por meio de autofinanciamento, onde o valor

Leia mais

1.) Entendendo a Origem do Dever de Restituição por parte da Receita Federal.

1.) Entendendo a Origem do Dever de Restituição por parte da Receita Federal. 1.) Entendendo a Origem do Dever de Restituição por parte da Receita Federal. A origem seriam todos os recolhimentos efetuados a maior ou com destinação incorreta, tais como, códigos da Receita incorretos,

Leia mais

Câmara Portuguesa de Comércio no Brasil - São Paulo

Câmara Portuguesa de Comércio no Brasil - São Paulo REGULAMENTO DO CENTRO DE MEDIAÇÃO E ARBITRAGEM DA CÂMARA PORTUGUESA DE COMÉRCIO NO BRASIL SÃO PAULO Artigo 1º O Centro de Arbitragem 1.1. O Centro de Mediação e Arbitragem da Câmara Portuguesa de Comércio

Leia mais

Regulamento do Plano de Empréstimo. Aprovado em 01 de Janeiro de 2015

Regulamento do Plano de Empréstimo. Aprovado em 01 de Janeiro de 2015 Regulamento do Plano de Empréstimo 2015 Aprovado em 01 de Janeiro de 2015 1. Dos Objetivos a) Estabelecer os direitos e obrigações da Previplan - Sociedade de Previdência Privada (aqui designada como Sociedade

Leia mais

Liderança para Jovens Gestores MANUAL DO CANDIDATO ESPM. Rua Joaquim Távora, 1240 Vila Mariana São Paulo/SP

Liderança para Jovens Gestores MANUAL DO CANDIDATO ESPM. Rua Joaquim Távora, 1240 Vila Mariana São Paulo/SP Liderança para Jovens Gestores MANUAL DO CANDIDATO ESPM Rua Joaquim Távora, 1240 Vila Mariana São Paulo/SP Informações Central de Candidatos: (11) 5081-8225 (Opção 1) Segunda a sexta - 9h às 21h e sábado

Leia mais

EDITAL Nº 23/2012 PROGRAMA DE APERFEIÇOAMENTO DE SERVIDORES EDUCAÇÃO CORPORATIVA. função de Distribuidor.

EDITAL Nº 23/2012 PROGRAMA DE APERFEIÇOAMENTO DE SERVIDORES EDUCAÇÃO CORPORATIVA. função de Distribuidor. EDITAL Nº 23/2012 PROGRAMA DE APERFEIÇOAMENTO DE SERVIDORES EDUCAÇÃO CORPORATIVA Torna pública a abertura de inscrições para o Curso Capacitação de Contadores Judiciais, objetivando o aperfeiçoamento de

Leia mais

CONTRATO DE LOCAÇÃO DE SISTEMA DE ENGENHARIA GERENCIADOR DE OBRAS ON LINE IDENTIFICAÇÃO DAS PARTES CONTRATANTES

CONTRATO DE LOCAÇÃO DE SISTEMA DE ENGENHARIA GERENCIADOR DE OBRAS ON LINE IDENTIFICAÇÃO DAS PARTES CONTRATANTES CONTRATO DE LOCAÇÃO DE SISTEMA DE ENGENHARIA GERENCIADOR DE OBRAS ON LINE IDENTIFICAÇÃO DAS PARTES CONTRATANTES LOCADOR: Obra24horas Soluções Web para Engenharia Ltda., com sede na Rua Formosa, 75 1º andar

Leia mais

VIGÊNCIA: 19/11/2014. (Aprovado na 1550ª Reunião de Diretoria, realizada em outubro/2014)

VIGÊNCIA: 19/11/2014. (Aprovado na 1550ª Reunião de Diretoria, realizada em outubro/2014) VIGÊNCIA: 19/11/2014 (Aprovado na 1550ª Reunião de Diretoria, realizada em outubro/2014) SUMÁRIO 1 OBJETIVO... 3 2 DEFINIÇÕES... 3 3 - LIMITE DE CRÉDITO... 4 4 - ENCARGOS FINANCEIROS, ADMINISTRATIVO E

Leia mais

REGULAMENTO DA CARTEIRA DE EMPRÉSTIMO BÁSICO

REGULAMENTO DA CARTEIRA DE EMPRÉSTIMO BÁSICO Rev. 01 Data: 21/05/2014 Página 1 de 8 CAPÍTULO I DEFINIÇÕES Art. 1º - Para fins de aplicação deste Regulamento, o masculino incluirá o feminino e o singular incluirá o plural, a menos que o contexto indique

Leia mais

Capacitando Profissionais

Capacitando Profissionais Capacitando Profissionais 2014 Setup Treinamentos & Soluções em TI www.setuptreinamentos.com APRE SENTA ÇÃ O A atual realidade do mercado de trabalho, que cada dia intensifica a busca por mão-de-obra qualificada,

Leia mais

EX. MO. SR. DR. JUIZ DE DIREITO DA 1ª VARA DA FAZENDA PÚBLICA, FALÊNCIA, CONCORDATAS E REGISTROS PÚBLICOS DA COMARCA DE CONTAGEM/MG.

EX. MO. SR. DR. JUIZ DE DIREITO DA 1ª VARA DA FAZENDA PÚBLICA, FALÊNCIA, CONCORDATAS E REGISTROS PÚBLICOS DA COMARCA DE CONTAGEM/MG. EX. MO. SR. DR. JUIZ DE DIREITO DA 1ª VARA DA FAZENDA PÚBLICA, FALÊNCIA, CONCORDATAS E REGISTROS PÚBLICOS DA COMARCA DE CONTAGEM/MG. PROCESSO: 007910 017400-6 / 0174006-57.2010.8.13.0079 JULIANA FERREIRA

Leia mais